domingo, 15 de janeiro de 2017

2ª GUERRA MUNDIAL - FANTÁSTICO. MEUS CRÉDITOS AO WALDEMAR BATISTA E À COMUNIDADE BARRO BRANCO

ENC: Fw: Fwd: 2ª GUERRA MUNDIAL... .. - FANTÁSTICO PP
1 postagem de 1 autor
 
Atribuir
Waldemar Batista 
14 de jan (13 horas atrás)
Outros destinatários: Cbb-Ninho@googlegroups.com
                                                Boa tarde.
                                                 Estou lendo um livro, O
Colecionador de lágrimas, de Augusto Cury. Para os que não leram, recomendo.
Trata-se da Segunda Guerra Mundial. Lembrei então que tinha em arquivo o que
segue, as movimentações das tropas. É só ir clicando e vê-se início e fim.
                                                 Os senhores acadêmicos
sabem a duração. Iniciou-se em 1.939 e teve seu final em 1.945, ceifando as
vidas de cinquenta milhões de pessoas, entre elas as dos nossos brasileiros
FEB. Hoje enterrados no cemitério de Pistoia , Toscana, 443 deles. Os russos
foram os que mais perderam vidas, vinte e seis milhões entre soldados e
civis. Só de combatentes onze milhões.
                                                  Sempre me intrigou ser
Adolf Hitler, um austríaco tosco, rude, inculto, dominar o povo alemão, na
época, um dos mais cultos, em especial seus generais, todos consumidos pelo
Nazismo, inclusive suas almas, por um dos maiores monstros da História. Dois
fatores se destacam , o  poder de oratória e seu chefe de propaganda,
Goebbels. Cinquenta milhões de mortes.
                                                   Vou destacar apenas uns
poucos trechos do livro. Um professor de História em uma Universidade de
Direito na Inglaterra. Diz ele a seus alunos " Cem morreram em ataques
terroristas este mês . Dois mil morreram de câncer esta semana. Dois mil se
suicidaram. Milhões estão desempregados. Secos números que não nos impactam
mais ! quais foram suas histórias, que crises sofreram, quais foram suas
dores, que lágrimas choraram ? quais seus sentimentos e medos, enquanto se
aproximavam do último fôlego da existência  ? Nós não vemos os outros pelos
olhos deles, mas pelos os olhos da matemática.". Um aluno replicou :- " mas
essas informações não caem nas provas ! estamos em uma faculdade de direito
! Vão me ajudar em que ?. Responde o professor:- Vão ajuda-lo a tornar-se um
ser humano melhor. As provas medem nosso conhecimento, mas não nossa
humanidade. Se você for capaz de derramar uma gota de lágrima, pelas vitimas
citadas, e errar todas as minhas perguntas, eu lhe daria a nota máxima.
Esqueça a estatística e se coloque como humano. Uma família de judeus,
tirando as roupas, passivamente, sem fazer nenhum pedido de clemência e em
seguida fuziladas e jogadas à vala. Cito um caso. Um pai e uma mãe com cerca
de cinquenta anos, duas filhas jovens, um menino de dez, outro de sete e um
de apenas um ano. O pai, não se importando com os fuzis da SS, abraçou seus
filhos, beijou a testa do bebê, com exceção deste, todos sabiam que seriam
fuzilados. Isto meu caro aluno, é a distinção entre os números e a comoção,
é como eu disse, ver, sentir o momento, pelo lado deles, as vítimas.
                                               Bom o livro ! um pouco de
tudo e não tão longe da nossa realidade atual em se tratando de indiferença
, com a dor do próximo, do irmão. Reiterando, abram o anexo e vão clicando.
Bom domingo a todos. 

Nenhum comentário: