segunda-feira, 10 de julho de 2017

ASSOCIAÇÃO PARANAENSE MMDC-32 E HERÓIS DO CERCO DA LAPA - SOLIDARIZA-SE COM A SOCIEDADE VETERANOS DE 32-MMDC EM REPÚDIO A UM JORNALECO QUE PUBLICOU MATÉRIA TENDENCIOSA, ENXOVALHANDO O NOME DOS VETERANOS DE 32. - MEUS CUMPRIMENTOS AO PRESIDENTE MARIANO TAGLIANETTI.

Solidariedade...repúdio...

Entrada
x

MarianoTaglianetti

s)
 para mim
Caríssimo Cel. MÁRIO FONSECA VENTURA, boa noite !
 
Leio " MEMÓRIAS... "  e solidarizo-me com SUA manifestação de "  profundo repúdio a um artigo barato, tendencioso verdadeiro lixo "  cujo objetivo do autor, um néscio em busca notoriedade, ACOBERTADO PELA FOLHA DE SÃO PAULO, procura denegrir a substantiva REVOLUÇÃO CONSTITUCIONALISTA DE BRASILIDADE PAULISTA expondo conceitos muito bem definidos " ...uma aberração que precisa ser execrada por todos nos constitucionalistas !!! " .
 
Decididamente, no contexto atual, proliferam anões cujas idéias distanciadas da realidade são incapazes de estudar fatos históricos à luz da época em que se desenrolaram. São adeptos da particula apassivadora "SE", a meu ver  a desgraça da humanidade, e inimigos gratuitos cujo único condão é querer aparecer. São tão ridiculos que os franceses os denominam cadáveres ambulantes...
 
ASSOCIAÇÃO PARANAENSE MMDC 32 E HERÒIS DO CERCO DA LAPA aplaude a concisa nota de repúdio que por certo é também pensamento dos verdadeiros patriotas republicanos CONSTITUCIONALISTAS.
 
Fraternal apreço, Taglianetti. 

9 DE JULHO EM JAGUARIÚNA - MEUS PARABÉNS MARIA HELENA TOLEDO SILVEIRA MELO

9 de julho

Entrada
x

Maria Helena Toledo Silveira Melo

s)
para mimJBiajone
 Boa noite.

Matéria sobre a comemoração do 9 de Julho em Jaguariúna.
Este ano tivemos a participação de algumas crianças alunos de Escolas Municipais.




Abraços.

Maria Helena.
 
 Maria Helena de Toledo Silveira Melo
Presidente do Núcleo de Correspondência
Trincheiras Paulistas de 32 de Jaguariúna

http://www.mmdcjaguariuna.blogspot.com.br/
https://www.facebook.com/10oNucleoDeCorrespondenciaTrincheirasDeJaguariuna

9 DE JULHO DE 1962

55 a. da participação do 5º RI nas comemorações dos trinta anos da Revolução Constitucionalista. Das memórias do CORONEL R/R do EXÉRCITO, WANDERLEY GOMES SARDINHA, podemos extrair o seguinte: “No dia 9 de julho de 1962, quando se comemorava o 31º aniversário da heróica revolução, o estandarte do Regimento que acompanhou os seus bravos soldados ao Campo de Batalha, foi condecorado com a Ordem do Mérito Constitucionalista de 1932. Eu, jovem aspirante, tive a honra de conduzir o símbolo maior da Unidade à Assembléia Legislativa de SÃO PAULO para receber a Comenda. Na véspera daquela data histórica, o CAPITÃO OSMAR MELO E SILVA, comandante da 1ª Cia/ 5º RI, acompanhado de seus tenentes, inclusive eu, acompanhamos com a mais viva emoção, a exumação dos restos mortais do bravo capitão MANOEL DE FREITAS NOVAES, morto em combate e que, a partir daquela data repousaria no Mausoléu do Soldado Constitucionalista, ao lado dos restos de seus soldados, também mortos naquela contenda.  

55 a. 20 horas de 9 de julho de 1962, no CINE MARINGÁ, em FRANCO DA ROCHA, teve sessão solene, à qual estiveram presentes autoridades municipais, membros do MMDC de SÃO PAULO, TENENTE-CORONEL FEIJÓ, ocasião em que os veteranos ANTÔNIO CAMARGO, JOÃO CARVALHO, JOAO MENDES SANTOS, JOÃO DE ALMEIDA E JORGE VIEIRA também compareceram. A solenidade foi proposta pelo veterano ANTÔNIO CANON. 

PRONUNCIAMENTO DE AURO SOARES DE MOURA ANDRADE, NO 9 DE JULHO DE 1959, SOBRE A REVOLUÇÃO CONSTITUCIONALISTA DE 1932.

58 a. do pronunciamento de AURO SOARES DE MOURA ANDRADE a respeito da Revolução Constitucionalista de 1932: “...àqueles que morreram aos milhares nos campos rasos da luta, da mais nobre luta e da mais bela luta, a luta pelos direitos do homem, a luta pela liberdade da pátria, a luta pela conquista de uma constituição e pela garantia de uma vida tranqüila e próspera para o nosso povo”.....”decorridos 27 anos, sabe todo o Brasil que não se tratava de um movimento separatista, mas de uma revolução que integrava na vida política todo o restante de seu povo. Longe de separar, era a revolução que unia Norte a Sul para o mesmo pensamento jurídico, o mesmo pensamento cívico visando a reconstitucionalização do país”. Ainda disse AURO SOARES DE MOURA ANDRADE: “a vitória não foi alcançada nas armas, foi alcançada nas consciências, na convicção do homem”. Em aparte, o deputado SÉRGIO MARINHO disse que se penitenciava de ter lutado contra São Paulo, por estar hoje convencido de que a revolução constitucionalista foi um dos maiores movimentos cívicos registrados no país.” Publicado em 9 de julho de 1959