sábado, 18 de junho de 2016

16 DE JUNHO DE 2016 - QUINTA-FEIRA


DIA    D E Z E S S E I S      DE    J U N H O     DE     2016     -     QUINTA-FEIRA.. 
79 anos, cinco meses e 20 dias de idade.
Início de minhas memórias – 9 de Julho de 1950
DIA 343º DO ANO 66º - MÊS 12º 
58 anos e 13 dias na PMESP.
57 anos e 127 dias na ESCOLA DE OFICIAIS – 20 732 dias – 495 652 horas.
52 anos 284 dias da DECLARAÇÃO À ASPIRANTE A OFICIAL
28 anos e 97 dias no Posto de Coronel – 339 meses e 5 dias.
4 anos e 343 dias na Presidência da Sociedade Veteranos de 32-MMDC.
10 383 dias CORONEL - 24 anos e 185 dias na reserva.
10 939-262 376                         10 383-249 020                              10 645-248 652.
DIA DE SANTA JULITA E SÃO CIRO. Ela sofreu o martírio durante a perseguição de DIOCLECIANO. Enquanto era torturada, seu filho pequeno, CIRO, gritava que também era cristão e foi morto com ela.
DIA DE SÃO FRANCISCO RÉGIS. Nasceu em 31 de janeiro de 1597, nas proximidades de NARBONNE, na FRANÇA. Entrou na COMPANHIA DE JESUS em 1616. Foi ordenado sacerdote em 1630. Dedicou-se à catequese de crianças e à pregação do Evangelho. Sempre esteve ao lado das pessoas simples e costumava visitar prisões e hospitais.

DIA DA UNIDADE NACIONAL


552 a. morre ROGER VAN DER WEYDEN, pintor holandês, em 16 de junho de 1464.
214 a. da existência da IGREJA NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO, na PENHA. Os negros oriundos da ÁFRICA, quando chegavam ao BRASIL, eram obrigados a se converter ao catolicismo. No entanto, os deveres não costumavam ser acompanhados dos direitos. Entrar na nave principal de uma igreja, por exemplo, era proibido. Eles tinham de acompanhar a missa em grupos, no átrio do templo, praticamente do lado de fora. Este tipo de segregação fez os escravos buscarem uma forma alternativa de manifestar sua religiosidade, fundando irmandades que não eram ligados diretamente à Igreja Católica. Foi assim que surgiu a IRMANDADE NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO DOS HOMENS PRETOS, que amassou o barro e ergueu a IGREJA DA PENHA, além de arrecadar dinheiro de moradores para libertar escravos. Em 16 de junho de 1802, a irmandade da FREGUESIA DA PENHA DE FRANÇA enviou um documento para o episcopado paulista, informando sobre a construção da IGREJA NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO. 
150 a. nasce PAULO DE MORAES BARROS
Paulo de Moraes Barros (Piracicaba, 16 de junho de 1866 - São Paulo, 15 de dezembro de 1940) foi um médico sanitarista e político brasileiro.
Durante a República Velha foi encarregado da Secretaria dos Negócios da Agricultura, Obras públicas e Comércio do Estado de São Paulo.
Exerceu por cerca de vinte anos a presidência da câmara municipal, tendo sido deputado federal e senador. Neste último cargo, quando em 1937 implantou-se o Estado Novo no país, foi exilado por Getúlio Vargas.
Por nomeação do grande sanitarista Emílio Ribas, exerceu a função de fiscal de higiene em Piracicaba. Quando o estado de São Paulo foi assolado pela epidemia de febre amarela, seu trabalho incansável e profícuo conseguiu manter a cidade livre da epidemia.
Além de ter exercido a medicina, foi um destacado produtor de café na fazenda Pau Dalho e, num trabalho de pioneirismo, processou o cruzamento do gado devon, visando o melhoramento do rebanho bovino.
Foi secretário da Fazenda durante a Revolução de 1932, e também um dos fundadores do Partido Democrático. Sua atuação como militante político foi quase sempre na oposição.
127 a. atentado frustrado contra o imperador do BRASIL, DOM PEDRO II, em 16 de junho de 1889.
126 a. nascimento de STAN LAUREL, que interpretava “o MAGRO” de O GORDO E O MAGRO, em 16 de junho de 1890.
120 a. o barco a vapor inglês “DRUMOND” naufraga na cosa de FINISTERRE, em 16 de junho de 1896. Dos 251 passageiros, apenas três sobreviveram.
119 a. nasce JOÃO ALBERTO LINS DE BARROS em 16 de junho de 1897. Militar do Exército, formado pela Escola Militar do REALENGO, no Rio de Janeiro. Delegado Militar em São Paulo (1930). Interventor Federal em São Paulo (1930/31), criando enorme mal estar por ser tenente, sendo um esbirro de GETÚLIO VARGAS durante a ditadura do gaúcho. JOÃO ALBERTO era pernambucano. Foi chefe de polícia no Distrito Federal durante a ditadura VARGAS, nos anos de 1932/33. Pertenceu à Constituinte em 1934. Foi deputado federal em 1934/35. Embaixador no Canadá em 1941/42. Coordenador da Mobilização Econômica em 1942/44. Presidente da Fundação Brasil Central em 1944/45. Diretor Geral do Departamento Federal de Segurança Pública, em 1945. Vereador e Presidente da Câmara Municipal do Rio de Janeiro, em 1947 e 48. Chefe do Departamento Econômico e Consular do Ministério das Relações Exteriores em 1952/54. Falece em 26 de janeiro de 1955.
118 a. GUERRA DOS ESTADOS UNIDOS CONTRA A ESPANHA: a frota norte-americana bombardeia SANTIAGO DE CUBA em 16 de junho de 1898. A edição do jornal DIÁRIO POPULAR publica: moradores da PENHA e das paradas percorridas pela estrada Central pedem-nos que solicitemos do digno agente Senhor LOPES o restabelecimento dos “coupons” de passagens. Esses “coupons” traziam grande facilidade para o público e para a estrada, pois evitavam a dificuldade de trocos que hoje se observa em ocasiões de embarque na estação do Norte.
Os bancos e casas comerciais desde ontem têm se recusado receber as cotas de 100$000 da 5ª e 6ª estampas. A delegacia fiscal não está habilitada a efetuar os trocos; segunda-feira, ao que se sabe, começará a receber essas notas mediante vales, que serão resgatados oportunamente.
As comissões de Finanças, Justiça e Higiene da Câmara deram parecer contrário a todas as propostas apresentadas para o abastecimento de carne verde à população.
São constantes os atropelos causados aos transeuntes pelos senhores bicicletistas e convém eu uma medida coibitiva seja o quanto antes adotada, em benefício do grande público que transita pelas ruas da capital.
A bordo do navio “NICHTLEROY”, vendido aos americanos, houve nas águas do PARÁ uma séria tentativa de revolta por parte da tripulação. Os cabeças desta insubordinação foram remetidos presos para terra e postos em liberdade recusaram embarcar.    
116 a. povo cubano vota a primeira Constituição do país em 16 de junho de 1900.
113 a. da criação da FORD. No dia 16 de junho de 1903, HENRY FORD, com dez sócios e um capital de 28 mil dólares, abriu as portas, em DETROIT, nos EUA, de um empreendimento que iria mudar a paisagem das ruas de todo o mundo: a FORD MOTOR COMPANY. Engenheiro de formação, FORD iniciou carreira na empresa de iluminação de THOMAS ÉDISON, mas, apaixonado pelo setor de transportes, em 1896 desenvolveu um quadriciclo. Foi esse modelo que deu impulso para que conquistasse sócios e iniciasse o projeto da fábrica. Cinco anos depois, a FORD lançou no mercado o modelo que tornaria o automóvel um veículo popular: o FORD T, modelo 1908. De 1908 a 1927, a FORD produziu quinze milhões de unidades do modelo T, com suas variações, incluindo os usados no comércio e na indústria, além dos conversíveis que fizeram sucesso em 1923. Só em 1914, quando lançou o carro com o qual revolucionou ao vender, 300 mil unidades foram produzidas. Também foi esse modelo que deu origem ao fordismo (o conceito da linha de produção) e ao financiamento, que levou à classe média americana um sistema de crediário que se espalhou por todos os setores. Em 24 de abril de 1919, a FORD MOTOR COMPANY, que já havia se instalado na ARGENTINA em 1913, aprovou a criação da filial brasileira com capital de 25 mil dólares transferidos da filial argentina. No centro de SÃO PAULO, na Rua FLORÊNCIO DE ABREU, com 12 funcionários num depósito de 2 andares, teve o início da montagem de automóveis Modelo T e caminhões FORD TT, com a montadora se tornando o primeiro fabricante de automóveis no BRASIL. No primeiro ano de operações, a filial brasileira vendeu 2.447 automóveis e, no ano seguinte, mais de 4 mil unidades foram vendidas. Mas seria o FORD 1929 que conquistaria os brasileiros e disputaria espaço com os bondes nas nossas capitais.  
112 a. da ação de ULISSES, de JAMES JOYCE, o livro consagrado como um dos melhores pelos críticos e um dos mais chatos pelos leitores, se passa toda no dia 16 de junho de 1904, durante o qual acompanhamos o protagonista, LEOPOLD BLOOM, em viagem pela cidade de DUBLIN, IRLANDA. Essa data ficou conhecida como “BLOOMSDAY”.
112 a. de notícias vindas de LONDRES, em 16 de junho de 1904,  dizendo que se verificou que atingiu a oitocentos e sessenta o algarismo total das baixas sofridas pelo exército russo na batalha de PU-LAN-TIEN. A maior parte das baixas foram por ferimentos. Depois do combate travado a 8 de junho de 1904, perto da localidade de SIPHO-TSÉ, a sudoeste de KAI-CHAU, entre as forças japonesas e a cavalaria russa, os cossacos retiraram-se para o sul, incorporando-se de novo ao contingente de dez mil homens de que ali dispunha o exército sob o alto comando do GENERAL KUROPATKINÉ.
112 a. assassinado na FINLÂNDIA o governador russo NICOLÁS BOBRIKOV, em 16 de junho de 1904.
109 a. acordos hispano-franceses e hispano-ingleses para garantir a mútua posse do MEDITERRÂNEO e do ATLÂNTICO, em 16 de junho de 1907.
106 a. ARIZONA e NOVO MÉXICO se convertem em Estados da União norte-americana, em 16 de junho de 1910.
106 a. as autoridades militares alemãs acabam de encomendar um novo dirigível às oficinas PARSEVAL de construção de dirigíveis. O novo modelo será munido de motores de grande potência para aumentar a sua velocidade. 
105 a. (UBERABA) Chegam constantes queixas dos criadores desta zona de que tem morrido grande número de bezerros em suas fazendas, devido à falta de vacina anti-carbunculosa na câmara e no posto veterinário desta cidade. (publicado no jornal O ESTADO de 16 de junho de 1911).
99 a. primeiro congresso dos soviets na RÚSSIA, com maioria de socialistas revolucionários e moderados e minoria de bolcheviques, em 16 de junho de 1917.
97 a. aliados recusam as propostas alemãs para as condições da paz, em 16 de junho de 1919.
94 a. nasce ISAAC GRINBERG, em MOGI DAS CRUZES, SÃO PAULO, no dia 16 de junho de 1922.
Isaac Grinberg nasceu em Mogi das Cruzes, no Estado de São Paulo, em 16 de junho de 1922, filho de Max Grinberg e de Ignacita Grinberg.
Sua vocação para o jornalismo manifestou-se ao assumir o cargo de redator chefe de “O Gymnasiano”, jornal dos alunos do Ginásio do Estado, em Mogi das Cruzes. Em 1938, tornou-se redator do Jornal “O Liberal”, principal periódico da cidade, função que desempenhou até 1941. Mudou-se então para São Paulo, para exercer a função de redator do jornal “O Dia”, ocasião em que obteve registro no Ministério do Trabalho como Jornalista Profissional.
Transferiu-se em seguida para o Rio de Janeiro, onde criou a agência de notícias,” News Press”, período em que, como redator, passou a enviar matérias  para os jornais de vários  estados do país. Trabalhou também  no jornal “O Globo”, na seção diária denominada “Uma pergunta por dia”, prestigiosa coluna publicada na primeira página, onde as principais personalidades brasileiras, da época, respondiam a questões formuladas pelo jornalista.
Em 1951 deixou o Rio de Janeiro para fundar e dirigir a “Folha de Mogi”, o primeiro jornal diário de Mogi das Cruzes, jornal mimeografado, para onde levou o primeiro linotipo de cidade. Em 1978, aposentou-se, como Jornalista Profissional, após 38 anos de exercício da profissão.
Porém, já há muito iniciara sua atuação como historiador. Pesquisador obstinado, leu e divulgou vários documentos originais da história de sua cidade, tendo também desenvolvido pesquisas no Arquivo Histórico Ultramarino de Lisboa, de onde trouxe valiosos documentos ligados à história de Mogi das Cruzes.
Após prolongado trabalho de pesquisa, de estudo e de critério, Grinberg ofereceu à cidade um conjunto de dez livros históricos, que o amor pela tradição ilustra, e onde Mogi das Cruzes é tratada com o rigor de quem a conhece em suas várias dimensões – histórica, geográfica, cultural e sentimental, sem deixar de considerar, também, aspectos da sua atividade produtiva e econômica.
A propósito de tão brilhante produção literária, diz o historiador Odilon Nogueira de Mattos, que, excetuando o caso de Taunay, “não conhece ninguém que haja escrito dez livros sobre uma mesma cidade, como o fez Isaac Grinberg, ou, ao contrário, invertendo os termos, não sabe de nenhuma outra cidade brasileira que tenha merecido dez livros de um mesmo historiador”.
Esse conjunto de livros pode ser analisado em função de três elementos determinantes: a revisão como complemento da historiografia de Mogi das Cruzes, o empenho de perpetuar a memória da cidade e a sua própria memória, e, como educador por vocação, abordar em livros didáticos assuntos úteis às pesquisas de professores e alunos.
Sobre o significativo valor de sua obra, manifestaram-se nos prefácios de seus livros, Odilon Nogueira de Mattos, Paulo Bomfim, Pedro Calmón, José Pedro Leite Cordeiro, Aureliano Leite e Ernesto Leite.
Como historiador, Grinberg iniciou seus estudos no arquivo da Prefeitura Municipal. Em seu primeiro livro, “História de Mogi das Cruzes”, publicado em 1961, adotou o método cronológico, dedicando poucas linhas a cada acontecimento, forma esta já   adotada  por outros autores de obras sobre São Paulo, como o Brigadeiro Machado de Oliveira, Manuel Eufrásio de Azevedo Marques, José Jacinto Ribeiro e Aureliano Leite. Nesse livro tudo se registra e revive em relato que abrange quatro séculos da vida histórica, política, econômica e social de Mogi das Cruzes. Nas palavras de Carlos Drummond de Andrade, essa obra merece ser considerada como modelo para a historiografia municipal, pelo método adotado, objetividade e riqueza de documentação. Na opinião de Leonardo Arroyo, trata-se de um livro minucioso, rico de dados pesquisados nas melhores fontes históricas da cidade e em adequada bibliografia, onde o método cronológico do inventário de fatos facilita a consulta,
No livro intitulado “Mogi das Cruzes de 1601 a 1640” , após fazer  decifração paleográfica e cônscio do valor do seu trabalho, Grínberg   divulgou as cinqüenta e cinco primeiras atas da Câmara de Mogi das Cruzes. Diz Pedro Calmón, ao prefaciar o livro, que atas semelhantes só se conheciam as de São Paulo, admiravelmente resguardadas e dadas a conhecer graças ao lúcido governo de Washington Luís Pereira de Souza e ao eminente investigador Affonso de Taunay. Pouco resta dos papéis do século XVII. Os da Bahia perderam-se com a invasão dos holandeses, em 1624, os de Pernambuco, período de 1631 a 1654 desapareceram durante um incêndio, o mesmo ocorrendo, no Rio de Janeiro, com os documentos do cartório da Câmara, em 1798.
O estudo de Grinberg permite elucidar dúvidas sobre o comportamento das autoridades locais, tendo o mérito de retificar Afonso Taunay quanto a idéias urbanistas da época. Grinberg demonstra suas qualidades de historiador emérito, ao fazer um levantamento, cuidadosamente conferido, das diferenças existentes na historiografia anterior, trabalho penoso, necessariamente interrompido pelas sucessivas verificações e contra-verificações que exige.
Nessa obra, o autor relata o despontar da singela Boegi, Vylla da Senhora Santa Ana, onde, por fusão ardente, surgem os primeiros mamelucos na paisagem tupi, filhos de índias e boavas (homem de botas), contemplando, juntos e entrelaçados, a cruz de estrelas na madrugada da nação.
Para manter o interesse pela obra a um mesmo nível de encanto, o texto é ilustrado por Manuel Victor Filho, que reproduz, de forma magistral e com precisão histórica, roupas, armas e ambientes do pequeno povoado.
Além das obras de referência histórica, que deixou sobre a cidade de Mogi das Cruzes, e sempre com predileção pelo conciso,. no livro “Mogi das Cruzes de Antigamente”, Grinberg mostra seu talento de memorialista, ao registrar a parte humana da cidade, equilibrando a investigação rigorosa com  a arte da comunicação escrita e visual. No dizer de Paulo Bomfim, trata-se de um livro escrito com o coração, onde a saudade caminha ao lado da erudição, pelas mãos de um historiador moço que se debruça com ternura sobre as coisas velhas que o tempo vai transformando em lenda.
Essa obra, que se valeu das informações e dos relatos de um grande número de pessoas, relembra as revoluções de 1924, de 32, a 2º Grande Guerra, assim como o futebol, o carnaval, o bonde, os táxis, o carro número 1 da cidade, os santos, o chafariz, as estátuas, cada pormenor mostrando a vitalidade e a agudez de suas reflexões.
Também de natureza memorialista, o livro “Mogi das Cruzes do meu tempo” reporta-se aos tempos de menino e moço de seu autor, anos 20, 30 e 40. Em estilo simples e forte, fatos e reminiscências sucedem-se, entrelaçados às suas lembranças pessoais. “Memórias fotográficas de Mogi das Cruzes” mostra a versatilidade desse autor, de múltiplas dimensões, cujos recursos intelectuais, salientando-se aqui a arte da comunicação, parecem inesgotáveis.
Embora a pesquisa histórica tenha sido sua atividade mais marcante, Isaac Grinberg também se dedicou à vida universitária. Foi Diretor da Faculdade de Comunicação Social “Brás Cubas”; Diretor do Desenvolvimento da Federação das Faculdades Brás Cubas e Pró Reitor Comunitário e Diretor de suas Bibliotecas.
Educador por vocação, preocupou-se com a falta de civismo da juventude brasileira.  No livro “Retrato de Mogi das Cruzes” volta-se para o estudo do bairro, para temas folclóricos,  para campanhas que levem  a mocidade a interessar-se pelo estudo da cidade, onde reside, e a responsabilizar-se pelo destino da nação. A obra termina com um capítulo sobre “Civismo”, onde  divulga símbolos nacionais, letras de hinos e de canções,  e  o terno  poema “Mogi das Cruzes”, de Paulo Bomfim, onde se lê,
“Mogi das Cruzes sonhada
   Num sonho de bandeirante,
Mogi das Cruzes presente
No coração de São Paulo.”
O livro termina  com as palavras de Rui Barbosa :
“A Pátria não é ninguém: são todos. E cada qual tem no seio dela o mesmo direito à idéia, à palavra, à associação.A Pátria não é um sistema, nem uma seita, nem um monopólio, nem uma forma de governo; é o céu, o solo, o povo, a tradição, a consciência, o lar, o berço dos filhos e o túmulo dos  antepassados, a comunhão da lei, da língua liberdade. Os que a servem são os que não invejam, os que não infamam, os que não conspiram, os que não desalentam, os que não emudecem, os que não se acobardam, mas resistem, mas se esforçam, mas pacificam, mas discutem, mas praticam a justiça, a admiração, o entusiasmo”
A análise dessa obra mostra que Grinberg acompanhou o lento e progressivo distanciamento das novas gerações paulistas em relação à história de São Paulo. Por isso procurou transformar seu estilo em instrumento vivo, natural, divertido e caleidoscópico, optando por uma expressão espontânea, de rara sensibilidade e ternura humana. Com essa intenção cívica deu, ao povo da sua terra, mais alma, mais sentimento moral e mais vida pelo coração. No dizer de Odilon Nogueira Mattos, “felizes as cidades que têm quem lhes evoque a memória com tanta dedicação e proficiência”.
Durante sua vida, Grinberg foi agraciado com várias condecorações: medalha Imperatriz Leopoldina, Medalha Marechal Rondon, Medalha Nina Rodrigues, Medalha D. Pedro II, Colar D. Pedro I, Medalha de Ouro da Prefeitura Municipal de Mogi das Cruzes, Troféu Dom Quixote, da Sociedade Espanhola de Mogi das Cruzes, tendo sido eleito Intelectual do Ano também nessa cidade. Como historiador recebeu o Troféu Itapeti de Mogi das Cruzes.
No dia 13 de abril de 2000, Mogi das Cruzes perdeu esse ilustre jornalista, historiador, memorialista e educador. Faleceu na capital de São Paulo, depois de cumprir, com excepcional brilho, a gloriosa missão de perpetuar o passado da cidade em seus aspectos históricos, sociais, culturais e sentimentais. Nas palavras de Leite Cordeiro, oxalá outros seguissem as suas pegadas em relação a cada um dos municípios brasileiros.
Este perfil ficaria incompleto se não nos reportássemos às qualidades pessoais de Isaac Grinberg, jornalista, historiador, memorialista e educador por vocação, como o atestam aqueles que tiveram o privilégio de com ele conviver. Foi um exemplo de idoneidade, civismo, entusiasmo, otimismo, generosidade e respeito ao próximo, cujos valores revelou, promoveu e divulgou. Tudo marcado com o mais profundo amor pela humanidade. Como ele mesmo disse em uma de suas crônicas, “somos todos Irmãos”.
Grinberg imortalizou com seu talento a história da cidade que tanto amou e, com sua terna devoção, a memória de seus avôs, pais, irmãos, esposa, filhas e netos, cujos nomes, discretamente, menciona nas dedicatórias e no texto de seus livros. Sua obra faz-nos lembrar as palavras do profeta Isaías:
 “ e tu contarás a teus filhos,
 e teus filhos contarão a seus filhos
 e seus filhos contarão às futuras gerações”.

Discurso pronunciado por Nelly Martins Ferreira Candeias
na sessão solene de sua posse na Academia Paulista de História,
em dezembro de 2000.

















89 a. nasce ARIANO SUASSUNA no dia 16 de junho de 1927. Sexto ocupante da Cadeira nº 32, eleito em 3 de agosto de 1989, na sucessão de Genolino Amado e recebido em 9 de agosto de 1990 pelo Acadêmico Marcos Vinicios Vilaça. Faleceu no dia 23 de julho de 2014, no Recife, aos 87 anos.
Ariano Vilar Suassuna nasceu em Nossa Senhora das Neves, hoje João Pessoa (PB), em 16 de junho de 1927, filho de Cássia Villar e João Suassuna. No ano seguinte, seu pai deixa o governo da Paraíba e a família passa a morar no sertão, na Fazenda Acauhan.
Com a Revolução de 30, seu pai foi assassinado por motivos políticos no Rio de Janeiro e a família mudou-se para Taperoá, onde morou de 1933 a 1937. Nessa cidade, Ariano fez seus primeiros estudos e assistiu pela primeira vez a uma peça de mamulengos e a um desafio de viola, cujo caráter de “improvisação” seria uma das marcas registradas também da sua produção teatral.
A partir de 1942 passou a viver no Recife, onde terminou, em 1945, os estudos secundários no Ginásio Pernambucano e no Colégio Osvaldo Cruz. No ano seguinte iniciou a Faculdade de Direito, onde conheceu Hermilo Borba Filho. E, junto com ele, fundou o Teatro do Estudante de Pernambuco. Em 1947, escreveu sua primeira peça, Uma Mulher Vestida de Sol. Em 1948, sua peça Cantam as Harpas de Sião (ou O Desertor de Princesa) foi montada pelo Teatro do Estudante de Pernambuco. Os Homens de Barro foi montada no ano seguinte.
Em 1950, formou-se na Faculdade de Direito e recebeu o Prêmio Martins Pena pelo Auto de João da Cruz. Para curar-se de doença pulmonar, viu-se obrigado a mudar-se de novo para Taperoá. Lá escreveu e montou a peça Torturas de um Coração em 1951. Em 1952, volta a residir em Recife. Deste ano a 1956, dedicou-se à advocacia, sem abandonar, porém, a atividade teatral. São desta época O Castigo da Soberba (1953), O Rico Avarento (1954) e o Auto da Compadecida (1955), peça que o projetou em todo o país e que seria considerada, em 1962, por Sábato Magaldi “o texto mais popular do moderno teatro brasileiro”.
Em 1956, abandonou a advocacia para tornar-se professor de Estética na Universidade Federal de Pernambuco. No ano seguinte foi encenada a sua peça O Casamento Suspeitoso, em São Paulo, pela Cia. Sérgio Cardoso, e O Santo e a Porca; em 1958, foi encenada a sua peça O Homem da Vaca e o Poder da Fortuna; em 1959, A Pena e a Lei, premiada dez anos depois no Festival Latino-Americano de Teatro.
Em 1959, em companhia de Hermilo Borba Filho, fundou o Teatro Popular do Nordeste, que montou em seguida a Farsa da Boa Preguiça (1960) e A Caseira e a Catarina (1962). No início dos anos 60, interrompeu sua bem-sucedida carreira de dramaturgo para dedicar-se às aulas de Estética na UFPe. Ali, em 1976, defende a tese de livre-docência A Onça Castanha e a Ilha Brasil: Uma Reflexão sobre a Cultura Brasileira. Aposenta-se como professor em 1994.
Membro fundador do Conselho Federal de Cultura (1967); nomeado, pelo Reitor Murilo Guimarães, diretor do Departamento de Extensão Cultural da UFPe (1969). Ligado diretamente à cultura, iniciou em 1970, em Recife, o “Movimento Armorial”, interessado no desenvolvimento e no conhecimento das formas de expressão populares tradicionais. Convocou nomes expressivos da música para procurarem uma música erudita nordestina que viesse juntar-se ao movimento, lançado em Recife, em 18 de outubro de 1970, com o concerto “Três Séculos de Música Nordestina – do Barroco ao Armorial” e com uma exposição de gravura, pintura e escultura. Secretário de Cultura do Estado de Pernambuco, no Governo Miguel Arraes (1994-1998).
Entre 1958-79, dedicou-se também à prosa de ficção, publicando o Romance d’A Pedra do Reino e o Príncipe do Sangue do Vai-e-Volta (1971) e História d’O Rei Degolado nas Caatingas do Sertão / Ao Sol da Onça Caetana (1976), classificados por ele de “romance armorial-popular brasileiro”.
Ariano Suassuna construiu em São José do Belmonte (PE), onde ocorre a cavalgada inspirada no Romance d’A Pedra do Reino, um santuário ao ar livre, constituído de 16 esculturas de pedra, com 3,50 m de altura cada, dispostas em círculo, representando o sagrado e o profano. As três primeiras são imagens de Jesus Cristo, Nossa Senhora e São José, o padroeiro do município.
Membro da Academia Paraibana de Letras e Doutor Honoris Causa da Faculdade Federal do Rio Grande do Norte (2000).
Em 2004, com o apoio da ABL, a Trinca Filmes produziu um documentário intitulado O Sertão: Mundo de Ariano Suassuna, dirigido por Douglas Machado e que foi exibido na Sala José de Alencar.










88 a. do casamento de MANOEL MOREIRA DA SILVA com dona ESMERALDA DA SILVA (pais da LUCINDA), em 16 de junho de 1928. MANOEL MOREIRA DA SILVA veio a falecer em 25 de agosto de 1958 e dona ESMERALDA em 24 de julho de 2003. Dona ESMERALDA casou-se, em segundas núpcias, com ANTÔNIO SEBASTIÃO PINHEIRO, em 30 de junho de 1962. Sr ANTÔNIO faleceu em 7 de fevereiro de 1989.
84 a. derrubada no CHILE da Junta da República Socialista, em 16 de junho de 1932. DÁVILA se proclama presidente provisório.
78 a. do jogo ITÁLIA 2 x BRASIL 1, em MARSELHA, pela COPA DO MUNDO, na FRANÇA, no dia 16 de junho de 1938. Cansado pela maratona dos jogos, o BRASIL foi enfrentar a ITÁLIA pela semifinal. O técnico ADEMAR PIMENTA resolveu poupar LEÔNIDAS DA SILVA para a grande decisão. Sem o melhor jogador, o BRASIL não encontrou o seu jogo. Mesmo assim, a seleção brasileira segurou o empate até os 10 minutos do segundo tempo, quando COLAUSSI abriu o placar. Cinco minutos depois, o golpe de misericórdia: DOMINGOS DA GUIA chuta um italiano sem bola e o juiz marca pênalti. MEAZZA converte e enterra o sonho brasileiro de levar a taça. Nem mesmo o gol de ROMEU no finalzinho evita a derrota. Nesse mesmo dia, em PARIS, a HUNGRIA vencia a SUÉCIA por 5 a 1.
75 a. governo dos ESTADOS UNIDOS ordena o fechamento dos consulados alemães, em 16 de junho de 1941.
72 a. SEGUNDA GUERRA MUNDIAL: ofensiva aliada na ITÁLIA contra a linha alemã PISA-FLORENÇA-RIMINI em 16 de junho de 1944. 
71 a. nasce o cantor IVAN LINS em 16 de junho de 1945.
71 a. trezentas e dezenove organizações industriais e comerciais argentinas pedem ao presidente, EDELMIRO J. FARRELL BALCARCE, que ponha fim à atividade política do CORONEL PERÓN, em 16 de junho de 1945.
66 a. do MARACANÃ, inaugurado em 16 de junho de 1950. Foi numa sexta-feira, de tempo bom, que a seleção paulista enfrentou a carioca na partida de estréia do MARACANÃ. Após a solenidade oficial de inauguração, dirigida pelo presidente MARECHAL EURICO GASPAR DUTRA, os portões foram abertos para receber o público, que acompanhou a vitória dos paulistas por  3 a 2. O objetivo do empreendimento era sediar a COPA DO MUNDO DE 1950.
Diz DJALMA SANTOS, ex-jogador campeão das COPAS de 1958 e 1962. “Joguei a partida inaugural do MARACANÃ pelo time paulista. Estava nos primeiros anos de minha carreira e fique admirado com a grandeza do estádio carioca. As arquibancadas ficaram lotadas e, mesmo jogando contra o time da casa, não nos sentimos tão pressionados. Na verdade, estávamos assustados com o porte do estádio.”
Anfitrião de milhões de espectadores. Detentor de um passado de momentos memoráveis como o milésimo gol de Pelé e de fracassos retumbantes como a final da COPA DE 50. Entre shows de rock que superaram todas as marcas e até finais históricas, é símbolo de uma era. Ao completar SESSENTA ANOS em 16 de junho de 2010 o velho gigante se prepara não para encerrar a carreira e sim para uma metamorfose da qual renascerá e voltará “em sintonia” com a “nova ordem mundial”, apto a fazer bonito diante dos olhos atentos dos mais rigorosos agentes do padrão internacional de qualidade.
Com um prólogo como esse, parece ser obviedade das maiores afirmar: a história do MARACANà dá um filme. No entanto, como nem sempre o mais simples é o mais fácil, não há oficialmente registro de um longa-metragem sobre o “TEMPLO DO FUTEBOL”. Não havia. Há pouco mais de um mês, uma equipe de cerca de 20 profissionais documenta os “últimos dias do MARACANÔ. Filmando diversos jogos, às vezes com 12 câmeras simultâneas e dividido em várias unidades, o diretor FELIPE LACERDA, o produtor DIOGO DAHL e equipe registram simultaneamente o que acontece nos quatro cantos do MARACANà durante sua derradeira temporada em 2010, antes de voltar “pronto para a COPA DO MUNDO de 2014”.
Com previsão de fechamento para a primeira semana de agosto de 2010, o MARACANÃ vai passar por uma profunda reforma e só deve reabrir em 2013, durante a COPA DAS CONFEDERAÇÕES, em uma espécie de ensaio para o MUNDIAL de 2014.
58 a. IMRE NAGY, dirigente político húngaro, é executado após ser expulso do Partido Comunista no fim da revolta popular contra o regime, em 16 de junho de 1958.
57 a. foi encontrado morto em sua casa, no dia 16 de junho de 1959, o ator GEORGE REEVES. Interpretou o SUPER-HOMEM em 104 capítulos do seriado de TV, entre 1951 e 1958. A polícia de LOS ANGELES considerou suicídio. Posteriormente, no filme HOLLYWOODLAND – BASTIDORES DA FAMA, em 2006, em tom de drama policial, o caso da morte de GEORGE REEVES foi abordado como ele sendo amante de TONI MANNIX (DIANE LANE), mulher de um executivo dos estúdios MGM.
54 a. da decisão do terceiro lugar da COPA DO MUNDO DO CHILE, em 16 de junho de 1962, no Estádio NACIONAL, em SANTIAGO: CHILE 1 x IUGOSLÁVIA 0.
53 a. falece LAMARTINE BABO, em 16 de junho de 1963.
53 a. da primeira cosmonauta soviética, VALENTINA TERESHKOVA, de 26 anos, a bordo do VOSTOK 6, em 16 de junho de 1963, para determinar se o sexo feminino resistia como o homem ao ambiente espacial. A experiência abriu caminho para que mulheres de outros países  cumprissem missões até então consideradas impossíveis de serem realizadas por elas. Após 18 meses de intenso treinamento, VALENTINA foi lançada para orbitar a TERRA a bordo da nave VOSTOK 6. A viagem histórica durou quase três dias, o tempo necessário para a nave dar 48 voltas completas em torno do PLANETA. Sua missão era determinar se as mulheres tinham a mesma resistência física e psicológica dos homens no ambiente espacial. Depois que outras astronautas foram enviadas para o espaço, ficou provado que elas se comportam em órbita melhor que os homens: apresentam menos probabilidades de sofrer ataques do coração e são menos vulneráveis à solidão, às diferenças de temperatura, à dor e até mesmo ao barulho. VALYA, como VALENTINA era chamada pelos colegas, nasceu em uma família pobre, em 1937, e só foi à escola com 10 anos. No final de 1963, quando ficou grávida, após se casar com o cosmonauta ANDRIAN NIKOLAYEV, ela foi submetida a análises na TERRA para determinar a influência da falta de gravidade no desenvolvimento do bebê. VALENTINA se aposentou e mora em MOSCOU. Somente vinte anos depois, em 18 de junho de 1983, os americanos mandavam sua mulher para o espaço: SALLY RIDE voou a bordo do ônibus espacial CHALLENGER.
52 a. das anotações feitas em 16 de junho de 1964 (terça-feira). ANO 14º - MÊS 12º - DIA 343º - 6 anos e 12 dias na FORÇA PÚBLICA – 24 dias como 2º TENENTE – 271 dias no BATALHÃO DE GUARDAS.
Este é o segundo dia de atividades no I SEMINÁRIO DE RELAÇÕES PÚBLICAS DA FORÇA PÚBLICA. Represento o BG neste seminário.
Eram 9 horas quando chego ao Quartel General tendo-me encontrado com o 1º TENENTE DOMINGOS PAPASÉRGIO e 2º TENENTE MAURO ROCCO D´ÂNGELO, com os quais converso até subir para o Salão de Conferências.
Antes do início da palestra de hoje houve sorteio de prêmios. O 1º TENENTE TREVISAN ganhou um livro autografado pelo Doutor CÂNDIDO TEOBALDO DE SOUSA ANDRADE e, no segundo sorteio, fui eu o agraciado com um prendedor de gravatas oferecido por H. STERN.
Doutor CÂNDIDO TEOBALDO DE SOUZA ANDRADE é o Secretário da Associação Brasileira de Relações Públicas.  O tema de sua palestra é “RELAÇÕES NÃO PÚBLICAS”. Ilustra de maneira sensacional o desenvolvimento de sua explanação por intermédio de uma peça de teatro. Nessa peça temos um “expert” em RP procurando selecionar os candidatos à relator público de uma empresa privada. Sua palestra foi brilhante e preencheu toda a nossa manhã.
Além dos oficiais de todas as Unidades da FP, estiveram também presentes os vinte e sete subtenentes e sargentos que, no momento, estão cursando no CFA o previsto para ingresso no Q.O.A.A. da Corporação.
Termina a manhã e estamos dispensados até às 14 horas. Vou ao BG. O TENENTE GERSON está encontrando grandes dificuldades na Secretaria. Tem feito muitas confusões e, quando chego na repartição tenho de resolver muita coisa de momento.
O BG tem um novo 1º TENENTE que se apresentou ontem. Trata-se do 1º TENENTE ALCIDES MORALES. Sua vinda para a Unidade é surpresa. Ninguém esperava isso. Ao mesmo tempo perdemos nesta data o 1º TENENTE WÁLTER CRISCIBENE, classificado no CFA por efeito de promoção.
Às 14 horas, eis-me novamente no Quartel General. Nesta tarde partiríamos para a LIGHT. Ali visitaríamos o Serviço de Relações Públicas com a explanação sucinta do Doutor UBIRAJARA MARTINS, chefe do Serviço e Conselheiro da Associação Brasileira de Relações Públicas.
Terminada essa visita, foi marcada uma ida dos oficiais de Relações Públicas ao IBIRAPUERA, com a finalidade de visitarmos a Feira de Mecânica Nacional nesta noite.
No BATALHÃO DE GUARDAS vou conversar com os Aspirantes LUÍS GONZAGA, RICCIARDELLI, PINHEIRO e TRAJANO.
Às 19:30 horas encontro-me com o 1º TENENTE CRUZ e 2ºs TENENTES IVAN, PAGAN, SENDIN, VILELA e outros. Logo mais partiríamos para o IBIRAPUERA, num ônibus que está à nossa disposição.
A Feira de Mecânica Nacional, formada no Ginásio do IBIRAPUERA, é algo de extraordinário. Vimos muita coisa interessante, que dificilmente poderíamos ver em outra oportunidade.
A terça-feira encerra-se com essa visita, terminando o segundo dia do I SEMINÁRIO DE RELAÇÕES PÚBLICAS DA FORÇA PÚBLICA.   
51 a. do lançamento dos acontecimentos em 16 de junho de 1965 (quarta-feira). ANO 15º - MÊS 12º - DIA 342º - 7 anos e 12 dias na FORÇA PÚBLICA - 389 dias como 2º TENENTE - 636 dias no BATALHÃO DE GUARDAS.
Ainda hoje respondo pela Ajudância e Companhia de Comando. Cada vez que o CAPITÃO JOSÉ VICENTE MARINO entra de Permanência no Quartel General isso irá acontecer. Nestas condições, vou ter de cuidar de minha obrigação em minha repartição e assumir as funções de comandante de companhia. Hoje o CAPITÃO JAYR DE OLIVEIRA MOURA MORAIS está dispensado. Em consequência, o CAPITÃO JOSÉ SANCHES FÉLIX responde pelo sub-comando. Na COMPANHIA DE COMANDO, tenho de cuidar da escala de representação para amanhã, tendo de escalar cinquenta praças. Não demora muito e vou atender dois civis que vêm fazer queixa de um soldado de nome JOSÉ CLARINDO BORGES FILHO, da Companhia de Comando e que no momento encontra-se de férias. De acordo com o que os dois civis falam, onde surge até a conversa de que o soldado está ameaçando os dois de morte, sou obrigado a mandar buscar o CLARINDO através de uma escolta. Assim é que sai o SARGENTO APARECIDO e SOLDADOS ARI e HOBI para buscarem o soldado arbitrário.
Às 10 horas vou ao Quartel General com o 2º TENENTE GERSON DE OLIVEIRA. Precisamos conversar com o TENENTE NASCIMENTO acerca de cinquenta carteiras que o Departamento de Alistamento quer transferir para o BATALHÃO DE GUARDAS. Além de tratarmos desse assunto, de interesse do GERSON (Comandante da Escola de Soldados no momento), falamos com o CAPITÃO JOSÉ VICENTE MARINO e outros oficiais do Quartel General. Passamos, no retorno, pelo Departamento de Alistamento, onde vemos as ditas carteiras.
A escolta já trouxe o SOLDADO CLARINDO para o BG. Esse rapaz está excluído pelo Boletim Geral e, na sua apresentação, que se deverá dar a 30 do corrente, já deixará de ser soldado. Sua versão sobre o caso acontecido é completamente diferente daquilo contado pelas vítimas, como não poderia deixar de ser. O CLARINDO se faz de "anjinho" dizendo-se vítima de calúnia. Depois de deixá-lo durante um certo tempo no quartel, vou conceder que ele retorne para sua casa sob pena de suspender suas férias e excluí-lo já, não esperando nem o dia 30 para tal. O rapaz, para mim, não serve para o serviço da FORÇA PÚBLICA e que o excluiu por não convir o engajamento fez muito bem. Há um outro soldado no meio, um tal de MOURA, recruta de nove meses de farda, apenas. Este pertence à 3ª Companhia e nada tenho de resolver com relação ao mesmo.
Na FIF as coisas transcorrem bem, sem grandes novidades. Apenas a rotina de sempre. O expediente vai terminar com os aprontos finais para a formatura de amanhã, na PRAÇA DA SÉ, às 8 horas da manhã.
Converso com meus colegas sobre uma série de coisas, inclusive sobre uns casos acontecidos com os ASPIRANTES CRISPINIANO e SALES JÚNIOR e o Comandante do BG, em que os aspirantes têm-se mostrado um tanto displicentes, ultimamente.
Descanso até às 15 horas. Vou ao Ambulatório da CRUZ AZUL, por causa de um telefonema que recebi do tesoureiro daquele nosocômio. Sou atendido pelo CAPITÃO Ref CABRAL que me comunica que tenho para receber setenta e seis mil cruzeiros referentes a abonos de partos e outras vantagens que têm direito praças de minha Unidade. Vou ver documentos atrasados de 1962, mostrando que o Ambulatório, nas gestões passadas, andava bem mal.
Voltamos ao BG. Encontramos na Unidade o ASPIRANTE ANTÔNIO PIRES DE BARROS, que foi desligado de adido ao 15º Batalhão Policial e está se apresentando ao BG, retornando ao seu batalhão de origem. Diz-me ele que foi suprir sua falta ao 15º BP o 2º TENENTE NINO ANTÔNIO MEDEIROS CALESTINI, Essa Unidade, no momento, é um verdadeiro espantalho, ninguém quer servir na mesma. Trata-se do batalhão dos presídios, antigo tormento do BATALHÃO DE GUARDAS.
Passo o tempo na FIF escrevendo e procurando acertar alguns documentos em pendência.
Às 19 horas, estou dando a última aula da semana para meus alunos. Estão eles na penúltima semana antes dos exames e querem mesmo sanar as dificuldades que ainda trazem com relação às matérias. Hoje lhes dou modelos de cartas, parte difícil para os mesmos. As cartas que eles fizeram durante o curso, não são nada boas para a aprovação.
Deixo o BG depois das 21 horas, pensando sobre essa turma de cabos que estou preparando. Muitos graduados estão em condições de enfrentar a Escola de Sargentos, mas existem alguns que se matricularam no final do curso que ministrei e mostraram fraqueza nas matérias. Veremos no dia 26 do corrente qual será o resultado do meu Preparatório.
Em meu lar, ainda assisto alguns programas de televisão, indo deitar depois das 23 horas.   
50 a. dos apontamentos de minhas memórias relativas a 16 de junho de 1966 (quinta-feira). ANO 16º - MÊS 12º - DIA 341º - 8 anos e 12 dias na FORÇA PÚBLICA – 754 dias como 2º TENENTE – 72 dias na 3ª Companhia do 10ºBP.
Deixo meu lar depois das 11 horas. Viajo no ônibus VILA AURORA com o SOLDADO MARCONDES, do BATALHÃO DE GUARDAS.
Chego em GUARULHOS quando são mais de 13 horas. Apenas o ASPIRANTE NUNES FERNANDES está presente.
Algumas praças falam sobre os resultados dos exames prévios, realizado em SANTO ANDRÉ no último sábado, para a Escola de Cabos. Da 3ª Companhia passaram 18 soldados, dos quais todos os meus alunos. Talvez reinicie as aulas na semana que vem.
O CAPITÃO JAIR faz aniversário nesta data. Conforme nossa praxe, não precisa fazer o expediente. Portanto, o 1º TENENTE SÉRGIO PEREIRA responde pelo comando.
A rifa de minha televisão vai indo bem. A lista já está mais da metade preenchida. Talvez em princípios de julho dê para fazer o sorteio.
São mais de 15 horas quando saio de jeep com o TENENTE SÉRGIO. Vamos até o Estádio FIORAVANTE IERVOLINO, onde três soldados fazem a limpeza dos mosquetões para uma aula de Ordem Unida na próxima segunda-feira, dia 20 de junho.
Vamos até a Boite SACI, fechada por ter ido à falência. Numa casa do local vive um homossexual com duas decaídas. É um quadro estarrecedor o que se passa naquele recanto.
Novamente na Companhia, combino uma ronda com o doutor BICAS para amanhã e, talvez, tenha de participar dela. Iremos correr GUARULHOS na noite de 17 de junho.
Às 19 horas, deixo a Companhia. Viajo no SOROCABANA – VIA DUTRA. Acompanha-me o SUBTENENTE NATAL DE OLIVEIRA.
Viagem difícil é aquela que realizamos no VILA AURORA. O ônibus está muito cheio e o trânsito complicado.
Chego em casa, cansadíssimo. Janto e deito.
49 a. queda do avião 2068 da FORÇA AÉREA BRASILEIRA, em 16 de junho de 1967
A incrível história da "OPERAÇÃO PENTE FINO" e dos homens do avião 2068 da Força Aérea Brasileira, que esperaram o socorro de seus camaradas.
Os 26 jovens a bordo do avião 2068 da Força Aérea Brasileira, nas primeiras horas da madrugada de 16 de junho de 1967, sabiam que estavam em situação de desespero. O Comandante Capitão Aviador Newton Nogueira de Almeida, veterano de 3.000 horas de vôo sobre a selva, estava banhado de suor. Vivia o pesadelo que há tanto temia. Em primeiro lugar, quebrara o seu radiogoniômetro. Ventos contrários haviam-no arrastado para muito longe de sua rota. Depois de procurar inutilmente uma pista de pouso de emergência dentro da escuridão de breu, seguia uma direção que poderia levá-lo ao Aeroporto de Ponta Pelada, em Manaus. Mas isso exigiria um milagre: o seu indicador de combustível estava em zero. As manetes já estavam abertas ao máximo, mas o Comandante Nogueira de Almeida empurrou-as ainda mais. Talvez pudesse assim arrancar um ou dois quilômetros. Sabia que eram muito pequenas as probabilidades de sobreviver a uma queda e as esperanças de socorro para algum sobrevivente seriam ainda mais remotas.
A densa folhagem da selva amazônica se fecharia sobre o velho C-47 como as ondas sobre uma pedra jogada no mar. O Sargento Raimundo Godinho, seu operador de rádio, chamava estações na negra terra embaixo, e a voz de Manaus, tantalicamente próxima e forte, dizia que os relâmpagos de uma tempestade ao sul da cidade, poderiam dar-lhes uma referência para se orientarem. Mas eles não podiam ver absolutamente nada. Era como se o pára-brisa estivesse coberto por um veludo preto.
Na cabine do C-47, o Tenente Luiz Velly, perito em sobrevivência na selva, estava sentado em rígido silêncio e pensava com azedume no insucesso da sua missão. Tinha embarcado com os seus soldados naquele avião rumo ao posto de Cachimbo, no Estado do Pará, que temia um ataque de índios de uma tribo desconhecida. O Capitão Médico Paulo Fernandes, ao seu lado, correu os olhos pelos homens que estavam na cabine. Ivan de Brito, de 17 anos, dormia tranqüilamente, com um mosquetão nas mãos. O médico levou ao rosto as mãos em concha e procurou olhar pela vigia. Exceto a chama azul do cano de descarga do motor, nada havia para ver. Os ponteiros de seu relógio marcavam 04:30 horas.
De repente, chegou a ordem: PREPARAR PARA UM POUSO FORÇADO. O Terceiro Sargento Gilberto Barbosa de Souza abriu a grande porta do C-47 e os soldados se aproximaram para jogar fora as armas, caixas de munição, tudo o que pudesse tornar-se um projétil naquela queda que se aproximava. Numa correria de preparativos de última hora, o Tenente Velly e o médico, ajudados pelos soldados da tripulação, encheram as duas bolsas salva-vidas e arrumaram travesseiros e cobertores em torno dos pilotos para protegê-los do impacto da queda.
Violentas vibrações sacudiram o avião e os motores começaram a ratear. Pouco antes do amanhecer, o operador de rádio, Sargento Godinho, transmitiu a sua última mensagem: "COLEGAS, INFORMO QUE O 2068 VAI POUSAR. ESTAMOS VOANDO SEM CONDIÇÕES. ESTAMOS CAINDO!!!".
Nem os ocupantes do avião condenado, nem o pessoal de terra que vinha acompanhando pelo rádio o desenrolar da tragédia, podiam apontar ou imaginar o local do desastre. Virtualmente. A última esperança era que algum dos moradores esparsos da região, descobrisse o avião sinistrado e achasse um meio de dar notícias dele. E as probabilidades eram mínimas. Logo que o céu clareou, quatro pequenos aviões levantaram vôo do Aeroporto de Ponta Pelada para as povoações do vasto sistema fluvial do Amazonas, em busca de indícios entre seringueiros e pescadores que andam pela área. Ao mesmo tempo, o Major Wilson Silva Cardoso, coordenador do grupo de busca e salvamento (SAR), em Belém, estabelecia um subcentro de salvamento no segundo andar do prédio do Aeroporto de Manaus. O Ministro da Aeronáutica, Brigadeiro Márcio de Souza Melo, estava mandando reforços - aviões, helicópteros, anfíbios de todo o país. A busca do 2068, que recebeu o nome de código "OPERAÇÃO PENTE-FINO", veio a ser a maior operação de salvamento da história da aviação mundial - A selva engole as suas vítimas, ou mata-as em pouco tempo, murmurou um guia da selva aos visitantes que enchiam a sala de espera do aeroporto. - Mas há uma exceção - replicou um missionário, e a Aeronáutica vai fazer dessa busca um sucesso. A Aeronáutica estava fazendo tudo o que era possível.
Nos dias que se seguiram, 44 aviões levantavam vôo de Ponta Pelada ao amanhecer, ao clarear do dia e voltavam ao por do sol. Todas as noites o Major Cardoso marcava o seu mapa com alfinetes de cor para assinalar os pontos onde se procurara em vão. Lá fora na pista, pára-quedistas nos seus folgados macacões cor de abóbora, esperavam impacientemente a hora de agir, mas onde? O Capitão Roberto GUARANYS, o mais popular pára-quedista do PARASAR, que se distinguia tanto pelo seu humor quanto pela sua bravura, corria de um avião para outro, inspecionando os homens e equipamento. Havia quatro serras a motor, explosivos e cada homem levava luvas especiais para evitar infecções se fosse preciso remover cadáveres.
Por fim, chegaram um dia, notícias eletrizantes pelo rádio da polícia. Era uma mensagem de um habitante da selva, um caboclo, que afirmava ter ouvido um avião caindo em algum lugar perto da sua palhoça. Logo depois dessa mensagem, surgiu uma pista mais emocionante: dois aviões da Força Aérea que voavam debaixo de aguaceiros nos arredores da cidadezinha de Tefé, haviam colhido o que pareciam sinais na faixa de emergência do rádio de 500 quilociclos. Sinais se eram isso mesmo, significavam sobreviventes. O Major Cardoso e todo o seu pessoal, seguidos por um verdadeiro enxame de repórteres, viajaram imediatamente mais de 500 km Amazonas acima para Tefé. Os sinais de rádio tinham sumido, mas a FAB não ia desistir. Estava empenhada num combate com sua velha inimiga a selva.
E não poderia abandonar qualquer dos seus homens que ainda pudesse ser salvo.
Todo o Brasil acompanhava a busca com fervoroso interesse. Quando o 2068 caiu, ao mergulhar através dos 55 metros de árvores e cipós até ao chão da mata, a fuselagem se quebrou em três partes. Voaram corpos para toda parte. Alguns homens ficaram presos na parte central, que se incendiou e fez explodir munições que tinham sido esquecidas quando lançadas fora a carga. Durante essa cerrada fuzilaria, o Sargento Barbosa - atordoado, sangrando pelo corpo todo e com a perna esquerda quebrada - jogou-se para fora e conseguiu de algum modo, rolar e rastejar até uma distância fora de perigo. Sem gasolina para alimentá-lo, o fogo em breve se apagou. Seguiu-se um silêncio completo.
Durante mais de 24 horas, Barbosa receou ser o único sobrevivente. Mais seis homens, porém haviam escapado do desastre: o Capitão Fernandes, o Segundo Sargento Botelho, o Cabo Geraldo Calderaro, o Cabo Nelson da Silva Barros e o jovem Soldado Brito. Os sete sofreram fraturas, ferimentos e queimaduras e para eles a manhã de sexta-feira, 16 de junho, trouxe um tormento tão terrível, que ameaçou de loucura os mais fortes. Num estado de choque demasiado profundo para poderem mover-se ou afugentar os mosquitos vorazes, ficaram estendidos em agonia durante toda a sexta-feira e todo o sábado, sem comida e água.
"Às duas horas da madrugada de domingo, 18 de junho, fomos acordados pelo Dr. Paulo e pelo Tenente Velly, pedindo água", anotou o Sargento Barbosa no diário que se forçou a escrever, na esperança de que isso tivesse alguma utilidade em futuras operações de salvamento. "Às seis horas, o Cabo Silva Barros conseguiu ir andando até um riacho a 50 metros de distância e trazer água para os dois Oficiais e para o Cabo Calderaro. À tarde, improvisei umas muletas e fui fazer uma visita aos feridos. Encontrei o Cabo Calderaro morto. Imobilizei a perna quebrada do Dr. Paulo. Queira Deus que não acordemos amanhã com outro morto".
Na segunda-feira, as coisas melhoraram um pouco. Barbosa se lembrou de que o piloto morto sempre levava rações de emergência e o soldado Brito, apesar de lesões na cabeça e na perna esquerda, quase cortada à altura do joelho, conseguiu sair da cauda do avião e entrar na cabine. Encontrou ali várias latas de salsichas e outros víveres danificados pelo fogo. Estabeleceu-se uma ração de uma salsicha por dia para cada um. No mesmo dia, Barbosa e Barros removeram alguns corpos na cabine principal e encontraram o transmissor de rádio de emergência.
Na terça-feira, à custa de muito sacrifício, estenderam a antena entre as árvores e, depois disso, todos os dias, quando se sentiam com forças para isso, manipulavam sinais de SOS com intervalos. "São seis horas", escreveu Barbosa à tardinha de terça-feira, "e ainda não apareceu nenhum avião para nos socorrer. Nada voa por cima de nós a não ser os urubus. Deus permita que voltemos para nossas famílias e para junto de nossos amigos". O local do desastre era perto do equador e violentos aguaceiros faziam de tudo um lamaçal. Mortos e vivos estavam enlameados a ponto de serem quase irreconhecíveis.
"Alcançamos hoje uma grande vitória", escreveu Barbosa no dia seguinte: "conseguimos levar o Dr. Paulo e o Tenente Velly para a cauda do avião". (Barbosa, com sua perna dilacerada e quebrada, havia rastejado 20 metros duas vezes, através da lama e dos espinhos, levando um Oficial às costas). Desde a sexta-feira passada, os dois estavam do lado de fora expostos à chuva. A perna esquerda do Dr. Paulo está quebrada e o braço e a perna direita estão muito inflamados. O Tenente Velly está com a bacia fraturada. À tarde, o velho Botelho fez uma sopa de aveia queimada. Ó Deus ouve as nossas preces!
Na quinta-feira, os urubus, que tinham estado vigilantes, voando em círculos no alto, desceram impetuosamente na clareira. Apesar dos gritos dos sobreviventes, entregaram-se calmamente à sua tarefa macabra. Cheio de raiva e repugnância, Barbosa puxou da pistola e fez pontaria contra o urubu mais próximo. Felizmente, no instante em que começava apertar o gatilho, compreendeu a sua loucura - afugentaria as aves com um tiro uma vez só e, se atirasse prematuramente, poderia jogar fora a única possibilidade que tinham de salvação. Teria de poupar suas balas até que pudesse com elas, forçar os urubus, cuja presença assinala a morte, anunciarem a presença de vida. Com as mãos trêmulas, repôs a pistola na capa.
"Sexta-feira, 23 de junho". Só pela graça de Deus ainda estamos vivos. A noite passada foi péssima. A chuva está pesada, com trovões e relâmpagos muito fortes. Não podemos fazer uma fogueira, pois só nos restam dois palitos de fósforos e não podemos arriscá-los com tudo assim molhado. "Choveu no sábado e no domingo, mas o moral dos sobreviventes foi mantido pelo barulho intermitente de aviões distantes". Os exploradores pareciam estar se aproximando. Barbosa e Barros continuam a rodar a manivela do radio transmissor de emergência. Chegaram até a rir todos quando Barros, olhando para o rosto sujo e enfaixado do jovem Brito, disse: "Puxa, soldado, como você está feio"!
"Segunda-feira, 26 de junho". Um belo amanhecer hoje. O sol já está alto e o céu totalmente claro. "Todas as nossas esperanças estão no dia de hoje". Por volta das 10:30 horas daquela manhã, ouviram de novo o barulho de motores. O avião estava longe, mas aproximava-se. Barbosa puxou a pistola, fazendo o cálculo da velocidade e do rumo. Se atirasse muito cedo ou muito tarde, o avião poderia passar sem perceber coisa alguma. E isso, fora de dúvida, seria o fim. Foi um minuto angustioso. Os outros pararam quase de respirar à espera de que o Sargento Barbosa agisse. De repente, pareceu aos ouvidos dos apurados que o som dos motores estava declinando e, puxou o gatilho. A explosão alarmou os urubus, que se elevaram pesadamente. Pareciam repletos demais para voar, mas Barbosa atirou de novo e mais uma vez, até que o pente da pistola ficasse vazio. A ruidosa fuzilaria foi suficiente e os urubus subiram numa desordenada espiral acima da selva.
O Major Sergio Fávero, que pilotava um avião de busca a várias centenas de metros de distância, viu os urubus emergirem das copas entrelaçadas das árvores e gritou jubilosamente que o local do desastre estava perto. Fazendo uma curva fechada, tomou a direção do local. Através de galhos quebrados, um de seus homens viu de relance uma asa de avião no chão da selva e pronunciou pelo microfone que tinha ao peito, a mensagem que todo o país e o mundo havia tanto esperava: "ENCONTRADO O AVIÃO. POSIÇÃO APROXIMADAMENTE OESTE 66, SUL 0215". "
"Um avião Albatroz passou por cima de nós", escreveu Barbosa. "Depois tornou a passar. Estávamos todos gritando de animação. Agora à tarde, passam por cima de nós um C-130 e um B-17. Temos certeza agora de que Deus ouviu as nossas preces. Às 05:35horas, um Catalina aparece sobre a nossa posição..." Mas a morte não nos deixou. O Cabo Barros, cuja coragem se igualou à do Sargento Barbosa durante a tragédia, respira desde vários dias, com uma dificuldade cada vez maior.
Na manhã seguinte, enquanto esperavam o socorro, Barros pediu a Barbosa que o abanasse - não podia tomar fôlego e tinha os dentes cerrados. "Tentei abrir-lhes a boca, mas não pude, não tinha forças", escreveu o Sargento Barbosa. "Barros morreu às onze e meia... Rezamos pelo nosso herói, pois foi ele quem nos abasteceu de água durante todo o tempo...". Dez minutos depois, um helicóptero de socorro apareceu sobre a clareira. "Estão tentando pousar, mas infelizmente é impossível... Choramos de alegria. Foram-se embora, mas nos fizeram sinais para que tivéssemos calma.
Entre as duas e às três da tarde, voltaram. Que alegria, meus Deus! O primeiro homem vai descendo (por uma corda do helicóptero que pairava no alto) para socorrer-nos... É o Capitão Guaranys! Nós sabíamos, bom Deus, que a FAB nunca nos abandonaria". Jamais esquecemos a cena - disse depois o Capitão Guaranys - Mal eu havia tocado em terra, vi aquele homem barbado, enlameado, quase sem poder ficar em pé nas toscas muletas. "Sargento Barbosa, Capitão, mecânico de vôo", disse ele, fazendo uma desajeitada continência. Foi a coisa mais comovente que já vi, declarou Guaranys.
Mas a "Operação "Pente-Fino" ainda seria cheia de frustrações".
Não havia nenhum espaço aberto suficientemente grande para o helicóptero, numa centena de quilômetros, e, assim, enquanto a chocalhante máquina se balançava e sacudia no alto, um médico e enfermeiros desceram como Guaranys, por 60 metros de corda. O helicóptero se dirigiu para baixo de Tefé e voltou com víveres e equipamentos. Mas, depois de dois dias de árduos esforços sob a chuva para abater as árvores, o espaço livre era ainda muito pequeno para que se pudesse arriscar o pouso do helicóptero.
Por fim, as duas e meia da tarde de 29 de junho, o helicóptero voltou com um possante guincho novo, vindo dos Estados Unidos, para aquela operação. O Capitão Paulo, o mais grave de todos, foi deitado numa maca e içado. Em seguida, foi a vez do Tenente Velly. Os outros foram içados um de cada vez, por meio de coletes de salvamento, usados pelo PARASAR. A seu pedido, o último a deixar a selva foi o Sargento Barbosa. Os mortos foram levados depois e enterrados com honras militares em Belém do Pará, com a presença de milhares de pessoas.
O Sargento Barbosa e sua mulher resolveram transformar a profunda e eterna gratidão que sentiam pelo salvamento, num instrumento para o bem. Editores do mundo inteiro estavam competindo pelos direitos de publicação de seu precioso diário e ele foi um bom negociante. Recebeu cinco mil cruzeiros novos pelo diário, mas, embora a quantia fosse o equivalente a um ano de vencimentos, o jovem casal não ficou com um só centavo. Deram tudo às viúvas e aos filhos dos companheiros mortos.
Coube ao Presidente da República Arthur da Costa e Silva, situar a tragédia e a vitória do avião 2068 da Força Aérea Brasileira:

"O resgate dos sobreviventes do avião 2068 transcende a história e a atmosfera da Força Aérea Brasileira, impregnados do espírito heróico de nossa juventude, para sugerir-nos um símbolo de bravura, da energia e da perseverança de todo povo brasileiro, no desbravamento da selva amazônica e na afirmação cada vez mais vigorosa, de nossa soberania, em uma das mais vastas e fabulosas regiões da terra. É um episódio que nos enche de emoção, como seres humanos, e de orgulho, como habitantes deste país".

48 a. da FUNDAÇÃO PADRE ANCHIETA, criada em 16 de junho de 1968.
47 a. GEORGE POMPIDOU é nomeado presidente da FRANÇA, em 16 de junho de 1969.
46 a. do 4o. BPMM, fundado em 16 de junho de 1970.
43 a. do CHARLES, colega do PAULO CÉSAR. Nasceu em 16 de junho de 1973.
40 a. do MASSACRE DE SOWETO, em 16 de junho de 1976. Dez mil estudantes negros foram às ruas na ÁFRICA DO SUL para protestar contra a lei que obrigava escolas negras a lecionar, em parte, no idioma da minoria branca. Os confrontos com a polícia deixaram 176 mortos. A lei foi revogada no mês seguinte -julho de 1976-. O LEVANTE DE SOWETO foi a primeira grande manifestação contra o "apartheid". O APARTHEID era o racismo, herdado dos tempos da colônia britânica, assegurado por lei na ÁFRICA DO SUL desde 1948. Ele oprimia a maioria negra da população com altos impostos e segregação social.
39 a. morre WÉRNER VON BRAU, engenheiro e físico alemão, em 16 de junho de 1977.
38 a. presidente do PANAMÁ, OMAR TORRIJOS, e o dos ESTADOS UNIDOS, JIMMY CARTER, assinam o tratado para a devolução do CANAL DO PANAMÁ no ano de 2000, em 16 de junho de 1978.
37 a. nasce CLAUDEMIR PORTILHO MATEUS JUNIOR em 16 de junho de 1979.
CLAUDEMIR PORTILHO MATEUS JUNIOR é paulistano natural de São Paulo. Praça da Polícia Militar do Estado de São Paulo, ocupa atualmente o posto de 3º SGT PM, tendo ingressado na corporação a 08 de janeiro de 2001, pela Escola Superior de Formação de Soldados. Ao término do curso foi classificado no 12º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano, cuja área de atuação são as regiões da Av. Ibirapuera, Av. 23 de Maio, Av. Republica do Libano, Campo Belo, Paraiso e Ana Rosa. Em 21 de abril de 2006 é promovido a Cabo PM onde começou a desenvolver a função de sentinela do Obelisco do Ibirapuera onde fazia a segurança dos que repousam no interior do monumento. No contato do dia-a-dia do serviço de sentinela este combatente foi tomando gosto pela história do monumento onde não parou suas pesquisas junto aos familiares e combatentes que visitavam o monumento que lutaram por um ideal de uma nova constituição. Este militar teve a oportunidade de ficar 5 (cinco) anos na função de sentinela e apresentando palestras para alunos e acadêmicos que buscavam informações do monumento.
Em 19 de novembro de 2011 este miliciano foi agraciado com a medalha Governador Pedro de Toledo pela Sociedade dos Veteranos tendo em vistas as palestras e excelentes serviços prestados junto ao monumento de 32.
Este militar durante a trajetória nas fileiras da Corporação obteve as seguintes qualificações: graduado na faixa laranja de judô pela Escola de Educação Física da Polícia Militar, Curso de Pilotagem Honda pelo Centro Educacional de Trânsito Honda, Técnicas de Ensino pelo Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças, Curso de Instrutor de Pilotagem Honda pelo Centro Educacional de Trânsito Honda, Curso de Direção Defensiva pela Universidade Dpaschoal , Curso de Técnicas de Direção Operacional-Emergencial em atividades pelo Centro de Formação de Soldados, Curso de Classificação de Danos pelo Centro de Experimentação e Segurança Viária, Curso de Fiscalização de Tacógrafos pela Siemens VDO Automotive e Policiamento de Trânsito pelo Centro de Capacitação Física e Operacional.
Em 05 de Fevereiro de 2012 deu início a Escola Superior de Sargentos onde foi declarado 3ºSGT PM sendo classificado no CPAM/8 (COMANDO DE POLICIAMENTO METROPOLITANO-8) onde exerce a função encarregado do setor da telemática e segue comprometido com os ideais da Revolução levando o conhecimento para alunos e pesquisadores que tem interesse no assunto, tornou-se membro efetivo da Sociedade dos Veteranos de 32/MMDC, a 15 de abril de 2013, obteve autorização do Coronel PM Res Ventura Presidente da Sociedade dos Veteranos para montar o 17º núcleo de correspondência Guilherme de Almeida em Osasco cujo nosso lema: “No Combate que o Infante é Forte”. (este currículo do CLAUDEMIR PORTILHO foi postado em 28 de maio de 2013).
36 a. sandinistas nicaragüenses formam um governo provisório na COSTA RICA, em 16 de junho de 1979. Outros apontamentos nesta data: neste sábado o dormitório do PM JOÃO GOMES DE OLIVEIRA JÚNIOR e GISLEIDE é montado hoje na sala de casa. Dois homens levam quase cinco horas para fazer esse serviço.
Vou pagar o 27º aluguel da casa onde estamos morando – CR$6.000,00. Continuo lendo GRAÇA ARANHA – CANAÃ.
À tarde, visitamos a mãe da LUCINDA, sua irmã MARGARIDA (o PAULO e o Senhor JOSÉ THOMAZ continuam reformando a lavanderia da casa deles). Vamos receber documentos que deverão ser entregues para os advogados que estão cuidando da herança de RAPHAEL INDALECIO, avô da LUCINDA.
O SANTOS vence o GUARANI por 3 a 1 e é um dos finalistas do Campeonato Paulista de 1978.
Assisto na TV: experiência de bateria a lítio no CEARÁ. Em CAMPOS, um aproveitamento do vinhoto da cana, produzindo gás.
Chegaram no RIO os brasileiros que se encontravam em MANAGUA.
O ex-presidente de GANA é fuzilado após doze dias de sua queda.
Um pelotão é designado para executar o XÁ REZA PAHLEVI, condenado à morte.
Começa o 2º Tratado de Limitação de Armas Estratégicas, em VIENA, entre BREJNEV e JIMMY CARTER.
Assisto o filme “PAREM AS PRENSAS”, da série “O INCRÍVEL HULK”.      
34 a. transf. reserva dos coronéis: SÍLVIO EMILIO (falecido), SALVADOR D'AQUINO (falecido), IRAHY VIEIRA CATALANO, LAINO (falecido), ALCIONE  (falecido)   e  OLANDIM  TRIELLI (falecido), em 16 de junho de 1982. 
33 a. do assassinato do delegado de polícia LUIZ ARNALDO STOLF, em 16 de junho de 1983.
33 a. YURI ANDROPOV, que já era dirigente máximo da URSS como secretário geral do PCUS, torna-se em 16 de junho de 1983, Chefe do Estado Soviético.
32 a. pacto antiterrorista entre os governo da ESPANHA e da FRANÇA, assinado pelos ministros JOSÉ BARRIONUEVO e GASTON DEFERRE, em 16 de junho de 1984.
31 a. falece MASAHARU TANIGUSHI, DA SEICHO-NO-IÊ, em 16 de junho de 1985.
30 a. nasce LEANDRO, filho do Tenente CIDO em 16 de junho de 1986. 
29 a. polícia colombiana descobre uma plantação de coca de dez mil hectares e 31 laboratórios para elaborar cocaína no sul do país, em 16 de junho de 1987. Demais anotações nesta data: não estamos livres do frio. Nesta terça-feira dia chuvoso e temperatura de 11 graus. CABO PM LAMEIRINHA e PM JOEL vêm me buscar com a viatura COMANDO ANCHIETA.
No CAES cumprimentamos o CORONEL PM CARLOS FUGA, promovido no último sábado junto com o FELICIANO e o CASILO. O FUGA será o novo Comandante do CAES já que o CORONEL PM NIOMAR CYRNE BEZERRA será o novo Diretor de Ensino. O FELICIANO assumirá o Comando da ACADEMIA DE POLÍCIA MILITAR DO BARRO BRANCO e o CASILO será transferido para a reserva.
CORONEL PM RALPH dá suas 9ª e 10ª aulas de DOUTRINA DE EMPREGO DAS POLÍCIAS MILITARES. Erros comportamentais e estruturais do Sistema de Segurança Pública.
O Procurador Aposentado LOUREIRO dá suas 17ª e 18ª aulas e começa a parte do DIREITO PROCESSUAL PENAL MILITAR falando sobre o IPM. Hoje o TENENTE-CORONEL PRUDÊNCIO encontra-se na BOLÍVIA.
Encontro no CAES o MAJOR PM RENATO CÉSAR MELO. Vem participar de uma banca que examina uma monografia de um capitão do CAO-I-87. Também vemos o TENENTE-CORONEL PM SENDIN e outros oficiais que comparecem no CAES para essa finalidade.
METODOLOGIA CIENTÍFICA: Professor RUIZ continua nos ensinando com elaborar a monografia.
INFORMÁTICA: Professor OSMAR é-nos apresentado pelo CORONEL PM FUGA. Dá suas primeiras aulas. Para mim é um assunto desconhecido. Fala o professor sobre o histórico dos computadores e dá as primeiras noções de hardware, software, BIT, BYTE, KBYTE, MEGABYTE, GIBABYTE, etc.
Passo pelo 2º BPChq. Sai o holleryth do “gatilho” de março a ser pago em 18 do corrente. O “gatilho” de abril será pago no dia 22 de junho.
Na casa do TENENTE DANIEL assisto COBRELOA 3 x SÃO PAULO 1, pela TAÇA LIBERTADORES DA AMÉRICA, no CHILE. Ali estão o CAPITÃO SILVA e seus filhos.
O CABO PM PICIILLO traz-me de volta para GUARULHOS. o frio é intenso nesta noite.
27 a. do jantar na TORRE DO BIXIGA, em 16 de junho de 1989.
24 a. falece o 1o.Ten RÓBSON TADEU AUGUSTO SILVA, do 2o.BPChq, num desastre automobilístico, em 16 de junho de 1992.
24 a. EUA e RÚSSIA anunciam uma nova era de mútua confiança e cooperação sobre uma base democrática e sem ameaças nucleares, em 16 de junho de 1992.
23 a. falece o Ten.Cel. Ref. TURÍBIO TORRES, em 16 de junho de 1993.
22 a. da libertação de 170 prisioneiros pelo governo de ISRAEL, em cumprimento ao acordo de paz assinado com a ORGANIZAÇÃO DA LIBERTAÇÃO DA PALESTINA (OLP), em 16 de junho de 1994. Entre os palestinos libertados estavam trinta ativistas fundamentalistas, dois deles ex-lideranças do grupo guerrilheiro HAMAS, Movimento de Resistência Islâmica. O HAMAS é o principal grupo palestino rival da OLP na FAIXA DE GAZA. 
21 a. do assassinato do MAJOR PM CLÁUDIO PRADOS SILVA, em SANTOS, no dia 16 de junho de 1995.
19 a. das anotações feitas em 16 de junho de 1997: manhã de segunda-feira muito desagradável. Vou embarcar no EXPRESSO BRASILEIRO, na Rua SANTANA DO JACARÉ e enfrento um vento frio que corta as carnes. No MMDS prosseguimos com a série de palestras sobre assassinatos em série, onde a vida tem pouco valor. Discute-se hoje a influência perniciosa dos filmes de terror, mexendo com a cabeça dos adolescentes, levando muita gente ao pânico, como êmulo dos filmes desse gênero.
Trabalho muito no MMDC. Tenho de suprir as deficiências do CORONEL CANAVÓ, que vive sob a obsessão do sentimento nativista, com idéias utópicas que não levam a nada de prático. Elaboro ofício aos Secretários de Educação, Municipal e Estadual, solicitando o empenho das escolas na data de 9 de Julho. Também faço os ofícios de outorga das Medalhas MMDC e GOVERNADOR PEDRO DE TOLEDO.
O TENENTE-CORONEL PM PAULO RÉGIS SALGADO, Chefe da 5ª EM/PM, nosso Diretor do Cerimonial, manda seu motorista buscar os diplomas das medalhas para serem preenchidos. Entrego-lhe os papéis timbrados para a confecção dos convites para o 9 de Julho. CORONEL ARY CANAVÓ faz contatos com o pessoal de SOLEDADE, uma cidade gaúcha que apoiou o Movimento Constitucionalista de 1932. Transmito, por fax, o ofício de outorga da Medalha MMDC para a veterana AURORA ALVAREZ MACORIM CHADDAD. O senhor MARCONDES mantém contato telefônico comigo. Quer notícias da Sociedade.
O frio é intenso. O vento aumenta a sensação de queda de temperatura. Prossegue nesta noite a COPA AMÉRICA, Grupo C. A COLÔMBIA goleia a COSTA RICA por 4 a 1 e essa seleção já está desclassificada. O BRASIL joga contra o MÉXICO e dá vexame no primeiro tempo. O MÉXICO faz 2 a 0. No segundo tempo vem a reação e o BRASIL vence por 3 a 2 e se classifica para a fase seguinte da competição. LUÍS HERNÁNDEZ faz os dois gols do MÉXICO. ALDAIR, ROMÁRIO e LEONARDO marcam para o BRASIL.
BRASIL: TAFFAREL; CAFU, CÉLIO SILVA, ALDAIR e ROBERTO CARLOS; DUNGA, FLÁVIO CONCEIÇÃO, LEONARDO (ZÉ ROBERTO) e DJALMINHA (DENILSON); ROMÁRIO e RONALDINHO. 
18 a. de BRASIL 3 x MARROCOS 0, pela XVI COPA DO MUNDO, na FRANÇA, em 16 de junho de 1998. Anotações nesta data em minhas memórias: mais um jogo de nossa Seleção na COPA DO MUNDO. O BRASIL todo aguarda a partida contra MARROCOS, com muita agitação nas ruas, repartições públicas, no comércio, bancos, enfim em todo o lado para onde se vá os comentários sobre o jogo de logo mais são inevitáveis. Isso também acontece na AORPM, no MMDC e até no MMDC, onde ficaremos até às 15 horas. Às 12:30 horas começa ESCÓCIA x NORUEGA e o resultado de 1 a 1, no final, beneficia muito o BRASIL, que basta vencer para ser a primeira seleção a se classificar e em primeiro lugar.
O CORONEL PM PAULO RÉGIS SALGADO é um dos coordenadores do 9 de Julho. Ele manda  buscar uma programação alterada ontem pelo CORONEL CANAVÓ, bem como a conduta para o desenvolvimento do evento 9 de Julho. Marca-se uma reunião para amanhã no Salão de Conferências do Quartel do Comando Geral. O CORONEL PM GUIMARÃES apresenta o TENENTE PM GUEDES como oficial de ligação entre ele, Secretário das Medalhas, e a Sociedade Veteranos de 32-MMDC. O TENENTE PM GUEDES leva a lista dos 32 agraciados. Chegam os currículos dos três generais e três brigadeiros que irão ser condecorados. Às 15 horas, encerramos o expediente no MMDC. Quando embarco no metrô é que percebo a correria e os atropelamentos da multidão que procura embarcar também para chegar às 16 horas em sua casa e assistir BRASIL x MARROCOS. Na estação ARMÊNIA a coisa de repete. Consigo me enfiar no EXPRESSO COCAIA, esmagado na entrada do ônibus que parte lotadíssimo. O trânsito está um caos. Não se respeitam os sinais. Procurando melhores caminhos, o motorista vai vencendo os quilômetros que separam a tumultuada cidade e GUARULHOS (quase vazio).
Aos 9 minutos do primeiro tempo, quando ainda estamos na VIA DUTRA, RIVALDO lança de esquerda para RONALDINHO, que domina na grande área, de frente para o gol, e chuta para o canto direito do goleiro, que nem vai na bola. O BRASIL faz 1 a 0. Finalmente chego em asa, quando vai terminar o primeiro tempo. Nos acréscimos, aos 47 minutos, BEBETO toca para CAFU que, aberto pela direita, cruza. RIVALDO, livre, completa – 2 a 0. No segundo tempo, aos 4 minutos, RONALDINHO entra na área pela esquerda com a bola dominada, dribla com facilidade o zagueiro ROSSI e cruza para BEBETO marcar o terceiro gol. BRASIL classificado em primeiro lugar do GRUPO A deixa o país numa imensa alegria. Tudo é festa nesta terça-feira.
BRASIL: TAFFAREL; CAFU, JÚNIOR BAIANO, ALDAIR; ROBERTO CARLOS, DUNGA, CÉSAR SAMPAIO, LEONARDO, RIVALDO, BEBETO e RONALDINHO. Substituições: 22 minutos do segundo tempo: CÉSAR SAMPAIO por DORIVA; 22 minutos do segundo tempo: BEBETO por EDMUNDO e aos 42 minutos do segundo tempo: RIVALDO por DENILSON.
Faleceu hoje, às 7 horas, o prefeito de POÁ, JORGE FRANCISCO ALÉM, de 42 anos, vítima de um aneurisma cerebral.    
18 a. do falecimento do prefeito de POÁ, JORGE FRANCISCO ALÉM, no dia 16 de junho de 1998.
17 a. das seguintes anotações feitas em 16 de junho de 1999 (quarta-feira): fazendo uma viagem de ônibus, às 6 horas, alcanço a estação ARMÊNIA. Daí, pelo metrô chego à Estação CLÍNICAS. Tenho uma consulta marcada com o doutor HENO. Ele me examina. A pressão está 12 x 8. Marca exames de sangue e ecocardiograma. Deverei fazê-los em 6 de outubro. O retorno com o doutor HENO fica para 27 de outubro.
Aproveito o tempo livre e passo pela Livraria “sebo” do MESSIAS. Consigo encontrar um livro que estou procurando há anos: A REVOLUÇÃO CONSTITUCIONALISTA DE 32, de HERNÂNI DONATO.
CRISTIANO deverá fazer um estágio na BAHIA e isso conversamos com MARIVALDO, que será seu preceptor. Embarcarão em 18 de junho. CRISTIANO foi afastado da Operação CRUZEIRO, onde esteve durante oito anos. Trata-se de uma tentativa de aproveitá-lo, após uma reciclagem.
No MMDC, o CORONEL ARY CANAVÓ não consegue resolver a problemática da Prestação de Contas dos trinta mil reais, junto à Secretaria da Cultura. Pretende ele passar o “abacaxi” para o senhor GERALDO FARIA MARCONDES, que daqui há 22 dias assume a Presidência da Diretoria Executiva da Sociedade. O senhor MARCONDES sabe disso e não está gostando nada. Visitam o MMDC: veterano PAULINO DELFINO NOGUEIRA, contador FRANCISCO, Pastor MARINHO.
Esta é a noite mais gloriosa da história do PALMEIRAS. Drama, morte e uma explosão de alegria. O VERDÃO conquista a inédita TAÇA LIBERTADORES DA AMÉRICA ao bater o DEPORTIVO DE CALI por 4 a 3 nos pênaltis, após vencer por 2 a 1 no tempo normal. EVAIR abriu o placar, de pênalti, aos 19 minutos do segundo tempo. Cinco minutos depois, ZAPARA igualou. Aos 30 minutos, OSÉAS desempatou, após receber passe de JÚNIOR. Na decisão por pênaltis o PARQUE ANTÁRTICA silenciou ao ver ZINHO chutar a primeira cobrança no travessão. O time colombiano ficou na frente até a terceira cobrança. JÚNIOR BAIANO, ROQUE JÚNIOR, ROGÉRIO e EULLER fizeram os demais gols. Os colombianos BEDOYA e ZAPATA desperdiçaram. Durante o jogo, o taxista WÁGNER ESPÓSITO, de 46 anos, sofreu infarto no estádio e morreu sem ver o seu VERDÃO campeão.
DIÁRIO POPULAR, página 16, inclusa em minhas memórias: MANDELA passa cargo e deixa a vida política. Volta de albaneses causa fuga em massa de sérvios. Terremoto que sacudiu MÉXICO deixou pelo menos 23 mortos. JOÃO PAULO II cancela visita à ARMÊNIA. Guerrilhas colombianas libertam 33 e executam 11. Vice de CLINTON lança candidatura à Presidência dos ESTADOS UNIDOS (AL GORE). Espanhol nomeado Bispo no BRASIL: JOSÉ MARIA LIBÓRIO CAMINO SARACHO será bispo auxiliar na diocese de SÃO MIGUEL PAULISTA.     
16 a. da audiência no Comando Sudeste para entrega dos ofícios de outorga da Medalha "CONSTITUCIONALISTA" para os generais ARBY ILGO RECH, JORGE ARMANDO FÉLIX, ENZO MARTINS PERI e RUTHÊNIO FERREIRA DO VALLE. Acompanhei o presidente, Senhor GERALDO FARIA MARCONDES. Conosco estava o tenente MARCELO, DA CORREG. PM. Em 16 de junho de 2000.
16 a. da posse do TENENTE-CORONEL PM JORGE AUGUSTO REGO no Comando do Segundo Batalhão de Choque, em 16 de junho de 2000. Passou para a RESERVA em 6 de junho de 2003. Assumiu o comando, naquela data, o TENENTE-CORONEL PM MARCOS CABRAL MARINHO DE MOURA (era o Sub-Comandante e foi promovido a Tenente-Coronel em 24 de maio de 2003). Durante anos, o então MAJOR MARINHO, serviu o 2º BPChq, sendo que também foi capitão nessa Unidade.
16 a. da transf. reserva do CORONEL PM  RAIMUNDO ALVES DOURADO,  então comandante do CPAM-9, em 16 de junho de 2000.
16 a. do derrame cerebral sofrido pelo ex-goleiro corinthiano GILMAR DOS SANTOS NEVES, aos 69 anos de idade, em 16 de junho de 2000. Ficou internado na UTI do HOSPITAL. SÍRIO-LIBANÊS.
16 a. falecem: a radialista e ex-deputada estadual ERCI AYALA, aos 55 anos, vítima de rompimento de um aneurisma cerebral; a imperatriz NAGAKO, viúva do imperador HIROHITO e mãe do atual monarca japonês AKIHITO, aos 97 anos e LAURINDO FURLANI -PIOLIM– ex–zagueiro do SÃO PAULO, quando o time tricolor era o seguinte: GIJO, PIOLIM e RENGANESCHI, RUI, BAUER e NORONHA; LUIZINHO, SASTRE, LEÔNIDAS, REMO e TEIXEIRINHA, nos anos de 45 e 46.  Natural  de Casa Branca, nasceu em 10 de julho de 1913. ERCI AYALA, IMPERATRIZ NAGAKO e PIOLIM morreram em 16 de junho de 2000.

ACONTECEU EM 16 DE JUNHO DE 2001 : -   SÁBADO
MARLENE precisa elaborar um trabalho sobre racionamento de energia elétrica para a sua escola. Causas, cronograma e conseqüências são tópicos que ela precisa abordar. Forneço-lhe a pasta de recortes de jornais que tenho sobre o assunto. O sábado é tranqüilo; Posso colocar em dia o meu arquivo e a agenda. Releio alguns anos de minhas memórias: 15 a 21 de junho de 1997 a 2000.
A televisão mostra a queda de uma passarela de pedestres no km 12 da rodovia dos IMIGRANTES. O acidente aconteceu quando a caçamba da carreta subiu no momento em que o veículo passava sob a passarela. A rodovia ficou interditada desde o momento do acidente – 4 horas da madrugada – até às 13:40 horas. A ECOVIAS foi obrigada a interromper e desviar o trânsito.

Por volta das 21 horas, telefona-me o Sr. GERALDO FARIA MARCONDES para discutir a problemática da Sociedade Veteranos de 32-MMDC, com uma data marcada para a eleição de Presidente e vice da Diretoria Executiva, uma vez que o Cel. CARLOS AUGUSTO DE MELLO ARAÚJO irá se afastar da presidência após a data de 9 de julho. Conversou ele com o ministro GUÁLTER GODINHO e GERALDO PIRES DE OLIVEIRA convidando-os para o cargo, bem como com outros ex-combatentes. Digo ao senhor MARCONDES que, de acordo com o eleito, poderei deixar de ser secretário do MMDC. 
Até agora não se chegou a uma conclusão satisfatória. Há até o receio de que o Cel. ARY CANAVÓ queira retornar à presidência depois de todas as safadezas que andou fazendo, ideologicamente contrário ao Presidente da República.

Após o susto provocado pelo vazamento de GLP no gasoduto da PETROBRÁS e o incomodo de ter de passar a noite fora de casa, moradores de OSASCO e BARUERI tiveram uma surpresa desagradável ao retornar para suas residências : encontraram as moradias saqueadas. A situação no km 19,5 da rodovia CASTELLO BRANCO era de alerta, mas sem riscos de explosão.

Assisto o CINE SINISTRO, na BANDEIRANTES, a zero hora – MATILHA DA MALDIÇÃO. O astro pop do filme é ALICE COOPER, que em 1976 esteve no BRASIL. Ele conduz os companheiros de um show de rock até uma residência que era de seu pai. Este, foi assassinado por ser um lobisomem. Naquela região cães enfurecidos têm atacado e matado várias pessoas. Vítima de uma terrível maldição, o filho também vai se transformar num lobisomem, para desespero de seus próprios colegas.

2 002  :  -    DOMINGO
Ao lado de SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA e SANTA RITA DE CÁSSIA, os italianos vão venerar também o padre PIO, que será canonizado neste domingo pelo PAPA JOÃO PAULO II, tornando-se o 457º santo desse pontificado. Com milhões de devotos na ITÁLIA e em outros países, o frei capuccino da ordem de franciscanos, morto em 1968, aos 81 anos, será certamente um dos santos mais populares da história da IGREJA CATÓLICA. PADRE PIO nasceu no dia 25 de maio de 1887, e viveu em S. GIOVANNI ROTONDO, perto de BENEVENTO, no sul da ITÁLIA. O VATICANO passou a controlar padre PIO desde 1918, quando, aos 31 anos, surgiram chagas em suas mãos e pés. Foi confinado numa cela do convento onde vivia e conversas gravadas. As chagas somente desapareceram quando ele morreu e não deixaram nenhuma cicatriz, o que é fisiologicamente impossível. Foi só nos últimos cinco anos de vida, sob o pontificado de PAULO VI, que padre PIO conseguiu se livrar das perseguições do VATICANO.

Na madrugada, talvez tenha sido realizado o mais bonito jogo da COPA DO MUNDO: SUÉCIA e SENEGAL fizeram uma partida digna de registro e terminou em 1 a 1. Pela primeira vez foi usado o “gol de ouro”, ou morte súbita, nesta COPA. Na prorrogação, o jogador SENEGALÊS consagrou-se ao marcar um gol espetacular. SENEGAL está classificado e será o adversário do vencedor de JAPÃO x TURQUIA (a ser decidido no dia 18, terça–feira). No outro jogo, ESPANHA x IRLANDA o tempo normal também terminou em 1 a 1. Na prorrogação não houve a “morte súbita” e a classificação foi decidida na cobrança de pênaltis, também pela primeira vez nesta COPA. A ESPANHA classificou-se e irá ser adversária do vencedor de CORÉIA DO SUL e ITÁLIA (jogo também marcado para o dia 18). 

JOÃO GOMES DE OLIVEIRA JÚNIOR vai me conduzir até POÁ, mais uma vez, saindo de GUARULHOS às 10:35 horas. Minha mãe está atrapalhada com a refeição, fazendo bolinhos de carne. Comentamos o aniversário de nascimento do meu avô MANUEL PINTO DA FONSECA, que acontecerá amanhã.
Converso com ADALVO, MARIZETE, FELIPE, RENATO VENTURA e LEANDRO, todos eles visitando minha mãe neste domingo.
Depois do almoço, chega a LILICA. Recentemente, ela completou oitenta anos, mas se percebe que ela não anda boa da cabeça. Ainda insiste que sua irmã DORCAS está viva. Nesse ponto, minha mãe, com 93 anos, está mais lúcida do que ela. 

Quando chego em casa, recebo um telefonema do Sr. MARCONDES, muito preocupado com uma carta que recebeu dizendo que o nome de um ex–combatente, cujos restos mortais estão no Monumento–Mausoléu não figura em lugar nenhum. Antigamente, havia um painel com todos os nomes dos heróis cujos restos mortais ali se encontram. Quer o Sr. MARCONDES que se coloque na pauta da reunião da próxima terça–feira essa situação que precisa ser resolvida .

O carro oficial do deputado estadual JAMIL MURAD – um BORA – ficou completamente destruído hoje pela madrugada após colidir com um poste na Marginal do TIETÊ. No veículo estava apenas o motorista e segurança do parlamentar, ANTÔNIO GOMES DE ANDRADE, de 39 anos, que foi levado em estado grave ao pronto-socorro do Hospital das Clínicas.

MORREU o botânico LUIZ EMYDIO FILHO DE MELLO, parceiro do paisagista BURLE MARX em projetos como o ATERRO DO FLAMENGO e os jardins do AEROPORTO SANTOS  DUMONT.

Ampliando uma decisão anterior, o presidente GEORGE W. BUSH assinou uma ordem de serviço autorizando a Agência Central de Inteligência – CIA – a elaborar um “programa encoberto e de amplo alcance” para depor SADDAM HUSSEIN, usando inclusive uma “força letal” encarregada de matar o ditador iraquiano, se preciso.

Pelo menos 24 pessoas morreram e 13 ficaram feridas em um incêndio, hoje de madrugada, num cibercafé de PEQUIM. As causas do acidente ainda não são conhecidas. Localizado no bairro estudantil de HAIDIAN – onde estão as universidades de PEQUIM e de TSINGHUA -, o estabelecimento funcionava há um mês e não tinha alvará.

Com os termômetros marcando quase quarenta graus centígrados, centenas de milhares de peregrinos tiveram de ser refrescados por carros-pipas durante a cerimônia de canonização do PADRE PIO – FRANCESCO FORGIONE -, que deixou a PRAÇA DE SÃO PEDRO e as ruas de entorno totalmente tomadas pelos fiéis. “Nós incluímos o Santificado PIO DE PIETRELCINA no quadro de santos e declaramos para toda a Igreja que ele deve ser honrado com devoção”, disse o PAPA. Com essas palavras, PADRE PIO tornou-se o 758º santo da fé católica – 457º deste pontificado.

Mais de dois mil bombeiros entraram hoje na segunda semana de combate ao fogo nas florestas do estado americano do COLORADO, que chegou a colocar em risco o SUL da cidade de DENVER. Dez mil casas estão ameaçadas pelas chamas e cinco mil e quatrocentos moradores podem ter de abandoná-las a qualquer momento.
  
ACUSADO o jogador português LUÍS FIGO, pelo meia da seleção da CORÉIA DO SUL, LE YOUNG-PYO, de tentar armar um esquema para a classificação das seleções de PORTUGAL e da CORÉIA para as oitavas-de– final da COPA. Segundo YOUNG-PYO, FIGO propôs que as equipes segurassem o placar em 0 a 0. A denúncia foi feita na cidade de INCHEON, na CORÉIA DO SUL.

RECONHECIDO pelo Congresso americano que o verdadeiro inventor do telefone foi um imigrante italiano chamado ANTÔNIO MEUCCI. ALEXANDER GRAHAM BELL patenteou a descoberta 16 anos depois de MEUCCI tê-la proposto. Em WASHINGTON.

JORNAL DA TARDE mostrava a estratégia da Seleção Brasileira para o jogo contra a BÉLGICA na COPA DO MUNDO no JAPÃO. Além disso, uma pesquisa mapeava os crimes na capital e a zona sul havia sido a com maior número de roubos, furtos e homicídios. Também era destaque a reportagem sobre moradores que reclamavam do som alto que vinha das igrejas evangélicas.

2 003   :  -     SEGUNDA-FEIRA
Mais uma semana de grandes atividades para definição de muita coisa quando à solenidade de NOVE DE JULHO. Posso contar com o apoio da DAMCO quanto à confecção de diplomas e medalhas. Na Sociedade, recebo a visita do RONALDO. AMÉRICO está na NEW HOPE e os oficiais baianos estão fazendo estágio num outro ponto de referência. Não os vejo nesta segunda-feira. VICTÓRIO cuidará da segurança no EXTRA da Brigadeiro Luís Antônio. No MMDC, encontro um presidente eufórico. Diz ele que por unanimidade de votos foi negado o agravo proposto pelo IPH. Com isso, é bem possível que tenhamos o reinicio das obras do restauro do Monumento-Mausoléu. O Sr. MARCONDES quer que escrevamos ao comandante-geral, Cel ALBERTO SILVEIRA RODRIGUES, dizendo que ganhamos a ação.
O Primeiro-Tenente (AA) PAULO CÉSAR LAMBLET, assessor de Comunicação Social do 8º DISTRITO NAVAL, encaminha-me os currículos de três CAPITÃES-DE-MAR-E-GUERRA para serem agraciados com a MEDALHA CONSTITUCIONALISTA. São eles: GABRIEL JOSÉ COLMENERO LOPES, RONALD DOS SANTOS SANTIAGO e FREDERICO GUAURINO DE OLIVEIRA.
Recebo telefonema do CORONEL MENDES, empenhado com um advogado com relação a um processo envolvendo um seu filho, dizendo que não poderá comparecer na Sociedade nesta tarde. Combinamos um encontro amanhã, por volta das 9:15 horas, a fim de irmos até o COMANDO SUDESTE, levar o ofício de outorga da MEDALHA CONSTITUCIONALISTA para o GENERAL DE EXÉRCITO SÉRGIO PEREIRA MARIANO CORDEIRO, COMANDANTE DO EXÉRCITO SUDESTE.
Já são mais de 16 horas quando chega o advogado LUIZ SÉRGIO CARRARO e, logo em seguida, o TENENTE-CORONEL AVIADOR aposentado HÉLIO FERREIRA DA SILVA, escolhido para ser o novo comandante do Exército Constitucionalista, em NOVE DE JULHO. Com isso, vou sair mais tarde da Sociedade. O Tenente-Coronel HÉLIO está com um carro do Corregedor PM, que o foi buscar em TAUBATÉ para acerto de detalhes quanto à solenidade de transmissão do Exército Constitucionalista. Saímos do MMDC depois das 17 horas. Ele me leva de carro até a estação ARMÊNIA, onde fica o ponto de ônibus EXPRESSO COCAIA.

GUGU LIBERATO e a otorrinolaringologista ROSE MIRIAN SOUZA DI MATTEO, mãe de seu filho JOÃO AUGUSTO, de um ano e sete meses, chegaram às 11 horas na clínica de reprodução humana do médico ROGER ABDELMASSIH, na zona sul de SÃO PAULO. Lá realizariam o ultra-som para confirmar se a nova gestação da mãe do primeiro filho do apresentador do SBT era dupla. Uma semana antes, o médico VICENTE ABDELMASSIH, filho de ROGER, identificara uma divisão celular num saco gestacional de três semanas de existência, ainda sem batimentos cardíacos. Ou seja, no útero de ROSE MIRIAN, de 39 anos, um segundo feto – ainda bem menor que o primeiro – estava sendo formado e indicava a possibilidade de gêmeos univitelinos. Grávida de um mês, ROSE espera gêmeos idênticos de GUGU .

O Secretário da Segurança Pública, SAULO DE CASTRO ABREU FILHO, e o Delegado Geral da Polícia Civil, MARCO ANTÔNIO DESGUALDO, inauguraram hoje as novas instalações do 6º DISTRITO POLICIAL, na RUA HERMÍNIO LEMOS, no CAMBUCI. A delegacia conta agora com salas apropriadas para cada tipo de atendimento, como sala de reconhecimento, de flagrante e de espera, além de uma central telefônica com busca direta de chamada à disposição 24 horas.

O vice-presidente da República, JOSÉ ALENCAR, em evento na ASSOCIAÇÃO COMERCIAL DE SÃO PAULO, não se curvou aos pedidos para que reduzisse as críticas à política econômica do Governo. Hoje, véspera do primeiro dia da reunião do Conselho de Política Monetária – COPOM – o vice fez novos disparos contra a taxa de juros, alertou que o País está à beira de uma recessão e sustentou que, apesar do que diz, é aliado do presidente LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA e que não precisa provar sua lealdade. Durante o debate, ALENCAR prometeu ao presidente da ASSOCIAÇÃO COMERCIAL, GUILHERME AFIF DOMINGOS, que será porta-voz da categoria junto ao ministro da FAZENDA, ANTÔNIO PALOCCI, e ao presidente LULA.

O Ministério Público denunciou por crime de tortura 13 PMs do GRADI, o serviço secreto da Polícia Militar. A unidade foi responsável pela “OPERAÇÃO CASTELINHO”, em 5 de março de 2002, quando 12 homens supostamente ligados à facção criminosa PRIMEIRO COMANDO DA CAPITAL – PCC – foram executados em emboscada na estrada, pelo de SOROCABA. Os PMs são acusados de torturar os presos RONNY CLAY CHAVES, de 28 anos, e RUBENS LEÔNCIO PEREIRA, de 31, a empresária NESCI VIDAL DA SILVA CORREA, de 40, e a filha dela, a autônoma MIRIAM VIDAL DA SILVA, de 22. A Secretaria da Segurança Pública não se pronunciou sobre essa decisão do MP. Entre os denunciados estão o tenente HENGUEL RICARDO PEREIRA, o TENENTE-CORONEL ROBERTO MANTOVAN, que na época era major e coordenador do GRADI, e o detento MARCOS MASSARI, colaborador do grupo. CHAVES e PEREIRA foram recrutados pelo GRADI para participar, junto com PMs, de operações para prender e reprimir integrantes do PCC. Ambos foram indicados por MASSARI.

MORREU o general ANTÔNIO BANDEIRA, aos 86 anos, um dos mais importantes militares da época da ditadura brasileira. Anticomunista ferrenho teve atuação decisiva na vitória do golpe de 1964. Foi vítima de falência múltipla dos órgãos. No RECIFE.

INTERNADA a apresentadora ANGÉLICA, da REDE GLOBO, no Hospital COPA D´OR, no RIO, para remover a glândula salivar sub-mandibular esquerda. Segundo boletim médico, a glândula contém nódulo de aspecto benigno. Ela será operada pelo especialista JACOB KLIGERMAN e deverá ficar internada por 48 horas.

A psicóloga brasileira ÉDNA MARIA SANTOS ROLAND e mais quatro personalidades internacionais foram indicadas pela ONU para formar comissão que vai monitorar o cumprimento das políticas de combate ao racismo estabelecidas na CONFERÊNCIA DE BURBAN, em 2001.

FALECEU o pintor e escultor italiano ENRICO BAJ, aos 78 anos, em VERGIATE, norte da ITÁLIA. Nascido em MILÃO, BAJ foi um dos artistas mais representantes da arte italiana do pós-guerra, famoso pelo manifesto do “MOVIMENTO NUCLEAR”, que se dirigia contra a racionalização e a geometrização na arte. BAJ foi influenciado pelo dadaísmo e pelo surrealismo. Em 1954, conheceu o pintor belga e co-fundador do grupo COBRA CORNEILLE, com quem criou pinturas conjuntas. Em 2001, o artista teve uma mostra retrospectiva em ROMA.

MORREU o líder separatista canadense PIERRE BOURGAULT, de 69 anos, ferrenho defensor da independência da província de QUEBEC. Foi vítima de problemas respiratórios, em QUEBEC.

Forças americanas fizeram patrulhas e revistas, hoje, em áreas hostis, na região de BAGDÁ, em busca de guerrilheiros que dispararam lança-granadas contra dois comboios militares dos EUA, ferindo quatro soldados, dois deles gravemente. Num dos ataques, uma granada errou o veículo militar e atingiu um ônibus, ferindo vários civis iraquianos. Foi a resposta de grupos partidários do regime de SADDAM HUSSEIN em resposta à OPERAÇÃO ESCORPIÃO NO DESERTO, iniciada domingo pelas forças dos EUA para eliminar focos de guerrilheiros.

PAUL W. FRASER, produtor da versão internacional do programa de TV SHOW DO MILHÃO, morreu nesta segunda-feira, em SEATTLE, em acidente de carro, aos 44 anos de idade.

COMEÇOU o julgamento de ALI GHUFRON, também conhecido como MUKHLAS, um dos acusados pelos atentados que mataram 202 pessoas em BALI, na INDONÉSIA, em 12 de outubro passado. Outros dois acusados também estão sendo julgados. Em DENPASAR, BALI.

ASSISTO o filme MEDO EM CHERRY FALLS, de 2000, dirigido por GEOFFREY WRIGHT, com BRITTANY MURPHY, MICHAEL BIEHN, GABRIEL MANN e JESSE BREDFORD. Psicopata ataca somente virgens numa pequena cidade. Para escapar dele, as garotas organizam grande festa, na qual todas terão a sua primeira noite com um homem. Não deixa de ser uma proposta curiosa: uma mistura de terror com comédia teen, no estilo erótico que os jovens curtem. No entanto, um drama de vinte e cinco anos atrás aflora na cidade, trazendo o mistério acerca do assassino.
    
2 004   :   -   QUARTA-FEIRA
O mundo comemora, nesta quarta-feira, o CENTENÁRIO do BLOOMSDAY, dia em que transcorre o enredo de “ULISSES”, romance no qual o escritor irlandês JAMES JOYCE faz uma revolucionária exploração da consciência do seu herói LEOPOLD BLOOM.
As comemorações do centenário do BLOOMSDAY começaram no sábado, com apresentações em diversos pontos da CIDADE UNIVERSITÁRIA, mas o momento mais esperado começa às 19:30 horas de hoje, no FINNEGAN´S PUB (rua CRISTIANO VIANA, 358): nesse horário, o grupo IRISH DREAMS apresenta um concerto de música irlandesa marcando o início do festejo paulistano de um evento que se estende pelo mundo. Foi em 16 de junho de 1904 que o escritor JAMES JOYCE teve um encontro especial com sua futura mulher, NORA BARNACLE, para quem ele teria dito a famosa frase: “Você fez de mim um homem!”. Essa data norteou o romance ULISSES, protagonizado pelo personagem LEOPOLD BLOOM, do qual se extraiu o nome do evento, o BLOOMSDAY. No BRASIL, além de SÃO PAULO, a comemoração também ocorre no RIO DE JANEIRO, BELO HORIZONTE e SANTA MARIA, no RIO GRANDE DO SUL. O evento paulistano, além de celebrar o centenário do BLOOMSDAY, vai homenagear o poeta HAROLDO DE CAMPOS, que morreu no ano passado. Ele foi um dos criadores do BLOOMSDAY paulistano, há 17 anos. A festa de hoje foi organizada pela professora MUNIRA MUTRAN e pelo poeta MARCELO TÁPIA, uma das vozes afinadas do conjunto IRISH DREAMS.

A neblina que cobriu a região metropolitana e parte do interior na manhã desta quarta-feira provoca atrasos nos vôos em três aeroportos do Estado. O nevoeiro começou ontem à noite e foi provocado pela baixa temperatura e alta umidade do ar. Na capital, os Aeroportos de CONGONHAS e do CAMPO DE MARTE amanheceram fechados. A neblina também impediu operações no aeroporto de RIBEIRÃO PRETO. Em CONGONHAS, há atrasos e muita fila.

A aproximação do NOVE DE JULHO, data máxima da nossa Sociedade Veteranos de 32-MMDC e também do Estado de SÃO PAULO, feriado estadual, vai acarretando uma série de problemas porque o MMDC está acéfalo, com um presidente já entrado em idade (91 anos), que nesses últimos dias resolveu criar casos banais que irritam a gente. Mesmo assim estamos desenvolvendo intensa atividade para resolver todos os atritos. O Cel MENDES batalha na organização da lista dos agraciados com a Medalha CONSTITUCIONALISTA. Do meu lado, procuro colaborar da melhor maneira possível, fazendo as ligações necessárias. Depois de passar algumas horas no MMDS, onde presido a reunião costumeira das 11;30 horas, vou para a Sociedade. Logo depois chega o Cel MENDES. Por parte da FEDERAÇÃO PAULISTA DE AUTOMÓVEIS ANTIGOS, o LUIZ ANTÔNIO entra em contato conosco viabilizando a participação deles no DESFILE DO NOVE DE JULHO.
Visita-nos o advogado CARLOS ALBERTO M. ROMAGNOLI, da OAB, acompanhado da advogada JANAINA EXPÓSITO PINTO. Ele é genro do doutor FLÁVIO AUGUSTO PIRES DE OLIVEIRA, este, filho do GERALDO PIRES DE OLIVEIRA. A OAB quer participar da solenidade de NOVE DE JULHO. ROMAGNOLI fala em nome do doutor FÁBIO MARCOS BERNARDES TROMBETTI, presidente da Comissão de Resgate da Memória OAB/SP. Estabelecemos algumas linhas para a divulgação do evento, sugerindo até o lançamento de uma revista, a exemplo daquela publicada pela ASSOCIAÇÃO COMERCIAL. O Cel ANTONIO CARLOS MENDES colocou na lista de agraciados o nome do Presidente da OAB, LUÍS FLÁVIO BORGES D´URSO. Ainda o ROMAGNOLI conta-me que há uns oito dias o Sr. GERALDO PIRES perdeu o seu genro PAULO ROBERTO VIEIRA DA SILVA, casado com sua filha MARINA, vítima de um derrame fulminante.
O CORONEL PAYÃO, do IV COMAR, entra, via fone, em contato conosco para dizer que estará mandando amanhã os currículos dos dois oficiais superiores da AERONÁUTICA. O currículo do BRIGADEIRO-DO-AR VILARINHO já está na Sociedade. Por causa da relação das medalhas, a CAPITÃO Fem PM MARIA INÊS entra em contato também, conferindo os nomes que já tem. Hoje chegaram os currículos dos dois delegados de polícia: NELSON SILVEIRA GUIMARÃES, diretor do DEMACRO, e MAURÍCIO JOSÉ LEMOS FREIRE, diretor da ACADEMIA DE POLÍCIA.
A Secretária do GUILHERME LEVENSTEIN telefona para dizer que o diretor de “O ESTADO DE SÃO PAULO”, RUY MESQUITA, foi convidado para receber a Medalha, pelo GUILHERME, e que o currículo deverá chegar amanhã. Ainda está pendendo o nome de MARIA ADELAIDE AMARAL, idealizadora da minissérie “UM SÓ CORAÇÃO”, para receber a medalha. O GUILHERME estaria fazendo contatos com ela. Aguardaremos alguns dias para que isso se concretize ou não. O GUILHERME, a pedido de RUY MESQUITA, quer a relação dos agraciados.
Num dia atribulado, ainda atendo o POPÓ, da funerária, historiador, que procura dados biográficos de FRANCISCO MARIA DE SOUZA FURTADO DE MENDONÇA, o CONSELHEIRO FURTADO. Fico de pesquisar os meus arquivos.
Recebemos também uma carta de JORGE DEVITTE, professor universitário de HISTÓRIA MILITAR da ACADEMIA DA FORÇA AÉREA, em PIRASSUNUNGA. Quer ele informações sobre a participação do 4º ESQUADRÃO DO 2º REGIMENTO DE CAVALARIA DIVISIONÁRIA – 2ª RCD – na revolução de 1932, a pedido do comandante MAJOR CAV JÚLIO CÉSAR PALU BALTIÉRI, comandante do 11º ESQUADRÃO DE CAVALARIA MECANIZADO (nome atual da 2ª RCD). Na época, a 2ª RCD estava localizada em QUITAÚNA. Na década de 40 teve o seu nome alterado para 2º ESQUADRÃO DE RECONHECIMENTO MECANIZADO – 2ª REC-MEC, tendo sido transferido para o PARQUE IBIRAPUERA. Posteriormente, teve seu nome alterado e, em 1996, transferido para a cidade de PIRASSUNUNGA, onde se encontra atualmente.
Cansado, ainda tenho de aturar um telefonema áspero do Sr. MARCONDES, dizendo que a Sociedade está atrasada no pagamento do INSS dos funcionários. Faço vê-lo que isso é atribuição do tesoureiro, Cel RENALDO, e não tenho nada com isso. Mais tarde, já deixando a Sociedade, comento com o MENDES essa situação desagradável. Ainda volta à baila o problema de ontem, relativa a publicação do editorial no JORNAL DA TARDE, que motivou CARVALHOSA a registrar novo boletim de ocorrência contra GERALDO FARIA MARCONDES.
O MENDES deixa-me na ARMÊNIA. Com trânsito ruim e frio, retorno a GUARULHOS.
Em casa, entrego para a LUCINDA três mil reais, oriundos daquele cheque que me foi entregue pelo CARLOS, no sábado, dia 12. Ela irá completar a sua cozinha, com as compras de um fogão e de uma pia.
      
A Corregedoria da Polícia Civil afastou ontem o delegado JOSÉ CARLOS SANCHES BUENO do cargo de diretor do Presídio Especial da Polícia Civil, na zona norte. O corregedor-geral RUY ESTANISLAU SILVEIRA MELO explicou que a mudança foi medida administrativa de rotina. O afastamento, no entanto, ocorreu seis dias depois da fuga do investigador RICARDO JOSÉ GUIMARÃES, indiciado por oito assassinatos em RIBEIRÃO PRETO, e um dos principais acusados de integrar um grupo de extermínio que matou 30 pessoas na cidade.

Três militares morreram e 16 ficaram feridos, cinco deles gravemente, numa explosão, hoje pela manhã, no quartel da 1ª Companhia de Engenharia Pára-Quedista, na VILA MILITAR de DEODORO, zona oeste do RIO. De acordo com o TENENTE-CORONEL GÉRSON PINHEIRO GOMES, porta-voz do COMANDO MILITAR DO LESTE, a explosão de um petardo aconteceu no momento em que se preparavam explosivos para treinamento, às 8:30 horas. O acidente foi numa sala de um dos galpões da unidade, dentro da área ocupada pela Brigada Pára-Quedista na VILA.

Seis bandidos trocaram tiros, hoje, com um policial no jardim da RESIDÊNCIA ASSUNÇÃO, onde mora o arcebispo emérito do RIO, cardeal dom EUGÊNIO SALES, na ESTRADA DO SUMARÉ, zona norte. Dom EUGÊNIO, que comandou a Arquidiocese do RIO por 30 anos, estava na casa. “Como faço parte da comunidade carioca que passa por esses transtornos, não me assustei”, disse. A POLÍCIA MILITAR explicou que os criminosos fugiam de uma ocupação policial no MORRO DO TURANO. “Eles chegaram a entrar e houve tiroteio. Não sei se foi para fugir ou para assaltar. Ouvi pelo menos oito tiros, mas não vi nada”, disse o motorista do cardeal, LUIZ PEREIRA.

O perito RICARDO MOLINA, professor da UNICAMP, analisou a assinatura na carta a um banco suíço atribuída ao ex-prefeito PAULO MALUF e afirmou que não há diferenças significativas entre ela e a assinatura que está no plano do governo do ex-prefeito para as eleições de 2002. “A única diferença está no arremate da letra “p”. É uma variação que pode acontecer em duas assinaturas da mesma pessoa”, declarou. Os promotores SÍLVIO MARQUES e SÉRGIO SOBRANE disseram hoje que não existe a menor possibilidade de a carta com a assinatura de PAULO MALUF ter sido falsificada.

A adolescente CHALITA DA SILVA MARTINS, 16 anos, foi morta ontem com dois tiros quando deixava o supermercado onde trabalhava, no bairro JARDIM DAS FLORES, em OSASCO. Dois assassinos que estavam em uma motocicleta dispararam em sua direção e fugiram. Após percorrer dois hospitais municipais e não ser atendida por falta de especialistas, a jovem não resistiu e morreu no terceiro. CHALITA conseguiu seu primeiro emprego há dois meses, como repositora no Supermercado QUATRO IRMÃOS. No domingo, dia 13, três criminosos tentaram assaltar o estabelecimento. No entanto, foram impedidos pelo segurança. Houve troca de tiros e os bandidos acabaram fugindo sem levar nada. Não houve registro na polícia. Amigos de CHALITA acreditam em queima de arquivo, já que ela era querida pela comunidade. Eles acham que os assaltantes tinham receio que a moça pudesse reconhecê-los. Na noite do crime, a adolescente parecia apreensiva e chegou a comentar com conhecidos que não queria trabalhar. Na última hora porém, decidiu ir. Depois que o mercado fechou, a vítima retornava para casa acompanhada de dois colegas. Eles dobraram a esquina e subiram a rua. De repente, as amigas ficaram assustadas ao ver um CORSA vermelho cantando os pneus. Em seguida, dois homens em uma motocicleta se aproximaram dela. O garupa sacou um revólver e disparou dois tiros na direção de CHALITA. Uma bala acertou o pescoço e a outra perfurou um rim e ficou alojada no estômago. Em seguida, os bandidos fugiram. As amigas ficaram levemente feridas.
  
O SÃO PAULO perdeu para o ONCE CALDAS, por 2 a 1, nesta noite, na COLÔMBIA, e deu adeus ao sonho do tri da LIBERTADORES DA AMÉRICA. O TRICOLOR segurava o 1 a 1 até os 44 minutos da segunda etapa, quando AGUDELLO marcou o gol da vitória colombiana para o desespero do time brasileiro.

Mesmo com a vantagem do empate, o FLAMENGO não deixou de atacar e derrotou o VITÓRIA por 2 a 0, hoje, no MARACANÃ, e se classificou para a final da COPA DO BRASIL. Agora, o time carioca vai enfrentar o SANTO ANDRÉ para ser um dos cinco representantes do futebol brasileiro na TAÇA LIBERTADORES de 2005.

A operadora de telefone celular VIVO foi autuada pelo PROCON de SÃO PAULO por má prestação de serviço. O PROCON encaminhou hoje um ofício à ANATEL, agência reguladora da telefonia no País, informando o caso. O PROCON notificou a VIVO pelo excessivo número de reclamações de usuários, sobretudo quanto à clonagem de linhas.

O Ministério Público de MATO GROSSO pediu a condenação do ex-campeão mundial de atletismo ZEQUINHA BARBOSA. Ele está sendo processado sob a acusação de abuso sexual de duas garotas menores de idade. O ex-assessor do atleta, LUÍS CARLOS DA ANUNCIAÇÃO, e três proprietários de motéis que eram freqüentados pelas meninas também estão sendo processados.

ANUNCIADO que a cantora canadense ALANIS MORISSETTE, de 30 anos, representante máxima do chamado “feminismo rock´n roll”, vai se casar com o ator RYAN REYNOLDS, de 27 anos, protagonista da comédia O DONO DA FESTA (2003). O casal está junto há dois anos, em NOVA YORK.

Um acordo confidencial dentre o cantor MICHAEL JACKSON, de 45 anos, e um jovem de 24 anos, que o acusa de pedofilia foi encerrado nesta quarta-feira, depois de o astro pagar 15,3 milhões de dólares de indenização ao rapaz. JACKSON não admitiu o abuso, mas disse preferir fazer o acordo e encerrar o caso.

RELATÓRIO da comissão que investiga oficialmente os atentados de 11 de setembro de 2001 nos EUA concluiu não haver provas de vínculo entre a AL-QAEDA e SADDAM HUSSEIN. A ligação foi uma das alegações do governo de GEORGE W. BUSH para invadir o IRAQUE, assim como as supostas armas biológicas. A comissão também descobriu que a AL-QAEDA pretendia usar dez aviões no ataque, contra o FBI, a CIA e centrais nucleares, mas teve de se limitar a quatro. BUSH sofreu outro golpe político hoje: 26 ex-comandantes americanos lançaram manifesto contra a atual política externa do País.

Os ataques de rebeldes contra oleodutos interromperam as exportações de petróleo do IRAQUE e agravaram a crise econômica do País. Hoje, um alto funcionário curdo encarregado da proteção de poços foi assassinado.
 
2 005   :   -  QUINTA-FEIRA
Perco uma parte da manhã, pois levantei depois das 9 horas. Procuro manter um contato com o MAJOR PM ARRUDA, do 2º BPMM, mas não consigo. Deixo recado para ligar para mim. O problema é que a Associação Comercial está interessada em que ele faça uma palestra sobre a Revolução Constitucionalista no dia 4 de julho de 2005.

Em SÃO PAULO, vou diretamente para a Sociedade Veteranos de 32-MMDC, pois já passam das 13 horas. Procuro acertar problemas com a remessa das convocações para os associados, com relação à posse do GINO STRUFFALDI, em 7 de julho. Como falta dinheiro para comprar selos, faço uma doação de cem reais para esse fim.
Doutora NELLY CANDEIAS, que está se filiando à Sociedade, é a primeira a chegar para uma reunião preliminar com o presidente eleito, pois deverá assumir a Diretoria do Arquivo Histórico e Biblioteca. Uma advogada, conhecida do ROMAGNOLI, comparece antes das 14 horas, para fazer uma pesquisa sobre o Movimento Constitucionalista com relação a duas pessoas: ANTÔNIO FERREIRA (Secretário de Justiça do governador PEDRO DE TOLEDO por ocasião da Revolução de 1932) e FRANCISCO MORATO, pessoa importantíssima no cenário político da época. Vamos ver os livros CRUZES PAULISTAS e a GUERRA CÍVICA. O ROMAGNOLI e a JANAÍNA chegam logo em seguida. O presidente eleito, GINO STRUFFALDI, também comparece dentro do horário. Ainda vêm: CORONEL R/R ARY CANAVÓ, que não pertence à nova Diretoria Executiva, mas cuja presença é interessante para esclarecer certos pontos nebulosos que ainda toldam o horizonte do restauro do Monumento-Mausoléu do Soldado Constitucionalista; CORONEL PM Res ANTÔNIO CARLOS MENDES, com sérios problemas em casa, mas que, por amor ao MMDC faz um esforço além de suas forças para estar presente nesta reunião e ANTÔNIO CARLOS NACLÉRIO HOMEM, que irá assumir o cargo de Diretor de Comunicação Social na gestão GINO; CAPITÃO Fem PM MARIA INÊS, que apesar de estar servindo agora no 2º BPMM, continua no cargo de 2ª Secretária. Foram convidados para esta reunião o atual presidente, GERALDO FARIA MARCONDES e o atual tesoureiro, CORONEL PM RENALDO ALVES DA SILVA. Ambos dizem estar com problemas e não podem comparecer. Após conversas com o PASTOR MARINHO, que comparece na Sociedade para fazer divulgação de seu livro e do ex-combatente ALENCAR THOMAZ, que veio se inteirar quanto ao seu procedimento em 9 de julho, quando irá assumir o Comando do Exército Constitucionalista, o presidente eleito, GINO STRUFFALDI, leva-nos para o 2º andar, onde dá início a uma reunião preliminar de sua gestão, a fim de que se esclarecessem pontos nebulosos, principalmente quanto à crise financeira. Ele elaborou perguntas para o presidente MARCONDES, para o tesoureiro CORONEL PM Res RENALDO e para o CORONEL R/R ARY CANAVÓ. Apenas obtém resposta do CANAVÓ, face ausência dos outros dois. CANAVÓ discorre sobre os processos movidos pelo IPH e neto do EMENDABILI, processos esses em andamento na Justiça. Como secretário dessa reunião peço ao CANAVÓ que elabore um depoimento por escrito, a fim de se juntar a ATA da reunião. O vice-presidente eleito, CORONEL PM Res MENDES, é de opinião que seja feita uma auditoria já com início na semana que vem e que seja processada uma notificação extra-judicial para o Sr MARCONDES a respeito dessa decisão nesta reunião. O advogado ROMAGNOLI fica encarregado de elaborar tal documento. Quase no encerramento da reunião acontece um fato lamentável: o CORONEL PM MENDES recebe um telefonema dizendo que seu filho acaba de ser atropelado. Ele, bastante abalado, deixa-nos para atender o filho. Por volta das 17:40 horas, vamos deixar a Sociedade porque temos outro compromisso, desta feita na Câmara Municipal:
REUNIÃO EM 16 DE JUNHO DE 2005, DA COMISSÃO “TÚNEL NOVE DE JULHO PARA SEMPRE”, COM O VEREADOR AURÉLIO NOMURA, no 7º andar da Câmara Municipal de SÃO PAULO, com início às 18 horas, sobre o “TÚNEL NOVE DE JULHO”.
Compareceram: WÁLTER TAVERNA – presidente; MARIA CECÍLIA NACLÉRIO HOMEM – vice-presidente; advogados ROMAGNOLI e PEDRO PAULO PENNA TRINDADE; FRANCISCO GIANNOCCARO, Coordenador da Comissão Cívica e Cultural da Associação Comercial; doutora NELLY CANDEIAS, presidente do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo; Capitão R/R GINO STRUFFALDI, presidente eleito da Diretoria Executiva da Sociedade Veteranos de 32-MMDC; Coronel PM Ref MÁRIO FONSECA VENTURA, nomeado secretário da Diretoria Executiva da Sociedade Veteranos de 32-MMDC que irá tomar posse em 7 de julho; CECÍLIA DE MORAES.
De uma maneira geral, foram tratados os seguintes tópicos:
a)    precisa ser feito um trabalho individual, junto aos 55 vereadores, no sentido de que, em plenário votem a favor do Projeto-de-Lei do vereador AURÉLIO NOMURA no sentido de que o nome do TÚNEL NOVE DE JULHO volte à situação anterior ao polêmico e esdrúxulo Decreto que mudou o nome do TÚNEL;
b)    necessidade de se obter quorum suficiente antes que o projeto vá a plenário;
c)    feita uma contagem preliminar, temos onze nomes que irão apoiar o projeto, outros não foram consultados, outros estão indecisos. O GIANNOCCARO encarregou-se de fazer um contato com alguns desses vereadores; a doutora NELLY também procurará conversar com outros vereadores de suas relações. Os demais também agirão nesse sentido;
d)    o vereador NOMURA diz que há uma necessidade de se trabalhar junto ao prefeito, coisa que pretendemos fazer ao convidá-lo para receber a Medalha CONSTITUCIONALISTA em 9 de julho;
e)    o vereador AURÉLIO NOMURA pretende oferecer um prêmio de “consolação” para a família CUTAIT, dando o nome do doutor DAHER CUTAIT a um hospital que está sendo construído no M´BOI MIRIM;
f)      haverá contatos do advogado PEDRO PAULO PENNA TRINDADE e do Sr WÁLTER TAVERNA, presidente da Comissão “TÚNEL NOVE DE JULHO PARA SEMPRE”, com jornais e rádios no sentido de se fazer uma pesquisa junto ao povo quanto ao nome do TÚNEL; e,
g)    marca-se nova reunião, no mesmo local, para o dia 23 de junho, às 18:30 horas. 
AURÉLIO NOMURA recebe a notícia de que o ministro JOSÉ DIRCEU, da CASA CIVIL da Presidência da República, está deixando o governo 48 horas depois de ter sido convocado à renúncia pelo deputado ROBERTO JEFFERSON. Há dois dias, o governo afirmava que JEFFERSON não conseguiria provar o que dizia. Assessores do Planalto ainda sustentavam que, se DIRCEU saísse logo depois do pronunciamento de JEFFERSON, o governo daria uma inconveniente demonstração de fraqueza. Essa notícia é transmitida aos membros da “COMISSÃO TÚNEL NOVE DE JULHO PARA SEMPRE”.  
Terminada essa reunião, o advogado ROMAGNOLI leva o CAPITÃO R/R GINO STRUFFALDI até sua residência. Aproveito a condução e fico no metrô SANTA CRUZ, regressando para casa. São mais de 20 horas. LUCINDA conta-me que o CORONEL PM MENDES fez uma ligação para comunicar que o atropelamento sofrido pelo seu filho apenas deixou escoriações leves. Estávamos preocupadíssimos com a situação, pois o MENDES deixou a reunião com o GINO, na Sociedade, às pressas, a fim de atender o seu filho. Faço uma ligação para o ROMAGNOLI e lhe comunico a notícia dada pelo MENDES. Em seguida, ele irá avisar o GINO que também quer saber da situação do MENDES com relação ao acontecimento nada agradável. 

LUCINDA mostra-me duas avaliações feitas por imobiliárias de POÁ, com relação ao terreno que tenho na Avenida JORGE ALLEN, s/n º, no centro do município, com uma área total de 712 metros quadrados. A Corretora de Imóveis NOVA POÁ avaliou o terreno em 65 mil reais. Já a PEREZ Corretora de Imóveis fez sua avaliação em 60 mil reais. O meu irmão mostrou-se interessado em comprar o terreno, mas até agora não fez pública a sua manifestação. Quem me mandou essas avaliações foi o meu genro ADALVO.
 
Até tarde da noite permaneço no computador digitando os principais acontecimentos de hoje. Assisto o JORNAL DA NOITE, sabendo de maiores detalhes da demissão de JOSÉ DIRCEU da CASA CIVIL. A saída de DIRCEU indica que o governo se convenceu de que provas capazes de implicar assessores do primeiro escalão em denúncias de corrupção podem estar a caminho. DIRCEU foi o chefe da campanha de LULA e o homem forte da formação do governo. Indicou a maioria dos cargos de primeiro escalão e tinha poder de veto sobre os demais. DIRCEU anunciou sua demissão às 18:30 horas num pronunciamento de cerca de cinco minutos. DIRCEU estava muito emocionado e fez questão de citar sua mulher MARIA RITA, que estava ao seu lado; o filho ZECA, que é prefeito de CRUZEIRO OESTE; as filhas JOANA e CAMILA e “minha mãe que está longe, em PASSA QUATRO (MG), que está muito preocupada”. O dia agitado no Planalto foi encerrado com reuniões com assessores e com a visita do presidente do Senado, RENAN CALHEIROS, e do senador JOSÉ SARNEY. DIRCEU será substituído interinamente pelo secretário-executivo da CASA CIVIL, SWEDENBERGER BARBOSA. 

A Polícia Federal procura nove acusados de envolvimento no caso SCHINCARIOL. Entre os foragidos está JOSÉ RICARDO FLORA, ex-sócio da cervejaria. A PF caça também FRANCISCO FLORA NETO, MARCOS FERNANDES CARVALHO, CARLOS RAFAEL NOGUEIRA, MOZART GUERRA FERNANDES, ERIVAN DE OLIVEIRA, FÁBIO AUGUSTO MOURA, DANILO GAMBA e PAULO, identificado apenas pelo apelido de “BERINJELA”. Todos tiveram mandados de prisão temporária decretados pela Justiça. Outras 68 pessoas estão detidas, em 12 Estados, acusadas de envolvimento em um esquema que sonegou, segundo a Receita Federal, cerca de um bilhão de reais em impostos, em cinco anos. A OPERAÇÃO CEVADA foi realizada ontem. Os envolvidos são acusados de cinco crimes: sonegação fiscal, corrupção, evasão de divisas, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha. A prisão temporária vence no próximo domingo e deve ser renovada por mais cinco dias.

O ex-goleiro ÉDSON CHOLBI DO NASCIMENTO, o EDINHO, pediu ao seu pai, o REI PELÉ, para que retirasse seus dois filhos de SANTOS, no litoral de SÃO PAULO, e os levasse para o exterior. A afirmação é da polícia. O clima de medo se instalou na família do ex-jogador e causa também preocupação nos advogados e em policiais que são responsáveis pela integridade física do filho de PELÉ – preso na OPERAÇÃO INDRA, no dia 6 de junho, sob acusação de associação ao tráfico. EDINHO já recebeu ameaças de facções criminosas no DENARC.

O BRASIL se preparou para o ferrolho grego, mas o ferrolho não deu as caras em LEIPZIG. Melhor para o BRASIL. Sem enfrentar uma marcação como a feita pela ARGENTINA há uma semana, a seleção teve liberdade para jogar e esse belo presente de grego foi transformado em bom futebol pelos pentacampeões mundiais, que fizeram 3 a 0 na GRÉCIA, atual campeã da EUROPA, e comemoraram uma boa estréia na COPA DAS CONFEDERAÇÕES. O BRASIL jogou com DIDA, CICINHO, LÚCIO, ROQUE JÚNIOR, GILBERTO, ÉMERSON, ZÉ ROBERTO, KAKÁ, RENATO GAÚCHO (RENATO), ROBINHO e ADRIANO (RICARDO OLIVEIRA). Os gols foram marcados por ADRIANO, aos 40 minutos do primeiro tempo; ROBINHO, aos 43 segundos, e JUNINHO PERNAMBUCANO, aos 35 minutos do 2 º tempo.

ARQUIVADO o inquérito que investigava a participação do deputado JADER BARBALHO  e de outras 23 pessoas em desvio de recursos da antiga SUDAM. O marido da senadora ROSEANA SARNEY, JORGE MURAD, está entre os beneficiados. Pelo Supremo Tribunal Federal, em BRASÍLIA.

RECEBEU alta o coordenador técnico da Seleção Brasileira, MÁRIO JORGE LOBO ZAGALLO, de 73 anos, submetido a cirurgia para a desobstrução do duodeno.

INDICIADO o ex-dono do BANCO SANTOS, EDEMAR CID FERREIRA, pelos crimes de lavagem de dinheiro, formação de quadrilha, evasão de divisas, prestação de falsas informações e contabilidade paralela. Pela Polícia Federal, em SÃO PAULO.

MORREU em LOS ANGELES, de complicações decorrentes da diabete, o compositor boliviano JAIME MENDOZA NAVA, de 79 anos, autor de diversas músicas de filmes de HOLLYWOOD, entre elas THE MICKEY MOUSE CLUB. Também morreu nesta quinta-feira, de parada cardíaca, o escritor porto-riquenho ENRIQUE LAGUERRE, aos 99 anos. Ele foi indicado para o NOBEL em 1999.

Quando tinha 24 anos, GENEVIEVE LAPORTE, hoje com 79, teve um romance com PABLO PICASSO que durou cerca de dois anos. O pintor tinha naquela época 70 anos. No dia 27 de junho, GENEVIEVE vai vender vinte esboços de desenhos de PICASSO, em PARIS, estimados entre 1,8 milhão de dólares e 2,4 milhões. Muitos dos desenhos vêm com a inscrição “PARA GENEVIEVE”.

2 006  :  -  SEXTA-FEIRA
Esta foi uma semana interessante. Na terça-feira, dia 13, o BRASIL parou por causa do jogo de nossa seleção na ALEMANHA, ganhando mal da CROÁCIA por 1 a 0; trabalhamos na quarta-feira, mas, no dia 15, dia de CORPUS CHRISTI, tivemos outro dia de folga. Nesta sexta-feira foi marcada uma reunião da Diretoria Executiva para ouvirmos o que tem a dizer o GENERAL EUCLYDES BUENO FILHO, após suas confabulações na Prefeitura, junto ao procurador MARREY. O MMDS funciona precariamente. A maioria está viajando e os que comparecem nada querem com o trabalho. Assim é que vamos encontrá-los assistindo o jogo da HOLANDA x COSTA DO MARFIM. Não dá nem para reclamar da situação, pois sou minoria perante os que estão presentes.
Por volta das 14:45 horas, chego na Sociedade Veteranos de 32-MMDC, onde encontro o GENERAL BUENO conversando com o CAPITÃO GINO STRUFFALDI. Depois chegam: CORONEL MENDES, CORONEL RICARDO, CORONEL JAIRO PAES DE LIRA, ANTÔNIO CARLOS NACLÉRIO MENDES, a advogada JANAÍNA e dona MARY JANE. Na reunião, apenas fala o GENERAL BUENO. Faz um rodeio muito grande para chegar no ponto crucial  que motivou esta: o desejo da Prefeitura de fazer a impermeabilização do terreno que fica acima do Monumento-Mausoléu. Já existe até o projeto oferecido pela ISOTERMA, de propriedade do OG POZZOLI, nosso conhecido dos anos 1990. Vejo isso como um motivo para depois a Prefeitura tomar conta de toda aquela área ao redor do Obelisco, no sentido de englobá-las ao PARQUE IBIRAPUERA. No final da reunião, nosso convidado, CORONEL JAIRO, dá a sugestão no sentido de colocar o GENERAL BUENO na Diretoria do Monumento-Mausoléu, no lugar do senhor GERALDO FARIA MARCONDES.
Essa delicada reunião torna-se complicada. O interesse de “ajudar” a Sociedade tem endereço certo. Quer a Prefeitura tomar conta de toda aquela área onde está o Monumento-Mausoléu. São 18 horas quando deixamos o MMDC. O CORONEL MENDES leva a JANAÍNA até o estacionamento da VOLUNTÁRIOS DA PÁTRIA, onde está o carro da JANAÍNA. Conversamos, durante a viagem, dos interesses do GENERAL BUENO e da própria Prefeitura, que se conflitam com  os da Sociedade, que não pensa entregar a área onde se situa o Monumento. Mas, feito esse trabalho de evitar com que entre água na cripta, com gastos de quase dois milhões de reais, vamos perder definitivamente o Monumento-Mausoléu, ao ser englobado no PARQUE DO IBIRAPUERA. Gentilmente, a JANAÍNA traz-me até em casa, evitando o embarque num ônibus lotado e que naturalmente iria me cansar, pois viajaria de pé até GUARULHOS.    
A CAMINHADA NOVE DE JULHO vai prosseguindo durante todo esse mês de junho. Hoje, andaram de CORUMBATAÍ a RIO CLARO, com solenidade prevista para esta noite em RIO CLARO.

Eles eram alunos de primeiro grau, alguns sem idade para usar calças compridas, mas foi a sua revolta que colocou a ÁFRICA DO SUL no caminho da libertação. Milhares deles saíram das salas de aula para inundar as ruas de SOWETO, no sudoeste de JOHANNESBURGO, num desafio ao apartheid cuja data está gravada na história do país – 16 de junho de 1976. Três décadas mais tarde, a ÁFRICA DO SUL celebrou hoje o levante como o ponto de virada em que os negros tomaram a iniciativa no gueto de SOWETO. Cerimônias homenagearam os estudantes como heróis que assentaram os alicerces da liberdade ao iniciarem uma luta que culminou em eleições democráticas em 1994.  O presidente sul-africano, THABO MBEKI, seguido por uma multidão, realizou uma marcha que partiu da escola MORRIS ISAACSON, lugar emblemático da revolta, para terminar no memorial HECTOR PETERSON, um jovem de 12 anos que foi a primeira vítima do levante e cuja foto – sendo carregado por um companheiro – deu a volta ao mundo e desencadeou uma mobilização mundial sem precedentes contra o regime racista sul-africano. Os jovens estudantes decidiram sair às ruas furiosos por serem obrigados a aprender o africano. A retórica e a pompa das celebrações, porém, mascararam uma nova luta que está dividindo antigos colegas de classe de um modo que poucos imaginaram naqueles anos quando eles estavam ombro a ombro contra cães, balas e bombas de gás lacrimogêneo.

PCC FAZ TRÊS MOTINS; PM INVADE PRISÃO. Em meia hora, 4.119 presos de três penitenciárias se amotinaram no Estado de SÃO PAULO, em mais uma ação de integrantes do PCC. Os criminosos destruíram hoje parte das três unidades, fizeram dezenove funcionários reféns e mataram um preso. Outras seis pessoas ficaram feridas, incluindo dois agentes. A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) reagiu e determinou que a Polícia Militar retomasse um dos presídios, a PENITENCIÁRIA 1, de MIRANDÓPOLIS – em uma operação concluída às 18 horas com um agente ferido. Segundo o sindicato dos agentes prisionais, os detentos mataram um preso e feriram outros três detentos. A SAP suspeita que a morte tenha ocorrido em um acerto de contas entre os detentos. Os rebelados destruíram parte das celas e fizeram três agentes reféns.
A rebelião na CASA DA PASSAGEM, de VILA VELHA, no ESPÍRITO SANTO, entrou no terceiro dia. Os presos ameaçaram jogar um detento do alto do edifício e dependuraram um dos reféns de cabeça para baixo. Voltaram a atear jogo no prédio.

No primeiro grande espetáculo da COPA DE 2006, a seleção Argentina bateu hoje a de SÉRVIA E MONTENEGRO por 6 a 0, classificou-se para a segunda fase e deixou um recado: é forte candidata ao título. Os gols foram marcados por MAXI RODRIGUEZ (2), CAMBIASSO, TEVEZ, MESSI e CRESPO. A exibição foi tão arrasadora que até a torcida adversária aplaudiu. Depois de igualar sua maior goleada em MUNDIAIS – 6 a 0 sobre o PERU, em 1978, na COPA em que jogou e venceu em casa- a ARGENTINA terá agora pela frente a HOLANDA. Os holandeses também passaram para as oitavas-de-final, ao bater hoje a COSTA DO MARFIM por 2 a 1. Num outro jogo de hoje, MÉXICO e ANGOLA ficaram no 0 a 0.
Com os jogos de hoje já são cinco as seleções classificadas para a próxima fase da COPA DO MUNDO: EQUADOR, ALEMANHA, INGLATERRA, ARGENTINA e HOLANDA. Outras cinco já estão fora das oitavas-de-final: POLÔNIA, COSTA RICA, PARAGUAI, COSTA DO MARFIM e SÉRVIA E MONTENEGRO. Amanhã, se PORTUGAL vencer o IRÃ, será mais um classificado.     

Nesta noite assisto CASOS DE VERDADE. Isso me leva até a madrugada.

Nesta sexta-feira, nasceu no RIO DE JANEIRO, o filho de ADRIANO, atacante da seleção brasileira. DANIELLE, ex-namorada do craque, deu o mesmo do pai ao filho. O menino ganhará uma homenagem no jogo AUSTRÁLIA e BRASIL, no domingo, dia 18. Caso ADRIANO marque, o gol será dedicado ao ADRIANO JÚNIOR, fazendo o gesto consagrado por BEBETO na COPA DE 1994.

A poeta e escritora cubana SERAFINA NÚÑEZ morreu nesta sexta-feira, aos 92 anos, segundo informou a União de Escritores e Artistas de CUBA. SERAFINA é autora de uma prolífica obra. Com seu estilo intimista, influenciou diversos poetas de seu país. Entre suas obras mais importantes estão MAR CAUTIVA, ISLA EN EL SUEÑO e MORADAS PARA LA VIDA.

O escritor e jornalista MÁRIO VENTURA HENRIQUE, considerado o pai do Festival Internacional de Cinema de TRÓIA (FESTRÓIA), morreu hoje em LISBOA. Atuou como correspondente de jornais espanhóis em PORTUGAL, também foi editor da revista CAMBIO 16. Fundou o FESTRÓIA há 22 anos e escreveu os livros A REVOLTA DOS HERDEIROS e OUTRO TEMPO/OUTRA CIDADE. 

PRESO o príncipe VITTÓRIO EMANUELE DI SAVOIA, de 70 anos, filho de UMBERTO II, último rei da ITÁLIA. Ele é suspeito de envolvimento com o crime organizado. As acusações incluem corrupção, falsificação e exploração de prostituição. Em VARENNA, pela polícia americana e brasileira. O herdeiro da família real da ITÁLIA, que viveu exilado por 56 anos, teve a prisão decretada após investigação que apontou vínculos com o agenciamento de prostitutas e um esquema de concessão de autorizações para videogames e aparelhos eletrônicos em casas de jogos.

O DIÁRIO OFICIAL DE 16 DE JUNHO DE 2006 PUBLICOU A TRANSFERÊNCIA PARA A RESERVA NÃO REMUNERADA DO 1º TENENTE PM DANIEL COTTONI, do 16º GB, por ter assumido o cargo de 1º Promotor de Justiça Substituto na 8ª Circunscrição Judiciária, Procuradoria Geral de Justiça.

2 007      ;        -    SÁBADO
FALECEU O CORONEL PM Ref ACYR HERMETO MELGAÇO. NASCEU NO DIA 14 DE ABRIL DE 1936.
Pela Internet, leio o DIÁRIO OFICIAL deste sábado. Publica a transferência para a reserva do TENENTE-CORONEL PM LUIZ ANTÔNIO DINIZ DE ALMEIDA, Comandante do 53º BPMI. Nasceu em 6 de setembro de 1957. Entrou para a PMESP em 1º de fevereiro de 1977. Foi declarado ASPIRANTE A OFICIAL em 15 de dezembro de 1979. PROMOÇÕES: 2º TENENTE – 25 de agosto de 1980; 1º TENENTE – 24 de maio de 1984; CAPITÃO – 24 de maio de 1989; MAJOR – 24 de maio de 1999; TENENTE-CORONEL – 24 de maio de 2004.
 
Professor JOSÉ CARLOS DE BARROS LIMA, coordenador do núcleo da Sociedade Veteranos de 32-MMDC idealizou um passeio até seu sítio, em BOTUCATU, para uma reunião informal, conjuntamente com os acadêmicos da Academia Botucatuense de Letras e do Centro Cultural de BOTUCATU, neste sábado. A programação vai das 10 horas, com um café matinal, até o encerramento, previsto para 17 horas.
A FAZENDA SANTO IVO dista, de SÃO PAULO, cerca de 240 km. Um ônibus parte do COLÉGIO SANTO IVO, na LAPA, por volta das 7 horas. É uma reunião muito interessante, mas alguns problemas impedem que eu participe da mesma. Em primeiro lugar, LUCINDA está curtindo uma violenta gripe e fica muito ruim sair de casa numa situação dessa. Outra situação que também me afasta desse passeio é a falta de meios para ir até a LAPA logo cedo. Somente poderia fazer isso o CORONEL MENDES, mas ele ainda está em BRASÍLIA. Não posso contar com o SARGENTO JOÃO porque ele tem outros compromissos. Finalmente, o sábado é dedicado aos meus afazeres na biblioteca e na digitação de minhas memórias.
O jornal O ESTADO DE SÃO PAULO traz o seguinte editorial:
PRÊMIO AO FACÍNORA DESERTOR
Por mais que já tenham causado estranheza e revolta os abusos nas indenizações (algumas milionárias) concedidas aos chamados “perseguidos políticos” da ditadura militar, muitos dos quais com as mãos manchadas de sangue inocente e o que menos pretendiam com seu radicalismo era ver a Democracia restaurada no País, a decisão da Comissão de Anistia do Ministério da Justiça, concedendo pensão equivalente ao soldo de general-de-brigada à viúva do capitão desertor Carlos Lamarca, ultrapassa todos os limites do bom senso e reflete a profunda inversão de valores que se pretende impor à sociedade brasileira nos dias que correm. “É uma recompensa a quem queria instaurar uma ditadura socialista no Brasil; Lamarca não combateu em nome da democracia” – sintetizou a respeito, da maneira mais lúcida, o cientista político LEÔNCIO MARTINS RODRIGUES.
Antes de mais nada Carlos Lamarca foi um desertor, que por livre e espontânea vontade em 25 de janeiro de 1969 roubou 10 metralhadoras, 63 fuzis e farta munição do quartel de QUITAÚNA, em OSASCO, partindo para a “luta armada”, com operações de assaltos a agências bancárias e seqüestros. Entre suas façanhas mais notáveis estão dois assaltos a bancos que resultaram na morte do gerente NORBERTO DRACONETTI e do guarda-civil ORLANDO PINTO SARAIVA – morto com um tiro na nuca e outro na testa, disparados pelo próprio Lamarca; a ação no VALE DO RIBEIRA em que torturou e assassinou cruelmente o TENENTE ALBERTO MENDES JÚNIOR, esfacelando-lhe o crânio a coronhadas; e o assassínio do agente da Polícia Federal HÉLIO CARVALHO DE ARAÚJO, durante o seqüestro do embaixador suíço.
Lamarca não foi um “perseguido político” por suas idéias, como ocorreu com tantos homens íntegros, durante a ditadura militar. Perseguido passou a ser depois de roubar armamento, desertar e praticar crimes com extrema crueldade. Por ter rompido unilateralmente o vínculo com o Exército – ao qual traiu – deixou de ter direito a qualquer promoção e à atualização simbólica de sua patente. Sua viúva, no entanto, já recebia pensão de acordo com a patente de coronel, posto ao qual foi promovido postumamente por decisão do Superior Tribunal de Justiça, que considerou, de forma arbitrária e descabida, que Lamarca teria chegado a esse posto se tivesse continuado na carreira militar. A partir dessa decisão, a viúva pediu que sua pensão correspondesse ao soldo de general, um posto acima ao de coronel. O ministro TARSO GENRO, a quem cabe homologar ou não a decisão da Comissão de Anistia, julga “juridicamente correto e politicamente adequado” esse benefício concedido à viúva de quem considera um símbolo da “resistência radical” à ditadura militar.
Além dessa promoção póstuma, que é um verdadeiro prêmio ao facínora desertor, constituir uma provocação às Forças Armadas – ainda que não tenha sido essa a intenção da Comissão de Anistia – existe aí algo ainda muito mais sério, que é o exemplo invertido que se passa à juventude brasileira. As sociedades precisam de seus heróis, figuras históricas que se tornam modelos de comportamento, por seus atos de coragem, generosidade e descortino em defesa de valores fundamentais para o interesse coletivo. Tentar colocar o terrorista Carlos Lamarca nessa categoria histórica é pura aberração. Muitos foram os que lutaram contra a ditadura militar e contribuíram, decisivamente, para o processo de redemocratização – especialmente a partir do memorável movimento das DIRETAS-JÁ. Seguramente, entre esses não estavam Carlos Lamarca, Yara Iavelberg e seus companheiros militantes da Vanguarda Popular Revolucionária (VPR) ou do MR-8. O que queriam era derrubar uma ditadura para implantar outra, mais cruel e liberticida.
Reconhecer a exemplaridade da figura de Carlos Lamarca é fazer reconhecimento de valor de seus métodos de luta pelo Poder. É particularmente alarmante que isso ocorra em um momento crítico, como a que vivemos, em que o uso da violência dos chamados “movimentos sociais” é não só tolerado, mas enaltecido, nesse despencar generalizado de valores éticos que parecem querer nos impingir.

PENSÃO DE LAMARCA CONTINUA CAUSANDO POLÊMICA NO PAÍS. TRABALHO DA COMISSÃO DE ANISTIA IRRITA MILITARES, MAS MINISTRO VÊ AVANÇO.

Os militares querem a história contada de outra maneira. Ontem, o presidente do Clube Militar, general da reserva GILBERTO BARBOSA DE FIGUEIREDO, classificou a aprovação do benefício como “mais uma tentativa de revanchismo e esperteza”. Chamou Lamarca de “falso herói” e “desertor” e foi além: “Mais uma vez o inconformismo e o revanchismo raivoso da esquerda, remanescente da chamada luta armada e o terrorismo dos anos 1970, volta a se manifestar”.
Apesar da reação, o presidente da Comissão de Anistia, PAULO ABRÃO PIRES JÚNIOR, considera o seu trabalho como um “instrumento de estabilidade política”. “Estamos levando a cabo um acerto democrático realizado no período de transição”, opinou em entrevista ao ESTADO publicada ontem. Para ele, “a abertura dos arquivos reforça a democracia”.
Dos 58 mil pedidos de anistia apresentados desde 2001, cerca da metade foi julgada. Um deles, também bombástico, está na fila. É o pedido de anistia política de Cabo Anselmo, líder do motim dos marinheiros, tido como um dos responsáveis pela queda do presidente JOÃO GOULART e pela dispersão de várias organizações de esquerda.
ABRÃO defende o trabalho: “Todas as pessoas que tenham clareza têm a noção da importância de que a história venha à luz e os fatos sejam contados como realmente ocorreram”.

Contrário à reabilitação de Carlos Lamarca, SÉRGIO FEROLLA, TENENTE-BRIGADEIRO reformado e ex-presidente do Supremo Tribunal Militar, não economiza nos adjetivos para descrever o capitão rebelde. “Ele foi um traidor e assassino, que cometeu crimes hediondos como deserção, roubo de armamento e execução a sangue frio de um oficial da PM. Se tivesse sido processado pela Justiça Militar seria condenado, sem apelação”. Para o oficial, que diz respeitar o trabalho da Comissão Nacional de Anistia, a definição de quem deve ou não receber indenização tem de ser observada com rigor.
O TENENTE-BRIGADEIRO FEROLLA acredita que Lamarca cometeu crimes de alta traição, absolutamente injustificáveis, como desertar, roubar armamento e matar um colega, o oficial da PM ALBERTO MENDES JÚNIOR. A indenização e a promoção de alguém como ele representam uma ofensa não somente ao Exército, mas às Forças Armadas de uma maneira geral. Acredita também que isso ocorre porque a decisão da Comissão de Anistia fez com que se chegasse a um limite perigoso, que é o de premiar criminosos. Isso vai ter uma resposta muito forte das Forças Armadas como, aliás, já tem se demonstrado. A indenização ao Lamarca representa uma distorção muito grave no objetivo da comissão, que é reparar as vítimas do regime militar.

Em meio às comemorações em todo o país – que já renderam livros sobre o escritor e sua obra, filme, encenações no teatro e a microssérie “A PEDRA DO REINO”, exibida nesta semana na TV GLOBO – o pernambucano ARIANO SUASSUNA completa 80 anos hoje quase sem tempo para uma das atividades que lhe dá mais prazer: dedicar-se à criação do seu último livro. O processo de produção é muito lento, mas o escritor não se incomoda com isso. Seus originais são sempre manuscritos, e ele faz questão de ilustrar pessoalmente todas as páginas, cerca de 900 até agora. Já fez e desfez dez vezes a obra em busca de um texto que considere o mais próximo da perfeição.
Há poucos dias, em RECIFE, ele separou uma hora de sua concorrida agenda – que tem até prejudicado, conta ele, suas atribuições à frente da Secretaria de Cultura do Estado de PERNAMBUCO – para receber a imprensa no casarão datado de 1870, onde mora até 1959. Um patrimônio que adquiriu com os direitos autorais de “AUTO DA COMPADECIDA”. “O CASAMENTO SUSPEITOSO” e “O SANTO E A PORCA”, e no qual respira-se o aconchego e as tradições da família.
ARIANO VILAR SUASSUNA nasceu em 16 de junho de 1927, na cidade de NOSSA SENHORA DAS NEVES, atual JOÃO PESSOA, capital do Estado da PARAÍBA. SUASSUNA é o oitavo de uma família de nove. Em 1928, a família volta a viver no sertão paraibano, na FAZENDA ACAUHAN, depois que JOÃO UBALDO PESSOA DE VASCONCELOS SUASSUNA deixa o governo.  
Nos dias 3 e 4 de outubro de 1930 estoura na PARAÍBA a Revolução. No dia 9, JOÃO SUASSUNA é assassinado no RIO, como conseqüência das divisões e lutas políticas da PARAÍBA.
Em 1933, chefiada agora por DONA RITA VILLAR SUASSUNA, a família muda-se para TAPEROÁ. ARIANO estuda as primeiras letras em TAPEROÁ, em 1934/1937. RITA SUASSUNA, em dificuldades, vende a fazenda ACAUHAN para educar os filhos. Em 1942, a família SUASSUNA muda-se para RECIFE. Em 1943, aluno do Ginásio PERNAMBUCANO torna-se amigo de CARLOS ALBERTO DE BUARQUE BORGES, que exerce grande influência em sua formação, iniciando-o na música erudita e na pintura. Em 1945, publica seu primeiro poema. Em 1946, entra para a Faculdade de Direito e encontra um grupo de escritores, atores, poetas e pintores. Esse grupo, principalmente por meio de HERMILO BORBA FILHO e de LAURÊNIO DE MELO, tem profunda influência na formação de SUASSUNA. Funda-se o Teatro do Estudante de PERNAMBUCO.
Em 1959, escreve a peça em três atos “A PENA E A LEI” a partir de “TORTURAS DE UM CORAÇÃO”. Funda com HERMILO BORBA FILHO o Teatro Popular do Nordeste que monta a peça.
No ano de 1960, escreve a peça em três atos “FARSA DA BOA PREGUIÇA”. Forma-se em filosofia pela Universidade Católica de PERNAMBUCO.
Em 1967, torna-se membro fundador do Conselho Federal de Cultura, que integra até 1973. No ano seguinte, torna-se membro fundador do Conselho Estadual de Cultura de PERNAMBUCO, que integra até 1972.
Em 1970, reúne poesias inéditas no livro “O PASTO INCENDIADO”. Em 1971, publica o “ROMANCE D´A PEDRA DO REINO”, pela editora JOSÉ OLYMPIO. Edita “A PENA E A LEI”, pela AGIR.
Em 1974, publica a “FARSA DA BOA PREGUIÇA” e “SELETA EM PROSA E VERSO (JOSÉ OLYMPIO); e, em RECIFE, pela Editora GUARIBA, “FERROS DO CARIRI” e “UMA HERÁLDICA SERTANEJA”. É nomeado secretário da Educação e Cultura do RECIFE, cargo que exerce de 1975 a 1978.
Em 1987, depois de 30 anos, deixa de ensinar história da cultura brasileira no mestrado de história da UFPE, aposentando-se. É eleito para a cadeira 32 da Academia Brasileira de Letras em 1989. Toma posse em agosto de 1990.
Em 1994, LUIZ FERNANDO CARVALHO, que verteu “A PEDRA DO REINO” para a telinha, fez um especial televisivo a partir de “UMA MULHER VESTIDA DE SOL”, com TEREZA SEIBLITZ. No ano seguinte, dirigiu “FARSA DA BOA PREGUIÇA”. Esses dois trabalhos serão lançados em DVD pela GLOBO no semestre que vem.

RENAN CALHEIROS, presidente do Senado, luta desesperadamente para salvar seu mandato. Apesar de controlar a maioria dos votos no Conselho de Ética – que investiga se despesas pessoais do senador decorrentes de um relacionamento extraconjugal com a jornalista MÔNICA VELOSO eram bancadas pelo lobista de uma empreiteira – RENAN não consegue dar uma explicação razoável sobre a origem dos recursos que usou para pagar pensão e aluguel de um imóvel à mãe de sua filha.
Desde quinta-feira, dia 14 de junho, quando o JORNAL NACIONAL exibiu uma reportagem mostrando que as notas exibidas pelo senador para justificar a venda de bois de sua fazenda eram frias, a situação de RENAN se complicou. Ontem, ele procurou seus colegas na Casa para apresentar novos documentos que comprovariam a veracidade das transações. Só que, mais uma vez, não exibiu os papéis para a imprensa.
Se o Senado resiste a investigá-lo, a ponto de o relator no Conselho de Ética, EPITÃCIO CAFETEIRA, ter dito que não mudará seu parecer recomendando o arquivamento do caso em hipótese nenhuma, o cerco se fecha contra RENAN em outras frentes. A Receita Federal quer saber se o presidente do Senado praticou crime fiscal nos negócios que diz ter feito com gado. E, ontem, o procurador-geral da República, ANTÔNIO FERNANDO DE SOUZA, já tinha avisado que deve investigar se RENAN falsificou documentos na defesa que entregou ao Conselho de Ética. Se isso for comprovado, estaria caracterizada a quebra de decoro parlamentar. Hoje, peritos da Polícia Federal começaram a examinar a autenticidade das notas fiscais.

A Polícia Federal acredita que o novo lote de interceptações telefônicas da OPERAÇÃO XEQUE-MATE que enviou à Justiça, ontem, indica que DARIO MORELLI FILHO, compadre do presidente LULA, estava expandindo os negócios de jogos de azar em sociedade com NILTON SERVO – acusado de chefiar a máfia dos caça-níqueis. Os dois estariam tomando providências para abrir duas casas de bingo, em SÃO SEBASTIÃO e MANAUS.

A polícia anunciou hoje à tarde o afastamento de pelo menos 20 investigadores-chefes de distritos policiais da capital. A medida foi tomada após a revelação de que 84 dos 93 distritos policiais estavam no mapa da propina feita pelo advogado de donos de caça-níqueis e bingos, JAMIL CHOKR. Homens de confiança de delegados titulares, os policiais afastados tiveram seus nomes encontrados no dia 25 de maio em anotações de CHOKR, após ele bater o carro. No veículo, também havia 27 mil reais e 31 envelopes endereçados às delegacias.
De manhã, o governador JOSÉ SERRA havia prometido não deixar impunes os envolvidos com a máfia da jogatina. “Tudo o que tiver havido de errado vai ser diagnosticado e punido em nome da segurança em SÃO PAULO”, disse. Horas depois, foi a vez de o secretário estadual da Segurança, RONALDO BRETAS MARZAGÃO, o delegado-geral MÁRIO JORDÃO TOLEDO LEME, e o corregedor da Polícia Civil, FRANCISCO CAMPOS, anunciarem a decisão de afastar os policiais. “Não se trata de um prejulgamento. A medida visa garantir a transparência da investigação”, disse JORDÃO.
A decisão foi uma resposta à crítica de que a apuração do caso CHOKR andava em ritmo lento. Desde o dia 25 de maio, quando a contabilidade do advogado foi achada, nenhum policial havia sido afastado. E o pior: horas após a apreensão dos documentos, um porta-voz da corregedoria minimizou a descoberta, dizendo não saber se as letra “DP” nas anotações de CHOKR significavam “distrito policial ou despesa pessoal”. CHOKR nega a corrupção e diz que carregava dinheiro de honorários no carro.

O bicampeão do mundo, FERNANDO ALONSO, da McLAREN, vai ficar doido. Ele foi o mais veloz em todos os treinos do GP DOS EUA e nas duas primeiras parciais da sessão de classificação, hoje, no circuito de INDIANÁPOLIS, mas quem conquistou a pole position foi o melhor estreante da história da Fórmula 1, LEWIS HAMILTON, seu companheiro.
A cada dia ALONSO, acostumado a ser o centro das atenções, tem de engolir mais sapos. E quando tudo indicava que desta vez ficaria à frente do quase desafeto, HAMILTON registra 1min12s331, marca 169 milésimos melhor que a sua. Para ALONSO parece o fim do mundo. As expressões do espanhol nas derrotas têm sido motivo de animadas conversas na imprensa. Hoje não foi diferente.
HAMILTON conquistou a segunda pole position. O brasileiro FELIPE MASSA tem o terceiro melhor tempo. Em 4º lugar sairá amanhã o finlandês KIMI RAIKKONEN. Em quinto está NICK HEIDFELD. Em sexto, HEIKKI KOVALAINEN. Em sétimo, SEBASTIAN VETTEL. Em oitavo, JARNO TRULLI. Em nono, MARK WEBBER. Em décimo, GIANCARLO FISICHELLA. RUBENS BARRICHELLO ocupa apenas a décima-quinta posição. 

O CORINTHIANS segue com a melhor defesa do Campeonato Brasileiro, ao lado do SÃO PAULO, com apenas dois gols sofridos. Pelo menos a zaga alvinegra funcionou hoje, pois o setor de criação e o ataque foram inúteis. E o empate por 0 a 0 com o PARANÁ, no MORUMBI, deixou o time do técnico PAULO CÉSAR CARPEGIANI na segunda posição, com 12 pontos – dois a menos que o líder BOTAFOGO. A equipe paranaense, com 11, pulou para terceiro.

A russa MARIA SHARAPOVA venceu hoje a austríaca TAMIRA PASZEK e garantiu vaga nas quartas-de-final do TORNEIO DE BIRMINGHAM, disputado na grama. Vai enfrentar sua compatriota ELENA LIKHOVTSEVA, que passou pela japonesa AYUMI MORITA. Já a eslovaca DANIELA HANTUCHOVA pega a francesa MARION BARTOLI.

Invadida pelos alunos há 45 dias, a reitoria da Universidade de SÃO PAULO virou atração turística para estudantes de outros Estados. Hoje, dia de um encontro de universitários de várias instituições do País no campus do BUTANTÃ, em SÃO PAULO, os grevistas fizeram o papel de guia turístico.

2 008     :     -      SEGUNDA-FEIRA
A semana começa com baixa temperatura. Ainda me dedico ao computador, passando para o GRUPO BARRO BRANCO, através do mediador, CORONEL PM Res CIAPINA, o convite para a solenidade do 76º Aniversário da Revolução Constitucionalista de 1932. Minha idéia é unir os oficiais da reserva, numa demonstração de coesão para com o governador que está prejudicando em muito os oficiais e praças da reserva e reformados. Respondo a outras mensagens que me foram passadas. Levo para a HEMEROTECA VENTURA uma papelada para arquivo. Por volta das 11:30 horas, estou a caminho do centro de São Paulo. Minha idéia é imprimir os três últimos dias de minhas memórias, coisa que não deu para fazer em casa porque a tinta da impressora não está boa.
O CORONEL MENDES está empenhado no registro de diplomas de medalhas e quer ir até SÃO MIGUEL PAULISTA no dia 18. Ali irá se reunir o núcleo da Sociedade, na CASA DA CULTURA, RUA IRINEU BONARDI, 169, para entrega de Medalhas MMDC a pessoas que deixaram de as receber em data anterior. Aguardo a chegada do GINO para ir ao TRIBUNAL DE JUSTIÇA, onde o CORONEL PM NELSON já está nos aguardando. Deixo de ir ao MMDS, face esses compromissos.
Por volta das 14:45 horas, com o presidente, rumamos para o 4º andar do Tribunal de Justiça. O CORONEL PM NELSON DE ALMEIDA marcara uma audiência com a Chefe de Gabinete do subprefeito da área Centro, MARIA LUIZA G.S. AZEVEDO, na Avenida do Estado, 900, BOM RETIRO. Trata-se de uma possível reforma da sede da Sociedade.
Essa senhora atende-nos muito bem. Explica não ser possível uma reforma pelos dizeres do decreto que cedeu o prédio (que é da prefeitura) para a Sociedade Veteranos de 32-MMDC, em 1968. Mas afirma que fará a manutenção necessária, começando pelo telhado.
Estamos otimistas quanto ao empenho de dona MARIA LUIZA. O NELSON, oficial interessado na melhoria da sede da Sociedade, desde os tempos em que esteve no Corpo de Bombeiros, também promete nos ajudar nisso. Ainda passo na Sociedade, acompanhado do presidente. O frio é intenso. Retornamos para nossas casas curtindo essa queda de temperatura.

O MONUMENTO DO IMIGRANTE, doado pela artista plástica TOMIE OHTAKE, para homenagear os 100 anos da imigração japonesa no BRASIL, foi inaugurado hoje, no Aeroporto de Cumbica, GUARULHOS. “A cidade de GUARULHOS agradece a todos os japoneses pela ajuda na construção e desenvolvimento deste País. Nada mais justo, agora, eles terem essa grandiosa homenagem em um dos aeroportos mais importantes do BRASIL”, disse o prefeito ELÓI PIETÁ.
Além do monumento de nove metros de altura e cerca de 22 toneladas, feito em aço, foi inaugurado também o MEMORIAL DO CENTENÁRIO que reúne em 14 painéis de granito 781 nomes de imigrantes japoneses que desembarcaram no Porto de SANTOS, em 18 de junho de 1908, do navio KASATO MARU.
“Esse espaço é reservado para a lembrança de nossos antepassados, que fizeram história nesta terra e colaboraram tanto na agricultura, quanto na indústria e no comércio do BRASIL, país que os acolheu com tanto carinho”, afirmou o GENERAL AKIRA OBARA, coordenador da Comissão Organizadora da Comemoração do Centenário da Imigração Japonesa.
No evento, o público assistiu a danças e músicas japonesas, além da apresentação da Associação Brasileira de TAIKÔ – instrumento de percussão tradicional, que para os japoneses traz boa sorte.
“É uma comemoração muito bonita e também muito significativa, não só para os descendentes de japoneses como para nós, que tivemos a honra de recebê-los aqui” elogia o vereador ALAN NETO.
Estiveram presentes à solenidade o comandante da Aeronáutica, BRIGADEIRO JUNITI SAITO; a deputada federal JANETE PIETÁ; o superintendente regional da INFRAERO, JOÃO REINALDO DE SOUZA, entre  outros. 

A capital registrou a temperatura mais baixa do ano no início da manhã. De acordo com informações do INMET, os termômetros chegaram a registrar 9,7 graus. Até então, a temperatura mais baixa de 2008 havia ocorrido no dia 8 de maio, com a mínima de 10 graus na madrugada. No mesmo dia houve a menor temperatura em todo Estado: 0,8 graus em CAMPOS DE JORDÃO, a 175 quilômetros da capital.

Na tarde, onze dias após terem fugido de casa, as adolescentes GIOVANNA MARESTI SILVA, de 15 anos, e ANA LÍVIA DESTEFANI LUCIANO, de 16, encontraram-se na casa da mais velha. Foi o primeiro encontro das duas após terem retornado a SÃO PAULO. GIOVANNA e ANA LÍVIA fugiram da capital paulista em 5 de junho e, depois de percorrerem cidades do RIO GRANDE DO SUL, foram encontradas em SANTA CATARINA, no dia 11. As duas planejam morar juntas.
Em entrevista ao “FANTÁSTICO”, exibida ontem, GIOVANNA revelou essa disposição: “A gente tem uma conexão muito forte. Fizemos a numerologia e descobrimos que somos almas gêmeas. Só estávamos planejando mudar de escola juntas, viajar juntas, morar juntas. Ter um vida juntas. Tudo junto, como amigas. Em casa, eu sei que eu não fico. Já é uma decisão que a gente tomou juntas”, declarou.
Hoje, no entanto, GIOVANNA admitiu que só deve se mudar no ano que vem. A adolescente foi se encontrar com a amiga após sair da sede do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), no Centro da capital. Ela foi até o local por volta das 14 horas, acompanhada pelo pai e pela mãe, para prestar depoimento. Porém, GIOVANNA acabou não sendo ouvida. A outra adolescente, inclusive, nem chegou a ir ao DHPP. Apenas a mãe de ANA LÍVIA passou pela delegacia rapidamente.

O auxiliar administrativo DIEGO DE PAULA LEOPOLDO, de 19 anos, morreu ontem, depois de passar uma semana internado no Hospital das Clínicas. Ele foi visto com vida pela última vez, após ser abordado por seguranças dentro do clube PORTUGUESA DE DESPORTOS, no CANINDÉ, durante uma festa junina, na noite de 7 de junho. A família de DIEGO acredita que o rapaz foi espancado por seguranças dentro do clube.

O Ministério Público protocolou hoje à tarde recurso no Tribunal de Justiça contra a sentença judicial que absolveu o ex-interno da FEBEM, ÂNDERSON MARCOS BATISTA, sua mulher CONCEIÇÃO ELETÉRIO e os irmãos ÉVERSON e EVANDRO DOS SANTOS GUIMARÃES das acusações de formação de quadrilha e extorsão. A vítima é o padre JÚLIO LANCELOTTI, da Pastoral do Menor.

A Polícia Federal demorou quatro dias para enviar um aviso oficial sobre o roubo da ESTAÇÃO PINACOTECA aos 186 escritórios da INTERPOL em todo o mundo. O atraso foi motivado pela falta de informações técnicas a respeito das peças retiradas do museu na tarde da última quinta-feira, dia 12. No caso do roubo no MASP, o alerta internacional foi emitido no dia seguinte ao crime, no dia 21 de dezembro do ano passado.

O prefeito de JUIZ DE FORA (MG), CARLOS ALBERTO BEJANI, preso na quinta-feira, dia 12, pela Polícia Federal, renunciou hoje ao cargo dentro da cadeia. Candidato à reeleição, BEJANI enviou a carta de renúncia aos vereadores da cidade em uma manobra para não perder os direitos políticos. O vice-prefeito, JOSÉ EDUARDO ARAÚJO, assumiu a prefeitura e disse que fará um choque de moralidade na administração. 

Um “corretivo” para não perder o prestígio diante da tropa. Essa foi a justificativa dada por um tenente do Exército, de 25 anos, ao titular da 4ª Delegacia de Polícia, RICARDO DOMINGUEZ, para levar três moradores do MORRO DA PROVIDÊNCIA, no centro, até traficantes rivais do MORRO DA MINEIRA, na zona norte do RIO. Os jovens foram achados mortos ontem no ATERRO SANITÁRIO DE GRAMACHO, na BAIXADA FLUMINENSE. “Vejam o resultado dessa ação inconseqüente, inadmissível, que deverá ser repreendida de forma exemplar”, observou hoje o ministro da Defesa, NELSON JOBIM.
Onze militares estão detidos no 1º Batalhão, na TIJUCA, e tiveram a prisão temporária decretada ontem pela Justiça do RIO, por dez dias. As vítimas foram enterradas hoje. Após o sepultamento, houve um quebra-quebra na sede do Comando Militar do Leste, no Palácio DUQUE DE CAXIAS, próximo da PROVIDÊNCIA.

Faleceu a diretora-fundadora da CASA DE CONVIVÊNCIA, aos 83 anos, LUIZA BUZON MOHERDAUI. Essa entidade é dirigida pelos padres jesuítas do COLÉGIO LUÍS GONZAGA, na Avenida PAULISTA, que faz um trabalho considerado exemplar junto aos moradores de rua, mantendo um núcleo de trabalho na Avenida REBOUÇAS, 305. Chamada de mãe, por alguns, ela diariamente passava pela Casa. Alguns mendigos conseguiam voltar para casa, arranjavam empregos ou eram encaminhados a albergues, hospitais ou asilos. Ela atendia também numa Casa de Apoio do Colégio São Luís, onde são atendidas 130 famílias de favelas, nas adjacências de uma chácara pertencente ao Colégio, no km 23 da Via Anhanguera.

O governo japonês anunciou que subiu para dez o número de mortos do terremoto de 7,2 graus na escala RICHTER que atingiu o país no último sábado, dia 14. Segundo autoridades locais, o tremor deixou cerca de 250 feridos. As equipes de resgate continuam a busca de pelo menos 12 pessoas que ainda estão desaparecidas. O terremoto de sábado, que atingiu as províncias de IWATE, MIYAGI e FUKUSHIMA, foi o mais forte desde agosto de 2005.

Uma embarcação, com 150 imigrantes ilegais, que se dirigia à ITÁLIA, naufragou na costa da LÍBIA, deixando pelo menos 40 mortos e mais de 100 desaparecidos. Até hoje à tarde, apenas um homem havia sido resgatado com vida. Os imigrantes – cuja maioria era do EGITO – deixaram a cidade de ZUWARAH, na LÍBIA, no dia 7, com destino à ITÁLIA. O barco em que estavam afundou logo depois de deixar o porto por causa das más condições de tempo.

A mulher do maníaco JOSEF FRITZL, ROSEMARIE, de 67 anos, voltou a casa em que viveu e em cujo porão seu marido prendeu e abusou de ELISABETH, filha do casal, por 24 anos. Desde que o caso foi revelado, em abril, é a primeira vez que uma pessoa da família volta à residência, na cidade austríaca de AMSTETTEN.
ROSEMARIE foi buscar roupas de ELIZABETH e brinquedos de um filho dela, FÉLIX, de 5 anos. Ele nasceu no porão, fruto do abuso sofrido por parte de JOSEF, que está preso. O resto da família está em tratamento numa clínica psiquiátrica.
ROSEMARIE chegou ao local com uma parente. A casa foi aberta por dois policiais, que vigiam o local dia e noite. Elas permaneceram cerca de uma hora lá antes de sair com grandes malas de viagem cheias.

Pelo menos 12 policiais morreram e 40 pessoas ficaram feridas hoje num atentado suicida no norte do SRI LANKA. O terrorista detonou os explosivos diante de uma delegacia em VAVUNIYA – a 260 km da capital, COLOMBO – na fronteira com os territórios controlados pela guerrilha dos TIGRES DA LIBERTAÇÃO DA PÁTRIA TÂMIL. As autoridades responsabilizaram os rebeldes e intensificaram as operações militares. Hoje, 47 guerrilheiros e 10 soldados morreram em conflitos na região.

O jornalista venezuelano JAVIER GARCÍA, da rede de televisão opositora RÁDIO CARACAS TELEVISÃO (RCTV), foi encontrado morto em seu apartamento em CARACAS, de acordo com a imprensa local. GARCÍA foi assassinado a punhaladas. Ele foi o segundo jornalista opositor morto na VENEZUELA este mês. No dia 3, PIERRE FOULD GERGES, vice-presidente do jornal RELATÓRIO DIÁRIO DA ECONOMIA – que publicou uma série de denúncias de corrupção em estatais e na administração pública – levou pelo menos dez tiros no carro de seu irmão, diretor do jornal.

O senador BARACK OBAMA, candidato democrata à CASA BRANCA, disse hoje que pretende visitar o IRAQUE e o AFEGANISTÃO antes das eleições gerais americanas, em novembro. OBAMA, que conversou hoje de manhã por telefone com o chanceler iraquiano, HOSHYAR ZEBARI, afirmou que está “satisfeito” com a diminuição da violência no IRAQUE, mas ressaltou que a retirada dos soldados americanos do país é inevitável. 

Um dos mais importantes escritores do pós-guerra na ITÁLIA, MÁRIO RIGONI autor de “O SARGENTO NA NEVE”, morreu hoje à noite, em ASIAGO, no norte da ITÁLIA. Ele tinha 86 anos. A causa da morte não foi divulgada. Veneziano de ascendência austríaca, STERN transformou suas experiências como soldado na 2ª Guerra Mundial no livro “O SARGENTO NA NEVE”, sua estréia literária que se tornou um clássico italiano. Nela ele trata dos flagelos de soldados italianos no gelado campo de batalha da RÚSSIA. Embora fosse italiano, MÁRIO RIGONI STERN lutou contra o 3º REICH e passou mais de dois anos num campo de concentração.

2 009       :        -      TERÇA-FEIRA
GINO, MENDES e eu iremos até a 4ª Companhia do 16º BPMM, comandada pelo CAPITÃO PM HERBERT, para discutirmos a instalação do mais novo núcleo da Sociedade Veteranos de 32-MMDC, que englobará o MORUMBI, o BUTANTÃ e o JARDIM ARPOADOR. Vou sugerir que esse núcleo tenha o nome de “ROMÃO GOMES”, o Comandante da famosa COLUNA INVICTA na Revolução Constitucionalista de 1932.
Quando chego no MMDC, por volta das 11 horas, encontro o GINO e o PM JÚLIO CÉSAR, motorista que nos conduzirá ao local, 24 quilômetros de distância de onde nós nos encontramos. Aguardamos a chegada do CORONEL PM MENDES.
Como sempre o trânsito vai complicar a nossa ida, muito embora estejamos numa viatura nas cores da rádio-patrulha. Somos recepcionados pelo Comandante da Companhia, CAPITÃO PM HERBERT, que nos apresenta ao TENENTE-CORONEL PM RUI, Cmt do 16º BPMM e ao MAJOR PM GILBERTO, SubCmt, 1º TENENTE Fem PM ALCIONE e demais oficiais da companhia.Vamos almoçar com o aniversariante, CAPITÃO PM HERBERT, que também nos apresenta à sua esposa.
Diz o HERBERT que já conseguiu trinta associados para o núcleo e que tem o aval do Comandante de seu batalhão. A Assembléia Geral para aprovação do Estatuto, da eleição dos presidentes da Diretoria Executiva e do Conselho Deliberativo, possivelmente será realizada inda neste mês. O NÚCLEO “ROMÃO GOMES” já começa a ser desenhado a partir de hoje.
Conhecemos as magníficas dependências da 4ª Companhia do 16º BPMM, talvez as melhores do Estado. Depois das 14 horas estamos regressando para o centro da capital. Vamos buscar o carro do CORONEL MENDES no CSM/MM. O PM JÚLIO CÉSAR leva o GINO até sua residência. O MENDES vai me deixar na Sociedade e se encaminha para o GRANDE ORIENTE.
Atendo alguns telefonemas, todos relacionados ao 77º Aniversário do Movimento Constitucionalista de 1932. Um deles é da filha do veterano WADY CALIXTO, residente em LONDRINA. Ela quer buscar o pai para participar do 9 de Julho.           
Já em casa, recebo uma mensagem do Núcleo de São Miguel Paulista anunciando que amanhã haverá reunião dos associados. Aproveito para mandar a seguinte mensagem:
16JUNHO2009 IRREGULARIDADES NO NÚCLEO DE SÃO MIGUEL PAULISTA
CARÍSSIMOS AMIGOS (as)
 Infelizmente o Núcleo de São Miguel Paulista está com irregularidades gravíssimas que anda não foram sanadas:
 1 - os "associados" não são considerados associados, pois ainda não se inscreveram na Sociedade;
 2 - não se realizou o Edital de Convocação para Assembléia Geral Eleitoral, conforme preceitua o Estatuto;
 3 - O mandato dos presidentes terminou em 22 de maio de 2009.
 Essas irregularidades precisam ser sanadas de imediato para que o núcleo possa continuar existindo. 
                                             CORONEL PM MARIO FONSECA VENTURA
                                 SECRETÁRIO DA SOCIEDADE VETERANOS DE 32-MMDC
Um dos pretensos associados responde:
Coronel Ventura, boa noite.
Sou aquele careca que faz a apresentação dos eventos aqui em São Miguel, também tenho colaborado com o MMDC - Núcleo de São Miguel como secretario.
Venho acompanhando este núcleo desde o seu inicio e concordo com o senhor sobre as irregularidades apresentadas.
No inicio deste mês tivemos uma reunião no Colégio Tobias de Aguiar, para questionar o Capitão Alexandre sobre estas questões e também sobre os eventos de entrega de medalhas.
Levantamos algumas questões que estão registradas em ata (anexa).
Ainda hoje, agora à noite, falei por telefone como o Coronel Mendes, que me orientou a participar da reunião que teremos amanhã, 17/06 às 10:00 horas. Esperava que o senhor ou o coronel Mendes pudessem participar, assim ajudaria a resolver estas pendências.
De qualquer forma, amanhã tentaremos buscar uma solução para que o Núcleo de São Miguel não venha a sofrer punições.
Pode contar conosco aqui em São Miguel.
Abraços.
Sergio Miranda
8965-0371
Respondo ao SÉRGIO MIRANDA:
CARO SERGIO MIRANDA
Hoje estivemos cuidando da instalação do NÚCLEO "ROMÃO GOMES", numa belíssima área que engloba MORUMBI-BUTANTÃ-JARDIM ARPOADOR. Nos primeiros dias da montagem do núcleo conseguimos 30 associados. No entanto, o Núcleo de SÃO MIGUEL PAULISTA, para espanto meu, tomei conhecimento de que nem os dirigentes são associados da Sociedade. Isso é algo intolerável.
Aguardo, realmente, que vocês publiquem o Edital de Convocação para a Assembléia Geral Eleitoral e que todos se filiem o mais rapidamente possível ao MMDC para que possamos continuar a executar um ideal que é de cultuar o nosso querido Movimento Constitucionalista de 1932. Sem a filiação nada pode ser feito, nem a Assembléia Geral Eleitoral, que seria nula, porque seria realizada com a irregularidade mais grave, ou seja, por pessoas que não se filiaram ao MMDC.
Mantenha-me informado das decisões tomadas.  
2009/6/16 Sergio Miranda

Recebo a seguinte mensagem do CAPITÃO PM HERBERT:
4ª Cia 16º BPMM – NÚCLEO “ROMÃO GOMES” - Caro Coronel:
Antes de mais nada, gostaria de agradecer a visita de VSª, do Cel PM Mendes e do Cap PM Gino em minha Companhia. Foi uma grande satisfação recebê-los e, tenha certeza, a simples presença dos senhores significou pura inspiração para todos os presentes, que tiveram a rara oportunidade de compartilhar desses momentos.
Gostaria de acrescentar que me senti muitíssimo prestigiado com sua deferência, e o Ten Cel PM Rui ficou muito impressionado com nosso trabalho, em todos os sentidos.
Para que possa acrescentar em suas memórias (cuja leitura tenho feito diariamente, orgulhosos de recebê-las em primeira mão), os nomes dos oficiais presentes são: Ten Cel PM Rui, Maj PM Gilberto, Cap PM Herbert e 1º Ten Fem PM Alcione.
Mais uma vez, obrigado por tudo, mas, sobretudo, obrigado por suas sábias orientações acerca da criação do núcleo "Romão Gomes".
Cap PM Herbert
Cmt da 4ªCia do 16º BPM/M

A Justiça da PRAIA GRANDE condenou o ex-tenente da PM ALESSANDRO RODRIGUES DE OLIVEIRA a 60 anos de prisão, por participar da morte de três jovens após uma festa em SÃO VICENTE no litoral, no Carnaval de 1999. O fato ficou conhecido como o “CASO CAVALARIA”, pois os quatro PMs que estavam de ação eram do Regimento de Cavalaria 9 de Julho, da capital, e estavam no litoral reforçando o policiamento da temporada. O julgamento durou mais de 17 horas. O advogado do ex-PM, MARCOS RIBEIRO DE FREITAS, recorreu.
Na época do crime, OLIVEIRA tinha 23 anos, era recém-formado oficial e comandava uma equipe tática. Três jovens, com idades de 14,16 e 21 anos foram abordados pelos policiais na saída de um baile, suspeitos de terem roubado um boné. Os corpos deles foram achados 17 dias depois, num mangue da PRAIA GRANDE. No primeiro julgamento, OLIVEIRA foi condenado a 50 anos e o júri foi anulado. Dos outros três ex-PMs, dois pegaram 56 anos e um, 49.    

Depois de 40 anos de reivindicações dos moradores do JARAGUÁ, na zona norte, foi entregue hoje a primeira parte do Complexo Viário JARAGUÁ. São dois viadutos que interligam a ESTRADA DE TAIPAS e a AVENIDA DOUTOR FELIPE PINEL sobre os trilhos da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). Com a obra, o fluxo de veículos não precisará ser interrompido a cada passagem dos trens. Nos horários de pico, o trânsito é interrompido a cada cinco minutos, provocando grandes congestionamentos nas vias que atravessam o bairro. Diariamente, cerca de 80 mil pessoas transitam de automóveis pelo local.

A Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (DECRADI) fez hoje uma operação neonazista FRONT 88. Foram apreendidos livros, camisa com suásticas, cruzes gamadas e bandeiras de confederadas, (símbolo dos racistas do sul dos ESTADOS UNIDOS), além de facas, espadas, machadinhas, coturnos com pontas de aço e até mesmo um regulamento que devia ser cumprido pelos soldados do bando. Um de seus supostos integrantes, o produtor de eventos ROGÉRIO MOREIRA, de 20 anos, foi indiciado sob a acusação de tentar matar um integrante de um grupo Riva, o VÍCIO PUNK.  

O presidente do Senado, JOSÉ SARNEY, discursou hoje na tribuna para se defender dos escândalos da Casa. Apesar de ter ao menos meia dúzia de parentes e aliados nomeados por meio de atos secretos, SARNEY disse que não aceita ser julgado por causa do emprego dado a um neto ou a uma sobrinha. Para ele, isso é uma “falta de respeito” para quem tem 50 anos de vida pública, além de implicá-lo em questões administrativas. “Eu vim para administrar, para saber da despensa do Senado. Eu sou o presidente do Senado para exercer uma função política”. SARNEY procurou responsabilizar todos os senadores, ao dizer que “a crise é do Senado, não é minha”. Segundo SARNEY, o escândalo em torno das práticas no Senado está num contexto de “crise das democracias representativas”. Nas mais de duas horas de comentários que se seguiram à fala de SARNEY, todos os senadores adotaram um tom conciliatório.

A crise política no IRÃ, iniciada há quatro dias com as denúncias de fraude feitas pela oposição após a eleição presidencial vencida pelo presidente MAHMOUD AHMADINEJAD, ampliou-se hoje com a decisão do Conselho dos Guardiães – órgão responsável pela fiscalização da votação – de fazer uma recontagem parcial dos votos. O moderado MIR HOSSEIN MOUSAVI, candidato oposicionista derrotado na eleição do dia 12 de junho, rejeitou a medida, exigindo a anulação da eleição. Com isso, TEERÃ viveu mais um dia de protestos – contra e a favor da reeleição de AHMADINEJAD. O número de mortos nos confrontos com a polícia subiu para sete e jornalistas estrangeiros foram proibidos de sair às ruas.             

2 010       :         -       QUARTA-FEIRA
O Grupo H da COPA DO MUNDO tem nesta manhã, a partir das 8:30 horas, o jogo HONDURAS x CHILE. Mais tarde, às 11 horas, a esperada estréia da ESPANHA, frente à SUÍÇA, completando esse Grupo.
Trabalhando no computador, assisto HONDURAS x CHILE.
Depois de 48 anos, o Chile voltou a vencer uma partida de Copa do Mundo. A seleção de Marcelo Bielsa derrotou Honduras por 1 a 0, gol de Beausejour, nesta quarta-feira, no Estádio Mbombela, em Nelspruit, na abertura do Grupo H do Mundial, que ainda tem Espanha e Suíça. A última vitória chilena tinha sido em 1962, quando o país sediou a competição. Valdívia começou o jogo organizando as jogadas chilenas pelo meio. Em uma delas, o mago sofreu falta que a revelação Mathías Fernández cobrou rente à trave do goleiro hondurenho, no primeiro bom momento da partida. O Chile continuava dominando as ações do jogo, principalmente pela direita, costurando jogadas com Valdivia e Sánchez. Com pouca posse de bola, Honduras não conseguia ser objetiva, sofrendo com a blitz chilena, que durou cerca de 15 minutos. Depois do sufoco inicial, os hondurenhos conseguiram equilibrar a partida, com Pavón, o maior artilheiro da história do país, quase abrindo o placar. Pelo lado chileno, Sánchez era o jogador mais acionado, caindo pelos dois lados do ataque. Em escanteio conquistado pelo próprio Sánchez, Vidal quase marca de cabeça. Aos 34 minutos, a melhor qualidade chilena no passe deu resultado. Fernández recebeu na entrada da área e deu ótimo passe para Isla, que foi à linha de fundo e cruzou para Beausejour completar dentro da pequena área. A partir do gol, o Chile voltou a dominar o jogo, com Honduras tentando construir alguns contra-ataques, mas pecava no último passe. Ainda assim, no último lance da primeira etapa, Nuñez obrigou o goleiro Bravo a fazer uma boa defesa em cobrança de falta. Em desvantagem no placar, os hondurenhos começaram o segundo tempo no ataque e reclamaram de um pênalti em Álvarez. Sánchez continuava levando os zagueiros de Honduras ao desespero com suas jogadas de velocidade. Enquanto o técnico Marcelo Bielsa procurava colocar mais poder ofensivo em sua equipe, o treinador Reinaldo Rueda, que assistia à partida das tribunas, parecia perdido. Mesmo perdendo, Rueda fez a primeira substituição apenas aos 14 minutos da segunda etapa, trocando um atacante por outro. O Chile ameaçava cada vez mais, agora com bolas altas na área hondurenha. Em uma delas, o goleiro hondurenho Valladares realizou provavelmente a defesa mais bonita desta Copa do Mundo, em cabeçada à queima roupa de Ponce, dentro da pequena área. Valdívia, Fernández e especialmente Sánchez, o melhor do jogo, enfernizavam a defesa de Honduras, que teve trabalho para não sofrer o segundo gol.
FICHA TÉCNICA: HONDURAS 0 X 1 CHILE. Local: Estádio Mbombela, em Nelspruit (AFS). Data-hora: 16/6/2010 - 8h30 (de Brasília).Árbitro: Eddy Maillet (SEY): Auxiliares: Evarist Menkouande (CAM) e Bechir Hassani (TUN). Público: 32.664 presentes. Cartões amarelos: Carmona, Fernandez (CHI); Palacios (HON); Cartões vermelhos:.NÃO HOUVE.Gols: Beausejour 34'/1ºT (0-1)
HONDURAS: Valladares, Mendoza, Chavez, Figueroa e Izaguirre; Palacios, Guevara (Thomas 20'/2ºT), Álvarez e Nuñez (Martinez 32'/2ºT); Espinoza e Pavón (Wellcome 14'/2ºT) - Técnico: Reinaldo Rueda.
CHILE: Bravo, Isla, Vidal (Contreras 35'/2ºT), Medel e Ponce; Carmona, Millar (Jara 7'/2ºT), Fernández e Valdívia (Gonzalez 41'/2ºT); Beausejour e Sánchez - Técnico: Marcelo Bielsa.
No horário das 11 horas apresenta-se pela primeira vez na COPA a tão esperada seleção da ESPANHA, frente à SUÍÇA. Ninguém esperava que a primeira zebra desta Copa do Mundo apareceria na estreia da toda-poderosa Fúria. Em uma partida emocionante e muito nervosa, uma surpreendente Suíça derrotou a favorita Espanha por 1 a 0, nesta quarta-feira, no estádio Moses Mabhida, em Durban, pelo Grupo H. Já no início de jogo a Espanha faz valer sua qualidade superior, com uma posse de bola impressionante e um máximo de dois toques na bola por jogador. As ações ofensivas dos espanhóis se contram no lado esquerdo, com Iniesta e Capdevilla. A Suíça apresenta um sistema defensivo compacto, mas sem recurso de contra-ataque. A partida caminhava de maneira morna, até que Iniesta acordou a torcida. O meia do Barça pegou uma bola rebatida na entrada da área e fez um lindo passe, de primeira, deixando Piqué na em condições de marcar. O zagueiro aplicou um belo drible no marcador suíço, mas acabou chutando em cima do goleiro, que fechou muito bem a jogada.  A Suíça tentou dar o troco em uma falta cobrada por Ziegler, que Casillas defendeu. Para sair um pouco do sufoco, os suíços adiantaram a marcação, dando mais espaços para as jogadas de ultrapassagens dos espanhóis. Numa delas, Iniesta foi lançado e sofreu uma falta que só não foi pênalti por centímetros. Depois da saída do suíço Senderos, lesionado, a Espanha passou a atacar pelos dois lados e tentava de tudo para tentar vencer a defesa adversária, que terminou a Copa de 2006 sem sofrer gol. A duas seleções voltaram do intervalo sem alterações, mas com posturas diferentes do primeiro tempo. O jogo ficou mais aberto, com mais espaços. Melhor para os espanhóis, que giravam a bola com mais qualidade e tinham opções de ataque pelas duas laterais. Mas, aos seis minutos, a surpresa geral. Em rápido contra-ataque suíço, o primeiro do jogo, Derdiyok foi lançado e dividiu com Casillas. No rebote, Fernandes tentou duas vezes antes de marcar , para desespero da Espanha. Com o gol, Del Bosque mudou a equipe e colocou o artilheiro Fernando Torres. O jogo passou a ficar completamente aberto, com a Espanha atacando como sempre e a Suíça ameaçando como nunca nos contra-ataques.
Às 15:30 horas, pelo Grupo A, ÁFRICA DO SUL e URUGUAI apresentam-se pela segunda vez na COPA: A goleada sofrida para o Uruguai, nesta quarta-feira, não era o resultado esperado por nenhum dos torcedores sul-africanos, até pelo futebol apresentado na estreia contra o México. Visivelmente frustrado com a derrota, Carlos Alberto Parreira fez questão de lembrar que ainda não há nada perdido para os Bafana Bafana neste Mundial. – Ainda não perdemos nada. Tudo depende do resultado desta quinta. Um empate entre França e México nos deixa com possibilidades de classificação. Com uma vitória sobre a França, podemos passar às oitavas pelos pontos conquistados. Temos cinco dias para trabalhar e teremos a obrigação de jogar para vencer – comentou Parreira. O técnico ainda destacou o ponto relevante para a vitória celeste. – A seleção do Uruguai tem jogadores experientes, com mais jogo de cintura, acostumados a jogar em grandes clubes. E isso pesou a favor deles em relação à África do Sul. Eles souberam ditar o ritmo de jogo manter a posse de bola na hora certa – analisou. Para o treinador, a expulsão e o pênalti foram essenciais para o resultado negativo. – Fizemos o pênalti e tivemos um jogador expulso em um momento chave da partida, o que desestruturou a equipe e fez com que não conseguíssemos mais reagir. No terceiro gol, já estávamos com um a menos e cansados – concluiu.
Após almoçar com vários oficiais que estão interessados em discutir assuntos da COPA DO MUNDO, passo pelo MMDC, mas de uma maneira um tanto rápida. Converso, por telefone, com o CORONEL PM MENDES. Estamos indicando JORGE MICHALANY para assumir o Comando do Exército Constitucionalista em 9 de julho, A Assembléia Legislativa solicita um nome de ex-combatente para ser condecorado com a Medalha da CONSTITUIÇÃO, também no 9 de julho. De comum acordo com o MENDES indicamos o JORGE MICHALANY para receber essa comenda.
Faço uma ligação para o MICHALANY a fim de pedir o seu currículo. Por volta das 16 horas estou no pátio do 1º BPChq “TOBIAS DE AGUIAR”.
O Comandante do 1º Batalhão de Polícia de Choque “TOBIAS DE AGUIAR”, TENENTE-CORONEL PM PAULO ADRIANO LUCINDA LOPES TELHADA, e o Sr WÁLTER MELLO DE VARGAS, Presidente da Associação Brasileira das Forças Internacionais de Paz da ONU/SP, tem a honra de convidar Vossa Senhoria para prestigiar o evento da A.H.I.M.T.B. que se realizará no Regimento de Polícia Montada “9 DE JULHO”, às 14 h no auditório. Neste mesmo dia, às 16 h, no pátio do BATALHÃO ‘TOBIAS DE AGUIAR”, será realizada entrega de Láurea de Mérito Pessoal e outorga de medalhas. 
No Regimento acontece a solenidade de posse do CORONEL PM LUIZ EDUARDO PESCE DE ARRUDA, Comandante do Centro de Altos Estudos de Segurança (CAES) na “CADEIRA GENERAL MIGUEL COSTA”. O TENENTE-CORONEL PM PAULO ADRIANO LOPES LUCINDA TELHADA assume a “CADEIRA PEDRO DIAS DE CAMPOS”. Entre os presentes: CORONEL PM Res PLAUTO JOSÉ FERREIRA DINIZ; CORONEL PM Ref EDILBERTO DE OLIVEIRA MELO; CORONEL Ref CLÁUDIO MOREIRA BENTO – Presidente da Academia de História Militar Terrestre do Brasil (AHIMTB); CORONEL PM Ref PAULO TENORIO DA ROCHA MARQUES.

Encontro no quartel o nosso amigo virtual CESAR TORRES, de PORTO ALEGRE. Ele mantém contato conosco através da Internet. Somos recepcionados pelo Cmt do 1º BPChq, TENENTE-CORONEL PM TELHADA. O Comandante Geral preside esta solenidade.
São condecorados entre outros: 2º TENENTE PM RAFAEL HENRIQUE CANO TELHADA; TENENTE-CORONEL PM ALMIR RIBEIRO; MAJOR PM ROBSON GRILENZONI; GEORGE ANTOINE – Cônsul Geral do HAITI; Doutor JÚLIO FRANCO DE ARAÚJO – Desembargador do Estado de São Paulo; CELSO VAZ DA SILVA – Fiscal da Secretaria de Estado da Fazenda; Doutor MARCELO DE OLIVEIRA DE MELLO – Coordenador do Programa Emprega São Paulo; TARCISIO SERAFIM THOMAZI DA SILVA – 12º Contingente do Batalhão de Suez; Doutor BENTO FERREIRA DE CARVALHO FILHO – membro do Hospital das Clínicas; Comendadora NATÁLIA BITTENCOURT NEUMANN – Presidente da Companhia de Dança “CISNE NEGRO”. 
Encontramos muitos conhecidos no pátio do quartel. Entre eles o CORONEL PM HERVANDO LUIZ VELOZO; MAJOR PM BEN HUR, Sub-Comandante do 1º BPChq; CAPITÃO PM ANÍSIO, segundo-secretário da Sociedade Veteranos de 32-MMDC; CAPITÃO PM PAULO CESAR GOMES; 1º TENENTE PM JORDÃO. Conversamos também com o SARGENTO JORGE, do 2º BPE, que fala que a sua Unidade fará aniversário no dia 1º de Julho.
Dado o adiantado da hora, tão logo acontece a entrega das comendas, deixo o local, pois preciso retornar a GUARULHOS. Depois das 17 horas fica difícil o retorno para casa.

Faleceu, aos 48 anos, RODOLFO CREMONINI. Desde criança, saía atrás dos dois blocos carnavalescos do TUCURUVI, bairro onde nasceu. O tempo passou e eles se transformaram em escolas de samba – a X9 e a ACADEMICOS DO TUCURUVI. Apesar de ter amigos nas duas, CREMONINI passou a desfilar todos os carnavais na TUCURUVI. Há cerca de dez anos, foi convidado pelo próprio presidente da escola – que o tratava como filho – para ser diretor de Marketing. Dirigia também uma das alas. Era o encarregado pela confecção das fantasias e por sua comercialização. Nessa época, parou de desfilar, apenas acompanhava sua ala na avenida. Mas não foi por isso que deixou de sambar. Freqüentava sempre o salão do Bar AVENIDA.

Sob o comando do ex-deputado ROBERTO FEFFERSON, autor das denúncias sobre a existência do mensalão em 2005 que abalaram o governo do presidente LULA, o PTB sacramenta, sábado, o apoio formal a JOSÉ SERRA na disputa presidencial. O tucano discursará na convenção da sigla, em SÃO PAULO. Mesmo com o PTB na coalizão, contudo, sua rival do PT, DILMA ROUSSEFF, ainda disporá de maior tempo na TV durante o horário eleitoral gratuito. O PT ainda alimenta esperanças de uma aliança formal om o PP, o que se tornou mais factível depois de descartada a inclusão do presidente da legenda, Senador FRANCISCO DORNELLES, na chapa tucana como vice de SERRA.

Destituído da liderança do DEM na Câmara Municipal de SÃO PAULO, após declarar apoio e voto a ALOÍZIO MERCADANTE (PT) ao governo do Estado, o vereador CARLOS APOLINÁRIO afirmou ao ESTADO que não se sente mais na obrigação de articular apoios a projetos e votações de interesse do governo do prefeito GILBERTO KASSAB. Disse também que “tudo caminha pra votar em DILMA ROUSSEFF” à presidência.
Quatro dos sete vereadores do DEM assinaram hoje documento retirando APOLINARIO da liderança. O novo líder é o vereador MARCO AURÉLIO DE ALMEIDA CUNHA. Da bancada do DEM, MILTON LEITE também já havia declarado apoio a MERCADANTE.

Alvo de discussões acirradas nos sete anos de tramitação, o projeto de lei que institui no País o Estatuto da Igualdade Racial foi aprovado hoje no Senado, em votação simbólica e entrará em vigor logo que for sancionado pelo presidente LULA. O substitutivo final negociado pelo governo e pelo relator DEMÓSTENES TORRES (DEM-GO) suprimiu do texto a previsão de cotas para negros na educação, serviço público e privado e nos partidos políticos. Deixou de fora ainda o ponto que previa a adoção de política pública de saúde exclusiva para a população negra.

Em mais uma frente da investigação que mapeou o chamado “mensalão do DEM” em BRASÍLIA, a Polícia Federal e o Ministério Público Federal investigam empresas de coleta de lixo, suspeitas de pagar propina a políticos do Distrito Federal e de mais três Estados – RIO DE JANEIRO, SÃO PAULO e BAHIA.
Na segunda-feira, dia 14, agentes federais apreenderam dinheiro enterrado no jardim da casa de uma promotora suspeita de integrar o esquema, além de documentos e computadores nos escritórios de dez empresas e em residências de outros funcionários públicos.
A nova vertente da investigação surgiu no curso do inquérito que apura a eventual participação de DÉBORAH GUERNER, do Ministério Público do DISTRITO FEDERAL, no escândalo que derrubou JOSE ROBERTO ARRUDA do governo do DISTRITO FEDERAL.   

A Polícia Federal desmantelou hoje uma quadrilha com ramificação nacional que fraudava concursos públicos em todo o País havia pelo menos 16 anos. Os exames mais visados pelo bando envolviam carreiras estratégicas de Estado, como auditor da Receita, policial federal, oficial da Agência Brasileiras de Inteligência (ABIN) e peritos de agências reguladoras. O valor do gabarito variava de 50 mil a 150 mil dólares – cerca de 270 mil reais. Durante a ação, chamada OPERAÇÃO TORMENTA, a PF prendeu os 12 principais operadores da quadrilha, todos em SÃO PAULO. Entre os presos está o chefe do esquema e um agente da Polícia Rodoviária Federal.
A Polícia Federal realizou buscas na residência e em outros endereços do veterano advogado NORBERTO MOREIRA DA SILVA, diretor da Faculdade de Direito da Universidade de SANTA CECÍLIA (UNISANTA), em SANTOS. Ex-presidente da OAB em SANTOS, por dois mandatos, MOREIRA é alvo da OPERAÇÃO TORMENTA, que investiga fraudes em concursos públicos e no exame de registro na OAB em 2009.

Imóveis no quarteirão dos Edifícios MERCÚRIO e SÃO VITO, no centro de SÃO PAULO, estão sendo demolidos há duas semanas. A área, de cerca de 5.300 metros quadrados, deve dar lugar a um parque que ligará o Mercado Municipal ao Palácio das Indústrias. Não há prazo para o fim da obra. A destruição dos edifícios, símbolos da degradação da região central, é discutida na Justiça. Os Edifícios SÃO VITO e MERCURIO não tiveram o mesmo destino dos vizinhos de quadra por conta de uma briga que se arrasta na Justiça desde julho de 2009. A Defensoria Pública entrou com uma ação civil pública pedindo que os edifícios sejam usados como moradias populares, em vez de darem lugar a um parque, como prevê a Prefeitura.

Dois policiais militares à paisana mataram hoje HURLEIDE NEVES MIRANDA SOUZA, de 21 nos. Segundo os policiais, o jovem tentou roubá-los com um comparsa na esquina das Ruas PAMPLONA e SÃO CARLOS DO PINHAL, na BELA VISTA. O outro acusado, que dirigia a motocicleta em que os assaltantes estavam, fugiu. É o segundo caso de pessoas baleadas na Rua PAMPLONA em menos de um mês. Em 21 de maio um policial militar também à paisana, morreu após tentar impedir um assalto na via.    

Aproveitando o horário da estréia do BRASIL na COPA DO MUNDO e a suposta distração de um agente da Secretaria de Administração Penitenciária, o detento JOÃO VITOR SOUZA URIAS, de 25 anos, acusado de integrar o PCC, escapou na tarde de ontem. A fuga foi pela janela do banheiro do Fórum de BAURU, após o acusado participar de uma audiência na 3ª Vara Criminal.

O comitê israelense formado para investigar o assalto da Marinha de ISRAEL em à FROTA DA LIBERDADE, ação que provocou a morte de nove ativistas turcos, reuniu-se hoje pela primeira vez. Formado por cinco pessoas, incluindo dois observadores internacionais, o grupo disse que pretende concluir as investigações o mais cedo possível.

Um comandante guerrilheiro das FARC sentenciou à morte os 40 rebeldes que vigiavam os 4 reféns libertados pelos militares. O resgate do GENERAL LUÍS MENDIETA, dos CORONÉIS ENRIQUE MURILLO E WILLIAM DONATO e do SARGENTO ARBEY DELGADO ocorreu no domingo, dia 13, no município de CALAMAR, no Departamento de GUAVIARE. Os 4 militares passaram quase 12 anos seqüestrados pelas FARC, que ainda mantêm 18 militares e policiais como reféns, com a intenção de trocá-los por guerrilheiros presos. A ordem de execução foi dada pelo comandante militar das FARC, JORGE BRICEÑO, conhecido como “MONO JOJOY”. Os 40 guerrilheiros que vigiavam os reféns fugiram pela selva em meio aos tiros e granadas dos militares. O próprio presidente colombiano, ÁLVARO URIBE, convidou os rebeldes a se desmobilizarem e colaborarem com a libertação de outros seqüestrados. Em troca, receberiam recompensas e imunidade penal.

Um homem não identificado matou a tiros na madrugada ROLAND VALENZUELA, amigo e ex-ministro do presidente deposto de HONDURAS MANUEL ZELAYA. O crime ocorreu em um restaurante de SAN PEDRO SULA, 180 quilômetros ao norte de TEGUCIGALPA, informou o promotor MARCO CARTAGENA. Segundo ele, VALENZUELA, que foi ministro de HABITAÇAO e DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL, teria discutido com o homem.

O diretor, produtor, roteirista e diretor de fotografia britânico RONALD NEAME morreu nesta quarta-feira, aos 99 anos, em LOS ANGELES. Ele havia quebrado a perna em maio, após uma queda. NEAME foi indicado ao OSCAR por três vezes, duas delas como corroteirista de DAVID LEAN nos clássicos DESENCANTO (1945) e GRANDES ESPERANÇAS (1946). Antes de dirigir sucessos como O DESTINO DE POSEIDON.

2 011        :      -        QUINTA´FEIRA
Ao chegar à Sociedade Veteranos de 32-MMDC tenho a grata satisfação de encontrar o WALTER TAVERNA, nosso associado, quitando suas mensalidades. Quer ele participar do Desfile de 9 de Julho com os sósias do papa, do PELÉ, do ex-presidente JOÃO FIGUEIREDO e outros. Conversamos sobre a possibilidade de comemorarmos os 79 anos da Revolução constitucionalista no BIXIGA, no dia 31 de julho (domingo). Mais tarde, por telefone, transmito ao CAPITÃO PM ANÍSIO, P3 do CPA/M-1 essa idéia de fazer a solenidade da SODEPRO (SOCIEDADE DE DEFESA E PROGRESSO DO BIXIGA) e peço para marcar uma entrevista com o novo Comandante do CPA/M-1, CORONEL PM PEDRO BORGES DE OLIVEIRA FILHO, que assumiu recentemente o lugar do CORONEL PM RENATO CERQUEIRA CAMPOS. ANÍSIO me comunica que a oficialidade está toda concentrada numa churrascaria  fazendo a despedida do CORONEL PM CERQUEIRA.
Também converso com o CORONEL PM CAMILLI, Cmt da ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA, sobre a reunião que irá tratar do desfile civil do 9 de Julho. Digo a ele que quero que o desfile a pé seja aberto pela COFAM.
Não consigo falar, por telefone, com o Cmt da APMBB, CORONEL PM AIRTON ALVES DA SILVA, Coordenador do desfile de 9 de Julho. O CORONEL PM MENDES comunica-me, por telefone também, que pretende passar amanhã cedo na APMBB e tratará dessa idéia nossa de fazer a COFAM abrir o desfile.    

Mensagem de RICARDO DELLA ROSA em seu site “TUDO POR SÃO PAULO”. Interessante essa abertura para os 79 anos da revolução, quando atentava´o comando das ações civis no Desfile de 9 de outubro.
Tens medo?
Fica em casa. Não saias pelas ruas, pelas praças, por toda a parte, a pregar pêtas ao próximo e a dizer que "tudo está preto, que morreram 50, que morreram mil, um milhão", e outros absurdos que só podem nascer no teu e
nos cerebros dos teus companheiros de medo!
Não te alistaste?
Ficaste em tua casa, perto dos teus, tomas teu cafezinho quente, com leite, pão e manteiga de manhã e á noite; saboreias os teus cigarros, almoças e jantas socegadamente; lês os teus jornaes e dormes muito bem na tua cama fofa e quente - mas não te esqueças, pelo amor de Deus, pelo amor de teu Pae, pelo amor de tua Mãe, - que não cumpriste o teu dever e que lá no "front" está um soldado te substituindo nas trincheiras, onde as balas sibilam e a morte paira a todo instante!
Como tu, esse soldado é de carne e osso.
Como tu, elle é mortal.
Como tu, elle tem os seus entes queridos, o seu lar, o seu conforto. E elle não quiz ficar - partiu, está lá no "front"!
Sua mensagem foi enviada. Responder |Mario Ventura para bcc: gstruffa, bcc: Gilberto, bcc: francisco, bcc: Camila, bcc: Eloy, bcc: José, bcc: Joana, bcc: Roberto, bcc: GBB-, bcc: Struffaldi, bcc: alvarotavaresgs, bcc: José, bcc: carlos, bcc: andré, bcc: Antonio, bcc: Sebastião, bcc: 1º, bcc: Frances, bcc: ALESSANDRO, bcc: prof, bcc: bira.pisani, bcc: Liliana, bcc: Kléber, bcc: bazzovj, bcc: Rafael, bcc: Carlos

Mando a mensagem para os meus amigos virtuais, convidando-os para o dia 7 de julho.  
MEUS AMIGOS (AS)
Estamos às vésperas do 9 de Julho.
A Sociedade Veteranos de 32-MMDC comemorará seus 57 anos de existência em 7 de julho. Faremos uma solenidade de aniversário e de posse dos novos presidentes da Sociedade.
Vocês estão convidados para se irmanarem conosco, às 15 horas, na sede da Sociedade. Contamos com suas presenças.
De: Ricardo Della Rosa
Data: 16 de junho de 2011 10:34
Assunto: Escuta, aqui!
Para: tudoporsp1932@gmail.com
CORONEL PM MARIO FONSECA VENTURA
PRESIDENTE ELEITO DA SOCIEDADE VETERANOS DE 32-MMDC
Amigos / Irmãos do GBB,
NÂO DEU PRA SEGURAR: VISITEM O SITE, ESTÁ NO ORIGINAL DE "A GAZETA" DE 17Set1932!
Aqui a segunda parte:
Tu precisas da lei para a garantia da tua Patria, da tua Familia, da tua Religião.
Elle tambem precisa.
Tu ficaste em casa e elle foi buscar a Lei nas trincheiras, onde as balas sibilam e a morte paira a todo instante!
Tu precisas e queres com medo. Elle precisa e quer com coragem!
Tu és medroso e elle - um bravo!
Por isso, tu que aqui ficaste, que não quizeste ir, pensa de manhã á noite nesse bravo. Nesse bravo que está lá no "front", substituindo-te nas trincheiras!
Pensa nelle, amando-o e rezando por elle!
Fica em casa. Não sáias pelas ruas, pelas praças, por toda a parte, a pregar pêtas ao próximo e a dizer que "tudo está preto, que morreram 50, que morreram mil, um milhão", e outros absurdos que só podem nascer no teu e
nos cerebros dos teus companheiros de medo!
QUE SAIBAS FICAR JÁ QUE NÃO SOUBESTE IR.
(Soldado la lei, ROMEU PINTO, do 4o B.C.P. "Floriano Peixoto",
primeiro pelotão n. 53)
(De "A Gazeta", do dia 17 de setembro de 1932).

Recebemos um comunicado do nosso presidente GINO STRUFFALDI onde conta que foi marcada uma cirurgia para o dia 25 de junho. Acredito que essa operação via inviabilizar a sua participação no DIA DOS ANIVERSARIANTES, marcada para 29 de junho.
Prezados Ceis. Ventura e Mendes.- Foi marcada a data para a intervenção cirúrgica a que serei submetido: dia 25 do corrente, pela manhã, no Hospital Cepaco, à Rua Vergueiro. Darei mais detalhes oportunamente.- Abraços - Gino

GILBERTO TACCOLLINI recebeu uma mensagem em que comunicava a não comemoração do DIA DA ARTILHARIA. Ele me responde:
Bom dia Cel. e amigo Mário Ventura: Fiquei surprêso e triste com essa notícia até porque eu também serví no 2º G Can 40 e ajudei a mudar o quartel p/ Baruerí. Na inauguração desse novo quartel tive a honra de desfilar para o Ministro da Guerra, Gen.Enrique Batista Duffres Teixeira Lott.
Agradeço aos meus pais já falecidos a educação que me proporcionaram e o apôio que me deram para que eu não interrompesse meu Curso Superior de Economia no ano em que serví. Sou Reservista de 1ª Categ.aptº a prom. de 3º Sargento. Mesmo passados mais de 50 anos, os ensinamentos que tive em um ano de vida militar me são úteis até hoje na minha carreira profissional. Aproveito para render a minha homenagem a todos os meus superiores hierárquicos, na pessoa do Gen.João Batista Bezerra Leonel, que ajudou a forjar o meu caráter de cidadão brasileiro honrado.
Gilberto Taccolini (74)

Discurso do MAJOR OLÍMPIO
Repassando.........
Enviado em 16/06/2011 as 22:48
Leiam o que o Deputado falou sobre o assunto
Sr. Presidente, Srs. Deputados e Sras. Deputadas, funcionários da Casa, todos que nos acompanham, quero declarar meu total e integral apoio ao projeto do nobre deputado José Bittencourt, do meu partido, sobre o controle eletrônico de frequência nas escolas. Mas também proporia, Sr. Presidente, para que tivesse o controle eletrônico de frequência dos deputados da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo.
Queremos fazer para 5,5 milhões de alunos, mas não damos o exemplo. Temos 26 deputados na Casa, hoje, entre 94, nesta sexta-feira; 26 que passaram por aqui em algum momento. Mas é o dia de estar nas bases, é o dia de estar em outras atividades. Mas gostaria de ver esta Casa também com controle eletrônico de frequência para os nobres deputados darem o exemplo para a população. Tenho certeza de que o reconhecimento da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo será muito maior.
Mas quero aproveitar esse tempo para lembrar que estamos no dia 03 de junho, faltam 27 dias para o recesso parlamentar de julho, restam 11 dias com possibilidade de votação – terças, quartas e quintas. Sendo que os últimos três dias deverão ser dedicados ao debate e à votação da LDO.
V. Excelência falava do minguado recurso que o governador disse que vai disponibilizar para o reajuste salarial dos servidores, que não vai compensar as perdas da Educação, mas até agora esse projeto não chegou na Assembleia. Para a Segurança Pública foi dito, através do Comandante Geral da Polícia Militar, numa reunião no dia 17 de maio agora, no Comando Geral, com os representantes das entidades das associações policiais militares que em julho os policiais teriam aumento salarial.
E por que estou falando isso? Porque se alimentam com ilusões aqueles que já estão por demais sofridos, e a gente observa que não vão ter, os policiais militares e civis, qualquer reajuste de jeito nenhum. Ainda se fosse encaminhada uma mensagem na segunda-feira, mesmo com pedido de urgência, mesmo com relator especial, mas não vai. E a estratégia do Governo é essa; já faz mais de 15 dias que foi feito o anúncio da Educação e o projeto não deu entrada aqui. Fez pompas e circunstâncias no Palácio do Governo, mas não deu entrada aqui, porque acharam que os profissionais da Educação iam dizer: “Nossa! Graças a Deus o Messias voltou.” Só que na hora em que vamos fazer as contas, em vez disso nem as perdas inflacionárias dos últimos quatro anos serão repostas. E da Segurança Pública pior ainda.
Então eu gostaria de pedir ao Comandante Geral da Polícia Militar para dizer exatamente para o Secretário a situação caótica que estão vivenciando seus comandados. Não é porque está fazendo o bico oficial do Kassab, não, que isso é uma vergonha institucional; 180 anos de corporação e essa é a maior humilhação a que se submeteu uma instituição, essa patifaria dessa operação delegada. O policial quer ter um reajuste diferenciado; merece. Diferenciado, não; um mínimo que lhe dê dignidade.
Estive, na terça-feira, na Audiência Pública da PEC 300 em Brasília e fiquei com vergonha de ser paulista, de ter um Governo feito esse que consegue pagar salários muito mais aviltantes que estados com menor capacidade. E quando falarem do tamanho da Polícia de São Paulo, a Polícia, Sr. Governador, Sr. Secretário da Segurança Pública, Sr. Delegado Geral da Polícia Civil, é do tamanho da importância dela para a população.
Ontem, este Deputado e o Deputado Giannazi trouxemos aqui o Rogério Weiers, um policial militar que bateu uma viatura em 99, e estão aplicando 500% de correção: de 9 mil reais para 50 mil reais para o pagamento da viatura. E ele não teve 1% de reajuste nesses 11 anos. Esse é o Estado de São Paulo. Essa é a vergonha.
Então, policiais militares, policiais civis, desistam dessa ideia de que terão reajuste em julho. E mais: o Governador vai empurrar com a barriga esse restinho de semestre e se mandar o projeto no segundo semestre, o último artigo de todos os projetos que versam sobre qualquer espécie de correção salarial vem: “Esta lei entrará em vigor a partir do primeiro dia útil do mês subsequente da sanção”.
Então, pelo amor de Deus, vamos parar de alimentar os coitados dos policiais que estão se desdobrando, morrendo pela sociedade, o que chamamos nos quartéis desses “bizus” mentirosos, como sair do discurso, Sr. Governador, e vir para a medida concreta. Mande o projeto já para não desgastar a figura do Comandante da PM de dizer às associações: “Digam aos policiais que o aumento vem em julho. Não sei se é 42, se é 46, se é 80.” . Só coisa maravilhosa. E até agora nada de concreto. E de data mesmo para votar, aqui há 11 dias até o recesso.

SÃO PAULO - O ex-jogador e comentarista esportivo Edmundo Alves de Souza Neto, de 40 anos, foi preso, no início da madrugada desta quinta-feira, 16, em um flat na cidade de São Paulo por agentes da 3ª Delegacia Seccional Oeste da Capital, localizada junto ao 14º Distrito Policial, de Pinheiros. A informação inicial foi dada pelo delegado seccional Dejair Rodrigues. 'Vamos entrar em contato agora com o Cepol (Centro de Operações da Polícia Civil) para que nas próximas horas possamos saber se é a Polícia Civil de São Paulo que irá encaminhá-lo para o Rio ou se a Polícia Civil de lá fará a remoção', diz o delegado. Segundo o delegado Eduardo Castanheira, titular do Setor de Investigações Gerais (SIG) Oeste, a polícia recebeu uma denúncia anônima, por volta das 23 horas de quarta-feira, de que o ex-jogador estava em um flat na Rua Amauri, no Itaim Bibi, na zona sul. 'Chegamos no local, o porteiro nos confirmou que ele [Edmundo] estava mesmo no apartamento 402 e nos deixou entrar. Batemos na porta e o próprio Edmundo nos atendeu. Parecia que ele tinha acabado de acordar. Estava meio dormindo ainda e não resistiu à prisão. Esperamos, então, ele tomar banho. Ele ligou para o advogado e depois o trouxemos para cá', disse Castanheira. Edmundo chegou à delegacia por volta da 0h30. A Polícia Civil de São Paulo requisitou um mandado de prisão expedido no Estado do Rio de Janeiro. A expectativa é de que, nesta manhã de quinta-feira, o jogador seja transferido para o Rio. O advogado do Edmundo ainda tenta um recurso de liberdade provisória. Os policiais não permitiram que a imprensa tivesse acesso ao jogador na delegacia. Edmundo era considerado foragido da Justiça. Agentes da Polícia Civil do Rio percorreram na quarta-feira cinco endereços registrados em nome do ex-atleta, que não foi localizado. Seus telefones celulares também ficaram desligados. Em maio, em reportagem publicada pelo Estado, Edmundo disse viver num hotel em São Paulo. A Vara de Execuções Penais do Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ) expediu um mandado de prisão contra Edmundo na noite de segunda-feira. O ex-jogador foi condenado em 1999 a quatro anos e seis meses de prisão, em regime semiaberto, pelos homicídios culposos de três pessoas e lesões corporais de outras três em um acidente de carro na madrugada do dia 2 de dezembro de 1995, depois de sair de uma boate na Lagoa, bairro da zona sul carioca. Após todos seus recursos terem sido negados pelos tribunais superiores, a Justiça fluminense determinou a prisão do ex-jogador, que atuou no Palmeiras, Corinthians, Santos, Flamengo e Vasco, entre outros times brasileiros, italianos e japoneses - além da seleção brasileira. Atualmente, ele trabalha como analista de futebol na TV Bandeirantes. A operação para prender Edmundo contou com a participação de 12 policiais, divididos em seis equipes. De acordo com o delegado Rafael Willis, titular da Polinter, divisão de capturas da Polícia Civil do Rio, foram deixados recados com a mulher e a secretária do jogador. 'Passamos o dia percorrendo os cinco endereços que ele tem registrados no Rio. Ele não foi encontrado. Tentamos também contato pelo seu celular, mas o aparelho ficou desligado o dia inteiro', disse. 'Ele já é considerado, portanto, foragido.' (Atualizado às 8h40)
Menos de 24 horas depois de ser preso, o ex-jogador e comentarista esportivo EDMUNDO, de 40 anos, foi beneficiado por um hábeas corpus concedido pela desembargadora da 6ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do RIO, ROSITA MARIA DE OLIVEIRA. Ela considerou ilegal o mandado de prisão expedido na terça-feira pelo juiz da Vara de Execuções Penais, EDUARDO CARVALHO DE FIGUEIREDO. Segundo a desembargadora, ainda cabe recurso no processo que corre conta o ex-atacante, acusado pela morte de três pessoas e lesões corporais a outras três, vítimas de acidente na LAGOA RODRIGO DE FREITAS, zona sul do RIO, em dezembro de 1995. Ele foi condenado em março de 1999, a quatro anos e seis meses de prisão. Chegou a ficar preso por um dia, mas foi liberado. Detido durante a madrugada, EDMUNDO foi levado à 3ª Delegacia Seccional Oeste, em PINHEIROS, onde ficou durante o dia em uma cela de seis metros quadrados, sem colchão e janela. Pela manhã, dois amigos visitaram o ex-atleta e levaram sanduíches. Com a missão de trazer o ex-craque para o RIO, seis policiais cariocas, divididos em duas viaturas, demoraram mais de sete horas para chegar à delegacia em SÃO PAULO. Os agentes se perderam no caminho e pediram para que os policiais da 3ª Seccional os buscassem na MARGINAL TIETÊ. Às 16:30 horas, quando haviam acabado de chegar à delegacia, o Tribunal de Justiça do RIO comunicou a expedição do alvará de soltura e a viagem dos agentes cariocas a SÃO PAULO foi em vão. O ex-jogador foi solto às 20:10 horas e deveria passar a noite no flat em que foi preso, no ITAIM BIBI. O advogado de EDMUNDO, ARTHUR LAVIGNE JÚNIOR, que ingressou no começo da tarde com o pedido de hábeas corpus, comemorou a decisão. Segundo ele, ainda há um recurso contra a condenação correndo no Supremo Tribunal Federal. LAVIGNE, porém, mantém a tese de que o crime está prescrito. Para o advogado, o prazo para a prescrição é de oito anos, a partir da data da condenação (março de 1999), e não de 12 anos “como entendeu o juiz da VEP”. LAVIGNE disse que conversou com EDMUNDO logo depois que ele recebeu a notícia de que seria solto. “Estava emocionado e respirando aliviado”, afirmou. Segundo ele, o ex-jogador, que brilhou principalmente por VASCO, PALMEIRAS e até seleção brasileira e conquistou títulos importantes na carreira, deve permanecer em SÃO PAULO nos próximos dias.    

O empresário AGNALDO FRANÇA DA SILVA, de 44 anos, foi assassinado ontem à noite, durante um assalto em um bar na zona sul de SÃO PAULO. SILVA era sócio de dois restaurantes da franquia FEIJÃO DE CORDA. Mesmo sem ter reagido, o empresário foi atingido com dois tiros na cabeça e morreu no local. A polícia não descarta que o crime tenha sido um acerto de contas. A mulher do empresário afirmou aos policiais que SILVA havia registrado vários boletins de ocorrência de ameaças que estaria recebendo de um dos sócios. Segundo ela, os dois disputavam a sociedade de um restaurante. O crime aconteceu por volta das 21:50 horas no BAR BOY, na Avenida ATLÂNTICA (antiga ROBERT KENNEDY), no bairro de SOCORRO, zona sul de SÃO PAULO. O estabelecimento estava fechado e SILVA jogava baralho com o dono do bar e um amigo. Os três estavam próximos do gradil que separa a rua do bar quando um homem se aproximou e, pela grade, anunciou o assalto. Os três chegaram a dar o dinheiro, mas, sem explicação, o criminoso atirou duas vezes na cabeça de SILVA.

A Policia Civil prendeu hoje à noite o acusado de participar do assassinato do estudante FELIPE RAMOS DE PAIVA, de 24 anos, ocorrido no campus da USP no BUTANTÃ, zona oeste, no dia 18 de maio. Mais cedo, a pedido da polícia, a Justiça havia decretado a prisão do acusado. IRLAN GRACIANO SANTIAGO, de 22 anos, havia se apresentado à polícia no dia 9 de junho, quando confessou ter participado da tentativa de assalto ao universitário. Disse, no entanto, que o rapaz foi morto por um comparsa, a quem se recusou a identificar. Como não possuía antecedentes criminais, não foi preso em flagrante e não havia ordem da Justiça para prendê-lo, SANTIAGO foi liberado após prestar depoimento.

A 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do PARANÁ confirmou hoje decisão da 2ª Vara do Júri de CURITIBA de mandar a júri popular o ex-deputado LUIZ FERNANDO RIBAS CARLI FILHO, de  29 anos. Ele é acusado de matar dois jovens em CURITIBA, em 7 de maio de 2009. CARLI FILHO dirigia embriagado e em alta velocidade quando bateu no carro em que estavam os rapazes. A defesa vai recorrer no Superior Tribunal de Justiça.

A 19ª Vara Criminal de SÃO PAULO condenou na última sexta-feira, dia 10 de junho, cinco acusados de assaltar a joalheria TIFFANY, no SHOPPING CIDADE JARDIM, na zona sul de SÃO PAULO, em maio dd 2010. Segundo decisão do juiz ANTÔNIO CARLOS DE CAMPOS MACHADO JÚNIOR, os réus não poderão recorrer em liberdade. O bando roubou 72 jóias avaliadas em 1,5 milhão de reais. As penas variam de cinco anos e quatro meses a seis anos e oito meses de prisão.

A Companhia do Metropolitano de SÃO PAULO (METRÔ) definiu o local exato onde pretende construir a polêmica estação da LINHA 6 – LARANJA em HIGIENÓPOLIS. A parada foi batizada de ANGÉLICA-PACAEMBU e ficará na Rua SERGIPE, entre a CEARÁ e a BAHIA. Haverá três saídas: uma na Rua BAHIA, outra para o PACAEMBU, e a terceira para a Fundação AARMANDO ÁLVARES PENTEADO (FAAP). A nova parada já consta no projeto básico da LINHA 6 – LARANJA, previsto para ser concluído em outubro. A Estação ANGÉLICA-PACAEMBU será toda subterrânea. O projeto da LINHA 6 – LARANJA prevê 15,3 km de extensão, entre a Estação SÃO JOAQUIM (LINHA 1 – AZUL) e a VILA BRASILÂNDIA (zona norte). Ela foi apelidada de “linha das universidades” por prever estações perto de seis centros de educação superior, incluindo PUC e MACKENZIE.   

Nascido em URUOCA, no CEARÁ, em julho de 1952, LUCIANO FERNANDES MOREIRA fez sua carreira política no MARANHÃO. Lá era aliado político da governadora ROSEANA SARNEY, de quem foi secretário de Administração nas suas duas primeiras gestões. Ele também foi titular das pastas de Planejamento, Ciência e Tecnologia, Assuntos Estratégicos e Recursos Humanos e Previdência. Em 2010, MOREIRA deixou o governo do Estado para se candidatar a uma vaga na Câmara de Deputados e foi eleito. O deputado federal morreu, aos 58 anos, nesta quinta-feira, em um acidente de carro na BR-402, na cidade de MORROS, no MARANHÃO.

Responsável no governo federal pela interlocução com os movimentos sociais, o ministro-chefe da Secretaria Geral da Presidência, GILBERTO CARVALHO, ficou “muito triste” e lamentou a prisão, pela Polícia Federal, do líder sem-terra JOSÉ RAINHA JÚNIOR, hoje, em SÃO PAULO. RAINHA é acusado de desvio de dinheiro publico destinado a programas de reforma agrária. Segundo o ministro, a prisão “tumultua o processo de reforma agrária” e “a relação com os movimentos”. 

A FIFA e o Comitê Olímpico Internacional terão superpoderes na definição dos gastos com as obras para a COPA DE 2014 e a Olimpíada de 2016. As duas entidades poderão exigir reajustes nos valores dos contratos das obras para os dois eventos. Os governos federal, estaduais e municipais e as empresas responsáveis pelas construções não terão esse poder. A proposta foi aprovada pela Câmara ontem no texto básico de medida provisória que cria regras especiais de licitação para apressar a contratação da infraestrutura em locais onde os dois eventos serão realizados. Dirigentes da FIFA comemoraram.

A direção da BANDEIRANTES tentou evitar, mas o roteiro preanunciado há um mês, quando o comandante HAMILTON trocou a rede dos SAADS pela RECORD, confirmou-se hoje: JOSÉ LUIZ DATENA seguiu o mesmo caminho do piloto e retorna à RECORD oito anos após ter deixado a Casa. Hoje, o BRASIL URGENTE foi apresentado por LUCIANO FACCIOLI. HAMILTON já reestreou na RECORD. Já o apresentador terá um mês de férias. Sua volta à tela será entre julho e agosto, valendo a ressurreição do título CIDADE ALERTA e participação imediata na cobertura do PAN de GUADALAJARA, que a RECORD transmitirá com exclusividade na TV brasileira. O contrato da vez vale por cinco anos – o que não quer dizer que será cumprido. Ao deixar a RECORD, em 2003, para assinar com a BAND por oito anos, DATENA fez uma dívida que hoje chega perto de 18 milhões de reais, obra de multa pela rescisão do contrato, que nunca foi paga. Agora, faz o caminho inverso para o mesmo filme: com o acordo recém-renovado na BAND (venceria só em 2016), ele novamente rompe o contrato para voltar à RECORD. No papel de contratante, a RECORD agora lhe anistia a dívida de 2003 e promete honrar a multa com a BAND, que beira 20 milhões de reais. O holerite de DATENA é estimado em 500 mil reais mensais, quase o mesmo da BAND, com a diferença de livrá-lo das multas rescisórias.

Pela primeira vez no mandato da presidente DILMA ROUSSEFF, o governo afirmou que a LEI DA ANISTIA não permite a punição de envolvidos em crimes de tortura e violação de direitos humanos. Em parecer, a Advocacia-Geral da União reforçou o entendimento já manifestado pelo Supremo Tribunal Federal de que a anistia vale para todos os crimes cometidos durante a ditadura. Com isso, o governo reitera que o Estado brasileiro não precisa cumprir a sentença da Corte Interamericana de Direitos Humanos – Braço da Organização dos Estados Americanos (OEA) – que condenou o BRASIL em 2010 por não punir os agentes de Estado responsáveis pelo desaparecimento de 62 pessoas envolvidas na GUERRILHA DO ARAGUAIA, entre 1972 e 1974, e por não rever o alcance da LEI DE ANISTIA. Pela sentença da OEA, o Estado brasileiro teria de investigar todos os “crimes contra a humanidade” praticados no País e teria de pagar indenização de 3 mil dólares para cada família dessas 62 pessoas, a título de ressarcimento por danos materiais, e 45 mil dólares por danos morais.   

Uma operação da Polícia Civil e do Ministério Público Estadual prendeu hoje 12 pessoas envolvidas em um esquema de fraudes em plantões médicos e compras irregulares em hospitais públicos do Estado. Entre os presos estão o diretor do Conjunto Hospitalar de SOROCABA, HEITOR CONSANI, e os ex-diretores RICARDO SALIM e ANTÔNIO CARLOS NASI, além de médicos, enfermeiros e dentistas. Após as prisões, a Secretaria Estadual de Saúde decretou intervenção no CHS. A OPERAÇÃO HIPÓCRATES teve início às 6 horas, com 37 mandados de prisão e de busca e apreensão. Em SOROCABA a operação de concentrou na sede administrativa do CHS, que fica no Hospital LEONOR MENDES DE BARROS. O segundo andar foi interditado para a apreensão de documentos e computadores. As buscas se estenderam a outros hospitais da capital e de ITAPEVI, além das casas de alguns dos suspeitos. Segundo o delegado WILSON NEGRÃO, de SOROCABA, as investigações começaram em outubro e foram motivadas por indícios de fraudes em licitações. 
A declaração, postada num site islâmico da Internet, foi simples e curta: “O comando-geral da organização AL-QAEDA anuncia, após a conclusão de uma série de consultas, que o xeque ABU-MAHAMAD AYMAN AL-ZAWAHIRI, que Deus o guie ao sucesso, assumiu o comando do grupo” Um mês e meio depois da morte de OSAMA BIN LADEN, a rede terrorista mais uma vez tem um “emir” oficial. A nomeação oficial do cirurgião egípcio não chegar a ser uma surpresa. Há muitos anos, ZAWAHIRI era o vice de BIN LADEN e favorito para assumir a liderança da rede terrorista. O único obstáculo era um voto de confiança dos membros do “comando geral”.
O chefe das Forças Armadas do PAQUISTÃO luta para salvar seu emprego diante da fúria que tomou conta dos generais e oficiais subalternos desde o ataque americano que matou OSAMA BIN LADEN. Segundo fontes próximas ao caso, o GENERAL ASHFAQE PARVEZ KAYANI, comandante do Exército desde 2007, enfrenta um grande descontentamento pelo que é considerada uma relação muito próxima dos militares paquistaneses com os EUA. Um golpe por parte dos oficiais, embora improvável, não está descartado. O Exército paquistanês é basicamente dirigido por um grupo de 11 comandantes de alto escalão, que decidem por consenso. Quase todos, senão todos, estariam próximos de uma ruptura. Se o general for destituído, os EUA deverão encontrar pela frente um comandante intransigente e antiamericano.

O clérigo muçulmano ABU BAKAR BASHIR, líder espiritual do braço da AL-QAEDA no SUDESTE ASIÁTICO, envolvido nos atentados que mataram 202 pessoas em BALI, em 2002, foi condenado hoje a 15 anos de prisão pela Justiça da INDONÉSIA. O religioso foi considerado culpado por dar apoio a um campo de treinamento de terroristas descoberto em 2010. Mais de 3 mil policiais foram acionados para a segurança do julgamento.

O governo dos EUA pediu hoje que a CHINA use sua influencia sobre o presidente do SUDÃO, OMAR BASHIR, para acabar com a crescente onda de violência que atinge o país e ameaça complicar a declaração oficial de independência do SUDÃO DO SUL, marcada para 9 de julho. BASHIR visitará PEQUIM – que tem grandes investimentos no SUDÃO – ainda este mês. A CHINA é muito criticada por ignorar a violência de CARTUM.

2 012     :        -   SÁBADO
Depois de um período de longos preparativos, está marcada para hoje a Solenidade em BURI, onde serão comemorados os 80 Anos da Revolução Constitucionalista de 1932, com o descerramento da Placa alusiva ao CADETE RUYTEMBERG ROCHA, na estação da cidade, bem como a apresentação dos dois holofotes, reformados, que iluminava o local em aviso ao trem blindado número 2 que as tropas inimigas estavam chegando. Bem cedo, um pouco depois das 5:30 horas, o CABO PM VANDER e a MARINEI, em seu carro, vêm me buscar para irmos até a sede da Sociedade Veteranos de 32-MMDC. Ali é local de encontro das pessoas que irão conosco a BURI. Já estão à nossa espera o CORONEL PM EDILBERTO DE OLIVEIRA MELLO, de 92 anos; AMADO RÚBIO (irá fazer 80 anos no 9 de Julho), ALFREDO PIRES (que também está com 92 anos), acompanhado de sua filha LYGIA. Ainda assino os diplomas da Medalha CONSTITUCIONALISTA que será entregue na cerimônia marcada para BURI. Há um certo atraso causado pela advogada MARIA LÚCIA DE CAMARGO. Chegam também os três integrantes da Distrital Norte, da Associação Comercial: MAJOR PM PÍCOLI, CORDEIRO e MANUEL. Somos em doze pessoas que integram a comitiva do MMDC. A viagem para BURI se inicia um pouco antes das 7 horas. O percurso é longo, mas a viagem transcorre normal, com o MAJOR PICOLI contando a história do soldado francês, declamando versos de CAMÕES, enfim, alegrando a nossa viagem. Na Prefeitura da cidade somos recepcionados pelo JOSÉ ROQUE. Muita gente já se encontra presente e conhecemos as pessoas que serão homenageadas logo mais. Aos poucos vamos nos enturmando com as autoridades de BURI, apresentadas pelo JOSÉ ROQUE. Perto do meio-dia o Prefeito Ú FONSECA anuncia que iremos almoçar na FAZENDA PARAÍSO. O nosso ônibus se desloca até esse local, onde, num enorme galpão, com mesas e cadeiras para todos os convidados do prefeito, serve-se um lauto almoço. Ali ficamos até quase 14 horas.
Agora, na Praça da Estação, onde se encontra a placa com a imagem do CADETE RUYTEMBERG ROCHA, ainda coberta por um pano, muita gente buriense se faz presente, inclusive duas escolas com uniformes alusivos aos 90 anos da Revolução. Vou cumprimentar o maestro da banda musical, de SOROCABA, que abrilhantará o evento. Também cumprimento os cadetes, em uniforme característico de 32, que irão dar a salva de tiros por ocasião da placa do RUYTEMBERG ROCHA. É constituída a Mesa de Trabalhos e, com o toque do HINO NACIONAL, começa o histórico evento de BURI.      
PREFEITURA MUNICIPAL DE BURI
Evento: Solenidade alusiva à inauguração da placa e do monumento aos heróis de Buri da Revolução Constitucionalista de 1932 – Cadete Ruytemberg Rocha.
Local: Monumento da Revolução Constitucionalista existente na Estação Ferroviária
Data: Dia 16 de Junho de 2012
Horário: 14h00
Mestre de Cerimônia: Markus Runk
Roteiro
Autoridades presentes, Senhoras e Senhores boa tarde!
É com muita alegria que nesta tarde acompanharemos a inauguração do monumento e da placa alusiva aos Heróis da Revolução Constitucionalista de 1932, em especial o então CADETE RUYTEMBERG ROCHA.
Há 80 anos aconteceu o último grande conflito armado no Brasil fundamental para a história do Estado de São Paulo e um dos mais significativos para a nossa Nação, onde um povo e não uma elite como alguns acreditam, lutou pela defesa do Estado Democrático de Direito, exigindo do seu governante a elaboração da Constituição Federal.
Este marco histórico ficou conhecido como a Revolução Constitucionalista de 1932 e teve quatro mártires, quatro pessoas do povo: Martins, Miragaia, Dráusio e Camargo, cujas iniciais formam a sigla MMDC e complementam a denominação da Sociedade Veteranos de 32.
Quatro jovens que com o sacrifício da própria vida no dia 23 de maio de 1932 tombaram em defesa do ideal democrático.
Em se tratando da cidade de Buri, dentro do histórico da Revolução Constitucionalista de 32, foi um município ímpar do Setor Sul.
Travou terríveis jornadas entre os meses de julho a agosto de 1932, em uma das quais batalhões voluntários como o 14 de Julho, Marcílio Franco e Floriano Peixoto chegaram a lutar quase que por dezessete horas contínuas. E nesta batalha foi onde faleceu em combate em 26 de Agosto de 1932, aos 24 anos, o então bravo Aluno Oficial da Polícia Militar RUYTEMBERG ROCHA.
Comissionado 2º Tenente PM do Batalhão Marcílio Franco da frente de batalha e, também na atualidade Patrono do Diretório Acadêmico “D.A. Quinze de Dezembro” da Academia de Polícia Militar do Barro Branco, a Escola de Formação de Oficiais da Polícia Militar do Estado de São Paulo.
Chamamos as seguintes autoridades para a composição da mesa dos trabalhos
Para presidir a mesa chamamos o prefeito municipal de Buri, sr. Claudio Romualdo Ú Fonseca
Presidente da Sociedade Veteranos de 32 MMDC, Cel. Mário Fonseca ventura
Vice prefeito do município de Buri, Sr. Silvio Piezoni
Presidente da câmara municipal de Buri, Sr. Vanderlei de Freitas
Desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo, Dr. Uilliam Roberto de Campos
Desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo, Dr. Rui Alberto Leme Cavalheiro
Desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo, Dr. José Manoel Ribeiro de Paula
Deputado Federal, Missionário José Olímpio
Deputado Estadual e Secretário Estadual de Saneamento e Recursos Hídricos, Sr. Edson Giriboni
Deputado Estadual, Sr. Dilmo dos Santos
Prefeito Municipal de Capão Bonito, Sr. Julio Fernando
Comandante do 54. BPM do Interior, Major Monteiro
Composta a mesa convidamos a todos os presentes, para que juntos e em posição de respeito, entoemos o Hino Nacional Brasileiro, letra de Joaquim Osório Duque Estrada e música de Francisco Manoel da Silva, que neste ato será executada pela Banda Regimental de Música do Comando de Policiamento do Interior 7, regida pelo maestro sub tenente Cubas
[HINO NACIONAL]
Convidamos a todos os presentes, para ouvirmos o Hino do Município de Buri, letra e música de Luis Carlos de Freitas e arranjo musical do Maestro Antonio Cação.
[HINO MUNICIPAL DE BURI]
Ouviremos a canção Legião de Idealista, que é o Hino da Policia Militar de SP executada pela Banda Regimental de Música do Comando de Policiamento do Interior 7, regida pelo maestro sub tenente Cubas
[CANÇÃO]
Neste momento teremos a apresentação da fanfarra e também do grupo de dança da ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA FRANCELINA FRANCO.
[APRESENTAÇÃO FANFARRA]
A seguir uma outra apresentação da Escola Estadual Professora Francelina Franco a qual cantará o canto da canção do Soldado Constitucionalista
[APRESENTAÇÃO CANÇÃO]
Solicitamos aos presentes que fiquem em posição de respeito para a entrada do Pavilhão Nacional conduzido pelo aluno oficial Marcondes, do terceiro ano da Academia de Policia Militar do Barro Branco, que ocupará posição de destaque.
[ENTRADA DO PAVILHÃO NACIONAL]
A Medalha Constitucionalista é uma comenda, oficializada pelo Decreto Nº 29.896, de 10 de maio de 1.989, do Governo do Estado de São Paulo.
A Medalha Constitucionalista, foi criada com o fim de galardoar pessoas físicas ou jurídicas, nacionais ou estrangeiras, que por seus méritos e serviços relevantes prestados à São Paulo e ao culto da Revolução Constitucionalista de 1932, se tenham tornado pessoas dignas de distinção.
É uma comenda emérita significativa, pois, representa todo o processo de civismo e patriotismo, do sacrifício que muitos tiveram, inclusive pagando com o sangue de suas próprias vidas, para que consolidássemos o nosso Estado Democrático de Direito em nosso país, através da conquista da nossa CONSTITUIÇÃO que valida as garantias e direitos individuais à todo o povo brasileiro.
A Medalha Constitucionalista, é portanto uma Comenda Emérita definitiva, pois perpetuará a gratidão e o reconhecimento, para todo o sempre, dos que cumpriram esta jornada cívica para com aqueles que, hoje e no futuro, continuarem abraçando os mesmos ideais de democracia, liberdade e amor à legalidade pelos quais se bateram os heróis e Veteranos de 32.
Faremos a condecoração em dois momentos, primeiro convidamos para se colocar em local de destaque as seguintes autoridades que receberão a medalha CONSTITUCIONALISTA.
Desembargador PEDRO LUIZ AGUIRRE MENIN
Deputado Federal JUNJI ABE
Deputado Estadual JOSÉ OLÍMPIO
Deputado Estadual JORGE CARUSO
Deputado Estadual ROGÉRIO NOGUEIRA
MAJOR PM OSIRIS SÉRGIO CORRADI FORTE JÚNIOR
CAPITÃO PM JAIR FRANCISCO GOMES JÚNIOR
1º SARGENTO PM UZIEL SAMIR BARBOSA
Dr JOSÉ ROQUE DIAS
Doutora PATRÍCIA OLIVEIRA WEY ROSSETTINI
Senhor DILMO DOS SANTOS
Dr FREDERICO D´AVILA
Dr DILMO DOS SANTOS
Dr JOSÉ MANOEL RIBEIRO DE PAULA
Dr WILLIAN ROBERTO DE CAMPOS
Dr CARLOS AUGUSTO AYRES DE FREITAS BRITTO
Sra JENIFFER DE OLIVEIRA DRAWANZ
Sr. SÉRGIO ALEX RIGHI
Dr JÚLIO FERNANDO GALVÃO DIAS
Sr. JOSÉ DE CASTRO MEIRA.
Convidamos o Presidente da Sociedade Veteranos de 32 – MMDC, Cel. Mario Fonseca Ventura para realizar as outorgas nos recipiendários, enquanto ouviremos as músicas Paris Belfort e MMDC executada pela Banda Regimental de Música do Comando de Policiamento do Interior 7, regida pelo maestro sub tenente Cubas
Teremos agora o apresentar armas comandado pelo cel. Ventura
Chamamos agora as seguintes personalidades para se colocarem em posição de destaque para receberem a Medalha Constitucionalista
[PERSONALIDADES AGRACIADAS]
Convidamos o Presidente da Sociedade Veteranos de 32 – MMDC, Cel. Mario Fonseca Ventura e os Laureados anteriormente para realizarem as outorgas nos recipiendários
O Comandante do 54. BPM do Interior comandará o apresentar armas
Solicitamos aos presentes que fiquem em posição de respeito para a saída do Pavilhão Nacional conduzido pelo aluno oficial Marcondes, do terceiro ano da academia de policia militar do barro branco.
[SAÍDA DO PAVILHÃO NACIONAL]
Convidamos o Excelentíssimo desembargador Dr. Uilliam Roberto de Campos para fazer o uso da palavra.
Neste instante, ouviremos as palavras do Presidente da Sociedade Veteranos 32 – MMDC, Cel. PM Mario Fonseca Ventura.
Ouviremos agora as palavras do Prefeito de Buri o Sr. Ú Fonseca.
A escola estadual Francelina Franco fará agora uma homenagem em agradecimento ao prefeito de Buri, sr. Ú Fonseca
[AGRADECIMENTO]
Neste instante convidamos o Prefeito de Buri, Sr. Ú Fonseca acompanhado pelo Presidente da Sociedade Veteranos de 32 – MMDC, Cel. PM Mario Fonseca Ventura e o Sr. Desembargador Dr. Uilliam Roberto de Campos, o Comandante do 54. BPM do interior, Major Marcelo Antonio Monteiro, Presidente do Núcleo de Correspondência Baionetas de Buri, Dr. Jose Roque Dias e o Presidente do Núcleo de Correspondência Paulistas de Itapetininga as Armas, Professor Jefferson  Biajone, para juntos realizarem o descerramento da placa aos Heróis da Revolução Constitucionalista de 1932, em especial o então CADETE RUYTEMBERG ROCHA e inauguração oficial do monumento.
[DESCERRAMENTO]
Pedimos para que as autoridades retornem ao palanque
Ouviremos agora as palavras do aluno oficial Garcia, do quarto ano da Academia de Policia Militar do Barro Branco, representando o Núcleo Cadete Ruytemberg Rocha
[LEITURA TEXTO]
Teremos agora uma salva de tiros realizada pelos cadetes da Academia de Polícia Militar do Barro Branco, sob comando do 1. Tenente PM Brasil em honra aos paulistas tombados no campo de batalha em Buri nas jornadas de julho e agosto. Pedimos especial atenção as crianças, pois elas podem se assustar com o barulho.
[SALVA DE TIROS]
Convidamos o prefeito de Buri, sr. Ú Fonseca para entregar a chave da cidade para o presidente da Sociedade Veteranos de 32 - MMDC, cel. Mario Fonseca Ventura
[ENTREGA DA CHAVE]
Para finalizar com chave de ouro ouvirmos agora a cantora e compositora daqui de Buri, Sra. Leila, que encerrará este evento com uma música de sua autoria
[MÚSICA]
Desfaz-se neste momento a mesa de trabalho e assim finalizamos a solenidade alusiva à inauguração da placa e do monumento aos heróis de Buri da Revolução Contitucionalista de 1932 – Cadete Ruytemberg Rocha.
Acompanhem nossas notícias, nossa programação por meio do jornal eletrônico 32 em Movimento pelo site www.sociedademmdc.com.br e pelo núcleo de correspondência baionetas de Buri mmdcburi.blogspot.com.br.
Vamos manter viva a história, os heróis e os ideais lutados.
Eu, Markus Runk, Diretor do Cerimonial da Sociedade Veteranos de 32 – MMDC, em nome da Sociedade e da Prefeitura de Buri agradeço o prestígio e a presença de todos, tenham um ótimo final de semana, fiquem com Deus e pelo amor ao Brasil! Viva São Paulo!
ENCERRAMENTO DA SOLENIDADE.
80 anos da Revolução Constitucionalista de 32 é comemorado e entra para a história de nossa cidade
Dia 16 de Junho de 2012, mais um dia que entrou na história de nossa cidade. Foi comemorado os 80 anos da Revolução Constitucionalista de 1932 realizado pela Prefeitura Municipal e que reuniu grandes autoridades da sociedade civil e militar.

O evento contou com apresentações de fanfarra e hinos interpretados por alunos da escola estadual Profª Francelina Franco e também a apresentação marcante da Banda Regimental de Música da Polícia Militar.
 
Durante o evento foi realizado a cerimônia de descerramento da placa “Aos Heróis de Buri que lutaram por São Paulo”, no monumento da Revolução Constitucionalista na Estação Ferroviária, palco de duros combates há 80 anos e que neste sábado presenciou a realização de três salvas de tiros por cadetes da Academia de Polícia Militar do Barro Branco, especialmente destacados para homenagear os heróis paulistas tombados em combate e, em particular, o cadete Ruytemberg Rocha, um dos ícones da polícia militar de nosso estado que perdeu a vida em prol da causa constitucionalista em Buri.
 

Foi concedida a entrega da medalha Constitucionalista para as autoridades presentes e o Coronel Mario Fonseca Ventura presidente da sociedade veteranos de 32 recebeu das mãos do senhor prefeito a chave de nossa cidade.  

O Deputado Federal José Olimpio, Deputado Estadual Dilmo dos Santos e o Secretário de Saneamento e Recursos Hídricos do estado de São Paulo Edson Giriboni, também estiveram presentes na solenidade.
 
O Desembargador Dr. William Campos emocionou a todos em seu discurso e não economizou elogios ao Prefeito Municipal. Foi uma honra muito grande ter comparecido a um evento que trouxe para nós o inesperado. A volta ao passado que na verdade sempre esteve presente dentro dos nossos corações. Hoje recordamos de uma data que para o paulista representa sem duvida nenhuma a sua gloria, o seu orgulho e a sua capacidade de lutar pela liberdade, pela legalidade e por todos os sentimentos de amor pela cidade e a pátria.  Encontramos aqui tudo o que nos de certa forma havíamos guardado dentro de nós, esse civismo, essa saudade do ato heroico, essa tristeza da perda de algumas vidas. A Revolução de 32 devidamente eu não era nascido, mas fui criado ouvindo historia dessa revolução e durante todo tempo não me esquecia da historia da Revolução de 32 e principalmente dessa região a onde ocorreu, onde se estabeleceu o marco de lealdade, de combatividade e de coragem. Meu pai na época chegou a falsificar a certidão de nascimento dele para poder se alistar e combater a ilegalidade e eu fui criado sempre com essas historias e brincando com aqueles dois capacetes de aço que ele guardava como grande tesouro, verdes opacos que eram do combatentes da Revolução de 32. O que vejo aqui é que essa volta ao passado na verdade restabelece o presente. O prefeito Ú mostrou como se convive administrando uma cidade, hoje ele torna Buri em uma grande família em torno de um grande ideal, em torno do civismo onde esses jovens que aqui estão que jamais imaginariam o que poderia ter acontecido em 1932, o que se defendia em 32 estão aqui conhecendo a história. Durante minha vida eu nunca estive longe dos acontecimentos de 32, aí curso a faculdade de direito e a primeira frase que vejo é “deixa-se a folha dobrada enquanto se vai morrer”, lá estava na faculdade o culto do MMDC. Torno-me Juiz, vou ao tribunal que é a memória viva da Revolução Constitucionalista de 32, O prédio de um de nossos gabinetes chama 9 de Julho, o outro prédio da Av. Ipiranga chama-se MMDC, então é impossível viver sem essa história e até mesmo convive entre nós no tribunal o poeta Paulo Bonfim que foi o grande cantador e divulgador dessa espírito paulista, dessa coragem e principalmente dessa hombridade e essa amostra que o paulista não convive com a ilegalidade. Por isso, Ú o senhor não imagina a honra que tenho em recebe essa medalha que no fundo eu divido com meu pai, é uma medalha que realmente vou guardar como um marco na minha vida e agradeço essa gloriosa Policia Militar que nos fez recordar da importância dessa disciplina, dessa lealdade ao país e dessa segurança que vocês nos transmitem. Agradeço muito ao prefeito Ú e não deixo de cumprimentá-lo pelo exemplo que Vossa Excelência transmite para o resto não só do estado de São Paulo, mas sim o resto do Brasil. Este é o caminho certo, este é o caminho da educação, do civismo e o caminho do amor. Senhor prefeito, o senhor esta de parabéns.
 

BN – Prefeito, qual a satisfação do senhor em proporcionar uma festa tão bonita?
Ú Fonseca – Isso foi muito importante, nosso país é voltado mais para futebol, para chuteira e nós queremos voltar as atividade nas escola hoje, voltar até a marchar, a disciplina, civismo, pátria, fazer com que eles gostem do nosso estado de São Paulo que vale muito e as pessoas esquecem e nós sentimos que as crianças nas escolas gostam disso, da disciplina e gostam de gostar do que é deles;
BN – Mais um evento valorizando a juventude buriense.
Ú Fonseca – A juventude é que nos dá essa vontade de fazer um evento, sem a juventude no meu ponto de vista não dá para fazer nada. Sou voltado muito a classe estudantil, parece que estou na faculdade ainda;
BN – Esse é um evento que coloca Buri mais uma vez dentro do cenário nacional?
Ú Fonseca – Creio que sim, muitos falavam de 32, do palco das batalhas, mas não existia uma expressão de história para as crianças, hoje saímos daqui informados e se Deus quiser vamos colocar na grade estudantil a disciplina que fale sobre a história da Revolução de 32;
 

BN – Mais um evento que vem engrandecer a memória e a cultura da Revolução de 32 em nosso município.
José Roque – Com certeza. Eu fico muito contente, pois estiveram autoridades aqui comprometidas com o direito, com a ordem constitucional brasileira. Tivemos a presença de autoridades de elevado nível jurídico e político, a ordem jurídica que esteve aqui hoje em Buri sem duvida nesse sábado aqui foi a capital da justiça paulista. Os três desembargadores que estivem aqui são de auto renome e inclusive o Dr. Willian de Campos que aqui discursou teve seu pai como soldado constitucional. Quero terminar falando como advogado, o poema que Dr. Willian falou é um poema muito lindo que é do MMDC que eu faço parte desse que me formei como advogado da sociedade secreta do MMDC que é “antes da morte chegar, nós dobraríamos o papel sobre a mesa”.
BN – De uma maneira cultural e cívica, mais uma vez os jovens mostrarão o seu valor.
José Roque – Sem dúvida nenhuma. Aqui todos os homenageados não tiveram o galardão que foi homenageada a juventude buriense. Eu quero acreditar que a juventude buriense a partir de hoje é uma nova juventude como sempre foi, mas hoje foram valorizando os ideais cívicos e quero dar os parabéns para todos os professores de Buri, em especial para a diretoria e professores da escola Francelina Franco que estiveram abrilhantando aqui e hoje os coronéis  e Polícia Militar do Barro Branco, coronéis do MMDC, ficaram admirados e relembraram a juventude e dormirão pensando, como eu queria ser igual a essa juventude.
BN – Professor, como foi a idealização da placa que ilustra o monumento que hoje foi inaugurado?
Prof. Jefferson Biajone - A criação da placa foi resultado de uma pesquisa o Núcleo de Correspondência Paulistas de Itapetininga! As Armas!!, em parceria com o Núcleo de Correspondência Baionetas de Buri, ambos da Sociedade dos Veteranos de 32/MMDC, estão realizando sobre a atuação do Exército Constitucionalista do Setor Sul que em Buri atuou a fim de evitar o avanço das forças legalistas nos meses de julho e agosto de 1932. Na placa que foi descerrada neste inesquecível dia 16 de junho, consta não só o nome do cadete Ruytemberg Rocha, mas também das unidades militares paulistas desse exército, entre elas os batalhões "14 de Julho", "Marcilio Franco" e "Floriano Peixoto". Esses batalhões, formados por paulistas voluntários de nossa região, ao lado dos militares da então Força Pública, lutaram palmo a palmo contra um adversário muito mais numeroso em homens, armamento e munição. Ainda assim, nossos paulistas defensores de Buri chegaram a resistir por 17 horas ininterruptas e foi aqui também que o intrépido Trem Blindado, arma da genialidade bélica paulista, fez a sua terrível aparição, causando enormes baixas entre os soldados gaúchos. A cidade de Buri, com a inauguração deste belíssimo monumento, resgata uma dívida de 80 anos que sua historiografia merecia ter resgatada e que projetada está agora para as gerações futuras deste impávido município.
Nos termos do artigo 2º, parágrafos 1º e 3º e artigo 4º da Lei Complementar 1.150/11: Ao posto de Cel PM, o(s) Ten Cel PM 790486-0 Antonio de Mello Belucci - 31º BPM/M - São Paulo/SP, (Port. DP-643/122/12);Ao posto de Maj PM, o(s) Cap PM 900165-4 Humberto Alencar Ventura - 19º BPM/I - Americana/SP, (Port. DP-645/122/12).
Transferindo para a reserva a pedido: Nos termos do artigo 17, inciso I do Decreto Lei 260/70, artigo 138 parágrafo 2º combinado com o artigo 129 da Constituição Estadual de 1989, artigos 1º e 3º da Lei Complementar 432/85, Decreto 51.782/07 e vencimentos referentes às Leis Complementares 731/93, 1.021/07 e 1.114/10, com os proventos integrais, contando com mais de 30 anos de serviço, Padrão PM-11, o(s) 2º Ten QEOPM 842986-3 Sérgio Martins Lemos - 38º BPM/I - São Carlos/SP, (TLTS e FRCTS DP-1.568/12 - Pr. 1.016.657/12), 843208-2 Claudemir Lima da Silva - 46º BPM/M - 2ª Cia PM - São Paulo/SP, (TLTS e FRCTS DP-1.569/12 - Pr. 1.055.020/12), 850415-6 Décio Antunes - 6º GB - 3º SGB - Peruíbe/SP, (TLTS e FRCTS DP-1.570/12 - Pr. 1.030.069/12) e 863532-3 Wanderlei Maldonado Perez - 8º GB - 1º SGB - Santo André/SP, (TLTS e FRCTS DP-1.571/12 - Pr. 1.047.918/12).
Nos termos do artigo 17, inciso I do Decreto Lei 260/70, artigo 138 parágrafo 2º combinado com o artigo 129 da Constituição Estadual de 1989, artigo 133 da Constituição Estadual de 1989, Decreto 35.200/92, Instrução Conjunta CRHE/CAF-I/92 e Parecer CJ-26/93, artigos 1º e 3º da Lei Complementar 432/85, Decreto 51.782/07 e vencimentos referentes às Leis Complementares 731/93, 1.021/07 e 1.114/10, com os proventos integrais, contando com mais de 30 anos de serviço e 02 anos no posto de Ten Cel PM, e o § 2º do artigo 213 da Lei 10.261/68, alterado pela Lei Complementar 1.048/08, Padrão PM-16, o(s) Cel PM 790486-0 Antonio de Mello Belucci - 31º BPM/M - Guarulhos/SP, (TLTS e FRCTS P-1.581/12 - Pr. 1.087.988/12). BELUCCI nasceu em 9 de junho de 1959. Entrou para a PMESP em 29 de janeiro de 1979. Foi declarado ASPIRANTE A OFICIAL em 15 de dezembro de 1981. PROMOÇÕES: 2º TENENTE – 25 de agosto de 1982; 1º TENENTE – 25 de agosto de 1986; CAPITÃO – 24 de maio de 1992. Não tenho a data de sua promoção a major. Foi promovido a TENENTE-CORONEL em 24 de maio de 2007.
Nos termos do artigo 17, inciso I do Decreto Lei 260/70, artigo 138 parágrafo 2º combinado com o artigo 129 da Constituição Estadual de 1989, artigo 133 da Constituição Estadual de 1989, Decreto 35.200/92, Instrução Conjunta CRHE/CAF-I/92 e Parecer CJ-26/93, artigos 1º e 3º da Lei Complementar 432/85, Decreto 51.782/07 e vencimentos referentes às Leis Complementares 731/93, 1.021/07 e 1.114/10, com os proventos integrais, contando com mais de 30 anos de serviço e 02 anos no posto de Cap PM, Padrão PM-14, o(s) Maj PM 900165-4 Humberto Alencar Ventura - 19º BPM/I - Americana/SP, (TLTS e FRCTS DP-1.582/12 - Pr. 1.083.759/12).
DIÁRIO OFICIAL DE 16 DE JUNHO DE 2012 PUBLICA AS CLASSIFICAÇÕES DOS OFICIAIS SUPERIORES, BEM COMO TRANSFERÊNCIAS.
Resolução, de 15-06-2012  Classificando, em face de promoção: o Ten Cel PM 91704-4 Alfredo Donizeti Rodrigues de Souza, no RPMon; a Ten Cel PM 790323-5 Eliane Borges da Cruz, no CPA/M-7; o Ten Cel PM 791593-4 Airton Iósimo Martinez, na C Mil; o Ten Cel PM 793369-0 Waldir Pires, no 18º BPM/M; o Ten Cel PM 801119-2 Wagner Serafim de Queiroz, no 48º BPM/M; o Ten Cel PM 801417-5 Enilson de Andrade Melo, no CPChq; o Ten Cel PM 810326-7 Armando da Silva Moreira, no CPA/M-10; o Ten Cel PM 810347-0 João Carlos Pelissari, no 26º BPM/M; o Ten Cel PM 810356-9 Luiz Geraldo Câmara Carlos, no CPA/M-2; o Ten Cel PM  810371-2 Roberto Alboredo Sobrinho, no 8º GB; o Ten Cel PM 810372-A Roberto Rodrigues de Azevedo, no 22º BPM/M; o Ten Cel PM 810541-3 Celso de Campos Marini, no CPA/M-11; o Ten Cel PM 822223-1 Aloysio Alberto de Queiroz Júnior, no 11º BPM/I; o Ten Cel PM 822225-8 Carlos Augusto Nepomuceno, no 13º BPM/I; o Ten Cel PM 822228-2 Daniel Augusto Ramos Ignácio, no PMRG; o Ten Cel PM 822229-A Daniel César Simões Teixeira, no CRPM; o Ten Cel PM 822252-5 Marco Antônio Melli Bellagamba, no 30º BPM/M, cessando, a contar de 4/6/12, sua adição ao CAES; o Ten Cel PM 822280-A Antônio Bueno de Oliveira Neto, no CPC; o Ten Cel PM 830513-7 Augusto Bispo da Silva, no 41º BPM/M, cessando, a contar de 4/6/12, sua adição ao CAES; o Ten Cel PM 830538-2 Kleber Danúbio Alencar Júnior, no 33º BPM/M; o Ten Cel PM 830553-6 Reinaldo Zychan de Moraes, no 24º BPM/M; o Ten Cel PM 830555-2 Ricardo Ferreira de Jesus, no 36º BPM/M, cessando, a contar de 4/6/12, sua adição ao CAES; o Ten Cel PM 830562-5 Walmir Corrêa Leite, no 31º BPM/M, cessando, a contar de 4/6/12, sua adição ao CAES; o Ten Cel PM 830579-0 Eduardo Nocetti Holms, no GBMar; o Ten Cel PM 830596-0 José Luiz Frank, no 5º BPRv; o Ten Cel PM 830597-8 José Roberto Garçon, no CSM/MOpB, cessando, a contar de 4/6/12, sua adição ao CAES; o Ten Cel PM 830610-9 Paulo César Gomes, no 3º BPM/I; o Ten Cel PM 830612-5 Renato Armando Alves, no 51º BPM/I; o Ten Cel PM 830615-0 Robson Bianchi, no 29º BPM/I; o Ten Cel PM 830617-6 Sílvio Lúcio Franco Nassaro, no 17º BPM/M, cessando, a contar de 4/6/12, sua adição ao CAES; o Ten Cel PM 830620-6 Vicente de Paula Vieira Silva, no CPI-7; o Ten Cel PM 830622-2 Wagner Silvério de Souza, no 6º GB; o Ten Cel PM 830913-2 Nilton Miranda, no 2º GB; o Ten Cel PM 840855-6 Alfredo Vital Oliveira, no CPA/M-6, a contar de 11/6/12, e transferindo-o, por conveniência do serviço, na presente data, para o 21º BPM/M; o Ten Cel PM 840865-3 Antônio Carlos Biazotto Filho, no 3º BPAmb, cessando, a contar de 4/6/12, sua adição ao CAES; o Ten Cel PM 840869-6 Celso Aparecido Monari, no 32º BPM/M; o Ten Cel PM 840879-3 Evandro Teixeira Alves, no 18º GB, cessando, a contar de 4/6/12, sua adição ao CAES; o Ten Cel PM 840891-2 Levi Anastácio Félix, no 6º BPM/I; o Ten Cel PM 840899-8 Marcelo da Silva Pignatari, no 11º BPM/M, cessando, a contar de 4/6/12, sua adição ao CAES; o Ten Cel PM 840907-2 Nelson Celegatto, no 28º BPM/M; o Ten Cel PM 840931-5 Takao Ikeda, no 46º BPM/I, cessando, a contar de 4/6/12, sua adição ao CAES; o Ten Cel PM 840932-3 Wagner Bertolini Júnior, no 17º GB, cessando, a contar de 4/6/12, sua adição ao CAES; o Ten Cel PM 840938-2 Wilson Antônio Botero, no 4º BPAmb; o Ten Cel PM 841400-9 Walter Romano, no 27º BPM/M; o Ten Cel PM 851948-0 Allan Martins, no CPAmb; o Ten Cel PM 851953-6 Átila Gregório Ribeiro Pereira, no CCB; o Ten Cel PM 851970-6 Kenji Konishi, no 51º BPM/M; o Ten Cel PM 851978-1 Marcelo Nagy, no 49º BPM/M; o Ten Cel PM 851980-3 Marcos César Gristcher Leite, no 32º BPM/I; o Ten Cel PM 851994-3 Wagner Tardelli, no 12º BPM/I, cessando, a contar de 4/6/12, sua adição ao CAES; o Maj PM 830964-7 David Rocha Martinez, no CPM; o Maj PM 831069-6 Wilson Ferreira de Castro, no 36º BPM/M; o Maj PM 852003-8 Alexandre de Carvalho, no 47º BPM/I; o Maj PM 852006-2 André Luiz Ferreira, no 39º BPM/M; o Maj PM 852008-9 Antônio Umildevar Dutra Júnior, na Correg PM, cessando sua adição; o Maj PM 852011-9 Augusto dos Santos Galvão Júnior, no 15º GB; o Maj PM 852049-6 Fernando César Manetta, no 48º BPM/M; o Maj PM 852055-A Homero de Giorge Cerqueira, na C Mil; o Maj PM 852074-7 Luiz Gonzaga de Oliveira Júnior, no 2º BPChq; o Maj PM 852077-1 Luiz Roberto Miranda Júnior, no 38º BPM/M; o Maj PM 852081-0 Marcelo Barbosa de Oliveira, no 47º BPM/M; o Maj PM 852083-6 Marcelo Higino Alves Silveira, no 25º BPM/M; o Maj PM 852088-7 Marcelo Trevisam, no 15º BPM/I; o Maj PM 852099-2 Nelson Caetano Pereira, no 23º BPM/M; o Maj PM 852112-3 Ricardo Spina, no 3º BPM/M; o Maj PM 852265-A Marcelo Hamano, na ESB; o Maj PM 862452-6 Nilsen Derwood Mills Júnior, no 13º BPM/I; o Maj PM 862744-4 Alexandre Atala Bondezan, na BRPAe Piracicaba, passando à condição de adido, por conveniência do serviço, como se efetivo fosse, ao GRPAe; o Maj PM 862752-5 Antônio Aparecido Delafina, no CPA/M-11; o Maj PM 862759-2 Carlos Eduardo de Oliveira, no RPMon; o Maj PM 862761-4 Celso Antônio Catalano Feliciano de Oliveira, no CIAF; o Maj PM 862769-0 Edison Ramos de Quadros, na ESB; o Maj PM 862773-8 Eduardo de Oliveira Fernandes, no 46º BPM/M; o Maj PM 862779-7 Fábio Luis Pelegrini, na DP; o Maj PM 862780-A Fernando César Lorencini, na C Mil; o Maj PM 862782-7 Gerson Augusto Zanetti, no 37º BPM/M; o Maj PM 862784-3 Hélio Tenório dos Santos, no 50º BPM/M; o Maj PM 862786-0 Ironcide Gomes Filho, na Correg PM; o Maj PM 862791-6 José Marcelo Macedo Costa, no 1º BPRv; o Maj PM 862793-2 Luís Carlos Hiromi Nagao, no CIAF; o Maj PM 862796-7 Luiz Renato Fiori, no 38º BPM/M; o Maj PM 862797-5 Marcel Eurípes Scarpato Casassa, no CBM; o Maj PM 862799-1 Marcelo César Carnevale, no 2º GB; o Maj PM 862800-9 Marcelo Miranda de Santana, no 27º BPM/M; o Maj PM 862801-7 Márcio Navarro de Camargo, na APMBB; o Maj PM 862805-0 Núncio Aparecido Chiampi, no 2º BPRv; o Maj PM 862806-8 Oriel de Souza, no 48º BPM/I; o Maj PM 862808-4 Paulo Luiz Scachetti Júnior, no CPI-1; o Maj PM 862810-6 Ricardo José Borrelli, no Gab Cmt G, passando à condição de adido, por conveniência do serviço, como se efetivo fosse, ao EM/E-Coord Op PM; o Maj PM 862816-5 Rogério Longhi da Silva, no 33º BPM/I; o Maj PM 862819-0 Ronaldo Gonçalves Faro, no 6º BPM/M; o Maj PM 862825-4 Vanderlei Ramos, no 31º BPM/M; o Maj PM 862826-2 Vicente de Paulo do Rosário Júnior, na Correg PM; o Maj PM 862830-A Washington Luís Rodrigues, na Correg PM; o Maj PM 864057-2 Luiz Alberto Rodrigues da Silva, no 11º GB; o Maj PM 871831-8 Ulisses Antônio de Cunha Pereira, no 41º BPM/I; o Maj PM 871857-1 Fábio Augusto Ximenes André de Aragão, no 53º BPM/I; o Maj PM 871864-4 Roberto Fabri Renesto, no 24º BPM/M; o Maj PM 883533-A Márcio Streifinger, no 3º BPChq; o Maj PM 883534-9 Osmar Amaro dos Santos Júnior, no 6º GB; o Maj PM 884183-7 Eurico Alves Costa Júnior, no 2º BPM/I; o Maj PM 884187-0 Márcio Rogério Simplício, no 3º BPRv; o Maj PM 884189-6 Pedro Augusto Martins Ribeiro, no 33º BPM/I; o Maj PM 884191-8 Dalton Augusto Infanti, no 5º BPRv, a contar de 4/6/12; o Maj PM 884192-6 Valdir Pavão, no 1º GB; o Maj PM 884195-A José Roberto Salgado dos Santos, no 3º BPM/I; o Maj PM 884196-9 Enzo Bertão, no CPI-8; o Maj PM 884198-5 Valter Luís Sales Goncalves, na EEF; o Maj PM 884199-3 Marcos de Castro Simanovic, no CPAmb; o Maj PM 884200-A Carlos Alexandre de Mello, no 7º BPM/I; o Maj PM 884204-3 Humberto Shigueo Shirotori, no CSM/MOpB; o Maj PM 884206-0 Luís Gustavo Biagioni, no 2º BPAmb; o Maj PM 884207-8 Sidney Mendes de Souza, na 1ª EM/PM; o Maj Med PM 900047-0 Alvaro Távora Heitmann Ferreira Machado, no CPI-6; o Maj Med PM 900074-7 Renato Murilo Etchebehere, no C Med; o Maj Dent PM 860259-0 José Carlos Lago, no C dont. T
TRANSFERINDO, por conveniência do serviço: o Ten Cel PM 91930-6 Antônio Ferraz dos Santos, do 2º GB, para o CBM; o Ten Cel PM 780480-6 Roberto Oliveira Campos, do CPC, para a DP; o Ten Cel PM 780615-9 José Armando Alencar, do 10º BPM/M, para o CPA/M-6; o Ten Cel PM 781827-A Osni Rodrigues de Souza, do 18º BPM/M, para o CPA/M-1; o Ten Cel PM 790109-7 Gerson Lima de Miranda, do 47º BPM/M, para a C Com Soc; o Ten Cel PM 790481-9 José Corrêa Rigonatti, do CPA/M-11, para o EM/E – Assist Adm; o então Ten Cel PM 790521-1 João Ricieri Folguieri, do 33º BPM/M, para a DEC, a contar de 4/6/12; o Ten Cel PM 790558-A Renato Ryukiti Sanomiya, do 32º BPM/M, para o 35º BPM/M; o Ten Cel PM 801115-0 Ricardo Silz, do 26º BPM/I, para o 24º BPM/I; o Ten Cel PM 801146-0 João Batista de Camargo Júnior, do 43º BPM/I, para o CPI-3; o Ten Cel PM 801178-8 Salvador Loureiro Júnior, do 51º BPM/I, para o 43º BPM/I; o Ten Cel PM 801179-6 Sandro Afonso do Rego, do 3º BPAmb, para o 1º BPAmb; o Ten Cel PM 801185-A Vitor Mauricio Gusmão Lopes, do CPI-7, para o 50º BPM/I; o Ten Cel PM 810315-1 Luiz Ernesto Melchior Roland, do 24º BPM/M, para o CIAP; o Ten Cel PM 810321-6 Wagner Facchini de Bortolo, do 11º BPM/I, para o 34º BPM/I; o Ten Cel PM 810323-2 Airton Edno Ribeiro, do DSA/CG, para o CPI-1, mantendo sua condição de adido, por conveniência do serviço, como se efetivo fosse ao CAES; o Ten Cel PM 810345-3 Ieros Aradzenka, do 6º BPM/I, para o CIPM, mantendo sua condição de adido, por conveniência do serviço, como se efetivo fosse, ao Gab Cmt G; o Ten Cel PM 812458-2 Wilson de Oliveira Leite, do 17º GB, para o CCB; o Ten Cel PM 822254-1 Mauro Cézar dos Santos Ricciarelli, da Correg PM, para o 40º BPM/M; o Ten Cel PM 822257-6 Paulo Barthasar Júnior, do CPA/M-6, para o EM/E – Coord Op PM, a contar de 6/6/12, e, na presente data, para o 10º BPM/M; o Ten Cel PM 822292-4 Benjamin Francisco Neto, do 11º BPM/M, para a D Tel; o Ten Cel PM 822301-7 Claudinei Passoni, do 6º GB, para o 3º GB; o Ten Cel PM 822303-3 Demárcio Arantes Teles, do 48º BPM/M, para o 39º BPM/M; o Ten Cel PM 822321-1 Fernando Demétrio de Oliveira, do 22º BPM/M, para o CPI-10; o Ten Cel PM 822326-2 Geraldo Benedito de Morais, do 29º BPM/I, para o 14º BPM/I; o Ten Cel PM 822341-6 Jolan Eduardo Berquo Filho, do 18º GB, para o 1º GB; o Ten Cel PM 822347-5 José Francisco Braga, do 17º BPM/M, para a DEC; o Ten Cel PM 822359-9 Luis Ricardo Benato, do 27º BPM/M, para o CAS; o Ten Cel PM 822364-5 Marcelo França dos Santos, do 51º BPM/M, para a ESSgt; o Ten Cel PM 822369-6 Marcos Antonio Rangel Torres, do 21º BPM/M, para a DL; o Ten Cel PM 822373-4 Marcos Mungo, do CPD, para a ESSd; o Ten Cel PM 822374-2 Mario Luiz Gabellini, do CPI-3, para o 14º GB; o Ten Cel PM 822376-9 Maurici Acrani, do 13º BPM/M, para o 12º BPM/M; o Ten Cel PM 822384-0 Newton Massami Tamada, do CPA/M-9, para o 3º BPChq; o Ten Cel PM 822414-5 Sérgio Takao Murayama, do 14º BPM/I, para o 39º BPM/I; o Ten Cel PM 822421-8 Wagner Rodrigues, do CPA/M-1, para o 13º BPM/M; o Ten Cel PM 822569-9 Sílvio Tucci, da C Com Soc, para o DSA/CG; a Ten Cel PM 830076-3 Erika Bérgamo, do 25º BPM/I, para o Gab Cmt G, cessando sua adição; a Ten Cel PM 830110-7 Luzia Aparecida de Morais, do 28º BPM/M, para o CPA/M-9; a Ten Cel PM 830165-4 Rosa de Cassia Suzuki, da ESSd, para a APMBB, cessando, a contar de 4/6/12, sua adição ao CAES; o Ten Cel PM 830571-4 Carlos Eduardo Falconi, do CPI-10, para o GRPAe, cessando sua adição; o Ten Cel PM 830577-3 Edson Luiz Gaspar, do 12º BPM/I, para a Correg PM, cessando, a contar de 4/6/12, sua adição ao CAES, e passando à condição de adido, por conveniência do serviço, como se efetivo fosse, ao GRPAe; o Ten Cel PM 830584-6 Gilberto Tardochi da Silva, da APMPMSP, para a DPCDH, cessando sua adição; o Ten Cel PM 830599-4 Luís Alberto Syma, do 34º BPM/I, para o 26º BPM/I; o Ten Cel PM 830606-A Milton Augusto dos Santos, do 1º GB, para o CCB; o Ten Cel PM 830621-4 Wagner Roberto Ribeiro Soares, da APMPGJ, para o 47º BPM/M; o Maj PM 810329-1 Carlos Alberto dos Santos, do 41º BPM/M, para o 6º BPM/M; o Maj PM 810381-0 Wagner Dimas Alves Pereira, do 9º BPM/M, para o 18º BPM/M; o Maj PM 811415-3 Paulo Afonso Caetano, do 33º BPM/I, para o 13º BPM/M; o Maj PM 813317-4 Carlos Alberto Bussinger Carreira, do 27º BPM/M, para o 19º BPM/M; o Maj PM 822221-5 Alexandre José Bolognini e Silva, da APMAL, para a BRPAe Ribeirão Preto, a contar de 3/5/12, passando à condição de adido, como se efetivo fosse, à DP, e, na presente data, para o 1º BPM/I, mantendo sua condição de adido à DP; o Maj PM 822249-5 Luiz Cláudio dos Santos, do 46º BPM/M, para o 21º BPM/M; o Maj PM 830515-3 Carlos Eduardo Righi, da APMSSP, para o 48º BPM/M, cessando, a contar de 4/6/12, sua adição ao CAES; o Maj PM 830519-6 Celso Luiz Pinheiro, do RPMon, para a BPRAe Ribeirão Preto, passando à condição de adido, por conveniência do serviço, como se efetivo fosse, ao 3º BPChq; o Maj PM 830525-A Eduardo da Silva Almeida, do CAS, para a D Tel, passando à condição de adido, por conveniência do serviço, como se efetivo fosse, ao CAS; o Maj PM 830534-0 José Abranches Leite Lopes, do 38º BPM/M, para o 23º BPM/I; o Maj PM 830546-3 Marcos José de Campos Verde, do 36º BPM/M, para a ESSd; o Maj PM 830560-9 Temístocles Eleutério de Souza, do 50º BPM/M, para o 43º BPM/I; o Maj PM 830575-7 Djalma de Lima Santos, do 24º BPM/M, para o 10º BPM/M; o Maj PM 830613-3 Ricardo Miguel Giannoni, do CPI-9, para o CPI-8; o Maj PM 830619-2 Valter Padulla, do CSM/MM, para o CSM/AM; o Maj PM 830623-A Wilson Pratt Corrêa, do 10º BPM/M, para a Correg PM; o Maj PM 832390-9 Miguel Angelo Minozzi, do 2º BPRv, para a APMBB, a contar de 4/6/12; o Maj PM 840569-7 Lídio Guariglia Costa Júnior, do 6º BPM/M, para o 1º BPTran; o Maj PM 840862-9 Sérgio Ricardo Borges, do 50º BPM/I, para o 7º BPM/I; o Maj PM 840864-5 Afonso Luiz Sanches Rocha, do 6º BPM/M, para o 24º BPM/M; o Maj PM 840871-8 Décio José Aguiar Leão, do EM/E-Coord Op PM, para o 47º BPM/M, a contar de 11/5/12, e, na presente data, para o 9º BPM/M; o Maj PM 840872-6 Dover Eduardo Agassi de Oliveira, do CIAF, para a 4ª EM/PM; o Maj PM 840876-9 Ericson Jonas, do 31º BPM/M, para o 26º BPM/M; o Maj PM 840893-9 Luís Alberto Irikura, do 37º BPM/I, para o 10º BPM/I; o Maj PM 840898-0 Marcelo Jorge Franciscon, do 18º BPM/M, para o CPA/M-3; o Maj PM 840900-5 Marci Elber Maciel Rezende da Silva, do 47º BPM/I, para o CPI-2; o Maj PM 840909-9 Norlei José Divino, do 19º BPM/M, para o 28º BPM/M, a contar de 13/4/12; o Maj PM 840913-7 Paulo César da Silva, do 48º BPM/I, para o CPTran; o Maj PM 840930-7 Sugar Ray Robson Gomes, do CPI-8, para o CPI-4, cessando sua adição; o Maj PM 841390-8 Américo Massaki Higuti, da C Mil, para o 20º BPM/M, a contar de 13/6/12, cessando, a contar de 4/6/12, sua adição ao CAES; o Maj PM 841392-4 Cláudio Alexandre Cubas de Almeida, do 2º BPM/I, para o 18º BPM/I, permanecendo na condição de adido, por conveniência do serviço, como se efetivo fosse, à APMTCE; o Maj PM 843533-2 Carlos Henrique Martins Navarro, do CSM/AM, para o CSM/MM, cessando, a contar de 4/6/12, sua adição ao CAES; o Maj PM 851959-5 Edgar Milani dos Santos, do 24º BPM/M, para o 41º BPM/M; o Maj PM 851963-3 Fernando Antônio de Mello Bartasevícius, do 7º BPM/M, para o 11º BPM/M, cessando, a contar de 4/6/12, sua adição ao CAES; o então Maj PM 851980-3 Marcos César Gristcher Leite, do 9º BPM/I, para o 32º BPM/I, a contar de 22/5/12; o Maj PM 851988-9 Roberto Suganuma, do 7º BPM/I, para o CPI-7; o Maj PM 851996-0 Walter Fernandes de Oliveira Júnior, da APMBB, para o EM/E–Coord Op PM, a contar de 31/5/12; o Maj PM 852004-6 Alexandre Wellington de Souza, do 13º BPM/I, para o CSM/M Subs; o Maj PM 852009-7 Antônio Valdir Gonçalves Filho, do CBI, para o CCB, cessando, a contar de 4/6/12, sua adição ao CAES; o Maj PM 852010-A Arquimedes Eleutério de Souza, do 18º BPM/I, para o 24º BPM/I, cessando sua adição; o Maj PM 852021-6 Carmelino Antônio Zaccari, do 15º GB, para o CBI; o Maj PM 852034-8 Edenilson Accarini, do 11º BPM/M, para o 7º BPM/M; o Maj PM 852035-6 Ednaldo Soares Alexandre, da ESB, para a APMSSP, cessando sua adição; o Maj PM 852044-5 Everton Rubens Rodrigues da Cunha, do 2º BPChq, para o RPMon, cessando sua adição; o Maj PM 852062-3 João de Paula Ferreira Neto, da BRPAe Presid Prudente, para a 6ª EM/PM, cessando sua adição; o Maj PM 852065-8 José Eduardo Stanelis de Aquino, do 11º GB, para o 5º GB; o Maj PM 852066-6 José Luís Salomão, do 5º GB, para o CCB, cessando, a contar de 4/6/12, sua adição ao CAES; o Maj PM 852068-2 Joselito Sarmento de Oliveira Júnior, do CPTran, para a APMAL, cessando sua adição; o Maj PM 852070-4 Laércio Fernandes Junior, do 28º BPM/M, para o 19º BPM/M, a contar de 13/4/12, e, na presente data, para o 11º BPM/M; o Maj PM 852071-2 Leônidas Dias da Silva Baier, do Gab Cmt G, para o 8º BPM/M, a contar de 14/5/12, cessando sua adição; o Maj PM 852080-1 Marcelo Antônio Jerônimo de Melo, do 3º BPM/I, para o 43º BPM/I; o Maj PM 852086-A Marcelo Martins, da DEC, para o 9º BPM/I, a contar de 21/5/12; o Maj PM 852092-5 Marco Antônio de Jesus Garcia, da 1ª EM/PM, para o 39º BPM/M; o Maj PM 862719-3 Erico Hammerschmidt Júnior, da D Tel, para a DEC, a contar de 18/5/12; o Maj PM 862720-3 Fábio Alexandre Hingst Fabri, do 7º BPM/I, para o CPI-7; o Maj PM 862725-8 Henrique Motta Neves, do 25º BPM/M, para o 42º BPM/M, passando à condição de adido, por conveniência do serviço, ao CPA/M-8, a contar de 31/5/12; o Maj PM 862734-7 Marcelo Sanches, do CPI-4, para o 4º BPM/I, a contar de 16/4/12; o Maj PM 862735-5 Marcello Streifinger, do 3º BPChq, para o CPChq, cessando, a contar de 4/6/12, sua adição ao CAES; o Maj PM 862749-5 André Luiz de Oliveira, do 20º BPM/M, para o CPA/M-10; o Maj PM 871863-6 Rinaldo Rodrigues Rachide, da BRPAe Piracicaba, para a BRPAe Sorocaba; o Maj PM 871866-A Wagner Antônio Alves, da DFP, para o 14º BPM/I; o Maj PM 871869-5 Ziul Martins Rodrigues, do 43º BPM/I, para o CPI-3; a Maj PM 872543-8 Cláudia Barbosa Rigon Pereira, da DP, para o CAS, cessando sua adição; a Maj PM 875619-8 Adriana Cristina Sgrigneiro Nunes, do 10º BPM/I, para o CPI-9; a Maj PM 876710-6 Sílvia Martinez Brandão Ferreira de Moraes, da 6ª EM/PM, para o PMRG, cessando, a contar de 4/6/12, sua adição ao CAES; a Maj PM 877015-8 Dulcinéia Lopes de Oliveira, do 24º BPM/I, para o 37º BPM/I; a Maj PM 891187-8 Cláudia Virgília Raposo de Faria, do CPI-7, para o 50º BPM/I; a Maj PM 891222-0 Renata Dias de Souza, da ESSd, para a BPRAe Presidente Prudente, mantendo sua adição, por conveniência do serviço, como se efetiva fosse, ao CPI-2; a Maj PM 901207-9 Soraya Corrêa Alvarez, do CPM, para o CRPM; a Maj PM 910264-7 Carla Danielle Basson Niglia, do CPI-2, para o 11º BPM/I; a Maj PM 910269-8 Sílvia Perpétua Costa, da 5ª EM/PM, para a APMSSP, cessando sua adição.
Cessando a condição de adido, por conveniência do serviço, ao CAES, a contar de 4/6/12: o Ten Cel PM 830576-5 Donizete Martins dos Reis, do 42º BPM/I; o Maj PM 830514-5 Ben-Hur Araújo Junqueira Neto, da DL; o Maj PM 830563-3 Walter de Oliveira, do CPI-4; o Maj PM 840870-0 Claudir Roberto Teixeira de Miranda, da APMSSP; o Maj PM 840895-5 Luiz Cezar Freire, da 6ª EM/PM; o Maj PM 840906-4 Mauro Lopes dos Santos, do CCB; o Maj PM 840916-1 Paulo de Tarso Augusto Júnior, da DFP; o Maj PM 840921-8 Rogério Gago, do 12º GB; o Maj PM 840924-2 Sérgio Ricardo Morette, do CBM; o Maj PM 840933-1 Wagner Luís Cardoso Mora, do CCB; o Maj PM 841126-3 José Eduardo Bexiga, da DPCDH; o Maj PM 841391-6 Aderson Durynek, do CSM/M Int; o Maj PM 851968-4 José Roberto Rodrigues de Oliveira, da C Mil; o Maj PM 851973-A Luiz Carlos Pereira Martins, da 1ª EM/PM; o Maj PM 851979-0 Marco Aurélio dos Santos Pinho, do 3º BPAmb; o Maj PM 851986-2 Reinaldo Eliseu Giordano Gomes, do CIPM; o Maj PM 851989-7 Rogério de Oliveira Xavier, do 4º BPAmb; o Maj PM 851998-6 Wladimir Karasek Neto, do 21º BPM/M; o Maj PM 852000-3 Adilson Luís Franco Nassaro, do 32º BPM/I; o Maj PM 852023-2 Célio Egídio da Silva, da DEC; o Maj PM 852073-9 Luís Henrique Di Jacintho Santos, do 3º BPRv; o Maj PM 852121-2 Sérgio Felleto, do CIPM; o Maj PM 862711-8 Adílson Antônio da Silva, do CCB; o Maj PM 862722-3 Francisco de Souza Filho, do 25º BPM/M; o Maj PM 862724-0 Gilson Paulo Saltoratto, do 3º BPM/M; o Maj PM 862727-4 Jaime Gardenal Júnior, do CPI-10; o Maj PM 862732-A Luís Amaury Kruel Moutinho, do 3º BPAmb; o Maj PM 862733-9 Marcelino Fernandes da Silva, da Correg PM; o Maj PM 862736-3 Marcos Antônio Ramos, do 40º BPM/I; o Maj PM 862739-8 Tércius Zychan de Moraes, da 1ª EM/PM; a Maj PM 891181-9 Gisélia Bernardes Silvério, do 26º BPM/I; a Maj PM 901205-2 Mônica Puliti Dias Ferreira Bondezan, da DP; o Maj Med PM 870908-4 Pedro Rebelo de Carvalho, do CPI-9; o Maj Med PM 883057-6 Sérgio da Silva Martins, do C Med. Passando à condição de adido, por conveniência do serviço, como se efetivo fosse: o Ten Cel PM 822271-1 Adelino Sinomar Pereira dos Reis, do CPI-8, ao 25º BPM/I, no período de 16/4 a 15/5/12; o Maj PM 832390-9 Miguel Ângelo Minozzi, do 2º BPRv, ao 3º BPRv, no período de 17/4 a 3/6//12; o Maj PM 862771-1 Edson Suezawa, do CPI-6, ao 6º BPM/I, a contar de 1/2/12. Passando à condição de adido, por conveniência do serviço, o Maj PM 791837-2 José Carlos de Campos, do EM/E-Assist Adm, ao CPA/M-12, a contar de 10/5/12, cessando sua adição ao CPM. Mantendo na condição de adido, por conveniência do serviço, o Ten Cel PM 822286-0 Aparecido Pavanelli, ao CPA/M-7, no período de 5/4 a 3/7/12, tendo em vista a prorrogação de sua agregação publicada no Diário Oficial do Estado 89, de 12/5/12, Seção II.

Há exatos 50 anos, no dia 17 de junho, a Seleção Brasileira vencia os checos por 3 a 1, depois de sair perdendo, com belos gols de AMARILDO, ZITO e VAVÁ no Estádio Nacional de SANTIAGO, com público de 69 mil expectadores. BRASIL BICAMPEÃO DO MUNDO. Na volta para casa, os jogadores foram recebidos por cerca de dois milhões de pessoas no RIO DE JANEIRO. Os “novos velhos” heróis desfilaram em carro aberto com a Taça JULES RIMET diante da multidão inebriada. A festa se alastrou pelo País afora em um verdadeiro carnaval fora de época. Quando acabou o desfile, por volta das 23:30 horas de 18 de junho, GARRINCHA ganhou do governador da GUANABARA, CARLOS LACERDA, um mainá – ave que é capaz de imitar vozes de outras aves e até palavras. Feliz da vida, o craque foi cuidar do seu pássaro. Nem sabia que o futebol mundial havia se rendido ao seu enorme talento. GARRINCHA fez a diferença no Jogo BRASIL x CHILE, marcando dois gols no primeiro tempo. VAVÁ fez outros dois no segundo tempo e o BRASIL venceu por 4 a 2. Cansado de apanhar, GARRINCHA revidou um pontapé e foi expulso. Ficaria fora da final da COPA. Os cartolas brasileiros conseguiram reverter a situação  na FIFA e garantiram a escalação do craque na decisão do MUNDIAL, diante da CHECOSLOVÁQUIA.

A GRÉCIA calou PORTUGAL em 2004 ao surpreender os donos da casa na decisão da EUROCOPA e ficar com o título. E hoje a seleção de futebol feio, defensivo, conseguiu protagonizar mais uma zebra ao eliminar a favorita RÚSSIA na fase de grupos do torneio. Com a vitória por 1 a 0, aliada ao triunfo da REPÚBLICA CHECA sobre a anfitriã POLÔNIA pelo mesmo placar (gol de JIRACEK), gregos e checos estão nas quartas de final e os russos terão de assistir os mata-matas de casa. O “presente de grego” foi dado pelo capitão KARAGOUNIS, que recebeu lançamento aos 46 minutos da primeira etapa, ganhou na velocidade de um defensor e bateu rasteiro, cruzado. O mais curioso é que a GRÉCIA chegou à última rodada na lanterna e jogava contra a líder e amplamente favorita RÚSSIA, sensação da primeira rodada com os 4 a 1 na REPÚBLICA CHECA e que precisava só empatar. Ou seja, apenas a vitória servia aos gregos. Mesmo perdendo, os russos ainda ficariam em primeiro se o outro jogo da chave terminasse em igualdade, o que não ocorreu graças à pintura de JIRACEK, que com dribles curtos deixou dois zagueiros no chão antes de levar os donos da casa – que avançariam às quartas de final com um triunfo – ao desespero. Os gregos, que costumam surpreender os gigantes do continente, observarão os jogos de amanhã para ver quem será seu próximo adversário. Eles pegarão o campeão do GRUPO B, que deverá ser a ALEMANHA. Os checos encararão o segundo colocado.

Contando com a punição a dois pilotos, RUBENS BARRICHELLO conseguiu em MILWAUKEE a melhor posição de grid de sua curta carreira na Formula INDY,a  terceira. Isso levou o veterano piloto a sonhar com uma boa colocação, talvez até com o pódio, mas o resultado não foi o que ele esperava. RUBINHO perdeu muitas colocações na parte final da prova e terminou em décimo lugar. O norte-americano RYAN HUNTER-REAY, da equipe ANDRETTI, foi o vencedor da corrida. E o time KV, de RUBINHO, comemorou muito o segundo lugar de TONY KANAAN, que chegou pouco mais de cinco segundos depois do vencedor. Foi o melhor resultado do baiano na temporada. Em terceiro lugar chegou o canadense JAMES HINCHCLIFFE, também da ANDRETTI. HÉLIO CASTRONEVES foi o sexto.    

A escrivã da Polícia Federal ANGELINA FILGUEIRAS, de 42 anos, irmã da modelo ANGELA BISMARCHI, morreu após ser baleada, por volta das 23 horas de ontem, em sua casa, no bairro PIRATININGA, em NITERÓI, no RIO. O ex-marido de ANGELINA, o capitão de fragata da Marinha MÁRCIO LUIZ DIAS FONSECA, de 48 anos, também morreu baleado. O namorado de ANGELINA, JOLMAR WÁGNER ALVES MILATO, de 40 anos, disse à polícia que o ex-marido, que não se conformava com o fim do relacionamento, invadiu a casa de ANGELINA portando uma pistola e foi até o cômodo onde os dois viam televisão. FONSECA e MILATO teriam começado a lutar. Segundo a polícia, MILATO disse que ANGELINA conseguiu desarmar o ex-marido, mas atirou acidentalmente no próprio peito. Em seguida, em legítima defesa, MILATO pegou a arma que estava com ANGELINA e disparou contra FONSECA, que morreu no local. ANGELINA chegou a ser socorrida, mas morreu no hospital. A polícia ainda aguarda os laudos da perícia técnica e do Instituto Médico Legal para esclarecer se ANGELINA realmente se matou. A arma usada nos crimes foi apreendida.

A ativista opositora birmanesa AUNG SAN SUU KYI recebeu hoje o Prêmio NOBEL DA PAZ conferido a ela há 21 anos. No discurso, disse que a premiação a ajudou a superar o isolamento a que ficou submetida nas quase duas décadas de prisão domiciliar, o que despertou a atenção mundial para a ditadura em MIANMAR.

Os observadores da ONU anunciaram hoje a suspensão de sua missão na SÍRIA. Oficialmente, a decisão foi tomada em razão da situação geral de insegurança e a constatação de que os 300 observadores internacionais não tinham mais sua proteção garantida pelo governo. A interrupção do trabalho é o indício mais claro do fracasso do mediador KOFI ANNAN de evitar uma guerra civil na SÍRIA. ROBERT MOOD, o general norueguês que coordena os esforços na SÍRIA, anunciou hoje que as patrulhas de seus soldados desarmados deixarão de ser conduzidas por enquanto e que os contatos com o governo e rebeldes serão reduzidos ao mínimo necessário. A missão alega que já não existe “vontade” do governo ou dos rebeldes para cumprir o plano de paz negociado por ANNAN. As principais potências organizam uma reunião no dia 18 de junho no MÉXICO à margem da cúpula do G-20 para debater os próximos passos no país. Hoje, na ONU, diplomatas indicaram que a suspensão da missão não significa o fim oficial dos esforços de mediação. Mas enquanto o cessar-fogo estava em vigor, mais de duas mil pessoas teriam sido mortas. Em 15 meses, houve 14 mil mortes, segundo levantamentos da oposição.
O Observatório Sírio para Direitos Humanos alertou hoje que tropas estavam bombardeando partes de HOMS e de DAMASCO. Pelo menos 47 pessoas morreram pelo país. 

2 013     :     -     DOMINGO
Depois do 15 de junho, com a FESTA DA ESPADA, na Academia de Polícia Militar do Barro Branco, dedico esse domingo aos meus apontamentos. Pretendo deixar tudo atualizado, a fim de enfrentar uma semana de muitos compromissos na Sociedade Veteranos de 32-MMDC.

A Seleção espanhola entrou vaiada hoje na ARENA PERNAMBUCO, pelos torcedores brasileiros que escolheram apoiar o URUGUAI. Pobres torcedores...Com um amplo domínio – apesar de não refletido no placar – a FÚRIA deixou a CELESTE bem mansinha e venceu por 2 a 1. Os brasileiros podem achar chato o futebol de toque de bola dos espanhóis. Com toda a certeza, os 11 uruguaios em campo acharam ainda pior. Afinal, eles praticamente não pegaram na bola durante o primeiro tempo. E nada de futebol sem objetividade. Teve bola na trave de FABREGAS, chance de PIQUÉ e, claro, dois gols marcados.

O MARACANÃ se acostumou, durante muito tempo, a ver um gênio marrento brilhar; ROMÁRIO, invariavelmente, aparecia para resolver na hora certa. Com a mesma receita, um novo personagem começou hoje a escrever sua história em um dos estádios mais importantes do mundo: MÁRIO BALOTELLI. O atacante do MILAN fez o gol da vitória da ITÁLIA por 2 a 1, sobre o MÉXICO, na estréia das seleções no Grupo A da COPA DAS CONFEDERAÇÕES. Foi muito festejado por seus companheiros, mas principalmente pela torcida que foi ao MARACANÃ. De temperamento explosivo, o italiano de origem africana é questionado até mesmo quando sai de campo como herói. Hoje foi assim de novo. O técnico CÉSARE PRANDELLI não gostou de ver seu atacante levar mais um cartão amarelo. Como de costume, ele tirou a camisa ao comemorar o decisivo gol aos 32 minutos do segundo tempo, quando a ITÁLIA já começava a dar sinais de cansaço diante de um apagado, mas resistente MÉXICO. A AZZURRA teve domínio completo – PIRLO fez 1 a 0 aos 26 minutos, de falta. O MEXICO empatou em um raro erro de BARZAGLI, que cometeu pênalti em GIOVANI DOS SANTOS. CHICHARITO bateu e converteu, aos 33 minutos.

Dois grandes tenistas levantaram taças hoje. Na INGLATERRA, ANDY MURRAY, número 2 do mundo, conquistou o ATP DE QUEEN´S. Ele venceu o sérvio MARIN CILIC por 2 sets a 1. Já o suíço ROGER FEDERER conquistou o ATP DE HALLE, na ALEMANHA, após bater MIKHAIL YOUZHNY por 2 sets a 1. O número 3 do ranking não conquistava um título desde agosto de 2012.

O empresário DENNYS BARREIRA MARCH, de 28 anos, foi preso em flagrante ontem à noite na VILA CARRÃO, zona leste, acusado de dirigir embriagado e causar o acidente de trânsito com colisão frontal que matou a professora GENI CUNHA BARRIOS, de 59 anos. O marido dela, JOSÉ ANTÔNIO BARRIOS, de 60 anos, ficou ferido e foi internado.    

Pelo menos 30 pessoas morreram e mais de cem ficaram feridas hoje, em uma série de atentados perpetrados com carros-bomba no IRAQUE. No total, 11 veículos com explosivos foram detonados em várias áreas do país, em especial as de maioria xiita, o que aumentou os temores de que o país se prepara para uma guerra entre seitas. Um dos ataques mais violentos ocorreu na cidade de BASTA, a 450 km de BAGDÁ, onde dois carros-bomba explodiram com um intervalo de minutos, matando pelo menos cinco pessoas – incluindo um oficial de polícia – ferindo outras dez e destruindo fachadas de lojas e estabelecimentos. Já na cidade sagrada xiita de NAJAF, a 150 km da capital, a explosão de outro carro-bomba em um movimentado mercado matou pelo menos sete pessoas. Perto da cidade de MOSUL (a 350 km de BAGDÁ), homens armados mataram seis policiais em um posto de controle em HADHAR, segundo informou a polícia local. Nenhum grupo reivindicou a autoria dos ataques, mas insurgentes sunitas e o braço iraquiano da AL-QAEDA têm aumentado suas atividades neste ano. A violência na região subiu nos últimos meses, com pelo menos duas mil mortes desde abril.

Uma série de tiroteios em menos de uma hora deixou pelo menos três pessoas mortas e várias feridas em OMAHA, nos ESTADOS UNIDOS. Após o quarto tiroteio, houve troca de tiros entre a polícia e o suspeito, que acabou morto. Os casos ocorreram em pontos diferentes da cidade e as autoridades ainda investigam se os tiroteios estão relacionados.

Em seu discurso dominical na PRAÇA SÃO PEDRO, o PAPA FRANCISCO se posicionou contra ideologias que não respeitam a vida, mas evitou falar claramente sobre o aborto, a eutanásia e as manipulações genéticas, como era esperado. “Digamos sim ao amor e não ao egoísmo, digamos sim à vida e não à morte”, discursou o pontífice.





2 014    :    -    SEGUNDA-FEIRA
Uma manhã de trabalho no computador. LUCINDA vem me dizer que o Senhor LUIZ, nosso vizinho, que luta contra um mal que não tem cura, deverá se internar hoje à tarde e precisa de uma ajuda financeira. Essa doença do Senhor LUIZ está acabando com ele. Vai se definhando pouco a pouco e não é mais o homem que era procurado para qualquer serviço, principalmente o de pintura de casas. 

Bom dia Prof. Edimara, Sra. Marília e Sr. Heliodoro, Cel Ventura e Sr. Pedro Paulo,
Nos encontramos na palestra que eu proferi com o Grupamento Aéreo da PM na Associação Comercial – Zona Norte na semana passada.
Sou o responsável pelo blog www.tudoporsaopaulo.com.br, que está há 4 anos no ar difundindo a memória de 32 com um considerável sucesso. ALém do blog, faço palestras e exposições sobre o assunto.
 A receptividade tm sido muito boa e as pessoas ficam muito interessadas em conhecer melhor esses objetos que fazem parte da história paulista. Já montei exposições no 1º BPChoque ROTA, na Escola Superior de Soldados, no 6º BPM/M, no 12º BPM/M, na Academia do Barro Branco, Câmara Municipal, entre outros... A minha idéia agora é levar a exposição para escolas públicas, levando um pouco de civismo para uma garotada que anda desnorteada e sem exemplos a serem seguidos.
Mando em anexo no email a seguir uma pequena apresentação do meu projeto, que traz alguns números e dados relevantes.
Meu intuíto é de colaborar com os senhores neste julho, com uma exposição e uma palestra multimídia sobre 1932.
Para isso gostaria de saber se é possível agendarmos uma reunião presencial para que eu possa me apresentar e apresentar minha proposta de parceria com a Associação Comercial de São Paulo.
Agradeço pela atenção e fico no aguardo de um contato.
Atenciosamente,
Ricardo Della Rosa
11 960828723
Ricardo Della Rosa tem 41 anos e é  formado em design digital pela Universidade Anhembi Morumbi.  Neto de combatentes da Revolução Constitucionalista de 1932, por parte de pai e de mãe.  
No início de 2010, Ricardo começou a usar a internet como plataforma de divulgação de personagens e objetos relacionados a revolução de 32, escolha natural e democrática já que se trata de um meio acessível para muitos, além de ser um ambiente popular entre os jovens – justamente os que menos conhecem a respeito de suas raízes e antepassados. 
Hoje, quatro anos depois o Tudo por São Paulo tem uma base considerável de leitores e sem qualquer tipo de publicidade, senão a mídia espontânea, obteve mais de 500 mil visitas – o equivalente a 10.500 visitas mensais, 350 visitantes por dia, ininterruptamente ao longo de quatro anos.  
O blog Tudo Por São Paulo 1932 foi ao ar em fevereiro de 2010 e imediatamente atraiu a atenção dos internautas e da mídia por contar uma importante história que pertence a todos nós e que foi praticamente esquecida: A história de São Paulo na Revolução Constitucionalista de 1932. Esse fascinante episódio é contado mediante objetos, documentos e fotografias antigas do acervo do autor e outras materiais enviados pelos visitantes  – expostos no blog em belas imagens repletas de detalhes, juntamente com a historiografia de cada peça. O blog também narra importantes passagens da história da cidade de São Paulo e marcantes capítulos da história do Brasil, mostrando monumentos e locais onde se desenrolaram os fatos. 
Desde a sua criação foram postadas até agora mais de 500 matérias e mais de 500 mil páginas visitadas. Foram mais de 1,2 mil emails recebidos, e as postagens receberam mais de 1,5 mil comentários dos leitores.  
 No Facebook, o blog ultrapassou recentemente a marca de 17 mil fãs, atingindo em média 10 mil pessoas diariamente com suas postagens nesta plataforma. São números expressivos, quando o assunto é cultura e história. 
Anualmente, o blog tem grande exposição na mídia nas proximidades do feriado de 9 de julho – quando se torna pauta dos principais telejornais, jornais impressos e revistas que cobrem as festividades comemorativas da Revolução Constitucionalista de 1932. 
Por outro lado, o interesse em outras datas históricas tem aumentado, à medida que os paulistas vão redescobrindo suas origens: No mais recente aniversário da cidade de São Paulo, em 25 de janeiro de 2014, o blog atingiu números expressivos em sua 
visitação. 
O Tudo Por São Paulo 1932 tornouse referência no estudo da Revolução Constitucionalista de 1932, e é acessado por professores da rede particular e pública de ensino, estudantes do curso superior de História que buscam informações para teses de mestrado, autores de pesquisas sobre o período, além de ser acessado diariamente por centenas de paulistas e brasileiros que buscam detalhes sobre locais e datas históricas de São Paulo e do Brasil.  
Internacionalmente, o blog já colaborou com a “Historia y Vida Magazine” publicada na Espanha e mais recentemente com o departamento de história da New York University, cuja Coordenadora do departamento de história assina um artigo no blog. 
CONTATO:  11 960828723 / tudoporsp1932@gmail.com  www.tudoporsaopaulo.com.br    www.facebook.com/tudoporsaopaulo 

A vitória dos Estados Unidos sobre a seleção de Gana não valeu apenas a segunda colocação no Grupo G da Copa do Mundo de 2014 e um passo rumo à segunda vaga da chave nas oitavas de final. O triunfo pôs fim, também, a uma marca incômoda dos americanos contra os ganenses: a de nunca terem vencido uma partida contra as Estrelas Negras.
Gana venceu os Estados Unidos duas vezes nas últimas duas Copas do Mundo. Ambas pelo mesmo placar desta segunda-feira: 2 x 1. A primeira, na Copa da Alemanha, em 2006, valeu pela primeira fase. A vitória das Estrelas Negras garantiu-lhes uma vaga na segunda fase, onde foram eliminadas pelo Brasil nas oitavas de final. Os americanos amargaram a última posição do grupo, com apenas um empate, contra a Itália.
No segundo encontro, novamente a vitória valia uma vaga na fase seguinte. Desta vez, no entanto, o encontro já foi nas oitavas de final. Gana venceu mais uma vez e fez o histórico confronto da Copa da África do Sul contra o Uruguai, que teve defesa de Suárez na linha fatal e pênalti perdido por Gyan.
Quatro anos depois, o novo confronto valeu como estreia das duas seleções na Copa do Mundo do Brasil. A vitória dos Estados Unidos deixa os comandados de Jurgen Klinsmann um passo à frente de Gana na disputa pela segunda vaga do Grupo G nas oitavas de final, já que a Alemanha atropelou Portugal e, a menos que a Nationalelf tenha uma pane, devem passar. Já os Tugas ficam com saldo de gols complicado, problemas com suspensões e contusões e dependem de uma completa virada de astral para se recuperar.

Embalados com a notícia de que o ex-piloto MICHAEL SCHUMACHER, enfim, havia saído do coma após seis meses, os alemães atropelaram a seleção de PORTUGAL, na estreia das duas equipes na COPA DO MUNDO. Com ótima atuação de MULLER, os germânicos saíram da FONTE NOVA, na BAHIA, com uma goleada por 4 a 0, dedicada ao heptacampeão da Fórmula 1.
MULLER, aliás, atuou com a mesma maestria com a qual SCHUMI conduzia um carro de corrida. Veloz, frio e calculista, anotou três gols, um de pênalti, e chegou a oito em MUNDIAIS, com apenas 24 anos. HUMMELS também deixou a marca dele contra os portugueses.
E não era só o camisa 13 alemão que estava inspirado. A ALEMANHA dominou PORTUGAL hoje como a FERRARI costumava dominar as corridas de F 1, nos tempos de SCHUMACHER. Nem mesmo CRISTIANO RONALDO, recém eleito o melhor jogador do mundo, conseguiu se destacar. O astro mal tocou na bola e só aparecia no jogo quando sua imagem era estampada no telão do estádio. O camisa 7, contudo, não estava 100% fisicamente, como tinha avisado na véspera do jogo. Mesmo assim, era a única aposta do técnico PAULO BENTO. Toda bola roubada, em qualquer lugar, era lançada ao astro, bem marcado por BOATENG.
Do outro lado, os alemães passeavam em campo. O técnico JOACHIM LOW anulou a principal arma dos adversários e viu o zagueiro PEPE ser expulso, após cabeçada em MUELLER.
Além da expulsão de PEPE, PORTUGAL ainda viu HUGO ALMEIDA e COENTRÃO deixarem o jogo com lesões musculares. Os dois são dúvida para a sequencia da COPA.
Capitão de um navio cheio de pernas de pau, CRISTIANO RONALDO viu que terá trabalho se quiser levar o país à frente no MUNDIAL. Enquanto isso, a ALEMANHA festejou a vitória e a homenagem a SCHUMI. Um dia antes, os jogadores disseram que entrariam em campo pelo ex-piloto. E honraram isso.

Após muitas partidas emocionantes, com direito a viradas improváveis e até goleadas entre grandes seleções do futebol europeu, NIGÉRIA e IRÃ fizeram uma péssima exibição e protagonizaram o primeiro jogo sem gols nesta COPA DO MUNDO, hoje, em CURITIBA. Assim que o árbitro apitou o fim do duelo, na ARENA DA BAIXADA, ambas as seleções foram vaiadas pelos quase 40 mil torcedores que marcaram presença no estádio. Apesar do favoritismo, a NIGÉRIA não levou muito perigo. Sem criação no meio-campo, o time africano não conseguiu furar o bloqueio do IRÃ, que ficou boa parte da partida com todos os jogadores no campo da defesa.
Agora, no próximo sábado, a NIGÉRIA enfrentará a BÓSNIA, na ARENA PANTANAL. No mesmo dia, o IRÃ medirá forças contra a ARGENTINA, no MINEIRÃO.

LAÍS SOUZA recebeu alta hospitalar hoje, mas vai continuar o tratamento em MIAMI. Ela se machucou quando treinava esqui para os Jogos de Inverno de SOCHI e estava internada desde janeiro, no JACKSON MEMORIAL. “A LAIS já passou por momentos extremamente difíceis, venceu o risco de morrer. Então, tem muito o que comemorar”, disse o médico do COB, ANTONIO MATTOS JÚNIOR.

Por enquanto, tem sido apenas pela televisão, mas ZAGALLO já está contando os dias para assistir a um jogo da seleção brasileira ao vivo e a cores neste MUNDIAL. “Ele está vendo os jogos pela televisão e doido para ir a um deles, mas, até por precaução, preferiu esperar um pouco”, diz o filho do tetracampeão mundial, MÁRIO ZAGALLO. “Meu pai queria ver o jogo em BRASÍLIA (BRASIL x CAMARÕES), mas não tem pressa, porque o BRASIL vai se classificar”.           

Pelo FACEBOOK, CAMILA GIUDICE manda a seguinte mensagem:
Amigos, estaremos presentes no evento de hoje na OAB, e faremos uma apresentação de Esgrima com os alunos da Escola de Esgrima Abel Melián,Danieli Santos, Camila Giudice e Markus. e também a participação de um quadro inédito feita para o evento, de autoria da artista plástica Camila Giudice. Segue convite. Contamos com sua presença!
Foto: Amigos, estaremos presentes no evento de hoje na OAB, e faremos uma apresentação de Esgrima com os alunos da Escola de Esgrima Abel Melián, Danieli Santos, Camila Giudice e Markus. e também a participação de um quadro inédito feita para o evento, de autoria da artista plástica Camila Giudice. Segue convite. Contamos com sua presença!


Tenho uma tarde de intensa atividade na Sociedade Veteranos de 32-MMDC. MARINEI acaba de terminar o trabalho junto aos 32 assosciados que irão receber o COLAR DA VITÓRIA em 14 de julho. Mas ainda não temos o local para fazer a solenidade. O Vereador CORONEL PM ALVARO BATISTA CAMILO ficou de conversar com o Cmt. Geral da PMESP para que o evento se realize no Quartel do Comando Geral. Mantenho contato com a assessoria do CORONEL PM CAMILO, não conseguindo ainda uma resposta positiva. WILLIAM MASCARENHAS vem essa tarde para irmos à OAB-SP, quando o Deputado Estadual MAJOR PM OLÍMPIO irá proferir uma palestra sobre “A PARTICIPAÇÃO DA MULHER NA REVOLUÇÃO DE 32”. Aguardamos a chegada do ANTONIO CARLOS ARISTIDES, que também irá participar do evento.
Na OAB-SP encontramos: FRANCES AZEVEDO, MARIA LÚCIA CAMARGO, CAMILA GIUDICE, MARCUS RUNK, GEORGE AYOUB, VEREADORA TEODOSINA, HELIODORO, Doutor JOSÉ DE ÁVILA CRUZ, Doutora KÁTIA BOULOS. Aguardamos a chegada do expositor da noite, DEPUTADO ESTADUAL MAJOR PM SÉRGIO OLÍMPIO GOMES, que discorrerá sobre “A PARTICIPAÇÃO DA MULHER NA REVOLUÇÃO DE 32”.
A banda da Polícia Militar abrilhanta o evento e toca várias músicas antes do início da sessão. A mesa diretora dos trabalhos dessa noite está a cargo do Presidente da Comissão de Resgate da Memória da OAB-SP, Dr JOSÉ DE ÁVILA CRUZ. Doutora KÁTIA BOULOS representa o Presidente da OAB-SP Doutor MARCOS DA COSTA e se reveza com o Dr ÁVILA na condução dos trabalhos.
Após o canto do Hino Nacional Brasileiro vamos ter uma brilhante apresentação de esgrima, ao som do PARIS BELFORT. CAMILA está com a mão esquerda machucada e não pode se apresentar com o MARKUS RUNK. DANIELI faz a sua parte do duelo.
A mesa diretora desta noite enaltece a mulher constitucionalista de 1932 e o Deputado Estadual MAJOR PM OLÍMPIO, com muita propriedade, faz uma palestra agradabilíssima. É muito cumprimentado pela sua exposição.
Terminado o evento, ainda vamos conversar com várias pessoas e deixo a OAB-SP com ANTONIO CARLOS ARISTIDES, WILLIAM MASCARENHAS, MARKUS RUNK e CAMILA GIUDICE. São mais de 22 horas e vou chegar tarde em casa.


Revolução 4 - Ventura

No último dia 16 de junho, as Comissões da Mulher Advogada e de Resgate da Memória da OAB SP promoveram o evento “A participação da Mulher na Revolução de 32”, que contou com a palestra do Major Sérgio Olímpio Gomes sobre o tema, antecedida da declamação do poema “Mulheres Cidadãs”, pela poetisa e membro da Comissão da Mulher Advogada Frances de Azevedo, especialmente escrito para a ocasião. No evento, foi executado o Hino da Revolução Constitucionalista – “Paris-Belfort” pela Banda da Polícia Militar, sob a regência do maestro sargento Jefferson Bernardo, durante o qual se apresentaram os esgrimistas Markus Runk e Danielli Santos. Também ficou em exposição a tela a óleo “Voluntária de 32”, da artista plástica Camila Giudice, especialmente elaborada para a data. Sob a condução dos presidentes das Comissões da Mulher Advogada, Kátia Boulos, e de Resgate da Memória,  José de Ávila Cruz, parceiros e organizadores do evento, com apoio do Departamento de Cultura e Eventos, compuseram a mesa dos trabalhos o Cel. Mário Fonseca Ventura (foto), Presidente do MMDC – Sociedade Veteranos de 32, o Cmt. William Mascarenhas, neto do Mal. Mascarenhas; Cmt. das Tropas Brasileiras na Itália, George Ayoub, Diretor Superintendente da Associação Comercial Distrital Norte; Theodosina Ribeiro, parlamentar paulista por diversos mandatos, representando a Associação das Parlamentares do Estado de São Paulo; Carmen Dora de Freitas Ferreira,  Presidente da Comissão da Igualdade Racial, e Everton Zadikian, Presidente da Comissão do Jovem Advogado. Segundo Kátia Boulos, o evento foi prestigiado por diversos membros de Comissões da Secional e das Subseções, “ tornando marcante e inesquecível essa homenagem prestada pela  Secional paulista às pujantes mulheres bandeirantes que, com sua coragem, empenho e determinação, propugnaram pelo Estado de Direito, fizeram a diferença e mudaram o curso da história”.

Um casal de pichadores, ambos de 20 anos, foi assaltado, nesta madrugada, após pintar tapumes que cercam o espaço destinado à FIFA FAN FEST, no VIADUTO DO CHÁ, no centro. No local, a entidade responsável pela COPA DO MUNDO organiza as festas durante os jogos do evento.
De acordo com a Secretaria Municipal de Segurança Urbana, os jovens, após pintarem o espaço, contornaram o TEATRO MUNICIPAL, em direção ao VALE DO ANHANGABAÚ, quando foram surpreendidos por dois ladrões em bicicletas.
Na sequencia, o casal pediu ajuda a agentes da Guarda Civil Metropolitana. O que os pichadores não sabiam é que os guardas já estavam à procura deles, pois ambos haviam sido flagrados por câmeras de segurança. Um dos guardas ficou tomando conta do casal, enquanto os outros foram em busca dos assaltantes. Resultado: ladrões e pichadores foram parar no Departamento de Polícia de Proteção à Cidadania, na Avenida SÃO JOÃO.

O conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, RÓBSON MARINHO, vai continuar afastado do cargo. Ele prorrogou por mais uma semana a licença pedida em 4 de junho, a fim de se defender das denúncias de que teria recebido cerca de 27milhões de dólares em propina da multinacional francesa ALSTOM, fornecedora de trens para o Metrô e para a CPTM e de equipamentos para a Empresa Paulista de Transmissão de Energia. A previsão era de que MARINHO reassumisse suas funções no dia de hoje.

O ex-presidente FERNANDO HENRIQUE CARDOSO, do PSDB, fez um apelo às lideranças políticas contra o “baixo nível” da campanha eleitoral e acusou o também ex-presidente LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA de “vestir a carapuça” ao comentar suas críticas à corrupção, feitas durante a convenção nacional do PSDB, no sábado. “Lamento que o ex-presidente LULA tenha levado a campanha eleitoral para níveis tão baixos. Na convenção do PSDB não acusei ninguém. Disse que queria ver os corruptos longe de nós. Não era preciso vestir a “carapuça”, escreveu FERNANDO HENRIQUE em post publicado hoje em sua página oficial no FACEBOOK. Durante a convenção que oficializou a candidatura do senador AÉCIO NEVES à Presidência da República pelo PSDB, FERNANDO HENRIQUE afirmou: “Não queremos mais os corruptos, os ladrões que ficam empulhando. Estes nós não queremos”. Na convenção do PT de São Paulo, no domingo, LULA considerou a declaração uma desfaçatez e lembrou a denúncia de compras de votos para aprovação da emenda da reeleição em 1997 no governo do PSDB. O tucano respondeu: “A acusação da compra de votos na emenda da reeleição não se sustenta, ninguém teve a coragem de levar essa falsidade à Justiça”. Ele apelou a lideranças do governo e da oposição para manter o nível da campanha eleitoral.

FIFA e COL (COMITÊ ORGANIZADOR LOCAL) passaram os últimos anos em guerra, principalmente por causa dos atrasos na entrega dos 12 estádios. Começou a COPA DO MUNDO e o novo foco de conflito da FIFA é a CBF. Hoje, o clima ficou quente entre as partes. A briga começou quando a CBF anunciou que só levaria FELIPÃO para a entrevista no CASTELÃO. No mesmo instante, a FIFA reclamou, alegando que seria necessário levar, também, um atleta para a sala de coletiva, com a justificativa de que os jornalistas de todo o mundo precisariam de uma segunda voz.
A CBF mudou a programação e escalou THIAGO SILVA para falar. E a presença do capitão rendeu outra polêmica. Tudo porque a FIFA determinou que o zagueiro fosse o primeiro a responder e, em seguida, o treinador. A decisão foi contestada pela CBF, que defendia a ideia de perguntas simultâneas aos entrevistados. No fim do dia, a entidade presidida por JOSÉ MARIA MARIN enviou um e-mail à cúpula da FIFA para reclamar dos problemas. “Esse padrão FIFA só existe quando interessa para eles”, reclamou um membro da CBF.        

2 015    :    -     TERÇA-FEIRA
Nos termos do artigo 17, inciso I, do Decreto-lei 260/70, artigo 138, § 2º, combinado com o artigo 129 da Constituição Estadual, artigo 133 da Constituição Estadual, Decreto 35.200/92, Instrução Conjunta CRHE/CAF-I/92 e Parecer CJ-26/93, Lei Complementar 1.249/14, em consonância com o artigo 1º do Decreto 41.144/96 e a Portaria PM1-7/02/13, de 31-10-13, artigos 1º e 3º da Lei Complementar 432/85, alterada pela Lei Complementar 1.179/12, Decreto 51.782/07 e vencimentos referentes às Leis Complementares 731/93 e 1.021/07, com os proventos integrais, contando com mais de 30 anos de serviço, e o § 2º do artigo 213 da Lei 10.261/68, alterado pela Lei Complementar 1.048/08, Padrão PM-16, o Cel PM 823611- 9 José Sodário Viana - 5º BPM/I - Taubaté/SP (TLTS e FRCTS DP-1875/15 - Pr. 6.028.864/15).
JOSÉ SODÁRIO VIANA nasceu em 16 de junho de 1961. Entrou para a PMESP em 16 de novembro de 1982. Foi declarado ASPIRANTE A OFICIAL no dia 15 de dezembro de 1988. PROMOÇÕES: 2º TENENTE - 25 de agosto de 1989; 1º TENENTE - 15 de dezembro de 1990; CAPITÃO - 24 de maio de 2003. Não tenho a data de sua promoção a MAJOR. Foi promovido a TENENTE-CORONEL em 24 de maio de 2014.
Nos termos do artigo 17, inciso I, do Decreto-lei 260/70, artigo 138, § 2º, combinado com o artigo 129 da Constitui- ção Estadual, artigo 133 da Constituição Estadual, Decreto 35.200/92, Instrução Conjunta CRHE/CAF-I/92 e Parecer CJ-26/93, Lei Complementar 1.249/14, em consonância com o artigo 1º do Decreto 41.144/96 e a Portaria PM1-7/02/13, de 31-10-13, artigos 1º e 3º da Lei Complementar 432/85, alterada pela Lei Complementar 1.179/12, Decreto 51.782/07 e vencimentos referentes às Leis Complementares 731/93 e 1.021/07, com os proventos integrais, contando com mais de 30 anos de serviço, e o § 2º do artigo 213 da Lei 10.261/68, alterado pela Lei Complementar 1.048/08, Padrão PM-16, o Cel PM 830554-4 Renan de Oliveira Corte Brilho - 3º BPRv - Araraquara/SP (TLTS e FRCTS DP-1947/15 - Pr. 6.041.086/15.
RENAN DE OLIVEIRA CORTE BRILHO nasceu em 29 de janeiro de 1967. Entrou para a PMESP em 1º de fevereiro de 1983. Foi declarado ASPIRANTE A OFICIAL no dia 15 de dezembro de 1987. Apenas tenho as datas de suas promoções a 2º TENENTE (25 de agosto de 1988) e 1º TENENTE (24 de maio de 1990).
Ainda na manhã do dia 16, procuro atualizar esta data, separando trechos que são inseridos no histórico da Sociedade Veteranos de 32-MMDC em seus quatro livros que estão sendo redigidos de acordo com o passar dos dias. 
Quando chego no Obelisco, na tarde desta terça-feira, encontro MARINEI atarefadíssima com dezenas de telefonemas, ocasionando desespero até. É que a Sociedade não pode trabalhar na semana passada, por falta de energia elétrica e as pessoas precisam entrar em contato com o MMDC por causa dos inúmeros eventos do mês de julho. Se já não bastasse o que já temos, os comandantes dos batalhões solicitam desenvolver uma solenidade do 83º Aniversário do Movimento Constitucionalista em FRANCA e no SOLO SAGRADO, ocupando, respectivamente, as datas de 6 e 23 de julho.
Telefonam do CLUBE PIRATININGA. Querem o emprego da Banda de Música da PMESP na solenidade de 9 de Julho, à noite, cerimônia tradicional daquela Instituição, lembrando a Revolução de 32.
A ALESP quer tirar fotos do Monumento e fazer uma entrevista comigo na data de amanhã; LUIZ ANTONIO, colecionador de carros antigos, agora residindo em INDAIATUBA, visita o Monumento. Os restos mortais de seu pai estão imortalizados ali e MARINEI mostra o novo cinerário onde eles foram colocados por ocasião do restauro. Conta que em 1954, quando da inauguração parcial do Obelisco, ele, com a idade de cinco anos, aparece ao lado de seu pai, que comparecia religiosamente nos festejos do 9 de Julho.
Ainda compareço, por volta das 14:25 horas, na Assembléia Legislativa, para pegar no gabinete do CORONEL PM TELHADA, deputado estadual, com a VALÉRIA, os convites para a sessão solene que acontecerá na ALESP em 9 de Julho. Encontro muita gente conhecida na Assembléia e a tarde é pequena para tanta atividade.
Em certo momento desta tarde as luzes da nossa sala começam a piscar. Isso não é bom. Mas, Graças a Deus, não acontece o pior. Peço para a MARINEI mandar uma mensagem para a Diretoria de Ensino e Instrução, a quem está afeta a Administração do Monumento Mausoléu:
Prezada Ten PM Francischini.
O Obelisco do Ibirapuera encontra-se sem água, as bombas não funcionam.
Já ficamos se poder trabalhar a semana passada por falta de energia elétrica e a visitação pública também está prejudicada com todos esses problemas.
Causa má impressão a atual situação do Monumento Mausoléu ao Soldado Constitucionalista de 32, que, após seis meses do restauro, tem apresentado sérios problemas quanto a energia elétrica e a situação do chafariz inoperante.
Estamos às vésperas dos eventos do 9 d julho e esses problemas estão prejudicando o MMDC.
Solicito dar conhecimento ao Sr. Coronel PM Reinaldo Simões Rossi.. 
Logo chega a resposta ao nosso email. Amanhã tudo deverá estar consertado.
Sr. Cel Ventura, boa tarde!!!
Tendo em vista as notificações de problemas inerentes ao Mausoléu de 1932, informo o que segue:
1) Em atenção à falta de energia, a qual tomamos conhecimento ontem, esclareço a V. Sª que em 151720JUN15 entramos em contato com a Sra. Fernanda Lapo (11) 97667-3095, da empresa Concrejato, que nos informou que hoje, 16JUN15, após testes e vistoria viabilizaria a retomada da energia elétrica de forma definitiva. Realizado contato com a responsável hoje pela manhã, esta ficou de nos dar um retorno até à tarde;
2) Com relação à falta de água, oriunda de mau funcionamento de uma das bombas d'agua que abastecem as caixas d'agua, relatada pela funcionária Marinês do MMDC hoje, 161000JUN15, foi realizado contato com o Ten Wilson do DSA/CG, que providenciará envio e equipe de manutenção para levantamento de problemas e se possível reparos imediatos, em 17JUN15, pela manhã;
3) Com relação à limpeza dos espelhos d'agua está em fase de acabamento;
4) Este e-mail está sendo replicado ao Sr. Cel PM Reynaldo - Diretor de Ensino e Cultura.
Att
1º Ten PM Francischini
Já são 16 horas, quando estamos saindo do Monumento, quando chegam dois soldados do 10º BPMM para se filiarem ao MMDC.
No retorno para GUARULHOS, percebo que a MARINEI está muito preocupada com a Sociedade Veteranos de 32-MMDC. Os compromissos são demasiados e há certos entraves que perturbam, como por exemplo o não cumprimento de prazo por parte dos núcleos e dos órgãos que deveriam indicar as personalidades para o recebimento de honrarias no 9 de Julho. O prazo dado a esses órgãos já expirou e muitos poucos atenderam nossa solicitação.
Nesta noite recebo uma mensagem do SARGENTO ROBÉRIO, Auxiliar da 1ª Seção do CMSE. O Comando Militar do Sudeste está indicando para receber a Medalha CONSTITUCIONALISTA no 9 de Julho os CORONÉIS MARCOS MARQUES DE SOUZA e PAULO CÉZAR FERREIRA DE SOUZA. Acontece que não dá para ler o currículo do CORONEL MARCOS. Solicito encaminhar um currículo que seja legível.

Elaboro o CONVITE para a solenidade do aniversário da Sociedade Veteranos de 32-MMDC e o coloco em meu blog. Amanhã, a MARINEI deverá encaminhá-lo aos nossos associados.
A Sociedade Veteranos de 32-MMDC comemorará seus 61 anos de existência em 7 de Julho de 2015, às 15 horas, em sua sede, no Monumento Mausoléu ao Soldado Constitucionalista, Praça Ibrahim Nobre, s/nº, no IBIRAPUERA.
A Assembléia Geral Eleitoral empossará os novos dirigentes da Entidade para a gestão 7 de julho de 2015 - 7 de julho de 2017.
Será Entregue o COLAR DA VITÓRIA, alusivo ao 80º Aniversário do Movimento Constitucionalista de 32, a associados previamente submetidos à apreciação do Conselho do Colar, após a posse dos presidentes da Diretoria Administrativa, Conselho Deliberativo e Conselho Fiscal.
Sua presença é imprescindível, uma vez que a alma do MMDC é a união dos associados. Esse mútuo entendimento é que dá vida à Sociedade Veteranos de 32-MMDC.
Solicita-se à CONFRARIA DO COLAR DA VITÓRIA que se faça presente, portando a honraria, para a recepção aos novos agraciados.
Este convite é extensivo aos familiares dos associados (as), bem como a todos os simpatizantes da nossa Associação.    
CORONEL PM MARIO FONSECA VENTURA
PRESIDENTE DA SOCIEDADE VETERANOS DE 32-MMDC
MONUMENTO MAUSOLÉU AO SOLDADO CONSTITUCIONALISTA DE 32
PRAÇA IBRAHIM NOBRE
FONE: 3105 8541  
ORÍTIA ABREU SERAFIM colocou no FACEBOOK as imagens tiradas na reunião que tivemos na APMBB, com os segmentos envolvidos na PARADA CÍVICO-CULTURAL DO 9 DE JULHO, sob a coordenação do CORONEL PM CELSO LUIZ PINHEIRO. Vou repassá-las para o meu blog.   

Em um duelo repleto de jogadas ríspidas, a ARGENTINA foi melhor e venceu hoje o URUGUAI por 1 a 0, em LA SERENA, pela segunda rodada do Grupo B da COPA AMÉRICA. Com o resultado, os vice-campeões mundiais lideram a chave ao lado do PARAGUAI - os países estão iguais em todos os critérios de desempate. Já o URUGUAI precisa, pelo menos, de mais um ponto para se classificar à fase do mata-mata como um dos melhores terceiros.
O PARAGUAI deu mais um passo importante rumo à classificação ao vencer a JAMAICA por 1 a 0 em ANTOFAGASTA.

O gari ALCEU FERRAZ, 61 anos, morreu após ser atropelado no cruzamento da Avenida SÃO JOÃO com a Rua DUQUE DE CAXIAS, no Centro de São Paulo. Outro varredor também ficou ferido. O condutor do carro fugiu sem prestar socorro.
ALCEU estava na calçada, varrendo a guia por volta da 0:30 hora de hoje, quando o carro veio em alta velocidade e o atropelou. Ele morreu na hora.

A Polícia Civil informou, hoje, ter prendido uma quadrilha suspeita de sequestrar comerciantes do CEASA, em OSASCO. Dois irmãos foram libertados pelos agentes na tarde de segunda-feira, ontem. Após interceptações telefônicas, os investigadores descobriram o local onde os bandidos se reuniam para extorquir familiares das vítimas. Os policiais descobriram que no final de maio os criminosos haviam sequestrado um idoso de 63 anos. Ele ficou dois dias no cativeiro, mas conseguiu escapar. Também foi revelado que no dia 12 deste mês dois irmãos comerciantes tinham sido sequestrados quando chegavam em casa, na zona oeste da capital. Com as informações, os policiais chegaram aos cinco integrantes da quadrilha. O cativeiro onde estavam os irmãos ficava em uma chácara em MAIRINQUE, no interior.

Após um intenso debate em torno da sua indicação, o ministro LUIZ ÉDSON FACHIN, de 58 anos, assumiu hoje a 11ª cadeira no STF. A posse, realizada na sede da Corte, em BRASÍLIA, contou com a presença de investigados no esquema de corrupção da PETROBRÁS, como os presidentes da Câmara, EDUARDO CUNHA, e do Senado, RENAN CALHEIROS. Como não houve discursos, a cerimônia não durou mais de quinze minutos e, a exemplo de anos anteriores, não contou com a presença da presidente DILMA ROUSSEFF, responsável pela indicação do advogado gaúcho, em abril. Na mesa do STF, RENAN CALHEIROS sentou ao lado do procurador-geral da República, RODRIGO JANOT, que foi ameaçado pelo Congresso de não ser reconduzido ao cargo em função das denuncias oferecidas contra parlamentares.
Também participaram do evento outros nomes envolvidos na OPERAÇÃO LAVA JATO, da Polícia Federal em parceria com o Ministério Público Federal, como a senadora GLEISE HOFFMANN e o governador do RIO DE JANEIRO, LUIZ FERNANDO PEZÃO. Além deles, ministros, governadores e parlamentares estiveram na cerimônia.
FACHIN vai assumir a cadeira deixada por JOAQUIM BARBOSA, que se aposentou. De perfil técnico, o advogado construiu sua carreira no PARANÁ e enfrentou resistências para a sua aprovação por conta de suas inclinações políticas. Em 2010, apoiou DILMA nas eleições presidenciais e, antes, se posicionou a favor da reforma agrária.
Entre os 1,4 mil processos sob sua responsabilidade, terá de julgar desdobramentos do mensalão, mas não vai participar da maioria dos julgamentos do petrolão, já que não vai compor a segunda turma do STF, responsável pelo caso.   

De acordo com informações do Ministério da Defesa, o governo da Venezuela negou autorização para que avião militar com uma comitiva de Aécio Neves e companhia possa sobrevoar e pousar naquele país, no próximo dia 17.
O fato foi confirmado pelo senador tucano Aloysio Nunes Ferreira e pelo presidente do PSDB, senador Aécio Neves .
Oo Itamaraty disse que não ainda não tem informações sobre o assunto. Aécio, Aloysio e outros senadores anunciaram viagem à Venezuela na próxima quinta-feira, para dar apoio a líderes da oposição daquele país.
— Houve uma solicitação por parte do presidente do Senado Federal (Renan Calheiros) ao Ministro da Defesa para interceder no assunto. Jaques Wagner se dispôs, inclusive a disponibilizar uma aeronave, mas por ser uma aeronave militar, precisamos de uma autorização.
O gabinete de Renan Calheiros confirmou o recebimento da informação pela Defesa. Alguns acreditam que a viagem poderá até ser adiada ou mesmo cancelada.

CORONEL DA PM RECEBE HOMENAGEM DA RAINHA ELIZABETH II

 O Coronel da Polícia Militar Maurício Weisshaupt Perez, teve a honra de ser agraciado pela Sua Majestade a Rainha Elizabeth II, com um certificado que celebrava meus esforços para aumentar o nível de respeito mútuo, companheirismo, voluntariado e amor no tratamento de cadetes da Polícia Militar do Estado de São Paulo.




O Coronel Contatou o escritor Eduardo Moreira (Autor dos Livros: Encantadores de Vidas, O Encantador da Montanha e O Encontro) e contou ter tido contato com a técnica do Join Up através do livro de Monty Roberts, presenteado a ele pelo capitão responsável pelo regimento de cavalaria da academia e que, posteriormente, havia comprado seu livro, Encantadores de Vidas, e desde então desejava adotar a filosofia do Join Up na formação dos cadetes. No email, o Coronel fazia um convite para que visitasse a academia e palestrasse para os alunos e Aspirantes a Oficial.

Nas palavras do Autor Eduardo Moreira: “Ao visita-lo e após conhecer o trabalho que vinha fazendo no comando da academia, percebeu que estava diante de um herói. Diferente, porém destes que estamos acostumados dos filmes de ação, que matam para salvar vidas. Este fazia algo ainda mais corajoso. Sua bandeira era exatamente acreditar que eliminando todo tipo de violência no treinamento dos policiais, formaria uma policia mais humanitária, capaz e transformadora. Tive de imediatamente contar as noticias ao mestre, aquele que havia durante toda sua vida buscado provar ao mundo que violência nunca é a resposta: Monty Roberts. Monty veio ao Brasil e quis ver com os próprios olhos o trabalho do coronel, afinal aquele poderia ser o maior impacto de sua filosofia jamais visto no mundo. Através daquela academia, 100 mil policiais poderiam ser positivamente impactados por sua mensagem, refletindo em um ambiente menos violento para mais de 40 milhões de pessoas. Monty ficou encantado com o que viu.
Imediatamente Monty levou a história ao conhecimento de quem há quase três décadas havia lhe pedido para transformar o mundo através da mensagem do Join Up: Vossa Majestade a Rainha Elizabeth II. Era o mestre, levando os feitos do herói ao conhecimento da Rainha. A Rainha pode perceber a semente que havia plantado desabrochando como nunca antes em flores e frutos que fariam reverberar para sempre seu legado e missão. Convidou então o herói e o mestre para homenageá-los. E na sua infinita bondade, chamou também este que aqui escreve, por ter sido ele um humilde elo, um caminho, para que tudo isto acontecesse.”

A concessão do certificado foi em 16 de junho, no Castelo de Windsor, em cerimônia privada frequentadas por Sua Majestade, Monty Roberts, Coronel Maurício Weisshaupt Perez, Eduardo Moreira e a esposa de Eduardo, Juliana Baroni (atriz).
Parabéns ao Coronel Maurício, por mostrar ao MUNDO que a Polícia Militar do Estado de São Paula é feita por homens e mulheres que, sem dúvida, fazem a diferença.
                                                   Centro de Comunicação social

2 016     :    -     QUINTA-FEIRA
MARINEI chega em casa por volta das 9 horas. Vamos diretamente para a ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA. Ali, encontramos ORÍTIA ABREU SERAFIM e WILLIAM MASCARENHAS. Depois, também vem a essa reunião o SIDNEI LOBO PEDROSO. Vamos discutir com os TENENTES SOSSAI e GEORGE MARCEL pormenores do Desfile dos civis no 9 de Julho. RAFAEL MARCOS representa a 1ª Companhia de Viaturas Militares. ALAN MONTINO vem pela ACAAPESP. Nosso CORONEL PM JOSÉ MAURÍCIO WEISSHAUPT PEREZ representa agora a União Brasileira de Escoteiros. Neste ano cerca de 1200 escoteiros irão desfilar no 9 de Julho.
Terminada a reunião, SIDNEI LOBO PEDROSO fala sobre o JÚRI SIMULADO do CASO MMDC, que acontecerá em 8 de Julho. 
Uma tarde de muito serviço na sala de uso que temos no MUSEU MILITAR. Estamos prontos para a inauguração do 51º Núcleo da Sociedade Veteranos de 32-MMDC, na ESCOLA SUPERIOR DE SARGENTOS, amanhã. O núcleo chamar-se-á MMDC “BENTO MARTINS DE SOUZA, O CABO BENTINHO”. Recebemos a visita do CORONEL PM EDILBERTO DE OLIVEIRA MELO que nos surpreende, aos 96 anos, com sua jovialidade. Subiu como um garoto a escada em caracol que temos no MUSEU e a desceu com elegância, até brincando conosco. MARINEI elogia a lucidez do EDILBERTO. 

“Ouvia a criança gritando e sabia que precisava ajudar. Só fiquei tranquilo quando conseguimos retirar o menino das pedras e o entreguei aos braços de sua mãe”. É assim que o porteiro DANILO SANTOS DA SILVA, de 18 anos, relata o que ocorreu logo após o desabamento da Igreja ASSEMBLÉIA DE DEUS em DIADEMA, na GRANDE SÃO PAULO, ontem.
No desastre, a dona de casa VANDA MARIA MARTINS, de 54 anos, morreu. Ela tinha ido ao templo rezar. Hoje, foi retirada, após mais de 20 horas do desabamento, já sem vida do monte de entulho. Outras seis pessoas ficaram feridas, sendo dois fiéis em estado grave.

Um caminhoneiro bêbado atropelou dois ciclistas, hoje de madrugada, na MARGINAL TIETÊ, próximo à PONTE ARICANDUVA, na PENHA. JOSÉ PEREIRA DOS SANTOS, dirigia um caminhão MERCEDES BENZ, de cor vermelha, quando atingiu as vítimas, que são irmãos, e andavam com as bicicletas no meio-fio.
Depois da colisão, o veículo invadiu a calçada e bateu contra um muro de um motel. Segundo a Secretaria de Segurança Pública, o motorista apresentava sinais de embriaguez e confessou aos policiais que havia tomado bebida alcoólica por volta do meio-dia.
O teste do bafômetro indicou índice de 0,79 milímetros por litro de sangue. Vale ressaltar que a lei não tolera mais nível de alcoolemia. Portanto, qualquer taxa diferente de zero já é considerada embriaguez.
No acidente ocorrido por volta das 2:30 horas, no trecho onde a MARGINAL TIETÊS se chama AVENIDA CONDEZZA ELIZABETH DE RUBIANO, feriu gravemente um dos irmãos, de 22 anos, diagnosticado com traumatismo craniano. Ele segue internado. O irmão dele teve ferimentos leves. Os nomes e a idade da segunda vítima não foram divulgados.               
 
A maré de azar tomou conta do CORINTHIANS. Após perder o clássico para o PALMEIRAS, no domingo, e ficar sem treinador, na quarta, o TIMÃO foi derrotado pelo FLUMINENSE, hoje, por 1 a 0 em BRASÍLIA. Como se não bastasse o resultado negativo, o volante ELIAS e o goleiro WÁLTER sofreram lesões no primeiro tempo.
A urucubaca ficou evidente no gol do time carioca. Em cobrança de pênalti, CÁSSIO defendeu o chute de CÍCERO, mas o próprio jogador pegou o rebote e mandou a bola para dentro.
Depois de ter a primeira posição do Campeonato Brasileiro “roubada” pelo PALMEIRAS na noite de quarta-feira, o INTERNACIONAL recuperou a ponta da tabela. Hoje, em jogo muito disputado no BEIRA-RIO, os COLORADOS demonstraram a força que têm em casa e derrotaram o ATLÉTICO MINEIRO POR 2 A 0. 

Enquanto questões burocráticas adiam o envio a Curitiba das investigações contra Lula, a defesa do petista tenta ganhar tempo. Hoje, os advogados protocolaram recurso alegando que ele não pode ser investigado em duas instâncias diferentes, informa O Antagonista.
Teori Zavascki enviou a Sérgio Moro os inquéritos do sítio de Atibaia, do triplex do Guarujá e o de repasses das empreiteiras por meio de palestras. Lula também pode ser investigado em Curitiba como mandante do suborno de Nestor Cerveró.
Permanecem no STF, porém, o que apura a tentativa de Dilma Rousseff de obstruir a Lava Jato nomeando Lula para a Casa Civil e o que investiga o petista como chefe do quadrilhão.
A defesa de Lula pediu também que a decisão de Teori seja submetida a plenário.

O ministro do Turismo, HENRIQUE EDUARDO ALVES, pediu demissão hoje ao presidente interino MICHEL TEMER. Ele é a terceira baixa em pouco mais de um mês do novo governo. Assim como ROMERO JUCÁ, que deixou o PLANEJAMENTO e FABIANO SILVEIRA, escorraçado da TRANSPARÊNCIA, ALVES é a nova vítima da delação do ex-presidente da TRANSPETRO, SÉRGIO MACHADO.
Citado pelo ex-executivo da PETROBRÁS como beneficiário do esquema bilionário de corrupção que roubou a estatal, ALVES caiu menos de 24 horas após as acusações de MACHADO terem vindo à tona.
No acordo feito com a força-tarefa da LAVA JATO em troca de não ser preso, MACHADO disse ter intermediado o pagamento de 1,55 milhão de reais para ALVES. O esquema funcionou entre 2008 e 2014.
Segundo o ex-chefão da TRANSPETRO, o dinheiro teve como origem contratos entre a QUEIROZ GALVÃO e GALVÃO ENGENHARIA com a subsidiária da PETROBRÁS. Durante um determinado período, ALVEZ fez lobby para a TRANSPETRO contratar determinadas empresas de tecnologia e serviço, mas os negócios não avançaram. Pelo relato, o ministro insistente na busca de doações. “Ele, (ALVES), ligava diversas vezes para a TRANSPETRO”, disse MACHADO.
Parte do dinheiro, de acordo com o procurador-geral da República, RODRIGO JANOT, foi usado por ALVES para financiar sua campanha ao governo do RIO GRANDE DO NORTE, em 2014. O peemedebista perdeu a eleição.
A propina teria sido intermediada também pelo deputado afastado EDUARDO CUNHA, que colocou projetos de interesses de empreiteiras para serem votados na Câmara. Em contrapartida, as empresas repassavam o dinheiro para o agora ex-ministro.
“Houve, inclusive, atuação do próprio HENRIQUE EDUARDO ALVES para que houvesse essa destinação de recursos, vinculada à contraprestação de serviços que ditos políticos realizavam em benefício da OAS”, escreveu JANOT.
SERGIO MACHADO se tornou o maior pesadelo do governo TEMER. Em 18 dias, suas conversas com a cúpula peemedebista obrigou dois ministros da administração que tomou posse para passar a corrupção à limpo pedirem demissão.
Em gravação com o ex-aliado, JUCÁ disse ser preciso “estancar a sangria” causada pelas investigações do juiz SÉRGIO MORO e da LAVA JATO e comenta que as próximas delações não deixariam “pedra sobre pedra”.

A tentativa de interferir na apuração do maior escândalo de desvio de dinheiro público foi fatal para  JUCÁ.


xxxxx
Foto de Oritia Abreu Serafim.