sexta-feira, 24 de abril de 2015

O SENTIDO NACIONAL DO MOVIMENTO CONSTITUCIONALISTA DE 1932

SOCIEDADE VETERANOS DE 32-MMDC
NÚCLEO MMDC "SARGENTO MACHADO"
RIBEIRÃO PRETO

23 DE ABRIL DE 2015

O SENTIDO NACIONAL DO MOVIMENTO CONSTITUCIONALISTA DE 1932

Nas três primeiras décadas do século 20 (1900-1930), diversos foram os acontecimentos políticos e sociais relevantes. No campo internacional podemos citar: a maciça imigração de europeus para o Brasil; a eclosão da Primeira Guerra Mundial e a “grande crise” econômica de 1929. Internamente, o Brasil enfrentou: movimentos sociais dos trabalhadores com várias greves; o conflito de CANUDOS; os 18 de Forte em 1922; a Revolução de 5 de Julho de 1924; surgimento dos primeiros partidos operários; o anarco-sindicalismo em São Paulo; a “Revolta da Vacina” no Rio de Janeiro (1904); o comunismo (criação do PCB em março de 1922); a “Reação Republicana” ao eixo SP-MG nas eleições de 1922; a insatisfação dos militares e o surgimento do “tenentismo” na década de 1930. Outrossim, vale registrar que, por vários motivos (manutenção do Estado, custeio de infra-estruturas portuária e ferroviária, valorização do café), muitos eram os empréstimos tomados pelo Brasil junto ao estrangeiro – notadamente a Grã-Bretanha – de forma que, nesse período, a dívida externa do país cresceu significativamente, assumindo patamares comprometedores da higidez econômico-financeira do País, o que, por óbvio, repercutiu no cenário político interno.

SÃO PAULO e MINAS GERAIS alternavam-se na Presidência da Nação, mas com o mandato do presidente WASHINGTON LUÍS (eleito por SÃO PAULO) chegando ao fim, surpreendentemente houve de sua parte insistência para que um outro paulista o sucedesse na presidência, quebrando assim a famosa política do “café com leite”.
Para a sucessão de WASHINGTON LUÍS na presidência do BRASIL, JÚLIO PRESTES, candidato do governo, concorre com GETÚLIO VARGAS (tendo como vice JOÃO PESSOA) e vence em 1º de março de 1930. JÚLIO PRESTES e seu vice VITAL SOARES obtém 1 milhão e 97 mil votos contra 744 mil votos de GETÚLIO VARGAS. Iniciava-se um movimento revolucionário. Os “tenentes” de 1924, estigmatizados como revolucionários e sem chances políticas no sistema vigente, junto com jovens políticos, respaldados com seus postos políticos diante da supremacia de SÃO PAULO nas urnas, arriscam-se a uma ação mais atrevida. No dia 26 de julho é assassinado JOÃO PESSOA por JOÃO DANTAS, um oposicionista da PARAÍBA, na cidade do RECIFE. O governo eleito é acusado de crime, muito embora o assassinato tenha sido meramente passional. Facilitou a decisão para a ação da revolução. A Chefia do Estado-Maior da Revolução foi entregue ao TENENTE-CORONEL GÓIS MONTEIRO. A oposição alegou fraude nas eleições e GETULIO VARGAS dá o golpe. A revolução eclode em 3 de outubro de 1930.   
GÓES MONTEIRO, antigo conhecido de GETÚLIO, colabora de maneira decisiva para a vitória dos golpistas. Em 24 de outubro de 1930, a ALIANÇA LIBERAL e integrantes da cúpula militar, em nome do Exército e da Marinha, depuseram o presidente da República no RIO DE JANEIRO e constituíram uma Junta Provisória. Diante da manifestação popular e da forte pressão dos revolucionários vindos do sul, essa Junta acabou entregando o poder a GETÚLIO em 31 de outubro de 1930.

Os vitoriosos de 30 compunham um quadro bastante heterogêneo, política e socialmente, mas, com um adversário comum: as velhas oligarquias cafeeiras. Tira-se a elite do poder, caindo os quadros oligárquicos tradicionais e ascendendo à cúpula os militares, os jovens políticos da oposição, os técnicos diplomados e, mais tarde, os industriais.  
Buscava-se terminar com os chamados “currais eleitorais”, quando os votos eram dados obrigatoriamente para os indicados pelo governo, também chamado “voto de cabresto”. Naquela época quem dirigia o sistema eleitoral era o legislativo e se baseava em uma lista. O voto não era livre e secreto como hoje.
A Constituição, então vigente, era a de 1891, reformada em 1926. Foi revogada e o governo passou e exercer um poder ilimitado, destituindo os então presidentes dos Estados, substituindo-os por tenentes, como interventores, alguns sem qualquer ligação ou vínculo com os Estados para os quais eram nomeados. A missão deles era fazer com que as decisões do ditador fossem obedecidas.

Após quase dois anos de atos discricionários cometidos pelo ditador, o BRASIL se sentia na obrigação de mudar esse estado de coisas. As FRENTES ÚNICAS de MINAS GERAIS, RIO GRANDE DO SUL e SÃO PAULO preparavam uma revolução.  

No dia 22 de maio de 1932 foi elaborado o boletim da FRENTE ÚNICA de SÃO PAULO, asseverando que a presença do enviado especial do ditador (OSWALDO ARANHA foi mandado por GETÚLIO VARGAS a SÃO PAULO, a fim de acalmar o ânimo dos paulistas) tinha o “intuito de arrebatar do povo paulista o sagrado direito de escolher os seus governantes” e que esse mesmo povo não mais suportaria tamanha afronta e humilhação, repelindo “a indébita e injuriosa intromissão na sua vida política” por parte daqueles que estavam “conduzindo SÃO PAULO e o BRASIL a sua ruína total”. No mesmo dia do lançamento do citado Boletim houve um comício na PRAÇA DO PATRIARCA, às 15 horas. Pontificou a voz altissonante de IBRAHIM NOBRE, que se dirigiu ao PALÁCIO DOS CAMPOS ELÍSEOS (com SÍLVIO DE CAMPOS, ANTÔNIO PEREIRA LIMA, AURELIANO LEITE, LUCIANO GUALBERTO e com o povo), afirmando ao Interventor PEDRO DE TOLEDO: “Já começa a correr o sangue paulista. Estamos algemados e algemados dentro de uma senzala. E V. Ex.a, Sr PEDRO DE TOLEDO, está preso conosco. V. Ex.a. deve sair dela e com estes homens vir às ruas reivindicar a nossa liberdade. V. Exª está no fim da vida e deve escolher: um simples epitáfio ou uma estátua”. A menção feita por IBRAHIM NOBRE, ao fato de já começar a correr o sangue paulista, era devida aos ferimentos sofridos pelo estudante LIMA NETO, naquele mesmo 22 de maio de 1932, vítima das agressoras forças da Ditadura. No dia seguinte, 23 de maio, mais sangue iria correr, purpureando vários jovens, que se transformaram nos exacerbados mártires da irrefreável luta contra o opróbrio.

Por volta das 16 horas de 23 de maio de 1932, realiza-se na Praça do Patriarca, o comício monstro em favor do restabelecimento da autonomia do Estado e do retorno da constituição do país. O povo em massa dirige-se aos CAMPOS ELÍSEOS e exige por meio de discursos inflamados a organização do secretariado do governo em consonância com a vontade do povo.
No cair da tarde e o surgir da noite a massa humana se agiganta pelo Pátio do Colégio, ruas e praças contíguas. Populares sacam de suas armas e fazem disparos para o ar a guisa de salvas no momento em que SILVA GORDO passa a Secretaria da Justiça a WALDEMAR FERREIRA. O povo, não satisfeito com as vitórias alcançadas dirige-se à sede dos jornais: “RAZÃO”, órgão de OSVALDO ARANHA, o “CORREIO DA TARDE”, de MIGUEL COSTA, incendiando-os.

Daí o povo ruma contra a sede da LEGIÃO REVOLUCIONÁRIA, o PARTIDO POPULAR PAULISTA, o qual era chefiado por MIGUEL COSTA nos altos da Rua BARÃO DE ITAPETININGA, esquina da PRAÇA DA REPÚBLICA.
Por volta das 20:30 horas na PRAÇA DA REPÚBLICA o povo ataca a sede do PPP, instalado à Rua BARÃO DE ITAPETININGA, número 60 (hoje Prédio 298, esquina da Praça). A fuzilaria é intensa de lado a lado. Todos os lampiões de gás nas imediações e as poucas lâmpadas estão quebradas por tiros. Os atacantes, uns atrás das árvores, outros deitados, defendem-se, atacam e socorrem os feridos. As ambulâncias ficam postadas nas Ruas SÃO LUÍS, 7 DE ABRIL e 24 DE MAIO. Enquanto um mulato distribuía munições, o povo luta desesperadamente a fim de invadir o prédio.

Quando era meia-noite, os atacantes já apresentam duas baixas: EUCLYDES MIRAGAIA e ANTÔNIO AMÉRICO DE CAMARGO ANDRADE, morador de CAMPINAS. Alguns atacantes conseguem trazer um bonde e o colocam, como muralha, parado à porta do prédio.
Era uma hora e trinta minutos da madrugada quando DRÁUSIO MARCONDES DE SOUZA, ao forçar a porta do prédio, é alvejado mortalmente vindo a falecer na madrugada do dia 28 devido aos ferimentos recebidos. DRÁUSIO tinha apenas 14 anos, morador na Rua OSCAR FREIRE, ferido na fossa ilíaca esquerda. O tiro saiu na fossa ilíaca direita.
A luta já dura horas, mas os atacantes não esmorecem. Há muita gente ferida e não se sabe ao certo o número de mortos.
Naquela madrugada sangrenta, naquele desespero, muitas pessoas deixam os abrigos e avançam para o prédio com o propósito de tomá-lo. Num destes ataques MARIO MARTINS DE ALMEIDA é atingido por uma rajada de balas no peito no meio da Rua BARÃO DE ITAPETININGA. Não é decorrido muito tempo quando soldados acercam-se do prédio, assestam uma metralhadora, fazem disparos e recebem um comunicado que transmitem aos populares dizendo que os sitiantes se renderam e vão desocupar o prédio, o que realmente aconteceu.  
 MÁRIO MARTINS DE ALMEIDA morre ao ser removido para o pronto-socorro da polícia central. São feridos também: IGNÁCIO CRUZ, de 21 anos, solteiro, residente à avenida D.PEDRO I, número 7, no IPIRANGA, com dois ferimentos produzidos por balas, na perna direita; SEBASTIÃO BERNABÉ VERGUEIRO DOS SANTOS, de 33 anos, residente à rua VITÓRIA, número 144, com um ferimento perfuro contuso na perna esquerda; PAULO RIBEIRO, advogado, residente à Rua OSCAR PORTO, número 43, com ferimento perfuro contuso no antebraço direito; MOACYR DE OLIVEIRA, de 21 anos, residente à Rua ANTÔNIO DE GODÓI, 91 com ferimento de bala penetrante da cavidade torácica; JOÃO BAPTISTA DE OLIVEIRA FILHO, de 21 anos, solteiro, residente à Rua SOUZA LIMA, número 24, com ferimento perfuro contuso na fronte frontal esquerda; ORLANDO DE ALVARENGA, de 32 anos, casado, empregado de cartório, residente à Rua MARANHÃO, com ferimento perfuro contuso na região lombar, que viria a falecer em 12 de agosto; SEBASTIÃO ALVES DE OLIVEIRA, de 19 anos, copeiro, com ferimento de bala na região glútea direita; FRANCISCO ANTÔNIO VALENTE, de 19 anos, morador na rua 21 de Abril, número 313, com ferimento de bala no braço esquerdo e no peito; DOMINGOS NÓBREGA FILHO, de 21 anos, açougueiro, morador à Alameda Santos, número 362, com um ferimento perfuro contuso produzido por bala no pé direito e outro na coxa do mesmo lado.
Horas depois, as iniciais dos nomes dos mortos haverão de formar a sigla da sociedade, a princípio secreta, que viria a ser forja e martelo da revolução constitucionalista: MMDC.

Os restos mortais dos heróis repousam no Monumento Mausoléu do Soldado Constitucionalista de 1932, no IBIRAPUERA, Capital. Foram trasladados para o Monumento em 9 de Julho de 1954,  juntamente com os restos mortais de outro herói da Revolução, o caboclo PAULO VIRGÍNIO.
JOSÉ BENEDITO MACHADO FLORENCE numa inspiração divina assim se expressou:
“VIVERAM POUCO PARA MORRER BEM,
MORRERAM JOVENS PARA VIVER SEMPRE!”

Nessa data era reformado o GENERAL DE BRIGADA MIGUEL COSTA – MIGUEL COSTA foi promovido a GENERAL DE BRIGADA pelo DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO de 11 de novembro de 1930. O BOLETIM DO EXÉRCITO publicou o ato da promoção em 15 de novembro daquele ano. Foi ele designado para assumir o Comando da 3ª Brigada de Infantaria da 2ª Região Militar. No dia 5 de dezembro de 1930 foi designado Secretário de Estado dos Negócios da Segurança Pública. No dia 29 de abril de 1931 foi designado COMANDANTE GERAL DA FORÇA PÚBLICA.

No dia 9 de Julho de 1932 SÃO PAULO se unia para um dos mais belos movimentos de nossa história. Homens e mulheres, velhos e crianças, cada qual com seu quinhão de esforço, empenharam-se numa luta heróica pela restauração da democracia em nossa pátria. Embora derrotados militarmente, os paulistas conseguiram ver o seu ideal concretizado: a ditadura foi banida, e o povo se reintegrou na posse de seus mais legítimos direitos. SÃO PAULO se engalana novamente, neste ano, para comemorar a DATA MAGNA do Estado, e cultuará mais uma vez aqueles que tombaram nos campos de batalha. Pela nossa memória passará mais uma vez as imagens da gloriosa epopéia cívica.  

“O mineiro JUSCELINO KUBITSCHEK, oficial da FORÇA PÚBLICA DE MINAS GERAIS, que atuou ao lado do Governo Provisório de GETÚLIO VARGAS, quando Presidente da República, referiu-se assim sobre 1932: “.... uma daquelas causas pelas quais os homens podem viver com dignidade e morrer com grandeza”. O carioca EUCLIDES FIGUEIREDO comandou no VALE DO PARAÍBA, a principal das Divisões do Exército Constitucionalista. Disse considerar a Revolução “o mais brilhante movimento cívico da história do BRASIL republicano”. O gaúcho BERTOLDO KLINGER generalíssimo revolucionário, escrevendo ao supremo comandante ditatorial, o GENERAL GÓIS MONTEIRO, descreveu o ânimo que descobrira entre o povo paulista: “....os ricos entregam o seu ouro com discrição britânica e bravura romana; as senhoras despojam-se de suas jóias; os bispos entregam o ouro das igrejas e as suas próprias cruzes pectoriais; os casais pobres levam à coleta suas alianças; os advogados, os médicos, os seus anéis....” Estas definições completam-se com a da respeitada “História do Exército Brasileiro”, editada pelo Estado Maior do Exército: “O nosso maior movimento armado. O valor e a capacidade do homem, do brasileiro em face da adversidade, superaram todas as expectativas, não só no campo material, das improvisações e imaginação, mas, também, no campo da elevação moral e espiritual, diante da causa e motivação para a defesa das suas convicções”. Estas definições, nenhuma assinada por paulista, mostram que a História, pelo juízo dos homens, fez e vai fazendo justiça à Revolução Constitucionalista: foi ela a explosão de um idealismo levado às últimas conseqüências.
A maioria dos oficiais e soldados da Força Pública era nordestina. O Comandante da FRENTE SUL, o CORONEL TABORDA era paranaense. A colônia mineira em SÃO PAULO era significativa, não só na capital como também no interior.
É verdade que há críticos. Alguns deles insistem em que entre os idealistas a reclamar eleição e Constituição, havia separatistas. Haveria uns cinqüenta, certamente menos de cem. Não formariam mais do que um magro batalhão. Nem conduziram o povo para a Revolução.
No entanto, os seis milhões de habitantes do Estado aplaudiram e aderiram. Uma adesão assim unânime jamais resulta de enganos, de desencontros. Quase cem mil homens pediram armas e lugar nas trincheiras: estudantes, funcionários, agricultores, comerciários, pretos, pardos, brancos; pobre, ricos; casados, solteiros. Sem prática das durezas da luta, marcharam e combateram – quinze a dezoito mil deles – enquadrados por mais ou menos dez mil praças da Força Pública (a Polícia Militar de hoje) e quase três mil recrutas do Exército Nacional.

Assim se formou o Exército Constitucionalista. Para ele, foi preciso fabricar dentro do Estado o que não havia: armas e munições. A criatividade e o esforço revolucionário montaram fábricas das quais saíram balas para fuzil (240 mil/dia no final da luta), granadas para canhões (200/dia no término da campanha), capacetes de aço (70 mil), máscaras contra gás, rações de campanha, trens blindados, carros de assalto, lanchas blindadas, minas marítimas e terrestres, carros lança-chamas, além de armas psicológicas de efeito extraordinário no substituir armas inexistentes. Entre essas “armas de mentirinha”, a matraca, que imitava o “matraquear” de metralhadora pesada e o canhão fantasma que não disparava, mas enganava a observação aérea.
A guerra toda decorreu entre julho e começos de outubro. Tempo frio, ríspido, nos campos do sul do Estado e na Serra do Mar, onde a campanha foi mais duramente combatida. Portanto, houve precisão de vestir, agasalhar e alimentar entre 25 a 30 mil. Não havendo indústria, nem dinheiro suficiente para atender a tais necessidades, 72 mil mulheres, trabalhando graciosamente, costuraram fardamentos, teceram agasalhos, prepararam material médico, cozinharam refeições, atenderam a hospitais, atenderam as famílias cujos arrimos haviam seguido para as trincheiras.
Uma guerra, travada em cinco frentes, sem comunicação com o exterior para vender produtos da terra (no caso, café), custa muito caro. Além da guerra, era preciso que a vida, no Estado, prosseguisse, normal o quanto possível: armazéns fornecendo, escolas ensinando, trens trafegando, farmácias atendendo, lâmpadas acendendo. E o tesouro do Estado, em tempo de crise mundial e principalmente nacional e paulista, estava a zero. Para socorrer o Tesouro e manter a vida civil regular e o Exército combatendo, fez-se a Campanha do Ouro Para o Bem de São Paulo, a que se referiu o GENERAL KLINGER na frase citada.
De certa feita, na longa fila de entrega dos pertences de ouro para a causa justa, destacou-se uma preta velha. Ombros arcadosl, mãos engelhadas, chale na cabeça, sobraçava um pequeno embrulho. Dela se aproximou um funcionário, solícito e acolhedor, a fim de auxiliá-la, pois não estava mais em condições de permanecer intermináveis minutos numa fila, dizendo-lhe que poderia entregar  sua oferenda pessoalmente. A velhinha esticou-se em passos lerdos, depositou o embrulho no balcão e ao abri-lo, ofereceu, aos heróis de 32, um quilo de café em grão. Ela explicou, com simplicidade: “É pros soldados. Pedi esmola um dia inteiro para poder comprar. Dou de coração...” Ela era o povo. Era o símbolo de uma gente. A figura estóica, gritando por legalidade, por direito, por oxigênio para respirar.

Mas se tão empenhado e poderoso foi esse ideal constitucionalista, ficou restrito a SÃO PAULO? Ninguém, em parte alguma do BRASIL, moveu-se para sustentá-lo, por atos ou mesmo por gritos? Pois houve gente assim, e muita, e em muitos lugares. Afinal, a Revolução deveria ser feita pela FRENTE ÚNICA – larga corrente de liberais, principalmente do RIO GRANDE DO SUL, de MINAS GERAIS, do DISTRITO FEDERAL (hoje RIO DE JANEIRO), do MATO GROSSO e outros Estados. O porquê de, a 9 de julho, somente SÃO PAULO e a parte sul do MATO GROSSO cumprirem o combinado, é um capítulo que ainda está sendo escrito, mas se sabe que SÃO PAULO foi traído por MINAS GERAIS e RIO GRANDE DO SUL, que aceitaram as vantagens pecuniárias do governo provisório, ou seja, o perdão das dívidas de seus Estados para com a República. FLORES DA CUNHA foi atraído por GETÚLIO VARGAS quando o convidou para ser o futuro Ministro da Justiça.

Os que deveriam marchar e combater ao lado de SÃO PAULO marcharam e combateram contra SÃO PAULO. Nem por isso, o ideal deixou de levantar eco e despertar combatentes em outros sítios: Assim, ao norte, ao sul, ao leste e ao oeste, brasileiros houve que responderam ao grito de “CONSTITUIÇÃO E ELEIÇÕES LIVRES! Levantado em 1932, junto ao riacho do IPIRANGA, como em 1822 ali fora levantado o grito de “INDEPENDÊNCIA!”

No MATO GROSSO um destacamento revolucionário saiu de CAMPO GRANDE em meados de julho com a incumbência de conquistar PORTO MURTINHO, no Rio PARAGUAI e assim garantir um porto internacional, mesmo que fluvial, para a entrada de mercadorias endereçadas aos rebeldes. De CAMPO GRANDE a PORTO MURTINHO venceram cinco batalhas contra tropas governistas. Uma dessas batalhas aconteceu em PORTO ESPERANÇA. No dia 20 de setembro a tropa de BORGES DE MEDEIROS se rendia, após esgotarem os recursos de tiro. Houve lutas em LADÁRIO, BELA VISTA, QUITÉRIA, COXIM.
No RIO GRANDE DO SUL (com ênfase para SOLEDADE, os frentistas gaúchos que, à sua moda e sem esperanças, tentaram montar um governo constitucionalista no pampa. No dia 1º de setembro o CORONEL CÂNDIDO CARNEIRO JÚNIOR, mais conhecido como GENERAL CANDOCA, não aceitou as ordens do interventor FLORES DA CUNHA e invadiu o quartel do 44º Corpo Auxiliar e se apossou das armas e da munição. No dia 8 teve início em ESPUMOSO a movimentação de um grupo de revolucionários sob o comando de MANOEL DA SILVA CORRALO, tomaram a sub-prefeitura, prendendo as autoridades locais. No dia 14 essas tropas se uniram ao contingente comandado pelo agora GENERAL CANDOCA e seguiram em direção à VILA FÃO. Lutaram contra a Brigada Militar Gaúcha na Barra do DUDULHA com o RIO FÃO no dia 13 de setembro. Foram derrotados, mas demonstraram valentia e amor à causa de maneira exacerbada). VACARIA, PELOTAS, SÃO JOÃO, CAÇAPAVA, SERRO ALEGRE também foram a favor da causa constitucionalista em terras gaúchas.
No RIO DE JANEIRO, já no dia 10 de julho, centenas de estudantes aguardavam as tropas constitucionalistas para deporem GETULIO VARGAS; Na BAHIA (514 estudantes da Faculdade de Medicina e uma dezena de professores foram presos e recolhidos aos cubículos da Penitenciária de SALVADOR. A Faculdade foi fechada e os cursos somente foram reabertos a 2 de outubro de 1932).
No PARÁ aconteceu o celebre episódio de ÓBIDOS, onde os artilheiros do forte foram derrotados após o naufrágio de suas barcaças, atacadas pelas forças de ditadura, que os executaram, na famosa BATALHA NAVAL DE ITACOATIARA – os sargentos do 4º Grupo de Artilharia da Costa, de 70 homens, sediados em ÓBIDOS, haviam aderido à Revolução Constitucionalista, obedecendo um civil, comissionado no posto de CORONEL pelo general BERTHOLDO KLINGER, o doutor ALDERICO DE OLIVEIRA, um advogado baiano que ali morava. Os rebeldes saíram de ÓBIDOS EM 21 de agosto de 1932, com destino a MANAUS. Os navios BAEPENDI e INGUÁ afundaram as barcaças dos revoltosos em águas do rio AMAZONAS, na altura do município de ITACOATIARA. Os amotinados tinham tomado a cidade de PARENTINS. Também em MANAUS houve uma tentativa de rebelião por parte de sargentos do 27º Batalhão de Caçadores.  
No PARANÁ aconteceram combates nas cidades de CASTRO e SENGÉS. De CASTRO partiu um tenente comandando um esquadrão de Cavalaria, atravessou ITARARÉ e veio lutar no TÚNEL DA MANTIQUEIRA, por não querer enfrentar seus irmãos do PARANÁ).
Em MINAS GERAIS (principalmente em BELO HORIZONTE, VIÇOSA, ZONA DA MATA e ARAPONGA, tropas leais a ARTHUR BERNARDES, constitucionalista, enfrentaram os soldados da Força Pública mineira, que se voltaram contra SÃO PAULO por ordem do então governador OLEGARIO MACIEL).

Em setembro AMPARO foi tomada pelas tropas do CORONEL EURICO GASPAR DUTRA, fechando o cerco a CAMPINAS. A partir daí, a queda do moral dos revolucionários cai muito. Surgem discórdias entre os comandantes, sobretudo após a assinatura pelo Comandante da Força Publica, CORONEL HERCULANO DE CARVALHO, de uma cessação das hostilidades em separado de sua milícia com a ditadura. Ao GENERAL BERTOLDO KLINGER só restaria aceitar as exigências de GÓES MONTEIRO.
EUCLYDES FIGUEIREDO, por sua vez, não se rendeu, achando que conseguiria resistir no sul do MATO GROSSO, para onde pretendia se dirigir, mas não conseguiu.  O CORONEL PALIMÉRCIO RESENDE seguiu antes para tentar organizar as tropas que iriam se encontrar posteriormente com FIGUEIREDO. Este não conseguiu seu intento porque o governo provisório impedia a saída de qualquer revolucionário. Dirigiu-se , de barco pelo mar, com destino ao RIO GRANDE DO SUL, onde supunha haver uma coluna resistindo. Foi aprisionado num porto catarinense pela Marinha. PALIMÉRCIO e outros, incluindo JOÃO NEVES DA FONTOURA, encontraram-se com tropas aliadas no MATO GROSSO, logo dissolvidas, o que os obrigou a fugir para o PARAGUAI.      

Diz a “HISTÓRIA DO EXÉRCITO BRASILEIRO”: “vencedor único, o BRASIL” Pois 723 dias depois do 9 de Julho, o BRASIL ganhava a CONSTITUIÇÃO. E o brasão de armas de SÃO PAULO, criado durante a Revolução, diz “BRASILIA FIANT EXIMIA” - “PELO BRASIL FAÇAM-SE GRANDES COISAS”. E a bandeira do Estado, o último Estado brasileiro a adotar uma bandeira, é a única, entre as bandeiras estaduais a ostentar o MAPA DO BRASIL.”

Em 1982, quando se completaram 50 anos do Movimento Constitucionalista é comovente o pronunciamento de AURO SOARES DE MOURA ANDRADE: “...àqueles que morreram aos milhares nos campos rasos da luta, da mais nobre luta e da mais bela luta, a luta pelos direitos do homem, a luta pela liberdade da pátria, a luta pela conquista de uma constituição e pela garantia de uma vida tranqüila e próspera para o nosso povo”.....”decorridos 27 anos, sabe todo o Brasil que não se tratava de um movimento separatista, mas de uma revolução que integrava na vida política todo o restante de seu povo. Longe de separar, era a revolução que unia Norte a Sul para o mesmo pensamento jurídico, o mesmo pensamento cívico visando a volta do Estado de Direito do país”. Ainda disse AURO SOARES DE MOURA ANDRADE: “a vitória não foi alcançada nas armas, foi alcançada nas consciências, na convicção do homem”. Em aparte, o deputado SÉRGIO MARINHO disse que se penitenciava de ter lutado contra São Paulo, por estar hoje convencido de que a revolução constitucionalista foi um dos maiores movimentos cívicos registrados no País.” 

GUILHERME DE ALMEIDA, o poeta da Revolução, diz que “Deu-se, em São Paulo, o fenômeno da fusão perfeita de todos os fatores de uma nacionalidade. Não houve, então, distinção de cor política, nem de credos religiosos, nem de condições, nem de idade, nem de nacionalidade, nem mesmo de sexo, porque a mulher foi tão forte quanto o homem. Nisso é que residiu a beleza da nossa epopéia.” “Foi a beleza da revolução que envolveu o povo. A luta foi bela, brava, estóica e a vencemos, do ponto de vista ideológico, em todos os pontos. Todos cooperaram. As colônias estrangeiras forneceram de tudo. Ambulâncias, fardas, alimentação. Lembro-me também, de um episódio tocante, para ilustrar quão belo e nobre foi nosso movimento. A colônia de russos brancos de VILA ALPINA, com cerca de 700 membros, era paupérrima. Nada pode oferecer à nossa guerra. No entanto, o sangue da liberdade e do direito latejava em suas veias como nas nossas. A despeito da sua pobreza, os russos brancos jejuaram, em seu templo, todo um dia, e os alimentos economizados foram doados à causa da Constituição.” “São Paulo era uma peça só. Fundiu-se no fragor da ante-luta, ansioso por ordem e  por progresso, para que o dístico de nossa Bandeira fosse honrado. Era mister que voltasse a ordem. Todos sentiam essa necessidade.
AGOSTINHO TOFFOLI TAVOLARO diz que a Revolução Constitucionalista foi uma revolução romântica, por ideais e não por conquista do poder, que terminada por um armistício, veio alcançar seu resultado maior com o advento da Constituição de 1934, que introduziu o voto secreto e o voto das mulheres, constituição essa infelizmente revogada pela Carta de 1937, de inspiração fascista e que implantou o chamado ESTADO NOVO, ditadura que perdurou até 1945. A EPOPÉIA DE 32 foi um exemplo de ideal e civismo, contém uma mensagem às gerações futuras e aos jovens de hoje.      

Uma das mais eloqüentes provas de que o Movimento Constitucionalista foi de âmbito nacional reside no Monumento Mausoléu ao Soldado Constitucionalista de 32, no IBIRAPUERA. Hoje lá estão imortalizados 804 participantes da Revolução. Desde os generais até os mais simples soldados, quer sejam italianos, portugueses, espanhóis, russos e de outros países, como também de quase todos os Estados do Brasil (pernambucanos, cearenses, mineiros, paraibanos, etc). Sem distinção de raça, credo ou cor todos ali se igualam, irmanados, na história de 1932.    
MINHAS PALAVRAS FINAIS AOS SENHORES E SENHORAS QUE ACABAM DE OUVIR ESTE RESUMO DO SENTIDO NACIONAL DO MOVIMENTO CONSTITUCIONALISTA DE 1932:
O Brasil é um país que resiste na beira do abismo. Abençoado por Deus e pela natureza, vive na dúvida entre o atalho do atraso e a reta da certeza. Uma nação que maltrata sua história e não agradece, todos os dias, a generosidade divina que nos concedeu uma extensão territorial de dimensão continental, rica em terras férteis, praias que enchem os olhos do mundo inteiro, água doce em abundância, fauna e flora que não devem nada aos países mais ricos.
Todos os versos e cantos ufanistas de nossa Pátria são verdadeiros e merecem o cultivo da eternidade. Quando Gonçalves Dias declama que “Nossa terra tem palmeiras, onde canta o sabiá...”, pratica um ato de civismo exemplar pelo caminho encantador da poesia. Assim como outros brasileiros exemplares, Gonçalves Dias tentou plantar raízes de civismo e amor à Pátria.
Civismo é a difícil tarefa de amar, em grandeza superior, os valores do País, do Estado e do Município. Uma pessoa acometida do vírus cívico é aquela que consegue romper os muros estreitos e menores de um cotidiano medíocre para se envolver em lutas e projetos que dignifiquem a vida. É fácil, cômodo e comum viver a pobre rotina da casa para o trabalho e de trabalho para casa, intercalada por um tempo livre que nada acrescenta e apenas demonstra que existe gente que passa por este mundo sem nunca ter vivido.
E a grande tragédia contemporânea do Brasil é a crescente alienação de sua população em relação aos valores cívicos que deveriam nortear uma nação civilizada.
Os jovens desapareceram das praças e a política, ciência superior do poder, deixou de ser pensada e discutida nas esquinas, evidenciando uma decadência social e cultural de elevada periculosidade cívica. A história nos ensina que o afastamento da juventude é um sinal de alarme para as nações, exigindo dos patriotas uma providência qualquer diante da falência de nossas instituições.
Por muito menos do que acontece no Brasil de 2015, os paulistas pegaram em armas dia 9 de Julho de 1932. Data máxima do povo paulista, 9 de Julho é a referência de honra e glória que jamais deixaremos desaparecer de nossa história.
Fizemos a maior guerra civil da história do Brasil em busca de uma Constituição para conquistarmos a democracia. Fomos derrotados militarmente, mas vencemos politicamente. Mesmo com a ditadura usando o rádio como propaganda enganosa, vendendo ao Brasil a idéia de que nossa revolução era separatista, liderada pelos italianos e barões do café, conseguimos a Constituição em 1934 e grandes avanços em direção à cidadania, como a conquista do voto feminino, por exemplo.
9 de Julho é o exemplo para sempre. Em 1932 fizemos a maior guerra cívica militar. Em 2015 precisamos, em paz, promover esse movimento cívico, partindo de São Paulo, para resgatar a ética, o próprio civismo e a cidadania numa nação destroçada pela corrupção.
O Brasil precisa buscar o exemplo nos tempos atuais da Epopéia de 32, onde o IDEAL DO DIREITO era a única meta daqueles 130 mil homens,  mulheres e crianças envolvidos no Movimento Constitucionalista Eles conseguiram, embora derrotados pelas armas, o retorno da Carta Magna do País. A eles nosso preito de gratidão! Meu profundo respeito aos HERÓIS DE 32, baluartes da verdadeira democracia brasileira.  
PALESTRA PARA OS ESCOTEIROS  
INTERNET:
MUSEU VIRTUAL









REVOLUÇÃO CONSTITUCIONALISTA DE 1932
Em 1932, por ocasião da Revolução Constitucionalista, aderindo ao alto espírito cívico que predominava na época, o nosso grupo escoteiro se atira, de corpo e alma, no serviço à comunidade paulista. Além de executar tarefas na cidade, decide mandar para o fronte de batalha seus chefes escoteiros maiores de 15 anos para servir nos hospitais de sangue, junto à Cruz Vermelha Brasileira. Somente para se ter uma idéia do trabalho realizado na ocasião, segue abaixo um trecho do prefácio da segunda edição do livro preparado pelo Chefe João Mós que narra em detalhes a partição da Boy Scouts Paulistas durante a Revolução.
“As equipes da Cruz Vermelha, com suas divisões de especialistas em transportes, abastecimento, farmácia, medicina de campanha, etc.; gente de escol e altamente qualificada, como provaram do começo ao fim, julgaram aqueles meninos de calções curtos um estorvo”. Todos pensaram assim, alguns mais francos disseram. Essa situação durou uma semana. Mais uma semana e passamos a ser tolerados para, em seguida, sermos considerados indispensáveis.
Prova-o a ordem emanada da Chefia da Cruz Vermelha em campanha, de que todos os núcleos a serem implantados deveriam incluir escoteiros. O trabalho notável da Cruz Vermelha se caracterizaria dali por diante, em todos os setores, pela participação escoteira. Nos hospitais de base preenchiam todos os claros guiando ambulâncias, providenciando abastecimento, trabalhando no preparo de medicamentos, assistindo aos feridos. Cada posto avançado da Cruz Vermelha compreendia tipicamente um médico, um enfermeiro e um escoteiro."
"....Som surdo do troar dos canhões e das granadas que passam sibilando. Ambulância geme nos freios diante do hospital de campanha, trazendo mais feridos. Na sala de operações a ansiedade é geral e os olhos dos presentes vão do ferido que está sendo atendido com parada cardíaca ao teto, pois todos temem que a próxima pode cair aqui. O cheiro do clorofórmio entorpece. As mãos tremem. E como conseqüência algumas coisas não são mais feitas da maneira ortodoxa. Quando o nervosismo parecia atingir a todos o cirurgião baixou a máscara que tinha sobre a boca e, como voz pausada e firme, disse: “Senhores, parece que o único que tem calma aqui é o escoteiro.” 
Escoteiro junto da equipe da Cruz Vermelha na cidade de Guaratinguetá


 A bravura, heroísmo e eficiência desses jovens recebeu os mais altos elogios da sociedade, inclusive internacionais e do próprio fundador, Lord Baden-Powell.
Anualmente esse fato de orgulho para nosso grupo é celebrado durante as festividades de 09 de Julho com participação de centenas de escoteiros nos desfiles cívicos ao redor do estado de São Paulo.

Uma informação importante que muitas vezes geram dúvidas é sobre as entidades escoteiras que participaram durante a revolução. Além da Boy Scouts Paulistas, houveram participantes pertencentes a Cruzada Escoteira, entidade ligadas a Grupos Escolares que praticavam uma iniciativa de escotismo, não completa mas que se assimilava em muitos aspectos ao escotismo reconhecido pela comunidade global. Apesar da fundação da UEB em 1924, muitas iniciativas escoteiras caminharam de forma paralela  durante os primeiros anos de vida do Escotismo no Brasil.
Quer saber mais sobre a participação escoteiros na revolução? Visite nossa sessão de "Documentos Históricos" , lá colocamos a disposição diversos documentos da época, com destaque para a carta escrita por BP e o livro completo a respeito da Revolução.

A Atuação dos Escoteiros na Revolução[editar]

http://www.carajas.org/wiki/skins/common/images/magnify-clip.png
Escoteiros da Revolução de 32
A participação dos Escoteiros na revolução constitucionalista foi a mais ampla possível. Servindo a Cruz Vermelha Brasileira nos hospitais, entregando mensagens, atuando nas atividades de logística e, inclusive, apoiando os homens na frente de batalha. A luta em favor da democracia orgulhou o próprio fundador do movimento escoteiro que elogiou os esforços e o espírito escoteiro de nossos escoteiros.
Em um desses ataques, logo pela manhã do dia 18 de setembro de 1932, uma série de estilhaços - 13 ao todo - atinge o bravo escoteiro Aldo Chioratto que, ferido mortalmente, não abandona seu bornal de mensageiro.

Os Escoteiros Ingleses de São Paulo na Revolução Constitucionalista[editar]

Do Clã Pioneiro (1st São Paulo e 2nd São Paulo) foram os seguinte voluntários:
·         James Macintyre
·         Patrick Nixon
·         Bob Bennett
·         Frank Delaney
·         Waldemar Heinrich
·         Arnaldo Walker Kennerly
·         Ronald Siciliano

·         Mauricio Santos Cruz

22 DE ABRIL DE 2015 - QUARTA-FEIRA

DIA     V I N T E    E    DOIS     DE     A B R I L     DE      2015     –     QUARTA-FEIRA.
78 anos, três meses e 27 dias de idade.
Início de minhas memórias – 9 de julho de 1950
DIA 287º DO ANO 65º - MÊS 10º
56 anos e 320 dias na PMESP.
56 anos e 71 dias na ESCOLA DE OFICIAIS – 20 125 dias – 485 912 horas.
51 anos e 228 dias da DECLARAÇÃO À ASPIRANTE A OFICIAL
27 anos e 41 dias no Posto de Coronel – 325 meses e 11 dias.
3 anos e 291 dias na Presidência da Sociedade Veteranos de 32-MMDC.
9 962 dias C O R O N E L - 23 anos e 129 dias na reserva.
10 509-252 984                                  9 962 239 480                               10 275-247 904.
DIA DE SÃO SOTERO. Nasceu em NÁPOLES. Foi eleito PAPA em 161. Depois de um pontificado fecundo, até o ano 175, teve a glória de derramar seu sangue por NOSSO SENHOR JESUS CRISTO, durante a perseguição de MARCO AURÉLIO. No pontificado, manifestou zelo e compaixão pelos pobres.
DIA DE SÃO CAIO. Nasceu na DALMÁCIA (IUGOSLÁVIA) e seu papado durou de 283 a 296.

QUINHENTOS  E QUINZE ANOS DO  DESCOBRIMENTO  DO  BRASIL.
DIA DA COMUNIDADE  LUSO BRASILEIRA.
DIA DA FORÇA AÉREA - BRASILEIRA.
DIA INTERNACIONAL DA TERRA
DIA DA AVIAÇÃO DE CAÇA.
D I A   D A   T E R R A

PEDRO ÁLVARES CABRAL nasceu em BELMONTE, PORTUGAL. Em 9 de março de 1500, a pedido de dom MANUEL I, partiu de LISBOA com destino às INDIAS,  no ORIENTE MÉDIO. Como se tivesse desviado de sua rota, chegou à costa brasileira em 22 de abril de 1500, de onde, dias depois, seguiu viagem. O território descoberto, situado no atual Estado da BAHIA, recebeu o nome de VERA CRUZ, que no século XVI foi substituído por BRASIL, derivado provavelmente da madeira vermelha chamada pau-brasil, que abundava e que objeto de ativo comércio. A colonização do país por portugueses foi numa no princípio, mas em 1530, dom JOÃO III, alarmado pelas tentativas de penetração de espanhóis e franceses, enviou uma importante expedição comandada por MARTIM AFONSO DE SOUZA. Para estimular a colonização, distribuiu o território em capitanias hereditárias com grandes privilégios para os colonos. No regresso  a  PORTUGAL, CABRAL recebeu diversas honras, mas nunca mais teve seus serviços utilizados por dom MANUEL I. Em 1520, aos 52 anos, ele morreu esquecido em SANTARÉM, no norte de LISBOA.

Uma notícia de jornal, transcorridos cento e dez anos do fato.  “22  de  abril  de 1903 – Telegramas recebidos esta noite dizem que as forças governistas atacaram e penetraram em SÃO DOMINGOS. Os insurretos, que se achavam bem armados, municiados e bem entrincheirados, abriram nutrido fogo contra os governistas, que foram obrigados a se retirar, deixando no terreno mais de cem mortos e inúmeros feridos. O ministro do Interior, o governador de PUERTO LA PLATA e o general QUESADA morreram no combate”.

645 a. começa a construção da BASTILHA, uma fortaleza na região leste de PARIS, em 22 de abril de 1370. Com oito torres e 300 metros de altura, protege a cidade de ataques antes de se tornar prisão estatal. Em 14 de julho de 1789 foi atacada e depois destruída.
483 a. do município de ITANHAEN, fundado em 22 de abril de 1532.
399 a. escritor MIGUEL DE CERVANTES morre aos 68 anos, em 22 de abril de 1616. Uma de seus obras mais conhecidas, DOM QUIXOTE, foi traduzida para mais de 60 línguas. Mas ele só se dedicou à literatura no fim da vida. Antes disso, foi soldado.
308 a. nasce o escritor inglês HENRY FIELDING. Filho de família aristocrática, da qual não herdou títulos nem bens, nasce em 22 de abril de 1707, na cidade de SHARPHAM PARK, SOMERSETSHIRE, INGLATERRA. Seus pais foram SARA FIELDING, que morreu em 1718, e EDMUND FIELDING. HENRY recebeu uma educação esmerada. Depois de concluir os estudos intermediários em ETON, seguiu para LEIDEN, cidade da BÉLGICA, para cursar Direito. Em 1728, FIELDING mudou-se para LONDRES e foi tomado pela indecisão, não sabia que profissão abraçar: poderia ser escritor ou cocheiro. A primeira seria mais agradável, mais cômoda; a segunda renderia mais dinheiro e consideração social. Se tivesse chegado a LONDRES alguns anos antes, teria encontrado os homens de letras em outra situação, dividindo espaço na corte com os fidalgos e manipulando a opinião pública por meio de livros e jornais. Contudo, apesar dessa liberdade, muitas vezes os escritores tinham de se curvar às exigências de políticos poderosos, que podiam pô-los em dificuldades. Assim, ROBERT WALPOLE, que se tornou ministro em 1721, havia estabelecido restrições à liberdade dos literatos ligados ao governo, considerando que seus pareceres, muito teóricos e apaixonados sobre os atos de Estado, eram a causa principal de instabilidade e de insatisfações. Dispensou-os e mandou-os ganhar o pão por conta própria. Empregou escrivães medíocres, porém confiáveis, capazes de compilar suas idéias e as dos demais políticos sem alterações sutis. Destituída do antigo poder, a arte de escrever passou a ser vista como um mau ofício, desempenhado por gente de baixa categoria social e de escassos dotes intelectuais. De qualquer forma, HENRY tinha de se sustentar, e diante das opções que se apresentavam, decidiu-se pela literatura. Começou então a redigir para o teatro. Sua primeira comédia, O AMOR SOB DIVERSAS MÁSCARAS, de 1728, não teve a menor repercussão. HENRY só começou a ser conhecido em 1730 quando apresentou O GALANTE DO TEMPLO e A FARSA DO AUTOR, com êxito suficiente para se dedicar ao teatro como meio de vida. Durante sete anos elaborou volumosa produção, da qual a obra mais famosa é a peça THOMAS RESSUSCITADO ou A HISTÓRIA COMPLETA DA VIDA E DAS MARAVILHOSAS AÇÕES DE TOM THUMB, representada pela primeira vez em 1730 e ampliada no ano seguinte sob o título TRAGÉDIA DAS TRAGÉDIAS ou A VIDA E A MORTE DE TOM THUMB, o GRANDE. A peça narra as incríveis aventuras de um rapaz absurdamente pequeno que, por causa do seu tamanho, é carregado nos ares por um corvo, devorado por um gigante e envolvido em dezenas de outras peripécias semelhantes. Essas situações serviam apenas de pretexto a FIELDING para atacar personalidades políticas da época, atraindo para si os olhares irados da censura oficial. Conta-se que TOM THUMB foi motivo de uma das duas únicas gargalhadas que o amargo romancista JONATHAN SWIFT deu em toda sua vida, que demonstrou, assim, reconhecer o grande valor de HENRY FIELDING. O sucesso como comediógrafo, contudo, não proporcionou a FIELDING melhores meios de subsistência. O que lhe valia era a facilidade em fazer amigos. Era um rapaz alegre, excelente contador de histórias, dotado de inteligência, humor e vitalidade, e não lhe faltavam companheiros, alguns dos quais ricos e bem instalados, que se sentiam honrados em dividir a casa com ele. Nem a morte da mãe, quando FIELDING tinha apenas onze anos, nem a penúria do lar paterno, em o segundo casamento do pai – que indiretamente contribuíra para o rapaz abandonar os estudos de Direito e ir tentar a vida em LONDRES – haviam conseguido tirar sua alegria de viver. Em 1734 FIELDING se casa com CHARLOTTE CRADOCK e passa a desfilar pelos jardins e avenidas de LONDRES ostentando roupas caras, carruagens e criados. Não lhe passava pela cabeça que poderia aproveitar a fortuna da esposa para se estabelecer na vida e assegurar uma velhice tranqüila. Esbanjou até o último centavo, tudo que CHARLOTTE tinha, e ao fim de dois anos viu-se obrigado a trabalhar para comer. Muitos de seus gastos não revertiam em benefício próprio, mas em favor dos amigos, não só daqueles que o haviam ajudado nos tempos de miséria, mas também dos mais recentes. O esgotamento de uma mina que esperava fosse eterna levou-o novamente para o teatro. PASQUIN, de 1736, permitiu-lhe recuperar por algum tempo a euforia financeira, representava um violento ataque ao ministro WALPOLE. No ano seguinte repetiu a dose, com uma sátira mais ferina, REGISTRO HISTÓRICO PARA 1736. O ministro então resolveu fechar-lhe a boca e promulgou o LICENSING ACT, decreto que autorizava o Parlamento inglês a recusar qualquer obra teatral que julgasse indecorosa ou agressiva. Com essa restrição, em 1737 FIELDING decidiu retomar os estudos, interrompidos quando se transferira para LONDRES. Nesse mesmo ano foi nomeado magistrado de uma corte criminal e fundou um jornal, O CAMPEÃO, no qual atuou até junto de 1740. Para quem sempre vivera na maior liberdade, era difícil ajustar-se a horários e métodos. Os amigos dividiram-se em correntes opostas. Uns confiavam no êxito do advogado FIELDING; outros prognosticavam para breve sua desistência da função. Os últimos ganharam a aposta ao fim de alguns meses. O escritor abandonou o emprego, por motivo de saúde. Com uma mulher para sustentar, a quem ele não só amava como se sentia na obrigação de retribuir os anos de fartura, FIELDING estava disposto a abandonar a vida de farras e a dedicar-se seriamente ao trabalho. Mas a libertinagem anterior lhe havia dilapidado a saúde. Ataques de gota o prendiam ao leito por semanas a fio, impedindo seu comparecimento ao fórum. E ele achou que era mais honesto demitir-se. CHARLOTTE faleceu em 1742, e FIELDING foi tomado por profunda depressão. Seus amigos temiam que ele adotasse alguma medida desvairada, mas seu temperamento forte e alegre não lhe permitiu, porém, entregar-se por muito tempo às lamentações. Refeito do abalo, voltou a escrever no mesmo tom satírico que o caracterizada. Em 1743 FIELDING tentou obter a aprovação de uma comédia, continuação de A VIRGEM DESMASCARADA, porém, mais uma vez WALPOLE negou autorização por considerá-la ofensiva a uma personalidade da época. FIELDING passou a escrever panfletos políticos, tratados, ensaios e, nesse mesmo ano, retomou a carreira teatral com O DIA DO CASAMENTO. O êxito ajudou a HENRY a conseguir uma certa folga financeira. Depois do segundo casamento, em 1746, com MARY DONALD, antiga criada da falecida CHARLOTTE, FIELDING foi morar numa cidadezinha próxima a LONDRES. Após dois anos regressou à capital como juiz de paz e foi morar no bairro de WESTMINSTER. Apesar do trabalho exaustivo, FIELDING encontrava tempo para escrever. Depois do ato de WALPOLE que lhe restringira a liberdade de comediógrafo, voltara-se para o romance. Ocupava-se de uma obra que haveria de fazer corar SAMUEL RICHARDSON, seu vizinho, que jamais faltava ao culto dominical, empenhava-se em resolver problemas de consciência de consulentes afligidos por questões morais e religiosas e, nas horas vagas, escrevia romances e investia furioso contra FIELDING, a quem ele considerava um incurável libertino. RICHARDSON inaugurou uma corrente moralista e austera, mais preocupada com o mundo ideal possível e com a análise psicológica das personagens. Depois de ter lutado na vida como aprendiz de impressor e operário, e a duras penas ter conseguido fundar sua própria tipografia, RICHARDSON recebeu um convite para escrever um livro destinado à leitura das jovens provincianas que iam trabalhar em LONDRES. A obra PAMELA ou A VIRTUDE RECOMPENSADA, de 1741, obteve imenso sucesso em toda a INGLATERRA, transpôs o canal da MANCHA, cativou o público francês e provocou entusiasmados elogios do enciclopedista DIDEROT. O romance relata as desventuras de PAMELA ANDREWS, camponesa educada por uma senhora da nobreza que, antes de morrer, confia a moça aos cuidados de seu filho. O primeiro objetivo do rapaz é seduzi-la, mas, comovido por suas lágrimas, acaba se arrependendo e casando-se com a virtuosa donzela. FIELDING não pôde deixar de rir do moralismo pregado por RICHARDSON e do endeusamento de valores tão instáveis como dinheiro e posição social. Sem perda de tempo, elaborou duas paródias do romance, DEFESA DA VIDA DA SENHORA SHAMELA ANDREWS, em 1741, e AS HISTÓRIAS DAS AVENTURAS DE JOSEPH ANDREWS E SEU AMIGO ABRAHAM ADAMS, em 1742, que suscitou a admiração da crítica. Na primeira parte desse livro, FIELDING apenas parodia PAMELA, narrando ironicamente a luta do belo criado JOSEPH ANDREWS em defesa da própria virtude, ameaçada pelas artimanhas da patroa. No desenrolar da obra, contudo, o autor se afasta da intenção inicial e acaba retratando com graça e talento toda uma camada social, vergastando-lhe as hipocrisias e futilidades. Com PAMELA, RICHARDSON pretendia criar um romance psicológico, diversificado do relato de aventuras até então existente na INGLATERRA. FIELDING, por sua vez, procurou considerar de outro modo o problema moral. Para ele, as boas ações não deveriam ser fruto de normas e de repressão, mas partir espontaneamente de um impulso generoso de amor pelo próximo e do desejo de semear o bem. Virtude, a seu ver, era mais a habilidade de resolver os próprios problemas do que promover, à força, a felicidade alheia. Seis anos após a sátira de FIELDING, RICHARDSON procurou penitenciar-se por PAMELA, publicando a história da virtude perseguida e arrasada: CLARISSE HARLOWE. Essa obra, que se celebrizou como a melhor de RICHARDSON, agradou ao público da época pela agudeza da análise psicológica. FIELDING, entretanto, não permaneceu silencioso diante da nova aventura melodramática do rival e escreveu, em 1749, um romance que ficou marcado na história da literatura inglesa como uma produção genial: TOM JONES, A HISTÓRIA DE UM ENJEITADO, biografia de um jovem exuberante de energia, ingênuo e violento que retratava o próprio FIELDING em oposição ao austero RICHARDSON. Recém-nascido, TOM JONES é deixado na casa do Sr. ALLWORTHY, que o cria como a um filho. Depois de adulto, por intriga de BLIFIL, sobrinho do seu protetor, TOM é obrigado a abandonar o lar e entregar-se a uma vida errante e dissipada. Enfrenta problemas sem contra, envolve-se em muitas tramas amorosas, despedaça corações, ajuda as pessoas em dificuldades e, por fim, é acusado de um crime. A obra muito se aproxima das novelas cavalheirescas e dos romances à maneira de DOM QUIXOTE. TOM JONES levou alguns críticos a considerarem FIELDING como o criador do romance inglês, o que de certa forma é exagero. O romance se divide em dezoito “livros”, ou partes, cada uma delas precedida por um prólogo, no qual o autor expõe suas idéias, comenta a ação, dialoga com o leitor e vangloria-se de ter sido o primeiro escritor a estabelecer esses capítulos iniciais. Os críticos da época atacaram TOM JONES por considerá-lo um estímulo à licenciosidade. Ao apresentar um personagem simpático e dissoluto, que, apesar de seus erros, conquista a felicidade impunemente, o autor estaria desencorajando o exercício da virtude e, de certa forma, aconselhando o vício. Na FRANÇA o livro chegou a ser proibido. Na verdade, o conceito de moral de FIELDING não poderia ser compreendido em seu tempo. TOM JONES é apenas um apaixonado pela vida, corajoso e bom, mas fraco e indisciplinado – um pequeno selvagem. Suas boas ações brotam naturalmente, e por isso o escritor se inclina a lhes dar um valor maior do que se fossem fruto de educação e tende a perdoar os erros do personagem. Não só a personalidade do protagonista provocou a ira dos críticos e moralistas. Nos prólogos iniciais de cada parte FIELDING alude muitas vezes a seu inimigo RICHARDSON, que o considera devasso. Combate os costumes patriarcalistas, como o de forçar uma jovem a casar contra a vontade, e defende a rebelião familiar. Zomba dos moralistas, escarnece dos clérigos, ataca os críticos com violência, demonstrando por eles profundo desprezo. Exausto pelo combate ao crime, aborrecido com a má vontade da crítica, enfraquecido pelas doenças, FIELDING via apagar-se rapidamente a alegria de viver. Num estado lastimável, ainda encontrou forças, em 1751, para escrever um último romance, AMÉLIA, no qual presta uma homenagem a sua segunda mulher, a quem involuntariamente causara grandes desgostos. Falta em AMÉLIA o brilhantismo de JOSEPH ANDREWS ou de TOM JONES, mas a obra é dotada de um estilo mais apurado e de uma análise mais profunda dos personagens. Embora ainda se volte abertamente contra certas leis inglesas que considerava injustas, como a prisão por dívidas, e denuncie graves males sociais, FIELDING atenua, em AMÉLIA, o tom impiedoso de sua sátira. Foi aconselhado pelos médicos a deixar a INGLATERRA e a procurar em LISBOA um clima mais propício a sua saúde debilitada. Ao abandonar a pátria, trêmulo de emoção e de tristeza, escreveu: “Hoje, quarta-feira, 24 de junho de 1754, o sol mais triste que já vi levantou-se e encontrou-me acordado. No brilho desse sol eu ia ver, pensava, pela última vez, dizendo-lhes um último adeus, os objetos queridos, pelos quais eu sentia a ternura de uma mãe: não estava de forma alguma endurecido pela doutrina da escola filosófica que me ensinou a suportar a dor e a desprezar a morte. Ao meio-dia em ponto fui advertido de que o carro me esperava. Abracei meus filhos um após o outro e subi no carro, um pouco resolutamente; minha mulher, que se conduziu como uma verdadeira heroína e como um filósofo, embora seja ao mesmo tempo, a mais terna das mães, seguiu-me juntamente com a filha mais velha; alguns amigos me acompanharam, outros se despediram de mim, e ouvi fazerem de minha coragem um concerto de elogios, os quais sabia muito bem não merecer por nenhum direito”. Se o homem HENRY FIELDING – que três meses depois, em 8 de outubro, morreria sozinho e amargurado num quarto de LISBOA – pensava não merecer os elogios naquela hora da partida, o escritor os ganhou para sempre por sua obra magistral, ainda hoje elo entre a vida breve de um homem e a imortalidade de um grande artista.              
291 a. nasce IMMANUEL KANT, em KONIGSBERG, na PRÚSSIA, atual ALEMANHA, em 22 de abril de 1724.
194 a. DOM PEDRO, filho de JOÃO VI (rei de PORTUGAL), é nomeado regente da COROA no BRASIL, em 22 de abril de 1821.
179 a. ocorre a batalha de SÃO JACINTO, quando SAMUEL HOUSTON, junto de voluntários dos ESTADOS UNIDOS, derrota as tropas mexicanas do GENERAL ANTÔNIO LÓPEZ DE SANTA ANA, em 22 de abril de 1836. O general mexicano acaba preso.
164 a. RAFAEL CARRETA toma posse do cargo presidencial e inicia uma ditadura na GUATEMALA, em 22 de abril de 1851.
145 a. nasce VLADIMIR ILICH ULIANOV, conhecido como LENIN, líder da revolução russa e criador do Estado Soviético, em 22 de abril de 1870.
126 a. nasce ÁLVARO ALBERTO DA MOTTA E SILVA, no RIO DE JANEIRO, em 22 de abril de 1889. Entra para a Escola Naval em 1916, formando-se em Química. Chega a catedrático dessa mesma cadeira naquela escola, formando-se também em Engenharia. Ingressa na Academia Brasileira de Ciências em 17 de junho de 1921. Títulos: engenheiro, geógrafo, professor Honoris Causa da Universidade do Brasil e da Universidade Federal de MINAS GERAIS. Na Marinha do Brasil, assenta praça como aspirante a guarda-marinha em 1906. É transferido para a reserva como VICE-ALMIRANTE em 1955. Ingressa na Liga da Defesa Nacional, ocupando o cargo de presidente por 18 anos consecutivos, a partir de 1935. Cria o CONSELHO NACIONAL DE PESQUISAS. É designado pelo então presidente EURICO GASPAR DUTRA para presidir a comissão que organiza o Anteprojeto de Lei 130, de 15 de janeiro de 1951, chamada a época de Lei Áurea da Pesquisa Brasileira.
O ALMIRANTE ÁLVARO ALBERTO propôs uma legislação que protegesse as reservas nacionais de tório e urânio contra a apropriação estrangeira.
ÁLVARO ALBERTO cria o Conselho Nacional de Pesquisas – CNPQ, em 1944, e também inventa explosivos com a rupturita e a alexandrinita. Consegue fabricar dois estabilizantes que até então eram segredos exclusivos dos alemães. Desenvolve alguns explosivos, estabilizantes e tintas antivegetativas.
Publica três livros: Notas e Comunicações, Ciências e Tecnologia e Á Margem da Ciência. Participa da criação da Comissão de Energia Atômica. A história da energia nuclear no Brasil tem início em 1934 na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da Universidade de São Paulo.
Em 1944, nos Anais da Academia Brasileira de Ciências, são publicadas as primeiras pesquisas sobre teorias das forças nucleares. O ALMIRANTE ÁLVARO ALBERTO é representante brasileiro na Comissão de Energia Atômica da ONU de 1946 a 1953, quando os ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA evitam qualquer cooperação nuclear com os demais países. Em 1945, o Brasil inicia a venda de areia monazita para os ESTADOS UNIDOS, que é rica em tório. A inauguração da USINA ANGRA II é mais um resultado da política confusa nuclear brasileira que se iniciou em 1940. Confusa porque misturam-se interesses militares, políticos, empresariais e científicos de grandes potenciais.
No início da década de 1940, antes da primeira bomba atômica ser detonada, os ESTADOS UNIDOS, que faziam pesquisas na área nuclear visando objetivos militares, firma com o Brasil o primeiro programa para a prospecção de recursos minerais, chegando o Brasil a trocar, em 1954, dez mil toneladas de minerais radioativos brutos (monazita e terras raras) por 100 mil toneladas de trigo.
A grande figura do desenvolvimento nuclear brasileiro é o ALMIRANTE ÁLVARO ALBERTO DA MOTTA E SILVA. Em 1946, discorda das posições dos ESTADOS UNIDOS que desejam o monopólio da tecnologia e das matérias-primas nucleares. Defendia a idéia de que nenhuma transação comercial com minerais estratégicos deveria se realizar contra pagamento em dólares, mas sim na base de troca de tecnologia em que o BRASIL (e outros países subdesenvolvidos) forneceriam a matéria-prima desejada em troca da prioridade na instalação, em seu território, de reatores nucleares de todos os tipos. O acordo com os ESTADOS UNIDOS foi denunciado pelo Conselho de Segurança Nacional Brasileiro e as exportações diminuíram, mas alimentou o contrabando, em que a monazita era inocentemente embarcada como lastro de navio. Em 1968 o BRASIL recusa-se a assinar o Tratado de Não Proliferação de Armas Nucleares, alegando ser esse limitador da soberania nacional. As resistências de ÁLVARO ALBERTO foram insuficientes para impedir novamente a exportação da matéria-prima para os ESTADOS UNIDOS. O almirante conseguiu autorização do governo brasileiro e iniciou negociações com a ALEMANHA e a FRANÇA. Em 1975 foi assinado o acordo BRASIL-REPÚBLICA FEDERAL DA ALEMANHA, sendo transformado em parceria oficial do BRASIL, com relação a assuntos nucleares.
Outro problema na política nuclear brasileira foi a identificação quanto ao destino dos resíduos radioativos das Indústrias Nucleares do Brasil (NB) e sua subsidiária NUCLEBRÁS, que foi extinta. Em 1959 foi criado o projeto MAMBUCABA, que previa a construção de uma usina para geração de energia nuclear, onde hoje estão instaladas as usinas ANGRA 1 e 2.
O presidente EMÍLIO GARRASTAZU MÉDICI deu nome à Central Nuclear de ANGRA DOS REIS de CENTRAL NUCLEAR ALMIRANTE ÁLVARO ALBERTO, em homenagem a esse grande patriota brasileiro.
118 a. o jornal DIÁRIO POPULAR publica em 22 de abril de 1897: Durante a REVOLTA DA ARMADA o MARECHAL FLORIANO PEIXOTO fez reverter ao quadro efetivo da Marinha o ALMIRANTE JERONYMO GONÇALVES para comandar a Esquadra Legal. O ALMIRANTE GONÇALVES, terminado o serviço que prestou julgou-se no direito a haver do Estado a soma de 150 mil contos de réis. Sujeito o caso ao Tribunal foi em primeira instância resolvido em sentença pelo Doutor GODOFREDO CUNHA, juiz seccional, que esse oficial da Marinha não tinha direito à soma reclamada. O TRIBUNAL CIVIL e CRIMINAL indeferiu o pedido de Liquidação forçada da Companhia Estrada de Ferro LEOPOLDINA.
Conta a GAZETA DE NOTÍCIAS que ao governo foram oferecidos estaleiros e oficinas da PONTA DA AREIA pelo preço de 3 mil contos, quando um particular recusou tal compra por 200 contos. Com certeza as pessoas competentes no Arsenal da Marinha impugnarão essa transação.
Naufragou em SÃO FRANCISCO a lancha armada em guerra que vigiava as costas, impedindo a passagem de armamento e víveres às forças de ANTÔNIO CONSELHEIRO. 
117 a. das publicações do DIÁRIO POPULAR de 22 de abril de 1898: com o intuito de conhecer de visu o estado das ruas por onde é de grande conveniente o estabelecimento de uma linha de bondes circular, fizemos domingo último uma excursão, em companhia de alguns cavalheiros que trabalham com atividade para a realização desse desideratum.
A construção da linha de bondes circular não tem, como parece, grandes dificuldades; o maior embaraço com que terá de lutar a Viação é com o trabalho de aterro e rebaixamento de ruas, sendo que a que oferece maiores dificuldades é a do MAESTRO CARDIM; a terra, porém, que for retirada dessa rua serviria para o seu aterramento indispensável.
RIO – diz um telegrama de MADRID que o ministro do Exterior, senhor GULLON, ao receber a nota diplomática do governo americano contendo ultimatum, leu-o nervosamente, diante do GENERAL WOODFORD, rompendo em seguida o papel. O senhor GULLON em seguida disse ao plenipotenciário americano que lhe seriam amanhã, entregue os passaportes.
O senhor SAGASTA declarou ao general que o ultimatum era desnecessário, que considerava as relações rompidas desde que o presidente MacKINLEY sancionou a resolução do Congresso.   
114 a. nasce ADHEMAR PEREIRA DE BARROS na cidade de PIRACICABA, em 22 de abril de 1901. Falece em 12 de março de 1969, na FRANÇA. Médico formado pela Faculdade Nacional do RIO DE JANEIRO, turma de 1923. Especialialização na Faculdade de Medicina da Universidade de BERLIM – ALEMANHA.  Aperfeiçoamento em hospitais de PARIS, LONDRES, VIENA e nos EUA (1923/26). Trabalhou no Instituto OSWALDO CRUZ (MANGUINHOS) no Rio de Janeiro. Voluntário como tenente médico na Revolução Constitucionalista de 32. Voluntário como médico na Guerra do CHACO, entre PARAGUAI e BOLÍVIA no período de 1932/33. Constituinte em 1935. Deputado Estadual nos anos de 1935/37. Interventor Federal em São Paulo (1938/41). Fundador e presidente do Partido Social Progressista –PSP– em 1945/65. Governador do Estado de São Paulo em 1947/51 e 1963/66. Candidato a presidente da República em 1955 e 1960. Candidato a governador do Estado de São Paulo em 1954 e 1958.  Prefeito do Município de São Paulo em 1957/61. 
110 a. nasce o “Pai da Bomba Atômica”, JULIUS ROBERT OPPENHEIMER, em NOVA YORK em 22 de abril de 1904. Falece em 1967.  OPPENHEIMER continua sendo uma figura polêmica, reverenciado por alguns historiadores e pela maior parte dos cientistas e engenheiros que trabalharam com ele, ou atacado por outros. Acusado de ser simpatizante do comunismo no auge da guerra fria, ele foi privado de seu livre acesso em 1954 e viveu sob a sombra da suspeita na Universidade de PRINCETON. A Fundação HERANÇA ATÔMICA diz que “É muito importante preservar a história do PROJETO MANHATTAN”, “para entender o que aconteceu aqui e como isso mudou o mundo”, disse CYNTHIA C. KELLY, sua presidente.   
106 a. nasce RITA LEVI-MONTALCINI, em 22 de abril de 1909. Recebeu o Prêmio NOBEL DE MEDICINA. Rita Levi-Montalcini (Turim, 22 de Abril de 1909) é uma médica neurologista italiana. Foi agraciada com o Prêmio Nobel de Fisiologia/Medicina de 1986. Desde 24 de junho de 1974 é membro da Pontifícia Academia das Ciências. Reconhecimentos: Rita Levi-Montalcini foi designada em 1º de agosto de 2001, diretamente pelo presidente Carlo Azeglio Ciampi, senadora vitalícia da República Italiana. Além do prêmio Nobel, recebeu diversos reconhecimentos, entre os quais quatro doutoramentos "honoris causa": da Universidade de Uppsala (Suécia), do Instituto Weizmann de Israel, da "St. Mary University" dos Estados Unidos e da Università Bocconi, de Milão, Itália. Ademais, recebeu o Prêmio internacional Saint-Vincent, o prêmio Feltrinelli e o prêmio "Albert Lasker de Pesquisa Médica Básica". Em 22 de janeiro de 2008 foi-lhe concedido o doutoramento "honoris causa" em biotecnologia industrial junto à Università Bicocca, de Milão. Em 2009, completando a idade de 100 anos, foi o primeiro vencedor do Prêmio Nobel a alcançar um século de vida. É também o mais idoso senador vitalício alguma vez em atividade na história da República Italiana. Em 30 de setembro de 2009, pelos seus estudos do sistema nervoso, recebeu o "Wendell Krieg Lifetime Achievement Award", reconhecimento internacional instituído pela mais antiga associação internacional dedicada ao estudo do sistema nervoso, o "Cajal Club".
104 a O ESTADO publica em 22 de abril de 1911: há na INGLATERRA uma comissão encarregada de distribuir livros aos sentenciados. Pelo último relatório publicado por essa comissão verifica-se que eles mais apreciam é o romance de aventuras e o romance romanesco.
103 a. (INGLATERRA) O jornal “FINANCIER” fazendo comentários sobre a situação financeira do BRASIL, salienta a tendência dos títulos brasileiros para a alta, atribuindo a mesma ao fato de se acreditar nas rodas financeiras européias que está definitivamente encerrado o período de agitação política nesse país e das intervenções do governo federal dos Estados. (publicado no jornal O ESTADO DE SÃO PAULO de 22 de abril de 1912).
100 a. I GRANDE GUERRA EUROPÉIA: pela primeira vez, gases asfixiantes são utilizados com fins bélicos, em 22 de abril de 1915. 
100 a. TEATRO NACIONAL de HAVANA é inaugurado com a ópera AIDA, de VERDI, em 22 de abril de 1915.
  99 a. em que as tropas alemãs empenhadas no ataque à cidade belga de YPRÉS utilizaram, pela primeira vez, um gás tóxico, abrindo caminho para o uso de armas químicas, no dia 22 de abril de 1916. 
  99 a. nasce o violinista YEHUDI MENUHIN, em 22 de abril de 1916.
  90 a. nasce o Cel. PM Ref. CLÁUDIO DE SOUZA, em 22 de abril de 1925.
  86 a. nasce o escritor cubano, cineasta e cinéfilo GUILLERMO CABRERA INFANTE. CABRERA INFANTE, Prêmio CERVANTES de Literatura de 1997, morreu no dia 21 de fevereiro de 2005, aos 75 anos, num hospital de LONDRES, em conseqüência de septicemia. O autor de TRÊS TRISTES TIGRES E MEA CUBA vivia na capital inglesa fazia 40 anos, depois de romper com o regime de FIDEL CASTRO. Era um “homem de eterno charuto na boca, quase saído de uma cena de film noir, um perfeito cubano com perfeito ar de lorde”, cujo senso de humor estava “mais para o chuvisco londrino do que para o sol tropical”, descreveu-o, certa vez, em texto para O ESTADO, o escritor JOÃO SILVÉRIO TREVISAN, tradutor de HAVANA PARA UM INFANTE DEFUNTO. Nascido em GIBARA, província oriental de CUBA, em 22 de abril de 1929, mudou-se em 1941 para HAVANA para estudar MEDICINA, curso que não concluiu. Em 1950, entrou na Faculdade de Jornalismo e, em 1954, sob o pseudônimo de G.CAIN, começou a fazer crítica de cinema. Cinéfilo apaixonado, fundou a Cinemateca de CUBA em 1951. Mais tarde, virou roteirista, tornando-se o primeiro escritor latino-americano que chegou a HOLLYWOOD nessa condição profissional. No fim dos anos 1990, trabalhou no script de A CIDADE PERDIDA, no qual recria a vida noturna de HAVANA pré-FIDEL, com o ator ANDY GARCIA, ainda não filmado. Com a queda do GENERAL FULGÊNCIO BATISTA e a chegada de FIDEL ao poder, em 1959, CABRERA INFANTE foi nomeado adido cultural de CUBA em BRUXELAS, cargo que ocupou de 1962 a 1965. Suas discordâncias crescentes com o novo regime, porém, chegaram ao auge em 1968, quando criticou o governo cubano numa entrevista à revista argentina PRIMERA PLANA. Chamado a CUBA para dar esclarecimentos, abandonou a carreira diplomática e pediu asilo político no REINO UNIDO. Em 1960, escreveu VISTA DO AMANHECER NO TRÓPICO, que fala da noite em HAVANA, de episódios de violência da época de BATISTA e da luta dos revolucionários em SIERRA MAESTRA. Atualmente, seu livros estão proibidos em CUBA, mas circulam em edições clandestinas. É o que ocorre, por exemplo, com HAVANA PARA UM INFANTE DEFUNTO (1979) e CORPOS DIVINOS (1985), ambos autobiográficos. Além da política, o erotismo está presente em toda a sua obra, mas sempre “em função da paródia e do riso, coisa que um autor erótico não faria nunca”, descreveu. A esses livros seguiram-se vários outros. Entre os mais recentes figura a antologia de contos MINHA MÚSICA EXTREMA. O escritor era casado com a atriz cubana MIRIAM GÓMEZ.
  86 a. termina o pleito de TACNA e ARICA, origem das diferenças da política e das fronteiras entre PERU e CHILE, em 22 de abril de 1929.
  82 a. do PRIMEIRO CONGRESSO DA FEDERAÇÃO DOS VOLUNTÁRIOS, em 22 de abril de 1933, no CINE TEATRO PAULISTANO, na Rua VERGUEIRO a fim de traçar as diretrizes da transformação da Federação em partido político. Devido o adiantado da hora a reunião prosseguiu no dia seguinte sendo aprovada essa transformação.
  78 a. Nasce o ator JACK NICHOLSON - JOHN JOSEPH NICHOLSON - em NEPTUNE, NEW JERSEY, em 22 de abril de 1937. Ele é recordista masculino na premiação do OSCAR, na categoria de interpretação, com prêmios por UM  ESTRANHO NO NINHO (1976), LAÇOS DE TERNURA (1984) e MELHOR É IMPOSSÍVEL (1998). Desde 1996 ele deixou de lado os dramas pesados e se dedicou mais às comédias. Já participou de cinco delas, como ALGUÉM TEM QUE CEDER, da cineasta NANCY MEYERS, maior sucesso de 2003 nos EUA até a estréia de O SENHOR DOS ANÉIS. Neste filme, NICHOLSON vive o dono de uma gravadora especializada em hip-hop que usa VIAGRA e só transa com jovens garotas. Ao passar o fim de semana na casa de praia da nova jovem conquista, acaba se apaixonando pela mãe desta, vivida por DIANE KEATON. Casado por quatro anos com a atriz SHIRLEY KNIGHT e por 17 com a atriz ANJÉLICA HUSTON.
  76 a. nasce o CORONEL PM Ref JOÃO NIKOLUK. O meu companheiro do CURSO SUPERIOR DE POLÍCIA, em 1987, nasce no dia 22 de abril de 1939.
  68 a. da VIA ANCHIETA. Foi inaugurada em 22 de abril de 1947. A obra da RODOVIA ANCHIETA, que liga SÃO PAULO à BAIXADA SANTISTA, perdurou por sete governos estaduais. Mas quem entrou para a história como o realizador da então revolucionária via foi ADHEMAR DE BARROS. Ele iniciou a obra em 1939, quando era interventor federal, e inaugurou o primeiro trecho, de pista única, como governador do Estado, em 22 de abril de 1947. A estrada acabou sendo uma das grandes obras que marcaram a carreira do administrador identificado por alguns historiadores como o pai do “rouba, mas faz” na política brasileira. ADHEMAR ainda é o realizador da RODOVIA ANHANGUERA, que liga a capital à região norte do Estado, e do Hospital das Clínicas, na região central. A ANCHIETA foi autorizada em 1929, na gestão de JÚLIO PRESTES, por causa do esgotamento da Estrada Velha de SANTOS. O início da construção da segunda pista foi em 1951, na gestão de LUCAS NOGUEIRA GARCEZ – as obras seguiram até 1958, já na gestão de JÂNIO QUADROS. Inicialmente criticada como supérflua, a rodovia já apresentava sinais de saturação nos anos 1960, com a expansão da indústria automobilística. No réveillon de 1965, por exemplo, a ANCHIETA teve pico de 70 mil veículos – quase três vezes a capacidade da via. Para suprir a demanda, em 1976 foi inaugurada a RODOVIA DOS IMIGRANTES. 
  64 a. falece NELSON FERNANDES em São PAULO, no dia 22 de abril de 1951. Nasceu em SANTA RITA DO PASSA QUATRO, em 29 de março de 1904. Nos anos de 1947/51 foi DEPUTADO ESTADUAL, chegando a ser presidente interino daquela CASA DE LEIS. Foi o responsável pelo fechamento do comércio aos domingos, em benefício dos empregados. Autor do plano de reforma e adaptação do antigo prédio do PALÁCIO DAS INDÚSTRIAS no PALÁCIO 9 DE JULHO, no PARQUE D. PEDRO II, então sede da ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA, em 1947.
  56 a. nasce o ex-namorado da MARLENE, HELENO, no dia 22 de abril de 1959.
  51 a. das anotações em 22 de abril de 1964 (quarta-feira). ANO 14º - MÊS 10º - DIA 288º - 5 anos e 322 dias na FORÇA PÚBLICA – 229 dias como ASPIRANTE – 216 dias no BATALHÃO DE GUARDAS.
Embarco no trem das 6:14 horas, juntamente com meu colega ASPIRANTE NILSON GIRALDI. No BATALHÃO DE GUARDAS não temos novidades no início do expediente. Aos poucos, porém, elas são surgindo.
O Diário Oficial de ontem dá diversas promoções de 1º SARGENTO ao posto de SUBTENENTE. Aqui no BG foram promovidos a esse posto os 1º SARGENTOS OSWALDO FIORI e SALVADOR FRANCISCO, do quadro de combatentes e 1º SARGENTO AGUINALDO, do quadro de enfermeiros. Espera-se agora as promoções dos outros sargentos.
Nessa manhã ouvi muita conversa acerca de meu correspondente 2º SARGENTO IZAC, que deverá ser promovido a 1º SARGENTO e classificado numa outra Unidade e, se classificado no BG, deverá deixar a Secretaria do Batalhão. O 3º SARGENTO REGO continua melhorando suas condições de correspondente, parecendo que ele será mesmo o sucessor do SARGENTO IZAC.
Terminado o expediente, vou dar aulas para os soldados. Quando eram 17 horas começa a chover fortemente. O BG, com duas diversas goteiras, começa a fica alagado. Até na secretaria temos goteiras que vão manchar a pintura feita recentemente. Não posso tomar o trem das 18 horas. A chuva me impede de ir até a estação TAMANDUATEÍ.
No BG o soldado OIRASIL WERNECK, que recentemente esteve preso por 6 dias, sem fazer serviço, pega agora mais 30 dias de prisão por suas atitudes a favor de JANGO GOULART. Outro sujeito perigoso é o 1º SARGENTO IZIDORO, que talvez seja transferido para o Regimento “9 de Julho”. Aos poucos vamos colocando tais elementos nos eixos.
O SOLDADO BARBOSA empresta-me um guarda-chuva e uma capa, permitindo que assim eu vá até a estação tomar um trem, podendo regressar ao meu lar.
A Estação TAMANDUATEÍ estava completamente lotada. Chovia fortemente. Às 19:30 horas parte o trem. Chego em casa a tempo de assistir o capítulo da novela ALMA CIGANA. O canal 4 apresenta, às quartas-feiras, o sensacional filme de mistério intitulado “HONG-KONG”. Pelo canal 5 assisto a um outro filme policial “CHECK-MATE”.      
  50 a. dos apontamentos dos fatos ocorridos em 22 de abril de 1965 (quinta-feira). ANO 15º - MÊS 10º - DIA 287º - 6 anos e 322 dias na FORÇA PÚBLICA - 334 dias como 2º TENENTE - 581 dias no BATALHÃO DE GUARDAS.
CAPITÃO JOSÉ VICENTE MARINO encontra-se de permanência no Quartel General. Em consequência, respondo pela Ajudância e Companhia de Comando.
Um dos problemas que surge é com referência à escala dos sargentos, atualmente cheia de falhas porque temos diversos graduados que não concorrem a serviços. Como isso foi feito pelo CAPITÃO MARINO, somente ele poderá mudar. Mesmo assim levei o caso ao conhecimento da Administração.
Levo minha televisão ao Serviço de Comunicações. Fica aos cuidados do SARGENTO MAGALHÃES que, à primeira vista, acha que o defeito é nos condensadores.
Conversando com o TENENTE BENVENUTI, soube que meu concunhado WÁLTER LEME ainda não se apresentou no Serviço de Transportes e Manutenção. Isto quer dizer que novamente passou ausente ao quartel.
Na FIF temos problemas com inúmeras guias de recolhe, quase todas referentes à caução de fardamento de soldados classificados em outras Unidades.
O Serviço de Intendência manda-nos avisar que o Material de Papelaria para o BG já está à nossa disposição. Dou aula para os soldados e vou buscar esse material com o SOLDADO HELIO HOBI.
Finalmente conseguimos vencer a parada. O TENENTE RONALDO não apreciou muito o ofício que o Comandante do BG mandou ao Serviço de Intendência, referente ao caso.
Mais tarde, às 19 horas, dou aula para os cabos, que compareceram em número de vinte e três. Lá pelas 23 horas chego em casa, indo logo deitar.    
  44 a. morre FRANCISCO DUVALIER, ex-presidente do HAITI, em 22 de abril de 1971.
  41 a. nasce ADRIANA, filha do Sr. LUÍS e Dona JACIRA, em 22 de abril de 1974.
  40 a. Conselho Superior das Forças Armadas de HONDURAS destitui LÓPEZ ARELLANO, em 22 de abril de 1975.
  36 a. das seguintes anotações realizadas em 22 de abril de 1979: neste domingo continuo a ler “AO PRAZER DE DEUS”. O PM JOÃO GOMES DE OLIVEIRA JÚNIOR, meu enteado, continua o trabalho na casa da Avenida 4 BARRAS, aprontando- a para ser sua futura moradia.
MARLENE está com a SÔNIA, ocupadas com lições do 2º Grau. SILENE, sobrinha da LUCINDA, ajuda sua tia nos afazeres domésticos.
À tarde, ouço CORINTHIANS x JUVENTUS pelo segundo turno do OCTOGONAL do Campeonato Paulista. O tempo regulamentar termina em 0 a 0. Na prorrogação, logo no inicio, o JUVENTUS faz 1 a 0, conseguindo a sua classificação. Decidirá o título do octogonal com o GUARANI.
Terminada a leitura de “AO PRAZER DE DEUS” começo a ler “O JULGAMENTO DO MARECHAL PÉTAIN”.
Levamos a SILENE até sua residência.
  34 a. uma greve mobiliza 10 mil mineiros no CHILE, em 22 de abril de 1981.
  33 a. nasce MATHEUS no dia 22 de abril de 1982. Filho do MAJOR RES. ÉDISON DA MATA FERREIRA (trabalhou conosco no CPChq, sendo assassinado por bandidos). Por volta das 23:30 horas de 24 de janeiro de 2004, foi assassinado, de forma brutal, o MAJOR Res. ÉDISON DA MATA FERREIRA, no interior de sua residência, em GUARULHOS, por dois homens e um jovem delinqüente de apenas 17 anos. Após renderem um refém, acabaram por assassinar o MATA, simplesmente por tomarem conhecimento de que se tratava de um policial militar. O “MATINHA”, como era conhecido, carinhosamente chamado pelos seus colegas de turma (1974), ingressou na PM como soldado, em 1963. Foi cabo, sargento e ingressou na ACADEMIA DE POLÍCIA MILITAR DO BARRO BRANCO em 1974. Serviu conosco no CHOQUE (ali ele passou para a reserva, como major).
  33 a. do jogador de futebol do SÃO PAULO, KAKÁ. Nasceu em 22 de abril de 1982.
  33 a. a edição do JORNAL DA TARDE, de 22 de abril de 1982, mostrava os comícios de LULA em SÃO BERNARDO DO CAMPO, onde o líder sindical divulgava sua candidatura a governador do Estado. Além disso, problemas como falta de acesso à hospitais aconteciam na estrada que liga BOIÇUCANGA à SÃO SEBASTIÃO, no litoral norte. Na época, as obras na região impediam os moradores de se deslocarem livremente. 
  31 a. uma pastoral formada por nove bispos católicos da NICARÁGUA, que faz o diálogo entre o governo e a guerrilha, começa a conhecer todas as igrejas do país, em 22 de abril de 1984.
  30 a. presidente argentino, RAÚL ALFONSIN, denuncia a existência de conspirações civis para levar as forças armadas a um Golpe de Estado, em 22 de abril de 1985.
  28 a. das anotações feitas em 22 de abril de 1987: quando chego no 2º BPChq os oficiais estão discutindo o polêmico assunto sobre os MARAJÁS. No ano passado, por volta do mês de julho, já tivemos esse problema e não resultou nada positivo. Veremos agora.
A manhã desta quarta-feira é bem tranqüila. Ainda a grande preocupação é a festa do aniversário do batalhão. Estamos expedindo convites para os Comandantes de CPA, Btls, Diretorias e também para oficiais amigos.
CAPITÃO PM GABRIEL telefona para me dizer que os CORONÉIS PM JOSE BRAGA e FABBRI estão agregando. Surgem mais duas vagas e ele aguarda mais algumas antes de completar seus 50 anos, em 25 de abril, quando completa a idade limite para permanência no posto de capitão.
Não se fala mais na transferência do MAJOR PM RENATO CÉSAR MELO. Acredito que isso não mais acontecerá.
O Prefeito JÂNIO QUADROS demite mais de 400 servidores municipais em greve, ao reassumir o cargo, depois de 40 dias de licença. Promete endurecer ainda mais com relação à greve, que já dura treze dias.
Hoje dou a segunda aula num banco de sigilo a toda prova. O dinheiro das doze aulas já foi recebido e serviu para pagar a primeira parcela da reforma do VOLKS 78. Por falar nesse carro, até agora ele se encontra na oficina. A Semana Santa causou atraso nessa reforma.
Em casa, assisto CORINTHIANS x NOROESTE. O “lanterna do campeonato” perde por 2 a 0 para o NOROESTE. O SÃO PAULO vence bem a PONTE PRETA pelo placar de 4 a 0.
Tivemos hoje o início da 25ª Assembléia Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB. 
  27 a. CORINTHIANS 0 x PONTE PRETA 0, em 22 de abril de 1988. Numa sexta-feira à noite jogando no CANINDÉ, o CORINTHIANS foi um dos únicos times a aceitar jogar contra a PONTE PRETA, que tinha entrado na Justiça para permanecer na 1ª Divisão. Nem a torcida do TIMÃO gostou e os jogadores saíram do estádio escoltados pela polícia. O episódio ficou conhecido como FURA-GREVE.
  23 a. da tragédia de GUADALAJARA, no MÉXICO, com dezenas de explosões causadas por vazamento de gás, em 22 de abril de 1992. As explosões em cadeia por acumulação de gases em uma fábrica de GUADALAJARA causa a morte de 190 pessoas e deixa 1.500 feridos.
  21 a. falece o ex-presidente dos EUA, RICHARD NIXON, em 22 de abril de 1994. O ex-presidente americano, autor da histórica aproximação com a CHINA, em 1972, e artífice do primeiro acordo de limitação de armas estratégicas, o SALT-1, com a UNIÃO SOVIÉTICA, no mesmo ano, morreu num hospital de NOVA YORK, quatro dias depois de um derrame cerebral. NIXON havia perdido aos médicos que não utilizassem aparelhos de respiração para prolongar artificialmente sua vida. O ex-presidente havia pedido que não fosse feita nenhuma tentativa de ressuscitá-lo em caso de parada cardíaca.
  19 a. morre JORGE TEILLER, poeta chileno, em 22 de abril de 1996.
  18 a. da invasão da Embaixada do JAPÃO, em LIMA, por FORÇAS ESPECIAIS DO PERU, libertando os 71 reféns dos terroristas do TUPAC AMARU, em 22 de abril de 1997, retidos desde 17 de dezembro de 1996. Morrem os 14 seqüestradores e um refém. Outras anotações nesta data: nesta terça-feira deveria estar no INCOR, às 10:40 horas, onde o doutor HENO me examinaria conforme a programação feita há mais de dois meses. Acontece que o ônibus EXPRESSO BRASILEIRO, onde embarquei às 8 horas, vai entrar num grande congestionamento na MARGINAL TIETÊ. É que os perueiros interditaram a MARGINAL TIETÊ na altura da ponte da VILA GUILHERME. Lendo o jornal DIÁRIO POPULAR procuro não me afobar. Às 11:30 horas estamos defronte o CARREFOUR. Deixo o ônibus e faço uma caminhada de 50 minutos até a estação TIETÊ do Metrô.
Bastante amolado passo pela AORPM. Ali fico sabendo que CARBAIA, CRISTIANO e ALEMÃO estão dando aula em SANTO AMARO. ALZENIR e ELÁDIO foram fazer uma palestra na Rua 24 de Maio. Não vou à Sociedade Veteranos de 32-MMDC nesta tarde. Prefiro retornar a GUARULHOS porque o trânsito não está nada bom nesta tarde.
A televisão mostra, num furo de reportagem, o que está acontecendo na EMBAIXADA DO JAPÃO, em LIMA, PERU. As forças de segurança do país, num ataque bem preparado, invadem a embaixada quando os terroristas do TUPAC AMARU jogavam bola. Todos eles são mortos, bem como um dos reféns e dois soldados. Setenta e um reféns saem ilesos após permanecerem mais de quatro meses confinados na Embaixada (desde 17 de dezembro de 1996). Os lances da invasão estão num recorte de jornal neste diário.
“Estoura” uma rebelião no 17º Distrito Policial, no IPIRANGA.
Enterrado na BAHIA, no município de PAU BRASIL, o índio pataxó GALDINO.
Nesta noite o CORINTHIANS dá outro show e já é semifinalista da COPA DO BRASIL. Em CURITIBA, goleia o ATLÉTICO PARANAENSE por 6 a 2. MIRANDINHA marca três vezes, DONIZETE duas e SOUZA completa a goleada espetacular. Em fase esplendorosa, o meia SOUZA é o maestro da sinfonia corintiana nesta noite.
No ATP TOUR DE MONTECARLO, PETE SAMPRAS, numero 1 do mundo, perdeu do sueco MAGNUS LARSSON. THOMAS MUSTER, número 2, foi eliminado pelo francês FABRICE SANTORO. BÓRIS BECKER, número 9, não passou pelo italiano RENZO FURLAN.
O tenista brasileiro FERNANDO MELIGENI passou às oitavas de final do ATP TOUR DE ORLANDO derrotando o norte-americano MARK MERKIEIN. Outro brasileiro, ROBERTO JÁBALI, foi derrotado pelo sueco KENNETH CARLSEN. MAGNUS NORMAN venceu GILLAUME RAOUX; ALEX O´BRIEN eliminou GILBERT SCHALLER; MARCELO FILIPPINI passou por WAYNE BLACK e BYRON BLACK venceu JOHAN VAN HERCK.
TRANSFERÊNCIA DE CORONÉIS: O CORONEL PM ANDRÉ BOICENCO NETO, do Estado Maior Especial – Coordenadoria de Analise e Planejamento é transferido para o Comando de Policiamento de Área da Região de SÃO JOSÉ DOS CAMPOS (CPA/I-1); o CORONEL PM ADMIR BENTO, do Comando de Policiamento de Área das Regiões de LIMEIRA, RIO CLARO, PIRACICABA e SÃO JOÃO DA BOA VISTA (CPA/I-12) para o Estado Maior Especial – Coordenadoria de Análise e Planejamento; o CORONEL PM COJI YANAGUITA, do Comando de Policiamento de Área Metropolitana Sul (CPA;M-2) para o Comando de Policiamento de Área das Regiões de LIMEIRA, RIO CLARO, PIRACICABA e SÃO JOÃO DA BOA VISTA (CPA/I-12); o CORONEL PM LUIZ ANTÔNIO RODRIGUES, do Estado Maior Especial para o Comando de Policiamento de Área Metropolitana Sul (CPA/M-2); e o CORONEL PM AVIVALDI NOGUEIRA JÚNIOR, do Comando de Policiamento de Área da Região de SÃO JOSE DOS CAMPOS (CPA/I-1) para o Comando de Policiamento de Área da Região do ABC (CPA/M-6).     
  17 a. das seguintes anotações feitas em 22 de abril de 1998: nesta quarta-feira o BRASIL ainda está perplexo pela morte de LUÍS EDUARDO MAGALHÃES. O corpo está sendo velado no Salão Negro do Congresso Nacional, em BRASÍLIA. O Presidente FERNANDO HENRIQUE CARDOSO cancela todos os seus compromissos na ESPANHA e virá para o sepultamento de seu líder na Câmara Federal. OREZ vai fazer uma palestra, nesta manhã, na Caixa Econômica Federal, na Avenida Paulista. Não leva auxiliar. No MMDS, comentamos o filme O EXTERMINADOR DO FUTURO. Dona MARIA retorna ao MMDC. Parece estar bem de saúde. Temos um problema com o cofre da Sociedade, que não quer abrir. Não vejo hoje o CORONEL CANAVÓ. Saio mais cedo do MMDC porque combinara com o contador LUÍS CARLOS o preenchimento do formulário da Declaração do imposto de renda em disquete. Ele trabalha perto do antigo prédio do DECON. Retorno a GUARULHOS usando o EXPRESSO BRASILEIRO. Assisto na televisão o traslado do caixão contendo os restos mortais de LUÍS EDUARDO MAGALHÃES, de BRASILIA para SALVADOR – BAHIA, e o enterro do corpo no Cemitério CAMPO SANTO, O presidente FHC está presente.
  16 a. das anotações feitas em 22 de abril de 1999 (quinta-feira): Páginas dos jornais trazem as seguintes notícias: Morte na piscina da USP – a polícia investiga uso de drogas no trote; a chacina de DIADEMA; A tragédia de DENVER, no COLORADO – ESTADOS UNIDOS; KOSOVO; As festas de TIRADENTES. Tenho dois horários para cumprir no Centro Odontológico. Viajo de ônibus ARMÊNIA e depois Metrô, descendo na Estação TIRADENTES. Às 10 horas – periodontia, com a TENENTE PM Dent FACCI. Faz uma profilaxia geral na boca e marca o retorno para setembro 1999. Encontro ali o CORONEL PM JORGE RAIMUNDO DA SILVA, que comandou o CPA/I-6 (SANTOS). Lembramos uma viagem de avião, em 14 de janeiro de 1991. Ele foi a FERNANDÓPOLIS, onde ouviu pessoas num IPM sobre irregularidades cometidas pelo CORONEL PM MAPELLI na região de SÃO JOSÉ DO RIO PRETO. Nesse dia, viajando com ele, assumia o COMANDO DO CPA/I-8.
Aproveitando o horário até às 12 horas, quando deverei ser examinado pelo TENENTE PM Dent SESMA, na prótese, vou ao 2º CPChq. Ali, converso com o CAPITÃO PM SÉRGIO MERLO, conselheiro do MMDC, sobre os 65 anos da Unidade que comandei de 25 de novembro de 1986 a 11 de março de 1988 e a outorga da Medalha MMDC ao estandarte do Batalhão.
12 horas  prótese. Continua o tratamento dos dentes da arcada superior. Retorno está marcado para 28 de abril.
Às 14 horas estou no MMDC. Ficamos livre do CORONEL CANAVÓ nesta semana. Ele viajou para BELO HORIZONTE. Participou das solenidades do DIA DE TIRADENTES e pode conspirar à vontade contra FERNANDO HENRIQUE CARDOSO. MARCONI dá a notícia que acabou de montar o computador na Sala de Operações do MMDS. Amanhã ainda cuidará da instalação do DVD. Deixo o MMDC às 15:45 horas. Sinto-me cansado. Retorno a GUARULHOS num lotação “COCAIA”.
A juíza ANDRÉA BARREIRA BRANDÃO MONTES, da 29ª Vara Criminal Central, condenou hoje o ex-chefe dos fiscais da Administração Regional de PINHEIROS, MARCO ANTÔNIO ZEPPINI, a cinco anos de prisão em regime fechado, além de decretar a perda de seu cargo público. Maiores detalhes estão contidos no arquivo referente à MÁFIA DOS FISCAIS.
  15 a. falece em CAMERATA NUOVA, na ITÁLIA, o ator RENATO DI PAOLO, em acidente durante encenação da PAIXÃO DE CRISTO. No papel de JUDAS, pôs a corda no pescoço e foi enforcado de verdade, em 22 de abril de 2000.
  15 a. falece o produtor teatral americano ALEXANDER COHEN, de 79 anos, vitima de insuficiência respiratória, em 22 de abril de 2000.

ACONTECEU EM 22 DE ABRIL DE 2001 : -  DOMINGO
ASSISTO NA MADRUGADA O CINE SINISTRO : O MASSACRE DA SERRA ELÉTRICA II. Uma dupla de zumbis, produto do primeiro filme, passa a aterrorizar uma cidade com crimes bárbaros cometidos com o auxílio de uma serra elétrica. Um ex-policial, cujo irmão foi vítima dessa dupla, também no primeiro filme, surge, depois de 14 anos, para fazer justiça, destruindo o antro dos mortos-vivos.
21 3 15 101 15 71  82  E.

Leio os jornais DIÁRIO POPULAR, ESTADO DE SÃO PAULO e JORNAL DA TARDE pela manhã. LUCINDA levantou às 5 horas para iniciar as suas tarefas domésticas. Às 10 horas, o PM JOÃO GOMES DE OLIVEIRA JÚNIOR leva-me de carro até a banca de jornais do PAULO, na Rua SANTANA DO JACARÉ. Adquiro as Revistas ISTO É e ÉPOCA e o jornal AGORA.
Com temperatura de 23 graus, muito boa para viajar, embarco num ônibus da TRANSGUARULHENSE e vou até a estação TIETÊ. A viagem de Metrô e, depois, na CPTM é tranquila. Chego cedo na casa de minha mãe, em POÁ. A CIDA, esposa do meu primo RENATO VENTURA, está visitando-a.
Minha mãe conta que no domingo de ramos (dia 18 de abril) faleceu JULINHA PEREIRA INÁCIO, aos 104 anos. Nasceu em POÁ. Filha de um famigerado “grileiro” do início do século 20 – CAPITÃO PEREIRA INÁCIO – uma figura que o povo poaense conhece como “ladrão de terras”.
Meu genro ADALVO e meu neto FELIPE vêm conversar conosco na hora do almoço. Estamos tirando um cochilo quando cai violenta pancada d´água. Mas, no horário das 16 horas o tempo já melhora. Conversamos com minha filha MARIZETE e, com a chegada do RENATO, vamos para a estação de POÁ.

O CORINTHIANS vence o UNIÃO SÃO JOÃO por 3 a 2, assumindo o segundo lugar da tabela do Campeonato Paulista, já classificado para a segunda fase.
Já o SÃO PAULO, ao perder para a PORTUGUESA por 1 a 0, não tem mais chance de classificação.
GUSTAVO KUERTEN venceu o marroquino HICHAM ARAZI e conquistou, pela segunda vez, o título do MASTERS SERIES DE MONTECARLO.
O norte-americano HASIM RAHMAN nocauteou o britânico LENNOX LEWIS na ÁFRICA DO SUL e conquistou os títulos dos pesados de duas das mais importantes entidades do boxe. O inesperado resultado foi comparado ao nocaute sofrido por MIKE TYSON para JAMES BUSTER DOUGLAS, em TÓQUIO, em 1990.

A TERCEIRA CÚPULA DAS AMÉRICAS ENCERRA-SE. A formação da ALCA e a defesa do sistema democrático no Hemisfério foram temas dominantes nessa reunião de 34 países.

GUSTAVO KUERTEN VENCE O MARROQUINO HICHAM ARAZI e se torna pela segunda vez CAMPEÃO EM MONTECARLO. Recebeu o troféu do MASTERS SERIES DE MONTECARLO das mãos do príncipe ALBERT, de MÔNACO e, com isso, volta a liderar o ranking da A T P.

FALECEU A ENFERMEIRA AMERICANA ALICE M. GRITSAVAGE aos 98 anos, em sua casa na FLÓRIDA, E U A. Chefe de enfermagem das tropa americanas que combateram na Guerra na CORÉIA, Alice entrou para as forças armadas em 1942, em plena Segunda Guerra Mundial. Conselheira dos assuntos ligados ao atendimento médico, foi a responsável pelo aumento das remessas de remédios e equipamentos médicos, tornando-se a única mulher integrante do alto comando do front da CORÉIA. Em 1962, abandonou a patente de CORONEL para ser porta-voz dos veteranos coreanos.


FALECEU O CIENTISTA AMERICANO FRED GILLETT, pioneiro nos estudos de astronomia com a radiação infravermelha, usada para descobrir a composição das estrelas e dos planetas a partir do calor que emitem. Em SEATLE (EUA), aos 64 anos, de doença rara na medula óssea.

É concluído, em QUEBEC, o III ENCONTRO DAS AMÉRICAS com o compromisso dos governos, com exceção de CUBA, de colocar em prática, antes de finalizar o ano 2005, uma área de livre comércio desde o ALASCA até a TERRA DO FOGO.


2 002  :  -     SEGUNDA-FEIRA
Com 22 graus de temperatura, vou para SÃO PAULO por volta das 11 horas. Começo o dia contando com apoios para a reunião de amanhã, no Palácio dos Bandeirantes, da COMISSÃO ORGANIZADORA DOS SETENTA ANOS DA REVOLUÇÃO DE 32. Os oficiais do MMDS oferecem seus préstimos nessa empreitada. Mantenho vários contatos telefônicos, principalmente com o CERIMONIAL DO PALÁCIO.
O Sr. GERALDO FARIA MARCONDES e o Sr. GERALDO PIRES DE OLIVEIRA estão presentes na SOCIEDADE VETERANOS DE 32-MMDC. Estão preocupados com a reunião de amanhã. O Sr MARCONDES também pensa muito com a idéia do restauro do Monumento-Mausoléu, estando marcada para quinta-feira, dia 25, uma nova reunião com o General BUENO. Acontece que não irei participar dessa reunião por causa da operação marcada às 13 horas.
Organizo toda a papelada para amanhã, deixando meio atordoado o MMDC nesta tarde.
Em casa, LUCINDA e MARLENE estão empenhadas em fazer uma nova instalação elétrica no conjunto das casas e, para tanto, contrataram uma pessoa para executar isso. O JCS continua com a construção de um cômodo na laje de nossa casa, pois minha biblioteca não tem mais lugar para colocar papéis e precisa se expandir.
Telefona-me o MAJOR ARRUDA. Na última sexta-feira ele iniciou uma série de dez palestras para a ASSOCIAÇÃO DOS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS, visando os estudantes, explicando a eles os motivos da Revolução de 32 e seu desenrolar e encerramento.
    
FALECEU, de madrugada, aos 72, ÂNGELO CASTELLO, ex-prefeito de FERRAZ DE VASCONCELOS. Deixa diversas obras importantes para o desenvolvimento do município, tendo, no segundo mandato, priorizado o saneamento básico. O prefeito JOSÉ CARLOS FERNANDES CHACON decretou luto oficial por três dias.

O brasileiro JOSÉ MAURÍCIO BUSTANI foi destituído do cargo de diretor-geral da ORGANIZAÇÃO PARA A PROIBIÇÃO DE ARMAS QUIÍMICAS, em HAIA, na HOLANDA. GRÃ-BRETANHA, ALEMANHA, ITÁLIA, JAPÃO e outros 44 países apoiaram a campanha dos EUA para afastar o diplomata.

O governador do estado colombiano de ANTIÓQUIA, GUILLERMO GAVÍRIA, o ex-ministro de Defesa, GILBERTO ECHEVERRY e o capelão CARLOS EDUARDO YEPES foram seqüestrados pela guerrilha das Forças Armadas Revolucionárias da COLÔMBIA, FARC.

Visivelmente farto da crise econômica e política e da resistência a suas iniciativas, o presidente argentino, EDUARDO DUHALDE, pela primeira vez admitiu deixar o governo. Diante das críticas da oposição e até de seu partido ao novo plano econômico que encaminhou ao Congresso, disse DUHALDE que se o Parlamento não estiver satisfeito, pode convocar outra Assembléia e escolher um novo presidente.

FALECEU um dos escritores mais importantes da chamada era de ouro da TV norte-americana, nos anos 50, REGINALD ROSE, aos 81 anos. Ganhou vários EMMYS, GRAMMYS e até o OSCAR. Escreveu o roteiro da tele-peça DOZE HOMENS E UMA SENTENÇA e ganhou o EMMY de 1954. Três anos depois, ganhou o OSCAR de roteiro quando SIDNEY LUMET fez a adaptação para o cinema. O filme DOZE HOMENS E UMA SENTENÇA é o título nobre de sua filmografia. O filme com HENRY FONDA e grande elenco (LEE J. COBB, E.G.MARSHALL, ED BEGLEY e MARTIN BALSAN, entre outros) é muito bom. ROSE também recebeu três vezes o GRAMMY por seus roteiros para séries.

O gaúcho MÁRIO LILL, que estava no quartel-general de YASSER ARAFAT, foi preso hoje ao deixar o QG e deverá embarcar para o BRASIL após prestar depoimento às autoridades israelenses. O agricultor foi detido com nove integrantes europeus do GRUPO DE SOLIDARIEDADE AO POVO PALESTINO.

FALECEU o físico americano VICTOR F. WEISSKOPF, de 93 anos, um dos criadores da primeira bomba atômica. Após a SEGUNDA GUERRA MUNDIAL, tornou-se um defensor do controle de armas.

MORREU a atriz pornô LINDA BOREMAN, de 53 anos, protagonista do filme GARGANTA PROFUNDA (1972), o mais popular da história do cinema pornográfico. LINDA LOVELACE, como era conhecida, tornou-se um ícone da cultura pop nos anos 70-. Em sua autobiografia conta que foi ameaçada de morte pelo ex-marido para fazer cenas de sexo explícito. Posteriormente, participou do movimento feminista e militou contra a pornografia. Sua morte foi em decorrência de um acidente de trânsito.

CONDENADO a um ano de prisão e multa de 7 milhões e meio de dólares o milionário A.  ALFRED TAUBMAN, de 78 anos, ex-presidente da casa de leilão SOTHEBY´S, da qual é um dos donos. Ele participou de um esquema de fixação de preços com a rival CHISTIE´S. Sua condenação foi por violar as leis antitrustes dos EUA.  Em NOVA YORK.

2 003   :   -    TERÇA-FEIRA
LUCINDA quase não dormiu esta noite. Sua mãe falou a noite toda, com suas fantasias alucinantes, vendo pessoas no quarto e conversando com as mesmas como se fossem reais. Isso está atormentando a filha, que não sabe o que fazer. Dona ESMERALDA irá completar oito meses em casa, no próximo dia 27, e agora, mesmo durante o dia, ele conversa imaginariamente, criando uma situação fantasiosa que perturba bastante as pessoas que estão ao seu redor. O melhor seria passar alguns dias na casa de um outro parente, mas isso parece que está fora de cogitação, porque ninguém quer a sua presença, alegando os familiares que não têm tempo para isso. Assim sendo, a filha vai carregando a sua cruz da melhor maneira possível, mas vai cansando.

Gosto de observar as mudanças nos panoramas das ruas. Na Avenida TIRADENTES, quando passo de ônibus pelo prédio onde estava instalada a PEUGEOT vejo que estão colocando uma placa com os dizeres de – DIA: SUPERMERCADO DA ECONOMIA. O prédio foi todo pintado de branco. Ali funcionou o SUPERMERCADO NISHI e depois o SUPERMERCADO TURMALINA. Mais tarde, após ficar um bom tempo desocupado, foi uma das filiais da PEUGEOT, em GUARULHOS. Novamente desocupado, ostentou uma tabuleta de ALUGA-SE durante vários meses. Agora, ali funcionará, mais uma vez, um SUPERMERCADO. Atingindo a Avenida MORVAN DIAS DE FIGUEIREDO, assim que passa o RESTAURANTE “O CAIPIRA”, observo a construção da futura loja da TELHANORTE. Já estão colocando a estrutura do telhado.
Na estação SÉ-METRÔ, uma exposição de quadros mostra os 35 anos do METRÔ em SÃO PAULO. Depois dos feriados da SEMANA SANTA e de TIRADENTES, vamos agora colocar em dia os problemas do MMDS e da Sociedade Veteranos de 32-MMDC, mesmo porque teremos algumas reuniões importantes nos próximos dias, começando com a reunião da Diretoria Executiva na quarta–feira, dia 24. No MMDS, os oficiais estão atentos para as despesas da Casa e a obrigação de corrigir os débitos de CAIXA, o que sempre atrapalha quando não há as prestações de contas que os oficiais fazem ao longo do mês.

WILLIAM HINESTROSA, do núcleo de Cinema TELA EM TRANSE, durante um bom tempo manteve contato conosco, em 1998/99 (principalmente), com a idéia de colher depoimentos de ex–combatentes de 32, a fim de fazer um documentário histórico sobre a revolução de 32. O tempo passou e, recentemente, WILLIAM manteve contato conosco. O núcleo ao qual ele pertence e é o editor fez um DVD de 120 minutos sobre o episódio, que recebe o título de TRINCHEIRAS: ENTRE O CÉU E OS SONHOS. O lançamento do trabalho será na noite da próxima segunda–feira, às 20 horas, no SESC da RUA AUGUSTA. Na segunda-feira passada, dia 14, falei sobre esse trabalho na reunião do CONSELHO CÍVICO CULTURAL da ASSOCIAÇÃO COMERCIAL e acertei a presença dos responsáveis pelo DVD para fazer uma pequena apresentação desse documentário na reunião de 28 de abril. Também acerto hoje com o WILLIAM a entrega do DVD para os conselheiros na próxima reunião do CONSELHO SUPREMO, no dia 30. Sobre esse assunto entro em contato com o CAIO ALFAYA, secretário do Conselho, e com o CORONEL CELSO. O apoio cultural está sendo feito pela “DONA BENTA” (patrocínio) e SOCIEDADE VETERANOS DE 32-MMDC, com direção de CUSTÓDIO GUIMARÃES e colaboração de MAURO UMEKI DE ANDRADE. A produção é de AFONSO BERNARDE e WILLIAM HINESTROSA. Parece que é um momento importante para a divulgação da Sociedade e do que foi a Revolução de 32, principalmente para as escolas. A idéia é distribuir DVDs para as casas de ensino.

O presidente, GERALDO FARIA MARCONDES, que se encontra na Sociedade, nesta tarde, toma conhecimento do documentário. Na reunião da DIRETORIA EXECUTIVA também será explorado o trabalho do Núcleo TELA EM TRANSE. 

ABERTURA DO 3º FÓRUM NACIONAL DE IDENTIDADE BRASILEIRA, organizado pelo Centro de Estudos ORLANDO VILLAS BÔAS do Instituto do Legislativo Paulista. A Mesa Diretora da Assembléia Legislativa participa desse evento. O FÓRUM prossegue nessa semana – denominada ORLANDO VILLAS BÔAS – e discute a contribuição de índios, negros e brancos na formação da identidade nacional.
 
MORRE pela manhã, aos 61 anos, JAIR BORIN, jornalista e professor titular da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo. Ele estava internado no Hospital 9 de Julho havia mais de uma semana, em virtude de um câncer no estômago. BORIN, que trabalhou no ESTADO e na FOLHA DE SÃO PAULO, ficou conhecido como redator de assuntos econômicos e tinha predileção pela área de agronegócios. Além de seus passagens pela grande imprensa, ele foi por seis anos chefe do Departamento de Jornalismo e Editoração da ECA-USP, onde também lecionava desde 1971.

O dramaturgo e cronista MAURO RASI, de 52 anos, morreu hoje à tarde, em sua casa no bairro do LEBRON, no RIO. Nos últimos meses, RASI, que nasceu em BAURU, vinha se submetendo a tratamento contra câncer no pulmão. Uma de suas últimas peças, BATALHA DE ARROZ NUM RINQUE PARA DOIS, está em cartaz no RIO, encenada por CLÁUDIA JIMENEZ e MIGUEL FALABELLA. Além de escrever uma coluna às segundas-feiras na última página do segundo caderno do jornal O GLOBO, RASI estava trabalhando no seu próximo espetáculo, o musical LADIES NA MADRUGADA, que pretendia estrear ainda este ano. Ele iniciou a carreira teatral de fato com EL CABARET e OS BASTARDOS. A primeira foi proibida pela censura antes mesmo de chegar ao palco do TEATRO GALPÃO. O RIO tornou-se a base de MAURO RASI, que brilhou ao trilhar reminiscências autobiográficas na trilogia formada por CERIMÔNIA DO ADEUS, A ESTRELA DO LAR e VIAGEM A FORLI. Em O CRIME DO DOUTOR ALVARENGA, o dramaturgo inspirou-se em um texto escrito pelo pai, OSWALDO RASI, para compor um romântico retrato de BAURU dos anos 50.  Foi com uma homenagem à mãe, porém, na peça PÉROLA, que RASI conheceu seu maior sucesso. O espetáculo reconstrói a vida de um núcleo familiar do interior paulista.

CRISTIAN VILLAS BOAS ZANUSSI foi encontrado morto ontem de madrugada dentro de seu apartamento de alto padrão, no ITAIM BIBI. A morte de ZANUSSI, que morava havia um ano no apartamento 710 do edifício LIFE ITAIM, localizado a menos de 300 metros de 15º DP, é cercada de mistérios. Apesar de vários moradores terem ouvido gritos e barulhos de objetos sendo quebrados, ninguém viu quem assassinou ZANUSSI.

A estudante GISELE REGINA DA SILVA, de 21 anos, foi morta em uma tentativa de assalto, ocorrida às 20 horas de ontem, no PARQUE NOVO ORATÓRIO, em SANTO ANDRÉ. Os ladrões fecharam o Pálio de GISELE quando ela reduziu a velocidade para passar por uma lombada. Percebendo que era um assalto, tentou desviar o PÁLIO de um CORSA usado pelo bando. Irritado, um ladrão disparou. Ela estava com sua mãe e voltavam do PARQUE SÃO RAFAEL onde haviam deixado um ovo de PÁSCOA para GUSTAVO, de dois anos, primo de GISELE e afilhado de ANA CÉLIA TORACELLI DA SILVA (sua mãe). Com a filha baleada, ANA agarrou a direção e conduziu o PÁLIO para a calçada. O carro bateu numa árvore e no portão da casa da família. Mãe e filha foram socorridas por familiares, mas GISELE morreu a caminho do hospital BARTIRA, em SANTO ANDRÉ.   
Três adolescentes foram mortos, cada um com mais de trinta tiros, no início da madrugada, no JARDIM BUSSOCABA, periferia de OSASCO, cidade localizada na Grande SÃO PAULO. Essa é a 18ª CHACINA registrada neste ano na região metropolitana de SÃO PAULO, elevando para 57 o número de vítimas fatais em crimes desse tipo. Morreram os três em frente a um estabelecimento comercial que estava com a porta de aço já baixada, na avenida VISCONDE DE NOVA GRANADA, nº 2.651.

Comerciantes podem estar financiando grupos de extermínio formados por PMs e seguranças particulares em GUARULHOS. As suspeitas aumentaram após as prisões do PM CLAUDIONÓRIO DE MORAES, o “VÉIA”, de 37 anos, do 15º BPMM, e de SÉRGIO DA SILVA, o “SERGINHO”, de 29 anos e CLÁUDIO RODRIGUES DOS SANTOS, o “FININHO”, de 21. Eles faziam segurança para comerciantes do JARDIM TRANQUILIDADE e foram indiciados como autores da chacina ocorrida no último dia 6 no mesmo bairro: três rapazes foram executados a tiros. Um sobrevivente reconheceu os acusados. Os três tiveram a prisão temporária de 30 dias decretada pela Justiça. O PM está no PMRG. Os dois civis estão presos no 1o. DP.

SETE PESSOAS MORRERAM e 21 ficaram feridas hoje pela manhã quando um ônibus da empresa 1.001, que havia saído de SÃO PAULO com destino a CAMPOS, no norte fluminense, tombou na pista, na BR-101. O motorista de um outro ônibus contou que um caminhão teria forçado uma ultrapassagem e que, para evitar uma colisão frontal, o motorista da 1 001 tentou desviar, mas acabou tombando.

DIEGO foi a maior novidade na convocação dos jogadores que atuam no BRASIL para o amistoso da seleção contra o MÉXICO, dia 30, em GUADALAJARA. Eufórico com a chance dada pelo técnico CARLOS ALBERTO PARREIRA, o craque estará em ação amanhã no jogo do SANTOS contra o NACIONAL, pela LIBERTADORES.

A dona-de-casa MARIA ALICE SOARES, de 25 anos, deu à luz cinco bebês no Hospital MATERNO-INFANTIL, em GOIÂNIA, onde foi submetida a uma cesariana. As crianças e a mãe, que tinha dificuldade de respirar por causa do tamanho da barriga, passam bem.

Numa decisão que surpreendeu o PFL, o senador GERALDO MESQUITA, relator do processo sobre a escuta telefônica ilegal na BAHIA, pediu hoje ao Conselho de Ética do Senado a abertura de um processo de cassação do mandato do senador ANTÔNIO CARLOS MAGALHÃES, por quebra de decoro parlamentar.
                       
DIVULGADA a demissão por justa causa, do pesquisador do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, MARC VAN ROOSMALEN, acusado de indisciplina, improbidade administrativa e negligência no desempenho das funções. Ele havia sido acusado por uma CPI da Câmara dos Deputados de biopirataria e tráfico de animais silvestres.

Encontrados na casa de um americano da CALIFÓRNIA, JON WEINHART, noventa tigres e leopardos mortos. Destes, 58 eram filhotes e estavam armazenados em geladeiras. Havia ainda peles de tigre empilhadas num celeiro e corpos de outros bichos em decomposição. A propriedade de WINHART tinha autorização legal para funcionar como entidade para acolher animais que atuaram como atores. A polícia chegou à residência após denúncia de que ali havia problemas. Em RIVERSIDE, nos EUA.

Centenas de milhares de xiitas iraquianos tomaram hoje as ruas das cidades sagradas de NAJAF e KARBALA, que abrigam os mausoléus dos dois primeiros imãs (líderes) da seita – respectivamente, ALI, genro do profeta MAOMÉ e, HUSSEIN, filho de ALI. Depois de 25 anos de proibição imposta por SADDAM HUSSEIN, os xiitas, que são a maioria da população iraquiana, puderam realizar a peregrinação anual às cidades santas para rememorar o “martírio” dos imãs, ambos mortos no século VII, em disputas sucessórias que dividiram os muçulmanos entre xiitas (fiéis a ALI) e sunitas – estes são até hoje a maioria da população muçulmana mundial. Os aiatolás iraquianos, alguns deles aliados ao regime islâmico (xiita) do vizinho IRÃ, têm ocupado o vazio político deixado pelo fim do regime de SADDAM. Hoje, em meio às orações surgiram protestos contra a presença das tropas americanas no País e o novo governo provisório encabeçado pelo general americano JAY GARNER.

2 004  :  -  QUINTA-FEIRA.
Muita gente está com cara de segunda-feira. O feriado de TIRADENTES, no meio da semana, teve o cunho de quebrar a seqüência dos trabalhos da semana e isso causa essa impressão. Foi assim que encontrei os oficiais da entidade que presido, todos eles (fora os que faltaram), com muita preguiça. Mas, depois de um almoço onde pudemos acertar os ponteiros para os dias restantes de abril, inclusive com uma palestra que VICTÓRIO deverá pronunciar amanhã numa empresa de alto comércio, vou para a Sociedade Veteranos de 32-MMDC, onde já se encontra o CORONEL MENDES. Conta ele que esteve numa solenidade no IPIRANGA, em comemoração ao DIA DE TIRADENTES, onde pôde divulgar a Sociedade. O Sr. MARCONDES, que anunciou o seu retorno à presidência em 19 de abril, comparece também nesta tarde. O MENDES preocupa-se agora com a listagem das medalhas para 23 de maio. Além disso, haverá uma solenidade na LAPA, marcada para 21 de maio, também para homenagear o MMDC, proposta pelo TENENTE-CORONEL LUIZ NAKAHARADA, comandante do 4º BPMM, batalhão encarregado da segurança daquela área. Hoje, o NAKAHARADA manda os currículos dos seis indicados para receberem a Medalha MMDC nesse dia.
Um dos grandes problemas da Sociedade é o referente ao mau conselheiro CAIO ALFAYA, que sempre deu complicação para nós, mas que se levava em consideração por ser o secretário do CONSELHO SUPREMO. Aliás, essa culpa é minha porque eu o indiquei para substituir o Cel GUIMARÃES nesse cargo, há mais de dois anos. Acontece que CAIO demonstrou ser relaxado e deixou de pagar os cofres do MMDC por mais de dois anos, ou melhor, nunca pagou as mensalidades de conselheiro. Faço um documento baseado num artigo do ESTATUTO que exclui, definitivamente, o sócio que deixa de pagar dois anos. O MENDES conversou com o Cmt Geral sobre esse assunto e o Cel ALBERTO achou que a saída honrosa para o seu secretário seria o de que ele simplesmente pedisse demissão do conselho.
O Cel MENDES irá amanhã numa solenidade no CPOR, numa homenagem à POLÍCIA MILITAR. Levará dois livros sobre o MOVIMENTO CONSTITUCIONALISTA para o comandante e para a biblioteca do CPOR. O Sr. MARCONDES, como presidente, assina a dedicatória.
Ainda nesta tarde, visita a Sociedade, a convite do Cel MENDES, o historiador JOÃO DE BARROS, muito conhecido no bairro do IPIRANGA. Ele traz vários artigos que escreveu em jornais, nos anos 90, referentes à revolução de 32.
Ainda tiramos da INTERNET as páginas de visitantes do site oficial da Sociedade, onde consta muita coisa do CARVALHOSA, pois ele “alugou” o nosso site, aproveitando para desandar uma série de calúnias e impropérios à Diretoria Executiva. O GENERAL BUENO pediu ao Sr. MARCONDES uma relação de tudo isso para entrar com queixa-crime contra o crápula.
Passam das 16 horas, quando deixamos a Sociedade. O MENDES ainda cumprimenta o GINO STRUFFALDI e esposa, pois hoje eles completam sessenta e cinco anos de casados.     
Já em casa, recebo um telefonema do MENDES. Ele me conta que o atual CHEFE DE GABINETE DO Cmt Geral, Cel MARCO ANTÔNIO MOYSÉS, lhe comunicou, via fone, que o CAIO entrou com documento pedindo demissão do cargo de conselheiro. Isso vem facilitar as coisas para nós. CAIO não foi um bom elemento para a Sociedade. Durante o tempo que pertenceu ao MMDC nem ao menos veio conhecer a sede da Entidade. Cometeu uma série de desatinos nas atas que confeccionou e isso vem dando problemas para nós. O CAIO já vai tarde, ou melhor, nunca deveria ter pertencido à Sociedade. Nunca honrou as medalhas que recebeu. 

Tomou posse o Coronel PM ANTÔNIO CARLOS RODRIGUES no Comando do Policiamento de ÁREA METROPOLITANO DOIS (CPAM/2), responsável pelo policiamento na área sudoeste da cidade de SÃO PAULO, que compreende os 1º, 3º E 12º Batalhões da Polícia Militar. O CORONEL PM RODRIGUES era do 3º BPChq e assumiu no lugar do CORONEL PM ROBERTO DE OLIVEIRA VALLE, que foi transferido para o CAES. O CORONEL RUBENS CASADO, comandante do CPC, presidiu a solenidade de posse do CEL RODRIGUES. O novo comandante tem 46 anos, ingressou na Academia de Polícia Militar do BARRO BRANCO em 1974. Sua promoção a CORONEL ocorreu neste mês. Desde janeiro de 1998 servia ao choque, onde desempenhou as funções de subcomandante do 3º BPChq (como MAJOR) e de comandante (como TENENTE-CORONEL).

Hoje, reuniram-se no Quartel do Comando Geral as seguintes associações da Polícia Militar: Associação dos Oficiais, Associação dos Sub-Tenentes e Sargentos, Associação de Cabos e Soldados, Associação das Pensionistas e Associação dos Deficientes Físicos. Pela AOPM, estiveram presentes o Cel LUIZ GONZAGA OLIVEIRA e o Cel ALAOR SILVA BRANDÃO, respectivamente Presidente e Vice-Presidente da Instituição. Na ocasião, o Cmt Geral, Cel ALBERTO SILVEIRA RODRIGUES, após ouvir os argumentos apresentados pela AOPM e pelas outras entidades, acedeu em conseguir do secretário da Segurança Pública uma audiência com as citadas associações e com a presença do Comando para que fosse tratada a questão dos vencimentos da PM. O Cel ALBERTO demonstrou interesse pelas nossas reivindicações, às quais se juntou um pedido de audiência com o Governador. Segundo assegurou o Cmt Geral, haverá uma resposta a respeito.
 
Os jogadores do SÃO PAULO se multiplicaram no MORUMBI para vencer o ATLÉTICO-PR por 1 a 0, depois de o time tricolor ter sofrido duas expulsões, na estréia do CAMPEONATO BRASILEIRO. O gol heróico foi marcado por GUSTAVO NERY, aos 42 minutos da etapa final. Outros resultados: CORITIBA 1 x GUARANI 0; VASCO 0 x CRICIÚMA 1; PAYSANDU 3 x FLUMINENSE 3.

OPERADO para correção de um descolamento da retina do olho esquerdo o ex-jogador ÉDSON ARANTES DO NASCIMENTO, o PELÉ. Ele teve alta no mesmo dia, mas preferiu dormir no hospital. Em SÃO PAULO.

PAULO MALUF chegou de PARIS hoje, após giro pelo ORIENTE MÉDIO. E já prepara o lançamento da candidatura a prefeito de SÃO PAULO. É incentivado pelo PP, que encolheu muito após o último pleito e precisa de um bom puxador de votos, e pelo PT, que quer alguém para atrapalhar JOSÉ SERRA. “Sou candidato”, disse MALUF num jantar, manifestando a intenção antes da viagem. Perguntado sobre as contas no exterior, respondeu: “Só se for coisa do CALIM (EID)”, numa referência ao antigo tesoureiro, já falecido. “Eu nunca tive contas na SUÍÇA”.
 
Os presos da carceragem do 4º Distrito Policial (CONSOLAÇÃO) se rebelaram hoje à tarde após fuga frustrada. Na confusão, o carcereiro GILBERTO JOSÉ DE PAULA foi feito refém pelos amotinados, que reivindicavam transferência para Centros de Detenção Provisória. Com capacidade para 30 detentos, a carceragem do Distrito da CONSOLAÇÃO estava hoje com 180 homens presos. A rua MARQUÊS DE PARANAGUÁ, onde fica a delegacia, ficou interditada para evitar uma possível fuga. Os amotinados só libertaram o carcereiro refém por volta das 15 horas, após a chegada do GOE da Polícia Civil.

Após uma semana de vandalismo e carnificina e da intervenção do Governo Federal, a rebelião do presídio URSO BRANCO, em RONDÔNIA, deve terminar amanhã cedo. Os presos aceitaram o acordo proposto pelo gabinete de gerenciamento de crise de Estado, liberaram os parentes mantidos reféns e anunciaram a rendição. Mas o Comando-Geral da PM só pretende reconhecer oficialmente o fim da rebelião depois que retomar o controle do presídio, que até à noite ainda estava sob o domínio dos detentos. Antes do acerto final, uma das reféns sofreu um aborto e mais quatro presos teriam sido assassinados.

Os índios cinta-larga que participaram da chacina de 29 garimpeiros em RONDÔNIA deverão ser processados por homicídio doloso qualificado, ocultação de cadáver e formação de quadrilha. A informação foi dada pelo presidente da FUNAI, MÉRCIO PEREIRA. Ele voltou atrás na defesa dos índios, garantindo que a FUNAI não criará obstáculos à investigação.

Pelo menos 3 mil pessoas morreram ou ficaram feridas hoje na colisão de dois trens de carga na cidade de RYONGCHON, na CORÉIA DO NORTE. Os vagões explodiram horas depois de o presidente norte-coreano, KIM JONG-IL, ter passado pelo local, na volta de uma viagem à CHINA. Há rumores de que a explosão dos trens seria um atentado contra a vida de JONG-IL.

O cantor MICHAEL JACKSON foi acusado formalmente por um Grande Júri de SANTA BÁRBARA, na CALIFÓRNIA, e será levado a julgamento sem mais audiências preliminares. JACKSON terá de comparecer dia 30 de abril perante a corte local para ouvir as acusações de abuso sexual contra um menor. A acusação formal, feita hoje, foi noticiada por diversos jornais e TVs dos EUA, citando fontes que não quiseram se identificar.

A recuperação de DIEGO ARMANDO MARADONA ainda é lenta, cinco dias depois de ter sido internado na UTI de clínica particular com pressão alta, infecção pulmonar e dificuldade respiratória. Mesmo assim, os médicos que assistem o craque se animam e estudam a possibilidade de retirar amanhã aparelhos que o auxiliam na respiração. Se isso ocorrer, é mais um avanço no processo, em todo caso demorado, de restabelecimento.

O técnico MORDECHAI VANUNU – libertado na quarta-feira, dia 21 de abril, após cumprir 18 anos de prisão por revelar segredos nucleares israelenses – quer que a NORUEGA o ajude a deixar ISRAEL, disse o pacifista e advogado norueguês FREDRIK S. HEFFERMEHL. ISRAEL impôs duras restrições a VANUNU, entre elas a encontrar-se com estrangeiros. HEFFERMEHL foi um dos poucos estrangeiros que receberam autorização para se encontrar com o cientista na quarta-feira.
 
MORREU na madrugada a poetisa chilena CONCHA ZARDOYA, vítima de insuficiência cardíaca, em sua casa, em MADRI. A autora de obras como DOMÍNIOS DO PRANTO e DEBAIXO DA LUZ, tinha 89 anos.

2 005  :   SEXTA-FEIRA
Logo cedo, o PM JOÃO GOMES DE OLIVEIRA JÚNIOR, que está de folga nesta sexta-feira, prorrogando o feriado de TIRADENTES, fala sobre as confusões que acontecem na administração do 9º BPMM, onde as coisas se embaralham por falta de um trabalho racional. O JOÃO foi apresentado a essa unidade em 3 de março e está servindo no 9º BPMM com uma série de restrições médicas, impossibilitando um trabalho normal. Falta pouco tempo para ser reformado.
Cumprimento o CAPITÃO EB R/R GINO STRUFFALDI, candidato à presidência da Diretoria Executiva da Sociedade Veteranos de 32-MMDC, pelo seu 66º aniversário de casamento com dona DINORAH. Ele demonstra ficar contente com a lembrança. Diz que ontem esteve no aniversário de seu neto DÊNIS, filho do ALDO, que completou 28 anos de idade.
Quase todo o comércio está fechado nesta sexta-feira, pois o paulistano aproveitou o feriado de TIRADENTES para “esticar” o feriadão, englobando a sexta, o sábado e domingo. O BANESPA, posto dos bombeiros, também não está funcionando hoje. Isso atrapalha tudo. No MMDS, os oficiais queixam-se dessa impossibilidade de sacar dinheiro. VICTÓRIO esclarece que o meu livro “CÓDIGO DA VINCI” está sendo lido pelo ARLINDO. Já um livro do “HARRY POTTER E O CÁLICE DE FOGO” foi parar nas mãos do RAFAEL. Tratamos de pouca coisa nesse dia de tranqüilidade. Comentamos os últimos problemas policiais, com ênfase para os arrastões em prédios de apartamentos. Hoje a Sociedade Veteranos de 32-MMDC encontra-se fechada. Retorno logo para GUARULHOS, numa tarde de muito calor.

Um tiroteio entre dois grupos de policiais militares deixou três pessoas mortas e outras três feridas em um bar em CAMPO GRANDE, na zona oeste do RIO, hoje de madrugada. Morreram o PM ALCIRLEI DE FREITAS, do 23º Batalhão de Polícia Militar do LEBRON, o dono do bar, WILSON LOPES, e seu ajudante, CARLOS. Segundo testemunhas, cinco policiais militares entraram no bar atirando. O crime pode estar relacionado com a guerra pelo controle do transporte de vans no bairro, por parte de dois grupos formados por PMs.

Índios macuxi, contrários à homologação da reserva RAPOSA SERRA DO SOL, em RORAIMA, seqüestraram quatro policiais federais que estavam na região para evitar conflitos entre índios e arrozeiros. Os agentes foram cercados quando trafegavam nas proximidades da Comunidade Flexal, no município de UIRAMUTÃ – coincidentemente, o único que não foi alcançado pela homologação. No início da noite, os índios tinham duas reivindicações: a presença de jornalistas e a abertura de diálogo sobre os termos do decreto que incorporou à reserva 1,747 milhão de hectares.

O farmacêutico JOÃO PEDRO BARONE, de 41 anos, morreu hoje, na PRAIA DAS PITANGUEIRAS, em GUARUJÁ, na BAIXADA SANTISTA, durante um assalto. Ele brincava na faixa de areia, próximo à água, com as duas filhas, de 9 e 11 anos de idade, quando – por volta das 15 horas – um homem tentou levar a sua corrente de ouro. Ele reagiu e foi atingido por um único disparo, a região de uma das axilas. BARONE morava em ARAÇATUBA e passava o feriado prolongado em GUARUJÁ com amigos, as filhas e a mulher, RITA DE CÁSSIA. O grupo chegou ao Litoral no dia 20 e pretendia retornar amanhã ao Interior. O ladrão fugiu. Três rapazes já foram detidos durante a caça ao assassino.

MORREU o artista plástico EDUARDO PAOLOZZI. Nascido na ESCÓCIA, de pais italianos, é considerado o grande pioneiro da arte pop inglesa entre os anos 1950 e 1960. Ficou conhecido do público pelos retratos de celebridades à la ANDY WARHOL e pelas esculturas monumentais, evocando robôs, como a de NEWTON na nova Biblioteca Britânica. Vítima de doença degenerativa, uma lesão cerebral, estava paralítico havia quatro anos. Aos 81 anos, em LONDRES.
  
A concessão de asilo político ao presidente destituído, LUCIO GUTIÉRREZ, provocou um impasse diplomático entre EQUADOR e BRASIL. O novo governo não havia, até hoje à noite, concedido salvo-conduto para que ele seguisse para o BRASIL. GUTIÉRREZ está na casa do embaixador brasileiro, SÉRGIO FLORÊNCIO. O novo ministro de Governo, MAURÍCIO GÁNDARA, admitiu que o EQUADOR deveria permitir a saída, mas o chanceler ANTÔNIO PARRA GIL argumentou que pesa contra GUTIÉRREZ processo por corrupção. Para o ministro CELSO AMORIM, a deposição não seguiu a Constituição equatoriana.

Até mesmo os mais experientes agentes da PATRULHA DE FRONTEIRA, dos EUA, estão surpresos com o crescente número de brasileiros que vêm sendo apanhados ao entrar ilegalmente no país nos últimos meses. O recorde foi atingido na última quarta-feira, dia 20, quando 149 foram detidos no sul do TEXAS. Menos de 24 horas depois, ontem, mais 83 foram agarrados pela polícia na mesma região. Ao todo, foram 232 brasileiros presos em dois dias, entre eles seis crianças.

Um atentado de grupos rebeldes do IRAQUE provocou hoje a morte de onze pessoas e ferimentos em dezessete na mesquita xiita de SUBEIH, em BAGDÁ. A explosão de um carro-bomba no fim das preces de sexta-feira, o dia sagrado dos muçulmanos causou a tragédia, que cada vez fica mais comum nesse país conturbado pela escalada da violência para fomentar as hostilidades entre xiitas e sunitas. Um soldado americano morreu e outro ficou ferido num atentado semelhante perto de RAMADI, a oeste de BAGDÁ. Além disso, um comunicado militar informou hoje a morte de outros dois soldados, em TAL AFAR, 40 km a oeste de MOSSUL.  Cena de vídeo posto por rebeldes iraquianos na internet, depois que abateram, ontem, um helicóptero no IRAQUE, mostra o piloto búlgaro LYUBOMIR KOSTOV ainda vivo e, depois, levando quinze tiros dos extremistas. Os outros dez ocupantes morreram na queda. A jornalista romena MARIE JEANNE ION apela ao governo de seu país para que tire suas tropas do IRAQUE e salve sua vida e de outros dois compatriotas, o cinegrafista SORIN MISCOCI e o repórter EDUARD OHANESIAN, em outra fita de vídeo. Eles foram seqüestrados por rebeldes no dia 28 de março.
 
Começou hoje em MADRI o julgamento de 24 suspeitos de integrar a rede terrorista AL-QAEDA e de ter ajudado os envolvidos nos atentados de 11 de setembro nos EUA. Um dos acusados, o jornalista sírio TAYSIR ALONI, da TV árabe AL-JAZEERA, se encontrava em prisão domiciliar e foi posto em liberdade por motivos de saúde. Mas ele terá de comparecer todos os dias a uma delegacia. ALONY é acusado de ligações com a AL-QAEDA. Hoje também a SUÍÇA extraditou para a ESPANHA o marroquino MOHAMED ACHRAF, acusado de liderar uma célula terrorista que planejava explodir a Corte Suprema da ESPANHA.

Os 114 cardeais que elegeram BENTO XVI agora terão de ajudá-lo a governar a Igreja. O PAPA pediu a seus eleitores, durante audiência, às 11 horas, na SALA CLEMENTINA, que lhe dêem força para cumprir a missão que lhe confiaram. Além dos eleitores, estiveram na audiência os cardeais octogenários, que não participaram do conclave. BENTO XVI se levantou várias vezes da poltrona para abraçar os cardeais mais idosos ou com dificuldade de locomoção. O polonês ANDRZEJ DESKUR, de 81 anos, foi ao VATICANO em cadeira de rodas. Outros, como o cardeal BERNADIN GANTIN, de 82 anos, ex-prefeito da Congregação para os Bispos, usava bengala e era amparado por um padre.

MORREU nesta sexta-feira, aos 89 anos, o físico americano PHILIP MORRISON, que ajudou a montar com suas mãos a primeira bomba atômica e, depois de ver seus efeitos, transformou-se em um dos militantes antinucleares mais ativos dos EUA. MORRISON também inspirou a busca por inteligência extraterrestre, que defendeu em 1959 com seu colega GIUSEPPE COCCONI, da UNIVERSIDADE CORNELL. Segundo sua família, ele morreu em casa, em CAMBRIDGE, MASSACHUSETTS, enquanto dormia. Para o historiador CHARLES WEINER, do Instituto de Tecnologia de MASSACHUSETTS – onde MORRISON foi professor por quatro décadas – “o mundo perdeu uma das vozes mais importantes da consciência social na ciência”. No aniversário de 60 anos de MORRISON, em 1975, o também professor do MIT, VÍCTOR WEISSSKOPF, disse: “Ninguém melhor demonstrou, ou mesmo encarnou, o que significa para a alma humana perceber ou reconhecer uma nova descoberta científica”. 

2 006  :  -    SÁBADO           A 74515201832/
NESTE MOMENTO DE RACIOCÍNIOS CONFUSOS, E DILEMAS MORAIS, A MELHOR MANEIRA DE GUIAR-SE É ATRAVÉS DOS SENTIMENTOS, POIS ESTES, APESAR DE TER SIDO DEPRECIADO, PORQUE SUBJETIVOS, SÃO EXTREMAMENTE DEFINIDOS E SEGUROS.
A Diretoria Executiva e o Conselho Fiscal convidam Vossa Senhoria e digníssima família par participarem da solenidade comemorativa do 21º aniversário da AIPOMESP, juntamente com a inauguração de sua sede própria, sita à Rua GABRIEL PRESTES, 81, SANTANA/SP, entre as estações do metrô TIETÊ e CARANDIRU, a partir das 10,30 horas do dia 22 de abril de 2006.
Certos de podermos contar com a honrosa e importante presença de Vossa Senhoria para, juntos, homenagearmos a Instituição que representa a salvaguarda dos Policiais Militares, das Pensionistas e dos respectivos dependentes, aproveitamos a oportunidade para externar votos de estima e consideração.
PROGRAMAÇÃO:
Hasteamento das Bandeiras, com a participação da Banda da Polícia Militar
Leitura do Boletim comemorativo e visita às dependências da nova sede
Encerramento da Solenidade   

GESOFATO VERNIN
Presidente da AIPOMESP
A atual Associação dos Policiais Militares da Reserva, Reformados, da Ativa e Pensionistas da Caixa Beneficente da Polícia Militar do Estado de SÃO PAULO – AIPOMESP – nasceu de um projeto do CAPITÃO Res PM GESOFATO VERNIN, no sentido de lutar em defesa dos Policiais Militares, das Pensionistas e seus dependentes.
GESOFATO VERNIN, em um de seus grandes feitos na política, conseguiu a aprovação da Lei nº 866, de 11/12/1975, que promoveu os Subtenentes ao posto de Segundo Tenente da PM. Essa lei pioneira, abriu caminho para todas as outras, como por exemplo a 316/83, 418/85, 5451/86, 5455/86, 6471/89 e 6990/90, que beneficiaram as Praças da Polícia Militar.
Hoje, completando 21 anos de existência, com justiça e esforço pessoal, GESOFATO VERNIN inaugura a SEDE PRÓPRIA da AIPOMESP, uma vitrine entre todas as Associações de SÃO PAULO, com mais de 10.000 (dez mil) companheiros (as) em seu quadro social. Atualmente com 12 (doze) Regionais, 03 (três) Colônias de Férias, 01 (um) Clube de Pesca, dá assistência aos seus associados (as) e dependentes, na defesa da manutenção dos direitos adquiridos e em busca de mais benefícios e vantagens para os Inativos e Pensionistas, nas mais diversas áreas e regiões do Estado de SÃO PAULO.

Não saímos de casa nesta data. O GINO STRUFFALDI faz uma ligação telefônica pela manhã. Quer melhores esclarecimentos sobre a solenidade que acontecerá na Câmara Municipal, no dia 26 próximo, quando ele será homenageado com a entrega do Prêmio Escotista MÁRIO COVAS JÚNIOR DE AÇÃO VOLUNTÁRIA NA CIDADE DE SÃO PAULO. Comenta a nossa ida até o Estádio “JOÃO DO PULO”, ontem, quando assistimos ao jogo do MMDC/VERONA contra o ASAS. Na cobrança de pênaltis, o adversário ficou com o título. Mas o MMDC fez bonito. Time jovem, estreando neste ano, já conseguiu um vice-campeonato.
O sábado é todo dedicado aos meus arquivos e à minha memória. Procuro deixar em dia todos os meus apontamentos.
    
Contra o SÃO CAETANO, no PACAEMBU, o CORINTHIANS consegue sua primeira vitória no CAMPEONATO BRASILEIRO: 3 a 0. Em SANTA CATARINA, o PALMEIRAS levou 3 gols no início da partida e perdeu por 6 a 1 para o FIGUEIRENSE. O técnico LEÃO está ameaçado.

Ex-jogadores, treinadores, amigos e centenas de fãs do futebol, prestaram solidariedade à família de TELÊ SANTANA, hoje pela manhã. O corpo do ex-treinador da seleção brasileira foi enterrado no Cemitério PARQUE DA COLINA, na região oeste de BELO HORIZONTE. Em meio às homenagens prestadas por torcedores de clubes como FLUMINENSE, ATLÉTICO MINEIRO – que cantaram o hino do clube durante o enterro – e SÃO PAULO, ex-jogadores e técnicos tentaram retribuir, pela última vez, os ensinamentos deixados pelo Mestre.
Comandado pelo Mestre em cerca de 400 jogos, o ex-goleiro e hoje técnico ZETTI, era um dos mais emocionados. Integrante do elenco vitorioso do SÃO PAULO, entre 1990 e 1997, ele ressaltou o legado deixado por TELÊ, a quem considerava um segundo pai. “Ele tinha uma grande preocupação com os atletas em formação. Queria que esses atletas se tornassem profissionais com caráter”, disse. Tentando trilhar a carreira vitoriosa do mestre, ZETTI revelou que tenta repassar a seus jogadores os ensinamentos adquiridos durante anos de convivência e trabalho com TELÊ. Segundo o ex-goleiro do SÃO PAULO, o futebol tem duas fases. Antes e depois de TELÊ como técnico. Um dos maiores especialistas da posição, o zagueiro LUIZINHO foi convocado por TELÊ aos 21 anos quando defendia o ATLÉTICO MINEIRO, para disputar a COPA DO MUNDO DE 1982, também ressaltou a busca do ex-treinador pelo atleta perfeito e pelo futebol-arte. Além dos personagens do mundo esportivo, como TONINHO CEREZO e o ex-lateral do SÃO PAULO, RONALDO LUÍS, autoridades e personalidades do cenário político brasileiro, como o ex-presidente ITAMAR FRANCO, o senador EDUARDO AZEREDO e o novo ministro dos Esportes, ORLANDO SILVA, também prestaram suas últimas homenagens ao ex-treinador. 

A campanha de GERALDO ALCKMIN vai mudar, por pressão da bancada federal do PSDB. Esta semana o pré-candidato a presidente se reunirá com a bancada do partido e mudanças serão discutidas. O ex-governador de SÃO PAULO também jantará com deputados e senadores, na tentativa de maior aproximação, relata CARLOS MARCHI. O PSDB contratou uma equipe de comunicação experiente, sob o comando de LUIZ GONZALEZ, que deverá assumir imediatamente a estratégia geral da campanha. Essas providências, adotadas pelo presidente do Partido, senador TASSO JEREISSATI (CE), são responsáveis a um levante que estava em formação na bancada tucana contra o frio início da campanha.

Diante de boatos de que renunciaria à disputa pela candidatura do Partido dos Trabalhadores ao governo paulista, a pedido do presidente LULA, a ex-prefeita MARTA SUPLICY reforçou a agenda de rua até 7 de maio, quando enfrentará o  senador ALOIZIO MERCADANTE, o preferido de LULA, nas prévias do partido. “Vou firme e vou ganhar”, diz a ex-prefeita.

Um adolescente de 17 anos estrangulou e matou a própria mãe, durante a madrugada de hoje, no apartamento em que morava, num prédio de classe média do MORUMBI, bairro nobre da zona oeste da capital. O jovem alega ter sido ameaçado pela mãe com uma faca, durante uma briga. Vizinhos contam que mãe e filho brigavam sempre, devido ao mau desempenho escolar do garoto. Após a briga, ele entregou as chaves ao porteiro, como fazia regularmente, e foi à casa da mãe do seu ex-padrasto, em SANTO AMARO. Lá, contou à mulher que havia brigado com ZELI BOEIRA DE ABREU e que a deixara desmaiada. Preocupada, a mãe alertou o ex-padrasto – o professor de tênis MARCELO OLIVEIRA DE ABREU, 42 anos, sobre o caso. ABREU foi ao apartamento da ex-mulher, de quem estava separado há cinco anos, e a encontrou caída no chão no quarto. O menor foi detido na casa da mãe de ABREU, por volta das 9 horas. Segundo o  TENENTE PONTIOLLI, que o prendeu, o adolescente estava tranqüilo e não apresentava marcas de violência pelo corpo. Ele foi ouvido no 89 º Distrito Policial, acompanhado pelo advogado GERALDO SANDRINHO. O  menor chorou durante boa parte do depoimento e era consolado pelo ex-padrasto.

MICHAEL SCHUMACHER raramente pronuncia o nome de AYRTON SENNA. E não foi diferente hoje, em ÍMOLA, quando superou um recorde que durava havia doze anos e pertencia a SENNA. O piloto alemão da FERRARI chega a 66 POLES, diante das 65 do brasileiro. “Claro que esses números são importantes para mim, mas terão mais valor quando eu parar de correr. Não corro para bater recordes”, limitou-se a dizer. SENNA morreu em 1994, em ÍMOLA, depois de bater sua WILLIAMS com violência no muro. Mas persiste o consenso de que SHUMACHER se ressente de tudo o que aconteceu no início do MUNDIAL daquele ano. Ainda são grandes as suspeitas de que a BENETTON do alemão usava recursos então proibidos, como o controle da tração. Ou seja: SENNA estaria correndo contra um rival fora do regulamento, ficando exposto a riscos maiores do que os existentes na época. Muitos atribuem a esse fator a aversão a tudo o que cerca SENNA e sua morte, embora reconheça o brasileiro como “piloto excepcional”. O segundo no “grid” para amanhã é JENSON BUTTON. O terceiro é RUBENS BARRICHELLO, com outro brasileiro na segunda fila, FELIPE MASSA. O quinto é FERNANDO ALONSO (atual líder do mundial de 2006). Em sexto sairá RALF SCHUMACHER; em sétimo, JUAN PABLO MONTOYA; em oitavo, KIMI RAIKKONEN; em nono, JARNO TRULLI; em décimo, MARK WEBBER; em décimo-primeiro, GIANCARLO FISICHELLA.

O brasileiro HÉLIO CASTRONEVES, da PENSKE, comprovou na madrugada que é forte candidato ao título da INDY RACING LEAGUE: obteve no oval de MOTEGI, no JAPÃO, a segunda vitória seguida do ano, em três etapas. E um triunfo incontestável: liderou 184 das 200 voltas do GP. O inglês DAN WHELDON, atual campeão, foi segundo e o também brasileiro TONY KANAAN completou o pódio.    

Cerca de 100 mil pessoas desafiaram, hoje, o toque de recolher em KATMANDU, capital do NEPAL, e marcharam até o palácio do rei GYANENDRA para exigir sua renúncia. A polícia nepalesa reprimiu a manifestação com tiros e bombas de gás lacrimogêneo, o que resultou em mais de 240 feridos. Os distúrbios ocorreram um dia depois que o rei nepalês tentou resolver a crise política propondo a volta à democracia pluripartidária e a nomeação de um primeiro-ministro.

ALIDA VALLI, um dos grandes mitos do cinema italiano, morreu neste sábado, em ROMA, aos 85 anos, de causa não revelada. Conhecida principalmente pelo papel da condessa LIVIA SERPIERI, no clássico filme de LUCHINO VISCONTI, SEDUÇÃO DA CARNE (1954), ALIDA VALLI, que atuou até recentemente no cinema e no teatro, encerrou a carreira com 124 filmes. Nem todos bons, mas alguns marcantes, realizados pelos maiores cineastas italianos. Além de VISCONTI, a atriz, nascida na POLA, ISTRIA (hoje PULA, na CROÁCIA) como ALIDA MARIA ALTENBURGER, trabalhou com ANTONIONI (O GRITO, 1957), PASOLINI (ÉDIPO REI, 1967), BERTOLUCCI (A ESTRATÉGIA DA ARANHA, em 1970; NOVECENTO, em 1976, e LA LUNA, em 1979) e VALÉRIO ZURLINI (A PRIMEIRA NOITE DE TRANQÜILIDADE, em 1972). ALIDA estreou ainda menina no cinema, aos 13 anos, no filme IL CAPELLO A TRE PUNTE (O CHAPÉU DE TRÊS PONTAS), dirigido por MÁRIO CAMERINI. Sua beleza logo seduziu não só  a platéia italiana como a americana, levando o produtor DAVID SELZNICK a passar três dias inteiros vendo todos os seus filmes até contratá-la. ALIDA VALLI foi a primeira atriz européia convidada por HOLLYWOOD após o armistício, logo seguida pela sueca VIVECA LINDFORS (1920-1995), que também fez carreira nos EUA.
Na AMÉRICA, ALIDA VALLI trabalhou com HITCHCOCK e CAROL REED. Com o último fez o clássico O TERCEIRO HOMEM, em que ORSON WELLES faz o papel de HARRY LIME. O filme é mais dele e de JOSEPH COTTEN como um escritor de novelas baratas. Como o personagem de WELLES no filme, ALIDA VALLI, na vida real, tinha um passado discutido. Notícias (ou boatos) de revistas de fofocas atrasaram um bocado a liberação de seu visto de entrada nos EUA. Comentava-se, então, que ela tinha sido amante de MUSSOLINI.
A acolhida de SELZNICK não significou muito para a carreira de ALIDA VALLI. Além de HITCHCOCK e REDD, os papéis que HOLLYWOOD lhe deu não foram marcantes. Separada do marido, o pianista OSCAR DE MEJO, com quem se casou em 1944 e teve um filho, CARLO, ALIDA voltou à ITÁLIA em 1950 e deu sorte, sendo logo convidada por VISCONTI para atuar em SEDUÇÃO DA CARNE. É um de seus mais belos filmes. Como a mulher apaixonada pelo malandro tenente austríaco FRANZ MALHER (FALEY GRANGEER) que rouba o dinheiro dos resistentes italianos durante a ocupação austríaca para dar ao amante, ALIDA VALLI comove o espectador. Dividida entre o amor à pátria e sua paixão louca, a condessa é, talvez, a maior criação da atriz nos anos 1950, secundada por outra mulher dividida, a IRMA de O GRITO, realizado por ANTONIONI EM 1957. IRMA é uma protofeminista. Após um relacionamento amoroso de sete anos com um mecânico, ela recebe a notícia da morte de seu marido na AUSTRÁLIA. O amante, então, resolve legitimar a união, mas ela se nega a ficar com ele, dizendo que está apaixonada por outro homem. Mulheres fortes como a IRMA de O GRITO seriam uma constante na carreira (bastante irregular) de ALIDA VALLI após os anos 1950 (uma década pouco especial para ela, que chegou a participar de seriados de televisão, como DOUTOR KILDARE e COMBATE para ganhar a vida). Felizmente, para ela, em 1967, o polêmico diretor PIER PAOLO PASOLINI lembrou da atriz de VISCONTI e a convidou para o papel de MEROPE em ÉDIPO REI, adaptação da tragédia grega de SÓFOCLES.
A sorte muda para ALIDA VALLI nos anos 1970. Logo no primeiro ano da década ela filma com BERTOLUCCI o longa de estréia daquele que viria a ser um dos mais polêmicos diretores europeus. Em A ESTRATÉGIA DA ARANHA, baseado em JORGE LUIZ BORGES, ela interpreta DRAIFA, a amante de um herói morto pelos facistas. É um papel forte, mas nem tanto como sua pequena participação no hoje (injustamente) esquecido filme de VALÉRIO ZURLINI, A PRIMEIRA NOITE DE TRANQÜILIDADE, 1972. Ela trabalha ao lado de ALAIN DELON, que faz um professor de poesia existencialista apaixonado por sua filha VANINA (SÔNIA PETROVA). Curiosamente, VANINA VANINI, a jovem heroína de STENDHAL, foi um dos primeiros papéis românticos de ALIDA VALLI em ALÉM DO AMOR, 1940. A atriz voltaria a trabalhar com BERTOLUCCI em dois outros filmes nos anos 1970. Em 1976, ela participa do épico NOVECENTO e, três anos depois, assume novamente o papel de mãe em LA LUNA. Nenhum dos dois é um grande papel, mas a presença enigmática de ALIDA VALLI, com seus dois grandes olhos claros e sua expressão de eterna melancolia, basta.
A velhice não reservou grandes oportunidades para ela no cinema. Nas duas últimas décadas trabalhou em filmes alemães sem expressão (a exceção fica por conta de O LONGO SILÊNCIO, de MARGARETHE VON TROTTA, de 1993). Sua última aparição no cinema foi no filme SEMANA SANTA (2002), de PEPE DANQUART, ao lado de MIRA SORVINO.   

2 007     :      -      DOMINGO
MENDES conversa comigo, por telefone, acerca do vazamento de informação após a reunião da Diretoria Executiva, dando ciência ao CORONEL PM Res RICARDO JACOB de que o 1º TENENTE PM FÁBIO NAKAHARADA passou a ser o tesoureiro da Sociedade. O MENDES fica surpreso com essa notícia. Quem foi que transmitiu ao RICARDO essa informação? Isso fica para ser deslindado na semana que vem. O CORONEL MENDES encontra-se em seu sítio, em ATIBAIA.
Cumprimento o GINO e sua esposa, dona DINORAH, pelos 68 anos de casamento, transcorridos hoje. Seu neto DÊNIS, filho do ALDO, completou 30 anos ontem.
Faço um contato telefônico com a casa de ISRAEL DIAS NOVAES. Quero falar com esse antigo associado do MMDC sobre a Medalha da Constituição, mas ele já está deitado. ISRAEL não vai bem de saúde. Também procuro cumprimentar o CORONEL PM Ref JOÃO NIKOLUK, que hoje está completando 68 anos. Não consigo, o telefone está sempre ocupado.

O empate por 0 a 0 com o BRAGANTINO, hoje, no MORUMBI, classificou o SANTOS para a final do CAMPEONATO PAULISTA, contra o SÃO CAETANO. Os jogos estão marcados para os dias 29 de abril e 6 de maio. A chuva forte que caiu à tarde em SÃO PAULO deixou o gramado encharcado, prejudicando o toque de bola das equipes. No primeiro tempo, o SANTOS desperdiçou um pênalti com CLÉBER SANTANA. E ainda viu o time do interior explodir uma bola na trave de FÁBIO COSTA. 

O juiz federal MANOEL ÁLVARES, primeiro alvo da OPERAÇÃO TÊMIS, admitiu ligações com o advogado LUÍS ROBERTO PARDO, apontado pela Polícia Federal como o principal lobista de uma organização criminosa supostamente envolvida em venda de sentenças judiciais em causas tributárias. O magistrado revelou ter tido “bastante contato” com PARDO entre 1999 e 2001. Nessa época, ele entrou na lista de promoção para desembargador quatro vezes. O advogado teria intermediado encontros de MANOELZINHO, como é conhecido, com ministros do STF e do STJ e com deputados e senadores. “Se quiserem, podem quebrar o meu sigilo e me chamar para depor”, afirma, dizendo ter rendimento mensal líquido de 50 mil reais. “Minhas decisões são por convicção”. Ele assume ter dado duas ou três liminares favoráveis aos bingos, mas outras tantas contrárias ao jogo.
O desembargador JOSÉ RICARDO REGUEIRA, solto graças ao hábeas-corpus concedido pelo ministro do STF, CÉSAR PELUSO, atribuiu sua prisão na OPERAÇÃO HURRICANE “a uma armação do Ministério Público”. Ele voltou hoje ao RIO. PELUSO submeterá a decisão de soltar REGUEIRA, o desembargador JOSÉ EDUARDO ALVIM e o procurador PAULO SÉRGIO PEREIRA ao plenário do STF.

A Polícia Federal tem novos indícios de que houve vazamento de informações sobre a OPERAÇÃO TÊMIS. Um dia antes de deflagrar a ação, o desembargador ROBERTO HADDAD, investigado no suposto esquema de venda de sentenças, escondeu parte de sua coleção de carros antigos. O truque não deu certo porque a movimentação foi registrada por circuito interno de TV e as imagens que podem identificar inclusive quem retirou os veículos já estão em poder da PF. A polícia vai pedir ao Supremo Tribunal de Justiça autorização para apreender os carros de HADDAD.
Em uma eleição com participação recorde de eleitores – cerca de 85% - os franceses decidiram depois de doze anos restabelecer a oposição direita-esquerda, criada na Revolução Francesa. Eles escolheram o ex-ministro do Interior NICOLAS SARKOZY, da União por um Movimento Popular (UMP), com 31,11% dos votos, e a deputada SÉGOLÈNE ROYAL do Partido Socialista, com 25,84%, como seus representantes no segundo turno das eleições presidenciais, marcado para 6 de maio. FRANÇOIS BAYROU, da União pela Democracia Francesa (UDF), obteve 18,55% e JEAN-MARIE LE PEN, ultraconservador da Frente Nacional (FN), finalista em 2002, foi o maior derrotado, ficando com apenas 10,51%. Os resultados confirmaram os prognósticos do Ministério do Interior e as primeiras pesquisas de boca-de-urna. A deputada socialista SÉGOLÈNE ROYAL obteve o mesmo porcentual alcançado pelo ex-presidente FRANÇOIS MITTERRAND, ícone da esquerda, em 1981.

Já no primeiro grande torneio da temporada européia de saibro – MONTECARLO – RAFAEL NADAL mostrou sua marca registrada: mordeu a taça de campeão na festa pelo tricampeonato do MASTERS SERIES. Ao vencer ROGER FEDERER, o espanhol, de 20 anos, chegou a números incríveis e se mostra merecedor da coroa de rei do saibro. Chegou à 67ª vitória seguida na superfície, ampliou para 7 a 3 a vantagem diante do número 1 do mundo – venceu todos os cinco jogos no saibro diante do líder do ranking – e ainda se igualou a lendas do tênis, também tricampeões em MÔNACO, como ILIE NASTASE (1971 A 1973), BJORN BORG (1973, 1979 e 1980) e TOMAS MUSTER (1992, 1995 e 1996).
Para FEDERER o momento é um dos piores desde que se tornou líder do ranking. Perdeu duas vezes seguidas para GUILLERMO CAÑAS, em INDIAN WELLS e MIAMI, e chega a seu terceiro torneio sem título. Em 2006, perdeu três vezes de NADAL no saibro, mas agora os maus resultados começaram já nas quadras duras. 
Com o título, NADAL levou 500 pontos para o ranking e um prêmio de 340 mil dólares. Não ameaça a liderança de FEDERER, que tem o primeiro lugar assegurado pelo menos até a defesa do título de WIMBLEDON, em julho.


Extremistas islâmicos executaram hoje 23 curdos iraquianos seguidores de uma antiga seita no norte do IRAQUE. No restante do país, pelo menos 38 pessoas morreram em vários atentados. O massacre ocorreu em MOSSUL, onde militantes islâmicos interceptaram um ônibus que levava trabalhadores cristãos e da seita yazidi para a cidade de BASHIKA. De acordo com testemunhas, os extremistas exigiram os documentos de identificação de cada passageiro e libertaram apenas os cristãos. Os yazidis foram levados para um beco da cidade, onde foram mortos a tiros.

O cineasta ALBERTO GRIFI, considerado um dos representantes do cinema experimental italiano, morreu neste domingo, aos 69 anos – estava doente havia tempos, informou sua família. Ele nasceu em ROMA, em 1938, e era filho de um construtor de máquinas especiais de cinema. Além de diretor de filmes, GRIFI também foi pintor, ator, fotógrafo publicitário e inventor do videógrafo, dispositivo que ele usou para fazer sua obra mais famosa, ANNA, em 1972. Esse filme foi o primeiro gravado na ITÁLIA em vídeo e depois transposto para película, para ser exibido na tela grande. ALBERTO GRIFI será enterrado na terça-feira, dia 24, em sua cidade natal.

2 008      :      -     TERÇA-FEIRA
A semana promete em “DUAS CARAS”. Ontem foi ao ar a cena do seqüestro de PETRUS (SÉRGIO VIEIRA) e a suposta morte de JUVENAL (ANTÔNIO FAGUNDES). Hoje, o líder da PORTELINHA “ressuscita” após ser socorrido por HUMBERTO (WÉRNER SCHÜNEMANN), mata DORGIVAL (ÂNGELO ANTÔNIO) de susto e é aclamado na favela. Mas JUVENAL não tem tempo de comemorar, já que RONILDO (RODRIGO HILBERT) seqüestra sua filha SOLANGE (SHERON MENEZES).
No lado chique da trama, SÍLVIA (ALINNE MORAES) leva finalmente um pontapé de FERRAÇO (DALTON VIGH). Até a mala da beata EDIVÂNIA (SUSANA RIBEIRO) terá um grande destaque: ela irá salvar ALZIRA (FLÁVIA ALESSANDRA) de DORGIVAL. “Iria chegar o momento em que ela se arrependeria. EDIVÂNIA estava irritante. Antes, era engraçada. Agora, no final, acho que vai conquistar todo mundo”, acredita SUSANA RIBEIRO.
Se alguns encontram a redenção, outros mostram a sua verdadeira face. Até EVILÁSIO (LÁZARO RAMOS) fica sensibilizado ao saber que o padrinho quase foi morto. “Eles são candidatos diferentes, mas têm uma coisa em comum: o amor pela PORTELINHA”, explica LÁZARO RAMOS. O que EVILÁSIO não sabe é que JUVENAL usa o fato para ganhar votos ao dizer que foi vítima de um atentado. “Ele (JUVENAL) sempre teve métodos questionáveis”. Com a mentira, o líder da favela se sai muito bem nas pesquisas de boca de urna, com um número de votos seis vezes maior do que o do afilhado e concorrente.
A morte de RONILDO será inspirada no seqüestro do ônibus 174, ocorrido no RIO em 2000, pelo ex-menino de rua SANDRO DO NASCIMENTO, que acabou com a morte de uma refém e do assaltante. O curioso é que RODRIGO HILBERT acaba de ser pai (os filhos nasceram na sexta-feira) e nem curtirá os gêmeos porque vai terminar de gravar a seqüência hoje.
O filho de GUIGUI (MARÍLIA GABRIELA) rouba o dinheiro da associação e seqüestra a filha de JUVENAL para poder escapar. JUVENAL vê os dois num ônibus e os persegue. Após pedir um carro para fugir, RONILDO libera SOLANGE, mas exige que o pai dela dirija o carro. No veículo, os dois se atracam. A arma de RONILDO dispara e o bandido morre.

Quando chego na Sociedade a funcionária MARINEI tomou ciência do falecimento do patrão de seu marido. O PM entra em desespero, pois trabalhava com essa pessoa há cerca de sete anos. O presidente GINO e sua esposa, dona DINORAH, estão comemorando hoje os 69 anos de casamento. Telefono a ele e a família está reunida para festejar esse acontecimento.
Apenas encontro RONALDO à testa do MMDS. Diz ele que VICTÓRIO foi fazer exames de rotina num hospital onde se trata. Os demais oficiais estão dando suas costumeiras aulas. A situação financeira da Entidade não é das boas.
Não temos grandes problemas na Sociedade, nesta tarde. Preciso falar com o poeta PAULO BOMFIM, a respeito da concessão da Medalha MMDC, por parte do núcleo de GUARULHOS, para o presidente do Tribunal de Justiça. Acontece que o PAULO BOMFIM não se encontra no TJ neste dia.

Um tremor de 5,2 graus na Escala RICHTER, com epicentro no Oceano Atlântico, a 218 km de SÃO VICENTE e a 270 km de SÃO PAULO, teve reflexos em 20 cidades paulistas e em pelo menos quatro outros Estados – MINAS, RIO, PARANÁ e SANTA CATARINA. Foi o maior sismo já registrado no Estado de SÃO PAULO. De acordo com o geólogo CRISTIANO CHIMPLIGANOND, do Observatório Sismológico da Universidade de Brasília, foi um terremoto de “magnitude considerável” que, se tivesse o epicentro no continente, poderia ter provocado danos graves. Ele lembrou que no dia 9 de dezembro, um tremor de magnitude menor (4,9 graus) provocou desabamento de casas e a morte de uma criança no norte de MINAS. Não houve registro de pessoas feridas.
O terremoto começou às 21 horas e durou cerca de cinco segundos. O epicentro do tremor estava a 10 quilômetros de profundidade. Medições feitas no observatório sismológico de BRASÍLIA mostram que, nos últimos dez anos, mais de 5 mil abalos foram registrados no País, sendo 400 deles com magnitude igual ou superior a 3 graus na escala RICHTER. O maior terremoto anterior em SÃO PAULO atingiu 5,1 graus em 27 de janeiro de 1922, na cidade de MOGI-GUAÇU. O terremoto mais forte registrado no País atingiu 6,2 graus, em 1955, em PORTO DOS GAÚCHOS (MT).
Segundo o comando da Polícia Militar, até às 22:05 horas não havia informações sobre vítimas em SÃO PAULO. O Corpo de Bombeiros despachou dois carros para fazer uma vistoria técnica no Hospital Estadual VILA ALPINA, na zona leste. Uma rachadura de um metro surgiu, às 21:10 horas, na sala onde funciona a central de reserva de leitos. O tremor foi sentido em cidades do VALE DO PARAÍBA e do litoral norte de SÃO PAULO. No RIO, o tremor foi percebido por moradores da zona norte e oeste, além do município de ANGRA DOS REIS. Dezenas de pessoas ligaram de JACAREPAGUÁ, PENHA, ILHA DO GOVERNADOR e BRÁS DE PINA para os bombeiros informando terem sentido a terra tremer.

Militantes sem teto da União Nacional por Moradia Popular (UNMP) ocuparam dois espaços em SÃO PAULO, hoje, em protesto que se repetiu em capitais de outros quatro Estados. Novas ocupações estão programadas para amanhã, uma delas na capital paulista, de madrugada. A movimentação começou pela manhã, quando militantes do FÓRUM DOS CORTIÇOS, entidade filiada à UNMP, invadiram um prédio do INSS na Rua XAVIER DE TOLEDO, no centro. A maioria dos SEM-TETO era idosa, pois o objetivo era chamar a atenção para a falta de moradia para essa faixa da população. Segundo VERÔNICA KROLL, líder do fórum, após negociação, os manifestantes abandonaram o edifício pacificamente.
Uma lixeira a céu aberto e em plena Esplanada dos Ministérios. Foi assim que amanheceu BRASÍLIA, hoje, horas depois do encerramento dos shows que comemoraram os 48 anos da capital federal, no feriado de TIRADENTES. Pelos cálculos da Polícia Militar, cerca de 1,2 milhão de pessoas passaram pela Esplanada. Só a concentração para os shows reuniu em torno de 600 mil pessoas.
Ao todo, a Esplanada dos Ministérios reuniu quatro palcos com shows e espetáculos variados que foram da música ao esporte, da Esquadrilha da Fumaça a exibições circenses. Por causa disso, muita gente montou acampamento no local e passou o dia e parte da noite de terça-feira dormindo, cozinhando, comendo e usando os poucos banheiros à disposição na Esplanada.

No oitavo dia de operação do BATALHÃO DE OPERAÇÕES ESPECIAIS (BOPE) na favela da VILA CRUZEIRO, na PENHA, zona norte do RIO, homens do 16º Batalhão de Polícia Militar apreenderam uma arma de fabricação caseira adaptada de uma escopeta para receber munição ponto 50, capaz de penetrar blindagens de carros e derrubar aeronaves de combate.
Apesar de o BOPE ter hasteado sua bandeira (preta, com o símbolo da caveira) no ponto mais alto da favela, o tenente FÁBIO LECIM reconheceu que o COMPLEXO DA PENHA, vizinho ao COMPLEXO DO ALEMÃO, não está dominado. “A situação está mais fácil, porque era impossível chegarmos antes onde a arma foi apreendida. No entanto, encontramos marginais na contenção e resistência. Nosso objetivo e orientação é o domínio total da área.”

Pelo segundo dia seguido, equipes da Marinha, da Polícia Militar e da Força Aérea Brasileira não tiveram sucesso nas buscas pelo padre ADELIR DE CARLI, de 41 anos, que está desaparecido provavelmente no litoral de SANTA CATARINA. Ele tentava fazer um vôo de 20 horas, sentado em uma cadeira içada ao ar por balões de festa, cheios de gás hélio. A decolagem foi por volta das 13 horas de domingo, em PARANAGUÁ, no litoral do PARANÁ. Às 21 horas do mesmo dia, ele entrou em contato com o GRUPO DE RADIOPATRULHAMENTO AÉREO de JOIVILLE (SC), dizendo que estava pousando no mar. Seu destino original era o interior do PARANÁ.
O equipamento que o padre levava era composto por mil balões. Alguns tinham sido avistados no mar, ontem. Um conjunto deles foi percebido na região de PORTO BELO, ao sul de SÃO FRANCISCO DO SUL, onde as buscas concentraram-se no dia anterior. Por volta do meio-dia, outro grupo foi avistado a 50 km de distância da ILHA DE SANTA CATARINA (FLORIANÓPOLIS).   

A polícia tirou o pé do acelerador. A expectativa de concluir hoje o inquérito policial sobre o assassinato de ISABELLA NARDONI, foi substituída pela decisão da polícia de anexar os laudos da perícia ao inquérito. A decisão permitirá que os advogados de ALEXANDRE NARDONI e ANNA CAROLINA JATOBÁ tenham acesso aos documentos, em resposta à ameaça da defesa de recorrer à Corregedoria da Polícia Civil. Além disso, a polícia pretende fazer, no dia 27 (domingo) a reconstituição do crime e a acareação entre os indiciados e ouvir os depoimentos de quatro testemunhas – o pai e a irmã de ALEXANDRE e dois moradores do Edifício LONDON, onde o crime ocorreu. Assim, o inquérito só deve ser relatado pelos delegados do 9º Distrito Policial (CARANDIRU) na próxima semana, quando, além de apontarem o casal como autor do crime, eles deverão pedir à Justiça a decretação da prisão preventiva de ALEXANDRE e ANNA CAROLINA. A decisão de prorrogar as investigações foi tomada em uma reunião realizada na Secretaria da Segurança Pública. Delegados, peritos e um médico-legista se reuniram pela manhã com o secretário RONALDO MARZAGÃO.

Preocupada em proteger a ministra da Casa Civil, DILMA ROUSSEFF, de ataques da oposição, a base aliada desencadeou hoje uma operação de blindagem para retirar a “mãe do PAC” da linha de tiro. Depois de cochilar e permitir na semana passada a aprovação de um requerimento convocando DILMA para depor sobre a montagem do dossiê com gastos do ex-presidente FERNANDO HENRIQUE CARDOSO, na Comissão de Infra-Estrutura, senadores da base aliada do governo deram o troco. Os governistas recorreram à mesma tática-surpresa utilizada pelo PSDB e pelo DEM para rejeitar requerimento que, mais uma vez, convocava a ministra para falar sobre o dossiê, desta vez na Comissão do Meio Ambiente.

O RIO enfrenta a pior epidemia de dengue da história, com o maior número de mortes. Em menos de quatro meses, os óbitos já superaram o total registrado no ano de 2002, até então a situação mais grave. A Secretaria de Estado da Saúde confirmou hoje que 92 pessoas morreram da doença nos quatro primeiros meses deste ano e houve 110.783 casos notificados. Outros 96 óbitos estão sob investigação. Dos mortos, 42% tinham menos de quinze anos.

MÁRCIO SANTOS, tetracampeão do mundo com a seleção em 1994, sofreu um acidente vascular cerebral e está no Hospital do Coração de BALNEÁRIO CAMBORIÚ (SC). O quadro é estável, mas não há previsão de alta. Segundo o TERRA, o ex-zagueiro de 38 anos foi internado no sábado, dia 19, com dores, tonturas e dificuldades na fala.

A ex-primeira dama americana HILLARY CLINTON obteve hoje nas primárias democratas da PENSILVÂNIA uma confortável vitória, crucial para se manter viva na corrida rumo à CASA BRANCA. Seu triunfo sobre o senador BARACK OBAMA, que continua liderando a corrida, foi projetado pelas TVs americanas com base em resultados parciais e pesquisas de boca-de-urna. Apurados 89% dos votos, HILLARY estava com 55% dos votos, enquanto OBAMA tinha 45%. Com isso, segundo contagem da TV CNN, a senadora garantia 40 e o senador, 37 dos 158 delegados em jogo no Estado.

2 009     :     -      QUARTA-FEIRA
Falece o 1º TENENTE PM Ref ARCHIMEDES MIGUEL DOS SANTOS, no Hospital da CRUZ AZUL, onde esteve internado por 48 horas. Oriundo da então Guarda Civil de São Paulo, no serviço ativo exerceu suas funções na Secretaria da Fazenda na confecção dos antigos “borrões” (folha de pagamento), mais tarde nos Serviços de Fundos (GC) e de Finanças 9PM. Na reserva foi Diretor do Patrimônio na ADPM até 1996. A partir daí passou a freqüentar a AORRPM, principalmente a sauna onde participava com os amigos das cantorias do conjunto do MAJOR PM BRANDÃO. Estava com 79 anos, era viúvo da senhora MARIA DA PENHA DOS SANTOS e pai do TENENTE EB EDUARDO MIGUEL DOS SANTOS, psicólogo, casado com a senhora SORAIA, também psicóloga, ambos residentes na cidade de SUMARÉ (SP). Será sepultado no cemitério PARQUE DOS PINHEIROS. 
Há dias que têm um significado diferente para nós. Hoje, por exemplo, será uma data especial para os associados do MMDC. Comemoraremos os setenta anos de casados de GINO e dona DINORAH. É um exemplo de casal digno de ser imitado e muito difícil de vermos nos dias atuais, onde tudo é imediatismo e o vínculo matrimônio algo que está se desfazendo conforme os anos vão passando. Além dos consideráveis setenta anos também temos de acrescentar a maravilhosa família que GINO e DINORAH construíram durante todo esse tempo.
Vou mais cedo para a cidade de São Paulo. Encontro a funcionária MARINEI e a faxineira ANA trabalhando para deixar a Sociedade Veteranos de 32-MMDC em condições de receber seus convidados. Os primeiros a chegar: GINO, dona DINORAH RIBAS STRUFFALDI, ALDO STRUFFALDI e DÉCIO BRASILPEREIRA. Acontece que comparece na Sociedade um antigo conhecido que vem pleiteando Pensão Especial deixada pelo seu pai, mas que não consegue provar a participação dele na Revolução Constitucionalista. Tenho de dar atenção para ele durante um bom tempo. Os convidados vão chegando depois das 15 horas: PEDRO MÁRIO FÁVERO, SARGENTO PM CLEMENTE, CORONEL ARY CANAVÓ, PROFESSORA MARIA ODETE CRUZ PINTO, VERA CAMPOS DE CASTRO CINTRA CORONEL PM Ref MANOEL ABISSI NOGUEIRA (convidado, representando a COOPMIL), FRANCISCO GIANNOCCARO (Coordenador da Comissão Cívica e Cultural da Associação Comercial), DOUTORA NELLY MARTINS FERREIRA CANDEIAS (Presidente do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo), dona DIRCE RUDGE PACHECO E SILVA, (atual Comandante do Exército Constitucionalista, acompanhada de seu filho MARIO, - seu neto ALEXANDRE CASTILHO encontra-se nos ESTADOS UNIDOS e retornará dia 28), veteraníssimo OSWALDO DIANA (que completará 100 anos no dia 23 de junho, acompanhado de sua filha ORIVALDA ARGENTINA DIANA, veterano ABRAHÃO YÁZIGI (com seus 98 anos), professor JOSÉ CARLOS DE BARROS LIMA, Presidente da Comissão do Resgate da Memória da Revolução Constitucionalista, Diretor do Museu ‘MARIA SOLDADO’ e também Coordenador do núcleo da Sociedade na LAPA, acompanhado de dona MARGARIDA ROSA, nossa Diretora do Acervo Histórico e Biblioteca, FRANCES DE AZEVEDO (nossa associada poeta), MITSUKO MAIA, PEDRO PAULO PENNA TRINDADE Diretor da Comunicação Social), PAULO SILVA, ELAINE GOMES (neta do CORONEL ROMÃO GOMES, um dos heróis do Movimento Constitucionalista de 1932), desembargador BENEDICTO PEREIRA CORTEZ, 1º TENENTE do Exército Brasileiro DANIEL DE BARROS ARDITO, do GRUPO BANDEIRANTES, representando o TENENTE-CORONEL HÉLIO, comandante daquela Unidade do Exército, situada em BARUERI.
Todos elogiam as novas dependências da Sociedade. O Sr ÁLVARO TAVARES G. SOUSA, da UNIÃO DOS ESCOTEIROS DO BRASIL – SEÇÃO DE SÃO PAULO, comparece nesta tarde para galardoar com a MEDALHA CRUZ DE SÃO JORGE o presidente GINO STRUFFALDI, o vice CORONEL PM Ref ANTÔNIO CARLOS MENDES e o secretário CORONEL PM Ref MÁRIO FONSECA VENTURA. Acontece que para essa pequena solenidade interna vamos aguardar a chegada do CORONEL PM MENDES, que passou a manhã toda entregando ofícios de outorga da Medalha MMDC para 23 de maio nas Forças Armadas e outros lugares.
O próprio CORONEL MENDES vai exercer a função de Mestre de Cerimônias. O Sr ÁLVARO TAVARES condecora o GINO, o MENDES e a mim.

A UNIÃO DOS ESCOTEIROS DO BRASIL
Atendendo aos relevantes serviços prestados concede ao

CORONEL PM MÁRIO FONSECA VENTURA
a Medalha CRUZ DE SÃO JORGE 

de acordo com decisão da Diretoria Executiva Nacional 

CURITIBA, 16 de abril de 2009 

PAULO SALAMUNI DIRETOR PRESIDENTE
Nosso Presidente, GINO STRUFFALDI faz uso da palavra e demonstra emoção por estar completando 70 anos de casado com dona DINORAH. Esta canta uma música para o seu marido, dando uma cor mais deliciosa ao evento.
Os aniversariantes de janeiro, fevereiro, março e abril que se encontram presentes se posicionam para cortar o bolo. FRANCES DE AZEVEDO declama uma poesia alusiva à revolução constitucionalista. Fala o veterano ABRAHÃO YÁZIGI e PEDRO PAULO PENNA TRINDADE também declama a poesia “EU TE AMO SÃO PAULO”. O ambiente é de grande alegria. É um verdadeiro congraçamento nesta tarde. O 22 de abril também significa a pré-reinauguração das novas dependências do MMDC após a reforma (que ainda não está concluída). CRISTIANO, OLIVEIRA, DANILO e RAFAEL também chegam para abrilhantar a festa.
Repisamos a todos os presentes a necessidade do comparecimento de todos, no próximo dia 30, para a ASSEMBLÉIA GERAL ELEITORAL, conforme manda o nosso Estatuto. Segundo tudo indica, teremos apenas uma chapa, com a possível reeleição dos atuais presidentes da Diretoria Executiva, Conselho Deliberativo e Conselho Fiscal.
Somente depois das 17 horas é que os convidados vão se retirando e isso vai até às 18:30 horas.
Já em casa assisto no Jornal Nacional uma reportagem sobre um “bate-boca” entre os ministros do STF, JOAQUIM BARBOSA e GILMAR MENDES. Depois, pelo GBB, consigo copiar a seguinte mensagem:
Ministro do STF diz que Gilmar Mendes estraga Judiciário
22 de abril de 2009 • 19h41 • atualizado às 21h30

Laryssa Borges
Direto de Brasília
O ministro Joaquim Barbosa, do Supremo Tribunal Federal (STF), atacou duramente na noite desta quarta-feira o presidente da Corte, Gilmar Mendes, e disse que seu colega de tribunal "destrói a credibilidade do Judiciário brasileiro". Mendes coordenava o julgamento de um processo sobre a Previdência pública no Paraná, quando indagou sobre o fato de Barbosa ter questionado uma suposta "sonegação de informações" sobre o caso.
Agressivo, Joaquim Barbosa atacou dizendo que o presidente do STF não tinha conhecimento da realidade brasileira, pois só se preocupava em aparecer em jornais e revistas e televisões. "Saia à rua, ministro Gilmar. Saia à rua! Faça o que eu faço. Vossa Excelência não está na rua não. Vossa Excelência está na mídia destruindo a credibilidade do Judiciário brasileiro. É isso", atacou o magistrado.
Durante a discussão, os ministros Carlos Ayres Britto e Marco Aurélio chegaram a pedir ponderação nas palavras de Barbosa. Constrangido, Gilmar Mendes sorria e pediu respeito ao companheiro de toga.
"Vossa Excelência não tem condição de dar lição a ninguém", disparou Mendes. "E nem Vossa Excelência. Vossa Excelência me respeite. Vossa Excelência não tem condição alguma. Vossa Excelência está destruindo a Justiça desse País e vem agora dar lição de moral em mim? Vossa Excelência não está falando com os seus capangas do Mato Grosso, ministro Gilmar. Respeite!", rebateu Barbosa.
Instantes depois da discussão, as imagens já estavam disponíveis no site de vídeos YouTube. O término da sessão foi articulado pelos ministros que acompanharam o bate-boca.
Mais tarde consigo copiar também o 19º capítulo da sétima temporada de “24 HORAS”, pura adrenalina, muita ação por parte de JACK BAUER, apesar dele estar contaminado por um vírus mortal.
O belo futebol do SANTOS, que encantou a torcida nas semifinais do ESTADUAL, passou longe da VILA BELMIRO nesta noite, na derrota por 1 a 0 para o CSA, que tirou a equipe da COPA DO BRASIL de forma surpreendente. Às vésperas da decisão do PAULISTA contra o CORINTHIANS, o time do técnico VÁGNER MANCINI amargou a eliminação em casa para um clube ameaçado de cair para a segunda divisão do Campeonato Alagoano.
Visivelmente abalado pela eliminação no PAULISTÃO, o SÃO PAULO sofreu para vencer o AMÉRICA DE CALI por 2 a 1, pela última rodada da fase de grupos da TAÇA LIBERTADORES DA AMÉRICA. Com o resultado, o TRICOLOR se mantev na liderança do Grupo 4 e chegou a 13 pontos. O adversário das oitavas-de-final só sairá após o final da segunda fase, que se encerra no dia 30 de abril. 
Depois de conquistar seu 14º título de um torneio da série MASTERS em MONTE CARLO, domingo, RAFAEL NADAL estreou hoje em mais um desafio no saibro, o ATP DE BARCELONA. Em seu país, o número 1 do mundo atropelou o português FREDERICO GIL e passou às oitavas-de-final. Amanhã ele enfrenta o belga CRISTOPHE ROCHUS, 61º no ranking.

Usado como fonte de renda da Arquidiocese de São Paulo, o que restou do Seminário Episcopal da LUZ, no centro, está desfigurado. Hoje, alguns comerciantes dizem pagar cerca de três mil reais de aluguel pelas lojas instaladas ali – locações ocorrem pelo menos desde meados do século passado. No início do mês, a Prefeitura pediu à proprietária a demolição de construções irregulares e a apresentação de um projeto de revitalização para o imóvel, de 153 anos. A Secretaria Municipal da Cultura diz que o assunto está sendo discutido com o Ministério Público Estadual desde fevereiro. O prédio hoje mistura paredes de taipa de pilão – técnica originária de PORTUGAL, que consiste na prensagem de barro entre madeira – como as feitas em blocos de cimento e tijolo baianos. O exterior, voltado para a rua, expõe pinturas de cores variadas e porcenalato. Nos fundos, mantém-se uma oficina de restauro de cadeiras de aço usadas nos comércios. Os atuais locatários vendem vestidos de noiva e de festa. Treze lojas abertas nas fachadas ao longo de trechos da Avenida TIRADENTES e da Rua SÃO CAETANO – conhecida como RUA DAS NOIVAS – expõem as peças. O interior abriga as oficinas de costura, espaços para lavar roupas, provadores e escritórios. Um grupo de donos dos negócios, que alega não ser responsável pelo que a Prefeitura julga irregular, teme ter de arcar com o prejuízo. Dizem-se favoráveis ao restauro, desde que se mantenham as condições para continuarem no imóvel. A arquidiocese tem até o dia 11 de maio para atender às solicitações municipais. Caso não o faça, a Subprefeitura da SÉ será acionada para adotar as “medidas cabíveis”.
Primeiro seminário da capital, construído por exigência das leis canônicas, o imóvel teve obras iniciadas em 1853 e concluídas em 1856. A aquisição do terreno foi feita com dinheiro da Corte e de “esmola de fiéis”, segundo a tese de doutoramento em Ciências da Religião de PATRÍCIA CARLA DE MELO MARTINS. O loteamento começou em 1915 – quando se destruiu o jardim que fazia parte do imóvel. A desativação ocorreu em 1927.

Inconformado por ter perdido a guarda do filho LUÍS RENATO, de 5 anos, o advogado e professor-doutor de Direito da Universidade de São Paulo (USP) e da Universidade SÃO JUDAS, RENATO VENTURA RIBEIRO, de 39 anos, matou o menino com um tiro na nuca e cometeu suicídio. A tragédia aconteceu no feriado prolongado de TIRADENTES, no apartamento 126 da Avenida SENADOR CASEMIRO DA ROCHA, 1.257, na VILA CLEMENTINO, zona sul da capital. Os corpos só foram encontrados hoje. A Polícia Civil não sabe definir exatamente quando ocorreu o crime. Mas apurou que a mãe da criança, FABIANE HUNGARO MENINA, de 37 anos, entregou o filho ao pai na sexta-feira à tarde. Ele deveria ficar com a criança até domingo. Como não apareceu, FABIANE prestou queixa no 16º DP (VILA CLEMENTINO), onde foi registrado na segunda-feira um boletim de ocorrência de subtração de incapaz. A 2ª Delegacia de Defesa da Mulher abriu inquérito no mesmo dia. LUÍS RENATO foi fruto de um relacionamento de seis meses do casal. O pai sempre quis a guarda do filho e, por isso, entrou com ação na Justiça. Segundo o titular do 16º DP, VIRGÍLIO GUERREIRO NETO, a sentença saiu há dez dias e foi favorável à mãe. RIBEIRO não gostou, chegou a dizer que iria viajar e desaparecer com LUÍS RENATO.
Os corpos foram encontrados pela empregada doméstica MÁRCIA SOUZA, de 36 anos. Ela trabalhava para RIBEIRO havia nove anos.      

Uma quadrilha formada por cerca de 15 pessoas bloqueou os dois lados da Avenida DONA BELMIRA MARIN, no GRAJAÚ, zona sul, hoje de madrugada, para arrombar caixas eletrônicos de uma agência do BANCO DO BRASIL. Armados de espingardas e fuzis, os bandidos usaram um ônibus e outros sete veículos roubados para fechar as pistas. Motoristas foram levados a um posto de gasolina próximo e mantidos reféns. A ação, ocorrida entre 3:15 e 3:30 horas, acabou frustrada, porque o vigia da agência estranhou a movimentação e acionou o alarme de segurança. Em menos de 5 minutos, uma viatura do Resgate do Corpo de Bombeiros chegava ao local. Ao ouvir o barulho da sirene, os assaltantes pensaram que se tratava da polícia e fugiram sem levar nada.

O policial civil JOSÉ CARLOS CARDOSO, de 58 anos, foi assassinado durante uma tentativa de assalto no bairro do SACOMÃ, zona sul da capital, na noite de ontem. Antes de ser baleado, CARDOSO conseguiu atingir um tiro em um dos criminosos, que acabou preso horas depois em um hospital de SÃO CAETANO DO SUL, no ABC. CARDOSO era chefe dos investigadores do 7º DP de SÃO BERNARDO DO CAMPO, no ABC, e estava na polícia havia 30 anos.

KEN ANNAKIN morre nesta quarta-feira, aos 94 anos. Em fevereiro, em havia sofrido um derrame cerebral. Diretor inglês de prestígio internacional, ganhou projeção com MIRANDA, em 1948, sobre sereia que subverte a rotina de um casal respeitável. Seu currículo de artesão inclui filmes de diversos gêneros, vários deles muito bons – A CIDADELA DOS ROBINSON, ESSES HOMENS MARAVILHOSOS E SUAS MÁQUINAS VOADORAS, O MAIS LONGO DOS DIAS, UMA BATALHA NO INFERNO, CATÁSTROFE NAS SELVAS. KEN ANNAKIN foi muito melhor do que sugere sua modesta reputação. MIKE LEIGH definiu-o como “verdadeiro mestre do cinema comercial de qualidade”.

2 010          :          -       QUARTA-FEIRA
Pela manhã, no computador, pela Internet, fico sabendo da morte do CORONEL PM Ref LENIMAR VICENTE MINIERI. Ele nasceu em 23 de setembro de 1946. Entrou para a PMESP em 7 de março de 1966. Foi declarado ASPIRANTE A OFICIAL no dia 15 de agosto de 190. PROMOÇÕES: 2º TENENTE – 15 de dezembro de 1970; 1º TENENTE – 15 de dezembro de 1975; CAPITÃO – 24 de maio de 1975; MAJOR – 24 de maio de 1988. TENENTE-CORONEL – 24 de maio de 1993.
Caros companheiros.
É com imensa tristeza que informo que mais um integrante do nosso Bandão nos deixou.
Nesta noite o Lenimar Vicente Minieri faleceu em sua residência em Florianópolis.
Ainda não tenho mais detalhes do enterro, pois estou no momento em SP.
Mas assim que tiver mais informações, passarei.
Abraços
Mena Barreto
Estimados amigos do Bandão,
Bom dia!...
Com pesar, repasso a mensagem do Mena sobre o falecimento do querido amigo e companheiro Minieri.
Há muito tempo que não o via, mas acredito que ele usufruiu bem seus últimos anos, vivendo na linda e acolhedora Florianópolis.
Pena que ele está nos deixando tão precocemente, mas tenho a certeza de que ele está indo para um lugar ainda melhor, para se encontrar com os outros nossos amigos do Bandão que se apressaram na partida desta etapa terrena...
Lembremo-nos dele dos momentos felizes em que pudemos compartilhar de sua companhia, sempre agradável, e dos “causos” que ele contava de suas viagens a Guaratinguetá (se não me falha a memória), nos retornos de licenças, sempre aumentados por sua imaginação fértil...
Que ele seja muito bem recebido por nosso Criador e que sua família seja reconfortada nesse momento de tristeza.
Abraços fraternos,
Serau

CORONEL PM Ref ODILSON MEDEIROS manda a seguinte mensagem:
Sr Cel Ventura
Andei sem computador nas ultimas semanas e só hoje ví sua mensagem recomendando a minha atenção para a publicação da minha passagem para a Reserva.
O senhor está de parabéns, pela memória e atenção com que desenvolve suas anotações.
Muito obrigado por manter o meu endereço na sua lista de amigos.
Continue com Deus.
Odilson Medeiros
Ten Cel Res PM - Asp 79 - Valinhos-SP

Continuo trabalhando pela execução, a curto prazo, de uma reunião preparatória para distribuir tarefas a várias pessoas que estão colaborando conosco nos eventos de 23 e 25 de maio. O DIA DA JUVENTUDE CONSTITUCIONALISTA não será esquecido neste ano. Na Sociedade, nesta tarde, telefono a várias pessoas sobre o nosso encontro de amanhã, por volta das 10 horas. COLOMBO me ajuda em alguns momentos.

Seguem algumas mensagens que dão conta do trabalho da Diretora de Comunicação Social, CAMILA GIUDICE, fazendo um excelente serviço em busca de um voluntariado consciencioso, prático, dinâmico:
Cel. Ventura,
Boa Noite!
Segue material que o Berg preparou para usar na exposição. Muito bonito e bem feito!
Vou levar impresso amanhã para apresentar na reunião.
Abraços!
Camila
De: Tiago Berg
Data: 22 de abril de 2010 16:25
Assunto: Re: Reunião + Material
Para: Camila Giudice
Olá Camila.
Conforme o prometido, estou te enviando em pdf o arquivo chamado "Nossos símbolos" com as páginas que podem ser usadas na exposição na Câmara Municipal e do Mausoléu em 25/05. Elas já estão configuradas em formato A3 (aprox. o dobro de uma folha de papel convencional), de forma que podem ser impressas em formato grande, para facilitar a leitura de todos. Passe para o pessoal na reunião e veja se ficou bom, pois tentei fazer algo bem simples e didático. Qualquer sugestão eu posso refazê-lo e te repasso. Como fica meio caro imprimir isso nesse formato, peça para alguém levar um notebook ou passar num aí computador, ou mesmo imprimir em preto e branco. Infelizmente não poderei ir na reunião. Espero que tenha gostado e transmita a todos o meu desejo de sucesso.
Abraços:
T. J. BERG.

Murilo,
Boa Noite!
Conforme conversamos, tenho alguns textos, enviados pelo Cel. Ventura, os quais contém informações de extrema relevância, um que peguei do site antigo do MMDC, e ainda tenho algumas coisas que não terminei de digitar, mas lhe enviarei.
Cel. Ventura, como conversei com o Murilo no e-mail anterior, seria interessante cada site possuir informações diferentes, porém com o mesmo objetivo, já que incentivaria o acesso de ambos sites.
Se puder também disponibilizar para o Murilo alguns textos que ache importante constar no site, agradeço. Envio para ele o do Pedro de Toledo, o do Dia da Juventude Constitucionalista, o do Dia Internacional das Mulheres, o do Histórico do MMDC, o do Aldo Chioratto e um do antigo site MMDC.
Fico a disposição.
Abraços!
Camila
Em 22 de abril de 2010 12:33, Camila Giudice
Olá, Murilo! Tudo bem, e você?
Disponho de alguns textos, que formatarei e lhe enviarei, acredito que mais para o final da tarde. Até gostaria de lhe apresentar depois a estrutura do site da Sociedade, que gostaria que fosse até mais institucional, e poderia colocar a parte mais histórica com vocês, o que acha? Pelo menos ficaria mais atrativo, pois cada um teria conteúdo diferenciado e motivaria as pessoas a entrar nos dois.
Vão conseguir comparecer na reunião de amanhã?
Abraços!
Camila
Em 22 de abril de 2010 10:03, Murilo Góes de Almeida
Camila, como vai, tudo certo?
Ainda estou com problemas para fomentar o site com informações, principalmente no que tange a textos, caso você tiver em computador textos sobre o fato, depoimentos, essas coisas do tipo, e pudesse me enviar ficaria muito grato
Ah, te adicionei no msn e no orkut para que possamos conversar melhor.
Um bom dia
Murilo Góes de Almeida
Diretor de Comunicação Social - Núcleo Cadete Ruytemberg Rocha
(11)88970502
Em 21 de abril de 2010 21:35, Camila Giudice
Realizaremos uma reunião na Sociedade dos Veteranos MMDC, no dia 23/04 (Sexta - Feira), às 10h, para tratar sobre a realização do Dia do Jovem Constitucionalista no dia 23/05 (Mausoléu) e no dia 25/05 (Câmara Municipal).
Convidamos-os a participar, pois será de extrema relevância.
Favor direcionar o convite para o Redicopa e Alcarde, pois ainda não tenho os e-mails deles.
Fico a disposição!
Abraços!
Camila Giudice
11 9463-0489
6 anexos — Baixar todos os anexos (zipado para   Português)  
00000 Aldo Chioratto (1).doc
48K   Exibir como HTML   Abrir como documento do Google   Baixar  
08MARÇO2010 DIA INTERNACIONAL DA MULHER (1).doc
23K   Exibir como HTML   Abrir como documento do Google   Baixar  
78 aPOSSE DE PEDRO DE TOLEDO (2).doc
Cel. Ventura,
Como está?
Segue versão final do folder. Verifique se está bom, fiz algumas alterações que acho que ficou melhor e não excluiu ninguém.
Se precisar de mais alguma alteração, me avise.
Quanto a ordem do dia, tem mais algum assunto que queira tratar amanhã? Priorizei a ordem da exposição, porque o Ricardo tem que sair às 11h30, e sei que os demais assuntos são mais extensos.
Abraços!

GINO responde aos meus cumprimentos pelos 71 anos de casado com dona DINORÁ e também dos 33 anos de seu neto DÊNIS, filho do ALDO:
Prezado Cel. Ventura;- Sensibilizado, agradeço a gentileza de seus cumprimentos e de seus votos. Estou muito, mas muito mesmo, emocionado.- Um grande abraço e peço estender os nossos agradecimentos a Dona Lucinda e demais familiares;- Abraços – Gino

Policiais militares, familiares e autoridades convidadas lotaram a Sala “Desembargador PAULO COSTA” no Palácio da Justiça, nesta quinta-feira. A solenidade marcou a entrega da Láurea do Mérito Pessoal e Medalha Valor Militar ao efetivo da Assessoria Policial Militar do Tribunal de Justiça, além de homenagear o PM do mês de abril. Os desembargadores MARCO CÉSAR MÜLLER VALENTE, Presidente em exercício do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo; ANTÔNIO CARLOS MUNHOZ SOARES, Corregedor do TJ; ANTÔNIO RULLI JÚNIOR, Presidente do Colégio Permanente de Diretores de Escolas Estaduais da Magistratura; LUIZ ANTÔNIO GONZERLA, Presidente da Seção de Direito Público; CIRO PINHEIRO E CAMPOS, Presidente da Seção Criminal; CARLOS EDUARDO CANDURO PADIN, Coordenador do GADE (Seção de Direito Privado); RÉGIS DE CASTILHO BARBOSA, Presidente da Comissão de Proteção e Segurança das Instalações do Poder Judiciário de São Paulo; WALDIR SEBASTIÃO DE NUEVO CAMPOS JÚNIOR; RUI ALBERTO LEME CAVALHEIRO; CORONEL PM Ref ANTÔNIO AUGUSTO NEVES, representando a APAMAGIS; FERNANDO FIGUEIREDO BORTOLETTI, Juiz Diretor da Fazenda Pública, além do CORONEL PM ANTÔNIO MARCO ALVES MIGUEL, Chefe da APMTJ; TENENTE-CORONEL PM JOSÉ PAULO MARCOLINO ROSA, Sub-chefe da APMTJ; e MAJOR PM JOÃO ALFREDO LACORTE TINCK, Chefe da Divisão Administrativa da APMTJ marcaram presença.

O CORINTHIANS tinha tudo para fechar sua participação na primeira fase da TAÇA LIBERTADORES com uma vitória fácil e por um placar elástico. Mas encarou o INDEPENDIENTE, eliminado e desinteressado, visivelmente se poupando para as oitavas de final diante do FLAMENGO. Com o goleiro JÚLIO CÉSAR como um mero espectador, o time jogou para o gasto, fez 1 a 0 e confirmou a melhor colocação da primeira fase.

A corrida para preencher o álbum oficial da COPA DO MUNDO, que se tornou febre entre adultos e crianças, levou ladrões a investirem em uma nova fonte de lucros: roubar figurinhas. Ontem, cinco homens armados levaram 135 caixas de cromos da distribuidora TREELOG, em SANTO ANDRÉ, no ABC. Isso equivale a 135 mil pacotes a menos no mercado.

HERMÍNIO DE OLIVEIRA FILHO, o MINUCA, zagueiro do PALMEIRAS entre 1965 e 1972, morreu aos 66 anos, vítima de leucemia. O enterro será realizado amanhã no Cemitério CHORA MENINO, na zona norte da capital. Revelado pelo SANTA CRUZ, MINUCA defendeu o AMÉRICA-RJ antes de chegar ao PALMEIRAS em 1965. Vestindo a camisa do VERDÃO, disputou 194 partidas e marcou apenas um gol, contra o Comercial de RIBEIRÃO PRETO, pelo Campeonato Paulista de 1966, conquistado pelo próprio PALMEIRAS. O título impediu que o SANTOS, campeão em 1964 e 1965 e de 1967 a 1969, enfileirasse seis Paulistas consecutivos. Além do estadual daquele ano, o quarto-zagueiro faturou dois torneios ROBERTO GOMES PEDROSA (1967 e 1969), uma TAÇA BRASIL (1967) e um TORNEIO RAMON DE CARRANZA (1969).
Após encerrar a carreira, MINUCA trabalhou como treinador nas categorias de base do VERDÃO e, entre outros jogadores, foi um dos grandes responsáveis pelo surgimento do goleiro VELLOSO. O ex-zagueiro, que pendurou as chuteiras no MARÍLIA, deixou quatro filhos e oito netos.

O italiano PAOLO MALDINI, ex-jogador do MILAN que encerrou a carreira em 2009, é um dos 43 suspeitos de fraude fiscal investigados pela Justiça de MILÃO. Seu nome foi envolvido após a quebra do seu sigilo telefônico. Há evidências, segundo a investigação, que podem comprometê-lo. Dentre elas estariam conversas com LUCIANO BRESSI, funcionário de uma agência tributária, pedindo “facilidades” para ALESSANDRO BARESI (irmão do ex-jogador FRANCO BARESI) em uma transação imobiliária. MALDINI teria acesso ao sistema de informática da Agência Tributária de forma ilícita.

O comando nacional do PSB deu hoje ao deputado CIRO GOMES a saída política honrosa que ele desejava para que o partido possa abandonar definitivamente sua candidatura presidencial sem provocar uma crise interna na legenda. Em reunião com o presidente do partido e governador de PERNAMBUCO, EDUARDO CAMPOS, e com o vice-presidente do PSB, ROBERTO AMARAL, ficou combinado com CIRO que a proposta de candidatura presidencial será submetida aos diretórios regionais da legenda e discutida na próxima terça, na reunião da Comissão Executiva Nacional.

O ministro RICARDO LEWANDOWSKI tomou posse hoje como presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), prometendo que o “arsenal de medidas” da Justiça será usado para punir os candidatos que cometerem irregularidades na campanha como propaganda indevida, abuso de poder e compra de votos. A cerimônia foi assistida pelos chefes dos três Poderes, incluindo o presidente LULA, que já sofreu duas punições do TSE. Ele sucede o ministro CARLOS AYRES BRITTO na presidência do TSE.

Oito policiais militares foram presos administrativamente na sede da Corregedoria da PM, acusados de torturar e espancar até a morte um motoboy dentro de um quartel da corporação, nos fundos da delegacia da CASA VERDE, zona norte da capital. Todos os PMs da unidade serão investigados pelo assassinato, ocorrido na noite de 9 de abril.
O caso, classificado pelo secretário da Segurança Pública ANTÔNIO FERREIRA PINTO como “abominável”, teve início às 20:50 horas, quando dois soldados foram atender uma ocorrência de “desinteligência”. Eles deixaram a base da 1ª Companhia do 9º Batalhão na viatura MO9-149, um GOL. Na esquina da Rua MARIA CURUPAITI com a Avenida CASA VERDE, encontraram um grupo “alterado”. Quatro rapazes discutiam por causa do sumiço de uma bicicleta, entre eles o motoboy EDUARDO LUIZ PINHEIRO DE SOUZA, de 30 anos. O motoboy estava “exaltado” e gritou com os policiais, que o algemaram. Os PMs teriam então dito aos jovens que iriam levá-los para a delegacia, onde seria registrado um boletim de ocorrência sobre o furto da bicicleta.
O destino da viatura, porém, foi a sede da companhia da PM, nos fundos do 13º DP (CASA VERDE), o que já caracterizava uma irregularidade, pois sempre que a PM detém alguém, deve levar à delegacia, não ao quartel.
Na sede da Companhia, o motoboy teria passado uma rasteira num soldado. Os companheiros do PM passaram então a agredir EDUARDO e o levaram para uma sala nos fundos da Unidade. Os amigos do motoboy foram liberados, menos ele. Horas depois, PMs do mesmo quartel registraram um Boletim de Ocorrência, dizendo que encontraram EDUARDO a zero hora, jogado na Avenida VOLUNTÁRIOS DA PÁTRIA, próximo à base policial. Ele foi levado ao hospital, onde a morte foi atestada. As causas foram traumatismo craniano e hemorragias.   

Falece nesta quinta-feira, aos 35 anos, SÉRGIO RODRIGO MANES. Tinha uma veia artística na família. Filho de um pai concertista e pintor e de uma mãe que tocava piano e fotografava, começou na carreira de cenógrafo de eventos, decorando as próprias festas no sítio da mãe. Gostava de cores fortes.
Quando transformou o hobby em negócio, com a empresa TITÃ, montava o cenário de acordo com o pedido dos clientes. Mas não deixava de inovar, começou a fazer decorações até com tecidos de lycra, inéditos em São Paulo.
Antes de se tornar empresário, MANES tinha um hábito bem peculiar: o malabarismo. Com faca e com fogo. Foi quando ganhou o apelido de SHIMAS, que vinha de “chamas”. 

ANTENOR FERREIRA DA SILVA ganhou, em 1947, a medalha de ouro do Campeonato de Natação Sul-Americano, nos 1.500 metros livres, das mãos de EVA e JUAN DOMINGO PERÓN, então presidente da ARGENTINA. Mas essa não foi sua única conquista marcante. Antes, em 1942, ficou em segundo lugar na Travessia de São Paulo a nado no Rio TIETÊ, o percurso de 5.500 metros a partir da Ponte da VILA MARIA, na zona norte. ANTENOR terminou a prova em 52 minutos e 46 segundos, “na frente de JOÃO HAVELANGE”, como fazia questão de lembrar. Em 1990, já com 68 anos, competiu pela última vez no campeonato MASTER, para pessoas na sua faixa etária. Venceu. Morreu hoje, aos 88 anos.  

Depois de um almoço hoje com o presidente do LÍBANO, MICHEL SULEIMAN, durante o qual afirmou que a paz no ORIENTE MÉDIO passa por resolver, inclusive “indefinições sobre o programa nuclear iraniano”, o presidente LULA defendeu, com veemência, o direito de o IRÃ utilizar a energia nuclear para fins pacíficos. LULA ainda sinalizou que o BRASIL tentará ajudar na construção de um entendimento entre o IRÃ e a Agência Internacional de Energia Atômica sobre o assunto, anunciado no embarque hoje do ministro das Relações Exteriores, CELSO AMORIM, para TEERÃ, pra onde ele próprio irá no mês que vem.

Um homem que passou pelo primeiro transplante total de rosto no mundo, em BARCELONA, na ESPANHA, começou a se comunicar, divulgou hoje o hospital VALL D´HEBRON. A cirurgia foi realizada no mês passado, mas foi revelada apenas agora. O paciente, cujo nome não foi divulgado, teve o rosto deformado há cinco anos por um traumatismo e não conseguia falar, respirar ou engolir direito. A operação durou 22 horas e mobilizou 30 profissionais. Os outros 11 transplantes de rosto realizados anteriormente foram parciais.

O PAPA BENTO XVI aceitou hoje a renúncia do bispo JAMES MORIARTY, anunciou o VATICANO. Agora, são três o número de bispos da IRLANDA que deixaram seus cargos um mês devido à crise de abusos sexuais cometidos por religiosos. MORIARTY entregou sua renúncia em dezembro, depois que um relatório oficial o incluiu numa lista de líderes da Igreja que encobriram casos de abusos de menores cometidos por padres por 30 anos. Ele foi bispo auxiliar de DUBLIN por 11 anos, antes de ser nomeado, em 2002, bispo de KILDARE e LEIGHLIN. Centenas de casos de abusos sexual e físico cometidos por padres contra jovens nas últimas décadas vieram à tona na EUROPA e EUA nos últimos meses. Em comunicado divulgado na IRLANDA, MORIARTY disse que ele fazia parte de uma hierarquia em DUBLIN “anterior àquela em que políticas e procedimentos de proteção infantil foram implementadas”  

2 011      :        -      SEXTA-FEIRA SANTA
Ontem já tivera problemas com o computador. Hoje simplesmente não funciona o monitor. Não posso fazer nada e somente bem mais tarde, depois das 13 horas, é que o BETÃO confirma que essa peça está avariada. Gentilmente o JOÃO GOMES oferece emprestado o seu monitor. Graças a essa sua atitude posso trabalhar durante o dia nas minhas memórias. Atualizo o dia 22 de abril e o coloco no blog. Entro em contato telefônico com o GINO STRUFFALDI no período da tarde. Cumprimento-o pelos 72 anos de casado com dona DINORAH e também pelos 34 anos do DÊNIS, seu neto, filho do ALDO, que fez anos ontem. Além disso, levo a ele os meus votos de feliz páscoa. GINO fala das datas da semana que vem onde teremos o DIA DOS ANIVERSARIANTES em 27 de abril, juntamente com a reunião do Conselho Deliberativo, conforme foi marcada pelo CORONEL PM JAIRO PAES DE LIRA, seu Presidente. No dia 28 reunir-se-á o Conselho Superior para escolher o Presidente da Assembléia Geral Eleitoral, marcada para o dia 29.

Sem ser reconhecido por nenhum familiar e somente com os funcionários do cemitério do CAJU como espectadores, o assassino das 12 crianças numa escola do REALENGO foi enterrado hoje em uma cova rasa, sem lapide. O prazo de 15 dias para que a família de WELLINGTON MENEZES DE OLIVEIRA, de 24 anos, reclamasse o corpo para o velório terminaria à meia-noite, mas uma decisão judicial permitiu que o atirador, que, além de matar as crianças feriu outras 12, fosse enterrado pela manhã. Três crianças vítimas de WELLINGTON seguem internadas – duas de 13 anos e uma de 14 anos. O caso que mais preocupa é de uma menina de 13 anos internada no Hospital ADÃO PEREIRA NUNES, em DUQUE DE CAXIAS, na BAIXADA FLUMINENSE. Ela passou por uma nova cirurgia hoje e, segundo informações da Secretaria Estadual de Saúde “permanece em observação no Centro de Terapia Intensiva pediátrico, com quadro regular que inspira cuidados”. Já o menino de 14 anos apresentou “melhora clínica satisfatória”, segundo o boletim medico.

Hoje pela madrugada quatro jovens, com idades entre 16 e 25 anos, foram executados a tiros no bairro JARDIM SANTO ANDRÉ, em SANTO ANDRÉ, no GRANDE ABC. O caso, registrado no 1º Distrito Policial da cidade, é a terceira chacina ocorrida na GRANDE SÃO PAULO e no litoral paulista somente nesta semana. Na Região Metropolitana as chacinas já somam cinco nesse ano. Segundo policiais militares da 2ª Companhia do 41º Batalhão que atenderam a ocorrência, os corpos de FÁBIO BACILIEIRI, de 23 anos, LUÍS FERNANDO DA SILVA, de 19, e FELIPE DIAS RODRIGUES, de 16, foram encontrados na esquina das ruas 14 de Junho e CRUZ DE MALTA, numa região conhecida como VILA SUÍÇA. O corpo de ROBERT WILLIAN RODRIGUES, que tentou fugir, estava a 30 metros dos demais. Testemunhas afirmam que as vítimas conversavam tranqüilamente na frente de um bar perto de casa quando foram abordadas, por volta das 3 horas. Os amigos foram obrigados a ficar de joelhos e acabaram baleados na cabeça com tiros de pistola calibre 380. ROBERT, que estava deixando a casa da namorada na mesma rua, foi atingido com munição ponto 40, normalmente usada em armas da Polícia Militar. Foram encontrados 22 cartuchos no local do crime, entre eles também de pistola calibre 380. As vítimas não tiveram nenhum objeto roubado e, segundo a polícia, não portavam armas ou drogas, apenas um narguilé e pastilhas de fumo.
Horas antes da chacina, um PM foi baleado em uma pizzaria na VILA LUTÉCIA, em SANTO ANDRÉ. Ele discutiu com dois homens, que teriam mexido com sua mulher. Na discussão, MARCOS AMORIN pegou a arma do PM e disparou. O policial e outras duas pessoas ficaram feridas. O colega do atirador, identificado como JÂNIO ANCELMO, de 37 anos, também foi atingido e morreu. O atirador foi pego na VILA SUÍÇA, mesmo local da chacina.

O naufrágio de uma canoa no município de LAGO VERDE, distante 210 km da capital, SÃO LUÍS, no MARANHÃO, provocou uma tragédia. Seis crianças, com idade entre 7 meses e 12 anos, morreram no acidente. Todas eram da mesma família, que se deslocava por um lago do povoado PIQUIZEIRO, a 28 km do município de LAGO VERDE. As vítimas viajavam para VILA SÃO FRANCISCO, no município de BACABAL, em uma canoa construída para transportar três pessoas, mas que levava quatro adultos e nove crianças a bordo. A embarcação estava navegando ao largo do povoado de PIQUIZEIRO, quando a hélice do motor da canoa quebrou e o barco girou no meio do lago, ficando à deriva na correnteza, até virar. Entre todas as pessoas a bordo,a penas um dos adultos sabia nadar. O resgate das vítimas e dos corpos das seis crianças mortas foi feito por populares porque as equipes de resgate só chegaram ao local cerca de uma hora após a canoa virar. No naufrágio morreram os irmãos ELAINE MARTINS RIBEIRO, de 7 meses; WESLEY, de 2 anos, e ERISVAN, de 4, além dos primos FRANCIEL MARTINS LIMA, de 8 anos; ANDRESSA, de 11; e RONILSON, de 12. A mãe das três crianças menores, DEUSILENE MARTINS DA SILVA, de 24 anos, também estava a bordo, mas sobreviveu ao acidente.

Os corpos do dono da empresa de táxi aéreo AMAZONAVES, ANTÔNIO PICÃO NETO, de 50 anos, de sua mulher LUCIANA, de 42, e do filho MATHEUS, de 12, foram enterrados hoje em BOA VISTA (RR). A família morreu na queda de um bimotor em MANAUS ontem. Os corpos das outras vítimas foram encaminhados para suas cidades. O piloto, WALDEIR ALVES, será enterrado em MINAS GERAIS, os passageiros JANILSA NASCIMENTO e MAGNO SOUZA seguiram para SANTARÉM; outra vítima, KELLY DOS SANTOS, será enterrada em MANAUS.   

Mais de 2 mil pessoas participaram da Festa do BOI FALÔ, hoje, no distrito de BARÃO GERALDO, em CAMPINAS. A reunião celebra a lenda de que, em 1888, um boi que estava sendo levado por um escravo para arar um campo havia reclamado que não trabalharia na Sexta-Feira Santa. Há 16 anos a celebração faz parte do calendário oficial. Voluntários servem gratuitamente um prato com macarronada e sardinha e, em um palco improvisado, há apresentações de grupos de dança folclórica, música sertaneja e fanfarra.

A cada jogo que RAFAEL NADAL faz no saibro, parece mais difícil alguém batê-lo nesse piso. Hoje ele venceu o francês GAEL MONFILS e foi às semifinais do ATP DE BARCELONA. O número 1 do mundo, que chegou à 499ª vitória em sua carreira, pegará amanhã o desconhecido croata IVAN DODIG. A outra semifinal será disputada entre os espanhóis DAVID FERRER e NICOLAS ALMAGRO.

Faleceu o empresário paulista FABIANO NYENHUIS. Ele caiu enquanto treinava mountain bike sozinho, em CASA BRANCA. Acompanhado da bike, o empresário era o único brasileiro na competição internacional que percorreu a região de fronteira entre ITÁLIA e ÁUSTRIA. Para completar uma das mais difíceis provas de mountain bike foram nove horas e dez minutos, quatro a mais que o campeão profisional da prova. FABIANO ficou feliz com o resultado e com mais gás para continuar os treinos. Há seis anos, o empresário começou a praticar o esporte e se preparava com afinco para grandes competições, dentro e fora do país. Encontrou no esporte uma paixão e treinava quase todos os dias da semana. Os treinos ocorriam antes ou depois do trabalho na empresa que trouxe para o BRASIL – a INFANTI, marca internacional de produtos infantis. A empresa foi uma das que patrocionou o ciclista profissional RUBENS DONIZETE. Amador, FABIANO participou de algumas das mais importantes provas de mountain bike mundial. Antes de SÜDTIROL DOLOMITI SUPERBIKE na fronteira da ITÁLIA com a ÁUSTRIA, em 2010, competiu no IRON BIKE ITÁLIA em 2008; CAPE ÉPIC ÁFRICA DO SUL em 2009; LEADVILLE 100 MILHAS, no COLORADO, e BIKE RACE ACROSS, no sertão do nordeste, em 2006. Nos finais de semana, quando viajava para CASA BRANCA, sua cidade natal, a 232 km da capital, a bike estava junto. FABIANO NYENHUIS nasceu em 18 de agosto de 1972.  

Em 1959, aos 30 anos, o cantor JOÃO MARIA TUDELA estava no auge da carreira com a música “KANIMAMBO”. Foi quando visitou o BRASIL. Nascido em LOURENÇO MARQUES, a então capital de MOÇAMBIQUE, na época colônia de PORTUGAL, TUDELA cresceu longe do pai biológico, que fugiu do país africano com uma inglesa. Viveu na ÁFRICA DO SUL antes de se mudar para COIMBRA, em PORTUGAL. Sua paixão era a música e o ritmo africanos. O estilo elegante garantiu uma legião de fãs. Foi apresentador de TV após a democratização de PORTUGAL. Na quarta-feira teve um AVC fulminante. Entrou em coma. Morreu hoje aos 81 anos, num hospital de CASCAIS. Nasceu em agosto de 1929.   

Após relatos de até 70 mortes durante o dia mais sangrento da repressão síria aos protestos no país, o presidente americano Barack Obama pediu o fim "imediato" dos confrontos e condenou o "recurso ultrajante à violência" utilizado pelo governo do ditador Bashar al Assad pra conter as manifestações. "Este ultrajante uso da violência para conter os protestos precisa ser interrompido imediatamente. Ao invés de ouvir seu próprio povo, Assad está culpando outros enquanto busca auxílio do Irã para reprimir os cidadãos da Síria por meio das mesmas técnicas brutais que já foram usadas pelos aliados iranianos", disse. Os comentários de Obama chegam pouco após o porta-voz da Casa Branca, Jay Carney, ter conversado com jornalistas durante um voo da comitiva presidencial entre a Califórnia e Washington. Ele pediu que o governo sírio "interrompa e desista do uso de violência contra manifestantes" e "implemente as reformas prometidas".
MORTES: -A violenta repressão das forças de segurança sírias, que nesta sexta-feira abriram fogo contra os manifestantes que pedem a renúncia do ditador Bashar al Assad, já podem ter deixado até 70 mortos, indicam ONGs de direitos humanos. As ONGs Sawasiah, com sede na Síria, e o Comitê Sírio de Direitos Humanos, com sede em Londres, informam, com base em informações enviadas por seus militantes no país, que os confrontos já deixaram ao menos 70 mortos. O número também está sendo divulgado pelas emissoras de TV Al Jazeera e Al Arabiya, segundo relatos de ativistas. Já a agência Associated Press diz ter recebido dados da ONG Anistia Internacional apontando para ao menos 75 mortos.

Em um dos dias mais sangrentos desde o início das manifestações populares contra o governo da SÍRIA, em 15 de março, forças de segurança do ditador BASHAR AL ASSAD atiraram contra a multidão em três cidades rebeladas e mataram pelo menos 90 pessoas. À tarde, o presidente dos ESTADOS UNIDOS, BARACK OBAMA, exigiu que a SÍRIA pare com a violência contra manifestantes. “Esse ultrajante uso da violência para reprimir protestos deve terminar agora”, disse OBAMA. “Em vez de ouvir seu próprio povo, o presidente ASSAD está culpando estrangeiros e procurando assistência iraniana para reprimir os cidadãos sírios”, continuou.

A Procuradoria-Geral do EGITO decidiu hoje prolongar por mais 15 dias o período de prisão preventiva emitido ao ex-presidente do país HOSNI MUBARAK, de 82 anos. A ordem foi dada pelo procurador ABDEL MEGUID MAHMUD, que determinou ainda que prosseguissem os interrogatórios de MUBARAK, internado em um hospital internacional na cidade balneária de SHARM EL SHEIKH. MUBARAK deixou a presidência após onda de pressão popular.

Pelo menos 27 pessoas morreram e dezenas estão desaparecidas depois de um deslizamento de terra ocorrido hoje em uma área de mineração no sul das FILIPINAS. O acidente aconteceu durante a madrugada na periferia da aldeia de PANTUKAN, na província de COMPOSTELA, localizada cerca de mil quilômetros ao sul da capital MANILA. Unidades militares foram deslocadas ao local para participar dos trabalhos de resgate das vítimas.

Iemenitas lotaram hoje as ruas da capital, SANAA, e de TAIZ, em manifestações rivais pró e contra o presidente ALI ABDULLAH SALEH, no poder há 30 anos. Ele se nega a fixar data para a saída. Para seus opositores, que dizem ter reunido cerca de um milhão de pessoas hoje na capital, ao menos 58 ativistas foram presos nas últimas três semanas. As autoridades do IÊMEN prenderam hoje vários oficiais militares que aderiram aos protestos, segundo fontes militares. As deserções incluem funcionários públicos e aliados tribais. O caos tem sido aproveitado pela AL-QAEDA, que desde quinta-feira já matou 20 soldados no país.   

No dia em que a Igreja Católica comemorou a Sexta-Feira Santa, o PAPA BENTO XVI respondeu hoje a sete perguntas feitas por pessoas de diferentes países na TV, num programa de auditório transmitido pela Rádio e Televisão Italiana (RAI). Embora as respostas tenham sido gravadas com antecedência no VATICANO, foi a primeira vez que um papa manteve um diálogo televisionado com o público. Entre os entrevistadores estavam uma mulher muçulmana da COSTA DO MARFIM, uma criança japonesa e uma mãe com um filho em coma. Vestido de batina branca, em seu escritório, BENTO XVI, de 84 anos, falava com voz suave, ao responder às perguntas selecionadas entre centenas recebidas de todas as partes do mundo. BENTO XVI associou à morte de CRISTO, comemorada na Sexta-Feira Santa, o sofrimento que aflige a humanidade em vários países, especialmente no JAPÃO, na ÁFRICA e no ORIENTE MÉDIO. Ele afirmou que só a força do amor será capaz de acabar com a violência.
BENTO XVI apareceu na telinha da emissora estatal italiana duas horas antes do início da primeira das duas cerimônias que lembram a morte de CRISTO – a Leitura da Paixão e a Adoração da Cruz, na Basílica de SÃO PEDRO, no meio da tarde, e a VIA-CRÚCIS, à noite, no COLISEU, onde centenas de cristãos dos primeiros tempos foram martirizados no Império Romano. A Sexta-Feira Santa é o único dia do ano em que não se celebra missa, porque a Igreja venera o Senhor Morto. Além do CARDEAL AGOSTINO VALLINI, vigário da diocese de ROMA, cujo bispo é o PAPA, vários convidados participaram da celebração, carregado uma cruz entre as 14 estações da VIA-SACRA: uma família – casal com cinco filhos – um doente acompanhado de enfermeiros, duas monjas agostinianas, dois frades da Terra Santa, uma família da ETIÓPIA, um frade franciscano egípcio e uma moça também egípcia. O texto das meditações e das preces deste ano foram escritos por IRMÃ MARIA RITA CICCIONE, da Ordem de SANTO AGOSTINHO, do Mosteiro dos Quatro Santos Coroados, de ROMA. Ao final de cerimônia, BENTO XVI dirigiu uma mensagem aos fiéis presentes e àqueles que seguiram a VIA-SACRA pelo rádio e pela televisão. 

2 012      :      -    DOMINGO
O caderno ALIÁS, de “O ESTADO DE SÃO PAULO”, na página J8 publica uma reportagem sobre um tubarão de concreto em BURI, sudoeste paulista. A enorme escultura já abrigou um restaurante e hoje é um depósito da prefeitura. Em certo trecho dessa reportagem de IVAN MARSIGLIA temos: “OS OLHOS DO TREM FANTASMA”. Ainda estão, no topo da estação da cidade, os dois holofotes do temido TREM BLINDADO dos paulistas, composição com vagões camuflados, revestidos com placas de aço nas laterais e equipados com metralhadoras, que assustou as tropas federais. Autoridades burienses preparam no local um evento comemorativo dos 80 anos da Revolução no dia 10 de julho (a Revolução começou no dia 9), festa para a qual foi convidada a presidente DILMA ROUSSEFF. “É esse o tipo de monumento que BURI merece”, diz o professor universitário e ex-militar JEFFERSON BIAJONE, que inaugurou, no dia 12, um centro de estudos sobre o tema na cidade. A idéia agora, explica o assessor do prefeito, JOSÉ ROQUE DIAS, é “investir no turismo histórico” e construir “um parque temático sobre a Revolução de 32”, capaz de fazer sombra ao famigerado tubarão – que a atual gestão já desistiu de remover. “Minha sugestão é pintá-lo de marrom, acrescentar dois bigodes e transformá-lo numa mandijuba, o peixe que mais se acha aqui no Rio APIAÍ”, debocha o advogado e blogueiro RAFAEL SARAIVA, que apóia o incentivo ao turismo histórico, mas sonha com a volta das fanfarras e quermesses típicas da BURI de seus pais.
O professor BIAJONE já me alertara sobre essa notícia publicada no ALIÁS. BURI é o local onde o cadete RUYTEMBERG ROCHA encontrou a passagem para o heroísmo e se tornou uma página memorável da Revolução de 1932. Ainda ontem, no Monumento Mausoléu, onde me encontrei com o Presidente do Núcleo ‘CADETE RUYTEMBERG ROCHA’, Aluno Oficial NAHRLICH, ele me disse que está acertada a ida de um pelotão de alunos oficiais a BURI, em 10 de julho, para as honras militares ao herói da Polícia Militar e do Movimento Constitucionalista de 1932.   
Prezado CEL VENTURA
Saudações! De nossa ida a BURI nesta quinta feira para tratarmos do monumento do dia 24 de maio proximo (PRAÇA 9 DE JULHO), bem como do dia 10 de julho (HEROIS DE BURI), acabamos por coincidência sendo entrevistados por equipe do ESTADAO que na cidade estava e eis o resultado na matéria que segue nesta edição impressa do domingo, dia 23 de abril de 2012, na Seção Aliás, que na versão online seria: http://www.estadao.com.br/noticias/suplementos,os-gigantes-de-buri,863848,0.htm
Enorme abraço e no contato
BIAJONE
Abril 22, 2012

Guιlhєrмє Andreolli Corrêa guilherme.slash@hotmail.com
17:40 (7 minutos atrás)

para mim, Egydio, Jefferson
Boa tarde irmãos,
Como vão?
Prosseguindo com minha pesquisa familiar, essa semana recebi fotos e textos de um parente que reside em Ribeirão Preto. No meio do precioso material que recebi, encontrei essas duas xerox importantes. Trata-se de dois certificados de "Doação de Ouro para o bem de São Paulo". O referido Antonio Teixeira Mendes é irmão de Octávio Teixeira Mendes. Elisinha Teixeira Mendes era filha de Antonio, portanto prima legítima de Mariinha.
Curioso, não?
Abraços fraternos e tenham uma ótima semana.
2 anexos
26.jpg

27.jpg

CORONEL PM CIAPINA coloca da rede do “NINHO DAS ÁGUIAS”
Boa tarde, Coronel Ciapina,
Tomo a liberdade de dirigir a vc e ao seu grupo ,pois em toda minha vida de Oficial honrei a farda,honesto,denunciei coronel corrupto,fundei o APAS de Jau,Fundei A ADPM de Jau .Fundei a Associação MMDC de Jau e hoje cel da reserva sou micro empresário e franqueado do correio nacional (primeira agencia do Brasil no sistema AGF). Acontece que servi a ADPM como Presidente e Conselheiro Estadual por muitos anos ,ajudei o Luize para entrar no lugar do Aminadalbe e desde 2006 a ADPM esta com uma divida no INSS e não paga,não porque não tem dinheiro ,mas por outros interesses escusos. Ora a ADPM contratou um Advogado para nos defender de São Jose do Rio Preto e já gastou com ele mais de UM milhão de reais, a alegação é que a divida vai ser reduzida... e até hoje não resolveu nada. E enquanto isto tem mais de 15 coronéis (Lozzi, Almeida, Picoli, Saint Clair....), que foram voluntários como eu, que está com os bens bloqueados e aguardando uma decisão da justiça federal e de tempo em tempo vem uma noticia avassaladora,como esta do bloqueio de nossas contas pelo sistema Bacen. Não é novidade o que acontece na ADPM hoje,existe muita coisa errada,é preciso uma auditoria séria e verificar o que esta acontecendo. Sei que ele ajuda políticos e deficientes físicos, aliás o clube ajuda,tenho certeza que atrás das roupas de bom samaritano existe uma carapaça do mal. Gostaria da ajuda de vcs ,em primeiro lugar que saibam o que está acontecendo. E em segundo lugar aguardem fatos que vou levar para a mídia envolvendo esse Oficial, que a muito tempo está fazendo coisa errada em nome da POLICIA MILITAR e ninguém tem coragem e dignidade de peitá-lo..Abaixo uma email que enviei ontem a alguns co autores,hoje todos estão com as contas bloqueadas. Cel Troijo
Mensagem original
De: airtro < airtro@uol.com.br
Enviada: 21/04/2012 08:33
Espero que todos tenham um Bom dia hoje, porque a alguns minutos atrás conversei com o Cel Picoli, viúvo de 83 anos, desesperado e chorando muito,porque a justiça bloqueou todas as suas contas por conta do processo da ADPM. Ele não sabe como vai receber o pagamento. Eu passei o ano recebendo um oficial de justiça ,batendo em minha porta e notificando da penhora dos meus bens,e hoje não posso vender nada.
Gente até quando vamos esperar??? Pacientemente. O Luize ofereceu como garantia duas ADPM falidas que não vai cobrir metade da dívida ,quando a valiação vier ai vai oferecendo outro bem e arrastando ,oferecendo outro bem ....e Nós ,não podemos vender nada de 2006 para cá, amargurando uma resposta e com o nome sujo na praça. Não merecemos isso, o Picoli está com 83 anos, viúvo e sozinho eu vou tentar ajudá-lo ligando para advogados. Precisamos nos unir agora ou esperar que a justiça tome tudo que é nosso. Estou passando esta mensagem para o Dr Marcelo,do Escritorio Brunet e para a Dr Maria Maria Angelica Lyra Rodrigues. Estou passando o telefone do cel Picoli, para que a Dra Maria Angélica e o Dr Paulo Brunet o ajudem a dsbloquear suas contas 11 2979 3941 11 9508 5691. Que Deus ilumine os pensamentos e a atitude do Luize para dar um basta ,nesta questão e livrar nossos nomes de imediato,a quem o ajudou e colaborou, sem receber nada em troca. É o mínimo que ele pode fazer. Cel Airton Troijo Co réu da ADPM Adm Luize

O teatro religioso era uma paixão do ator amador TIAGO KLIMECK. Desde a infância, ele já demonstrava prazer em participar de encenações religiosas como “PAIXÃO DE CRISTO”  e “AUTO DE NATAL”. TIAGO morava com os pais na cidade onde nasceu, ITARARÉ, a 345 km da capital, em 1985. No ano passado, trabalhava como ajudante de motorista para uma empresa de refrigerantes quando sofreu um acidente. Ele estava sinalizando uma manobra em marcha ré para o motorista, quando o sol bateu no retrovisor e o condutor perdeu TIAGO no campo de visão e continuou dando ré. Ele prensou o ajudante contra uma parede. Neste acidente, a ator amador sofreu três fraturas nos ossos da bacia e só recentemente estava se recuperando. TIAGO ensaiou por seis meses para interpretar nesta PÁSCOA o personagem JUDAS na encenação da “PAIXAO DE CRISTO”, que seria apresentada na praça principal de sua cidade. No dia da apresentação, na última SEXTA-FEIRA SANTA, ele ensaiou novamente a cena do enforcamento com a presença dos soldados do Corpo de Bombeiros, que fizeram a vistoria do equipamento, um colete e uma cadeirinha, usados por TIAGO por baixo da túnica. Segundo a Guarda Civil de ITARARÉ, TIAGO se enforcou com um cadarço que estava em sua túnica. Ao pular da pedra, o colete subiu e enroscou no cadarço, provocando o enforcamento. Depois de vários dias internado em coma profundo, em função de uma lesão no cérebro, TIAGO morreu hoje à tarde. A nota do hospital disse: “A Santa Casa de Misericórdia de ITAPEVA comunica o falecimento do paciente TIAGO KLIMECK, ocorrido às 17:15 horas. À família o nosso sentimento.”

A valorização da amizade e da cordialidade são pontos em comuns entre as culturas árabe e brasileira. Ninguém melhor para exemplificar isso do que AMIR MICHEL FARHA, homem de muitos amigos e sempre descrito como dono de conversa agradável e influente. Neste domingo, muitos deles passaram o dia tristes. AMIR morreu aos 64 anos, após uma semana de internação no Hospital Estadual de BAURU. Ele deslocou o fêmur numa queda, passou por cirurgia e não resistiu. Segundo familiares, já enfrentava problemas de saúde. “O mundo fica agora mais triste”, resumiu o empresário JOÃO BIDU, que conheceu AMIR na década de 1970, na Rádio AURIVERDE. Na época, o homem bom de conversa nascido em PIRATININGA, em dezembro de 1947), era repórter esportivo e JOÃO BIDU fazia parte da equipe da emissora. Ao longo da vida, manteve a ligação com os meios de comunicação e com o NOROESTE, clube onde exerceu o cargo de diretor. AMIR ficou amigo de comunicadores como FAUSTÃO, OSMAR SANTOS e MILTON NEVES, que usou o TWITTER para lamentar. “Morreu em PIRATININGA o ex-radialista AMIR MICHEL FARHA, amigo de J. HAWILLA que me indicou para fazer o ‘SUPER TÉCNICO’ em 1999”, escreveu, citando o presidente do grupo TRAFFIC, ao qual pertence o DIÁRIO DE SÃO PAULO. Além do mundo do esporte, conviveu com políticos de alto escalão. AMIR foi velado na sua casa, em PIRATININGA, onde voltara a morar nos últimos anos. 

Apito final no PACAEMBU. O goleiro JÚLIO CÉSAR atravessa o campo inteiro correndo e segue chorando para o vestiário, sem falar com ninguém. Seu amigo e goleiro reserva, DANILO FERNANDES, vai até a meta defendida pelo TIMÃO na etapa final para recolher a toalha e a garrafa d´água deixada para trás pelo camisa 1. Foi com essa cena melancólica que o CORINTHIANS deu adeus ao Campeonato Paulista, ao perder por 3 a 2 para a PONTE PRETA, na partida única das quartas de final. O goleiro do CORINTHIANS falha em dois dos três gols da MACACA, que avança para a semifinal.
FELIPÃO é um sujeito irritadiço. Bufa e dá respostas atravessadas rotineiramente. Hoje, é o torcedor palmeirense quem tem o direito de ficar contrariado. Apesar do mistério, da concentração, dos treinos secretos do técnico, o time jogou mal. Criou pouco. Falhou na defesa. Está eliminado do Paulistão. O GUARANI não foi brilhantes, mas fez o suficiente para avançar às semifinais. Com o triunfo por 3 a 2, selou encontro histórico com a arquirrival PONTE PRETA, valendo vaga na decisão. O futuro de FELIPÃO, mais uma vez, será motivo de debate na Academia. Antes da partida, o presidente ARNALDO TIRONE evitou confirmar a continuidade do treinador caso de derrota. SCOLARI deu de ombros.
NEYMAR estava bem, mas longe de uma atuação excelente, magistral, fenomenal...Aí, resolveram provocá-lo e despertaram uma fera. O craque viou o capeta com a bola nos pés, infernizou a defesa adversária e marcou um golaço na vitória por 2 a 0 sobre o MOGI MIRIM, nesta tarde, na VILA BELMIRO. Com o resultado, o PEIXE está classificado para a semifinal do Campeonato Paulista, contra o SÃO PAULO. O duelo vai acontecer no próximo fim de semana, no MORUMBI, pois o TRICOLOR tem melhor campanha.

SEBASTIAN VETTEL parece ter escolhido a dedo justamente um país monarquista para voltar ao trono da Fórmula 1. O alemão largou na pole position hoje, dominou o GP do BAHREIN de ponta a ponta e terminou a corrida no lugar mais alto do pódio. Em meio às tensões políticas que assolam a região do GOLFO PERSICO devido aos confrontos entre manifestantes da chamada PRIMAVERA ÁRABE e o governo local, o piloto da RED BULL conquistou sua primeira vitória na temporada. De quebra, o atual bicampeão da categoria mandou um recado para quem já questionava a capacidade de o jovem piloto manter a supremacia na F 1 – na temporada passada, ele venceu 11 das 19 provas. Com a conquista de hoje, VETTEL chegou a 53 pontos e assumiu a liderança do mundial. Quem também brilhou foi KIMI RAIKKONEN, da LOTUS. O finlandês teve seu melhor desempenho desde que voltou à categoria – nos últimos anos, ele disputou o MUNDIAL DE RALI – e terminou o GP em segundo. ROMAIN GROSJEAN, companheiro de KIMI, completou o pódio. Desde 1988, quando o brasileiro NELSON PIQUET chegou em terceiro no GP da AUSTRÁLIA, a LOTUS não via um de seus carros no pódio. A maior decepção ficou por conta do inglês LEWIS HAMILTON. Líder da temporada até então, o piloto da McLAREN largou na segunda posição, mas enfrentou problemas durante a prova e terminou no modesto oitavo lugar. JENSON BUTTON, companheiro de HAMILTON, teve um rendimento ainda pior. Com problemas mecânicos, precisou abandonar a prova nas voltas finais. FELIPE MASSA terminou na nona colocação, enquanto BRUNO SENNA chegou em 22º lugar.

O espanhol RAFAEL NADAL venceu o sérvio NOVAK DJOKOVIC hoje e se sagrou campeão do MASTERS 1000 de MONTECARLO. NADAL se impôs, conseguiu quebrar dois serviços do número 1 do mundo e dominou completamente o primeiro set, sem sofrer nenhum susto. O sérvio nem sequer ameaçou uma reação. O espanhol fechou a primeira parcial em apenas 43 minutos. No segundo set, a superioridade de NADAL na partida ficou mais evidente. Aproveitou para fechar a partida em 2 sets a 0. Com a vitória, o espanhol conquistou a 42ª vitória consecutiva e o oitavo título em MÔNACO.       

O paulistano GERSON SODRÉ, de 87 anos, ex-vereador de CATANDUVA, a 385 km de SÃO PAULO deixou marcas de altruísmo em seu trabalho como político, advogado e pai de família. Nascido no dia 2 de março de 1925, a figura política formou-se na primeira turma de Direito da Faculdade TOLEDO, em BAURU, e logo se mudou para a maior cidade no Noroeste paulista com o intuito de trabalhar na política. A votação expressiva na sua primeira disputa por uma cadeira na Câmara de CATANDUVA, em 1950, foi o passaporte para as conquistas dos mandatos de 1955 a 1958 e de 1959 a 1963. Detalhe: em 1960, ele presidiu a Câmara sem receber salário como acontece hoje no Legislativo. “Mesmo não sendo de CATANDUVA, ele sempre batalhou pelas causas da cidade”, conta um de seus filhos, GERSON MAGOGA SODRÉ. A paixão pela advocacia motivou SODRÉ na criação e fundação da OAB na cidade em 1966, onde foi presidente até o ano seguinte. Nesse período, ele fundou a LIGA CATANDUVENSE DE FUTEBOL e o CLUBE DOS BANCÁRIOS. SODRÉ aproveitou o ritmo de trabalho e assumiu o posto de colunista do jornal “A CIDADE”. A sua trajetória ainda rendeu o convite do prefeito WARLEY AGUDO ROMÃO para chefiar o gabinete entre 1969 e 1972. SODRÉ ainda foi chefe de gabinete das secretarias estadual de Cultura e de Esportes. SODRE faleceu em 22 de abril no Hospital SÃO DOMINGOS, por insuficiência respiratória. Há dez anos, havia sofrido um acidente vascular cerebral. O ex-vereador deixou três filhos e seis netos.  

O show de LEONARDO, ontem no CITEBANK HALL, na BARRA DA TIJUCA, RIO, foi marcado por lágrimas e palavras de fé do músico, que está com o filho PEDRO LEONARDO internado em GOIÁS. “Eu gostaria que a gente unisse show, a festa, a lembrança de LEANDRO e LEONARDO, e fizesse uma corrente religiosa para que meu filho permaneça aqui com a gente”, pediu, emocionado, ao público. O quadro do jovem de 24 anos – que sofreu um acidente de carro, na sexta-feira, em MINAS GERAIS – é de lesão cerebral (com traumatismo grave e edema), trauma pulmonar e infecção generalizada. “Estamos tentando garantir a vida. Falar de seqüelas agora não tem sentido, disse EDILENE GREGÓRIO, neurologista que está acompanhando o caso, em entrevista coletiva realizada hoje, no Instituto Ortopédico de GOIÂNIA. O risco de morte não está afastado. Ainda entre lágrimas, LEONARDO aproveitou o show para lembrar também do irmão LEANDRO, que morreu há 14 anos. LEONARDO cancelou todos os outros compromissos para ficar com o filho. O estado de PEDRO é de coma induzido.

Relatório produzido pela Receita Federal nas investigações da OPERAÇÃO MONTE CARLO revela que a organização comandada por CARLOS AUGUSTO RAMOS, o CARLINHOS CACHOEIRA, acumulou um patrimônio de cerca de trinta milhões de reais, valor que seria incompatível com os bens e rendimentos declarados ao Fisco. Segundo a Receita, CACHOEIRA deixava os bens em nome da ex-mulher e do ex-cunhado. Entre eles há uma casa em MIAMI, uma fazenda de 165 hectares, um avião CESSNA, salas comerciais e apartamentos. A análise mostra que o contraventor declarava rendimentos que variavam de 60 mil a 70 mil reais. O patrimônio chegava a 4,3 milhões de reais. “Não há indicação da origem de tais recursos”, destaca a Receita. Já criada no Congresso a CPI DO CHACHOEIRA, dever ser instalada na quarta-feira.

O candidato do partido socialista FRANÇOIS HOLLANDE venceu o atual presidente francês NICOLAS SARKOZY no primeiro turno das eleições presidenciais do país. De acordo com os resultados de pesquisas divulgadas logo após o fim da votação, HOLLANDE recebeu 28% dos votos, enquanto o atual presidente – que é de centro-direita – ficou com 26%. Além de HOLLANDE e SARKOZY, outros oito candidatos estavam na disputa. Entre eles, destacaram-se radicais de direita e de esquerda. MARINE LE PEN, do partido FRENTE NACIONAL, dever ser a terceira concorrente na disputa do segundo turno, com 20% dos votos.   

22ABRIL2013       :        -      SEGUNDA-FEIRA
Solenidade em comemoração ao 124º aniversário natalício (22.04.1889) do ALMIRANTE ÁLVARO ALBERTO DA MOTA E SILVA, em conjunto com o Centro Tecnológico da Marinha em SÃO PAULO, e a Sociedade Amigos da Marinha de SOROCABA, para a outorga da condecoração, COLAR “ALMIRANTE ÁLVARO ALBERTO DA MOTA E SILVA – O PAI DA TECNOLOGIA NUCLEAR BRASILEIRA”. Nessa solenidade serão condecorados o CAPITÃO PM ANÍSIO e o SARGENTO GEORGE TRAJANO.
O SARGENTO GEORGE TRAJANO liga-me pela manhã, convidando-me para ir a essa solenidade. Acontece que o fato de desativar o Núcleo MMDC LESTE e ser o Professor ADILSON CÉZAR o Presidente do Conselho de Honrarias e Mérito, minha presença em SOROCABA poderá ser constrangedora para o Presidente também do Instituto Histórico, Geográfico e Genealógico de SOROCABA, local onde acontecerá a cerimônia de entrega do colar. GEORGE tece considerações sobre os motivos que levaram à extinção do Núcleo de SÃO MIGUEL PAULISTA. 

Mais tarde, no MMDC, estão o AMADO RÚBIO e WILLIAM MASCARENHAS. As conversas em torno da desativação do núcleo MMDC LESTE é o assunto principal. Mas vou almoçar e os componentes do escritório do MMDS também tocam nessa situação delicadíssima. Já no retorno à Sociedade, pronto para ir à primeira reunião do Conselho Cívico e Cultural, sou surpreendido pelo telefonema do TENENTE PM NATANAEL, muito nervoso, dizendo que somente hoje tomou ciência dos meus e-mails. Desculpa-se dizendo que houve uma grande confusão em torno de tudo que aconteceu e que já está mandando refazer os diplomas com o meu nome. Procura se justificar dos erros cometidos, apontando um e-mail da Sociedade mandando refazer os diplomas. Não acredito muito nas suas ponderações, mas, dentro dos parâmetros da situação, que poderia causar problemas enormes para os dois tenentes, já que elaborara até um oficio endereçado ao Comandante Geral e outro ao próprio Governador, face a sessão solene marcada para a Câmara Municipal, explicando em detalhes tudo o que está acontecendo, há muito tempo, com o Núcleo MMDC LESTE, vou “acreditar” no que está expondo o NATANAEL. Por hora fica suspensa a minha determinação de exclusão do núcleo, mas vou acompanhar mais de perto todas as ações do presidente e do vice.   

Na Associação Comercial, na reunião do Conselho Cívico e Cultural, que já havia começado, vamos encontrar o GIANNOCCARO na coordenadoria, mas que está anunciando a sua saída desse cargo. A coordenadora dos conselhos, dona MARÍLIA, encontra-se ao lado do GIANNOCCARO. Estão presentes: FRANCES DE AZEVEDO, MARIA CECÍLIA NACLÉRIO HOMEM, ELOY, LAURO RIBEIRO ESCOBAR, PEDRO PAULO PENNA TRINDADE, DOUGLAS NASCIMENTO, OG POZZOLI, JÁCOMO SPAMPINATO, HELIODORO, MAJOR PM PÍCOLI, BIAGINE, VILMA. Durante toda a reunião dois assuntos prevaleceram: MUSEU DO IPIRANGA, e VIADUTO DO CHÁ. O primeiro, praticamente abandonado pelos órgãos públicos (a Federação, o Estado e o Município) que um joga a culpa no outro e nada fazem. Quanto ao Viaduto do Chá há um projeto de lei tramitando na Câmara Municipal acrescentando o nome de MARIO COVAS ao viaduto. As discussões vão até o horário de encerramento da reunião. Há uma manifestação de todos os conselheiros, que, de pé, aplaudem os trabalhos do FRANCISCO GIANNOCCARO, à testa do Conselho Cívico e Cultural durante esses longos anos. Ninguém sabe que irá conduzir os destinos do CCC daqui para a frente.  
O retorno para casa é muito desagradável. O ônibus leva mais de uma hora para sair da MARGINAL TIETÊ e entrar na VIA DUTRA. O pior é quando chego em casa. O JOÃO GOMES conta que sua mãe ficou ruim da gripe, chegando a delirar, com febre alta. A MARLENE a levou ao Hospital Municipal da cidade, para passar pelo médico. Isso vai demorar algumas horas. LUCINDA, depois de medicada e passar por alguns exames e Raio X vai retornar quase à meia-noite.

A morte brutal da artista plástica HIROMI SATO, de 57 anos, chocou moradores do tranqüilo bairro HIGIENOPOLIS, área nobre de SÃO PAULO. A vítima foi espancada e estrangulada pelo marido, o advogado SÉRGIO BRASIL GADELHA, de 74 anos, no final da semana, mas o crime acabou descoberto hoje de madrugada, quando a filha do acusado, JULIANA PIRES GADELHA, chamada pelo pai, chegou ao apartamento onde o casal morava há dois anos, na Rua PARÁ. HIROMI estava deitada na cama do casal, coberta com um lençol, e tinha inúmeros hematomas pelo corpo todo. No chão havia um tufo de cabelos brancos e sangue espalhado por travesseiros e colchão. Também foi encontrado um edredon ensangüentado na banheira e manchas na parede. Em depoimento à polícia, JULIANA contou que o pai estava sentado no sofá e pediu para ajudá-lo a levantar HIROMI. Foi quando ela constatou a gravidade e chamou o SAMU. HIROMI, porém, já estava morta. GADELHA foi preso  e autuado em flagrante no 78º Distrito (JARDINS) e, à tarde, removido para a delegacia da VILA CARRÃO. Por ser advogado, tem direito à prisão especial. Amanhã seu advogado, ÁTILA MACHADO, vai entrar já Justiça com pedido de relaxamento da prisão, alegando falta de requisitos legais. ÁTILA MACHADO contou que seu cliente está arrependido e muito abalado porque, segundo afirmou, não queria matá-la. “O casal tinha uma relação de companheirismo”, comenta. Segundo ÁTILA, GADELHA tinha ciúme de HIROMI por causa de um relacionamento antigo dela. Ele afirmou que na semana passada as discussões entre o casal se intensificaram, apesar de não ter ocorrido nenhum fato que as motivassem.

Adolescentes da unidade PIRITUBA da FUNDAÇÃO CASA, na zona norte, fizeram cinco funcionários reféns e iniciaram tumulto na noite de domingo. Os menores atearam fogo em colchões e também em móveis plásticos da unidade. Enquanto a Polícia Militar cercava o prédio, os bombeiros entraram na unidade para apagar o fogo. Funcionários negociaram a rendição, que demorou duas horas.

Freqüentadores de um baile funk que se instalou na Rua ARBELA, na região de ITAQUERA, zona leste, ficaram furiosos porque a Polícia Militar intercedeu, impedindo o prosseguimento do evento, mediante reclamação de moradores sobre o excesso de barulho ontem à noite. Eles atearam fogo em um ônibus da Viação ITAIM PAULISTA. Ninguém ficou ferido e nenhum dos vândalos foi identificado.

Jornalista há mais de três décadas – e desde 1999 no comando do “MAIS VOCÊ” – ANA MARIA BRAGA tira de letra os imprevistos de apresentar um programa ao vivo. E não são poucos. Hoje, ela sofreu um dos maiores incidentes de sua carreira. Enquanto mostrava um carro automático, que anda sem motorista ao volante, acabou “atropelada” pelo veículo. Ainda assustada, ANA MARIA chamou o intervalo e foi brevemente substituída pelo LOURO JOSÉ, mas pouco depois voltou para apresentar o programa até o fim. Coisa de profissional. Segundo a equipe que trabalha com ANA MARIA, a loira ainda participou da reunião de pauta e só depois foi para o hospital, acompanhada do médico GUILHERME FURTADO, que apresenta um quadro no “MAIS VOCÊ”. No centro médico, a apresentadora fez uma radiografia e constatou que não havia quebrado nenhum osso, apenas sofrido um corte na boca, pelo qual tomou cinco pontos.     
   
Cinco pessoas da mesma família, entre elas uma criança de 10 anos, morreram neste domingo (ontem) em um acidente na Rodovia DEPUTADO BADY BASSITT, entre TANABI e MONTE APRAZÍVEL, na região de SÃO JOSÉ DO RIO PRETO. De acordo com o boletim de ocorrência, o carro das vítimas foi atingido na lateral por uma caminhonete que tentava fazer uma ultrapassagem sem boa visibilidade. Com o toque, a motorista perdeu o controle da direção e bateu de frente com uma carreta carregada com calcário. A batida foi tão forte que o carro ficou completamente destruído. Morreram na hora a motorista FABIANA PERPÉTUO DA SILVA, 32, o marido JÚNIOR CÉSAR ROSÁRIO GOMES, 36, a filha MARIANA DA SILVA GOMES, de apenas 20 anos, e a mãe da motorista, ERCÍLIA SANTA RICARDO SILVA, de 57. O pai de FABIANA, JOSÉ GETÚLIO DA SILVA, 60 anos, chegou a ser levado para a Santa Casa de TANABI, mas não resistiu aos graves ferimentos e morreu hora depois do acidente. O motorista da carreta, CELIANO SOUZA, sofreu apenas ferimentos leves no acidente. CELIANO, que teria provocado o acidente, fugiu sem prestar socorro. “Há muitos anos não ocorre algo do tipo neste trecho da rodovia”, afirma o TENENTE DAVID GABRIEL MELO, da Polícia Rodoviária. O motorista é procurado pela Polícia Militar Rodoviária.

Começou hoje o julgamento do ex-policial MARCOS APARECIDO DOS SANTOS, o BOLA. Ele é acusado de homicídio duplamente qualificado – meio cruel e uso de recurso que impossibilitou a defesa da vítima – e ocultação do corpo de ELIZA SAMUDIO, ex-amante do goleiro BRUNO FERNANDES, já condenado no mesmo processo. Quatro homens e três mulheres vão definir o destino do ex-policial. Em entrevista em frente ao FÓRUM DE CONTAGEM, em MINAS GERAIS, onde acontece o julgamento, o advogado FERNANDO MAGALHÃES, integrante da banca de defesa de BOLA, afirmou que seu cliente não vai admitir, em hipótese nenhuma, a autoria do assassinato de ELIZA SAMÚDIO. “O inocente só pode alegar a inocência. Quem não fez não confessa”, declarou MAGALHÃES. Os já condenados LUIZ HENRIQUE ROMÃO, o MACARRÃO, e o goleiro BRUNO FERNANDES optaram pela estratégia de uma confissão parcial em seus depoimentos. “Não acredito que o BOLA possa fazer uma confissão. Se fizer, vai ser beneficiado. Se ele fosse inteligente dividiria a culpa e entregaria os outros. Espero que ele pegue por volta de 30 anos”, afirmou o assistente da acusação, JÓSÉ ARTEIRO. No primeiro dia do julgamento do BOLA, a primeira testemunha a ser ouvida foi a delegada ANA MARIA SANTOS. Ela teve o depoimento nos outros dois julgamentos do caso lido pela juíza MARIXA FABIANE LOPES RODRIGUES.

O pastor EDVALDO DIAS PEREIRA, de 50 anos, morreu após ser atingido na cabeça por uma bala perdida, no RIO. Outras três pessoas morreram e três ficaram feridas no tiroteio entre policiais e suspeitos de roubar um caminhão de cigarros. Entre os mortos também estão um sargento PM e dois supostos bandidos. Os suspeitos teriam atirado, iniciando o confronto.

Foi realizado hoje o funeral de KRYSTLE CAMPBELL, de 29 anos, a primeira das três vitimas do atentado à MARATONA DE BOSTON. Também hoje, o suspeito dos ataques, DZOHKHAR TSARNAEV, foi indiciado, mesmo estando internado.

O presidente venezuelano NICOLÁS MADURO ratificou os ministros mais importantes do falecido HUGO CHÁVEZ, entre eles os titulares das Relações Exteriores, Petróleo, Defesa e Informação. MADURO ratificou “em primeiro lugar e como desejo do comandante CHÁVEZ” o nome de JORGE ARREAZA, genro do falecido presidente, na vice-presidência. Ele chamou ARREAZA DE “humilde, trabalhador e capacitado”.

A polícia canadense acusou hoje duas pessoas de participarem de um complô ligado à rede AL-QAEDA para “realizar um ataque terrorista” contra um trem de passageiros na GRANDE TORONTO, no CANADÁ, que liga a região a NOVA YORK, nos ESTADOS UNIDOS. A polícia divulgou o nome dos dois acusados como CHIHEB ESSEGHAIER e RAED JASER, moradores de MONTREAL e TORONTO, respectivamente. Segundo as autoridades, os dois presos receberiam apoio e orientação de membros da rede no IRÃ.    

22 DE ABRIL DE 2014     :     -    TERÇA-FEIRA
Ainda em CURITIBA, no GOLDEN STAR HOTEL, na Rua MARIANO TORRES, 135, vou acordar por volta das 9 horas. Faço a mala e deixo o quarto 303, no 3º andar, onde permaneci por pouco tempo, por gentileza do Presidente do CÍRCULO MILITAR, CORONEL JOÃO ALMEIDA.
No hall de entrada aguardo a chegada do JOEL LOBO e MARIANO TAGLIANETTI. Conforme combinamos ontem, eles me conduzem, às 10:30 horas para o AEROPORTO AFONSO PENA. Estou me despedindo de CURITIBA, onde, se concretiza um sonho de vários anos, a criação de uma ASSOCIAÇÃO PARANANESE MMDC-32 E HERÓIS DO CERCO DA LAPA. Sinto-me realizado com o acontecimento de ontem. Enquanto aguardamos o horário da abertura do portão de embarque, ainda tomamos um café e fazemos planos para o futuro da Associação. TAGLIANETTI propõe a criação de núcleos da Associação em cidades do PARANÁ. Isso será algo muito interessante, pois divulgará os fatos e os feitos de 32 e do CERCO DA LAPA, objetivos da nova Associação.
A partida do avião da GOL atrasa um pouco. Mas tudo corre bem e, quase às 14 horas, o avião chega no Aeroporto Internacional de CUMBICA. O PAULO CÉSAR aguarda-me fora do aeroporto e me transporta para casa.
Conto para LUCINDA os principais lances que aconteceram em CURITIBA, como o almoço em SANTA FELICIDADE, no RESTAURANTE NOVO MADALOSSO, o segundo maior restaurante do mundo pelo Guiness Book 1995, a solenidade no CÍRCULO MILITAR e o jantar do LELLIS TRATTORIA.
Abrindo a minha caixa de e-mails, recebo duas imagens tiradas ontem à noite no LELLIS TRATTORIA, com MARIANO TAGLIANETTI e sua esposa MARIA HELENA e JOEL LOBO. Coloco uma dessas imagens em meu blog.   

Um total de 34 ônibus danificados e 20 mil habitantes de OSASCO que usam o transporte público da cidade, prejudicados. Esse é o saldo da “vingança” de EDÍLSON ALMEIDA SILVA, 19 anos, pela morte do irmão gêmeo, EDEMILSON, nesta madrugada. Segundo a polícia, uma guerra pelo controle do tráfico no JARDIM BARONESA, bairro da cidade, matou EDMILSON com 24 tiros por volta das 19:30 horas de ontem. Em retaliação, três horas depois seu familiar, primeiro, ateou fogo em dois coletivos que circulavam nas ruas. Não satisfeito, foi fortemente armado com mais quatro comparsas, ainda não identificados, até uma garagem da VIAÇÃO URUBUPUNGÁ, na VILA ALIANÇA, onde completou o ato.
EDILSON foi detido pela Polícia Civil durante a tarde. Ele não confessou o crime, mas foi reconhecido por quatro funcionários que estavam no local no momento. Eles foram obrigados pelo bandido a jogar gasolina nos coletivos. Em seguida, o grupo ateou fogo nos veículos. “É uma coisa insana, inadmissível”, destacou o delegado seccional PAULO TUCCI.
Os prejuízos da empresa podem chegar a 10 milhões de reais. Dos 34 ônibus incendiados, apenas 11 poderão ser recuperados. Os outros 23 viraram sucata. Todos atendiam a cidade.
Uma frota emergencial, formada por coletivos de outras linhas e até veículos que estavam na oficina, foi colocada em operação, mas a própria URUBUPUNGÁ diz que apenas amanhã o serviço deverá ser normalizado.
TUCCI afirma que a polícia seguirá com as investigações para descobrir os outros participantes do crime. Um deles se queimou, como aparece nas imagens das câmeras de vigilância usadas na investigação. Por enquanto, está descartada a participação de menores de idade no atentado.
O homicídio também vai ter prioridade. Os irmãos chegaram a ser apreendidos juntos pela polícia por tráfico de drogas quando eram menores.

Uma carreta vinda do PARAGUAI foi apreendida em ARAÇARIGUAMA, no interior do estado ontem, com 457 quilos de maconha. A droga estava na carroceria de um caminhão que transportava arroz e vinha sendo monitorada pela polícia de SÃO BERNARDO, na GRANDE SÃO PAULO. Ninguém foi preso. O cerco ocorreu no km 48 da Rodovia CASTELLO BRANCO, quando o veículo entrou em um posto de combustível.
Foi montada uma campana de dois dias na rodovia. Os detalhes que os policiais tinham sobre o carregamento da maconha eram a cor e o modelo do caminhão, além de saberem que o veículo estaria transportando arroz, usado para camuflar a droga e disfarçar o cheiro que a erva produz.
Uma empresa de GUARULHOS, na GRANDE SÃO PAULO, havia comprado 155 toneladas do cereal. A entrega seria feita em cinco carretas. Apenas uma levaria a droga para os traficantes.
A Polícia Civil acredita que o motorista não sabia que carregava o entorpecente. “O caminhão vinha sendo dirigido por um motorista. Esse motorista nós acreditamos que é um ‘laranja’, nãoa tinha absoluto conhecimento da irregularidade da carga, mas concordou em outro país em encostar num local que não foi o local da carga de arroz, para estar movimentando a carga”, afirmou ao site de notícia G1 o delegado CARLOS ALBERTO DA CUNHA. O entorpecente foi retirado de dentro da carreta, tendo o motorista, depois que prestou depoimento, sido liberado para prosseguir viagem com a carga de arroz até o seu destino final. Ele foi escoltado por policiais.

Ladrões entraram numa joalheria dando marcha a ré num carro para arrombar a porta do estabelecimento. O crime ocorreu em ARAÇATUBA, ontem. Imagens de uma câmera de segurança estão sendo usadas para auxiliar na identificação dos criminosos. Elas registraram o momento em que um carro em marcha a ré é usado para arrombar a porta da joalheria. O que dificulta a identificação é que os ladrões usaram capacetes durante a ação. Antes de utilizar o carro, os criminosos tentaram arrombar a porta sem usar o veículo, mas não conseguiram. Eles ainda usaram uma marreta e um pé de cabra para ter acesso aos mostruários.

A Justiça determinou, hoje, a soltura do comerciante FÁBIO HIROSHI HATTORI, de 27 anos, que atropelou 12 jovens e matou seis na Rodovia RAPOSO TAVARES, em SOROCABA, no dia 6 de abril. As vítimas saíam de uma festa de música eletrônica e foram atingidas num ponto de ônibus. A decisão atendeu o pedido do Ministério Público. A liberação é mediante pagamento de fiança, como estipulou a Justiça, equivalente a 40 salários mínimos, ou seja, quase 29 mil reais. Segundo o advogado do comerciante, MÁRIO DEL CISTIA FILHO, o valor foi pago e a Justiça já emitiu alvará de soltura. Após analisar o inquérito policial, o promotor de Justiça de SOROCABA, EDUARDO FRANCISCO DOS SANTOS JÚNIOR, afirmou que a motivação do acidente foi o ato de o motorista ter dormido ao volante e não necessariamente porque ele ingeriu bebida alcoólica. Ele afirmou que o atropelamento foi uma tragédia, por isso o dolo contra a vida não deve ser aplicado, já que FÁBIO não previu que o acidente fosse acontecer.

A CNV (COMISSÃO NACIONAL DA VERDADE) concluiu em relatório preliminar apresentado hoje, em BRASÍLIA, que a morte do ex-presidente da República JUSCELINO KUBITSCHEK e de seu motorista, GERALDO RIBEIRO, foi decorrente do acidente de carro sofrido na VIA DUTRA em agosto de 1976. A conclusão contraria a tese de homicídio defendida em dezembro pela Comissão Municipal da Verdade de SÃO PAULO. “Não há documentos, laudos e fotografias trazidos para a presente análise qualquer elemento material que, sequer, sugira que o ex-presidente e GERALDO RIBEIRO tenham sido assassinados, vítima de homicídio doloso”, diz o relatório.

A Polícia Rodoviária Federal registrou 136 mortes em acidentes nas estradas federais nos quatro dias de feriado prolongado da Semana Santa e Tiradentes. Em números absolutos, no mesmo feriado do ano passado foram 111 mortes nas vias federais, mas em 2013 a Semana Santa teve um dia a menos de folga. A média diária de óbitos registrada em 2014 foi de 27,2 falecimentos, contra 27,75 no feriado do ano passado, apontando estabilidade.

Morreu hoje a quarta vítima do acidente ocorrido em uma procissão na SEXTA-FEIRA SANTA, em MANAUS. ANA EUNICE CRUZ, de 50 anos, não resistiu. A mãe dela também morreu no acidente. Duas pessoas – uma mulher de 52 anos e uma criança de 10 anos – permanecem internadas em hospitais da capital. O motorista não podia dirigir caminhões. Ele chegou a ser preso, mas foi solto após pagar fiança. O veículo também foi modificado ilegalmente.

A polícia sul-coreana prendeu hoje mais um membro da tripulação do navio SEWOL, que afundou com mais de 465 pessoas a bordo. 121 corpos tinham sido encontrados e 191 pessoas continuavam desaparecidas. O homem, identificado por seu sobrenome, SOHN, tentou, sem sucesso, suicidar-se na segunda-feira, cinco dias depois de ser resgatado da embarcação. Oito tripulantes, incluindo o capitão, estão detidos.

O presidente interino da UCRÂNIA, OLEKSANDER TURCHINOV, anunciou, hoje, o relançamento da operação antiterrorista no leste do país, após o corpo de um político do seu partido ter sido encontrado com marcas de tortura. VOLODYMYR RYBAK, membro do Partido BATKIVSHCHYNA, tinha sido sequestrado recentemente e foi achado perto da cidade de SLAVIANSK, controlada atualmente por forças pró-RÚSSIA, o que aumentou a tensão entre os dois países.       

Além de serem recrutadas e treinadas para lutar no conflito, pelo menos 50 mil crianças com menos de 5 anos podem morrer de fome até o fim deste ano no SUDÃO DO SUL. Atualmente, 740 mil delas estão em ‘alto risco de insegurança alimentar’, de acordo com o porta-voz da UNICEF, CHRISTOPHE BOULIERAC. Destas, 50 mil poderão morrer se não foram alimentadas imediatamente. Além da falta de alimentos, preocupam as autoridades especialmente o acesso à água potável e a falta de saneamento, principais causadores de doenças contagiosas.


2 015    :     -    QUARTA-FEIRA
“O TEMPO É MUITO LENTO PARA OS QUE ESPERAM, MUITO RÁPIDO PARA OS TÊM MEDO, MUITO LONGO PARA OS QUE LAMENTAM, MUITO CURTO PARA OS QUE FESTEJAM. MAS, PARA OS QUE AMAM, O TEMPO É ETERNIDADE.”
                                                                      WILLIAM SHAKESPEARE

Procuro concatenar minhas idéias acerca das palestras que irei fazer amanhã e na sexta-feira em RIBEIRÃO PRETO. O Juiz RICARDO MONTE SERRAT já arrumou tudo para que essa "maratona" aconteça. Tenho hoje contatos telefônicos com a 5ª CSM (onde acontecerá a primeira palestra, por volta das 14 horas) e com o CPI (está prevista a palestra para às 16 horas).
Vou mais cedo para a cidade de SÃO PAULO. Passo pelo Corpo de Bombeiros, Na loja da FUNDABOM (antiga sede do MMDC) recebo vários documentos. Os correios ainda não "acharam" onde fica o Obelisco do IBIRAPUERA. As correspondências não são entregues lá e vamos sentir prejuízo na elaboração da lista das condecorações para 23 de maio (os currículos deveriam ser entregues até o dia 17 de abril e bem poucos são aqueles que chegaram).
Quando chego no Monumento Mausoléu ao Soldado Constitucionalista de 32 fico sabendo que a MARINEI e o WANDER estão atarefadíssimos com a abertura da segunda conta da Sociedade (para fins de doações) no SANTANDER. A burocracia exige deles que compareçam até a Academia de Polícia Militar do Barro Branco para colherem a assinatura do tesoureiro, CAPITÃO PM ANÍSIO DOS SANTOS. Isso é uma pura perda de tempo, considerando que o banco tem todos os nossos dados. Somos clientes do SANTANDER há muitos anos. Na segunda-feira lá comparecemos, mas a segunda conta ainda não foi aberta.
Por volta das 15 horas, eles retornam ao Obelisco. Temos muitas coisas para fazer, inclusive respondendo mensagens de RIBEIRÃO PRETO e outros lugares. Acontece que somos visitados pelo jornalista VALDIR PERVELHO, que tem um site (O TIRA) e quer matéria para publicar nessa sua página na internet. Não temos como atendê-lo.
Quase no final do expediente comparece o CORONEL PM ANTONIO CARLOS MENDES. Precisamos acertar alguns detalhes para futuros eventos.
Chove quase que o dia todo. Isso causa problemas no trânsito. WANDER e MARINEI vão me deixar em casa.

O SÃO PAULO voltou à vida EM 2015. Pela primeira vez nesta temporada, o TRICOLOR venceu um clássico. Mais do que isso, ao derrotar por 2 a 0 o CORINTHIANS, nesta noite, o time quebrou também um jejum de oito anos sem superar o rival no MORUMBI. Para completar a festa, a equipe de ROGÉRIO CENI garantiu a classificação para as oitavas de final da LIBERTADORES e jogou a crise para o outro lado.
Afinal, o TIMÃO, que na próxima fase pega GUARANI, do PARAGUAI, fica com a pulga atrás da orelha em relação ao seu desempenho, pois acabou de ser eliminado pelo PALMEIRAS no PAULISTA e, em seguida, sofreu o revés para o SÃO PAULO.
Já o TRICOLOR encara o CRUZEIRO na disputa por uma vaga nas quartas de final. Porém, o clima agora é outro no MORUMBI. A hipótese de ver CENI, que tam contrato até agosto, aposentar-se antes do esperado, foi completamente descartada. 

Não foi fácil, mas o Atlético-MG derrotou o Colo-Colo na noite desta quarta-feira (22), por 2 a 0, no estádio Independência, em Belo Horizonte, e se classificou para as oitavas de final da Libertadores.
Com o triunfo, o Atlético-MG ficou na segunda posição do Grupo 1, com nove pontos –passou de fase por ter melhor saldo de gols que o Colo-Colo. O primeiro lugar ficou com o Santa Fe, da Colômbia, que fez 12 pontos.
O adversário das oitavas de final do time mineiro ainda não está definido.
O Atlético-MG saiu na frente do placar com um gol aos 18min da primeira etapa. Lucas Pratto fez. O tento da classificação veio só aos 34min do segundo tempo, com Rafael Carioca. 

 O trecho da RUA TURIASSU que passa em frente ao ALLIANZ PARQUE mudou de nome. Dos números 1643 e 2.237, a TURIASSU virou RUA PALESTRA ITÁLIA. A mudança foi aprovada hoje pela CÂMARA. "Foi um dos maiores presentes que a cidade de SÃO PAULO poderia dar ao PALMEIRAS, disse o presidente PAULO NOBRE. "Hoje, o PALMEIRAS tem a honra de ser um dos poucos clubes do mundo que mora no endereço que tem o próprio nome".

Um suspeito morreu e outros dois ficaram feridos após uma troca de tiros com policiais militares durante uma perseguição nesta madrugada, na BRASILÂNDIA. De acordo com a Polícia Militar, os suspeitos estavam em um carro roubado. Os agentes faziam patrulhamento na região quando desconfiaram do veículo e deram ordem de parada.
Os três homens não obedeceram e uma perseguição teve início. Os suspeitos somente pararam quando o veículo bateu em um poste. Os agentes contaram que um dos homens saiu do carro atirando, mas foi baleado pelos policiais. Ele morreu no local.
Os outros dois ficaram feridos no acidente e foram socorridos. O caso foi registrado como roubo e homicídio simples em decorrência de intervenção policial.

O restaurante japonês SHIGUE sofreu um arrastão por volta das 20 horas de ontem, na Rua SAMPAIO VIANA, no PARAÍSO. Depois do roubo, dois criminosos foram presos e um outro morreu em uma troca de tiros com policiais durante perseguição.
De acordo com a Polícia Civil, no momento do arrastão, ao menos 30 pessoas estavam no local quando LÁZZARO PEREIRA LIMA MARQUES, 19 anos, e ALLAN JONNE LOPES DE SOUZA AZEVEDO, 18 anos, entraram  armados e anunciaram o roubo. Eles pegaram celulares, carteiras, dinheiro e bolsas das vítimas. As pessoas que estavam no restaurante contaram à polícia que LÁZZARO e ALLAN estavam nervosos e os ameaçavam.
No momento do roubo, o outro suspeito, que foi identificado como MARCELO RIBEIRO FERREIRA, 39 anos, ficou do lado de fora observando o movimento.

A Polícia Civil ouviu nesta manhã quatro integrantes da torcida PAVILHÃO NOVE, do CORINTHIANS, sobre a chacina que deixou oito mortos na sede da organizada, na noite de sábado, na PONTE DOS REMÉDIOS. Entre os torcedores que prestaram depoimentos estava o presidente da torcida, PHILLIP GOMES LIMA. A Justiça determinou sigilo nas investigações a pedido da Polícia Civil. Por esse motivo, não foi revelado o que os integrantes da organização falaram ao DHPP, (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa).
A principal linha de investigação indica que apenas FÁBIO NEVES DOMINGOS, 34 anos, era o alvo dos criminosos devido à disputa por ponto de drogas na região da sede da PAVILHÃO NOVE. Os policiais tentam fazer retratos falados dos suspeitos e vão ouvir familiares das vítimas e testemunhas que estavam no local no momento da chacina.

Nove pessoas ficaram feridas, nesta madrugada, em consequência de uma explosão em SUZANO, na região metropolitana de SÃO PAULO. Segundo a perita MARIA LUZIA BOZZOLO, o acidente foi resultado de um deslocamento de ar causado pelo acúmulo de gás. A polícia apreendeu três botijões de gás que estavam na casa. O material passará por perícia.
Outras três residências ao redor do imóvel destruído, no JARDIM LAZZARESCHI, também foram danificadas e tiveram de ser interditadas. Dos nove feridos, três estão em estado grave.       

Após um longo período de espera e expectativa, a Petrobras finalmente divulgou nesta quarta-feira (22) o balanço auditado do exercício de 2014. A companhia registrou no ano passado um prejuízo de R$ 21,587 bilhões, contra um lucro de R$ 23,6 bilhões em 2013.
A Petrobras informou no balanço que a baixa contábil pelo esquema de pagamentos indevidos investigado pela Lava Jato foi de R$ 6,194 bilhões. Ou seja, essa foi a perda por corrupção, segundo a estatal.
Ao comentar o balanço, o presidente da Petrobras, Aldemir Bendine, fez um pedido de desculpas em nome dos funcionários da companhia pelo escândalo de corrupção. “Sim, a gente está com sentimento de vergonha por tudo isso que a gente vivenciou, por esses malfeitos que ocorreram. Não temos clarividência muito clara se foi de fora para dentro ou de dentro da fora. Sim, faço pedido de desculpa em nome dos empregados da Petrobras porque hoje sou um deles”, disse.
LUCRO DA PETROBRAS
Em R$ bilhões
9,99,8817,717,823,725,921,532,928,935,133,321,123,5-21,5200020052010-30-20-10010203040
Fonte: Economatica
Perdas de R$ 6 bilhões com corrupção. "O valor da baixa de gastos adicionais capitalizados indevidamente no ativo imobilizado oriundos do esquema de pagamentos indevidos descoberto pelas investigações da Operação Lava Jato (baixa de gastos adicionais capitalizados indevidamente) foi de R$ 6,194 bilhões", afirma o balanço.
A petroleira afirmou, no entanto, que não consegue identificar especificamente os valores de cada pagamento indevido.
Sobre a metodologia utilizada, a companhia explicou que listou todas as empresas citadas nas investigações e os contratos assinados com as contrapartes. Depois, calculou o valor desses contratos, identificando todos os pagamentos feitos, e aplicou um percentual fixo de 3% sobre o valor total, para estimar os gastos adicionais sobre o "montante total dos contratos".
Diretoria de Costa liderou perdas: Dos R$ 6,2 bilhões perdidos com corrupção, segundo o balanço, a maior parte (55%) ocorreu na área de Abastecimento, que foi comandada por Paulo Roberto Costa, com baixa de R$ 3,326 bilhões. Gás e Energia respondeu por R$ 637 milhões das perdas. As áreas de Distribuição e Internacional tiveram baixas de R$ 23 milhões cada uma, ao passo que o Corporativo da companhia teve perda de R$ 99 milhões. Outros R$ 150 milhões referem-se a pagamentos indevidos de empresas não citadas na Lava Jato.
'Cálculo conservador': Ao calcular as perdas com corrupção, a estatal concluiu, "com base nos depoimentos tornados públicos", que o esquema de pagamentos indevidos funcionou entre 2004 a abril de 2012.
Segundo Bendine, no entanto, o cálculo com as perdas pode ser considerado "conservador" e, caso apareçam fatos novos nas investigações, o valor poderá ser corrigido. "A gente pode até entender que esse número provisionado foi conservador. A gente tentou extrapolar o máximo possível para dar este tipo de conforto e ter um faixa para trabalhar, na medida que isso for apurado e julgado", disse.

Quarta-Feira, Dia 22 de Abril de 2015
Na manhã desta quarta-feira, 22, em Campo Grande, o deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ) recebeu  a Medalha Tiradentes da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul (PMMS). 
O presidente da Comissão de Direitos Humanos da seccional OAB-MS (Ordem dos Advogados do Brasil), Joatan Loureiro da Silva, tentou impedir a homenagem do Governo do Estado ao deputado. A OAB-MS chegou aprovar, durante um seminário sobre direitos humanos, uma moção de repúdio contra a inclusão de Bolsonaro entre os agraciados com a honraria da PMMS. A moção pedia ainda a revogação da homenagem. 
Saindo em defesa -  Gisa Moura: “Já passa da hora da OAB dar a mão à palmatória”
Nossa redação recebeu email, da vice-presidente da União Nacional dos Bacharéis em Ação(UNBA), Gisa Moura, que criticou a moção da OAB/MS. 
Para Gisa Moura, isso é uma retaliação da OAB, por conta do posicionamento do deputado federal Jair Bolsonaro, pela extinção do Exame da Ordem. “Então me pergunto, cadê a tal democracia que a OAB fala tanto? Atitude da OAB-MS em nada contribui no aprimoramento da democracia brasileira. Já passa da hora da OAB dar a mão à palmatória, a OAB tem se mostrado muito antidemocrática, por exemplo: não tem eleição direta para o presidente nacional da OAB, concluiu Gisa Moura.
Medalha Tiradentes
Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes, é Patrono das Polícias Militares brasileiras. Os militares vêem na figura histórica exemplo de dignidade, honestidade, luta pelos ideais de igualdade e pela melhoria de vida do povo brasileiro.

A Justiça Federal condenou, hoje, o ex-diretor de Abastecimento da PETROBRÁS, PAULO ROBERTO COSTA, e o doleiro ALBERTO YOUSSEF por desvios na construção da Refinaria ABREU E LIMA, em PERNAMBUCO. A obra inacabada, orçada inicialmente em 2,5 bilhões de reais que já passa dos 20 bilhões de reais, é o principal alvo da OPERAÇÃO LAVA JATO. COSTA terá de cumprir sete anos e seis meses de prisão por lavagem de dinheiro e  participação em organização criminosa. YOUSSEF foi sentenciado a nove anos e dois meses por lavagem de dinheiro. Na decisão, o juiz SÉRGIO MORO negou o pedido de perdão dos acusados, apesar de eles terem feito acordos de delação. Os dois, no entanto, não irão para atrás das grades e vão cumprir as penas em regime semi-aberto e em seguida, no aberto. Os desvios ocorreram por meio de operações de superfaturamento e simulação de serviços que envolveram 18,6 milhões.