segunda-feira, 21 de março de 2016

BANDEIRA RASGADA - de FRANCES DE AZEVEDO (pertence à Comissão do Resgate da Memória da OAB/SP, ao Conselho Cívico e Cultural da ACSP e à Academia Cristã de Letras).

BANDEIRA RASGADA

Chora nossa Bandeira vilipendiada,
Apunhalada no âmago do seu ser,
Ferida de morte nessa rajada
De golpes, nesse malquerer!

Chora nossa Bandeira por ver ultrajado
O Estado Democrático de Direito que, ao chão,
Jaz indefeso tão esmagado
Atingindo a alma do honesto cidadão!

Chora nossa Bandeira, retrato da Nação,
Pelos atos espúrios dos seus dignitários
Que não temendo qualquer repreensão
Engordam seus saldos bancários"

Chora nossa Bandeira por ver, ao léu,
Seus amados filhos seguirem rumo incerto
Onde nosso azul e estrelado céu
Por muitos foi olvidado, por certo!

Chora nossa Bandeira, chora,
Ante tanta iniquidade perpetrada
Contra esse povo que genuflexo ora
Pela salvação de nossa Pátria Amada:
BRASIL!
(FRANCES DE AZEVEDO pertence à Comissão de Resgate da Memória da OAP/SP - Conselho Cívico e Cultural da ACSP - ACL 'Academia Cristã de Letras')


Nenhum comentário: