domingo, 26 de outubro de 2014

RESULTADOS DO SOCIALISMO


Irapuan Costa Junior
Irapuan Costa Junior

Livro revela a vida de luxo e nada proletária do comunista Fidel Castro

“A Vida Secreta de Fidel”, além de confirmar fatos descritos por oposicionistas, faz revelações sobre a vida luxuosa de Fidel Castro, que  tem ilha particular e iate
“A Vida Secreta de Fidel”, além de confirmar fatos descritos por oposicionistas, faz revelações sobre a vida luxuosa de Fidel Castro, que
tem ilha particular e iate
Foi publicado na França, no dia 28 de maio, o livro “A Vida Secreta de Fidel” (Paralela, 224 páginas, tradução de Júlia da Rosa Simões), escrito por Juan Reinaldo Sánchez e pelo jornalista francês Axel Gyldén. Sánchez foi, durante 17 anos, o principal guarda-costas de Fidel. Gyldén é um jornalista do “L’Express”, que escreveu em 2007 sobre o Brasil o livro “Le Roman de Rio” (não foi traduzido; a edição francesa pode ser encomendada no portal da Livraria Cultura, no link http://bit.ly/1knq5Qq ).
Sánchez, caído em desgraça por ter um irmão que se asilou em Miami (Fidel achou que ele soube da fuga e não a impediu), foi destituído e preso por dois anos. Conseguiu fugir de Cuba e conta “segredos” da vida oculta do ex-ditador. Um deles se refere à vida luxuosa levada por Fidel, inteiramente às escondidas dos miseráveis cubanos, que sofriam — e sofrem — falta de tudo. Um dos segredos mais bem guardados até hoje é o da existência da luxuosa ilha de Fidel, Cayo Piedra. Cayo Piedra fica próxima à costa de Cuba, em frente à Playa Girón (onde desembarcaram os rebeldes mandados por John Kennedy, em 1961).
Local de um antigo farol, demolido nos anos 1960 para as obras determinadas pelo “Líder Máximo” para seu conforto, a ilha comporta uma luxuosa casa para uso exclusivo de Fidel, uma casa de hóspedes, aquartelamento de sua segurança, piscinas, casa de força, abrigos subterrâneos, um viveiro de golfinhos (!), porto e outras construções. Era nos seus arredores que Fidel praticava seu esporte preferido, a caça submarina. O que fazia com grande séquito, como fazia Luis XV, quando caçava nas florestas de Versailles, conta Sánchez.
Embora dispondo de uma casa de hóspedes, para que os cubanos não soubessem de seu luxo, para que não vazassem notícias, Fidel poucos convidados levou a Cayo Piedra, fora de seu círculo mais íntimo. As exceções foram Gabriel García Márquez e o dirigente comunista alemão Erich Honecker.
Para seus deslocamentos para Cayo Piedra, Fidel usava seu iate, não menos luxuoso, o Aquarama II, sucessor do Aquarama I, tomado de familiares de Fulgencio Batista, quando este fugiu de Cuba, e do Tuxpan, também luxuoso, e de cuja existência poucos cubanos souberam.
Outra revelação de Sánchez diz respeito às várias casas de propriedade de Fidel por toda a ilha: são duas dezenas, onde moram a mulher de Fidel desde 1961, Dalia Soto Del Valle, seus filhos, amantes, ou casas que simplesmente serviam de pousada aleatória para o ditador, sempre temendo um atentado.
Revela o ex-guarda-costas a existência de um sósia de Fidel, Silvino Álvarez. A função de Silvino era enganar os cubanos, quando Fidel adoecia. Como o ditador não queria perder a imagem de sempre forte e saudável, fazia Silvino circular por Havana em seu carro Mercedes-Benz, quando enfermo, para que os pobres cubanos não soubessem que o “Líder Máximo” estava acamado.
Fidel Castro: alquebrado, com quase 90 anos, o veterano ditador leva uma vida de potentado capitalista, apesar da pregação socalista... para os outros
Fidel Castro: alquebrado, com quase 90 anos, o veterano ditador leva uma vida de potentado capitalista, apesar da pregação socialista… para os outros
Sánchez acompanhou Fidel em quase todas suas viagens, em Cuba e no exterior (inclusive no Brasil, para a posse do ex-presidente Fernando Collor), nos anos em que esteve a seu serviço. Dinheiro nunca foi problema nesses deslocamentos, até porque Sánchez portava uma maleta abastecida com dólares (cerca de 250.000) para as despesas do ditador. Fidel só consumia (e o fazia diariamente) o caro uísque Chivas Regall, que tinha sempre à mão, e só se deslocava em luxuosos carros Mercedes-Benz 500 blindados.
Mas não é só a vida luxuosa de Fidel, seus familiares e próximos que Sánchez revela. O livro ilumina o julgamento stalinista do general Arnaldo Ochoa, fuzilado por ordem de Fidel, juntamente com outros graúdos do comunismo cubano. Cuba necessitava desesperadamente de divisas, depois de cortado o subsídio soviético que sustentava a depauperada economia da ilha. Segundo Sánchez, foi de Fidel a ideia de se associar ao cartel de Medelín, chefiado por Pablo Escobar, e traficar via Cuba para os EUA grandes quantidades de cocaína e maconha. Havia nessa operação um subproduto: Fidel achava que contribuía para o enfraquecimento moral da nação norte-americana, no que, aliás, não estava de todo errado.
Sánchez testemunhou pelo menos em uma ocasião um grande traficante americano veraneando com a família em Cuba, diretamente autorizado por Fidel. Quando a CIA, que havia detectado a rota do tráfico, se aprestava a fazer uma denúncia internacional, Fidel foi avisado pela inteligência cubana, alertada por seus agentes na Flórida (o serviço secreto cubano era tido como excelente, superado apenas pela americana CIA, pelo SDECE francês, pelo MI-5 britânico e pelo Mossad israelense).
Fidel não perdeu tempo e matou dois coelhos de uma só cajadada. O general Ochoa havia se tornado um grande herói nacional, o que incomodava sobremaneira Fidel. Com­batente de Sierra Maestra, lutara no Congo com Che Guevara, na Ve­nezuela, na Etiópia, na Nicarágua e em Angola, sempre a mando de Fidel. Além de ser popular, Ochoa cometera outro pecado capital. Em Angola, no campo de batalha, onde conhecia a situação, desobedecera a ordens de Fidel, que resolvera orientar as operações, embora estivesse a milhares de quilômetros das tropas, e, claro, não tivesse o conhecimento local. Ditador algum tolera ser desobedecido, mesmo que esteja errado. Sánchez havia ouvido algumas conversas entre Fidel e Raúl com críticas à ascensão e à independência de Ochoa. Foi então que se montou o espetacular julgamento (de Ochoa e do ministro do Interior, José A­brantes). Ao fim do julgamento, Ochoa surgiu como o grande culpado do tráfico de drogas, e foi rapidamente fuzilado. (Abrantes, condenado a longa pena de prisão, morreu dois anos depois, em condições suspeitas, na sua cela.)
Fidel dava ordens diariamente ao juiz fantoche que presidia a corte, para que tudo saísse a contento. E Fidel saiu do julgamento como o homem que não tolerava desvios, ficando ainda livre da sombra de Ochoa.
Raúl Castro é alcoólatra, relata Sánchez. O problema parece ter surgido logo após a vitória da revolução, quando Raúl, por exigência de Fidel, supervisionou a carnificina dos fuzilamentos, e mesmo participou de alguns. Agravou-se o problema depois da execução de Ochoa, de quem Raúl era amicíssimo. Raúl moderou com a vodka a pedido e mesmo exortação de Fidel, a quem nunca negou absolutamente nada. Há muito mais no livro de Sánchez, que acaba de ser traduzido pela Paralela, selo da Companhia das Letras. É um caso raro, porque livros críticos à ditadura dos siameses Fidel e Raúl são escassos no Brasil. Os admiradores de Fidel e do regime cubano dirão que se trata de mentiras, e obviamente vão ignorar até mesmo as fotografias com que Sánchez ilustra o livro. E nosso dinheiro ainda vai para Cuba, graças aos muitos stalinistas do governo.
 
links:
ou

SE ISTO NÃO FOR AMOR..... CRÉDITOS À ELVIA PEREIRA

SE ISTO NAO FOR AMOR...1)Deus te amou tanto que deu seu filho Jesus por
voce, tem mais de 30 mil promessas pra voce. 
2)Milhoes morreram e morrem pra que voce atenda o convite de Jesus e venha ser filho (a) de Deus. 
3)Eu e seus amigos enviamos mensagem para que voce saiba mais de Cristo e venha pro ceu junto.4)Os apostolos morreram por voce, muitos foram queimados, jogados no azeite quente, por voce. 
5)Deus nao desiste de voce, nem eu amigo, voce e Muito importante pra Deus vale mais que o mundo todo. Tem milhoes que amam voce sem conhecer. 
Se isso não for amor: O oceano secou Não há estrelas no céu As andorinhas não voam mais Se isso não for amor . O ceu nao e real. Tudo perde o valor Se isto nao for amor...

ESSA CULPA EU NÃO CARREGO!!!!!!

Reeleição

Entrada
x

Carlos Fuga

Anexos21:44 (Há 51 minutos)
para Carlos

25 DE OUTUBRO DE 2014 - SÁBADO

MEUS CUMPRIMENTOS À ANTONIA MATEOS y MATEOS POR ADERIR ÀS MEMÓRIAS DO VENTURA!!!!!
CHEGAMOS HOJE A UM MILHÃO, CENTO E SESSENTA MIL E CENTO E QUINZE VISUALIZAÇÕES ÀS 23:51 HORAS.

DIA    VINTE     E     CINCO     DE    OUTUBRO    DE     2014     -     S Á B A D O.
77 anos, 9 meses e 28 dias de idade.
Início de minhas memórias – 9 de julho de 1950.
DIA 108º DO ANO 65º
56 anos e 141 dias na PMESP
55 anos e 253 dias na ESCOLA DE OFICIAIS – 19 948 dias – 476 356 horas.
51 anos e 46 dias da DECLARAÇÃO À ASPIRANTE A OFICIAL.
26 anos e 225 dias no Posto de Coronel – 319 meses e 13 dias.
3 anos e 110 dias na Presidência da Sociedade Veteranos de 32-MMDC.
9 774 dias CORONEL - 22 anos e 316 dias na reserva.
10 331-248 808                             9 774-234 984                            10 098-242 544.

                                       DIA DA SAÚDE DENTÁRIA
                DIA INTERNACIONAL DO DOADOR DE SANGUE

DIA DE SÃO GREGÓRIO VII. É sem dúvida um dos maiores PAPAS de toda a história da Igreja. Foi colaborador do PAPA SÃO LEÃO IX e mais tarde ascendeu ao trono pontifício, no qual desenvolveu um grande  plano de reformas, para revigorar o fervor e a disciplina da Igreja.

DIA DO BEATO FREI GALVÃO. No dia 25 de outubro de 1998, o PAPA JOÃO PAULO II beatificou a FREI GALVÃO, oficializando-o como o primeiro beato brasileiro. Ele nasceu em GUARATINGUETÁ.

DIA DE SÃO CRISPIM E SÃO CRISPINIANO. Eram irmãos e padeceram o martírio no século III, na FRANÇA. Ganhavam a vida como sapateiros, e são os padroeiros do ofício. Mártires, foram degolados durante a perseguição de DIOCLECIANO. 

PRUDÊNCIA, SABEDORIA, FÉ E ANIMAÇÃO. A VIDA EXIGE MUITA ENERGIA E INICIATIVA. A INÉRCIA NÃO NOS ENSINA NADA DE NOVO.
 
599 a. os ingleses, liderados pelo rei HENRIQUE V vencem as tropas francesas na BATALHA DE AGINCOURT. O embate desse dia, 25 de outubro de 1415, um dos mais marcantes da GUERRA DOS CEM ANOS, foi um desastre para o Exército da FRANÇA, que perdeu mais de 6 mil homens, frente a apenas 450 mortes ante os ingleses. A história da batalha foi imortalizada pelo autor britânico WILLIAM SHAKESPEARE em sua obra HENRIQUE V.
378 a. MAURÍCIO DE NASSAU inicia viagem para o BRASIL em 25 de outubro de 1636. Convidado em agosto para ser o governador geral do BRASIL HOLANDÊS, MAURÍCIO DE NASSAU (1604-1679) parte do porto de TEXEL rumo ao RECIFE. Ele chegaria ao país três meses depois, acompanhado de 3 mil soldados e 800 marinheiros, além de uma comitiva de 46 artistas e cientistas. NASSAU permaneceu no poder até maio de 1644. Durante o período em que governou, consolidou a ocupação militar de RECIFE, reformou a cidade, concedeu liberdade de culto, tratou bem os índios e aumentou a produção de açúcar.
189 a. nasce JOHANN STRAUSS FILHO, compositor austríaco, em 25 de outubro de 1825.
133 a. nasce PABLO DIEGO JOSÉ FRANCISCO DE PAULA JUAN NEPOMUCENO MARIA DOS REMÉDIOS CIPRIANO DA SANTÍSSIMA TRINDADE RUIZ Y PICASSO, um dos maiores pintores artísticos do mundo, em 25 de outubro de 1881. PICASSO foi o precursor do Cubismo e revolucionou toda a arte do século XX, nas áreas de pintura e escultura. 
128 a. nasce HUMBERTO DE CAMPOS em 25 de outubro de 1886. Falece em 5 de dezembro de 1934. Devo a esse escritor a idéia de escrever minhas memórias desde 9 de julho de 1950. Naquela época, a revista “O CRUZEIRO” publicava “MEMÓRIAS ÍNTIMAS DE HUMBERTO DE CAMPOS”. Com 13 anos de idade, influenciado pela publicação semanal do diário do escritor, passei a escrever minhas memórias. Humberto de Campos Veras, jornalista, político, crítico, cronista, contista, poeta, biógrafo e memorialista, nasceu em Piritiba, hoje Humberto de Campos, MA, em 25 de outubro de 1886, e faleceu no Rio de Janeiro, RJ, em 5 de dezembro de 1934. Foram seus pais Joaquim Gomes de Faria Veras, pequeno comerciante, e Ana de Campos Veras. Perdendo o pai aos seis anos, Humberto de Campos deixou a cidade natal e foi levado para São Luís. Dali, aos 17 anos, passou a residir no Pará, onde conseguiu um lugar de colaborador e redator na "Folha do Norte" e, pouco depois, na Província do Pará. Em 1910 publicou seu primeiro livro, a coletânea de versos intitulada “Poeira”, primeira série. Em 1912 transferiu-se para o Rio. Entrou para o jornal “O Imparcial”, na fase em que ali trabalhava um grupo de escritores ilustres, como redatores ou colaboradores, entre os quais Goulart de Andrade, Rui Barbosa, José Veríssimo, Júlia Lopes de Almeida, Salvador de Mendonça e Vicente de Carvalho. João Ribeiro era o crítico literário. Ali também José Eduardo de Macedo Soares renovava a agitação da segunda campanha civilista. Humberto de Campos ingressou no movimento. Logo depois o jornalista militante deu lugar ao intelectual. Fez essa transição com o pseudônimo de Conselheiro XX com que assinava contos e crônicas, hoje reunidos em vários volumes. Assinava também com os pseudônimos Almirante Justino Ribas, Luís Phoca, João Caetano, Giovani Morelli, Batu-Allah, Micromegas e Hélios. Eleito em 30 de outubro de 1919 para a Cadeira nº. 20, sucedendo a Emílio de Menezes, foi recebido em 8 de maio de 1920, pelo acadêmico Luís Murat. Em 1920, já acadêmico, foi eleito deputado federal pelo Maranhão. Em 1923, substituiu Múcio Leão na coluna de crítica do jornal “Correio da Manhã”. A revolução de 1930 dissolveu o Congresso e ele perdeu seu mandato. O presidente Getúlio Vargas, que era grande admirador do talento de Humberto de Campos, procurou minorar as dificuldades do autor de “Poeira”, dando-lhe os lugares de inspetor de ensino e de diretor da Casa de Rui Barbosa. Em 1931, viajou ao Prata em missão cultural. Em 1933 publicou o livro que se tornou o mais célebre de sua obra, “Memórias”, crônica dos começos de sua vida. O seu “Diário secreto”, de publicação póstuma, provocou grande escândalo pela irreverência e malícia em relação a contemporâneos. Autodidata, grande ledor, acumulou vasta erudição, que usava nas crônicas. Poeta neoparnasiano, fez parte do grupo da fase de transição anterior a 1922. "Poeira" é um dos últimos livros da escola parnasiana no Brasil. Fez também crítica literária de natureza impressionista. É uma crítica de afirmações pessoais, que não se fundamentam em critérios e, por isso, não podem ser endossadas nem verificadas. Na crônica, seu recurso mais corrente era tomar conhecidas narrativas e dar-lhes uma forma nova, fazendo comentários e digressões sobre o assunto, citando anedotas e tecendo comparações com outras obras. No fundo ou na essência, era uma crítica superficial, que não resiste à análise nem ao tempo. Obras: Poeira, poesia, 2 séries (1910 e 1917); Da seara de Booz, crônicas (1918); Vale de Josaphat, contos (1918); Tonel de Diógenes, contos (1920); A serpente de bronze, contos (1921); Mealheiro de Agripa, vária (1921); Carvalhos e roseiras, crítica (1923); A bacia de Pilatos, contos (1924); Pombos de Maomé, contos (1925); Antologia dos humoristas galantes (1926); Grãos de mostarda, contos (1926); Alcova e salão, contos (1927); O Brasil anedótico, anedotas (1927); Antologia da Academia Brasileira de Letras (1928); O monstro e outros contos (1932); Memórias 1886-1900 (1933); Crítica, 4 séries (1933, 1935, 1936); Os países, vária (1933); Poesias completas (1933); À sombra das tamareiras, contos (1934); Sombras que sofrem, crônicas (1934); Um sonho de pobre, memórias (1935); Destinos, vária (1935); Lagartas e libélulas, vária (1935); Memórias inacabadas (1935); Notas de um diarista, 2 séries (1935 e 1936); Reminiscências, memórias (1935); Sepultando os meus mortos, memórias (1935); Últimas crônicas (1936); Perfis, 2 séries, biografias (1936); Contrastes, vária (1936); O arco de Esopo, contos (1943); A funda de Davi, contos (1943); Gansos do Capitólio, contos (1943); Fatos e feitos, vária (1949); Diário secreto, 2 vols. (1954). (Dados obtidos no sítio da Academia Brasileira de Letras). 
Humberto de Campos nasceu na pequena localidade de Piritiba, no Maranhão, em 1886. Foi menino pobre. Estudou com esforço e sacrifício. Ficou órfão de pai aos 5 anos de idade. Sua infância foi marcada pela miséria. Em sua "Memórias", ele conta alguns episódios que lhe deixaram sulcos profundos na alma. Tempo depois, mudou-se para o Rio de Janeiro, então Capital da República, onde se tornou famoso. Brilhante jornalista e cronista perfeito, suas páginas foram "colunas" em todos os jornais importantes do País. Dedicou-se inteiramente à arte de escrever, e por isso eram parcos os recursos financeiros. A certa altura da sua vida, quando minguadas se fizeram as economias, teve a idéia de mudar de estilo.
Adotando o pseudônimo de Conselheiro XX, escreveu uma crônica chistosa a respeito da figura eminente da época - Medeiros e Albuquerque-, que se tornou assim motivo de riso, da zombaria e da chacota dos cariocas por vários dias.O Conselheiro, sibilino e mordaz, feriu fundo o orgulho e a vaidade de Medeiros, colocando na boca do povo os argumentos que todos desejavam assacar contra Albuquerque. O sucesso foi total.
Tendo feito, por experiência, aquela crônica, de um momento para outro se viu na contingência de manter o estilo e escrever mais, pois seus leitores multiplicaram, chovendo cartas às redações dos jornais, solicitando novas matérias do Conselheiro XX. Além de manter o estilo, Humberto se foi aprofundando no mesmo, tornando-se para alguns, na época, quase imortal, saciando o paladar de toda uma mentalidade que desejava mais liberdade de expressão e mais explicitude na abordagem dos problemas humanos e sociais.
Quando adoeceu, modificou completamente o estilo. Sepultou o Conselheiro XX, e das cinzas, qual Fênix luminosa, nasceu outro Humberto, cheio de piedade, compreensão e entendimento para com as fraquezas e sofrimentos do seu semelhante. A alma sofredora do País buscou avidamente Humberto de Campos e dele recebeu consolação e esperança. Eram cartas de dor e desespero que chegavam às suas mãos, pedindo socorro e auxílio. E ele, tocado nas fibras mais sensíveis do coração, a todas respondia, em crônicas, pelos jornais, atingindo milhares de leitores em circunstâncias idênticas de provações e lágrimas. Fez-se amado por todo o Brasil, especialmente na Bahia e São Paulo. Seus padecimentos, contudo, aumentavam dia-a-dia. Parcialmente cego e submetendo-se a várias cirurgias, morando em pensão, sem o calor da família, sua vida era, em si mesma, um quadro de dor e sofrimento. Não desesperava, porém, e continuava escrevendo para consolo de muitos corações.
A 5 de dezembro de 1934, desencarnou. Partiu levando da Terra amargas decepções. Jamais o Maranhão, sua terra natal, o aceitou. Seus conterrâneos chegaram mesmo a hostilizá-lo. Três meses apenas de desencarnado, retornou do Além, através do jovem médium Chico Xavier, este, com 24 anos de idade somente, e começou a escrever, sacudindo o País inteiro com suas crônicas de além-túmulo. O fato abalou a opinião pública. Os jornais do Rio de Janeiro e outros estados estamparam suas mensagens, despertando a atenção de toda gente. Os jornaleiros gritavam. Extra, extra! Mensagens de Humberto de Campos, depois de morto! E o povo lia com sofreguidão...Agripino Grieco e outros críticos literários famosos examinaram atenciosamente a produção de Humberto, agora no Além. E atestaram a autenticidade do estilo. "Só podia ser Humberto de Campos!" - afirmaram eles. Começou então uma fase nova para o Espiritismo no Brasil. Chico Xavier e a Federação Espírita Brasileira ganharam notoriedade. Vários livros foram publicados. Aconteceu o inesperado. Os familiares de Humberto moveram uma ação judicial contra a FEB, exigindo os direitos autorais do morto! Tal foi a celeuma, que o histórico de tudo isto está hoje registrado num livro cujo título é "A Psicografia ante os Tribunais", escrito por Dr. Miguel Timponi. A Federação ganhou a causa. Humberto, constrangido, ausentou-se por largo período e, quando retornou a escrever, usou o pseudônimo de Irmão X. Nas duas fases do Além, grafou 12 obras pelo médium Chico Xavier. "Crônicas de Além-Túmulo", "Brasil, Coração do Mundo, Pátria do Evangelho", "Boa Nova", "Novas Mensagens", "Luz Acima", "Contos e Apólogos" e outros foram livros que escreveu para deleite de muitas almas. Nas primeiras mensagens temos um Humberto bem humano, com características próprias do intelectual do mundo. Logo depois, ele se vai espiritualizando, sutilizando as idéias e expressões, tornando-se então o escritor espiritual predileto de milhares. Os que lerem suas obras de antes, e de depois, de morto, poderão constatar a realidade do fenômeno espírita e a autenticidade da mediunidade de Chico Xavier. O mesmo estilo, o mesmo estro! Fonte: Revista REFLEXÕES Edição n.º 5 - Maio de 1999 - Fernandópolis - SP – Brasil
128 a. falece JOSÉ BONIFÁCIO, patriarca da independência, em 25 de outubro de 1886.
118 a. nasce JOSÉ DE MOURA REZENDE em 25 de outubro de 1896. Falece em 20 de dezembro de 1965. Formado em DIREITO pela Faculdade do Rio de Janeiro, na turma de 1919. Formado em CONTABILIDADE pela Escola de Comércio ÁLVARES PENTEADO, em 1914. Delegado de Polícia em IBIÚNA – SP em 1920. Promotor Público em CAÇAPAVA. Vereador à Câmara Municipal de CAÇAPAVA, (1923/26). Prefeito do Município de CAÇAPAVA, em 1926/30. Constituinte em 1935. Deputado Estadual, em 1935/37. Diretor do Departamento Estadual do Trabalho, em 1938/39. Secretário de Estado do Interior e Justiça, em 1939/41. Interventor Federal Interino em São Paulo em 1939. Fundador e Secretário do PARTIDO REPUBLICANO – PR – em 1945 e 1947. Membro do Conselho Administrativo de São Paulo, em 1947. Secretário de Estado da Educação, em 1947/50. Deputado Federal (1951/53).  Secretário de Estado da Educação em 1953/54. Ministro do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo em 1954/65. Presidente do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo em 1958.
116 a. das publicações no jornal DIÁRIO POPULAR de 25 de outubro de 1898: o ilustre presidente paulista eleito presidente da República, doutor CAMPOS SALLES, partirá para o RIO DE JANEIRO, para tomar posse de seu elevado cargo, no dia 5 de novembro próximo.
Chegou hoje pelo noturno a esta capital a filha de CARLOS GOMES, senhorita ÍTALA GOMES. Na gare achavam-se o seu tio, o maestro SANT´ANNA GOMES, TILDE MARAGLIANO e família, o senhor LUIZ LEVY e família e outras pessoas.
Informa O PAIZ que se ao doutor CAMPOS SALLES couber a nomeação da comissão do AMAPÁ, ela se comporá exclusivamente do BARÃO DO RIO BRANCO, seu filho, o doutor SILVA PARANHOS e do senhor DOMÍCIO DA GAMA.
Os jornais buenairenses desmentem os boatos que correram em MONTEVIDÉU de terem se sublevado os batalhões de JAGUARÃO e outros pontos do RIO GRANDE DO SUL.
Vários acontecimentos políticos em ESPANHA têm precipitado receios de uma próxima revolução. No interior continuam exaltados os ânimos, havendo diversos conflitos.
Nega-se que o governo francês esteja fazendo preparativos de guerra; entretanto há grande movimento nos arsenais de TOULON, preparando alojamentos para artilharia e munições.
Os nossos títulos foram ontem cotados no mercado de LONDRES a 54, os da OESTE DE MINAS a 59 e os do arranjo financeiro a 82.
O GENERAL SIR HORÁCIO KITCHENER, que já tinha o título de pachá, concedido pelo kediva do EGITO e que já ocupava o cargo de sirdar (comandante supremo das forças egípcias), foi agraciado pelo governo da rainha VITORIA com o título de BARÃO DE KARTUM. Esse honra foi como que o prêmio à arriscada empresa do general inglês, o vencedor de OSMAN DIGMA.
SALISBURY convocou um conselho de membros para tratar da questão da FASHODA, visto estarem turvas as relações entre a INGLATERRA e a FRANÇA.   
111 a. da publicação no jornal O ESTADO de que “corre que houve séria complicação na questão do ACRE, em 25 de outubro de 1903. O Exército e a Marinha estão desgostosos com a cessão do território pertencente a MATO GROSSO e com a avultada indenização à BOLÍVIA. O Governo está ciente do descontentamento dos militares. Asseveram que os senhores Marechal ARGOLLO e LAURO MULLER não aceitarão o acordo. O Senhor RUY BARBOSA deixou a missão, por ser contrário, principalmente, à cessão do território. O Senhor JOAQUIM MURTINHO combaterá o acordo  no Senado”.
107 a. da morte do BARÃO DE LADÁRIO. A família do ilustre morto comunicou por carta ao governo e ao Senado o doloroso acontecimento. O enterro realizou-se em 26 de outubro de 1904, no cemitério de SÃO JOÃO BATISTA, sendo-lhe prestadas honras de ALMIRANTE.
105 a. nacionalista coreano mata ITO HIROBUMI, presidente geral da CORÉIA durante a ocupação japonesa, em 25 de outubro.
104 a. (NOVA YORK) Os jornais de 25 de outubro de 1910 publicam que o governo dos ESTADOS UNIDOS declarou-se de inteiro acordo com a atitude da INGLATERRA, da FRANÇA, da ESPANHA e dos demais governos europeus, relativamente ao reconhecimento da REPÚBLICA DE PORTUGAL. 
102 a. Em SÃO PAULO sabe-se que a THE SÃO PAULO TRAMWAY LIGHT AND POWER COMPANY LIMITED submeteu ontem à aprovação do senhor secretário da Agricultura o projeto da nova iluminação elétrica da Avenida PAULISTA . (publicado no jornal O ESTADO DE SÃO PAULO de 25 de outubro de 1911).
101 a. nasce KLAUS BARBIE, em BAD GODESBERG, no dia 25 de outubro de 1913. Foi um temido oficial da SS, conhecido pela brutalidade com que torturava os seus prisioneiros. Foi um dos operacionais responsáveis pelo HOLOCAUSTO. BARBIE morreu de leucemia na prisão de LYON em 25 de setembro de 1991, quatro anos depois do pronunciamento de sua sentença. Sua biografia consta de minhas memórias em 25 de setembro.
  94 a. rei ALEXANDER, da GRÉCIA, morre envenenado depois de ter sido mordido por um macaco, em 25 de outubro de 1920.
  91 a. da tragédia passional: MOACYR TOLEDO PIZA, brilhante advogado e audaz escritor que toda SÃO PAULO admirava, assassina sua amante NENÊ ROMANO na esquina da Avenida ANGÉLICA com a Rua SERGIPE e depois se suicida, em 25 de outubro de 1923. NENÊ ROMANO conquistou dezenas de fãs em SÃO PAULO, incluindo nesta conta o presidente do Estado, WASHINGTON LUÍS. A cortesã trabalhava numa casa da Rua BENTO FREITAS, no centro. Amada pelos homens, NENÊ era simplesmente desprezada e odiada pela mulheres da alta sociedade paulistana. Tanto que, em 1918, a cortesã levou uma navalhada no rosto, de dois capangas a mando da filha da poderosa fazendeira MARIA EUGÊNIA JUNQUEIRA – a garota ficou enciumada depois de ver seu pretendido jogar um bilhetinho para NENÊ no corso carnavalesco da Avenida Paulista.
Decidida a se vingar, NENÊ contratou o advogado MOACYR DE TOLEDO PIZA, de 32 anos, sobrinho de senador, irmão de deputado, redator de vários jornais e ex-delegado de polícia nas cidades de CRUZEIRO e BRAGANÇA. NENÊ gostou de MOACYR. MOACYR se apaixonou por NENÊ. Um relacionamento recriminado em toda a sociedade da época. Os dois ficaram juntos por dois anos, até que a cortesã começou a sair com outros homens.
Em 25 de outubro de 1923, MOACYR foi procurá-la em sua casa, mas NENÊ estava de saída. Entraram no carro. Ele pediu para voltar: ela disse não. Na esquina da ANGÉLICA com a SERGIPE, MOACYR tirou o revólver do bolso, deu quatro tiros em sua amada e se matou. Antes do crime, deixou um poema. “Deus, tu que és bom, tu que és consolo e abrigo/ De todo o coração amargurado, como assim pode ver-me desgraçado por um amor que me é como castigo/ O amor a uma mulher que faz de um homem um assassino.”
No dia seguinte, o jornal “O COMBATE” descrevia minuciosamente o episódio, num longo artigo de primeira página, intitulado “PAIXÃO FATAL”. A reportagem condenava: “Matou-se MOACYR PIZA, o brilhante escritor, depois de ter matado NENÊ ROMANO, a mulher fatal, que tinha um rosto de anjo e uma alma perversa”.
Em 7 de maio de 2008, na CASA DAS ROSAS, em pré-estréia, o filme DESATINO conta a história de amor entre NENÊ ROMANO e MOACYR TOLEDO PIZA. LINA MACHIAVERNI, garota italiana que aos 2 anos desembarcou na SÃO PAULO conservadora da década de 1920, ex-costureira do BRÁS e ex-camareira de um hotelzinho fuleiro na RUA BOA VISTA, era dona de uma beleza estonteante. Cabelos curtos, 1,68 metros de altura, corpo frágil, um rosto aristocrático, lábios sempre pintados. Mas eram os seus olhos, aqueles olhos amendoados e dissimulados, que levaram dezenas de homens respeitados à loucura. E que levaram à tragédia.
Mais de oito décadas depois, os mesmos olhos chamaram a atenção de DIMAS DE OLIVEIRA JÚNIOR, de 49 anos, documentarista com 35 filmes no currículo e uma curiosidade mordaz pelas histórias esquecidas de SÃO PAULO. Podemos dizer que o olhar de LINA continua infalível. “Estava em casa, tranqüilo, folheando uma antiga revista MANCHETE, quando vi a foto da LINA MACHIAVERNI”, lembra. “Fiquei absolutamente enfeitiçado por aquela desconhecida... Aquele olhar penetrante... Ao ler a notícia, fiquei ainda mais impressionado. Aquela mulher passou a me dominar, não conseguia mais pensar em outra coisa. Conhecida em toda a cidade como NENÊ ROMANO, ela foi a cortesã mais bela e mais famosa da época, e não era para menos. Também foi protagonista de um estrondoso escândalo na alta sociedade paulistana. Sabia, naquele instante, que era um episódio que não podia continuar desprezado.”
“A NENÊ saiu como a vilã, a vampira da história, mas ela foi um marco na nossa sociedade”, diz DIMAS DE OLIVEIRA JÚNIOR, que, empolgado com o resultado de um filme de sua autoria, já se prepara para filmar as histórias do CASTELINHO DA RUA APA, da morte de SOFIA PEIXOTO GOMIDE (assassinada pelo pai em 1906) e do tenente da Força Pública, JOÃO ANTÔNIO DE OLIVEIRA, conhecido como TENENTE GALINHA. 
  84 a. líderes oligárquicos, sob a chefia de GETÚLIO VARGAS, depõem JÚLIO PRESTES e dão fim à REPÚBLICA VELHA. Eles estavam insatisfeitos com a política do “CAFÉ COM LEITE”, que unia paulistas e mineiros se alternando no comando da política nacional. O jornal DIÁRIO POPULAR noticiou: “Vitória da Revolução Brasileira” e comemorou o fim da “luta fratricida que ameaçava ensangüentar o BRASIL”.
  78 a. ALEMANHA nazista e a ITÁLIA fascista assinam um acordo de amizade que os isola no cenário internacional, em 25 de outubro de 1936. Durante a SEGUNDA GUERRA MUNDIAL, a amizade entre BERLIM e ROMA tomaria proporções militares. 
  77 a. falece FERNANDO PRESTES DE ALBUQUERQUE, em 25 de outubro de 1937. Nasceu em 26 de junho de 1855. Foi presidente do Estado de SÃO PAULO nos anos de 1898/1900 e 1910.
  76 a. da ESTAÇÃO JÚLIO PRESTES, inaugurada em 25 de outubro de 1938.
  76 a. suicida-se em MAR DEL PLATA a poetisa ALFONSINA STORNI, em 25 de outubro de 1938.
  63 a. falece no exílio, na FRANÇA, dona AMÉLIA DE ORLEANS e BRAGANÇA, última rainha de PORTUGAL, no dia 25 de outubro de 1951.
  58 a. poeta espanhol JUAN RAMÓN JIMÉNEZ recebe o Prêmio NOBEL DE LITERATURA, em 25 de outubro de 1956.
  54 a. nasce meu filho MÁRIO DE CAMPOS VENTURA em 25 de outubro de 1960 e falece em 12 de setembro de 1998, de maneira repentina e chocante. Discute com um funcionário da prefeitura o fato de ter nove multas por causa de uma moto e, no calor da discussão, desfalece e entra em estado de coma. Com falta de oxigênio no cérebro, é socorrido a um hospital em FERRAZ DE VASCONCELOS e não mais volta à consciência. Morre aos 38 anos, solteiro, deixando enorme lacuna para seus familiares.
  52 a. da ASSOCIAÇÃO CRISTÃ DE MOÇOS, em GUARULHOS. Foi fundada em 25 de outubro de 1962.
  51 a. das anotações feitas em 25 de outubro de 1963 (sexta-feira). ANO 14º - MÊS 4º - DIA 108º - 5 anos e 143 dias na FORÇA PÚBLICA – 49º dia como ASPIRANTE – 36º dia no BATALHÃO DE GUARDAS.
Até às 9 horas sou Oficial de Dia. De manhã, pouco depois das 6 horas, transmiti ao Comandante e ao SubComandante da Unidade os acontecimentos  de ontem à noite. Os oficiais nada sabiam do caso e foi motivo de conversação durante boa parte da manhã.
Entrego o serviço de Oficial de Dia ao 2º TENENTE JOÃO BOSCO PASIN, deixando o batalhão pouco após 10 horas.
Passo pela alfaiataria INDEPENDÊNCIA, onde ainda devo CR$5000,00 sobre a confecção de uma farda de Aspirante. Pago apenas CR$1000,00 deixando o resto para o final do mês.
Também passo pelo CFA, onde converso com alguns ex-colegas da Escola de Oficiais: LUÍS ANTONIO HARDT, VALÉRIO, EDUARDO ASSUMPÇÃO e outros. Também converso com os tenentes PAULO MACHADO, NIKOLUK e outros.
Em casa, almoço e descanso. São 16 horas quando um soldado do BATALHÃO DE GUARDAS vem me entregar uma Ordem de Serviço, na qual devo estar no batalhão, amanhã, às 13 horas, para rumar para o IBIRAPUERA, onde renderei o ASPIRANTE BORINI SOARES.
Descanso durante o resto da tarde e os programas de televisão começam com o REPÓRTER ESSO no canal 4. Tivemos depois: CLUBE DOS ARTISTAS, PATRULHA FANTASMA e O MUNDO É DAS MULHERES.
Meu filho MÁRIO DE CAMPOS VENTURA completa nesta data o seu terceiro aniversário. Fizemos uma pequena comemoração, sem alarde e singela. Foi essa uma boa data e ainda nela escrevo o diário, leio alguma coisa, deixando o dia passar com felicidade.   
  50 a. dos apontamentos realizados no dia 25 de outubro de 1964 (domingo). ANO 15º - MÊS 4º - DIA 108º - 6 anos e 143 dias na FORÇA PÚBLICA - 155 dias como 2º TENENTE - 402 dias no BATALHÃO DE GUARDAS.
MARIO DE CAMPOS VENTURA, nascido a 25 de outubro de 1960, completa nesta data seu quarto aniversário.
Já pela manhã vou ao BAR DO MATOS buscar as "empadinhas" que haviam sido encomendadas para a festa do aniversário.
Encontro-me com diversos alunos oficiais conhecidos do 2º CP, que nesta data estavam de serviço na guarda do CFA. Isso me faz lembrar em parte os anos que passei no CENTRO DE FORMAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO e que já parecem estar bem distantes.
Converso com o 2º TENENTE Ref BALBINO e com o 1º SARGENTO BENEDITO CUSTÓDIO, moradores na VILA AURORA.
Mais tarde vou buscar minha esposa na feira do MANDAQUI.
Após o almoço ouço algumas partidas de futebol: pela TAÇA BRASIL, o SANTOS derrota e elimina, no PACAEMBU, a equipe do ATLÉTICO MINEIRO por 5 a 1. O SÃO PAULO, time ruinzinho neste campeonato de 1964, apanha do GUARANI por 2 a 0.
Vou buscar, em seguida, o bolo do aniversário e, ao voltar, já encontro meus tios EDUARDO e IRENE em meu lar.
A festa do meu filho MÁRIO, referente ao seu quarto aniversário, transcorre num ritmo de familiaridade, apenas com meus tios EDUARDO, IRENE e a filhinha do casal, RITA REGINA.
Somente às 22 horas é que meus tios voltam para a FAZENDINHA e eu os acompanho até a casa deles. Para mim o domingo foi muito bom e termina tarde.  
  43 a. CHINA entra para a ONU, enquanto TAIWAN é expulsa por causa de uma fase de isolamento diplomático, em 25 de outubro de 1971.
  39 a. do assassinato de WLADIMIR HERZOG, no antigo DOI-CODI, em 25 de outubro de 1975.
  35 a. de minhas anotações em 25 de outubro de 1979: mais uma vez os oficiais da reserva e da ativa que freqüentam o Ginásio de Esportes “DELPHIN BALANCIER” às terças e quintas-feiras se fazem presente no CPChq. Comentamos os quatro anos da morte de WLADIMIR HERZOG. O TENENTE-CORONEL PM JÚLIO PAULO BELICKAS está escalado como Superior à Operação “VALE” desencadeada hoje. Muito calor nesta data. Sinto-me que a pressão arterial sobe e isso causa problemas para minha saúde. Procuro repousar na hora do almoço. Não adianta muito. Na Avenida BRIGADEIRO FARIA LIMA acontece um assalto à JOALHERIA ESTELA E SIMONE, com roubo em 5 milhões de reais em jóias. Também temos um incêndio de grandes proporções na COMERCIAL E IMPORTADORA BENJAMIN, na VILA GUILHERME. Uma explosão numa galeria da Light causa a morte de uma criança de três anos. No retorno a GUARULHOS, ao passar pela Marginal TIETÊ, vejo que o incêndio causa sérios transtornos ao tráfego de veículos. Debilitado pela pressão alta não consigo assistir os noticiosos da TV e vou deitar muito cedo. Hoje meu filho MÁRIO está completando 19 anos. Encontra-se com familiares na cidade de POÁ.  
  34 a. descoberto em CÁDIZ o teatro romano mais antigo da ESPANHA, em 25 de outubro de 1980.
  31 a. da INVASÃO DE GRANADA, pelas tropas norte-americanas, em  25 de outubro de 1983.
  30 a. da USINA HIDRELÉTRICA DE ITAIPU, inaugurada em 25 de outubro de 1984. JOÃO BAPTISTA FIGUEIREDO e ALFREDO STROESSNER inauguram a central hidrelétrica de ITAIPU.
  30 a. RAINER DARZEL, presidente do BUNDESTÃG, o Parlamento alemão, renuncia ao cargo depois que a investigação junto a um escritório de advogados de FRANKFURT revela que ele havia sido subornado pela empresa FLICK e estava envolvido num escândalo de doações não declaradas ao partido, em 1984.   
  27 a. VIAGEM DE ESTUDOS em 25 de outubro de 1987. Começamos o domingo em FORTALEZA com uma alteração nos relógios. Somos obrigados a adiantar uma hora, iniciando o horário de verão. Acordo lá pelas 7:30 horas, sem nenhum compromisso. Um ônibus da PM local levará os que quiserem para uma excursão logo mais.
Às 8:30 horas estamos tomando café no restaurante do PONTA MAR HOTEL. Mais tarde, lá pelas 9:15 horas, o TENENTE-CORONEL PM NEY sai para um passeio de barco (passeio de escuna pela orla marítima de FORTALEZA, marcado para 10/12 horas). Não estou com vontade de andar em bando. O CSP irá, num ônibus, até a PRAINHA e IGUAPE. Assisto SOM BRASIL na TV VERDES MARES. Continuo com problemas estomacais. Sinto saudade de casa. Isso é imponderável. Embora saiba que daqui há cinco dias estarei retornando a SÃO PAULO, relembro da LUCINDA e do PAULO CÉSAR. Sinto muito a falta de seus cuidados para comigo, apesar da mordomia oferecida pelos hotéis.
A praia do MEIRELLES é algo deslumbrante e ficará na saudade, já a partir de amanhã, quando deixaremos FORTALEZA. Nosso último compromisso formal é o almoço no Quartel do Comando Geral. Às 16 horas, estaremos voando para MANAUS, a terceira etapa da nossa viagem de estudos. Olhando essa bonita praia, sinto que a LUCINDA e o PAULO CÉSAR gostariam muito de estar comigo.
Uso, portanto, a manhã do domingo para reflexão. As emissoras de TV no domingo são ligadas em programas sertanejos.
Na frente do hotel, à tarde, conversamos com o representante da VASP, o LUÍS ALBERTO, que nos acompanha nessa viagem; com o TENENTE-CORONEL GONZÁLEZ, da Polícia Nacional da BOLÍVIA e com os TENENTES-CORONÉIS ANTÔNIO e GONÇALVES. O LUÍS CARLOS faz muitas perguntas ao oficial da BOLÍVIA sobre o seu país. Ele muito interessado em história. Conta muita coisa sobre a aviação.
Assisto, pela COPA UNIÃO: FLUMINENSE 1 x VASCO 0. CORINTHIANS e PALMEIRAS ficam no zero a zero.
Na noite, conversas com alguns companheiros: PORT, TADAO, GONÇALVES, ANTÔNIO, SÍLVIA, ISAAC e outros.
CORONEL PM NIOMAR CYRNE BEZERRA, nosso Diretor de Ensino e Instrução, chega ao hotel às 22:30 horas. Viajará conosco para MANAUS amanhã. O Cmt Geral da Polícia Militar do CEARÁ está com ele, bem como o CORONEL PM CARLOS FUGA.
No apartamento, assisto na TV VERDES MARES (GLOBO) o filme FELIZ ANIVERSÁRIO PARA MIM uma produção norte-americana de 1981, com GLENN FORD, LAURENCE DANE, MELISSA SUE ANDERSON. Numa sofisticada escola, a Academia CRAWFORD, uma série de horríveis crimes contra os alunos adolescentes é cometida em intervalos regulares. Em meio à confusão e ao terror entre os estudantes, que têm certeza de que o assassino é um deles, um psiquiatra, Dr FARADAY (GLENN FORD) cuida de uma jovem (MELISSA) com graves problemas de comportamento.  
  26 a. falece o ator teatral FLÁVIO RANGEL, em 25 de outubro de 1988, no RIO DE JANEIRO. É enterrado em SÃO PAULO. Nasceu em 6 de agosto de 1934, na cidade paulista de TABAPUÃ. Trabalhou no cinema, no palco e na TV. Atuou também como jornalista, radialista, cenógrafo e iluminador. Dirigiu peças importantes, como “A MORTE DO CAIXEIRO VIAJANTE”, “UM BONDE CHAMADO DESEJO”, “ESPERANDO GODOT” e “HAMLET”. Uma praça em sua homenagem fica na FREGUESIA DO Ó. 
  25 a. falece a escritora MARY Mc CARTHY, em 25 de outubro de 1989.
  24 a. da visita dos oficiais do CPAM-4 a IRMÃOS BORLENGHI LTDA, no dia 25 de outubro de 1990. Os dirigentes dessa indústria: TÉRCIO BORLENGHI, HENRIQUE BORLENGHI, BENEDITO XAVIER PEREIRA receberam-me como Comandante da Área Leste e meus oficiais: TENENTE-CORONEL PM PAULO MIRANDA DE CASTRO (Cmt 2º BPMM), TENENTE-CORONEL. SOLA (Cmt 8º BPMM), TENENTE-CORONEL PM ANTÔNIO BRANCO (Cmt 19º BPMM), TENENTE-CORONEL PM VALDEMAR GONÇALVES (Cmt do 21º BPMM) e os MAJORES MANOEL ABISSI NOGUEIRA, AGILDO, GONZAGA e PIRES.  
  23 a. falece, em desastre aéreo, o roqueiro BILL GRAHAM, em 25 de outubro de 1991.
  22 a. falece o Cel. Ref. JOÃO URBANO DE AGUIAR, em 25 de outubro de 1992.
  21 a. falece o ator VINCENT PRICE, ícone do terror nos anos 1960, aos 82 anos por causa de um câncer pulmonar e do percussionista de jazz BRUNO CARR, em 25 de outubro de 1993.
  21 a. dos dois atentados do EXÉRCITO REPUBLICANO IRLANDÊS (IRA), em 25 de outubro de 1993. Bombas desarmadas e alarmes falsos provocaram o caos no sistema de transporte ferroviário de LONDRES. Uma bomba explodiu na linha do trem que liga LONDRES a READING, 40 km a oeste da capital britânica. Uma bomba incendiária danificou uma ponte em BUCKINGHAMSHIRE, a noroeste, provocando a interrupção dos trens de e para LONDRES. Ninguém saiu ferido.
  20 a. do crime de SUSAN SMITH, nos EUA. Ela jogou seu carro num lago, nos arredores de UNION, com seus filhos MICHAEL e ALEX dentro, perecendo afogados, em 25 de outubro de 1994.
  20 a. do PLANO MR-29, em 25 de outubro de 1994. No combate à criminalidade no quadrilátero conhecido como “cracolândia” essa Operação até que deu certo. Envolvimentos políticos atrapalharam a continuidade da ação, embora muito bem planejada.
  20 a. VATICANO estabelece relações oficiais e permanentes com a OLP, a ORGANIZAÇÃO PARA A LIVRE PALESTINA, em 25 de outubro de 1994.
  19 a. falece a atriz sueca VIVECA LINDFORS, em 25 de outubro de 1995.
  18 a. da internação do cantor NELSON GONÇALVES, de 77 anos, vítima de infarto, em NITERÓI, no dia 25 de outubro de 1996.
  18 a. brasileiros ZÉ MARCO e EMANUEL conquistam o Campeonato Mundial de Vôlei de Praia, em FORTALEZA, por antecipação, em 25 de outubro de 1996. As duas equipes adversárias haviam sido derrotadas duas vezes e ficaram fora da disputa. 
  17 a. transf. Reserva: CORONEL PM ADONIS MARCUS GRILLO, CORONEL PM VÁLTER CAETANO DE SOUZA, TENENTE-CORONEL Fem PM MARIA IZABEL BESSE e 1º TENENTE PM JOSÉ LUIZ MARTINEZ, em 25 de outubro de 1997. Outras anotações nesta data: JACQUES VILLENEUVE sairá na frente de SCHUMACHER na disputa pelo título mundial de Fórmula 1 em 1997. O inédito é que nos treinos desta manhã para a formação do “grid” de largada para o GP DA EUROPA, em JEREZ DE LA FRONTERA, é que VILLENEUVE, SCHUMACHER e FRENTZEN fazem o tempo de 1 minuto, 21 segundos e 072. Nunca aconteceu isso antes. Em quarto sairá DAMON HILL; em quinto está MIKA HAKKINEN, com DAVID COULTHARD em sexto. O brasileiro RUBENS BARRICHELLO fica apenas com o 12º tempo. PEDRO PAULO DINIZ fica em 13º lugar.
O holandês RICHARD KRAJICEK, 16º do ranking, e o checo PETR KORDA, 17º, disputarão amanhã a final de tênis de STUTTGART. KRAJICEK derrotou o sueco JONAS BJORKMAN e KORDA venceu o australiano PATRICK RAFTER.
OSCAR MARONI, o industrial da "PROPOSTA INDECENTE" de colocar um preservativo monstro no OBELISCO, insiste em falar comigo e oferecer dinheiro e outras vantagens, desesperado para levar avante o seu projeto. Como ele fala que tem um sítio em ARAÇATUBA, colocando-o à minha disposição, indico o veterano GERALDO FARIA MARCONDES, que também possui casa naquela cidade. Mais tarde ligo para o senhor MARCONDES e o coloco a par do que está acontecendo no MMDC. 
Durante o transcorrer deste sábado releio outubro de 1953, quando eu tinha apenas 16 anos de idade. Transcorridos 44 anos, posso avaliar com muita serenidade um dos episódios ruins de minha infância. Morando encostado no Ginásio de POÁ, de propriedade da família FONSECA, adentrei àquele estabelecimento com um colega, JOÃO ERASTO BUENO NETO, para ajudá-lo na adulteração de suas notas. Foi uma molecagem desastrada, porque não precisava fazer isso, já que era um dos primeiros alunos da quarta série ginasial. Apenas a idéia de ajudar o colega, o espírito de aventura, sem avaliar as conseqüências, originou a minha saída do ginásio, com grandes dores de cabeça para meus pais, quanto à continuidade de meus estudos. Fui concluir o ginásio em ITAQUERA, com ótimo aproveitamento (apenas três alunos receberam o diploma sem precisar fazer segunda época). São tristes momentos na vida da gente, quando ainda não temos a concepção do certo e errado bem formada. Releio também outubro de 1990 e 1996, fazendo uma viagem pelas páginas de minhas memórias.
Acompanho os jogos do Campeonato Brasileiro: INTERNACIONAL 4 x FLAMENGO 0; PORTUGUESA 1 x GOIÁS 2; SANTOS 3 x BAHIA 1.
O JORNAL NACIONAL mostrou ANA PAULA CALDEIRA, aos 13 anos de idade. Trata-se do primeiro BEBÊ DE PROVETA. ANA PAULA nasceu em 7 de outubro de 1984.      
 16 a. da beatificação de FREI GALVÃO, em 25 de outubro de 1998, depois de um processo que selecionou cerca de 23 mil graças e demorou 11 anos para ser concluído. O milagre reconhecido pelo VATICANO foi a cura da menina DANIELA CRISTINA DA SILVA, na época com 4 anos. Em 1990, ela estava internada no Hospital EMÍLIO RIBAS, na Capital, com hepatite B. Sem chance de sobreviver, a menina tomou a pílula de FREI GALVÃO, dada pela mãe, e teria sido curada. Como a medicina não conseguiu explicar a cura, a SANTA SÉ atribuiu o milagre a FREI GALVÃO e ele foi beatificado. FREI GALVÃO viveu para ajudar os pobres e doentes. Foi chamado pelo PAPA JOÃO PAULO II como “o homem da paz e da caridade”. Além de ser o protetor das mulheres grávidas, é também o patrono da construção civil no BRASIL. O título foi dado porque foi o frei quem construiu o MOSTEIRO DA LUZ em SÃO PAULO, em 1774.
 16 a. falece ETTORE VELARDI, antigo morador do Município de POÁ, em 25 de outubro de 1998.
 16 a. da cerimônia no VATICANO da beatificação de FREI GALVÃO, em 25 de outubro de 1998. Outras anotações nesta data: um domingo nublado, mas sem chuva. A temperatura cai. Vou votar na LIBERDADE, no Centro de SÃO PAULO. Nem MARIO COVAS (45), nem MALUF (11) por problemas morais e de consciência. Escolho para eles uma dezena pejorativa, bem merecida.
Em seguida, viajando de metrô, vou até a estação ARTUR ALVIM. Embarco no subúrbio. É um trem sujo, mal freqüentado e onde se vende todo tipo de bugigangas: pente, cadeado, guloseimas, água, refrigerantes, etc.
Encontro minha mãe nervosa. Sua pressão, medida pelo ADALVO, está 17 por 10. Sai um pouco de sangue pelo nariz. Ela apronta- devagar, a refeição. Enquanto isso, ADALVO e MARIZETE vão aprontando uma festinha pelos dez anos do FELIPE, completados no dia 20. Infelizmente, não posso comparecer nessa festa, porque a mãe desnaturada da MARIZETE (avó dele) está presente.
Dona LILICA e CABO PM RENATO VENTURA visitam minha mãe. Às 17 horas despeço-me deles todos e vou retornar a GUARULHOS: subúrbio até ARTUR ALVIM – metrô até a estação ARMÊNIA e ônibus EXPRESSO COCAIA. Durante a noite, pela TV, já se sabe que MARIO COVAS venceu o segundo turno em SÃO PAULO. Acaba o drama que durou grande parte do ano.
O cantor LATINO foi libertado por bandidos que o seqüestraram por engano. Voltou com o braço direito quebrado. Ele foi deixado na VIA DUTRA, na BAIXADA FLUMINENSE. Reconhecido por um fã, foi levado a um telefone público. LATINO ligou e pediu ajuda a seu empresário. Vou terminar esse domingo jogando algumas partidas de xadrez no computador, perdendo todas.     
 15 a. da ENTREVISTA com o Sr. HÉRBERT LEVY, proprietário da GAZETA MERCANTIL, em SANTO AMARO, em 25 de outubro de 1999. Presentes os Veteranos GERALDO FARIA MARCONDES, SILVEIRA PEIXOTO e o CORONEL RES. ANTÔNIO CARLOS MENDES. O veterano HÉRBERT LEVY era o último membro da fundação do Monumento–Mausoléu do Soldado Constitucionalista que ainda estava vivo. A finalidade foi a elaboração de um documento passando a responsabilidade do Monumento para a SOCIEDADE VETERANOS DE 32 – MMDC. Com essa medida tomada por HÉRBERT LEVY os direitos autorais sobre o Monumento Mausoléu passam para a SOCIEDADE VETERANOS DE 32-MMDC. Uma grande medida tomada pelo veteraníssimo, já entrado em idade avançada.
Outras anotações nesta segunda-feira: na FEBEM, unidade IMIGRANTES,  em dezoito horas de motim, um verdadeiro inferno: 16 reféns ficaram em poder dos rebelados. Quatro menores foram trucidados. Quando a Tropa de Choque entrou na ALA C, garotos jogaram uma cabeça carbonizada no peito de um soldado. Quase 30 internos e mais de 20 monitores ficaram feridos. Um dos motivos da rebelião foi o espancamento que teriam sofrido após o motim de sábado. Outra causa seria a ameaça de greve dos monitores e os internos temiam que, na ausência dos funcionários, a PM invadisse. Quatro menores morreram na mais violenta rebelião da história da FEBEM.
O edifício inacabado do TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO, na BARRA FUNDA, foi ocupado por 600 pessoas. Ao todo, desde domingo, foram seis prédios invadidos pelos SEM-TETO.
O DIÁRIO POPULAR publica hoje fotos de um homem, nu, amarrado e amordaçado, com o corpo coberto de tinta, tendo um caranguejo sobre o peito. Logo a PM divulga uma nota esclarecendo o que de fato aconteceu (o recorte de jornal está anexado ao diário). Com relação à matéria “TROTE, TORTURA OU ENCENAÇÃO” foi aberto Inquérito Policial Militar pela Corregedoria PM, objetivando a apuração de todos os fatos narrados. Quanto às fotos publicadas, levantamentos preliminares indicam que a pessoa deitada sobre a mesa era efetivamente um policial militar, e o fato sob exame tratava de uma brincadeira inconseqüente e descabida entre policiais, o que institucionalmente é proibido e repudiado, porém afasta por completo qualquer hipótese de tortura ou homicídio contra terceiros. Os fatos de deram a cerca de quatro anos no interior de uma Unidade da Baixada Santista e os resultados do IPM serão divulgados.  
Comento com os integrantes do MMDS esses casos. Recebo telefonemas do senhor GERALDO FARIA MARCONDES sobre a entrevista que faremos com o doutor HERBERT LEVY nesta tarde. Às 13:30 horas, encontro o CORONEL PM ANTONIO CARLOS MENDES. Aguardamos a chegada de uma KOMBI da Diretoria de Ensino e Instrução, com uma equipe da CENTRAL VÍDEO de Divisão de Treinamento, chefiado pelo TENENTE PM MICHEL.
Sofremos um atraso porque a KOMBI apresenta problemas de bateria. Partimos para a residência do senhor GERALDO FARIA MARCONDES. Um carro da Corregedoria também vem buscar o senhor MARCONDES e este parte para a residência do veterano SILVEIRA PEIXOTO. Enquanto isso, o CORONEL PM MENDES e eu vamos para a GAZETA MERCANTIL, onde o doutor HERBERT LEVY está nos esperando. É longe esse lugar, lá pelos lados de SANTO AMARO, após a ponte TRANSAMÉRICA.
Uma entrevista histórica acontece com os depoimentos dos três veteranos: GERALDO FARIA MARCONDES (completará 87 anos em 28 de outubro); HERBERT LEVY (fará 88 anos em 2 de novembro) e SILVEIRA PEIXOTO , já com 90 anos. Cada um conta um pedaço de sua participação no Movimento Constitucionalista de 1932. HÉRBERT LEVY foi capitão da COLUNA ROMÃO GOMES, a chamada COLUNA INVICTA.
A finalidade dessa entrevista seria consolidar a guarda do Monumento Mausoléu em depoimento de HERBERT LEVY, tesoureiro da Campanha Pró Construção do Monumento nos idos dos anos 1940/1950. Acontece que ele pouco se recorda disso. Fica acertado que o veterano SILVEIRA PEIXOTO e eu elaboraremos um documento para assinatura de HÉRBERT LEVY.
Tarde deixamos os escritórios de HÉRBERT LEVY. A KOMBI da DEI deixa-nos na Estação ARMÊNIA (o MENDES e eu). Regresso a GUARULHOS às 20 horas.     

ACONTECEU EM 2 000 : -   TERÇA-FEIRA

78a.CHACINA DO ANO:- Parque São Luiz, Avenida JOÃO PAULO I, em GUARULHOS- foram executados três homens.
Seis pessoas, entre ela duas crianças, um adolescente e um tetraplégico, foram assassinadas a golpes de faca, no PARQUE PAULISTANO, na zona Leste. SILAS FREIRE PINTOR, de 24 anos, matou a mãe, o padrasto e quatro vizinhos, que eram parentes do padrasto.

Um atentado a bomba, em um dos comitês do candidato a Prefeitura de GUARULHOS, ELÓI PIETÁ, esquentou a disputa na cidade. O atentado deixou feridos cinco militantes, que estavam no local, AV. ESPERANÇA, número 708, no centro do Município.

Um avião militar ILIUCHIN -18 caiu na GEÓRGIA, matando seus 82 ocupantes, incluindo oito crianças.

MERGULHADORES NORUEGUESES e RUSSOS iniciaram o resgate dos 118 tripulantes do submarino nuclear  KURSK, naufragado no dia 12 de agosto, e conseguiram levar quatro corpos para a superfície.   

FALECEU o jornalista JOSÉ CARLOS GOMES, 64 anos, que processava a SOUZA CRUZ. Sofria de enfizema pulmonar e morreu em virtude de falência múltipla dos órgãos. Entre 1992 e 1993, ele teve de amputar as duas pernas devido a problemas circulatórios. Também foi vítima de dois derrames cerebrais, que aconteceram em 1997 e 1998 e causaram paralisia no lado direito de seu corpo. Em abril de 2000, GOMES gravou uma propaganda no Ministério da Saúde em que denunciava os efeitos nocivos do fumo.

EXONERADO o superintendente da Polícia Federal em SÃO PAULO, YOKIO OSHIRO. A decisão foi tomada pelo diretor-geral do órgão, AGÍLIO MONTEIRO FILHO. OSHIRO é o responsável pela equipe que procura o Ex-juiz NICOLAU DOS SANTOS NETO, foragido há seis meses.

ACONTECEU EM 2 001 : -  QUINTA-FEIRA
Quando chego no MMDS, os integrantes da Entidade querem que eu resolva uma pequena discussão entre CRISTIANO, LUZ e ADONIAS. O motivo é a divisão de aulas que causou um mal entendido. Logo colocamos tudo nos seus devidos lugares. Não há notícias do Seminário de PORTO SEGURO. Segundo tudo indica, irá se encerrar nesta semana.
Já na Sociedade Veteranos de 32-MMDC o clima é pesado. Dona CÉLIA e Dona IRENE não vinham se entendendo. Houve queixa de Dona CÉLIA ao senhor MARCONDES e este conversou comigo e com o senhor PIRES, achando melhor dispensá-la. 

DIA DESAGRADÁVEL NA SOCIEDADE VETERANOS DE 32-MMDC
O caso da dispensa de Dona IRENE, no final de contas, caiu nas minhas mãos quando o contador FRANCISCO telefonou para mim e pediu para chamar a funcionária. Somente nesse instante é que ela tomou ciência que estava sendo mandada embora. Na Sociedade é sempre assim: os “abacaxis" acabam sobrando para o secretário, porque é o único que diariamente está presente no MMDC. O Cel. ANTÔNIO CARLOS MENDES passa pelo MMDC, mas fica pouco tempo conosco. O Sr. PIRES não comparece na Sociedade, querendo ficar longe do problema envolvendo a dispensa de Dona IRENE.
Vamos encaminhar um ofício ao Secretário do Governo e Gestão Estratégica sobre o problema da PENSÃO ESPECIAL às viúvas, motivo de uma carta do escritor ANTÔNIO ANDRADE à Sociedade. Quando falece o ex-combatente, a viúva em de provar que ele esteve na Revolução. Isso é algo revoltante. Geralmente a viúva é bem idosa e não tem condições de procurar os seus direitos. Na maioria das vezes, dado o tempo transcorrido, nada mais se acha. 
 
FALECEU a princesa SORAYA ESFANDIARI BAKHTIARI, segunda mulher do último xá da PÉRSIA, REZA PAHLEVI, aos 69 anos, em seu apartamento em  PARIS. Aparentemente, ela morreu de "causas naturais". Famosa pela sua beleza, SORAYA teve sua vida marcada por ter sido repudiada pelo xá sete anos após o casamento, pelo fato de não poder ter filhos. REZA PAHLEVI morreu de câncer em 1980, no EGITO.

A milícia TALEBAN esta armando a população civil do AFEGANISTÃO. Assim, o grupo quer defender-se dos ataques americanos e do grupo da oposição ALIANÇA DO NORTE. Estão sendo montadas baterias anti-aéreas nos telhados. A ONU prepara um governo pós-TALEBAN, apoiado por uma força militar internacional e com representantes de doze tribos afegãs.
As bactérias ANTRAZ da carta enviada ao senador TOM DASCHLE são mais perigosas que as outras. Testes revelaram que os esporos são menores, modificados com fins militares. Mais dois americanos estão com ANTRAZ.  O serviço secreto dos EUA investiga frascos com a bactéria salmonela enviados ao ex-presidente BILL CLINTON.

BIANCA MARIA PROENÇA viajava no ônibus da VIAÇÃO JARAGUÁ que fazia o itinerário ANA ROSA-MORRO GRANDE, quando um VECTRA "fechou" o coletivo. Ao frear o ônibus, BIANCA foi arremessada para fora do coletivo, pelo vidro da frente. Sofreu um hematoma na cabeça e seu estado não é grave.

O PM RONALDO GONÇALVES chegava em sua casa quando foi abordado por dois homens que queriam sua motocicleta. Ele teria tentado fugir e os bandidos atiraram. O crime ocorreu por volta das 19h50, na rua PEDRO PIRES, no bairro VILA CARRÃO, zona leste da Capital. GONÇALVES ainda foi socorrido ao Hospital TATUAPÉ, mas não resistiu aos ferimentos. Ninguém foi preso.

QUEBRA DA SOLETUR DEIXA 7.000 TURISTAS NA MÃO. A maior operadora de turismo do pais anunciou ter pedido falência em razão de dívida de trinta milhões de reais, contra um patrimônio de vinte e cinco milhões. A SOLETUR vinha em processo de individamento desde 1999. A crise teria piorado após os atentados terroristas nos EUA, com a queda das viagens. O pedido de falência pegou de surpresa cerca de sete mil compradores de pacotes turísticos, mil destes já totalmente pagos.

Ontem, um bando de pelo menos quatro marginais deu mais de vinte tiros na casa do  PM DANIEL CARLOS VALÊNCIO, de 38 anos, na Rua CANDEL, no JARDIM PRESIDENTE DUTRA. Ao verem que a família não estava, os delinqüentes invadiram a residência e incendiaram todos os três cômodos. Os criminosos também atiraram nas paredes internas e picharam dois metros da parede da cozinha.


2 002  :  -   SEXTA-FEIRA
A edição do JORNAL DA TARDE de 25 de outubro mostrava que três ladrões haviam atirado no carro onde estava o filho do governador GERALDO ALCKMIN e seus seguranças. Todos foram presos. Além disso, para celebrar o DIA INTERNACIONAL DO MACARRÃO, o caderno VARIEDADES havia feito um roteiro especial. No esporte, a ausência de KAKÁ e LUÍS FABIANO na rodada preocupava a torcida.   

A REPÚBLICA DE VILA MARIANA, comemorando seu segundo aniversário, tem o prazer de convidá-lo para a cerimônia do hasteamento da BANDEIRA OFICIAL DA VILA MARIANA.
25 DE OUTUBRO DE 2002, ÀS 11 HORAS.
RUA VERGUEIRO 2.625, em frente ao Reservatório Cultural da SABESP. Após a cerimônia haverá recepção no RESTAURANTE LIVORNO.
Querendo assistir essa solenidade, vou descer na Estação ANA ROSA, viajando de metrô desde a Estação ARMÊNIA. O relógio digital que fica na Vergueiro, perto do local da cerimônia, marca 33 graus de temperatura. Ali vamos encontrar o presidente da SODEPRO, WÁLTER TAVERNA, que também é conselheiro do MMDC, bem como PEDRO PAULO PENNA TRINDADE, MARIA CECÍLIA NACLÉRIO HOMEM, LUIZ SÉRGIO CARRARO e a figura caricata e ridícula do Coronel ARY CANAVÓ, com um medalhão no pescoço e fitas nas cores da bandeira paulista. Embaixo de um sol forte, são hasteadas as bandeiras nacional, paulista e da República da Vila Mariana. Algumas pessoas tentam falar no ato, mas o trânsito não permite escutar as palavras.
Já passando das 12 horas, vou almoçar na Associação dos Oficiais da Reserva com: OREZ, AMÉRICO e CRISTIANO. Ali estão: Coronel EDILBERTO DE OLIVEIRA MELLO, Tenentes–Coronéis AMORIM e MOACYR, dois majores da ativa que não conheço, Capitão AMÂNCIO, tenentes SILVINO FIORIO NETO, NASCIMENTO, PRETENDENTE e alguns outros com os quais cruzo no restaurante. Os oficiais que participam do almoço de negócios retornam comigo até a Sociedade Veteranos de 32-MMDC para outras atividades.
Recebemos a visita do Professor EGBERTO MAIA LUZ, nosso conselheiro, que vem propor a criação do Departamento Jurídico, assunto que já foi objeto de uma reunião do CONSELHO SUPREMO e que não foi aceito. O professor EGBERTO acha que devamos colocar novamente na pauta. Também quer ele saber se já está marcada a data da nova reunião e como está a situação da reforma do Monumento–Mausoléu.
Dona CÉLIA está muito atarefada com a remessa de mais de quatrocentas cartas para os sócios, convidando-os para a missa de FINADOS no cemitério do ARAÇÁ, ponto importante para o MMDC, pois consta dos estatutos e não poderíamos deixar de realizar.
Sr. MARCONDES não vem à Sociedade, mas mantém contato telefônico. Já sabe que precisará estar na segunda–feira no restaurante BARBACOA, onde haverá uma reunião de representantes da NESTLÉ/NESCAU, FARAH SERVICE, THOMPSON e outros convidados. Estaremos comemorando os NOVENTA ANOS do Sr. GERALDO FARIA MARCONDES. Será também um desagravo pelos momentos desagradáveis que ele enfrentou nas duas últimas reuniões do CONSELHO SUPREMO e de pessoas que não querem que se proceda a reforma do Monumento através da NESTLÉ. A respeito desse assunto, liga-me o GENERAL BUENO para acertos de detalhes. Deveremos ir buscar o Sr. MARCONDES, na segunda–feira, por volta do meio–dia, conduzindo-o até o restaurante.
Ao deixar a Sociedade, vejo centenas de petistas invadirem as imediações da PRAÇA DA SÉ para a derradeira manifestação pró LULA, encerrando a campanha para a presidência da República.
Em casa, o PAULO CÉSAR está comemorando o terceiro mês do filho IAGO MOUALLEM DE OLIVEIRA, nascido em 25 de julho. Ele e a KÁTYA lembram da data, bem como a LUCINDA, bisavó, e o JOÃO, avô. A tristeza em tudo isso é ver que o PAULO CÉSAR continua levando uma vida que não condiz com a realidade. Não trabalha, embora já esteja com 22 anos. Se continuar assim, a situação no futuro ficará muito complicada.

No último dia útil antes da escolha do novo presidente, o mercado financeiro viveu clima de otimismo. O DÓLAR se manteve em declínio – caiu 1,84%, fechando em R$ 2,73 – e o risco Brasil terminou o dia com queda de 2,6%, em 1 779 pontos. A Bolsa subiu 2,19%.

O presidente nacional do PT, JOSÉ DIRCEU, disse hoje que os nomes que coordenarão a equipe de transição de governo serão anunciados no dia 29 de outubro, caso o candidato do partido, LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA, vença a eleição. DIRCEU deixou claro que os nomes são da equipe de transição e não dos futuros ministros. Eventual governo do PT aproveitaria não apenas pessoas de partidos adversários, mas também projetos e idéias que possam auxiliar na execução do seu programa, garantem petistas importantes, reforçando declarações de LULA.

Os candidatos à Presidência, LULA e SERRA, encerraram a campanha eleitoral com um debate marcado pela apresentação de propostas em tom cordial. Os dois começaram o primeiro e único encontro do segundo turno, promovido pela REDE GLOBO, num clima tenso, em parte provocado pelo formato inovador: os candidatos ficaram em pé numa arena, respondendo a perguntas feitas por candidatos indecisos escolhidos pelo IBOPE. As discussões sobre o valor do salário mínimo e sobre a progressão continuada nas escolas foram alguns dos poucos momentos mais acalorados do debate, que registrou audiência média de 38 pontos.

Um “bonde”, caminhão que transporta presos, tombou na BARRA FUNDA, zona oeste da Capital, quando levava 40 detentos do 2º Distrito Policial para audiência no FÓRUM MÁRIO GUIMARÃES. Seis presos tiveram ferimentos leves e foram levados para o Hospital das Clínicas. O acidente ocorreu quando o veículo fez a curva para entrar na rua JOSÉ GOMES FALCÃO, que dá acesso ao portão do fórum. Cerca de trinta policiais foram mobilizados para evitar a fuga dos detentos. Segundo o tenente PAULO DE SOUZA SILVA, comandante da escolta, do 1º Batalhão de Guardas da Polícia Militar, o acidente aconteceu por volta das dez horas. O caminhão estava com três PMs encarregados em fazer a escolta dos presos até o fórum. 

Foi condenado a 19 anos de prisão o policial aposentado MILTON SEVERO DOS SANTOS, de 65 anos, acusado de matar a filha MAYARA DE LIMA, de 7 anos. SANTOS não reconhecia MAYARA como filha e a estrangulou supostamente para deixar de pagar pensão. Em MACEIÓ.

MORREU, aos 72 anos, o ator irlandês RICHARD HARRIS, o professor DUMBLEDORE do sucesso HARRY POTTER E A PEDRA FILOSOFAL. Mas HARRIS celebrizou-se muito antes, como o maravilhoso UM HOMEM CHAMADO CAVALO e vários outros papéis importantes no cinema, como CROMWELL e O DILEMA DE UMA VIDA, este de MICHELANGELO ANTONIONI. Há pouco, seu agente havia anunciado que o ator estava lutando contra um câncer. HARRIS submetia-se a quimioterapia depois que foi diagnosticada a doença de HODGKIN, uma espécie de câncer linfático. Esperava ser liberado a tempo para o começo das filmagens do terceiro filme da série HARRY POTTER, O PRISIONEIRO DE AZKABAN. RICHARD HARRIS nasceu em LIMERICK, na IRLANDA, em 1930. Depois de estudar num colégio de jesuítas interessou-se por teatro e passou a fazer o Curso de Ares Dramáticas em LONDRES. Começou a carreira no teatro, mas passou ao cinema em 1958, interpretando um vilão em O NAVIO CONDENADO. Nesse filme, contracenava com CHARLTON HESTON e GARY COOPER. Fez faroestes como JURAMENTO DE VINGANÇA, uma comédia romântica CAPRICHO, com DORIS DAY. Em 1970 faz aquele que seria o seu grande sucesso, UM HOMEM CHAMADO CAVALO, dirigido por ELLIOT SILVERSTEIN. HARRIS interpreta um aristocrata inglês capturado pelos SIOUX e submetido a um árduo ritual de iniciação. São cenas de crueldade explícita que fizeram os críticos associar a performance de HARRIS a algumas de MARLON BRANDO, ator famoso pelo seu desempenho masoquista. Vieram em seguida A VINGANÇA DO HOMEM CHAMADO CHAMADO CAVALO e depois O TRIUNFO DE UM HOMEM CHAMADO CAVALO. Também teve um belo retorno em OS IMPERDOÁVEIS, western crepuscular em que CLINT EASTWOOD tira o mofo de um gênero considerado morto e coloca em relevo todo o seu potencial dramático. Aparece também em GLADIADOR, como o imperador MARCO AURÉLIO. RICHARD HARRIS trabalhou em 72 filmes e foi duas vezes indicado para o OSCAR.  

Entram em cartaz, nos cinemas de São Paulo, os filmes ASTERIX E OBELIX:MISSÃO CLEÓPATRA e REINO DE FOGO. O primeiro, conta uma história simples. Com a intenção de provar a pujança do povo egípcio para o imperador romano JÚLIO CÉSAR (ALAIN CHABAT), CLEÓPATRA (MÔNICA BELLUCCI) obriga o inovador arquiteto NUMEROBIS (JAMEL DEBBOUZE) a erguer um palácio no deserto em três meses. Para realizar a missão–alvo de inúmeros boicotes – NUMEROBIS apela para os gauleses OBELIX (GÉRARD DEPARDIEU) e ASTERIX (CHRISTIAN CLAVIER) e para sua providencial porção mágica que lhes dá força descomunal. Mais uma vez, centuriões romanos voam pelos ares, garantindo diversão às crianças e aos fãs dos quadrinhos. Já o filme REINO DE FOGO o garoto QUINN desce num túnel que está sendo cavado no centro de LONDRES para encontrar a mãe, uma engenheira, e depara com algo assustador: um dragão. O monstro é o primeiro de uma horda que começará a dominar o mundo, instaurando um lento apocalipse. Os anos passam e, em 2020, os campos e as cidades são apenas um amontoado de cinzas e escombros – culpa dos dragões e das armas utilizadas na tentativa de exterminá-los. Agora adulto, QUINN é o líder de uma comunidade de sobreviventes que se encastelaram numa velha fortaleza no norte da Inglaterra, onde reverteram a uma precariedade medieval e, contra todas as evidências, esperam durar mais que os dragões e retomar o planeta.
 
Começa hoje a exposição TARSILA DO AMARAL e DI CAVALCANTI: MITO E REALIDADE NO MODERNISMO BRASILEIRO, no MUSEU DE ARTE MODERNA DE SÃO PAULO, no PARQUE IBIRAPUERA. Permanecerá aberta até 15 de dezembro. São 112 pinturas e desenhos mostrando como os dois modernistas abordaram o homem brasileiro. DI CAVALCANTI ficou conhecido como o pintor das mulatas, mas sua obra vai muito além. Politicamente engajado, o carioca do MÉIER retratou o suburbano e o marginal, em uma pintura de cunho realista. Em contraponto a DI, a paulista TARSILA DO AMARAL é dona de uma obra em que a imaginação fala mais alto que a realidade e que cria uma etnografia a partir de mitos regionais.
   
Tropas russas invadiram na madrugada o teatro onde um comando guerrilheiro checheno mantinha cerca de 600 pessoas reféns por mais de 48 horas. Minutos depois, o local já estava sob controle do Exército. O líder rebelde, MOVSAR BARAYEV, que coordenou o seqüestro, e outros dez chechenos foram mortos durante a operação. Pelo menos dez reféns morreram e centenas foram vistos deixando o local, alguns deles em macas. Não foi informado o número de feridos. Os rebeldes capturados saíram com as mãos amarradas para trás. A operação começou depois que foram ouvidas fortes explosões dentro do teatro. A invasão ocorreu alguns minutos depois de vencer o prazo dado pelos rebeldes para que a RÚSSIA desocupasse a CHECHÊNIA, que luta pela sua independência desde 1994. Os seqüestradores ameaçaram matar todos os reféns se o presidente russo, VLADIMIR PUTIN, não atendesse a exigência.

O senador democrata PAUL WELLSTONE morreu na queda de um avião, hoje à tarde, em MINNESOTA, nos EUA. Também morreram no acidente a mulher e a filha de WELLSTONE. A aeronave transportava oito pessoas e não há notícias sobre os outros passageiros. O senador democrata foi um dos poucos a votar contra a resolução que autorizaria o presidente GEORGE W. BUSH a atacar o IRAQUE, acusado pela CASA BRANCA de produzir armas de destruição em massa. WELLSTONE, de 58 anos, foi eleito pela primeira vez para o Senado em 1990.

2 003  :  -    SÁBADO
O INSTITUTO HISTÓRICO E GEOGRÁFICO DE SÃO PAULO tem o prazer de convidar V. Excia. E Exma. Família para a sessão cultural: “CONTRIBUIÇÃO DAS ESCOLAS PROTESTANTES AMERICANAS PARA O ENSINO PÚBLICO DE SÃO PAULO”
Homenagem a JUDITH MacKNIGHT JONES, historiadora da Imigração Americana, membro do IHGSP e a MARIA ELISA B. BYINGTON.
PALESTRANTES:
Professora Doutora MARIA LÚCIA S. HILSDORF, do Departamento de Filosofia da Educação da USP;
Professor Doutor DAVID GUEIROS VIEIRA, do Departamento de História da Universidade de BRASÍLIA;
Professor ROBERTO MACHADO CARVALHO, Secretário de Cultura de Turismo de ITU, ex-presidente do HIGSP e a Participação Especial do Maestro SAMUEL KERR, alunos do Instituto de Arte da UNESP.
                                Ass.   NELLY MARTINS FERREIRA CANDEIAS
                                                               Presidente

25 DE OUTUBRO, SÁBADO, 16 HORAS
RUA BENJAMIN CONSTANT, 158, 1 º ANDAR

FALECEU neste sábado mais um ex-combatente do MOVIMENTO CONSTITUCIONALISTA DE 32, aos 97 anos, tendo combatido pelo contingente da ESCOLA POLITÉCNICA – ROGÉRIO DE OLIVEIRA FONTÃO. Nasceu em 3 de março de 1906.

Quando acordo nesta manhã, LUCINDA diz que o Sr. GERALDO FARIA MARCONDES ligou para comunicar que o jornal O ESTADO DE SÃO PAULO publica hoje uma reportagem sobre o restauro do Monumento-Mausoléu e que ele estará viajando para ARAÇATUBA logo mais. Vou verificar a notícia do jornal:
O ESTADO DE SÃO PAULO, dia 25 de outubro de 2003, página C3, “CADERNO CIDADE”:

RECOMEÇA RESTAURO DO OBELISCO E DO MAUSOLÉU. Monumento pelos HERÓIS DE 32 deve voltar a receber o público no próximo 9 de julho.
São Pedro colaborou ontem com São Paulo. Pelo menos até o início da noite, quando oito profissionais começariam a erguer a proteção que vai cobrir um dos principais monumentos da cidade. A restauração do Mausoléu e Obelisco dos Heróis de 1932 recomeçou e a lona azul que protegerá a escultura de GALILEO EMENDABILI durante as obras será a marca mais visível para os paulistanos, a partir da manhã de hoje.
Trata-se da segunda etapa do restauro da obra, erguida em memória da Revolução Constitucionalista. Inaugurado em 1954 e concluído em 1960, o monumento será entregue em condições de receber o público, com salas e banheiros reformados, no 9 de julho dos 450 anos de São Paulo.
As ações vão cuidar do revestimento das paredes e do piso do mausoléu e do obelisco, feitos de mármore, granito e bronze. Uma das principais dificuldades será tratar as instalações hidráulicas, elétricas e sanitárias sem destruir os materiais. Mas o mais notável será a iluminação. “Vai ser de baixo para cima, como EMENDABILI queria, pois retrata a elevação do espírito dos heróis”, explicou o arquiteto FRANCISCO ZORZETE, da COMPANHIA DE RESTAURO.
CORAÇÃO – “Os 723 heróis que estão lá demonstram a força de um povo lutando por sua Constituição”, disse o presidente da Sociedade Veteranos de 32-MMDC, GERALDO FARIA MARCONDES. “O Obelisco é uma espada no coração de SÃO PAULO”.
A própria proteção, criada pelo engenheiro JOÃO CARLOS BENNETTON, é uma inovação. As quatro lonas pesam 6 toneladas, ante 60 de uma estrutura de andaime convencional. “Vamos começar a erguer às 20 horas (de ontem) e deve levar umas 12 horas”, disse o general da reserva EUCLYDES BUENO FILHO, conselheiro da sociedade, designado para acompanhar as obras.
A entidade esperava havia tempos conseguir o restauro completo, por meio de parceria. Desta vez, conseguiu o apoio da ATL/CLARO, empresa de telefonia celular que está chegando ao BRASIL. “Procuramos uma opção que ajudasse a cidade. O Obelisco é um de seus dois ou três maiores símbolos”, disse o diretor de Marketing, ROBERTO GUENZBURGER.
A CLARO é a segunda empresa a financiar o restauro. A primeira foi a NESTLÉ, que cuidou das intervenções de emergência. Ambas foram contactadas pela FARAH SERVICE, especializada em projetos de responsabilidade social.
Entretanto, uma outra empresa, que atua na captação de recursos via leis de renúncia fiscal, considerava ter direito exclusivo de fazer as obras. A Justiça lhe concedeu liminar que embargava a obra enquanto o mérito não era julgado, o que ainda não ocorreu. Assim, foram oito meses de paralisações até a liminar ser cassada e o serviço, completado.
Quem mais sofreu com a interrupção foi o próprio monumento, que teve alguns problemas agravados. Agora, espera-se que o obelisco possa ficar totalmente restaurado a tempo de participar dos 450 anos de SÃO PAULO, e dos 72 anos da Revolução Constitucionalista. “Vai ser um 9 de julho ainda mais especial”, comemorou o veterano MARCONDES.

Saiu hoje uma notícia de que estão sendo abertas três mil vagas na POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL. LUCINDA comunica, por telefone, para o MARCELO, filho da DORA e do JOSÉ, que até hoje não conseguiu arrumar emprego. Depois conversa com o PAULO CÉSAR, que, aos 23 anos, também não conseguiu se acertar na vida. As inscrições serão realizadas em novembro. Parece que tanto o MARCELO como o PAULO CÉSAR irão se inscrever nesse concurso.

Na tarde, recebemos as visitas do PAULO e da MARGARIDA. O PAULO conversa comigo sobre a carreira de seu filho RENATO, que está para se formar ENGENHEIRO QUÍMICO. Atualmente, o rapaz está fazendo um estágio em ARAÇATUBA, numa das filiais da AJI NOMOTO. RENATO gosta da carreira que abraçou, já realizou vários estágios e tem emprego garantido assim que se forme.

O SANTOS manteve acesa as esperanças de conquistar o título do BRASILEIRÃO e de chegar ao bicampeonato nacional. Com dois gols de ROBINHO, um de LÉO e outro do zagueiro ANDRÉ LUIZ, bateu hoje o CORITIBA, no PARANÁ, e soma agora 73 pontos. O CRUZEIRO venceu o FIGUEIRENSE, no MINEIRÃO, por 1 a 0 e segue na liderança da competição, com seis pontos de vantagem sobre o PEIXE.

Num clima festivo – depois de ter superado o espanhol ALEX CORRETJA – GUSTAVO KUERTEN demonstrou toda sua alegria e felicidade por estar na final do ATP TOUR DE SÃO PETERSBURGO e não escondeu se desejo: “Agora quero o caneco”, disse o tenista brasileiro que disputa o título na RÚSSIA , amanhã, domingo. A decisão será diante do armênio SARGIS SARSIAN, responsável pela eliminação, hoje, do alemão RAINER SCHUETTLER.

O piloto RENE CIBELLI MIXEU, 47 anos, e o aluno TOMAS JAE KIM, 34 anos, faziam um treinamento de pane de motor, hoje, no CAMPO DE MARTE, quando a aeronave bateu no solo e explodiu. KIM conseguiu sair sozinho da aeronave, que ficou completamente destruída, ainda com as roupas em chamas. Ele ficou ferido, mas passa bem. O instrutor morreu no local. As causas do acidente são desconhecidas.

EDUARDO BASÍLIO, 70 anos, era o presidente de honra de uma das maiores escolas de samba do Grupo Especial, a Sociedade ROSAS DE OURO, e também um dos fundadores da Liga das Escolas de Samba de SÃO PAULO. Ele morreu de câncer pela manhã, num hospital, em SÃO PAULO.

O vocalista do extinto grupo TWISTER, SANDER MECCA, 20 anos, foi preso hoje no bar O´MALLEY´S, nos JARDINS, acusado de tráfico de drogas. Ele foi denunciado pelo dono do bar. Com MECCA, foram achados oito comprimidos de ecstasy, um papelote de cocaína e dez micropontos de LSD. Sua advogada diz que ele não é traficante.

O publicitário DUDA MENDONÇA comunicou a decisão de se afastar da administração de sua agência, a DUDA MENDONÇA & ASSOCIADOS, e de não renovar seu contrato com o Partido dos Trabalhadores, que vence no início de 2004. Ele vai se dedicar em tempo integral à imagem do presidente LULA e de seu governo.

DIÁRIO OFICIAL DE 25 DE OUTUBRO DE 2003
Segurança Pública
Gabinete do Secretário
Resolução SSP-394, de 24 de outubro de 2003
Institui no âmbito da Secretaria de Segurança Pública o Auto de Infração e o Auto de Imposição de Penalidade de Multa sobre a Comercialização de Uniformes da Polícia Militar do Estado de São Paulo e estabelece normas e procedimentos referentes à sua aplicação e controle.

KLINGONS e TERRÁQUEOS, VULCANOS e CURITIBANOS. O templo espacial estava lotado, mais de mil fiéis, e o pastor SPOCK pregou como se estivesse abrindo um portal no céu direto para a nave ENTERPRISE. Era uma escaldante tarde de sábado quando, 37 anos depois de encarnar pela primeira vez o personagem SPOCK, na série de TV JORNADA NAS ESTRELAS, o ator LEONARD NIMOY finalmente encontrou-se com seus fãs brasileiros. Foi num dos auditórios do ANHEMBI. No meio da pregação do sr. SPOCK, uma família inteira, vestida como vulcanos (os habitantes do planeta onde o personagem nasceu), levantou-se no meio da platéia, com suas túnicas parecidas com aquelas dos filmes bíblicos que passam no SBT no final do ano. Estavam lá CLÁUDIA ROEDEL, sua mãe, JANICE, e até a babá de CLÁUDIA, SEBASTIANA LÚCIA DA COSTA, com o nome de SPOCK escrito na nuca, no cabelo raspado. De orelhas pontudas, CLÁUDIA, a líder daquela comitiva vulcana, agradeceu a NIMOY/SPOCK pela influência que teve nas suas vidas. Havia muitos vulcanos na platéia, quase o suficiente para tornar SÃO PAULO uma equivalente de ROSWELL, nos EUA, aquele lugar onde os americanos juram que naves estraterrestres costumam parar por problemas mecânicos ou abatidas por jatos da força aérea americana. Um sócia do pai de SPOCK, SAREK, levantou e quis saber até quando duraria a mágica de JORNADA NAS ESTRELAS, que já dura quase 40 anos. O sábado foi um dia D para as hordas de “trekkers” da AMERICA DO SUL. O próprio LEONARD NIMOY explicou o atraso de 37 anos-luz para chegar ao BRASIL. “Demorei porque minha espaçonave não estava funcionando”, brincou.

PRESO o homem mais rico da RÚSSIA, MIKHAIL KHODORKOVSKY, acusado de fraude e evasão fiscal de um bilhão de dólares. Ele é presidente da YUKOS, a maior companhia de petróleo do País, e foi levado para uma cadeia superlotada. Segundo analistas russos, a prisão tem motivação política. O empresário é apontado como candidato à sucessão presidencial da RÚSSIA em 2004, em oposição ao atual presidente, VLADIMIR PUTIN. Na SIBÉRIA.

2 004   :    -    SEGUNDA-FEIRA
Manuscritos, documentos originais, painéis fotográficos, charges e notícias que marcaram a história do BRASIL no final do Império à implantação da República e registram a passagem do notório parlamentar paulista PRUDENTE DE MORAES – primeiro presidente civil e eleito da República – na vida pública estão expostas na Assembléia Legislativa. A Exposição “PRUDENTE DE MORAES: DEPUTADO PAULISTA-REPUBLICANO” é inaugurada, às 19 horas, no hall Monumental da Assembléia. Na abertura da exposição também é lançado o livro “PRUDENTE DE MORAES, PARLAMENTAR DA PROVÍNCIA DE SÃO PAULO (1868-1889)”.
Organizada pela Divisão de Acervo Histórico do Departamento de Documentação e Informação da Assembléia Legislativa, a exposição é resultado de pesquisa realizada nos acervos do Museu “PRUDENTE DE MORAES”, de PIRACICABA, do Museu Republicano “CONVENÇÃO DE ITU”, do Museu da República, do RIO DE JANEIRO, da Faculdade de Direito da Universidade de SÃO PAULO e da Divisão de Acervo Histórico da Assembléia Legislativa Paulista. Conta ainda com charges da época, de autoria de ÂNGELO AGOSTINI e PEREIRA NETTO, e com o termo de posse de PRUDENTE DE MORAES como primeiro governador do Estado de SÃO PAULO, na República.
A exposição registra a história de PRUDENTE DE MORAES desde o seu nascimento em ITU até sua saída da Presidência da República e sua morte em PIRACICABA, cidade onde viveu e ocupou seu primeiro cargo público, a presidência da Câmara Municipal, de 1865 a 1868. Dividida por períodos e em ordem cronológica, retrata sua família; a formação acadêmica; atuação parlamentar – vereador e presidente da Câmara Municipal de PIRACICABA, deputado provincial do Estado de SÃO PAULO e deputado geral – com ênfase nos projetos e demais proposituras apresentadas na Assembléia Legislativa Provincial; a atuação no governo de SÃO PAULO; a passagem pelo Senado; pelo Congresso Nacional Constituinte; e, finalmente, o mandato de presidente da República.
Proclamada a República, fez parte do triunvirato (PRUDENTE DE MORAES, FRANCISCO RANGEL PESTANA e o TENENTE-CORONEL JOAQUIM DE SOUZA MURSA) que constituiu o Governo Provisório do Estado de SÃO PAULO, antiga Província de SÃO PAULO. Por decreto do MARECHAL DEODORO, datado de 3 de dezembro de 1889, foi PRUDENTE DE MORAES nomeado governador do Estado, o primeiro do período republicano.
No ano seguinte, PRUDENTE foi eleito senador e passou o governo do Estado para JORGE TIBIRIÇÁ. As duas Casas do Congresso Nacional (Câmara dos Deputados e Senado Federal) reuniram-se em Assembléia Nacional Constituinte. A 21 de novembro de 1890 elegeu-se Presidente da Constituinte. A Constituição dos Estados Unidos do BRASIL foi promulgada em 24 de fevereiro de 1891. No dia seguinte à promulgação, 25 de fevereiro, procedeu-se à eleição do Presidente da República. A primeira eleição presidencial da República ocorreu sob clima de grande tensão, pois os militares queriam manter DEODORO na Presidência e não esperavam que houvesse oposição. PRUDENTE DE MORAES foi indicado ao pleito, gerando muita insatisfação nos grupos próximos ao generalíssimo DEODORO. Venceu o militar por 129 votos, contra 97 voto para PRUDENTE. Para vice foi eleito o MARECHAL FLORIANO PEIXOTO, que automaticamente assumiu a presidência do Senado, ficando PRUDENTE como vice.
O governo de DEODORO, agora constitucional, não tardaria em demonstrar sua pouca afeição aos meandros da democracia representativa. O marechal travou uma luta surda com o Congresso durante o seu curto mandato, além de desgastar-se rapidamente com os republicanos históricos. Em crise com os civis e com os militares, DEODORO renunciou em 24 de novembro de 1891, transmitindo o poder ao vice-presidente e presidente do Senado, MARECHAL FLORIANO PEIXOTO. Na linha sucessória, PRUDENTE DE MORAES tornou-se presidente do Senado e vice-presidente da República.
O período florianista foi pródigo de manifestações exaltadas, tanto a favor quanto contra o “MARECHAL DE FERRO”; Em 31 de março de 1892, 13 generais do Exército e da Marinha enviaram um ultimato ao presidente, a fim de que marcasse eleições para a Presidência da República. Em meio às agitações militares, procedeu-se à eleição do primeiro presidente civil da República, em 1 º de março de 1894. O candidato do PRP foi PRUDENTE DE MORAES, eleito para o período de 15 de novembro de 1894 a 15 de novembro de 1898.
Presidente, PRUDENTE DE MORAES enfrentou várias revoltas, os jacobinos no RIO GRANDE DO SUL, os seguidores de ANTÔNIO CONSELHEIRO em CANUDOS, os monarquistas e os militares. Morreu em PIRACICABA no ano de 1902.  

Manhã desagradável, fria e chuvosa. Logo cedo, ao trabalhar no computador, acontecem alterações inesperadas, criando problemas no arquivo de meus documentos, de 19 a 25 de outubro. O acesso é negado e tenho de me valer de um disquete, renomeando-o, para salvar dados que de uma hora para outra foram trancados. Mas o azar da segunda-feira vai continuar com as dificuldades no trânsito, sendo que ao chegar no metrô TIRADENTES, está chovendo muito forte, o que retarda minha ida ao QUARTEL DO COMANDO GERAL DA PMESP. Ali, converso com o CHEFE DE GABINETE, CORONEL MOYSÉS, sobre o pedido de lanceiros para 6 de novembro, quando o IHGSP comemorará seus 110 anos. Aproveito a oportunidade para discutir alguns assuntos com respeito à reunião do CONSELHO SUPREMO, marcada para 6 de novembro. O CORONEL MOYSÉS diz que uma comissão está ultimando as alterações para apresentação do projeto do novo estatuto da Sociedade Veteranos de 32-MMDC. Entrego-lhe as alterações apresentadas pela professora MARIA CECÍLIA NACLÉRIO HOMEM, corrigindo erros de português no nosso projeto. Depois, tenho dificuldades  para chegar até à PRAÇA DA SÉ, por causa do mau tempo. No MMDS, o MAJOR VICTÓRIO cuida da administração e o CAPITÃO AMÉRICO prepara-se para uma viagem que iniciará à noite, para FLORIANÓPOLIS. Dou-lhe as instruções necessárias para a semana de estudos que ele passará nesse lugar.

ASSISTO “UM HOMEM DE FAMÍLIA”, com NICOLAS CAGE e TÉA LEONI, filme de 2001. Quem, um dia, já não se fez a seguinte pergunta: O que teria sido de minha vida se tivesse feito outras escolhas? Tivesse dito sim ao invés de não? Tivesse uma segunda chance? Esta é a premissa de UM HOMEM DE FAMÍLIA, uma envolvente comédia romântica onde NICOLAS CAGE interpreta JACK CAMPBELL, um bem-sucedido homem de negócios que há treze anos abandonou seu grande amor KATE (TÉA LEONI), para dedicar-se à carreira profissional.
Na véspera de Natal, JACK presencia uma tentativa de assalto a uma loja de conveniência e, com muito sangue frio, consegue evitar uma possível tragédia. Porém, o que não imagina é que o suposto assaltante, com quem acaba fazendo amizade, tem poderes que mudarão sua vida. Naquela noite, JACK vai dormir sozinho, em NOVA YORK, e acorda em um quarto bagunçado no subúrbio de NEW JERSEY, ao lado de KATE e com uma família a tiracolo, incluindo duas crianças. Será essa uma segunda chance ou apenas uma visão do que poderia ter sido?

Passo pela Sociedade Veteranos de 32-MMDC, juntamente com o CAPITÃO AMÉRICO, que logo mais estará viajando para FLORIANÓPOLIS. Fico sabendo que o Sr MARCONDES está levando sua esposa para um hospital. As pessoas que são novas no MMDC, depois da saída do VASCO e de dona CÉLIA, perguntam-me sobre traslado de restos mortais para o Monumento-Mausoléu, sobre Pensão Especial e uma série de coisas que elas não sabem, pois estão na Sociedade bem pouco tempo e não lhes foram passados esses dados.
Com tempo ruim, mas já bem mais sossegado dos problemas surgidos no início desta “brava” segunda-feira, retorno para casa.

Uma chuva torrencial, com um volume eqüivalente ao de quase um mês, atingiu SÃO PAULO da manhã até a hora do almoço, provocando inundações em 24 vias e causando prejuízo a paulistanos dos bairros mais afetados. O congestionamento de 116 km é o terceiro de maior índice nas manhãs de 2004. A chuva começou às 8 horas e, rapidamente, se espalhou para diversos bairros. Os mais atingidos foram BUTANTÃ e PINHEIROS (na zona oeste), VILA MARIANA e JABAQUARA (na zona sul) e ITAIM PAULISTA (zona leste). Na zona leste, moradores que vivem próximo à região do prolongamento da RADIAL LESTE, obra inaugurada pelo presidente LULA em setembro, voltaram a enfrentar dificuldades hoje. Ruas ficaram cobertas de água e lama. A tempestade foi tão forte que as galerias pluviais e as bocas-de-lobo de algumas avenidas não suportaram o volume, ocasionando o refluxo. Pelo menos seis avenidas, como a do ESTADO e a JUNTAS PROVISÓRIAS, tiveram o tráfego completamente interrompido. Na avenida RUBEM BERTA, a força da água prendeu alguns motoristas dentro de seus carros por volta do meio-dia. Na avenida IBIRAPUERA, em INDIANÁPOLIS, a água invadiu o restaurante RINCÃO CAIPIRA.
 
Centenas de pessoas passaram hoje pelo MOSTEIRO DA LUZ, para lembrar o sexto ano da beatificação de FREI GALVÃO. Em GUARATINGUETÁ, a 175 km de SÃO PAULO, uma procissão seguida de missa encerrou as comemorações que começaram no final da semana. Na Capital, duas missas foram celebradas em homenagem a FREI GALVÃO, uma às 8 horas e outra às 16 horas. Na missa da tarde, os fiéis se uniram para acompanhar no mosteiro da Avenida TIRADENTES a celebração do cardeal-arcebispo metropolitano de SÃO PAULO, dom CLÁUDIO HUMMES.

Os acusados de ter participado do assassinato da estudante EMILIE PEREZ DE SOUZA, de 10 anos, fizeram votação para ver quem mataria a menina. Oito pessoas foram presas (entre elas um adolescente) sob acusação de participar do seqüestro (dia 3 de outubro) e morte (no dia 7) da menina, filha de NILSON GONÇALVES DE SOUZA, candidato derrotado a vice-prefeito de RIO GRANDE DA SERRA. EMILIE levou três facadas no peito e uma na boca. Ficou amarrada no cativeiro, provavelmente foi molestada sexualmente e antes de ser assassinada foi espancada. Três dos acusados negam participação no crime: o lavrador MÁRIO ANTÔNIO DE GODOY, de 76 anos, que insiste em dizer que encontrou o corpo da menina depois de uma mensagem divina; a dona-de-casa MARIA APARECIDA SALVIANO DE OLIVEIRA, de 52, que disse que apenas levou a garota até o portão de casa; e CLAUDIOMAR CARVALHO ALVES, o BAIANO, de 30 anos, acusado de ser o assassino da menina. Os policiais prenderam, no dia 7, LUIZ CARLOS GOMES DA SILVA, de 25 anos, acusado de tentar estuprar uma moça de 15 anos em RIBEIRÃO PIRES, na mesma região. Como o crime sexual não havia sido descartado pela polícia no caso EMILIE, os policiais o investigaram e descobriram sua relação com JÚLIO CÉSAR APARECIDO SANTOS SILVA, de 19 anos, o JULINHO, que foi preso no dia 13. Ele confessou participação no crime e delatou o restante do bando, preso no mesmo dia. LUIZ CARLOS não tem participação no caso EMILIE. GODOY seria homossexual e praticava sexo oral com alguns deles. A prisão temporária dos acusados vence no dia 12 de novembro.

MILENE DOMINGUES negou que irá se casar com o jogador espanhol DAVID AGANZO no início de 2005, como havia sido publicado pela imprensa na semana anterior. “É uma relação nova, ainda estamos nos conhecendo. Lógico que pretendo casar e ter mais filhos um dia, mas não sei quando”, disse MILENE.

PRESO um grupo de onze pessoas acusadas de pedofilia e tráfico de mulheres. O grupo era integrado por cinco brasileiros, além de dois alemães e quatro italianos, em FORTALEZA.

Centenas de toneladas de explosivos desapareceram do depósito iraquiano de AL QAQAA, no sul do país. A porta-voz da Agência Internacional de Energia Atômica, MELISSA FLEMING, informou que o relatório do governo interino do país chegou à AIEA em 10 de outubro e não se sabe quando o material desapareceu. Já a CASA BRANCA informou, no domingo, dia 24, que a Conselheira de Segurança Nacional, CONDOLEEZZA RICE, foi notificada do desaparecimento há um mês e que os inspetores do Grupo de Investigação do IRAQUE estão investigando o caso.

Centenas de iraquianos, muitos deles com deficiências físicas, protestaram em BAGDÁ, hoje, para pedir a libertação da anglo-iraquiana MARGARET HASSAN, chefe da ONG CARE, seqüestrada na capital do IRAQUE há uma semana. O protesto concentrou-se em frente à sede da Organização Humanitária CARE, cujos programas eram dirigidos desde 1991 por MARGARET.

ISRAEL autorizou o presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), YASSER ARAFAT, a sair de RAMALLAH para ser examinado no hospital da cidade. A autorização foi dada pelo ministro da Defesa de ISRAEL, SHAUL MOFAZ, aparentemente depois de um pedido dos médicos tunisianos e egípcios que visitaram ARAFAT na última semana e afirmaram que o líder palestino tivera uma forte gripe.    

ASSISTO na GLOBO o filme “PERSEGUIÇÃO”, de 2001, sob direção de JOHN DAHL, com STEVE ZAHN, PAUL WÁLKER, LEELEE SOBIESKI, JESSICA BOWMAN e STUART STONE. As férias de verão têm início e LEWIS THOMAS sonha em partir com a garota de seus sonhos em uma viagem de carro pelos EUA. Mas seus planos são alterados quando ele é obrigado a salvar FULLER, seu irmão mais velho, que é conhecido por sempre causar problemas. Em uma de suas brincadeiras, FULLER acaba envolvendo um motorista de caminhão, solitário, que decide se vingar dele e de todas as pessoas que estiverem juntas de qualquer maneira. Começa então uma perseguição contra os jovens, por um possante caminhão que tenta atropelá-los.

Já na madrugada, assisto também na GLOBO, TRAIÇÃO, filme brasileiro, drama de ARTHUR FONTES e CLÁUDIO TORRES, com PEDRO CARDOSO,  FERNANDA MONTENEGRO, FERNANDA TORRES e outros, em três episódios.    

2 005   :    -    TERÇA-FEIRA
Manhã de muito calor. Os termômetros marcam 28 graus. Estou um pouco confuso por causa do atraso na tomada dos apontamentos de datas que ficaram atrasadas por causa da reforma do computador. O pior é que durante alguns momentos a digitalização fica trancada. Fui obrigado a desligar o computador por algumas vezes, conseguindo tomar alguns apontamentos nesta manhã de muitas dúvidas.
É com essa confusão mental que vou para a cidade de SÃO PAULO. Chego tarde no MMDS e deixo a cargo do PASSOS os trabalhos da reunião de hoje. Não estou mesmo em condições de exercer o comando da Entidade.
Por volta das 14:30 horas, na Sociedade Veteranos de 32-MMDC, encontro o presidente, GINO STRUFFALDI e o vice, CORONEL MENDES. Eles me contam que hoje, finalmente, foi dado um pontapé final no maldito crédito rotativo, que muito dinheiro levou da Sociedade. O MENDES tomou a pulso o controle das finanças do MMDC. Ele acerta vários negócios pendentes e irá, logo em seguida, para SÃO BERNARDO DO CAMPO, onde participará de mais uma reunião dos vereadores no sentido de criar uma Sociedade Veteranos de 32-MMDC em SÃO BERNARDO. Ainda permaneço com o presidente até às 16:30 horas. Atendo uma assessora de um deputado residente em FRANCA. Ela quer saber os direitos que têm a filha de um ex-combatente. Mantenho um contato com o TENENTE MARCELO, da DAMCO, a respeito dos treze currículos das pessoas indicadas para receberem a Medalha PEDRO DE TOLEDO em 7 de novembro, numa solenidade marcada para o aniversário do 21º Depósito de Suprimentos do Exército, na LAPA. Uma situação bastante desagradável diz respeito à funcionária LUCIENE. Ela não quer aceitar o ordenado proposto pelo CORONEL MENDES. Ameaça deixar o serviço. Isso é algo muito ruim na presente conjuntura. Hoje nada se resolveu quanto a esse assunto.
Deixo o MMDC na companhia do GINO. Ele também vai embarcar no metrô, só que na direção do JABAQUARA. Regresso com muito sono a GUARULHOS.

Depois de tomar um café, resolvo enfrentar o computador. Quero tirar um pouco a papelada atrasada de minha frente. Até imprimo os dias 15 e 16 de outubro, coisa que também está bem atrasada. Das 18 horas até às 21:30 horas “ataco” o computador. Desta feita ele não me dá problemas.

O INTERNACIONAL deu uma boa ajuda ao CORINTHIANS ao vencer o GOIÁS por 1 a 0, hoje, em GOIÂNIA. O resultado deixou o GOIÁS na mesma posição – segundo lugar – 60 pontos – sete atrás do líder CORINTHIANS e com um jogo a mais (34 a 33). A vitória garantiu o terceiro lugar ao INTER – 59 pontos, 33 jogos. No outro jogo da rodada o CORITIBA perdeu em casa para o CRUZEIRO por 3 a 0.


Dono de seis medalhas de ouro, uma de prata e de quatro recordes mundiais conquistados na PARAOLIMPÍADA DE ATENAS, no ano passado, o nadador CLODOALDO SILVA ganhou mais um título. Nesta terça-feira ele foi eleito o melhor atleta do mundo pelo Comitê Paraolímpico Internacional. Além das vitórias na piscina, também pesou na escolha o trabalho social do nadador brasileiro. 

Em depoimento à CPI DOS BINGOS, o juiz JOÃO CARLOS DA ROCHA MATTOS acusou hoje o chefe de gabinete do presidente LULA, GILBERTO CARVALHO, de tentar impedir as investigações sobre o assassinato do prefeito petista de SANTO ANDRÉ, CELSO DANIEL. De acordo com o juiz, a voz de CARVALHO aparece de forma comprometedora nas fitas gravadas pela polícia durante a investigação, orientando testemunhas sobre o que deveriam dizer. Segundo ROCHA MATTOS, “dá a impressão de que também era ele que coordenava o esquema de arrecadação”, referindo-se à cobrança de propina de empresas de ônibus e de lixo. Na época, CARVALHO era secretário de Governo de SANTO ANDRÉ.

A 23 dias do término de seu mandato, o senador EDUARDO AZEREDO foi forçado a deixar a presidência do PSDB. A decisão foi tomada depois da informação sobre um cheque de setecentos mil reais do empresário MARCOS VALÉRIO DE SOUZA para a campanha de AZEREDO ao governo de MINAS. O senador anunciou que estava deixando o posto para se defender “livremente” das acusações. O PSDB realiza convenção nacional no dia 18 para eleger TASSO JEREISSATI presidente do partido. Até lá, o prefeito de SÃO PAULO, JOSÉ SERRA, reassume.

Fiscais da Defesa Agropecuária de SÃO PAULO começaram hoje a interditar mais 31 propriedades rurais em 24 municípios. Elas receberam 1.660 animais do PARANÁ, onde há foco de aftosa. São 808 bovinos, 793 suínos, 39 ovinos e 20 caprinos que entraram em SÃO PAULO desde 1º de outubro e são considerados suspeitos de contaminação pelo vírus. O gado ficará em quarentena. Foi também anunciada pelo Estado a proibição, por tempo indeterminado, da participação e da concentração de animais suscetíveis à febre aftosa em feiras, leilões e rodeios. Outra medida: a antecipação, para amanhã, da segunda etapa de vacinação contra a aftosa no Estado de SÃO PAULO, que deveria começar no dia primeiro de novembro.

Morreu hoje, no RIO, o poeta, escritor e editor carioca MOACYR FÉLIX DE OLIVEIRA, aos 79 anos, vítima de falência múltipla dos órgãos, integrante da chamada “GERAÇÃO DE 45”. “Recebemos a notícia na Academia. É um acontecimento trágico para a cultura brasileira, tão frágil hoje. Uma pessoa de mérito, que vai fazer falta”, declarou o secretário-geral da Academia Brasileira de Letras, EVANILDO BECHARA. O poeta foi preso em 1966, durante o regime militar, por suas manifestações a favor da liberdade de expressão. Na década de 1950, foi colaborador do jornal de cultura do Partido Comunista Brasileiro, “PARATODOS”, dirigido por JORGE AMADO e OSCAR NIEMEYER. Dirigiu, de 1963 a 1971, a coleção POESIA HOJE, da Civilização Brasileira e participou da fundação da editora PAZ E TERRA. Em abril de 1986, leu para os tripulantes da estação espacial MIR um poema seu sobre os 25 anos da ida do primeiro cosmonauta, YURI GAGARIN, ao espaço. Ao mesmo tempo, o texto foi transmitido em russo para toda a UNIÃO SOVIÉTICA. Em 1960, MOACYR FÉLIX recebeu do Instituto Nacional do Livro o prêmio de melhor livro de poesia por “O PÃO E O VINHO”. O velório será realizado no Cemitério SÃO FRANCISCO XAVIER, no CAJU, a partir do meio-dia de amanhã.

Faltam apenas 200 metros de escavação para que o túnel da LINHA 4 (AMARELA) do METRÔ atinja um ponto crucial do projeto: a passagem por baixo do RIO PINHEIROS, na zona oeste. A estimativa do METRÔ é que o túnel comece a cruzar o rio no início do ano que vem. Com 12,8 km de extensão, a LINHA 4 fará a ligação entre o bairro de VILA SÔNIA, na zona oeste, e a ESTAÇÃO DA LUZ, no centro da cidade, passando por BUTANTÃ, PINHEIROS, JARDINS, CONSOLAÇÃO e HIGIENÓPOLIS. Apesar de faltarem poucos metros para chegar ao RIO PINHEIROS, o processo é demorado porque estão sendo feitas detonações em rocha para abrir o túnel.
O METRÔ concluiu o túnel de acesso que sai do MACKENZIE, na região central, até a rua da CONSOLAÇÃO. O túnel será usado para a construção da ESTAÇÃO HIGIENÓPOLIS, que integra a segunda etapa da LINHA 4. A plataforma desse estação ficará embaixo da rua da CONSOLAÇÃO.

Um relacionamento de mais de quatro anos entre um engenheiro civil e uma secretária terminou hoje de maneira trágica. LUIZ ROBERTO CABRAL DE BARROS, 44 anos, matou sua mulher e cometeu suicídio em seguida. O crime aconteceu no escritório ELLI ENGENHARIA, onde a vítima, TATIANA BRUNO DE JESUS, 32 anos, trabalhava. O escritório fica na ALAMEDA LORENA, no JARDIM PAULISTA, zona oeste da Capital.

A adolescente de 16 anos que sobreviveu ao envenenamento de arsênico responsável pela morte de seus pais e da irmã mais velha, em 30 de janeiro, em CAMPINAS, foi entregue à Vara da Infância e da Juventude da cidade. A prima materna EVANIR TEIXEIRA, de FRANCA, que ficou com a guarda da garota, a devolveu à Justiça na sexta-feira, dia 21, sem avisar a família e nem explicar os motivos. Amigos afirmam que um dos motivos que teria levado a prima a desistir da guarda seria o comportamento da menina. Em 15 de setembro, ela chegou a fugir com o namorado para RIBEIRÃO PRETO, mas retornou dois dias depois. Além disso, dizem, ela também telefonava com freqüência para a família de CAMPINAS dizendo que estava infeliz e era maltratada.

TEREZINHA MATOS DE OLIVEIRA, de 40 anos, foi morta no último domingo com um tiro na cabeça durante uma pregação no templo da Igreja Universal do REINO DE DEUS, no centro de SÃO VICENTE, no Litoral. O autor do disparo foi o mecânico JAIME FELIPE DA SILVA, de 44, que foi casado com TEREZINHA durante vinte anos e com quem teve um filho, hoje com 16 anos. Logo após matar a ex-mulher, JAIME cometeu suicídio. Os dois foram enterrados hoje no Cemitério Municipal do PARQUE BITARU, em SÃO VICENTE.

O Ministério Público e a polícia estão cada vez mais certos de que o assassinato do ex-diretor do CARANDIRU e da CASA DE DETENÇÃO DE TAUBATÉ, JOSÉ ISMAEL PEDROSA, de 70 anos, tenha sido motivado por uma vingança da facção criminosa PCC. Ele foi assassinado às 17 horas de domingo, dia 23, no Centro de TAUBATÉ.

PREMIADA a jornalista ELIANE BRUM pela reportagem “O POVO DO MEIO” (ÉPOCA de 4 de outubro de 2004), com o Prêmio de Excelência em Jornalismo da Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP), na categoria Direitos Humanos e Serviço à Comunidade, em INDIANÁPOLIS, EUA, no dia 11 de outubro e, hoje, com o XXVII PRÊMIO VLADIMIR HERZOG DE ANISTIA E DIREITOS HUMANOS, em SÃO PAULO.

A INDONÉSIA anunciou hoje a quarta morte no país em decorrência da gripe aviária, e a TAILÂNDIA detectou novos focos da doença. Já a UNIÃO EUROPÉIA proibiu a importação de aves de estimação. O primeiro caso de gripe aviária conhecido surgiu em HONG KONG, em 1997, e matou seis pessoas após contagiar 18. Em dezembro de 2003, reapareceu na CORÉIA DO SUL e, desde então, resistiu a todas as tentativas de erradica-la, chegando à EUROPA, após matar 41 pessoas no VIETNÃ, 13 na TAILÂNDIA, 4 no CAMBOJA e 4 na INDONÉSIA.

O furacão WILMA já passou pela FLÓRIDA, mas deixou um rastro de quatro mortes e prejuízos de bilhões de dólares. Apenas nos EUA, MÉXICO e CUBA  registraram 14 mortes e também sofreram grandes danos. WILMA é o décimo-segundo furacão da temporada e considerado o mais poderoso da história do GOLFO DO MÉXICO. Hoje, se encontrava sobre o OCEANO ATLÂNTICO, com ventos de 185 km/h. No aeroporto internacional de MIAMI, dois mil vôos foram cancelados. O aeroporto internacional de FORT LAUDERDALE até hoje estava fechado e sem energia elétrica. O presidente GEORGE W. BUSH decretou estado de emergência na FLÓRIDA.

Usou pela primeira vez uma tiara real a duquesa da CORNUALHA,  a mulher do príncipe CHARLES da INGRATERRA, CAMILLA PARKER BOWLES. O acessório foi emprestado pela própria rainha ELIZABETH II, que nunca o usou. Feita de diamantes montados em ouro e platina e dispostos em forma de flores, a jóia foi estreada em 1911, pela rainha MARY, e vista pela última vez numa visita da rainha-mãe à ÁFRICA DO SUL, em 1947. a tiara serviu para marcar a primeira ocasião em que CAMILLA se apresentou num banquete real, no PALÁCIO DE BUCKINGHAM, em LONDRES.

2 006    :    -     QUARTA-FEIRA
Ainda não tenho a data do encerramento da megaoperação “SÃO GERALDO”. Falta um contato com o CORONEL MARIO MARGARIDO e demais autoridades de outros Estados. Alguns oficiais alegaram a necessidade de terminar os trabalhos para estarem disponíveis para votar em 29 de outubro, ou seja, no domingo próximo. Deixo o CAPITÃO ELÁDIO encarregado de atender os telefonemas dos envolvidos no plano, pois tenho de estar nesta tarde no MMDC. Será hoje o primeiro evento denominado “DIA DOS ANIVERSARIANTES”, marcado para a última quarta-feira do mês.
Por volta das 14 horas, estou na Sociedade. MARIA CECÍLIA NACLÉRIO HOMEM, uma das aniversariantes, traz um bolo para a confraternização e vem com suas amigas. Seu irmão, o ANTÔNIO CARLOS NACLÉRIO HOMEM, vem vestido a caráter, até com gravata borboleta, para servir de garçom. Eles chegam bem antes da hora do início da comemoração.
Professor EGBERTO MAIA LUZ (dia 13) (ainda usando uma bengala, face uma cirurgia que sofreu há meses, proveniente de uma queda na rua), GENERAL EUCLYDES BUENO FILHO (dia 15), VIVIANO FERRANTINI (dia 18), JANAÍNA EXPÓSITO FILHO (dia 21), MARIA CECÍLIA (DIA 28), JOÃO TOLONI FILHO e Professor JOSÉ CARLOS DE BARROS LIMA (dia 31), são os aniversariantes presentes. Comparecem também: GINO, MENDES, ALDO, dona DINORÁH, MARIA LÚCIA CAMARGO, DANIEL DE OLIVEIRA TOLONI, ÂNGELA MARIA PEREIRA BARCELLOS, MAURÍCIO OLIVEIRA MERCADANTE, VALDIR PERVELHO, ELIZABETE PRUDENTE CORRÊA, ROMAGNOLI, ANTÔNIO FROTA, CORONEL ARY CANAVÓ, MARIA DE LOURDES GARCIA, CORINA JONNANI, TENENTE GONÇALVES, TIAGO CIBELLO, MAGALI JACOB, CORONEL RICARDO JACOB, JOSÉ CARLOS BARONE.
O presidente GINO STRUFFALDI homenageia os aniversariantes. Depois falam: MARIA CECÍLIA, GENERAL BUENO, Professor EGBERTO MAIA LUZ (hoje ele está inspirado, declamando muito bem). Embora não seja aniversariante, o CORONEL ARY CANAVÓ pede para se manifestar e tece comentários sobre a revolução de 1932.
Muito bom o evento. Quando tive a idéia de criar o “DIA DOS ANIVERSARIANTES” não aquilatava o sucesso que iríamos conseguir. E é apenas o primeiro dia. Outros muitos virão.

Recebemos a Medalha CRUZ DA PAZ DOS VETERANOS DA FEB:

DIPLOMA


O Presidente da ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS VETERANOS DA FORÇA EXPEDICIONÁRIA BRASILEIRA, Seção Campo Grande – MS, tendo em vista os relevantes serviços prestados a esta instituição, concede a
MARIO FONSECA VENTURA
A MEDALHA CRUZ DA PAZ DOS VETERANOS DA FEB.
Campo Grande, 15/09/2006
_____________________________________________
Presidente da ANVFEB – Seção Campo Grande, MS
 

DESCRIÇÃO


      Composta de uma cruz pateada branca, com bordadura dourada, carregada com a reprodução estilizada do Monumento ao Soldado Desconhecido, representa o sacrifício dos brasileiros que combateram em nome da democracia, quando da luta contra o nazi-fascismo.
       Na base da cruz há um listel, com as cores da bandeira italiana, tendo ao centro a data 1945, gravada em dourado, referência que alude a libertação da Itália.
       Sua fita, de gorgorão de seda branca, é cortada verticalmente por uma lista vermelha, seguida, a sua esquerda, de uma lista verde-amarela, conjunto que representa o sangue brasileiro derramado em solo italiano.

Telefona dona SORAIA. Ela trabalha numa revista que deseja entrevistar o presidente GINO STRUFFALDI. Em princípio fica marcada a data de 27 de outubro, sexta-feira.
Vamos deixar a Sociedade um pouco mais tarde do que o costumeiro, pois muitos queriam conversar conosco sobre os mais diferentes assuntos.

Nesta noite, no auditório da GRANDE LOJA MAÇÔNICA DE SÃO PAULO (GLESP), na rua SÃO JOAQUIM, aconteceu uma palestra proferida pelo MAJOR-BRIGADEIRO-DO-AR APRÍGIO EDUARDO DE MOURA AZEVEDO, Comandante do IV COMAR, com o tema: “ALBERTO SANTOS DUMONT NO CENÁRIO AERONÁUTICO”, oportunidade em que foi apresentado o livro com a antologia “CENTENÁRIO DA AVIAÇÃO – 14-BIS”, sendo que foram homenageados os seus colaboradores, entre eles o advogado CELSO MEIRA, que escreveu um capítulo da obra. Na mesa-de-honra: MAJOR AV. MARCOS PONTES; vice-presidente da GOL, DAVID BARIONI; diretor da TAM, PAULO DEMANATO; desembargador ARMANDO SÉRGIO TRATO DE TOLEDO; MAJOR-BRIGADEIRO-DO-AR APRÍGIO EDUARDO DE MOURA AZEVEDO, comandante do IV COMAR; diretor de Cultura da Grande Loja Maçônica do Estado de SÃO PAULO, LUIZ ANTÔNIO GRIECO; VICE-ALMIRANTE JOSÉ CARLOS CARDOSO, Comandante do 8º DISTRITO NAVAL; presidente do Instituto de Engenharia do Estado de SÃO PAULO, Engenheiro EDUARDO FERREIRA LAFRAIA; presidente do Instituto SANTOS DUMONT e sobrinho-bisneto do mesmo, MARCOS VILLARES; presidente da SAKURA ALIMENTOS, RENATO KENJI NAKAYA e o presidente da Universidade IBIRAPUERA, Professor GETÚLIO CHOFARD. Entre os presentes: JB OLIVEIRA, CORONEL PM Res ANTÔNIO CARLOS MENDES, Professor ILTON GARCIA DA COSTA, DÉCIO PALISCASTRO, Professor LEONARDO PLACUCCI, VICENTE PALMIERO.

Demorou dez meses para o CORINTHIANS vencer seu primeiro clássico em 2006. Aconteceu hoje à noite na última chance da equipe na temporada. 0 1 a 0 no arqui-rival PALMEIRAS traz um pouco de paz no PARQUE SÃO JORGE e leva o desespero para o PARQUE ANTÁRTICA. “Valeu seis pontos”, repetia o técnico ÉMERSON LEÃO no fim da partida, comemorando muito o triunfo com gol solitário de cabeça do volante MARCELO MATTOS.
A festa corintiana tem um bom motivo. Além de chegar aos 38 pontos – cinco a mais que a PONTE PRETA, hoje a primeira da zona de rebaixamento – fez a equipe ultrapassar o PALMEIRAS, com 37. Foi o troco, já que no primeiro turno, também com 1 a 0, mas do lado palmeirense, as equipes haviam trocado de posição na tabela.

O presidente LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA acenou hoje com um alívio para os Estados endividados. Em entrevista em PORTO ALEGRE, ele afirmou que um grupo será encarregado de estudar a situação dos Estados cujo endividamento supera os limites permitidos pela Lei de Responsabilidade Fiscal. Um deles é o RIO GRANDE DO SUL, onde LULA teve um de seus piores desempenhos no primeiro turno e que tende a ser repetido no segundo turno. Ele fez referência específica à região: “Estamos com o compromisso de tentar fazer com que o Sul do País retome sua capacidade de investimento e sua capacidade de crescimento”, disse. Em seguida acrescentou que agirá com cautela.  Na campanha de 2002 LULA também prometeu renegociar as dívidas estaduais, mas o assunto não mais foi tratado.
O delegado federal DIÓGENES CURADO localizou em MAGÉ, na BAIXADA FLUMINENSE, a família que foi usada como laranja para o saque da maior parte dos 248,8 mil reais que seriam utilizados para comprar o dossiê VEDOIN. Para retirar o dinheiro na VICATUR CÂMBIO E TURISMO, em NOVA IGUAÇU, foram usados documentos de pelo menos sete pessoas da família de LEVY LUIZ DA SILVA FILHO, funcionário dos Correios. Depois de ouvir LEVY por uma hora e meia, o delegado disse que provavelmente eles não sabiam que seus nomes estavam sendo usados pelos verdadeiros sacadores. A Polícia Federal ocupou hoje a VICATUR e saiu com uma caixa que teria documentos apreendidos. Está sendo investigada a hipótese de que uma das sócias da empresa seja o elo com a família LEVY. 

Depois de dois dias de sofrimento para as mães das vítimas, terminou hoje de madrugada o julgamento do mecânico FRANCISCO DAS CHAGAS DE BRITO, de 41 anos, acusado de matar e castrar 42 meninos no MARANHÃO e no PARÁ. Ele foi condenado a 20 anos e 8 meses de prisão pela morte de JONATHAM SILVA VIEIRA, de 15 anos, assassinado em dezembro de 2003, em SÃO JOSÉ DE RIBAMAR.
Quando o juiz leu a sentença, às 2:30 horas, a mãe de JONATHAM, RITA DE CÁSSIA SILVA VIEIRA, foi abraçada por familiares, membros de entidades de defesa dos direitos humanos e por mães de outras vítimas, que acompanhavam o julgamento. CHAGAS vai cumprir 19 anos de prisão e 8 meses por ocultação de cadáver. Ainda não há data definida para os julgamentos dos outros casos.

A secretária KÁTIA DE PAULA TORRES, de 25 anos, ainda não se apresentou no 23º Distrito (PERDIZES) para ser oficialmente informada de que vai responder a inquérito por abandono de incapaz. Na noite de terça-feira, ela deixou a filha de 1 ano e 1 mês dormindo no banco do carro, dentro de um estacionamento, e foi assistir a uma apresentação do grupo de pagode EXALTASAMBA, na casa de shows PORTO ALCOBAÇA, na BARRA FUNDA, zona oeste. Esta é a segunda vez que KÁTIA não atende à intimação policial. Caso não se apresente até amanhã à tarde, ela deverá ser conduzida à delegacia. A pena para o crime varia de seis meses a três anos de detenção.
A guarda da menina foi entregue ao pai, GILBERTO SEBASTIÃO DE TORRES. KÁTIA, que trabalha em uma empresa de ônibus intermunicipal, perdeu temporariamente o pátrio poder e deverá ser analisada por psicólogos e assistentes sociais da Vara da Infância e da Juventude de GUARULHOS, antes de o juiz DANIEL ISLER dar o parecer definitivo. A mãe de KÁTIA, que cursa faculdade de assistência social, também reivindica a guarda da neta.   

A Justiça aceitou, no começo da noite, o pedido de liberdade provisória pleiteado pela defesa de dois dos três skinheads acusados pela polícia de afixar cartazes com conteúdo racista e contra as cotas para negros nas universidades. ROGÉRIO COSTA ANDRADE e EDUARDO BRANDÃO JARUSSI serão soltos amanhã cedo. Juntamente com ÉMERSOM DE ALMEIDA CHIERI – que continuará preso – os dois foram flagrados pela Polícia Militar, na madrugada da última segunda-feira, enquanto colavam os cartazes em muros próximos à Estação VILA MARIANA do Metrô.  

NAOMI CAMPBELL foi presa por agressão em LONDRES, nesta quarta-feira. Sua conselheira no combate ao vício das drogas, que não quis se identificar, chamou a polícia e declarou ter sido arranhada pela top model. É a nona vez que NAOMI, de 36 anos, tem problemas com a polícia. Ela foi interrogada e liberada na manhã seguinte após pagar fiança. Por conta dos incidentes envolvendo a modelo inglesa, o departamento norte-americano de imigração cancelou seu visto de residência e trabalho nos ESTADOS UNIDOS, o green-card.

Premiado autor de peças teatrais, o escritor mexicano RAFAEL RAMÍREZ HEREDIA morreu hoje, de câncer, aos 64 anos, na CIDADE DO MÉXICO. RAMÍREZ HEREDIA tinha mais de 40 anos de carreira. Nasceu em TAMPICO, no GOLFO DO MÉXICO, e, ainda jovem, escolheu a literatura como profissão. Mais conhecido como autor de romances policiais, HEREDIA recebeu importantes prêmios, como o NACIONAL DE TEATRO (1977) e o internacional JUAN RULFO. Entre seus 37 livros publicados se destacam A JAULA DE DEUS (1987) e M DE MARILYN (1997). Nas livrarias brasileiras ainda é possível encontrar o recente LA MARA, de 2004. 

Forças iraquianas e americanas realizaram hoje uma incursão militar na CIDADE SADR, distrito xiita de BAGDÁ, reduto do Exército de MAHDI- milícia do clérigo antiamericano MUQTADA AL-SADR. Quatro pessoas morreram e 20 ficaram feridas. O Exército dos EUA, porém, disse ter matado dez integrantes da milícia e detido outros dez suspeitos. Uma multidão de xiitas saiu às ruas para protestar contra o incidente.

Os gêmeos britânicos LAYTON e KAYDON são, estatisticamente, dois em um milhão já que um nasceu negro e o outro branco. Num evento genético considerado raríssimo, segundo especialistas ingleses, os gêmeos têm características distintas: um é louro como o pai, enquanto o outro é parecido com a mãe, descendente de nigerianos.
Administradora de um supermercado, KERRY RICHARDSON, de 27 anos, deu à luz em julho no Hospital JAMES COOK, em MIDDLESBROUGH, norte da INGLATERRA.

Assisto nesta noite, já na madrugada, o filme “SANGUE DOS TEMPLÁRIOS”, de 2004, com FLORIAN BAXMEYER, ALICJA BACHLEDACURUS, SAULIUS BALANDIS, STEPHAN BARTH. DAVID cresceu sem saber quem são seus pais. Prestes a se formar e apaixonado por STELLA, uma linda colega de classe, uma amostra de seu sangue é retirada – o que desencadeia uma corrente de eventos; ele é o primeiro em mil anos a unificar o sangue da Ordem do Priorado de Sião. Isso leva a um confronto direto entre os membros dessa Ordem e os Templários. 

2 007    :    -     QUINTA-FEIRA
Nesta manhã, o SARGENTO PM Ref JOÃO GOMES DE OLIVEIRA JÚNIOR dá uma corrida comigo até a agência do Banespa, para retirar dinheiro no caixa eletrônico. Estou redigindo a minha palestra para hoje à noite, na Câmara Municipal de GUARULHOS, quando recebo um telefonema do CORONEL MENDES. É um convite para irmos amanhã cedo à Marinha, em SOROCABA. Acontece que o carro do MENDES está na oficina e ele tentará arrumar uma viatura junto ao LUCIANO, oficial que lhe fez o convite e nosso amigo já há alguns anos.

No MMDS, VICTÓRIO, irmão do NILDO, conta detalhes da morte do veterano ARLINDO, em IPACAETÁ, interior da BAHIA. O velho sofria de diabetes e pressão alta. Tomou insulina demais, sofreu brusca queda de pressão, foi deitar e morreu. NILDO conseguiu chegar a tempo de assistir o enterro, realizado na noite de ontem. O prefeito da cidade mandou uma viatura buscar os parentes que chegaram de São Paulo.
Chove o dia todo. Na Sociedade, atendo o filho de MARIANO WENDEL, que veio buscar uma certidão comprovando que os restos mortais de seu pai estão na cripta do Monumento Mausoléu de 1932.
CORONEL MENDES está conosco na Sociedade. Não irá à solenidade dos 75 anos da Revolução Constitucionalista em GUARULHOS, pois tem compromissos no Grande Oriente.
Como deveremos estar logo mais na Câmara Municipal de GUARULHOS, o MMDC fecha mais cedo as suas portas. As funcionárias LILIAN e MARINEI também irão ajudar a JANAÍNA, Presidente do núcleo da Sociedade naquele município, no atendimento dos convidados. Vamos nos encontrar com o GINO e o ALDO no metrô TIRADENTES. MARINEI nos leva em seu carro até o local da cerimônia. Chegamos cedo. Comparecemos no escritório do ROMAGNOLI, que fica defronte o prédio da Câmara e ali vamos acertar detalhes da festa.
Já na Câmara, recebemos os convidados. Entre eles o veterano OSVALDO DIANA e sua filha ORIVALDA; TENENTE PM ALEXANDRE, presidente do Conselho Deliberativo do núcleo de SÃO MIGUEL PAULISTA, TENENTE PM ADÉLCIO, do CSM/AM (que prestigia o seu subordinado, SARGENTO PM OLIVEIRA, que irá receber a Medalha PEDRO DE TOLEDO); CORONEL PM Res JAIRO PAES DE LIRA, também indicado para receber a medalha; vários associados do núcleo de GUARULHOS; as senhoras INÊS GIANOTA SAMPAIO, LETÍCIA BRUMATTI BATISTA, MÁRCY CÁRRA, LEILA CÁSSIA SALUM, BRUNA NASCIMENTO SILVA, MARA GONÇALVES, JOANA JOSÉ GONÇALVES, LYDIA MAGALHÃES, ANA PAULA ARGOZO GONÇALVES, ISABEL MAGOSSO LOPES, CORONEL Fem PM Res VITÓRIA BRASÍLIA DE SOUZA LIMA, DIVA CAMARGO, LILIANA MARCIANA.
Aguarda-se a presença do apresentador de televisão OTÁVIO MESQUITA, que também irá receber a Medalha PEDRO DE TOLEDO. Com a sua chegada, depois das 20 horas, começa a sessão solene da Câmara Municipal, com a palavra de seu Presidente, PAULO CARVALHO. Sou convidado para fazer a abertura oficial da cerimônia, após a constituição da Mesa de Trabalhos: PAULO CARVALHO, GINO STRUFFALDI, JANAÍNA EXPÓSITO PINTO, MAJOR PM JOSÉ ELÉRIGTON PAULINO, TENENTE-CORONEL PM Ref GERALDO JÂNIO VENDRAMINI (Secretário Municipal Para Assuntos de Segurança). Faço o seguinte discurso:
Minhas senhoras que, com seus encantos, trazem ainda mais encantos nos encantos desta festa (são citados os nomes das mulheres presentes)
Meus companheiros do MMDC hoje, como desde 1932 e para sempre nas Trincheiras da Lei em alerta permanente nas lutas por um BRASIL no Estado de Direito, o BRASIL engrandecido com que todos sonhamos, em especial, meu presidente GINO STRUFFALDI.
Senhores CORONEL PM JAIRO PAES DE LIRA, SIDNEY GONÇALVES, SARGENTO PM ROGÉRIO DE OLIVEIRA, DOUTOR CARLOS ALBERTO DE OLIVEIRA, OTÁVIO MESQUITA, JOEL MARTINS D´OLIVEIRA, DOUTOR SAMUEL WILSON MOURÃO BARBOSA, DOUTOR ROGÉRIO ARDEL BATISTA, RUBENS PAULO APARECIDO SAMPAIO.  Vou falar sobre o governador dos paulistas, PEDRO DE TOLEDO, símbolo da Revolução Constitucionalista de 1932, razão da condecoração hoje entregue:
PEDRO MANUEL DE TOLEDO nasceu em São Paulo, em 1860. Sua família possuía enorme tradição política. Seu tio, AFONSO CELSO DE ASSIS FIGUEIREDO, Visconde de OURO PRETO, exerceu importantes cargos no governo de D. PEDRO II, tendo chefiado o último Conselho de Ministros do Império, em 1889.
Advogado, estudou nas Faculdades de Direito de São Paulo e do Recife, por onde se diplomou em 1884. Era maçom e participou do Movimento Republicano. Com a Proclamação da República, em 1889, assumiu interinamente o cargo de chefe de polícia de São Paulo. Ainda nos primeiros anos do novo regime, colaborou no combate à Revolução Federalista, desencadeada no sul do país contra o governo do presidente FLORIANO PEIXOTO, sendo agraciado, por causa disso, com a patente de Coronel da Guarda Nacional.
Em 1895, elegeu-se deputado estadual pelo Partido Republicano Paulista – PRP. Afastado por alguns anos da vida política, voltou ao Legislativo Paulista, reelegendo-se dois anos depois. De 1908 a 1913, exerceu também o cargo de Grão-Mestre do Oriente Maçônico em São Paulo. Nesse período, em 1910, deu apoio à candidatura presidencial do marechal HERMES DA FONSECA, contrariando a posição do PRP, que aderiu à campanha civilista de RUY BARBOSA. Com a vitória de HERMES, foi nomeado ministro da Agricultura, cargo que exerceria até 1913.
Em maio de 1913, iniciou longa carreira diplomática, que o levou à chefia das Embaixadas brasileiras na ITÁLIA (1914-1917), ESPANHA (1917-1919) e ARGENTINA (1919-1926). Nesse último país, concedeu tratamento cordial aos exilados que haviam participado das rebeliões tenentistas de 1924, o que lhe valeu a antipatia do presidente ARTUR BERNARDES, que acabou o afastando do cargo. Voltou, então, ao Brasil e se afastou da vida política.
Em 1930, com a vitória do movimento que levou Getúlio Vargas ao poder, a política paulista entrou em longa fase de turbulências. O Partido Democrático, que apoiara VARGAS, manifestou-se contrário à indicação do TENENTE JOÃO ALBERTO para a interventoria federal em São Paulo. Mesmo após a demissão de João Alberto, a situação manteve-se tensa, já que os interventores seguintes, LAUDO DE CAMARGO e MANUEL RABELO, não conseguiram promover um acordo entre as facções em luta e permaneceram pouco tempo no cargo. Em fevereiro de 1932, o PARTIDO DEMOCRÁTICO rompeu definitivamente com VARGAS e aliou-se com o PRP – principal pólo de poder político do país até a Revolução de 1930, formando a FRENTE ÚNICA PAULISTA. A FRENTE organizou-se com base em duas bandeiras principais: a defesa da autonomia estadual e a volta do país ao regime constitucional.
Nesse mesmo mês, VARGAS recuou e anunciou a criação do novo Código Eleitoral, primeiro passo para a normalidade do regime. No mês seguinte, PEDRO DE TOLEDO foi nomeado interventor em São Paulo. Figura relativamente distante da luta que até então se travara no Estado, TOLEDO, a princípio, montou seu secretariado buscando um compromisso entre os contendores. No mês de maio, reformulou o secretariado, que passou a apoiar a FRENTE ÚNICA.
A conspiração entre os paulistas contra o governo central se acelerou e, em julho, um movimento armado irrompeu no Estado em defesa da constitucionalização. PEDRO DE TOLEDO, após certa indecisão, acabou aceitando o convite dos líderes rebeldes para assumir a chefia civil do movimento, sendo sido declarado GOVERNADOR DO ESTADO. A Chefia Militar, por seu turno, ficava a cargo do General Bertoldo Klinger.
Sem a esperada adesão das forças políticas dominantes nos Estados de MINAS GERAIS e RIO GRANDE DO SUL, o movimento fracassou, após três meses de luta. Nem mesmo a intensa mobilização das diversas camadas sociais de São Paulo em apoio à rebelião foi capaz de levá-la à vitória. Em 2 de outubro, com a rendição dos paulistas, PEDRO DE TOLEDO foi imediatamente afastado do governo e encarcerado junto a outros líderes constitucionalistas. Em seguida, exilou-se em PORTUGAL, só retornando ao BRASIL em julho de 1934, com a promulgação da nova Constituição.  Faleceu no RIO em 1935.
OTÁVIO MESQUITA, com compromissos na TV BANDEIRANTES,recebe primeiro a Medalha “PEDRO DE TOLEDO”. Faz uso da palavra, enaltecendo o episódio da Revolução de 32 e principalmente a cidade de GUARULHOS, onde nasceu. Depois, despede-se de nós. Falam: o presidente da Sociedade, GINO STRUFFALDI, a presidente do núcleo de GUARULHOS, JANAÍNA EXPÓSITO PINTO e o MAJOR PM JOSÉ ELÉRIGTON PAULINO.
Procede-se a entrega da medalha para os outros oito agraciados. 
Encerrando a solenidade, sou chamado para declamar o poema de GUILHERME DE ALMEIDA:



À SANTIFICADA

Voltas ao nosso reduto com sete tarjas de luto,
Seis faixas brancas de paz e teu penacho vermelho;
e SÃO PAULO dobra ao beijo que tu lhe dás!

Vens...Tu foste a condenada,
A réproba incinerada que de um ímpio ato de fé deixa na História um resumo:
Negro carvão, branco fumo, vermelha flama de fé!

Retemperou-se a fogueira:
Vens como vinha a “bandeira” da fornalha do sertão;
Santificou-se o suplício:
Repetiu-se o sacrifício de JOANA D´ARC em RUÃO

Voltas a nós, vigilante mãe, esposa, irmã, amante, noiva e filha!
Voltas, pois é preciso que se prove que existiu um dia nove de julho de trinta e dois;

E há uma velha Faculdade que,
Ensinando a mocidade,
Com esta foi que aprendeu;
E houve um brasão mameluco que disse “NON DUCOR, DUCO!”
E um SÃO PAULO que disse “EU”

E houve uma noite de heroísmo que marcou o teu batismo de glória:
E por isso é que tens quatro letras gravadas nas quatro estrelas douradas no topo MMDC!...

Já a garoa, o nosso incenso,
beija o teu pano suspenso ao teu mastro, que é uma cruz!
Vês, é um altar em cada casa, sobre a qual estendes a asa rajada de sombra e luz!
Fala! É preciso que fales de tudo: de FERNÃO SALES, de CUNHA, TÚNEL, BURI, de ELEUTÉRIO, da PEDREIRA,
Do soldado e da trincheira, que só falavam de ti!

Lembra a mulher da cantina, do hospital e da oficina:
Beleza do Nosso Bem!
E as crianças, num sorriso, jurando:
“SE FOR PRECISO NÓS PARTIREMOS TAMBÉM”

Recorda a Campanha do Ouro acumulando um tesouro que nunca se esgotará!
Depois, a prisão, o exílio, a saudade, o nobre auxílio da mão distante que dá!

E agora... Agora, de novo abençoando este meu povo que tanto soube esperar,
Esperança dos Paulistas,
Bandeira das treze listas desfraldadas em cada lar!

Reza a oração que dizia:
Preto e branco... a noite e o dia:
Pois dia e noite estarei,
Como o Apóstolo Soldado,
Gente Paulista ao teu lado,
“POLA LEY E POLA GREY!”....

Dia de tráfego intenso e congestionamentos hoje no Mosteiro da LUZ, no centro da Capital. Desta vez, a chuva não teve culpa: ao longo do dia, fiéis foram celebrar o SÃO FREI GALVÃO, o primeiro santo brasileiro, canonizado em maio pelo PAPA BENTO XVI. 
    
Durante um bom tempo ficamos conversando com os convidados e somente depois das 22 horas é que deixamos a Câmara Municipal de GUARULHOS. MARINEI faz a gentileza de me levar até minha residência. Ela também reside na cidade.

A bruxa anda solta no CORINTHIANS. Foi só o pai-de-santo ROBÉRIO DE OGUM anunciar que a “luz” de VAMPETA iria ser a grande força do CORINTHIANS para escapar do rebaixamento que até o volante se viu em problemas. Hoje, entre o treino da manhã e o da tarde, a principal estrela do elenco se envolveu num acidente de trânsito, ao lado do estádio do PACAEMBU.
VAMPETA bateu sua potente BMW X5 num modesto ESCORT, na avenida PACAEMBU, na esquina da Praça DAVID RAW. O motorista do carro nacional ficou preso às ferragens e teve de ser levado a um hospital.

Finalmente o HIDROAVIÃO JAHÚ está pronto. Foram quase três anos de reforma – exatamente 12.500 horas de trabalho – para que a aeronave ficasse exatamente igual ao dia em que decolou do Arquipélago de CABO VERDE, na costa africana, na manhã de 28 de abril de 1927. Nesse dia, JOÃO RIBEIRO BARROS, então com 27 anos, pilotou a aeronave até o ARQUIPELAGO DE FERNANDO DE NORONHA, em 12 horas, a 190 km por hora – velocidade que durante dez anos se manteve recorde.
Responsável pela sua recuperação, a HELIPARK, empresa de serviços para helicópteros, localizada em CARAPICUÍBA, na região metropolitana de São Paulo, entregará amanhã o avião numa cerimônia especial à Fundação SANTOS DUMONT, que tem a posse do JAHÚ.
O restauro veio de uma parceria entre o Ministério da Aeronáutica (IV COMAR), a Fundação SANTOS DUMONT e a Aeronáutica Italiana. Também contou com o apoio do Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico de São Paulo – CONDEPHAAT – pois o avião é tombado pelo Instituto – e da família do piloto JOÃO RIBEIRO BARROS.
“Quando encontramos o JAHÚ, ele estava abandonado num hangar do Aeroporto CAMPO DE MARTE”, diz ELSON STERQUE, diretor técnico da HELIPARK. “Ele estava corroído por cupim e pela humidade. Tivemos que reconstruir 40% da carcaça.” Agora imponente, pintado de vermelho vivo, ele até parece que pode voar novamente. “Mas não pode”, diz STERQUE. “Apesar de parecer novo, parte dele foi apenas recuperada e não podemos garantir a resistência desse material 80 anos depois que o avião cumpriu seu grande feito”.
Enquanto a Justiça decide com quem vai ficar o JAHÚ, o MUSEU DA TAM, em SÃO CARLOS, irá abrigar e conservar o avião. 

A inauguração do SANTANA PARQUE SHOPPING, o mais novo vizinho da zona norte, aconteceu nesta quinta-feira, e reuniu autoridades representativas de diversos segmentos da sociedade da zona norte, todos surpreendidos pela grandiosidade da estrutura e da idéia do empreendimento em si, que conta com 180 lojas, 1.200 vagas para estacionamento, lojas âncoras de grande porte, como RENNER, CASAS BAHIA, ACADEMIA BIORITMO, entre outras, que prometem atender ainda melhor a comunidade da zona norte, principalmente aos bairros de SANTANA, TREMEMBÉ, CACHOEIRINHA, MANDAQUI, CASA VERDE, LAUZANE PAULISTA e LIMÃO, região que há muito merecia tal empreendimento. Para os empreendedores, empresários da GENERAL SHOPPING BRASIL e ALIANCE SHOPPING CENTERS, o dia era de alegria pelo feito alcançado, pois representava a confiança em um potencial de consumo que cresce em uma região cada dia mais pujante. Tudo isso próximo à rua VOLUNTÁRIOS DA PÁTRIA e avenidas DIREITOS HUMANOS, ENGENHEIRO CAETANO ÁLVARES, PARADA PINTO e INAJAR DE SOUZA.

Os incêndios que atingem a região sul do Estado da CALIFÓRNIA desde domingo último obrigou a uma constelação de estrelas do cinema, da TV e da música dos EUA a deixarem suas mansões de MALIBU, localidade onde se concentram as residências de várias celebridades. O fogo obrigou ainda a retirada dos internos da clínica de reabilitação para drogados PROMISES. Em meio aos 18 pacientes transferidos do local estavam a cantora BRITNEY SPEARS e a atriz LINDSAY LOHAN, ambas em tratamento.
Entre as celebridades que lotam os hotéis da região estão os atores MEL GIBSON, TOM HANKS e RITA WILSON, KELSEY GRAMMER, JENNIFER ANISTON, RYAN O´NEAL, NICK NOLTE e CHER. Além deles há ainda os cineastas MEL BROOKS, JAMES CAMERON e outros.

Um atentado a bomba contra um comboio do Exército no noroeste do PAQUISTÃO deixou hoje 21 mortos e 34 feridos, um dia após o envio de mais 2 mil soldados à região para conter os militantes pró-TALEBAN. Funcionários de alto escalão do governo disseram que investigadores estão tentando determinar se a explosão foi provocada por um carro-bomba ou um suicida. O caminhão, que levava 45 militares e munição, foi atacado quando passava perto da principal delegacia do distrito de SWAT. “Parece ter sido um ataque suicida, pois não havia nenhuma cratera no local da explosão”, disse MALIK NAVID, comandante das forças paquistanesas em SWAT. 

2 008   :   -    SÁBADO
Um dia de calor. Às vésperas do segundo turno para a eleição de prefeito em GUARULHOS, a luta sonora entre ALMEIDA e CARLOS ROBERTO se amplifica ao máximo. Bandeiras vermelhas cobrem GUARULHOS, bem superiores às amarelas de CARLOS ROBERTO. Tudo indica que ALMEIDA, apadrinhado do prefeito ELÓI PIETÁ, venha a ser o novo prefeito do município.
Dedico-me aos meus arquivos, após ler os jornais O ESTADO DE SÃO PAULO, JORNAL DA TARDE e DIÁRIO DE SÃO PAULO. Uma caixa com vários documentos vai para a HEMEROTECA VENTURA. Contém muitos relatos de acontecimentos de 2008, como a desorganização econômica global, a Corrida à Casa Branca, as eleições municipais em todo o BRASIL, os casos policiais mais intrincados no ano, culminando com a tragédia que vitimou a menina ELOÁ. Tudo isso foi colecionado durante o final de 2007 e o ano de 2008. Também uma caixa de recortes de jornais sobre VIOLÊNCIA está pronta para ir para a hemeroteca.
Duas coisas atrapalharam o ritmo de trabalho do sábado: a visita de um amigo da KELLEN CRISTINA, DIÓRGENES,que pretende entrar para a PMESP e a minha ida até a residência de dona DIRCE RUDGE PACHECO E SILVA, que está completando noventa anos de idade. No final, o rapaz que viria até aqui quebra a sua moto e transfere a visita para a tarde de amanhã.
Por volta das 17:30 horas, saio de casa e embarco num lotação que me vai levar até a estação TIETÊ do Metrô. Combinara com o ALEXANDRE CASTILHO, neto de dona DIRCE, aguarda-lo na Sociedade Veteranos de 32-MMDC, aonde ele viria me buscar por volta das 19:30 horas.

Chego cedo no MMDC. Aproveito para organizar minhas memórias no computador. Telefono para casa e a LUCINDA conta-me que o ANDRÉ está em SÃO JOSÉ DOS CAMPOS, na festa de um ex-combatente de 32, que hoje está completando cem anos – ALCEU IVO – conhecido naquela região pelo apelido de “ELISTEU”. Diz que a RECORD está fazendo a cobertura do veterano na Revolução Constitucionalista de 1932. O SARGENTO JOÃO GOMES, muito amigo do ANDRÉ, desde a infância, lhe emprestou o carro para ir até SÃO JOSÉ DOS CAMPOS.
Passam das 19 horas quando toca o telefone da Sociedade. É o ALEXANDRE, dizendo que está se deslocando para vir me buscar. Isso vai acontecer quase às 20 horas. Vamos para o JARDIM EUROPA. Numa mansão da RUA IRLANDA, 78, muita gente da família de dona DIRCE já se encontram presentes, bem como o GINO e dona DINORÁH. Num ambiente alegre, descontraído, passamos horas conhecendo os familiares da atual comandante do Exército Constitucionalista. Podemos fazer planos para o futuro da própria Sociedade Veteranos de 32-MMDC com o auxílio dos parentes de dona DIRCE. Esta, bastante comovida, recebe o carinho dos parentes. O ALEXANDRE fala sobre o futuro núcleo do MORUMBI e também diz que é possível criar um núcleo no IBIRAPUERA.  GINO mostra-se preocupado com uma possível crise financeira a acontecer no final de 2008. Realmente isso não é descartado. O ALEXANDRE diz que há meios de ajudar a Sociedade junto a empresas. As horas passam muito rapidamente nesse ambiente agradável. Dona DINORAH e GINO manifestam a vontade de, antes das 23 horas, regressarem para casa. O ALEXANDRE telefona para uma rede de táxis e, em menos de quinze minutos, um deles estaciona à porta da residência onde estamos. Despedimo-nos da aniversariante e de seus parentes. Acompanho o GINO e dona DINORAH até a estação do Metrô SANTA CRUZ.
Apesar da hora, quando chego em casa o JOÃO GOMES vem me mostrar um DVD sobre uma das festas que fizeram, em 1999, para o veterano ALCEU IVO, em SÃO JOSÉ DOS CAMPOS. Ainda assisto esse DVD nesta noite.

Foi inaugurada hoje a CAPELA SANTO EXPEDITO na sede da ASSOCIAÇÃO DOS OFICIAIS DA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO. O cortejo teve início em frente ao Departamento Feminino onde dona THEREZA PELEGRINA conduziu a imagem por todo o trajeto. No altar, recebeu-a o MAJOR CAPELÃO PM OSWALDO PALÓPITO, que realizou a cerimônia em clima de muita emoção. No interior da capela, o CORONEL PM Res LUIZ CARLOS, Presidente da AOPM, proferiu breves palavras de agradecimento aos que prestigiaram o evento, logo sendo iniciada a missa de inauguração, abrilhantada pelo coral da Polícia Militar, regido pelo TENENTE-CORONEL PM CODELO.

Pela Internet, leio no DIÁRIO OFICIAL a transferência para a reserva do TENENTE-CORONEL PM MILTON POUZA JÚNIOR. Nasceu em 19 de fevereiro de 1952. Entrou para a PMESP no dia 1º de fevereiro de 1978. Foi declarado ASPIRANTE A OFICIAL em 15 de dezembro de 1980. PROMOÇÕES: 2º TENENTE – 15 de agosto de 1981; 1º TENENTE – 15 de dezembro de 1985; CAPITÃO – 24 de maio de 1990; MAJOR – 24 de maio de 2000; TENENTE-CORONEL – 25 de agosto de 2003.

O jornal “O ESTADO DE SÃO PAULO”, no FÓRUM DOS LEITORES, publica a seguinte carta: “OBELISCO ILUMINADO”:
“Inconformado com a falta de iluminação que permeava o Obelisco do Ibirapuera, encaminhei sugestão ao sr. Prefeito GILBERTO KASSAB, por intermédio do ESTADÃO (SEPULCRO SEM LUZ, 24/01/2007 e 12/04/2008). Vejo, agora, que a proposta foi acatada. Parabéns, ao ESTADÃO, pois o Obelisco está iluminado, pela alma de nossos heróis expedicionários.”
                                                                             NAZARETH KECHICHIAN NETO.

Cerca de cinco mil pessoas passaram hoje pela Igreja de FREI GALVÃO, no MOSTEIRO DA LUZ, para as comemorações do dia do primeiro santo do BRASIL. Na data, o frei foi homenageado e virou o primeiro santo engenheiro do país. É que o Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia de SÃO PAULO (CREA-SP) concedeu ao santo o título de HONORIS CAUSA DE ENGENHARIA E ARQUITETURA.
A entrega do diploma foi feito pelo presidente do CREA-SP, JOSÉ TADEU DA SILVA, no final da missa do meio-dia. “Entre 1764 e 1794 o frei teve contato na Escola de Engenharia de Fortificações e Arquitetura com a arte de construir e projetar. Isso contribuiu para que ele ajudasse na construção do MOSTEIRO DA LUZ, onde atuou como carpinteiro, pedreiro, arquiteto e engenheiro”, explicou SILVA, sobre o porquê da homenagem.
Uma placa comemorativa foi instalada no MUSEU DE ARTA SACRA, que fica ao lado da igreja e de onde as freiras fazem a distribuição das famosas pílulas de FREI GALVÃO. O dia terminou com uma queima de fogos e uma procissão pelas ruas da região. 

Faleceu neste sábado o deputado federal MAX ROSENMANN. Ele morreu aos 63 anos, no Hospital SANTA CRUZ, em CURITIBA, onde estava internado desde a tarde de segunda-feira, dia 20, após sofrer hemorragia cerebral. O velório acontece na Assembléia Legislativa do PARANÁ. Estava no sexto mandato consecutivo como deputado.

Desta vez as lágrimas foram de alegria. O grito, de festa. Em pé, após cantar por 90 minutos, com misto de sorriso largo e choro emocionado, o corintiano soltou o grito da vota do CORINTHIANS à divisão de elite após 328 dias de sofrimento. Com seis rodadas de antecedência, consegue retornar de onde não deveria ter saído.
No dia 2 de dezembro de 2007, também num jogo com dois gols – hoje foi CORINTHIANS 2 x CEARÁ 0- o corintiano desabou em lágrimas com o 1 a 1 com o GRÊMIO, em PORTO ALEGRE. Naquele fatídico dia, a história do tradicional clube de 98 anos estava arranhada com a queda para a Série B. Do atual elenco, FELIPE, DENTINHO, LULINHA, CARLOS ALBERTO, BRUNO OCTÁVIO, FÁBIO FERREIRA, NILTON e MARCELO OLIVEIRA participaram daquela desastrosa campanha.
O único momento de silêncio aconteceu antes de a bola rolar. Um minuto de silêncio em memória ao pai do auxiliar-técnico SYDNEY LOBO, que morreu ontem. Todos respeitaram.
O CORINTHIANS só subiria se o time de BARUERI não vencesse (perdeu para o PARANÁ por 2 a 1).

O PALMEIRAS estava no G-4 do CAMPEONATO BRASILEIRO havia 14 rodadas, não perdia para o FLUMINENSE no RIO desde 1994 – portanto há 14 anos. E hoje, ao levar o primeiro gol do tricolor carioca, aos 14 minutos de jogo, viu o sonho da conquista do título ficar mais distante. A derrota foi incontestável – perdeu por 3 a 0. O PALMEIRAS, agora em quinto lugar, errou bastante durante o confronto. O CRUZEIRO perde para o ATLÉTICO PARANAENSE e fica mais longe do líder GRÊMIO.

Depois de superar o espanhol FELICIANO LOPEZ, ROGER FEDERER classificou-se para a final do TORNEIO DA BASILÉIA, na SUÍÇA. Como oponente, terá o argentino DAVID NALBANDIAN. Já o brasileiro THOMAZ BELLUCCI foi eliminado do CHALLENGER de BUENOS AIRES pelo argentino MARTIN VASSALLO ARGUELLO.

A sérvia ANA IVANOVIC garantiu lugar na fina\l do TORNEIO DE LINZ, na\ ÁUSTRIA, ao vencer a polonesa AGNIESKA RADWANSKA. O jogo que garante o título será amanhã conta a russa VERA ZVONAREVA. Já a russa ELENA DEMENTIEVA, medalha de ouro em PEQUIM-2008, disputa, também amanhã, a final do WTA DE LUXEMBURGO, contra a dinamarquesa CAROLINE WOZNIACKI. 

2 009        :         -       DOMINGO
Manhã tranqüila. Em minha biblioteca leio o ESTADO DE SÃO PAULO e JORNAL DA TARDE. Por volta das 10 horas estou trabalhando no computador, preparando o 26 de outubro para lançar no blog.

O presidente Luiz Inácio da Silva pode ser, e é, um político ardiloso. Mas não é um homem corajoso. Tampouco é um líder renovador. Não bate de frente com ninguém que possa vir a lhe ser útil amanhã, não enfrenta questões polêmicas, não compra brigas difíceis nem aceita disputa com igualdade de condições, só entra em conflitos protegido por escudos e, sobretudo, não confronta paradigmas.
Na dúvida, prefere a rendição. E pior, na condição de chefe da Nação, não hesita em classificar o Brasil como um país fadado a fazer política ao rés do chão e de mãos sujas.
Na entrevista publicada na Folha de S. Paulo de quinta-feira, Lula pretendeu demonstrar pragmatismo, mas o que exibiu mesmo foi um imenso conformismo, incurável conservadorismo e oceânica indiferença em relação a qualquer coisa que não tenha a ver com sua pessoa.
No Brasil, Jesus teria que se aliar a Judas, disse, como justificativa à sua tolerância para com a ausência de limites entre o público e o privado na operação da política brasileira.
Não é a primeira vez que o presidente se põe no patamar de divindade nem é inédita a manifestação de complacência em relação às piores práticas e seus praticantes. O exemplo, porém, agora foi mais infeliz do que nunca.
Desrespeitoso do ponto de vista religioso - ainda mais para quem preside a maior nação cristã do mundo - e ignorante do que tange ao registro histórico. Jesus, bem lembrou o secretário-geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, d. Dimas Lara Barbosa, não se aliou aos fariseus e penou exatamente por se manter fiel aos seus princípios.
Não se imagina que um político, nem mesmo um presidente da República, possa se conduzir por parâmetros santificados. Daí não ser aceitável também que dê ares sagrados aos seus atos.
Contudo, espera-se de lideranças políticas - principalmente daquelas detentoras da admiração popular e que tenham feito carreira apresentando-se como arautos da mudança - que não se acomodem. Não compactuem, que usem seus melhores atributos para melhorar os defeitos que os fizeram crescer no imaginário da população como a materialização do bem contra o mal.
Em Lula, a figura do progressista, um mito alimentado por duas décadas de ofício oposicionista, não resistiu ao poder. Bem como o símbolo da luta em prol da depuração dos costumes e defesa da ética mostrou seus pés de barro ao adentrar o Palácio do Planalto.
Antes de se especializar como comandante das tropas do mau combate, sempre se alinhando às piores causas, jamais vocalizando os melhores valores, Lula abandonou as reformas.
Algumas delas apresentou pro forma ao Congresso, como a tributária, a política, a previdenciária, mas ou não lutou por elas ou as deixou pelo meio do caminho. Outras, como a trabalhista e a sindical, simplesmente ignorou. Para não arbitrar conflitos e, assim, correr o risco de se confrontar com setores que lhe poderiam ser úteis.
Lula não é um homem que tome posições e brigue por elas. Não gosta de perder. Talvez considere que já tenha dado ao País sua cota nas três derrotas eleitorais antes de conseguir se eleger presidente. Uma vez conquistado o poder, usa seus instrumentos como um fim em si mesmo.
Ao longo de dois mandatos quase completos, o presidente Lula em nenhum momento sequer sinalizou disposição de empregar suas energias para ajudar a política brasileira a se modernizar. Ao contrário, valeu-se do atraso e apostou em seu aprofundamento.
Ao ponto de, na mesma entrevista, ter atribuído ao presidente do Senado, José Sarney, alguém a quem não hesitava ofender chamando de ladrão quando atuava como oposicionista, a condição de guardião da segurança institucional do Brasil.
Segundo ele, sustentou Sarney no cargo, a despeito de denúncias e mentiras confessadas, porque representava uma garantia ao Estado brasileiro. Não, significava uma caução para o controle do Executivo sobre o Senado, como admite na frase seguinte. A oposição, afirmou o presidente, faria um inferno no País, caso Sarney fosse afastado dando lugar ao vice, Marconi Perillo, cujo grande defeito foi ter dito de público que havia alertado Lula sobre a existência do mensalão no Congresso.
Não entendi por que os mesmos que elegeram Sarney um mês depois queriam derrubá-lo, declarou, fingindo-se de ingênuo, pois não faltaram fatos para propiciar a sua excelência perfeito entendimento a respeito da situação, perfeitamente compreendida pela bancada de seu partido no Senado.
O presidente, que outro dia mesmo reclamava dos políticos de duas caras, de novo encarnou a simbologia do mau exemplo. Convalidou, pela enésima vez, as práticas nefastas que passou a vida dizendo que precisavam ser combatidas.
Isso é pior do que ter duas caras: é jogar no lixo uma trajetória, enterrar uma biografia, é trair uma legião de brasileiros que o elegeu acreditando nas promessas de mudança.

Recebo a seguinte mensagem do GBB – CORONEL PM Res SERAU:
Não que as centenas de milhares de policiais militares brasileiros, de ontem e de hoje, mortos ou vivos, ativos ou inativos esperam aplausos, reconhecimento, discursos empolados e/ou demagógicos. . .  Mas que os governantes dos Estados Federados nos devem um pouco mais de consideração, ISTO DEVEM, SIM!
Glória a todos os PM que se aleijaram ou morreram no cumprimento do dever!
Cesar Augusto Serau
No momento em que, no Rio de Janeiro, um oficial e dois ou três de seus comandados nos deixam envergonhados por desvio de conduta, rendo minhas homenagens à quase totalidade das centenas de milhares de Policiais Militares brasileiros que, diuturnamente, arriscam suas vidas para dar segurança à população.
Que o esforço e a dignidade desses profissionais possam ser um pouco mais conhecidos através do artigo transcrito em seguida, que dá idéia do que enfrentam no dia a dia de sua nobre missão.
Cesar Augusto Serau, Cel Res PM
_________________________________________
Como policial militar, eu já fui quase tudo...
Autor: Tião Ferreira*
Como policial militar, enfrentei o maior choque cultural da minha vida, ao ter de argumentar com todo tipo de pessoas, do mendigo ao magistrado, entrar em todo tipo de ambiente, do meretrício ao monastério.
Como policial militar, fui parteiro, quando não dava tempo de levar as grávidas ao hospital, na madrugada.
Como policial militar, fui psicólogo, quando um colega discutia com a esposa, diante da incompreensão dela, às vezes, com a profissão do marido.
Como policial militar, fui assistente social, quando tinha de confortar a mãe de alguma vítima assassinada por não possuir algo de valor que o assaltante pudesse levar.
Como policial militar, fui borracheiro e mecânico, ao socorrer idosos e deficientes com pneus furados.
Como policial militar, fui pedreiro, ao participar de mutirões para reconstruir casas destruídas por enchentes.
Como policial militar, fui paramédico fracassado, ao ver um colega ir a óbito a bordo da viatura.
Como policial militar, fui paramédico realizado, ao retirar uma espinha de peixe da garganta de uma criança.
Como policial militar, fui apedrejado por estudantes da mesma escola na qual estudei e fui professor, por pessoas do mesmo grêmio do qual participei.
Como policial militar, fui obrigado a me tornar gladiador em arenas repletas de terroristas que são membros de torcidas organizadas, em jogos de times pelos quais nem torço.
Como policial militar, sobrevivi a cinco graves acidentes com viaturas, nunca a menos de 120km/h, na ânsia de chegar rápido àquela residência onde a moça estava sendo estuprada ou na qual um idoso estava sendo espancado.
Como policial militar, fui juiz da vara cível, apaziguando ânimos de maridos e mulheres exaltados, que após a raiva uniam-se novamente e voltavam-se contra a polícia.
Como policial militar, fui atropelado numa blitz por um desses cidadãos que, por medo da polícia, afundou o pé no acelerador e passou por cima de vários colegas.
Como policial militar, arrisquei-me a contrair vários tipos de doenças, ao banhar-me com o sangue de vítimas às quais não conhecia, mas que tinha obrigação de tentar salvar.
Como policial militar, arrisquei contaminar toda a minha família com os mesmos tipos de doenças, pois, ao chegar em casa, minha esposa era a primeira a me abraçar, nunca se importando com o cheiro acre de sangue alheio, nem com as manchas que tinha de lavar do uniforme.
Como policial militar, fui juiz de pequenas causas, quando, em minha folga, alguns vizinhos me procuravam para resolver seus problemas.
Como policial militar, fui advogado, separando, na hora da prisão, os verdadeiros delinquentes dos "laranjas", quando poderia tê-los posto no mesmo "barco".
Como policial militar, fui o homem que quase perdeu a razão, ao flagrar um pai estuprando uma filha, enquanto a mãe o defendia.
Como policial militar, fui guardião de mortos por horas a fio, sob o sol, a chuva e a neblina, à espera do rabecão, que, já lotado, encontrava dificuldade para galgar uma duna mais alta, ou para penetrar numa mata mais densa.
Como policial militar, fiquei revoltado ao necessitar de um leito para minha esposa parir e, ao chegar ao hospital da polícia, deparar-me com um traficante sendo operado por um médico particular.
Como policial militar, fui o cara que mudou todos os hábitos para sempre, andando em estado de alerta 25 horas por dia, sempre com um olho no peixe e o outro no gato, confiando desconfiado.
Como policial militar, fui xingado, agredido, discriminado, vaiado, humilhado, espancado, rejeitado, incompreendido.
Na hora do bônus, esquecido; na hora do ônus, convocado.
Tive de tomar, em frações de segundo, decisões que os julgadores, no conforto de seus gabinetes, tiveram meses para analisar e julgar.
E mesmo hoje, calejado, ainda me deparo com coisas que me surpreendem, pois afinal ainda sou humano.
Não queria passar pelo que passei, mas fui voluntário, ninguém me laçou e me enfiou dentro de uma farda, né!?
Observando-se por essa ótica, é fácil ser dito por quem está "de fora" que minha opinião não importa, ou que, simplesmente, não existe.
Amo o que faço e o faço porque amo.
Tanto que insisto em levar essa vida, e mesmo estando atualmente em outra esfera do serviço policial, sei que terei de passar por tudo de novo, a qualquer hora, em qualquer dia e em qualquer lugar.
E o farei sem reclamar, nem recuar, porque se o senhor não guarda a cidade, em vão vigia a sentinela!
Por isso é que fazemos nossa parte: Vigilantis sempre!
Que deus abençoe a todos nós!!!
Tião Ferreira é desenhista de quadrinhos, animador, estudante de História, ex-palhaço de circo, ex-carteiro, ex-policial militar e, atualmente, policial civil. Também é criador do blog Game Arte:
http://www.gamearte.blogspot.com/

Fazer apostas sobre quem será o campeão brasileiro de 2009 é correr grande risco de perder dinheiro. Pela primeira vez em sete temporadas no sistema de pontos corridos, a luta pelo título tem vários candidatos a erguer o cobiçado troféu. Faltando somente sete rodadas, a competição embolou de vez e apenas três pontos separam os cinco primeiros colocados. O PALMEIRAS segue na ponta da tabela. Mas não tem mais gordura para queimar após somar um mísero ponto nos últimos 12 disputados. Depois de apanhar do SANTO ANDRÉ por 2 a 0 na quarta-feira, o castigo do técnico MURICY RAMALHO a seus jogadores foi o de passar o fim de semana “secando” os concorrentes ao título.
A segunda colocação segue com o ATLÉTICO MINEIRO, agora com apenas um pontinho de diferença, após um sofrido 1 a 0 – gol de DIEGO TARDELLI – no MINEIRÃO cheio para cima do VITÓRIA.
O INTERNACIONAL é outro que se credencia ao título. O domingo do torcedor colorado foi de festa, afinal de contas, ganhou o clássico com o GRÊMIO por 1 a 0, está apenas dois pontos atrás do PALMEIRAS e, de quebra, acabou com as chances do rival.
Hoje, na VILA BELMIRO, por exemplo, o grito de “o campeão voltou” novamente ecoou. Com 4 a 3 no clássico, o SÃO PAULO atingiu os mesmos 52 pontos do INTER e agora aposta nos dois jogos seguidos em casa – no sábado recebe o BARUERI – para dar sua arrancada rumo ao sétimo título, o quarto seguido.
Outro que chega com força é o FLAMENGO. O time bateu o BOTAFOGO, no ENGENHÃO, por 1 a 0, soma dez jogos sem derrotas e uma vitória o separa do PALMEIRAS. CRUZEIRO e GOIÁS ainda sonham. Donos de cinco dos seis títulos nos pontos corridos, os clubes paulistas verão sua hegemonia chegar ao fim?

O personagem principal do jogo voltou com força total, com muita fome de bola. Logo no primeiro lance do ataque do CORINTHIANS, RONALDO driblou dois adversários, mas chutou na zaga. Mesmo assim, o lance entusiasmou a torcida, que aplaudiu a jogada do FENÔMENO. As duas semanas de treinamento intenso fizeram bem ao craque, que demonstrava que ia cumprir o que havia prometido à torcida. Mas o CORINTHIANS não correspondeu à expectativa. RONALDO acabou passando em branco e o time amargou outra derrota no PACAEMBU, nesta noite, desta vez para o CRUZEIRO – 1 a 0.

O desempregado LEVI SANTOS CORDEIRO, 27 anos, fez hoje o seu próprio filho, de apenas 6 meses, refém por quase três horas. Ele ameaçava se matar com uma faca, mas não entregava a criança. O bebê foi libertado às 13:20 horas, quando a PM paralisou o pai, usando, pela primeira vez, uma arma não letal que dispara choques elétricos.
Tudo começou hoje pela manhã, quando CORDEIRO chegou em casa, numa pequena vila de três sobrados, na Avenida COQUEIRAL, 741, em GUARULHOS. Ele estaria sob efeito de álcool ou drogas e espancou a mulher, a dona de casa SIMONE CARDOSO DE SOUZA, de 26 anos. Em seguida, a colocou para fora de casa.
SIMONE chamou a polícia, que chegou rapidamente e isolou o local. Nisso, o homem se trancou com a criança, por volta das 10:30 horas, ameaçando se matar.
Segundo o CAPITÃO PM ULHÔA, da PM, foi preciso acionar o Grupo de Ações Táticas Especiais (GATE) para negociar com o desempregado. CORDEIRO só foi rendido após receber dois disparos feitos pelo TENENTE PM DAVI TENÓRIO DE CARVALHO, que utilizou a pistola não letal TASER. Imobilizado, o pai foi algemado e levado ao 7º DP de GUARULHOS.
“A criança não sofreu nenhum arranhão e acabou sendo atendida em sua própria casa por médicos que estavam de prontidão. A mãe também foi encaminhada à delegacia para prestar depoimento”, informou o CAPITÃO PM UCHÔA. A delegada MAGALI CELEGHIN VAZ registrou o caso.

O PM CARLOS AUGUSTO DA SILVA, de 22 anos, foi preso em flagrante após matar o eletricista ÁLVARO MARQUES DA ROCHA, de 55 anos, hoje pela manhã. O crime aconteceu após uma discussão de trânsito na Avenida ROBERT KENNEDY, na altura no número 5 mil, no bairro CIDADE DUTRA, zona sul de SÃO PAULO. Após atirar contra o eletricista, o soldado fugiu em sua moto e se envolveu num outro acidente, no cruzamento da Avenida SENADOR TEOTÔNIO VILELA com a Rua PADRE JOSÉ GARZOTTI. Sem conseguir continuar em fuga, foi socorrido e preso por colegas da PM.
O PM CARLOS AUGUSTO foi preso em flagrante e prestou depoimento no 48º DP (CIDADE DUTRA). Em seguida foi transferido para o Presídio Militar ROMÃO GOMES.

A aposentada MARIA PETRÚCIA RIBEIRO DA SILVA, de 68 anos, que estava no vôo JJ 8079, da TAM, de NOVA YORK para o RIO, morreu ontem de madrugada ao desembarcar no Aeroporto Internacional TOM JOBIM. A passageira, que tinha dupla nacionalidade e passava temporadas no RIO e em NOVA YORK, onde moram as três filhas americanas, passou mal quando a aeronave se aproximava do RIO. Uma das filhas dela disse que sumiram 8 mil dólares, além de cartões de crédito e documentos.      

Pesquisas de boca de urna da eleição presidencial uruguaia, divulgadas após a votação de hoje, indicavam vitória do candidato governista, o ex-guerrilheiro JOSÉ PEPE MUJICA, com índices entre 47% e 49% dos votos. O resultado, se confirmado oficialmente, levará a disputa para segundo turno, no dia 29 de novembro.

A explosão de dois carros-bomba perto de edifícios do governo deixou hoje pelo menos 132 mortos e mais de 500 feridos no centro de BAGDÁ, no ataque mais violento no IRAQUE dos últimos dois anos. Os carros-bomba estavam estacionados e explodiram quase simultaneamente. O primeiro, ao lado do Ministério da Justiça, e o segundo, perto da sede da Prefeitura de BAGDÁ, a alguns metros do HOTEL MANSUR. Ambos os edifícios ficam muito próximos da chamada ZONA VERDE, considerada a região mais segura de BAGDÁ e onde se concentram embaixadas e vários ministérios. Em agosto, um atentado semelhante contra prédios ministeriais em BAGDÁ deixou 101 mortos.  

Rodrigo Lopes
Um comunicado circula entre os jornalistas sitiados na embaixada brasileira em Tegucigalpa, capital de Honduras. O documento traz as bases do que seria a proposta de Manuel Zelaya para pôr fim à crise. Lá no meio há um item que passa quase despercebido: o presidente deposto oferece o prédio brasileiro como local para a negociação de um acordo. Assim, estaria mais seguro, acredita. Só há um problema: o único funcionário brasileiro responsável pela embaixada, ministro Lineu Pupo de Paula, sequer havia sido avisado da proposta.
O fato ilustra como Zelaya transformou-se de hóspede em autoridade na representação diplomática brasileira. O prédio não é apenas seu bunker, de onde desafia as forças armadas, sob o comando do presidente Roberto Micheletti. É seu palanque político, para desespero de diplomatas de carreira no Itamaraty. Dias antes, uma delegação de seis deputados federais brasileiros desembarcou em Tegucigalpa para se encontrar com Zelaya. No corredor de entrada da embaixada, os assessores do presidente se esmeravam em boa vontade.
— Como se diz bem-vindo em português? – queriam saber.
Educação perfeita. Só esqueceram que os hóspedes, no caso, eram eles próprios. Durante as mais de duas semanas em que está abrigado no prédio, Zelaya recebeu parlamentares europeus, diplomatas e outras autoridades internacionais, despachando no gabinete do embaixador, que virou sala de acesso restrito a familiares e assessores próximos, como a ex-ministra da Mulher Dóris López e seu braço direito Carlos Eduardo Reina. Até a única autoridade brasileira na casa, o ministro Pupo de Paula, precisa bater à porta para entrar no gabinete. Lá dentro, de dia o local foi transformado em escritório de Zelaya. À noite, um grande colchão de acampamento é inflado, e a peça vira a suíte do líder deposto e sua mulher, Xiomara.
O modo como Zelaya utiliza a embaixada como palanque irrita a oposição e constrange o Itamaraty. Durante as entrevistas na casa, o presidente deposto convoca seguidores à resistência e ordena manifestações, contrariando os pedidos do chanceler brasileiro, Celso Amorim, para que não faça declarações políticas. Ninguém controla o que ele diz. De Paula só fica sabendo de suas frases na hora da entrevista.
No domingo passado, depois de oferecer a embaixada como local para a assinatura de um acordo, Zelaya levantou-se da cadeira:
— Quem está oferecendo a embaixada, presidente? – um repórter questionou.
— Eu estou oferecendo – respondeu.
Zelaystas impõem áreas restritas e punições
O presidente deposto acorda tarde. Na quarta-feira, uma delegação do parlamento europeu foi visitá-lo, e foi preciso que o funcionário brasileiro desse voltas, apresentando a embaixada, para que desse tempo de Zelaya se aprontar. Seus 50 seguidores — já foram 300 — espalham-se por salas, banheiros e secretarias da embaixada. As três únicas peças onde não há ativistas ou assessores são a sala ocupada por Pupo de Paula, o setor consular e uma sessão de informações – esta última fechada com cadeado, onde está um computador e documentos sigilosos.
No restante, cada canto é usado pelos zelaystas. Seus seguidores utilizam até o teto para descansar, como comprovou ZH nos cinco dias em que ficou na embaixada. Uma das peças foi transformada no setor de informações do governo deposto: em computadores, assessores organizam reuniões e monitoram o que sai na mídia sobre o presidente. Um papel na porta anuncia acesso restrito. Neste andar, nem ativistas podem entrar. O homem por trás da organização da rede de informações é conhecido por Hugo, ex-militar e chefe da segurança. Ele pune com rigidez os ativistas que subirem ali.
ZH flagrou em várias ocasiões homens e mulheres que foram repreendidos por chegarem próximo demais da área reservada a Zelaya e seus lugares-tenentes. Na noite de terça-feira, um dos guarda-costas que cuidava da porta do gabinete de Zelaya foi punido. Dormira na vigília e foi mandado para a cozinha. Como o local estava muito sujo, amanheceu deitado ao relento, no terraço.

2 010        :          -      SEGUNDA-FEIRA
Minha visita à Igreja Batista no JARDIM MAIA ensinou algo muito importante para mim. A força de intenção bem direcionada move montanhas. O Pastor ALEXANDRE desenvolve excepcional trabalho naquela área. Suas “ovelhas” não irão votar na guerrilheira e bandida DILMA ROOUSSEFF. Eles aprenderam que não se pode tampar o sol com um véu tênue da hipocrisia. Mas é muito pouco para uma Nação de pessoas não esclarecidas. É por isso que o ranço do um socialismo pernicioso está dominando o BRASIL. Nesta segunda-feira temos mais uma reunião do Conselho Cívico e Cultural da Associação Comercial.
ATA DA 26ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO CÍVICO E CULTURAL DA ASSOCIAÇÃO COMERCIAL DE SÃO PAULO-ACSP, GESTÃO MARÇO 2009 / MARÇO 2011, REALIZADA EM 25 DE OUTUBRO DE 2010, ÀS 15 HORAS, NO 11º ANDAR (SALA TS 1-2-3), RUA BOA VISTA, 51.
Coordenador: Conselheiro Francisco Giannoccaro.
Secretária: Frances de Azevedo.
Reuniram-se os membros do Conselho sob a presidência de Francisco Giannoccaro, conforme lista anexa. Após dar as boas vindas para todos, foi colocada a ata da reunião anterior em votação, que foi aprovada por unanimidade.
Justificadas as ausências de: Antonio Carlos Mendes, Gino Struffaldi, Marcelo Cypriano Motta Milton Fernandes, Osmar Garcia Stolagli e Pedro Paulo Penna Trindade. Aniversariantes do mês de Novembro: dia 11, Guilherme Napoleão de Abreu; dia 18, Roberto Pereira de Campos Vergueiro Neto; dia 24, Valdir Abdallah; dia 27, Vilma L. Gagliardi e dia 29, Pedro Paulo Penna Trindade.
Expediente: Hasteamento das Bandeiras e Comemoração da Revolução de 32 na Câmara dos Vereadores de São Paulo. Compareceram: Mario Fonseca Ventura, Lauro Escobar e Frances de Azevedo, que foram unânimes em declarar que o evento foi de profundo sentimento cívico e maravilhoso. Coordenador Francisco Giannoccaro cumprimenta os seguintes membros do MMDC que foram agraciados com a Comenda do Mérito Cultural Tomé de Souza: Gino Struffaldi (Presidente), Antonio Carlos Mendes (vice-presidente) e Mario Fonseca Ventura (Secretário). Mario Ventura convida a todos para a próxima reunião do COFAM, dia 27, às 15 horas, na sede da Sociedade Veteranos de 32. Francisco Giannoccaro cumprimenta nosso colega Gaetano Brancati Luigi pela comemoração dos dez anos do Marco da Paz. Arlindo de Souza Pícoli acrescenta que a solenidade foi marcante, bem organizada, com o comparecimento de todas as distritais, com destaque para uma professora de 93 anos. Edimara de Lima destaca que uma professora da escola da região do Jabaquara onde trabalha, também foi homenageada; que a escola convidou os pais e familiares tendo enviado mais de dez mil e-mails. Os professores ficaram sensibilizados, tendo apreciado muito este evento. A repercussão foi enorme na Distrital do Jabaquara. O coordenador requer oficio para Gaetano Brancati Luigi. Ofícios, também, para o governador eleito de São Paulo (Geraldo Alckmin) e seu vice-governador Guilherme Afif Domingos. Quanto à comemoração do Dia da Bandeira, temos confirmadas quatro distritais. Os folders já estão sendo providenciados e as bandeiras estão disponíveis. Quanto ao hino de São Paulo fica suspenso até o início do ano que vem, pois iremos conversar com o Secretário. Com relação a homenagem ao Reitor da USP João Grandino Rodas deverá ser estudada data para seu comparecimento numa sessão plenária da ACSP. Ofício para o presidente Alencar Burti neste sentido. A Bandeira do sogro de Antonio Augusto Bizarro deverá ser oferecida ao presidente Alencar Burti com a proposta de se instalar na ACSP memorial da Revolução de 32 conforme sugestão do coordenador, com observações de Lauro Escobar e Edimara de Lima sobre a diferença entre Museu (pesquisa, conservação, estudo) e Memória (fatos memoráveis). Viviano Ferrantini acrescenta que a ACSP, há cinco anos, cogitou a criação de memorial para a coletânea de documentos da associação. Maria Cecília Naclério Homem coloca que seria interessante iniciar logo, pois os documentos estão por aí dispersos. Reuni-los seria muito bom. Francisco Giannoccaro, por sua vez, acrescenta que fazer algo itinerante, também, seria muito bom, atingindo um público maior. Dia 02 de dezembro todos estão convidados para nosso almoço de confraternização, podendo trazer um convidado e confirmar com antecedência junto à Valéria.
A seguir abordaram-se alguns aspectos da campanha política em decurso no país, e seus temas predominantes, entre os quais as reservas do pré-sal, de problemática e difícil exploração, com petróleo a mais de 7.000 metros de profundidade, em condições extremas de prospecção-temperatura e agressividade geológica, necessidade de capitais vultuosos e de retorno financeiro duvidoso.
A educação foi outro tema importante, tratado por José Cordeiro, Edimara de Lima, Maria Cecília Naclério Homem, Antonio Augusto Bizarro, Lauro Escobar e outros. A progressão continuada foi debatida na campanha pelo governo do Estado de São Paulo; baseado em sistema adotado pela Coréia e outros países asiáticos; inibe a repetência imotivada; possivelmente não foi bem lançada pela Secretaria da Educação; outro ponto crítico é a falha a formação de professores e novos quadros docentes, tendendo à um vácuo educacional para as novas gerações com graves conseqüências para o progresso da Nação; cursos técnicos de boa qualidade são essenciais para a montagem de quadros de apoio para a indústria e serviços. Em resumo não há mais os bons professores de gerações passadas. O coordenador afirmou ser necessário voltar ao tema em ocasião oportuna.
Edimara de Lima relatou a entrega do prêmio ao aluno Christian Pereira de Godoi, pela sua carta comentando o Movimento Constitucionalista; a cerimônia realizada em sua escola E.E.P.G. Prof. Reducino de Oliveira Lara com a presença dos alunos, professores e parentes do menino foi emocionante – além das palavras de exaltação ao mesmo, foi lhe oferecido um conjunto de pertences didáticos de uso escolar; novos prêmios serão oferecidos, quando houver datas a serem comemoradas no calendário escolar.
Sobre o momento político, Eloy Gonçalves opinou afirmando que a mobilização e entusiasmo dos eleitores em torno do candidato Serra são pequenos, um pouco mais nas redes da internet. Lula anda destemperado e agressivo, e Dilma é autoritária. Lauro Escobar diz que a situação atual da oposição é fraca, e que esta culpa é de todos que a constituem; o nível da política está em baixa, as vozes que poderiam falar, se afastaram, e não tivemos coragem no devido tempo de limpar toda a sujeira; os partidários do PT são em parte ideologistas, e outros são interesseiros e subornados por entidades que desejam manter o status quo, p.ex., grandes empreiteiros e empresários, banqueiros, MST e ONG’s, etc.; é necessário lançarmos um partido unido e que envolva altos ideais de patriotismo e civilidade. Jácomo Spampinato afirma que alguns políticos se aproximam do crime organizado e, de um sindicalismo de resultados; Mario Ventura achou curioso o estabelecimento do sigilo pelos Tribunais sobre os processos da Dilma; Maria Cecília Naclério criticou o excesso de gastos necessário – criação de novos estados e embaixadas; há necessidade de uma profunda reforma política; Francisco Giannoccaro preocupa-se pelos gastos excessivos e contínuos do governo e o aparelhamento da máquina pública; lembrou da campanha pela eleição do Kassab como prefeito que teve todo sucesso em colocar um cidadão pouco conhecido e sem tanta simpatia pessoal à frente do município mais importante do País; Giambattista Serra teme que a eleição de Dilma leve o Brasil a uma república sindicalista e stalinista, lembrando a derrota de grandes nomes da oposição no Senado, por ação do Lula; vários conselheiros expuseram seus receios sobre a situação econômica do Brasil a médio prazo, dentro da crise mundial que ainda não se anunciou; da supervalorização do real; dívida pública em aumento; juros elevados; endividamento da pessoa física, finalizando com o fato do Presidente Lula estar agindo mais como cabo eleitoral, do que chefe do executivo, um Congresso inoperante e uma justiça sem definições.
Nada mais havendo a tratar, o coordenador Francisco Giannoccaro agradece a todos pela presença, dando a reunião por encerrada, marcando a próxima para o dia 8 de novembro.
Francisco Giannoccaro - Coordenador
Frances de Azevedo                                                             Viviano Ferrantini
Secretária                                                                                    Secretário
Denúncias devem marcar debate na TV
No penúltimo debate da campanha eleitoral - marcado para hoje à noite, na TV Record -, Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB) vão trocar alfinetadas sobre montagem de dossiês e denúncias de corrupção. Embora os dois candidatos à Presidência garantam que estão interessados apenas na apresentação de propostas, as equipes preparam a dupla para um duelo. 'O estilo de quem é do mal é justamente de quem diz que é do bem. Nós batemos na política e nosso adversário, na baixaria', afirma o secretário de Comunicação do PT, deputado André Vargas, numa referência ao jingle Serra é do bem. 'Vamos ser incisivos quando precisar. Se quiserem discutir problema de corrupção, vamos discutir. Aliás, tomara que apareça essa questão de dossiê, pois vamos mostrar a guerra entre tucanos.' O comitê de Dilma responsabiliza o senador eleito Aécio Neves (PSDB-MG) pela quebra de sigilo fiscal de parentes e amigos de Serra. Para o PT, a violação dos dados é mais um capítulo da disputa travada entre Serra e Aécio, no ano passado, pela definição do candidato do PSDB ao Palácio do Planalto. Serra, por sua vez, usará o escândalo para alvejar Dilma, alegando que a quebra do sigilo dos tucanos foi ordenada por um grupo de inteligência da campanha petista. 'Mas o confronto será na base da civilidade', diz o senador Sérgio Guerra (PE), presidente do PSDB e coordenador da campanha de Serra. O candidato do PSDB vai explorar, ainda, a denúncia publicada na última edição da revista Veja, segundo a qual o Planalto deu ordens para que a Secretaria Nacional de Justiça produzisse dossiês 'contra quem atravessasse o caminho do governo'. Os pedidos teriam partido da própria Dilma, então ministra da Casa Civil, e de Gilberto Carvalho, chefe de gabinete do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O secretário Nacional de Justiça, Pedro Abramovay, negou 'peremptoriamente' a acusação, da mesma forma que Dilma e Carvalho. Para o governo e o PT, a denúncia não passa de vingança do ex-secretário Romeu Tuma Jr., defenestrado em junho depois de ter o nome envolvido no escândalo da máfia chinesa. No sábado, após participar de uma carreata na região metropolitana de São Paulo, a candidata disse que o tête-à-tête com Serra é relevante por permitir a discussão das 'questões mais importantes para o Brasil, e não das laterais e das fofocas'. Contradições. Dilma foi sorteada para abrir o debate na TV Record, às 23 horas. Ela não deve ser tão agressiva como no primeiro confronto do segundo turno, ocorrido na TV Bandeirantes, há 15 dias, mas vai provocar Serra para mostrar o que chama de 'contradições' do tucano. Na avaliação da equipe petista, o adversário do PSDB tem um discurso diferente da prática em relação a privatizações e à continuidade de programas sociais no governo de São Paulo. Não é só: para se contrapor à crise na Casa Civil, que culminou com a demissão de sua amiga Erenice Guerra, Dilma pretende cutucar Serra com a denúncia contra o ex-diretor da Dersa Paulo Vieira de Souza, conhecido como Paulo Preto, acusado de desviar R$ 4 milhões da campanha tucana. Amparada por levantamentos internos, Dilma também está pronta para reagir, caso Serra use o episódio da agressão que sofreu no Rio, na quarta-feira, com o objetivo de acusar o PT de não respeitar adversários e de ser antidemocrático. Pesquisas qualitativas em poder do PT indicaram que eleitores consideraram 'exagerada' a atitude de Serra de fazer uma tomografia computadorizada após ser atingido por bolinha de papel e rolo de fita adesiva. Criticaram, ainda, a tentativa do candidato de transformar o episódio em escândalo. Um tracking do comitê de Dilma, feito na sexta-feira, mostrou que a repercussão do conflito tirou votos do tucano. Depois da briga entre militantes do PT e do PSDB, ela passou de 56% para 58% dos votos válidos e ele caiu de 44% para 42%. No debate, Serra insistirá em que é o 'mais experiente e preparado' para comandar o País. Dilma baterá na tecla de que o rival 'interrompe programas e rasga compromissos'.
NOTA DE FALECIMENTO
A Plenária de Entidades do Funcionalismo da Comissão Consultiva Mista do Iamspe (Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual) vem, por meio desta, informar com pesar o falecimento da Sra. ANDRÉA HENRIQUE PALMA, mãe da 1ª Vice-Presidente da CCM Iamspe, Sra. CÉLIA REGINA PALMA MARTINS, ocorrido nesta data. O velório está sendo realizado no Cemitério do Araçá, na Avenida Doutor Arnaldo, no bairro de Pinheiros. O sepultamento ocorrerá nesta terça-feira, dia 26 de outubro, às 09 horas no Cemitério São Paulo, na Rua Cardeal Arcoverde, 1250, Pinheiros. À família enlutada nossos profundos sentimentos de pesar diante da irreparável perda. (Sylvio Micelli - Presidente Estadual da CCM Iamspe).

Comandante do Exército Brasileiro, Enzo Martins Peri, fará palestra sobre O Exército e sua Missão Constitucional na próxima segunda-feira, dia 25.
O Clube de Engenharia realizará no próximo dia 25 de outubro, segunda-feira, às 18 horas, a reunião de seu Conselho Diretor, tendo como ilustre convidado o engenheiro e Comandante do Exército Brasileiro, General Enzo Martins Peri, que abordará o tema O Exército e sua Missão Constitucional.
Nascido no Rio de Janeiro, Enzo Martins Peri ingressou no exército em 15 de fevereiro de 1960, tendo cursado a Academia Militar das Agulhas Negras, a Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais (EsAO) e a Escola de Comando e Estado-Maior do Exército. Cursou ainda o Instituto Militar de Engenharia (IME), onde fez o curso de Engenharia de Fortificação e Construção.
Foi instrutor da Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais, comandante da 9ª Companhia de Engenharia de Combate (Escola), chefe de Seção do Estado Maior Geral do 1º Grupamento de Engenharia de Construção, adjunto do Gabinete do ministro do Exército e adjunto da Missão Militar Brasileira de Instrução no Paraguai. Comandou ainda o 9° Batalhão de Engenharia de Construção, em Cuiabá e, mais tarde, chefiou o Estado Maior do Comando do 2° Grupamento de Engenharia e o Estado-Maior do Comando da 12ª Região Militar, sendo, a seguir, nomeado chefe de Gabinete da Secretaria-Geral do Exército.
Foi promovido a General-de-Brigada combatente em 31 de março de 1995, exercendo os cargos de Secretário-Geral do Exército, Comandante do 2º Grupamento de Engenharia, Comandante do 1º Grupamento de Engenharia e Diretor de Obras de Cooperação. Em 31 de março de 1999, ascendeu ao posto de General-de-Divisão, no qual desempenhou as funções de Comandante da 2ª Região Militar e de Vice-Chefe do Departamento de Engenharia e Construção.
Atingiu o posto máximo da carreira, General-de-Exército, em 31 de março de 2003.
Durante 4 anos, foi chefe do Departamento de Engenharia e Construção. É o Comandante do Exército Brasileiro desde março de 2007.

DIRETORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL
Cel. Mário!
Como está?
Há a possibilidade de utilizarmos a estrutura do Colégio Santo Ivo para a realização das Palestras? O Major Guimarães me pediu hoje uma posição, de quando podemos fazer e tive essa idéia de tentar lá.
Abraços!
Camila
Mario Ventura para Camila
mostrar detalhes 21:36 (1 minuto atrás)
CAMILA
Tente o contato direto com o Professor JOSÉ CARLOS DE BARROS LIMA. Por nós não há problemas. Sinto apenas que não tenhamos a aparelhagem necessária para uma palestra. Isso é algo que precisamos resolver para 2011, através de patrocínio.
No sábado estive numa Igreja Batista, no JARDIM MAIA, SAO MIGUEL PAULISTA, e o PASTOR ALEXANDRE PUSSENTE me "intimou" a fazer um painel na entrada da Igreja, em algo que signifique o Movimento Constitucionalista de 1932. Aliás, uma das salas de sua Igreja irá ser "batizada" de MMDC. Veja você que as pessoas querendo resolvem muitas coisas. O Pastor já tem o patrocínio para fazer esse painel. Basta a nós 'criar' esse painel.
LUÍS CARLOS BACHMANN, Diretor Comercial da TECH EUROTECNIQUE, dispôs-se a patrocinar a obra do painel. Seu e-mail: luis@eurotechnique.com.br
É algo que sonho para construir na entrada da Sociedade e que não consigo ninguém para ajudar. Mas o PASTOR ALEXANDRE, dentro de suas possibilidades, fará isso em sua Igreja. É algo para pensar. É mesmo uma lição para nós.
Pense em algo para o dia 27 de outubro, na nossa reunião, porque alguém da TECH estará na nossa reunião.
Quanto ao almoço vamos transformá-lo em "jantar" como já fizemos outras vezes no "BIXIGA...AMORE MIO" ou na "TRATORIA DA CONCHETA", na BELA VISTA, restaurantes do nosso associado WALTER TAVERNA. Ele deverá estar conosco também na quarta-feira para estudar essa situação. Já chegamos a reunir 75 pessoas em 2005 em seu restaurante, numa situação em que conseguimos um montante superior a 3 mil reais de lucro, que muito ajudaram a Sociedade naquela ocasião. Tivemos mais dois jantares naquele lugar e o comparecimento foi muito bom. Fica na pauta para o dia 27.
Outro assunto em pauta é o "PROJETO HERÓIS DE 32-2011" para o ano que vem, quando apresentaremos um plano completo do que pretendemos fazer para a renovação e o engrandecimento da nossa Sociedade. Vou precisar de sua ajuda e da equipe que você montou.   
Com esse Projeto pronto vamos procurar Entidades jurídicas para se unir ao MMDC, talvez como associado, como já aconteceu nos anos 60 e que não foi levado avante por contradições dentro da própria Sociedade.

Veteranos se reúnem em Jaraguá do Sul
Se hoje a muleta é um apoio importante para as mãos que ajudaram a construir a história em outro continente, a memória, em compensação, não precisa de nenhuma ajuda.
O CORREIO DO POVO – Jaragua do Sul - SC
Bruna Borgheti
Publicado 25/10/2010 às 11:08:58
 Anselmo Bertoldi foi para a guerra, mas não precisou se envolver no conflito. (Foto: Eduardo Montecino)
Sentado entre os painéis expositores da “FEB – Museu da Paz”, Anselmo Bertoldi parece mais do que à vontade. Tudo o que está conservado à sua volta – 280 uniformes, armas e pertences pessoais daqueles que estiveram na Segunda Guerra Mundial – é apenas uma versão concreta da época em que ele deixou a família para cumprir seu dever na Itália.
Anselmo, que foi criado em Jaraguá do Sul e escolheu a cidade como moradia na volta da viagem, serviu o exército por 14 meses. Ele ficaria sabendo, apenas quatro meses depois e por meio de um sorteio, que logo teria que colocar tudo o que aprendeu em prática em um campo de batalha. No dia 2 de julho de 1944, ele embarcou em um navio com destino à Nápoles, para juntar-se ao exército americano contra os países do Eixo (Alemanha, Itália e Japão).
Com ele, foram enviados outros 55 soldados do Vale do Itapocu – considerando-se a proporção da população na época, Jaraguá do Sul foi o município catarinense que forneceu o maior contingente de reservistas para integrarem a FEB (Força Expedicionária Brasileira).
Na época, Anselmo teve sorte – sua função de “padioleiro” permitiu que ele não precisasse sequer levantar uma arma. “Nós nem podíamos, na verdade, éramos soldados neutros. Se fossemos vistos com armas, corríamos o risco de sermos confundidos com os inimigos”, relembra o aposentado. Assim, ele só ia ao campo de batalha para recolher e cuidar dos feridos – o que incluía os inimigos nazistas e fascistas, em um gesto de solidariedade.

Para a história não cair no esquecimento
As lembranças do campo de batalha continuam nítidas na memória do ex-padioleiro. E hoje, além de ser conhecido como um “apaixonado pela FEB”, ele ajuda a conservar a história dos antigos companheiros de luta como presidente da ANVFEB – seção regional de Jaraguá do Sul (Associação Nacional dos Veteranos da Força Expedicionária Brasileira). Ele, também, será um dos homenageados no 22º Encontro Nacional de Veteranos da Força Expedicionária Brasileira, que acontece em Jaraguá entre os dias 13 e 15 de novembro.
É a primeira vez que a cidade é escolhida para sediar o evento, que tem o objetivo de homenagear os Expedicionários, debater e rever a trajetória da associação e difundir para o público uma história que, segundo os organizadores, já não é tão conhecida pelos jovens jaraguaenses. “Queremos reunir entre 40 e 50 veteranos de todo o país. Estamos chamando também os familiares dos expedicionários. A homenagem deve se estender a todos”, ressalta o filho de um dos veteranos e secretário executivo da sessão regional da ANVFEB, Ivo Kretzer.
Um dos pontos altos do evento será o dia 15, marcado por um desfile na Avenida Getúlio Vargas que, além de reunir os cerca de 400 participantes, também inclui o 6º Encontro Brasileiro de Viaturas Militares Antigas vindas do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul – entre estas, está uma ambulância reformada que foi utilizada por Anselmo Bertoldi durante a guerra.
Israel Blajberg
iblaj@hotmail.com

NÃO VOTE EM COMUNISTA. NÃO VOTE NA ANTI-DEMOCRACIA.
O destino do Brasil democrático está em jogo. Um jogo perigosíssimo, pois estamos arriscados a ver o nosso País transformado numa ditadura comunista, de viés marxista-leninista. O comunismo é um cupim terrível, praticamente indestrutível, pior do que o imaginamos. Apesar de todos os antídotos, que lhe foram empregados no nosso Brasil, ele continua, aqui, incrustado, minando as estruturas. Já tentou lançar suas garras mortíferas por várias vezes. Caracterizadamente em 1935, numa arremetida inglória, matando irmãos de armas que dormiam, confiantes nos seus próprios companheiros de corporação, com os mesmos juramentos feitos à Pátria, perante a Bandeira Nacional. Depois de vencida esta etapa pelos verdadeiros brasileiros, aqueles voltaram de mansinho, em princípio ocultos, disfarçados, mas tenazes e insistentes. E através de um fraco de espírito, apenas com ambição de poder, - o Sr João Goulart – eles quase se apoderaram do governo e do Poder. Não fossem as mulheres que organizaram e fizeram a Marcha da Família com Deus e pela Liberdade, entusiasmando e consumando a vontade da Nação, já temente de um triste destino, estaríamos nas garras do comunismo internacional. Felizmente, foram vencidos de um fôlego, até sem sangue, porque não tinham respaldo na opinião pública, empenhada em derrotá-los. Vieram os governos militares para dar conserto à administração do País, então à matroca, mantendo-o fiel ao seu destino democrático, independente e ordeiro, dando uma verdadeira impulsão no seu progresso. Mas eles – o Cupim – não desistiram e persistiram. E, em 1968, a pretexto de combater a "ditadura militar" voltaram à tona, agora pela violência afrontosa, matando e roubando, com ataques a bancos e quartéis, e seqüestros, e assassinando cruelmente os defensores da Lei. Inclusive, numa estratégia que tinha como estímulo o exemplo de Sierra Maestra, de Cuba, criando um foco de subversão no ARAGUAIA, pois, se não tivesse sido dizimado, teríamos hoje, pelo menos outras FAR (Forças Armadas Revolucionárias) como na Colômbia, um cancro perturbando a vida normal da Nação e o seu desenvolvimento e progresso. Mas não descansaram. Como um cupim voltaram à tona, seguindo as instruções de Gramscy (valer-se da Democracia para ganhar o poder sem violência) e conseguiram botar no Poder pela via democrática, através de um habilidoso instrumento – o sindicalista rebelde Lula, que hoje já demonstra à evidência pelo que faz e diz que é um enrustido comunista, amigo e defensor dos ditadores sul-americanos e até do fanático do Irã, este condenado e desprezado pelo mundo democrático. Depois de 8 anos, aproveitando a sua capacidade de enganar e à custa de esmolas custeadas pelo cofre público, conseguiu uma enganosa popularidade. Mas acostumou-se tanto ao Poder, e querendo mantê-lo com vistas aos seus maus propósitos, pretende lograr o seu intento através de uma candidata que forjou, como uma marionete, para cumprir o que ele quiser e mandar. Assim, vamos ter eleições em 2º Turno no próximo dia 31 de outubro, sendo candidata do governo a Sra Dilma Roussef, uma comunista desde a mocidade, com um triste currículo de crimes e mentiras, inclusive de que pegou em armas para combater a "ditadura militar", mas na realidade não em defesa da Democracia, mas para instalar no País uma ditadura comunista bolchevista, à moda CUBA. Lula não quis nenhum outro nome do seu Partido, o malfadado PT, possivelmente de maior valor que a sua escolhida, mas a quem, talvez, não pudesse vir a dobrar e dominar. "O BRASIL ESPERA QUE CADA UM CUMPRA COM SEU DEVER" – Este foi o sinal que o Almte Barroso mandou içar nas adriças do seu navio capitânia, a Fragata "AMAZONAS", ao aviso de "INIMIGO À VISTA". Inimigo deste legado dos portugueses, um país continente, ao contrário de Espanha que de sua conquista resultaram nove repúblicas, nenhuma delas com o potencial e o povo patriota do Brasil. Que nos sirva o apelo de BARROSO para que, em face do inimigo à vista, com ardoroso patriotismo, não votemos em Dilma. E que usemos o nosso voto, como arma, para votar no seu adversário, o comprovadamente democrata - José SERRA. É o DEVER do verdadeiro CIDADÃO. O CIDADÃO brasileiro, único e insuperável, como o é. VOTEMOS TODOS PELO BRASIL!!!
GRUPO GUARARAPES

Os estudos representaram a principal dedicação do professor e poeta BOLIVAR MARCELINO nascido em NATAL, no RIO GRANDE DO NORTE, em 28 de agosto de 1932. Ainda criança mudou-se com os pais para PORTO VELHO. Foi membro fundador da Academia de Letras de RONDÔNIA. Estudou no Grupo Escolar BARÃO DO SOLIMÕES e no COLÉGIO DOM BOSCO, onde também foi professor. Formou-se em ciências contábeis, letras e estudos sociais. Era pesquisador da AMAZÔNIA. Atuou por sete anos na Defensoria Pública de RONDÔNIA. Morreu hoje no Hospital 9 de Julho. O enterro será no Cemitério dos Inocentes, em PORTO VELHO. 

Faleceu o produtor gráfico LEANDRO GANHITO, no Hospital das Clínicas, vítima de infecção generalizada após ser baleado num assalto. Nasceu em junho de 1970 e sempre viveu em SÃO PAULO. Formou-se em Artes Plásticas pela Universidade SÃO JUDAS TADEU em 1993; fez curso técnico em Artes Gráficas no SENAI e Comunicação Digital pela UNIP. Trabalhava há quatro anos na AGNELO PACHECO e era coordenador de produção gráfica. Trabalhou ainda nas empresas DIGITAL FLEX; ENERGIA YOUNG & RUBICAN/AÇÃO; W/BRASIL; DO PRADO EDITORES; SCTEX. Nas horas livres se dedicava à massoterapia e acupuntura.

ENZO TROMBETTI mantinha interesses em áreas distintas. Psicólogo formado pela FMU, se tornou também técnico em patologia clínica e analista de sistemas (formado pelo MACKENZIE). Durante o curso, dava aula de informática para psicólogos ainda quando começou a despertar o interesse pela tecnologia junto aos profissionais da área. Filho de ENRICO TROMBETTI, italiano de BOLONHA, e de ZOEL ROSA TROMBETTI, natural da cidade de BAURU, no interior paulista, estudou no Colégio LICEU CORAÇÃO DE JESUS, em SÃO PAULO. Era maçon, venerável da loja maçônica ZOHAR 694, em PINHEIROS, e também foi venerável da Loja UNIÃO 112. A família lembra de seu empenho em ajudar os mais necessitados. Dentre suas atuações solidárias, colaborou com o RECANTO DA VOVÓ, em SÃO PAULO, atuando no voluntariado e na organização de eventos da instituição. ENZO mantinha também duas paixões: o rock progressivo, chegando até a coordenar um programa de rádio sobre o estilo musical, e o futebol de mesa – também chamado de “botão” – esporte que lhe rendeu alguns campeonatos amadores. Morador dos CAMPOS ELÍSEOS, no CENTRO, era casado com ROSÂNGELA MARIA MAREGA TROMBETTI. ENZO morreu aos 51 anos, vítima de um câncer. 

A Justiça Eleitoral decretou hoje segredo nos autos de investigação sobre TIRIRICA, o palhaço que 1,3 milhão de brasileiros elegeram deputado federal pelo PR. Sob suspeita de ser analfabeto, condição que o impediria de receber a diplomação, FRANCISCO EVERARDO SILVA, o TIRITICA, não quer mais nenhuma publicidade sobre o processo que o envolve. O silêncio no caso foi decretado pelo juiz ALOISIO SILVEIRA, da 1ª Zona Eleitoral de SÃO PAULO, que acolheu representação do advogado RICARDO PORTO, defensor do investigado em ação penal do promotor MAURÍCIO LOPES.

A ex-ministra da CASA CIVIL, ERENICE GUERRA, recuou na versão que vinha sustentando havia mais de um mês e confessou hoje, em depoimento à Polícia Federal, que se reuniu com o consultor RUBNEI QUICOLI, representante da empresa EDRB, que negociava um contrato bilionário com o BNDES para construção de um projeto de energia solar no NORDESTE.

O horário do debate da RECORD de hoje não foi dos mais convidativos para os eleitores acompanharem o confronto entre os dois candidatos à Presidência da República DILMA ROUSSEFF e JOSÉ SERRA. O debate começou por volta das 23:15 horas e só terminou bem depois da meia-noite E, segundo analistas políticos, a uma semana da eleição, o confronto televisivo pouco pode influenciar no resultado do segundo turno. O encontro foi um dos mais tensos entre os presidenciáveis. Como cada candidato fazia pergunta diretamente ao adversário desde o primeiro bloco, DILMA e SERRA travaram um duelo com troca de farpas sobre denúncias envolvendo aliados de um e de outro, mas também discutiram propostas.

O diretor de base do Sindicato dos Motoristas e Cobradores de SÃO PAULO, SÉRGIO AUGUSTO RAMOS, fazia panfletagem às 5:30 horas de hoje, na frente da Viação ITAIM PAULISTA, na ESTRADA DO M´BOI MIRIM, JARDIM ÂNGELA, na zona sul, quando foi morto com 5 tiros por dois motoqueiros. Eles usavam capacete, em um crime típico de execução. RAMOS distribuía jornais do sindicato e da Central dos Trabalhadores Brasileiros em apoio à candidatura de DILMA ROUSSEFF. Havia feito dois boletins de ocorrência sobre supostas ameaças de morte eu recebia de pessoas ligadas ao presidente do sindicato, ISAO HOSOJI, o JORGINHO. O sindicalista – que integrava a diretoria havia um ano, mas era egresso da oposição – gravou um vídeo no qual acusava JORGINHO e outros diretores de corrupção e dizia que, caso algo lhe acontecesse, a responsabilidade seria do presidente.

O surto de cólera que já deixou 259 mortos e 3.342 infectados no HAITI pode obrigar o governo a adiar a eleição presidencial de 28 de novembro, comprometendo a estabilização do país mais pobre das AMÉRICAS. Além do rápido avanço da doença, as forças de paz temem que a temporada de furacões, que começa agora, castigue ainda mais os acampamentos onde vivem 1,5 milhão desabrigados do terremoto de 12 de janeiro. Segundo o comandante militar da Missão das Nações Unidas para Estabilização no HAITI (MINUSTAH), o GENERAL LUIZ GUILHERME PAUL CRUZ, brasileiro, uma das preocupações é manter a segurança diante da crise sanitária.

Pelo menos 13 pacientes de um centro de reabilitação de dependentes químicos de TIJUANA, na fronteira do MÉXICO com os EUA, foram assassinados ontem à noite por homens armados não identificados. O ataque foi o segundo massacre no país dos últimos dias. Na sexta-feira, dia 22, atiradores haviam matado 14 pessoas em uma festa. A clínica fica em uma zona próxima da área rural de TIJUANA, onde, na semana passada, foram apreendidas 134 toneladas de maconha – a maior carga da droga já encontrada pela polícia na história do MÉXICO. Fontes policiais afirmam que, depois do massacre, as freqüências de rádio das patrulhas foram interceptadas com mensagens que relacionavam o ataque à apreensão da maconha, que pertenceria ao cartel de SINALOA. 

Mais de 11 mil pessoas serão removidas de vilarejos próximos do vulcão MONTE MERAPI, nas imediações da cidade de YOGYAKARTA, na ILHA DE JAVA. Hoje o alerta de risco de erupção foi elevado ao mais alto nível, disseram autoridades. “Vamos retirar 11.491 pessoas que vivem a uma distância de 10 km do pico. Vamos trabalhar em conjunto com os militares e a polícia para realizar a remoção”, disse o dirigente local SRI PURNORNO, à rádio ELSHINTA. Ele disse que o vulcão  já havia liberado nos últimos dias duas vezes mais energia do que em erupções recentes.

2 011      :    -      TERÇA-FEIRA
Uma madrugada terrível. Pressão subiu por ter comido salgadinhos à noite. Tinha a impressão que iria ter uma crise grave. Aos poucos a situação foi se consertando, mas não foi algo agradável de se passar.
Trabalho a manhã toda no computador. Recebo uma boa notícia do EGYDIO TISIANI. Ele organizou um blog que passa a ser o ‘NÚCLEO DE CORRESPONDÊNCIA DE PIRACICABA”. Muito agradável de se ver e com notícias interessantíssimas sobre aquela região. Manda-me o Estatuto do Núcleo para minha aprovação. Vou submetê-lo ao Conselho Superior na quinta-feira, dia 27.
Na Sociedade, preocupo-me com algumas situações: o evento de FINADOS; a solenidade programada para o Clube de Regatas Tietê no dia 19 e a Missa que pretendemos rezar na CATEDRAL DA SÉ com o Arcebispo Dom ODILO. O PEDRO PAULO PENNA TRINDADE esteve na Catedral e ofereceram três horários no domingo, dia 22 de janeiro de 2012 – 9 horas, 11 horas e 17 horas. Peço, por telefone, para dona MARIA CECÍLIA novamente conversar com Dom ODILO SCHERER, no sentido de que a missa seja rezada às 9 horas, uma vez que a solenidade para a PRAÇA DA SÉ está sendo idealizada para 10 horas. TRINDADE passou à tarde na Sociedade e conversamos longamente sobre todos esses eventos e alguns que ele me sugere, como uma grande exposição em 2012, como parte da programação dos 80 Anos do Movimento Constitucionalista.
Um assunto desagradável que vem à baila é o “desaparecimento” do CORONEL PM MENDES. O TRINDADE estranha isso e tivemos de explicar a ele o que realmente aconteceu naquela tarde do dia 30 de setembro. São 25 dias de afastamento literal, sem retorno. O cargo de vice-presidente está vago e isso não vai continuar por muito tempo, pois pode ocorrer algo com o presidente e não há quem o substitua. O nome mais indicado para ocupar o vazio deixado pelo MENDES é o do Professor JOSÉ CARLOS DE BARROS LIMA. No entanto não tomarei nenhuma atitude até que isso se torne necessário. Na verdade a falta do MENDES não se fez notar por enquanto, a não ser perguntas de amigos em várias solenidades que participamos. Sempre há as pessoas que querem saber do estado de saúde do GINO e do que aconteceu com o meu colega de tantos anos. 

DOE nº 202 • São Paulo, terça-feira, 25 de outubro de 2011.
Leis
LEI Nº 14.602, DE 24 DE OUTUBRO DE 2011
(Projeto de lei nº 665/04, do Deputado Afanasio Jazadji - PFL)
Institui o “Dia dos Inativos da Polícia Militar”
O GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO:
Faço saber que a Assembleia Legislativa decreta e eu promulgo a seguinte lei:
Artigo 1º - Fica instituído o “Dia dos Inativos da Polícia Militar”, no âmbito do Estado, a ser comemorado anualmente em 10 de novembro.
Artigo 2º - Esta lei entra em vigor na data de sua publicação.
Palácio dos Bandeirantes, 24 de outubro de 2011.
GERALDO ALCKMIN
Antônio Ferreira Pinto
Secretário da Segurança Pública
Sidney Estanislau Beraldo
Secretário-Chefe da Casa Civil
Publicada na Assessoria Técnico-Legislativa, aos 24 de outubro de 2011.

MARKUS e CAMILA (sobre o FINADOS e a solenidade marcada para o dia 19 de outubro no CLUBE DE REGATAS TIETÊ)
O MARKUS, como Mestre de Cerimônias, deverá se preparar para abrir o ato religioso. Precisa haver uma sintonia entre a missa em si e as músicas apresentadas pelo Coral do Maestro Ricardo. No caso da soprano, em certo momento da missa, de comum acordo com o PADRE CARLOS, ela cantará a AVE MARIA.
Deverá nos ajudar também o Pedro Paulo. Será que a FRANCES irá declamar sua poesia? Informalmente poderão ser feitos os contatos entre os participantes. O Presidente da Sociedade Veteranos de 32-MMDC falará sobre os heróis mortos e que estão ali imortalizados.
Outro assunto é sobre o evento do CLUBE DE REGATAS TIETÈ. Conversei, por telefone, com a ALFIA e mostrei a ela a dimensão da reunião da COFAM, onde teremos um número de pessoas relativamente grande. O MARKUS já tem a experiência do ano passado e deverá abrir os trabalhos, com a composição da mesa e a abertura da solenidade com o Canto do Hino Nacional. A entrega das condecorações ficará a cargo do Presidente do NÚCLEO - LESTE, por já estar cuidando disso e ter estabelecido um roteiro de atividades. Não sei se haverá participação do cerimonial do Clube.

BENJAMIN ALUANI NETO ficou conhecido como o repórter do helicóptero vermelhinho da rádio JOVEM PAN. Poucos conheceram SÃO PAULO como ele. Natural de BARRETOS, onde nasceu em 1929, foi criado em MUZAMBINHO (MG), desde os anos 1950 fazia reportagens sobe assuntos importantes da capital paulista. Em 1954, no jogo em que o CORINTHIANS arrancou um empate do PALMEIRAS e ganhou o Campeonato Paulista do 4º Centenário, ALUANI NETO desceu de helicóptero no Estádio do PACAEMBU. Foi pioneiro nisso. Ao longo da carreira, o repórter cobriu esportes, trânsito, Carnaval, Prefeitura, governo do Estado e muito mais. Em 1974, por exemplo, fez grande reportagem sobre o incêndio do Edifício JOELMA, uma das maiores tragédias já ocorridas em SÃO PAULO. Em 1996, sobrevoava a cidade acompanhando o trânsito quando viu um incêndio nas proximidades do Aeroporto de CONGONHAS. Foi o primeiro repórter a noticiar a queda do avião FOKKER da TAM. Casado com MARIA MAIDEK, teve os filhos ANA PAULA e FERNANDO e tinha três netos. Em 1991, ao dar uma entrevista à TV CULTURA, ele surpreendeu a repórter ao tratar do trânsito e dar dicas para os motoristas evitarem os congestionamentos. “Daqui do alto é fácil ver as ruas mais vazias”, explicou. Entusiasmada, a jornalista perguntou se o trabalho dele de repórter aéreo era uma aventura. ALUANI NETO com sua tranqüilidade, respondeu: “Pode até ser, mas é um serviço profissional para informar bem o ouvinte da emissora”. Aos 82 anos, o velho repórter morreu nesta terça-feira em consequência de um AVC. Foi enterrado em SERRA NEGRA.

Os vendedores ambulantes que trabalham no BRÁS, no Centro da cidade, transformaram as ruas do bairro em um campo de batalha hoje pela madrugada. Centenas de camelôs que não têm licença para trabalhar na região entraram em confronto com policiais militares, que impediram os comerciantes de montar suas barracas. Eles espalharam lixo pelas ruas, atearam fogo na carcaça de um carro e em um galpão e saquearam uma banca de jornal. Com socos e pontapés, destruíram o que encontravam pela frente. Portas de lojas e carros estacionados foram os principais alvos. A PM usou bombas de efeito moral para dispersar os manifestantes e houve muita correria. Mas ninguém foi preso nem ficou ferido durante a ação. A OPERAÇÃO DELEGADA, realizada em parceria entre a Prefeitura e Polícia Militar para fiscalizar o comércio ilegal na cidade, foi intensificada na noite de segunda-feira, dia 24, para retirar cerca de 2,7 vendedores ambulantes irregulares que atuam no entorno do Pátio do PARI, onde é realizada a Feira da Madrugada. Esses camelôs não pertencem ao grupo de 4.111 comerciantes liberado para trabalhar dentro do Pátio do PARI. O confronto começou por volta da 1 hora. Revoltados com a ação da PM, os camelôs atearam fogo no lixo no cruzamento da Rua SÃO CAETANO com a Avenida do Estado. Pela manhã, os protestos diminuíram, mas o clima ainda era de tensão. Uma comissão de ambulantes se reuniu com representantes da PM, da Sub-prefeitura da MÓOCA e da secretaria de Coordenação das Subprefeituras e a de Desenvolvimento Econômico.

O 5º Tribunal do Júri de SÃO PAULO condenou hoje a mais de 20 anos de cadeia cada um dos três acusados pela morte da psicóloga e professora da Universidade Federal de São Paulo RENATA NOVAES PINTO, de 44 anos. O crime aconteceu em 2008, na VILA MADALENA, zona oeste da capital. RENATA foi baleada quando chegava em casa. Segundo as investigações, o crime foi encomendado pelo marido de uma paciente de RENATA.

Em três operações, a Polícia Federal prendeu hoje 81 pessoas nos Estados do Sul e do Sudeste e no MATO GROSSO DO SUL envolvidas em tráfico de drogas, assassinatos, roubos e seqüestros. A OPERAÇÃO CAIRUÇU, contra o tráfico, levou para a cadeia sete pessoas. As investigações começaram em PARATY (RJ), há sete meses. Além de prisões no RIO, a PF deteve membros da quadrilha em SÃO PAULO, ESPÍRITO SANTO e MATO GROSSO DO SUL. De CURITIBA (PR) partiu a OPERAÇÃO MERCÚRIO, responsável por 42 prisões no Sul do País. O grupo, que também agiria no PARAGUAI, é suspeito de diversos crimes, entre eles roubos, seqüestros e homicídios. A OPERAÇÃO VEZEIRO prendeu outras 32 pessoas na região do JAGUARÃO (RS), na divisa com o URUGUAI, envolvidas com o tráfico.

A ministra CARMEN LÚCIA, do STF, aceitou o pedido do Ministério Público e abriu inquérito para apurar suposta participação do ministro do Esporte, ORLANDO SILVA, em desvios de recursos do Programa SEGUNDO TEMPO, que tinha como objetivo incentivar a prática esportiva entre jovens e crianças. A ministra deu dez dias de prazo para que o Tribunal de Contas da União e a Controladoria Geral da União enviem cópias de procedimentos abertos para investigar irregularidades nos contratos do programa. CÁRMEN LÚCIA também quer receber do Ministério do Esporte cópias de procedimentos abertos para apurar contratos da pasta. A ministra também pediu que o STJ envie o inquérito já aberto contra o governador do Distrito Federal e ex-ministro do Esporte, AGNELO QUEIROZ.

25/10/2011 - 21h26 | da Folha.com
Candidato a soldado da PM de São Paulo morre em teste físico
MARIANA DESIDÉRIO
DE SÃO PAULO
Um candidato a soldado da Polícia Militar morreu nesta segunda-feira depois de completar o último teste da prova física da seleção --uma corrida de 12 minutos. De acordo com a família, o laudo médico diz que ele teve uma congestão e, em seguida, uma parada cardíaca. Esta é a primeira vez que um candidato morre na seleção, segundo a PM de São Paulo.
Sandro Gonçalves, 29, estava prestando o concurso pela terceira vez. A insistência vinha do sonho do pai, Áurio de Lima, 73, de ver o filho policial.
Na primeira tentativa, Sandro não compareceu à prova por conta da morte de um amigo. Na segunda, havia acabado de ser casar e não teve tempo de se preparar.
Agora, estava empenhado. Sua mulher, Bianca, conta que ele fazia exercícios por conta própria e tomava vitaminas. Segundo ela, Sandro não tinha problemas de saúde.
Ontem, ele chegou à escola de educação física da PM, na zona norte de São Paulo, por volta das 6h, acompanhado do pai. Antes da prova, segunda sua mulher, comeu um pão com presunto e muzzarela, uma banana e tomou uma vitamina e um Gatorade.
"Ele estava com medo de passar fome. Não sabia qual era o procedimento, que horário ia sair. Porque, na polícia, normalmente eles judiam mesmo", diz Bianca.
Sandro fez os testes de flexão, abdominal, corrida de 50 metros e corrida de 12 minutos --ao final desta desmaiou. Foi atendido por policiais no local e depois socorrido ao pronto socorro de Santana, mas não resistiu.
Para fazer o teste físico, o candidato a soldado deve apresentar atestado médico. Se não tiver o documento, ele assina um termo de responsabilidade "declarando-se responsável pela sua plena capacidade física". Segundo a família, Sandro não fez exame médico.
Seu enterro aconteceu nesta terça-feira, no cemitério Parque das Flores, em Campinas, onde vivia com a família. Deixa mulher e uma filha de dois anos.

O advogado dos sindicatos. Assim era conhecido ODORICO ANTÔNIO SILVA, que integrava a Comissão de Ética da OAB, Sub-Seção de FRANCA, no interior. Especializado em direito trabalhista, na década de 1960 atuou no Sindicato dos Sapateiros da cidade. também trabalhou no Sindicato do Comércio Varejista de FRANCA e na Associação dos Servidores Públicos Municipais do município. Não se aposentou. Costumava dizer aos amigos, como um mantra: o trabalho é que mantém o homem vivo e fazendo a diferença. Foi um dos mais apaixonados torcedores da Associação Atlética FRANCANA. Quando jovem, era vizinho de um dos maiores ídolos da história do clube, o TONHO ROSA. A amizade fez com que aumentasse ainda mais o interesse pelo time da cidade. No dia 21 de outubro sentiu-se mal em casa e foi internado no Hospital Regional. Vinha registrando quando anêmico e sendo submetido a várias baterias de exames, sem obter diagnóstico preciso. Na última segunda-feira, dia 24, foi submetido a uma cirurgia de prospecção, quando se constatou uma diverticulite rompida. Morreu nesta terça-feira, aos 69 anos, curiosamente no DIA DOS SAPATEIROS, classe pela qual lutou bastante. Está sendo velado na sede da OAB de FRANCA e será sepultado no Cemitério da Saudade. Nasceu em 1942. Deixa a viúva ANA FERREIRA SILVA e os filhos JAIME, JULIANA e MARCELO.  

O líder líbio deposto MUAMAR KADAFI escreveu ao primeiro-ministro italiano, SÍLVIO BERLUSCONI, em agosto, implorando que ele parasse a intervenção liderada pela OAN que estava ajudando o levante rebelde a tirá-lo do poder, informou a revista francesa “PARIS MATCH”. O site da revista mostrou uma cópia da carta. Hoje, KADAFI foi enterrado em um local secreto do deserto do SAARA, depois de ser morto a tiros na semana passada.

Dois dias depois do terremoto que matou mais de 430 pessoas no sudeste da TURQUIA, uma recém-nascida com 14 dias de vida foi resgatada hoje sob os escombros do prédio onde morava. Ela estava nos braços da mãe, que também sobreviveu e foi socorrida minutos depois da filha. A avó da menina também estava no local e foi resgatada com vida.      

2 012      :  -QUINTA-FEIRA
Uma viagem a CAMPINAS preocupa-me desde cedo. Será que tudo está consertado para a realização de um evento comemorativo aos 80 anos do Movimento Constitucionalista pelo Núcleo “ALDO CHIORATTO”. Acredito que sim graças a competência do presidente daquele núcleo, o TENENTE PM CAMBUÍ. Minha manhã é de intenso trabalho em minha biblioteca. Recebo uma imagem de nossa visita à ITAPETININGA e a coloco em meu blog, bem como uma mensagem do Professor JEFFERSON BIAJONE. Minhas anotações estão atrasadas e deverão ficar ainda mais porque o meu trabalho na presidência da Sociedade Veteranos de 32-MMDC tem exigido um desdobramento maior. Faltam no MMDC pessoas com disposição para trabalhar. Outros, em vez de ajudar atrapalham.  
LUCINDA não está bem de saúde. Demonstra estar com inflamação no sistema urinário e deverá ir, urgentemente, a um médico. Não é a primeira vez que sofre desse problema.
Chego tarde na Sociedade. Passam já das 13 horas. MARINEI está atenta aos envios de mensagens de associados interessados no COLAR DA VITÓRIA. Já há nomes para uma lista que será organizada para um almoço já marcado para o dia 24 de janeiro, no estilo do que será realizado no dia 7 de dezembro. Nosso comandante do Exército Constitucionalista, AMADO RÚBIO, explica a sua impossibilidade de ir até CAMPINAS, face o horário em que se realizará o evento. Fica complicada a volta e ele teria de ir para sua residência já na madrugada da sexta-feira. Mas compromete-se em comprar a passagem nossa para a viagem que faremos no sábado a PIRACICABA, onde o núcleo daquela cidade, que está completando o seu primeiro aniversário, programou uma solenidade importante.  
Por volta das 17 horas chega o PM MORIENTE, de CAMPINAS, encarregado de nos conduzir para o local do evento de entrega da medalha GOVERNADOR PEDRO DE TOLEDO. Ele dirige muito bem e chegamos cedo no CIESP. Somos recepcionados pelo TENENTE PM CAMBUÍ, vestindo uma farda de tenente de 32. Muitas das pessoas são nossas conhecidas de outras vezes que já estivemos nessa cidade. Encontramos os filhos do falecido PAULO BARROS CAMARGO, que será homenageado hoje. 
A solenidade tem o seguinte roteiro:
 





      

www.policiamilitar.sp.gov.br


                

               NÚCLEO MMDC CAMPINAS ALDO CHIORATO

               Campinas, 25 de outubro de 2012.

SOLENIDADE ALUSIVA À CESSAÇÃO DAS HOSTILIDADES NA REVOLUÇÃO CONSTITUCIONALISTAS DE 32”


1.     ANUNCIAMOS A PRESENÇA DAS SEGUINTES AUTORIDADES

(LEITURA DOS CARTÕES DE PROTOCOLO)
BOA NOITE A TODOS!
É COM IMENSA SATISFAÇÃO, QUE A DIRETORIA DO NÚCLEO MMDC CAMPINAS - ALDO CHIORATO, NA PESSOA DE SEU PRESIDENTE, O 1º TEN PM RAFAEL CAMBUI MESQUITA SANTOS, CUMPRIMENTA A TODOS OS PRESENTES, POR OCASIÃO DO EVENTO EM HOMENAGEM A CESSAÇÃO  DAS HOSTILIDADES DA REVOLUÇÃO CONSTITUCIONALISTA DE 1932, E EM ESPECIAL AO NOSSO ETERNO PRESIDENTE, O VETERANO PAULO BARROS CAMARGO, SEUS FAMILIARES, AMIGOS, POLICIAIS MILITARES E DEMAIS AUTORIDADES QUE LUTAM DIARIAMENTE POR SÃO PAULO E PELO BRASIL.
COMPOSIÇÃO DA MESA DIRETORA
NESTE MOMENTO PASSO A CHAMAR AS SEGUINTES AUTORIDADES PARA COMPOREM A MESA DIRETORA DOS TRABALHOS.
1º Tenente RAFAEL CAMBUI MESQUITA SANTOS, DD presidente do núcleo Campinas e anfitrião do evento (são designadas as autoridades pelo orador).
CANTO DO HINO NACIONAL BRASILEIRO
CONVIDAMOS TODOS OS PRESENTES A ENTOAREM O HINO NACIONAL BRASILEIRO, LETRA DE ÓZORIO DUQUE ESTRADA E MÚSICA DE FRANCISCO MANUEL DA SILVA.

HOMENAGEM AO NOSSO ETERNO PRESIDENTE DO NÚCLEO MMDC CAMPINAS E HERÓI DE 1932, DRº PAULO BARROS CAMARGO.
PAULO BARROS CAMARGO, NASCEU NA FAZENDA ITAÚNA, EM PEDERNEIRAS, SÃO PAULO AOS 29 DE MARÇO DE 1916. BACHAREL EM CIÊNCIAS E LETRAS E BACAHAREL EM CIÊNCIAS ECONÔMICAS. FOI PROFESSOR DA FACULDADE DE FILOSOFIA, CIÊNCIAS E LETRAS DE MARILIA, ONDE FUNDOU O MUSEU DE HISTÓRIA, DO QUAL FOI DIRETOR. FOI TAMBÉM DIRETOR DO MUSEU TOMAS ANTONIO GONZAGA DE MARÍLIA E FUNDADOR DO INSTITUTO HISTORICO GEOGRÁFICO E GENEALÓGICO DE MARILIA. PERTENCEU A ASSOCIAÇÃO CAMPINEIRA DE IMPRENSA, ASSOCIAÇÃO DOS PROFESSORES UNIVERSITÁRIOS DE HISTÓRIA, ASSOCIAÇÃO DOS CAVALHEIROS DE SÃO PAULO, ASSOCIAÇÃO DOS DIPLOMADOS DA ESCOLA SUPERIOR DE GUERRA (ADESG), INSTITUTO  GENEALÓGICO BRASILEIRO, SOCIEDADE DE ESTUDOS HISTÓRICOS, SOCIEDADE GEOGRÁFICA BRASILEIRA, SOCIEDADE NUMISMÁTICA BRASILEIRA, SOCIEDADE BRASILEIRA DE INTEGRAÇÃO E EDUCAÇÃO, SOCIEDADE VETERANOS DE 32 (MMDC). PARTICIPOU DA REVOLUÇÃO CONSTITUCIONALISTA DE 32 COMO VOLUNTÁRIO, SENDO QUE NA ÉPOCA ESTAVA FAZENDO O SERVIÇO MILITAR, NA ESCOLA DE INSTRUÇÃO MILITAR 264 EM LIMEIRA, TENDO O SEU BATALHÃO ASSUMIDO O POLICIAMENTO DA CIDADE E A GUARDA DA CADEIA, E REMOÇÃO DOS FERIDOS NAS FRENTES DO SETOR LESTE DO BATALHÃO LIMEIRENSE. EM SUA JORNADA FOI CONDECORADO COM INÚMERAS MEDALHAS, QUE DIGNIFICARAM A PESSOA DESSE BATALHADOR QUE SEMPRE MANTEVE VIVA A CHAMA DOS IDEAIS CONSTITUCINALISTAS DE 1932. PARTIU EM 11 EM DE OUTUBRO DE 2012, COM A CERTEZA DA MISSÃO CUMPRIDA. COMO PODEMOS OBSERVAR O DR PAULO BARROS CAMARGO É EXEMPLO A SER SEGUIDO POR TODOS BRASILEIROS, POIS  DURANTE SUA TRAJETÓRIA, ENALTECEU OS VALORES DA DEMOCRACIA, DA LIBERDADE E IGUALDADE ENTRE OS POVOS. POR ISSO NOSSO AMIGO PAULO BARROS CAMARGO, SERÁ SEMPRE LEMBRADO EM NOSSAS ATIVIDADES, DEVENDO SEU TRABALHO E SUA HISTÓRIA SER SEMPRE ENALTECIDO E DIVULGADO AOS JOVENS DE NOSSA CIDADE E NOSSA NAÇÃO. UMA SAUVA DE PALMAS AO NOSSO ETERNO PRESIDENTE DO NÚCLEO MMDC CAMPINAS.

Homenagem da família do Dr Paulo Barros Camargo
Homenagem do Núcleo MMDC –Campinas. Chamamos a frente o Exmo Sr Dr NELSON AUGUSTO BERNARDES DE SOUZA DD JUIZ DE DIREITO para receber DAS MÃOS DO Tenente Cambuí uma homenagem do núcleo Campinas.
IMPOSIÇÃO DA MEDALHA MMDC E GOVERNADOR PEDRO DE TOLEDO
FOI CRIADA COM O FIM DE GALARDOAR PESSOAS FÍSICAS OU JURÍDICAS, NACIONAIS OU ESTRANGEIRAS, QUE POR SEUS MÉRITOS OU SERVIÇOS RELEVANTES PRESTADOS À SÃO PAULO E AO CULTO DA REVOLUÇÃO CONSTITUCIONALISTA DE 1932, DEMONSTRARAM SER PESSOAS DIGNAS DE DISTINÇÃO.
É, PORTANTO UMA MEDALHA DEFINITIVA, POIS PERPETUARÁ A GRATIDÃO E O RECONHECIMENTO, PARA TODO O SEMPRE, DOS QUE CUMPRIRAM ESSA JORNADA CÍVICA PARA COM AQUELES QUE, HOJE E NO FUTURO, CONTINUAREM ABRAÇANDO OS MESMOS IDEAIS DE DEMOCRACIA, LIBERTADE E AMOR À LEGALIDADE, PELOS QUAIS LUTARAM OS VETERANOS DE 32.
SOLICITAMOS AS PERSONALIDADES QUE ANUNCIAREMOS QUE OCUPEM O SEUS LUGARES NO PALCO PARA SEREM AGRACIADAS COM A MEDALHA MMDC.
DD. VEREADOR DE CAMPINAS - FRANCISCO SELLIM
DD. VEREADOR DE CAMPINAS - SEBÁ TORRES
DD. GUSTAVO BOCCALETTI
DD. CB PM MARIA CRISTINA PROENÇA ANDRADE

CHAMAR AUTORIDADES PARA REALIZAR IMPOSIÇÃO DAS MEDALHAS. ( MESCLAR CHAMADO )
SOLICITAMOS OS AGRACIADOS QUE RETORNEM AOS SEUS LUGARES
IMPOSIÇÃO DA MEDALHA GOVERNADOR PEDRO DE TOLEDO
Pedro de Toledo, governou São Paulo em 1932 sendo aclamado governador pelo próprio povo, pois idealizava uma verdadeira prática de democracia em nosso Estado Paulistano e no Brasil, e com estes ideais cívicos e patrióticos, apoiou o Movimento Constitucionalista de 1932.
Nesta noite, aqueles que inspiraram-se nestes ideais de democracia, liberdade e amor a legalidade serão homenageados com esta distinta comenda.
SOLICITAMOS QUE AS PERSONALIDADES QUE ANUNCIAREMOS OCUPEM OS SEUS LUGARES NO PALCO PARA SEREM AGRACIADAS COM A MEDALHA GOVERNADOR PEDRO DE TOLEDO, DA SOCIEDADE VETERANOS DE 32 MMDC.
CHAMAR AUTORIDADES PARA REALIZAR IMPOSIÇÃO DAS MEDALHAS.  ( MESCLAR CHAMADO )

1º GRUPO 
CEL PM EURIDICE ORPHEU ALVES DE SOUZA
TEN CEL PM GILBERTO TARDOCHI DA SILVA
TEN CEL PM FLÁVIO JOSÉ BIANCHINI
MAJ PM HENRIQUE PEREIRA DE SOUZA NETO
MAJ PM ALEXANDRE DE CARVALHO
2º GRUPO
MARIO GARNERO
ANTONIO MAURÍCIO SIMÕES DIAS 
ELOY TUFFI
PAULO SÉRGIO AMBROSO ADIB
PROL EDITORA GRAFICA
3º GRUPO
CAP PM ÁLVARES DE CASTRO
CAP PM ESDRAS MORALES
CAP PM DIANKERLEY DE FREITAS DAMASCENO
CAP PM VLADIMIR RIBEIRO
TEN PM ALEXANDRE ANTUNES RIBEIRO
4º GRUPO
MARIA ANGÉLICA AZEVEDO DE BARROS CAMARGO
MARIA CECÍCILA AZEVEDO DE BARROS CAMARGO
ANTONIO LOMBARDO
WALFRIDS ANTONIO POLONI
5º GRUPO
1º TEN PM PAULO CESAR DOS SANTOS  BRAVO SALGADO
1º TEN PM GIOVANI EDUARDO
1º TEN PM JULIO CESAR TIRABASSI
1º TEN PM EDMAR DOS SANTOS PEDROSA
2º TEN PM  ISAC BENICIO CARDOSO
6º GRUPO
SUB TEN EB ROBSON TARQUINIO SILVA FERRARO                                                                                                                                                                                                   
SUB TEN PM PAULO CÉSAR BELLETTI
2º SGT PM MÁRCIO SIDENEI DOS SANTOS
2º SGT PM CESAR EDUARDO PROENÇA
3º SGT PM WAGNER ALVES DE OLIVEIRA
7º GRUPO
CB PM  LUIS CARLOS LOUREIRO
CB PM AMÉRICO ALVES BARROSO NETO
SD PM ELAINE ROSSI
SD ISAAC FREIRE
              SD PM KLEBER OKAMOTO PUERTA
SD PM LUCIANA CORRÊA MALAQUIAS 
SOLICITAMOS AOS AGRACIADOS QUE RETORNEM AOS SEUS LUGARES
PALAVRAS DAS AUTORIDADES:
Cel  Mario Ventura, PRESIDENTE DA SOCIEDADE VETERANOS DE 32 MMDC
PALAVRAS DE ENCERRAMENTO DO PRESIDENTE DO NÚCLEO MMDC CAMPINAS – 1º TEN PM CAMBUI
AGRADECIMENTOS:
GOSTARIAMOS DE AGRADECER A POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO ,  A SOCIEDADE VETERANOS DE 32 MMDC , CIESP CAMPINAS, MICROCAMP INTERNACIONAL ,  AVATAR SEGURANÇA, DR º  IGOR VINÍCIUS BACARELLI E DRª TEREZA DORO PELO APOIO NA REALIZAÇÃO DESTE EVENTO
ENCERRAMENTO:
SENHORAS E SENHORES, AGRADECEMOS A PRESENÇA DE TODOS, CONVIDANDO-OS PARA UMA CONFRATERNIZAÇÃO QUE SERÁ REALIZADA NO HALL DE ENTRADA DO AUDITÓRIO.
 “SUSTEAE O FOGO QUE A VICTÓRIA É NOSSA “
Há um congraçamento dos presentes. São tiradas inúmeras fotografias e, por volta das 22 horas, vamos iniciar o nosso retorno a São Paulo. O PM MORIENTE deixa-me na ARMÊNIA, por volta das 23 horas. Embarco num ônibus, regressando a GUARULHOS. 
Por Ana Flor e Hugo Bachega
BRASÍLIA, 24 Out (Reuters) - O ministro relator da ação penal do mensalão no Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, deve condenar o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu a pelo menos 10 anos de prisão, de acordo com integrantes da Corte. A estimativa é baseada na pena dada por Barbosa nesta quarta-feira ao empresário Marcos Valério, apontado como operador do esquema de compra de apoio político ao governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, nos dois crimes em que tanto ele quanto Dirceu foram condenados: corrupção ativa e formação de quadrilha. Pelos crimes de corrupção ativa e formação de quadrilha, Marcos Valério foi condenado a um total de 10 anos e sete meses de reclusão. Acima de oito anos, a sentença tem que ser obrigatoriamente cumprida em regime fechado. A condenação por corrupção ativa de José Dirceu é a mesma dada a Marcos Valério --por corromper parlamentares. Nela, Barbosa determinou 7 anos e 8 meses, o que deve ser atribuído ao ex-ministro, segundo integrantes da Corte, que falaram à Reuters sob condição de anonimato. Já a pena por formação de quadrilha --de 2 anos e 11 meses dada a Valério-- pode ser agravada no caso de Dirceu, já que o ex-ministro foi considerado pelo relator e a maioria da Corte chefe do grupo responsável pelo mensalão. Se isso ocorrer, a pena final pode ultrapassar 12 anos de reclusão. Caso a pena se confirme, com os votos dos demais ministros da Corte, Dirceu deve permanecer pelo menos dois anos na cadeia antes de conseguir progredir para o regime semiaberto, disseram as fontes. Nesta quarta-feira, os ministros determinaram uma pena total de 40 anos, 1 mês e 6 dias a Valério que, além de corrupção ativa por comprar parlamentares e formação de quadrilha, também foi condenado em outros casos de corrupção e por outros crimes. Essa pena poderá ser diminuída até o final do julgamento caso os ministros considerem que houve uma continuidade entre os crimes e não condutas ilícitas individuais. Os ministros levaram duas sessões para debater apenas o caso de Valério, que foi o primeiro réu a ter penas definidas. Ainda faltam estabelecer as penas de outros 24 condenados. A previsão inicial era de concluir o julgamento na quinta-feira, o que se mostrou pouco provável. Nesta quarta, tanto o presidente da Corte, Carlos Ayres Britto, quanto o relator afirmaram que deve ocorrer uma pausa de uma semana no julgamento, já que Barbosa viajará para tratamento de saúde. Segundo Britto, o processo de definição das penas deve ser retomado no dia 5 de novembro. Ele completa 70 anos em 18 de novembro, quando irá se aposentar compulsoriamente, o que significa que pode não estar mais na Corte quando esta etapa for concluída.
O Fluminense voltou a liderar o Campeonato Brasileiro com 9 pontos de vantagem sobre o vice-líder. Pelo menos até o Atlético-MG entrar em campo. Nesta quinta-feira, os cariocas venceram o Coritiba por 2 a 1, no Engenhão, em noite inspirada de Wellington Nem. O atacante teve boa atuação, marcou o primeiro gol e deu o passe para Thiago Neves marcar o segundo. Everton Ribeiro descontou. Com a vitória, o Fluminense chega a 72 pontos ganhos, abrindo 9 de vantagem para o Atlético Mineiro, que só entrará em campo na quarta-feira, contra o Flamengo. Mesmo se o rival direto vencer, o Flu terminará a 33ª rodada com a mesma vantagem que começou, de seis pontos. A campanha do Flu impressiona: em 2010, a equipe foi campeã com 71 pontos, mesmo número alcançado pelo Corinthians em 2011. A vitória, mais uma vez, aconteceu com doses de sofrimento. O Fluminense não esteve tranquilo em momento algum da partida, sempre pressionado por um rival que ainda luta contra o rebaixamento; os paranaenses têm 42 pontos e tentam se garantir matematicamente na Série A de 2013. As equipes só voltam a campo no próximo domingo, dia 4 de novembro. Enquanto o Fluminense visita o São Paulo às 17 horas (de Brasília), o Coritiba recebe o Atlético-MG, às 19h30 (de Brasília).

Hoje foi mais uma noite violenta na GRANDE SÃO PAULO: após o assassinato do PM GILMAR DOS SANTOS, de 42 anos, às 21 horas, em um bar de SAPOPEMBA, zona leste da capital, pelo menos outras nove pessoas foram baleadas na GRANDE SÃO PAULO – cinco morreram. “Os bandidos estão caçando os policiais, que não têm como reagir, que estão de mãos atadas”, afirmou o funcionário público JOSÉ GABRIEL DOS SANTOS, de 53 anos, irmão do PM. “Eles estão matando policiais na covardia. E todas as características apontam para essa facção criminosa (PCC), que o governo insiste em dizer que não existe”.

Cinco séculos antes de CRISTO, NEEMIAS chegou a JERUSALÉM e encontrou uma cidade em estado lastimável. As muralhas estavam danificadas e ele se prontificou a reconstruí-las, aumentando a segurança local. Sua história é contada no LIVRO DE NEEMIAS do Velho Testamento. O personagem bíblico é símbolo dos PMS DE CRISTO, grupo de oficiais e praças evangélicos. Hoje à tarde, a história de NEEMIAS foi resgatada como metáfora para o momento atual, marcado por medo e ataques a PMs pelo PCC. Neste ano, 84 PMs foram assassinados – mais da metade em execuções. Em uma sala do Quartel General da corporação, policiais rezam de mãos dadas pedindo proteção para ter equilíbrio neste momento. “A PM representa as muralhas da cidade e precisa ser reerguida. A oração pode ser um começo para esse resgate da segurança”, afirma o TENENTE-CORONEL PM ALEXANDRE MARCONDES TERRA, vice-presidente dos PMS DE CRISTO e da Coordenadoria dos Conselhos de Segurança. As orações dos PMS DE CRISTO são o início de uma campanha para garantir eu nos próximos 52 dias pessoas se comprometam a pedir a DEUS pelos policiais. O coronel diz que foi esse o tempo que NEEMIAS levou para reerguer os muros de JERUSALÉM. Para angariar simpatizantes, os PMS DE CRISTO usam as redes sociais e a Internet. A intenção é ter pessoas rezando pela polícia 24 horas por dia ao longo de quase dois meses.

Fundado há 105 anos, o CLUBE DE REGATAS TIETÊ corre o risco de desaparecer. Em audiência hoje na 6ª Vara da Fazenda Pública, a Justiça determinou que a agremiação tem até 26 de novembro para desocupar o terreno de 50 mil metros quadrados no BOM RETIRO, que pertence à Prefeitura. O clube vai recorrer. Desde outubro de 2009, quando venceu a concessão de 40 anos da área, a Prefeitura e o TIETÊ brigam na Justiça. Com a impossibilidade de acordo, o clube pode ser despejado – com uso de força policial, caso necessário – se não sair do local dentro de um mês.

O governo sírio anunciou hoje que respeitará um cessar-fogo de quatro dias proposto pela ONU para marcar o feriado muçulmano do EID AL-ADHA. O regime alertou, no entanto, que se reserva o direito de reagir a qualquer movimentação de tropas ou ataques rebeldes. O Exército Sírio Livre, que combate o regime de ASSAD, também concordou com a trégua. O anúncio foi feito horas depois de os rebeldes declararem a “liberação” de dois bairros no centro de ALEPPO considerados decisivos para o controle da cidade. O ESL condicionou a trégua à libertação de presos e teme que ASSAD se aproveite da situação para atacar. Numa iniciativa paralela, o acadêmico brasileiro PAULO SÉRGIO PINHEIRO enviou uma carta a ASSAD, pedindo que a comissão de investigação sobre os crimes na SÍRIA, que ele preside, seja autorizada a entrar no país de forma incondicional “para apurar informações sobre violações e crimes contra a humanidade”. Hoje, tanto CHINA quanto IRÃ apelaram para que a trégua seja respeitada. Os EUA mostraram-se hesitantes, alertando que ASSAD já deu provas de que não mantém a palavra. DAMASCO indicou que estaria disposto a seguir o plano, mas não sem uma série de condições. “Por ocasião do EID AL-ADHA, o comando-geral do Exército e das Forças Armadas anunciam a suspensão de operações militares no território sírio, do início da sexta-feira (amanhã) até segunda-feira, dia 29”, afirmou o comunicado. Qualquer tentativa de armar os rebeldes ou de reforçar os grupos será motivo para interromper a trégua. Grupos islâmicos disseram que não a respeitarão.

O Diário Oficial publica hoje a Transferência para a reserva do NOSSO coronel ANTÔNIO MARIN que, por largos anos, pertenceu ao CPA/M-3, como comandante. Ele nasceu no dia 11 de outubro de 1962. Entrou para a PM em 29 de janeiro de 1979. Foi declarado ASPIRANTE A OFICIAL na data de 15 de dezembro. PROMOÇÓES: 2º TENENTE PM – 25 dezembro de 1984; 1º TENENTE – 24 DE MAIO DE 1988; capitão - 25 DE SETEMBRO DE 2009. Não tenho as demais datas de suas outras promoções.   
  
2 013     :       -  SEXTA-FEIRA
Face compromisso de um encontro com o vereador TONINHO PAIVA, marcado para meio-dia, levanto cedo a fim de atualizar o dia 25 de outubro. É uma data um tanto especial para mim. Relembro o nascimento do escritor HUMBERTO DE CAMPOS, em 1886. Simplesmente ele é o mentor da minha intenção de escrever as memórias, em 9 de julho de 1950, coisa que não parei até a presente data. As “Memórias Íntimas de HUMBERTO DE CAMPOS” foram publicadas na antiga revista CRUZEIRO e isso me induziu a iniciar meu diário. Já em 25 de outubro de 1960, nascia meu filho MÁRIO DE CAMPOS VENTURA, que veio a falecer tragicamente em 12 de setembro de 1998. São momentos tristes que, a simples leitura de minhas memórias, traz recordações de um tempo que se desvanece, mas que ressurge na sua plenitude, nessa data. Minha VIAGEM DE ESTUDOS, em 1987, também foi marcante e, naquela época, há vinte e quatro anos atrás, estava eu em FORTALEZA. Marcante também foi um acontecimento em 1999, onde num 25 de outubro processava-se a transferência dos direitos autorais do Monumento Mausoléu, através do último remanescente da Fundação do Obelisco do IBIRAPUERA para a Sociedade Veteranos de 32-MMDC, através de HÉRBERT LEVY.   

No horário combinado, estou no gabinete do vereador TONINHO PAIVA. Converso com seus assessores ate a chegada do senhor MAURÍCIO, atual subprefeito da SÉ. O vereador TONINHO está envolvido num trânsito caótico desta manhã e assim que ele chega começamos as tratativas a respeito da reforma do telhado da Sociedade Veteranos de 32-MMDC. Relembro a todos as nossas grandes dificuldades em anos passados, quando o Presidente do Tribunal de Justiça, desembargador VALLIM BELLOCHI, ajudou muito o MMDC, solicitando ao prefeito GILBERTO KASSAB a revitalização da Sociedade. Isso foi realizado, reinaugurando-se o MMDC em dezembro de 2009, mas não foi trocado o telhado, como se queria naquela época. Infiltrações de águas de chuva trouxeram um aspecto nada bom para o MMDC nesses últimos anos. O Sr MAURÍCIO fica de mandar verificar o atual estado da Sociedade. Vamos aguardar.
Nesta tarde, recebemos vários telefonemas a respeito de eventos que ainda teremos neste ano. Um deles já está marcado para 30 de outubro, na Câmara Municipal. Depois teremos a entrega da Medalha GOVERNADOR PEDRO DE TOLEDO em 5 de novembro no 2º BPChq.
O MAJOR PM WÁLTER, Presidente do Núcleo MMDC-NORTE “GENERAL EUCLYDES FIGUEIREDO”, manda entregar 21 currículos referentes a personalidades indicadas pelo JOÃO CARLOS DIAS, do jornal SEMANÁRIO DA ZONA NORTE. Será realizada uma cerimônia de entrega de medalhas da Sociedade no mês de novembro, no NOVOHOTEL, na zona norte.
MAURÍCIO e MANUELA já estão de posse das chaves da casa que alugaram na Rua TABATINGUERA. Pretendem mudar no final de semana.

O terceiro e último ato convocado pelo Movimento Passe Livre para fechar a Semana Nacional de Luta Pelo Passe Livre terminou, novamente, com vandalismo e quebradeira por parte dos manifestantes mascarados vestidos de preto do grupo BLACK BLOC.
Um coronel tinha sido espancado e roubado, um ônibus parcialmente queimado no Terminal PARQUE DOM PEDRO 2º, no centro, outros, pichados e quebrados e, pelo menos, 15 caixas eletrônicos depredados. Agências bancárias também foram destruídas na região. Uma vendedora que trabalha no terminal afirmou ter sido assaltada. Cerca de 70 pessoas foram presas. Algumas portavam coquetéis-molotovs.
Os primeiros momentos de tensão ocorreram quando duas “catracas” gigantes foram queimadas, simbolizando o transporte gratuito, lema do MPL. Mas o vandalismo aconteceu mesmo após o ato no PARQUE DOM PEDRO.
O fogo na catraca foi o estopim para o quebra-quebra. Após um ônibus ser incendiado, policiais usaram balas de borracha para dispersar os manifestantes. O CORONEL PM REINALDO ROSSI, que comanda o policiamento na região central, foi espancado. Imagens mostram ele levando uma paulada nas costas. O coronel também teria sido atingido por uma pedra. Os mascarados teriam roubado a arma, uma pistola ponto 40 e o rádio do oficial.
A vendedora ANDRÉIA DA SILVA LIMA, de 30 anos que trabalha em uma cabine de recarga de celular no terminal, foi roubada por dois mascarados. Eles levaram 1,5 mil reais. A cabine ficou completamente destruída.
Hoje, na página oficial do BLACK BLOC no FACEBOOK, um comunicado pedia para os mascarados não atacarem “PMs ou iniciar confrontos”. A ordem era proteger “idosos, crianças e gestantes” que estavam nas ruas. “O foco é o transporte aos manifestantes, fazendo linha de frente e lateral”, dizia a nota. “Já adiantamos que se você for realmente adepto da tática BLACK BLOC, não saia atacando pedras nos PMs, bancos, etc”. Um BLACK BLOC abordado pela reportagem confirmou a orientação. Ninguém do MPL comentou das depredações.

Ao lado do governador GERALDO ALCKMIN no PALÁCIO DOS BANDEIRANTES, sede do governo paulista, a presidente DILMA ROUSSEFF anunciou, hoje, a liberação de 5,4 bilhões de reais para expansão e construção de linhas do Metrô e da CPTM e reforma de 18 estações da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos.
Do total de recursos, somente 1,34 bilhão de reais é a fundo perdido, ou seja, o governo do Estado não precisa pagar. O restante, 4,1 bilhão de reais vai ser emprestado pela União com juros subsidiados  e prazo de 30 anos para pagar – com período de cinco anos de carência.
A obra mais importante é a construção da LINHA 13 – JADE, da CPTM, que vai conectar o Aeroporto Internacional de CUMBICA, em GUARULHOS, à zona leste da capital. Com 12 quilômetros de extensão, o investimento estimado é de 2,1 bilhões de reais.
Outro projeto assinado é a extensão da LINHA 9 – ESMERALDA, a partir da Estação GRAJAÚ, na zona sul. No trecho serão construídas as estações MENDES-VILA NATAL e VARGINHA. Já o prolongamento da LINHA 2 – VERDE do Metrô vai ter 14,4 quilômetros de extensão e 13 novas estações.
A presidente criticou a falta de investimentos em transporte público em governos anteriores, em especial durante os anos 1980 a 1990, época em “era considerado inadequado fazer Metrô, dado o custo elevado de investimentos. Ela disse haver um “déficit histórico do BRASIL” em investimento em transportes e cutucou ALCKMIN.
“A gente tinha de pedir autorização ao FMI (para investir). Por isso foi tão bom, não é governador, a gente ter pagado a dívida com o FMI, que não supervisiona mais as nossas contas”, disse a presidente, olhando para o tucano, que estava ao lado do prefeito FERNANDO HADDAD.
O governador respondeu, sem polemizar que “os grandes metrôs do mundo, todos eles – tiveram recursos do governo federal”. “O BRASIL transportou, no ano passado, pelo sistema metroferroviário, 2,6 bilhões de passageiros. SÃO PAULO com CPTM e METRÔ, representa 77% desse total”, disse.

Foram inaugurados hoje no centro uma praça e um memorial em homenagem ao jornalista VLADIMIR HERZOG, assassinado durante a ditadura militar. O espaço, localizado atrás da Câmara Municipal, conta um painel de mosaico feito a partir da obra do gráfico e jornalista ELIFAS ANDREATTO, que retrata a morte de HERZOG, torturado e morto nas dependências do DOI-CODI em 25 de outubro de 1975.

A Polícia Militar descobriu nesta madrugada uma refinaria de droga no PARQUE SANTO ANTÔNIO na zona sul da capital. Três homens foram presos e um adolescente apreendido. No local, havia 17 quilos de cocaína, 15 quilos de basta base, 400 gramas em pedras de crack, além de 14,5 mil reais e cápsulas de bala calibre 40.

Dois policiais militares foram afastados por suspeita de envolvimento com o sumiço de 30 pistolas em um batalhão da Polícia Militar. As armas eram da ROTA. A PM não informa a data do ocorrido.

A executiva de negócios do GRUPO ABRIL, TATIANA CASTRO PINHO, de 36 anos, assassinada na quinta-feira, ontem, com um tiro na cabeça pelo marido, o autônomo EDUARDO MARQUES MARCHESE, de 38 anos, queria pedir o divórcio no dia do crime. O assassinato ocorreu no IPIRANGA, na zona sul de SÃO PAULO.
No boletim de ocorrência registrado no 16º DP, na VILA CLEMENTINO, também na zona sul, consta a informação de que a vítima teria ligado para a mãe e comunicado que iria se separar do marido naquela noite.
Ao entrar na residência, MARLENE MARQUES MARCHESE, mãe de EDUARDO, chamada pelo filho, encontrou o neto, filho do casal, de 2 anos, sentado em uma cadeira na sala e EDUARDO e TATIANA deitados na cama do casal, ambos com ferimentos na cabeça. O autônomo segurava em uma das mãos um revólver calibre 38.
A executiva já estava morta, mas o marido ainda se debatia na cama, após tentar o suicídio. Ele foi levado ao Hospital HELIÓPOLIS, mas não resistiu ao ferimento e morreu nesta tarde.
O corpo de TATIANA CASTRO PINHO foi velado e enterrado pela manhã no Cemitério do TREMEMBÉ, na zona norte.

Uma carreata com cerca de 300 carros levou, hoje, a estátua de FREI GALVÃO do Seminário BOM JESUS em APARECIDA para o Santuário Arquidiocesano de FREI GALVÃO, no JARDIM DO VALE, em GUARATINGUETÁ.  A imagem de oito metros e 1,6 tonelada vai ficar em um mirante, A volta da estátua, feita de poliuretano e revestida em  fibra de vidro com resina parafinada, gerou polêmica após ser retirada da entrada da cidade para ser abençoada pelo PAPA FRANCISCO, em julho. A Irmandade de FREI GALVÃO chegou a entrar com um pedido na Justiça para que ela voltasse para a entrada da cidade, mas o pedido foi arquivado pelo Ministério Público.

O presidente do senado, RENAN CALHEIROS, anunciou hoje que os senadores HUMBERTO COSTA e VANESSA GRAZZIOTIN viajarão na próxima quarta-feira para a RÚSSIA, onde o bióloga ANA MARIA MACIEL permanece presa desde o dia 19 de setembro, com outros 30 ativistas do GREENPEACE. A ONG pediu apoio a RENAN para um diálogo com o Parlamento russo com o objetivo de colaborar na libertação da brasileira.

O presidente do governo espanhol, MARIANO RAJOY, deu ordens ao chanceler JOSÉ MANUEL GARCIA-MARGALLO para que convoque o embaixador americano para questionar sobre notícias divulgadas em jornais de que o governo espanhol, políticos e cidadãos tenham sido espionados. Ligações telefônicas, e-mails e SMS teriam sido monitorados. Ao anunciar a convocação do embaixador, RAJOY adotou um tom bem mais cauteloso do que a incisiva chanceler alemã, ÂNGELA MERKEL, que telefonou diretamente para BARACK OBAMA, ou mesmo que o francês FRANÇOIS HOLLANDE, que classificou como inconcebível a espionagem entre aliados. O governo alemão informou que enviará uma equipe de inteligência aos EUA para discutir a suspeita de espionagem a MERKEL.

Navios da Marinha e da guarda costeira da ITÁLIA resgataram mais de 700 imigrantes nas águas entre a SICÍLIA e o norte da ÁFRICA durante esta noite. Centenas de pessoas resgatadas foram levada para um centro de recepção de imigrantes já superlotado na ILHA DE LAMPEDUSA. Os líderes europeus se comprometeram a prevenir novas tragédias de imigrantes.

2  014    :    SÁBADO
As estatísticas fornecidas pelo meu blog dão as posições dos países que mais visitaram as páginas de "MEMÓRIAS DO VENTURA", que estão atingindo um milhão cento e cinquenta e nove mil e quatrocentos e dezessete visualizações por volta das 11:42 horas:
BRASIL - 543 546
ALEMANHA- 265 216
ESTADOS UNIDOS - 185 862
CHINA - 18 382
FRANÇA - 17 322
PORTUGAL - 10 967
REINO UNIDO - 9 220
ESPANHA - 7 178
MALÁSIA - 3 956
Pela manhã, trabalho em minha biblioteca durante algumas horas. Estamos bem sossegados neste sábado e podemos organizar alguma coisa com relação aos meus arquivos.
'Não há sordidez que vença a verdade', diz Aécio. Aécio lamenta campanha sórdida do PT.
Em seu último ato oficial de campanha, o candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves, voltou a criticar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, reclamou dos institutos de pesquisas e disse que está confiante na vitória nas urnas neste domingo, 26, dia da votação no segundo turno, em que ele disputa o Palácio do Planalto com a presidente e candidata à reeleição, Dilma Rousseff. "Amanhã vencerei estas eleições porque não há sordidez que vença a verdade", destacou.
Em entrevista concedida neste sábado, 25, dentro do Solar das Neves, como é conhecida a residência da família Neves em São João Del Rey, no interior de Minas Gerais, o presidenciável tucano disse que esta eleição será lembrada pela sordidez com que ele e outros adversários foram tratados pelo PT. E disse se sentir revigorado ao final desta caminhada, apesar da campanha dura que enfrentou. "Termino este combate de maneira honrada, acreditando que a política deve ser feita com honradez. Já me sinto vitorioso pela caminhada correta, mostrando um Brasil generoso e ético."
Sobre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Aécio voltou dizer que ele se "apequenou". "O ex-presidente Lula se apequenou nesta campanha. Sai muito menor do que entrou. Como sou um homem generoso, vou buscar sempre na minha memória os rasgados elogios que ele fez a mim no nosso convívio".
O tucano creditou as críticas que vem recebendo de Lula, que chegou a chamá-lo de filhinho de papai em um comício, ao "desespero final da campanha". "Perceberam que, pela primeira vez em 12 anos, há uma possibilidade real de derrota", afirmou Aécio.
O candidato falou também sobre os números divergentes das pesquisas de intenção de voto. "Todos os institutos terão que se reciclar. Os erros foram grosseiros no primeiro turno". Sobre o debate da TV Globo, ele disse que saiu feliz e satisfeito porque conseguiu apresentar sua plataforma de governo. E desejou que neste domingo, nas urnas, os brasileiros escolham o melhor para o Brasil, porque acredita na política feita com honradez.
No final da entrevista, ele agradeceu mais uma vez "a calorosa acolhida que teve dos brasileiros nesta campanha", agradeceu "à amiga Marina Silva que oxigena e traz esperança à política brasileira" e a Renata, viúva de Eduardo Campos. Aécio afirmou que o pior momento que teve nesta caminhada foi a morte de Campos.
O tucano disse ainda que encerrava sua campanha à Presidência da República onde tudo começou, na cidade de seu avô, São João Del Rei, uma tradição que ele mantém em todas as suas disputas políticas. Ele chegou à cidade acompanhado da mulher Letícia e dos filhos gêmeos, acenou da sacada para um grupo de pessoas que se acotovelaram em frente à casa de seus avós para vê-lo, concedeu entrevista coletiva à imprensa e encerrou suas atividades visitando o túmulo de Tancredo Neves, no cemitério ao lado das Igreja São Francisco de Assis.
Após essa visita, ele seguiu para sua residência em Belo Horizonte, para esperar ao lado da família - sua filha mais velha também está chegando à cidade - o dia da votação deste segundo turno, neste domingo.
'Não há sordidez que vença a verdade', diz Aécio.
Aécio lamenta campanha sórdida do PT.

Em seu último ato oficial de campanha, o candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves, voltou a criticar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, reclamou dos institutos de pesquisas e disse que está confiante na vitória nas urnas neste domingo, 26, dia da votação no segundo turno, em que ele disputa o Palácio do Planalto com a presidente e candidata à reeleição, Dilma Rousseff. "Amanhã vencerei estas eleições porque não há sordidez que vença a verdade", destacou.

Em entrevista concedida neste sábado, 25, dentro do Solar das Neves, como é conhecida a residência da família Neves em São João Del Rey, no interior de Minas Gerais, o presidenciável tucano disse que esta eleição será lembrada pela sordidez com que ele e outros adversários foram tratados pelo PT. E disse se sentir revigorado ao final desta caminhada, apesar da campanha dura que enfrentou.
"Termino este combate de maneira honrada, acreditando que a política deve ser feita com honradez. Já me sinto vitorioso pela caminhada correta, mostrando um Brasil generoso e ético."

Sobre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Aécio voltou dizer que ele se "apequenou". "O ex-presidente Lula se apequenou nesta campanha. Sai muito menor do que entrou. Como sou um homem generoso, vou buscar sempre na minha memória os rasgados elogios que ele fez a mim no nosso convívio". 

O tucano creditou as críticas que vem recebendo de Lula, que chegou a chamá-lo de filhinho de papai em um comício, ao "desespero final da campanha". "Perceberam que, pela primeira vez em 12 anos, há uma possibilidade real de derrota", afirmou Aécio.

O candidato falou também sobre os números divergentes das pesquisas de intenção de voto. "Todos os institutos terão que se reciclar. Os erros foram grosseiros no primeiro turno". Sobre o debate da TV Globo, ele disse que saiu feliz e satisfeito porque conseguiu apresentar sua plataforma de governo. E desejou que neste domingo, nas urnas, os brasileiros escolham o melhor para o Brasil, porque acredita na política feita com honradez. 

No final da entrevista, ele agradeceu mais uma vez "a calorosa acolhida que teve dos brasileiros nesta campanha", agradeceu "à amiga Marina Silva que oxigena e traz esperança à política brasileira" e a Renata, viúva de Eduardo Campos. Aécio afirmou que o pior momento que teve nesta caminhada foi a morte de Campos.

O tucano disse ainda que encerrava sua campanha à Presidência da República onde tudo começou, na cidade de seu avô, São João Del Rei, uma tradição que ele mantém em todas as suas disputas políticas. Ele chegou à cidade acompanhado da mulher Letícia e dos filhos gêmeos, acenou da sacada para um grupo de pessoas que se acotovelaram em frente à casa de seus avós para vê-lo, concedeu entrevista coletiva à imprensa e encerrou suas atividades visitando o túmulo de Tancredo Neves, no cemitério ao lado das Igreja São Francisco de Assis.

Após essa visita, ele seguiu para sua residência em Belo Horizonte, para esperar ao lado da família - sua filha mais velha também está chegando à cidade - o dia da votação deste segundo turno, neste domingo. 

http://noticias.r7.com/eleicoes-2014/pt-tem-descompromisso-com-a-democracia-diz-aecio-25102014

AÉCIO E FAMÍLIA SAO AMEAÇADOS DE MORTE
Aécio pede que PF apure ameça de morte nas redes sociais contra ele e sua família
Um dos autores que pregam 'morte aos Neves' seria um professor da Universidade Federal de São João Del Rei. por MARIA LIMA, ENVIADA ESPECIAL 25/10/14 - 22h22 | Atualizado: 25/10/14 - 22h32
Facebook
Twitter
Plus
Whatsapp
BELO HORIZONTE - O candidato do PSDB, Aécio Neves, denunciou a Polícia Federal, neste sábado, que ele e sua família estão sendo alvo de ameaças de morte nas redes sociais. Em nota divulgada agora à noite, a coligação do candidato informou que, durante a tarde, após confirmada a visita do senador a São João del Rei, pessoas do campo político contrário à sua candidatura presidencial passaram a divulgar as mensagens. Um dos autores que pregam “morte aos Neves”, segundo investigações preliminares, seria um professor da Universidade Federal de São João Del Rei.
Parte superior do formulário

O JOGO SUJO DO PT: Beneficiária do Bolsa Família recebe mensagem com ameaça de que Aécio iria acabar com programa
Mais um exemplo do jogo sujo da campanha de Dilma Rousseff contra o candidato Aécio Neves. Reportagem de hoje de O Globo revelou denúncia da empregada doméstica M.L.S que recebeu na noite de quarta-feira uma mensagem sugerindo que, se eleito, o candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves, pode acabar com o programa Bolsa Família. Mãe de três filhos pré-adolescentes, ela recebe cerca de R$ 500 e foi sorteada, em agosto último, para receber uma casa do programa Minha Casa Minha Vida. A secretaria de Habitação do governo do Distrito Federal despachou 50 mil cartas a inscritos no programa dizendo que teriam sido sorteados. M.L.S foi uma delas e aguarda ser chamada para receber o imóvel. E está assustada com a possibilidade de perder tudo. O número que aparece na tela como tendo enviado a mensagem, tem prefixo de Minas Gerais (31) 83435079 - mas trata-se de um robô de uma central, como se fosse de telemarketing. O texto reproduz a propaganda da candidata Dilma Rousseff na TV e diz: "O PSDB sempre chamou o Bolsa Família de Bolsa Esmola. Agora Aécio diz que não é contra. Não dá para confiar nele". A campanha petista estaria usando um serviço de telemarketing oferecido a empresas para enviar grandes quantidades de mensagens de WhatsApp e torpedos. Há denúncias de que centrais montadas em comitês petistas estariam fazendo ligações com ameaças aos beneficiários dos programas sociais.
Era o sábado perfeito para o palmeirense: abertura do novo estádio, primeira vitória em clássico no BRASILEIRO, queda do tabu de 19 anos sem ganhar do rival no PACAEMBU e distância maior para a zona de rebaixamento. Neste ano, porém, é sempre cedo para o torcedor do VERDÃO comemorar. Pelo segundo jogo consecutivo, o PALMEIRAS foi castigado no fim e deixou escapar uma vitória quase certa, desta vez contra o CORINTHIANS - o mesmo havia acontecido diante do líder CRUZEIRO. O PACAEMBU se despediu do DÉRBI com um empate por 1 a 1 - os próximos duelos entre os clubes se realizarão no ITAQUERÃO e no ALLIANZ PARQUE.
O PALMEIRAS fica, com 36 pontos,  ainda perto do grupo dos quatro últimos Já o CORINTHIANS, com 53 pontos, mantém-se firme na briga pelo G4.
O clássico do PACAEMBU ficou marcado também pela morte de JOÃO CORREIA LEAL FILHO, de 56 anos. O palmeirense sofreu uma parada cardíaca no primeiro tempo e faleceu na chegada ao hospital SANTA CASA, segundo o 1º TENENTE RAZUK, da Polícia Militar.
Pouco depois disso, uma briga entre torcedores do PALMEIRAS na mesma arquibancada verde resultou na detenção de três pessoas. Uma delas reagiu e precisou ser levada à força. O clima de tensão marcou todo o clássico. Uma bomba explodiu no TOBOGÃ durante a etapa inicial. No mesmo instante, policiais começaram a correr na direção dos palmeirenses com cassetetes em mãos. No fim do jogo, um grupo de alviverdes ainda tentou bater em um radialista.
O BRASILEIRÃO está mais mineiro do que nunca. Não bastasse o CRUZEIRO se manter na liderança do torneio desde a sexta rodada, hoje o ATLÉTICO MINEIRO alcançou a segunda colocação no NACIONAL ao vencer o SPORT, na ARENA INDEPENDÊCIA.   O GALO soma 4 pontos, sete a menos do que a RAPOSA. O CRUZEIRO, por sua vez, apesar de seguir com folga na tabela, vacilou na rodada. O time voltou a jogar mal e não passou de empate com o FIGUEIRENSE por 1 a 1.
Já o GRÊMIO tinha a chance de se aproximar do G-4, mas não conseguiu passar de um empate com o CORITIBA por 1 a 1.
No MARACANÃ, o FLUMINENSE contou com gol de FRED e outro de WÁGNER para vencer o ATLÉTICO - PR por 2 a 1. No Estádio do BARRADÃO, o VITORIA recebeu o lanterna CRICIÚMA e venceu por 3 s 2.
Como dizem nos campos de várzea, "a bola pune". E hoje, no ARENA CONDÁ, o SANTOS teve de cumprir a sua pena. Depois de desperdiçar diversas oportunidades de garantir a vitória e de se aproximar do G-4, o PEIXE permitiu o empate da CHAPECOENSE, por 1 a 1, aos 45 minutos do segundo tempo. Somando mais um ponto, o PEIXE se manteve na oitava posição do BRASILEIRO - sete atrás do CORINTHIANS, o quarto.

Em casa, ROGER FEDERER sabe se impor. Pela nona vez consecutiva o suíço disputará amanhã a decisão do ATP 500 da BASILÉIA, às 12:30 horas, diante do belga DAVID GOFFIN. FEDERER chegou à final após bater o croata IVO KARLOVIC, hoje, por 2 sets a 1. O suíço busca o sexto título em casa.     

Foi enterrado hoje o corpo do grafiteiro WELLINGTON DIAS BEZERRA, mas conhecido como LETO, que estava internado desde o último dia 13 no Hospital Municipal de SÃO VICENTE, litoral de SÃO PAULO. LETO levou uma pancada na cabeça com um skate durante uma briga com o modelo fotográfico ELOY BUONO. Segundo KIKA, mulher do grafiteiro, LETO estava desenhando em um muro, com autorização do proprietário, quando começou a discussão entre os dois rapazes.

MADRE ASSUNTA, uma freira que trabalhou em orfanatos de SÃO PAULO, foi beatificada hoje à tarde na Catedral da SÉ, no Centro da capital paulista. Um representante do PAPA FRANCISCO, CARDEAL ÂNGELO AMATO - prefeito da Congregação para as Causas dos Santos - realizou a canonização, quando a religiosa será declarada santa.
Em 2012, o VATICANO reconheceu como milagre a cura de um doente brasileiro atribuído à madre. Vários fiéis que foram à catedral com caravanas, do BRASIL e do exterior, lotaram a Igreja. Por causa do grande número de pessoas, muitos fiéis acompanharam a cerimônia por meio de telões instalados na PRAÇA DA SÉ. A celebração foi presidida pelo arcebispo metropolitano de SÃO PAULO, CARDEAL DOM ODILO SCHERER. Uma imagem dela foi levada ao altar.
AMATO disse que "a caridade da madre não era ostentação, mas serviço humilde, sacrificado e paciente. É esta a herança que a beata deixa não somente às suas co-irmãs, mas a todos nós. O seu convite à caridade inclui a exortação à humildade, à pobreza, à alegria".
Para DOM ODILO, a beatificação é motivo de alegria não apenas para os membros da congregação, mas para toda a Igreja. "Os cristãos beatificados ou canonizados são o belo fruto da missão e da vida da Igreja: eles realizaram de maneira extraordinária a vocação à santidade, que é de todos. São os grandes cristãos, os católicos exemplares, em cuja vida o Evangelho produziu frutos abundantes", disse.
MADRE ASSUNTA nasceu em LOMBRICI, na ITÁLIA, em 15 de agosto de 1871. Foi na cidade de SÃO PAULO que ela viveu grande parte de sua vida, dedicando-se a uma intensa ação caritativa voltada sobretudo aos imigrantes, aos doentes e às crianças órfãs ou em situação de pobreza. Em 1895, MADRE ASSUNTA veio ao BRASIL, acompanhando sua mãe e seu irmão, que também nutriam o desejo missionário de acompanhar os imigrantes italianos no BRASIL. Passou breves períodos no interior do Estado de SÃO PAULO e no RIO GRANDE DO SUL. Na RUA DO ORFANATO, na VILA PRUDENTE, na zona leste de SÃO PAULO, a madre se dedicou a cuidar dos órfãos e filhos de escravos.

O procurador-geral da Republica, RODRIGO JANOT, enviou ao Supremo Tribunal Federal parecer favorável ao pedido de progressão de regime feito pelo ex-ministro da Casa Civil JOSÉ DIRCEU. Com isso, o petista fica mais próximo de cumprir o restante da pena em casa. Hoje ele está no regime semiaberto e pode sair para trabalhar durante o dia, só voltando à noite para a prisão. A decisão agora caberá ao relator do processo do mensalão, ministro LUÍS ROBERTO BARROSO. A tendência é que ele libere DIRCEU, como fez com outros condenados no mensalão na mesma situação, entre eles o ex-presidente do PT JOSÉ GENOÍNO. No parecer, JANOT afirmou que o ex-homem forte do governo LULA já passou o tempo mínimo previsto em lei no regime inicial de cumprimento da pena. Também disse que o petista teve um bom comportamento na prisão. DIRCEU foi condenado a sete anos e 11 meses. Ele está preso desde 15 de novembro do ano passado, depois de ser condenado por corrupção ativa no processo do mensalão. Como ele trabalha e fez cursos dentro da prisão, conseguiu reduzir 142 dias da pena. Segundo a legislação penal, o preso ganha um dia de liberdade em troca de três trabalhados. A mesma regra vale para cursos. DIRCEU é auxiliar administrativo em um escritório de advocacia.

O prédio da Igreja Universal do Reino de Deus em DUQUE DE CAXIAS, na BAIXADA FLUMINENSE, foi lacrado hoje por fiscais do Tribunal Regional Eleitoral do RIO. Foram apreendidos material de propaganda eleitoral e listagens com números de títulos de eleitor. No local, fiscais encontraram um documento convocando fiéis para a "Crivelização", numa referência ao candidato ao governo fluminense MARCELO CRIVELLA (PRB), pastor da UNIVERSAL. No topo da carta é revelada a intenção de alcançar 400 mil votos em DUQUE DE CAXIAS. Além disso, o documento traça uma estratégia para convocar fiéis.

O doleiro ALBERTO YOUSSEF, que está preso desde o início da OPERAÇÃO LAVA-JATO por supostas fraudes em contratos de empreiteiras com a PETROBRÁS, foi levado às pressas hoje para o Hospital SANTA CRUZ, em CURITIBA. Segundo a polícia, YOUSSEF reclamou de um mal-estar por volta das 13 horas. Depois de ser atendido por uma equipe do SAMU,  ainda na prisão, foi levado para o hospital onde continuava internado nesta noite. Esta é a segunda vez que YOUSSEF, que tem problemas cardíacos, passa mal desde que está preso. Dessa vez o doleiro chegou a desmaiar na cela. Exames vão mostrar se ele sofreu um infarto.


O jovem apontado como o atirador que abriu fogo dentro de uma escola no Estado de WASHINGTON, nos ESTADOS UNIDOS, na sexta-feira à tarde, não fez disparos contra pessoas aleatórias, segundo parente das vítimas. Dois dos jovens baleados por JAYLEN FRYBERG são primos do atirador, segundo o avô de um deles. Uma menina morreu no incidente. O atirador disparou contra si mesmo e também morreu. Uma testemunha disse que uma professora segurou o braço do atirador durante o tiroteio para tentar pará-lo Foi quando JAYLEN atirou contra seu pescoço e se matou.