sábado, 3 de setembro de 2011

DESABAFO DE UM OFICIAL DA PMESP SOBRE ARTIGO ALTAMENTE COMPROMETEDOR NA OPINIÃO PÚBLICA

Bom dia Sr. Rafael Alcadipani.


Li e reli com bastante atenção sua matéria publicada no JJ de ontem, 30 agosto e gostaria de fazer algumas observações, pois não pude acreditar no que estava lendo.

Acredito que Vsa. nunca teve a desgraça de ser assaltado, a sós ou com seus familiares, nem teve parentes ou amigos mortos por bandidos. Tomei a liberdade de lhe escrever, tendo em vista discordar de seu comentário, achando-o inoportuno, inconsistente e de ma fé. levando a pessoas pouco informadas a formar opinião diferente da atualidade, o que não é o meu caso, pois penso e ajo totalmente diferente do seu modo de ser.

Não o conheço e nem quero ter a desgraça de tal, pois pessoas que defendem marginais publicamente como Vsa. o fez, só tem dois motivos, ou é advogado desesperado por ganhar dinheiro sujo de sangue ou acredita em papai noel, lobisomem e fada madrinha!

Não pense Vsa. que estou defendendo atos insanos de PMs, muito pelo contrário, fui do Corpo de Bombeiros, por 30 anos e tive como obrigação resgatar, salvar e transportar bandidos até hospital para que sua vida fosse salva.

Minha vontade era de matar esses malditos com minhas mãos, mas por dever de ofício, e por juramento prestado publicamente, fiz exatamente o que minha consciência não aceitava, e com o foi duro fazer isso.

Perdi vários colegas de turma em ações policiais, em troca de tiros com bandidos e que feridos foram transportado para hospitais, vivos e se recuperaram por vontade demoníaca.

Que atitude ou que palavras Vsa. me dirigiria se eu publicamente e sem motivo aparente lhe desse um tapa na cara ou lhe escarrasse em seu rosto, sem que nada Vsa. fisese para mim, viraria o outro lado para que repetisse meu ato?

Que palavras que vsa. queria que os PMs, dissessem aos bandidos que tentaram matá-los, trocando tiros por defender a vida de outras pessoas? A seu ver deveria ser mais ou menos assim: " Perdão meu irmão em Cristo Jesus, pelos ferimentos que lhe causei, darei a vc. todo tratamento humano merecido, para que vc. se restabeleça o mais breve possível, e possa mais tarde voltar a matar e assaltar". Vejo no Sr. um grande sonhador, pois acredita que políticos possam resolver os problemas, como afirma que "a solução é que devemos cobrar de nossos governantes que o Brasil seja um país decente onde a lei seja aplicada, que as pessoas tenham verdadeiramente educação e possibilidade de crescer na vida e que a polícia tenha condições de atuar como se deve" São palavras suas escrita no JJ. Sabe Vsa. que existem mais de 180 políticos fichas sujas, representando o povo só em Brasilia?

Ainda ontem, a filha do ladrão roriz, ex governandor do distrito federal, sim com letra minúscula mesmo, foi absolvida pelo plenário da câmara dos nobres deputados, por fazer uso do mensalão do "bem", filme mostrado em todo o Brasil. (Bandidos defendendo bandidos).O Judiciário vendendo sentenças, veja o caso do presidente do tribunal de justiça do Rio de Janeiro, um corrupto, nomeado politicamente, conforme noticiou o Estadão de ontem deu margem a que uma Magistrada fosse assassinada por bandidos PMs

Vsa. mesmo, afirma que presenciou várias pessoas apoiando a atitude da polícia varias vezes, entre elas "num terceiro evento, em um jantar, escutei uma pessoa muito bem instruída e supostamente educada em todos os sentidos"celebrar" o fato de a polícia ter matado alguém que assaltara sua amiga", também são suas palavras extraídas do JJ.

Acredito que Vsa. também é favorável a devolução de armas para a Policia Federal, de forma a minimizar os efeitos nocivos que ela provoca na população. Se for, gostaria que escrevesse para os bandidos que fizessem a devolução de seus armamentos, tais como: fuzis, metralhadoras, bazucas, granadas e outros armamentos vedados as PMs.e usados pelas Forças Armadas em guerra convencional. Aproveito esta oportunidade, já que estou mandando cópia deste e mail para quase uma centena de correspondentes de minha lista, inclusive a publicação que deu origem a esta minha repudia, para que não apoiem a devolução dos armamentos (apresentado por quem? pelo incorruptível sarney, um dos mais nojentos senadores da república, que me da até ânsia de vômito escrever seu nome).

Finalizando Sr. Rafael, estive na China, no Vietnam e Cambodja, lá apesar dos regimes serem totalmente diferente do nosso, pode-se passear pela cidade a qualquer hora do dia, da noite ou da madrugada, nunca o sr. será assaltado, sabe porque, porque a pena é capital, lá, não se negociam com sequestradores, mata-se sequestradores, assaltantes e ladrões. O Estado não deveria sustentar "jovens traficantes, ladrões, homicidas e outros marginais" defendidos em sua honra conforme Vsa. afirma no JJ a divulgação de" vídeo"chocante" de dois jovens que, após cometer um roubo, foram baleados pela polícia , e agonizando, foram vítimas de ironias cruéis por parte dos policiais".

Por derradeiro, a Presidente Dilma quer acabar com a pobreza! Como? Incentivando mulheres a parir filhos um atrás do outro com homens diferentes, dando-lhes bolsa família, que família? Faltam escolas para período integral, crianças mal sabem o português, nem antiga arítimética, vivem na rua, a escola do crime ou trabalhando para o crime.

Sonhe sr. Rafael, sonhe muito, mas por favor, não dê sua opinião publicamente, fique na sua, o mundo já está cheio de anjos, como edyr macedo, valdemiro, rr. soares, padres e bispos de boa fé e de todas as religiões, fazendo grandes milagres e se enchendo de dinheiro a custa da ignorância do seu povo.

O CORPO DE BOMBEIROS, AS POLÍCIAS MILITARES E AS FORÇAS ARMADAS, SÃO AS ÚLTIMAS RESERVAS MORAL DO PAÍS, O RESTO É RESTO, É LIXO!

Atenciosamente,

Vardelen Vedovelli