sábado, 27 de maio de 2017

23 DE MAIO DE 2017 - TERÇA-FEIRA - SEGUNDA PARTE

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas em pé
23 DE MAIO DE 2017 - DIA DA JUVENTUDE - OBELISCO DO IBIRAPUERA - GENERAL DE EXÉRCITO JOÃO CAMILO PIRES DE CAMPOS - CORONEL PM MÁRIO FONSECA VENTURA - CAUÊ MACRIS.
2 009     :      -       SÁBADO
O Comandante Geral da Polícia Militar, CORONEL PM ÁLVARO BATISTA CAMILO e o Presidente da Sociedade Veteranos de 32-MMDC, CAPITÃO Ref GINO STRUFFALDI, têm a honra de convidar para a solenidade alusiva ao 77º Aniversário do DIA DA JUVENTUDE CONSTITUCIONALISTA DE 1932.
23 DE MAIO
09 HORAS
MAUSOLÉU DO SOLDADO CONSTITUCIONALISTA DE 32
AV PEDRO ÁLVARES CABRAL – IBIRAPUERA - SP
CORONEL MENDES vai assistir à solenidade de entrega do espadim aos alunos do 1º CFO, com sua família, pois ALAN, filho do CORONEL PM Ref PAZELLI, namorado da neta do MENDES, a DÉBORA receberá o símbolo do cadete nesta data. ALAN é o irmão mais novo do CAPITÃO PM ADRIANO (filho do PAZELLI e casado com a filha do MENDES). É lógico que lembramos o dia em que também nós recebemos  o espadim, em 24 de maio de 1961. Não me esperará na ARMÊNIA, como de costume, e farei minha ida até o IBIRAPUERA usando o ônibus. 
Apesar das dificuldades de locomoção: saída de GUARULHOS num lotação, até a estação TIETÊ, do Metrô. Descida na SÉ e embarque no ônibus CHÁCARA SANTANA, até o IBIRAPUERA, chego no Monumento Mausoléu um pouco antes das 8 horas. Poucas são as pessoas que ali já se encontram e todos com responsabilidade na preparação do local para a entrega das medalhas. A TENENTE-CORONEL Fem PM MARIA YAMAMOTO, o CAPITÃO PM LUIZ ANTÔNIO, o TENENTE PM CABRAL, são os responsáveis diretos pela logística da solenidade.
Recebemos os convidados e, principalmente, os recipiendários da Medalha MMDC. GINO STRUFFALDI se faz acompanhar de sua esposa, dona DINORAH. Entre os presentes: FRANCISCO GIANNOCCARO, FRANCES DE AZEVEDO, MAJOR PM Ref ARLINDO PÍCOLI, HELIODORO DE SÁ, PEDRO PAULO PENNA TRINDADE, CORONEL PM Res JAIRO PAES DE LIRA (nosso Deputado Federal e Presidente do Conselho Deliberativo), CORONEL PM Ref ÉDSON FERRARINI (Deputado Estadual, filho do ex-combatente CORONEL PM Ref IDELO FERRARINI, ex-combatente de 32, cujos restos mortais estão no Monumento Mausoléu), DIRCE RUDGE PACHECO E SILVA (Comandante do Exército Constitucionalista), acompanhada de seu filho MÁRIO CASTILHO, ROMAGNOLI, JANAÍNA EXPÓSITO PINTO,
Com alegria recebo DORINA GOUVÊA NOWILL, nossa indicada para receber a Medalha MMDC, criadora da FUNDAÇÃO DO LIVRO PARA O CEGO DORINA NOWILL. Apesar da deficiência visual, com quase 90 anos, é possuidora de um cabedal enorme de conhecimento. É reconhecida internacionalmente. Surge então a idéia de fazê-la Comandante do Exército Constitucionalista, no próximo 9 de julho, substituindo DIRCE PACHECO E SI,LVA. Converso com ela a respeito e, com alegria e com certa surpresa, aceito esse cargo. Converso com o GINO sobre essa minha idéia e ele a aprova. As pessoas que ficam sabendo da indicação aplaudem a escolha.
A cerimônia atrasa um pouco porque o Presidente do Tribunal de Justiça ROBERTO ANTÔNIO VALLIM BELLOCHI não aparece e tudo estava reservado para a sua chegada e a entrega da  Medalha MMDC. Confirmada a sua impossibilidade de comparecer para receber a Medalha, por razões que não ficamos sabendo, dá início ao evento. É um tanto frustrante para nós o não comparecimento do desembargador num evento em que iríamos agradecer pela reforma da sede da Sociedade.
O MAJOR PM WLAUDER, da Assistência Militar da Prefeitura da cidade de SÃO PAULO, diz que o Prefeito KASSAB não comparecerá para ser condecorado com a Medalha MMDC. Está regressando do JAPÃO e não tem condições de estar conosco nesta manhã.  
Representa o Comandante Geral da PMESP o CORONEL PM DANILO ANTÃO FERNANDES, sub-cmt PM. O evento da Entrega do Espadim, nesse mesmo instante, impede a presença de mais oficiais no IBIRAPUERA. Mesmo assim contamos com os CORONÉIS PM PAULO CÉSAR FRANCO, JÚLIO FLÁVIO ROSOLEM, DAVID ANTÔNIO DE GODOY, MARCO ANTÔNIO AUGUSTO, ADMIR GERVÁSIO MOREIRA, vários tenentes-coronéis, majores, capitães e tenentes. O superintendente da Caixa Beneficente, CORONEL PM Res TOMAZ ALVES CANGERANA vem prestigiar o DIA DA JUVENTUDE.
O CORONEL PM Res MANUEL ABISSI NOGUEIRA, representando a COOPMIL, diz que o Presidente daquela instituição já liberou algumas peças em doação para a Sociedade, que deverá ser reinaugurada em julho. Não me explicou que material seria esse. Com relação ao MARCO DA PAZ que a Associação Comercial ofereceria a COOPMIL a entrega será em agosto.
Muitas outras conversas paralelas acontecem, todas elas no sentido de melhorar a posição da nossa Sociedade dentro de São Paulo. 
GINO STRUFFALDI faz uso da palavra e enaltece a saga dos heróis MARTINS, MIRAGAIA, DRÁUSIO e CAMARGO e insiste publicamente que a sigla MMDC, historicamente conhecida, jamais deverá ser mudada. Faz menção ao nosso veteraníssimo OSVALDO DIANA (que se encontra conosco), por estar completando hoje 99 anos e onze meses. Isso quer dizer que daqui um mês estará completando 100 anos de idade).
Cita a carismática DORINA NOWILL, uma das abnegadas da saga de 1932. Depois passa a palavra ao nosso Deputado Federal CORONEL PM Res JAIRO PAES DE LIRA. Como sempre, dá um show com o seu discurso. Faz um paralelo de 32 com os tempos atuais; acredita que MARTINS, MIRAGAIA, DRÁUSIO e CAMARGO são heróis que deveriam ser citados no Livro dos Heróis da Pátria. Lembra também o nosso herói CAPITÃO PM MENDES JÚNIOR, vítima dos esbirros de LAMARCA. Suas palavras são objetivas, apropriadas para o momento e causa impacto.
FRANCES DE AZEVEDO declama uma poesia que ela criou para este evento e, pede a palavra o deputado estadual, CORONEL PM Ref ÉDSON FERRARINI. Relembra a pessoa de seu pai, também combatente de 1932, CORONEL PM Ref IDELO FERRARINI, enaltecendo-o.     
Recebem a Medalha MMDC as seguintes autoridades:
Roberto Antônio Vallim Bellocchi (não compareceu)
Presidente do Tribunal de Justiça
Gilberto Kassab (não compareceu)
Prefeito do Município de São Paulo
Linamara Rizzo Battistella
Secretária de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência
Luiz Marinho
Prefeito do Município de São Bernardo do Campo
Celso Perioli
Superintendente da Polícia Técnico Científica
Capitão-de-Mar-e-Guerra Helder Luiz Puía
Chefe do Estado Maior do Comando do Oitavo Distrito Naval
Coronel de Artilharia Eduardo Diniz

Coronel de Infantaria Marcus Vinicius Camargo Costa

Coronel Médico Luiz Cláudio Lutiis Silveira Martins

Coronel de Intendência Luiz Augusto de Moura Magalhães
Chefe de Gabinete do Quarto Comando Aéreo Regional
Doutor Lorival Ferreira Dos Santos
Desembargador do Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região de Campinas
Doutor Marcos Carneiro Lima
Delegado de Polícia da Divisão de Homicídios - DHPP
Capitão-de-Fragata José Amalth do Espírito Santos
Chefe do Departamento de Saúde do Comando do 8º Distrito Naval
Doutor Osvaldo Naoki Miyazaki
Delegado de Polícia - Titular da Assistencia Policial do DIPOL
Doutor José Domingos Moreira Das Eiras
Diretor do Instituto de Criminalística da Superintendência da Polícia Técnico Científica
Doutora Juliana Barrote Zapparolli
Arquiteta 
Maj PM Wlauder Robson Gonçalves
APMPMSP
Doutor Eduardo Odoni Bonini

Cap PM Luiz Carlos Pereira Martins
PM-1
Doutor Fábio Romeu Canton Filho
Presidente do Tribunal de Ética e Dsiciplina da OAB/SP
Professora Dorina Gouvêa Nowill
Presidente Emérita e Vitalícia da Fundação Dorina Nowill para Cegos
1º Ten PM Alessandro Baptista Assis
APMBB
Doutor Élvio Aliprandi
Conselheiro Superior da Associação Comercial de São Paulo
1º Ten PM Rodrigo Fernandes Cabral
PM-5
Doutor Ronaldo Engracia

1º Ten PM Fábio Gonçalves Gouveia Miloco
APMPMSP
Inspetor Espedito Marques de Souza
Superintendente de Planejamento
2º Sgt Fem PM Elisete de Lourdes Capelli
Coord Op
Inspetor Marcus Rós Moreira
GCM
2º Sgt PM Marcelo Clemente
7º BPM/M
Senhor Clóvis André Bispo
Promotor de Vendas da Alcan Aluninio do Brasil
Cb PM Mário Lúcio Caitano da Silva
DSA/CG
Sd Fem PM Renata de Souza
PM-5


O TENENTE-CORONEL CAPELÃO PM OSVALDO PALÓPITO está extremamente contente nesta manhã. Ele foi promovido a este posto nesta data. Celebra a bênção aos heróis de 32, tão logo se encerra a entrega da Medalha. PALÓPITO foi um injustiçado pela cúpula da PM em épocas passadas. Já deveria estar com os galões de tenente-coronel há muito tempo. Penou como capitão capelão durante anos e, agora, promovido a Major no ano passado e Tenente-Coronel hoje essa injustiça foi sanada.
Chega ao seu final a comemoração do DIA DA JUVENTUDE. Transcorreu num clima de intenso civismo. O povo brasileiro precisa disso nos tempos atuais. A Nação precisa resgatar seus valores maiores. A lembrança dos heróis de 1932 colabora muito para isso.
Conversamos com muitas pessoas que se tornaram nossas amigas nessa luta pela preservação da história do Movimento Constitucionalista de 1932 e vemos que conseguimos alguns associados para o MMDC. Tomara que esse ânimo não seja apenas ocasional.
Indico a FRANCES DE AZEVEDO para assumir a Diretoria da Juventude após a posse do GINO em 7 de julho para o terceiro mandato como Presidente da Diretoria Executiva. A atual diretora, EDIMARA DE LIMA, não está trabalhando como devia nesse cargo. A nova equipe do GINO precisa ser mais atuante.
Lanço a semente de criar núcleos nas distritais da Associação Comercial e converso com o MAJOR PM Ref PÍCOLI, RESENDE e HELIODORO DE SÁ para criar em SANTANA o “NÚCLEO IBRAHIM NOBRE”. Com a FRANCES também peço para que se crie na DISTRITAL DO JABAQUARA o núcleo “GUILHERME DE ALMEIDA”. São idéias que surgem no momento e que transmito nesta oportunidade. O GIANNOCCARO, como Coordenador da Comissão Cívica e Cultural da Associação Comercial, deverá dar ênfase em sua próxima reunião.    
FRANCES DE AZEVEDO vai levar GINO e dona DINORAH até a residência deles. Acompanho-os e fico na estação PRAÇA DA ÁRVORE. Como iremos para SOROCABA nesta tarde, prefiro passar pela Sociedade, onde posso trabalhar no computador e lançar os principais acontecimentos da manhã. Numa barbearia vizinha ao MMDC corto o cabelo. Também encontro o COLOMBO e o OLIVEIRA, almoçando em companhia desses oficiais. COLOMBO presenteia-me com a revista “75 ANOS UNIFESP”, sendo que há uma certa aproximação da Universidade Federal de São Paulo com o Movimento Constitucionalista de 1932. 
Nessa revista estão as palavras proferidas pelo imortal GUILHERME DE ALMEIDA, em 30 de setembro de 1936, por ocasião do lançamento da pedra fundamental do Hospital São Paulo: “De armas vencidas e almas vencedoras, mal saía São Paulo de um desastre heróico que o deveria abater se fosse fraco, mas que só o exaltou porque é forte, já na sua terra – terra ainda morna dos corpos que se esfriaram sobre ela, beijando-a – lançava-se há pouco mais de três anos uma semente milagrosa: a da Escola Paulista de Medicina {...}”. Além do poeta GUILHERME DE ALMEIDA, o modernista PAULO PRADO e figuras da sociedade como OLÍVIA GUEDES PENTEADO e o empresário napolitano FRANCISCO MATARAZZO, que começava a construir seu império, eram alguns dos que apoiaram a iniciativa de criar a primeira escola de ensino superior de caráter privado do BRASIL.
SÃO PAULO havia sido derrotado na Revolução de 32, o Código Eleitoral em vigor era desfavorável à representação paulista no cenário nacional, as condições de saneamento básico e saúde eram ruins e, acima de  tudo, faltavam hospitais. Essa foi a principal motivação que levou um grupo de 31 médicos e dois engenheiros a criar uma sociedade civil que deu origem a uma das mais conceituadas universidades brasileiras e à maior empresa de serviços de saúde do País. 
Por volta das 17 horas o MENDES vem me buscar na Sociedade. Vamos para a casa do GINO. No caminho, ele me conta os lances da FESTA DO ESPADIM, onde, com a sua família e a do PAZELLI, face laços de parentesco, assistem a entrega do ESPADIM ao cadete ALAN, filho do PAZELLI e namorado da DÉBORA, neta do MENDES. Realmente muitas autoridades que poderiam ter ido ao IBIRAPUERA compareceram na APMBB. Também lhe conto os principais acontecimentos do DIA DA JUVENTUDE.
Percebo que o MENDES está cansado. Ele participou do velório do compositor ZÉ RODRIX, falecido na noite da quinta-feira, aos 61 anos. Esse velório foi realizado nas GRANDES LOJAS MAÇÔNICAS, pois ZÉ RODRIZ pertencia a maçonaria. Apesar de todo o cansaço do meu colega de turma da Escola de Oficiais, ele não se negou a nos levar a SOROCABA, neste final de tarde, a fim de assistirmos a entrega do COLAR DA CRUZ DO ALVARENGA ao MAJOR PM OLIMPIO, deputado estadual. 

Na SANTA CASA DE MISERICÓRDIA vamos ser recepcionados pelo Professor ADILSON CÉZAR e sua senhora. Chegamos no local com uma hora de antecedência. Aos poucos chegam os convidados, inclusive o MAJOR PM OLÍMPIO, deputado estadual. O CORONEL PM SILVERIO LEME FILHO, atual Comandante do CPI-7, também comparece ao evento, acompanhado pelo Comandante do 7º BPMI. Muita gente que comparece na Santa Casa nesta data é conhecida de um outro momento, igual a esse, quando o GINO, o MENDES e eu fomos homenageados pelo Instituto Histórico, Geográfico e Genealógico de SOROCABA. A neta de ALVARENGA, dona DÉBORA, se faz acompanhar de seu esposo e de um filho. Muito hábil, ADILSON contorna a história do “A” na sigla do MMDC e sugere a criação do “DIA DO ALVARENGA” como idealizei há anos. Ele mesmo participou das reuniões com CLÁUDIO LEMBO, quando o assunto era difícil, face teimosia das pessoas envolvidas na criação do fantástico MMDCA, que nunca foi levado em consideração, com ser um ultraje à história e por ofender a legislação federal. O MAJOR PM OLÍMPIO, deputado estadual, fica encarregado de apresentar o Projeto-Lei. Deverei “municiá-lo” de todas as informações necessárias na semana que vem.
Após a entrega do COLAR CRUZ DO ALVARENGA e de ouvir as pessoas encarregadas dos discursos, vamos participar de um coquetel.
Saímos de SOROCABA depois das 22 horas. A viagem de retorno deveria ser tranqüila, mas não acontece isso porque o MENDES entrou com o carro na VIA RAPOSO TAVARES, em vez de ir pela CASTELLO BRANCO. Atravessa cidades como MAYRINK, SÃO ROQUE, COTIA e vai chegar na CIDADE UNIVERSITÁRIA quando são quase 24 horas. Vejo que não dá para embarcar no último ônibus que me levará para casa. O GINO convida-me para pernoitar em sua residência.
Num dado momento da viagem acidentada, fura o pneu do carro. Perde-se muito tempo na troca de pneu. Para complicar a situação o recapeamento de um trecho da estrada afunila o trânsito e, na noite de um sábado, tudo fica congestionado. Enfim, somente vamos ter sossego quando chegamos na casa do GINO. Dona DINORAH estava preocupadíssima.
O MENDES não estava bem de saúde. Sem dormir e sem o devido raciocínio normal, vai para seu lar, mas nos deixa preocupados.
Dona DINORAH apronta um café para o GINO e para mim e, com gentileza e muita solicitude apronta uma cama para que eu possa passar esta noite.

No FÓRUM DOS LEITORES do “ESTADÃO” está uma carta de PEDRO PAULO PENNA TRINDADE sobre o 23 de maio:
“Há 77 anos eclodia a Revolução Constitucionalista, num cenário político não pior do que ora presenciamos. Embora tenhamos hoje nossa CARTA MAGNA, vem ela sendo martirizada pela farra das emendas promulgadas pelas Mesas da Câmara e do Senado, em meio a conchavos e escândalos que diariamente chegam aos noticiários, pondo em risco a credibilidade do Congresso Nacional. No mesmo diapasão da ditadura VARGAS, o apego ao poder disfarçado na pele de uma candidata do partido, os apadrinhamentos e a enorme corrupção nos vários escalões do atual governo, outrora de forma velada e hoje escancarada, fazem com que a guerra dos paulistas em 1932 sirva não só de alerta para a situação reinante, mas também como exemplo para as novas gerações, do heroísmo daqueles que morreram em prol da ordem e do ideal constitucionalista.”  

Em jogo fraco tecnicamente, o mistão do CORINTHIANS passou sufoco, sobretudo no segundo tempo, mas conseguiu vencer o BARUERI, por 2 a 1, hoje, no PACAEMBU, e encerrar o incômodo jejum de um ano e sete meses sem vitórias na Série A do BRASILEIRO. O jogo ainda serviu para o atacante SOUZA, alvo principal da torcida, voltar a marcar. Sem alguns de seus titulares, poupados para a partida de quarta-feira contra o VASCO, pela semifinal da COPA DO BRASIL, o TIMÃO não brilhou, mas fez pressão sobre o BARUERI desde o início do jogo.

Quatro pessoas morreram e 11 ficaram feridas durante um tumulto, na madrugada, na FESTA DO PEÃO BOIADEIRO DE JAGUARIÚNA. A confusão começou na abertura de um dos portões que dá acesso à arena do evento, durante o show da dupla sertaneja JOÃO BOSCO & VINÍCIUS. As vítimas caíram no chão e foram pisoteadas pela multidão, que tentava fugir do tumulto. As vítimas foram socorridas por equipes que estavam no local e levadas ao Hospital Municipal WÁLTER FERRARI. As feridas mais gravemente não sobreviveram. “Todos chegaram mortos ao pronto-socorro”, disse MARCO ANTÔNIO PINOTTI, superintendente do hospital, com parada cardiorrespiratória e politraumatismos. As outras vítimas tiveram ferimentos leves. A Justiça determinou a  suspensão do evento de hoje e amanhã, devido a falta de segurança.

O Departamento de Polícia Técnica de SALVADOR confirmou hoje que 14 pessoas morreram na queda do bimotor SUPER KING AIR B-350. O acidente ocorreu por volta de 21 horas de ontem, durante manobra de aterrissagem no Aeroporto TERRAVISTA, em TRANCOSO. Por enquanto, a Aeronáutica só conseguiu descartar que a chuva e problemas de visibilidade tenham colaborado com a tragédia. Morreram no local dez adultos e quatro crianças. Dez vítimas pertenciam à família do empresário ROGER IAN WRIGTH, de 56 anos, além do piloto, do copiloto, de uma babá e da neta de 3 anos de sua mulher, LUCILA LINS. O resgate foi concluído por volta das 15 horas. Os corpos das vítimas foram levadas para o IML de SALVADOR. Os corpos ficaram carbonizados e será necessária análise da arcada dentária.
A Assessoria de Imprensa da companhia LIGHT, do RIO, confirmou no fim da manhã de hoje que a filha, o genro e o neto de 6 meses do presidente da companhia, JOSÉ LUIZ ALQUERES, estavam a bordo do avião bimotor. Não foram dados mais detalhes. A publicitária HELOÍSA ALQUÉRES VAZ WRIGHT, o empresário FELIPE WRIGHT e o filho deles de 6 meses, FRANCISCO ALQUÉRES VAZ WRIGHT, iriam passar o fim de semana no TERRAVISTA.

ROBERT FURCHGOTT, um dos principais cientistas americanos cujo trabalho ajudou no desenvolvimento do medicamento VIAGRA, morreu em SEATTLE (EUA), aos 92 anos de idade. Ele recebeu um prêmio NOBEL em 1998 por sua pesquisa no campo da fisiologia. O estudo se concentrava em gases, em especial o óxido nítrico, que descobriu ser um importante regulador do sistema cardiovascular.  

23maio2009-diárioficial-promoções de oficiais
SECRETARIA DA SEGURANÇA PÚBLICA
POLÍCIA MILITAR
Decreto de 21-5-2009
Promovendo, nos termos do Dec.-lei 13.654-43 e suas alterações, a contar das datas abaixo, os seguintes  Oficiais da Polícia Militar do Estado:
QUADRO DE OFICIAIS POLICIAIS MILITARES - QOPM
ao posto de Tenente-Coronel PM, por antigüidade,  os Majores:  
a contar de 24-5-2009: 801137-A Francisco José Braga Camargo, do 8º  BPM/I; 801127-3 Carmo Cupertino Corrêa, do 29º BPM/M; 780463-6 Ernesto Carlos da Costa, do 31º BPM/M; 801158-3 Luciano Ferreira Casagrande, do 47º BPM/I; 801179-6 Sandro Afonso do Rego, do CPA/M-5; 781339-2 João Carlos Farias Santos, do 10º BPM/M; 801124-9 Antônio Marques da Silva, da DE; 801182-6 Sérgio Roberto da Costa Athayde, do 10º BPM/M; 790557-2 Ricardo Fernandes de Barros, do 18º BPM/M; 90124-5 Donizete Vieira Coelho, do 44º BPM/M; 790541-6 Carlos Eduardo Massarini, do 7º GB; 810320-8 Wagner Benedito Lopes Telles, do 26º BPM/I e 810310-A Hamilton da Silva Coelho Filho, do CBM;
 
ao posto de Tenente-Coronel PM, por merecimento,os Majores:
a contar de 24-5-2009: 790550-5 Antônio Carlos Lonel, da DF; 790540-8 César Augusto Luciano Franco Morelli, do 53º BPM/I; 810307-A Elpídio Camargo Júnior, do 36º BPM/I; 801113-3 Renato Cerqueira Campos, do RPMon; 822331-9 Henrique Grion Júnior, do Gab Cmt G; 822378-5 Mauro José Fernandes Tavares, da Correg PM; 83078-0 Arnaldo Rodrigues da Silva, do 40º BPM/M; 822312-2 Edson Silvestre, da Correg PM; 822350-5 José Maurício Weisshaupt Perez, do 25º BPM/I; 801108-7 Josué Filemon Ribeiro Pereira, do 42º BPM/I; 801105-2 Jefferson de Almeida, do 2º BPAmb; 822294-A Carlos Antônio Nóia de Souza, do CCB; 822297-5 Carlos Henrique de Araújo, do 4º GB; 801110-9 Marcos Suzuki, do 13º GB; 822281-9 Antônio Carlos Imperatriz, do CPI-3; 822356-4 Lincoln de Oliveira Lima, do 32º BPM/I; 801101-0 Armando Tadeu Camargo, do 1º BPChq; 822570-2 Theseo Darcy Bueno de Toledo Júnior, do CPM; 822408-A Rui Conegundes de Souza, da PM-2; 822402-1 Roberto de Jesus Moretti, da PM-1; 822363-7 Marcelo Afonso Prado, do 21º BPM/I; 822380-7 Maximiano Cassio Soares, do 4º BPM/I; 810321-6 Wagner Facchini de Bortolo, do 36º BPM/I; 790548-3 Ewandro Rogério Goes, do 20º BPM/I; 791571-3 João Batista de Souza Júnior, da PM- 4; 790577-7 Romesnir Aparecido Borges Lima, da C Mil e 790552-1 Antônio Marin, do 4º BPChq.
 
ao posto de Major PM, por antigüidade, os Capitães PM:
a contar de 24-5-2009:
830602-8 Luiz Marcelo Filogonio, do 47º BPM/I; 830568-4 Armando Belentani Filho, do 2º BPM/I; 781905-6 Francisco das Chagas Barbosa, do 5º BPM/I; 830583-8 Francisco Mango Neto, do 51º BPM/I; 830593-5 Jorge Luís Negretto, do 38º BPM/I; 830575-7 Djalma de Lima Santos, do 21º BPM/M; 830587-A Ítalo Cauzzo, do 44º BPM/M; 810329-1 Carlos Alberto dos Santos, do 1º BPRv; 810327-5 Carlos Alberto Duarte Pinheiro, do 40º BPM/M; 810381-0 Wagner Dimas Alves Pereira, do CPA/M-2; 822241-0 Henrique Pereira de Souza Neto, do 47º BPM/I; 830623-A Wilson Pratt Corrêa, do 40º BPM/M; 830619-2 Valter Padulla, do 28º BPM/M; 830613-3 Ricardo Miguel Giannoni, do 18º BPM/I; 822322-0 Fernando José Perez, do CPA/M-12; 830607-9 Milton Roberto Dudas, do 18º BPM/M; 810341-A Galdino Vieira da Silva Neto, do 50º BPM/I; 822261-A Pedro César Macera, do 17º BPM/I; 822242- 8 Isaias Vieira, do 42º BPM/M; 840859-9 Ivan Roncato Batista, do CPRv; 822234-7 Edson Sant’ Anna Fabri, do 47º BPM/I; 840860-2 Marco Antônio Ramos de Almeida, do 54º BPM/I; 840862-9 Sérgio Ricardo Borges, do 50º BPM/I; 822240-1 Henri Ryoji Sasaki, do 14º BPM/I; 822227-4 Cássio Roberto Ferraz, do 48º BPM/M; 822269-0 Yoshiasu José Alberto Tamashiro, do 11º BPM/M e 841388-6 Paulo César Freitas Rodrigues, do 6º BPM/M.
ao posto de Major PM, por merecimento, os Capitães
PM:
a contar de 24-5-2009:
841400-9 Walter Romano, do CPC; 851988-9 Roberto Suganuma, do 15º GB; 851994-3 Wagner Tardelli, do 40º BPM/I; 822323-8 Flávio de Brito Júnior, do 6º BPM/I; 851982-0 Maurício Marchese Rodrigues, do CFAP; 830513-7 Augusto Bispo da Silva, da PM-5;840879-3 Evandro Teixeira Alves, do CCB; 851983-8 Neviton Eduardo de Oliveira, do CPC; 851953-6 Átila Gregório Ribeiro Pereira, do 17º GB; 840907-2 Nelson Celegatto, do CPA/M-11; 830553-6 Reinaldo Zychan de Moraes, da Correg PM; 840931-5 Takao Ikeda, da APMBB; 822999-6 Pedro Magalhães Guedes, da Correg PM; 830512-9 Antônio Hideo Mendonça Ishi, do 1º BPM/M; 851977-8 Marcelo dos Santos Gomes, do CPI- 6; 830555-2 Ricardo Ferreira de Jesus, da APMCMSP; 830562-5 Walmir Corrêa Leite, do 2º GB; 840932-3 Wagner Bertolini Júnior, do 2º GB; 851978-1 Marcelo Nagy, da Correg PM; 851954-4 Benedito de Carvalho
Júnior, do 19º BPM/M; 830539-A Laudelino Marcos Passos, do 14º GB; 840870-0 Claudir Roberto Teixeira de Miranda, da Correg PM; 840865-3 Antônio Carlos Biazotto Filho, do 1º BPRv; 830548-0 Osíris Sérgio Corradi Forte Júnior, do 22º BPM/I; 830519-6 Celso Luiz Pinheiro, do RPMon; 851948-0 Allan Martins, da APMSSP; 851992-7 Vagner Bernardo Maria, da DF; 851973-A Luiz Carlos Pereira Martins, da PM-1; 820030-A Edson Teixeira da Costa, da PM-3; 830509-9 Alexandre Augusto Ocampos de Souza, do 5º GB; 830521-8 Cláudio Vanderlei Pereira de Nardi, do 12º GB; 822988-A Paulo José Alves, do C Med; 851947-1 Aderson Guimarães Pereira, do 50° BPM/M; 851990-A Samuel Rossi da Silva, do 18° BPM/M; 851979-0 Marco Aurélio dos Santos Pinho, do 3º BPAmb; 830531-5 Genilson Luiz de Carvalho Silva, do CPA/M- 7; 832264-3 José Francisco Alves dos Santos, da DTel; 830515-3 Carlos Eduardo Righi, do 8º BPM/M; 851976-5 Marcelo Antônio Monteiro, do 25º BPM/I; 851963-3 Fernando Antônio de Mello Bartasevícius, do 34º BPM/M; 851999-4 Reynaldo Priell Neto, do CSM/M Tel; 851958-7 Deocleciano Borella Júnior, do 2º BPM/I; 851962-5 Edson Reis da Costa, do 51º BPM/M; 851989-7 Rogério de Oliveira Xavier, do 4º BPAmb; 830516-1 Carlos Eduardo Smicelato, do 17º GB; 830522-6 Denis Pinheiro Tassi, do 8º BPM/M; 840902- 1 Marcos Fernandes de Almeida, do 51º BPM/I; 830546-3 Marcos José de Campos Verde, do CFSd; 851997-8 Wanderley Barbosa Filho, do 45º BPM/M; 810096-9 Gentil Malone Ortega, do 24º BPM/M e 852435-1 José Antônio Sanches Milat, do 21º BPM/I; 830559-5 Rogério Vieira Peixoto, do GRPAe.
 
ao posto de Capitão PM, por antigüidade, os Primeiros- Tenentes PM: a contar de 24-5-2006: 881143-1 Edilson Aparício dos Santos, do 47º BPM/I.
a contar de 25-8-2006: 861390-7 Antônio de Sousa Causo, do 2º GB.
a contar de 24-5-2009:
884133-A Eduardo Rangel Marcondes, do 19º GB;  910308-2 Maurício Machado Cunha, do 17º GB; 891238-6 Delcy Gravena Rocha, do 1º BPAmb; 890164-3 Wagner Geromim Valente, do 36º BPM/I; 891297-1 Paulo Monteiro Filho, do 15º GB; 861356-7 Airton Barzotti, do 11º BPM/I; 880550-4 Adelson Oliveira de Sá, do 17º BPM/M; 891261-A Arthur Grandino Júnior, da DP; 891309-9 Renato Paulo Nicolaci Fincatti, do 21º BPM/I; 910283-3 Alfio José Madrucci Júnior, do CBM; 901329-6 Roberto Laguna Ornellas, do 17º GB; 891281-5 César Augusto Sampaio Terra, do 20º BPM/M; 891258-A Robinson Gimenes Ferreira, do 36º BPM/M; 910295-7 Helmer Kaffer, do 19º GB; 891299-8 Guilherme dos Reis Patrício, da DTel; 891290-4 Danilo de Oliveira Godoy, do 17º GB; 891458-3 Cláudio Rogério Ulhoa Cintra, do 31º BPM/M; 891451-6 Fabiano Roman Albuquerque, do 1º BPAmb; 891241-6 Alexandre Teixeira, do 4º GB; 910287-6 Miguel Jodas, do CCB; 910289-2 Fábio Paganotto Carvalho, do 27º BPM/M; 891312-9 Ricardo Alexandre Marins de Paulo, do 1º GB; 910300-7 Walmir Magalhães de Sales, do 17º GB; 864285-A Carlos Alberto Ferreira Gonzaga, do 38º BPM/M; 891311-A Luiz Sérgio Mussolini Filho, do 38º BPM/I; 891256-4 Marcelo Luís Ament Caron, do 10º BPM/I; 891197-5 Heleno Galante, do 45º BPM/I; 883570-5 Herbert Moraes dos Santos, do 16º BPM/M; 891206-8 Rodney Lacava, do 6º BPM/M; 860498-3 Alexandre Galvão Bernardes de Souza, do 8º BPM/I; 881761-8 Valdimir Aparecido da Silva, do 22º BPM/I; 870479-1 Edson Lino de Souza, do CEIB; 883184-0 Joel Marcos Luna, do 4º BPChq; 920428-8 Josiel Oliveira de Andrade, do 14º BPM/M; 904178-8 Armando Paolillo Júnior, do 33º BPM/M; 901360-1 Luís Liberato do Nascimento, do 49º BPM/I; 920372-9 Lincoln Estanagel de Barros, do 22º BPM/I; 892607-7 Olivaldi Alves Borges Azevedo, do 4º BPAmb; 893055-4 Waldomiro Medeiros Júnior, do 5º BPM/I; 832109-4 Elias Leopoldino Alves, do 28º BPM/I; 920404-A Enio Antônio de Almeida, do 37º BPM/I; 920434-2 Fernando Sérgio Andrade, do CPI-2; 901293-1 Marcos Antônio de Oliveira, do 23º BPM/I; 901305-9 Joaquim Keida Mendonça Ishy, do 14º BPM/M; 876283-0 Marcos Antônio de Menezes, do CSM/M Tel; 920410-5 Samuel Robes Loureiro, da DL; 901278-8 Reinaldo Almeida, do 3º BPAmb; 901268-A Alexandre Roberto Antunes, do 7º GB; 895028-8 Wantuil Andrade Júnior, do 37º BPM/M; 760679-6 José Augusto Rosa, do 31º BPM/I; 920437-7 Uilson Roberto Rodrigues, do 2º GB; 901316-4 Adriano Martins, do CCB; 901364-4 Alessandro Luís Morau, do 44º BPM/M; 880081-2 Ednilson Santiago Staff, do 3º BPM/M; 863127-1 Ezequiel Apparecido, do 30º BPM/M; 920401-6 Davi Martins de Camargo, do 44º BPM/M; 901355-5 Warley Takeo Santos Miyake, do 5º BPM/I; 904473-6 Malco Basílio, do 35º BPM/I; 920387-7 Gilson Luiz da Costa, do 1º BPAmb; 920439-3 Rodney José Idankas, do CPA/M-3; 920426-1 João Henrique Coste, do 9º GB; 920435-A José Ronaldo Andrade, do 23º BPM/I; 921027-0 Luiz Lafaete Squinzari Júnior, do 26º BPM/M; 920452-A Marcos André Renesto da Silva, do 32º BPM/M; 920445-8 Paulo Rogério Viana, do CPAmb; 882877-6 Marco Aurélio Loes Teles, do 51º BPM/I; 921557-3 Eduardo Oliveira Santos, do 34º BPM/M; 921026-1 Wagner José da Silva, do GRPAe; 910375-9 José Milton Franco de Arruda, do 12º GB; 901354-7 Jeferson Carlos, do CBI; 888234-7 Fábio Okasaki Cintra, do 16º BPM/M; 900165-4 Humberto Alencar Ventura, do 19º BPM/I; 863967-1 Davi de Sousa Silva, do 3º BPAmb; 920417-2 Mauro César Domingos, do 37º BPM/M; 920399-A Relder Sandro de Souza Fialho, do 41º BPM/I; 920369-9 Antônio Carlos Siqueira Campos Júnior, do 20º BPM/I; 901359-8 Victor Paulo de Matos, do 9º BPM/M; 920406-7 Ricardo Juhás Sanches, do CFAP; 901301-6 André Ricardo Heringer, do CPA/M-10; 901283-4 Sanders Alves Romão, do 40º BPM/M; 901296-6 Mauro Rodrigues Maia, do 49º BPM/M; 901309-1 Marlon Luiz de Souza da Silva, do 49º BPM/M; 910388-A André Luiz Paes, do 20º BPM/I; 841264-2 José Roberto Chenk, do 29º BPM/M; 860731-1 Ailton Crispim, do CFAP; 892419-8 Flávio Eduardo Potzik, do 8º BPM/M; 875015-7 Edmir Lopes da Costa, do 28º BPM/M; 920430-0 Michel Ribeiro dos Santos, do 21º BPM/M; 920398-2 Ney Pedreira Santos Júnior, do 51º BPM/M; 901323-7 Marco Antônio de Oliveira, do 23º BPM/I; 920423-7 Rodrigo Quintino, do 1º GB e 901328-8 Alessandro Rosseto da Silva, do CPI-4.
 
ao posto de Capitão PM, por merecimento, os Primeiros- Tenentes PM:
a contar de 24-5-2009:
901287-7 Rodrigo Mantovani Nunes, do GRPAe; 901281-8 Mauro Alves dos Santos Júnior, do 33º BPM/I; 884404-6 Oscar Samuel Crespo, do CCB; 920446-6 Henrique Angrisano, do CPA/M-11; 901346- 6 Eglis Roberto Chiachirini, do CBM; 901366-A Marcos Roberto Rodrigues da Rosa, da Correg PM; 920382-6 Marcos Antônio Bicudo Júnior, do 11º GB; 866119-7 Celso Marrone Fonseca, do 9º BPM/I; 920462-8 Erick Gomes Bento, da APMBB; 920389-3 Sandro Roberto Rondini, da PM-2; 920459-8 Luiz Fernando Caldini, do 22º BPM/I; 901348-2 Caio Marcos de Oliveira, da PM- 2; 860465-7 Nilson Kuratomi da Silva, do CBM; 901294-0 Adriani José de Souza, do GRPAe; 901362-8 Paulo André Mazzocato Morais, do GRPAe; 841249-9 Donizete Areias Soares, da PM-4; 901307-5 Sérgio Harumi Nishi, da APMCMSP; 901335-A Leandro Pereira  Lima, da PM-3; 901337-7 Márcio Roberto Uvinhas, da Correg PM; 862197-7 José Rogério Campos, do CFAP; 861159-9 Aparecido Chaves de Sousa, da Correg PM; 842064-5 Edson Miguel da Silva, da APMBB; 850724-4 Elias Pereira Martins, do 29º BPM/M; 920447-4 Hélio Patrício Júnior, do 3º BPChq; 901327-0 Giuliano Antônio da Silva, do GRPAe; 910445-3 Marcelo Alves dos Santos, do 10º GB; 875306-7 Paulo Sérgio Pontirolli Araújo, do 3º BPChq; 866287-8 Pedro Mariano Rodrigues, do 37º BPM/M; 863770-9 Oscar Aoyama, do 7º GB; 920436-9 Rogério Luís Marques de Mello, do 20º GB; 920374-5 Sérgio Kazuo Horita, do CPC; 901289-3 Rudyard Panzarini Paiva, do CCB;  901353-9 Alexandre Vasconcellos, do 3º BPChq; 884056-3 Carlos Eduardo de Jesus Gomes da Silva, do CFSd; 886417-9 Edson de Oliveira Lenardon, do CPI-8; 921028-8 Edson Silva Júnior, da PM-5; 921556-5 Eduardo Antônio Trevine, do 4º BPRv; 901345-8 João Wesley da Silva, do CPC; 901312-1 Rogério Borges Lodi, da C Mil; 901361-0 Anderson César Navarrete, do 3º BPM/I; 920450-4 Rogério da Cruz Caradori, do CSM/MM; 841329-A Flávio Chagas Caldeira, da Correg  PM; 920461-0 Denis Izumida, da C Mil; 920422-9 Alexandre da Silva, do 6º BPM/I; 921029-6 Vlamir Luz Machado, do 41º BPM/M; 920370-2 Arthur Miguel Júnior, do CPC; 901300-8 Valmor Saraiva Racorti, da C  Mil; 920455-5 Arthur Diogenes Silva Bicudo, do CCB; 901339-3 Luís Antônio França Carvalho, do CSM/MOpB; 920388-5 Clóvis de Farias Júnior, do CSM/MOpB; 850198-0 José Eduardo Helstein, do CFSd; 920453-9 Ronaldo Barreto de Oliveira, do GRPAe; 920373-7 Adriano Manoel Redua dos Santos, do 16º GB; 901295-8 Luís Alexandre Olivete, do 14º GB; 920400-8 Abílio Akamine Júnior, do 2º GB; 920448-2 Márcio Agamenon Goes de Souza, do 14º GB; 892357- 4 Luciano Terêncio de Melo, do CFAP; 901271-A Marcelo Hideki Nanya, do GRPAe; 842891-3 Antônio Carlos Modesto Filho, do CPD; 920443-1 Marcelo Fernandes, do 16º GB; 901266-4 Marcos Alves Diniz, do CPAmb; 921555-7 Gentil Epaminondas de Carvalho Júnior, do CFSd; 901369-5 Leandro Carlos Navarro, do CPAmb; 901351-2 Sérgio Emmerson da Silva, do CPI-8; 910672-3 Valmir Moreira da Silva, do CPA/M-7; 901352-A Ricardo Antoniazzi Pelliccioni, do 17º GB; 901319-9 Alexandre Simões, do CSM/MM; 920390-7 Jefferson Lopes Jorge, do 38º BPM/I; 901264-8 Vagner Joaquim da Silva, do 50º BPM/I; 920449-A Adriano Vieira Braz, do 31º BPM/I; 920451-2 Artur Abrão Luiz Scachetti, do 12º GB; 920376-1 Carlos José Olivetti Fernandes, do 18º BPM/I; 920383-4 Clayton César Rodrigues, do CPC; 887267-8 Edmar Fernandes, do 21º BPM/M; 901311-3 Ivan Gomes Massaro, do GRPAe; 920463-6 Edgar Marcos Gaspar, do GRPAe; 920438-5 Kleber Vieira Pinto, do 22º BPM/I; 920414-8 André Luiz Pereira Leite Vianna, do 1º BPAmb; 920456-3 Edmir Fernando Tardivo, da PM-2; 876050-A Paulo César Barboza de Sousa, do 11º GB; 901317-2 Rene Marcelo Soubhia Nunes, do 22º BPM/I; 920371-A Rogério Canhas Fernandes Gea, do 14º BPM/M; 851435-6 Rubens de Souza Diniz, do 33º BPM/M; 920440-7 Rodrigo dos Santos, do CCFO/EEF; 920395-8 Frederico Izidoro, da APMSSP; 889510-4 Luiz Carlos Rodrigues, do CPA/M-12; 920419-9 Otávio Augusto Lima Seminate, do GRPAe; 901340-7 César Karim Wara, do CPC; 920380-0 Douglas Shoichi Sano, do CPA/M-7; 920375- 3 Anésio Viana Andrade, do 43º BPM/M; 901290-7 José Ribeiro Lemos Júnior, do CFSd e 871149-6 Airton Luiz Vanzelli Filho, do CPA/M-1.
 
 ao posto de Primeiro-Tenente PM, por antiguidade, os Segundos-Tenentes PM:
a contar de 25-8-2008: 972338-4 Augusto José Martineli, do 11º BPM/I.
a contar de 24-5-2009: 932201-9 Alexandre Ricardo Evangelista de Oliveira, do 1º BPM/M; 972290-4 José Roberto Silveira Dias, do 10º BPM/I; 980915-5 Adriano Riquena Costa, do 18º GB; 990050-A Hamilton César Domingues, do 38º BPM/I; 990080-2 Eli Gomes Costa, do 41º BPM/I; 990019-5 Daniel Lima Gonçalves, do 1º GB; 932523-9 Vagner Martins da Silva, do 18º GB; 990125-6 Wagner Teixeira Lima, do CPI-1; 943319-8 Marcelo Marques Azevedo, do 6º BPM/I; 990146-9 Vladimir Goulart de Carvalho, do 9º BPM/M; 990067-5 Eliezer Trindade dos Santos Júnior, do 32º BPM/M; 990107-8 Gustavo Henrique do Nascimento, do 1º BPAmb; 990052-7 Celso Ricardo Júnior, do CPI-6; 990042-0 Ricardo Almeida Lopes, do 54º BPM/I; 940005-2 Jamilson Rogério Gerônimo, do 24º BPM/I; 990008-0 Alex Brito de Moura, do CEIB; 970656-9 Paulo Sérgio de Barros, do 34º BPM/I; 980330-A Márcio Roberto Lunardeli, do 10º BPM/M; 990046-2 Marcos Dias Baptista, do 45º BPM/M; 990136-1 Moacyr Caldeira Júnior, do 2º BPM/I; 860796-6 Fernando Rafael Eufrásio, do 4º BPAmb; 990138-8 Eder de Oliveira Lima, do 50º BPM/M; 990122-1 Luiz Fabiano Pereira, do 34º BPM/I; 990026- 8 Danilo Salem, do 16º BPM/M; 990143-4 Jurandyr Romano Neto, do 11º GB; 990149-3 Fabiano Cunha de Melo, do 15º BPM/I; 888285-1 Rene Macedo Ventura, do 5º BPM/M; 904924-0 Cláudio Luiz Gomes de Sá, do 9º BPM/I; 990082-9 Rodrigo de Angelo, do 4º BPM/I; 990073-0 Eduardo Casagrandi Mansoldi Filho, do 15º GB; 990085-3 Jorgio Baltazar de Jesus, do 5º GB; 990016-A Roberto Augusto eopoldo Gigliolli Santos, do CCFO/EEF; 990121-3 Mauro César Zaneti, do 46º BPM/I; 990144-2 Carlos Alberto Mello e Silva, do 41º BPM/M; 990086-1 Luiz Alberto Gomes Dias, do 30º BPM/M; 964467-9 Alessandro Gea de Souza, do 27º BPM/I; 100400-0 Carlos Eduardo Guara Carrilho, do 40º BPM/I; 100334-8 Fernando de Assis, do CPI-9; 100277-5 Henrique Urbano Hanser Salles, do 34º BPM/M; 100349-6 Miller Moschim Crepaldi, do 17º BPM/I; 100300-3 Helington Ilgges da Silva, do 37º BPM/I; 100340-2 Henrique Augusto Calderaro, do CCFO/EEF; 991654-7 Luiz Fernando Beltrame Ferraz, do 50º BPM/M; 100310-A Paulo Barbosa Siqueira Filho, do 7º BPM/M; 100291-A Jefferson Carvalho Sales, do 4º BPRv; 950170-3 Nelson Rodolfo Puerk de Oliveira, do 48º BPM/I; 100297-0 Roberto Fraisitzer dos Santos, do 35º BPM/I; 100368-2 Márcio Nogueira, do 23º BPM/M; 100322-4 Erivaldo Pereira do Nascimento, do 15º BPM/I; 980310-6 Fernando Medeiros Gonçalves, do 24º BPM/I; 101617-2 Cassiano Corrêa de Moraes, do 31º BPM/I; 920976-0 Ronaldo Aparecido Ribeiro, do 7º GB; 100267-8 Mack Hidy Sugiyama, do 47º BPM/M; 100299-6 Daniel do Amaral Veiga, do 36º BPM/I; 100399-2 Alexandre Valério de Freitas, do 34º BPM/I; 921624-3 Rui Alves Feitosa, do 34º BPM/M; 100286-4 Alexandre Gonçalves Carneiro, do 53º BPM/I; 100352-6 Cristian Takahashi, do CCFO/EEF;do 1º BPM/I; 991700-4 Edgar Moreira de Souza, do 16ºBPM/M; 903865-5 Cláudio José da Silva, do 46º BPM/I; 104554-7 Sílvio Tito Camilo Gurgel, do CEIB; 104626-8 Rafael Staboli Sanchez, do 4º BPM/M; 104955-A Marcos Siqueira, do 3º BPM/M; 104663-2 Antônio Carlos Rugero Filho, do 48º BPM/I; 992329-2 Paulo Alessandro da Silva Delabona, do 17º BPM/I; 104580-6 Daniel Francisco Coronado, do 11º BPM/M; 104634-9 Jonatas Fernandes da Silva Roman, do CSM/MM; 891663-2 João Antônio da Silva Júnior, do 47º BPM/I; 104582-2 Márcio Vinícius Lobo Piller, do 14º BPM/M; 104583-A Thiago Adolfo Facchini, do 38º BPM/I; 104648-9 Elton de Jesus Silva, do 28º BPM/M; 982678-5 Alexandre Conceição Alves Martins, do 8º GB; 104653-5 Fernando Almeida Mota, do 16º GB; 104563-6 George Marcel dos Santos Sossai, do 2º GB; 104646-2 Marcos de Brito Nobre, do 29º BPM/I; 102676-3 Jorge Cristiano Luppi, do 21º BPM/M; 104967-4 Alexandre Pinezzi de Mello, do CEIB; 104559-8 Fernando Calvo Bueno, do 4º BPM/M; 104566-A Luís Gabriel Matheus de Sousa, do 17º BPM/I; 104659-4 Alexandre Paulino Vieira, do 1º BPChq; 981021-8 Rodrigo Chenci, do 3º BPM/I; 973844-4 Antônio Batista de Moraes, do 39º BPM/M; 104577-6 Adriano Enrico Ratti de Andrade, do 9º BPM/I; 103401-4 Valdinei Canas Kempe, do CEIB; 104962-3 Eduardo Orteney, do 23º BPM/M; 104633-A Renato Barra Dias, do 3º BPAmb; 104968-2 Eduardo Alex Soares Camacho, do 31º BPM/I; 104572-5 Carlos Henrique Lorenço Rovina, do 2º BPM/I; 104639-0 Lucas Bertoldo Costa, do 24º BPM/I; 104599-7 Pedro Henrique Mombergue Nascimento, do 46º BPM/I; 104972-A Leandro José de Oliveira, do 4º BPAmb; 990254-6 Gerson José da Silva, do 29º BPM/M; 932627-8 Reginaldo Perpétuo da Silva, do 30º BPM/I; 963708-7 Jefferson Jesus dos Santos, do CCFO/EEF; 104622-5 Alberto Tiago Carvalho Verona, do 23º BPM/M; 104635-7 Reverson Zanetti Marcondes, do 37º BPM/M; 104591-1 Sérgio Nocce, do 21º BPM/M; 105126-1 Messias Alves, do CEIB; 104627-6 Paulo Martucci de Azevedo, do 20º BPM/I; 874403-3 Gilmar Aparecido Xavier dos Santos, do 28º BPM/M; 104973-9 Rogério Alves Pereira Filho, do 22º BPM/M; 104547-4 Ederson José da Silva, do 25º BPM/I; 104668-3 Samuel Barban Ruiz, do 11º BPM/I; 104553-9 Leandro Viana da Hora, do 3º GB; 104620-9 Rafael Patzdorf Casari de Oliveira, do 42º BPM/M; 104654-3 Paulo Eduardo Von Borell Alves, do 1º BPChq; 104594-6 Gustavo Barbosa, do 4º BPM/I; 104628-4 Arthur Brandi Sanioto, do 4º BPM/I; 104601-2 Erlon Augusto Pavesi, do 14º GB; 104596-2 Paulo César Braga, do 46º BPM/M; 104259-9 Ueslei Portilho Mateus, do 19º BPM/M; 104608-0 César Eduardo Silva, do CCFO/EEF; 104638-1 Rodrigo Adriano Lopes, do 13º BPM/I; 855062-0 Roberto Alexandre Mateus, do 38ºBPM/M; 104966-6 Marcelo Severo Araújo, do 22º BPM/M; 105124-5 Raphael Toldo Antonagi, do 6º BPM/M; 104623-3 Roberto Marques Colentuano, do 39º BPM/M; 104615-2 José Rafael Seico Kato, do RPMon; 962339-6 Vilmar Duarte Maciel, do 54º BPM/I; 942826-7 Luiz Antônio da Silva, do 20º BPM/M; 104609-8 Eduardo Sukaitis, do 15º GB; 104980-1 Diogo Diniz Vieira, do 5º BPM/I; 104982-8 Jonatha de Farias, do 30º BPM/M; 104961-5 Roberto da Cunha Adashi, do 13º GB; 973654-9 Moisés Martins Soares, do 42º BPM/M; 104560-1 Rodrigo D’Avila e Silva, do CCFO/EEF; 104482-6 Fernando Viana de Oliveira, do 30º BPM/M; 104651-9 Felipe de Souza Goulart, do 17º BPM/M; 104597-A Ricardo de Souza Cunha, do 42º BPM/M; 105125-3 Erick Luís Lima, do 14º BPM/I; 104578-4 Wagner Marcondes Cangerana, do 15º BPM/I; 876395-0 Lucélio Moreira Dias, do 50º BPM/M; 104562-8 André Ricardo de Paulo, do 53º BPM/I; 974898-9 Ricardo Torres Almeida, do 51º BPM/M; 104542-3 Daniel Lorenço Kimura, do 22º BPM/M; 104550-4 José Emílio de Lucena Júnior, da DF; 943452- 6 Hercílio de Almeida Costa, do 36º BPM/I; 100371-2 Vinícius da Silva Figueiredo, do 32º BPM/I; 104636-5 Paulo Roberto Modesto da Silva Filho, do CEIB e 104656-0 Pedro Samuel Luppi, do 40º BPM/M.
 
ao posto de Primeiro-Tenente PM, por merecimento, os Segundos-Tenentes PM:
a contar de 24-5-2009:
990049-7 Cleber Marcelo de Oliveira, do 9º GB; 990074-8 Daniel da Silva eserra, do 3º BPChq; 892566-6 Rogério Vieira, do 16º GB; 960862-1 Carlos Antônio Matos da Silva, do CPChq; 66059-0 Marcos Antônio Garcia, do 3º GB; 990078-A William Cloudes Galhardo, do 3º BPChq; 990065-9 Rodrigo Antônio Scatena Duo, do 49º BPM/I; 990064-A Wagner Rocha Gonçalves, do 53º BPM/I; 990059-4 Fernando Augusto Biancardi, do 2º BPChq; 990116-7 Roberto Ferreira de Oliveira, do 2º BPChq; 990024-1 Wlader Eduardo Santos, do CPAMB; 990095-A Nelson Pinheiro Duarte, do 4º GB; 990133-7 Mário Augusto Damiati, do 3º GB; 990068-3 William Ricardo Ciqueira Costa, do 29º BPM/I; 990148-5 Domênico Kulaif de Agostinho, do 32º BPM/I; 990012-8 Vagner Pedron, do 36º BPM/I; 990123-0 Richard Higor Prado Ferreira, do 2º BPM/M; 990057-8 Adriano Gama Pinheiro, do 12º BPM/M; 952629-3 Reinaldo Almeida Nascimento, do CPA/M- 12; 990098-5 Fábio Pedron, do 7º GB; 990043-8 Ricardo Domingos Júnior, do 13º BPM/I; 887039-0 Jeferson Valdemir Miranda, do 2º BPAmb; 934701-1 Cícero Adevânio Carlos da Silva, do 47º BPM/I; 990139-6 Rodrigo Henrique Cintra, do CCFO/EEF; 964894-1 Eric Wilian Vilas Boas, do 7º GB; 990034-9 Anderson Rodrigo Gonçalves da Silva, do 18º BPM/I; 971162-7 Lindolfo Gustavo dos Santos, do 51º BPM/I; 990022-5 João Carlos de Souza Machado Júnior, do CCFO/EEF; 990036-5 Alvaro Zocchio Júnior, do 4º BPChq; 990118- 3 Najen Abdallah Taha Júnior, da Correg PM; 882955- 1 Nelson Roberto de Paula Júnior, do 1º BPM/M; 990069-1 Jefferson Alves de Lima, do 27º BPM/M;
990081-A Rodrigo Gomes Carneiro, do 50º BPM/I; 990029-2 Augusto Garção de Paiva, do 47º BPM/I; 990111-6 João Paulo de Miranda, do 22º BPM/I; 990102-7 Nerval Correia Filho, do CEIB; 990137-0 Edson Gomes de Souza Júnior, do 9º BPM/M; 854880-3 Wagner da Silva, da C Mil; 990055-1 Carlos Henrique Boso, do 3º BPM/I; 990060-8 Rafael Gonçalves Machado, do 38º BPM/I; 913889-7 Luiz Carlos Gonzaga, do 17º BPM/I; 990114-A Ronaldo Madio Pereira, do 3º BPChq; 990140-0 Mário Augusto Ferreira de Freitas, do 33º BPM/I; 975240-4 Isaias Pires, do 7º BPM/I; 990088-8 Márcio Cecílio Frasson, do CSM/O; 990075-6 Carlos Roberto Klemp, do 51º BPM/I; 990077-2 Laerte Alexandre Cavalari, do 4º BPAmb; 990091-8 Rafhael Machado de Campos Silva, do 17º BPM/M; 990015-2 Theo Santos de Souza, do 7º BPM/M; 990047-A Rafael Rodrigues Sabbatini, do 8º BPM/I; 889060-9 Isaac Duarte Jurado, do CCFO/EEF; 990103-5 lessandro de Jesus Leme, do 2º BPM/M; 903438-2 Luciano Di Done, do 3º BPRv; 990017-9 André Luiz Quero, da Correg PM; 990100-A Thiago Allegretti de Castro, do CPC; 990145-A Claiton dos Santos Leite, do 40º BPM/I; 990094-2 João Batista de Castro Rapaci, do 17º GB; 923999-5 Laércio Antônio Mantovani, do 17º BPM/I; 990041-1 Alexandre Oliveira de Paula, do 5º GB; 965422-4 Ricardo Luís Martins do Rego, do 23º
BPM/M; 990010-1 Michel Ricardo Berbel, do 51º BPM/I; 874076-3 Wagner Martins Araújo, do 37º BPM/I; 990109-4 Cézar Augusto Monteiro da Silva Raymundo, do 1º BPM/M; 990023-3 Eduardo Henrique Alferes, do CPA/M-1; 990072-1 Júlio César Badini, do 2º BPM/M; 913868-4 Anderson Ferreira Nunes, do 17º BPM/I; 894444-0 Cláudio Roberto Ribeiro de Lima, do 1º BPM/M; 990128-A William Gelonezze Ramos, do CPA/M-3; 990025-0 Carlos Clarindo Filho, do 3º BPM/I; 990147-7 Rodrigo de França Pulzi, do 19º BPM/I; 990038-1 Edvan Gonzaga do Carmo, do 10º GB; 990058-6 Marcus Vinícius Hernando de Sousa Zamora, do 14º BPM/M; 990132-9 Francisco Diassis de Souza Teixeira, do 33º BPM/M; 990033-A Rodrigo Fabrício Nascimento, do 26º BPM/I; 990066-7 Hudson Arthur Rodrigues Rosa, do 40º BPM/I; 990090-0 Jeferson Ademar Florindo de Souza, do 53º BPM/I; 990099-3 Jesus de Oliveira Júnior, do 3º BPM/M; 892992-A Moisés Francisco de Melo, do 1º BPAmb; 990048-9 Giuliano César Andrietta Sampaio, do 16º BPM/M; 990076-4 Nelson Leite Carrijo Júnior, do 3º BPRv; 990035-7 Eduardo Jorge Marques, do 4º BPRv; 964159-9 Reginaldo Márcio Fernandes, do 28º BPM/M; 990027-6 Thiago Santini Bisterso, do 25º BPM/I; 990124-8 Dério Nunes de Almeida, do 31º BPM/M; 990051-9 Robson Mitsuo Munhoz Guenca, do 1º GB; 990097-7 Glauco César Costa de Oliveira, do 5º BPRv; 990104-3 Leonardo Bruno Rodrigues, do 12º BPM/I; 990130-2 Ronaldo Adriano Frata, do 51º BPM/I; 990071-3 Marcelo Shigeo Garcia Tsuda, do 32º BPM/I; 990037-3 Edson da Costa Meira, do 38º BPM/M; 990113-2 Francisco Régis Cravero, do CBM; 930856-3 Mauri Ricardo Guarizi, do 42º BPM/I; 990120-5 Adriano Augusto Lemos Franco, do 46º BPM/I; 990062-4 Marcelo Silva de Araújo, do 23º BPM/I; 990032-2 Rodrigo Francisco Forner, do CCFO/EEF; 990040-3 Rodrigo Augusto Santana, do 53º BPM/I; 863715-6 Celso Arantes Lucas, do 12º BPM/M; 990031-4 Wilson Vaccaro Moraes, do 6º GB; 990039-0 Shelby Heleno da Silva, do 19º BPM/M; 990117-5 Nivaldo Augusto Viegas Guion, do 27º BPM/I; 904977- A Rubens Gomes de Oliveira, do 50º BPM/I; 990108-6 Luís Fernando Sanches Pessoa, do 3º GB; 966412-2 Fernando Santana Xavier, do 32º BPM/I; 966375-4 Ewerton Ricardo Messias, do 2º BPAmb; 966103-4 Ibrahim Nagib Karan Júnior, do 13º GB; 100270-8 Daniel de Oliveira Maiche, do 21º BPM/I; 893493-2 Romulo Gomes Pinheiro da Silva, da DP; 100285-6 Lucas Alexandre Gonçalves, do 11º GB; 100358-5 Newton Kruger Tallens Júnior, do CBM; 971837-A Cláudio César Capelari, da Correg PM; 966129-8 José Luciano Val, do 13º GB; 981076-5 Ivan Garcia Souza, do 1º BPChq; 100390-9 Rafael Henrique Helena, do 30º BPM/I; 100293-7 Glauco Castilho Rossi, do 9º GB; 966137-9 Alessandro Wendell Pereira, do 30º BPM/I; 100317-8 Luiz Antônio Furlan, do 3º BPChq; 100336-4 Rodrigo Barassa de Paula, do 19º GB; 101620-2 Alisson Bordwel da Silva, do RPMon; 100360-7 André Luiz Figueiredo Zaccaro, do 2º BPChq; 100287-2 Paulo Roberto Reis Teixeira de Souza, do 11º GB; 991463-3 Antônio Messias dos Santos Neto, do 33º BPM/I; 100276-7 Fernando Camargo Benitez, do 16º BPM/I; 961453-2 Adro Luciano Gusmão Castelane, do 6º BPM/I; 100281-3 Felipe de Lima Simões, do 8º BPM/M; 100387-9 Paulo Marcos Vieira Sobrinho, do 1º BPM/I; 894229-3 Moisés Francisco Sales, do 5º BPRv; 912496- 9 Vanderlei Corrêa Alves, do 43º BPM/I; 876895-1 Enoque dos Santos, do 39º BPM/I; 100311-9 Alexandre Kihara de Campos, do 25º BPM/I; 100329-1 Adilson Naresi Rodrigues Caraca, do 46º BPM/I; 904982-7 Sérgio Ricardo Vasconcellos, do 6º GB; 100313-5 Luiz Carlos Pereira Júnior, do 18º GB; 101616-4 Matheus Gama Teixeira, do 21º BPM/I; 100385-2 Eder Viera Bueno, do 5º BPRv; 941812-1 Paulo Gilberto Giordano, do 42º BPM/M; 100266-0 Gustavo da Cruz Oliveira, do 25º BPM/M; 100350-0 Fernando Mancano, do 2º GB; 990230-9 Adbeel Pregentino Prado, do CPC; 964418-A Marcos Bonzanini, do 3º BPAmb; 100326-7 Norberto Marsola Filho, do 27º BPM/I; 880490-7 Márcio Castro Roberto, do 21º BPM/M; 100344-5 Marcos Paulo de Paiva, da PM-2; 100292-9 Luciano Eugênio Rabello, do 3º BPM/M; 100327-5 Marcelo Ribeiro de Almeida, do 42º BPM/I; 100353-4 Ubirajara Montebello Passos, do 49º BPM/M; 101619-9 Nelson César Rosa Vieira, do 1º BPM/M; 100268-6 Paulo César Sanchez, do 4º BPM/M; 100265-1 Rodrigo da Silva Vianna, do 8º BPM/M; 100359-3 Renato Leão Alves de Souza, do 4º BPChq; 100393-3 César Augusto Pinheiro Kriunas, do 43º BPM/I; 100338-A Marcelo Bueno Bernoldi, do 1º BPChq; 100342-9 Sandro dos Reis Alves, do 43º BPM/I; 100377-1 Osvaldo Rodrigo Guarizo, do 49º BPM/I; 100278-3 Ricardo Santos Medeiros, do 18º BPM/M; 100373-9 Fernando Henrique Perpétuo Pauli, do 9º BPM/I; 100328-3 Jefferson Cury Serra, do 10º BPM/I; 100280-5 Rafael Prado Loureiro, do 10º BPM/I; 982674-2 Marco Aurélio Dudalski, do 15º BPM/M; 933719-9 Marcelo Eliano Leite, do 1º BPM/I; 100298-8 Ricardo Costacurta Filho, do 51º BPM/I; 100275-9 Eduardo Martins Ribeiro, do 43º BPM/I; 980041-7 Marcelo Augusto Catelani, do 37º BPM/I; 100389-5 Rodrigo Della Nina, do 38º BPM/I; 100346-1 Alex Roberto de Moraes Olliari, do 35º BPM/M; 951143-1 Marcelo Torres Almeida, do 48º BPM/I; 100361-5 Edgar Pinezzi de Mello, do CPD; 100271-6 Estephe Bergoncini, do 3º GB; 966421-1 Eliton Ricardo Sanches, do 2º BPAmb; 991696-2 Renato Gonzalez, do 38º BPM/I; 100378-0 Raul Marcel de Mendonça, do CFSd; 872354-A Donisete José Pereira, do 9º BPM/I; 966119-A Ricardo Luís Martin Merloti, do 16º BPM/I; 100279-1 José Milton Paula Júnior, do 26º BPM/M; 100093-4 Kleber Augusto da Silva, do 10º GB; 100273-2 Marlon de Assis Magro, do 33º BPM/I; 100367-4 Rodrigo de Oliveira Viana, do CFAP; 100343-7 Jorge Jacubiski Júnior, do 14º BPM/M; 971308-5 Jean Gustavo Cintra, do 15º BPM/I; 100284- 8 Raul Gustavo Barreto de Oliveira, do 51º BPM/M; 100369-A Douglas Takahashi, do 1º BPChq; 921855-6 Irai Raval da Silva, do 1º BPM/I; 980172-3 Cláudio Ferreira Crispim, do 1º BPM/M; 930506-8 Júlio César Soares Galvão, do 44º BPM/M; 100283-0 Sérgio Ricardo Lima de Freitas, do 4º BPChq; 100375-5 Wellington Watanabe Alves, do CPD; 830805-5 Célio Cardinalli, do CEIB; 100325-9 Alexandre Moratto Tercioti, do 4º BPM/I; 100341-A Bruno Mandaliti Scarp, do 4º BPM/I; 100319-4 Felipe Cordeiro das Neves, da Correg PM; 100331-3 Paulo Eduardo Medeiros Freitas, do 42º BPM/M; 100274-A Fabiano Vieira, do CPD; 965170-5 Edson da Costa Pereira, do 36º BPM/I; 964285-4 Mauro Virgílio dos Santos, do 31º BPM/M; 100392-5 Emerson Vieira Coelho, do 13º BPM/I; 100395-0 Elder Luís Bernardinelli, do 1º BPRv; 100312-7 Osmar Luiz Giacon Santa Rosa, do 24º BPM/I; 990453-A Mauro Rocha de Oliveira, do 39º BPM/M; 100381-0 Tiago Gonçalves Biagi dos Santos, do 19º BPM/M; 101618-A João Henrique Martins, da PM-2; 100308-9 Elton João Braga Paz, do 3º BPAmb; 975881-0 Simey André Pedrozo Traiba, da Correg PM; 982672-6 Adriano Augusto Freitas de Brito, do 15º GB; 100339-9 Luiz Antônio Barbosa, do 30º BPM/M; 864254-A Paulo Cirino Pinto, do 32º BPM/I; 100376-3 Ricardo Rabelo Reis, do 3º BPM/M; 921299-0 Augusto José de Carvalho Filho, do 2º BPRv; 100318-6 Ricardo Vasconcelos Gomes, do 2º BPChq; 100386-A Roberto Crisostomo, do 13º BPM/M; 100345-3 Rafael Palladino Filho, do 25º BPM/M; 100320-8 Mário Celso Tonini, do 5º BPM/I; 100388-7 Fernando de Souza, do CPRv; 100272-4 Maurício Kiyoshi Hirano, do 11º BPM/I; 100357-7 Ricardo Bussotti Nogueira, do 40º BPM/M; 961825-2 Mauro Mohacsi, do 49º BPM/I; 100335-6 Marcus Levy Andrade Acosta, do CFAP; 104568-7 Marcelo Kamada, da Correg PM; 974919-5 Márcio D’Angelo, da Correg PM; 104642-0 Paulo Marino Lopes Júnior, do 8º BPM/M; 104640-3 Guilherme Livorati Salgado, do Gab Cmt G; 104645-4 Bruno Pettinato, da C Mil; 102312-8 Ricardo Savi, da Correg PM e 104584-9 Michel Guaraciaba Pinheiro, do CFSd.
 
ao posto de Segundo-Tenente PM, por merecimento
intelectual, os Aspirantes-a- Oficial PM:
a contar de 15-12-2006: 108411-9 José Fernando Cerri Júnior, do 8º BPM/I.
 
QUADRO DE OFICIAIS DE SAÚDE - MÉDICOS
ao posto de Tenente-Coronel Med PM, por merecimento,
os Majores Med PM:
a contar de 24-5-2009:
840008-3 Ronaldo Bonciani, do C Med e 851136-5 José Carlos Ingrund, do CCB.
 
ao posto de Major Med PM, por merecimento, os
Capitães Med PM:
a contar de 24-5-2009:
883059-2 Zamir Calamita, do 9º BPM/I e 870929-7 Carlos Hugo Bonassi, do CPA/M-4.
ao posto de Capitão Med PM, por antigüidade, os Primeiros-Tenentes Med PM:
a contar de 24-5-2009:
900056-9 Luís Fernando Rensi Cunha, do CCFO/EEF e 900062-3 Regina  Helena Rainho Penna, do  Med.
ao posto de Capitão Med PM, por merecimento, os
Primeiros-Tenentes Med PM:
a contar de 24-5-2009:
931376-1 Maria Cecília Araújo, do C Med e 931608-6 Jorge Alberto de Castro Veras, da DS.
 
QUADRO DE OFICIAIS DE SAÚDE - DENTISTAS
ao posto de Major Dent PM, por merecimento, os Capitães Dent PM:
a contar de 24-5-2009:
832284-8 Noel Souza Diniz Júnior, do C Odont.
ao posto de Capitão Dent PM, por antigüidade, o
Primeiro-Tenente Dent PM:
a contar de 24-5-2009: 900035-6 Luiz Macedo Mangueira, do C Odont.
ao posto de Capitão Dent PM, por merecimento, o
Primeiro-Tenente Dent PM:
a contar de 24-5-2009: 900026-7 Carmen Zamora Zerbini Denigres, do CPA/M-5.
 
QUADRO DE OFICIAIS DE SAÚDE - FARMACÊUTICOS
ao posto de Capitão Farm PM, por antigüidade, o
Primeiro-Tenente Farm PM:
a contar de 24-5-2009: 920012-6 Eduardo Baboim Govato, do C Med.
ao posto de Capitão Farm PM, por merecimento, o Primeiro-Tenente Farm PM:
a contar de 24-5-2009: 923551-5 Dimas Maranho, do C Med.
  
QUADRO DE OFICIAIS CAPELÃES
ao posto de Tenente-Coronel Capel PM, por merecimento,
o Major Capel PM:
a contar de 24-5-2009: 894431-8 Osvaldo Palópito, do EM/E Ass Relig.
 
QUADRO DE OFICIAIS DE POLÍCIA FEMININA -
QOPF
ao posto de Major Fem PM, por merecimento, os Capitães Fem PM:
a contar de 24-5-2009:
800958-9 Maria Inês de Medeiros, do 2º BPM/M; 891201-7 Eliane Nikoluk, do CPI-1 e 872648-5 Lilian Marinetti Ojima Simião, do 45º BPM/I.
ao posto de Capitão Fem PM, por antigüidade, os Primeiros-Tenentes Fem PM:
a contar de 24-5-2009:
920467-9 Eunice Rosa Godinho, do CPI-7; 920472- 5 Silvana Carla Pereira, do 46º BPM/M; 920470-9 Clester Mara Gasques Gonçalves, do 52º BPM/I; 920491-1 Maria Madalena de Almeida Leite, do 14º BPM/I e 920490-3 Lizandra Donamore dos Santos, do CCB.
ao posto de Capitão Fem PM, por merecimento, os
Primeiros-Tenentes Fem PM:
a contar de 24-5-2009:
910007-5 Elisabete Grazióli Garófalo Paiva, do CPA/M-9; 871650-1 Ilmara Silvia Gimenez Bernardes, do28º BPM/I; 920469-5 Vânia de Castro Rosa Lodi, da DP; 920485-7 Patrícia Félix de Souza, do 20º BPM/I e 760315-  A Jaqueline Aparecida Ferreira Pires, do 1º BPM/I.
 
ao posto de Primeiro-Tenente Fem PM, por antiguidade,
os Segundos-Tenentes Fem PM:
a contar de 24-5-2009:
961671-3 Lucimeire Jeronymo, do 23º BPM/I;     990084-5 Vanessa Buoro Morilhe, do 32º BPM/I; 990011-0 Esther Sewastjanow da Silva, do 33º BPM/I; 990054-3 Graziela Bazili Leandro, do 30º BPM/M; 880394-3 Mônica Aparecida de Souza Braz, do CCFO/EEF; 990126-4 Carolina Pádua Rosa Berbel, do 51º BPM/I; 100354-2 Janaina Carla Lourenço de Andrade, do 28º BPM/M; 961702-7 Alexandra Silva Jardim, do 41º BPM/I; 100363-1 Letícia Marestoni, do 27º BPM/I; 100364-0 Márcia Vitória Vieira, do 38º BPM/M; 100321-6 Andressa Sivestrini Sartoreto, do 9º BPM/M; 100316-0 Marina Silva Novakas, da D Tel; 100337-2 Daniele Cristina Orejana, do CPI-6; 104658-6 Karina Paula Moreira, do 5º GB; 104632-2 Fernanda Rafaela Lourenço, do CEIB; 931007-0 Rosemary Ulian, do 27º BPM/I; 981758-1 Luciana Cristina Moreira, do 21º BPM/M; 964645-A Mariceli Ribeiro da Silva, do 48º BPM/I; 100744-A Eliane Oliveira Renó, do 14º BPM/M; 104954-2 Andreza Facchini Moreira, do 10º GB; 104649-7 Cláudia Cristina Gomes da Silva, do 21º BPM/I; 104660-8 Thaís Cristina Dejane, do CCFO/EEF; 104602-A Eliana Soares Figueiredo, do CSM/O; 104667-5 Aliane Marcelli da Silveira Tapparo dos Santos, do 2º BPM/M; 104644-6 Cíntia Camargo Nardy de Freitas, do 2º GB; 104613-6 Lidiara Beatriz Kurachi Ferrini, do CEIB; 104574-1 Ana Maria Spuri Borin, do 4º BPM/I; 105611-5 Débora Rezende de Oliveira, do 2º GB; 104571-7 Tatiana Martins Zaupa, do 3º BPAmb; 104665-9 Patrícia Alves Loureiro, do CPI-9; 104549-A Tamar Mitie asegawa, do CDP; 104573-3 Cáthia Letícia Martins da Silva, do 6º GB; 104657-8 Kelly Fernanda   e Silva, do CEIB e 104614-4 Fabiane Paineli da Silva, do 50º BPM/I.
ao posto de Primeiro-Tenente Fem PM, por merecimento,
os Segundos-Tenentes Fem PM:
a contar de 24-5-2009:
930934-9 Sandra Aparecida dos Santos Cardena, do 22º BPM/I; 990110-8 Ísis dos Santos Lima, do CCFO/EEF; 990070-5 Adriana Leandro de Araújo, do 6º
GB; 990096-9 Simone Cristina Fister, do 16º BPM/I; 990141-8 Ana Lucia Razuk, do 16º GB; 990101-9 Herika Viana Costa, do 53º BPM/I; 990092-6 Ana Carolina Sydow de Barros, do C Med; 990142-6 Priscila Mayume Oyama, do 4º GB; 974635-8 Luciana Cardoso, do CPA/M-7; 990063-2 Michele César, do 11º GB;990056-0 Liliane Pinheiro Kriunas, do 51º BPM/I 12; 990079-9 Karina Dalva dos Santos Luz Margalhães , da C Mil; 874739-3 Mônica Aparecida Peixoto de Carvalho César, do 23º BPM/I; 990014-4 Lígia Pinheiro, do CPC; 990150-7 Lucimara Rossi de Godoy, do 7º GB; 100303-8 Fernanda Regina Lopes de Freitas, do 3º GB;
100394-1 Inae Pereira Ramires, do 50º BPM/I; 100391-7 Fernanda Angélica Reigota do Amaral, da Correg PM; 100332-1 Roberta Mantovani Monteiro, do 3º BPM/M; 100282-1 Rachel Campos Siqueira, do EM/E - Sec Com; 100362-3 Lilian Cristina Caporal, do CPI-3; 100288-A Lurela Alice Kurachi Ferrini, do CEIB; 970003-0 Adriana Oliveira da Silva, do 10º BPM/M; 100398-4 Patrícia de Cassia dos Santos, do CFSd; 100396-8 Aline Stavare Leal, do CPM; 830073-9 Elma Soares, da Correg PM; 100295-3 Flávia March, do CPA/M-2; 100294-5 Fernanda Carolina Marques Florio, do CASJ; 100355-A Fernanda Pane, da DP; 100309-7 Cintia Reiko Jordão Oshikiri, do CFSd; 100397-6 Amanda Hatsume Sato, do CPM; 104655-1 Ana Paula Garutti da Silva, da PM-2; 990135-3 Graziela Guerra de Luna, da PM-5 e 100307-A Aline Cassola Soler Jesuino, do Gab Cmt G.
 
QUADRO AUXILIAR DE OFICIAIS POLICIAIS MILITARES
- QAOPM
ao posto de Capitão QAOPM, por antigüidade, os
Primeiros-Tenentes QAOPM:
a contar de 24-5-2009:
802120-1 Amilton Soares, do CCB; 823262-8 Odival Sinhorini, do 13º BPM/I; 831881-6 Oraci de Jesus Paulino, do CPI-7; 831878-6 Mauro Martiniano de Oliveira, do CDP; 822149-9 José Aquiles Brunetti, da C Mil; 810911-7 José Luiz Franco, do 4º BPAmb e 790949-7 Adélcio Pereira da Silva, do CSM/AM.
ao posto de Capitão QAOPM, por merecimento, os Primeiros-Tenentes QAOPM: a contar de 24-5-2009:
830468-8 Marcos Luiz Tuckumantel, do 26º BPM/I; 823303-9 Edmilson Santos Silva, do CCB; 811339-4 Antônio Felinto Ferreira de Araújo, da PM-6; 823036-6 Ulisses Tavares da Silva, da DP; 821477-8 Adevanir da Silva Bezerra, do CSM/MM; 822026-3 Edson Shiguemitsu Tiba, do 9º BPM/I e 840468-2 Aderbal Barbosa de Oliveira, do 3º BPRv.
ao posto de Primeiro-Tenente QAOPM, por antiguidade,
os Segundos-Tenentes PM:
a contar de 24-5-2009:
842468-3 Antônio Alves de Souza Filho, do CFAP;
852705-9 Cleiber Barbosa do Rego Barros, do 6º BPM/M; 821476-0 Adenilton Carvalho Carneiro, do 3º BPM/I; 831643-A Mariano Ferreira Martins Neto, do
CSM/MM; 842459-4 Adenilton Vieira Barbosa, do CEIB; 865550-2 Carlos Henrique Pereira dos Santos, do 14º BPM/I; 781327-9 Agenor Paulo da Silva, do CFAP; 840333-3 José Luiz Martins, do 51º BPM/I; 830794-6 Marcos Fernando Simões Guerra, do 43º BPM/I; 864765-8 João Carlos da Silva, do DSA/CG; 862249-3 Egle Figueiredo, do 36º BPM/I; 862307-4 Valéria Aparecida
Rodrigues de Lima Furquim de Moraes, do CDP; 861263-3 Valmir Cabral Pedrosa, do 14º GB; 831957-0 José Ferreira da Silva, do CEIB; 851194-2 João Cleto Nunes, do 21º BPM/M; 830071-2 Elizabete Aparecida Falasca, do CSM/MM; 850097-5 Nelson Luiz Macari, do 24º BPM/M; 850934-4 Regiane Rodrigues, do CSM/MM; 823440-0 Manfredo Alves Faraguti, do CSM/MM; 820278-8 Daniel dos Santos Júnior, do 9º BPM/M; 801832-4 Ronaldo Pires Barbosa, do 22º BPM/I; 823483-3 Walmir Lopes, do CPA/M-4; 863389-4 Juvenal da Silva Machado Neto, do 39º BPM/I e 872619-1 Ilka Gomes de Freitas, da D Tel.
ao posto de Primeiro-Tenente QAOPM, por merecimento,
os Segundos-Tenentes PM:
a contar de 24-5-2009:
790695-1 Luís Carlos Barbosa, do 3º BPChq; 841490-4 Milton Joaquim dos Santos, do CSM/O; 61279-0 Edison Pereira Rodrigues, do CPI-2; 860200-0 Gilson Noveli, do 31º BPM/I; 853471-3 Osvaldo Luiz de Rocco, do 11º BPM/I; 850222-6 Nilberto Aroldo da Silveira, do 5º GB; 855210-0 Luiz Rogério Ramos, do CPA/M-11; 843408-5 Marcelo Messias de Oliveira, do 34º BPM/I; 865076-4 Renato Gomes de Oliveira, do CPI-4; 781478-0 Jurandir Batista das Chagas, do 1º BPRv; 810808-A José Nilson Bacelar de Santana, do CPA/M-4; 864114-5 Luís Carlos Soares, do 10º GB; 865850-1 Raimundo Nonato de Souza Carneiro, do CPI-6; 841811-0 Cláudio Clementino dos Santos, do 19º BPM/M; 842077-7 Jairo Zapata dos Santos, do 3º GB; 850849-6 Valter Luís Dacencio, do 2º BPRv; 831466-7 Agnaldo de Paula Leite Ribeiro, do 17º BPM/M; 851886-6 Josito Feliciano Pereira, do 39º BPM/M; 860114-3 Maurício Pequeno de Araújo, da PM-4; 850815-1 Roberlei Marcelino de Souza, do PMRG; 841733-4 João Santa Rosa de Cerqueira, do CPM; 851503-4 Aguinaldo César Cardoso, do CBM; 852253-7 José Almi Alves de Souza, do CSM/O; 852850-A Flávio Legnaioli de Andrade, do 1º GB e 822598-2 Clóvis Pontual Ribeiro Barbosa, do CCFO/EEF.

2 010      :         -      DOMINGO
Há seis anos, o voo 815 da OCEANIC AIR, que voava de SIDNEY para LOS ANGELES, caiu numa ilha. Dos 48 sobreviventes, o telespectador acompanhou a vida de 18 personagens principais, seja em suas aventuras na ilha ou por meio de flashbacks – técnica que surpreendeu os telespectadores. Durante a primeira temporada de LOST, o grande mistério era descobrir quem eram essas pessoas. Hoje, a dois episódios do fim, essas questões já foram esclarecidas e outras tantas surgiram. Dos 18 protagonistas, apenas cinco estão vivos na ilha.
O desfecho de LOST, ícone desde década, vair ao ar hoje nos EUA e dia 25, terça-feira, no BRASIL. São apenas 150 minutos para esclarecer uma porção de dúvidas que surgiram em seis anos.
O episódio 16 segue a história da emboscada que o HOMEM DE PRETO (ou LOCKE) preparou para os sobreviventes no submarino. O capítulo responde a várias questões e revela JACK como o substituto de JACOB. Agora, a gente sabe como JACOB escolheu seus candidatos e o motivo de o nome de KATE estar riscado. Ao fim do bom episódio, algumas perguntas ficam no ar. Resta saber se elas serão respondidas ou se permanecerão um mistério.   

Por volta das 7:30 horas o CORONEL PM MENDES está chegando na Rua Pedro Vicente para a nossa ida ao Monumento Mausoléu numa das datas mais reverenciadas pela Sociedade Veteranos de 32-MMDC.
Chegamos cedo. Encontramos a Aspirante a Oficial DANIELLE cuidando do trânsito defronte o Monumento. Ela pertenceu ao núcleo “CADETE RUYTEMBERG ROCHA” no ano passado. Um dos primeiros a chegar no local em que iremos comemorar o DIA DA JUVENTUDE CONSTITUCIONALISTA é o CORONEL Av CELSO DE ARAÚJO, atual Comandante da Base Aérea de São Paulo. Aparecem depois: Professor JOSÉ CARLOS DE BARROS LIMA, ANTÔNIO CARLOS HOMEM, FRANCISCO GIANNOCCARO, FRANCES DE AZEVEDO, GUILHERME NAPOLEÃO DE ABREU, ANTÔNIO CARLOS MACIEL ROMAGNOLI, DOUTORA MARIA LÚCIA CAMARGO, CORONEL PM JAIRO PAES DE LIRA (DEPUTADO FEDERAL), CORONEL PM Ref ÉDSON FERRARINI (DEPUTADO ESTADUAL), MAJOR PM AGRELLA, CAPITÃO PM FOUQUET, TENENTE PM PAULO ROBERTO DARIO, ASPIRANTE A OFICIAL PM JOSÉ DE ARAÚJO (ex-presidente do Núcleo “CADETE PM RUYTEMBERG ROCHA”), CADETE PM LOBO (atual Presidente do Núcleo “CADETE PM RUYTEMBERG ROCHA”), nossa funcionária MARINEI, que vem acompanhada de seu marido e filhos.
A 5ª EM/PM cuida do cerimonial. Destacam-se o CAPITÃO PM LUIZ ANTÔNIO e o 1º TENENTE PM CABRAL.
O Secretário da Segurança Pública, ANTÔNIO FERREIRA PINTO vai presidir esta solenidade. O CORONEL PM DANILO ANTÃO FERNANDES, SubCmt PM, representa o Cmt Geral ÁLVARO BATISTA CAMILO, impossibilitado de comparecer nesta manhã. O CORONEL PM NEVORAL ALVES BUCHERONI, Sub-Prefeito da SÉ, representa o Prefeito GILBERTO KASSAB.
O CORONEL PM MENDES é o presidente em exercício e, depois do HINO NACIONAL, faz uso da palavra. Nossa poetisa, FRANCES DE AZEVEDO, declama uma poesia que ela vez especialmente para esta data.
O TENENTE-CORONEL CAPELÃO PM OSVALDO PALÓPITO faz a bênção aos 777 heróis que repousam neste santuário. Ele tem necessidade de sair mais cedo, pois irá rezar uma missa na Capelania SANTO EXPEDITO.
São chamados os agraciados com a Medalha MMDC e se procede a entrega da comenda: VICE-ALMIRANTE ARNALDO DE MESQUITA BITTENCOURT FILHO, MAJOR-BRIGADEIRO-DO-AR PAULO ROBERTO PERTUSI, CORONEL Cav CÉSAR AUGUSTO MOURA, CORONEL Av GERALDO CURCIO NETO, CORONEL Inf CARLOS AUGUSTO OLIVEIRA FEITOSA, CORONEL Av CELSO DE ARAUJO, CORONEL PM CLÁUDIO ANTÔNIO RISSOTO, Doutor ANTÔNIO MESTRE JÚNIOR, CARLOS DO VALLE FONTINHAS, Doutor ROBERTO SOUZA CAMARGO, CORONEL PM MARCO ANTÔNIO ALVES MIGUEL, CAPITÃO-DE-FRAGATA JOSÉ CARLOS GIBSON NUNES, CAPITÃO-DE-FRAGATA JORGE FARIA FRANCO JÚNIOR, MAJOR RONALD RODRIGUES JAKOBOVSKI, VLAMIR DE JESUS SANDEI, FRANCISCO MAURÍCIO MARINO, CAPITÃO PM ENIVALDO FOUQUET, Doutor VICENTE FERNANDES CASCIONE, CAPITÃO PM DENIS IZUMIDA, RONALD AMARAL KUNTZ, 1º TENENTE PM EDUARDO SALLES MENDES, LINDAMIR MAGALHÃES CARNEIRO DE LIMA, FERNANDO CHICARONI FILHO, Doutor MARCOS DA COSTA, Doutor JOAQUIM CAVALCANTI DE OLIVEIRA LIMA NETO, Doutor ELMER DE SOUZA PESSOA, MARIA LÚCIA CARDOSO DA SILVA, MARINEI ÂNGELO CHALUB DE OLIVEIRA 
Nosso Deputado Federal, CORONEL PM Res JAIRO PAES DE LIRA, presidente do Conselho Deliberativo da Sociedade, faz uso da palavra, explanando o que foi o 23 de maio e aborda também a Revolução Constitucionalista de 1932.
Encerrado o evento, vamos conversar com as pessoas presentes, principalmente com FRANCISCO GIANNOCCARO, CORONEL Reformado ARY CANAVÓ, ÂNGELA BARCELOS, o veteraníssimo OSVALDO DIANA, prestes a completar 101 anos, sempre acompanhado de sua filha ORIVALDA DIANA, CAMILA e seu namorado MARKUS, AGUINALDO D´AVRIS, MARCELO CONCEIÇÃO (nossa Diretora de Comunicação Social distribuiu os folders alusivos à data e já pensa na solenidade de 25 de maio, na Câmara Municipal.
O MENDES leva-me até à Rua onde procuro me encontrar com RONALDO, COLOMBO, CRISTIANO e outros oficiais. Tenho de passar algumas horas até o momento em que o CORONEL PM MENDES venha me buscar no MMDC. Por volta das 14 horas, acompanhado do COLOMBO, vou à Sociedade Veteranos de 32-MMDC, onde faço uma revisão dos escritos para a palestra de logo mais na Grande Loja Maçônica.
Antes das 16 horas, acompanhado do MENDES, estamos no local em que será fundada a Associação DeMOLAY do Estado de São Paulo 23 de Maio. Conhecemos muita gente nova, integrantes dessa Associação. Comparece nessa solenidade o MAJOR PM Ref HONDA, pertencente a uma loja maçônica de ITAQUERA. CAMILA e seu namorado MARKUS também vêm nos prestigiar. Constituída a Mesa de Trabalhos e após as apresentações dos presentes vou falar sobre o 23 de Maio e a Revolução Constitucionalista de 1932:
Senhores da Diretoria da Associação DeMolay Alumni do Estado de São Paulo.
Em nome do Senhor Presidente da Sociedade Veteranos de 32-MMDC, CAPITÃO GINO STRUFFALDI, Capitão Reformado do Exército Brasileiro e veterano de 1932, representado nessa Sessão Solene pelo Vice-Presidente, CORONEL PM ANTÔNIO CARLOS MENDES, nossa organização, fundada em 7 de julho de 1954, congratula-se com essa associação pela feliz escolha do “23 de maio” para ter dado nome à nova Entidade. Realmente foi a 23 de maio de 1932 que surgiram os primeiros mártires da EPOPÉIA DE 32.
Sr Presidente, FREDERICO MÓZSCIAN; Sr Vice-Presidente, RODRIGO GUILHERME VAROTTI PEREIRA; Sr Secretário Geral, DANIEL PAULO FONTANA BRAGAGNOLLO; Sr. Secretário Geral-Adjunto, RODRIGO DE LA VIELLE ARISA; Sr Tesoureiro Geral, EDUARDO AUGUSTO REICHERT; Sr Tesoureiro Geral Adjunto, RODRIGO FERNANDO PIRES DOS SANTOS; Sr Secretário de Assistência Social, FERNANDO MONTEIRO CÉSAR; Sr Secretário de Assistência Social Adjunto, FLÁVIO HENRIQUE MORRESI.
Senhores do Conselho Fiscal: ARUAN LIBANORI KÜHNE, BRUNO GUSHIKEN, DANRRY GERMANO BRIDI e os Suplentes ALEXANDRE RIBEIRO MOURÃO, FELIPE RAMOS DE OLIVEIRA e LORENZO GOTTARDI nossos votos de feliz gestão 2010/2011.
Um dia anterior 22 de maio de 1932, era publicado o boletim da FRENTE ÚNICA, asseverando que a presença do enviado especial do ditador (OSWALDO ARANHA foi mandado por GETÚLIO VARGAS a SÃO PAULO, a fim de acalmar o ânimo dos paulistas) tinha o “intuito de arrebatar do povo paulista o sagrado direito de escolher os seus governantes” e que esse mesmo povo não mais suportaria tamanha afronta e humilhação, repelindo “a indébita e injuriosa intromissão na sua vida política” por parte daqueles que estavam “conduzindo SÃO PAULO e o BRASIL a sua ruína total”. No mesmo dia do lançamento do citado Boletim houve um comício na PRAÇA DO PATRIARCA, às 15 horas. Pontificou a voz altissonante de IBRAHIM NOBRE, que se dirigiu ao PALÁCIO DOS CAMPOS ELÍSEOS (com SÍLVIO DE CAMPOS, ANTÔNIO PEREIRA LIMA, AURELIANO LEITE, LUCIANO GUALBERTO e com o povo), afirmando ao Interventor PEDRO DE TOLEDO: “Já começa a correr o sangue paulista. Estamos algemados e algemados dentro de uma senzala.  E V. Ex.a, Sr PEDRO DE TOLEDO, está preso conosco. V. Ex.a. deve sair dela e com estes homens vir às ruas reivindicar a nossa liberdade. V. Exª está no fim da vida e deve escolher: um simples epitáfio ou uma estátua”. A menção feita por IBRAHIM NOBRE, ao fato de já começar a correr o sangue paulista, era devida aos ferimentos sofridos pelo estudante LIMA NETO, naquele mesmo 22 de maio de 1932, vítima das agressoras forças da Ditadura. No dia seguinte, 23 de maio, mais sangue iria correr, purpureando quatro jovens, que se transformaram nos exacerbados mártires da irrefreável luta contra o opróbrio.
Ainda em 22 de maio os líderes contrários a Getúlio vão até o Quartel do Comando Geral da FORÇA PÚBLICA. O Comandante CASTRO CAMPOS não está presente. O substituto, CORONEL ELISIÁRIO DE PAIVA, hesita diante da multidão, dos gritos, ante aquilo que, fácil é prever, ela está buscando ali. Fora, IBRAHIM NOBRE excita os milicianos, pronunciando o enésimo discurso do dia. O comando concorda em receber uma comissão. Entram SÍLVIO DE CAMPOS, PEREIRA LIMA, IBRAHIM NOBRE, AURELIANO LEITE, LUCIANO GUALBERTO, alguns mais. À espera, a aglomeração desassossega, gradua o vozear entre exausta e esperançosa. Dentro, as conversações prosseguem. Súbito, da Avenida TIRADENTES rompe esquadrão de cavalaria da mesma FORÇA PÚBLICA. Carrega contra o povo, atropela, espaldeira. Tiros, populares contundidos, no chão o sangue inaugural da campanha que está por se iniciar: o do estudante LIMA NETO. Os membros da comissão, alertados, saem do QG em estado de apoplexia cívica. IBRAHIM e SÍLVIO DE CAMPOS, com o verbo e o exemplo remendam os rasgões abertos pelos cascos e pelos sabre na massa popular que flutuara, rompera-se mas não se desfizera. Rumam para os CAMPOS ELÍSEOS, para a casa do governo do Estado. PEDRO DE TOLEDO terá de dizer-lhes, naquela noite, naquele instante, com quem está: sendo paulista e sendo interventor getulista, fica ao lado dos seus ou ao lado dos servidores do ditador?
Por volta das 16 horas de 23 de maio de 1932, realiza-se na Praça do Patriarca, o comício monstro em favor do restabelecimento da autonomia do Estado e da reconstitucionalização do país. O povo em massa dirige-se aos CAMPOS ELÍSEOS e exige por meio de discursos inflamados a organização do secretariado do governo em consonância com a vontade do povo.
E nessa oportunidade que assomando â janela do palácio o professor FRANCISCO MORATO anuncia a escolha dos novos secretários do Interventor Federal.
O Secretariado ficou assim constituído: Educação - Dr JOSÉ RODRIGUES ALVES SOBRINHO; Agricultura – FRANCISCO DA CUNHA JUNQUEIRA; Fazenda – PAULO MORAIS BARROS; Justiça – Professor WALDEMAR FERREIRA; Viação – FONSECA TELLES; Departamento de Organização Municipal – JOAQUIM SAMPAIO VIDAL; Prefeitura da Capital – GODOFREDO DA SILVA TELES.
No cair da tarde e o surgir da noite a massa humana se agiganta pelo Pátio do Colégio, ruas e praças contíguas. Populares sacam de suas armas e fazem disparos para o ar a guisa de salvas no momento em que SILVA GORDO passa a Secretaria da Justiça a WALDEMAR FERREIRA. O povo, não satisfeito com as vitórias alcançadas dirige-se à sede dos jornais: “RAZÃO”, órgão de OSVALDO ARANHA, o “CORREIO DA TARDE”, de MIGUEL COSTA, incendiando-os.
Daí o povo ruma contra a sede da LEGIÃO REVOLUCIONÁRIA, o PARTIDO POPULAR PAULISTA, o qual era chefiado por MIGUEL COSTA nos altos da Rua BARÃO DE ITAPETININGA, esquina da PRAÇA DA REPÚBLICA.
Por volta das 20:30 horas na PRAÇA DA REPÚBLICA o povo ataca a sede do PPP, instalado à Rua BARÃO DE ITAPETININGA, número 60 (hoje Prédio 298, esquina da Praça). A fuzilaria é intensa de lado a lado. Todos os lampiões de gás nas imediações e as poucas lâmpadas estão quebradas por tiros. Os atacantes, uns atrás das árvores, outros deitados, defendem-se, atacam e socorrem os feridos. As ambulâncias ficam postadas nas Ruas SÃO LUÍS, 7 DE ABRIL e 24 DE MAIO. Enquanto um mulato distribuía munições, o povo luta desesperadamente a fim de invadir o prédio.
Quando era meia-noite, os atacantes já apresentam duas baixas: EUCLYDES MIRAGAIA e ANTÔNIO AMÉRICO DE CAMARGO ANDRADE, morador de CAMPINAS. Alguns atacantes conseguem trazer um bonde e o colocam, como muralha, parado à porta do prédio.
Era uma hora e trinta minutos da madrugada quando DRÁUSIO MARCONDES DE SOUZA, ao forçar a porta do prédio, é alvejado mortalmente vindo a falecer no dia 28 devido aos ferimentos recebidos. DRÁUSIO tinha apenas 14 anos, morador na Rua OSCAR FREIRE, ferido na fossa ilíaca esquerda. O tiro saiu na fossa ilíaca direita.
A luta já dura horas, mas os atacantes não esmorecem. Há muita gente ferida e não se sabe ao certo o número de mortos.
Naquela madrugada sangrenta, naquele desespero, muitas pessoas deixam os abrigos e avançam para o prédio com o propósito de tomá-lo. Num destes ataques MARIO MARTINS DE ALMEIDA é atingido por uma rajada de balas no peito no meio da Rua BARÃO DE ITAPETININGA. Não é decorrido muito tempo quando soldados acercam-se do prédio, assestam uma metralhadora, fazem disparos e recebem um comunicado que transmitem aos populares dizendo que os sitiantes se renderam e vão desocupar o prédio, o que realmente aconteceu.  
 MÁRIO MARTINS DE ALMEIDA morre ao ser removido para o pronto-socorro da polícia central. São feridos também: IGNÁCIO CRUZ, de 21 anos, solteiro, residente à avenida D.PEDRO I, número 7, no IPIRANGA, com dois ferimentos produzidos por balas, na perna direita; SEBASTIÃO BERNABÉ VERGUEIRO DOS SANTOS, de 33 anos, residente à rua VITÓRIA, número 144, com um ferimento perfuro contuso na perna esquerda; PAULO RIBEIRO, advogado, residente à Rua OSCAR PORTO, número 43, com ferimento perfuro contuso no antebraço direito; MOACYR DE OLIVEIRA, de 21 anos, residente à Rua ANTÔNIO DE GODÓI, 91 com ferimento de bala penetrante da cavidade torácica; JOÃO BAPTISTA DE OLIVEIRA FILHO, de 21 anos, solteiro, residente à Rua SOUZA LIMA, número 24, com ferimento perfuro contuso na fronte frontal esquerda; ORLANDO DE ALVARENGA, de 32 anos, casado, empregado de cartório, residente à Rua MARANHÃO, com ferimento perfuro contuso na região lombar, que viria a falecer em 12 de agosto; SEBASTIÃO ALVES DE OLIVEIRA, de 19 anos, copeiro, com ferimento de bala na região glútea direita; FRANCISCO ANTÔNIO VALENTE, de 19 anos, morador na rua 21 de Abril, número 313, com ferimento de bala no braço esquerdo e no peito; DOMINGOS NÓBREGA FILHO, de 21 anos, açougueiro, morador à Alameda Santos, número 362, com um ferimento perfuro contuso produzido por bala no pé direito e outro na coxa do mesmo lado.
Horas depois, as iniciais dos nomes dos mortos haverão de formar a sigla da sociedade, a princípio secreta, que viria a ser forja e martelo da revolução constitucionalista: MMDC.
O poeta da Revolução Constitucionalista, GUILHERME DE ALMEIDA, canta em “A SANTIFICADA”: “E houve uma noite de heroísmo/ Que marcou o teu batismo de glória;/ e por isso é que Tens quatro letras gravadas/ Nas quatro estrelas douradas/ Do topo: MMDC.
MÁRIO MARTINS DE ALMEIDA nasceu em São Paulo, no dia 8 de fevereiro de 1901. Era filho do CORONEL JULIANO MARTINS DE ALMEIDA e de Dona FRANCISCA ALVES DE ALMEIDA. Foi estudante do MACKENZIE COLLEGE, tendo terminado os seus estudos sobre a direção do Professor ALBERTO KULLMAN. Era fazendeiro em SERTÃOZINHO estando naquele dia, isto é, 23 de maio de 1932 (31 anos) em São Paulo, de passagem em visita a seus pais. Foi sepultado no Cemitério da CONSOLAÇÃO.
EUCLIDES BUENO MIRAGAIA nasceu em SÃO JOSÉ DOS CAMPOS, no dia 21 de abril de 1911. Era filho de JOSÉ MIRAGAIA e de Dona EMÍLIA BUENO MIRAGAIA. Foi aluno da Escola de Comércio “CARLOS DE CARVALHO” de onde se transferiu no 3º ano para a ESCOLA DE COMÉRCIO “ÁLVARES PENTEADO”. A 23 de maio de 1932 (21 anos) quando foi ferido e morto era auxiliar de um Cartório em São Paulo.
DRAÚSIO MARCONDES DE SOUZA era um jovem estudante. Nasceu em São Paulo em 22 de setembro de 1917. Era filho de MANOEL OTAVIANO MARCONDES DE SOUZA e de dona OTÍLIA MOREIRA DA COSTA MARCONDES. Ferido no dia 23 (15 anos incompletos) falecia no dia 28 de maio de 1932, a 1 hora e 50 minutos.
ANTÔNIO AMÉRICO DE CAMARGO ANDRADE, nasceu no dia 3 de dezembro de 1901. Filho de NABOR DE CAMARGO ANDRADE e dona HERMELINDA NOGUEIRA DE CAMARGO. Era casado e residente em CAMPINAS. Morreu em 23 de maio de 1932 (31 anos) deixando viúva dona INALAH TEIXEIRA DE CAMARGO e 3 filhos: CLÉSIO, YARA e HERMELINDA.
Os restos mortais dos heróis repousam no Monumento Mausoléu do Soldado Constitucionalista de 1932, no IBIRAPUERA, Capital.   
AURELIANO LEITE lembra que o MMDC começou num jantar num restaurante da RUA DAS FLORES, hoje SILVEIRA MARTINS, o “POSILIPO”. Foi a 24 de maio, e “éramos apenas quatro” em torno à mesa: “J. A. SAMPAIO VIDAL, membro do governo empossado, PRUDENTE DE MORAIS NETO, PAULO NOGUEIRA FILHO e eu”.
Trataram de abreviar a refeição, logo puseram mãos à obra. Daí a duas horas estavam reunidas no salão de chá do CLUBE COMERCIAL (à Rua LÍBERO BADARÓ) “VINTE E TRÊS PESSOAS DISPOSTAS A TODO SACRIFÍCIO”; J.A. SAMPAIO VIDAL, pelo governo; PAULO NOGUEIRA FILHO, CESÁRIO COIMBRA, FRANCISCO MESQUITA e AURELIANO LEITE, pelo Partido Democrático; FRANCISCO ALVES DOS SANTOS FILHO, EDGAR BATISTA PEREIRA, BERNARDO DE MORAIS e ALBERTO AMERICANO, pelo Partido Republicano Paulista; CARLOS DE SOUZA NAZARETH e BRENO FERRAZ, pela Associação Comercial; ANTÔNIO CARLOS PACHECO E SILVA, pelas classes liberais; CAPITÃO ANTÔNIO PIETCHER, técnico militar; ROBERTO VITOR CORDEIRO, JOSÉ TELES MATOS, GASTÃO SARAIVA, HERMAN DE MORAIS BARROS e FLÁVIO BATISTA DA COSTA, pelos estudantes; MOACIR BARBOSA, VALDEMAR SILVA e BRÁULIO SANTOS, pelos bancários; JORGE SOUZA REZENDE e TIAGO MASAGÃO FILHO”. Assinaram no outro dia a ta da reunião: SÍLVIO DE CAMPOS, JÚLIO MESQUITA FILHO e ANTÔNIO PEREIRA LIMA.
Alguns dias depois, EDGAR BATISTA PEREIRA lembrou os quatro mortos de 23 de maio para patronos espirituais da sociedade, que até então se chamava GUARDA PAULISTA. Representar-se-iam pelas iniciais: após alguns debates a sugestão foi aceita e daí a GUARDA ficou sendo a MMDC. Dividindo a cidade em vários setores, confiando cada qual a uma liderança, em menos de dez dias já contava a MMDC com cerca de cinco mil homens.
Na primeira vez em que apareceu em público, tinha a MMDC este Conselho Diretivo: SÍLVIO DE CAMPOS, PRUDENTE DE MORAIS NETO, CARLOS DE SOUZA NAZARETH, ANTÔNIO PEREIRA LIMA, ANTÔNIO CARLOS PACHECO E SILVA, AURELIANO LEITE e CAPITÃO ANTÔNIO PIETCHER (como assessor militar). Num domingo, a concentração e parada aconteceu no CANINDÉ. Compareceram mais de mil chefes e sub-chefes de grupos. “Assombrou a cidade e alarmou o BRASIL”, daí a pouco, sabendo de tudo pelos boatos as proporções foram multiplicadas.
O Governo de SÃO PAULO oficializou a MMDC em 10 de agosto – e entregou sua direção a um decenvirato: LUIZ PIZA SOBRINHO, PRUDENTE DE MORAIS NETO, JOSÉ CÁSSIO DE MACEDO SOARES, LÉVEN VAMPRÉ, ANTÔNIO CARLOS DE ABREU SODRÉ, JOAQUIM CELIDÔNIO FILHO, ELIAS MACHADO DE ALMEIDA, CESÁRIO COIMBRA, JAIME LEONEL, MÁRIO BASTOS CRUZ, ABELARDO VERGUEIRO CÉSAAR, ALARICO SOARES CAIUBI e CARLOS DE SOUZA NAZARETH. Esse decenvirato prosseguiu até o fim do Movimento Constitucionalista.
Em seguida a esse Conselho Geral, a MMDC compreendia três grandes divisões: a DIREÇÃO GERAL DO ABASTECIMENTO, a INTENDÊNCIA GERAL e o DEPARTAMENTO DE FINANÇAS.
Originalmente, a MMDC instalou-se na FACULDADE DE DIREITO. Passou-se, depois, para o antigo edifício do FORUM à Rua do Tesouro, esquina da 15 de Novembro (onde depois foi instalada a Caixa Econômica Estadual). Depois com a ampliação de seus serviços veio a instalar-se na Escola de Comércio ÁLVARES PENTEADO.  
Nessa data era reformado o GENERAL DE BRIGADA MIGUEL COSTA – MIGUEL COSTA foi promovido a GENERAL DE BRIGADA pelo DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO de 11 de novembro de 1930. O BOLETIM DO EXÉRCITO publicou o ato da promoção em 15 de novembro daquele ano. Foi ele designado para assumir o Comando da 3ª Brigada de Infantaria da 2ª Região Militar. No dia 5 de dezembro de 1930 foi designado Secretário de Estado dos Negócios da Segurança Pública. No dia 29 de abril de 1931 foi designado COMANDANTE GERAL DA FORÇA PÚBLICA.
Dentre as inúmeras solenidades que comparecemos em homenagem a esta data, calou fundo na memória quando o MARECHAL-DO-AR MÁRCIO DE SOUZA E MELLO, então Comandante da QUARTA ZONA AÉREA, leu a Ordem do Dia alusiva ao 23 de maio de 1964 ao pé da placa de bronze que assinala, na Praça da República, o local em que tombaram MARTINS, MIRAGAIA, DRÁUZIO e CAMARGO. A FORÇA AÉREA BRASILEIRA vinha pela primeira vez à PRAÇA DA REPÚBLICA proclamar a sua inteira identificação com os jovens de SÃO PAULO, com a mocidade estudantil da terra abençoada. Vinha assegurar, também, que os ideais de 1932, eram os mesmos daqueles que a tudo se dispuseram para livrar o BRASIL da desordem, da corrupção, do comunismo internacional, quando da Revolução de 1964.
Nessa placa de bronze está escrito “MARTINS, MIRAGAIA, DRÁUSIO e CAMARGO foram bravos – foram paulistas – aqui tombaram pelas 13 listas – 1932 – 1956 (ano da colocação da placa).
Em 23 de maio de 1968, disse o Comandante da QUARTA ZONA AÉREA na Praça da República: “Aqui também está o altar da Pátria! E pensando nela, a Pátria que os mercenários não venceram, nós, representantes da FORÇA AÉREA BRASILEIRA, associando-nos ao ardor da mocidade de SÃO PAULO, estamos certos de atender ao estímulo do poeta, tão caro aos jovens desta Terra, assegurando que: JAMAIS A DEIXAREMOS MORRER!”.  
Em 23 de maio de 1975, no Ibirapuera,  palanque estava repleto de gente e, na frente, o governador PAULO EGYDIO e o prefeito OLAVO SETÚBAL, entre muitas outras pessoas. Um vento intenso fazia tremular centenas de bandeiras brasileiras e paulistas defronte ao Monumento Mausoléu do Soldado Constitucionalista de 1932. PAULO BOMFIM faz a declamação: “Maio de outrora revive/ Na saudade aqui presente / Maio de paz e de guerra, / Capacetes de esperança / Alma do povo e da terra / Voz de ideal, canto de amor / E o MMDC/ É sigla, é sangue, é vitória / Santa senha, pira ardente / Bandeira bem bandeirante / No coração de São Paulo – Maio de outrora revive / Nos campos de Ibirapuera.”
Nas comemorações do DIA DA JUVENTUDE CONSTITUCIONALISTA, em 2006, o orador JOÃO BAPTISTA DE OLIVEIRA fez, com rara felicidade, no interior do Monumento Mausoléu, uma comparação com a sigla MMDC MARTINS, MIRAGAIA, DRÁUSIO E CAMARGO. Disse ele que também significa, pela abrangência de seu papel na história da nossa Nação, com:
MOTIVAÇÃO – MOBILIZAÇÃO – DIGNIDADE e CARÁTER. E 23 de Maio traduz tudo isso. E daí o nosso ufanismo pela feliz idéia da Associação em trazer essa data ao seu nome. Sabemos que a cultuarão sob a égide das palavras de J.B. MOTIVAÇÃO e MOBILIZAÇÃO já fizeram. DIGNIDADE e CARÁTER é o futuro que almeja os senhores dessa Associação.     
Uma das canções mais expressivas exaltando a revolução, traduzindo a história de uma mãe que perdeu seu único filho, imolado nas duras refregas do TÚNEL, é a canção intitulada NA SERRA DA MANTIQUEIRA. O jovem havia se alistado para defender os ideais constitucionalistas dos Bandeirantes. Muitas outras mães choraram seus filhos mortos na cruenta revolução, que vitimou brasileiros dos dois lados, num total de 830 (630 do lado dos paulistas e 200 do lado dos ditatoriais). Ei-la:
Na Serra da Mantiqueira                        
Sob a fronde da Mangueira                   
Que ela em moça viu plantar                
Sentadinha no seu banco                      
Traçando o cabelo branco                    
Mãe Maria vai sonhar                            

Dos amores do passado                       
Só lhe resta um filho amado                
Que lhe dá felicidade                            
Ela é todo o seu encanto                  
Alegria o fruto santo                         
Da longínqua mocidade                   

E nas nuvens que correndo           
E vão no céu aparecendo              
Pra no ocaso descansar                    
Ela vê seus belos dias                       
De venturas e alegrias                       
Que jamais hão de voltar                  

Eis porém que veio a guerra
Abalando toda a Serra
Com o rugido do canhão
Mãe Maria amargurada
Vê seu filho lá na estrada
Se sumir no batalhão

Segurando seu rosário
No seu banco solitário
Mãe Maria reza agora
Pede a Deus ardentemente
Que lhe mande o filho ausente
Que já tanto se demora

E numa tarde ao sol poente
Ela escuta de repente
A voz meiga do rapaz
Que lhe diz tal como em vida
Muito em breve Mãe querida
Lá no céu me encontrarás.

(No dia 6 de julho de 2009, em magistral cerimônia da comemoração dos 77 anos da Revolução Constitucionalista, com a entrega do COLAR CARLOS DE SOUZA NAZARETH, no TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO o CORAL BACARELLI executou essa canção.

Palavras de EUCLIDES FIGUEIREDO sobre o 9 de Julho: “Apesar de fria a noite, abrimos as janelas da limousine em que viajávamos, para facilitar qualquer reação. Eram sete homens decididos a arrostar tudo para chegar a tempo aonde nos levava a palavra empenhada: o CAPITÃO RIBEIRO DA COSTA; TENENTES JOSÉ LOBO, JOAQUIM CAMARINHA e MARIO GOULART; os civis JOÃO DARÉ e MÁRIO CABRAL. Na manhã seguinte (quer dizer, 9 de julho) partiram de trem o CORONEL PALIMÉRCIO, Doutor LUÍS GUIMARÃES, deixados para trás com a missão de avistar outros companheiros que com a pressa não puderam ser alertados. No mesmo trem ainda sem se falarem viajavam outros oficiais integrados na causa, o civil FRANCISCO ANTUNES JÚNIOR e o meu filho mais velho GUILHERME, que iludira na madrugada a vigilância dos policiais que já cercavam a minha casa. Primeioanista de Direito, ia receber sua melhor aula de Direito Público e de amor à democracia.”
Às quatro horas da madrugada daquele mesmo dia, em que logo a noite se cobriria de glória o comandante da arrancada de “9 de Julho”, iniciava a ronda pelas guarnições do Norte do Estado, que horas depois estariam sob suas ordens. Avistou-se com o CAPITÃO LUÍS DE ANDRADE FARIA, comandante do 1º Batalhão do 5º RI, em PINDAMONHANGABA, deixando recado ao MAJOR QUINTILIANO DE CASTRO E SILVA, em CAÇAPAVA, manteve longa e decisiva conferência com o CORONEL JOSÉ JOAQUIM DE ANDRADE, que desempenharia função de relevo no VALE DO PARAÍBA. Conclui FIGUEIREDO: “Dali (CAÇAPAVA),s em mais preocupações sobre aquele ponto importante, urgia continuar para a capital do Estado, onde os mais sensacionais acontecimentos nos aguardavam. E lá chegamos por volta das 9 horas da manhã do dia 9 de julho, sem pensar que naquele mesmo dia eu seria chamado a desempenhar o saliente papel que a confiança dos camaradas de armas e dos civis nossos amigos, secundados pelo povo do heróico Estado me reservava: o de fazer eclodir e comandar o mais brilhante movimento cívico da história do Brasil republicano.”
No segundo trem noturno do dia 9 de julho, embarcou na Estação do RIO DE JANEIRO, o GENERAL JOSÉ LUIZ PEREIRA DE VASCONCELOS, novo comandante da 2ª RM, em SÃO PAULO. Desembarcava em CAÇAPAVA e aderia à Revolução Constitucionalista. A FORÇA PÚBLICA DE SÃO PAULO, braço forte do Exército Constitucionalista era comandada pelo CORONEL JÚLIO MARCONDES SALGADO. As tropas paulistas no VALE DO PARAÍBA foram comandadas pelo CORONEL FIGUEIREDO, que contava com três destacamentos: o do CORONEL ANDRADE, o do CORONEL PAIVA SAMPAIO e do CORONEL ABÍLIO DE RESENDE. A FRENTE NORTE esteve a cargo da FORÇA PÚBLICA (DESTACAMENTO ROMÃO GOMES) e a FRENTE SUL a cargo do DESTACAMENTO BRASÍLIO TABORDA.
A respeito do MOVIMENTO CONSTITUCIONALISTA disse MENOTTI DEL PICCHIA – “O MAIS BELO E COMOVENTE MOVIMENTO DA HISTÓRIA DAS AMÉRICAS E QUIÇÁ DO MUNDO”.
MARTINS FONTES disse, enfático: “Em GUANABARA, sob o sol que amamos / Rebradaremos, com bravor febril / Nós, de SÃO PAULO, rebrasilizamos / Os Estados Unidos do BRASIL.”
GUILHERME DE ALMEIDA, poeta da Revolução, proclamou: “Bandeira que é o nosso espelho / Bandeira que é a nossa pista! / Que traz no topo vermelho / o coração do Paulista!”
A disciplina, no dizer do GENERAL CADORNA,”é a pedra angular de toda formação militar” e “deve pela colocação em segundo plano da tropa a preocupação individual, criar a cooperação de todos, colimando um fim único: a vitória”. Essa disciplina foi amplamente notada na Revolução Constitucionalista de 1932.

“O mineiro JUSCELINO KUBITSCHEK, oficial da FORÇA PÚBLICA DE MINAS GERAIS, que atuou ao lado do Governo Provisório de GETÚLIO VARGAS, quando Presidente da República, referiu-se assim sobre 1932: “.... uma daquelas causas pelas quais os homens podem viver com dignidade e morrer com grandeza”. O carioca EUCLIDES FIGUEIREDO comandou no VALE DO PARAÍBA, a principal das Divisões do Exército Constitucionalista. Disse considerar a Revolução “o mais brilhante movimento cívico da história do BRASIL republicano”. O gaúcho BERTOLDO KLINGER generalíssimo revolucionário, escrevendo ao supremo comandante ditatorial, o GENERAL GÓIS MONTEIRO, descreveu o ânimo que descobrira entre o povo paulista: “....os ricos entregam o seu ouro com discrição britânica e bravura romana; as senhoras despojam-se de suas jóias; os bispos entregam o ouro das igrejas e as suas próprias cruzes pectoriais; os casais pobres levam à coleta suas alianças; os advogados, os médicos, os seus anéis....” Estas definições completam-se com a da respeitada “História do Exército Brasileiro”, editada pelo Estado Maior do Exército: “O nosso maior movimento armado. O valor e a capacidade do homem, do brasileiro em face da adversidade, superaram todas as expectativas, não só no campo material, das improvisações e imaginação, mas, também, no campo da elevação moral e espiritual, diante da causa e motivação para a defesa das suas convicções”. Estas definições, nenhuma assinada por paulista, mostram que a História, pelo juízo dos homens, fez e vai fazendo justiça à Revolução Constitucionalista: foi ela a explosão de um idealismo levado às últimas conseqüências.
É verdade que há críticos. Alguns deles insistem em que entre os idealistas a reclamar eleição e Constituição, havia separatistas. Haveria uns cinqüenta, certamente menos de cem. Não formariam mais do que um magro batalhão. Nem conduziram o povo para a Revolução.
Mas... insistem os críticos, são os “revanchistas”, os despeitados que se incorporaram à Revolução tendo por objetivo reconquistar as posições, o poder, perdidos em 1930? De fato, haveria gente assim, entre os que fizeram 1932. Talvez, mobilizados, dessem dois esquálidos batalhões. Não mais.           
No entanto, os seis milhões de habitantes do Estado aplaudiram e aderiram. Uma adesão assim unânime jamais resulta de enganos, de desencontros. Quase cem mil homens pediram armas e lugar nas trincheiras: estudantes, funcionários, agricultores, comerciários, pretos, pardos, brancos; pobre, ricos; casados, solteiros. Sem prática das durezas da luta, marcharam e combateram – quinze a dezoito mil deles – enquadrados por mais ou menos dez mil praças da Força Pública (a Polícia Militar de hoje) e quase três mil recrutas do Exército Nacional. Assim se formou o Exército Constitucionalista. Para ele, foi preciso fabricar dentro do Estado o que hão havia: armas e munições. A criatividade e o esforço revolucionário montaram fábricas das quais saíram balas para fuzil (240 mil/dia no final da luta), granadas para canhões (200/dia no término da campanha), capacetes de aço (70 mil), máscaras contra gás, rações de campanha, trens blindados, carros de assalto, lanchas blindadas, minas marítimas e terrestres, carros lança-chamas, além de armas psicológicas de efeito extraordinário no substituir armas inexistentes. Entre essas “armas de mentirinha”, a matraca, que imitava o “matraquear” de metralhadora pesada e o “canhão bresseriano” ou canhão fantasma que não disparava, mas enganava a observação aérea.
A guerra toda decorreu entre julho e começos de outubro. Tempo frio, ríspido, nos campos do sul do Estado e na Serra do Mar, onde a campanha foi mais duramente combatida. Portanto, houve precisão de vestir, agasalhar e alimentar entre 25 a 30 mil. Não havendo indústria, nem dinheiro suficiente para atender a tais necessidades, 80 mil mulheres, trabalhando graciosamente, costuraram fardamentos, teceram agasalhos, prepararam material médico, cozinharam refeições, atenderam a hospitais, atenderam as famílias cujos arrimos haviam seguido para as trincheiras.
Uma guerra, travada em cinco frentes, sem comunicação com o exterior para vender produtos da terra cercada (no caso, café), custa muito caro. Além da guerra, era preciso que a vida, no Estado, prosseguisse, normal o quanto possível: armazéns fornecendo, escolas ensinando, trens trafegando, farmácias atendendo, lâmpadas acendendo. E o tesouro do Estado, em tempo de crise mundial e principalmente nacional e paulista, estava a zero. Para socorrer o Tesouro e manter a vida civil regular e o Exército combatendo, fez-se a Campanha do Ouro Para o Bem de São Paulo, a que se referiu o GENERAL KLINGER na frase citada.

Mas se tão empenhado e poderoso foi esse ideal constitucionalista, ficou restrito a SÃO PAULO? Ninguém, em parte alguma do BRASIL, moveu-se para sustentá-lo, por atos ou mesmo por gritos? Pois houve gente assim e muita e em muitos lugares. Afinal, a Revolução deveria ser feita pela FRENTE ÚNICA – larga corrente de liberais, principalmente do RIO GRANDE DO SUL, de MINAS GERAIS, do DISTRITO FEDERAL (hoje RIO DE JANEIRO), do MATO GROSSO e outros Estados. O porquê de, a 9 de julho, somente SÃO PAULO e a parte sul do MATO GROSSO cumprirem o combinado, é um capítulo que ainda está sendo escrito.

Os que deveriam marchar e combater ao lado de SÃO PAULO marcharam e combateram contra SÃO PAULO. Nem por isso, o ideal deixou de levantar eco e despertar combatentes em outros sítios: Assim, ao norte, ao sul, ao leste e ao oeste, brasileiros houve que responderam ao grito de “CONSTITUIÇÃO E ELEIÇÕES LIVRES! Levantado em 1932, junto ao riacho do IPIRANGA, como em 1822 ali fora levantado o grito de “INDEPENDÊNCIA!”

Esses lutadores, no MATO GROSSO. No RIO GRANDE DO SUL (com ênfase para SOLEDADE, os frentistas gaúchos que, à sua moda e sem esperanças, tentaram montar um governo constitucionalista no pampa), no RIO DE JANEIRO, na BAHIA, no PARÁ (o celebre episódio de ÓBIDOS, onde os artilheiros do forte morreram todos após o naufrágio de suas barcaças, atacadas pelas forças de ditadura, que os executaram), no PARANÁ (cidades de CASTRO e SENGÉS), em MINAS GERAIS (principalmente em VIÇOSA e ARAPONGA), em SÃO PAULO, dominados pela força do Governo VARGAS, foram completamente vencidos? Diz a “HISTÓRIA DO EXÉRCITO BRASILEIRO”: “vencedor único, o BRASIL” Pois 723 dias depois do 9 de Julho, o BRASIL ganhava a CONSTITUIÇÃO. E o brasão de armas de SÃO PAULO, criado durante a Revolução, diz “PELO BRASIL FAÇAM-SE GRANDES COISAS”. E a bandeira do Estado, o último Estado brasileiro a adotar uma bandeira, é a única, entre as bandeiras estaduais a ostentar o MAPA DO BRASIL.”

Em 1982, quando se completaram 50 anos do Movimento Constitucionalista é comovente o pronunciamento de AURO SOARES DE MOURA ANDRADE: “...àqueles que morreram aos milhares nos campos rasos da luta, da mais nobre luta e da mais bela luta, a luta pelos direitos do homem, a luta pela liberdade da pátria, a luta pela conquista de uma constituição e pela garantia de uma vida tranqüila e próspera para o nosso povo”.....”decorridos 27 anos, sabe todo o Brasil que não se tratava de um movimento separatista, mas de uma revolução que integrava na vida política todo o restante de seu povo. Longe de separar, era a revolução que unia Norte a Sul para o mesmo pensamento jurídico, o mesmo pensamento cívico visando a reconstitucionalização do país”. Ainda disse AURO SOARES DE MOURA ANDRADE: “a vitória não foi alcançada nas armas, foi alcançada nas consciências, na convicção do homem”. Em aparte, o deputado SÉRGIO MARINHO disse que se penitenciava de ter lutado contra São Paulo, por estar hoje convencido de que a revolução constitucionalista foi um dos maiores movimentos cívicos registrados no país.” 

PEDRO PAULO PENNA TRINDADE, Vice-presidente do Conselho Deliberativo do MMDC assim se pronuncia:                  
Dias atrás, um jovem amigo paulistano me perguntou o porquê do feriado de 9 de Julho. Refleti, um pouco indignado, mas com paciência tentei explicar o que foi a guerra paulista de 1932. Se quisermos entrar no âmago dessa guerra fratricida, perdida nas armas e ao mesmo tempo vitoriosa para o constitucionalismo brasileiro, temos de voltar no tempo e aos anseios da jovem oficialidade, em especial do Exército, que queria democracia plena, e não a hipocrisia e as oligarquias das elites, heranças do Império, somadas aos “currais eleitorais” trazidos pela República. Estes movimentos ficaram conhecidos como Tenentismo. A primeira grande revolta armada tenentista ocorreu em 1922, no RIO DE JANEIRO, no governo EPITÁCIO PESSOA, que tinha nomeado um civil para o Ministério da Guerra. Para culminar os ânimos, mandou fechar o Clube Militar, cujo presidente era, nada mais, nada menos, que seu desafeto político MARECHAL HERMES DA FONSECA, presidente da República entre 1910 e 1914. Esta revolta ficou conhecida como OS 18 DO FORTE DE CAPACABANA. A Revolução Paulista de 1922, também de origens tenentistas e de que poucos têm conhecimento, tinha o propósito de derrubar o presidente do Estado WASHINGTON LUIZ e, conseqüentemente, o presidente da República, ARTUR BERNARDES, EDUARDO GOMES, SIQUEIRA CAMPOS, JOÃO CABANAS, LUIZ CARLOS PRESTES, JOAQUIM e JUAREZ TÁVORA, MIGUEL COSTA, CORDEIRO DE FARIAS, entre outras figuras da nossa História moderna, eram capitães e tenentes revolucionários. Em conseqüência das derrotas tenentistas de 1924, formaram-se as legendárias Coluna  MIGUEL COSTA e COLUNA DA MORTE, esta comandada por JOÃO CABANAS. De revolução em revolução, veio a de 1930, que levou GETÚLIO VARGAS ao poder como ditador absoluto. SÃO PAULO, com seus ideais de liberdade, preparou-se e se armou, com o apoio do Estado de MATO GROSSO, para lutarem sozinhos contra as tropas federais de VARGAS, tentando tirá-lo do poder. As batalhas ocorreram de julho a outubro de 1932 e esta foi, sem dúvida, a maior epopéia do povo paulista. Hoje, muitos que passam no Parque Ibirapuera olham sem entender o imponente Obelisco, monumento-símbolo da Revolução de 9 de Julho de 1932, iniciada nesse dia com a morte traiçoeira dos estudantes paulistas MARTINS, MIRAGAIA, DRÁUSIO e CAMARGO – MMDC. Os quatro mártires, juntamente com centenas de voluntários, oficiais e soldados constitucionalistas mortos em batalhas, jazem na cripta sob o Obelisco. E também quase ninguém sabe! Lá é solo sagrado ! Quem quiser comemorar o feriado que vá ao Obelisco e reze pela paz eterna dos que obrigaram o ditador VARGAS a promulgar a segunda Constituição da República, em 1934. Vitória! Por isso é feriado paulista em 9 de Julho, para podermos festejar e rememorar os ideais da Revolução Constitucionalista de 1932.
CARÍSSIMOS INTEGRANTES DA ASSOCIAÇÃO DeMOLAY ALUMNI DO ESTADO DE SÃO PAULO “23 DE MAIO”.
O Brasil é um país que resiste na beira do abismo. Abençoado por Deus e pela natureza, vive na dúvida entre o atalho do atraso e a reta da certeza. Uma nação que maltrata sua história e não agradece, todos os dias, a generosidade divina que nos concedeu uma extensão territorial de dimensão continental, rica em terras férteis, praias que enchem os olhos do mundo inteiro, água doce em abundância, fauna e flora que não devem nada aos países mais ricos.
Todos os versos e cantos ufanistas de nossa Pátria são verdadeiros e merecem o cultivo da eternidade. Quando Gonçalves Dias declama que “Nossa terra tem palmeiras, onde canta o sabiá...”, pratica um ato de civismo exemplar pelo caminho encantador da poesia. Assim como outros brasileiros exemplares, Gonçalves Dias tentou plantar raízes de civismo e amor à Pátria.
Civismo é a difícil tarefa de amar, em grandeza superior, os valores do País, do Estado e do Município. Uma pessoa acometida do vírus cívico é aquela que consegue romper os muros estreitos e menores de um cotidiano medíocre para se envolver em lutas e projetos que dignifiquem a vida. É fácil, cômodo e comum viver a pobre rotina da casa para o trabalho e de trabalho para casa, intercalada por um tempo livre que nada acrescenta e apenas  demonstra que existe gente que passa por este mundo sem nunca ter vivido.
E a grande tragédia contemporânea do Brasil é a crescente alienação de sua população em relação aos valores cívicos que deveriam nortear uma nação civilizada.
Os jovens desapareceram das praças e a  política, ciência superior do poder, deixou de ser pensada e discutida nas esquinas, evidenciando uma decadência social e cultural de elevada periculosidade cívica. A história nos ensina que o afastamento da juventude é um sinal de alarme para as nações, exigindo dos patriotas uma providência qualquer diante da falência de nossas instituições.
Por muito menos do que acontece no Brasil de 2010, os paulistas pegaram em armas dia 9 de Julho de 1932. Data máxima do povo paulista, 9 de Julho é a referência de honra e glória que jamais deixaremos desaparecer de nossa história.
Fizemos a maior guerra civil da história do Brasil em busca de uma Constituição para conquistarmos a democracia. Fomos derrotados militarmente, mas vencemos politicamente. Mesmo com a ditadura usando o rádio como propaganda enganosa, vendendo ao Brasil a idéia de que nossa revolução era separatista, liderada pelos italianos e barões do café, conseguimos a Constituição em 1934 e grandes avanços em direção à cidadania, como a conquista do voto feminino, por exemplo.
9 de Julho é o exemplo para sempre. Em 1932 fizemos a maior guerra cívica militar. Em 2010 precisamos, em paz, promover esse movimento cívico, partindo de São Paulo, para resgatar a ética, o próprio civismo e a cidadania numa nação destroçada pela corrupção.
O Brasil precisa buscar o exemplo nos tempos atuais da Epopéia de 32, onde o IDEAL DO DIREITO era a única meta daqueles 130 mil homens,  mulheres e crianças envolvidos no Movimento Constitucionalista Eles conseguiram, embora derrotados pelas armas, o retorno da Carta Magna do País. A eles nosso preito de gratidão!  
Encerrada a solenidade, vamos nos despedir das pessoas que fizeram parte dessa sessão e, com CAMILA e MARKUS, deixamos o Palácio Maçônio ca GLESP. O CORONEL PM MENDES vai me levar até a Estação ARMÊNIA e retornamos para nossos lares.
Em casa, embora cansado, vou trabalhar no computador. Recebo alguns recados pela Internet:
Rodrigo Guilherme Varotti Pereira deixou um novo comentário sobre a sua postagem "23 DE MAIO DE 2010":
Boa Noite Coronel Ventura.
Nós da Associação DeMolay Alumni do Estado de São Paulo - ADASP "23 de Maio" somos eternamente gratos pela brilhante palestra ministrada nesse dia importante de nossa instituição.
Acretidamos na causa que mobilizou os heróis de 1932 na busca da liberdade pela luta armada.
Os princípios dispostos vão ao encontro das virtudes que regem nossa Ordem: a reverência pelas coisas sagradas, o amor filial, a cortesia, a pureza, o companheirismo, a fidelidade e o patriotismo.
Muito obrigado. Honrados somos com a sua amizade e colaboração.
Rodrigo Guilherme Varotti Pereira
Vice-Presidente da ADASP 23 de Maio

CARÍSSIMO DOUTOR RODRIGO
Acabara de colocar no blog o "24 de maio", onde conta os lances do enterro dos mortos na madrugada e também fizera algumas correções com referência à palestra, quando vejo a sua mensagem. Agradeço as suas palavras gentis e gostaria de transmitir o convite para o evento do DIA DA JUVENTUDE CONSTITUCIONALISTA na terça-feira, dia 25, às 19 horas, no Salão Nobre da Câmara Municipal.
Sei que o tempo é exiguo, mas a internet faz verdadeiros milagres.
Alguém pronunciou a palavra "UNIÃO" na memorável noite em que tive a honra de estar ao lado de uma juventude latente de grandes propósitos. É isso que queremos, ou melhor, que precisamos, que necessitamos. 
Estou ao inteiro dispor de vocês. Desde já somos irmãos em princípios sadios e de um desejo fervoroso que nossa Nação alcance a plenitude no seio internacional. O BRASIL merece melhor sorte e é a juventude de hoje que fará a história de amanhã.
Para citar em minhas memórias os maravilhosos lances desta noite, se for possível, mande-me o histórico da Associação no seu aspecto nacional e o inicio em 2006 em São Paulo. Se não for pedir muito, gostaria de ter os nomes principais do evento, como o do GRÃO-MESTRE que presidiu os trabalhos e o irmão de MANAUS. Futuramente, quando retornar o 23 de maio ao ar, essa sessão de hoje irá constar das minhas memórias, com muita honra.

Caro Ventura,
Primeiramente agradeço sua consulta à família.
Realmente precisamos de seu apoio, pois meu pai ainda não captou a gravidade de seu estado: pneumonia crônica, coração com três “stents” e ainda com uma artéria 70% lesionada, pressão alta.
Ontem por exemplo, ele havia ”insistido firmemente” com minha mãe que ele iria à solenidade do 23 maio e que já estava “decidido”.
Ontem à tarde o Dr. Ricardo, cardiologista, esteve com meus pais e à noite veio à minha casa onde conversamos sobre o caso. Por isso estou respondendo somente agora.
Meu pai colocou-o em contato com o Mendes. A esta hora ele já deve ter falado com você.
A muito custo o médico convenceu meu pai a não ir ao evento.
No entanto, com o tempo, ele terá que dosar suas atividades para não ficar sem fazer nada.
O ponto está nessa dosagem que ele sozinho não irá conseguir, a não ser com ajuda da família e daqueles que o cercam, por ex. o MMDC.
Pode ser que no 09 de Julho ele possa estar presente com uma participação controlada.
Quanto ao contato com o Cmt da PM, eu sugeriria que ele tratasse do assunto por telefone com o Cmt e depois o MMDC indicaria alguém que fosse tratar em detalhes com a pessoa que o Cmt certamente indicará.
Não é o mesmo que ir pessoalmente, mas seria um meio termo.
Creio que, pensando juntos, acharemos uma solução.
Quanto à carta com o pedido de licença, ainda está em cogitação.
Já conversei com a família sobre isso, principalmente com minha mãe que abordou o assunto com ele, que em princípio aceitou: isso foi antes de ele sair do hospital.
Acho que isso será uma forma para ajudá-lo nessa nova fase sem causar um sentimento de frustração.
Abraços,
Aldo

CARISSIMO ALDO
É complicado abordar a situação de seu pai sem magoá-lo. O caso de querer falar com o Cmt Geral é desnecessário porque toda a famíÍia dele está sabendo da gravidade do Monumento Mausoléu principalmente porque os restos mortais do avô do Cmt Geral serão trasladados para lá no próximo 9 de Julho. Os oficiais que cuidam das obras também estão sabendo e o problema está na verba que o governo deverá mandar para a PM executar os trabalhos.
O que todos nós queremos é que se evitem as emoções nos encontros mais sérios, como foi hoje, onde até eu me emocionei com a solenidade do 23 de maio. Acho que somente com a ajuda do médico é que poderemos dosar a participação de seu pai. Vamos dar tempo ao tempo.

O CORINTHIANS fez a sua torcida sofrer, mas conseguiu vencer o FLUMINENSE, por 1 a0, nesta tarde no PACAEMBU, mantendo a liderança do Campeonato Brasileiro. É um desempenho de 100%, com nove pontos, com três vitórias. O resultado positivo, novamente, ajudou os corintianos a apagar um pouco mais a decepção pela eliminação na Taça LIBERTADORES DA AMÉRICA. O CORINTHIANS teve a ausência de RONALDO, que na véspera do jogo sentiu uma contusão na panturrilha e avisou o técnico MANO MENEZES, que preferiu poupá-lo.

A prévia dos confrontos brasileiros da semifinal da TAÇA LIBERTADORES – que só começam no final de julho, depois da COPA DO MUNDO – foi bem menos quente do que um jogo do torneio mais importante do primeiro semestre. Mas valeu bastante para o SÃO PAULO. A equipe tricolor passou pelo INTERNACIONAL por 2 a 0, em PORTO ALEGRE, com gols de HERNANES e FERNANDÃO, e somou sua primeira vitória no campeonato brasileiro.
O GUARANI por pouco não aprontou hoje, em CAMPINAS, uma desagradável surpresa para cima do CRUZEIRO. Chegou a estar vencendo por 2 a 0 (gols de ROGER), mas deixou o adversário chegar ao empate por 2 a 2, com gols de GIL e GUERRON. OUTROS RESULTADOS: FLAMENGO 3 x GRÊMIO PRUDENTE 1; ATLÉTICO MINEIRO 3 x ATLÉTICO PARANAENSE 1; CEARÁ 1 x VITÓRIA 0; AVAÍ 2 x VASCO 0. 

O BRASIL está pronto para dominar o ciclo nuclear completo em escala industrial. A inauguração da primeira fase da Usina de Hexafluoreto de Urânio, prevista para este ano, permitirá que o país atue em todas as etapas do beneficiamento do mineral radioativo, desde a extração até a fabricação do combustível nuclear em grande proporção. Com isso, o BRASIL fica independente de outros países no processo de enriquecimento, garantindo suprimento para as usinas nucleares e também para o futuro submarino nuclear.

2 011  :       - SEGUNDA-FEIRA
O Comandante Geral da Polícia Militar, CORONEL PM ÁLVARO BATISTA CAMILO e o Presidente da Sociedade Veteranos de 32-MMDC, CAPITÃO Ref GINO STRUFFALDI, têm a honra de convidar para a solenidade alusiva ao 79º Aniversário do DIA DA JUVENTUDE CONSTITUCIONALISTA DE 1932.
23 de maio de 2011
09 horas
Mausoléu do Soldado Constitucionalista de 32
Av Pedro Álvares Cabral – Ibirapuera – SP.

São condecorados com a Medalha MMDC no 79º Aniversário do DIA DA JUVENTUDE as seguintes autoridades:
General-de-Exército ADHEMAR DA COSTA MACHADO FILHO; Vice-Almirante LUIZ GUILHERME SÁ DE GUSMÃO; General-de-Brigada; CARLOS CESAR ARAUJO DE LIMA; Dr FRANCISCO GOMES DA SILVA; Inspetor JOEL DE MALTA SÁ; Dr IASIN ISSA AHMED; Dr JULIO TAKANO; Dr. MARIANO TAGLINATTI; Doutora DANIELA CAROLINA DA COSTA E SILVA; CEL Cav FRANKLIN CAMPOS DE OLIVEIRA; Doutor CARLOS TARGINO DA SILVA; CAPITÃO-DE-MAR-E-GUERRA CIRO DE OLIVEIRA BARBOSA; Dr ERASMO PEDROSO FILHO; Inspetor EDUARDO DE SIQUEIRA BIAS; Doutor ANDRÉ LUIZ DE MORAES RIZZO; Doutor PEDRO PAULO PENNA TRINDADE; Sr JOSÉ CHERINGTON NEVES BOARIN; Doutora KARLA CAMPOS; CORONEL Méd JOSÉ LUIZ RIBEIRO MIGUEL; Doutor JOÃO DE SOUZA FILHO; Doutor ADILSON PEREIRA; 2º SARGENTO PM ANA MARIA MAIROS ALENCAR DORES; CORONEL Int ULISSES DIAS DA COSTA; Dr ALEXANDRE RUDGE CASTILHO; CAPITÃO PM DANIEL RODRIGUES PRADO; Dr RODRIGO GUILHERME VAROTTI PEREIRA; 1º TENENTE R/2 JEFFERSON BIAJONE; Dr DIÓGENES DOMINGUS CALANDRIELLO; CORONEL PM ALMIR GONÇALVES ALBUQUERQUE; CORONEL PM JEAN-CHARLES OLIVEIRA DINIZ SERBETTO; CORONEL PM PEDRO BATISTA LAMOSO; CORONEL PM OSNI SÉRGIO SABBATINI.
Essa solenidade ultrapassa as nossas expectativas. Além dos agraciados e seus convidados, comparecem dezenas de associados e parentes. GINO STRUFFALDI, dona DINORAH e ALDO fazem a diferença quanto ao carinho demonstrado pelos presentes ao veteraníssimo de quase 97 anos e sua família. Ao mesmo tempo, MÁRIO, ALEXANDRE e ARTHUR são diferentes gerações da nossa ex-Comandante do Exército Constitucionalista, DIRCE PACHECO E SILVA, que por motivo de doença não pôde comparecer neste evento. Seu bisneto, que em junho completará o seu primeiro ano de existência, é o mais novo associado do MMDC. Esse é o milagre de nossa Sociedade: o presidente com 97 anos (que completará em 14 de junho) e ARTHUR.
A solenidade é presidida pelo Secretário de Segurança Pública, ANTONIO FERREIRA PINTO. Está presente o nosso Comandante Geral, CORONEL PM ÁLVARO BATISTA CAMILO. O Sub Cmt CORONEL PM DANILO ANTÃO FERNANDES, CORONEL PM LUIZ EDUARDO PESCE DE ARRUDA, CORONEL PM ANTONIO MARCOS ALVES MACIEL, CORONEL PM CARLOS BOTELHO LOURENÇO, CORONEL PM HERVANDO LUIZ VELOZO também honram a nossa solenidade. GENERAL OSVALDO OLIVA, ROMAGNOLLI, PEDRO PAULO PENNA TRINDADE, FRANCES DE AZEVEDO, CORONEL PM PAULO TENÓRIO DA ROCHA MARQUES, MARIA LÚCIA CAMARGO, CORONEL ARI CANAVÓ, enfim, dezenas de associados estão também conosco. Realmente essa solenidade supera outras já realizadas em 23 de maio. 
A TV GAZETA faz a cobertura do evento e levará cenas da solenidade ainda hoje ao ar. O GINO, alguns associados, são entrevistados sobre o que foi o Movimento Constitucionista de 1932.
O TENENTE JEFFERSON BIAJONE está emocionado e feliz por receber a Medalha MMDC. Também nosso amigo de CURITIBA, MARIANO TAGLIANETTI e familiares se mostram contentes com o evento. MARIANO também foi condecorado. Amanhã eles farão uma visita ao MMDC.
O MENDES e eu saímos do Monumento Mausoléu depois de conversarmos com dezenas de pessoas. Ele me deixa na Sociedade Veteranos de 32-MMDC. Recebemos alguns telefonemas de elogios pelo evento da comemoração do 79º Aniversário do DIA DA JUVENTUDE. Não tenho muito tempo porque, por volta das 15 horas, estou na primeira reunião do ano do Conselho Cívico e Cultural da Associação Comercial com GIANN0CCARO, que continua como coordenador; FRANCES DE AZEVEDO, como secretária e os amigos: CORONEL PM PAULO TENÓRIO DA ROCHA MARQUES, PEDRO PAULO PENNA TRINDADE, HELIODORO, ELOY, VALDIR ABDALLAH, ESCOBAR, MARCELO, LUIGI, SERRA e outros que compõem esse Conselho. Lógico que se falaria sobre o DIA DA JUVENTUDE, mesmo porque o GIANNOCCARO, TRINDADE (que foi condecorado com a Medalha MMDC), FRANCES, CORONEL PM PAULO TENÓRIO estiveram presentes ao evento. FRANCES declama uma poesia alusiva à data, com emoção:
JOVENS MENINOS

Oh, jovens idealistas,
À frente das treze listras,
Com ousadia, sem temor,
Avançaram com fervor!

Oh, jovens tão destemidos,
Pela causa, tão unidos,
Com tão pouca munição,
Foram contra a traição!

Oh, jovens iluminados,
Pelo frio transfigurados,
Na matraca, com engenho,
Puseram todo empenho!

Oh, jovens, que no passado,
Neste solo consagrado,
Trocaram a mocidade
Pela fé na liberdade!

Oh, jovens, que na trincheira,
Com vontade verdadeira,
Sem qualquer experiência
Lutaram com pertinência!

Oh, jovens, quase meninos,
Verdadeiros paladinos,
Pela historia consagrados
E por nós nunca olvidados!
Frances de Azevedo
MMDC/SP
Maio/2011.
 GIANNOCCARO já pensa numa solenidade sobre o DIA DO SOLDADO CONSTITUCIONALISTA e citamos as datas em que teremos eventos relativos ao Movimento Constitucionalista durante o mês de junho. Nosso companheiro de lutas, CORONEL PM MENDES, também está conosco nessa reunião de amigos nesta tarde. Saímos com a FRANCES DE AZEVEDO que está muito entusiasmada com a coordenadoria que exerce sobre a cerimônia programada pela OAB/SP em 14 de junho sobre o 79º Aniversário do Movimento Constitucionalista. 

ATA DA 1ª REUNIÃO DO CONSELHO CÍVICO E CULTURAL, DA ASSOCIAÇÃO COMERCIAL DE SÃO PAULO, GESTÃO MARÇO 2011 / MARÇO 2013, REALIZADA EM 23 DE MAIO DE 2011, ÀS 15 HORAS, NO 11º ANDAR (SALA TS 1-2-3), DO EDIFÍCIO-SEDE DA ASSOCIAÇÃO COMERCIAL DE SÃO PAULO.
Coordenador: Conselheiro Francisco Giannoccaro.
Secretária: Frances de Azevedo.
Reuniram-se os membros do Conselho sob a presidência de Francisco Giannoccaro, conforme lista anexa. Justificadas ausência de: Arlindo de Souza Pícoli, Gino Struffaldi, Osmar Garcia Stolagli, Tizuko H. Mikan. O mesmo agradece as presenças, ressaltando ser esta a primeira reunião da gestão do novo presidente Rogério Pinto Coelho Amato. Que hoje é o Dia do Soldado Constitucionalista de 1932. Que esteve nas comemorações junto ao Mausoléu, no Ibirapuera. Que alguns membros compareceram: Mário Fonseca Ventura, Paulo Tenório, Antonio Carlos Mendes, Frances de Azevedo e Pedro Paulo Trindade tendo este sido agraciado com a Medalha Constitucionalista (recebe os parabéns). Autoridades militares e o Comando Militar dos Sudeste abrilhantaram o evento. Solicita que Frances de Azevedo declame sua poesia Jovens Meninos alusiva à data. Colocada a ata em votação, esta é aprovada. Que se reuniu com o Presidente Rogério Pinto Coelho Amato e expôs os nove anos de nossas atividades, tais como comemorações do 9 de Julho, homenagens nas escolas com entrega das bandeiras, etc. Que está no cargo desde o início, colocando o cargo à disposição. Porém, Rogério Amato pediu para que continuasse, assim como todos os membros ora reunidos sob salva de palmas. Valdir Abdallah, Eloy Gonçalves de Oliveira, Lauro Escobar manifestam-se sobre a gestão de Francisco Giannoccaro, ressaltando o bom desempenho neste período, no que são corroborados por todos. Após agradecer, o coordenador solicita que a Secretária Frances de Azevedo continue no cargo. Que o Conselho do Colar “Carlos de Souza Nazareth” deverá ser confirmado. As comemorações do dia 9 de Julho e da Bandeira Paulista deverão ser agilizadas. Solicita os préstimos do Eloy Gonçalves Oliveira quanto aos folders. Que será oficiado às Distritais para indicarem seus representantes junto a este Conselho (Dá as boas vindas ao representante da Distrital de Vila Maria). Quanto ao Colar “Carlos de Souza Nazareth”: temos quarenta dias para preparar. Local indicado pelo coordenador: plenário da Câmara Municipal de São Paulo. Todavia, não foi aprovado pelos membros, sendo indicado o auditório da Faculdade de Direito do Largo São Francisco. A data, previamente escolhida, será no dia 4 de Julho. Que a data de nossas reuniões fica alterada para terça-feira, duas vezes por mês. O calendário será enviado por e-mail. Que a Sociedade Veteranos de 32, teve eleições, sendo eleito Presidente nosso colega Mario Fonseca Ventura, parabenizando-o. A posse será no dia 7 de julho, às 15 horas na sede da Sociedade na Rua Anita Garibaldi, 25.
Palavra aberta sobre recente assunto divulgado pela mídia sobre aprovação do livro do MEC e a decisão do Supremo sobre homossexualismo:
Valdir Abdalhah: Que a atitude é de deboche nesta parte lingüística. Quando se tem uma autoridade agindo desta forma, depara-se com a deseducação. Há que se cuidar da língua pátria. Temos que enviar nosso protesto.
Lauro Escobar: Que não é só o Ministério da Educação que está navegando em águas turvas. O Governo Federal está uma lástima. O Ministro da Cultura chegou a dançar com mãos no chão e os pés para o alto. Fazem tabula rasa para nosso idioma. Temos que ficar ao lado de entidades que cultuam as tradições.
Francisco Giannoccaro: Não podemos ficar calados, temos que mostrar nossa indignação.
Frances de Azevedo: Que em reunião na semana passada na Academia Cristã de Letras tais assuntos foram abordados. Quanto ao livro do MEC, a proposição é a união às demais entidades que lutam no mesmo sentido, como referida Academia, entre outras.
Viviano Ferrantini: Sobre a orientação do Ministério da Educação no ensino da língua portuguesa, diz que o Professor Evanildo Bechara, em entrevista sobre o livro do MEC (Por Uma Vida Melhor) cita que o aluno vai à escola para aprender o certo e, assim, subir na escala sócio-cultural, e não continuar no mesmo nível que estava antes do aprendizado. Estão querendo destruir a nossa cultura. Que o enfoque, na realidade, é político e ideológico, já que uma parte radical da esquerda (totalmente no governo) crê que quem fala e escreve corretamente, pertence às chamadas “elites”, enquanto o povão fala da maneira que sabe, este sim tendo de ser aprovado. Cita a Revolução Cultural, nos anos 70, promovida por MAO na China e seus asseclas, tentou destruir todos os pilares de sua cultura milenar, a começar pelas obras de arte, escolas tradicionais e universidades, onde a perseguição aos professores e docentes foi implacável. Assassinatos, loucura ou suicídio de muitos destes. Seu sucessor, Deng Xiaoping, percebendo que desta forma a China jamais seria uma potencia, retoma os antigos critérios, valorando a competência, o trabalho nas matérias, etc. vindo a se tornar, em 30 anos, o segundo lugar na economia mundial. Apoia ofício ao MEC. Quanto à homo afetividade diz que assistiu palestra com Ives Gandra, onde ele criticou severamente a postura do STF, visto que a união de parceiros do mesmo sexo contraria claramente o que dispõe nossa Constituição.
Eloy Gonçalves Oliveira: Este Conselho tem que se manifestar. Temos o Diário do Comércio à nossa disposição. O que está ocorrendo faz parte de destruição da família. É autoritarismo. Que a decisão do supremo sobre o homossexualismo é correta, porém divulgar nas escolas não. O governo está agindo de forma a levar a desestruturar a sociedade, a ética, etc.
Heliodoro Pereira de Sá: Parabeniza Francisco Giannoccaro pela permanência no cargo. Que escreveu à respeito, passando a ler seu texto.
Paulo Tenório da Rocha Marques: Que possui experiência de vida e militar. Tais acontecimentos, de ordem cultural ou não, que estão acontecendo como a criminalidade, a nossa segurança, etc. estão assumindo proporções incríveis. Infelizmente, a realidade é esta. Temos, também, a desmoralização da magistratura.
Antonio Carlos Mendes: Que está representando o Sr. Gino Struffaldi pelo seu precário estado de saúde. Agradece as presenças de nosso Coordenador Francisco Giannoccaro e demais colegas que estiveram presentes na data de hoje, lá no Obelisco. Reitera convite para a posse de Mario Fonseca Ventura a quem parabeniza.
Marcelo Cypriano Motta: Já falamos sobre o assunto no ano passado. A situação só vem piorando. É preciso nos convencer da revolução cultural gramsciana está se aprofundando muito em nosso país e ameaça dominar todos os setores. Na nova gestão do presidente Rogério Amato, a ACSP poderá, segundo ele mesmo, ser considerada como que um Movimento político em sentido amplo e partidário, na defesa dos valores. Assim, temos talvez uma das últimas oportunidades de procurar reverter a situação política que pesa sobre nós, e tomar parte com o nosso Conselho nesse Movimento, que envolve a ACSP, a FACESP e as entidades que puderem ser agregadas. Portanto, poderíamos rever em alguns pontos a atuação do Conselho, no que se refere à suas áreas de competência, para atuar em consonância com a nova fase da ACSP. Por exemplo: para além de apenas enviar as cartas nos assuntos que foram mencionados, o Conselho poderia atuar com maior militância e estratégia nesses casos.
Francisco Giannoccaro: Vamos nos organizar para nossa manifestação. Buscar apoio na FACESP. Que solicitará à professora Edimara de Lima (que está à frente da Educação), para redigir manifesto, que será submetido à apreciação do Presidente Rogério Amato.
Pedro Paulo Pena Trindade: Reitera convite para que todos compareçam no Palácio do Horto Florestal, a partir do dia 21 de maio até 14 de agosto, para apreciarem exposição do Poeta Paulo Bomfim.
Mário Fonseca Ventura: convida a todos para evento alusivo às comemoração ao 23 de Maio, às 19 horas, no salão nobre da OAB/SP (Praça da Sé, ao lado da Igreja), onde proferirá palestra: “O Sentido Nacional do Movimento Constitucionalista de 32”, sob a coordenação de Frances de Azevedo, membro da Comissão de Resgate da Memória da OAB/SP. No mesmo dia Gino Struffaldi completará 97 anos de idade e oferecerá um bolo lá na sede da Sociedade, às 17 horas. (Rua Anita Garibaldi, 25).
Valdir Abdalhah: Que no dia 18 de junho, às 8 horas, no Museu do Ipiranga, proceder-se-á a substituição da Bandeira Nacional. Que há dificuldade financeira para aquisição da Bandeira, assim como para outro mastro. As autoridades não se importam. A situação está difícil. Solicita que todos “venham somar conosco”.
Francisco Giannoccaro: que o Presidente Rogério Amato quer fazer magno evento no dia 7 de setembro no Museu do Ipiranga. Que tem verba para tanto com base na Lei Rouanet.
Viviano Ferrantini: Exibe recortes do jornal Estado de S. Paulo, onde consta artigo sobre Hermelinda Camargo, filha de Camargo do MMDC. Folha Dobrada, jornal da Faculdade de Direito da USP que faz referência a Francisco Pereira Neto. Também, exibe uma Revista de 1992 com artigo sobre nosso colega Og Pozzoli: maior colecionador de carros antigos (170 carros).
Francisco Giannoccaro: Realmente a coleção de Og é espetacular. Vamos combinar para visita-lo qualquer dia desses, certamente, nos contará histórias sobre alguns carros, como o que transportou até um Papa.
Milton Fernandes: Cita a Casa Guilherme de Almeida, digna de ser visitada, onde a história deste poeta-escritor é contada na casa.
Nada mais foi dito, sendo esta encerrada pelo Coordenador Francisco Giannoccaro, assina juntamente com a Secretária Frances de Azevedo.
Francisco Giannoccaro                                      Frances de Azevedo
       Coordenador                                                        Secretária
Prezados paulistas
Hoje, 23 de maio, comemora-se o Dia da Juventude Constitucionalista. O dia que foram mortos os jovens MMDC.
Hoje em dia, a "guerra" se dá no campo ideológico. A Ditadura se faz criminalizando nossos ideais, justos e verdadeiros. Querendo nos proibir e intimidar, de nos manifestar contra a exploração cultural e econômica que sofremos.
Então devemos, diante disso tudo, olhar para a bravura dos constitucionalistas. E não recuar até o cumprimento dos nossos propósitos.
Saudações Bandeirantes!
Manifesto São Paulo para os Paulistas
http://tudoporsaopaulo2010.blogspot.com/2010/04/assine.html

Caros Associados e Amigos,
A TV Gazeta entrevistou o Presidente Gino Struffaldi, bem como outros Diretores e Associados da Sociedade Veteranos de 32-MMDC no "Dia da Juventude Constitucionalista" comemoração que ocorreu hoje em 23 de maio no Obelisco.
O programa irá ao ar as 19 horas de hoje (23/05) no canal 11.
Cel PM Mário Fonseca Ventura
Secretário.

Olá Antonio Carlos ,
É Com muita tristeza e o coração partido, que
informo a voce o falecimento do meu querido irmão
JOÃO NIKOLUK,  Cel. da reserva,  que estava residindo em Dracena/SP.
Após um AVC, ha tres semanas passadas,
estava em plena recuperação, ainda falei com ele
Domingo lá pelas 11,30 hs,  e logo depois do almoço,
veio a falecer...
O corpo será Cremado conforme vontade expressa dele,
será velado no Cemiterio São Pedro, a partir  de 9,00 ou 10,00 hs
da manhã de segunda -feira,  para as ultimas homenagens e despedidas.
Deixo meu celular que é SP Capital 9757-5969  Sonia Maria Nikoluk
e o de minha filha Rosana - 9848-1293. Da minha res. 11- 2211-1918.
Com carinho
Sonia Maria Nikoluk
Amigos do GBB e amigos do Nikoluk, oremos a Deus pela família enlutada lendo um trecho da Palavra de Deus, em Eclesiastes:
CAPÍTULO 12
A mocidade deve preparar-se para a velhice e para a morte
1 LEMBRA-TE também do teu Criador nos dias da tua mocidade, antes que venham os maus dias, e cheguem os anos dos quais venhas a dizer: Não tenho neles contentamento;
2 Antes que se escureçam o sol, e a luz, e a lua, e as estrelas, e tornem a vir as nuvens depois da chuva;
3 No dia em que tremerem os guardas da casa, e se encurvarem os homens fortes, e cessarem os moedores, por já serem poucos, e se escurecerem os que olham pelas janelas;
4 E as portas da rua se fecharem por causa do baixo ruído da moedura, e se levantar à voz das aves, e todas as filhas da música se abaterem.
5 Como também quando temerem o que é alto, e houver espantos no caminho, e florescer a amendoeira, e o gafanhoto for um peso, e perecer o apetite; porque o homem se vai à sua casa eterna, e os pranteadores andarão rodeando pela praça;
6 Antes que se rompa o cordão de prata, e se quebre o copo de ouro, e se despedace o cântaro junto à fonte, e se quebre a roda junto ao poço,
7 E o pó volte à terra, como o era, e o espírito volte a Deus, que o deu.
8 Vaidade de vaidades, diz o pregador, tudo é vaidade.
9 E, quanto mais sábio foi o pregador, tanto mais ensinou ao povo sabedoria; e atentando, e esquadrinhando, compôs muitos provérbios.
Em 23 de maio de 2011 08:04, zandonadi escreveu:
bom dia meus caros amigos
é com muita tristeza que comunico o falecimento do nosso querido cmt nikoluk, conforme email que recebi da ua irmã sonia.
O corpo esta sendo transladado para São Paulo e o velorio será hoje no cemiterio da vila Alpina, onde será cremado.
no email abaixo tem os telefones de contato com os familiares que DEUS O RECEBA  E O AMPARE NA SUA NOVA CAMINHADA.
meus sentimentos a todos
zandonadi
É Mario a vida é assim mesmo. Hoje  foi o nosso colega Nicoluk. De uns tempos para cá ele não vinha mais mandando correspondência como  era de hábito. Recentemente o Carlini a passeio pela região de Dracena fez uma visita a ele. Foi muito feliz na idéia. Deste encontro ele nos mandou uma foto. A minha turma de Asp  foi instruída por ele nos dois anos que ficamos no CFA. Era um oficial de rara inteligência e muito criativo. Tivemos o prazer de conviver com ele e seu jeitão no CSP como colegas. Guardo sempre boas lembranças dele. Sempre lembrou de mim no meu aniversário que por sinal é dia 28 de maio. Um abraço. Isaac.
ISAAC
Graças a você coloquei em minhas memórias todos os acontecimentos relativos a 1987 que estavam escritos a mão. Dia 18 de maio começou o CSP/87. AGORA ficou muito mais fácil lembrar daqueles tempos.
Se você encontrar dificuldade em encontrar nas minhas memórias procure do lado direito do blog o mês nas postagens de 2010. Embora atualizado os dias, sempre irá aparecer a época da postagem. Tentei trazer os dias para postagens recentes e não deu certo, dado o volume de informações que estão no blog. O jeito é atualizar os dias com as postagens feitas na época. Assim é que agosto irá aparecer na postagem de 2009, que foi quando comecei o blog.
Quanto ao nosso querido amigo NIKOLUK todas as informações recebidas dos amigos, como esta sua mensagem, serão colocadas dia a dia nas minhas memórias. É a maneira de lembrar do nosso "Chefe de Turma", imortalizando-o nas ondas da web.   

A Câmara Municipal de São Paulo realizou hoje um ato para marcar um ano do assassinato da advogada MÉRCIA NAKASHIMA, considerada a data da última vez em que foi vista viva, após sair de casa dos avós, em GUARULHOS. A família esteve presente e MÁRCIO NAKASHIMA, irmão da vítima, chorou durante uma apresentação teatral sobre violência contra a mulher.

Faleceu o sambista MARKO ANTONIO DA SILVA, na capital, aos 44 anos. O samba e o carnaval estavam acima de qualquer interesse. A prova disso é que, mesmo sendo um apaixonado defensor das cores da escola de samba TOM MAIOR, MARKINHO – como era chamado pelos amigos – fazia questão de manter boa relação com os dirigentes de outras agremiações de Carnaval paulistano e tinha uma verdadeira rede de amigos entre o pessoal ligado ao samba. “Ele era solteiro, não tinha filhos, mas deixa uma família de cinco mil pessoas na TOM MAIOR e em outras escolas”, resume um amigo. Uma família que MARKINHO passou a integrar ainda garoto, quando passou a freqüentar os ensaios da escola de samba da Zona Oeste da capital. O empenho do rapaz em favor da comunidade de bairros como SUMARÉ e VILA MADALENA abriu o caminho para sua ascensão nos quadros da TOM MAIOR e aos 17 anos MARKINHO chegou à presidência da escola. Assumiu o cargo quando a escola ainda desfilava pelo Grupo 3 e conseguiu levá-la à elite do Carnaval paulistano. Além de dirigir a TOM MAIOR, MARKINHO também assumiu a vice-presidência da Liga Independente das Escolas de Samba de São Paulo. Segundo os amigos, levou para a associação seu jeito conciliador de resolver conflitos e diferenças, algo raro no ambiente competitivo das escolas de samba cada vez mais profissionalizadas. Após o carnaval desse ano, MARKINHO apresentou problemas de saúde. Há cerca de um mês foi internado com suspeita de hepatite, mas os médicos detectaram uma leucemia. Ele nasceu em 20 de outubro de 1966.

O juiz ALCIDES DA FONSECA NETO decretou hoje a prisão preventiva da falsa psicóloga BEATRIZ DA SILVA CUNHA e de seu marido, NELSON ANTUNES DE FARIAS JÚNIOR. Ambos são acusados de estelionato e de cometerem crimes contra as relações de consumo. BEATRIZ também é acusada de falsidade ideológica. Em nota, o TJ afirma que o juiz acolheu o pedido do Ministério Público estadual, com fundamento na garantia da ordem pública.  

Três dias depois de o Ministério Público desbaratar um grande esquema de corrupção no governo de CAMPINAS e prender 11 pessoas – outras nove, incluindo dois secretários, estão foragidos – o prefeito HÉLIO DE OLIVEIRA SANTOS sofreu sua pior derrota na Câmara após sete anos no poder: por unanimidade, os vereadores aprovaram a criação de uma Comissão Processante para cassar o seu mandato.  A revelação, pela manhã, do depoimento do ex-diretor da SANASA (Empresa de tratamento de água e esgoto de CAMPINAS), LUIZ AUGUSTO DE AQUINO, no qual ele acusa a primeira-dama, ROSELY JORGE SANTOS, de ser a chefe da quadrilha que fraudava as licitações feitas pela empresa municipal foi a gota d´água para o início do processo de impeachment.

Pelo menos quatro pessoas morreram no naufrágio de um barco superlotado, na noite de ontem, no LAGO PARANOÁ, em BRASÍLIA. Bombeiros devem retomar hoje as buscas por pelo menos cinco pessoas desaparecidas. As investigações indicam que o IMAGINATION estava com o tubulão (tubo de flutuação) rachado. Com capacidade para 92 pessoas, a embarcação transportaria pelo menos 101, que faziam uma festa a bordo.

O tornado que atingiu a região do meio-oeste dos ESTADOS UNIDOS no domingo, dia 22 de maio, deixou um rastro de destruição. Segundo as autoridades do município de JOPLIN, no MISSOURI, há pelo menos 116 mortos e é provável que o número suba nos próximos balanços. O tornado de JOPLIN foi, de acordo com o serviço meteorológico americano, um dos 68 que passaram pelos EUA no fim de semana. O único lugar além de JOPLIN em que há confirmação de vítimas é MINNEAPOLIS, onde uma pessoa morreu.  O trajeto do tornado por JOPLIN foi estimado em 9,5 km de comprimento e 1 km de largura. Um caçador de tornados, STEVE POLLEY, disse à CNN que a situação de JOPLIN era irreconhecível e tinha acontecido uma completa devastação. O tornado que se abateu sobre JOPLIN faz parte de uma cadeia de tempestades que atravessou alguns estados do meio oeste dos EUA, como WISCONSIN, MINNESOTA e MISSOURI.

O DNA de DOMINIQUE STRAUSS-KAHAN, ex-diretor-gerente do FMI foi confirmado por amostras de esperma encontradas na gola da roupa da camareira de hotel que o acusa de abuso sexual, segundo a rede de TV americana NBC. A mulher é de GUINÉ e tem 32 anos. A polícia e o tribunal se recusaram a fazer qualquer comentário sobre o caso. Os resultados dos exames de DNA eram aguardados para o início desta semana. O ex-diretor teria flertado com outras duas funcionárias do hotel de luxo. STRAUSS-KAHN, segundo fontes da investigação policial, pediu à recepcionista que o acompanhou até seu quarto no dia 13 de maio que tomasse uma taça de champagne com ele, mas ela recusou o convite. Mais tarde, perguntou a outra recepcionista se gostaria de tomar um drink em seu quarto no final do expediente, o que também foi negado. Cumprindo prisão domiciliar após pagar uma fiança de 1 milhão de dólares, o ex-diretor é acusado formalmente de sete crimes por abuso sexual e tentativa de estupro, delitos com penas entre 3 e 25 anos de prisão. Uma das funcionárias do hotel descreveu às autoridades a atitude de STRAUSS-KAHN como “de um paquerador”.         

Grande vencedor na votação de domingo na ESPANHA, o Partido Popular, de centro-direita, pediu hoje a convocação de eleições gerais imediatas e a renúncia do governo de JOSÉ LUÍS RODRIGUEZ ZAPATERO. O Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE), no poder desde 2004, foi severamente punido nas eleições locais por cidadãos insatisfeitos por causa da crise, do desemprego e dos cortes nos gastos sociais. A derrota foi a pior sofrida em 30 anos de democracia na ESPANHA. Na cúpula do PP, a mensagem dar urnas é de que a ESPANHA quer uma mudança e não esperará até março de 2012, quando ocorrerão as eleições legislativas. “Este governo não está em condições de administrar um país. O quem pela frente não é fácil. Temos a convicção de que não é possível recuperar a confiança com este governo”, afirmou MARIANO RAJOY, líder do PP e provável candidato ao posto de chefe do governo. 

2 012       :        -QUARTA-FEIRA
JORNAL DA TARDE
Os metroviários de SÃO PAULO decidiram entrar em greve por tempo indeterminado em resposta à Secretaria Estadual dos Transportes Metropolitanos, que não concedeu o reajuste salarial reivindicado. A paralisação começou à zero hora de hoje e atinge todos os ramais do Metrô, com exceção da LINHA 4 – AMARELA, que tem outro sindicato. Cerca de quatro milhões de passageiros deverão ser prejudicados em toda a cidade. A Justiça determinou que os metroviários trabalhem com 100% do efetivo nos horários de pico e com o mínimo de 85% nos demais períodos do dia. E estipulou multa diária de cem mil reais ao Sindicato, caso o estabelecido não seja cumprido.
Isso vai criar o caos em SÃO PAULO nesta manhã. Saio cedo de casa e sou obrigado a fazer uma árdua caminhada da ARMÊNIA até a PRAÇA DA SÉ, a fim de embarcar no ônibus CHÁCARA SANTANA, que me leva até o IBIRAPUERA. Chego no Monumento Mausoléu em cima da hora. Mas a maioria das pessoas está nessa mesma situação. A freqüência desta solenidade do DIA DA JUVENTUDE, portanto, é prejudicada. Encontramos as pessoas que serão agraciadas com a Medalha MMDC e seus parentes. O MAJOR PM OLÍMPIO, como deputado estadual, preside a cerimônia. Um dos momentos mais comoventes é a presença de um dos sobrinhos de MARIA CELESTINA – dona MARIINHA – SÉRGIO GONÇALVES TORRES, que me entrega uma carta dizendo:
“Na qualidade da honrosa missão de representar a professora, e também minha muito querida e amada tia, MARIA CELESTINA, neste momento único na trajetória de sua já tão brilhante carreira, em nome dela, quero externar a nossa mais profunda gratidão e respeito a essa entidade por lhe ter concedido tão precioso galardão.”
“O Brasil é devedor de um profundo respeito aos nossos constitucionalistas e nós devemos a essa entidade a nossa gratidão por não deixar morrer a memória dos valentes e nem tão pouco deixar de transmitir nosso patriotismo aos nossos jovens.”
Obrigado, em nome de MARIA CELESTINA.
Também GUILHERME está presente, ele que é o presidente do núcleo de SÃO VICENTE e parente de dona MARIINHA.
CORONEL PM JAIRO PAES DE LIRA, doutora MARIA LÚCIA CAMARGO, PEDRO PAULO PENNA TRINDADE, AMADO RÚBIO e dona LYGIA (sua filha), ALFREDO PIRES e sua esposa dona NAIR, CAMILA GIUDICE, MARKUS RUNK, CORONEL PM CARLOS BOTELHO LOURENÇO; CAPITAO PM NEWTON DE PAULA CAMPOS, ÁLVARO TAVARES, SAMUEL PHELIPPE, JOSÉ FRANCISCO FERRAZ LUZ e muitos outros oficiais da PM abrilhantam essa solenidade. Após o HINO NACIONAL, faço uso da palavra e se procede a entrega das medalhas.  
Relação das autoridades que receberão hoje a Medalha MMDC:

POSTO / GRADUAÇÃO

NOME COMPLETO

Tenente Coronel PM

GLAUCO DA SILVA CARVALHO

Tenente Coronel PM

JOSÉ AFONSO ADRIANO FILHO

Major PM

ANTÔNIO TADEU DA SILVA

Capitão PM

CLEONICE ALVES DA SILVA

Capitão PM

PEDRO LUÍS DE SOUZA LOPES

Tenente PM

ANDRÉ LUIZ MAGALHÃES BONIFACIO

Capitão-de-Fragata
ANDRÉ LUIZ PEREIRA
Coronel EB
JOÃO MIGUEL CORPAS FERNANDEZ
Coronel EB
MARCOS ANTONIO VIEIRA PONTES
Coronel INT
GERALDO TESTI JUNIOR
Coronel INT
RODOLFO VIEIRA ALVES
Coronel INT
EZEQUIAS MOREIRA DA SILVA
Promotor
CARLOS FRANCISCO BEZERRA DA ROCHA BANDEIRA LINS
Delegado de Polícia
DÉLIO MARCOS MONTRESOR
Delegado de Polícia
JOSÉ VINCIPROVA SOBRINHO
Perito Criminal
EDIE PEREIRA CASTANHO JUNIOR
Dra.
YARA SUELY ROMEU
Inspetor GCM
HAMILTON FERNANDES ANANIAS
Inspetor GCM
EUCLIDES CONRADIM
Dr.
ANIS KFOURI JUNIOR
Dr.
FÁBIO MOURÃO ANTONIO
Delegado de Polícia
ANDRÉ MAXIMILIANO MORON MACHADO
Sr.
NILSON DONIZETI BERTAGLIA
Sr.
JOÃO FLORIANO RIBEIRO
Sr.
AURÉLIO FERNANDEZ MIGUEL
Coronel PM
JORGE GONÇALVES
Tenente Coronel PM
MOACYR PEREIRA DA COSTA
Sra.
MARIA CECÍLIA MUSUMECI BORGES
Sr.
AMADO RUBIO
Padre
CARLOS ALBERTO CIRTO DE OLIVEIRA
Sra.
MARIA CELESTINA TEIXEIRA  MENDES TORRES
Nosso deputado estadual, MAJOR SÉRGIO OLÍMPIO faz a alocução final, dando-se por encerrada a cerimônia do DIA DA JUVENTUDE. Ficamos um bom tempo na frente do Monumento Mausoléu e, depois, o CORONEL PM ANTÔNIO CARLOS MENDES me transporta até a sede do MMDC.
MARINEI não veio trabalhar hoje, impossibilitada pela falta de condução. Passo uma tarde trabalhosa, atendendo vários telefonemas. O Professor JOSÉ CARLOS DE BARROS LIMA comunica-me que irá amanhã cedo de helicóptero para BURI, a fim de participar da entrega da Medalha MMDC para o Prefeito CLÁUDIO ROMUALDO Ú FONSECA, na cerimônia de reinauguração da Praça “9 de Julho”. MARGARIDA LIMA e seu filho o acompanharão. Nesta tarde estão comigo o EUCLIDES CACCHIOLI e AMADO RÚBIO. Estudam como deverão representar a Sociedade Veteranos de 32-MMDC.
Também telefonam de CAMPINAS. O CAPITÃO PM ANDRÉ LUIZ diz que tudo está pronto para transportar amanhã o veteraníssimo PAULO BARROS CAMARGO e suas duas filhas até a Academia de Polícia Militar do Barro Branco no evento da FESTA DO ESPADIM. O CAPITÃO PM COLTRE telefona-me e diz que uma viatura irá me buscar por volta das 8:30 horas.
Saímos da Sociedade por volta das 16:30 horas. Faço uma caminhada pela FLORÊNCIO DE ABREU e AVENIDA TIRADENTES até atingir a estação ARMÊNIA. A volta para GUARULHOS é lastimável. Estou com as pernas doendo e o congestionamento nas entradas é grande. 

O PACAEMBU viveu hoje uma noite memorável. Não que o jogo entre CORINTHIANS e VASCO tenha sido maravilhoso – longe disso, aliás. Mas para a FIEL isso pouco importa. O que vale mesmo é que ela sofreu, sofreu e sofreu para ver seu time vencer por 1 a 0, com um gol marcado por PAULINHO a poucos minutos do fim (e da decisão por pênaltis). E chegar à semifinal da LIBERTADORES DA AMÉRICA apenas pela segunda vez em sua história.

O SÃO PAULO foi ao SERRA DOURADA atrás de pelo menos um gol. Conseguiu e o empate por 2 a 2 com o GOIÁS, nesta noite, garantiu o time na semifinal da COPA DO BRASIL em partida sem muitos sustos. O TRICOLOR agora enfrenta o CORITIBA, que venceu o VITÓRIA no COUTO PEREIRA pela contagem de 4 a 1, por uma vaga na decisão. Futebol de qualidade continua a ser artigo em falta no PALMEIRAS, mas pelo menos hoje o time fez o seu papel e não acrescentou uma página de frustração à sua coleção de derrotas em casa em jogos decisivos. A vitória sobre o fraco ATLÉTICO-PR por 2 a 0 em BARUERI colocou o time nas semifinais da COPA DO BRASIL pela primeira vez desde 1999.

O jornalista CLESO BARBOSA DA SILVA, 63 anos, era diretor do jornal “O PROGRESSO”, de ITUVERAVA. Um autodidata, GELEIA, como era conhecido, começou sua vida profissional no jornal e gráfica “FOLHA DE ITUVERAVA”, de propriedade do jornalista MUCHIR MIGUEL FRANCISCO. Depois, ele montou a Gráfica e Editora SALTO BELO e em 1º de maio de 1983 fundou o jornal “O PROGRESSO”. Ao longo desses 29 anos, CLESO comandou o jornal com dedicação total ao ofício. Na área social, ele participou de várias entidades na cidade de ITUVERAVA. Político atuante, CLESO foi vereador, candidato a vice-prefeito, presidente do PMDB e também presidiu a Comissão Municipal de Esportes, na gestão do prefeito ECYR ALVES FERREIRA, e foi diretor de imprensa na segunda administração do prefeito ARCHIBALDO MOREIRA COIMBRA. Atualmente, ele dividia a administração do jornal com os dois filhos: GERSON FONTEBASSI DA SILVA e ALMIR FONTEBASSI DA SILVA. CLESO também era radialista, tendo trabalhado na Rádio Cultura de ITUVERAVA. O jornalista CLESO BARBOSA DA SILVA era casado com a professora aposentada VANI FONTEBASSI DA SILVA, deixa os dois filhos, além dos netos GABRIELA e RAFAEL. CLESO sentiu-se mal na tarde do dia 23 de maio, quando estava na redação do jornal, e foi atendido na Santa Casa de Misericórdia da cidade, onde morreu na Uniddade de Terapia Intensiva. O seu corpo está sendo velado no Centro Cultural de ITUVERAVA. 

Visionário, dedicado à profissão e muito respeitado pelos colegas de trabalho. Essas são as principais características do professor aposentado e ex-reitor da UFSCAR (Universidade Federal de SÃO CARLOS), LUIZ EDMUNDO DE MAGALHÃES. Ele foi reitor da instituição de ensino de 1975 a 1979, período no qual a universidade, que tinha seis cursos de graduação, passou a oferecer 19. Durante sua gestão, também foram criados os primeiros cursos de pós graduação e os programas de ecologia e recursos naturais e de educação. A UFSCAR divulgou no dia da morte uma nota de falecimento em que agradecia os serviços prestados pelo professor e afirmava que “a administração de MAGALHÃES na Universidade foi marcada também pelo início de uma trajetória que resultaria na consolidação dos processos de gestão democrática que hoje caracterizam e diferenciam a instituição, já que foi durante seu mandato que foram implantados o Conselho Universitário e o Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão”. Segundo a FAPESP (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo) o professor se formou em história natural em 1952 e concluiu o doutorado em ciências biológicas em 1958, pela USP. Além de lecionar e administrar a universidade em SÃO CARLOS, ele trabalhou na área de genética, com ênfase em genética animal e genética de populações. Foi MAGALHÃES também o responsável pelo primeiro camundongo transgênico no país. No fim de sua carreira, ele era secretário-geral da SBPC e foi diretor do IB-USP (Instituto de Biociência da USP. Nasceu em 1928. Faleceu nesta quarta-feira.   

O corpo esquartejado de DIANA FARKAS, uma menina de 4 anos, foi encontrado no congelador da casa de sua mãe, JULIANA SANTANA DURAN, em CHATELINEU, na BÉLGICA. JULIANA reconheceu ter estrangulado a criança antes de esquartejar o corpo e guardá-lo em bolsas dentro do congelador, mas não explicou os motivos que a levaram a cometer o crime. DIANA estava desaparecida desde segunda-feira pela manhã. À tarde, JULIANA – cidadã da REPÚBLICA DOMINICANA – procurou a polícia para prestar queixa. A foto da menina foi divulgada nas telas dos mais de 6,5 mil pontos de venda da loteria nacional, um sistema costumeiramente utilizado pela CHILD FOCUS, organização belga para crianças desaparecidas e vítimas de exploração sexual. Além disso, a organização colocou cartazes em oito mil locais em todo o país, com a esperança de que alguma testemunha pudessem fornecer dados que ajudassem a solucionar o desaparecimento. Em um primeiro momento, a mãe declarou ter segunda-feira de manhã deixado a garota na escola, situada em GERPINNES, sem saber que nesse dia a aula havia sido transferida excepcionalmente para outro local Procurada pela polícia, a direção da escola onde DIANA estudava informou que a menina não havia comparecido às aulas. Questionada pelo investigadores, JULIANA mudou sua versão. Disse que a menina tinha desaparecido de seu carro, estacionado em um supermercado do município de CHAELINEAU, enquanto se ausentou um momento para fazer compras. Durante a primeira diligência na casa da mãe, realizada na terça-feira, a polícia encontrou em uma lavadora roupas ensangüentadas que pareciam pertencer à menina. Ao examinar mais detidamente o local, os investigadores abriram as gavetas do congelador, mas não viram os restos da criança, que depois foram achados atrás de várias bolsas de alimentos, disse o procurador PIERRE MAGNIEN. A polícia ainda encontrou a arma usada para esquartejar a menina, supostamente uma faca. A mãe de DIANA comparecerá perante o juiz de instrução, que poderá ditar sua detenção.   

AL GORDON, roteirista de shows de comédia da televisão americana e vencedor de um prêmio EMMY, morreu nesta quarta-feira, aos 89 anos, em LOS ANGELES. Nos anos 1950, o escritor participou do time de THE JACK BENNY PROGRAM, que marcou a transição do celebrado show do comediante de rádio para a TV. Outro destaque de sua carreira foi trabalhar no THE CAROL BURNETT SHOW.

2 013    :   -     QUINTA-FEIRA
0 23 de maio é uma das datas sagradas da Sociedade Veteranos de 32-MMDC, onde se comemora o DIA DA JUVENTUDE. No Monumento Mausoléu do Soldado Constitucionalista, com o apoio importantíssimo da PMESP, realiza-se a entrega da Condecoração MMDC, uma das mais tradicionais da Sociedade. E, mais uma vez, conto com a colaboração da MARINEI, uma pessoa que se tornou imprescindível ao mecanismo da Sociedade, que, nos últimos dois anos tomou um impulso muito grande e se tornou conhecida até fora do BRASIL.
Um trânsito difícil vai atrapalhar nossa chegada até o IBIRAPUERA. Acontece que temos um tempo elástico para suportar tudo isso. Antes das 9 horas já estamos na frente do Obelisco. Ali já se encontra o CORONEL PM ANTÔNIO CARLOS MENDES, o ALFREDO PIRES e sua senhora, dona NAIR, PEDRO PAULO PENNA TRINDADE, MARIA LÚCIA CAMARGO, WILLIAM MASCARENHAS, THELL DE MORAES, O CORONEL PM ANTÔNIO CÉSAR CARDOSO representa o Cmt Geral. Também está presente o Comandante atual do CPA/M-2, responsável pela área onde se situa o Monumento Mausoléu, CORONEL PM EDVALDO SERTÓRIO DO AMARAL. Notamos a presença do delegado ALDO GALIANO JÚNIOR, o delegado PAULO AFONSO BICUDO (Diretor do DEMACRO), o delegado DOMINGOS PAULO NETO, diretor do DECAP. Cumprimentamos nossos conhecidos e aqueles que serão condecorados nesta manhã. No dia 20 de maio, em SÃO MIGUEL PAULISTA, tive a grata surpresa de rever, depois de mais de vinte anos, o meu antigo motorista HOMERO (hoje 2º SARGENTO PM do 1º BPChq). Hoje vamos rever o AMILTON A. SANTOS, nosso conhecido MENDOIM, que também foi meu motorista. AMILTON hoje é investigador de polícia (chefe) e trabalha com um dos delegados que está sendo homenageado hoje. Lembramos muitos fatos dos anos 1980.
Foram condecorados: ELIVAL DA SILVA RAMOS (Procurador Geral do Estado de São Paulo), LUIZ MAURÍCIO SOUZA BLAZECK (delegado geral), NORMA SUELI BONACCORSO (Superintendente da Policia Técnico Científica do Estado de São Paulo), VALMIR EDUARDO GRANUCCI (delegado-geral adjunto da Polícia Civil de São Paulo), CAPITÃO-DE-MAR-E- GUERRA CARLOS AUGUSTO FONSECA CE ABREU (Chefe do Estado Maior do Comando do 8º Distrito Naval), CAPITÃO-DE-MAR-E-GUERRA JORDI GRACIA ANGELTS, CORONEL MARCOS ARICIERI RIBEIRO (diretor da Odontoclínica de BRASÍLIA) , CORONEL MÉDICO ANTÔNIO ERNANI GRILLO JORDÃO (diretor do Hospital da Aeronáutica de São Paulo), TENENTE-CORONEL ALEXANDRE SAID MOREIRA (Adjuntol da 2ª Seção do Comando Militar do Sudeste), MAJOR PM MARCELO CORTÊS RAMOS DE PAULA (subcomandante do 1º Batalhão de Polícia de Trânsito), BRAZ MARTINS NETO, MAJOR PM ERNESTO PUGLIA NETO (subchefe do Centro de Suprimento de Material e Motomecanização da Polícia Militar do Estado de São Paulo), ADEMIR CÂNDIDO DA SILVA (advogado), MAJOR CLAITON ROMAN (adjunto da 3ª Seção do Comando Militar do Sudeste), MARTIM DE ALMEIDA SAMPAIO (advogado), MAJOR PM CLÁUDIO ALEXANDRE CUBAS DE ALMEIDA (da Assessoria Polícia Militar do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo), MARCELO JANUZZI SANTOS (cirurgião dentista), MAJOR PM FELÍCIO FUMIAKI KAMIYAMA (Comandante Interino do 35º Batalhão de Polícia Militar do Interior), WILSON PEREIRA FILHO (professor), MAJOR PM AILTON SOARES (assessor parlamentar do Deputado Estadual MAJOR PM SÉRGIO OLÍMPIO GOMES), CAPITÃO PM ROSEMEIRE APARECIDA VITONTO (Adjunta do cerimonial do Comandante Geral da PMESP), Superintendente GCM ADELSON DE SOUZA (Comandante da Superintendência de Planejamento da Guarda Civil Metropolitana de São Paulo), Inspetor ANÍZIO DE JESUS CORTEZ (inspetor regional do chefe de gabinete do Comando Geral da Guarda Civil Metropolitana de São Paulo), ANTONIO CARLOS DUARTE MOREIRA, CABO PM CARLOS ALBERTO FERREIRA MACHADO, RENATO ARAÚJO DA SILVA, ABRÃO ANTONIO ZACHARIAS (diretor da empresa FRAGON, companheiro do ROTARY CLUB DE SÃO PAULO e presidente da Escola Profissionalizante CAMP - NORTE), ADRIANA COSTA OLIVEIRA MONTEIRO (diretora do Colégio CRUZ AZUL da Polícia Militar em GUARULHOS) Não vieram receber a medalha: o desembargador IVAN RICARDO GARISIO SARTORI (Presidente do Tribunal de Justiça), FERNANDO HADDAD (prefeito de São Paulo), doutor FERNANDO GRELLA VIEIRA (Secretário da Segurança Pública), BRIGADEIRO-DO-AR RICARDO CESAR MANGRICH. Nosso associado ANTONIO CARLOS ARISTIDES tira dezenas de foto por ocasião da entrega da Medalha.
Diz o delegado-geral de Polícia Civil do Estado de São Paulo, LUIZ MAURÍCIO SOUZA BLAZECK: “Para mim é um orgulho receber esta Medalha MMDC, por ter sido lembrado como pessoa pública e também como civil. Em uma cerimônia como esta realmente vivenciamos um momento impar e ostentarei esta comenda com muita honra e, com certeza, na vida dos meus filhos, netos e todos os familiares. Esta é uma ocasião na qual devemos dar grande importância ao culto da cidadania, do civismo e da família, cujos valores significam a base para tudo na vida. A Medalha MMDC ficará para sempre em minha memória, pois o mais importante que temos é aquilo que guardamos dentro de nós e aquilo que procuramos fazer para as pessoas buscando sempre o bem delas”.   .
ABRÃO ANTONIO ZACHARIAS, que estava acompanhado de seu filho RODRIGO, revelava toda sua emoção com a lembrança de seu nome. “Para mim foi uma honra a indicação para receber a Medalha MMDC, pois já havia sido outorgado com a Medalha Governador PEDRO DE TOLEDO e agora sinto-me ainda mais responsáel por cultuar a lembrança da Revolução Constitucionalista de 32. Entendo que esta homenagem é feita porque trabalhamos pela construção de uma sociedade melhor, buscando ajudar ao próximo e fazer o bem, ou seja, aquilo que é obrigação de todo cidadão. Sou muito grato por esta homenagem da Sociedade Veteranos de 32-MMDC, pois a Medalha MMDC tem um lugar especial em meu coração e esta é uma homenagem que guardaremos com todo carinho e vamos nos dedicar cada vez mais ao nosso trabalho, já que esta é uma honraria que nos dá um grande estímulo. Além disso, também proporciona um exemplo aos meus filhos e à minha família para que eles procurem fazer o mesmo, sempre trilhando o caminho do bem e isso é motivo de emoção para mim”.
Superintendente da Polícia Técnico Científica do Estado de São Paulo, a perita-criminal NORMA SUELI BUNACCORSO diz: “Entendo que esta homenagem significa uma grande responsabilidade e recebê-la também é uma honra ao estar representando minha instituição, que é a Superintendência da Polícia Técnico-Científica do Estado de São Paulo, que está sendo lembrada em uma data tão importante. A forma que temos para retribuir a lembrança do nosso nome é a de prestarmos cada vez mais melhores serviços, pois o dia 23 de maio relembra pessoas que se sacrificaram em prol de um ideal, que era a democracia no BRASIL. E desejamos colaborar com isso oferecendo à população um serviço de qualidade, ou seja, aquilo que a sociedade espera de uma boa perícia. A sociedade brasileira, de uma maneira geral, passa atualmente por um momento de resgate de valores, principalmente o civismo e isso deve ser cultivado. Normalmente, o brasileiro só lembra do sentimento coletivo em épocas festivas ou em Copas do Mundo de futebol. Mas o civismo e a cidadania devem estar sempre em evidência, sendo ensinado principalmente às crianças e aos jovens nas escolas e para toda sociedade de modo geral. Devemos, por isso, manter sempre viva a memória dos heróis da Revolução Constitucionalista de 32”.   
Feita a entrega da Medalha MMDC, o TENENTE-CORONEL CAPELÃO PM OSVALDO PALÓPITO desempenha a parte religiosa da solenidade. Encerrando, faço uso da palavra. Vou explicar às pessoas presentes que o DIA DA JUVENTUDE não só comemora o MMDC, mas sim todos os jovens que perderam suas vidas em 1932. Naquela madrugada de 24 de maio não foram só alvejados MARTINS, MIRAGAIA, DRÁUSIO e CAMARGO, mas também IGNÁCIO CRUZ, de 21 anos; SEBASTIÃO BERNABÉ VERGUEIRO DOS SANTOS, de 33 anos; o advogado PAULO RIBEIRO; MOACYR DE OLIVEIRA, de 21 anos; JOÃO BAPTISTA DE OLIVEIRA FILHO, de 21 anos; ORLANDO DE ALVARENGA, de 32 anos; SEBASTIÃO ALVES DE OLIVEIRA, de 19 anos, copeiro e, DOMINGOS NÓBREGA FILHO, de 21 anos, açougueiro. Falo sobre o escoteiro ALDO CHIORATTO (seus restos mortais foram trasladados para o Monumento Mausoléu em 23 de maio de 1970), sobre DILERMANDO SANTOS, sobre OSCAR e relembro o dístico de JOSÉ BENEDITO MACHADO FLORENCE – VIVERAM POUCO PARA MORRER BEM. MORRERAM JOVENS PARA VIVER SEMPRE!.
Esses foram os heróis mártires da EPOPÉIA DE 32. Mas, em 2013, onde estão os nossos jovens? O coração manda que eu fale sobre a maldita droga que está ceifando nossa juventude do século 21.
Relembro também o 23 de maio de 1975, quando eu era capitão e, nesse mesmo lugar, PAULO BOMFIM fazia a seguinte declamação: “MAIO de outrora revive / na saudade aqui presente / MAIO de paz e de guerra / Capacetes de esperança / Alma do povo e da terra / Voz de ideal, canto de Bandeira bem bandeirante / No coração de São Paulo – MAIO de outrora revive / Nos campos de Ibirapuera.”    
Após a solenidade, vamos tirar várias fotos. O ANTONIO CARLOS ARISTIDES, como sempre, vai documentar em imagens esse evento. Somos uma verdadeira família no MMDC (chamo de a família constitucionalista) e estamos mais unidos do que nunca. Os TENENTES PM NATANAEL e JOSÉ FILHO trouxeram os diplomas e os Ofícios de Outorga das Medalhas que serão entregues na Câmara Municipal, em 28 de maio. Assino tanto os diplomas como os ofícios de Outorga. O MAJOR PM BAIA já está pronto para me levar até a Assembléia Legislativa.
Com o Presidente do Núcleo ROTA DOS BANDEIRANTES, vamos cumprimentar o CORONEL PM MARCO ANTONIO SEVERO SILVA, Assessor Militar da Assembléia Legislativa. Explicamos a ele que iremos realizar uma sessão solene em 24 de junho, com indicação do DEPUTADO ESTADUAL JOÃO CARAMEZ, com a abertura de uma exposição sobre a Revolução de 1932 e entrega da medalha CONSTITUCIONALISTA. Precisamos saber qual o material da revolução que está no acervo da Assembléia. Em seguida vamos ao gabinete do Deputado JOÃO CARAMEZ e seu chefe de gabinete, JOSÉ LUPERCIO ZERBINATTI, prestimosamente, conversa detalhadamente conosco sobre a sessão solene, cujos convites já estão prontos. Almoçamos juntos, vimos alguma coisa do acervo da Assembléia, mas não é o bastante para uma exposição. O MAJOR PM BAIA fica encarregado de acertar muita coisa até a data da sessão solene. Saímos da Assembléia depois das 13 horas.
O MAJOR PM BAIA deixa-me na Sociedade Veteranos de 32-MMDC. Hoje não abrimos as portas para o público, pois consideramos o 23 de maio como se fosse feriado para nós. Vou verificar os e-mails que recebi e vejo as páginas do Diário Oficial, um hábito meu de muitos anos.
O Diário Oficial de hoje publica as transferências do CORONEL PM VICENTE ANTÔNIO MARIANO FERRAZ, do Estado Maior Especial da Corporação e do CORONEL PM ERNESTO DE JESUS HERRERA, Comandante da ESCOLA SUPERIOR DE SARGENTOS.
HERRERA nasceu em 22 de agosto de 1962. Entrou para a PMESP em 16 de fevereiro de 1977. Foi declarado ASPIRANTE A OFICIAL no dia 15 de dezembro de 1981. PROMOÇÕES: 2º TENENTE – 25 de agosto de 1982; 1º TENENTE – 24 de maio de 1986; CAPITÃO – 15 de dezembro de 1991. Não tenho a data de sua promoção a major. Foi promovido a TENENTE-CORONEL em 24 de maio de 2006 e a CORONEL em 22 de maio de 2008.
MARIANO FERRAZ nasceu em 27 de junho de 1959. Entrou para a PMESP em 29 de janeiro de 1979. Foi declarado ASPIRANTE A OFICIAL em 15 de dezembro de 1981. PROMOÇÕES: 2º TENENTE – 25 de agosto de 1982; 1º TENENTE – 24 de maio de 1986; CAPITÃO – 24 de maio de 1992. Não tenho a data de sua promoção a major. Foi promovido a TENENTE-CORONEL em 24 de maio de 2006. Promovido a CORONEL em 22 de maio de 2008.       

Antes das 16 horas, estou retornando para casa. O frio é algo desagradável neste final de tarde.

A presidente DILMA ROUSSEFF indicou, nesta tarde, o advogado constitucionalista LUÍS ROBERTO BARROSO para o STF (SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL). BARROSO vai ocupar a vaga do ex-ministro CARLOS AYRES BRITTO, que deixou o tribunal em novembro de 2012. O anúncio foi feito pela Secretaria de Comunicação da Presidência da República, após reunião entre DILMA e o ministro da Justiça, JOSÉ EDUARDO CARDOZO. O novo ministro do STF é professor de direito constitucional e procurador do Estado do RIO DE JANEIRO. BARROSO é o quarto indicado por DILMA ROUSSEFF para o Supremo Tribunal Federal – os três primeiros foram os ministros LUIZ FUX, ROSA WEBER e TEORI ZAVASKI. LUÍS BARROSO é natural de VASSOURAS (RJ) e se formou na UERJ (Universidade do Estado do RIO DE JANEIRO). Ele advoga desde 1981 e é especialista em Direito Constitucional. Seu nome já havia sido cotado para o Supremo. Em diversos julgamentos, especialmente os ligados a temas sociais, os ministros costumam fazer referência a suas idéias para fundamentar decisões. BARROSO ganhou projeção nacional devido à atuação no Supremo em vários processos de repercussão. Ele defendeu o italiano ex-ativista político CESARE BATTISTI, as uniões estáveis homoafetivas, as pesquisas com células-tronco embrionárias e a interrupção da gestação de fetos anencéfalos. O novo ministro deve participar do julgamento dos recursos do mensalão que, para o presidente da Corte, JOAQUIM BARBOSA, devem ser decididos somente no segundo semestre.

A empresária VILMA MARTINS COSTA, de 57 anos, foi presa em flagrante, ontem, acusada de receptação de produtos furtados de uma clinica odontológica em GOIÂNIA (GO). VILMA ficou conhecida por seqüestrar PEDRO BRAULE PINTO, o PEDRINHO, em 1986, e APARECIDA RIBEIRO DA SILVA, a ROBERTA JAMILLY, em 1979. Ela estava em liberdade condicional depois de cumprir oito dos 15 anos da penas pelos raptos e registros falsos de crianças. Os equipamentos, avaliados em cerca de quinze mil reais, estavam no carro de VILMA.

O goleiro BRUNO tomou dois tranqüilizantes, sem indicação médica, passou mal e foi levado para a enfermaria do Complexo Penitenciário NELSON HUNGRIA, em CONTAGEM (MG). O incidente aconteceu no domingo, dia 19 de maio, mas só foi confirmado hoje pela Secretaria de Defesa Social. Ele passa bem. Em março, o jogador foi condenado a 22 anos e três meses de prisão pelos crimes de homicídio triplamente qualificado, seqüestro e cárcere privado de ELIZA SAMUDIO.

Um incêndio de grandes proporções em um depósito de combustíveis e lubrificantes da PETROGOLD, em DUQUE DE CAXIAS, matou uma pessoa. GELSON DA SILVA FERREIRA, de 43 anos, era funcionário da empresa. Os tanques de combustível ficam em uma área residencial, na Rua GERALDO ROCHA, 298, na localidade de JARDIM PRIMAVERA. Pelo menos sete tanques foram consumidos pelas chamas, que também atingiram algumas casas próximas. Bombeiros do Grupamento Operacional com Produtos Perigosos e de outros quatro quartéis foram acionados, por volta das 10:55 horas, isolaram a área e retiraram os moradores. Testemunhas contaram que era possível ouvir barulhos das explosões. Muitos moradores deixaram suas casas abertas e saíram apenas com a roupa do corpo. Alguns conseguiram salvar os animais de estimação. O secretário estadual do Meio Ambiente do RIO, CARLOS MINC, afirmou que a distribuidora não tinha licença estadual para funcionar.

O professor MILTON DAMATO era formado em matemática e tinha especialização em FÍSICA, pela USP. No fim da década de 1960, assumiu o cargo de diretor da Faculdade OSWALDO CRUZ. Ele permaneceu na instituição por cerca de 30 anos. Durante a ditadura militar, o professor resolveu sair do país com a mulher, DIVA, que lecionava francês na USP. Embora o casal não fosse ativista político, era de esquerda. Na FRANÇA, ele concluiu um pós-graduação. Nos anos 1990, o professor DAMATO ajudou a criar um curso de matemática na Universidade de GUARULHOS e a formar a FATEC (Faculdade de Tecnologia de OURINHOS). A biblioteca da instituição leva o seu nome. Natural de BOTUCATU, DAMATO perdeu a mãe em 2003, com 104 anos. Ele também achava que seria um centenário. Mas em abril descobriu que estava com um tumor no pulmão. O professor morreu hoje, aos 85 anos (nasceu em 1925), vítima de tabagismo. Ele estava internado na Beneficência Portuguesa. MILTON DAMATO teve três filhos e duas netas.    

2 014  - SEXTA-FEIRA
82º Aniversário da madrugada sangrenta de 23 para 24 de maio de 1932, onde foram alvejados 15 participantes do Comício na PRAÇA DA REPÚBLICA, organizado pelos estudantes do LARGO DE SÃO FRANCISCO e que resultaram na morte de MARTINS, MIRAGAIA, DRÁUSIO e CAMARGO e ferimentos em mais onze pessoas que estavam no comício.
Teremos hoje a comemoração do DIA DA JUVENTUDE no Quartel do Comando Geral da Polícia Militar do Estado de São Paulo, face a impossibilidade de realizar o evento no Monumento Mausoléu do IBIRAPUERA, que está sendo restaurado. Mas também, à noite, a Sociedade Veteranos de 32-MMDC receberá uma SALVA DE PRATA em sessão solene na Câmara Municipal de São Paulo, por propositura do vereador CORONEL PM ÁLVARO BATISTA CAMILO. Não poderei ali comparecer, face o compromisso de ir até a SÃO CAETANO DO SUL, onde acontecerá a entrega de medalhas por iniciativa do NÚCLEO “MMDC- GRANDE ABC ‘COMBATENTES DE 32’”. 

Hoje, finalmente, depois de muito relutar e dificuldades para acertar a abertura do “KOMA BEM”, a MARLENE, KÁTYA e PAULO CÉSAR inauguram a lanchonete que funcionará no antigo LAN HOUSE, fechado há alguns anos. LUCINDA telefona-me à tarde para dar a notícia e também para pedir uma quantia em dinheiro a fim de auxiliar na compra dos gêneros alimentícios que eles irão precisar para o funcionamento da lanchonete no sábado.  

Por volta das 7:30 horas, MARINEI vem me buscar com seu carro. Vamos para o QCG da PMESP, enfrentando um trânsito congestionado na VIA DUTRA. Mas ali chegamos às 8:30 horas. Estão presentes: CORONEL PM ANTÔNIO CARLOS MENDES, Vice-Presidente da Sociedade Veteranos de 32-MMDC; WILLIAM MASCARENHAS, atual Comandante do Exército Constitucionalista; THELL DE MORAES, ANTONIO CARLOS ARISTIDES, AMADO RÚBIO e sua esposa dona NADIR, MARIANO TAGLIANETTI (representando a ASSOCIAÇÃO PARANAENSE MMDC-32 E HERÓIS DO CERCO DA LAPA), ALFREDO PIRES e sua senhora DONA NAIR, ORÍTIA ABREU SERAFIM, FERNANDO MORENO, JORGE BAPTISTA CRUZ, FRANCES AZEVEDO, SIDNEI LOBO PEDROSO, familiares dos agraciados, oficiais da PMESP, enfim, o salão nobre do QCG está lotado de pessoas que acompanham o nosso trabalho na Sociedade Veteranos de 32-MMDC.
O GENERAL DE EXÉRCITO JOÃO CAMILO PIRES DE CAMPOS, Comandante do Exército Militar do Sudeste, é a maior autoridade presente. Preside a solenidade e também é um dos agraciados com a Medalha MMDC. Nosso Comandante Geral, CORONEL PM BENEDITO ROBERTO MEIRA e o SubCmt PM, CORONEL PM LEÔNIDAS PANTALEÃO DE SANTANA estão à frente dos agraciados com a MEDALHA MMDC, bem como o Presidente e o Vice-Presidente da Sociedade Veteranos de 32-MMDC.
São agraciados com a Medalha MMDC:
General JOÃO CAMILO PIRES DE CAMPOS
Comandante IV Comaer MARCELO KANITZ DAMASCENO
Coronel PM LEONARDO TORRES RIBEIRO
Coronel PM CÉSAR AUGUSTO LUCIANO FRANCO MORELLI
Coronel PM ADILSON PEREIRA DE CARVALHO
Coronel PM VICENTE NICOLA NOVELINO
Coronel PM MARCO ANTÔNIO SEVERO SILVA
Coronel PM MARCO AURÉLIO ALVES PINTO
Delegado de Polícia OSVALDO NICO GONÇALVES
Delegado de Polícia ROBERTO BAYERLEIN
Perita Criminal VANETE TOMIE EMERICH SIAN
Coronel JAYME FERREIRA
Coronel ELIEZER DE FREITAS CABRAL
Capitão-de-Mar-e-Guerra FRANCISCO CALIJURI NETO
Comandante da GCM GILSON PEREIRA DE MENEZES
Comandante Regional GCM JORGE ROCHA
Doutor OSVALDO LUIS ZAGO
Doutor ALFREDO GIOIELLI
Senhor PEDRO RODRIGUES BUENO JUNIOR
Doutor ROBERLEI VOLPI BENEDUZI
Doutor IDALINO GUEDES
Professora LIDIA TAGLIANETTI SANTOS (in menorian)
Professora JAQUELINE URSOLINO FIGUEIREDO
Soldado PM RICIERI GUIMARÃES CARVALHO
Após a entrega das medalhas fazem uso da palavra: CORONEL PM MARIO FONSECA VENTURA, Presidente da Sociedade Veteranos de 32-MMDC; CORONEL PM BENEDITO ROBERTO MEIRA, Comandante Geral da PMESP; GENERAL-DE-EXÉRCITO JOÃO CAMILO PIRES DE CAMPOS, em nome de todos os agraciados.
Terminada a cerimônia do DIA DA JUVENTUDE, ainda vamos permanecer durante um bom tempo em conversas com nossos amigos. Vamos depois para a Sociedade Veteranos de 32-MMDC. A tarde toda é de chuva e permanecemos atendendo a várias pessoas até o momento da chegada de uma viatura que vai levar o presidente da Sociedade e WILLIAM MASCARENHAS ao local da solenidade proporcionada pelo Núcleo MMDC – GRANDE ABC “COMBATENTES DE 32”. Somos as primeiras pessoas a chegar. O RICARDO DELLA ROSA montou uma pequena exposição de peças de 32 na sala de recepção. O espaço é amplo e o anfiteatro merece elogios. O local é muito bom para a realização desse evento.
Vamos conhecer a nova comandante do CPA/M-6, CORONEL PM CORONEL PM CLÁUDIA BARBOSA RIGON PEREIRA. Ela vai substituir o CORONEL PM MAURO CÉSAR DOS SANTOS RICCIARELLI, que também está presente ao evento e que irá participar dos trabalhos da Mesa Diretora. O Prefeito de SÃO CAETANO PINHEIRO preside a Mesa.

ATO CÍVICO, SOLENE E CULTURAL PROPORCIONADO PELO NÚCLEO "GRANDE ABC - COMBATENTES DE 32" DA SOCIEDADE VETERANOS DE 32-MMDC EM 23 DE MAIO DE 2014.


 VENTURA   


             “SÃO PAULO FORTE, PARA UM BRASIL UNIDO”
         SOCIEDADE VETERANOS  DE  32 - M.M.D.C.

(Reconhecida de Utilidade Pública pela Lei Estadual Nº 5.530 de 14/01/1960 e Decreto Municipal Nº 8.790 de 23/05/1970
          Rua Anita Garibaldi, 25 – Fone/Fax 3105-8541
                   CEP. 01018-020 - SÃO PAULO – SP
                                         sociedade32@gmail.com
19:30 hs – Recepção das autoridades e convidados;
20:00 hs – Início da Solenidade: Composição da Mesa de Honra (VIDE ANEXO “A”);
20:10 hs – Palavras iniciais (recepção) pelo Presidente Regional – Cap PM Castropil;
20:15 hs – Abertura do evento pela mais alta autoridade militar presente - ____________________ ;
20:20 hs – Canto do Hino Nacional Brasileiro;
20:30 hs – Posse da Diretoria Regional (VIDE ANEXO “B”);
20:40 hs – Outorga da Medalha “Constitucionalista” à Diretoria Regional (VIDE ANEXO “B”);
20:50 hs - Outorga da Medalha “Mérito Policial de SCS” (VIDE ANEXO “C”);
21:00 hs - Outorga da Medalha “Cinqüentenário das Forças de Paz do Brasil” (VIDE ANEXO “D”);
21:30 hs - Outorga da Medalha “MMDC” (VIDE ANEXO “E”);
22:00 hs – Palavras do Presidente da Sociedade de Veteranos de 32 – MMDC – Cel PM Mario Fonseca Ventura;
22:10 hs - Palavras da mais alta autoridade civil presente – Prefeito Municipal, Dr. Paulo Nunes Pinheiro;
22:20 hs – Palavras da mais alta autoridade militar presente - _______________________________;
22:30 hs – Canto da Canção da Polícia Militar;
22:40 hs – Encerramento da solenidade pela mais alta autoridade militar presente;
22:45 hs – Coquetel de encerramento.
ANEXO “A”
1) Autoridade Militar:______________________________________________________________:
2) Comandante do CPA/M6: Cel PM Cláudia Barbosa Rigon Pereira;
3) Prefeito Municipal: Dr. Paulo Nunes Pinheiro;
4) Juiz Diretor do Fórum de SCS: Dr. Dagoberto Jerônimo do Nascimento;
5) Presidente da Sociedade de Veteranos de 32 MMDC: Cel PM Mario Fonseca Ventura;
6) Comandante do 6º. BPM/M: Ten Cel PM Luiz Antonio Dantas Valente;
7) Presidente do Núcleo “Grande ABC – Combatentes de 32” da Sociedade de Veteranos de 32 – MMDC: Cap PM Robinson Castropil;
8) Presidente da Câmara Municipal de SCS: Vereador Sidinei Bezerra da Silva;
9) Autoridade Policial Civil:________________________________________________________;
10) Vereador de São Bernardo do Campo: Vereador Hiroyuki Minami;
11) Praça Mais antiga presente:______________________________________________________;
ANEXO “B”
Medalha Constitucionalista
Cargo
Nome
Contato
Presidente de Honra
Ten Cel PM
Luiz Antonio Dantas Valente
Presidente
Cap PM
Robinson Castropil
Primeiro Vice Presidente
1 Ten PM
João Francisco Terron
Segundo Vice Presidente
1 Ten PM
Rafael Serpa Boni
Secretário

Jander Cavalcanti de Lira
ANEXO “C”

Merito Policial de SCS
Posto/Grad
Nome
Contato
Cel PM
Mário Fonseca Ventura

Cel PM
Claudia Barbosa Rigon Pereira

Cel PM
Mauro Cezar dos Santos Ricciarelli

Maj PM
Aluysio Francisco Gama Baia

Sd PM
Elvis

Sd PM
Rivanildo


ANEXO “D”

ONU
Ocorrências Destaque 2013
6º BPM/M
Posto/Grad
Nome
Contato
Sd PM
Felipe Simões de Souza

Sd PM
Emerson da Silva Oliveira

Sd PM
Tiago Rogério Reis dos Santos

Sd PM
Vagner Esequiel de Lima

10º BPM/M
Posto/Grad
Nome
Contato
1º Sgt PM
Almir da Silva

Cb PM
Rodrigo Aparecido Mello Silva

Sd PM
Anderson da Silva Oliveira

24º BPM/M
Posto/Grad
Nome
Contato
Sd PM
José Fernandes de Souza Junior

Sd PM
Rafael de Campos Sestenari

30º BPM/M
Posto/Grad
Nome
Contato
2º Sgt PM
Cristiano Caetano da Cruz

Sd PM
Joelson Costa Farina

Sd PM
Edgard dos Santos Vianna

40º BPM/M
Posto/Grad
Nome
Contato
Sd PM
Admilson Viana de Lima

Sd PM
Anderson Bronzoli

41º BPM/M
Posto/Grad
Nome
Contato
Cb PM
Genilson Roberto de Morais

Sd PM
Kleber Gomes Barboza

Sd PM
Cláudio Salles de Araújo

Sd PM
Danilo Silva Lima Nunes

Sd PM
Armando César Junior

ANEXO “E”

Medalha MMDC
Autoridades Militares
No.
Posto/Grad
Nome
1
Ten Cel PM
Paulo Cesar Freitas Rodrigues
2
Ten Cel PM
Edgar Milani dos Santos
3
Ten Cel PM
Paulo Barthasar Junior
4
Ten Cel PM
Marcos Makoto Noda
5
Ten Cel PM
Roberto Alboredo Sobrinho
6
Ten Cel PM
Carlos Alberto dos Santos
7
Maj PM
Ronaldo Gonçalves Faro
8
Maj PM
Fabio de Jesus Leite
9
Maj PM
Silvio Antão Fernandes
10
Cap PM
Eduardo da Silva Drigo
11
1º Ten PM
Cesar Augusto Zoppei Fontagne
12
Subten EB
Anderson Luiz de Almeida Penteado
Autoridades Civis
13
Prefeito
Paulo Nunes Pinheiro
14
Vereador SCS
Sidão da Padaria - Sidnei Bezerra da Silva
15
Diretor do Fórum SCS
Dagoberto Jerônimo do Nascimento
16
Vereador SBC
Hiroyuki Minami
17
Delegado
Reinaldo Vicente Castello
18
Vereador SCS
Paulo Roberto de Jesus
19
Empresário
Simon Calcin
20
Delegado
Ettore Capalbo Sobrinho
21
Empresário
Walter Estevam
22
Empresário
José Milton de Lima
23
Empresário
Rodrigo Pinto Moreira
Magnífica a comemoração do DIA DA JUVENTUDE CONSTITUCIONALISTA em SÃO CAETANO DO SUL. Acreditamos ter feito inúmeros adeptos da nossa causa. Fomos muito bem recebidos nessa cidade e fica até difícil em deixar o local maravilhoso onde fizemos a entrega das medalhas.
Chove quando regressamos para nossas casas. Primeiramente a viatura deixa WILLIAM MASCARENHAS em sua residência, depois me transportam até GUARULHOS. 

Ainda, ao chegar em casa, apesar do adiantado da hora, vejo minha caixa de mensagens. MARIANO TAGLIANETTI manda-me a seguinte mensagem:
Caríssimo Cel. VENTURA, boa noite !
Agradeço e exalto, ao amigo, a consideração de SUA pessoa, em conceder "post mortem" a comenda MMDC a minha  irmã LIDIA TAGLIANETTI SANTOS. Foi para família enlutada, por sua repentina passagem para eternidade, um conforto e balsamo. Externo também meu reconhecimento por haver, em seu discurso, mencionado minha modesta pessoa, na solenidade de hoje  - DIA DA JUVENTUDE -. A nobreza é apanágio de poucos,  louvo minha existência por desfrutar da amizade e do convívio que nos proporciona. Fraternal apreço, Mariano.

A capital atingiu 338 km de congestionamento, o maior da história, às 18:30 horas, segundo a CET. O maior congestionamento já registrado havia sido de 309 km, no dia 14 de novembro de 2013, às 18horas, véspera de feriado.

A falta de chuvas faz com que o nível das represas do Sistema CANTAREIRA continue caindo, mesmo após a ativação do volume morto. Hoje, um balanço divulgado pela SABESP mostrou que o nível do sistema caiu para 25%.

Um homem matou o filho de 2 anos a facadas após discutir com a mulher, na zona leste da capital. O assassino foi preso, já que um menino de 12 anos, que é filho de uma amiga da família, presenciou o homicídio e avisou a mãe. Segundo a polícia, o ajudante JOSÉ VALTER DOS SANTOS, de 48 anos, estava com a mulher, a vendedora CRISTIANA APARECIDA SPINA ZIAKM, de 31 anos, na casa de uma amiga, na Rua FRANCISCO GODINHO, bairro do LAJEADO, na zona leste, na noite de quarta-feira. Por volta das 21 horas, VALTER e CRISTIANA se desentenderam e discutiram aos gritos. VALTER deu um soco no rosto da mulher, saiu da casa da amiga e foi para o imóvel onde morava com a vendedora. Lá se encontrava o filho do casal, JOSÉ MURILLO ZIAKM DOS SANTOS, de 2 anos. Descontrolado, o homem foi até a cozinha e pegou uma faca afiada. Ele foi decidido para o quarto de JOSÉ MURILLO e deu quatro facadas no peito e no braço do bebê. O ajudante simplesmente ignorou a presença do menino de 12 anos, que havia entrado na casa pouco tempo antes, pois é amigo da família. O menino viu o esfaqueamento de JOSÉ MURILLO e também estava presente quando VALTER deu uma facada no próprio peito. O garoto correu para chamar a mãe e a mulher de VALTER. Quando o socorro chegou, o bebê estava morto. VALTER foi socorrido e, quando receber alta será levado para a cadeia.    

Policiais Militares do 3º BPMM prenderam três criminosos que tentaram fazer um assalto a um banco nesta manhã. Os policiais chegaram até os criminosos por meio de uma denúncia anônima que informava a presença de dois homens em atitudes suspeitas próximo à agência do BANCO ITAÚ, da Avenida do CURSINO, bairro da SAÚDE, zona sul. Ao abordarem um dos criminosos perto da entrada da agência, os policiais encontraram um revólver calibre 38. O outro ladrão estava um pouco mais afastado do local, mas os policiais desconfiaram do envolvimento dele com o primeiro detido e resolveram abordá-lo. Com ele estava outro revólver de mesmo calibre. Os PMs ainda descobriram que um vigia da agência estava envolvido e também foi preso.

A PM prendeu um homem acusado de matar a mulher a facadas em novembro do ano passado. RÓBSON ALVES DE ALENCAR, de 33 anos, foi detido ontem na Avenida CRUZEIRO DO SUL, no CARANDIRU, zona norte. Policiais da cavalaria faziam patrulhamento quando suspeitaram de um homem. Ele estava nervoso e deu diversas informações desencontradas. Ao checarem seu registro criminal, os PMs descobriram que RÓBSON era procurado pela morte de ALTAMIRIS GATO DE OLIVEIRA, de 26 anos. O homem mantinha um relacionamento amoroso com a vítima, porém a matou em novembro de 2013.

Após ser supostamente traído pela mulher, um homem castrou e matou o prefeito francês DOMINIQUE LEBOUCHER na aldeia de BRETTEVILLE-LE-RABET, na NORMANDIA. O crime aconteceu na quinta-feira, segundo o jornal “DAILY NEWS”. De acordo com a BBC, o suspeito se matou após o ataque. A aldeia de BRETTEVILLE-LE-RABET fica na região da BAIXA-NORMANDIA e tem 250 moradores.

O magnata chinês da mineração LIU HAN foi condenado à pena de morte por liderar um grupo mafioso. Há suspeitas de que a sentença faça parte de uma operação contra corrupção ligada ao ministro de Segurança Pública, ZHOU YONGKANG, e pode se tornar um dos mais graves casos da história da CHINA COMUNISTA. HAN foi considerado culpado de 13 acusações, incluindo homicídio, manter cassinos e vender ilegalmente arma de fogo.

A junta militar que tomou o poder na TAILÂNDIA deteve 155 políticos e ativistas e proibiu todos de deixar o país, um dia depois de o chefe do Exército, PRAYUTH CHAN-OCHA anunciar na TV o golpe de Estado para “restaurar a ordem e a normalidade” do país. O grupo inclui membros da família SHINAWATRA, entre eles a própria ex-premiê YINGLUCK SHINAWATRA, que foi forçada a se demitir há duas semanas por abuso de poder. O general se autoproclamou primeiro-ministro provisório e assumirá as funções administrativas do cargo até que se encontre um novo candidato.
YINGLUCK chegou à base militar tailandesa nesta manhã em um veículo à prova de balas cercado por guarda-costas, informou a imprensa local. Ela teria sido mantida no local por várias horas e depois levada a um lugar desconhecido. “Detivemos YINGLUCK, sua irmã e seu cunhado”, disse um alto militar à agência de notícias REUTERS, pedindo para não ser identificado. “Não vamos mantê-las por mais de uma semana. Presicamos apenas organizar o país primeiro”, completou o oficial.
YINGLUCK estaria presa em uma base do Exército na província de SARABURI, ao norte de BANGCOC. Além dela, políticos de facções diversas também foram presos. Meios de comunicação não têm permissão para entrar na base e as informações são restritas, uma vez que muitos canais de TV tailandeses e internacionais estão fora do ar.

2 015   :   -   SÁBADO
Uma das primeiras coisas que faço nesta manhã é ler o DIÁRIO OFICIAL. Tomo conhecimento das promoções de oficiais da PMESP:
POLÍCIA MILITAR Decretos de 22-5-2015 Promovendo, nos termos do Dec.-lei 13.654-43 e suas alterações, os seguintes Oficiais da Polícia Militar do Estado: a contar de 24-5-15 QUADRO DE OFICIAIS POLICIAIS MILITARES – QOPM ao posto de Coronel PM, por merecimento, os TenenteCoronéis PM: 852073-9 Luís Henrique Di Jacintho Santos, do 3º BPRv e 840885-8 João Silva Soares Castilho, do CIPM. ao posto de Tenente-Coronel PM, por antiguidade, os Majores PM: 851991-9 Sílvio Lúcio Reis Nogueira, do 6º BPM/I; 876697-5 Silvana Helena Sozza, do 15º BPM/I; 901210-9 Daniela Michelão Penasso Cella e Santos, do 44º BPM/I; 877015-8 Dulcinéia Lopes de Oliveira, do 23º BPM/M; 901234-6 Fabiana Bergamin, do 44º BPM/M; 901207-9 Soraya Corrêa Alvarez, do CRPM; 850894-1 Damicélia Ferreira de Lima Kanno, do 48º BPM/I; 852051-8 Francisco Alves Cangerana Neto, do CPD; 852035-6 Ednaldo Soares Alexandre, do CPA/M-3; 852070-4 Laércio Fernandes Júnior, do 43º BPM/M; 852072-A Lourival da Silva Júnior, do 4º BPRv; 852086-A Marcelo Martins, do 9º BPM/I; 862725-8 Henrique Motta Neves, do 45º BPM/M; 910264-7 Carla Danielle Basson Niglia, do 11º BPM/I; 880342-A Cenise Araújo Calasans, do 31º BPM/I e 910269-8 Sílvia Perpétua Costa, da APMSSP. ao posto de Tenente-Coronel PM, por merecimento, os Majores PM: 910297-3 Flávia de Paula Santos, da PM-4; 852102-6 Olímpio Ferreira Magalhães, do 2º BAEP; 852115-8 Rogério Rodrigues Santos, do 2º BPChq; 842099-8 Márcio da Silva, do 48º BPM/M; 852082-8 Marcelo Gonzales Marques, do CPC; 852127- 1 Walter Nyakas Júnior, da C Mil; 852044-5 Everton Rubens Rodrigues da Cunha, do RPMon; 862794-A Luiz Félix de Souza Júnior, do 46º BPM/I; 871869-5 Ziul Martins Rodrigues, do CPI-3; 852116-6 Rogério Silva Pedro, do 21º BPM/I; 852058-5 Jean Carlos de Araújo Leite, do 17º GB; 862599-9 Paulo Sérgio Ramalho, do CSM/AM; 852087-9 Marcelo Maschietto, do CPD; 871858-0 Erivelton Carlos de Oliveira, da APMBB; 852107-7 Paulo Sérgio Merino, do CeCaP-EEF; 852047-0 Fernando Alencar Medeiros, do 1º BPChq; 852108-5 Régis Moyzes Pereira, da D Tel; 852089-5 Marcelo Vieira Salles, da C Mil; 852062-3 João de Paula Ferreira Neto, do DSA/CG; 862757-6 Carlos Alberto Machado, do CPI-3; 862764-9 César Casademunt Toller, do 8º GB; 852031-3 Daniel Correia de Godoy, do 2º BPRv; 852090-9 Marcelo Zacarias Gonçalves, da ESSgt; 852045-3 Ezequiel Morato, do 16º BPM/M; 862777-A Ênio Lopes Bernardo, do CPI-5; 852112-3 Ricardo Spina, do 3º BPM/M; 852055-A Homero de Giorge Cerqueira, da C Mil; 862826-2 Vicente de Paulo do Rosário Júnior, da Correg PM; 862779-7 Fábio Luís Pelegrini, da DP; 862796-7 Luiz Renato Fiori, da Coord Op PM; 862808-4 Paulo Luiz Scachetti Júnior, do GRPAe; 862825-4 Vanderlei Ramos, do CPA/M-7 e 862791-6 José Marcelo Macedo Costa, do 1º BPRv. ao posto de Major PM, por antiguidade, os Capitães PM: 862781-9 Geraldo Storai da Silva, do 13º BPM/M; 884193- 4 Luiz Fernandes da Costa, do 1º BPM/M; 891230-A Rogério Nascimento Takiuchi, do 19º BPM/I; 871892-0 Luís Carlos Pardubsky, do 3º BPM/M; 891215-7 Ubirajara Storai da Silva, do 8º BPM/M; 874331-2 Douglas José Ferreira de Oliveira, do 16º BPM/M; 891214-9 Sílvio Amaral Soares, do 53º BPM/I; 871885-7 Igor Fabian Tanaka, do 35º BPM/M; 851744-4 Elson Narciso Costa, do CPI-8; 891308-A Valdeci Silva Júnior, do 33º BPM/I; 885337-1 Cláudio José Marangom, do 21º BPM/M; 901250-8 André Luís dos Santos, do 24º BPM/M; 901238-9 Douglas João La Femina Júnior, do 46º BPM/M; 883578-A Renato Auricchio, do 29º BPM/M; 901202-8 Fernando Sasaki Fagionato, do 47º BPM/I; 901253-2 Roberto Besenbruch Caruso, do 15º BPM/M; 901218-4 Paulo Roberto Borges, do 10º BPM/I; 865620-7 Luciano Piva, do C Com Soc; 884180-2 Ubiratan de Carvalho Goes Beneducci, do 48º BPM/I; 901255-9 Valentino Schiezari Perini, do 40º BPM/M; 901299-A Marcelo Severino Batista, do 28º BPM/I e 870621-2 José Wilson da Silva, do 3º BPM/I. ao posto de Major PM, por merecimento, os Capitães PM: 871941-1 Iron Sérgio Ferreira da Silva, do 4º BPChq; 910282-5 Wander Satil de Souza, do GRPAe; 910254-0 Renato Marcel Carbonari, do 10º GB; 891304-8 Honorato Gitirana de Sousa Júnior, da C Mil; 882972-1 Wagner Giurni Gomes, do CSM/MOpB; 891259-9 Maurício Hermes Bitencourt Neves, do 24º BPM/M; 891456-7 Roney Moreira da Silva, da Correg PM; 891285-8 Rogério Said, do GRPAe; 891270-0 Eliseu Chaves de Oliveira, do 23º BPM/M; 862627-8 André Luiz Magri, da APMBB; 891457-5 Jacintho Del Vecchio Júnior, do 11º BPM/I; 872228-5 Mário Sérgio Nonato, do 9º BPM/I; 891250-5 Marcelo Hsiao, do 45º BPM/M; 891265-3 Arthur Velloso Júnior, do 34º BPM/I; 891454-A Carlos Henrique Lucena Folha, do Cood Op PM; 891249-1 Marcus Zichar de Moraes, da Correg PM; 910301-5 Gustavo Henrique Lopes Barbosa, do CSM/M Tel; 901304-A Adaylton Álvaro de Rezende Júnior, do GRPAe; 901297-4 Plínio Mariano do Nascimento, da Correg PM; 920365-6 Marcelo Gonçalves Gaspar, da PM-3; 901263-0 Emerson Massera Ribeiro, do C Com Soc; 920409-1 Alexandre Merlin, da PM-4; 883948-4 Samuel Dias de Oliveira, do CPA/M-5; 920386-9 José Augusto Coutinho, do 1º BPChq; 920464-4 Fábio Ricardo Ferreira, do 13º BPM/I; 863780-6 Ricardo Xavier da Silva, do CPChq; 920407-5 Rogério Oliveira Reno, da Correg PM; 871074-A Luiz Cordeiro da Silva Filho, do CPC; 901280-0 Eduardo Cimino Carvalho Júnior, da DFP; 920466-A Ealton Douglas Nunes, da APMSJDC; 920396-6 Carlos Enrique Forner, da PM-3; 920486-5 Sônia Paula Baptista Hamad, do 5º BPM/I; 920432-6 Renato Luiz Costa de Campos, do CPI-1; 920473-3 Daniela Pollete Costa Pereira Merlin, da Correg PM; 910313-9 Tibério César Chrispin da Silva, do 50º BPM/M; 901285-A Fabrício Marchi Tiago, do 17º BPM/I; 920431-8 Marcelo dos Santos Sancana, do 38º BPM/I; 889553-8 Anísio Araújo dos Santos, da APMBB; 880964-0 Alexandre Luiz Alves, da DEC; 873015-6 Rita de Cássia Alves Diniz Martiniano, do 39º BPM/I; 910322-8 Sandro Moreira Alves, do 40º BPM/I e 887853-6 Edilson Mariano de Oliveira, da Correg PM. ao posto de Capitão PM, por antiguidade, os PrimeirosTenentes PM: 932291-A Élcio do Nascimento, do 49º BPM/M; 889060-9 Isaac Duarte Jurado, do CeCaP-EEF; 990042-0 Ricardo Almeida Lopes, do 54º BPM/I; 940005-2 Jamilson Rogério Gerônimo, do 24º BPM/I; 990008-0 Alex Brito de Moura, do 13º GB; 970656-9 Paulo Sérgio de Barros, do 34º BPM/I; 990011-0 Esther Sewastjanow Silva Santos, do 33º BPM/I; 990109-4 Cezar Augusto Monteiro da Silva Raymundo, do 1º BPChq; 894444-0 Cláudio Roberto Ribeiro de Lima, do 21º BPM/M; 990128-A William Gelonezze Ramos, do 15º BPM/M; 990136-1 Moacyr Caldeira Júnior, do CPI-10; 860796-6 Fernando Rafael Eufrásio, do 15º BPM/I; 990138-8 Eder de Oliveira Lima, do 5º BPM/M; 990066-7 Hudson Arthur Rodrigues Rosa, do 40º BPM/I; 990090-0 Jeferson Ademar Florindo de Souza, do 1º BPAmb; 964159-9 Reginaldo Márcio Fernandes, do CSM/M Tel; 990027-6 Thiago Santini Bisterso, do CSM/M Int; 990124-8 Dério Nunes de Almeida, do 44º BPM/M; 990079-9 Karina Dalva dos Santos, da ESSd; 990051-9 Robson Mitsuo Munhoz Guenca, do 1º GB; 990026-8 Danilo Salem, do 1º BPTran; 990143-4 Jurandyr Romano Neto, do GBMar; 990071-3 Marcelo Shigeo Garcia Tsuda, do 32º BPM/I; 904924-0 Cláudio Luiz Gomes de Sá, do 9º BPM/I; 990082-9 Rodrigo de Ângelo, do 4º BPM/I; 990120-5 Adriano Augusto Lemos Franco, do 46º BPM/I; 990131-A Vitor Maximino de Melo, do CPI-4; 990062-4 Marcelo Silva de Araújo, da APMBB; 990073- 0 Eduardo Casagrandi Mansoldo Filho, do 15º GB; 990032-2 Rodrigo Francisco Forner, da APMBB; 990014-4 Ligia Pinheiro, da ESSd; 990150-7 Lucimara Godoy Vilas Boas, do 7º GB; 990040-3 Rodrigo Augusto Santana, do 53º BPM/I; 990085-3 Jorgio Baltazar de Jesus, do GRPAe; 863715-6 Celso Arantes Lucas, do 12º BPM/M; 990031-4 Wilson Vaccaro Moraes, do 6º GB; 990039-0 Shelby Heleno da Silva, do 3º BPChq; 990016-A Roberto Augusto Leopoldo Gigliolli Santos, do 40º BPM/M; 990121-3 Mauro César Zaneti, do 46º BPM/I; 990117-5 Nivaldo Augusto Viegas Guion, do 21º BPM/M; 904977-A Rubens Gomes de Oliveira, do 50º BPM/I; 990144-2 Carlos Alberto Mello e Silva, do 18º BPM/M; 990126-4 Carolina Padua Rosa Berbel, do 51º BPM/I; 990086-1 Luiz Alberto Gomes Dias, do 30º BPM/M; 964467-9 Alessandro Gea de Souza, do 45º BPM/M; 966375-4 Ewerton Ricardo Messias, do 2º BPAmb; 100394-1 Inaê Pereira Ramires, do 50º BPM/I e 971837-A Cláudio César Capelari, do 2º BPM/I. ao posto de Capitão PM, por merecimento, os PrimeirosTenentes PM: 990084-5 Vanessa Buoro Morilhe de Agostinho, do 9º BPM/I; 990103-5 Alessandro de Jesus Leme, da DP; 990017-9 André Luiz Quero, do 15º BPM/M; 990100-A Thiago Allegretti de Castro, do CPC; 990145-A Claiton dos Santos Leite, do 40º BPM/I; 990094-2 João Batista de Castro Rapaci, do GBMar; 923999-5 Laércio Antônio Mantovani, do 52º BPM/I; 990041- 1 Alexandre Oliveira de Paula, do GRPAe; 965422-4 Ricardo Luís Martins do Rego, do DSA/CG; 990010-1 Michel Ricardo Berbel, do 51º BPM/I; 990072-1 Júlio César Badini, do 2º BPChq; 913868-4 Anderson Ferreira Nunes, do 17º BPM/I; 990054-3 Graziela Bazili Leandro Costa, do 30º BPM/M; 980330-A Márcio Roberto Lunardeli, do 41º BPM/M; 990046-2 Marcos Dias Baptista, do 45º BPM/M; 990025-0 Carlos Clarindo Filho, do 3º BPM/I; 990147-7 Rodrigo de França Pulzi, do 19º BPM/I; 990038- 1 Edvan Gonzaga do Carmo, do CBM; 990058-6 Marcus Vinícius Hernando de Souza Zamora, do 14º BPM/M; 990132-9 Francisco Diassis de Souza Teixeira, da PM-4; 990033-A Rodrigo Fabrício Nascimento, do 17º BPM/I; 990099-3 Jesus de Oliveira Júnior, do 3º BPM/I; 892992-A Moisés Francisco de Melo, do 38º BPM/M; 990048-9 Giuliano César Andrietta Sampaio, do 50º BPM/I; 990076-4 Nelson Leite Carrijo Júnior, do 3º BPRv; 990035-7 Eduardo Jorge Marques, do 26º BPM/I; 990097-7 Glauco César Costa de Oliveira, do 5º BPRv; 990104-3 Leonardo Bruno Rodrigues, do 12º BPM/I; 990130-2 Ronaldo Adriano Frata, do 51º BPM/I; 990149-3 Fabiano Cunha de Melo, do 15º BPM/I; 990037-3 Edson da Costa Meira, do CPA/M-9; 874739-3 Mônica Aparecida Peixoto de Carvalho César, do 23º BPM/I; 888285-1 Renê Macedo Ventura, do 5º BPM/M; 990135-3 Graziela Guerra de Luna, da APMBB; 930856-3 Mauri Ricardo Guarizi, do 2º BPAmb; 966412-2 Fernando Santana Xavier, do 32º BPM/I; 100303-8 Fernanda Regina Lopes de Freitas, do CCB; 966103-4 Ibrahim Nagib Karan Júnior, do 13º GB; 100270-8 Daniel de Oliveira Maiche, do 21º BPM/I; 893493-2 Rômulo Gomes Pinheiro da Silva, do 1º BPAmb; 100285-6 Lucas Alexandre Gonçalves, do 11º GB; 100358-5 Newton Kruger Tallens Júnior, do GBMar; 966129-8 José Luciano Val, do 13º GB; 981076-5 Ivan Garcia Souza, do 3º BPChq; 100390-9 Rafael Henrique Helena, do CPI- 5; 100334-8 Fernando de Assis, do 23º BPM/I; 100293-7 Glauco Castilho Rossi, do 9º GB; 966137-9 Alessandro Wendell Pereira, do 30º BPM/I e 100317-8 Luiz Antônio Furlan, do GRPAe. ao posto de Primeiro-Tenente PM, por antiguidade, os Segundos-Tenentes PM: 121923-5 José Eduardo Trevizan, do CPC; 127697-2 Rafael Cerqueira de Souza, do 37º BPM/M; 992225-3 João Paulo Peres, do 10º BPM/I; 132384-9 Luiz Carlos de Alcântara Capelin, do 31º BPM/I; 118124-6 César Augusto Zoppei Fontagne, do 6º BPM/M; 124228-8 Eduardo Rezende Sanches, do 37º BPM/I; 121046-7 Byanca Bertocco da Silva Santos, do 9º BPM/M; 132372-5 Ricardo de Góes Correia, do 5º BPM/M; 110881-6 Gilson Aparecido Vieira, do 14º BPM/I; 132409-8 André Luna Smidi, da ESB; 132402-A Caio Mormillo Veneziani, do 7º BPM/M; 118090-8 Alexsandro da Silva Gomes, do 16º BPM/M; 130967-6 Tiago Aparecido Lima de Freitas, do 48º BPM/M; 132388-1 George Lucas Ferreira Bonfim, do 8º BPM/I; 132370-9 Rafael de Mello Cambuy Ferreira, do 3º BAEP; 130473-9 Fabrício Ishikawa Rigoni, do 44º BPM/I; 132383-A Larissa Fidélis Aguiar, do 12º BPM/M; 105164-4 Carlos Roberto Nicoleto, do 4º BPRv; 117945-4 Luciana Beltrame Del Debbio, do 1º BPAmb; 132393-8 Fernanda Mello Magrini, do 16º BPM/M; 127739-1 Leandro César Hage Fabri, do 43º BPM/M; 116508-9 Fernando Teodoro Lopes da Silva, do 50º BPM/M; 105389-2 Emerson Borges de Souza, do 5º BPM/M; 132377-6 Thiago Dias Jorge, do 7º BPM/M; 132369-5 Priscila Ique Ferreira, do 13º BPM/M; 100833-1 Christiane Rocha Ferreira Chenk, do 17º BPM/M; 119789-4 Francisco Carlos Moraes de Melo, do 36º BPM/M; 132403-9 Caio Vinícius Monteiro Battistella, do 47º BPM/I; 132412-8 Carolina Estevam Cavallaro, do 7º BPM/M; 123413-7 Bruno Alves do Nascimento, do 30º BPM/I; 132401-2 Carlos Antunes dos Santos Júnior, do 21º BPM/M; 132400-4 Camila Navarro de Souza, do 2º BPM/M; 132375-0 Rafael Guimarães de Oliveira, do 2º BPChq; 128131-3 Guilherme Rossi Benassi, do 49º BPM/M; 132379-2 João Armando Aun Fioravante, do 3º BPM/M; 125823-A Derek Minowa Rodrigues, do 15º BPM/M; 132392-0 Fabiana Mayumi Oshikata, do 45º BPM/M; 132395-4 Danielli Santos Takubo, do 2º BPM/M; 132385-7 Luiz Paulo Rodrigues Codelo Nascimento, do 13º BPM/M; 121112-9 Vivian Alexandrina Euzébio de Godoy, do 32º BPM/M; 132376-8 Rodrigo José Franco, do 53º BPM/I; 132406-3 José Paulo Soo Kim, da ESB; 132387-3 Gabriela Armani, da Correg PM; 118135-1 Cristian Giangiulio Zielinski, do 29º BPM/I; 127499-6 Leandro Luiz Mantovane, do 11º BPM/M; 132373-3 Ricardo Sorensen Camilo, do 31º BPM/M; 132417-9 Naiana de Souza Cabrera, do 46º BPM/M; 126242-4 Roberto Marchini de Carvalho, do 2º BAEP; 132396-2 Diego Reginaldo Pereira, do 18º BPM/M; 132366-A Massami Roberto Tanaka Júnior, do 18º BPM/I; 124313-6 Rafaela Maria Santana, do 37º BPM/M; 119656-1 Marcos Rodrigues de Araújo, do 30º BPM/M; 132407-1 Gerson Gomes de Carvalho Júnior, do 27º BPM/M; 125331-0 Daniel Gaglio Medeiros de Sá, do 49º BPM/I; 132382- 2 Larissa Fernanda Marcucci Sanches, do 48º BPM/I; 132411-0 Djenipher Delline Castro Benedito, do 20º BPM/M; 132414-4 Daniel Serpeloni, do 2º BAEP; 132415-2 Isadora Katerenhuk, do 28º BPM/M; 132386-5 Maísa Ribeiro de Souza, do 1º BPTran; 132367-9 Murillo Bottura Parras, do 51º BPM/M; 132397-A Driely Gomes Damaceno, do 1º BPRv; 108178-A Leandro Couto, do 44º BPM/M; 132404-7 Bruno Lopes Ribeiro, do 49º BPM/M; 132371-7 Rafael Vieira Clara, do 16º BPM/I; 132418-7 Felipe Ribeiro Nakamura, do 36º BPM/M; 122026-8 André Ari de Araújo Leal, do 38º BPM/M; 132408-0 Beatriz Mayumi Moraes, do 33º BPM/M; 115400-1 Hudson Maurício Humphreys, da ESB; 132365-2 Mariany dos Santos Pinto, do 39º BPM/M; 114896-6 Fábio Torres Viana, do 29º BPM/M; 128407-0 Rafael Pereira Corrêa, do 3º BAEP; 132368-7 Paulo Eduardo de Oliveira Tongu, da ESB; 132381-4 Laís Marcatti Tofanello, do 1º BPTran; 120810- 1 Ellen Pádua Tristão Machado, do 38º BPM/M; 132410-1 Vitor Justino Moraes, do CSM/M Tel; 132374-1 Renan Alves Mendon- ça, do 38º BPM/M; 132391-1 Jéssica Teixeira Franchi Ferraz, do 34º BPM/I; 132389-0 Guilherme Luiz Santana de Araújo, da ESB; 132380-6 Jungla Polegato More, do 2º BPM/M; 112273-8 Betânia Maria da Costa Borges, do 36º BPM/M; 132398-9 Cleber Rodrigues Ventrone, do 33º BPM/M; 132399-7 Cristiano Donizete da Silva Vieira, do 33º BPM/M; 970853-7 Fábio de Jesus Dias, do 14º BPM/I; 132405-6 Gabriel Barros Ribeiro, do 48º BPM/M; 132378-4 Thiago Marcondes Neves da Silva, do 14º BPM/M; 132416-A Richard Sooma, do 50º BPM/M; 132364-4 Mariane Sayuri Shimada Osório, do 37º BPM/M e 132419-5 Artur Latini, do 28º BPM/M. QUADRO DE OFICIAIS DE SAÚDE - MÉDICOS ao posto de Tenente-Coronel Médico PM, por merecimento, o Major Médico PM: 900069-A Almerindo Lourenço de Souza Júnior, do C Med. ao posto de Major Médico PM, por antiguidade, o Capitão Médico PM: 944606-A Marco Ricardo Russo, da APMTJM. ao posto de Major Médico PM, por merecimento, os Capitães Médico PM: 931603-5 Adauto Carvalho Silva, do C Med e 944608-7 Al Dayr Natal Filho, do C Med. ao posto de Capitão Médico PM, por antiguidade, os Primeiros-Tenentes Médico PM: 104512-1 Mirian Wolcof Kallaaur Macul, do C Med e 118045-2 Flávio Zindiel Salem, do 32º BPM/I. ao posto de Capitão Médico PM, por merecimento, os Primeiros-Tenentes Médico PM: 118042-8 Daniel Carvalho Kallas, do 26º BPM/I e 118048-7 Marta Regina Dias Consulin, do CPI-2. QUADRO DE OFICIAIS DE SAÚDE - DENTISTAS ao posto de Capitão Dentista PM, por merecimento, o Primeiro-Tenente Dentista PM: 924796-3 João Luiz Azevedo Rosin, do CPA/M-4. ao posto de Primeiro-Tenente Dentista PM, por merecimento intelectual, o Segundo-Tenente Dentista PM: 147005-1 Tereza de Fátima Duarte, da APMBB. QUADRO AUXILIAR DE OFICIAIS POLICIAIS MILITARES - QAOPM ao posto de Major QAOPM, por antiguidade, o Capitão QAOPM: 821430-1 João Wilson de Brito, do CPA/M-11.
ao posto de Major QAOPM, por merecimento, o Capitão QAOPM: 831878-6 Mauro Martiniano de Oliveira, do CIAF. ao posto de Capitão QAOPM, por antiguidade, os PrimeirosTenentes QAOPM: 860173-9 Amilton Dybal Rosa, do CPChq; 886396-2 Aldo Celleri Carvalho, do CSM/M Subs; 854575-8 Ariovaldo Fagundes, do 48º BPM/I; 862844-A Anilson dos Santos Medeiros, da ESSd; 852683-4 Wilson José Gonçalves, do CSM/MM; 832173-6 Valdemar Teodoro dos Santos, da ESSgt; 912280-0 Mesaque Souza Cruz, do 15º GB e 842866-2 Sérgio Masson, do 12º GB. ao posto de Capitão QAOPM, por merecimento, os Primeiros-Tenentes QAOPM: 862416-0 Ivo da Silva, do CSM/MOpB; 887556-1 José Marcelo Vieira, do CMed; 871530-A Rogério Marques da Silva, da Correg PM; 861539-0 Carlos Alberto Alves Lourenço, do GBMar; 881156-3 Adenilson José Rodrigues de Paula, do 8º GB; 900304- 5 Afonso Alves Júnior, do CPI-1; 860108-9 Marco Antônio Cagna Mariano, do CSM/MM e 884237-0 Nilton Pinheiro Coelho, do CSM/M Int. a contar de 24-5-14 QUADRO DE OFICIAIS POLICIAIS MILITARES – QOPM ao posto de Tenente-Coronel PM, por antiguidade, o Major PM: 841390-8 Américo Massaki Higuti, do CPA/M-8. ao posto de Major PM, por antiguidade, o Capitão PM: 883553-5 Alexandre Bueno Pinheiro, do CPA/M-11. ao posto de Capitão PM, por antiguidade, o PrimeiroTenente PM: 923717-8 Edison Ozório de Melo, do 35º BPM/M. a contar de 25-8-14 ao posto de Major PM, por antiguidade, o Capitão PM: 862789-4 Jackson Dorta de Toledo, do 15º BPM/M. Classificando, por conveniência do serviço, em face de promoção, os Coronéis PM 852073-9 Luís Henrique Di Jacintho Santos, no CPA/M-1 e 840885-8 João Silva Soares Castilho, na ESSgt. Transferindo, por conveniência do serviço, os Coronéis PM: 822263-A Reynaldo Simões Rossi, da APMBB para a DEC; 830519-6 Celso Luiz Pinheiro, do CPA/M-1 para a APMBB; 851989-7 Rogério de Oliveira Xavier, do CPI-5 para o CPAmb e 891193-2 Helena dos Santos Reis, da ESSgt para o CPI-5. Retificando o Decreto de 22-8-13, publicado no D.O. 158, de 23-8-13, onde se lê: 864124-2 O2Gomes da Silva, do 44º BPM/I, leia-se: 864124-2 Orlando Gomes da Silva, do 44º BPM/I.

Transferindo para reserva "ex officio": Nos termos do artigo 18, inciso IX, do Decreto-lei 260/70, acrescido pelo artigo 2º da Lei 3404/82, , artigo 138, § 2º, combinado com o artigo 129 da Constituição Estadual, artigo 133 da Constituição Estadual, Decreto 35.200/92, Instrução Conjunta CRHE/CAF-I/92 e Parecer CJ-26/93, Lei Complementar 1.249/14, em consonância com o artigo 1º do Decreto 41.144/96 e a Portaria PM1-7/02/13, de 31-10-13, artigos 1º e 3º da Lei Complementar 432/85, alterada pela Lei Complementar 1.179/12, Decreto 51.782/07 e vencimentos referentes às Leis Complementares 731/93 e 1.021/07, e o artigo 3º, "caput", § 2º, da Lei Complementar 1150/11, com os proventos integrais, contando com mais de 30 anos de serviço e 5 anos no posto de Cel PM, e o § 2º do artigo 213 da Lei 10.261/68, alterado pela Lei Complementar 1.048/08, a contar de 23-5-15, Padrão PM-16, o Cel PM 801113-3 Renato Cerqueira Campos - CPAmb - São Paulo/SP (TLTS e FRCTS DP -1595/15 - Pr. 5.866.321/15).
Nos termos do artigo 18, inciso IX, do Decreto-lei 260/70, acrescido pelo artigo 2º da Lei 3404/82, artigo 138, § 2º, combinado com o artigo 129 da Constituição Estadual, artigo 133 da Constituição Estadual, Decreto 35.200/92, Instrução Conjunta CRHE/CAF-I/92 e Parecer CJ-26/93, artigos 1º e 3º da Lei Complementar 432/85, alterada pela Lei Complementar 1.179/12, Decreto 51.782/07 e vencimentos referentes às Leis Complementares 731/93 e 1.021/07, e o artigo 3º, "caput", § 2º, da Lei Complementar 1150/11, com os proventos integrais, contando com mais de 30 anos de serviço e 5 anos no posto de Cel PM, e o § 2º do artigo 213 da Lei 10.261/68, alterado pela Lei Complementar 1.048/08, a contar de 23-5-15, Padrão PM-16, o Cel PM 822350-5 José Mauricio Weisshaupt Perez - DEC - São Paulo/SP (TLTS e FRCTS DP-1596/15 - Pr. 5.853.729/15).

Recebi o convite da Doutora NELLY CANDEIAS, para esse evento em 23 de maio também. Mas preciso estar na APMBB para participar do DIA DA JUVENTUDE CONSTITUCIONALISTA e da FESTA DO ESPADIM.
O Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo, Coral VAHAKN MINASSIAN - SAMA - Clube Armênio têm a honra de convidar Vossa Excelência e Família para a evocação dos mártires do Genocídio Armênio.
NELLY MARTINS FERREIRA CANDEIAS
PRESIDENTE

PROGRAMAÇÃO
HINO NACIONAL BRASILEIRO
HINO NACIONAL ARMÊNIO
CANTO CORAL MAESTRO ALEXEY KURKDJIAN, regente
GUSTAVO FIEL, piano
PALESTRA
Prof Dr. HAGOP KECHICHIAN
DIREITOS HUMANOS, GENOCÍDIO E MINORIAS
ENCERRAMENTO
PROFESSORA DOUTORA NELLY MARTINS FERREIRA CANDEIAS.

O evento do DIA DA JUVENTUDE CONSTITUCIONALISTA, tradicionalmente realizado no Obelisco do IBIRAPUERA, em 23 de maio, precisou ser deslocado para a ACADEMIA DE POLÍCIA MILITAR DO BARRO BRANCO, por coincidir no mesmo horário com a FESTA DO ESPADIM. Assim, de comum acordo com o Comandante Geral, CORONEL PM RICARDO GAMBARONI, as duas solenidades acontecem na APMBB.
MARINEI chega em casa por volta das 8 horas. Antes das 9 horas já estamos na Academia de Policia Militar do Barro Branco. Ali vamos encontrar muitos amigos, quer nossos associados, como também oficiais da ativa e da reserva da PMESP. O CORONEL PM ANTONIO CARLOS MENDES já se encontra na Academia e me apresenta companheiros maçônicos que hoje irão receber a Medalha MMDC.
Converso com o CAPITÃO PM CRUZ, do Centro de Comunicação Social. Tecemos comentários sobre o comportamento inadequado da PM MILENA, que ontem, de serviço na portaria do QCG, foi indelicada para com a MARINEI. Isso já se tornou público na esfera dos policiais militares que tratam com os visitantes ao Quartel do Comando Geral, que não podem, em hipótese alguma, ser rude para com as pessoas que procuram o quartel. MARINEI estava fazendo o favor de levar os diplomas da Medalha MMDC   para o CComSoc e foi barrada de maneira estúpida pela tal MILENA. Esse caso inusitado terá outros desdobramentos.
ANTÔNIO CARLOS ARISTIDES e ORÍTIA ABREU SERAFIM é a dupla que irá documentar em imagens a solenidade desta manhã. ARISTIDES e ORÍTIA têm apresentado uma atuação destacada na Sociedade Veteranos de 32-MMDC. MARIANO TAGLIANETTI, que veio de CURITIBA para participar de nossos eventos (o de ontem e o desta manhã) está presente e quer realizar uma solenidade no mês de julho por conta da Associação Paranaense MMDC-32 E HERÓIS DO CERCO DA LAPA. AMADO RÚBIO e sua esposa DONA NADIR, Doutora MARIA LÚCIA CAMARGO, BRUNO PIAGENTINI, JORGE BAPTISTA CRUZ, PAULO XIMENEZ (aniversariante do dia), THELL DE MORAES, LUClANA VILELA (que veio da cidade de CRUZEIRO para prestigiar a comemoração do Dia da Juventude Constitucionalista. Vamos cumprimentar as personalidades que foram selecionadas para o recebimento da Medalha MMDC e um pouco depois das 9 horas vai começar o evento comemorativo do 83º ANIVERSÁRIO DO DIA DA JUVENTUDE CONSTITUCIONALISTA:
Preside a solenidade o VICE-ALMIRANTE WILSON PEREIRA DE LIMA FILHO. Ao seu lado estão: GENERAL RYUSO IKEDA, nosso Comandante Geral, CORONEL PM RICARDO GAMBARONI; o SubCmt da PMESP, CORONEL PM FRANCISCO AIRES MESQUITA, o CORONEL PM REYNALDO SIMÕES ROSSI (que já se encontra na DIRETORIA DE ENSINO E CULTURA), Professor ARTUR COGAN e seu filho; o CORONEL PM JOSÉ MAURÍCIO WEISSHAUPT PEREZ (já em trajes civis, pois foi transferido para a reserva e fez as suas despedidas da vida ativa no último dia 21); o deputado federal MAJOR PM SÉRGIO OLÍMPIO GOMES, o deputado estadual ÁLVARO BATISTA CAMILO e muitos outros coronéis.
Os homenageados se colocam em duas fileiras. Na primeira, o Comandante Geral, CORONEL PM RICARDO GAMBARONI, acompanha-me na entrega da honraria. Na segunda fileira, o Vice-Presidente da Sociedade Veteranos de 32-MMDC, CORONEL PM ANTONIO CARLOS MENDES se faz acompanhar pelo Sub Cmt da PMESP, CORONEL PM FRANCISCO AIRES MESQUITA.
São condecorados com a MEDALHA MMDC:
VICE-ALMIRANTE WILSON PEREIRA DE LIMA FILHO
BRIGADEIRO JOSÉ JORGE DE MEDEIROS GARCIA
GENERAL DE BRIGADA RYUSO IKEDA
CORONEL Av RICARDO AUGUSTO FONSECA NEUBERT
CORONEL JOSÉ RUBENS MARQUES
DELEGADO GERAL YOUSSEF ABOU CHAIM (avisou que estaria impedido de receber a condecoração nesta oportunidade)
DELEGADO JOSÉ DE GODOY PEREIRA NETO
Superintendente da Polícia Técnico Científica - IVAN DIEB MIZIARA
CORONEL PM ROGÉRIO BERNARDES DUARTE
CORONEL PM NELSON CELEGATTO
CORONEL PM REINALDO ZYCHAN DE MORAES
CORONEL PM CLAUDIR ROBERTO TEIXEIRA DE MIRANDA
CORONEL PM LUIZ CARLOS PEREIRA MARTINS
CORONEL PM REYNALDO PRIELL NETO
CORONEL PM CARLOS RICARDO GOMES
CORONEL PM CARLOS EDUARDO FALCONI
CARMO ORTALE (IN MEMORIAN - VETERANO DA REVOLUÇÃO CONSTIT. 32
MARIA CRISTINA MATRONE
ALBERTO TAKAOKA
DOUTOR BRUNO PIAGENTINI
DOUTOR ANTÔNIO CÉSAR SANCHES
DOUTOR CID VIEIRA DE SOUZA FILHO
DOUTOR ARYSTÓBULO DE OLIVEIRA FREITAS
DOUTOR MÚCIO RODRIGUES TORRES
DOUTOR KAMEL AREF SAAB
DOUTOR RENATO CÉSAR TREVISANI
PROFESSORA ADRIANA ZOPPELLO SPADOTO
SOLDADO PM WLADIMIR GARCIA DE MENEZES
SENHOR ANTÔNIO LÍVIO ABRAÇOS JORGE
SENHOR ROQUE CORTES PEREIRA
SENHOR CARLOS ALBERTO BAUMGART
Depois de encerrada a cerimônia da entrega da Medalha MMDC, a tropa sai fora de forma. Após um breve espaço de tempo vai começar a FESTA DO ESPADIM. Chegam muitas outras autoridades somente para assistir essa solenidade, que começa um pouco depois das 10 horas.
E uma surpresa admirável está reservada para a Sociedade Veteranos de 32-MMDC. O CORONEL PM FREITAS, Superintendente da CRUZ AZUL e o CORONEL PM PERRENOUD, Coordenador do Colégio Militar, chamam-me para, em companhia da Professora ADRIANA ZOPPELLO SPADOTO (homenageada pelo MMDC), entregar uma caixa contendo trabalhos de estudantes do Colégio Militar sobre a EPOPÉIA DE 32. Um DVD vai mostrar a Revolução de 32 sobre a ótica de um grupo de estudantes que pesquisaram muito para a realização do trabalho. O CORONEL PM PERRENOUD coordenou tudo isso. Além do DVD é apresentado um selo comemorativo, e um jornal da época. Isso me emociona. Pretendo ainda hoje assistir o DVD que me foi entregue.
Encontros com dezenas de oficiais da reserva e de muitos que cultuam o Movimento Constitucionalista (ficaria maçante colocar todos os nomes aqui), vão me convencer que estamos no caminho certo. O encontro meu com a ESCOLA DE OFICIAIS, mais uma vez, traz à mente os cinco anos que ali passamos.   
 Deixamos a APMBB depois do meio-dia. MARINEI faz a gentileza de me transportar até em casa.

Descanso à tarde. Assisto o DVD que me foi presenteado pelo Colégio Militar da PMESP. O CORONEL PM PERRENOUD coordenou todo o trabalho dos alunos NATHAN CAJAÍBA e BEATRIZ LELIS PACHECO, orientados pela PROFESSORA ISABEL ZAPELLO SPADOTTO. Estiveram no Museu da CIDADE DE SOCORRO e ali entrevistaram o coordenador DEREK D. VERTINO, nosso conhecido. Também vamos ver no vídeo depoimentos do historiador MARCO ANTONIO VILA, do paleontólogo CARLOS NASCIMENTO (de CRUZEIRO)  e de ERIC LENATE. 
RODRIGO PRATES
Bom Dia Coronel Ventura
Transmito as palavras escritas por minha tia-avó Dalva Prates que lhe envia:
``Hoje dia 23 de maio, MMDC, Martins, Miragaia, Dráusio e Camargo, primeiros heróis de 32, impulsionaram os valentes paulistas na luta pela constituição. Esse nobre ideal é o orgulho do povo paulista. Um grande abraço e parabéns por manter viva a memória e os ideais de nossos heróis.´´
Ela vem passando por alguns problemas de saúde, mas com muita luta ainda se mantém firme no compartilhamento e divulgação dos ideais de nossos antepassados.
Estimo ao Sr. toda força e garra pelo que representa.
Abraços,
Atenciosamente

O Comando de Policiamento do Interior (CPI) 5 vai passar por nova mudança. O coronel Rogério de Oliveira Xavier vai assumir  o Comando de Policiamento Ambiental (CPAmb) do Estado de São Paulo e a coronel Helena dos Santos Reis vem para o lugar dele. É a primeira mulher a ocupar a função no CPI-5. Vai comandar um efetivo de 2,2 mil policiais, 600 deles em Rio Preto, em uma área de 96 municípios e 1,4 milhão de habitantes.
A coronel Helena é a quarta mulher a chegar ao posto mais alto da corporação (coronel). Atualmente, ela comanda o curso de formação de sargentos da PM. Em entrevista recente ao Diário, publicada em abril, ela contou um pouco de sua trajetória e dos desafios da profissão.
Ela nasceu em Rio Preto, mas, profissionalmente, veio para a região no fim de 1994. Aqui chegou ao posto de major e depois tenente-coronel. O pai e um irmão dela (este último morto durante serviço) eram policiais militares.
“Fiquei satisfeita e realizada profissionalmente pela nomeação. Era algo que almejava por ter desenvolvido boa parte da minha carreira por aqui e também por ser rio-pretense”, diz a coronel, que é noiva de um advogado rio-pretense. “Por conhecer a região, ficará mais fácil para fazer o planejamento e ter mais legitimidade. Acredito que nosso principal desafio será criar uma gestão que privilegie a parceria entre os sistema de segurança pública, a comunidade, a iniciativa privada e a imprensa”, disse.
Ainda nessa semana, a coronel pretende reunir-se com o coronel Xavier para se interar dos principais fatos da região. “Ainda não tive tempo de conversar com o coronel. Quero conversar com ele para que me coloque a par do que vem acontecendo.”
Quanto a ser a primeira mulher a ocupar o cargo na região de Rio Preto, a coronel Helena diz sentir-se orgulhosa, mas acredita que não há muitas diferenças em relação à forma de comandar. “Percebo que isso desperta um sentimento positivo nas outras pessoas e que serve como inspiração. Sinto orgulho por isso, mas não vejo diferenças no trabalho.”
Para o coronel Xavier, a nomeação vai ser muito positiva para a cidade. “Por ela ser daqui, já ter trabalhado aqui e na capital, e também por ser muito estudiosa. Vai acrescentar muito ao CPI-5.” O tenente-coronel Luiz Roberto Vicente concorda. “É muito dedicada e bem intencionada. Fiquei muito feliz pela nomeação.”
Fora da polícia, a notícia da nomeação também agradou. “A coronel representa a competência da mulher. É motivo de orgulho para Rio Preto”, disse Fabio Marcondes, presidente da Câmara Municipal. A presidente da Acirp, Adriana Neves, comemorou a chegada da coronel. “É uma pessoa espetacular. Firme, correta e, ao mesmo tempo, tem sensibilidade.” O prefeito, Valdomiro Lopes, não foi localizado, ontem, para comentar a nomeação.
O coronel Xavier havia assumido o comando do CPI-5 em novembro do ano passado. Ele já havia sido comandante do 4º Batalhão da Polícia Militar Ambiental, sediada em Rio Preto.
Não há data confirmada para a apresentação e a posse do cargo.

Após a eliminação na COPA LIBERTADORES, a derrota para a PONTE PRETA e o protesto realizado hoje no MORUMBI, o SÃO PAULO amenizou a crise. O TRICOLOR não deu chance para o azar e venceu o JOINVILLE pelo placar de 3 a 0. O clima era de tensão antes do jogo. O ônibus do time foi recebido com garrafadas e integrantes da maior torcida organizada do clube hostilizaram os jogadores. Principais alvos, o atacante LUÍS FABIANO e o vice-presidente de futebol do clube, ATAÍDE GIL GUERREIRO, tiveram até um funeral simbólico.
Além do SÃO PAULO, VASCO e INTERNACIONAL jogaram nesta noite. Em SÃO JANUÁRIO, as equipes ficaram no empate em 1 a 1, o terceiro seguido da equipe carioca no retorno à elite do futebol nacional. Com quatro pontos, o INTERNACIONAL subiu para a oitava posição, mas pode cair até para a 13ª com os demais jogos da rodada.

O paulista THOMAZ BELLUCCI conquistou hoje o quarto título de primeira linha da carreira ao vencer o português JOÃO SOUSA por 7/6 e 6/4 na final do TORNEIO DE GENEBRA, na SUÍÇA. O jogo durou 1hora e 33 minutos. Com a campanha, o brasileiro volta ao grupo dos 40 melhores jogadores do mundo - o novo ranking será divulgado na segunda-feira, dia 25, pela ATP.

Não tem para mais ninguém nesta temporada da Fórmula 1. Hoje, LEWIS HAMILTON confirmou a boa fase e garantiu a pole position no GRANDE PRÊMIO DE MÔNACO. Mesmo sem ser um especialista no circuito de rua, o inglês foi o mais rápido em um treino classificatório no Principado pela primeira vez na categoria. A segunda posição no grid ficou com NICO ROSBERG. O companheiro de HAMILTON na MERCEDES errou em sua tentativa. Único que tentou ameaçar o domínio da MERCEDES, SEBASTIAN VETTEL abre a segunda fila do grid de largada.
Não há muitos motivos para FELIPE MASSA e FELIPE NASR sorrirem. Apesar de ficarem à frente de seus companheiros de equipe, os brasileiros tiveram dificuldades durante a classificação e sabem que terão de fazer uma corrida de recuperação para entrar na zona de pontuação. MASSA, da WILLIAMS, é o 12º do grid, enquanto NASR, da SAUBER, parte da 14ª posição.

O comando da Polícia Militar ainda não sabe os motivos que podem ter levado o PM RAIFA PEREIRA DE SOUZA a andar na contramão da RODOVIA ANHANGUERA e provocar um acidente no início desta manhã. Duas pessoas morreram na batida. O acidente ocorreu na altura do km 14, no sentido interior, perto de OSASCO na GRANDE SÃO PAULO. O veículo do PM bateu de frente no automóvel onde estavam dois homens que voltavam para casa depois do trabalho. EDILSON APARECIDO DONATÃO, de 44 anos, e JOBE DE LIMA, 51, morreram na hora. RAIFA está internado no Hospital das Clínicas. Ele está na corporação há 13 anos e, nesse período, nunca teve incidentes de conduta na vida profissional, segundo a nota da PM.

O corte de quase 70 bilhões de reais anunciado pelo governo federal na sexta-feira conseguiu desagradar tanto a oposição quanto a base governista. Setores do PT miraram toda a artilharia no ministro da Fazenda, JOAQUIM LEVY, que gostaria que a tesoura fizesse um estrago ainda maior - perto de 80 bilhões - mas foi voto vencido. Hoje, no Congresso Estadual do PT em SÃO PAULO, filiados ao partido, com a conivência da direção, cantaram em alto e bom som um "fora LEVY". Havia ainda abaixo-assinado com o título "Não ao Plano LEVY".
Para o senador EUNÍCIO OLIVEIRA, a presidente DILMA ROUSSEFF deveria, nesse momento, dar exemplo e cortar despesas no custeio da máquina, mas, ao contrário, a petista congelou os investimentos.
"Esperava que o governo cortasse na própria carne, no ponto de vista de custeio. A diminuição de investimentos vai gerar problemas. Um contigenciamento dessa magnitude pode agravar o processo de crescimento econômico. A sinalização é ruim e preocupante", afirmou.
Líder do PMDB na Câmara, LEONARDO PICCIANI, também se mostrou preocupado em relação aos pequenos cortes feitos no custeio da gestão governamental. De acordo com o deputado, o que chamou a atenção foi a redução do orçamento do PAC e de ministérios que tem como principais funções a infraestrutura do país - o Ministério da Cidades foi o mais afetado pelo corte, com uma perda de 17,2 bilhões de reais, enquanto o PAC ficou sem 25,7 bilhões de reais.
A oposição criticou em peso as medidas. Líder do DEMOCRATAS na Câmara, o deputado MENDONÇA FILHO acredita que o contigenciamento é mais uma etapa do "desmascaramento do estelionato eleitoral" promovido pelo PT na campanha. "O povo está sentindo na pele e no bolso as consequências do desastre econômico que vivemos."
O líder do PSDB no Senado, CÁSSIO CUNHA LIMA, disse acreditar que o corte é mais uma jogada de marketing do governo petista. "Esse contingenciamento é mais um atestado de que o governo vive de aparências. O que vivemos hoje é um faz de conta, e um governo que não resiste a um espirro".
O presidente nacional do DEM, senador JOSÉ AGRIPINO, disse que os cortes são o retrato em números da situação imposta à economia por um governo obstinado por uma reeleição.

2 016     :     ´   SEGUNDA-FEIRA
Numa manhã chuvosa, MARINEI chega às 7:30 horas para irmos para o Obelisco do IBIRAPUERA. Um pouco antes, veio a notícia de que está faltando energia elétrica no interior do Monumento Mausoléu. Enfrentamos um trânsito infernal tanto na VIA DUTRA, como na Marginal TIETÊ e na Avenida 23 de MAIO.
Chegamos ao OBELISCO depois das 9 horas. Mas a solenidade ainda vai demorar um pouco. Muitas autoridades ainda estão a caminho, enfrentando as agruras do trânsito.
A solenidade será realizada no interior do Monumento. A luz já está funcionando e, apesar do mau tempo, notamos uma presença extraordinária de pessoas nesta manhã. Cumprimentamos os presentes e, somente às 9:30 horas é que damos início à cerimônia de entrega da MEDALHA MMDC, em comemoração aos 84 anos da morte dos heróis MARTINS, MIRAGAIA, DRÁUSIO e CAMARGO. 
RELAÇÃO DOS AGRACIADOS EM SOLENIDADE 23.05.2016

POSTO / GRADUAÇÃO
NOME COMPLETO
Presidente Tribunal de Justiça de São Paulo
PAULO DIMAS DE BELLIS MASCARETTI
Vice-Almirante
GLAUCO CASTILHO DALL’ANTONIA
Capitão-de-Mar-e-Guerra
DANIEL AMÉRICO ROSA MENEZES
Major-Brigadeiro-do-Ar
LUÍS ROBERTO DO CARMO LOURENÇO
Brigadeiro-do-Ar
SAULO VALADARES DO AMARAL
Coronel Aviador
GERALDO CORRÊA DE LYRA JUNIOR
General de Exército
MAURO CESAR LORENA CID
General de Brigada
LUCIANO GUILHERME CABRAL PINHEIRO
Tenente Coronel INF
ANIBAL SILVA BATISTA
Tenente Coronel
EDUARDO XAVIER FERREIRA MIGON
Delegado Geral
YOUSSEF ABOU CHAHIM
Presidente Tribunal de Contas do Estado de SP
DIMAS EDUARDO RAMALHO
Desembargador do Tribunal de Justiça de SP
SERGIO SEIJI SHIMURA
Promotor Público
ALCIDES AMARAL SALLES
Cel PM
FRANCISCO BATISTA LEOPOLDO JUNIOR
Cel PM
CÁSSIO ROBERTO ARMANI
Cel PM
WAGNER BERTOLINI JÚNIOR
Cel PM
ROGÉRIO DE OLIVEIRA XAVIER
Cel PM
JOSÉ ROBERTO RODRIGUES DE OLIVEIRA
Cel PM
HUMBERTO GOUVÊA FIGUEIREDO
Cel PM
SÉRGIO FELLETO
Cel PM
ANTONIO VALDIR GONÇALVES FILHO
Cel PM
MARCELLO STREINFINGER
Cel PM
JOSÉ LUIS SALOMÃO
Cel PM
SÉRGIO RICARDO MORETTE
Ten Cel PM
GEÓRGIA ABÍLIO PÚBLIO MENDES
Delegado de Polícia
LUIS FERNANDO CAMARGO DA CUNHA LIMA
Doutor
VALTÉCIO FERREIRA
Doutora
ADRIANA DE MELO NUNES MARTOTELLI
Professora
ANA MARIA JACOB LARANJEIRA
Sd PM
THIAGO BISPO DA SILVA
Sr.
JEFFERSON CHRISTIAN KOSSEKI
Sr.
FRANCIS RICARDO BASSI DE MELO
Sr.
NELSON LUIZ FRARE
Sr.
FIDEL ANTONIO TAVARES MAIA PEREIRA

Maj PM Ricardo JumKawauchi
Dr. Adolfo Bolivar Savelli
Sra Maria Aparecida Nogueira Coupe
Cap PM Marcos José da Costa
Esta solenidade é uma das mais eloquentes dos últimos anos. Tratamos de muitos assuntos nesta manhã. O Juiz RICARDO MONTE SERRAT é o "padrinho" do TENENTE-CORONEL EDUARDO XAVIER FERREIRA MIGON, Comandante da Cavalaria de PIRASSUNUNGA. Ele quer que seja criado um núcleo da Sociedade Veteranos de 32-MMDC naquela região. Também conversamos muito com o Comandante da ESCOLA SUPERIOR DE SARGENTOS a respeito da criação de um núcleo nessa Casa de Ensino. O nome sugerido para o núcleo é o do COMANDANTE ROMÃO GOMES. Inclusive parentes do CORONEL ROMÃO GOMES estão presentes nesta solenidade. E também a criação de um núcleo mirim em BOM JESUS DOS PERDÕES está sendo estudada.
Vamos almoçar no Serviço de Subsistência. Na sala do MUSEU MILITAR, reservada para a Sociedade Veteranos de 32-MMDC, MARINEI registra os diplomas da MEDALHA MMDC que estão propostos para uma segunda solenidade neste 23 de maio, também no Obelisco, com início às 15 horas.
Entre os homenageados desta tarde está o pesquisador histórico ALEXANDRE MATIAS GARDOLINSKI, indicado pelo MARIANO TAGLIANETTI, do PARANÁ. Ele me traz um medalhão do MUSÉE DE LA LEGION D`HONNEUR, da FRANÇA. É ex-diretor do Museu do Espedicionário do PARANÁ; Presidente do "Expedicionários Viaturas Militares Antigas; Membro da SASDE (Sociedade Amigos da 2ª Divisão do Exército; Associado Categoria "A" da Legião Paranaense do Expedicionário; Patriota da LIGA DA DEFESA NACIONAL; Colunista de assuntos de guerra em revistas, jornais e comentarista em programas de rádio. Faz palestras sobre a II GUERRA MUNDIAL. Visitou nove países e nove Estados do BRASIL. Entrevistou ex-combatentes de várias nacionalidades e de ambos os lados do conflito, coletando dados e fontes para seu livro O OUTRO LADO DA GUERRA, sobre a II GUERRA MUNDIAL. que em breve será editado.
A CABO PM DÉBORAH é a nossa cerimonialista. Depois do HINO NACIONAL sou homenageado com a MEDALHA MARECHAL TROMPOWSKY, bem como QUINTINO SIMÕES PINTO. O SUBTENENTE GEORGE TRAJANO é o emissário dessa homenagem. O CORONEL VIEIRA foi quem nos indicou.
O Instituto dos Docentes do Magistério Militar de PERNAMBUCO, IDMMPE, através da análise do Presidente EVALDO ALVES PEREIRA - Coronel Int ME Presidente do IDMMPE, decidiu, de acordo com o Estatuto e o Regimento Interno, conceder a MEDALHA MARECHAL TROMPOWSKY.
Essa honraria é concedida pelo IDMM; foi criada pelo Decreto nº 33.245, de 8 de julho de 1953, do Exmº Senhor Presidente da República, GETÚLIO DORNELES VARGAS, para distinguir: "Cidadão brasileiro ou estangeiro, ou Instituição que se tenha destacado em relevantes contribuições ao ensino nos Estabelecimentos de Ensino das Forças Armadas, à Educação e à Cultura Nacional".
A condecoração é reconhecida como de valor oficial e tem seu uso permitido com os uniformes militares. O proponente da honraria foi o CORONEL Inf ÁUREO RIBEIRO VIEIRA DA SILVA do GSI-PR. A proposta foi ratificada pelo Conselho Fiscal do IDMMPE.
Considerando o valor extraordinário de MARINEI CHALUB para com a Sociedade Veteranos de 32-MMDC, sendo uma secretária que luta pelos ideais defendidos pela Instituição, com sacrifício até de suas folgas, resolvo outorgar  a ela o COLAR MÉRITO CONSTITUCIONALISTA, criado pelo nosso Núcleo MMDC-LESTE. Essa entrega é uma surpresa que faço a ela.
Passamos depois a entregar a MEDALHA MMDC para os seguintes associados:     
Maj PM Ricardo JumKawauchi
Dr. Adolfo Bolivar Savelli
Sra Maria Aparecida Nogueira Coupe
Cap PM Marcos José da Costa
Cap PM Fernando Henrique Perpétuo Pauli
Vereador de Osasco Sr. Sebastião Bognar
Sr. Alexandre Matias Gardolinski
1º Ten PM Glauber Von Gal de A. Stamato
2° TenPM Danilo Antonio Alves Gusmati
Al OF PM Alex Alfredo Gomes Yamauti
Comedador Luiz Sergio Alvares De Rose
1º Sgt PM Sérgio Fernando dos Santos
2º Sgt PM EriveltonSamapioFávato
3º Sgt PM Claudio Aparecido de Oliveira
3º Sgt PM Carlos Alberto da Costa
Dr. Luciano Henrique Trindade
Sr.QuintinoSimôes Pinto
Cb PM Diego Veiga
Cb PM Juliano Veloso Carneiro
Cb PM Edel Ribeiro Theobaldo
Cb Marcio Izidoro do Nascimento
Cb PM Lucas Roberto Guedes
Cb PM Fernando Moreno Junior
Sr. Braz de Assis Nogueira
Sr. Juraci Matos
Sd PM Elias Caetano de Souza
Sd PM Flavio Perinelli da Silva
Sd PM DarlingtonLuidge da Silva
Sd PM Marcelo Pelegrino de castro
Sr. Mario Amaral Vieira Neto
Sr. Miguel Alves de Souza
Sr. Marco Aurélio Silva
Sr. Sérgio Sciorlia
Em nome dos agraciados, faz uso da palavra o Doutor ADOLFO BOLÍVAR SAVELLI, Coordenador do Conselho Cívico e Cultural da Associação Comercial. A solenidade desta tarde está sendo realizada em parceria com o Conselho. Muitos membros estão presentes, entre eles o HELIODORO PEREIRA DE SÁ, VALDIR ABDALAHH, RESENDE.
Recebem o mimo "SOLDADO CONSTITUCIONALISTA", um oferecimento do Presidente do Núcleo MMDC-NORTE "GENERAL EUCLYDES FIGUEIREDO" as seguintes pessoas: Presidente do TJM, JUIZ SILVIO HIROSHI OYAMA, CORONEL PM ANTONIO CARLOS MENDES, CORONEL PM REYNALDO SIMÕES ROSSI, CAPITÃO PM NEWTON KOBA KAGE, CAPITÃO PM VIVIANE SANTANA, CABO PM WANDER CHALUB, CABO PM DIEGO VEIRA, CABO PM GILBERTO MOREIRA BASTOS, ALUNO OFICIAL WÁGNER SANTOS, ALUNO OFICIAL ANDRÉ MOREIRA, VEREADOR SEBASTIÃO BOGNAR, SENHORA MARINEI CHALUB, SENHORA MARIA APARECIDA COUPÉ, SENHORA MARGARIDA ROSA LIMA, PROFESSOR JOSÉ CARLOS DE BARROS LIMA, SENHOR SÉRGIO MIRANDA, SENHOR WÁGNER MARQUES, SENHOR MARCELO PELEGRINO, SENHOR WILLIAM WORTH MASCARENHAS, SENHOR ANTONIO CARLOS ARISTIDES, SENHOR CÁSSIO MARTIN, SENHOR GABRIEL PIERRATI, SENHOR FERNANDO SERAFIM.
Está presente o DEPUTADO ESTADUAL CORONEL PM ADRIANO PAULO LUCINDA TELHADA. Ele faz uso da palavra no encerramento da solenidade.
Luciano Trindade · 
M.M.D.C. é o acrônimo pelo qual se tornou conhecida a revolução constitucionalista de 1932, por conta da morte dos paulistas Martins, Miragaia, Dráusio e Camargo em confronto com tropas federais em 23 de maio de 1932.
Na data de hoje estive no Obelisco do Ibirapuera, juntamente com a Sociedade Veteranos De 32 - Mmdc, relembrando este momento heróico do povo paulista em prol da democracia. Fui trajado com a vestimenta escoteira em referência a participação ativa dos Escoteiros no episódio, que atuaram tanto em funções de comunicação quanto no socorro médico.
Na cerimônia tive o privilégio de estar ao lado do Coronel Mario Ventura, presidente da entidade, e de receber a Medalha MMDC das mãos de William Worth, Chefe do Estado Maior do Exército Constitucionalista.

Palavras da MARINEI:
Minha semana, apesar de curta, foi de muuuuito trabalho e emoções, portanto não poderia deixar de agradecer ao meu querido Presidente pela homenagem a mim prestada, foi uma surpresa grande, fiquei muito feliz e emocionada.
Tudo que faço, apesar de muito amor, é obrigação de funcionária, mas o reconhecimento sempre é bem-vindo!
Meu lema é: "Escolha o trabalho que você ame e não terás que trabalhar um único dia de sua vida" CONFÚCIO.

Somos convidados pelo CORONEL PM LUIZ EDUARDO PESCE ARRUDA para uma palestra no Edifício JOELMA, com os pré-candidatos a prefeito ANDREA MATARAZZO e a vereador CORONEL PM ARRUDA.
MARINEI acompanha-me nesse encontro do PSD, no térreo do EDIFÍCIO JOELMA. Ali vamos encontrar os coronéis PM PELISSARI, ANTÃO FERNANDES, GIANONNI, ROSAS e muitos outros. ANDREA MATARAZZO e o CORONEL PM ARRUDA falam de suas plataformas políticas.
Após a maratona de eventos deste 23 de maio, retornamos a nossos lares, por volta das 22 horas.

Três criminosos fazem uma família refém por uma hora durante uma tentativa de roubo nesta manhã, no bairro de PEDREIRAS, zona sul da capital. Segundo o TENENTE PM FERNANDO ALVES, o desempregado ALEXANDRE BRUNO DOS SANTOS, de 22 anos, CARLOS SOUZA SILVA, 21, e FRANCISCO TIAGO OLIVEIRA LIMA BISPO, 30, entraram na garagem por volta da meia-noite e ficaram escondidos esperando algum morador sair.
O dono da casa, um empresário de 60 anos, foi abordado por volta das 5:30 horas quando se dirigia para o seu carro. Após isso, os criminosos renderam a mulher dele, 55, e um filho do casal, 26.
O outro filho, 29, percebeu o assalto e conseguiu se esconder nos fundos da residência e ligou para a polícia. Quando os agentes chegaram, os suspeitos, percebendo que estavam sem saída, resolveram fazer a família refém.
Durante a negociação, um dos bandidos ficou com a faca no pescoço na mulher e o outro, com a arma na cabeça do empresário, que chegou a levar uma coronhada.
Os criminosos só se entregaram depois da chegada de seus familiares. Eles contaram aos agentes que sabiam que a família tinha dinheiro. "Eles foram violentos no começo do roubo. Queriam o dinheiro", contou o tenente.

A Secretaria de Segurança Pública informou que a 12ª edição da VIRADA CULTURAL teve o menor número de apreensões e prisões dos últimos três anos. Foram registradas 19 ocorrências, quatro prisões e duas apreensões. O evento, porém, registrou a morte de um jovem e outra pessoa acabou ferida. Segundo a SSP, em 2015 foram 84 detenções e um caso de ferimento. No ano anterior, 128 pessoas foram parar na delegacia e pelo menos 11 ficaram machucadas, sendo sete baleadas e quatro esfaqueadas. Na edição deste ano, ocorreram quatro roubos, com três prisões e uma apreensão de menor, além de três furtos. Outras ocorrências comuns como uso de drogas, lesão corporal, desacato e ameaça também foram anotadas pelos policiais. Conforme a pasta, cerca de 1,3 mil viaturas de PMs foram destacadas para o evento. No caso da morte, a vítima foi PEDRO HENRIQUE PALÁCIOS que desmaiou e acabou batendo a cabeça. Uma amiga informou que ele havia bebido e passou mal. O rapaz sofreu uma parada cardíaca. Não se tratou, portanto de um caso de polícia. Já a jovem ferida foi esfaqueada na perna após reagir a um assalto. Ela recebeu atendimento médico e foi liberada.

A Polícia Federal prendeu, hoje, uma quadrilha que facilitava o envio de drogas ao exterior, via Aeroporto de GUARULHOS. O entorpecente era colocado em sacos e chegava a área de cargas num caminhão de lixo. Catorze funcionários e ex-funcionários do local foram presos. O esquema gerou 500 milhões de reais.

A Polícia Federal prendeu o ex-tesoureiro do PP JOÃO CLÁUDIO GENU. Ele é mais um condenado no escândalo do mensalão que aparece agora na corrupção da PETROBRÁS. A 29ª etapa da OPERAÇÃO LAVA JATO cumpriu mandados de busca e apreensão em BRASÍLIA, RECIFE e RIO DE JANEIRO.
Batizada de REPESCAGEM, a investigação revelou, com "nitidez mais aprofundada", segundo o delegado da Polícia Federal LUCIANO FLORES, um paralelo entre os dois esquemas de corrupção que levaram à derrocada do PT.
GENU é suspeito de ser um dos beneficiários ligados ao PP no esquema de distribuição de propinas da PETROBRÁS na Diretoria de Abastecimento. Segundo a investigação, ele teria recebido até 5% do montante pago pelas empreiteiras.
GENU foi preso em um hospital em BRASÍLIA, quando acompanhava uma pessoa. Também foram expedidos mandados de prisão temporária contra o sócio dele em várias empresas, LUCAS AMORIM ALVES, e contra o empresário HUMBERTO DO AMARAL CARILHO, que se encontra fora do país e já é considerado foragido.
GENU foi condenado pelo Supremo Tribunal Federal no julgamento do mensalão, em 2012, mas a punição prescreveu durante a fase de recursos.
O ex-tesoureiro do PP era um dos principais assessores do ex-deputado federal JOSÉ JANENE, apontado nas investigações do LAVA JATO como um dos mentores do esquema. JANENE foi o responsável pela indicação de PAULO ROBERTO COSTA à PETROBRÁS. O ex-diretor da estatal ficava com 30% do valor da propina. Outros 5% iam para GENU e 60% para o PP. YOUSSEF afirmou que 13 milhões de reais foram entregues ao PP, a GENU e a COSTA entre os anos de 2010 e 2011.
"No mensalão, GENU foi condenado porque sacou aproximadamente 1,1 milhão de reais. Já na LAVA JATO, onde não é o principal investigado, já temos mais de 2 milhões de reais comprovados. Ele, que nunca esteve assessorando um dos principais criadores desse esquema, recebia não só pelas dezenas de vezes em que foi pessoalmente ao escritório de YOUSSEF, como através de seu sócio, no qual temos até um recibo de propina assinado", disse FLORES.
O delegado classificou como "verdadeiro deboche" à Justiça e à polícia os recebimentos de propina por parte do ex-tesoureiro durante julgamento do mensalão. Segundo a investigação, há provas de que ele recebeu propina até 2013, um ano após o julgamento da ação no STF.
"Mesmo durante essa fase em que estava sendo investigado, condenado pela maior Corte do BRASIL, como um verdadeiro deboche à Justiça e à polícia, ele continuava praticando os mesmos crimes", afirmou.

Coordenador da LAVA JATO na Polícia Federal, IGOR ROMÁRIO DE PAULA, disse, hoje, que a operação "não foi e não será barrada por qualquer pessoa no país". Ele se referia ao, naquele momento, ainda ministro do Planejamento, ROMERO JUCÁ, flagrado em conversas dizendo que o governo do presidente interino, MICHEL TEMER, poderia suspender as investigações. "É preciso tomar cuidado para que a operação não seja envolvida em um jogo político que não faz parte da atividade policial", completou.
ROSALVO FRANCO, superintendente da PF no PARANÁ, também disse não ter recebido qualquer aviso sobre interferências na operação e sinalizou que a operação tem tido total apoio.
LUCIANO FLORES, delegado da PF, também cutucou os políticos investigados na operação. "Em épocas pouco distantes, havia um extremo deboche dos órgãos de investigação. Hoje, esperamos que esse deboche tenha dado lugar ao respeito. Esperamos que a impunidade dê lugar ao medo de ser preso por ter roubado os cofres públicos".

Um dos principais responsáveis pelo impeachment da presidente DILMA ROUSSEFF no Senado,. o ministro do Planejamento, ROMERO JUCÁ, durou 11 dias no cargo. Hoje, após a divulgação de conversas com o ex-presidente da TRANSPETRO SÉRGIO MACHADO, nas quais os dois criticam a OPERAÇÃO LAVA JATO e JUCÁ insinua que o governo do presidente interino, MICHEL TEMER, poderia interromper as investigações, o ministro cedeu às pressões e pediu afastamento da pasta.
Os áudios foram obtidos pelo jornal FOLHA DE SÃO PAULO. Neles, JUCÁ sugere a MACHADO que uma "mudança" no governo resultaria em um pacto para "estancar a sangria", atribuída à LAVA JATO. As conversas, que aconteceram semanas antes da votação do processo de impeachment de DILMA na Câmara, em março, foram gravadas por MACHADO e agora o ex-dirigente da TRANSPETRO estaria usando o material para tentar assinar um acordo de delação premiada para livrá-lo da prisão.
Nos diálogos, que somam uma hora e 15 minutos, MACHADO tenta a intervenção de JUCÁ para que as apurações contra ele na LAVA JATO permanecessem no Supremo Tribunal Federal e não fossem enviadas ao juiz SÉRGIO MORO, em CURITIBA.
"O JANOT está a fim de pegar vocês. E acha que eu sou o caminho. Ele acha que eu sou o caixa de vocês", afirma MACHADO a JUCÁ, em referência ao procurador-geral da República, RODRIGO JANOT.
O aliado ainda diz que novas delações não "deixariam pedra sobre pedra". JUCÁ, então concorda que o caso não poderia ficar com MORO e disse que seria necessária uma resposta política. "Tem de resolver essa porra. Tem de mudar o governo para estancar essa sangria", respondeu o ministro, à época senador do PMDB por RORAIMA, cargo que ele reassumirá amanhã.
Logo nas primeiras horas da manhã, JUCÁ insistiu que não pediria demissão do cargo. Mais tarde, em entrevista coletiva, jogou a responsabilidade sobre sua saída a TEMER.
"Há muita coisa para fazer e eu vou fazê-lo até o dia que o presidente MICHEL TEMER entender que eu tenho condição de atender esse papel",.chegou a dizer. O ex-ministro reforçou que defende a OPERAÇÃO LAVA JATO e disse que a gravação foi divulgada fora de contexto e com "frases soltas". Ele ainda explicou que, ao falar ser preciso "estancar a sangria", ele se referia à paralisia da economia. No entanto, JUCÁ não fala de economia com MACHADO.
No fim da tarde, isolado, JUCÁ decidiu pelo afastamento até o Ministério Público Federal se pronunciar sobre os áudios. Ele destacou que, se for inocentado, voltará ao posto. Ministros próximos a TEMER, no entanto, disseram que essa hipótese não existe. "Eu sou o presidente do PMDB e um dos consultores desse governo. Não farei nada que possa prejudicar"
A decisão foi tomada após uma reunião no Planalto entre TEMER, JUCÁ e os ministros GEDDEL VIEIRA (Secretaria de Governo) e ELISEU PADILHA (Casa Civil). TEMER divulgou nota à noite dizendo que "JUCÁ continuará, neste período de afastamento, auxiliando o governo no Congresso, com sua imensa capacidade política. 

2 017   :       -    TERÇA-FEIRA
A Sociedade Veteranos de 32-MMDC vai comemorar o DIA DA JUVENTUDE com dois eventos no Monumento Mausoléu ao Soldado Constitucionalista de 32, nos horários das 9 e 15 horas.
Poupando nossa secretária de vir até GUARULHOS e depois enfrentar o terrível trânsito da VIA DUTRA e MARGINAL TIETÊ, prefiro que ela me espere no MUSEU MILITAR e, por volta das 6 horas, embarco num ônibus com direção à Estação TIETÊ. Ali, pego o metrô e, às 7:15 horas estou no MUSEU. Encontro MARINEI trabalhando nos últimos detalhes para as solenidades referentes ao 85º Aniversário do episódio que causou as mortes de MARTINS, MIRAGAIA, DRÁUSIO e CAMARGO.
Como chegamos cedo no Obelisco, temos a primazia de receber os convidados e conversar com os mesmos. Um deles é o JUIZ RICARDO MONTE SERRAT, que veio de RIBEIRÃO PRETO para prestigiar o evento. O CORONEL PM ANTONIO CARLOS MENDES, presidente eleito do Conselho Deliberativo; HERNNANNY GUTIERRES, Presidente do Núcleo MMDC-ATIBAIA “SOLDADO BENTO SOARES”; MARCELO COVATS, Presidente do Núcleo MMDC-NORTE “GENERAL EUCLYDES FIGUEIREDO”; FERNANDO MORENO, MARIA LÚCIA CAMARGO, ELZA , ALFREDO PIRES e dona  NAIR; WILLIAM MASCARENHAS, THALES SANCHES, SIDNEI LOBO PEDROSO e outros associados comparecem nesta manhã.
Para nossa honra, vai presidir a solenidade o GENERAL-DE-EXÉRCITO JOÃO MARIANO PIRES DE CAMPOS, atual Comandante do EXÉRCITO SUDESTE.
CORONEL PM MAURO CEZAR DOS SANTOS RICCIARELLI, SUBCMT PMESP representa o Comandante Geral, CORONEL PM NIVALDO CÉSAR RESTIVO. Comparecem também o CORONEL PM MARCELO NAGY, Diretor de Ensino e Cultura; CORONEL PM CARLOS RICARDO GOMES, Assistente Militar da Assembleia Legislativa; CORONEL PM SÉRGIO FELLETO, Comandante da Academia de Polícia Militar do Barro Branco; CORONEL PM ADILSON FRANCO NASSARO, Chefe do Centro de Comunicações Sociais da PMESP.
CORONEL PM EVANDRO TEIXEIRA MENDES fala em nome dos PMS DE CRISTO e cita o episódio bíblico de DAVID CONTRA GOLIAS. Um padre também faz a sua bênção às medalhas que são entregues hoje. São condecorados com a MEDALHA MMDC:
BRIGADEIRO-DO-AR MÁRIO AUGUSTO BACCARIN
BRIGADEIRO-DO-AR FREDERICO JOSÉ MORETTI DA SILVEIRA
GENERAL-DE-BRIGADA LUCIANO GUILHERME CABRAL PINHEIRO
VICE-ALMIRANTE ANTÔNIO CARLOS SOARES GUERREIRO
PREFEITO DA CIDADE DE SÃO PAULO JOÃO DORIA JÚNIOR (NÃO COMPARECEU)
PREFEITO JESUS ADIB ABI CHEDID (com problemas de saúde, se faz representar pelo seu filho EDMIR CHEDID, deputado estadual).
DEPUTADO ESTADUAL CAUÊ MACRIS
INSPETORA SUPERINTENDENTE LÍDIA MARIA DE GOUVÊA
CAPITÃO-DE-MAR-E-GUERRA LUIZ CARLOS CARDOSO DINIZ
CAPITÃO-DE-FRAGATA PAULO ANTONIO SANTOS SIQUEIRA
CORONEL DÁRIO RUBENS SILVA
CORONEL DE CAVALARIA RUBENS FERREIRA DE ARAÚJO
CORONEL AVIADOR SIDNEI VELLOSO DA SILVA JÚNIOR
CORONEL PM MARCELINO FERNANDES DA SILVA
CORONEL PM TERCIUS ZYCHAN DE MORAES
CORONEL PM MAURO LOPES DOS SANTOS
CORONEL PM HELENA DOS SANTOS REIS
CORONEL PM ÉRICO HAMMERSCHMIDT JÚNIOR
APPPUNTATO SC. ODOARDI ÂNGELO
DOUTOR JOSÉ CARLOS TONIN
DOUTOR MAURÍCIO QUINTELLA MALTA LESSA
DOUTOR CARLOS ALBERTO CRUZ FILHO
DOUTOR CLÁUDIO MOREIRA DO NASCIMENTO
DOUTOR ARNALDO AMADO FERREIRA FILHO
DOUTORA RITA DE CÁSSIA GAVA
DOUTOR PEDRO LUIZ DE FREITAS BANIETTI
DOUTOR OSMAR GUIMARÃES JÚNIOR
LEONARDO DE ALMEIDA MONTEIRO
ÉDSON MOURA DE OLIVEIRA
GRUPO ESCOTEIRO CRUZ AZUL 96
O GENERAL-DE-EXÉRCITO JOÃO MARIANO PIRES DE CAMPOS faz uma brilhante alocução e o Presidente da Assembleia Legislativa, CAUÉ MACRIS, encerra a sequência dos pronunciamentos.
Às 12:30 horas, vamos ao Restaurante VILLA FIORE, após buscar ALFREDO PIRES e dona NAIR na residência, bem perto do restaurante. MARINEI CHALUB e WILLIAM MASCARENHAS acompanham-me nessa homenagem ao querido casal. Dona NAIR irá completar 94 anos amanhã. ALFREDO PIRES está com 96 anos. 
Antes das 15 horas, já estamos de regresso ao Obelisco, para o segundo evento do dia 23 de maio.
O CORONEL PM ANTONIO CARLOS MENDES vai ser condecorado com a MEDALHA COMBATENTES DE 32, honraria do Núcleo MMDC-ATIBAIA “SOLDADO BENTO SOARES”.

SÃO CONDECORADOS COM A MEDALHA MMDC
Dr.                                         ADRIANO AUGUSTO MEIRELLES TRUFFA
Sr.                                          FRANCISCO BALTHAZAR SODRÉ SANTORO
Dr.                                         PEDRO FELIPE GOMES NICZ
1º Tenente PM                GERSON APARECIDO ORTEGA
Sr.                                          RODRIGO DONIZETE GERVASIO
Sd PM                                  MAURÍCIO FELICIANO SANTOS DE JESUS
Dr.                                         GILBERTO MARQUES BRUNO
1º Tenente PM                ANDERSON SANTANA SILVA
SR.                                         SILVIO SALAZAR DE CARVALHO
CB PM                                  OSMAR BATISTA DA SILVA JUNIOR
CB PM                                  EDMILSON VENTURA MONTEIRO
Dr.                                         EDMO LUIZ PEREIRA DA COSTA
1º Tenente PM                CARLOS ANTUNES DOS SANTOS JR
Sr.                                          RENATO GALOTTI
3º SGT PM                         ALISSON FRANCIS MONTENEGRO BASILIO

CB PM                                  ADALECIO DE SOUZA

CB PM                                  FRANCISCO JOSÉ TEIXEIRA DA SILVA

SD PM                                  ROGÉRIO LOURENÇO DA SILVA

SD PM                                  DARCIO NOGUEIRA DE SOUZA

SD PM                                  FRANCIELE SANTANA SIMÕES

SD PM                                  FERNANDO COSTA GIORLANO

SD PM                                  EVERTON APARECIDO DE ALMEIDA

SD PM                                  ADRIANO SANTOA DE SOUZA

SD PM                                  FELIPE VAZ DA SILVA

SD PM                                  KAROLINA SILVA DINIZ


O casal LIGIERI recebe, pelos reais méritos desempenhados em prol do movimento constitucionalista (PALESTRA GRATUITA), a moeda comemorativa dos 85 anos da Revolução Constitucionalista. 
No Obelisco, em confraternização com nossos associados, vamos permanecer até por volta das 17 horas. MARINEI está cansada, mas traz-me até GUARULHOS.

Morre o ator Roger Moore, aos 89 anos
Britânico ficou famoso no papel do agente secreto James Bond
23/05/2017 10:26 / atualizado 23/05/2017 14:39
Roger Moore como James Bond - Divulgação
RIO — O ator britânico Roger Moore, famoso por interpretar o agente secreto James Bond, morreu nesta terça-feira, aos 89 anos. Segundo a família, Moore faleceu na Suíça, "após uma brava luta contra o câncer".
"Obrigado, papai, por ter sido você, e por ter sido tão especial para tanta gente. Com o coração pesado, compartilhamos a péssima notícia de que nosso pai, Sir Roger Moore, morreu nesta terça-feira. Estamos devastados", disseram os três filhos do ator, Deborah, Geoffrey e Christian, em comunicado publicado no Twitter.
Moore atuou em dezenas de filmes ao longo de mais de 70 anos de carreira na TV e no cinema, mas será sempre lembrado como o ator que substituiu Sean Connery no papel de James Bond — ele foi o terceiro ator a viver o agente secreto no cinema: além de Connery, George Lazenby, Timothy Dalton, Pierce Brosnan e Daniel Craig estiveram na pele do personagem.
Moore interpretou o espião britânico em sete filmes: "Com 007 Viva e Deixe Morrer" (1973), "007 Contra o Homem com a Pistola de Ouro" (1974) e 007 - O Espião Que Me Amava" (1977), "007 Contra o Foguete da Morte" (1979) — que teve cenas gravadas no Rio de Janeiro —, "007 - Somente Para Seus Olhos" (1981), "007 Contra Octopussy" (1983), "007 - Na Mira dos Assassinos" (1985). Até hoje, ele é o ator com mais filmes da franquia em seu currículo.
Papel mais famoso
Não há dúvidas de que o papel do agente secreto James Bond foi o mais famoso da carreira do ator britânico Roger Moore, morto nesta terça-feira, aos 89 anos. Mas, além dos sete filmes da franquia "007", lançados entre 1973 e 1985, Moore fez cerca de 90 outros personagens, entre filmes e séries de televisão.
Nascido em Stockwell, Londres, no dia 14 de outubro de 1927, ele estudou na Academia Real de Artes Dramáticas (RADA), onde foi colega de classe de Lois Maxwell, com quem contracenaria no futuro — ela foi a Miss Moneypenny original.
Moore foi informado de que poderia assumir o papel de 007 após Sean Connery anunciar, em 1966, que não faria mais o personagem. Ele aceitou a proposta do produtor Albert Brocolli em 1972, e escreveu em sua autobiografia que precisou cortar o cabelo e perder peso antes de estrear em "Com 007 Viva e Deixe Morrer" (1973).
Durante anos, Moore se dedicou a seu trabalho na UNICEF, depois de ser introduzido a filantropia por Audrey Hepburn. Em 1991, se tornou um Embaixador da Boa Vontade, e lutava pelos direitos de crianças e adolescentes. Segundo os filhos do ator, Moore considerava seu "apaixonado trabalho" para a entidade como a grande conquista de sua vida.

Três feridos e 34 desabrigados. Esse foi o saldo de uma operação da Prefeitura, nesta manhã, para demolir imóveis supostamente abandonados, que serviram ao tráfico de drogas, na CRACOLÂNDIA, no Cento de SÃO PAULO.
Depois da publicação de dois decretos no DIÁRIO OFICIAL no último sábado, que determinaram que algumas áreas do quadrilátero da LUZ são de utilidade pública, a gestão JOÃO DÓRIA iniciou hoje a demolição de parte desses imóveis. Ocorre que num deles, um estacionamento na Rua DINO BUENO, havia uma parece que fazia divisa com uma pensão onde viviam 34 pessoas.
Desinformados disso, agentes da Prefeitura usaram uma retroescavadeira para derrubar a parede e acabaram atingindo pessoas que estavam dormindo no imóvel vizinho. WELLINGTON SOUSA, 34 anos, estava no banheiro e foi ferido na perna quando a parede desabou. “Só vi um barulho e a parede caindo em cima de minha perna”, contou.
VALDETE EMILIANO, 36, disse que morava há dez anos no local e pagava 500 reais de aluguel. “Eu pago água, luz, como eles chegam e derrubam minha casa? Questionou ela, ainda de camisola, já que não conseguiu retirar nem suas roupas.
VALDETE, WELINGTON e vários outros moradores permaneciam na calçada em frente ao imóvel, no início da noite, sem ter para onde ir. “Vamos dormir na rua”, disse VALDETE. “Até agora não apareceu ninguém para ajudar”.
Procurada, a Prefeitura disse que assistentes sociais iriam até essas pessoas oferecer acolhimento ainda nesta noite.
Mais cedo, no gabinete do prefeito, o secretário municipal de Serviços e Obras, MARCOS PENIDO, disse que ele próprio tinha vistoriado o imóvel antes de autorizar a demolição e admitiu um erro. “Foi isolado um terreno, foi passada fita, foi removida a energia elétrica, foi informado à população o que ia ser feito. Nós fomos no estacionamento e verificamos que ali só tinha carros, mas nós não demos conta que havia uma entrada clandestina para o fundo aonde dava acesso e essas pessoas estavam”, disse.
O titular da pasta disse, ainda, que tomará cuidados adicionais nas próximas demolições.

No fim da tarde houve tumulto na região da CRACOLÂNDIA, no Centro, quando usuários de drogas tentaram retomar o espaço, cercado e isolado pela polícia desde domingo.
Pouco antes, a Tropa de Choque da Polícia Militar fez uma ação na PRAÇA PRINCESA ISABEL, para onde parte desses dependentes químicos havia se deslocado, em busca de armas.
Na praça, os policiais revistaram a população que ali estava e fizeram buscas em cobertores, sofás e objetos pessoais.
Diante a ação da polícia, os transeuntes passaram a correr em direção à Rua HELVETIA, na área onde antes ficava a chamada CRACOLÂNDIA. Eles reviraram caçambas e começaram a fazer barricadas.
Policiais da Cavalaria e do Choque se posicionaram nas vias próximas, com escudos nas mãos, prontos para avançar contra o grupo. Várias explosões foram ouvidas, e os usuários de droga acabaram recuando e retornando à PRAÇA PRINCESA ISABEL, de onde saíram.   

A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal condenou hoje o deputado PAULO MALUF a sete anos, nove meses e 10 dias de reclusão pelo crime de lavagem de dinheiro e a pagamento de multa. A pena será cumprida, inicialmente, em regime fechado. Os ministros determinaram ainda a perda do mandato parlamentar do ex-prefeito de SÃO PAULO. Com a sentença, ele fica enquadrado na LEI DA FICHA LIMPA e não poderá concorrer às próximas eleições.
Além disso, MALUF também terá de arcar com a multa no valor de 1,3 milhão de reais, com correção monetária desde 2006. Ele também foi condenado a entregar à União todos os valores desviados dos cofres públicos – que, na época era estimado em um milhão de reais.
Os ministros ÉDSON FACHIN (relator), LUÍS ROBERTO BARROSO, ROSA WEBER e LUIZ FUX votaram pela condenação, enquanto MARCO AURÉLIO MELLO foi favorável à absolvição por entender que o crime já prescreveu.
Na decisão, os ministros decretaram a perda, em favor da União, dos bens, direitos e valores, objetos da lavagem de dinheiro pela qual foi o réu condenado, ressalvado o direito do lesado ou de terceiro de boa fé.
Conforme a denúncia apresentada pelo Ministério Público Federal, MALUF usou contas no exterior para lavar dinheiro desviado da Prefeitura de SÃO PAULO no período em que ele comandou o Executivo local, entre 1993 e 1996.
As penas, no entanto, não terão efeito imediato. Primeiro, o STF vai publicar a decisão do diário da justiça eletrônico – o que pode levar até 60 dias. Depois disso, a defesa poderá entrar com embargos de declaração, um recurso que não costuma modificar, mas apenas esclarecer pontos duvidosos da decisão. Somente depois do julgamento do recurso é que a decisão poderá ser cumprida e a Câmara dos Deputados será notificada da perda do mandato.
A defesa de MALUF informou ao jornal O GLOBO que vai esperar a publicação do acórdão para entrar com recurso.
“O deputado segue confiando na Justiça e aguardando a decisão final do Plenário do Supremo”, diz a nota divulgada pela defesa do parlamentar.
Segundo as investigações, o prejuízo aos cofres públicos teria sido de aproximadamente um bilhão de dólares. O dinheiro teria sido enviado ao exterior e circulou em contas bancárias supostamente mantidas pela família do deputado na SUÍÇA, INGLATERRA e na ILHA DE JERSEY, localizada no CANAL DA MANCHA, a partir de distribuição feita de uma conta nos ESTADOS UNIDOS.
Conforme publicação de O GLOBO, o desvio teria sido feito principalmente dos recursos para a construção da Avenida ÁGUAS ESPRAIADAS. A obra foi executada na década de 1990 por um consórcio formado pelas construtoras MENDES JÚNIOR e OAS, ao custo de 796 milhões de reais, em valores da época. Segundo as investigações, a MENDES JÚNIOR subcontratou várias empresas para vender serviços fictícios, cobrando propina de 10% do valor dos contratos.

A Polícia Federal cumpriu, hoje, mandados de prisão temporária contra dois ex-governadores de BRASÍLIA, JOSÉ ROBERTO ARRUDA e AGNELO QUEIROZ, por conta de corrupção na construção do estádio MANÉ GARRINCHA, um dos palcos da COPA 2014.
A ordem de prisão também atingiu o ex-vice-governador da capital federal TADEU FILIPPELLI, que trabalhava até hoje como assessor especial do presidente do BRASIL, MICHEL TEMER, que o demitiu assim que chegou ao Palácio do Planalto.
O MANÉ GARRINCHA passou por uma ampla reforma para sediar partidas do último Mundial de futebol no BRASIL.
As ordens de prisão foram emitidas após a delação premiada de executivos da construtora ANDRADE GUTIERREZ, responsável pela reforma. De acordo com a PF, a obra teve um superfaturamento de até 900 milhões de reais. “Orçadas em cerca de 600 milhões, as obras no estádio, que é presença marcante na paisagem da cidade, custaram ao fim, em 2014, 1,5 bilhão de reais. O superfaturamento, portanto, pode ter chegado a quase 900 milhões”, informou.
Ao todo, foram dez mandados de prisão temporária, três de conduções coercitivas, e quinze mandados de busca e apreensão. Esses mandados atingem pessoas ligadas à construtora, funcionários públicos e os chamados “operadores de propina”.
AGNELO foi governador do DF entre 2011 e 2015, quando acabou condenado em outra ação pela Justiça e perdeu seus direitos políticos por oito anos. FILIPPELLI foi seu vice durante esse período, que foi condenado em primeira instância, mas foi absolvido pelo Tribunal Superior Eleitoral em fevereiro.
Já ARRUDA governou BRASÍLIA entre 2007 e 2010, quando também teve seu mandato cassado. O juiz VALLISNEY DE SOUZA OLIVEIRA, do TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA PRIMEIRA REGIÃO, disse haver inúmeras provas de que as supostas irregularidades não se restringem ao MANÉ GARRINCHA.    

SALMAN ABEDI, identificado pela polícia britânica como autor do atentado da MANCHESTER ARENA, durante show da cantora norte-americana ARIANA GRANDE, e que deixou na noite de segunda-feira 22 mortos e 59 feridos, nasceu nessa cidade inglesa e é filho de um casal de refugiados lígios que fugiram da ditadura de MUAMAR AL KADDAFI, disseram hoje à Agência EFE fontes de Segurança de TRÍPOLI.
ABEDI, de 22 anos, nasceu em 1994, em MANCHESTER e é o segundo filho do casal de refugiados líbios SAMIA TABAL e RAMADAN ABEDI. Antes de se mudar para o sul de MANCHESTER, onde reside há mais de uma década, o pai de SALMAN, RAMADAN ABEDI, que trabalhava no setor de segurança, viveu em LONDRES durante algum tempo, disseram as fontes líbias.
O chefe da polícia de MANCHESTER, IAN HOPKINS, afirmou em uma coletiva de imprensa que as forças de segurança tentam agora determinar se ABEDI atuou sozinho ou contou com uma rede de colaboradores.
O policial indicou que os restos de ABEDI ainda não foram reconhecidos de forma oficial por um juiz forense, por isso recusou-se a dar mais detalhes sobre ele nesta etapa da investigação.
Conforme a rede britânica BBC, ABEDI tinha pelo menos dois irmãos, também britânicos. O núcleo familiar vive em diversos domicílios no bairro de FALOWFIELD, ao sul de MANCHESTER, onde a polícia realizou hoje uma batida. Vizinhos do imóvel onde ocorreu a inspeção disseram à BBC que a família ondeava bandeiras líbias em certas ocasiões.
IAN HOPKINS confirmou que ocorreram batidas em dois domicílios na área de MANCHESTER e em um deles aconteceu uma explosão controlada para poder acessar ao local. A detenção de um jovem de 23 anos no sudoeste de MANCHESTER é até agora a única prisão relacionada com o ataque.
O chefe de polícia advertiu, além disso, sobre as “especulações” nas redes sociais sobre os nomes das vítimas da explosão. “Sabemos que isto é inevitável, mas pedimos às pessoas que deixem que a polícia e o juiz forense publiquem os nomes”, afirmou. Até hoje há apenas três vítimas fatais identificadas: uma menina de 8 anos, SAFFIE ROSE ROUSSOS, uma jovem estudante de 18, GEORGINA CALLANDER, e um jovem de 26, JOHN ATKINSON.
O ESTADO ISLÂMICO assumiu a autoria do atentado e afirmou que um “soldado do califado” colocou “muitos pacotes-bomba” em várias concentrações de “cruzados” na cidade.     



Nenhum comentário: