terça-feira, 15 de maio de 2012

PALESTRA SOBRE OS 80 ANOS DO MOVIMENTO CONSTITUCIONALISTA EM 14 DE MAIO NA ACADEMIA DE POLICIA MILITAR DO BARRO BRANCO


ACADEMIA MILITAR DO BARRO BRANCO – PALESTRA SOBRE ASPECTOS GERAIS DO MOVIMENTO CONSTITUCIONALISTA DE 1932
14 DE MAIO DE 2012

CAROS CADETES

Neste século 21 atravessamos uma fase em que devemos nos curvar ao mundo surpreendente e necessário a todos nós que nos valemos dos meios de comunicação. As inovações tecnológicas precisam ser conhecidas e aproveitadas. Na cibernética há um transbordamento de dados que podem, à primeira vista, causar certa confusão. Mas isso apenas nos confunde no começo. O uso constante das novas ferramentas acabam por revelar a grande premência que temos da informática. Vale dizer que 43,9 milhões de brasileiros fazem uso da rede social da Internet, principalmente o FACEBOOK. Isso corresponde aproximadamente a 23% da nossa população.

A SOCIEDADE VETERANOS DE 32-MMDC instituiu o jornal eletrônico “32 EM MOVIMENTO” em 25 de janeiro de 2011, com ótimos resultados. Pudemos levar até fora do país o que foi a Revolução Constitucionalista de 1932, corrigindo as idéias fantasiosas de separatismo e outros erros que ideologias espúrias propagaram em livros de esquerda. Em meados do ano passado o professor JEFFERSON BIAJONE, de ITAPETININGA, nos sugeriu a criação de um núcleo de correspondência, a custo zero, que pudesse divulgar pesquisas sobre a revolução de 32 naquela cidade. Em poucos meses essa nova modalidade de descentralização da Sociedade Veteranos de 32-MMDC estendeu-se para outros municípios: PIRACICABA, ITAPIRA, SÃO VICENTE, CRUZEIRO, SÃO JOÃO DA BOA VISTA, BURI e ITAPEVA. A tendência, ao atingirmos os 80 anos da revolução é termos o aumento dos conhecimentos através desses núcleos.

O desenvolvimento do espírito crítico colabora para essa descentralização necessária e vitoriosa da nossa organização. Isso revigora o entusiasmo em torno dos acontecimentos de 32, trazendo essa página da história para a realidade dos nossos dias. É para nós um grande privilégio dirigir a Sociedade Veteranos de 32-MMDC, que atinge um patamar de atividades incríveis nas comemorações dos oitenta anos da Revolução de 32, voltadas para o culto da democracia e da moralização do pais.

No dia 23 de maio de 1974 no Mausoléu do Soldado Constitucionalista, o Centro Acadêmico XV DE DEZEMBRO, da Academia de Polícia Militar do Estado de São Paulo, homenageia o cadete RUYTEMBERG ROCHA, seu patrono.
Depois da missa, celebrada pelo capelão da Polícia Militar, houve o descerramento de uma placa em homenagem ao patrono do Centro Acadêmico com os seguintes dizeres: “RUYTEMBERG ROCHA; Esmaltou de pendão da esperança a sua trincheira; Coluna de uma colunata, patrono em partenon paulista...” “Homenagem do Diretório Acadêmico XV DE DEZEMBRO da Academia de Polícia Militar do Estado de São Paulo ao seu patrono, no XXV Aniversário de sua Fundação”. Após o descerramento da placa fala um representante da Sociedade Veteranos de 32-MMDC.
O cadete RUYTEMBERG ROCHA era aluno oficial do 2º ano do curso de oficiais da Força Pública do Estado de São Paulo. Em julho de 32 foi promovido para 1º tenente e partiu para o setor sul, no início das hostilidades. Na cidade de BURI, no Estado de São Paulo, em 26 de julho de 1932 tombou mortalmente ferido, por um projétil, que lhe atingiu o crânio.
“O projétil inimigo encontrou à sua frente, a figura jovem, vibrante e patriótica do tenente RUYTEMBERG ROCHA”, enfatizou o presidente do D. A. da Academia da PM, cadete ADAIR PAGAMISSE. “Por isso, peço, para que os atuais alunos da Academia de Polícia Militar, façam de sua profissão um sacerdócio, para estarem sempre alerta ao chamado do dever, pois a Pátria necessita dos filhos que se sacrificam sem nada pedir. A caminhada é árdua, mas se concentrarmos todos nossos sacrifícios em direção aos nossos objetivos, teremos a satisfação de vermos o dever cumprido e o espírito elevado, por termos tido a oportunidade de sermos úteis à Pátria e a nossos semelhantes”.
Após o discurso do presidente da D.A., o corpo de cadetes, com a colaboração do coral e da banda da Polícia Militar, entoou o Hino da Academia, a Canção da Polícia Militar e finalizaram a cerimônia com o Hino Nacional.

Nas três primeiras décadas do século 20 (1900-1930), diversos foram os acontecimentos políticos e sociais relevantes tanto internamente quanto, principalmente, no âmbito internacional, servindo de exemplos quanto a este último a maciça imigração de europeus para o Brasil, a eclosão da Primeira Guerra Mundial, a “grande crise” econômica de 1929 e, internamente, os movimentos sociais dos trabalhadores (greve, o conflito de CANUDOS, os 18 de Forte em 1922, a Revolução de 5 de Julho de 1924), surgimento dos primeiros partidos operários, o anarco-sindicalismo em São Paulo, a “Revolta da Vacina” no Rio de Janeiro (1904), o comunismo (criação do PCB em março de 1922), a “Reação Republicana” ao eixo SP-MG nas eleições de 1922, a insatisfação dos militares e o surgimento do “tenentismo” na década de 1930. Outrossim, vale registrar que, por vários motivos (manutenção do Estado, custeio de infra-estruturas portuária e ferroviária, valorização do café), muitos eram os empréstimos tomados pelo Brasil junto ao estrangeiro – notadamente a Grã-Bretanha – de forma que, nesse período, a dívida externa do país cresceu significativamente, assumindo patamares comprometedores da higidez econômico-financeira do País, o que, por óbvio, repercutiu no cenário político interno.

Com o mandato do presidente WASHINGTON LUÍS chegando ao fim, surpreendentemente houve de sua parte insistência para que um paulista o sucedesse na presidência, quebrando assim a famosa política do “café com leite”. JÚLIO PRESTES e GETÚLIO VARGAS concorreram às eleições, vencendo o candidato de WASHINGTON LUÍS. A oposição alegou fraude nessas eleições e GETÚLIO dá o golpe em 1930. A morte de JOÃO PESSOA em 26 de julho desse ano colaborou para o acirramento dos ânimos. Essa conspiração revolucionária ganha corpo e em 3 de outubro, sob o comando militar do GENERAL GÓES MONTEIRO, antigo conhecido de GETÚLIO, é vitoriosa. Em 24 de outubro de 1930, integrantes da cúpula militar, em nome do Exército e da Marinha, depuseram o presidente da República no RIO DE JANEIRO e constituíram uma Junta Provisória que, de sua parte, diante da manifestação popular e da forte pressão dos revolucionários vindos do sul, acabou entregando o poder a GETÚLIO em 31 de outubro de 1930.

Os vitoriosos  de 30 compunham um quadro bastante heterogêneo, política e socialmente, mas, com um adversário comum: as velhas oligarquias cafeeiras. Troca-se a elite do poder, caindo os quadros oligárquicos tradicionais e ascendendo à cúpula os militares, os jovens políticos da oposição, os técnicos diplomados e, mais tarde, os industriais.  

OS JANEIROS DA REVOLUÇÃO
Há 81 anos, em 2 de janeiro de 1931, realiza-se um almoço das Forças Armadas em homenagem ao Governo Provisório de Getúlio Vargas. A confraternização acontece no Forte de São João no sítio Estácio de Sá. O General Tasso Fragoso faz a saudação ao Chefe da Nação.
Acredita-se nas medidas que o governo revolucionário tomará, pois Getúlio assevera que empregará todos os esforços na criação e desenvolvimento dos meios necessários para o engrandecimento do Brasil.
Em 24 de janeiro de 1931, três meses após a vitória da Revolução de 30, as classes operárias são convocadas para uma reunião no Campo de Santana, no Rio. Fato inédito. Ouve-se a voz pungente de Joaquim Pimenta e a massa operária segue para o Catete, em homenagem a Getúlio Vargas. O país sente-se amparado. Está no governo o homem certo.
Um ano após o cenário é completamente diferente. O povo descobre que o Brasil está em plena ditadura. As eleições prometidas não se realizam. Em 25 de janeiro de 1932, na Praça da Sé, uma multidão imensa reúne-se contra o governo arbitrário de Getúlio Vargas. Tendo Antônio Prado Júnior à frente, entoam-se marchas e hinos e o estribilho é “São Paulo, São Paulo autônomo. São Paulo livre! O povo paulista exigia o fim da ditadura.
Guilherme de Almeida, aclamado, pronuncia uma de sua orações imortais: “PAULISTAS. Dizem que há por aí, no ar, suspenso sobre nossas cabeças, um “caso” paulista. Dizem que, para sua solução, que é a solução da vossa felicidade, o governo central, que se conferiu o direito de decidir dos vossos destinos, ainda não encontrou uma fórmula. A ditadura vacila, hesita, bambeia, tropeça, disfarça, protela, gagueja, titubeia...Dizem que ela quer saber a vontade de São Paulo. Ora, essa vontade ainda não foi dita... Não valem manifestos, entrevistas, conciliábulos secretos, conferências reservadas. Não. A única palavra que pode valer, que pode logicamente significar a vontade de São Paulo é a palavra que o povo de São Paulo há de dizer livremente, em massa, coeso, firme, unido num só. Para isso aqui está este comício grandioso. São Paulo, aqui neste instante de evocação de seu passado e de decisão de seu futuro, é, como sempre o foi, um só: um só pensamento e uma só ação. Ele vai exprimir a sua vontade. PAULISTAS, escolhei, decidi. Ou esta unificação engrandecedora e invencível, em que estais neste instante e estivestes em todo o vosso passado ou aquele fracionamento, aquela dispersão partidária, em que há quinze meses vos aniquilais, vos destruís. Escolhei! Decidi” À sombra destas bandeiras, quatro séculos vos contemplam!”
Ao alto da Catedral da Sé tremulam ao vento bandeiras das caravelas de Martim Afonso de Souza e as que traziam a cruz vermelha de Aviz planteada ao centro. A multidão delira, agitando chapéus ao ar, “dando a impressão de encapeladas ondas, no dizer de Paulo Nogueira.
No dia 22 de maio de 1932 foi elaborado o boletim da FRENTE ÚNICA, asseverando que a presença do enviado especial do ditador (OSWALDO ARANHA foi mandado por GETÚLIO VARGAS a SÃO PAULO, a fim de acalmar o ânimo dos paulistas) tinha o “intuito de arrebatar do povo paulista o sagrado direito de escolher os seus governantes” e que esse mesmo povo não mais suportaria tamanha afronta e humilhação, repelindo “a indébita e injuriosa intromissão na sua vida política” por parte daqueles que estavam “conduzindo SÃO PAULO e o BRASIL a sua ruína total”. No mesmo dia do lançamento do citado Boletim – 22 de maio de 1932 -, houve um comício na PRAÇA DO PATRIARCA, às 15 horas. Pontificou a voz altissonante de IBRAHIM NOBRE, que se dirigiu ao PALÁCIO DOS CAMPOS ELÍSEOS (com SÍLVIO DE CAMPOS, ANTÔNIO PEREIRA LIMA, AURELIANO LEITE, LUCIANO GUALBERTO e com o povo), afirmando ao Interventor PEDRO DE TOLEDO: “Já começa a correr o sangue paulista. Estamos algemados e algemados dentro de uma senzala.  E V. Ex.a, Sr PEDRO DE TOLEDO, está preso conosco. V. Ex.a. deve sair dela e com estes homens vir às ruas reivindicar a nossa liberdade. V. Exª está no fim da vida e deve escolher: um simples epitáfio ou uma estátua”. A menção feita por IBRAHIM NOBRE, ao fato de já começar a correr o sangue paulista, era devida aos ferimentos sofridos pelo estudante LIMA NETO, naquele mesmo 22 de maio de 1932, vítima das agressoras forças da Ditadura. No dia seguinte, 23 de maio, mais sangue iria correr, purpureando quatro jovens, que se transformaram nos exacerbados mártires da irrefreável luta contra o opróbrio.
Ainda em 22 de maio os líderes contrários a Getúlio foram até o Quartel do Comando Geral da FORÇA PÚBLICA. O Comandante CASTRO CAMPOS não está presente. O substituto, CORONEL ELISIÁRIO DE PAIVA, hesita diante da multidão, dos gritos, ante aquilo que, fácil é prever, ela está buscando ali. Fora, IBRAHIM NOBRE excita os milicianos, pronunciando o enésimo discurso do dia. O comando concorda em receber uma comissão. Entram SÍLVIO DE CAMPOS, PEREIRA LIMA, IBRAHIM NOBRE, AURELIANO LEITE, LUCIANO GUALBERTO, alguns mais. À espera, a aglomeração assossega, gradua o vozear entre exausta e esperançosa. Dentro, as conversações prosseguem. Súbito, da Avenida TIRADENTES rompe esquadrão de cavalaria da mesma FORÇA PÚBLICA. Carrega contra o povo, atropela, espaldeira. Tiros, populares contundidos, no chão o sangue inaugural da campanha que está por se iniciar: o do estudante LIMA NETO. Os membros da comissão, alertados, saem do QG em estado de apoplexia cívica. IBRAHIM e SÍLVIO DE CAMPOS, com o verbo e o exemplo remendam os rasgões abertos pelos cascos e pelos sabre na massa popular que flutuara, rompera-se mas não se desfizera. Guiam-se para os CAMPOS ELÍSEOS, para a casa do governo do Estado. PEDRO DE TOLEDO terá de dizer-lhes, naquela noite, naquele instante, com quem está: sendo paulista e sendo interventor getulista, fica ao lado dos seus ou ao lado dos servidores do ditador?  

Por volta das 16 horas de 23 de maio de 1932, realiza-se na Praça do Patriarca, o comício monstro em favor do restabelecimento da autonomia do Estado e da reconstitucionalização do país. O povo em massa dirige-se aos CAMPOS ELÍSEOS e exige por meio de discursos inflamados a organização do secretariado do governo em consonância com a vontade do povo.
E nessa oportunidade que assomando â janela do palácio o professor FRANCISCO MORATO anuncia a escolha dos novos secretários do Interventor Federal.
O Secretariado ficou assim constituído: Educação - Dr JOSÉ RODRIGUES ALVES SOBRINHO; Agricultura – FRANCISCO DA CUNHA JUNQUEIRA; Fazenda – PAULO MORAIS BARROS; Justiça – Professor WALDEMAR FERREIRA; Viação – FONSECA TELLES; Departamento de Organização Municipal – JOAQUIM SAMPAIO VIDAL; Prefeitura da Capital – GODOFREDO DA SILVA TELES.
No cair da tarde e o surgir da noite a massa humana se agiganta pelo Pátio do Colégio, ruas e praças contíguas. Populares sacam de suas armas e fazem disparos para o ar a guisa de salvas no momento em que SILVA GORDO passa a Secretaria da Justiça a WALDEMAR FERREIRA. O povo, não satisfeito com as vitórias alcançadas dirige-se à sede dos jornais: “RAZÃO”, órgão de OSVALDO ARANHA, o “CORREIO DA TARDE”, de MIGUEL COSTA, incendiando-os.
Daí o povo ruma contra a sede da LEGIÃO REVOLUCIONÁRIA, o PARTIDO POPULAR PAULISTA, o qual era chefiado por MIGUEL COSTA nos altos da Rua BARÃO DE ITAPETININGA, esquina da PRAÇA DA REPÚBLICA.
Por volta das 20:30 horas na PRAÇA DA REPÚBLICA o povo ataca a sede do PPP, instalado à Rua BARÃO DE ITAPETININGA, número 60 (hoje Prédio 298, esquina da Praça). A fuzilaria é intensa de lado a lado. Todos os lampiões de gás nas imediações e as poucas lâmpadas estão quebradas por tiros. Os atacantes, uns atrás das árvores, outros deitados, defendem-se, atacam e socorrem os feridos. As ambulâncias ficam postadas nas Ruas SÃO LUÍS, 7 DE ABRIL e 24 DE MAIO. Enquanto um mulato distribuía munições, o povo luta desesperadamente a fim de invadir o prédio.
Quando era meia-noite, os atacantes já apresentam duas baixas: EUCLYDES MIRAGAIA e ANTÔNIO AMÉRICO DE CAMARGO ANDRADE, morador de CAMPINAS. Alguns atacantes conseguem trazer um bonde e o colocam, como muralha, parado à porta do prédio.
Era uma hora e trinta minutos da madrugada quando DRÁUSIO MARCONDES DE SOUZA, ao forçar a porta do prédio, é alvejado mortalmente vindo a falecer no dia 28 devido aos ferimentos recebidos. DRÁUSIO tinha apenas 14 anos, morador na Rua OSCAR FREIRE, ferido na fossa ilíaca esquerda. O tiro saiu na fossa ilíaca direita.
A luta já dura horas, mas os atacantes não esmorecem. Há muita gente ferida e não se sabe ao certo o número de mortos.
Naquela madrugada sangrenta, naquele desespero, muitas pessoas deixam os abrigos e avançam para o prédio com o propósito de tomá-lo. Num destes ataques MARIO MARTINS DE ALMEIDA é atingido por uma rajada de balas no peito no meio da Rua BARÃO DE ITAPETININGA. Não é decorrido muito tempo quando soldados acercam-se do prédio, assestam uma metralhadora, fazem disparos e recebem um comunicado que transmitem aos populares dizendo que os sitiantes se renderam e vão desocupar o prédio, o que realmente aconteceu.  
 MÁRIO MARTINS DE ALMEIDA morre ao ser removido para o pronto-socorro da polícia central. São feridos também: IGNÁCIO CRUZ, de 21 anos, solteiro, residente à avenida D.PEDRO I, número 7, no IPIRANGA, com dois ferimentos produzidos por balas, na perna direita; SEBASTIÃO BERNABÉ VERGUEIRO DOS SANTOS, de 33 anos, residente à rua VITÓRIA, número 144, com um ferimento perfuro contuso na perna esquerda; PAULO RIBEIRO, advogado, residente à Rua OSCAR PORTO, número 43, com ferimento perfuro contuso no antebraço direito; MOACYR DE OLIVEIRA, de 21 anos, residente à Rua ANTÔNIO DE GODÓI, 91 com ferimento de bala penetrante da cavidade torácica; JOÃO BAPTISTA DE OLIVEIRA FILHO, de 21 anos, solteiro, residente à Rua SOUZA LIMA, número 24, com ferimento perfuro contuso na fronte frontal esquerda; ORLANDO DE ALVARENGA, de 32 anos, casado, empregado de cartório, residente à Rua MARANHÃO, com ferimento perfuro contuso na região lombar, que viria a falecer em 12 de agosto; SEBASTIÃO ALVES DE OLIVEIRA, de 19 anos, copeiro, com ferimento de bala na região glútea direita; FRANCISCO ANTÔNIO VALENTE, de 19 anos, morador na rua 21 de Abril, número 313, com ferimento de bala no braço esquerdo e no peito; DOMINGOS NÓBREGA FILHO, de 21 anos, açougueiro, morador à Alameda Santos, número 362, com um ferimento perfuro contuso produzido por bala no pé direito e outro na coxa do mesmo lado.
Horas depois, as iniciais dos nomes dos mortos haverão de formar a sigla da sociedade, a princípio secreta, que viria a ser forja e martelo da revolução constitucionalista: MMDC.
O poeta da Revolução Constitucionalista, GUILHERME DE ALMEIDA, canta em “A SANTIFICADA”: “E houve uma noite de heroísmo/ Que marcou o teu batismo de glória;/ e por isso é que Tens quatro letras gravadas/ Nas quatro estrelas douradas/ Do topo: MMDC.
MÁRIO MARTINS DE ALMEIDA nasceu em São Paulo, no dia 8 de fevereiro de 1901. Era filho do CORONEL JULIANO MARTINS DE ALMEIDA e de Dona FRANCISCA ALVES DE ALMEIDA. Foi estudante do MACKENZIE COLLEGE, tendo terminado os seus estudos sobre a direção do Professor ALBERTO KULLMAN. Era fazendeiro em SERTÃOZINHO estando naquele dia, isto é, 23 de maio de 1932 (31 anos) em São Paulo, de passagem em visita a seus pais. Foi sepultado no Cemitério da CONSOLAÇÃO.
EUCLIDES BUENO MIRAGAIA nasceu em SÃO JOSÉ DOS CAMPOS, no dia 21 de abril de 1911. Era filho de JOSÉ MIRAGAIA e de Dona EMÍLIA BUENO MIRAGAIA. Foi aluno da Escola de Comércio “CARLOS DE CARVALHO” de onde se transferiu no 3º ano para a ESCOLA DE COMÉRCIO “ÁLVARES PENTEADO”. A 23 de maio de 1932 (21 anos) quando foi ferido e morto era auxiliar de um Cartório em São Paulo.
DRAÚSIO MARCONDES DE SOUZA era um jovem estudante. Nasceu em São Paulo em 22 de setembro de 1917. Era filho de MANOEL OTAVIANO MARCONDES DE SOUZA e de dona OTÍLIA MOREIRA DA COSTA MARCONDES. Ferido no dia 23 (15 anos incompletos) falecia no dia 28 de maio de 1932, a 1 hora e 50 minutos.
ANTÔNIO AMÉRICO DE CAMARGO ANDRADE, nasceu no dia 3 de dezembro de 1901. Filho de NABOR DE CAMARGO ANDRADE e dona HERMELINDA NOGUEIRA DE CAMARGO. Era casado e residente em CAMPINAS. Morreu em 23 de maio de 1932 (31 anos) deixando viúva dona INALAH TEIXEIRA DE CAMARGO e 3 filhos: CLÉSIO, YARA e HERMELINDA.
Os restos mortais dos heróis repousam no Monumento Mausoléu do Soldado Constitucionalista de 1932, no IBIRAPUERA, Capital.   
AURELIANO LEITE lembra que o MMDC começou num jantar num restaurante da RUA DAS FLORES, hoje SILVEIRA MARTINS, o “POSILIPO”.
Foi a 24 de maio, e “éramos apenas quatro” em torno à mesa: “J. A. SAMPAIO VIDAL, membro do governo empossado, PRUDENTE DE MORAIS NETO, PAULO NOGUEIRA FILHO e eu”.
Trataram de abreviar a refeição, logo puseram mãos à obra. Daí a duas horas estavam reunidas no salão de chá do CLUBE COMERCIAL (à Rua LÍBERO BADARÓ) “VINTE E TRÊS PESSOAS DISPOSTAS A TODO SACRIFÍCIO”; J.A. SAMPAIO VIDAL, pelo governo; PAULO NOGUEIRA FILHO, CESÁRIO COIMBRA, FRANCISCO MESQUITA e AURELIANO LEITE, pelo Partido Democrático; FRANCISCO ALVES DOS SANTOS FILHO, EDGAR BATISTA PEREIRA, BERNARDO DE MORAIS e ALBERTO AMERICANO, pelo Partido Republicano Paulista; CARLOS DE SOUZA NAZARETH e BRENO FERRAZ, pela Associação Comercial; ANTÔNIO CARLOS PACHECO E SILVA, pelas classes liberais; CAPITÃO ANTÔNIO PIETCHER, técnico militar; ROBERTO VITOR CORDEIRO, JOSÉ TELES MATOS, GASTÃO SARAIVA, HERMAN DE MORAIS BARROS e FLÁVIO BATISTA DA COSTA, pelos estudantes; MOACIR BARBOSA, VALDEMAR SILVA e BRÁULIO SANTOS, pelos bancários; JORGE SOUZA REZENDE e TIAGO MASAGÃO FILHO”. Assinaram no outro dia a ta da reunião: SÍLVIO DE CAMPOS, JÚLIO MESQUITA FILHO e ANTÔNIO PEREIRA LIMA.
Alguns dias depois, EDGAR BATISTA PEREIRA lembrou os quatro mortos de 23 de maio para patronos espirituais da sociedade, que até então se chamava GUARDA PAULISTA. Representar-se-iam pelas iniciais: após alguns debates a sugestão foi aceita e daí a GUARDA ficou sendo a MMDC. Dividindo a cidade em vários setores, confiando cada qual a uma liderança, em menos de dez dias já contava a MMDC com cerca de cinco mil homens.
Na primeira vez em que apareceu em público, tinha a MMDC este Conselho Diretivo: SÍLVIO DE CAMPOS, PRUDENTE DE MORAIS NETO, CARLOS DE SOUZA NAZARETH, ANTÔNIO PEREIRA LIMA, ANTÔNIO CARLOS PACHECO E SILVA, AURELIANO LEITE e CAPITÃO ANTÔNIO PIETCHER (como assessor militar). Num domingo, a concentração e parada aconteceu no CANINDÉ. Compareceram mais de mil chefes e sub-chefes de grupos. “Assombrou a cidade e alarmou o BRASIL”, daí a pouco, sabendo de tudo pelos boatos as proporções foram multiplicadas.
O Governo de SÃO PAULO oficializou a MMDC em 10 de agosto – e entregou sua direção a um decenvirato: LUIZ PIZA SOBRINHO, PRUDENTE DE MORAIS NETO, JOSÉ CÁSSIO DE MACEDO SOARES, LÉVEN VAMPRÉ, ANTÔNIO CARLOS DE ABREU SODRÉ, JOAQUIM CELIDÔNIO FILHO, ELIAS MACHADO DE ALMEIDA, CESÁRIO COIMBRA, JAIME LEONEL, MÁRIO BASTOS CRUZ, ABELARDO VERGUEIRO CÉSAAR, ALARICO SOARES CAIUBI e CARLOS DE SOUZA NAZARETH. Esse decenvirato prosseguiu até o fim do Movimento Constitucionalista.
Em seguida a esse Conselho Geral, a MMDC compreendia três grandes divisões: a DIREÇÃO GERAL DO ABASTECIMENTO, a INTENDÊNCIA GERAL e o DEPARTAMENTO DE FINANÇAS.
Originalmente, a MMDC instalou-se na FACULDADE DE DIREITO. Passou-se, depois, para o antigo edifício do FORUM à Rua do Tesouro, esquina da 15 de Novembro (onde depois foi instalada a Caixa Econômica Estadual). Depois com a ampliação de seus serviços veio a instalar-se na Escola de Comércio ÁLVARES PENTEADO. 
Nessa data era reformado o GENERAL DE BRIGADA MIGUEL COSTA – MIGUEL COSTA foi promovido a GENERAL DE BRIGADA pelo DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO de 11 de novembro de 1930. O BOLETIM DO EXÉRCITO publicou o ato da promoção em 15 de novembro daquele ano. Foi ele designado para assumir o Comando da 3ª Brigada de Infantaria da 2ª Região Militar. No dia 5 de dezembro de 1930 foi designado Secretário de Estado dos Negócios da Segurança Pública. No dia 29 de abril de 1931 foi designado COMANDANTE GERAL DA FORÇA PÚBLICA.

Dentre as inúmeras solenidades que comparecemos em homenagem a esta data, calou fundo na memória quando o MARECHAL-DO-AR MÁRCIO DE SOUZA E MELLO, então Comandante da QUARTA ZONA AÉREA, leu a Ordem do Dia alusiva ao 23 de maio de 1964 ao pé da placa de bronze que assinala, na Praça da República, o local em que tombaram MARTINS, MIRAGAIA, DRÁUZIO e CAMARGO. A FORÇA AÉREA BRASILEIRA vinha pela primeira vez à PRAÇA DA REPÚBLICA proclamar a sua inteira identificação com os jovens de SÃO PAULO, com a mocidade estudantil da terra abençoada. Vinha assegurar, também, que os ideais de 1932, eram os mesmos daqueles que a tudo se dispuseram para livrar o BRASIL da desordem, da corrupção, do comunismo internacional, quando da Revolução de 1964.
Nessa placa de bronze está escrito “MARTINS, MIRAGAIA, DRÁUSIO e CAMARGO foram bravos – foram paulistas – aqui tombaram pelas 13 listas – 1932 – 1956 (ano da colocação da placa).

Em 23 de maio de 1968, disse o Comandante da QUARTA ZONA AÉREA na Praça da República: “Aqui também está o altar da Pátria! E pensando nela, a Pátria que os mercenários não venceram, nós, representantes da FORÇA AÉREA BRASILEIRA, associando-nos ao ardor da mocidade de SÃO PAULO, estamos certos de atender ao estímulo do poeta, tão caro aos jovens desta Terra, assegurando que: JAMAIS A DEIXAREMOS MORRER!”.  

Em 23 de maio de 1975, no Ibirapuera,  palanque estava repleto de gente e, na frente, o governador PAULO EGYDIO e o prefeito OLAVO SETÚBAL, entre muitas outras pessoas. Um vento intenso fazia tremular centenas de bandeiras brasileiras e paulistas defronte ao Monumento Mausoléu do Soldado Constitucionalista de 1932. PAULO BOMFIM faz a declamação: “Maio de outrora revive/ Na saudade aqui presente / Maio de paz e de guerra, / Capacetes de esperança / Alma do povo e da terra / Voz de ideal, canto de amor / E o MMDC/ É sigla, é sangue, é vitória / Santa senha, pira ardente / Bandeira bem bandeirante / No coração de São Paulo – Maio de outrora revive / Nos campos de Ibirapuera.”

Palavras de EUCLIDES FIGUEIREDO sobre o 9 de Julho: “Apesar de fria a noite, abrimos as janelas da limousine em que viajávamos, para facilitar qualquer reação. Eram sete homens decididos a arrostar tudo para chegar a tempo aonde nos levava a palavra empenhada: o CAPITÃO RIBEIRO DA COSTA; TENENTES JOSÉ LOBO, JOAQUIM CAMARINHA e MARIO GOULART; os civis JOÃO DARÉ e MÁRIO CABRAL. Na manhã seguinte (quer dizer, 9 de julho) partiram de trem o CORONEL PALIMÉRCIO, Doutor LUÍS GUIMARÃES, deixados para trás com a missão de avistar outros companheiros que com a pressa não puderam ser alertados. No mesmo trem ainda sem se falarem viajavam outros oficiais integrados na causa, o civil FRANCISCO ANTUNES JÚNIOR e o meu filho mais velho GUILHERME, que iludira na madrugada a vigilância dos policiais que já cercavam a minha casa. Primeioanista de Direito, ia receber sua melhor aula de Direito Público e de amor à democracia.”
Às quatro horas da madrugada daquele mesmo dia, em que logo a noite se cobriria de glória o comandante da arrancada de “9 de Julho”, iniciava a ronda pelas guarnições do Norte do Estado, que horas depois estariam sob suas ordens. Avistou-se com o CAPITÃO LUÍS DE ANDRADE FARIA, comandante do 1º Batalhão do 5º RI, em PINDAMONHANGABA, deixando recado ao MAJOR QUINTILIANO DE CASTRO E SILVA, em CAÇAPAVA, manteve longa e decisiva conferência com o CORONEL JOSÉ JOAQUIM DE ANDRADE, que desempenharia função de relevo no VALE DO PARAÍBA. Conclui FIGUEIREDO: “Dali (CAÇAPAVA),s em mais preocupações sobre aquele ponto importante, urgia continuar para a capital do Estado, onde os mais sensacionais acontecimentos nos aguardavam. E lá chegamos por volta das 9 horas da manhã do dia 9 de julho, sem pensar que naquele mesmo dia eu seria chamado a desempenhar o saliente papel que a confiança dos camaradas de armas e dos civis nossos amigos, secundados pelo povo do heróico Estado me reservava: o de fazer eclodir e comandar o mais brilhante movimento cívico da história do Brasil republicano.”
No segundo trem noturno do dia 9 de julho, embarcou na Estação do RIO DE JANEIRO, o GENERAL JOSÉ LUIZ PEREIRA DE VASCONCELOS, novo comandante da 2ª RM, em SÃO PAULO. Desembarcava em CAÇAPAVA e aderia à Revolução Constitucionalista. A FORÇA PÚBLICA DE SÃO PAULO, braço forte do Exército Constitucionalista era comandada pelo CORONEL JÚLIO MARCONDES SALGADO. As tropas paulistas no VALE DO PARAÍBA foram comandadas pelo CORONEL FIGUEIREDO, que contava com três destacamentos: o do CORONEL ANDRADE, o do CORONEL PAIVA SAMPAIO e do CORONEL ABÍLIO DE RESENDE. A FRENTE NORTE esteve a cargo da FORÇA PÚBLICA (DESTACAMENTO ROMÃO GOMES) e a FRENTE SUL a cargo do DESTACAMENTO BRASÍLIO TABORDA.
A respeito do MOVIMENTO CONSTITUCIONALISTA disse MENOTTI DEL PICCHIA – “O MAIS BELO E COMOVENTE MOVIMENTO DA HISTÓRIA DAS AMÉRICAS E QUIÇÁ DO MUNDO”.
MARTINS FONTES disse, enfático: “Em GUANABARA, sob o sol que amamos / Rebradaremos, com bravor febril / Nós, de SÃO PAULO, rebrasilizamos / Os Estados Unidos do BRASIL.”
GUILHERME DE ALMEIDA, poeta da Revolução, proclamou: “Bandeira que é o nosso espelho / Bandeira que é a nossa pista! / Que traz no topo vermelho / o coração do Paulista!”
A disciplina, no dizer do GENERAL CADORNA,”é a pedra angular de toda formação militar” e “deve pela colocação em segundo plano da tropa a preocupação individual, criar a cooperação de todos, colimando um fim único: a vitória”. Essa disciplina foi amplamente notada na Revolução Constitucionalista de 1932.

“O mineiro JUSCELINO KUBITSCHEK, oficial da FORÇA PÚBLICA DE MINAS GERAIS, que atuou ao lado do Governo Provisório de GETÚLIO VARGAS, quando Presidente da República, referiu-se assim sobre 1932: “.... uma daquelas causas pelas quais os homens podem viver com dignidade e morrer com grandeza”. O carioca EUCLIDES FIGUEIREDO comandou no VALE DO PARAÍBA, a principal das Divisões do Exército Constitucionalista. Disse considerar a Revolução “o mais brilhante movimento cívico da história do BRASIL republicano”. O gaúcho BERTOLDO KLINGER generalíssimo revolucionário, escrevendo ao supremo comandante ditatorial, o GENERAL GÓIS MONTEIRO, descreveu o ânimo que descobrira entre o povo paulista: “....os ricos entregam o seu ouro com discrição britânica e bravura romana; as senhoras despojam-se de suas jóias; os bispos entregam o ouro das igrejas e as suas próprias cruzes pectoriais; os casais pobres levam à coleta suas alianças; os advogados, os médicos, os seus anéis....” Estas definições completam-se com a da respeitada “História do Exército Brasileiro”, editada pelo Estado Maior do Exército: “O nosso maior movimento armado. O valor e a capacidade do homem, do brasileiro em face da adversidade, superaram todas as expectativas, não só no campo material, das improvisações e imaginação, mas, também, no campo da elevação moral e espiritual, diante da causa e motivação para a defesa das suas convicções”. Estas definições, nenhuma assinada por paulista, mostram que a História, pelo juízo dos homens, fez e vai fazendo justiça à Revolução Constitucionalista: foi ela a explosão de um idealismo levado às últimas conseqüências.
É verdade que há críticos. Alguns deles insistem em que entre os idealistas a reclamar eleição e Constituição, havia separatistas. Haveria uns cinqüenta, certamente menos de cem. Não formariam mais do que um magro batalhão. Nem conduziram o povo para a Revolução.
Mas... insistem os críticos, são os “revanchistas”, os despeitados que se incorporaram à Revolução tendo por objetivo reconquistar as posições, o poder, perdidos em 1930? De fato, haveria gente assim, entre os que fizeram 1932. Talvez, mobilizados, dessem dois esquálidos batalhões. Não mais.           
No entanto, os seis milhões de habitantes do Estado aplaudiram e aderiram. Uma adesão assim unânime jamais resulta de enganos, de desencontros. Quase cem mil homens pediram armas e lugar nas trincheiras: estudantes, funcionários, agricultores, comerciários, pretos, pardos, brancos; pobre, ricos; casados, solteiros. Sem prática das durezas da luta, marcharam e combateram – quinze a dezoito mil deles – enquadrados por mais ou menos dez mil praças da Força Pública (a Polícia Militar de hoje) e quase três mil recrutas do Exército Nacional. Assim se formou o Exército Constitucionalista. Para ele, foi preciso fabricar dentro do Estado o que hão havia: armas e munições. A criatividade e o esforço revolucionário montaram fábricas das quais saíram balas para fuzil (240 mil/dia no final da luta), granadas para canhões (200/dia no término da campanha), capacetes de aço (70 mil), máscaras contra gás, rações de campanha, trens blindados, carros de assalto, lanchas blindadas, minas marítimas e terrestres, carros lança-chamas, além de armas psicológicas de efeito extraordinário no substituir armas inexistentes. Entre essas “armas de mentirinha”, a matraca, que imitava o “matraquear” de metralhadora pesada e o “canhão bresseriano” ou canhão fantasma que não disparava, mas enganava a observação aérea.
A guerra toda decorreu entre julho e começos de outubro. Tempo frio, ríspido, nos campos do sul do Estado e na Serra do Mar, onde a campanha foi mais duramente combatida. Portanto, houve precisão de vestir, agasalhar e alimentar entre 25 a 30 mil. Não havendo indústria, nem dinheiro suficiente para atender a tais necessidades, 80 mil mulheres, trabalhando graciosamente, costuraram fardamentos, teceram agasalhos, prepararam material médico, cozinharam refeições, atenderam a hospitais, atenderam as famílias cujos arrimos haviam seguido para as trincheiras.
Uma guerra, travada em cinco frentes, sem comunicação com o exterior para vender produtos da terra cercada (no caso, café), custa muito caro. Além da guerra, era preciso que a vida, no Estado, prosseguisse, normal o quanto possível: armazéns fornecendo, escolas ensinando, trens trafegando, farmácias atendendo, lâmpadas acendendo. E o tesouro do Estado, em tempo de crise mundial e principalmente nacional e paulista, estava a zero. Para socorrer o Tesouro e manter a vida civil regular e o Exército combatendo, fez-se a Campanha do Ouro Para o Bem de São Paulo, a que se referiu o GENERAL KLINGER na frase citada.

Mas se tão empenhado e poderoso foi esse ideal constitucionalista, ficou restrito a SÃO PAULO? Ninguém, em parte alguma do BRASIL, moveu-se para sustentá-lo, por atos ou mesmo por gritos? Pois houve gente assim e muita e em muitos lugares. Afinal, a Revolução deveria ser feita pela FRENTE ÚNICA – larga corrente de liberais, principalmente do RIO GRANDE DO SUL, de MINAS GERAIS, do DISTRITO FEDERAL (hoje RIO DE JANEIRO), do MATO GROSSO e outros Estados. O porquê de, a 9 de julho, somente SÃO PAULO e a parte sul do MATO GROSSO cumprirem o combinado, é um capítulo que ainda está sendo escrito.

Os que deveriam marchar e combater ao lado de SÃO PAULO marcharam e combateram contra SÃO PAULO. Nem por isso, o ideal deixou de levantar eco e despertar combatentes em outros sítios: Assim, ao norte, ao sul, ao leste e ao oeste, brasileiros houve que responderam ao grito de “CONSTITUIÇÃO E ELEIÇÕES LIVRES! Levantado em 1932, junto ao riacho do IPIRANGA, como em 1822 ali fora levantado o grito de “INDEPENDÊNCIA!”

Esses lutadores, no MATO GROSSO. No RIO GRANDE DO SUL (com ênfase para SOLEDADE, os frentistas gaúchos que, à sua moda e sem esperanças, tentaram montar um governo constitucionalista no pampa), no RIO DE JANEIRO, na BAHIA (514 estudantes da Faculdade de Medicina e uma dezena de professores foram presos e recolhidos aos cubículos da Penitenciária de SALVADOR. A Faculdade foi fechada e os cursos somente foram reabertos a 2 de outubro de 1932); no PARÁ (o celebre episódio de ÓBIDOS, onde os artilheiros do forte morreram todos após o naufrágio de suas barcaças, atacadas pelas forças de ditadura, que os executaram, na famosa BATALHA NAVAL DE ITACOATIARA), no PARANÁ (cidades de CASTRO e SENGÉS), em MINAS GERAIS (principalmente em VIÇOSA e ARAPONGA). Diz a “HISTÓRIA DO EXÉRCITO BRASILEIRO”: “vencedor único, o BRASIL” Pois 723 dias depois do 9 de Julho, o BRASIL ganhava a CONSTITUIÇÃO. E o brasão de armas de SÃO PAULO, criado durante a Revolução, diz “PELO BRASIL FAÇAM-SE GRANDES COISAS”. E a bandeira do Estado, o último Estado brasileiro a adotar uma bandeira, é a única, entre as bandeiras estaduais a ostentar o MAPA DO BRASIL.”

Em 1982, quando se completaram 50 anos do Movimento Constitucionalista é comovente o pronunciamento de AURO SOARES DE MOURA ANDRADE: “...àqueles que morreram aos milhares nos campos rasos da luta, da mais nobre luta e da mais bela luta, a luta pelos direitos do homem, a luta pela liberdade da pátria, a luta pela conquista de uma constituição e pela garantia de uma vida tranqüila e próspera para o nosso povo”.....”decorridos 27 anos, sabe todo o Brasil que não se tratava de um movimento separatista, mas de uma revolução que integrava na vida política todo o restante de seu povo. Longe de separar, era a revolução que unia Norte a Sul para o mesmo pensamento jurídico, o mesmo pensamento cívico visando a reconstitucionalização do país”. Ainda disse AURO SOARES DE MOURA ANDRADE: “a vitória não foi alcançada nas armas, foi alcançada nas consciências, na convicção do homem”. Em aparte, o deputado SÉRGIO MARINHO disse que se penitenciava de ter lutado contra São Paulo, por estar hoje convencido de que a revolução constitucionalista foi um dos maiores movimentos cívicos registrados no país.” 

PEDRO PAULO PENNA TRINDADE, Vice-presidente do Conselho Deliberativo do MMDC assim se pronuncia:                  
Dias atrás, um jovem amigo paulistano me perguntou o porquê do feriado de 9 de Julho. Refleti, um pouco indignado, mas com paciência tentei explicar o que foi a guerra paulista de 1932. Se quisermos entrar no âmago dessa guerra fratricida, perdida nas armas e ao mesmo tempo vitoriosa para o constitucionalismo brasileiro, temos de voltar no tempo e aos anseios da jovem oficialidade, em especial do Exército, que queria democracia plena, e não a hipocrisia e as oligarquias das elites, heranças do Império, somadas aos “currais eleitorais” trazidos pela República. Estes movimentos ficaram conhecidos como Tenentismo. A primeira grande revolta armada tenentista ocorreu em 1922, no RIO DE JANEIRO, no governo EPITÁCIO PESSOA, que tinha nomeado um civil para o Ministério da Guerra. Para culminar os ânimos, mandou fechar o Clube Militar, cujo presidente era, nada mais, nada menos, que seu desafeto político MARECHAL HERMES DA FONSECA, presidente da República entre 1910 e 1914. Esta revolta ficou conhecida como OS 18 DO FORTE DE CAPACABANA. A Revolução Paulista de 1922, também de origens tenentistas e de que poucos têm conhecimento, tinha o propósito de derrubar o presidente do Estado WASHINGTON LUIZ e, conseqüentemente, o presidente da República, ARTUR BERNARDES, EDUARDO GOMES, SIQUEIRA CAMPOS, JOÃO CABANAS, LUIZ CARLOS PRESTES, JOAQUIM e JUAREZ TÁVORA, MIGUEL COSTA, CORDEIRO DE FARIAS, entre outras figuras da nossa História moderna, eram capitães e tenentes revolucionários. Em conseqüência das derrotas tenentistas de 1924, formaram-se as legendárias Coluna  MIGUEL COSTA e COLUNA DA MORTE, esta comandada por JOÃO CABANAS. De revolução em revolução, veio a de 1930, que levou GETÚLIO VARGAS ao poder como ditador absoluto. SÃO PAULO, com seus ideais de liberdade, preparou-se e se armou, com o apoio do Estado de MATO GROSSO, para lutarem sozinhos contra as tropas federais de VARGAS, tentando tirá-lo do poder. As batalhas ocorreram de julho a outubro de 1932 e esta foi, sem dúvida, a maior epopéia do povo paulista. Hoje, muitos que passam no Parque Ibirapuera olham sem entender o imponente Obelisco, monumento-símbolo da Revolução de 9 de Julho de 1932, iniciada nesse dia com a morte traiçoeira dos estudantes paulistas MARTINS, MIRAGAIA, DRÁUSIO e CAMARGO – MMDC. Os quatro mártires, juntamente com centenas de voluntários, oficiais e soldados constitucionalistas mortos em batalhas, jazem na cripta sob o Obelisco. E também quase ninguém sabe! Lá é solo sagrado ! Quem quiser comemorar o feriado que vá ao Obelisco e reze pela paz eterna dos que obrigaram o ditador VARGAS a promulgar a segunda Constituição da República, em 1934. Vitória! Por isso é feriado paulista em 9 de Julho, para podermos festejar e rememorar os ideais da Revolução Constitucionalista de 1932.

CARÍSSIMOS ALUNOS OFICIAIS DA ACADEMIA DE POLÍCIA MILITAR DO BARRO BRANCO:
O Brasil é um país que resiste na beira do abismo. Abençoado por Deus e pela natureza, vive na dúvida entre o atalho do atraso e a reta da certeza. Uma nação que maltrata sua história e não agradece, todos os dias, a generosidade divina que nos concedeu uma extensão territorial de dimensão continental, rica em terras férteis, praias que enchem os olhos do mundo inteiro, água doce em abundância, fauna e flora que não devem nada aos países mais ricos.
Todos os versos e cantos ufanistas de nossa Pátria são verdadeiros e merecem o cultivo da eternidade. Quando Gonçalves Dias declama que “Nossa terra tem palmeiras, onde canta o sabiá...”, pratica um ato de civismo exemplar pelo caminho encantador da poesia. Assim como outros brasileiros exemplares, Gonçalves Dias tentou plantar raízes de civismo e amor à Pátria.
Civismo é a difícil tarefa de amar, em grandeza superior, os valores do País, do Estado e do Município. Uma pessoa acometida do vírus cívico é aquela que consegue romper os muros estreitos e menores de um cotidiano medíocre para se envolver em lutas e projetos que dignifiquem a vida. É fácil, cômodo e comum viver a pobre rotina da casa para o trabalho e de trabalho para casa, intercalada por um tempo livre que nada acrescenta e apenas  demonstra que existe gente que passa por este mundo sem nunca ter vivido.
E a grande tragédia contemporânea do Brasil é a crescente alienação de sua população em relação aos valores cívicos que deveriam nortear uma nação civilizada.
Os jovens desapareceram das praças e a  política, ciência superior do poder, deixou de ser pensada e discutida nas esquinas, evidenciando uma decadência social e cultural de elevada periculosidade cívica. A história nos ensina que o afastamento da juventude é um sinal de alarme para as nações, exigindo dos patriotas uma providência qualquer diante da falência de nossas instituições.
Por muito menos do que acontece no Brasil de 2012, os paulistas pegaram em armas dia 9 de Julho de 1932. Data máxima do povo paulista, 9 de Julho é a referência de honra e glória que jamais deixaremos desaparecer de nossa história.
Fizemos a maior guerra civil da história do Brasil em busca de uma Constituição para conquistarmos a democracia. Fomos derrotados militarmente, mas vencemos politicamente. Mesmo com a ditadura usando o rádio como propaganda enganosa, vendendo ao Brasil a idéia de que nossa revolução era separatista, liderada pelos italianos e barões do café, conseguimos a Constituição em 1934 e grandes avanços em direção à cidadania, como a conquista do voto feminino, por exemplo.
9 de Julho é o exemplo para sempre. Em 1932 fizemos a maior guerra cívica militar. Em 2012 precisamos, em paz, promover esse movimento cívico, partindo de São Paulo, para resgatar a ética, o próprio civismo e a cidadania numa nação destroçada pela corrupção.
O Brasil precisa buscar o exemplo nos tempos atuais da Epopéia de 32, onde o IDEAL DO DIREITO era a única meta daqueles 130 mil homens,  mulheres e crianças envolvidos no Movimento Constitucionalista Eles conseguiram, embora derrotados pelas armas, o retorno da Carta Magna do País. A eles nosso preito de gratidão!  



13 DE MAIO DE 2012


D I A    T  R  E  Z  E    D  E     M  A  I  O    D E     2 012   -    D   O   M   I   N   G   O.
75 anos, quatro meses e 18 dias de idade.
ANO 62o. MÊS 11o. No.   308 (início de minhas memórias  9 de julho de 1950)                             53  anos  e  343  dias   P M E S P.
24 anos e 62 dias no Posto de Coronel – 290 meses e 2 dias.
312 dias na Presidência da Sociedade Veteranos de 32-MMDC.
8 882 dias  CORONEL                              20   anos   e   151   dias   na    reserva.
9 438-227 732                               8 882-212 160                              9 586-230 188.
ESCOLA DE OFICIAIS:  53  anos  e  91  dias; 28 953  dias    -    687 464  horas.
DIA DE NOSSA SENHORA DE FÁTIMA. Hoje se comemora o “DIA DA APARIÇÃO”. Nessa data realizou-se a primeira das seis aparições da VIRGEM aos privilegiados videntes LÚCIA, FRANCISCO e JACINTA.
DIA DE SÃO JOÃO, O SILENCIOSO. Nasceu em 454 na ARMÊNIA. Era de família influente. Gostava de viver em silêncio, isolado. Chegou a morar num eremitério e no deserto. Antes de se recolher à vida solitária, em 482, foi bispo de COLÔNIA, cargo que ocupou por nove anos. Morreu em 558.

DIA DA LIBERTAÇÃO DOS ESCRAVOS
DIA DO AUTOMÓVEL
DIA DA FRATERNIDADE UNIVERSAL
DIA DA IMPRENSA NACIONAL
DIA DO ZOOTECNISTA

365 a. um forte terremoto destrói SANTIAGO DO CHILE, em 13 de maio de 1647. Seus efeitos se estendem de CUZCO até VALDÍVIA.
245 a. nasce DOM JOÃO VI, pai de DOM PEDRO I, no dia 13 de maio de 1767, no Palácio REAL DA AJUDA, em LISBOA. Filho da RAINHA D. MARIA I e de D. PEDRO II, recebendo o nome de JOÃO MARIA JOSÉ FRANCISCO XAVIER DE PAULA LUÍS ANTÔNIO DOMINGOS RAFAEL. Faleceu em 10 de março de 1826, no PALÁCIO DE BEMPOSTA, sendo sepultado no MOSTEIRO DE SÃO VICENTE DE FORA, ambos na capital portuguesa. Casou em 8 de maio de 1785 com D. CARLOTA JOAQUINA DE BOURBON, princesa espanhola, filha de D. CARLOS IV, rei da ESPANHA, e de D. MARIA LUÍSA TERESA DE PARMA, nascida em ARANJUEZ a 25 de abril de 1775 e falecida em LISBOA no PALÁCIO DE QUELUZ em 7 de janeiro de 1830. D. JOÃO quando casou tinha 17 anos e CARLOTA JOAQUINA apenas dez anos de idade. Conta a história que D. JOÃO esperou algum tempo para consumar o casamento, em razão da pouca idade da esposa e por ela ser muito franzina; mesmo adulta tinha um pouco mais de 1,40 m de altura.  O herdeiro do trono português era seu irmão mais velho D. JOSÉ, que veio a falecer em 11 de setembro de 1788, aos 22 anos de idade, vítima de varíola. A morte de seu primogênito e também de seu marido em 25 de maio de 1786 abalaram a saúde da rainha D. MARIA I. Por causa do problema mental de sua mãe, D. JOÃO passou a governar desde 1792, porém só se tornou príncipe regente a partir de 1799.
187 a. da aceitação, por parte de D. PEDRO do título de DEFENSOR PERPÉTUO DO BRASIL, oferecido pela maçonaria e pelo Senado, em 13 de maio de 1822.
166 a. Congresso dos ESTADOS UNIDOS aprova uma declaração de guerra contra o MÉXICO, no dia 13 de maio de 1846, em WASHINGTON. Ao vencer o conflito, os americanos conquistaram 1,3 milhão de quilômetros quadrados de terra.
134 a. atentado frustrado em BERLIM contra o imperador GUILHERME I, da ALEMANHA, em 13 de maio de 1878.
Em 13 de maio de 1888, às 15:15 horas, de um domingo ensolarado, a PRINCESA ISABEL assinou a mais curta lei da história da humanidade, a de número 3353, conhecida como LEI ÁUREA, abolindo a escravidão no BRASIL. Libertava os 723.719 escravos que oficialmente ainda existiam no país. Milhares de pessoas, portando flores e bandeiras, saíram às ruas para mostrar o contentamento com a libertação dos escravos, numa festa que durou cinco dias. Atualmente, em vez de festejos como esses, escolas, movimento negro e entidades ligadas ao assunto promovem debates e reflexão sobre a condição do negro e sua integração à sociedade. A LEI possuía apenas dois artigos: “É DECLARADA EXTINTA DESDE A DATA DESTA LEI A ESCRAVIDÃO NO BRASIL” e “REVOGAM-SE AS DISPOSIÇÕES EM CONTRÁRIO”. Durante três séculos, mais de três milhões de pessoas foram trazidas da ÁFRICA para o BRASIL. 
124 a. da LIBERTAÇÃO DOS ESCRAVOS. A escravidão sempre existiu, desde o passado mais remoto. Em todas as épocas, quase todas as nações exploraram essa forma de trabalho humano. Ao longo da história surgiram escravos provenientes de várias raças e povos. Os judeus, por exemplo, foram escravizados no EGITO e na BABILÔNIA nos tempos antigos. Os portugueses, quando habitaram o BRASIL, em sua maioria, optaram pela mão-de-obra escrava do negro africano. Esse perverso regime de exploração perdurou nas terras brasileiras por mais de 300 anos. Durante esse longo período, por diversas vezes, os negros se revoltaram, refugiando-se nos quilombos, verdadeiras cidadelas formadas por negros fugitivos, entre os quais destaca-se o famoso QUILOMBO DOS PALMARES, localizado em ALAGOAS. Os negros deram uma grande contribuição na formação de nossa cultura, por meio da culinária, da música, da linguagem e até mesmo dos costumes. A libertação dos escravos deu-se somente no fim do século XIX, no dia 13 de maio de 1888, quando a PRINCESA ISABEL, filha do imperador D. PEDRO II, assinou a LEI ÁUREA. Muitas pessoas empenharam-se para que esse dia chegasse, como o jornalista e farmacêutico JOSÉ DO PATROCÍNIO e o doutor MIGUEL VIEIRA FERREIRA, maranhense ilustre, que fundou, na cidade de SÃO LUÍS, uma associação que defendia a libertação dos escravos. Notícia publicada no jornal O PAIZ, no RIO DE JANEIRO, em 14 de maio de 1888: “Entramos para a comunhão dos povos livres. Está apagada a nódoa da nossa Pátria (...) O júbilo popular explodiu ontem como bem poucas vezes temos presenciado. Nenhum coração saberia conter a onda de entusiasmo que o inundava (...) Logo que se publicou a notícia da assinatura do decreto, as bandas de música estacionadas em frente ao palácio executaram o Hino Nacional e as manifestações festivas mais se acentuaram prologando-se até a noite”.
115 a. publicações no DIÁRIO POPULAR de 13 de maio de 1897: Completam hoje nove anos que o BRASIL extirpou o grande cancro que lhe corroia o organismo, desorientando-lhe as finanças, a agricultura e, mais do que isso tudo, a constituição da família. Introduzida nos tempos coloniais, a sua existência explicava-se por uma medida de colonização, errada é verdade, mas consoante às teorias econômicas da época.
Chegou ao porto JATAHY, na linha paulista, O TENENTE-CORONEL FRANÇA PINTO, que se acha em comissão especial do doutor chefe de polícia, a fim de descobrir o cadáver do célebre assassino DIOGUINHO, morto naquele porto por uma escolta que ia buscá-lo.
O doutor JOAQUIM MURTINHO, ministro da VIAÇÃO, atendendo ao que lhe representou o sindicato francês, que deseja concorrer ao arrendamento das estradas de ferro pertencentes à União, resolveu prorrogar o prazo para o recebimento da proposta para aquele arrendamento.
A maioria das potências européias assegura que a paz que se está negociando no Oriente, a fim de terminar a guerra greco-turca, é mais favorável à GRÉCIA do que o seu governo poderia esperar, em vista dos desastres que sofreram as suas armas durante a guerra.
114 a. publicações no jornal DIÁRIO POPULAR, de 13 de maio de 1898: mais um aniversário decorre da promulgação, pela regência imperial, da libertação dos escravos. Em 13 de Maio de 1888 o coração brasileiro palpitou com intensidade de vibração pela generosíssima e liberal conquista, alcançada depois de uma luta antiga.
Foi ontem promulgada a lei que concede uma subvenção até ao máximo de 100:000$000 à Câmara Municipal de SILVEIRAS, para o serviço de águas e esgotos.
A população do ARRAIAL DE BEIJA-FLOR, no Estado da BAHIA, tem promovido reuniões tumultuosas para protestar contra o pagamento de impostos municipais.
O departamento de higiene de BUENOS AIRES fez declarar suspensas até setembro próximo as quarentenas impostas às precedências de portos do BRASIL.
Explodiu no porto de GILBRATAR o cruzador espanhol MARQUEZ DE VICTORIA. Aquele vaso de guerra era tripulado por 90 homens e naquela ocasião não tinha munição a bordo.
A polícia de WASHINGTON descobriu uma conspiração que tinha por fim destruir os edifícios públicos por meio de dinamite.
O GENERAL WESLEY MIRITT foi nomeado governador das ILHAS PILIPINAS e comandante em chefe das forças americanas que estão de posse daquele arquipélago. 
112 a. nasce JOSÉ MACHADO LOPES, em 13 de maio de 1900. Filho de JOSÉ LOPES e ELISA MACHADO LOPES. Estudou dos 13 aos 18 anos no Colégio Militar de BARBACENA. Tornou-se aluno gratuito como prêmio por ter sido o primeiro de sua classe. Terminou o curso do Colégio Militar com mais de dois terços de distinções. Era o Comandante Aluno do Batalhão Escolar e foi condecorado com a Medalha de Ouro MARECHAL OSÓRIO.
Foi declarado ASPIRANTE A OFICIAL com a turma de 7 de janeiro de 1922 e cursou a Escola de Comando e Estado Maior do Exército. Todas as promoções a oficial superior foram pelo critério de merecimento.
Conquistou as seguintes condecorações: CRUZ DE COMBATE DE 2ª CLASSE; MEDALHA DE CAMPANHA; GRÃ-CRUZ DA ORDEM DO MÉRITO MILITAR; GRANDE OFICIAL DA ORDEM DO MÉRITO AERONÁUTICO; ALTA DISTINÇÃO DA ORDEM DO MÉRITO JURÍDICO MILITAR; MEDALHA MILITAR DE OURO COM PASSADOR DE PLATINA; MEDALHA DE GUERRA; MEDALHA DO PACIFICADOR; MEDALHA MARECHAL HERMES; APLICAÇÃO NO ESTUDO, DE PRATA COM UMA COROA; MEDALHA MARECHAL OSÓRIO DO COLÉGIO MILITAR; CRUZ DE GUERRA COM PALMA DA FRANÇA; CRUZ DO VALOR MILITAR DA ITÁLIA; ESTRELA DE PRATA E OFICIAL DA LEGIÃO DO MÉRITO DOS EUA; MEDALHA DA JUNTA INTERAMERICANA DE DEFESA.
Foi escolhido no ano de 1944 pelo Ministro da Guerra para Comandar o 9º Batalhão de Engenharia de Combate (criado em 1942), localizado na cidade de AQUIDAUANA – MS, que se encontrava acantonado na cidade de TRÊS RIOS no Estado do RIO DE JANEIRO e designado para integrar a 1ª Divisão de Infantaria Expedicionária que partiria naquele mesmo ano para lutar na SEGUNDA GUERRA MUNDIAL, como integrante das forças aliadas contra o nazi-facismo.
Em 12 de abril de 1944 assumiu o Comando do 9º BE Comb, tendo que organizar o batalhão que enfrentava problemas de toda ordem, como falta de disciplina, material e de quadros capazes para a guerra.
Chegou a NÁPOLES na ITÁLIA com o 2º e o 3º escalão do 9º BE Comb a 6 de outubro de 1944 e a LIVORNO no dia seguinte, reuniu o Batalhão sob seu Comando incorporando definitivamente a FEB.
O resultado da ação do batalhão por 229 dias sob comando do então CORONEL MACHADO LOPES não é mensurável dado sua importância para o sucesso das operações 1ª DIE/FEB, como evidencia as várias referências elogiosas feitas ao 9º BE Comb durante a GUERRA DA ITÁLIA (1944-1945), durante a SEGUNDA GRANDE GUERRA, o MARECHAL FLORIANO DE LIMA BRAYNAR, em seu livro “LUZES SOBRE MEMÓRIAS”, na página 139, assim declara: “nossa larga e complexa zona de ação todo o trabalho de remoção de campos de mina, reparação constante de estradas e pontes, desobstrução de estradas e túneis, lançamentos de pontes e apoio em geral às unidades engajadas, esteve, sempre e exclusivamente, a cargo do nosso valoroso, bravo e incansável 9º BE Comb, o qual em muitas oportunidades operou em canteiros de trabalho sob o bombardeio da artilharia e morteiros inimigos, sofrendo baixas proporcionalmente superiores às da infantaria engajada.”
“Seus bravos Capitães e Tenentes, guiados pelo MAJOR AFONSO DE ALBUQUERQUE e pelo seu Comandante CORONEL MACHADO LOPES realizaram o milagre do enquadramento de uma tropa heterogênea e de recrutamento imperfeito no Estado do MATO GROSSO, para levá-las às mais difíceis missões, com absoluto êxito, sem ter necessidade de apelar para a colaboração dos 20 Batalhões da poderosa e opulenta engenharia do V EXÉRCITO AMERICANO, sempre indiferente às vicissitudes de sua co-irmã brasileira.”
O MARECHAL JOSÉ MACHADO LOPES faleceu em 18 de março de 1990.
111 a. nasce o poeta MURILO MENDES, no dia 13 de maio de 1901, autor de: POEMAS (1930), HISTÓRIA DO BRASIL (1932), TEMPO E ETERNIDADE (1935), O VISIONÁRIO (1941), AS METAMORFOSES (1944), POESIA LIBERDADE (1947), SICILIANA (1959), TEMPO ESPANHOL (1959), e sua última obra CONVERGÊNCIA, em  1970.
108 a. da seguinte publicação nos jornais de 13 de maio de 1904: “Hoje comemoramos o décimo-sexto aniversário da extinção da escravatura no BRASIL. Às 7 horas da noite o CLUB TREZE DE MAIO realizará uma sessão solene sendo orador oficial o sócio honorário senhor JOSÉ CÂNDIDO DE LIMA. Haverá procissão cívica ao cemitério da CONSOLAÇÃO, visitando os túmulos dos abolicionistas senhores ANTÔNIO BENTO, JOSÉ BONIFÁCIO e LUIZ GAMA, às 9 horas da manhã, saindo da escola JÚLIO RIBEIRO. À noite uma banda de música percorrerá as principais ruas da cidade saudando as altas autoridades do Estado.
107 a. da fundação do SPORT CLUBE RECIFE, em 13 de maio de 1905. Depois de estudar em LONDRES, GUILHERME DE AQUINO FONSECA voltou encantado com um esporte chamado futebol. Quando chegou no BRASIL, fundou o SPORT CLUBE RECIFE.
107 a. das seguintes notícias de jornais, no dia 13 de maio de 1905 (sábado): “(LISBOA) Em SETÚBAL promovem festejos para comemorar o centenário da morte de BOCAGE”. (LONDRES) BREZET, pretenso presidente da República de CUNANY, desmentiu as notícias de conspiração em MADRID contra o BRASIL e declarou que o governo daquele Estado planeja somente desenvolver o seu comércio com o exterior e explorar as riquezas de seu solo. (ITAPIRA) Foi ontem à noite feita a primeira experiência da luz elétrica desta cidade, com resultado esplêndido, pois a luz rivaliza com os melhores que temos visto no Estado. Parabéns ao doutor PAULO VALENTIM, engenheiro eletricista executor do serviço e a Empresa Paulista de Eletricidade, proprietária desta instalação. Hoje, dia de festa nacional consagrado à comemoração da extinção do elemento servil, serão embandeiradas as repartições públicas. Não funcionarão os bancos, a Associação Comercial e o comércio fechará ao meio-dia”. 
102 a. da publicação no O ESTADO em 13 de maio de 1910: o cometa de HALLEY foi visto às 4 horas da madrugada, com extremo brilho, localizado entre as constelações dos PEIXES e do PEGASO, alongando-se a cauda quase de EPSILON a esta constelação.
102 a. em comemoração à data de 13 de maio conservaram-se embandeiradas as repartições públicas, os consulados, os bancos e várias casas comerciais. No quartel da LUZ foi executado o HINO NACIONAL.
101 a. (PINDAMONHANGABA) A epidemia de sarampo, que por muitos dias vitimou muitas crianças, está, felizmente, desaparecida. Ainda há alguns casos cujos doentes estão em convalescença. Deram-se no município os primeiros casos de febre aftosa. Notícia veiculada no jornal O ESTADO em 13 de maio de 1911.
100 a. (JUIZ DE FORA) Consta que os operários das fábricas desta cidade pretendem organizar uma greve geral, a fim de, seguindo o exemplo de seus colegas da capital do Estado, exigirem dos industriais aumento de salário e diminuição das horas de trabalho. Neste sentido já foram mesmo distribuídos boletins, convidando o operariado para um meeting no próximo domingo. Parece que os operários daqui não farão greve. (publicado no jornal O ESTADO DE SÃO PAULO, de 13 de maio de 1912).
  99 a. do historiador JOÃO RANALI. Ele não só conhece a história de GUARULHOS na palma da mão, como viveu parte dela, pois foi passageiro do “trenzinho” imortalizado por ADONIRAN BARBOSA em sua composição “TREM DAS ONZE” e do supersônico decolando do Aeroporto Internacional de Cumbica. Nasceu em RINCÃO em 13 de maio de 1913 – chegou ao município em fevereiro de 1938. Saiu de SÃO PAULO e veio ocupar o cargo de delegado de polícia em GUARULHOS. Ficou na cidade até 1945, sendo transferido para SANTA ISABEL (município vizinho) e, posteriormente, para outras regiões do interior paulista. Porém, os sete anos no município foram suficientes para ele gostar de GUARULHOS – que viria a ser a sua futura casa. Em 1962, ao se aposentar na Polícia, JOÃO RANALI tinha projetos, menos o de vir a ocupar um cargo político em GUARULHOS, embora gostasse da cidade. No entanto, foi convidado (quase obrigado pelo prefeito MÁRIO ANTONELLI para ocupar o cargo de secretário-geral de GUARULHOS). Posteriormente, ocupou a função de assessor jurídico da Câmara Municipal por várias legislaturas. Alguns acontecimentos importantes registrados no município tiveram a participação de RANALI. Foi um dos idealizadores da SANTA CASA. Reuniu um grupo de autoridades e lutaram pela criação do hospital. A ata da fundação deu-se em 8 de agosto de 1943. Também sugeriu a criação da Biblioteca Municipal (hoje MONTEIRO LOBATO), que foi inaugurada em 26 de novembro de 1940, além da participação na criação da Academia Guarulhense de Letras e outras realizações ocorridas na cidade. Lembranças pitorescas não faltam nas histórias vividas por JOÃO RANALI. Uma delas refere-se ao “trenzinho” ou MARIA FUMAÇA, que era a única alternativa de transporte de GUARULHOS a SÃO PAULO, e a outra era o ônibus, conhecido como “JARDINEIRA”, que fazia apenas o percurso GUARULHOS-PENHA, na zona leste da Capital. Em seu livro “HISTÓRIA DE GUARULHOS” (de 1945), narra inúmeros fatos pitorescos, além dos sérios, pois são quatro séculos e meio de histórias. Ele também é autor de “CRONOLOGIA GUARULHENSE” (dois volumes), de “A FICÇÃO VESTE A HISTÓRIA” e “ONOMÁSTICA DOS LOGRADOUROS PÚBLICOS DE UMA GRANDE CIDADE”. Para o historiador, o município poderia ser uma cidade ainda melhor se todos os guarulhenses se preocupassem com ele, como fizeram algumas pessoas de fora.
Em 12 de maio de 2009 JOÃO RANALI passa a ser nome da praça que fica situada em frente à Biblioteca Municipal MONTEIRO LOBATO. A homenagem ao historiador que muito contribuiu para a educação e cultura da cidade foi oficializada nessa data, com o descerramento de uma placa. “A idéia surgiu em 2006 e agora conseguimos executá-la. Essa biblioteca foi fundada por RANALI, nada mais justo que a homenagem ocorrer aqui”, explicou IBRAHIM KHOURI da Academia Guarulhense de Letras. O evento contou com a presença da filha do historiador, JÔNIA RANALI, que relembrou a importância do seu pai para a história de GUARULHOS. “Ele sempre foi um líder, porém humilde. Ele sabia que não precisava sair por aí contando vantagem”, comentou JÔNIA num discurso emocionado. A viúva VIRGÍNIA e o neto FÁBIO também estiveram presentes.   
  99 a. nasceJULIANA FABIANO ALVES, em SÃO MANOEL, em 13 de maio de 1913. Filha do MAJOR DA GUARDA NACIONAL JOAQUIM FABIANO ALVES e de dona ANA FRANCO FABIANO ALVES. Aos 11 anos se muda para ITAPETININGA com a família, fixando residência nessa cidade. Nela adquire as primeiras letras e se forma professora na renomada ESCOLA NORMAL PEIXOTO GOMIDE. Por ocasião da Revolução Constitucionalista de 1932, então com 19 anos, JULIANA e suas outras cinco irmãs voluntariaram-se para servir ITAPETININGA e SÃO PAULO como enfermeiras do Exército Revolucionário. Após meses de sofridos cuidados e intensa dedicação, a Revolução chega ao fim e JULIANA retorna sua vida de professora, vindo a se tornar educadora de escol por demais conhecida em toda ITAPETININGA, cidade para a qual chegou a ser vereadora por cinco legislaturas, bem como vice-prefeita (1960 a 1963) e prefeita em exercício, por noventa dias, o que a tornou a única mulher até os dias atuais a chefiar o Executivo do município. Dotada de valores morais, éticos, sociais e religiosos expressivos, foi ministra da Eucaristia por muitos anos e uma das educadoras mais influentes da história da Educação de ITAPETININGA, tendo seu nome ligado a diversos educandários e à Associação de Ensino, a qual ajudou a fundar e vice-presidiu com o melhor de suas energias, inteligência e dedicação.
  98 a. nasce o campeão mundial dos pesos pesados JOE LOUIS em 13 de maio de 1914. Falece em 13 de abril de 1981.
           aniv. do Município de  CAJOBI.
  95 a. da aparição de NOSSA SENHORA DE FÁTIMA, em PORTUGAL. NOSSA SENHORA DE FÁTIMA apareceu a três pastores na ALDEIA DE LEIRIA, região de FÁTIMA, em PORTUGAL, no dia 13 de maio de 1917. As três crianças LÚCIA, JACINTO e FRANCISCA pastoreavam nas colinas, quando viram a santa pela primeira vez. Por mais cinco meses consecutivos, sempre no dia 12, NOSSA SENHORA apareceu na COVA DA LEIRIA. Na última aparição, em 13 de outubro daquele ano, o milagre prometido pela santa se realizou: o sol, assemelhando-se a um disco de prata, podia ser visto sem dificuldade e girava sobre si mesmo, como uma roda de fogo, parecendo que seria lançado sobre a TERRA. 
  83 a. nasce ABELIM MARIA DA CUNHA, mais conhecida como ÂNGELA MARIA, em 13 de maio de 1929, em Macaé, RJ. Filha de pastor protestante, passa a infância nas cidades fluminenses de Niterói, São Gonçalo e São João de Meriti, e desde menina cantava em coro de igrejas. Foi operária tecelã, mas sonhava com o radio, embora a família – por princípios religiosos – fosse contra a carreira artística. Por volta de 1947, começou a freqüentar programas de calouros. Apresentou-se no Pescando Estrelas, de Arnaldo Amaral, na Radio Clube do Brasil (hoje Mundial), na Hora do Pato, de Jorge Curi, na Radio Nacional, e no programa de calouros de Ari Barroso, na Rádio Tupi. Usando o nome de Ângela Maria, para não ser descoberta pela família, participou também do Trem da Alegria, dirigido pelo "Trio de Osso" (os magérrimos Lamartine Babo, Iara Sales e Heber de Bôscoli), na Radio Nacional. Logo sua voz foi se tornando conhecida dos ouvintes, o que dificultou sua participação nesses programas, pois ela estava deixando de ser caloura. Nessa época, era inspetora de lâmpadas numa fabrica da General Eletric e, decidindo tentar realmente a carreira de cantora, abandonou a família e foi morar com uma irmã no subúrbio de Bonsucesso. Em 1948 conseguiu lançar-se como crooner no Dancing Avenida. Em sua noite de estreia, cantou Olhos verdes (Herivelto Martins e Benedito Lacerda). No dancing, foi ouvida pelos compositores Erasmo Silva e Jaime Moreira Filho, que a apresentaram a Gilberto Martins, diretor da Radio Mayrink Veiga. Feito o teste, começou carreira na emissora, interpretando musicas de Othon Russo e Ciro Monteiro, compositores que a ajudaram a criar um repertório pessoal, abandonando a influência de Dalva de Oliveira. Firmando-se a partir de 1950 como intérprete, em 1951 estreou em disco com Sou feliz (Augusto Mesquita e Ari Monteiro) e Quando alguém vai embora (Ciro Monteiro e Dias Cruz), na Victor. No ano seguinte, sua gravação do samba Não tenho você (Paulo Marques e Ari Monteiro) bateu recordes de venda, marcando o primeiro grande sucesso de sua carreira. Durante a década de 1950, atuou intensamente no rádio, apresentando-se na Radio Nacional, nos programas de César de Alencar e Manuel Barcelos, e na Rádio Mayrink Veiga, como a estrela de A Princesa Canta, nome derivado de seu titulo de Princesa do Radio, um dos muitos que recebeu em sua carreira. Em 1954, em concurso popular, tornou-se a Rainha do Radio, e no mesmo ano estreou no cinema, participando do filme Rua sem sol, de Alex Viany. Apelidada Sapoti pelo presidente Getúlio Vargas, tornou-se a cantora mais popular do Brasil durante a década de 1950, alcançando os maiores êxitos com os sambas-canções Fósforo queimado (Paulo Marques, Milton Legey e Roberto Lamego), Vida de bailarina (Américo Seixas e Chocolate), Orgulho (Valdir Rocha e Nelson Wederkind), Ave Maria no morro (Herivelto Martins) e Lábios de mel (João Vilaça Júnior e Nage), alem da canção afro-cubana Babalu (Margarita Lecuona). Voltando a gravar na RCA Victor em fins da década de 1950, em 1963 viajou para Portugal e África, cantando para soldados portugueses que então lutavam nas colônias. Um de seus grandes êxitos na segunda metade da década de 1960 foi a canção Gente humilde (Garoto, Chico Buarque e Vinícius de Moraes). Em 1975, com 25 anos de uma carreira de muitos sucessos, preferia apresentar-se em clubes do interior ou em churrascarias das grandes cidades, ambientes onde, ao contrario da televisão e das boates sofisticadas, sentia mais de perto a reação do povo. Em 1979, com João da Baiana, participou do documentário Maxixe, a dança perdida, de Alex Viany. Em 1982 foi lançado o LP Odeon com Ângela Maria e Cauby Peixoto, primeiro encontro em disco dos dois intérpretes. Em 1992 apresentou-se com Cauby no show Canta Brasil, com grande sucesso de publico, sendo lançado em disco Ângela e Cauby ao vivo (RCA/BMG, 1992). Considerada, ao lado de Elis Regina, uma das mais puras vozes da musica popular brasileira, continua a apresentar-se em espetáculos e em televisão.     
  83 a. nasce o Sr. AIMAR, pai do ADALVO, em 13 de maio de 1929. Falece em 24 de fevereiro de 1985.
  82 a. aviador francês JEAN MERMOZ chega a NATAL, no BRASIL, após cruzar o ATLÂNTICO em 21:12 horas, no dia 13 de maio de 1930.
  82 a. nasce MANUEL MARULANDA “TIROFIJO”, líder das Forças Revolucionárias da COLÔMBIA, em 13 de maio de 1930.
  70 a. de NORMA PINTO DE OLIVEIRA – NORMINHA – nascida em BUENOS AIRES, ARGENTINA, em 13 de maio de 1942. Antes de se falar de HORTÊNCIA, PAULA e JANETH, o basquete brasileiro já brilhava nas décadas de 1960 e 1970. Na conquista do bronze no Mundial de SÃO PAULO, em 1971, uma das estrelas da Seleção Brasileira era a armadora NORMINHA – como uma garota espevitada, cabelo curto, lisinho, pulando a cada arrancada. A armadora que “incendiou” o IBIRAPUERA serviu aos seguintes clubes: SOROCABA, FLAMENGO e SÃO CAETANO. Principais títulos com a Seleção Brasileira: bronze no Mundial de SÃO PAULO/1971; bicampeã nos Jogos Pan-Americanos (CANADÁ/1967 e COLÔMBIA/1971); hepta campeã sul-americana. Atualmente, trabalha como professora e coordenadora da UNIFMU. As aulas de basquete em 2005, ela ministrava com o também ex-jogador e técnico CLÁUDIO MORTARI. Durante a carreira de jogadora, NORMINHA cursou as faculdades de EDUCAÇÃO FÍSICA, na UFRJ, quando jogava no FLAMENGO, e de PEDAGOGIA, quando era atleta do SÃO CAETANO. Em 1959 quando jogava no FLAMENGO, foi chamada pela primeira vez para a Seleção Brasileira que disputaria os jogos Pan-Americanos de CHICAGO. “Não pude ir porque era argentina. Escolhi me naturalizar para representar o BRASIL. O processo de naturalização, que geralmente levava de quatro a cinco anos, foi feito em oito meses e no ano seguinte disputei o SUL-AMERICANO DO CHILE”, diz NORMINHA. Na competição chilena, foi como reserva, porque estava machucada. No segundo jogo, entrou como titular e desde então nunca mais perdeu essa condição. Ao lado de PAULA e HORTÊNCIA, foi eleita para a Seleção Brasileira do Século XX. O momento de maior emoção para NORMINHA foi em 1971, no Mundial de SÃO PAULO. Diz ela: “Tinha gente pendurada no IBIRAPUERA lotado para ver a gente jogar. Todo mundo estava cantando. Minhas pernas tremiam muito. Até então só “meia dúzia de gato pingado” ia assistir aos jogos de basquete”. “Eram umas quinze mil pessoas, inacreditável.” Até aquele ano o basquete feminino mal existia no BRASIL”.  
  67 a. da fundação do INSTITUTO BRASILEIRO DE OPINIÃO PÚBLICA E ESTATÍSTICA – IBOPE – o mais antigo do País. Foi fundado em 13 de maio de 1945 pelo paulista AURICÉLIO PENTEADO, dono de uma emissora de rádio na Capital. Em uma viagem aos EUA, AURICÉLIO conheceu o INSTITUTO GALLUP, importante centro de pesquisa norte-americano e que também iniciava suas atividades na época. Ao voltar ao BRASIL, decidiu aplicar os métodos de pesquisa informalmente com alguns amigos e descobriu que poucas pessoas ouviam a sua rádio. Decidiu abandonar a atividade e abrir o Instituto de  pesquisas que cresceu imediatamente. 
  65 a. Nasce JOHN LUCIANO NESCHLING no RIO DE JANEIRO em 13 de maio de 1947. Foi diretor dos teatros SÃO CARLOS, de LISBOA; ÓPERA DE St.GALLEN, na SUÍÇA e MASSIMO, de PALERMO. Autor das trilhas dos filmes PIXOTE e OS CONDENADOS e da série de televisão OS MAIAS. Desde 1997 é diretor e regente da ORQUESTRA SINFÔNICA DO ESTADO DE SÃO PAULO (OSESP).
  62 a. nasce STEVE WONDER, cantor e compositor norte-americano, em 13 de maio de 1950.
  62 a. da PRIMEIRA CORRIDA DE FÓRMULA UM, na INGLATERRA, em SILVERSTONE, vencida pelo italiano GIUSEPPE FARINA, com um ALFA ROMEO, em 13 de maio de 1950. O REI JORGE VI estava presente.
  58 a. ESTADOS UNIDOS e CANADÁ firmam um acordo para construir um canal entre os GRANDES LAGOS e o OCEANO ATLÂNTICO, em 13 de maio de 1954.
  55 a. do assassinato de ANITA CARRIJO, encontrada estrangulada em seu consultório dentário na manhã de 13 de maio de 1957, aos 52 anos. A porta estava aberta e o fio do telefone, cortado. A dentista que fizera de sua sala, em seu apartamento no centro do RIO, o local de trabalho, estava seminua. A enfermeira do consultório encontrou o corpo no meio do quarto com os pulsos amarrados. Filha de argentinos, ANITA ficou conhecida pelas campanhas que liderou em SÃO PAULO e outros Estados a favor do divórcio e da emancipação da mulher no trabalho e na sociedade. Quatro meses antes de ser assassinada, ANITA presidira um congresso feminista no RIO. Solteira, morava sozinha e os investigadores e peritos não encontraram no apartamento nada que pudesse levar ao esclarecimento do crime. O local revelava que tinha havido luta entre a dentista e o seu assassino. A polícia tirou de um caderno de endereços o nome de um suspeito: um italiano, ator de teatro, que vivera quinze anos em PARIS, freqüentava o apartamento de ANITA e chegou a namorá-la. Ele apresentou um álibi que não convenceu os policiais. Mesmo assim jamais conseguiram provar ser ele o autor do assassinato.
  51 a. falece o ator norte-americano de cinema GARY COOPER, em 13 de maio de 1961.
  45 a. fundação da REDE BANDEIRANTES DE TELEVISÃO, por JOÃO JORGE SAAD, em 13 de maio de 1967. “Seu JOÃO”, como era conhecido, contribuiu incansavelmente, durante mais de cinco décadas, para garantir e aprimorar a democracia em nosso País. Marcou a história do capitalismo brasileiro não apenas por suas conquistas empresariais, objetivas, mas também pelo modo como tratava seus empregados, permitindo a convivência democrática das diversas opiniões. Definia a Rede Bandeirantes de Televisão como apolítica, mas era sua emissora que liderava os debates dos candidatos transmitidos durante o período de redemocratização, abrindo espaço para as oposições se manifestarem, coisa que não acorria nas concorrentes. JOÃO JORGE SAAD morreu no dia 10 de outubro de 1999.
  44 a. começam, em PARIS, as negociações de paz entre ESTADOS UNIDOS e VIETNÃ DO NORTE, em 13 de maio de 1968.
  42 a. de uma formatura no 11º BP cujas anotações em minhas memórias dizem, no dia 13 de maio de 1970: “Passo pelo Pátio do Colégio a fim de colocar capacete, bota-comando e talabarte branco. Já no 11º BP, comando a Companhia até a chegada do Capitão OSVALDO CORDEIRO. Essa Cia forma com três pelotões: 1º PELOTÃO – 1º Tenente VENTURA; 2º PELOTÃO -  Tenente SALES JÚNIOR; 3º PELOTÃO – Tenente GUARACY. O Tenente LEÃO comanda o pelotão dos novos soldados e o Tenente NEVES é o porta-bandeira. A tropa recebe a Bandeira às 8 horas. Em seguida, o Capitão CORDEIRO apresenta-se à mais alta autoridade presente, CORONEL TEODORO CABETTE, da Corregedoria de Polícia. Nota-se a presença dos; CORONEL JUVENAL LOPES DA SILVA – Comandante do 2º BP; TENENTE-CORONEL MILTON DE ALMEIDA PUPO – Comandante do CPR; CORONEL ARI TORRES, Comandante do 12º BP. O CAPITÃO RENÊ recebe sua medalha valor-militar, bem como um outro soldado. Homenageia-se o Cabo MARCOS GOMES PAIXÃO e o Soldado WALDEMAR CARLOS DA SILVA, ambos promovidos por atos de bravura. Os novos formandos juram à Bandeira. A tropa canta a Canção da Força Pública e o Hino Nacional. Os três primeiros colocados recebem medalhas. Em seguida, o TENENTE SPÍNOLA lê o Boletim alusivo à data. Finalizando, a tropa desfila em continência às autoridades. No Gabinete do Comando há inauguração dos retratos dos ex-comandantes do 11º BP: CORONEL CABETTE e TENENTE-CORONEL PUPO. No Gabinete do Sub-Comando, na Galeria dos Heróis, é colocado o nome do 3º SARGENTO BRITO, falecido no ano passado, na Rua EPITÁCIO PESSOA, num entrevero com terroristas. Os formandos oferecem um coquetel e, em todas as oportunidades, fala o CORONEL CABETTE. Deixamos o batalhão depois das 11 horas. Com o CAPITÃO CORDEIRO, vou ao 1º DP. Às 13 horas, estou a caminho de GUARULHOS. Descanso à tarde, sendo que, lá pelas 17 horas, recebo a visita do 3º Sargento MIGUEL FERES FILHO e do Soldado RIOS. Passo pela Farmácia do BENTO GRILO e, às 18:30 horas regresso a SÃO PAULO. Assisto mais uma aula de francês, na ALIANÇA FRANCESA. O 3º ciclo vai atravessando seu terceiro mês. Deveremos ser submetidos a exames no mês vindouro”. 
  39 a. nasce o apresentador de televisão OTAVIANO COSTA em 13 de maio de 1973.
  33 a. das anotações de 13 de maio de 1979: vou passar o DIA DAS MÃES em POÁ. Meu irmão chega de GARAPUAVA (PR) e conversa comigo sobre a herança de nosso avô FONSECA e a necessidade de se fazer uma sobrepartilha de certos bens deixados pelo nosso pai.
Notícia de que tio GERALDO FONSECA está internado no Hospital da FREGUESIA DO Ó, bastante doente.
Visitamos tio RENATO FONSECA com quem tratamos de uma proposta de venda de um terreno dos herdeiros a uma Construtora de Prédios de Apartamentos. Esse terreno fica atrás do prédio onde funcionava o ginásio PADRE EUSTÁQUIO, recentemente desapropriado.
Comemoramos singelamente o DIA DAS MÃES com as presenças do CARLOS, sua esposa MARLY, sua filha SUZANA, minha filha MARIZETE e meu filho MÁRIO.
Retorno para GUARULHOS às 19 horas. LUCINDA fala do DIA DAS MÃES que passou com sua genitora, sua irmã MARGARIDA e o PAULO, marido de sua irmã.
Outra dor de cabeça para a LUCINDA é a filha MARLENE, agora com um novo namorado, o ALBERTO.
Jogos desta noite: CORINTHIANS 3 x PONTE PRETA 1; GUARANI 5 x JUVENTUS 1 e PALMEIRAS 4 x PORTUGUESA 1.
  32 a. falece o Tenente-Coronel PM GERALDO APPARECIDO CORRÊA, em 13 de maio de 1980.
  31 a. do atentado ao PAPA JOÃO PAULO II, na praça de SÃO PEDRO, em 13 de maio de 1981. Atlético na juventude, o PAPA viu sua saúde se deteriorar a partir do atentado, quando foi alvejado com três tiros pelo turco MEHMET ALI AGCA. Os médicos tiveram que retirar 30 centímetros de seu intestino, pois uma das balas perfurou o abdômen. Em junho e agosto do mesmo ano, sofreu duas operações por causa de infecção de citomegalovírus. Em 1992, retirou um tumor do intestino; no ano seguinte quebrou a omoplata depois de uma queda e ficou engessado. Em 1994, ele se desequilibrou no banheiro, fraturou fêmur e teve que implantar uma prótese na cabeça do osso. Foi quando ele admitiu publicamente sua fragilidade dizendo que a Igreja devia aprender com o sofrimento e ver nele não um desígnio mortal de DEUS, mas uma decorrência da fragilidade humana. Também afirmou que governaria a Igreja enquanto tivesse lucidez mental, apesar do corpo alquebrado. Daí em diante sua saúde declinou rapidamente – e a olhos vistos – por conta do mal de PARKINSON, diagnosticado em 1994. A doença, neurológica e de curso vagaroso, afeta os movimentos. Causa tremores, lentidão, rigidez muscular e alterações na fala e na escrita, mas não afeta a memória ou a capacidade intelectual. Por isso, especulou-se que ele renunciaria em 2000 e viveria como monge, deixando as atividades burocráticas para seu sucessor.
  28 a. falece o 3o.Sgt. CLÓVIS DE CASTRO, do 2o. BPChq, em 13 de maio de 1984.
  28 a. do suicídio de PEDRO NAVA. Nasceu em 5 de junho de 1903. Ao se matar, no dia 13 de maio de 1984, o médico e escritor mineiro PEDRO NAVA deixou alguns textos inéditos e o sétimo volume de suas memórias, CERA DAS ALMAS, inacabado. Suas pouco mais de 30 páginas apareceram truncadas na polêmica biografia lançada pela professora francesa MONIQUE LE MOING, “A SOLIDÃO POVOADA”. As editoras ATELIÊ EDITORIAL e a editora GIORDANO relançaram em 2003 todos os seis volumes da obra do memoralista, seus cadernos de viagem e os livros de medicina. CERA DAS ALMAS é sua vingança contra o fatídico ano de 1975, em que ele, após deixar a Policlínica, deprimido com a aposentadoria, distribuiu a seis amigos íntimos uma carta em que anunciou o futuro suicídio, pedindo que seu corpo fosse embalsamado e o enterro simples.
  25 a. das anotações em 13 de maio de 1987: o Diário Oficial de 8 de maio publicou a promoção a CORONEL do TENENTE-CORONEL PM ADERBAL GOMES DE CAMPOS e sua transferência para a reserva. Trabalhei com o ADERBAL quando capitão do então 31º BPM, nos anos 1970. Atualmente estava servindo no CPA/I-8 (SÃO JOSÉ DO RIO PRETO).
LUCINDA ainda está mal de saúde. MARLENE pouco a ajuda, mesmo porque ela quer fazer tudo. Levanta antes das 5 horas, arrumando o neto para ir para a escola.
No 2º BPChq passo uma manhã tranqüila. Recebo a visita do CORONEL PM ROMUALDO FUGA e seu filho. Visita-me também o 3º SARGENTO Ref ANTÔNIO LOPES NEGRETTI, que foi meu motorista durante nove anos.
Converso, por telefone, com o CORONEL PM Res GUNTHER ALFANO CLAUSSEN, desculpando-me por não ter ido ao jantar em sua homenagem.
Continua o julgamento de KLAUS BARBIE. Depois de ouvir calado a longa peça de acusação, ele resolveu falar ontem. Jogou a culpa pelas atrocidades cometidas em seus superiores. “Até parece que estou diante do TRIBUNAL DE NUREMBERG. Apenas executei ordens”. Essa foi a primeira explosão de BARBIE no banco dos acusados, no Palácio de Justiça de LYON.
Estudamos um jantar em homenagem ao MAJOR PM RENATO CÉSAR MELO para amanhã na DI NINOTA – Rua GABRIEL PIZZA, 312.
Sou convidado para almoçar no Centro Social dos Cabos e Soldados. Lá compareço com SILVA, MAURO, DANIEL, CABO PM LAMEIRINHA, PM JOEL e PM BATISTA. O Presidente do Centro, CABO PM VALFREDO, recepciona-nos. Um dos membros da atual Diretoria, CABO PM VIANA, pertence ao meu batalhão. Praticamente foi o CABO VIANA que proporcionou esse almoço. Uma conversa franca com o CABO PM VALFREDO sobre a atual situação da PM. A situação do Cmt Geral frente à onda dos marajás. Permanecemos até tarde nesse lugar.  
  23 a. do GPOE, em 13 de maio de 1989.
  23 a. transf. res. : Cel JOSÉ FABIO RICCIARDELLI, em 13 de maio de 1989.
  19 a. falece o empresário CARLOS CALDEIRA FILHO, ex–prefeito de  SANTOS, em 13 de maio de 1993.
  18 a. entra em vigor a autonomia palestina em GAZA e JERICÓ, no dia 13 de maio de 1994.
  18 a. do assassinato do mestre-sala da MANGUEIRA, o ROBERTINHO, no MORRO DO ANDARAÍ, num tiroteio entre traficantes e policiais, no dia 13 de maio de 1994.
  18 a. do ataque de mais de 50 “skinheads” a grupos de africanos e turcos na cidade de MAGDEBURGO, ferindo dezenas de pessoas – quatro delas com gravidade. Armados de facas e bastões de madeira, os jovens se dirigiram ao centro da cidade, gritando ofensas contra os estrangeiros, em 13 de maio de 1994.
  15 a. das anotações feitas em 13 de maio de 1997: o Diário Oficial desta terça-feira transferência de coronéis.CORONEL PM WÁGNER CINTRA sai da Diretoria de Ensino e Instrução e vai para a Assessoria Policial Militar da Assembléia Legislativa, a contar de 5 de maio de 1997.
CORONEL PM FERNANDO ERNESTO BALESTRERO FLÓRIO é transferido da Diretoria de Assuntos Municipais e Comunitários (DAMCO) para o Estado Maior Especial.
CORONEL PM ISAIAS DE MELLO MASCARENHAS NETO, do Comando de Área Metropolitana da Região de OSASCO (CPA/M-8) para a Diretoria de Ensino e Instrução.
CORONEL PM JOÃO PAULO CORREA, da Assessoria Policial Militar do Tribunal de Justiça para a Diretoria de Apoio Logístico.
CORONEL PM LELCES ANDRÉ PIRES DE MORAIS, do Comando de Policiamento Metropolitano (COM) para o Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (CFAP).
Cessando a adição por conveniência do serviço, do CORONEL PM GUARACIABA DE AGUIAR, do Estado Maior Especial, junto ao Comando de Policiamento do Interior.
Tornando sem efeito o decreto publicado a 19 de abril de 1997, no que diz respeito à transferência do CORONEL PM AVIVALDI NOGUEIRA JÚNIOR, do Comando de Policiamento de Área da Região de SÃO JOSÉ DOS CAMPOS (CPA/I-1) para declará-lo transferido por conveniência do serviço para o Comando de Policiamento Rodoviário (CPRv), e não como constou.
Pela manhã tenho uma reunião com o CARBAIA, ALZENIR e outros oficiais para discussão sobre uma palestra no CARREFOUR amanhã. Poderemos também entrar em contato com 4 aspirantes que querem saber detalhes do nosso plano de Polícia onde a PM acabaria com a Polícia Civil, atualmente um antro de corrupção e cuja maioria achaca descaradamente em São Paulo. Isso seria a única forma de acabar com a safadeza na polícia. No MMDC continuo a fazer a divulgação do 23 de maio, dessa feita passando fax para as associações: SubTenentes e Sargentos, Cabos e Soldados e APOMI e outras. O CORONEL CANAVÓ não consegue esquecer a VALE DO RIO DOCE. Acha ainda que o leilão será anulado. Visitam-nos os veteranos PAULINO e MANOEL. Este último, com o apoio da bengala, aos 87 anos, ainda quer participar da Sociedade. Está com o rosto machucado por ter levado uma queda. Sua esposa vem buscá-lo.
O CAPITÃO M LUÍS AUGUSTO, da Assistência Policial-Militar da Câmara Municipal vem nos convidar para uma sessão solene a respeito do MMDC, dia 23 de maio, às 16 horas.
Deixo o MMDC e o Senhor GERALDO PIRES DE OLIVEIRA não me acompanha hoje. Católico fervoroso compareceu a um ato religioso pelos 80 anos do aparecimento de NOSSA SENHORA DE FÁTIMA.
Nesta noite assisto a uma partida de futebol pela COPA DO BRASIL, entre FLAMENGO e PALMEIRAS, agora no Parque Antártica. No jogo do MARACANÃ, o FLAMENGO venceu por 2 a 0. Agora, em sua casa, em vez de ganhar, o PALMEIRAS perde por 1 a 0 e é desclassificado da COPA. O FLAMENGO irá decidir o título com o vencedor de CORINTHIANS e GRÊMIO. O PALMEIRAS também não é mais líder do Campeonato Paulista. O CORINTHIANS vence o JUVENTUS por 1 a 0 e assume a liderança.       
  14 a. transf. reserva :Cel. HELIODORO ALEXANDRE ABOLINS, em 13 de maio de 1998. Outras anotações nesta data: na manhã desta quarta-feira cumprimento o Diretor-Presidente do jornal FOLHA METROPOLITANA, de GUARULHOS, doutor JOÃO RANALI, aniversariante. Convido-o para a missa que acontecerá no Monumento Mausoléu no dia 23 de maio. Converso, por telefone, com o meu colega de turma, CORONEL PM ELYSEU GUILHERME SALGADO ROCHA. Falo a ele sobre a idéia de reunir os aspirantes de 1963 no próximo 7 de setembro. Irá estudar a possibilidade desse evento realizar-se no seu sítio em VINHEDO. Conta que esteve com seu médico nesta manhã e deverá sofrer um novo cateterismo. Ligo para o CORONEL PM ALUÍZIO SILVEIRA DE CARVALHO PEREIRA. Quem me atende é dona PASHA. Convido-os para a missa de 23 de maio no Monumento Mausoléu. Mantenho contato com a Capelania Militar sobre o mesmo motivo.
Na tarde, o CORONEL ARY CANAVÓ conta que a INDONÉSIA está em plena turbulência, com inúmeros saques e depredações. Outro assunto que lhe fascina é sobre as experiências nucleares na ÍNDIA. Converso com ele sobre o que acontecerá em 23 de maio e a necessidade de se pensar em 9 de julho. O veterano PAULINO visita-nos. Quer ele trabalhar junto a políticos no sentido de se aumentar a Pensão Especial que eles têm direito. Ele aventa até a hipótese de se socorrer da CUT nesta tarde. PASSOS e LUZ entabulam negociações para uma aula, amanhã, no CARREFOUR.
No BANESPA, o gerente FERNANDO entrega-me uma sacola que a CORONEL P Fem Ref HILDA MACEDO deixou para mim. São recortes de jornais sobre diversos assuntos. Retiro duzentos reais para pagamento de mais uma prestação da geladeira que LUCINDA comprou em maio de 1997.
O zagueiro MÁRCIO SANTOS foi cortado da Seleção Brasileira que disputará a COPA DA FRANÇA por causa de um distúrbio muscular na coxa esquerda. Para seu lugar, o técnico ZAGALLO convocou ANDRÉ CRUZ, do MILAN, recém-recuperado de uma operação de hérnia de disco que o deixou afastado do futebol por três meses.
Pelo menos mais dez pessoas foram mortas hoje na INDONÉSIA durante protestos contra o presidente SUHARTO. Os protestos estudantis já duram mais de três meses. A INDONESIA - a quarta maior população mundial – vive sua maior inflação em 23 anos. As manifestações de hoje em JACARTA reuniram dez mil estudantes – 3 mil no enterro de dois colegas mortos ontem. Os manifestantes, ajudados pela população, incendiaram um posto policial, caminhões e um posto de gasolina. A polícia retaliou com tiros para o alto e gás lacrimogênio.
O cantor LEANDRO foi submetido a uma pequena cirurgia para a colocação de um cateter venoso central no ombro direito, a fim de receber as aplicações de quimioterapia. 
  13 a. transf. reserva: Cel. JOEL GOMES FILHO, Cel. CÉSAR AUGUSTO CORREA, Cel. ANTÔNIO SANTOS RENÓ, em 13 de maio de 1999.
  13 a. falece o Major PM ORLANDO VAZ DE LIMA, em 13 de maio de 1999.
  12 a. falece o piloto da NASCAR, ADAM PETTY, num acidente no treino em LOUDON, NEW HAMPSHIRE a BUSCH 200, em 13 de maio de 2000. ADAM  era da quarta geração de pilotos da família PETTY. Seu avô, RICHARD, foi sete vezes campeão da categoria norte-americana.
  12 a. da revelação do TERCEIRO SEGREDO DE FÁTIMA, por ocasião da beatificação de JACINTA e FRANCISCO MARTO, pelo PAPA JOÃO PAULO II, em 13 de maio de 2000.
  12 a. falece o delegado de polícia LAÉRCIO FRANCISCO RICCO, aos 55 anos de idade, de parada cardíaca, em 13 de maio de 2000. LAÉRCIO FRANCISCO RICCO, era o SECCIONAL DE PIRACICABA.



ACONTECEU EM 2 001 : -    DOMINGO   
Na madrugada, zero hora, CINE SINISTRO, na BANDEIRANTES, com o filme  CEMITÉRIO MALDITO II - tudo começou quando dois jovens levam um cão para ser enterrado num lugar sagrado de um cemitério, onde o ente morto retornava a vida. Depois, esse animal estraçalha a jugular de um policial e os meninos vão enterrar o mesmo no lugar já indicado. Não é preciso dizer que ele retorna à vida e retira o cadáver da mãe de um dos rapazes, também para enterrar no dito lugar.

LUCINDA visitou sua mãe e encontrou seu irmão MANECO em péssima situação de saúde, queixando-se de dores no estômago. Mais tarde a DORA levou-o ao PRONTO SOCORRO. Tirada uma chapa, verificou-se que uma bala no fígado está causando estrago. Lembramos os acontecimentos de 25 anos atrás, quando Dona ESMERALDA foi obrigada a atirar no filho, ao impedir que o mesmo molestasse a sua futura cunhada. Por ironia do destino, no momento é ela que corre com ele para o médico. Segundo tudo indica, deverá ser operado. 
 
CORINTHIANS 2 x SANTOS 1. A torcida sofreu até o finalzinho. RICARDINHO marcou, a 16 segundos do tempo previsto para o término do jogo, o gol que deu a vitória e levou o CORINTHIANS à decisão do Campeonato Paulista. As duas equipes perderam pênaltis. DODÔ e MARCELINHO chutaram na trave. O SANTOS abriu o placar aos 33 min, com RENATO. Um minuto depois, MARCELINHO empatou. O CORINTHIANS joga por dois empates contra o BOTAFOGO, que arrancou um heróico 3 a 3 da PONTE PRETA, em CAMPINAS, classificando-se.
 
FALECEU O ATUAL COMANDANTE DO EXÉRCITO CONSTITUCIONALISTA, o  ex-combatente de 32, JOSUÉ PEDRO CYRINO. Indicado pelo CORONEL MENDES, ele assumiu o Comando do Exército Constitucionalista em 9 de julho de 2000, vindo a se constituir em seu 45o. COMANDANTE.  Esse cargo simbólico, que muito enobrece o ex-combatente de 32, foi criado, pela primeira vez, em 1957.
O magnata das comunicações da Itália, SÍLVIO BERLUSCONI, foi eleito PRIMEIRO-MINISTRO, derrotando o candidato da esquerda, FRANCESCO RUTELLI. Volta ao poder sete anos depois de ter deixado o cargo, que exerceu por apenas um ano.
O parlamento da MACEDÔNIA aprova um Governo integrado por partidos eslavos e albaneses.

2 002  : -   SEGUNDA-FEIRA
Temperatura de outono, com 19 graus. É uma época agradável para se movimentar. Assim, vou para SÃO PAULO, começando uma dura semana de atividades, principalmente com relação ao MMDC.
Na ASSOCIAÇÃO DOS OFICIAIS DA RESERVA, converso com os Coronéis EDILBERTO DE OLIVEIRA MELO, presidente, RAUL DA LUZ e IAROSLAV ARADZENKA, sobre o problema da mudança do nome do TÚNEL 9 DE JULHO, lembrando dos compromissos do DEBATE na CÂMARA MUNICIPAL no dia 15 e da manifestação defronte o TÚNEL em 17 de maio. O Capitão Ref. IRINEU FELLIPE, nosso velho companheiro de quando entrei na FORÇA PÚBLICA, também está presente.
Quando chego no MMDS, os oficiais já tinham saído para as costumeiras aulas. Há uma séria desavença entre ELÁDIO e RONALDO contra  CRISTIANO. Em parte os dois membros da Entidade têm razão porque há tempos que o CRISTIANO vem criando problemas para nós. OREZ deverá estar mais atento a essa parte disciplinar.
Passo correndo pela Sociedade Veteranos de 32-MMDC porque tenho uma reunião na DAMCO, às 15:00 horas. O Sr. MARCONDES quer conversar comigo sobre a Medalha 9 DE JULHO, mas não tenho tempo para apresentar a ele os motivos que levaram a pedir ao Deputado Estadual criar essa Medalha Comemorativa dos 70 anos. Acontece que já existiu uma Medalha da Sociedade, criada para as comemorações dos 50 anos da Revolução e que, obedecendo o artigo do decreto de sua criação, determina que não se entregue mais referida comenda a partir de janeiro de 1983. É uma estupidez feita na época, “matando” a medalha tão logo criada. Caso não acontecesse essa situação essa comenda poderia ser entregue agora. 
Na DAMCO, presido uma reunião com os oficiais das diferentes OPM empenhadas no 23 de maio, no sentido de sintonizá-los e sensibilizá-los para as missões.  O Tenente-Coronel JOEL DE AUGUSTO, em nome da Diretora dos Assuntos Civis e Comunitários, Cel. Fem PM LAUDINÉA PESSAN, cita as missões das Unidades empenhadas. Parece que tudo está acertado para a solenidade. Entrego a lista das pessoas que serão condecoradas com a Medalha MMDC.  Faltam alguns currículos e o Tenente HERNANDEZ irá acertar a lista final das medalhas até amanhã.
Converso com a Cel. Fem PMLAUDINÉA, que está com a visita do Cel. Res. GERALDINI, nosso conhecido. Ela tem a idéia de trazer a ESQUADRILHA DA FUMAÇA para abrilhantar a solenidade de 9 de julho.

Em casa, recebo um telefonema do Sr. WÁLTER TAVERNA. Comunica-me que toda a mídia recebeu as notícias do debate na Câmara e da movimentação no Túnel 9 de Julho. A RÁDIO BANDEIRANTES já divulgou os eventos nesta data. No dia 14, ou seja, amanhã, teremos uma reunião na Cantina da CONCHETTA, na BELA VISTA, às 20 horas, para acertar os últimos detalhes dessas duas situações programadas.

O ministro do Superior Tribunal de Justiça, JORGE SCARTEZINNI indeferiu hoje à noite mais um recurso do Movimento dos SEM-TERRA que pedia a suspensão das primeiras sessões do julgamento do MASSACRE DE ELDORADO DOS CARAJÁS. O processo se refere à morte de 19 trabalhadores rurais, em 17 de abril de 1996.
Com a decisão, fica mantida às 8 horas de amanhã, dia 14, a abertura da primeira sessão, quando sentarão no banco dos réus o coronel MÁRIO PANTOJA, o major JOSÉ MARIA OLIVEIRA e o capitão RAIMUNDO LAMEIRA. As audiências do dia 27 de maio e 10 de junho também foram mantidas.

O desembargador DENSER DE SÁ, vice-presidente do Tribunal de Justiça, negou liminar em habeas-corpus para o líder do Movimento dos SEM – TERRA, JOSÉ RAINHA JÚNIOR, preso em flagrante no dia 25 de abril por porte ilegal de arma. Ele está na cadeia de PRESIDENTE VENCESLAU.

O estudante FABIANO DOS SANTOS ASSUNÇÃO, de 18 anos, irmão do craque MARCOS ASSUNÇÃO, do ROMA, da ITÁLIA, foi libertado hoje, na Rodovia RÉGIS BITTENCOURT, km 304, na divisa de JUQUITIBA, com SÃO LOURENÇO DA SERRA, por seqüestradores que o mantinham em cativeiro há 10 dias. A família não pagou o resgate exigido pelos criminosos. 

RUBENS BARRICHELLO, MICHAEL SCHUMACHER e a direção da FERRARI foram convocados pela Federação Internacional de Automobilismo para falar sobre a ordem ao brasileiro de permitir a ultrapassagem do alemão no GP da ÁUSTRIA. A FIA não tem pressa: marcou os depoimentos só para o dia 26.
Os jornais europeus foram duros nas críticas à direção da FERRARI, por causa da ordem dada a RUBENS BARRICHELLO para deixar MICHAEL SCHUMACHER ultrapassá-lo no final do GP DA ÁUSTRIA. As publicações atacam JEAN TODT, o diretor–esportivo, que é na verdade quem decide na equipe. Os jornais ingleses deram destaque ao episódio. O THE SUN traz em manchete ‘O DIA QUE A FÓRMULA 1 MORREU DE VERGONHA”. O THE DAILY MIRROR decreta: “O FIM DA FÓRMULA 1”. Os editoriais são pesados. RICHARD WILLIAMS, do THE GUARDIAN, definiu a ação de SCHUMACHER no pódio, empurrando RUBINHO para o primeiro degrau, como “gesto hipócrita e nauseante”. 

CRISE NO DENARC DERRUBA DIRETOR:- O delegado MARCO ANTÔNIO RIBEIRO DE CAMPOS, diretor do Departamento de Narcóticos, colocou seu cargo à disposição da DELEGACIA GERAL, após uma série de denúncias envolvendo policiais da Divisão de  Investigação Sobre Entorpecentes em crimes de corrupção, tortura, abuso de autoridade, extorsão, corrupção e tráfico internacional de drogas nos últimos seis meses. O cargo deverá ser ocupado pelo delegado IVANEY CAYRES DE SOUZA, diretor do Departamento de Polícia do Interior.
CAYRES passou a tarde reunido com o secretário de Segurança Pública, SAULO DE CASTRO ABREU FILHO e a cúpula da Polícia Civil.

O presidente FERNANDO HENRIQUE CARDOSO sancionou, em BRASÍLIA, a criação da AGÊNCIA NACIONAL DE CINEMA (ANCINE) e a Contribuição para o Desenvolvimento da Indústria Cinematográfica.



Foi presa em flagrante a estudante de Direito carioca GISELE RIBEIRO DE FONTOURA, de 22 anos, por receptação de carro roubado. A polícia acusa  GISELE de integrar uma quadrilha de jovens de classe média especializada em furto de veículos.

Foi divulgada a internação da inglesa GERI HALLIWELL, ex– integrante do grupo SPICE GIRLS, com bulimia em um hospital do ARIZONA, nos EUA. Com 1,54 m, GERI estaria pesando 40 kg .

Foi baleado o padre americano MAURICE DLACKWELL, de 56 anos. O atirador, DANTE STOKES, diz que há nove anos foi vítima de abuso sexual praticado pelo religioso. STOKES denunciou o padre em 2001, mas a investigação foi arquivada. Em MARYLAND.

SALA BRASIL DE CINEMA, na BANDEIRANTES :-
ÁGUIA NA CABEÇA, de 1985, direção de PAULO THIAGO, com NUNO LEAL MAIA, CHRISTIANE TORLONI, JECE VALADÃO, ZEZÉ MOTTA, HUGO CARVANA, XUXA LOPES, TEREZA RACHEL e JOFRE SOARES.
Executivo que tenta manipular bicheiros, juízes e políticos provoca onde de violência no RIO. O diretor THIAGO esmerou-se técnica e artisticamente, para fazer um filme que definiu como “de puro envolvimento e comunicação”. Ficou bem abaixo da expectativa dele mesmo. Trata-se de uma reprise.

O JORNAL DA TARDE destacava neste 13 de maio de 2002 o GRANDE PRÊMIO de Formula 1 da ÁUSTRIA, onde, mesmo faltando 20 metros para vencer a prova, RUBENS BARRICHELLO foi ordenado a dar passagem para SCHUMACHER e recebeu vaias do público. Além disso, a Polícia Ambiental fechava uma chácara em GUAIANASES que durante 10 anos promovia rinhas de galo. Cinqüenta aves foram retiradas do local.

2 003  :  -   TERÇA-FEIRA
Aproximadamente 20 mil pessoas estão sendo esperadas hoje no SANTUÁRIO DE NOSSA SENHORA DE FÁTIMA, no PACAEMBU, zona oeste de SÃO PAULO, para comemorar os 86 anos da aparição da santa. Este é o 30º ano consecutivo que a festa acontece, atraindo fiéis de várias cidades. Já confirmaram presença HEBE CAMARGO e os cantores DANIEL e FÁBIO JÚNIOR. Segundo a Igreja Católica, a santa, que se identificou como a SENHORA DO ROSÁRIO, pediu para as pessoas do mundo todo rezarem muito, confessarem e meditarem sobre os mistérios do rosário, em reparação dos pecados cometidos contra o IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA.

O Comando do Segundo Batalhão de Polícia de Choque tem a honra de convidar Vossa Senhoria e família para assistirem à solenidade alusiva ao 69º aniversário da Unidade, a ser realizada às 10:30 horas de 13 de maio de 2003, à rua Jorge Miranda, 367, Luz – São Paulo.
                             Ass.      JORGE AUGUSTO REGO
                                     Ten. Cel. PM – Cmt do 2 º BPChq
 
Em comemoração aos 115 anos da libertação dos escravos, alunos da Escola Estadual PAULINO NUNES entoarão trechos do poema NAVIO NEGREIRO, de CASTRO ALVES. Os versos abolicionistas do poeta baiano, morto aos 24 anos, comoviam vastos setores da população na época em que foram escritos e até hoje são fonte de inspiração. Um dos mais conhecidos: “A praça ! A praça é do povo / como o céu é do condor”.
Já a Escola Estadual JORGE SARAIVA vai promover recital de poesia, teatro e trabalhos para falar da importância do negro na sociedade e despertar a consciência sobre o processo histórico da escravidão. As atividades são baseadas no vídeo CONSCIÊNCIA NEGRA, distribuído nas escolas estaduais pela Secretaria da Educação. O Conselho de Participação e Desenvolvimento da Comunidade Negra do Estado de São Paul vai lançar vídeo institucional e coletânea de leis sobre ações afirmativas no Palácio dos Bandeirantes em comemoração à libertação dos escravos e também ao 19º aniversário da instituição. Tradicionalmente, o Núcleo de Consciência Negra da USP promove festas e debates sobre a condição do negro. Fundado em 1987, o núcleo foi organizado para tratar da temática da questão racial, buscar a ampliação do espaço acadêmico e receber denúncia contra racismo.

Um pouco antes das 10 horas, estou chegando no 2º BPChq, sendo recepcionado pelo Comandante Interino, MAJOR PM MARCOS CABRAL MARINHO DE MOURA. Logo chega o PASTOR MARINHO, autor do livro SÃO PAULO A MÁQUINA DE GUERRA. Na semana passada conversara com o CAPITÃO MERLO (sub-cmt interino do batalhão) sobre um possível patrocinador para a publicação do mesmo, razão pela qual o PASTOR MARINHO se faz presente na solenidade do 69º Aniversário da Unidade. O Cel. Res. LUIZ GONZAGA DE OLIVEIRA, atual presidente da ASSOCIAÇÃO DOS OFICIAIS DA PMESP, é um dos primeiros também a chegar. Seu filho, tenente GONZAGA, trabalha no pelotão da ROCAM, no 2º BPChq. O Cel.Res. UBIRATAN GUIMARÃES, atual deputado estadual, também se faz presente (é da turma do Cel. LUIZ GONZAGA). Diversos ex-comandantes da Unidade: Cel. Ref. ERNANI BENEDITO DE TOLOSA, Cel. Ref. NEY VIEIRA DE ALMEIDA, acompanhado de sua esposa, dona NANCY; Cel. Res. DILTON CARVALHO DE SOUZA, Cel.Res. OLDECIR, Cel. Res. GÉRSON REZENDE, Cel. Res. SÍLVIO ROBERTO VILLAR DIAS; o presidente do TRIBUNAL DE JUSTIÇA, NIGRO CONCEIÇÃO; o secretário da Segurança Pública, SAULO DE CASTRO ABREU FILHO; o delegado geral MARCO ANTÔNIO DESGUALDO; o GENERAL DE EXÉRCITO ANTÔNIO FERREIRA MARQUES (ex-cmt. geral da antiga FORÇA PÚBLICA); GENERAL REF. LUIZ FARO (presidente do NACIONAL CLUBE); o presidente da Assembléia Legislativa, SIDNEY BERALDO; desembargador ÁLVARO LAZZARINI; o COMANDANTE GERAL, CORONEL ALBERTO SILVEIRA RODRIGUES; o Comandante do Policiamento de Choque, CORONEL TOMAZ ALVES CANGERANA; CORONEL JAIR PACA DE LIMA, atual Comandante do Corpo de Bombeiros, que durante muitos anos foi oficial do 2º BPChq; CORONEL ELZIO LOURENÇO NAGALLI, assistente policial militar do Tribunal de Justiça; Cel. Fem PM Res. HILDA MAGRO; Cel. Res. LUÍS LUCAS; CORONEL Res. RUFINO; CORONEL MÉDICO Ref. JORGE MIYASHIRO; CAIO ALFAYA; MAJOR EDUARDO JOSÉ FÉLIX DE OLIVEIRA; MAJOR MARDIROS MARCOS BURUNSIZIAN; CAPITÃO DENTISTA CORREIA (trabalhou comigo quando comandei o 2º BPChq, de 26 de novembro de 1986 a 11 de março de 1988); veteranos da FORÇA EXPEDICIONÁRIA BRASILEIRA; Tenente Ref. ISAIAS (trabalhou comigo quando comandei o 2º BPChq); o meu antigo motorista, hoje Sargento Ref. SOARES, acompanhado de sua esposa e muitos outros conhecidos. A solenidade vai ser presidida pelo presidente do TRIBUNAL DE JUSTIÇA, desembargador NIGRO CONCEIÇÃO, que também recebe a MEDALHA “BATALHÃO DE EXPEDICIONÁRIOS PAULISTAS”, ao lado do delegado geral, do presidente da Assembléia Legislativa, de antigos comandantes que ainda não tinham recebido a láurea (Cel. NEY VIEIRA DE ALMEIDA é um deles), bem como oficiais e praças antigos da Unidade, como exemplo o Cel. JAIR PACA DE LIMA (era tenente da Unidade quando eu a comandei), Capitão Dentista CORREIA, o tenente ISAIAS, o sargento SOARES e outros (recebi essa medalha em 2002).
Essa solenidade é motivo para retornar ao passado. Nesse prédio eu comecei a minha vida como ASPIRANTE A OFICIAL, em setembro de 1963, no antigo BATALHÃO DE GUARDAS. Quis o destino que em novembro de 1986 retornasse ao mesmo prédio, então sede do 2º BPChq, para ser o comandante. Somente deixei essa UNIDADE por ocasião de minha promoção a CORONEL (março de 1988). Hoje, portanto, revejo muitos companheiros da reserva e da ativa, podendo “matar as saudades”, coisa muito boa para aqueles que já estão na reserva e sempre ressentem da falta dos colegas de farda. O PASTOR MARINHO pôde divulgar o seu livro e isso me deixa alegre, pois é um trabalho que merece o nosso apoio. Vamos permanecer até tarde no 2º BPChq, em prejuízo da reunião rotineira do MMDS, muito embora tenha participado de um almoço de trabalho com os oficiais. O problema financeiro ainda é preocupante.
Depois das 14 horas, encontro um presidente adoentado, mas atuante. O Sr. MARCONDES vem até o MMDC para reunir-se comigo, com o CORONEL ANTÔNIO CARLOS MENDES e advogado CARRARO. Mais tarde chega o tenente HÉLIO TENÓRIO DOS SANTOS. O presidente está preocupado com a demora na reforma do Monumento-Mausoléu, cujas obras estão paralisadas por ordem judicial. O prejuízo é enorme e isso não pode continuar. Quer o presidente que façamos um abaixo-assinado para levar ao Governador, iniciando-o no dia 23 de maio, por ocasião da Solenidade do DIA DA JUVENTUDE CONSTITUCIONALISTA. O CARRARO irá fazer a abertura de um livro para a colheita das assinaturas. A chamada dos parentes dos ex-combatentes cujos restos mortais estão no Monumento-Mausoléu deverá ser feita através de publicação nos jornais. Uma reunião é marcada para a próxima sexta-feira, dia 16.
Face o estado precário do presidente e a ausência de um vice-presidente que possa ocupar o seu lugar, numa necessidade qualquer, leva-me a convidar o CORONEL MENDES para ocupar esse cargo. Ele é surpreendido pelo convite, mas irá pensar no assunto. Cita o nome do GINO STRUFFALDI, mas faço vê-lo que o Sr. MARCONDES não aceita o nome do atual comandante do Exército Constitucionalista.
A CAPITÃO Fem PM MARIA INÊS mantém contato comigo a respeito dos diplomas e currículos das pessoas indicadas para serem homenageadas no dia 23 de maio com a MEDALHA MMDC. Digo a ela que o novo Secretário das MEDALHAS é o CORONEL MENDES. Logo depois, um sargento vem buscar os currículos das professoras que serão homenageadas, todas indicadas pela Associação Comercial, bem como as três pessoas da loja maçônica “PEDRO DE TOLEDO”, que o CORONEL MENDES indicou para receber a medalha de igual nome, além do histórico da loja, que também será homenageada.
Bem depois das 16 horas deixamos o MMDC, depois de uma tarde de muito trabalho. Chego em casa, cansado. O dia foi agitado.

LAUREADO com o prêmio CAMÕES, concedido pelos governos do BRASIL e de PORTUGAL, o escritor RUBEM FONSECA de 78 anos. Autor de 57 obras, acaba de lançar DIÁRIO DE UM FESCENINO. Escreveu AGOSTO e BUFO & SPALLANZANI. Receberá cem mil reais. No RIO DE JANEIRO.

Dois policiais responsáveis por combater o tráfico de drogas no Estado de SÃO PAULO foram acusados hoje pelo seqüestro do filho do traficante ERINEU DOMINGO SOLIGO, o PINGO. Eles exigiram duzentos e cinqüenta mil dólares para libertá-lo. Para se ter uma idéia da importância de ERINEU SOLIGO no crime organizado, basta dizer que ele é um dos quatro homens responsáveis por fornecer a cocaína vendida pela quadrilha de LUIZ FERNANDO DA COSTA, o FERNANDINHO BEIRA-MAR. Os investigadores ARNALDO BARBOSA FILHO e RICARDO KOCHI, o JAPONÊS, e os informantes policiais JOSÉ ERINALDO PASSOS e GERVALDO FERREIRA NUNES, o GORDO, foram denunciados sob acusação de extorsão mediante seqüestro. KOCHI e BARBOSA FILHO trabalhavam no DENARC.

O casal FRANÇOIS RENÉ LEVY, de 62 anos, e KARINA SANDRA KARO, de 44 anos, morreu de forma trágica e inusitada, hoje, ao cair da janela do apartamento onde moravam, no 16º andar de um edifício na rua BARTOLOMEU FEIO, ITAIM BIBI, zona sul. Os dois estavam se separando depois de um relacionamento de cinco anos e já tinham vendido o apartamento. Faltava apenas empacotar algumas coisas, desmontar dois armários e tirar a cortina da sala. E foi justamente no momento em que tirava a cortina, por volta das 16:45 horas, que o corretor de imóveis LEVY se desequilibrou. KARINA ainda tentou ajudá-lo e foi arrastada. Os dois ex-namorados acabaram caindo de mãos dadas de uma altura de setenta metros. A perícia encontrou os dois corpos em um jardim, enrolados na cortina, com uma chave de fenda ao lado. A calça de sarja que FRANÇOIS usava tinha um rasgo de quinze centímetros na altura do bolso direito.

A médica JANAÍNA MARIA CORAZZA MACIEL, de 29 anos, viveu quatro horas de pânico ao ser seqüestrada no estacionamento do Hospital ANA COSTA, em SÃO VICENTE. Ela foi dominada por um homem armado, teve de fazer saques em caixas eletrônicos e depois foi colocada no porta-malas de seu automóvel. JANAÍNA ainda pediu socorro à polícia pelo celular. Horas depois o seqüestrador não obedeceu o sinal de parar feito por um policial rodoviário num comando na BR-116, na altura de REGISTRO. O marginal fugiu, desviou para uma estrada de terra e abandonou o veículo a três quilômetros da rodovia, deixando JANAÍNA presa no porta-malas. Desconfiados, os policiais foram atrás do veículo suspeito e, ao encontrar o carro, libertaram a médica. O seqüestrador fugiu.
         
Quatro atentados terroristas simultâneos em complexos que abrigam estrangeiros – principalmente americanos – em RIAD, a capital da ARÁBIA SAUDITA, mataram ontem à noite dezenas de pessoas e feriram cerca de 200. A sincronização dos ataques, sua organização, o número de estrangeiros atingidos e o momento escolhido – poucas horas antes da chegada do secretário de Estado norte-americano, COLIN POWELL, ao País – levaram especialistas e governos do mundo inteiro a apontar a rede AL QAEDA como responsável pelo ataque. Este seria o primeiro atentado da rede de OSAMA BIN LADEN depois da invasão anglo-americana ao IRAQUE.

FINALIZADA a reconstrução do painel do quarto de âmbar, o mais famoso adorno dos suntuosos palácios da RÚSSIA pré-comunista. O painel foi roubado por invasores alemães e se perdeu durante a SEGUNDA GUERRA MUNDIAL. Foram necessários vinte anos de trabalho de historiadores, químicos e artistas para recriá-lo.
 
2 004  :   -  QUINTA-FEIRA
As sete igrejas de NOSSA SENHORA DE FÁTIMA ligadas à Arquidiocese de SÃO PAULO celebram missas especiais hoje para comemorar o que consideram o aniversário do 87º ano da suposta aparição da santa em FÁTIMA, PORTUGAL. A imagem peregrina de NOSSA SENHORA DE FÁTIMA foi trazida de PORTUGAL para o BRASIL para celebrar a ocasião. Entalhada em 1947, ela está no SANTUÁRIO que leva o nome da santa, em SÃO PAULO, e ficará no local até domingo, dia 18 de maio. A imagem ainda será exibida em outras igrejas do Estado até o dia 31. Ontem a imagem foi levada para o PALÁCIO DOS BANDEIRANTES, sede do governo estadual, onde uma missa homenageou a data. A cerimônia contou com a presença do governador GERALDO ALCKMIN, da primeira-dama, MARIA LÚCIA ALCKMIN, e de cerca de 400 funcionários do palácio. Devota de NOSSA SENHORA, a primeira-dama chorou diante da imagem. Depois da missa, a população também pôde ver de perto a imagem. Cerca de 150 pessoas estiveram no local.


Ainda estou atordoado pelo passamento de minha mãe. Embora seu estado de saúde fosse lastimável, pois o seu progressivo definhar levasse mesmo ao fim, não é fácil compreender os desígnios de DEUS. Foge à nossa capacidade aquilatar a morte de uma mãe. Parece que ela é eterna até que percebemos que realmente tudo é transitório, até a nossa mãe. Telefono nesta manhã para o ADALVO. Lembro-lhe que o seu finado pai, o Sr AIMAR, nasceu num 13 de maio. Estaria completando 75 anos de idade se pertencesse ao nosso mundo. Ainda não está definida a data da missa de sétimo dia por intenção da alma de minha mãe.
Vamos sair no horário normal e ver se os trabalhos do dia-a-dia possam ajudar a esquecer os tristes momentos de terça e quarta feiras. Observo a grande reforma pela qual passa a igreja que fica na avenida TIRADENTES, muito conhecida em GUARULHOS, perto da rua PIO XII. A reforma é de tal monta que já não se conhece mais a antiga igreja.  Passo pelo BANESPA, posto de serviço no interior do Corpo de Bombeiros, a fim de deixar tudo preparado no acerto de contas com o meu irmão. Depois, recebo as condolências no MMDS. Percebo que não estou em condições de dirigir a presidência da reunião dos oficiais. Mais tarde, já na Sociedade, o Cel MENDES conta-me os lances da reunião de ontem, da DIRETORIA EXECUTIVA. Como eu já vaticinava, apareceu na hora o advogado LUIZ SÉRGIO CARRARO. O Sr MARCONDES não queria que o CARRARO participasse da reunião e isso ficou muito ruim para o MMDC. Apesar de tudo, o advogado já nos ajudou em lances de perigo para o futuro da sociedade. Seria de bom alvitre deixá-lo assistir a reunião.  Hoje, o MENDES procura definir a confecção dos ofícios de outorga da medalha MMDC para 23 de maio. Recebemos vários telefonemas da DAMCO, todos eles do MAJOR COSTA, pedindo orientação para a solenidade dessa data. Recebemos a visita do TENENTE ANÍSIO, nosso conselheiro. Não estou bem nesta quinta-feira e cometo uma série de erros em informações que depois verifico que não foram corretas.
Quase às 17 horas, embarco no metrô com o MENDES. Ele irá descer na estação TUCURUVI. Eu fico na ARMÊNIA. A tarde começa a esfriar.
Em casa, recebo um telefonema do ADALVO. Transmite-me a notícia de que a missa de sétimo dia por intenção da alma de minha mãe será realizada no dia 18 de maio (terça-feira), às 19 horas.

O lançamento da pré-candidatura do ex-ministro JOSÉ SERRA à Prefeitura de SÃO PAULO, hoje à tarde, marcou o início da ofensiva eleitoral do PSDB contra o PT. Na cerimônia realizada na Câmara Municipal, SERRA e caciques tucanos criticaram duramente a gestão da prefeita MARTA SUPLICY e o Governo LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA, deixando clara a intenção de dar um caráter nacional às eleições de outubro. À noite, os tucanos voltaram à carga durante o programa gratuito do partido na TV. Na condição de presidente nacional do PSDB, SERRA fez o papel de âncora do programa, marcado pela cobrança de promessas de campanha de LULA, como a criação de dez milhões de empregos e a promessa de dobrar o valor real do salário-mínimo. Filmes da campanha eleitoral petista foram exibidos. No discurso de lançamento de sua candidatura, SERRA já havia cobrado ações do Governo.
Quase um protesto estraga a festa de SERRA. Para surpresa do governador GERALDO ALCKMIN, um grupo de alunos das FATECs e das ETEs conseguiu subir até o salão nobre. Queriam falar com ALCKMIN. Os ânimos só ficaram mais calmos quando um assessor disse que eles seriam recebidos por um representante do governo.
Além de críticas, o governo sofreu hoje um revés no cancelamento do visto do correspondente do NEW YORK TIMES, no BRASIL: o ministro FRANCISCO PEÇANHA MARTINS, do Superior Tribunal de Justiça, concedeu salvo-conduto ao jornalista LARRY ROHTER, garantindo-lhe o direito de permanecer no País até que seja julgado o mérito de habeas-corpus solicitado pelo senador SÉRGIO CABRAL. ROHTER publicou no domingo artigo que associa o presidente LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA a consumo excessivo de bebidas alcoólicas. MARTINS fundamentou a decisão no direito à liberdade de expressão. O ministro LUIZ GUSHIKEN, da Secretaria de Imprensa do PLANALTO, disse que o governo não se sentiu derrotado. Em reunião com senadores, LULA se manifestou ainda indignado –“Não sou nenhum alcoólatra”, disse- mas admitiu rever o cancelamento do visto se o jornal ou o correspondente se retratar. Representantes do NYT adiantaram que não haverá retratação.

O CORINTHIANS finalmente voltou a sentir o gostinho da vitória. Depois de duas derrotas e dois empates, o time do técnico OSWALDO DE OLIVEIRA bateu o VITÓRIA por 1 a 0, nesta noite, no PACAEMBU, pela COPA DO BRASIL. O gol foi marcado pelo garoto JÔ, aos 8 minutos do primeiro tempo. Agora, o TIMÃO pode jogar por um empate na partida de volta, marcada para a próxima quarta-feira, dia 19.

Pelo menos 40 mil pessoas se revezaram na Igreja NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO DE FÁTIMA, no SUMARÉ, para louvar a santa, cuja imagem foi trazida de PORTUGAL. No ANHEMBI, quinze mil pessoas foram à primeira noite da megafesta junina, que tem atrações diversas como DOMINGUINHOS e pratos típicos.

ANUNCIADA pelo CREA-SP a cassação do registro do engenheiro ANTÔNIO CARLOS DA GAMA E SILVA, responsável pela obra do Tribunal Regional do Trabalho, que ficou conhecida pelo esquema de corrupção liderado pelo ex-presidente do TRT, NICOLAU DOS SANTOS NETO, e pelo ex-senador LUIZ ESTÊVÃO. A cassação foi em 29 de abril, mas o anúncio foi feito apenas hoje, em SÃO PAULO.

Pelo menos 14 bebês morreram em cinco hospitais do RIO DE JANEIRO, até esta quinta-feira. Todos eles morreram após ter recebido um soro fabricado pela empresa GANUTRE. Outros 33 bebês que usaram a mesma solução intravenosa estão apresentando problemas de saúde. A Delegacia de Repressão a Crimes contra a Saúde e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária estão investigando o caso.

A cadeia não foi obstáculo para o traficante ABIDIEL PINTO RABELO, de 49 anos, comandar a distribuição de cerca de 500 quilos de cocaína por mês em SÃO PAULO e no RIO DE JANEIRO. Da Penitenciária de MIRANDÓPOLIS, no Interior, ele administrava a compra da droga, que vinha da COLÔMBIA e da BOLÍVIA, e chefiava as atividades de sua quadrilha. Como moeda de troca, mantinha traficantes que lhe vendiam droga em cativeiro até receber a mercadoria que havia comprado. As ações do traficante, irmão do ex-deputado federal JABES RABELO (cassado em 1991 por ter dado a ABIDIEL uma carteira falsa de funcionário da Câmara dos Deputados) foram descobertas pelo DENARC. Os investigadores, durante seis meses, monitoraram os telefonemas que o bandido fazia da penitenciária, onde tinha um celular. As investigações apuraram que a quadrilha comprou recentemente 80 quilos de cocaína da BOLÍVIA. Parte da droga foi apreendida na casa de RAFAEL PELEGATTI SANTANA, de 23 anos, na zona sul.

FLÁVIO SARETTA engrossou o jogo com o australiano LLEYTON HEWITT, mas não o suficiente para avançar para as quartas-de-final do MASTERS SERIES DE HAMBURGO. O tenista brasileiro perdeu por 2 sets a 1, hoje, pela terceira rodada. Já HEWITT enfrentará amanhã o austríaco JÜRGEN MELTZER, que surpreendeu o russo MARAT SAFIN. Em outro jogo, o atual número um, o suíço ROGER FEDERER, enfrentará o espanhol CARLOS MOYÁ. FEDERER venceu o chileno FERNANDO GONZALEZ e MOYÁ passou pelo compatriota FERNANDO VERDASCO.

A três meses das OLIMPÍADAS DE ATENAS, outro atentado assustou os moradores da capital grega. Hoje, uma bomba explodiu em frente a uma agência bancária, sem causar vítimas. O grupo LUTA REVOLUCIONÁRIA assumiu este atentado e os três da semana passada, quando outros explosivos foram detonados na porta de uma delegacia.

O comportamento de MARADONA na clínica em que está internado desde domingo, dia 9 de maio, vai melhorando a cada dia e como “prêmio” ele foi desamarrado da cama. A equipe médica tinha decidido imobilizá-lo para evitar que ele saísse quebrando tudo em seus ataques de fúria, como o que teve na terça-feira, dia 11. Na noite do dia 12, ele foi autorizado a ver pela tv o jogo do BOCA JUNIORS contra o SPORTING CRISTAL pela COPA LIBERTADORES DA AMÉRICA. E se emocionou quando viu sua filha mais velha –  DALMA NEREA, de 17 anos – vendo a partida em seu camarote no LA BOMBONERA. Ele viu o jogo sentado na cama e pôde comer um sanduíche de queijo e presunto. Apesar de estar mais calmo, MARADONA ainda não perdoou sua família nem seu médico pelo fato de o terem internado. Nesse seu primeiro estágio na CLÍNICA DEL PARQUE, MARADONA ficará isolado dos outros pacientes por duas semanas e será acompanhado por um cardiologista, um psicólogo, um psiquiatra e um nutricionista.

No comando de uma surpreendente reviravolta eleitoral, a italiana SONIA GANDHI pôs hoje de volta no poder a família que dirigiu a ÍNDIA em 37 de seus 57 anos de vida independente. Fora do Governo nacional desde 1989, o Partido do Congresso atropelou todos os prognósticos e obteve uma consistente vitória nas urnas, tirando do comando do País o Partido BHARATIYA JANATA do primeiro-ministro ATAL BEHRARI VAJPAYEE. O Partido do Congresso obteve com seus aliados 219 cadeiras no Parlamento, contra 186 do BJP. Apanhado de surpresa, VAJPAYEE apresentou hoje mesmo sua renúncia após cinco anos como premier.

Um funcionário da CIA afirmou hoje que o jordaniano ABU MUSAB AL-ZARQAWL, braço direito de OSAMA BIN LADEN e principal homem da AL QAEDA no IRAQUE, é um dos homens que decapitaram o americano NICK BERG, cuja morte foi exibida em vídeo nesta semana. O vídeo mostra cinco homens mascarados de pé atrás de BERG. Um deles lê uma declaração que exorta muçulmanos a buscar vingança pelos presos iraquianos torturados por americanos na prisão de ABU GHRAIB, perto de BAGDÁ. Os homens então empurram BERG e um deles corta a cabeça do americano com uma faca.

Disposto a mostrar que o escândalo da tortura de presos iraquianos por soldados americanos não vai interferir nos objetivos de seu País, o secretário da DEFESA dos EUA, DONALD RUMSFELD, enfrentou hoje um vôo de 14 horas para o KUWAIT, em seguida outro de 90 minutos até BAGDÁ e ainda tomou um helicóptero para chegar ao olho do furacão de problemas: a prisão de ABU GHRAIB, onde humilhações e abusos sexuais de presos foram registrados em todos de câmeras digitais vazadas para a imprensa do mundo inteiro.

O Exército israelense matou hoje onze palestinos em ataques com mísseis ao campo de refugiados de FAFAH, no sul da FAIXA DE GAZA, e um outro num confronto com militantes nessa mesma região, situada na fronteira com o EGITO. Dez casas foram demolidas.

2 005  :  -   SEXTA-FEIRA
O Comandante do 2º Batalhão de Polícia de Choque tem a honra de convidar Vossa Senhoria e Digníssima Família para assistirem à solenidade alusiva ao 71º Aniversário da Unidade, a ser realizada às 10:00 horas do dia 13 de maio de 2005, à rua Dr Jorge Miranda, 367, LUZ – SÃO PAULO.

LUÍS FERNANDO TARIFA SERPA
TENENTE-CORONEL PM COMANDANTE
O atraso no lançamento de dados nas minhas memórias faz com que trabalhe no computador, a partir das 6:30 horas. O fato de ter ido até POÁ, ontem, fez com que muita coisa fosse deixada de lado.
Com temperatura muito boa, saio de casa por volta das 9 horas. Rumo para o 2º BPChq e, na rua JORGE  MIRANDA, cruzo  com meu primo, 3º Sargento RENATO VENTURA. Como motorista, ele veio trazer um tenente de seu batalhão, de SUZANO, para assistir ao 71º aniversário do 2º BPChq. Durante alguns minutos converso com ele, principalmente com relação à herança dos bens deixados pela minha mãe. A idéia de vender o terreno que tenho em POÁ já foi discutida com o ADALVO ontem. O RENATO se compromete a fazer uma avaliação do preço do terreno em três imobiliárias. Também é idéia minha vender a parte que tenho nas casas para o CARLOS, pois a cidade de POÁ é de tristes recordações para mim. Estou conversando com o RENATO quando passa pela JORGE MIRANDA o SARGENTO Ref CORTEZ, que foi meu motorista durante alguns anos. Também transita pela rua JORGE MIRANDA o CORONEL PM Res MENDES, que marcou hora no CENTRO ODONTOLÓGICO. Conversamos sobre uma notícia alvissareira, transmitida ontem pelo advogado ROMAGNOLI. Passou em primeira discussão o Projeto-de-Lei do vereador AURÉLIO NOMURA, restituindo o nome do TÚNEL NOVE DE JULHO. O MAJOR PM DENTISTA LAÉRCIO RIBEIRO DE PAIVA também conversa conosco.
Depois de me despedir dessas pessoas, vou assistir o resto da solenidade do 71º Aniversário da Unidade que comandei de novembro de 1986 a fevereiro de 1988. O CORONEL PM JUIZ COSTA RAMOS preside o ato solene. Estou interessado em saber porque o TENENTE-CORONEL PM MARCOS CABRAL MARINHO DE MOURA, que era o comandante do 2º BPChq, unidade onde serviu durante 17 anos, foi transferido para o 1º BPMM. Explicam-me que houve um problema profissional que obrigou o Cmt Geral a remanejar o TENENTE-CORONEL PM MARINHO. O TENENTE-CORONEL PM LUIZ FERNANDO TARIFA SERPA encontra-se afastado e o MAJOR PM WÁLTER MOTA é o comandante interino. Vários ex-comandantes da Unidade estão presentes, como é o caso do CORONEL PM Ref NEY VIEIRA DE ALMEIDA, acompanhado de sua esposa, dona NANCY (eles estão morando em ITATIBA); CORONEL PM Ref DILTON CARVALHO DE SOUZA, CORONEL PM Res OLDECIR, CORONEL PM Res EDILBERTO FERRARINI, e outros. Estão presentes: CORONEL PM TOMAZ ALVES CANGERANA, Comandante do CPChq; CORONEL PM JOÃO ROGÉRIO FELIZARDO (Diretor de Pessoal); CORONEL PM ISIDRO SUITA  MARTINEZ; CORONEL PM ADAUTO LUIZ SILVA (Comandante do CAES); CORONEL PM Res UBIRATAN GUIMARÃES; CORONEL PM Res RENATO CÉSAR MELO; TENENTE-CORONEL PM CARLOS EDUARDO DOS REIS LEAL (Comandante do 9º BPMM, unidade onde serve o PM JOÃO, meu enteado, tendo conversado comigo no dia 9, por ocasião da cerimônia do DIA DA VITÓRIA e hoje dá a notícia de que o PM JOÃO será armeiro do Batalhão); MAJOR DIAS (Comandante Interino do 1º BPChq); muitos outros oficiais da ativa e da reserva, bem como civis e autoridades (entre elas o Advogado Presidente da OAB/SP LUIZ FLÁVIO BORGES D´URSO), veteranos da FORÇA EXPEDICIONÁRIA BRASILEIRA, alunos do COLÉGIO MILITAR. Converso com o CAPITÃO DENTISTA CORREIA, que desde o tempo que comandei essa Unidade ele ali trabalha; com o CAPITÃO MERLO, associado do MMDC (entrega-me o seu currículo para receber a Medalha PEDRO DE TOLEDO em outubro); encontro também o Cabo Reformado que serviu o café durante anos na copa do Batalhão, benquisto por todos os oficiais (o nome não me vem no momento). Mais uma vez posso relembrar dos tempos em que fui ASPIRANTE A OFICIAL nesse vetusto prédio, então sediando o BATALHÃO DE GUARDAS (ali me apresentei em 23 de setembro de 1963). Deixaria o BG somente em abril de 1966, transferido para a então 3ª Companhia do 10º BPM, para transformá-la na então 2ª Companhia Independente. Retornaria ao prédio, já sediando o 2º BPChq, para comandá-lo, em novembro de 1986. Promovido a CORONEL, em março de 1988, fui obrigado a deixar o Comando da Unidade. São tempos de muitas saudades. Relembro fatos em conversas com os oficiais que lá serviram e que retornam por ocasião dos aniversários do batalhão.   
Já um tanto tarde, deixo esse local e vou até o BANESPA. Dois oficiais de SÃO JOSÉ DO RIO PRETO vêm conversar comigo: o Capitão AZOR, que trabalhou no CPAI-8, atual CPI-5, quando comandei aquela região, e o CAPITÃO ZAMPIERI, do Corpo de Bombeiros de S.J. do RIO PRETO. Vou almoçar no RESIDENCIAL TOWER, na rua TABATINGUERA. Ali me esperam  ELÁDIO, ALEMÃO, CRISTIANO e RAFAEL. Por volta das 15 horas, estou chegando na Sociedade Veteranos de 32-MMDC. O problema das outorgas da Medalha MMDC, a confecção dos ofícios de outorga, dão trabalho para as funcionárias MÔNICA e LUCIENE. Esta perdeu seu avô nesta semana. O velho, diabético, estava sendo maltratado por uma tia da LUCIENE, que, segundo tudo indica, pretendia fazer uso dos bens deixados por ele (fazia o velho comer doces a toda hora para prejudicar a diabetes). Internado, com a ajuda do Sr MARCONDES e do GENERAL BUENO, que intercederam a favor da LUCIENE, o seu avô morreu no hospital do Exército. Agora, na família, o ambiente é um tanto pesado para se tratar da herança. A ganância faz as pessoas cometerem bárbaros desatinos.
CORONEL MENDES passa pelo MMDC e ficamos conversando até depois das 16 horas. Estamos contentes pelos rumos que estão tomando na Câmara a questão do TÚNEL NOVE DE JULHO. Fazemos planos para a futura gestão do CAPITÃO GINO STRUFFALDI. Depois, tomamos o metrô. Desço na ARMÊNIA e o MENDES vai até a estação SÃO PAULO.  

Nesta noite, durante horas, trabalho no computador, tirando o atraso no lançamento dos fatos desses últimos dias.

DIÁRIO OFICIAL DE 13 DE MAIO DE 2005 PUBLICA A TRANSFERÊNCIA PARA A RESERVA DO TENENTE-CORONEL PM CELSO RENÉ VIEIRA, DA CORREGEDORIA PM. Nasceu em 25 de fevereiro de 1958. Entrou para a PMESP em 18 de fevereiro de 1974. Foi declarado ASPIRANTE A OFICIAL em 21 de abril de 1978. PROMOÇÕES: 2º Tenente – 15 de dezembro de 1978; 1º Tenente – 25 de agosto de 1982; Capitão – 24 de maio de 1989; Major – 25 de agosto de 1996; TENENTE-CORONEL – 25 de agosto de 2001.

Militares, autoridades estaduais e municipais estiveram reunidos hoje na BASE AÉREA DE SÃO PAULO (BASP), em CUMBICA, GUARULHOS, para comemorar o 64º aniversário da BASP e o 36º aniversário do 4º Esquadrão de Transporte Aéreo (ETA) – ESQUADRÃO CARAJÁ. Para a homenagem, o comando-geral organizou uma missa, seguida de solenidade militar, que mostrou parte das diversas gerações que ajudaram a conquistar a credibilidade da FORÇA AÉREA BRASILEIRA. Atualmente, a BASP agrega cerca de 850 militares que, de acordo com o comandante, CORONEL AVIADOR-DO-AR MÁRIO SÉRGIO GRESKOW MARTINHÃO, “trabalham para dar apoio e segurança aos governantes para que tenham tranqüilidade em exercer suas funções”. Os militares que se destacaram profissionalmente ao longo do último ano também foram homenageados. Piloto e mecânico do 4 º ETA mais voados no ano passado foram condecorados. Ainda houve entrega de certificados de destaque operacional do 4º ETA, diploma de membro honorário da FAB e distribuição de medalhas militares de ouro, prata e bronze para destaques do efetivo.
O deputado estadual PASCHOAL THOMEU esteve presente às cerimônias e ressaltou a importância da BASE AÉREA para o BRASIL. “Com a competência com que são desenvolvidos os trabalhos na BASP, podemos ter certeza de que o nosso espaço aéreo está protegido. E para GUARULHOS é uma honra ser sede dessa unidade”, disse.
Além do trabalho do comandante GRESKOW, THOMEU fez questão de destacar as “importantes contribuições” para a base do subcomandante da BASP, o MAJOR RENATO DE CASTRO BARRETO FILHO, e do comandante do 4º ETA, TENENTE-CORONEL PIETRO PAULO DAIDONE. Além do deputado estadual, prestigiaram a solenidade o prefeito ELÓI PIETÁ; o presidente da Câmara Municipal, vereador GILBERTO PENIDO; comandante do Comando de Policiamento de Área, CPAM-7, CORONEL PM CARLOS NAKAHARADA; o superintendente da Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (INFRAERO-SUDESTE), MIGUEL CHOUERI; e o empresário VÍTOR VERONEZZI.
A BASE AÉREA DE SÃO PAULO foi criada em 1941 e tem a função de apoiar, no que tange aos vôos e logística, o 4º ETA, organismo que fornece transporte necessário para que sejam executadas as  missões aéreas. Além disso, são desenvolvidas pesquisas de novos equipamentos. A BASP ainda tem a responsabilidade de prover serviço contra-incêndio ao AEROPORTO INTERNACIONAL DE GUARULHOS.

As obras para cercar os jardins da PRAÇA DA REPÚBLICA começaram hoje. Serão usados mil metros de cerca. O objetivo é aumentar a segurança na praça. Há reclamações de que, à noite, a área é ocupada por usuários de drogas, ladrões e garotos de programa.

A Polícia Civil de CAMPINAS disse que já identificou três suspeitos de seqüestrar SANDRA CLEMENTE, mãe do jogador LUÍS FABIANO. “Acreditamos que o bando tem seis membros”, afirmou o delegado JORGE AIDAR (delegacia anti-seqüestro).

A juíza da 76ª Zona Eleitoral de CAMPOS (RJ) cassou hoje o prefeito da cidade, CARLOS ALBERTO CAMPISTA, e seu vice, TONINHO VIANA. Na mesma ação, a juíza DENISE APOLINÁRIA tornou inelegíveis por três anos, a contar de 2004, a governadora do RIO, ROSINHA GAROTINHO, o marido dela, ANTHONY GAROTINHO, presidente estadual do PMDB, e o ex-prefeito de CAMPOS, ARNALDO VIANNA. Também foram considerados inelegíveis por três anos GERALDO PUDIM e CLAUDECI FRANCISCO DA SILVA, que disputaram pelo PMDB o segundo turno das eleições em CAMPOS. O casal GAROTINHO informou que vai recorrer da decisão. Na mais tumultuada eleição da história de CAMPOS, houve até intervenção de tropas federais. ROSINHA e GAROTINHO apoiaram PUDIM, enquanto VIANNA fez campanha a favor de CAMPISTA. Eles foram acusados de usar programas sociais, como o CHEQUE-CIDADÃO e o KIT ESCOLAR, do Estado, e o VALE-ALIMENTAÇÃO, do município, para favorecer seus candidatos opostos à Prefeitura. Além da cassação, a juíza multou todos os réus. CAMPISTA e seu vice terão de deixar a prefeitura, embora seus advogados já estejam entrando com recurso no TER. Todos podem recorrer num prazo de três dias.

A mulher do ministro da Cultura, GILBERTO GIL, FLORA GIL, e sua irmã, FÁTIMA GIORDANO, sofreram uma tentativa de assalto no início da noite, em BOTAFOGO, zona sul do RIO DE JANEIRO. As duas foram abordadas por um assaltante, logo após entrarem em uma picape VOLVO, na esquina das ruas VISCONDE DE CARAVELAS e CAPITÃO SALOMÃO. O bandido recebia a cobertura de outro assaltante de motocicleta, armado com uma pistola. Os bandidos atiraram diversas vezes contra o carro de FLORA GIL. A mulher do ministro e a irmã levaram um grande susto, mas escaparam da morte porque o veículo é blindado.

A 4ª Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça de SÃO PAULO decidiu hoje manter o bloqueio de bens do ex-prefeito PAULO MALUF e outras 36 pessoas físicas e jurídicas, entre elas sua mulher, quatro filhos, a nora e um genro. MALUF é investigado pelo envio de milhões de dólares ao exterior. A 4ª Vara da Fazenda Pública de SÃO PAULO determinou o bloqueio em outubro de 2004. A Justiça aceitou o pedido do Ministério Público, que pede o ressarcimento de 5 bilhões de reais aos cofres públicos, supostamente desviados na gestão de MALUF na Prefeitura de SÃO PAULO (1993-1996).

Os beijos e a troca de carinhos entre um casal de jovens dentro de uma panificadora da Rua TUTÓIA, no PARAÍSO, na zona sul da Capital, deixaram enfurecido o CORONEL ERASMO DIAS, 81 anos. Ele foi ao local assistir pela TV ao jogo do SÃO PAULO com THE STRONGEST, na noite de quarta-feira, dia 11, mas as carícias dos namorados atrapalharam sua concentração na partida. Dizendo-se incomodado com a “atitude despudorada” do casal, o político, que estaria com o comportamento alterado, ordenou ao responsável pelo estabelecimento que os mandasse parar de se beijar. O casal não obedeceu. “Daí, ele sacou a arma e apontou para mim. Começou a gritar feito louco, como se fosse o dono do território. Assustou todos os clientes”, disse a vítima. Um advogado que presenciou a gritaria procurou o 36 º DP (VILA MARIANA) – localizado em frente à panificadora – para se queixar da cena de autoritarismo do policial, mas não conseguiu registrar a ocorrência. O delegado ALDO GALIANO, titular da 2ª Seccional (SUL), justificou que o boletim de ocorrência não foi registrado porque a queixa teria de ter partido das vítimas. “Um investigador foi escalado para ir ao local, mas quando chegou lá, todos já tinham ido embora”. ERASMO DIAS confirma que mandou o dono da padaria advertir os namorados, mas nega que tenha apontado a arma para eles. “Tinha mais de 20 pessoas na padaria, entre elas duas crianças de 7 e 12 anos que não mereciam assistir àquelas cenas. Eles pareciam atores de novela da pior espécie. Me pediram que desse um jeito na situação. A única coisa que fiz foi pedir ao dono da padaria que dissesse a eles para maneirar”, diz. Sobrinha de um coronel da PM, a moça foi aconselhada pelo tio a deixar o local antes que a fúria de DIAS aumentasse.

LIBERADOS os bens da prefeita de BOA VISTA, MARIA TERESA JUCÁ, acusada de desviar recursos da administração municipal. O desembargador ALMIRO PADILHA alegou haver conflito de competência no caso, que deveria ser analisado pela Justiça Federal. Em BOA VISTA.

A MARCHA NACIONAL PELA REFORMA AGRÁRIA DO MOVIMENTO DOS SEM-TERRA entrou hoje no DISTRITO FEDERAL. Os 12 mil participantes acamparam na localidade de BURITI TIÇÃO, a 45 km de BRASÍLIA, depois de realizar a nova invasão. Desta vez, os sem-terra cortaram cercas e entraram na CHÁCARA CARLITOS, do funcionário público MARCONI RODRIGUES e de sua irmã, a advogada MAGDA FERREIRA. Eles mantém no local seis vacas de leite e alguns bezerros. A marcha está sendo engrossada com novas delegações, mas o MST vai abandonando pelo caminho quem não cumpre as regras. Hoje, o sem-terra MARCOS DIVINO, de 22 anos, foi expulso da delegação de GOIÁS, após alegar falta de condições por conta de uma forte gripe. Sem dinheiro para o ônibus, ele seguia a pé em direção a ALEXÂNIA, cidade mais próxima.

CONDENADA a empresa LIMA ARAÚJO AGROPECUÁRIA a pagar três milhões de reais em indenizações a 180 pessoas, entre os quais nove adolescentes e uma criança, mantidas na condição de escravidão em fazendas no sul do PARÁ. É o maior valor já aplicado em uma sentença por trabalho escravo no BRASIL. Pela Justiça de MARABÁ.

O jogador EDINALDO BATISTA LIBÂNIO, O “GRAFITE”, foi a atração da sessão solene do Senado que comemorou os 117 anos da abolição da escravidão no BRASIL, nesta sexta-feira. Na mesa da Casa, ele discursou sobre o racismo no País, ao lado do senador PAULO PAIM e do ex-senador fluminense ABDIAS DO NASCIMENTO. Um mês antes, o atacante do SÃO PAULO havia denunciado o zagueiro argentino LEANDRO DESÁBATO por tê-lo agredido com ofensas racistas durante o jogo entre a equipe e o QUILMES, pela LIBERTADORES DA AMÉRICA.

A escritora LYGIA FAGUNDES TELLES foi anunciada nesta sexta-feira como vencedora do PRÊMIO CAMÕES, o mais importante da literatura em língua portuguesa. Ela receberá 330 mil reais, o que provocou uma brincadeira do colega RUBEM FONSECA. “Agora que ficou rica, você não vai mais querer casar comigo”, disse ele, ao cumprimentá-la com um beijo no rosto. O PRÊMIO CAMÕES foi criado em 1989 pelos governos brasileiro e português e já consagrou nomes como JOÃO CABRAL DE MELO NETO, JOSÉ SARAMAGO, RACHEL DE QUEIROZ, JORGE AMADO e o próprio RUBEM FONSECA.

Só faltou ANTÔNIO PALOCCI. Os outros ministros paulistas, além de figurões do PT, prestigiaram em peso o aniversário de 51 anos do líder do Governo no Senado, e candidatíssimo ao governo de SÃO PAULO, ALOÍZIO MERCADANTE. Depois dos parabéns, os 4 mil convidados dançaram ao som da banda TRI SOM e apreciaram a bela voz de LECY BRANDÃO, na quadra da Escola de Samba ROSAS DE OURO na capital paulista. A festa terminou ao som da bateria. MERCADANTE conseguiu reunir virtuais adversários partidários: MARTA SUPLICY, JOÃO PAULO CUNHA e JOSÉ DIRCEU. Das amigas PAULA BURLAMARQUE e PAULA LAVIGNE, que fizeram um cumprimento conjunto, MERCADANTE ganhou a coleção “TODO CAETANO”, com todos os discos de CAETANO VELOSO.

DANIELE HYPÓLITO, 21 anos, foi reintegrada à Seleção Brasileira de Ginástica, após pedido formal de desculpas. Em 7 de abril, ela discutiu com o técnico OLEG OSTAPENKO e abandonou o time durante a terceira etapa da COPA DO MUNDO.
       
O Ministério Público Federal, do RIO DE JANEIRO, iniciou nesta sexta-feira uma ação de improbidade administrativa contra o presidente da Biblioteca Nacional, PEDRO CORRÊA DO LAGO. O documento, assinado pelo procurador MAURÍCIO MANSO, aponta ilegalidade na edição da revista NOSSA HISTÓRIA, que tem a chancela de Biblioteca Nacional. Segundo a ação, a parceria aconteceu sem que houvesse licitação e sem que a Biblioteca Nacional receba remuneração por ter franqueado acervo, técnicos e espaço à editora VERA CRUZ, responsável pela publicação.


ANUNCIADA a descoberta de uma nova espécie de roedor, em LAOS, chamada KHAN-NYOU. O animal, que lembra um esquilo, é o primeiro caso de descoberta de uma nova família de mamíferos nos últimos 30 anos. É vegetariano e tem apenas um filhote por gestação. A descoberta foi publicada na revista SYSTEMATICS AND BIODIVERSITY.

O general da reserva MANUEL CONTRERAS, de 75 anos, que foi chefe da polícia repressiva da ditadura militar de AUGUSTO PINOCHET, entregou hoje à Corte Suprema informação sobre o paradeiro de cerca de 580 desaparecidos. O advogado de CONTRERAS, JUAN CARLOS MANNS, disse que ele lhe entregou uma carta com 30 páginas para que pessoas inocentes que foram acusadas não sejam condenadas pela Justiça. CONTRERAS, que foi chefe da Direção de Inteligência Nacional (DINA), entre 1973 e 1977, cumpre pena de 12 anos de prisão pelo desaparecimento em 1975 de um militante de esquerda. Segundo MANNS, na carta, CONTRERAS precisa o nome de cerca de 580 vítimas, seu destino final e os organismos e pessoas que participaram de seus desaparecimentos. MANNS acrescentou que os restos das vítimas encontram-se enterrados nas imediações de SANTIAGO, sem dar detalhes. Ele disse que CONTRERAS “também assume a responsabilidade que lhe corresponde, de tudo, e deixa seus subalternos livres de toda a responsabilidade”. Na carta, CONTRERAS diz que foi a Junta Militar, da qual PINOCHET era chefe, que deu ordens para reprimir os grupos opositores. CONTRERAS sempre declarou que prestava contas diariamente a PINOCHET, de 89 anos, que sempre negou sua participação nas violações aos direitos humanos.

O serial killer MICHAEL ROSS, condenado à morte, foi executado hoje em CONNECTICUT, informaram autoridades policiais americanas. Essa é a primeira execução de um presidiário em 45 anos na região de NOVA INGLATERRA, noroeste dos EUA. ROSS, 45 anos, foi considerado culpado de estupro e assassinato de oito mulheres em NOVA YORK e CONNECTICUT, nos anos 1980. A NOVA INGLATERRA compreende também MAINE, MASSACHUSETTS, NEW HAMPSHIRE, RHODE ISLAND e VERMONT.

O próximo diretor-geral da ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DO COMÉRCIO será o francês PASCAL LAMY, ex-comissário de Comércio da EUROPA. Ele venceu o uruguaio CARLOS PEREZ DEL CASTILLO, apoiado pelo BRASIL. Com isso, países ricos controlam OMC, FMI e BANCO MUNDIAL.

Soldados do UZBEQUISTÃO, na ÁSIA, abriram fogo com canhões de tanques contra milhares de pessoas que ocupavam um edifício governamental na cidade de ANDIJAN e haviam libertado centenas de presos, pedindo a deposição do presidente ISLAM KARIMOV. Há pelo menos doze mortos e dezenas de feridos. Um líder dos manifestantes, KABULJON PARPIYEV, estimou os mortos em cerca de cinqüenta. Há 16 anos no poder, KARIMOV é um dos líderes remanescentes da estrutura soviética.

O PAPA BENTO XVI anunciou hoje a dispensa da exigência de cinco anos de espera para iniciar o processo de beatificação de JOÃO PAULO II. A decisão atende ao clamor de fiéis que pediram nos funerais de KAROL WOJTYLA que ele fosse declarado santo logo. O anúncio foi feito pelo PAPA durante a leitura de uma carta em latim do cardeal português JOSÉ SARAIVA MARTINS, prefeito da Congregação para a Causa dos Santos. A decisão de acelerar a beatificação foi bem recebida pela cúpula da Igreja. O processo deve incluir a prova dos milagres feito pelo beato. O arcebispo polonês STANISLAV DZIWISZ, secretário particular de JOÃO PAULO II, relatou em 2002 que um americano foi curado de um tumor no cérebro depois de receber comunhão das mãos do antigo PAPA.

MORREU, em PARIS, o empresário, compositor e produtor EDDIE BARCLAY, aos 84 anos, vítima de parada cardíaca. BARCLAY, cujo verdadeiro nome era ÉDOUARD RUAULT, foi o mais famoso empresário musical do pós-guerra. Descobriu e popularizou talentos como CHARLES AZNAVOUR, JACQUES BREL, MIREILLE MATHIEU e SACHA DISTEL.

2 006  :   -     SÁBADO       
Em BARCELONA, no circuito da CATALUNHA, o espanhol FERNANDO ALONSO faz a POLE POSITION para o GP DA ESPANHA. O segundo é GIANCARLO FISICHELLA. Em terceiro lugar sairá MICHAEL SCHUMACHER. Em quarto, o brasileiro FELIPE MASSA. O quinto será amanhã RUBENS BARRICHELLO.

O Regimento de Polícia Montada iria comemorar nesta manhã o Centenário da MISSÃO FRANCESA e o DIA DA CAVALARIA. Às 9 horas em ponto chego no Regimento e encontro alguns oficiais conversando na portaria. Fico então sabendo que os atos criminosos cometidos pelo PCC (Partido do Comando  da Capital) fizeram com que a tradicional festa na Cavalaria fosse cancelada. Isso é algo de espantar. Será que o medo do Comando perder vidas ou viaturas iria empanar o brilho do DIA DA CAVALARIA? A resposta ninguém saberá dizer pois não temos como avaliar o que vai na Segurança do Estado. Reúno-me com os seguintes CORONÉIS PM: SINÉSIO, ERNANI BENEDITO DE TOLOSA, OCTÁVIO GOMES DE OLIVEIRA, EDILBERTO DE OLIVEIRA MELO (Presidente do Conselho Deliberativo da AORRPM) UBIRATAN GUIMARÃES (deputado estadual), CANGERANA (Superintendente da CAIXA BENEFICENTE), PAULO CÉZAR NEVES, MARCO ANTÔNIO DUTRA, JAIRO PAES DE LIRA, ALEXANDRE FARRATH; CORONEL Reformado do Exército ARY CANAVÓ; TENENTES-CORONÉIS FÉLIX (Cmt do R Pol Mon), LUIZ EDUARDO PESCE DE ARRUDA (Cmt do 2 º BPMM), CAMILO; TENENTE-CORONEL do EXÉRCITO, ROBINSON SANTIAGO.  Cada um dá sua opinião dessa situação crítica que começou ontem à noite, por volta das 20 horas, e que dá um saldo altamente preocupante de dezesseis mortes (cinco da PM e outras de policiais civis, guardas-civis e agentes penitenciários), além de dezenas de feridos. É uma verdadeira guerra entre marginais e policiais. Motivo seria a transferência de líderes penitenciários do Interior para a sede do DEIC. Entre eles está o chefe do PCC, MARCOS WILLIANS HERBAS CAMACHO, o MARCOLA. Na verdade a polícia começou a enfraquecer depois de 1983, com certas medidas paliativas tomadas pelo governo e que estão minando as bases da polícia (tanto Militar, como Civil). Os bandidos foram ocupando o terreno deixado pela polícia e chegaram a ponto de se organizarem. A polícia sabe quem são os líderes mas está de mãos atadas porque a  política governamental protege a marginalidade. Agora, com todos esses ataques, alguma coisa deverá ser feita e logo. O ARRUDA e o FÉLIX contam para os presentes a realidade do momento. Várias penitenciárias estão sublevadas, entre elas a de AVARÉ.     
Frustrados, deixamos o REGIMENTO DE POLÍCIA MONTADA, num momento de luto para a nossa Corporação.  
 
Em casa, assisto a partir do meio-dia as tenebrosas notícias da guerra movida pela marginalidade. Doze presídios estão sob tensão, com rebeliões. O governador CLÁUDIO LEMBO e o Secretário da Segurança Pública, SAULO DE CASTRO ABREU FILHO, estão para dar uma entrevista coletiva. Pela manhã tivemos mais sete casos.

Por volta das 16 horas, estou a caminho da cidade de SÃO PAULO. Perto da estação ARMÊNIA, aguardo a chegada do CORONEL PM Res ANTÔNIO CARLOS MENDES. Iremos para a Loja Maçônica ROMA, no alto da MOOCA, na rua GUAIMBÉ, 192. Comentamos, durante o caminho, o terror que invadiu SÃO PAULO, onde, a todo momento, surgem notícias de novos ataques do PCC, matando policiais somente porque os líderes foram transportados para presídios de segurança máxima. É uma situação de caos, que mostra a falência da Segurança.
No local da solenidade, vamos encontrar vários amigos e aos poucos, outros vão chegando. Entre eles: doutora NELLY CANDEIAS, presidente do IHGSP; FRANCISCO GIANNOCCARO (coordenador da Comissão Cívica e Cultural da Associação Comercial). Ele anuncia que fará a primeira reunião depois do incidente do cancelamento daquela em que iríamos discutir a situação do TÚNEL NOVE DE JULHO, em 22 de maio; ALEXANDRE FROTA e familiares; GINO STRUFFALDI, que vem com sua esposa, dona DINORÁ, e seu filho ALDO; CARLOS ALBERTO ROMAGNOLI; vereador AURÉLIO NOMURA; CORONEL PM Res UBIRATAN GUIMARÃES, deputado estadual; GERALDO PIRES DE OLIVEIRA; Professor EGBERTO MAIA LUZ; GENERAL EUCLYDES BUENO FILHO;  Professora MARIA CECÍLIA NACLÉRIO HOMEM e suas irmãs; ANTÔNIO CARLOS NACLÉRIO HOMEM; CORONEL PM Res RICARDO JACOB; VIVIANO FERRANTINI; CORONEL Ref Exército ARY CANAVÓ; CORONEL PM Res JAIRO PAES DE LIRA; CORONEL PM Res RENALDO ALVES DA SILVA; 1º TENENTE GONÇALVES; as nossas funcionárias LILIAN e LUCIENE; doutora CÉLIA MARCONDES, acompanhada de seu filho; Professor JOSÉ CARLOS DE BARROS LIMA; ROBERTO GONÇALVES, da ONG CIDADANIA PLENA, idealizador da CAMINHADA NOVE DE JULHO; JOÃO BAPTISTA DE OLIVEIRA, presidente da ASSOCIAÇÃO PAULISTA DA IMPRENSA; 
O CORONEL MENDES ajuda os maçons na ritualística da LOJA ROMA. É a primeira vez que assisto a uma sessão branca da maçonaria e aprecio muito a organização e o comportamento deles. A entrada dos convidados no recinto do salão maçônico é feita de maneira imponente, com cruzamento de espadas dos maçons. Depois, tomamos assento em locais distintos, de acordo com as regras da maçonaria.
O VENERÁVEL da LOJA ROMA é o vice-presidente do CONSELHO FISCAL da Sociedade Veteranos de 32-MMDC, FERNANDO LOPES DAVID. Faz-se um pequeno relato da existência da LOJA ROMA, criada em 14 de fevereiro de 1889. Falam sobre os motivos de nossa reunião na LOJA ROMA, o nosso presidente GINO STRUFFALDI, o orador J.B. DE OLIVEIRA, além do mestre de cerimônias da LOJA ROMA. O estandarte da LOJA é condecorado com a MEDALHA MMDC pelo presidente da Sociedade Veteranos de 32-MMDC, GINO STRUFFALDI, todo paramentado; segue-se a entrega solene da Medalha Comemorativa da LOJA ROMA a associados do MMDC, conforme cuidadosa lista elaborada pelo GINO durante vários dias de antecedência.
Também são entregues comendas a ex-presidentes da LOJA ROMA. Eles também comemoram a DATA DA ABOLIÇÃO DA ESCRAVATURA e o DIA DAS MÃES.
Passamos momentos inesquecíveis na LOJA ROMA. Depois da sessão solene é servido um coquetel. Esse momento é aproveitado para conversas de nossos associados, todos irmanados no ideal de bem servir à Pátria. Procuramos estabelecer a seqüência dos palestrantes para o dia 22, na sessão que teremos na CÂMARA MUNICIPAL, aproveitando a presença de muita gente que irá participar desse evento, principalmente o vereador AURÉLIO NOMURA, a professora MARIA CECÍLIA, o deputado estadual UBIRATAN GUIMARÃES, o professor JOSÉ CARLOS DE BARROS LIMA, a doutora NELLY CANDEIAS e outros. Falamos sobre o evento do 23 de maio, no IBIRAPUERA; sobre a CAMINHADA NOVE DE JULHO, através do ROBERTO GONÇALVES e de outros pontos importantes do MMDC.  
Com o CORONEL MENDES, deixo a LOJA ROMA depois das 23 horas. Ele me deixa na estação ARMÊNIA. Numa van, retorno a GUARULHOS. Já passa da meia noite quando chego em casa.
O SANTOS não jogou bem, chegou a levar uma certa pressão dos visitantes, mas ganhou de presente a vitória por 3 a 1 sobre a PONTE PRETA. Foram nada menos do que dois gols contra e mais um após enorme lambança da defesa campineira.

Hoje, o primeiro historiador de GUARULHOS, JOÃO RANALI, completa 93 anos, com uma lista extensa de serviços prestados à cidade, cuja história sabe de cor, em todos os seus detalhes, por participar de muitos fatos importantes. Nascido na cidade de RINCÃO, no interior de SÃO PAULO, em 13 de maio de 1913, RANALI chegou ao município em fevereiro de 1938, como delegado de polícia, e ficou até 1945, quando foi transferido para a vizinha SANTA ISABEL e para outras regiões de SÃO PAULO. Mas foi GUARULHOS a cidade escolhida para morar. E foi aqui que RANALI lutou para que a cidade tivesse uma SANTA CASA, reunindo um grupo de autoridades para que o hospital fosse criado e atendesse a população mais carente. A ata de fundação da SANTA CASA aconteceu em 8 de agosto de 1943. Assim também foi com a Biblioteca Municipal, inaugurada em 26 de novembro de 1940. Hoje, a Biblioteca Municipal MONTEIRO LOBATO, na rua JOÃO GONÇALVES, CENTRO, é fonte de consulta para os guarulhenses, principalmente os estudantes. A Academia Guarulhense de Letras, da qual é membro, também foi indicada por RANALI, que liderou ainda vários movimentos culturais que marcaram GUARULHOS.
Entre os livros que escreveu estão: “HISTÓRIA DE GUARULHOS” (de 1945), onde narra fatos pitorescos, além dos sérios, acontecidos em quatro séculos e meio no município; “CRONOLOGIA GUARULHENSE” (dois volumes); “REPAGINANDO A HISTÓRIA”; “A FICÇÃO VESTE A HISTÓRIA” e “ONOMÁSTICA DOS LOGRADOUROS PÚBLICOS DE UMA GRANDE CIDADE”.
RANALI viajou no “TREM DAS ONZE” imortalizado por ADONIRAN BARBOSA, mas também experimentou outras sensações em um supersônico, decolando do Aeroporto de Cumbica, zona leste.
JOÃO RANALI fez história no jornal “FOLHA METROPOLITANA”. Presidente do jornal  por quase uma década, foi o responsável pelos editoriais, verdadeiras obras literárias.

Dois eventos – uma cerimônia religiosa e solenidade militar – foram realizados, nesta manhã, para comemorar o 65 º aniversário da BASE AÉREA DE SÃO PAULO, em CUMBICA, e o 37 º aniversário do 4 º Esquadrão de Transportes Aéreos (ESQUADRÃO CARAJÁ). As comemorações contaram com a presença de representantes de diversos segmentos da sociedade e foram os homenageados e agraciados com medalhas e placas por méritos integrantes da Força Aérea por serviços prestados a instituição.
O CORONEL-AVIADOR LUÍS ROBERTO DO CARMO LOURENÇO, comandante da BASE AÉREA, durante seu discurso, fez referências a dois importantes fatos para a aviação brasileira, ocorridos este ano: o centenário de SANTOS DUMONT e a ida ao espaço do primeiro cosmonauta brasileiro, o TENENTE-CORONEL AVIADOR MARCOS CÉSAR PONTES. O CORONEL-AVIADOR LUÍS ROBERTO, que assumiu o comando da BASE AÉREA em 18 de abril de 2006, agradeceu ao povo paulista pela acolhida e parabenizou os homens e mulheres da equipe de trabalho e a santa de LORETO, protetora dos aviadores. E enfatizou: “Na BASE ÁEREA DE SÃO PAULO há vida e sempre buscamos abrir novas portas”.
O prefeito ELÓI PIETÁ ressaltou que a BASE AÉREA trouxe progresso para GUARULHOS, pois abriu as portas para o AEROPORTO INTERNACIONAL DE CUMBICA e, conseqüentemente, pela divulgação do município em âmbito internacional. O vereador ALAN NETO, que estava acompanhado do presidente da Câmara Municipal de GUARULHOS, GILBERTO PENIDO, representou o deputado PASCHOAL THOMEU e também enalteceu a importância da BASE AÉREA para o desenvolvimento do município.
Também participaram do evento o MAJOR-BRIGADEIRO APRÍGIO EDUARDO DE MOURA REZENDE, comandante do IV COMAR, que passou a tropa em revista, além de representantes do Exército, da Marinha, da Polícia Militar, da Justiça e a secretária da Justiça e Cidadania, EUNICE APARECIDA PRUDENTE, representando o governador CLÁUDIO LEMBO. Ainda estiveram na solenidade veteranos da BASE AÉREA que, comandados pelo suboficial ANTÔNIO ARCANJO DE OLIVEIRA, desfilaram em homenagem aos aniversários da BASE AÉREA e do ESQUADRÃO CARAJÁ. Diversos integrantes da BASE AÉREA foram agraciados com medalhas pelos bons serviços prestados à Força Aérea Brasileira e quatro integrantes do 4 º Esquadrão de Transportes Aéreo (três pilotos e um mecânico) foram homenageados por horas de vôos e segurança no transporte.
A BASE AÉREA DE CUMBICA, criada em 1941, tem como finalidade apoiar o 4º Esquadrão de Transportes Aéreo, que fornece o transporte necessário para que o pessoal do IV COMAR possa executar missões na área.   

O PRIMEIRO COMANDO DA CAPITAL (PCC), liderou, nas últimas 24 horas, o maior ato de desafio de sua história contra o governo do Estado de SÃO PAULO. A facção criminosa que age dentro e fora dos presídios promoveu, até às 23 horas de hoje, 62 ataques contra guardas-civis e militares. A ação terrorista deixou 30 mortos – 25 policiais, 1 civil e 4 bandidos – e 24 feridos. Detentos de 24 presídios se rebelaram, com um total de 174 reféns. E 16 suspeitos foram presos.
Os ataques foram uma resposta imediata do crime organizado à transferência de 765 líderes da facção para a Penitenciária 2 de PRESIDENTE PRUDENTE, no extremo oeste do Estado. O isolamento da liderança num único presídio, segundo o Secretário da Administração Penitenciária, NAGASHI FURUKAWA, foi uma decisão “dura” tomada pelo governo para “estancar” a série de rebeliões que vinha ocorrendo desde o início do ano. Os presos ainda planejavam uma megarrebelião para o domingo, dia 14 de maio, DIA DAS MÃES. Excluindo os levantes dos últimos dois dias, a SAP havia registrado, neste ano, 13 rebeliões e 27 motins. A reconstrução dessas prisões consumirá cerca de 21 milhões de reais dos cofres públicos.
Os ataques começaram por volta das 20:30 horas, duas após a remoção de oito líderes do PCC do Interior para o Departamento de Investigações sobre o Crime Organizado (DEIC), na zona norte, entre eles o líder da facção, MARCOS WILLIANS HERBAS CAMACHO, o “MARCOLA”.  O Secretário da Segurança Pública, SAULO DE CASTRO ABREU FILHO, disse que os presos foram levados ao DEIC para serem interrogados. ABREU afirmou ainda que a polícia de SÃO PAULO “não vai retroagir um milímetro”. “O risco dessa decisão (de transferência) foi medido. Se tentou calcular o limite de fazer um movimento de mais de 700 criminosos com liderança em SÃO PAULO”.
O número de mortos e feridos e a rebelião sincronizada em 24 unidades, no entanto, mostram que os cálculos de ABREU FILHO e a estratégia de NAGASHI, foram falhos.
Desafiando a decisão do governo, a ordem que se ouviu nas interceptações telefônicas ditadas pelo crime organizado foi: “Matem o pessoal do PSDB. Os irmãos que não cumprirem a missão também ficam sujeitos à morte”.
O governador CLÁUDIO LEMBO garantiu que “SÃO PAULO não se dobrará ao crime”. Ele determinou a suspensão de folgas e férias de todos os policiais para reforçar a segurança nas ruas.
Os ataques revoltaram os familiares das vítimas e impuseram um clima de terror e insegurança na população. A cidade ficou coalhada de policiais fortemente armados, na frente dos prédios públicos, como se esperassem o próximo ataque.
Às 8:30 horas, os chefes da facção voltaram à Penitenciária 2 de PRESIDENTE VENCESLAU. Saíram num caminhão da Polícia Civil, escoltados por 32 policiais armados de fuzis e metralhadoras. Em seguida, MARCOLA e outros dois comparsas foram levados ao Centro de Readaptação Penitenciária de PRESIDENTE BERNARDES, o presídio mais rígido do País.

A Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar do Estado de SÃO PAULO elabora um documento para ser enviado ao governador CLÁUDIO LEMBO, pedindo a demissão dos secretários da Segurança Pública, SAULO DE CASTRO ABREU FILHO, e Administração Penitenciária, NAGASHI FURUKAWA. Hoje, o presidente da Associação, CABO PM WILSON MORAIS, classificou como irresponsável a atitude dos dois secretários que, segundo ele, sabiam da possibilidade dos ataques às bases e delegacia e não alertaram a tropa. “Os dois poderiam ter evitado essa chacina”, afirma MORAIS. “Já vimos diversas vezes ataques às bases quando presos perigosos são transferidos. A Secretaria sabia inclusive da possibilidade de uma megarrebelião. Então, porque não nos alertou? Só armaram um esquema especial após inúmeras mortes”.
MORAIS afirma que, caso o pedido de exoneração de ABREU FILHO e FURUKAWA não seja atendido por LEMBO, os praças podem parar. “Vamos estudar durante a semana a possibilidade de uma greve”, prossegue o presidente da associação. “Precisamos sentir o clima da tropa, mas essa idéia está sendo estudada. Mas esses secretários, sobretudo o Secretário da Segurança, não entendem nada de segurança”. Apesar da  possibilidade de paralisação na próxima semana, hoje a associação pedia aos soldados e cabos que ajudassem os colegas de plantão. “Agora é um momento de solidariedade. É um esforço necessário para que não haja mais mortes”. MORAIS afirma que o reforço nas bases precisa acontecer não só na Capital, mas também no Interior e no Litoral. “Nesses lugares, a situação da polícia é precária. Cerca de 70% da tropa ainda usa revólveres 38, já que as pistolas ponto 40, com capacidade para 21 disparos, servem praticamente para a tropa da Capital. É um absurdo”.

O ex-governador ANTHONY GAROTINHO foi derrotado hoje na convenção do PMDB. Com um placar apertado, o partido decidiu que não terá candidato próprio a presidente da República, numa vitória da ala governista. Foram 351 votos contra a candidatura própria, 302 a favor, um branco e um nulo. Mas a disputa interna no PMDB continuará: a decisão tem efeito apenas político, uma vez que a posição oficial do partido ficará para a convenção de 11 de junho.

O ator MARCO NANINI recebeu alta do Hospital SÃO VICENTE, no RIO. Ele estava internado desde a quinta-feira, dia 11, para uma cirurgia na coluna. NANINI foi diagnosticado com artrose cervical e uma forte dor na coluna o impedia de mover o braço esquerdo.

O brasileiro VALDEMIR PEREIRA, o SERTÃO, perdeu o título mundial dos penas da Federação Internacional de Boxe. Ele foi desclassificado no oitavo assalto da luta contra o americano ERIC AIKEN, depois de ter, segundo o juiz, acertado o oponente com três golpes baixos. 

A capa da revista ISTO É que exibiu o motorista ERIBERTO FRANÇA, testemunha central que levou FERNANDO COLLOR ao impeachment em 1992, foi eleita uma das 20 melhores das últimas duas décadas. A escolha foi da Associação Nacional de Editores de Revistas. A premiação aconteceu neste sábado, em SÃO PAULO.

O tenista espanhol RAFAEL NADAL, número 2 do mundo, está bem perto de igualar o recorde de 53 vitórias consecutivas em piso de saibro, que pertence ao argentino GUILLERMO VILAS, dede a década de 1970. Hoje, no MASTERS SERIES DA ITÁLIA, em ROMA, NADAL ganhou a 52 ª contra o francês GAEL MONFILS. Amanhã o espanhol disputará nova final contra o suíço ROGER FEDERER, número 1. Os dois enfrentaram-se cinco vezes e NADAL ganhou quatro. Apesar de sua superioridade no circuito, o suíço não tem encontrado facilidade com o espanhol. Este ano, foram duas vitórias de NADAL nas duas vezes que se enfrentaram. No domingo passado, NADAL venceu FEDERER na final de MONTECARLO. No início do ano ele já havia ganhado na final em DUBAI, em quadra dura. A única vitória de FEDERER aconteceu no MASTERS SERIES DE MIAMI, no ano passado, em quadra dura. Hoje, nas semifinais, FEDERER ganhou do argentino DAVID NALBANDIAN.

O governo da INDONÉSIA ordenou hoje a retirada de milhares de pessoas que vivem nos arredores do MONTE MERAPI, devido ao temor de que o vulcão esteja prestes a entrar em erupção. Idosos, mulheres e crianças foram levados a abrigos, depois do alerta. O MERAPI, que significa  MONTANHA DE FOGO, localiza-se na ILHA DE JAVA, numa área onde se estima que morem 14 mil pessoas. Feixes de lava foram vistos na ilha onde se estima que morem 14 mil pessoas

Mais de 60 mil pessoas acompanharam as atrações do SKOL BEATS, maior festival de música eletrônica da AMÉRICA LATINA, no Complexo do ANHEMBI, em SÃO PAULO, neste sábado. Principal atração da noite, a banda inglesa PRODIGY levantou o público com sucessos dos anos 1990. Nas outras tendas, DJ´s receberam fãs de tecno, house e progressive. Referência mundial do drum´s n´bass, o DJ MARKY teve sua tenda lotada durante toda à noite. RENATO COHEN encerrou a maratona musical de 16 horas às 6 da manhã.

O DIÁRIO OFICIAL DESTE SÁBADO PUBLICA A TRANSFERÊNCIA PARA A RESERVA DOS TENENTES-CORONÉIS PM LAMARQUE MONTEIRO, do CFSds, e JOÃO CARLOS DE SÁ, do 29 º BPMI.    
LAMARQUE nasceu no dia 13 de outubro de 1952. Entrou na PMESP em 16 de fevereiro de 1972. Foi declarado ASPIRANTE A OFICIAL em 26 de julho de 1975. PROMOÇÕES: 2º Tenente – 24 de maio de 1976; 1º Tenente – 15 de dezembro de 1980; Capitão – 25 de agosto de 1987; Major – 24 de maio de 1995; TENENTE-CORONEL – 25 de agosto de 1989.
JOÃO CARLOS DE SÁ nasceu em 11 de outubro de 1954. Entrou para a PMESP no dia 2 de fevereiro de 1976. Foi declarado ASPIRANTE A OFICIAL em 21 de abril de 1978. PROMOÇÕES: 2º Tenente – 15 de dezembro de 1978; 1º Tenente – 24 de maio de 1983; Capitão – 24 de maio de 1989; Major – 25 de agosto de 1997. Não tenho a data da promoção a TENENTE-CORONEL. 

2 007    :      -     DOMINGO
LUCINDA recebe seus cumprimentos pelo DIA DAS MÃES. Entre os presentes que ganha está uma cesta do “CAFÉ DA MANHÔ. Com os filhos JOÃO e MARLENE e comigo, aproveita a cesta para tomar o seu café. É um momento de confraternização. Diz que a SORAYA e o NELSON estão aprontando um almoço em comemoração a este dia e que logo mais iremos participar de um encontro familiar com eles.
Dentre as alegrias do DIA DAS MÃES para a LUCINDA está o convite de DONA SORAYA para esse almoço. Vamos para a casa dos pais da KÁTYA, onde passamos horas conversando com essa família. Somente depois das 16 horas é que vamos saborear a feijoada feita pelo NELSON. Os momentos são os melhores dessa data tão importante. Enquanto a gente conversa, o IAGO brinca com amiguinhos. Fala-se do seu futuro. Dona SORAYA quer que ele seja engenheiro, carreira que também ambiciona para o seu filho BRUNO. Falamos também sobre a visita do PAPA BENTO XVI ao BRASIL e o que representa para a religião o calor humano que ele recebeu no nosso país.
Depois da feijoada, sinto sono. Já é tarde quando deixamos a casa do NELSON e SORAYA. Deito e somente vou levantar depois das 19 horas. Aí, “ataco” o computador para colocar em dia as minhas anotações.

Ao se dirigir aos bispos reunidos na Conferência-Geral do Episcopado da América Latina e do Caribe, em APARECIDA, o PAPA BENTO XVI disse que “há motivos de preocupação ante formas de governo autoritárias ou sujeitas a ideologias que pareciam superadas e não correspondem à visão cristã do homem”. Segundo vaticanistas, o PAPA se referia a VENEZUELA, BOLÍVIA e outros governos que vem surgindo na AMÉRICA LATINA, além de CUBA. Depois de cobrar “mais fé e menos ideologia”, afirmou que nem o marxismo nem o capitalismo podem hoje dar respostas à demanda de justiça social. A missa celebrada por BENTO XVI em APARECIDA foi assistida por 150 mil pessoas, e não pelas 500 mil esperadas. Ao deixar o BRASIL, o PAPA disse ter vivido no País “horas intensas e inesquecíveis”.

Na corrida da MALÁSIA, FELIPE MASSA e FERNANDO ALONSO disputaram a primeira curva e a postura prudente para evitar o choque que custou a MASSA a perda da liderança da prova e uma série de desdobramentos desfavoráveis. Na etapa seguinte, em BAHREIN, MASSA deu um recado para o espanhol da McLAREN, tendo-o ao seu lado numa entrevista: “Da próxima vez não vou tirar o pé do acelerador”. ALONSO riu. Mas MASSA não precisou recorrer a seu novo método para ganhar a prova na ESPANHA.
No GP DA ESPANHA, hoje, ALONSO compreendeu bem o que MASSA pretendia dizer. O piloto da FERRARI largou na pole e se manteve em primeiro até o fim da reta, quando ALONSO tentou ultrapassá-lo, por fora, na curva 1, exatamente como havia ocorrido na pista de SEPANG. ALONSO talvez não tenha levado a sério a mensagem. Resultado: ao não tirar o pé do acelerador, como prometera, MASSA tocou na McLAREN do espanhol e o lançou na área de escape. O bicampeão perdeu o prumo. ALONSO não só não passou MASSA como deixou o segundo lugar para o companheiro, o brilhante LEWIS HAMILTON, e o terceiro para o parceiro de MASSA, o finlandês KIMI RAIKKONEN.
MASSA venceu na raça e na técnica no circuito da CATALUNHA, em BARCELONA. E deu o recado para seus principais adversários, a dupla da McLAREN, ainda na sua frente na classificação do Mundial: “Agora estou apenas três pontos atrás, tudo pode acontecer, mas vou lutar pelo título”. Com a segunda vitória na carreira, o brasileiro soma 27 pontos. Já o estreante HAMILTON, segundo pela terceira vez seguida, lidera surpreendentemente o Mundial, com 30 pontos. ALONSO, que lamentou muito o terceiro lugar está 2 pontos atrás. RAIKKONEN abandonou com pane elétrica no alternador e caiu para o quarto, com 22 pontos. RUBENS BARRICHELLO, da HONDA, terminou em décimo. 

O técnico CAIO JÚNIOR planejou arrancada para o PALMEIRAS no início do BRASILEIRO. E o primeiro passo foi dado hoje, no MARACANÃ, com os 4 a 2 sobre o FLAMENGO, com destaque para EDMUNDO, autor de dois gols, e para o chileno VALDIVIA. Havias seis  anos que o PALMEIRAS não vencia na estréia de um campeonato nacional.  Na estréia do BRASILEIRO, o CORINTHIANS bateu o JUVENTUDE por um a zero, gol de FINAZZI; o SPORT goleou os reservas do SANTOS por 4 a 1 no RECIFE.

Em momento mágico na sua carreira, RAFAEL NADAL voltou a estabelecer recorde ao tornar-se o primeiro tenista da história a conquistar o tricampeonato do MASTERS SERIES DE ROMA em anos consecutivos: 2005, 2006 e 2007. Hoje o espanhol de 20 anos arrasou o chileno FERNANDO GONZÁLEZ e aumentou para 77 o número de vitórias seguidas nas quadras de saibro. Com isso, superou a marca do norte-americano JOHN McENROE, que chegou a ficar 75 jogos sem perder em quadra de carpete coberta. O austríaco THOMAS MUSTER e, nos anos 1950, o checo JAROSLAV DRABNY, também ganharam por três vezes no FORO ITÁLICO, mas não de forma consecutiva.
A sérvia ANA IVANOVIC conquistou o TORNEIO DE BERLIM ao derrotar a russa SVETLANA KUZNETSOUVA. Com a vitória, a sérvia, de 19 anos, deve aparecer amanhã entre as dez primeiras do ranking mundial. 

Organizada para tirar a má impressão da semana passada – quando houve quebra-quebra durante o show dos RACIONAIS MC´s – a VIRADA CULTURAL de hoje estava fora do calendário oficial. A metade do público esperado pela organização – 5 mil pessoas, nos cálculos da PM – compareceu para assistir a uma programação mais convencional.
Os shows começaram por volta das 14:30 horas, com teatro de rua e danças africanas. O público só chegou em massa às 17 horas, quando o grupo KARNAK subiu ao palco. Até as 22 horas, uma única ocorrência tinha sido registrada: um homem foi detido com 17 pedras de crack.

ALEXANDRE BICEGO FARINHA, ex-PM condenado por participação na chacina de VIGÁRIO GERAL – ocorrida em 1993 e que resultou em 21 assassinatos – foi morto a tiros no início da noite de ontem. Ele passava de carro por uma rua do bairro de REALENGO, na zona oeste do RIO, acompanhado de um sobrinho, de 14 anos, e de um homem não identificado, quando o automóvel foi alvejado por tiros. O adolescente também morreu. A polícia não informou o que aconteceu com o outro homem, nem se BICEGO foi vítima de  emboscada ou de assalto.
O crime foi por volta das 18 horas. O veículo foi por volta das 18 horas. O veículo em que o ex-PM estava, um FIAT STRADA, foi abordado por outro carro, ocupado por três homens. Eles dispararam diversas vezes contra o FIAT. BICEGO morreu na hora.
Julgado por sua participação na chacina de VIGÁRIO GERAL, BICEGO havia sido condenado, em 2000, a 72 anos de prisão por um júri popular, por autoria de 21 homicídios e quatro tentativas de homicídio. Teve direito a um segundo julgamento e a nova pena, anunciada em outubro de 2003, foi de 59 anos e seis meses.
Hoje, ninguém foi encontrado no Tribunal de Justiça para dar informações sobre o processo judicial ao qual BICEGO respondeu e por que razão ele estava solto.

A Força Internacional de Assistência e Segurança da OTAN anunciou hoje que o Mulá DADULLAH, principal comandante das operações militares do TALEBAN no AFEGANISTÃO, foi morto ontem à noite em uma operação dos EUA, da OTAN e de forças afegãs na Província de HELMAND.
A morte de DADULLAH, responsável por uma série de ataques suicidas, representa a maior derrota para o TALEBAN desde a deposição de seu governo islâmico em 2001.
O corpo de DADULLAH, que usava uma prótese por ter perdido uma perna em uma batalha contra a ocupação da UNIÃO SOVIÉTICA, nos anos 1980, foi exposto em KANDAHAR, capital da província vizinha de mesmo nome. “Amanhã o enviaremos a CABUL”, anunciou o governador de KANDAHAR, ASSADULLAH KHALID. 

A corrente de solidariedade de ingleses e portugueses em busca da menina MADELEINE McCANN, de 4 anos, desaparecida no dia 3 de maio, ganhou hoje o apoio da escritora J.K.ROWLING, autora da série HARRY POTTER, de peregrinos ao santuário de FÁTIMA e até um de motoqueiros.
A criadora de HARRY POTTER contribuiu para o fundo criado para recompensar a quem encontrar a menina britânica desaparecida em PORTUGAL. Segundo o jornal inglês “THE NEWS OF THE WORLD”, a escritora ofereceu “a maior quantia individual para o fundo”, iniciado pelo próprio tablóide na semana passada e que hoje somava três milhões de dólares. O jornal ressalvou, entretanto, que a escritora prefere manter o valor em segredo.
A peregrinação à cidade de FÁTIMA, em PORTUGAL, para a celebração do 90º aniversário da aparição da VIRGEM MARIA, tornou-se palco de manifestações pela menina britânica desaparecida. Vários peregrinos levaram faixas com a foto da menina e apelos pelo seu retorno.
MADELEINE McCANN, que ontem completou quatro anos, desapareceu no dia 3 de maio depois que seus pais a deixaram dormindo no quarto de hotel, junto com seus dois irmãos gêmeos, de 2 anos, e foram jantar num restaurante próximo, no complexo turístico da PRAIA DA LUZ, na região do ALGARVE. O casal GERRY e KATE McCANN levou os filhos na viagem de férias.   

2 008     :      -     TERÇA-FEIRA
No dia 28 de março o MENDES deveria ter recebido o título de Membro Honorário da FAB. Estava viajando e não pôde comparecer à solenidade no IV COMAR. Hoje, convidado pelo MAJOR-BRIGADEIRO-DO-AR JOSÉ ROBERTO SCHEER, ele finalmente receberá essa honraria.
Combinamos um encontro na Rua PEDRO VICENTE por volta da 10 horas. Chegamos cedo no IV COMAR e ficamos conversando com o CORONEL PAYÃO e outros oficiais da Aeronáutica até sermos chamados para a solenidade íntima, no salão nobre do IV COMAR. O MENDES recebe das mãos do Comandante o título. Depois, a título de cortesia, o presidente GINO STRUFFALDI entrega ao MAJOR-BRIGADEIRO-DO-AR SCHEER a Medalha MMDC.
Chegam visitas para o Comandante. Ficamos conversando até o momento em que somos chamados para um almoço. Na mesa, no meio de convidados e de outros oficiais do IV COMAR, o GINO conta episódios da nossa Sociedade. Termina tarde esse nosso encontro descontraído no IV COMAR.  O MENDES vai me deixar na PRAÇA JOÃO MENDES e vai levar o GINO até sua residência.
Ainda temos muita coisa para acertar com relação ao “DIA DA JUVENTUDE”, na Faculdade de Direito do Largo de São Francisco. Mas hoje não temos muito tempo para isso. Mesmo assim foram postados os convites para nossos associados, tanto para o dia 19, como também para o dia 23. MARINEI tem trabalhado bastante com toda essa confusão. Outra coisa em que ela se vê envolvida é com a feitura dos ofícios de outorga da Medalha MMDC para várias solenidades que teremos durante todo o desenrolar da semana que vem.   

O CORINTHIANS conseguiu se vingar com juros e correção monetária dos anos de freguesia do SÃO CAETANO. Depois de derrotar seu agora ex-carrasco na semana passada, por 2 a 1, o TIMÃO obteve triunfo ainda mais folgado hoje à noite, quando marcou 3 a 1, garantiu vaga nas semifinais da COPA DO BRASIL e fez a alegria de quase 22 mil torcedores que estiveram no Estádio SANTA CRUZ, na cidade de RIBEIRÃO PRETO. O adversário do CORINTHIANS nas semifinais será conhecido amanhã, e sairá do confronto entre BOTAFOGO e ATLÉTICO – MG, no RIO.

Depois de mais de 5 anos acumulando desafetos dentro do governo e prestígio fora dele, a senadora MARINA SILVA se demitiu hoje do cargo. O presidente LULA ficou irritado com a forma como a ministra saiu, que considerou “espalhafatosa”. O relacionamento de MARINA na ESPLANADA só fez piorar nos últimos anos. Ela teve enfrentamentos com os ministros DILMA ROUSSEFF e REINHOLD STEPHANES, com o ex-ministro SILAS RONDEAU e também com LULA. Em janeiro, chegou a ser criticada pelo presidente por conta de sua retórica antidesmatamento, que considerou alarmista e prejudicial à imagem do País no exterior. Emblematicamente, contudo, é no front externo que a saída de MARINA causa mais impacto. Ambientalistas a consideram a fiadora da seriedade do País no setor, dizem que sua saída é “um desastre” e avaliam que o governo terá de tomar medidas ousadas para provar que continua comprometido com a questão, pois com MARINA o desmatamento caiu 60% em 3 anos. LULA agora sonda CARLOS MINC para a vaga, que também pode ficar com JORGE VIANA, preferido dos petistas.

O desembargador CAIO CANGUÇU DE ALMEIDA, do Tribunal de Justiça de SÃO PAULO, negou hoje a liminar em hábeas corpus pedida por ALEXANDRE NARDONI e ANNA CAROLINA JATOBÁ. A justificativa é de que precisaria de um motivo “gritante” para tirá-los da prisão. Eles são acusados da morte de ISABELLA, de 5 anos, filha de ALEXANDRE. Como os advogados não apresentaram “dados sugestivos, muito precisos, quase incontestáveis, que evidenciassem uma intolerável injustiça”, o desembargador manteve o decreto de prisão do juiz MAURÍCIO FOSSEN e elogiou o despacho contra o casal pelo homicídio triplamente qualificado – por meio cruel, sem possibilidade de defesa da vítima e para assegurar a ocultação de outro crime.
Depois de passar seis dias preso, ALEXANDRE NARDONI foi transferido hoje para o Centro de Detenção Provisória 2 de GUARULHOS. A polícia alegou questões de segurança. Ele ficará em uma cela isolada – em observação por dez dias – sem poder receber visitas de parentes e será monitorado por um agente penitenciário.
“Ele é uma parede, uma parede fria”, disse o delegado titular do 13º Distrito Policial, REYNALDO PERES. Segundo ele, ALEXANDRE não teria esboçado nenhuma reação de surpresa ou raiva pela mudança. O pai de ISABELLA teria se limitado a dizer um “Ah...tá”.
Isolado em uma cela sem vaso sanitário nem chuveiro, passava o tempo ouvindo MP4 e lendo. Entre os livros, uma Bíblia e uma obra de auto-ajuda. A saída do pai de ISABELLA da delegacia foi realizada em uma operação sigilosa. Os policiais do 13º DP receberam um telefonema, informando da transferência. Assim que uma viatura parou no estacionamento da delegacia, o réu entrou algemado numa segunda viatura e foi levado para o CDP, sem passar pelo IML.
Hoje, o diretor do DECAP, ALDO GALIANO, disse que a polícia conduziu de forma ética e legal o inquérito sobre a morte de ISABELLA. E criticou as declarações do pai de ALEXANDRE, ANTÔNIO NARDONI. “Dizer que os policiais abriram um iogurte dentro do apartamento diante de um crime grave como esse é pequeno, mesquinho”. GALIANO disse ainda que receber a informação de que ALEXANDRE e ANNA CAROLINA haviam telefonado para seus pais logo após constatarem que a garota havia caído do 6º andar reforçou sua convicção de que ambos tinham participação no crime. “Como pode alguém ver a filha caída e passar 4 minutos telefonando para os pais?”

Com seus 11 milhões de habitantes, CHENGDU, capital da província de SICHUAN – localizada a cerca de 100 km do epicentro do terremoto de segunda-feira, na região de WENCHUAN – não parece o cenário de guerra em que se transformaram as pequenas cidades à sua volta, verdadeiros amontoados de destroços que mataram quase 13 mil pessoas. Segundo o governo da CHINA, há mais de 60 mil desaparecidos. Dezoito mil estão enterrados em MIANGYANG. Em CHENGDU, os prédios estão de pé, há energia elétrica e os hotéis recebem hóspedes – ao contrário de cidades como YINGXIU, onde soldados encontraram hoje dois mil sobreviventes onde havia 12 mil moradores.

2 009      :      -      QUARTA-FEIRA
falece o CORONEL PM Ref FRANCISCO ZECHMANN. Nasceu em 3 de julho de 1931. Entrou para a antiga Força Pública em 13 de fevereiro de 1950. Foi declarado ASPIRANTE A OFICIAL em 15 de dezembro de 1953. PROMOÇÕES: 2º TENENTE – 24 de agosto de 1954; 1º TENENTE – 25 de agosto de 1959; CAPITÃO – 24 de maio de 1963; MAJOR – 15 de dezembro de 1969; TENENTE-CORONEL – 15 de dezembro de 1975. Não tenho a data de sua promoção a CORONEL.

JOÃO GOMES vai hoje cedo ao enterro do tio da FÁTIMA. Ele e a FÁTIMA quase se casaram. Namoraram durante mais de dez anos. Apesar de tudo são bons amigos. Recebo um telefonema logo cedo. O GINO e o MENDES escolheram para receber o COLAR DO ALVARENGA o MAJOR PM Res DEPUTADO ESTADUAL SÉRGIO OLÍMPIO. A comenda será entregue no próximo dia 23, em SOROCABA.
Na Sociedade, aonde chego por volta das 12:40 horas, não encontro os pedreiros trabalhando. O piso da entrada do prédio está quase pronto. MARINEI recebe um telefonema do CAPITÃO PM ALEXANDRE, Presidente do núcleo de SÃO MIGUEL PAULISTA, a respeito da lista dos homenageados em 21 de maio, que receberão a Medalha MMDC. No entanto essa lista ainda não é do conhecimento da Sociedade.
Os pedreiros chegam um pouco tarde. Trabalham no térreo da Sociedade. GINO STRUFFALDI também comparece nesta tarde. O CORONEL MENDES pediu que ele viesse para assinar alguns diplomas. Ele senta numa das cadeiras mais empoeiradas e, quando percebemos, o seu terno está branco de poeira. Vamos tentar limpar a sua roupa, na medida do possível.
Chegam alunos do NEOLATINO (duas moças e um rapaz). Marcaram entrevista com o veteraníssimo OSVALDO DIANA. Enquanto não chega o DIANA, o GINO é sabatinado pelos estudantes Estamos também com o CAPITÃO ANÍSIO. Ele traz um rapaz que trabalha com persianas. Tira as medidas das janelas do 1º e 2º andar para fazer um orçamento. Retornará na próxima terça-feira, dia 19.
MENDES chega depois das 15 horas. Demonstra preocupação com relação às listas das medalhas MMDC para dia 21 (SÃO MIGUEL PAULISTA), dia 23 (Monumento Mausoléu do Soldado Constitucionalista, e dia 27 (ITAPEVA).
São mantidos contatos com o CORONEL PM RICARDO JACOB, a respeito do COLAR DO ALVARENGA, para o MAJOR PM OLÍMPIO, deputado estadual.  Deixo o MMDC depois das 16 horas, numa tarde atarefada. Em casa, JOÃO GOMES conta como foi o enterro do tio da FÁTIMA e os motivos da sua morte.

Na data comemorativa dos 200 anos da fundação da Polícia Militar do Estado do RIO DE JANEIRO, e atendendo a pedido que lhe foi feito na condição de Chefe da Casa Imperial do Brasil, o PRÍNCIPE DOM LUIZ DE ORLEANS E BRAGANÇA outorgou àquela benemérita corporação, criada em 1809 por seu penta-avô DOM JOÃO VI, o título de IMPERIAL.
Na ACADEMIA DE POLÍCIA MILITAR DOM JOÃO VI, o Príncipe DOM BERTRAND participou da cerimônia de entrega de espadins a 78 novos cadetes da PM, ocasião na qual SUA ALTEZA – em representação do Chefe da Casa Imperial do Brasil, o Governador SÉRGIO CABRAL e outras autoridades presentes receberam a Medalha Comemorativa BICENTENÁRIO DA PMERJ.
Também nesse dia ocorreu no RIO DE JANEIRO a comemoração da Promulgação da LEI ÁUREA pela PRINCESA ISABEL, em 1888, promovida tradicionalmente pela Imperial Irmandade de Nossa Senhora do Rosário e São Benedito dos Homens Pretos na sua Igreja do Rosário, histórico templo da RUA URUGUAIANA que foi a primeira Catedral da cidade.
À Missa Solene comemorativa celebrada por Sua Excelência Reverendíssima DOM ÉDSON DE CASTRO HOMEM, Bispo-Auxiliar do RIO DE JANEIRO, compareceram em representação da Casa Imperial do Brasil, o Príncipe DOM ANTÔNIO DE ÓRLEANS E BRAGANÇA e sua esposa, a Princesa D. CHRISTINE de LIGNE, acompanhados da sua filha mais nova, a Princesa D. MARIA GABRIELA. Acolhidos pelo Provedor da Irmandade, CARLOS ALBERTO GUIMARÃES DA SILVA, os descendentes da Redentora foram objeto de expressivas manifestações de carinho do público presente ao ato religioso.

Recebo do GBB
13maio2009Donizeti
PS: Houve um discurso emocionante do Cel Paes de Lira
Homenagem ao CAPITÃO PM ALBERTO MENDES JUNIOR
Da assessoria do deputado Olimpio Gomes Olimpio Gomes (PV) participou, no dia 11/5, de solenidade em homenagem ao herói da Polícia Militar, capitão Alberto Mendes Júnior, vítima de emboscada liderada pelo movimento armado Vanguarda Popular Revolucionária (VPR), comandada pelo desertor do Exército Carlos Lamarca, em maio de 1970.
Realizado no 1º Batalhão de Polícia de Choque Tobias de Aguiar, o evento
relembrou o 39º ano do assassinato do então tenente ,que se ofereceu como
refém em troca da libertação de seus comandados.
Em meio a muita emoção, Adauto Mendes, de 61 anos, irmão do heroi,
agradeceu ao comandante do 1º Batalhão, tenente-coronel Paulo Adriano
Telhada. “É importante que essa data não caia no esquecimento”.
Agradeço também o esforço do deputado Olimpio pela Indicação 303/2007, em que propôs a promoção “post mortem” de meu irmão ao posto de coronel PM.
Não queremos indenização, apenas reconhecimento”, acrescentou, afirmando que os colegas da Turma de Aspirantes de 1969, da qual seu irmão fazia parte, hoje são coronéis da reserva da PM.
Como lembrou o coronel da reserva Washington Faria Soares, “Mendes Júnior foi mais que guerreiro, foi homem de coragem que ofereceu sua própria vida pela de seus amigos da Força Pública”, desabafou. Após a solenidade, todos os presentes se dirigiram à Praça Coronel Fernando Prestes, na Luz, em frente ao Comando Geral da Polícia Militar, onde foi inaugurado o busto em homenagem ao capitão Mendes Júnior.
molimpio@al. sp.gov.br

Vantagem não se despreza, mas o corintiano deixou o PACAEMBU hoje com o sentimento de que o CORINTHIANS poderia ter feito mais gols diante do FLUMINENSE. Chances não faltaram. A vitória por 1 a 0, gol do atacante DENTINHO, dá ao time a possibilidade de jogar pelo empate, na quarta-feira próxima, no MARACANÃ, para chegar às semifinais da COPA DO BRASIL.

Falece o MARECHAL WALDEMAR LEVY CARDOSO, aos 108 anos, no Hospital Central do Exército. Era natural do Estado da GUANABARA, então Capital Federal. O velório está sendo realizado nas instalações do PALÁCIO DUQUE DE CAXIAS, no Saguão Principal – 1º andar, com as honras fúnebres regulamentares do cerimonial das Forças Armadas. As homenagens póstumas serão realizadas conforme autorização dos familiares, com a participação da Guarda, Escolta e Salva Fúnebre, como a Guarda da Câmara Ardente que é formada por cadetes da Academia Militar das AGULHAS NEGRAS (AMAN) da arma de Artilharia, a qual pertencia o MARECHAL LEVY CARDOSO e representações de Organizações Militares da Guarnição do RIO DE JANEIRO.


  Marechal Waldemar Levy Cardoso   
04 dez 1900 – 13 mai 2009

Detentor do Bastão de Comando da Força Expedicionária Brasileira
Decano da Ordem dos Velhos Artilheiros
Sócio Honorário - Instituto de Geografia e História Militar do Brasil
A vida do já saudoso Marechal LEVY foi marcada pela luta incessante em prol dos ideais libertários e democráticos.
Desde 1921 quando saiu da Escola Militar, passando pelas glorias alcançadas na FEB, até idade tão avançada manteve elevada vibração, ardor e patriotismo, ele que foi o Detentor do Bastão de Comando da Força Expedicionária Brasileira,  combatendo na Itália para que a Humanidade pudesse viver em paz.
Justamente quando ingressa no Mundo Vindouro, os dias que correm revestem-se de profundo simbolismo, ligado a sua historia de luta pela Liberdade, através de 2 efemérides marcantes:
13 de maio foi quando a Princesa Isabel assinou a Lei Áurea, registrando o ainda o calendário judaico o 34º. dia do período de 7 semanas em que os hebreus deixaram a escravidão do Egito, recordando a jornada do Povo de Israel, o Êxodo para o Sinai, onde Moises recebeu as Tabuas da Lei.
Marechal Levy participou dos principais movimentos revolucionários nacionais, desde a revolta de 24, passando por 1930, a Intentona Comunista de 35,  até 1964. 
Na Itália comandou o Primeiro Grupo de Obuses da Força Expedicionária Brasileira, participando da Tomada de Monte Castelo.
Já na reserva presidiu a Petrobrás em 1969. Como Veterano mais antigo e de maior precedência, foi Detentor do Bastão de Comando da FEB, e ainda Decano da Ordem dos Velhos Artilheiros, que congrega os integrantes da Arma de Mallet.
Era uma tradição o comparecimento do Marechal ao Forte de Copacabana no Dia de Santa Bárbara, que coincide com a reunião da Ordem dos Velhos Artilheiros, da qual era o Decano.
Almoço Festivo, tantas vezes reuniu Artilheiros da Ativa e da Reserva em torno do carismático e sereno Marechal, que residia nas proximidades, na Rua Toneleros.  Sua presença conferia um clima todo especial ao evento.
No Cassino dos Oficiais, o Marechal Levy recebia o Bastão de Comando da FEB, como mais antigo ex-combatente, e da janela comandava uma Salva Festiva. Pensativo, contemplando os obuseiros em posição, certamente recordava antigas manobras, quando comandava a Ordem de Fogo para as suas Baterias.
Depois do “Parabéns” o Marechal apagava as velas e agradecia sempre emocionado, mas com voz clara e forte, encerrando-se a festa com a Canção da Artilharia.
Carioca da Rua Evaristo da Veiga no centro do Rio de Janeiro, seu pai era filho de portugueses e sua mãe a jovem professora Stella Levy, descendente de judeus do Norte da África.
Dizia haver Santa Bárbara salvo a sua vida na guerra. A Santa é a padroeira da artilharia, e seu dia é celebrado em 4 de dezembro, mesmo dia do aniversário do marechal.
Com Da. Maria da Glória, falecida em 2006 teve 3 filhos que lhes deram 11 netos e 15 bisnetos, Miriam, casada com o General Antônio Joaquim Soares Moreira, também da Arma de Artilharia, Cláudio e Roberto, este já falecido.
Que a memória da sua rica existência sirva de exemplo e guia para as futuras gerações.
Nascido no dia da Santa, falecido no Dia da Abolição, durante as 7 semanas de  jornada de um povo liberto, que a sua alma faça parte da corrente da vida eterna.

Coronel Levy quando comandava o Regimento Mallet, 1953, e nas solenidades em que participava detendo o Bastão de Comando da FEB, como Veterano mais antigo.
(Os quadros roubados o domingo da casa de ILDE MAKSOUD – dois de CÂNDIDO PORTINARI, um de TARSILA DO AMARAL e outro de ORLANDO TERUZ – oram encontrados no final da noite de ontem na BARRA FUNDA. As obras foram deixadas próximo de um portão da REDE RECORD Na RUA DA VÁRZEA, e funcionário da emissora foram avisados por uma ligação anônima do abandono. Ninguém foi preso.
As pinturas estavam embrulhadas em papel pardo, segundo o delegado seccional DEJAR GOMES NETO, responsável pelo caso. No depoimento, um dos funcionários que as encontrou disse ter visto um VECTRA passar pelo local. Fitas do circuito fechado da TV RECORD serão requisitadas pela polícia. Não houve avarias, dizem a polícia e um membro da família MAKSOUD. Também foram apresentados 13 pacotes de bijuterias e dois relógios de pulso que, segundo a polícia, foram abandonados juntamente com as obras.

Após passar 15 dias seqüestrado o advogado ADEMAR BOAVENTURA MICHELS, de 60 anos, teve um infarto e morreu, hoje de madrugada, após deixar o cativeiro. Ele foi socorrido por um vigia, por volta da 1 hora, na Rua DIÓGENES RIBEIRO DE LIMA, em PINHEIROS. A polícia não sabe informar se ele havia conseguido fugir ou se foi libertado pelos bandidos. Quando foi encontrado pelo vigia MANUEL DA SILVA, o advogado vestia o mesmo terno de quando foi seqüestrado na porta de seu escritório, em DIADEMA. MICHELS caminhou com dificuldade até a guarita, se sentou na calçada e pediu água. Confuso, só conseguiu contar que havia sido seqüestrado, sem dar detalhes ou nomes de familiares. Vinte minutos depois, MICHELS caminhou até o outro lado da rua e passou a pedir socorro. Um motorista de ônibus parou para ajudar e, com o vigia, chamou a Polícia Militar.  MICHELS já estava morto quando os policiais chegaram.

O Departamento de Polícia do Interior recuperou mais um dos sete fuzis roubados do 6º Batalhão de Polícia Leve, de CAÇAPAVA, em 8 de março. A arma foi localizada hoje em CARAGUATATUBA. Segundo o CORONEL JOSÉ RIBEIRO, só resta encontrar uma arma. Ele não confirmou se houve prisões hoje. Quatro pessoas já foram presas.

Um protesto pela prisão de três supostos traficantes da Favela TIQUATIRA, na PENHA, terminou hoje em confronto entre policiais militares e cerca de 150 manifestantes. Quatro veículos – um ônibus articulado, um micro-ônibus, um caminhão e um carro de passeio – foram incendiados na Avenida GABRIELA MISTRAL, paralela à MARGINAL DO TIETÊ. No tumulto, dois PMs tiveram ferimentos e uma mulher foi socorrida com suspeita de fratura na perna. A favela amanheceria ocupada por homens do 51º Batalhão para prevenir novos tumultos.
A confusão começou às 16:30 horas, depois que PMs em patrulhamento detiveram três rapazes em uma quadra de esportes do bairro. Ao perceberem a ação da polícia, um grupo de moradores da favela cercou a viatura para impedir a prisão. Dois dos suspeitos conseguiram fugir. O único detido foi VÁGNER BARBOSA DA SILVA, de 19 anos, com quem a PM dizer ter encontrado 10 pinos com cocaína, 5 trouxinhas de maconha e 12 bolinhas de haxixe. Às 18 horas, um grupo bloqueou com pneus e pedaços de madeira a Avenida GABRIELA MISTRAL. Um ônibus articulado do Consórcio PLUS que fazia a linha 3301 (Terminal SÃO MIGUEL -  PARQUE DOM PEDRO) foi interceptado. Os passageiros tiveram de descer e, em seguida, os manifestantes atearam fogo ao ônibus. Os ataques se repetiram com os outros três veículos.
“Viemos aqui para conter a manifestação e fomos recebidos a pedradas”, afirmou o TENENTE-CORONEL PM ANTÔNIO CARLOS GOULART, Chefe do Comando de Policiamento de Área Metropolitana 11 (CPA/M-11). “Nossos homens ficarão aqui para restabelecer a ordem”. Nenhum dos manifestantes ou suspeito de atear fogos nos veículos havia sido preso até as 23 horas.

O secretário da Segurança Pública, ANTÔNIO FERREIRA PINTO, anunciou hoje que a Polícia Civil terá um novo departamento para investigar crimes econômicos. Ele contará com duas delegacias inéditas: uma especializada em reprimir lavagem de dinheiro e outra para apurar roubos de medicamentos. Também anunciou novas regras para o uso da verba secreta em operações sigilosas. FERREIRA PINTO diz querer resgatar a ROTA e usá-la na periferia e também decidiu velho conflito entre as polícias: quem vai cuidar de escolta de presos para fóruns e presídios será a Polícia Militar, pois ele quer a Civil empenhada na apuração de crimes.        

Um homem percorreu com uma bicicleta uma corda de aço, erguida entre dois prédios no VALE DO ANHANGABAÚ, a uma altura de 120 metros, hoje à tarde. O evento fez parte de ma ação de marketing de uma série de TV. Por volta das 12:30 horas, o acrobata MARCELO MILAN, de 43 anos, se preparou para começar a percorrer o percurso de 125 metros. O trajeto começava na varanda do 29º andar de um prédio na Rua LÍBERO BADARÓ e se estendia até a cobertura de um edifício na Rua FORMOSA. A travessia durou cerca de dois minutos e ocorreu sem problemas, pelo menos para quem via do lado de fora. “Agora que já peguei o jeito passaria o dia inteiro indo e vindo se pudesse.”

Boletim registrado por socorristas do Corpo de Bombeiros e obtido pelas famílias das vítimas informa que o deputado estadual do PARANÁ, FERNANDO RIBAS CARLI FILHO estava embriagado durante o acidente que causou a morte dos jovens GILMAR RAFAEL SOUZA YARED, de 26 anos, e CARLOS MURILO DE ALMEIDA, de 20. Com o documento, a família de uma das vítimas protocolou hoje, na Assembléia do PARANÁ, pedido de cassação do mandato do deputado por quebra de decoro parlamentar.

Apesar dos apelos por uma solução negociada, “sem vencedores e vencidos”, e da tropa de choque de petebistas escalada para defender o companheiro de partido, o presidente do Conselho de Ética, JOSÉ CARLOS ARAÚJO, destituiu hoje o deputado SÉRGIO MORAES da relatoria do processo contra o ex-corregedor da Câmara EDMAR MOREIRA. MORAES, que disse se “lixar” para a opinião pública e não vê motivos para condenar MOREIRA, será substituído por NAZARENO FONTELES. A substituição foi anunciada ao fim de quase três horas de uma tensa reunião marcada por ataques à imprensa.

No discurso mais contundente de sua peregrinação pela TERRA SANTA, PAPA BENTO XVI condenou o muro de segurança construído por ISRAEL para separar seu território da CISJORDÂNIA. A construção faz lembrar, por seu objetivo de impedir a livre circulação, o “muro da vergonha”, que separava BERLIM OCIDENTAL da ORIENTAL durante o período da Guerra Fria. O PAPA foi recebido hoje pelo presidente da Autoridade Nacional Palestina, MAHMOUD ABBAS, na cidade de BELÉM. Ele ainda visitou o campo de refugiados de AYDA. O pontífice defendeu com vigor a criação de um Estado palestino e pediu o fim do embargo econômico à FAIXA DE GAZA.
Desde as primeiras horas da manhã cerca de oito mil pessoas enfrentavam o sol forte para aguardar pela chegada do papamóvel na Praça da MANJEDOURA e assistir à missa campal.    

Pelo menos 50 civis morreram e 60 ficaram feridos em um ataque a tiros contra um hospital improvisado na zona de guerra no nordeste do SRI LANKA. O estabelecimento, originalmente uma escola primária, é o único centro médico da região e atende 50 mil pessoas presas no fogo cruzado entre o governo e os rebeldes separatistas tigres tâmeis. Na terça-feira, um ataque semelhante ao hospital já havia deixado 49 mortos.

O turco MEHMET ALI AGCA, o homem que disparou contra o PAPA JOÃO PAULO II em maio de 1981, afirmou hoje que, quando deixar a prisão, pretende se converter ao cristianismo com um batismo celebrado no VATICANO. Deportado para a TURQUIA depois de passar 19 anos em uma prisão italiana, AGCA deverá ser solto em janeiro. Ele já havia declarado ser JESUS CRISTO e o novo MESSIAS, levantando questões sobre sua sanidade. JOÃO PAULO II encontrou-se com AGCA em 1983 e o perdoou pelo atentado.

2 010       :        -     QUINTA-FEIRA
Solenidade em comemoração ao 21º Aniversário do 23º BPMM, às 16 horas, na sede do Batalhão, localizado à Rua ALFREDO PIRAGIBE, 300, VILA BEATRIZ. O Comandante TENENTE-CORONEL PM WÁLTER MARTINS DE LIMA solicita entrega da Medalha MMDC para: 3º SARGENTO PM VANDERLEI AVELINO, CABO PM MARCOS OLIVEIRA EUGÊNIO e SOLDADO PM GÉRSON JOSE DA SILVA.

Recebo nesta manhã, pela Internet, a resposta de ALENCAR BURTI à carta que foi elaborada pelo Conselho Cívico e Cultural da Associação Comercial sobre o PLANO NACIONAL DE DIREITOS HUMANOS. A resposta do presidente foge bastante do teor do documento original.
PARA CONHECIMENTO DOS MEMBROS DO CONSELHO CÍVICO E CULTURAL
São Paulo, 10 de maio de 2010.
OF.SG.121/10
Prezados Coordenador e membros do Conselho Cívico e Cultural,
Recebemos o documento “Manifestação dos membros do Conselho Cívico e Cultural”, pelo qual os prezados companheiros nos conclamam a adotar uma postura de “maior intensidade e agressividade na campanha política que já se inseriu no cotidiano brasileiro”.
Recomendam, ademais, que mantenhamos nosso comedimento, mas que abusemos do nosso carisma em prol do empreendedorismo. Concluem pregando a necessidade de fazer valer nossa força e nossa coragem, para que tenhamos esperanças e fé no futuro.
Louvamos, inicialmente, a proposta da “Manifestação” pela preocupação demonstrada com o rumo do nosso País. Estamos atentos aos acontecimentos e participando ativamente para corrigir distorções. Mais do que nos valermos de nosso carisma, estamos dando uma excepcional contribuição àqueles que concorrerão à Presidência da República, com matérias elaboradas por especialistas nas mais diversas áreas e publicadas em edições especiais do “Digesto Econômico”, que servirão como subsídios, que serão levados aos candidatos.
Como acontece em todas eleições, esta entidade abre espaço a todos candidatos para que aqui venham e exponham suas ideias, seus planos de governo. Essas exposições são gravadas e ensejam uma cobrança futura.
Mais do que confrontos, que geralmente não nos levam a lugar algum, temos hoje que buscar os candidatos que nos apresentem as melhores propostas de governo, que entendam as dificuldades do empreendedor, que respeitem a liberdade de empreender e de expressão e, mais do que tudo, nesse momento, que assumam um compromisso com a Nação pela moralidade no trato da coisa pública (res publica).
Sempre nos mantivemos como sentinelas da democracia. E chega o momento maior para que possamos preservá-la: as eleições. Esta é a grande oportunidade para modificarmos, sem arroubos, uma situação que não nos convém, as distorções que nos impuseram e a onda de corrupção que grassa pelo País. Tenham a certeza que esse é o caminho mais curto para construir um Brasil melhor e mais justo.
Meu abraço a todos
Alencar Burti
Ilustríssimo Senhor
Francisco Giannoccaro – Coordenador e
membros do Conselho Cívico e Cultural da ACSP
São Paulo - SP

Recebo do ALDO STRUFFALDI uma resposta a um e-mail que lhe mandei ontem à noite, perguntando sobre a saúde de seu pai, o GINO, uma vez que não consegui contato com dona DINORAH:
Caro Ventura,
Ainda bem que a PM chamou o resgate imediatamente, porque as informações, que nossa família recebeu por telefone assim que ele passou mal (dada por leigo sem conhecimento do caso completo), diziam que ele estava bem e que viria logo para casa. Tanto não era sim, que ele foi internado logo após a consulta no Dante.
Minha filha acompanhou o caso desde o início e conseguiu falar com a Paramédica do Resgate e combinaram que ele seria levado para o Dante Pazzanese, pois lá está todo o prontuário dele. Além disso, ele havia sido submetido a consulta uma semana antes, quando  lhe ministraram outros remédios, os quais já se sabia que poderiam causar reações adversas.
Ele fez um exame de cintilografia que os médicos iriam analisar hoje pela manhã para reavaliar todo o quadro.
Se estiver dentro da normalidade, ele poderá ter alta hoje mesmo.
Obrigado pelo interesse.
Abraços,
Aldo

De: Mario Ventura [mailto:celmario@gmail.com]
Enviada em: quarta-feira, 12 de maio de 2010 23:39
Para: A. Struffaldi
Assunto: SAÚDE DE SEU PAI
ESTIMADO ALDO
Foi uma temeridade sair num dia frio daqueles para assistir um evento que não tinha nada a ver com o MMDC.
Não consegui falar com sua mãe hoje.
Poderia me dar um quadro da saúde de seu pai????
CORONEL PM VENTURA
MARINEI liga-me da Sociedade dizendo que está faltando luz no térreo. Telefono ao Corpo de Bombeiros e solicito a ajuda deles para resolver esse problema. Minutos depois tudo está solucionado. Mas a MARINEI traz outra notícia: a CAMILA está no Monumento-Mausoléu e não há ninguém para atendê-la. Sou obrigado a ligar para o MAJOR PM AGRELLA, no Comando do 12º BPMM, solicitando providências quanto ao Monumento que está abandonado. Diz ele que irá verificar essa situação.
Tenho uma longa conversa com dona DINORAH a respeito do GINO. Ele continua internado no DANTE PAZZANESE e passa por uma bateria de exames. Ela irá conversar com o CORONEL PM MENDES no sentido de poupá-lo dessas saídas desnecessárias dele. Não está mais em condições de enfrentar solenidades que o emocionam. Uma delas, recentemente, foi a ida até CACAPAVA. Deveria evitar esses deslocamentos.
Chego na Sociedade depois das 13 horas. O trânsito na MARGINAL TIETÊ não está bom. Pouca coisa dá para fazer hoje. Tenho de atender oficiais do MMDS, com problemas criados por CRISTIANO, há dias, depois da separação da FÁBIA. Mas por volta das 15 horas o PM RAFAEL, motorista do oficial do reservado do 23º BPMM, TENENTE ZAKIR, encosta defronte o MMDC para me levar até a Unidade que está aniversariando hoje.
No 23º BPMM sou recepcionado por oficiais desse Batalhão e pelo Comandante TENENTE-CORONEL PM WÁLTER MARTINS DE LIMA. Minha presença nessa solenidade dá-se ao fato de se galardoar três praças com a Medalha MMDC. Vai presidir o evento o atual Chefe de Gabinete do Cmt Geral, CORONEL PM VICENTE ANTÔNIO MARIANO FERRAZ. Estão presentes: CORONEL PM HERVANDO LUIZ VELOZO, atual Cmt do CPA/M-5; TENENTE-CORONEL PM HELENILDO ISAIAS DA SILVA, Cmt do 4º BPMM; TENENTE-CORONEL PM RUI CONEGUNDES DE SOUZA, Cmt do 16º BPMM; TENENTE-CORONEL PM JORGE PEIXOTO FRISENE, Cmt do 49º BPMM; TENENTE-CORONEL PM RICARDO ANDREOLI, Cmt do Regimento de Polícia Montada “9 de Julho”, ex-cmt do 23º BPMM. Também notamos a presença do CORONEL PM Res VASCONCELOS.
Durante a solenidade, além das medalhas MMDC também são entregues as medalhas “CRUZ DE SANGUE” e “VALOR MILITAR”.
Inaugura-se uma placa em homenagem ao 2º TENENTE PM ÂNGELO ARMONE NETO, que morreu em uma ocorrência policial-militar em 1993.
Deixo o 23º BPMM, logo após o descerramento da placa, visto o adiantado da hora. Ainda passo pela Sociedade Veteranos de 32-MMDC, depois das 18 horas, encontrando ainda no trabalho a nossa funcionária MARINEI. Muito demorada minha volta para casa.
O Diário de São Paulo publica hoje uma reportagem que compromete a Polícia Militar: Violência Policial por região do Estado: ONDE A PM MATA MAIS. Policiais mataram neste ano 40% a mais do que em 2009. Número de baleados saltou 160% na Grande São Paulo.
Soa o alerta vermelho na Polícia Militar. As mortes de dois motoboys espancados por soldados fardados em São Paulo expuseram à sociedade uma realidade de excessos escondida nos quartéis. No primeiro trimestre de 2010 houve aumento de 40% nas resistências e homicídios provocados por PMs durante o serviço no Estado – saltando de 106 em 2009 para 149 em 2010. No total, foram 540 vítimas no ano passado.
Uma explicação dada com freqüência pelos oficiais é que a ação violenta dos policiais está ligada ao aumento dos índices criminais. Mas basta olhar o mapa das mortes provocadas pelos PMs para constatar que o argumento não se justifica, segundo MELINA RISSO, diretora do Instituto SOU DA PAZ. Tanto na capital quanto na região metropolitana, cresceu em 41% o número de suspeitos mortos em confronto.

ALEXANDRE BRAGA, que morreu nesta quinta-feira, aos 90 anos, trabalhou como escrivão da polícia por 40 anos. Responsável pelos inquéritos e pelos processos em MONTE APRAZÍVEL, interior de SÃO PAULO, em 1964, após o Golpe Militar passou a receber ordens para investigar “pessoas suspeitas de comunismo”. Como não concordava com a perseguição aos intelectuais da cidade, ele os avisava que estavam sendo processados. Ninguém foi preso. Mas o que ele gostava na profissão era de escrever, hábito anterior ao funcionalismo público. Trabalhava como jornalista em BEBEDOURO. Além das notícias, também escrevia poesias e crônicas, que dedicou à futura mulher, ABIGAIL BRAGA.

A procuradora de Justiça aposentada VERA LÚCIA SANT´ANNA GOMES, de 66 anos, se entregou, no início da tarde de hoje, na 32ª Vara Criminal, no Fórum do RIO. Ela é acusada de torturar uma menina de dois anos, que estava sob sua guarda provisória à espera de adoção. A procuradora chegou de carro, com um turbante e óculos escuros.

O pré-candidato do PSDB à Presidência, o ex-governador JOSÉ SERRA, na estratégia de reafirmar que quem está concorrendo à Presidência pelo PT é a ex-ministra DILMA ROUSSEFF e não o presidente LULA, afirmou hoje que LULA está “acima do bem e do mal”. Em viagem a RECIFE, durante uma entrevista à Rádio JORNAL DO COMÉRCIO, perguntado se estava mais à esquerda ou à direita do que o presidente, afirmou: “Vamos fazer o seguinte.

LULA está acima do bem e do mal. Não me compare a ele”. SERRA em PERNAMBUCO, Estado onde LULA nasceu e no qual detém os maiores índices de popularidade, SERRA reforçou a primeira resposta: “Não foi irônico. É a imagem de um homem que está acima do bem e do mal”, ratificou o tucano.

Nascido no interior paulista, ARIOVALDO BOTTER resolveu seguir para a capital estudar Engenharia Civil na Politécnica da USP, em 1944. Logo começou a trabalhar em obras, como as Rodovias PRESIDENTE DUTRA, ANCHIETA e WASHINGTON LUÍS. Na ANCHIETA, ficou preocupado quando um viaduto projetado por ele teve de ser desmontado. Achou que pudesse ser um erro. Mas descobriu que era conseqüência do deslizamento lento da SERRA DO MAR – fenômeno pouco estudado até então. Só depois de perceber que seu filho também tinha interesse em Engenharia que decidiu montar a própria empresa. Mas ele fazia questão que o menino se formasse pela POLI. Conseguiu. Trabalharam juntos por 30 anos. Aos 84 anos, foi vítima de um infarto hoje, vindo a falecer.

No dia seguinte ao acidente com o AIRBUS A330-200 na LÍBIA, o menino holandês de 9 anos, que escapou milagrosamente entre as 104 pessoas que estavam a bordo, cumprimentou seus familiares com um sorriso, no hospital onde está internado em TRÍPOLI. Inicialmente, chegou-se a divulgar que a criança tinha oito anos. O menino não corre risco de morrer. Ele foi submetido a uma cirurgia nas pernas devido às múltiplas fraturas que sofreu na queda do avião da AFRIQIYAH AIRWAYS, que havia partido de JOHANNERBURGO, na ÁFRICA DO SUL, e se acidentou pouco antes de pousar na capital da LÍBIA.  O Ministério das Relações Exteriores da HOLANDA fez contato com um tio e uma tia do menino e os avisou que a criança estava internada em TRÍPOLI. O menino reconheceu imediatamente seus parentes, quando eles entraram no quarto onde estava.

Os EUA intensificaram sua campanha a favor de sanções contra o IRÃ e se mostraram céticos em relação aos resultados da missão do presidente LULA, que chega no domingo ao país. A embaixadora dos EUA na ONU, SUSAN RICE, disse que a mediação do BRASIL não está desacelerando as discussões dos membros permanentes do Conselho de Segurança CHINA, RÚSSIA, GRÃ-BRETANHA, FRANÇA e EUA -  mais a ALEMANHA. Ela afirmou que o progresso na discussão das sanções “fortaleceria a posição negociadora” de LULA em TEERÃ e disse esperar que a mensagem do presidente brasileiro ao governo iraniano seja a de que “a pressão está aumentando”.

O FBI e o Departamento de Justiça dos EUA informaram hoje que três pessoas foram detidas após várias operações policiais realizadas nos Estados de NOVA YORK, MASSACHUSETTS e NEW JERSEY para capturar pessoas suspeitas de participação no atentado frustrado do dia 1º de maio na TIMES SQUARE, em NOVA YORK.    
O GENERAL dissidente KHATTIYA SAWATDIPHOL, militar tailandês que passou para o lado dos manifestantes anti-governo, foi baleado hoje em BANCOC diante de câmeras de TV enquanto o Exército se preparava para isolar o bairro onde os manifestantes se encontram entrincheirados. Um manifestante morreu nos confrontos com as forças da ordem.
SAWATDIPHOL, conhecido como SEH DAENG (Comandante Vermelho) foi baleado na cabeça enquanto falava com um repórter do jornal THE NEW YORK TIMES. O militar, muito popular entre os manifestantes, foi levado em estado grave para um hospital na região controlada pelos manifestantes.
O episódio aprofundou a crise tailandesa. O estado de emergência que vigora em BANGCOC desde abril – quando os manifestantes invadiram o Parlamento – foi estendido para 17 das 76 províncias e o governo retirou a proposta de antecipar eleições para novembro, como forma de resolver o impasse. A informação foi anunciada pela televisão estatal, que citava ordens do primeiro-ministro ABHISIT VEJJAJIVA.

2 011       :        -        SEXTA-FEIRA
O Presidente da Sociedade Veteranos de 32-MMDC, CAPITÃO EB GINO STRUFFALDI, e o TENENTE-CORONEL PM ROBERTO FERNANDES, Comandante do 29º BPMM, sentir-se-ão honrados com sua presença no Ato Solene com a finalidade de comemorar o aniversário do Movimento Constitucionalista de 1932 e Premiação de Valorização aos Policiais Militares e aos Dignitários da Comunidade que apóiam as Forças de Segurança Pública do Brasil, que será realizado em 13 de maio de 2011, às 9 horas, no Auditório do CEU VILA CURUÇÁ.
LOCAL: CEU VILA CURUÇÁ – AVENIDA MARECHAL TITO, 3425 – ITAIM PAULISTA – SÃO PAULO – SP.
OFÍCIO 29 BPMM – O46-11   
Ao Ilmº Sr
CEL PM MÁRIO FONSECA VENTURA – Diretor Soc. Veteranos de 32
Ilustríssimo Senhor Comandante
Incumbiu-me o Senhor Comandante do 29º BPMM, TENENTE-CORONEL PM ROBERTO FERNANDES, conjuntamente com o Presidente da Academia Brasileira de Medalhística Militar, por proposta do Conselho de Outorga de Comendas, de cumprir o honroso dever de comunicar a V.Sª que foi deliberado em lhe outorgar a MEDALHA ORDEM DO MÉRITO DA ACADEMIA BRASILEIRA DE MEDALHÍSTICA MILITAR no grau CAVALEIRO oficializada com o código B-62.
A MEDALHA “ORDEM DO MÉRITO no grau CAVALEIRO” destina-se, precipuamente, a galardoar, exteriorizando o reconhecimento, às personalidades cujas ações tenham significativamente contribuído ou venham a contribuir para o bom desenvolvimento ou estreitamento das relações entre civis e militares, concorrendo para o bom desenvolvimento ou estreitamento das relações entre civis e militares, concorrendo para a melhor integração da sociedade, bem como a todos que contribuem com o civismo, patriotismo e ideais de democracia, liberdade e amor a legalidade, através do apoio às Forças de Segurança Pública do Brasil, dos quais, tenham se tornado dignos de tal DISTINÇAO.
A outorga da medalha dar-se-á em Solenidade no Auditório do CEU VILA CURUÇÁ, sito à Av Mal TITO, nº 3425 às 9 horas do dia 13 de maio do corrente.
Certo de que este ato materializa a gratidão desta Sociedade pelos relevantes serviços prestados por V.Sª, queira receber os efusivos cumprimentos pela indicação, somados aos cordiais protestos de elevada estima e respeitosa consideração.
ATENCIOSAMENTE,
NATANAEL SOARES DOS SANTOS
1º TENENTE PM – OF. Rel. Publ do 29º BPMM
    

Para atingirmos os objetivos de participação da solenidade marcada para esta manhã em SÃO MIGUEL PAULISTA, reunimo-nos na Sociedade Veteranos de 32-MMDC e, por volta das 7:30 horas, CORONEL PM MENDES, CORONEL PM VENTURA e MARINEI partem numa viatura do 29º BPMM, conduzida pelo PM SIDNEY, já nosso conhecido. Somos os primeiros a chegar no CEU VI CURUÇÁ. Praticamente recepcionamos as autoridades que estão chegando. O CAPITÃO PM ALEXANDRE, que foi presidente do núcleo d








e SÃO MIGUEL PAULISTA, mas não soube conservar o núcleo por uma série de fatores, está presente. Ele é o comandante da Companhia do 29º BPMM encarregada do policiamento dessa área onde se realiza a solenidade.
Passam das 9 horas quando tem início o evento, conforme roteiro pré-estabelecido.                                     “
SÃO PAULO FORTE, PARA UM BRASIL UNIDO”
             SOCIEDADE  VETERANOS  DE  32 - M.M.D.C.

(Reconhecida de Utilidade Pública pela Lei Estadual Nº 5.530 de14/01/1960 e Decreto Municipal Nº 8.790 de 23/05/1970
                                                       Rua Anita Garibaldi, 25 - Fones:  - Fax 3105-8541 - CEP. 01018-020 - SÃO PAULO - SP
MMDC 29°BPM/M – Região Leste / SP
Evento do Dia 13 de Maio de 2011 no CEU Vl Curuçá com início às 09:00h
Roteiro do Mestre de Cerimônia
(Abertura:)
Sociedade Veteranos de 32 – MMDC
MMDC – 29º BPM/M – Região Leste / SP
Polícia Militar do Estado de São Paulo
29º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano
Cerimônia alusiva a comemoração do 79 aniversário do Dia da Juventude Constitucionalista, outorga das Medalhas: Mérito da Academia Brasileira de Medalhística Militar; medalhas Solar dos Andradas e Patriarca da Independência da Sociedade Amigos do CPOR/SP; Medalhas Pacificador e Sentinela da Paz da Associação Brasileira das Forças Internacionais de Paz da ONU e outorga das Medalha MMDC e Medalha Constitucionalista, da Sociedade Veteranos de 32 – MMDC.
Senhoras e Senhores, bom dia!
O MMDC 29º BPM/M – Região Leste / SP, da Sociedade Veteranos de 32, criado em 14 de julho de 2007, com imensa felicidade organiza esta reunião para relembrarmos o evento mais importante para a história do Estado de São Paulo, e um dos mais significativos para a nossa Nação, onde um povo lutou pela defesa do Estado Democrático de Direito, exigindo do seu governante  a elaboração da Constituição Federal. Este marco histórico que ficou conhecido como a Revolução Constitucionalista de 1932, teve os seus mártires que foram os 04 (Quatro) estudantes, Martins, Miragaia, Dráusio e Camargo, cuja iniciais formam a sigla MMDC e complementam a denominação da Sociedade Veteranos de 32. Quatro jovens que com o sacrifício da própria vida no dia 23 de maio de 1932 tombaram em defesa do  ideal democrático e em cuja memória foi instituído o Dia da Juventude Constitucionalista.

Canto do Hino Nacional Brasileiro
Convidamos aos presentes cuja sua condição física permita que se postem de pé para que junto entoemos o Hino Nacional Brasileiro. Música de Francisco Manuel da Silva e letra de Jaoaquim Osório Duque Estrada

Apresentação do Filme-documentário sobre a Revolução Constitucionalista de 32
Como forma de divulgação e aprendizado, exibiremos agora um documentário sobre a Revolução Constitucionalista de 1932, para que os que já assistiram relembrem  o que de fato ocorreu naquela epopéia histórica, e os que vão assistir pela primeira vez, se sintam orgulhosos por ser um cidadão paulista, e principalmente por ser cidadão brasileiro, vivendo em um Estado Democrático de Direito, regido por uma Constituição, graça a ação heróica ombro a ombro de seus antepassados, unindo homens e mulheres, jovens e idosos, doutores e operários, indistintamente.

Palavras do Presidente da Sociedade Veteranos de 32 – MMDC
Agora teremos a oportunidade ímpar de ouvir as palavras do Presidente da Sociedade Veteranos  32 – MMDC, Capitão Reformado do Exército Brasileiro e combatente da Revolução de 1932, Sr Gino Struffaldi.

Entrada do Pavilhão Nacional
Neste momento, solicitamos aos presentes cuja condição física o permita para que fiquem de pé em sinal de respeito para a entrada do Pavilhão Nacional conduzido pelo Aspirante Oficial PM que ocupará posição de destaque.

(Anúncio da Saída dos alunos, para prosseguirem em suas atividades normais no CEU Curuçá)
Anúncio: da “Banda do Ten PM Evaristo – Cmt da 4ª Cia do 29° BPM/M que em conjunto com o cantor profissional Dr. Radamés – Dentista do 29° BPM/M” à estão abrilhantando o evento com apresentação musical ao vivo

A fim de abrilhantar mais este evento, antes das outorgas das Medalhas MMDC e Constitucionalista da Sociedade Veteranos de 32, faremos a outorga das seguintes medalhas:

a) Outorga  da Medalha Ordem do Mérito ABRAMMIL grau Cavaleiro:
A Medalha “Ordem do Mérito no Grau Cavaleiro” destina-se, precipuamente, a galardoar, exteriorizando o reconhecimento, às personalidades cujas ações tenham significativamente contribuído ou venham a contribuir para o bom desenvolvimento ou estreitamento das relações entre civis e militares, concorrendo para a melhor integração da sociedade, bem como a todos que contribuem com o civismo, patriotismo e ideais de democracia, liberdade e amor a legalidade, através do apoio às Forças de Segurança Pública do Brasil, dos quais, tenham se tornado dignos de tal DISTINÇÃO.
Convocação das pessoas (padrinhos/madrinhas) que prestarão as homenagens
Convocamos o:
1. Ten Cel PM Roberto Fernandes – Cmt do 29º BPM/M,
2. Maj PM Walter Castro Garcia – Coord Op do 29º BPM/M,
3. 1º Ten PM Luciano Carvalho de Faria – Ch da Seç de Operações e Planejamento do 29º BPM/M, e
4. 1º Ten PM Natanael Soares dos Santos – Cmt da Cia Força Tatica do 29° BPM/M.  
à(Recebimento da Comenda - Convocação dos agraciados: )
Agora passaremos a convocação dos 14 agraciados, no qual o militar de maior patente comandará a continência ao pavilhão nacional
Convidamos as seguintes personalidades:
- Exmº Dr. Des. SERGIO ANTONIO RIBAS – Tribunal Justiça São Paulo
- CAP REF EB GINO STRUFFALDI – Pres Soc Veteranos de 32
- CEL PM ANTONIO CARLOS MENDES – Diretor Soc Veteranos de 32
- CEL PM MÁRIO FONSECA VENTURA – Diretor Soc Veteranos de 32
- CEL PM LUIZ MASSAO KITA – Subprefeito de São Miguel Paulista
- CEL PM JOÃO DOS SANTOS DE SOUZA – Subprefeito Itaim Paulista
- CEL PM ROBERTO DE JESUS MORETTI - Cmt CPA/M-4 
- TEN CEL PM JOÃO ABNER NOSSA - Cmt 2ºBPM/M 
- Dr. FABIO DAL MAS - Delegado Titular da 2ª DIVECAR
- PROFº ISAIAS PEREIRA DE SOUZA – Diretor Regional Educação S.Miguel Pta
- SR. MARCELO BOER – Presidente da SOAMI
- SR. GILBERTO BORJA PINTO – Dir Liquigás da Vl Curuçá
- 1º TEN PM EDSON OZÓRIO DE MELO – SJD do 29º BPM/M
- 2º TEN PM JOSÉ GOMES DE ARAUJO FILHO – Cmt Fça Ptr do 48º BPM/M
Continência ao Pavilhão Nacional
Agora teremos a Continência ao Pavilhão Nacional com a voz de comando proferida pelo Sr. - CAP REF EB GINO STRUFFALDI – Presidente Sociedade Veteranos de 32
(APLAUSOS...)
Convidamos aos agraciados, padrinhos e madrinhas para que retornem aos seus locais de origem

b) Outorga de Medalhas da SOAMI: Sociedade Amigos do CPOR/SP
A referida Medalha foi instituida pela Sociedade Amigos do Centro de Preparação de Oficiais da Reserva do Exército Brasileiro, a qual tem por objetivo difundir conceitos doutrinários ou culturais relacionados com desenvolvimento e progresso do Brasil, sobretudo no que diz respeito a assuntos da Força Terrestre.

Convocação das pessoas (padrinhos/madrinhas) que prestarão as homenagens
Convocamos os senhores:
1. - SR. MARCELO BOER – Presidente da SOAMI,
2. - SR. MOACYR ______________________ – Diretor da  SOAMI (Soc Amigos CPOR/SP),
3. 1º Ten PM Natanael Soares dos Santos – Cmt da Cia Força Tatica do 29° BPM/M.  
à(Recebimento da Comenda - Convocação dos agraciados: )
Agora passaremos a convocação dos 12 agraciados, no qual o militar de maior patente comandará a continência ao pavilhão nacional
Convidamos as seguintes personalidades:
- TEN CEL PM ROBERTO FERNANDES – Cmt 29º BPM/M à Medalha Patriarca da Independência
- MAJ RES PM MILTON BUENO PINHEIRO à “Colar” da SOAMI
- CAP PM ALEXANDRE BUENO PINHEIRO – Cmt da 3ª Cia 29º BPM/M à “Colar” da SOAMI
- CAP PM FABIANO GOMES PEREIRA – Cmt  1ª Cia 29º BPM/Mà Medalha Patriarca da Independência
- 1º TEN PM LUCIANO CARVALHO DE FARIA – Cmt Cia FT 29º M à Medalha Patriarca Independência
- 1º TEN PM SHEILA CRISTINA DA CUNHA – Ch Seç Rel Públ CPA/M-4à Medalha Solar dos Andradas
- CB PM JAIR SILVA SANCHES – 4ª Cia do 29º BPM/Mà Medalha Solar dos Andradas
- CB PM ROSALIN DIAS PRIMO – 4ª Cia do 29º BPM/M à Medalha Solar dos Andradas
- CB PM THAÍS ANDRÉA PRIMO ZENELATTO – FT do 29º BPM/M à Medalha Solar dos Andradas
- SD PM VANDERLEI DA CONCEIÇÃO LIMA- 29º BPM/M à Medalha Solar dos Andradas
- SD PM NAIRAN RICARDO OLIVEIRA SANTOS – 4ª Cia do 29º BPM/M à Medalha Solar dos Andradas
- SD PM MARCIA LUSVARDI BELTRAN – UIS do 29° BPM/M àMedalha Solar dos Andradas

(Recebimento da Comenda)
Continência ao Pavilhão Nacional
Agora teremos a Continência ao Pavilhão Nacional com a voz de comando proferida pelo Sr. - TEN CEL PM ROBERTO FERNANDES – Cmt 29º BPM/M
(aplausos)...
Convidamos aos agraciados, padrinhos e madrinhas para que retornem aos seus locais de origem

c) Outorga de Medalhas: Pacificador e Sentinela da Paz da Associação Brasileira das Forças Internacionais de Paz da ONU
As medalhas  Pacificador e Sentinela da Paz são outorgadas aos agraciados que apóiam e contribuem com os ideais de Pacificação às hostilidades, em países que na maioria das vezes não há um estado democrático de direito, necessitando-se de Forças de Emergência da ONU para atuar naquele país, até que a ordem e convivência pacífica entre os cidadãos seja restabelecida.

Convocação das pessoas (padrinhos/madrinhas) que prestarão as homenagens
Convocamos os senhores:
1. - SR. Walter Mello – Presidente da Associação Brasileira das Forças Internacionais de Paz da ONU,
2. - SR. 2° Ten PM José Filho – Diretor de Relações Públicas da Associação Brasileira das Forças Internacionais de Paz da ONU
à(Recebimento da Comenda - Convocação dos agraciados: )
Agora passaremos a convocação dos 02 agraciados, no qual o militar de maior patente comandará a continência ao pavilhão nacional
Convidamos as seguintes personalidades:
- CAP PM CARLOS HENRIQUE LUCENA FOLHAà Medalha Mérito dos Pacificadores; e
- 1° TEN PM CARLOS DIAS MALHEIRO à Medalha Sentinela da Paz
(Recebimento das Comendas)
Agora teremos a Continência ao Pavilhão Nacional com a voz de comando proferida pelo Sr._______
(aplausos)...
Convidamos aos agraciados para que retornem ao seus locais de origem
Agora vamos passar para o momento do auge desta cerimônia.
d) Outorga das Medalha MMDC e Medalha CONSTITUCIONALISTA
No dia 23 de maio de 1932, como os senhores e senhoras acompanharam no documentário exibido, quatro jovens estudantes, Martins, Miragaia, Dráusio e Camargo deram suas vidas em defesa de um ideal defendido por um povo e se tornaram mártires da Revolução Constitucionalista de 1932. Para homenageá-los foi idealizada pela Sociedade Veteranos de 32, a Medalha MMDC, a qual foi instituida pelo Decreto Estadual Nº  40.087, de 14 de maio de 1962.
Assim, a Medalha MMDC foi criada com fim de galardoar pessoas físicas ou jurídicas, nacionais ou estrangeiras, que, por seus méritos e relevantes serviços prestados a São Paulo e ao culto da Revolução Constitucionalista de 1932, se tenham tornado dignas de especial distinção.          
É, portanto, uma Medalha definitiva, pois perpetuará a gratidão e o reconhecimento, para todo o sempre, dos que cumpriram essa jornada cívica para com aqueles que, hoje e no futuro, continuarem abraçando os mesmos ideais de democracia, liberdade e amor a legalidade pelos quais se bateram os Veteranos de 32.

Convocação das seguintes personalidades que realizarão o agraciamento:
1.Capitão Reformado do Exército Brasileiro e Combatente de 32, Senhor Gino Struffaldi, Presidente da Sociedade Veteranos de 32 – MMDC
2.Coronel da Reserva PM Carlos Antônio Mendes, Vice – Presidente da Sociedade Veteranos de 32 – MMDC
3.Coronel da Reserva PM Mário Fonseca Ventura, 1º Secretário da Sociedade Veteranos de 32 – MMDC
4.Cel PM ROBERTO DE JESUS MORETTI  – Cmt do CPA/M-4;
5.Ten Cel Roberto Fernandes – Cmt do 29º BPM/M;
6.- CEL PM LUIZ MASSAO KITA – Subprefeito de São Miguel Paulista
7.- CEL PM JOÃO DOS SANTOS DE SOUZA – Subprefeito Itaim Paulista
8.- TEN CEL PM JOÃO ABNER NOSSA - Cmt 2ºBPM/M 
9.- 1º Tenente PM Natanael Soares dos Santos – Cmt da Cia Força Tática do 29° BPM/M;
Convocação dos agraciados:
Agora passaremos a convocação dos primeiros 18 agraciados, no qual o militar de maior patente comandará a continência ao pavilhão nacional
Convidamos as seguintes personalidades:

-Ten Cel AV MARCO ANTONIO GONÇALVES - Medalha Constitucionalista
-Ten Cel AV SÉRGIO HENRIQUE GONÇALVES -  Medalha Constitucionalista
-Major PM WAGNER RODRIGUES - Medalha Constitucionalista
- CAP CORVETA RAFAEL BURLAMAQUE – Oficial da Marinha do Brasil
- MAJ AVIADOR JOSÉ RICARDO MATOS GOMES DA CUNHA – IV COMAR
- MAJ PM CARLOS ALBERTO PROTTI – S Cmt do 29º BPM/M
- MAJ PM WALTER CASTRO GARCIA – Coord Op do 29º BPM/M
- CAP PM DJALMA LUCIO SALGADO PINTO – Ch Seç Comunic Social do 29º BPM/M
- Capitão PM LUIZ CLAUDINEI NUNES PAULO – Medalha Constitucionalista
- CAP PM MOHAMAD KASSEM EL TURK – Cmt 3ª Cia do 39º BPM/M
- CAP PM ROBSON SILVA DA CRUZ – Cmt da Cia Força Tática do 39º BPM/M
- 1º TEN DENT PM RADAMÉS CATULLO BERNI NETO – Oficial Dentista do 29º BPM/M
- 1º Ten PM RAFAEL DE OLIVEIRA PINTO PAVANI - Medalha MMDC
- 1º TEN MÉD PM JULIANA PINOT GONÇALVES – Ch Oficial Médica da UIS do 29º BPM/M
- 1º TEN PM ADRIANO MARCOS RONDELLO – Cmt 1º Gp Bombeiros de Vl Mariana
- 1º TEN PM EDUARDO CASAGRANDI MANSOLDO FILHO – Cmt 3º Gp Bombeiros
- 2º TEN PM HARRISSON SOUZA – Cmt Fça Ptr do 29º BPM/M
- 2º TEN PM ADRIANO OLEARI BIANCHINI  - Cmt Fça Ptr do 29º BPM/M
(Recebimento das Comendas)
Agora teremos a Continência ao Pavilhão Nacional com a voz de comando proferida pelo Sr._______
(aplausos)...
Convidamos aos agraciados para que retornem ao seus locais de origem

Agora passaremos a convocação dos dermais agraciados, no qual o militar de maior patente comandará a continência ao pavilhão nacional
Convidamos as seguintes personalidades:
- ASP OF PM LUAN GUERREIRO PEREIRA – Cmt Fça Ptr do 29º BPM/M
- ASP OF PM PEDRO NUNES DE SOUZA FILHO – Cmt Fça Ptr do 29º BPM/M
- ASP OF PM ANDRÉ HIDEKI DE ANDRADE MOROTA   - Cmt Fça Ptr do 29º BPM/M
- 1º SGT PM CLAUDIO JOSÉ DE MACEDO  - Enc da SJD da 1ª Cia do 29º BPM/M
- 2º SGT PM IRINEU RODRIGUES LIRA FILHO – Enc da SJD do 29º BPM/M
- 2º SGT  PM JOSÉ RICARDO YAMAUTHI MINATO DA SILVA –Enc  Seç Planjto/Operç 29º M
- 2º SGT PM DOUGLAS DEVUS – Cmt de Equipe de Força Tática do 29º BPM/M
- 2º Sgt PM ANA MARIA MAIROS DE ALENCAR DORES - Medalha Constitucionalista
- 3º SGT PM LEONEL PEREIRA SANCHES – Cmt Gp Ptr da 2ª Cia do 29º BPM/M
- CB PM ALEX DA SILVA LEITE – motorista de Equipe de Força Tática do 29º BPM/M
- CB PM DARCI MARIA DOS SANTOS – Adjutora Secretária do Cmt do 29º BPM/M
- SD PM MARCO AURELIO AVANZIO – Radio-Patrulheiro da 1ª Cia do 29º BPM/M
- SD PM ADILSON DIAS ISRAEL – Encarregado de Eq de Ronda Escolar da 2ª Cia do 29º BPM/M
- SD PM EDUARDO DO PRADO DE FREITAS – Radio-Patrulheiro da 3ª Cia do 29º BPM/M
- SD PM MARINEI MATOS DE SOUZA – Radio-Patrulheira da 3ª Cia do 29º BPM/M
- SD PM ALEXANDRE CASSIANO DE SOUZA JUNIOR – Radio-Patrulheiro da 4ª Cia do 29º M
- Sd PM WANDER CHALUB DE OLIVEIRA -  Segurança da APMTJ – Medalha MMDC
- (SR. GUSTAVO ) ora representando o Sr.SIDNEY FRANCESCHINI – Dir Tes SOAMI
- SR. VICTOR AUGUSTO DA FONTE SANCHES – Sec SOAPE (Soc Amigos PE)
Agora teremos a Continência ao Pavilhão Nacional com a voz de comando proferida pelo ASP OF PM GUERREIRO
Convidamos aos agraciados para que retornem ao seus locais de origem
(a p l a u s o s)...
Retirada do Pavilhão Nacional
Palavras finais da mais alta autoridade
Convidamos ao Exmº Sr. _________________________________ para que venha a frente em local de destaque, e, proceda a um discurso sobre a Comemoração alusiva a esta data

Distribuição de “Placas Eméritas de Reconhecimento” aos Colaboradores/Patrocinadores (obs.: oferta de no máximo 3 buquês às esposas)
Convidamos a se postarem à frente em local de destaque, os nossos digníssimos colabores que são parceiros da Policia Militar e apóiam as Forças de Segurança Públicas do Brasil, para que recebam uma singela lembrança para materializar todo seu esforço de colaboração neste momento do evento:
- GILBERTO BORJA PINTO - Liquigás
- PE GERALDO ANTONIO RODRIGUES – Diocese de São Miguel
- PAULO ROGÉRIO GONÇALVES – Tabacaria Lee
- ADENÉIA CARVALHO SANTANA – Colégio Tobias de Aguiar
- CAP RES EB Comendador HILÁRIO LABAT UCHOA – Votorantim Metais/Nitroquimica
- CLAUDIONOR CORREA LEÃO – Maçonaria e CONSEG S Miguel
- ROBERTO GARCIA GOUDINHO – Gráfica e Editora Calex
- CLAUDINEI DOS SANTOS FRAGA – Mecânica Claudinei Automóveis
- JOÃO LUIS ALVES BIZERRA – EJ Comunicação
- FERNANDO LUIZ BARDUCHI – Loja de Automóveis Barduchi
- LEVI DE OLIVEIRA – Levis Auto Center
- FRANCISCO DE ASSIS MAGOS – “FRAN – Imports Funilaria e Pintura”
- GILBERTO DANIEL – Gil do Gas
- GILBERTO DANIEL JUNIOR “Betinho” - Gil do Gas
- EDUARDO LEGEAT NASCIMENTO – Ford Avante
- CARLOS EDUARDO DA PONTE BRAZÃO – Ford Avante
- MIRO FLAVIO DAS DORES – Mecânica - câmbio
- JORGE DE JESUS – Henricar
- HENRIQUE NEVES OLIVEIRA – HP Automarcas Veículos
- LOURIVAL LUIZ DE SOUZA – Turmalina Veículos
- DANIEL KOTH – Shop Car
- DONIZETE APARECIDO ALCANTARA DO AMARAL – “Donicar – Funilaria e Pintura”
- VALMOR MORGAN – Castor Materiais Construção
- IVAN LUIZ DA SILVA – Loja de Automóveis Nosso Carro
- NEILTON VIEIRA DE ALMEIDA “Nei”
- LEOVALDO TRINDADE DA SILVA
- JOSE CARLOS DE JESUS COSTA

Homenagem aos 4 Cmts com Distribuição de Placas Alusivas ao Evento e Buquês de Flores às suas esposas/acompanhantes:
Convidamos a se postarem à frente em local de destaque no palco do auditório, os nossos digníssimos Comandantes e também às suas esposas e acompanhantes se estiverem presentes, o Sr. CEL PM ROBERTO DE JESUS MORETTI - Cmt do CPA/M-4 (e sua esposa _________________); o Sr. - TEN CEL PM ROBERTO FERNANDES – Cmt 29º BPM/M e sua esposa Dna Eliana e filhas Amanda e Roberta; o Sr. MAJ PM CARLOS ALBERTO PROTTI – S Cmt do 29º BPM/M; e o Sr. MAJ PM WALTER CASTRO GARCIA – Coordenador Operacional do 29º BPM/M (e sua esposa ____________________)
 
Neste momento também queremos materializar em nome de todos os Policiais Militares e demais personalidades da Comunidade presente, a tão nobre e grandiosíssima contribuição que estes Comandantes têm dado em prol da causa pública, ora até sacrificando o bom convívio de seus familiares, vindo ao Quartel para resolverem questões relacionadas à Segurança em bem servir e proteger a todos os cidadãos da Comunidade, ora nas madrugadas, ora nos fins de semana, sendo certo que tal mister de sacrifício não poderia deixar de ser lembrado e enaltecido por tão brilhantes comandantes que estão aqui presentes que tem demonstrado alto grau de COMPROMETIMENTO com sua tropa e sua comunidade, bem como também enaltecemos às suas esposas e familiares que sempre dão o tão necessário apoio em tão difícil missão, que é servir e proteger primeiramente ao próximo em detrimento muitas vezes do sacrifício dos próprios entes queridos. Parabéns às esposas, filhas, familiares destes comandantes.
Convidamos o 1º Ten PM Natanael, o 1º Ten Luciano, e o Sd Lima para procederem às entregas das Placas e Buquês.
Entrega das Placas Eméritas de Reconhecimento aos: Cel PM Moretti, Ten Cel PM Roberto Fernandes, Maj Protti e Maj PM Walter
Entrega de Buquê de Flores às esposas ou acompanhantes.
èOBS.: Entregar BUQUÊ Flores à MARINEI: Secretaria da sede do MMDC
PALAVRAS DE AGRADECIMENTO: Sd PM Lima (22 anos atuando no Policiamento na região)
Encerramento
Convidar as autoridades para tomar uma água e café na Sala VIP; e todos os demais dignitários  e convidados para um banquete servido pelo Buffet Brunna’s aos fundos do auditório, saindo pela porta lateral à direita de quem olha para o palco, no salão nobre que fica ao lado das piscinas do CEU Curuçá.
natanaelss@policiamilitar.sp.gov.br  (cerimonial) F: 7758-5312


ACADEMIA BRASILEIRA DE MEDALHÍSTICA MILITAR
DIPLOMA
MEDALHA ORDEM DO MÉRITO DA ABRAMMIL
GRAU CAVALEIRO
     O Presidente da Academia Brasileira de Medalhística Militar, no uso de suas atribuições Legais e conforme o que dispõe seu estatuto, confere ao
Sr Cel PM MÁRIO FONSECA VENTURA
o presente Diploma e a Medalha em reconhecimento a sua contribuição para o desenvolvimento e o estreitamento das relações civis e militares, concorrendo para a integração da sociedade, e aos Integrantes das Forças de Paz do Brasil, aos Integrantes das Forças de Segurança Pública do Brasil e a Academia Brasileira de Medalhística Militar.
RIO DE JANEIRO, RJ, 11 DE MAIO DE 2011
REGIS LERMEN
PRESIDENTE.

Anunciado como presidente eleito da Sociedade Veteranos de 32-MMDC, faço uso da palavra quase no início da solenidade. Jornais e revistas da região me entrevistam, bem como escolares. Já desde a criação do núcleo de SÃO MIGUEL PAULISTA conheço várias autoridades da área e com elas troco idéias quanto ao futuro núcleo, reestruturado, após erros cometidos na gestão passada. Reconheço o empenho do 1º TENENTE PM NATANAEL quanto ao preparo do evento, coroado de pleno êxito.
Terminada a solenidade o CORONEL PM MENDES conduz o GINO, MARINEI e eu de retorno ao MMDC. Depois leva o GINO até sua residência.
Na Sociedade estamos já pensando no 23 de maio. Mandamos o material para ser publicado no jornal “32 EM MOVIMENTO”, edição deste mês. A CAMILA trabalhará no final de semana para que o jornal saia antes dessa data. Enviamos, através do blog, os elogios devidos ao CORONEL RÉGIS  LERMEN, presidente da Academia Brasileira de Medalhística Militar, do RIO DE JANEIRO, já nosso conhecido. Estivemos duas vezes no RIO para entregar medalhas a autoridades selecionadas por ele.  
Ao chegar em casa LUCINDA anuncia que o meu quarto está pronto. O JOÃO GOMES e o PAULO CESAR levaram para lá a cama e a televisão. Desde 2 de março, quando começou a reforma do telhado desse quarto, venho dormindo na minha biblioteca. Apenas o computador ainda permanece na biblioteca, por necessidade.

Com um telefonema para o ex-adversário e o mais novo amigo, o governador GERALDO ALKMIN convidou o PP, do deputado federal PAULO MALUF, para fazer parte de sua gestão à frente do governo do Estado. O partido, que também compõe a base da presidente DILMA ROUSSEFF, indicará o nome do presidente da CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano). O convite deve amarrar a sigla de MALUF na aliança com os tucanos em torno da disputa da Prefeitura de São Paulo no ano que vem.
Em 2002, ALCKMIN acusou MALUF de jogar 500 milhões de dólares no lixo com a PAULIPETRO e foi apelidado de “picolé de chuchu” pelo adversário.

Uma manifestação de movimentos negros acabou em confusão com policiais militares hoje à tarde, no centro de SÃO PAULO. Ofendidos por cartazes que denunciavam a violência policial na periferia, PMs apreenderam ao menos quatro faixas e exigiram que desenhos e frases fossem cobertos, o que foi interpretado como censura por quem participava do protesto.
Uma sindicância foi instaurada pela PM para apurar o caso. A Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) vai pedir providências ao comando da PM. “Essa ação dos policiais endossa tudo o que estávamos denunciando no protesto”, disse DOUGLAS BELCHIOR, da União de Núcleos de Educação Popular para Negros (as) e Classe Trabalhadora (UNEAFRO).
Os cartazes mostravam um PM apontando uma arma para um rapaz e atribuíam ao Estado as mortes de jovens pobres e negros, citando o Mapa da Violência 2011. O levantamento, do Ministério da Justiça, mostra que, no País, de cada três jovens assassinados, dois são negros.
“Um tenente falou para a gente: “Não sou assassino”. Estávamos falando da corporação, do número de mortes que o Estado pratica na periferia, um genocídio”, afirmou BELCHIOR. Advogados e deputados estaduais foram chamados ao local. “O secretário de Segurança Pública (ANTÔNIO FERREIRA PINTO) ligou e pediu desculpas. Mas não é de desculpas que a gente precisa. É de mudança de atitude dos policiais na rua”, disse a professora SARA MENDES DE SIQUEIRA, de 27 anos.

13/05/2011
Policial é condenado a 33 anos de reclusão por sequestro e homicídios
O 1º Tribunal do Júri de São Paulo condenou o policial militar Reginaldo Furtado de Carvalho a 33 anos de reclusão, em regime inicialmente fechado, pela prática de sequestro e três homicídios qualificados. Os crimes ocorreram no dia 14 de março de 2009 e foram registrados no Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa.
No julgamento, o Conselho de Sentença, por maioria, reconheceu a autoria e a materialidade dos delitos de homicídio, com incidência da qualificadora de motivo torpe, bem como o crime de sequestro qualificado.
Em sua decisão, proferida no último dia 11, a juíza Leila Hassem da Ponte afirmou que “o motivo torpe se reveste de particular gravidade, consistente no fato de os ofendidos terem, supostamente, subtraído uma motocicleta, pertencente ao irmão do acusado. O réu, na condição de policial militar, integrante do corpo de bombeiros, treinado para salvar vidas, jamais poderia matar as vítimas, aplicando-lhes a 'pena de morte', em verdadeiro 'tribunal de exceção', posto que agiu com absurda violação ao Estado Democrático de Direito e que deve ser repudiada de forma concreta e eficaz pelo Estado constituído". Reginaldo de Carvalho não poderá apelar em liberdade.
Processo nº 052.09.002315-5/00
Assessoria de Imprensa TJSP – AS (texto) /

O PM RODRIGO ROSA NASCIMENTO, de 31 anos, morreu ao trafegar na contramão na Rodovia RAPOSO TAVARES e bater de frente em uma carreta. O acidente ocorreu na altura do km 128 no município de CAPELA DO ALTO, interior do Estado. A carreta tombou e interditou por 4 horas a rodovia que, nesse trecho, tem pista simples. O congestionamento chegou a 20 km nos dois sentidos. Segundo testemunhas, NASCIMENTO dirigiu por um longo trecho na contramão. Outros veículos desviaram, mas o caminhoneiro não conseguiu.

Cerca de 30 mil itens foram apreendidos hoje na praça SALIM FARAH MALUF, na zona sul, em operação de combate a pirataria do Gabinete de Gestão Integrada da Prefeitura. Foram vistoriadas 145 barracas e fechadas 30, que comercializavam produtos de origem duvidosa. Em outra ação, também hoje, uma pessoa foi presa e duas lojas do SHOPPING PAMPLONA, na região da PAULISTA, foram fechadas. No SHOPPING MUNDO ORIENTAL, na Rua BARÃO DE DUPRAT, região central, cerca de 350 lojas foram vistoriadas. Até a noite, 50 estrangeiros foram identificados. 

Faleceu o comunicador ALEXANDRE MAGALHÃES, de acidente na BR 376, aos 42 anos. Começou na BAND CURITIBA em 1997, com o programa de vendas “TIC TAC”. Depois criou um programa country, no auge do estilo em CURITIBA, onde ficou muito conhecido. Também foi locutor da Rádio Clube FM. Atualmente, como publicitário e empresário, trabalhava com eventos e programas de TV na área de vendas de carros. Formado como engenheiro agrônomo, virou publicitário e apresentador e nunca exerceu a profissão na qual se formou. MAGALHÃES realizava também a publicidade da BV FINANCEIRA. Deixa familiares em PARANAVAÍ (PR).

Faleceu o desenhista ALAIN VOSS, aos 65 anos, de infecção generalizada, num hospital público de LISBOA. Talvez ele seja lembrado no BRASIL por ser o autor da ilustração da capa do disco “Mutantes e seus Cometas no País dos Baurets”, de 1972, que ajudou a tornar famosa a rainha do rock, RITA LEE. Nasceu na FRANÇA em 1º de janeiro de 1946. Veio criança para o BRASIL. Passou a vida entre o nosso país e a EUROPA. Foi publicitário e escritor, mas foram os desenhos psicodélicos que o consagraram. A carreira como desenhista começou nos anos 1960. Fez trabalhos como “O CARECA E O LOCO”. No início da década de 1970, no auge da ditadura militar, saiu do BRASIL. Foi para a FRANÇA. Tinha pouco mais de 25 anos. Ilustrou revistas e capas de discos. Em 1975, fez parte da equipe de artistas que desenhou a revista “METAL HURLANT”, título original da conhecidíssima “HEAVY METAL”. Três anos depois, criou a polêmica série “HEILMAN”,sobre um punk que deveria sofrer sete mortes violentas. Os desenhos com símbolos nazistas chocaram e foram proibidos na ALEMANHA. Em 1981, AL VOSS, como também era chamado, voltou para o BRASIL. Aqui, criou a “INTER QUADRINHOS”, e “MONGA, A MULHER GORILA”. Em 1988, recebeu o prêmio de melhor desenhista nacional. Em SÃO PAULO, o MIS abrigou uma exposição sobre sua carreira. Em 2007 fez outra exposição, desta vez em SÃO JOÃO DO ESTORIL, em PORTUGAL. Dois anos depois, já com a saúde debilitada, voltou ao BRASIL. Viveu em PIRASSUNUNGA e no litoral paulista. Sofreu três AVCs. Recuperou-se e voltou a desenhar. No ano passado, em PORTUGAL, fez ilustrações publicitárias.

Morreu o médico ALUÍZIO ROSA PRATA, aos 90 anos, em UBERABA, MINAS GERAIS. Foi um médico conhecido mundialmente como um dos maiores especialistas em doenças tropicais. Pesquisador do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), professor universitário e membro da Associação Brasileira de Medicina e da Academia Brasileira de Ciências, ALUÍZIO transmitiu seu legado por meio de centenas de artigos publicados no BRASIL e no exterior e das mais de 50 teses que orientou. Formado em Medicina pela antiga Universidade do BRASIL em 1945, trabalhou na Marinha e no Hospital Naval de SALVADOR, entre 1940 e 1950. Exerceu a clínica médica, com grande interesse por doenças infecciosas e parasitárias. Na década de 1960, foi professor visitante na CORNELL UNIVERSITY, nos ESTADOS UNIDOS. Entre 1958 e 1971 trabalhou na Universidade Federal da BAHIA, onde era professor catedrático e ministrou a disciplina de Clinicas de Doenças Tropicais e Infecciosas e foi presidente da Comissão de Pesquisa (1967-1969).
A partir de 1972, ingressou na Universidade de BRASÍLIA (UnB) e se mudou para a capital federal, onde chefiou a clínica médica da Faculdade de Ciências da Saúde (1972-1985), coordenou o núcleo de medicina tropical e nutrição (1974-1990) e o mestrado em medicina tropical (1976-1990), o qual ajudou a criar. Posteriormente retornou para UBERABA, sua cidade natal, iniciando a longa trajetória na Universidade Federal do Triângulo Mineiro.

Faleceu Sua Alteza Imperial e Real, D. MARIA ELIZABETH FRANCISCA TERESA JOSEFA DE WIRTELSBACH E CROY-SOLRE DE ORLEANS E BRAGANÇA – D. MARIA DA BAVIERA, na corte; Princesa Mãe, no popular. Expirou aos 96 anos, às 13 horas desta sexta-feira. Nascida em um castelo em MUNIQUE e neta do último monarca alemão a governar, o rei LUÍS III, ela ingressou na história do BRASIL pelo altar. Em 1937, no mesmo castelo, foi desposada pelo príncipe PEDRO HENRIQUE, francês de nascimento, neto da PRINCESA ISABEL. Ela estava com 22 anos. Ele, com 28. Antes, noivaram um ano e pouco para se conhecer melhor. Sem direito a pegar na mão, mas com passeio de veleiro pelos lagos bávaros, como prova o álbum de fotos de família. Fazia cinco anos e meio que D. MARIA, vítima de problemas cardíacos, não deixava seu apartamento de quatro quartos na LAGOA. Ontem, ela recebera a extrema-unção do padre JORJÃO (requisitado casador e batizador de celebridades carioca) e, quando chegou a hora, estava cercada por 11 de seus 12 filhos, que rezavam o terço. O primogênito D. LUIZ GASTÃO MARIA JOSÉ PIO MIGUEL GABRIEL RAFAEL GONZAGA DE ORLEANS E BRAGANÇA, de 73 anos e adoentado em SÃO PAULO, não pôde comparecer às exéquias, daí ter sido sempre representado pelo irmão D. BERTRAND, o segundo na linha sucessória ao trono brasileiro, se um trono existisse. 

HELI DANI DIAS era Presidente da Associação Barbacenense Protetora dos Animais, que mantém um canil com 500 cães recolhidos nas ruas. A professora HELI havia sido homenageada no Dia Internacional da Mulher, em 8 de março, pela Câmara Municipal de BARBACENA (MG). Foi escolhida por sua luta incansável em defesa dos animais. Por ironia do destino, ela foi atropelada na manhã do último dia 11, quando tentava salvar um animal. Teve morte cerebral atestada pelos médicos e faleceu nesta sexta-feira. A morte da educadora que fundou a conceituada ESCOLA ANGHER, emocionou BARBACENA. Ela está sendo velada na Capela de SANTA TEREZINHA.   

NOVAK DJOKOVIC continua imbatível. Hoje ele manteve a invencibilidade em 2-11  (já são 35 vitórias seguidas) e chegou à semifinal do MASTERS 1000 de ROMA. E a vitória não foi contra um adversário qualquer. O sérvio bateu o sueco ROBIN SODERLING, atual vice-campeão de ROLAND GARROS e quinto cabeça de chave. Na semifinal, DJOKOVIC vai encarar o escocês ANDY MURRAY, que eliminou o alemão FLORIAN MAYER. RAFAEL NADAL, o número 1 do mundo, vai disputar a outra semifinal contra o francês RICHARD GASQUET.

O movimento TEHRIK-I-TALEBAN do PAQUISTÃO (TTP), que reúne várias facções do TALEBAN, assumiu a autoria do duplo atentado que deixou ao menos 88 mortos e 120 feridos no PAQUISTÃO. O ataque foi lançado contra uma academia militar da guarda de fronteira na Província de KHYBER PAKHTUNKHWA, noroeste do país.
“É uma vingança pela morte de OSAMA BIN LADEN”, disse à rede de TV DUNYA um porta-voz do grupo identificado como EHSANULLAH EHSAN. Ele prometeu que os “ataques contra as forças de segurança” continuarão. Os ataques ocorreram na cidade de CHARSADDA, perto de PESHAWAR e da capital ISLAMABAD. Das duas explosões, pelo menos uma foi causada por um suicida. Dos 88 mortos, 79 são recrutas da academia que embarcavam em um ônibus para voltar para casa após dias de treinamento. Dos 120 feridos, 25 estão em estado grave.
Foi o mais violento atentado desde a morte de BIN LADEN, no dia 2 de maio. WASHINGTON condenou o atentado e ressaltou a importância da colaboração entre EUA e PAQUISTÃO para “desmantelar a AL-QAEDA”. “Foi um atentado atroz”, disse o porta-voz do Departamento do Estado, MARK TONER.

O Exército da SÍRIA voltou a abrir fogo contra manifestantes contrários ao presidente BASHAR ASSAD. Ao menos seis pessoas morreram, de acordo com ativistas de direitos humanos ligados à oposição. Das vítimas, duas foram mortas em DAMASCO, três em HOMS e uma nos arredores de DERAA. Desde o início dos protestos, 775 pessoas morreram no país. Em outras cidades como BANIAS e DERAA, ocupadas pelo Exército, os militares evitaram protestos ocupando mesquitas e praças. A sexta-feira, dia de preces no mundo islâmico, foi de protestos também em outros dois países, o IÊMEN onde houve três mortes, e o EGITO.
SUZANNE ZABET, mulher de HOSNI MUBARAK, foi internada em hospital de SHARM EL-SHEIKH (SINAI) após crise cardíaca. A mulher do ex-presidente egípcio está sob ordem de prisão por acusações de enriquecimento ilícito.

O SOLAR IMPULSE, um avião movido a energia solar, iniciou o primeiro vôo internacional desse tipo no mundo. Objetivo: mostrar o potencial da viagem aérea não-poluente. A aeronave decolou de PAYERNE (SUÍÇA), rumo a BRUXELAS (BÉLGICA). O SOLAR IMPULSE, que requer 12 mil células solares para voar, desempenha uma velocidade média de vôo de 70 quilômetros por hora. 

2 012      :       -     DOMINGO    -  DIA DAS MÃES
LUCINDA recebe de seus filhos os cumprimentos pelo DIA DAS MÃES. Seu neto PAULO CESAR e seu bisneto IAGO também levam seu carinho a ela. É o seu dia. MARLENE trabalha no almoço, preparando uma bacalhoada.

Dentro e fora da pista, o circo de Fórmula 1 pegou fogo. Hoje, no GP DA ESPANHA, PASTOR MALDONADO conquistou a primeira vitória dele na categoria mais importante do mundo. Pouco tempo após a bandeirada quadriculada, a festa da equipe WILLIAMS, que encerrou um jejum de quase sete anos sem triunfos, terminou com um incêndio no carro de BRUNO SENNA, já no Box. O fogo foi combatido com a ajuda de mecânicos da CATERHAM e da FORCE INDIA. A principal desconfiança para a causa do incêndio é de problemas elétricos no bólido do piloto brasileiro. Com a vitória de MALDONADO, a primeira de um venezuelano na história da categoria, cinco pilotos diferentes subiram ao lugar mais alto do pódio nas cinco primeiras etapas do ano. Tal fato não acontecia desde a temporada de 1983 (naquele ano, foram NELSON PIQUET, JOHN WATSON, ALAIN PROST, PATRICK TAMBAY e KEKE ROSBERG). Na classificação geral, a liderança é dividida pelos bicampeões SEBASTIAN VETTEL, o sexto colocado hoje, e FERNANDO ALONSO, que chegou em segundo lugar. O terceiro a chegar foi KIMI RAIKKONEN, com ROMAIN GROSJEAN em quarto, KAMUI KOBAYASHI em quinto, NICO ROSBERG em sétimo, LEWIS HAMILTON em oitavo, JENSON BUTTON em nono, NICO HULKENBERG em décimo. FELIPE MASSA somente vai chegar em 15º e BRUNO SENNA não completou.

O centenário de um clube normalmente é tenso. Ganhar um título vira obrigação. Mas, para quem tem NEYMAR e GANSO, a missão fica menos complicada. O SANTOS venceu o GUARANI por 4 a 2, nesta tarde, no MORUMBI, e apenas assinou embaixo do que havia escrito há uma semana: é tricampeão paulista. Esta é a terceira vez que o PEIXE alcança tal feito em sua história. Já havia faturado a competição três vezes seguida em 1960-1961 e 1962 e 1967-1968 e 1969. Quarenta e três anos depois, justamente no centenário do clube, este time volta a brilhar e a marcar uma era. A ERA NEYMAR. Depois de ter vencido por 3 a 0 o primeiro jogo da decisão do estadual, o SANTOS já fez sua torcida gritar tricampeão logo no primeiro minuto da partida, quando NEYMAR lançou ELANO dentro da área e o meia tocou para ALAN KARDEC abrir o placar, de carrinho. O GUARANI ainda empatou com FABINHO, mas NEYMAR desempatou logo depois, batendo pênalti. Mais um empate do BUGRE, 2 a 2. NEYMAR vai desempatar somente aos 26 minutos do 2º tempo e ALAN KARDEC faz o quarto aos 45 minutos.

O FLUMINENSE fez prevalecer hoje a vantagem obtida contra o BOTAFOGO no primeiro jogo da decisão do Campeonato Carioca. Após golear o rival por 4 a 1 na semana passada, o TRICOLOR DAS LARANJEIRAS voltou a vencer o CLÁSSICO VOVÔ, desta vez por 1 a 0 e conquistou pela 31ª vez o torneio estadual. Na BAHIA, o BAHIA voltou a ser campeão após 11 anos e, em MINASk, o ATLÉTICO levantou o 41º troféu de sua história. No campeonato gaúcho o INTERNACIONAL derrotou o CAXIAS DO SUL por 2 a 1; no pernambucano, o SPORT perdeu para o SANTA CRUZ por 3 a 2, mas se sagrou campeão por ter vencido o outro jogo. No campeonato cearense houve um empate entre 1 a 1 entre CEARÁ e FORTALEZA, mas o primeiro se sagrou campeão. Também acontece um empate entre CORITIBA e ATLÉTICO PARANAENSE, mas o título fica com o CORITIBA. Em GOIÁS, o empate entre ATLÉTICO GOIANENSE e GOIÁS reparte o título entre as duas equipes.

Policiais da Unidade de Polícia Pacificadora da MANGUEIRA prenderam o traficante ADRIANO FERREIRA DOS SANTOS, de 30 anos, ontem à noite, em um dos acessos do morro da zona norte do RIO. SANTOS é da VILA KENNEDY, na zona oeste, e estava indo para uma comemoração pela morte do rival MARCIO JOSÉ SABINO PEREIRA, o MATEMÁTICO, em operação policial na sexta-feira. A festa seria em uma favela em MANGUINHOS. MATEMÁTICO, que dominava favelas da mesma região, tentava tomar o controle do tráfico na VILA KENNEDY, o que ocasionou uma guerra entre as quadrilhas. SANTOS portava maconha e cocaína e estava de carro. Contra ele havia seis mandados de prisão, por roubo.

O fracasso, hoje, da última tentativa do presidente grego, CAROLOS PAPOULIAS, de formar um governo de coalizão levou empresas e bancos centrais europeus a se prepararem para a saída da GRÉCIA da zona do euro. Os credores não têm dúvidas de que a ajuda financeira será encerrada no caso de o país não conseguir aprovar as reformas, seja pelo vácuo do poder, seja por uma vitória da esquerda em caso de uma nova eleição. O vice-presidente grego, THEODOROS PANGALOS, disse temer uma “falência selvagem”. Empresas européias já se planejam para a volta do dracma, a moeda grega antes do euro. O presidente do Banco Central belga, LUC COENE, disse acreditar “em um divórcio amigável”, se um dia for necessário.

Em um espelho do debate que toma conta da EUROPA, o eleitorado alemão rejeitou hoje as medidas de austeridade econômica e a chanceler ÂNGELA MERKEL sofreu uma dura derrota na eleição local do Estado da RENÂNIA do NORTE-VESTFÁLIA, o mais importante do país. O resultado das eleições de hoje aumentam a pressão e o questionamento sobre sua política de cortes de gastos. A votação foi a última antes da eleição geral, em 2013, e considerada como um importante teste para medir a popularidade de MERKEL. A crise na EUROPA já causou a queda de 11 governos. O último foi o de NICOLAS SARKOZY, na FRANÇA, que perdeu para um sindicalista, FRANÇOIS HOLLANDE, que pregava justamente uma revisão da política de austeridade. MERKEL, cada vez mais isolada no continente, agora sofre uma importante derrota em casa, em um debate que reflete exatamente os embates no restante da EUROPA.

Romancistas famosos e poetas russos lideraram hoje um protesto de rua em MOSCOU que contou com a presença de cerca de 10 mil pessoas. Os manifestantes, que não possuíam a permissão para esse tipo de evento, reuniram-se em frente à estátua do poeta ALEXANDER PUSHKIN e iniciaram uma caminhada pacífica. Algumas pessoas carregavam faixas brancas com os dizeres “RÚSSIA SEM PUTIN”. A polícia não interveio. “Hoje é um dia importante para a cidade. O governo de MOSCOU está sendo razoável pela primeira vez. Ele percebeu que os protestos não estão sendo feitos por pessoas que quebram vitrines e lançam coquetéis molotov”, disse a escritora LYUDMILA ULITSKAYA. Até agora, PUTIN tem ignorado as manifestações, exceção feita à reação dura que teve em dezembro, quando foi acusado de fraudar as eleições parlamentares. Na ocasião, houve boatos de que seu porta-voz, DMITRI PESKOV, não reagiu bem e teria afirmado que a polícia agiu de forma “branda” durante uma manifestação que deveria ter sido reprimida e dispersada.

A tensão sectária na SÍRIA aumentou hoje com o ataque de forças do regime alauita de BASHAR ASSAD contra um vilarejo sunita. Casas foram incendiadas, lojas sofreram saques e cinco civis morreram. No total, 19 pessoas morreram no país. A violência espalhou-se também para o LÍBANO, onde três pessoas morreram em TRÍPOLI, cidade no norte do país, em choques entre partidários e opositores de ASSAD. O ataque ao vilarejo de AL-TAMANA, a 55 km de HAMA – um dos centros da oposição sunita a ASSAD – começou no sábado e durou a maior parte da manhã de hoje. Os soldados de ASSAD incendiaram casas do vilarejo. Entre os mortos estaria um líder oposicionista da região.

O mula ARSALA RAHAMANI, ex-ministro da Educação do governo taleban no AFEGANISTÃO e um dos principais negociadores do presidente HAMID KARZAI com a insurgência, foi morto hoje em CABUL. Ele é o segundo membro do Alto Conselho da Paz executado em menos de um ano. Em setembro, o ex-presidente BURHANUDDIN RABBANI, chefe do conselho e com trânsito no TALEBAN, foi vítima de um atentado. RAHAMANI vivia na capital afegã sob proteção do serviço secreto. Ele foi morto em seu carro por um atirador antes de um encontro com representantes do governo sobre negociações de paz com o TALEBAN. O grupo radical negou envolvimento com a morte do ex-ministro.

A promotoria do Estado de NUEVO LEÓN informou hoje que encontrou 49 corpos mutilados em uma estrada no norte do MÉXICO, próxima à área metropolitana de MONTERREY, a terceira maior cidade do país. Segundo um porta-voz da promotoria, 43 mortos são homens e 6 são mulheres. Os corpos foram abandonados na madrugada em sacos pretos de plástico. O levantamento dos cadáveres foi difícil pelo estado em que se encontram. Os corpos estavam em uma zona deserta a 180 km da fronteira com os ESTADOS UNIDOS. Foi encontrada no local uma mensagem deixada por narcotraficantes, mas seu conteúdo não foi revelado pelas autoridades de NUEVO LEÓN