sábado, 7 de julho de 2012

58º ANIVERSÁRIO DA SOCIEDADE VETERANOS DE 32-MMDC PALAVRAS DO PRESIDENTE

58º ANIVERSÁRIO DA SOCIEDADE VETERANOS DE 32-MMDC


7 DE JULHO DE 2012



As dezenas de comemorações sobre o Jubileu de Carvalho nesses dias gloriosos de maio, junho e julho emocionaram-me sobremaneira. Uma Sociedade pobre de recursos, mas dotada de grandes ideais, realiza verdadeiros milagres.

Ontem, dia 6 de julho, na Câmara Municipal de SÃO VICENTE, os 80 Anos da Revolução Constitucionalista foram lembrados de uma maneira excepcional. Na lembrança do ex-presidente ANTONIO FERREIRA, dos CAPACETES DE AÇO, cujos restos mortais serão imortalizados na cerimônia de 9 de Julho próximo, no Monumento Mausoléu do Soldado Constitucionalista, no Ibirapuera, reverenciamos todos os combatentes da saga heróica de 32. Hoje, esse núcleo foi revitalizado pelo incansável CORONEL PM JAIRO BONIFÁCIO. Painéis sobre o Movimento Constitucionalista causaram viva impressão em todos que compareceram ao ato solene de ontem à noite.

Falo dos CAPACETES DE AÇO para fortalecer a idéia de descentralização da Sociedade Veteranos de 32-MMDC, não só na capital, mas também pelo interior do nosso imenso SÃO PAULO. Hoje os nossos núcleos de correspondência alcançaram dimensão internacional, face à cibernética. Antes desses núcleos a criação do jornal eletrônico “32 EM MOVIMENTO”, em janeiro de 2011, já permitira dar uma divulgação invulgar à Sociedade Veteranos de 32-MMDC.

Falo de milagre porque instituições bem mais aquinhoadas financeiramente, que também se envolveram na Revolução de 32, não conseguiram dar essa importância tão vital para o nosso desempenho titânico com relação a 32.

Vocês sabem que apenas temos uma funcionária e que nossos diretores não são remunerados e trabalham conosco por puro dilentantismo. Meu profundo sentimento de orgulho em ter uma equipe tão empenhada no Ideal de Direito, gente jovem que honra os cargos que ocupam. Deixo de citar nomes para não cometer injustiças, mas eles sabem o valor que os dou, numa campanha invulgar e nem sempre reconhecida.

Da velha guarda restam bem poucos. Apenas 41 combatentes dos 130 mil que se inscreveram em 32 estão espalhados pelo Estado todo. Dois deles, com a idade de 99 anos, de Deus quiser, estarão conosco na Solenidade do 9 de Julho, no IBIRAPUERA. Um de 101 anos será homenageado em SANTOS. A mulher mais idosa, dona MARIINHA, filha caçula do inventor da matraca, Engenheiro MENDES, receberá a Medalha Constitucionalista também no evento principal das comemorações dos 80 Anos da Revolução e a Medalha da Constituição, logo a seguir, na Assembléia Legislativa. Ela esta com 101 anos.

Ainda hoje, pela manhã, tive o prazer de ler, na Internet o “32 EM MOVIMENTO”, elaborado pela nossa Diretora de Comunicação Social CAMILA GIUDICE e pelo Diretor do Cerimonial, MARCUS RUNK. Perderam eles horas da madrugada em trabalho denodado para colocar no ar essa edição especial, muito bem feita. Recebi elogios de pessoas que leram o jornal, mas esses elogios são para essa dupla dinâmica.

Dia 10 de julho iremos a ITAPETININGA e no dia 14 estaremos em SÃO JOÃO DA BOA VISTA. Serão realizadas cerimônias alusivas ao Movimento Constitucionalista de 32. Também, em parceria com o Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo, a presidente NELLY MARTINS FERREIRA CANDEIAS e o presidente da Sociedade Veteranos de 32-MMDC estão organizando uma sessão solene para o dia 21 de julho. Muitos outros eventos acontecerão ainda.

Os núcleos estão surgindo em todos os pontos do Estado de São Paulo e há perspectivas de organização de departamentos em outros Estados do BRASIL, num verdadeiro sentido nacional do Movimento Constitucionalista de 32. Há uma falta latente de civismo no nosso país. Pontos nevrálgicos de corrupção atingem todos os nossos Poderes constituídos. Basta ler os jornais ou assistir a televisão para ver os mensalões, cuecas, cachoeiras e outros fatos lamentáveis acontecendo no legislativo, executivo e judiciário. Leva-se a crer que o Brasil de hoje está bem pior do que em 1932. Uma revolução moral precisa ser feita rapidamente para não levar a nação ao abismo. A Sociedade Veteranos de 32-MMDC se propõe a trazer todos os valores dos nossos combatentes de 32 para os momentos atuais. Isso poderá ser feito com a intensidade que nossos núcleos estão tomando. Tenho conversado com muita gente e há uma esperança de dias melhores através de nossos esforços.

Para encerrar, conto com a colaboração de todos os nossos associados e dou um “puxão de orelha” naqueles que se “esqueceram” de honrar os seus compromissos para com o MMDC, não pagando suas mensalidades. É duro dizer isso, mas ontem, sexta-feira, nossa funcionária se expressou de uma maneira bastante sintomática ao dizer que todas essas solenidades dão ênfase para a instituição, cujos alicerces estão balançando porque estamos trabalhando no “vermelho”, isto é, estamos devendo para o banco e juros desproporcionais estão sendo cobrados. Meus queridos associados que estão devendo aos nossos cofres, VOCÊ TEM UM DEVER A CUMPRIR!!!!.