domingo, 11 de junho de 2017

DESFILE DO BATALHÃO INFANTO-JUVENIL "ALDO CHIORATTO" - MEUS PARABÉNS À SÍLVIA MAGALHÃES, DIRETORA DA JUVENTUDE DA DIRETORIA EXECUTIVA DA SOCIEDADE VETERANOS DE 32-MMDC E A SARGENTO ROSALIN, COMANDANTE DO BATALHÃO INFANTO-JUVENIL "ALDO CHIORATTO" E TAMBÉM A TODOS AQUELES QUE AJUDARAM PARA O SUCESSO DA PARTICIPAÇÃO NO 9 DE JULHO.

Desfile 9 de Julho

Entrada
x

Silvia Magalhães silviareginagiometti@gmail.com

Anexos20:44 (Há 1 hora)


para mimMMDC
São Paulo, em 11 de  junho de 2017
Coronel Ventura e Marinei,

Boa noite!
Segue a lista dos integrantes do  “Exército Aldo Chioratto”.

Este ano, teremos 42 (quarenta e dois) soldadinhos  mirins confirmados e 40 (quarenta) combatentes adultosMMDC tão entusiasmados quanto os pequenos.

Talvez este seja o maior número de crianças e adolescentes que já tenha participado do 9 de julho com a farda constitucionalista.
Nosso exército irá se unir às crianças que desfilarão com a farda da PM, estimadas em 60, o que totaliza, aproximadamente, 110 crianças. Em outras palavras, META ALCANÇADA!!

SOBRE OS TREINOS:

1- Teremos três treinos, nos últimos domingos que antecedem o 9 de julho.

Dias: 18 e 25 de junho e 2 de julho (este último talvez seja suspenso).
Local: Escola Superior de Sargentos.
Av Condessa Elizabeth Robiano, 750.

Horário: a partir da 10 horas. É necessário  fornecer previamente nome completo e RG para ingressar no recinto (crianças e adultos acompanhantes).

CRONOGRAMA PARA 1º ENSAIO:

10 HS –  Recepção de boas vindas, apresentação pessoal dos organizadores e passar lista de frequência;
10h15 – canto do hino nacional
10h20 – recolha das autorizações assinadas
10h 25 mim – breve documentário da Revolução de 32 ministrado pelo Maj Natanael, criação da Sociedade Veteranos de 32, citação dos núcleos e seus apoiadores, significado do nome Aldo Chioratto (nome do pelotão infanto-juvenil).
10h 45min – explicação da solenidade e fotos dos eventos passados
11h00min – lanche/suco rancho
11h25 mim – treinamento para o desfile
11h 55 min - encerramento
2 - Em razão do expressivo número de pessoas, Rosalin pediu para que  solicitássemos  aos militares MMDC (reserva e/ou ativa - PM ou Forças Armadas)  auxílio  na Ordem Unida.
Já  houve manifestação de voluntários: Oldemar Luz (FAB), Tiaggo Peggau,  Cap PM Magalhães (reserva) , Tenente Fábio Xavier do TCE (reserva) , Cap PM Idankas (reserva) - TCE,  Major PM Okasaki, Willian Mascarenhas (Exército-reserva) , cabo PM Tais e cabo PM Iglesias. Até o evento teremos mais colaboradores.
3 - Inovamos e neste ano, como forma de incentivar os pequenos, levaremos aos treinos uma fotógrafa para registrar cada criança individualmente e lhe presentear com uma lembrança do desfile.  Para tanto, necessitamos que todos estejam adequadamente fardados, já no primeiro treino.
4 – Sr. Marcelo Covatz, graciosamente, vai elaborar medalhinhas para presentear as crianças no 2º treino que serão entregues junto com a foto/diploma.
5 – Comandante Rosalin solicitou junto ao Comando da PM a possibilidade de ser utilizado o rancho do local dos treinos para a merenda das crianças, o que foi deferido.
6 - Todas as crianças e adolescentes, para ingressarem  na Escola Superior de Sargentos, deverão estar acompanhadas dos pais/responsáveis. Além disto, deverão portar autorização para o desfile e para divulgação da imagem  (modelo anexo).

7 - O ingresso de crianças menores de 12 anos sem responsável não será permitido e os adolescentes menores de 18 anos somente poderão acessar ao local dos treinos, bem como ao pelotão da Sociedade Veteranos de 32,  no dia do desfile, munidos de autorização dos pais/responsáveis  com cópia do RG, seja para os treinos seja para o desfile.

Trata-se de precaução que visa a eximir a Sociedade Veteranos de 32, a Polícia Militar, o Presidente Coronel Ventura,  os  diretores e os organizadores,  de qualquer responsabilidade por intercorrências que possam ocorrer com as crianças ou eventuais ações judiciais por uso indevido da imagem. Destaco que o Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA e a jurisprudência do Tribunal de Justiça de São Paulo exigem tal autorização no caso de menores desacompanhados.

FARDAS APADRINHADAS:

As fardas apadrinhadas foram instituídas com o fito de possibilitar que crianças e jovens sem condições financeiras possam desfilar no 9 de Julho.
Essas fardas serão utilizadas sem custo e posteriormente devolvidas limpas e sem danos para que sejam guardadas na Sociedade (Armário do Obelisco) e reutilizadas em eventos futuros.
O auxilio da costureira Ana Lucia Rodrigues foi fundamental para que tal empreitada se concretizasse, em razão de seu trabalho para confecção das fardas computar somente o custo do material.
Desde logo, deixo aqui registrado meu agradecimento a Ana Lucia.
As fardas somente serão entregues mediante assinatura do termo de responsabilidade pelos  destinatários e deverão ser devolvidas como recebidas, até o dia 18 de julho, no Obelisco.
Poderemos estudar o direito de preferência dos soldadinhos para utilização em eventos futuros, desde que previamente solicitado.
Obtivemos junto aos associados e colaboradores o patrocínio dos fardamentos, que totalizou até o momento 16 fardas apadrinhadas.
A saber:
Comandante Elza – 4 fardas;  Oldemar Luz – 2;  Família Magalhães- 2; Maria Lucia -  1; Sidnei Lobo – 2; Antonio  Carlos Castro Araujo Prado – 1; Rodrigo – 1; Natanael – 1; Ana Lucia – 1,  Marinei – 1
Será elaborado um livro com os nomes de padrinhos e afilhados que ficará sob a guarda da Presidência MMDC e registrará a prestação de contas e o controle de empréstimo das fardas. O livro poderá ser utilizado nos próximos desfiles caso se continue a adotar a farda apadrinhada.
Todas as fardas são numeradas e todo empréstimo será registrado.  
Pretendo elaborar “certificado de agradecimento” a cada padrinho que colaborou com as fardas e, para tanto,  consulto o Coronel Ventura se poderá assinar os diplomas.

DESFILE:

1 - De modo a primar pela segurança das crianças e adolescentes,  peço que além de inaugurarmos o desfile possamos  utilizar o espaço ao lado do jipe - tal qual no ano passado – restrito ao MMDC e às crianças da PM.
Tal solicitação se justifica pelos seguintes motivos:
a)     permitir que as crianças tenham uma visão privilegiada do “Desfile de 9 de Julho” e se sintam prestigiadas e incentivadas a perpetuar a nossa história, bem como que, desde cedo,  aprendam a conhecer, respeitar e a nutrir carinho pela Polícia Militar, conhecendo suas atribuições e  evitando a visão distorcida e desfocada que tem sido incutida por parte da mídia;
b) a reunião em local restrito, com grades e afunilamento da passagem,  bem como o controle do pessoal que acessará nossa “base”, irá permitir que consigamos manter as crianças agrupadas (tal qual ocorreu em 2016) de modo a privilegiar a segurança. Também é o melhor local para acesso à cerimônia ao Obelisco (sempre acompanhada pelas crianças) e aos  toaletes.
c) Todos os pequenos deverão estar identificados com pulseiras, com os seguintes dados: nome da criança, do pai, mãe, responsável, celulares  e endereço (forneceremos nos treinos as pulseiras).
Forneceremos as pulseiras nos treinos e no acesso a nossa base no dia do evento.
2- Solicitamos cadeiras ou bancos de ambos os lados do jipe para que as crianças possam permanecer sentadas e seguras.
3 – Pedimos, se possível, um palanque para os familiares, limitando o número de acompanhantes de cada criança a dois.
4- Solicitamos também garagem na ALESP para que os pais possam estacionar com as crianças. Embora seja de uso público, considero que a reserva de algumas vagas seria interessante. Para tanto, considerando que o Coronel Telhada pertence à Sociedade MMDC, gostaria de solicitar sua interseção junto ao Presidente da ALESP para que nos reserve ao menos 80 vagas para o MMDC e os pais das crianças PM.
5 - No dia do desfile, pretendemos fornecer, se houver verbas, sacolinha de lanches para cada criança participante.
 Dentro de cada sacola, haverá também a ficha de inscrição da Sociedade Veteranos de 32.
Inicialmente, tentaremos que alguém patrocine os lanchinhos (suco+bolacha+sanduiche+fruta) .  Em torno de 150 (MMDC+PM).
Na posse dos produtos, solicito autorização para utilizar alguma sala do Obelisco – no dia anterior – 8 der julho -  para montagem e armazenamento das sacolas, que serão fornecidas a cada criança, após o desfile.
6 - Caso ninguém se interesse em patrocinar os lanches, solicito usarmos, como última alternativa, a verba destinada às fardas.
VERBA ANGARIADA COM AS FARDAS COMPRADAS - assunto não divulgado aos adquirentes das fardas e restrito a Silvia, Marinei e Coronel Ventura: 
Conforme combinado anteriormente com a costureira Ana Lucia que adota tal procedimento no escotismo, 20% de cada farda paga será  destinada à Sociedade.  Será com este numerário que será completada a merenda das crianças, caso não encontremos patrocinador.
            O que sobrar, será destinado à Sociedade Veteranos de 32.
Até o momento, alcançamos o número de 20 fardas  compradas(adultos e infantis).  Tendo em vista a variação de preço das vestimentas, estima-se em torno de R$ 1.000,00 (um mil reais) arrecadados, valor mais que suficiente para formar os kits com os lanches.
7 – a titulo de sugestão, considero interessante deixarmos uma barraca próxima de nossa base com alguém treinado para distribuir fichas para ingresso no MMDC e, caso queira, vender produtos MMDC (cintos, camisetas, bandeiras, etc).
Ao agradecer o convite para estar a frente da Diretoria Infanto-Juvenil da Sociedade Veteranos de 32, deixo registrada minha satisfação em trabalhar com pessoas do mais elevado quilate e que efetivamente contribuem para levar adiante a história da Revolução de 32, em especial  a Sargento PM Rosalin Dias e a Sra. Ana Lúcia Rodrigues, nossa costureira, que com espírito agregador e altruísta revelaram ao longo dos trabalhos  incansável dedicação à preservação da memória dos heróis constitucionalistas.
Sem mais, renovo meus protestos de elevada estima e consideração.  
             São Paulo, em   11  junho de 2017
Atenciosamente, 
Silvia Regina Giometti Luz Magalhães
Diretora Executiva Infanto-Juvenil da Sociedade Veteranos de 32.

Nenhum comentário: