domingo, 10 de julho de 2016

CANÇÃO DO SOLDADO CONSTITUCIONALISTA - MEUS CRÉDITOS A MARIANO TAGLIANETTI

Caríssimo CEL. MÁRIO FONSECA VENTURA, bom dia !
 
Neste  alvorecer  <  desta  data  magna " NOVE DE JULHO " , cumprimento  o  nobre  paladino  pela  dedicação  e  esforço  diuturno
que  dedica à  causa que nos une a : -
 
MEMÓRIA da gloriósa GLORIÓSA REVOLUÇÃO de BRASILIDADE PAULISTA DE 1932, neste 84º aniversário da IMORREDOURA

EPOPÉIA, de brasilidade PAULISTA,


CANÇÃO DO SOLDADO
CONSTITUCIONALISTA


Marca o passo, soldado, não vês
Que esta terra foi ele que fez?
Que o teu passo é compasso seguro
De um passado, um presente e um futuro?

Marcha, soldado paulista,
Marca o teu passo na história!
Deixa na terra uma pista
Deixa um rastilho de glória!

Vê soldado que grande tu és!
Tua terra se atira aos teus pés!
Estremece de orgulho e ergue os braços:
Ergue braços de poeira a teus passos.


(Guilherme de Almeida)

Nenhum comentário: