segunda-feira, 19 de junho de 2017

O 7 DE SETEMRO DEVE SER COMEMORADO NO IPIRANGA E NÃO NO SAMBÓDRO


CAMPANHA

"O GRITO DO IPIRANGA".

Ao Governador GERALDO ALCKMIN e ao Comando 

Militar do Sudeste, General de Exército JOÃO CAMILO

 PIRES DE CAMPOS.

O Coronel (reformado) Mario Ventura, Presidente da

 Sociedade 32 do MMDC, e idealizador desta campanha 

cívica, relata: “O grito de INDEPENDÊNCIA DO BRASIL

 foi às margens do IPIRANGA e não às margens do RIO 

TIETÊ. É um desrespeito à PARADA CÍVICO-MILITAR ser 

realizada no sambódromo. A Prefeitura nega-se a fazer a 
PARADA CIVICO-MILITAR no IPIRANGA alegando que ali 
vai ficar caro. Nós, todo ano, através do Conselho 
Cívico 

e Cultural da Associação Comercial batalhamos para

 essa mudança e, simplesmente alegam que não há 

condições de realizar o 7 de Setembro no PARQUE DA 

INDEPENDÊNCIA.Precisamos deixar para os pósteros 

algo que dignifique a nossa existência.”


O GRITO DO IPIRANGA é um desfile Cívico Militar de 

Sete de Setembro chamado o Dia da Pátria ou Dia da 

Independência do Brasil, resgata a nossa história e 

ressalta o quanto foi e continua sendo importante para 


o

Brasil a sua independência, simbolizando a autonomia e 

a determinação do povo brasileiro.O GRITO, NÃO pode 

virar sussurro, perante os Jovens de hoje em dia. A

 Pátria merece manter sua Flâmula no mais alto 

Santuário da República dos Andradas, o ato mais 

importante da Coroa Portuguesa no Brasil depois de 

sua 

descoberta. Duque de Caxias, Princesa Isabel, Quintino 


Bocaiúva, Castro Alves, Zacarias de Goes e 

Vasconcelos, José Bonifácio e todos que lutaram pela República estarão em suas eternidades, agradecidos pela manutenção do GRITO DO IPIRANGA.
Temos que dar um brado alto, forte e retumbante,
como diz estrofe do Hino Nacional.
Em 7 de setembro, ao voltar de Santos, parado às margens do riacho Ipiranga, Impelido pelas 


circunstâncias, D. Pedro, Príncipe Regente do Brasil 

pronunciou a famosa frase "Independência ou Morte!", 

rompendo os laços de união política com Portugal e aos 

12 de outubro de 1822 foi aclamado D. Pedro I. O 

Monumento à Independência fica no Parque da 

Independência, em São Paulo; o local onde foi 

proclamada a independência do Brasil e é o local 

apropriado para se prestar, condignamente o Desfile em 


Homenagem aos Brasileiros que lutaram e que lutam 


pela continuidade da liberdade no Brasil. São Paulo 


representa os 200 milhões de Brasileiros em todos os7 

de Setembro, demonstrando aos povos do Mundo

 inteiro 

seu destemor pela igualdade social de todas as classes 

e união de todos pela Paz Mundial.

Solicitamos ao Governador de São Paulo Dr. GERALDO 

ALCKMIN e ao Comando Militar do Sudeste, a través do 


General de Exército JOÃO CAMILO PIRES DE 


CAMPOS,quem organiza a PARADA CÍVICO-MILITAR do 

SETE DE SETEMBRO. Para que a PARADA seja 

realizada 

no PARQUE DA INDEPENDÊNCIA como corresponde. 


Pela justiça, a história e pela homenagem que 

representa para todas as gerações. No sambódromo 

seria um insulto aos milhares de mártires e ao povo 


brasileiro. Este ato Cívico-Militar precisa ser respeitado, 

trata-se da história do Brasil, o GRITO DO IPIRANGA 

ainda está VIVO no coração de cada BRASILEIRO

PETIÇÃO PÚBLICA - O GRITO DO IPIRANGA!!!!! SOLICITAMOS A SUA MANIFESTAÇÃO!!!!

O GRITO DO IPIRANGA


Mario Ventura celmario@gmail.com




MEUS AMIGOS, MINHAS AMIGAS!!!!

Onde você acha que devamos comemorar a Parada Cívico-Militar do DIA DA PÁTRIA: NO PARQUE DA INDEPENDÊNCIA OU NO SAMBÓDROMO????
Por acaso nossas tropas são escolas de samba??
Crique no link abaixo para cumprir o que manda a sua consciência.

CORONEL PM MARIO FONSECA VENTURA
PRESIDENTE DA SOCIEDADE VETERANOS DE 32-MMDC
MONUMENTO MAUSOLÉU AO SOLDADO CONSTITUCIONALISTA DE 32
PRAÇA IBRAHIM NOBRE
FONE: 3105 8541  

Mario Ventura celmario@gmail.com


  

MEUS AMIGOS !!! MINHAS AMIGAS!!!

SOLICITO A COLABORAÇÃO DE TODOS NO SENTIDO DE DIVULGAÇÃO DO LINK DA PETIÇÃO PÚBLICA
ACERCA DO LOCAL ONDE DEVA ACONTECER A PARADA CÍVICO-MILITAR DO 7 DE SETEMBRO.
A letra "m" do artigo 5º do Estatuto da Sociedade Veteranos de 32-MMDC diz o seguinte:
"defender o modo de vida brasileiro e as tradições, ideais e interesses da Pátria, em concordância com os preceitos
constitucionais, intransferíveis e impostergáveis, atribuídos a todos os brasileiros". 


CORONEL PM MARIO FONSECA VENTURA
PRESIDENTE DA SOCIEDADE VETERANOS DE 32-MMDC
MONUMENTO MAUSOLÉU AO SOLDADO CONSTITUCIONALISTA DE 32
PRAÇA IBRAHIM NOBRE
FONE: 3105 8541  

Nenhum comentário: