sexta-feira, 4 de setembro de 2015

PROJETO CÂMARA JOVEM, CASA DE LEIS DE CRUZEIRO (SP)

Projeto Câmara Jovem oferece nova visão política aos adolescentes de Cruzeiro-SP

Entrada
x

Coordenadoria de Comunicação Social comunicacao@cmcruzeiro.sp.gov.br

16:22 (Há 6 horas)
para
Boa tarde
Segue release sobre o Projeto Câmara Jovem, da Casa de Leis de Cruzeiro-SP, que teve recentemente três sessões simuladas.
Fotos em alta resolução estão disponíveis no link https://www.dropbox.com/sh/p4m1o2sjgsr03dk/AADeXMZZp19xAeVQS9o1L3xUa?dl=0.
Estamos à disposição para mais informações, se necessárias.
Atenciosamente,
Ana Laura Azevedo
Coordenadora de Comunicação Social - CMC
Projeto Câmara Jovem oferece nova visão política aos adolescentes de Cruzeiro-SP
O projeto Câmara Jovem, de autoria do presidente da Casa de Leis de Cruzeiro-SP, Diego Miranda (PSDB), tem por objetivo mostrar aos jovens qual a função do legislativo para atender ao município, além de apresentar a eles uma nova visão com relação à Política.
Instituído em 6 de março de 2013, o projeto já atendeu mais de dois mil jovens e realizou, nos últimos dias 18 e 27 de agosto e 2 de setembro, a 10ª, 11ª e 12ª Sessões Simuladas com estudantes das escolas estaduais Major Hermógenes e Virgílio Antunes.
Na Sessão realizada em 18 de agosto pelos alunos da escola Major Hermógenes, foram apresentadas ao todo 15 Indicações, 22 Requerimentos para Decisão do Plenário, 17 Requerimentos de Informação e oito Projetos de Lei, que, a pedido do diretor da escola, foram encaminhados a ele para que as devidas providências fossem tomadas.
A escola Virgílio Antunes, por meio dos alunos do 1º ano do Ensino Médio, realizou a primeira Sessão Simulada composta apenas por mulheres em 27 de agosto. Na ocasião, um Projeto de Lei foi muito discutido pelas “vereadoras”, pois propunha a proibição da retirada de camiseta em locais públicos do município. Após diversos argumentos expostos, o projeto foi aprovado com quatro votos contrários.
A última Sessão realizada foi em 2 de setembro, pelos alunos do 2º ano do Ensino Médio também da escola Virgílio Antunes. Os “vereadores” aprovaram os dois Projetos de Lei propostos, porém, antes, na leitura dos Requerimentos para Decisão do Plenário, negaram por decisão unânime o Requerimento que tratava da liberação de recursos para construção de uma piscina natural no bairro Vila Batista Parte Baixa e por sete votos o que solicitava a liberação de recursos para a construção de um espaço cultural no município.
Para Diego Miranda, o projeto é de grande importância aos jovens. Por meio de todo o processo pelo qual passam até o dia da Sessão Simulada, eles podem questionar quanto ao que o Legislativo pode melhorar para benefício da população e o que eles, como munícipes, podem cobrar dos vereadores. Assim, realizam Sessões cada vez mais profundas e de melhor qualidade, que podem ser comparadas às oficiais da Câmara.

Nenhum comentário: