sábado, 16 de janeiro de 2010

17 DE JANEIRO DE 2012



D I A D E Z E S S E T E D E J A N E I R O D E 2012 – TERÇA-FEIRA.

75 anos e 21 dias de idade.

Início de minhas memórias – 9 de Julho de 1950.

23 anos e 308 dias no Posto de Coronel – 286 meses e 5 dias.

193 dias na Presidência da Sociedade Veteranos de 32-MMDC.

ANO 62º MÊS 7º No. 192 53 anos e 227 dias na P M E S P.

8 710 dias CORONEL 20 anos e 34 dias na reserva.

9 310-223 688 8 710-207 812 9 473-235 888.

ESCOLA DE OFICIAIS: 52 anos e 340 dias; 20 536 dias – 464 888 horas.



DIA DOS TRIBUNAIS DE CONTA



DIA DE SANTO ANTÃO ABADE. Também conhecido como SANTO ANTÔNIO DO DESERTO, aos 20 anos, distribuiu aos pobres toda a sua fortuna e entregou-se à oração e à penitência no deserto, onde sofreu ataques do demônio. Reuniu seus discípulos e foi chamado “PAI DOS MONGES CRISTÃOS”. Morreu com 105 anos.

DIA DE SÃO SULPÍCIO. Nasceu em BOURGOS, na FRANÇA. Foi capelão do exército do rei CLOTÁRIO II. Com a morte de SANTO AUSTREGÉSILO, em 624, SÃO SULPÍCIO foi consagrado bispo de BOURGOS, sucedendo-o. Sua principal característica foi a vivência profunda da caridade. Em calamidades, era o primeiro a se colocar a serviço dos necessitados. Morreu em 644.



TUDO TEM SEU APOGEU E SEU DECLÍNIO...É NATURAL QUE SEJA ASSIM; TODAVIA QUANDO TUDO PARECE CONVERGIR PARA O QUE SUPOMOS O NADA, EIS QUE A VIDA RESSURGE, TRIUNFANTE E BELA!...NOVAS FOLHAS, NOVAS FLORES, NA INDEFINIDA BÊNÇÃO DO RECOMEÇO!...

FICO TRISTE QUANDO ALGUÉM ME OFENDE, MAS, COM CERTEZA, EU FICARIA MAIS TRISTE SE FOSSE EU O OFENSOR...MAGOAR ALGUÉM É TERRÍVEL!.....

CHICO XAVIER.



306 a. nasce BENJAMIN FRANKLIN, cientista e diplomata norte-americano, em 17 de janeiro de 1706.

219 a. Convenção Francesa decide por um voto de diferença, com 361 a favor e 360 contra, a pena de morte do rei LUÍS XVI, em 17 de janeiro de 1793.

195 a. GENERAL JOSÉ DE SAN MARTÍN, junto de 4 mil homens, inicia cruzada na Cordilheira dos Andes para a conquista do CHILE, em 17 de janeiro de 1817.

162 a. nasce JOAQUIM ARCOVERDE DE ALMEIDA CAVALCANTI, em PERNAMBUCO, no dia 17 de janeiro de 1850. Ordenado em 1905. Trabalhou como reitor do Seminário de OLINDA. Foi bispo de GOIÁS. Dirigiu a diocese de SÃO PAULO. Foi arcebispo do RIO DE JANEIRO. Teve a honra de ser o primeiro CARDEAL do BRASIL e também da AMÉRICA LATINA. O CARDEAL ARCOVERDE morreu no RIO em 18 de abril de 1930. Em sua homenagem, é nome da rua que liga a Avenida DOUTOR ARNALDO a EUSÉBIO MATOSO, em PINHEIROS.

151 a. nasce ANTON PAVLOVITCH TCHEKHOV, em TAGANROG, na RÚSSIA (17 de janeiro de 1860). Terceiro dos seis filhos de PAVEL TCHEKHOV, dono de uma mercearia, e de YEVGENIA MOROZOV, uma esposa e dona de casa dedicada e extremosa. O comportamento tirânico do marido não abala o amor que YEVGENIA tem por ele, mas deixa cicatrizes profundas em ANTON e nos dois filhos mais velhos, que jamais esqueceriam as terríveis cenas à mesa, provocadas por situações insignificantes. No entanto, o casal tem em comum a ambição de ajudar os filhos a estudar e a aproveitar as coisas boas da vida que eles próprios não haviam tido oportunidade de desfrutar. PAVEL faz questão de que os filhos compartilhem seu amor pela música e pela arte. Contra a vontade da mulher, matricula ANTON e um dos irmãos, NIKOLAI, na escola paroquial grega, uma espécie de reformatório para filhos rebeldes de marinheiros, artesãos e comerciantes gregos que desejam manter os filhos longe das ruas e das docas. As disciplinas são ministradas em grego, e os dois meninos, além de não conseguir acompanhar as aulas, são discriminados pelos colegas e castigados pela professora, que lhes impõe castigos físicos. ANTON e NIKOLAI não se queixam para o pai, mas se abrem com a mãe, e só na época no NATAL é que PAVEL fica a par do que acontece. Depois, atendendo aos pedidos da esposa, matricula ANTON na escola preparatória de meninos de TAGANROG. Ainda na adolescência, ANTON começa a escrever algumas anedotas e sátiras, além de uma peça, ÓRFÃO DE PAI, que mais tarde destruiria. Em 1875, quando a mercearia de PAVEL vai à falência e ele se vê ameaçado de prisão por dívidas, vai buscar trabalho em MOSCOU, onde os dois filhos mais velhos cursam a universidade. A mãe fica com os filhos menores, e acaba perdendo a casa para um burocrata local que se faz passar por amigo da família. Ela e as crianças, então, partem para MOSCOU em julho de 1876, deixando ANTON em TAGANROG para concluir os estudos. A família passa por dificuldades financeiras enquanto PAVEL procura emprego, e ANTON os ajuda vendendo artigos de utilidade doméstica e dando aulas particulares. Em 1877 PAVEL consegue emprego no almoxarifado de uma fábrica de roupas, e em 1879 ANTON conclui os estudos do colegial e segue para MOSCOU, onde obtém uma bolsa para cursar Medicina na Universidade de Moscou. ANTON começa a escrever não tanto para dar vazão à expressão artística, mas pela necessidade de ganhar dinheiro para se sustentar e ajudar a família. Sua primeira publicação ocorre num período humorístico semanal de SÃO PETERSBURGO, em março de 1880. Depois disso continua escrevendo para publicações do mesmo gênero, sob diferentes pseudônimos, sendo que o mais comum deles é ANTOSHA CHEKHONTE, apelido dado a ele antes por um professor, anos antes. Em 1882 ANTON conhece NICOLAS LEYKIN, editor da mais famosa revista humorística de SÃO PETERSBURGO, e passa a ser seu colaborador. A revista OSKOLKI distingue-se das demais do gênero pela qualidade editorial. LEYKIN impõe o limite de duas páginas e meia para cada artigo ou história; graças a essa limitação TCHEKOV desenvolve a habilidade da concisão e acaba se tornando o primeiro mestre moderno em prosa e contos. Os anos de 1883 a 1885 são bastante produtivos para ANTON, que precisa desesperadamente de dinheiro. Suas histórias que mais se destacam, nessa época, são: A MORTE DE UM OFICIAL DO GOVERNO (1883), GORDO E MAGRO (1883), A FILHA DE ALBION (1883), CAMALEÃO (1884), OSTRAS (1884), UMA NOITE TERRÍVEL (1884), OS MALFEITORES (1885), A DESVENTURA (1885) e SARGENTO PRISHIBEYEV (1885). Aqui já aparecem temas que predominariam na ficção de TCHEKHOV: a obsequiosidade e submissa tirania dos oficiais do governo; o sofrimento dos pobres; os caprichos e imprevisibilidade dos sentimentos; a ironia, os mal–entendidos, as desilusões e contradições que caracterizam a natureza humana. Mas a arte de TCHEKHOV abrangeria temas mais sérios em meados da década de 1880: a fome em OSTRAS, o abandono em O CAÇADOR, o remorso em A DESVENTURA. Em 1885 TCHEKHOV tem oportunidade de publicar suas histórias mais sérias no jornal GAZETA DE SÃO PETERSBURGO, histórias que LEYKIN e outros editores haviam rejeitado por não se enquadrarem no gênero humorístico de suas publicações. Pouco depois da primeira visita de TCHEKHOV a SÃO PETERSBURGO, em dezembro de 1885, ele é convidado a escrever para o mais conceituado jornal da cidade, o NOVOYE VREMYA (NOVOS TEMPOS), cujo editor fez questão que ele passasse a escrever em seu próprio nome ao invés de usar um pseudônimo. Em 1886 TCHEKHOV já alcançara notoriedade em SÃO PETERSBURGO como escritor. Esse ano e o seguinte são ainda mais produtivos. Entre outras histórias, GRISHA, A FEITICEIRA, VEROCHKA e O BEIJO demonstram a crescente habilidade de TCHEKHOV de retratar a vida através da mente dos personagens e de transmitir experiência sem pregar ou exemplificar atitudes. É justamente por sua recusa em fazer julgamentos e oferecer soluções que TCHEKHOV recebe as críticas mais negativas. Mas ele se defende alegando que a literatura deveria retratar a vida como ela é. Que um escritor deveria ser tão objetivo quanto um químico. Apesar do sucesso de TCHEKHOV e da perspectiva de ganhar dinheiro, as dívidas da família continuam a crescer, sobretudo por causa dos hábitos extravagantes dos dois irmãos mais velhos. ALEXANDER e NICOLAI, dívidas que ANTON se dispõe a pagar. Enquanto isso, sua saúde se deteriora: em dezembro de 1884 percebe o primeiro sintoma da tuberculose. Embora médico, TCHEKHOV se recusa a admitir que tenha um problema sério de saúde. No verão de 1887 viaja para as estepes da RÚSSIA e UCRÂNIA oriental, incluindo uma visita a TAGANROG. A viagem lhe traz de volta lembranças da infância e fornece material para A ESTEPE, que marca a entrada de TCHEKHOV na categoria dos maiores escritores russo e o início de sua maturidade literária. Nesse mesmo ano estréia como dramaturgo com a peça IVANOV, no TEATRO KORSH, em MOSCOU. Já escrevera antes duas peças, que não chegaram a ser produzidas. A primeira grande contribuição de TCHEKHOV para a inovação do drama moderno foi A GAIVOTA. Em 1888 TCHEKHOV recebe o Prêmio PUSHKIN da ACADEMIA RUSSA pela coletânea de histórias publicada no ano anterior. Em janeiro de 1889 IVANOV estréia em SÃO PETERSBURGO com sucesso de bilheteria e de crítica. No entanto, TCHEKHOV começa a se ressentir da pressão de assistir aos ensaios, de orientar os produtores e de lidar com a imprensa. Os compromissos e entrevistas roubam-lhe o tempo que ele poderia usar para escrever. Até 1 890 continua a escrever peças de teatro, entre elas, O URSO, A PROPOSTA e O CASAMENTO. Em abril de 1890 TCHEKHOV viaja à SIBÉRIA, onde visita a colônia penal na ilha SAKHALIN, entrevista oficiais e escreve um relatório sobre as condições de vida dali. A viagem lhe fornece material para escrever GUSEV, NO EXÍLIO e O ASSASSINATO. De fevereiro a março de 1891 o escritor trabalha em O DUELO. Em seguida faz uma viagem à ITÁLIA e à FRANÇA, locais citados em UMA HISTÓRIA ANÔNIMA e ARIADNE. Passa o verão em BOGIMOVO, numa mansão emprestada por um admirador. Ali termina O DUELO. Em setembro retorna a MOSCOU onde atravessa o inverno escrevendo UMA HISTÓRIA ANÔNIMA, MINHA ESPOSA e A BORBOLETA. Em março de 1892 TCHEKHOV e a família mudam-se para a recém adquirida residência em MELIKHOVO. TCHEKHOV tem bom relacionamento com os camponeses locais, dá-lhes atendimento sem cobrar e os ajuda financeiramente. Suas experiências no campo acabam influenciando sua visão de vida rural em PEASANTS e IN THE RAVINE. Freqüentemente faz viagens a MOSCOU, SÃO PETERSBURGO e sul da RÚSSIA. A qualquer lugar que vai, é bem recebido e elogiado, mas logo se cansa das atividades sociais. Nessa época tem um relacionamento com LYDIA YAVORSKY, uma atriz de teatro. Em 1895 TCHEKHOV escreve A GAIVOTA, peça que deliberadamente desafia as convenções do teatro do século XIX: não tem um personagem principal, a ação perde força em cada ato, ao invés de crescer, e não representa diretamente crises e sentimentos. A estréia no TEATRO ALEXANDRINO é desastrosa, e após a quinta apresentação a peça é cancelada. TCHEKHOV fica arrasado e promete a si mesmo jamais escrever outra peça. Mas empenha-se em concluir o manuscrito que seria produzido nos palcos como TIO VÂNIA. Na noite de 22 de março de 1897 TCHEKHOV sofre forte hemorragia pulmonar e fica hospitalizado por duas semanas. Tem uma segunda hemorragia nesse período e, por fim, vê-se forçado a admitir que está gravemente doente. No verão seguinte pára de escrever, interrompe todas suas atividades, e seu estado de saúde melhora um pouco. Em busca de um clima mais salutar, retoma a atividade literária na RIVIERA FRANCESA. Aí é procurado por VLADIMIR NEMIROVICH-DANCHENKO, do TEATRO DE ARTE DE MOSCOU, que o convence a lhe dar permissão para produzir A GAIVOTA. Durante os ensaios ele conhece uma atriz da companhia, OLGA KNIPPER, que mais tarde se tornaria sua esposa. Em dezembro de 1898 o Teatro de Arte de MOSCOU apresenta A GAIVOTA pela primeira vez após a desastrosa estréia. No final do primeiro ato, depois de um profundo silêncio, a platéia explode em aplausos. Em 1899 TCHEKHOV é eleito Membro Honorário da ACADEMIA RUSSA. Em 26 de outubro TIO VÂNIA estréia em MOSCOU com grande sucesso. Do princípio de 1900 até outubro ANTON TCHEKHOV escreve AS TRÊS IRMÃS, considerada sua obra – prima. A peça estrearia em 21 de janeiro de 1901. Em maio desse mesmo ano TCHEKHOV casa-se com OLGA KNIPPER. Em pouco tempo a união está desgastada. Ele passa longos períodos no sul, enquanto a mulher trabalha no teatro em MOSCOU ou viaja com a companhia. No verão de 1901, em YALTA, a saúde de TCHEKHOV piora sensivelmente. Ainda assim ele não pára de escrever. Em março OLGA sofre um aborto, e em julho, depois de recuperar-se, ela e o marido passam um mês e meio em uma casa de campo em LYUBIMOVKA. Essas poucas semanas são talvez o período mais feliz da vida de casado do escritor, mas em meados de agosto, sem explicações, ele parte inesperadamente de LYUBIMOVKA. Durante o mês seguinte TCHEKHOV e OLGA brigam por carta. De volta a YALTA, começa a escrever O JARDIM DAS CEREJEIRAS, que termina em outubro de 1902, mesmo ano em que publica O BISPO. A essa altura a saúde de TCHEKHOV está péssima. Contrariando ordens médicas, viaja a MOSCOU para acompanhar a produção e os ensaios de O JARDIM DAS CEREJEIRAS, que estréia em janeiro de 1904 com um sucesso estrondoso. Em maio desse ano, a conselho médico, TCHEKHOV viaja para BADENWEILER, na ALEMANHA, levando OLGA consigo. A princípio seu estado de saúde parece melhorar, mas em 29 de junho ele sofre um ataque cardíaco. Recupera-se, mas sofre outro no dia seguinte. Na madrugada de 2 de julho acorda com falta de ar e delirante, e OLGA chama o médico. Quando este chega, ele diz apenas: “ESTOU MORRENDO”. Toma um gole de champanhe, à época considerado salutar para pessoas cardíacas, vira-se de lado e fecha os olhos. TCHEKHOV é sepultado no cemitério do MOSTEIRO NOVODEVICHE, em MOSCOU. Embora bastante popular entre o público literário russo à época de sua morte, TCHEKHOV só se torna internacionalmente conhecido após a PRIMEIRA GUERRA MUNDIAL, quando suas obras são traduzidas para o inglês. A influência de TCHEKHOV no conto e no drama moderno é imensa. As principais inovações são a economia de recursos narrativos, a concentração no estado de espírito dos personagens, o aspecto impressionista de certos pontos de vista e a ausência de uma trama tradicional. Em sua obra TCHEKHOV combina a atitude objetiva de um cientista, como médico que era, com a sensibilidade e a visão psicológica de um artista. Retrata a vida cotidiana da RÚSSIA na virada do século, com personagens caracterizados pela desesperança, frustração e indiferença, mesclando humor, ironia, comédia e drama.

140 a. nasce no dia 17 de janeiro de 1871 o Engenheiro Doutor JOÃO PEDRO CARDOSO, ilustre pindamonhangabense que promoveu a primeira festa da ÁRVORE, em ARARAS –SP, aos 7 de junho de 1902. Começou sua carreira trabalhando na estrada de ferro CENTRAL DO BRASIL e também integrou a comissão construtora da cidade de BELO HORIZONTE. Como representante de SÃO PAULO, assinou o acordo das divisas com RIO DE JANEIRO, MINAS GERAIS e PARANÁ. Falece em 8 de julho de 1957.

115 a. nasce o CORONEL JUIZ aposentado JOSÉ ANCHIETA TORRES. Nasceu em 17 de janeiro de 1897.

113 a. nasce ALPHONSE CAPONE, mais conhecido como AL CAPONE, em 17 de janeiro de 1899. O famoso gângster americano dominou o crime organizado em CHICAGO, entre 1925 e 1931 – ele dirigiu um mercado negro de bebidas em época da Lei Seca e se envolveu com jogo e prostituição. AL CAPONE foi preso em 1931, sob acusação de evasão fiscal.

102 a. morre JOAQUIM NABUCO DE ARAUJO em 17 de janeiro de 1910. Foi escritor e político brasileiro que trabalhou pela abolição da escravidão. Na data do centenário de sua morte, em 2010, é lançado oficialmente na FUNDAÇÃO JOAQUIM NABUCO, no RECIFE, o ano de homenagem ao líder abolicionista, acompanhado de anúncios em jornais e emissoras de TV e de um concurso que premiará o melhor texto sobre vida e obra do abolicionista.

Às 10:30 horas de 17 de janeiro de 2010, na Igreja da CANDELÁRIA, no centro do RIO, é rezada uma missa em sua homenagem, por iniciativa da Academia Brasileira de Letras e da Associação Cultural da Arquidiocese do RIO DE JANEIRO.

VIVI NABUCO é uma das mais ativas promotoras da obra do avô. Por sua editora BEM-TE-VI, publicará em 2010 dois volumes com os simpósios realizados nas universidades de YALE e WISCONSIN, nos ESTADOS UNIDOS, com especialistas de vários disciplinas e procedências. Os demais netos de JOAQUIM NABUCO, todos filhos de JOSÉ THOMAZ, o único dos cinco filhos de NABUCO que teve filhos, estão surpreendidos com tantas homenagens ao avô: SYLVIA MARIA, a VIVI; JOSÉ THOMAZ, JOAQUIM AURÉLIO, JOÃO MAURÍCIO, MARIA DO CARMO, a NININHA, e AFRÂNIO. Todos guardam alguns objetos pessoais e documentos deixados por NABUCO, muitos dos quais foram emprestados para a mostra JOAQUIM NABUCO, CIDADÃO DO MUNDO, já exposta no RIO e que correrá diversas capitais no ano em que se comemora o centenário de seu falecimento.

101 a. (WASHINGTON) O contra-almirante japonês YASHIRO declarou em 17 de janeiro de 1911 que o governo dos ESTADOS UNIDOS cometeria um erro fortificando o CANAL DO PANAMÁ, porque isso provocaria os protestos do JAPÃO e de outras potências.

100 a. da segunda expedição a atingir o PÓLO SUL, em 17 de janeiro de 1912, comandada pelo oficial da Marinha britânica ROBERT FALCON SCOTT (1868-1912). SCOTT e sua equipe não sabiam do sucesso de ROALD AMUNDSEN e foram surpreendidos pela bandeira do norueguês fincada no Pólo. Na volta, os cinco homens da expedição foram castigados pelo tempo ruim e, com o fim dos suprimentos, morreram de fome e frio. Deixaram relatos que foram descobertos no verão seguinte. SIR ERNEST SHACKLETON (1874-1922) não foi o primeiro a conquistar o PÓLO SUL, mas chegou bem perto. Sua expedição, que durou de 1907 a 1909, esteve a 156 km do local, mas teve de retornar. Em 1914, ele comandou uma nova expedição com a intenção de ser o primeiro a cruzar o território antártico, mas em 1917 seu barco afundou e ele remou mais de 800 milhas pelo mais tempestuoso mar da TERRA até a GEÓRGIA DO SUL, em busca de socorro para seus homens.

100 a. explorador inglês ROBERT SCOTT chega ao Pólo Sul, em 17 de janeiro de 1912.

100 a. Submarinos para o BRASIL – Negociação com estaleiros ingleses. Informações de boa fonte asseguram que o governo brasileiro está negociando com estaleiros ingleses a construção de 2 navios submarinos. (publicado no jornal O ESTADO DE SÃO PAULO de 17 de janeiro de 1912).

95 a. do bairro de VILA MARIA; sua fundação oficial ocorreu aos 17 de janeiro de 1917, por meio da Companhia Paulista de Terrenos, a qual era formada pelos diretores: RAFAEL DE ABREU SAMPAIO VIDAL, EDUARDO FONSECA COTCHING, ALBERTO BYINGTON, GUILHERME COTCHING e PAULO COTCHING. No ano de 1918, foi construída a ponde de madeira que passou a ligar a VILA MARIA ao bairro de BELENZINHO. Logo após são colocados postes de madeira para a ligação da rede elétrica na Av. GUILHERME COTCHING (antiga Avenida CENTRAL, aberta pela Companhia Rural no ano de 1891), até a altura da PRAÇA SANTO EDUARDO. Com a energia elétrica em 1º de agosto de 1923, é inaugurada a linda de bonde número 34, percurso da PRAÇA DA SÉ até a PRAÇA SANTO EDUARDO (extensão de 16 km) com seis carros. Em julho de 1918, passa a funcionar o 1º Posto Policial, localizado na esquina da atual rua ALCÂNTARA com a Avenida GUILHERME COTCHING, sob o comando do sub-delegado EVANDRO TUPINAMBÁ DE OLIVEIRA. Nesta mesma época instala-se o primeiro telefone, cujo número era 349. A primeira capela do bairro foi a de NOSSA SENHORA DOS NAVEGANTES, construída em 1922. Aos 21 de julho de 1923, ALBANO AUGUSTO REIMÃO instalava sua barbearia na rua PALMEIRA (atual Rua PROFESSORA MARIA JOSÉ BARONE FERNANDES). Em 1º de agosto de 1923 é fundado o primeiro clube o VILA MARIA F.C., cuja denominação atual é Sociedade Esportiva e Recreativa VILA MARIA; sendo que a sua primeira sede própria era localizada na avenida GUILHERME COTCHING. Aos 13 de janeiro de 1924, foi fundada a SOCIEDADE BENEFICENTE NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO. O primeiro cinema foi o CINE VILA MARIA, inaugurado em 21 de abril de 1927, situado na Avenida GUILHERME COTCHING, esquina com a Rua ANDARAÍ, o qual funcionou até 1960. Na história da VILA MARIA não se deve esquecer o papel importante que o RIO TIETÊ exerceu sobre ela. Grandes enchentes eram constantes em todas as épocas de chuvas, e todos os moradores possuíam barcos, pois as inundações cobriam toda a parte baixa do bairro, que era habitada naquela ocasião. A maior inundação do bairro aconteceu em 1929, causando desespero coletivo, uma vez que as águas chegaram até a Rua ARARITAGUABA, ficando cerca de dois metros acima do solo. Por dois meses o transporte foi feito exclusivamente por barcos até a Rua CATUMBI, ou então a população ia a pé até a parte alta de SANTANA. Naquela ocasião em razão das cheias deu-se no bairro uma epidemia de febre tifóide, maleita, gripe espanhola e disenteria coletiva. O RIO TIETÊ que hoje corre manso e pacífico já foi para os moradores da VILA MARIA um rio movimentado e alegre. Em suas barrancas, lavadeiras cantarolavam entremeio ao trabalho, enquanto os barcos deslizavam transportando areia, tijolos, lenha e muitas outras coisas. O ano de 1934 trouxe grandes inovações para o bairro, tais como a construção da nova igreja, estabelecimento do primeiro mercado cujo proprietário era DIAMANTINO DE SOUZA; estabelece-se a primeira fábrica de papel na Rua CURUÇÁ, esquina da Rua ELY, onde hoje se encontram os depósitos de contrabando da Receita Federal. Em 18 de junho de 1937 a Avenida GUILHERME COTCHING ganha a sua iluminação pública ocasião em que a Companhia Paulista de Terrenos, realizando grande promoção de vendas ofereceu tijolos aos compradores de lotes, e foi nesta ocasião que se desenvolveu a parte alta do bairro. Em 5 de dezembro de 1938, VILA MARIA adquire sua emancipação política, decreto assinado pelo doutor ADHEMAR PEREIRA DE BARROS, sendo nomeado para responsável pelo cartório o doutor CASEMIRO PINTO NETO, que na ocasião era seu secretário particular. Em fevereiro de 1939, PAULO SANTOS PINTO, é nomeado como escrivão do Cartório de Registro, sendo o primeiro Juiz de Paz o doutor FREDERICO FERRIGNO, que também teve a honra de ser o primeiro médico do bairro. Em março de 1942 foi fundada a Escola SÃO TEODORO sob a responsabilidade do Colégio NOSSA SENHORA DE SION, situado na Rua MÉRE AMEDEA. Em 1946, após intenso movimento levado a efeito por lideranças do bairro, é pavimentada em parte a Avenida GUILHERME COTCHING. A PONTE DA VILA MARIA foi inaugurada pelo prefeito de SÃO PAULO, doutor WLADIMIR DE TOLEDO PIZA, em 16 de dezembro de 1956. Em novembro de 1992, o nome da PONTE DA VILA MARIA foi oficialmente alterado para PRESIDENTE JÂNIO QUADROS.

83 a. da criação do personagem das histórias em quadrinhos, o marinheiro POPEYE, em 17 de janeiro de 1929. Com muita fome por espinafre e disposição para salvar sua amada OLÍVIA PALITO, o marinheiro POPEYE foi uma criação do americano E. C. SEGAR. Em 17 de janeiro de 2004, o nosso herói completou seus setenta e cinco anos e uma breve biografia sua está condensada nas minhas memórias, bem como a série de comemorações que se processaram nos EUA, principalmente em CRYSTAL CITY, no TEXAS e CHESTER, no Estado de ILLINOIS, cidades que se autoproclamaram como a “capital do espinafre”, bem como em NOVA YORK.

79 a. Congresso dos ESTADOS UNIDOS vota a favor da independência das FILIPINAS, em 17 de janeiro de 1933.

78 a. promulgada na ALEMANHA a nova Carta de Trabalho, em 17 de janeiro de 1934.

75 a. nasce o CORONEL PM Ref. MAURO ROCCO D´ÂNGELO. ROCCO no dia 17 de janeiro de 1937. Entrou para a então FORÇA PÚBLICA em 10 de fevereiro de 1956. Foi declarado aspirante a oficial em 15 de dezembro de 1961. PROMOÇÕES: 2º Tenente – 15 de dezembro de 1962; 1º Tenente –24 de maio de 1966; Capitão – 25 de agosto de 1970; Major – 25 de agosto de 1979; Tenente-Coronel – 24 de maio de 1984; CORONEL – 16 de agosto de 1986 (transferindo-se para a reserva).

71 a. nasce o CORONEL PM Ref VALDIR EUCLIDES BUFFO, no dia 17 de janeiro de 1941.

70 a. do ex-lutador de boxe CÁSSIUS CLAY. Nasceu em 17 de janeiro de 1942.

69 a. na SEGUNDA GUERRA MUNDIAL recomeça a ofensiva britânica na LÍBIA, em 17 de janeiro de 1943.

67 a. durante a SEGUNDA GUERRA MUNDIAL, forças soviéticas e polonesas liberam VARSÓVIA, a capital da POLÔNIA, em 17 de janeiro de 1945.

67 a. diplomata sueco RAOUL WALLENBERG, que salvou dezenas de milhares de judeus durante a SEGUNDA GUERRA MUNDIAL, desaparece na HUNGRIA, no dia 17 de janeiro de 1945.

58 a. MILOVAN DJILAS, presidente da Assembléia Federal e vice-presidente da República da IUGOSLÁVIA, é destituído de seus cargos no dia 17 de janeiro de 1954.

57 a. do lançamento ao mar do submarino NAUTILUS, movido por energia atômica, em 17 de janeiro de 1955.

57 a. nasce MÁRCIA ALIBERTI MAMMANA em 17 de janeiro de 1955. Formou-se em Direito pela Universidade MACKENZIE, aos 23 anos. Fez parte da Federação dos Bandeirantes do BRASIL, destacando-se por dar assistência a pobres da região de VILA MADALENA. O que mais chama atenção em sua biografia, porém, é que ela foi a primeira mulher a praticar acrobacia aérea. Com um grupo de vanguarda do AERO CLUBE, MÁRCIA fundou o “GRUPO DE ACROBACIA DE SÃO PAULO”. Junto com a ESQUADRILHA DA FUMAÇA, a turma empolgou o público com suas acrobacias e ajudou a promover e a divulgar a aviação civil brasileira. Em uma festa comemorativa na cidade de LIMEIRA (SP), em 9 de outubro de 1983, MÁRCIA faleceu num acidente aéreo. A praça que fica na AVENIDA SUMARÉ leva o seu nome em justa homenagem a essa paulistana.

54 a. da fundação da UNIÃO BRASILEIRA DOS ESCRITORES – 17 de janeiro de 1958. Na data do 53º aniversário, em 2011, a UBE homenageia o associado mais antigo.

17.01.2011

Foi num 17 de janeiro que um grupo de intelectuais fundiu a Sociedade Paulista de Escritores e a Associação Brasileira de Escritores. Um dos primeiros escritores a adotar a nova Casa foi o historiador Hernâni Donato, que tem o registro nº 12. Nesta data em que a UBE relembra seu passado de combate pela Literatura e pela Cultura, e ao mesmo tempo, projeta novas realizações, fica registrada a homenagem ao associado Hernâni Donato, o mais antigo em atividade, com os cumprimentos de toda a Diretoria.

54 a. êxito no primeiro teste do míssil americano POLARIS, em 17 de janeiro de 1958. Os submarinos passam a se equipar com ele.

51 a. assassinato de PATRÍCIO LUMUMBA, um dos principais nomes da independência do CONGO, em 17 de janeiro de 1961.

50 a. MONSERRAT CABALLÉ estréia no GRAND TEATRO DE BARCELONA no dia 17 de janeiro de 1962.

48 a. criação do Subdistrito do JABAQUARA. Como bairro, o Jabaquara pode ser considerado relativamente novo, porém é uma região habitada desde o século XVII. Existe controvérsia sobre a data do aniversário do bairro. No arquivo da Biblioteca Paulo Duarte, que funciona no Centro Cultural Jabaquara, há um decreto publicado no Diário Oficial do Estado de 17 de janeiro de 1964 criando o Subdistrito do Jabaquara. Mas os dados do Arquivo Histórico Municipal registram a emancipação em 28 de fevereiro de 1964. A denominação Jabaquara vem do tupi-guarani YAB-A-QUAR-A, que significa rocha e buraco. Nos tempos da escravidão era uma mata deserta que servia de abrigo aos escravos fugidos e que pertencia a uma das inúmeras sesmarias do Padre José de Anchieta, da Companhia de Jesus. O local também servia como ponto de descanso para viajantes que se dirigiam a Santo Amaro e a Borda do Campo, até o início do século XVII. Nessa época começou a ser procurado por fazendeiros e sitiantes que ali abriram estabelecimentos agrícolas e comerciais. Somente no fim do século XIX a região se popularizou, depois que a prefeitura resolveu instalar um logradouro público: o Parque do Jabaquara, para passeios e piqueniques. A chegada dos trilhos dos bondes, em 1930, e a inauguração do Aeroporto de Congonhas, em 1940, deram um grande impulso ao desenvolvimento do bairro. Mas o marco decisivo para o crescimento foi a construção da Paróquia São Judas Tadeu, em 1940, a pedido do arcebispo metropolitano Dom José Gaspar Afonso e Silva. A devoção ao padroeiro do bairro trouxe novos moradores e motivou os antigos habitantes. Atualmente, a Paróquia de São Judas conta com duas igrejas e recebe cerca de 250 mil fiéis no dia 28 de outubro (dia do santo), 80 mil pessoas nos dias 28 de cada mês e 10 mil em dias normais. Das famílias mais importantes da região, duas se destacam na história do Jabaquara: os Rocha Miranda e os Cantarella. Esta última dona do famoso Sítio da Ressaca, que fica ao lado do Centro Cultural Jabaquara. A Casa do Sítio da Ressaca é um dos pontos históricos da região. Seu nome vem de um córrego ao lado que posteriormente chamou-se Córrego do Barreiro. A construção do sítio é do século XVII, como está escrito nas portas das principais residências. O local foi tombado em 1972. A restauração foi feita em 1978 e retomada em 1986, após um incêndio. No mesmo local está o Acervo da Memória e do Viver Afro-Brasileiro, que reúne objetos referentes à presença dos negros em São Paulo. O Sítio da Ressaca está aberto diariamente para visitação ao lado do Centro Cultural do Jabaquara. No alto do Jabaquara, os engenheiros Hugo e Arthur Brandi, imaginaram um plano para lotear aquela vasta propriedade. O loteamento fora todo delimitado, para que não precisasse acabar com as árvores que cobriam o lugar e davam um toque especial para a paisagem. O lugar tornou-se um parque residencial muito calmo. Os lotes nunca eram menores que 1500 m² e os moradores, quase todos de descendência alemã, plantavam árvores das mais diversas espécies, inclusive as ornamentais e frutíferas. A casa mais famosa da região era a “Chácara das Mimosas”, cujo proprietário era o respeitado cirurgião de São Paulo Luiz do Rego. Sua propriedade era coberta das mais diversas espécies de plantas e também muitas essências nobres no Brasil, como as acácias e flores miúdas e amarelas envoltas em pólen. Outra propriedade famosa que fez história no bairro foi a Ibiraparaó, que em tupi-guarani quer dizer “Casa dos Arcos”. Alguns anos depois, muita gente se mudou do Jabaquara e os novos proprietários passaram a relotear a terra em metragens cada vez menores. Depois que o dono morreu, a Chácara das Mimosas desapareceu e transformou-se no antigo Parque do Jabaquara. As outras chácaras que foram tombadas viraram bairros e levaram o nome de seus donos, como a Cidade Vargas e Cidade Ademar. Uma curiosidade da região é que a maioria das ruas leva o nome de árvores que existiam nas casas coloniais. É o caso das ruas Buritis, Jatobás, Jequitibás, Grumixamas e Casuarinas. Essas ruas pertenciam a uma só fazenda. Seus donos protegiam os escravos fugitivos de outras fazendas e ao longo dos anos a região ficou coberta por um cemitério de escravos. Casa do Sítio da Ressaca: A casa sede do Sítio da Ressaca foi construída em 1719, conforme atestam as inscrições nas telhas e na verga da porta principal. Localizada no caminho para Santo Amaro, a sua denominação é atribuída ao fato do sítio estar banhado pelo Córrego do Barreiro, também chamado Córrego do Ressaca. Tombada pelo Patrimônio Histórico Nacional, manteve seu uso rural até 1969, quando o restante da área sofreu sua última desapropriação para a construção do metrô. Em 1978, integrando o projeto de reurbanização da região, a casa começou a ser restaurada para que, em conjunto com um novo edifício, integrasse o Centro Cultural do Jabaquara. É desde 1990 sede do Acervo da Memória e do Viver Afro-Brasileiro, vinculado à Coordenadoria das Casas de Cultura da SMC. Parque Lina e Paulo Raia: O Parque Lina e Paulo Raia fica em local próximo à Estação Conceição do metrô e foi inaugurado por volta de 1980, graças ao Projeto CURA (Comunidades Urbanas de Recuperação Acelerada). A Escola de Iniciação Artística, que atende crianças de 5 a 12 anos, faz parte das instalações do parque. Algumas residências foram desapropriadas quando da construção do parque, e muitos jardins e pomares foram preservados, o que garante a flora da região: gramados, jardins e bosques, com destaque para as paineiras, óleos-de-copaíba, abacateiros, jabuticabeiras e araribás-rosa. A fauna que predomina no parque é formada em sua maioria por pássaros (sabiás, cambcicas, sanhaços, tico-ticos. bem-te-vis). Dia do bairro: 30 de outubro (Fonte: Subprefeitura Jabaquara).

46 a. colisão de dois aviões dos ESTADOS UNIDOS no dia 17 de janeiro de 1966. Quatro bombas atômicas caem, três nas proximidades de PALOMARES e a outra em ALMERIA.

44 a. da despedida de ROBERTO CARLOS do comando do programa da TV RECORD - “JOVEM GUARDA”, em 17 de janeiro de 1968.

43 a. os BEATLES lançam o álbum YELLOW SUBMARINE, na INGLATERRA, em 17 de janeiro de 1969. Poucas músicas desse disco são inéditas. O trabalho contém faixas, que em sua maioria, são músicas orquestradas e compostas por GEORGE MARTIN e que fazem parte da trilha sonora do desenho YELLOW SUBMARINE. Em 1999, o desenho foi lançado em DVD.

39 a. falece TARSILA DO AMARAL, em 17 de janeiro de 1973. Nasceu em 1º de setembro de 1886. Pertenceu à SEMANA DE ARTE MODERNA, em 1922. A peregrinação da pintora modernista pelo mundo, especialmente pelo continente europeu, fez crescer seu apetite antropofágico, como mostra a curiosa junção de duas de suas pinturas mais conhecidas, a mítica ABAPORU (1928) e ANTROPOFAGIA (1929). Juntando os dois canibais das telas chega-se a uma transposição para o sertão brasileiro da mais famosa pintura do francês MANET, a igualmente “escandalosa” DÉJEUNER SUR L´HERBE (1862-1863). A diferença é que TARSILA não precisou de dois homens vestidos e uma mulher nua sentados na grama para provocar esse escândalo. Bastou o abaporu (do tupi-guarani aba, homem, e poru, que come carne humana) para provocar os conservadores e indicar seu desejo antropofágico de deglutir a tradição pictórica européia, afirmando a identidade nacional na pintura. Antes, ela teve de viajar muito para aportar no BRASIL, como prova a exposição TARSILA VIGILANTE, que a PINACOTEÇA DO ESTADO abre no dia 19 de janeiro de 2008,com patrocínio do CREDIT SUISSE, CONFAB TENARIS e BRASIL PREV e apoio da ORBITAL. A mostra comemora os 80 anos do MANIFESTO ANTROPÓFAGO (também conhecido como ANTROPOFÁGICO) de OSWALD DE ANDRADE, anunciando a publicação do catálogo raisonée de TARSILA, que será lançado em CD (em março de 2008) e livro (no segundo semestre) após extenso levantamento da BASE 7 PROJETOS CULTURAIS, responsável pela iniciativa da exposição. No manifesto, o escritor usou principalmente idéias de FREUD para decretar uma revolução cultural caraíba, sugerindo que se devorasse o pai da tribo (ou o estrangeiro) para absorver suas qualidades. Sintonizada com as idéias do marido OSWALD, um dos animadores da Semana de Arte Moderna de 1922, TARSILA criou, em 1928, ano do manifesto, sua tela mais conhecida, ABAPORU, comprada em 1995 por 1,3 milhão de dólares pelo colecionador argentino EDUARDO CONSTANTINI e hoje pertencente ao acervo do MALBA (MUSEU DE ARTE LATINO-AMERICANO, de BUENOS AIRES). O ABAPORU volta mudado ao BRASIL. É nítido que passou por um processo de restauro na ARGENTINA: o pe do canibal está ligeiramente diferente. Mesmo assim, é preciso comemorar a volta temporária desse ícone que o BRASIL perdeu. Protegido por vidro, ele fica ao lado da NEGRA (1923) e da citada tela ANTROPOFAGIA na sala principal da exposição, dividida em seis núcleos pela curadora REGINA TEIXEIRA DE BARROS. No primeiro, ela mostra como a milionária TARSILA, filha de um fazendeiro de café, vivia e pintava em PARIS quando ainda era aluna da ACADÉMIE JULIEN e de EMILE RENARD. No segundo, a curadora reuniu seus primeiros ensaios modernistas, quando TARSILA se integrou ao grupo dos articuladores da SEMANA DE ARTE MODERNA de 1922. O terceiro núcleo cobre a produção de 1924, ano do MANIFESTO PAU-BRASIL e da viagem que empreendeu junto ao grupo que acompanhou o poeta francês BLAISE CENDRARS pelo País. É nesse momento que TARSILA redescobre as raízes coloniais e a paisagem do interior do BRASIL, filtrada pelo olhar estrangeiro de CENDRARS. O quarto núcleo é o momento da volta de TARSILA a PARIS, em 1925, e de sua viagem pelo ORIENTE MÉDIO (1926) Com um caderninho de esboços nas mãos, ela registrou sua passagem pelo EGITO, GRÉCIA e ISRAEL, chegando ao LÍBANO, CHIPRE e TURQUIA. A exposição apresenta 20 desenhos inéditos desse conjunto. No quinto núcleo, a busca da identidade brasileira iniciada em 1924 vira uma viagem onírica pelo imaginário infantil de TARSILA, resultando numa surrealista justaposição de lendas folclóricas. É o ano do MANIFESTO ANTROPÓFAGO, que vê nascer o ABAPORU e outras criaturas fantásticas. No último núcleo, o sonho acaba com a quebra da Bolsa de Valores de NOVA YORK, em 1929, e o rombo da bolsa familiar que garantia à pintora suas luxuosas viagens. TARSILA finalmente descobre os operários e os cidadãos de segunda classe de um BRASIL a caminho da industrialização. Vendendo obras de sua coleção particular (LÉGER, BRANCUSI e outros mestres) pagar sua viagem à UNIÃO SOVIÉTICA, em 1931, ela descobre um outro mundo ao lado do novo marido, o psiquiatra OSÓRIO CÉSAR. É de 1933 o ano da tela OPERÁRIOS, que representa o ponto final da exposição. O engajamento político de TARSILA é legítimo. Ela chegou a ser presa por conta da defesa de esfomeados como os retratados na linha férrea de SEGUNDA CLASSE, tela integrante da mostra e pintada no mesmo ano de OPERÁRIOS. Mais detalhes sobre a pintora estão lançados no dia de seu nascimento.

36 a. falece MANOEL FIEL FILHO. Fortaleza do arbítrio, o DOI-CODI era uma ameaça mortal a opositores do regime. Os prisioneiros ficavam confinados em cela forte na Rua THOMAZ CARVALHAL, 1.030, PARAÍSO, e ali submetidos a interrogatórios. Na cela de porta de aço e sem janela, MANOEL FIEL FILHO foi encontrado morto, às 11 horas da manhã de 17 de janeiro de 1976, um sábado. O corpo tombado no assoalho de madeira, duas meias de náilon azul – uma amarrada à outra – envoltas com força no pescoço. “Asfixia mecânica por estrangulamento”, concluíram os peritos. Cinco meses depois, o inquérito foi arquivado por ordem do juiz da 3ª Auditoria Militar, ARYLTON DA CUNHA HENRIQUES, que acolheu parecer do procurador DARCY DE ARAÚJO REBELO. O procurador endossou a tese de que FIEL havia se matado. “As provas apuradas são suficientes e robustas pra convencer sobre a hipótese de suicídio do metalúrgico, não havendo prova cabal em contrário”. Dois anos depois, a família foi ao cardeal-arcebispo de SÃO PAULO, dom PAULO EVARISTO ARNS. THEREZA FIEL e as filhas pediam justiça. Nenhum doutor queria pegar aquela causa, mas os advogados MARCO ANTÔNIO RODRIGUES BARBOSA, SAMUEL Mac DOWEL DE FIGUEIREDO e GERALDO MAJELA resolveram enfrentar o desafio. Em dezembro de 1980, o juiz JORGE FLAQUER SCARTEZZINI, da 5 ª Vara Federal de SÃO PAULO, condenou a UNIÃO pela morte de FIEL. Ele destacou que a prisão do operário foi ilegal. Alagoano de QUEBRANGULO, terra de GRACILIANO RAMOS, FIEL chegou menino a SÃO PAULO e foi morar num quarto de fundos na VILA MARIA. Tinha sido padeiro e cobrador de ônibus, antes de metalúrgico exemplar e dedicado por 19 anos. Conheceu THEREZA, da MÓOCA, em dezembro de 1953. Um ano depois estavam casados e tiveram MARIA APARECIDA e MÁRCIA DE FÁTIMA – aquela tinha 20 anos quando perdeu o pai e a mais nova, 16. CIDINHA e MARCINHA, como ele as chamava, lhe deram 3 netos que não conheceu, THIAGO, TADEU e GABRIEL. Ao morto coube funeral miserável e breve, sem missa de corpo presente. Apenas uma coroa de flores levada às pressas para a Igreja NOSSA SENHORA DE LOURDES, onde se deu o velório por menos de duas horas, sob a vigilância severa de quatro tipos mal encarados que eram agentes do DOI em missão. Às 8:30 horas do domingo, dia 18 de janeiro de 1976, desceram FIEL a uma gaveta do túmulo 64 do Cemitério da QUARTA PARADA. “Não deu tempo para avisar nossas famílias, foi muito revoltante”, reclama MÁRCIA. “Eles queriam se livrar logo do cadáver de papai”. Nos dois anos seguintes, a família atemorizada procurou refúgio na casa de uma irmã de THEREZA. De lá não saíam para nada. Eram poucas e desencontradas as informações sobre o caso. “A gente ouvia que quando matavam um eles voltavam para pegar a família toda”, lembra THEREZA. Em 1978, ela e as filhas tomaram coragem para ir à Justiça em busca da reparação, que veio na forma de indenização, mas nunca puniu os matadores. A morte de FIEL, 82 dias depois da morte do jornalista VLADIMIR HERZOG, chocou o BRASIL. Fez o presidente da República, ERNESTO GEISEL, mandar fechar os porões da repressão e derrubou um general, EDNARDO D´ÁVILA MELO, que era o comandante do II EXÉRCITO, em SÃO PAULO – reduto do DOI-CODI, sigla do terror oficial. Muito depois, os tribunais mandaram indenizar a família, atribuindo à UNIÃO responsabilidade pela morte. Na manhã de 16 de janeiro, uma sexta-feira, NEGO, apelido de FIEL, foi capturado no pátio da fábrica onde trabalhava, a METAL ARTE INDÚSTRIAS REUNIDAS, na zona leste. Dois homens, que disseram ser da Prefeitura, procuravam um certo FIORI. Nos arquivos da empresa não havia ninguém com esse nome. Eles acharam que FIEL era o FIORI e o levaram. Ao meio-dia foram à casa do operário. Não tinham ordem judicial. Vasculharam tudo, palmo a palmo, os armários, as gavetas e debaixo dos colchões, sob o testemunho de THEREZA. Buscavam exemplares do “VOZ OPERÁRIA”, publicação clandestina do PC do B. A partir do depoimento de um vendedor de bilhetes de loteria, que delatou FIEL como distribuidor do jornal, a repressão lhe conferiu o rótulo de subversivo. Ao cabo de meia hora, os invasores haviam deixado a casa dos FIEL de pernas para o ar. Não encontraram nada incriminador, mas arrastaram sua presa pra o PARAÍSO, endereço do DESTACAMENTO DE OPERAÇÕES E INFORMAÇÕES DO CENTRO DE OPERAÇÕES DE DEFESA INTERNA. THEREZA tinha 43 anos quando perdeu NEGO, que tinha 49.Com ele morreu a alma da casa, ela diz. “Quando ele me beijou e disse que voltava eu sabia que uma coisa ruim ia acontecer. Ele voltou, mas voltou morto”.

33 a. Trabalho no CPChq, como capitão, na área operacional. CORONEL RIGONATTO manda levantar o “dossiê” sobre o campo da Portuguesa de Desportos, indo ao QCG para discutir o assunto de segurança com o Comandante Geral (ontem houve um tumulto no campo da PORTUGUESA, com deslocamento da tropa de choque do 2º BPChq). Na tarde, vamos ao CE SARRACENI, no Bairro de GOPOÚVA, para tirar a segunda via do Certificado de Conclusão do 2º Grau da MARIZETE. Visitamos dona DEOLINDA, irmã da LUCINDA.

No “museu” vou verificar o documento de 1972 sobre “MÓDULOS INTEGRADOS DE SEGURANÇA”. Estou lendo “A GLÓRIA DE BYRON”.

JORNAL NACIONAL: a violência do jogo PORTUGUESA x SANTOS; a greve dos motoristas de ônibus no RIO; a conferência dos bispos no MÉXICO; situação confusa no CAMBOJA; o xá REZA PAHLEVI está no EGITO.

31 a. falece o MAJOR LUÍS GALPERN, em 17 de janeiro de 1981.

30 a. desabamento de uma ponte pênsil sobre o salto de SETE QUEDAS, no PARANÁ, no dia 17 de janeiro de 1982. Cerca de 29 pessoas morreram e cerca de mil turistas ficaram isolados e foram resgatados por helicópteros.

29 a. NIGÉRIA expulsa dois milhões de imigrantes ilegais vindos de GANA, em 17 de janeiro de 1983.

28 a. abertura, em ESTOCOLMO, da Conferência sobre Desarme na EUROPA, em que participaram representantes de 35 países, em 17 de janeiro de 1984.

27 a. instituída a “SEMANA EUCLYDES FIGUEIREDO”, de 6 a 12 de dezembro, pelo DECRETO LEI Nº 4.511, de 17 de janeiro de 1985.

26 a. dos instalações dos órgãos da PMESP - CSAEP e CASRJ, em 17 de janeiro de 1986.

25 a. do casamento com a LUCINDA e a festa no 2º Batalhão de Polícia de Choque, quando eu era o Comandante, em 17 de janeiro de 1987. Isso foi proporcionado pelo então MAJOR RENATO CÉSAR MELO sub-comandante do 2º BPChq. Comandei esse batalhão até ser promovido a CORONEL em 11 de março de 1988. Das páginas de meu diário: “Um dia muito especial para LUCINDA e eu. Depois de dezessete anos de vivência em comum, iremos nos casar nesta manhã. Desde cedo há muita movimentação. Uma kombi do quartel chega às 8 horas e a MARLENE vai buscar aparelho de som com conhecidos e levá-los até o 2º BPChq. O JOSÉ, irmão da LUCINDA, leva o carro amarelo para tratar do transporte da mãe da LUCINDA, Sr. ANTÔNIO, DORA e as crianças até o cartório. Chegam, pouco depois das 9 horas, o Sr. JOSÉ TOMÁS, Dona ESMERALDA e SÔNIA. O Sr. JOSÉ e dona ESMERALDA serão nossos padrinhos. O Cabo LAMEIRINHA chega com o GOL preto. Vai buscar tia COTA, CARMEM, MANOEL, MÔNICA e MÁRCIO. Leva-os ao cartório. Na kombi do Sr. JOSÉ, vamos para o cartório. Uma extensa fila de noivos, padrinhos e convidados está formada na frente do cartório. Acontece que alguns oficiais do 2º BPChq conversam com o juiz de paz e, com isso, LUCINDA e eu casamos na frente dos demais. O MAJOR RENATO CÉSAR MELO e demais oficiais do Batalhão montam um esquema de comboio. Partimos para o quartel, com as motos da ROCAM abrindo caminho. Todos os convidados vão para o 2º BPChq. Além das pessoas já citadas estão os familiares dos oficiais, parentes da LUCINDA (sua irmã MARIA e filhos, JOSÉ CARLOS e a SÍLVIA) e outros conhecidos. É servido um churrasco. A tarde toda é de muita alegria no quartel. No cassino dos oficiais todos se divertem com o “karaokê” organizado pela MARLENE e seus conhecidos. Antes, porém, dançamos a valsa “ANEL DE NOIVADO” e os oficiais do batalhão dão-me um banho de piscina, obrigando-me a ficar em trajes desportivos o resto da tarde. Depois das 19 horas retornamos a GUARULHOS. Passamos pela casa de tia COTA. Encerramos uma data toda especial, de muito significado para a LUCINDA e para mim”.

25 a. LUCIENE MÔNICA TUPINAMBÁ, 24 anos, estudante carioca, entrava em estado de coma após uma cirurgia de lipoaspiração, em 17 de janeiro de 1987.

25 a. do desaparecimento de 50 pessoas após o naufrágio de um navio, perto da ilha de BOHOL, nas FILIPINAS, no dia 17 de janeiro de 1987.

24 a. da REBELIÃO NA ARGENTINA, provocada pelo Tenente–Coronel ALDO MORO, em 17 de janeiro de 1988.

23 a. da assunção de Comando do CPAM-7 pelo Cel. DALMIRO GOMES, meu companheiro dos bancos escolares da ESCOLA DE OFICIAIS (FEVEREIRO DE 1959 a 7 DE SETEMBRO DE 1963). A sua posse na região de GUARULHOS se deu em 17 de janeiro de 1989.

21 a. da assunção de Comando do 22º BPMI – ITAPETININGA, pelo então Tenente-Coronel PM VÂNDER ACUIO SIMEIRA, em 17 de janeiro de 1991.

21 a. do ataque do IRAQUE a ISRAEL e ARÁBIA SAUDITA com mísseis SCUD, em 17 de janeiro de 1991. O inicio da GUERRA DO GOLFO leva ao racionamento de combustíveis no BRASIL e postos passam a fechar à noite e aos domingos.

21 a. da morte do REI OLAVO V, da NORUEGA, em 17 de janeiro de 1991.

19 a. do ataque aliado ao SUL de BAGDÁ, com 40 mísseis TOMAHAWK atingindo o HOTEL RASHEED, em 17 de janeiro de 1993.

18 a. do terremoto que sacudiu a cidade de LOS ANGELES em 17 de janeiro de 1994. Um terremoto, às 4:31 horas, seguido de pelo menos 20 tremores secundários, abalou a estrutura de vários edifícios na zona de HOLLYWOOD, incendiou casas no VALE SAN FERNANDO e destruiu viadutos e auto-estradas. O abalo sísmico registrou 6,6 pontos na escala RICHTER. 54 pessoas morreram, 5.420 ficaram feridos e perda de 35 milhões de dólares.

17 a. falece a atriz de teatro e televisão JACYRA SILVA e o escritor português MIGUEL TORGA, em 17 de janeiro de 1995.

17 a. terremoto de 7,2 graus na escala RICHTER sacode a região japonesas de KANSAY, em 17 de janeiro de 1995, causando 5.500 mortes e 26 mil feridos.

16 a. da condenação à prisão perpétua, pelo Tribunal Federal de NOVA YORK, do xeque cego OMAR ABDEL-RAHMAN, de 57 anos, acusado de terrorismo internacional e de tentar matar o presidente do EGITO, HOSNI MUBARAK. Outras dez pessoas também foram condenadas com ele por terem participado do atentado ao WORLD TRADE CENTER, em fevereiro de 1993, quando foram mortas seis pessoas e mais de mil feridas.

16 a. do MASSACRE DE PERVOMAISKAYA, na CHECHÊNIA, por tropas russas, com um número indefinido de mortos, em 17 de janeiro de 1996.

16 a. ex-primeiro ministro da ITÁLIA, SÍLVIO BERLUSCONI, vai a julgamento por acusações de corrupção alegadas por seus oponentes políticos, em 17 de janeiro de 1996.

15 a. um tribunal na IRLANDA concede o primeiro divórcio na história do país, em 17 de janeiro de 1997.

14 a. falece o ex–jogador de futebol do CORINTHIANS, LUIZINHO, O PEQUENO POLEGAR, em 17 de janeiro de 1998. LUIZINHO (LUIZ TROCHILLO) foi um dos mais brilhantes jogadores que já vestiram a camisa do CORINTHIANS. Chamado de PEQUENO POLEGAR em razão de sua baixa estatura (apenas 1m64cm), dentro de campo parecia um gigante. Passava o pé por cima da bola e mexia com os rivais. Diz a lenda que, num clássico contra o PALMEIRAS, sentou em cima da bola, chamando para o drible o argentino LUIZ VILLA. O PALMEIRAS, aliás, foi o clube em que ele mais marcou gols – 21 dos 175 que fez atuando pelo TIMÃO. O mais importante foi o empate no jogo decisivo do CAMPEONATO PAULISTA de 1954, que ficou conhecido como o título do IV CENTENÁRIO da cidade. E, por incrível que pareça, fez de cabeça no 1 a 1 que levou o troféu para o PARQUE SÃO JORGE.

LUIZINHO é o segundo jogador com mais partidas na história do clube (603 jogos), ficando apenas atrás de WLADIMIR.

Fato raro na história do CORINTHIANS, LUIZINHO recebeu uma linda homenagem muito tempo depois de ter encerrado a carreira. Em 1966, aos 65 anos, ele jogou alguns minutos num amistoso contra o CORITIBA e deu lugar a EDMUNDO, que havia acabado de ser contratado pelo TIMÃO.

14 a. nascimento dos gêmeos MATHEUS e MARCELLA CRISTINA, filhos de MARCELINHO CARIOCA, do CORINTHIANS, em 17 de janeiro de 1998. Outras anotações nesta data: neste sábado, pela manhã, LUCINDA e eu recordamos os onze anos do nosso casamento. Quer ela ver o álbum de fotografias de 17 de janeiro de 1987, com a festa realizada no 2º BPChq. PAULO CÉSAR regressa de CARAGUATATUBA, onde permaneceu alguns dias. JOÃO e FÁTIMA vão ao Clube ÁGUAS DE ATIBAIA, em BOM JESUS DOS PERDÕES, km 59 da Rodovia D PEDRO II. Há dias ele recebeu um convite para se tornar sócio, recebendo gratuitamente o Certificado de Sócio Usuário Familiar Vitalício, pagando apenas a conservação.

Telefona-me o senhor GERALDO FARIA MARCONDES para dizer que dona REGINA entrou com queixa-crime contra o CORONEL ARY CANAVÓ. Na reunião de 27 de janeiro iremos discutir esse tenebroso assunto. Dona REGINA é perniciosa ao MMDC e deverá ser eliminada do quadro associativo. O senhor GERALDO PIRES DE OLIVEIRA, que ontem completou 83 anos de idade, também me telefona. Ficou contente com a lembrança que lhe mandei e fala sobre a festa da família.

Faleceu hoje um dos meus ídolos do futebol quando eu era garoto. Campeão pelo CORINTHIANS em 1951,1952 e 1954: LUIZINHO – O PEQUENO POLEGAR. Foi vítima de insuficiência respiratória, aos 68 anos de idade.

Hoje acontece o início do CAMPEONATO PAULISTA DE 1998. Na cidade de ITU, o ITUANO vence a PORTUGUESA DE DESPORTOS por 3 a 1.

Na biblioteca, as lembranças de minha vida retornam das penumbras do passado. Leio os dias 15 a 21 de janeiro de 1990 a 1997. Relembro, principalmente, a luta que desempenhei a partir de 14 de janeiro de 1991, quando assumi o Comando da Região de SÃO JOSÉ DO RIO PRETO.





ACONTECEU EM 2 001 : - QUARTA-FEIRA

TOMOU POSSE como novo presidente da REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DO CONGO (antigo ZAIRE) o general JOSEPH KABILA, filho do presidente LAURENT KABILA, tido como morto a tiros por um guarda-costas, durante uma tentativa de GOLPE DE ESTADO. Foi divulgada uma notícia de que o assassino foi morto em seguida pelos demais guarda-costas. Levado de avião para um hospital de HARARE, no ZIMBABUE, LAURENT KABILA morreu nesta viagem.



OPERADO o jornalista ANTÔNIO MARCOS PIMENTA NEVES, preso há quatro meses pelo assassinato de sua namorada SANDRA GOMIDE. Ele se submeteu a uma cirurgia para correção de uma hérnia inguinal, no Hospital ALBERT EINSTEIN, em SÃO PAULO.



2 002: - QUINTA-FEIRA

Pela manhã, relembro com a LUCINDA o nosso casamento, acontecimento marcante de 17 de janeiro de 1987, com festa no batalhão que eu comandava na época – 2º BPChq.



O DIÁRIO OFICIAL publica a transferência para a reserva do CORONEL JÚLIO AGOSTINHO LUIZE, do CPI-2, CAMPINAS. Nasceu em 6 de dezembro de 1951. Entrou na POLÍCIA MILITAR em 10 de janeiro de 1972. Foi declarado ASPIRANTE A OFICIAL em 25 de janeiro de 1974. PROMOÇÕES – 2º Tenente em 25 de agosto de 1974; lo. Tenente em 25 de janeiro de 1979; Capitão em 15 de dezembro de 1985; Major em 25 de agosto de 1993; Tenente-Coronel em 24 de maio de 1997 e CORONEL em 3 de fevereiro de 2001.



Tenho uma conversa séria com ANADAI, muito folgado ultimamente, criando um ambiente nada bom na nossa organização. Faço ver que ele é uma pessoa indesejável na sociedade. Mando, inclusive, pedir desculpas para o SOCORRO, com quem teve sérias desavenças. Hoje, esse tenente parece estar avoado, não concatenando as idéias. Eu diria até que ele estaria sob o efeito de algum remédio ou droga. Uma sindicância corre paralela, mas OREZ é muito devagar nessas coisas.

Na Sociedade Veteranos de 32-MMDC, o Sr. PIRES, nosso atual presidente, comemora os seus 87 anos, transcorridos ontem, com um bolo e doces que ele trouxe, juntamente com os funcionários VASCO e dona CÉLIA e comigo.

Finalmente a questão dos quinze mil reais, pagos pela SECRETARIA DA CULTURA por prestação de serviços, encontra-se na nossa conta. Podemos pagar alguma coisa que está pendente, inclusive as férias do VASCO.

O MMDC enfrenta as dificuldades criadas pela Secretaria de GESTÃO ESTRATÉGICA que, por qualquer motivo, não está aceitando mais os pedidos de PENSÃO ESPECIAL. Entre os casos atendidos hoje está o da viúva do ex-combatente MANUEL SAMPAIO MATOS, que foi, inclusive, presidente do MMDC, em PIRACICABA.

Recebo um telefonema do CABO do Exército Brasileiro, NEVES, nosso sócio, que está pleiteando uma fita de vídeo da solenidade de 2 de outubro de 2001, onde ele foi condecorado com a medalha PEDRO DE TOLEDO. Entro em contato com a CENTRAL DE VÍDEO, da DEI, solicitando essas fitas. O Sr. PIRES também quer uma para ele e outra para ficar no nosso arquivo.



Um escândalo abalou as estruturas do futebol brasileiro, na sede da Confederação Brasileira de Futebol, no centro do RIO: o presidente da Comissão Nacional de Arbitragem, ARMANDO MARQUES, foi afastado do cargo por suspeita de corrupção e prevaricação. ALFREDO DOS SANTOS LOEBLING, juiz da tumultuada partida entre FIGUEIRENSE e CAXIAS DO SUL na decisão do Campeonato Brasileiro da série B de 2001, no dia 22 de dezembro, entregou uma carta ao presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva, LUÍS SVEITER, na qual acusa MARQUES de tê-lo coagido a favorecer o FIGUEIRENSE na hora da elaboração da súmula.



FALECEU, em MADRI, aos 85 anos, vítima de um ataque cardíaco, o escritor espanhol CAMILO JOSÉ CELA, autor de A FAMÍLIA DE PASCUAL DUARTE e ganhador do NOBEL de LITERATURA de 1989. Outros livros de CELA: A COLMÉIA, MADEIRA DE LEI, O ASSASSINATO DO PERDEDOR, A CRUZ DE SANTO ANDRÉ, MADEIRA DE LEI. No total publicou mais de noventa obras, sendo dez romances. Em 1957, CELA foi eleito para a REAL ACADEMIA ESPANHOLA. Nasceu em 1916.



Na mais ousada ação de resgate já vista em SÃO PAULO, bandidos pousaram um helicóptero no pátio do PAVILHÃO 1 da penitenciária JOSÉ PARADA NETO, no bairro VÁRZEA DO PALÁCIO, em GUARULHOS, e levaram os detentos AILTON ALVES FEITOSA, de 36 anos e DIONÍSIO DE AQUINO SEVERO, de 37, por volta das 13h10, sem dar nenhum tiro. A aeronave ESQUILO HB-350B, prefixo PT-HNU, havia sido alugada da TÁXI AÉREO PARADELA para um vôo panorâmico, partindo do CAMPO DE MARTE, mas logo após o helicóptero ganhar o céu os bandidos renderam o piloto DATO DE OLIVEIRA, de 52 anos, e o obrigaram a pousar na penitenciária.



O mistério que envolvia a morte da portuguesa ODETE DE JESUS APOLINÁRIO GRANDÃO, de 57 anos, atacada junto com o marido HERMÍNIO AUGUSTO GRANDÃO, de 58, nos fundos do Cemitério de VILA ALPINA, foi esclarecido com a confissão da filha, a viúva ANA LÚCIA APOLINÁRIO GRANDÃO, de 32 anos, vendedora. O crime foi encomendado ao tosador ALEXANDRE DE SOUZA MORAES, de 23 anos, com quem ela namorava. A promessa de ANA LÚCIA, caso herdasse os bens dos pais, era de que montaria um “petshop” para ele, e pagaria vinte e cinco mil reais para os outros dois envolvidos no crime.



O MINISTRO DA SAÚDE, JOSÉ SERRA, lançou hoje sua candidatura à presidência da República anunciando que quer fazer um leque de alianças para eleger-se. Ele fez elogios à oposição por apoiar seus projetos e à Igreja Católica pelo trabalho da PASTORAL DA CRIANÇA. Deu seu recado ao NORDESTE, ao falar da competência dos migrantes na construção do parque industrial paulista. Elogiou até o governador de MINAS, ITAMAR FRANCO, adversário do presidente FHC. Seu lema em caso de eleição será “NADA CONTRA A ESTABILIDADE, TUDO CONTRA A DESIGUALDADE”.



Um palestino matou hoje à noite pelo menos seis israelenses e feriu 34 em uma festa em HADERA, ISRAEL. As autoridades deram poucos detalhes sobre o atentado. Segundo a rádio militar do país, um atacante suicida tentou detonar explosivos, mas foi dominado. Ele então atirou granadas e foi morto. Os EUA apreenderam um vídeo no AFEGANISTÃO que indica preparativos para novos ataques terroristas.



O economista MÁRIO BLEJER assumiu temporariamente o BANCO CENTRAL ARGENTINO após a saída de ROQUE MACCARONE, que pediu demissão. BLEJER é um ex–funcionário do alto escalão do FMI. A demissão de MACCARONE e a devassa nos bancos acusados de remessa ilegal de capitais às vésperas da adoção das medidas que restringiram os saques bancários fizeram disparar a cotação do dólar, que ultrapassou dois pesos.



O documentário sobre suas aventuras na CASA BRANCA foi lançado pela ex–estagiária MÔNICA LEWINSKY, de 28 anos. Ao lembrar-se de seus papel no escândalo envolvendo o ex–presidente BILL CLINTON, ela reclamou das piadas de seus compatriotas e não respondeu a várias perguntas de jornalistas; esse documentário irá ao ar em março próximo.



2 003 : - SEXTA-FEIRA

CARBAIA tem intensa atividade no MMDS e não consegue expor em que período da reciclagem se encontram os oficiais baianos, GESOFATO e NIASO, porque OREZ não lhe passou as informações como devia. Sabe-se apenas que os mesmos estão no término da reciclagem guiada pelo ARLINDO e DUE. Não fico satisfeito com o descontrole da situação.

Na Sociedade Veteranos de 32-MMDC recebemos a visita do Inspetor da Guarda–Civil ISTÓRIO, desde ontem interessado numa cópia da escritura do Monumento–Mausoléu. Interessante também é notar que hoje a CASA CIVIL do governador quer saber informações sobre o Monumento. Primeiramente foi o CORONEL RENALDO, que recebeu um telefonema do PORTELA, seu amigo, que trabalha no Palácio dos Bandeirantes. Entro em ligação com PORTELA e, este, explica-me que está havendo um reboliço na CASA CIVIL, provocado pelo IPH, naturalmente não se conformando com a alijação na reforma do Monumento. O Sr. MARCONDES chega um pouco mais tarde, para um encontro com o advogado CARRARO. Este tem outras informações sobre as demarches do IPH. O Professor EGBERTO MAIA LUZ também nos visita. Pouca coisa dá para fazer nesta tarde. Os problemas com o computador continuam. Hoje, para piorar ainda mais a situação da Sociedade, ficamos sem o FAX (que apresenta defeito). O CARRARO diz que esteve ontem na Associação dos Funcionários Públicos e assistiu o show do conjunto DEMÔNIOS DA GAROA.



Na sétima rebelião ocorrida nos últimos 26 dias no complexo de unidades da FEBEM de FRANCO DA ROCHA, 14 funcionários foram feitos reféns por 80 adolescentes. Dessa vez, o motim começou às 18 horas na Unidade 29, onde estão internados jovens menos violentos que os das unidades 30 e 31. A TROPA DE CHOQUE foi novamente acionada para resolver a situação.



O garoto FELIPE LAURÊNCIO DOS SANTOS, de 10 anos, que foi soterrado duas vezes e acabou sendo resgatado pelos bombeiros depois de 15 horas debaixo da terra, morreu hoje de madrugada no Hospital JOÃO XXIII, em BELO HORIZONTE. Ele era o único dos seis filhos do casal VALDA CALDEIRA SANTOS e ANTÔNIO JOSÉ LAURÊNCIO que foi retirado com vida debaixo das toneladas de lama e pedras que cobriram o barraco da família, na favela do MORRO DAS PEDRAS, durante a chuva da madrugada do dia 15 de janeiro. FELIPE, que emocionou as equipes de resgate por sua resistência, morreu de problemas circulatórios. Ele teve parte da musculatura esmagada, além de hipotermia. Com a morte de FELIPE, subiu para 32 o número de vítimas fatais deixadas pelas chuvas e deslizamentos em MINAS.



NOMEADO embaixador do BRASIL em ROMA o ex–presidente e ex–governador de MINAS GERAIS, ITAMAR FRANCO, de 72 anos.



O indigenista e jornalista EDUARDO ALMEIDA foi anunciado pelo ministro da JUSTIÇA, MÁRCIO THOMAZ BASTOS, como novo presidente da Fundação Nacional do Índio - FUNAI – em substituição ao antropólogo ARTUR NOBRE MENDES, que pediu demissão.



A possibilidade cada vez mais próxima de uma guerra entre EUA e IRAQUE agitou o mundo financeiro e provocou uma alta de 2,12% do dólar. A moeda americana fechou cotada a R$ 3,37, a maior cotação desde o dia 3 de janeiro. Analistas avaliam risco de disparada no preço do petróleo, o que afeta toda economia.



O COMITÊ PAULISTA CONTRA A GUERRA E PELA PAZ realizou um ato, hoje, contra uma possível guerra no IRAQUE. Cerca de 400 pessoas participaram da passeata que começou no vão livre do MASP, na AVENIDA PAULISTA, e acabou na frente do CONSULADO DOS EUA. Um grupo de representantes entregou uma carta assinada por entidades, partidos políticos e personalidades contra o uso da violência no IRAQUE. O cônsul PATRICK TUDDY recebeu o ofício, que deverá ser encaminhado aos ESTADOS UNIDOS.



RALI PARIS–DACAR: O brasileiro JEAN AZEVEDO finalizou em sétimo lugar a 15ª etapa da categoria motos, que foi disputada entre LUXOR e ABU RISH, no EGITO. O brasileiro é o quinto na classificação geral. O francês RICHARD SAINCT chegou em quinto e segue na liderança da classificação geral. O finlandês ARI VANTANEN e a sueca KRISTINA THORNER foram os vencedores nos carros. A dupla francesa STÉPHANE PETERHANSEL e JEAN-PAUL COTTRET chegou em sexto e manteve a liderança geral. Nos caminhões, ANDRÉ AZEVEDO e os tchecos TOMAS TOMECEK e JAROMIR MARTINEC terminaram em terceiro e seguem em segundo na classificação geral.



Convencidos de que o presidente dos EUA, GEORGE W. BUSH está falando sério sobre uma invasão ao IRAQUE, líderes árabes esperam evitar a guerra no GOLFO PÉRSICO orquestrando um golpe em BAGDÁ. Fontes assinalaram que o Governo da ARÁBIA SAUDITA está tentando encorajar os generais de SADDAM HUSSEIN a destituir do poder o líder iraquiano. Um SADDAM HUSSEIN desafiador celebrou o 12º aniversário da GUERRA DO GOLFO, com a promessa de derrotar as tropas dos EUA “nos portões de BAGDÁ”. O presidente iraquiano disse ter mobilizado seu Exército e criado um plano para contra atacar qualquer invasão de forças americanas. Enquanto isso, a CASA BRANCA disse que o presidente GEORGE W. BUSH achou “perturbadora e séria” a descoberta por inspetores da ONU de ogivas vazias capazes de carregar agentes químicos, no dia 15 último.



FALECEU ROBERT BRENTWOOD, em CHICAGO, aos 95 anos. Era um arqueólogo americano que foi o inspirador verdadeiro do personagem dos filmes de INDIANA JONES. O mais curioso, contudo, num golpe teatral que nem STEVEN SPIELBERG conseguiria inventar, é que poucas horas depois da morte de BRENTWOOD, sua mulher LINDA, que se recuperava de uma doença no mesmo hospital, piorou subitamente e também morreu. Os BRENTWOOD se casaram em fins da década de 30 e logo se dedicaram integralmente à paixão de ambos, o estudo das civilizações antigas do Oriente Médio e Ásia Menor. Entre as maiores descobertas do casal, há alguns dos mais antigos edifícios de que se tem notícia e o mais velho fragmento de tecido da história, um pedaço de linho quase fossilizado, de cerca de 9 mil anos. Pouco depois da Segunda Guerra Mundial, o casal foi para o IRAQUE em busca de assentamentos humanos muito antigos.



PRESO pela Justiça do Estado da GEÓRGIA o cantor BOBBY BROWN, marido de WHITNEY HOUSTON. BROWN estava em liberdade condicional depois de uma condenação por porte de drogas e compareceu a uma cerimônia em LOS ANGELES. Ele não poderia ter saído da GEÓRGIA. Nos ESTADOS UNIDOS.



MORREU o ator RICHARD CRENNA, que interpretou o detetive FRANK JANEK na televisão e cujos trabalhos incluem séries de TV como THE REAL McCOY´S e da trilogia de “RAMBO”. Estava com 76 anos e sofria de câncer no pâncreas, mas morreu de deficiência cardíaca. Estava na UTI do Centro Médico CEDARS-SINAI, em LOS ANGELES. CRENNA desempenhou o papel do coronel SAMUEL TRAUTMAN, um veterano da Guerra do Vietnã e mentor de RAMBO, personagem vivido no cinema por SYLVESTER STALLONE. O ator começara sua carreira artística trabalhando no rádio, nos anos 40.



O presidente do PARLAMENTO da INDONÉSIA, AKBAR TANJUNG, foi condenado a três anos de prisão, acusado de apropriação indébita de quatro milhões e quatrocentos mil dólares de fundos destinados ao financiamento de ajuda aos pobres.



PRESO o belga BOULBAHALEM MOUSSA, de 33 anos, ao tentar embarcar no Aeroporto Internacional de GUARULHOS, com destino a MADRI. Ele carregava 2 litros de exstasy líquido, usado na forma de colírio. Foi a primeira apreensão desse tipo de droga no BRASIL. MOUSSA também levava na bagagem roupas engomadas com 22 quilos de cocaína.



2 004 : - SÁBADO

FALECEU o CORONEL Res SÉRGIO SOLFRINI MAMEDE.



SHOW na Avenida JACU-PÊSSEGO –Participação de KLB e LUKA (artistas a confirmar) como parte das comemorações dos 450 anos da cidade de SÃO PAULO. Lançamento do CARIMBO COMEMORATIVO- Alusivo à Capela de SÃO MIGUEL. O evento, que começa às 13 horas, é aberto a população e contará com a presença de autoridades dos três poderes, clero e militares.



O BRADESCO começa a veicular campanha publicitária sobre a MOSTRA PICASSO. Criada pela agência PUBLICIS SALLES NORTON, as peças exploram o estilo do pintor espanhol e mostram rostos com dobras de papel, que os desfiguram. Na televisão, o comercial mostra um colador de cartaz de rua, que não fica satisfeito com o resultado e resolve remexer as peças, que aí passam a ter o estilo de PICASSO. O criador TIÃO BERNARDI procurou dessa forma mostrar para o público o que é a obra do mestre cubista. “Queremos SÃO PAULO respirando PICASSO nos seus 450 anos”, diz JOSÉ CARLOS PERRI, diretor de MARKETING DO BRADESCO. As peças pertencem ao MUSEU PICASSO, em PARIS, e muitas delas virão ao País pela primeira vez. Entre as obras estão as telas: NU COUCHÉ, LE BAISER, MINOTAURE e FEMME ASSISE DEVANT LA FENÊTRE. São 45 pinturas, 20 esculturas, 55 obras sobre papel e 4 cerâmicas, produzidas entre 1895 e 1972 pelo inventor do cubismo, um estilo que tem identidade com a cidade que, desordenada, cresceu em concreto e linhas retas. Orçada em seis milhões de reais, a RETROSPECTIVA PICASSO ocupará o PAVILHÃO DA OCA, no PARQUE DO IBIRAPUERA, de 28 de janeiro a 2 de maio.



Nesta manhã, cumprimento a LUCINDA pelos nossos dezessete anos de casados. A solenidade realizada no quartel do 2º BPChq é lembrada por nós através de um álbum de fotografias do evento. Desde o momento de nosso deslocamento para o cartório até a churrascada no quartel que eu comandava, em 17 de janeiro de 1987, como TENENTE-CORONEL.

O advogado CARRARO telefona-me. Diz que não gostou da interferência do Sr. MARCONDES junto aos jornais e, por tabela, também dá essa indireta para mim. O que ocorre é que ele tinha feito contatos com o DIÁRIO DE SÃO PAULO, mas não nos disse nada e se viu surpreendido porque o repórter achou por bem procurar diretamente a Sociedade Veteranos de 32-MMDC, deixando-o de “escanteio”. Explico-lhe o que aconteceu e ele disse que está estressado e mal humorado, chegando a pedir desculpa.

Tento conversar, via fone, com o Sr. MARCONDES, mas o telefone não atende. Transmito ao Cel MENDES o que está publicado nos jornais de hoje e dos quais sou assinante:

DIÁRIO DE SÃO PAULO, de 17 de janeiro de 2004 (página A10 – OPINIÃO DO DIÁRIO) HISTÓRIA DESCUIDADA: -

A facilidade com que as autoridades retocam a memória histórica chega a ser escandalosa. Criada em 1932 no calor da luta de SÃO PAULO contra VARGAS, a sigla MMDC, um dos principais símbolos do movimento, acaba de ser rebatizada, passando a se chamar MMDCA. Aprovada pela Assembléia Legislativa, a mudança já foi sancionada pelo governador GERALDO ALCKMIN.

Alguns pesquisadores celebram a mudança, sustentado que se faz justiça a um dos mártires da época, ORLANDO ALVARENGA, morto por forças aliadas a VARGAS. Outros contestam essa versão, dizendo que ALVARENGA não morreu no mesmo conflito que deu origem a sigla MMDC, que homenageia os mártires MARTINS, MIRAGAIA, DRÁUSIO e CAMARGO. É difícil dizer, no momento, quem tem razão nesta polêmica, do ponto de vista estritamente histórico, ainda que tenha ficado no ar uma pergunta incômoda: se ORLANDO ALVARENGA tem direito à homenagem póstuma, por que foi deixado de lado pelos contemporâneos e esquecido por tanto tempo ?

O episódio assinala, porém, como é fácil modificar a memória histórica de SÃO PAULO, Uma das verdades mais duradouras da filosofia ensina que os povos que não conhecem a própria história estão condenados a repeti-la – lição especialmente útil num País que tem muito a aprender com seu passado para ter direito a sonhar com um futuro melhor. Ouvido pelo repórter EVERALDO GOUVEIA, do DIÁRIO, o autor do projeto da mudança do nome, deputado JOSÉ CALDINI CRESPO, admitiu que não estava a par de documentos que poderiam questionar a proposta. “Baseei o projeto no que me trouxeram”, admitiu.

O costume de retocar a história evoca episódios dolorosos, quando fotografias eram retocadas e documentos oficiais eram rasurados para atender às conveniências do momento. Não há má intenção na recriação do nome MMDC. Mas é lamentável que uma mudança que envolve um episódio tão marcante na memória de SÃO PAULO tenha sido feita dessa forma, sem debates, sem explicações e sem mais cuidado.



JORNAL AGORA, página A6 – SP EXIGIA CONSTITUIÇÃO

A Revolução Constitucionalista, iniciada em 9 de julho de 1 932, durou três meses e resultou na morte de 830 soldados –entre os 35 mil paulistas e os 100 mil das tropas federais.

O movimento de 32 exigia o cumprimento das promessas do governo provisório de GETÚLIO VARGAS –entre elas a de garantir uma nova Constituição.

Em 23 de maio, na praça da REPÚBLICA (centro), a morte de MARTINS, MIRAGAIA, DRÁUSIO e CAMARGO durante um confronto com a polícia fez o movimento ser representado pela sigla MMDC. Em 9 de julho daquele ano, os paulistas passaram a alistar voluntários para lutar contra as forças do governo. A rendição paulista ocorreu em 3 de outubro. Em 1933, foi aprovada a Constituição. (FSP)



REVOLUÇÃO DE 32 GANHA MAIS UM MÁRTIR

LEI SANCIONADA PELO GOVERNADOR SOMA À SIGLA QUE REPRESENTA O MOVIMENTO CONSTITUCIONALISTA, MMDC, A LETRA “A” –INICIAL DE UM QUINTO ESTUDANTE MORTO.

A sigla MMDC, símbolo da Revolução Constitucionalista de 1 932, não é mais a mesma. Conforme lei sancionada pelo governador GERALDO ALCKMIN (PSDB), a letra “A” é somada ao símbolo, que passa a ser MMDCA. A sigla é formada pelas iniciais de estudantes mortos, em 23 de maio de 1932, durante protesto contra o presidente GETÚLIO VARGAS.

MÁRIO MARTINS DE ALMEIDA, EUCLYDES BUENO MIRAGAIA, DRÁUSIO MARCONDES DE SOUZA e ANTÔNIO AMÉRICO DE CAMARGO ANDRADE ficaram conhecidos pelas iniciais de seus sobrenomes MARTINS, MIRAGAIA, DRÁUSIO e CAMARGO.

O “A” do sobrenome de ORLANDO OLIVEIRA ALVARENGA não entrou na sigla porque, ao contrário dos outros, ele não morreu na praça da REPÚBLICA e sim no hospital.

“Alterar um símbolo não muda a história”, avalia ALEXANDRE HECKER, professor de pós-graduação em história na UNESP. Segundo MARIA LÚCIA PASSOS, do departamento do patrimônio histórico da Secretaria Municipal da Cultura, acredita-se que até treze morreram na ocasião. (RAQUEL COZER)



DIA 17 DE JANEIRO DE 2 004

No caderno CIDADES, do ESTADO DE SÃO PAULO, na coluna SÃO PAULO RECLAMA está publicado o seguinte:

MONUMENTO AOS SOLDADOS DE 32 (carta n º 15 359)

Sobre as cartas publicadas dia 11 (Monumento ao Soldado de 32), a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente, esclarece que a obra de restauração do obelisco do IBIRAPUERA, assim como do mausoléu, é de responsabilidade do Governo do Estado. A publicidade colocada no OBELISCO, portanto, é também de competência do governo estadual. Muitas cartas têm sido enviadas às redações das empresas jornalísticas da capital atribuindo a responsabilidade à Prefeitura. Esperamos que o OBELISCO, memória dos revolucionários de 32, seja integrado ao parque. A partir daí, cuidaremos da nossa História. ADRIANO DIOGO, SECRETÁRIO MUNICIPAL DO VERDE E MEIO AMBIENTE. N. da E.: a consulta foi enviada ao Governo do Estado.



A resposta da CLARO a três leitores, no último domingo, dia 11, está toda baseada em sofismas e é de um cinismo sem par. No fim, fica apenas mais claro que o espaço público está sendo usado para fins particulares –o que, aliás, é a essência de toda corrupção neste País. Citar o apoio da Sociedade Veteranos de 32, dizer que a restauração respeita a obra original e falar da aprovação pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico desviam o raciocínio para fora do mérito da questão, pois são questões que se referem exclusivamente à preservação do monumento e não à sua transformação em out-door. Pode-se, por fim, concluir que uma vez conquistado tão valioso espaço público, a CLARO terá todo interesse em que os trabalhos de restauração estourem o prazo e se prolonguem indefinidamente. Ou alguém imagina que seria o contrário? ANTÔNIO VIRGÍLIO DA SILVA –INTERLAGOS.



AINDA no jornal AGORA

AVENIDA 23 DE MAIO SERÁ O GRANDE PALCO DA FESTA DE ANIVERSÁRIO DE SÃO PAULO.

Serão 12 horas de eventos, que terminarão apenas na madrugada do dia 26. Uma maratona com mais de 12 horas de música, cultura, esportes e lazer. Este é o presente que será oferecido aos paulistanos no dia 25, data do aniversário da cidade. A festa, organizada pelo Comitê Municipal SÃO PAULO 450 ANOS e pela Prefeitura de SÃO PAULO, ocupará a Avenida 23 de Maio desde a manhã, indo até a madrugada de segunda-feira, após show comandado pela roqueira RITA LEE, que trará, entre outras atrações, MARIA RITA, filha de sua “comadre” ELIS REGINA. A megafesta será aberta, às 10 horas, próxima à rua ESTELA, no PARAÍSO. A partir dali, haverá, no sentido BAIRRO-CENTRO, 12 espaços de lazer em que o público poderá se divertir, se embelezar ou fazer outras atividades.



Às 16 horas, começa a CAMINHADA HISTÓRICA dos 450 anos de SÃO PAULO, na PRAÇA DA SÉ. O grupo vai percorrer as principais ruas do centro com o acompanhamento de guias que darão explicações sobre os aspectos históricos e arquitetônicos do lugar. Estão confirmados no roteiro o SOLAR DA MARQUESA, o PÁTIO DO COLÉGIO e o VALE DO ANHANGABAÚ. No início do passeio, um folheto com informações sobre os locais visitados é distribuído aos participantes. A caminhada está sendo realizada pelo terceiro ano consecutivo. No ano passado, o percurso de cinco quilômetros foi feito em cerca de uma hora e meia por sete mil pessoas.



MORREU ontem, dia 16, às 12:30 horas, em SÃO LUÍS, dona KIOLA LEOPOLDINA FRANÇA FERREIRA, mãe do presidente do Congresso Nacional, senador JOSÉ SARNEY. Em julho, ela completaria 93 anos. Dona KIOLA morreu em casa, no bairro do CALHAU, onde o corpo foi velado. Ela foi enterrada às 19:30 horas no Cemitério do GAVIÃO, na capital maranhense. Nasceu em CORRENTES (PE) e chegou ao MARANHÃO em 1929. Passou três semanas internada por causa de uma infecção urinária que acabou se transformando numa insuficiência renal. Dona KIOLA teve falência múltipla dos órgãos. A pedido do senador JOSÉ SARNEY, ela foi transferida para casa há cerca de uma semana. O presidente LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA, que cumpriu agenda em POÇOS DE CALDAS e PIRACICABA, deu um telefonema para SARNEY, não podendo participar das cerimônias de despedida da matriarca da família de SARNEY. Entre os amigos da família que participaram do velório e do enterro estavam o senador ANTÔNIO CARLOS MAGALHÃES e o presidente da Comissão de Constituição e Justiça do Senado, ÉDISON LOBÃO. ACM viajou de SALVADOR para SÃO LUÍS assim que soube da notícia. Dona KIOLA era definida pelos amigos como uma pessoa “muito amável”, “carinhosa” e “simples”.



Com seus braços tatuados e o jeito peculiar de falar, POPEYE continua sendo o modelo para os meninos que querem ficar mais fortes graças ao poder do espinafre. O marinheiro desembarcou em terra pela primeira vez em 17 de janeiro de 1929. E, 75 anos depois, uma série de homenagens marcam seu aniversário.

POPEYE surgiu como um personagem secundário em uma pequena história desenhada por ELZIE SEGAR para o EVENING JOURNAL, um diário nova-iorquino. A lenda nascera e POPEYE logo se converteria no personagem principal, graças ao seu bom coração. Logo também surgiriam OLÍVIA PALITO, sua companheira magricela, e BRUTUS, seu eterno rival, a caricatura de um malvado rude e torpe. A esses personagens se somariam ainda outros como POPA, o pai de POPAYE, o comedor de hambúrgueres DUDU, a BRUXA DO MAR ou o nenê GUGU. A popularidade de POPEYE –as calças azuis, a camisa negra, o gorro branco e o cachimbo na boca- chamou a atenção das produtoras de desenhos animados. E as aventuras só saíram em 1933, parte de uma série da qual BETTY BOOP era uma das protagonistas. O sucesso foi imediato e POPEYE continuou sua carreira nas telas, ao mesmo tempo em que suas histórias continuavam a ser publicadas em jornais e revistas. “Em 1938, POPEYE tomou o lugar de MICKEY MOUSE, como o personagem animado mais popular dos EUA”, escreveu MARK LANGER na revista especializada ANIMATION WORLD MAGAZINE. Para ele, esta popularidade tem muito a ver com o espinafre que ingeria diretamente da lata para ser “mais forte que os fortes”, como dizia a canção da série. Em CRYSTAL CITY, cidade texana que se autoproclama capital do espinafre, foi dedicada a ele uma estátua, e os agricultores afirmam que o personagem foi responsável pelo aumento de pelo menos 30% do consumo da verdura nos EUA. Outra estátua foi erguida em CHESTER, ILLINOIS, outra cidade que se assume como “a capital do espinafre”, além de ser o local de nascimento de ELZIE SEGAR. É lá também que está localizado o fã-clube oficial de POPEYE, que prepara uma série de encontros para marcar o aniversário do personagem. Em NOVA YORK, o EMPIRE STATE será iluminado com luzes verdes durante três dias consecutivos para comemorar os 75 anos de POPEYE. Desde ontem à noite, o topo do arranha-céus de 102 andares está sendo banhado pela cor do alimento favorito do marinheiro.



Pelo JORNAL NACIONAL, posso assistir como foi a caminhada de mais de vinte mil pessoas pelos lugares históricos da cidade de SÃO PAULO. Uma reportagem mostra dona MADALENA, completando hoje CEM ANOS, com todos os seus filhos, netos, bisnetos e tataranetos, numa animadíssima comemoração num buffet. A velhinha, muito alegre, conta fatos da SEMANA DA ARTE MODERNA, em 1922, e da REVOLUÇÃO DO ISIDORO DIAS LOPES, em SÃO PAULO, em 1924. Está lúcida e contente pela festa que lhe fazem.



A Corregedoria da Polícia Militar começou a investigar hoje a ação dos PMs da ROTA, suspeitos de terem executado SÉRGIO PAULO DE SOUZA, de 20 anos, e LUÍS FERNANDO MATIAS DO NASCIMENTO, de 18, na última quinta-feira, dia 15, no MORUMBI, zona sul da Capital. Os dois eram suspeitos de seqüestrar empresário em TABOÃO DA SERRA e o manter refém em carro roubado.



Um PM foi morto a tiros durante assalto a uma casa de esfihas na rua RELÍQUIA, no PARQUE SOUZA ARANHA, região da CASA VERDE, zona norte da Capital. O CABO FERNANDO CAMPOS JÚNIOR, de 36 anos, foi levado ao Hospital do MANDAQUI, mas não resistiu ao ferimento e morreu. Quatro assaltantes invadiram o estabelecimento e atiraram contra o PM porque ele teria reagido. Os bandidos fugiram a pé, levando 130 reais da casa de esfihas. CAMPOS JÚNIOR, que trabalhava na 1 ª Companhia do 9 º BPMM, estava à paisana no momento do crime. O caso foi registrado no 13 º Distrito Policial.



Os irmãos LUIZ CARLOS MACHADO, de 19 anos, e ALEXANDRO MACHADO, de 25 anos, morreram em um acidente de trânsito envolvendo dois veículos, na RODOVIA MOGI-BERTIOGA, ontem à noite. O acidente ocorreu na altura do km 66 da rodovia, em MOGI DAS CRUZES. Sete pessoas ficaram feridas, duas em estado grave.



Depois de 18 dias, termina amanhã o RALI PARIS-DACAR, em SENEGAL, com uma etapa de 27 quilômetros cronometrados. Hoje, entre NUAKCHOTT, na MAURITÂNIA, e DACAR, no SENEGAL, ANDRÉ AZEVEDO chegou em sexto lugar, posição que também ocupa na classificação geral. Entre os carros, KLÉVER KOLBERG e LOURIVAL ROLDAN ficaram em 28º lugar e estão em 11º lugar na classificação geral. Nas motos, ANDRÉ AZEVEDO ficou em 15º e está em 14º na classificação geral.



O eslovaco DOMINIK HRBATY conquistou o segundo título seguido neste ano, ao vencer o espanhol RAFAEL NADAL na final do ATP de AUCKLAND. Na semana passada, havia vencido em ADELAIDE.









Na terceira fase da COPA SÃO PAULO DE FUTEBOL JÚNIOR, o CORITIBA venceu o FLAMENGO por 2 a 1. Os outros quatro jogos acontecerão amanhã: SÃO PAULO x SANTO ANDRÉ; FORÇA x CORINTHIANS; SANTOS x PALMEIRAS e PORTUGUESA x RIO BRANCO.



PAULO ROBERTO PEDRINI CUZZUOL, de 56 anos, advogado do traficante LUIZ FERNANDO DA COSTA, o FERNANDINHO BEIRA-MAR, foi preso com 320 mil dólares ontem à noite, quando seguia pela Rodovia Presidente DUTRA em sua picape 5-10. Agentes da Polícia Federal abordaram PAULO ROBERTO e sua mulher, a terapeuta CECÍLIA HERING RODRIGUES, de 35 anos, na altura de VOLTA REDONDA. Eles iriam para o PARAGUAI.



FRATUROU o braço esquerdo ao cair de um cavalo o locutor GALVÃO BUENO, durante um passeio em sua fazenda. O animal teria se assustado ao ver uma cobra, provocando a queda de GALVÃO. O locutor foi submetido a uma cirurgia para colocar placas e pinos no braço.



ACUSADO de porte de drogas o cantor ART GARFUNKEL, da dupla SIMON&GARFUNKEL. O cantor dirigia uma limusine em alta velocidade quando foi parado por um guarda estadual, que encontrou uma pequena quantidade de maconha no bolso de sua jaqueta. GARFUNKEL deverá comparecer à Justiça para prestar esclarecimentos e poderá ser multado em, no máximo, cem dólares.





Três soldados americanos e dois policiais da Defesa Civil iraquiana morreram hoje em um novo ataque ao norte de BAGDÁ, elevando para 500 o número de militares dos EUA mortos no IRAQUE desde o início da guerra, em março. Dos 500 militares mortos, 346 foram vítimas de ações hostis, como emboscadas e explosões, a maioria depois que o presidente GEORGE W. BUSH anunciou o fim dos grandes combates em 1 º de maio. Outros dois soldados dos EUA ficaram feridos no ataque, que aconteceu de madrugada na área de TAYL. Uma bomba explodiu durante a passagem de um veículo de combate BRADLEY por uma estrada a cerca de 25 km ao norte da capital iraquiana. Após o ataque, as tropas americanas prenderam três supostos rebeldes.



MORREU o produtor norte-americano RAY STARK, aos 88 anos. Responsável por sucessos como FUNNY GIRL, A GAROTA GENIAL ou UMA DUPLA DESAJUSTADA, e conhecido pela associação com estrelas como BARBRA STREISAND, ele era considerado um dos últimos grandes produtores independentes de HOLLYWOOD.





2 005 : - SEGUNDA-FEIRA

Uma manhã “fechada”. De vez em quando cai uma pancada d´água. Temperatura de 20 graus. LUCINDA conta-me que o REGINALDO, filho de dona EMÍLIA, voltou a ter ataques, por falta de remédio. Sua mãe, mais uma vez, pediu uma soma em dinheiro para adquirir os remédios. Pede-me ela para arrumar os duzentos reais que dona EMÍLIA precisa. Logo depois, LUCINDA recebe a visita do IAGO.

Passo pelo BANESPA, por volta das 12:30 horas. Acerto a retirada do dinheiro que dona EMÍLIA necessita para cuidar do filho REGINALDO. A Sociedade Veteranos de 32-MMDC já está de portas abertas. A funcionária MÔNICA vai atender três rapazes que estão tratando do féretro de um veterano falecido hoje. Acontece que logo ficamos sabendo que não se trata de um veterano da Revolução de 1932, mas sim de um ex-combatente da SEGUNDA GRANDE GUERRA. Encaminhamos os parentes do falecido para a sede da Associação dos Ex-Combatentes da Força Expedicionária Brasileira, na rua SANTA MARCELINA. Depois, no MMDS, VICTÓRIO conversa comigo sobre a morte de seu tio OSWALDO, na última quinta-feira, dia 13. Ele era filho de dona MARCELINA DE OLIVEIRA PASSOS (falecida em 20 de janeiro de 2001). VICTÓRIO esteve presente no velório de sua avó e foi a última vez que viu seu tio OSWALDO com vida. Também conversamos sobre as últimas promoções na PMESP. Desde o dia 15 estamos com mais cinco coronéis novos, todos já classificados. O jornal da GLOBO anuncia a morte do compositor e cantor BEZERRA DA SILVA. AMÉRICO comprou um DVD sobre o “HOMEM-ARANHA 2” e passa o mesmo para os oficiais que estão presentes na Entidade. Isso vai terminar depois das 16 horas. Retorno para GUARULHOS numa tarde de garoa fina, mas renitente.





O PM JOÃO GOMES DE OLIVEIRA JÚNIOR comenta comigo uma confusão feita com os papéis que já deveriam ter sido encaminhados, relativos à sua promoção a CABO, por antigüidade. O PM JOÃO já deveria ter sido promovido a esse posto caso não sofresse desconto de tempo. É que ele pediu baixa uma vez e afastamento numa segunda vez. Também falta bem pouco para ele completar o seu tempo de serviço na Corporação. Talvez sua passagem para a inatividade aconteça em 2006.



Uma chegada inusitada encerrou a segunda etapa da VOLTA DE SÃO PAULO de ciclismo hoje, em ATIBAIA. Após 108,7 km de estradas, o português PEDRO SOEIRO surgiu sozinho e cruzou a linha de chegada sob aplausos de 400 torcedores presentes. Para surpresa geral, SOEIRO não comemorou. Motivo: não sabia que era o líder. Chegaram depois os argentinos JORGE GIACINTI e ADOLFO TRABOCHI. GIACINTI, com o segundo lugar, é o novo líder da classificação geral. O paulista ANDRÉ GRIZANTE, que liderava no domingo, vem em segundo, seguido pelo brasileiro LUCIANO PAGLIARINI; MILTON WYNANTS e ADOLFO TRABOCHI.



E a FERRARI foi ao PAPA. Do presidente, LUCA DE MONTEZEMOLO, ao diretor-geral, JEAN TODT, passando por MICHAEL SCHUMACHER, RUBENS BARRICHELLO e LUCA BADOER, vários integrantes da escuderia italiana foram recebidos hoje por JOÃO PAULO II, no VATICANO. MONTEZEMOLO falou em nome do grupo, que ofereceu ao PAPA uma miniatura do modelo F2004, com que SCHUMACHER conquistou seu sétimo título mundial e o time chegou ao sexto mundial de construtores seguido.



Forte candidato a uma história de recordes e conquistas no tênis mundial, ROGER FEDERER começou a temporada de grandes torneio com vitória arrasadora. Na estréia do ABERTO DA AUSTRÁLIA, diante de FABRICE SANTORO do que os três sets a zero foram os elogios do rival “FEDERER joga muito mais do que qualquer outro que já enfrentei”. A surpresa foi a derrota do campeão de ROLAND GARROS, CARLOS MOYÁ, vítima da revelação espanhola, GUILLERMO GARCIA-LOPEZ. No feminino, domínio russo. A campeã de WIMBLEDON, MARIA SHARAPOVA, distribuiu beijinhos para a torcida em sua primeira vitória no torneio. Ganhou da búlgara SESIL KARATANTCHEVA. SVETLANA KUZNETSOVA ganhou de JÉSSICA KIRKLAND, mesmo placar de SERENA WILLIAMS sobre CAMILLE PIN. As surpresas foram as derrotas de MARY PIERCE para STEPHANIE ALORO e de AI SUGIYAMA para MARTINA SUCHA.



As fortes chuvas da madrugada em GOIÁS provocaram o rompimento de uma adutora e a destruição da pista da rodovia GO-213, na altura do km 57, entre CALDAS NOVAS e MORRINHOS, a 121 km de GOIÂNIA. A estrada foi dividida ao meio por uma vala de cerca de 30 metros de comprimento. No momento do rompimento, três veículos que passavam pelo local foram engolidos, causando a morte de três pessoas. Os bombeiros vasculharam a área, durante todo o dia, em busca de vítimas. Foram resgatados os corpos do CABO VALDIR MARTINS PEREIRA, que estava em uma caminhonete do Corpo de Bombeiros de CALDAS NOVAS; de HELENILDO CAMILO DE SOUZA e de KÁTIA COSTA DE MIRANDA, de 27 anos.



Pelo menos cem pessoas ficaram desabrigadas depois da chuva de mais de cinco horas ocorrida entre a noite de domingo e esta madrugada em UBATUBA, litoral norte de SÃO PAULO. As famílias moravam em áreas de risco de deslizamento e foram levadas para casas de parentes e para o ginásio de esportes pela DEFESA CIVIL. Quatro turistas ficaram desaparecidos por mais de 20 horas.



O desembargador LUIZ ANTÔNIO DE GODOY, de 55 anos, do Tribunal de Justiça de SÃO PAULO, sua família e empregados passaram hoje uma hora de terror em poder de dois assaltantes armados de revólveres 38. Os ladrões invadiram a casa de GODOY, no BROOKLIN, na zona sul. Os criminosos recolheram jóias e dinheiro e fugiram. Eram 8:30 horas quando os marginais chegaram à rua NOVA YORK, onde mora o desembargador. Além do roubo, um dos bandidos estuprou a filha do desembargador. Depois de prestarem a queixa, o desembargador e sua filha, abalados pela violência, seguiram para o hospital PÉROLA BYINGTON, onde foram medicados e liberados.



O PM ALCIDES ANTÔNIO PEROBELI, de 38 anos, foi preso hoje à tarde, acusado da morte do ajudante-geral VANDERLAN MACHADO SANTOS, 27 anos, namorado de sua sogra, JACI ARAÚJO DA SILVA, 53 anos. O crime foi motivado por um suposto interesse do ajudante pela mulher do PM (a filha de JACI, JOSEFA LÚCIA ARAÚJO PEROBELI, de 37 anos). O crime aconteceu por volta de 8:30 horas na rua FREI BERNARDO BRITO, no JARDIM ARICANDUVA, na zona leste. Era o primeiro dia de férias do PM PEROBELI. Ele, a mulher e a filha iriam ainda essa semana para MONGAGUÁ, no litoral sul.



O caseiro BERNARDINO DO ESPÍRITO SANTO FILHO, 30 anos, que, com a ajuda da namorada ADRIANA DE JESUS SANTOS, 21, estuprou e matou a estudante universitária MARIA CLÁUDIA DEL´ISOLA, de 19 anos, no dia 9 de dezembro de 2004, chorou várias vezes hoje, respondendo a interrogatório no fórum MILTON SEBASTIÃO BARBOSA, em BRASÍLIA. O caseiro disse ao juiz LUÍS CARLOS DE MIRANDA que estava arrependido do crime. O corpo da estudante foi achado no dia 13 de dezembro. A empregada doméstica foi presa no mesmo dia e delatou o companheiro. O caseiro vivia dizendo que sentia vontade de ter relações sexuais com a estudante.



Confinada em um quarto de hospital a quase dois anos, de onde só consegue vislumbrar a rotina do vizinho cemitério SÃO JOÃO BATISTA, a estudante LUCIANA GONÇALVES DE NOVAES, de 21 anos, vai voltar a morar com os pais. Não mais na BAIXADA FLUMINENSE, mas em uma casa em JACAREPAGUÁ, adaptada para receber, por exemplo, o respirador artificial que a mantém viva desde maio de 2003, quando ficou tetraplégica após ser atingida por uma bala perdida dentro do campus da Universidade ESTÁCIO DE SÁ.



Criador do “sambandido”, BEZERRA DA SILVA morreu hoje às 7:45 horas no Hospital dos Servidores do Estado, no RIO, após parada cardíaca e falência múltipla de órgãos. Aos 77 anos, estava internado havia 80 dias, com enfisema pulmonar, desde que passou mal em sua casa, em COPACABANA. O velório está sendo realizado no TEATRO JOÃO CAETANO, e o enterro será amanhã. JOSÉ BEZERRA DA SILVA nasceu em 1927, no RECIFE, numa família pobre. Aos 15 anos, veio ao RIO escondido num navio que transportava açúcar. Trabalhou em construção civil até 1950, quando entrou na Rádio Clube como ritmista. De 1977 a 1985, tocou na orquestra da TV GLOBO. Duas de suas primeiras composições, “O PREGUIÇOSO” e “MEU VENENO”, foram gravadas nos anos 1950 por JACKSON DO PANDEIRO. Por muito tempo compôs cocos, estilo musical nordestino. Seu compacto de estréia – com “MANA, CADÊ O BOI? E “VIOLA TESTEMUNHA” (1969) – e seus dois primeiros discos (“BEZERRA DA SILVA, O REI DO COCO, VOLUMES 1 e 1”, de 1975 e 1976) – são do gênero. O samba, que praticava desde 1949, quando foi morar no morro do CANTAGALO, foi o caminho a partir de 1977. Com os três volumes de “PARTIDO ALTO NOTA 10”, criou o “sambandido”. Reunindo humor e protesto, BEZERRA – que foi detido 21 vezes ao longo da vida – falava da malandragem, da vida nas favelas e dos truques para fugir da polícia. “Gravo a realidade do povo faminto e marginalizado”, disse, em 2000. Lançou mais de 20 álbuns e ganhou 11 discos de ouro, três de platina e um de platina duplo. No segundo “PARTIDO ALTO NOTA 10” (1978), emplacou o sucesso: “PEGA EU”, do bordão “Pega eu que eu sou ladrão”. “CRIOULO DOIDO”, de JORGE F. SILVA, é um dos sambas que gravou de desconhecidos – alguns marginais, que usavam codinomes para esconder suas identidades. Passou a compor cada vez menos e a interpretar canções de PINGA, ROXINHO e BARBEIRINHO DO JACAREZINHO – que hoje compõe para ZECA PAGODINHO. Muitas músicas de seu repertório são de REGINA DE BEZERRA, sua mulher. BEZERRA gravou discos como “PRODUTO DO MORRO” (1983) e “MALANDRO É MALANDRO E MANÉ É MANÉ” (2000). Seu maior sucesso veio em 1986, no disco “ALÔ MALANDRAGEM, MALOCA O FLAGRANTE”. O samba “MALANDRAGEM DÁ UM TEMPO” atraiu um público jovem, em especial após a regravação feita pelo BARÃO VERMELHO. BEZERRA foi cantado por outros ídolos jovens, como O RAPPA e MARCELO D2. A música-título de seu último D, “MEU BOM JUIZ” (2003), tocou no enterro do traficante JOSÉ CARLOS DOS REIS ENCINA, o ESCADINHA, em setembro de 2004. No fim de 2001, BEZERRA se tornou evangélico e gravou o CD “CAMINHO DA LUZ”, de música gospel em ritmo de pagode, por seu selo próprio.



NILTON CÉSAR ANTUNES VERON, de 21 anos, apontado como chefe do Primeiro Comando da Capital, em MATO GROSSO DO SUL, foi preso ontem à noite com 103 quilos de cocaína pura em PEDRO JUAN CABALLERO, no PARAGUAI. A droga iria para os EUA e EUROPA. VERON ocuparia na hierarquia da facção a mesma posição do preso MARCOS WILLIANS CAMACHO, o “MARCOLA”, principal líder do PCC em SÃO PAULO. A SENAD (SECRETARIA NACIONAL ANTIDROGAS) acredita que VERON planejava atentados contra policiais e governadores do país como vingança pela prisão de dois traficantes.



As disputas dos Jogos Panamericanos de 2007 já começaram no RIO. Pelo menos no plano político. O prefeito CÉSAR MAIA disse que não tem recursos para arcar com as obras da VILA PAN-AMERICANA, onde ficarão os atletas, e enviou um bilhete à governadora ROSINHA MATHEUS. Nesta segunda-feira, ela prometeu emprestar 157 milhões de reais, mas quer que ele compareça em seu gabinete. “Não vou tomar o tempo da governadora”, disse MAIA. ROSINHA afirmou que não liberará o dinheiro mediante somente “um papel frio e vazio”. Ela faz questão da visita do prefeito.



O Coronel da reserva do Exército chileno GERMÁN BARRIGA MUÑOZ, envolvido no desaparecimento de seis líderes do Partido Comunista em maio de 1976, sob a ditadura do general AUGUSTO PINOCHET, suicidou-se hoje em SANTIAGO, jogando-se de um prédio. BARRIGA tinha sido processado pelo juiz JUAN GUZMÁN, que pedira sua prisão. Entre os seis líderes desaparecidos naquela ocasião está JORGE MUÑOZ, marido da atual presidente do PC, GLADYS MARÍN.



Em sua campanha de sabotagem das eleições marcadas para o dia 30, os rebeldes mataram hoje pelo menos 22 soldados e policiais das forças iraquianas e 2 militares americanos em vários ataques através do país. No maior dos atentados, um terrorista suicida explodiu um carro-bomba em frente de uma delegacia na localidade de BAIJI, 150 km ao norte de BAGDÁ. Pelo menos dez policiais morreram no local. O suicida explodiu o veículo quando os agentes faziam fila na frente do edifício para receber o salário. Outro carro-bomba matou dois fuzileiros navais americanos em RAMADI. Várias outras ocorrências pipocaram ao longo do dia em vários pontos do IRAQUE.



O VATICANO confirmou hoje o seqüestro do arcebispo sírio-católico de MOSSUL, BASILE GEORGES CASMOUSA, de 66 anos, quando ele fazia visitas pastorais na cidade do norte do país. Nenhum grupo assumiu imediatamente a autoria do seqüestro. Em NUMANIYAH, pistoleiros mataram no domingo à noite o filho do clérigo HABIB SALMAN – um dos assessores do grão-aiatolá ALI AL-SISTANI, o principal líder xiita do IRAQUE. O primeiro-ministro do governo provisório iraquiano, IYAD ALLAWI, pediu à ONU que envie observadores internacionais para as eleições.



Pânico no sul do CHILE. Um falso alarme de tsunamis – idênticas às que devassaram o sudeste asiático e parte da costa africana e deixaram mais de 175 mil mortos no fim do ano – gerado por boatos, provocou pânico e caos nas ruas das cidades litorâneas da região. Pelo menos 12 mil pessoas de algumas cidades deixaram suas casas e fugiram rumo aos locais mais altos. Em meio à confusão, uma pessoa acabou morrendo e foram registrados diversos acidentes de trânsito.



O príncipe HARRY, de 20 anos, foi punido pelo pai por ter se vestido de nazista em uma festa à fantasia. Está obrigado a fazer trabalhos braçais em uma fazenda próxima a HIGHGROVE.

Nesta noite, antes de assistir o capítulo de “24 HORAS”, faço uma revisão do estudo sobre a GERAÇÃO 21, trabalho de 10 de abril de 2004. Um dos pontos principais é o enredo sobre a personagem LORRAINE, com desdobramentos sobre o seu desempenho em toda a história.



JACK BAUER e NINA conversam sobre a negociação do vírus letal que poderá destruir LOS ANGELES, com RAMON ESCOBAR aguardando o desfecho desse encontro do agente infiltrado na quadrilha e aquela que matou sua esposa. Enquanto isso o irmão de RAMON, HÉCTOR, chega até o local onde está CLÁUDIA, sua mulher, morta. CHASE, o pai de CLÁUDIA e um menor, irmão daquela que ajudou a fuga do agente da UCT, escapam num helicóptero. As forças DELTA permanecem no MÉXICO aguardando ordens para agir. Na UCT, a filha de JACK BAUER, KIM; MICHELE e seu marido TONY ALMEIDA e outros agentes, trabalham no rastreamento de CHASE, de BAUER e do terrorista AMADOR, que está de posse do vírus. O presidente DAVID PALMER é pressionado por ALLAN para tirar da equipe do governo o seu irmão. Este teve um caso com a esposa de ALLAN. Para contornar a situação, PALMER chama sua ex-esposa para descobrir os pontos fracos de ALLAN e conseguir demovê-lo da idéia de vingança. Transtornado pela descoberta da morte de CLÁUDIA, HÉCTOR se volta contra seu irmão e exige que o negócio seja desfeito e BAUER morto. Na violenta discussão de HÉCTOR e RAMON, este atira contra o irmão, matando-o, encerrando o capítulo de hoje, o 11 º da terceira série de “24 HORAS”.



No INTERCINE, a GLOBO apresenta “A OSTRA E O VENTO”, filme nacional baseado no romance inédito de MOACIR C. LOPES, dirigido por WÁLTER LIMA JÚNIOR, com LEANDRA LEAL e LIMA DUARTE. A história é sobre uma menina que vive sozinha com o pai faroleiro em uma ilha. Ao chegar à adolescência, ela desperta para o amor. Impossibilitada de conviver com jovens de sua idade, ela se apaixona pelo vento. Uma tragédia vem contribuir para o suspense do filme, porque o pai não entende a filha, na sua transformação de menina em mulher.



2 006 : - TERÇA-FEIRA

Depois das 7 horas não dá mais para ficar na cama. Começa mais um dia quente, sempre com temperatura ultrapassando os 30 graus. Relembro a data do casamento e leio para LUCINDA o que aconteceu em 17 de janeiro de 1987, conforme consta das minhas memórias. São transcorridos dezenove anos daquele acontecimento que foi regularizar uma união que vem desde outubro de 1970.

Preciso passar no BANESPA para retirar a quantia de quatrocentos reais, a fim de emprestar para o senhor JOSÉ DA SILVA BRITO (ZEZITO), que deverá pagar débitos de taxas de água e energia elétrica em atraso. Refere-se ao imóvel situado na Avenida BENVINDO TOLENTINO NETO, nº 438, que estamos comprando.

Os oficiais que estão no MMDS também reclamam do calor. RAFAEL não está se comportando bem e precisa levar “uns puxões de orelha”. Isso fica por conta do CRISTIANO. Não temos notícias de destaque referente à operação “2006”. AMÉRICO e RONALDO apenas cuidam da parte principal. As quadrilhas especializadas em roubos de carga estão silenciosas. Acredito que o nosso plano vazou desde o início.

O nosso presidente da Sociedade Veteranos de 32-MMDC, GINO STRUFFALDI, levou dona DINORÁH para uma fazenda e ficará de “férias” durante uma semana. O CORONEL PM MENDES também não aparece hoje na Sociedade.

Como não consigo conectar a internet em GUARULHOS (a desculpa da provedora é que estão fazendo a manutenção dos equipamentos), tenho de abrir meus e-mails no MMDC. Temos mensagens do GENERAL BUENO (que finalmente me manda a ata da reunião de Diretoria do dia 15 de dezembro, com as modificações necessárias), do ROMAGNOLI a respeito do TÚNEL NOVE DE JULHO e do imóvel que estou para comprar. Ele mesmo entra e contato comigo por telefone. Parece que iremos assinar a papelada, em seu escritório, na próxima quinta-feira, dia 19, no período da tarde. Faltam apenas as assinaturas dos herdeiros (são onze no total), que ficará a cargo da advogada CRISTINA. Ela mesma está acionando a família para poder ser realizado o negócio no dia 19.

Uma equipe dos bombeiros fez o orçamento do material necessário para consertar a parte hidráulica da Sociedade. Isso é algo que estamos tentando fazer desde que o GINO assumiu a presidência. Como estou sozinho no MMDC o trabalho rende mais. Não há aquela dispersão quando recebemos visitas. Atendemos também o CAPITÃO JERÔNIMO, do 3º BPMI (RIBEIRÃO PRETO) que quer se filiar à sociedade. Conversa comigo sobre esse assunto. Sua idéia é divulgar o MMDC naquela região. Em tempos atrás tínhamos uma Sociedade Veteranos de 32-MMDC em RIBEIRÃO PRETO. Ela fechou por motivos de senilidade de seus diretores. Acredito que não mais temos ex-combatentes da época em que perdurou a Sociedade naquele município.

Depois das 16 horas, deixo o MMDC. Chego em casa numa situação tal que não dá nem para digitar no computador. Os noticiosos da TV foram prejudicados porque senti cansaço mental e sono.

Mais tarde, a funcionária LUCIENE entra em contato comigo para tratar da reforma do banheiro da Sociedade. Preciso conversar com o TENENTE-CORONEL WALDEIR, dos bombeiros, para acertar detalhes da reforma por parte da equipe que foi designada para isso.



Depois de 35 anos cortando o CENTRO da Capital, o MINHOCÃO poderá ser finalmente demolido graças à construção de uma nova avenida. A mudança viria na esteira do projeto de modernização da malha da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). Aproveitando o espaço criado com a readequação das linhas A (BRÁS-FRANCISCO MORATO) e B (JÚLIO PRESTES-ITAPEVI), a Prefeitura construiria uma nova via para os 80 mil carros que usam o elevado diariamente. O pedido de análise sobre propostas de eliminação do ELEVADO COSTA E SILVA, o MINHOCÃO, partiu do próprio prefeito, JOSÉ SERRA. O viaduto, que tem cerca de 3,4 km de extensão, vai do Centro à BARRA FUNDA e hoje é peça principal para a ligação LESTE-OESTE. Inaugurado em 1971, pelo então prefeito PAULO MALUF, o MINHOCÃO é criticado por urbanistas pela degradação que gerou no entorno.



Irmão do ex-pugilista ADILSON MAGUILA RODRIGUES, o segurança GILSON RODRIGUES DOS SANTOS, de 46 anos, foi assassinado com três tiros durante tentativa de assalto. O crime ocorreu na mansão onde SANTOS trabalhava, na Avenida Professor ALCEBÍADES DELAMARE, em CIDADE JARDIM, zona oeste de SÃO PAULO, no final da noite de segunda-feira, dia 16. Foi a segunda vez que a mansão sofreu uma tentativa de roubo em apenas um mês.



O promotor ROBERTO TARDELLI pediu hoje a prisão preventiva dos irmãos CRISTIAN e DANIEL CRAVINHOS DE PAULA E SILVA e de SUZANE RICHTHOFEN. O argumento dele foi uma entrevista dos irmãos CRAVINHOS à Rádio JOVEM PAN, na segunda-feira, na qual eles fizeram revelações inéditas sobre detalhes do assassinato dos pais de SUZANE, MANFRED e MARÍSIA, em 31 de outubro de 2002. Para TARDELLI, as circunstâncias apontam risco à instrução penal, ameaça à aplicação da lei e violação da ordem pública. Esses são os três requisitos exigidos para a decretação da prisão preventiva. O promotor diz ter se sentido indignado com o modo como os irmãos CRAVINHOS relataram os fatos e que não viu remorso por parte deles em nenhum momento. Em relação a SUZANE, o promotor afirma que desde a sua libertação, em 28 de junho, ela desapareceu e, por isso, pode ser considerada foragida.



O vigilante RICARDO FRANCISCO DOS SANTOS, de 26 anos, acusado de assaltar, torturar e matar cinco pessoas de uma família de ascendência japonesa, e ferir outra, em 9 de setembro de 2005, na VILA CURUÇÁ, zona leste, foi condenado a 165 anos de reclusão. Cabe recurso. O juiz PEDRO LUIZ AGUIRRE MENIN, da 14 ª Vara Criminal, entendeu que SANTOS cometeu cinco latrocínios e um latrocínio tentado, porque levou bens pessoais de todas as vítimas. Em sua sentença, o juiz diz que, para aplicar pena máxima em todos os crimes, levou em consideração que o réu “impôs grave e desnecessário sofrimento às vítimas, além de torturá-las, mais os motivos, as circunstâncias e as conseqüências dos ilícitos, aliados com a frieza, a crueldade e o desprezo do acusado com a liberdade e vida alheia, mormente com pessoas que já conhecia.” SANTOS era amigo de infância de NILTON TAKASHI YONEKURA, de 26 anos, um dos cinco mortos. Outras duas pessoas da família, entre elas um bebê de 11 meses sobreviveram. A intenção era roubar três mil dólares que quatro das vítimas trouxeram do JAPÃO, no dia do crime.



JULIANA CANABARRO, de 23 anos, foi a primeira eliminada do BIG BROTHER BRASIL 6 com 52% dos votos. Indicada pelo líder AGUSTINHO no último domingo, a promotora de eventos disputou o paredão com a estudante carioca INÊS de 21 anos e acabou levando a pior. Gaúcha de PORTO ALEGRE, JULIANA mora em SÃO PAULO, trabalha como promotora de eventos e já apareceu como “coelhinha” da PLAYBOY, na edição de junho de 2005. Ela foi uma das quatro primeiras participantes a entrar na Casa, ao lado de ROBERTA, IRAN e DANIEL COSTA.

Hoje pela manhã, um jovem morador da zona sul do RIO saiu de casa para pegar onda e, quando voltou, viu seu mundo virar de cabeça para baixo. Na porta, havia um exemplar do jornal EXTRA sobre o drama de um menino que tinha sido adotado há 25 anos, acompanhado de um bilhetinho com a frase “É VOCÊ”. O jornal foi uma brincadeira de um amigo de infância que sabia que FABIANO era filho adotivo. O jovem reconheceu o amigo nas fotografias apresentadas pela família de AGUSTINHO FERNANDES MENDONÇA, do BIG BROTHER BRASIL 6. “Eu sabia que era adotado desde pequeno. Quando eu tinha 7 anos, minha mãe teve outra filha, eu via as fotos dela bebê e perguntava sobre as minhas. Foi então que minha mãe me contou tudo sobre minha adoção”, diz FABIANO, que prefere se manter no anonimato por enquanto. “Tenho meu trabalho, meus amigos, não quero ficar exposto. Por isso é impossível eu aparecer agora. Minha vida não é novela”, desabafa. O rapaz diz que também deseja reencontrar seus irmãos, mas acha que este ainda não é o momento.



O troféu da COPA SÃO PAULO DE FUTEBOL JÚNIOR tem grandes chances de continuar no Estado. Apesar de o atual campeão, CORINTHIANS, estar eliminado, cinco paulistas estão nas quartas-de-final da COPINHA. O GRÊMIO BARUERI não deu chances para o PARANÁ e, jogando em casa, fez 4 a 2. O GRÊMIO pega na próxima fase o MOTO CLUB-MA, que venceu o GRÊMIO por 1 a 0, em LOUVEIRA. Já o AMÉRICA fez 3 a 1 no FORTALEZA, que vinha embalado após eliminar o CORINTHIANS. O AMÉRICA pega o PAULISTA, que venceu o FIGUEIRENSE por 3 a 1, em TAUBATÉ. O COMERCIAL eliminou o PAYSANDU nos pênaltis. A decepção paulista ficou por conta da INTER, de LIMEIRA. Jogando em casa, a equipe chegou a estar vencendo por 2 a 1, mas cedeu o empate e aos 45 minutos da etapa final, levou a virada. Já o JUVENTUS não teve muitas dificuldades para vencer o AMÉRICA-MG por 3 a 0, em GUARULHOS. O BAHIA despachou o INTER-RS por 4 a 1, em SUZANO.





Em mais uma polêmica em torno da pena de morte, o Estado da CALIFÓRNIA, governado por ARNOLD SCHWARZENEGGER, executou CLARENCE RAY ALLEN, de 76 anos e o prisioneiro mais velho na fila do corredor da morte, depois que seus últimos apelos por clemência foram rejeitados. ALLEN, que estava cego, surdo, sofria diabetes e usava cadeira de rodas, foi condenado por ter ordenado a morte de três pessoas em 1980. Os advogados de ALLEN pediram à Suprema Corte americana que bloqueassem a execução alegando que ela é inconstitucionalmente cruel pro causa de sua idade e sua saúde. A execução do prisioneiro ocorreu por injeção letal na prisão de SAN QUENTIN, em SÃO FRANCISCO. ALLEN já cumpria pena de prisão perpétua em 1980 por outro assassinato, quando ordenou, de dentro da prisão, os assassinatos de três pessoas que testemunharam contra ele. Os julgamentos e apelações atrasaram a execução por 26 anos.



A Câmara aprovou hoje projeto de decreto legislativo que põe fim ao pagamento de salário extra para deputados e senadores durante as convocações extraordinárias do CONGRESSO. Com isso, rompeu uma prática que existe desde 1902, conforme pesquisa feita pelo deputado a RAUL JUNGMANN. A votação foi simbólica, porque todos os partidos se manifestaram a favor. Para entrar em vigor, precisa haver a aprovação do Senado.



Internado, com pneumonia, o ex-presidente dos EUA, GERARD FORD (1974-1976), de 92 anos. FORD já sofreu dois acidentes vasculares cerebrais. No governo americano, substituiu RICHARD NIXON, que teve de renunciar após o escândalo WATERGATE.



MANTIDA a lei do Estado do OREGON que permite que médicos ajudem pacientes a cometer suicídio, rejeitando a tentativa do governo BUSH de punir profissionais que ajudem pacientes terminais a morrer. O OREGON é o único Estado a manter o suicídio assistido. Pela Suprema Corte dos ESTADOS UNIDOS, em WASHINGTON.



O presidente LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA admitiu hoje a 55 reitores de universidades federais e a servidores do Ministério da Educação que este será seu último ano no cargo. “No fim do ano já não estarei mais aqui”. A interpretação de alguns foi de que ele admitira que não iria nem mesmo concorrer à reeleição. Outros acham que LULA apenas admitiu a possibilidade de não concorrer ou até de perder a eleição, ao observar que pode não estar no PALÁCIO DO PLANALTO em 2007.



Vamos hoje para a 12 ª hora do seriado “24 HORAS”. O engenheiro terrorista HABIB MARWAM consegue fugir do prédio cercado por membros da UCT, após ter matado um dos agentes e vestido o uniforme daquela organização. PAUL RAINES passa a colaborar com JACK BAUER após perceber que foi usado pelos terroristas. Mas o grande problema do momento é o estado em que se encontra a diretora da UCT, ERIN DRISCOLL, após perder sua filha MAIA. A menina, doente, cometeu o extremo ato de cortar os pulsos. A tragédia é comunicada ao Secretário da Defesa que procura amparar DRISCOLL. Ela, vendo a situação delicada em que se encontra a organização, quer trabalhar, apesar de tudo. O presidente cumprimenta os agentes pelo belo trabalho que evitou as explosões das usinas nucleares, mas se mostra temeroso porque os terroristas ainda não foram derrotados.

MARRIS BARNES era o nome que MARWAM usava e TONY ALMEIDA acha que existem outras equipes de terroristas e prefere que os agentes passem a agir em grupos diferentes. CURTIS e AUDREY retornam à UCT. PAUL RAINES fica com JACK BAUER e isso é interessante, porque ambos gostam da mesma mulher, a filha do Secretário da Defesa.

TONY ALMEIDA se oferece para ficar na interinidade do Comando da UCT face a situação dolorosa em que se encontra DRISCOLL. O Secretário da Defesa, que está dirigindo os trabalhos, concorda. A UCT descobre onde o engenheiro MARRIS BARNES trabalhava, na Indústria MACKLINE FOSTER e procura o auxílio dos dirigentes da mesma. Estes, querem evitar o escândalo, muito embora MAKLINE quisesse colaborar com a polícia. BAUER e PAUL vão investigar os arquivos da MAKLINE e os diretores querem proteger a indústria. Muita coisa é deletada dos arquivos.

Na UCT, CURTIS sente-se contrariado por saber que TONY ALMEIDA está no comando das operações. Há mesmo uma discussão entre os dois. DRISCOLL passa todas as senhas e códigos para TONY e se despede provisoriamente da UCT. Ela não tem condições de dirigir a organização, principalmente numa situação tão alarmante.

MARWAM reúne-se com outros terroristas e eles tentam se reorganizar, inclusive mantendo contatos com outros líderes.

PAUL está tentando reconstruir arquivos deletados e os diretores da MACKLINE FOSTER tomam uma decisão extrema, isto é, acelerar um processo de destruição dos arquivos, através o acionamento de uma bomba de pulso eletromagnético. BAUER e PAUL descobrem a existência dessa bomba. Perdem o contato com a UCT. Um dos diretores ameaça PAUL enquanto BAUER vai até onde está a bomba acionada. Ele não consegue desativa-la. PAUL é encurralado. A energia elétrica é cortada. Um helicóptero da UCT sofre os efeitos da bomba e cai.

No final do capítulo, uma surpresa. O Secretário da Defesa traz uma mulher para ficar no lugar de ERIN DRISCOLL, MICHELE, que é a ex-mulher de TONY ALMEIDA, que já trabalhara na UCT no outro seriado. TONY, pasmo, a cumprimenta.



2 007 : - QUARTA-FEIRA

Marlene me pede para passar uma mensagem para o e-mail Gabriela@unidentalpaulistana.com.br, a respeito de um orçamento que ela fez na GUARU LIFE (tratamento dos dentes). Tentei fazer isso ontem à noite mas uma letra atrapalhou a conexão da mensagem.

Em pela PRAÇA JOÃO MENDES sou abordado por um sujeito que se diz meu antigo conhecido. Depois conta uma história de que seu pai quase amputou a perna e foi salvo por milagre, através de uma mulher que tem “poderes mediúnicos”. Depois oferece um cartão de dona SÔNIA e me leva até a rua 11 de agosto, nº 68, 3º andar, sala 32. Nesse prédio eu trato dos cartuchos de minha impressora e sempre compareço pelo menos uma vez por semana. Venho a conhecer uma “charlatã” que vive explorando a credulidade de incautos. Merece cadeia.

Passo por um MMDS agitadíssimo por causa do seminário que está sendo submetidos ADRIANO e AMANDO. Eles fazem muitas perguntas, principalmente sobre a TRAGÉDIA DA LINHA 4 DO METRÔ. Acham que ali foi cometido crime e têm razão. Por causa da fúria em ganhar tempo e dinheiro, vidas humanas foram sacrificadas num acidente que não deveria ter acontecido.

O CORONEL MENDES recebeu as medalhas VITÓRIA DOS COMBATENTES POLONESES, que a Associação dos Ex-Combatentes Poloneses – SPK BRASIL – PORTO ALEGRE (RS) nos mandou através de CÉSAR TORRES. Recebem essa medalha: GINO, MENDES e VENTURA.

DIPLOMA



MEDAL ZWYCIESTWA

POLSKICH KOMBATANTÓW



A Associação dos Ex-Combatentes Poloneses – SPK Brasil

Seção do Rio Grande do Sul

Através de proposta de sua Diretoria, conforme portaria

N º 002 de 25 de abril de 2006,

concede a



MÁRIO FONSECA VENTURA



A Medalha da Vitória dos Combatentes Poloneses em reconhecimento aos que prestaram serviços em prol da liberdade e da causa da humanidade.



PORTO ALEGRE, RIO GRANDE DO SUL – BRASIL

Concedido em 16 de outubro de 2006

Diploma n º 0164



DESCRIÇÃO DA MEDALHA



A Medalha, em sua simbologia, celebra a Vitória dos Combatentes Poloneses na II Guerra Mundial, que lutaram do primeiro ao último dia do conflito, “por Nossa e Vossa Causa – a LIBERDADE”. As listras vermelhas no campo branco da fita – cores nacionais da Polônia – lembram as três Forças Armadas Polonesas e as tropas de guerrilha e os destacamentos formados em conspiração, nos quais lutaram perto de dois milhões de poloneses, sendo a Polônia a quarta força militar de coalizão anti-hitlerista em número de soldados. Da mesma forma são lembradas as tradições militares polonesas com as “Espadas de Grunwald”, que remontam à luta contra os invasores da Polônia no século XV, e são um símbolo de resistência e crença na Liberdade.

A sua cruz patté, lembra aquelas condecorações tomadas dos invasores nazistas durante o “Levante de Varsóvia” – 1944, nas quais eram soldadas moedas polonesas mostrando a face com a Águia Branca Coroada. Assim, de mais alto símbolo militar do inimigo, se transformavam em mais um símbolo de resistência contra o invasor.

As datas de “1939” e “1945” tratam do período de seis anos em que durou a II Guerra Mundial, onde a Polônia foi o país que por mais tempo combateu, e ainda que ocupada, jamais se rendeu.

A Medalha da Vitória dos Combatentes Poloneses é concedida, representando um reconhecimento à memória daqueles combatentes que, com sua dedicação e sacrifícios durante a II Guerra Mundial prestaram serviços em prol da liberdade e da causa da humanidade, combatendo os totalitarismos na luta por um Mundo Livre.



“MORTURI SUNT, UT LIBERI VIVAMOS”

Morreram para que possamos viver em liberdade.



Através internet, mandamos uma mensagem agradecendo essa condecoração, aliás muito bonita e de cunho histórico que nos transporta a uma POLÔNIA sacrificada durante a SEGUNDA GUERRA MUNDIAL. A nossa ligação em PORTO ALEGRE (RS) é CÉSAR TORRES, pessoa credenciada pela Sociedade Veteranos de 32-MMDC para nos representar naquele Estado durante o JUBILEU DE DIAMANTE da Revolução Constitucionalista.

Esta quarta-feira, dia do Encontro, o movimento no MMDC é muito grande. Comparecem amigos do SUBTENENTE ARABUTAN APOLÔNIO que estão se tornando associados nossos. Um deles, EDVALDO J. DE SANTANA, Diretor Cultural da SOAMI-CPOR/SP, irá nos representar em SANTO ANDRÉ e SÃO BERNARDO DO CAMPO. O núcleo que estaria se formando em SANTO ANDRÉ sofreu um abalo com as atitudes daquele que seria o presidente, Além disso, o CORONEL PM RENATO ALDARVIS foi transferido do CPA/M-6 (SANTO ANDRÉ) para o CPI-6 (SANTOS). Mas ficaram o TENENTE CASTROPIL, ARIOVALDO CHACUR, o SARGENTO GALDINO (Tiro-de-Guerra daquele município). ADVALDO irá manter contato com todos esses possíveis formadores do núcleo de SANTO ANDRÉ. O CORONEL MENDES acrescenta o nome do MILANI, que ele tem como sério candidato a presidente do núcleo a ser formado.

ÂNGELA BARCELLOS pede credenciamento para poder trabalhar na “II CAMINHADA NOVE DE JULHO”, a partir do início do ano. Ela trouxe uma sua amiga para conhecer a Sociedade.

JOSÉ D´AMICO BAUAB, do Centro de Memória Eleitoral – CEMEL – visita-nos. Quer colaborar na Comissão Nacional do Jubileu de Diamante da Revolução de 1932. Entrega-me a seguinte carta:

CARISSIMO CORONEL VENTURA

Rogo que tenha passado, junto aos seus, um ótimo período de festas, sendo ainda oportuno desejar-lhe e a toda sua família um ótimo 2007, com saúde e paz.

Gostaria muito de saber se o dr ROMAGNOLI lhe encaminhou cópia do texto que estamos sugerindo à FPF, com correções ainda a serem feitas.

A OAB/SP e a Associação Comercial já hipotecaram apoio, a ser documentado na petição com as necessárias assinaturas.

A Secretária do presidente da FPF entrou em contato comigo para agendar audiência.

Conto com seu retorno para o endereço eletrônico: starq@tre-sp.gov.br

Muito agradecido e um forte abraço,

JOSÉ D´AMICO BAUAB

Ainda contamos com as presenças do CORONEL ARY CANAVÓ, ARY BOMEISEL (vem buscar a certidão onde afirmamos sua participação na Revolução Constitucionalista de 1932, como escoteiro). BOMEISEL pleiteia a PENSÃO ESPECIAL.

CORONEL MENDES sai mais cedo. Ele está encaminhando a Medalha PEDRO DE TOLEDO para o RIO GRANDE DO SUL (CÉSAR TORRES) e MINAS GERAIS (SUBTENENTE JOCIMAR). Somente depois das 17 horas é que deixo a Sociedade em companhia do GINO. Vamos embarcar no Metrô



O CORINTHIANS estréia no CAMPEONATO PAULISTA nesta noite. Derrota a PONTE PRETA por 3 a 1 no Estádio do PACAEMBU. Mas a noite, como há muito não se via, foi de ROGER. O meia, inspirado, tomou conta da partida, abre o placar com um gol olímpico e faz o goleiro campineiro ARANHA mostrar serviço. É uma atuação de gala, especialmente no segundo tempo. Outros resultados: BARUERI 1 x SANTOS 2; JUVENTUS 3 x RIO BRANCO 0; RIO CLARO 1 x AMÉRICA 0; MARÍLIA 3 x SANTO ANDRÉ 0; SÃO CAETANO 2 x GUARATINGUETÁ 0; NOROESTE 4 x SÃO BENTO 2; ITUANO 1 x BRAGANTINO 1.



O CABO PM JOSÉ APARECIDO FERREIRA foi preso pela Corregedoria PM na madrugada de segunda-feira, dia 15, sob suspeita de ter participado da chacina ocorrida na tarde do domingo, dia 14, que vitimou três pessoas no JARDIM BRASIL, na zona norte da Capital. Minutos antes do crime, uma das vítimas da chacina, VERA CRISTINA MOLINA, 39 anos, havia discutido com uma das filhas do cabo. A briga, segundo o departamento da polícia que investiga o caso, começou por causa de um carro parado na mesma rua. Além de VERA, também foram mortos a tiros a filha dela, a estudante TAMIRES MOLINA KEITH, 29 anos, e o namorado da jovem, o vendedor RAFAEL DA ROCHA, 21 anos. Outras duas pessoas foram baleadas pelos assassinos, mas não correm risco de morte. Durante anos, o CABO FERREIRA foi integrante da Corregedoria PM. Uma das duas filhas e um genro dele também são da corporação. Assim como o cabo, todos estão na mira da investigação sobre a autoria da chacina. Acusada de irregularidades, outra filha do cabo foi expulsa da PM recentemente. Um sobrinho de FERREIRA é suspeito de ter liderado a matança na tarde de domingo. O delegado FÁBIO GUEDES ROSA, da DHPP, deverá pedir à Justiça a prisão preventiva do cabo e deus parentes policiais nos próximos dias. De acordo com um parente de VERA e TAMIRES, a briga entre as duas famílias se arrastava havia mais de cinco anos, sempre com ameaças de violência por parte dos PMs. O Comando da PM por meio de nota oficial, informou hoje que o CABO PM JOSÉ APARECIDO FERREIRA “está recolhido em razão do depoimento do pai do sobrevivente”. FERREIRA está incomunicável na carceragem da Corregedoria da PM, na LUZ.



A empresária e ex-Miss BRASIL, LEILA SCHUSTER, mulher do empresário HÉLIO VIANA, sócio de PELÉ, foi esfaqueada no final da manhã, no RIO, na entrada do desfile da grife ALESSA, no BOTAFOGO, para a FASHION RIO. A ex-Miss BRASIL havia estacionado seu carro a 50 metros do local do desfile, a concessionária da LAND ROVER. Dois bandidos de motocicleta arrancaram sua bolsa, mas sua mão ficou enroscada na alça. A socialite foi arrastada pela moto por cerca de 50 metros, tendo pés e joelhos esfolados. Para se desvencilhar de LEILA, os bandidos deram facadas na sua mão direita. Na ação, os ladrões acabaram danificando seriamente os tendões dos dedos indicador, médio e anular da mão direita de LEILA. Ela foi MISS BRASIL em 1993.







MORRE A MULHER MAIS VELHA DO MUNDO. A daguestanesa SARHAD RASHIDOVA, considerada a mulher mais velha do mundo, morreu aos 131 anos, informaram hoje autoridades do DAGUESTÃO, república russa do norte do Cáucaso. Nascida em 1875, RASHIDOVA nunca adoeceu, não se queixava de dores e nem tomava remédios, disse a família. A idosa comia só frango, ovos e leite, e não consumia bebidas alcoólicas.



Ele costumava dizer que morrer é fácil. Difícil é estacionar em WASHINGTON. Bom, pelo menos ART BUCHWALD não precisa mais estacionar. O humorista norte-americano, cronista do jornal WASHINGTON POST, morreu nesta quarta-feira, aos 81 anos de insuficiência renal, em sua casa, enquanto dormia. Sempre brincalhão, dizia que só temia morrer no mesmo dia que FIDEL, com receio de que a mídia reservasse mais espaço ao dirigente cubano.

A última brincadeira do humorista, que assinou por mais de meio século uma coluna no WASHINGTON POST, foi anunciar sua morte numa entrevista necrológica filmada em vídeo e que circula pela internet. “Olá, sou ART BUCHWALD e acabo de morrer”, diz na entrevista o humorista, que escreveu mais de trinta livros, entre eles o recente TOO SOON TO SAY GOODBYE (CEDO DEMAIS PARA DIZER ADEUS), publicado pela RANDOM HOUSE em 2006. Nascido no Estado de NOVA YORK em outubro de 1925, BUCHWALD começou sua carreira nos anos 1940, quando passou a assinar colaborações em revistas como a VARIETY, para a qual trabalhou como correspondente em PARIS. Em 1949, o NEW HERALD TRIBUNE começou a publicar sua coluna PARIS AFTER DARK, leitura obrigatória no meio intelectual. BUCHWALD voltou aos EUA em 1962.

Detentor do prêmio PULITZER, o humorista era publicado por 300 jornais em todo o mundo. Sua veia satírica não poupou principalmente os políticos. BUCHWALD, com problemas renais, recusou-se a fazer diálise e teve uma perna amputada em fevereiro de 2006.



2 008 : - QUINTA-FEIRA

DIÁRIO DE SÃO PAULO – PÁGINAA3 –

MOTOQUEIRO EXECUTA CORONEL DA PM QUE INVESTIGAVA GRUPO DE EXTERMÍNIO. JOSÉ HERMÍNIO RODRIGUES CHEFIAVA O POLICIAMENTO DA ZONA NORTE. UM POLICIAL É SUSPEITO DE SER AUTOR DO CRIME.



Chefe do policiamento militar da Zona Norte da capital, o coronel José Hermínio Rodrigues, de 48 anos, foi executado com seis tiros por um motoqueiro, às 9:40 de ontem, quando andava de bicicleta na Avenida Engenheiro Caetano Álvares, no Mandaqui. O criminoso usava roupas pretas de chuva, capacete da mesma cor, e carregava mochila vermelha e preta. A polícia trabalha com a hipótese de que o criminoso seja policial militar ou ex-PM.

O coronel, que estava de férias, acompanhava as investigações da Corregedoria da PM a respeito do suposto envolvimento de policiais militares em grupos de extermínio que estaria agindo na Zona Norte.

Duas testemunhas ouvidas pela polícia disseram que o motoqueiro ultrapassou a bicicleta do coronel, parou e desceu com uma pistola calibre 380 na mão. Depois fez posição de tiro e disparou seis vezes. Ainda de acordo com as testemunhas, o criminoso atirou com a viseira do capacete abaixada, o que a polícia considera muito difícil.

O coronel foi baleado na testa, na parte de trás da cabeça, nos dois braços e duas vezes na região abdominal. Antes de fugir, o motoqueiro ainda teria mexido no corpo com um dos pés, para certificar-se de que a vítima não sobreviveria. Hermínio foi levado ao Hospital da PM, mas não resistiu.

O secretário da Segurança Pública, RONALDO MARZAGÃO, afirma que ainda é cedo para se fazer qualquer comentário sobre o crime, porque todas as hipóteses estão sendo investigadas. Marzagão manifestou pesar à família do oficial e prometeu que o caso será investigado com rigor. “Pode conferir”.

Aparentemente consternado, o comandante da PM, coronel Roberto Diniz, afirma que cursou a Academia do Barro Branco junto com o coronel Hermínio. Segundo ele, Hermínio vinha desenvolvendo um excelente trabalho contra a violência na Zona Norte. Hermínio era uma pessoa experiente no policiamento ostensivo e rígido com a tropa.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública, o trabalho desenvolvido pelo coronel reduziu em 72% os índices de homicídio no Jardim Elisa Maria, uma das regiões antes considerada como das mais violentas da Zona Norte. Entre março e outubro de 2006 foram registrados 25 assassinatos no bairro, contra os sete casos do mesmo período de 2007.

Amigos próximos do coronel afirmam que o criminoso agiu com ousadia, porque o local onde ocorreu o crime fica próximo a um conglomerado com várias unidades da Polícia Militar, entre ela Academia do Barro Branco, Comando de Operações Especiais (COE), Canil, Hospital da PM e Comando de Policiamento de Área Metropolitana 3 (CPA/M-3), onde Hermínio trabalhava. “Se fez isso lá é porque sabia que teria cobertura”, arrisca um oficial.

Hermínio fazia o passeio de bicicleta todos os dias. “Acho que o assassino sabia exatamente quem era, onde estava e o que queria”, comenta o Major Antonio Carlos Chagas, comandante do 9º Batalhão da PM.

O soldado da Polícia Militar Rogério Almeida Araújo, que atuava na 3ª Companhia do 18º Batalhão, foi assassinado com cinco tiros em novembro, no bairro do Limão, na Zona Norte, da mesma forma que o coronel José Hermínio Rodrigues.

O PM foi abordado na Avenida Nossa Senhora do Ó, durante a madrugada do dia 21 de novembro. Dois criminosos em uma moto Yamaha XT-600 o renderam. Araújo não teria reagido, pois nenhum tiro saiu de sua pistola. Ele atuava na PM havia 10 anos e estava trabalhando sem farda, realizando uma missão de inteligência supostamente ligada à investigação de outros policiais. O crime foi classificado como um latrocínio, pois a moto Honda CB-500 do policial foi roubada.

Em dezembro, outro PM foi torturado e morto na Zona Norte. ALEX MESSIAS DA SILVA, de 35 anos, teria sido vítima de bandidos que descobriram a sua profissão. Ele foi visto pela última vez em um bar do Parque Edu Chaves e encontrado morto na Vila Sabrina.

O Coronel José Hermínio Rodrigues passou 32 de seus 48 anos na Polícia Militar onde atuou em diversos batalhões das Zonas Oeste e Norte da capital, na ROTA e no setor de telecomunicações da PM. Quando foi promovido a coronel, há pouco mais de um ano, assumiu o policiamento de Bauru, no Interior, mas logo depois, com a abertura de vaga no comando de policiamento da Zona Norte (CPA/M-3), retornou à Capital, em janeiro de 2007. Amigos afirmam que Hermínio mantinha relacionamento fraternal com os moradores da Zona Norte, porque havia nascido na região, conhecia bem todos os locais e continuava morando lá, no bairro de Santa Terezinha. Hermínio era divorciado e tinha um filho de 8 anos. Ele costumava carregar a foto do garoto na carteira e sentia-se orgulhoso em exibi-la aos amigos nas horas de lazer. Atualmente, morava com a mãe. O pai morreu quando ele era ainda aspirante a oficial. E a única irmã é casada. Amigos próximos do coronel afirmam que Hermínio tinha o hábito de caminhar ou andar de bicicleta todas as manhãs, antes de iniciar o trabalho, para se exercitar. Geralmente, as atividades eram feitas por volta das 8 h, quando a temperatura ainda era amena. Mesmo em férias desde o último dia 9, ele continuava a manter a rotina. O coronel estava se preparando para viajar no próximo sábado, em férias. Amigos contam que ele se encontrava entusiasmado com o passeio.



Causou muita repercussão a execução do CORONEL PM JOSÉ HERMÍNIO RODRIGUES. Todos os jornais trazem a reportagem, quase nos moldes desta que transcrevi para minhas memórias. Os comentários em casa, no ônibus, no trem e nos lugares por onde passei hoje fazem crer que aconteceu algo inusitado. É difícil acreditar que tenhamos pessoas tão cruéis que matem por uma razão que não é normal.

Na Sociedade, onde não fico muito tempo, atendo a TENENTE Ref NÁDIA, da AORRPM, que quer colocar as cinzas de seu pai, ex-combatente de 1932, no Monumento Mausoléu, no próximo dia 9 de Julho. Mostro a ela as imagens do 9 de Julho de 2007, para ela ter uma idéia de como irá acontecer essa cerimônia.

MÁRIO MARGARIDO, CARBAIA, CARMELO, COLOMBO, VICTÓRIO, CRISTIANO, RONALDO, RAFAEL, MATHEUS e DAMIAN fazem, no almoço, muitas perguntas sobre a morte do CORONEL HERMÍNIO.

O CORONEL MENDES foi para CARAGUATATUBA com sua esposa, dona OÇAINE. O GINO não vem no MMDC, mas combina comigo a ida ao CPOR/SP, amanhã, para assistir a passagem de Comando do TENENTE-CORONEL Inf SÉRGIO LUIZ TRATZ pra o CORONEL Art MARCELO ANTÔNIO NEVES.



Foram rezadas hoje missas de sétimo dia por intenção das almas do GENERAL ARNALDO BASTOS DE CARVALHO BRAGA e do PROFESSOR DOUTOR JOSÉ LUIZ PASIN. A do general foi rezada na Igreja NOSSA SENHORA DO BRASIL, às 12:30 horas. A do professor PASIN aconteceu na Igreja de SÃO DIMAS, na Rua DOMINGUES FERNANDES, 588, VILA NOVA CONCEIÇÃO.



Foi sepultado ontem em BAURU o corpo do piloto OLENDINO FRANCISCO DE SOUZA, o comandante SOUZA, de 79 anos. Em 24 de fevereiro de 1972, a bordo de um helicóptero do Serviço de Salvamento Aéreo do Estado, ele resgatou 307 pessoas do Edifício ANDRAUS, na Avenida SÃO JOÃO, após fazer 32 pousos no alto do prédio em chamas. Morreu após um acidente vascular cerebral.



Três ladrões, que mantinham um engenheiro refém em um seqüestro relâmpago, foram mortos por PMs da ROTA no JARDIM AEROPORTO, zona sul, ontem à noite. Os criminosos tinham um revólver e duas pistolas e morreram durante uma troca de tiros.

O engenheiro PAULO ROGÉRIO ANDRADE ÓRIO, de 27 anos, tinha ido buscar a namorada na Avenida JAMARIS, em MOEMA, quando foi rendido por um assaltante na frente de um condomínio. A garota ainda ia sair do prédio e viu o ladrão entrando no FORD EC0SPORT prata de seu namorado. Ela ligou rapidamente para a PM. Enquanto isso, o assaltante que assumiu a direção do carro pegou outros dois comparsas duas quadras à frente.

Segundo a PM, JOSÉ SÉRGIO ALVES MARTINS, de 22 anos; LUIZ EDUARDO ALMEIDA, de 21 anos, e GÊNESIS CERQUEIRA DE ARAÚJO, de 20, desceram atirando. O refém escapou sem ferimentos.



Dezessete horas após a execução do comandante do policiamento militar da Zona Norte, coronel José Hermínio Rodrigues, de 48 anos, sete pessoas morreram em uma chacina no Jardim Cabuçu, área de Jaçanã, na mesma região. A polícia trabalha com a possibilidade de ligação entre os casos, pois uma das hipóteses no assassinato de Hermínio é o envolvimento de PMs ou ex-PMs no crime, já que o coronel investigava se há participação de policiais militares sob seu comando em grupos de extermínio que agiriam naquela região. Cápsulas de calibre 380 encontradas no local da chacina e no da morte do coronel foram encaminhadas para perícia e o laudo dirá se partiram da mesma arma.

Para o ouvidor da polícia, Antônio Funari Filho, não há dúvida de que a morte do coronel interessaria a grupos de extermínio e, pela primeira vez, as autoridades, inclusive o governador José Serra, também admitiram a possibilidade de um esquadrão da morte estar agindo em São Paulo.



Dois corpos de crianças e uma ossada humana foram encontrados hoje pela manhã em uma trilha que liga a Estrada MARIA CRISTINA à Represa de BILLINGS, no bairro ESTÂNCIA, em SÃO BERNARDO DO CAMPO, próximo à divisa com DIADEMA, na região do ABC. Um catador de lixo reciclável, que se dirigia à represa pela trilha na expectativa de encontrar garrafas de plástico que se acumulam na beira do reservatório de água após dias de chuva, encontrou os dois corpos, um de cada lado do percurso e afastados cerca de quatro metros um do outro, por volta das 9 horas. Logo em seguida ele comunicou a polícia.

A PM chegou ao local meia hora depois e, ao vasculhar as redondezas, descobriu uma ossada que provavelmente seria de um adulto.



ADRIANO fez o que dele se esperava: gols. Depois de um primeiro tempo discreto, trocou de chuteiras para a etapa final e só precisou de 40 segundos para mostrar seu talento, marcando seu primeiro gol com a camisa do SÃO PAULO. E ainda mostrou precisão na cobrança de falta para virar o jogo e ajudar o time a bater o GUARATINGUETÁ por 2 a 1, hoje, na estréia do CAMPEONATO PAULISTA.

O PALMEIRAS ainda não está pronto, mas mostrou hoje que vai brigar forte pelo título estadual. Sobre a batuta de VANDERLEI LUXEMBURGO, o time estreou no Campeonato com vitória fácil sobre o SERTÃOZINHO, por 3 a 1, em BARUERI.

Apesar da forte chuva, quase 30 mil torcedores compareceram ao MORUMBI e o time do CORINTHIANS não decepcionou. A equipe que buscar resgatar o prestígio arranhado com a queda para a Série B do BRASILEIRO, estreou no PAULISTA com uma boa vitória sobre o GUARANI por 3 a 0. Outros resultados: SÃO CAETANO 2 x RIO PRETO 2; BRAGANTINO 0 x MARÍLIA 2.



O CORINTHIANS vaia ter de esperar para conquistar o sétimo título da COPA SÃO PAULO DE FUTEBOL JÚNIOR. Apesar de, mais uma vez ter mostrado poder de reação, os garotos corintianos acabaram eliminados ao perder por 5 a 4 para o FORTALEZA, na decisão por pênaltis, em SÃO JOSÉ DO RIO PRETO. O time cearense saiu vencendo por 2 a 0, mas o CORINTHIANS buscou o empate com RONALDO e LUCAS OSÓRIO. A igualdade por 2 a 2 levou a decisão para os pênaltis e o FORTALEZA levou a melhor, se classificando para as quartas-de-final. Vão encarar o RIO BRANCO, que eliminou o TABOÃO DA SERRA por 3 a 1.

O SANTOS teve melhor sorte. O time principal tropeçou diante a PORTUGUESA na estréia do CAMPEONATO PAULISTA, mas os juniores seguem firmes na COPINHA. A equipe de VILA BELMIRO derrotou o PÃO DE AÇÚCAR por 1 a 0 e garantiu vaga nas quartas-de-final. Enfrentará agora o INTERNACIONAL, que eliminou o FLAMENGO.



O ABERTO DA AUSTRÁLIA sempre foi considerado o mais tranqüilo dos quatro torneios do GRAND SLAM. Mas, de uma hora para outra, atraídos pelo sol e pela facilidade para adquirir ingressos, turistas de quase todo o mundo aventuram-se a uma longa viagem para ver de perto as maiores estrelas do tênis. Um dos principais responsáveis por essa popularidade é o cipriota MARCUS BAGHDATIS, finalista em MELBOURNE há dois anos e que foi adotado pela enorme colônia grega na cidade – mais de 800 mil pessoas. Sua partida, contra o carismático russo MARAT SAFIN atraiu público de 18.951 espectadores, o maior da ROD LAVER ARENA. Para premiar a festa, BAGHDATIS venceu a partida com tons épicos, muitas disputas, rivalidade e com direito a um show de raquetes quebradas do temperamental SAFIN.

Não faltaram atrações para o público. Durante o dia, uma aula de tênis de ROGER FEDERER, que, ao bater o francês FABRICE SANTORO, aplicou um total de 53 “winners” – bolas indefensáveis. Para completar, o suíço revelou toda sua elegância ao esperar por SANTORO no momento de deixar a quadra, para que ambos recebessem os aplausos da torcida. Em outros jogos, NOVAK DJOKOVIC passou por SIMONE BOLLALLI e DAVID NALBANDIAN bateu FERNANDO VERDASCO. No feminino, ANA IVANOVIC superou a italiana TATIANA GARBIN.



Militantes palestinos na FAIXA DE GAZA voltaram hoje a disparar foguetes contra o sul de ISRAEL, que respondeu fechando as fronteiras com o território e lançando mais ataques aéreos, nos quais sete palestinos foram mortos. O premiê israelense, EHUD OLMERT, prometeu levar adiante uma “guerra” para impedir os disparos de foguetes, apesar das advertências de líderes palestinos de que a ofensiva de ISRAEL pode prejudicar o processo de paz.



O xadrez perdeu o seu “MENINO PRODÍGIO”. Considerado o “MOZART DO XADREZ”, ROBERT JAMES FISCHER, ou BOBBY FISCHER, morreu nesta quinta-feira em sua casa em REIKJAVIC, na ISLÂNDIA, aos 64 anos – o mesmo número de casas de um tabuleiro – de insuficiência renal. “FISCHER marcou uma época na história da humanidade, como ISAAC NEWTON, ALBERT EINSTEIN e YURI GABARIN”, afirmou o russo KIRSAN ILYUMZHINOV, presidente da Federação Internacional de Xadrez.

Um enxadrista de estilo agressivo, que lhe valeu o título mundial em 1972, ao vencer BÓRIS SPASSKY, por 12,5 a 8,5 após 24 partidas, encerrando o domínio russo de 30 anos no esporte.

Excêntrico, FISCHER tornou o xadrez popular. Suas partidas contra SPASSKY dominaram o noticiário. Considerado gênio – Q.I. 184, o mesmo de ALBERT EINSTEIN (a média é de 90 a 110) – chegou a interromper duelos por causa do trabalho de um câmera, o que fez com que as TVs encerrassem as transmissões. Sempre se sentiu perseguido. Se recusava a sentar em cadeiras normais para jogar e trazia seu próprio sofá. Jornalistas soviéticos diziam que havia um computador instalado em baixo, que dizia quais as jogadas FISCHER deveria realizar.

Após vencer SPASSKY, FISCHER defenderia o título contra ANATOLY KARPOV, em 1975, mas por exigir regras diferentes da Federação Internacional, foi destituído e “jogando fora” 5 milhões de dólares. “A falta desse duelo foi uma grande perda”, disse KARPOV, em 2006, em visita a SÃO PAULO.

FISCHER nunca mais jogou uma partida oficial. Refugiou-se em seu sítio

Na CALIFÓRNIA. Chegou a arrancar todos os dentes com medo de que a KGB tivesse instalado um microfone em uma de suas obturações. Em 1992, aceitou uma revanche contra SPASSKY para ganhar 3,5 milhões de dólares, na IUGOSLÁVIA, durante embargo econômico imposto pela ONU. “Não reconheço a ONU”, disse FISCHER, que foi acusado pela justiça norte-americana de realizar uma transação financeira ilegal no exterior e teve uma ordem de prisão internacional.

Em 2004, foi preso no Aeroporto de NARITA, no JAPÃO, quando tentava embarcar com passaporte norte-americano anulado. Após oito meses de prisão, FISCHER se refugiou na ISLÂNDIA, onde viveu até sua morte.

BOBBY FISCHER foi um dos símbolos dos EUA na GUERRA FRIA contra a URSS. Oito vezes campeão norte-americano (1957, 1958, 1959, 1960, 1962, 1963, 1965 e 1966), a primeira aos 13 anos, FISCHER teve sua vitória sobre o russo BÓRIS SPASSLY mais festejada que qualquer “touchdown”. Para muitos, FISCHER foi excêntrico, arrogante, insano, incomparável e genial.



A CHINA tornou-se a maior produtora mundial de ouro. Segundo a consultoria inglesa GFMS, o país respondeu por 10% da oferta mundial do metal em 2007. Ultrapassou, assim, a ÁFRICA DO SUL, que liderava o ranking de produtores desde 1905. Em LONDRES.



Morreu nesta quinta-feira, aos 48 anos, na SUÍÇA, a escritora alemã ANNE-LISE THURLER. O anúncio foi feito por um porta-voz da família, que não divulgou as causas da morte. Atualmente, ela residia na SUÍÇA e era mãe de dois meninos. Era membro do grupo OLTEN, criado em 1969 como reação à situação da EUROPA, em particular a SUÍÇA, depois da Segunda Guerra. Ela era autora de diversos ensaios, novelas e contos infantis. Sua última obra, intitulada LA NIÑA DEL BALCÓN, mostra a difícil relação entre mães e filhas. Entre os contos infantis, destaca-se EL NIÑO Y EL PANGOLIN EN EL PAÍS DE LOS COCODRILOS.



2 009 : - SÁBADO

Um sábado de temperatura amena. Chuvas ameaçam cair à tarde. LUCINDA está muito atuante hoje. Sua situação de saúde é controlada por remédios e ela cuida da casa como se estivesse normal. Conta o problema de dona SORAYA. Ela está com uma perna engessada. Ela quebrou um osso da perna na véspera de Natal, quando ela caiu de uma caixa de madeira, no quintal de um sítio onde foi passar as festas de fim de ano. Isso é um grande problema para dona SORAYA, impossibilitada de trabalhar.

Recebo a seguinte mensagem da MÔNICA, filha de minha prima CARMEM:

Olá Marinho, muito obrigada pelo novo envio das datas, infelizmente perdi as mensagens do outlook e não havia feito o backup de fim de ano, mas enfim, agora sim, repassei a Carina suas mensagens.

Eu não tenho o contato de e-mail do Carlos, por isso não entrei em contato com ele, caso você não tenha repassado minha mensagem para ele, se puder me envie o e-mail dele e entro em contato e explico também para ele sobre esta pesquisa da Carina.

Obrigada mais uma vez.

Mônica



17janeiro2009 – mensagem para MÔNICA

Estimada MÔNICA,

Um abraço para seus pais.

Novamente mandei sua mensagem para o CARLOS, com cópia para a MARIZETE, ADALVO e FELIPE, em POÁ. O E-MAIL DO CARLOS :

carlosventuranobel@gmail.com

Lembranças de janeiro:

Minha filha MARIZE DE CAMPOS VENTURA falecia em 13 de janeiro de 1982. Ela nasceu no dia 23 de julho de 1959. Nossa tia FELICIDADE DE LOURDES FONSECA nasceu em 16 de janeiro de 1920. Faleceu em 19 de outubro de 1995.

Conforme for descobrindo outras datas eu as passarei para você.



Recebo esta mensagem:

17janeiro – CESARE BATTISTI

amigos

Este é o nosso desgoverno, lotado de hipocrisia e interesse escuso.

Donizeti

16/JAN - BRASIL, DEFENSOR DE BANDIDO?

Chegamos ao ponto mais baixo no respeito ao direito internacional. O Brasil de Rui, Rio Branco, Abrantes, Milton Campos e tantos outros desceu na escala de país civilizado e os brasileiros passamos a ser considerados defensores de bandidos e perseguidores de cidadãos. Isto acontece por termos no Ministério da Justiça um indivíduo que não se encontra à altura do cargo; e um dos Poderes da República se tornar defensores de bandidos, assassinos e terroristas.

1- Contra o parecer do Comitê Nacional para Refugiados (CONARE) e do Itamaraty, o irresponsável Ministro da Justiça concedeu o status de refugiado político ao italiano Cesare Battisti. Este cidadão é condenado à prisão perpétua, na Itália, pela prática de ações terroristas e assassinato de quatro pessoas. Criou-se um problema diplomático internacional por causa de um perigoso bandido.

2-Os jornais de 14 e 15 de janeiro corrente afirmam que se espera o julgamento do caso, no STF, para o presente ano. Ironicamente duvidam desta afirmativa. Agora, para os bandidos de colarinho branco, tudo é julgado rapidamente. É a defesa de bandidos ricos.

3-O mesmo Ministro da Justiça já cometeu um crime hediondo. Dois atletas cubanos fugiram da delegação esportiva cubana, em Pernambuco, por motivo político - não eram bandidos. Monta-se uma operação de guerra para se prender dois cidadãos que não queriam voltar para a ditadura de CUBA. Vem um avião venezuelano, mente-se no Congresso e na calada da noite os cubanos são levados à força para CUBA, entregues para o sacrifício. Feriu-se toda uma postura de dignidade que o Brasil sempre manteve. Alguma coisa aconteceu? Nada. Todos coniventes com o crime.

A JUSTIÇA - Justiça na sua grandeza global -, que solta ladrão de coturnos brilhantes e mulheres elegantes, fica cega perante este crime hediondo. O Congresso calado estava e calado fica por também ser possuidor de mais de 300 picaretas, como afirmou o presidente da republiqueta em que estão querendo transformar o Brasil.

4- Pode-se tirar a seguinte ilação: bandidos defendem bandidos.

O GRUPO GUARARAPES SE ENCONTRA ENVERGONHADO DO QUE ACONTECE NO NOSSO PAÍS. E ENVERGONHADO VAI FICAR, AINDA MAIS, QUANDO NA ABERTURA DO CONGRESSO, NO DIA 1 DE FEVEREIRO 2009, HONRAS MILITARES SERÃO PRESTADAS AOS PICARETAS E NA MESA PRINCIPAL DO CONGRESSO NACIONAL ESTARÁ O IRRESPONSÁVEL MINISTRO DA JUSTIÇA.

O GENERAL DE GAULLE TINHA RAZÃO QUANDO AFIRMOU QUE O BRASIL NÃO É UM PAÍS SÉRIO?

Fonte: http://www.fortalwe b.com.br/ grupoguararapes - Doc. n° 15 - 2009



Se a primeira impressão é a que vale, o CORINTHIANS deverá ter um 2009 maravilhoso. Mesmo sem contar com RONALDO, que ainda recupera a forma física, o time de MANO MENEZES fez 5 a 1 sobre o ESTUDIANTES DE LA PLATA, em amistoso, hoje à tarde, no PACAEMBU. O rival, que não teve VERÓN, é o atual vice-campeão da COPA SUL-AMERICANA.

Os quase 14 mil fiéis que pagaram para ver o jogo nem se importaram com a tempestade que caiu no início. O show alvi-negro em campo compensou qualquer banho de água.

Além da base de 2008, brilharam os estreantes. JORGE HENRIQUE marcou dois gols, enquanto SOUZA fez outro. O placar foi completado por WILLIAM e OTACÍLIO NETO. Já o ESTUDIANTES descontou com CARRASCO. Esse time ainda contará com DENTINHO, que serve a seleção brasileira sub-20, e o lateral-esquerdo ESCUDERO, que deverá se apresentar segunda-feira.



O CORINTHIANS mostrou força e venceu a PONTE PRETA por 3 a 1, hoje, em SÃO CARLOS. Com o resultado, o time avançou às quartas-de-final na COPA SÃO PAULO DE FUTEBOL JÚNIOR, quando terá pela frente o FLUMINENSE, que sofreu para derrotar o AMÉRICA-MG por 1 a 0.

Em um confronto entre dois favoritos ao título, o SANTOS foi derrotado por 2 a 1 pelo CRUZEIRO, em partida disputada em SÃO JOSÉ DO RIO PRETO. Nas quartas-de-final a RAPOSA vai encarar o ATLÉTICO PARANAENSE, que bateu o FORTALEZA por 4 a 2 nos pênaltis em HORTOLÂNDIA, após empate por 1 a 1



O cirurgião geral DANIEL DE MIRANDA, de 30 anos, foi encontrado morto ontem, no apartamento onde morava, no segundo andar de um prédio na Rua MARQUÊS DE ITU, na VILA BUARQUE, região central da capital. Ele tinha as mãos amarradas com fios de telefone, vestia apenas cueca e estava com uma toalha azul enrolada na cabeça. Aparentemente, ele teria sido vítima de estrangulamento. O crime, diz a perícia, teria ocorrido na quarta-feira, dia 14. O médico, que trabalhava na Santa Casa de Misericórdia de SANTO AMARO, era solteiro e morava sozinho. O zelador do prédio entregava a correspondência dos moradores quando sentiu um forte cheiro vindo do apartamento de MIRANDA. Os vizinhos, que também estavam incomodados com o forte odor, tentaram chamar o morador. Sem resposta, a polícia foi avisada.

A Polícia Militar foi chamada às 20 horas de ontem ao prédio e entrou no apartamento pela janela, com o auxílio de uma escada, pois o imóvel estava trancado. O corpo estava de bruços no chão da sala. Os cômodos estavam revirados. Ainda não se sabe se dinheiro ou objetos de valor da vítima foram levados.

A família de MIRANDA impediu o acesso da imprensa no cemitério VALE DA PAZ, em DIADEMA, onde se realizou o enterro. Evitou dar declarações sobre o caso. A Santa Casa de SANTO AMARO lamentou a morte do cirurgião e informou que era um excelente profissional, reconhecido pela sua competência e dedicação por médicos e enfermeiros, além de pacientes e familiares.



A guerra de milícias da Zona Oeste do RIO resultou em mais uma morte no final da noite de ontem. O SARGENTO PM MARCO ANTÔNIO BARRETO SIQUEIRA, de 41 anos, foi executado a tiros de fuzil ao sair de casa, em CAMPO GRANDE. SIQUEIRA era próximo ao ex-PM RICARDO TEIXEIRA DA CRUZ, o BATMAN, apontado em investigações como um dos principais matadores do grupo de paramilitares intitulado LIGA DA JUSTIÇA.

O assassinato ocorreu por volta de 22:30 horas,na Rua PUNTA DEL LESTE, na região conhecida como TERRA BELA, próximo à Estrada CARVALHO RAMOS. SIQUEIRA saía de casa quando foi atacado pelos criminosos que o aguardavam em um terreno baldio, a menos de 20 metros de onde estava o carro do sargento, um CROSS FOX, estacionado à frente da casa. O veiculo teve o vidro da frente estilhaçado pelos tiros, concentrados na cabeça da vítima, que teve o rosto desfigurado. Os criminosos fugiram.



O empresário DIEGO MENDES DE OLIVEIRA, de 26 anos, morreu hoje pela madrugada a bordo do navio SOBERANO, em SANTOS, no litoral sul, por insuficiência respiratória. O rapaz viajava no cruzeiro da operadora de turismo CVC. Esta é a quarta morte em um transatlântico em menos de um mês, sendo que três casos aconteceram no litoral de SÃO PAULO.

DIEGO, que é de SANTO ANDRÉ, embarcou com o irmão, um amigo e um primo no dia 10 com destino ao litoral da BAHIA. Na quarta, dia 14, ele comeu ostras quando os passageiros desembarcaram em SALVADOR. O rapaz passou mal no dia seguinte. Na sexta-feira, dia 16, ele foi atendido pelo médico no navio e apresentava febre alta, vômitos e diarréia. De acordo com a CVC, ele foi atendido três vezes. Na última vez, a febre de DIEGO havia passado, mas ele estava com pressão alta e tinha manchas que pareciam hematomas e que estavam espalhadas pelo rosto e pelo corpo. Foi levado para o centro médico onde teve parara cardiorrespiratória.



O espanhol MARC COMA e o sul-africano GINIEL DE VILLIERS são os campeões do RALI DACAR ARGENTINA-CHILE nas categorias de motos e carros. Os pilotos chegaram hoje em BUENOS AIRES, depois de percorrerem 9.574 km do traçado entre os dois países sul-americanos.

COMA sagrou-se campeão do rali pela segunda vez – havia vencido em 2006. Na 14ª e última etapa entre CÓRDOBA e BUENOS AIRES, foi o quinto colocado. O brasileiro JOSÉ HÉLIO RODRIGUES terminou a disputa em 12º. O rali teve a participação inicial de 530 pilotos, mas cerca da metade concluiu a disputa.



O governo da ITÁLIA aumentou a pressão sobre o BRASIL para tentar reverter a decisão sobre o asilo político concedido ao ativista CESARE BATTISTI. O presidente italiano, GIÓRGIO NAPOLITANO, enviou hoje uma carta ao colega LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA dizendo-se “espantado e aflito” pela decisão brasileira de refugiar BATTISTI, ex-militante do grupo terrorista italiano PROLETÁRIOS ARMADOS PELO COMUNISMO. Até a tarde de hoje o Palácio do Planalto informava ainda não ter recebido nenhum documento acerca dessa carta.



ISRAEL decreta nesta noite um cessar-fogo unilateral, mas o Exército permanecerá na FAIXA DE GAZA por tempo indeterminado. Em discurso após reunião ministerial, o premiê EHUD OLMERT afirmou que a ofensiva militar alcançou seus objetivos e, portanto, seria suspensa. A partir das 22 horas (horário de BRASÍLIA) os ataques cessaram. A medida pode significar o fim de uma guerra que começou há três semanas e deixou mais de 1.200 palestinos e 13 israelenses mortos.

“O HAMAS foi duramente golpeado. Líderes se esconderam, militantes foram mortos, túneis e infraestrutura, bombardeados. As áreas de lançamento de foguetes estão sob controle do Exército. As forças do HAMAS ficarão afetadas por muitos anos”, afirmou o primeiro-ministro, acrescentando: “Com todos os nossos ganhos, decretamos um cessar-fogo”.

Nos ataques de hoje antes da declaração do cessar-fogo, o Exército de ISRAEL atingiu uma escola da ONU, matando dois meninos de 5 e 7 anos. O incidente provocou duras críticas.”Esses dois meninos eram inocentes e agora estão mortos”, afirmou JOHN GING, que dirige a agência da ONU para refugiados na FAIXA DE GAZA. A explosão, na cidade de BEIT LAHIYA, deixou também 14 feridos.



O poeta moldávio GRIGORE VIERU morreu anos 73 anos, neste sábado, depois de sofrer um acidente automobilístico. VIERU foi o poeta mais importante da MOLDÁVIA. Sua obra contribuiu para o diálogo entre ROMÊNIA e MOLDÁVIA, que compartilham o mesmo idioma.



2 010 : - DOMINGO

Faleceu o CORONEL PM Ref MILTON DE ALMEIDA PUPO. Nasceu no dia 19 de fevereiro de 1929. Entrou para a FORÇA PÚBLICA em 13 de abril de 1949. Foi declarado ASPIRANTE A OFICIAL no dia 15 de dezembro de 1952. PROMOÇÕES: 2º TENENTE – 25 de agosto de 1953; 1º TENENTE – 24 de maio de 1956; CAPITÃO – 25 de agosto de 1962; MAJOR – 15 de dezembro de 1967; TENENTE-CORONEL – 25 de agosto de 1969; CORONEL – 24 de maio de 1974.

Quando cheguei no antigo BATALHÃO DE GUARDAS em 23 de setembro de 1963, o Cmt da Companhia de Comando e Serviços era o então CAPITÃO MILTON DE ALMEIDA PUPO. Mais tarde, quando fui servir no 11º BPM, em 1969, ele era major e logo seria promovido, indo servir no Policiamento Rodoviário.



Passados 7 dias do dantesco terremoto que assolou o HAITI, ainda lemos notícias estarrecedoras a respeito do que vem acontecendo naquele país abandonado pela sorte.

Comemoramos hoje os 23 anos do casamento realizado em 17 de janeiro de 1987, no civil, em GUARULHOS, e com uma solenidade bastante descontraída no 2º BPChq. Mais tarde, com o PAULO CÉSAR e a KÁTYA EL MOUALLEN celebramos esse acontecimento.

Procuro deixar meus arquivos em dia. Isso não é fácil. Além das leituras dos jornais, da separação dos assuntos e depois da digitalização deles em minhas memórias, leva um certo tempo.

Pelo correio eletrônico recebo várias mensagens:

O Comando do Exército brasileiro confirmou, neste domingo, a morte do major Francisco Adolfo Vianna Martins Filho, que se encontrava desaparecido após o terremoto que devastou a capital haitiana, Porto Príncipe, na última terça-feira.

Segundo o Exército, Martins Filho desempenhava a função de Observador Militar da Missão de Estabilização da ONU no Haiti (Minustah).

Com a identificação do corpo do major, sobe para 17 o número de militares brasileiros mortos no terremoto. Dois civis também morreram no tremor - a médica sanitarista e fundadora da Pastoral da Criança, Zilda Arns, e o diplomata Luiz Carlos da Costa, o número dois da ONU no Haiti.

Neste domingo, o comandante do Exército brasileiro, general Enzo Martins Peri, divulgou uma nota de pesar, em nome da instituição, aos familiares pela "perda prematura dos capacetes azuis - soldados da paz".

"Todos 'combateram o bom combate', levando àquela nação amiga, castigada por violências de diferentes naturezas, o que a gente brasileiras mais possui: solidariedade, alegria e esperança", diz a nota.

O Exército afirmou ainda que os 16 militares brasileiros que vieram do Haiti permanecem internados no Hospital Geral de São Paulo com quadro clínico "bom e estável, alguns inclusive com condições de alta hospitalar".

Os militares devem permanecer internados até o término do período de quarentena, para a realização dos exames complementares previstos para os militares que participam da Minustah.

Sobreviventes

Cinco dias após o terremoto que devastou a capital haitiana, ainda não há uma contagem oficial de mortos. No sábado, o ministério do Interior afirmou que o governo já havia coletado 50 mil corpos e antecipou que o total pode chegar a 200 mil.

"Nós já recolhemos cerca de 50 mil corpos. Nós antecipamos que teremos entre 100 mil e 200 mil mortos no total, mas nunca saberemos o número exato", disse o ministro do Interior, Paul Antoine Bien-Aime, à agência Reuters.

Já o primeiro-ministro haitiano, Jean-Max Bellerive, afirmou à agência de notícias Associated Press que "um total final de mortos de 100 mil parece ser o mínimo".

As equipes de resgate, no entanto, continuam trabalhando para tentar encontrar sobreviventes do desastre em meio aos escombros.

Neste domingo, a porta-voz do Escritório de Coordenação de Assuntos Humanitários da Organização, Elisabeth Byrs, afirmou que as equipes de resgate já tiraram 70 sobreviventes e disse acreditar que mais pessoas ainda possam ser encontradas vivas.

Somente neste domingo, cinco pessoas foram resgatadas dos escombros com vida, alimentando as esperanças das equipes de resgate que trabalham dia e noite. Um dos sobreviventes, o dinamarquês Jen Christansen, era funcionário do Departamento de Assuntos Civis da ONU, e foi retirado dos destroços do prédio da Minustah.

Depois de dias resistindo sem provisões básicas, a população começa a receber a ajuda humanitária, embora muitos haitianos não tenham sido contemplados.

Helicópteros dos Estados Unidos começaram a lançar garrafas d'água para os sobreviventes, enquanto em terra soldados evitam que a distribuição desencadeie violência. Os agentes americanos também firmaram a sua primeira base fora do aeroporto da capital, e estão distribuindo víveres de um morro dentro de um campo de golfe.

Já o programa de Alimentação das Nações Unidas distribuiu comida em uma das favelas da cidade, enquanto a organização não-governamental Oxfam também entregou água aos flagelados haitianos.

Na sexta-feira, o secretário-geral da ONU, Ban Ki-Moon, lançou um apelo à comunidade internacional para arrecadar US$ 550 milhões para ajudar ao Haiti.

Começa o Campeonato Paulista. Faltou fôlego para o SÃO PAULO. E sobrou disposição para a PORTUGUESA no MORUMBI. No primeiro clássico paulista da temporada, os visitantes mostraram melhor preparo físico e mais vibração para vencer por 3 a 1, de virada. O SANTOS convenceu ao derrotar o RIO BRANCO por 4 a 0, nesta noite no PACAEMBU. Com seis titulares em ação, o CORINTHIANS deu hoje um início modesto ao seu ambicioso projeto do ano do centenário. O empate por 1 a 1 com MONTE AZUL deixou claro que há um longo caminho até o entrosamento perfeito para buscar tudo o que o clube almeja em 2010.



COPA SÃO PAULO DE FUTEBOL JÚNIOR: o PALMEIRAS teve que correr muito para se classificar às quartas de final e só conseguiu depois de empatar em 2 a 2 com o DESPORTIVO BRASIL, levar para disputa de pênaltis e vencer por 5 a 4. Na próxima fase, o VERDINHO terá pela frente a LUSA.

Já a PORTUGUESA, sem dificuldades, bateu o BOTAFOGO por 3 a 0 e avançou. A última vez que a LUSA havia chegado às quartas de final foi em 2002. Na ocasião, fez ótima campanha e levantou a taça.

O SANTOS também se classificou às quartas de final ao vencer o PÃO DE AÇÚCAR por 1 a 0. Outro que garantiu vaga na fase seguinte foi o CRUZEIRO. Bateu a INTER, de LIMEIRA por 1 a 0. Nas quartas, a equipe mineira terá pela frente o SÃO PAULO. O duelo reedita a final da COPINHA de 2007, quando os mineiros foram os campeões.



Um casal foi encontrado morto dentro de uma sala de um consultório de ginecologia no fim da tarde de sexta-feira, no bairro da VILA JAGUARA, zona oeste da capital. A mulher era recepcionista do consultório e o homem era gerente de uma padaria na zona norte. Ao redor da sala estavam espalhados frascos abertos de medicamentos e até veneno. Uma das hipóteses investigadas pela polícia é que os dois tenham morrido envenenados. Ainda não se sabe se o gerente e a recepcionista, ambos casados com outras pessoas e com filhos, eram amantes. As famílias das vítimas negam a possibilidade de suicídio.

De acordo com a polícia, a recepcionista APARECIDA ELIANE CALEFI BORGES, de 35 anos, e o gerente da padaria EZEQUIEL GRANADO BARBOSA, de 32, foram encontrados caídos no chão da sala de número 5 da clínica que fica na Rua PAÚVA, 145.



Auditoria da Controladoria Geral da União – CGU – nas contas da Fundação JOSÉ SARNEY apontou para uma cadeia de fraudes na execução de um projeto de 1,3 milhão de reais patrocinado pela PETROBRÁS. A investigação do órgão do governo federal acusa a entidade – criada pelo presidente do Senado, JOSÉ SARNEY, para preservar a sua memória – de uso de notas frias e calçadas (divergência de valores), empresas fantasmas e de fachada, contratações irregulares, ausência de comprovação de serviços, entre outras irregularidades, para um projeto cultural que nunca saiu do papel.



Alvo de investigações da Polícia Federal e Ministério Público no escândalo do mensalão do DEM, o vice-governador do DISTRITO FEDERAL, PAULO OCTÁVIO, avisou à executiva nacional do partido que não disputará a eleição para o governo do DISTRITO FEDERAL.



Enquanto militares e representantes dos ESTADOS UNIDOS e do BRASIL tentam acertar a estratégia para a atuação no HAITI, as condições de segurança vão se deteriorando em PORTO PRÍNCIPE. Com as prisões e instalações da polícia destruídas pelo terremoto, ampliaram-se hoje os casos de saque e linchamentos e surgiram indícios de execuções sumárias. Corpos encontrados nas ruas traziam sinais de fuzilamento à queima-roupa. Quatro deles tinham as mãos amarradas para trás e um deles, os pés atados. Fontes da área de segurança confirmaram a prática de execuções pela polícia haitiana. A polícia atribui os assassinatos a criminosos.

Os cinco corpos foram encontrados nos bairros de BEL AIR e BOUDON. Um deles teve o rosto desfigurado por um tiro de calibre 12 na têmpora. Havia marcas de espancamento. Aparentemente, eles foram mortos na manhã ou madrugada, segundo pessoas que os encontraram. Um suposto saqueador foi espancado até a morte e teve o corpo arrastado, nu, pelas ruas.

Outra prioridade é recolher os corpos espalhados pelas ruas da capital. A operação também a cargo do Exército brasileiro, teve início ontem, depois da autorização da ONU. No primeiro dia, foram recolhidos 69 corpos. Eles foram colocados em valas comuns, com capacidade para 20 corpos cada, de acordo com as normas da CRUZ VERMELHA. São fotografados e descritos em relatórios individuais para facilitar o reconhecimento posterior pelas famílias, que podem retirá-los mais tarde para enterro definitivo.

O GENERAL-DE-DIVISÃO CARLOS ALBERTO DOS SANTOS CRUZ, que comandou as Forças de Paz da ONU no HAITI de 10 de janeiro de 2007 a 8 de abril de 2009, embarcou hoje para PORTO PRÍNCIPE, onde deve passar pelo menos dois dias fazendo um “reconhecimento da situação”. O general partiu ao meio-dia do GALEÃO em um avião HÉRCULES C130, com mais um passageiro, o CORONEL GÉRSON GOMES. Ele será o novo assistente do GENERAL FLORIANO PEIXOTO VEIRA NETO, atual comandante das tropas da Missão das Nações Unidas para a Estabilização no HAITI (MINUSTAH). GOMES substituirá o CORONEL EMÍLIO CARLOS TORRES DOS SANTOS, cujo corpo foi encontrado sob os escombros do Hotel CHRISTOPHER, sede da MINUSTAH.

Cinco dias após o terremoto, as equipes de resgate continuam retirando pessoas com vida dos escombros. Ao menos quatro sobreviventes foram salvos hoje: três haitianos no supermercado CARIBBEAN, um dos maiores da cidade, e uma francesa no Hotel CHRISTOPHER, encontrada por brasileiros. A equipe trabalhava nos escombros do hotel por volta das 6 horas quando ouviu alguém batendo no concreto. O TENENTE JEFFERSON PORTO, do Corpo de Bombeiros do RIO, mandou desligar a escavadora e pediu silêncio. Tratava-se de uma francesa. “Ela falava calmamente, sem nenhum sinal de desespero”, contou PORTO. Uma equipe francesa assumiu o resgate.



Após 20 anos de hegemonia da coalizão de centro-esquerda CONCERTAÇÃO, o candidato da direita, SEBASTIÃO PIÑERA, venceu hoje as eleições presidenciais chilenas. O candidato governista e ex-presidente, EDUARDO FREI, reconheceu a derrota no fim da tarde e, depois de felicitar PIÑERA, prometeu que o fracasso na CONCERTAÇÃO é “apenas uma parada no nosso caminho.”



O escritor americano ERICH SEGAL, conhecido internacionalmente como autor de LOVE STORY, morreu neste domingo, aos 72 anos, devido a um ataque cardíaco, segundo a família. FRANCESCA SEGAL, filha do romancista, informou que ele morreu em casa, em LONDRES, após ter convivido durante anos com o mal de PARKINSON, que debilitou sua saúde. Autor também do roteiro do filme dos Beatles YELLOW SUBMARINE, SEGAL era professor de literatura clássica na Universidade YALE (EUA) quando escreveu LOVE STORY. O livro foi adaptado para o cinema em 1970, e indicado para seis categorias do OSCAR, ganhando a de melhor trilha sonora.



2 011 : - SEGUNDA-FEIRA

CADERNO METRÓPOLE, do ESTADO, publica: FALTA DE COORDENAÇÃO PREJUDICA RESGATE DE VÍTIMAS E DISTRIBUIÇÃO DE DONATIVOS.

A falta de organização fez com que doações para vítimas da tragédia no RIO permanecessem, até a manhã de ontem, entulhadas a céu aberto e mal protegidas da chuva persistente em TERESÓPOLIS. Enquanto isso, várias aeronaves, incluindo cinco do Exército e outras comandadas pela Força Nacional, estavam paradas no campo da GRANJA COMARY, transformado em base aérea das operações de resgate. Local de treinamentos da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o campo virou depósito de água, comida, material de higiene e roupas. Ontem, já eram 633 mortos e sete municípios em estado de calamidade pública. Para justificar os helicópteros parados, autoridades do Exército culparam as péssimas condições meteorológicas. Mas helicópteros da Polícia Civil e do Corpo de Bombeiros voaram à vontade, ignorando a chuva que caiu ontem de manhã. Comandado pelo experiente piloto ADONIS OLIVEIRA, da tropa de elite da polícia, o CAVEIRÃO da Polícia Civil fez dois vôos para levar mantimentos a pessoas isoladas em SANTA RITA e SANTANA, resgatar idosos e transportar médicos, enfermeiros e remédios. No início da tarde, partiu para mais uma missão, carregado de comida, água, remédios e óleo diesel para geradores. Enquanto isso, das cinco aeronaves do Exército, duas só alçaram vôo no início da tarde para levar um médico da polícia à VILA SALAMACO e resgatar uma jovem doente mental. Os próprios soldados comentavam na GRANJA COMARY o absurdo de os helicópteros permanecessem parados. Segundo um deles, uma das aeronaves grandes estava havia dois dias sem voar, com toda a tripulação à disposição. Quem também reclamava muito era o engenheiro ANTÔNIO JOSÉ FUSCO, de 42 anos, morador da granja. “É inacreditável ver esses helicópteros parados quando há tanta coisa para carregar.” Segundo o capitão ERIC LESSA, o helicóptero ESQUILO até tentou ajudar a CRUZ VERMELHA, mapeando estradas e descobrindo comunidades isoladas, mas a missão não foi concluída por causa do mal tempo. Em sua contabilidade, ontem o Exército resgatou 65 pessoas e transportou 700 litros de água, 200 de combustível, 200 litros de leite, além de 20 cestas básicas e 30 quentinhas.



Por volta das 13:30 horas estou na Igreja do Páteo do Collegio. Ali encontro o CARLOS GUSTAVO ARAÚJO, do cerimonial da USP. Vem ele para a reunião preparatória da cerimônia marcada para 25 de janeiro, às 15 horas, pela Presidente do Instituto Histórico e Geográfico, doutora NELLY MARTINS FERREIRA CANDEIAS. Ela chega em seguida. Para essa reunião também comparecem o pianista JOSÉ RAPHAEL MUSITANO PIRÁGINE, a SUBOFICIAL ALADIA, pelo 8º Distrito Naval e os tenentes DISCACCIATI E FONTOURA, pelo IV COMAR. Está faltando o representante do COMANDO SUDESTE. Doutora NELLY explica detalhadamente o que vai acontecer em 25 de janeiro. Começa com a apresentação de PIRÁGINE, que irá executar o HINO NACIONAL. O local na igreja é acanhado para uma solenidade desse porte. Os estandartes das Forças Armadas, sediadas em SÃO PAULO, receberão o COLAR DO CENTENÁRIO DE D PEDRO I. Há entrega de diplomas aos novos sócios do IHGSP.

Já no encerramento dessa reunião preparatória encontro o TENENTE FILINTO, do COMANDO SUDESTE, que vem para uma reunião marcada pela Prefeitura, a respeito do evento que acontecerá também no Páteo do Collégio, só que na parte da manhã. Ele não sabia ao certo que a reunião preparatória marcada para 13:30 horas tinha outra finalidade. Em suma, confundiu os dois eventos. Entra em contato com o COMANDO SUDESTE e fica esclarecido que no dia 25 de janeiro, uma hora antes do início da solenidade, faremos um treinamento com os estandartes por volta das 14 horas.

Já em casa recebo um telefonema do MAJOR PRIETO, da Comunicação Social do COMANDO SUDESTE, pedindo desculpas pelo mal entendido e confirma a presença do porta-bandeira e do porta-estandarte em 25 de janeiro. Dessa maneira fica sanada essa dúvida. Doutora NELLY CANDEIAS telefona nesta noite para discutir outros detalhes desse evento.



INSENSATO CORAÇÃO entra no ar hoje com elenco de estrelas que irá explorar perfis de personagens bem comuns hás histórias de dramaturgia. Entre eles o garanhão (vivido por LÁZARO RAMOS), a gostosona que tenta se dar bem na vida (DEBORAH SECCO) e o bom e velho conflito entre irmãos – esta é a quinta novela de GILBERTO BRAGA que explora esse tipo de conflito familiar. As brigas protagonizadas por ANTÔNIO FAGUNDES e JOSE WILKER serão tão intensas quanto as das irmãs gêmeas PAULA e TAÍS (ALESSANDRA NEGRINI) de PARAÍSO TROPICAL, último folhetim do autor na GLOBO. Na trama, a vilã TAÍS roubava i namorado – DANIEL (FÁBIO ASSUNÇÃO) – da irmã. Agora, a história se repetirá. RAUL (ANTÔNIO FAGUNDES) irá flagrar a mulher, WANDA (NATÁLIA DO VALE), na cama com o irmão dele, UMBERTO (vivido por JOSÉ WILKER). Esse não será o único problema que RAUL irá encarar como chefe de família. “Ele vai sofrer muito nos primeiros dez capítulos”, diz ANTÔNIO FAGUNDES. RAUL terá de colocar o filho LÉO, vivido por GABRIEL BRAGA NUNES, na linha. Apesar de ter gravado seis cenas com FÁBIO ASSUNÇÃO – que faria seu filho na trama – FAGUNDES gostou do reencontro com GABRIEL – os dois estiveram juntos em TERRA NOSTRA (1999). Mas será o triângulo amoroso entre PEDRO (ERIBERTO LEÃO) – filho de RAUL e WANDA e irmão de LÉO (GABRIEL BRAGA NUNES) – LUCIANA (FERNANDA MACHADO) e MARINA (PAOLA OLIVEIRA) a história central. LUCIANA, noiva de PEDRO, convida a melhor amiga de faculdade, MARINA, para ser sua madrinha. No entanto, num vôo do RIO DE JANEIRO para FLORIANÓPOLIS, PEDRO e MARINA se esbarram e se apaixonam. Mas MARINA não sabe que ele é noivo de sua amiga. E começa a confusão. PEDRO larga LUCIANA no altar, sofre um acidente de avião e fica paraplégico.



Faleceu OSWALDO PICCHI, aos 91 anos. Nascido em SALTO, interior paulista, cursou só dois anos de escola. Veio menino para SÃO PAULO, perdeu o pai e tinha dois empregos. As dificuldades não o impediram de querer aprender – muito. Autodidata, falava cinco idiomas e entendia tudo sobre mecânica, sua grande paixão. Trabalhou na Escola de Oficiais da Aeronáutica e começou a se desenvolver no setor. Contribuiu com pareceres técnicos para a instalação de aeroportos, como VIRACOPOS, em CAMPINAS. Aos 31 anos, voltou para SALTO e criou uma pequena oficina, que, em pouco tempo, se tornou a PICHI S/A INDÚSTRIA METALÚRGICA, de artefatos metais – foi pioneira em várias áreas.



Morreu BEATRIZ PACHECO DE TOLEDO, em SÃO PAULO, aos 92 anos. A infância na casa da Rua BENTA PEREIRA, em SANTANA, na zona norte, nunca mais abandonaria BEA, apelido pelo qual ficou conhecida para os mais próximos. A afetuosidade e extravagância dos avós maternos, alemães, marcaram a tal ponto a menina que, já bem velhinha, ela, que nunca foi muito dada a ler e escrever, acabaria por colocar no papel as memórias dos anos vividos entre os ZWARG (sobrenome materno). Intitulado “UMA FAMÍLIA MUITO ESPECIAL”, o livro teve pequena tiragem, apenas para distribuição entre os familiares. Nele, BEA expõe os dias de criança passados entre avós, pais, tios e primos, personagens que com ela dividiram os dias na “casa dos estrangeiros”, uma casa que, segundo sua definição, era “diferente de todas as demais”. O avô BRUNO era a nota de originalidade da família. Escultor e professor de artes, era amante também da ciência e escrevia crônica diária para o jornal alemão ‘DEUTSCH ZEITUNG’. Mas era sobretudo seu enorme bom humor que cativava e encantava os netos. BEA se casou, ainda menor de idade, com PAOLO ROSSI, com quem foi morar em PERNAMBUCO e de quem viria a se separar mais tarde. O casal teve três filhos: NORMA, PAULO e PERLA. Esta, a caçula, foi quem sugeriu à mãe, já nos seus últimos anos: “Coloque suas lembranças em um livro,para exercitar a memorial”. BEA acatou. Realmente, sua memória, nessa época, dava sinais de esgotamento. No fim da vida, o alemão voltou a ser a língua de todo dia de BEA. Como se só por meio dela conseguisse realmente se comunicar, passou a falar muito em alemão. Até cantar, um de seus grandes prazeres, cantava na língua dos antepassados. Marchinhas de carnaval e canções de ninar aprendidas na infância era suas preferidas.



A falta de organização fez com que doações para vítimas da tragédia no RIO permanecessem, até hoje pela manhã, entulhadas a céu aberto e mal protegidas da chuva persistente em TERESÓPOLIS. Enquanto isso, várias aeronaves, incluindo cinco do Exército e outras comandadas pela Força Nacional, estavam paradas no campo da GRANJA COMARY, transformado em base aérea das operações de resgate. Local de treinamentos da CBF, o campo virou depósito de água, comida, material de higiene e roupas. Hoje já eram 633 mortos e sete municípios em estado de calamidade pública.



LULA, O FILHO DO BRASIL, de FÁBIO BARRETO, não está entre os nove finalistas para o OSCAR de filme estrangeiro. A lista, divulgada hoje, traz uma primeira seleção – os cinco finalistas serão conhecidos no dia 18. Entre os participantes estão FORA DA LEI, de RACHID BOUCHAREB (ARGÉLIA), EM UM MUNDO MELHOR, de SUSANNE BIER (DINAMARCA), INCENDIES, de DENIS VILLENEUVE (CANADÁ), DOGTOOTH, de YORGOS LANTHIMOS (GRÉCIA), CONFESSIONS, de TETSUYA NAKASHIMA (JAPÃO), BIUTIFUL, de ALEJANDRO GONZALEZ IÑARRITU (MÉXICO), LIFE, ABOVE ALL, de OLIVER SCHMITZ (ÁFRICA DO SUL), TAMBIEN LA LLUVIA, de ICIAR BOLLAIN (ESPANHA) e SIMPLE SIMON, de ANDREAS OHMAN (SUÉCIA).



O empresário musical e compositor americano DON KIRSHNER, classificado pela revista TIME como “o homem com o ouvido de ouro”, morreu nesta segunda-feira, aos 76 anos, em um hospital de BOCA RATON, na FLÓRIDA, onde se tratava de uma infecção. A informação foi divulgada por um amigo próximo à família de KIRSHNER. Ele foi o criador do grupo de rock THE MONKEES e lançou músicos como NEIL DIAMOND, CAROLE KING e JAMES TAYLOR. KIRSHNER também ajudou a divulgar artistas como BILLY JOEL, THE POLICE, PRINCE, THE EAGLES, LIONEL RICHIE e OZZY OSBOURNE. Ele chegou a dirigir três selos discográficos: o DIMENSION, o COLGEMS e o KIRSHNER RECORDS.



2 012 : - TERÇA-FEIRA

Embora esteja chovendo nesta manhã, por volta das 9 horas estou chegando no MUSEU MILITAR, onde já se encontram, na copa, o Professor BIAJONE, a estudante universitária JUCIMARA DE JESUS BRITO e o CORONEL PM JOSÉ AUGUSTO FONTES RICO, diretor do Museu.

Já na entrada do prédio verifica-se que tudo ali está sofrendo um grande restauro. Há muito tempo os casarões antigos daquele conjunto precisavam uma intervenção dessas. O CORONEL PM RICO conversa muito conosco, explicando a atual situação do Museu e seus planos para o futuro. O Diretor do Museu reúne os componentes da Instituição para o momento solene da entrega do Diploma de Honra CAPITÃO FRANCISCO FABIANO ALVES para o CORONEL PM JOSÉ AUGUSTO FONTES RICO, TENENTE-CORONEL PM JOSÉ PAULO FERREIRA TEIXEIRA e Sd PM MAGNO SÉRGIO DIAS PEREIRA. Também é anunciada uma parceria entre o Museu Militar e a Sociedade Veteranos de 32-MMDC. Vamos deixar o Museu depois das 11 horas. BIAJONE e JUCIMARA retornarão ainda hoje para ITAPETININGA.



Situação muito desagradável na Sociedade Veteranos de 32-MMDC nesta tarde. Violento temporal cai por volta das 15 horas e mais uma vez a chuva invade o térreo do prédio. MARINEI procura escoar a água, mas o volume era muito grande e ela se sente impotente diante da situação. Telefono, mais uma vez, para os bombeiros, que se limita a solicitar um ofício contando tudo o que está passando. Não é o primeiro, nem o segundo, nem o terceiro que irei fazer. O problema é crônico e estou cansado de pedir a limpeza das calhas periodicamente. Passa o período da chuva e tudo é esquecido. Com isso já perdemos papéis importantíssimos para a história dos combatentes da revolução constitucionalista de 1932. Falta sensibilidade para o eterno problema. Hoje um ignorante disse, por telefone, “isso não é trabalho para os bombeiros”. Acontece que as folhas e galhos que entopem as calhas do prédio são provenientes das árvores que se situam no próprio terreno do Corpo de Bombeiros, nosso vizinho.

Acertamos com a Prefeitura a situação da montagem do palanque no dia 22 de janeiro, que será feita pela Secretaria de Turismo do Município. Também mantivemos contato telefônico com a CET por causa do trânsito no dia do evento. Precisa ser feito um ofício endereçado a eles. Em tudo a burocracia cria sérios problemas. Apesar de toda a facilidade que a informática nos proporciona, ainda estamos engatinhando nesse sentido.

PEDRO PAULO PENNA TRINDADE nos visita. Vem conversar a respeito do 22 de janeiro e de outros eventos que acontecerão ao longo do ano.



Nosso presidente do núcleo de correspondência de ITAPETININGA manda o seguinte e-mail para a AOMESP:

Prezados amigos da AOMESP

Saudações! quem vos escreve é prof. Jefferson Biajone (nucleo MMDC Cel Ventura) como estão? estivemos eu e o coronel Ventura nessa terça com vocês condecorando o presidente da AOMESP com um diploma e ficamos de passar a foto da entrega do diploma e pequeno texto para a edição de vosso jornal (disse que ia passar na quinta mas consegui acesso essa terça a noite) aqui vai então o texto sobre o ocorrido:

Nesta segunda feira dia 16 de janeiro de 2012 a AOMESP recebeu a visita do Cel PM Mário Fonseca Ventura, presidente da Sociedade dos Veteranos de 32/MMDC e do Prof. Jefferson Biajone, presidente do Núcleo MMDC Paulistas de Itapetininga! Às Armas!!, de Itapetininga, SP. Na visita, o presidente da AOMESP, Cel PM Jorge Gonçalves recebeu das mãos do prof. Biajone o Diploma de Honra ao Mérito Capitão Francisco Fabiano Alves, honraria conferida à AOMESP na pessoa de seu presidente na intenção de estreitar os laços entre esta digna associação e a Sociedade dos Veteranos de 32/MMDC.

A foto segue em anexo. Por favor, seria possivel encaminhar 02 (duas) copias impressas do jornal para mim por correio? o meu endereço para envio é

JEFFERSON BIAJONE

rua manoel evaristo de moura n° 10

vila são jose

itapetininga, sp

cep 18 205 730

enorme abraço e no contato

prof. Jefferson Biajone

http://mmdc.itapetininga.vilabol.uol.com.br/biajone.htm

terça feira, Jan 17 2012



Já o nosso presidente do núcleo de PIRACICABA manda uma mensagem de incentivo ao jovem GUILHERME. Após um telefonema com o CORONEL PM JAIRO BONIFÁCIO, presidente do núcleo de SÃO VICENTE, “CAPACETES DE AÇO”, este aceita o trabalho do parente de DONA MARIINHA.

Boa tarde, meu IRMÃO GUILHERME!

Como está, tudo bem? Tenho a certeza que SIM e espero que ainda esteja com todo o otimismo e dinamismo na nossa empreitada cívica.

Não mantive contato consigo nestes dias, pois, como lhe expliquei, confiei ao nosso querido irmão Prof. BIAJONE que lhe orientasse quanto à criação do Núcleo e do blog de divulgação.

Recebi, agora, e-mail do nosso notável presidente Cel VENTURA informando-me que já manteve contato com o Cel JAIRO e lhe informou da agradável notícia.

Você estava em dúvida se o Cel PM JAIRO iria lhe receber bem, lembra? e eu lhe digo que foi uma imensa satisfação para o mesmo, ainda mais, observando que é um jovem destemido e capacitado Soldado a integrar os quadros da nossa SOCIEDADE.

Caro GUILHERME, você só terá a ganhar com o auxílio e a ampla experiência daquele Cel, principalmente, em sua projeção futura voltada ao estudo da História e Arqueologia que pretende seguir, sendo que já lhe ofereceu a Sociedade Cívica Cultural e Histórica dos Capacetes de Aço para integração virtual.

Esta é mais uma excelente notícia para você conquistada com o intenso trabalho e acompanhamento do Sr. Cel VENTURA.

Se quiser minha SUGESTÃO, creio que, primeiramente, deva telefonar-lhe, de forma natural, se apresentando como o GUILHERME

filiado à SOCIEDADE VETERANOS DE 32 - MMDC e com o objetivo do aprendizado para dedicação à pesquisa e divulgação da Epopeia de 32. Daí, deixe que o mesmo fale o que quiser tratar e expresse a sua satisfação em tê-lo ao seu lado e marque(m) um encontro para conversarem pessoalmente sobre os detalhes de como funcionará o Núcleo, anotando os aspectos mais importantes da conversa e, em seguida mãos a obra e, se tiver alguma dúvida também as dirima contatando o nosso CEL VENTURA.

Ao conversarem pessoalmente, demonstre sua vontade em ficar mais atento ao blog (pesquisa/divulgação mediante postagem) e, por enquanto, deixe os eventos, como reuniões, solenidades, a cargo do experientíssimo citado Coronel, e com o decorrer do tempo aprenderá todas as coordenadas. Fique sempre tranquilo e confiante, mantenha-se alegre, altivo e orgulhoso, pois, de agora em diante se apresente como o GUILHERME, presidente ou vice, como ficar combinado junto ao Cel JAIRO, da SOCIEDADE DOS VETERANOS DE 32- MMDC do Núcleo de SÃO VICENTE, apoiado por todos nós, BIAJONE, EGYDIO E ERIC - seus IRMÃOS de Núcleo Interioranos.

Mais um detalhe, sei que é atento e já deva ter compreendido que quando entre nós, dos Núcleos Paulistanos e Interioranos, nos tratamos pelo termo "IRMÃOS DE ARMAS", significa - IRMÃOS: estaremos sempre juntos unindo forças amorosamente; ARMAS: mesmo propósito, com dedicação e objetivo na DIVULGAÇÃO dos feitos e da memória de nossos heróis de 32 realizada através da internet (blog, portal, e-mails) ou verbal estas são as nossas ARMAS e não as armas literais como fuzis, rifles, escopetas, granadas, etc, ao contrário, nossas ARMAS são utilizadas para a PAZ e não para a discórdia.

Mantenho-me sempre aqui para quaisquer contatos.

Do seu "IRMÃO EM ARMAS"

EGYDIO



JOSÉ D´AMICO, do TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL, manda-me o e-mail:

Querido coronel Ventura,

Que saudade ! Tudo bem com o senhor , dona Lucinda e toda a família ? Espero que sim e que todos tem passado com muita saúde e paz o período de festas, desejando-lhes um 2012 pleno de felicidades !

No dia 27 de dezembro , tentei ligar para o prezadíssimo coronel aniversariante para renovar meus votos de carinho, mas ninguém atendeu e acabei deixando uma mensagem na secretária eletrônica. O senhor viajou nesse período ?

Coronel Ventura, sobre o requerimento do "Colar Guilherme de Almeida", fui protocolizá-lo no dia 19 de dezembro último, após colher a assinatura de nosso Poeta e tentei sistematicamente marcar uma audiência com o professor Lembo. Após reiteradas tentativas, nada consegui. Só tive condição de deixar-lhe uma cópia da petição, cujo original se encontra na Secretaria Municipal de Cultura desde 22 de dezembro. Tenho receio de que ela se perca pelo caminho, mas vamos torcer, não é , coronel?

Se Deus o permitir, estarei na praça da Sé para, como cidadão, ter a honra de participar do primeiro grande evento deste ano pró-80º aniversário da Epopeia dos Paulistas !

Continências sempre espirituais e constitucionalistas,

Recruta Zezinho



ESTIMADO JOSÉ

Ainda hoje tomei a iniciativa de fazer uma parceria com o Museu Militar da PMESP no sentido de juntar forças.

Nosso presidente de ITAPETININGA esteve conosco, bem como também ontem, quando estivemos na Associação dos Oficiais Militares do Estado de São Paulo.

No dia de meu aniversário fui "sequestrado" pelos parentes, mas recebi sua mensagem e agradeço muito.

Já marquei também o dia 11 de fevereiro para mais uma reunião da Comissão dos Familiares dos Heróis de 32, às 15 horas. Conto com sua presença.

No domingo será um grande encontro de amigos e poderemos conversar à vontade.

Achei por bem não convidar "otoridades" para podermos ter mais liberdade na discussão de nossos projetos para 2012.

Dia 31, no Ibirapuera, na chegada dos atletas da São Silvestre, o Secretário da Cultura estava ao meu lado. Mas poderemos dar uma cutucada com os amigos que temos na Prefeitura.

Como vai o nosso querido PAULO BOMFIM?

Ele sabe do evento da PRAÇA DA SÉ, defronte do Tribunal de Justiça? Fica difícil ele comparecer?



Na tarde desta terça-feira a CORONEL PM MARLY MORENO solicitou que seja condecorado o médico Doutor EDUARDO BLANCO CARDOSO, face o seu grande desempenho na área em que ela trabalhou como tenente-coronel, no 23º BPMM.

Cel Ventura

Boa tarde.

Conforme conversamos via fone, encaminho a Vossa Senhoria o currículo do Dr Eduardo Blanco Cardoso, que muito contribuiu, como lhe falei, durante meu comando do 23º BPMM.

Indico-o se assim me permitir, para o recebimento de uma condecoração dessa ímpar e renomada Sociedade.

Desde já agradeço a atenção e o carinho que me foram dispensados pelo Senhor alguns minutos atrás, via fone.

Currículo resumido

Dr Eduardo Blanco Cardoso

RG no 122.511-V, CPF 212573068-55

Endereço: Alameda Santos 2486, Ap. 102, Jardim América, 01418-200

Contatos: Tel./Fax (11) 3085-8672 Cel. (11) 9761-6641

Cursou medicina com obtenção de título de Médico expedido pela Faculdade Medicina da Universidade da República Oriental do Uruguai (1987). Obteve títulos de Especialista em Obstetrícia e Ginecologia e Pós-Graduação na referida Especialidade pela Faculdade de Medicina da Universidade da República Oriental do Uruguai, Escola de Graduados (1991). Licenciatura em Ciências Biológicas pela Faculdade de Ciências da Universidade da República Oriental do Uruguai (1991).

Tornou-se Mestre (1996), Doutor em Medicina (2001) e Pós-Doutor em Ginecologia (2003), pelo Departamento de Obstetrícia e Ginecologia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP). Obteve títulos de Mestre (2004) e Doutor em Ciências (2006) pelo Departamento de Radiologia da Faculdade de Medicina da USP.

Desempenhou funções de Pesquisador da Faculdade Medicina da USP, na Área de Ginecologia (2000-2002); da Fundação Faculdade de Medicina /USP (2006-2007) e da Escola de Ginecologia e Mastologia – Prof. Dr. José Aristodemo Pinotti - EGIMAJAP (2006-2011).

Mais recentemente, exerceu as funções de Coordenador dos Programas Integrados de Saúde da SMS – Ferraz de Vasconcelos (2008-2009), Consultor do Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo – FUSSESP (2007-2010). Coordenador de Ensino e Pesquisa do Programa Integrado de Controle do Câncer mamário (PICCM) do Hospital Alemão Oswaldo Cruz (2008-2011).

Autor de inúmeros artigos científicos nas áreas de Ginecologia, Radiologia e Saúde Pública, em revistas e jornais nacionais e internacionais; proferiu inúmeros cursos e palestras para profissionais e alunos da FMUSP; funcionários e educadores das Secretarias Municipais de Saúde e de Educação, e da Secretaria Estadual de Educação de São Paulo; além de realizar inúmeras oficinas e encontros comunitários sobre saúde coletiva nos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Pará, Tocantins, Rio Grande do Sul, entre outros”

(http://lattes.cnpq.br/4076182146933990) – endereço eletrônico do currículo completo

Despeço-me agradecendo mais uma vez pela atenção.

Respeitosamente.

Cel PM Marly Moreno

Chefe de Gabinete

Subprefeitura V. Mariana

3397.4302

http://subprefeitura.sp.gov.br



PREZADA CORONEL PM MARLY

Recebi e vou mandar confeccionar para o Dr. BLANCO a Medalha CONSTITUCIONALISTA.

Ele virá receber a condecoração no dia 11 de fevereiro?

A solenidade será na sede da Sociedade, RUA ANITA GARIBALDI, 25, uma casa vizinha aos bombeiros da SÉ.



A estudante Larissa Rafaela Kondo de Lima, de 15 anos, morreu ontem após ser espancada pelo pai, o motorista José Carlos de Lima, de 38 anos, em Cafelândia, interior de São Paulo. O motivo da agressão seria um namoro que a menina mantinha escondido dos pais. De acordo com o delegado Adilson Carlos Vicentini Batanero, a mãe da menina, Márcia Kondo de Lima, de 42 anos, reclamou quando ela chegou tarde em casa, por volta das 18h30 de anteontem, com uma amiga. Após discussão, a filha contou que estava com o namorado. Márcia teria então batido nela com um cinto. Quando o pai chegou em casa e soube da história, teria espancado Larissa - até mesmo com chutes na cabeça, segundo depoimento da mãe. Todos foram dormir e os pais acordaram quando ouviram o barulho do chuveiro. Larissa estava tonta e tentava tomar banho para aliviar as dores provocadas pela surra. Levada ao Pronto-Socorro de Cafelândia, a menina teve de ser transferida para o Hospital de Bauru, onde morreu. Segundo o delegado, o médico-legista disse que Larissa morreu por causa de um edema pulmonar, provocado pelas pancadas na cabeça. O pai foi detido e será autuado por crime de lesão corporal seguido de morte. A mãe está internada em estado de choque. Religião. Vizinhos disseram que todos, menos o pai, eram evangélicos, e o fato de o namorado não ser da mesma religião pode ter motivado as agressões.

A forte pancada de chuva que atingiu a GRANDE SÃO PAULO no fim da tarde causou transtornos para os moradores principalmente do ABC paulista e das zonas sul e norte da capital. Na CASA VERDE, zona norte, um barraco desabou e, na zona sul, duas casas caíram parcialmente – uma em CIDADE ADEMAR e outra na CAPELA DO SOCORRO, onde um muro também veio abaixo. Não houve vítimas. O CÓRREGO DO IPIRANGA transbordou e impediu a passagem no cruzamento da Avenida ABRAÃO DE MORAIS com Rua RIBEIRO LACERDA por uma hora. A cidade tinha outros 24 pontos de alagamento até as 19 horas de ontem intransitáveis; o temporal atrapalhou a volta para casa de milhares de pessoas. Grandes avenidas de SANTO ANDRÉ, SÃO BERNARDO DO CAMPO, SÃO CAETANO DO SUL e DIADEMA ficaram intransitáveis por causa do transbordamento de córregos locais, como o RIBEIRÃO DOS COUROS e o RIBEIRÃO DOS MENINOS. Motoristas e pedestres passaram horas ilhados, à espera de uma trégua na enxurrada, que também complicou a circulação em rodovias, como a ANCHIETA, e em linhas de trem. Um caminhão havia tombado na pista da ANCHIETA, por volta das 14 horas, o que interrompeu o tráfego no km 39. O fluxo foi desviado para a RODOVIA DOS IMIGRANTES. A IMIGRANTES tinha sete quilômetros de congestionamento no início da noite no sentido litoral, e dois em direção à capital paulista.

O CORINTHIANS soube aproveitar muito bem a fragilidade e as constantes falhas da defesa do PRIMEIRA CAMISA e está nas quartas de final da COPA SÃO PAULO DE FUTEBOL JÚNIOR. Soberano durante todo o jogo, o ALVINEGRO goleou por 5 a 1, hoje, em JAGUARIÚNA, e manteve a campanha irretocável na competição: cinco vitórias em cinco jogos. Agora, o time do PARQUE SÃO JORGE vai enfrentar o AMÉRICA MINEIRO, que hoje bateu o RED BULL por 3 a 1. O PALMEIRAS teve mais trabalho nesta noite, mas venceu o PAULISTA por 3 a 2 e segue em frente. Agora vai encarar o ATLÉTICO PARANAENSE, que fez 3 a 0 no OLÉ BRASIL.



Os brasileiros THOMAZ BELLUCCI e RICARDO MELLO fizeram boas estréias no ABERTO DA AUSTRÁLIA, mas terão vida difícil a partir da segunda rodada. BELLUCCI reencontrou o israelense DUDI SELA e MELO passou pelo espanhol ROBERTO BAUTISTA-AGUT. A vitória de BELLUCCI teve um jeito de revanche porque ele perdera duas vezes para SELA. Na próxima rodada os brasileiros estão complicados. Terão dois franceses como adversários. BELLUCCI enfrentará GAEL MONFILS, e MELLO pega JO-WILFRIED TSONGA. Entre os tops, o destaque foi a vitória tranqüila do sérvio NOVAK DJOKOVIC sobre o italiano PAOLO LORENZI, enquanto, no feminino, a americana SERENA WILLIAMS ganhou da austríaca TAMIRA PASZEK. A musa russa MARIA SHARAPOVA atropelou a Argentina GISELA DULKO.



O suposto ritual de magia negra que terminou na morte de GERALDA LÚCIA FERRAZ GUABIRABA, 54 anos, durou menos de duas horas. A dona de casa foi encontrada no último sábado, dia 14, na ESTRADA DE SANTA INÊS, em MAIRIPORÃ, com o pescoço cortado, sem os olhos e a pele do rosto. Câmeras de segurança do prédio em que a vítima morava, no LAUZANE PAULISTA, zona norte, mostram que a dona de casa saiu depois da meia-noite. Na noite de segunda-feira, a polícia recebeu um telefonema anônimo de um homem que viu a caminhonete de GERALDA estacionar no local do crime por volta da 0:45 hora. A Polícia Militar foi informada sobre o assassinato às 2:30 horas e chegou ao local do crime às 3 horas. A delegada CLÁUDIA PATRÍCIA DALVIA ouviu o marido da vítima, o publicitário JOSÉ PEREIRA GUABIRABA, e o genro do casal. Em depoimento, GUABIRABA disse que a mulher quebrou toda a rotina do casamento de 30 anos naquela noite. Segundo ele, a mulher saiu de casa pela porta da cozinha e não a trancou, deixou os documentos e tirou as jóias. Pelas imagens, a polícia sabe que ela levava uma sacola,com um copo e uma garrafa. Segundo o marido, ela costumava carregar água benta nesse recipiente. Havia um líquido esbranquiçado no copo e na garrafa e a perícia vai dizer que tipo de substância estava ali.



Após passar cerca de dez anos preso, condenado pela participação em uma chacina que deixou três homens mortos e um ferido em 1998, o motorista JOSÉ RAIMUNDO CORREIA ARAÚJO, de 56 anos, conseguiu o benefício de sair da cadeia Afinal, ele havia cumprido com bom comportamento um terço de sua pena de pouco mais de 30 anos e estava em liberdade condicional. Mas JOSÉ RAIMUNDO não estava regenerado. Ontem, ele pegou um revólver calibre 38 e matou a tiros a mulher, o genro, a filha grávida de três meses e o neto de 3 anos. Em seguida, atirou contra a própria cabeça. A seqüência de mortes começou na casa do GRAJAÚ, na zona sul da capital, onde JOSÉ RAIMUNDO vivia com a mulher EDELICE DOS SANTOS LEITE, de 67 anos. Ela foi encontrada morta apenas hoje pela manhã, com um tiro na cabeça, por um familiar que foi procurá-la para falar sobre o ocorrido com o resto da família dela. Após matar a esposa, JOSÉ RAIMUNDO seguiu para a casa da filha, ANA PAULA DOS SANTOS CORREIA MIRANDA, de 33 anos, no JABAQUARA, também na zona sul. Ele chegou ao local por volta das 15:30 horas e entrou na casa pelos fundos, onde estava o genro, WASHINGTON LUÍS BRITO MIRANDA, de 36 anos. O sogro deu vários giros contra o rapaz, que morreu na hora. Do lado de fora, ANA PAULA estava com o filho de 3 anos quando foi surpreendida pelo pai armado, que disparou contra os dois. Após isso, JOSÉ RAIMUNDO entrou novamente na casa, sentou no sofá e atirou contra o lado direito da cabeça. A polícia encontrou um bilhete do criminoso, onde ele faz sua confissão. Alega que era maltratado por EDELICE.



A primeira eliminada do “BBB12” foi ANALICE. A mineira levou 53% dos votos, contra 47% da rival, JAKELINE. “Sou socióloga, achava que seria fácil”, disse, na saída Além da eliminação, a edição de hoje teve PEDRO BIAL, logo na abertura, justificando a eliminação de DANIEL. Foi a primeira vez que o programa falou abertamente sobre o caso, incluindo os desdobramentos com a polícia. Dentro da casa do BBB, os participantes continuam sem informações sobre os motivos que levaram à expulsão de DANIEL. Segundo fontes da emissora, o aviso de saída foi feito brevemente e os brothers estariam proibidos de especular sobre o assunto. Para evitar rumores, MONIQUE foi orientada a mentir aos colegas quando teve de sair, hoje pela manhã, para prestar depoimento à polícia. Aos participantes, alegou que deixou a casa para ser tratada por um dentista.




Nenhum comentário: