quinta-feira, 17 de julho de 2014

NEGÓCIOS DA CHINA COM O BRASIL CAPIMUNISTA

Negócios da China com o Brasil Capimunista
Quem pensava que o comunismo seria o grande perigo para o Brasil estava rotundamente enganado. A maior ameaça é o Capimunismo. Este sistema mistura aquilo que o capitalismo tem de mais selvagem com o autoritarismo e dirigismo estatal do comunismo. O regime capimunista se traveste de socialista ou social-democrata, conforme as conveniências.
O capimunismo já toma conta do Brasil há muito tempo. Os desgovernos pós-64 abriram caminho para isso. Os tecnocratas de 1964 a 1985, contaminados pelas teorias econômicas sutilmente impostas pela Oligarquia Financeira Transnacional, criaram as pré-condições para o capimunismo. Tal regime é conseqüência natural de uma nação, como o Brasil, na qual o Estado inventou a sociedade – e não o contrário, que é a base de qualquer lugar civilizado e realmente desenvolvido.
O regime capimunista vai se fortalecer ainda mais. Tudo por causa da aproximação estratégica – forçada por interesses da Oligarquia Global – entre o Brasil e a China. O chefão Lula da Silva cumpre sua missão entreguista de fragilizar, ainda mais, a soberania brasileira. Lula ajuda a aprofundar o modelo neocolonial que nos controla, formando uma parceria econômica com o “grande capital” chinês. Para a poderosa China, somos um mercado fornecedor de matéria-prima.
Tal visão colonial foi reforçada, semana passada, pelo presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) do Brasil, Luciano Coutinho, em entrevista exclusiva à Xinhua, agência de notícias chinesa, devidamente controlada pelo Conselho de Estado da China. Comentou Coutinho: “O Brasil tem um importante papel como fornecedor de commodities (matérias-primas), especialmente de alimentos necessários para manter os crescentes níveis de consumo da população chinesa”.
A agência Xinhua informa que a China poderá vender máquinas e equipamentos que o Brasil precisa e participar nas licitações de uma grande quantidade de obras que estão programadas no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). O presidente do BNDES ratificou a estratégia chinesa: “A construção de usinas hidrelétricas, ferrovias e portos, que o Brasil necessita para seu pleno crescimento, abrirá as portas para a participação das empresas chinesas”.
O presidente da Câmara de Comércio e Indústria Brasil China (CCIBC), Charles Tang, comemorou, semana passada, que o comércio bilateral da parceria sino-brasileira avançou de US$ 1,54 bilhões de dólares (em 1999) para US$ 36,4 bilhões (em 2009). O interesse nestes negócios é tanto que os chineses já prometem até investir pesado na campanha eleitoral de 2010. Fala-se na formação de uma “bancada chinesa”, sob comando do deputado federal tucano William Woo (SP).
Brasileiros são atraídos para negócios com os chineses bons de marketing. Desde quarta-feira passada até o começo do mês de maio, uma comitiva (que chegará a 200 empresários tupiniquins) visitará a maior feira multisetorial do mundo. A Feira de Cantão (ou Canton Fair) acontece na cidade de Guangzhou, capital da Província de Guangdong, no sul da China. Releia: China inunda de dólares a América Latina e vai financiar até eleição de bancada dos chineses no Brasil
Mas os negócios entre Brasil e China, que ganham peso a cada dia, devem se reforçar a partir de maio. O chefão Lula da Silva tem viagem marcada para fechar com o presidente chinês Hu Jintau um acordo para que o comércio entre os dois países seja negociado em Reais, Yuans ou Renminbi (RMB) – e não mais em dólar. O primeiro-ministro chinês Wen Jiabao deve coordenar os negócios.
Para facilitar tais transações, os chineses adotam medidas estratégicas. Já anunciaram, em plena crise global, a preparação de linha de financiamento de US$ 11 bilhões de dólares para o Brasil. Em maio, será aberta, em São Paulo, a primeira agência do Bank of China na América do Sul. O BOC é um dos quatro bancos comerciais estatais do país asiático. Outros fortes são o “China Construction Bank”, “Industrial and Commercial Bank of China”, “Agricultural Bank of China” e “CITIC Industrial Bank”.
A China promete uma enxurrada de dinheiro para o Brasil. O Banco de Desenvolvimento da China, que também pretende se instalar no Brasil, examina uma concessão de US$ 10 bilhões de dólares à Petrobrás, US$ 800 milhões de dólares para o BNDES e mais US$ 100 milhões de dólares ao Banco Itaú-Brasil. A China vai colaborar na internacionalização do Itaú depois da fusão com o Unibanco. Viva o Capimunismo!
O riquinho Eike e seu pai Eliezer Batista negociam com os chineses a venda da mineradora MMX que poderá produzir 33 milhões de toneladas de minério em 20 anos. A Chinalco pode ser a compradora. O projeto prevê a construção de complexo industrial no Porto do Açu, no Norte Fluminense, com empresas de geração de energia, cimenteiras, um polo metal-mecânico, siderúrgicas e ferrovias. Tudo, claro, sob gestão eficiente da família Batista, em parceria com os sócios chineses.
Em resumo: Comunista chinês não come criancinha – como se pensava no passado. Mas os capimunistas de lá já estão comendo a economia brasileira pela beirada. Quem for malandro que faça como o pai de Eike. O genial Eliezer Batista já fala mandarim quase que fluentemente. São Sun Tzu que nos proteja, porque São Jorge não dá conta de segurar o Dragão chinês da maldade econômica…
Por Jorge Serrão
Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor, é Editor-chefe do blog e podcast Alerta Total. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.
http://semprolixismo.wordpress.com/tag/capimunismo/

IMAGEM DE MARIANO TAGLIANETTI COM O EXCELENTÍSSIMO GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN, POR OCASIÃO DA SOLENIDADE DO 9 DE JULHO NA ACADEMIA DE POLÍCIA MILITAR DO BARRO BRANCO.


Caríssimo Cel. VENTURA, boa noite !
 
- Encareço ao nobre paladino inserir na resenha fotográfica dos agraciados a  foto anexa. Ressaltando-se, em legenda, que o PREEMINENTE e ILÚSTRE DES. LUIS RENATO PEDROSO ex-presidente do TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO PARANÁ e PRESIDENTE DE HONRA da ASSOCIAÇÃO PARANAENSE MMDC 32 e HERÓIS DO CERCO DA LAPA foi homenageado com "COLAR DA VITÓRIA",  representado na solenidade pelo Advogado Mariano Taglianetti.
 
Fraternal apreço, Mariano.
 
 
 
                                                                



De: clovisfotografo@gmail.com
Enviada: Quinta-feira, 10 de Julho de 2014 12:36
Para: mtaglianetti@uol.com.br
Assunto: Foto
Olá Dr . Mariano ,
Segue Foto Do Evento APM
Abs
Clovis
Tl 1138142351 Cl 11 982954021