terça-feira, 17 de março de 2015

ESTATUTO DA FAMÍLIA BATE RECORDE DE ACESSOS AO SITE DA CÂMARA

Prezado Coronel
 
Vamos passar essa enquete  da Camara FEderal a todos os possíveis, trata-se de uma votação sobre o Estatuto da Família. Votando sim escolhemos a união cristã, tradicional, entre o homem e a mulher. Os do LGBT estão tentando mudar esse estatuto votando não 
 
Abs
 
João Francisco de Aguiar, prof.
Economista, CNPI
11 - 995456261 

 

VISITAS GUIADAS AO OBELISCO DO IBIRAPUERA - MAUSOLÉU DOS HERÓIS DE 32

MMDC

Anexos10:50 (Há 12 horas)
para Cco:mim

NÃO DEIXEM DE ASSISTIR O VÍDEO


REPASSANDO



Meus queridos amigos,
 
       Somos objeto da crítica, da humilhação e do desprezo da mídia em todos os cantos do mundo. Talvez  faltem apenas Venezuela, Argentina e Bolívia a fazer comentários jocosos sobre nós. As manifestações de ontem foram representativas da nossa indignação e, especialmente em São Paulo, traduziram o sentimento de boa parte da nação em relação à situação de descalabro que vivemos. Estivemos na Avenida Paulista e fomos parte daquele milhão de pessoas. E, em 12 de abril ,lá estaremos novamente. E não nos incomoda que alguns ministros,  a cúpula do partido governamental , a isso se refiram como "terceiro turno". Se necessário, teremos um quarto, um quinto e quantos mais forem precisos para extirpar do seio pátrio o cancro que nele se instalou. Não deixem de assistir este vídeo.    

Venezuela Treina MST para Revolução Socialista

MST PRONTO PARA A GUERRA CIVIL E UM CORONEL PM PRONTO PARA ENFRENTÁ-LO

MST pronto para a Guerra Civil e Coronel PM pronto para enfrentá-los.


x

TOGNETTI, Americo


 
              REPASSO... lembrando que, desde o meu CAO, venho como aquele sambinha de uma nota só, pregando contra a guerra revolucionária que está armada ha século para dominar este país e, até hoje, por isso, não sou levado a sério, inclusive tido como um pessimista trágico, um paranóico. Agora, depois de 35 anos, parece que alguns já  começam a ver a ponta da unha do dragão. Quanta esperteza, que agucidade!!! Assim, começam, surpreendentemente, a concordar com algumas daquelas visões paranóicas... PENA  SER MUITO TARDE PARA EVITAR O PIOR. EVITAR O QUE A SOCIEDADE BRASILEIRA NUNCA IMAGINOU TER QUE UM DIA ENFRENTAR... https://www.youtube.com/watch?v=apbXc0vXl0M 
 
        Entre outras atitudes, rezem para a Divina Providência por a sua mão sobre nossas famílias e, SÓ POR MILAGRE, salvá-las da avalanche da violência pantagruélica inerente aos psicopatas comunistas,  já demonstrada em séculos de história. Lembrando: "MILAGRE NÃO É PARA TODOS, MAS ELE EXISTE".
 
----- Original Message -----
From:  Galante
Sent: Tuesday, March 17, 2015 11:27 AM
Subject: O MST preparado para a Guerra.
Complemento ao video com o discursofeito em Caracas/VEN pelo bandoleiro Stedile, chefe do exercito convocado por Lulla
Assista o vídeo e tire suas próprias conclusões ...
 https://www.youtube.com/watch?v=tn8adgNGfeU
Já estamos em plena luta para a implantação do Comunismo Bolivariano Cubano em nosso país e os órgãos de imprensa não divulgam.... 
Acorda Brasil se esperarmos 2018 acontecerá como na Venezuela.
 Façamos como o coronel da reserva da PM de Goias que ja se antecipou e declarou estrar pronto para enfrentar a luta armada dos comunistas...
assista:>> https://www.facebook.com/video.php?v=806467716067061&set=vb.466816306698872&type=2&theater

INSTITUTO HISTÓRICO E GEOGRÁFICO DE SÃO PAULO - EVENTO DIA 25 DE MARÇO 0 16 HORAS

Bom dia a todos,

Segue abaixo convite do próximo evento a ser realizado no Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo.

15 DE MARÇO DE 2015 - DOMINGO

D I A    Q U I N Z E     D E    M A R Ç O     D E      2 015     –      D O M I N G O.
78 anos, dois meses e 16 dias de idade.
Início das minhas memórias – 9 de julho de 1950.
DIA 249º DO ANO 65º - MÊS 9º
56 anos e 282 dias na PMESP.
56 anos e 33 dias na ESCOLA DE OFICIAIS – 20 087 DIAS – 484 992 horas.
51 anos e 190 dias da DECLARAÇÃO À ASPIRANTE A OFICIAL
27 anos e 3 dias no posto de CORONEL – 324 meses e 4 dias
9 924 dias CORONEL - 23 anos e 91 dias na reserva.
3 anos e 251 dias na Presidência da Sociedade Veteranos de 32-MMDC
10 471-252 064                          9 924-238 568                               10 237-246 992.
DIA DE SÃO CLEMENTE M. HOFBAUER. Nascido na MORÁVIA, de uma família pobre, teve extrema dificuldade para conseguir ordenar-se sacerdote. Entre outras atividades, trabalhou como aprendiz de padeiro. Tornou-se apóstolo da intelectualidade vienense. Também trabalhou na cidade de VARSÓVIA.
DIA DE SANTA LUÍSA DE MARCILLAC. Fundou com SÃO VICENTE DE PAULO a irmandade FILHAS DE CARIDADE, em 1633. Foi a principal colaboradora de SÃO VICENTE DE PAULO, que a orientou em suas  crises de fé. Órfã aos 14 anos, queria ingressar na vida religiosa, mas acabou se casando e teve uma filha, mas dedicou a vida aos idosos e doentes. Aos 34 anos, ficou viúva.

DIA DO CONSUMIDOR
DIA DO CIRCO
DIA DA ESCOLA
DIA DA REVOLUÇÃO DE 1848 (HUNGRIA)

Conhecido oficialmente a partir de 15 de março de 1962, quando o então presidente dos ESTADOS UNIDOS – JOHN F. KENNEDY – instituiu o DIA MUNDIAL DOS DIREITOS DO CONSUMIDOR. Contém quatro direitos fundamentais (segurança, informação, opção e ser ouvido). A proteção ao consumidor já era praticada a.C.
Século XVIII a. C – BABILÔNIA – existia o CÓDIGO DE HAMURABI que continha regras para questões familiares, sucessórias e patrimoniais, entre outras;
Século XIII a.C – ÍNDIA – CÓDIGO DE MASSU que continha sanções para quem adulterasse os alimentos;
Século XV – FRANÇA – castigos físicos eram aplicados aos falsificadores de produtos alimentícios;
Século XVII – criação do microscópio para analisar a água, os alimentos e outras adulterações, na defesa dos consumidores;
1891 – NOVA YORK – criação da UNIÃO DOS CONSUMIDORES (CONSUMERS UNION);
1899 – criação da LIGA NACIONAL DOS CONSUMIDORES (NATIONAL CONSUMERS LEAGUE), reunindo a FILADÉLFIA, CHICAGO, BOSTON e NOVA YORK.
Depois vieram as adaptações e adequações, acompanhando a era moderna e de internacionalização da economia. Porém, o motivo primário da criação da defesa do consumidor foi a junção das reivindicações trabalhistas (luta contra a exploração do trabalho das mulheres e das crianças), com o boicote a produtos alimentícios.
No BRASIL, o CÓDIGO DE DEFESA DO CONSUMIDOR está na LEI Nº 8078 de 11 de setembro de 1990, e foi legislado pelo Congresso Nacional, embasado no princípio da ordem econômica, com a finalidade de harmonizar a defesa do consumidor com o desenvolvimento econômico fundado na economia de mercado e na livre concorrência.

2059 a. JÚLIO CÉSAR, general e estadista romano (nasceu 100 a.C) é assassinado por MARCUS JUNIUS BRUTUS, DÉCIMUS JUNIUS BRUTUS e vários outros senadores romanos nos “IDOS DE MARÇO”, 15 de março de 44 a. C.
965 a. morre ROMANO II, imperador de BIZÂNCIO, em 15 de março de 1050. Nasceu em 938.
522 a. CRISTÓVÃO COLOMBO chega a PALOS DE MOGUER no dia 15 de março de 1493, após ter descoberto a AMÉRICA. Retorna à ESPANHA depois de sua primeira viagem às AMÉRICAS.
329 a. nasce GIOVANNI BATTISTA TIEPOLO, pintor italiano, em 15 de março de 1696. Falece em 1770.
302 a. nasce NICOLAS LOUIS DE LACAILLE, astrônomo francês, em 15 de março de 1713. Falece em 1762.
291 a. morre ALEXANDRE DE GUSMÃO, padre jesuíta português, em 15 de março de 1724. Nasceu em 1649.
248 a. nasce ANDREW JACKSON, presidente dos ESTADOS UNIDOS, no dia 15 de março de 1767.
226 a. JOAQUIM SILVÉRIO DOS REIS entrega ao VISCONDE DE BARBACENA sua carta-denúncia contra a INCONFIDÊNCIA MINEIRA em 15 de março de 1789.
211 a. Promulgação na FRANÇA do Código Civil, chamado CÓDIGO DE NAPOLEÃO, em 15 de março de 1804.
191 a. nasce o PADRE JÚLIO CHEVALIER, padre católico da FRANÇA, fundador da Congregação dos Missionários do Sagrado Coração, em 15 de março de 1824. Falece em 1848.
182 a. morre KURT SPRENGEL, médico e botânico alemão, em 15 de março de 1833. Nasceu em 1766.
180 a. nasce EDUARD STRAUSS, compositor austríaco, em 15 de março de 1835. Falece em 1916.
176 a. VENEZUELA e GRÃ-BRETANHA firmam um tratado sobre a abolição do tráfico de escravos, em 15 de março de 1839.
173 a. falece MARIO LUIGI CHERUBINI, compositor italiano, em 15 de março de 1842.
161 a. nasce EMÍLIO VON BEHERING, um dos criadores da sueroterapia, Prêmio NOBEL de MEDICINA, em 15 de março de 1854.
158 a. revolução na VENEZUELA, cujo início deu-se em 15 de março de 1857. O presidente JOSÉ TADES MONAGAS deixa seu cargo e se põe sob proteção do corpo diplomático. 
152 a. ESPANHA reconhece a independência de HONDURAS, em 15 de março de 1863.
142 a. GUERRA DE CUBA: começa a batalha das GUÁSIMAS, que causou mais de mil mortes, em 15 de março de 1873.
133 a. nasce JÚLIO PRESTES DE ALBUQUERQUE, em SÃO PAULO, no dia 15 de março de 1882. Formado em Direito pela Faculdade do Largo de São Francisco na turma de 1906. Deputado Estadual (1909, 1910/12, 1913/15, 1916/18, 1919/21 e 1922/24). Líder da maioria na Câmara Estadual (Assembléia Legislativa) no Governo WASHINGTON LUÍS (1922/24). Deputado Federal (1924/26 e 1927). Líder na maioria na Câmara Federal no Governo Washington Luís (1926/27). Presidente do Estado de São Paulo (1927/30). Presidente da República eleito em 1930, mas não empossado por causa da REVOLUÇÃO DE 1930. Falece em 9 de fevereiro de 1946.
133 a. inauguração da primeira Exposição Continental de BUENOS AIRES, em que a maioria dos países da AMÉRICA DO SUL participa, em 15 de março de 1882.
123 a. é fundado o LIVERPOOL FOOTBALL CLUB, time de futebol da INGLATERRA, em 15 de março de 1892.
123 a. JOSÉ MARÍA REÍNA BARRÍOS começa seu governo na República da GUATEMALA, em 15 de março de 1892, que durou até 1898.
116 a. das publicações no jornal DIÁRIO POPULAR, edição de 15 de março de 1899: o senhor J. PINTO FERREIRA LEITE, presidente da Companhia UNIÃO SOROCABANA E ITUANA, dirigiu ao JORNAL DO COMÉRCIO a seguinte carta: “O senhor MAX FLEUIS, procurador dos senhores POYARES & COMP, afirma sem receio de contestação que nos papéis da polícia não consta ter sido verificado a falsidade de 2.000 debentures em questão. Se se verificou ou não a falsidade desses títulos, não cabe à Companhia afirmar ou negar, porque a verificação dependia do exame dos peritos e era exclusiva competência da polícia”.
Lemos no DIÁRIO DE MINAS que em breve será instalado o bispado do Sul Mineiro, com sede em POUSO ALEGRE, contando que será nomeado bispo o monsenhor JOÃO EVANGELISTA BRAGA, segundo se infere de cartas recebidas na capital de BELO HORIZONTE.
O comitê que se constituiu em ASSUMPÇÃO para tratar da relevação da grande dívida eu o PARAGUAI contraiu com as nações que sustentaram a guerra da tríplice aliança, está conseguindo muitas simpatias na República ARGENTINA. Fala-se em BUENOS AIRES que o GENERAL JÚLIO ROCCA é favorável a esse ato de generosidade política.
No RIO, o governo federal fez ontem incinerar mais mil contos em notas recolhidas à caixa de amortização e retiradas da circulação.
O doutor ENNES, diretor da Casa da Moeda, enviou ontem, por intermédio da Fazenda, 430 contos em estampilhas para a cobrança do imposto de consumo, na alfândega, nas mercadorias recebidas do estrangeiro.
115 a. Nasce no Recife, em 15 de março de 1900, Gilberto Freyre, filho do Dr. Alfredo Freyre — educador, Juiz de Direito e catedrático de Economia Política da Faculdade de Direito do Recife — e de D. Francisca de Mello Freyre. Aos seis anos de idade tenta fugir de casa, escondendo-se em Olinda, cidade à qual devotou grande amor e da qual escreveria, em 1939, o 2° Guia Prático, Histórico e Sentimental. Inicia seus estudos freqüentando o Jardim da Infância do Colégio Americano Gilreath, em 1908. Faz seu primeiro contato com a literatura através das Viagens de Gulliver. Mas, apesar de seu interesse, não consegue aprender a escrever, fazendo-se notar pelos desenhos. Toma aulas particulares com o pintor Telles Júnior, que reclama contra sua insistência em deformar os modelos. Começa a aprender a ler e escrever em inglês com Mr. Williams, que elogia seus desenhos. Em 1909 falece sua avó materna, que viva a mimá-lo por supor ser o neto retardado, pela dificuldade em aprender a escrever. Ocorrem suas primeiras experiências rurais de menino de engenho, nessa época, quando passa temporada no Engenho São Severino do Ramo, pertencente a parentes seus. Mais tarde escreverá sobre essa primeira experiência numa de suas melhores páginas, incluída em Pessoas, Coisas & Animais. Nas férias de 1911 passa seu primeiro verão na praia de Boa Viagem, onde escreve um soneto camoniano e enche muitos cadernos com desenhos e caricaturas. Dá as primeiras aulas no Colégio, em 1913. Em 1914, ensina Latim, que aprendeu com o próprio pai, conhecido humanista recifense. Toma parte ativa nos trabalhos da sociedade literária do colégio. Torna-se redator-chefe do jornal impresso do colégio: O Lábaro. Em 1915, tem lições particulares de Francês com Madamme Meunieur. Corresponde-se, em 1916, com o jornalista paraibano Carlos Dias Fernandes, que o convida a proferir palestra na capital do Estado, João Pessoa. Seu pai  não apreciava Carlos Dias Fernandes, pela vida boêmia que levava. Mesmo assim Gilberto Freyre viaja autorizado pela mãe e lê no Cine-Teatro Pathé sua primeira conferência pública, dissertando sobre Spencer e o problema da educação no Brasil. O texto foi publicado no jornal O Norte, com elogios de Carlos Dias Fernandes. Influenciado pelos mestres do colégio, tanto quanto pela leitura do Peregrino de Bunyan e de uma biografia do Dr. Livingstone, toma parte em atividades evangélicas e visita a gente miserável dos mocambos recifenses. Interessa-se pelo socialismo cristão, mas lê como uma espécie de antídoto a seu misticismo, autores como Spencer e Comte. Eleito presidente do Clube de Informações Mundiais, fundado pela Associação Cristã de Moços do Recife. Em 1917, conclui o curso de Bacharel em Ciências e Letras do Colégio Americano Gilreath. Eleito orador da turma, cujo paraninfo é o historiador Oliveira Lima, desde então seu amigo, faz-se notar pelo discurso que profere. Começa a estudar grego. Torna-se membro da Igreja Evangélica, desagradando a mãe e a família católica. Segue, no início do ano de 1918, para os Estados Unidos, fixando-se em Waco (Texas) para matricular-se na Universidade de Baylor. Inicia sua colaboração no Diário de Pernambuco, com uma série de cartas intituladas "Da outra América". No ano de 1919, naquela Universidade, auxilia o geólogo John Casper Branner no preparo do texto português da "Geologia do Brasil". Ensina francês a jovens oficiais norte-americanos convocados para a guerra. Estuda Literatura com A. J. Armstrong, professor de literatura e crítico literário especializado na filosofia e na poesia de Robert Browning. Escreve os primeiros artigos em inglês publicados por um jornal de Waco. Divulga suas primeiras caricaturas. Conhece pessoalmente, em 1920, por intermédio do professor Armstrong, o poeta irlandês William Butler Yates, os "poetas novos" dos Estados Unidos: Vachel Lindsay, Amy Lowell e outros. Escreve em inglês um estudo sobre Amy Lowell. Como estudante de Sociologia, faz pesquisas sobre a vida dos negros de Waco e dos mexicanos marginais do Texas. Conclui, na Universidade de Baylor, o curso de Bacharel em Artes, mas não comparece à solenidade da formatura: contra as praxes acadêmicas, a Universidade envia-lhe o diploma por intermédio de um portador. Segue para Nova Iorque e ingressa na Universidade de Colúmbia. A Academia Pernambucana de Letras, por proposta de França Pereira, elege-o sócio-correspondente, em 05 de junho desse ano. Segue, em 1921, na Faculdade de Ciências Políticas (inclusive as Ciências Sociais Judiciais) da Universidade de Colúmbia, cursos de graduação e pós-graduação. Conhece pessoalmente Rabindranath Tagore e o Príncipe de Mônaco. A convite de Amy Lowell, visita-a em Boston. Segue, na Universidade de Colúmbia, o curso do Professor Zimmern, da Universidade de Oxford, sobre a escravidão na Grécia. Visita a Universidade de Harvard e o Canadá. É hóspede da Universidade de Princeton, como representante dos estudantes da América Latina que ali se reúnem em congresso. Torna-se editor-associado da revista El Estudiante Latino-Americano, publicada mensalmente em Nova Iorque pelo Comitê de Relações Fraternais entre Estudantes Estrangeiros. Publica diversos artigos no referido periódico. Defende, em 1922, tese para o grau de M.A. (Magister Artium ou Master of Arts) na Universidade de Colúmbia intitulada Social life in Brazil in the middle of the 19th Century, publicada em Baltimore pela Hispanic American Historical Review e recebida com elogios pelos professores Haring Shepherd, Robertson, Martin, por Oliveira Lima e H. L. Mencken, que aconselha o autor a expandir o trabalho em livro. Deixa de comparecer à cerimônia de formatura, seguindo imediatamente para a Europa, onde recebe o diploma, enviado pelo Reitor Nicholas Murray Butler. Visita a França, a Alemanha, a Bélgica, tendo antes estado na Inglaterra. Visista, também, a Espanha e conhece Portugal. Convive com Vicente do Rego Monteiro e com outros artistas modernistas brasileiros como Tarsila do Amaral e Brecheret. Na Alemanha conhece o Expressionismo, na Inglaterra, o ramo inglês do Imagismo, já seu conhecido nos Estados Unidos. Na França, o anarco-sindicalismo de Sorel e o federalismo monárquico de Maurras. Vem o ano de 1923 e ele continua em Portugal, onde conhece João Lúcio de Azevedo, o Conde de Sabugosa, Fidelino de Figueiredo, Joaquim de Carvalho, Silva Gaio. Regressa ao Brasil e volta a colaborar no Diário de Pernambuco. Da Europa escreve artigos para a Revista do Brasil (São Paulo), a pedido de Monteiro Lobato. Retorna ao Brasil em 1924 e reintegra-se no Recife, onde conhece José Lins do Rego, incitando-o a escrever romances, em vez de artigos políticos. Funda-se no Recife, a 28 de abril o "Centro Regionalista do Nordeste", com Odilon Nestor, Amaury de Medeiros, Alfredo Freyre, Antônio Inácio, Morais Coutinho, Carlos Lyra Filho, Pedro Paranhos, Júlio Bello e outros. Excursões pelo interior do Estado de Pernambuco e pelo Nordeste com Pedro Paranhos, Júlio Bello (que a seu pedido escreveria as Memórias de um senhor de engenho) e seu irmão Ulysses Freyre. Lê, na capital do Estado da Paraíba conferência publicada no mesmo ano: "Apologia pro generatione sua". Encarregado pela direção do Diário de Pernambuco, em 1925, organiza o livro comemorativo do primeiro centenário de fundação do referido jornal: Livro do Nordeste, onde foi publicado pela primeira vez o poema modernista de Manuel Bandeira "Evocação do Recife", escrito a seu pedido. O Livro do Nordeste consagrou, ainda, o até então desconhecido pintor Manoel Bandeira e publica desenhos modernistas de Joaquim Cardozo e Joaquim do Rego Monteiro. Lê na Biblioteca Pública do Estado de Pernambuco uma conferência sobre Dom Pedro II, publicada no ano seguinte. Conhece, em 1926, a Bahia e o Rio de Janeiro, onde faz amizade com o poeta Manuel Bandeira, os escritores Prudente de Morais Neto (Pedro Dantas), Rodrigo M. F. de Andrade, Sérgio Buarque de Holanda, o compositor Villa-Lobos. Por intermédio de Prudente, conhece Pixinguinha, Donga e Patrício e se inicia na nova música popular brasileira em noitadas boêmias. Escreve um poema longo, modernista ou imagista e ao mesmo tempo regionalista e tradicionalista, do qual Manuel Bandeira dirá depois que é um dos mais saborosos do ciclo das cidades brasileiras: "Bahia de todos os santos e de quase todos os pecados" (publicado no Recife, no mesmo ano, em edição da Revista do Norte, reeditado, em 20 de junho de 1942, na revista O Cruzeiro e incluído no livro Talvez poesia). Segue para os Estados Unidos como delegado do Diário de Pernambuco ao Congresso Pan-Americano de Jornalistas. É convidado para redator-chefe do mesmo jornal e para oficial de gabinete do Governador eleito de Pernambuco, então vice-presidente da República. Colabora (artigos humorísticos) na Revista do Brasil com o pseudônimo de J. J. Gomes Sampaio. Publica-se no Recife a conferência lida, no ano anterior, na Biblioteca Pública do Estado de Pernambuco: "A propósito de Dom Pedro II" (edição da Revista do Norte; incluída, em 1944, no livro Perfil de Euclydes e outros perfis). Promove no Recife o 1º Congresso Brasileiro de Regionalismo. Em 1927, assume o cargo de oficial de gabinete do novo Governador de Pernambuco, Estácio de Albuquerque Coimbra, casado com a prima de Alfredo Freyre, Joana Castelo Branco de Albuquerque Coimbra. Dirige, em 1928,a pedido de Estácio Coimbra, o jornal A Província, onde passam a colaborar os escritores novos do Brasil. Publica no mesmo jornal artigos e caricaturas com diferentes pseudônimos: Esmeraldino Olímpio, Antônio Ricardo, Le Moine, J. Rialto e outros. Nomeado pelo Governador Estácio Coimbra, por indicação do diretor A. Carneiro Leão, torna-se professor da Escola Normal do Estado de Pernambuco: primeira cadeira de Sociologia que se estabelece no Brasil com moderna orientação antropológica e pesquisas de campo. Acompanhando Estácio Coimbra ao exílio, em 1930, em viagem por mar que começou na Bahia, conhece parte do continente africano (Dacar, Senegal) e inicia, em Lisboa, as pesquisas e estudos em que se basearia Casa-grande & senzala ("Em outubro de 1930 ocorreu-me a aventura do exílio. Levou-me primeiro à Bahia: depois a Portugal, com escala pela África. O tipo de viagem ideal para os estudos e as preocupações que este ensaio reflete", como escreverá no prefácio do mesmo livro). A convite da Universidade de Stanford, em 1931, segue para os Estados Unidos, como professor extraordinário daquela Universidade. Volta, no fim do ano, para a Europa, demorando-se na Alemanha, em novos contatos com seus museus de antropologia, de onde regressa ao Brasil. Continua, no Rio de Janeiro, em 1932, as pesquisas para a elaboração de Casa-grande & senzala, em bibliotecas e arquivos. Recusando convites para empregos que lhe foram feitos pelos membros do novo governo brasileiro — um deles José Américo de Almeida — vive, então, com grandes dificuldades financeiras, hospedando-se em casas de amigos e em pensões baratas do então Distrito Federal. Estimulado pelo seu amigo Rodrigo M. F. de Andrade, contrata com o poeta Augusto Frederico Schmidt — editor à época — a publicação do livro por 500 mil reis mensais, que recebe com irregularidades constantes. Regressa ao Recife, onde continua a escrever Casa-grande & senzala, na casa do seu irmão Ulysses Freyre. Em 1933, conclui o livro, enviando os originais ao editor Schmidt, que o publica em dezembro. Aparecem, em princípios de 1934, nos jornais do Rio de Janeiro os primeiros artigos sobre Casa-grande & senzala, escritos por Yan de Almeida Prado, Roquette Pinto, João Ribeiro e Agrippino Grieco, todos elogiosos. Organiza no Recife o 1º Congresso de Estudos Afro-Brasileiros. Recebe o prêmio da Sociedade Felipe d'Oliveira pela publicação Casa-grande & senzala. Lê na mesma Sociedade conferência sobre "O escravo nos anúncios de jornal do tempo do Império", publicada na revista Lanterna Verde. Regressa ao Recife e lê, no dia 24 de maio, na Faculdade de Direito e a convite de seus estudantes, conferência publicada, no mesmo ano, pela Editora Momento: "O estudo das ciências sociais nas universidades americanas". Publica-se no Recife (Oficinas Gráficas The Propagandist, edição de amigos do autor, tiragem de apenas 105 exemplares em papel especial e coloridos a mão por Luís Jardim) o Guia prático, histórico e sentimental da cidade do Recife, inaugurando, em todo o mundo, um novo estilo de guia de cidade, ao mesmo tempo lírico e informativo e um dos primeiros livros para bibliófilos publicados no Brasil. A pedido dos alunos da Faculdade de Direito do Recife, em 1935, e por designação do Ministro da Educação, inicia na referida escola superior um curso de Sociologia com orientação antropológica e ecológica. Segue, em setembro, para o Rio de Janeiro, onde, a convite de Anísio Teixeira, dirige na Universidade do Distrito Federal o primeiro curso de Antropologia Social e Cultural da América Latina. Publica-se no Recife (Edições Mozart) o livro Artigos de jornal. Profere, a convite de estudantes paulistas de Direito, no Centro XI de Agosto, da Faculdade de Direito de São Paulo, a Conferência "Menos Doutrina mais Análise", tendo sido saudado pelo estudante Osmar Pimentel. Publica-se no Rio de Janeiro (Companhia Editora Nacional, volume 64 da coleção Brasiliana), em 1936, o livro que é uma continuação da série iniciada com Casa-grande & senzala: Sobrados e mocambos. Viaja à Europa, visitando a França e Portugal. Em 1937 retorna à Europa, desta vez como delegado do Brasil ao Congresso de Expansão Portuguesa no Mundo, reunido em Lisboa. Lê conferências nas Universidades de Lisboa, Coimbra e Porto e na de Londres (King's College), publicadas no Rio de Janeiro no ano seguinte. Regressa ao Recife e lê conferência política no Teatro Santa Isabel, a favor da candidatura de José Américo de Almeida à presidência da República. A convite de Paulo Bittencourt, inicia colaboração semanal no Correio da Manhã. Publica-se no Rio de Janeiro (José Olympio) o livro Nordeste (aspectos da influência da cana sobre a vida e a paisagem do Nordeste do Brasil). É nomeado, em 1938, membro da Academia Portuguesa de História pelo presidente Oliveira Salazar. Segue para os Estados Unidos como lente extraordinário da Universidade de Colúmbia, onde dirige seminário sobre Sociologia e História da Escravidão. Publica-se no Rio de Janeiro (Serviço Gráfico do Ministério da Educação e Saúde) o livro Conferência na Europa. Em 1939 faz sua primeira viagem ao Rio Grande do Sul. Segue, depois para os Estados Unidos, como professor extraordinário da Universidade de Michigan. Publica-se no Rio de Janeiro (José Olympio) a primeira edição do livro Açúcar (um livro de receitas) e, no Recife (edição do autor, para bibliófilos), Olinda, 2º guia prático, histórico e sentimental da cidade brasileira. Publica-se em Nova Iorque (Instituto de las Españas en los Estados Unidos) O Escritor Gilberto Freyre, vida y obra., do historiador Lewis Hanke. A convite do Governo português, lê no Gabinete Português de Leitura do Recife a conferência (publicada no Recife, no mesmo ano, em edição particular) "Uma cultura ameaçada: a luso-brasileira", em 1940. Faz conferências em diversas cidades brasileira: Aracaju, Ministério das Relações Exteriores (DF), Porto Alegre, e outras mais. Publica-se em Nova Iorque (Columbia University Press) o opúsculo Some aspects of the social development on Portuguese America, separata d'O Escritor. Publicam-se no Rio de Janeiro (José Olympio) os livros Um engenheiro francês no Brasil e O mundo que o Português criou, com longos prefácios, respectivamente, de Paul Arbousse Bastide e Antônio Sérgio. Prefacia e anota o Diário íntimo do engenheiro Vauthier, publicado no mesmo ano pelo Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. No ano de 1941, casa-se no Mosteiro de São Bento do Rio de Janeiro com a senhorita Maria Magdalena Guedes Pereira. Viaja ao Uruguai, Argentina e Paraguai. Torna-se colaborador de La Nación (Buenos Aires), dos Diários Associados, do Correio da Manhã e de A Manhã (Rio de Janeiro). Publica-se no Recife (Sociedade de Neurologia, Psiquiatria e Higiene Mental do Nordeste) a conferência "Sociologia, Psicologia e Psiquiatria", depois expandida e incluída no livro Problemas brasileiros de antropologia e contribuição para uma Psiquiatria social brasileira que seria destacada pela Sorbonne ao doutourá-lo H.C. Publica-se no Rio de Janeiro (Casa do Estudante do Brasil) e em Buenos Aires, a conferência "Atualidade de Euclydes da Cunha" (incluída, em 1944, no livro Perfil de Euclydes e outros perfis). Ao ensejo da publicação, no Rio de Janeiro (José Olympio), do livro Região e tradição, recebe homenagem de grande número de intelectuais brasileiros, com um almoço no Jóquei Clube, em 26 de junho, do qual foi orador o jornalista Dario de Almeida Magalhães. Em 1942, é preso no Recife, por ter denunciado, em artigo publicado no Rio de Janeiro, atividades nazistas e racistas no Brasil, inclusive as de um padre alemão a quem foi confiada, pelo governo do Estado de Pernambuco, a formação de jovens escoteiros. Juntamente com seu pai, reage à prisão, quando levado para "a imunda Casa de Detenção do Recife", sendo solto, no dia seguinte, por interferência direta do seu amigo General Góes Monteiro. Recebe convite da Universidade de Yale para ser professor de Filosofia Social, que não pôde aceitar. É eleito para o Conselho Consultivo da American Philosophical Association. É designado pelo Conselho da Faculdade de Filosofia da Universidade de Buenos Aires "Adscrito Honorário" de Sociologia e eleito membro correspondente da Academia Nacional de História do Equador. Publica-se em Buenos Aires (Comisión Revisora de Textos de História y Geografia Americana) a primeira edição de Casa-grande & senzala em espanhol, com introdução de Ricardo Saenz Hayes. Publicam-se no Rio de Janeiro (José Olympio) o livro Ingleses e a segunda edição de Guia prático, histórico e sentimental da cidade do Recife. A Casa do Estudante do Brasil divulga, em segunda edição, a conferência "Uma cultura ameaçada: a luso-brasileira", proferida no Gabinete Português de Leitura do Recife(1940). Visita a Bahia, em 1943, a convite dos estudantes de todas as escolas superiores do Estado. Lê diversas conferências as quais são incluídas, juntamente com os discursos proferidos nas homenagens recebidas na Bahia, no livro Na Bahia em 1943, que teve quase toda a sua tiragem apreendida, nas livrarias do Recife, pela Polícia do Estado de Pernambuco. Recusa, em carta altiva, o convite que recebeu para ser Catedrático de Sociologia da Universidade do Brasil. Inicia colaboração no O Estado de S. Paulo em 30 de setembro. Por intermédio do Itamaraty. recebe convite da Universidade de Harvard para ser seu professor, que também recusa. Publicam-se em Buenos Aires (Espasa-Calpe Argentina) as primeiras edições, em espanhol, de Nordeste e de Uma cultura ameaçada e a segunda, na mesma língua, de Casa-grande & senzala. Publicam-se no Rio de Janeiro (Casa do Estudante do Brasil) o livro Problemas brasileiros de antropologia e o opúsculo Continente e Ilha (conferência lida, em Porto Alegre, no ano de 1940 e incluída na segunda edição de Problemas brasileiros de antropologia). Publica-se também, no Rio de Janeiro ( Livros de Portugal ) uma edição de As Farpas, de Ramalho Ortigão e Eça de Queiroz, selecionadas e prefaciadas por ele, bem como a 4ª edição de Casa-grande & senzala, livro publicado a partir deste ano, pelo editor José Olympio. Em 1944, visita Alagoas e Paraíba, a convite de estudantes desses Estados. Lê na Faculdade de Direito de Alagoas conferência sobre Ulysses Pernambucano, publicada no ano seguinte. Deixa de colaborar nos Diários Associados e em La Nación, em virtude da violação e extravio constantes de sua correspondência. Em 9 de junho de 1944, comparece à Faculdade de Direito do Recife, a convite dos alunos dessa escola, para uma manifestação de regozijo em face da invasão da Europa pelos exércitos aliados. Lê em Fortaleza a conferência "Precisa-se do Ceará". Segue para os Estados Unidos, onde lê, na Universidade do Estado de Indiana, 6 conferências promovidas pela Fundação Patten e publicadas no ano seguinte, em Nova Iorque, no livro Brazil: an interpretation. Publicam-se no Rio de Janeiro os livros Perfil de Euclydes e outros perfis (José Olympio), Na Bahia em 1943 (edição particular) e a segunda edição do guia Olinda. A Casa do Estudante do Brasil publica, no Rio de Janeiro, o livro Gilberto Freyre, de Diogo Melo Menezes, com prefácio consagrador de Monteiro Lobato. Toma parte ativa, em 1945, ao lado dos estudantes do Recife, na campanha pela candidatura do Brigadeiro Eduardo Gomes à presidência da República. Fala em comícios, escreve artigos, anima os estudante na luta contra a Ditadura. No dia 3 de março, por ocasião do primeiro comício daquela campanha no Recife, começa a discursar, na sacada da redação do Diário de Pernambuco, quando tomba a seu lado, assassinado pela Polícia Civil do Estado, o estudante de Direito Demócrito de Sousa Filho. A UDN oferece, em sua representação na futura Assembléia Nacional Constituinte, um lugar aos estudantes do Recife e estes preferem que seu representante seja Gilberto Freyre. A Polícia Civil do Estado de Pernambuco empastela e proíbe a circulação do Diário de Pernambuco, impedindo-o de noticiar a chacina em que morreram o estudante Demócrito e um popular. Com o jornal fechado, o retrato de Demócrito é inaugurado na redação, com memorável discurso de Gilberto Freyre: "Quiseram matar o dia seguinte" (cf. Diário de Pernambuco 10 abr. 1945). Em 9 de junho, comparece à Faculdade de Direito do Recife, como orador oficial da sessão contra a Ditadura. Publicam-se no Recife (União dos Estudantes de Pernambuco) o opúsculo de sua autoria em apoio à candidatura Eduardo Gomes: Uma campanha maior do que a da Abolição e a conferência lida, no ano anterior, em Maceió: Ulysses. Publica-se em Fortaleza (edição do autor) O Escritor Gilberto Freyre e alguns aspectos da antropossociologia no Brasil, de autoria do médico Aderbal Sales. Publica-se em Nova Iorque (Knopf) o livro Brazil: an interpretation. Eleito deputado federal, em 1946, segue para o Rio de Janeiro, a fim de tomar parte nos trabalhos da Assembléia Constituinte. Em 17 de junho, profere discurso de críticas e sugestões ao projeto da Constituição, publicado em opúsculo: "Discurso pronunciado na Assembléia Nacional Constituinte". Em 22 de junho lê no Teatro Municipal de São Paulo, a convite do Centro Acadêmico "XI de Agosto", conferência publicada no mesmo ano pela referida organização estudantil: "Modernidade e modernismo na arte política". Em 16 de julho, lê na Faculdade de Direito de Belo Horizonte, a convite de seus alunos, conferência publicada no mesmo ano: "Ordem, liberdade, mineiridade". Em agosto inicia colaboração no Diário Carioca. Em 29 de agosto, profere na Assembléia Constituinte outro discurso de crítica ao projeto da Constituição. Em novembro, a Comissão de Educação e Cultura da Câmara dos Deputados indica, com aplauso do escritor Jorge Amado, membro da Comissão, o nome de Gilberto Freyre para o Prêmio Nobel de Literatura de 1947, com o apoio de numerosos intelectuais brasileiros. Publica-se no Rio de Janeiro a 5ª edição de Casa-grande & senzala e em Nova Iorque (Knopf) a edição do mesmo livro em inglês: The masters and the slaves. Em 1947, publica-se em Londres a edição inglesa de The masters and the slaves, em Nova Iorque a segunda impressão de Brazil: an interpretation e no Rio de Janeiro, a edição brasileira deste livro em tradução de Olívio Montenegro: Interpretação do Brasil (José Olympio). Publica-se em Montevidéu O Escritor Gilberto Freyre y la sociología brasileña, de Eduardo J. Couture. A convite da Unesco, em 1948, toma parte, em Paris, no conclave de 8 notáveis cientistas e pensadores sociais  reunidos pela referida organização das Nações Unidas por iniciativa do então diretor Julian Huxley para estudar as "Tensões que afetam a compreensão internacional": trabalho em conjunto depois publicado em inglês e francês. Lê, no Ministério das Relações Exteriores, a convite do Instituto Brasileiro de Educação, Ciência e Cultura (Comissão nacional da Unesco) conferência sobre o conclave de Paris. Repete na Escola do Estado-Maior do Exército a conferência lida no Ministério da Relações Exteriores. Inicia em 18 de setembro sua colaboração no O Cruzeiro. Em dezembro, profere na Câmara dos Deputados discurso justificando a criação do Instituto Joaquim Nabuco de Pesquisas Sociais, com sede no Recife. Publicam-se no Rio de Janeiro (José Olympio) o livro Ingleses no Brasil e os opúsculos O camarada Whitman, Joaquim Nabuco e Guerra, paz e ciência (este editado pelo Ministério das Relações Exteriores). Inicia sua colaboração no Diário de Notícias. Em 1949, segue para os Estados Unidos, a fim de tomar parte, na categoria de ministro como delegado parlamentar do Brasil, na 4ª Conferência Internacional da Organização das Nações Unidas. Profere diversas conferências no Brasil e no exterior. Publica-se, no Rio de Janeiro (José Olympio), a conferência lida no ano anterior, na Escola de Estado-Maior do Exército: Nação e Exército. Em 11 de setembro de 1950, inicia colaboração diária no Jornal Pequeno, do Recife, sob o título "Linha de fogo" em prol da candidatura João Cleofas ao Governo do Estado de Pernambuco. Tem ativa vida parlamentar, proferindo inúmeros discursos. Em 08 de novembro despede-se de seus pares por não ter sido reeleito. Publica-se em Urbana (University of Illinois Press) O Escritor coletiva Tensions that cause wars, contendo as contribuições dos 8 cientistas sociais reunidos pela Unesco, em Paris, no ano de 1948. Contribuição de Gilberto Freyre : "Internationalizing Social Sciences". Publicam-se no Rio de Janeiro (José Olympio) a primeira edição do livro Quase política e a sexta de Casa-grande & senzala. Em 1951,publicam-se no Rio de Janeiro (José Olympio) novas edições de Nordeste e de Sobrados e mocambos (esta refundida e acrescida de 5 novos capítulos). A convite na Universidade de Londres, escreve, em inglês, estudo sobre a situação do professor no Brasil, publicado, no mesmo ano, pelo Year Book of Education. Publica-se em Lisboa (livros do Brasil) a edição portuguesa de Interpretação do Brasil. Realiza, em 1952, conferências na Europa, que lá são publicadas. O livro Casa Grande & Senzala tem sua 7a. edição lançada no Rio de Janeiro. É lançado, também, em Paris, traduzida por Roger Bastide. Passa a colaborar com o Diário Popular de Lisboa e com os Jornal do Commércio do Recife. Publicam-se no Rio de Janeiro (José Olympio), em 1953, os livros Aventura e Rotina e Um brasileiro em terras portuguesas. Em 1954 é escolhido pela Comissão das Nações Unidas para o estudo da Situação Racial na União Sul-Africana e apresenta à Assembléia Geral da ONU um estudo por ela publicado no mesmo ano: Elimination des conflits et tensions entre les races. Publica-se no Rio de Janeiro a 8ª edição de Casa-grande & senzala e em Milão (Fratelli Bocca), a primeira edição, em italiano, de Interpretazione del Brasile. Em agosto é encenada no Teatro Santa Isabel a dramatização de Casa-grande & senzala, feita por José Carlos Cavalcanti Borges. Publica-se no Rio de Janeiro (Edições Condé), em 1955, o livro para bibliófilos, com ilustrações de Lula Cardoso Ayres, Assombrações do Recife velho. Publicam-se no Rio de Janeiro (Serviço de Documentação do MEC) o opúsculo Reinterpretando José de Alencar e a segunda edição do Manifesto regionalista de 1926. Comparece ao 3º Congresso Mundial de Sociologia, realizado em Amsterdam e no qual apresenta a comunicação, publicada em Louvain, no mesmo ano, pela Associação Internacional de Sociologia: Morals and social change. Para discutir Casa-grande & senzala, e outras obras e idéias e métodos de Gilberto Freyre reúnem-se em Cerisy-LaSalle, os escritores e professores M. Simon, R. Bastide, G. Gurvitch, Leon Bourdon, Henri Gouhier, Jean Duvignaud, Tavares Bastos, Clara Mauraux, Nicolas Sombart, Mário Pinto de Andrade: talvez a maior homenagem já prestada na Europa a um intelectual brasileiro. Publica-se em Nova Iorque (Knopf) a segunda edição, em inglês, de Casa-grande & senzala. Publica-se em Paris (Gallimard) a primeira edição de Nordeste em francês: Terres du sucre. Publica-se, em 1957, no Rio de Janeiro (José Olympio) a 2ª edição de Sociologia; no México (Editorial Cultural) o opúsculo A experiência portuguesa no trópico americano; em Lisboa (Livros do Brasil) a primeira edição portuguesa de Casa-grande & senzala e O Escritor Gilberto Freyre's "Luso-tropicalism", de autoria de Paul V. Shaw (Centro de Estudos Políticos e Sociais da Junta de Investigações do Ultramar). Em 1958, publica-se em Lisboa (Centro de Estudos Políticos e Sociais da Junta de Investigações do Ultramar) o livro, com texto em português e inglês, Integração portuguesa nos trópicos/Portuguese integration in the tropics. Publica-se no Rio de Janeiro (José Olympio) a 9ª edição brasileira de Casa-grande & senzala. Publica-se, em 1959, em Nova Iorque (Knopf), New world in the tropics, cujo texto contém, grandemente expandido e praticamente reescrito, o livro (publicado em 1945 pelo mesmo editor) Brazil: an interpretation; na Guatemala (Editorial de Ministério de Educación Pública "José de PinedaIbarra") o opúsculo En torno a algunas tendencias actuales de la antropologia; no Recife (Arquivo Público do Estado de Pernambuco) o opúsculo A propósito de Morão, Rosa e Pimenta; sugestões em torno de uma possível hispanotropicologia; no Rio de Janeiro (José Olympio) a primeira edição do livro Ordem e progresso (terceiro volume da série Introdução à história da sociedade patriarcal no Brasil, iniciada com Casa-grande & senzala, continuada com Sobrados e mocambos e a ser concluída com Jazigos e covas rasas, este ainda em preparo) e O velho Félix e suas Memórias de um Cavalcanti ( que é a segunda edição, aumentada, da introdução ao livro Memórias de um Cavalcanti, publicado em 1940); em Salvador (Universidade da Bahia) o livro A propósito de frades e o opúsculo Em torno de alguns túmulos afro-cristãos de uma área africana contagiada pela cultura brasileira; e em São Paulo ( Instituto Brasileiro de Filosofia) o ensaio A filosofia da história do Brasil n'O Escritor de Gilberto Freyre, de autoria de Miguel Reale. Viaja pela Europa, em 1960, nos meses de agosto e setembro, lendo conferências em universidades francesas, alemãs, italianas e portuguesas. Publica-se em Lisboa (Livros do Brasil) o livro Brasis, Brasil e Brasília, e no Rio de Janeiro (José Olympio) a 3ª edição do livro Olinda. Publica-se em Tóquio (Ministério da Agricultura do Japão, série de "Guias para os emigrantes em países estrangeiros"), em 1961, a edição japonesa de New world in the tropics: Atsuitai no sin sekai. Publica-se em Lisboa (Comissão Executiva das Comemorações do V Centenário da Morte do Infante Dom Henrique) - em português, francês e inglês - o livro O luso e o trópico: Les portugais et les tropiques e The Portuguese and the tropics (edições separadas). Publica-se no Recife (Imprensa Universitária) o livro Sugestões de um novo contato com universidades européias; no Rio de Janeiro (José Olympio) a terceira edição brasileira de Sobrados e mocambos e a 10ª edição brasileira (11ª em língua portuguesa) de Casa-grande & senzala. Realiza diversas conferências no Brasil e no exterior. Em fevereiro de 1962, a Escola de Samba da Mangueira desfila, no Carnaval do Rio de Janeiro, com enredo inspirado por Casa-grande & Senzala. Em agosto é admitido pelo Presidente da República como Comandante do corpo de graduados da Ordem do Mérito Militar. Em novembro, dirige na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra um curso de seis lições sobre Sociologia da História. Em 19 de novembro recebe o grau de Doutor honoris causa pela Faculdade de Letras de Coimbra. Publicam-se no Rio de Janeiro (José Olympio) os livros Talvez poesia e Vida, forma e cor, a 2ª edição de Ordem e progresso e a terceira de Sociologia; em São Paulo (Livraria Martins Editora) o livro Arte, ciência e trópico; em Lisboa (Livros do Brasil) as edições portuguesas de Aventura e rotina e de Um brasileiro em terras portuguesas. Publica-se no Rio de Janeiro (José Olympio) O Escritor coletiva Gilberto Freyre: sua ciência, sua filosofia, sua arte (ensaios sobre o autor de Casa-grande & senzala e sua influência na moderna cultura do Brasil, comemorativos do 25º aniversário da publicação desse seu livro). Em 10 de junho de 1963, inaugura-se no Teatro Santa Isabel do Recife uma exposição sobre Casa-grande & senzala. Em 20 de agosto, o Governo de Pernambuco promulga a Lei estadual nº 4.666, de iniciativa do deputado Paulo Rangel Moreira, que autoriza a edição popular, pelo mesmo Estado, de Casa-grande & senzala. Publica-se em Nova Iorque (Knopf) a edição de Sobrados e mocambos em inglês, The mansionsand the shanties; the making of modern Brazil; em Washington, D.C. (Pan American Union) o livro Brazil; em Brasília (Editora Universidade de Brasília) a 12ª edição brasileira de Casa-grande & senzala (13ª em língua portuguesa) e no Recife (Imprensa Universitária) o livro O escravo nos anúncios de jornais brasileiros do século XIX. No ano de 1964, recebe, em setembro, o Prêmio Moinho Santista para Ciências Sociais. Viaja aos Estados Unidos e participa, como conferencista convidado, de diversos eventos. Publica-se em Nova Iorque (Knopf) uma edição abreviada (Paperback) de The masters and the slaves; no Rio de Janeiro (José Olympio) a "semi-novela" Dona Sinhá e o filho padre, o livro Retalhos de jornais velhos (2ª edição, consideravelmente ampliada, de Artigos de jornal), e a 13ª edição brasileira de Casa-grande & senzala. Segundo noticiado, recusou convite do Presidente Castelo Branco para ser Ministro da Educação e Cultura. Em 9 de novembro de 1965, gradua-se, in absentia, Doutor pela Universidade de Paris (Sorbonne). A consagração cultural pela Sorbonne juntou-se à recebida das Universidades da Colúmbia e de Coimbra e às quais se juntaram as de Sussex (Inglaterra) e Münster(Alemanha). Publica-se em Berlim (Kiepenheur & Witsch) a primeira edição de Casa-grande & senzala em alemão: Herrenhans und Sklavenhutte; ein bild der Brasihanischen gesellschaft. Por solicitação das Nações Unidas, apresenta ao "United Nations Human Rights Seminaron Apartheid" (realizado em Brasília, de 23 de agosto a 5 de setembro de 1966) um trabalho de base sobre "Race mixture and cultural interpenetration: the Brazilian example". Por sugestão sua, funda-se na Universidade Federal de Pernambuco. Publica-se em Barnet, Inglaterra Universidade de Colúmbia pelo The racial factor in contemporary politics; no Recife (Governo do Estado de Pernambuco) o primeiro tomo da 14ª edição brasileira (15ª em língua portuguesa) de Casa-grande & senzala (edição popular); e no Rio de Janeiro (José Olympio) a 15ª edição brasileira do mesmo livro. Em julho de 1967, viaja aos Estados Unidos, para receber, no Instituto Aspen de Estudos Humanísticos, o Prêmio Aspen do ano. Publica-se em Lisboa (Fundação Calouste Gulbenkian) o livro Sociologia da medicina; em Nova Iorque (Knopf) a tradução da "semi-novela" Dona Sinhá e o filho padre: Mother and son, a Brazilian tale; no Recife (Instituto Joaquim Nabuco de Pesquisas Sociais) a 2ª edição de Mocambos do Nordeste e a 3ª edição do Manifesto regionalista de 1926; em São Paulo (Arquimedes Edições) o livro O Recife, sim! Recife, não! e no Rio de Janeiro (José Olympio) a 4ª edição de Sociologia. Em 1968, viaja à Alemanha Ocidental, onde recebe o título de Doutor Honoris Causa pela Universidade de Münster por seu O Escritor comparada à de Balzac. Publica-se em Lisboa (Academia Internacional da Cultura Portuguesa) o livro em 2 volumes, Contribuição para uma sociologia da biografia: o exemplo de Luiz de Albuquerque, governador de Mato Grosso no fim do século XVIII. Publica-se no Distrito Federal (Editora Universidade de Brasília) o livro Como e porque sou e não sou sociólogo; e no Rio de Janeiro (Gráfica Record Editora) as segundas edições dos livros Região e tradição e Brasis, Brasil e Brasília. Ainda no Rio de Janeiro, publica-se (José Olympio) as quartas edições dos livros Guia prático, histórico e sentimental da cidade do Recife e Olinda, 2º Guia prático, histórico e sentimental de cidade brasileira. Recebe o Prêmio Internacional de Literatura "La Madoninna", em 1969. A Universidade Federal de Pernambuco lança os dois primeiros volumes do Seminário de Tropicologia, relativos ao ano de 1966: Trópico & Colonização, Nutrição, Homem, Religião, Desenvolvimento, Educação e Cultura, Trabalho e Lazer, Culinária, População. Publica-se no Rio de Janeiro (José Olympio) a 16ª edição brasileira de Casa-grande & senzala. Completa setenta anos de idade residindo na província e trabalhando como se fosse um intelectual ainda jovem: escrevendo livros, colaborando em jornais e revistas nacionais e estrangeiros, dirigindo cursos, proferindo conferências, presidindo o Conselho Diretor e animando as atividades do Instituto Joaquim Nabuco de Pesquisas Sociais, presidindo o Conselho Estadual de Cultura, dirigindo o Centro Regional de Pesquisas Educacionais e o Seminário de Tropicologia da Universidade Federal de Pernambuco, comparecendo às reuniões mensais do Conselho Federal de Cultura e atendendo a convites de universidades européias e norte-americanas. Recebe a 26 de novembro de 1971, em solenidade realizada no Gabinete Português de Leitura, do Recife, e tendo como paraninfo o Ministro Mário Gibson Barbosa, o título de Doutor Honoris Causa pela Universidade Federal de Pernambuco. A Rainha Elizabeth lhe confere o título de Sir (Cavaleiro Comandante do Império Britânico) e a Universidade Federal do Rio de Janeiro o grau de Doutor Honoris Causa em Filosofia. Publica-se a primeira edição da Seleta para jovens (José Olympio) e O Escritor Nós e a Europa germânica (Grifo Edições). Recebe o título de Cidadão de Olinda, em 1972. Recebe, em sessão solene da Assembléia Legislativa do Estado de Pernambuco, a medalha Joaquim Nabuco. Recebe em São Paulo, no ano de 1973, o "Troféu Novo Mundo", e o "Troféu Diários Associados". Expõe telas de sua autoria na Galeria Portal de São Paulo. Por decreto do então Presidente E. G. Médici, é reconduzido ao Conselho Federal de Cultura. Viaja a Angola. Recebe em setembro, em João Pessoa, o título de Doutor Honoris Causa pela Universidade Federal da Paraíba. Em 13 de dezembro é operado pelo prof. Euríclides de Jesus Zerbini, cardiologista de renome, no Hospital da Beneficência Portuguesa de São Paulo. Em 1974, recebe em São Paulo o troféu Novo Mundo conferido pelo Centro de Artes Novo Mundo. A 29 de agosto a Universidade Federal de Pernambuco inaugura no saguão da Reitoria uma placa comemorativa dos 40 anos de Casa-grande & senzala. A 12 de outubro recebe a Medalha de Ouro José Vasconcelos, outorgada pela Frente de Afirnación Hispanista do México. O cineasta Geraldo Sarno realiza documentário de 5 minutos intitulado "Casa-grande & senzala", de acordo com uma idéia de Aldous Huxley. O editor Alfred A. Knopf publica em Nova York O Escritor The Gilberto Freyre Reader. Recebe em 15 de outubro de 1975, do Sindicato dos Professores do Ensino Primário e Secundário de Pernambuco e da Associação dos Professores do Ensino Oficial, o título de Educador do Ano, por relevantes serviços prestados à comunidade nordestina no campo da Educação e da Pesquisa Social. O Instituto do Açúcar e do Álcool lança em 15 de novembro o Prêmio de Criatividade Gilberto Freyre, para os melhores ensaios sobre aspectos sócio-econômicos da zona canavieira do Nordeste. Publicam-se no Rio de Janeiro suas obras Tempo morto e outros tempos (José Olympio), O Brasileiro entre os outros hispanos (idem) e Presença do açúcar na formação brasileira (I.A.A.). Viaja à Europa em setembro de 1976. A Livraria José Olympio Editora publica a 17ª edição brasileira de Casa-grande & senzala e o IJNPS a 6ª edição do Manifesto regionalista, sendo lançada, também, a 2ª edição portuguesa de Lisboa de Casa-grande & senzala. A Livraria José Olympio Editora publica, em 1977, O outro amor do Dr. Paulo (Seminovela, continuação de Dona Sinhá e o filho padre). A Editora Nova Aguilar publica, em dezembro, O Escritor Escolhida, volume em papel bíblia que inclui Casa-grande & senzala, Nordeste e Novo mundo nos Trópicos, com introdução de Antônio Carlos Villaça, Cronologia da Vida e d'O Escritor e Bibliografia Ativa e Passiva, por Edson Nery da Fonseca. Estréia em janeiro no Nosso Teatro (Recife) a peça Sobrados e mocambos. Recebe em fevereiro, do embaixador Michel Legendre, a faixa e as insígnias de Comendador das Artes e Letras da França. É acolhido como sócio honorário do PEN Clube do Brasil. Inicia em outubro colaboração semanal na Folha de São Paulo. A Editora Ayacucho publica em Caracas a 3ª edição em espanhol de Casa-grande & senzala, com introdução de Darcy Ribeiro. As Ediciones Cultura Hispánica publicam em Madri a edição em espanhol da Seleta para jovens, com título de Antologia. A editora Espasa-Calpe publica, em Madri, Mas allá de lo Moderno, com prefácio de Julián Marías. A Livraria José Olympio Editora publica a 5ª edição de Sobrados e mocambos e a 18ª edição brasileira de Casa-grande & senzala. A Editora Nova Fronteira publica, em 1978, Alhos & bugalhos. A Editora Cátedra publica Prefácios desgarrados. A Ranulpho Editora de Arte publica Arte & ferro, com pranchas de Lula Cardoso Ayres. O Conselho Federal de Cultura publica Cartas do próprio punho sobre pessoas e coisas do Brasil e do estrangeiro. A Editora Gallinard publica a 14ª edição de Maítres et Esclaves, na coleção TEL. A Livraria Editora José Olympio publica a 19ª edição brasileira de Casa-grande & senzala. A Fundação Cultural do Mato Grosso publica a 2ª edição de Introdução a uma sociologia da biografia. Em 1979, o Arquivo Público Estadual de Pernambuco publica, em março, a edição fac-similar do Livro do Nordeste. É homenageado no 44º Congresso Mundial de Escritores do PEN Clube Internacional, realizado no Rio de Janeiro, ocasião em que recebe a medalha Euclides da Cunha, sendo saudado pelo escritor Mário Vargas Llosa. Recebe o grau de Doutor Honoris Causa pela Faculdade de Ciências Médicas da Fundação do Ensino Superior de Pernambuco - Universidade de Pernambuco, em setembro. Profere diversas palestras no Brasil e no exterior. A Editora Artenova publica Oh de Casa! A Editora Cultrix publica Heróis e vilões no romance brasileiro. A MPM Propaganda publica Pessoas, coisas & animais, em edição fora do comércio. A Editora IBRASA publica Tempo de aprendiz. Em 1980, recebe diversas homenagens pelos seus oitenta anos de vida. Recebe em São Paulo a medalha de Ordem do Ipiranga. O Governador do Estado de Sergipe lhe confere o galardão de Comendador da Ordem do Mérito Aperipê. O Congresso Nacional realiza sessão solene, destinada a homenagear o escritor Gilberto Freyre. É homenageado durante a 32ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência, realizada no Rio de Janeiro. Da mesma forma, pelo XII Congresso Brasileiro de Língua e Literatura, promovido pelas universidades estaduais do Rio de Janeiro e Universidade Federal do Rio de Janeiro. Recebe do embaixador Hansjorg Kastl a Grã-Cruz do Mérito da República Federativa da Alemanha. Recebe o prêmio Jabuti, de São Paulo, em 28 de outubro. Recebe, em 11 de dezembro, o grau de Doutor Honoris Causa pela Universidade Católica de Pernambuco. A Ranulpho Editora de Arte publica o álbum, Gilberto poeta: algumas confissões, com serigrafias de Aldemir Martins, Jenner Augusto, Lula Cardoso Ayres, Reynaldo Fonseca e Wellington Virgolino e posfácio de José Paulo Moreira da Fonseca. As Edições Pirata, do Recife, publicam Poesia reunida. A Editora José Olympio publica a 20a. edição brasileira de Casa-grande & senzala, com prefácio do Ministro Eduardo Portella. A Editora José Olympio publica a 5ª edição de Olinda. A Editora José Olympio publica a 3ª edição da Seleta para jovens. A Companhia Editora Nacional publica a 2ª edição de O Escravo nos anúncios de jornais brasileiros do Século XIX. A Editora José Olympio publica a 2ª edição brasileira de Aventura e rotina. Em 25 de março de 1981, recebe do embaixador francês Jean Beliard a rosette de Oficial da Légion d'Honneur. Lançamento, no Museu Nacional da Quinta da Boa Vista, da edição em quadrinhos de Casa-grande & senzala, numa promoção da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Museu Nacional e Editora Brasil-América. Viaja à Espanha, em outubro, para tomar posse no Conselho Superior do Instituto de Cooperação Ibero-Americana, nomeado que foi pelo rei João Carlos I. Recebe, em 1982, do embaixador Javier Vallaure, na Embaixada da Espanha em Brasília, a Grã-Cruz de Alfonso, El Sabio (outubro). A Editora Massangana publica Rurbanização: o que é?. A Editora Klett-Cotta, de Stuttgart, publica a primeira edição alemã de Das Landin der Stadt Die Entwicklung der urbanen Gesellschaft Brasiliens (Sobrados e mocambos) e a segunda de Herrenhaus und Sklavenhütte (Casa-grande & senzala). Iniciam-se em 21 de março de 1983 — Dia Internacional das Nações Unidas contra a discriminação racial — as comemorações do cinqüentenário da publicação de Casa-grande & senzala, ocasião em que o Diretor-Geral da Unesco, Amadou M'Bow, lhe entrega a medalha "Homenagem da Unesco". Em abril, expõe seus últimos desenhos e pinturas na Galeria Aloísio Magalhães. Em 27 de outubro, participa de sessão solene da Academia de Ciências de Lisboa e da Academia Portuguesa de História, comemorativa do cinqüentenário da publicação de Casa-grande & senzala. A Editora Massangana publica Apipucos: que há num nome?. A Editora Globo publica Insurgências e ressurgências atuais e Médicos, doentes e contextos sociais (2ª edição de Sociologia da medicina). É realizado o lançamento, em 20 de janeiro de 1984, de selo postal comemorativo do cinqüentenário de Casa-grande & senzala. Profere diversas palestras em capitais de Estados brasileiros.  Em setembro de 1984, o Balé Studio Um realiza no Recife o espetáculo de dança Casa-grande & senzala, sob a direção de Eduardo Gomes e com música de Egberto Gismonti. Recebe a Medalha Picasso da Unesco, desenhada por Juan Miró em comemoração do centenário do pintor espanhol. Recebe, em 1985, nos Estados Unidos, na Baylor University, o prêmio consagrador de notáveis triunfos (Distinguished Achievement Award). Realiza exposição na Galeria Metropolitana Aloísio Magalhães do Recife: "Desenhos a cor: figuras humanas e paisagens". Recebe, em agosto, o grau de Doutor Honoris Causa em direito e em Letras pela Universidade Clássica de Lisboa. Em 20 de novembro, é feita a apresentação, no Cine Bajado, de Olinda, do filme de Kátia Mesel Oh de Casa!. Em dezembro viaja a São Paulo, sendo hospitalizado no INCOR para cirurgia de um divertículo de Zenkel (hérnia do esôfago). A Editora José Olympio publica a 7ª edição de Sobrados e mocambos e a 5ª edição de Nordeste. Após a operação, em janeiro de 1986, regressa ao Recife, exclamando: "agora estou em casa, meu Apipucos". Em fevereiro, volta a São Paulo para uma cirurgia de próstata no INCOR. Recebe em abril, em sua residência de Apipucos, do embaixador Bernard Dorin, a comenda de Grande Oficial da Legião de Honra, no grau de Cavaleiro. Em agosto, recebe o título de Cidadão de Aracaju. Em 28 de outubro é eleito para ocupar a cadeira 23 da Academia Pernambucana de Letras, vaga com a morte de Gilberto Osório de Andrade, na qual toma posse em dezembro. Publica-se em Budapeste a edição húngara de Casa-grande & senzala: Udvarház ès Szolga Szállás. Institui, em 11 de março de 1987, a Fundação Gilberto Freyre. Em abril, submete-se a uma cirurgia para introdução de marca-passo. Em 18 de abril, Sábado Santo, recebe de Dom Basílio Penido O.S.B. os sacramentos da Reconciliação, da Eucaristia e dos Enfermos. Morre no Hospital Português, às 4 horas da madrugada de 18 de julho, aniversário de Madalena. É sepultado no Cemitério de Santo Amaro. A Editora Record publica Modos de homem e modas de mulher e as segundas edições de Vida, forma e cor, assombrações do Recife Velho e Perfil de Euclydes e Outros Perfís. A Editora José Olympio publica a 25ª edição brasileira de Casa-grande & senzala. O Círculo do Livro publica nova edição de Dona Sinhá e o filho padre. A Editora Massangana publica Pernambucanidade consagrada (discursos de Gilberto Freyre e Waldemar Lopes na Academia Pernambucana de Letras). “Os dados acima foram coletados em livros de e sobre o autor, sites da Internet, em especial o da Fundação Gilberto Freyre.”
110 a. em que notícias provenientes do quartel-general das forças de KUROKI, em 15 de março de 1905, informavam que os russos deixaram vinte e cinco mil mortos no campo de batalha, e que as perdas totais do exército do GENERAL KUROPATKINE ultrapassavam de cem mil homens, além de sessenta mil prisioneiros. Revolucionários de CRETA anunciam a reunificação da ILHA com o resto da GRÉCIA.
105 a. foram realizadas em BERLIM numerosas manifestações a favor do sufrágio universal. A polícia intervém várias vezes, criando conflitos com os manifestantes. Foram efetuadas muitas prisões, havendo também inúmeros feridos.
105 a. nasce CARLOS ALBERTO ALVES DE CARVALHO PINTO em 15 de março de 1910. Falece em 21 de julho de 1987. Formado em Direito pela Faculdade do Largo de São Francisco (turma de 1931). Professor de Ciências das Finanças na Faculdade Paulista de Direito. Advogado da Prefeitura de São Paulo. Assessor jurídico dos prefeitos PRESTES MAIA no período de 1938/45 e ABRAÃO RIBEIRO (1945/47). Professor de Ciência das Finanças da PUC de São Paulo. Secretário das Finanças do Município de São Paulo (1953/54). Secretário de Estado da Fazenda (1955/58). Governador do Estado de São Paulo (1959/63). Ministro da Fazenda em 1963. Senador da República em 1967/75.
104 a. (ROMA) telegrafam de NÁPOLES em 15 de março de 1911 noticiando o novo desmoronamento produzido ontem na cratera do VESÚVIO, acompanhado de abalos de terra. A estação e a casa dos guias vesuvianos sofreram grandes prejuízos.
104 a. nasce AFRÂNIO COUTINHO, educador e escritor brasileiro, em 15 de março de 1911. Falece em 2000. 
103 a. telegrafam de CATANIA que, procedendo-se à ampliação de uma cachoeira de garanhões do exército, os pedreiros perfuraram um muro, ficando surpreendido com a descoberta de um corredor com 200 esqueletos. (publicado no jornal O ESTADO DE SÃO PAULO de 15 de março de 1912).
  99 a. nasce BLAS DE OTERO, poeta espanhol, em 15 de março de 1916.
  99 a. o presidente dos ESTADOS UNIDOS, WOODROW WILSON, envia 12 mil soldados para o outro lado da fronteira mexicana em busca do rebelde e líder guerrilheiro PANCHO VILLA, em 15 de março de 1916.
  97 a. nasce o Cel.Ref. VICENTE DE FALCO, em 15 de março de 1918. Falece em 1o. março de 2000. VICENTE DE FALCO entrou para as fileiras da Força Pública em 12 de março de 1937. Foi declarado ASPIRANTE A OFICIAL em 29 de dezembro de 1943. PROMOÇÕES: 2º TENENTE – 14 de dezembro de 1944; 1º TENENTE – 24 de maio de 1949; CAPITÃO – 24 de maio de 1955. Não tenho as datas de suas outras promoções.
  95 a. nasce E. DONNALL THOMAS, médico norte-americano, no dia 15 de março de 1920, o primeiro a realizar um transplante de medula óssea e Prêmio NOBEL em 1990.
  90 a. nasce SÉRGIO CARDOSO, ator brasileiro, em 15 de março de 1925. Falece em 1972.
  89 a. nasce o comediante JERRY LEWIS em 15 de março de 1926.
  88 a. falece JÚLIO MESQUITA em 15 de março de 1927. Nasceu em 18 de agosto de 1862.
  85 a. da fundação da CINÉDIA, em 15 de março de 1930, no RIO DE JANEIRO, pelo produtor, roteirista e diretor ADHEMAR GONZAGA (1901-1978). Já estava no vermelho em 1933, mas até os anos 1950 produziu mais de sessenta filmes, nos moldes dos estúdios americanos. Desses sessenta filmes, 26 se salvaram de uma enchente em 1996. Entre os filmes da CINÉDIA, pode-se citar: BONEQUINHA DE SEDA (1936), O ÉBRIO (1945), SEDUÇÃO DO GARIMPO, JOVEM TATARAVÔ, O DIA É NOSSO, TERERÊ NÃO RESOLVEI, MÃE, MARIDINHO DE LUXO, LÁBIOS SEM BEIJOS, ALÔ, ALÔ!CARNAVAL, MULHER. O pesquisador HERNANI HEFFNER, homem de confiança da herdeira da CINÉDIA, ALICE GONZAGA, escreveu um livro que indaga como a empresa criada por ADEMAR GONZAGA virou uma HOLLYWOOD tropical, embora visse em constante estado pré-falimentar.  Depois enchente de 1996, começou um projeto de restauração da CINÉDIA, com ALICE GONZAGA e HERNANI HEFFNER. Vários filmes foram relançados e outros restaurados. Um precioso festival no CENTRO CULTURAL BANCO DO BRASIL, de 4 a 15 de janeiro de 2006, traz de volta à tela grande vinte fitas realizadas pela empresa entre as décadas de 1930 e 1950. Sucesso de bilheteria, o drama “O ÉBRIO”, rodado em 1946, por GILDA DE ABREU é um dos carros-chefes da seleção, que inclui dois longas de HUMBERTO MAURO – “GANGA BRUTA” e “LÁBIOS SEM BEIJOS”. Há ainda a charmosa comédia musical em preto-e-branco, dirigida pelo próprio GONZAGA em 1936 - “ALÔ, ALÔ CARNAVAL” – estrelada pela dupla de irmãs cantoras AURORA e CARMEN MIRANDA.   
  76 a. os alemães ocupam PRAGA, na CHECOSLOVÁQUIA, em 15 de março de 1939. As tropas nazistas ocupam o que restava da BOÊMIA e da MORÁVIA. A CHECOSLOVÁQUIA deixa de existir.
  75 a. nasce Dona ESMERALDA, irmã da LUCINDA, em 15 de março de 1940.
  75 a. nasce CAÇULINHA, multi-instrumentista e compositor brasileiro, em 15 de março de 1940.
  82 a. o presidente GETÚLIO VARGAS aprova o envio de tropas brasileiras para combater na EUROPA. É criada a FORÇA EXPEDICIONÁRIA BRASILEIRA em 15 de março de 1943.
  81 a. SEGUNDA GUERRA MUNDIAL: BATALHA DE MONTE CASSINO – A aviação dos Aliados bombardeia o monastério dominado pelos nazistas como preparativo para o posterior ataque se suas tropas, em 15 de março de 1944.
  69 a. da entrada do GENERAL PHILLIPPE DE HAUTECLOCQUE LECLERC em HANÓI, no dia 15 de março de 1946. O cruzador GLOIRE, 11 dias depois, desembarcava um batalhão em TOURANE – atual DA NANG, cidade do VIETNÃ. A operação terminava com a entrada, em 15 de maio, de um grupamento em LUANG-PRABANG, no LAOS. Assim, depois da chegada à CONCHINCHINA e ao CAMBOJA, em setembro e outubro de 1945, as tropas francesas retomavam pé na antiquíssima federação indochinesa.
  66 a. nasce ANTÔNIO PAIXÃO em 15 de março de 1949, tio do OLIVEIRA, que trabalha conosco na área centro.
       a. Dona AGDA esposa do Cel. Res.  ROMEIRO.
  60 a. Nasce ELIANA GUTTMAN, atriz brasileira, em 15 de março de 1955.
  59 a. o musical da BROADWAY “MY FAIR LADY” estréia em NOVA YORK em 15 de março de 1956.
  59 a. nasce o menestrel OSWALDO MONTENEGRO em 15 de março de 1956, no GRAJAÚ, zona norte do RIO. Aos 7 anos mudou-se para SÃO JOÃO DEL REY, em MINAS GERAIS, onde começou a acompanhar serestas e estudar violão. Voltou para o RIO aos 13 anos e venceu seu primeiro festival. Em 1971 se mudou para BRASÍLIA e no ano seguinte teve a música “AUTOMÓVEL” classificada no Festival Internacional da Canção, da GLOBO. Em 1975, OSWALDO assinou um contrato com a SOM LIVRE e lançou seu primeiro compacto, “SEM MANDAMENTOS”. Logo depois, gravou dois LPs, “TRILHAS” (1977) e “POETA MALDITO, MOLEQUE VADIO” (1979). Mas foi em 1980 que estourou com “BANDOLINS”, faixa de seu LP “OSWALDO MONTENEGRO”. Seus maiores sucessos: “LEO E BIA”, “LUA E FLOR”, “O CHATO” e “VIDA DE ARTISTA”. 
  57 a. nasce ANDRÉ ALVES DOS SANTOS, colega do JOÃO GOMES DE OLIVEIRA JÚNIOR (é seu amigo desde os tempos de infância), em 15 de março de 1958.
  55 a. falece o Cel. Ref. CÂNDIDO BRAVO no dia 15 de março de 1960. Nasceu em 11 de março 1901. Foi ex-combatente da Revolução de 32. Comandou o Batalhão "14 DE JULHO” de 1o. de agosto a 14 de agosto de 1932, interinamente. O Major HELIODORO DA ROCHA MARQUES assumiu o comando desse Batalhão em 14 de agosto de 1932, permanecendo nesse comando até 2 de setembro.  Esteve nas regiões de BURI e GUAPIARA. 
  54 a. GUERRA COLONIAL PORTUGUESA: A Frente Nacional de ANGOLA, num ataque tribal, deu origem a um massacre de populações brancas e trabalhadores negros naturais de outras regiões de ANGOLA, em 15 de março de 1961.
  51 a. das anotações feitas em 15 de março de 1964 (domingo). ANO 14º- MÊS 9º - DIA 250º - 5 anos e 284 dias na FORÇA PÚBLICA – 191 dias como ASPIRANTE – 178 dias no BATALHÃO DE GUARDAS.
São 8 horas quando deixo a cama. No quartel nunca consigo dormir direito. A data não está boa. Durante toda a madrugada choveu e agora de vez em quando cai um chuvisqueiro.
O tempo passa em conversas com os oficiais de serviço, sendo que depois chegam os ASPIRANTES NILSON GIRALDI, ANTONIO CARLOS MENDES e CAPITÃO JAIR DE OLIVEIRA MOURA MORAIS (Comandante da Prontidão) que assumem nossas funções hoje. O MAJOR ALOÍSIO BORGES esteve no BG nesta manhã, sendo que tudo está na mais completa calma.
Às 13 horas, tomo um ônibus na Avenida TIRADENTES. Em casa, passo o resto do domingo no mais perfeito descanso. Dedico esta data à família e somente à noite é que vou assistir filmes na televisão: CAFÉ CONCERTO – PAPAI SABE TUDO – FORA DA LEI.  
  50 a. dos assentamentos de minhas memórias em 15 de março de 1965 (segunda-feira). ANO 15º - MÊS 9º - DIA 249º - 6 anos e 284 dias na FORÇA PÚBLICA - 296 dias como 2º TENENTE - 543 dias no BATALHÃO DE GUARDAS.
Inicio a semana com muito trabalho e muita coisa para aprender no Batalhão de Guardas, agora como tesoureiro e almoxarife da Unidade.
Logo que chego no BG, após a revista da manhã, vou para a FIF, ao lado do TENENTE GÉRSON DE OLIVEIRA. Ali começo a receber as funções de tesoureiro, através do Movimento de Caixa do dia 8 de março.
Meus auxiliares diretos são os 2ºs SARGENTOS VALÉRIO e VANDER. O 1º é o contabilista, já com mais de oito anos na tesouraria e o segundo é o sargento que trata do material de carga e descarga.
Num primeiro contato vejo a coisa bem montada, organizada. No entanto nunca me ocorreu a ideia de vir a ser CHEFE DA FIF e não me preocupei em saber de antemão o serviço que agora pego. Sei alguma coisa de tesouraria através das reuniões do Conselho de Administração.
Como almoxarife, posso contar com o 1º SARGENTO ANSELMO que, segundo o TENENTE GERSON DE OLIVEIRA, tem grande cuidado com a carga confiada a si.
Na pauta referente a Material de escritório e papelaria temos o SOLDADO LEANDRO PELAYO, dotado de imensa boa vontade, e que será substituído pelo 3º SARGENTO LOPES. O SARGENTO LOPES acompanha-me nesta transferência para a FIF.
Enfim, no primeiro dia na Chefia da FIF posso já delinear o que me aguarda para o futuro: muito trabalho.
Hoje, findo o expediente, dou aula para os soldados, deixando o BG quando já são mais de 16 horas. Em meu lar, descanso e a noite assisto na televisão: O MESTIÇO - nova novela que ocupa o lugar da recém-terminada GUTIERRITOS. Apresenta em cartaz VIDA ALVES, PATRÍCIA MAYO, ANA ROSA.
A INDOMÁVEL - TERESA - e pelo canal 4 temos o filme de guerra, dramático, intenso, formidável OS INVENCÍVEIS, com ALAN LADD. 
  48 a. da posse do MARECHAL ARTUR DA COSTA E SILVA como Presidente do Brasil, em 15 de março de 1967, substituindo o MARECHAL HUMBERTO DE ALENCAR CASTELLO BRANCO (este, assumiu a Presidência em 15 de abril de 1964). A “REPÚBLICA DOS ESTADOS UNIDOS DO BRASIL” passa a ser denominada “REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL”.
  46 a. das minhas anotações de 15 de março de 1969: “Visita-me o 2º Sargento JOSÉ CARCAN e sua senhora, dona NATÁLIA. Vêm acertar detalhes para o batizado que iremos fazer ainda este mês. O CARCAN e esposa batizarão meu filho MÁRIO e, eu e MARIA, batizaremos a filhinha deles, de apenas cinco meses de idade. Almoçam em casa, antes, dona NATÁLIA e MARIA vão comprar roupas para as crianças, no centro de GUARULHOS. Mais tarde, vou com o CARCAN até a igreja de SANTO ANTÔNIO DE GOPOÚVA. Acontece que ali é apenas uma capela e o batizado deverá ser feito numa paróquia. Na segunda-feira, dia 17, irei ver onde iremos fazer esse batizado. Vamos à casa do soldado OSVALDO. Ali ficamos até às 15 horas. CARCAN e esposa vão embora à tardinha. Assisto com minha esposa, na televisão, a BUZINA DO CHACRINHA. Saio nesta noite. Vou dos lados do TUCURUVI e visito: FARID, SARGENTO LINO e SARGENTO MALHEIROS. Este último está contente com a vinda de uma criança que, hoje, completa oito dias de vida. Regresso às 23 horas. Assisto o final de “A HORA DO BOLINHA”. Temos LANA BITTENCOURT, ÂNGELA MARIA e CAUBY PEIXOTO”.
  43 a, falece o veterano da Revolução Constitucionalista de 1932, AGNELLO DA CRUZ PRATES, em 15 de março de 1972. Nasceu em 10 de abril de 1889. Era correspondente do “CORREIO PAULISTANO” em CAJOBI. No dia 26 de setembro de 1932 seguiu para o setor de GUARACI (pertenceu a última leva de 14 voluntários de CAJOBI), juntamente com ELPÍDIO LOPES ALCAMIM, JOSÉ CÂNDIDO DE MELLO, JOSÉ TAVARES DIAS, EUCLIDES SANTANA, JOSÉ ALVARENGA ORTIZ, ABDIAS RIBEIRO, ARLINDO CUNHA, BENEDITO APOLINÁRIO, MARIANO TAVARES DIAS, ALFREDO CHIAN, AQUILINO VILELA DOS REIS, JERÔNIMO VENÂNCIO PEREIRA e NEMÉZIO RODRIGUES NOGUEIRA.
No dia 27 de setembro, dia seguinte à chegada nas barrancas do RIO GRANDE, receberam ordens do Quartel General, localizado em GUARACI, para abandonarem as posições, por julgar irremediavelmente perdida a causa. AGNELO recebeu a Medalha da Constituição “POST MORTEM”, em 9 de julho de 1982.  
  42 a. da assunção da Chefia do Estado Maior Geral da PMESP pelo CORONEL ANTÔNIO DA SILVA, substituindo o CORONEL OMAR GALVÃO, transferido para a reserva, em 15 de março de 1973. O CORONEL SILVA nasceu em 8 de setembro de 1927. Entrou para a então FORÇA PÚBLICA em 1º de março de 1948.  
  41 a. da posse do GENERAL ERNESTO GEISEL como Presidente da República, substituindo o GENERAL EMÍLIO GARRASTAZU MÉDICI, em 15 de março de 1974.
  40 a. morre FAISAL, rei da ARÁBIA SAUDITA, em 15 de março de 1975.
  40 a. morre ARISTÓTELES ONASSIS, armador grego, em 15 de março de 1975.
  39 a. do programa “PLANETA DOS HOMENS”, em 15 de março de 1976. Esteve em cartaz até 3 de janeiro de 1982. JÔ SOARES e PAULO SILVINO estrelavam o programa, que marcou época pelas sátiras. Seus bordões viraram conversa coloquial dos telespectadores que se divertiam repetindo frases como: “Lá vai barão!”, “Não precisa explicar, eu só queria entender” e “Vai pra casa, PADILHA”.
  36 a. das anotações feitas em 15 de março de 1979: o Corcel “COMANDO DE CHOQUE” vai buscar o MAJOR PM VARGAS às 7 horas. Aguardo a sua chegada em casa. No CPChq, nesta quinta-feira, recebemos notícias dos acontecimentos no ABC. O MAJOR PM VARGAS começa a se inteirar da função de Chefe do Estado Maior Interino. Ajudo-o nesses primeiros dias. Ele visita as dependências do CPChq.
Às 10 horas o GENERAL FIGUEIREDO é o novo Presidente da República. O Choque está de prontidão.
Tenente FILIPE conversa comigo sobre assuntos administrativos do CPChq. Por volta das 15 horas o CORONEL PM RIGONATTO e o MAJOR PM VARGAS saem às ruas. Temos uma assembléia no Palácio do Governo.
17:20 horas. O CPChq recebe ordens do Cmt Geral no sentido de que um pelotão de ROTA fique na área do ABC até segunda ordem. Transmito a ordem dada pelo CORONEL PM RIGONATTO ao CORONEL PM JAYR.
19 horas – contato telefônico com o Cmt do CPC, CORONEL PM NELSON TRANCHESI. Liberação do choque.
Nos jornais da TV assisto a posse do GENERAL JOÃO BATISTA FIGUEIREDO e do PAULO SALIM MALUF (este como governador do Estado de SÃO PAULO.
É lançada a Encíclica Papal “REDEMPTOR HOMINIS”.
  36 a. da posse do GENERAL JOÃO BATISTA FIGUEIREDO, substituindo o GENERAL GEISEL na Presidência do BRASIL, em 15 de março de 1979.
  34 a. morre RENÉ CLAIR, diretor francês de cinema, no dia 15 de março de 1981.
  32 a. falece REBECCA WEST, escritora britânica, em 15 de março de 1983. Nasceu em 1892.
  32 a. da posse de FRANCO MONTORO como Governador de SÃO PAULO. Deixava o cargo JOSÉ MARIA MARIM, em 15 de março de 1983.
  30 a. da posse de JOSÉ SARNEY como Presidente da Republica. Saia o GENERAL JOÃO BATISTA FIGUEIREDO, em 15 de março de 1985. Era a transmissão do poder dos militares aos civis no BRASIL. O ex-presidente SARNEY diz que “ninguém tinha noção do que iria acontecer” no dia em que tomou posse. JOSÉ SARNEY era vice de TANCREDO NEVES, que havia sido eleito, mas ficou doente antes da posse. TANCREDO faleceu em abril de 1985.
  29 a. nave espacial soviética SOYUZ T-15 se acopla à estação orbital MIR, em 15 de março de 1986.
  28 a. das anotações feitas em 15 de março de 1987: neste domingo o governador eleito de São Paulo toma posse. ORESTES QUÉRCIA tem 48 anos. O governador ANDRÉ FRANCO MONTORO, de 70 anos, transmite o cargo a QUÉRCIA às 16:30 horas em solenidade no Palácio dos Bandeirantes. Os 84 deputados estaduais eleitos em novembro de 1986 são empossados às 15 horas na Assembléia. Os novos secretários de Estado assumem logo após a transmissão do cargo de governador a QUÉRCIA.
GARY HART, de 50 anos, ex-senador e principal postulante à candidatura do Partido Democrata à Presidência dos ESTADOS UNIDOS chega hoje ao BRASIL.
PM JOÃO traz sua namorada LUCILA, de 16 anos, para almoçar conosco. Faz planos de casamento para 1988. Ela é filha do nosso vizinho da frente, Sr ZEZITO.
DONA ESMERALDA, irmã da LUCINDA, está completando 47 anos.
À tarde assisto pela TV MANCHETE a cerimônia de posse de QUÉRCIA e a transmissão do cargo de governador feita pelo que sai, ANDRÉ FRANCO MONTORO.
O CORONEL PM THESEO DARCY BUENO DE TOLEDO, nosso Chefe da CASA MILITAR sempre acompanhou o governador QUÉRCIA.
Muita gente compareceu tanto na Assembléia como no Palácio dos Bandeirantes, causando dificuldades para a realização dos atos de posse e transmissão de cargo.
Na TV também temos oportunidade de ver o Deputado Estadual CORONEL PM Res ÉDSON FERRARINI, que, na posse, ficou atrás de QUÉRCIA.
ADILSON MAGUILA RODRIGUES derrubou no quinto assalto o campeão espanhol FELIPE “PANTERA” RODRIGUEZ, com uma boa atuação.
Começou o Campeonato Paulista, mas com um futebol fraco. GUARANI 3 x QUINZE DE PIRACICABA 1; PORTUGUESA 1 x FERROVIÁRIA 0; PONTE PRETA 0 x BANDEIRANTE 0; SANTOS 0 x SANTO ANDRÉ 1; AMÉRICA 1 x INTER, de LIMEIRA 1;SÃO BENTO 1 x JUVENTUS 0; BOTAFOGO 2 x MOGI MIRIM 1.  
  28 a. da posse de ORESTES QUÉRCIA no Governo de SÃO PAULO. Substituía ANDRÉ FRANCO MONTORO, em 15 de março de 1987.
  27 a. da OPERAÇÃO PALÁCIO II, que comandei como CORONEL, em 15 de março de 1988, na Movimentação de Professores defronte o PALÁCIO DOS BANDEIRANTES.
  27 a. falece ALDUNATE, em 15 de março de 1988.
  26 a. falece ATTILIO FONTANA, empresário brasileiro, em 15 de março de 1989. Nasceu em 1900.
  26 a. do acidente automobilístico com o piloto francês PHILIPPE STREIFF, no autódromo NELSON PIQUET, no RIO, em 15 de março de 1989.
  25 a. da posse de FERNANDO COLLOR na Presidência do BRASIL. Saia JOSÉ SARNEY, em 15 de março de 1990. Na data da posse, COLLOR implantou o conhecido plano com o seu nome com o intuito de combater a hiperinflação por que atravessa o país, gerando muita insatisfação com o bloqueio das cadernetas de poupança dos brasileiros.
  25 a. VATICANO e URSS estabelecem relações oficiais permanentes, após 73 anos de distanciamento, em 15 de março de 1990.
  25 a. a UNIÃO SOVIÉTICA anuncia que a declaração de independência da LITUÂNIA não é válida, em 15 de março de 1990.
  24 a. da posse de FLEURY no Governo de São Paulo. Saia QUÉRCIA, em 15 de março de 1991.
  22 a. em SÃO PAULO, funcionários da REDE MANCHETE tiram do ar a emissora e exibem um slide denunciando a falta de pagamentos e o sucateamento da empresa, em 15 de março de 1993. No mesmo dia é deflagrada uma nova greve de funcionários.
  21 a. da solenidade de inauguração do MONUMENTO DO PATRULHEIRO DE RP, na APMBB, em 15 de março de 1994.
  21 a. da rebelião no INSTITUTO PENAL PAULO SARASATE, em EUZÉBIO-FORTALEZA, com 15 reféns, entre eles o CARDEAL dom ALOÍSIO LORSCHEIDER, no dia 15 de março de 1994.
  21 a. ESTADOS UNIDOS e RÚSSIA fazem um acordo de supervisão recíproca do desmantelamento de suas armas nucleares, em 15 de março de 1994.
  21 a. ÁFRICA DO SUL adota uma nova bandeira de seis cores, em 15 de março de 1994.
  20 a. falece CARLOS MENEM JÚNIOR, na queda de um helicóptero, em 15 de março de 1995.
  18 a. do fechamento dos cinemas METRÔ e MARROCOS, em 15 de março de 1997. Outras notícias neste sábado. Chove durante todo o dia. LUCINDA tinha planos de visitar sua irmã ESMERALDA que hoje está completando mais um aniversário, mas acha melhor adiar isso para amanhã. Na biblioteca, leio o JORNAL DA TARDE. Faço o costumeiro passeio pelo passado, relendo os dias 15 a 21 de 1989 a 1996.
Assisto os noticiosos da RECORD e da GLOBO. Fico sabendo que nesses últimos dias dois tradicionais cinemas de SÃO PAULO fecharam suas portas: o METRO, vendido para uma igreja evangélica, e o MARROCOS.
Os ESTADOS UNIDOS apóiam a idéia de que o presidente da ALBÂNIA, SALI BERISHA, renuncie para por fim à anarquia que toma conta do país.
Rebeldes da etnia tutsi assumiram hoje o controle de KISANGANI, capital do ALTO ZAIRE.
O diretor austríaco FRED ZINNEMANN, vencedor de dois OSCARS de direção e um de produção, morreu ontem aos 89 anos, em LONDRES (REINO UNIDO), onde vivia há 30 anos. A família não revelou a causa da morte. Seus filmes mais conhecidos são “A UM PASSO DA ETERNIDADE” e “MATAR OU MORRER”.
Estou lendo ÉRICO VERÍSSIMO – 1º volume de SOLO DE CLARINETA.
CAMPEONATO PAULISTA: ARAÇATUBA 2 x PALMEIRAS 5. 
  17 a. da compra do COMPUTADOR CANON, em 15 de março de 1998.
  17 a. da morte do cantor TIM MAIA, em 15 de março de 1998. Nasceu em 28 de setembro de 1942. outras anotações nesta data: neste domingo vou para a cidade de POÁ, a fim de fazer mais uma visita à minha mãe. LUCINDA acompanha-me até à VILA BUENOS AIRES. Ela vai passar parte deste domingo em companhia de sua irmã ESMERALDA, completando 58 anos hoje. Minha mãe conta as peripécias do CIDO em uma praia do litoral norte. Ela acha que há envolvimento dele com traficantes de droga. Pouco depois do almoço o meu neto FELIPE dá a noticia do falecimento do cantor TIM MAIA. Internado no Centro de Tratamento Intensivo da Unidade Coronariana do Hospital Universitário ANTÔNIO PEDRO, em NITERÓI, desde a noite do dia 8, TIM MAIA morreu às 13:03 horas, vítima de um choque séptico que evoluiu para um colapso total do organismo e chegou a uma parada cardíaca irreversível. Conversamos com ADALVO e MARIZETE antes de deixar POÁ. No retorno, ouço CORINTHIANS 1 x PALMEIRAS 1, jogo desenvolvido no MORUMBI pelo Campeonato Paulista. Vou buscar LUCINDA na casa de sua irmã ESMERALDA. Ela compra da SÔNIA um computador por um mil e quinhentos reais. Verifico esse computador e faço nele uma mensagem para dona ESMERALDA por ocasião de seu aniversário. Conversamos também com o Sr JOSÉ THOMAS, JOSÉ CARLOS e o outro JOSÉ, irmão da LUCINDA, que ali se encontra cumprimentando a irmã. Ele retorna para GUARULHOS conosco. Ainda pelo Campeonato Paulista, o SÃO PAULO do técnico NELSINHO BATISTA perdeu em MATÃO, para a MATONENSE (2 A 0). Graças à derrota do SÃO PAULO, a PORTUGUESA assumiu a liderança do Grupo 4, com 7 pontos ganhos. A LUSA derrotou o SÃO JOSÉ  por 2 a 1. Outros resultados: ITUANO 1 x MOGI MIRIM ‘; UNIÃO SÃO JOÃO 0 x GUARANI 4.
O sueco MAGNUS GUSTAFSSON conquistou o ABERTO DE TÊNIS de COPENHAGUE, na DINAMARCA, ao derrotar na final o alemão DAVID PRINOSIL. Depois de uma luta de duas horas e 46 minutos o chileno MARCELO RÍOS venceu o inglês GREG RUSEDSKI e conquistou o SUPER 9 de INDIAN WELLS.
O piloto norte-americano MICHAEL ANDRETTI saiu na frente na briga pelo título da FÓRMULA INDY deste ano, vencendo o GP de MIAMI em HOMESTEAD (EUA). A segunda colocação ficou com GREG MOORE, seguido do atual campeão da INDY, o italiano ALESSANDRO ZANARDI. O brasileiro CHRISTIAN FITTIPALDI chegou em quarto. O outro brasileiro, GIL DE FERRAN, finalizou em sétimo lugar.   
  16 a. Assembléia Nacional Popular Chinesa aprova várias emendas na Constituição de 1982, entre elas o reconhecimento da propriedade privada, em 15 de março de 1999. Outras anotações nesta segunda-feira: participo de uma reunião de oficiais que estudam a violência e os meios disponíveis para combatê-la. O problema DROGAS com participação de autoridades (policiais) que deveriam combatê-lo torna o quadro o pior possível. Por causa do ganho fácil, mentes deturpadas, falta de moral, o policial participa ativamente ao lado do traficante. Isso é um cancro na sociedade.
No MMDC, dona MARIA arrumou alguns pedreiros para conserto do telhado, Isso fica pronto.
Uma viúva de um veterano quer doar jornais, revistas e peças de 32. Dona MARIA LUIZA ARAUJO mantém contato conosco. Faço uma ligação telefônica para o CORONEL PM LUIZ CARLOS GUIMARÃES. Solicito a ele transportar para a Sociedade esse material. A temperatura em SÃO PAULO é de 21 graus. Começa a se afastar o verão.
Ao ser empossado hoje, em tumultuada cerimônia na Assembléia Legislativa, o indecente HANNA GHARIB demonstra ser um verdadeiro cara-de-pau, mau caráter. Foi vaiado por 400 pessoas que lotaram a galeria e mostrou uma cara deslavada de ladrão contumaz. É um pária da sociedade. Recebe indevidamente o dinheiro do povo e o rouba com a maior senvergonhice. O deputado VICENTE VISCOME, outro crápula, foi expulso hoje do PPB. É um dos chefes da MÁFIA DOS FISCAIS, na região da PENHA. Com prisão decretada, ele está foragido.
Faleceu ontem DONA HORTÊNCIA LAZZARINI, mãe do desembargador ÁLVARO LAZZARINI.
Cumprimentei hoje o veterano J. B. SILVEIRA PEIXOTO pelos seus 90 anos completados ontem. Também cumprimentei ANTONIO PAIXÃO, que fez 50 anos. Este último se diz arrependido por ter alugado uma casa para o NILDO e seu sócio MARCOS. Não pagam corretamente o aluguel.
Fico sabendo, do Hospital TATUAPÉ, que o veterano MAJOR VICENTE, de 101 anos, obteve alta hoje.
O CORONEL ARY CANAVÓ está atrapalhado com as comemorações dos 93 anos do nascimento de seu pai, CORONEL JOSÉ CANAVÓ. Não compareceu hoje na Sociedade Veteranos de 32-MMDC. 
  15 a. transf. reserva:- Ten. Cel. ORENIDES PELEGRINI, do CPRv, em 15 de março de 2000.
  15 a. da OPERAÇÃO “16218 95 142  82 E”, em 15 de março de 2000.

ACONTECEU EM 15 DE MARÇO DE 2001:-   QUINTA-FEIRA
TENDO MELHORADO DA AMIGDALITE, vou para SÃO PAULO numa manhã de 28 graus. Na Sociedade Veteranos de 32-MMDC muita coisa está atrasada por causa de meu afastamento involuntário.
No BANESPA, onde vou tratar de um empréstimo de 300 reais para dona EMÍLIA (para comprar remédios para seu filho REGINALDO), como também na banca de jornais do senhor CARLOS, no MMDC, muita gente pergunta sobre o meu estado de saúde.
 O Sr. MARCONDES telefona-me e diz tudo que aconteceu na reunião do CONSELHO SUPREMO. Coloco-o a par da revolta dos conselheiros quando ele fez ver que haveria uma cotização para pagamento de funcionários. O próprio Cel MENDES me telefonou nesta manhã dizendo que não tem condições de arcar com essa cotização e muitos conselheiros ameaçam pedir demissão. O senhor GERALDO FARIA MARCONDES, na ânsia de resolver graves problemas financeiros da Sociedade, sugeriu que os conselheiros pagassem as despesas de água, luz, INSS, funcionários, etc. A Sociedade nada recebe da Secretaria da Cultura. O CORONEL PM MENDES também me conta outros assuntos que foram abordados na reunião do Conselho Supremo.
Não me sinto 100% nesta quinta-feira. De vez em quando sofro acessos de tosse. Na tarde surgem problemas referentes à Pensão Especial para certos ex-combatentes. Quando eles não conseguem essa vantagem junto à Secretaria de Gestão Estratégica do Governo voltam ao MMDC e nada podemos fazer. Precisaríamos ter uma Consultoria Jurídica para resolver esses problemas. Preocupado com minha saúde, regresso para casa.

TRÊS EXPLOSÕES de origem desconhecida provocaram a morte de pelo menos dez trabalhadores na plataforma PETROBRAS 36 (P-36), na bacia de CAMPOS (R J). Só um óbito havia sido oficialmente confirmado até o início da noite, quando as buscas aos outros nove corpos foram suspensas. As explosões, ocorridas na madrugada, provocaram a inclinação da plataforma.

O ex-deputado estadual, HANNA GHARIB deixou o 13º DP às 21:20 horas. Preso desde 28 de novembro de 2000, ele conseguiu, por meio de seus advogados, habeas corpus no Superior Tribunal de Justiça, em BRASÍLIA.

Na TAÇA LIBERTADORES DA AMÉRICA, o SÃO CAETANO foi derrotado, no EQUADOR, pelo OLMEDO, por 2 a 1. O gol da vitória do OLMEDO foi marcado no último minuto do jogo.

AVIÃO RUSSO É SEQÜESTRADO COM 174 PESSOAS A BORDO:- A aeronave, que iria de ISTAMBUL (TURQUIA) para MOSCOU (RUSSIA), foi desviada para a cidade de MEDINA. Os seqüestradores do avião um TUPOLEV-154, seriam dois terroristas chechenos. Duas pessoas foram feridas a facadas, entre eles um dos tripulantes. Vinte mulheres e crianças foram libertadas e outras 15 pessoas escaparam pela porta traseira.

ANUNCIADA A DECISÃO DA JUSTIÇA ITALIANA DE CONVOCAR ONZE MILITARES E POLICIAIS BRASILEIROS para depor, na condição de réus, no inquérito que investiga mortes e desaparecimentos ocorridos durante a OPERAÇÃO CONDOR. Promovida por governos militares da AMÉRICA DO SUL, no final dos anos 70 e inicio dos 80, a ação  conjunta tinha por objetivo perseguir pessoas consideradas inimigas do regime.

ANA MARIA BRAGA tem alta do Hospital ALBERT EINSTEIN, onde se internou no ultimo dia 11 com gastroenterocolite.

FALECEU A ATRIZ ANN SOTHERN, aos 92 anos, de ataque cardíaco, em LOS ANGELES, na CALIFÓRNIA. ANN atuou em comédias e musicais como SE VOCÊ FOSSE SINCERA, MAISIE e A LOIRINHA DO PANAMÁ. A atriz estreou no cinema com o filme SHOW DOS SHOWS, em 1929. Em 1988, ANN foi indicada ao OSCAR pelo longa AS BALEIAS DE AGOSTO. Ela foi casada com os atores ROGER PRYOR e ROBERT STERLING e divorciou-se de ambos. Deixou uma única filha, a atriz TISHA STERLING.

FALECEU O LUTADOR VIRGÍLIO COELHO NETO, o LEONETO, aos 68 anos, assassinado ao reagir a um assalto, em sua casa, na zona leste de São Paulo. LEONETO ficou famoso na década de 1970, ao participar do extinto programa de luta-livre TELE CATCH com outros lutadores como TED BOY MARINO, FANTOMAS e RASPUTIN.

2 002  :  -  SEXTA-FEIRA
1543202 194181  - 162/ 141/20.

Passo pela ASSOCIAÇÃO DOS OFICIAIS DA RESERVA por volta das 11 horas. Levo ao CORONEL EDILBERTO um xerox da notícia do jornal DIÁRIO DE SÃO PAULO, referente à nossa reunião na TRATORIA DA CONCHETA que diz o seguinte: “MUDANÇA DE NOME DO TÚNEL DA NOVE DE JULHO PROVOCA PROTESTOS - veteranos da Revolução de 32 lutam contra a modificação. O TÚNEL NOVE DE JULHO, no Centro, passou a se chamar DOUTOR ELIAS CUTAIT e entrou para o rol das mudanças polêmicas de nomes de locais públicos da cidade. A alteração ocorreu por força de decreto assinado pela prefeita MARTA SUPLICY em 20 de dezembro de 2001. Inconformados com a mudança, veteranos da Revolução Constitucionalista de 1932 não querem que o 9 de julho, data marcada pelo conflito entre paulistas e o Governo Federal caia no esquecimento  e pretendem lutar contra a decisão da Prefeitura. Os veteranos são apoiados pela SOCIEDADE DE DEFESA DAS TRADIÇÕES E PROGRESSO DA BELA VISTA (SODEPRO), ACADEMIA PAULISTA DE LETRAS, ROTARY CLUB e ASSOCIAÇÃO COMERCIAL DE SÃO PAULO. Ontem, na BELA VISTA, iniciou-se uma mobilização em repúdio à mudança. O presidente da SODEPRO, comerciante WÁLTER TAVERNA, acha a mudança de nome um desrespeito à História de São Paulo. “A prefeitura poderia construir um hospital e colocar o nome de CUTAIT”, disse. DAHER ELIAS CUTAIT morreu no ano passado e era médico conceituado, especialista em cirurgia do aparelho digestivo”.
Os coronéis EDILBERTO, CRUZ e IAROSLAV ARADZENKA expressam o repúdio pelo acontecido e oferecem a AORRPM para fazer parte do movimento. Fica marcada a data da próxima quinta–feira, dia 21 de março, para uma reunião na AORRPM de representantes da Sociedade Veteranos de 32-MMDC com os oficiais da reserva. O Coronel EDILBERTO sugere que “se feche o túnel, em sinal de protesto”.
Entro em contato telefônico com a ASSISTÊNCIA MILITAR DA CÂMARA MUNICIPAL. Sou atendido pelo Capitão BONO. Fica encarregado de me fornecer o nome do vereador que deu início ao estapafúrdio processo de mudança do nome do túnel. Também converso, via fone, com a secretária do Deputado Estadual ÉDSON FERRARINI sobre esse assunto.
Com início às 14h30, começa a reunião da DIRETORIA EXECUTIVA da SOCIEDADE VETERANOS DE 32-MMDC com a presença dos senhores GERALDO PIRES DE OLIVEIRA, GERALDO FARIA MARCONDES, Coronel Ref. PAULO TENÓRIO DA ROCHA MARQUES, Coronel Res. RENALDO ALVES DA SILVA, Sr. WÁLTER TAVERNA, ARIOVALDO CHACUR, Capitão HENRIQUE PEREIRA DE SOUZA MATOS, representando o Coronel RUBENS CASADO, Capitão Fem PM MARIA INÊS MEDEIROS, da DAMCO e 1º Tenente ÉDSON SILVA JÚNIOR, da 5ª EM/PM, representando o Tenente–Coronel RENATO PENTEADO  PERRENOUD.
De uma maneira geral discutimos os problemas da sede, como, por exemplo, o sistema precário de telefonia; a atual situação do Monumento–Mausoléu, agora com a ajuda do GENERAL BUENO; ELEIÇÕES marcadas para 2 de abril ; Comissão Organizadora do 70º Aniversário da Revolução; Audiência com o Secretário da Comunicação, marcada para dia 22 de março; o caso do túnel 9 de JULHO, com reunião marcada para dia 21 de março, na AORPM.
No meio dessa reunião, somos surpreendidos por um vendaval que vai causar enormes estragos em São Paulo. Mais uma vez, a precária cobertura da Sociedade não agüenta a quantidade de água que está caindo e o prédio sofre uma inundação que causa estragos, principalmente molhando papéis de seu arquivo, já bastante precário, por causa de outras chuvas que já caíram em anos anteriores. O teto arrumado pelos bombeiros na semana passada está para ruir novamente. Dona CÉLIA, o VASCO e os capitães ELÁDIO e RONALDO tentam enxugar a entrada da Sociedade. Papéis que estavam no segundo andar são retirados para não estragar. Enfim, é muito lamentável esse estado de coisas. Já sofremos algumas enchentes nesses últimos seis anos (tempo que trabalho no MMDC), mas essa é a quarta de grandes proporções. Muita coisa já perdemos com essas enchentes e estamos impotentes para consertar o telhado da SOCIEDADE. Não temos apoio dos órgãos governamentais.

Os 25 desembargadores mais antigos que compõem o Plenário do Tribunal de Justiça, na PRAÇA DA SÉ, por questões de segundos escapam de ser feridos pelos estilhaços de um vitral, que fica na sala das becas. A peça foi atingida pela chuva de granizo, às 16 horas, durante o temporal, e pedaços pontiagudos de cristal espalharam-se pela sala e sobre a mesa na qual estava sendo servido o lanche. O vitral danificado é de difícil reposição. Foi instalado na década de 20, quando o prédio do Tribunal de Justiça estava sendo construído pelo arquiteto RAMOS DE AZEVEDO. O vitral é trabalho do alemão CONRADO SORGENICHT. A peça é uma das mais antigas de SÃO PAULO, ao lado da instalada no MERCADO MUNICIPAL CENTRAL, na década de 30. São 72 peças com temas pecuários e agrícolas. O trabalho de SORGENICHT enriquece também centenas de igrejas de SÃO PAULO, entre elas a CATEDRAL DA SÉ.
O túnel do Anhangabaú foi interditado nos dois sentidos, por medida de precaução. A água atingiu ali dois metros de altura. Houve quedas de árvores em vários pontos de SÃO PAULO, como na avenida República do Líbano.
Na ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA, o trabalho foi interrompido por falta de energia. Um relâmpago estilhaçou uma porta de vidro do prédio, mas ninguém se machucou. Os trens da CPTM também foram prejudicados. Na ESTAÇÃO DA LUZ, as bilheterias fecharam-se das 16h30 até 17 horas. 
O retorno para GUARULHOS é muito difícil. Há água por todas as ruas do centro. Muitos galhos de árvores caíram na PRAÇA DA SÉ.

FALECEU o diretor–geral das FACULDADES INTEGRADAS DE GUARULHOS – FIG – Prof. Dr. ADOLFO VASCONCELOS NORONHA. O corpo está sendo velado no anfiteatro da faculdade, na VILA ROSÁLIA, zona oeste de GUARULHOS. NORONHA estava com 79 anos e morreu por falência múltipla dos órgãos. NORONHA ficou conhecido na cidade como um dos grandes empreendedores, especialmente na área de EDUCAÇÃO. Escreveu vários livros – O SONHO DA MARIPOSA E O MARXISMO, e os ensaios UM MODELO DE DEMOCRACIA e TRATADO DA ALMA.

FALECEU o jornaleiro da rua TABATINGUERA, Sr. JOSÉ CARLOS, num hospital de JUNDIAÍ, onde estava internado desde que bateu seu carro, sofrendo traumatismo craniano. O Sr. JOSÉ CARLOS estava com 42 anos, mas sofreu alguns baques na vida como a morte de sua mãe e de sua esposa, não faz muito tempo. JOSÉ CARLOS confessou, há alguns meses, que estava com câncer no estômago.

FALECEU o CORONEL REFORMADO EDIL DAUBIAN FERREIRA, nosso velho conhecido da área Centro e do COPOM, nas Unidades em que trabalhamos juntos. Morreu por causa de um câncer no fígado. DAUBIAN nasceu em 4 de fevereiro de 1932. Entrou na antiga FORÇA PÚBLICA em 13 de fevereiro de 1951. Foi declarado ASPIRANTE A OFICIAL em 15 de dezembro  de  1955. PROMOÇÕES : 2º Tenente – 15 de dezembro de 1956; 1º Tenente – 25 de agosto de 1962; Capitão – 25 de agosto de 1965; Major – 15 de dezembro de 1975. Não tenho a data de sua promoção a Tenente-Coronel, mas promovido a esse posto, foi transferido para a reserva, como coronel. DAUBIAN começou sua vida profissional no Corpo de Bombeiros.

Foi assassinado o desembargador aposentado IRAJÁ PIMENTEL, de 62 anos, do TRIBUNAL DE JUSTIÇA do DISTRITO FEDERAL. Deram-lhe seis tiros quando fazia uma caminhada com a mulher pela Superquadra 216 Sul, onde morava. Segundo testemunhas, o bandido fugiu num TEMPLA PRETO, dirigido por outra pessoa. O desembargador chegou sem vida ao Hospital de BASE DE BRASÍLIA. Sua mulher, HELOÍSA HELENA DUARTE PIMENTEL, também juíza aposentada, foi ferida com um tiro de raspão no rosto, mas não corre risco de vida. IRAJÁ PIMENTEL aposentou-se em 1993 e continuou a advogar. Era juiz em BRASÍLIA desde 1967, tendo sido titular da VARA DAS EXECUÇÕES CRIMINAIS e membro do TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL.            

A americana ANDREA YATES foi sentenciada à prisão perpétua por um tribunal do TEXAS. Ela foi julgada pelo assassinato de seus cinco filhos, afogados na banheira de sua casa, em 2001. O júri levou em consideração que a ré sofria de depressão pós–parto na época do crime e resolveu optar pela prisão perpétua em vez da pena de morte, que poderia ter sido aplicada no caso. Durante o julgamento, ANDREA disse que matou os filhos numa tentativa de salvá-los do inferno.

Foi inaugurada, no aeroporto de LIVERPOOL, na INGLATERRA, uma estátua do ex–beatle JOHN LENNON. Com 2,1 metros, ela traz a inscrição ABOVE US ONLY SKY (SOBRE NÓS APENAS O CÉU), retirada da música “IMAGINE”, um dos maiores sucessos do cantor. A homenagem marcou a reinauguração do aeroporto da cidade, agora rebatizado de AEROPORTO DE LIVERPOOL JOHN LENNON. “A estátua é brilhante porque mostra JOHN vivo, em movimento”, disse YOKO ONO, viúva de LENNON.

2 003   :  -   SÁBADO
Os noventa e quatro deputados estaduais de SÃO PAULO tomam posse hoje na ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA. SIDNEY BERALDO concorre sozinho à presidência e tem como prioridade a reforma do regimento interno. Quer ele reduzir prazos para discussão de projetos e limitar os assuntos que são decididos pelo plenário, para agilizar a tramitação de propostas e desobstruir a pauta de votações. A cerimônia reúne cerca de cinco mil pessoas, com início às 16 horas. A Orquestra de Câmara da USP faz sua apresentação. A comoção marca essa cerimônia com as autoridades do Legislativo lembrando o assassinato do juiz de Execuções Criminais, JOSÉ ANTÔNIO DIAS, em Presidente Prudente. O deputado CELINO CARDOSO, presidente dos trabalhos, propôs um minuto de silêncio, e depois faz um discurso em que defende o combate ao crime organizado.

Recebo, nesta manhã, um telefonema do CARLOS HOMEM. Ele, como sócio do MMDC, articula alguns pontos principais da solenidade de 9 DE JULHO, dado o seu conhecimento com autoridades judiciárias, pois seu pai foi juiz do TRIBUNAL DE JUSTIÇA MILITAR – doutor MODESTO NACLÉRIO HOMEM, amigo da família de meus tios CARLOS SECCO e MANUELA, bem como de meus primos NAIR e ROBERTO SECCO.

LUCINDA conta que GISLEIDE, mãe do PAULO CÉSAR, telefonou para a KÁTYA EL MOUALLEM dizendo que hoje iria levar, por volta das 17 horas, o IAGO (seu neto) até a casa de dona IDEZUITA (mãe da GISLEIDE e, naturalmente, bisavó do IAGO). A KÁTYA não quer deixar que ela leve a criança sem a sua presença ou a do PAULO CÉSAR. Este, por sua vez, não quer que isso aconteça e corre à casa da KÁTYA. São problemas fora do nosso controle. Pessoas que passaram pela nossa existência, que sumiram no tempo, de vez em quando renascem para criar situações inusitadas.

Meu colega da ESCOLA DE OFICIAIS, CORONEL PM Res ANTÔNIO CARLOS MENDES é exaltado ao GRAU 33, PATRIARCA INSPETOR GERAL, mais alto grau do Excelso Conselho da Maçonaria Adonhiramita. Ele foi iniciado na maçonaria em 17 de julho de 1971. Elevado em 11 de dezembro de 1971. Exaltado em 17 de setembro de 1972 e instalado em 2 de fevereiro de 1990. É membro efetivo, remido e ativo da loja “PERPÉTUO SEGREDO” NÚMERO 2180, da qual foi fundador em 27 de agosto de 1976. Cursou todos o graus da Perfeição, Capítulo, Kadosh e Consistório, chegando ao grau máximo do Rito Escocês Antigo e Aceito (33) em 2 de julho de 1988.

O juiz ANTÔNIO JOSÉ MACHADO DIAS foi velado na madrugada em PRESIDENTE PRUDENTE e durante à tarde, no SALÃO DOS PASSOS PERDIDOS, do TRIBUNAL DE JUSTIÇA, na PRAÇA DA SÉ. O velório foi marcado pela emoção da mulher de DIAS, a juíza CRISTINA ECHER, que passou, assim como o casal de filhos do primeiro casamento do juiz, ao lado do corpo. Pouco antes de o caixão ser fechado e seguir em carro do Corpo de Bombeiros para o cemitério, o filho do juiz pediu silêncio e fez um discurso emocionado em homenagem ao pai. Em JOINVILLE, o presidente LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA classificou o crime de barbárie; “Não podemos admitir que isso continue acontecendo no BRASIL, num estado de direito que sonhamos em construir no País”. O governador de SÃO PAULO, GERALDO ALCKMIN, afirmou durante o enterro que o Governo não será intimidado por organizações criminosas. Ele afirmou que o assassinato não mudará o acordo que fez com o Governo Federal para encarcerar LUIZ FERNANDO DA COSTA – FERNANDINHO BEIRA-MAR – na Penitenciária de Presidente Prudente, por 30 dias. O traficante está na prisão desde 27 de fevereiro. O Secretário da Segurança Pública, SAULO DE CASTRO ABREU FILHO, ressaltou que equipes dos Departamentos de Homicídios e Proteção à Pessoa e de Investigações Sobre o Crime Organizado foram enviadas à PRESIDENTE PRUDENTE para reforçar as investigações. O corpo foi sepultado às 17:50 horas no Cemitério SÃO PAULO. O clima era de tristeza e indignação. Um forte esquema de segurança foi montado pela PM dentro e fora do cemitério. A Rua CARDEAL ARCOVERDE, principal acesso ao cemitério, foi bloqueada durante o enterro.

O secretário de Administração Penitenciária, NAGASHI FURUKAWA, disse que o clima em várias cadeias da região de PRESIDENTE PRUDENTE era de regozijo pelo assassinato do juiz ANTÔNIO JOSÉ MACHADO DIAS. Ele comandava sete presídios, entre eles o de PRESIDENTE BERNARDES, onde estão o traficante FERNANDINHO BEIRA-MAR e líderes do PCC.

A manifestação pela PAZ reuniu hoje todas as tribos na CAPITAL. De punks e anarquistas até a comunidade católica e políticos, aproximadamente dez mil pessoas, lotaram as ruas da cidade, segundo a PM. De acordo com a organização, no entanto, o número de participantes chegou a quarenta mil pessoas. Às 18 horas, o protesto foi encerrado na PRAÇA DA PAZ, no PARQUE DO IBIRAPUERA, com show de TOM ZÉ. O COMITÊ SÃO PAULO CONTRA A GUERRA, que organizou a manifestação, reúne 120 entidades, entre organizações não governamentais, partidos políticos e associações religiosas.

FOI PREMIADO como melhor filme do XVIII Festival Internacional de Cinema de MAR DEL PLATA a produção brasileira SEPARAÇÕES, de DOMINGOS OLIVEIRA. O diretor, que interpreta o personagem principal da fita, também ganhou o prêmio de melhor ator. Em MAR DEL PLATA.

MANIFESTANTES DO MUNDO INTEIRO DIZEM NÃO PARA GUERRA NO IRAQUE. Na véspera de uma reunião entre GEORGE W. BUSH, TONY BLAIR e JOSÉ MARÍA AZNAR nos AÇORES, milhares de pessoas pediram paz aos EUA. Em várias partes do mundo, milhares de manifestantes pacifistas voltaram às ruas, hoje, para pedir aos EUA que não ataquem o IRAQUE, um dia antes da reunião dos AÇORES. Milhares de iraquianos tomaram as ruas em passeatas organizadas pelo Governo, em todo o País, prometendo defender o presidente SADDAM HUSSEIN de uma possível invasão americana. Em BAGDÁ, a multidão queimou uma bandeira americana. No JAPÃO, cerca de dez mil pessoas reuniram-se no centro de TÓQUIO para protestar contra os planos dos EUA. Na capital americana, WASHINGTON, nos arredores da CASA BRANCA, militantes da ANSWER, uma coalização de grupos que lutam juntos para se opor a uma guerra no IRAQUE, informaram que cerca de dez mil pessoas de mais de cem cidades americanas estavam presentes no protesto. Em PARIS, as manifestações começaram na PRAÇA DAS NAÇÕES. Muitos manifestantes usavam camisetas com a foto do presidente BUSH e a frase “PROCURADO: TERRORISTA NÚMERO UM”. Na ALEMANHA, centenas de ativistas protestaram em frente à base aérea norte–americana, perto de FRANKFURT. Em LONDRES, muçulmanos marcharam até as embaixadas dos países de população islâmica, chamando seus Governos para a luta contra a guerra. Também foram registradas manifestações pela paz em  MILÃO, SANTIAGO, BUCARESTE, SEUL, ISTAMBUL, BEIRUTE, BRUXELAS, CALCULTÁ, MUNIQUE, VIENA, ESTOCOLMO, ATENAS, MONTREAL , HONG KONG, BANGCOC e MOSCOU.

Cerca de 500 mil pessoas acompanharam hoje o enterro do primeiro–ministro sérvio ZORAN DJINDJIC. O premier foi assassinado por um franco-atirador na quarta–feira, dia 13, no centro de BELGRADO, em frente ao prédio do Governo. Os sérvios participaram de uma cerimônia na catedral ortodoxa de SÃO SAVA e depois acompanharam o cortejo pelas principais ruas da Capital.

Foi eleito presidente da CHINA o secretário geral do Partido Comunista Chinês – PCC – o vice-presidente do País, HU JINTAO. Ele substitui JIANG ZEMIN, que ocupava o posto havia dez anos. JINTAO era candidato único e foi eleito para um mandato de cinco anos.

ASSISTO na GLOBO, ROSA DE FOGO, filme de 1993, com direção de BOB MISIOROWSKI, com MICHAEL PARÉ, BÁRBARA CARRERA, MICHAEL IRONSIDE e IAN YULE. Guarda-costas apaixona-se pela mulher do chefe, um bandidão do crime organizado. Há muitas cenas de violência. BÁRBARA foi uma ótima vilã em NUNCA MAIS OUTRA VEZ, a super aventura dirigida por IRVIN KERSHNER fora da série oficial de JAMES BOND, com SEAN CONNERY de volta ao papel que lhe deu projeção.

2 004  :  -   SEGUNDA-FEIRA
A partir de hoje, dia 15 de março, CARLOS NASCIMENTO, um dos jornalistas mais respeitados da televisão brasileira, ancora o “JORNAL DA BAND”, principal noticiário da emissora. JOELMIR BETING é o comentarista econômico e RICARDO BOECHAT aumenta sua participação direto do RIO. “A contratação de NASCIMENTO e JOELMIR representa um salto de qualidade no nosso noticiário do horário nobre e um grande reforço na já respeitada equipe jornalística da BAND”, ressalta FERNANDO MITRE, diretor nacional de jornalismo. Outra novidade é a editora do tempo, MARIANA FERRÃO. Com ela, tempo e temperatura on line, com análise das fotos dos satélites.

Nesta segunda-feira, por volta das 9:30 horas, telefona-me o Sr. MARCONDES. Diz que sua filha veio de ARAÇATUBA para ajudar sua mãe, bastante adoentada, que deverá ser submetida a uma junta médica. O grande problema é que ele recebeu um telefonema do general BUENO, dando-lhe ciência que CARVALHOSA está arregimentando pessoas para uma passeata defronte o Obelisco justamente no dia 23 de maio, dia em que se comemora o MMDC. Isso irá causar grande confusão durante a solenidade programada para essa data. Medidas deverão ser tomadas já, a fim de se evitar esse ato tresloucado de uma pessoa desvairada e desesperada.
 Bastante pessimista, vou para SÃO PAULO. A situação de saúde de minha mãe deixa-me em situação de amargura. Estou na AORRPM por volta das 11 horas, onde vejo com dona ISA a declaração de bens referentes a 2003. Ali, na tesouraria, converso com o TENENTE PRETENDENTE, que proporcionou um show a parte na última Assembléia Geral. Ele é dirigido por um elemento altamente pernicioso, o TENENTE JESUS DA PAZ, conhecido agitador desde os anos 1980. No MMDS converso com o Cel CARBAIA e alguns capitães. Recebo um telefonema do CORONEL MENDES. Ele se encontra na Sociedade Veteranos de 32-MMDC, mas vai levar o seu cunhado, CORONEL BAILÃO até o aeroporto de CUMBICA, onde embarcará para o DISTRITO FEDERAL. O MENDES ainda deverá ir para PEDREIRA, a serviço da maçonaria. Diz ele que esteve com o CORONEL CELSO. Ficou sabendo de um documento do CORONEL GUIMARÃES, questionando pontos do Estatuto, relativos a sua homologação como vice-presidente da Diretoria Executiva e o fato do Sr. MARCONDES ser o presidente da Diretoria, por ser também o Presidente de Honra da Sociedade. Por outro lado, uma notícia auspiciosa, o CORONEL PAULO TENÓRIO DA ROCHA MARQUES entrou com pedido de demissão da Sociedade Veteranos de 32-MMDC. Isso para nós é muito bom, pois extirpamos um dos cancros do MMDC.
Às 14 horas, estou na Sociedade. Atendo um casal que vem pleitear a PENSÃO ESPECIAL para um filho de ex-combatente, portador de defeito físico. Esse caso não é fácil de ser examinado porque a COMISSÃO ESPECIAL DA REVOLUÇÃO (que não nos pertence) achou fraca a documentação apresentada. Sou surpreendido por um telefonema angustiado da minha filha MARIZETE. Diz ela que sua avó piorou, está com a pressão descontrolada e não sabe o que fazer. Como o meu primo, CABO RENATO, está de serviço, peço a ela para entrar em contato com ele e providenciar uma ambulância para levá-la a um hospital. Não consigo falar com o RENATO e, amolado, vou deixar a Sociedade por volta das 16 horas, retornando para GUARULHOS. Já em casa, LUCINDA diz que a CIDA lhe ligou e contou que o problema de POÁ está contornado por enquanto. Minha mãe deu uma ligeira melhora e providenciaram um médico para vir examiná-la por volta das 19 horas. Esse médico é conhecido da família e isso facilita o diálogo. Ele deverá fazer uma avaliação do seu estado de saúde. Esses acontecimentos me deixam com a pressão alta e altera todo o meu controle emocional.
Por volta das 22 horas, converso, via fone, com meu irmão. O médico acha desaconselhável levar nossa mãe para um hospital. Somente iria judiá-la uma internação. Os seus 95 anos pesam muito numa possível recuperação. Os órgãos estão se degenerando. Pediu ele uma chapa do tórax e exames de sangue e de urina.
A Polícia Federal prendeu, hoje de madrugada, JAYME AMATO FILHO, de 42 anos, irmão de criação do traficante LUIZ FERNANDO DA COSTA, o FERNANDINHO BEIRA-MAR, e apreendeu 40 quilos de maconha no estacionamento do Terminal Rodoviário do TIETÊ, na zona norte da Capital. Outros dois cariocas também foram autuados em flagrante, acusados de tráfico de entorpecentes.

Um peixe grande foi fisgado durante a operação padrão da Polícia Federal no RIO GRANDE DO SUL. Depois de passados seis anos do desabamento do edifício PALACE II na BARRA DA TIJUCA, o ex-deputado SÉRGIO NAYA foi preso hoje de madrugada, por volta da 1 hora, tentando deixar o BRASIL rumo a MONTEVIDÉU, no URUGUAI. Mas foi pego na rede fina armada no Aeroporto SALGADO FILHO, em PORTO ALEGRE, graças ao protesto dos agentes federais em greve. A PF prendeu NAYA cumprindo mandado de prisão preventiva expedido em sigilo, na última quinta-feira, pelo juiz CAIRO ÍTALO FRANÇA DAVID, da 34ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça do RIO. NAYA é dono da SERSAN, que construiu o prédio que desabou em 98, matando oito pessoas. NAYA foi levado, algemado, na caçamba de um carro até a PF. Esta é a segunda prisão de NAYA depois da queda do PALACE II. Em dezembro de 1999, ele chegou a ser preso pelo crime de desabamento, mas ficou menos de um mês na cadeia. Desta vez, é acusado de falsidade ideológica e falsificação de documento público.

O ministro da DEFESA, JOSÉ VIEGAS, foi alvo de críticas de parentes de vítimas da guerrilha do ARAGUAIA no seminário “AS FORÇAS ARMADAS E OS DIREITOS HUMANOS NO BRASIL”, realizado hoje no Fórum de Ciência e Cultura da Universidade Federal do RIO DE JANEIRO –UFRJ. VIEGAS pediu desculpas pela “falta de êxito” do governo federal na localização dos corpos e disse que os documentos oficiais relacionados à guerrilha foram destruídos legalmente, com base no decreto 79.099, de 6 de janeiro de 1977, revogado em 24 de janeiro de 1997, pelo decreto 1.134. VITÓRIA GRABOIS, do GRUPO TORTURA NUNCA MAIS, que teve o pai, MAURÍCIO, o irmão, ANDRÉ, e o primeiro marido, GILBERTO, mortos no ARAGUAIA, em 1973, foi a primeira pessoa da platéia de cerca de 150 pessoas a fazer perguntas ao ministro. “Os direitos humanos dos familiares de vítimas não são respeitados. Sempre lutamos para que LULA chegasse ao poder, e o que ele fez com o respaldo de 52 milhões de votos? Não somos revanchistas, sr. Ministro. Queremos dar aos nossos familiares uma sepultura cristã, condigna. Aqui temos mães que perderam seus filhos assassinados pelo Exército. É uma questão política e humanitária”, disse ela, aplaudida pela platéia. “Como se queimam arquivos? Eu queria uma resposta, porque o único governo no qual tínhamos alguma esperança era o governo LULA, que tolheu essa esperança”. Em entrevista, VIEGAS disse que o seu principal objetivo no ministério é superar os “desencontros do passado”. A dirigente do TORTURA NUNCA MAIS afirmou que, pela primeira vez, um ministro pediu desculpas a familiares de mortos e desaparecidos políticos. “Só desculpas não bastam”.
Uma decisão que poderá ter sérias conseqüências para a política externa dos EUA, o premiê espanhol eleito, JOSÉ LUÍS RODRIGUEZ ZAPATERO, afirmou que vai retirar as tropas espanholas do IRAQUE, considerando desastrosa a ocupação americana. A decisão do socialista ZAPATERO representa uma mudança radical na política da ESPANHA, já seu antecessor conservador, JOSÉ MARÍA AZNAR, era um dos maiores aliados do presidente GEORGE W. BUSH na ocupação do IRAQUE –apesar de os espanhóis terem se oposto maciçamente à guerra. O próprio ZAPATERO considerou seu triunfo a primeira conseqüência de impopularidade da guerra no IRAQUE entre os espanhóis.

O corpo do único brasileiro morto nos atentados de MADRI, SÉRGIO DOS SANTOS SILVA, 29 anos, foi liberado hoje e deverá chegar no dia 17 ao PARANÁ, onde moram seus parentes. O Governo espanhol pagará as despesas de transporte e dará uma indenização de 175 mil reais à família do brasileiro. O corpo de SÉRGIO foi dilacerado pela explosão e teve de ser reconhecido por meio de teste de DNA. SÉRGIO deixa a viúva, SARA, e um filho de 4 anos, MIQUÉIAS, que moram em SÃO TOMÉ. Ele estava na ESPANHA há seis meses e seguia ao trabalho quando morreu na explosão de um trem. ADEÍLDO ALVES DOS SANTOS, brasileiro ferido no ataque, teve traumatismo craniano e continua hospitalizado.

PLUTÃO pode perder o título de planeta mais remoto do Sistema Solar. Astrônomos americanos anunciaram hoje ter detectado o décimo planeta na órbita do SOL, um objeto três vezes mais distante que PLUTÃO. Os cientistas batizaram a descoberta de SEDNA, o nome da deusa esquimó dos oceanos. SEDNA foi avistado de MOUNT PALOMAR, na CALIFÓRNIA, por uma equipe de astrônomos do Instituto de Tecnologia da CALIFÓRNIA (CALTECH, na sigla em inglês) e dos observatórios de YALE e do GEMINI, em conjunto com a NASA. O objeto, que fica a 13 bilhões de quilômetros do SOL, foi avistado pela primeira vez em novembro e chamado então de 2003 VB12. A distância entre SEDNA e o SOL é 90 vezes a entre a TERRA e o astro (149,6 milhões de km). Os astrônomos acreditam que SEDNA tenha uma pequena lua. SEDNA tem 90% do tamanho de PLUTÃO e um diâmetro de 2 000 km. Os cientistas acreditam que o Sistema Solar tenha 20 planetas.   

2 005  :   TERÇA-FEIRA
Há 108 anos, era o trabalho de centenas de operários movendo teares para transformar lã em tecido. O COTONIFÍCIO CRESPI estava entre as maiores empresas do País. Na década de 1960, entrou em concordata. Mais tarde, fechou. Sobrou o prédio histórico, no coração da MÓOCA. Hoje, às 8 horas, suas portas se abriram novamente. É inaugurado ali um HIPERMERCADO EXTRA. Os compradores podem se valer de 18 mil itens à disposição. O prédio fica no quarteirão formado pelas ruas JAVARI, VISCONDE DE LAGUNA, DOS TRILHOS e TAQUARI. O GRUPO PÃO DE AÇÚCAR restaurou 11,8 mil metros quadrados. O COTONIFÍCIO foi fundado pelo CONDE RODOLFO CRESPI, que emigrara de BUSTO ARSIZIO, ITÁLIA, sua terra natal. Os funcionários logo formaram um time de futebol. Com o apoio dos CRESPI, viria a ser o JUVENTUS. A família ajudou também na construção do estádio da RUA JAVARI, que leva o nome do conde. O estádio está lá. O prédio do cotonifício estava se deteriorando. Mas, apesar de seu valor histórico, não era tombado. Mal começaram as obras para a instalação do hipermercado, as mesmas foram suspensas. A associação de amigos da MOÓCA via problemas no projeto. 25% do prédio seria derrubado. O Ministério Público interveio. Mas chegou-se a entendimentos e as obras recomeçaram. A associação considera que o hipermercado ajuda na revitalização do bairro.

Com botas brancas, no melhor estilo paquita da XUXA, a atriz ARLETE SALLES surgiu em meio a uma favela carioca falando palavras em inglês. É ela, a tia importada de SOL, que vai convencer a menina de que morar nos EUA é como viver no paraíso. E “AMÉRICA” começou assim, como uma apologia à vida no estrangeiro.  “Por lá as faxineiras viram artistas de cinema”, diz a tia para SOL, vivida por MARIA MARIANA. O talento da pequena aparece em um momento dramático, quando o operário MARIANO (PAULO GOULART) recebe uma ordem judicial para demolir a casa da menina. Apesar da sensibilidade aguçada da autora GLÓRIA PEREZ, a tal história comovente não saiu da sua mente. Em 2003, os jornais noticiaram a exaustão a coragem do tratorista AMILTON DOS SANTOS, que se recusou a destruir uma casa na periferia de SALVADOR. É claro que, no noticiário, o operário não se casava com a dona da casa. Mas, como amores à primeira vista são sempre bem-vindos nas novelas, MARIANO se apaixona pela mãe de SOL. Num ambiente rural, ACÁCIO se despede dos filhos para ser garimpeiro. Um dos meninos, TIÃO, é BRUNO ABRAÃO, que logo se transforma em MURILO BENÍCIO. Enquanto isso, no RIO, MARIA MARIANA vira DEBORAH SECCO, uma garota que trabalha como depiladora e vive contando moedas para conhecer os EUA. Entre os bem-nascidos da novela, o desejo é o mesmo. Após um tiroteio no trânsito, o empresário GLAUCO decide mandar a mulher e a filha para MIAMI. E o cenário volta a ser o campo, ou melhor, BARRETOS. Em busca de sua madrinha, SOL viaja para lá e é claro, conhece o valente peão. E, após trocas de olhares, aí está mais uma vez uma paixão à primeira vista. Com média de 54 pontos de média, a história fisgou o público. A anterior, “SENHORA DO DESTINO”, estreou com 52 pontos.

Com ameaça de chuva, vou para a cidade de SÃO PAULO depois das 11 horas. Mais uma vez o trânsito é muito lerdo. Aproveito a oportunidade para ler uma revista que aborda a SEGUNDA GRANDE GUERRA, como o DIA DA VITÓRIA, a CONFERÊNCIA DA YALTA, A NOVA DIVISÃO DA EUROPA e outras conseqüências daquela guerra para a URSS, EUA, GRÃ-BRETANHA, FRANÇA, JAPÃO, ITÁLIA e outros países que se viram engolfados no tremendo conflito.
Na Rua TABATINGUERA, cruzo com o CAPITÃO DENTISTA CORREIA, do 2º BATALHÃO DE POLÍCIA DE CHOQUE. Em 1987, quando comandei essa Unidade, o CORREIA era tenente. Depois VICTÓRIO vai expor para mim as grandes dificuldades pelas quais passa o DANIEL. Sua esposa foi para PERNAMBUCO, há oito meses, a fim de cuidar de sua mãe, muito doente. Judiada pelo marido, alcoólatra, essa senhora ficou ruim da cabeça. A filha, dona CLEUSA, está retornando daquele Estado, trazendo sua mãe consigo. O DANIEL está atrapalhado com tudo isso e não sabe como proceder com esse tremendo encargo que vai ter daqui para frente. A CLEUSA também tem um irmão que é aidético, embora trabalhe normalmente, tomando o coquetel de medicamentos que evita que a doença evolua. VICTÓRIO quer ajudar o DANIEL e sua família, cheia de problemas.
Por volta das 15 horas, estou na Sociedade Veteranos de 32-MMDC. O Sr MARCONDES está presente, mas logo sai, pois dona JÚLIA, sua esposa, pegou uma pneumonia dupla e ele está apreensivo com o estado de saúde dela, internada numa clínica geriátrica, onde cuida do MAL DE ALZHEIMER. Estamos conversando quando surge o KELLER, um “chato” que aparece de vez em quando na Sociedade. O Sr MARCONDES está apreensivo com o advogado LUIZ SÉRGIO CARRARO. Ele não fez a defesa do MMDC no caso do segundo processo movido pelo IPH e também não quer substabelecer a procuração para o escritório de advocacia CARNIDE. O CARRARO foi enfático em dizer que ainda não apresentou as contra-razões porque não recebeu prazo para efetuá-las. O CORONEL MENDES também comparece na Sociedade e conversamos sobre a possibilidade do GINO STRUFFALDI ser candidato à presidência da Sociedade Veteranos de 32-MMDC. Vamos até o Corpo de Bombeiros, onde está estacionado o carro do MENDES e, ele me leva até a ARMÊNIA. O MENDES ainda retornará para assistir uma palestra do CORONEL CANGERANA numa loja maçônica, à noite, situada nas imediações da Caixa Beneficente.
Cai muita chuva no período da tarde. Em casa, recebo um telefonema da professora MARIA CECÍLIA NACLÉRIO HOMEM. Diz ela que WÁLTER TAVERNA conseguiu marcar uma audiência com o vereador WILLIAM WOO, na próxima quinta-feira, dia 17, às 15 horas. Ela não poderá comparecer porque assumira compromisso anterior. Pede para que eu compareça nessa audiência, onde se vai discutir o caso do TÚNEL NOVE DE JULHO. Depois, é o próprio WÁLTER TAVERNA quem liga para mim. Quer que compareçam nessa audiência o advogado ROMAGNOLI, o CORONEL MENDES, o CORONEL PAULO TENÓRIO DA ROCHA MARQUES e PEDRO PAULO PENNA TRINDADE, um advogado que tem escrito artigos para os jornais defendendo o retorno do nome do TÚNEL NOVE DE JULHO.

DIÁRIO OFICIAL DE 15 DE MARÇO DE 2005 PUBLICA AS SEGUINTES TRANSFERÊNCIAS PARA A RESERVA: -

TENENTE-CORONEL PM ALBERTO NUBIE POLICASTRO, comandante do 11º BPMM. Nasceu em 17 de outubro de 1957. Entrou para a PMESP em 18 de fevereiro de 1974. Foi declarado ASPIRANTE A OFICIAL em 21 de abril de 1978. PROMOÇÕES: 2º Tenente – 15 de dezembro de 1978; 1º Tenente – 25 de agosto de 1982; Capitão – 24 de maio de 1989; Major – 25 de agosto de 1996; TENENTE-CORONEL – 25 de agosto de 2001.

TENENTE-CORONEL PM PAULO CHAVES DE ARAÚJO, comandante do 28 º BPM/I. Nasceu em 4 de julho de 1952. Entrou para a PMESP em 11 de abril de 1973. Foi declarado ASPIRANTE A OFICIAL em 21 de abril de 1978. PROMOÇÕES: 2º Tenente – 15 de dezembro de 1978; 1º Tenente – 15 de dezembro de 1982; Capitão – 24 de maio de 1989; Major – 25 de agosto de 1996; TENENTE-CORONEL – 24 de maio de 2002.

Duas manifestações se encontraram hoje à tarde diante da Prefeitura, no VIADUTO DO CHÁ. O primeiro protesto era de perueiros, que chegaram logo de manhã ao local. Depois, foi a vez de lideranças comunitárias, ex-subprefeitos e representantes do Fórum Permanente em Defesa dos Conselhos de Representantes Junto às Subprefeituras se unirem a motoristas de lotações contra o prefeito JOSÉ SERRA. Pelo menos 500 manifestantes ocuparam o pátio em frente da Prefeitura.

RECEBEU ALTA o arcebispo emérito de SÃO PAULO, dom PAULO EVARISTO ARNS, do INCOR. Internado no dia 9 de março, com infarto, dom PAULO, de 83 anos, foi submetido a um cateterismo, que apontou obstruções em várias artérias coronárias.

Os apresentadores da TV GLOBO, ANGÉLICA e LUCIANO HUCK deixaram hoje de manhã o Hospital ALBERT EINSTEIN, em SÃO PAULO, onde nasceu o primeiro filho do casal, JOAQUIM KSYVICKIS HUCK. O bebê passa bem e eles devem permanecer em SÃO PAULO por mais quinze dias. JOAQUIM nasceu no dia 8 de março, com 37 semanas e permaneceu internado na unidade neonatal por ter “um leve desconforto respiratório”.
  
Partidos aliados do governador GERALDO ALCKMIN impuseram hoje uma derrota ao seu candidato na eleição para a presidência da Assembléia Legislativa. O deputado estadual RODRIGO GARCIA, de 30 anos, foi eleito presidente com 48 votos – apenas dois a mais do que o obtido pelo candidato oficial, o tucano ÉDSON APARECIDO. A vitória de GARCIA, que apoiava o governador na Assembléia, contou com votos de deputados do PFL, PMDB, PDT e PSB – partidos que costumam votar a favor dos tucanos. A votação foi aberta e nominal. Deputados tucanos afirmaram, sem querer se identificar, que o governador estava pagando o “preço por não dar a devida atenção aos pedidos dos parlamentares para suas bases eleitorais”.

Após sete dias de julgamento, o Tribunal do Júri condenou, hoje de madrugada, o ex-deputado federal HILDEBRANDO PASCOAL a 25 anos e seis meses de prisão em regime fechado pelo assassinato do policial civil WÁLTER JOSÉ AYALA, testemunha do Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa Humana. Por unanimidade, os sete jurados consideraram HILDEBRANDO culpado dos crimes de homicídio triplamente qualificado e formação de quadrilha. Com a sentença proferida pela juíza MARIA DE FÁTIMA DE PAULA PESSOA, da 10 ª Vara Federal, a soma das penas do ex-deputado e ex-comandante geral da PM no ACRE chega a 69,5 anos de cadeia. HILDEBRANDO já foi condenado em cinco processos e ainda terá de enfrentar nos próximos meses pelo menos mais quatro julgamentos. Pelos cálculos do promotor SAMMY BARBOSA LOPES, até o fim dessas investigações, ele será condenado a mais de cem anos de prisão. Apontado como um dos chefes do crime organizado no ACRE, HILDEBRANDO e seus cúmplices chegaram a ser acusados pela CPI DO NARCOTRÁFICO de mandar matar mais de 40 pessoas. Uma das vítimas teve braços e pernas decepados com uma motosserra. O Tribunal do Júri também condenou RAIMUNDO ALVES DE OLIVEIRA, réu confesso do crime, a 24 anos e seis meses de prisão. REGINALDO ROCHA DE SOUZA, co-autor, recebeu pena de 22 anos e seis meses. HILDEBRANDO voltou para o presídio em RIO BRANCO.

O advogado ITAJIBA FARIAS FERREIRA CRAVO, ex-ouvidor da Polícia do Estado de SÃO PAULO, estava mesmo embriagado quando se envolveu no acidente de trânsito que matou o empresário LUIZ DOS SANTOS RODRIGUES. O exame de sangue feito pelo Instituto de Criminalística de SANTOS apontou que CRAVO apresentava 1,2 gramas de álcool por litro de sangue: o dobro do máximo permitido pelo Código de Trânsito Brasileiro. Como determina a legislação de trânsito, por ter sido flagrado embriagado, CRAVO teve sua carteira de habilitação recolhida pela Polícia Rodoviária e bloqueada pelo Departamento de Trânsito, informou o delegado CLAUDINÊ PASCUETTO, diretor da Polícia Judiciária do VALE DO PARAÍBA.

A vigilância sobre uma família de CALDEIRÃO GRANDE (BA) levou a polícia a prender o principal acusado da morte do arquiteto MÁRCIO FERNANDO VALADÃO, de 47 anos, e de sua namorada, MARIA VILMA PINTO DE OLIVEIRA, de 39. O jardineiro KLEISSON JESUS DA SILVA, de 25 anos, confessou o crime em depoimento na cidade baiana. Disse que matou porque o arquiteto, seu ex-patrão, lhe devia seiscentos reais de direitos trabalhistas. O crime ocorreu no bairro da SAÚDE, zona sul de SÃO PAULO. O arquiteto, dono de uma empresa de paisagismo, teve os pés e mãos amarrados e foi morto com uma facada no pescoço. Sua namorada foi estrangulada.

O juiz PEDRO PERCY BARBOSA DE ARAÚJO, de 57 anos, foi denunciado hoje pelo Ministério Público Federal por homicídio duplamente qualificado. Ele matou o vigia JOSÉ RENATO COELHO RODRIGUES, de 32 anos, com um tiro na nuca, no dia 27 de fevereiro, em SOBRAL, a 233 km de FORTALEZA. O crime ocorreu no SUPERMERCADO LAGOA, onde trabalhava o vigia, e foi registrado pelo circuito interno de TV. O juiz ficou irritado porque o vigia disse que a loja já estava fechada.

APROVADA a medida provisória que permite que a CASA CIVIL estipule um prazo superior a 60 anos para que documentos “no mais alto grau de sigilo” ou que ameacem “a soberania, a integridade territorial ou a relações internacionais” do país tenham acesso vedado, em BRASÍLIA.

DIVULGADO novo laudo sobre a morte do jogador brasileiro CRISTIANO DE LIMA JÚNIOR, que morreu em campo após chocar-se contra o goleiro SUBRATA PAL, na ÍNDIA. O exame de necrópsia realizada pelo IML de BRASÍLIA revela que a morte foi causada por um traumatismo na medula, e não por parada cardíaca, como divulgado no primeiro laudo. CRISTIANO já havia levado uma pancada no local e desmaiado em campo.
 
A dançarina KARLA foi eliminada hoje do BIG BROTHER BRASIL 5 com 76% dos votos do público, de um total de mais de dez milhões. Ela foi para o paredão com ALAN. O programa da REDE GLOBO teve 50 pontos de média no IBOPE. A dançarina fazia parte da TROPA DE CHOQUE e era fiel ao líder do grupo, ROGÉRIO PADOVAN. O ALAN conquistou aliados e está de caso com a miss GRAZIELLI.

ROGER FEDERER, defensor do título, avançou para a quarta fase do MASTERS SERIES DE INDIAN WELLS com a vitória sobre GILLES MULLER, de LUXEMBURGO. Terá a companhia de LLEYTON HEWITT, que passou por MICHEL LLODRA, que bateu ANDREI PAVEL. Outros jogos: FABRICE SANTORO ganhou de FELICIANO LOPES; CARLOS MOYÁ passou por DAVID FERRER. No feminino, MARIA SHARAPOVA ganhou de DINARA SAFINA; ELENA DEMENTIEVA passou por TATIANA GOLOVIN, SVETLANA KUZNETSOVA derrotou RIKA FUJIWARA e KIM CLIJSTERS eliminou EVGENIA LINETSKAYA.

O presidente do PAQUISTÃO, PERVEZ MUSHARRAF, disse que suas tropas estiveram muito perto de capturar o terrorista OSAMA BIN LADEN há dez meses. Mas perderam o rastro do líder da AL-QAEDA. Esta teria sido a melhor chance até hoje de as forças do país capturar o homem responsável pelos ataques contra os EUA em 11 de setembro de 2001. Não foram divulgados detalhes da operação.

“Canibalismo seria como comer um fruto proibido”, disse a psicólogos o canibal inglês PETER BRYAN, de 36 anos, condenado à prisão perpétua. Uma das três vítimas do canibal foi BRIAN CHERRY, de 43 anos, que teve seu corpo esquartejado. Quando foi preso em seu apartamento, BRYAN estava fritando parte do cérebro da vítima, que era seu amigo.

CONDENADO por nove crimes, entre eles conspiração e fraude na Bolsa de Valores Mobiliários dos EUA, o ex-executivo da WORLDCOM, BERNARD EBBERS, de 63 anos, em NOVA YORK.

O garoto de 15 anos que acusa o cantor MICHAEL JACKSON de abuso sexual falou hoje ao júri que mentiu ao diretor da escola onde estuda quando disse que não aconteceu nada entre ele e o astro americano. O menor argumentou que não disse a verdade porque estava “envergonhado” e que vinha sofrendo hostilidades por parte de alguns de seus colegas. O depoimento do garoto foi encerrado hoje pela manhã, após ser ouvido por aproximadamente 14 horas na Corte Superior de SANTA BÁRBARA, na CALIFÓRNIA.

Foi incluído na lista dos políticos e chefes de Estado mais ricos do mundo da revista FORBES, o ditador cubano FIDEL CASTRO. Ele aparece em sexto lugar, com 550 milhões de dólares. A revista usou um método novo, e provocativo, para pôr FIDEL na lista: calculou a quantidade de propriedades estatais sob o controle dele, comparou-as com empresas públicas e chegou ao número final, nos ESTADOS UNIDOS.
    
2 006  :   -   QUARTA-FEIRA
TUDO ANDA MAIS RÁPIDO DO QUE VOCÊ GOSTARIA, E DEIXA EM SUA BOCA AQUELE GOSTO DE AS COISAS ESTAR SAINDO DO CONTROLE. POIS É, TALVEZ SEJA O MOMENTO DE VOCÊ COMPROVAR QUE O DESCONTROLE NEM SEMPRE É SINÔNIMO DE CATÁSTROFE.

Levanto tarde e a manhã é curta para fazer tudo o que quero. Preciso da internet para divulgar a reunião de 6 de abril de 2006, na API, sobre o “MOVIMENTO TÚNEL NOVE DE JULHO PARA SEMPRE”. Terei de fazer isso no MMDC. Por isso e também por causa de outros documentos que não darão para minutar durante o encontro costumeiro das quartas-feiras, vou mais cedo para a Sociedade Veteranos de 32-MMDC, a fim de realizar a minha parte profissional.
Passo pela agência do BANESPA, no interior do CORPO DOS BOMBEIROS. Ali encontro o CORONEL PM Ref EDILBERTO MELLO e, logo em seguida, com o CORONEL PM Res ANTÔNIO CARLOS MENDES.
Aviso os oficiais do MMDS que não posso ir à reunião costumeira e, no MMDC, vou minutar a convocação para a reunião da EXECUTIVA em 23 de março, às 14:30 horas; convite para a reunião de 30 de março, às 14:30 horas, sobre a “CAMINHADA 9 DE JULHO” e o convite para a reunião na API, no dia 6 de abril, às 16 horas.
O CORONEL PM MENDES comparece no “enforcamento” do governador GERALDO ALCKMIN, cujo julgamento começa defronte a Igreja dos Enforcados, na LIBERDADE. O dito “enforcamento” se dá defronte da CATEDRAL DA SÉ. Uma procissão, carregando o caixão, vai terminar na porta de Secretaria da Segurança Pública. O ato é uma realização da AORRPM, liderada pelo CORONEL PM Ref HERMES CRUZ. Diz o MENDES que cerca de duas mil pessoas compareceram nessa manifestação jocosa, mas altamente significativa. Luta-se pela discriminação do governador que propõe um aumento de vencimentos, com um título fantasioso, para o pessoal da ativa. Esquece ele, de propósito, dos inativos e das pensionistas.
Presidente GINO, vice CORONEL MENDES, CORONEL RICARDO JACOB, CORONEL ARY CANAVÓ, CAPITÃO RICHARDS, ROMAGNOLI, JANAÍNA, reúnem-se nesta tarde. Com a ajuda das nossas funcionárias LUCIENE e LILIAN, preparamos uma surpresa para o CORONEL MENDES, em comemoração aos seus 64 anos, completados no dia 10 último. De maneira muito alegre, nosso companheiro é cumprimentado efusivamente. O MENDES está contente, conta piadas, parecendo que estava aniversariando nesta data. Ao mesmo tempo, tratamos de assuntos relacionados com a parte administrativa da Sociedade. ROMAGNOLI traz notícias alvissareiras sobre o famigerado processo movido pelo CARVALHOSA contra a CLARO, FARAH SERVICE e o MMDC. Abaixo está transcrito a sua última sentença:
Conclusos para Sentença (31/01/2006)
Conclusos para Sentença: fls. 6880: Passando a apreciar detidamente os embargos de declaração interpostos pela empresa requerida F/Nazca, cujo recebimento ora se dá em virtude da r. decisão proferida em Segundo Grau, que entendeu pelo reconhecimento do prazo recursal em dobro, passo a reconsiderar, parcialmente, a decisão embargada; reconheço, como alegado, a omissão parcial da decisão por mim proferida, quando do saneamento do feito, pois, de fato, não logrei apreciar o fundamento da ora embargante, relativo à sucessão contratual da mesma, pela empresa CMBR, com respeito ao contrato de publicidade então firmando com a empresa Tess S/A, também requerida nesta demanda. Isto porque, conforme alega a ora embargante, quando da interposição desta ação, já houvera sido firmado contrato de publicidade entre a Tess e a referida CMBR, tendo este, como objeto, a divulgação do patrocínio da obra de restauração do Obelisco, pela Tess; e decorreu deste patrocínio justamente a colocação da propaganda da patrocinadora Tess, em volta do Obelisco, o que foi de responsabilidade da empresa de propaganda. Mas, melhor analisando os autos, noto que, o projeto de mídia do restauro do monumento não era, quando da interposição da ação, da requerida F/Nacza, tendo sido a CMBR quem veiculara a divulgação da empresa que patrocina a obra, através da colocação das telas protetoras em torno do Obelisco. Desta forma, corrigindo posição anteriormente por mim adotada, percebo que a empresa embargante não figura como contratante no referido contrato de publicidade, inexistindo, portanto, interesse de agir em figurar no pólo passivo da demanda, por não ser responsável pela forma de veiculação das propagandas impugnadas, parte do objeto da demanda. E, sem interesse de agir, não poderá responder aos termos desta ação. Tangente aos demais argumentos deduzidos pela embargante F/Nacza, deixarei de apreciá-los pois, por óbvio, reconhecida sua ilegitimidade passiva, impõe-se sua exclusão desta lide. Assim, acolho parcialmente os embargos de declaração interpostos, para retificar parte da decisão interlocutória proferida e, acolhendo a preliminar de ilegitimidade passiva, extinguir a presente ação, sem julgar o mérito, com relação à empresa F/Nacsa, o que faço com fundamento nos termos do artigo 267, inciso VI do Código de Processo Civil. Assim, condeno a autora ao pagamento das custas e despesas processuais, bem como aos honorários advocatícios que fixo em 10% sobre o valor dado à causa, em favor da empresa F/Nacza. P.R.I. Custas de preparo R$ 69,65, custas de porte e remessa e retorno R$ 17,78. Fls.6881: Determinei a abertura da conclusão, verbalmente, pois após a prolação da sentença extintiva quanto à empresa F/Nazca, passo a apreciar a manifestação da autora, na qual reitera a postulação de concessão de gratuidade judiciária. Recebo os embargos de declaração opostos, e passo a rejeitá-los parcialmente, merecendo os mesmos, somente retificação quanto à questão da gratuidade judiciária, indeferida por se tratar o autor de advogado. Isto porque, incorri em erro ao fundamentar desta forma a decisão, vez que, de fato, o patrono da causa, neto do escultor Emendabili, não é autor da demanda, em cujo pólo ativo figura, tão somente, sua mãe, filha do renomado artista. Assim, houve equívoco quanto ao fundamento do indeferimento da gratuidade. Entretanto, como já consignado diversas vezes nestes autos, é procedimento deste Juízo, ao apreciar pedidos de concessão de justiça gratuita, analisar as condições financeiras do pretendente ao benefício, vez que, induvidosamente, a gratuidade judiciária não é regra e sim excepcionalidade, da qual se beneficiará, efetivamente, aquele que não conta com condições financeiras de arcar com as custas e despesas processuais; e, para tal análise é imprescindível a análise do teor da declaração de rendimentos do requerente do benefício, como em todas as demandas procedo. Desta forma, concedo derradeiramente, prazo de 48 horas para que autora acoste aos autos, cópia das duas últimas declarações de bens/rendimentos, dos dois últimos exercícios financeiros, para análise do pedido de gratuidade judiciária. Com relação a todas as demais questões lançadas às folhas 6.843 e seguintes dos autos, inexistem obscuridade, omissão ou contradição a serem declaradas ou corrigidas, sendo certo que todas as argumentações da embargante já foram apreciadas, inclusive em sede de agravo de instrumento recentemente julgado que, com o acerto costumeiro, decidiu que tratam-se de questões de mérito, a serem decididas ao final e que, algumas delas, inclusive, deverão aguardar manifestação da Douta Procuradoria de Justiça, para que se manifeste acerca de eventual interesse em adentrar ao feito. Assim, nada há o que declarar, além do supra corrigido. Com o cumprimento do ora determinado, tornem-me conclusos. Intimem-se.

2/2/2006 às 0h0m
Aguardando Manisfestação do Réu
Aguardando Manisfestação do Réu- Fls. 6.905; J. Sim, devolvo o prazo vez que os autos encontram-se na conclusão. Int,



     
O CORONEL ARY CANAVÓ fala sobre a homenagem que será prestada amanhã, no Regimento de Polícia Montada “9 de Julho”, ao seu pai, CORONEL PM Ref JOSÉ CANAVÓ, no centenário de seu nascimento. Ele faleceu em 29 de fevereiro de 1984.
Esta tarde é proveitosa e passa rapidamente. Também faço um contato com o cartório central da Delegacia de ARUJÁ e marco uma visita para sexta-feira, na parte da manhã, para ver as cartas encontradas no carro aonde a SILVANA pôs término à sua vida.
Em casa, entro em contato, via fone, com o advogado LUIZ SÉRGIO CARRARO, grande amigo do CANAVÓ, transmitindo o convite para a festa do centenário do pai do CANAVÓ.

O veterano do Movimento Constitucionalista de 1932, JOSÉ BENEDITO SILVEIRA PEIXOTO, que completara 97 anos de idade ontem, dia 14, veio a falecer às 23:30 horas desta quarta-feira. Dona HELENA comunica-me a sua morte por volta da 1 hora do dia 16. Fico encarregado de avisar o presidente da Sociedade Veteranos de 32-MMDC e a “velha guarda” que já é bem pequena em número de remanescentes da revolução. SILVEIRA PEIXOTO nasceu em 14 de março de 1909. Foi conselheiro da Sociedade durante muitos anos, tendo exercido uma atividade digna de registro, pois pertenceu ao CONSELHO SUPREMO, como vice-presidente, e fez inúmeras palestras acerca da revolução. Escreveu uma dezena de livros. Seu filho PAULO me transmite que o corpo será velado na ACADEMIA PAULISTA DE LETRAS.

O DIÁRIO OFICIAL DESTA QUARTA-FEIRA publica a transferência para a reserva de um oficial dedicado, nosso amigo, o MAJOR PM MÚSICO ANTÔNIO CARLOS MARTINS FERNANDES, que era o Comandante do CORPO MUSICAL, atualmente. Nasceu em 10 de julho de 1953. Ele entrou na PMESP no dia 18 de março de 1976. Sua promoção a 2º Tenente músico aconteceu em 12 de janeiro de 1989. Foi promovido a 1º Tenente em 15 de dezembro de 1990. Não tenho suas promoções a CAPITÃO e a MAJOR.

O PALMEIRAS deixou escapar hoje a oportunidade de assumir a liderança isolada no GRUPO 7 da TAÇA LIBERTADORES. A equipe comandada por ÉMERSON LEÃO tropeçou nos próprios erros e empatou com o ROSÁRIO CENTRAL, no PALESTRA ITÁLIA, por 0 a 0. O resultado deixou o VERDÃO em situação desconfortável na competição. Afinal, embora permaneça em segundo lugar na chave, com um ponto a menos do que o líder NACIONAL, de MEDELLÍN, o time alviverde disputará fora de seu estádio duas das três próximas partidas, contra ROSÁRIO e NACIONAL. Assim, precisará somar pontos longe de casa para avançar às oitavas-de-final.

Pesquisa feita para a Confederação Nacional da Indústria pelo IBOPE revela que a maior parte dos eleitores não lembra mais do noticiário sobre pagamento de mensalão pelo PT e que o governo reverteu todos os índices de desaprovação que tinha há três meses. Agora, a maior parte do eleitorado (55%) o aprova (ante 42% em dezembro). Inversamente, a desaprovação caiu de 52% para 39%. A confiança no presidente LULA cresceu na mesma medida em que a desconfiança diminuiu. Ele também voltou a demonstrar força para ser reeleito. Pela pesquisa LULA venceria o governador GERALDO ALCKMIN por 46% a 22% numa simulação e por 43% a 19% em outra, sem contar os indecisos e os votos nulos e brancos.

A ministra ELLEN GRACIE NORTHFLEET foi eleita hoje Presidente do SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL. Primeira e única mulher a integrar o tribunal, ela poderá assumir a Presidência da República em caso de viagem de LULA, caso o vice-presidente JOSÉ ALENCAR resolva disputar o SENADO. Foi indicada pelo ex-presidente FERNANDO HENRIQUE CARDOSO em 2000. Ela sucederá NELSON JOBIM, que deixa a presidência no dia 30. O ministro GILMAR MENDES foi o escolhido para ocupar a vice-presidência.

Alunos da PUC se desentenderam hoje sobre a greve decidida em assembléia na noite anterior. Estudante ligados aos centros acadêmicos de CIÊNCIAS SOCIAIS e FILOSOFIA, líderes da paralisação, retiraram carteiras das classes para bloquear uma das entradas e colocá-las no pátio. A ação revoltou alunos de outros cursos, como DIREITO, ADMINISTRAÇÃO e ECONOMIA, que tiveram aulas, sentados no chão. Os funcionários não aderiram totalmente à greve.

O acadêmico JOSUÉ MONTELLO, ocupante da cadeira 29 da Academia Brasileira de Letras (ABL), morreu nesta noite, aos 88 anos, na Casa de Saúde SÃO JOSÉ, no HUMAITÁ, zona sul do RIO. O escritor estava internado há um ano e meio. A causa da morte, informou o hospital, foi “insuficiência cardíaca com pneumonia”.
Nascido em SÃO LUÍS DO MARANHÃO em 21 de agosto de 1917, MONTELLO foi eleito para a academia em 1954. Muitas vezes premiado, foi professor e ocupou uma série de cargos públicos, como embaixador do BRASIL junto à UNESCO, subchefe da CASA CIVIL da Presidência da República (entre 1956 e 1957), diretor-geral do Museu Histórico Nacional e da Biblioteca Nacional. Também presidiu a ABL, de 1994 a 1995. Entre seus numerosos livros publicado estão: O BAILE DA DESPEDIDA, ALELUIA, OS TAMBORES DE SÃO LUÍS e CAIS DA SALVAÇÃO.
Um dos motivos de orgulho para MONTELLO era a confiança de seus pares. Quando disputou a imortalidade da ABL, enfrentou 11 opositores e foi vencedor logo no primeiro escrutínio. “A primeira qualidade de JOSUÉ MONTELLO é a sua escrita. Uma escrita que, como MACHADO DE ASSIS, parece passada a limpo”, elogiou, certa vez, MANUEL BANDEIRA. Em 1997, por exemplo, lançou seu 127 º e um dos mais importantes livros: MEMÓRIAS PÓSTUMAS DE MACHADO DE ASSIS, minuciosa pesquisa de meio século. “Escrevo porque tenho o que dizer, sem jamais me repetir”, dizia, justificando o fôlego literário.  

O plantão estava no fim quando um dos policiais ouviu gritos nas celas do 89º Distrito Policial. Era uma presa que chamava o carcereiro. “A libanesa tá sangrando”. A libanesa era a economista RANA ABDEL RAHIM KOLEILAT, de 39 anos. Os policiais retiraram-na da cela e viram que RANA tinha um corte no pulso esquerdo feito com uma espécie de miniestilete. Para a defesa, tratou-se de uma tentativa de suicídio. “Ela disse que se é para morrer lá (no LÍBANO), prefere se matar aqui”, disse o advogado VICTOR MAUAD.

Um dia após anunciar a sua candidatura à presidência da República pelo PSDB, o governador GERALDO ALCKMIN sofreu um duro golpe da polícia. Trabalhadores ativos e aposentados pararam as ruas do Centro da Capital e, em ato simbólico, enterraram um boneco do governador. Eles protestavam contra a gratificação concedida pelo governador no início do mês e pelos baixos salários da categoria. O Governo pagará o bônus a partir de 1 º de maio para servidores das polícias civil, militar e científica. Os valores variam conforme o local de trabalho. Os policiais reclamam que a gratificação será paga apenas para trabalhadores ativos, ou seja, aposentados e pensionistas ficam de fora. Além disso, são contra o pagamento de valores diferentes para policiais do Interior. O protesto teve início na PRAÇA DA LIBERDADE e terminou em frente à Secretaria de Segurança Pública, na rua LÍBERO BADARÓ. Cerca de 90 representantes de entidades foram recebidos pelo Secretário da Segurança Pública, SAULO DE CASTRO ABREU FILHO. 

Desculpou-se em nota oficial o ator KADU MOLITERNO, pelo episódio no qual agrediu sua mulher, a atriz INGRID SALDANHA. O ator afirmou que pretende “corrigir seu comportamento”. Em 27 de fevereiro, INGRID levou dois socos do marido durante uma discussão no carro e registrou queixa de lesão corporal. No RIO DE JANEIRO.

Recebeu o prêmio Literário da Fundação Biblioteca Nacional, na categoria CONTO, o jornalista MÁRIO SABINO, redator-chefe da revista VEJA, pela sua obra O ANTINARCISO. Entre os outros contemplados estão RENATO REZENDE, pelo livro de poema ÍMPAR, e SÍLVIO FIORANI, pelo romance INVESTIGAÇÃO SOBRE ARIEL. Cada um dos sete premiados recebeu dez mil reais. No RIO DE JANEIRO.

A gripe aviária avançou sobre a EUROPA. Hoje, a DINAMARCA confirmou seu primeiro caso de contaminação numa ave selvagem. O Ministério dos Assuntos de Família e dos Consumidores, responsável pela segurança dos alimentos no país, afirmou que se trata do H5. Não revelou, no entanto, em qual região da DINAMARCA o foco foi detectado.

15 DE MARÇO DE 2 007     :      -      QUINTA-FEIRA
Leio, nesta manhã, no DIÁRIO OFICIAL, a promoção dos TENENTES-CORONÉIS PM ALAOR JOSÉ GASPAROTO, DANILO ANTÃO FERNANDES e LUIZ MASSAO KITA ao posto de CORONEL.
Foram classificados: ALAOR JOSÉ GASPAROTO no CPAM-5; DANILO ANTÃO FERNANDES no CPAM-12 e LUIZ MASSAO KITA no CPAM-2.
TRANSFERÊNCIAS:
CORONEL PM MÁRCIO MATHEUS, do CPAM-9 para o CPI-3 e o CORONEL PM IZAUL SEGALLA JÚNIOR, do CPAM-5 para o CPAM-9.

Onze deputados estaduais paulistas reeleitos, que hoje iniciam seus novos mandatos, compareceram a menos da metade das votações nominais nos quatro anos da legislatura que se encerra. O campeão de ausência é ALDO DEMARCHI. Ele compareceu a 35% das 77 votações.
As eleições de outubro de 2006 renovaram praticamente metade da Assembléia Legislativa para os próximos quatro anos. Dos 94 deputados estaduais que assumem suas cadeiras hoje, apenas 49 são reeleitos. Os outros 45 estréiam novos mandatos, ainda que alguns já tenham passado pela Casa em outras legislaturas. É o caso de BARROS MUNHOZ cotado para exercer a função de líder do governo de JOSÉ SERRA no Legislativo.
Dono da maior bancada, o PSDB já tem acordo fechado com aliados e com o PT para eleger hoje o tucano VAZ DE LIMA para a presidência da Assembléia. A volta do PSDB ao comando do Legislativo, depois da derrota sofrida há dois anos, deve garantir mais tranqüilidade a SERRA na aprovação de projetos, embora o governador já conte com uma ampla maioria. O acordo fechado com a oposição, no entanto, garantiu vagas para os petistas na composição da Mesa Diretora e também vai levar a uma cobrança de maior independência em relação ao Executivo. Durante a gestão de GERALDOALCKMIN, a Casa ganhou fama de homologadora das ações do Executivo, barrando também os pedidos de CPIs.
RODRIGO GARCIA, que deixa a presidência hoje, rejeita a crítica. “O Legislativo teve altivez, exerceu sua autonomia com responsabilidade, o que às vezes é confundido com subserviência. Tivemos responsabilidade  com autonomia”, disse RODRIGO. 

CORONEL MENDES telefona-me. Encontra-se no dentista. Se der tempo, irá numa solenidade no 2º BPE, às 10 horas, numa homenagem que o Cmt TENENTE-CORONEL FALCÃO irá fazer à FEB. Saio de casa depois das 11 horas. Com saldo negativo no banco, sou obrigado a me socorrer da COOPMIL, onde enfrento uma fila. Na Sociedade Veteranos de 32-MMDC deixo avisado que agora à tarde estarei presidindo uma Assembléia Geral Ordinária na AORRPM. Passo correndo pela Entidade onde sempre me reúno com os oficiais que ali se associaram para o propósito de dar aulas de segurança. Por volta das 15 horas, estou na AORRPM, onde o CORONEL PM JORGE GONÇALVES, vice-presidente, abre os trabalhos costumeiros das quintas-feiras. O CORONEL PM HERMES CRUZ não se encontra presente porque foi assistir a posse dos deputados estaduais. Indicado pela Assembléia para presidi-la chamo o MAJOR DÉRCIO CHICONELLO para ser o 1º Secretário e o TENENTE PM EDGAR SEVERIANO DA SILVA para ser o 2º Secretário.
É lida a Ata da Reunião Anterior, aprovada por unanimidade. Depois, o secretário lê o Relatório do Presidente da Diretoria relativo ao ano de 2006 e os pareceres do Conselho Fiscal e do Conselho Deliberativo, aprovados também. Finalmente, é apresentado o Relatório Administrativo/Financeiro da CAMP, que é aprovado por unanimidade.
É uma Assembléia tranqüila, sem atritos, bastante diferente de outras polêmicas que tenho presidido. Por volta das 16 horas tudo está terminado. Ali encontro muitos amigos, como o CORONEL PM Ref ALAOR SILVA BRANDÃO, TENENTE-CORONEL PM Ref AMORIM, o MAJOR PM Ref RENATO, CAPITÃO PM Ref IRINEU FELIPE, CAPITÃO PM Ref NEWTON DE PAULA CAMPOS, TENENTE PM CONCEIÇÃO, TENENTE PM EDMILSON e muitos outros.
Passo novamente pelo MMDC. Nossa funcionária, LILIAN, ainda sozinha no trabalho, curte violenta gripe. Diz que o CORONEL PM MENDES acaba de sair. Ainda atendemos a doutora MARIA CECÍLIA FERREIRA CALDEIRA, filha do ex-combatente ANTÔNIO FERREIRA CALDEIRA JÚNIOR, falecido no dia 19 de julho de 2006. Esse combatente de 1932 esteve atuante em CUNHA, na Revolução. Natural de TAQUARITINGA, nasceu em 11 de julho de 1912. Ela doa um capacete do herói de 32 a fim de ser colocado no MUSEU “MARIA SOLDADO”. Também quer encaminhar os restos mortais de seu pai para o Monumento Mausoléu do Soldado Constitucionalista.

A estudante PRISCILA APRÍGIO DA SILVA, de 13 anos, que ficou paraplégica ao ser atingida nas costas por bala perdida durante assalto ao banco ITAÚ, em MOEMA, voltou para o Hospital ALVORADA. Hoje, durante tratamento no centro de habilitação do Hospital das Clínicas, a menina passou mal. Ela havia recebido alta na terça-feira, dia 13. “Ela começou a sentir dores na cabeça e na nuca e os médicos acharam melhor submetê-la a uma bateria de exames para um diagnóstico mais preciso. Não sabemos ainda o que é”, diz o irmão, o enfermeiro LEANDRO APRÍGIO DA SILVA. Outra vítima do mesmo tiroteio, a auxiliar de limpeza MARIA ERENILDES DE JESUS NASCIMENTO, afirma que está passando dificuldades financeiras e sentindo-se desprezada pelo banco e pelas autoridades.

CAROLLINI é a nova líder do “BIG BROTHER BRASIL 7”. A morena venceu a prova desta semana ao escolher o taco marcado, o de número quatro. “Até que enfim”, soltou ela depois que PEDRO BIAL anunciou o vencedor. Cada um foi orientado a escolher um taco e, em seguida, girar o corpo com a cabeça apoiada nele. Só depois BIAL anunciou que o vencedor era aquele que tinha escolhido o taco de número quatro.
Hoje, ao saudar os sobreviventes, BIAL perguntou a DIEGO se ele estava triste. “Estou bem para baixo mesmo, BIAL. Enfrentei SIRI, FLÁVIA e FANINHA na seqüência. Me sinto muito só”, respondeu. Numa das imagens exibidas ALEMÃO lembra de SIRI. “Saudade de você, caipira”.

Com um ano e três meses de idade, MATEUS SOUZA DO CARMO, já vem tirando o sono da mãe, ALINE ARAÚJO, de 27 anos. E não são travessuras do garoto que andam procupando ALINE, mas o fato dele engordar a cada dia sem parar. Se aos três meses ele já tinha dez quilos, hoje a balança já acusa 25 quilos, cerca de 16 quilos a mais do que a média dos meninos na mesma idade, o que já chama a atenção da população de PORTO SEGURO, na BAHIA, cidade em que MATEUS mora com a família. 

O monomotor UIRAPURU, fabricado pela extinta AEROTEC, caiu por volta das 11:15 horas sobre a oficina mecânica KURAMOTO, na região central de SÃO JOSÉ DOS CAMPOS. Duas pessoas morreram, o piloto e o aluno que participavam de um vôo de instrução. O teto da oficina desabou, mas nenhuma das três pessoas que estavam no local sofreu lesões graves.
Por volta das 10:30 horas, a aeronave decolou do Aeroporto de SÃO JOSÉ DOS CAMPOS com o instrutor de vôo LUCAS CARVALHO INTRIERI, de 23 anos, e o aluno RICARDO SACHETTI PINAR, de 21 anos. LUCAS, que tinha mais de mil horas de vôo, completaria 24 anos amanhã. A aula fazia parte da instrução de toque e arremetida, ou seja, pouso e decolagem.
LUCAS morreu cerca de meia horas depois do acidente e RICARDO, por volta das 14 horas, ambos no pronto-socorro, em virtude de traumatismo craniano.

A viúva do ganhador da MEGA-SENA, ADRIANA ALMEIDA, de 29 anos, prestou novo depoimento à polícia, hoje, e acusou seu ex-advogado ALEXANDRE DUMANS de extorsão e roubo.
A ex-cabeleireira disse que DUMANS lhe pediu pelo menos 300 mil reais para subornar os policiais que comandam o inquérito da morte do milionário RENNÉ SENNA.
Segundo a viúva, ela conta que percebeu que havia sido enganada quando foi presa, no dia 30 de janeiro, por policiais da 119ª DP. Mas teve certeza do golpe, quando sua prisão foi prorrogada, no último dia, a pedido da DH.
Além dos 300 mil reais, ADRIANA contou que DUMANS exigiu que ela lhe desse dois dos seus três carros. Um deles, o AUDI A3, foi um presente para advogado e corretor de imóveis AUGUSTO CÉSAR GUIMARÃES, que daria um depoimento favorável a ela.

O senador ANTÔNIO CARLOS MAGALHÃES, 79 anos, recebeu alta médica hoje à tarde, do INCOR em SÃO PAULO. Ele foi internado na quarta-feira passada, dia 7 de março, para realização de exames após apresentar febre decorrente de uma forte gripe. ACM continuará o tratamento na BAHIA em sistema domiciliar.

Considerado um dos nadadores brasileiros mais talentosos de todos os tempos, o catarinense medalhista olímpico, FERNANDO SCHERER, de 32 anos, disse que não tinha mais motivação para treinar e desistiu de disputar o PAN DO RIO, que seria o quarto de sua carreira. SCHERER – o XUXA – não pretendia encerrar sua carreira antes do PAN do RIO DE JANEIRO, para voltar a competir diante do público brasileiro. Aliás, ao falar de suas conquistas mais marcantes, ele cita o ouro no MUNDIAL de piscina curta realizado em 1995, em COPACABANA. As pretensões do atleta iam ainda mais longe. Sua vontade era chegar a nadar com a filha ISABELLA, hoje com 11 anos. “Só que desde 2000 eu estava bem cansado. Em 2005, fiz um trabalho de recuperação em uma lesão, mas em dezembro eu já estava de volta, liberado para competir”. Foi então que ele começou a pensar seriamente na aposentadoria, até se decidir no final de janeiro.

O presidente LUIZ FLÁVIO BORGES D´URSO, presidente da OAB/SP, assim se pronuncia nos 80 anos da morte de JÚLIO MESQUITA: “Poucos jornalistas se empenharam tanto na defesa da liberdade de imprensa e na modernização do jornalismo brasileiro – dando-lhe uma feição mais informativa, isenta, apartidária – como JÚLIO MESQUITA. No registro dos 80 anos de seu passamento, vale ressaltar que JÚLIO MESQUITA ajudou a implantar conceitos importantes para o jornalismo, como a missão de servir ao interesse público, garantir a pluralidade – dando voz a todos os atores sociais – e buscando uma linguagem moderna, mais objetiva e concisa. Hoje temos consolidados conceitos sobre a imprensa, difíceis de compreender no final do século XIX e início do século XX, quando JÚLIO MESQUITA esteve à frente do ESTADO, viabilizando mudanças que iriam ter reflexos em toda a imprensa brasileira. Patrono dos advogados, RUY BARBOSA afirmava que um país sem uma imprensa íntegra é “um país que, explorado na sua consciência, não poderá lutar com os vícios que lhe exploram as instituições”. JÚLIO MESQUITA foi mentor dessa imprensa íntegra, a defender o direito de todos à informação no intuito de colaborar para construir um País mais justo”.

O governador de SÃO PAULO, JOSÉ SERRA, conseguiu eleger hoje o deputado tucano VAZ DE LIMA como presidente da Assembléia paulista, inclusive com os votos do PT. VAZ DE LIMA teve 90 votos, após a posse dos 94 deputados eleitos – 96% do total, portanto.
Acordo com o PSDB permitiu ao PT ficar com o segundo posto mais importante na Mesa Diretora, a primeira secretária – assumida pelo deputada MARIA LÚCIA PRANDI. Também conquistaram vagas o PFL (segunda secretaria, com EDMIR CHEDID), o PTB (primeira vice-presidência, para WALDIR AGNELLO), e o PPS (segunda vice-presidência, com LUÍS CARLOS GONDIM).   

A Congregação para a Doutrina da Fé (ex-Santo Ofício) anunciou no VATICANO a suspensão do padre jesuíta JON SOBRINO, basco que reside em EL SALVADOR desde 1958 – e um dos expoentes da Teologia da Libertação na AMÉRICA LATINA. O teólogo foi proibido de dar aulas, proferir palestras e publicar textos, por causa de posições que tem defendido em seus livros sobre cristologia. Ele teria empobrecido a figura de CRISTO, reduzindo seus valores divinos, com intenção de aproximá-lo mais dos pobres.

No mais recente relatório da situação do IRAQUE, divulgado pelo PENTÁGONO, o Departamento de Defesa dos ESTADOS UNIDOS afirma, pela primeira vez, que a violência no IRAQUE, pode ser descrita como guerra civil. Os ataques entre sunitas e xiitas no país se intensificaram a partir de outubro de 2006, e chegam a mil por semana, segundo o PENTÁGONO. De maio a agosto de 2006, ocorriam cerca de 800 ataques por semana.
Embora muitas ações tivessem como alvo as forças lideradas pelos americanos, grande parte das vítimas foram civis iraquianos. Ataques e baixas também são mais altas desde outubro do que em qualquer outro período. Grande parte das estatísticas citadas no relatório referem-se ao período anterior ao anúncio do envio de mais 21.500 soldados, feito pelo presidente GEORGE W. BUSH.  Cerca de 70% dos iraquianos dizem acreditar que as condições estão se agravando, e mais de nove mil pessoas deixam o país a cada mês.
Hoje pela manhã, um carro-bomba explodiu atingindo um ônibus que levava funcionários de uma indústria em ISKANDARIYA (40 km de BAGDÁ), matando quatro pessoas e ferindo 24. A área, com uma população mista de sunitas e xiitas, é uma das muitas regiões no IRAQUE que sofre com a violência.

O ex-vice presidente do IRAQUE, TAHA YASSIN RAMADAN, teve negado o recurso contra a sentença de morte por enforcamento. Ele foi julgado junto com SADDAM HUSSEIN pela morte de 184 xiitas em DUJAIL na década de 1980. Segundo a lei iraquiana ele deve ser levado à forca, como SADDAM HUSSEIN, dentro de trinta dias.

Uma enfermeira espanhola de 51 anos que sofria de distrofia muscular progressiva e que, no início de março, obteve autorização para que fosse retirado o respirador que a mantinha viva, morreu ontem em GRANADA. INMACULADA ECHEVARRÍA, que há dez anos se encontrava de cama e estava ligada a um respirador artificial, morreu às 21 horas locais no hospital público de SAN JUAN DE DIOS, em GRANADA, para onde havia sido levada horas antes do hospital SAN RAFAEL, dirigido por uma ordem religiosa. A secretaria provincial de Saúde informou que a paciente foi desconectada “da unidade de ventilação mecânica que a mantinha artificialmente com vida e que a morte ocorreu em conseqüência da enfermidade da qual padecia”. Na ação que permitiu que os aparelhos fossem desligados, foi levada em conta a rejeição de INMACULADA ao tratamento – o que é previsto na legislação do país – e não a eutanásia, que é proibida na ESPANHA.

O príncipe WILLIAM, do REINO UNIDO, segundo na linha de sucessão da Coroa britânica, começou hoje seu treinamento militar de reconhecimento para manejar armas de guerra como canhões e rifles. WILLIAM, 24 anos, atualmente treina para ser líder da tropa, e segundo o Ministério da Defesa em LONDRES, o filha mais velho do príncipe CHARLES e da princesa DIANA “deverá ser paciente, manter a calma e ser habilidoso”. Ele é da Cavalaria Real, como seu irmão, HARRY, que vai ao IRAQUE.  

Numa confissão divulgada pelo PENTÁGONO, KHALED SHEIKH MOHAMMED, ex-número três da AL-QAEDA e preso em GUANTÁNAMO (CUBA), assumiu também ter decapitado o jornalista do “WALL STREET JOURNAL”, DANIEL PEARL, em 2002 no PAQUISTÃO. O Departamento de Defesa dos EUA, que já havia divulgado trechos do depoimento em que ele assume a autoria do 11 de setembro e conta ser responsável por mais de 30 ataques, disse ter mantido a confissão sobre a morte de PEARL em segredo para informar a família do repórter americano. “Decapitei com minha abençoada mão direita a cabeça do judeu americano DANIEL PEARL. Para quem quiser confirmar, há fotos minhas na Internet”, diz o paquistanês num trecho do depoimento. “Fui responsável pela operação de 11 de setembro, de A a Z”, fala em outro trecho. MOHAMMED assume ainda a autoria do atentado a uma boate em BALI (INDONÉSIA), em 2002.

O diretor do filme REBELDIA INDOMÁVEL e da série de televisão OS INTOCÁVEIS, STUART ROSENBERG, morreu de infarto, aos 79 anos, em sua casa de BEVERLY HILLS, nesta quinta-feira. ROSENBERG nasceu no BROOKLIN, em NOVA YORK, em 1927, e começou a dirigir séries para a TV nos anos 1950. A primeira delas foi DECOY, em que a atriz BEVERLY GARLAND interpreta uma policial. Outras de suas séries mais conhecidas foram: ALFRED HITCHCOCK PRESENTS e ALÉM DA IMAGINAÇÃO. Em 1963 obteve um prêmio EMMY de televisão por um episódio de THE DEFENDERS. ROSENBERG também trabalhou com ROBERT REDFORD, com quem rodou em 1980 o filme BRUBAKER.

2 008      :      -      SÁBADO
Na página A2 do DIÁRIO DE SÃO PAULO: O VIGILANTE RODOVIÁRIO
CARLOS MIRANDA NUNCA MAIS TIROU A FARDA
Faz 46 anos que a TV brasileira exibiu o último episódio inédito de “O VIGILANTE RODOVIÁRIO”. Faz 46 anos que CARLOS MIRANDA não tira o uniforme de vigilante rodoviário. Caso único no mundo, o paulista de 78 anos é citado até no “GUINNESS BOOK” como o primeiro ator a virar o personagem. “Me apaixonei pela função”, conta o hoje aposentado coronel da Polícia Militar.
E não é para menos tanta paixão. Como o INSPETOR CARLOS, ele viveu no cinema e na TV as inesquecíveis histórias do policial rodoviário que enfrentava, sempre com a ajuda do pastor alemão LOBO, os mais variados tipos de bandidos e aventuras pelas estradas brasileiras. Não havia criança ou adulto que não fosse apaixonado pelo vigilante rodoviário.
“É incrível como muita gente ainda se lembra da série, mesmo tanto tempo depois”, conta MIRANDA, que até hoje viaja pelo BRASIL dando palestras de segurança nas estradas e se apresentando par PMs de todos os Estados, que têm o VIGILANTE CARLOS o ídolo que consagrou a profissão.
CARLOS fez a série até 1962. Foram só 38 capítulos. Três anos depois ele entrou para a FORÇA PÚBLICA. “Trabalhei na CASTELLO BRANCO, na ANCHIETA...” E cansou de dar autógrafos para motoristas que eram parados por ele.
Paralelamente, ele nunca deixou de atuar. Foram mais de 60 filmes em 58 anos de cinema. Mas nada que fizesse sua memória apagar “O VIGILANTE RODOVIÁRIO”, cuja filmagem de cada capítulo demorava de 10 a 12 dias. Hoje, ele trabalha para manter viva a memória de uma das primeiras séries de aventura do BRASIL. “Eu sou teimoso”, diz ele, que cria a quinta geração do pastor alemão LOBO.

Este é um sábado em que estou muito desanimado. A temperatura cai muito, levanto depois das 10 horas. Não tenho vontade de fazer nada. Pouca coisa produzo no computador.
Na Internet, leio o DIÁRIO OFICIAL que traz a transferência para a reserva do TENENTE-CORONEL PM YVENS MARTINI CATALANO. Ele nasceu em 14 de dezembro de 1955. Entrou para a PMESP no dia 2 de fevereiro de 1976. Foi declarado ASPIRANTE A OFICIAL em 21 de abril de 1978. PROMOÇÕES: 2º TENENTE- 15 de dezembro de 1981; 1º TENENTE – 25 de agosto de 1982; CAPITÃO – 24 de maio de 1989; MAJOR – 25 de agosto de 1996; TENENTE-CORONEL – 25 de agosto de 2001.
O DO também publica os decretos de 14 de março de 2008, dispensando, a contar de 18 de março de 2008, das funções de Chefe do Estado Maior da Polícia Militar, em face de sua transferência para a reserva, o CORONEL PM JOSÉ ROBERTO MARTINS MARQUES e designando, a contar da mesma data, o CORONEL PM DANIEL BARBOSA RODRIGUEIRO para exercer essas funções. Em conseqüência, transfere o CORONEL PM RODRIGUEIRO do Comando de Policiamento Rodoviário para o Estado Maior da Polícia Militar. 

A tarde cinzenta em SÃO PAULO não impediu que mais de 15 mil torcedores fossem ao MORUMBI. Era dia de festa, dia de o CORINTHIANS assumir a liderança do CAMPEONATO PAULISTA. Seu adversário, o JUVENTUS, que ultimamente não tem mostrado nada de Moleque Travesso, resolveu aprontar. A defesa corintiana, ponto mais forte da equipe, resolveu falhar. O empate por 2 a 2 acabou com a graça do fim de semana da FIEL e com o sonho do primeiro lugar na competição.
O NOROESTE teve grande atuação hoje, goleou o SERTÃOZINHO por 4 a 0 em BAURU e assumiu a quarta posição do PAULISTA, com 26 pontos. Já o BARUERI, em casa, venceu o RIO PRETO por 2 a 0 e ficou na terceira posição. Com os resultados, SÃO PAULO (26 pontos) e PALMEIRA (25) ficaram fora do GRUPO DOS 4.

A eleição para a Prefeitura de SÃO PAULO está virtualmente empatada segundo resultado de pesquisa da TOLEDO & ASSOCIADOS: o prefeito GILBERTO KASSAB melhorou a intenção de voto recolhida pelas últimas pesquisas e aparece com 20,4% em empate técnico com a candidata MARTA SUPLICY, na disputa pelo segundo lugar. GERALDO ALCKMIN tem 27,6% das intenções de voto, também empatado tecnicamente com MARTA, que registra 22,3%. Depois deles, apareceram os nomes dos deputados PAULO MALUF, com 10,3&; LUÍZA ERUNDINA com 7,7%  e PAULO PEREIRA DA SILVA, com 2,3%. Os potenciais candidatos ALDO REBELO e ZULAIÊ COBRA pontuaram abaixo de 1% e SONINHA FRANCINE não teve seu nome incluído no levantamento.

FERNANDO GRELLA VIEIRA, eleito hoje à noite procurador-geral de Justiça de SÃO PAULO, disse que o grau de corrupção na administração pública o assusta e preocupa o País. “Assusta não só a mim, mas a todos os brasileiros pelo nível que ela alcançou”, declarou.
Aposta em “uma gestão mais eficaz a partir do levantamento de todos os fatos relativos à improbidade.” Mas ressalvou que a missão a que se propõe não será bem sucedida se não superar aquilo que reputa como principal problema da corporação que planeja dirigir.
“São vários problemas, mas o que incomoda mesmo é a falta de estrutura, de um sistema moderno de informatização como ferramenta indispensável”. Garantiu que grupos especializados de promotores serão munidos de recursos técnicos e um banco de dados para reunir informações sobre o crime organizado. “A corrupção é uma realidade e tem que ser combatida de maneira incessante”.
Candidato da oposição, sozinho ele derrotou três oponentes, todos da situação. Foi uma surra de votos, a maior já registrada na história do Ministério Público paulista: recebeu 931 votos, 262 a mais que o segundo colocado, JOSÉ OSWALDO MOLINEIRO (669 votos). O terceiro lugar ficou para PAULO AFONSO GARRIDO DE PAULA (453) votos.
A lista tríplice será levada no dia 17 de março ao Palácio dos Bandeirantes. É prerrogativa exclusiva do governador a nomeação do chefe do MP; será o primeiro procurador-geral da era JOSÉ SERRA. Ele pode escolher qualquer nome da lista, independente da colocação que teve. SERRA tem 15 dias para decidir. É tradição o primeiro ser o indicado pelo governador, mas ela foi quebrada em ‘996, quando MÁRIO COVAS surpreendeu a categoria e nomeou LUIZ MARREY, hoje secretário de Justiça de SERRA.
RODRIGO CÉSAR REBELO PINHO, procurador-geral nos últimos quatro anos, admitiu que “houve uma dissidência” na base da situação, que lançou 3 candidatos. O seu preferido era MOLINEIRO. O grupo de PINHO mandou no MP nos últimos doze anos. GRELLA destacou que sua administração não vai significar rompimento com a gestão atual.

O governador da BAHIA, JAQUES WÁGNER, tomou um susto hoje, quando o helicóptero que o transportava teve de fazer um pouso forçado na região de SÁTIRO DIAS, município a cerca de 200 km de SALVADOR. Ninguém saiu ferido. O problema na aeronave foi a queda de pressão do óleo em uma das turbinas. No momento do incidente, o governador se dirigia para o município de CÍCERO DANTAS, no semi-árido. Ele tinha uma agenda de compromissos políticos, inaugurando minifábricas de beneficiamento de castanhas no interior.
O incidente ocorreu logo após as despedidas da secretária de Estado americana, CONDOLEEZZA RICE, que embarcou hoje, em SALVADOR, em direção ao CHILE.

O taxista GEORGE MARTINS DA COSTA LIMA, de 52 anos, foi assassinado por um assaltante em frente ao TEATRO SÉRGIO CARDOSO, na Rua RUI BARBOSA, na BELA VISTA, região central da capital, hoje de madrugada. Baleado no pescoço, o taxista chegou a ser levado ao Hospital do Servidor Público Municipal, mas não resistiu ao ferimento. O assassino, que se passou por passageiro, fugiu. Ele não teria conseguido roubar nada do taxista, segundo informações de policiais.

O CABO PM FRANCISCO CARLOS LOURENÇO LOPES, de 45 anos, foi executado com um tiro na cabeça em confronto com quatro bandidos, durante um assalto a uma padaria na região do CARANDIRU, na zona norte da capital. O PM SANDRO GONÇALVES, de 29 anos, levou dez tiros, mas foi salvo pelo colete. As balas atingiram as duas pernas e uma passou pelo queixo, de raspão. Os ladrões invadiram a padaria PANETTERIA CONCEIÇÃO, na VILA PAIVA, armados com pistolas. Sete funcionários estavam no comércio. Quatro trabalhavam na produção e três no atendimento ao cliente.
Os PMs LOPES e GONÇALVES, que nada sabiam do roubo, estavam encerrando o turno e foram até a padaria para tomar café.
O dia do CABO PM FRANCISCO LOPES, de 45 anos, não seria espetacular. Casado e pai de dois filhos, seguiria para SÃO VICENTE, na BAIXADA SANTISTA, onde a família mora, e comemoraria o aniversário de sua filha, que completou 14 anos ontem. Mas, ao surpreender, sem querer, um assalto à padaria da qual é cliente, foi executado. Sua arma foi apreendida intacta pela perícia. Nem teve tempo para reagir. LOPES trabalhava na 1ª Companhia do 5º Batalhão de Policia Militar (CARANDIRU). Estava na PM há 18 anos. “Ele era um excelente policial”, disse o CAPITÃO PM LAÉRCIO FERNANDES JÚNIOR, seu comandante. LOPES será enterrado na BAIXADA SANTISTA. 

O número de mortos no confronto de ontem entre manifestantes e policiais na capital do TIBETE, LHASA, pode ser 100, segundo o governo tibetano no exílio chefiado pelo dalai-lama. O governo da CHINA reconheceu hoje 10 mortes, enquanto a Campanha Internacional pelo TIBETE afirmou que o número de vítimas é do no mínimo 25.
Enquanto os ativistas tibetanos sustentam que as mortes foram provocadas pela repressão policial, o governo de PEQUIM afirma que elas ocorreram em razão dos incêndios iniciados pelos manifestantes.   

2 009       :      -    DOMINGO
Falece neste domingo o TENENTE-CORONEL PM Ref DINIZ VICENTE DO NASCIMENTO. Ele nasceu no dia 22 de janeiro de 1922.
É uma data para descanso. Levanto tarde e leio os jornais pela manhã. Todos eles trazem reportagens sobre a prisão da TENENTE-CORONEL Fem PM ELIZABETE SOLIMAN, feita pelo CORONEL PM WÁGNER CÉSAR GOMES DE OLIVEIRA TAVARES PINTO. É algo que estarrece os integrantes da Corporação. Como esse escândalo acontece em GUARULHOS, onde resido, toca mais de perto para mim, mesmo porque fui um dos fundadores da 2ª Companhia Independente em GUARULHOS, embrião do 15º BPMM, que hoje é uma das Unidades subordinadas ao CPA/M-7.
A TENENTE-CORONEL Fem PM ELIZABETE SOLIMAN nasceu no dia 31 de outubro de 1959. Entrou para a PMESP em 5 de março de 1980. Foi promovida a 2º TENENTE em 27 de outubro de 1988; 1º TENENTE – 24 de maio de 1990; CAPITÃO – 15 de dezembro de 1994. Não tenho as datas de suas outras promoções.
GINO procura se socorrer do nosso deputado MAJOR PM OLÍMPIO e me manda, pelo correio eletrônico, a carta que ele redigiu:
São Paulo, 15/03/2009
Ao Exmo. Sr.
DEPUTADO MAJOR SERGIO OLIMPIO GOMES
Aos cuidados do Cel. Ricardo Jacob - e-mail jacob@ricardo.uol.com.br  
Senhor Deputado. 
Após mais de três anos na direção de nossa Sociedade, podemos dizer que esta gestão obteve muitas vitórias e poucas derrotas, ou seja muitos pontos positivos e apenas alguns negativos.
Acontece que um dos pontos negativos está sendo tão desfavorável que poderá neutralizar os pontos positivos. - As vitórias, foram: -
Após longos anos em que a contabilidade vinha sendo feita fora das normas legais, conseguimos normalizá-la, estando suas contas, inclusive balanços, aprovadas pelos Conselhos Fiscal e Deliberativo e todas as exigências legais rigorosamente em dia, tudo de acordo com as determinações do novo Código Civil. - Obviamente essa regularidade foi obtida com a orientação e a estreita colaboração dos citados Conselhos.
Restabelecemos a credibilidade da Sociedade junto aos órgãos governamentais, incluindo secretarias de estado, assembléia legislativa, prefeitura, câmara municipal, altos comandos das forças armadas e da polícia militar, bem assim com suas unidades menores; de Instituições formadoras de opinião pública como o Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo, a Associação Comercial de São Paulo, a Ordem dos Advogados do Brasil - Seccional de São Paulo e, especialmente, com o Egrégio Tribunal de Justiça do Estado, cujo Presidente, Desembargador Roberto Antonio Vallim Bellocchi tem-nos dado total apoio. 
Esse ilustre magistrado havia-nos declarado ser seu ponto de honra conseguir a reforma do imóvel de nossa sede, o que vínhamos tentando há anos, sem resultado.
Pois bem. A reforma da sede está em fase final: foram renovados o telhado, os forros, as instalações hidráulica e elétrica, os pisos, os sanitários, as escadas, as salas e a pintura.- Estamos aguardando mobiliário novo, também prometido.
Consideramos a citada reforma uma grande vitória de nossa administração e pretendemos promover uma homenagem de agradecimento ao Desembargador Bellocchi, em data a ser determinada, coincidente com a entronização da imagem de Santo Expedito que nos será doada pelo Padre Osvaldo Palópito, Capelão da Polícia Militar.
Desenvolvemos árduo trabalho de divulgação da Revolução de 32, não só em nosso Estado, mas também em outras unidades da Federação; comparecendo a inúmeros eventos, fazendo palestras, trabalho esse que resultou no fato de estarmos recebendo constantemente convites diversos, por parte de inúmeras instituições, tais como escolas, Polícia Militar e de unidades a elas subordinadas e demais Instituições formadoras da opinião pública.
Tivemos oportunidade de condecorar o Governador de Mato Grosso do Sul, juntamente com o Prefeito de Campo Grande, de altos dirigentes do Legislativo, do Judiciário e do Comando Militar do Oeste e de outras grandes unidades das Forças Armadas sediadas no Estado, a convite dos agraciados que nos enviaram passagens aéreas.
Estivemos em Santos Dumont, cidade de Minas Gerais, onde três nossos diretores foram condecorados por uma unidade do Exército, lá sediada, a qual, não obstante tenha combatido em 1932 contra São Paulo, reconhece agora que a Revolução Constitucionalista foi feita para o bem do Brasil e que, portanto, não teve qualquer intenção separatista.
Fizemos palestra em Santa Maria- RS, no quartel de uma Brigada de Artilharia, onde lembramos os feitos do Coronel Candido Carneiro Junior, que ficou na história como General Candoca, o qual reuniu cerca de 150 combatentes e atacou unidades da Brigada Militar Gaúcha, combatendo a favor da Revolução Constitucionalista, nos municípios de Soledade e Espumoso, quando morreram dez combatentes, cinco de cada lado, na ação conhecida como a Batalha do Rio Fão.
No Rio de Janeiro, em solenidade no Forte de Copacabana, também condecoramos altas personalidades.
Com exceção das viagens ao Mato Grosso do Sul e ao Rio de Janeiro, para as quais recebemos passagens pagas pelas autoridades que nos convidaram, todas as demais viagens foram custeadas mediante cotização dos diretores da sociedade, nenhum deles abastado. 
Volto ao ponto que considero negativo, que é a deficiência de arrecadação, dando alguns detalhes.
Ao assumirmos a administração, em julho de 2005, encontramos um débito bancário a juros escorchantes (cerca de 13,9%); telefone e internet cortados por falta de pagamento; funcionários reivindicando na justiça direitos trabalhistas.
Resolvemos satisfatoriamente as pendências na Justiça, renegociamos a dívida a juros razoáveis e a saldamos integralmente.
O insucesso a que me referi, reside no fato de não termos conseguido estabelecer um sistema de arrecadação eficiente, ocasionando estarmos com cerca de 80 associados com atraso superior a um ano no pagamento de suas mensalidades e cerca de 30 com atraso de alguns meses, num montante de aproximadamente R$35.000,00 – valor que cobriria todas as nossas despesas de 8 meses e que, provavelmente, não conseguiremos receber.
Tentamos estabelecer a cobrança em boleto bancário trimestral, mas não tivemos êxito.- Estamos negociando um novo boleto bancário, em condições mais vantajosas do que na tentativa anterior, com grande esperança de que dê certo.-
As informações anteriores têm por finalidade fornecer-lhes subsídios para uma possível iniciativa de sua parte, na qual acredito piamente.
Como é de seu conhecimento, a sociedade não recebe qualquer tipo de apoio financeiro de parte do estado, da assembléia legislativa ou da prefeitura. Daí o meu veemente apelo para que, valendo-se de sua autoridade e de seu prestígio, consiga algum tipo de auxílio financeiro de parte da Assembléia Legislativa da qual é membro destacado.
Aproveito a oportunidade para convidá-lo a visitar-nos para conhecer nossa sede que, após a reforma, está em condições de receber condignamente seus visitantes mais ilustres. Agradecendo as suas providências faço votos para que o Deus ilumine o seu caminho e me subscrevo atenciosamente – Gino Struffaldi – Combatente de 32.
15MARÇO2009Joelmir Beting
Se beber não dirija. Nem governe.
'Até aqui, em 40 meses de governo, o presidente Lula já cometeu 102 viagens ao mundo. Ou mais de duas por mês, tal como semana sim, semana não. Sem contar, ora pois, as até aqui, 283 viagens pelo Brasil.
Hoje, dia 15, ele completa 382 dias fora do país desde a posse. E pelo Brasil, no mesmo período, 602 dias fora de Brasília. Total da itinerância presidencial, caso único no mundo e na História: Exatos 984 dias fora do Palácio, em exatos 1.201 dias de presidência.
Equivale a 81,9% do seu mandato fora do seu gabinete. Esta é a defesa da tese de que ele não sabia e nem sabe de nada do que acontece no Palácio do Planalto.
Governar ou despachar, nem pensar.
A ordem é circular.
A qualquer pretexto.
E sendo aqui deselegante, digo que o presidente não é (nem nunca foi) chegado ao batente, ao despacho, ao expediente.
Jamais poderá mourejar no gabinete, dez horas por dia, um simpático mandatário que tem na biografia o nunca ter se sentado à mesa nem para estudar, que dirá para trabalhar.'
E o povão ainda aplaude e vota.

No BBB9 o colar do anjo de FRANCINE, dado a ANA, salvou a catarinense de disputar o paredão de terça-feira com a sua maior aliada. Com 4 dos 8 votos do confessionário, NAIÁ vai enfrentar JOSIANE, que foi indicada pela líder MILENA. MAX foi o segundo participante mais votado pela casa, com três votos. PRISCILA levou 1. 
Em sua melhor partida no ano, HERNANES marcou um belo gol contra o MARÍLIA, em jogo que terminou em 2 a 1 para o time do MORUMBI. A boa atuação ocorre depois que o meia ficou de fora da lista de DUNGA para as Eliminatórias, na semana passada. Sem RONALDO, mas com um jogador a mais nos 20 minutos finais, o CORINTHIANS ficou no 0 a 0 com o SANTO ANDRÉ, no ABC. No PACAEMBU, o SANTOS venceu o MOGI MIRIM por 3 a 0.
Terminou na segunda rodada a participação do brasileiro THOMAZ BELLUCCI no MASTERS DE INDIAN WELLS. O brasileiro, que teve de buscar uma vaga no qualifying e obteve um bom resultado na estréia, perdeu para o espanhol FERNANDO VERSASCO, décimo colocado no ranking mundial. O sérvio NOVAK DJOKOVIC avançou com a vitória sobre o espanhol MARTÍN VASSALLO ARGUELLO. O argentino JUAN MARTIN DEL POTRO teve mais dificuldade para passar pelo americano RYAN SWEETING.
O PM ENIO ASTRATH foi assassinado com tiro na cabeça às 20:30 horas do sábado, na frente de sua casa, em CIDADE ADEMAR, zona sul da capital. O PM manobrava o carro quando foi abordado por um desconhecido. A suspeita é de que o atirador queria roubar o carro. ASTRATH foi socorrido no Hospital PEDREIRA, no JARDIM UBIRAJARA. De acordo com boletim médico, o soldado teve morte cerebral à 01:50 hora de hoje. A polícia ainda procura o criminoso.
A top model brasileira GISELE BÜNDCHEN passou o fim de semana com o marido, o jogador de futebol americano TOM BRADY, em HORIZONTINA, cidade natal dela, localizada no noroeste do RIO GRANDE DO SUL, a 490 km de PORTO ALEGRE. O encontro reuniu a família BÜNDCHEN, e alguns amigos para comemorar o 83º aniversário de WÁLTER BÜNDCHEN, avô paterno da modelo. Além do encontro familiar, a viagem serviu também para BRADY conhecer a cidade natal de GISELE.
CARLOS ROBERTO FERNANDES DOS SANTOS, de 44 anos, integrante da Igreja RENASCER EM CRISTO, matou com uma facada, na madrugada do sábado, o músico DENIS ALBERTO DA SILVA CAMPOS, de 28 anos, também integrante da mesma igreja, dentro do templo que fica no bairro de IBURA DE BAIXO, na zona sul de RECIFE. O agressor confessou o crime e está preso. CARLOS ROBERTO teria ficado irritado com o barulho do local  e discutiu com DENIS, que o teria acusado de conduta irregular.
A Polícia Militar encontrou, hoje pela manhã, em GUARAREMA, a 79 km da capital, peças que faziam parte dos sete fuzis roubados, há uma semana, de um quartel do Exército em CAÇAPAVA. Um homem viu crianças brincando com os artefatos em um terreno baldio na Avenida PARAPEI, pela manhã, e avisou a PM. Foram encontradas quatro baionetas, quatro portassabre e quatro bandoleiras, todos utilizados para o porte do fuzil. Conforme o  CORONEL JOSÉ MATEUS TEIXEIRA, relações públicas da 12ª Brigada de Infantaria Leve de CAÇAPAVA, os equipamentos comprovadamente compunham as armas levadas do quartel.
Centenas de jornalistas do mundo inteiro chegaram nos últimos dias às cidades austríacas de ST. PÖLTEN e AMSTETTEN para acompanhar, a partir de amanhã, o que está sendo chamado de processo do século: o julgamento de JOSEF FRITZL, o homem que aprisionou e estuprou a filha por 24 anos. FRITZL trancafiou a filha ELISABETH, quando tinha 18 anos, numa prisão construída especialmente para isso no porão de sua casa na pequena AMSTETTEN, ao oeste de VIENA. ELISABETH FRITZL, com 42 anos agora, teve sete filhos com o próprio pai. 
O presidente da VENEZUELA, HUGO CHÁVEZ, determinou que as Forças Armadas assumam o controle dos portos e aeronaves. Ele ordenou que navios da Marinha tomem o PORTO CABELLO, o mais movimentado do país, ainda esta semana. Os três principais portos ficam em Estados governados por oposicionistas: CARABOBO, ZULIA e NOVA ESPARTA. Segundo o presidente, os portos estão dominados por “máfias regionais”. Na semana passada, deputados leais a CHÁVEZ aprovaram uma reforma na Lei de Descentralização, dando ao Executivo o poder de retirar dos governos locais o controle de portos, aeroportos e estradas. Desde as eleições regionais de novembro, quando a oposição venceu em cinco Estados importantes e no município de CARACAS, CHÁVEZ acelerou o processo de centralização do poder no país.
Na tentativa de frustrar manifestação oposicionista amanhã diante do Parlamento, em ISLAMABAD, o governo paquistanês prometeu atender a exigências da oposição, mas isolou o palácio presidencial e o Congresso. Em LAHORE, onde houve conflitos de rua, o ´líder oposicionista NAWAZ SHARIF desafiou ordem de prisão. A crise no PAQUISTÃO preocupa por causa da sua aliança com os ESTADOS UNIDOS na guerra do AFEGANISTÃO. 
2 010       :           -       SEGUNDA-FEIRA
Mensagens pela Internet:
deJohnny Notariano
responder aJohnny Notariano
paracelmario@gmail.com
data15 de março de 2010 22:29
assuntoParabéns pela Página
enviado poritelefonica.com.br
Coronel, abri essa página a procura de informações sobre minha prima querida Siodéria Leonardelli, cujo pai, era meu tio, Major Leopoldo Leonardelli e me deparei com essas informações gostosas de se ler. Meu pai esteve na Revolução de 32, viveu até a pouca idade de 67 anos e contou-me passagens que até hoje não me saem da memória. Uma dessas passagens daria até um caso especial pela Globo. Muito interessante mesmo, se salvou de muitos projéteis depois de ferido e foi sofrer o desenlace após 50 anos, no mesmo dia, mesma hora. Incrível, qualquer dia eu vou escrever esse caso para quem se interessar.
Muito obrigado pela atenção, tenho orgulho da GLORIOSA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO.  (Um momento infantil- eu gostava de sair com meu tio em Ribeirão Preto, e , depois de reformado ele colocava a Farda só para que visse a educação e disciplina dos militares. Eu gostava de vê-lo dando e respondendo continências)
Fraternais Abraços
JLNotariano

PREZADO JOHNNY
Ainda ontem à noite, a Primeira Igreja do JARDIM MAIA homenageou os combatentes de 1932. Levamos para essa Igreja o nosso veteraníssimo OSVALDO DIANA que, em junho, completará 101 anos de idade. Mas isso é muito gratificante. Eles honraram a nossa Pátria e fizeram a reconstitucionalização do país.
Estou na Sociedade Veteranos de 32-MMDC desde 17 de maio de 1996 e aprendi muito com esses heróis. Foi uma verdadeira Epopéia. É um orgulho para todos nós brasileiros.
É extremamente agradável manter contato com um dos descendentes do MAJOR LEOPOLDO LEONARDELLI. Cultue o feito dele porque homens como existiram em 1932 talvez não existam nos nossos tempos. Foram desapegados, perderam quase tudo que tinham e não se arrependeram da façanha de combater um ditador.
Quando você passar pelo centro de São Paulo, venha nos visitar na Sociedade Veteranos de 32-MMDC, na Rua ANITA GARIBALDI, 25, encostado ao Corpo de Bombeiros da SÉ (uma casa com três mastros de bandeira). Mas antes me telefone: 3105 8541.

O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo acolheu representação do PMDB estadual e suspendeu a propaganda partidária do PT paulista, na qual o presidente LULA faz uma série de elogios à ministra da Casa Civil e pré-candidata do PT à Presidência, DILMA ROUSSEFF.
A propaganda foi suspensa em caráter liminar pelo corregedor regional eleitoral de São Paulo, ALCEU PENTEADO NAVARRO. A medida ainda deverá ser julgada pelo plenário do tribunal.

A Confederação Brasileira de Trabalhadores Policiais Civis (COBRAPOL) lançou nesta tarde a Campanha Nacional de Valorização do Policial Civil em evento na Assembléia Legislativa de São Paulo. O objetivo da campanha é promover um debate em todo o país sobre as dificuldades enfrentadas pela categoria em busca de maior valorização da classe. A principal reivindicação é a mudança na política salarial dos policiais.

O maratonista RICARDO DUTRA MICASSIO, de 28 anos, foi a principal vítima da queda de 110 árvores durante a chuva e os ventos fortes que castigaram a cidade no domingo. Atingido na cabeça, ele continuava internado hoje, em estado grave, na UTI do Hospital das Clínicas.
RICARDO sofreu traumatismo craniano quando treinava para uma prova na esquina das avenidas BRASIL e REBOUÇAS, em PINHEIROS. Ele corria acompanhado de um instrutor de 53 anos quando foi atingido. O instrutor sofreu arranhões.

A estudante SUELLEM ASSUMPÇÃO MONTANHEIRO, de 12 anos, única sobrevivente do acidente de carro que provocou a morte dos pais dela, na madrugada de 1º de março, reencontrou hoje os policiais rodoviários que a retiraram do GOL em chamas na Rodovia RAPOSO TAVARES. “Estou emocionado em revê-la e por saber que voltou a sorrir. Naquela noite não tive nem tempo de falar com ela”, diz o soldado MÁRCIO HIDEKI SHIGUEMATSU.
HIDEKI e o colega RÓBSON LEANDRO BORGES – os primeiros policiais a chegarem ao local do acidente – foram à casa de SUELLEM, em COTIA, levar um buquê de flores para a estudante. Na porta, a avó materna da garota, NEIDE ROMANO, beijou várias vezes a mão de HIDEKI, emocionada.             

Primeiro civil eleito após 21 anos de regime militar, o mineiro TANCREDO DE ALMEIDA NEVES deveria assumir a Presidência da República em 15 de março de 1985. A festa da posse estava pronta, mas não aconteceu. O presidente eleito foi internado às pressas em BRASÍLIA após participar de uma missa, celebrada em sua homenagem.
Médicos e assessores anunciaram que TANCREDO tinha diverticulite de MECKEK. Depois, admitiram a existência de um tumor no intestino. Até o anúncio da morte, no dia 21 de abril, TANCREDO foi submetido a sete cirurgias e seu sofrimento se arrastou por cinco das mais angustiantes semanas da história recente da República.
Como TANCREDO estava impossibilitado de assumir a Presidência, o meio político mobilizou-se para viabilizar a transição do poder. Uma corrente defendia que o presidente da Câmara, ULYSSES GUIMARÃES, deveria assumir o cargo. O próprio deputado, porém, entendeu que o vice da chapa de TANCREDO, JOSÉ SARNEY, assumiria o governo até a recuperação do presidente.

CARLOS EDUARDO SUNDFELD NUNES, 24 anos, confessou hoje à Polícia Federal de FOZ DO IGUAÇU ter matado a tiros o cartunista e líder religioso GLAUCO VILAS BOAS, 53, e seu filho, RAONI, 25, por volta da zero hora de sexta-feira. GUSTAVO BADARÓ, advogado do acusado, questionou a validade da declaração à TV. “Ele não aparentava estado de normalidade. A confissão não tem valor jurídico.” Ele não diz se, na conversa que teve com o cliente, este admitiu ou não ser o autor do crime.
NUNES foi preso ontem, por volta das 23 horas, quando tentava fugir para o PARAGUAI. Antes, ele havia sido abordado pela polícia por estar com um carro roubado. Fugiu e, na perseguição, atirou, ferindo um agente federal. Só foi detido do outro lado da ponte da AMIZADE, pela Marinha paraguaia.
Segundo a PF, NUNES contou que ficou escondido de sexta a domingo no pico do JARAGUÁ. De lá, diz o relato, foi até a zona oeste, onde roubou, por volta das 9 horas, o FIESTA SEDAN com o qual dirigiu até o PARAGUAI.
O dono do carro pediu para não ser identificado. O assaltante, conta, o abordou fingindo ser entregador de jornais, com a pistola enrolada em um exemplar. Levou itens como cartões e dinheiro.
O delegado-chefe da Polícia Federal em FOZ DO IGUAÇU, JOSÉ ALBERTO IEGAS, disse que, “depois da troca de tiros, ele logo saiu do carro gritando que era o assassino do GLAUCO”.
A PF encontrou com ele três gramas de maconha e uma pistola calibre 7.65 (supostamente a mesma usada nos homicídios) e tenta agora rastrear a origem da arma.

Detonador da maior crise política do DISTRITO FEDERAL, o ex-secretário de Relações Institucionais DURVAL BARBOSA voltou a ser o primeiro item da lista de prioridades da CPI da Corrupção da Câmara Legislativa, que investiga esquema de corrupção na gestão do governador afastado, JOSÉ ROBERTO ARRUDA. Ele é o autor de dezenas de vídeos anexados ao inquérito da OPERAÇÃO CAIXA DE PANDORA, no qual deputados, secretários de governo e ARRUDA aparecem recebendo dinheiro do “mensalão do DEM”. Desde que decidiu colaborar com a Polícia Federal para ser beneficiado pela delação premiada oferecida pelo Ministério Público, está sob proteção.

Partidos de oposição e situação de ISRAEL uniram-se hoje para criticar a aproximação do BRASIL com o IRÃ e fazer um apelo para que o governo brasileiro apóie as sanções do Conselho de Segurança das Nações Unidas contra TEERÃ.
O consenso das frentes políticas israelenses foi exposto diretamente ao presidente LULA, que se mostrou preparado para absorver o golpe desferido em sessão especial do Parlamento de ISRAEL (KNESSET). Em sua vez de discursar, LULA não mencionou a palavra IRÃ Acentuou que a AMÉRICA LATINA firmou um tratado que tornou a região livre de armas nucleares (TLATELOLCO, de 1967) e lembrou que o BRASIL conta com proibição constitucional à produção e ao uso de armamento atômico.
A posição brasileira em relação ao IRÃ foi alvo de duras críticas do presidente do KNESSET, REUVEN RIVLIN, do premiê BINYAMIN “BIBI” NETANYAHU (ambos do partido LIKUD), e da líder da oposição, TZIPI LIVNI. “Não acho que houve um rolo compressor. Já era esperada (essa posição unânime)”, reagiu o chanceler CELSO AMORIM.
O chanceler israelense, AVIGDOR LIEBERMAN, decidiu boicotar LULA depois que o brasileiro supostamente se esquivou de prestar homenagens ao fundador do sionismo, THEODOR HERZL.
Depois de sofrer uma reprimenda do governo de ISRAEL, por causa da posição brasileira sobre o IRÃ, o presidente LULA criticou duramente o anúncio do governo israelense de expandir assentamentos em territórios palestinos. Diante de cerca de 50 parlamentares e dos principais governantes do país, LULA afirmou que a iniciativa agrava as condições de vida dos palestinos, alimenta “fundamentalismos” e pode causar “conflitos mais sangrentos”.
Apresentada na semana passada, essa decisão praticamente desmontou o processo de paz entre ISRAEL e a AUTORIDADE PALESTINA e causou mal-estar entre o governo israelense e os EUA.
“Sei que o senhor traz uma mensagem em favor da paz. A sua contribuição será bem recebida”, afirmou PERES, com o cuidado de não tocar na ambição brasileira de mediar a solução do conflito. “Pode haver crise, mas não haverá rompimento do processo em si. Vamos superar a crise porque esse processo já está sendo construído e negociado.”
De SHIMON PERES, ganhador do NOBEL DA PAZ de 1994, LULA ouviu um discreto pedido para entregar ao presidente da AUTORIDADE PALESTINA, MAHMOUD ABBAS, o recado de que ISRAEL ainda está empenhado na conclusão de negociações de paz. LULA vai se encontrar com ABBAS amanhã à tarde, em BELÉM.   

O inglês DAVID BECKHAM, que rompeu o tendão de AQUILES no domingo, na vitória do MILAN sobre o CHIEVO, foi operado hoje na FINLÂNDIA. SARAKI ORAVA, médico que fez a cirurgia, revelou à imprensa local que o tendão do jogador estava completamente rompido, mas que o procedimento, que durou 50 minutos, foi um sucesso.
“Ele terá que ser muito cuidadoso nas próximas duas, três semanas. BECKHAM continuará lentamente seu tratamento”, explicou o médico. Embora o craque ainda tenha esperança, suas chances de disputar a COPA são pequenas. Outros jogadores com lesões similares ficaram, no mínimo, quatro meses em tratamento. 

ROGER FEDERER vence em INDIAN WELLS. Depois de ter sua participação em INDIAN WELLS ameaçada por causa de uma infecção pulmonar, o número 1 do mundo estreou no torneio com grande exibição. Ganhou do romeno VICTOR HANESCU, que jogou muito bem. Após a partida, o suíço recebeu três homenagens da Associação dos Tenistas Profissionais: Tenista do Ano de 2009, Preferido dos Fãs e Exemplo de Esportividade.

PETER GRAVES morreu hoje aos 84 anos, anunciou a polícia de PACIFIF PALISADES, na CALIFÓRNIA. Somente a autópsia poderá confirmar se ele morreu realmente hoje, pois GRAVES foi encontrado em casa, sem sinais aparentes de violência. O ator, que morava sozinho, pode ter morrido de causas naturais. Embora tenha participado de mais de 120 filmes desde 1942, PETER GRAVES ficou famoso na televisão por sua participação no seriado MISSÃO IMPOSSÍVEL, que ganhou nova versão (recente, para cinema) com TOM CRUISE. Irmão do também ator JAMES ARNESS, ele chegou a dirigir episódios da série protagonizada por ele, GUNSMOKE. Dirigiu também para MISSÃO IMPOSSÍVEL, mas o que o imortalizou não foram as experiências na direção e, sim, o papel de JAMES PHELPS. Quando PETER GRAVES surgia na telinha ao som do tema de LALO SHIFRIN, os telespectadores sabiam que ia começar mais uma aventura da equipe mais high tech – e disfarçada – de espiões da televisão.    

A explosão de um carro-bomba em FALUJA, a cerca de 50 km a oeste de BAGDÁ, matou 7 civis e deixou outros 20 feridos. “A explosão fez a área tremer”, disse uma das testemunhas do ataque.

A Justiça do IRÃ condenou hoje à morte seis pessoas que foram detidas durante os protestos contra o governo em 27 de dezembro em TEERÃ. Os réus foram acusados pelo governo de ter “insultado os sacramentos islâmicos” durante as violentas manifestações contra o presidente MAHMOUD AHMADINEJAD.

2 011        :        -         TERÇA-FEIRA
Ainda não sarei do “ácido úrico”. Levanto com dores no pé direito. Nessa manhã recebo um telefonema do CORONEL PM MENDES. Conta ele que ontem esteve na APMMBB na palestra sobre o Movimento Constitucionalista de 1932 aos alunos do 1º CFO. Gostou desse evento proporcionado pelo Núcleo “CADETE RUYTEMBERG ROCHA”, dando prosseguimento à divulgação desse marco histórico que muito nos dignifica. Fala que os diplomas das medalhas que serão entregues em 17 de março no quartel do CPA/M-10 já estão prontos. Apenas ainda não recebemos o convite formal dessa Unidade para a solenidade alusiva ao ato.
O caderno METRÓPOLE de O ESTADO DE SÃO PAULO publica:
CRISE NA SEGURANÇA PÚBLICA – ESPIONAGEM
ESPIONAGEM DE SECRETÁRIO DERRUBA DIRETOR DA POLÍCIA
Um dos mais importantes delegados da cúpula da Segurança de SP, DESGUALDO pediu imagens de encontro ao SHOPPING HIGIENÓPOLIS.
O escândalo de espionagem contra o secretário da Segurança Pública, ANTÔNIO FERREIRA PINTO, derrubou ontem um dos mais importantes delegados da cúpula da Polícia Civil: MARCO ANTÔNIO DESGUALDO. Ex-delegado-geral, ele dirigia desde 2009 o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa. E foi flagrado entre os homens que foram ao SHOPPING PÁTIO HIGIENÓPOLIS obter, por meio de suposta fraude, a fita de um encontro que FERREIRA PINTO teve com um jornalista.
CÂMERAS DO SHOPPING FILMARAM DELEGADOS
A chefes, ex-delegado-geral disse não saber o motivo que levou colegas ao HIGIENÓPOLIS.
As imagens da ida de MARCO ANTÔNIO DESGUALDO, EVERARDO TANGANELLI, PAULO SÉRGIO OPPIDO FLEURY e um investigador identificado como CARDENUTTO ao PÁTIO HIGIENÓPOLIS foram gravadas pelo circuito interno do shopping. Trata-se do mesmo sistema que filmou o encontro do secretário com um jornalista, cuja divulgação detonou o escândalo. O centro de compras entregou as imagens à Corregedoria da Polícia Civil.
Ao ser informado da existência das imagens, que mostrariam os delegados até se cumprimentando após obtê-las, o delegado-geral, MARCOS CARNEIRO LIMA, foi pessoalmente pedir a DESGUALDO que se demitisse. Ouviu do ex-chefe – DESGUALDO foi delegado-geral de 1999 a 2007 – que havia sido chamado pelos outros delegados para ir ao shopping sem saber que eles queriam obter imagens do encontro do secretário. Quando viu do que se tratava, resolveu manter distância.
Para CARNEIRO, era tarde. DESGUALDO teria rompido a relação de confiança e sua permanência no cargo ficou inviável. Em nota, a Secretaria da Segurança Pública confirmou à tarde que o afastamento de DESGUALDO foi ordenado “em razão de as apurações preliminares apontarem seu envolvimento no episódio do PÁTIO HIGIENÓPOLIS”. A Corregedoria deve ouvir DESGUALDO, TANGANELLI e FLEURY. Também devem ser ouvidos CARDENUTTO e o delegado IVANEY CAYRES DE SOUZA.    
“Daqui a pouco vão dizer que o tsunami aconteceu porque eu espirrei”, afirmou SOUZA, quando questionado se teve participação na obtenção da fita. O ESTADO apurou que ele não aparece nas imagens, mas se encontrou com outro jornalista no shopping no mesmo dia em que o secretário FERREIRA PINTO esteve lá. SOUZA nega participação na suposta espionagem e diz que seu passaporte prova que ele estava nos ESTADOS UNIDOS quando a denúncia contra TÚLIO KAHN foi publicada. Segundo advogada de TANGANELLI, TÂNIA NOGUEIRA, seu cliente também não fez parte da suposta espionagem. O advogado JORGE HENRIQUE MARTINS, que já teve como cliente o ex-delegado PAULO SÉRGIO FLEURY, disse que não foi procurado neste caso.
O delegado ALDO GALIANO JÚNIOR é um dos cotados para assumir o DHPP no lugar de DESGUALDO.
ALCKMIN DEU CARTA BRANCA PARA PUNIÇÃO DE ESPIONAGEM (reportagem de MARCELO GODOY):
Antes da revelação do caso de espionagem, havia uma campanha para derrubar o secretário da Segurança ANTÔNIO FERREIRA PINTO. A mudança era, segundo um assessor do governador GERALDO ALCKMIN (PSDB), “mais do que um boato e menos do que um fato”. A queda tinha data: hoje. A posse dos deputados estaduais seria a deixa para a substituição de FERREIRA PINTO. Deputados da base do governo articulavam na Assembléia a mudança.
Tudo conspirava contra FERREIRA PINTO: a divulgação de um vídeo da revista de uma escrivã, despida por corregedores, levou ao afastamento da diretora da Corregedoria da Polícia Civil. Em pouco tempo, o episódio passou a ser usado como pretexto por desafetos do secretário. Diziam que ele se havia “incompatibilizado” com a polícia.
O descontentamento de delegados com os salários foi aproveitado por colegas investigados em escândalos de fraudes. Havia entre eles ex-integrantes da Polícia Civil do período em que MARCO ANTÔNIO DESGUALDO foi delegado-geral (1999-2007). Durante as três últimas semanas, todos na polícia davam como certa a saída de FERREIRA PINTO.
Foi quando surgiu o vídeo do encontro do secretário com um jornalista. Acusá-lo de divulgar informações para prejudicar o secretário de Logística e Transportes, SAULO DE CASTRO ABREU FILHO, seria a oportunidade que faltava para queimá-lo com o governador. Mas o tiro saiu pela culatra. O vídeo se tornou prova da espionagem. Com o escândalo, ALCKMIN percebeu que os adversários de FERREIRA PINTO lhe criavam muito mais dor de cabeça do que o titular da Segurança. O governador determinou, então, a punição de todos envolvidos no caso.

14/03/2011 por Reinaldo Azevedo na VEJAblog

Alckmin e a prova de autoridade: espionagem no shopping derruba diretor do DHPP

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), deu uma prova de autoridade — e está de parabéns por isso! — e afastou, nesta segunda-feira, Marco Antonio Desgualdo do comando do DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa). O motivo oficialmente alegado pela Delegacia Geral da Polícia Civil, da qual ele próprio já foi o chefe, é “quebra de lealdade”.
Segundo reportagem da VEJA desta semana (leia post aqui), ele integrou o grupo de delegados que requisitou ao Shopping Higienópolis imagens do circuito interno em que Antonio Ferreira Pinto, secretário de Segurança, se encontra com o repórter Mário Cesar Carvalho, da Folha. Dias depois, reportagem do jornalista denunciava a venda de dados sigilosos por um funcionário da Segurança, o sociólogo Túlio Kahn, que foi demitido. Os adversários de Ferreira Pinto na polícia usaram as imagens para acusá-lo de ser a fonte da reportagem, tentando desestabilizá-lo. Por que ele precisaria se encontrar pessoalmente com o repórter e em local público é um desses mistérios inexplicáveis da acusação.
Desgualdo teria negado integrar o grupo que foi pessoalmente ao shopping em busca da fita, mas admitido que sabia da operação. Mesmo assim, não informou seus superiores  — e um deles é o próprio Ferreira, alvo da espionagem ilegal.
“Nós agiremos com absoluta firmeza e responsabilidade nesse caso. Então, se alguém desvirtuou seu exercício policial nesse caso, vai ser punido. Agora, vamos aguardar, até por respeito à Comissão Corregedora, aguardar o término desse trabalho.”
É o caminho para que a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, apesar de todas os problemas, continue a ser um exemplo para o resto do país.
Comentário do leitor:
15/03/2011 às 7:12
Seu comentário está aguardando moderação
"O atual Secretario da Segurança Pública, FERREIRA PINTO, é um dos raros exemplos de como deve ser um homem público, mormente n’uma area tão delicada e suscetivel a fragilidades humanas… Já havida dado prova disso em toda a sua carreira profissional e coonfirmou sua capacidade profissional quando em momento de crise foi colocado na Gestão Penitenciaria controlando colocando aquele setor no seu devido lugar. Agora, bate de frente com outro tipo de organização para o quê precisa, alem dos seus predicados pessoais e profissionais, o repaldo de uma forte decisão política dos detentores do poder no Estado, o que é muito raro neste país em todos os setores…Rezemos para que essa conduta pública prolifere para o bem da Nação!!!"
A CANALHA
REPASSEM, POR FAVOR!
Almir Pazzianotto Pinto
Marx e Engels, no incendiário Manifesto do Partido Comunista, publicado em 1848, exaltam os méritos das classes trabalhadoras e condenam ao fogo do inferno o capitalismo, apontado como etapa de transição para utópica ditadura do proletariado. Não deixam, contudo, de assinalar a existência, em patamar inferior ao dos burgueses e proletários, de camada denominada lumpemproletariado, descrita como "essa putrefação passiva dos mais baixos estratos da velha sociedade". Segundo os autores do catecismo comunista, o lúmpen "pode, aqui e ali, ser arrastado ao movimento por uma revolução proletária". Todavia, "as condições de existência o predispõem bem mais a se deixar corromper por tramas reacionárias". Em língua portuguesa, lumpemproletariado é o nome da "canalha", coletivo constituído pelo submundo destituído de consciência cívica, de princípios éticos, e descomprometido com os objetivos da Nação. É no lumpemproletariado, isto é, na canalha, que corruptos de todas as cores e matizes arrebanham votos por ocasião das eleições, mediante compra, troca ou meras promessas de recompensa.
Na França a canalha, mobilizada pelos intelectuais que se insurgiram contra a monarquia em nome da liberdade e do regime republicano, destronou e guilhotinou Luiz XVI e Maria Antonieta. Na falsa defesa dos mesmos princípios o Tribunal Revolucionário, sob a influência do psicopata assassino Jean-Paul Marat, implantou a ditadura e o terror (1793-1794). Dia após dia, durante negro período da história da França, a turba formada por desordeiros, criminosos e megeras, se acercava da guilhotina e vibrava diante da decapitação dos condenados, entre os quais tombaram Danton, Camille Demollin, Robespierre. Sobre o tema Stanley Loomis escreveu o extraordinário livro "Paris sob o terror", editado em 1965 pela Civilização Brasileira.
O historiador Demétrio Magnoli, em artigo publicado há dias em "O Estado", ao proceder à análise da realidade brasileira, refere-se à "delinquência atávica de uma elite política hostil ao interesse público". A expressão delinquência atávica é perfeita, mas se tornaria melhor se dissesse, ao invés de elite, a canalha.
A América Latina, com algumas exceções, tornou-se o paraíso da canalha, responsável pela entrega do poder a ditadores, oligarcas, velhos coronéis, demagogos e corruptos, que governam países e estados como propriedades particulares.
A tragédia que se abateu sobre o Rio de Janeiro e, em escala menor, desaba anualmente sobre bairros de São Paulo, é responsabilidade da canalha, e não das chuvas. Desde antes de Cristo o homem convive com calor, frio, tempestades e períodos de seca. Os primeiros capítulos de o Velho Testamento relatam a criação do homem, a depravação a que chegou, e como Deus decidiu-se castigá-lo fazendo chover. Do dilúvio só se safaram a família de Noé, sete casais de animais puros, e um par de impuros, abrigados durante quarenta dias no interior da Arca. Chove muito no sudeste do Brasil, entre novembro e dezembro. O erro não está na precipitação pluviométrica, mas na atuação criminosa de quem estimula a derrubada indiscriminada de matas, a devastação da natureza, a construção de moradias em áreas sujeitas a inundações, avalanches e desmoronamentos.
Durante o regime militar (1964-1985), o povo esteve impedido de exercer o direito de escolha dos representantes políticos. Não respondia, assim, pela qualidade dos governantes. Restabelecido o regime democrático, a soberania foi-lhe devolvida, para ser exercida "pelo sufrágio universal e pelo voto direto e secreto, de igual valor para todos", conforme art. 14 da Constituição.
O regime democrático aparenta certa fragilidade diante da canalha, cuja libertinagem estimula a ascensão de políticos venais. Não há, no exercício de mandato legislativo, ou executivo, quem não haja sido eleito pelo voto. Excelentes valores, como Arthur Virgílio, Tasso Jereissati, Marco Maciel, viram-se, porém, derrotados. Como justificar a despreocupação do Poder diante de urgentes necessidades nacionais, ou a indiferença à desgraça em que vivem os mais humildes, como se vê no Rio de Janeiro?
A explicação está em que a canalha escolhe candidatos mais ou menos segundo o princípio do "rouba, mas faz", ignorante das nobres responsabilidades dos poderes legislativo e executivo, por laços de compadrio, de mera submissão, ou incorrigível tendência à corrupção, conforme alertaram Marx e Engels.
(Advogado, ex-ministro do Trabalho e ex-presidente do TST)
Passo uma tarde relativamente tranqüila. Posso até ver as estatísticas de meu blog, algo que me surpreende pela sua abrangência (TOTAL DO PÚBLICO de maio de 2010 a março de 2011) :
BRASIL – 96.418
ESTADOS UNIDOS – 3.650
PORTUGAL – 2.763
IRLANDA – 1.702
DINAMARCA – 1.460
ALEMANHA – 1.079
ESPANHA – 272
HOLANDA – 261
REINO UNIDO – 238
ITÁLIA - 216
Apenas atendemos uma pessoa que está tratando da documentação para levar os restos mortais de seu pai para o Monumento Mausoléu em 9 de julho e de uma senhora que lutou durante anos para conseguir a pensão especial de seu pai e que agora fica sabendo que o governador indeferiu o seu pedido.
Chega o convite para a solenidade da outorga da Medalha MMDC e as homenagens dos policiais militares que se destacaram durante o mês de fevereiro no Comando de Policiamento de Área Metropolitana 10 – Zona Sul – às 10 horas de 17 de março – O convite é feito pelo CORONEL PM LEONARDO TORRES RIBEIRO, Comandante do CPA/M-10.
Almoço com COLOMBO, ALEMÃO e OLIVEIRA. Dois assuntos são abordados, inclusive porque a televisão noticiava o perigo que atormenta o JAPÃO após o tsunami de 11 de março: o perigo nuclear, e as conquistas feitas pelo ditador KADAFI em regiões da LÍBIA que estavam nas mãos dos rebeldes. Nesta tarde não tenho notícias do presidente e nem do vice, muito embora o CORONEL PM MENDES tenha mantido um contato por volta da manhã, através de um telefonema para minha casa.
LUCINDA telefona pedindo uma soma de dinheiro para dar para um dos pedreiros, em sinal de adiantamento, a fim de socorrer sua esposa enferma. Chego em casa por volta das 17:40 horas.
Nesta noite acontece uma correria na casa de dona SORAYA. A NORMA é chamada ao pronto socorro onde a RENATA está passando mal. É encaminhada ao Hospital Central de GUARULHOS, com fortes dores no peito. A KÁTYA também lá comparece. Ela é medicada.

O Diário Oficial traz a transferência para a reserva do TENENTE-CORONEL PM SÉRGIO MASSAHIRO ZAHA, do CIAF. Nasceu em 02 de agosto de 1962. Entrou na PMESP em 1º de fevereiro de 1982. Foi declarado ASPIRANTE A OFICIAL em 15 de dezembro de 1984. PROMOÇÕES: 2º TENENTE – 25 de agosto de 1985; 1º TENENTE – 24 de maio de 1989; CAPITÃO – 24 de maio de 1995. Não tenho as datas de suas promoções a major e tenente-coronel.
Também é transferido para a reserva o MAJOR Dent PM MARCO ANTÔNIO CRESPO, do Centro Odontológico.

Um dia depois do afastamento do diretor do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), delegado MARCO ANTÔNIO DESGUALDO, a cúpula da Polícia Civil de SÃO PAULO resolveu trocar dois outros diretores da instituição. Foram atingidos os delegados LUIZ MAURÍCIO DE SOUZA BLAZECK, diretor do Departamento de Administração e Planejamento (DAP), e ELSON ALEXANDRE SAYÃO, diretor do Departamento de Identificação e Registros Diversos (DIRD). Se o primeiro é um departamento burocrático, o segundo cuida da Divisão de Capturas e da Divisão de Atendimento aos Turistas. A decisão de se fazer as mudanças foi tomada pelo delegado-geral MARCOS CARNEIRO LIMA. Eles as classificou como “ajustes necessários”, mas negou que elas tenham relação com o escândalo de espionagem que derrubou DESGUALDO. Ambos estavam em seus cargos desde 2009. Trabalhavam no mesmo prédio de DESGUALDO, o Palácio da Polícia, na Rua BRIGADEIRO TOBIAS, no centro de SÃO PAULO.
Hoje, foram definidos os substitutos de DESGUALDO, BLAZECK e de SAYÃO. O novo diretor do DHPP será o delegado JORGE CARLOS CARRASCO, atual chefe da Polícia Civil na região de CARAPICUIBA, na GRANDE SÃO PAULO. Para o DIRD deve ser nomeado o delegado ALDO GALEANO JÚNIOR e para o DAP, o delegado SÍLVIO BALANGIO JUNIOR.

Faleceu aos 77 anos em SÃO PAULO o jornalista ANTÔNIO CARVALHO MENDES. Em 1º de abril, TONINHO, como era conhecido, completaria 50 anos de carreira no jornal O ESTADO DE SÃO PAULO. Por quase cinco décadas, ele foi o responsável pela coluna FALECIMENTOS. Ao longo de alguns anos, assinou também as seções CIDADE E SERVIÇOS e CINOFILIA. Foi dele a sugestão para que o ESTADO publicasse versos de LUÍS DE CAMÕES no lugar de matérias censuradas na ditadura militar nos anos 1970. Deu a idéia ao redator-chefe OLIVEIROS FERREIRA e o diretor do jornal, JÚLIO DE MESQUITA NETO, aprovou. TONINHO levava de casa um exemplar de OS LUSÍADAS para adiantar a composição do texto na gráfica.
Apesar de ter trabalhado antes na PRUDÊNCIA CAPITALIZAÇÃO e na REAL TRANSPORTES AÉREOS e sido chefe de gabinete do Instituto de Previdência do Estado de São Paulo (IPESP), a vida de TONINHO foi por cinco décadas a redação do ESTADO. Considerava-se só jornalista, pois não pensava em outra profissão desde o dia em que se empregou no 5º andar da Rua MAJOR QUEDINHO, antiga sede do jornal, no centro. JÚLIO DE MESQUITA FILHO, ao qual sempre se referia como “meu pai, meu amigo, meu irmão”, foi o modelo que o orientou. Esse respeito e total fidelidade estenderam-se a toda a família MESQUITA.
Na vida profissional, TONINHO era sinônimo de dedicação e seriedade. Chegava ao jornal às 15 horas e só saia perto da meia-noite. Ocupava uma sala com dois armários, telefone e computador, jornais empilhados e uma bandeirinha do SÃO PAULO, clube pelo qual era fanático. Tinha sempre também bombons guardados para amigos. Mas brigava feio se lhe dissessem que deveria trabalhar menos, tirar férias ou se aposentar. “O ESTADO é a minha asa. Em casa, eu sou visita”, dizia.
Natural de SÃO PAULO, ANTÔNIO CARVALHO MENDES nasceu em 20 de junho de 1933 e estudou por 11 anos no Colégio PASTEUR, antigo LICEU FRANCO-BRASILEIRO. Lá fez ginásio, colegial e amigos para a vida toda, como uma antiga professora que sempre ia visitá-lo. Depois, fez especialização em espanhol na Câmara de Comércio ARGENTINA e na CASA DE CERVANTES – onde presidiu a Comissão de Festas.
Assim que a notícia sobre sua morte foi divulgada, começaram as homenagens. A Federação de CINOFILIA do Estado de SÃO PAULO por exemplo, decretou luto oficial de três dias; a Sociedade Brasileira de Heráldica e Medalhística fará um minuto de silêncio. Seu velório está sendo realizado no Cemitério do ARAÇÁ. Seguirá amanhã cedo para SANTOS, onde será enterrado.

A legislatura é nova e parte das bancadas é estreante, mas a pauta de votações que aguarda os deputados estaduais que tomaram posse hoje na Assembléia Legislativa continua a mesma. A ordem do dia com as propostas à espera do voto dos parlamentares tem nada menos do que 751 itens, alguns referentes a projetos apresentados há quatro ou cinco anos, sem que o plenário da Casa tenha se decidido por aprová-los ou rejeitá-los. A situação é crônica. Ano após ano, a pauta das sessões ordinárias do Legislativo recebe um acréscimo de projetos, sem que os partidos cheguem a acordo para limpar ou pelo menos enxugar o calhamaço. Na posse dos 94 deputados o clima foi de festa e nada se falou sobre as prioridades nas votações. Mesmo a reeleição de BARROS MUNHOZ para a presidência da Assembléia foi garantida sem sustos, mediante um acordo entre governistas e oposição na divisão de cargos da Mesa Diretora. A negociação levou em conta a composição das novas bancadas de cada partido. MUNHOZ foi reeleito para presidir a Casa por mais dois anos com os votos de 92 deputados. MAJOR OLIMPIO e CARLOS GIANNAZI se lançaram candidatos à presidência. Cada um teve apenas o próprio voto. Ao discursar, MUNHOZ se defendeu da denúncia do Ministério Público, que o acusa do desvio de 3,1 milhões de reais da prefeitura de ITAPIRA. Ele foi prefeito da cidade por três mandatos.      

A presidente DILMA ROUSSEFF homenageou hoje RITA SIPHAI, ROSE NOGUEIRA e SÔNIA HIPÓLITO, três companheiras de cela da presidente DILMA na “torre das donzelas”, no Presídio TIRADENTES, em SÃO PAULO, onde no inicio dos anos 1970 foram confinadas no mesmo espaço. As ativistas eram levadas para lá depois de ser interrogadas e submetidas a torturas em instalações do DOI-CODI e do DOPS.

O governador do PARANÁ, BETO RICHA, decretou hoje estado de calamidade pública nos municípios de MORRETES e ANTONINA. A Defesa Civil local confirmou mais uma morte devido às chuvas no litoral do estado. Foram registradas duas mortes em ANTONINA, uma em MORRETES e uma em HONÓRIO SERPA. Nos oito municípios mais atingidos há 30.900 moradores afetados.

A dançarina carioca JAQUELINE, de 27 anos, foi eliminada nesta noite, ao receber 63% dos votos no paredão triplo do BBB11. Foi escolhida pelo público para deixar o programa ao enfrentar o modelo RODRIGÃO (20%) e o médico WESLEY (17%). Embora preocupada durante o período em que esteve no paredão, JAQUELINE manteve o sorriso ao deixar a Casa.

Faleceu a sanfoneira CHIQUINHA GONZAGA, aos 85 anos, com quadro de pneumonia e infecção urinária, em DUQUE DE CAXIAS, no RIO DE JANEIRO. Sofria de mal de ALZHEIMER. Não é para qualquer um tocar forró com uma sanfona de 8 baixos. Mas FRANCISCA JANUÁRIA DOS SANTOS, conhecida como CHIQUINHA GONZAGA, tinha estirpe. Filha de JANUÁRIO e irmã do lendário sanfoneiro LUIZ GONZAGA, aprendeu a domar o instrumento e também os desaforos de quem estranhava a presença feminina na frente do fole. “Eu já bati na cara de homem com meu chinelo”, dizia a sanfoneira. CHIQUINHA era a caçula de nove irmãos de GONZAGÃO e a única ainda viva. “Era mulher braba demais. Partia para cima. É que homem não podia ver mulher no baile que queria tirar para dançar. Mas o negócio dela era tocar”, conta o sobrinho, o sanfoneiro JOQUINHA GONZAGA, filho de RAIMUNDA GONZAGA, 87 anos, irmã de GONZAGÃO que morreu há 22 dias. Quando criança, CHIQUINHA tocava escondida do pai, que não queria a filha artista. “Na época tinha a discriminação. Quem tocava era homem. Os pais não gostavam. Mas ela era atirada”, reforça JOQUINHA. Nascida em EXU, sertão pernambucano, em 11 de dezembro de 1925, ela se mudou com os irmãos para o RIO DE JANEIRO, na década de 1950. Com o pai e os irmãos integrou “OS SETE GONZAGAS”. Até a década de 1980, gravou cinco LPs, além de criar três filhos e adotar outros quatro. Após a morte do marido, ZÉ CUSTÓDIO, em 1982, parou de gravar, mas continuou as apresentações. Em 2001, convidada por GILBERTO GIL, participou do filme “VIVA SÃO JOÃO” e, no ano seguinte, gravou no estúdio de GIL o CD “PRONDE TU VAI LUIZ”. 

Um incêndio assustou hoje quem passava perto do SAMBÓDROMO DO ANHEMBI, na zona norte, na hora do almoço. Dois carros alegóricos que estavam ainda no local (uma área livre destinada às alegorias de Carnaval, na Avenida OLAVO FONTOURA), pegaram fogo. O incêndio começou por volta do meio-dia, em um carro da UNIDOS DO PERUCHE, durante a desmontagem. Segundo testemunhas, o fogo teria começado quando um soldador desmontava o carro da escola. Rapidamente, o fogo se alastrou e atingiu um carro da UNIDOS DE VILA MARIA, parado ao lado. Os bombeiros foram chamados e controlaram o fogo rapidamente. Ao mesmo tempo, tratores puxaram os outros carros que estavam ao lado e ninguém saiu ferido.

Faleceu BASÍLIO DE MORAES CAVALHEIRO FILHO, aos 94 anos. Quando criança, BASÍLIO viu SÃO PAULO ainda sob a luz dos lampiões a gás. Já idoso, divertia amigos contando que quando moleque de calças curtas, ele e os amigos corriam pelas ruas do Centro atrás do funcionário público que acendia os lampiões somente para ter o prazer de apagá-los. Ainda jovem para lutar, participou da REVOLUÇÃO CONSTITUCIONALISTA de 1932 como mensageiro. Aos 16 anos ficou órfão de pai e foi trabalhar como Office-boy. Participou de competições de natação no Rio TIETÊ e, na década de 1940, andou de moto em INTERLAGOS. Estudou contabilidade e foi diretor do Sindicato dos Contabilistas de SÃO PAULO, além de professor de contabilidade geral e industrial. Além de seu escritório, atuou na área de loteamentos em SERRA NEGRA, NITERÓI e UBATUBA. No início da década de 1950, conheceu UBATUBA, para onde mudou-se em 1959 e abriu uma loja de material de construção. Foi vereador várias vezes, presidente da Câmara e prefeito da cidade em duas gestões, na década de 1970. Adorava também o ritmo da cidade grande e, até poucos meses antes de adoecer, ainda morando em UBATUBA, vinha periodicamente a SÃO PAULO. Em UBATUBA, onde morou até o fim da vida, tinha amigos em todos os lugares e, ao andar pela cidade, parava para cumprimentar e conversar com cada um deles, tomar um cafezinho e comer um salgadinho. Parecia imortal, mas partiu deixando esposa, filhos e netos, que ficam com as boas lembranças de um incansável contador de histórias. BASÍLIO nasceu em dezembro de 1916.
Faleceu a funcionária pública HELENA DOS SANTOS ALVES. Adivinhe o que tem para o jantar? Se dependesse de HELENA os pratos seriam bife ao molho de páprica, estrogonofe ou bacalhau, suas especialidades. “Ela adorava reunir os parentes. Preparar pratos gostosos era sinônimo de uma família feliz”, contou o filho JOSÉ PAULO. Filha de imigrantes portugueses, HELENA nasceu na VILA GUILHERME, na zona norte da cidade, em 23 de abril de 1926. Depois montou o lar no JARDIM SÃO PAULO. Trabalhou mais de 20 anos na área administrativa da Prefeitura.

KATY PERRY resolveu doar parte da renda obtida em seus shows com mercadorias vendidas em sua turnê mundial para ajudar as vítimas do terremoto e do tsunami no JAPÃO. Receitas provenientes da venda de varinhas luminosas de KATY serão destinadas à CRUZ VERMELHA. A cantora americana estréia em palcos brasileiros em setembro, durante o ROCK IN RIO. Enquanto ela procura ajudar as vítimas, o ator e comediante GILBERT GOTTFRIED, conhecidos nos ESTADOS UNIDOS por fazer a voz de vários personagens de desenhos animados, foi demitido após fazer piadas no TWITTER, envolvendo o terremoto no JAPÃO. 

2 012      :       -  QUINTA-FEIRA
Há dias que ficam marcados em nossas vidas. Esta quinta-feira é um desses dias. Logo cedo, por volta das 8 horas, o CORONEL PM ANTÔNIO CARLOS MENDES telefona-me para dar a notícia da morte do nosso Presidente de Honra da Sociedade Veteranos de 32-MMDC, GINO STRUFFALDI. Depois de um longo sofrimento o velho guerreiro descansa. Nos últimos anos ele sofreu sérios problemas de saúde. Foi operado do coração, colocando três stents. Depois veio a doença que minou a bexiga. Sofreu novas operações. As coisas foram se complicando. O câncer atingiu o pulmão e os rins. Nos últimos dias ele estava completamente inconsciente, no A. C. CAMARGO. Às 4:30 horas de hoje ele parte para o Regimento do Senhor, juntando-se aos outros heróis da Revolução Constitucionalista de 1932.
Temos a obrigação de transmitir a infausta notícia para os nossos associados do MMDC e para os nossos amigos. Telefono para a casa da MARINEI. Atende-me o VANDER. Explico a ele o que aconteceu, a fim de transmitir para sua mulher, que está a caminho da Sociedade Veteranos de 32-MMDC. Até 11 horas, no computador, procuro comunicar-me com meus amigos. Fico sabendo que o velório será realizado no Cemitério da VILA MARIANA, na ACLIMAÇÃO. O enterro será em ITAPECERICA DA SERRA, no Cemitério HORTO DA PAZ, km 291 da RÉGIS BITTENCOURT. Ali se encontra sepultado o filho do GINO STRUFFALDI, que ele sempre falava para nós. O rapaz, autista, também sofreu antes de falecer.
Partimos para o MMDC, que se encontra de luto. MARINEI foi buscar o carro. Seu marido, pensando no enterro, cedeu o veículo para sua esposa, já abastecido. Nossa diligente funcionária já transmitiu aos associados os dados do velório e do enterro do nosso presidente de honra. Também a notícia está sendo conhecida através do nosso site.
Passam das 13 horas quando vamos para o cemitério da VILA MARIANA, na ACLIMAÇÃO. Ali encontramos um cenário de dor, com a viúva, dona DINORAH, o filho ALDO e outros parentes do GINO. Encontramos o fiel escudeiro do GINO, o CORONEL PM ANTÔNIO CARLOS MENDES, que acompanhou os últimos dias do velho guerreiro e agora cuida dos ritos maçônicos da despedida. Muitos maçons se acham presentes: FERNANDO DAVID, MARIO FIORENTINO, enfim, os amigos mais chegados do GINO na maçonaria. Oficiais e praças da ROTA, da Corregedoria, de outras Unidades da PM, PEDRO PAULO PENNA TRINDADE, CÉLIA MARCONDES, TENENTE PM JOSÉ GOMES FILHO, que permanecem conosco até a saída do féretro, por volta das 15 horas, com destino ao Cemitério HORTO DA PAZ, em ITAPECERICA DA SERRA.
MARINEI guia seu carro e tenta acompanhar os parentes do GINO, através Avenida IBIRAPUERA, RAPOSO TAVARES, mas na altura de OSASCO ela se perde e aí procura a entrada da RÉGIS BITTENCOURT, até atingir o km 291. No cemitério HORTO DA PAZ o TENENTE-CORONEL PM DIMITRIOS, Cmt do Batalhão local, presta as homenagens ao falecido, juntamente com oficiais e praças que trabalham em ITAPECERICA DA SERRA. As últimas homenagens religiosas são prestadas ao GINO. Agora ele descansa ao lado de seu filho, que ele tanto amava e falava a respeito dele, um rapaz autista, que também sofreu em vida.
Retornamos pelo RODOANEL, atingindo a CASTELLO BRANCO e a MARGINAL TIETÊ. MARINEI deixa-me em casa. Sua ajuda nesse dia não tem preço. Demonstrou carinho pelo GINO e prestou sua homenagem na despedida, de maneira louvável. Vamos nos recolher a nossos lares, certo de que cumprimos a última missão na partida do velho guerreiro.  
FALECIMENTO DO PRESIDENTE DE HONRA DA SOCIEDADE VETERANOS DE 32-MMDC GINO STRUFFALDI
de
Mario Ventura celmario@gmail.com
para

cco
Marinei Angelo Chalub de Oliveira
data
15 de março de 2012 08:49
assunto
FALECIMENTO DO PRESIDENTE DE HONRA DA SOCIEDADE VETERANOS DE 32-MMDC GINO STRUFFALDI
enviado por
gmail.com



MEUS QUERIDOS AMIGOS (AS)
É com muito pesar que cumprimos o doloroso dever de avisá-los que faleceu hoje, às 04:30 horas o nosso presidente de honra, GINO STRUFFALDI.
Não temos ainda o local do velório. Transmitiremos a seguir.
CORONEL PM MARIO FONSECA VENTURA
PRESIDENTE DA SOCIEDADE VETERANOS DE 32-MMDC
Rua Anita Garibaldi, 25 - Centro - SP
Fone: 3105 8541
Mario Ventura para bcc: francisco, bcc: Frances, bcc: Nelly, bcc: José, bcc: RODRIGO, bcc: Valéria


Valéria Santos
repassando..... [image] Valéria Santos Secretaria Geral (11) 3244-3337 www.ac...
08:58 (11 horas atrás)
de
Mario Ventura celmario@gmail.com
para

cco
Eric lucian Apolinário ,
Camila Giudice ,
Gilberto Taccolini ,
Eloy Goncalves de Oliveira - EMPOWERMENT ,
Geraldo ,
Guιlhєrмє Andreolli Corrêa ,
José Francisco Guimarães dos Santos ,
prof mat ,
Maria Lucia Camargo ,
Maria Cecília Naclério Homem ,
Renata Marilia Ribeiro da Luz ,
Nelly Martins Ferreira Candeias ,
Markus Runk ,
Michelle de Alencar ,
yel@uol.com.br,
ymikan@gmail.com,
yvonnecapuano@uol.com.br,
Natanael ,
thiago15@terra.com.br,
Helder Octávio Rodrigues Borges ,
"Cel. Telhada" ,
Jussara.Soares@diariosp.com.br,
Liliana Bosisio ,
Luiz Antonio Batista da Rocha ,
Rafael Brito ,
ALESSANDRO BRECAILO ,
JAIRO PAES DE LIRA ,
carlos alberto romagnoli
data
15 de março de 2012 09:00
assunto
Fwd: FALECIMENTO DO PRESIDENTE DE HONRA DA SOCIEDADE VETERANOS DE 32-MMDC GINO STRUFFALDI
enviado por
gmail.com



Gilberto Taccolini
Bom dia Cel.Ventura: O valoroso soldado e amigo de todos foi chamado para out...
09:18 (11 horas atrás)
Patricia Rodrigues adm@ihgsp.org.br para nelly, mim


Boa tarde Exmo. Coronel Mario Fonseca Ventura
Devido a este triste acontecimento a Dra. Nelly pediu para cancelar a reunião que estava agendada para amanhã.
Por favor verifique se pode ser no dia 23.03.2012 as 15:00 horas.
No aguardo
Patricia Rodrigues Obs. por favor acuse recebimento.
No retorno para casa, pensando em homenagear condignamente GINO STRUFFALDI, transmito pelo meu blog o sentido da cerimônia do dia 17 de março, quando reuniremos os descendentes dos heróis de 32:
QUERIDOS AMIGOS (AS)
Dia 17 de março, às 15 horas, no Monumento Mausoléu do Ibirapuera, a COFAM (COMISSÃO DOS FAMILIARES DOS HERÓIS DE 32) PRESTARÁ justa homenagem ao carismático e querido GINO STRUFFALDI, que nos deixou na data de hoje, dia 15 de março de 2012. O santuário onde repousam 798 heróis de 32 será o lugar sagrado onde GINO STRUFFALDI será reverenciado. O Monumento Mausoléu que o presidente de honra tanto venerava agora prestará o seu tributo a quem transformou a Sociedade Veteranos de 32-MMDC no que é hoje. A solenidade se revestirá de preito ao herói, e, em hipótese alguma terá o cunho de festa, mas sim de profundo respeito a GINO STRUFFALDI. Você que amava o nosso ícone, venha prestar a sua homenagem a ele.
De onde ele estiver, receberá o carinho da COFAM, o futuro do MMDC.
Prezados (as) e Ilustres Amigos (as)
É com muita tristeza que recebo esta noticia. Mesmo distante estou a compartilhar a dor e o sofrimento. Que nosso eterno e nobre Capitão Gino STRUFFALDI (in memoriam) descanse em paz! Aos familiares meus mais sinceros sentimentos! Aproveito o ensejo para enfatizar a transição dos Veteranos para os Familiares dos heróis de 32. Esta é uma das metas da COFAM. Neste sentido, tentar "amenizar" o inevitável. E digo que pela estrada espinhosa da vida a luta continua. Enquanto há vida a missão de imortalizar e perpetuar a memória dos Combatentes esta em rota. Sem palavras, nestes 29 anos de existência lidar com as perdas e encarar a morte, confesso, tenho muitas dificuldades em aceitar. Capitão Gino, combateu o bom combate! Desde agora, a coroa da justiça lhe está guardada.
Saudações cordiais com meus sinceros e ratificados sentimentos.
Thiago de Moraes
CARISSIMO THIAGO
Estou retornando do enterro do nosso querido GINO. Ele descansa no Cemitério HORTO DA PAZ em ITAPECERICA DA SERRA, ao lado de seu amado filho, que faleceu já há anos.
Muito comovente o velório e as despedidas finais da família e dos amigos.
Em razão da morte do Presidente de Honra da Sociedade Veteranos de 32-MMDC estamos de luto e o evento de 17 de março será totalmente dedicado à memória dele. Nada melhor para reverenciar um dos heróis de 32 do que o local onde 798 combatentes estão imortalizados. Não haverá o sentido de festa, em hipótese alguma. Apenas a solenidade em si, que será dedicada à sua memória.

O Diário Oficial de hoje publica as transferências para a reserva do CORONEL PM CARLOS ANTONIO NOIA DE SOUZA (CCB) e TENENTE-CORONEL PM JOSÉ FRANCISCO GUIMARÃES DOS SANTOS (CCB). O CARLOS ANTÔNIO nasceu em 6 de dezembro de 1960. Entrou para a PMESP no dia 1º de fevereiro de 1982. Foi declarado ASPIRANTE A OFICIAL em 15 de dezembro de 1984. PROMOÇÕES: 2º TENENTE – 25 de agosto de 1985; 1º TENENTE – 24 de maio de 1989; CAPITÃO – 24 de maio de 1995. Não tenho as datas de suas promoções a major e a tenente-coronel.
O JOSÉ FRANCISCO nasceu em 31 de dezembro de 1963. Entrou para a PMESP em 4 de fevereiro de 1985. Foi declarado ASPIRANTE A OFICIAL em 15 de dezembro de 1987. PROMOÇÕES: 2º TENENTE – 25 de agosto de 1988; 1º TENENTE – 24 de maio de 1990. Não tenho as outras datas de suas promoções. 

Um jovem de 16 anos foi apreendido hoje, acusado de incendiar a moradora de rua MARINALVA SILVA ALVES, de 64 anos, em LINHARES, no norte do ESPÍRITO SANTO. De acordo com a Polícia Civil, a mulher teve 70% do corpo queimado enquanto dormia em uma quadra abandonada. De abril de 2011 até a semana passada, 165 moradores de rua foram mortos no BRASIL – 1 a cada dois dias. O avanço da violência já faz o governo federal sugerir até delegacias específicas para essa população. A vítima de hoje somente foi socorrida no final da manhã e levada para o Hospital Geral de LINHARES, de onde foi para o Centro de Tratamento de Queimados do Hospital DÓRIO SILVA, na SERRA. Outros quatro moradores de rua, que também dormiam no local do crime, conseguiram fugir.

A atriz THAIS FERSOZA teve a Carteira Nacional de Habilitação apreendida nesta madrugada, depois de se recusar a fazer o teste do bafômetro. Ela e o cantor MICHEL TELÓ, que estava no banco do carona, foram parados em uma blitz da lei seca na BARRA DA TIJUCA, zona oeste do RIO. Além de entregar a carteira, THAIS terá de pagar multa de 957,70 reais e recebeu 7 pontos  na CNH. O carro foi liberado depois que outra pessoa se apresentou para dirigi-lo. MICHEL TELÓ e THAIS saíram para jantar e depois foram parados pela blitz. TELÓ chegou a ser filmado por uma equipe da TV RECORD, que acompanhava a blitz. Ele usava um boné e tentou se esconder das câmeras.

Uma disputa entre ambulantes por um ponto de venda na frente da UNINOVE na BARRA FUNDA, zona oeste de SÃO PAULO, terminou com um deles morto, ontem à noite. Um estudante de Engenharia Civil, de 19 anos, foi atingido no braço por uma bala perdida e está internado. O suspeito do crime, que já foi identificado, continuava foragido hoje. Durante o tiroteio houve pânico entre os alunos que saíam para o intervalo, às 21 horas.

Condenado a 18 anos de prisão pela morte do juiz-corregedor ANTÔNIO JOSÉ MACHADO DIAS, em 2003, em PRESIDENTE PRUDENTE, JOÃO CARLOS RANGEL LUISI, o JOHNNY, de 46 anos, estava foragido da Justiça e foi preso hoje na área do 29º DP (VILA DIVA), na zona leste da capital. JOHNNY cumpria regime semiaberto pelo assassinato do juiz – cometido a mando do PCC – e tinha de ir uma vez por mês ao fórum para confirmar o local de residência. Mas ele foi condenado também por roubo ocorrido em 2006 na capital e, por isso, era procurado desde 29 de março de 2011. Temendo ser detido em regime fechado, JOHNNY deixou de comparecer ao fórum. Por questão de segurança, não foi divulgado o local para onde JOHNNY seria transferido. Três viaturas fizeram a escolta dele até o IML.

A fragilidade do diálogo do governo com o Congresso e os descompassos da articulação política da presidente DILMA ROUSSEFF ficaram ainda mais evidentes nos debates que antecederam a tentativa de votação da LEI GERAL DA COPA. Bastaram 12 horas para a recauchutada articulação política do Planalto entrar em curto com a base e promover um vai-vem em lelação à proposta de liberação de venda de bebidas alcoólicas nos estádios durante os jogos da COPA 2014.

Nascido em SÃO PAULO, em 1956, o produtor de cinema AGOSTINHO JANEQUINE NETTO atuou tanto em produções publicitárias quanto em projetos independentes, sem deixar de lado as grandes produções. De fato, ele tinha fome de cinema. Foi produtor executivo do curta metragem “POBRES POR UM DIA”, de 1988. Também foi responsável pela produção dos longas “ETERNAMENTE PAGU” e a animação “MÔNICA E A SEREIA DO RIO”. Trabalhou com grandes diretores como WÁLTER HUGO KHOURI e NORMA BENGEL. Quando jovem, GUGU, como era conhecido, fez uma inesquecível viagem ao TAITI. A aventura durou oito meses. AGOSTINHO morreu hoje deixando amigos e uma neta.

As seis monarquias da Península Arábica anunciaram na madrugada o fechamento de suas embaixadas na SÍRIA, manifestando contrariedade à repressão de BASHAR ASSAD contra sua oposição. A decisão foi comunicada pelo secretário-geral do Conselho de Cooperação do GOLFO, ABDELLATIF AL-ZAYANI, que justificou a medida “pela persistência do regime sírio em massacrar seu povo, escolher a opção militar e recusar iniciativas para encontrar uma solução para a crise”.

O esforço de guerra dos EUA e de seus aliados da OTAN no AFEGANISTÃO sofreu hoje dois reveses importantes. Primeiro, o presidente HAMID KARZAI, revoltado com o massacre de 16 civis por um sargento americano, no domingo, defendeu a retirada das tropas ocidentais de zonas rurais afegãs. Horas depois, o TALEBAN anunciou o rompimento das negociações com os EUA, que engatinhavam desde janeiro.
Morreu hoje o afegão que roubou um veículo numa base militar do AFEGANISTÃO para atirá-lo contra o avião do secretário de Defesa, LEON PANETTA. O homem, que trabalhava como tradutor, havia sofrido queimaduras graves ao bater o carro. Também hoje, o advogado JOHN HENRY BROWNE, de SETTLE, manifestou sua disposição de defender o sargento americano que matou 16 civis afegãos no domingo, dia 11 de março. BROWNE defendeu o serial killer TED BUNDY, assassino de 30 mulheres, nos anos 1970.      

2 013      :       -     SEXTA-FEIRA
Nesta manhã, ao atualizar o dia 15 de março, para as minhas memórias, relembro, com muita dor no coração do infausto acontecimento do ano passado, quando perdemos GINO STRUFFALDI. Hoje, cuidamos do culto à sua pessoa, preparando tudo para a inauguração da praça que leva o seu nome. Foi ele em 2005 a salvação da Sociedade Veteranos de 32-MMDC, à beira do colapso e de ser fechada por falta de recursos financeiros e humanos. Extraio de minhas memórias tudo o que aconteceu com relação ao velório e enterro do GINO e mando para a rede de associados da Sociedade. Nesta tarde, no MMDC, tratamos dos detalhes para amanhã.   
SÃO PAULO - Após 37 anos de espera, a família do jornalista Vladimir Herzog recebeu nesta sexta-feira, 15, uma nova certidão de óbito com a causa correta da morte dele, ocorrida em 1975, após sessões de tortura nas dependências do 2.º Exército, em São Paulo. O novo documento substitui a definição anterior, "asfixia mecânica por enforcamento", por "lesões e maus tratos". A família comemorou o reconhecimento do Estado, perante toda a sociedade, do assassinato do jornalista. Mas, na avaliação da viúva, Clarice Herzog, o documento não significa um ponto final em sua luta. "Ainda queremos saber quem o matou", disse ela ontem, logo após a cerimônia em que recebeu o documento. "Todos aqueles que estavam envolvidos com a ditadura têm que ser desmascarados." O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) determinou em setembro do ano passado a emissão de um novo atestado de óbito, com base numa decisão tomada pela Comissão da Verdade. Colegiado foi criado para esclarecer as violações dos direitos humanos na época da ditadura militar.
Na série de homenagens que está sendo organizada para lembrar os 40 anos da morte do estudante Alexandre Vannuchi Leme, a Comissão de Anistia do Ministério da Justiça vai realizar um ato público em São Paulo, na sexta-feira, para reconhecer a sua condição de anistiado político. No Instituto de Geociências da Universidade de São Paulo (USP) será feito um julgamento simbólico do caso do estudante morto pela ditadura e, ao final, o Estado brasileiro admitirá que errou ao persegui-lo e pedirá desculpas oficiais. "Ao reconhecer seus erros o Estado reconhece o direito de resistência de quem lutou contra a opressão", diz o presidente da comissão e secretário nacional de Justiça, Paulo Abrão. O pedido de desculpas foi solicitado pela família. "A declaração dele como anistiado político acaba com o estigma de terrorista e subversivo que o regime lhe impôs", diz Aldo Vannuchi, ouvidor da Universidade de Sorocaba e tio de Alexandre. Estudante de geologia e militante da Aliança Libertadora Nacional (ALN), Alexandre foi morto no dia 17 de março de 1973, aos 22 anos. Em 1978 os estudantes da USP decidiram dar seu nome ao Diretório Central. O ato público será no Instituto de Geociências da universidade, às 12 horas. Parentes do estudante, que morava em Sorocaba, a 92 km da capital, estarão presentes. Paulo Vannuchi, ministro de Direitos Humanos no governo Luiz Inácio Lula da Silva e primo de Alexandre, é um dos organizadores da homenagem. Atestado. O atual coordenador da Comissão Nacional da Verdade, Paulo Sérgio Pinheiro, também participará do ato. Na ocasião, ele também entregará à família de Vladimir Herzog o novo atestado de óbito do jornalista. De acordo com a versão oficial das autoridades, divulgada em 1975, Herzog teria cometido suicídio. Mais tarde ficou comprovado que morreu sob tortura, mas o atestado de óbito permaneceu o mesmo. Agora, por decisão judicial, onde aparecia como causa da morte a expressão "asfixia mecânica por enforcamento", passará a constar: "Morte por decorrência de lesões e maus tratos sofridos durante o interrogatório em dependência do 2.º Exército (DOI-Codi)". A família de Alexandre pretende seguir o mesmo caminho, solicitando novo atestado de óbito. O estudante foi morto no mesmo DOI-Codi, importante centro de informação e repressão política durante a ditadura militar. Segundos depoimentos de outros presos, ele foi torturado até a morte. Mas, na versão oficial divulgada pelas autoridades, teria sido atropelado por um carro ao tentar fugir. Sem nenhum aviso à família, o corpo foi enterrado em uma cova rasa no Cemitério de Perus, forrada com cal, para acelerar a decomposição. "Precisamos tomar essas providências aos 40 anos de sua morte", afirma uma de suas irmãs, Maria Cristina. "O Estado deve isso à memória de Alexandre, à nossa família e à sociedade", diz Aldo. Missa histórica. Ainda na sexta-feira, após a cerimônia na USP, será celebrada uma missa na Catedral da Sé. Prevista para as 18 horas, vai relembrar um dos primeiros atos públicos de desafio à ditadura no governo do presidente Garrastazu Médici: a missa organizada pelo então arcebispo da cidade, cardeal Paulo Evaristo Arns para tornar pública a morte e homenagear Alexandre. No dia 30 de março, diante de quase 3 mil pessoas que lotavam a catedral, após terem enfrentado um pesado aparato militar destinado a impedir o afluxo de pessoas ao centro da cidade, o cardeal disse na homilia que a vida pertence a Deus e só Ele poderia dar fim a ela. A mãe de Alexandre estava na primeira fileira. O celebrante agora será o bispo emérito Angélico Sândalo Bernardino. Em 1973 ele era bispo auxiliar da arquidiocese e estava ao lado de d. Paulo na missa. Os pais de Alexandre, José de Oliveira Leme, de 91 anos, e Egle Maria Vannuchi Leme, de 86, não vão participar dos eventos. Os dois não dão entrevistas e são poupados das notícias sobre o filho morto. "Eles se emocionam e ficam tristes cada vez que se toca no assunto", relata outra irmã, a professora Maria Regina.
Em nota oficial a Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República informa que os ministros da Agricultura, deputado Mendes Ribeiro, do Trabalho, Brizola Neto, e da Secretaria de Aviação Civil, Wagner Bittencourt "estão deixando seus cargos depois de prestarem importante colaboração ao governo e ao País". A nota diz ainda que o deputado federal Antonio Andrade (PMDB-MG) assumirá o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento; que a Secretaria de Aviação Civil será dirigida pelo ministro Moreira Franco (que deixará a Secretaria de Assuntos Estratégicos - SAE), e Manoel Dias, do PDT, assumirá o ministério do trabalho. "A presidente Dilma agradeceu a dedicação, o empenho e os inestimáveis serviços prestados pelos ministros Mendes Ribeiro, Brizola Neto e Wagner Bittencourt em suas áreas", disse a presidente, segundo nota do Planalto. "Eles continuarão contando com seu apoio e confiança (de Dilma)", cita a nota. O texto destaca, ainda, que a presidente "deseja bom trabalho a Antonio Andrade, Manoel Dias e Moreira Franco nas importantes missões que passarão a desempenhar". As posses ocorrerão no sábado (16) pela manhã, tendo em vista a viagem da presidente, encerra a nota. O Palácio informa, também que interinamente, o comando da SAE ficará a cargo de Roger Leal.
A médica plantonista do SAMU, de FERRAZ DE VASCONCELOS, THAUANE NUNES FERREIRA, de 28 anos, que foi flagrada marcando o ponto eletrônico com dedos de silicone para outros médicos no último domingo, afirmou ao Ministério Público que começou a participar da fraude para acobertar a também médica plantonista ALINE MONTEIRO CURY, de 26 anos. ALINE é filha do ex-coordenador do SAMU da cidade, o também médico JORGE LUIZ CURY, afastado do cargo após a descoberta do esquema. O depoimento de THAUANE faz parte de um inquérito civil público do MP de FERRAZ DE VASCONCELOS. De acordo com o advogado JOSÉ SYLVIO GARCIA VICHINSKY, que defenda a médica flagrada cometendo o delito, ela teria de marcar o ponto de ALINE porque a colega tinha entrado em uma especialização aos sábados.

Um amigo próximo da família. Assim o pai e o irmão de GLEINER QUINTANÍLIA SILVA, de 33 anos, assassinado com um tiro de escopeta pelo ex-PM temporário TIAGO ROSA DE OLIVEIRA, de 26 anos, na noite de quinta-feira, em CAUCAIA DO ALTO, no interior, definem o assassino. De acordo com testemunhas e a polícia, TIAGO entrou na pizzaria da vítima, na ESTRADA DOS PEREIRAS, 3700, usando jaqueta de couro e capacete, foi até o balcão e atirou em GLEINER com uma escopeta calibre 12. O comerciante morreu na hora. ‘Não faz isso, rapaz”, disse o motorista CARLOS ALBERTO DOS SANTOS, de 45 anos, o próximo a ser morto. Na seqüência, TIAGO atirou no ajudante geral SIDNEY LÚCIO COSTA, de 29 anos, e no pedreiro ADILSON FREIRE DE ARAÚJO, de 36 anos, e fugiu numa moto dirigida pelo mecânico ALEXSANDRO MENDES FERREIRA, de 26 anos. COSTA e ARAÚJO morreram a caminho do hospital, mas ADILSON ainda disse à Guarda Civil de CAUCAIA que o assassino era TIAGO, a quem conhecia. TIAGO foi preso em casa e inicialmente negou o crime, mas depois assumiu a autoria. GLEINER o teria ameaçado de morte, afirmou. TIAGO disse manter um relacionamento com LUCIENE DE SOUZA, mulher do comerciante. A polícia também prendeu ALEXSANDRO e o agente de trânsito RICARDO DE CAMARGO, que guardou a arma do crime em casa. Um funcionário da pizzaria que estava na cozinha e se escondeu no momento do crime afirmou à polícia que LUCIENE teria tido um romance breve com TIAGO em outubro, quando estava separada de GLEINER. TIAGO não aceitava a separação e havia brigado com GLEINER, de acordo com a testemunha. “Ele era recebido em casa como meu irmão”, falou o estudante de computação GLAÚCIO QUINTANÍLIA, de 20 anos, irmão do comerciante. “TIAGO era colega de meu irmão do meio, que é policial militar e freqüentava minha família há três anos”, disse o estudante. Segundo GLÁUCIO, a família não sabia do caso de LUCIENE. Os corpos de GLEINER, SIDNEY e ADILSON foram enterrados no Cemitério Municipal de CAUCAIA DO ALTO nesta tarde. CARLOS foi sepultado em COTIA. LUCIENE compareceu, mas não falou com a imprensa.

O ciclista DAVID SANTOS SOUZA, de 21 anos, que no último domingo teve o braço direito amputado em acidente na Avenida PAULISTA, disse hoje, em gravação feita por seu advogado, ADEMAR GOMES, que perdoa o motorista ALEX SIWEK, de 22, que o atropelou. “Gostaria que nada disso acontecesse comigo nem com outras pessoas”, afirma o rapaz no vídeo divulgado pelo site G1. No depoimento, o ciclista, que estava na contramão, também agradece a todos pelas manifestações de apoio que o ajudaram a encontrar forças e se recuperar. Hoje, ele passou por nova cirurgia no Hospital das Clínicas para reparar fratura no dedo e no pulso esquerdos. ALEX permanece preso.

Ele chama os cardeais de “irmãos”. Anda de ônibus com eles, sem usar seu carro privativo. Paga a própria conta no hotel. Recusou a cruz peitoral de ouro que o VATICANO lhe ofereceu, perguntando se não podia continuar usando a de latão que tem desde que é bispo. Quando cumprimentou os fiéis pela primeira vez, não quis a tradicional mantilha vermelha, a mozeta, símbolo de autoridade papal. “Essa pode ficar para você. Eu prefiro a outra, branca”, falou ao surpreso mestre de cerimônias, que ia lhe entregar a capa de veludo. “Para um jesuíta não há nada de surpreendente nesse comportamento do papa. Ele vai rechaçar os símbolos de poder e autoritarismo”, disse o padre jesuíta GERALDO LACERDINE, diretor de comunicação da COMPANHIA DE JESUS, ordem da qual o papa FRANCISCO faz parte. “A recusa dele em usar a estola vermelha fora dos períodos litúrgicos, outro símbolo de poder papal, também é um recado sutil, mas muito significativo para todos os religiosos”, explicou LACERDINE. A formação jesuíta é longa e complexa, de acordo com o padre LACERDINE, e chega a durar oito anos. O processo segue as instruções deixadas por SANTO INÁCIO DE LOYOLA (1491-1556) no livro “EXERCÍCIOS ESPIRITUAIS”. Após um período de 30 dias de meditações e orações em regime de internato, o noviço jesuíta tem de passar um mês trabalhando em um hospital servindo em diversas funções. “Isso nos aproxima da miséria humana”, diz LACERDINE. Outra experiência marcante é a peregrinação. “Temos de fazer uma viagem a pé de um mês, com apenas uma muda de roupa e o “EXERCÍCIOS ESPIRITUAIS” em uma mochila, sem dinheiro e sem poder dizer a ninguém que somos jesuítas”, contou o padre. “Aí você aprende a se virar como mendigo. Passa muita, mas muita fome. Aprende como é humilhante a mendicância”, diz. “O PAPA FRANCISCO passou por isso, portanto ele sabe como é ser miserável”, falou LACERDINE. O jesuíta também se forma em filosofia e teologia, além de ler os clássicos da literatura e passar pelo magistério.
Sob o título de “O amigo brasileiro do Papa desbloqueou o conclave”, o jornal italiano ‘IL MESSAGGERO” disse que foi o cardeal brasileiro CLÁUDIO HUMMES, arcebispo emérito de SÃO PAULO, quem deu o grande impulso à eleição do PAPA FRANCISCO. “Certamente é o seu maior eleitor e amigo fiel.” Segundo o jornal, graças “à infatigável e paciente rede construída dia a dia pelo cardeal brasileiro se criou uma plataforma para colocar (o nome de JORGE BERGOGLIO) no conclave no momento justo”. “O consenso (em torno dos favoritos) não crescia como deveria, havia resistências, votos bloqueados e italianos estavam divididos”. Isso explicaria o porquê, tão logo eleito papa, “BERGOGLIO quis que HUMMES ficasse perto dele”, possivelmente como um sinal de agradecimento.            

15 DE MARÇO DE 2014      :    -     SÁBADO
Vamos homenagear GINO STRUFFALDI nesta manhã. Ele nos deixou em 15 de março de 2012. Recordo com muita tristeza essa data, mas, ao mesmo tempo, sinto-me contente por ter certeza que ele partiu e deixou um grande legado. Afinal, partir para a grande viagem é o destino de todos nós. E se precisa fazer essa viagem com algo bom na bagagem. GINO foi um dos privilegiados neste mundo. Foi embora deixando imenso repertório de coisas boas. E a PRAÇA GINO STRUFFALDI é um dos prêmios que ele conseguiu. No ano passado, no dia 16 de março, juntamente com o vereador TONINHO PAIVA, autor do projeto de denominação da praça, esta foi inaugurada de maneira brilhante.
Também como em 2013, MARINEI vem me buscar. Seu marido, CABO PM WANDER, está junto. Por volta das 9 horas chegamos na PRAÇA GINO STRUFFALDI. Ali já estão o WILLIAM MASCARENHAS e o THELL DE MORAIS, além de algumas outras pessoas. Encontramos o portão fechado e isso é motivo para a primeira preocupação da manhã. O zelador da praça desconhecia que ali haveria uma solenidade. Também há certa sujeira na entrada e isso é sanado com uma varredura feita pelo próprio zelador. Merece elogios pela sua presteza em resolver esses problemas.
Com a chegada do CLÁUDIO, mestre de cerimônias da equipe do vereador TONINHO PAIVA, organiza-se a sequencia do evento.
Há também uma preocupação com relação à banda de música que está demorando para chegar. É que na avenida 9 de julho o trânsito está congestionado por causa de obras.
Vão chegando nossos amigos associados, as pessoas escolhidas para serem condecoradas, representantes do Exército e da Marinha, escoteiros, enfim, muita gente que tomou conhecimento da cerimônia a GINO: FERNANDO MORENO e seu filho (um dos que irão ser condecorados hoje), MARIA LÚCIA CAMARGO, JORGE BAPTISTA CRUZ, GEORGE TRAJANO, JOSÉ D´AMICO BAUAB, ANA CRISTINA LAZZATI, EBER MARQUES DA SILVA, TENENTE PM RENATO CARNEVALLI DE PROENÇA, GARRIS DEL VALLE, EUCLIDES CACHIOLI, CLEUSA BADANAI, AMADO RÚBIO e sua filha LÍGIA, ALFREDO PIRES e sua esposa DONA NAIR, COMENDADOR DE ROSE,  Dona DINORÁH, viúva de GINO, acompanhada de seu filho ALDO e de inúmeros parentes, vem relembrar a vida serena e produtiva de seu marido.
Com nosso vice-presidente CORONEL PM ANTONIO CARLOS MENDES; o vereador TONINHO PAIVA e sua equipe (NORMA, CLÁUDIO e outras pessoas), vereador CORONEL PM ALVARO BAPTISTA CAMILO, CORONEL PM RICARDO JACOB, CORONEL PM WÁLTER MARTINS DE LIMA (representando o GRÃO-MESTRE DA GLESP), TENENTE-CORONEL EDUARDO HAMAOKA (Comandante da 4ª CSM de SÃO PAULO), e outros convidados dá-se início ao evento com os acordes do HINO NACIONAL e PARIS BELFORT. Em seguida, o CORONEL PM PAULO CÉSAR NEVES, espírita, faz uma brilhante alocução ao momento, tal como já fizera quando participou do culto ecumênico por ocasião dos setes dias de falecimento de GINO, no Monumento Mausoléu do IBIRAPUERA, como também no ano passado. O vereador CORONEL PM ÁLVARO BATISTA CAMILO, o presidente da Sociedade Veteranos de 32-MMDC, o vereador TONINHO PAIVA e ALDO fazem uso da palavra:    
DISCURSO DE ALDO STRUFFALDI, FILHO DO GINO, EM NOME DE TODOS OS SEUS FAMILIARES.

PRAÇA GINO STRUFFALDI - DIA 15 DE MARÇO DE 2014 - HOMENAGEM A GINO PELO TRANSCURSO DO SEGUNDO ANO DE SEU FALECIMENTO - IMAGENS

15/MARÇO/2014          Celebração de solenidade  em memória do Cap. Gino Struffaldi (1914-2012).
Bom dia a todos,
Cumprimento o Nobre Vereador Toninho Paiva que nos tem apoiado sempre, e o Cel. Ventura da Sociedade Veteranos de 32, em cujas pessoas saúdo todas as autoridades, civis, militares e eclesiásticas aqui presentes, ilustres convidados, diletos irmãos da Maçonaria. Caros amigos e familiares.
Agradeço profundamente, por parte da família Struffaldi, a todos os que colaboraram para este encontro  em que lembramos e reverenciamos a memória do Capitão Gino, nosso pai, tio, avô, bisavô e amigo.
Falar no Cap. Gino é falar no espírito do Nove de Julho.
É falar em trabalho, participação e perseverança.
É falar em princípios éticos, cívicos e patrióticos. É defender a verdade e a honra.
É defender a CONSTITUIÇÃO, “lembrança maior da Revolução Constitucionalista de 1932, pela qual muitos deram seu sangue e sua vida”.
É defender o Brasil.
Neste últimos anos muitas coisas têm acontecido em nosso país, que nos deixam estupefatos, preocupados e temerosos quanto ao nosso futuro.
A constituição é seguidamente esquecida. As leis são reinterpretadas e a justiça nem sempre é completa. O uso da mentira e da fraude é constante.
Usam o lema de que os fins justificam os meios.
Nossos governantes estão apáticos e desorientados. Muitos são mal intencionados.
O espírito de 32 só terá significado se o praticarmos.
Por isso, lembremos sempre de nossos deveres de cidadão:
“Defendamos o futuro de nossos filhos e não deixemos que ideologias alienígenas, sinistras e desonestas destruam nosso país. O Brasil é verde, amarelo, azul e branco”.
“Que Deus nos proteja e nos guie”.
Termino minhas palavras conclamando:

Brasil Acima de Tudo!                                                                     Aldo Struffaldi.
Procede-se a entrega da MEDALHA MMDC para as seguintes personalidades:
CORONEL PM RICARDO JACOB
TENENTE-CORONEL EDUARDO HAMAOKA
Major PM Fabio Augusto Ximenes André de Aragão
1º Tenente PM Rafael Serpa Boni
2º Tenente PM Lucas Nunes Diogo
Sub Tenente PM Raimundo Nazareno Lima da Silva
1º Sargento PM Valdir Marques da Silva
1º Sargento Vagner Rodrigues dos Santos
1º Sargento PM Tamir Klaus Meitling
3º Sargento PM Paulo Galvão Nogueira
Cabo PM Eduardo Lopes da Silva
Cabo PM Carlos Eduardo Nunes
Soldado PM Silas Bittencourt Martins
Soldado PM Antonio Sobral dos Santos
Soldado PM Eber Marques da Silva
Soldado PM Adriana Paula dos Santos
Soldado PM Julio Renato Carnevalli de Proença
Soldado PM Ronaldo Bezerra Medeiros
Soldado PM Leandro Ferreira de Oliveira
Soldado PM  Marcelo Rodolfo de Queiroz
Soldado PM Fernando Moreno Junior
Soldado PM Ronaldo Luiz Bilha
Dr. Luiz Gustavo Cury Cardoso
Sr. Theocrito Aparecido Moraes Martins
Sr. Fernando Nastri Palmieri
Sr. Neyvaldo Torrente Lopes
Sr. Wagner Bispo dos Santos
Sr. Giovanni Di Cicco
Marcelo Novato Alves
Também recebem a Medalha MMDC duas personalidades indicadas pelo vereador TONINHO PAIVA: GIOVANNI DI CICCO e MARCELO NOVATO ALVES.
JORGE BAPTISTA DA CRUZ recebe a Medalha PEDRO DE TOLEDO. Ele estava relacionado para ser condecorado no ano passado com essa medalha, mas não pode recebê-la por motivos pessoais.
 E, como coroamento da solenidade, sem que houvesse divulgação, fazemos a surpresa de condecorar “post mortem” GINO STRUFFALDI com a entrega do COLAR DA VITÓRIA para dona DINORAH.
O mestre de cerimônias CLÁUDIO encerra o evento e há uma verdadeira confraternização entre a família constitucionalista durante algum tempo.
Gentilmente, como sempre, WANDER e MARINEI levam-me para casa. Sinto-me gratificado pelo esforço dedicado à memória do velho guerreiro, mas isso não teria sido possível se não houvesse interesse de várias pessoas que nos ajudaram. Principalmente a funcionária MARINEI, que demonstrou muita preocupação no início, ao ver certas coisas demorarem para acontecer. Por isso é que a cerimônia que propusemos tem mais valor, justamente por causa dessas dificuldades.

O PALMEIRAS ainda não tem o seu ALLIANZ PARQUE pronto, mas, usando o PACAEMBU como casa, a equipe deita e rola. Hoje, bateu a PONTE PRETA por 3 a 2 e chegou a sete vitórias e um empate como mandante no PAULISTÃO. De quebra, assumiu a liderança geral do torneio, pressionando o SANTOS, que joga amanhã contra o RIO CLARO. Na última rodada, alviverdes e alvinegros se pegam e quem vencer jogará em casa nos matas-matas. Nada melhor para o VERDÃO.
O SÃO BERNARDO entrou em campo hoje com a possibilidade de continuar na briga por um lugar nas quartas de final. Mas saiu derrotado por 2 a 1 pelo BRAGANTINO e disse adeus à esperança de classificação. Mais do que isso, o resultado garantiu a PONTE PRETA na próxima fase. Apesar do tropeço frente ao PALMEIRAS, restando apenas um jogo nesta fase, a MACACA não pode mais ser ultrapassada pelo SÃO BERNARDO na classificação do Grupo C. Já o BRAGANTINO seca o RIO CLARO diante do SANTOS: derrota do rival o classifica matematicamente para as quartas.
O confronto entre lanternas, o ATLETICO DE SOROCABA manteve viva a chance de escapar do rebaixamento. Ultimo do Grupo A, o GALO empatou em 1 a 1 com o XV DE PIRACICABA, lanterna do Grupo B.
Já classificado, o BOTAFOGO foi superado por 1 a 0 pelo LINENSE. Terceiro no Grupo A, com 13 pontos, o clube de LINS não tem mais chance.

O dia de hoje se mostrou histórico para os corintianos. Cada um deles vai se lembrar de que, em 15 de março de 2014, o primeiro treino da equipe foi feito no novo estádio. Na primeira e tão sonhada casa própria. Quase todos os jogadores estavam lá. O diretor de futebol, RONALDO XIMENES, também, assim como o gerente EDU GASPAR e o coordenador ALESSANDRO. MANO MENEZES marcou presença, junto com seu MIRANDA, roupeiro do clube há 50 anos. Até o PADRE ROSALVINO, da Diocese de ITAQUERA, resolveu dar o ar da graça. Grande responsável pelo estádio, ANDRÉS SANCHEZ recebeu o pessoal. Agora, esse grupo pode se reunir e contar como foi a festa para o presidente MARIO GOBBI que não compareceu. A desculpa foi que estava em viagem. Motivo insuficiente para aliviar sua barra entre os conselheiros. Principalmente porque todos queriam ir, mas só ele, os presidentes do CORI e do Conselho foram convidados. Isso irritou a todos no PARQUE SÃO JORGE. Os atletas chegaram de ônibus por volta das 9 horas, conheceram parte das instalações internadas, cumprimentaram ANDRÉ SANCHEZ e foram ao campo. Antes de a bola rolar, a bênção do PADRE ROSALVINO, sob os olhares dos operários, que estavam na arquibancada. Acabada a oração, um treino físico rápido para aquecer e, depois, o famoso rachão de sábado. Ao fundo, o grito dos torcedores, que não puderam entrar.
Times divididos, operários cornetando, bola para ca´, bola para lá e JADSON marcou o primeiro gol. Só não se pode dizer que ele estufou a rede, pois as metas foram feitas com cones. Apito final, jogadores saíram com pressa. Mas a impressão deixada foi boa.

Nada de lágrimas com milhares de flashes em seu rosto. Se há uma coisa da qual RIVALDO não gosta é holofote. Discretíssimo, sem fazer o tradicional alarde das grandes estrelas do futebol mundial, o meia anunciou hoje o encerramento de sua vitoriosa carreira, aos 41 anos de idade.
Em vez de convocar entrevista coletiva, o melhor jogador do mundo em 1999 escolheu a internet para anunciar: “Com lágrimas nos olhos hoje gostaria de primeiramente agradecer a Deus, minha família e a todos pelo apoio, pelo carinho que recebi durante esses 24 anos como jogador. Hoje venho comunicar a todos que minha história como jogador chegou ao fim”, escreveu, no INSTAGRAM.
RIVALDO vinha defendendo as cores do MOGI MIRIM, clube do qual também é presidente. Chegou a disputar quatro partidas incompletas neste PAULISTÃO – no total, foram apenas 190 minutos em campo –e não marcou nenhum gol. Chega ao fim a carreira de um craque talentosíssimo, que deu seus primeiros passos em gramados nas categorias de base do SANTA CRUZ – PE. Apareceu para o BRASIL no MOGI MIRIM, no começo da década de 1990, e chamou a atenção do CORINTHIANS. Mas foi pelo PALMEIRAS que ele foi mais feliz no país, conquistando o BRASILEIRÃO de 1994 e o PAULISTA de 1996.
Na EUROPA, passou por LA CORUÑA e BARCELONA antes de brilhar na COPA DO MUNDO de 2002, quando o BRASIL conquistou o penta. Depois, rodou bastante: MILAN (2002 e 2004), CRUZEIRO (2004), OLYMPIACOS (2004-2007), AEK (2007-2008), BUNYODKOR-UZB (2008-2010), SÃO PAULO (2011), KABUSCORP – ANG (2012), SÃO CAETANO (2013) e MOGI MIRIM.
Na ESPANHA, o craque recebeu a atenção que sua aposentadoria merece. Os jornais “MARCA”, “DIÁRIO DESPORTIVO” e “SPORT” deram espaço ao assunto em seus sites. Os dois últimos, inclusive, publicaram vídeos com momentos do meia pelo BARCELONA.
A decisão do jogador repercutiu pouco nas redes sociais, mas foi bem resumida por NEYMAR. “O futebol agradece por tudo o que você fez e o BRASIL, por você ser brasileiro! Parabéns pela carreira...IDOLO! CRAQUE!, publicou o jogador.

A ex-chacrete MARLI BANG BANG está morta. Após o jornal DIÁRIO DE SÃO PAULO revelar em fevereiro a história da dançarina e a busca das duas filhas dela pela mãe, sumida deste 1998, uma brasileira que mora em PORTUGAL, país para onde a vedete foi em 1987 e nunca mais voltou, encaminhou à família de CIRLENE DA SILVA, seu nome de batismo, na última quinta-feira, o atestado de óbito que comprova a sua morte, ocorrida em 17 de agosto do ano passado, aos 56 anos. A causa oficial da morte ainda não foi repassada pelas autoridades portuguesas aos familiares. Entretanto, extraoficialmente, o que se diz é que o câncer de pulmão, a cirrose e a hepatite lhe tiraram a vida. A confirmação da morte da ex-chacrete deu-se após repercussão da reportagem publicada pelo jornal. Uma das filhas da dançarina, ANA CAROLINA LOPES DE OLIVEIRA, de 27 anos, recebeu, por uma rede social, mensagens de um homem dizendo que sua mãe estava morta. “De início, pensei ser trote. Mas a pessoa foi dando detalhes e comecei a ver que podia ser mesmo verdade”. ANA então pediu para uma amiga brasileira que mora em PORTUGAL ir atrás das pistas fornecidas pelo homem da rede social e do atestado de óbito. “Uma assistente social de PORTUGAL passou para minha amiga o endereço de uma amiga portuguesa da minha mãe, chamada CONCEIÇÃO, que pagou o funeral e estava com o atestado de óbito que tirou qualquer dúvida: minha mãe está mesmo morta”, afirmou.

O BOEING 777 da MALAYSIA AIRLINES, desaparecido há uma semana, teve suas comunicações deliberadamente desativadas e seu último sinal veio cerca de sete horas e meia depois da decolagem, significando que voou para locais tão distantes quanto o CASAQUISTÃO ou o extremo sul do OCEANO ÍNDICO, disse hoje o primeiro-ministro da MALÁSIA, NAJIB RAZAK. A declaração de RAZAK confirmou especulação de que o desaparecimento do avião não foi acidental, recolocando a investigação na tripulação e nos passageiros de voo e destacando a grande tarefa para aqueles já encarregados de vasculhar vastas áreas do oceano.
NAJIB lembrou que os investigadores analisam todas as possibilidades de por que o avião se desviou tão drasticamente de sua rota original, dizendo que as autoridades não poderiam confirmar se houve ou não sequestro.
Especialistas haviam dito previamente que o responsável por desativar os sistemas de comunicação do avião e por então tomar o controle do avião deve ter um alto grau de conhecimento técnicos e experiência de voo. Uma possibilidade levantada é de que um dos pilotos quis cometer suicídio. O avião levava 239 pessoas a bordo quando decolou de KUALA LUMPUR, na MALÁSIA, para PEQUIM, CHINA, às 0:40 hora do dia 8 de março.

A UCRÂNIA acusou hoje “agentes do KREMLIN” de fomentar violência e mortes em cidades de idioma russo no país e pediu que a população não se levante ante às provocações, que seus novos líderes temem que sejam usadas para justificar uma invasão. O presidente em exercício da UCRÂNIA, OLEKSANDER TURCHINOV, referiu-se às três mortes em DONETSK e KHARKIV e disse que há um “perigo real” de uma invasão pela fronteira leste da UCRÂNIA.

Um avião que ia da FLÓRIDA para o ARIZONA fez um pouso de emergência para salvar a vida de um bebê que havia parado de respirar durante o voo. Enquanto o avião se preparava para o pouso de emergência um choro foi ouvido. “Estávamos todos muito tensos. Foi um momento emocionante para todos ouvir o choro daquele bebê”, contou uma passageira. O bebê foi levado para um hospital local.                


15 DE MARÇO DE 2015    :     -    DOMINGO
Vamos hoje homenagear o nosso eterno guerreiro, CAPITÃO GINO STRUFFALDI, falecido em 15 de março de 2012. Com muita saudade lembro o momento em que ele me passava a presidência da SOCIEDADE VETERANOS DE 32-MMDC, no dia 7 de julho de 2011.
“Não me lembro de ter sentido medo na revolução. Não porque eu seja muito corajoso. É que eu achava que não tinha motivo para sentir.” Assim o capitão reformado do Exército, Gino Struffaldi, aos 97 anos, com uma ótima memória, relembra os meses que marcaram para sempre a sua vida.
Aos 18 anos, enquanto servia o Exército, Struffaldi aderiu à luta da Revolução Constitucionalista de 1932 não por convicção, mas por dever. “Eu não faço floreios a respeito da minha participação. Eu estava na ativa e o meu comando se solidarizou com a revolução e eu fui junto. Depois fui percebendo o movimento da população e me entusiasmei”, conta minutos antes de deixar, nesta quinta-feira, a presidência da Sociedade Veteranos de 32 - MMDC, entidade que tentar manter viva a memória do movimento.
A passagem de presidência da sociedade foi um divisor de águas na história do movimento. Com 47 ex-combatentes ainda vivos espalhados por várias regiões do País, e cada um com pelo menos 97 anos, Gino provavelmente foi o último presidente da entidade a ter participado de batalhas durante a revolução.
No seu lugar, entra o coronel da Polícia Militar Mário Fonseca Ventura, filho do ex-combatente Mário da Silva Ventura, que há 15 anos participa como voluntário da sociedade e divulga as ações e a história do movimento. “Estamos entrando num momento diferente. Até criamos a associação dos familiares dos veteranos de 32, já que o comandante lá de cima está chamando e os nossos combatentes estão sendo transferidos. E lá eles não podem falar não”, brinca.
Ainda ativo, Gino Struffaldi lembra com detalhes de várias passagens das batalhas. “O dia mais difícil talvez tenha sido um dos bombardeios, quando o nosso alojamento ficou parcialmente destruído. Mas felizmente não matou ninguém. Nós estávamos em um território muito grande e tínhamos onde nos abrigar. E ainda por cima, a aviação naval que nos bombardeou vinha de lugares que sabíamos de onde estava vindo. Não havia um grande medo”, conta.
Antes de sair de casa, em meu blog, coloco imagens do GINO e as lembranças dos acontecimentos na PRAÇA CAPITÃO GINO STRUFFALDI por ocasião de sua inauguração em 16 de março de 2013 e da homenagem que lhe foi prestada no ano passado.
Pontualmente, às 8 horas, como havíamos combinado, MARINEI vem me buscar com seu carro. Seus filhos LUCAS e GABRIEL iriam até o local da solenidade, mas participaram de uma festa de aniversário e chegaram em casa por volta das 4 horas da madrugada. Mais tarde deverão acompanhar a mãe na passeata da AVENIDA PAULISTA.
Chegamos muito cedo na PRAÇA CAPITÃO GINO STRUFFALDI. Isso é muito bom porque podemos recepcionar todos os nossos convidados. Apenas encontramos já na praça o nosso incansável WILLIAM MASCARENHAS.
http://i0.statig.com.br/fw/d8/r0/ix/d8r0ix2c8niarhd4xe3dt3x57.jpgFOTO DANIEL TORRES
TONINHO PAIVA e sua equipe chegam logo em seguida. NORMA e CLÁUDIO passam a cuidar do cerimonial. Tomam nota das autoridades que estão chegando, bem como preparam toda a sequencia do evento. São cuidadosos e querem que tudo sai da melhor maneira possível. MARINEI ajuda-os nesse mister, uma vez que ela conhece quase todos os participantes, principalmente com relação aos que irão ser condecorados.
O Vice-Presidente da Diretoria Executiva, CORONEL PM ANTONIO CARLOS MENDES, apesar de estar sofrendo uma fase delicada em sua vida (sua esposa caiu no dia 9 de março, de uma maneira muito cruel, de frente, quebrando o nariz e causando problemas no maxilar), faz um esforço para estar conosco. Nosso representante da ASSOCIAÇÃO PARANAENSE MMDC-32 E HERÓIS DA LAPA, MARIANA TAGLIANETTI, veio de CURITIBA para participar do evento.
O TENENTE-CORONEL PM ALBERTO MALFI SARDILLI, Comandante do Regimento de Polícia Montada "9 de Julho" e presidente do Núcleo "MMDC CORONEL ARLINDO DE OLIVEIRA", que será logo mais condecorado com a Medalha MMDC, é a mais alta autoridade presente e representa o Comandante Geral, CORONEL PM RICARDO GAMBARONI.
Podemos contar também com ANTONIO CARLOS ARISTIDES, ORÍTIA ABREU SERAFIM, FERNANDO MORENO, PROFESSORA MARIA ODETTE, PROFESSOR JOSÉ CARLOS  DE BARROS LIMA (coordenador do Núcleo da LAPA e diretor do Museu MARIA SOLDADO), MARGARIDA ROSA, diretora do Acervo Histórico da Sociedade Veteranos de 32-MMDC; EDIMARA DE LIMA, Coordenadora do Conselho Cívico e Cultural da Associação Comercial; ALDO STRUFFALDI,  acompanhado dos familiares, com atuação destacada para as crianças; JORGE BAPTISTA CRUZ, JOÃO FRANCISCO DE AGUIAR (presidente do Núcleo de Correspondência de SÃO PEDRO); THELL DE MORAIS; DONALDO ICIBACI, SÍLVIO DA ROCHA, DOUGLAS NASCIMENTO.  
O cerimonialista CLÁUDIO anuncia os toques do HINO NACIONAL e temos início às homenagens à GINO STRUFFALDI. Várias pessoas fazem uso da palavra, principalmente o nosso vice-presidente, CORONEL PM MENDES, e o vereador TONINHO PAIVA.
O CORONEL PM EVANDRO TEIXEIRA ALVES vai falar em nome dos PMs DE CRISTO. Faz um discurso brilhantíssimo:
QUEM É ESSE?
O texto bíblico usado foi do Evangelho de São Marcos, capítulo 4, versos de 35 a 41.
Esse texto narra o momento em que Jesus Cristo estava com os seus discípulos, em um barco, no Mar da Galiléia e uma grande tempestade os pegou de surpresa.
Jesus estava dormindo no barco durante a tempestade e foi acordado pelos discípulos que estavam com medo de serem levados pelas ondas e pela tempestade.
Jesus, acordou e questionou a falta de fé deles, levantando-se e acalmando o mar e calando o barulho do vento.
Eles se maravilharam com o acontecido, e cheios de temor, perguntavam-se uns aos outros: quem é esse que até o vento e o mar lhe obedecem?
Na verdade, eles conheciam Jesus, eram seus seguidores, mas a situação do momento, deixou-os com grande temor do poder de Jesus Cristo.
Nos dias de hoje, especialmente, nesses momentos de insegurança nacional em que vivemos, Jesus é a nossa maior SEGURANÇA.
Ele tem poder para acalmar os ânimos dos movimentos do mar (que na Bíblia, significa o CAOS implantado), muda o sentido de todas as coisas, transforma mentes e corações e é a única forma de mudar o cenário nacional vigente.
Temos que ter fé em Jesus Cristo, e Ele irá reverter quadros desfavoráveis e situação complexas que nos causam perplexidade e receio.
A figura histórica e o poder divino de Jesus Cristo são marcas de um Deus Todo-Poderoso e que alterou época. Desde seu nascimento, os dias são contados de forma diferente e todo o mundo foi influenciado pela sua liderança e carisma santo.
Quem é esse? Jesus Cristo é nosso referencial  e modelo de ser humano, nosso Salvador e que vai salvar nossa Pátria se o invocarmos em espírito e verdade, além de nos convertermos de nossos maus caminhos.
Qual a forma que temos guardado em nossos corações Jesus Cristo? Alguém que está dormindo diante de situações críticas em nossas vidas, ou alguém que está movimentando o Universo em favor das pessoas de bem? Temos que refletir sobre nosso posicionamento em relação a isso.
E falando em pessoas do bem... Esse momento de homenagem relembra uma pessoa que sempre foi do bem e lutou muito para que as coisas de nosso Estado de São Paulo e de nosso país, convertessem para um bem comum, muito melhor do que se vivia na época da Revolução de 1932.
GINO STRUFFALDI era Capitão do Exército Brasileiro, nosso "Eterno Menino de 32" e recebeu reconhecimento na inauguração da Praça em que nos encontramos nesta data de 15 de março de 2015.
Seus ideais de patriotismo, de idealismo e de luta eram contagiantes. Seus princípios morais e éticos sempre foram exteriorizados pelo nosso homenageado, que soube construir um caráter sólido e uma pela Pátria.família firme e estruturada.
Nossa lembrança do CAPITÃO GINO é e sempre será das melhores. Quem é esse? Esse é um bom exemplo de ser humano e que aprendeu com Cristo, ser uma pessoa de bem.
Que sua memória nos remeta a tudo o que de bom e importante o CAPITÃO GINO fez por São Paulo e

Após as palavras do CORONEL PM EVANDRO TEIXEIRA ALVES passamos a condecorar as autoridades selecionadas para esta solenidade que recebem a Medalha MMDC:  
VEREADOR TONINHO PAIVA
TENENTE-CORONEL PM ALBERTO MALFI SARDILLI
DOUTOR RUI FERNÃO MOTA E COSTA
SENHOR ANTERO JOSÉ PEREIRA
DOUTOR CLÁUDIO TUCCI JÚNIOR
DOUTOR JOSÉ GUILHERME LEVENSTEIN (não pode comparecer e o namorado de sua filha recebe a medalha em seu lugar)
MAJOR PM OLÍMPIO FERREIRA MAGALHÃES
MAJOR PM ÉMERSON FRIANO
MAJOR PM ROGÉRIO CARLOS CAPUANO
MAJOR PM MENEMILTON SOARES DE SOUZA JÚNIOR
COMENDADOR LUIZ SÉRGIO ÁLVARES DE ROSE
1º TENENTE PM MARCELO KAZUHIRO SATO
1º TENENTE PM GUILHERME LAZO SOLANO NETO
SENHOR GUILHERME MANTOVANI COLI
SENHOR DOUGLAS NASCIMENTO
CABO PM TAYLOR RECHE GARCIA
CABO PM PAULO GUJEF JÚNIOR
SOLDADO PM ARTHUR JOSÉ MACHADO
SOLDADO PM DIOGO DE SILVA BORRELLI
SOLDADO PM RONIÉLISON ROBERTO DE SOUZA
ASSOCIATION KUOFRA (SÍLVIO LUIZ DA ROCHA, nosso Presidente do Núcleo de Correspondência de SÃO ANDRÉ, usando uma farda francesa, conduz o estandarte da Associação, onde é colocada a Medalha MMDC)
SENHOR MARCELO BINGRE.               
Encerrada a condecoração das pessoas escolhidas, vamos manter um momento muito agradável de confraternização, com muitas fotos tiradas e conversas em torno da Sociedade Veteranos de 32-MMDC.
Mas MARIANO TAGLIANETTI tem certa pressa em almoçar e se preparar para o retorno à CURITIBA no voo marcado para 17 horas. O SUBTENENTE GEORGE TRAJANO, muito prestativo e atencioso para com nossos problemas, se prontifica a nos levar até a AVENIDA PAULISTA. Ele nos conduz até à porta do HOTEL IBIS. Não pode ficar conosco porque ainda está trabalhando na confecção da Medalha DRÁUSIO, para a entrega ao CONSELHO DAS CONDECORAÇÕES MÉRITO DA JUVENTUDE CONSTITUCIONALISTA, na próxima quarta-feira, dia 18.
MARIANO fecha a conta no HOTEL IBIS, onde estava hospedado, e vamos almoçar no MELIÃ PAULISTA. Vemos que muita gente já está chegando na AVENIDA PAULISTA para o Movimento Contra DILMA ROUSSEFF. Durante o nosso almoço enorme multidão toma conta da PAULISTA. É muita gente, bem superior às DIRETAS JÁ e ao IMPEACHMENT DO COLLOR. É uma explosão de civilidade que o BRASIL jamais viu.
MARIANO TAGLIANETTI troca muitas ideias conosco, em torno da Associação Paranaense MMDC-32 e HEROIS DA LAPA, mas precisa se dirigir a CUMBICA, a fim de retornar a CURITIBA. Não é fácil embarcar no Metrô, com a finalidade de chegar até a Estação PARAÍSO. Os trens chegam totalmente lotados. E a AVENIDA PAULISTA é um mar de gente, quase todos usando as cores verde e amarela.

É um clichê manjado, até cansativo, mas raramente falso: quem não faz gol toma. E, para sorte do SÃO PAULO, a PONTE PRETA resolveu desafiar o ditado e se deu mal. Mesmo jogando pouco, o TRICOLOR conseguiu hoje uma virada improvável e venceu o duelo em CAMPINAS, por 2 a 1. O triunfo pode até não fazer muita diferença no PAULISTÃO - o time caminha tranquilo para a classificação no Grupo 1, agora com 23 pontos. Mas tem alto valor moral para os jovens usados e serve para acalmar a torcida antes do jogo mais importante doa no até agora, contra o SAN LORENZO, quarta-feira, no MORUMBI, pela LIBERTADORES.

Expectativa de que muitos brasileiros deixem o conforto de suas casas para protestar e reivindicar neste domingo 15/03. Independente das bandeiras carregadas por cada um, grandes aglomerações populares e a diferença de ideias ou posicionamentos políticos demandam ATENÇÃO ESPECIAL para que tumultos ou problemas de segurança aconteçam, tanto aos manifestantes como ao patrimônio público ou privado. É preciso também atenção especial no que se refere a supostos manifestantes que desejam afugentar e afastar os cidadãos de bem das ruas. Nas manifestações de 2013 vimos a forma como grupo organizados e não identificados agem para causar transtornos e acabar com a possibilidade de manifestações pacíficas. Estes devem ser isolados dos cidadãos de bem. Vai pra rua Brasil! ‪(#‎ADComunicação)

15/03/2015
 às 16:50 \ Brasil, Cultura

Infiltrados provocam manifestantes, mas são presos! Diferença para atos petistas: povo fica contra os vândalos!

15 carecasA PM de São Paulo prendeu os integrantes de um grupo punk chamado “Carecas do Subúrbio”, segundo a Globo News.
Eles se infiltraram na manifestação pacífica anti-Dilma e estavam provocando os manifestantes na esperança de gerar confusão. Portavam rojões, explosivos e socos ingleses. A diferença para os atos petistas é que os manifestantes anti-Dilma ficaram contra os vândalos e alertaram à PM, que acabou aplaudida. Antes disso, a maior ocupação dos PMs no protesto era tirar fotos de famílias felizes. Eu quero saber quem pagou os “Carecas do Subúrbio” para avacalhar o movimento. Tenho uma lista de estrelas suspeitas.
Em entrevista à Jovem Pan, o sociólogo e cientista político Sérgio Fausto avaliou que as manifestações contra o governo deste domingo (15) são um marco no segundo mandato da presidente Dilma Rousseff. "O governo Dilma tal como ele se constituiu até agora acabou neste domingo", disse. "(O governo) precisa se reconstituir e começar a "criar um novo plantel neste domingo", sugeriu. A força das manifestações, as quais Fausto considera "impressionantes", provocarão mudanças, entende. "A reforma política é inevitável", disse. O especialista entende também que a causa dos protestos é a falha do diálogo do governo com o povo. "A base aliada no congresso se mostrou inteiramente incapaz de comunicar-se com a sociedade", disse. "É um governo fadado ao fracasso", avaliou. "A manifestação de hoje esfrega isso na cara do governo."
Consequências políticas:
Como "político não rasga voto", Dilma deve enfrentar um dilema do que fazer a respeito dessa massa de pessoas que mostraram insatisfação com o governo. "Uma outra equipe precisa assumir a política", ponderou. Fausto vê um sentimento parecido com o das Diretas Já, embora à época havia palanque político e membros da oposição discursando, algo que o povo não permitiu que acontecesse nesse domingo.
Mesmo assim, o cientista político vê dois partidos que poderiam se beneficiar com os atos: PSDB e PMDB. O PSDB "como principal força de alternância desse governo" e o PMDB, uma vez que pode "tornar mais caro o preço do apoio ao governo na medida em que ele se enfraquece".

Em entrevista à Rádio Jovem Pan neste domingo, 15, durante as manifestações que levaram milhares de pessoas as ruas, o cientista político da USP, Professor José Álvaro Moisés, analisou o clima político do país e afirmou que o primeiro passo que a presidente Dilma pode dar para reverter a situação é reconhecer os erros de seu governo.
 “Ela (presidente Dilma) tem que mudar sua postura radicalmente, primeira coisa a fazer é vir a público e admitir que errou; em alguns momento é preciso que lideres peçam desculpas a população: ‘nós erramos!’”, afirmou o cientista político. “Acho que o governo tem que reconhecer os erros, tem que se explicar. Se não fizer isso, vai perder principalmente legitimidade”, completou.
O professor da USP ressaltou que é importante que o governo entenda o recado vindo das ruas: “o mínimo que o governo pode fazer é recolher o sinal que a manifestação deu; o sentimento de indignação e de mudança de muita gente no Brasil. Mudança em relação à corrupção, politicas públicas. O governo precisa entender o que está acontecendo no Brasil”, explicou. Moisés ainda completou: “é um recado muito duro ao governo, em relação ao seu comportamento, corrupção e principalmente politicas públicas”.
José Álvaro Moisés destacou também o movimento de parte dos manifestantes que clamam por uma intervenção militar, e afirmou que as manifestações de hoje só ocorreram porque há espaço democrático para isso: “não concordo com muitas coisas que vi na Paulista. Pedido de intervenção militar, por exemplo. As manifestações só estão ocorrendo porque vivemos uma democracia. A intervenção militar impediria o que estamos vendo hoje”.
Moisés finalizou afirmando que a presidente Dilma e o PT podem continuar seu governo sem apoio, tanto dos aliados quanto da população. “Existe um tensão entre posições da presidente e a maneira com o PT reage, principalmente questões relacionados às medidas fiscais. Tem uma posição de um segmento do PT que não é capaz de entender que algumas medidas duras terão de ser tomadas. Essa tensão existe e é difícil antecipar se a presidente Dilma será capaz de resolver esse problema. Ela não tem sido capaz, até agora, nem de manter a relação de sua base de apoio é muito grande. O governo pode ficar até o fim, mas sem ter nenhum apoio moral e sem nenhum apoio para aplicar seu programa”, finalizou.

CRONICA DE UM FRACASSO ANUNCIADO


Roberto de Almeida
00:05 (Há 23 minutos)

AMIGOS
Obrigado  por  circunstâncias  alheias  a  minha  vontade  estou  fora  de São  Paulo.    Entretanto,  grudei-me   na  REDE   GLOBO,    para  acompanhar  os  acontecimentos  deste  dia  histórico.
O  meu  espírito  crítico,  entretanto,  acompanhou-me.   Sempre  acontece  quando  assisto  a  GLOBO.    Talvez  seja  um  problema  que  a  ASTROLOGIA   explique.   Não  sei.
Para  ser  honesto,  não   concordo  com  algumas  das  'analistas   políticas"   da  REDE.   Algumas,  realmente,  são  excelentes.  Outras,  tenho  sérias  dúvidas.   Uma   tal  de  CRISTIANA  LOBO,  se   não  for  "dilmista",  ou  "petista",  engana  bem.     A  "moçoila",  durante  a  transmissão,  argumentou,  no  mínimo  dez   vezes,  comentando  alguns  cartazes  portados  pelos  que  protestavam,   que  "não  cabia  o  "impeachment"  da  DILMA,  pois  ela  tinha  sido  "re-eleita"   em  eleição  recente,  pelo  povo,   e  tinha  -  chegou  a  afirmar  -  "menos  de três  meses  de  governo".  A  esta   altura  não  entendi  nada.   QUEM   "GOVERNOU"  (?)  O  PAIS NOS  ÚLTIMOS  QUATRO ANOS ?     E, acrescentaria,   A   QUEM  CABE  A  RESPONSABILIDADE  PELA  "MERDA"   EM  QUE  NOS  ENCONTRAMOS  ?     E  a  "moça"  é  "analista  de  política".
Quase   no  final  da  tarde  a  "analistas"   mencionaram,  várias  vezes,  que  DONA  DILMA  deveria  dar  uma   resposta   ao  povo.    Pensei  que  fosse  "força  de  expressão".    Não  era.  No  fim  da  transmissão    do  protesto  em  São  Paulo,  a  GLOBO  anunciou  que  um  Ministro do  governo  falaria  a  Nação.    Foi  um  ato  de  PRECOGNIÇÃO  da   GLOBO ?   OU   JÁ   ESTAVA  COMBINADO  ANTES  ?    Nenhuma   outra   emissora  transmitiu  "a  tal  resposta".  Exclusividade   GLOBO.     "GLOBO"   E  DONA  DILMA  FORMAM   UMA  SIMBIOSE  PERFEITA.
Falaram  DOIS   ministros.   Um  foi  o  Ministro  da  Justiça.   O  outro,  não  lembro  (AFINAL  DE   CONTAS   SÃO  TANTOS  MINISTROS  QUE  NÃO  DÁ PARA   GUARDAR).
Além  da  "costumeira   ARENGA"   a   respeito  do  "ambiente  democrático" em  que  vivemos   (O  QUE  NÃO  É  MÉRITO  DO  PT)  O  Senhor  Ministro  da  Justiça  não  acrescentou  grande  coisa.    Pensei  que   ele  falaria    do  encontro  com  o Ministro  do  S.T.F.,  ex-advogado  do  PT,  e  indicado  por  DONA  DILMA,  para  o  cargo,  e   que  também  julgará  os  eventuais  "réus"   da  "OPERAÇÃO   LAVA   JATO"   Anunciou,  também,  "leis"   para  o  COMBATE  A  CORRUPÇÃO .   Estranho  que   DONA  DILMA   não  tenha  combatido  a  "corrupção"   na  PETROBRAS,  quando  da  "compra  da  Refinaria  de  PASSADENA" ,  pois   na  ocasião  era   DIRETORA  DO  "CONSELHO  DE  ADMINISTRAÇÃO  DA  EMPRESA,  indicada  por  LULA.  
O   outro  Ministro   começou   dizendo  que  os  que  protestaram  nas  ruas,  "não  eram  eleitores  de  DILMA".    Como  ele sabia,  não  disse,  nem  lhe  foi  perguntado.   Deve  ser  um  caso  de  "PREMONIÇÃO",  ou foi  dito  por  alguma  "cartomante".
O   único  "FATO"   a  observar  na  "tal  entrevista"   é  que  os  repórteres  presentes ,  com  uma  ou  duas  exceções,   não  fizeram  perguntas  que  qualquer  cidadão,  medianamente  informado,  faria. Como  consequência,  a  tal   entrevista,   foi  mais  um  "fracasso   anunciado", do (DES)GOVERNO   DE   DONA  DILMA.
NÃO   NOS  "DESMOBILIZEMOS".    A    BANDEIRA    ESTÁ   PASSADA   PARA  A   OPOSIÇÃO.......E   PARA  OS  CONGRESSISTAS.
BOA  NOITE,  BOA  SORTE.

As manifestações contra a corrupção e contra o governo da presidente DILMA ROUSSEFF ocorreram em todas as regiões do país. Não houve registro de confrontos e os protestos foram pacíficos. Em parte do país, os atos foram feitos de manhã, como em BRASÍLIA, onde o protesto juntou 45 mil pessoas na ESPLANADA DOS MINISTÉRIOS, segundo estimativa oficial.
Com faixas pedindo desde o fim da corrupção ao impeachment da presidente DILMA ROUSSEFF, os manifestantes caminharam pela avenida e se posicionaram em frente ao Congresso Nacional. Algumas pessoas chegaram a entrar no espelho d´água do prédio.
Em BELO HORIZONTE, cerca de 24 mil pessoas se reuniram na PRAÇA DA LIBERDADE. A manifestação seguiu até por volta das 13 horas, quando os manifestantes se dispersaram sem ocorrências que merecessem registro da Polícia Militar.
Já no RIO DE JANEIRO, a primeira grande manifestação do dia ocorreu na orla da PRAIA DE COPACABANA. A polícia não informou os números oficiais, mas, segundo estimativa de organizadores, 15 mil pessoas participaram do ato. As duas pistas da AVENIDA ATLÂNTICA chegaram a ser fechadas no meio da manhã e a passeata recebeu apoio de moradores dos prédios da orla.

Enquanto os ministros JOSÉ EDUARDO CARDOZO (JUSTIÇA) e MIGUEL ROSSETTO (Secretaria-Geral da República) davam entrevista sobre as manifestações, transmitida ao vivo por canais pagos, um panelaço acontecia no país. O ministro CARDOZO disse que o governo anunciará nos próximos dias um "conjunto de medidas de combate à corrupção e à impunidade". Ele aproveitou ainda para reafirmar a importância de uma reforma política.
"As manifestações confirmam que o BRASIL vive um Estado democrático. Um Estado que admite a divergência,a existência de opiniões contrárias e que de fato está muito longe de qualquer alternativa populista", afirmou CARDOZO. "O governo está atento e revela a disposição que sempre teve para o diálogo. Não há democracia sem diálogo. Faz parte do ser democrático o respeito a quem pensa diferente do que gostaria".  

Mais de 100 brasileiros se reuniram em frente à embaixada do Brasil em Londres neste domingo, 15, para manifestarem contra o governo, segundo informações do corresponde da rádio Jovem Pan na Inglaterra, Ulisses Neto.
Seguindo os protestos que acontecem em todo o país, o grupo, apesar de pequeno, chamou atenção das pessoas que visitavam o centro londrino. Vestindo camisetas verde e amarelas e com bexigas, bandeiras do Brasil e cartazes contra o governo, os manifestantes pediam a reforma política e o impeachment da presidente Dilma Rousseff.
Ainda de acordo com Ulisses Neto, o frio e a chuva afastaram um pouco as pessoas, que pretendiam fazer a manifestação na Trafalgar Square, mas o local estava fechado para comemoração típica do St. Patrick Day.

Quatro funcionários da empresa transportadora de valores RRJ foram mantidos reféns por cerca de duas horas, nesta tarde, durante tentativa de assalto a um dos escritórios da companhia, na BARRA FUNDA, região central de SÃO PAULO. Todos foram libertados, sem ferimentos, mas um dos ladrões morreu na troca de tiros com policiais ao tentar fugir pela AVENIDA PACAEMBU. Outros quatro criminosos foram presos e um está foragido.
Armado com fuzis, o grupo entrou no escritório, na RUA MARIO DE ANDRADE, pouco antes das 16 horas, após render os quatro funcionários. A Polícia Militar não soube informar como a quadrilha conseguiu invadir o local.

Subiu para 51 o número de mortos no acidente com um ônibus de turismo em SANTA CATARINA, que aconteceu ontem à tarde. Entre os mortos, estão 15 homens, 20 mulheres, 11 crianças e 5 adolescentes. Outras sete pessoas continuavam internadas nesta noite. O acidente aconteceu no km 89 da Rodovia SC-418, conhecida como SERRA DONA FRANCISCA, ligação entre o PARANÁ e a cidade catarinense de JOINVILLE, no norte do Estado.

Com a posse ocorrida hoje dos vereadores eleitos deputados estaduais, a Câmara Municipal de São Paulo completa um segundo processo de renovação em apenas dois anos. Nesse período, 45% das vagas foram trocadas em relação à última legislatura, e o resultado é um empate numérico entre representantes do PT e do PSDB. Cada partido tem agora dez nomes. Nessa dança das cadeiras, os petistas perderam um parlamentar, enquanto os tucanos receberam um reforço. Na prática, o PT, por representar o governo do prefeito FERNANDO HADDAD, permanece na liderança dos trabalhos, mas corre o risco de ser contestado no fim do ano durante a disputa pela presidência da Casa.
O cargo, que hoje é do petista ANTÔNIO DONATO, costuma ser definido segundo as regras de proporcionalidade das bancadas, ou seja, o partido com maior número de vereadores indica o presidente. Do mesmo modo, os demais postos são divididos entre as siglas que ocupam as posições seguintes. É por isso que o PSDB, então segundo partido com mais representantes, comanda hoje a primeira secretaria, segundo cargo mais importante da Casa.
Líder dos tucanos, ANDREA MATARAZZO disse que a nova divisão pode fazer com que o PSDB pleiteie a presidência, após um período de dez anos - ROBERTO TRÍPOLI foi o último representante do partido a ocupar o cargo, em 2005. Depois, deixou a sigla e hoje representa o PV - desde hoje, ele é um dos novos deputados estaduais de São Paulo. Os demais são: JOSÉ AMÉRICO (PT), CORONEL PM CAMILO (PSD), CORONEL TELHADA (PSDB) e MARTA COSTA (PSD).

A ASSEMBLEIA LEGISLATIVA de SÃO PAULO inicia sua nova legislatura mantendo a tradição de blindar o governador do Estado, GERALDO ALCKMIN, de eventuais desgastes políticos provocados pela oposição na Casa. O deputado estadual FERNANDO CAPEZ foi eleito hoje como novo presidente da Assembleia com votos de praticamente toda a bancada oposicionista - o tucano teve apoio de todos os parlamentares do PT. CAPEZ derrotou CARLOS GIANNAZI (PSOL) pelo placar de 92 votos a 2. A Casa tem 94 deputados da nova legislatura, também empossada hoje.
Em entrevista ao jornal O ESTADO, CALPEZ disse não haver "fatos de extrema gravidade" que deem sobrevida às CPIs propostas pela oposição. O novo presidente da Assembleia citou como exemplo a crise hídrica. Oposicionistas já iniciaram um movimento de coleta de assinaturas para protocolar um pedido de instauração da CPI da SABESP. A Mesa diretora ficou assim constituída: ÊNIO TATTO (PT) - 1º Secretário; EDMIR CHEDID (DEM), 2º Secretário; MARIA LÚCIA AMARY (PSDB) - 1ª Vice-presidente; ANALICE FERNANDES (PSDB) - 2ª Vice-presidente; JOOJI HATO (PMDB) - 3º Vice-presidente; ANTONIO SALIM CURIATI (PP) - 4º Vice-presidente; ADILSON ROSSI (PSB) - 3º Secretário; AFONSO LOBATO (PV) - 4º Secretário.
FERNANDO CAPEZ, que faz 51 anos no domingo, é procurador de Justiça e ingressou no Ministério Público em 1988. Foi eleito deputado estadual pela primeira vez em 2006 e reeleito nas duas eleições seguintes. No ano passado, foi o deputado mais votado do Estado, com 306.268 votos.

Se a abertura da temporada de 2015 da Fórmula 1 repetiu o roteiro do último ano, com o domínio da MERCEDES e vitória do atual campeão LEWIS HAMILTON, pelo menos o GP DA AUSTRÁLIA apontou uma grata surpresa para a torcida brasileira. FELIPE NASR levou a SAUBER ao quinto lugar na melhor estreia de um brasileiro na história da categoria. O segundo a chegar foi NICO ROSBERG, com SEBASTIAN VETTL em terceiro e FELIPE MASSA em quarto lugar. O BRASIL voltou a ter dois pilotos entre os cinco primeiros colocados de um GP, o que não acontecia desde 2009.

Número 1 do mundo, NOVAK DJOKOVIC não precisou de mais do que 59 minutos para garantir uma tranquila estreia no MASTERS 1000 de INDIAN WELLS. O sérvio bateu o cipriota MARCOS BAGHDATIS e, amanhã, pela terceira rodada, volta à quadra para enfrentar o espanhol ALBERT RAOS.
DAVID FERRER também venceu, mas teve trabalho para despachar o croata IVAN DODIG, de virada. Amanhã, enfrenta BERNARD TOMIC.

No feminino, AGNIESZKA RADWANSKA, vice-campeã de INDIAN WELLS, em 2014, e atual oitava do mundo, caiu na terceira rodada do PREMIER para a britânica HEATHER WATSON.