segunda-feira, 10 de julho de 2017

PRONUNCIAMENTO DE AURO SOARES DE MOURA ANDRADE, NO 9 DE JULHO DE 1959, SOBRE A REVOLUÇÃO CONSTITUCIONALISTA DE 1932.

58 a. do pronunciamento de AURO SOARES DE MOURA ANDRADE a respeito da Revolução Constitucionalista de 1932: “...àqueles que morreram aos milhares nos campos rasos da luta, da mais nobre luta e da mais bela luta, a luta pelos direitos do homem, a luta pela liberdade da pátria, a luta pela conquista de uma constituição e pela garantia de uma vida tranqüila e próspera para o nosso povo”.....”decorridos 27 anos, sabe todo o Brasil que não se tratava de um movimento separatista, mas de uma revolução que integrava na vida política todo o restante de seu povo. Longe de separar, era a revolução que unia Norte a Sul para o mesmo pensamento jurídico, o mesmo pensamento cívico visando a reconstitucionalização do país”. Ainda disse AURO SOARES DE MOURA ANDRADE: “a vitória não foi alcançada nas armas, foi alcançada nas consciências, na convicção do homem”. Em aparte, o deputado SÉRGIO MARINHO disse que se penitenciava de ter lutado contra São Paulo, por estar hoje convencido de que a revolução constitucionalista foi um dos maiores movimentos cívicos registrados no país.” Publicado em 9 de julho de 1959 

Nenhum comentário: