sábado, 27 de maio de 2017

23 DE MAIO DE 2017 - TERÇA-FEIRA - PRIMEIRA PARTE.

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas em pé

DIA     V I N T E     E    TRÊS      DE     MAIO    DE     2017     -      TERÇA-FEIRA.
80 anos, quatro anos e 26 dias de idade.
Início de minhas memórias – 9 de julho de 1950
DIA 319º DO ANO 67º - MÊS 11º
58 anos e 352 dias na PMESP.
58 anos e 103 dias na ESCOLA DE OFICIAIS – 21 144 dias – 503 836 horas.
53 anos e 260 dias da DECLARAÇÃO À ASPIRANTE A OFICIAL
29 anos e 73 dias no Posto de Coronel – 350 meses e 12 dias.
5 anos e 321 dias na Presidência da Sociedade Veteranos de 32-MMDC.
11 196 dias CORONEL - 25 anos e 161 dias na reserva.
11 380-667 784                           11 196-262 252                            10 922-255 832.
DIA DE SÃO JOÃO BATISTA DE ROSSI. Foi sacerdote e, segundo os estudos religiosos, nasceu perto de GÊNOVA, em 1698; passou quase toda a sua vida em ROMA, onde praticou eminentes atos de caridade a serviço dos pobres e dos prisioneiros italianos. Também foi grande apóstolo do confessionário. Por isso, SÃO JOÃO BATISTA DE ROSSI é considerado o “SÃO VICENTE DE PAULO DE ROMA”. Criou a PIA UNIÃO DE SACERDOTES, a CASA DE SÃO LUIZ GONZAGA e a CASA DE SANTA GALLA. Morreu em 1764.

680 a. na tentativa de tomar o trono francês, EDUARDO III, rei da INGLATERRA, começa uma invasão ao território da FRANÇA e dá início à GUERRA DOS CEM ANOS, em 23 de maio de 1337. O conflito, intermitente entre os países, se estendeu por mais de um século.
587 a. durante a GUERRA DOS CEM ANOS, JOANA D´ARC (1412-1431) é capturada pelos franceses na cidade francesa de COMPIÈGNE, no dia 23 de maio de 1430. Nos meses seguintes, ela seria vendida aos ingleses, julgada e queimada na fogueira em 1431.
519 a. da descoberta do caminho para as ÍNDIAS. Ao aportar em CALICUTE, na ÍNDIA, em 23 de maio de 1498, o português VASCO DA GAMA tornou-se o primeiro navegador a estabelecer uma rota marítima entre a EUROPA e o ORIENTE. Ele foi escolhido pelo rei de PORTUGAL, doma MANUEL I para comandar a esquadra com quatro embarcações (duas naus, uma caravela e um barco com suprimentos). Durante a longa jornada, VASCO DA GAMA enfrentou inúmeras dificuldades e perigos que testaram suas habilidades náuticas e de liderança.
519 a. da execução de GIROLAMO SAVONAROLA, na praça da SENHORIA, em 23 de maio de 1498. O PAPA ALEXANDRE VI apressou-se em constituir um tribunal para julgar o prior SAVONAROLA. Foi executado com seus dois companheiros mais fiéis, que haviam insistido em partilhar sua sorte, os freis DOMÊNICO BUONVINCINI e SILVESTRE MARUFFI. Os três dominicanos foram enforcados, seus corpos queimados, as cinzas lançadas no rio. Os condenados morreram sem pronunciar uma só palavra. SAVONAROLA nasceu em FERRARA, em 21 de setembro de 1452, numa família originária de PÁDUA. Destinado à medicina, recebeu formação literária e científica completas. Mas JERÔNIMO, como é conhecido, era dono de uma natureza contemplativa, intransigente e exaltada. Preferia a solidão, para assim poder se dedicar à filosofia de ARISTÓTELES e TOMÁS DE AQUINO. Um sermão ouvido na cidadezinha de FAENZA, no norte da ITÁLIA, desencadeou sua vocação. Em 23 de abril de 1475, com 22 anos, fugiu para BOLONHA, onde vestiu a túnica dos dominicanos. Dois dias depois de ter sido recebido pelos religiosos, JERÔNIMO escrevia ao pai que ele havia entrado para o convento tinha sido por horror às impiedades e ignomínias que assolavam o mundo. Depois de desempenhar por um ano as funções de jardineiro e alfaiate, dedicou-se ao ensino. Em 1482, foi transferido do convento de SANTA MARIA DOS ANJOS, de BOLONHA, para o de SÃO MARCOS, em FLORENÇA. Ali, foi promovido para assumir a instrução dos noviços. Para SAVONAROLA, DEUS falava por sua boca. Essa certeza não tomou conta de seus pensamentos subitamente: ela foi se insinuando; mas, depois de tê-lo penetrado, lançou âncora, reforçada pelo fato de suas primeiras previsões terem se realizado: a morte de INOCÊNCIO VIII, de LOURENÇO, MAGNÍFICO, a queda dos MÉDICI, a invasão francesa. Essa idéia de que DEUS falava por sua boca o tornou orgulhoso. A fama de monge humilde prosperou, e ele foi convocado a ser o pregador da catedral de NOSSA SENHORA DA FLOR, em FLORENÇA, onde ficou por oito anos. Ele falava contra os adornos das mulheres, e aquelas que o ouviam precipitavam-se a se desfazer de seus vestidos e jóias. O orador clamava contra os vícios do século, contra a corrupção que pervertia o mundo. As reformas que o irmão JERÔNIMO introduziu entre os seus foram a expressão de sua fé, de seu desejo de um regresso aos costumes mais simples. Em seus sermões, continuava a criticar a tirania dos MÉDICI, e começava a atacar a depravação da corte romana onde reinava o PAPA ALEXANDRE VI. LOURENÇO, O MAGNÍFICO, tentou apaziguar essa oposição cuja influência sobre o povo crescia sem parar. SAVONAROLA permaneceu surdo às ofertas mais sedutoras, dizendo: “A resposta ao MÉDICI é que ele faça penitência, pois DEUS se apressa para puni-lo, a ele e a sua família”. Em 1490, LOURENÇO, O MAGNÍFICO, morreu. Como seu filho tinha sido expulso, SAVONAROLA tornou-se o mais importante personagem do Estado. Foi ele quem se encarregou das negociações florentinas com CARLOS VIII da FRANÇA. Perturbado pelos ataques dirigidos à sua pessoa, ALEXANDRE VI ofereceu-lhe o arcebispado de FLORENÇA e o chapéu de cardeal. SAVONAROLA rejeitou a tudo isso. As ferozes críticas do pregador prosseguiram, e o PAPA o convocou para se justificar em ROMA, em 1495. SAVONAROLA recusou-se a obedecer o PAPA e então foi proibido de pregar. Mas retornou ao púlpito com uma violência redobrada. Em 13 de maio de 1497, SAVONAROLA foi excomungado pelo PAPA ALEXANDRE VI. Mas a ordem pontifícia foi desconsiderada por ele. A peste se abateu então sobre FLORENÇA. SAVONAROLA decidiu se submeter ao julgamento divino, pela prova do fogo: mas um seguidor se ofereceu para atravessar as chamas em seu lugar. BUONVINCINI, acompanhado por SAVONAROLA, compareceu para a prova. Mas uma violenta chuva molhou de tal maneira a fogueira que não mais foi possível ser acesa. SAVONAROLA declarou que DEUS tinha acabado de manifestar sua desaprovação em relação à prova projetada. No dia seguinte, o convento de SÃO MARCOS foi atacado por uma multidão enfurecida. Os religiosos, entrincheirados, opuseram uma resistência vigorosa aos atacantes. Manejados pelos monges, bombardas e arcabuzes impunham seu castigo. Cinco dos assaltantes foram mortos e três dos dominicanos, entre os quais o irmão de SAVONAROLA. Foi então que o PAPA ALEXANDRE II constituiu um tribunal para julgar o prior.
442 a. primeiro terremoto que sofre a cidade de SAN SALVADOR, em 23 de maio de 1575.
399 a. protestantes atiram comissários do SACRO IMPÉRIO ROMANO pela janela do Palácio Real de PRAGA, que caem sobre um monte de esterco, em 23 de maio de 1618. O episódio, conhecido como a SEGUNDA DEFENESTRAÇÃO DE PRAGA, deu início à GUERRA DOS TRINTA ANOS. O conflito, que envolveu o SACRO IMPÉRIO ROMANO-GERMÂNICO, católico, e um vasto conjunto de cidades e principados alemães protestantes, apoiados pela SUÉCIA, pelos PAISES BAIXOS e depois também pela FRANÇA católica, só terminou em 1648, com grandes transformações tanto políticas como econômicas para todos os países envolvidos.
283 a. nasce FRANZ ANTON MESMER, médico alemão, em 23 de maio de 1734, descobridor do magnetismo animal e do hipnotismo.
210 a. surge em MONTEVIDÉU o primeiro jornal da cidade, ESTRELLA DEL SUR, em 23 de maio de 1807.
195 a. começa a construção da primeira ferrovia pública para transporte regular de cargas e passageiros do mundo. Em 23 de maio de 1822, na INGLATERRA. A estrada, inaugurada três anos depois, ligaria as cidades britânicas de STOCKTON e DARLINGTON, de 40 quilômetros  de extensão.
182 a. nasce JOSÉ ALVES DE CERQUEIRA CÉZAR, no dia 23 de maio de 1835. Formado em direito pela Faculdade do Largo de São Francisco (turma 1860). Promotor Público em Itapetininga. Subscritor do Manifesto Republicano (1870). Secretário e Presidente do Partido Republicano Paulista. Inspetor do Tesouro do Estado (1889). Vice–Presidente  do Estado (1891/92 e de 1892/1996). Presidente do Estado Interino (1891/92). Senador Estadual (1897/ 1911). Presidente do Senado Estadual (1898/1902). Eleito Senador da República, mas renunciou antes de assumir.
164 a. ARGENTINA aprova a constituição que vigora até hoje, com emendas, em 23 de maio de 1853.
161 a. nascimento do Presidente EPITÁCIO DA SILVA PESSOA, em UMBUZEIRO, na PARAÍBA, em 23 de maio de 1856.
139 a. Banco Municipal de Empréstimos inicia suas operações em BUENOS AIRES no dia 23 de maio de 1878.
128 a. GENERAL CASTRO, na COLÔMBIA, encabeça a rebelião restauradora que depõe o presidente IGNÁCIO ANDRADE, em 23 de maio de 1899.
121 a. nasce JOÃO RODRIGUES GONÇALVES, em BRAGANÇA PAULISTA, no dia 23 de maio de 1896. Participou, como sargento, da luta constitucionalista de 1932, tendo sido promovido a 2º TENENTE por sua brava contribuição a esta empreitada cívico-revolucionária. Em 1937 foi reformado no posto de CAPITÃO, por apresentar graves problemas respiratórios. ADHEMAR DE BARROS o convocou para compor sua equipe de segurança pessoal em 1938. Nomeado pelo Chefe do Executivo como Delegado de Polícia em MONTE MOR para o biênio 1940-1941, destacou-se por seus conhecimentos jurídicos, senso de justiça e capacidade de administrar conflitos, em um período marcado por conturbações sociais na região. Posteriormente, quando da emancipação político-administrativa do município de ELIAS FAUSTO, por meio do Decreto nº 14.334, de 30 de novembro de 1944, que fixou o quadro territorial para vigorar em SÃO PAULO no período de 1945-1948, foi designado e empossado pelo Interventor FERNANDO COSTA a partir de 1º de janeiro de 1945, como prefeito e assumiu interinamente a gestão do recém-criado município, realizando profícua administração. Foi vereador na legislatura de 1956 a 1959.  Acometido por AVC, faleceu em 28 de outubro de 1972. Muito querido pela população local, uma grande multidão de concidadãos compareceu ao seu féretro para apresentar-lhe as derradeiras homenagens, bem como expressiva representação de Oficiais da Reserva da Polícia Militar, seus antigos companheiros de Milícia. Oficial vocacionado e homem público correto e empreendedor, JOÃO RODRIGUES GONÇALVES constitui paradigma dos muitos policiais militares que, pelo respeito granjeado em suas comunidades, contribuíram, ao longo da história, no exercício de funções públicas, para o engrandecimento e o progresso do Estado de São Paulo.  
119 a. das publicações no jornal DIÁRIO POPULAR de 23 de maio de 1898: houve explosão de bomba de dinamite no chalé do senhor EULÁLIO DE CARVALHO, superintendente da empresa do GUARUJÁ, a uma hora da madrugada. A bomba foi colocada embaixo do aposento do doutor EULÁLIO DE CARVALHO e no que dormiam as filhas deste senhor que, por felicidade inaudita escapara de morrer.
Atribui-se o atentado a um criado estrangeiro há dois dias despedido e que ontem apareceu nas imediações do hotel. O delegado de polícia partiu de SANTOS, com uma escolta para capturar o criminoso.
GENERAL THOMAZ CANTUÁRIA, ministro da Guerra, remeteu ao Congresso Nacional a proposta para a fixação da força federal no ano vindouro, marcando 28.150 praças de pret distribuídas proporcionalmente de acordo com os quadros em vigor.
GENERAL BLANCO ARENAS, governador da ILHA DE CUBA, declarou ao governo espanhol que os navios americanos atacaram o porto de GUANTÁNAMO, trazendo a bandeira espanhola arvorada.
O presidente MacKINLEY insiste no seu propósito de querer e mandou dez mil homens para tomas as FILIPINAS.
Um sindicato inglês ofereceu para vender à ESPANHA diversos navios de guerra. 
118 a. das publicações no jornal DIÁRIO POPULAR, edição de 23 de maio de 1899: na faina de tudo destruir, em prol dos cofres públicos, o Congresso do Estado, de quatro anos a esta parte, procura a extinção da BRIGADA POLICIAL. Assim é que há tempos dissolveu dois batalhões e pelo projeto número 50, apresentado na sessão de 20 do corrente, propõe-se a dissolução de mais um. No artigo 4º desse projeto, diz a ilustre comissão de Justiça – Não haverá na Força Pública do Estado oficiais adidos, agregados ou graduados.
Diz a GAZETA DE UBERABA, a respeito do prolongamento da MOGIANA, que é de opinião que todo o esforço deveria convergir para ligar MINAS a GOIÁS por meio de viação férrea, concorrendo mesmo a deputação dos dois Estados para que se apressasse este grandioso cometimento, tal é o seu valor e o impulso que MINAS, GOIÁS, e MATO GROSSO traria esta obra de interesse nacional.
Foi preso ontem na MOÓCA, quando procurava passar uma nota falsa de 50$, que queria vender por 15$ ao senhor FRANCISCO FERREIRA GOMES, proprietário de uma chácara ali, um indivíduo de nome BARMUNIDE HESPANHOL.
O Senado estadual aprovou, hoje, em segunda discussão, projeto que autoriza o poder executivo a abrir o necessário crédito para pagar à Companhia de Estrada de Ferro BRAGANTINA o que à mesma for devido pela garantia de juros, durante o prazo de que neste exercício o Estado é responsável.
O senhor Senador Estadual JORGE DE MIRANDA apresentou hoje, à consideração dos seus pares, um projeto de lei, extinguindo a repartição de ANÁLISES QUÍMICAS e transferindo para a Escola Politécnica os respectivos aparelhos e instrumentos.
LONDRES – O “TIMES” desmente a notícia publicada por alguns jornais americanos de COLOMBO, no PANAMÁ, onde diz-se que o cruzador americano “DETROIT” foi posto a pique pela canhoneiro “SAN JACINTHO”, da REPÚBLICA DE NICARAGUA.    
113 a. das publicações nos jornais sobre a guerra da ALEMANHA contra os herreros nas montanhas de ONJATI, em 23 de maio de 1904. As tropas alemãs na ÁFRICA não conseguiram cercar as forças indígenas porque uma das colunas com 531 homens e 4 peças de artilharia não conseguiu tomar posição em tempo para evitar a retirada dos herreros para o lado do leste. Estava-se tornando esta campanha colonial uma espécie de CANUDOS para a ALEMANHA.
111 a. falece o escritor HENRIK JOHAN IBSEN no dia 23 de maio de 1906. Nasceu em 20 de março de 1828, em SKIEN, na NORUEGA. Em 1º de junho daquele ano foi sepultado com honras de Estado no cemitério VAR FREISERS. Sua biografia foi lançada em 20 de março, data em que registrei o seu nascimento.
109 a. nasce SÍLVIO CALDAS, em 23 de maio de 1908. Alçado à fama pela participação em programas de rádio (MAYRINK VEIGA, SOCIEDADE, TUPI, NACIONAL), SÍLVIO não se fez só em cima do vozeirão; era compositor reconhecido. Fez melodia à altura da incrível letra de CHÃO DE ESTRELAS, do parceiro ORESTES BARBOSA. A canção é considerada a obra-prima da dupla: “A porta do barraco era sem trinco/ Mas a Lua furando nosso zinco/ Salpicava de estrelas nosso chão/ Tu pisavas nos astros distraída/ Sem saber que a ventura desta vida/ É a cabrocha, o luar e o violão.”
Existe um lugar onde SÍLVIO CALDAS é lembrado anualmente. É CONSERVATÓRIA, a 140 quilômetros do RIO. É nesse distrito da cidade fluminense de VALENÇA que se realiza o FESTIVAL DA SERESTA (desde 1998) que leva o nome do representante maior do gênero. A festa é grande, e toma a praça principal.
“Tivemos a idéia quando ele morreu, para preserva sua memória. Pensei: se o festival der certo, seu nome estará perpetuado. E deu! CONSERVATÓRIA tornou-se a capital da seresta no BRASIL”, diz MARIA VITÓRIA SOUZA GUIMARÃES LEAL. Pedagoga e responsável pelo núcleo da Terceira Idade da Universidade de NOVA IGUAÇU, ela é, acima de tudo, fã incondicional de SÍLVIO CALDAS. “Ele tinha uma voz maravilhosa, um estilo próprio e inconfundível, era capaz de interpretações magistrais e só cantou músicas genuinamente brasileiras”.
Em 23 de maio de 2008, o CADERNO 2 (O ESTADÃO) publica: CHÃO DE ESTRELAS PARA OS 100 ANOS DE SÍLVIO CALDAS. Seresteiro que morreu em 1998 e que hora completaria seu centenário pode ter relançados seus discos da ARIOLA.
CAMILA CALDAS tem 30 anos, orgulha-se de ser filha de um dos maiores cantores que o País já conheceu, mas a maior parte das pessoas com quem ela convive não sabe de quem se trata. Mesmo no ano de seu centenário, SÍLVIO CALDAS, que morreu aos 89 anos, há uma década, não tem tido o nome lembrado. “Eu conheço só porque era meu pai, senão dificilmente eu saberia”, admite CAMILA, nascida quando ele já era septuagenário.
Entre seus pares, SÍLVIO, intérprete de sambas e serestas, foi o que teve vida e carreira mais longas: ORLANDO SILVA se foi aos 63 anos; FRANCISCO ALVES, aos 54; NELSON GONÇALVES, aos 79; MÁRIO REIS e VICENTE CELESTINO, aos 74. Contrariando as várias despedidas, o “caboclinho querido”, que nasceu em 23 de maio de 1908, deixou de cantar aos 87 anos – a última apresentação foi na companhia do grupo TROVADORES URBANOS, em SÃO PAULO.
Empurrada pela efeméride, a SONY BMG estuda em 2008 o relançamento de discos que ele gravou pela ARIOLA (há mais de 30 em seu catálogo).
104 a. grande número de admiradores, antigos amigos e literatos foram hoje ao PANTHEON, em PARIS, visitar o túmulo de VICTOR HUGO, comemorando o vigésimo quinto aniversário do seu nascimento. Foram colocados ramos e flores.
106 a. (MINAS) O governo cuida atualmente com empenho de desenvolver no Estado a criação de carneiros para a produção de lã, hoje importada em sensível quantidade pelas várias fábricas de tecidos que MINAS possui (O ESTADO de 23 de maio de 1911).
105 a. (UBERABA) como noticiamos, projetava a municipalidade contratar com a empresa SILVA & COMP. a exibição de fitas cinematográficas, de assuntos científicos e industriais para os alunos de todas as nossas escolas. (publicado no jornal O ESTADO DE SÃO PAULO de 23 de maio de 1912).
105 a. nasce meu tio ANTÔNIO PINTO DA FONSECA, em 23 de maio de 1912. Morre com apenas doze anos. Irmão de minha mãe ALICE DA FONSECA VENTURA.
105 a. NORDEUSTSCHE LLOYD freta o maior transatlântico do mundo, o IMPERATOR, de 52 mil toneladas, em 23 de maio de 1912.
102 a. ITÁLIA declara guerra à ÁUSTRIA, em 23 de maio de 1915, abandonando sua neutralidade para intervir na PRIMEIRA GUERRA MUNDIAL ao lado dos britânicos e franceses.
91 a. FRANÇA declara o LÍBANO república em 23 de maio de 1926.
85 a. do DIA DA JUVENTUDE CONSTITUCIONALISTA DE 1932. Pela manhã, o interventor Federal em São Paulo, Embaixador PEDRO DE TOLEDO declara: “O trabalho diabólico desenvolvido no RIO, por alguns políticos coligados, visa enfraquecer minha autoridade e impedir a solução do caso paulista”.
Por volta das 16 horas, realiza-se na Praça do Patriarca, o comício monstro em favor do restabelecimento da autonomia do Estado e da reconstitucionalização do país. O povo em massa dirige-se aos CAMPOS ELÍSEOS e exige por meio de discursos inflamados a organização do secretariado do governo em consonância com a vontade do povo.
E nessa oportunidade que assomando â janela do palácio o professor FRANCISCO MORATO anuncia a escolha dos novos secretários do Interventor Federal.
O Secretariado ficou assim constituído: Educação - Dr JOSÉ RODRIGUES ALVES SOBRINHO; Agricultura – FRANCISCO DA CUNHA JUNQUEIRA; Fazenda – PAULO MORRAIS BARROS; Justiça – Professor WALDEMAR FERREIRA; Viação – FONSECA TELLES; Departamento de Organização Municipal – JOAQUIM SAMPAIO VIDAL; Prefeitura da Capital – GODOFREDO DA SILVA TELES.
No cair da tarde e o surgir da noite a massa humana se agiganta pelo Pátio do Colégio, ruas e praças contíguas. Populares sacam de suas armas e fazem disparos para o ar a guisa de salvas no momento em que SILVA GORDO passa a Secretaria da Justiça a WALDEMAR FERREIRA. O povo, não satisfeito com as vitórias alcançadas dirige-se à sede dos jornais: “RAZÃO”, órgão de OSVALDO ARANHA, o “CORREIO DA TARDE”, de MIGUEL COSTA, incendiando-os.
Daí o povo ruma contra a sede da LEGIÃO REVOLUCIONÁRIA, o PARTIDO POPULAR PAULISTA, o qual era chefiado por MIGUEL COSTA nos altos da Rua BARÃO DE ITAPETININGA, esquina da PRAÇA DA REPÚBLICA.
Por volta das 20:30 horas na PRAÇA DA REPÚBLICA o povo atacava a sede do PPP, instalado à Rua BARÃO DE ITAPETININGA, número 60 (hoje Prédio 298, esquina da Praça). A fuzilaria é intensa de lado a lado. Todos os lampiões de gás nas imediações e as poucas lâmpadas estavam quebradas por tiros. Os atacantes, uns atrás das árvores, outros deitados, defendiam-se, atacavam e socorriam os feridos. As ambulâncias ficam postadas nas Ruas SÃO LUÍS, 7 DE ABRIL e 24 DE MAIO. Enquanto um mulato distribuía munições, o povo lutava desesperadamente a fim de invadir o prédio.
Quando era meia-noite, os atacantes já tinham duas baixas: EUCLYDES MIRAGAIA e ANTÔNIO AMÉRICO DE CAMARGO ANDRADE, morador de CAMPINAS. Alguns atacantes conseguiram trazer um bonde e o colocaram, como muralha, parado à porta do prédio.
Era uma hora e trinta minutos da madrugada quando DRÁUSIO MARCONDES DE SOUZA, ao forçar a porta do prédio, foi alvejado mortalmente vindo a falecer no dia 28 devido aos ferimentos recebidos. DRÁUSIO tinha apenas 14 anos, morador na Rua OSCAR FREIRE, ferido na fossa ilíaca esquerda. O tiro saiu na fossa ilíaca direita.
A luta já durava horas, mas os atacantes não esmoreciam. Havia muita gente ferida e não se sabia ao certo o número de mortos.
Naquela madrugada sangrenta, naquele desespero, muitas pessoas deixaram os abrigos e avançaram para o prédio com o propósito de tomá-lo. Num destes ataques MARIO MARTINS DE ALMEIDA foi atingido por uma rajada de balas no peito no meio da Rua BARÃO DE ITAPETININGA. Não é decorrido muito tempo quando soldados acercaram-se do prédio, assestam uma metralhadora, fazem disparos e recebem um comunicado que transmitem aos populares dizendo que os sitiantes se rendiam e iam desocupar o prédio, o que realmente aconteceu.  
 MÁRIO MARTINS DE ALMEIDA morre ao ser removido para o pronto-socorro da polícia central. Foram feridos também: IGNÁCIO CRUZ, de 21 anos, solteiro, residente à avenida D.PEDRO I, número 7, no IPIRANGA, com dois ferimentos produzidos por balas, na perna direita; SEBASTIÃO BERNABÉ VERGUEIRO DOS SANTOS, de 33 anos, residente à Rua VITÓRIA, número 144, com um ferimento perfuro contuso na perna esquerda; PAULO RIBEIRO, advogado, residente à Rua OSCAR PORTO, número 43, com ferimento perfuro contuso no antebraço direito; MOACYR DE OLIVEIRA, de 21 anos, residente à Rua ANTÔNIO DE GODÓI, 91 com ferimento de bala penetrante da cavidade torácica; JOÃO BAPTISTA DE OLIVEIRA FILHO, de 21 anos, solteiro, residente à Rua SOUZA LIMA, número 24, com ferimento perfuro contuso na fronte frontal esquerda; ORLANDO DE ALVARENGA, de 32 anos, casado, empregado de cartório, residente à Rua MARANHÃO, com ferimento perfuro contuso na região lombar, que viria a falecer em 12 de agosto; SEBASTIÃO ALVES DE OLIVEIRA, de 19 anos, copeiro, com ferimento de bala na região glútea direita; FRANCISCO ANTÔNIO VALENTE, de 19 anos, morador na Rua 21 de Abril, número 313, com ferimento de bala no braço esquerdo e no peito; DOMINGOS NÓBREGA FILHO, de 21 anos, açougueiro, morador à Alameda Santos, número 362, com um ferimento perfuro contuso produzido por bala no pé direito e outro na coxa do mesmo lado.
Horas depois, as iniciais dos nomes dos mortos haverão de formar a sigla da sociedade, a princípio secreta, que viria a ser forja e martelo da revolução constitucionalista: MMDC.
O poeta da Revolução Constitucionalista, GUILHERME DE ALMEIDA, canta em “A SANTIFICADA”: “E houve uma noite de heroísmo/ Que marcou o teu batismo de glória;/ e por isso é que Tens quatro letras gravadas/ Nas quatro estrelas douradas/ Do topo: MMDC.
MÁRIO MARTINS DE ALMEIDA nasceu em São Paulo, no dia 8 de fevereiro de 1901. Era filho do CORONEL JULIANO MARTINS DE ALMEIDA e de Dona FRANCISCA ALVES DE ALMEIDA. Foi estudante do MACKENZIE COLLEGE, tendo terminado os seus estudos sobre a direção do Professor ALBERTO KULLMAN. Era fazendeiro em SERTÃOZINHO estando naquele dia, isto é, 23 de maio de 1932 (31 anos) em São Paulo, de passagem em visita a seus pais. Foi sepultado no Cemitério da CONSOLAÇÃO.
EUCLIDES BUENO MIRAGAIA nasceu em SÃO JOSÉ DOS CAMPOS, no dia 21 de abril de 1911. Era filho de JOSÉ MIRAGAIA e de Dona EMÍLIA BUENO MIRAGAIA. Foi aluno da Escola de Comércio “CARLOS DE CARVALHO” de onde se transferiu no 3º ano para a ESCOLA DE COMÉRCIO “ÁLVARES PENTEADO”. A 23 de maio de 1932 (21 anos) quando foi ferido e morto era auxiliar de um Cartório em São Paulo.
DRAÚSIO MARCONDES DE SOUZA era um jovem estudante. Nasceu em São Paulo em 22 de setembro de 1917. Era filho de MANOEL OTAVIANO MARCONDES DE SOUZA e de dona OTÍLIA MOREIRA DA COSTA MARCONDES. Ferido no dia 23 (15 anos incompletos) falecia no dia 28 de maio de 1932, a 1 hora e 50 minutos.
ANTÔNIO AMÉRICO DE CAMARGO ANDRADE, nasceu no dia 3 de dezembro de 1901. Filho de NABOR DE CAMARGO ANDRADE e dona HERMELINDA NOGUEIRA DE CAMARGO. Era casado e residente em CAMPINAS. Morreu em 23 de maio de 1932 (31 anos) deixando viúva dona INALAH TEIXEIRA DE CAMARGO e 3 filhos: CLÉSIO, YARA e HERMELINDA.
Os restos mortais dos heróis repousam no Monumento Mausoléu do Soldado Constitucionalista de 1932, no IBIRAPUERA, Capital.   
AURELIANO LEITE lembra que o MMDC começou num jantar num restaurante da RUA DAS FLORES, hoje SILVEIRA MARTINS, o “POSILIPO”. Foi a 24 de maio, e “éramos apenas quatro” em torno à mesa: “J. A. SAMPAIO VIDAL, membro do governo empossado, PRUDENTE DE MORAIS NETO, PAULO NOGUEIRA FILHO e eu”.
Trataram de abreviar a refeição, logo puseram mãos à obra. Daí a duas horas estavam reunidas no salão de chá do CLUBE COMERCIAL (à Rua LÍBERO BADARÓ) “VINTE E TRÊS PESSOAS DISPOSTAS A TODO SACRIFÍCIO”; J.A. SAMPAIO VIDAL, pelo governo; PAULO NOGUEIRA FILHO, CESÁRIO COIMBRA, FRANCISCO MESQUITA e AURELIANO LEITE, pelo Partido Democrático; FRANCISCO ALVES DOS SANTOS FILHO, EDGAR BATISTA PEREIRA, BERNARDO DE MORAIS e ALBERTO AMERICANO, pelo Partido Republicano Paulista; CARLOS DE SOUZA NAZARETH e BRENO FERRAZ, pela Associação Comercial; ANTÔNIO CARLOS PACHECO E SILVA, pelas classes liberais; CAPITÃO ANTÔNIO PIETCHER, técnico militar; ROBERTO VITOR CORDEIRO, JOSÉ TELES MATOS, GASTÃO SARAIVA, HERMAN DE MORAIS BARROS e FLÁVIO BATISTA DA COSTA, pelos estudantes; MOACIR BARBOSA, VALDEMAR SILVA e BRÁULIO SANTOS, pelos bancários; JORGE SOUZA REZENDE e TIAGO MASAGÃO FILHO”. Assinaram no outro dia a ata da reunião: SÍLVIO DE CAMPOS, JÚLIO MESQUITA FILHO e ANTÔNIO PEREIRA LIMA.
Alguns dias depois, EDGAR BATISTA PEREIRA lembrou os quatro mortos de 23 de maio para patronos espirituais da sociedade, que até então se chamava GUARDA PAULISTA. Representar-se-iam pelas iniciais: após alguns debates a sugestão foi aceita e daí a GUARDA ficou sendo a MMDC. Dividindo a cidade em vários setores, confiando cada qual a uma liderança, em menos de dez dias já contava a MMDC com cerca de cinco mil homens.
Na primeira vez em que apareceu em público, tinha a MMDC este Conselho Diretivo: SÍLVIO DE CAMPOS, PRUDENTE DE MORAIS NETO, CARLOS DE SOUZA NAZARETH, ANTÔNIO PEREIRA LIMA, ANTÔNIO CARLOS PACHECO E SILVA, AURELIANO LEITE e CAPITÃO ANTÔNIO PIETCHER (como assessor militar). Num domingo, a concentração e parada aconteceu no CANINDÉ. Compareceram mais de mil chefes e sub-chefes de grupos. “Assombrou a cidade e alarmou o BRASIL”, daí a pouco, sabendo de tudo pelos boatos as proporções foram multiplicadas.
O Governo de SÃO PAULO oficializou a MMDC em 10 de agosto – e entregou sua direção a um decenvirato: LUIZ PIZA SOBRINHO, PRUDENTE DE MORAIS NETO, JOSÉ CÁSSIO DE MACEDO SOARES, LÉVEN VAMPRÉ, ANTÔNIO CARLOS DE ABREU SODRÉ, JOAQUIM CELIDÔNIO FILHO, ELIAS MACHADO DE ALMEIDA, CESÁRIO COIMBRA, JAIME LEONEL, MÁRIO BASTOS CRUZ, ABELARDO VERGUEIRO CÉSAAR, ALARICO SOARES CAIUBI e CARLOS DE SOUZA NAZARETH. Esse decenvirato prosseguiu até o fim do Movimento Constitucionalista.
Em seguida a esse Conselho Geral, a MMDC compreendia três grandes divisões: a DIREÇÃO GERAL DO ABASTECIMENTO, a INTENDÊNCIA GERAL e o DEPARTAMENTO DE FINANÇAS.
Originalmente, a MMDC instalou-se na FACULDADE DE DIREITO. Passou-se, depois, para o antigo edifício do FORUM à Rua do Tesouro, esquina da 15 de Novembro (onde depois foi instalada a Caixa Econômica Estadual). Depois com a ampliação de seus serviços veio a instalar-se na Escola de Comércio ÁLVARES PENTEADO. 
85 a. da reforma do GENERAL DE BRIGADA MIGUEL COSTA – 23 DE MAIO DE 1932. MIGUEL COSTA foi promovido a GENERAL DE BRIGADA pelo DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO de 11 de novembro de 1930. O BOLETIM DO EXÉRCITO publicou o ato da promoção em 15 de novembro daquele ano. Foi ele designado para assumir o Comando da 3ª Brigada de Infantaria da 2ª Região Militar. No dia 5 de dezembro de 1930 foi designado Secretário de Estado dos Negócios da Segurança Pública. No dia 29 de abril de 1931 foi designado COMANDANTE GERAL DA FORÇA PÚBLICA.
84 a. nascimento de JOAN COLLINS, atriz britânica, em 23 de maio de 1933.
83 a. Em 1934, no dia 23 de maio, emblemático para a alma paulista, depois de cumprimentos ao Irmão do quadro, Alexandre de Albuquerque, pela homenagem que recebera do Instituto de Engenharia, como um importante engenheiro civil de S. Paulo e pela sua atuação na Revolução Constitucionalista, Guilherme de Carvalho, dizendo que aquela era a “data anniversaria da libertação paulista”, pedia que a sessão fosse encerrada, em homenagem a ela e aos jovens mortos em 32. E Roca Dordal, inflamado, referia-se “à posição injusta em que, por todos os meios, procurava a dictadura collocar S. Paulo, que, muito embora vencido nos seus altos desideratuns pela eventualidade de circunstâncias ligadas à força, assim não se considerava; devido a nobreza da causa que defendera, e graças a sua força moral, ao progresso a que soube elevar-se, conseguiu o fim que almejava, e mantém-se firme e admirável na conquista do justo e do direito, não só para o seu bem, mas para o do Brasil – não discrepou do lugar de destaque em que o colocaram os seus antepassados; antes mesmo continuou o seu traçado de luta e de glória, impondo-se à admiração mundial”. Poderia, até, ter terminado sua fala, com a citação de um pequeno trecho do vibrante “Minha Terra”, oração de bandeirantismo do Irmão Ibrahim Nobre, o tribuno de São Paulo (3). Fazendo jus ao seu título distintivo, na São Paulo de Piratininga, a Loja firmava-se como a Piratininga de São Paulo. Em julho, promulgada a nova Constituição brasileira, pela qual lutara S. Paulo, em 32, Roca Dordal tecia comentários sobre a instituição maçônica e a luta de São Paulo: “A reunião de quatro confrarias, em Londres, em 1717, dá origem à Maçonaria – que um grupo de homens destemidos, fortes, cansados da tyrania e da escravidão, que envolvia a nação e, podemos dizer, a Europa, resolveram traçar novos princípios regeneradores dos costumes da Humanidade sofredora. É a Maçonaria — que em breve seria forte bastante para pôr um dique ao despotismo universal. Mas essa seita, essa reunião de homens de ideaes e de vontades inquebrantaveis, teve de preparar sua lucta sem treguas ao obscurantismo e á oppressão. Agrupados esses homens de costumes puros, de energia e coragem para os mais duros sacrificios, entraram a pregar no meio da sociedade com o mais absoluto sigilo, escolhendo os homens, que dedicados até ao sacrifício, desejavam uma Humanidade melhor. E o sacrificio é necessario! Não há na historia da Humanidade uma conquista que não custasse rios de sangue e sacrificios sem conta, áquelles que primeiro se opuzerão ao arbitrio e á tyrania. São Paulo recolhe os beneficios de uma Constituição, pelo sacrificio dos que não se submetteram ao capricho de uma dictadura, de um poder discricionario e tyranico. É o fim que almejavam os sinceros maçons, cujos sacrificios serão pequenos, em face da vitoria alcançada”. Infelizmente, a frágil Constituição de 1934, não garantiria a continuidade de um regime realmente democrático, como viria a comprovar o golpe de 10 de novembro de 1937.
80 a. morre JOHN D. ROCKEFELLER, empresário norte-americano, em 23 de maio de 1937.
78 a. parlamento britânico aprova plano, em 23 de maio de 1939, para tornar a PALESTINA independente em 1949.
64 a. da instalação da VOLKSWAGEN no BRASIL, em 23 de maio de 1953. Foi em um galpão no bairro do IPIRANGA. Com motor 1.200, o modelo era apenas montado (as peças vinham da ALEMANHA), assim como a veterana KOMBI. O próximo passo importante na trajetória da marca foi o início das operações, três anos depois, da fábrica da VIA ANCHIETA, em SÃO BERNARDO DO CAMPO. Já no ano seguinte, a primeira novidade: a KOMBI passa a ser fabricada no BRASIL. O FUSCA seguiria o mesmo passo a partir de 1959. Curiosamente, a inauguração oficial da fábrica de SÃO BERNARDO deu-se, somente, nesse ano. Daí para a frente, uma série de mudanças foi introduzida no modelo. O FUSCA resistiu por muitos anos, inclusive com versões a álcool. Ele foi descontinuado em 1986, mas voltou entre 1993 e 1996. Somando os dois períodos, as vendas no atacado (da montadora para as revendas) atingiu a marca de três milhões, trinta e sete mil e cento e noventa unidades. O KARMANN-GHIA durou bem menos. Apelidado de “Fusca de fraque”, o modelo se destacava pelas linhas elegantes. Sua produção começou em 1962 e se estendeu até 1976. Enquanto o KARMANN-GHIA ia sendo produzido, a VOLKS lançava, em 1969, o SEDAN 1.600 quatro portas e a VARIANT- a versão II só chegou em 1977. Em 1970 chegou o TL. A marca voltou a atacar em 1972  com os SP-1 e SP-2, que duraram até 1976. Com aceitação bem maior, a BRASÍLIA foi lançada em 1973 e durou até 1982 Já o PASSAT marcou época como o primeiro VW nacional a utilizar motor refrigerado a água, montado na dianteira. Ele chegou em 1974 e resistiu até 89. A história da marca entraria em nova fase em 1980, ano que marca o lançamento do GOL. O carro começou com o propulsor derivado do FUSCA. A diferença é que ele ficava montado na dianteira. No ano seguinte surgiu o sedan VOYAGE e m 82 chegavam a perua PARATI e a picape SAVEIRO, todos derivados do GOL. Em 1984, a montadora aposta no segmento de luxo e passa a oferecer o SANTANA, que dura até hoje. Sua versão perua, a QUANTUM, chegou em 1985. O maior destaque dos anos 80 e 90 foi mesmo a família GOL. Os modelos foram sendo aperfeiçoados, ganhando versões mais sofisticadas e motores mais modernos. Em 88, o carro sai com sistema de injeção eletrônica, inédito até então entre os nacionais. A versão popular chegou em 93, com motor 1.0 e, em 94, os traços da carroceria ficaram arredondados. A chamada Geração 3 chega em 99, deixando o GOL mais moderno por dentro e por fora. Em 2000, chega o motor 1.0 16 V turbo. Os fatos importantes de 2002 foram o início da produção do POLO e o recorde de   3 645 770 GOL vendidos.     
55 a. ex-general francês, RAOUL SALAN, é condenado por um tribunal militar a prisão perpétua, em 23 de maio de 1962. Ele comandou o golpe de Estado dos generais da ARGÉLIA.
54 a. FIDEL CASTRO é o primeiro estrangeiro a receber o título de herói da UNIÃO SOVIÉTICA, em 23 de maio de 1963.
53 a. MARECHAL-DO-AR MÁRCIO DE SOUZA E MELLO, então Comandante da QUARTA ZONA AÉREA, lê a Ordem do Dia alusiva ao 23 de maio de 1964 ao pé da placa de bronze que assinala, na Praça da República, o local em que tombaram MARTINS, MIRAGAIA, DRÁUSIO e CAMARGO. A FORÇA AÉREA BRASILEIRA vinha pela primeira vez à PRAÇA DA REPÚBLICA proclamar a sua inteira identificação com os jovens de SÃO PAULO, com a mocidade estudantil da terra abençoada. Vinha assegurar, também, que os ideais de 1932, eram os mesmos daqueles que a tudo se dispuseram para livrar o BRASIL da desordem, da corrupção, do comunismo internacional, quando da Revolução de 1964.
53 a. das anotações em 23 de maio de 1964 (sábado). ANO 14º - MÊS 11º - DIA 319º = 5 anos e 353 dias na FORÇA PÚBLICA – 260 dias como aspirante (último dia como aspirante) – 247 dias no BATALHÃO DE GUARDAS.
Finalmente terminará o meu período na FORÇA PÚBLICA como ASPIRANTE A OFICIAL, que demorou pouco mais de oito meses.
Como hoje é sábado, passo um dia muito sossegado, nada havendo que toldasse a paz em meu lar.
Às 17:30 horas, vou com minha mulher ao CINE VERA e assistimos a um filme famoso, cheio de intensidade. Trata-se do “EL CID”. Mostra a figura lendária de DOM RODRIGO, conhecido como EL CID CAMPEADOR que, em 1080 D.C unificou os cristãos e mouros da ESPANHA contra o inimigo comum. Surge no reinado de DOM AFONSO, rei de CASTELA, ASTÚRIAS E LEÃO. Falecendo o rei, o trono é tripartido entre os irmãos SANCHO, FERNANDO e DONA TERESA URRACA. EL CID CAMPEADOR consegue a vitória espanhola, apesar das brigas entre os irmãos. O filme é dotado de sensibilidade ao mostrar o amor entre o EL CID e DONA JIMENA.   
52 a. das anotações dos fatos acontecidos em 23 de maio de 1965 (domingo) - ANO 15º - MÊS 11º - DIA 318º - 6 anos e 353 dias na FORÇA PÚBLICA - 365 dias como 2º TENENTE - 612 dias no BATALHÃO DE GUARDAS.
Já faz mais de um mês que não vou a POÁ, visitar meus pais. Aproveitando que hoje já estou bem melhor do resfriado, resolvo ir embarcar para a terra de meus pais quando são 7 horas.
Consigo tomar o trem das 8 horas, na estação do BRÁS, iniciando uma viagem sacrificada: o comboio vai cheio. Apesar de tudo aprecio o passeio, principalmente tendo em vista o domingo estar radiante, cheio de sol, alegre portanto.
Em POÁ, converso com muitos conhecidos antes de ir à casa de meus pais. É dia de feira e quase todos saem para fazer compras, ainda mais que o tempo está convidativo para tal.
Encontro-me com os soldados ALCIDES, VALLE, ELZIO, ROQUE, MIGUEL, Carcereiro CALIM, e outros cidadãos que estão sempre com os militares da cidade. Como já faz muitos dias que não vou a POÁ, temos diversos assuntos que servem de comentários. Os soldados querem saber se é verdade que para o segundo semestre não irá funcionar a Escola de Cabos, coisa que foi confirmada pelo Boletim Geral da Corporação na sexta-feira. Não teremos Escola de Cabos tão já. A FP está estruturando seus quadros e também estão suspensos todos os outros cursos. O quadro de escreventes, segundo voz corrente no Quartel General, será extinto definitivamente.
Visito o Posto Policial. Ali converso com o CABO WALTER PRADO, que comanda interinamente o Destacamento, visto o 2º SARGENTO NELSON RIZZO, titular, estar dispensado das funções (dois acidentes em sua família obrigaram-no a pedir cinco dias de dispensa do serviço).
Quando estou indo á casa de meus pais, encontro-os na Rua 26 de Março. Já sabem que eu estou na cidade. No lar paterno encontro meu irmão CARLOS que todo fim de semana vem de RIO CLARO, onde trabalha no BANCO DO BRASIL, para passá-lo com seus pais e sua noiva.
Almoço com eles. Meus pais sempre puxam o famoso assunto da herança de meu avô FONSECA, a qual ainda não foi solucionada, continuam as brigas na família.
À tarde, não saio. Ouço as últimas partidas pelo Torneio RIO-SÃO PAULO. O PALMEIRAS, campeão, joga e ganha com reais méritos do BOTAFOGO DE FUTEBOL E REGATAS por 3 a 0. O CORINTHIANS, no MARACANÃ, luta com o VASCO DA GAMA e empata por 1 a 1.
São quase 19 horas quando deixo o lar de meus pais. Antes de iniciar o retorno para SÃO PAULO, procuro dar um passeio por POÁ. Encontro-me com tio WASHINGTON, nomeado recentemente sub-delegado. Como está se enfronhando na vida do Destacamento, procura ficar comigo durante algumas horas. Com o jeep do Posto Policial vou até CALMON VIANA, à casa do SOLDADO WÁLTER LEME, por sinal desertor e que andou dizendo que precisava falar comigo. O quatro é triste, miserável, onde se nota cinco crianças vivendo com seus pais num só cômodo, dormindo numa só cama. A ROSA saiu do Hospital da CRUZ AZUL hoje;  trouxe consigo o quinto rebento, de apenas alguns dias de existência. O WÁLTER não está trabalhando em lugar algum, não tem meios de providenciar a alimentação para a sua prole e a coisa é dolorosa de ser assistida. Naquele cômodo vivem sete existências apenas pelo fato de terem de viver. O WÁLTER quer se apresentar no Presídio Militar "ROMÃO GOMES" e pagar a sua dívida para com o crime de deserção. Quer que eu o apresente em tal lugar, ficando acertada a data de 25 do corrente, visto amanhã ser Ponto Facultativo na Força Pública. Ele irá me procurar no BATALHÃO DE GUARDAS. É a única solução no caso presente. Assim sua família poderá receber algum provento enquanto estiver preso e, posteriormente, procurará um outro serviço e recomeçará vida nova. Deixo seu lar bastante pessimista; para mim ele não me procurará e sua família sofrerá muito daqui por diante.
No centro de POÁ vou-me encontrar com alguns conhecidos da VILA AURORA. São mais de meia-noite e encontro minha mulher apavorada, acordada ainda. É que defronte de casa, de sábado para domingo, o senhor FRANCISCO, que vivia sozinho, comete o crime de suicídio, enforcando-se.
O corpo foi encontrado suspenso numa das vigas da área dos fundos de sua casa, por um fio de ferro, somente nesta manhã. Quando passei cedo, às 7 horas, ainda não se notara o que acontecera na madrugada deste domingo. A vizinha é que descobriu o quadro tétrico ao lhe levar café hoje cedo. Minha rua viveu momentos de expectativa e minha esposa cometeu a leviandade de ir ver o enforcado, estando agora neste estado de medo.
FRANCISCO vivia só. Era impotente. Não casara e não conseguiu unir-se a uma companheira, embora tentasse isso algumas vezes. Desesperado, sozinho, sem família, encerrou seus dias hoje num laço formado por um fio de ferro, suspenso por ele numa viga da área dos fundos de seu lar, onde colocou a cabeça, para se projetar no espaço, após a ajuda de uma cadeira.
Não muito longe da VILA AURORA, num lugar denominado MANDAQUI, duas praças sofreram morte quase que instantânea ao lutarem contra um malandro conhecido pela alcunha de "SANTISTA". Ambos eram soldados do 9º BP e tentaram efetuar a detenção de tal elemento, que atacava uma jovem de 16 anos. Esse é outro caso que também muito se falou destes lados onde moro. A morte andou presente no sábado e no domingo, fazendo das suas e surpreendendo pela maneira como se processaram os casos.
São quase duas horas da madrugada quando vou deitar. Minha esposa necessitava do conforto moral para poder esquecer o que vira pela manhã. 
51 a. do relato dos fatos acontecidos em 23 de maio de 1966 (segunda-feira). ANO 16º - MÊS 11º - DIA 317º - 7 anos e 353 dias na FORÇA PÚBLICA - 730 dias como 2º TENENTE - 48 dias na 3ª Companhia do 10º BP.
Nesta segunda-feira reinicio as atividades na futura 2ª Companhia Independente. Parece que nesta semana a Câmara vai aprovar o projeto de lei que nos dá a verba de quase dois milhões de cruzeiros para pagar os aluguéis do prédio onde iremos instalar a Companhia.
Às 11 horas, viajo no ônibus VILA AURORA com o 2º TENENTE QOAA NERCÍLIO VAZ DE LIMA, do Serviço de Engenharia.
Na PONTE GRANDE, embarco no GUARULHOS VIA TRANQUILIDADE. Encontro-me com o 1º SARGENTO Músico IRENO, meu conhecido dos tempos do BATALHÃO DE GUARDAS e que foi meu amanuense quando eu era secretário (1964).
Na Companhia, chego às 12:15 horas, bem antes do CAPITÃO JAIR e do ASPIRANTE NELSON NUNES FERNANDES.
Primeiramente, discuto com algumas praças o problema de aulas que pretendo lhes ministrar a partir da próxima segunda-feira (dia 30), nos salões do CLUBE RECREATIVO. Hoje temos as assinaturas de mais de vinte soldados que pretendem ser meus alunos.
Leio os últimos Diários Oficiais. No de sábado temos a transferência para a reserva do MAJOR FRANKLIN MARCONDES PRESMANN, do Serviço de Fundos, no posto de CORONEL. Nesse mesmo DO temos a promoção do MAJOR ANTÔNIO BRAGA ao posto de TENENTE-CORONEL.
Esta segunda-feira é de muito frio. Grande parte do expediente transcorre vazio e não gosto nada de ficar parado. Parece que as coisas da 2ª Companhia Independente não andam nesta data.
Às 19 horas, deixo a Companhia, juntamente com o ASPIRANTE NELSON NUNES FERNANDES que hoje está muito pessimista. O seu carro não pegou de jeito nenhum e teve de vir de ônibus para GUARULHOS.
Faço uma viagem boa no ônibus de GUARULHOS. Em compensação, sofro num ônibus por demais cheio que, além de tudo isso, é o VILA ALBERTINA. Desço defronte do quartel do CFA e venho a pé até em casa.
Passo pelo lar do TENENTE NILSON GIRALDI para saber detalhes da Festa de amanhã no CFA - FESTA DO ESPADIM.
Em casa, assisto o filme do canal 4 - O FUGITIVO.
51 a. da nomeação do Sr GERALDO FARIA MARCONDES no cargo de RELAÇÕES PÚBLICAS da Diretoria Executiva, em 23 de maio de 1966. Consta da ata registrada naquela data, da posse da nova diretoria.
50 a. das anotações feitas em 23 de maio de 1967. ANO 17º - MÊS 11°º - DIA 318º - 8 anos e 353 dias na FORÇA PÚBLICA – 160 dias como 1º tenente. 413 dias na 2ª Companhia Independente.
Finalmente, está chegando ao final o complicado “CASO VIANA”. Iniciado ao 20 de março e cujo relatório do IPM foi dado ontem pelo1º TENENTE SÉRGIO PREI 
49 a. na PRAÇA DA REPÚBLICA, em  23 de maio de 1968, diz o Comandante da QUARTA ZONA AÉREA: “Aqui também está o altar da Pátria! E pensando nela, a Pátria que os mercenários não venceram, nós, representantes da FORÇA AÉREA BRASILEIRA, associando-nos ao ardor da mocidade de SÃO PAULO, estamos certos de atender ao estímulo do poeta, tão caro aos jovens desta Terra, assegurando que: JAMAIS A DEIXAREMOS MORRER!”.  
47 a. da posse do Presidente da Diretoria Executiva da Sociedade Veteranos de 32-MMDC, doutor NELSON DE MORAES LOPES. Nesse 23 de maio de 1968 faleceu o ex–combatente doutor TITO PACHECO. O doutor NELSON DE MORAES LOPES veio a falecer em janeiro de 1970 e, no dia 7 de janeiro daquele ano, em reunião extraordinária do CONSELHO SUPREMO foi eleito, para substitui-lo, o CAPITÃO FRANCISCO MOLINARI.
47 a. das comemorações do DIA DO SOLDADO CONSTITUCIONALISTA, em 23 de maio de 1970. O II EXÉRCIT0000000000000000000000O, o 6º DISTRITO NAVAL, a 4ª ZONA AÉREA, a POLÍCIA MILITAR e entidades civis receberam às 16:30 horas, em cerimônia realizada no auditório da Federação do Comércio, diplomas de sócios de honra da Sociedade Veteranos de 32-MMDC.
O GENERAL JOSÉ CANAVARRO PEREIRA, Comandante do II EXÉRCITO, foi condecorado pela entidade, que distinguiu os GENERAIS VICENTE DE PAULA DALE COUTINHO, Comandante da 2ª REGIÃO MILITAR, e ERNANI AIROSA DA SILVA, Chefe do Estado Maior do II EX, como integrantes da Força Expedicionária Brasileira. Estes oficiais compuseram a mesa diretora da solenidade, juntamente com o ALMIRANTE SÍLVIO DE MAGALHÃES FIGUEIREDO, Comandante do 6º DISTRITO NAVAL, e CORONEL RUI SARAIVA, representando a 4ª ZONA AÉREA. A cerimônia foi presidida pelo Professor REINALDO RAMOS SALDANHA DA GAMA, hoje empossado como presidente do Conselho Supremo da Sociedade.
Estavam presentes ainda à cerimônia e receberam medalhas como expedicionários à II GRANDE GUERRA MUNDIAL o BRIGADEIRO ROBERTO BRANDINI, o CORONEL RUBENS RESTEL, Comandante da Guarnição de CAMPINAS, o CAPITÃO-DE-MAR-E-GUERRA VICENTE CONTE, Capitão dos Portos do Estado de São Paulo; o CORONEL ALTINO MAGNO FERNANDES, Chefe do Estado Maior da Polícia Militar e o Comandante JAIR OLIVÉ, do Estado Maior do 6º DISTRITO NAVAL.
Após a execução do Hino Nacional Brasileiro, o Prof SALDANHA DA GAMA que substitui ao Sr LAURO DE BARROS SICILIANO na presidência do Conselho do MMDC, abriu a segunda parte dos trabalhos afirmando que “desde 1932 lutamos em prol da democracia para salvar o Brasil do perigo vermelho”.
O CAPITÃO PM FRANCISCO MOLINARI, que assumiu hoje a Presidência da Diretoria Executiva da Sociedade Veteranos de 32-MMDC, fez a entrega de diplomas de Sócio de Honra ao Instituto Histórico e Geográfico, à Sociedade Geográfica Brasileira, à Sociedade Brasileira de Heráldica e Medalhística, à Liga das Senhoras Católicas e, “post-mortem”, ao jornalista JÚLIO DE MESQUITA FILHO.
Às 18 horas, foi prestada uma homenagem da 4ª ZONA AÉREA aos mártires do Movimento Constitucionalista de 1932, com leitura da ORDEM DO DIA e colocação de uma coroa de flores pela Sociedade Veteranos de 32-MMDC. Encerrando, proferiu oração o poeta PAULO BOMFIM.
Como parte dos festejos de seu aniversário, a Sociedade MMDC fez celebrar missa rezada pelo capelão de 1932, padre ELISEU MURARI, seguindo-se o desfile dos estabelecimentos de ensino desta capital e sessão solene em que foi homenageada a memória do ex-prefeito FARIA LIMA.
O CLUBE PIRATININGA realizou, hoje à tarde, a cerimônia de colocação de flores na placa em homenagem aos heróis da Revolução de 1932. Na oportunidade falou o Sr JOAQUIM EUGÊNIO DE LIMA NETTO e o poeta PAULO BOMFIM, do CLUBE PIRATININGA.
Na placa está escrita a seguinte frase: “MARTINS, MIRAGAIA, DRÁUSIO, CAMARGO/ E FORAM BRAVOS/ FORAM PAULISTAS/ AQUI TOMBARAM/ PELAS 13 LISTAS/ 1932-1956.
47 a. do translado dos restos mortais do menino–herói ALDO CHIORATO, morto em 1932, para o MONUMENTO-MAUSOLÉU DO SOLDADO CONSTITUCIONALISTA (foi vítima de um bombardeio efetuado pelos “vermelhinhos” contra a cidade de CAMPINAS). A solenidade foi realizada em 23 de maio de 1970.
46 a. terremoto no leste da TURQUIA mata mil pessoas em 23 de maio de 1971.
45 a. nasce o piloto brasileiro RUBENS BARRICHELLO em 23 de maio de 1972.
45 a. da transmissão do Comando do Exército Constitucionalista do doutor PARANHOS DO RIO BRANCO para o CORONEL Res JOSÉ RUFINO FEIRE SOBRINHO (23 de maio de 1972). O engenheiro LAURO DE BARROS SICILIANO assumia a presidência do CONSELHO SUPREMO; o desembargador JÚLIO IGNÁCIO BOMFIM PONTES na vice-presidência e como secretário do Conselho o doutor JOSÉ BENEDITO SILVEIRA PEIXOTO. Tomava posse como presidente da Diretoria Executiva da Sociedade Veteranos de 32-MMDC, MÉRCIO PRUDENTE CORRÊA e na vice-presidência o CAPITÃO Res RUBEM COSTA. Deixava a presidência do CONSELHO SUPREMO o TENENTE-CORONEL R/1 Res FAB ANTÔNIO JOAQUIM LAGOA e da presidência da Diretoria Executiva, Coronel Res HELIODORO TENÓRIO DA ROCHA MARQUES. O tenente GERALDO NORBERTO FREIRE BRAGA procedeu à chamada dos heróis cujas urnas contendo os restos mortais foram imortalizados no Monumento-Mausoléu: LUIZ AMÉRICO DE FREITAS, JOSÉ JERÔNIMO DE VASCONCELOS, MANOEL MARTINS JORGE MOREIRA DE SOUZA, CELSO DE ALMEIDA SENNA, ELÓY FERNANDES, JOÃO BATISTA DE OLIVEIRA FARIA, GASTÃO LOPES LEAL, BENJAMIN COPUSSO, JOSÉ DA SILVA, ANTONIO NAVES PRADO, BENEDITO RAFAEL, JOSÉ CECINO DE CARVALHO, JOSÉ PEREIRA REYMÃO. O Padre ELISEU MURARI fez a encomendação dos corpos. No dia 21 de julho de 1977 o engenheiro LAURO DE BARROS SICILIANO renunciava o cargo de Presidente do CONSELHO SUPREMO por motivo de saúde. Assumia seu lugar o vice-presidente, desembargador JÚLIO IGNÁCIO BOMFIM PONTES. 
43 a. da solenidade defronte o Monumento-Mausoléu do Soldado Constitucionalista de 32, onde houve a transmissão do Comando do Exército Constitucionalista, do veterano AURELIANO LEITE para o veterano CORONEL PM Res JOSÉ CANAVÓ FILHO - 23 de maio de 1974. Assumia a Presidência da Diretoria Executiva da Sociedade Veteranos de 32-MMDC o CORONEL da antiga FORÇA PÚBLICA, ex-combatente, HELIODORO TENÓRIO DA ROCHA MARQUES. Deixava a presidência o CAPITÃO Res FRANCISCO MOLINARI. No interior do Monumento, foi descerrada a placa comemorativa do Centenário de SANTOS DUMONT. O poeta PAULO BOMFIM, mestre de cerimônias da Sociedade, declamou os seguintes versos:

“Na manhã feita de azul
O passado está presente
Na evocação dos heróis
A alma de nossa terra,
O sonho de nossos mártires
O sangue de nossa causa
Unidos nesse momento
Nestes chãos do Ibirapuera,
Falam do ideal e da glória
Daqueles moços de ontem
Que plasmando os amanhãs
Fizeram a história marchar
De maio a 9 de julho;
Na manhã feita de azul
O sol de nossa verdade!
O governador LAUDO NATEL presidiu as comemorações como faz todos os anos e permaneceu até o fim do programa, que se estendeu até o meio-dia. Compareceram também o prefeito MIGUEL COLASSUONO, o secretário do Trabalho CIRO ALBUQUERQUE, o vice-governador ANTÔNIO RODRIGUES FILHO, o senador CARVALHO PINTO, o vereador BRASIL VITA FILHO, presidente da Câmara, e o senhor PAULO EGYDIO, que pela primeira vez apareceu em público ao lado do governador LAUDO NATEL.
Os escoteiros do BRASIL, seção de SÃO PAULO, também prestaram sua homenagem aos mortos de 32 o vereador BRASIL VITA, em nome da Câmara, entregou a MEDALHA ANCHIETA a vários membros da entidade que congrega os Veteranos. Encerrando a cerimônia, o poeta PAULO BOMFIM declamou o poema ORAÇÃO ANTE A ÚLTIMA TRINCHEIRA, do poeta da revolução de 32, GUILHERME DE ALMEIDA, também sepultado no Mausoléu de 32.  
O CONSELHO SUPREMO da Sociedade Veteranos de 32-MMDC elegeu o CORONEL PM Ref HELIODORO TENÓRIO DA ROCHA MARQUES para dirigir os destinos da Sociedade no biênio 1974/1976 na data de 21 de março de 1974.
42 a. O palanque está cheio de gente e, na frente, o governador PAULO EGYDIO e o prefeito OLAVO SETÚBAL, entre muitas outras pessoas, neste 23 de maio de 1975. Um vento intenso fazia tremular centenas de bandeiras brasileiras e paulistas defronte ao Monumento Mausoléu do Soldado Constitucionalista de 1932. PAULO BOMFIM faz a declamação: “Maio de outrora revive/ Na saudade aqui presente / Maio de paz e de guerra, / Capacetes de esperança / Alma do povo e da terra / Voz de ideal, canto de amor / E o MMDC/ É sigla, é sangue, é vitória / Santa senha, pira ardente / Bandeira bem bandeirante / No coração de São Paulo – Maio de outrora revive / Nos campos de Ibirapuera.”
PAULO BOMFIM pede licença a PAULO EGYDIO para iniciar as comemorações de mais um 23 de maio, data em que se comemora o sacrifício de MIRAGAIA, MARTINS, DRÁUSIO e CAMARGO, tombados mortos na Praça da República, na luta constitucionalista. Seus corpos dormem no Mausoléu, em cujo frontispício estão inscritas estas palavras eternas: “VIVERAM POUCO PARA MORRER BEM; MORRERAM JOVENS PARA VIVER SEMPRE”.
Estavam presentes, além do governador e do prefeito de São Paulo, o desembargador JOSÉ CARLOS FERREIRA DE OLIVEIRA, presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo; doutor HOMERO DINIZ GONÇALVES, presidente do Tribunal Regional do Trabalho; desembargador GUÁLTER GODINHO, presidente do Tribunal de Justiça Militar do Estado de São Paulo; MANOEL GONÇALVES FERREIRA FILHO, vice-governador de São Paulo; representantes dos comandos do Exército, da Aeronáutica e da Marinha do Brasil; dom ERNESTO DE PAULA, representando o cardeal-arcebispo de São Paulo e numerosos convidados.
A comemoração iniciou-se com o hasteamento das bandeiras do Brasil, de São Paulo e do Município, respectivamente pelo Governador PAULO EGYDIO, Prefeito OLAVO SETÚBAL e desembargador JOSÉ CARLOS FERREIRA DE OLIVEIRA. Seguiu-se a entrada do Pavilhão Nacional e, em seguida, a transmissão do Comando do Exército Constitucionalista para o período 1975/1976, pelo veterano CORONEL PM Res JOSÉ CANAVÓ FILHO, ao veterano DOUTOR JOSÉ PARANHOS DO RIO BRANCO.
Sob os acordes da “MARCHA FÚNEBRE”, de CHOPIN, deram entrada na grande área fronteiriça ao Monumento Mausoléu as urnas contendo os despojos de 17 heróis de 1932, transportadas por cadetes da Academia de Polícia Militar. Um pelotão prestou as homenagens póstumas deflagrando três cargas de festim em funeral.
PADRE ELISEU MURARI, capelão de 32, procedeu ao cerimonial religioso e, logo depois, começava o desfile estudantil, com a participação de vários colégios e escolas integradas da Capital e da União dos Escoteiros do Brasil e das Bandeirantes do distrito de PIRATININGA.
As comemorações ao DIA DO SOLDADO CONSTITUCIONALISTA prosseguiram às 18 horas, na PRAÇA DA REPÚBLICA, no mesmo local onde há 43 anos tombavam as primeiras vítimas do Movimento Constitucionalista. Abrindo a cerimônia, fez uso da palavra o doutor CRISTÓVÃO FERNANDES, representante do CLUBE PIRATININGA, que trouxe à memória de todos os presentes fatos ocorridos nos tempos do Movimento. Seguiu-lhe o poeta PAULO BOMFIM, que, com suas palavras carregadas de emoção, sensibilizou profundamente não só os veteranos de 32, como também o grande número de pessoas que assistiam à solenidade.
41 a. nasce RICARDO LUÍS POZZI RODRIGUES, em 23 de maio de 1976, em SÃO PAULO. RICARDINHO jogou pelo PARANÁ CLUBE (1995 a 1997), BORDEAUX-FRANÇA (1997 e 1998); CORINTHIANS (1998 a 2002); SÃO PAULO (2002 e 2003); MIDDLESBROUGH-INGLATERRA (2004); SANTOS (2004). TÍTULOS conquistados: TRICAMPEÃO PARANAENSE (95/96/97); BRASILEIRO (98 e 99); MUNDIAL DE CLUBES (2000); PAULISTA (1999 e 2001); TORNEIO RIO-SÃO PAULO (2002); COPA DO BRASIL (2002); COPA DO MUNDO (2002). 
41 a. da solenidade no Monumento Mausoléu do Soldado Constitucionalista, em 23 de maio de 1976. Transmissão do Comando do Exército Constitucionalista para o período 1976/1977 pelo veterano DOUTOR JOSÉ PARANHOS DO RIO BRANCO ao veterano CORONEL PM Res JOSÉ RUFINO FREIRE SOBRINHO. Posse da Diretoria Executiva eleita para o triênio 1976/1979: Presidente – MÉRCIO PRUDENTE CORRÊA; Vice-presidente – CAPITÃO PM Res RUBEN COSTA. Posse do Conselho Supremo eleito para o triênio 1976/1979: Presidente – DOUTOR LAURO DE BARROS SICILIANO; Vice-presidente – DESEMBARGADOR IGNÁCIO BOMFIM PONTES e Secretário DOUTOR JOSÉ BENEDITO SILVEIRA PEIXOTO.     
Entrada do Pavilhão Nacional conduzido pela União dos Escoteiros do Brasil – Região de São Paulo. Entrada de dezesseis urnas com os despojos dos Heróis Constitucionalista tombados no campo da luta em 1932: LUIZ AMÉRICO DE FREITAS – exilado; JOSÉ JERONYMO DE VASCONCELOS – voluntário; MANOEL MARTINS (ferroviário da Companhia Mogiana do trem blindado da Coluna ROMÃO GOMES); JORGE MOREIRA DE SOUZA (voluntário da Coluna ROMÃO GOMES); CELSO DE ALMEIDA SENNA – (Capitão do Batalhão BORBA GATO; ELOY FERNANDES (cabo da FORÇA PÚBLICA); JOÃO BATISTA DE OLIVEIRA FARIA (Cabo do 4º BCP da FORÇA PÚBLICA); GASTÃO LOPES LEAl (voluntário da esquadra aérea do Exército Constitucionalista); BENJAMIN CAPUSSO (voluntário do Batalhão BENTO GONÇALVES); JOSÉ DA SILVA (voluntário do Batalhão BAHIA); ANTÔNIO NAVES PRADO (voluntário); BENEDITO RAPHAEL (voluntário do 1º Batalhão Esportivo); JOSÉ CERINO DE CARVALHO (Sargento do 1º BCP da FORÇA PÚBLICA); JOSÉ PEREIRA REYMÃO (soldado do 9º BCP da FORÇA PÚBLICA); despojos de dois heróis não identificados do Batalhão BORBA GATO, exumados no PORTO DELFIM.
Segue-se a homenagem da Federação das Bandeirantes do Brasil, Região de São Paulo. Cerimonial Religioso. Honras Fúnebres por uma Companhia de Fuzileiros da Polícia Militar. Desfile da Juventude Estudantil em homenagem aos heróis.
Às 18 horas na PRAÇA DA REPÚBLICA, vigília aos primeiros mártires do Movimento Constitucionalistas: MARTINS, MIRAGAIA, DRAUSIO e CAMARGO. Orador – poeta PAULO BOMFIM.
37 a. solenidade no Monumento Mausoléu do Soldado Constitucionalista, em 23 de maio de 1980: transmissão do comando do Exército Constitucionalista pelo GENERAL-DE-EXÉRCITO R/1 ARISTÓTELES RIBEIRO ao MONSENHOR LUIZ FERNANDES DE ABREU para o período de 1980/1981. Chegada do cortejo conduzindo as urnas com os despojos dos heróis doutor PAULO NOGUEIRA FILHO, GENERAL OTHELO FRANCO, GENERAL ARCY DA ROCHA NÓBREGA e CORONEL PM NAUL DE AZEVEDO. Oração ANTE A ÚLTIMA TRINCHEIRA, de GUILHERME DE ALMEIDA, declamada pelo Acadêmico Poeta PAULO BOMFIM. Encomendação religiosa pelo PADRE HÉLIO ABRANCHEZ VIOTTI S.J. Chamada dos heróis. Honras fúnebres por uma Companhia da Polícia Militar. Imortalização dos Heróis no Monumento. Desfile da JUVENTUDE CONSTITUCIONALISTA representada por delegações de Estabelecimentos de Ensino do Estado e do Município e Particulares, Grupos de Escoteiros da Região de São Paulo, Federação dos Bandeirantes do Brasil. Etc.
Às 18 horas, na PRAÇA DA REPÚBLICA, deposição de flores junto à placa MMDC. Oradores: doutor CHRISTÓVÃO FERNANDES, pelo Clube Piratininga e Acadêmico PAULO BOMFIM, pela Sociedade Veteranos de 32-MMDC.
Às 21 horas, no Clube Piratininga, sessão solene comemorativa à data, sendo orador o Acadêmico doutor BRASIL BANDECHI.   
33 a. CUBA acata a decisão da URSS e de quase todos os países da órbita soviética de não participar dos JOGOS OLÍMPICOS de LOS ANGELES, em 23 de maio de 1984.
32 a. quinze pessoas morrem em três meses nas prisões de BELO HORIZONTE devido às péssimas condições de cárcere. Descoberta em 23 de maio de 1985.
32 a. solenidade no Monumento Mausoléu do Soldado Constitucionalista com a imortalização dos heróis MARECHAL-DO-AR IVO BORGES, GENERAL SEBASTIÃO DALYZIO MENNA BARRETO e GENERAL WALDEMIRO MEIRELLES MAIA. O CORONEL CAPELÃO R/1 MONSENHOR JOÃO PHEENEY DE CAMARGO E SILVA faz a encomendação religiosa. Transmissão do Comando do Exército Constitucionalista pelo Professor ANTÔNIO PERES RODRIGUES FILHO ao CORONEL PM Res FRANCISCO ANTÔNIO BIANCO JÚNIOR para o período de 1985/1986. Posse do Conselho Supremo e da Diretoria Executiva da Sociedade Veteranos de 32-MMDC.
Solenidade às 18 horas na PRAÇA DA REPÚBLICA com os oradores doutor CHRISTÓVÃO FERNANDES, pelo Clube Piratininga, e Acadêmico PAULO BOMFIM, pela Sociedade Veteranos de 32-MMDC. Às 21 horas, no Clube Piratininga, concerto da Banda Sinfônica da Polícia Militar do Estado de São Paulo, sob a regência do Maestro CAPITÃO PM JOÃO ANTÃO FERNANDES.
31 a. falece o ator STERLING HAYDEN em 23 de maio de 1986.
28 a. internação de meu primo WÁLTER, no HOSPITAL SÃO PAULO, em 23 de maio de 1989.
28 a. do casamento da jogadora de basquete HORTÊNCIA com JOSÉ VICTOR OLIVA, em 23 de maio de 1989.
28 a. LIGA ÁRABE readmite o EGITO em 23 de maio de 1989.
27 a. autoridades soviéticas anunciam o primeiro referendo para decidir se deve ser implantada a economia de mercado, em 23 de maio de 1990.
27 a. da morte de JOSÉ MONTEIRO, esposo da HERCÍLIA, em 23 de maio de 1990.
26 a. SONIA GANDHI, viúva de RAJIV GANDHI, se recusa a chefiar do Partido do Congresso, em 23 de maio de 1991.
25 a. ESTADOS UNIDOS e quatro ex-repúblicas soviéticas assinam acordo para a observação de tratado para o controle de mísseis estratégicos, em 23 de maio de 1992.
25 a. assassinato do juiz GIOVANNI FALCONE e sua esposa, na  explosão de um carro-bomba, em PALERMO, provocada pela MÁFIA, em 23 de maio de 1992.
24 a. primeiras eleições livres no CAMBOJA depois de treze anos de guerra civil, em 23 de maio de 1993.
24 a. da CENTRAL NACIONAL DE TELEVISÃO-CNT -TV GAZETA, fundada em 23 de maio de 1993.
23 a. da premiação do filme PULP FICTION, do diretor norte-americano QUENTIN TARANTINO, com a PALMA DE OURO de melhor filme no FESTIVAL DE CANNES, em 23 de maio de 1994. Foi uma surpresa a vitória do controvertido diretor que se mantém longe das grandes produções de HOLLYWOOD. Sua primeira obra de sucesso mundial foi o violento CÃES DE ALUGUEL. A escolha de PULP FICTION, um filme de suspense que mistura violência e humor, provocou muitas críticas. Uma mulher da platéia se levantou e começou a ofender TARANTINO. Ela recebeu aplausos e vaias.  
22 a. da IMPLOSÃO do edifício federal ALFRED P. MURRAH, em OKLAHOMA CITY, no dia 23 de maio de 1995. Nesse lugar, uma bomba explodiu em abril de 1995, matando  167  pessoas.
21 a. transf. reserva: CORONEL PM UBIRAJARA BRASIL MARCHIONI, em 23 de maio de 1996.
20 a. das seguintes anotações em 23 de maio de 1997: saio de casa dirigindo o SANTANA, a fim de participar da missa no Monumento Mausoléu do Ibirapuera. Passo pela casa do senhor GERALDO PIRES DE OLIVEIRA, quase às 9 horas. Tomo um café com ele e com sua senhora, dona ZYLKA.
Notamos grande presença de público quando chegamos no Monumento Mausoléu, superando de muito o evento realizado em 1996. Três escolas: MMDC, PRUDENTE DE MORAIS e COLÉGIO MILITAR somam 120 crianças que comparecem para assistir a missa. Representação de oficiais de várias Unidades da PM, dão um cunho de grande importância nesta solenidade.
O BRIGADEIRO-DO-AR FERNANDO DE SANTA CLARA RAMOS, Diretor do Parque da Aeronáutica de São Paulo, é a mais alta autoridade presente. O Comandante Geral, CORONEL PM CLAUDIONOR LISBOA; o Sub Cmt PM, CORONEL PM CARLOS ALBERTO DA COSTA; o Comandante do Corpo de Bombeiros, CORONEL PM JOSÉ CARLOS DA SILVA; o Cmt do CPAM-5, CORONEL PM GUIMARÃES; Cmt do CPAM-7, CORONEL PM VALDIR SUZANO; Cmt do CPTran, CORONEL PM RUFINO; Chefe do EM-COM, CORONEL PM LEMES; o Chefe da CASA MILITAR, CORONEL PM LOURIVAL COSTA RAMOS; Deputado Federal ARNALDO FARIA DE SÁ; Deputado Estadual UBIRATAN GUIMARÃES; CORONEL PM Res ALUIZIO SILVEIRA DE CARVALHO PEREIRA; CORONEL PM Ref EDUARDO MONTEIRO; CORONEL PM Ref SADOC CHAVES SIMAS; TENENTE-CORONEL PM PAULO RÉGIS SALGADO, Diretor do Cerimonial do MMDC e Chefe da 5ª Seção EM/PM; TENENTE-CORONEL PM JOÃO BAPTISTA; TENENTE-CORONEL PM VASCONCELLOS; MAJOR PM VIANA; CAPITÃO PM LUIZ EDUARDO PESCE DE ARRUDA, Diretor de Comunicação Social do MMDC; CAPITÃO PM AGRELLA; CORONEL ARY CANAVÓ, Presidente da Diretoria Executiva do MMDC; GERALDO FARIA MARCONDES, Presidente de Honra do MMDC; SILVEIRA PEIXOTO, MINISTRO GÚALTER GODINHO, VETERANO JOSÉ SOARES MARINS, VETERANO PAULINO, Professor GABRIEL, Diretor do Arquivo Histórico e Biblioteca do MMDC; CAPITÃO PM SUZUKI, Diretor do Departamento da Juventude do MMDC abrilhantaram o evento. O CORONEL PM WÁGNER CINTRA, Assistente Militar da Assembléia Legislativa se acha presente. Três padres rezam a missa: TENENTE-CORONEL PM CAPELÃO JOÃO BENEDITO VILLANO, CAPITÃO PM CAPELÃO OSVALDO PALÓPITO e o PADRE ANTÔNIO SÉRGIO PALOMBO DE MAGALHÃES, Presidente da Cruz Vermelha do Estado de MINAS GERAIS, especial convidado do CAPELÃO VILLANO. Esse padre de MINAS faz brilhante alocução sobre o MAUSOLÉU, MARTINS, MIRAGAIA, DRÁUSIO e CAMARGO e o que foi a Revolução de 32 para o BRASIL.
O túmulo do herói jacente é benzido e encomendado pelos padres e se dá o TOQUE DE SILÊNCIO.
Os presentes de confraternizam. O senhor GERALDO FARIA MARCONDES diz que o ex-ministro GUÁLTER GODINHO aceitou a indicação para ser o novo Comandante do Exército Constitucionalista, substituindo o SEVERINO DOS SANTOS na data de 9 de Julho. O senhor MARCONDES articula a queda do CORONEL ARY CANAVÓ da presidência do MMDC por suas idéias políticas, contrariando o Estatuto da Sociedade.
O senhor GERALDO PIRES DE OLIVEIRA e o CAPITÃO PM ARRUDA explicam às crianças o que significa o 23 de Maio. Fazem um breve histórico do Monumento Mausoléu.
Quase as 12 horas deixamos o local. Conduzo o senhor GERALDO PIRES DE OLIVEIRA até perto de sua residência e o senhor JOSÉ SOARES MARINS até a estação ANA ROSA. O senhor MARINS colaborou com os padres que rezaram a missa, mas demonstrou dificuldades ao se locomover. Está ele com problemas de saúde.
Passo pela Sociedade Veteranos de 32-MMDC. O CORONEL ARY CANAVÓ ali se encontra. Prepara-se para ir a uma solenidade na Câmara Municipal, às 16 horas. Prefiro evitar contatos políticos, danosos para o futuro da Sociedade por causa das idéias arrevezadas do nosso atual presidente.
O senhor ANTÔNIO PENTEADO MENDONÇA escreve no JORNAL DA TARDE um artigo intitulado “O 23 DE MAIO”.
Passo pela AORPM onde fico até 16 horas. Meu carro está estacionado no 5º andar do Corpo de Bombeiros, na PRAÇA DA SE. Vou buscá-lo, regressando a GUARULHOS num final de tarde muito frio.
Pela tv assisto o ato heróico cometido pelo PM do Grupo Especial de Ações Táticas de CAMPINAS, que matou com um tiro certeiro um bandido que mantinha uma criança de dois anos, no colo, como refém.
LUCINDA conta-me que a mãe de dona JACIRA novamente foi internada num hospital por se achar muito fraca, decorrência de uma pneumonia e a sua idade.
STEFFI GRAF tirou a sul-africana AMANDA COETZER do Torneio de Tênis de STRASBURGO. Amanhã, pela final, STEFFI enfrenta a vencedora da partida entre JUDITH WESNER (AUSTRIA) e MIRJANA LUCIC (CROÁCIA). Em MADRI, MÔNICA SELES eliminou a argentina FLORÊNCIA LABAT. Amanhã, decide o título com a checa JANA NOVOTNA, que tirou ARANTXA SANCHEZ VICÁRIO, na semifinal.
FÓRMULA INDY: 300 milhas de MADISON, em ILLINOIS (sexta etapa do campeonato): RAUL BOESEL é o Pole Position. A seu lado, em segundo lugar, está o canadense PAUL TRACY, atual líder do Campeonato. MAURÍCIO GUGELMIN fica com a terceira colocação. GREG MOORE é o quarto. PATRICK CARPENTIER o quinto. AL UNSER JÚNIOR o sexto. PARKER JOHNSTONE o sétimo. DARIO FRANCHITTI o oitavo. JIMMY VASSER o nono. ALEX DANARDI o décimo.
A JUVENTUS DE TURIM conquistou hoje, com duas rodadas de antecedência, o 23º título italiano de sua história ao empatar em 1 a 1 com o ATALANTA, em BERGAMO.       
19 a. do arcebispado de dom CLÁUDIO HUMMES em SÃO PAULO, em 23 de maio de 1998. Substituiu o CARDEAL dom PAULO EVARISTO ARNS.
19 a. Exército indonésio expulsa dois mil estudantes que ocupavam o parlamento da INDONÉSIA e o presidente B.J. HABIBIE dá posse a um novo gabinete, em 23 de maio de 1998. 
19 a, das seguintes anotações em 23 de maio de 1998: vou cedo para o IBIRAPUERA. Surpreendo-me com o número de oficiais e praças que comparecem nesta manhã no Monumento Mausoléu. Como está se realizando uma solenidade de Entrega de Espadins para 200 cadetes na Academia de Policia Militar do Barro Branco, calculei que o evento nosso seria esvaziado. Não podemos mesmo contar com as presenças do Comandante Geral e dos coronéis que foram para a APMBB. O CORONEL PM ISAIAS MASCARENHAS, da DAMCO, é o coordenador da solenidade. Ajuda-o o MAJOR PM FLÁVIO ROSA e uma dezena de oficiais envolvidos no evento. CORONEL PM TOSTA, Cmt do CPA/M-2, responsável pela Área SUL está presente. CORONEL PM ALUIZIO SILVEIRA DE CARVALHO PEREIRA, meu companheiro de Escola de Oficiais, chega quase que comigo. CORONEL PM UBIRATAN GUIMARÃES comparece para fazer sua política, candidato a deputado estadual. TENENTE=CORONEL PM PIMENTA, TENENTE-CORONEL PM VILLAR, TENENTE-CORONEL PM ALBERTO e uma representatividade significativa de oficiais e praças abrilhantam a data. O TENENTE-CORONEL CAPELÃO JOÃO BENEDITO VILLANO é o encarregado do ofício da santa missa em lembrança de MARTINS, MIRAGAIA, DRÁUSIO e CAMARGO. O CORONEL EB Ref ATILIANO MARTINS CORREA, futuro comandante do Exército Constitucionalista, fica com a incumbência de falar sobre esses heróis. O corneteiro de 32, ELIAS DOS SANTOS OLIVEIRA é o responsável pelo TOQUE DE SILÊNCIO na hora da consagração do herói jacente. GERALDO FARIA MARCONDES, GABY, GERALDO PIRES DE OLIVEIRA, PAULINO e outros veteranos relembram os episódios de 32. CORONEL ARY CANAVÓ não esquece de sua “guerra” contra FHC. Diz que mais um de seus artigos está sendo publicado na TRIBUNA DA IMPRENSA. MARCOS, do Colégio SÃO LUÍS, quer escrever um livro sobre os veteranos. Aproveita a oportunidade para filmar o evento e entrevistar os remanescentes de 32. Após a missa, conversamos com muita gente. MAX BASILE, FELIPE, Dr PAULO LACERDA também assistiram a missa. Levo o PAULINO e sua senhora, dona ÁUREA, à residência do casal. Compareço na Câmara Municipal. Ali permaneço durante uma hora e meia assistindo os preparativos para uma solenidade. Antes das 15 horas, estou chegando em GUARULHOS.
Na tarde, assisto o empate de SANTOS e PALMEIRAS – 2 A 2 – na VILA BELMIRO, classificando o PALMEIRAS para a final da COPA DO BRASIL. O outro finalista é o CRUZEIRO. Empata em 0 a 0 em SÃO JANUÁRIO, contra o VASCO. Assisto também os jornais da RECORD e da GLOBO. A situação de ROMÁRIO, na Seleção Brasileira, continua delicadas e indefinida. Em OZOIR, no segundo dia de treinos, ROMARIO trocou o campo de futebol pela sala de musculação no hotel de LÉSIGNY. Faz tratamento intensivo na luta contra o problema muscular na panturrilha da perna direita.
Em MÔNACO, o “grid” de largada para o GP de amanhã tem como Pole Position o finlandês MIKA HAKKINEN. No segundo lugar, outro carro da McLAREN, DAVID COULTHARD. O terceiro é GIANCARLO FISICHELA. Em quarto, MICHEL SCHUMACHER. O quinto é HEINZ-HARALD FRENTZEN. O brasileiro PEDRO PAULO DINIZ está em 12º, BARRICHELLO em 14º e RICARDO ROSSET não conseguiu se classificar.  O italiano ALESSANDRO ZANARDI venceu hoje a sexta etapa do Campeonato de Fórmula Mundial (ex-INDY), assumindo a liderança do Campeonato. O segundo foi MICHAEL ANDRETTI; terceiro, GREG MOORE; quarto, JIMMY VASSER; quinto SCOTT PRUETT; sexto, GIL DE FERRAN; sétimo HÉLIO CASTRONEVES; oitavo J. J. LEHTO; nono BOBBY RAHAL; décimo MARK BLUNDELL; décimo-primeiro CHRISTIAN FITTIPALDI; décimo-segundo P.J. JONES.
Em plebiscito na IRLANDA DO NORTE, apoio maciço ao Acordo de Paz, com 94,55% dos que compareceram às urnas.
18 a. das anotações feitas em 23 de maio de 1999 (domingo): pego um lotação na Avenida BRIGADEIRO FARIA LIMA e vou até a estação ARMÊNIA. Viajo de metrô até a PRAÇA DA SÉ, onde chego às 8 horas. De ônibus, enfrentando o frio, rumo para o IBIRAPUERA. A solenidade do DIA DA JUVENTUDE CONSTITUCIONALISTA terá início às 9 horas com o hasteamento das Bandeiras: a Nacional pelo desembargador ÁLVARO LAZZARINI; a estadual pelo Comandante Geral, CORONEL PM RUI CÉSAR MELO; a municipal pelo SubCmt PM, CORONEL PM GIURNI e a do MMDC pelo CORONEL ARY CANAVÓ, presidente da Sociedade Veteranos de 32-MMDC.
Cerca de 20 coronéis estão presentes na solenidade (entre eles GUIMARÃES, SUZANO, OSVALDO, CRISÓSTOMO) bem como um número razoável de tenentes-coronéis, majores, capitães e tenentes. O COLÉGIO MILITAR manda cerca de cinqüenta alunos. Dos veteranos, bem poucos, e, entre eles, DELFINO NOGUEIRA, GERALDO PIRES DE OLIVEIRA, WASHINGTON; senhor GERALDO FARIA MARCONDES, acompanhado de sua senhora, dona JÚLIA (chegam atrasados). Vejo também o Professor AFIF CHACUR e sua esposa, dona ELSA.
O TENENTE-CORONEL VELLANO reza a missa de “réquiem” pelas almas de MARTINS, MIRAGAIA, DRÁUSIO e CAMARGO.
Conversamos com várias pessoas após a missa. A esposa do MAJOR PM JOEL (que foi o orador da solenidade) dá um quadro desenhado por ela, representando o Monumento Mausoléu, para a Sociedade Veteranos de 32-MMDC. O Professor AFIF CHACUR e dona ELSA, dirigindo um PÁLIO, leva o CORONEL ARY CANAVÓ até sua residência e me conduzem até a RUA DO BOSQUE, no BOM RETIRO, onde moram. Tomamos um café e me levam a estação ARMÊNIA. Num lotação regresso a GUARULHOS.
O CORINTHIANS classifica-se para o quadrancular final do Campeonato Paulista, goleando o SANTOS por 5 a 1. MARCELINHO CARIOCA marcou 3 gols. EDÍLSON e AMARAL completaram os cinco do CORINTHIANS. ALESSANDRO fez o gol do SANTOS.
O MILAN comemorou hoje a conquista do seu 16º “SCUDETTO”, o título do Campeonato Italiano, depois de suada vitória por 2 a 1 contra o PERUGIA.
O PALMEIRAS venceu a MATONENSE por 2 a 0 e levou a definição da última vaga à fase semifinal do Paulistão para a última rodada, no próximo domingo, contra a PORTUGUESA. A PORTUGUESA ganhou do RIO BRANCO por 1 a 0. A UNIÃO BARBARENSE empatou em 2 a 2 com o MOGI MIRIM e está fora da fase semifinal.
MARGARIDA e PAULO visitam-nos no final da tarde. Ficam conosco até às 20 horas. Telefona-me AGUINALDO RIBEIRO DA CUNHA FILHO. Desculpa-se por não ter ido à missa no Monumento Mausoléu. Seu pai faleceu recentemente e seu estado emocional não permitiu que ele fosse ao ato religioso. Minha mãe liga às 22 horas. Está passando no FANTÁSTICO uma reportagem sobre o falecido prefeito de POÁ, JORGE ALÉM, que era homossexual. O CABO PM RENATO VENTURA está em sua companhia. Ontem, ele completou quinze anos na Polícia Militar do Estado de São Paulo.       
15 a. falece o veterano de 1932, SALVADOR SIMONETTI. Tinha 90 anos de idade, em 23 de maio de 2000. Pertenceu ao BATALHÃO PIRATININGA DE CAÇADORES, COMO CABO.
17 a. falece o ex-Secretário Municipal da CULTURA, ESPORTES e TURISMO de POÁ - JOSÉ ROBERTO ALVES, de insuficiência cardíaca e anemia profunda, em 23 de maio de 2000.
17 a. ISRAEL retira seus últimos soldados do SUL DO LÍBANO, em 23 de maio de 2000.

ACONTECEU EM 23 DE MAIO DE 2001 : -   QUARTA-FEIRA
69o. ANIVERSÁRIO DO DIA DA JUVENTUDE CONSTITUCIONALISTA. Missa rezada na cripta do MAUSOLÉU DO SOLDADO CONSTITUCIONALISTA pelo TENENTE-CORONEL CAPELÃO JOÃO BENEDITO VILLANO. A solenidade é presidida pelo CONTRA-ALMIRANTE MARCUS VINÍCIUS OLIVEIRA DOS SANTOS.
O CORONEL ANTÔNIO CARLOS MENDES, Diretor de Comunicação Social da Soc.Vet.32-MMDC, transporta-me, em seu carro, até o local.
Estão presentes: o Presidente da Sociedade Veteranos de 32-MMDC, Cel. CARLOS AUGUSTO DE MELLO ARAÚJO; o presidente de honra da Sociedade, ex-combatente GERALDO FARIA MARCONDES; os coronéis da ativa: GÉRSON DOS SANTOS REZENDE, PAULO MIQUELINI FILHO, CLODOMIR ROBERTO MARCONDES, JAIRO PAES DE LIRA, ALEXANDRE MELCHIOR RODRIGUES, JOSÉ FRANCISCO GIANNONI, CELSO CARLOS DE CAMARGO, TOMAZ ALVES CANGERANA, CORONEL Fem PM LAUDINÉA PESSAM DE OLIVEIRA . Os tenentes-coronéis JOÃO FRANCISCO DE REZENDE, FRANCISCO WELLINGTON RODRIGUES, JOÃO BATISTA DA SILVA, ISIDRO SUITA MARTINEZ, JOEL DE AUGUSTO, NOBUO AKUO XIOL, SÉRGIO LOMBARDI SENEDIN, RAMOS, ÍBSEN, SÉRGIO CARLOS FILHO, MARLI MORENO, FÁTIMA RAMOS DUTRA, JACKSON JAMIR ZEIDAM, JOSÉ ROBERTO MARQUES MARTINS, SÍLVIO VIANA SOBRINHO. Os majores ANTÔNIO CARLOS BIAGIONI, ABEL BATISTA CAMILO JÚNIOR, BATISTA VERARDI NETO, JOSÉ KIYOSHI TANIGUSHI, GETÚLIO ALMEIDA PINTO, WILSON CONSANI, EDIVALDO CÍCERO DOS SANTOS, VANDERLEI DE MELLO, PAULO CHAVES FERNANDES, ROBERTO MAGANI, MARCOS, THOMAZ VASSALL, CLÁUDIO CARQUEJO, FRANCISCO RISSI FILHO, PAULO CÉSAR FRANCO, FLÁVIO JOSÉ DOS SANTOS, QUEIROZ, RINALDO DE ALBUQUERQUE PEREIRA, AIRTO CAVALHEIRO DE QUEIROZ ; Cel. Res. JÚLIO GOMES DA LUZ (SUPERINTENDENTE DA CAIXA BENEFICENTE DA POLÍCIA MILITAR); Cel. Res. VALDIR SUZANO; o coronel reformado do Exército ARY CANAVÓ; CORONEL EX. AMÉRICO AMERICANO CORRÊA (representando o Gen. Div. TÉO SPÍNDOLA BASTOS, comandante da 2a. Divisão do  Exército); CORONEL EX. REF. JAIRO JUNQUEIRA DA SILVA (PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO DOS EX-COMBATENTES DO BRASIL); TEN. CEL. AV. JÚLIO CÉSAR BAKOS (representando o Cmt. do IV COMAR, MAJOR BRIGADEIRO LUIZ FERNANDO BARBEDO); TENENTE-CORONEL EX. EDUARDO DA SILVA (representando o GENERAL DE EXÉRCITO FRANCISCO DE ALBUQUERQUE, cmt. do EXÉRCITO SUDESTE); o perito NICANOR COELHO PEREIRA JÚNIOR,  nosso conselheiro; o advogado SÉRGIO CARRARO, também nosso conselheiro; o ex-combatente ORESTES DE ARRUDA ALMEIDA; MÁRCIO MARCONDES PAZ E LUIZ HENRIQUE BENTO, ambos da LOJA MAÇÔNICA MMDC; CARMEM DE OLIVEIRA ANDRADE (CLUBE PIRATININGA); ÉDSON PASCOAL (ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE OFICIAIS DA RESERVA DO EXÉRCITO); ROBERTO   BUENO    MENEZES (DELEGADO DE POLÍCIA DA 3a. SECCIONAL OESTE);Alguns capitães e tenentes também foram  escalados  para  a  cerimônia. Entre os oficiais subalternos estão os tenentes que muito auxiliam a Sociedade: HERNANDEZ, RENATO e MARCELO.
O soldado do Exército, NEVES, que colocou na INTERNET um site da Sociedade, divulgou o evento na sua Unidade e merece ser citado. 
Antes do início da santa missa, faço uma explanação do que vem a ser o DIA DA JUVENTUDE CONSTITUCIONALISTA.
O Presidente MELLO ARAÚJO cumprimenta, quase no encerramento da cerimônia religiosa, as pessoas presentes ao ato.

TRANSFERÊNCIA PARA A RESERVA:-
CORONEL JORGE LUIZ MARINO. Nasceu em 11 de julho de 1952. Entrou na antiga Força Pública em 15 fevereiro de 1968. Foi declarado Aspirante a  Oficial em 5 de setembro de 1972. PROMOÇÕES :- 2o. Tenente - 24 de maio de 1973; 1o. Tenente - 25 de agosto de 1977; Capitão - 15 de dezembro de 1983; Major - 25 de agosto de 1990 ; Tenente-Coronel - 24 de maio de 1995 - Coronel - 9 de abril de 1999.

Um bando com roupas de soldados da aeronáutica invade a BASE AÉREA DE CUMBICA e rouba doze armas.

Assisto ATLÉTICO PARANAENSE 0 x CORINTHIANS 1 (EWERTHON), em CURITIBA. O alvi-negro está classificado para uma das semi-finais e vai enfrentar a PONTE PRETA. A MACACA se classificou ao golear o FORTALEZA por 5 a 2, em CAMPINAS. No MORUMBI, o SÃO PAULO decepcionou e foi eliminado pelo GRÊMIO, que venceu por 4 a 3, com três gols de MARCELINHO PARAÍBA. No PALESTRA, pela TAÇA LIBERTADORES DA AMÉRICA, o PALMEIRAS empatou com o CRUZEIRO por 3 a 3. LOPES fez todos os gols do ALVI-VERDE,

O CONSELHO DE ÉTICA E DECORO PARLAMENTAR DO SENADO aprovou por 13 votos contra 2 a recomendação de abertura de processo de cassação dos senadores ANTÔNIO CARLOS MAGALHÃES e JOSÉ ROBERTO ARRUDA. Logo após a decisão, ACM afirmou que lutará até o último minuto para evitar a sua cassação, mas admitiu que pode renunciar ao mandato, caso não haja outra saída.

PRESO O EX-MINISTRO DA DEFESA ARGENTINO ANTÔNIO ERNAN GONZALEZ, por envolvimento na venda ilegal de armas para a CROÁCIA, em 1993, durante o governo do ex-presidente CARLOS MENEM. A acusação é de contrabando de armas agravado e pode levá-lo a uma pena de até doze anos de prisão. EM BUENOS AIRES.

FALECEU O POLÍTICO ITALIANO ALESSANDRO NATTA, último líder do ex-Partido Comunista Italiano, antes de se transformar no Partido Democrático de Esquerda. Aos 83 anos, de problemas respiratórios, em ROMA.

ENCONTRARAM-SE o presidente americano GEORGE W. BUSH  e o DALAI-LAMA, líder espiritual tibetano exilado na ÍNDIA, para discutir as relações entre o TIBETE, a CHINA e os ESTADOS UNIDOS. O TIBETE foi anexado pela CHINA em 1950.  EM WASHINGTON.

23 DE MAIO DE 2002  :  -   QUINTA-FEIRA
CORREIO MILITAR  M. M . D . C .
A ASSOCIAÇÃO DOS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS DO ESTADO DE SÃO PAULO TEM A HONRA DE CONVIDAR VOSSA SENHORIA PARA A ABERTURA OFICIAL DA EXPOSIÇÃO SOBRE A REVOLUÇÃO CONSTITUCIONALISTA DE 32, SOB O LEMA “SE FOR PRECISO, EU TAMBÉM VOU”, MARCADA PARA ÀS 17 HORAS DO DIA 23 DE MAIO (QUINTA – FEIRA). ENDEREÇO : RUA Dr. BETTENCOURT RODRIGUES, N º 155  SÃO PAULO – SP.
ASSINADO     ANTÔNIO  TUCCILIO  PRESIDENTE.

Por volta das seis horas, tal como ontem, estou me dirigindo para a estação ARMÊNIA, enfrentando um frio de quatorze graus. No mesmo lugar de ontem, na Avenida do Estado, aguardo a chegada do Coronel ANTÔNIO CARLOS MENDES, nosso companheiro de escola de oficiais e de lutas na Sociedade Veteranos de 32-MMDC. Vamos para o IBIRAPUERA, onde teremos nesta manhã mais uma solenidade do DIA DA JUVENTUDE. Encontramos quatro painéis da NESTLÉ, colocados recentemente, à nossa revelia e pela pressão do General BUENO, que logo chega no Monumento–Mausoléu. A Polícia Militar, através da DAMCO, organizou essa solenidade, apoiando sobremaneira o MMDC. Se não fosse essa ajuda da PM não teríamos esses atos cívicos, lembrando os acontecimentos de 32. Neste ano isso se torna muito mais importante porque estamos comemorando os setenta anos da Revolução. Na primeira parte da solenidade, serão agraciadas quarenta pessoas, a saber: ANDRÉA C. RABELLO (MACKENZIE), MARIA AUXILIADORA DO NASCIMENTO (FACULDADE ALCÂNTARA MACHADO), NELLY MARTINS FERREIRA CANDEIAS (INSTITUTO HISTÓRICO E GEOGRÁFICO), GILDA NOGUEIRA (LIGA DAS SENHORAS CATÓLICAS), ELZA CHAVES DE LARA (ASSOCIAÇÃO CÍVICA FEMININA), ELISABETE REGINA MARTINS PIRES (MUSEU DO PODER PÚBLICO), IVETTE SENISE FERREIRA (Diretora da FACULDADE DE DIREITO DO LARGO DE SÃO FRANCISCO), JOÃO BATISTA MORAES DE OLIVEIRA (GRÃO – MESTRE ESTADUAL), PAULO ANTÔNIO SPINOSA REQUENA (Engenheiro, também maçom, indicado pelo Cel MENDES), MARIA CECÍLIA NACLÉRIO HOMEM, CECÍLIA DE MORAES, LILIANA RIZZO PIAZZA, ALEXANDRA FRANGULIS, Cel. Fem PM LAUDINÉA PESSAN DE OLIVEIRA, Tenente-Coronel JOSÉ KOKI KATO, Major CARLOS ROBERTO DE BARROS CONSANI, Major ORLANDO EDUARDO GERALDI, Capitão RUI CONEGUNDES DE SOUZA, Capitão ROGÉRIO DE O. C. BRILHO, Capitão LUIZ CODELO NASCIMENTO, Capitão HELSON LEVER CAMILLI, Capitão Fem PM MARIA INÊS DE MEDEIROS, além de tenentes, sargentos, cabos e soldados. Professores do Colégio Militar também recebem a medalha: ELIENE MARIA MENDONÇA AGRELLA CARVALHO, RÓGER BEURKLIAN BARUFALDI, MARILENE DE SOUZA LIMA. 
O Comandante Geral, Coronel PM ALBERTO SILVEIRA RODRIGUES, preside a solenidade. Estão presentes os coronéis PAULO RÉGIS SALGADO, SALVADOR PETTINATO NETO, WALDIR DOS SANTOS, ROBERTO ALEGRETTI, JAIRO PAES DE LIRA, JOÃO ROGÉRIO FELIZARDO, e outros cujos nomes não me recordo. A Polícia Militar manda um número representativo considerável de oficiais e praças. Da Sociedade Veteranos de 32-MMDC, o presidente GERALDO PIRES DE OLIVEIRA, General de Brigada R/R EUCLYDES BUENO FILHO, advogado LUIZ SÉRGIO CARRARO, o diretor do Museu Histórico, OCTÁVIO MARCONDES MARCHI e sua mãe, ROMEU CICONNE, Coronel Res. LUIZ CARLOS DE OLIVEIRA GUIMARÃES, ministro GUÁLTER GODINHO, WÁLTER TAVERNA e outros. O Sr. GERALDO FARIA MARCONDES não comparece nessa solenidade. Vejo também as presenças do Tenente–Coronel JOEL, Major COSTA, Capitão Fem PM MARIA INÊS, Tenente HERNANDEZ, todos da DAMCO, que muito nos auxiliaram no planejamento desta solenidade. Após a entrega de medalhas é celebrado um culto ecumênico com o TENENTE-CORONEL CAPELÃO JOÃO BENEDITO VILLANO e o MAJOR Res. LUEDY (evangélico). Um grande número de pessoas prestigiam esse evento, valendo o nosso esforço em realizá-lo.
Faço uma breve alocução ao MMDC e presto uma homenagem a três heróis da Polícia Militar, a pedido do Comandante Geral e do Cel. JAIRO PAES DE LIRA. Na noite de ontem, o 3º Sargento MARCELO SILVA FERREIRA tombou no cumprimento do dever em confronto com criminosos fortemente armados, numa ocorrência na VILA DIONÍSIA, atingido por um tiro na cabeça.  Pertencia ao 18º BPMM. Em CAMPINAS, pereceram o 3º Sargento VARNEI PEDRO DA SILVA, de 32 anos e o PM EDUARDO GOULART DE AZEVEDO, de 38 anos. Morreram em um acidente ocorrido durante uma perseguição a criminosos. Serão sepultados, às 17 horas, no Mausoléu dos Heróis da PM, no Cemitério do ARAÇÁ. O presidente, Sr. GERALDO PIRES DE OLIVEIRA, também fala no encerramento do ato ecumênico, abordando o lado religioso do MMDC. Lembra também de SANTA PAULINA, cuja data comemorativa é 9 de Julho, quando ela faleceu.
Após a solenidade, conversamos com inúmeros amigos e, por volta das 11 horas, deixamos o Monumento–Mausoléu.
Na tarde, aguardo a chegada do Coronel MENDES no CORPO DE BOMBEIROS. Enquanto o espero, converso com o Cel. Ref. ALAOR GODÓY e Tenente-Coronel LÍSIAS CAMPOS VIEIRA. O MENDES quer conversar com o comandante para deixar o carro nos bombeiros quando tiver de participar de reuniões no MMDC. Acontece que o Cel. WÁGNER FERRARI se encontra no Rio Grande do Sul. Conversamos com o Coronel ORLANDO RODRIGUES DE CAMARGO FILHO.
Em seguida, vamos participar da ABERTURA da EXPOSIÇÃO de 32 na sede da Associação dos Funcionários Públicos, com início às 17 horas. Esse evento foi idealizado pela Diretora de Educação e Cultura da AFPSP, THAÍS HELENA COSTA, que recebe neste ato a medalha MMDC, bem como o presidente ANTÔNIO TUCCILIO e onze professores que auxiliaram na divulgação da Revolução de 32. O lema da Exposição é “SE FOR PRECISO, EU TAMBÉM VOU”, pronunciadas na época da revolução pelo garoto OSCAR RODRIGUES ALVES, de 11 anos incompletos, que se tornou um dos símbolos do movimento ao mostrar que até as crianças se contagiaram pelo orgulho ferido dos paulistas. Estão presentes, além de centenas de convidados da AFPSP, Coronel VALDIR SUZANO, Coronel EB R/R ARY CANAVÓ, ministro GUÁLTER GODINHO, WÁLTER TAVERNA, Major ARRUDA, Sr. GERALDO PIRES DE OLIVEIRA.
Um enorme quadro de GETÚLIO VARGAS, no topo de uma escada, causa repulsa para os ex–combatentes, principalmente para o ministro GUÁLTER GODINHO. O Cel. SUZANO mandou os lanceiros que estavam ao lado deixar o local. A exposição é uma mostra interativa, de cunho didático, mostrando ao público réplicas de uniformes, cartazes da época, fotografias, armas, uma trincheira estilizada, uma maquete do obelisco que lembra os combatentes e outros materiais. O objetivo é mostrar para as novas gerações um movimento que se sobressaiu pelo idealismo paulista, algo que está totalmente em desuso nos dias de hoje.
Alguns ex–combatentes, que a Sociedade Veteranos de 32 – MMDC não conhece, estão presentes na exposição: PAULO ROMANO e TITO MARTINS DE NORONHA, ambos com 90 anos. Eles reviveram os momentos de uma luta paulista que culminou com as novas leis constitucionais.
Um coquetel é servido após a abertura da exposição, mas deixo o local com o Cel. MENDES dado o adiantado da hora.
Na fila para pegar o ônibus EXPRESSO COCAIA fico durante quarenta minutos, aguardando o terceiro ônibus, dado o volume de pessoas que ali se encontram. Chego em casa, muito cansado.

No enterro dos três PMs falecidos ontem, no Mausoléu dos Heróis da PM, estiveram presentes o Comandante Geral, Cel. ALBERTO SILVEIRA RODRIGUES, o deputado estadual CONTE LOPES, ex–Capitão da ROTA, o Coronel JOSÉ ROBERTO, comandante do 1º BPChq, este prestando as últimas homenagens aos PMs da ROTA.

O cabo GILBERTO DE SOUZA SANTOS está internado no Hospital Militar de MANAUS, em conseqüência de um ferimento à bala ocorrido durante uma atividade do Exército em TABATINGA, denominada OPERAÇÃO TAPURU  e voltada ao combate do tráfico de drogas e à atuação de guerrilheiros na fronteira do BRASIL com a COLÔMBIA.

Policiais Militares do 15º BPMM, de GUARULHOS, localizaram um carro AUDI no JARDIM CUMBICA. Dois bandidos desceram do veículo atirando. No tiroteio, os seqüestradores de um advogado e sua filha foram baleados e morreram quando eram socorridos. Na outra ocorrência, onde perdeu a vida o Sargento MARCELO SILVA FERREIRA, dois bandidos também morreram. O Sargento ADONIAS MOREIRA DOS SANTOS foi baleado na barriga e na coxa esquerda.

Uma MEGA OPERAÇÃO policial revistou, simultaneamente, quinze presídios paulistas e identificou 41 líderes do grupo PRIMEIRO COMANDO DA CAPITAL – 25 serão transferidos para uma recém – construída penitenciária de PRESIDENTE BERNARDES onde já há bloqueio de celulares, para que não possam continuar comandando o crime. Dezoito pessoas foram presas, entre elas três advogados.

Desistiu de abandonar a carreira o jogador de basquete OSCAR SCHMIDT, 44 anos. No dia 21, em RIBEIRÃO PRETO, interior de SÃO PAULO, durante o jogo que poderia ser sua despedida das quadras, OSCAR brigou com o juiz, foi expulso e convenceu seus companheiros a abandonar a partida. Ele agora pretende despedir-se num confronto que deixe uma imagem mais positiva de sua passagem pelo basquete.

Foi revogado pela 1ª Turma Criminal do Tribunal de Justiça do Distrito Federal o decreto de prisão preventiva contra o médico MARCELO CARON, acusado de ter provocado a morte de cinco pacientes em cirurgias plásticas. Ele poderá continuar respondendo em liberdade aos processos por duplo homicídio qualificado e exercício ilegal da medicina.

Um incêndio de grandes proporções atingiu, na madrugada, a Embaixada de ISRAEL, em PARIS. O incidente não causou vítimas e pelo menos 60 vizinhos tiveram de deixar suas casas.
  
2 003   :   -     SEXTA-FEIRA
INSTITUTO HISTÓRICO E GEOGRÁFICO DE SÃO PAULO
ENCONTROS PAULISTAS
O Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo convida Vossa Senhoria, familiares e amigos para o coquetel de inauguração da
SALA IBRAHIM NOBRE
Participação do CORAL CANTICORUM JUBILUM
MURIEL WALDMAN, REGENTE
DONG SOON HONG KIM, PIANISTA

23 DE MAIO, SEXTA-FEIRA, 17 HORAS
RUA BENJAMIN CONSTANT , 158, SÃO PAULO, SP
                                                NELLY MARTINS FERREIRA CANDEIAS
                                                                             Presidente   
Saio de casa um pouco depois das 6:40 horas e, na avenida do Estado, bem perto da estação ARMÊNIA do METRÔ, aguardo a chegada do meu companheiro de escola, CORONEL ANTÔNIO CARLOS MENDES. Com problemas de rodízio, não pode guiar o seu carro nesta manhã e vem acompanhado do seu genro, o PRIMEIRO TENENTE ADRIANO ALVES PAZELLI (filho do nosso companheiro CORONEL ALBINO CARLOS PAZELLI, que casou com a SANDRA, filha do MENDES), que na solenidade do DIA DA JUVENTUDE, logo mais, receberá a MEDALHA MMDC. Vamos tranqüilos e alegres para esse evento e, quando chegamos defronte o obelisco, estávamos cumprimentando o CORONEL Ref. PLÍNIO ANGANUZZI quando, intempestivamente, de maneira arrogante, gritando, o Sr. MARCONDES vem se insurgir pelo fato de que será efetuado um CULTO ECUMÊNICO e não uma MISSA, nesta manhã, na cripta do Monumento-Mausoléu. Isso causa espanto porque já no ano passado foi realizado esse culto ecumênico e isso vem se repetindo nas últimas solenidades do MMDC. Ameaça RENUNCIAR e, os presentes julgam seu ato como qualquer coisa de loucura. Na verdade, o presidente foi ríspido e “grosso”. Algumas pessoas procuram amenizar a situação, entre eles o TENENTE-CORONEL JOEL DE AUGUSTO. O presidente consegue tumultuar o início da solenidade, mas a maioria dos presentes julga que os noventa anos do Sr. MARCONDES faz ele ter essas explosões desnecessárias e altamente comprometedoras para com a Sociedade. O CORONEL mais antigo presente é o Cel. OSVALDO DE BARROS JÚNIOR, que representa o Cmt. Geral e que irá presidir a solenidade. Outros coronéis: JAIRO PAES DE LIRA, JOÃO ROGÉRIO FELIZARDO, JOSÉ FRANCISCO GIANNONI, CELSO CARLOS DE CAMARGO, ROBERTO DE OLIVEIRA VALLE; a CORONEL Fem PM LAUDINÉA PESSAN DE OLIVEIRA; TENENTE-CORONEL JOEL; MAJOR HAMILTON COSTA DOS SANTOS; CAPITÃES Fem PM SUZUKI e MARIA INÊS DE MEDEIROS;  e muitos outros oficiais escalados para esse evento. Também notamos as presenças do GENERAL BUENO, CORONEL ARY CANAVÓ, WÁLTER TAVERNA, NICANOR COELHO PEREIRA JÚNIOR, LUIZ SÉRGIO CARRARO, 1º TENENTE HÉLIO TENÓRIO DOS SANTOS (todos são conselheiros do MMDC; CORONEL EDILBERTO (presidente da Associação dos Oficiais da Reserva); CORONEL ORLANDO RODRIGUES DE CAMARGO FILHO (presidente dos PMs DE CRISTO); TENENTE-CORONEL RUBENS, comandante do 2º BPMM; representantes do CENTRO ACADÊMICO XI DE AGOSTO; representantes do CLUBE ESPÉRIA; FRANCISCO GIANNOCCARO (presidente do CONSELHO CÍVICO CULTURAL da ASSOCIAÇÃO COMERCIAL), professora EDIMARA (pertencente ao CONSELHO CÍVICO CULTURAL), ex-combatente JAGUARIBE e sua esposa, ex-combatente ORESTES DE ARRUDA ALMEIDA, Cabo EB NEVES (que também é sócio do MMDC), dona CÉLIA, VASCO, e outras pessoas convidadas para a solenidade.
Recebem as Medalhas MMDC: TENENTE-CORONEL AIRSON DA CONCEIÇÃO VIEIRA, MAJOR HAMILTON COSTA DOS SANTOS, MAJOR ANTÔNIO CARLOS ARTÊNCIO, CAPITÃO NILSON CARLETTI, CAPITÃO  HUMBERTO FLORÊNCIO MACAMBYRA, CAPITÃO MARCELO DA SILVA PIGNATARI, CAPITÃO SÉRGIO DE SOUZA MERLO, CAPITÃO MIRIAM DOS SANTOS TARANTINO, 1º TENENTE CLÁUDIO ALENCAR DORES, 1º TENENTE ADRIANO ALVES PAZELLI, 1º TENENTE PAULO CÉSAR GOMES, 1º TENENTE HOMERO DE GIORGE CERQUEIRA, 1º TENENTE MARCIO SANTIAGO HIGASHI COUTO, 1º TENENTE RELDER SANDRO DE SOUZA FIALHO, 1º TENENTE SEONG SOO KIM, 2º TENENTE GIAMPAOLO DONATO  GIAQUINTO, 2º TENENTE DEMÉTRIUS CORRÊA NUNES, SUBTENENTE ALCIDES BONFIM DOS SANTOS, 1º SARGENTO MÚSICO NATANAEL VICENTE,  2º SARGENTO MÚSICO GEFSON FERREIRA LEITE, 3º SARGENTO LAURO JOSÉ BARBOSA, CABO MARIO FRANCISCO DA SILVA, SELI ELENA BELEI, PROFESSORAS NEYDE GUIMARO DA SILVA BRANDÃO, IVANA DE CARVALHO, SORAIA SANCHEZ MACHADO, SOLANGE APARECIDA PAES DE CAMARGO, ARIETE MACHADO DE ALMEIDA, MARGARIDA MARIA DE MACEDO, ÂNGELA MARIA DE ALENCAR PEREIRA, LUCIMAR MEDEIROS CABRAL FRANÇA, SÍLVIO LUIZ DA ROCHA. 
Um fato lamentável acontece um pouco antes da entrega das medalhas. A Coronel LAUDINÉA e o Coronel FELIZARDO conversam comigo sobre o problema de se outorgar a medalha MMDC para o 1º Tenente ALEXANDRE BUENO PINHEIRO porque ele está sendo processado. Somos obrigados a tomar uma decisão drástica, cancelar a outorga da medalha ao tenente. Ele está acompanhado de seu pai e a transmissão dessa decisão não é nada agradável. Converso com seu pai. Ele me explica que o caso aconteceu em 1993 e que seu filho está absolvido, faltando apenas ser publicada a sentença. Prometo a ele que seu filho receberá a medalha tão logo seja resolvido esse problema. O TENENTE ALEXANDRE tem divulgado o MMDC na zona leste de maneira brilhante. Um dos exemplos foi o concurso de trabalhos sobre a Revolução de 32 por ocasião da inauguração da 6ª Companhia de seu batalhão – 2º BPMM – em  que estive presente.  
Vamos para o culto ecumênico. O Capitão Capelão OSWALDO PALÓPITO, o Coronel ORLANDO RODRIGUES DE CAMARGO FILHO executam todo o ritual, enaltecendo os heróis que tombaram na revolução de 32. Dada a palavra ao presidente da Sociedade Veteranos de 32-MMDC, Sr. GERALDO FARIA MARCONDES, ele, de maneira inflamada, faz sérias acusações ao estado em que se encontra o Monumento-Mausoléu, por causa da paralisação das obras de restauro. Pede ao advogado LUIZ SÉRGIO CARRARO para ler um discurso que leva o seu nome. Faz uma denúncia pública contra o IPH, causador da paralisação das obras e isso causa surpresa a todos os presentes, principalmente ao CORONEL ARY CANAVÓ, que naturalmente vai contestar o que foi dito pelo CARRARO e pelo presidente. Essa declaração poderá trazer sérias conseqüências para a Sociedade. Avisei que não deveria acontecer isso, inclusive escrevi um discurso totalmente diferente desse que foi lido pelo CARRARO. Excepcional desempenho do Cel Res CAMARGO, que uniu o feito de 32 com a expressão de JESUS CRISTO para a humanidade. Merece elogios, amenizando o terrível ambiente criado pelo Sr. MARCONDES.
Terminado o ato, vamos conversar com muita gente presente, principalmente com os representantes do CENTRO ACADÊMICO ONZE DE AGOSTO e do CLUBE ESPÉRIA. Deixamos o local, sendo que a solenidade de hoje não teve o brilhantismo das anteriores, agravado pela atual situação do Monumento-Mausoléu, cujas obras de reforma paralisadas são alvo de comentários. Além disso, as atitudes antipáticas do presidente da Sociedade Veteranos de 32-MMDC são comentadas por muitos dos presentes. Isso é um grande mal para a nossa Sociedade, desmoralizada pelas brigas internas. Dois dos oponentes, CANAVÓ e MARCONDES, são conselheiros que não honram as tradições do MMDC, cada um cometendo atos que denigrem o passado tão eloqüente do Movimento Constitucionalista de 32. Além de tudo isso, embora apagada, a presença de REGINA CELENTANO enoja a solenidade.
O TENENTE ADRIANO PAZELLI leva o CORONEL MENDES e eu até o GRANDE ORIENTE, na rua CONDESSA DE SÃO JOAQUIM. O MENDES mostra-nos as repartições da loja maçônica, com toda a sua mística, principalmente o salão das reuniões. Na frente do GRANDE ORIENTE está sendo construído um enorme prédio que será a sede de uma Sociedade Japonesa. O MENDES comenta conosco o desenvolvimento dessa construção.
Em seguida, o MENDES prepara-se para uma viagem a RIBEIRÃO PRETO e o TENENTE ADRIANO, guiando seu carro,  deixa-me na rua ANITA GARIBALDI. Como deverei ainda comparecer a uma solenidade no Instituto Histórico e Geográfico, vou tomar um café com o CORONEL MÁRIO MARGARIDO, que já me tinha convidado para isso. Alguns oficiais se reúnem para discussão de assuntos polêmicos.
O tempo muda de uma hora para outra. O sol cede lugar às nuvens carregadas e, lá pelas 15 horas, cai violenta chuva. Um temporal com rajadas de vento de até 93 km/hora derrubou árvores, placas e provocou falta de energia elétrica em diversos pontos de SÃO PAULO. Um homem morreu atingido pelo desabamento de um muro na rua LAURINDO MIGNOTO, no PARQUE SÃO LUCAS, zona leste. A mudança repentina no tempo foi provocada pela chegada ao Estado de uma frente fria vinda do Sul do País. Mesmo assim, por volta das 17 horas, estou no sétimo andar do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo, sendo recepcionado pela presidente, doutora NELLY CANDEIAS. Ali encontro: CORONEL PAULO TENÓRIO DA ROCHA MARQUES, PAULO BOMFIM, HERNÂNI DONATO, WÁLTER TAVERNA, LUIZ SÉRGIO CARRARO, DOUTORA LILIANA RIZZO PIAZZA (todos são conselheiros do MMDC); MARIA ELISA BIYGTON, FRANCISCO GIANNOCCARO, parentes de IBRAHIM NOBRE, representante do CLUBE PIRATININGA, o presidente da ACADEMIA PAULISTA DE HISTÓRIA, DOUGLAS MICHALANY e outros convidados da doutora NELLY. Com pompa é inaugurada a SALA IBRAHIM NOBRE. Algumas pessoas falam na oportunidade, principalmente a doutora NELLY, o poeta PAULO BOMFIM, o representante do CLUBE PIRATININGA e o advogado LUIZ SÉRGIO CARRARO (indicado pelo presidente da Sociedade Veteranos de 32-MMDC para justificar o seu não comparecimento). Um momento alegre é a apresentação do Coral CANTICORUM JUBILUM, com a regente MURIEL WALDMAN e a pianista DONG SOON HONG KIM. O repertório de músicas executado é o seguinte: VAMOS À LUANDA, de M. CAMARGO GUARNIERI; UIRAPURU, de WALDEMAR HENRIQUE; AZULÃO, de JAIME OVALLE; O CANTO DO PAGÉ, de HEITOR VILLA-LOBOS; CANTILENA, de ERNANI AGUIAR; FREVO, de LINDEMBERGUE CARDOSO; SUITE NORDESTINA, de RONALDO MIRANDA (MORENA BONITA, DENDÊ TRAPIÁ, BUMBA CHORA, EU VOU,EU VOU).
Após conversar com várias pessoas, vamos deixar o Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo depois das 19 horas. Já não está mais chovendo e podemos regressar tranqüilamente para casa.

Na cidade de JAÚ, neste 23 de maio, foi fundado o mais novo núcleo da Sociedade Veteranos de 32-MMDC. Em 1932, a cidade de JAÚ deu mostras da sua grande tradição democrática e de seu imenso amor à liberdade. No dia 12 de julho de 1932, terça-feira, o Jornal “COMÉRCIO DO JAHU” estampava em sua primeira página: “CONSTITUIÇÃO PELAS ARMAS”. Paralelamente, o Sr Prefeito Municipal Doutor SINVAL RIBEIRO e as figuras de proa da ocasião como CARLOS CÉSAR, OROZIMBO LOUREIRO, RAUL AGUIAR, CECIL WEISS, BENTO FERRAZ PRADO, JOSÉ AUGUSTO DE SOUZA E SILVA, ALFREDO SÉRVULO ROMÃO, APOLÔNIO HILST, MIRANDO JÚNIOR, antes de partirem para as trincheiras, passaram a exortar a população para o alistamento militar.
O primeiro “Quartel” arregimentador de voluntários funcionou no antigo Colégio dos padres Premonstratenses aonde chegavam centenas de jovens, exibindo fitas amarelas e gritando vivas à revolução. A junta arregimentadora ficou a cargo de JOSÉ AUGUSTO DE SOUZA E SILVA, JOSÉ DE TOLEDO MORAIS e ÁLVARO GOMES DOS REIS.
Já na noite de 17 de julho, saudado por uma multidão de cerca de cinco mil pessoas, seguia para SÃO PAULO, no trem noturno, o primeiro grupo de voluntários de JAÚ e região. Esse grupo foi incorporado ao 2º Batalhão “9 DE JULHO”, do Clube Comercial de SÃO PAULO e GUAPIARA, abaixo do PARANAPANEMA sob as ordens do MAJOR LUIZ TENÓRIO DE BRITO, da FORÇA PÚBLICA DE SÃO PAULO. Tinha perto de 200 componentes.
Na manhã do dia 27 de julho, ao meio-dia, carregado por enorme multidão, embarcava para BOTUCATU a primeira Companhia do BATALHÃO JAUENSE (160 combatentes) que serviria nas cidades de OURINHOS, BERNARDINO DE CAMPOS, PIRAJU, TAGUAÍ e FARTURA sob as ordens do CAPITÃO ASCÂNIO MARTINS SOARES.
No dia 2 de agosto seguia a 2ª Companhia, com 108 combatentes para atuar também naquela região do PARANAPANEMA, sob as ordens do CAPITÃO ANTÔNIO CARLOS DE ARRUDA BOTELHO e do TENENTE ARGEMIRO BRESSAN.
Outros embarques numericamente menores ocorreram depois.

A Justiça decretou hoje a prisão, por 30 dias, de EDIVALDO SANTIAGO, presidente do Sindicato dos Motoristas e Cobradores de SÃO PAULO, sob suspeita de homicídio. A ordem inclui outros três acusados: dois líderes do sindicato dos motoristas de GUARULHOS e um vice-presidente da FORÇA SINDICAL, JOSÉ CARLOS DE SENA. Segundo a polícia, há provas da participação dos quatro no assassinato do presidente do sindicato de GUARULHOS, MAURÍCIO ALVES CORDEIRO, em novembro de 2001. Um dos motivos do crime seria a disputa do poder, envolvendo a troca da filiação (da CUT para a FORÇA). ANTONILDO DA SILVA, o ÍNDIO, e ANTÔNIO FERNANDES DE SOUZA, o GRILO, respectivamente presidente e secretário-geral do sindicato, foram presos hoje.

O Ministro-Chefe da CASA CIVIL, JOSÉ DIRCEU, disse que o governo “não está realizando neste momento os seus objetivos porque o superávit primário de 4,25% ao ano e os juros de 26,5% estão desestimulando e segurando a atividade econômica”. Era um seminário sobre reforma da Previdência, só para políticos do PT, num hotel de SÃO PAULO. DIRCEU confessou que, no governo, está vivendo entre a “felicidade e a angústia”. De repente, ele foi avisado: suas palavras estavam indo além do ambiente petista. Havia um telão mostrando ao vivo para a imprensa. Assustado, o ministro baixou o tom.

O líder do MST no PONTAL DO PARANAPANEMA, JOSÉ RAINHA JÚNIOR, lançou as bases para o maior acampamento dos SEM-TERRA no País e disse que criará “um novo CANUDOS”. Para ele é retomado o “sonho de ANTÔNIO CONSELHEIRO de dar terra aos excluídos”. O governador GERALDO ALCKMIN afirmou que reagirá a invasões.

A cantora baiana GAL COSTA, de 57 anos, está internada desde hoje à tarde em um hospital de SÃO PAULO, cujo nome não foi revelado. Ela foi transferida de outro hospital de SALVADOR, onde se internou ontem com deslocamento da alça intestinal. GAL COSTA sentiu-se mal pouco antes de fazer uma apresentação no TEATRO CASTRO ALVES, em SALVADOR.  Vinha ela colhendo os frutos da boa recepção de críticos e público ao seu CD “BOSSA TROPICAL”, lançado no início deste ano em uma parceria entre a MZA Produções e a gravadora ABRIL MUSIC, que baixou as portas logo em seguida.
   
O homem que fez o disparo que matou a universitária ELIANA FÁTIMA ALVES, de 38 anos, na segunda-feira, dia 19, no JAGUARÉ, zona norte, foi detido hoje depois de passar três dias foragido. A prisão, porém, não foi resultado de uma ação da polícia: quem levou o estudante ALEXANDRE ALVES DE OLIVEIRA, de 22 anos, até a delegacia foi o próprio pai, ARISTIDES DE OLIVEIRA. “Assim como DEUS entregou JESUS CRISTO para crucificado, eu trouxe meu filho”, disse ele, que é evangélico. A decisão de entregar o filho foi tomada depois que ALEXANDRE contou ter aceitado quinhentos reais para executar a universitária.  ELIANA foi morta com um tiro na nuca quando dirigia seu ASTRA para casa, por volta das 23 horas, depois de sair da Universidade Paulista de ALPHAVILLE, onde estudava. ALEXANDRE abordou a vítima da garupa de uma motocicleta, que era dirigida pelo estudante VALMIR MARQUES BONFIM, de 23 anos, preso no dia do assassinato. Depois de passar um dia preso, o mandante do crime, ALDO ANTÔNIO RIBEIRO, de 38 anos, marido de ELIANA, confessou hoje a autoria. RIBEIRO estaria interessado em receber o dinheiro do seguro de vida que a mulher tinha. Até a prisão do mecânico, a polícia acreditava que o crime tinha acontecido porque ELIANA reagira a um assalto.

A estudante de Direito CINTIA ARAÚJO DOS SANTOS, de 27 anos, foi morta com um tiro de fuzil na cabeça, hoje à noite, durante uma falsa blitz em BONSUCESSO, na zona norte do RIO. A universitária e outros três colegas que estavam num CORSA, atacados pelos bandidos a tiros, tinham saído do campus da Universidade, em BONSUCESSO. A ação dos bandidos aconteceu por volta das 22 horas. O veículo era dirigido por ÉDSON DA SILVA RAIMUNDO, atingido com um tiro na mão direita. No banco traseiro estavam MÁRCIA IRACEMA CORREA, de 42 anos, ferida por estilhaços, e ADRIANA, com um tiro de raspão na perna direita. Mesmo ferido, ÉDSON conseguiu dirigir mais alguns metros. Parou e pediu auxílio à equipe de uma ambulância do Corpo de Bombeiros. MÁRCIA e ADRIANA foram medicadas no local. ÉDSON foi levado para o Hospital SALGADO FILHO. CÍNTIA cursava o 5º período de Direito, era divorciada e tinha dois filhos : GABRIEL, de 6 anos, e GABRIELA, de 3 anos.

O vendedor ambulante CELIAR RODRIGUES PELUFFO, de 63 anos, matou a namorada, a vendedora LILIAM TEREZINHA MONREAL, de 46 anos, com dois tiros no peito, na rua CAVOUR, VILA PRUDENTE, zona leste de SÃO PAULO, nesta noite. Após o crime, PELUFFO fugiu em um VOYAGE e, por não respeitar o semáforo, passou a ser perseguido por policiais civis. PELUFFO acabou se matando com um tiro na cabeça. LILIAM havia saído do trabalho, acompanhada de uma amiga, às 18 horas, quando foi abordada pelo namorado.
  
O ministro do SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA, LUIZ FUX, de 50 anos, foi agredido por dois assaltantes armados que invadiram seu apartamento, no 10 º andar do edifício AZUL, em COPACABANA, nesta noite. Ferido na face, na cabeça, no ouvido, braços e joelho direito por golpes de marreta, FUX foi internado no hospital COPA D´OR. Não corre risco de morte .

O novo secretário municipal de FINANÇAS, LUÍS CARLOS FERNANDES AFONSO, tomou posse hoje sem saber muito bem o que o espera. AFONSO adiantou, porém, que pretende dar continuidade ao trabalho que já foi feito. Com 42 anos, está acostumado com administrações petistas. Trabalhou em duas gestões do ex-prefeito CELSO DANIEL, de SANTO ANDRÉ. A transmissão do cargo foi formal e rápida. Não durou mais que 15 minutos. MARTA fez um breve discurso, seguida por JOÃO SAYAD e AFONSO.

DIÁRIO OFICIAL DE 23 DE MAIO DE 2003 PUBLICA A TRANSFERÊNCIA PARA A RESERVA, EX-OFFICIO, DO CORONEL PM JOSÉ VASCONCELLOS FILHO. Nasceu em 22 de julho de 1949. Entrou na antiga FORÇA PÚBLICA em 2 de março de 1967. Foi declarado ASPIRANTE A OFICIAL em 18 de setembro de 1971. PROMOÇÕES: 2º Tenente – 24 de maio de 1972; 1º Tenente – 15 de dezembro 1976; Capitão – 25 de agosto de 1983; Major – 24 de maio de    1990; Tenente-Coronel – 24 de maio de 1995; CORONEL – 24 de maio de 1998. Termina seu tempo adido à Corregedoria da Polícia Militar.

O atual titular do ALTO COMISSARIADO DE DIREITOS HUMANOS DA ONU, o brasileiro SÉRGIO VIEIRA DE MELLO, será o representante especial da organização no IRAQUE. A escolha foi feita pelo secretário-geral da ONU, KOFI ANNAN. A criação do importante posto no IRAQUE é prevista na resolução aprovada ontem pelo CONSELHO DE SEGURANÇA, que pôs fim a treze anos de embargo econômico ao IRAQUE e deu aos EUA e à GRÃ-BRETANHA poderes amplos na administração do País. VIEIRA DE MELLO tem mais de trinta anos de experiência diplomática internacional. Nascido no RIO DE JANEIRO, em 1948, seu primeiro cargo na ONU foi exercido em 1969, no ALTO COMISSARIADO PARA REFUGIADOS , em GENEBRA, na SUÍÇA. Na década de 70, trabalhou em diferentes programas da organização em BANGLADESH, SUDÃO, CHIPRE, MOÇAMBIQUE e PERU. Nos anos 90, ele atuou na repatriação de refugiados do CAMBOJA e foi delegado da ONU na BÓSNIA. Mas a principal credencial de VIEIRA DE MELLO para representar a ONU no IRAQUE foi conseguida no TIMOR LESTE. Ele foi titular da entidade na administração de transição que transformou o TIMOR em um PAÍS independente, entre 1999 e 2002.
   
ISRAEL DIZ QUE ESTÁ PRONTO PARA ACEITAR O PLANO DE PAZ DOS EUA. SHARON foi convencido quando os EUA disseram que acham “significativas” suas preocupações. O plano, chamado “MAPA DA ESTRADA”, é a criação de um estado palestino até 2005, e o primeiro-ministro israelense, ARIEL SHARON, anunciou hoje que está pronto a aceitá-lo. Ele indica o caminho para a paz com os palestinos, e SHARON o colocará em votação em seu gabinete, no dia 25, primeiro dia útil da semana em ISRAEL. O projeto, elaborado por EUA, UNIÃO EUROPÉIA, ONU e RÚSSIA, foi aceito integralmente pela AUTORIDADE PALESTINA, mas SHARON levantou pelo menos quinze restrições ao texto, e por isso vinha relutando em aceitá-lo. Ele não abandonou as objeções nem os EUA se dispuseram a modificá-lo. No entanto, acabou dando seu endosso depois que autoridades americanas consideraram “significativas” suas preocupações.

A Administração Civil dos EUA no IRAQUE dissolveu hoje os Ministérios da DEFESA e da INFORMAÇÃO, o EXÉRCITO e a GUARDA REPUBLICANA do País. Nova força de defesa substituirá as do ex-presidente SADDAM HUSSEIN.

Com a triste constatação de que os mortos pelo terremoto da ARGÉLIA já são 1.600 e de que esse número poderá chegar a 2.200, uma boa notícia: o choro de EMILIE. Os cães farejadores e os equipamentos especiais de escuta da equipe de socorro apontaram para um ponto abaixo de toneladas de concreto e tijolos em um prédio de apartamentos em BOURMERDES. Ao escavarem, a surpresa: uma garotinha de dois anos e meio, chorando depois de 36 horas soterrada. Era EMILIE KAIDI, uma sobrevivente.

FALECEU o ator francês JEAN YANNE, de 69 anos, em conseqüência de uma crise cardíaca. O ator, diretor e produtor sofreu, pela manhã, um mal estar em sua casa e faleceu quando era levado para o hospital. Nascido em PARIS, no dia 18 de julho de 1933, filho de marceneiro, começou sua carreira em 52 e, em 72, obteve, em CANNES, prêmio de melhor ator por “NOUS NE VIEILLIRONS PAS ENSEMBLE”, de MAURICE PIALAT.

O SBT apresenta o filme MATRIX, de 1999, direção de ANDY e LARRY WACHOWSKI, com KEANU REEVES, LAURENCE FISHBURNE, CARRIE-ANNE MOSS, HUGO WEAVING e JOE PANTOLIANI. O SBT aproveita o impacto do lançamento de MATRIX RELOADED – que estreou em 22 de maio com 350 cópias em todo o País – para trazer de volta o número um. O hacker NEO descobre que o mundo, tal como o imaginamos, não existe mais e as pessoas são conectadas a um computador que faz com que elas tomem por experiências reais o que são só simulações. Famoso pelas trucagens técnicas – a trajetória das balas – e pelas cenas de lutas, que reinventam as artes marciais, o filme dos irmãos WACHOWSKI virou um fenômeno, principalmente junto ao público jovem. Gostar ou não gostar, eis a questão. Tentar entender esse sucesso todo, outra questão, mais intrigante ainda. O filme é imediatamente seguido por O VÔO FINAL DE OSÍRIS, que pertence à série ANIMATRIX, animações baseadas no filme e nos games a ele associados.

2 004    :   -  DOMINGO   - 14 153  /2224 2 201813714. (16)
Na manhã deste domingo, LUCINDA conversa sobre a situação de dona ONOFRA. Ela caiu no quintal de sua casa e quebrou um osso da perna e da bacia. Foi removida para SÃO PAULO. Não tenho condições de ir ao IBIRAPUERA, nesta manhã, para assistir a solenidade do DIA DA JUVENTUDE, como sempre faço em 23 de maio. A operação sofrida em 20 de maio é muito recente e o aspecto do rosto não é agradável. Ir assim a uma solenidade será alvo para inúmeras explicações.
Pela manhã, a partir das 9 horas, assisto a corrida de Fórmula 1, GRANDE PRÊMIO DE MÔNACO, com o italiano JARNO TRULLI na POLE POSITION. A largada é abortada por causa de problemas no carro de OLIVIER PANIS. TRULLI sai na frente, com JENSON BUTTON em segundo, ALONSO em terceiro e o japonês SATO em quarto, numa largada espantosa, pois SATO pula do 8º lugar para o 4º. Vários acidentes acontecem numa tumultuada corrida: o motor do carro de SATO estoura e vai causar uma nuvem branca que provoca o capotamento de GIANCARLO FISICHELLA, logo depois de colidir com o carro de DAVID COULTHARD. Na 41ª volta, FERNANDO ALONSO bateu forte no túnel. Ele estava em segundo e acusou RALF SCHUMACHER de ser o causador do acidente. O mais grave de todos é quando o SAFETY CAR está na pista e MICHAEL SCHUMACHER comete um engano, acelerando e brecando, fazendo com que MONTOYA bata na sua traseira. O sonho da sexta vitória consecutiva na presente temporada termina aí para o alemão. Com uma roda deslocada, o alemão, que estava em terceiro, sofre para chegar até o boxe. Ele é alijado da corrida, dando uma nova visão à fórmula um, que ultimamente não via uma disputa contra SCHUMACHER. TRULLI vence, de ponta a ponta, com BUTTON na sua “cola”, nas últimas voltas, oferecendo um espetáculo de disputa que agrada aos faccionados.  BARRICHELLO chega em terceiro. MONTOYA é o quarto. O brasileiro FELIPE MASSA chega em quinto, com CRISTIANO DA MATTA em sexto. O sétimo é NICK HEIDFELD; oitavo, OLIVIER PANIS; nono, ZSOLT BAUMGARTER e décimo, RALF SCHUMACHER. Foram somente esses dez que terminam a prova. Agora, na classificação geral, MICHAEL SCHUMACHER tem 50 pontos; RUBENS BARRICHELLO, 38 pontos; JENSON BUTTON, 32; JARNO TRULLI, 31;  JUAN PABLO MONTOYA, 23; FERNANDO ALONSO, 21; RALF, 12; SATO, 8; FELIPE MASSA, 5; COULTHARD, 4; CRISTIANO DA MATTA, 3.

Quase ao meio-dia, recebo um telefonema do CORONEL MENDES. Dá as novidades sobre o DIA DA JUVENTUDE. A solenidade foi presidida pelo Sub-Cmt PM, CORONEL FERNANDO PEREIRA. Não houve nada que empanasse a festa, pois o grupo de CARVALHOSA assistiu parte da solenidade de longe. O MENDES conta que a entrega da MEDALHA MMDC foi realizada de maneira elogiosa, com ênfase para o CAPITÃO EB GEOVANNI DIAS MÂNCIO, do RIO DE JANEIRO, que se tornou nosso sócio há alguns meses; para o diretor-responsável do Jornal “SEMANÁRIO DA ZONA NORTE”, JOÃO CARLOS DIAS, que seguramente fará uma reportagem digna do MMDC; para os representantes da MARINHA (Capitão-de-Mar-e-Guerra RONALD DOS SANTOS SANTIAGO e Capitão-de-Mar=e-Guerra NILO SÉRGIO SULZER BRASIL), EXÉRCITO (além do Capitão MÂNCIO, também foi condecorado o 2º Sargento de Artilharia JORGE ANTÕNIO SILVEIRA DE OLIVEIRA), AERONÁUTICA (Coronel Aviador MARCUS VINITIUS MENDONÇA GALVÃO DE SOUZA), POLÍCIA CIVIL (delegado LUIZ CARLOS DO CARMO e delegado ANTÔNIO AUGUSTO RODRIGUES DA SILVA), MAÇONARIA (doutor ALDO STRUFFALDI e MILTON MILANI), Coronel PAULO CÉSAR MÁXIMO, corregedor PM, e unidades de ensino da Polícia Militar (CFAP, APMBB, CFSds, EEF, Colégio Militar), DAMCO, CMus, Capelania Militar, 7º BPMM, 30º BPMM (Tenente-Coronel Fem PM FÁTIMA RAMOS DUTRA, sua comandante) e antiga Ajudância Geral. A CORONEL Fem PM LAUDINÉA PESSAN DE OLIVEIRA esteve presente, como também a CAPITÃO Fem PM MARIA INÊS, nossa segunda secretária. GINO STRUFFALDI fez um pronunciamento alusivo a data, declamando uma poesia. O MENDES falou em nome da presidência, pois o Sr GERALDO FARIA MARCONDES não compareceu, bem como vários conselheiros se fizeram ausentes. Diz o meu companheiro de lutas na Sociedade que o ponto alto da festa, tirando a entrega das medalhas, foi a apresentação do SOLDADO CONSTITUCIONALISTA, proporcionada pelo CIRCUITO SÃO PAULO (fez a estréia desse personagem histórico, que passará a fazer parte do circuito, como o PADRE ANCHIETA, a MARQUESA DE SANTOS, CARLOS GOMES e outros). Nossos inimigos gratuitos (ROMEU, Cel PAULO MARQUES) não compareceram ao evento. Deles, apenas o CORONEL ARY CANAVÓ compareceu, mas não causou nenhuma decepção. Não houve missa, apenas uma bênção dada pelo CAPITÃO CAPELÃO OSWALDO PALÓPITO.
O MENDES comunica-me que amanhã haverá uma reunião da Comissão Cívica e Cultural da Associação Comercial, fato esse que lhe foi comunicado por FRANCISCO GIANNOCCARO, presente ao IBIRAPUERA também. Ele transmitiu ao presidente da Comissão o meu estado de saúde e a impossibilidade de comparecer nessa reunião.      
O MENDES está telefonando quando chega dona MARIA, irmã da LUCINDA. Sinto a falta de minha mãe. Este é o segundo domingo que não irei mais em POÁ, e isso é um imenso vazio para mim. Procuro passar as horas trabalhando no computador. Apenas tenho um consolo, o de não ver mais minha mãe sofrendo, como aconteceu alguns meses antes dela partir. De qualquer maneira, ela está bem melhor no outro lado da vida, pois purgou aqui o seu carma.
O PM JOÃO GOMES DE OLIVEIRA JÚNIOR conversa sobre a onda difamatória que paira sobre o CSM/AM, prenunciando uma semana de acontecimentos nada agradáveis. LUCINDA aconselha o filho a ficar quieto, pois falta apenas dois anos para a sua reforma e uma possível transferência agora não será interessante. Além disso, como é número 48 para uma promoção a CABO, dentro da lei da antigüidade, não é viável qualquer ação heróica. 

O PALMEIRAS se reabilitou da eliminação na COPA DO BRASIL em grande estilo. Sob o comando de VÁGNER LOVE, que marcou dois gols e deu passe para mais um, o VERDÃO goleou o SANTOS por 4 a 0, na VILA BELMIRO. O alviverde deve anunciar amanhã ESTEVAM SOARES, que dirige a PONTE PRETA, como seu novo treinador. ESTEVAM entra para substituir JAIR PICERNI. Em MINAS, o SÃO  PAULO perdeu para o CRUZEIRO por 2 a 1.  O CORINTHIANS foi humilhado no PACAEMBU ao ser goleado por 5 a 0 pelo ATLÉTICO PR. Irritados, torcedores invadiram o campo para tentar agredir os jogadores –entre eles o goleiro FÁBIO COSTA, que não falhou em nenhum dos gols. Das arquibancadas, a FIEL pediu reforços e a saída do técnico OSWALDO DE OLIVEIRA.

O estudante VALMIR PEREIRA DA SILVA, 17 anos, teve a perna e o braço esquerdo devorados por um tubarão, na praia da PIEDADE, em PERNAMBUCO. Ele estava em alto-mar. O secretário de Defesa Social, JOÃO BRAGA, admitiu que o governo poderá interditar a PRAIA DA PIEDADE, face o caso também acontecido ontem, com a estudante NAIANE CORDEIRO BARBOSA, atacada por um tubarão próximo à praia (ela sofreu lesões no quadril e na parte superior da coxa direita).
  
A Polícia Federal prendeu hoje o empresário LOURENÇO ROMMEL PONTES PEIXOTO, considerado um dos principais envolvidos na fraude das licitações do Ministério da Saúde para compra de hemoderivados, e o lobista JAISLER JABOUR DE ALVARENGA, que estava com ele. Os dois tiveram prisão preventiva decretada na quarta-feira, dia 19 de maio, quando foi divulgada a OPERAÇÃO VAMPIRO, mas estavam foragidos. Com isso, apenas o empresário MARCOS JORGE CHAIN continua procurado pela PF. A prisão de ROMMEL e ALVARENGA fez subir para 13 o número de presos na superintendência da PF, em BRASÍLIA.

Em plena CHINA, o presidente LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA e dona MARISA arrumaram uma forma bem brasileira de comemorarem hoje TRINTA ANOS DE CASADOS. O casal foi almoçar na tradicional churrascaria BEIJING BRASIL, uma parceria entre a SADIA, da família do ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, LUIZ FERNANDO FURLAN, e o Ministério da Agricultura da CHINA. “O presidente aproveitou a festa para comemorar também, com uma placa de bronze, os dez anos da churrascaria em PEQUIM”, afirmou FURLAN. O casal ganhou um vaso chinês do gerente da churrascaria, que é brasileiro, além de um bolo. O primeiro dia de visita de LULA à CHINA foi marcado por eventos não-oficiais. À tarde, por exemplo, LULA e dona MARISA visitaram o PALÁCIO DE VERÃO dos imperadores chineses, uma construção de 800 anos nos subúrbios de PEQUIM, famosa por seus lagos artificiais e pela mistura harmônica de construções que misturam templos budistas e palácios típicos. Além do passeio e da comemoração, o presidente inaugurou hoje o primeiro escritório da PETROBRÁS na CHINA, prevendo uma nova fase nas relações comerciais e políticas entre os dois países. Com a presença de ministros, governadores e empresários, o presidente da empresa, JOSÉ EDUARDO DUTRA, anunciou uma parceria com a estatal chinesa SINOPEC para exploração de petróleo na região asiática.

Pelo menos 30 pessoas morreram na região da CAXEMIRA, hoje, quando um ônibus que levava soldados indianos e seus familiares passou sobre uma mina plantada por guerrilheiros separatistas. A explosão aconteceu um dia após o novo primeiro-ministro indiano, MANMOHAN SINGH, assumir o cargo. Esse foi o ataque mais letal na CAXEMIRA desde que a ÍNDIA e o PAQUISTÃO iniciaram um processo de paz no final de 2003 para solucionar suas disputas sobre o território, causa de duas das três guerras já travadas pelos dois países. Soldados e cães farejadores vasculharam a área em busca de outras minas.

HORST KOEHLER, ex-diretor-gerente do Fundo Monetário Internacional –FMI-, foi eleito hoje o nono presidente do pós-guerra na ALEMANHA. Ele foi escolhido por uma assembléia federal especial no Parlamento alemão. KOEHLER, que renunciou ao comando do FMI em março de 2003 para concorrer à presidência no País, venceu por maioria absoluta no primeiro turno da votação da assembléia. Terá um mandato de cinco anos. A derrota da candidata do chanceler GERARD SCHROEDER, GESINE SCHWAN, representa um duro golpe ao PARTIDO SOCIAL-DEMOCRATA.

O teto do terminal 2E do Aeroporto CHARLES DE GAULLE, em PARIS – uma estrutura ultramoderna de aço, cimento e vidro –, desabou hoje sobre uma passarela de embarque, causando a morte de pelo menos cinco pessoas e ferimentos em outras quatro. Um dos feridos estava hoje à noite em estado crítico. As autoridades não descartavam a hipótese de que pudesse haver mais corpos sobre os escombros.  O acidente ocorreu às 7 horas da manhã, quando se preparavam os embarques dos vôos para PRAGA e NOVA YORK.

ASSISTO neste domingo o final do programa FANTÁSTICO, o humorístico SOB NOVA DIREÇÃO e, depois, mais um capítulo do seriado “24 HORAS”, adrenalina pura, onde o presidente dos EUA tem de descobrir um grupo de terroristas que “plantou” uma bomba de alto poder destrutivo num Estado americano. O pior é que sofre também a ameaça de alguém do próprio governo que quer vê-lo fora do poder.


2 005   :  -  SEGUNDA-FEIRA
A Sociedade Veteranos de 32-MMDC convida Vossa Excelência e Excelentíssima família para participarem da solenidade alusiva ao 73º Aniversário do DIA DA JUVENTUDE CONSTITUCIONALISTA – MMDC de 1932.
23MaiO5 – 08:45 h – Solenidade defronte ao Mausoléu do Soldado Constitucionalista de 32 – Av Pedro Álvares Cabral – Ibirapuera – SP

GERALDO FARIA MARCONDES
Presidente Executivo da Sociedade
Veteranos de 32-MMDC

Levanto um pouco antes das 5 horas. Acordo a LUCINDA, que, por sua vez, vai despertar o seu filho, PM JOÃO GOMES DE OLIVEIRA JÚNIOR, para ir para o serviço, no 9º BPMM. Não deito mais e procuro consultar os jornais a respeito do MMDC. Sou surpreendido com uma pequena notícia na página “METRÓPOLE”, do JORNAL DA TARDE, de responsabilidade do jornalista ZÉ MARIA DOS SANTOS:-
UM A ESQUECIDO
Hoje, 73 anos depois, o heroísmo de ORLANDO ALVARENGA na Revolução de 32 começa a aparecer
Metrópole: No dia de hoje, há 73 anos, cinco jovens foram baleados na PRAÇA DA REPÚBLICA, desencadeando a Revolução de 32. Quatro jovens morreram na hora (MIRAGAIA, MARTINS, DRÁUSIO e CAMARGO). Mas seu avô, ORLANDO ALVARENGA, só após 81 dias. Por isso foi esquecido na formação da sigla MMDC. ALCKMIN corrigiu o equívoco em 2003. Mas a nova sigla –MMDCA – continua pouco conhecida.
DOUGLAS DE ALBUQUERQUE ALVARENGA – É verdade. O MMDC, como símbolo de 32, foi criado pelo governador PEDRO DE TOLEDO em agosto daquele ano. Para nós, a decepção foi grande. Por isso, em 1959, nos mudamos para RECIFE. E a viúva, minha avó, ANNITA DO VAL, para CATANDUVA. Nós cultuamos a memória de vovô com muito carinho. Ele entregou-se à Revolução. Morreu cedo, aos 34 anos. Era escrivão de cartório.
Mas o reconhecimento começa a acontecer?
Sim. Há uma lei do vereador AURÉLIO MIGUEL (PL) mudando o nome da Rua MMDC, no BUTANTÃ, para MMDCA.
(DOUGLAS ALBUQUERQUE ALVARENGA, de 46 anos, comerciante)

Essa notícia vem trazer um grande problema para nós da Sociedade Veteranos de 32-MMDC, pois reacende aquela briga que já tivemos, quando, sorrateiramente, o governador alterou a história, criando a sigla MMDCA, que, felizmente, ninguém levou em consideração. Elaboro a seguinte mensagem para hoje:
DIA DA JUVENTUDE CONSTITUCIONALISTA 23 DE MAIO DE 2005

Em 22 de maio de 1932 a FRENTE ÚNICA publicava um boletim  asseverando que a presença do enviado especial do ditador, OSWALDO ARANHA, foi mandado por GETÚLIO VARGAS a SÃO PAULO, a fim de acalmar o ânimo dos paulistas. Tinha a presença de OSWALDO ARANHA o “intuito de arrebatar do povo paulista o sagrado direito de escolher os seus governantes” e que esse mesmo povo não mais suportaria tamanha afronta e humilhação, repelindo “a indébita e injuriosa intromissão na sua vida política” por parte daqueles que estavam “conduzindo SÃO PAULO e o BRASIL a sua ruína total”. No mesmo dia do lançamento do citado Boletim – 22 de maio de 1932 -, houve um comício na PRAÇA DO PATRIARCA, às 15 horas. Pontificou a voz altissonante de IBRAHIM NOBRE, que se dirigiu ao PALÁCIO DOS CAMPOS ELÍSEOS (com SÍLVIO DE CAMPOS, ANTÔNIO PEREIRA LIMA, AURELIANO LEITE, LUCIANO GUALBERTO e com o povo), afirmando ao Interventor PEDRO DE TOLEDO: “Já começa a correr o sangue paulista. Estamos algemados e algemados dentro de uma senzala.  E V. Ex.a, Sr PEDRO DE TOLEDO, está preso conosco. V. Ex.a. deve sair dela e com estes homens vir às ruas reivindicar a nossa liberdade. V. Ex.a. está no fim da vida e deve escolher: um simples epitáfio ou uma estátua”. A menção feita por IBRAHIM NOBRE, ao fato de já começar a correr o sangue paulista, era devida aos ferimentos sofridos pelo estudante LIMA NETO, naquele mesmo 22 de maio de 1932, vítima das agressoras forças da Ditadura. No dia seguinte, 23 de maio, mais sangue iria correr, purpureando quatro jovens, que se transformaram nos exacerbados mártires da irrefreável luta contra o opróbrio. Era a saga heróica de MARTINS, MIRAGAIA, DRÁUSIO e CAMARGO.

No dia 24 de maio de 1932, na noite e madrugada de 25, na PRAÇA DA REPÚBLICA, reuniram-se em salas privadas do Restaurante POSÍLIPO: JOAQUIM DE ABREU SAMPAIO VIDAL, AURELIANO LEITE, PRUDENTE DE MORAES NETO, PAULO NOGUEIRA FILHO.
Horas mais tarde, no CLUBE  COMERCIAL,  encontro de  confirmação, já com presença de CESÁRIO COIMBRA, FRANCISCO MESQUITA, ALBERTO AMERICANO, CARLOS DE SOUZA NAZARÉ, BUENO FERRAZ, CAPITÃO ANTONIO PIETSCHER, ANTONIO CARLOS PACHECO E SILVA, JOSÉ TELES DE MATOS, HERMAN DE MORAES BARROS, WALDEMAR SILVA, BRÁULIO SANTOS, JORGE RESENDE e TIAGO MAZAGÃO FILHO. O nome da associação seria “GUARDA PAULISTA”, mas no decorrer dos entendimentos foi lembrada a necessidade de manter acesa a chama dos primeiros mártires do movimento: MÁRIO MARTINS DE ALMEIDA (socorrido, morreu dois dias depois),  EUCLIDES BUENO MIRAGAIA, ANTONIO AMÉRICO DE CAMARGO ANDRADE e DRÁUSIO MARCONDES DE SOUZA. No início, a sigla seria CDMM, mas o grupo formado achou melhor alterá-la para MMDC. 
O DECRETO 5.627-A, de 10 de agosto, assinado por PEDRO DE TOLEDO, oficiou a sigla.  Ligado diretamente ao gabinete do Secretário da JUSTIÇA, tinha por coordenador LUÍS PISA SOBRINHO. A superintendência dos departamentos foi alojada na FACULDADE DE DIREITO, mudando-se depois para o prédio do antigo Fórum – esquina da rua do TESOURO com a QUINZE DE NOVEMBRO. Mais tarde, ampliado, foi para a ESCOLA DE COMÉRCIO ÁLVARES PENTEADO. 
O MMDC organizou a base do voluntariado, reunindo centenas de técnicos, ocupando a Direção Geral do Abastecimento, a Intendência, a Finanças, Engenharia, Saúde, Correio Militar, propaganda, mobilização e serviços auxiliares. Ao MMDC foi entregue, entre outras, a missão de manter a segurança das cidades. Elementos acima de qualquer suspeita escolhiam e chefiavam grupos de voluntários na tarefa de montar guarda às ruas, às casas, aos estabelecimentos públicos, comerciais e industriais. Foi assim em todo o Estado.
Na Vila CERQUEIRA CÉSAR, capital, afeta à 4ª divisão do MMDC paulistano, um desses guardas voluntários, humilde, retraído, absorto, chamava-se VÍTOR BRECHERET. Na lista de adesões, entre carroceiros, metalúrgicos, advogados, proprietários, comerciantes, comerciários, pedreiros, alfaiates, barbeiros, professores, médicos, bancários, aposentados, ele qualificara-se “artista escultor”. 

73 anos são passados, mas a chama viva dos ideais dos moços que tombaram em busca da democracia permanece neste novo século, talvez mais viva do que nunca, face as necessidades que os brasileiros sentem por um País melhor, mais humano, mais fraterno, longe da corrupção que grassa nos nossos dias. Isso todos sentem neste 2005, nesta data tão significativa, uma busca do IDEAL DE DIREITO que em 1932 era o desejo da Nação e que revigora com força redobrada nos nossos dias.
   
Nosso pleito de gratidão a MARTINS, MIRAGAIA, DRÁUSIO e CAMARGO e tantos outros que morreram depois, pela EPOPÉIA DE 1932, e pelo combate à ditadura, uma mancha que se precisava apagar no solo brasileiro, e que realmente foi extinta com a promulgação da CARTA MAGNA espoliada por um governo irregular. Que os jovens do século XXI saibam venerar o “DIA DA JUVENTUDE CONSTITUCIONALISTA”, pensando alto nos destinos do nosso BRASIL.
SÃO PAULO, 23 DE MAIO DE 2005

Minha intenção é distribuir esse pequeno histórico, citando principalmente o que foi o MMDC depois da morte dos quatro rapazes. Não procuro atacar ALVARENGA, mas ver que antes dele, em 22 de maio, já tinha um ferido, LIMA NETO. Seria o caso de também colocar o “L” na sigla? E também um outro “A”, de AMADEU, também ferido em 23 de maio, ou o “L” de LESSA, também ferido naquela madrugada? È um despropósito. Tantos homens muito mais inteligentes do que nós, em pleno século XXI, viveram os anos de glória onde se viu triunfar o IDEAL de 32, mas só agora é que surge um “luminar” para corrigir um “erro”? ou cometeram o erro histórico de mudar o curso da história do MMDC?


Por volta das 6:30 horas, com frio, embarco no ônibus “ARMÊNIA”. Chego cedo no lugar do encontro com o CORONEL MENDES. Ele chega um pouco antes das 8 horas. Vamos para o IBIRAPUERA. Converso com ele sobre o que li no JORNAL DA TARDE. Vamos procurando montar uma estratégia para combater mais essa punhalada na história do MMDC. O MENDES, por sua vez, numa reunião da CRUZ AZUL, teve a tristeza de ver o Cmt Geral, CORONEL PM ELIZEU ECLAIR TEIXEIRA BORGES, anunciar que irá acabar com o CORPO MUSICAL e alguns serviços da PM. Muito infeliz nesse seu pronunciamento. O nosso centenário Corpo Musical é um apanágio da Corporação. Acabar com esse órgão primordial da PM seria um crime. O MENDES também conta alguns lances na SALA SÃO PAULO, onde compareceu no domingo para homenagear o seu genro, CAPITÃO ADRIANO, no seu trabalho no CONSEG onde ele está engajado.
No MONUMENTO, vamos encontrando uma série de pessoas conhecidas. O advogado ROMAGNOLI e a advogada JANAÍNA já estão a par do que foi publicado no jornal e passamos a comentar com vários amigos a história da mudança do nome da rua MMDC. CAPITÃO GINO STRUFFALDI e sua senhora, dona DINORÁ, estão presentes e sofrem com um grande problema familiar: o filho ALDO voltou para a UTI do hospital onde sofreu uma operação em 10 de maio. Houve complicações no seu restabelecimento. Mesmo assim, o presidente eleito da Diretoria Executiva da Sociedade Veteranos de 32-MMDC dá mostras de perseverança e firmeza em seus ideais. Apresenta-se de capacete, aos 91 anos, com as medalhas que honrosamente recebeu em sua vida. Sr GERALDO FARIA MARCONDES, GENERAL EUCLYDES BUENO FILHO, Doutor HERBERTO CARNIDE, CORONEL ARY CANAVÓ, advogado LUIZ SÉRGIO CARRARO, doutora EDIMARA, além dos oficiais que irão ser condecorados com a Medalha MMDC nesta manhã. Entre eles o comandante da APMBB, CORONEL PM ELISEU LEITE DE MORAES; o CORONEL PM PAULO DE TARSO DIÓGENES (Comandante do CFSds), o TENENTE-CORONEL PM VANDERLEY DE MELLO e outros. Ex-combatentes, descendentes de veteranos de 32 e muita gente conhecida vem prestigiar a solenidade de hoje. Recordo-me que nos últimos nove anos (entrei no MMDC em 17 de maio de 1996) apenas faltei a esse evento no ano passado, que foi quando estava operado de uma plástica no nariz (a cirurgia acontecera em 20 de maio de 2004). Da DAMCO, o MAJOR COSTA e a CAPITÃO Fem PM MARIA INÊS estão colaborando bastante para essa cerimônia. O orador é o nosso TENENTE MARCELO, que se tornou associado do MMDC quando pertencia à Corregedoria PM. Depois foi transferido para o 8º BPMM e se afastou da Sociedade. Mas agora está retornando à Corregedoria PM. Recebem a Medalha MMDC: CORONEL PM ELISEU LEITE DE MORAES, CORONEL PM MANOEL ANTÔNIO DA SILVA ARAÚJO, CAPITÃO-DE-MAR-E-GUERRA HUGO MARCELO VIEIRA DE MELO PIMENTEL, CAPITÃO DE FRAGATA SÉRGIO BARBOSA CORRÊA, CORONEL AVIADOR JOSÉ REINALDO BUCHARA MARTINS, CAPITÃO Med Era RUALDO FERNANDEZ PESSOA, TENENTE-CORONEL PM VANDERLEI DE MELO, TENENTE-CORONEL PM JOÃO DOS SANTOS, TENENTE-CORONEL PM SÍLVIO BENTO DA SILVA, MAJOR PM VALDEIR RODRIGUES VASCONCELOS, CAPITÃO EB MARCO AURÉLIO LANZETTI AYRES JÚNIOR, CAPITÃO PM MARCELO JOSÉ RABELLO VIANNA, CAPITÃO PM ANTÔNIO MARIN, CAPITÃO PM JOSÉ LUIZ PARAISO, Doutor FERNANDO VIEIRA DE FIGUEIREDO, Doutor NICANOR NOGUEIRA BRANCO, Doutor OSVALDO NICO GONÇALVES, TENENTE PM RONALDO ARACRI, TENENTE PM ALEXANDRE BUENO PINHEIRO, SARGENTO Fem PM VALÉRIA MARIANA DEPITULA D. DUMARIAN, Senhor HUMBERTO CORDEIRO DE OLIVEIRA, 1º SARGENTO PM JAYME BENFALTO MORRONI, LUCIANO PEREIRA FRANCO, MARCO MACHADO, ROGÉRIO. O CAPITÃO CAPELÃO OSVALDO PALÓPITO abençoa a todos depois da entrega das medalhas. E então vem a magistral interpretação do rapaz CLÉBER, que encena o SOLDADO CONSTITUCIONALISTA no encerramento.
Terminada a solenidade, ficamos conversando com muita gente. Os tenentes reformados TREVISOLI e NASCIMENTO estão representando a Associação dos Oficiais da Reserva e Reformados da PMESP. O nosso associado ANTÔNIO CARLOS NACLÉRIO HOMEM é um dos que comparecem ao evento e vai pegar uma “carona” conosco ao deixarmos o local. O MENDES preocupa-se com sua esposa. DONA OÇAINE ainda está com o pé  engessado e não pode caminhar. Ele auxilia a mulher nos afazeres domésticos. Mas isso irá fazer com uma certa pressa porque logo mais estaremos empenhados numa reunião na Comissão Cívica e Cultural da Associação Comercial.
Passo pela AORRPM. Converso com o TENENTE-CORONEL secretário AMORIM. Aproveito para dar uma lida nos Diários Oficiais de 14 de abril até agora. Copio os nomes dos oficiais que passaram para a reserva nesse período: CORONEL PM JOSÉ FRANCISCO GIANNONI (16 de abril); TENENTE-CORONEL PM AIRTON MONTEIRO e MAJOR PM JOSÉ CARLOS NEVES (21 de abril); CORONEL PM NEVORAL ALVES BUCHERONI (29 de abril); TENENTE-CORONEL PM CELSO RENÉ VIEIRA (13 de maio). Fico sabendo que amanhã serão publicadas as promoções de oficiais e peço ao AMORIM uma cópia da matéria. Com VICTÓRIO, CRISTIANO, ELÁDIO e RONALDO converso sobre a nossa Entidade. Nesse momento não estou me sentindo bem. A pressão subiu por algum motivo e sou obrigado a descansar um pouco para me recuperar.
Às 14:30 horas estou na Rua TABATINGUERA. Encontro a Sociedade de portas fechadas (isso acontece porque para nós é uma data festiva). Mas o MENDES já está me esperando no bar ao lado. Vamos para a 60 ª reunião da Comissão Cívica e Cultural da Associação Comercial, presidida pelo FRANCISCO GIANNOCCARO. Ali encontramos: ALFREDO BRUNO JÚNIOR, ANTÔNIO AUGUSTO BIZARRO, EDIMARA DE LIMA RODRIGUES COELHO, ELOY GONÇALVES DE OLIVEIRA, FRANCES DE AZEVEDO, FRANCISCO CALAZANS DE FREITAS, GAETANO BRANCATI LUIGI, GIAMBATISTA SERRA di NERVI, GUILHERME NAPOLEÃO DE ABRU, LAURO RIBEIRO ESCOBAR, LUIZ EDUARDO CORRÊA DIAS, MARIA CECÍLIA NACLÉRIO HOMEM, NELLY MARTINS FERREIRA CANDEIAS, PAULO DE AZEVEDO MARQUES, PAULO TENÓRIO DA ROCHA MARQUES, VALDIR ABDALLAH, VIVIANO FERRANTINI. O ABDALLAH trouxe consigo o Professor JOSÉ BUENO CONTE, da Universidade SÃO PAULO, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, onde exerce a cadeira de professor de Geografia. O professor CONTE é ligado ao MUSEU DO IPIRANGA, tal como o ABDALLAH. Após a apresentação do professor CONTE, o GIANNOCCARO inicia os trabalhos de hoje discorrendo sobre a COMISSÃO DE RESGATE DA MEMÓRIA DA ASSOCIAÇÃO COMERCIAL. Ao passar para o 23 de maio, data significativa da Revolução de 32, o GIANNOCCARO dá a palavra e faço um breve relato do que está acontecendo neste ano e as atividades da Sociedade Veteranos de 32-MMDC, explicando que a partir de 7 de julho teremos nova diretoria constituída no MMDC, com a posse dos novos presidentes. O MENDES ajuda-me a completar o raciocínio. O membro da Comissão, GUILHERME NAPOLEÃO DE ABREU, também aborda o assunto da revitalização da Sociedade.  Falamos então da questão do TÚNEL NOVE DE JULHO. A professora MARIA CECÍLIA, vice-presidente da Comissão “TÚNEL NOVE DE JULHO PARA SEMPRE”, discorre sobre o PROJETO-DE-LEI do vereador AURÉLIO NOMURA, explicando que passou em primeira discussão e agora entrará na sua fase mais aguda. GIANNOCCARO ainda irá falar com ALFREDO CUTAIT, que se encontra no Exterior e deverá chegar daqui a quatro dias. CALAZANS se emociona ao lembrar daquela época de 32, pois era um garoto de quatorze anos e se recorda de muita coisa da Revolução. O MENDES aproveita a ocasião e lhe dá uma proposta para se associar ao MMDC. A professora EDIMARA também assina a proposta e já paga R$145,00 (até dezembro de 2005). A poetisa e doutora FRANCES DE AZEVEDO também fica com a proposta para se associar a nós. O ambiente é muito bom para esse congraçamento e acredito que a Associação Comercial poderá nos ajudar muito daqui para a frente.
GIANNOCCARO passa a falar sobre o SETE DE SETEMBRO. O BANCO REAL irá patrocinar na parte teatral para esse ano. Um documento assinado por todos nós é entregue à doutora NELLY CANDEIAS, em sinal de repúdio por um artigo tendencioso publicado na revista ISTO É, há algumas semanas atrás. Alguns outros assuntos são discutidos e GIANNOCCARO encerra uma reunião altamente significativa.          
Deixamos a Associação Comercial depois das 17 horas. Com o CORONEL MENDES, vamos ao Corpo de Bombeiros. Ali está o seu carro. Ele me deixa na ARMÊNIA, já combinando um encontro para as 8 horas, quando iremos com o GINO para a solenidade na LAPA. Amanhã será comemorado o “DIA DA JUVENTUDE CONSTITUCIONALISTA”, num evento criado na região pelo TENENTE-CORONEL PM NAKAHARADA, mas que esse ano tem um propósito bem maior: o lançamento da Sociedade Veteranos de 32-MMDC, núcleo da LAPA.
Em casa, está um recado do advogado ROMAGNOLI para ligar para ele. Nesse contato telefônico fico sabendo que ele já marcou uma audiência com o vereador AURÉLIO MIGUEL, autor do projeto-de-lei que altera o nome da rua MMDC, no BUTANTÃ. Está marcada essa audiência para as 14 horas do dia 30 deste mês (próxima segunda-feira) 

Aos 99 anos, morreu de infecção generalizada, hoje, às 5 horas, no RIO, o artista circense WALDEMAR SEYSSEL, o ARRELIA, que atuou na televisão entre os anos 1950 e 1970. Havia meses não andava bem de saúde. Em março, passou 21 dias internado por problemas na vesícula, mas teve alta e se recuperava em casa. Mas, na sexta-feira, dia 20, com pneumonia grave, teve de voltar ao hospital. Oficialmente, ARRELIA nasceu em JAGUARIAÍVA, PARANÁ, em 31 de dezembro de 1905. Integrante de uma tradicional família circense – iniciada pelo avô ginasta e professor de música, que se apaixonou por uma bela moça do circo – se tornaria uma das maiores estrelas da história dos picadeiros brasileiros. Sua mãe, bailarina, vendia balas, pastéis e amendoim durante os espetáculos. O pai era o palhaço PINGA-PULHA. Foi ele, FERDINANDO SEYSSEL, quem ensinou a arte do circo a WALDEMAR, que se tornaria ARRELIA pela fama de briguento.
Contemporâneo de PIOLIM e CHICHARRÃO, ARRELIA reinou com sua calça larga, bengala e sapatões durante a época áurea do circo, quando palhaços eram figuras-chave nos espetáculos. Hoje, o telegrama de condolências de CAREQUINHA foi um dos muitos que chegaram à casa da família de ARRELIA. Durante sua longa carreira, trabalhou não só em circo. Atuou também no teatro, em cassinos, nas Rádios CULTURA, RECORD, COSMOS e BANDEIRANTES. E em canais de televisão: PAULISTA, TUPI RIO e RECORD. Também escreveu livros e gravou discos, desfilou pela Avenida NOVE DE JULHO. foi homenageado por centenas de paulistanos no CAMBUCI, ganhou medalhas, cartões de prata, comendas.
Ele e seu elenco do CIRQUINHO DO ARRELIA – PIMENTINHA, BANDINHA, MELITO, GOSTOSO, irmãos PAULO e HENRIQUE, anões ENRICO e JOÃOZINHO – divertiram gerações na TV RECORD. Começou em 1953 e ficou 21 anos no ar. PIMENTINHA, seu sobrinho, era o grande companheiro famoso. A parceria de sucesso teve início com a contratação de ARRELIA pela RECORD. WÁLTER SEYSSEL, sobrinho do já famoso palhaço, estava dando os primeiros passos no mundo do circo. WÁLTER foi chamado para participar da atração na TV e ganhou uma roupa verde, que logo foi associada à pimenta. Nascia, assim, PIMENTINHA. A dupla se separou em 1971, depois de agradar a gerações de fãs, e PIMENTINHA se mudou para a CULTURA. O palhaço morreu bem antes do tio, em 1992, aos 66 anos, vítima de câncer.
Num de seus últimos grandes shows, no FESTIVAL DA CRIANÇA, em 1996, na VILA MARIANA, ARRELIA foi recebido com todas as honras por pessoas de todas as idades. Depois disso, as aparições foram se tornando cada vez mais esparsas. ARRELIA não podia mais se apresentar, mas mantinha na memória lembranças preciosas do tempo de palhaço famoso. Nenhuma, no entanto, tão importante para ele quanto o som das gargalhadas vindo da platéia. “O aplauso do palhaço é a gargalhada e eu sinto muita falta dessa alegria”, confessava o artista.

Policiais da Divisão Anti-Seqüestro (DAS) de CAMPINAS libertaram hoje do cativeiro a psicóloga MÁRCIA VELO BARROS, de 25 anos – filha do presidente do MOGI MIRIM ESPORTE CLUBE, WILSON FERNANDES DE BARROS – que passou 33 dias seqüestrada. Ela estava em uma favela no bairro CAMPOS ELÍSEOS, na periferia de CAMPINAS, onde também foi encontrada outra vítima de seqüestro, o comerciante JOSÉ RICARDO FELTRAN, de 29 anos, de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO, filho de um dos maiores produtores de cebola do Estado. Ele já estava há 46 dias em poder dos criminosos. Três pessoas foram presas.

A polícia apreendeu cerca de 700 quilos de maconha, distribuídos em 574 tijolos, escondidos numa carga de feijão, em SÃO BERNARDO DO CAMPO, domingo à noite. O caminhoneiro JONAS BORGES DE FREITAS, que alega não ser o dono da droga, e o ajudante WESLEY SOUZA SANTOS foram presos. O filho de FREITAS, de 12 anos, presenciou as prisões.  

ACEITA pelo Supremo Tribunal Federal a abertura de inquérito contra o ministro da Previdência Social, ROMERO JUCÁ. A Polícia Federal terá sessenta dias para investigar as denúncias de empréstimos oficiais irregulares à empresa FRANGONORTE, em RORAIMA, da qual o ministro foi  sócio. O processo correrá em segredo de Justiça. Na base das suspeitas está o fato de que JUCÁ deu como garantia colateral sete fazendas inexistentes. Em BRASÍLIA.

PRESO o ex-prefeito dos municípios gaúchos de TRAMANDAÍ e CIDREIRA, ELÓI BRAZ SESSIM. Condenado a nove anos e quatro meses de prisão por apropriação de bens públicos, SESSIM estava foragido desde setembro de 2004.

ELEITO pelos críticos da revista americana TIME, RICHARD CORLISS e RICHARD SCHICKEL, o filme CIDADE DE DEUS, de FERNANDO MEIRELLES, como um dos 100 melhores da história. A lista dos críticos foi elaborada em ordem alfabética, e não de preferência. Na votação realizada entre os leitores da revista, a produção brasileira é uma das que encabeçam a lista dos favoritos, com nota máxima.

ARQUIVADO pelo PAPA BENTO XVI o processo disciplinar por abuso sexual contra o padre mexicano MARCIAL MACIEL DEGOLLADO, de 85 anos, fundador da ORDEM DOS LEGIONÁRIOS DE CRISTO.

ELEITO presidente da MONGÓLIA o ex-comunista e ex-primeiro-ministro NAMBAR ENKHBAYAR. Em ULAN-BATOR.

MORREU o dono da voz que divertia e dizia “yabba-dabba-doo”. Está-se falando de HENRY CORDEN, que ao longo de vinte anos dublou o personagem de desenho animado FRED FLINSTONE. Ele tinha 85 anos e morreu de enfisema pulmonar. A sua morte somente foi anunciada nesta segunda-feira.


2 006   :   -     TERÇA-FEIRA
Em comemoração aos 93 anos do historiador e escritor JOÃO RANALI, completados no último dia 13, o Museu Histórico Municipal, na VILA GALVÃO, zona oeste de GUARULHOS, abrirá hoje, às 16 horas, uma exposição sobre sua vida e obra. A mostra, que poderá ser vista até 27 de julho, é uma homenagem feita pelo Arquivo Histórico da Secretaria da Cultura do Município ao historiador, que dedicou mais de seis décadas de sua vida à preservação da memória guarulhense.
A exposição trará fragmentos da trajetória de RANALI, como delegado, historiador, escritor, orador e membro-fundador da Academia Guarulhense de Letras. São fotos, livros escritos por RANALI ou que tiveram sua participação, além de recortes de jornais. “Não sei de quem foi a idéia, mas fiquei surpreso quando fui informado sobre essa homenagem”, disse RANALI. Para o historiador, suas ações realizadas na cidade devem ser vistas como um exemplo para as novas gerações. “O passado é algo surpreendente, pois é uma grande honra receber um reconhecimento de algo que foi feito nos últimos 60 anos. O que eu fiz foi uma questão de pioneirismo, que as novas gerações terão a oportunidade de conhecer durante essa exposição”, afirmou RANALI.
De acordo com o historiador, quando chegou a GUARULHOS, em 1938, sua missão era assumir o cargo de delegado. “Era uma cidade tão hospitaleira que aos poucos foi me conquistando. Como naquela época não havia muitas ocorrências, passei a prestar atenção em outros aspectos e percebi que não havia um estabelecimento hospitalar que atendesse a população. Consegui criar um círculo de amigos, que me ajudaram. Então comecei a batalhar para a criação de um hospital público, que foi construído e denominado Santa Casa de Misericórdia. Depois passei a me empenhar na criação de uma biblioteca municipal, para incentivar a leitura dos jovens”, contou RANALI.
Em 1945, teve de voltar para o interior de SÃO PAULO, onde atuou como delegado em cidades como BOCAINA, CAPÃO BONITO, SANTA ISABEL, SÃO JOAQUIM DA BARRA e ATIBAIA, entre outras. “Em 1962 tive a honra de receber um convite do prefeito da época para atuar como secretário-geral da Prefeitura e retornei para GUARULHOS”, lembra. Durante 12 anos RANALI foi o presidente da FOLHA METROPOLITANA, onde escrevia o editorial todos os dias, além das colunas semanais “GUARULHOS MINHA SAUDADE” e “MOMENTOS LITERÁRIOS”. “Em uma, buscava retratar alguma personalidade que tivesse deixado lembrança para a cidade na outra contava fatos alegres e situações pitorescas, que divertiam a população. Além disso, foram mais de seis mil editoriais, que guardo, todos eles, encadernados”, completou RANALI.   

Este 23 de maio apresenta uma manhã chuvosa, criando problemas no trânsito para o meu deslocamento até a estação ARMÊNIA. Como saí cedo de casa, o encontro com o CORONEL MENDES não atrasa. Ele vem acompanhado do Senhor BICALHO, da Loja Maçônica de PIRACAIA. Então vamos enfrentar um duro congestionamento na 23 de maio e, pela primeira vez, vai atrasar a nossa chegada no Monumento-Mausoléu. O celular do MENDES funciona. O TENENTE PM LUIZ ANTÔNIO está preocupado com a realização da solenidade. Se seria no interior do Obelisco, ou fora. Mas com o tempo ruim, somente poderia ser realizada a solenidade dentro do Monumento-Mausoléu. Embora estejamos presos no trânsito, vamos sendo informados que chegaram os Comandantes do 8º DISTRITO NAVAL e do 4º COMAR, respectivamente o VICE-ALMIRANTE JOSÉ CARLOS CARDOSO e o MAJOR-BRIGADEIRO-DO-AR APRÍGIO EDUARDO DE MOURA AZEVEDO. Por uma questão de hierarquia, cabe ao primeiro presidir a solenidade. Interessante é lembrar que em 2001 também um almirante presidiu a solenidade de 23 de maio, o CONTRA-ALMIRANTE-DO-AR MARCUS VINICIUS OLIVEIRA DOS SANTOS, um grande amigo do MMDC. Também se faz presente o GENERAL-DE-DIVISÃO JOSÉ CARLOS VILELA MORGERO, que está representando o Comandante do EXÉRCITO SUDESTE. Também ficamos sabendo que o interior do Obelisco está totalmente cheio de pessoas que, mesmo com o tempo feio, comparecem ao evento.
É lógico que a solenidade teria o seu início prejudicado, mesmo porque várias pessoas que vão receber a Medalha MMDC também não chegaram. O MENDES está nervoso, mas nada pode fazer. Mas chegamos ao local e aí vai ter início a solenidade. Noto, logo que chego, um esvaziamento dos policiais-militares. Não vejo um coronel. A desculpa é que a Corporação está toda empenhada e não pode desviar seus homens para a comemoração dos 74 anos do DIA DA JUVENTUDE. Por outro lado, a Sociedade cresceu muito neste último ano e a lacuna cometida pela PM é perfeitamente preenchida pelos novos sócios e amigos que conseguimos trazer para a Sociedade em 2005/2006. O governador CLÁUDIO LEMBO encarregou seu secretário particular, DOUTOR HÉLCIO DALLARI JÚNIOR, de representá-lo.
Além das pessoas mencionadas, entre muitas outras, vamos encontrar: FRANCISCO GIANNOCCARO, VIVIANO FERRANTINI, o vereador AURÉLIO NOMURA, DOUTORA NELLY CANDEIAS, TENENTE-CORONEL ROBINSON SANTIAGO (do Exército), doutor AIRTON TREVISAN (presidente da OAB/SP, setor de GUARULHOS), LUIZ SÉRGIO CARRARO, CORONEL ARY CANAVÓ, dona ÂNGELA, o casal WOLFF, ROMAGNOLI, JANAÍNA, CORONEL PM Res RICARDO (nosso tesoureiro), veterano GERALDO PIRES DE OLIVEIRA, ANTÔNIO FROTA, 1º TENENTE PM PAULO CÉSAR, MOACIR LOBO LOPES, SUBTENENTE NOVAES, 1º TENENTE PM GONÇALVES e sua família, ADILSON JOSÉ DE CARVALHO, DOUTOR MARCOS LESSA.
Depois do canto do HINO NACIONAL, faz uso da palavra o nosso presidente CAPITÃO Ref GINO STRUFFALDI. Ele depois passa o microfone para o orador J.B. DE OLIVEIRA. Este, dá verdadeiro show de oratória, discorrendo sobre o episódio da morte de MARTINS, MIRAGAIA, DRÁUSIO e CAMARGO, equiparando o MMDC a MOTIVAÇÃO, MOBILIZAÇÃO, DIGNIDADE e CARÁTER. Com isso, empolgou aos que o ouviam. Traz aquele episódio para os nossos dias e cita os lamentáveis acontecimentos de dias atrás, quando dezenas de policiais morreram em luta provocada pelo PCC.
O CAPITÃO CAPELÃO OSWALDO PALÓPITO abençoa os presentes e relembra dos heróis mortos de 32. Em seguida, procede-se a entrega da Medalha MMDC. São agraciados com a comenda: CORONEL INFANTARIA ANTÔNIO CARLOS PASSOS DA SILVA, CORONEL DE INFANTARIA PAULO BOLÍVAR DA SILVA NETO, CAPITÃO-DE-MAR-E-GUERRA ADEMIR SOBRINHO, CAPITÃO-DE-MAR-E-GUERRA SÉRGIO CALDAS RESTIER GONÇALVES, CORONEL AVIADOR CARLOS ALBERTO DA ROCHA MOREIRA, CAPITÃO INTENDENTE RENATO YOSHIO MORI; DOUTOR ARMANDO DE OLIVEIRA COSTA FILHO (delegado de polícia), DOUTOR ANTÔNIO ASSUNÇÃO DE OLIM (delegado de polícia), DOUTOR FÁBIO MARCOS BERNARDES TROMBETTI (OAB/SP), DOUTOR JOSÉ CARLOS DE SISTO ALMEIDA (OAB/SP), PAULO ANTÔNIO LEMOS (maçonaria), PEDRO MÁRIO FÁVERO (maçonaria), CÉLIA HONORATO DA SILVA (inspetora da Guarda Civil Metropolitana), DOUTORA CÁRBIA SABATEL BOURROUL, veteraníssimo DOMINGOS ANGERAMI (que tem 100 anos), DOUTOR AURÉLIO NOMURA (vereador), MYRNA DE BARROS LIMA IBRAHIM (filha do Professor JOSÉ CARLOS DE BARROS LIMA, que se acha presente), PROFESSOR JORGE BASTOS, JUIZ FRANCISCO ANTÔNIO BIANCO NETO, CAPITÃO PM GALDINO VIEIRA DA SILVA NETO, CAPITÃO PM ÂNDERSON LIMA DE OLIVEIRA, 1º TENENTE PM JOSÉ LUIZ GONÇALVES, RENATO DE TOLEDO GUIMARÃES VAZ, 1º SARGENTO PM ADEMIR DE ALMEIDA, TENENTE-CORONEL MARCELO GISLER (bombeiro do RIO DE JANEIRO), 1O. TENENTE JOÃO CALDEIRAS DE A. L. RANGEL (também bombeiro do RIO DE JANEIRO), 2º SARGENTO PM RODINEY BARBOSA TEIXEIRA, MAJOR PM DENTISTA LAÉRCIO RIBEIRO DE PAIVA, CAPITÃO CAPELÃO OSWALDO PALÓPITO e CAPITÃO ANTÔNIO DE PÁDUA SOUZA COELHO (do Exército).
Encerrada a solenidade, tenho a oportunidade de conversar durante um largo espaço de tempo com o secretário particular do governador CLÁUDIO LEMBO. Explico muita coisa relativa à Sociedade Veteranos de 323-MMDC e vejo uma oportunidade de citar o erro histórico cometido a dois anos, quando uma lei esdrúxula colocou um A na sigla MMDC. Claro que isso foi inócuo, mas quero que esse erro seja consertado. Peço ao doutor HÉLCIO DALLARI JÚNIOR que, numa oportunidade, leve ao conhecimento do governador a necessidade de se revogar essa Lei e proponho que outra seja criada, a do DIA DO ALVARENGA, cuja comemoração seria em 12 de agosto, por ocasião de sua morte. Caso contrário, ALVARENGA sempre será relegado ao ostracismo.             
O CORONEL MENDES dá carona para mim. Ainda em companhia do BICALHO, irão até uma firma, onde poderão conseguir um fax para o MMDC. O inconveniente ANTÔNIO CARLOS NACLÉRIO HOMEM não nos deixa. Também pega carona com o MENDES.
Muito cansado, ainda converso com alguns oficiais do MMDS, e retorno para casa. Não consigo produzir muita coisa no final da tarde. Descanso, e, à noite, procuro lançar em minhas memórias mais esse evento.

O Tribunal Superior Eleitoral decidiu nesta terça-feira que as principais mudanças na legislação eleitoral começam a valer já neste ano – a princípio cogitou-se de que valeriam apenas para as eleições pós 2006. A minirreforma foi aprovada pelo Congresso com o objetivo de evitar doações ilícitas.

Menos de um mês depois de voltar da Estação Espacial Internacional e ser recebido no BRASIL como herói nacional, o primeiro astronauta brasileiro, TENENTE-CORONEL MARCOS PONTES, pediu para entrar na reserva. Isso permitirá que ele cobre por palestras e se dedique a atividades na iniciativa privada. O afastamento da carreira militar foi comunicado ao comandante da Aeronáutica, BRIGADEIRO LUIZ CARLOS BUENO, numa reunião na semana passada. A decisão caiu como um balde de água-fria entre os defensores da viagem de PONTES ao espaço, principalmente a Agência Espacial Brasileira e o Ministério de Ciência e Tecnologia. Todos imaginavam que, depois da missão que custou ao País, dez milhões de dólares, o astronauta atuaria como garoto-propaganda do programa espacial e em favor da divulgação científica.

Apesar da pouca idade, 43 anos, MARCOS PONTES se aposentou com 30 anos de serviço, completados enquanto estava no espaço. De acordo com a FAB, isso é possível porque PONTES requisitou o tempo que trabalhava e aprendia a profissão de eletricista na rede Ferroviária Federal S.A., em parceria com o SENAI, desde os 14 anos. Foram computadas ainda licença-prêmio não gozada e o período que freqüentou a Academia Militar da FORÇA AÉREA.

O prédio do MUSEU DE ARTE DE SÃO PAULO (MASP), na Avenida PAULISTA, amanheceu hoje às escuras. É que a AES ELETROPAULO suspendeu, às 7 horas, o fornecimento de energia elétrica ao museu por falta de pagamento. Segundo a empresa, o corte foi feito em conseqüência de uma dívida de cerca de 3,5 milhões de reais, referente a uma inadimplência que perdura por sete anos. A notícia repercutiu muito mal no meio artístico. Em nota, a ELETROPAULO informou que, desde junho de 2005, o MASP vem honrando o pagamento das contas mensais, mas os acordos referentes aos débitos anteriores não foram cumpridos. O prefeito GILBERTO KASSAB disse hoje que preferia não se manifestar sobre o corte de luz no museu antes de obter mais informações. “Não conheço a extensão do problema para opinar sobre ele”. O prédio do MASP pertence à Prefeitura e o contrato de comodato para uso do espaço termina em 2008. Apesar da difícil situação financeira do museu, KASSAB afirmou que “a princípio, ele será renovado”.

Policiais militares são investigados pelo DHPP como prováveis autores de cinco mortes em uma das seis chacinas ocorridas entre os dias 14 e 16 deste mês, no auge da série de ataques ordenados pelo PCC. Em cinco desses casos, os assassinos usavam roupas escuras, touca ninja e armas de grosso calibre. A chacina sob suspeita ocorreu no PARQUE SÃO RAFAEL às 19 horas de domingo, dia 14. O ouvidor da Polícia do Estado de SÃO PAULO, ANTÔNIO FUNARI FILHO, também vê indícios de crime cometido por um esquadrão da morte formado por policiais e determinou às Corregedorias das Polícias Civil e Militar que investigue o caso. Entre os dias 12 e 16, o DHPP contabilizou um total de 83 vítimas de homicídio e autoria desconhecida.

A polícia acredita que o motivo do assassinato do gerente de tecnologia e infra-estrutura da BAYER, ÊNIO ANTÔNIO CAMPESTRIN, de 47 anos, foi uma simples briga de trânsito. Ele foi morto com três tiros de pistola semi-automática, hoje de manhã, disparados por um motoqueiro, no semáforo que fica na Avenida das NAÇÕES UNIDAS com a Rua CRISTALINO ROLIM DE FREITAS, na CAPELA DO SOCORRO, zona sul. O assassino fugiu sem deixar pistas. Parentes e amigos não acreditam que CAMPESTRIN teria descido do carro, uma ZAFIRA, para bater boca com o motoqueiro. O crime foi às 8 horas, quando ele estava a caminho do trabalho. A assessoria de imprensa do GRUPO BAYER do BRASIL divulgou uma nota lamentando a morte de CAMPESTRIN, que trabalhou mais de 20 anos na empresa. O gerente era casado e deixou dois filhos.  

Em um frio de 6 graus, o estádio que será utilizado para a seleção se preparar para a COPA DO MUNDO durante as próximas duas semanas foi inaugurado hoje em uma festa que misturou a tradição suíça e ritmos e bandeiras brasileiras. Cerca de 1,5 mil pessoas acompanharam o evento na estrutura que custou cerca de 1,3 milhão de dólares.
Para evitar qualquer problema para o gramado já encharcado pela chuva, a escola de samba contratada foi impedida de entrar no campo e teve de se contentar em tocar à beira do gramado. Garotos de toda a região vestidos com a camisa da seleção também levavam bandeiras ao campo. O evento ainda contou com uma missa para abençoar o campo, músicos tradicionais suíços e políticos da região.

O suspeito de ser o mentor do seqüestro mais espetacular da FRANÇA nas últimas décadas está livre e mora em SÃO PAULO. Em 13 de abril de 1977, um dos principais executivos da FIAT, LUCHINO REVELLI-BEAUMONT, foi raptado e mantido em cativeiro por mais de três meses. O caso mobilizou a cúpula da política européia. O arquiteto do crime teria sido o argentino HÉCTOR VILLALÓN, que hoje vive como empresário em SÃO PAULO. Agora, a família da vítima vai pedir ao governo francês que solicite ao BRASIL a extradição do suspeito e seu julgamento em PARIS. Quem descobriu o paradeiro de VILLALÓN foi o jornalista JUAN GASPARINI, que nesta semana publica, em BUENOS AIRES, o livro MANUSCRITO DE UM DESAPARECIDO EM LA ESMA (sigla para ESCOLA SUPERIOR DE MECÂNICA DA MARINHA, local dos piores casos de tortura da ditadura Argentina). O autor teve acesso a manuscritos de JORGE CAFFATTI, outro membro do grupo que raptou o executivo e morreu na prisão. No texto de CAFFATTI, VILLALÓN surge pela primeira vez como o único a escapar da polícia francesa. A vítima, que vive aposentado na ITÁLIA, presidiu a montadora FIAT no BRASIL e na ARGENTINA. O grupo que seqüestrou REVELLI-BEAUMONT era conhecido como COMITÊ DE UNIDADE REVOLUCIONÁRIA SOCIALISTA. Após o rapto, o resgate pedido foi de 30 milhões de dólares. A família AGNELLI, que controlava a FIAT, recusou-se a pagar e, após três meses de negociações, o valor caiu para dois milhões de dólares. Além disso, os seqüestradores exigiram que a multinacional publicasse um manifesto nos principais jornais do mundo. O texto pedia que o proletariado se unisse contra “o imperialismo e o capitalismo”. Uma semana depois de pago o resgate e libertado o prisioneiro, na ESPANHA, o grupo começou a ser desmontado. Sete homens foram detidos. Em 1980, foram condenados na FRANÇA a prisão perpétua. CAFFATTI fugiu para a ARGENTINA, mas foi preso, torturado e morto pelos militares. Outro suspeito, HÉCTOR VILLALÓN, foi liberado. Identificado em telefonemas com os seqüestradores em GENEBRA, alegou que tentava negociar em nome da família. MARIA ELDA REVELLI-BEAUMONT, filha do executivo raptado, garantiu à reportagem que nunca foi chamada a testemunhar sobre a alegação de VILLALÓN. “Vamos pedir a extradição, a reabertura do caso e nova investigação. Esperamos ajuda do governo brasileiro”.

O cubano ORLANDO BOSQUETE, de 51 anos, foi absolvido hoje de acusações de estupro e roubo depois de ficar preso durante 12 anos. Exames de DNA comprovaram que ele nada tinha a ver com um crime cometido, em 1982, contra uma mulher em CAUO HUESSO, na FLÓRIDA. “Mesmo depois de tantos anos, estou contente e disposto a perdoar a Justiça”, disse com ironia BOSQUETE.

JEREMIAS BINS, de 30 anos, confessou hoje ter matado sua mulher e seu enteado a golpes de martelo, sábado à noite, na cidade americana de FRAMINGHAM. O brasileiro, que seria imigrante ilegal, admitiu estar irritado com o tempo que CARLA SOUZA, de 37 anos, passava com o filho CAIQUE, de 11 anos, em uma igreja mórmon. 

DECRETADA a separação de SÉRVIA e MONTENEGRO, as duas últimas repúblicas da ex-IUGOSLÁVIA que continuavam unidas. A independência foi aprovada em plebiscito por 55,4% dos votos. Em PODGORICA.

ANUNCIADA pela internet nova gravação de áudio do arquiterrorista OSAMA BIN LADEN. Na gravação, de apenas cinco minutos. BIN LADEN nega que o francês de origem marroquina ZACARIAS MOUSAOUI tenha tido ligação com o 11 de setembro. MOUSSAOUI foi condenado à prisão perpétua nos EUA pelo envolvimento nos atentados.

O luxuoso iate WEGA de 60 metros de comprimento e avaliado em 6 milhões de dólares foi rebocado por fiscais da Receita Federal na BAIA DA GUANABARA. Há suspeita de que tenha sido comprado para lavagem de dinheiro. O dono da embarcação (nome não revelado) mora na ILHA ANTÍGUA e BARBUDA, no CARIBE.  



2 007    :    -     QUARTA-FEIRA

SÃO PAULO FORTE, PARA UM BRASIL UNIDO
SOCIEDADE VETERANOS DE 32-MMDC

Tenho a honra de convidá-lo para a solenidade alusiva ao
75º Aniversário do
Dia da Juventude Constitucionalista de 1932:

23 de maio de 2007
08:45 h
Mausoléu do Soldado Constitucionalista de 32
Av Pedro Álvares Cabral – Ibirapuera – SP

GINO STRUFFALDI
Cap Ref Combatente de 1932
Presidente

A Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo,
A Associação dos Antigos Alunos da Faculdade de Direito da USP e
o Centro Acadêmico “XI de Agosto”

Convidam para o início das festividades comemorativas dos


180 Anos da Fundação da
Faculdade de Direito do Largo São Francisco

Dia 23 de maio 2007, quarta-feira
18:00 horas – Pátio das Arcadas – Térreo

HOMENAGEM EM CONJUNTO COM A SOCIEDADE VETERANOS DE 32-MMDC

aos Estudantes que tombaram em combate, defendendo São Paulo na
Revolução Constitucionalista de 1932, há 75 anos atrás.

19:00 horas – Salão Nobre – 1º andar

HOMENAGEM DA ACADEMIA PAULISTA DE LETRAS AOS 180 ANOS DE NOSSA FACULDADE,
destacando como oradores os Acadêmicos:
JOSÉ RENATO NALINI – Presidente
ANTÔNIO PENTEADO MENDONÇA, IVES GANDRA DA SILVA MARTINS e PAULO BOMFIM

LOCAL: LARGO DE SÃO FRANCISCO, 95 – SÃO PAULO - CAPITAL 

CENTRO DE PREPARAÇÃO DE OFICIAIS DA RESERVA DE SÃO PAULO
“AVANTE CULTURA”
O Comandante do CPOR/SÃO PAULO, Ten Cel Sérgio Luiz Tratz tem a honra de convidar V Exª/ V Sª para a abertura do “Projeto Avante Cultura” e a realização do seu primeiro evento:
Apresentação dos Conjuntos de Música da Câmara da Banda Sinfônica do Exército, em comemoração ao Dia da Infantaria.
Data: 23 de maio de 2007 (quarta-feira)
Horário: 20:00 hs
Local: Auditório Brigadeiro Sampaio (CPOR/SÃO PAULO)
            Rua  Alfredo Pujol, 681 – Santana

Nos meus onze anos de Sociedade Veteranos de 32-MMDC (completados em 17 de maio), talvez não tenha passado por momentos de alta dose emocional e de reconhecimento pelo impulso que demos ao MMDC nesses dois últimos anos, sob a batuta do combatente de 32, GINO STRUFFALDI. Com quase 93 anos, tem a mente arejada, despojada de ranços perniciosos, aberto ao diálogo, às coisas novas, à criatividade de seus diretores. Assim podemos dizer que a Sociedade deu um grande salto, mas por outro lado há o lamento de não termos infra-estrutura suficiente para deslanchar inúmeros projetos que temos em mente. Apesar de tudo, face à nossa teimosia, muita coisa boa está sendo realizada. Para se ter uma idéia, teremos hoje: solenidade no Monumento-Mausoléu, com início às 9 horas; movimento na “boca” do Túnel 9 de Julho por volta das 11 horas; cerimônia comemorativa do Jubileu de Diamante da Revolução Constitucionalista  na FACULDADE DE DIREITO LARGO DE SÃO FRANCISCO e dos 100 anos das Arcadas; Solenidade no CLUBE PIRATINGA, às 20 horas e, nesse mesmo horário, evento no CPOR/SP.
Começando com o tradicional evento do “DIA DA JUVENTUDE’, no Monumento-Mausoléu, saio de casa por volta das 6 horas. Na rua PEDRO VICENTE (ARMÊNIA), encontro-me com o CORONEL PM Ref MENDES às 7:15 horas. No deslocamento para o IBIRAPUERA o MENDES se desabafa por causa do assoberbamento de missões que estão sob as suas costas, principalmente como secretário das Medalhas. Para se ter uma idéia, hoje ainda terá de correr para acertar a situação dos agraciados de amanhã, no RIO DE JANEIRO. Problemas particulares também ajudam a “esquentar” a sua cabeça, como é o caso recente de ATIBAIA, onde um juiz trabalhista condenou-o a pagar uma certa soma indenizatória para um pilantra que foi seu caseiro.
Chegamos cedo no IBIRAPUERA e logo o MENDES descobre que a questão do estacionamento merece uma atenção melhor pelos PMs ali escalados. Essa é a vantagem de se chegar cedo. Dá para ver os erros ou as omissões dos encarregados dos diversos segmentos da solenidade: trânsito, iluminação precária no interior do Monumento Mausoléu onde infiltrações de água provocam curtos-circuitos. O local de entrega da Medalha também é um momento de correção, muito embora encontremos muito boa vontade no pessoal da 5ª EM/PM, com a TENENTE-CORONEL Fem PM MARIA YAMAMOTO à testa. Seus oficiais se desdobram para que tudo dê certo. Podemos recepcionar os convidados, principalmente os agraciados com a Medalha MMDC e seus familiares. Exército, Marinha, Aeronáutica, Guarda Civil, OAB, Associação Comercial, jornalistas, fotógrafos, enfim centenas de pessoas que comparecem na cripta do Monumento Mausoléu para prestigiar o “DIA DA JUVENTUDE”. Entre os presentes: FRANCISCO GIANNOCCARO, VIVIANO FERRANTINI, FRANCES DE AZEVEDO, MILTON (que está organizando a CHRONOPEDIA), CORONEL PM Ref PAULO TENÓRIO DA ROCHA MARQUES, CORONEL PAYÃO (do IV COMAR, que nos apresenta o novo Chefe do EM/IV COMAR), GIAMBATISTA SERRA DI NERVI, VALDIR PERVELHO, PEDRO PAULO PENNA TRINDADE, CÉLIA MARCONDES, JOÃO BAPTISTA DE OLIVEIRA, CORONEL PM ISIDRO SUITA MARTINEZ, CORONEL PM PAULO CÉSAR FRANCO, Professor JOSÉ CARLOS DE BARROS LIMA, LUIZ SÉRGIO CARRARO. CORONEL ARY CANAVÓ, CORONEL PM Res JAIRO PAES DE LIRA, ROMAGNOLI, JANAÍNA, DE SISTO, TROMBETTI, CAPITÃO PM HÉLIO TENÓRIO DOS SANTOS, CAPITÃO COSTA E SILVA (do Exército), TENENTE LUIZ ANTÔNIO (da 5ª EM/PM), dona ALZIRA WOLFF (da entidade MULHERES DA VERDADE), acompanhada de seu marido, KELLER com uma bandeira do Estado de SÃO PAULO é a figura folclórica do evento.

 Sob a presidência do Exmº Sr Comandante Geral da PMESP, inicia-se a solenidade com o HINO NACIONAL. Palavras do Presidente, do orador que cuida do desdobramento do protocolo, JOÃO BAPTISTA, a do Cmt Geral. Todos eles enfatizaram a presidência do CAPITÃO do GINO e dos feitos acontecidos em  23 maio.
São condecorados com a Medalha MMDC: 

POSTO / GRADUAÇÃO

NOME COMPLETO

2º Tenente PM
Paulo Roberto Dário
Cap. PM
Marcelo Lacerda Soffner
Maj. PM
Roberto de Jesus Moretti
Cap. PM
Marcelo Hideo Takarabe
1º Ten. PM
Fábio Sérgio do Amaral
1º Ten.Fem PM
Cibele Marsella
1º Ten.PM
Edson Silva Junior
1º Ten. PM
Renato Lopes Gomes da Silva
1º Ten. PM
Luiz Antonio dos Santos
CB PM
Ronaldo Carlos Scheibel
Sd. PM
Luciene Maria Alberto
Sd. PM
Alberto José Rodrigues
Cel. Int
Robson da Cunha Maia
Cel. Cav.
César Augusto
Capitão-de-Mar-e-Guerra
Afrânio de Paiva Moreira Junior
Capitão-de-Mar-e-Guerra FN
Paulo Sérgio Quintino
Ten. Cel. Int
Luiz Henrique Wagner
Maj. Av.
Marco Antonio Molinari
Dr.
Sebastião Edison Cinelli
Dr.
João Baptista de Oliveira
Dr.
Élson Alexandre Sayão
Dr.
Luiz Flavio Borges D’urso
Dr.
Jorge Luiz Garniti
CD
Carlos Roberto de Souza
GCM
Waldir Castilho da Costa
Profª
Myrna de Barros Lima Ibrahim 
Dra.
Janaina Expósito Pinto
Dr.
Antonio Lopes da Silva
Cel PM
David Antonio de Godoy
Dr.
Francisco Giannoccaro
Maj. Dent. PM
Marco Antonio Crespo
Cap. Com.
Adriano da Costa e Silva
2º Ten. PM
Paulo Roberto Dário
Subten. PM
Arabutan Apolônio da Silva
Cel
Antonio da Cruz Payão Junior
Dr.
Mauro Moscatelli
Dr.
Jeasi Lopes de Oliveira
Cel Int.
Paulo Fernando Filho
Sr.
Auro de Camargo Arantes Junior
Cel Med EB
Sidney Gomes
Após o CAPITÃO CAPELÃO PM abençoar esta cerimônia, um soldado do Exército (arrumado pelo GINO) dá o TOQUE DE SILÊNCIO. A solenidade chega ao seu final e então passamos a atender várias pessoas, como o MILTON que quer colocar o MMDC na KHRONOPEDIA; da CYBELE FORATO, estudante de jornalismo, que está elaborando um magnífico trabalho sobre a Revolução Constitucionalista; da uma neta de ALVARENGA, pronta a dialogar acerca do malfadado MMDCA (sigla espúria), do TENENTE PM FÁBIO NAKAHARADA, que hoje à tarde irá à Assembléia para acertar a passagem da função de tesoureiro com o CORONEL PM Res RICARDO JACOB e de pessoas envolvidas com o movimento que se segue, na “boca” do TÚNEL NOVE DE JULHO. O MILTON leva-me até o local. CORONEL PM Ref MENDES não irá participar dessa “agitação” porque ainda tem sob os seus ombros a enorme responsabilidade de acertar tudo com relação às medalhas e diplomas que serão entregues amanhã no RIO DE JANEIRO. O GINO, cansado, vai repousar um pouco, pois logo mais deverá estar na FACULDADE DE DIREITO DO LARGO DE SÃO FRANCISCO.
A chuva atrapalha bastante a manifestação na “boca” do TÚNEL NOVE DE JULHO. CORONEL PM Ref PAULO TENÓRIO DA ROCHA MARQUES, CORONEL ARY CANAVÓ (reformado do EB), MARIA CECÍLIA NACLÉRIO HOMEM, ALDO STRUFFALDI, doutora ELIZABETH e sua filha SARAH, ÂNGELA BARCELOS, ROBERTO GONÇALVES e outras pessoas permanecem um bom tempo no local. Com um megafone, o ALDO começa a falar e depois passa o aparelho para mim. Faço uma espécie de manifesto e somente paro quando percebo que estou ficando afônico.
Por volta das 13 horas, estou embarcando no metrô (PARAÍSO). A chuva continua a atrapalhar. Na AORPM, ofereço meu apoio ao CORONEL PM Ref HERMES CRUZ, presidente da Entidade, ameaçado pelo Cmt Geral por estar ele fazendo campanha para o reajuste dos vencimentos do pessoal da Corporação. Ali estão várias mulheres de praças e de oficiais que irão acompanhá-lo até a Assembléia Legislativa nesta tarde. Converso com o CORONEL PM Ref JORGE GONÇALVES, CORONEL PM Ref JAYR BENEDITO CONTE, TENENTE-CORONEL PM Ref AMORIM. Depois, com os MAJORES VICTÓRIO E COLOMBO e vários oficiais do meus staff, almoço e procuro me recompor para o evento na Faculdade de Direito do Largo de São Francisco. Por volta das 18 horas, estou nesse local. Reecontro-me com GINO STRUFFALDI, dona DINORÁH, ALDO STRUFFALDI, PEDRO PAULO PENNA TRINDADE, CORONEL ARY CANAVÓ, ÂNGELA BARCELLOS, Professor JOSÉ CARLOS DE BARROS LIMA, MARGARIDA ROSA, CORONEL PM JAIRO PAES DE LIRA, MILTON, LUIZ SÉRGIO CARRARO, KELLER (todos eles estiveram no Monumento Mausoléu pela manhã) e outras pessoas que não me lembro dos nomes no momento em que estou lançando essas anotações em minhas memórias.    
A homenagem àqueles que lutaram pelos ideais democráticos e de Direito, sempre defendidos pela Academia do Largo de São Francisco acontece neste entardecer chuvoso de 23 de maio, “DIA DA JUVENTUDE”. Ao fundo, o Monumento aos Heróis da Revolução Constitucionalista/MMDC, obra de ADRIANA JANACÓPULOS, que a garoa outonal molhava como se fossem lágrimas.
Nas palavras do presidente da Associação dos Antigos Alunos, JOSÉ CARLOS MADIA DE SOUZA, a singela homenagem “marcou o início oficial das festividades que deverão acontecer, ao longo do ano, assinalando o 180º aniversário da criação dos Cursos Jurídicos no BRASIL, dos quais a Faculdade de Direito do Largo de São Francisco é a entidade pioneira”.
A abertura foi feita pela Banda Militar da Polícia Militar. Aos acordes do Hino Nacional, deu-se início à solenidade organizada conjuntamente pela Diretoria da Faculdade, com o Centro Acadêmico XI DE AGOSTO e a AAA-FDUSP. O momento histórico teve o apoio da Sociedade Veteranos de 32-MMDC, cujo presidente, o veterano capitão GINO STRUFFALDI se fez presente, acompanhado de sua excelentíssima esposa. Na sua saudação aos presentes, o Capitão GINO ressaltou, ao se dirigir principalmente aos alunos presentes, “que o valor da juventude brasileira, muitas vezes injustiçada com clichês preconceituosos, não representa a verdadeira índole do jovem comum. Em todas as camadas existe respeitável quantidade de jovens que amam o BRASIL e o fazem com fé e patriotismo”. Bastante aplaudido, o orador ainda se deteve na trajetória de outros heróis do Movimento, muitos dos quais ainda permanecem esquecidos pelos historiadores do episódio.
ANTÔNIO CARLOS DE PAULA CAMPOS, em nome da Diretoria da Faculdade e da AAA, mostrou, com muito orgulho pessoal, a participação das famílias paulistas no Movimento, “partindo de dentro dos lares, o esforço que demonstrava amor à causa, patriotismo e dedicação a SÃO PAULO”. PAULA CAMPOS exibiu aos presentes uma foto onde aparecem, devidamente fardados, seu pai e mais 4 irmãos, além da matriarca e de mais duas filhas, que se deixaram fotografar com os tradicionais capacetes de aço. Um detalhe curioso: o quinto integrante da família PAULA CAMPOS fugiu de casa e se alistou como “cabo mascote”, conforme documentação que o orgulhoso ANTÔNIO CARLOS exibiu a todos.
LEITE RIBEIRO, presidente do Centro Acadêmico XI DE AGOSTO, falou da “oportunidade que os jovens podem desfrutar em participar das mudanças tão necessárias às nossas instituições. Participação que deve ser baseada no patriotismo e na fé nesta terra repleta de oportunidades.” O jovem dirigente estudantil foi muito aplaudido pelos presentes, onde se identificava um expressivo número de graduandos.
Antes de PAULO BOMFIM assumir a tribuna para o derradeiro recado, tivemos a interpretação brilhante e cadenciada do Hino da Revolução – PARIS BELFORT – executado pela Banda da Polícia Militar.
Então, com a voz cheia de emoção, a figura esguia do “PRÍNCIPE DOS POETAS” – PAULO BOMFIM – transformou-se no púlpito da Igreja da Liberdade: o “JARDIM DE PEDRA” das ARCADAS. E, do seu inesquecível “OS JOVENS DE 32”, destacamos:
Ó JOVENS DE 32!
VOLTAI DAQUELAS TRINCHEIRAS,
VOLTAI DE VOSSO MARTÍRIO,
VOLTAI COM VOSSOS IDEAIS,
VOLTAI À TERRA TRAÍDA,
VOLTAI, APENAS VOLTAI,
Ó JOVENS DE 32!
Muitos foram. Alguns não voltaram. Pelos menos sete não puderam mais sentir o calor da amizade dos seus colegas, o aceno dos seus irmãos, o beijo carinhoso de pais inconformados. Entretanto, estão perpetuados no granito do velho pátio, iluminados pela luz rubra da lembrança. E, no coração de cada um dos “filhos de SÃO FRANCISCO”, segundo SIDNEY GIOIELLI.
PAULO BOMFIM é uma pessoa muito querida de todos os que convivem com ele. Carismático, atrai a atenção daqueles que o rodeiam. Os estudantes presentes vibram emocionados com as palavras de GINO e de PAULO BOMFIM. Segue-se uma solenidade interna sobre os cento e oitenta anos das Arcadas. Mas o horário e o esforço já dispendido nesta data faz com que deixemos o recinto. Despeço-me da família STRUFFALDI e dou um até logo, pois amanhã cedo estaremos no aeroporto de CONGONHAS para embarcar para o RIO DE JANEIRO no vôo 1818 da GOL, que sairá às 9 horas.

Através Internet, os CORONÉIS COLA, CLARET e ÂMBAR comunicam o falecimento do CORONEL PM Res CLÁUDIO ARRAVAL, cujo funeral foi hoje, às 10 horas, em SANTOS.
CLÁUDIO ARRAVAL nasceu no dia 18 de abril de 1946. Entrou para a então FORÇA PÚBLICA em 15 de fevereiro de 1965. Foi declarado ASPIRANTE A OFICIAL em 21 de abril de 1969. PROMOÇÕES: 2º TENENTE – 15 de dezembro de 1969; 1º TENENTE – 15 de dezembro de 1975; CAPITÃO – 25 de agosto de 1979; MAJOR – 24 de maio de 1987; TENENTE-CORONEL – 15 dezembro de 1991.

Passeatas, greves, invasões e bloqueios de estrada marcaram o dia nacional de protesto contra as propostas de reforma das leis trabalhistas e da Previdência Social. Houve manifestações em 16 Estados e no Distrito Federal. No PARÁ, 600 militantes do Movimento dos Atingidos por Barragens ocuparam as instalações de controle da hidrelétrica de TUCURUÍ, sem prejuízo para a geração de energia. Em SÃO PAULO, 5 mil manifestantes foram impedidos pela Polícia Militar de entrar à força no prédio da Assembléia Legislativa, onde se discutia a reforma da previdência estadual. O presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), ARTUR HENRIQUE, disse que os sindicatos pretendem organizar uma greve geral em protesto contra a política econômica do governo LULA.

Conversas telefônicas gravadas pela Polícia Federal na OPERAÇÃO NAVALHA mostram que a máfia das obras públicas se movimentava para incluir empreendimentos não planejados no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) ou alterar locais de obras previstas. Segundo a PF, houve negociações em torno de pelo menos seis obras, nos municípios de SÃO JOÃO DO MERITI (RJ), MACEIÓ (AL) e CAMAÇARI (BA) e nos Estados do AMAPÁ e PIAUÍ. Carro-chefe do segundo governo LULA, o PAC prevê investimentos de 503,9 bilhões de reais até 2010.

A máfia comandada pelo empresário ZULEIDO SOARES VERAS, dono da construtora GAUTAMA, avançou dentro da própria Polícia Federal. Grampos, fotos e filmagens produzidos pela PF revelam como ZULEIDO buscava sustentação para o esquema. Por meio de JOEL ALMEIDA DE LIMA, ex-superintendente na BAHIA, ele criou uma rede de amigos na polícia.
Um dia após a saída de SILAS RONDEAU do Ministério de Minas e Energia, o presidente LULA garantiu aos senadores JOSÉ SARNEY e RENAN CALHEIROS que o comando da pasta continuará com o PMDB e pediu uma indicação técnica e não política. Eles já propuseram MÁRCIO ZIMMERMANN, secretário do ministério e ligado à ministra DILMA ROUSSEFF.

Professores das três universidades públicas paulistas decidiram entrar em greve, em parte estimulados pela invasão da reitoria da USP por estudantes. Amanhã o comandante do policiamento de choque, CORONEL PM JOVIANO CONCEIÇÃO DE LIMA, vai procurar os invasores, para discutir a reintegração de posse. Em manifestações, os estudantes pediram ajuda a movimentos sociais para resistir a uma possível ação policial.

Foi muito sofrido, mas o SANTOS mais uma vez mostrou sua força e com muita raça obteve emocionante vitória sobre o AMÉRICA-MÉXICO, de virada, por 2 a 1, hoje à noite, na VILA BELMIRO. O resultado lhe garantiu vaga na semifinal da TAÇA LIBERTADORES. O campeão paulista vai encarar o GRÊMIO, que eliminou o DEFENSOR-URUGUAI.

Morreu hoje de madrugada o pintor e tapeceiro NORBERTO NICOLA, em decorrência de pneumonia. Nascido em SÃO PAULO, em 1930, era dos principais nomes da arte da tapeçaria brasileira, inclusive, um dos pioneiros em divulgar a arte plumária no BRASIL – colecionador, realizou a primeira mostra desse gênero, em 1980, no Museu de Arte Moderna de SÃO PAULO, e para outras instituições, como o MUSEU DO PRADO, em MADRI, e o Museu de Antropologia do MÉXICO. Em 1954, estudou pintura com FLEXOR noAteliê-Abstração e adiante, em 1959, freqüentou centros tapeceiros, quando criou, com JACQUES DOUCHEZ, o Ateliê DOUCHEZ-NICOLA de Tapeçaria.

A um dia de minha viagem pela GOL ao RIO DE JANEIRO, tomo conhecimento que um pássaro entrou na turbina esquerda de um avião da GOL, em pleno ar, originando uma “bola de fogo” que deixou os passageiros do vôo 7486 em pânico, no fim da noite de ontem. O incidente ocorreu cinco minutos após a decolagem da aeronave do Aeroporto Internacional de CUMBICA, em GUARULHOS. Entre os cerca de 150 passageiros estava o cantor LEANDRO LEHART, ex-vocalista do grupo de pagode ART POPULAR. Devido à pane, LEHART não fez um show hoje de madrugada em PORTO ALEGRE, onde o vôo faria escala.

Acusado de paquerar uma mulher que estava acompanhada pelo namorado na boate LOVE STORY, na região central da Capital, o produtor cultural ANTÔNIO HENRIQUE BRÁS VANUCCI, de 22 anos, filho do apresentador esportivo FERNANDO VANUCCI, foi agredido com socos e pontapé por dois seguranças da casa noturna. 

O cantor RENNER foi condenado por danos morais pela morte do motociclista LUÍS ANTÔNIO NUNES, em um acidente envolvendo o BMW do sertanejo em 2001, na cidade paulista de SANTA BÁRBARA D´OESTE. O valor da indenização ainda será estipulado.

O atacante KAKÁ, do MILAN, foi o artilheiro da COPA DOS CAMPEÕES. Nesta quarta-feira, o time italiano venceu o LIVERPOOL por 2 a 0, em ATENAS, na final. KAKÁ fez dez gols durante a COPA e já é cotado para ser o melhor jogador do mundo pela FIFA.

Dez dias após provocar polêmica e irritação entre líderes e indígenas latino-americanos ao dizer – durante viagem ao BRASIL – que a evangelização da AMÉRICA LATINA “não representou uma alienação das culturas pré-colombianas, nem a imposição de uma cultura estranha”, o PAPA BENTO XVI amenizou o discurso sobre o tema hoje no VATICANO. Ele reconheceu que “crimes injustificáveis” foram cometidos na conquista européia da região e na evangelização, há mais de cinco séculos. 

Nasceu SAMUEL DAVID CHENEY, sexto neto do vice-presidente americano DICK CHENEY. A mãe de SAMUEL, MARY, é homossexual e mantém um relacionamento de quinze anos com a dona-de-casa e decoradora HEATHER POE. Não se sabe se SAMUEL foi concebido por meio de inseminação artificial. Ao contrário de seu chefe, GEORGE W. BUSH, o vice não se opõe ao casamento gay e, pelo menos nessa área, tem posições mais flexíveis que o titular da CASA BRANCA.

2 008      :       -     SEXTA-FEIRA
O Comandante Geral da Policia Militar, Cel PM ROBERTO ANTÔNIO DINIZ e o Presidente da Sociedade Veteranos de 32-MMDC, Cap Ref GINO STRUFFALDI, têm a honra de convidar para a solenidade alusiva ao 76º Aniversário do Dia da Juventude Constitucionalista de 1932.
23 de maio de 2008
09 horas
Mausoléu do Soldado Constitucionalista de 32
Av Pedro Álvares Cabral – Ibirapuera – SP
Um dia bonito, ensolarado, vai dar um brilho maior para a nossa solenidade no IBIRAPUERA. Por volta das 7:30 horas, chega o CORONEL PM MENDES, acompanhado de seu genro, o CAPITÃO PM ADRIANO PAZELLI, filho do nosso colega CORONEL PM Ref PAZELLI. Sem problemas no trânsito e num horário muito bom, chegamos defronte o Monumento Mausoléu. Isso vai permitir acertar detalhes surgidos de última hora. O IVALDO, responsável pela apresentação solo do “SOLDADO CONSTITUCIONALISTA”, vai acertando o problema de som para esse ato que será depois da parte militar. Vamos acompanhar pessoas que querem conhecer o interior do Monumento, como é o caso do DE ROSE, amigo do SARGENTO TARCÍSIO.

Nossa associada, a poetisa FRANCES DE AZEVEDO, distribui um trabalho seu em lembrança ao acontecimento de 23 de maio.
LOA À DEMOCRACIA
            Maio/2008
Era Maio, era Outono
De 32. Bravos jovens
Paulistas, tão idealistas,
Nas asas da LIBERDADE,
Contra os federalistas,
Alçaram vôo, de verdade,
E, pelo Estado e a Nação,
Lutaram com emoção!

Era Maio, era Outono
De 32. Bravos jovens,
De mãos dadas com o povo,
Fartos de serem reféns
Da ditadura, tão vil,
Tombaram, ali, no chão.
Mas, o ato, não foi estéril,
Foi grão da REVOLUÇÃO!

Era Maio, era Outono
De 32. Bravos jovens,
Plenos de cidadania,
Sem precedentes na história,
Com verdadeira ousadia,
Ao Brasil, deram vitória:
Do não à demagogia.
Loa, pois, à DEMOCRACIA!
                        Frances de Azevedo
                        Sociedade Veteranos de 32
                        Comissão Cívica e de Cultura da ACSP
A repórter LUÍZA, da TV CULTURA, antes do início da solenidade, faz sua matéria comigo e depois com o GINO STRUFFALDI. Os fotógrafos que a acompanham, tomam cenas que ilustrará seu trabalho. Apresentará um documentário sobre o “DIA DA JUVENTUDE CONSTITUCIONALISTA” em seu programa das 22 horas. Em pouco tempo, a repórter está familiarizada com a história do 23 de maio. Forneço-lhe os dados históricos, em tomadas de cena no interior do Monumento Mausoléu.
O Comandante Geral, CORONEL PM ROBERTO ANTÔNIO DINIZ, vai presidir a solenidade. Ao seu lado estão os Coronéis RODRIGUEIRO (Sub-Cmt PM); SALGADO (Chefe de Gabinete do Cmt Geral); SUITA (Cmt do CFAP); FRANCO (Cmt do CFSds). Muitos outros oficiais se fazem presentes, como é o caso do TENENTE-CORONEL PM CODELO, nosso associado.
Posicionados os recipiendários, o presidente da Sociedade Veteranos de 32-MMDC, GINO STRUFFALDI, faz uso da palavra. Em dado momento, ele chama o CORONEL PM Res JAIRO PAES DE LIRA, Presidente do Conselho Deliberativo, para discursar a respeito da data. Isso o Cel JAIRO faz muito bem. O Comandante Geral fala em seguida.
Procede-se a entrega da Medalha MMDC:

POSTO / GRADUAÇÃO

NOME COMPLETO

Cel Art

EDISON LUIZ DA ROSA

Cel Art
MANOEL LOPES DE LIMA NETO
Cel Inf
CARMO ANTONIO RUSSO
Capitão-de-Mar-e-Guerra (EN)
ALVRO RODRIGUES FERNANDES
Capitão-de-Fragata
MARCELO RIBEIRO DE SOUZA
Coronel-Aviador
ANTONIO TAKUO TANI
Coronel-Aviador
HUDSON COSTA POTIGUARA
Doutor
RAIMUNDO HERMES BARBOSA
Doutor
ALESSANDRO DE OLIVEIRA BRECAILO
CD
MEIRE CRISTINA DE SOUZA CHIRI
CD
RIOMAR FERREIRA ARANTES
Senhor
OG POZZOLI
Senhor
JOÃO CARLOS MARADEI
Senhora
DIRCE RUDGE PACHECO E SILVA
Cap PM
KLEBER DANÚBIO ALENCAR JUNIOR
Ten Cel PM
SÉRGIO MOREIRA PAYÃO CRUZ
Doutor
HIGOR VINICIUS NOGUEIRA JORGE
Senhor
DOMINGOS DE SALLES SALVESTRINI
Comendador
L.S.A. de ROSE
1º Ten PM
MARCELO DOMINGOS FACADIO
Subten PM
CARLOS MINOZZI CORREA
1º Ten PM
CLEBER GABRIEL
Sd PM
JOSÉ ROBERTO DE ALMEIDA
Doutor
ÁLVARO TAVARES GOMES DE SOUSA

POSTO / GRADUAÇÃO

NOME COMPLETO

Delegado Geral de Policia

MAURICIO JOSÉ LEMOS FREIRE

Delegado Geral de Policia Adjunto
PAULO AFONSO BICUDO
Doutor
LUIZ CARLOS LÓZIO
Doutor
JOSÉ D’AMICO BAUAB
Senhor
VALDEMAR GOMES BATISTA
Senhor
AMÉRICO FINARDI

Doutor

ANTÔNIO BASILE

Delegado Geral de Policia

MAURICIO JOSÉ LEMOS FREIRE

Delegado Geral de Policia Adjunto
PAULO AFONSO BICUDO
Doutor
LUIZ CARLOS LÓZIO
Doutor
JOSÉ D’AMICO BAUAB
Senhor
VALDEMAR GOMES BATISTA
O CAPITÃO CAPELÃO PM OSVALDO PALÓPITO executa a parte religiosa da cerimônia. Encerrada a parte militar, temos a apresentação do SOLDADO CONSTITUCIONALISTA, a cargo de um rapaz escolhido pelo IVALDO (substituindo o seu filho KLÉBER). Essa apresentação solo é muito comovente e os presentes gostam. Conversamos com: CORONEL PM Ref KLÉBER DANÚBIO ALENCAR (nosso companheiro de bancos escolares do CSP/87, pai de um dos agraciados de hoje, o CAPITÃO PM KLÉBER DANÚBIO ALENCAR FILHO, também nosso amigo virtual, com quem trocamos mensagens pela Internet quase que diariamente).  MARIA CECÍLIA NACLÉRIO HOMEM, CÉLIA MARCONDES, JOSÉ D´AMICO, DÉBORA ALVARENGA, doutora MARIA LÚCIA CAMARGO, FRANCES DE AZEVEDO, CÉLIA MARCONDES.
Não posso continuar no local. A repórter LUÍZA consegue me seqüestrar a fim de prosseguir com a sua matéria sobre o DIA DA JUVENTUDE. Vamos para a PRAÇA DO PATRIARCA, onde ali aconteceu um grande comício no dia 22 de maio de 1932. Finalmente, na PRAÇA DA REPÚBLICA, no local onde foi inaugurada uma placa em homenagem a MARTINS, MIRAGAIA, DRÁUSIO e CAMARGO, falamos sobre a tragédia de 23 de maio. Imagens do prédio onde se situava a sede da LEGIÃO REVOLUCIONÁRIA (PARTIDO POPULAR PAULISTA), na esquina com a BARÃO DE ITAPETININGA, são tiradas pelos fotógrafos que estão conosco.
Eles me deixam na Sociedade Veteranos de 32-MMDC. Mantenho contato com o MAJOR VICTÓRIO. Vamos ao BANESPA. Depois, no MMDS, encontramos o CAPITÃO RONALDO. Ficamos sabendo que o MAJOR COLOMBO está acompanhando uma equipe da UNIFESP numa viagem de estudos.
Retorno para GUARULHOS depois das 15 horas. Procuro descansar um pouco. Logo mais, por volta das 22 horas, no JORNAL DA CULTURA, assistimos a reportagem feita pela manhã. A morte do senador JEFFERSON PÉRES corta uma grande parte do trabalho da repórter LUÍZA. Mesmo assim conseguimos o nosso intento: a divulgação da data.
LUCINDA me leva até a casa do NELSON e SORAYA. Ali se realiza um encontro de amigos que eles denominaram de NOITE DOS ANOS 70. Passamos algumas horas com parentes e amigos dos pais da KÁTIA. Somente depois da 1 hora da madrugada é que retornamos para casa.

Vítima de um infarto fulminante, o senador JEFFERSON PÉRES, reconhecido pela permanente briga no Congresso em defesa da ética, morreu hoje, por volta das 6 horas, em sua casa, no bairro ADRIANÓPOLIS, em MANAUS. Aos 76 anos, o parlamentar tinha atuação dura, relatou casos rumorosos – como a cassação do ex-senador LUIZ ESTÊVÃO e um processo contra o ex-presidente do Senado RENAN CALHEIROS – e era forte crítico do governo LULA, apesar de o seu partido integrar a base aliada. Sua morte foi lamentada no meio político, com manifestações das principais expressões nacionais.
A mulher do senador, a juíza aposentada MARLÍDICE DE SOUZA CARPINTEIRO PÉRES, de 60 anos, disse que o senador acordou no horário habitual, por volta das 5:30 horas e desceu as escadas de sua casa, de dois andares, para apagar as luzes do jardim. Não fez a costumeira caminhada ao redor da piscina, exercício que praticava todas as manhãs. Ao retornar para o quarto, sentou-se na cama e reclamou de forte dor no peito. “Estou passando mal”, disse.
MARLÍDICE chamou o médico da família, CÉSAR CORTEZ, mas não houve tempo para prestar socorro. “Ele era hipertenso arterial. Teve infarto agudo fulminante, que causa parada cardíaca e respiratória”, explicou o médico. A mulher e dois filhos do senador, RONALD e ROGER, estavam em casa. O terceiro filho, RÔMULO, estava nos ESTADOS UNIDOS, a passeio, e tentava hoje retornar a MANAUS.
Líder do PSDB no Senado, ARTHUR VIRGÍLIO NETO acompanhou PÉRES em sua última viagem de BRASÍLIA para MANAUS. “Ele aparentava estar muito bem”, contou o tucano. Durante o vôo, conversaram sobre política, filmes e literatura. Eles desembarcaram na capital amazonense às 13:30 horas de quinta-feira, dia 22. Naquela tarde, PÉRES acessou sites de notícias, colocou em dia artigos que publicava em jornais e organizou a agenda. “Foi um nome que o AMAZONAS doou para o País. Uma referência de ética e de moralidade”, lamentou VIRGÍLIO, ao saber da morte.

Melhor jogador do mundo em 2007, o meia KAKÁ admitiu pela primeira vez estar fora dos jogos de PEQUIM. Diante da postura firme do MILAN de não liberá-lo para atuar pela Seleção Olímpica, ele jogou a toalha hoje de manhã em rápida entrevista concedida no hall do hospital PASTEUR, no MÉIER, no RIO, antes de ser submetido a artroscopia no menisco lateral do joelho esquerdo.
A cirurgia feita pelo médico JOSÉ LUIZ RUNCO, da Seleção brasileira, foi bem sucedida e durou 50 minutos. O tempo previsto de recuperação do craque é de quinze dias. 

A festa que comemorou os 34 anos de casamento do presidente LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA com a primeira-dama, MARISA LETÍCIA, teve a presença de 21 dos 37 ministros, além do vice-presidente JOSÉ ALENCAR, e do governador de PERNAMBUCO, EDUARDO CAMPOS. A comemoração aconteceu no Palácio da Alvorada, com um jantar para cerca de 50 convidados. O primeiro a chegar foi o ministro da Integração Nacional, GEDDEL VIEIRA LIMA, às 20:20horas. O último, às 21:40 horas, foi o ministro de Relações Institucionais, JOSÉ MÚCIO MONTEIRO. O Palácio do Planalto não deu nenhuma informação sobre a festa,  argumentando que se tratava de um compromisso particular.  

Um dos resgatados dos escombros do terremoto que atingiu a CHINA na semana passada já tinha sobrevivido a um drama semelhante mais de 30 anos atrás. O militar da reserva ALATANBAGEN TAOQI, de 60 anos, soterrado sob os escombros de um prédio de escritórios de BEICHUAN, era sobrevivente de outro terremoto, de 1976, em TANGSHAN, no nordeste da CHINA. TAOQI ficou soterrado por pouco mais de doze horas antes de ser resgatado, mas foi o único a ser retirado com vida das ruínas do edifício. Há 32 anos, seu resgate tinha sido bem mais dramático. Em 1976, ele ficou preso sob uma pilha de toneladas de concreto por dez dias antes de ser encontrado. A tragédia de TANGSHAN deixou pelo menos 240 mil mortos.
Onze dias depois do forte terremoto que devastou o sudoeste da CHINA, mais uma sobrevivente foi encontrada, hoje. O mais surpreendente é a idade de sobrevivente: 100 anos. A casa de LI XIAOLAN, no alto de uma montanha, desabou na hora dos tremores. Sem força para descer até a cidade mais próxima, XIAOLAN ficou isolada à espera de um resgate. Ela passou os 11 dias ao ar livre e com a pouca comida que conseguiu salvar. Para socorrer XIAOLAN, soldados a carregaram nas costas. Ela já foi medicada e escapou de ser mais um nome na longa lista de vítimas, que aumenta a cada dia. Agora, já são mais de 55 mil mortos.

O fotógrafo americano CORNELL CAPA, irmão do célebre fundador da agência fotográfica MAGNUM, ROBERT CAPA, morreu hoje, em NOVA YORK, aos 90 anos. Uma cerimônia em sua homenagem será realizada em 10 de setembro, em NOVA YORK. Fotógrafo da MAGNUM desde 1954, fundou em 1974 o Centro Internacional de Fotografia CENTER OS PHOTOGRAPHY, uma fundação que reúne a obra de seu irmão. Fez várias reportagens ao longo de sua carreira, sobretudo na AMÉRICA LATINA e na extinta URSS. Também cobriu várias campanhas eleitorais nos ESTADOS UNIDOS.
 
Uma das próximas reuniões da UNIÃO SUL-AMERICANA DE NAÇÕES (UNASUL) tratará especificamente da crise alimentar mundial. A nova presidente da entidade, a presidente do CHILE, MICHELE BACHELET, garantiu que irá chamar um encontro de chefes de Estado nos próximos 90 dias para que o grupo aprove medidas sobre o tema. Mais especificamente, uma posição conjunta dos países sul-americanos sobre o enfrentamento da alta dos preços e a relação com países de fora do bloco regional. 


Nenhum comentário: