domingo, 9 de julho de 2017

ASSIM COMEÇOU 9 DE JULHO DE 1932 !

(EXTRAÍDO DAS MEMÓRIAS DO CORONEL PM VENTURA)





A população de SÃO PAULO demorou a notar que havia um levante em marcha naquele NOVE DE JULHO DE 1932. Era uma típica noite paulistana de sábado e as ruas do centro estavam animadas, com aquele aspecto cosmopolita que tanto agradava aos paulistas, orgulhosos de sua metrópole de um milhão de habitantes. Nos cinemas lotados, alguns assustavam-se com O VAMPIRO DE DUSSELDORF, que estreava no ODEON, enquanto outros optavam por MARLENE DIETRICH em O EXPRESSO DE SHANGAI, no PARAMOUNT. O TEATRO BELA VISTA apresentava uma companhia portuguesa e prometia para breve a volta de PROCÓPIO FERREIRA, com suas piadas sobre GETÚLIO, chefe do GOVERNO PROVISÓRIO, que o público considerava “impagáveis”. Os bares e cafés ainda fervilhavam, enfumaçados, quando, por volta das 22 horas, começaram os primeiros movimentos de tropas. Chamou a atenção que, pouco depois, alunos da FACULDADE DE DIREITO, no LARGO SÃO FRANCISCO, começaram a circular com fuzis a tiracolo. Pela meia-noite, tropas da FORÇA PÚBLICA ocupavam os CORREIOS e, em seguida, a TELEFÔNICA.

Eram os primeiros movimentos ostensivos de uma revolução marcada pela paixão com que o povo de SÃO PAULO se atirou a uma luta que foi ficando mais desigual e sangrenta à medida que aumentavam as traições à causa que a levou ao combate: depor o governo VARGAS e reconstitucionalizar o País.

Nenhum comentário: