sexta-feira, 19 de novembro de 2010

19 DE NOVEMBRO DE 2010 DIA DA BANDEIRA

Brasília - 19 de Novembro - Mensagem do


Comandante do Exército alusiva ao Dia

da Bandeira

O dia de hoje é consagrado à Bandeira Nacional do Brasil. A

nossa bandeira, como a vemos, tremulando soberana como

símbolo maior da Pátria, foi adotada em 19 de novembro de

1889. Sua conformação, no entanto, começou muito antes.

O Império Português plantou a semente. Nas expedições

exploradoras, ela transpôs Tordesilhas, interiorizou o poder

lusitano, expandiu e deu contornos geográficos às terras

recém descobertas no Novo Mundo e, já em 1648, em

Guararapes, com a expulsão dos invasores estrangeiros,

germinava na aspiração de uma Pátria livre.

Afirmando-se, o auriverde pendão chegou ao Reino do Brasil

Portugal Algarves e, em 1822, com a Independência,

manteve as cores verde e amarela das nobres Casas

européias.

No Segundo Império, com o Duque de Caxias, consolidou o

Brasil como nação livre, íntegra, unida e pacificada. E

tremulou - sempre vitoriosa e respeitada – nas campanhas

da bacia do Prata.

Já árvore frondosa, com raízes fincadas no solo pátrio, a

partir de 1889, com a Proclamação da República, assumiu a

atual configuração: com o verde significando a riqueza das

matas, o otimismo e a esperança da nossa gente; o amarelo,

além da riqueza mineral, a luz que brilha em todos os

rincões e no íntimo de cada brasileiro; o branco da paz,

natural aspiração, percorrendo o azul da harmonia e da

concórdia no céu estrelado daquele 15 de novembro; e, por

fim, as estrelas, identificando cada Estado da nossa

República Federativa.

O Braço Forte manteve o sagrado pavilhão sempre vitorioso.

Com os Pracinhas da Força Expedicionária Brasileira foi, em

defesa da democracia, aos campos de batalha, na Segunda

Guerra Mundial. Hoje, ele é conduzido pela Mão Amiga

estendida aos irmãos necessitados, nas Missões de Paz.

Assim, nossa Bandeira chega altaneira à atualidade e

tremula nos quartéis, nas fábricas, nas escolas, nos

hospitais, nas distantes fronteiras, nas repartições públicas e

nas solenidades de grandes datas. É conduzida, imponente,

na fuselagem de nossas aeronaves, na popa das

embarcações e nos desfiles. Diante da Bandeira Nacional,

vibrante e emocionado, responsável e digno, o soldado

brasileiro pronuncia seu solene compromisso de amor à

Pátria.

Soldados do Exército Brasileiro! Esta é a nossa Bandeira, de

forma, cores e representações de amplo significado. Por

meio dela, “em momentos de festa ou de dor”,

http://www.exercito.gov.br/web/guest/o-exercito?p_p_id=56_INSTA...

1 de 2 18/11/2010 21:20

reverenciamos nossos heróis, crenças, tradições e valores.

Exaltamos a formação da nossa nacionalidade, conjugando

diferenças individuais e respeitando a rica e pródiga

natureza que Deus nos concedeu como berço. Ela simboliza

o sadio orgulho das conquistas passadas, aponta a direção

que devemos seguir e convoca todos os brasileiros a

marchar unidos, solidários e fraternos na construção da

Nação forte, soberana e democrática que nos cabe por

vocação, esforço e destino.

Soldados do Exército Brasileiro! Reverenciemos nossa

“sagrada Bandeira, pavilhão da justiça e do amor”, com a

mesma fé dos nossos antepassados! Há em curso uma

profunda transformação do Exército. Assim sendo,

inspirados na nossa Bandeira, arregacemos as mangas e

vamos ao trabalho!

General de Exército ENZO MARTINS PERI

Comandante do Exército

http://www.exercito.gov.br/web/guest/o-exercito?p_p_id=56_INSTA...

2