terça-feira, 26 de janeiro de 2010

27 DE JANEIRO DE 2012



DIA V I N T E E S E T E DE J A N E I R O DE 2012 - S E X T A.

75 anos e 1 mês de idade.

Início de minhas memórias – 9 de Julho de 1950.

23 anos e 318 dias no Posto de Coronel – 286 meses e 15 dias.

203 dias na Presidência da Sociedade Veteranos de 32-MMDC.

ANO 62º MÊS 7º No. 201 53 anos e 236 dias na P M E S P.

8 720 dias CORONEL 20 anos e 44 dias na reserva.

9 320-223 928 8 720-208 052 9 483-236 128.

ESCOLA DE OFICIAIS: 52 anos e 350 dias; 20 546 dias – 465 128 horas.



ELEVAÇÃO DO BRASIL A VICE-REINADO EM 1763



DIA DE SANTA ÂNGELA DE MÉRICI. Foi a fundadora da congregação das IRMÃS URSULINAS, cuja finalidade é a instrução da juventude feminina, tremendamente marginalizada e discriminada em seu tempo. Dedicariam à educação das jovens com vistas a fazer delas mães de família verdadeiramente cristãs. Nasceu na região de BRESCIA por volta do ano 1470. Seus pais eram camponeses. Viveu num período de prosperidade econômica, mas de turbulência religiosa, com a Reforma Protestante. Reuniu um grupo de jovens e começou a visitar prisões, hospitais e asilos.



710 a. DANTE ALIGHIERI é exilado de FLORENÇA por causa de suas atividades políticas, em 27 de janeiro de 1302. Em um primeiro momento, é condenado a se ausentar por dois anos. Em seguida, é impedido para sempre de retornar, correndo o risco de ser queimado até a morte. É após sua expulsão que começa a trabalhar em A DIVINA COMÉDIA. A obra-prima, uma alegoria da vida humana, é escrita e publicada entre 1308 e 1321.

258 a. da RESTAURAÇÃO PERNAMBUCANA – 27 de janeiro de 1654. O exército de patriotas pernambucanos, depois de batalhas memoráveis, entrava na cidade de RECIFE, então ocupada pelos holandeses, tomando todas as fortificações e libertando de uma vez para sempre a terra comum escravizada há 24 tristes anos.

256 a. nasce o compositor austríaco WOLFGANG AMADEUS MOZART em SALZBURGO, na ÁUSTRIA, em 27 de janeiro de 1756. Dias antes de completar 5 anos, MOZART aprende e decora – em meia hora – a primeira peça para cravo. Seu primeiro recital público ocorre oito meses depois, na Universidade de SALZBURGO, em 1761. Em 1762, seu pai, querendo transformá-lo em menino prodígio, promove apresentações de MOZART em MUNIQUE e VIENA. Os dois saem em turnê, acompanhados de MARIA ANNA, irmã do compositor. Nos dois anos seguintes, tocam em cidades como BRUXELAS e PARIS e são convidados a passar duas semanas em VERSALHES. Em 1765, MOZART publica seis sonatas para piano e violino. Suas primeiras sinfonias são apresentadas em LONDRES. Em 1770, primeira excursão pela ITÁLIA, ainda com o pai. São recebidos pelo PAPA CLEMENTE XIV. Em dezembro, estréia de MITRIDATE, em MILÃO. Em 1772, nomeado mestre de concerto de SALZBURGO pelo arcebispo conde JERÔNIMO COLLOREDO. Cinco anos depois, em 1777, MOZART perderia seu posto após seu pai pedir ao arcebispo uma licença em nome do filho. Em 1778, MOZART chega com a mãe em MANNHEIM, ALEMANHA. O compositor se apaixona por ALOISYA WEBER, irmã de sua futura mulher, CONSTANZE. Em março, voltam a PARIS, onde a mãe morre, dois meses depois. Em 1782, estréia “O RAPTO DO SERRALHO”. MOZART e CONSTANZE casam-se em VIENA. O primeiro filho do casal nasceria no ano seguinte, mas morre ao completar um mês. Em 1784, o casal MOZART tem seu segundo filho, CARL THOMAS. O compositor decide ingressar na maçonaria. No ano seguinte, a loja maçônica ESPERANÇA COROADA promove o primeiro recital com peças de MOZART. Em 1786, estréia da ópera “AS BODAS DE FÍGARO”, seguida de intensa atividade musical em VIENA. O terceiro filho do casal, JOHANN THOMAS, morre após o nascimento. Em 1787, “DON GIOVANNI” estréia em PRAGA e o compositor é nomeado músico de câmara da corte austríaca. Morre LEOPOLD MOZART, seu pai. Em 1790, estréia de “COSI FAN TUTTE”, assistida por HAYDN. Com a morte de JOSÉ II, imperador austro-húngaro, MOZART perde o emprego de vice-mestre de capela da corte. Endividado, resolve organizar um concerto em FRANKFURT, mas o fracasso da iniciativa só gera mais dívidas. Em 1791, estréia de “A FLAUTA MÁGICA” e “A CLEMÊNCIA DE TITO”. Com excesso de trabalho, MOZART passa a sofrer de febre de origem desconhecida. Faz sua última viagem a PRAGA e dá seu último recital como pianista. Escreve a “PEQUENA CANTATA MAÇÔNICA e o “RÉQUIEM”. Morre na madrugada do dia 5 de dezembro daquele ano.

MOZART é um compositor de natureza essencialmente vocal. Se essa afirmação parece estranha, aplicada a um músico que escreveu 41 sinfonias, 27 concertos para piano, além de outros para violino, trompa, fagote ou clarineta, quartetos, quintetos, inúmeras sonatas, é bom lembrar que, sem sua maneira absolutamente singular de desenhar os contornos melódicos, com freqüência MOZART trata os instrumentos de forma vocal, com um tipo de cantabile diretamente enraizado nas cantilenas da música lírica.

227 a. nasce F. W. JOSEPH SCHILLING, filósofo alemão, em 27 de janeiro de 1785.

218 a. frota espanhola do GENERAL ARISTIZABAL toma dos franceses a praça de FORTE DELFIM, na ilha de SANTO DOMINGO, no dia 27 de janeiro de 1794.

180 a. nasce o escritor LEWIS CARROLL, autor de “ALICE NO PAÍS DAS MARAVILHAS”, em 27 de janeiro de 1832. Falece em 14 de janeiro de 1898.

125 a. da cozinheira MARIA BENEDITA DA CONCEIÇÃO, nascida em LORENA, no VALE DO PARAÍBA, em 27 de janeiro de 1887. Neta de escravos, ela não se casou e nem teve filhos. Considerada uma das pessoas mais velhas do País. Vivia no asilo CASAS PIAS DE TAUBATÉ.

111 a. da morte do compositor GIUSEPPE VERDI. O compositor tinha 87 anos. Giuseppe Fortunino Francesco Verdi (Roncole, 10 de outubro de 1813 — Milão, 27 de janeiro de 1901) foi um compositor de óperas do período romântico italiano, sendo na época considerado o maior compositor nacionalista da Itália, assim como Richard Wagner era na Alemanha.


Verdi era filho de Carlo Verdi, dono de uma taberna, e de Luisa Utini, tendo nascido na pequena localidade de Roncole, no Ducado de Parma. Começou ainda pequeno a se interessar pela música e, aos doze anos, passou a estudar música em Busseto, sede do município, financiado pelo comerciante Antonio Barezzi. Quando completou 18 anos foi ao Conservatório de Milão, mas foi reprovado por ser maior de catorze anos (os estudantes eram aceitos somente até esta idade), e então demonstrar talento musical. Depois disso, foi atrás de um professor particular e prosseguiu seus estudos por três anos. Voltando a Busseto, passou a atuar como mestre de capela e maestro da banda, mas isso fez com que ele conseguisse muitos inimigos. Posteriormente, Verdi transferiu-se definitivamente para Milão, com sua esposa Margherita Barezzi, filha de Antonio Barezzi. Em novembro de 1839, Verdi escrevia a ópera Oberto, Conte di San Bonifacio, que foi estreada no Teatro alla Scala. Pouco depois, em 1840, morriam seus dois filhos e sua esposa, de apenas 27 anos e a sua segunda ópera, Un Giorno di Regno, fracassou. Verdi prometeu que nunca mais comporia, após o incidente. Bartolomeo Morelli, diretor do Teatro alla Scala, não aceitou a promessa de Verdi e solicitou-lhe que estudasse uma outra peça de teatro, Nabucco. Pouco tempo depois, Verdi entregava uma ópera escrita em cima do libretto. Nabucco é uma ópera que falava a respeito da dominação dos hebreus por Nabucodonosor e isso se identificava com o sentimento do povo italiano, sob a repressão dos austríacos e franceses. O famoso coro Va pensiero su ali dorate (Vai, pensamento, em asas douradas) foi considerado um símbolo nacional pelos italianos e quase tornou-se o Hino Nacional italiano. Passado o sucesso de Nabucco, Verdi continuou a escrever óperas e tornando-se mundialmente conhecido. Surgiam as óperas Ernani, Rigoletto, Don Carlo, Un ballo in maschera, Il trovatore. Houve uma das óperas (La Traviata) que fracassou, apesar de hoje ser uma das óperas mais encenadas no mundo todo. Algum tempo depois, Verdi se casava com Giuseppina Strepponi. Durante esse período, Verdi era aclamado como um patriota, sendo eleito deputado em 1861, ano da unificação e, posteriormente, senador. E continuou escrevendo óperas: em 1871 estreou Aida, em comemoração à abertura do Canal de Suez. Após , Verdi escreveu ainda as óperas Otello e Falstaff, baseadas em Shakespeare além de algumas peças religiosas. Em 19 de janeiro de 1901 sofre uma trombose e acaba falecendo no dia 27 do mesmo mês, em Milão, causando imensa comoção em toda a Itália. Atendendo seus desejos, seu túmulo foi colocado na Casa di Reposo Giuseppe Verdi mantida até hoje com recursos de parte dos direitos autorais do compositor. Lista de óperas: Oberto (ópera), 1839; Un Giorno di Regno, 1840; Nabucco, 1842; I Lombardi nella Prima Crociata, 1843; Ernani, 1844; I Due Foscari, 1844; Alzira, 1845; Giovanna d'Arco, 1845; Attila, 1846; Macbeth, 1847; I Masnadieri, 1847; Jerusalem, 1847; Il Corsaro, 1848; La Battaglia di Legnano, 1849; Luisa Miller, 1849; Stiffelio, 1850; Rigoletto, 1851; Il Trovatore, 1853; La Traviata, 1853; I Vespri Siciliani, 1855; Aroldo, 1857; Simon Boccanegra, 1857; Un Ballo in Maschera, 1859; La Forza del Destino, 1862; Don Carlo, 1867; Aida, 1871; Otello, 1887; Falstaff, 1893

106 a. nasce RADAMÉS GNATALLI no RIO GRANDE DO SUL, em 27 de janeiro de 1906. Na época áurea das rádios, o maestro e compositor revolucionou a arte de orquestrar e fazer arranjos. Foi além: transformou-se em símbolo da produção brasileira no século XX ao esfumaçar a linha que divide o erudito do popular. E, de quebra, influenciou mais de uma geração de artistas, que aproveitam, em 2006, para celebrar no centenário do seu nascimento a figura do mestre.

Esta herança de GNATALLI na música brasileira vai muito além da saudade dos músicos que conviveram com ele. Está na forma de orquestrar as canções (ele trouxe violinos e outras cordas para a música popular), de criar introduções que se incorporaram à melodia original (como em AQUARELA DO BRASIL, de ARI BARROSO) e, principalmente, à queda das barreiras entre o erudito e o popular. Dizia que GAROTO, PIXINGUINHA, ERNESTO NAZARETH e JOÃO DA BAIANA tornaram sua obra mais brasileira e era muito grato a eles.

Lá pelos anos 1940 e 1950, quando as rádios e gravadoras tinham orquestras sinfônicas para acompanhar seus cantores, GNATALLI era, com PIXINGUINHA, o maestro mais requisitado. Juntos, escreveram mais de 40 mil arranjos só para a RÁDIO NACIONAL, no mínimo dez por semana, sempre para grandes conjuntos. Algumas canções que ficaram clássicas com seus arranjos: “RANCHO DA GOIABADA”, na gravação de JOÃO BOSCO, e “COPACABANA”, com DICK FARNEY, considerada precursora da bossa nova. RADAMÉS veio a falecer em 1986. O compositor CAETANO VELOSO, assim como muitos outros, sempre o admirou de longe e diz que o maestro faz parte de sua história. “RADAMÉS é um som, o nome e a música, da minha mais remota infância. Há o arranjo da AQUARELA DO BRASIL; há sua atividade na RÁDIO NACIONAL; há suas experimentações com uma pequena orquestra ou grupo, em que ele demonstra admirar PIAZZOLLA”, enumera. “Estive com ele umas duas ou três vezes. Ele nem lembraria. Tinha sempre um ar de mau humor, mas não era desagradável. Depois, habituei-me a vê-lo no bairro do JARDIM BOTÂNICO, onde morávamos”, recorda-se para resumir. !Foi um dos maiores nomes da nossa música. Contribuiu para sua construção e para sua apreciação crítica”.

106 a. Tratado entre INGLATERRA e FRANÇA que estabelece a divisão do arquipélago das NOVAS HÉBRIDAS, em 27 de janeiro de 1906.

101 a. (LISBOA) Em MACHICO, na ILHA DA MADEIRA, verificaram-se, nestes últimos quatro dias dezesseis casos de cólera. Os jornais de 27 de janeiro de 1911 publicaram que no restaurante da ilha não foi registrado mais nenhum caso nesse período.

101 a. (WASHINGTON) Na sessão de 27 de janeiro de 1911 do senado o Senhor ELIHA ROOT proferiu um discurso em favor do projeto que confere uma subvenção aos vapores que fazem o serviço da AMÉRICA DO SUL, adotando medidas para conter o contínuo avanço do JAPÃO.

100 a. TOQUIO – Chegou a esta capital, a fim de pedir ao JAPÃO o reconhecimento da REPÚBLICA CHINESA, um delegado dos revolucionários. Os jornais publicam, hoje, uma declaração oficial de que o JAPÃO, atualmente, não pode reconhecer a REPÚBLICA CHINESA. (publicado no jornal O ESTADO DE SÃO PAULO em 27 de janeiro de 1912).

97 a. PRIMEIRA GUERRA MUNDIAL: primeiro bombardeio aéreo massivo registrado pela história, realizado por aviões franceses contra as fábricas alemãs de explosivos, em 27 de janeiro de 1915.

89 a. nasce WALDIR AZEVEDO, no bairro carioca de PIEDADE. Gravou, compôs e tocou – com seu inigualável cavaquinho – canções como “BRASILEIRINHO”, “DELICADO” e “MINHAS MÃOS, MEU CAVAQUINHO”. Entre chorinhos, valsas e baiões, ele teve 132 músicas gravadas. Fez sucesso também no JAPÃO, na ALEMANHA e nos ESTADOS UNIDOS. Um disco de PERCY FAITH e sua orquestra, com a faixa “DELICADO”, vendeu um milhão de cópias. Participou de um programa da BBC, de LONDRES, transmitido para 52 países. WALDIR falece em 20 de setembro de 1980. Uma praça com o seu nome fica no bairro da LAPA.

89 a. Primeiro Congresso do Partido Nacional Socialista da ALEMANHA, em MUNIQUE, no dia 27 de janeiro de 1923.

78 a. pacto em que ALEMANHA e POLÔNIA se obrigam mutuamente a renunciar a todo ato de agressão durante dez anos, em 27 de janeiro de 1934.

78 a. nasce FEDERICO MAYOR ZARAGOZA, diretor geral da UNESCO, em 27 de janeiro de 1934.

74 a. nasce o apresentador de TV, RAUL GIL, em 27 de janeiro de 1938.





Filho de imigrantes espanhóis, Raul Gil nasceu no Ipiranga, em São Paulo. Começou a trabalhar cedo, como feirante, vendendo pastéis, frutas e azeitonas. Depois foi metalúrgico em empresas como Fundição Brasil e Termomecânica. Também trabalhou na empresa Transporte Londrino e na Rodoviária Santa Fé.

A paixão pela vida artística começou aos 8 anos quando, levado pelos irmãos, foi assistir ao programa Clube do Papai Noel, na Rádio Tupi.

Anos mais tarde, Raul Gil iniciava a carreira artística como calouro em programas de rádio. A primeira apresentação foi na Rádio América, no “Salomão Faz Justiça”, em 1954. Foi “gongado” (rejeitado) 17 vezes. Mesmo assim não desistiu.

Em 1957, Raul foi convidado a participar de um programa de televisão. Hebe Camargo era a apresentadora e o concurso chamava-se Calouros Toddy. Começava aí um reinado de vitórias para Raul.

Aproveitando a boa fase, Raul Gil cantou em vários locais, como parques de diversões e circos. O trabalho era realizado por um grupo de artistas, entre eles Adoniran Barbosa e Maria Tereza, humorista de destaque na época. Nesse mesmo período participou da Caravana do Peru, de Silvio Santos.



Em 11/12/60 nasceu Nanci, primeira filha de Raul Gil. Segundo o artista, ela trouxe muita sorte porque nesse mesmo dia ele estreou como cantor profissional no programa “Alegria dos Bairros”, da Rádio Record, apresentado por Geraldo Blota.

Por influência dos pais, Raul Gil adora cantar música castelhana, principalmente porque na época em que começou os boleros estavam em moda. Seguindo esse estilo, ele gravou 8 discos de 78 rotações, 3 LPs e 2 cds.



Além de cantar, Raul Gil sempre gostou de humor. Por conta disso, gravou muitas músicas engraçadas. É o caso “Pára Pedro” e “Maria Bonita” (acorda Maria Bonita...). A veia humorística foi responsável por 12 anos de participações em quadros e shows humorísticos, como o “Show Riso” e o “My Fair Show”, ambos pela Tv Excelsior.

A facilidade pra fazer imitações também lhe rendeu muitas oportunidades na televisão. Foram muitos troféus e boas quantias de dinheiro. Ele imitava, convincentemente, os cantores Gregório Barrios, Vicente Celestino e Cauby Peixoto, além de representar perfeitamente Mazzaropi. E foi imitando que Raul Gil virou apresentador.

Em 1967, José Vasconcelos, que apresentava um programa na Tv Excelsior, desistiu da função em cima da hora. Como Raul Gil trabalhava de animador numa boate foi chamado para ser o substituto. A carreira de apresentador estava apenas começando.

Ainda em 67, o artista estréia seu primeiro programa de televisão, Raul Gil Room, pela Tv Excelsior. O sucesso foi tanto que outras emissoras disputavam o animador. Nas décadas de 70 e 80 foram Bandeirantes, Tupi, SBT, e Record, além da própria Excelsior.

Já na década de 90, Raul passou novamente pela Record e fez uma temporada também na Manchete. Por cantar, imitar e fazer humor, Raul Gil conseguiu um diferencial entre os apresentadores. Por isso é lembrado como animador, ou como dizem os americanos, um showman.

Nessa trajetória, Raul Gil revelou vários talentos da música brasileira. Sidney Magal, Gretchen, Cristian e Ralf, Só Pra Contrariar, Katinguelê, Simony, Mara Maravilha, Gera Samba (atual É o Tchan), Ultraje a Rigor e Titãs são alguns dos artistas que receberam ajuda do apresentador no início da carreira.

FAMÍLIA

Nesses 40 anos de profissão, Raul Gil sempre fez questão de estar próximo da família. Aos 21 anos Raul Gil casou-se com Carmem Sanchez Gil, companheira fiel até os dias de hoje e escritora (livro “Janela da Alma”).

Com ela tem dois filhos. Nanci é jornalista e Raul Gil Júnior, que é diretor de tv . A caçula da família Gil chama-se Raquel, filha de Nanci e xodó do avô Raul.

O exemplo do pai contaminou os herdeiros de Raul. Nanci é jornalista, com experiência em reportagem, assessoria de imprensa e apresentação de programas. É também a responsável pelas áreas administrativa e financeira da Luar Company.

Raul Gil Júnior dirige o Programa Raul Gil desde os 18 anos de idade. Mais recentemente investiu na área musical e lidera a gravadora Luar Music.

Além do programa semanal na Band, Raul Gil trabalha em sua empresa, a Luar Company. Nela funcionam várias unidades de negócios: a produção do Programa Raul Gil, a administração de licenciamentos da marca, um estúdio de som para gravações de CDs, jingles e trilhas sonoras, uma produtora de vídeo, com estúdio e equipamentos próprios, e a gravadora Luar Music.

DATAS E EMISSORAS

1967 até 1968 – Bandeirantes; 1969 – Excelsior e Tupi;1970 até 1973 – Tv Paulista;1973 até 1977 –Record;1977 até 1979 – Tupi;1980 até 1984 – SBT; 1985 até 1987 – Record;1991 até 1995 – Record; 1996 até 1998 – Manchete;1998 até 2005 – Record;2005 – Band;

PROGRAMA RAUL GIL

Duas vezes por semana – sábado (15h15 às 19h) e domingo (18h30 às 20h30) – Raul Gil entra em milhares de lares brasileiros. Ele é o comandante de dois programas que, juntos, têm seis horas de duração, um dos recordes de permanência no ar.

Por ser considerado um programa familiar é direcionado para todas as classes sociais e idades.

RAUL GIL AOS SÁBADOS

Humor, irreverência e diversos estilos musicais compõem o estilo do Programa Raul Gil. Atualmente o programa, exibido aos sábados, traz os quadros: Eu e as Crianças, Jovens Talentos e Pra Quem Você Tira o Chapéu.

Foi a vivência de calouro “gongado” (desclassificado) várias vezes que influenciou Raul Gil a investir em concursos de calouros, dando oportunidade pra muita gente anônima ficar famosa. Além disso, é um bom exemplo de um profissional bem sucedido, o que dá estimulo aos que estão começando.

Por isso, Raul Gil sabe entender muito bem os medos e ansiedades dos candidatos que se apresentam em seu palco. E, acima de tudo, sabe descobrir talentos, tem técnica e intuição pra isso.

Exatamente por conhecer de perto a realidade do artista brasileiro, que muitas vezes enfrenta grandes obstáculos até encontrar um espaço pra demonstrar o talento, Raul Gil faz questão ainda de dar um tratamento carinhoso aos participantes.

Por todo esse cuidado, o Programa Raul Gil recebe candidatos de diversas regiões do Brasil, uns com mais ou menos recursos. Mas a grande maioria é formada por pessoas simples e persistentes, que não desistem do sonho de fazer sucesso como grandes cantores.

Foi de um desses concursos que saíram duplas como Edson e Hudson e Gian e Giovani. Entre os artistas revelados recentemente estão Robinson Monteiro, Alexandre Arez, Rinaldo e Liriel, André Leono e Ricky Vallen.

A fórmula de Raul Gil dá tão certo entre os adultos que os adolescentes também buscaram um espaço. E conseguiram! O Jovens Talentos surgiu justamente para dar chance aos diversos candidatos na faixa de 11 e 15 anos que procuram o programa. Mayck e Lyan, Hevelyn, Ramon, Caio Mesquita e Twiggy são nomes de destaque do quadro.

MPB, música erudita, sertanejo, clássicos internacionais, moda de viola. No Jovens Talentos os candidatos têm espaço para todo estilo de música. O que vem ganhando credibilidade e conquistando audiência.

O quadro do Chapéu, que começou em 1991, é mais uma referência positiva na carreira de Raul Gil. A pergunta Pra Quem Você Tira o Chapéu? já foi respondida por pessoas famosas de vários segmentos da sociedade, como o presidente Lula, deputados, senadores e diversos artistas.

Os quadros infantis – de dança, dublagem ou calouros – também garantem a preferência do público. Raul Gil se destaca pela simpatia com as crianças. Repetir palavras complicadas, como Caraguatatuba ou telespectadores, são marcas registradas do apresentador.

Crianças Curiosas foi um grande sucesso há cerca de duas décadas. E como Raul Gil não pára de criar, atualmente ele apresenta o Eu e as Crianças, outro quadro que agrada muito ao público.

Outros sucessos de Raul Gil ficam por conta de vários quadros que fazem a alegria tanto da garotada como de famílias inteiras. Entre os mais populares está o O Que É, O Que É - Banquinho, criado em 1975 e famoso especialmente pelo jingle: “O Raul perguntou, você não acertou, pegue o seu banquinho e saia de mansinho”.

RAUL GIL AOS DOMINGOS

Recentemente, Raul estreou aos domingos o programa Homenagem ao Artista.

O programa surgiu como um quadro do Programa Raul Gil. Ganhou tanta evidência que a partir de março de 2007 tem dia e horário exclusivos: domingos, a partir das 18h30, pela Band, com apresentação de Raul Gil.

Como o próprio nome diz, Homenagem ao Artista é um espaço para que o público conheça quem são os artistas das músicas de sucesso no Brasil. Por isso, durante o programa, os Jovens e Super Talentos (cantores revelados no Programa Raul Gil) cantam sucessos do convidado, com arranjos especiais.

.













72 a. nasce GESOFATO em 27 de janeiro de 1940, na BAHIA.

69 a. SEGUNDA GUERRA MUNDIAL: começam os bombardeios aéreos sistemáticos dos aliados contra o REICH, em 27 de janeiro de 1943.

68 a. do rompimento do cerco nazista (900 dias) à cidade de LENINGRADO, atualmente chamada de SÃO PETERSBURGO, no dia 27 de janeiro de 1944.

67 a. da libertação dos prisioneiros de AUSCHWITZ, na POLÔNIA, pelos russos, em 27 de janeiro de 1945, que avançavam em direção à ALEMANHA, no fim da SEGUNDA GUERRA MUNDIAL. O campo ganhou triste fama pelo extermínio de mais de um milhão de pessoas, a maioria judeus, em câmaras de gás. “Quando chegamos, um soldado alemão nos alertou: vocês entram por aqui, apontando o portão, e saem por ali”, mostrando a chaminé do crematório, conta BEN ABRAHAM, sobrevivente de AUSCHWITZ e presidente da SHERIT HAPLEITÁ (ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE SOBREVIVENTES DO NAZISMO); “as pessoas chegavam a AUSCHWITZ em trens de carga. A viagem da minha cidade até o campo levou dois dias. Éramos cem pessoas aglomeradas, sem comida ou água. Fazíamos as necessidades num canto do vagão e sofríamos com o calor e o fedor”, diz ABRAHAM. Ele lembra ter ficado frente a frente com o médico JOSEF MENGELE – que se refugiou no BRASIL e morreu afogado em BERTIOGA, em 1979. O sobrevivente conta que o médico virava o polegar para a direita ou para a esquerda, decidindo quem faria trabalhos forçados ou seria morto. “Minha primeira lembrança de AUSCHWITZ é a da grande chaminé, de onde saía fumaça negra, e do forte cheiro de carne queimada, que vinha do crematório. Quando a guerra terminou, ABRAHAM pesava 28 quilos, estava com tuberculose e disenteria. Depois de presenciar as atrocidades nazistas, ABRAHAM resolveu se dedicar à conscientização da sociedade. “Quis mostrar como um regime inescrupuloso, como o de HITLER, pode condenar destinos do mundo, inclusive da própria nação”, explica ABRAHAM que já publicou quinze livros, a maioria sobre o HOLOCAUSTO.

65 a. falece ARMANDO PENTEADO, em 27 de janeiro de 1947. Nasceu no dia 31 de outubro de 1884, em SANTA CRUZ DAS PALMEIRAS, em SÃO PAULO. Fez seus estudos primários no Colégio de ITU, depois estudou em escolas de LONDRES e PARIS. Dedicou-se especialmente a pintura e estudos de Física e Mecânica. Doou, em 1946, o edifício da VILA PENTEADO, antigo solar onde residiam seus pais, em HIGIENÓPOLIS, À Universidade de SÃO PAULO, para que se instalasse uma Faculdade de Arquitetura e Urbanismo. Também contribuiu com terreno e dinheiro para a construção de uma escola e museu de BELAS ARTES no PACAEMBU.

52 a. do falecimento de OSWALDO EUCLIDES ARANHA em 27 de janeiro de 1960. Nasceu em 15 de fevereiro de 1894, em Alegrete (RS), filho do coronel Euclides de Sousa Aranha e de Luísa de Freitas Vale Aranha, proprietários da estância Alto Uruguai no município gaúcho de Itaqui. Segundo entre os 11 filhos do casal, descendia, diretamente, pelo lado paterno, de Maria Luzia de Sousa Aranha, baronesa de Campinas (da região paulista que hoje corresponde à cidade do mesmo nome), cujo marido foi um dos responsáveis pelo início do plantio de café na província de São Paulo. Seu pai, paulista de nascimento, exercia a chefia do Partido Republicano Rio-Grandense (PRR) em Itaqui. Na família de sua mãe, dedicada tradicionalmente à política em Alegrete, destacou-se Luís de Freitas Vale, barão de lbirocaí. Após concluir o ensino secundário, fez amizade com Virgílio de Melo Franco, que alcançaria projeção política com a Revolução de 1930, e com Rubens Antunes Maciel, que o apresentaria a Luís Carlos Prestes, revolucionário de 1924 e mais tarde líder comunista. Estreitou também amizade nesse período com José Antônio Flores da Cunha, que viria a exercer o governo do Rio Grande do Sul.

Freqüentou a Faculdade de Direito, aproximou-se de colegas que na política gaúcha se ligavam às oposições, embora seu pai fosse um republicano. Manteve também intensa atividade política contra o governo federal, especialmente contra o presidente da República, marechal Hermes da Fonseca, apoiado pelo chefe do PRR e presidente do Rio Grande do Sul, Antônio Augusto Borges de Medeiros, e contra o líder situacionista José Gomes Pinheiro Machado, senador pelo Rio Grande do Sul.

Em princípios de 1917 instalou sua banca de advogado em Uruguaiana. Entre 1917 e 1923 dedicou-se quase exclusivamente à advocacia, obtendo em pouco tempo alto conceito profissional. Já em meados de 1917 o também advogado Getúlio Vargas, que se formara em 1907, fazia-lhe consultas sobre assuntos jurídicos, prática que se tornaria cada vez mais freqüente entre ambos, que chegariam inclusive a ter clientes em comum. Pouco depois de haver fixado residência em Uruguaiana, casou-se, em meados de junho, com Delminda Benvinda Gudolle, de quem teve quatro filhos: Euclides, Osvaldo, Delminda e Luísa.

Teve participação ativa da Revolução de 24, de onde saiu prestigiado e politicamente fortalecido. Com a eleição de Vargas, em novembro de 1927, para a presidência do Rio Grande do Sul, Aranha foi convidado para ocupar a Secretaria do Interior e Justiça do Estado.

Foi um dos principais articuladores da Revolução de 30, que começou em Porto Alegre precisamente às 17:30h do dia 3 de outubro, chefiando junto a Flores da Cunha o ataque aos quartéis da rua da Praia, sedes dos comandos do Exército e da Região Militar.

Em 11 de outubro de 1930, Getúlio Vargas passou o poder do Estado para Osvaldo Aranha, antes de rumar para Ponta Grossa (PR), onde estabeleceria seu quartel-general e assumiria o comando das forças revolucionárias em marcha para a capital da República.

Além disso, tornou-se Ministro da Justiça do Governo Provisório e da Fazenda, em 1931. Criou o "Esquema Aranha" destinado a evitar o aumento da dívida externa e que possibilitou uma redução real da dívida. Durante os quatro anos do esquema, o país pagou 33,6 milhões de libras, quando deveria ter pago 90,7 milhões de libras, o que proporcionou um ganho real, considerada a redução real dos pagamentos de juros e o adiamento dos pagamentos dos fundos de amortização, de 57,1 milhões de libras.

Foi embaixador em Washington entre 1933 e 1937, e Ministro das Relações Exteriores em 1938. Já em 1947, teve participação destacada na Organização das Nações Unidas para a criação do Estado de Israel.

Em 1953, a convite de Getúlio Vargas voltou ao Ministério da Fazenda, onde criou o "Plano Aranha". Essencialmente antiinflacionário, o plano tinha por linhas básicas a reorganização do próprio Ministério da Fazenda de modo a agilizar o mecanismo fazendário e fiscal, a adoção de uma política orçamentária, a necessidade de codificação do direito tributário e a lei orgânica do crédito público.

Após o suicídio de Vargas, em agosto de 1954, afastou-se da vida pública, retornando ao seu escritório de advocacia. Em 1956, já sob o governo Kubitschek, Aranha foi convidado a participar da delegação brasileira na ONU, mas recusou. No ano seguinte, porém, aceitou o novo convite que lhe fora feito nesse sentido, sendo nomeado, a 6 de setembro, chefe da delegação brasileira na XII Assembléia Geral das Nações Unidas.

Em 1958 seu nome foi cogitado para concorrer ao Senado, tanto pelo Distrito Federal quanto pelo Rio Grande do Sul. Dois anos mais tarde concorreria à vice-presidência da República na chapa encabeçada pelo general Henrique Teixeira Lott, o que não ocorreu devido ao seu falecimento, em 27 de janeiro de 1960.

49 a. da inauguração da estátua em homenagem a MANUEL BORBA GATO (1949-1718) em 27 de janeiro de 1963, na confluência das Avenidas SANTO AMARO e ADOLFO PINHEIRO.

47 a. do roubo de MEIO MILHÃO DE CRUZEIROS, em 27 de janeiro de 1965. Às 13:45 horas, no LARGO SÃO FRANCISCO, o trânsito se complicou. Na RUA LÍBERO BADARÓ um carro escuro fechou a kombi do BANCO MOREIRA SALLES. Três homens de bigode e armados, renderam os cinco funcionários que levavam o malote para o BANCO DO BRASIL. ORLANDO SIMONE, de 40 anos, que seguia no banco traseiro da perua, escapou e se escondeu na igreja SÃO FRANCISCO. ANTÔNIO ALVES FEITOSA, de 47 anos, que substituía o motorista dispensado do serviço, foi obrigado a passar para os fundos da kombi. Outros dois funcionários –JOÃO DOS REIS e HUMBERTO ZUMELLO- já estavam amordaçados. Mas JOSÉ PEPE, o quinto bancário, resistia à investida dos ladrões. Levou dois tiros e morreu na rua. Era pai de três filhos. Para os criminosos deu tudo certo. A kombi e o carro escuro sumiram pelas ruas desobstruídas. Não houve perseguição: a polícia não foi avisada. Os ladrões levavam dois galões de gasolina para incendiar a perua caso algum policial viesse ao encalço. O crime mobilizou toda a polícia paulista. Nunca a Secretaria de Segurança Pública, na época comandada por CANTÍDIO SAMPAIO, havia gasto tanto dinheiro para elucidar o caso. Apesar do banco MOREIRA SALLES ter coberto parte das despesas, a polícia gastou em um mês a verba prevista para o primeiro trimestre. O delegado CORIOLANO NOGUEIRA COBRA era o responsável pelas investigações. Já no primeiro dia, disse que os ladrões eram estrangeiros. Baseava no depoimento de um dos bancários que estava na perua: o motorista ANTÔNIO ALVES FEITOSA observou que um dos criminosos tinha um “sotaque germânico”. Depois de prender dezenas de suspeitos, CORIOLANO decidiu dar sua última cartada. Um fusca, com placas do RIO DE JANEIRO, havia sido guinchado na hora do crime. Estava estacionado em lugar proibido e tinha ajudado a congestionar o trânsito que ajudou na ação. Era o fusca de MICHEL BASILI NOCOLAIDIS. O grego não reclamou do guinchamento. Retirou o carro do pátio do DST dias depois e pagou a multa. A atitude era estranha. Investigadores foram ao RIO e passaram a procurar MICHEL sob o argumento que era por causa de um cheque sem fundo. MICHEL foi abordado e convidado a entrar no carro dos investigadores. Na VIA DUTRA, perto do km 300, MICHEL confessou: “Vocês pegaram a pessoa errada ! Eu sou criminoso. E roubei o BANCO MOREIRA SALLES”. Era 27 de fevereiro. Com informações de MICHEL, a polícia prendeu EVANGELUS DIMITRIUS FLENGAS, de 24 anos, e GEORGES ANDREAS TSANTILLAS, de 29 anos, dois dias depois, numa oficina da rua MARAMBAIA. No galpão estava quase todo o dinheiro roubado: 465 milhões de cruzeiros guardados em barris. GARIFALOUS NICOLAS KRASSAS e GERASIMOS ANDREAS TSOLIAS foram presos no final daquela semana. Pretendiam fugir para o URUGUAI. Todos confessaram o crime. E GARIFALOUS assumiu o assassinato de JOSÉ PEPE.

45 a. da TRAGÉDIA DA APOLLO I - VIRGIL GRISSON, EDWARD WHITE e ROGER CHAFE morreram carbonizados, em 27 de janeiro de 1967. EDWARD WHITE, com mais de 3.600 horas de vôo, foi o primeiro norte-americano a deixar sua cápsula em pleno espaço. Já era um experiente piloto de provas da Força Aérea, quando foi destacado como astronauta no segundo grupo selecionado pela ANAE, em setembro de 1962. VIRGIL GRISSON nasceu na cidade MITCHELL, Estado de INDIANA, em 1926. Alistou-se na Força Aérea no fim da segunda guerra, mas não chegou a participar dela. Em 1951, voluntariou-se para a guerra da CORÉIA, tendo participado de mais de cem missões de combate em caças a jato, recebeu pela sua perícia e heroísmo duas condecorações. Quase morreu no afundamento da cápsula “SINO DA LIBERDADE”, em 21 de julho de 1961. ROBERTO DIAS, professor de astronomia, disse: “Eu tinha 8 anos. Como todo garoto do fim dos anos 1960, queria ser astronauta. O que mais me impressionou foi o relato do diálogo dos astronautas com a torre de controle, lido para mim e para meus amigos pela avó de um deles”.

45 a. da expulsão do ex-soldado ALFREDO DE MELLO. Em 30 de junho de 1966, foi ele indiciado em inquérito por haver tentado extorquir, quando de serviço na avenida CRUZEIRO DO SUL, certa importância em dinheiro de um motorista. Três meses depois, em 20 de setembro, voltou a agir dessa forma. Perante dezenas de colegas, ao rufar dos tambores, teve sua túnica arrancada pelo comandante do 9º BP, TENENTE-CORONEL ALONSO TENÓRIO DINIZ, que se fazia acompanhar pelos oficiais LUÍS FELIPE PESSANHA, MILTON CABRAL DE VASCONCELOS e JOSÉ RICARDO MARCONDES DE MIRANDA COUTO. Após a triste cerimônia, o mau soldado foi entregue aos componentes de um carro-de-presos, que o conduziram até o DI, para identificação. Aconteceu em 27 de janeiro de 1967.

45 a. URSS, ESTADOS UNIDOS e GRÃ-BRETANHA firma um acordo em MOSCOU sobre o uso pacífico do espaço, em 27 de janeiro de 1967.

44 a. nasce MAURÍCIO CAMARGO DE LIMA em CAMPINAS-SP no dia 27 de janeiro de 1968. No vôlei, foi convocado, pela primeira vez, em 1987, pelo técnico YOUNG WAN SOHN, que comandava RENAN, MONTANARO, XANDÓ e WILLIAM (então o levantador titular). No ano seguinte, 1988, com BEBETO DE FREITAS, o BRASIL ficou em 4º lugar na Olimpíada de SEUL. Aos 22 anos, MAURÍCIO era o levantador titular da seleção que conquistou, em 1992, os Jogos de BARCELONA. A equipe, que contava também com MARCELO NEGRÃO, GIOVANE, TANDE, PAULÃO e CARLÃO, ganhou a primeira medalha de ouro olímpica para o BRASIL em esportes coletivos. JOSÉ ROBERTO GUIMARÃES era o treinador. A pior lembrança aconteceu em setembro de 2000, na eliminação nas quartas-de-final da OLIMPÍADA DE SYDNEY, pelos argentinos. O BRASIL ficou em sexto lugar. Depois de fase sem títulos com RADAMÉS LATTARI, o BRASIL voltou ao pódio com o ouro da LIGA MUNDIAL, em julho de 2001, na era BERNARDINHO. MAURÍCIO se tornou bicampeão: venceu também em 1993. Com o time de MINAS TÊNIS, MAURÍCIO conquistou o título da SUPERLIGA, equivalente ao nacional masculino, em abril de 2002, (o terceiro do jogador com a equipe e pela sétima vez de sua carreira). Em 13 de agosto de 2002, alcançou a marca de 500 jogos como levantador da seleção brasileira. Nenhum jogador vestiu mais vezes a camisa do BRASIL. O vôlei masculino do BRASIL tornou-se o número 1 do planeta com a conquista do MUNDIAL da ARGENTINA, em outubro de 2002. Era o único título que faltava à seleção. Em 2003, MAURÍCIO foi o porta-bandeira brasileira na abertura dos jogos Pan-Americanos de SANTO DOMINGO. Em quadra, porém, o desempenho do levantador e do restante da equipe ficou abaixo do esperado – conquistaram o bronze. Em setembro de 2004, MAURÍCIO ouviu o HINO NACIONAL do alto do pódio em duas ocasiões – tetracampeão da LIGA MUNDIAL e OLIMPÍADA DE ATENAS. Foi a despedida da seleção.

39 a. da assinatura, em PARIS, do acordo de cessar-fogo que deveria trazer paz ao VIETNÃ, em 27 de janeiro de 1973. Mas apenas os soldados norte-americanos iniciaram sua retirada das zonas de combate. A paz definitiva viria dois anos mais tarde, após forças vietcongues e norte-vietnamitas derrotarem as tropas do sul e tomarem a cidade de SAIGON.

38 a. Falece o Ten. Cel. Ref. JOÃO CABANAS, em 27 de janeiro de 1974. Nasceu 23 de junho 1895. Militar, cursou a Escola de Oficiais da Força Pública do Estado de SÃO PAULO, tendo também se bacharelado pela Faculdade de Direito de SÃO PAULO. Em 1924, teve participação ativa no levante tenentista deflagrado em SÃO PAULO contra o governo de ARTHUR BERNARDES. A capital paulista esteve, então, por três semanas, sob o controle dos rebeldes. Após a retirada dos revolucionários da cidade, prolongou a luta pelo interior do Estado comandando a COLUNA DA MORTE. Nesse época, seus feitos militares estimulavam o aparecimento de muitas lendas sobre a sua pessoa, a quem se atribuía poderes sobre-humanos em combates e fugas espetaculares. Por conta disso, o governo colocou sua cabeça a prêmio por quinhentos contos. Exilou-se, então, no URUGUAI, não se integrando à COLUNA MIGUEL COSTA, exército guerrilheiro nascido da unificação das forças rebeldes de SÃO PAULO com as quais haviam sublevado guarnições do Exército no interior gaúcho, também em 1924.

Voltou ao BRASIL em 1930 para participar do movimento revolucionário que depôs o presidente WASHINGTON LUÍS e levou GETÚLIO VARGAS ao poder. Nos anos seguintes, porém, decepcionou-se com os rumos do novo governo. Por essa época, ingressou no Partido Socialista Brasileiro de São Paulo. Em 1935, foi um dos articuladores da Aliança Nacional Libertadora (ANL), frente política de caráter antifascista lançada oficialmente em março de 1935. Foi importante militante da Aliança, participando de suas manifestações públicas e integrando caravanas que divulgavam o seu programa em diversos municípios brasileiros.

No final da década de 1940, tornou-se um ativo defensor do monopólio estatal do petróleo. Em 1950, apoiou a candidatura presidencial de GETÚLIO VARGAS. Nesse mesmo ano, concorreu a uma vaga na Câmara Federal por SÃO PAULO na legenda do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), obtendo apenas uma suplência. Assumiu, porém, o mandato temporariamente, entre abril de 1953 e agosto de 1954.

34 a. político e escritor africano LEOPOLD SEDAR SENGHOR é reeleito presidente de SENEGAL, em 27 de janeiro de 1978.

33 a. das anotações de 27 de janeiro de 1979: neste sábado LUCINDA toma conta do filho da DORA e JOSÉ, o MARCELO, por causa do nascimento do ALEXANDRE no dia 25. Além de tomar conta da criança ela faz todo o serviço de casa.

Acabo de ler PETER ZENGER, O CAMPEÃO DA LIBERDADE. Começo a ler A LETRA ESCARLATE, de NATHANIEL HAWTHORNE.

Na tarde, o JOSÉ vai buscar a DORA na Santa Casa. Traz o bebê que nasceu às 22:20 horas do dia 25. Levamos DORA, JOSÉ, MARCELO e o recém-nascido para a casa deles.

Visitamos a irmã da LUCINDA, dona DEOLINDA. Estamos preocupados porque o PM JOÃO GOMES DE OLIVEIRA JÚNIOR não regressou para casa. Telefono ao quartel. Ele está cumprindo um dia de detenção por não ter cortado o cabelo.

Na casa da DORA visita do PAULO e MARGARIDA (irmã do JOSÉ). Ela vem conhecer o novo sobrinho.

Faleceu NELSON ROCKEFELLER, aos 70 anos de idade.

O PAPA JOÃO PAULO II está no MÉXICO.

26 a. da ESTAÇÃO DO LARGO 13 DE MAIO, em SANTO AMARO, em 27 de janeiro de 1986.

25 a. da PROVA DE CONHECIMENTOS GERAIS - CSP/87, em 27 de janeiro de 1987. Depois da odisséia de ontem, quando fiz o exame de Conhecimentos Profissionais em péssimas condições, estou bem tranqüilo nesta manhã chuvosa. Dormi no quartel e no horário das 7:40 horas vou para o CAES. Encontro os companheiros que estão na mesma luta e com eles converso a respeito desse momento que estamos vivendo: TENENTES-CORONÉIS PM LORENCINI, LAMENZA, NEY, PAULO MACHADO, EURIDES, NIKOLUK, ISAAC, ALMEIDA LEME, BONJORNO e outros.

CORONÉIS PM NIOMAR E CLAUDOVINO estão presentes no início do sorteio do Tema. O Cmt do CAES faz suspense. Primeiramente ele sorteia os temas não irão cair. Assim, são eliminados NOVA CONSTITUINTE, VIOLÊNCIA E CRIMINALIDADE, EXTREMOS IDEOLÓGICOS NA AMÉRICA LATINA. Sobra o PLANO CRUZADO. Não encontro dificuldades em discorrer sobre esse assunto e sou um dos primeiros a entregar a prova. Com isso termina o sofrimento com relação ao Vestibular para o CSP 87. Agora, esperaremos o resultado.

As manchetes dos jornais de hoje falam das enchentes: 45 mortos. Mais de três mil desabrigados As prefeituras de CAIEIRAS, FRANCISCO MORATO, FRANCO DA ROCHA, MAIRIPORÃ e OSASCO decretaram estado de calamidade pública.

Às 11:40 horas a Companhia de Choque sob o comando do TENENTE PM SANCHEZ prepara-se para partir aa FRANCO DA ROCHA. Chega uma notícia de que há presos sublevados no Manicômio Judiciário. Relembro janeiro de 1983, por ocasião da Rebelião onde os TENENTES PM MASCARENHAS e FERNANDO comandaram Guarnições de ROTA e, no tiroteio, morreram seis marginais e um refém.

LUCINDA telefona-me para dizer que a COBERTURA WATANABE começou a construção da garagem em casa.

25 a. falece o deputado e poeta J.G. DE ARAÚJO JORGE, em 27 de janeiro de 1987.

25 a. Comunidade da EUROPA e ESTADOS UNIDOS chegam a um acordo que evita a guerra comercial, em 27 de janeiro de 1987.

25 a. as intensas chuvas que caíram durante quatro dias no Estado de SÃO PAULO causam 45 mortes, milhares de feridos e incontáveis danos materiais, em balanço feito no dia 27 de janeiro de 1987.

24 a. da inauguração do TERMINAL RODOVIÁRIO BRESSER, em 27 de janeiro de 1988.

23 a. da internação do Sr. ANTÔNIO, na CASA DE SAÚDE DE GUARULHOS, em 27 de janeiro de 1989.

23 a. foguete europeu “ARIANE”, lançado da base francesa de KURU (GUIANA), põe em órbita, com êxito, o satélite de comunicações INTELSAT V F-15 (serviços de tv e telefonia), em 27 de janeiro de 1989.

22 a. da morte da modelo ADRIANA DE OLIVEIRA, em 27 de janeiro de 1990.

21 a. da cirurgia para extração da vesícula de LUIZ ANTÔNIO FLEURY, na época governador eleito de SÃO PAULO, em 27 de janeiro de 1991.

20 a. falece o office–boy RODRIGO DE GASPERI, de 13 anos, atingido por uma bomba de fabricação caseira, durante o jogo CORINTHIANS x SÃO PAULO, em 23 de janeiro de 1992.

17 a. da entrada do MÁRIO, meu filho, para trabalhar como segurança, no SUPERMERCADO DIMAS, no dia 27 de janeiro de 1995. Falece em 12 de setembro de 1998, depois de uma discussão e de uma falta de oxigênio no cérebro, entrando em estado de coma e não mais se recuperando.

16 a. falecem: o ex–ministro e ex–deputado federal ROBERTO CARDOSO ALVES e o colecionador de arte do BRASIL, MÁRIO PIMENTA CAMARGO, em 27 de janeiro de 1996.

15 a. CORONEL IBRAHIM BARRE MAINASARA derrota o primeiro presidente da NIGÉRIA, MAHAMAN USMAN, em um golpe de Estado que causa a morte de cinco militares e a suspensão dos partidos políticos.

15 a. das anotações feitas em 27 de janeiro de 1997: é sofrível andar de ônibus com um calor de mais de 30 graus, logo cedo nesta terça-feira. Na AORPM passo algumas horas tranqüilas. Aguardava notícia da OPERAÇÃO NACIONAL, cujo maior feito foi o afastamento de 45 policiais civis corruptos, da Delegacia de PINHEIROS, envolvidos em roubos de cargas e de caminhões. Isso nunca aconteceu na desmoralizada polícia civil. Na tarde, no MMDC, o CAPITÃO PM ARRUDA vem para uma reunião do Conselho Supremo, não sabendo que a mesma foi adiada para 10 de fevereiro. Quer saber os motivos do afastamento de REGINA CELENTANO e a conduta nefasta do atual presidente, metido com política que nada tem a haver com a finalidade da existência do MMDC. Na noite, em casa, recebemos as visitas de dona ANTONIA e de MARIA DE LOURDES, sua filha. A TUQUINHA pediu-me para que eu fosse avaliador da compra de um carro na VIGORITO, já que precisa vender o seu PÁLIO para levantar dinheiro necessário à operação do coração de sua mãe. Depois de muita conversa, sugiro que não se venda o carro e que seja levantada a quantia de três mil reais através da Cooperativa de Socorros Mútuos, a juros de 7%. Esse negocio é mais vantajoso para a fila de dona ANTONIA. Amanhã, irei ver essa situação na COOPMIL. Chove muito nesta noite. O Córrego dos JAPONESES transborda. Entra água na cozinha. Na meia-noite, a MARLENE, o JOÃO e o JOSÉ CÂNDIDO DA SILVA estão entendendo os plásticos na laje a fim de não complicar ainda mais a precária situação.

A volta de MARCELINHO CARIOCA ao CORINTHIANS antecipou o carnaval da FIEL. Os mais de 2 mil torcedores que foram hoje ao clube hoje saudar o retorno do ídolo fizeram uma festa digna de comemoração do título mundial. A recepção ao atleta teve direito a foguetório, bateria de escola de samba, invasão de campo e apito de sirene. Na tarde, exatamente às 15:45 horas, a sirene tocou no PARQUE SÃO JORGE para MARCELINHO CARIOCA, GAMARRA e VAMPETA. Os médicos do Instituto do Coração estão impressionados com a boa recuperação de MARIA DO CARMO GERÔNIMO, a mulher mais idosa do BRASIL, que completará 127 anos em março. A ex-escrava, internada após um derrame cerebral, deixou a UTI e seu estado geral é perfeito.

13 a. do assassinato do Sargento Ref. JOSÉ CARLOS TRINDADE, do dia 27 de janeiro de 1999,..

13 a. transf. reserva: Ten.Cel. OSVALDO FRANCISCO DA SILVA, em 27 de janeiro de 1999.

12 a. falece o ex–atleta do PALMEIRAS, FEDATO, aos 51 anos, vítima de um infarto, em 27 de janeiro de 2000.

12 a. transf. reserva: Cel. GERALDO JÂNIO VENDRAMINI, em 27 de janeiro de 2000.



ACONTECEU EM 2 001 : - SÁBADO

O TERREMOTO na ÍNDIA, no dia 26 de janeiro de 2001, foi o pior dos últimos cinqüenta anos. O ministro da Defesa indiano, GEORGE FERNANDES, estimou que o total de mortos poderá ser de QUINZE MIL. A todo o momento chegam novos relatos dramáticos de cidades reduzidas a escombros. Centenas de vítimas continuam soterradas. Pessoas feridas passaram a noite amontoada nas ruínas, sem água e sem comida, gritando por socorro médico. Na cidade de ANJAR, cerca de 350 crianças que participavam de uma festa cívica do DIA DA REPÚBLICA desapareceram no meio dos destroços.



Uma missa celebrada pelo arcebispo de APARECIDA, dom ALOÍSIO LORSCHEIDER, teve a participação de dona LILA COVAS, mulher do governador licenciado, de GERALDO ALCKMIN, governador em exercício, e JOSÉ SERRA, ministro da SAÚDE. MÁRIO COVAS, que faz tratamento contra o câncer, permaneceu em repouso no Palácio dos Bandeirantes. A missa marcou o fim da romaria de SÃO PAULO à APARECIDA, liderada pelo padre ROSALVINO VINAYO.





2 002 : - DOMINGO

JORNAL DA TARDE de 27 de janeiro de 2002 publicava que a polícia suspeitava que DIONÍSIO AQUINO SEVERO, resgatado de helicóptero da Penitenciária de GUARULHOS na véspera do seqüestro de CELSO DANIEL, estava envolvido no crime. Um dos seqüestradores no helicóptero usado na fuga era morador da casa que poderia ter sido usada como o cativeiro em que DANIEL ficou, em EMBU, na GRANDE SÃO PAULO.



CINE SINISTRO, na TV BANDEIRANTES: Reapresentação do filme GALERIA DOS ALIENÍGENAS. Uma história difícil de engolir, muito fantasiosa, onde alienígenas tomam a forma humana e levam mulheres virgens para um subterrâneo, a fim de perpetuar a linha alienígena na terra. Muito sangue e episódios delirantes.



PM JOÃO GOMES DE OLIVEIRA JÚNIOR leva-me, em seu carro, até POÁ. A temperatura é superior a trinta graus, dificultando a viagem. Minha mãe logo conta que o RENATO VENTURA quebrou o dedão do pé direito, ontem, por volta das 14 horas. A CIDA vem visitar minha mãe, com seus filhos LEANDRO e FERNANDO. Ela conta que o seu marido foi ajudar a transportar um cofre de aço de uma padaria e, tendo escorregado das mãos, sem apoio, o cofre foi cair bem em cima do dedão do pé direito do RENATO, fraturando-o. Logo mais, por telefone, converso com meu primo. Hoje, por causa desse incidente, ele não poderá me levar até a estação de POÁ, no horário das 16 horas. Minha mãe demonstra muito nervosismo e diz que isso foi causado porque a tia IRENE visitou-a ontem durante quatro horas, deixando-a inquieta e irritada. MARIZETE vem na casa da avó e conta que o ADALVO e o FELIPE estão visitando a mãe do ADALVO em SANTA BÁRBARA D´OESTE.



RESULTADOS DO RIO-SÃO PAULO :-

FLUMINENSE 8 X AMÉRICA 0

BOTAFOGO 2 X PALMEIRAS 1

BANGU 3 X PORTUGUESA 0

SÃO PAULO 2 X VASCO 3

SÃO CAETANO 4 X ETTI-JUNDIAÍ 2



ÔNIBUS COM PNEU “CARECA” CAPOTA, MATA UM E FERE 12 NA ZONA SUL: - O acidente aconteceu por volta das 13 horas, em SANTO AMARO. O ônibus estava com cerca de 70 passageiros. O oficial de reserva da PM ANTÔNIO DIOGO FERREIRA CAMILLO, de 65 anos, morreu na hora. Outros 31 passageiros ficaram feridos. Desses, quatro sofreram ferimentos graves. O ônibus da VIAÇÃO CAMPO BELO fazia a linha CHÁCARA SANTA – PRAÇA PRINCESA ISABEL e passava pelo acesso à ponte JOÃO DIAS, indo em direção ao TERMINAL JOÃO DIAS, quando aconteceu o acidente.



MULHER–BOMBA EXPLODE, MATA UM E FERE MAIS DE CEM: Esta é a primeira vez que uma mulher–bomba é usada por grupos extremistas palestinos em um atentado contra ISRAEL. O fato aconteceu no centro comercial de JERUSALÉM, a poucos metros do local onde outro palestino disparou uma semi–automática contra a população no dia 24 de janeiro. O grupo HEZBOLÁ afirmou que a mulher era uma militante e estudante da universidade AL NAJA, na CISJORDÂNIA. A explosão espalhou pedaços de corpos na rua JAFFA e pôde ser ouvida de vários pontos da cidade. A polícia disse que encontrou dois corpos desmembrados, um de homem e outro de mulher. Mais tarde se divulgou o nome da suicida – WAFA IDRIS, de 28 anos, médica palestina.



TORNEIO ABERTO DE TÊNIS DA AUSTRÁLIA : O sueco THOMAS JOHANSSON venceu o russo MARAT SAFIN e ficou com o título.



O líder espiritual budista tibetano DALAI LAMA, que desde dezembro sofria uma dor abdominal aguda, foi hospitalizado em BOMBAIM, na ÍNDIA. Problemas de saúde o obrigaram a cancelar a participação em cerimônias especiais na semana. Médicos detectaram um nódulo em seu estômago.



2 003 : - SEGUNDA-FEIRA

Dia nublado e chuvoso. Levanto cedo e não estou bem da saúde. Mesmo assim uso a manhã para colocar no computador os principais acontecimentos do domingo. DONA ESMERALDA ESTÁ COMPLETANDO, HOJE, O QUINTO MÊS EM CASA.

Chego no MMDS quase ao meio–dia. Os oficiais estão desanimados. Não há mais palestras marcadas, por enquanto, para o mês de janeiro. Com um tempo ruim, vou para a Sociedade Veteranos de 32-MMDC, onde o expediente também é vazio. Não recebo nem telefonema do Sr. MARCONDES. Dona CÉLIA procura aproveitar a maré para colocar em dia a documentação, como expedições de algumas certidões paradas e outros papéis que estavam aguardando a sua chegada (ficou dois dias tratando de uma reforma em sua residência). Leio algumas atas dos anos 60, procurando entender a Sociedade daquela época. Vamos encontrar, pela primeira vez, o nome do Sr. GERALDO FARIA MARCONDES numa ata de 1966, quando fazia parte de uma diretoria empossada em 23 de maio daquele ano, onde assumia o cargo de Relações Públicas.

Em casa, sou interrompido durante o JORNAL NACIONAL por um tal de CARLOS, amigo de minha prima NAIR, de PORTUGAL, que, numa conversa estranha, parecendo estar embriagado, fala sobre meus parentes por parte de meus tios CARLOS SECCO e MANUELA, primos ROBERTO e NAIR e outras situações dessa pessoa em PORTUGAL e ESPANHA. Quer marcar um encontro, amanhã, no MMDC.



FALECEU aos 78 anos, o professor EDGAR CARONE, historiador, professor titular jubilado do Departamento de História da USP. Lecionou na UNESP e na Escola de Administração de Empresas da Fundação GETÚLIO VARGAS. Autor de diversas obras se destacou pela historiografia relativa à REPÚBLICA e ao MOVIMENTO OPERÁRIO NO BRASIL. Intelectual, sua contribuição distinguiu-se pelo registro histórico: os fatos, os documentos e a análise. Durante o governo militar, ele esteve atuante em defesa das liberdades, aproveitando todas as oportunidades para denunciar os criminosos e defender o socialismo. Viúvo da professora FLÁVIA DE BARROS CARONE, do DEPARTAMENTO DE LETRAS DA USP.



Por volta das 9 horas, um tiroteio entre PMs e quatro bandidos da FAVELA DO GATO, às margens do RIO TIETÊ, parou a Marginal e terminou com um PM ferido e um assaltante morto. A troca de tiros começou quando o Sargento REGINALDO SANDRO DO NASCIMENTO e o PM ADRIANO APARECIDO EVANGELISTA DOS SANTOS, ambos à paisana, pararam o HYUNDAI ACCORD verde de NASCIMENTO na pista da Marginal. Oficialmente, os dois tiveram problemas mecânicos. Um bandido, que não foi identificado, tentou assaltá-los e eles reagiram. O assaltante foi atingido e morreu. Imediatamente, outros três homens que estavam na favela, do outro lado do guard rail e do rio TAMANDUATEÍ, começaram a atirar contra os PMs. Para a sorte deles, porém, dois outros carros particulares com PMs também à paisana apareceram e os socorreram. “Reconheci o carro do sargento”, falou a P fem MILENE GONÇALVES MELO DOS SANTOS, que estava num UNO preto com o PM CARLOS EDUARDO DOS SANTOS. No outro veículo, um UNO verde, estavam os PMs NEGLEDSON DE SOUZA e HEBERTON MIGUEL DE CARVALHO. O PM ADRIANO levou dois tiros no abdômen e foi socorrido por MILENE e MIGUEL. Um helicóptero ÁGUIA da PM sobrevoava o local onde moram aproximadamente 350 famílias. Eles suspeitavam que os bandidos estavam escondidos no matagal. Ninguém foi encontrado. Todos os PMs que apareceram no local são do 2 º BPChq.



O médico FARAH JORGE FARAH, de 53 anos, um dos mais conceituados cirurgiões plásticos de SÃO PAULO, esquartejou a ex–namorada MARIA DO CARMO ALVES, de 46, pelas articulações, como fazia CHICO PICADINHO. FARAH também retirou a pele do rosto e dos seios da vítima e escondeu as mãos e as vísceras para dificultar a identificação. Em seguida lavou os pedaços do corpo com água sanitária e formol e os colocou em sacos plásticos. Eles foram encontrados no porta–malas do carro de FARAH, hoje de madrugada. A polícia encontrou o corpo por causa da denúncia de TÂNIA HOMSI, sobrinha de FARAH. Ela foi visitá-lo no domingo na Clínica de Repouso PARQUE JULIETA, onde o médico internou-se no sábado. O carro estava na garagem do prédio onde ele mora, na rua SALETE, 320, em SANTANA, na zona norte. No carro, a polícia também encontrou os óculos e as roupas de MARIA, com exceção da calça, o diploma médico de FARAH, um artigo intitulado “Canibalismo x Corporativismo”, o pedido de bolsa de estudos do curso de Direito na UNIP e uma mala.



Por quarenta minutos na tarde desta segunda–feira, o VALE DO ANHANGABAÚ, na região central, praticamente parou. Sirenes da Polícia e do Corpo de Bombeiros vinham de todos os lados, aumentando a agitação no Centro e alertando para uma situação de emergência. HELENA MARCONDES DA SILVEIRA, de 62 anos, pulou da alça de acesso sul do túnel por volta das 16:20 horas. A queda foi de uma altura de aproximadamente oito metros. Durante a queda, a mulher bateu de frente em um carro. A motorista ficou em estado de choque. Em questão de segundos, uma multidão se aglomerou na alça de acesso e no próprio viaduto.



Armado com um revólver calibre 38 e munido com 105 balas, EDMAR APARECIDO FREITAS, 18 anos, ex–aluno da escola estadual CORONEL BENEDITO ORTIZ, de TAIÚVA (região de RIBEIRÃO PRETO), invadiu o pátio da instituição, atirou em alunos, professores e funcionários e se matou. Entre as vítimas estão seis alunos – dois em estado grave –, uma professora ferida de raspão e o caseiro da escola. No total, fez 15 disparos. O crime abalou a cidade de pouco mais de cinco mil habitantes, a 363 km de SÃO PAULO. A polícia, a escola e familiares do ex–aluno dizem não saber o que motivou o crime, já que FREITAS era calmo, aparentemente não usava drogas e não se envolvia em brigas.



O jogador de vôlei GIBA foi suspenso preventivamente pela Federação Italiana, depois que um exame antidoping, realizado em 15 de dezembro de 2002, constatou a presença do metabólito THC, encontrado na maconha, na urina de GIBA, que joga pelo FERRARA.



Uma grande passeata pela paz mundial, com críticas diretas à invasão do IRAQUE pelos EUA e solidariedade à causa palestina. Foi assim que milhares de participantes marcaram o encerramento do TERCEIRO FÓRUM SOCIAL MUNDIAL. A grande manifestação foi contra a criação da Área de Livre Comércio das Américas – ALCA – e a Organização Mundial do Comércio – OMC – em PORTO ALEGRE.



O cardeal alemão JOSEPH RATZINGER, prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé da Igreja Católica, excomungou sete mulheres que haviam sido ordenadas padres, no ano passado, na ÁUSTRIA, por um bispo argentino. No VATICANO.



ASSISTO na GLOBO o filme ALIEN: A RESSURREIÇÃO, de 1997, com SIGOURNEY WEAVER, WINONA RYDER, DOMINIQUE PINON, RON PEARLMAN, GARY DOURDAN e MICHAEL WINCOTT. No quarto filme da série, a tenente RIPLEY, que morreu no final do ALIEN 3, volta clonada para continuar enfrentando os monstros do espaço. Mas a situação não é tão simples: ela foi clonada juntamente com o DNA do ALIEN, o que lhe dá uma vida dual. O próprio conflito do filme divide-se em dois, pois além dos bichos há a oposição entre as personagens de SIGOURNEY WEAVER e WINONA RYDER – uma clone, a outra robô e as duas possuem uma espessura psicológica pouco freqüente no cinema de ação de HOLLYWOOD.



2 004 : - TERÇA-FEIRA

Mais um dia chuvoso. Só que hoje não tenho o compromisso de ontem, quando passei uma manhã em reunião no escritório do GENERAL BUENO, procurando um divisor comum para resolver o problema da reforma do Obelisco. A saída foi marcar uma entrevista coletiva para a Imprensa falada e escrita na próxima quinta-feira, dia 29. A viagem de ônibus é demorada. Passo pelo BANESPA e, quase ao meio-dia, estou chegando ao MMDS. Com AMÉRICO, vamos para uma reunião com CRISTIANO e ASPIRANTE RAFAEL. Realizamos um almoço de negócios e tratamos de operações rotineiras.

NESTA TARDE, no MMDC, não temos tanta amolação como ontem. Mesmo assim recebemos alguns telefonemas alusivos à entrevista coletiva. O advogado LUIZ SÉRGIO CARRARO redigiu uma carta altamente ofensiva a PAULO EMENDÁBILI e está para o Sr. MARCONDES assinar. Nela, o neto do GALILEO é desmascarado, revelando-se quais são as suas verdadeiras intenções. A retirada da tela de proteção com a propaganda da CLARO irá atrasar as obras. FARAH SERVICE manda uma carta para a SOCIEDADE explicando essa situação. O GENERAL BUENO e o Sr. MARCONDES estiveram em reunião com o presidente do CONDEPHAAT, estudando esse problema criado pelo PAULO EMENDÁBILI. Saio da Sociedade depois das 16 horas e, chegando em casa, tenho de telefonar para o general e para a FARAH SERVICE, tudo isso em torno da entrevista coletiva. Nossa casa está toda arrebentada. Na cozinha, JCS e seu auxiliar estão preparando as colunas que irão suportar uma viga de sustentação da laje. As paredes foram preparadas também para colocação de novos azulejos (os velhos foram todos retirados). Janto na sala, onde estão o fogão e a geladeira. Isso deixa a gente irritada. Ainda recebo um telefonema do CORONEL THESEO DARCI BUENO DE TOLEDO que quer notícias a respeito da posse dos eleitos para o triênio 2004/2007 na AORPM. Ele está interessado na ATA, mas nem vi a minuta dela. Continua uma briga interna na Associação, no sentido de não permitir que associados civis exerçam cargos na diretoria. O meu papel de presidente da Assembléia Eleitoral terminou quando dei posse aos novos dirigentes, alguns por força de liminares. No entanto, sou envolvido na trama interna de grupos antagônicos.



FALECEU o professor Dr. CAIO MARIO DA SILVA PEREIRA, aos 90 anos, no RIO. Jurisconsulto assinou o MANIFESTO DOS MINEIROS em prol da democracia em 1944. Foi consultor da República no governo JÂNIO QUADROS; secretário da Justiça de MINAS GERAIS, no governo MILTON CAMPOS. Presidente da ORDEM DOS ADVOGADOS em 1975 e representou o BRASIL em HAIA, na inauguração do busto de RUY BARBOSA. Exerceu a cátedra de Direito Civil na Faculdade Federal do RIO DE JANEIRO. Era doutor honoris causa, pela Faculdade de Direito da Universidade de COIMBRA. Deixa várias obras e entre elas a de INSTITUIÇÕES DO DIREITO CIVIL.



O PM RENILDO DA SILVA, de 29 anos, foi executado por um colega após uma discussão hoje pela madrugada. O crime aconteceu dentro do 1º BATALHÃO DA POLÍCIA MILITAR, na estrada do M´BOI MIRIM, JARDIM COPACABANA, zona sul da Capital. O PM DÊNIS DE OLIVEIRA ALVES, de 30 anos, foi preso em flagrante e prestou depoimento na Corregedoria da Polícia Militar. Esse PM tem um afastamento da Corporação por problemas psicológicos.



O Superior Tribunal de Justiça decidiu manter preso o juiz federal JOÃO CARLOS DA ROCHA MATTOS, apontado como “grande mentor” de suposta organização criminosa para tráfico de influência, corrupção e venda de sentenças. A medida foi tomada pelo ministro NILSON NAVES, presidente do STJ, que indeferiu liminar requerida pela defesa do juiz. NAVES argumentou que “o pedido não pode ser resolvido em liminar, mas quando for apreciado o mérito”.



O Juiz da 4ª VARA CIVEL da Capital pode decretar a falência do GRUPO PARMALAT no BRASIL nos próximos dias. Hoje, o juiz substituto CLÁUDIO TEIXEIRA VILAR mandou notificar a PARMALAT de um pedido de falência, apresentado pelo BANCO FIBRA, na sexta-feira, dia 23, contra a holding que controla as empresas do grupo no País, a PARMALAT PARTICIPAÇÕES DO BRASIL LTDA. Ela deve ao banco um milhão de reais, referente a um empréstimo de capital de giro cujo contrato está vencido desde 17 de dezembro.



INTERNADO o governador do ESPÍRITO SANTO, PAULO HARTUNG, que teve o rim esquerdo extraído por conta de um nódulo.



“CIDADE DE DEUS” VAI CONCORRER A 4 OSCARS NOS EUA. O filme do paulista FERNANDO MEIRELLES foi indicado em quatro categorias do principal prêmio da Indústria Cinematográfica Mundial. Além de MEIRELLES, concorrem também o montador DANIEL REZENDE, o roteirista BRÁULIO MANTOVANI (pelo roteiro adaptado do livro homônimo de PAULO LINS) e o fotógrafo CÉSAR CHARLONE.



A CHINA confirmou hoje que a “gripe das aves” foi detectada em três regiões, e agências internacionais de saúde pediram aos demais países que ajudem os pequenos criadores da ÁSIA a compensar os prejuízos que estão tendo, de modo a impedir que eles vendam aves doentes, contaminando seres humanos. O caso principal foi constatado numa granja de patos na província autônoma de GUANGXI ZHUANG, a 100 km da fronteira com o VIETNÃ. Na província central de HUBEI ela se manifestou num grupo de galinhas, e novamente em patos na província de HUNAN, também no centro do país. Cerca de 14 mil patos que se achavam num raio de 3 km da granja de GUANGXI ZHUANG foram abatidos, e todas as aves num raio de 5 km foram colocadas em quarentena.



FALECEU o artista americano SYD SOLOMON, cujas pinturas abstratas fazem parte do acervo dos museus GUGGENHEIM e WHITNEY de NOVA YORK. Estava com 86 anos e lutou durante anos contra o MAL DE ALZHEIMER. Desde a década de 50, SOLOMON vivia entre NOVA YORK e SARASOTA, na FLÓRIDA.



RENUNCIARAM o presidente da rede britânica de comunicações BBC, GAVYN DAVIES, e o editor-chefe, GREG DYKE, após a divulgação do relatório que investigou o suicídio de DAVID KELLY, especialista em armas do governo britânico. A rede foi acusada de dar crédito apenas às acusações de KELLY contra o primeiro-ministro TONY BLAIR, sem checar sua veracidade, e isentou BLAIR de culpa no suicídio do cientista.



ACUSADOS de vender segredos nucleares para o IRÃ e a LÍBIA o criador do programa de armas nucleares do PAQUISTÃO, ABDUL KHAN e o ex-diretor de uma importante instalação nuclear do País, MOHAMED FARUTINO. Em ISLAMABAD.



2 005 : - QUINTA-FEIRA

Tal como ontem, a manhã é de temperatura baixa e chove. Não é fácil enfrentar um tempo desses. Recordo-me as dificuldades que tive, justamente nos dias 26 e 27 de janeiro de 1987, há dezoito anos atrás, quando por pouco não perdi os exames para o CURSO SUPERIOR DE POLÍCIA, justamente por causa do mau tempo (na noite de 26 para 27 cheguei a dormir no quartel do 2º BPChq, onde eu era o comandante, justamente para evitar o atraso para a prova de 27, no CAES).



Os jornais publicam que no primeiro dia das inscrições para o concurso de ingresso na PMESP teve mais de dezenove mil candidatos. Eles irão disputar 1.200 vagas no Estado todo. Os interessados ainda poderão fazer suas inscrições até o dia 28, o que, certamente, aumentará muito o número dos candidatos. As datas dos exames ainda não foram divulgadas.





Logo pela manhã, mais um incidente na LINHA VERMELHA do METRÔ. O quarto problema nos últimos onze dias. Desta vez um eixo de rodas do trem 315, que estava sem passageiros, saiu do trilho na área do pátio de manobras da BARRA FUNDA. A falha foi do operador do trem. O incidente aconteceu às 7:57 horas, causando morosidade na LINHA 3. Nos últimos onze dias houve princípio de incêndio, composição parada e trem evacuado, mostrando que as coisas não vão bem.



Vou para o centro de SÃO PAULO por volta das 11:30 horas. Hoje chego um pouco antes da hora, quando os oficiais ainda estão se preparando para a reunião. Há uma ligeira discussão, por telefone, com RONALDO e CRISTIANO. AMÉRICO vai a favor do CRISTIANO. Mas isso é passageiro, pois temos muita coisa para discutir. Estamos recebendo muitos pedidos para inscrição de candidatos a soldado da PM. Encaminhamos todos eles para o POUPATEMPO, onde um serviço gratuito de acessamento à internet facilita a vida do candidato. O número aumenta muito neste segundo dia de inscrição. Está chegando aos 30 mil. Comentamos que o motivo é o alto índice de desemprego em todo o Estado. VICTÓRIO estuda com NILDO uma possibilidade de dar aula numa indústria ao sul da cidade. O problema é que isso fica longe. Dependendo do numerário a ser oferecido pode ser que compense o esforço. Por sua vez, OREZ entra em contato com ANT, procurando informações acerca de uma escola na zona leste, para que possamos realizar um debate num dia desses. ANT foi autor de algumas atrapalhadas no MMDS, mas parece que está regenerado, de uns anos para cá. Penitenciou-se de suas culpas, mas sempre estou com um pé atrás em se tratando desse oficial.



Um pouco depois das 15 horas, estou na Sociedade Veteranos de 32-MMDC. Ali se encontra o Sr MARCONDES. O presidente não está gostando do fato da MÔNICA e da LUCIENE trabalharem no MMDC de uma maneira clandestina. O CORONEL RENALDO as trouxe para a Sociedade no ano passado, quando saíram o VASCO e dona CÉLIA. Caso contrário o MMDC fecharia as portas. Mas as coisas estão bem nebulosas neste mês de janeiro. Elas sentem dificuldades com a falta de informações e se embaraçam nos assuntos que vão surgindo. Um dos motivos de meu comparecimento freqüente na Sociedade era a leitura do DIÁRIO OFICIAL. Acontece que desde o dia 22 não tem vindo mais o jornal. Não se sabe o motivo. Telefono para a DAMCO e fico sabendo que passou para a reserva a CORONEL Fem PM LAUDINÉA PESSAN DE OLIVEIRA. Ela nasceu em 17 de janeiro de 1950. Entrou para a PMESP em 5 de abril de 1975. Foi promovida a 2º tenente em 18 de dezembro de 1981. A promoção a 1º tenente é de 24 de maio de 1988. Foi elevada ao posto de CAPITÃO em 25 de agosto de 1990. Sua promoção a MAJOR é de 24 de maio de 1995. Promovida a CORONEL FEM PM em 28 de JANEIRO DE 2000, seu tempo de permanência no posto esgotaria amanhã. O MAJOR COSTA responde pelo comando da DAMCO. A CAPITÃO Fem PM MARIA INÊS, 2ª secretária da Sociedade e também secretária das Medalhas, encontra-se de férias. Estão chegando indicações para a MEDALHA MMDC e as funcionárias não sabem o que fazer. O presidente ainda se conserva arredio. Não toma medidas concretas com relação à Sociedade. Com isso o futuro fica cada vez mais complicado. Aos poucos, as pessoas que mantinham contato conosco vão se afastando. Já não se realizam mais os costumeiros encontros com o CORONEL MENDES, com veteranos que ainda nos procuravam, enfim, a situação vai se complicando. Nem o novo Estatuto é comentado, parecendo que ainda nem foram buscá-lo no Cartório de Registros. Torno a fazer ver ao presidente que precisamos marcar uma reunião dos conselheiros. O CONSELHO DELIBERATIVO, criado pelo novo Estatuto, não tem presidente e isso não funciona. Os conselheiros, por sua vez, também não mantém contatos conosco. É assim que deixo hoje a Sociedade, bastante desanimado. Com chuva, mas de uma maneira tranqüila, regresso a GUARULHOS. Mais tarde, chegam o IAGO EL MOUALLEM e a KÁTYA (sua mãe) para dar mais vida à nossa casa.



Dos 202 internos que participaram da fuga em massa no começo da noite de ontem na FEBEM da VILA MARIA, na zona norte de SÃO PAULO, 116 foram recapturados até o início da noite desta quinta-feira. Os 21 servidores que trabalhavam nos pátios foram afastados hoje de seus cargos e vão responder a inquérito policial por prevaricação e fraude processual. O secretário da Justiça e presidente da FEBEM, ALEXANDRE DE MORAES, suspeita de facilitação de fuga por parte dos servidores. Entre os fugitivos, 66 foram torturados há duas semanas por funcionários e seriam chamados pela Justiça para testemunhar as agressões. Desses, apenas 26 foram recapturados e 40 ainda estão nas ruas. Nenhum dos 52 funcionários da unidade que serão denunciados por tortura pelo Ministério Público estava de plantão na noite da fuga.



Um auditor da Receita Federal foi assassinado hoje por volta das 14 horas na Avenida GIOVANNI GRONCHI, no MORUMBI. CARLOS ALBERTO DE MORAES foi morto com seis tiros quando saiu de uma agência bancária. Apesar de nada ter sido levado, a polícia não descarta a possibilidade de tentativa de roubo, mas acredita em vingança. O auditor foi atendido pela PM e encaminhado ao Pronto-Socorro BANDEIRANTES, mas não resistiu aos ferimentos e morreu pouco depois. A hipótese de tentativa de roubo é desacreditada pela polícia em função de nada ter sido roubado, apesar de MORAES carregar mil reais em dinheiro. O carro dele também não foi levado.



O polivalente CHICO PEREIRA, de 65 anos, morreu nesta quinta-feira, em GUARULHOS, onde morou desde a adolescência. JOSÉ FRANCISCO PEREIRA, o CHICO, nasceu no dia 17 de setembro de 1939, em PISCAMBA, MINAS GERAIS. Foi casado por 38 anos com dona THEREZINHA, com quem teve cinco filhos, que lhes deram quatro netos. Foi policial-militar, apresentou e participou de programas de rádio (DESPERTA BRASIL, OS GRANDES SOLISTAS BRASILEIROS, PANORAMA ESPORTIVO), comandou por muito tempo o Bloco Carnavalesco DRAGÕES DE VILA SÃO RAFAEL. Foi também líder comunitário no JARDIM PAULISTA e na VILA SÃO RAFAEL. Sobressaiu-se como um dos idealizadores da Guarda-Mirim. Candidato a vereador em 2004. Será enterrado amanhã no Cemitério CAMPO SANTO, vila RIO DE JANEIRO, em GUARULHOS.



NEGADO o pedido de habeas corpus a FERNANDINHO BEIRA-MAR, condenado por tráfico de drogas, pelo Supremo Tribunal Federal.



SANTOS e SÃO PAULO mantiveram hoje o aproveitamento de 100% no CAMPEONATO PAULISTA e alcançaram o PALMEIRAS na liderança, todos com 9 pontos. Pelo saldo de gols, o SANTOS é o melhor dos três. Em MOGI, o PEIXE venceu o MOGI MIRIM por 4 a 2, com dois gols marcados pelo estreante DOUGLAS. No MORUMBI, o TRICOLOR bateu o INTER, de LIMEIRA, por 2 a 0, com gols de DIEGO TARDELLI.



A pergunta que estava no ar foi respondida. O russo MARAT SAFIN foi o tenista que conseguiu acabar com a série invicta de 27 jogos do suíço ROGER FEDERER, atual número 1 do mundo. SAFIN precisou de 4 horas e 46 minutos para vencer o suíço, que não perdia desde agosto do ano passado. No ABERTO DA AUSTRÁLIA, na final, o duelo de amanhã sairá do jogo entre o australiano LLEYTON HEWITT e o americano ANDY RODDICK. No dia de seu aniversário, SAFIN conseguiu a proeza de derrotar o atual líder do mundo do tênis. Essa foi a segunda vitória de SAFIN contra o suíço, em oito partidas contra FEDERER. O russo não o superava desde o TORNEIO DE MOSCOU, em 2002.



Emoção também não faltou nas semifinais do torneio feminino. Depois de um primeiro set em que só errou a americana SERENA WILLIAMS virou e bateu a russa MARIA SHARAPOVA. A rival da final, no dia 29, é sua compatriota LINDSAY DAVENPORT, que venceu a francesa NATHALIE DECHY.



Aproximadamente dez mil sobreviventes do HOLOCAUSTO, ex-combatentes das forças aliadas na Segunda Guerra Mundial e líderes internacionais do mundo inteiro reuniram-se hoje na POLÔNIA para lembrar os SESSENTA ANOS da libertação do campo de extermínio nazista de AUSCHWITZ. A cerimônia começou com o apito de um trem, simbolizando os deportados que chegavam a AUSCHWITZ-BIRKENAY de diversos pontos da EUROPA ocupada pelos nazistas. AUSCHWITZ tornou-se o principal campo de extermínio nazista porque localizava-se no coração do território polonês e em uma área bem comunicada. Entre as milhares de pessoas que participaram da cerimônia, discursaram os presidentes polonês, ALEKSANDER KWASNIEWSKI, como anfitrião, o russo, VLADIMIR PUTIN, como representante do país que libertou os prisioneiros de AUSCHWITZ, e o israelense, MOSHE KATSAV. O PAPA JOÃO PAULO II enviou uma mensagem, lida pelo enviado do VATICANO, o cardeal francês JEAN-MARIE LUSTIGER, judeu de nascimento, mas que se converteu ao catolicismo após ser salvo do HOLOCAUSTO pela Igreja Católica. Cerca de 1,5 milhão de pessoas morreram nas câmaras de gás de AUSCHWITZ-BIRKENAY, campo de concentração erguido em 1940 pela ALEMANHA nazista na ocupada POLÔNIA durante a Segunda Guerra Mundial, para ser o principal centro da “SOLUÇÃO FINAL”, de ADOLF HITLER.



Em violenta campanha contra as eleições iraquianas no próximo domingo, dia 30, rebeldes mataram hoje dezenove iraquianos e um fuzileiro naval americano, detonaram bombas em postos de votação e divulgaram um vídeo com imagens da execução de um secretário do premier IYAD ALLAWI, SALEM JAAFAR AL-KANANI. Divulgado pelo grupo do líder terrorista jordaniano ABU MUSAB AL-ZARQAWI –que domingo declarou guerra às eleições – o vídeo mostra KANANI falando diante da câmera: “Faço uma advertência a todo os iraquianos, principalmente a jovens, para que não recuem ou cooperem com o inimigo ocupante”.



A rede de televisão do CATAR, AL-JAZEERA, uma das mais importantes do mundo árabe, exibiu hoje uma mensagem gravada em árabe por um representante da comunidade muçulmana do BRASIL na qual ele apela aos grupos rebeldes iraquianos para que libertem o engenheiro JOÃO JOSÉ VASCONCELLOS JÚNIOR, seqüestrado na semana passada no IRAQUE.



CAIU um meteoro nas imediações de MADRI. Ainda não se sabe o tamanho da bola de fogo que causou pânico e paralisou dois aeroportos.



No 19º capítulo de “24 HORAS”, o corpo de RYAN CHAPELLE é entregue aos terroristas chefiados por SAUBER. Mas a UCT descobre uma ligação estranha, pessoal, nos arquivos de RYAN, relacionada com uma filha de SAUBER, uma garota de 19 anos, estudante numa universidade em SANTA BÁRBARA. TONY ALMEIDA, que substitui RYAN na diretoria da UCT, concebe o plano de colocar alguém no lugar de JANE (a filha do terrorista), a fim de interrogá-la sobre o paradeiro do pai. A escolha da agente que se vai passar por JANE é KIM BAUER. O pai não aprova a idéia, mas acaba concordando e parte para o trabalho de campo. A troca de JANE por KIM é realizada quando ela vai para uma biblioteca, onde trabalha. Mas SAUBER tem espiões no local. Enquanto isso vão morrendo as pessoas contaminadas do hotel. O rapaz que passou uma noite com uma das hóspedes do hotel, também foi contaminado e é localizado depois de ter mantido contato com outras pessoas. O perigo de o vírus ter se espalhado, mediante contato dessa pessoa é muito grande. As equipes sanitárias procuram isolar os lugares por onde ele passou, além de procurar todos aqueles que tiveram um contato com esse homem. O presidente PALMER convoca o gabinete e coloca-o a par do que está acontecendo. O terrorista faz nova exigência. Dessa vez ele quer que sejam afastados todos os espiões que trabalham nos países do ORIENTE MÉDIO. A filha de SAUBER é interrogada por JACK BAUER, que conta a ela quem realmente é o seu pai, mas é interrompido pela situação de KIM. Na biblioteca, muito embora JACK BAUER use de todos os recursos para proteger a filha, ela é descoberta. Numa luta com um dos terroristas que a subjuga, KIM leva vantagem e baleia o criminoso.



O Cel Cav PAULO ROBERTO CARDOSO e o Ten Cel Inf SÉRGIO LUIZ TRATZ têm a honra de convidar V Exa./ V Sa. e digníssima família para a solenidade de Passagem de Comando do Centro Solar dos Andradas, a ser realizada neste Estabelecimento de Ensino Militar nas seguintes condições:

DATA: 27 DE JANEIRO DE 2006 (sexta-feira)

HORÁRIO: 10:00 horas

LOCAL: RUA ALFREDO PUJOL, 681 – SANTANA – SÃO PAULO

MUNIQUE, de STEVEN SPIELBERG, mostra o que aconteceu após o ataque terrorista contra as OLIMPÍADAS de 1972. Entra em cartaz nesta sexta-feira. A história começa e termina com o atentado terrorista praticado pelo grupo SETEMBRO NEGRO em 1972. Durante os jogos olímpicos daquele ano, um pelotão de radicais palestinos invadiu a VILA OLÍMPICA de MUNIQUE, ALEMANHA, e tomou como reféns 11 atletas do time de ISRAEL. Como esta foi a primeira Olimpíada televisionada ao vivo para todo o planeta, os detalhes mais horríveis foram acompanhados “de perto”, imprimindo nas mentes de modo indelével a imagem terrível do palestino na sacada do apartamento em que se aquartelara, fumando com o rosto oculto por uma máscara de esqui, ou o mórbido desfecho proporcionado pela incompetência da polícia alemã. Um tiroteio seguido de explosões que vitimou todos os reféns e vários seqüestradores. O que motivou SPIELBERG foi o livro “VINGANÇA-A VERDADEIRA HISTÓRIA DE UM COMANDO CONTRATERRORISTA ISRAELENSE”, do jornalista e escritor húngaro GEORGE JONAS, lançado em 1998 e que deve chegar traduzido ao BRASIL ainda este mês. Nele é mostrada a montagem e envio de comandos assassinos israelenses para eliminar todos os palestinos que participaram, mesmo que marginalmente, do atentado. Uma reação em cadeia acionada a partir do governo da ex-primeira ministra de ISRAEL, GOLDA MEIR sob a alegação de “comprometimento de valores”. O que em termos israelenses significa “olho por olho, dente por dente”. As lentes de SPIELBERG focam no líder de um comando de assassinos do MOSSAD, o serviço secreto israelense. AVNER KAUFFMAN – finamente interpretado pelo ator ERIC BANA – tem a espada na mão, mas vacila entre a ação e o gesto por duvidar da justificativa para a violência a que foi incumbido. Junto deles estão, entre outros poucos, STEVE (DANIEL CRAIG) e ROBERT (MATHIEU KASSOVITZ), todos recebendo ordens de EPHRAIM (GEOFFREY RUSH). KAUFFMAN é moldado em JONAS, consultor do filme, e em uma das cenas o agente se defronta com um terrorista condenado à morte cuja máscara cai acidentalmente. O homem expõe seus motivos, fala do desespero de seu povo mostrando, sem justificar seus atos, que há um disparador por trás de toda violência.



2 006 : - SEXTA-FEIRA

O CORONEL Cav PAULO ROBERTO CARDOSO e o TENENTE-CORONEL Inf SÉRGIO LUIZ TRATZ têm a honra de convidar V Exª/ V Sª e digníssima família para a solenidade de Passagem de Comando do Centro SOLAR DOS ANDRADAS, a ser realizado neste Estabelecimento de Ensino Militar nas seguintes condições:

DATA: 27 DE JANEIRO DE 2006 (sexta-feira)

HORÁRIO: 10:00 horas

LOCAL: RUA ALFREDO PUJOL, 681 – SANTANA – SÃO PAULO



MUNIQUE, de STEVEN SPIELBERG, mostra o que aconteceu após o ataque terrorista contra as OLIMPÍADAS de 1972. Entra em cartaz nesta sexta-feira. A história começa e termina com o atentado terrorista praticado pelo grupo SETEMBRO NEGRO em 1972. Durante os jogos olímpicos daquele ano, um pelotão de radicais palestinos invadiu a VILA OLÍMPICA DE MUNIQUE, ALEMANHA, e tomou como reféns 11 atletas do time de ISRAEL. Como esta foi a primeira Olimpíada televisionada ao vivo para todo o planeta, os detalhes mais horríveis foram acompanhados “de perto”, imprimindo nas mentes de modo indelével a imagem terrível do palestino na sacada do apartamento em que se aquartelara, fumando com o rosto oculto por uma máscara de esqui, ou o mórbido desfecho proporcionado pela incompetência da polícia alemã. Um tiroteio seguido de explosões que vitimou todos os reféns e vários seqüestradores. O que motivou SPIELBERG foi o livro “VINGANÇA-A VERDADEIRA HISTÓRIA DE UM COMANDO CONTRATERRORISTA ISRAELENSE”, do jornalista e escritor húngaro GEORGE JONAS, lançado em 1998 e que deve chegar traduzido ao BRASIL ainda este mês. Nele é mostrada a montagem e envio de comandos assassinos israelenses para eliminar todos os palestinos que participaram, mesmo que marginalmente, do atentado. Uma reação em cadeia acionada a partir do governo da ex-primeira ministra de ISRAEL, GOLDA MEIR sob a alegação de “comprometimento de valores”. O que em termos israelenses significa “olho por olho, dente por dente”. As lentes de SPIELBERG focam no líder de um comando de assassinos do MOSSAD, o serviço secreto pelo ator ERIC BANA – tem a espada na mão, mas vacila entre a ação e o gesto por duvidar da justificativa para a violência a que foi incumbido. Junto deles estão, entre outros poucos, STEVE (DANIEL CRAIG) e ROBERT (MATHIEU KASSOVITZ), todos recebendo ordens de EPHRAIM (GEOFFREY RUSH). KAUFFMAN é moldado em JONAS, consultor do filme, e em uma das cenas o agente se defronta com um terrorista condenado à morte cuja máscara cai acidentalmente. O homem expõe seus motivos, fala do desespero de seu povo mostrando, sem justificar seus atos, que há um disparador por trás de toda violência.



Como combinamos ontem, o CORONEL MENDES já está me esperando quando chego à ARMÊNIA. É que o trânsito na VIA DUTRA estava muito ruim por causa da chuva. Tomamos um café naquele bar costumeiro da rua PEDRO VICENTE. Chegamos cedo no CPOR. Aos poucos, vamos encontrando os conhecidos: CORONEL Cv PAULO ROBERTO CARDOSO, que hoje deixa o Comando do CPOR; TENENTE-CORONEL Inf SÉRGIO LUIZ TRATZ, que assume o posto nesta manhã; CORONEL RR GRANADO; GENERAL DE EXÉRCITO LUIZ EDMUNDO MAIA DE CARVALHO (Cmt do EXÉRCITO SUDESTE), TENENTE-CORONEL SERPA (Cmt do 2º BPChq), MAJOR ANDRIOLI (Sub Cmt do Regimento de Polícia Montada), Deputada Estadual ROSMARY e seu marido, CORONEL PM, nosso presidente da Sociedade Veteranos de 32-MMDC, CAPITÃO Ref GINO STRUFFALDI (acompanhado de dona DINORÁH, seu filho ALDO e seu neto), GENERAL VENTURA (não é meu parente), ANTÔNIO CARLOS NACLÉRIO HOMEM, JOSÉ GUILHERME LEVENSTEIN, TENENTE-CORONEL LUIZ PESCE DE ARRUDA, CORONEL PM Ref PLÍNIO ANGANUZZI, TENENTE-CORONEL ROBINSON SANTIAGO, CORONEL PM Res PAULO CÉZAR NEVES e muitas outras autoridades.

O GENERAL DE EXÉRCITO LUIZ EDMUNDO MAIA DE CARVALHO preside a solenidade. O MAJOR JOÃO ALBERTO é o comandante da tropa formada. No momento da passagem de comando, o presidente do ato é um general Diretor de Ensino. CORONEL CARDOSO deixa o CPOR e o TENENTE-CORONEL TRATZ assume esse importante posto.

Podemos conversar com muita gente conhecida, inclusive com o GUILHERME LEVENSTEIN, que quer ajudar a Sociedade Veteranos de 32-MMDC e dá várias idéias que merecem estudos: cessão de direito do prédio onde se situa a Sociedade, por parte da Prefeitura; criação de novos núcleos; novas carteiras de associados.

No final, em reunião bem reservada, é inaugurada uma placa numa das alas do CPOR, em homenagem ao CORONEL CARDOSO. Entre os presentes: CORONEL EDUARDO MONTEIRO, TENENTE-CORONEL LUIZ PESCE DE ARRUDA (que também presenteia o CORONEL CARDOSO com um sabre da antiga FORÇA PÚBLICA), CORONEL MENDES, CORONEL VENTURA.

Deixando o CPOR, o MENDES convida-me para almoçar no restaurante da ASSOCIAÇÃO DOS OFICIAIS PM, na avenida SANTOS DUMONT. Ali, sentimos o abandono em que ficou as dependências que durante muitos anos abrigou a Associação dos Oficiais. É que o novo presidente, CORONEL LUIZ CARLOS, transferiu a sede para o BARRO BRANCO. Cruzamos ali com o CORONEL VALDIR SUZANO, que trabalha na atual administração da associação. Ele convida-nos para possíveis jantares da turma de Aspirantes de 1963, bem como da própria Sociedade Veteranos de 32-MMDC.

O MENDES tem outras obrigações na tarde. Deixa-me na estação do metrô ARMÊNIA e vou para o MMDC.

Aprontamos uma convocação para o dia 2 de fevereiro para o GENERAL EUCLYDES BUENO FILHO e GERALDO FARIA MARCONDES. Eles faltaram na última reunião da Diretoria Executiva e o item Monumento- Mausoléu ficou prejudicado. Um e-mail é passado para o GENERAL BUENO e o Senhor MARCONDES recebeu o recado por telefone. Mas, na segunda-feira, a convocação seguirá pelo correio.

Recebemos a visita do filho do primeiro presidente da Diretoria Executiva da Sociedade Veteranos de 32-MMDC, MÉRCIO MARTINS CORREIA. Seu pai, MÉRCIO PRUDENTE CORREIA, teve um papel preponderante na história do MMDC, em 1954. Peço ao filho, que está tratando do processo para levar os restos mortais do pai para o Monumento-Mausoléu em 9 de julho, que arrume uma foto do primeiro presidente para que iniciemos a GALERIA DOS PRESIDENTES da Sociedade Veteranos de 32-MMDC. Até sugiro a data de inauguração da foto na galeria a ser feita – 7 de julho de 2006, aniversário da Sociedade.

Ainda no MMDC, atualizo a data de 27 de janeiro, coisa que não estou conseguindo fazer com o arquivo desse dia de minhas memórias. Somente depois das 17 horas é que deixo o MMDC. A advogada JANAÍNA chegou um pouco antes. Ela está preocupada com a tal resolução apresentada ontem pelo CARLOS FRANCHIONI e pediu uma cópia para ser estudada. Fala que o primeiro jogo da SOCIEDADE VETERANOS DE 32-MMDC, criada em GUARULHOS, será amanhã, às 18:10 horas, num clube situado na Avenida ELIZABETH RUBIANO, na Marginal TIETÊ.



O recorde de trânsito de 2006, no período da manhã, foi quebrado às 9:30 horas, último dia do primeiro semestre em que a Capital não teve o rodízio municipal de veículos. No horário, a CET registrou 143 km de lentidão na Cidade, frente a uma média de 83 km para o horário. As causas do congestionamento foram a chuva e o excesso de veículos. O ponto mais complicado, durante todo o dia, foi a MARGINAL DO TIETÊ. Até a noite, o congestionamento se estendia nos dois sentidos. O trecho mais complicado foi a pista expressa, no sentido PENHA, entre a PONTE DOS BANDEIRANTES e a RUA ZURITA, onde a lentidão atingiu 11 km. Na pista local, foram registrados mais 7 km de lentidão. Já no sentido LAPA, foram seis km de trânsito parado, da PONTE ARICANDUVA até a PONTE VILA GUILHERME.



Bem que o cerimonial da Presidência da República tentou evitar. Mas corintiano como é e ainda por cima dentro do PARQUE SÃO JORGE, o presidente LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA trocou a faixa presidencial e a diplomacia do cargo pela camisa alvinegra e o discurso de torcedor. O Chefe de Estado esteve hoje no clube para inaugurar o “MEMORIAL DO CORINTHIANS”, ao lado do Governador GERALDO ALCKMIN e do Prefeito JOSÉ SERRA, ambos do PSDB. Porém, ninguém conseguiu roubar a cena enquanto LULA esteve no ambiente. LULA chamou a atenção de todos como nasceu sua paixão pelo CORINTHIANS. “Virei corintiano por causa do time do quarto centenário”, afirmou. “Em 1952, quando cheguei lá de PERNAMBUCO, com sete anos, nem sabia o que era futebol. E em 1954, quando o CORINTHIANS ganhou, virei corintiano”. E, enquanto fazia revelações sobre sua intimidade com o time do coração, o presidente aproveitou para, mais uma vez, travestir-se de torcedor. Olhou para MARCELINHO CARIOCA, que compareceu ao evento como convidado e disparou: “MARCELINHO, você não sabe o quanto me fez sofrer quando perdeu aquele pênalti contra o PALMEIRAS (semifinal da TAÇA LIBERTADORES de 1999)”, disse, para surpresa das pessoas presentes e constrangimento do ídolo. “Foi a única vez na minha vida que pensei que fosse ter um enfarte”.



Uma forte chuva de cerca de duas horas atingiu o RIO DE JANEIRO nesta noite. Por causa do temporal, os aeroportos TOM JOBIM (GALEÃO) e SANTOS DUMONT foram fechados, os trens deixaram de circular e pelo menos quatro pessoas morreram, vítimas de afogamento, no estacionamento subterrâneo do PENHA SHOPPING. Há suspeitas de mais mortos. Mergulhadores do Corpo de Bombeiros foram enviados para o local. O setor de emergência do Hospital Geral de BONSUCESSO ficou alagado, após o teto desabar impedindo o atendimento aos pacientes. O mesmo ocorreu com o teto do refeitório da Maternidade da PRAÇA XV, no Centro. No Hospital Municipal LOURENÇO JORGE, na BARRA, a água invadiu a UTI pelo teto, caindo sobre pacientes e equipamentos. As 13 pessoas internadas na UTI – muitas em coma – ficaram encharcadas, e permaneceram deitadas em colchões molhados por, pelo menos, duas horas. Com as ruas inundadas, o trânsito se transformou num caos e muita gente demorou para chegar em casa após o trabalho.



A peça de metal que prendia o crachá ao cordão pendurado no pescoço salvou a vida do empresário gaúcho LUCIANO DE OLIVEIRA COSTA, de 35 anos, durante assalto na noite de ontem, em PORTO ALEGRE. Ele levou um tiro e teve a sorte da bala bater exatamente na peça de metal. Com o choque, a pequena peça chegou a entrar cerca de cinco centímetros no interior do corpo. Mas ainda foi possível disparar um tiro e acertar um dos assaltantes, entrar no carro e dirigir dois quilômetros até o Hospital CRISTO REDENTOR, segurando a direção com uma mão enquanto com a outra estancava o sangue na área do tiro. O incidente ocorreu na rua MINISTRO DE OLIVEIRA LIMA, no bairro SÃO SEBASTIÃO, quando LUCIANO chegava à casa de seu sócio.



O cantor RAFAEL ILHA ALVES PEREIRA, de 26 anos, ex-integrante da banda POLEGAR, passou aproximadamente seis horas preso hoje à tarde. Ele havia sido condenado por um roubo ocorrido em 1998. Horas depois da prisão, sua defesa conseguiu um alvará de soltura e ele foi liberado do Centro de Detenção Provisória. A Justiça havia determinado a prisão do cantor no dia 6 de novembro, depois que um advogado da vítima do roubo entrou novamente com um pedido de prisão. Ele foi encontrado hoje por volta do meio-dia em sua casa na Avenida GIOVANNI GRONCHI, na zona sul de SÃO PAULO, por policiais da Divisão de Capturas, de acordo com a Secretaria de Segurança Pública. RAFAEL foi levado para o CDP VILA INDEPENDÊNCIA, onde foi colocado no setor de inclusão por volta das 13:40 horas. Um alvará de soltura foi levado ao local por volta das 17:30 horas. Os advogados dele haviam pedido hábeas corpus na Justiça. O cantor saiu do CDP às 19:30 horas. RAFAEL foi acusado de roubar seis mil reais e um revólver do PM CARLOS AUGUSTO CALAZANS PEDREIRA em 3 de setembro de 1998, em SANTO AMARO. Ele teria cometido o crime em parceria com ELIANA DOS SANTOS, a “VERA VERÃO”. RAFAEL já teve problemas com drogas e chegou a ficar internado em clínicas para tratamento. Durante crises, engoliu pilhas e isqueiros para chamar a atenção dos médicos. Disse ter tentado suicídio duas vezes e teve diversas passagens pela polícia.



Está marcado para o dia 3 de maio, às 8 horas, o julgamento do jornalista ANTÔNIO MARCOS PIMENTA NEVES, no Tribunal do Júri da 1 ª Vara de IBIÚNA. Ele matou com dois tiros a ex-namorada SANDRA GOMIDE, em 20 de agosto de 2000. A data foi fixada hoje pelo juiz GLÁUCIO ROBERTO BRITES DE ARAÚJO. PIMENTA é acusado de homicídio duplamente qualificado. Segundo o criminalista LUIZ FERNANDO PACHECO, advogado da família de SANDRA, a acusação pretende provar que o crime foi cometido por motivo torpe – “vingança, já que ele não aceitava o rompimento do relacionamento amoroso deles” – e com uso de recurso que impossibilitou a defesa da vítima, “porque ele atirou pelas costas”. A advogada de PIMENTA, ILANA MULLER, foi procurada pela reportagem, mas não foi encontrada para comentar o assunto. O jornalista responde ao processo em liberdade.



O prefeito JOSÉ SERRA enfrentou hoje o maior protesto popular desde que assumiu a administração municipal há pouco mais de um ano. Ao inaugurar duas escolas na VILA MARIA, na zona norte, ele quase não conseguiu discursar por causa do empurrra-empurra e dos gritos de manifestantes que cobravam moradia. SERRA disse que o ato foi orquestrado e culpou o PT. Mas manteve a calma durante todo o protesto. O prefeito é pré-candidato do PSDB à Presidência.



A 32 metros de profundidade, na esquina da Rua da CONSOLAÇÃO com a Rua PIAUÍ, um novo caminho no subsolo começou a ser traçado nessa semana. Pelo poço do MACKENZIE, os operários das obras da Linha 4 AMARELA (LUZ-VILA SÔNIA) do Metrô deram início às escavações da futura estação HIGIENÓPOLIS, que entrará em operação em 2012. Homens e máquinas escavarão túneis em duas direções sob a Rua da CONSOLAÇÃO – um no sentido da estação REPÚBLICA e outro no da PAULISTA. O corpo da estação, em seu estado bruto, deve estar concluído até o final deste ano. O miolo do corpo já está escavado. O próprio poço de 32 metros de profundidade e 19,5 de diâmetro, por onde vão entrar operários e máquinas para a escavação, será usado como futuro acesso para o mezanino – onde ficarão as escadas rolantes. Ali embaixo também existe um túnel de ligação pronto, no sentido transversal à Rua da CONSOLAÇÃO, com 36 metros de extensão e 18 metros de altura, por onde os passageiros vão circular. O que será feito agora é o túnel no sentido por onde passarão os trilhos do Metrô. As plataformas da estação HIGIENÓPOLIS deverão estar prontas para que, em julho de 2007, o “shield” ou supertatuzão possa passar por ali e seguir escavando até a estação da LUZ. O “shield” está sendo fabricado na ALEMANHA e deve chegar ao BRASIL na metade de 2006. Ele começará a escavação do túnel, ligando uma estação à outra, pela FARIA LIMA. Embora a inauguração da LINHA 4 esteja prevista para dezembro de 2008, a estação HIGIENÓPOLIS não será aberta ao público nesta data. Ela faz parte da segunda fase de obras e terá até 2012 parar receber os acabamentos finais – como escadas rolantes e catracas. Segundo BUONCOMPAGNO, as obras para o futuro estacionamento de trens embaixo da Rua da CONSOLAÇÃO também estão a plexo vapor. Pelo poço JOSÉ EUSÉBIO, já pronto na altura do número 1.837 da rua, os operários vão escavar um túnel de 474 metros de comprimento, onde ficarão estacionados os trens. Essas obras, que começaram no dia 10 de janeiro, vão durar 14 meses. O poço, depois que os trens estiverem circulando, servirá para ventilação e saída de emergência.



FALECEU a Professora GENIE DUFFLES FURIA, aos 90 anos. Essa senhora pertenceu ao MOVIMENTO CONSTITUCIONALISTA de 1932, quando trabalhou, como voluntária, nos CORREIOS, de RIBEIRÃO PRETO. Seu corpo foi enterrado também nesta sexta-feira, no Cemitério do ARAÇÁ.



Número 1 do mundo, o suíço ROGER FEDERER enfrentará o surpreendente cipriota MARCOS BAGHDATIS – e sua barulhenta torcida – na decisão do ABERTO DA AUSTRÁLIA, no domingo, a partir das 6:30 horas (de BRASÍLIA). Será uma experiência inédita para o suíço, que nem sequer enfrentou ANDRE AGASSI em NOVA YORK, na final do US OPEN de 2005, teve desafio semelhante. A clima esperado para a ROD LAVER ARENA é o de um jogo de futebol depois que a grande colônia grega em MERBOURNE adotou BAGHDATIS. FEDERER está em busca do 7º título de GRAND SLAM e o 35º da carreira. É o favorito e está jogando um tênis de alto nível, mas sabe que em uma final há outros ingredientes decisivos. BAGHDATIS perdeu três vezes de FEDERER, mas leva para a quadra as cores da torcida de milhares de imigrantes gregos em MELBOURNE, atraídos pela intimidade com o idioma. Na semifinal diante de DAVID NALBANDIAN, o prefeito da capital NICÓSIA, MICHAEL ZAMBOLAS, decretou feriado para todos poderem assistir à partida.



Uma torção no tornozelo direito durante treinamento em FLORIANÓPOLIS vai forçar GUSTAVO KUERTEN a adiar a volta ao circuito profissional. GUGA estava inscrito para jogar o ATP TOUR DE VIÑA DEL MAR, a partir de segunda-feira, mas já cancelou a viagem para o CHILE. O tenista acredita que estará recuperado a tempo de defender o BRASIL na primeira rodada do GRUPO 1 da Zona americana da COPA DAVIS, diante do PERU, entre os dias 10 e 12, na cidade de ÁSIA, no PERU.



Milhares de partidários da FATAH, o partido governista palestino derrotado pelo grupo HAMAS nas eleições de quarta-feira, fizeram hoje irados protestos na FAIXA DE GAZA, queimando carros e atirando para o ar. Os manifestantes exigiram a renúncia imediata dos funcionários corruptos e insistiram em que a FATAH não integre um governo com o HAMAS. Em toda a FAIXA DE GAZA os protestos reuniram entre 15 mil e 20 mil pessoas diante da representação do Parlamento em GAZA, da casa do presidente da AUTORIDADE PALESTINA, MAHMUD ABBAS – que está em RAMALLAH, na CISJORDÂNIA – e das sedes das forças de segurança. Entre os manifestantes estava MOHAMAD DAHLAN, um dos poucos dirigentes da FATAH que se elegeu no território. Os partidários da FATAH atribuem a vitória do HAMAS à ampla corrupção na administração política.



Na madrugada, assisto o 20º capítulo de “24 HORAS”, dentro do quarto seriado. Os acontecimentos se dão na madrugada, entre 2 e 3 horas. CLÓE acaba de abater o terrorista que pretendia matá-la, bem como a namorada de SAMIR.

PALMER, o antigo Presidente da República, é chamado à CASA BRANCA para auxiliar o presidente LOGAN. Este, conta a PALMER os erros cometidos por ele em tão pouco tempo, acha que não está em condições de tomar decisões e conta também o roubo da ogiva nuclear. Pede-lhe para dirigir as ações com amplos poderes. PALMER e MIKE conversam abertamente sobre o que aconteceu na gestão anterior (terceiro seriado), quando MIKE chegou a sabotar a administração PALMER.

A UCT descobre a ligação de MARWAN com um chinês nos arquivos do terrorista SAMIR.

PAUL RAINER continua no hospital em precárias condições, após a operação sofrida. BAUER chega no momento em que AUDREY está na companhia do ex-marido. Agradece a ele por ter-lhe salvo a vida (PAUL se colocou à frente de BAUER quando um terrorista tentou matá-lo.

PALMER conversa com BAUER e quer a captura do chinês LEE WONG. A fita de vídeo com as ameaças de MARWAN chega na UCT e é examinada. PALMER pede ao cônsul chinês a entrega de LEE, que se homiziou no consulado quando se julgou ameaçado por MARWAN.

BAUER vai para o consulado para trazer LEE sob custódia para ser interrogado. Mas sua missão é secreta, pois deverá entrar no consulado e seqüestrar LEE. Sob intenso tiroteio, BAUER retira LEE do consulado, mas este recebe um tiro e está muito mal.

Através de uma intérprete, LEE é interrogado por BAUER. Ele sabe onde está MARWAN mas quer imunidades totais para poder divulgar. BAUER entra em contato com PALMER que irá providenciar o papel da garantia exigida.

No ataque ao consulado, no tiroteio, o cônsul chinês foi morto. Isso cria um impasse internacional e o substituto do cônsul determina imediata averiguação do que aconteceu. As suspeitas recaem sobre o serviço de combate ao terrorismo dos EUA. Na UCT, BUCAHANAS fica contra a ação do resgate de LEE, pois tudo foi feito em segredo, entre BAUER e o ex-presidente PALMER.

A situação de LEE é crítica. Ele precisa ser operado imediatamente. Mas acontece uma desgraça. PAUL também tem uma recaída e está sendo operado quando BAUER invade o hospital com LEE, exigindo, de arma em punho, a operação de LEE. O médico é obrigado a atender a determinação de BAUER e com isso acarreta a morte de PAUL RAINES.

AUDREY fica possessa com a atitude de JACK BAUER e o culpa, aos gritos, por ter matado o seu ex-marido.



O ex-presidente alemão JOHANNES RAU (1999-2004), uma das principais figuras políticas do país, morreu nesta sexta-feira. RAU dedicou-se a aprofundar os laços com ISRAEL, em cujo Parlamento foi pedir desculpas pelas atrocidades cometidas durante os judeus durante a II GUERRA. Seu governo foi marcado por medidas polêmicas, como a defesa do uso do véu por professoras muçulmanas em escolas alemãs e a resistência às pesquisas genéticas. Aos 75 anos, em BERLIM.



2 007 : - SÁBADO

Estou ressabiado com o meu computador. Ontem, digitalizando, sumiu um arquivo. Tive de recompô-lo graças ao disquete. Telefonei para a BIG TV e conversei com MARCELO GUERRA. Durante um bom tempo ele me orientou a desconectar cabos, entrar em direcionamentos no computador e nada adiantou. Marcou um técnico para comparecer em casa na segunda-feira.

Mesmo assim, consigo colocar as notícias atrasadas. Hoje, pela manhã, não tenho as mesmas dificuldades. No ano passado, o arquivo de 27 de janeiro ficou comprometido neste computador. Graças ao computador da Sociedade Veteranos de 32-MMDC, em 2006, consegui imprimir essa data. Agora, estou tentando acertar o 27 de janeiro de 2007 digitalizando partes do dia. Na segunda-feira, dia 29, vou-me valer novamente do computador do MMDC para acertar tudo.

LUCINDA levantou com problemas de zumbido num dos ouvidos. Ela fica muito irritada com essa situação. Mesmo com esse problema, trabalha o dia todo, procurando “esquecer” o que está se passando com ela. Vai melhorando aos poucos.

À noite, somos convidados pelo NELSON e SORAYA EL MOUALLEM para a festa dos dez anos do BRUNO. Muita gente na casa da mãe da KÁTYA, principalmente crianças. Também está aniversariando o filho da PITUCHA, o GUILHERME. Converso muito com o Sr TOUFIK, pai da SORAYA. Ele conhece a fundo a parte internacional, principalmente a guerra do IRAQUE. Ele se declara xiita. É visceralmente contra a política norte-americana de BUSH. Ficamos até meia-noite nessa festa, saindo após o momento em que BRUNO e GUILHERME apagam as velinhas do bolo.



DIÁRIO OFICIAL PUBLICA A TRANSFERÊNCIA PARA A RESERVA DO TENENTE-CORONEL PM RENALDO RODRIGUES DE CARVALHO, do CPAM-11. Nasceu em 10 de agosto de 1957. Entrou na PMESP no dia 13 de dezembro de 1975. Foi declarado ASPIRANTE A OFICIAL em 15 de dezembro de 1979. PROMOÇÕES: 2o. TENENTE – 25 de agosto de 1980; 1o. TENENTE – 24 de maio de 1984; CAPITÃO – 25 de agosto de 1989; MAJOR – 24 de maio de 2001; TENENTE-CORONEL – 15 de dezembro de 2005.



O corpo do GENERAL-DE-DIVISÃO CARLOS DE MEIRA MATTOS foi sepultado, hoje à tarde, no Cemitério SÃO JOÃO BATISTA, no RIO DE JANEIRO. Considerado um dos maiores estrategistas militares brasileiros, ele faleceu ontem, nesta Capital, aos 92 anos. Paulista de SÃO CARLOS, veio jovem para SÃO PAULO, para estudar. Aos 19 anos, quando se preparava para ingressar na Faculdade de Direito, foi atraído pela carreira das armas ao alistar-se nas forças paulistas durante a REVOLUÇÃO CONSTITUCIONALISTA DE 1932, ao fim da qual, por concurso, ingressou como cadete na Escola Militar do REALENGO. Cadete do MARECHAL JOSÉ PESSOA, como capitão, na Força Expedicionária Brasileira (FEB), lutou destacadamente contra os nazi-fascistas, na 2ª GUERRA MUNDIAL. Recebeu a BRONZE STAR do Exército Norte-Americano e citação do Comandante da FEB por haver atingido, à frente de todas as demais, as posições que caracterizam a conquista do objetivo: MONTE CASTELO – vitória símbolo da FEB na Campanha da ITÁLIA. Enriqueceu o acervo intelectual da Escola de Comando e Estado-Maior do Exército, com aprofundadas análises estratégicas e geopolíticas. Participou da evolução da Escola Superior de Guerra e, por muitos anos, no Centro de Estudos Estratégicos da Escola, de sua revalorização. Doutorou-se, em 1983, pela Universidade MACKENZIE de SÃO PAULO. Deixa vasta obra literária publicada, referências para geopolíticos de todo o mundo. Promovido a GENERAL-DE-BRIGADA em 1968, recebeu a terceira estrela como GENERAL-DE-DIVISÃO, em 1973, deixando o serviço ativo do Exército, quando era o vice-chefe do Estado-Maior das Forças Armadas. Teve participação de destaque no Movimento de 1964. Foi, entre outros cargos, subchefe do gabinete militar da Presidência da República, no governo CASTELLO BRANCO; adido militar na BOLÍVIA; comandante do Destacamento Brasileiro da Força Interamericana de Paz; presidente da Comissão Especial para o Ministério da Educação e Cultura; comandante da Academia Militar das Agulhas Negras. Sua última contribuição à cultura foi como Conselheiro de Estratégia e Geopolítica do Centro de Estudos THEMAS, no RIO DE JANEIRO.



Coube ao CORINTHIANS o vexame de ser o primeiro clube grande a perder para um pequeno no PAULISTÃO: 2 a 1 para o ITUANO, hoje, no PACAEMBU lotado. E ficou barato. Pelas chances que teve, o time de ITU poderia ter até goleado. A derrota marcou o fim de uma série de doze jogos invictos do time do PARQUE SÃO JORGE – 9 no BRASILEIRO de 2006 e 3 no CAMPEONATO PAULISTA 2007. O CORINTHIANS não perdia desde a partida contra o FLAMENGO, pela 29ª rodada do BRASILEIRO, no MARACANÃ, por 3 a 0. Quem acabou com o jogo foi o veterano SORATO, 37 anos, autor de dois gols.



De volta aos grandes momentos, SERENA WILLIAMS conquistou seu oitavo troféu de GRAND SLAM, o terceiro do ABERTO DA AUSTRÁLIA, ao revelar-se forte demais para a nova número 1 do mundo, MARIA SHARAPOVA, e aplicar o incontestável placar de 2 sets a zero, em apenas 63 minutos. Este foi certamente o mais improvável título da carreira da norte-americana. Ela entrou na competição desacreditada e na 81ª posição do ranking. Transformou-se na primeira tenista em 29 anos (CHRIS O´NEAL também ganhou nestas condições como número 111 do mundo em 1976) a vencer em MELBOURNE ocupando ranking tão baixo.



Desaparecida deste setembro passado, segundo a família, a miss BRASIL 2002, TAÍZA THOMSEN está em LONDRES e deve se casar com o polonês que lhe arrumou trabalho, segundo uma estudante de 23 anos que a conheceu na INGLATERRA. A estudante, que não quis ter o nome revelado, é de JOINVILLE, mas conheceu a também joivilense TAÍZA apenas em LONDRES, em 2006. “Um amigo nosso a encontrou. Ela estava procurando albergue, tinha pouca roupa e nenhum dinheiro. A gente a ajudou”, contou a estudante. Segundo a amiga, TAÍZA está brigada com os pais. As duas se falaram por telefone há cerca de três meses. A estudante contou também que na sexta-feira falou com outro amigo de LONDRES. Ele lhe disse que TAÍZA cogitava casar com o namorado, um polonês que arrumou trabalho para a miss de JOINVILLE. Em depoimento, os pais da miss disseram que ela foi morar em SÃO PAULO em 2005, e no ano passado viajou para a EUROPA, provavelmente para LONDRES.



A Polícia Civil acredita que o assassinato do diretor do Centro de Detenção Provisória de MAUÁ, foi um crime encomendado. WELLINGTON RODRIGO SEGURA, de 31 anos, foi morto a tiros por volta das 19 horas de ontem, quando voltava para casa, em seu carro. No veículo também estava uma funcionária do CDP, que costumava pegar carona com a vítima. A vítima levou tantos tiros no rosto que ainda não se sabe quantas balas o atingiram. A passageira também foi baleada, sendo atingida por quatro tiros. Hoje a polícia encontrou o carro usado pelos criminosos. A PARATI estava na Rodovia ÍNDIO TIBIRIÇÁ, a cerca de dez quilômetros do local do crime. Os assassinos tentaram queimar o veículo. O carro foi roubado numa cidade do Interior.



O CONSÓRCIO VIA AMARELA e a seguradora das obras da Estação PINHEIROS do Metrô comunicaram que, ontem à noite, foi fechado o acordo para a indenização de EDIVONEIDE PEREIRA DOS ANJOS, proprietária do microônibus soterrado no desabamento do último dia 12. A van de EDIVONEIDE era usada pela TRANSCOOPER, cooperativa que trabalha com veículos particulares. O acordo foi definido 14 dias após o acidente.

Hoje pela manhã, a Defesa Civil e o Consórcio VIA AMARELA demoliram um galpão localizado na Rua GILBERTO SABINO, nas proximidades da obra da Estação PINHEIROS. No local, funcionava uma tapeçaria. O prédio fora condenado pela Defesa Civil porque ameaçava ruir. De acordo com o órgão, até o momento, dos 55 imóveis interditados após o acidente, cinco casas e a tapeçaria foram já derrubadas. Outras duas residências também foram parcialmente demolidas.



Gritando frases como “tragam nossos soldados de volta”, cerca de 100 mil pessoas se reuniram hoje no Capitólio, em WASHINGTON, para protestar contra a guerra no IRAQUE e criticar o governo do presidente GEORGE W. BUSH, que há duas semanas anunciou o envio de mais 21.500 soldados ao país. A manifestação – que reuniu veteranos de guerra, parentes de militares, senadores, grupos pacifistas e atores – acontece no momento em que o Congresso, agora sob controle democrata, revê a estratégia político-militar de BUSH. O presidente, entretanto, já afirmou diversas vezes que as críticas não o farão mudar de idéia. O fracasso no IRAQUE tem derrubado a popularidade de BUSH aos mais baixos níveis desde que assumiu.



Um ataque suicida próximo à maior mesquita sunita da cidade de PESHAWAR, no noroeste do PAQUISTÃO, causou a morte de quinze pessoas neste sábado, deixando outras 30 feridas. O ataque ocorreu um dia após um atentado suicida contra o Hotel MARRIOTT, em ISLAMABAD, capital do país, matando duas pessoas e ferindo outras 7.



Três palestinos morreram hoje em um tiroteio perto da Universidade Islâmica da Cidade de GAZA, em mais um dia de conflito entre militantes dos grupos rivais FATAH e HAMAS. Duas pessoas atingidas em confrontos anteriores também morreram hoje, elevando para 20 o número de mortos desde que o novo ciclo de violência começou na quinta-feira, dia 25, quando um membro do HAMAS foi morto perto de um campo de refugiados de JABALIYA, no norte da FAIXA DE GAZA. Ontem, o dia mais violento desde que o HAMAS assumiu o poder em março, quinze pessoas morreram.



2 008 : DOMINGO

DIÁRIO DE SÃO PAULO PUBLICA A SEGUINTE NOTÍCIA:

A VIDA CURTA DE OFICIAIS LINHA-DURA. Executados em 2004 e 2008, MAJOR ÍCARO e CORONEL HERMÍNIO se formaram juntos e podem ter sido vítimas de colegas de farda.

Quando ouviu a notícia do assassinato do CORONEL PM JOSÉ HERMÍNIO RODRIGUES, morto no último dia 16 na Zona Norte, um filme passou na cabeça do estudante LEONARDO SANTANA, de 25 anos. Filho do MAJOR PM ÍCARO DEMÉTRIO SANTANA, LEONARDO associou imediatamente a morte do coronel à execução do pai, em 2004, em DIADEMA, no ABC.

HERMÍNIO e ÍCARO se formaram na mesma turma da Academia do BARRO BRANCO, em maio de 1978. Eram considerados símbolos de integridade da PM, oficiais que não pensavam duas vezes antes de “cortar a própria carne”, jargão policial para a punição de colegas de farda que atuam à margem da lei.

“Na hora, um flash voltou na minha mente. Era o mesmo caso”, diz LEONARDO SANTANA.

Quando fala em “mesmo caso”, o filho do MAJOR ÍCARO se refere às suspeitas de participação de policiais militares nos dois crimes. Mais especificamente, o envolvimento de PMs investigados ou punidos pelos oficiais assassinados.

Sobre a investigação do CORONEL HERMÍNIO, a Secretaria de Segurança Pública não se pronuncia. No caso do MAJOR ÍCARO, a apuração indicou que o crime foi cometido por ladrões que roubaram a arma da vítima, versão até hoje contestada pela família.

“Não bateu a história. Troquei a roupa do meu pai. Tinha marca na mão, como se estivesse se defendendo. Ele levou tiros na cabeça e só levaram a arma dele, nunca achada. Foi coisa de profissional”, diz LEONARDO, que sonha virar policial. “A PM é uma corporação gloriosa, mas tem uma banda podre”.

LINCOLN ANDRÉ DE LIMA, de 53 anos, formou-se com ÍCARO e HERMÍNIO na PM e também põe em xeque as investigações. “No caso do ÍCARO, não descobriram nada de concreto. Sobre o HERMÍNIO, é deveras duvidoso algum êxito”, escreveu o colega de turma, que virou advogado.

Morto em 11 de fevereiro de 2004, o MAJOR PM ÍCARO DEMÉTRIO SANTANA se destacou por ter ajudado a implantar a lei seca em DIADEMA, no ABC, e por ter contribuído na investigação que determinou a prisão do ex-soldado da PM OTÁVIO LOURENÇO GAMBRA, o RAMBO, condenado por um assassinato a sangue frio na FAVELA NAVAL, em 1997.

“O ÍCARO me disse que queria pegar mais gente nesse caso. Ele era conhecido por ser linha-dura”, diz LINCOLN DE LIMA, colega de turma na PM.

ÍCARO caiu em emboscada quando voltava para casa, em DIADEMA, vindo de um curso para oficiais em SÃO PAULO. O major desceu do ônibus e caminhava sozinho, fardado. Foi atingido por, pelo menos, dez tiros, cinco deles na cabeça. Só a arma de ÍCARO foi roubada. Dois “ladrões” foram presos e apresentados como suspeitos.

“Esse assassinato do coronel (HERMÍNIO) vai cair no esquecimento, como foi com o meu pai”, diz, desperançoso, LEONARDO SANTANA, um dos três filhos deixados pelo major.

Após perder dois colegas de turma da academia da PM em emboscadas, o advogado LINCOLN ANDRÉ DE LIMA foi ao velório do CORONEL PM JOSÉ HERMÍNIO RODRIGUES, no último dia 16, atrás de respostas. E ouviu uma frase que o indignou: “os dois foram mortos por PMs”. “Ouvi isso da boca de um oficial que sabia o que estava falando”, afirma o advogado. “Senti no velório que alguns oficiais não ajudam na investigação por medo que aconteça algum mal às famílias. Um deles me disse: ‘sabe como é, a gente tem família’”, diz.

JOSÉ HERMÍNIO RODRIGUES era chefe do policiamento militar da Zona Norte da Capital e ajudava nas investigações da Corregedoria da PM a respeito do suposto envolvimento de policiais militares em grupo de extermínio que age na região.

O coronel morreu aos 48 anos, mesma idade do MAJOR PM ÍCARO, quando foi assassinado. “Tanto o HERMÍNIO como o ÍCARO tinham muita disposição para tomar providências, não se acomodavam”, diz LINCOLN. “Tem muito oficial que, depois de um ponto, passa a se preocupar só com aposentadoria”.



Passo um domingo tranqüilo, lendo os jornais e tratando de meus arquivos. Penso numa possível palestra que poderei fazer no CSM-MTEL, no dia 31 de janeiro. Nada está acertado definitivamente. Faltam contatos dos oficiais daquela Unidade. Lendo recortes de jornais, a respeito da Revolução Constitucionalista de 1932, coloco em minhas memórias outros dados. Também leio algumas páginas do livro “ONDE ESTÁ TERESA?, de ZÍBIA GASPARETTO.



O placar de 0 a 0 pode até sugerir que o clássico CORINTHIANS x SÃO PAULO, no MORUMBI, tenha sido sem graça. Mas quem assistiu ao primeiro (e talvez o único) duelo do ano entre os dois rivais certamente vai concordar que emoção não faltou ao dérbi – pelo contrário. Afinal, além de as duas equipes terem criado, e desperdiçado, oportunidades claras de gol, sobraram lances polêmicos na partida. E também críticas ao árbitro SÁLVIO SPÍNOLA FAGUNDES FILHO, que conseguiu desagradar a gregos e troianos. Os são-paulinos deixaram o estádio reclamando que SÁLVIO prejudicou a equipe ao anular o gol de cabeça feito por ADRIANO aos 36 minutos do segundo tempo. Também se queixaram de um pênalti sobre DAGOBERTO não marcado pelo juiz. Em contrapartida, os corintianos criticaram o critério adotado pelo árbitro na distribuição dos cartões. Segundo o zagueiro WILLIAM, o volante RICHARLYSON e o lateral-direito JOILSON escaparam injustamente da expulsão. OUTROS RESULTADOS: RIO CLARO 1 x PORTUGUESA 1; PAULISTA 1 x MARÍLIA 0; SERTÃOZINHO 3 x JUVENTUS 0; GUARANI 3 x BARUERI 2; NOROESTE 3 x ITUANO 0.



A Polícia Militar teve muito trabalho para evitar que as torcidas uniformizadas de SÃO PAULO e CORINTHIANS entrassem em confronto antes do clássico. Por volta das 15 horas, integrantes da INDEPENDENTE, a maior facção organizada do TRICOLOR, tentaram arrumar confusão em frente à Praça ROBERTO GOMES PEDROSA. Os são-paulinos levavam caixões com o distintivo do CORINTHIANS e provocavam os torcedores adversários com gritos que lembravam a queda do rival para a Série B do Campeonato Brasileiro. No entanto, o clima esquentou mesmo às 15:30 horas quando cerca de 60 torcedores das uniformizadas do TIMÃO, entre as quais a GAVIÕES DA FIEL, avançaram em direção ao cordão de isolamento preparado pela PM. Os policiais usaram cassetetes e cavalos para reprimir a ação dos vândalos. “Houve um princípio de tumulto, mas fomos rápidos”, disse o MAJOR PM SANTOS, do 2º BPChq.



O mundo do tênis celebra a chegada de um novo rei. Coroado com todas as honras em MELBOURNE PARK, o sérvio NOVAK DJOKOVIC passa a formar um triunvirato com o suíço ROGER FEDERER e o espanhol RAFAEL NADAL, dois talentos supremos da modalidade. Sua vitória no ABERTO DA AUSTRÁLIA, com brilhante atuação sobre o carismático francês JÔ-WILFRIED TSONGA, encerra um ciclo, que vinha desde 2005, de 11 decisões seguidas de GRAND SLAMS, sempre com a presença de FEDERER ou NADAL. Agora é como se os ventos soprassem novos ares, trazendo a expectativa de rivalidades ainda mais emocionantes e com uma quantidade maior de ingredientes, o que deve enriquecer o esporte.



O metalúrgico NELSON APARECIDO ALVES MOREIRA, de 42 anos, morreu, depois de ser atropelado na faixa de pedestres da Avenida VEREADOR ABEL FERREIRA, no TATUAPÉ. O motorista do carro que atingiu a vítima, do comerciante FERNANDO DE CAMARGO, de 36 anos, estava embriagado. O acusado, que quase foi linchado pelos moradores da região, está preso. Ele foi indiciado por homicídio doloso.



Três homens foram assassinados dentro de uma loja de bicicletas e peças de motos na periferia de GUARULHOS, ontem à noite. Os atiradores desceram de duas motocicletas e abriram fogo contra as vítimas, que trabalhavam no local. Vizinhos ouviram mais de 20 disparos. Nenhuma testemunha é capaz de reconhecer os criminosos, que usaram capacetes durante a ação. A polícia suspeita que um desmanche de motos funcionava no local.



Com a frase “hoje você morre”, o motorista FRANCISCO DA SILVA FERREIRA, de 27 anos, foi despertado hoje pela manhã, segundo antes de ser assassinado a facadas pelo desempregado ONALDO AMARAL DOS SANTOS, de 37 anos, no JARDIM NOVA CIDADE, em GUARULHOS. O acusado, recém-chegado da BAHIA, onde passou os últimos dois anos, revoltou-se ao saber que a mulher que abandonara com cinco filhos, a auxiliar de limpeza VERA LÚCIA DA SILVA, de 39 anos, estava vivendo com outro homem. ONALDO fugiu após o crime e, até o final da noite, não havia sido capturado pela polícia.



JOÃO VICENTE GOULART, filho do ex-presidente JOÃO GOULART, o JANDO, deposto em 1964 por um movimento militar, afirmou ao jornal “O ESTADO” ter certeza de que uma investigação sobre a morte de seu pai comprovaria que ele foi envenenado por substâncias colocadas por militares uruguaios nos medicamentos que tomava, a pedido da ditadura brasileira. Depois de muitas suspeitas, em novembro de 2006 JOÃO VICENTE ouviu do uruguaio MÁRIO NEIRA BARREIRO, preso em CHARQUEADAS (RS), a revelação de que participara da vigilância a JANGO e do seu assassinato.



Nem mesmo a idade avançada e o calor de mais de 35ºC conseguem segurar a matriarca dos VELOSOS em casa. Neste domingo, DONA CANÔ foi o centro das atenções da festa de NOSSA SENHORA DA PURIFICAÇÃO, realizada nas ruas de SANTO AMARO DA PURIFICAÇÃO, interior da BAHIA. Aos 100 anos – completados em setembro de 2,007 – ela se vestiu de branco e acompanhou parte do cortejo que precedeu a lavagem da escadaria da Igreja Matriz. A seu lado estavam as filhas MARIA BETHÂNIA e NICINHA. CAETANO VELOSO não pôde comparecer ao evento.



Esse depoimento foi o principal elemento de um pedido de reabertura das investigações da morte de JANGO, por meio de uma ação civil pública entregue por JOÃO VICENTE à Procuradoria Geral da República em novembro de 2007. Até ele arrancar, em primeira mão, há 14 meses, a revelação de NEIRA BARREIRO, apenas se suspeitava que JANGO pudesse ter sido assassinado. Mas o pedido não ancorou, também, em documentos secretos liberados nos EUA, em uma entrevista do ex-embaixador americano no BRASIL, LINCOLN GORDON, e no depoimento do ex-governador LEONEL BRIZOLA a uma CPI da Câmara, em 2000.

NEIRA BARREIRO confessou que fez parte de um grupo militar uruguaio montado para vigiar JANGO em sua fazenda LA VILLA, no município de MERCEDES. O pedido para assassinar JANGO teria sido transmitido a militares uruguaios pelo delegado SÉRGIO FLEURY, que teria atribuído a decisão ao então presidente ERNESTO GEISEL.



Oito partidários da oposição libanesa foram mortos hoje a tiros em BEIRUTE, depois de uma operação do Exército para acabar com um protesto contra cortes de energia. Segundo uma fonte não identificada citada pela agência REUTERS, todos os mortos eram membros dos partidos xiitas HEZBOLLAH e AMAL – que há mais de um ano estão em um impasse político com a coalizão governista anti-SÍRIA. A violência começou quando atiradores não identificados se aproveitaram da ação do Exército – considerado neutro na crise política – para disparar contra um ativista do AMAL. Outros 29 manifestantes ficaram feridos nos confrontos de rua, os piores a ocorrer no país desde a guerra civil.



Morreu hoje, na capital JACARTA, o ex-ditador indonésio MOHAMMAD SUHARTO, de 86 anos. SUHARTO, que de 1967 a 1998 governou o país com mão-de-ferro, foi internado no dia 4 de janeiro depois de passar vários dias doente em casa. Hoje, seu estado de saúde piorou e ele entrou em coma, morrendo em seguida com falência múltipla dos órgãos.

O presidente da INDONÉSIA, SUSILO BAMBANG YUDHOYONO, decretou luto oficial por sete dias e uma multidão acompanhou o corpo do hospital para sua casa, onde foi velado.

Líderes mundiais destacaram a estabilidade e o crescimento econômico do país durante os 32 anos de governo de SUHARTO. No entanto, esse período no poder, encerrado em meio a protestos em 1998, também foi caracterizado por escândalos de corrupção, massacres e violações de direitos humanos, sobretudo nas regiões separatistas, como PAPUA e TIMOR LESTE. Foi um dos mais cruéis e corruptos governantes do século XX. Militar de carreira, abriu a bala o caminho para o poder. Foi um dos generais que, em 1965, desbarataram a guerrilha comunista que assolava o país. Por seu desempenho, ascendeu a comandante do Exército. Nesse posto, passou a controlar o governo indonésio.

Em 1968, foi eleito presidente, cargo que ocupou pelos trinta anos seguintes.



Faleceu GORDON HINCKLEY, que presidiu a igreja mórmon desde 1995. Carismático, HINCKLEY foi um dos grandes responsáveis pela popularização de sua religião, que hoje conta com 13 milhões de seguidores. Aos 97 anos, de morte natural, em SALT LAKE CITY.





Descoberta uma mala com 3.500 fotos inéditas de ROBERT CAPA, o lendário húngaro fotógrafo das guerras. As imagens são da Guerra civil Espanhola e foram deixadas por CAPA em PARIS, em 1939, quando se mudou para os ESTADOS UNIDOS. Ele morreu em 1954 convencido de que o material estava perdido. A valise reapareceu na CIDADE DO MÉXICO depois de meio século oculta. Os negativos serão recuperados pelo CENTRO INTERNACIONAL DE FOTOGRAFIA, em MANHATTAN.



2 009 : - TERÇA-FEIRA

JOSÉ, irmão da LUCINDA, vem cedo aqui em casa. Ele foi chamado pela LUCINDA para fazer alguns reparos no telhado da hemeroteca, por causa daquela forte chuva de sábado. Também fará um trabalho na porta que separa o cômodo onde estão os jornais do quintal, onde entrou muita água também. O pior é que ameaça cair mais água na tarde desta terça-feira.

Na tarde, no MMDC, estou reunido com o CORONEL PM MENDES e GINO STRUFFALDI. Este é entrevistado pela repórter DANILA, da Editora ABRIL. Fornecemos a ela o capítulo sobre o veterano GINO publicado no livro de LEONARDO LELLIS, bem como a entrevista que ele prestou em SANTA MARIA, em janeiro do ano passado. MENDES me faz presente de uma agenda de 2009.

Atendo um telefonema do Professor ADILSON CÉZAR, presidente do Instituto Histórico, Geográfico e Genealógico de SOROCABA. Quer saber de alguns detalhes sobre a solenidade de 21 de janeiro, planejada pela doutora NELLY CANDEIAS, presidente do IHGSP. Era para ser feito um DVD sobre essa cerimônia, mas a pessoa contratada para isso não compareceu.

Atendo o ROSS nesta tarde. Ele andava arredio nos últimos anos, principalmente por ter contraído uma dívida para comigo e ter “esquecido” disso. Vem pedir o meu auxílio numa das costumeiras “safadezas” feitas pela CAPEMI, cobrando juros escorchantes de seus clientes. Converso, via fone, com o ROMAGNOLI. Ele irá indicar um advogado bom nesse negócio.

Deixamos a Sociedade por volta das 16 horas. Está chovendo. Em GUARULHOS, quando desço do ônibus, preciso me resguardar no coberto do ponto, inclusive subindo no assento porque os carros passam jogando água nas pessoas que ali se encontram. Durante meia hora, em companhia de outros “sofredores”, vemos a chuva cair, de maneira violenta. Fico pensando em como está a hemeroteca com toda essa água.

Mais tarde, quando há uma parada na chuva, LUCINDA vai comigo até a casa onde estão guardados meus jornais. O trabalho feito pelo JOSÉ, pela manhã, agüentou o temporal desta tarde.



O temporal que atingiu GUARULHOS, que durou quase duas horas, complicou o trânsito em diversas avenidas no horário de pico, atrapalhou a saída escolar e deixou muita gente presa embaixo de marquises, a espera do fim da chuva. Com apenas 15 minutos do início do dilúvio, a Avenida PAULO FACCINI, região central, ficou alagada. O trânsito ficou congestionado em diversas ruas do Centro, como na JOÃO GONÇALVES, CAPITÃO GABRIEL, SETE DE SETEMBRO e JOSÉ TRIGLIA, além da Avenida MONTEIRO LOBATO.



Com a presença em campo do recém-contratado EDMÍLSON e do goleiro MARCOS – que ainda não havia jogado em 2009 – o PALMEIRAS venceu hoje o MARÍLIA por 3 a 0, no PALESTRA ITÁLIA. Com o resultado, obtido sem sustos, chegou aos nove pontos e lidera o PAULISTÃO com 100% de aproveitamento. O SANTO ANDRÉ venceu a PONTE PRETA por 1 a 0.



ROGER FEDERER atropelou JUAN MARTIN DEL POTRO pelas quartas-de-final do ABERTO DA AUSTRÁLIA. O campeão NOVAK DJOKOVIC não resistiu ao calor e desistiu no meio da partida com ANDY RODDICK. No torneio feminino, a russa DINARA SAFINA bateu a australiana JELENA DOKIC e disputará a semifinal contra outra russa, VERA ZVONAREVA, que não teve trabalho para vencer a francesa MARION BARTOLI.



Uma nutricionista de 23 anos está internada desde o dia 30 de dezembro, no Centro de Tratamento Intensivo do Hospital FELÍCIO ROCHO, em BELO HORIZONTE, com infecção grave. ALINE WINKLER BORGES tem diabetes e contraiu pneumonia provocada por uma bactéria. O quadro da jovem evoluiu para um choque séptico que levou à amputação da ponta dos dedos da mão e uma parte do pé. O caso é semelhante ao da modelo MARIANA BRIDI, que morreu no último sábado em decorrência de complicações causadas por infecção generalizada.



Por volta das 20:30 horas, um suspeito baleou um policial rodoviário estadual, roubou sua viatura e fugiu em JUNDIAÍ, a 60 km de SÃO PAULO. O policial teria ido sozinho atender a uma ocorrência de acidente de trânsito. Encontrou uma caminhonete HILUX parada no acostamento da Rodovia dos Bandeirantes, altura do km 51. Ao se aproximar da janela do motorista foi baleado no pescoço pelo suspeito. O atirador abandonou a caminhonete no local e fugiu na viatura do policial, que ficou sangrando no chão. Motoristas que passaram viram a cena e chamaram socorro. O policial foi levado em estado grave para o Pronto Socorro de JUNDIAÍ. A viatura foi encontrada abandonada na altura do km 58 da rodovia. O suspeito ainda não foi localizado.



Após cinco dias presa por tentativa de furto, a pichadora CAROLINE PIVETTA DA MOTTA, de 24 anos, deixou a Penitenciária de SANT´ANA, nesta tarde. CAROLINE ficou conhecida ao pichar, junto com 40 pessoas, as paredes da 28ª Bienal Internacional de São Paulo, o que lhe rendeu 53 dias de cadeia.



Uma mulher deu à luz oito bebês em LOS ANGELES, nos ESTADOS UNIDOS. Os seis meninos e duas meninas nasceram por cesariana no Centro Médico KAISER PERMANENT BELLFLOWER. Os bebês passam bem. Todos eles nasceram em apenas cinco minutos. Deverão ficar até oito semanas em incubadoras. As primeiras 72 horas são cruciais para eles. A identidade da mãe não foi revelada. Foi o segundo nascimento de oito bebês nos ESTADOS UNIDOS em dez anos. O primeiro caso ocorreu em 1998, em HOUSTON, no TEXAS. Um dos bebês morreu uma semana depois, mas os demais estão vivos e recentemente comemoraram seu décimo aniversário. A primeira vez – registrada – em que uma única gestação resultou em oito bebês dói em março de 1967, na CIDADE DO MÉXICO. As crianças morreram após quatorze horas.



Morreu hoje de câncer no pulmão, aos 76 anos, o escritor JOHN UPDIKE. Um dos principais autores americanos da atualidade, ele escreveu, principalmente, sobre a vida nos subúrbios dos EUA. A obra mais conhecida de UPDIKE é a tetralogia COELHO (“RABBIT”), formada pelos romances “COELHO CORRE”, “COELHO EM CRISE”, “COELHO CRESCE” e “COELHO CAI”. UPDIKE ficou mais popular quando “AS BRUXAS DE EASTWICK” virou filme em 1987. Em 1994, publicou “BRAZIL”, sobre a história do favelado TRISTÃO e a bela ISABEL.



O governo italiano convocou seu embaixador em BRASÍLIA, MICHELE VALENSISE, que embarcou hoje para ROMA. O gesto representou um protesto contra a concessão de refúgio político ao extremista CESARE BATTISTI, condenado a prisão perpétua na ITÁLIA. A iniciativa foi tomada após a Procuradoria-Geral da República brasileira recomendar ao STF o arquivamento do processo de extradição de BATTISTI. Para a Procuradoria, que antes tinha se manifestado a favor da extradição, o processo perdeu o sentido com a decisão do ministro da Justiça, TARSO GENRO, de dar a BATTISTI o status de refugiado político. O subsecretário de Relações Exteriores da ITÁLIA, ALFREDO MANTICA, se declarou tão “indignado” com a atitude do BRASIL, que chegou a recomendar o cancelamento do jogo amistoso entre as seleções dos dois países, marcado para o dia 10 de fevereiro. MANTICA sugeriu ainda que a ITÁLIA, atualmente na presidência do G-8, vai dificultar a aproximação do BRASIL com o grupo que reúne as oito maiores economias do mundo.



O presidente LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA visitou hoje o vice-presidente JOSÉ ALENCAR, no hospital SÍRIO-LIBANÊS. Às 14:43 horas, acompanhado do filho mais velho de ALENCAR, JOSÉ CHRISTIANO, o presidente entrou na UTI do hospital e se aproximou do leito onde ALENCAR se recupera da cirurgia para retirada de tumores na região abdominal. ALENCAR ainda respira por aparelhos na UTI, mas os médicos decidiram hoje suspender a aplicação de sedativos.



Rodeado por deputados, senadores, ministros e militantes do movimento sindical, o presidente LULA participou hoje à tarde de solenidade em SÃO PAULO em comemoração dos 86 anos de instituição da Previdência Social no BRASIL. O evento foi mais uma oportunidade para promover a ministra-chefe da Casa Civil, DILMA ROUSSEFF, como candidata preferida à sua sucessão em 2010. À noite, o presidente participou ao lado de DILMA de outra cerimônia, mas dessa vez teve de dividir espaço com várias personalidades do tucanato, entre elas o governador JOSÉ SERRA, que pretende ser o adversário da petista na disputa pela Presidência, e o ex-presidente FERNANDO HENRIQUE CARDOSO.

Mais tarde, em meio a uma platéia em que se destacavam tucanos como SERRA, FERNANDO HENRIQUE, o vice-governador ALBERTO GOLDMAN, o secretário da Casa Civil ALOYSIO NUNES FERREIRA, além do prefeito GILBERTO KASSAB, LULA e DILMA participaram da cerimônia do DIA INTERNACIONAL EM MEMÓRIA DAS VÍTIMAS DO HOLOCAUSTO em uma sinagoga em SÃO PAULO. O governador da BAHIA, JAQUES WÁGNER, também marcou presença, bem como secretário especial dos Direitos Humanos, PAULO VANNUCCHI.



O escritor e cineasta RUDÁ DE ANDRADE, filho de OSWALD DE ANDRADE e PATRÍCIA GALVÃO, a PAGU, morreu hoje, aos 78 anos, em BRAGANÇA PAULISTA. Ele estava hospitalizado, recuperando-se de uma cirurgia no fêmur, quando sofreu uma parada cardíaca, no início da tarde. Nascido em SÃO PAULO, em 25 de setembro de 1930, RUDÁ REHDER DE ANDRADE era formado em cinema na ITÁLIA, onde trabalhou com VITTORIO DE SICA.

Foi um homem atuante em favor do cinema nacional. Nos anos 150 foi conservador da Cinemateca Brasileira, da qual era ainda conselheiro, e, na década de 1960, participou da fundação do curso de cinema da Universidade de São Paulo, onde lecionaria dez anos. Foi também um dos criadores do Museu da Imagem e do Som, que dirigiu entre 1970 e 1981.

Em 1983, recebeu o Prêmio JABUTI, na categoria BIOGRAFIA E MEMÓRIAS, por CELA 3 – A GRADE AGRIDE livro de viagem que descrevia as prisões européias. Dirigiu também filmes, como o documentário PAGU, sobre a trajetória de sua mãe.



Choveu forte em BELÉM. Mas isso não impediu a tradicional marcha de abertura do FÓRUM SOCIAL MUNDIAL, a maior feira de idéias alternativas do planeta. Mesmo encharcados, os milhares de participantes, a maioria deles jovens, cruzaram a Avenida PRESIDENTE VARGAS, no centro da cidade, com seus gritos de guerra contra a destruição do meio ambiente, as grandes corporações transnacionais, o capitalismo predatório; e a favor da inclusão social, da solidariedade, do povo palestino, dos índios da Amazônia e outras causas. Também houve gritos contra o presidente LULA, saídos de grupos do PSTU, e a favor, no grupo do PT. A maior novidade foi a ausência do tradicional “fora BUSH” e da bandeira americana queimada. Um garoto que desfilou enrolado na bandeira do povo que elegeu o democrata BARACK OBAMA nem chegou a ser vaiado.



Um grupo palestino desconhecido desrespeitou o cessar-fogo vigente há dez dias entre ISRAEL e o HAMAS, matando um soldado israelense e ferindo outros três com a explosão de uma bomba em uma passagem no lado israelense na fronteira com a FAIXA DE GAZA. O Exército de ISRAEL respondeu com bombardeio contra alvos no território palestino, matando pelo menos uma pessoa. A população de GAZA voltou a temer uma nova onda de ataques de ISRAEL.



Vários líderes mundiais e cerimônias ao redor do planeta lembraram hoje as vítimas do HOLOCAUSTO. Há 64 anos, tropas soviéticas libertaram os prisioneiros do campo de concentração de AUSCHWITZ-BIRKENAU, na POLÔNIA. Em 2005, a ONU proclamou o dia 27 de janeiro como DIA INTERNACIONAL EM MEMÓRIA DAS VÍTIMAS DO HOLOCAUSTO.



2 010 : - QUARTA-FEIRA

Preocupo-me com as goteiras que estão aumentando na entrada da biblioteca. Um telhadista deverá estudar o que precisa ser feito para consertar essa situação que perdura de uns três anos para cá. O irmão da LUCINDA tentou evitar essa situação, mas não conseguiu. Amanhã o AGENOR estará reformando o telhado do “lan house” do PAULO CÉSAR, também afetado por infiltrações de água das últimas chuvas e verificará a situação da laje onde se apresentam as goteiras na entrada da biblioteca.

Embarco para a cidade de São Paulo depois das 11 horas. No MMDC também temos problemas com goteiras e até agora ninguém veio ver isso. A arquiteta JULIANA prometeu conversar com o mestre-de-obras LUIZ FERNANDO. Procuro me entender com o CAPITÃO PM MAURO LOPES, dos bombeiros, explicando a ele o problema do entupimento das calhas do telhado da Sociedade com as folhas que caem das árvores dos bombeiros. Ele prometeu verificar.

Não consigo conversar, via celular, com o CAPITÃO PM HENRIQUE, do Tribunal de Justiça. Não sei se ele foi remanejado com as mudanças que aconteceram recentemente. Fica o recado na secretária eletrônica.

Também mantenho uma conversa telefônica com LUIZ FERNANDO, mestre-de-obras que cuidou da reforma da Sociedade. Explico a ele os problemas que estamos tendo em janeiro com infiltrações de água de chuva no telhado.

Por volta das 16 horas há um aglomerado de nuvens pretas no centro da cidade, anunciando que vem mais chuva nesta data. Venho para casa.



Na preparação para o clássico com o PALMEIRAS, RONALDO foi motivo de alegria e, depois, de preocupação para o CORINTHIANS, no PACAEMBU, no empate por 1 a 1 com o MIRASSOL. Com a sua marca, fez o primeiro gol na temporada – um gol de categoria – mas deixou o campo na etapa final sentindo dores na coxa direita. A lesão não é grave, mas deve tirar o FENÔMENO do jogo de domingo.

O PALMEIRAS das novas caras precisou de um velho conhecido para voltar a vencer. O meia CLEITON XAVIER foi o autor do gol do triunfo sobre o MONTE AZUL por 1 a 0, nesta noite, em RIBEIRÃO PRETO. O time agora lidera o Campeonato Paulista com oito pontos.

O SANTOS deu um baile, em noite inspirada de NEYMAR, no BARUERI, na VILA BELMIRO. A goleada por 5 a 0 poderia ter sido ainda maior não fossem os inúmeros lances desperdiçados na etapa final.

Depois de um excelente início de campeonato, a PORTUGUESA começa a cair. Hoje, na volta ao CANINDÉ, perdeu para o MOGI MIRIM por 1 a 0, jogando um futebol bastante irregular.



O estado de saúde do atacante paraguaio SALVADOR CABAÑAS, ferido na madrugada do dia 25 com um tiro na cabeça em um bar na CIDADE DO MÉXICO, piorou hoje, com o avanço do edema no cérebro. Sedado, ainda corre risco de morte. A equipe médica espera que o inchaço diminua nas próximas 24 horas. Na busca pelos culpados, a polícia mexicana voltou atrás hoje ao constatar que um dos suspeitos anunciados está preso desde o dia 13 de janeiro.



ROGER FEDERER costuma dizer que ganhar dele em GRAND SLAMS é muito mais difícil do que vencê-lo em um torneio comum. NICOLAY DAVYDENKO provou da teoria do número 1 do mundo na prática. Sensação do TORNEIO DA AUSTRÁLIA, o russo começou arrasador. Mas deixou a tão sonhada vaga nas semifinais escapar. O suíço, que havia perdido para DAVYDENKO nos dois últimos encontros – no MASTERS CUP DE LONDRES e no TORNEIO DE DOHA – agora passou pelo russo em quatros sets. Foi a 13ª vitória de FEDERER sobre o mesmo adversário, a quinta em um dos quatro maiores torneios do mundo.

O suíço agora está muito próximo de aumentar para 16 o seu recorde de títulos de GRAND SLAM. Só que antes precisa passar nas semifinais pelo francês JO-WILFRIED TSONGA, que hoje bateu o sérvio NOVAK DJOKOVIC.



Milhares de pessoas fora de suas casas sem saber para onde ir, 15 bairros alagados, fábricas e escolas fechadas, tentativas de saques, alojamentos superlotados e um rio que não para de subir. A 64 km da capital, o município de ATIBAIA, de 119 mil habitantes, assiste à saída de moradores das áreas alagadas. Desde segunda-feira, dia 25, 1,3 mil pessoas deixaram seus imóveis em barcos da Defesa Civil jurando não voltar mais. No total, desde dezembro, 900 famílias – ou 4 mil pessoas – tiveram de abandonar suas residências. Na mesma região, em áreas de encosta e de várzeas nas cidades de PIRACAIA, BOM JESUS DOS PERDÕES e BRAGANÇA PAULISTA, funcionários de prefeituras tentavam, no fim da tarde, remover centenas de moradores de áreas de risco. A água, que chegou a dois metros de altura em algumas ruas, também isolou condomínios fechados, com casas de alto padrão, a maior parte usada por paulistanos nos fins de semana.



No mesmo dia em que o Superior Tribunal de Justiça suspendeu liminarmente a OPERAÇÃO SATIAGRAHA, a Polícia Federal indiciou por corrupção ativa a empresária VERÔNICA DANTAS, irmã do banqueiro DANIEL DANTAS, do Grupo OPPORTUNITY. A PF atribui a VERÔNICA suposto envolvimento na tentativa de suborno do delegado VITOR HUGO RODRIGUES ALVES, a quem DANTAS teria mandado oferecer um milhão de dólares em troca do arquivamento da SATIAGRAHA – inquérito sobre evasão e lavagem de dinheiro.



O dólar fechou hoje em R$1,859, alta de 1,25%, impulsionado pela saída de investidores estrangeiros do país. A moeda americana subiu pelo sétimo dia seguido e atingiu o maior patamar desde o início de setembro. A valorização em janeiro já supera 6%.



A queda de um avião bimotor modelo SÊNECA que partiu de SOROCABA matou, hoje pela manhã, MARIA LEONOR SALGUEIRO GALEAZZI, de 60 anos, mulher do presidente do GRUPO PÃO DE AÇÚCAR, CLÁUDIO GALEAZZI. No acidente, também morreu o piloto JOSÉ ANDREI FERREIRA DOS SANTOS, de 32 anos. Após decolar do aeroporto local, o avião voou por cerca de dez minutos, até cair numa fazenda de IPERÓ, a 120 km da capital.

Paixão pela aviação, e tragédias aéreas marcam a família de MARIA LEONOR. Em 1964, o pai dela morreu quando um avião que pilotava caiu na cidade de RONDONÓPOLIS (SP). O atual prefeito e irmão de MARIA LEONOR, CARLOS SALGUEIRO, conta que a irmã viajava sozinha porque se encontraria com lideranças religiosas para organizar a festa em homenagem à SANTA RITA DOS IMPOSSÍVEIS, padroeira da cidade. Religiosa, ela estava entusiasmada por ser a responsável pela festa que ocorrerá em maio.



Um capitão, um tenente e dois praças da Polícia Militar foram presos por colegas em TABOÃO DA SERRA, acusados de aplicar um golpe para extorquir pedófilos. Detidos no Presídio Militar “ROMÃO GOMES”, na capital, desde o último dia 18, quando o crime foi descoberto, os quatro policiais são todos do 36º Batalhão de Polícia Militar, responsável pela segurança em TABOÃO e em EMBU.

Segundo a corporação, os oficiais usaram duas adolescentes amigas, de 14 e 16 anos, para seduzir empresários e comerciantes em um bar. Após fisgar seus alvos, as meninas seguiam com eles para um motel, onde os PMs armavam um flagrante.

Sob a acusação de pedofilia, os oficiais extorquiam as vítimas para não levá-las à delegacia. A Corregedoria da PM só descobriu o esquema quando o vigia de um motel de TABOÃO viu dois homens armados no local e ligou para a PM. Uma viatura chegou ao endereço, onde encontrou os dois praças à paisana. Aos colegas, os policiais suspeitos disseram que estavam apurando a denúncia de pedofilia. O tenente envolvido no esquema chegou em seguida e confirmou a versão, dizendo que apresentaria o caso na delegacia.

Após tentar enganar os colegas, o trio de PMs exigiu do comerciante dinheiro para não prendê-lo. Horas depois, como ninguém apareceu na delegacia, a PM desconfiou e a Corregedoria da PM foi acionada.

No motel, o comerciante confundiu os PMs da corregedoria com os acusados e disse a eles ter só parte da quantia pedida. Acabou então revelando o que ocorria e os PMs suspeitos foram detidos, acusados de prevaricação. O capitão, que passou mal ao ser detido, foi levado a um hospital e também está preso. À Corregedoria, eles negaram as acusações. A polícia busca outras vítimas e ouvirá as meninas envolvidas no esquema.



O presidente deposto de HONDURAS, MANUEL ZELAYA, partiu hoje para o exílio em um avião cedido pela REPÚBLICA DOMINICANA, encerrando uma crise política que já se estendia por oito meses. Mas, ao sair da embaixada brasileira, onde estava abrigado desde 21 de setembro, ZELAYA prometeu: “Voltaremos, voltaremos.”

O líder deposto chegou hoje à noite em SANTO DOMINGO com XIOMARA, sua mulher, e PICHU, sua filha, horas após o presidente eleito PORFÍRIO “PEPE” LOBO tomar posse. Cerca de dez mil zelaystas despediram-se dele numa base aérea ao lado do aeroporto de TEGUCIGALPA – mesmo local de onde ele foi enviado para a COSTA RICA. Desta vez, a multidão de partidários, de punhos ao ar, cantou o hino quando o avião com o presidente deposto decolou.

Pouco antes da partida de ZELAYA, PEPE recebeu a faixa presidencial prometendo fazer “cicatrizar feridas políticas do passado”. Eleito em novembro já no primeiro turno, ele deverá agir para ser reconhecido como presidente legítimo pelos países que desqualificam sua vitória nas urnas argumentando que a campanha foi conduzida sob um regime de facto.

Em uma ação simbólica, o presidente de facto, ROBERTO MICHELETTI, sancionou, em seu último dia no poder, o decreto que retira HONDURAS da Aliança Bolivariana para as Américas (ALBA), bloco criado pelo venezuelano HUGO CHÁVEZ que reúne países alinhados com seu projeto de governo.



Equipes francesas resgataram hoje uma adolescente dos escombros de uma casa no campus da destruída Universidade St. GERARD, 15 dias após o terremoto que devastou PORTO PRÍNCIPE. Os socorristas colocaram um cobertor térmico sobre DARLENE ETIENNE, de 17 anos, e lhe deram oxigênio enquanto a levavam correndo a um hospital. “Foi um milagre”, disse um socorrista.

“Ela estava em uma cavidade cercada de cimento, muito desidratada, com o batimento cardíaco e a pressão baixos”, disse o porta-voz do serviço de Segurança Civil francês, SAMUEL BERNES. A jovem também tinha uma perna quebrada. Aparentemente, ela ficou soterrada perto do banheiro e teve acesso a água. Socorristas disseram que ela indicou que também tinha uma garrafa de refrigerante.

O presidente haitiano, RENÉ PRÉVAL, afirmou hoje que “quase 170 mil corpos” já foram encontrados desde o dia 12. A cifra é bem superior à estimativa de 150 mil corpos feita pelas autoridades do país. Ele anunciou o adiamento, por tempo indeterminado, das eleições programadas para 28 de fevereiro.



Ao fim de um dia de protestos e luto pela morte, em MÉRIDA, de dois manifestantes, uma onda de boatos tomou conta da VENEZUELA. Segundo esses rumores, militares teriam detido o presidente HUGO CHÁVEZ e o enviado para LA ORCHILA, ilha-prisão para onde foi levado em abril de 2002, numa fracassada tentativa de golpe. Segundo outras informações, ele teria sido assassinado pelos militares, supostamente revoltados com um plano de CHÁVEZ de promover cinco generais cubanos para o alto-comando do Exército venezuelano.

O presidente HUGO CHÁVEZ anunciou o nome dos substitutos do vice-presidente e ministro da Defesa, RAMÓN CARRIZÁLEZ, e da mulher dele, YUBIRÍ ORTEGA, ministra do Meio Ambiente. As demissões, oficialmente por “razões pessoais”, abriram especulações sobre uma crise no gabinete de CHÁVEZ. CARRIZÁLEZ era considerado um dos ministros mais próximos do presidente. Os substitutos pertencem à segunda geração do chavismo. O GENERAL CARLOS MATA FIGUEROA, Chefe do Estado Maior das Forças Armadas, será o novo ministro da Defesa. ELÍAS JAUA acumulará a vice-presidência com seu atual cargo de ministro de Agricultura e Terras. ALEJANDRO HITCHER, ex-presidente da HIDROVEN – organismo acusado pela oposição de não ter evitado o racionamento de água e energia elétrica – responderá pelo Meio Ambiente.



Pelo menos 1.500 turistas estrangeiros ainda esperavam para ser retirados de helicóptero no fim da tarde de ontem, do vilarejo de ÁGUAS CALIENTES, próximo às ruínas incas de MACHU PICCHU, no sudeste do PERU. Os turistas, entre eles cerca de 200 brasileiros, ficaram presos no local por causa das tempestades que atingiram a região.



Uma cerimônia celebrou hoje o 65º aniversário da liberação total dos campos de concentração do complexo AUSCHWITZ, na POLÔNIA, onde mais de um milhão de judeus foram mortos por nazistas no período de 1940-1945. O complexo era formado pelos campos AUSCHWITZ 1 (onde também funcionava a administração), AUSCHWITZ 2 (BIRKENAU) e AUSCHWITZ 3 (MONOWITZ). O tributo marcou o dia em que o Exército Vermelho libertou os campos em 1945, e marca o DIA INTERNACIONAL EM MEMÓRIA DAS VÍTIMAS DO HOLOCAUSTO. Sobreviventes, veteranos do exército soviético e líderes políticos estiveram no local, entre eles o primeiro-ministro de ISRAEL, BENJAMIN NETANYAHU. Para lembrar a data, o presidente israelense, SHIMON PERES, discursou no Parlamento alemão, em hebraico, pedindo que os sobreviventes responsáveis pelo HOLOCAUSTO sejam devidamente julgados.

O presidente dos EUA, BARACK OBAMA, pediu resistência ao antissemitismo em uma mensagem divulgada hoje na CRACÓVIA, POLÔNIA, durante as celebrações pela libertação. Disse que as atuais gerações “devem resistir frente ao antissemitismo e à ignorância” “Temos o dever sagrado de recordar a crueldade que imperou neste lugar”, acrescentou OBAMA.

Em ROMA, o sobrevivente do Holocausto e Nobel da Paz ELIE WIESEL criticou o PAPA PIO XII pelo “silêncio” durante os assassinatos em massa de judeus, em discurso feito no Parlamento. “Seja no nível mais baixo da política ou no nível mais alto da espiritualidade, o silêncio nunca ajuda as vítimas. O silêncio ajuda sempre o agressor”, disse WIESEL a parlamentares e a autoridades como o premiê italiano SÍLVIO BERLUSCONI.

Quase no mesmo momento, o PAPA BENTO XVI, dizia que a libertação dos campos revelou o horror e a crueldade dos crimes cometidos nesses locais.



2 011 : QUINTA-FEIRA

O Comandante do 1º Batalhão de Polícia de Choque “Tobias de Aguiar”, Ten Cel PM Paulo Adriano L. L. Telhada, o Sr. Walter Mello de Vargas, Presidente da Associação Brasileira das Forças Internacionais de Paz da ONU – SP e o Prof. Michel Chelala, Presidente da ABACH tem a honra de convidar Vossa Senhoria e digníssima família para Solenidade de entrega de Láurea de Mérito Pessoal e Outorga de Condecorações.





27 de janeiro de 2011

16h00min

Batalhão Tobias de Aguiar

Av. Tiradentes, 440 – Luz / SP







Ainda sobre o jornal “32 EM MOVIMENTO” recebo uma mensagem do MARIANO TAGLIANETTI:

Caríssimo e estimado Cel. Ventura : alvíssaras!

Apesar de minha deficiência visual, regressando de estafante viagem, alertado por minha secretária, encontro notícia das mais auspiciosas : - o lançamento " Jornal de 32 " , neste marco comemorativo dos 457 anos da fundação de São Paulo. Congratulo-me com a notável iniciativa e peço-lhe estender meus efusivos cumprimentos a todos que levaram-na a efeito, augurando-lhes os melhores votos para o futuro, visto que a lavra de GINO STRUFFALDI será por esse arauto cultivada :""O Jornal de 32" lembrará aos nossos governantes necessidade de agirem sempre com eficiência, honestidade, dignidade e patriotismo, trabalhando para conduzir o nosso querido Brasil em sua marcha triunfal rumo ao infinito" contribuindo para forjar mentalidade,a exemplo do que consigna o artigo do preeminente amigo no exemplo inesquecível, para sempre, de MÁRIO HILÁRIO DALLARI. Recebe minha real consideração, Taglianetti.



Quando chego à Sociedade Veteranos de 32-MMDC encontro um bilhete da MARINEI dizendo que está indo para o Hospital da Cruz Azul para sofrer uma microcirurgia de um pequeno tumor que nasceu em seu rosto. Isso é algo que a vinha deixando preocupada desde os fins do ano passado. Mantenho um contato com o nosso amigo OLIVEIRA por volta das 14 horas. Se há uma pessoa hipocondríaca é ele. Vem vindo do médico. Os exames de sangue deram boa situação nas taxas de glicose, colesterol, etc. Quer dizer que está com a saúde perfeita. Mas acha que está doente e que o médico não o examinou bem.

Telefona-me dona MARIA ODETE CRUZ PINTO. Ela é uma das aniversariantes do mês de janeiro (dia 10). Está chegando de viagem na data de hoje. Desculpa-se por não ter podido comparecer ontem na data do “DIA DOS ANIVERSARIANTES”. Ela ainda não leu o jornal da Sociedade.

COLOMBO e VICTÓRIO comentam comigo o caso do ex-comandante do Corpo de Bombeiros do PARANÁ, CORONEL JORGE LUIZ THAIS MARTINS, de 56 anos, suspeito de envolvimento em nove mortes em CURITIBA, supostamente em vingança pelo assassinato de seu filho, JORGE GUILHERME MARINHO MARTINS, de 26 anos, em outubro de 2009. JORGE LUIZ THAIS MARTINS foi comandante dos bombeiros entre junho de 2007 e dezembro de 2009 e se aposentou em 2010. A Justiça determinou a prisão temporária por 30 dias, mas ele não foi encontrado ainda. Nenhum dos delegados envolvidos na investigação deu informações sobre o caso. A Secretaria de Segurança Pública do PARANÁ divulgou apenas uma nota dizendo que não se manifestaria. O filho do coronel foi morto no bairro BOQUEIRÃO, ao deixar a namorada em casa. Ele foi baleado ao reagir a um assaltante. Dois adolescentes usuários de drogas foram detidos, mas não havia provas e eles acabaram soltos. Desde outubro do ano passado, a polícia registrou nove mortes de usuários de droga no mesmo bairro. Um rapaz que supostamente teria sobrevivido a tiros disse ter reconhecido o coronel quando lhe foram apresentadas várias fotografias na Delegacia de Homicídios. O advogado do coronel, EUROLINO SECHINEL DOS REIS, disse nesta noite que o trabalho feito pela polícia para incriminar seu cliente é um “absurdo”. “Tem o depoimento de uns três ou quatro usuários de droga, mas não se dignaram nem em pedir uma quebra de sigilo de telefone” afirmou. Ele disse que o coronel deveria se entregar ainda hoje à noite em uma unidade do Corpo de Bombeiros, mas isso não aconteceu por enquanto. “Jogaram o nome de um homem que só fez salvar vidas, com uma história, na cova dos leões”, disse EUROLINO.



Por volta das 16 horas vou ao banco situado no Corpo de Bombeiros, vizinho ao MMDC, para retirar dinheiro. Encontro no saguão com o CORONEL PM Ref ALTINO GIANESINI. Conversamos sobre vários assuntos, tocando nas “minhas memórias”. Estão conosco algumas pessoas amigas do ALTINO. Em seguida rumo ao 1º BPChq a fim de assistir a uma solenidade de entrega de Medalhas por parte da Associação Brasileira das Forças Internacionais de Paz da ONU e da Academia Brasileira de Arte, Cultura e História. Uma dessas medalhas é a Medalha Cívica “Nobres Cabaleiros de São Paulo”, que o GINO, MENDES e eu recebemos.

O TENENTE-CORONEL PM PAULO ADRIANO LOPES LUCINDA TELHADA teve a feliz idéia de reunir as Forças de Paz da ONU – setor em SÃO PAULO e a Academia Brasileira de Arte, Cultura e História com a nossa Polícia Militar, trazendo para o quartel autoridades dessas duas Entidades benemerentes.

Vamos encontrar no batalhão o Sr. MICHEL CHELALA, Presidente da ABACH; WALTER MELLO DE VARGAS, Presidente da Forças de Paz da ONU, PEDRO ANTÔNIO XAVIER ZALUSKI, da Confraria da Amizade, MARCELO DUARTE, MARCELO TIBÚRCIO, SARGENTO TARCÍSIO, CORONEL PM Ref PAULO TENÓRIO DA ROCHA MARQUES, LAURO RIBEIRO ESCOBAR e muitos outros amigos que fizemos durante nossos contatos em solenidades de entrega de medalhas em diversos quartéis do Exército, Marinha e Aeronáutica. O mérito desse encontro no pátio do centenário quartel da PMESP é o congraçamento de segmentos da comunidade civil em perfeita sintonia com os trabalhos executados pela tropa de elite da nossa Corporação. O Comandante da Unidade está de parabéns pela execução deste evento.



Quando chego em casa, LUCINDA e MARLENE contam uma história interessante. O JOÃO GOMES DE OLIVEIRA JUNIOR teve uma crise de apavoramento quando, ontem à noite, foi mexer numa coisa mole e fedorenta que estava no interior do seu carro. Pensou que fosse um sapo morto e entrou num desespero que alertou todos em casa. A MARLENE e o PAULO CÉSAR foram ver do que se tratava e descobriram que era uma manga que o JOÃO GOMES esqueceu dentro do carro e apodreceu. Há um motivo para isso: há tempos atrás, numa brincadeira de alguns colegas, disseram ao JOÃO que haviam caçado algumas rãs e deram para ela trazer para casa e prepará-las para comer. Não eram rãs e sim sapos. Isso ficou gravado na sua cabeça e originou toda a “tragédia” criada por causa da manga apodrecida. O caso é hilariante.

O Chefe da 1ª Seção do Corpo de Segurança da APMTJ, CAPITÃO PM ÂNGELO AUGUSTO FREITAS DE SOUZA, acompanhado pelo SUBTENENTE PM REGINALDO BARRETO QUINTERNO, 1º SARGENTO PM CLAUDIO ALVES BISPO e CABO PM ALEX HERALDO DA SILVA, todos daquela Seção, compareceram ao CAES para presentearem o CORONEL PM MARCO ANTÔNIO com uma placa com os seguintes dizeres:

AO ILUSTRÍSSIMO SENHOR CORONEL DE POLÍCIA MILITAR MARCO ANTÔNIO ALVES MIGUEL

Os integrantes da 1ª Seção do Corpo de Segurança da Assessoria Policial Militar do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo têm a honra de enaltecer a excelência de Vosso Comando, quando no exercício da chefia deste gabinete militar, onde sempre será lembrado como marco de diferença de comando nesta Casa. “Combateu o bom combate, venceu a carreira e guardou a fé”. (Apóstolo PAULO), Em reconhecimento e agradecimento ao eterno Comandante, Chefe e Amigo, e que Deus permaneça guardando teus caminhos, família e tua casa.

O corpo do ator John Herbert foi cremado nesta quinta-feira (27) às 13h, no crematório da Vila Alpina, Zona Leste de São Paulo. A cerimônia durou cerca de 10 minutos. O velório aconteceu no Museu da Imagem e do Som, na capital paulista. Vários amigos e familiares foram dar o último adeus ao ator. Emocionado, o filho primogênito dele, John Herbert Jr., cantou uma música em homenagem ao pai e sensibilizou todos os presentes, que aplaudiram o ato. John Herbert morreu nessa quarta-feira (26), vítima de um enfisema pulmonar. O ator estava internado desde o dia 5 de janeiro.

Faleceu MESTRE MONGOL – HELSON PEREIRA – “Meu samba só você sabe as manhas do meu coração”, diz a música “ETERNO COMPANHEIRO”, de ALMIR GUINETO, de quem MESTRE MONGOL era fã. Nascido em março de 1956 HELSON PEREIRA, em NOVA IGUAÇU, na BAIXADA FLUMINENSE, ele não escapou da sina de garoto de subúrbio carioca que tem dom musical: virou ritmista. No samba ele se criou e do danado do samba nunca se separou. Seja como músico, mestre de bateria, produtor ou jurado do Troféu Nota 10, do DIÁRIO DE SÃO PAULO. Começou com a cuíca, se arriscou no surdo, fez miséria com o tamborim e aos poucos dominava todos os instrumentos que dão vida à bateria. Para virar um mestre, como é tradição nas escolas de samba, só faltava um apelido. O modo bonachão, a fala macia e o jeito de andar na ginga de uma partido – alto lhe renderam a alcunha de MONGOL. O apelido pegou. E foi com ele que HELSON fez carreira. No RIO DE JANEIRO, foi mestre de bateria da IMPÉRIO SERRANO e da SÃO CLEMENTE. Trabalhou com mestre CASAGRANDE na UNIDOS DA TIJUCA e, quando foi produtor do cantor AGEPÊ, passou a freqüentar a PORTELA. Em meados da década de 1970, ele começou a fazer shows em diversas casas noturnas de SÃO PAULO. Aqui, fez amigos e teve duas filhas. Nessa época, também correu mundo com suas apresentações. Mais tarde, integrou o time de músicos de OSVALDO SARGENTELLI. Recentemente, dedicava-se às produções de shows de samba e em 2007 e 2008 integrou o time de jurados do TROFÉU NOTA 10, que premia os melhores do Carnaval paulistanos. MESTRE MONGOL havia voltado a morar no RIO DE JANEIRO. Mas nunca deixou de freqüentar SÃO PAULO. Sempre que podia visitava os amigos das escolas de samba paulistanas. E por mais uma das manhas de seu coração, que só o samba sabia, ele teve uma parada cardíaca a caminho de um ensaio na quadra da VAI-VAI na BELA VISTA.

Na volta do goleiro MARCOS, o PALMEIRAS encostou na liderança do ESTADUAL. Com a vitória por 3 a 1 sobre o PAULISTA, gols de MARCOS ASSUNÇÃO, KLÉBER e PATRIK, o time chegou aos mesmos 10 pontos do SANTOS, mas fica na segunda colocação por ter menor saldo de gols (8 a 6). Num outro jogo, GRÊMIO PRUDENTE e BOTAFOGO ficaram no 1 a 1.

Dois anos e meio depois de dominar a Olimpíada de PEQUIM, a CHINA assume posição central sob os holofotes também no tênis. Com a vitória sobre a número 1 do mundo, CAROLINE WOZNIACKI, no AUSTRALIAN OPEN, a forte e carismática NA LI coloca um representante do país pela primeira vez na história numa final de simples de GRAND SLAM. LI, de 28 anos, esteve a ponto de ser eliminada de novo nas semifinais do GRAND SLAM australiano – já havia alcançado esta fase no ano passado. Mas, embora tenha exagerado nos erros nos dois primeiros sets, manteve-se forte na sua estratégia de alto risco de colocar bolas na linha e obrigar a dinamarquesa a ficar na defensiva. A final no domingo, dia 30, será uma reedição da decisão do TORNEIO DE SYDNEY, vencido por LI. Ela enfrenta a belga KIM CLIJSTERS, que passou pela russa VERA ZVONAREVA. Em 2004, CLIJSTERS também esteve na disputa pelo troféu. Foi batida pela compatriota JUSTINE HENIN, que anunciou a aposentadoria no dia 26.

Um dia depois de RAFAEL NADAL, o suíço ROGER FEDERER sentiu na pele a decepção de ser eliminado antes do último dia do AUSTRALIAN OPEN. O suíço foi dominado pelo sérvio NOVAK DJOKOVIC, que precisou de três sets e pouco menos de três horas para vencer e garantir a vaga em sua segunda decisão do torneio – foi campeão em 2008. Também é a segunda aparição consecutiva numa final de GRAND SLAM (perdeu para NADAL no US OPEN, em setembro). Coincidentemente, esta é a primeira final desde aquela de 2008 em que os dois líderes do ranking mundial não estão na disputa – no AUSTRALIAN OPEN daquele ano, DJOKOVIC bateu JO-WILFRIED TSONGA. DJOKOVIC seguiu à risca a estratégia criada por NADAL para derrotar com freqüência o suíço: minar seu backhand (esquerda) com bolas altas e atacar seu forehand (direita). Sua vitória foi incontestável.



O filho do aposentado JOÃO BATISTA GROPPO, de 64 anos, que manteve a mulher presa num porão durante 16 anos, em SOROCABA, disse hoje que a intenção de seu pai era a de protegê-la. Em depoimento à delegada JAQUELINE BARCELOS COUTINHO, da Delegacia de Defesa da Mulher, JOÃO BATISTA GROPPO FILHO defendeu o pai, preso desde a quarta-feira, dia 26, acusado de cárcere privado qualificado. O aposentado havia reformado o porão em 2003 para acomodar melhor a mulher, SEBASTIANA APARECIDA DE GROPPO, de 64 anos, que tem problemas mentais. GROPPO foi preso depois que a delegacia flagrou a mulher no porão da casa em que ele vivia com a amante, na VILA SANTANA. O cômodo, escuro e sem ventilação, tinha grade de ferro e estava trancado com cadeado. As paredes estavam emboloradas e havia caramujos no quarto. Não havia luz e a mulher estava nua sobre uma cama de alvenaria. Depois de ser atendida no Hospital REGIONAL, SEBASTIANA foi entregue aos cuidados do filho, que mora na cidade de ALUMÍNIO. Hoje, ela passou por exame de corpo de delito. A companheira do acusado, MARIA APARECIDA FURQUIM, está presa. Ela ajudava o aposentado a cuidar da mulher e suas tias sabiam da situação.



Pela terceira semana consecutiva, manifestantes contrários ao reajuste da tarifa de ônibus de R$2,70 para R$3,00, válido desde o dia 5 de janeiro, tomaram as ruas de São Paulo. Hoje à tarde, cerca de 4 mil estudantes – o dobro do protesto da semana anterior, segundo a Polícia Militar – marcharam do TEATRO MUNICIPAL até a Câmara dos Vereadores, no centro. Não houve confrontos. O presidente da Câmara, JOSÉ POLICE NETO, recebeu os manifestantes na calçada, na frente do PALÁCIO ANCHIETA. NETINHO, como é conhecido, comprometeu-se com o grupo a marcar audiência pública sobre o valor da passagem e convocar, como pedem os manifestantes, o secretário dos Transportes, MARCELO CARDINALE BRANCO. “O que posso garantir é a audiência e o diálogo com a Casa. A presença do secretário é outra coisa”, disse. A data será definida no dia 2 de fevereiro, quarta-feira. Hoje, a passeata recebeu mais gente e também novas bandeiras de entidades partidárias e estudantis. Ate então distantes da organização das passeatas, PSTU, PSOL, PT, PC do B e UNIÃO NACIONAL DOS ESTUDANTES (UNE) estavam presentes. Segundo a integrante do MPL, NINA CAPELO MARCONDES, de 21 anos, o movimento é “livre” e apartidário, embora não imponha restrição de participação. Os manifestantes caminharam pacificamente pelas ruas do centro, com gritos de ordem e faixas de protesto. Próximo da Avenida IPIRANGA, eles queimaram um boneco do prefeito GILBERTO KASSAB. Encabeçados pelo MOVIMENTO PASSE LIVRE (MPL), composto em sua maioria por estudantes, os protestos vêm ganhando corpo a cada semana. No dia 13, manifestação com cerca de 500 pessoas, também no centro, acabou com 26 detidos depois de violento confronto entre estudantes e a polícia. A segunda passeata, no dia 20, levou cerca de 2 mil pessoas para a Avenida PAULISTA.



Um garoto de 10 anos saía de um Hipermercado EXTRA, na zona leste, quando foi interceptado por três seguranças. Levado para uma sala, foi obrigado a tirar a roupa e conta ter sido chamado de “negrinho sujo e fedido”. Somente depois os funcionários decidiram verificar a nota fiscal que estava com a criança. Ele não tinha roubado nada. A Polícia Civil de São Paulo investiga o caso de racismo e a família promete entrar com ação por danos morais contra a rede, que nega o caso.

Após a tragédia que deixou 840 mortos e 518 desaparecidos, as cidades da região serrana do RIO enfrentam agora as doenças. A secretária de Saúde de NOVA FRIBURGO, JAMILA CALLIL SALIM RIBEIRO, confirmou hoje que há um surto de leptospirose no município, com 46 casos notificados e cinco já confirmados. Ontem, no abrigo, 19 crianças tiveram gastroenterite e cinco permanecem internadas. JAMILA disse esperar “um longo período de doenças infecciosas” na cidade e pediu paciência à população, pois o principal hospital de FRIBURGO ainda funciona precariamente por causa do alagamento. Na solenidade em que construtoras formalizaram a doação de 2 mil casas para vítimas da região serrana, a presidente DILMA ROUSSEFF anunciou hoje a construção de outras 6 mil unidades habitacionais As casas e os apartamentos serão financiados pelo programa MINHA CASA, MINHA VIDA, e os beneficiados com renda familiar de até três salários mínimos serão dispensados do pagamento de cinqüenta reais mensais. DILMA anunciou que o governo federal vai financiar o mapeamento das áreas de risco em cidades do País.



O IÊMEN, país mais pobre do ORIENTE MÉDIO e reduto de militantes da rede terrorista AL-QAEDA, tornou-se hoje palco da mais recente revolta popular do mundo árabe. Cerca de 10 mil pessoas foram às ruas da capital, SANAA, usando faixas e empunhando bandeiras cor-de-rosa para pedir a renúncia do presidente ALI ABDULLAH SALEH, há 32 anos no poder. Os distúrbios no IÊMEN têm influência direta da “REVOLUÇÃO DO JASMIN”, que derrubou o presidente da TUNÍSIA, ZINE AL-ABIDINE BEN ALI, há duas semanas, e das manifestações que pedem a saída do líder egípcio, HOSNI MUBARAK. Protestos também foram registrados nas Províncias de AD DALI e SHABWA, no sul iemenita, e de AL-HUDAYDAH, um dos redutos da AL-QAEDA, e na cidade portuária de ADEN, onde um desempregado identificado como FOUAD SABRI, de 28 anos, ateou fogo ao corpo, gesto copiado de ações semelhantes na TUNÍSIA e no EGITO – SABRI foi internado em estado grave.



Apesar das medidas adicionais de exceção, egípcios voltaram pelo terceiro dia às ruas e prometeram realizar amanhã uma demonstração “de um milhão de pessoas” no CAIRO para exigir a renúncia do presidente HOSNI MUBARAK, além de melhoras na economia. Hoje, o maior grupo de oposição do país, a IRMANDADE MUÇULMANA, pela primeira vez apoiou abertamente os manifestantes e prometeu se juntar aos protestos. Em meio à crescente pressão sobre MUBARAK, há 30 anos no poder, desembarcou no aeroporto do CAIRO o ex-diretor da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) MOHAMED EL BARADEI, principal figura da oposição ao regime. BARADEI disse estar pronto para liderar o movimento das ruas e assumir um governo de transição. O paradeiro do presidente egípcio era desconhecido. Jornais locais reportaram que ele ainda estava no CAIRO, mas havia informações não confirmadas de que ele estaria no balneário de SHARM EL-SHEIKH, no MAR VERMELHO.



2 012 : - SEXTA-FEIRA

Alertado pelo Professor JOSÉ CARLOS DE BARROS LIMA leio a crônica de JOÃO MELLÃO NETO no O ESTADO DE SÃO PAULO, na página ESPAÇO ABERTO:

O QUE REPRESENTA O OBELISCO

Por JOÃO MELLÃO NETO

(O ESTADO DE SÃO PAULO, 27/JAN/2012)

Trata-se de uma homenagem tardia a SÃO PAULO, mas, no meu entender, ela deve ser feita. Um povo não é um povo se não guarda na memória os seus valores, a sua história e o seus heróis. Heróis, sim, porque em todos os lugares existem heróis. Pouco importa se sua glória nasceu de um único momento de bravura ou de toda uma vida de trabalho honesto e extenuante. A biografia de um herói não mais pertence a ele ou aos seus familiares. Ele se transformou num símbolo e, assim, depositário de todas as virtudes cívicas que cada um dos cidadãos se esforça por ter. Um povo que ignora a sua história não é um povo, é uma massa amoldável aos interesses de seus governantes.

Neste último 25 de janeiro – dia do aniversário desta capital e também do Estado – de tudo o que li e ouvi, muito pouco se disse sobre a Revolução de 32. Ainda é tempo para reparar.

O tráfego é intenso nas imediações do Parque do Ibirapuera, de modo a que ninguém preste atenção ao Obelisco que lá existe. O Monumento às Bandeiras – ao qual Vitor Brecheret dedicou mais de 30 anos – encontra-se logo adiante e tem destaque muito maior.

Mesmo dos que observam de mais perto o Obelisco, poucos sabem o que ele representa. Ora, obeliscos existem em todas as grandes cidades do mundo, dirão alguns. Outros sabem que o monumento é uma homenagem à Revolução Constitucionalista de 1932, mas mesmo assim não lhe dão maior valor: “Afinal, essa foi uma guerra que SÃO PAULO perdeu, não é verdade?”

As crianças em outros Estados são ensinadas sobre o episódio como a “Guerra Paulista”, na qual as elites paulistas teriam instigado a população a um confronto suicida com as tropas federais. Segundo essa versão, as oligarquias de SÃO PAULO e MINAS GERAIS – que tinham em suas mãos o domínio do governo federal – estavam inconformadas por tê-lo perdido para um gaúcho, GETÚLIO VARGAS, “o qual governava pensando no País inteiro”.

“O que SÃO PAULO pretendia era separar o Estado do restante do BRASIL”, dizem outros. Eu, como paulista, tenho outra visão.

A Revolução Constitucionalista representou, de forma inquestionável, o momento mais heróico de toda a História do povo de SÃO PAULO. Ela merecia aquele Obelisco e muito mais.

Mas SÃO PAULO perdeu a guerra, alegarão alguns. Pouco importa. O fenômeno a ser ressaltado aqui é o de que nunca um movimento político obteve tanto engajamento, apoio e ardor de toda a população quanto a Revolução Constitucionalista paulista. Tanto os partidos e facções da política local como também os agricultores, os industriais e os comerciantes do Estado se uniram pela causa comum. Na campanha “doe ouro para o bem de SÃO PAULO”, nem mesmo a população mais humilde deixou de contribuir. Desde grandes colares até alianças de casamento, cada cidadão contribuiu de acordo com as suas posses.

De todos os cantos do Estado se apresentaram para o alistamento. Ninguém tinha experiência anterior de combate. Depois de feita a seleção, restaram 40 mil homens aptos para os campos de batalha.

Nosso exército não era composto por soldados profissionais, mas por voluntários. De militar, realmente, só havia o apoio da FORÇA PÚBLICA – que, muitos anos depois, viria a se transformar na POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO. A corporação tem todos os motivos para se vangloriar de seu passado: ela foi criada nos tempos em que o PADRE FEIJÓ era regente, durante a menoridade de dom PEDRO II.

As tropas federais contavam com um número muito maior de soldados, mais preparados para um teatro de operações de guerra. Acabamos por ser militarmente derrotados. O sangue de pelo menos 800 paulistas foi derramado nos campos de batalha. Milhares foram presos e deportados.

Pergunta-se aos de fora: nós nos arrependemos disso? A resposta é um absoluto não!

Getúlio Vargas atendeu a praticamente todas as nossa reivindicações. E isso não aconteceu por acaso, nem por uma suposta benevolência dos vencedores. SÃO PAULO já era, então, o principal pólo de criação de riquezas no BRASIL. Grande parte do café da incipiente indústria brasileira provinha daqui.

Mas se cuidou de enfraquecer o nosso poder político. A nossa cota de deputados federais é pouco maior que metade da que deveríamos ter se o critério fosse realmente o de proporcionalidade da população nacional. E dos impostos federais que são recolhidos aqui, não mais que um décimo retorna em nosso benefício.

Quem melhor definiu o problema foi o GENERAL GOLBERY DO COUTO E SILVA, ideólogo do movimento de 1964:”Quem tem o poder econômico não pode também pretender ter o pode político”. Ou seja, SÃO PAULO está até hoje pagando “indenizações de guerra” aos vencedores...

Mas não nos arrependemos de nada. Continuamos a acreditar nas mesmas causas e persistiremos em ostentar as mesmas bandeiras. Defendemos o que tinha de ser defendido e é só.

Hoje, oito décadas passadas, são poucas as pessoas com idade bastante para terem presenciado o fervor revolucionário daquela época, o suficiente para terem vivido e vibrado com a causa paulista. A verdade, todavia, é que nunca antes – e nunca mais depois de 1932 – os paulistanos e os paulistas vibraram de forma tão unida pelos mesmos ideais. Perdemos a batalha, mas, ao mesmo tempo, vencemos uma guerra: o Obelisco do Ibirapuera, como uma sentinela, em pé, significa que nunca mais ninguém se atreverá a confrontar SÃO PAULO.

Em homenagem aos nossos heróis de 32, estão gravados nas paredes da FACULDADE DE DIREITO DO LARGO DE SÃO FRANCISCO estes versos de TOBIAS BARRETO, que resumem em poucas palavras o espírito e a disposição dos paulistas: QUANDO SE SENTE BATER/ NO PEITO, UMA HERÓICA PANCADA/ DEIXA-SE A FOLHA DOBRADA; ENQUANTO SE VAI MORRER”.

(jornalista, foi deputado, secretário e ministro de estado)

e-mail: pubi2000@live.com

blog: www.blogdomellao.com.br



Oportuníssimo esse artigo de JOÃO MELLÃO NETO quando estamos em pleno JUBILEU DE CARVALHO da Revolução Constitucionalista de 1932.

Muita chuva nesta sexta-feira. Levanto cedo e procuro compensar o tempo perdido, ontem, com problemas de saúde. Acontece que não dou conta do acúmulo de serviço na biblioteca. Também a Internet não ajuda, com problemas no modem. Saio de casa depois das 12 horas e minha idéia era a de visitar o GINO STRUFFALDI. MARINEI telefonou para dona DINORAH e esta avisou que a nossa ida até sua casa está combinada, mas, à tarde, o GINO irá fazer uma tomografia computadorizada.

Com a MARINEI me acompanhando, embora continue chovendo, vamos até a residência do GINO. Ali encontramos também dona DINORAH, o ALDO e a GINA, uma das filhas do casal. Desde o FINADOS eu não via o GINO. Ele está bem lúcido, lembrando de fatos antigos, como alguma coisa de sua adolescência na ITÁLIA. Conta ele que tem sofrido dores lancinantes à noite. De ontem para hoje ele dormiu numa cadeira na sala, com dona DINORAH dormindo num sofá ao seu lado. Toma vários remédios, de 3 em 3 horas. A família é severa nisso. No momento em que estamos conversando toca o telefone e é o CORONEL PM MENDES, querendo saber seu estado de saúde. Um pouco depois das 16 horas, deixamos a sua casa.

Retornamos à Sociedade. Dado o adiantado da hora e por causa da confusão no trânsito, prefiro ficar até mais tarde no MMDC. Depois das 20 horas, inicio a viagem de volta para GUARULHOS. Uma viagem pensando seriamente nos transtornos que o nosso ícone GINO vem sofrendo no fim de sua vida. Graças a Deus ele tem o carinho de sua família para ajudar a levar a cruz.



Tem sido assim desde o começo do ano passado: mesmo quando está contra as cordas, aparentemente sem saída, NOVAK DJOKOVIC dá um jeito de se safar e sair da quadra com a vitória. Hoje a vítima do número um do mundo foi o escocês ANDY MURRAY. Ele perdeu uma batalha de quase cinco horas de duração, que terminou 3 a 2 para o sérvio. O triunfo apertadíssimo colocou DJOKOVIC na final do ABERTO DA AUSTRÁLIA pelo segundo ano consecutivo – em 2011, ele foi campeão derrotando MURRAY na decisão. Desta vez seu adversário na final, no começo da manhã do domingo, será o espanhol RAFAEL NADAL, o número dois do ranking da ATP. No ano passado, os dois se enfrentaram seis vezes e DJOKOVIC venceu todos os duelos, inclusive em duas finais de GRAND SLAM: WIMBLEDON e ABERTO DOS ESTADOS UNIDOS.



A cirurgia no ombro direito do goleiro ROGÉRIO CENI foi realizada nesta tarde no Hospital do Coração e durou cerca de uma hora e meia. Segunda-feira, dia 30 de janeiro, ele deverá iniciar exercícios leves de recuperação, e terá de usar tipóia por até dois meses.



A OPERAÇÃO CENTRO LEGAL – ocupação da cracolândia pela Polícia Militar – espalhou usuários de drogas por 27 bairros da capital segundo a própria PM. Entre os dias 10 e 22, o serviço 190 recebeu 1038 ligações de moradores de várias regiões da cidade reclamando de “nóias” na porta de casa. Alguns dos locais já eram ocupados por usuários de drogas e agora estão com movimento mais intenso. Em outros pontos, moradores dizem que nunca haviam visto consumo de crack perto de casa. A média é de 86 telefonemas por dia, entre eles, ligações vindas de bairros distantes do centro, como VILA MARIANA, BUTANTÃ, VILA LEOPOLDINA, FREGUESIA DO Ó e TREMEMBÉ.



O PROJETO NOVA LUZ, que prevê a reurbanização de 45 quarteirões nos bairros LUZ e SANTA EFIGÊNIA, no centro, foi barrado pela Justiça ontem. A falta de participação popular e os altos gastos que a Prefeitura terá caso o plano saia do papel pesaram na decisão do juiz ADRIANO MARCOS LAROCA, da 8ª Vara da Fazenda Pública. O governo municipal vai recorrer. O juiz LAROCA entendeu que todo o processo deve ficar suspenso enquanto é julgado o mérito de uma ação popular movida pelo cirurgião dentista ANDRE CARLOS LIVOVSCHI, que não é morador nem dono de comércio na LUZ. “É um cidadão comum que quer que a lei seja respeitada”, diz o advogado SÉRGIO LIVOVSCHI, irmão de ANDRÉ. “Esse tipo de ação cabe a qualquer um contra atos que podem prejudicar os cofres públicos.” No seu pedido, ANDRÉ alega que não foram feitas audiências públicas antes da aprovação da lei municipal 14.918/2009, que autoriza a Prefeitura a utilizar a concessão urbanística no projeto. Por meio desse instrumento, a Administração concede à iniciativa privada o direito de desapropriar imóveis para fazer as obras. A empresa seria paga com o lucro obtido com a compra e venda de imóveis.



A Corregedoria da Polícia Militar prendeu nesta manhã, na cidade de SÃO JOSÉ, em SANTA CATARINA, um homem acusado de matar a tiros o PM JOSÉ DE JESUS SOARES, em frente à casa noturna LOVE STORY, no centro da capital. O crime ocorreu em 11 de novembro do ano passado, na Avenida IPIRANGA. Segundo a PM, ADELSON APARECIDO TOMAZ estava escondido em uma casa e não reagiu à prisão. Ele será transferido para SÃO PAULO, Na noite do crime, SOARES não estava de serviço.



Quase 48 horas depois do desabamento no centro do RIO, aumentam as dificuldades das equipes de buscas, já que ainda havia cerca de 20 toneladas de escombros no local. O corpo de uma mulher – a 13ª vítima – chegou a ser retirado por uma escavadeira e destinado ao terreno em que é armazenado o entulho. Só depois foi identificado e levado para o IML. Até 23 horas, tinham sido retirados dos escombros 15 corpos: sete homens, seis mulheres e duas pessoas cujos sexos ainda não foram identificados. Segundo a prefeitura do RIO, parentes ainda procuram 12 pessoas. As equipes de buscas devem continuar seus trabalhos até domingo. À tarde, as buscas passaram a se concentrar no lado esquerdo do LIBERDADE, onde ficavam o hall de entrada, os elevadores e as escadas. O comandante do Corpo de Bombeiros descartou a possibilidade de encontrar pessoas com vida no local. As equipes também desistiram de encontrar sobreviventes, pois havia focos de incêndio sob os escombros, provocados por vazamentos de gás ocorrido após o desmoronamento. Um dos corpos estava carbonizado quando foi encontrado.



A data de hoje, 27 de janeiro, é lembrada mundialmente como o DIA EM MEMÓRIA ÀS VÍTIMAS DO HOLOCAUSTO. Diversas homenagens ocorrem em vários países. No antigo campo de concentração de AUSCHWITZ, na POLÔNIA, símbolo da crueldade do regime nazista dos anos 1940 e onde morreram 1,5 milhão de pessoas, uma rosa branca foi colocada entre as cercas.



A NASA, agência espacial americana, divulgou imagens inéditas do PROJETO GEMINI, segunda série de vôos tripulados ao espaço, lançados entre 1964 e 1966. As doze missões ajudaram a entender os efeitos que o espaço tem nos homens. Uma das fotos mostra o astronauta EDWARD WHITE flutuando com o GOLFO DO MÉXICO ao fundo.



O pré-candidato republicano MITT ROMNEY adotou a posição mais agressiva até o momento contra seu maior rival, NEWT GINGRICH, no debate no Estado da FLÓRIDA, na quinta-feira, cinco dias antes da primária estadual. A disputa acirrada na FLÓRIDA e sua importância para a indicação do candidato republicano nas eleições presidenciáveis de novembro alimentaram um clima incendiário.



Ao menos 384 crianças morreram na repressão contra as manifestações na SÍRIA desde que ela teve início, há quase 11 meses, disse o Fundo das Nações Unidas Para a Infância (UNICEF), de acordo com uma contagem baseada em relatórios de grupos de direitos humanos. Deste total, a maioria era de crianças do sexo masculino e a maioria das mortes ocorreu na cidade de HOMS, disse a entidade. As Nações Unidas estimam que mais de 5.400 pessoas já morreram durante o levante. Nos últimos dois dias, confrontos violentos no país deixaram pelo menos 74 pessoas mortas após as forças leais ao presidente BASHAR ASSAD bombardearem edifícios residenciais, abrirem fogo contra multidões e deixarem corpos sangrando nas ruas em meio a uma dramática escalada da violência, disseram hoje ativistas. Os maiores conflitos ocorreram em HOMS. Na quinta-feira, dia 26, a cidade testemunhou um surto de seqüestros e assassinatos sectários entre as comunidades sunita e alauita. Forças a favor do regime atacaram prédios residenciais com morteiros e metralhadoras. Em uma tentativa de acabar com o derramamento de sangue na SÍRIA, o Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) discutiu a crise no país hoje, em uma reunião a portas fechadas, como um passo em direção a uma possível resolução contra o regime de DAMASCO, afirmaram diplomatas.

Durante o Fórum Econômico Mundial de DAVOS, na SUÍÇA, a alta comissária de Direitos Humanos da ONU, NAVI PILLAY, disse que cabe ao presidente ASSAD ordenar o fim da repressão, o que ele pode fazer quando quiser, emitindo uma ordem de cessar-fogo. De acordo com ela, “são as autoridades que estão matando os civis, então tudo acabaria se uma ordem para que os militares parem os massacres vier de cima”. O MARROCOS apresentou na noite de hoje um rascunho de resolução ao Conselho de Segurança da ONU para acabar com a violência política na SÍRIA e realizar uma transição política pacífica no país, com a renúncia do presidente BASHAR ASSAD.




 

Nenhum comentário: