domingo, 23 de outubro de 2016

A CORRUPÇÃO NOSSA DE CADA DIA - POR ISAAC CARREIRO

A CORRUPÇÃO NOSSA DE CADA DIA
“Trata-se da revelação do sonho de se combater a corrupção nossa de cada dia, na esperança quase utópica de um futuro melhor, mitigando a dor da nossa gente.” Por Isaac Carreiro Filho
O presente artigo pretende desenvolver no leitor a vontade de combater a corrupção endêmica que assola o país. Com pequenas mudanças de atitudes pode-se chegar à tolerância zero. A corrupção, cultural e generalizada, traz prejuízos incalculáveis na relação do homem com Deus, do homem consigo mesmo, do homem com as demais pessoas e do homem com a natureza. O leitor, devidamente esclarecido, pode se transformar em verdadeiro instrumento de mudança, contribuindo para a formação e manutenção de um círculo virtuoso capaz de transformar a face do Brasil. Alea jact est[1]. A incompetência generalizada enseja a pergunta que não quer calar: Até quando, Catilina? A mudança deve começar por mim, por você, por todos nós.
Raposa tomando conta do galinheiro (www.google.com.br)
Uma história infantil conta que permitiram que a raposa tomasse conta do galinheiro. Então, quando ela saiu, levou tudo, inclusive os talheres de ouro e o crucifixo, só sobrando a crise e o desemprego. Coitadas das galinhas, que ainda persistem em acreditar no marketing midiático, político e enganoso da esperta raposa falastrona.  
O QUE É CORRUPÇÃO
substantivo feminino
1. deterioração, decomposição física de algo; putrefação.
"corrupção dos alimentos"
2. modificação, adulteração das características originais de algo.
"corrupção de um texto" (www.google.com.br).
“Corrupção vem do latim corruptus, que significa quebrado em pedaços. O verbo corromper significa “tornar pútrido”. Pode ser definida como o uso do poder ou autoridade para conseguir obter vantagens e gastar dinheiro público para interesse próprio, da família, companheiros ou companheiras. A corrupção é egoísta. A corrupção é crime. A corrupção mata o presente, o futuro e os sonhos da comunidade.

Exemplos de práticas corruptas: favorecer alguém prejudicando outros; aceitar e solicitar recursos financeiros para obter um determinado serviço público, retirada de multas ou em licitações para favorecer determinada empresa; desviar verbas públicas, dinheiro destinado para um fim público e canalizado para as pessoas responsáveis pela obra; até mesmo desviar recursos do condomínio, de merenda escolar...
A corrupção está presente, com maior frequência, em países não democráticos e de terceiro mundo. Essa prática desafortunamente pode estar presente nas três esferas do poder (Legislativo, Executivo e Judiciário). O uso do cargo ou da posição para obter qualquer tipo de vantagem é denominado, especificamente, de tráfico de influência.

A sociedade corrupta sacrifica mais a camada pobre da população, que depende dos serviços públicos, porém fica difícil suprir todas as necessidades sociais (infraestrutura, saúde, educação, previdência) se os recursos são divididos com a área natural de atendimento público e com os traficantes de influência. Quando o governo não é transparente em sua administração é mais provável que haja ou que se incentive essa prática. Não existe país com corrupção zero, embora os países ricos democráticos tenham menos corrupção, porque sua população é mais esclarecida acerca dos seus direitos, portanto mais difícil de enganar. Povo não é ET (alienígena).
Há uma determinada organização internacional que desenvolve pesquisas nos países medindo o nível de corrupção. A partir da pesquisa é feita uma classificação de acordo com a nota que varia de 0 a 10. Os dados apontam que o primeiro lugar com nota 9,7, que corresponde à margem de confiança, é a Finlândia; e o Brasil ocupa 54° com nota 3,9, margem de confiança 37- 41%.”
(Publicado por  Eduardo de Freitas em  Geografia Humana. http://mundoeducacao.bol.uol.com.br/geografia/o-que-corrupcao.htm).

CORRUPÇÃO NA LEGISLAÇÃO BRASILEIRA - No Brasil há um projeto de lei aprovado pelo Senado em junho de 2013 e atualmente em análise pela Câmara dos Deputados propondo que se tipifique a corrupção como crime hediondo. Com a aprovação da lei no Brasil, os condenados por corrupção perdem direito à anistia, indulto e pagamento de fiança para serem libertados. O direito da liberdade condicional diminui e a pena de prisão pode ser de 4 até 13 anos. 

EXEMPLOS DE CORRUPÇÃO - Oferecer ou aceitar suborno; favorecer determinada empresa em licitação em troca de algo; favorecer políticos em troca de cargo público, assistência médica, cesta básica; omitir-se quando vê algo errado; roubar carga... Por outro lado há quem combata o bom combate, como o pessoal da Operação Lava Jato.

         

Juiz Sérgio Moro galardoado com a Medalha do Mérito Cívico em 2015 (20º BIB- Curitiba-PR).

CORRUPÇÃO NA BÍBLIA – A corrupção é tão antiga quanto a existência humana. Na Bíblia encontram-se termos como: corromper em Êx 32.7; Dt 4.16; Sl 14.3; Sl 53.3; Pv 28.10; Pv 29.18; Os 9.9; Tg 1.27; corrompido em Gn 6.11; corrupção em Is 1.4; Os 9.9; Sl 16.10; At 2.27; At 12.35; 1 Co 15.42; 2 Pe 2.12; 2 Pe 2.19; corrupto em Jó 15.16; Sl 94.20; e corruptível em 1 Co 15.53. Ouçam, “Porquanto, nossa luta não é contra seres humanos, e sim contra principados e potestades, contra os dominadores deste sistema mundial em trevas, contra as forças espirituais do mal...” (Efésios 6.12).


O JUIZ SÉRGIO MORO
Para passar a limpo a Nação,
com honradez e decoro,
a justiça deve ser feita,
como faz o Sérgio Moro.

Ele dá o grande exemplo
para o povo brasileiro.
Ele é a voz da justiça,
com seu brado altaneiro.

Ele não inventa nada.
O que cumpre, é seu dever.
Faz isso com galhardia,
doa a quem doer.

é de gente assim de fibra,
que o Brasil está precisando.
Sérgio Moro não vacila
e com coragem vai levando.

Sua voz fala bem alto.
Acorda toda a Nação.
Sérgio não brinca em serviço:
diz não pra corrupção!

Curitiba 08 de março de 2015
Paulo Gomes – O Poeta das Ruas. Fones: (41) – 3223-4430 / 9964-4430. Email: paulormgomespoeta@gmail.com
Há quem julgue? Sim, “ainda existem juízes em Berlim.”




[1] Alea jacta est  significa "A sorte está lançada".  Frase latina atribuída a Caio Júlio César ao tomar a decisão de cruzar com suas legiões o rio Rubicão, que delimitava a divisa entre a Gália Cisalpina (atual península itálica) e o território da Itália. (Wikipédia).

Nenhum comentário: