segunda-feira, 26 de novembro de 2012

A GRANDE CRISE - MENSAGEM PSICOFÔNICA ATRAVÉS DO MÉDIUM DIVALDO PEREIRA FRANCO, AO ENCERRAMENTO DA SUA CONFERÊNCIA NA CRECHE AMÉLIA RODIRGUES, NA NOITE DE 30 DE SETEMBRO DE 2012, EM SANTO ANDRÉ (SP)


A GRANDE CRISE
...Jesus volta para convidar-nos à compaixão.Se não puderdes perdoar, pelo menos, desculpai aqueles que vos ferem, que vos magoam, e se não tiverdes forças para desculpar, pelo menos, permiti que a compaixão aloje-se nas paisagens tristes dos vossos sentimentos magoados.A grande crise moral da sociedade anuncia a era nova.Buscai ouvir, e escutareis em toda parte a musicalidade diferente de um mundo novo; fazei silêncio interior, e ouvireis a sinfonia dos astros.Tende a coragem, pois, de amar, em qualquer circunstância, por que se amardes somente àqueles que vos amam, mais não fazeis do que retribuir, no entanto, se fordes capazes de amar a quem vos alveja com os petardes terríveis da ingratidão, da ofensa, da perseguição gratuita, vosso nome será escrito no livro do reino dos céus e uma alegria inefável tomará conta de vossos corações preenchendo o vazio existencial.Filhos e filhas da alma!Vossos guias espirituais acercam-se-vos, e em torno dos vossos pensamentos enviam mensagens de paz para diminuir a agressividade e a violência.Tornai-vos pacíficos no lar, no relacionamento, nas parcerias, no trabalho, na rua, no clube... Onde estiverdes mantende a paz, sendo pacíficos para vos transformardes em pacificadores.O mundo é o que dele têm feito os seus habitantes, mas, crede em mim, nunca houve tanto amor na Terra como hoje.A violência e a exaltação do crime ganham manchetes, vendem na grande mídia alucinando as vidas, mas nos alicerces da sociedade o amor é o paradigma que nutre as existências de milhões de mães e pais anônimos, assim como de filhos abnegados e estoicos que compreendem os mártires e os companheiros abnegados.Não vos envergonheis de amar!Na época da tirania o vosso amor é semelhante à terra que, exultante, arrebenta-se em flores como gratidão a Deus.Sois as divinas flores da humanidade agradecendo a Deus a presença de Cristo Jesus na Terra.Ide, ide em paz! Amai de tal forma que uma dor imensa de compaixão expresse o vosso amor para a vossa plenitude.É a mensagem dos Espíritos-espíritas que aqui estamos convosco nesse dia dedicado à gratidão em nome do amor de Jesus-Cristo pelas suas ovelhas.Muita paz, meus filhos!Que o Senhor de bênçãos vos abençoe e permaneça Ele conosco hoje, amanhã e sempre.São os votos do companheiro paternal e humilde de sempre,Bezerra(Mensagem psicofônica através do médium Divaldo Pereira Franco, ao encerramento da sua conferência na Creche Amélia Rodrigues, na noite de 30 de setembro de 2012, em Santo André, (SP).


NOVO COMANDANTE GERAL DA PMESP


TRANSCREVO UMA SOLICITAÇÃO DO NOSSO DILETO AMIGO CORONEL PM CORONEL CANOVA ACERCA DO CORONEL PM BENEDITO ROBERTO MEIRA.

Aos amigos e companheiros da Polícia Militar




Embora deva ser anunciado somente na segunda-feira,o noticiário divulgou que o novo Comandante Geral da PM,será o Cel PM Benedito Roberto MEIRA.

Cumpre-me,por dever de amizade e lealdade,dizer algumas palavras sobre o novo Comandante.Foi Tenente no 16º BPM-M,vindo depois a servir no 4º BPM-I como Oficial Subalterno,Capitão,Major e Tenente-Coronel;também serviu no policiamento rodoviário como Oficial Superior.Já Coronel,comandou o CPA-M-4 e o CPI-10.Conhece muito de policiamento,seja no interior ou na capital.Conhece também,toda área administrativa.É leal,combativo,amigo e profissional competente.Tem muito respeito pelos inativos,sejam oficiais ou praças e sempre os tratou com muito carinho.Inteligente e bem articulado sabe conduzir seus comandados ao cumprimento do dever.Sempre se destacou pela liderança.

Suas qualidades e virtudes fizeram com que seu nome figurasse nas listas elaboradas pelo então SSP,Ferreira Pinto,tanto para o Comando Geral,quanto para Chefe da Casa Militar,por ocasião das substituições dos Coronéis Camilo e Gervásio,sendo escolhido pelo Governador para chefiar a Casa.

É merecedor de nossa integral confiança,para conduzir com dignidade,integridade e honradez,os destinos de nossa Instituição.

Assim,peço-lhes o apoio que se faz necessário,para o desempenho de tão nobre e árduo mister.

Solicito divulgar aos colegas não incluídos em minha lista.



Forte abraço a todos.

Canova