segunda-feira, 18 de julho de 2016

EXPURGO - MEUS CUMPRIMENTOS AO MARIANO TAGLIANETTI AUTOR DO TEXTO

EXPURGO !

A imprensa idônea desenvolve, em época pré-eleitoral, campanhas esclarecedoras em relação aos candidatos. Estas  campanhas, embora de respeitável imparcialidade, citando fatos concretos e induzindo a uma solução lógica, que seria o interesse de todos, não surtem o efeito desejado sobre a maioria do  eleitorado.
Fossem os nossos eleitores de comprovado bom senso, de indiscutível integridade e de suficiente saber, que obteríamos como resultado a compreensão. Portanto, em nossa opinião, a três provas  deveria submeter aquele que possui o título de eleitor–
 A DO BOM SENSO – que eliminaria a demagogia.
 A DA INTEGRIDADE – que excluiria, entre outros, o lema “Rouba, mas faz”.
 A DA INSTRUÇÃO -  que faria a lógica imperar.
A democracia, em verdade, seria o governo como expressão da soberania popular, quando se manifesta tão somente a parte do povo capaz de julgar.
Assim governo democrata é aquele que envida grandes esforços para colocar o maior número possível de pessoas em posição de votar, não pela distribuição de títulos aos que escrevem copiando e leem sem entender, mas pela justa seleção entre os instruídos  de forma completa.
Assim como, em sociedade de caráter elevado, a injustiça praticada a um simples membro é considerada grave afronta a todos os seus componentes, da mesma forma é um acinte à coletividade a concessão do direito de voto àqueles que não satisfazem  as três provas elencadas, porque coloca o inconsciente  e o desonesto a nível do íntegro, ou o ignorante a do preparado.
Nesta tese os eleitores são os primeiros representantes do povo,  a eles  caberia tarefa de maior responsabilidade: - a escolha dos governantes.
Os brasileiros querem a salvação do Brasil. Não a terão pela simples mudança de  governantes, mas pela honestidade e competência destes,  ao exercerem a administração pública.
Somente a honestidade e a competência de seus eleitores determinarão o bom governo.
A nacionalidade exige  expurgo em seu eleitorado !
MARIANO TAGLIANETTI

Esta tese foi publicada em 1.954 no ARAUTO, órgão dos estudantes do LICEU FRANCO BRASILEIRO – LICEU PASTEUR de São Paulo., cujo diretor prematuramente desaparecido ALVARO AZEVEDO  foi considerado um dos maiores filólogos da Língua Portuguesa.   Seria  republicado no portal do PARTIDO ACADÊMICO PROGRESSISTA DA FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ, nos primeiros meses de 1.964. Hoje atualíssimo para uma verdadeira REFORMA ELEITORAL de nosso sistema em que seria prevalente ainda o modelo DISTRITAL, uma vez que haja real VONTADE POLÍTICA para que a nacionalidade progrida em termos democráticos.

Nenhum comentário: