quinta-feira, 20 de abril de 2017

DESABAFO - POR ROBERTO DE ALMEIDA


DESABAFO


x

Roberto de Almeida





AMIGOS

De  vez  em  quando  um  amigo   me pergunta:  você  viu  isso  ou  aquilo   na  TV  ?   Dificilmente  confirmo,  mesmo  porque, vejo  muito  pouca  coisa  na  TV.   Considero  a  TV  uma  grande  invenção  em  termos  de  tecnologia.   A  "merda"  (desculpem  o termo)  é  a  programação.  Não  sei  quem  inventou  a   expressão  "máquina  de  fazer  doido",  mas  o  sujeito  estava  certo.   Utilizo  o  aparelho   para  ver  meus  filmes,  séries  e  documentários. Dai  sua  utilidade.    Prefiro  um  bom  livro  que  me  ajude  a  pensar.   Definitivamente,  sou  da  "geração  do  livro".  Visual,  para  mim,  é  o  cinema.   Não,  necessariamente, Hollywood. 


Quando  surgiu  a  LAVA  JATO,  voltei  aos  "noticiários"  da  TV.   Temporariamente.  Agora  passo  dias   longe  dos  mesmos.   Outro  dia,  assistindo  o  que  disse  um  desses  "incautos'  que  as  repórteres  "laçam"  no  meio  da  rua  -  e  os  "editam'  -  ouvi  um "dito  cujo"  dizer  que  a  "OLDEBRECHT"  gastava  muito  para  comprar  políticos".   Caiu  a  minha   ficha.   Parece  que  alguns  "cidadãos"  estão  entendendo  "outra  coisa".   Deu-me  vontade  de  dizer ao  "gênio":  a  OLDEBRECHT   não  está  "gastando  nada",  Pedro  Bó.  A  "propina"   faz  parte  do contrato   que  é  cobrado  ao  governo,  ou  seja,  é  VOCÊ  QUE  ESTÁ  PAGANDO".    É  O  QUE  VOCÊ PAGA   DE  IMPOSTO  QUE  ESTÁ  SENDO  DESVIADO  PARA  O  "BOLSO"  DAS  SIGLAS E  DOS  CORRUPTOS.,  que  vocês  chamam  de  "PARTIDOS"  e  "POLÍTICOS"   SE   VOCÊ  NÃO  TEM  "EDUCAÇÃO", NEM  "SAÚDE", NEM  "SEGURANÇA"  É  PORQUE  O  SEU  DINHEIRO  ESTÁ  SENDO  ROUBADO.   A  "ODEBRECHT"  E  "OUTRAS"   É APENAS  UM  MEIO.    Mas,  na  "mídia"  é "politicamente  incorreto"  dizer  isso.   A "GLOBO"  até  "criou"  uma  "possibilidade"   para  as  "defesas"  dos  "denunciados"   se  pronunciarem.   Parece  "piada",  mas  não  é.   Chamam  de  "objetividade  jornalística".  E   ficam  repetindo  essa  "imbecilidade".

A  nova  concorrente  da  "novela  das   8"  é  a "LISTA".   Como  já  disse,  os  meus  "netos"  poderão  conhecer  o  "resultado  prático"  de  tais  "denúncias"  quando   chegarem  às  instâncias  superiores.  Se  chegarem.     Até  lá,  a  GLOBO  E  OUTRAS  têm  assunto.  Enquanto  isso,  vamos  "pagar"  para  incentivar  a  indústria  de  "tornozeleiras"".    Se  sobrar  dinheiro.   Alguém  já  se  perguntou  para  que  "serve  esse  instrumento'  ?   Na  prática  ?   Quem  -  e como   -  são  fiscalizados  os  "usuários".  Claro  que  tal  assunto  não  interessa a "mídia".  Muito  menos  ao chamado  "povo".

Um  amigo,  certa  vez,  disse-me  que  este  é "o país  do  faz-de-conta". Pareceu-me  uma  boa  definição  para  acrescentarmos  ao  "samba-no-pé"  e  "pais  do  futebol".

Neste   pais,  "milhões"   balançam  o  traseiro  durante  um  mês  ao  som  de  "cuícas"  e  "tamborins".   Outros  tantos  se  "matam"  e  "brigam"  após  partidas  de  futebol  ou  "no  trânsito",  mas  quando  são  convocados   para  protestarem contra  o  fato  de  serem  roubados,  apenas  uns  poucos  (comparativamente)   se   dão  ao  "trabalho"   de  irem  para  as  ruas.     E  ainda  existem  aqueles  (com  "pró-labore"  de  mortadela   e  tubaína)  que  vão  "defender"  os    responsáveis  pela  corrupção.


Outro   "tema"  dos  noticiários,  agora  em  "recesso"   é  o  julgamento  da  "chapa  DILMA-TEMER".    Será  que  sai  antes  de  2019  ?   O  mandato  presidencial termina  no  próximo  ano.

Os   "mantras"  do  dia,  agora,  é  a  "reforma   da  Previdência",  "reforma  política"   que,  segundo  dizem,  é  a  "salvação  da  lavoura,  ou  do  pais".    "Quem"  vai  faze-las ?  Os  mesmos.   Temos  mais  a  "Lei  de  Responsabilidade".   Não  duvido   que ,  em  futuro   próximo,  juiz  vai  pensar  muito  "antes"  de  condenar  um  "corrupto".   E   o  "povo", o  que  "pensa"  a  respeito  ?   Se  é  que  "pensa" ?  

"Pensar"  é  complicado.  Cansa.  É  chato.  É  melhor  "SAMBAR".


BOA  NOITE,  BOA  SORTE

Nenhum comentário: