terça-feira, 12 de fevereiro de 2019

AOS 81 ANOS, MORRE O EX-GOLEIRO GORDON BANKS, AUTOR DA MAIOR PROEZA DO SÉCULO

Aos 81 anos, morre ex-goleiro Gordon Banks, autor da maior defesa do século

  • Por Jovem Pan
  • 12/02/2019 08h23
  •  
  •  
  •  
DivulgaçãoBanks estava com câncer
Gordon Banks morreu aos 81 anos, nesta terça-feira (12). O inglês sempre foi considerado um dos melhores goleiros do mundo. No Brasil ele ficou famoso por defender um cabeceio de Pelé na Copa do Mundo de 1970, de forma incrível. O lance ficou conhecido como a maior defesa do século XX.



Once a champion, always a champion 🦁🏆

We are deeply sorry to hear of the death of @England World Cup winner @thegordonbanks.

He was one of the game's greatest goalkeepers, a provider of stunning World Cup memories & a gentleman.

Our thoughts are with his family & friends.

2.057 pessoas estão falando sobre isso

Banks sofria com um câncer renal desde 2015, mas a causa específica da morte não foi divulgada por enquanto. A família de Banks emitiu um comunicado curto: “é com grande tristeza que anunciamos que Gordon morreu em paz à noite. Estamos devastados por perdê-lo, mas temos memórias tão felizes que não poderíamos estar mais orgulhosos”.
Banks defendeu 3 times na Inglaterra: Chesterfield, Leicester City e Stoke City. No final da carreira também atuou por times dos Estados Unidos, da África do Sul e da Irlanda
A maior conquista dele foi o título na Copa do Mundo de 1966, como capitão. Nos clubes clubes ele venceu a Copa da Liga Inglesa duas vezes. Os prêmio individuais fizeram com que ele fosse reconhecido como um dos melhores da história. A Fifa o elegeu o melhor goleiro do mundo por 6 anos seguidos (de 1966 a 1971).
Em 1972, aos 34 anos, Banks sofreu um acidente de carro e perdeu parte da visão de um olho, o que atrapalhou o final da carreira dele. O câncer renal fez com que ele tivesse que passar por um cirurgia em 2015 para retirada de um rim, mas o outro também ficou afetado pela doença.

Nenhum comentário: