quarta-feira, 11 de novembro de 2015

JOSÉ DO EGITO - POR JOSÉ FERNANDO TREVISO

José cultivou uma vida de comunhão com o Senhor, desde a sua mocidade. Até chegar ao cargo de governador do Egito, Deus aperfeiçoou José com muitas provações. E foi isto que ele explicou para os seus irmãos: “Portanto, não foram vocês que me mandaram para cá, mas foi Deus. Ele me pôs como o mais alto ministro do rei. Eu tomo conta do palácio dele e sou o governador de todo o Egito” 

Do ponto de vista humano, os sete anos de fome poderiam matar Jacó, sua família e inviabilizar a promessa de Deus a Abraão. Seria o fim do povo de Deus na Terra. Quando o Senhor fez Suas promessas a Abraão e às famílias do mundo, delas já faziam parte os sofrimentos e as vitórias de José. 

Aquilo que temos sido, que somos e que seremos amanhã fazem parte dos planos da providência soberana do Senhor. Quando vivemos em nossa própria existência esta revelação da Bíblia, nossa participação dos projetos divinos ocorrem com mais consciência e mais poder do Espírito de Cristo. Nos momentos alegres e nos momentos difíceis, nunca nos esqueçamos de que “não foram vocês que me mandaram para cá, mas foi Deus”!

Nenhum comentário: