quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

FALECIMENTO DO TENENTE-CORONEL PM WÁLTER CASTRO GARCIA, PRESIDENTE DO NÚCLEO MMDC-NORTE "GENERAL EUCLYDES FIGUEIREDO"






O SUPREMO CRIADOR DO UNIVERSO CHAMOU O NOSSO QUERIDO TENENTE-CORONEL PM WALTER CASTRO GARCIA PARA SERVIR NUM DOS BATALHÕES LÁ DE CIMA. FICA APENAS UMA DOR IMENSA NO CORAÇÃO AO SABER DE SUA TRANSFERÊNCIA SEM A NOSSA ANUÊNCIA. SÓ POSSO DIZER MUITO OBRIGADO PELO QUE VOCÊ FEZ QUANDO PRESIDIU O NÚCLEO MMDC-NORTE "GENERAL EUCLYDES FIGUEIREDO".
ESPERO QUE VOCÊ PREPARE O CAMINHO PARA MIM, TALVEZ AGORA COMO SEU SUBALTERNO, PORQUE VOCÊ CHEGOU PRIMEIRO.
MEUS SENTIMENTOS AOS FAMILIARE...
Ver mais
O Núcleo Voluntários de Piracicaba acaba de receber a notícia do falecimento do Tenente Coronel Walter de Castro Garcia, presidente do Núcleo MMDC Zona Leste, São Paulo. Castro comandou o Corpo de Bombeiros em Piracicaba, há cerca de 20 anos atrás. Aos familiares, nossos sentimentos.







Toque Militar Fúnebre

SESSÃO SOLENE NA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA EM 29 DE JANEIRO DE 2015, ÀS 19:30 HORAS, PRESIDIDA PELO DEPUTADO ESTADUAL ELEITO CORONEL PM TELHADA.

SOCIEDADE VETERANOS DE 1932 – Núcleo Ibirapuera – Heróis de 32.
 “AOS ÉPICOS DE JULHO DE 32 QUE FIÉIS CUMPRIDORES DE
SAGRADA PROMESSA FEITA A SEUS MAIORES - OS QUE
HOUVERAM AS TERRAS E AS GENTES POR SUA FORÇA E FÉ -
NA LEI PUSERAM SUA FORÇA E EM SÃO PAULO SUA FÉ”. Guilherme de Almeida

Revolução de 32, Efeméride Paulista, Movimento Constitucionalista de 1932, Contra Revolução Paulista, Movimento Democrático de 1932 ou simplesmente MMDC - 1932, são algumas das diversas nomenclaturas que dão nome a guerra civil paulista iniciada em nove de julho de 1932.
Iniciados as os combates e as hostilidades, a epopeia cívica, de caráter espontâneo e democrático, visava o retorno à normalidade constitucional diante da ilegitimidade do Governo Provisório instaurado por Getúlio Vargas em 1930.
O movimento serviu, antes de mais nada, para convencer o Governo Provisório de Getúlio Vargas da necessidade de pôr fim ao caráter discricionário do regime sob o qual vivia o país. Após o término das hostilidades, São Paulo mesmo derrotado militarmente, adquire um papel de suma importância no cenário político. É nesse contexto, pós-revolução que se verificou, na prática, o fortalecimento do projeto constitucionalizante, com Vargas reativando a comissão que elaboraria o anteprojeto de Constituição e com a criação de novos partidos para concorrer às eleições para a Assembléia Nacional Constituinte. Daí a máxima “São Paulo perdeu a batalha, mas venceu politicamente a guerra”.
Anualmente, através das comemorações do ‘Nove de Julho’, são relembradas essa e outras histórias que envolveram a guerra civil paulista. Além da celebração cívica, há ainda muitos outros lugares em São Paulo que guardam e resgatam as lembranças de 1932, materiais e imateriais. Muitos ajudam a contar a história do início do conflito, como a Praça do Patriarca, local onde ocorreram importantes comícios dos revolucionários, ou a Rua Dom José de Barros, onde os manifestantes do ‘23 de Maio’, Mário Martins de Almeida, Euclides Miragaia, Dráusio Marcondes de Sousa e Antônio Camargo de Andrade, foram alvejados. Outros servem de homenagem, como o conhecido Túnel e a Avenida Nove de Julho, as ruas MMDC - acrônimo formado pelas iniciais das primeiras vítimas da Revolução e pelo qual também é conhecido o levante paulista – o Edifício Ouro para o bem de São Paulo, localizado na Rua Álvares Penteado, região central da capital, e o imponente Obelisco Mausoléu aos Heróis de 32.
Também conhecido como Obelisco do Ibirapuera ou Obelisco de São Paulo, é, sem dúvida, o  panteão dos ‘heróis de 32’. Símbolo master da efeméride constitucionalista, o mausoléu abriga os despojos aproximadamente 000 revolucionários constitucionalistas, paulistas, de outros estados da federação e, inclusive, estrangeiros que tombaram durante os combates.
É nele que também repousam os  primeiros manifestantes que tombaram durante as manifestações do dia 23 de maio Martins, Miragaia, Dráusio e Camargo e os exs-combatentes Guilherme de Almeida e Ibrahim de Almeida Nobre, respectivamente considerados como ‘o poeta de 32’ e ‘o tribuno de 32’.
A construção do mausoleu, fruto de uma campanha que mobilizou a sociedade paulista na década de 1940, denominada Campanha Pró-Monumento e Mausoléu ao Soldado Paulista de 32, reúne informações interessantes e expressa, de maneira indelével, a glória paulista. O projeto, do escultor ítalo-brasileiro Galileo Ugo Emendabili e a execução do engenheiro alemão Ulrich Edler, inaugurado em nove de julho de 1955, curiosamente, mas não ocasional, apresenta medidas e algarismos que aludem a Revolta:  nove degraus na entrada;  possui área externa, em forma de coração onde esta chantada a espada – representada pelo oblisco, de 1932 metros quadrados; tem 81 metros de altura - cuja raiz quadrada é nove; tem a base maior do trapézio, no chão, para quem olha o monumento de frente, 9 metros; tem a base menor, em cima, 7 metros e a largura da cripta, interna e embaixo, 32 metros. Assim, quem olha de frente o perfil da planta observa os números 32 - 9 - 7, que reverenciam e aludem a data magna no claendário paulista: o ano, o dia e o mês da Revolução de Nove de julho de 1932.
  O carater popular, a universalidade da causa revolucionária e o sentimento de dever a ser cumprido que atraíram voluntários de todas as classes sociais pode ser visto nas palavras do escultor: "Quando cheguei ao Brasil, integrei-me completamente na vida brasileira. Nada tinha a não ser minha esposa e eu mesmo. Nove anos após minha chegada estourou a Revolução Constitucionalista. Pode parecer estranho que um italiano tenha sentido tão profundamente este movimento tipicamente brasileiro. Mas em nove anos, aprendi a querer bem o Brasil e particularmente São Paulo. Em virtude desse amor à causa paulista, por ter compreendido a santa finalidade da revolução que procurei lembrar para sempre os feitos dos soldados de São Paulo nesse movimento."

Portanto, a criação do núcleo SOCIEDADE VETERANOS DE 1932 – Núcleo Ibirapuera – Heróis de 32, vai de encontro com o ideal histórico, de cunho preservacionista de promover os ideais cívicos e democráticos capitaneados pela sociedade paulista na década de 1930 diante das arbitrariedades ditatoriais, de cunho fascista, protagonizadas por Getúlio Vargas. Também, faz frente à estratégia político-pedagógica de que celebrações, como as do Nove de Julho, são expressões conservadoras e tendenciosas que buscam elevar regionalismos, rendendo louros às elites.
A criação do Núcleo Ibirapuera, acrescenta mais um apêndice à história militar, paulista e, acima de tudo, brasileira, e, assim como a Revolução Constitucionalista, serve de coroamento ao contínuo processo de busca pelas liberdades democráticas. Também expressa, de maneira superlativa, a grandeza do Movimento de 32 e o do próprio Estado de São Paulo para a nação, alçando a sociedade paulistana do secular bandeirismo desbravador e do progresso ao cabedal dos mártires republicanos democráticos modernos.
Dessa forma, o surgimento de mais uma célula constitucionalista, sediada nas proximidades do Obelisco Mausoléu aos Heróis de 32, agregará à força das bandeiras, imortalizada pelo Monumento às Bandeiras do escultor Victor Brecheret, a justiça da espada de Ugo Emendabili.
Citando Waldemar Bittencourt, registramos nossas homenagens aos heróis tombados: “Salve! Terra Bandeirante. Salve! São Paulo amado! Que p’ra sempre encerra, Os heróis sacrificados.” e aos patrícios, que passam de agora em diante a compor nossas fileiras no Núcleo na defesa da Lei e da Ordem , nosso manifesto de dever a ser cumprido: “Lá no Céus aonde estão, Também queria, eu lá estar. Mas meu coração também precisa, algum sangue derramar.”

São Paulo, 31 de outubro de 2013.



SOCIEDADE  VETERANOS  DE  32 – MMDC
“São Paulo Forte, Para Um Brasil Unido”
Núcleo “MMDC LESTE - Juventude Constitucionalista”

Evento do Dia 29de JANEIRO de 2015– 19:30h
Local: ALESP – Ass. Legisl. SP
Av. Pedro Álvares Cabral – Ibirapuera / SP

Solenidade Alusiva à Valorização de Dignitários que Apóiam as Forças de Segurança Pública, e, Comemoração ao“Ano do83º Aniversário da Juventude Constitucionalista”
Site:www.mmdcleste.com.br  -E-Mail:mmdcleste@uol.com.br






Lista de entregas das Condecorações do mmdc leste

GRÃ CRUZ OFICIAL DA PAZ – Associação Brasileira das Forças Internacionais de Paz do Brasil na ONU

Exmo Dr. Alexandre de Moraes – Secretário de Segurança Publica do Estado de São Paulo
Exmo Dr. Youself Aboud Chain – Delegado Geral de Polícia Civil do Estado de São Paulo
Exmo Cel PM Ricardo Gambaroni – Comandante Geral da Polícia Militar do Estado de São Paulo


OCORRÊNCIAS DE DESTAQUE
1ª Etapa (Chamar na Sequência as 5 ocorrências):
0)- Passar o Vídeo Institucional de Ocorrências de Alto Risco que os Policiais atendem, e inclusive “com o Sacrifício da Própria Vida”.

1)- Oc. Cb F. COSTA da Rota Vítima de ESFAQUEAMENTO NA MÃO
NOME
FUNÇÃO
Medalha
1
Cb PM Fernando da Costa
1º BPChq - rota
Heróis de 32
Após o COPOM irradiar ocorrência de desinteligência, a viatura da área, M-16409 e a viatura de ROTA 91403 se deslocou para o local. Chegando ao local, os policias constataram um indivíduo alterado, que havia causado Dano em um veículo, e se encontrava ameaçando transeutes com faca. Ao perceber a aproximação do policial, Cb PM Fernando da Costa, pertencente a equipe de ROTA, o indivíduo desferiu golpes de facada, acertando sua mão. O 3º Sgt PM Germana, pertencente à equipe da vtr 16409, ao visualizar a agressão contra o policial, fez uso de sua espingarda Cal 12, efetuando dois disparos acertando ambas as pernas. Posteriormente, o Cb F. Costa foi socorrido ao PS., medicado e liberado. A ocorrência foi apresentada no 89º DP, e registrada como Homicídio Tentado e Resistência.

2)- Oc. SD ALEX da Rota Alvejado com TIRO NO COLETE
NOME
FUNÇÃO
Medalha
1
Sd PM Alex Sandro Ferreira dos Santos
1º BPChq - rota
Heróis de 32
A vtr de ROTA 91411, tendo como equipe o 3º Sgt Nantes, Cb Bertolotti, Sd Alex e 2º Sgt Alexandre, realizavam operação pela área do Sacomã, em razão da morte do Sd Silva, alvejado na cabeça quando realizada incursão no interior de uma favela. Prosseguindo no patrulhamento, a equipe de ROTA avistou um individuo escondido em um terreno baldio, que ao perceber a presença da viatura, foram agredidos a tiros. Momento em que desembarcaram, e que, respondendo a injusta agressão, o agressor foi alvejado. Posteriormente, o Sd Alex solicitou  apoio pois percebeu que também havia sido baleado na região do abdomen. Com o apoio da vtr de ROTA 91403, 3º Sgt Decco, foi socorrido ao hospital de Heliópolis, e notou-se que o projétil não havia transfixado o colete, tendo em vista que o policial estava fazendo uso do anteparo balístico, porem o impacto do tiro que o Sd Alex tomou, causou-lhe um trauma de choque, provocando um ferimento considerável, conforme podemos ver nas imagens. Já o agressor, não resistiu aos ferimentos entrando em óbito. Os disparos efetuados pelo marginal também atingiram o pneu e para-choque dianteiro da viatura.

Homens de Honra
Grande Colar

Exmo Dr. Fabio de Salles Meirelles – Presidente da Federação de Agricultura do Estado de São Paulo
Exmo Dr. Alberto Jabur – Consul de El Salvador


Grã Cruz
Ilmo Dr. Fernando Ramazzini - Presidente da Associação Brasileira de Combate a Falsificação

Grã Cruz Heróis de 32 – Decreto 59.908 de 06 de dezembro de 2013 – do Governador do Estado deSão Paulo Geraldo Alckmin
Ilmo Dr. Marcelo Garella – Presidente da Garella Corretora de Plano de Saude


3)- Oc. CB SARAIVA da Rota ESFAQUEADO NO BRAÇO
NOME
FUNÇÃO
Medalha
1
Cb PM Joabe Rodrigues Saraiva
1º BPChq - rota
Heróis de 32
A Viatura de ROTA 91403, com os integrantes 3º Sgt PM Decco;Cb PM Saraiva (esfaqueado no braço) Sd PM Martini e Sd PM Damasceno realizavam patrulhamento pela área central de São Paulo, e se depararam com dois indivíduos realizando roubo a transeunte. Ao desembarcarem da viatura para realizar abordagem, um dos indivíduos resistiu e empreendeu fuga a pé. Enquanto o Sd Damasceno permaneceu abordando um dos criminosos, os demais foram no encalço do evasor, e ao se aproximarem, o individuo voltou-se e desferiu golpes de faca, atingindo o braço  esquerdo do Cb Saraiva, e ainda resistindo a prisão, deixou  cair um revolver, e mesmo ferido, o Cb Saraiva fez uso de sua arma de fogo atingindo o agressor, que ainda assim, em ato continuo tentou ferir o Sgt Decco, que também defendeu-se da injusta agressão, alvejando-o, que veio ao solo. Posteriomente, o Cb Saraiva foi socorrido ao PS. Santana, medicado e liberado. O agressor não resistiu ao ferimento entrando em óbito. O outro indivíduo foi preso, e, ambos foram  reconhecidos pela vitima  como autores do roubo. Os pertences da vitima foram recuperados. Nos slides podemos ver as fotos do braço do Cb Saraiva que foi esfaqueado.

Ocorrências
Medalha heróis de 32
Ilmo Cap PM IGOR SERGEI KLEIN  
Ilmo Cb PM Patrick Luis do Prado;
Ilmo Sd PM André Vasconcelos Xavier
Ilmo Sd PM Roberto Rodrigues Leite Neto;
Ilmo Sd PM Leandro Augusto Garcia;
Ilmo Sd PM Etiene Barbosa de Lima Carvalho

Vítimas:
 - Ingrid Maria do Carmo Lima, (11 anos);
 - Igor do Carmo Santos, (8 anos);
 - Isnaid do Carmo Lima, (6 anos).
 
  Resumo:
 Guarnição já  havia encerrado o serviço, quando avistou afogamento no setor “04”. Onde haviam 03 (três) crianças.
 Sendo uma delas com grau 06, foi reanimada no local. Com apoio do Maj. Rodrigues.
 A vítima foi transportada para o P.S. de Boissucanga, pelo Sd PM Xavier, Sd PM Garcia e Maj. Rodrigues.
 Obs. crianças sem acompanhantes responsáveis.


4)- Oc. Rota de TRAFICO INTERNACIONAL DE DROGAS
NOME
FUNÇÃO
Medalha
1
1º Ten PM Andrey Sudatti do Carmo
1º BPChq - rota
Mérito Constitucionalista
2
2º Sgt PM Matheus Felipe Matos Fonseca
1º BPChq - rota
Mérito Constitucionalista
3
3º Sgt PM Israel Nantes Santos
1º BPChq - rota
Mérito Constitucionalista
4
2º Sgt PM Alexandre Ricardo Pereira
1º BPChq - rota
Mérito Constitucionalista
5
Cb PM Idagilson Garrido Santos
1º BPChq - rota
Colar Cruz Honra Constituc
6
Cb PM Walter Luiz Santana
1º BPChq - rota
Mérito Constitucionalista
7
Cb PM Alexandre de Lima Costa
1º BPChq - rota
Mérito Constitucionalista
8
SdPM Felipe Freitas da Silva
1º BPChq - rota
Mérito Constitucionalista
Em 25Nov14, as vtr’s de rota 91487 e 91417, após receber determinação do cmdo de ROTA, deslocaram-se para a Praia Grande, litoral sul de SP, para averiguar denúncia de que chegaria neste dia, um grande carregamento de drogas. Durante o patrulhamento, depararam com o veículo Cruze, e ao efetuarem abordagem, localizaram no porta-malas, local onde fica o estepe, 13 tabletes de Maconha, confirmando assim parte da denúncia. Ao indagar o abordado, informou que o restante estaria em um caminhão. Rapidamente deslocaram-se para o local indicado e obteram êxito em localizar o veículo, além de localizarem meia tonelada de Maconha, foram  recolhidos à carceragem 11 indiciados. A ocorrência foi apresentada na Policia Federal de Santos, e realizado Flagrante de Tráfico de Entorpecentes e Associação ao Tráfico. Nos slides podemos ver as fotos não só da enorme quantidade de drogas, bem como das armas de fogo e objetos de ilícito apreendidos com a quadrilha de trafico internacional de drogas.

5)- Oc. de Roubo a Banco na Zona Leste na Virada da Passagem de Ano Novo
NOME
FUNÇÃO
Medalha
1
Cap PM Rodrigo dos Santos Iacovantuono
Cmt Cia FT 29º BPM/M
Heróis de 32
2
1º Ten PM Filipi da Silva Cassavara
Cmt Pel FT 29ºBPM/M
Esplendor S. Miguel
3
2º Sgt PM Jean Araujo de Oliveira
FT 29ºBPM/M
Esplendor S. Miguel
4
2º Sgt PM Antonio Eduardo Prado
FT 29ºBPM/M
Mérito Constitucionalista
5
3º Sgt PM Vanderlei Moreira dos Santos
FT 29ºBPM/M
Esplendor S. Miguel
6
Cb PM Luis Alberto Almeida Lima
FT 29ºBPM/M
Esplendor S. Miguel
7
Cb PM Damião Santos Eduardo
FT 29º BPM/M
Heróis de 32
8
Cb PM Esdras Pereira dos Santos
P/2 do 29ºBPM/M
Esplendor S. Miguel
9
Sd PM Adriano Batista de Lima
FT 29ºBPM/M
Esplendor S. Miguel
10
Sd PM Rafael do Carmo
FT 29ºBPM/M
Esplendor S. Miguel
11
Sd PM Gustavo Gomes Malpighi
FT 29ºBPM/M
Esplendor S. Miguel
12
Sd PM Wallace Alves de Almeida
FT 29ºBPM/M
Esplendor S. Miguel
13
Sd PM Ricardo Bezerra Franco
P/2 do 29ºBPM/M
Esplendor S. Miguel
14
Sd PM André de Lima Souza
FT 29ºBPM/M
Esplendor S. Miguel
15
Sd PM Erick da Silva Andrade
FT 29ºBPM/M
Esplendor S. Miguel
Em 31/12/14 após uma denúncia anônima de que criminosos explodiriam caixas eletrônicos para roubar dinheiro durante a virada do ano, aproveitando-se da queima de fogos. O Pelotão de Força Tática e os integrantes da Agência de Inteligência do 29º BPM/M foram para as imediações do local, e foi visualizado pelos agentes do setor de Inteligência, na esquina de uma agência do Banco do Brasil, um indivíduo agachado com touca ninja portando um fuzil fazendo a segurança dos ladrões que colocavam explosivos nos caixas eletrônicos. O Ten Filipe juntamente com seu pelotão de Força Tatica, agiu, fazendo incursão a pé, onde visualizaram cerca de 10 ladrões armados de fuzis, que ao perceberem a aproximação dos Policiais, fizeram vários disparos de fuzis havendo confronto de tiroteio. No momento em que os Policiais passavam de frente a agência no encalço dos bandidos, foram surpreendidos pela explosão dos artefatos, que projetou o SD PM ANDRADE a cerca de 02(dois) metros de distância, caindo ao solo sofrendo escoriações. Parte da Quadrilha foi presa, juto com arma de fogo e touca ninja.

-Parabéns aos Policiais do 29º BPM/M por esta ocorrência de grande complexidade em que foram vítimas de tiros de fuzis e explosão dos artefatos, entretanto, não se feriram graças a Proteção de Deus; bem como Parabéns a todos os Policiais de rota por suas ocorrências e atuações de destaque também.

Ocorrências 2ª Cia 23 BPMM – Medalha Herois de 32
1.    ILMO SD PM DIOGO AMARAL PEREIRA
2.    ILMO SD PM DANIEL NAZARENO CORTEZ
3.    ILMO SD PM LUIZ CARLOS FLORÊNCIO DIAS
4.    ILMO SD PM MARCELO REIS DA FONSECA


Segue anexo as sínteses da ocorrencias

2ª Etapa (Chamar na Sequência todas as medalhas) :
Medalha: “Cel Herculano – 2 de Ouro – 2º BPM/M
NOME
FUNÇÃO
1
Profº Adilson Cezar
Pres. IHGGS e Cons H Mér SP
2
Cel PM Alexandre Marcondes Terra
Pres Assoc PMs de Cristo
3
Cel PM Camilo de Lelis Maia
Dir Assoc PMs de Cristo
4
3º Sgt PM Milton de Souza Barreiro
ultima OPM: ALESP

Medalha: “COLAR CRUZ DE HONRA CONSTITUCIONALISTA
NOME
FUNÇÃO
1
Maj PM Carlos José de Brito
Cmt Intº do “2 de Ouro”
2
Fábio Luiz Michica
Diretor da Germânia

Colar Homens de Honra

Ilmo Sr Valdecir Gomes Figueira – Vice Presidente da ACEVART
Ilmo Dr. Edival Marcos Olivera – Diretor da RONTAM
Ilmo Dr. Arcênio Rodrigues da Silva – Procurador da Fundação Faculdade de Medicina
Ilmo Dr. Ferrucio DallAglio – Cirurgião Plástico
Ilmo Prof. Dr. Osvaldo José dos Santos – Policial Civil Aposentado e Conselheiro da Academia Brasileira de Ciências, Artes, História e Literatura
Ilmo Dr. Flavio Domingos Finamore – Advogado e Professor da ADESG

Colar Heróis de 32 - Decreto 59.908 de 06 de dezembro de 2013 – do Governador do Estado deSão Paulo Geraldo Alckmin

Ilmo Cap PM Rogério Lodi – Fundo de Solenidade do Estado de São Paulo
Ilmo Dr. Fabio  Apolônio – Diretor da Real Proteção – Segurança Eletronica
Ilma Dr. Geovana  Donelas  - Empresária

Colar da Academia de História Militar Terrestre de São Paulo
Ilma Dra Emanuelle Emanuelle – Escritora e Empresária

MEDALHA GRAU CAVALEIRO
1
Ten Cel PM Átila Gregório Ribero Pereira – Chefe de Gabinete do Comandante do Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo
2
2º Sgt PM Taylor Reche Garcia
3
Ilmo Sr Norton Glabes Labes - Empresario
Ilmo Dr Norton Aguiar Labes - Empresario
Sr. Herbert Lopes de Carvalho

MEDALHA OFICIAL DA PAZ
1
Cap PM Rubens Alves Pereira
2
Sr. César Augusto Arruda Cezar


Medalha: “MÉRITO CONSTITUCIONALISTA
NOME
FUNÇÃO
1
Sub Ten PM Jose Soares Medina
FT 29ºBPM/M
2
Cb PM Carlos Alex Bandeira
FT 29ºBPM/M
3
Cb PM Augusto Baptista de Souza

4
Sd PM Alex Cardoso de Almeida
PM do Rio Grande do Norte

Medalha: “ESPLENDOR DE SÃO MIGUEL
NOME
FUNÇÃO
1
1º Ten PM Felipe Barboza de Carvalho
1º BAEP
2
1° Ten PM Gerson Aparecido da Silva
39º BPM/M
3
3º Sgt PM Aurino Sales da Costa
Pres. Cristo Pol Brasil
4
Sgt FAB Bruno Roberto Tomaz de Souza
FAB
5
Cb PM Adalberto de Mendonça Oliveira
1º BAEP
6
Cb PM Antonio José Schibelsky
1º BAEP
7
Cb PM Nairan Ricard Oliveira Santos
Eq FT do 29º BPM/M
8
Sd PM Rogerio Souto da Costa
FT 29ºBPM/M
9
Sd PM Ramon Dourado dos Santos
1º BAEP
10
Edmar Henrique Bernardes
Boina Azul ABFIP ONU

Medalha Mérito Marechal Castelo Branco da Associação Campineira dos Oficiais da Reserva do 28 BIB
Ilmo Dr. José Carlos Rodrigues Pereira do Vale – Advogado Trabalhista e empresarial
MEDALHA MARECHAL CASTELO BRANCO
1
1º Ten EB R2 Carlos Alberto Ciccone

Medalha Heróis de 32


1 Exmo Dr. Benedito Anselmo da Silva Neto – Delegado de 8 DP
2 Ilmo Cap PM Eliseu Chaves de Oliveira
3  Ilmo Cap PM Fabricio Garcia Luiz de Almeida
4Ilma 2°Sgt PM Juliana de Cassia Antunes
5 Ilmo CB PM Fernando da Costa
6 Ilmo CB PM Joabe Rodrigues Saraiva
7Ilmo SD PM Alex Sandro Ferreira dos Santos
8Ilmo SD PM Carlos Eugênio Pereira
9 Exmo Dr. Rodrigo Tucci Terêncio – Empresário
10 Ilmo Dr. Marco Antônio Terêncio – Empresário






Elaborado por SgtRosalin – DirAdmNucleommdc leste


 “Pro Sancto Paulo fiant eximia”