segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

REFLEXÕES SOBRE A MORTE

Reflexão sobre a morte
3 postagens de 3 autores
 
Atribuir
Doni 
9 de jan
Pessoal
 
Mensagem muito oportuna que recebi de um amigo.
 
Vale a pena refletir.
 
Donizeti
 
 
SEJA FEITA A VOSSA VONTADE

Todas as vezes que rezamos o PAI NOSSO, afirmamos: seja feita a vossa vontade assim na terra, como no céu”, mas será que, realmente, nós aceitamos  sem restrições a vontade do Pai?
Quando tomamos conhecimento de catástrofes, que ocorrem longe de nós, embora fiquemos compungidos, não ousamos questionar Deus, por ter permitido o acontecido, pois cremos que Ele sabe o que faz. 
Entretanto, quando algo trágico acontece com pessoas muito próximas, será que temos esta mesma aceitação da vontade de Deus?
Se a morte de nossos pais ocorre quando eles já são bem idosos, sentimos bastante, mas consideramos como um fato natural, mas quando uma pessoa jovem, boa, muito querida, depois de muito sofrimento com uma doença e que apesar da sua fé e das orações de todos morre, será que a nossa resignação com a vontade do Pai, não é abalada?
_ Por que ela, meu Deus? –Não é uma pergunta que, mesmo em pensamentos, fazemos?
Se a nossa Fé for forte, verdadeira, afastamos de pronto esta dúvida, pois sabemos que “insondáveis são os desígnios do Senhor”,(Sl 92 ;5)e nos consolamos, pois também cremos que “o Senhor é bom, e eterna é a Sua misericórdia”.(Sl 117)
Ele, que tudo sabe, é misericordiosamente justo. No julgamento de cada um de nós,  colocará num prato da balança da Sua Justiça, as nossas faltas e, no outro prato, o peso da nossa fé, das nossas boas obras, do nosso amor, de nossas dores e sacrifícios e decidirá segundo o imenso amor que nos tem.
A morte é um fato paradoxal: é ao mesmo tempo uma certeza e uma incógnita. Certeza porque ninguém dela escapa e incógnita porque não se pode prever a sua vinda.
Talvez seja esta a razão pela qual nós nos preparamos para as certezas mais previsíveis da nossa vida e não nos preparamos para a morte. Mesmo para as coisas mais corriqueiras, como ir visitar um amigo, fazer uma viagem de turismo, ir ao clube tomamos todas as medidas, para que não haja contratempo. Mas, quanto à morte, que é uma um fato irreversível, nós pouco nos preparamos. Para esta última e inesperada viagem, devemos estar sempre preparados e munidos, apenas, dos dois únicos documentos necessários: o Cartão de Crédito das nossas boas ações e o Passaporte da nossa Fé.
Para aqueles que estão preparados para quando a morte vier, esta deve ser vista, não como o fim de tudo, mas como a passagem para uma vida melhor. Aqueles que choram a morte de um ente querido, devem se consolar com as palavras de Santo Agostinho: 
 A MORTE NÃO É NADA
A morte não é nada. Eu somente passei para o outro lado do Caminho.
Eu sou eu, vocês são vocês. O que eu era para vocês, eu continuarei sendo



Me deem o nome que vocês sempre me deram, 
falem comigo, como vocês sempre fizeram


Vocês continuam vivendo no mundo das criaturas,
Eu estou vivendo no mundo do Criador


Não utilizem um tom solene ou triste,
Continuem a rir daquilo que nos fazia rir juntos

Rezem, sorriam, pensem em mim.
Rezem por mim.
Que meu nome seja pronunciado como sempre foi, 
sem ênfase de nenhum tipo.
Sem nenhum traço de sombra ou tristeza.

 
A vida significa tudo o que ela sempre significou, o fio não foi cortado.
Porque eu estaria fora de seus pensamentos,

agora que estou apenas fora de suas vistas?

Eu não estou longe, apenas estou  do outro lado do Caminho...
Você que aí ficou, siga em frente, a vida continua, linda e bela
como sempre foi.
Santo Agostinho

Clique aqui para Responder
Waldemar Batista 
9 de jan
Outros destinatários: Cbb-Ninho@googlegroups.com
                                             Meu caro e querido amigo Coronel Donizeti todos tem uma resposta para sua reflexão, não só para a morte, mas de onde viemos, quem somos e para onde vamos . Coloque em uma mesa redonda, um Católico, um Evangélico, um Espírita, um Budista, e representantes de tantas outras vertentes, inclusive um Ateu. Todos terão uma resposta, porém, tenha como certo, cada um dará sua versão e com tal convicção que o senhor vai ficar com a sua. Quando não houver resposta para uma pergunta, eles inevitavelmente  irão falar sobre Mistério e Livre Arbítrio.
                                            Como o senhor disse, temos um Deus justo e somos seus filhos. Então como Ele permitiu o livre arbítrio de um Hitler,  Holocausto e todas as vítimas da 2ª Guerra mundial. Stalin 100 milhões de mortos. Gengis  Khan, mais mortos que qualquer outro na História. Epidemias e Pestes. Perseguição e mortes bárbaras de milhares de Cristãos. Se contarmos as vítimas desde a História Antiga, é muita gente inocentes principalmente as crianças. Mesmo a morte de seu filho  dileto Jesus Cristo e sabendo que não iria mudar o mundo dos pecadores, como permitiu ?. Como explicar ? O diabo está vencendo ? Cada religião, como eu disse, vai dar uma resposta, a seu modo.
                                            Nossa profissão, aliada a idade faz nos ver de perto dores e sofrimentos, como o senhor disse, quando isso acontece a pessoas que nos são queridas e principalmente jovens, abalam nossa fé. Passei por isso e não estou sozinho no CBB. Muitos tiveram esse amargor. Conheci Ut.is , Hospitais de tratamentos de câncer, crianças trazendo ainda um sorriso , mas confidencialmente médicos disseram estarem elas em seus últimos dias entre nós. De onde veio  a culpa ? pagavam pelo que ?.
                                           Quer queiram, quer não, temos que acreditar que existe o outro lado e que tudo não termina na vida terrena. Temos que nos apegar a isso. A própria Oração de Santo Agostinho, que o senhor coloca, nos traz essa visão.
                                           Quando Chico Xavier, um analfabeto psicografa mais de 400 livros, quando a Igreja Católica nos comprova milagres, quando a Fé salva os Evangélicos, não há como não acreditar em não ser coisas terrenas. Se não terrenas, são Divinas. Não estou procurando fazer média com os religiosos que nos lê. Sou espírita, Kardecista e se não encontrei todas as respostas, foi em Allan Kardec e seus Evangelhos que encontrei conforto e respostas, senão todas, pelo menos as que nos deixa próximos ao porque do mundo de hoje. É bom saber, no Centro que frequento , as palestras baseiam-se em Cristo, e nos Apóstolos, principalmente no Novo Testamento , lições deixadas por Mateus, Marcos, Lucas e João.
                                             Não entendo e já vi acontecer amizades sendo desfeitas por opções religiosas. Não é possível !. A lição é básica para todos. Amai uns aos outros.
                                             Então é isso caríssimo amigo, aceitar o nosso destino
E se apegar aos ensinamentos espirituais, abrir todas as noites, a Bíblia, o Evangelho, em qualquer página e agradecer pelo dia e acreditar naquelas palavras “ Ainda que eu ande pelo vale das sombras etc...”.  Bom domingo ao senhor.











De: cbb-Ninho@googlegroups.com [mailto:cbb-Ninho@googlegroups.comEm nome de Bdmarques
Enviada em: sábado, 9 de janeiro de 2016 15:15
Para: undisclosed-recipients:
Assunto: [Cbb-Ninho] Reflexão sobre a morte
- mostrar texto das mensagens anteriores -
--
Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo "Comunidade Barro Branco" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para cbb-Ninho+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar nesse grupo, envie um e-mail para cbb-Ninho@googlegroups.com.
Acesse esse grupo em https://groups.google.com/group/cbb-Ninho.
Para ver essa discussão na Web, acesse https://groups.google.com/d/msgid/cbb-Ninho/CAMkDA-E46uRtNzM0PB6oG327OijPNk5-XBj7pJFT5i3WF8SS_w%40mail.gmail.com.
Para mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.
rosenfeldomarzola 
10 de jan (9 horas atrás)
Outros destinatários: waldemar_batista@terra.com.br, Cbb-Ninho@googlegroups.com
CARO WALDEMAR. Eu adoro as suas sábias palavras. Você está quase certinho. Eu, por mais de 40 anos, dirigi sessões espíritas, de cura e de desmanchos. Aprendi coisas de arrepiar! Em 1968 me afiliei à AMORC,para aumentar os meus conhecimentos sobre os Mistériose ainda sou seu filiado. O que aprendi na AMORC, a respeito do momento exato da REENCARNAÇÃO,o que foi concluído por inúmeras pesquisas e experimentos no Supremo Laboratório da AMORC em  São José da California, é,exatamente, quando cortam o cordão umbilical do nascituro e chora, aí a entidade reencarnante vem com o ar e penetra pelas narinas e infesta todo o corpo da criança. Já, o nosso Mestre Kardec, (ou seja, os Espíritos da Verdade), diz que o espírito reencarnante já está no útero da mãe, o que é ilógico, porque, no útero materno,a criança em formação é apenas um amontoado de energias,com predominância negativa. Ali ela não chora e não demonstra personalidade, pois tudo é feito pela mãe.A criança,ao chorar, já demostra personalidade. Conforme você disse, é tudo complicado! 
   Vamos sintetizar: você deve saber do porque dos mistérios! Qualquer religião, seita ou dogma, apegadas à fé, nada falam sobre os nossos CINCO SENTIDOS. São eles os responsáveis pelos mistérios. Vivemos num mundo de 3D- formas densas - com enorme variedade de vibrações de matéria - plano superficial do nosso planeta- que os nossos Cinco Sentidos,em estado normal, percebem ou não percebem. Quando percebem, dizemos que existe, quando não, dizemos que não existem, então aqui está um mistério. Assim achamos que as Verdades existem, pois podem ser comprovadas por meios científicos, ao passo que as não captáveis não existem e daí surgem muitos mistérios.Esses sentidos nos são úteis para vivermos na 3D, e só! 
   Quando alguém olha para o infinito, vê estrelas, planetas, etc. será que está vendo a Verdade? Não, é mera ilusão dos nossos sentidos! Isso são vibrações de matéria tão sutis, que para nele viverem tem de ter sentidos especiais,diferentes dos nossos! Quando alguém desencarna,perde os nossos cinco sentidos de 3D e passa a usar de outros sentidos para nesse novo mundo ou plano viver.
   Eu (nós) criei um experimento muito inspirador, que serve para comprovar a imortalidade da Personalidade-Alma (EU), comprovar que a matéria, tempo e espaço, não existem, são ILUSÕES. Você e eu somos ilusões! Tempo se refere a duração de locomoção de um lugar para o outro; espaço se refere de um ponto ao outro: ex: a distância entre SP e RJ.,etc.
   Então vamos ao experimento para nos convencer,faz de conta que: 
vá ao médico e lhe peça para ficar cego, pronto, você não mais vê o médico, etc. Peça para perder o tato, pronto,você já pode ultrapassar a parede do consultório,sem se atritar com ela ( sumiu a matéria); mas, até ai você está cônscio de tudo,sabe seu nome, etc.Peça ao médico que anule os demais sentidos (audição, paladar e olfato).Pronto,você se desliga do mundo de 3D e passa a VEVER noutro plano ou mundo, que merecer. Com a perda total dos sentidos a Personalidade-Alma se desliga do corpo de 3D e passa a ver noutro mundo ou plano,etc. Como planetários terrestres, vinculados ao Planeta Terra, conforme o nosso merecer ( Evolução, etc), podemos ir para o Paraíso- Centro da Terra, Plano Espiritual (Aura do Planeta) ou ficarmos aqui em nossa atmosfera. Chico Xavier, ao desencarnar ou transmigrar foi levado por um Disco Voador ao Paraíso e muitos viram isso pela TV Globo em 2.002,justo no momento que eu escrevia o nosso livro -Os Justiceiros Cósmicos - Homens do Espaço.Olha,o assunto é infinito,acho bom pararmos por aqui. Abraços! Marzola

Nenhum comentário: