terça-feira, 26 de janeiro de 2016

VITORIA DO "AEDES" - POR ROBERTO DE ALMEIDA

O "AEDES" VENCEU !

Entrada
x

Roberto de Almeida

para AraciGiselleMartatelfleschtelma-loboPaulotelAriRicardoRicardoRicardoricardoallegroricknnickelAndréjoaolemosbarbo.JoaquimJoséTâmaraJoseJoséjoseJosejosilspJoséHelio
AMIGOS

Até  que  enfim  um  Ministro  da   PRESIDANTA   veio  a  público  dizer  uma  verdade:      "AEDES",   o  mosquito,  venceu.      Não  que  o  fato,  a  vitória  do  "AEDES",  seja  novidade.  O  inusitado  é  alguém,  neste  governo,  dizer  uma  verdade.     

Os  que  acompanham  o  que  vem  ocorrendo neste  "lado  do  Paraíso"   já  tinham  a  certeza de  que  o  "AEDES"  veio  para  ficar.      O prolema  é  que,  se  antes  ele  nos  trazia   somente   a  "dengue",  agora  trouxe  mais  dois  "amigos",  o  "Cicungunya"  (a  febre)   e  o   "Zyka"  (a  "microcefalia").   Será  que,  no  futuro,  vai  voltar  "acompanhado"   de  "outros   amigos" ?    Ninguém  sabe.   Nosso  conhecimento,  nessa  área,  é  próximo  de  zero.


Há   poucos  anos,  o  "AEDES"   causou  uma  epidemia   na  Cidade  Maravilhosa.   O  então  Presidente   ("padrinho"  político  da  atual)     chegou  até  a  chamar  o  "exército".   Lembram-se  ?   Não  sei  bem  o  que  tem  o exército  a  ver  com  o  problema.  Sempre  pensei  que  o  problema  era  de  saúde  pública.  Coisas  do  "subdesenvolvimento"  !  


Será  que  o  "AEDES"  e    seus  "amigos   vírus"    surgiram  agora  ?   Claro  que  não.   Há  muitos  anos   o  "mosquito"  vem  se  espalhando"  pelo  país   fugindo  das  "mudanças  climáticas",  que  ameaçam  o  seu  "habitat".  Aqui,  se  estão  lembrados,  a  "coisa"    surgiu  no  Amazonas  e   Acre   há  muitos  anos.   A   mesma  coisa  aconteceu  com  o  "EBOLA",  saiu do  seu  "habitat", na  África,  fugindo,  segundo  a  opinião  dos  "experts",  do  aquecimento  do  seu  local  de  "origem".     Felizmente,  apesar  das  perdas  relevantes  de  vidas  humanas,    a  ação  do  "vírus"  foi  detida   graças  ao  apoio  das  organizações  médicas  internacionais.     Lá, não  houve  necessidade  de  chamar  os  "marines".  


Depois  de  muito  "carnaval",  "desencontros"  e  "besteira".   Depois  de  utilizarem  a  REDE  GLOBO  para  transmitirem  o  "óbvio":   o  "avanço"  do  "mosquito" ,  o  "desleixo"  de   grande  parte  da  população,  e  a   "incompetência"  do  governo  para  lidar  com  problemas  de  saúde  pública ,   o  MINISTRO  DA  "SAÚDE"   vem  a  publico  para  anunciar  a  "VERDADE"  :   o  "mosquito  VENCEU.     Está  ai, e  vai  ficar.


Provavelmente,  daqui  para  a  frente,  muitos  "milhões"  serão  gastos  com  "publicidade",  muitos  "discursos"   serão  transmitidos  pela TV    para  "DESDIZER"    o  Ministro.    A  mídia  vai  faturar.   A   PRESIDANTA   vai  ficar  "escandalizada".    O  problema  vai  continuar.


BOA  NOITE,  BOA  SORTE.     CUIDADO  PARA  NÃO  AUMENTAR  A  POPULAÇÃO  DE  "MICROCÉFALOS"   DURANTE  OS  FOLGUEDOS  DE  MOMO.    "DEUS",  OU  A  "SORTE",  NÃO  TÊM  NADA  A  VER  COM  O  PROBLEMA.

Nenhum comentário: