terça-feira, 20 de outubro de 2015

15 DE OUTUBRO DE 2015 - (2ª PARTE - DE 2009 ATÉ 2015)

2 009      :     -     QUINTA-FEIRA
É com grande satisfação que o Comandante do 1º Batalhão de Policia de Choque "Tobias de Aguiar", Ten Cel PM Paulo Adriano L. L. Telhada, tem a honra de convidar V.Sª para prestigiar a Solenidade Comemorativa do 39º Ano de Criação das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar "ROTA".
1º Ten PM Fabião
Oficial P/5
3315-0188 ramal 1250
Transmitiu
Cb PM Telmo
Aux P/5
Rondas OstensivaTobias de Aguiar - ROTA

Primeiro Batalhão de Polícia de Choque


ORIGEM

            Em fins de 1969, os assaltos a estabelecimentos bancários e congêneres cresciam rapidamente, terroristas colocavam toda a segurança pública em constante desassossego. Havia então, a necessidade de criar-se um policiamento enérgico, reforçado e que possuísse mobilidade de ação em todo o município de São Paulo.
            A 2ª Companhia de Segurança do 1º Batalhão de Polícia Militar (1º BPM), que então se constituía exclusivamente em tropa de choque, passou a desenvolver o policiamento que a cidade necessitava.
            Um dos motivos que levou o Comandante do Batalhão (Tenente Coronel Salvador D’Aquino) a pleitear a execução desse policiamento foi, justamente, o fato de dar à 2ª Companhia de Segurança, que era estática (somente empregada em ações de choque), um efetivo emprego, uma vez que a 1ª Companhia de Segurança, em permanente prontidão, vinha suprindo as necessidades de choque – (Controle de Distúrbios Civis – CDC).
            Logo, o Comandante Geral da Corporação, autorizou o comandante do 1º BPM a iniciar um patrulhamento motorizado ostensivo no centro da cidade de São Paulo.
            Em 1970, o batalhão recebeu seis viaturas tipo Chevrolet/Veraneio, C-14, modelo luxo e o policiamento da 2ª Companhia de Segurança tomou corpo.
            A fim de facilitar sua operacionalidade as viaturas foram equipadas com aparelhos de rádio-comunicação do Centro de Operações da Polícia Militar.
            Mercê de uma doutrina de respeito à população e energia no combate a criminalidade e ao terrorismo, a 2ª Companhia de Segurança teve os seus recursos aumentados gradativamente passando a operar em todo o município da Capital paulista durante as vinte e quatro horas do dia.
            Em 15 de outubro de 1970, passou a denominar-se ROTA – “RONDAS OSTENSIVAS TOBIAS DE AGUIAR”.
            Simultaneamente, foi instalada no 1º BPM a Central ROTA de Comunicações, ou seja, uma estação fixa de rádio-comunicação, subordinada operacionalmente ao COPOM - Centro de Operações da Polícia Militar, com a finalidade de subsidiar e apoiar as viaturas em serviço.
            A 2ª Companhia de Segurança, era organizada em 8 (oito) pelotões, subdivididos em equipes compostas de: um Sargento(Cmt da equipe), um cabo ou soldado (motorista), três cabos/soldados (auxiliares). As equipes eram empregadas de acordo com os levantamentos de criminalidade em turnos de serviço de oito horas contínuas, sendo que, cada turno era comandado por um Oficial (ROTA COMANDO) que, coordenava e fiscalizava todo o emprego operacional das viaturas.

 

SITUAÇÃO ATUAL DO ANTIGO 1º BPM


            Atualmente, o antigo 1º BPM, encontra-se utilizando as mesmas instalações físicas, porém, passou a ser o Primeiro Batalhão de Polícia de Choque (1º BPCHQ) – Batalhão “TOBIAS DE AGUIAR”, o qual é responsável pela atuação das viaturas de “Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar” – ROTA.
            O 1º BPCHQ - Batalhão Tobias de Aguiar está dividido em quatro Companhias Operacionais de ROTA e uma administrativa, devidamente comandadas por Capitães. Os policiais das Cia Operacionais de ROTA trabalham em períodos de 12 (doze) horas de trabalho, sendo que as três primeiras horas são reservadas ao treinamento da tropa, tudo coordenado por um Oficial (tenente) comandante de pelotão e supervisionado pelo capitão comandante da Cia, entre instruções teóricas, práticas, condicionamento físico e equipagem das viaturas.
            Cada Companhia de ROTA operacional é responsável pela atuação de dois pelotões compostos por pelo menos vinte homens cada um, tendo sempre a frente de cada um dos pelotões um tenente, e a cada equipe (viatura), um Sargento.
            A 1ª Companhia representa a ROTA Noturna, a qual é responsável pelo patrulhamento no período compreendido entre 14h00min/02h00min horas; a 2ª Companhia representa a ROTA Matutina, a qual é responsável pelo patrulhamento no período compreendido entre 07h00min/19h00min horas, a 3ª e 4ª Companhia representa a ROTA Vespertina, as quais são responsáveis pelo patrulhamento no período compreendido entre 11h00min/23h00min horas.
            As equipes de ROTA (viaturas) são compostas por:
-          Um Sargento (comandante de equipe)
-          Um Cabo/soldado (motorista)
-          Dois Cabos/soldados (auxiliares)
Ob. As equipes poderão atuar com um quinto homem (estagiário), caso haja necessidade. As viaturas de ROTA são atualmente, do tipo Chevrolet/Blazer. Os pelotões de ROTA atuam em toda a capital paulista e grande São Paulo, inclusive no interior, caso haja necessidade. A atuação sempre dependerá do nível de necessidade, avaliado pela seção de estatísticas (P-3) do Batalhão, responsável pelo estudo estatístico de crimes.

Caríssimo Cel Mário Fonseca Ventura : alvíssaras !
Recebo suas amáveis palavras e sem falsa modéstia agradeço. A brasilidade exige a elucidação da verdade histórica da REVOLUÇÃO CONSTITUCIONALISTA DE 32. Nosso entendimento conclui que essa tarefa é de ampla responsabilidade do MMDC. Em verdade, os revolucionários de 32 clamam por uma ação incisiva nesse diapasão. No  "2º ENCONTRO PELA DEMOCRACIA", restou-me a desalentadora constatação de que as verdadeiras forças construtivas estão desarticuladas, crescendo a juventude a esmo... É preciso que o povo tome conhecimento com ênfase de seus heróis MARTINS / MIRAGÁIA / DRÁUSIO / CAMARGO e sobretudo do grande vulto revolucionário general JULIO MARCONDES SALGADO que tombaram  pela constituição, por haver o líder civil de 30 traído os ideais da ALIANÇA LIBERAL não convocando imediatamente a constituínte. A nacionalidade necessita que o MMDC faça esforços junto ao empresariado paulista capitalizando para esse escopo, lembremo-nos que o bandeirante é o pai da brasilidade. Como sempre, ilustre Cel, recebe meus cumprimentos de consideração e respeito. Mariano Taglianetti / presidente da AVDD - Associação do Voto Distrital Democrático.

Por volta das 12:30 horas estou chegando na AORRPM. Encontro os seguintes oficiais: CORONEL PM Ref THESEO DARCY BUENO DE TOLEDO, CORONEL PM Ref JORGE GONÇALVES, CORONEL PM Ref EDILBERTO DE OLIVEIRA MELO, CORONEL PM Ref MOACYR DE SIQUEIRA, CORONEL PM Ref MANUEL ABISSI OGUEIRA, CORONEL PM PEZATTO e muitos oficiais que vieram do interior.
Logo tomo conhecimento de que uma liminar judicial anula a Assembléia
Geral. O CORONEL PM Ref JORGE GONÇALVES, no cargo de
Presidente Executivo em Exercício, dá início aos trabalhos desta tarde, não mais como Assembléia Geral. Lê a liminar do juiz e a inicial que deu motivo a essa liminar, produzida pelo CORONEL PM Ref EDILBERTO, Presidente do Conselho Deliberativo. Os “vermelhinhos” estão indóceis e agitam seus pares. Eles se acham discriminados em face do Artigo 67 do Estatuto. Os cargos eletivos são exclusivos dos coronéis e não poderia deixar de ser de outra maneira face característica da Associação, onde predomina a hierarquia e a disciplina. Mas eles querem ser escolhidos para cargos de mando também. Isso seria o absurdo dos absurdos. Um tenente ou um capitão no cargo de presidente, com ascendência sobre oficiais superiores. Um panfleto nesse sentido é espalhado entre os presentes pelos tenentes FRUTUOSO e PAZ. O certo seria a fundação de uma outra Associação por
esse segmento nebuloso da AORRPM. Isso já aconteceu numa Assembléia que presidi quando foi reformado o Estatuto da Associação.
O CORONEL PM Ref EDILBERTO faz uso da palavra e pede orações pelo pronto restabelecimento do CORONEL PM Ref HERMES BITTENCOURT CRUZ, que ainda não conseguiu a cura completa. Pede ele união entre os associados, esquecendo-se as rusgas criadas por ideais, às vezes, subversivos.
Converso com antigos companheiros, como é o caso do MOACYR DE SIQUEIRA, que fez escola comigo (ele é um ano mais velho nos bancos da Escola de Oficiais). Faz muitos anos que eu não o via. Reside em RIBEIRÃO PRETO. O efeito judicial tem prazo de trinta dias. A Diretoria Executiva vai se reunir, bem como o Conselho Deliberativo para se chegar a um consenso que agrade “gregos e troianos” e isso vai ser muito difiícil.
Regresso à Sociedade Veteranos de 32-MMDC. Os pedreiros ainda trabalham na colocação do piso, que foi necessário ser quebrado para a instalação de caixas de contenção de águas pluviais. Pretendo ir logo mais ao 39º Aniversário da ROTA e aproveito o tempo para imprimir minhas memórias.
Por volta das 16 horas, chego no quartel da ROTA. O TENENTE-CORONEL PM PAULO ADRIANO LUCINDA TELHADA (que assumiu o Comando do 1º BPChq em 25 de maio) recepciona os convidados, juntamente com seus oficiais. Ali encontro muitos oficiais conhecidos. Nosso presidente GINO STRUFFALDI está conversando com o GENERAL-DE-BRIGADA NELSON SANTINI JÚNIOR (Cmt da 1ª Brigada de Artilharia Antiaérea – FORTE DOS ANDRADAS), pai de um tenente que serve ao 1º BPChq e que se encontra no comando de um pelotões formado no Pátio. O Secretário de Segurança Pública, ANTÔNIO FERREIRA PINTO, vai presidir o evento. Ao seu lado está o GENERAL-DE-DIVISÃO CARLOS ALBERTO SANTOS CRUZ (Comandante da 2ª Divisão de Exército), o nosso Cmt Geral, CORONEL PM ÁLVARO BATISTA CAMILO e o delegado geral da Polícia Civil, DOMINGOS PAULO NETO. Notamos: a vice-prefeita da cidade de São Paulo, ALDA MARCO ANTÔNIO, GENERAL-DE-EXÉRCITO Ref PLAUTO JOSÉ FERREIRA DINIZ,  CORONEL PM DANILO ANTÃO FERNANDES (Sub Cmt PM); CORONEL PM NELSON DE ALMEIDA (Assessor Militar do Tribunal de Justiça); CORONEL PM DAVID ANTÔNIO DE GODOY (Diretor de Pessoal); CORONEL PM EDUARDO JOSÉ FÉLIX DE OLIVEIRA (Cmt do Policiamento de Choque); CORONEL PM DAVI NELSON ROSOLEN (Corregedor PM); CORONEL PM MARCO ANTÔNIO AUGUSTO (Sub-Chefe do EM/PM); CORONEL PM AIRTON ALVES DA SILVA (Cmt do CPAM-3); CORONEL PM MAÉRCIO ANANIAS BATISTA (Comandante do Policiamento da Capital); CORONEL PM Ref ANTÔNIO CARLOS MENDES: CORONEL PM Ref ANTÔNIO CHIARI: CORONEL PM Res BEZERRA, TENENTE-CORONEL Dent PM LAÉRCIO RIBEIRO DE PAIVA (Chefe do Centro Odontológico); TENENTE-CORONEL PM FLÁVIO JARI DEPIERI (Comandante do 4º BPChq), TENENTE-CORONEL Ref LUIZ HIROSHI OYAMA, MAJOR PM BEN HUR ARAÚJO JUNQUEIRA NETO (Sub-Cmt do 1º BPChq), CAPITÃO PM PAULO CÉSAR GOMES; Deputado Estadual FERNANDO CAPEZ, WÁLTER MELLO DE VARGAS (Presidente da Associação Brasileira das Forças Internacionais de Paz da ONU/SP), MOACIR FORTE (também das Forças de Paz), JOÃO SADAO KITAMURA; SARGENTO TARCÍSIO CÂNDIDO DE AGUIAR, empresário CLÉVERSON ALVES DA SILVA, empresário JOSÉ CARLOS EIRAS, ex-goleiro CABEÇÃO, do CORINTHIANS.   
Num gesto altaneiro, o TENENTE-CORONEL PM TELHADA solicita a formação de um pelotão de oficiais da reserva e reformados da ROTA. Esse pelotão, muito aplaudido, abre o desfile, sob o comando do CORONEL PM Res ANTÔNIO CHIARI.
Após o brilhante desfile das viaturas ROTA está encerrada a solenidade. É servido um coquetel aos presentes. Como sempre o GINO é bastante requisitado como ex-combatente da revolução constitucionalista de 1932. Vamos conhecer o filho do CORONEL PM JOÃO VARGAS FILHO (em 1986, quando seu pai passou para mim o Comando do 2º BPCHQ, tinha cerca de 20 anos). RICARCO é delegado de polícia. 
Nesta noite, do Grupo GBB, recebo a seguinte mensagem:
CBPM (Caixa Beneficente da Polícia Militar).
Prezados Associados, no dia 04 de agosto p. p., o Procurador Nacional da Asbra, Doutor Jeferson Camillo de Oliveira, acompanhado de alguns Diretores, inclusive, deste Presidente, protocolizou no TJSP, petição inicial d’uma Ação Direta de Inconstitucionalidade em face da Assembléia Legislativa e do Chefe do Executivo do Estado de São Paulo questionando, por imprecisão técnica, o acondicionamento da expressão “… e dos militares …” no caput do artigo 8º. da Lei Complementar Paulista nº. 1.012 de 05 de julho de 2.007, que compôs a trinca de legislações especificas que reestruturaram a previdência social em nosso Estado.
Após minuciosa investigação científica, nosso Procurador, provido da cultura jurídica que lhe é peculiar convenceu-se que, ao incluir os servidores militares na mesma base legal em que figura dos civis, desabrochou visível inconstitucionalidade, por negativa de vigência ao caput e §§ 9º. e 12 do artigo 40, § 1º. do artigo 42 e inciso II do artigo 195 da CRFB/88 e, por conseqüência, do item “4” do § 2º. do artigo 24, § 1º. do artigo 138 e § 2º. do artigo 141 da CE/89, especialmente porque, ambas as classes de funcionários públicos pertencem a categorias dispares, de natureza jurídica igualmente desigual.
Dita peça contém pretensão cautelar inaudita altera parts in limine littis, significando dizer que, desde agora, combatemos pelo restabelecimento do status quo ante, isto é, até a solução integral da controvérsia.
Senhores Interessados, tanto a Asbra, na pessoa de seu Corpo Diretivo, quanto o escritório de Advocacia JCamillo, na pessoa de seus advogados, tem ampla ciência da dificuldade que se avizinha e que há de vir, especialmente, ante o desequilíbrio manifesto entre a pessoa jurídica postulante e, as pessoas políticas acionadas, acrescido de tecnicidade esmerada embutida nas 3 leis complementares que precedeu a instalação da SPPrev.
Mas essa percepção não medra por diversas razões, dentre as quais, o comprometimento na ânsia de solucionar ou, pelo menos, minimizar os problemas de nossos associados, quiçá de outros integrantes das classes por nós abarcadas, sobressai-se, diferenciadamente.
Fiquem certos, a complexidade do tema – “reformulação da previdência social” – por intermédio de lei específica nas UF’s, ocasionou a interposição de diversas ações análogas à citada, sendo que, o êxito ou insucesso de todas elas encontra-se, visceralmente, jungida ao rigor técnico-jurídico arraigado na formalização pelas respectivas Assembléias Legislativas da norma legal peculiar, senão do próprio Governador do Estado ao promulgá-las.  
Por fim, esse Presidente, ávido no sucesso da empreitada, por nós, contemporaneamente deflagrada, desde já se encontra saciado, fundamentalmente porque, a banca de Advocacia JCamillo Advogados Associados responsável pelo Departamento Jurídico da Asbra, mais uma vez honrando a confiança que lhe foi depositada, concluiu peça processual apta a acolher as aspirações de centenas de servidores militares paulistas, inclusive, não incluídos em nosso Quadro Social.

Diante da contínua desvalorização do dólar ante o real, o governo já estuda a opção de retomar a cobrança do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) na entrada da moeda americana no BRASIL. A medida funcionaria como uma espécie de pedágio ao ingresso do capital externo, que nas últimas semanas se intensificou e vem se tornando um problema para a competitividade dos exportadores brasileiros. A estimativa é que até o final do ano o BRASIL receba algo entre 20 bilhões e 30 bilhões de dólares. Hoje, o dólar fechou abaixo de R$1,70 pela primeira vez desde o início de setembro de 2008.

A embaixadora MARIA LUIZA VIOTTI tornou-se hoje a mais importante mulher da história da diplomacia brasileira. Com a eleição do BRASIL, por unanimidade, para uma vaga de membro temporário no Conselho de Segurança, a diplomata passará a representar o País no órgão decisório máximo das NAÇÕES UNIDAS a partir de janeiro.
Horas depois da votação, em seu escritório na missão brasileira em NOVA YORK e em meio à telefonemas de congratulação, MARIA LUÍZA conversou sobre o retorno do País, pela décima vez, ao conselho. Ao lado do JAPÃO, o BRASIL é a nação, fora os membros permanentes, que mais tempo esteve presente no órgão, totalizando 18 anos.

O ex-bombeiro BENEDITO CARDOSO DE OLIVEIRA, de 46 anos, foi preso ontem à noite sob a acusação de manter a mulher em cárcere privado e de torturar pelo menos quatro de seus dez filhos em ARUJÁ. CARDOSO batia nos filhos para obrigá-los a trabalhar. Dez filhos do acusado integram o grupo BANDA LARGHA. Com H. Um dos integrantes da banda mostrou à polícia marcas de queimadura pelo corpo, e disse que elas foram resultado das agressões cometidas pelo pai, que também faria ameaças de morte contra a família.
O delegado JOSÉ HUMBERTO XAVIER, da delegacia de ARUJÁ, decidiu autuar CARDOSO em flagrante pelos crimes de cárcere privado, ameaça, violência doméstica, maus-tratos, tortura e serviço escravo.

Apesar dos avanços nas pesquisas científicas realizadas no MOSTEIRO DA LUZ, ainda permanece o mistério sobre a identidade das 11 freiras enterradas em seis tumbas nas paredes (carneiras) construídas na sacristia da antiga igreja do SANTO FREI ANTÔNIO DE SANT´ANNA GALVÃO. Até agora, não foi possível descobrir, pela análise dos registros históricos, quem são elas e em que época viveram. Os pesquisadores sabem apenas que uma das irmãs, que ocupa a primeira tumba aberta, morreu em 1780 e, a outra, 100 anos depois. Eles chegaram à data, a partir de testes com Carbono 14, que têm margem de erro de 40 anos para cima e 40 para baixo.

Uma reunião realizada hoje oficializou a escolha da nova diretoria executiva da Fundação BUTANTÃ, quase um mês depois de o Ministério Público de SÃO PAULO ter apontado indícios de má gestão de recursos na entidade. O médico sanitarista e ex-secretário da Saúde JOSÉ DA SILVA GUEDES assumirá a presidência no lugar do pesquisador ISAÍAS RAW, que havia sido afastado temporariamente do cargo após o conselho curador ter acolhido sugestão do MP. RAW deixará a presidência para liderar o conselho técnico-científico da entidade. O químico HERNAN CHAIMOVICH exercerá a função de superintendente-geral.

O jornal que nasceu abolicionista e republicano em outubro de 1884, quando SÃO PAULO era apenas uma pequena província, sob o nome de DIÁRIO POPULAR e que, depois de mais de um século e diferentes proprietários foi rebatizado DIÁRIO DE SÃO PAULO, mudou de mãos. O novo dono é o empresário e jornalista JOSÉ HAWILLA, que tem negócios na área de marketing esportivo, com a empresa TRAFFIC, controla a TV TEM, afiliada da REDE GLOBO, e também a REDE BOM DIA, que edita jornais em cidades do interior de SÃO PAULO.
Desde 2001, quando teve o nome trocado para DIÁRIO DE SÃO PAULO, o jornal pertencia às ORGANIZAÇÕES GLOBO, companhia que controla a maior rede de empresas de comunicação do País, entre as quais a REDE GLOBO DE TELEVISÃO. O valor da operação não foi revelado.
Descendente de libaneses, o paulista JOSÉ HAWILLA, de 65 anos, tornou-se referência no mundo dos esportes e das comunicações. Casado, pai de três filhos, nascido em SÃO JOSÉ DO RIO PRETO, o empresário saiu dos gramados, onde se acotovelava com os colegas radialistas na hora de entrevistar jogadores, para se tornar o maior empresário do marketing esportivo do BRASIL. Em três décadas, deixou a vida de assalariado para ser um milionário que pode se dar ao luxo de jogar golfe todas as sextas-feiras.

O mais alto jogador brasileiro da história do basquete, EMIL RACHED, faleceu hoje aos 66 anos, após sofrer infecção generalizada. Com 2,20 metros de altura, ele conquistou a medalha de ouro com o BRASIL nos Jogos Pan-Americanos de CALI, em 1971. O ex-atleta estava internado no Centro Médico, em CAMPINAS, depois de sofrer embolia pulmonar. Além de se destacar no esporte, ele ficou conhecido ao interpretar o “gigante” com o grupo OS TRAPALHÕES.

RAFAEL NADAL, número 2 do mundo, garantiu vaga nas quartas-de-final do MASTERS 1000 DE XANGAI, na CHINA, ao derrotar o compatriota TOMMY ROBREDO, 15º da ATP, por 2 sets a 0. Ele encara agora o croata IVAN LJUBICIC.  

Uma série de cinco atentados coordenados em três cidades paquistanesas deixou hoje 40 mortos – 28 deles na capital cultural do país, LAHORE – no momento em que a Forças Armadas preparam uma nova ofensiva contra a milícia islâmica do TALEBAN que atua na fronteira com o AFEGANISTÃO. Desde o início da onda de ataques do TALEBAN, há 11 dias, o PAQUISTÃO registrou oito atentados.
Na ação mais violenta, a sede da Agência Federal de Investigações e duas academias de polícia de LAHORE foram atacadas por homens armados com fuzis e granadas. Metade dos 28 mortos na ação era policiais e militares, outros 10 eram rebeldes. Numa ação quase simultânea, um carro-bomba foi detonado por um terrorista, matando outros três policiais e sete civis numa delegacia de KOHAT, no noroeste do PAQUISTÃO.  O autor do atentado também morreu na explosão.
Um segundo ataque em PESHAWAR, a maior cidade do noroeste do país, na fronteira com o AFEGANISTÃO, matou uma criança num complexo habitacional onde vivem funcionários do governo.

Em pleno feriado nacional, decretado pelo governo de facto para celebrar a conquista da vaga para a COPA DO MUNDO DE 2010, o clima de distensão e otimismo da véspera dava lugar a uma certa tensão, causada, principalmente, pelo reforço do contingente militar que cerca a Embaixada do BRASIL em HONDURAS. Novas torres com holofotes foram instalados perto da residência – onde está abrigado o presidente deposto MANUEL ZELAYA – e a atividade dos soldados mostrava-se mais intensa, numa aparente intenção de ampliar a pressão psicológica sobre o campo zelaysta.

Os serviços de emergência se mobilizaram, as redes de TV interromperam a programação e passaram a acompanhar o caso ao vivo e os sites da Internet noticiaram que um menino de apenas 6 anos estava sozinho dentro de um balão, que voava a deriva pelos céus do COLORADO, nos ESTADOS UNIDOS. E, depois que o balão caiu, após percorrer cerca de 80 km, FALCON HEEVE foi encontrado são e salvo... dentro de casa.
Quando o objeto chegou ao solo, HEEVE não foi encontrado. Por isso, autoridades trabalhavam com a possibilidade de o menino ter caído durante o vôo, já que uma das portas do objeto, que pousou ao norte de DENVER,após duas horas, estava aberta.
A suspeita de que a criança estivesse no balão foi alimentada pelo relato de um irmão de HEEVE, que disse tê-lo visto desatar o nó que prendia o balão à terra, pouco antes do vôo. O menino teria subido em cima de uma cesta acoplada ao balão.

Assisto o DVD “MASSACRE NO BAIRRO CHINÊS”, com JACKIE CHAN. Preocupado com o desaparecimento de sua namorada em TÓQUIO, STEELHEAD, um mecânico de tratores que trabalha no norte da CHINA, parte para o JAPÃO em busca de pistas que o levem até ela.
Chegando a TÓQUIO ele se depara com as terríveis condições as quais são submetidos seus compatriotas e logo se vê envolvido numa luta contra as gangues chinesas quanto a YAKUZA pelo controle da noite de SHINJUKU.
2 010:         -     SEXTA-FEIRA
A Sociedade Veteranos de 32 - MMDC juntamente com a Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo convida a todos para a comemoração ao 78º Aniversário da Cessação das Hostilidades do Movimento Constitucionalista de 1932.
O Ato Solene será no dia 15 de Outubro, às 10 horas, no Palácio 9 de Julho (Assembléia Legislativa).
Nesta Ocasião serão Condecorados com a Medalha da Constituição:
Comandante do Exército Constitucionalista Dr. Jorge Michalany
Vice Presidente do Conselho Deliberativo Dr. Pedro Paulo Penna Trindade
Cel Ref PM Mario Fausto Rodrigues Pinho, membro da COFAM (Comissão dos Familiares)
Serão homenageados os nossos associados:
Cap PM Anisio Araujo dos Santos
Dr. Francisco Giannoccaro
Dr. Viviano Ferrantini
Sr. Ricardo Luis Martins Scalise
Saio de casa bem mais cedo do que o usual a fim de estar com tempo hábil na Assembléia Legislativa. Reputo como importantíssima essa Sessão Solene organizada pelo Deputado Estadual MAJOR PM OLÍMPIO, revivendo o episódio da Cessação das Hostilidades do Movimento Constitucionalista de 1932. Com isso sou o primeiro a chegar à Assembléia. Encontro nos corredores dona Vitória, do Cerimonial, que faz a gentileza de me levar até o gabinete do Deputado MAJOR PM OLÍMPIO. Ele não se encontra. Converso com o CORONEL PM Res RICARDO JACOB, CAPITAÕ PM Ref RICHARDS DE FREITAS CHAVES e VALÉRIA, assessores do deputado. Vejo o roteiro da solenidade de logo mais, onde precisamos tirar o nome do CAPITÃO PM ANÍSIO da relação dos homenageados. Ele está envolvido na Operação “PERUADA” no Centro da cidade de SÃO PAULO. Consta da relação de homenageados o nome do Doutor EGISTO DOMENICALI, indicação do próprio MAJOR PM OLÍMPIO. Levado para a sala de recepção, aos poucos vão chegando os convidados e as pessoas que serão homenageadas: CORONEL PM MÁRIO FAUSTO RODRIGUES PINHO é um deles. Trouxe em sua companhia a esposa NORMA, uma das filhas e netas. O Embaixador Pela Cruz de MALTA, do PARAGUAI, no BRASIL, DINO SAMAGI, é um dos convidados do deputado MAJOR PM OLÍMPIO; FRANCISCO GIANNOCCARO, VIVIANO FERRANTINI, e outros. Nosso presidente GINO STRUFFALI, apesar de ter sido operado no dia 6 de outubro, faz uma grande esforço e comparece na solenidade. CORONEL PM ANTÔNIO CARLOS MENDES chega também mais cedo e deve estar com algum problema. Seu comportamento é tanto quanto estranho, mas nada diz a respeito disso. Outro que também não anda bem de saúde e deverá sofrer uma nova cirurgia é o CORONEL ARY CANAVÓ. Procura o MAJOR PM OLÍMPIO e pede para fazer uso da palavra durante a sessão solene. Constituída a Mesa de Trabalho, presidida pelo MAJOR PM OLÍMPIO e pelo Presidente da Sociedade Veteranos de 32-MMDC, GINO STRUFFALDI e pelo Embaixador DINO SAMAGI, inicia-se a solenidade com o toque do Hino Nacional. São chamados em seguida CAMILA GIUDICE e MARKUS para apresentar uma sessão de esgrima.
A esgrima começou no Brasil durante o período imperial devido ao interesse de Dom Pedro II na modalidade. Em 1858, é estabelecida a esgrima regimentalmente para os cursos de Infantaria e Cavalaria da Escola Militar de Realengo e ocorre a fundação de uma escola de esgrima no Batalhão de Caçadores de São Paulo. No final do século XIX, já no Brasil República, surge um movimento a favor da esgrima, na Praia Vermelha. Em 1906, por iniciativa do Coronel Pedro Dias de Campos, do Batalhão de Caçadores de São Paulo, é criado o Curso de Formação em Ginástica e Esgrima, que ficou a comando do Capitão Balandie. Em 1909, é criado um curso de esgrima na Escola de Educação Física da Força Pública de São Paulo. Em 1922, a construção do Centro Militar de Educação Física na Vila Militar do Rio de Janeiro, incentiva a vinda do mestre d'armas francês Lucien de Merignac e a criação de um núcleo de esgrima no Colégio Militar do Rio de Janeiro, por parte de Valério Falcão, instrutor do estabelecimento. O Exército Brasileiro contrata os serviços do mestre Gauthier, instrutor de esgrima da Escola Joinville le Point, da França, para ministrar esgrima aos militares no Brasil. Em 1927, a Federação Paulista de Esgrima e a Federação Carioca de Esgrima se unem e criam a União Brasileira de Esgrima, com o apoio da Liga de Desportos do Exército e da Marinha. A União Brasileira de Esgrima se filia à Federação Internacional de Esgrima, e, em 1936, o Brasil participa dos Jogos Olímpicos de Berlim. Em 1937, o Exército cria o Curso de Mestre d'Armas, único do Brasil e em funcionamento até hoje.
São chamados à frente as pessoas que serão homenageadas pela Assembléia Legislativa: GIANNOCCARO, FERRANTINI, SCALISE e EGISTO DOMENICALE. Nosso presidente e o Embaixador DINO fazem a entrega de um certificado aos mesmos. Segue-se a entrega da Medalha da Constituição para o Professor Doutor JORGE MICHALANI, PEDRO PAULO PENNA TRINDADE e CORONEL PM MÁRIO FAUSTO RODRIGUES PINHO. É esse o momento principal do evento. O Comandante do Exército Constitucionalista, JORGE MICHALANY, fala algumas palavras, muito emocionado; TRINDADE declama “EU TE AMO SÃO PAULO” e o CORONEL PM PINHO fala em nome dos galardoados com a medalha. Faz uso da palavra EGISTO DOMENICALI. Discorre sobre o Movimento Constitucionalista de 32 e se atrapalha com datas: diz que MARTINS, MIRAGAIA, DRÁUSIO e CAMARGO perderam suas vidas no comício de 25 de janeiro de 32 e que o término da Revolução aconteceu no dia 3 de outubro. CORONEL ARY CANAVÓ lembra a Segunda Guerra Mundial e teima em fazer o 29 de outubro de 1945, queda de GETÚLIO VARGAS, como data relacionada com a Revolução de 32. Não é de hoje que ele comete esse erro crasso. É um ponto de vista deturpado do Movimento Constitucionalista de 32 que absolutamente nada tem a ver com o término da 2ª Guerra. Foi muito infeliz no seu pronunciamento. Também fala o CORONEL PM Res RICARDO JACOB sobre essa sessão solene. Em seguida nosso presidente, GINO STRUFFALDi, encerra o evento com suas simples, mas comoventes palavras. Após a sessão solene vamos conversar com muita gente que esteve presente a essa cerimônia cívica: JOSÉ D´AMICO, MARIA CECÍLIA NACLÉRIO HOMEM, FRANCES DE AZEVEDO, e as pessoas já citadas. Não percebo a retirada do GINO e do MENDES. Com FRANCISCO GIANNOCCARO vou até a PAULISTA, onde embarco no metrô e vou para a Sociedade. São mais de 13 horas.
Nesta tarde comparece no MMDC o Senhor ANTÔNIO RUY FERREIRA DA SILVA, filho do falecido veterano DIRCEU FERREIRA DA SILVA. Quer ele imortalizar os restos mortais do pai no 9 de Julho de 2011. Fica conversando conosco até quase 16 horas. Somente depois da sua partida é que posso trabalhar no computador atualizando o dia 16 de outubro e imprimindo as 42 páginas que dizem respeito a essa data. O retorno para GUARULHOS não é nada bom. Venho pendurado num ônibus e sinto esse esforço quando vou chegar em casa.       

O amor a São Paulo, em seus aspectos históricos, cívicos e pessoais expressos no poema "Eu te amo, São Paulo", de Paulo Bomfim, marcou a sessão solene que comemorou os 78 anos de cessação das hostilidades do Movimento Constitucionalista de 1932, realizada nesta sexta-feira, 15/10, na Assembleia Legislativa. Na cerimônia, que ocorreu por solicitação do deputado Olimpio Gomes (PDT), o poema foi declamado por um dos homenageados, Pedro Paulo Penna Trindade, vice-presidente da Sociedade Veteranos de 32 " MMDC. "Esta sessão solene é uma justa homenagem para reverenciar a memória e a história do povo paulista. E nenhum local poderia ser mais apropriado do que a Assembleia Legislativa, cuja sede tem o nome de Palácio 9 de Julho", afirmou Olimpio Gomes. Durante o evento, o presidente da Sociedade Veteranos de 32 " MMDC, Gino Struffaldi, e o embaixador da Soberana Ordem da Cruz de Malta, Dino Samaja, entregaram diplomas homenageando os senhores Francisco Giannoccaro, Viviano Ferrantini, Ricardo Luís Martins Scalise e Egisto Domenicali. "Esse diploma é um reconhecimento da Assembleia Legislativa a personalidades que se destacaram pela defesa dos valores do povo paulista", completou o deputado. Em nome dos homenageados, Domenicali destacou que a Revolução Constitucionalista de 1932 provou-se, de certa forma, vitoriosa, já que teria contribuído para que, no ano seguinte, se elaborasse uma nova Carta Magna. A Medalha da Constituição " instituída em 1962, é a mais alta honraria outorgada pelo Legislativo paulista " foi entregue a Jorge Michalany, Pedro Paulo Penna Trindade e ao coronel-PM Mário Fausto Rodrigues Pinho. "Michalany, cabo-enfermeiro da Revolução de 32, que depois se tornou médico, não só participou do movimento como escreveu artigos excelentes no jornal O Estado de S. Paulo, rebatendo os que procuravam denegrir a memória da Revolução Constitucionalista", ressaltou Struffaldi. "Aos 15 anos, tornei-me cabo-enfermeiro porque não tinha idade para ir ao campo de batalha", relembrou Michalany. "Minha função era transportar soldados e voluntários feridos até a Santa Casa. Quis tomar parte na revolução porque amo São Paulo." O coronel Pinho afirmou que "entre os heróis que estão no Mausoléu do Soldado Constitucionalista encontra-se meu pai. E a memória desses idealistas tem que ser preservada". O homenageado reverenciou "a bravura dos que se dedicaram a defender um ideal com suas próprias vidas" e cumprimentou o presidente da Assembleia, deputado Barros Munhoz, a quem cabe a outorga da Medalha da Constituição. A sessão solene foi aberta com a execução do Hino Nacional pela Camerata da Polícia Militar de São Paulo, sob a regência do tenente-maestro Ismael Alves de Oliveira. Também em homenagem aos participantes da Revolução Constitucionalista e às Forças Armadas brasileiras, os atletas Markus Runk e Camila Giudice fizeram uma apresentação de esgrima. A Revolução Constitucionalista A Revolução Constitucionalista de 1932 foi um movimento armado, que eclodiu no Estado de São Paulo, entre julho e outubro de 1932, com o objetivo de derrubar o governo provisório de Getúlio Vargas e obter a promulgação de uma nova Constituição para o Brasil. Foi a primeira grande revolta contra o governo Vargas e o último grande conflito armado ocorrido no Brasil. Ao longo de 87 dias de combate (9 de julho a 4 de outubro de 1932), deixou um saldo oficial de 934 mortos (estimativas não oficiais reportam até 2,2 mil mortos) e grandes danos em várias cidades paulistas. Dois anos depois da Revolução de 1932, uma nova constituição foi promulgada em 1934

A ROTA completa hoje 40 anos. A cerimônia de comemoração acontece por volta das 18 horas. São entregues medalhas comemorativas do centenário do 1º BPChq e diplomas “Amigo da ROTA”. O TENENTE-CORONEL PM PAULO ADRIANO LOPES LUCINDA TELHADA é o Comandante dessa Unidade de elite da PMESP. Seu SubCmt é o MAJOR PM BEN-HUR ARAÚJO JUNQUEIRA NETO. Comparecem: ANTÔNIO FERREIRA PINTO, Secretário de Estado da Segurança Pública; CORONEL PM ÁLVARO BATISTA CAMILO, Comandante Geral da PMESP; RONALDO JOÃO ROTH, Juiz de direito auditor do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo; Deputado Estadual CONTE LOPES; CORONEL PM MARCOS CHAVES DA SILVA, Comandante do Policiamento da Capital (CPC); RICARDO LERNER, Diretor-Titular do Departamento de Segurança (DESEG) da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP); CORONEL PM LUIZ EDUARDO PESCE DE ARRUDA, Comandante do CAES;

Entre os e-mails que recebo hoje está aquele do GRUPO BARRO BRANCO comunicando o falecimento do TENENTE-CORONEL PM Ref VÁLTER ANTÔNIO VALALA, em BARRETOS. Ele nasceu no dia 13 de janeiro de 1940. Entrou na PM no dia 1º de março de 1965. Foi declarado ASPIRANTE A OFICIAL no dia 25 de janeiro de 1974. PROMOÇÕES: 2º TENENTE – 25 de agosto de 1974; 1º TENENTE – 25 de janeiro de 1979; CAPITÃO – 25 de agosto de 1985; MAJOR PM – 25 de agosto de 1992. Não tenho a data de sua promoção ao posto de TENENTE-CORONEL.

Faleceu, aos 75 anos, HÉRCULES CAMILLO ANTÔNIO SILVA. Ficou fascinado por tecnologia desde que ganhou sua primeira calculadora. Em sua casa era possível encontrar muitas – em uma época em que não eram tão comuns – de variados tipos e tamanhos. A paixão o fez seguir a área de informática e comunicação. Tornou-se o primeiro diretor brasileiro da SCANIA, empresa sueca, conhecida por fabricar caminhões. Estabeleceu a primeira transmissão de dados via satélite entre BRASIL, ARGENTINA e EUROPA – um grande orgulho. Negociava diretamente os acordos sindicais. Quando criança, sua filha chegou por duas vezes a atender o então líder sindical LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA, que procurava por seu pai ao telefone. Morou por três anos na cidade de SANTOS. Teve câncer no fígado e morreu em casa.

A candidata do PT à Presidência, DILMA ROUSSEFF, divulgou hoje carta compromisso dirigida a religiosos para, nas palavras dela, “pôr um fim definitivo à campanha de calúnias e boatos” dos adversários. Em SÃO PAULO, ao explicar sua MENSAGEM DA DILMA, a petista comparou o momento ao enfrentado por LULA na campanha presidencial de 2002. Na época, LULA divulgou a CARTA AO POVO BRASILEIRO, em que assumia compromissos de não romper contratos e adotar conduta responsável na área econômica. O então candidato tentava acalmar os mercados, preocupados com a perspectiva de sua vitória. Desta vez, o objetivo dos petistas é convencer religiosos a respeito da posição da candidata sobre temas como aborto e casamento entre homossexuais.

O deputado federal PAULO MALUF sofreu hoje revés no Tribunal Superior Eleitoral. O ministro MARCO AURÉLIO MELLO concluiu que o político perdeu o prazo para recorrer da decisão do Tribunal Regional Eleitoral de barrar a sua candidatura à reeleição com base na Lei da Ficha Limpa. Para o ministro, o recurso deveria ter sido protocolado até 3 de setembro – mas chegou ao tribunal no dia 5. Advogados de MALUF podem recorrer ao plenário do TSE. Há chances de mudar a decisão porque MARCO AURÉLIO tem sido voto vencido nos julgamentos sobre aplicação dos prazos. Tem prevalecido a tese de que os prazos devem ser interrompidos quando advogados protocolam um recurso denominado embargo de declaração. Se essa for a conclusão no caso de MALUF, a discussão sobre a sua eleição poderá ir para o Supremo Tribunal Federal, que dará a palavra final sobre a Lei da Ficha Limpa. 

Quem passa hoje pela Rua AUGUSTA na frente do número 129 vê mais uma marca de abandono na região central da cidade. Sujeira e pichações cobrem boa parte das paredes externas dos dois blocos do Hotel CA D´ORO – até nos vidros do salão famoso restaurante. Na parte interna do prédio, a demolição já começou. Por onde no passado transitaram figuras famosas como o poeta VINÍCIUS DE MORAES, o músico NAT KING COLE e até o rei da ESPANHA, JUAN CARLOS I, agora só entram funcionários de uma empresa demolidora. Há pelo menos três meses, cerca de dez profissionais trabalham no local. Todo o mobiliário do complexo está sendo retirado. Na recepção, antes decorada com suntuosos lustres, há um amontoado de entulho – pias, vasos sanitários, portas e janelas. Batentes e portas de madeira maciça estão sendo separados e levados em caçambas. Até o assoalho foi retirado. No lugar de hóspedes, o movimento atual é de carros. Há alguns meses, o pátio do CA D´ORO é usado como estacionamento de outro hotel – o JARAGUÁ, a 500 metros. Todos os dias, cerca de cem veículos são guardados na área, na esquina das Ruas AUGUSTA e CAIO PRADO, e também no subsolo.
A demolição do atual CA D´ORO marca o fim de um prédio que durante muito tempo foi símbolo da elegância paulistana. Fundado em 1953 pelo italiano FABRIZIO GUZZONI, o hotel ficava, a princípio, na Rua BASÍLIO DA GAMA, na BELA VISTA, região central, e tinha 50 apartamentos. O prédio azul e branco da Rua AUGUSTA, com 300 apartamentos, foi construído em 1960. Acostumados com a culinária dos imigrantes do sul da ITÁLIA, os paulistanos conheceram pela cozinha do CA D´ORO algumas tradições do PIEMONTE e da LOMBARDIA, regiões do norte da ITÁLIA. Foi o primeiro restaurante da cidade a preparar carpaccio. Mesmo quando a decadência do centro contagiou o hotel, o restaurante resistiu como foco de boa gastronomia. Mas acabou fechando as portas no dia 20 de dezembro de 2009. De 22 de fevereiro a 8 de março deste ano, as poltronas de couro, a louça, a tapeçaria, espelhos e o mitológico balcão de madeira do bar foram leiloados. As vendas foram consideradas um sucesso, mas o valor arrecadado não foi divulgado pelos leiloeiros.

Os hospitais-gerais do Estado de SÃO PAULO registraram em 2009 uma média de 36 caos de infecção hospitalar por dia, provocados por diferentes micro-organismos, segundo levantamento do Centro de Vigilância Epidemiológica do governo estadual. A ausência de parâmetros para as notificações no País impede uma comparação com outros Estados – o sistema paulista de controle é considerado um dos mais avançados.

O jurista e gramático JOSÉ CRETELLA JÚNIOR recebeu hoje o título de Professor Emérito 2010 – TROFÉU GUERREIRO DA EDUCAÇÃO. O prêmio é concedido todos os anos, no Dia do Professor, pelo Estado e pelo Centro de Integração Empresa – Escola (CIEE) a personalidades que se destacaram ao longo de sua carreira pela dedicação ao ensino e defesa da educação. CRETELLA JÚNIOR nasceu em SOROCABA, no interior de SÃO PAULO, mas na juventude veio para a capital estudar Letras e Direito na Universidade de SÃO PAULO (USP). Desde então sua trajetória está ligada à universidade. Em 1965 se tornou livre-docente e, em 1969, professor-titular. Lecionou até 1990. O homenageado ocupa a cadeira número 1 da Academia Paulista de Letras. Publicou mais de 120 obras em Direito, Língua Portuguesa e Latim. Entre seus livros mais famosos estão COMENTÁRIOS À CONSTITUIÇÃO DE 1988 – em 8 volumes e 6 mil páginas – e o TRATADO DO DIREITO ADMINISTRATIVO – em 10 volumes.
O médico cardiologista ADIB JATENE, professor emérito do ano passado, saudou o novo premiado durante o evento. JATENE afirmou que tinha poucas referências da área do atual homenageado, mas foi buscar informações e percebeu estar diante de uma figura peculiar, que honra as letras jurídicas e a cultura. Com a eleição de CRETELLA JÚNIOR, o Prêmio Professor Emérito – Troféu Guerreiro da Educação chegou à 14ª edição. Desde 1997, receberam o prêmio personalidades de várias áreas da ciência e da cultura. Em 2006, o geneticista CRODOWALDO PAVAN, morto em 2009, recebeu o prêmio. Na ocasião, lê disse que o título que mais lhe dava orgulho na sua carreira era o de professor. Em 2005, foi a vez do ambientalista PAULO NOGUEIRA NETO, que agradeceu a “todos os que tornaram possível fazer com que o meio ambiente seja tratado seriamente no BRASIL”. Em 2004, o zoólogo e compositor PAULO EMÍLIO VANZOLINI recordou o conselho do pai: “Não vá para uma universidade, vá para um professor. Procure o melhor do mundo e, se ele não te aceitar, procure o segundo melhor.” O CIEE é uma organização não governamental fundada há 46 anos. Tem como finalidade a inclusão profissional de jovens estudantes no mercado de trabalho por meio de programas de estágio e de aprendizagem. Já estabeleceu parcerias com 250mil empresas e órgãos públicos.  

O ator norte-americano JOHNNY SHEFFIELD, que interpretou BOY na série TARSAN, com JOHNNY WEISSMULER, iniciada no fim da década de 1930 e realizada durante a de 1940, morreu nesta sexta-feira, aos 79 anos, vitima de ataque cardíaco em sua casa em CHULA VISTA, perto de SAN DIEGO, nos ESTADOS UNIDOS. Filho do ator britânico REGINALD SHEFFIELD, JOHNNY tinha 7 anos quando respondeu a anúncio na HOLLYWOOD REPORTER para o papel que marcou sua trajetória. Participou, então, em 1939, do filme O FILHO DE TARSAN, em que TARSAN e JANE adotam o menino, cujos pais morrem em acidente de avião na selva. Até 1947, SHEFFIELD esteve em oito filmes da série. 

A  tragédia na mina chilena de SAN JOSÉ pode se repetir, com conseqüências fatais, em 15% das 20 mil minas mapeadas do CHILE, nas quais mais de 2 mil mineradores estão trabalhando neste momento. O alerta foi feito por alguns dos maiores especialistas em engenharia de mineração e líderes sindicais chilenos. “É seguro que essa tragédia pode se repetir num grau ainda muito maior, se as coisas continuarem como estão”, disse o diretor do Departamento de Engenharia de Minas da Universidade do CHILE, ALDO CASALI. “Simplesmente não há como fiscalizar todas as pequenas minas que funcionam nos locais mais remotos do país.” O último mineiro a ser resgatado na mina SAN JOSÉ, na quarta-feira, LUÍS URZÚA, foi taxativo em seu encontro com o presidente chileno SEBASTIÁN PIÑERA> “Espero que isso nunca mais se repita”, disse, olhando nos olhos do presidente. PIÑERA prometeu uma revisão completa nas regras do setor. Mas poucas horas depois de URZUA voltar a respirar na superfície, outro mineiro, de 26 anos, morreu num acidente de trabalho na mina BOTÓN DE ORO, na Quinta Região, de VALPARAÍSO. Ele foi o 35º mineiro chileno a morrer em serviço neste ano. O CHILE responde por 40% do cobre comercializado no mundo.  - 

2 011      :       -      SÁBADO
04/07/05 a 02/07/10. (LD DP-359/133/11).
De 14/10/11
Deferindo a transferência para a reserva a pedido: Nos termos do Art. 17, inciso I do Decreto Lei 260/70, Art. 138 parágrafo 2º combinado com o Art. 129 da Constituição Estadual de 1989, Art. 133 da Constituição Estadual de 1989, Decreto 35.200/92, Instrução Conjunta CRHE/CAF-I/92 e Parecer CJ-26/93, Art.s 1º e 3º da Lei Complementar 432/85, Decreto 51.782/07, e vencimentos referentes às Leis Complementares 731/93, 1.021/07 e 1.114/10, com os proventos integrais contando com mais de 30 anos de serviço, Padrão PM-15, o Ten Cel PM 801847-2 Davi Del Bianco - 13º BPM/M - São Paulo/SP, (TLTS e FRCTS DP-2.250/11 - Pr. 29.994/11).
DAVI DEL BIANCO nasceu em 30 de julho de 196. Entrou para a PMESP no dia 10 de setembro de 1980. Foi declarado ASPIRANTE A OFICIAL em 15 de dezembro de 1984. Apenas tenho as datas de suas promoções a 2º TENENTE em 25 de agosto de 1985 e 1º TENENTE em 24 de maio de 1989.  

Prezado Donizeti:
Saiu na data de hoje a sentença de mérito relativa ao RETP. Como já esperado, a sentença nos foi favorável, considerando não só o tempo de aplicação da fórmula, mas também a legalidade de sua aplicação sobre cada uma da vantagens sobre as quais ele incide. A sentença manteve a extensão a todos (associados e não associados).
Por favor, divulgue para seu grupo.
Abs.
Allegretti

Senhores
Ontem à noite recebi a ótima notícia de que a 14ª vara da fazenda, como esperado, analisou o mérito do MS do RETP e acatou os argumentos despendidos pelo contratado pela AFAM e AOPM. Soube que o governador está P da vida com esta perda o que me deixa mais satisfeito ainda. Além disso, beneficiará todos os PM não só os associados da duas Entidades. Mais uma excepcional iniciativa dessas raras associações vocacionadas para garantia do bem estar de seus associados. Parabenizo, reiteradamente e efusivamente, o Cel Allegretti, amigo pessoal do Alexandre Morais, patrono de nosso MS, bem como o Cel Santos, nosso Cmt de Cia no CPFO......
Donizeti

Depois de trabalhar durante a manhã toda no computador, vou para a cidade de São Paulo, embora esteja chovendo. Tenho um compromisso importante na Sociedade Veteranos de 32-MMDC, com a reunião da COFAM, Entrega de Medalhas e confraternização dos aniversariantes do mês.

SOCIEDADE  VETERANOS  DE  32 - M.M.D.C.
“São Paulo forte, para um Brasil unido”

(Reconhecida de Utilidade Pública pela Lei Estadual Nº 5.530 de 14/01/1960 e
Decreto Municipal Nº 8.790 de 23/05/1970)
Núcleo “MMDC Juventude Constitucionalista de 32 – Região Leste/SP”
Av. Dr. José Arthur Nova nº 917 – São Miguel Paulista – SP

Evento de Comemoração de Aniversário
dos 79° Anos da Juventude Constitucionalista

 NÚCLEO “MMDC LESTE”

Data: 15OUTUBRO2011   -   Horário:  15:00h
Local:Sede da Soc Vet 32 – R. Anita Garibaldi
Reunião Mensal Ordinária de Comemoração dos Aniversariantes

Relação de Pretendentes a serem Agraciados com Medalhas da Sociedade Veteranos de 32:
MEDALHA: MMDC
Ordem
Posto/Grad +
NOME COMPLETO
FUNÇÃO
EXERCIDA – BTL / Cia
1
CAP PM ARLINDO SOARES ALBERGARIA HENRIQUES SILVA JUNIOR
CAES
2
1º TEN RONALDO FABIANO BORGES
DRH
3
1º TEN PM FABIANO DE SOUZA PEREIRA
CPD
4
1º TEN PM CLAUDIO TEIXEIRA ALVES
ESSgt
5
1º TEN PM HELDER OCTÁVIO RODRIGUES BORGES
Centro Reabilitação PM
6
1º TEN PM MAURICIO TAMANAHA
CSM MTel
7
1º TEN PM VLADIMIR GOULART DE CARVALHO
CSM MTel
8
1º TEN PM THIAGO ALLEGRETTI DE CASTRO
Cmdo Pol Capital
9
1º TEN PM FELIPE CORDEIRO DAS NEVES
CORREG PM
10
1º TEN PM ELIANE OLIVEIRA RENÓ
Ch GT do CPA/M-8
11
1º TEN GUILHERME LIVORATI SALGADO
Gab Cmt G
12
1º TEN SAMUEL BARBAN RUIZ
FT do 11ºBPM/I
13
2º TEN WAGNER JOSÉ DA SILVA
21º BPM/M - EM
14
2º TEN PM ALISSON GUIMARÃES PEREIRA DE SOUZA
FT do 5º BPM/M
15
Senhor HERMANO LENNON GOMES DE MORAIS
Sócio MMDC

Medalha Governador Pedro de Toledo
01
1º TEN PM MAYUMI FINEZA MORIBE
CPA/M1
02
1º TEN PM ALBERTO LUÍS SILVA
CPA/M1


Relação de Pretendentes a serem Agraciados com Medalhas da SOAMI (Soc Amigos CPOR/SP):
MEDALHA: “O SOLAR DOS ANDRADAS” da SOAMI
Ordem
Posto/Grad +
NOME COMPLETO
FUNÇÃO
EXERCIDA – BTL / Cia
1
CAP PM DENIS IZUMIDA
Palácio do Governo
2
2º SGT PM MARCELO CLEMENTE
CPA/M-1
Chego à PRAÇA DA SÉ com chuva. Ao abrir a porta da Sociedade, depois das 14 horas, tinha a idéia de que a nossa confraternização seria prejudicada por causa do mau tempo. Tenho uma grata surpresa. Vejo surgirem vários oficiais que irão receber as medalhas da Sociedade, acompanhados de parentes, noivas, esposas, filhos, enfim, com seus familiares para um momento único num sábado que tinha de tudo para o fracasso do evento. ALFREDO PIRES e dona NAIR, AMADO RÚBIO e sua filha, MARIA LÚCIA CAMARGO, FRANCES DE AZEVEDO (acompanhada do Presidente do Movimento Poético, senhor WÁLTER), MARIA CECÍLIA NACLÉRIO HOMEM, GEORGE TRAJANO e, também o nosso Presidente de Honra, GINO STRUFFALDI, acompanhado do seu filho ALDO. O GINO tem garra, tem vontade de viver. Atravessando uma fase não muito boa, com sérios problemas na bexiga, ele demonstra amor ao MMDC e comparece à sede da Entidade, apesar de tudo colaborar para que ele ficasse em casa.
A Sociedade fica literalmente tomada, quase chegando aquela situação única de 7 de julho. Demonstra isso que estamos no caminho certo.
Um dos oficiais que irá ser condecorado hoje, 1º TENENTE PM GUILHERME LIVORATI SALGADO, traz seus parentes. Conversando com eles percebemos que há uma relação muito grande com meus colegas de turma, CORONEL PM ELYSEU GUILHERME SALGADO ROCHA e CORONEL PM AMERICO VICTOR SALVATTO. É lembrado o nome do CORONEL JÚLIO MARCONDES SALGADO, vítima de um acidente com a explosão de uma bombarda, em 23 de julho de 1932, em pleno desenvolvimento da revolução. Ele era o Comandante Geral da Força Pública. Essa família também certa relação de parentesco com os CORONÉIS PM CARLOS e ROMUALDO FUGA.  
Enquanto aguardamos a chegada do TENENTE NATANAEL, Presidente do Núcleo “MMDC LESTE”, levo a COFAM para uma reunião no 3º andar. Faço um balanço de nossas atividades nesses CEM DIAS na Presidência, tempo esse que se completa hoje. Explico o que pretendemos fazer nas comemorações de 2012, ano do JUBILEU DE CARVALHO do Movimento Constitucionalista de 1932. Está presente o MALCOLM FOREST. Ele é o responsável pelo Prêmio PAUL DONOVAN KIGAR. Peço para que ele exponha a temática deste ano, na entrega do prêmio que leva o nome de seu pai. Essa solenidade de entrega do prêmio será realizada na Câmara Municipal, em 8 de dezembro, às 16 horas. A temática é justamente os 80 Anos da Revolução Constitucionalista. Também faz uso da palavra a nossa associada e poetisa FRANCES DE AZEVEDO. Ela apresenta o presidente do Movimento Poético, senhor WALTER. São declamadas pela poetisa e pelo senhor WÁLTER poesias alusivas ao Movimento Constitucionalista. Nosso presidente de honra, GINO STRUFFALDI, também se dedica aos jovens e fala de sua participação na Associação dos Oficiais Militares do Estado de São Paulo.
A segunda parte do evento de hoje é a entrega de Medalhas. Começa com a imposição da Medalha “SOLAR DOS ANDRADAS”, pela SOAMI. Estão presentes os presidentes da Diretoria Executiva e do Conselho Deliberativo, MARCELO IQUEUTI e MARCELO BOER. Eles fazem a entrega solene da Medalha “Governador Pedro de Toledo” para a CAPITÃO PM DENIS IZUMIDA, da Casa Militar do Palácio do Governo e para o 2º SARGENTO PM MARCELO CLEMENTE, do CPA/M-1. Procede-se a entrega, pelo Núcleo MMDC-LESTE da Medalha Constitucionalista para EDUARDO NUNES DOS REIS, da FALASP. 
São entregues as Medalha “GOVERNADOR PEDRO DE TOLEDO” para militares e civis constantes da relação encaminhada anteriormente. Isso é realizado de maneira brilhante. O TENENTE PM NATANAEL desempenha a função de mestre de cerimônias, conduzindo essa segunda parte do encontro de hoje. A CABO PM ROSALIM e um PM que é fiel escudeiro do NATANAEL ajudam muito na montagem da cerimônia.
O coroamento da solenidade de hoje termina com os salgadinhos e bolo para os aniversariantes.
Fico até tarde na Sociedade, com HERMANO e pessoas de seu relacionamento, bem como o CADETE BARROS, Presidente do Núcleo “CADETE RUYTEMBERG ROCHA”. O BARROS trouxe-me o regimento interno da comenda “RUYTEMBERG ROCHA” e fala sobre os últimos dias de ESCOLA DE OFICIAIS. Está terminando o curso e, na primeira quinzena de dezembro será promovido a ASPIRANTE A OFICIAL. O núcleo instalado na APMBB deverá sofrer alteração: um aluno oficial do atual terceiro ano da Escola de Oficiais assumirá o lugar do BARROS.
O cadete BARROS conduz-me em seu carro até o terminal rodoviário da ARMÊNIA, onde embarco, visivelmente cansado, para GUARULHOS. Sinto que a idade prejudica o meu desempenho como presidente da Sociedade Veteranos de 32-MMDC. Tenho mensagens na caixa eletrônica.
Caro Ventura,
Escrevo para lhe avisar que não poderei comparecer à Comissão hoje, por causa das minhas aulas na pós-graduação e por causa da chuva. Mais uma vez, agradeço pelo tempo que me concedeu para entrevistá-lo.
No entanto, peço-lhe, por favor, os contatos residenciais dos dois veteranos sobre os quais conversamos. Quero muito tentar conversar com ao menos um deles para minha reportagem.
JOSÉ GABRIEL é um repórter do ESTADO que esteve me entrevistando no dia 14. Ficou de comparecer à reunião da COFAM, mas está informando hoje
os motivos pelos quais  não pôde comparecer.
CARO JOSÉ GABRIEL
Foi uma pena. A sede estava literalmente tomada. Não havia lugares sentados. O GINO, nosso veterano de 97 anos também compareceu.
Para você entrevistá-lo ligue para 35426624 (residência).
Fico lhe devendo o telefone do JORGE MICHALANY. Aqui em casa não encontrei por enquanto. Sei que na Sociedade está anotado. Logo mais lhe passo.

Matéria publicada no site www.averdadesufocada.com em 15/10/2011 
15/10 - Ustra - onipotente, onisciente e onipresente?
15 de outubro de 2011
Por Maria Joseita Silva Brilhante Ustra
 www.averdadesufocada.com 
Até parece que o Cel Ustra era o todo poderoso comandante do combate à luta armada em todos os rincões do Brasil
Vejam a notícia abaixo como foi publicada pelo Correio do Brasil e, como, com frequência, são divulgadas todas as notícias sobre "torturas " e "assassinatos"  durante o período da  luta armada, em todo o Brasil, pela maioria da mídia. Reparem na fotografia. Vamos analisá-la:
 Em princípio sugere que seja uma cena de tortura em guerrilha rural, portanto, talvez Registro (cerco sem sucesso à Lamarca) ou Xambioá (guerrilha do Araguaia).
Sugere, mas não quer dizer que seja.(...)
15/10 - Ação popular
15 de outubro de 2011
"Para autor da ação popular, perseguidos políticos estão ficando ricos com as anistias
Gilberto Costa - Repórter da Agência Brasil - 31/05/2010 "
(observação de www.averdadesufocada.com 
 Será que não está na hora de fazer outras? )
"Brasília – O advogado João Henrique Nascimento de Freitas, um dos autores da ação popular que suspendeu o pagamento da indenização de 44 camponeses torturados pelo Exército na Guerrilha Araguaia (começo dos anos 1970), acredita que as anistias concedidas pelo Ministério da Justiça são decididas sem critério e estão gerando enriquecimento de ex-perseguidos da ditadura miliar (1964-1985). Com a anistia, os camponeses receberiam indenização mensal de dois salários mínimos (R$ 1.020)." (...)
15/10 - Senado mantém Lei da Anistia.
15 de outubro de 2011
Correio Braziliense - 14/10/2011
Um parecer técnico emitido pela Advocacia-Geral do Senado deve elevar a temperatura nas discussões sobre o alcance da Lei de Anistia. O órgão contestou a condenação do Brasil por violações de direitos humanos durante o regime militar, pela Corte Interamericana de Direitos Humanos. A manifestação, com três meses de atraso, foi enviada ao Supremo Tribunal Federal (STF).
15/10 - A exdrúxula Comissão da Verdade
15 de outubro de 2011
Por Osmar José de Barros Ribeiro - 13/10/2011
Longe de nós buscarmos as causas que nos trouxeram à atual situação de descalabro político-administrativo, onde desponta o descontentamento de ponderáveis parcelas da sociedade nacional, inclusive de setores militares. Para fazê-lo, existem pessoas melhor qualificadas. Assim, buscamos somente apresentar o despretensioso esboço de um quadro que, cedo ou tarde, terminará em tragédia.(...)
15/10 - Pensões e discrepâncias
15 de outubro de 2011
 Projeto prevê pensão de R$ 500 a herdeiros de Frei Tito
Vanildo Mendes/ Brasília -  O Estado de S.Paulo - 15/10/2011
Começou a tramitar no Senado o projeto de lei 4.015/01, aprovado esta semana, em caráter conclusivo, na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, que concede pensão especial de R$ 500, a ser dividida entre os herdeiros do frei dominicano Tito de Alencar, uma das vítimas mais emblemáticas da ditadura militar. 
15/10 - PR, solução ?
15 de outubro de 2011
 PR agora passa a ser solução
Acusada de montar esquema de corrupção no Ministério dos Transportes, cúpula do partido é cortejada para alianças em São Paulo
Paulo de Tarso Lyra - Correio Brazilense 15/10/2011
Pouco mais de três meses após a crise no Ministério dos Transportes, que defenestrou a cúpula do PR da máquina pública federal sob a acusação de corrupção, licitações fraudulentas e sobrepreço em contratos, o Partido da República virou "alvo de cobiça" das maiores legendas do país. (...)
15/10 - O troco em Dilma
15 de outubro de 2011
Leonardo Cavalcanti - Correio Braziliense - 15/10/11
Até o mês passado, os aliados insatisfeitos com a faxina da presidente rogavam pragas em silêncio. Apenas observadores mais atentos dos movimentos políticos percebiam a intolerância com as ações contra a corrupção. Não é mais assim. Agora, até estratégia os camaradas desenvolveram(...)
15/10 - A esquerda e a corrupção
15 de outubro de 2011
Por Aldo Fornazieri
O Estado de S.Paulo - 15/10/11
O tema da corrupção parece ter entrado com força na agenda política do País - ao menos momentaneamente. A queda de cinco ministros envolvidos em denúncias, inúmeros casos de corrupção em prefeituras, Câmaras Municipais, Assembleias Legislativas, governos estaduais e no Senado amplificaram o tema na opinião pública, criando a impressão de que há uma corrupção generalizada nas estruturas do poder(...)

Orlando Silva, ministro do Esporte: promessa de processar acusador (Tasso Marcelo/AE)
"Um bandido fala e eu que tenho que provar que não fiz, meu Deus?”, afirmou o comunista, informando que vai processar o policial
O ministro do Esporte, Orlando Silva, rebateu as acusações de foi o mentor e beneficiário de um esquema de desvio de dinheiro do programa Segundo Tempo. Na edição que chega neste sábado às bancas, a revista VEJA traz uma entrevista com o policial João Dias Ferreira, um militante do PC do B que também é dono de uma ONG que sumiu com 2 milhões de reais que deveriam ter sido usados na compra material esportivo e alimentos para crianças carentes.
De Guadalajara, no México, onde participou da cerimônia de abertura dos Jogos Panamericanos, Orlando Silva se disse chocado com a denúncia e classificou o denunciante como “bandido”. O ministro afirmou que tinha conhecimento de que o policial ameaçara fazer denúncias públicas envolvendo sua pasta e admitiu ter recebido João Dias no ministério, a pedido de seu antecessor na pasta e atual governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz.
“Confesso que eu estou chocado”, disse. “Estou estupefato, perplexo. Um bandido fala e eu que tenho que provar que não fiz, meu Deus?”, afirmou o comunista, informando que vai processar o policial.
O ministro disse que sabia das ameaças do policial há algum tempo. “Durante um ano esse sujeito procurou gente do ministério e fez ameaça, insinuação. E qual foi a nossa posição? Amigo, denuncie, fale o que você quiser. Por quê? Porque como nós temos convicção de que o que foi feito foi o correto, nós não tememos. E falávamos para ele: não nos interessa. Ele falava que existia um dossiê, que ia denunciar... A resposta era: faça, procure o Ministério Público, a polícia, a justiça, faça o que você quiser fazer”, afirmou.
Indagado sobre a razão pela qual o ministério não comunicou as ameaças à polícia, o ministro disse que “imaginou” que um de seus subordinados pudesse ter levado o assunto às autoridades competentes. “Chegamos a falar sobre essa hipótese.”
O ministério não registrou queixa das ameaças nem da agressão física que o próprio policial diz ter cometido contra Júlio Filgueira, ex-secretário nacional de Esporte Educacional do ministério. João Dias disse ter dado socos e coronhadas em Filgueira, nas dependências da secretaria.
Sobre o encontro que teve com o soldado, Orlando Silva explicou: “Estive com ele uma única vez, quando o Agnelo recomendou que eu recebesse ele, que era presidente de uma federação esportiva em Brasília e ele propôs fazer a tal parceria com o programa Segundo Tempo. Foi no gabinete, em audiência. Não foi num lugar escuso, sombrio. E quando ele não cumpriu aquilo que estava determinado, eu assinei a Tomada de Contas Especial, eu mandei para o Tribunal de Contas apurar”, declarou.
Orlando Silva desafiou o policial a provar o que diz e sugeriu que o militar, seu colega de partido, enriqueceu às custas de corrupção. “Vale a pena olhar qual é a minha declaração de renda, qual é meu patrimônio, qual é minha conta bancária e qual é a dele”. Por fim, emendou, enigmático: “Qual é a (conta) dele e de outras pessoas que têm relação (com o soldado)”.

Apesar de sua assessoria ter sido procurada na quinta-feira por VEJA, só após o fechamento da revista, na noite de sexta-feira, é que Orlando Silva fez contato com a reportagem. Antes, seus assessores haviam pedido que as perguntas fossem encaminhadas por escrito.

Foi com uma salva de palmas que os amigos de LEON CAKOFF se despediram do criador da Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, nesta tarde. CAKOFF, que morreu na sexta-feira, aos 63 anos, foi velado no Museu da Imagem e do Som (MIS) até as 13 horas. O corpo seguiu para o Cemitério PARQUE BRASIL, em EMBU DAS ARTES, onde foi cremado. “É uma perda irreparável.  LEON é insubstituível. A formação cinematográfica de São Paulo deve muito a ele”, declarou o diretor CAO HAMBURGER. “LEON era um dos últimos grandes diretores de festivais de cinema do BRASIL e do mundo que tinham a coragem de investir e apostar em novos talentos. Em um tempo em que todos apostam no seguro e na mesmice, essa é uma qualidade rara. Vai fazer muita falta”, completou o diretor CARLOS REICHENBACH. Nomes da política, do cinema e da televisão passaram pelo MIS desde sexta-feira. Estiveram presentes o ex-governador JOSÉ SERRA; o secretário municipal da Cultura, CARLOS AUGUSTO CALIL. O cineasta UGO GIORGETTI; o produtor FABIANO GULLANE; a cenógrafa DANIELA THOMAS; o escritor MARÇAL AQUINO; a apresentadora MARINA PERSON; ADHEMAR OLIVEIRA, PATRÍCIA DURÃES, LAÍS BODANZKY, LUIZ BOLOGNESI, RUBENS EWALD FILHO, a atriz ALICE BRAGA, SÉRGIO MACHADO e a produtora SARA SILVEIRA. A 25ª edição da Mostra Internacional de Cinema de São Paulo será a primeira sem a participação de seu criador. Começa na quinta-feira, dia 20 de outubro para convidados e na sexta abre para o público.

Uma estudante de 21 anos foi molestada por um advogado ontem à noite dentro de um vagão da Linha 3 – VERMELHA do Metrô. Por volta das 18:40 horas, ela estava em uma composição que seguia no sentido ITAQUERA e pretendia descer na Estação BELÉM. A estudante contou que o advogado WÁLTER DIAS CORDEIRO JÚNIOR, de 46 anos, colocou o pênis pa fora da calça e passou a se esfregar nela. Em pé, dentro do trem lotado, ele teria impedido a jovem de deixar o vagão. A estudante começou a passar mal e, quando os usuários foram socorrê-la, descobriram que estava sendo molestada pelo advogado. O assédio teria começado perto da Estação REPÚBLICA, segundo a estudante disse à polícia, e prosseguido até o BELÉM. Seguranças do Metrô levaram o advogado para a Delegacia de Polícia do Metropolitano, na Estação BARRA FUNDA. Ele foi preso em flagrante por violência sexual mediante fraude e transferido ainda naquela noite para a carceragem do 31º Distrito Policial, onde continua preso.

Na madrugada a polícia encerrou uma festa rave na casa do jogador VAGNER LOVE, onde mora com sua ex-mulher, MARTA LOVE, na zona oeste do RIO. Cerca de 800 pessoas, a maioria jovens, estavam no local. Dois adultos foram presos, acusados de dar álcool a menores, e dois adolescentes apreendidos. A casa de VÁGNER LOVE, que está fora do BRASIL, jogando na RÚSSIA e se separou de MARTA em abril, fica ao lado de uma casa de idosos.

Cerca de 150 manifestantes se reuniram hoje pela manhã no ALTO DE PINHEIROS, zona oeste, para protestar contra a impunidade e a violência no trânsito. O grupo aproveitou para lançar campanha de coleta de assinaturas para apresentar ao Congresso um projeto de lei que aumente punições para quem bebe e dirige.

Veio de THIAGO PEREIRA a primeira medalha de ouro brasileira dos JOGOS PAN-AMERICANOS DE GUADALAJARA. O nadador,que persegue a marca de detentor do maior número de medalhas de ouro do País no evento continental, não teve muita dificuldade para ganhar os 400 metros medley nesta noite. As outras medalhas foram as pratas de DAYNARA DE PAULA nos 100 metros borboleta, JOANNA MARANHÃO, nos 400 metros medley e no revezamento 4 x 100 metros com MICHELE LENHARDT, TATIANA BARBOSA, FLÁVIA DELAROLI e DAYNARA DE PAULA. A brasileira do pentatlo YANE MARQUES ganha a primeira medalha do País, a prata, e lamenta as falhas nos equipamentos do PAN. MÁRCIO WENCESLAU parou no mexicano DAMIAN ALEJANDRO VILLA e leva bronze no tae-kwon-do.

O ministro do ESPORTE, ORLANDO SILVA, é apontado como principal beneficiário de um suposto esquema de desvio de dinheiro público por meio de convênios. O ministro interrompeu sua agenda.
DIEGO ANTÔNIO VILA REAL, de 22 anos, era atleta e competia pela cidade de JOÃO MONLEVADE (MG) dos jogos paraolímpicos de PATOS DE MINAS (MG), na modalidade de atletismo. Neste sábado, ele sofreu uma parada cardíaca durante as provas e foi reanimado por profissionais no local da competição. Depois, foi levado para o Hospital Regional, sofreu nova parada e morreu. O representante da delegação de JOÃO MONLEVADE, DANIEL ÂNGELO, acionou a Polícia Militar depois da morte do jovem. Ele contou que o atleta sentiu dores nas pernas depois de correr a prova e houve demora na chegada da ambulância. 

JOÃO ROBERTO DUFF AZEVEDO nasceu em SÃO PAULO em maio de 1945. Filho do geógrafo e professor da USP AROLDO DE AZEVEDO e neto de ARNOLFO AZEVEDO, deputado federal e senador. Formado neurocirurgião pela quarta turma da Santa Casa de São Paulo em 1971, era apaixonado pela pesquisa sobre o envelhecimento do cérebro. Escreveu o livro “FICAR JOVEM LEVA TEMPO”, lançado em 1998. também fez o programa “PERGUNTE AO DOUTOR JOÃO ROBERTO”, na Rádio IMPRENSA. Afastado do trabalho, morreu de complicações pulmonares neste sábado, dia 15.

A reunião do IBAS (ÍNDIA, BRASIL e ÁFRICA DO SUL) em PRETÓRIA, na próxima terça-feira, dia 18, servirá para que os três países emergentes coordenem posições comuns a serem levadas ao G20, no início de novembro, em CANNES. Apesar da crise econômica ainda não ter afetado duramente nenhum deles, o agravamento dos problemas enfrentados por EUROPA e ESTADOS UNIDOS deve dominar a cúpula que reúne a presidente DILMA ROUSSEFF, o presidente da ÁFRICA DO SUL, JACOB ZUMA, e o primeiro-ministro da ÍNDIA, MANMOHAN SINGH. DILMA viaja na noite de amanhã. Irá ainda a MOÇAMBIQUE e a ANGOLA.  

A onda de protestos contra o setor financeiro e a classe política, que começou na ESPANHA e ganhou força com o “OCUPE WALL STREET” nos ESTADOS UNIDOS, espalhou-se hoje pelo mundo. Apelidados de “indignados”, manifestantes saíram às ruas nas principais cidades do mundo para gritar contra o capitalismo, a corrupção dos políticos e, em alguns países, contra medidas de austeridade fiscal. Organizadas por meio de redes sociais, como FACEBOOK e TWITTER, as marchas eram esperadas em mais de 900 cidades de 82 países. Os protestos ocorreram em locais como HONG KONG, TAIWAN, JAPÃO, AUSTRÁLIA, BÓSNIA, HOLANDA, ALEMANHA e INGLATERRA, entre outros. Em ROMA, na ITÁLIA, houve violência. Milhares de manifestantes se reuniram nas ruas e alguns colocaram fogo em carros e quebraram vitrines de lojas. O objetivo do movimento, dizem os organizadores, é “unir nossa voz e dizer aos políticos e às elites financeiras que cabe a nós, o povo, decidir nosso futuro”, segundo o site da organização. Os protestos ocorrem simultaneamente ao encontro do G20 na FRANÇA, em que políticos procuram formas de enfrentar a crise da dívida que se espalha pela zona do euro. Na cidade alma de FRANKFURT, capital financeira da EUROPA continental, cerca de 5 mil pessoas fizeram uma manifestação diante do Banco Central Europeu. Em LONDRES, 500 pessoas marcharam da Catedral de St. Paul até uma bolsa de valores nas redondezas. Em SARAJEVO, capital da BÓSNIA, centenas de manifestantes saíram às ruas carregando fotos de CHE GUEVARA e velhas bandeiras comunistas com os dizeres “Morte ao capitalismo, liberdade para as pessoas”. Em TAIWAN, onde manifestações do tipo são raras, cerca de cem pessoas se reuniram para criticar a má distribuição de riquezas. Em HONG KONG, cerca de 200 pessoas responderam ao chamado dos “indignados”. Em SÃO PAULO a chuva desanimou a concentração do movimento “DEMOCRACIA REAL JÁ”, inspirado no “OCUPE WALL STREET”, reuniu apenas 70 pessoas no final da manhã no LARGO SÃO BENTO, na capital paulista. Apesar do baixo número de indignados, PEDRO FUENTES, um dos integrantes do movimento, acredita que hoje foi dado apenas o “pontapé inicial”. Em SÃO PAULO, os protestos têm um amplo leque de reivindicações, desde a legalização da maconha e do aborto, passando pelo aumento dos investimentos em educação, até o “FORA RICARDO TEIXEIRA”, presidente da CBF.

2 012     :     -    SEGUNDA-FEIRA
Com meus cordiais cumprimentos, tenho a honra de convidá-lo a participar da Audiência Pública “REAJA SÃO PAULO”, com a finalidade de ser apresentado um Projeto de Lei de Iniciativa Popular, aumentando penas, agravando e tornando hediondos os crimes praticados contra agentes da lei (guardas municipais, policiais, bombeiros, defensores públicos, membros do ministério público, juízes e servidores do judiciário, agentes e guardas prisionais). É com fundamento no artigo 61, § 2º da Constituição Federal, regulamentada pela Lei nº 9.709, de 18 de novembro de 1998, artigo 13, que consiste na apresentação de projeto de lei à Câmara dos Deputados, subscrito por, no mínimo, 1% do eleitorado nacional, distribuído pelo menos por 05 (cinco) Estados, com não menos de 3/10 por cento dos eleitores de cada um deles, sendo necessário portanto, 1 milhão e 400 mil assinaturas.
A iniciativa de São Paulo se expandirá em todos os Estados, transformando-se no “REAJA BRASIL”.
LOCAL: AUDITÓRIO PAULO KOBAYASHI
ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE SÃO PAULO
DIA: 15 DE OUTUBRO DE 2012 
HORARIO: 14 HORAS.
DEPUTADO MAJOR OLÍMPIO GOMES
LIDER DO PDT

Antes de ir para a Assembléia passo pela Sociedade Veteranos de 32-MMDC. MARINEI já começou a receber telefonemas a cerca do COLAR DA VITÓRIA. Como era de esperar, os associados começam a corrida atrás do colar e surgem as primeiras controvérsias, fruto da “fogueira das vaidades”, um querendo ser melhor do que o outro, faltando humildade a certos associados. Apenas 32 receberão o colar e aí há um certo atropelamento, considerado até natural.
Recebo a MEDALHA DE DISTINÇÃO DO ARTILHEIRO ANTIAÉREO, da ASSOCIAÇÃO DOS ARTILHEIROS ANTIAÉREOS de CAXIAS DO SUL – RIO GRANDE DO SUL, cujo diploma está assinado pelo presidente MARCOS ANTONIO TRONCA. Igual medalha também chega para o CORONEL PM ANTÔNIO CARLOS MENDES e CAPITÃO ANÍSIO ARAÚJO DOS SANTOS.

Chego à Assembléia Legislativa por volta das 14 horas. Encontro muita gente conhecida no Auditório PAULO KOBAYASHI. O Presidente da Assembléia Legislativa, BARROS MUNHOZ, vai presidir os trabalhos da Audiência Pública que apresenta o Projeto de Lei de Iniciativa Popular já descrito acima. Compõem a mesa: Deputado BARROS MUNHOZ, CORONEL PM NAZARENO MARCINEIRO, Cmt Geral de SANTA CATARINA e Comandante do Conselho de Comandantes Gerais do Brasil; CORONEL PM ROBERVAL FERREIRA FRANÇA, Cmt Geral do Estado de São Paulo; CORONEL PM ÁLVARO BATISTA CAMILO, ex-Cmt Geral do Estado de São Paulo, eleito vereador da cidade de São Paulo; Deputado Estadual MAJOR PM SÉRGIO OLIMPIO GOMES, autor do Projeto de Lei e dessa Audiência Pública “REAJA SÃO PAULO”. Deputado Estadual GIL MARTINS SANTOS. O Presidente BARROS MUNHOZ abre a Audiência Pública e passa a palavra ao Deputado MAJOR OLÍMPIO que vai explanar em detalhes a petição que começa a receber as primeiras assinaturas (BARROS MUNHOZ é o primeiro a assinar). O Cmt Geral, CORONEL PM ROBERVAL faz uso da palavra e é o segundo a assinar a petição. Segue a fala do CORONEL PM CAMILO e do deputado GIL MARTINS. O DEPUTADO FEDERAL PROTÓGENES QUEIROZ passa a fazer parte da mesa de trabalhos e discorre sobre a sua larga experiência no campo de segurança pública. Um dos mais calorosos discursos é o do Coordenador das Associações da Polícia Militar, CORONEL PM LUIS CARLOS DOS SANTOS. Na platéia vemos membros do ministério público, servidores do judiciário, agentes e guardas de estabelecimentos prisionais. CORONEL PM GERMANO, do RIO DE JANEIRO; CORONEL BIANCHINI, de MINAS GERAIS; CORONEL LUIS CARLOS SANTOS, Presidente da Associação dos Oficiais do Estado de São Paulo. CORONEL PM ROBERTO ALEGRETTI, Presidente da AFAM; CABO PM WILSON, Presidente Nacional das Associações de Cabos e Soldados das Polícias Militares; DANIEL GANDOLFO, Presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários do Estado de São Paulo (fala de sua viagem à ITÁLIA e de como aquele país conseguiu acabar com a máfia); SARGENTO PM ARIMATÉA, da Associação de Cabos e Soldados de MINAS GERAIS (discursa sobre as atividades de seu Estado e diz que haverá uma reunião em Belo Horizonte no próximo dia 5); SÉRGIO LUCON, Vice-Presidente do CONSEG MONÇÕES/BROOKLIN; Dr JARIN (diz sobre um ato ecumênico que acontecerá amanhã na PRAÇA DA SE, sobre esse tema). O DEPUTADO ESTADUAL CARLOS GIANNAZZI tece comentário sobre o Seguro de Vida dos Servidores Públicos e fala sobre a PEC 300. É também apresentado um vídeo sobre o assassinato brutal do SARGENTO PM FUKUHARA, acontecido recentemente. O Delegado de Polícia JORGE MELÃO propõe uma caminhada até BRASILIA. O CORONEL PM ANTÔNIO GERMANO, do RIO DE JANEIRO, explica que há necessidade de se mexer na Constituição Federal. O último a fazer uso da palavra é o TENENTE PM Ref PAZ, que joga toda a culpa do desleixo da segurança pública e o crescimento do crime organizado na pessoa do governador.     
Quem fica ao meu lado o tempo todo é o ALFREDO PIRES. Passam das 18 horas quando termina a Audiência Pública. O Assistente Militar da Assembléia Legislativa, CORONEL PM NAVARRO, gentilmente cede o seu carro para me levar até o GRANDE ORIENTE DO BRASIL – SP, na RUA SÃO JOAQUIM. ALFREDO PIRES fica em sua casa.
Na maçonaria vou encontrar o Chefe de Gabinete do Iminente GRÃO MESTRE que está atarefado com o cerimonial da sessão branca que irá homenagear o maçom AGENOR SILVA LIMA. O ex-combatente da Revolução Constitucionalista de 1932 completou 100 anos de vida no último dia 13. Ele nasceu em PÃO DE AÇÚCAR, em ALAGOAS. Veio para SÃO PAULO em 1923, com 11 anos. Casou-se com IVONE MOURA LIMA no Dia dos Namorados de 1946. Viveram juntos por 61 anos e tiveram uma única filha, ALICE MARIA LIMA FERREIRA, com 65 anos. Desde que IVONE morreu, em 2008, AGENOR vive sozinho. Investigador aposentado da Polícia Civil, entrou para a maçonaria em 1953. Recebe hoje a mais alta comenda maçônica, a Medalha D. PEDRO I e também a Medalha CONSTITUCIONALISTA da Sociedade Veteranos de 32-MMDC. Estão presentes também: AMADO RÚBIO, sua esposa e sua filha LÍGIA, e também a doutora MARIA LUCIA CAMARGO. A sessão maçônica é apoteótica. Deslumbra pelo seu desenrolar, todo cheio de rituais que encantam as pessoas que não conhecem a maçonaria. Isso se vê nos comentários do AMADO RÚBIO e sua família. Mas me sinto cansado. As atividades desta segunda-feira exigiram certo esforço de minha parte e, por volta das 22 horas, já sinto que não dá mais para continuar no Grande Oriente. Saio acompanhado do AMADO, seus familiares e da doutora MARIA LÚCIA. Vamos embarcar no metrô e nos separamos na estação SÉ. Ainda passo pela Sociedade Veteranos de 32-MMDC e embarco no ônibus COCAIA já passando das 23 horas.       

A LINHA 4 – AMARELA do metrô completou hoje um ano de operação comercial. Nesse período foram transportados mais de 160,3 milhões de pessoas. O recorde de movimentação ocorreu no dia 6 de setembro, quando 666 mil passageiros passaram pelas seis estações da linha. Durante o primeiro ano de operação, os 14 trens da LINHA 4 – AMARELA fizeram 229,9 mil viagens e percorreram uma distância de 2,3 milhões de quilômetros. A LINHA 4 – AMARELA foi aprovada por 89% dos passageiros.

Os policiais militares do COE e do Agrupamento Aéreo localizaram na Estrada da BARRAGEM, em ENGENHEIRO MARSILAC, na zona sul, 17 estudantes que estavam desaparecidos desde sexta-feira e mais cinco bombeiros que entraram na mata ontem para resgatá-los e acabaram se perdendo. O helicóptero ÁGUIA, da PM, precisou fazer seis viagens para resgatar todas as pessoas que estavam dentro de uma região fechada da MATA ATLÂNTICA.

Um outro caso de morte por erro de procedimento de enfermagem aconteceu ontem, domingo, no RIO DE JANEIRO. A família de PALMERINA PIRES RIBEIRO, de 80 anos, acusa uma estagiária do Posto de Atendimento Médico de SÃO JOÃO DO MERITI de aplicar café com leite na veia da idosa. A prefeitura do município informou que uma sindicância foi aberta para esclarecer o caso. A estagiária e as enfermeiras supervisoras foram afastadas das funções.   

Um capitão da PM foi baleado duas vezes (na perna e na cintura) por uma dupla em uma moto em RIBEIRÃO PRETO, ontem à noite. PAULO SÉRGIO FABBRIS, de 43 anos, conseguiu revidar e acertou os dois criminosos, matando um e ferindo outro. A polícia não descarta ligação do ataque com o PRIMEIRO COMANDO DA CAPITAL.

A polícia apreendeu na sexta-feira três blocos de uma rifa do PCC. Eles estavam na casa de JÚLIO CÉSAR BICHO, de 34 anos, um dos principais ladrões de banco de SÃO PAULO. Os bilhetes, que custam 20 reais cada, prometem aos sorteados quatro carros zero km como prêmio. Vendida por integrantes que estão fora dos presídios, a rifa é uma das formas de arrecadação de recursos usada pela facção criminosa. A rifa achada na casa de BICHO, na VILA MATILDE, zona leste da capital, aponta como primeiro prêmio um veículo KIA SOUL. Segundo os bilhetes, também serão sorteados dois GOL e um UNO MILLE. Além dos bilhetes, agentes da 5ª Delegacia do Patrimônio (Roubo a Banco) do DEIC encontraram também relógios de grife, roupas, celulares, rádios e um notebook. Ainda foi apreendido um CITROËN C3. Responsável por 17 roubos a banco na capital apenas neste ano, BICHO foi preso quando saía de casa na tarde de sexta. Ele ainda tentou enganar os agentes, apresentando carteira de habilitação em nome de outra pessoa. As investigações, porém, já traziam imagens da atuação do criminoso em diversos assaltos. Em um dos casos, ele apontou a arma para a boca de um gerente. Além de comandar quase um quarto dos roubos a banco na capital neste ano, BICHO também é suspeito de participar de pelo menos outras três ações na Região Metropolitana. A polícia descobriu que o bandido contava com a colaboração de vigias dos bancos. Aliciados por integrantes da quadrilha, eles facilitavam o acesso às agências e chegavam a simular ter sido dominados por criminosos nos assaltos para não despertar suspeitas. Na última década, BICHO fez parte da quadrilha de MONSTRO, REJÃO e DE MENOR, ladrões de banco conhecidos da polícia. Os dois últimos estão presos. Depois da prisão na sexta, BICHO contou à polícia que se desentendeu com MONSTRO no fim do ano passado e, por isso, os dois não atuavam mais juntos. Para a polícia, porém, a principal hipótese e de que cada um ficou responsável por comandar uma parte da quadrilha. Se um fosse preso, como aconteceu, o outro continuaria em atividade.

O candidato do PSDB à prefeitura de GUARULHOS, CARLOS ROBERTO, aproveitou um evento público hoje para aparecer ao lado do governador e correligionário GERALDO ALCKMIN. Durante o ato, foi anunciado que será publicado na quarta-feira, dia 17, para contratar as obras que levarão a LINHA 2 – VERDE do Metrô até GUARULHOS. Em seu site oficial, o candidato publicou foto com o governador e disse que ALCKMIN havia confirmado hoje que as “obras para a chegada do Metrô a GUARULHOS começam ano que vem”. Especialistas dizem que a presença de ROBERTO ao lado de ALCKMIN caracteriza “abuso de poder político”, para o advogado ALBERTO ROLO, ou “uso indevido da maquina pública”, segundo o especialista em Direito Eleitoral, YURI CARAJELESCOV. Nos dois casos, a punição é a mesma: cassação da candidatura ou diploma. Questionado se achava correto levar o seu candidato para o anúncio de uma obras que será importante para GUARULHOS, ALCKMIN disse que não via problema. “Isso aqui é um ato público. Todo mundo pode participar. Só não pode participar da inauguração”. Para CARAJELESCOV a resposta do governador mostra uma visão “flexível” da legislação eleitoral: “O que a lei quer coibir é essa utilização do patrimônio público, seja de inauguração ou de entrega de equipamentos, em prol de um outro candidato”.

A estudante paquistanesa baleada pelo TALEBAN tem todas as chances de uma “boa recuperação”, disseram hoje médicos britânicos, depois que MALALA YOUSAFZAI, de 14 anos, chegou a um hospital no centro da INGLATERRA para tratamento. MALALA, atacada por defender a educação para meninas, foi levada de avião do PAQUISTÃO para o Hospital QUEEN ELIZABETH, em BIRMINGHAM. Ela está em uma unidade especializada em lidar com casos complexos de trauma que atendeu, inclusive, centenas de soldados feridos no AFEGANISTÃO. “Os médicos acreditam que ela tem chance de ter uma boa recuperação em todos os níveis”, disse DAVE ROSSER, diretor do hospital, acrescentando que seu tratamento e reabilitação poderão levar meses.

A UNIÃO EUROPÉIA anunciou hoje novas sanções ao IRÃ. As punições atingem o setor financeiro, de mineração e de exploração de gás natural. A intenção do bloco com as medidas, as mais amplas desde o embargo a importações do petróleo iraniano em julho, é forçar o IRÃ a abandonar seu polêmico programa nuclear. Em TEERÃ, o regime persa pediu que seus cidadãos deixem de comprar bens de consumos importados para fortalecer a economia local. Em comunicado conjunto após uma reunião em LUXEMBURGO, os 27 ministros de Exterior do bloco acusaram o IRÃ de violar flagrantemente suas obrigações internacionais e expressaram preocupação com seu programa nuclear.

O capitão do transatlântico COSTA CONCÓRDIA, FRANCESCO SCHETTINO, compareceu hoje ao tribunal de GROSSETO, na TOSCANA, onde é acusado de ser um dos novos responsáveis pelo naufrágio da embarcação, em 13 de janeiro de 2012, com 32 mortos. A promotoria deverá decidir nesta semana se ele será julgado por homicídio culposo (quando não há a intenção de matar). Mais de mil sobreviventes, além de parentes das vítimas e seus advogados, estiveram no local.

2 013     :     -    TERÇA-FEIRA
Noto que a Sociedade Veteranos de 32-MMDC agigantou-se nos últimos meses. Hoje teremos mais uma solenidade alusiva ao 81º Aniversário da Cessação das Hostilidades do Movimento Constitucionalista de 1932, na sede da Sociedade, como parte integrante das condecorações feitas aos nossos associados com a Medalha “GOVERNADOR PEDRO DE TOLEDO”.
Encontro MARINEI atarefada com os últimos detalhes para a solenidade de logo mais. Mas me surpreende a chegada de um livro intitulado “UM CÉU CINZENTO – A HISTÓRIA DA AVIAÇÃO NA REVOLUÇÃO DE 1932, escrito por CARLOS ROBERTO CARVALHO DARÓZ. DARÓZ reside no RECIFE (PE), em BOA VIAGEM. Uma carta que acompanha o livro esclarece tudo:
RECIFE-PE, O2 DE OUTUBRO DE 2013
OITENTA E UM ANOS DO FIM DA REVOLUÇÃO CONSTITUCIONALISTA

PREZADO CEL VENTURA,
Meu nome é CARLOS ROBERTO CARVALHO DARÓZ, sou tenente-coronel do Exército Brasileiro atualmente servindo como Chefe da Divisão de Ensino e professor de História do Colégio Militar do RECIFE. Sou neto de ex-combatente de 32, o então Sargento Enfermeiro PEFANI DARÓZ, que, à época, servia no 4º Regimento de Artilharia Montada de ITU e combateu nas Frentes Mineira e do Vale do Paraíba. Posteriormente, meu avô tornou-se oficial do EB e, servindo no 2º Regimento de Artilharia Antiaérea, de QUITAÚNA, foi enviado para FERNANDO DE NORONHA em 1942, participando da defesa do arquipélago. Dois anos mais tarde, voluntariou-se para integrar a Força Expedicionária Brasileira e atuou na ITÁLIA em 1944-1945. De retorno ao BRASIL, prosseguiu na carreira das armas e chegou ao posto de coronel, quando comandou o Estabelecimento de Material de Intendência da 2ª RM, com sede na LAPA, capital paulista. Durante muitos anos foi membro da Sociedade Veteranos de 32-MMDC, cuja carteira de sócio envio em anexo. Faleceu alguns anos atrás, aos 93 anos de idade, na cidade do RIO DE JANEIRO.
Além de oficial do EB, sou professor de história e historiador militar, com formação pela Universidade Federal do Estado do RIO DE JANEIRO e pelo Instituto de Geografia e História Militar do BRASIL. Há anos venho pesquisando a história da Revolução Constitucionalista, que reputo em um dos mais importantes fatos históricos da História do BRASIL e que deve ser valorizado por sua dimensão democrática.
Como resultado de minhas pesquisas – realizadas em diversos órgãos, arquivos, museus e bibliotecas, públicos e privados, produzi o livro UM CÉU CINZENTO: A HISTÓRIA DA AVIAÇÃO NA REVOLUÇÃO DE 1932, que teve por objetivo resgatar a história dos homens e máquinas que lutaram nos céus de SÃO PAULO, seja do lado constitucionalista, seja do lado federal. O livro foi lançado aqui no RECIFE em junho deste ano e tem alcançado um grande sucesso de divulgação e comercialização, pois, felizmente, muitos são os que se interessam pelo assunto.
Nesse sentido, para mim é uma grande honra presentear o Presidente da Sociedade Veteranos de 32-MMDC com um exemplar do meu livro. Pretendo, ainda, caso consiga operacionalizar, realizar um lançamento do livro aí em SÃO PAULO – o coração da Revolução – em que pese o fato de eu não dispor de nenhum apoio ou contato na cidade e a dificuldade de deslocamento RECIFE – SP – RECIFE.
O livro possui uma página no FACEBOOK, para divulgação e contatos com o autor, no seguinte endereço: https://www.facebook.com/UmCeuCinzento
Espero sinceramente que o senhor aprecie a leitura do trabalho, realizado após seis anos de cuidadosa pesquisa, que é minha contribuição para o estudo deste importante capítulo da história da aviação e da Revolução de 32.
No mais, estou à disposição do senhor aqui no RECIFE.

ATENCIOSAMENTE,
CARLOS DARÓZ

Mais tarde, quando retorno para casa, vou responder ao escritor:
PREZADO CARLOS DARÓZ
Nesta tarde, quando estávamos recebendo os convidados para a Solenidade de Outorga da Medalha "GOVERNADOR PEDRO DE TOLEDO", na sede da Sociedade Veteranos de 32-MMDC, chega o seu livro, como caído do céu.
Entusiasmado com o presente, fiz menção ao seu nome e à sua obra aos civis e oficiais e praças presentes à cerimônia, logo em seguida.
O professor JEFFERSON BIAJONE, nosso presidente do Núcleo de Correspondência de ITAPETININGA, já havia feito menção ao seu livro.
No meu retorno a GUARULHOS, onde moro (viajo sempre de ônibus) tive tempo para me inteirar de seu trabalho muito bem feito e que elucida pontos obscuros da aviação em 1932.
Sua obra é oportuna, pois em dezembro comemoraremos o centenário da aviação no Brasil.
Tomei a liberdade de lançar em meu blog a sua carta, servindo também de uma triangulação com o seu blog.
Seu livro, certamente, precisa ser difundido em SÃO PAULO. Colocada a carta em "MEMÓRIAS DO VENTURA", vai também para o FACEBOOK e haverá o conhecimento de todos os nossos associados.
Vamos pensar em sua presença em uma data importante em 2014, quando você poderá nos brindar com uma palestra sobre o tema.
MEUS PARABÉNS PELA REALIZAÇÃO DE "UM CÉU CINZENTO: A HISTÓRIA DA AVIAÇÃO NA REVOLUÇÃO DE 1932 e agradeço por você ter me enviado o seu livro.
Estou à sua disposição para outros contatos

Cel PM AUDI ANASTÁCIO FÉLIX é o oficial da mais alta patente nesta tarde. Vou condecorá-lo em primeiro lugar e depois solicito a ele que me ajude a colocar a Medalha GOVERNADOR PEDRO DE TOLEDO em outros associados. O CORONEL PM MENDES não pode comparecer e tive de ser o orador também do evento, muito auxiliado pela MARINEI, que se desdobra para bem cumprir a sua missão nesta tarde.
São condecorados:      
Cap PM Fabiano de Souza Pereira
Cap PM Anderson Luiz Alves dos Santos
Cap PM Wagner Roberto Sanchez Lima
Sra Elza Busato
Sr. Américo Calandriello Júnior
Sr. Diógenes Domingues Calandriello
Tenente PM Paulo Roberto Reis Teixeira de Souza
1º Tenente PM Rafael de Oliveira Casella
1º Tenente PM Victor Adolfo Carvalho e Silva
2º Tenente PM Gerson Rodrigues Redicopa
Dr. Luiz Gustavo Cury Cardoso
Aspirante a Oficial PM Bruno Lopes Ribeiro
 Aspirante a Oficial PM Fernanda Mello Magrini
Al Of PM Alberto Vinícius Caldeira Lima
2º Sgt PM Donizete Antonio Mariano
3º Sgt PM Jeimis Henrique Mota Alvarenga
3º Sgt PM Agnaldo Langannis
Cabo PM Carlos Alberto Cabrera
Cabo PM Carlos Eduardo Nunes
Professor João Francisco de Aguiar
Dr. José Carlos Barone
Soldado PM Robson de Santana
Soldado PM Antonio Sobral dos Santos
Soldado PM Ronaldo Luiz Bilha
Soldado PM Daniel Repulo Moriente
Soldado PM Adriana Paula dos Santos
Sr. Guilherme Mantovani Coli
A Sociedade está totalmente tomada pelos nossos convidados desta tarde. O nosso diligente ANTONIO CARLOS ARISTIDES tira as fotos que em instantes já estarão no FACEBOOK. Ele tem nos ajudado a fazer a história de nossos eventos. Devo muito a ele.

POR PROSITURA DO VEREADOR TONINHO PAIVA, O LEGISLATIVO PAULISTANO REALIZOU SESSÃO SOLENE EM 04 DE OUTUBRO, LEMBRANDO OS 81 ANOS DA CESSAÇÃO DAS HOSTILIDADES DO MOVIMENTO CONSTITUCIONALISTA DE 1932 E CONCEDEU O “DIPLOMA DE GRATIDÃO” OS QUE PRESTARAM RELEVANTES SERVIÇOS À CAUSA DA CONTRA REVOLUÇÃO DE 32.
Algumas das personalidades indicadas para o dia 4 não puderam comparecer na Câmara e recebem hoje o DIPLOMA DA GRATIDÃO:
Profº Doutor JOSÉ CARLOS DE BARROS LIMA
Profª MARGARIDA ROSA DE LIMA
Profª Doutora MARIA CECÍLIA NACLÉRIO HOMEM
Terminada a cerimônia de condecoração, ainda ficamos até tarde no MMDC, conversando com nossos amigos. Retorno para casa contente com o evento, mas profundamente cansado. Ainda vejo as fotos colocadas na rede social e as também coloco em meu blog.

A força-tarefa anunciada hoje pelo governo do Estado identificou um dos policiais envolvidos com o PCC. Preso administrativamente, o TENENTE PM GUILHERME WILLIAM PACHECO DA SILVA, de 36 anos, prestou depoimento na Corregedoria da Polícia Militar. Servia no 1º Batalhão de Polícia Militar, no BUTANTÃ, zona oeste. Ele teria sido flagrado em uma das escutas telefônicas feitas pelo Ministério Público na investigação que, durante três anos, mapeou o crime organizado. A apuração da promotoria foi revelada na semana passada pelo jornal “O ESTADO DE SÃO PAULO”.
De acordo com a Corregedoria da PM, GUILHERME foi identificado como o policial que oferece o serviço de transporte de drogas a traficantes ligados à facção. “Tem uns meninos que trabalha com isso, que é PM também, vai de motinha, entrega lá e vai embora (sic)”, afirma o PM na conversa gravada em janeiro pelo Ministério Público.
Ainda conforme a Corregedoria, GUILHERME disse em depoimento que falou no serviço para levantar mais informações sobre os traficantes. A defesa do tenente não foi localizada.
A prisão foi anunciada pela PM por meio de nota. No texto, a corporação afirma que está “atenta, rigorosa e implacável contra eventuais desvios de conduta de seus integrantes”. Segundo a PM, há ao menos outro cinco policiais envolvidos com a facção.

Cerca de 200 policiais militares protestaram hoje, em frente ao PALÁCIO DOS BANDEIRANTES, no MORUMBI, contra o plano de benefícios anunciado na segunda-feira pelo governo do Estado. As entidades consideraram baixo o reajuste de 7% e o novo plano de carreira, que facilita a promoção de PMs de soldados para sargento. Pela manhã, os manifestantes chegaram a fechar a AVENIDA MORUMBI nos dois sentidos. “Foi um pacote de maldades”, disse o deputado MAJOR PM OLÍMPIO GOMES, que esteve no protesto. “Ficou muito aquém dos 15% que os policiais reivindicam.” O parlamentar afirmou que um novo ato foi marcado para a próxima semana, no dia 22. “O local ainda será definido”.

A polícia identificou mais dois suspeitos de participar da ação que terminou com a morte do empresário JOSUÉ DANTAS MARTINS NETO, de 54 anos, na POMPEIA, zona oeste, há duas semanas. MARTINS NETO foi assassinado após perseguir um dos criminosos que invadiram o estacionamento vizinho à sua empresa, na Rua CORONEL MELO OLIVEIRA. Um dos criminosos que invadiram o local é GUSTAVO FELIPE DE OLIVEIRA, de 19 anos. Ele é irmão do adolescente de 17 anos apontado como autor do tiro que matou MARTINS NETO – o infrator havia sido identificado um dia depois do crime. Os irmãos ainda estão foragidos. Outro suspeito de participar da ação no estacionamento é DIEGO GUIMARÃES SOUZA. Ele foi detido recentemente pelo DENARC, em outra ação, e seria submetido a reconhecimento fotográfico.

Um grupo de mascarados, integrantes do BLACK BLOC, infiltrados em um protesto de estudantes e professores que começou no fim da tarde de hoje, entrou em confronto com policiais militares na MARGINAL PINHEIROS no início da noite. O grupo atirou pedras, coquetéis Molotov e bombas caseiras em direção à PM, que reagiu com bombas de gás lacrimogêneo e golpe de cassetetes. Pelo menos 56 pessoas foram detidas até as 20 horas. A confusão dispersou os manifestantes (estudantes e professores) que fugiram do confronto deixando bandeiras e faixas pelo caminho. Na fuga, o grupo de mascarados depredou um ônibus, três automóveis e cinco agências bancárias (ITAÚ, BRADESCO, HSBC, BANCO DO BRASIL e SANTANDER) na região da Avenida VITAL BRASIL. Eles ainda picharam pontos de ônibus e a Estação BUTANTÃ do Metrô, além de arrastarem sacos de lixo pelas ruas e quebrarem cascos de telefones públicos.
O confronto ocorreu nas proximidades de um posto de gasolina. Funcionários e clientes tentaram se proteger. O trânsito em uma das pistas da MARGINAL PINHEIROS, na altura da Ponte EUSÉBIO MATOSO, foi interditado.

Cerca de mil pessoas ligadas ao MST tentaram invadir a Câmara Municipal de SÃO PAULO durante protesto por moradia popular. Os manifestantes saíram em passeata da PRAÇA DA REPÚBLICA até a sede do Legislativo municipal. Ao tentar entrar na Câmara, os sem-teto partiram para cima da Polícia Militar, que usou cassetetes e gases de efeito moral para afastá-los. Uma comissão foi recebida pelo presidente da Câmara, vereador JOSÉ AMÉRICO. De lá, os sem-teto seguiram até a Prefeitura de SÃO PAULO, no VIADUTO DO CHÁ. Encontraram o prédio do Executivo fechado com portas de ferro. Grades foram colocadas para impedir a aproximação do grupo, Insatisfeitos com a recepção na Prefeitura, onde a comissão foi recebida pelo secretário adjunto de Relações Governamentais, JOSÉ PIVATTO, os sem-teto ameaçaram acampar em frente ao prédio ainda esta semana caso o Prefeito FERNANDO HADDAD, que está em viagem internacional, não se comprometa a deixar de usar a Guarda Civil Metropolitana e a Polícia Militar para desocupar terrenos públicos.
GUILHERME BOULOS, presidente nacional do MTST, afirmou que a Prefeitura está retirando famílias sem recorrer à Justiça para pedir reintegração de posse. Durante a manifestação, o VIADUTO MARIA PAULA, em frente à Câmara, e o VIADUTO DO CHÁ, onde fica a sede da Prefeitura, foram interditados pelos manifestantes, que portavam bandeiras vermelhas de ordem.       

Policiais militares e grupos de manifestantes entraram em confronto depois de manifestação de professores no centro do RIO. O protesto começou por volta das 18 horas e seguiu sem tumulto até às 20:15 horas. Professores, que participavam da passeata em defesa da educação, se dispersaram próximo à Câmara Municipal assim que começou o quebra-quebra. Antes do confronto, a maior parte dos participantes já havia deixado o protesto com a saída dos carros de som do SEPE – RJ (Sindicato dos Profissionais de Educação do RIO DE JANEIRO). A confusão teve início quando um grupo de manifestantes, a maioria com máscaras, decidiu se deslocar em direção à Assembléia Legislativa. As primeiras bombas de gás lacrimogêneo foram lançadas pela polícia entre o Museu Nacional de Belas Artes e a Biblioteca Nacional. Depois, foram disparadas bombas nas proximidades do TEATRO MUNICIPAL. Alguns manifestantes chutaram os artefatos explosivos de volta em direção aos policiais e dispararam rojões. Alguns traziam inscrições do grupo BLACK BLOC. Um micro-ônibus da polícia foi depredado e um carro da PM, incendiado. Pelo menos 45 pessoas foram detidas.

Palco dos vários dos momentos mais marcantes da Olimpíada de PEQUIM, em 2008, o Estádio NINHO DO PÁSSARO viu os jogadores testados por FELIPÃO decepcionarem. A única exceção na vitória por 2 a 0 sobre o ZÂMBIA foi o zagueiro DEDÉ, autor do segundo gol brasileiro nesta manhã – OSCAR havia aberto o placar pouco antes. Os outros seis testados não têm o que comemorar. DIEGO CAVALIERI mal pegou na bola, tamanha a fragilidade ofensiva do rival. MAXWELL, RAMIRES e LUCAS LEIVA fizeram apenas o básico. Mas as grandes decepções foram ALEXANDRE PATO e LUCAS. O corintiano e o ex-são-paulino nem sequer voltaram para o segundo tempo e ficaram mais distantes da COPA DE 2014. Até porque FELIPÃO só tem mais três amistosos antes da abertura do MUNDIAL, sendo dois no próximo mês. Inclusive, há quem garanta na CBF que o atacante DIEGO COSTA, desejado pela seleção espanhola, estará na lista dos convocados.
BRASIL: DIEGO CAVALIERI; DANIEL ALVES, DEDÉ, DAVID LUIZ (HENRIQUE) e MAXWELL; LUCAS LEIVA, PAULINHO (HERNANES) e RAMIRES (OSCAR); LUCAS (HULK), ALEXANDRE PATO (JÔ) e NEYMAR (BERNARD).

Um forte terremoto, de 7,2 graus de magnitude, atingiu hoje a região central das FILIPINAS e deixou ao menos 93 mortos e dezenas de feridos, de acordo com as agências internacionais. O tremor, que ocorreu às 8:12 horas, teve seu epicentro localizado à cerca de 33 quilômetros da cidade de CARMEN, na ILHA BOHOL. Não foi emitido alerta de tsunami. Prédios baixos caíram em pelo menos duas ilhas e igrejas históricas desabaram.

Um marroquino foi condenado a dez anos de prisão por estuprar a própria mãe na cidade de MEKNES, publicou hoje o jornal “AUJOURD´HUI LE MAROC”. O homem, de 34 anos, tinha sido condenado anteriormente a dois anos de prisão por ter abusado de uma menor, de 10 anos. Depois de sair da prisão, ele voltou a agredir outra menina, desta vez uma vizinha de 12 anos.

A Marinha italiana resgatou hoje cerca de 300 imigrantes nas águas entre a SICÍLIA e a LÍBIA. O governo mobilizou navios, helicópteros e aviões não tripulados para evitar novos naufrágios como os que causaram centenas de mortes neste mês. No último dia 3, mais de 360 imigrantes morreram em um naufrágio a menos de um quilômetro de LAMPEDUSA. Na sexta-feira passada, dia 11, pelo menos 34 imigrantes se afogaram na mesma região.

Depois de ser rejeitado pela igreja e pelo Estado e de um funeral tumultuado na cidade de ALBANO LAZIALE, na ITÁLIA, hoje, o corpo do criminoso nazista ERICH PRIEBKE deve ser devolvido a ROMA para ser cremado. Durante a manhã, a chegada do carro que transportava o caixão foi marcada por protestos e empurra-empurra. PRIEBKE, ex-capitão da SS, foi condenado pelo massacre de 335 civis nas FOSSAS ARDEATINAS, a cerca de 20 quilômetros do local do sepultamento.

Duas jovens foram presas hoje por suspeita de ligação com a morte de uma adolescente de 12 anos. De acordo com as autoridades da FLÓRIDA, REBECCA ANN SEDWICK se suicidou após ser vítima de cyberbullying praticado por um grupo de meninas de WINTER HAVEN durante aproximadamente um ano. As adolescentes detidas têm 12 e 14 anos e foram acusadas de perseguição criminosa agravada, segundo a polícia do condado de POLK. As investigações indicam que REBECCA foi aterrorizada por um grupo de até 15 adolescentes, que por meses a perseguiram com e-mails e torpedos. No dia 9 de setembro, REBECCA subiu em uma torre de seis andares em uma fábrica de seis andares e se jogou.       

2 014   :    -   QUARTA-FEIRA
O Comandante do 1º Batalhão de Polícia de Choque "TOBIAS DE AGUIAR", TENENTE-CORONEL PM CARLOS TENÓRIO DE ALMEIDA, tem a honra de convidar Vossa Senhoria para prestigiar a Solenidade Comemorativa do 44º Aniversário de criação das Rondas Ostensivas TOBIAS DE AGUIAR - "ROTA".
Antes das 10 horas, estou chegando no 1º BPChq. Vamos encontrar o WILLIAM MASCARENHAS (trajando a farda de 1932), JORGE BAPTISTA CRUZ, CARLOS EDUARDO DUARTE, BARALDI (AGRUBAN), ORÍTIA ABREU SERAFIM, FERNANDO MORENO.
No Salão Nobre, quando ali chego, o JUIZ CORONEL PM FERNANDO PEREIRA está discursando em homenagem ao CORONEL SALVADOR D´AQUINO, o idealizador da ROTA. Estão presentes o Secretário da Segurança Pública, FERNANDO GRELLA VIEIRA; VICE-ALMIRANTE LISEO ZAMPRÔNIO, Comandante do 8º DISTRITO NAVAL; LOURIVAL GOMES, Secretário; CORONEL PM BENEDITO ROBERTO MEIRA, nosso Comandante Geral; CORONEL PM LEÔNIDAS PANTALEÃO DE SANTANA, SubCmt PM; CORONEL PM NIVALDO CÉSAR RESTIVO, Comandante do Policiamento de Choque;
Os vereadores CORONEL PM ÁLVARO BATISTA CAMILO, CORONEL PM ADRIANO LOPES LUCINDA TELHADA, CAPITÃO PM CONTE LOPES também se acham presentes. Alguns coronéis reformados: CORONEL PM OCTAVIO GOMES DE OLIVEIRA, CORONEL PM CARLOS AUGUSTO DE MELLO ARAÚJO, CORONEL PM IVAN VIEIRA DE ALMEIDA, CORONEL PM ARIOVALDO SALGADO; CORONEL PM EVERARDO e muitos outros.
São entregues Medalhas do Méríto Pessoal após a abertura da solenidade militar com o CANTO DA CANÇÃO DA POLÍCIA MILITAR. É lida a ORDEM DO DIA do Cmt do 1º BPChq, TENENTE-CORONEL PM CARLOS TENÓRIO DE ALMEIDA. O Secretário de Segurança Pública, FERNANDO GRELLA VIEIRA, faz um belíssimo discurso, enaltecendo o trabalho da ROTA. Para encerrar, o tradicional desfile das viaturas de ROTA. Converso com o MAJOR PM CÁSSIO sobre o Núcleo que está sendo criado no 1º BPChq. Será marcada uma data para a inauguração oficial desse núcleo.   

Ao chegar à Sociedade Veteranos de 32-MMDC a MARINEI comunica que por força do decreto do governador GERALDO ALCKMIN alterando a data do Dia do Funcionalismo Público, de 28 para 31 de outubro, o Deputado Estadual MAJOR PM SÉRGIO OLÍMPIO GOMES muda a data da Sessão Solene marcada para 31 de outubro para 10 de novembro. Os convites já tinham sido expedidos e agora temos de avisar todos os nossos associados sobre essa situação. Entro em contato, via e-mail, com o JUIZ RICARDO MONTE SERRAT, que é um dos indicados para receber a Medalha da CONSTITUIÇÃO nessa sessão solene da Assembléia Legislativa. Também aproveito para fazer uma triangulação entre o Juiz RICARDO e FERNANDO MORENO, pois este se prontificou a ir buscá-lo no NOVOTEL, na zona norte, no dia 22 de outubro, onde se hospedará, a fim de estar às 7 horas na Academia de Polícia Militar do Barro Branco, onde receberá o COLAR "CADETE RUYTEMBERG ROCHA".  
Mmº Juiz RICARDO
Tomei conhecimento agora que a data da entrega da Medalha da Constituição foi alterada em virtude da mudança da comemoração do Dia do Funcionalismo, de 28 para 31 de outubro, por decreto governamental.
Segundo o gabinete do Deputado Estadual MAJOR PM OLÍMPIO, a nova data será a de 12 de novembro. Ainda não me foi passado o horário.
Hoje pela manhã, na comemoração dos 44 anos da ROTA, FERNANDO MORENO, que é nosso associado e estará também sendo homenageado na Academia no dia 22, propôs-se a conduzir o senhor do NOVOTEL até à APMBB.
Vou fazer uma triangulação entre o senhor e o FERNANDO MORENO, através meu e-mail para os acertos quanto a essa locomoção.
A APMBB também solicitou o preenchimento de alguns dados sobre a sua pessoa. Acredito que minha secretária já enviou o pedido.
Estimado Fernando Moreno
Estou lhe encaminhando o e-mail que acabo de enviar para o Juiz RICARDO MONTE SERRAT.
Você vai perceber que a data do evento na Assembléia foi adiada para 12 de novembro, uma vez que no dia 31 de outubro será comemorado o Dia do Funcionalismo, por força de decreto assinado pelo governador (mudança de 28 para 31.
Solicito entrar em contato com o Juiz RICARDO.
(MARINEI alerta-me que a data da sessão solene na Assembléia é 10 de novembro e não 12).
Por volta das 16 horas, quando já estou pronto para deixar a Sociedade, chegam os cadetes ARUÃ BÁCARO DE FREITAS, atual Vice-Presidente do Núcleo "CADETE RUYTEMBERG ROCHA" e CÉSAR ROBERTO BARCELOS, que será o futuro Vice-Presidente, pois ARUÃ será declarado ASPIRANTE A OFICIAL em novembro e deixará o cargo. O novo Presidente do Núcleo será o aluno oficial RAFAEL VIEIRA. A passagem do cargo de Presidente e das outras posições da diretoria do Núcleo acontecerá no dia 22 de outubro. Os cadetes trazem os diplomas das medalhas do Núcleo para minha assinatura. Com isso demoro para deixar a Sociedade e MARINEI, sempre gentil e atenciosa para com a minha pessoa, oferece a "carona" para me levar até em casa. Isso para mim é muito bom, pois hoje coloquei a minha situação gripal à prova pela manhã, no evento da ROTA, e agora, ao cair da tarde, não estou bem. Conto a MARINEI que hoje tive uma conversa definitiva com o Comandante Geral, CORONEL PM BENEDITO ROBERTO MEIRA e ficou acertado que a sede do MMDC irá mesmo para o Monumento Mausoléu do Soldado Constitucionalista, assim que acontecer a devolução do Obelisco após o seu completo restauro. MARINEI me dá uma "carona" até minha casa.    
FALECIMENTO CEL. MANCINI

bira.pisani@globo.com
REPASSANDO .....
Com pesar, comunicamos o falecimento do Cel. Res. PM AMADOR MANCINI
Nascido em 13/08/1934 ( 80 anos ) era Aspirante da Turma de 1958.
Foi Comandante do Corpo de Bombeiros. Deixa familiares e inúmeros amigos. Estava internado em Casa desde 23MAI14, porém sua condição teve sério agravamento nas duas últimas semanas, culminando no resultado apontado. Certamente o “Marrom” será acolhido por Deus, no melhor estilo. Que a família supere esse difícil momento !!!
AMADOR MANCINI nasceu em 13 de agosto de 1934. Entrou para a antiga FORÇA PÚBLICA no dia 12 de fevereiro de 1954. Foi declarado ASPIRANTE A OFICIAL em 19 de abril de 1958. PROMOÇÕES: 2º TENENTE - 24 de maio de 1960; 1º TENENTE - 24 de maio de 1964; CAPITÃO - 25 de agosto de 1967; MAJOR - 15 de dezembro de 1975; TENENTE-CORONEL - 25 de agosto de 1980. Não tenho a data de sua promoção a CORONEL

Foi mais um teste para cardíaco, mas o SÃO PAULO conquistou a vaga às quartas-de-final da COPA SUL-AMERICANA. Salvo por uma noite inspirada de PAULO HENRIQUE GANSO, o TRICOLOR, com um a menos em boa parte do confronto graças à expulsão de DENILSON, bateu o HUACHIPATO, no CHILE, por 3 a 2. Na próxima fase da competição, o SÃO PAULO encara o EMELEC. As partidas serão nos dias 30 desde mês e 5 de novembro.
Demorou para o SÃO PAULO saber quem seria o seu adversário nas quartas de final na COPA SUL-AMERICANA. Na decisão por pênaltis, hoje, no SERRA DOURADA, o GOIÁS perdeu do EMELEC, do EQUADOR, por 6 a 5. BRUNO MINEIRO e PEDRO HENRIQUE desperdiçaram as suas cobranças. Já GIMENEZ decretou a vitória em GOIÂNIA.
O BAHIA também deu adeus ao torneio. Após vencer em casa por 2 a 0, o TRICOLOR foi derrotado pelo mesmo placar, hoje à noite, pelo UNIVERSIDAD CÉSAR VALLEJO, no PERU.
A zebra ficou por conta do BOCA JUNIORS no jogo de ida das oitavas de final da competição. Em plena BOMBONERA, em BUENOS AIRES, o tradicional time argentino perdeu de 1 a 0 para o modesto DEPORTIVO CAPIATÁ, do PARAGUAI.

A vantagem da vitória por 2 a 0 em ITAQUERA era gigante. Um gol de GUERRERO no começo do jogo, então, parecia ter sacramentado a classificação do CORINTHIANS sobre o ATLÉTICO MINEIRO para a semifinal da COPA DO BRASIL. Mas o improvável aconteceu. O GALO virou para 4 a 1 e eliminou o time paulista da competição. Fora do torneio e em sexto no BRASILEIRO, a situação de MANO MENEZES à frente da equipe se complicou.

O ex-delegado da Polícia Civil de São Paulo, IVO PINHEIRO NUNES, de 58 anos, foi assassinado por volta das 21:30 horas de terça-feira com três tiros à queima-roupa no rosto e no tórax enquanto bebia um refrigerante e comia um doce em um boteco na VILA JACUÍ, zona leste. A vítima morreu no local. O homicídio ocorreu em frente a uma criança. Ela estava comprando guloseimas no bar. O assassino, segundo testemunhas, chegou a pé e estava encapuzado. Ele conseguiu fugir. Segundo a Secretaria da Segurança Pública, NUNES foi expulso da Polícia Civil em 2004. O ex-policial era advogado desde 2008, informou a OAB-SP. Seu escritório de advocacia era em GUARULHOS. A principal hipótese é de que o ex-delegado tenha sido vítima de uma execução. O criminoso não levou a carteira, o celular e nem o carro do ex-policial. O assassino não anunciou assalto e atirou no ex-delegado sem falar nada.

Após 48 horas, detentos encerraram a rebelião na Penitenciária Industrial de GUARAPUAVA, no PARANÁ. O motim começou na segunda-feira e acabou por volta das 11:30 horas de hoje, após acordo com o governo para a transferência de 28 homens para outras unidades prisionais do Estado e de SANTA CATARINA. Os reféns que permaneciam em poder dos detentos - nove agentes penitenciários e sete presos - foram liberados, receberam atendimento e já tiveram alta médica.

O vigilante THIAGO HENRIQUE GOMES DA ROCHA, de 26 anos, confessou em depoimento à polícia, hoje, que matou 39 pessoas em GOIÂNIA (GOIÁS). O serial killer disse que se sentia angustiado e matava para aliviar esse sentimento. O homem assumiu a autoria dos assassinatos de mulheres, travestis e de moradores de rua. De acordo com o secretário estadual de Segurança Pública, JOAQUIM MESQUITA, THIAGO afirmou que, desses crimes, oito foram contra mulheres cujas as mortes já estavam sendo investigadas havia dois meses por uma força-tarefa. O jovem foi preso na tarde de ontem. Na residência em que THIAGO mora com a mãe os policiais encontraram um revólver calibre 38, uma motocicleta e placas roubadas. A polícia afirma que há cerca de um mês as investigações já apontavam para o vigilante como autor dos assassinatos.

Autoridades do NEPAL informaram, hoje, que pelo menos 17 alpínistas e guias de montanha morreram após uma tempestade de neve que atingiu a CORDILHEIRA DO HIMALAIA na terça-feira, na zona central do país. O mau tempo, que gerou a avalanche, foi consequência do ciclone HUDHUD, que tinha atingido o leste da ÍNDIA no fim de semana. O número de mortos não é definitivo porque as equipes de resgate ainda tentavam hoje, depois da melhora das condições do tempo, restabelecer contato com mais de cem pessoas que estavam em áreas de difícil acesso. Foi recuperado o contato com 27 alpinistas, mas os registros das autoridades nepalesas indicavam 168 alpinistas estrangeiros desaparecidos. Entre os mortos estão israelenses, canadenses, um indiano e um polonês.

A ONG REPÓRTERES SEM FRONTEIRAS denunciou a execução de mais dois jornalistas pelo ESTADO ISLÂMICO. MOHANAD AL-AKIDI, correspondente da agência de notícias SADA na cidade iraquiana de MOSUL, foi assassinado com um tiro na segunda-feira. Na sexta-feira, RAAD MOHAMED AL-AZZAWI, que trabalhava como câmera da TV SAMA SALAH ALDEEN, foi decapitado por militantes na cidade de SAMARRA.

Os ESTADOS UNIDOS registraram mais uma contaminação pelo vírus EBOLA em solo norte-americano. A enfermeira AMBER VINSON, de 29 anos, trabalha no Hospital TEXAS HEALTH PRESBYTERIAN, em DALAS, e foi infectada quando tratava do liberiano THOMAS ERIC DUNCAN. Antes de apresentar sintomas da doença, a enfermeira viajou, na segunda-feira, de CLEVELAND para DALLAS. As autoridades de saúde estavam tentando contato com todos os 132 passageiros que estavam a bordo do mesmo avião. AMBER é a segunda enfermeira do mesmo hospital a ser infectada pelo EBOLA. NINA THAM, de 26 anos, já está internada em uma área de isolamento desde o dia 12. Mais de 70 pessoas que cuidaram do liberiano no centro médico estão sendo monitoradas. THOMAS DUNCAN morreu na semana passada. A enfermeira mora em um condomínio de prédios para onde foi enviada uma equipe de remoção de materiais para descontaminar o local. O diretor do Centro de Controle e Prevenção de Doenças, TOM FRIEDEN, disse que os funcionários envolvidos no tratamento de DUNCAN podiam viajar, mas não em aeronaves comerciais, junto com outros passageiros.  

2 015    :   -      QUINTA-FEIRA
DIÁRIO DE SÃO PAULO - 45 ANOS DE ROTA
O LADO FAMÍLIA DO BATALHÃO MAIS TEMIDO DE SÃO PAULO.
ROTA completa 45 anos e comemora a tradição de criar ciclos de amizade entre os seus funcionários (FERNANDA UCHARA).
A copeira da tropa de elite da Polícia Militar de São Paulo, ERNESTINA RODRIGUES DE OLIVEIRA, de 55 anos, mais conhecida como TINA, está na ROTA há 26 anos. O batalhão mais temido da PM pelos bandidos, que completa hoje 45 anos, é para ela como um pai. E ERNESTINA, para todos que servem ali, desde soldados, sargentos e o próprio comandante, é uma mãezona.
O expediente da copeira começa pontualmente, como manda o regime militar, às 6 horas.  Ela chega uma hora antes para, nas suas palavras, "preparar com mais capricho o café da manhã dos policiais". Às 15 horas acaba o turno. Ela diz não se importar em ficar mais. "Eu amo estar aqui, a relação de amizade é tão grande que é como se fosse minha família".
O CORONEL PM ALBERTO SARDILLI, 46, que comanda o quartel há um mês, conhece TINA desde 2004. "São serviços como o dela que melhoram nossa qualidade de vida. Trabalhar em um quartel não é só pegar em armas, sair em viaturas", fala.
Ao relembrar alguns momentos dentro da ROTA, a senhora de fala simples não segura as lágrimas. A perda de amigos é sempre um marco, fala, mas a morte do pai é ressaltada porque os "amigos da farda" a socorreram no primeiro momento. "Meu pai era a pessoa que mais me amava, era ele quem me defendia. Eu entrei em depressão profunda e foi aqui, com o apoio de cada um, alguns inclusive que já se foram, que eu consegui me levantar", relembrou.
O SARGENTO ALEXANDRE CYRILLO, 41, está há 21 anos na PM e há dez na ROTA. Ele diz que a vivência o fez crescer profissionalmente. "Mas o mais importante é que me fez crescer como homem. Aqui a gente cria um vínculo de amizade muito grande. Damos apoio e somos apoiados. Não consigo me ver fora daqui, sair seria o pior castigo".
Tem também quem está entrando para o time, muitas vezes criticado pela truculência com que atua nas ruas, agora. JEAN ANDERSON DA SILVA, 24, é aluno há seis meses do curso para ingressar na ROTA. "As pessoas pensam que é só agressividade, mas descobri um lado bem humano aqui".
Temida por uns e amada por outros, a ROTA é sempre tema polêmico. E o comandante não foge desse assunto espinhoso. "Quem é pessoa de bem ama a ROTA, porque ela não tem motivo para sentir medo. As pessoas do mal nos odeiam porque alguma coisa tem", argumentou SARDILLI. Os admiradores, assim como os críticos, se expõe pela tropa. O artesão SÍLVIO MATTANO PEZZO, por exemplo, presenteou o batalhão, ontem, com um brasão feito de madeira. "Fiz porque eles lutam por nós todos os dias". Há também uma página no Facebook dos Admiradores da ROTA onde a morte de bandido é exaltada.   
  
O Comandante do 1º Batalhão de Polícia de Choque "TOBIAS DE AGUIAR", TENENTE-CORONEL PM ALBERTO MALFI SARDILLI, tem a honra de convidar Vossa Senhoria para prestigiar a Solenidade Comemorativa do 45º Aniversário de criação das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar "ROTA", nesta oportunidade será realizada a entrega de Láureas de Mérito Pessoal e Medalhas de Valor Militar.

Comparecemos ao evento alusivo ao 45º aniversário da ROTA. Encontramos muitos amigos presentes. O Secretário de Segurança Pública, ALEXANDRE DE MORAES, preside a solenidade. Estão presentes: CORONEL PM OCTÁVIO GOMES DE OLIVEIRA; CORONEL  PM PAULO LOPES LUCINDA TELHADA, CORONEL PM ANTÔNIO CHIARI, TENENTE-CORONEL PM LUIZ GOMES DE OLIVEIRA, CORONEL PM EVERARDO, CORONEL PM IVAN.


Uma data histórica para três policiais rodoviários de Maringá, nesta quinta-feira (15). A equipe do Sargento Gilson Fahur da Polícia Rodoviária Estadual foi homenageada no aniversário dos 45 anos do grupo ROTA, Rondas Ostensivas Tobias Aguiar de São Paulo. A solenidade aconteceu nas dependências do batalhão na capital paulista. O policial Fahur devido aos seus trabalhos realizados juntamente com os policiais, Cabo Duminelli e Soldado Morais ficaram conhecidos por grandes apreensões de drogas e pelas entrevistas polêmicas postadas nas redes sociais. O Brasil inteiro conheceu um pouco do trabalho do Sargento Fahur através da internet. Durante a cerimônia do aniversário da ROTA, um policial militar que era o cerimonialista anunciou a chegada da equipe do Sargento Fahur, que foi ovacionada pela multidão que se fazia presente. Sargento Fahur atendeu crianças, mulheres e policiais da ROTA que admiram seu trabalho, e para registrar o momento único de uma foto ao lado deste homem que se tormou ícone na Polícia Militar do Paraná. Após o término da cerimônia, Sargento Fahur e sua equipe foram convidados para conhecer as dependências do Batalhão da ROTA e do Grupo Águia. Fahur recebeu de policiais vários brasões e até uma volta de helicóptero pelo céu da capital. Sargento Fahur agradeceu o Comando da Polícia Rodoviária Estadual de Maringá, Rodrigo Giroto, por ter concedido a sua ida à outro Estado representando a Polícia Militar do Paraná.  


O secretário da Segurança Pública, Alexandre de Moraes, representou o governador Geraldo Alckmin, durante solenidade em comemoração aos 45 anos das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota) que formam o 1ºBatalhão de Policiamento de Choque (BPChq). O evento aconteceu na manhã desta quinta-feira (15) no quartel do Batalhão Tobias de Aguiar, localizado na Luz, região central de São Paulo.
“Como secretário da Segurança Pública e hoje também representando o governador Geraldo Alckmin posso afirmar a todos os senhores e senhoras, que nós do Estado de São Paulo temos orgulho da Polícia Militar, temos orgulho da Rota, temos orgulho da nossa tropa de elite”, afirmou Moraes.
A tropa atua, principalmente, com três focos: a Operação de Patrulhamento Inteligente (OPI) – o policiamento tático –, a escolta especial de presos, de presidente e vice-presidente da República e também de valores do Banco Central, além do controle de distúrbios civis.
“Nós temos a melhor Polícia Militar do Brasil e uma das melhores do mundo. Uma polícia competente, leal e que se sacrifica dia a dia por cada um de nós”, ressaltou o secretário. “E esse trabalho e competência na realização do policiamento, do enfrentamento e do combate à criminalidade vem dando resultados”, completou.
O efetivo dos pelotões é treinado diariamente, com aulas teóricas e práticas. Nessas formações, os policiais treinam os chamados “procedimentos operacionais padrão”, ou seja, abordagens de pessoas e veículos, técnicas de busca pessoal, uso de algema, ocorrências com reféns, entradas táticas em locais perigosos e tiro.
“Se a criminalidade se organiza, pode ter absoluta certeza que a Polícia Militar do Estado de São Paulo se organiza mais, se a criminalidade se arma, nós nos armamos mais, treinamos mais e combatemos mais. Nós vamos e estamos vencendo a luta contra a criminalidade”, disse Alexandre de Moraes.
Entre o treinamento, se destaca uma discussão conjunta sobre a atuação de rua do dia anterior. Nessa situação, cada policial descreve sua atuação, ressaltando acertos, erros e momentos críticos, comparando com os colegas, que podem sugerir novos modos de ação para cada situação.
“Graças a grande, forte e eficiente atuação da Polícia Militar e da Rota, sempre dentro da legalidade, estamos conseguindo combater e vencer a criminalidade”, finalizou o secretário.
Agraciados
Durante a solenidade de aniversário, foram entregues láureas de mérito pessoal da Polícia Militar, com o objetivo de homenagear agentes que tenham se destacado no cumprimento do dever.
Também no evento, houve a entrega da Medalha do Valor Militar, criada em 1953 e considerada uma das maiores honrarias para os policiais, concedida em reconhecimento do Estado pelos bons serviços prestados, com lealdade, constância e valor. 
A ‘Medalha Cruz do Mérito Policial’, a única concedida no Estado de São Paulo por ato de bravura no cumprimento do dever, foi entregue pelo secretário Alexandre de Moraes para Rafael Palladino Filho.
Celina Oliveira
Depois do encerramento do evento, conversamos com ORÍTIA ABREU SERAFIM, LIA BRITO, PAULO  ´

Vamos almoçar no FAMIGLIA MANCINI com TOMAZ VAQUERO BRASIL BICCA e IVAN KARICA. Conversamos muito sobre a Sociedade Veteranos de 32-MMDC e o Núcleo MMDC-ATIBAIA "SOLDADO BENTO SOARES". Já um pouco tarde, quase 15 horas, eles me deixam no Obelisco do IBIRAPUERA. MARINEI CHALUB cuida dos diplomas dos próximos eventos e deixa o Monumento Mausoléu às 16 horas. Permaneço por causa do evento marcado para às 19:30 horas, quando serão procedidas as outorgas das medalhas do Núcleo MMDC-LESTE.
Recepcionamos os convidados para o evento, principalmente o Comandante Geral da PMESP, CORONEL PM RICARDO GAMBARONI, o SubCmt, CORONEL PM FRANCISCO AIRES MESQUITA, e outros oficiais da nossa querida Polícia Militar., como é o caso do Deputado Estadual CORONEL PM PAULO ADRIANO LOPES LUCINDA TELHADA. Também está presente o CORONEL PM LUIZ ALBERTO PEZATO, que há muitos anos não o via.

“São Paulo Forte, Para Um Brasil Unido”
SOCIEDADE  VETERANOS  DE  32 – MMDC
Núcleo “MMDC LESTE - Juventude Constitucionalista”
Evento do Dia 15 de Outubro de 2015 – 19:30h
Local: Obelisco- Mausoléu de São Paulo
Ibirapuera - Capital / SP
 
Solenidade Alusiva à Valorização de Dignitários que Apóiam as Forças de Segurança Pública, e, Comemoração ao “83º Ano da Juventude Constitucionalista”
 
 





Núcleo MMDC LESTE da SOCIEDADE VETERANOS DE 32-MMDC
Lista por Tipo de Medalhas, e Etapas de Entregas
1ª ETAPA:
Medalha: “Valor Const. Esplendor S. Miguel + Colar Cruz Honra Constitucionalista”
NOME
FUNÇÃO
1
Cel PM Ricardo Gambaroni (è Medalha Esplendor S. Miguel)
Cmt Geral da PMESP
2
Cel PM Francisco Alberto Aires Mesquita
S Cmt PMESP
3
Cel PM Tadashi Komata
Oficial Superior da PMESP
4
Ten Cel PM Eduardo Alexandre Beni
GRPAe
5
Ten Cel PM Fabio Luis Pelegrini
Cmt “2 de Ouro”

*   *   *

Ocorrências de Destaque
2ª ETAPA
- Oc. de 28Ago15: Sd Adriana ferida em combate com tiro de fuzil na cabeça, sobrevive por Milagre de Deus
Medalhas: “Colar Cruz de Honra CONSTITUCIONAISTA”
NOME
FUNÇÃO
Medalha
1
Sd PM Adriana da Silva Andrade
Mot Vtr 04204
Colar Cruz de Honra Constitucionalista
2
Cb PM Eduardo Monteiro de Oliveira
Enc. Vtr 04204
Heróis de 32

- Oc. da Equipe de FT que Prendeu os criminosos que atiraram na Sd Adriana
NOME
FUNÇÃO
Medalha
1
1º Ten PM Adonis Trivisas Gomes
Cmt Eq FT Leste
Heróis de 32- Núcleo Ibirapuera
2
Cb PM            Nairan Ricard Oliveira Santos
Eq FT Leste
Heróis de 32- Núcleo Ibirapuera
3
Sd PM Eron Pereira de Carvalho
Eq FT Leste
Heróis de 32- Núcleo Ibirapuera

*   *   *
3ª ETAPA:
- Oc. do GRPAe e Equipes do 45º BPM/M que libertaram uma empresária da Máfia Chinesa
Medalhas: Heróis de 32- MMDC Núcleo Ibirapuera
NOME
FUNÇÃO
Medalha
1
Cap PM Rubem Melo de Freitas
Cmt de Eq Águia
Heróis de 32- Núcleo Ibirapuera
2
Cap PM Alexandre Oliveira de Paula
Cmt de Eq. Águia
Heróis de 32- Núcleo Ibirapuera
3
Cb PM Andrey Carllo Ribeiro Gomez
Tripulante de Eq Águia
Heróis de 32- Núcleo Ibirapuera
4
Cb PM Demetrius de Moraes Júnior
Tripulante de Eq Águia
Heróis de 32- Núcleo Ibirapuera
5
1º Ten Gabriel Huerte Diniz
45º BPM/M Vtr 45320
Heróis de 32- Núcleo Ibirapuera
6
Sd PM Thiago Melo de Castro
45º BPM/M Vtr 45320
Heróis de 32- Núcleo Ibirapuera
7
Sd PM Diego da Silva Santana
45º BPM/M Vtr 45320
Heróis de 32- Núcleo Ibirapuera
8
2º Sgt PM Marcos Roberto Baptista
45º BPM/M Vtr 45310
Heróis de 32- Núcleo Ibirapuera
9
Cb PM Edivaldo Patrocinio de Oliveira
45º BPM/M Vtr 45310
Heróis de 32- Núcleo Ibirapuera

*   *   *
4ª ETAPA:
- Oc. de Prisão de Quadrilha do PCC com Armas e cerca de R$ 300.000,00
Medalha:Valor Constitucionalista Esplendor de São Miguel
NOME
FUNÇÃO
1
2º Sgt PM Jean Carlos – Vtr Rota 91316
1º BPChq – rota – 3ª Cia
2
Cb PM Emerson dos Santos 116527-5 – Vtr Rota 91316
1º BPChq – rota – 3ª Cia
3
Cb PM Vanderson Lemes de Camargo 974161-5
1º BPChq – rota – 3ª Cia
4
Cb PM Rafael Marcondes 120129-8
1º BPChq – rota – 3ª Cia
5
Cb PM Eduardo Fernandes da Silva 102826-0
1º BPChq – rota – 3ª Cia
6
Sd PM Alyson Domingos Ferri Alves 109434-3
– Vtr Rota 91316 è (Medalha Jubileu Prata)
1º BPChq – rota – 3ª Cia


- Oc. de Prisão de Quadrilha de Tráfico de Entorpecentes em que foram apreendidos 110Kg de maconha e 15 Kg de pasta base de cocaína
Medalha:Valor Constitucionalista Esplendor de São Miguel
NOME
FUNÇÃO
1
3º Sgt PM Fabio Roberto Lima
Eq FT Leste
2
Cb PM Carlos José dos Santos Nascimento
Eq FT Leste
3
Cb PM Erick da Silva Andrade
Eq FT Leste


- Oc. de Prisão de Quadrilha de crime organizado com várias armas de Fogo, objetos roubados e dinheiro
Medalha: Heróis de 32- MMDC Ibirapuera
NOME
FUNÇÃO
1
Cb PM Robson Sgrignolli
“ 2 de Ouro “
2
Sd PM Joel José da Silva
“ 2 de Ouro “
3
Sd PM Tarcisio Gonzales de Almeida
“ 2 de Ouro “




*   *   *
5ª ETAPA:
Medalha: “Valor Constitucionalista Esplendor de São Miguel
NOME
FUNÇÃO
1
Ten Cel PM Claudia Virgilia Raposo de Faria
CPA/M-8
2
Maj PM Joseane Monteiro dos Santos
Coord Op “2 de Ouro”
3
Cap PM Anésio Viana Andrade
CPC
4
Ana Angela Palermo
Pres. PAULISERV
5
Cap PM Ricardo Lopes de Souza Salomão
53.BPM/I
6
Cap PM Paulo Marcelo Morishita Garbi
1.EM/PM
7
Cap PM Adriano Jesus de Andrade
2.BPM/I 5.Cia PM
8
Cap PM Emerson Prado Gonzaga
“2 de Ouro”
9
1º Ten PM Aliane Marcelli da Silveira Tapparo dos Santos
DP
10
Sr. Antonio Carlos Aristides
Soc Vet 32-MMDC
11
Cb PM Eduardo Lopes da Silva
2º BPChq -ROCAM
12
Sd PM Samuel Barbosa dos Santos
CPA/M-4
13
Sd PM André Ribeiro Reis
DP
14
Sd PM Rita de Cassia da Silva Sobrinho
DP
Medalha: “Colar Oficial da Paz da ABFIP ONU
NOME
FUNÇÃO
1
Herbert Lopes de Carvalho
mmdc leste
Medalha: “Jubileu 70 Anos da Vitória Inter-Aliada II Guerra Mundial
NOME
FUNÇÃO
1
1º Ten EB Daniel Miranda de Oliveira
mmdc leste


*   *   *
6ª ETAPA:
Medalha: “Mérito Constitucionalista
NOME
FUNÇÃO
1
Cel PM Odilon Gonzaga
“2 de Ouro”
2
Maj PM Gilson Helio Jesus dos Santos
S Cmt do “2 de Ouro”
3
Cap PM Nicanor Barry Komata
CIPM
5
Cap PM Andrei Gonçalves Vieira
3.BPM/I
6
Cap PM Fernando Signorelli
C Mil
7
Sub Ten PM Alexandre André à Praça + antiga do 2deOuro
Enc Seç Rec Hum “2 de Ouro”
8
2º Sgt PM Wilian Alves Maciel
14º BPM/M
9
3º Sgt PM Jocel Ferreira de Souza
3ª Cia – “2 de Ouro”
10
Cb PM Waldemar Camargo Junior
“2 de Ouro” - Motomec
11
Sd PM Ariane Gama da Silva
CPA/M-4
12
Sd PM Camila Costa Oliveira
CPA/M-4
13
Sr. Fernando Moreno
Cons. Soc Vet 32-MMDC
14
Cb PM Edson Rodrigo Ferreira da SIlva
ROCAM – 8º BPM/M
15
Sd PM Dennys Ferreira Silva
ROCAM – 8º BPM/M
16
Sd PM Douglas de Freitas Foresto
ROCAM – 8º BPM/M
17
Sd PM Marcus Wilian Dias Muticy
ROCAM – 8º BPM/M
18
Sd PM Edmar da Silva Aquino
ROCAM – 8º BPM/M
19
Cb PM Fábio Vicente Nunes
Força Tática – 8º BPM/M
20
Sd PM Sinval Marcos Corrêa
Força Tática – 8º BPM/M
21
Sd PM Gleison Alves
Força Tática – 8º BPM/M
22
Claudio Jesus Fernandes
Diretor ACAS

Homenagem Especial Alusiva ao Dia dos Professores:
Medalha: “Valor Constitucionalista Esplendor de São Miguel
NOME
FUNÇÃO
1
Profª Valderli Fontes Silva
Dirigente Ensino Leste1
2
Profª Dra. Maria Raimunda Chagas Vargas Rodriguez
Profª Coord Curso Ass Soc UnicSul
3
Profª Meire Ferreira de Souza Rodrigues
E.E.”Marinha do Brasil”
4
Victor Nascimento Morcelli(menino campeão Natação) à Medalha PROERD
Colégio Tobias Aguiar

Elaborado pelo 3º Sgt PM Rosalin – SP: 05OUT15

O nosso associado ANTÔNIO CARLOS ARISTIDES é um dos homenageados e assim se pronuncia:
Solenidade 15/10/2015 Alusiva ao 83 anos da Revolução de 32 e ao dia dos professores, forram homenageados ocorrências policiais de vulto e pude ter a oportunidade de conhecer a soldado Adriana a policial que em enfrentamento com bandidos sofreu um tiro de carabina na cabeça amplamente divulgado pela mídia muito emocionante o Cel Pm Ricardo Gambaroni estava presente prestigiando os seus comandados e nesta mesma ocasião recebeu a outorga da Medalha Esplendor de São Miguel . Agradeço o Núcleo do MMDC - Leste que me conferiu uma outorga da Medalha Esplendor de São Miguel em especial a Zalin Gui diretora do núcleo, capitão PM Natanael presidente do núcleo a minha amiga Dóris Dantas, secretaria do Núcleo, ao Cel Pm Telhada Presidente do Núcleo , claro que não posso esquecer o meu amigo Cel Pm Mario Ventura, e sua fiel escudeira Marinei Chalub, meus agradecimentos as filhas da Isadora F Aristides, Sarah Ferraro, Leticia Narita, e não posso esquecer desta minha amiga e assistente Geisy Christina que apesar do pouco tempo de convívio tem me incentivado a superar as adversidades momentâneas passadas.

Um protesto de alunos convocados pelo Sindicato dos Professores contra a reedequação das escolas públicas acaba em confronto com a Polícia Militar, nesta tarde, no PALÁCIO DOS BANDEIRANTES, no MORUMBI. Jovens mascarados tentaram invedir o local, a sede do governo paulista. Um deles chegou a escalar a guarita da entrada.
Segundo a PM, os manifestantes se reunirám às 9 horas no LARGO DA BATATA, em PINHEIROS, e, às 10 horas iniciaram o ato caminhando em importantes vias. Ele chegaram a fechar a marginal PINHEIROS.
Em frente ao portão 2 do PALÁCIO DOS BANDEIRANTES, os mascarados começaram a jogar pedras, paus, lixeira e fogos de artifício contra policiais. Duas bombas foram desarmadas dentro do imóvel pelo GATE. Uma viatura foi danificada e carros estacionados, também.
Em nota, a corporação afirmou que nenhum manifestante ou policial ficaram feridos. Ninguém foi preso pelos atos de vandalismo. A APEOESP não comentou o episódio, apesar de tê-lo financiado.

Uma mulher foi encontrada morta na Avenida 23 de Maio, embaixo do viaduto CONDESSA DE SÃO JOAQUIM, no centro, às 3 horas. Ao lado de seu corpo estava caída sua filha de apenas seis meses. A criança não apresentava ferimentos e passa bem.
De acordo com a Policia Civil, dois agentes da Companhia de Engenharia de Tráfego passavam pelo local quando viram o carrinho de bebê virado e a menina fora dele. Quando desceram da viatura, encontraram a mulher deitada.
A PM foi acionada e, quando os agentes chegaram, concluíram que GLEDJA REIS DA SILVA, de 23 anos, estava morta.
O canteiro onde ela foi localizada fica em um barranco. Testemunhas disseram à polícia que viram a mulher descendo, empurrando o carrinho.
Segundo informações do boletim de ocorrência, os peritos e o delegado que atenderam o caso não encontraram nenhum sinal de violência no corpo da vítima. A policia aguarda, agora, o laudo necroscópico para saber a causa da morte.
O delegado responsável pelo caso não havia conseguido até hoje à noite encontrar câmeras de segurança ou testemunhas que estiveram com a mulher antes de sua morte.
O marido e o irmão de GLEDJA reconheceram o corpo e, em depoimento, afirmaram que ela saiu de casa na noite de quarta-feira com a criança para dar uma volta e não deu mais notícias.
Segundo os familiares, a vítima era usuária de drogas e acreditam que a jovem saiu de casa para comprar entorpecentes. A mulher e o marido moravam debaixo do viaduto aonde GLEDJA foi encontrada. Ela trabalhava como vendedora de balas no Centro para ajudar o seu companheiro, que é porteiro. GLEDJA também deixou outros dois filhos.
O caso foi registrado no 78º DP (JARDINS) como morte suspeita. A principal linha de investigação dos agentes é overdose. Porém, o irmão da vítima informou aos investigadores que GLEDJA era cobrada por traficantes de drogas. Por isso, a possibilidade de homicídio também não foi descartada pela Polícia Civil.

Pressionado? Vá dizer isso ao time de TITE. Quem imaginou que o CORINTHIANS entraria hoje em campo ameaçado por causa da vitória do ATLÉTICO MINEIRO desconhece a tranquilidade do Líder do BRASILEIRÃO atuando em ITAQUERA.
Contra o ameaçado GOIÁS, o TIMÃO não teve dificuldades para provar sua supremacia e derrotar o adversário por 3 a 0.
Sem ELIAS, preservado por ter servido a seleção brasileira, TITE escalou RODRIGUINHO entre os titulares e lançou uma linha de defesa inédita na temporada. Com EDÍLSON, EDU DRACENA, GIL e GUILHERME ARANA, a melhor zaga do campeonato manteve o bom rendimento e ainda viu DRACENA balançar as redes.
O TIMÃO tem o melhor ataque da competição, ao lado do ATLÉTICO MINEIRO, que continua cinco pontos atrás na tabela (64 a 59).
A forte chuva que castigou o RIO GRANDE DO SUL, hoje, provocou transtornos graves à população e o jogo entre GRÊMIO e SANTOS chegou à correr risco de ser adiado. Não foi e os planos do PEIXE de abrir vantagem dentro do G4 do BRASILEIRÃO foram por água a baixo com a derrota em PORTO ALEGRE, por 1 a 0. Com o resultado, o time alvinegro estacionou nos 46 pontos, na quarta colocação, enquanto o rival abriu nove de distância na terceira posição.
O CORONEL REFORMADO CARLOS BRILHANTE USTRA, de 83 anos, que chefiou o DOI-CODI do 2º EXÉRCITO, órgão de controle da Ditadura, morreu hoje de madrugada. Ele estava internado na UTI do Hospital SANTA HELENA, em BRASÍLIA, em estado grave. USTRA teve complicações a partir de um câncer de próstata, que provocou uma metástase. Ele também sofria com pneumonia. O corpo de USTRA foi velado na capela do Hospital das Forças Armadas e cremado hoje. USTRA é apontado por dezenas de perseguidos políticos e familiares de vítimas do regime de exceção como responsável pelas perseguições, tortura e morte de opositores do golpe de 1964.       

Finalmente, três anos após serem condenados pelo Supremo Tribunal Federal, os mensaleiros José Genoino (PT), Roberto Jefferson (PTB) e Valdemar Costa Neto (PR) tiveram cassadas a Medalha do Pacificador, a mais alta condecoração do Exército Brasileiro. O ato é do general Vilas Boas, o atual comandante. O ex, general Enzo Peri, teve medo de irritar Dilma e não casou as medalhas, apesar de ser obrigado a isso pela legislação. Os mensaleiros já sumiram do Almanaque do Exército.
O decreto 4.207/02 manda cassar honrarias de condenado por crime contra o erário, em sentença transitada em julgado.
Os mensaleiros são corruptos transitados em julgado no STF desde 28 de novembro de 2012. Suas penas somaram 282 anos de cadeia.
O general Enzo Peri não apenas deixou de cassar as medalhas dos corruptos do mensalão como se esquivou de explicar sua atitude.
A atitude medrosa do Exército incomodou o Ministério Público Federal, que cobrou o cumprimento da legislação, para cassar as honrarias.

O ex-presidente LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA presto depoimento "voluntário", nesta manhã, no inquérito aberto pelo Ministério Público do DISTRITO FEDERAL para investigar suposto tráfico de influência em favor de empreiteiras no exterior. "LULA respondeu às perguntas do procurador e argumentou que os chefes e os ex-chefes de nações do mundo inteiro defendem as empresas de seus países no exterior. Afirmou também que para ele isso é motivo de orgulho", disse nota divulgada pelo Instituto LULA. O ministro TEORI ZAVASCKI, do STF, autorizou na sexta-feira passada que o ex-presidente prestasse depoimento do LAVA JATO na condição de informante, e não como investigado. O pedido para ouvir LULA foi feito pela Polícia Federal - que, em relatório enviado ao tribunal, diz que o petista pode ter sido pessoalmente beneficiado pelo esquema de corrupção na PETROBRÁS. O procurador-geral da República, RODRIGO JANOT, emitiu parecer favorável ao depoimento. Ainda de acordo com a assessoria de imprensa do petista, LULA disse que todas as palestras dadas por ele estão declaradas e contabilizadas e que "jamais" interferiu na autonomia do BNDES e nas decisões do banco sobre concessões de

 empréstimos. Ainda de acordo com o Instituto LULA, ele afirmou no depoimento que "quem desconfia do BNDES não tem noção da seriedade da instituição".   
 





ROTEIRO DA SOLENIDADE MARCADA PARA  AMANHÃ NA CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO PAULO 
16 DE OUTUBRO DE 2015
SOCIEDADE VETERANOS DE  32 - M.M.D.C.

“São Paulo forte, para um Brasil unido”

(Reconhecida de Utilidade Pública pela Lei Estadual Nº 5.530 de14/01/1960 e Decreto Municipal Nº 8.790 de 23/05/1970)
CNPJ: 46.381.083/0001-07
Núcleo “MMDC Ibirapuera” – Heróis de 32”

Roteiro Solenidade de Outorga de Medalha do Núcleo MMDC Ibirapuera


Local: Câmara Municipal de São Paulo
Propositura: Vereador Abou Anni


Senhoras e Senhores boa noite!
Em nome do Presidente da Sociedade Veteranos de 32, Coronel PM MARIO FONSECA VENTURA e do nosso anfitrião o Ilmo Sr. Vereador Abou Anni que nos recebe nesta digna Casa de Leis, desejamos a todos boas-vindas para esta Solenidade de criação do NÚCLEO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO “PRÍNCIPE DOS POETAS PAULO BOMFIM” e de Outorga de Medalhas dos Núcleos MMDC Ibirapuera, MMDC São José do Rio Perto, MMDC Leste, Instituto Histórico, Geografico e Genealogico de Sorocaba, Academia Brasileira de Ciencias, Arte, Historia e Literatura e a Associação Campineira dos Oficiais da Reserva do NPOR do 28 BIB.

Realese do Núcleo Ibirapuera – Heróis de 32.


O Núcleo Ibirapuera, criado em 31 de outubro de 2013, acrescentou mais um apêndice à história militar, paulista e, acima de tudo, brasileira, e, assim como a Revolução Constitucionalista, serve de coroamento ao contínuo processo de busca pelas liberdades democráticas. Também expressa, de maneira superlativa, a grandeza do Movimento de 32 e o do próprio Estado de São Paulo para a nação, alçando a sociedade paulistana do secular bandeirismo desbravador e do progresso ao cabedal dos mártires republicanos democráticos modernos.
Dessa forma, o surgimento de mais uma célula constitucionalista, sediada nas proximidades do Obelisco Mausoléu aos Heróis de 32, agregou à força das bandeiras, imortalizada pelo Monumento às Bandeiras do escultor Victor Brecheret, , registramos nossas homenagens aos heróis tombados

  1. Composição da mesa

 Dando início a Solenidade de criação do NÚCLEO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO “PRÍNCIPE DOS POETAS PAULO BOMFIM”  e de Outorga de Medalhas organizada pelo Núcleo MMDC Ibirapuera , passaremos a composição da Mesa diretora dos Trabalhos, para tanto convidamos para compor a mesa e recepcionar os nossos convidados o Ilustríssimo Sr. Vereador
Abou Anni.


1.    Exmo Sr. Desembargador Dr. José Renato Nalini - Presidente do Tribunal de Justiça do Estado SP
2.    Excelentíssimo Senhor General de Exército Mauro Cesar Lourena Cid -   Comandante Militar do Sudeste
3.    Excelentíssimo Senhor Vice-Almirante Glauco Castilho DallAntonia -      Comandante do 8º Distrito Naval
4.    Excelentíssimo Senhor Dr. Mágino Alves Barbosa Filho – Secretário Adjunto de Segurança Pública Estado de SP
5.    Excelentíssimo Senhor     Dr Joaquim Dias Alves      Delegado Subdiretor do DENARC
6.    Ilmo Sr  Cel PM Mário Fonseca Ventura – Presidente da Sociedade Veteranos de 32.
7.    Ilmo Sr Coronel PM Rogério Bernardes Duarte – Cmt do Corpo de Bombeiros da PMESP
8.    Ilmo Sr  Cel PM Celso Luiz Pinheiro - Comandante da Academia de Polícia Militar do Barro Branco
9.    Ilmo Sr  Dr. Gilson Menezes - Comandante da Guarda Civil Metropolitana.
  1. Ilmo. Sr.  Dr Maurício Kirilos    - Diretor do Núcleo do MMDC Ibirapuera e Diretor da SASDE
  2. Prof  Michel Chelala – Presidente da ABRASCI
           

 

 

2.    ABERTURA DOS TRABALHOS

Nesse momento, o Exmo Sr. Vereador Abou Anni procederá a abertura dos Trabalhos e na sequencia passará a presidência da mesa diretora ao Exmo Sr. Desembargador Dr. José Renato Nalini , Presidente do Tribunal de Justiça do Estado SP.


3.    HINO NACIONAL BRASILEIRO

Convidamos a todos que as condições físicas permitirem, para que em pé cantemos o Hino Nacional Brasileiro, Letra de Joaquim Osório Duque Estrada e Música de Francisco Manuel da Silva

4. Palavras do Presidente Conselho Estadual de Honrarias e Mérito
Para no brindar com o seu conhecimento e explanar resumidamente sobre a epopeia de 32 e o significado da outorga de medalhas, convidamos o o Ilmo. Sr Professor Adilson Cezar Presidente do Instituto Histórico, Geográfico e Genealógico de Sorocaba
Presidente do Conselho Estadual de Honrarias e Mérito Presidente da Academia de História Militar Terrestre do Brasil de São Paulo

5. Criação do Núcleo MMDC Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo “Príncipe dos
 Poetas Paulo Bomfim” pelo Excelentíssimo Senhor        Desembargador Dr. José Renato Nalini             Presidente do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo.

Neste momento teremos o ato oficial de criação do Criação do Núcleo MMDC Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo “Príncipe dos  Poetas Paulo Bomfim” pelo Excelentíssimo Senhor        Dr. José Renato Nalini          Presidente do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, para tanto procederemos a leitura da Ata de Criação.


ATA 001
SOCIEDADE VETERANOS DE 32 - MMDC
 NÚCLEO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO
“PRÍNCIPE DOS POETAS PAULO BOMFIM”

REUNIÃO DE CRIAÇÃO DO NÚCLEO MMDC TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO “PRINCIPE DOS POETAS PAULO BOMFIM”, aos 16 dias do mês de outubro do ano de 2015, na Câmara Municipal de São Paulo, Viaduto Jacareí nº 100, centro, São Paulo – Capital, realiza a nomeação da Presidência Executiva e Deliberativa e suas diretorias do respectivo núcleo.
O Sr Presidente da Sociedade Veteranos de 32 – MMDC, Cel Mario Fonseca Ventura, , por meio de sua competência na presidência Sociedade supra citada nesta reunião cria o Núcleo MMDC TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO – “PRINCIPE DOS POETAS PAULO BOMFIM”, da Sociedade Veteranos de 32 – MMDC e nomeia como Presidentes de Honra:
1º Presidente de Honra: Dr José Renato Nalini, Desembargador, Presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo
2º Presidente de Honra : Paulo Lébeis, poeta brasileiro, membro da Academia Paulista de Letras
E registra que a função de 1º Presidente de Honra é reservada ao Presidente do Tribunal de Justiça em exercício e a função de 2º Presidente de Honra é Vitalícia e Perpétua ao Dr. Paulo Bonfim – Príncipe dos Poetas.
O Sr Presidente da Sociedade Veteranos de 32 – MMDC, Cel Mario Fonseca Ventura, nomeia o Presidente da Diretoria Executiva e Vice-Presidente e registra que tais funções são reservadas ao Chefe e SubChefe da Assessoria Policial Militar do TJSP.
Presidente da Diretoria Executiva: Coronel PM Washington Luiz Gonçalves Pestana – Chefe da Assessoria Policial Militar do Tribunal de Justiça
Vice-Presidente da Diretoria Executiva: Tenente Coronel PM Paulo Barthasar Júnior - Sub Chefe da Assessoria Policial Militar do Tribunal de Justiça
O Coronel PM Washington Luiz Gonçalves Pestana - Presidente da Diretoria Executiva do Núcleo MMDC Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo – “Príncipe dos Poetas Paulo Bonfim” nomeará sua diretoria à posteriore.

Convidamos para local de destaque o Exmo Sr. Desembargador Dr. José Renato Nalini - Presidente do Tribunal de Justiça do Estado SP, Acompanhado do Ilmo Cel PM Mario Fonseca Ventura. Presidente da Sociedade Veteranos de 32, Ilmo Sr. Willian Hortz Mascarenhas chefe EM do Exército Constitucionalista e do Exmo Sr Vereador Abou Anni, para realizarem a assinatura para o ato formal da Criação do Nucelo MMDC Tribunal de Justiça ESP Principe dos Poetas Paulo BOMFIM.

 














7. Outorga das Medalhas

Histórico da Condecoração

A Grã-Cruz "Heróis de 32 - Sempre Viverão" oficializada por Decreto Estadual Nº 59.908, de 06 de dezembro de 2013.
                        A Grã-Cruz "Heróis de 32 - Sempre Viverão" foi criada com o fim de galardoar pessoas físicas ou jurídicas, nacionais ou estrangeiras, que por seus méritos e serviços relevantes prestados à São Paulo e ao culto da Revolução Constitucionalista de 1932, tenham-se tornado pessoas dignas de especial distinção, por apoiarem a Epopéia de 1932 e à Sociedade Veteranos de 32-MMDC.
O nobre significado da sigla “MMDC”, deve-se às iniciais dos nomes dos quatro mártires, Martins, Miragaia, Drausio e Camargo, que reivindicando para o povo brasileiro uma Constituição que visasse um Estado Democrático de Direito, no dia 23 de maio de 1932 na Praça da República - SP, acabaram por serem baleados por parte do governo ditatorial e faleceram. O sangue destes quatro heróis, culminou na guerra denominada “Revolução Constitucionalista de 32” e trouxe bons reflexos à toda nação, pois em data subseqüente (1934) o Governo Federal promulgou uma Carta Constitucional assegurando direitos e garantias individuais a todos os brasileiros.
Digna-se constar, que a Lei Fed. nº 12.430, de 20 de junho de 2011 decretada pelo Congresso Nacional e sancionada pela presidenta Dilma Rousseff, inscreveu os nomes dos heróis paulistas da Revolução Constitucionalista de 1932: Martins, Miragaia, Dráusio e Camargo (MMDC), no Livro dos Heróis da Pátria.
A Grã-Cruz "Heróis de 32 - Sempre Viverão" é, portanto, uma Comenda Emérita definitiva, pois perpetuará a gratidão e o reconhecimento, para todo o sempre, dos que cumpriram esta jornada cívica para com aqueles que, hoje e no futuro, continuarem abraçando os mesmos ideais de democracia, liberdade e amor à legalidade pelos quais se bateram os heróis e Veteranos de 32.

8. Outorga ao Presidente do Tribunal

Solicitamos a o Exmo Sr. Desembargador Dr. José Renato Nalini - Presidente do Tribunal de Justiça do Estado SP que se coloque em local de destaque para receber a Grã Cruz Heróis de 32 e para fazer a outorga convidamos o Ilmo Sr Coronel PM Mario Fonseca Ventura. Presidente da Sociedade Veteranos de 32 que e o Ilmo Dr Mauricio Kirilos – Diretor do Nucleo MMDC Ibirapuera.

Para receber a Grã-Cruz Heróis de 32, convidamos as seguintes autoridades:

  • Excelentíssimo Senhor     General de Exército Mauro Cesar Lourena Cid - Comandante Militar do Sudeste

  • Excelentíssimo Senhor     Vice-Almirante Glauco Castilho DallAntonia -  Comandante do 8º Distrito Naval

  • Excelentíssimo Senhor     Dr. Mágino Alves Barbosa Filho - Secretário Adjunto de Segurança Pública do Estado de São Paulo

  • Excelentíssimo Senhor     Dr. Gilson Menezes - Comandante da Guarda Civil Metropolitana

______________________________________________________________________

Para receber  a MEDALHA DO MÉRITO CÍVICO MILITAR - SOCIEDADE AMIGOS DA POLÍCIA DO EXÉRCITO, convidamos para se poste em posição de destaque Ilmo  Dr Maurício Kirilos, Diretor do Núcleo do MMDC Ibirapuera e Diretor da SASDE.

Para realizar a outorga, convidamos o Exmo Sr. Desembargador Dr. José Renato Nalini - Presidente do Tribunal de Justiça do Estado SP
_____________________________________________________________________________
Ocorrências de destaque:

SÍNTESE DE OCORRÊNCIA

Os Policiais Militares, Cabo PM Juarez Soares Martins,  Cabo PM Alexandre Pinheiro, Soldado PM Ricardo Costa dos Santos e Soldado PM Luiz Carlos Florêncio Dias, integrantes das equipes de Rádio-Pattrulhamento com Motocicletas (RPM), atualmente se destacam perante a tropa pela excelente atuação e desempenho no atendimento de ocorrências, onde convém citar que, em vinte e cinco de setmbro do corrente ano, os referidos policiais obtiveram destaque em ocorrência que repercutiu sobremaneira positiva para enaltecer a Instituição Polícia Militar do Estado de São Paulo.
Conforme o vídeo que passaremos agora
Medalha heróis de 32
Cabo PM ALEXANDRE PINHEIRO 
 23ºBPM/M
Soldado PM RICARDO COSTA SANTOS 
 23ºBPM/M
Colar Cruz do Alvarenga e dos Herois Anonimos

Cabo PM JUAREZ SOARES MARTINS 
 2 Cia  do 23 BPM/M
Soldado PM LUIZ CARLOS FLORÊNCIO DIAS
 2 Cia  do 23 BPM/M


           
Realizaremos neste ato a outorga da Colar Heróis de 32, e convidamos as seguintes autoridades para que se postem em local de destaque:

Coronel PM Washington Luiz Gonçalves Pestana
chefe da assessoria Policial Militar do TJESP
Cel PM Celso Luiz Pinheiro
Comandante da Academia de Polícia Militar do Barro Branco
Tenente Coronel PM Fabio Luiz Pellegrini
Cmt 2° BPM/M
Major PM RAQUEL CANDIDO DA ROSA  
 Coordenadora Operacional do 23ºBPM/M
Subtenente Francisco George Trajano de Souza
Sociedade Veteranos de 32
Quintino Simões Pinto

Paulo Antônio Nunes Spinosa
Engenheiro
Sílvio Mendonça Meira
Empresário
Nilcio José De Araújo
Consultor da Ultragaz
Nelson Ruy Turano Galante
Representando o MMDC de São José do Rio Preto
Dr Alberto Germano
Advogado


Ocorrencia de destaque de soterramento

No dia 25 de fevereiro de 2015 por volta das 08:40.
Agenor Cardoso Paiva, durante trabalho em uma obra na rua Maria Curupaiti, foi soterrado pela queda de um muro sendo atendido pelo Corpo de Bombeiros e socorrido com vida para o Hospital das Clínicas

Conforme mostram as fotos que passaremos agora.

Para receber o colar e medalha heróis de 32 convidamos os seguintes militares:
Major PM Henguel Ricardo Pereira
Sub Comadante do 2 GB
1º TEN PM   ROBERTA  KAWASAKI  MARIA
2º Grupamento de Bombeiros
1º SGT PM  PITER  DRAEGER  BLAHOBRAZOFF
 AB Tático do PB Casa Verde
CB PM  WILSON  WANDERLEY  DA  SILVA
 AB Tático do PB Casa Verde
CB PM   ANDRÉ  ALVES  DA  SILVA
 AB Tático do PB Casa Verde
CB PM  OSCAR  DO  CARMO
 AB Tático do PB Casa Verde
CB PM  JEAN  CARLOS  BORGES;
 AB Tático do PB Casa Verde
CB PM  JACKSON  CARRERI.
 AB Tático do PB Casa Verde

______________________________________________________________________________

Realizaremos neste ato a outorga da Medalha de Mérito Marechal Castello Branco e a Medalha CAVALEIRO da Ordem do Mérito das Forças de Paz da ONU, e convidamos as seguintes autoridades para que se postem em local de destaque:

Cel. PM ROGÉRIO BERNARDES DUARTE
Cmt. Corpo de Bombeiros PMESP
Ten.Cel. PM VALDIR PAVÃO
Chefe do Gab. Cmt. Corpo de Bombeiros
Major E.B. ALEXANDRE RODRIGUES DE SOUSA
Adjunto a Seção de Operações da
2ª Divisão de Exército
Dr. LUIZ ANTONIO PINHEIRO
Delegado Divisionário da ACADEPOL
Ten.Cel. PM EDUARDO ALEXANDRE BENI
SubCmt. GRPAe
Major PM LUIS AUGUSTO PACHECO AMBAR
SubCmt. Regimento “9 de Julho”


Realizaremos neste ato a outorga da Medalha  Heróis de 32, e convidamos as seguintes autoridades para que se postem em local de destaque:

Cap PM Dilson Alves da Silva
Ajudante de Ordens do Subcomandante
da PMESP
Cap PM Fabio Nakaharada
Ajudante de Ordens do Subcomandante
da PMESP
Cap PM Paulo Sergio Schiavo
Chefe de Equipe do  Secretário Estadual
 de Assuntos Penitenciários
Cap PM Rodrigo Garcia Vilardi
Assessor Militar da APMSSP
Cap PM Dilermando Cezar Silva
Ajudante de Ordens do Comante Geral PM
1º Ten PM Francisco Carlos Laroca Junior
Oficial do Corpo de Bombeiros





________________________________________________________________________


Dando continuidade a entrega de medalhas Heróis de 32 , convidamos para se postarem em local de destaque:

Aluno Oficial PM Rafael Vieira
Presidente do Núcleo Ruytemberg
 Rocha da Sociedade Veteranos de 32
2º  Sargento PM  Paula Vanessa do Santos
Auxiliar da Seção de Especialização
 Motorista Polical e Autoescola
2º Sgt PM  Anderson Chrystian de Andrade
Auxiliar da Seção SJD - 24 BPM/M
Cabo PM Marcelo Da Costa
Gabinete do Gabinete do
Comandante do CCB




Sd PM Anderson Tadeu Teodoro Vigidio
Gabinete do Gabinete do Comandante do CCB



______________________________________________________________________________

Medalha de Mérito Marechal Castello Branco
Medalha Jubileu de Ouro da Vitória
Medalha Maria Quitéria
Medalha Sangue de Heróis


Cap. PM ELIAS BATISTA DO NASCIMENTO
 Cmt. Corpo Musical da PMESP
 Cap. PM CLÉBIO DE AZEVEDO
 SubCmt. Corpo Musical da PMESP
 1’º Ten PM Rafael Marques Gomes da Silva
do Gabinete do Comandante do
Corpo de Bombeiros PMESP
Sr. RICARDO DELLA ROSA
 Publicitário
Dr. WÁLTER MELLO DE VARGAS
 Presidente da ABFIP ONU
Dr Joaquim Dias Alves
Delelgado Subdiretor do DENARC
Sr. MILTON LUIZ FESTA BASILE
Empresário
Sr. ALFREDO DUARTE DOS SANTOS
Policial Civil – Gabinete do Secretário SSP/SP
Sr. MARCELO AUGUSTO TIBÚRCIO
Empresário



Medalha Capitão Sinésio de Melo Oliveira
Colar Jubileu de Brilhante da Revolução
Medalha Esplendor de São Miguel
Medalha de Mérito Marechal Castello Branco




Cap PM Marcos Daniel Fernandes
Comandante da 2 Cia  do 23 BPM/M
1 Ten PM Rafael Paladino
P5 da ROTA
Sd PM PM Amanda Tarantelli Ferreira
Escola Superior de Bombeiros

Ilmo. Dr.  Iskandar Djajarahardja            empresário
Arthur Alvares de Souza                         CPI 2
1º Ten. PM ISMAEL ALVES DE OLIVEIRA
Relações Públicas Corpo Musical PMESP
Srta. ZENAIDE MENDES DO NASCIMENTO
Ag. Op. CPTM
Cb. PM DORISMAR DANTAS DOS ANJOS NASCIMENTO
2º BPM/M
Cb. PM APARECIDO LOURENÇO DA SILVA FILHO
CSM da PMESP







A ACADEMIA BRASILEIRA DE CIENCIAS, ARTES, HISTÓRIA E LITERATURA É UMA ENTIDADE CUTURAL EM ATIVIDADE DESDE 1910, DE QUANDO DATAM SEUS PRIMEIROS REGISTROS COMO ACADEMIA BRASILEIRA DE HISTÓRIA.

NOS ANOS 1950 E 1960 HOMENS COMO AFRÂNIO ARINOS DE MELLO FRANCO, JOSÉ HONÓRIO RODRIGUES, LUIZ DA CÂMARA CASCUDO, DANTE DE LAYTANO E FÁBIO BONIFÁCIO OLINDA DE ANDRADA INTEGRARAM NOSSOS QUADROS E DESENVOLVERAM SIGNIFICTIVA PROGRAMAÇÃO PELO BRASIL.




EM HOMENAGEM E RECOMHECIMENTO AS PROFISSÕES E SUAS ÁREAS DE ATUAÇÃO, FOI CRIADA ESSA HOMENAGEM PARA ENALTECER O TRABALHO DOS PROFISSIONAIS.
CONVIDAMOS PARA RECEBER O MÉRITO PROFISSIONAL O:


Acadêmico Edvaldo Rosa
Poeta e Escrito, Acadêmico da Academia Brasileira de Ciências Artes, História e Literatura


Vander de Cassio e Silva
Artista Plástico e empresário


Athaide Anacleto Junior
Mestre de Cerimonia


Nicanor Ribeiro “Pèlle”
Sósia do nosso Rei Pele, e Presidente da Associação Brasileira de Sósias


Alexandre Emygdio Reis
Bispo da OMEBE – Ordem dos Ministro Evangélicos do Brasil Exterior

9. Palavras das Autoridades –

Dr. Mágino Alves Barbosa Filho           Secretário Adjunto de Segurança Pública do Estado de São Paulo e demais autoridades a ser definidas.

10. Encerramento






Nenhum comentário: