sábado, 25 de maio de 2019

MANIFESTO DO INTERVENTOR PEDRO DE TOLEDO AO POVO PAULISTA, EM 25 DE MAIO DE 1932.


87 a. no MANIFESTO DO INTERVENTOR PEDRO DE TOLEDO AO POVO PAULISTA, no dia 25 de maio de 1932:
“Tendo se reconstituído o meu secretariado, no intuito de bem e melhor servir o Governo Provisório da República, no posto em que me colocou, de molde a poder encaminhar o Estado de São Paulo para a consecução de suas finalidades, como unidade da nação brasileira, fi-lo com o assentimento do Governo Provisório e com a ciência de um dos seus membros, o excelentíssimo senhor doutor Osvaldo Aranha, ministro da Fazenda.
Guiou-me nessa atitude o ardoroso desejo de pacificar os espíritos porventura exaltados pelo mesmo sentimento patriótico e de restabelecer a paz à Família Paulista, para que o Estado de São Paulo possa continuar no seu trabalho fecundo e incessante.
Tendo assumido, ontem, o comando da II Região Militar o excelentíssimo senhor coronel Rabelo, militar assaz conhecido pela nobreza de seus sentimentos e pela serena energia de seus atos, e sendo a nossa preocupação máxima a de manter a ordem sem a qual nada se fará de útil, faço um apelo a todos os meus coestaduanos para que confiem no meu governo como se acha constituído. Cooperando todos para esse mesmo desiderato, faremos obra meritória e digna de nosso Estado e do Brasil.
Fio em que o povo paulista volte à sua faina, cesse as manifestações e reuniões, que podem ser exploradas por elementos que, não raro, se prevalecem desses instantes para implantar a desordem.
Boatos e notícias tendenciosas se espalham a todo o momento, destituídas de fundamentos.
Pela ordem e seu restabelecimento em toda a parte, serão praticadas as medidas necessárias”.
SÃO PAULO, 25 DE MAIO DE 1932
                                  PEDRO DE TOLEDO, INTERVENTOR FEDERAL.

70 ANOS DO CLUBE DOS 21 IRMÃOS AMIGOS DE SÃO PAULO.

Resultado de imagem para CLUBE DOS 21 IRMÃOS AMIGOS DE SÃO PAULO



Hoje, num almoço no NACIONAL CLUBE, comemora-se os 70 anos do CLUBE DOS 21 IRMÃOS AMIGOS DE SÃO PAULO. Muita gente presente, inclusive o CORONEL PM LUIZ EDUARDO PESCE DE ARRUDA, que, no próximo encontro, em julho, irá proferir palestre nos moldes daquela que, recentemente, fez no OBELISCO DO IBIRAPUERA para os oficiais da 2ª DIVISÃO DE EXÉRCITO; MARIA LUCIA CAMARGO, MARIA CECÍLIA NACLÉRIO HOMEM, DELMIRA NARDY, DOM GALDINO COCCHIARO, DEPUTADO ESTADUAL CAPITÃO CASTELLO BRANCO, PAULO EUGÊNIO DE CARVALHO CORRÊA, DOM JOSÉ DI TIZIO
COMPOSIÇÃO DA MESA
S.A.I.R D. BERTRAND DE ÓRLEANS E BRAGANÇA
DOUTOR ANTÔNIO JOSÉ RIBAS PAIVA
IA DOUTOR IBERÊ LUIZ DI TIZIO
IA DOUTOR ADOLFO MILANI FILHO
IA DOUTOR CARLOS ALBERTO SALVATORES
SENHORA LIZETTE TRENTIN SALVATORE (CUNHADA)
DEPUTADA FEDERAL CARLA ZAMBELLI SALGADO
IA DOUTOR MÁRCIO ARROYO.
PEDRO PAULO PENNA TRINDADE é o orador do evento. Assim ele se pronuncia:
“Para darmos início a essa sessão solene e festiva convido a todos para que se levantem para fazermos a saudação às bandeiras da panóplia. Ainda de pé, vamos ouvir o HINO NACIONAL interpretado pelo coral masculino da Polícia Militar do Estado de SÃO PAULO.
Agradecemos a belíssima interpretação do nosso hino pátrio pelo coral masculino da POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO.
Na data de hoje o CLUBE DOS 21 IRMÃOS AMIGOS DE SÃO PAULO comemora 70 anos de existência, cuja atuação séria e dedicada trouxe a lume para debates não só problemas brasileiros vivenciados nos estados da Federação, nestes anos todos, como dando um maior significado a postura cívica ímpar de nossa gente.
Somos um Clube que conserva ciosamente as tradições cívicas e as considera como algo vivo, atual e atuante, sempre com olhos no futuro.
Durante o nosso almoço o CLUBE DOS 21 IRMÃOS AMIGOS DE SÃO PAULO prestará merecida homenagem a diversas personalidades aqui presentes como o PRÍNCIPE DOM BERTRAN DE ÓRLEANS E BRAGANÇA, a deputa federal CARLA ZAMBELLI, o Doutor ANTONIO JOSÉ  RIBAS PAIVA e também ao doutor CARLOS ALBERTO SALVATORE, merecedor, neste ano, do prêmio ADOLFO MILANI, a quem o nosso Cube tem a honra de tê-lo entre seus membros, não somente pelo respeito aos seus 102 anos de vida, como também pela presença de seu nome nos anais da Medicina em nosso país!
Convido neste instante o Senhor MALCOLM FOREST, presidente do Clube para suas palavras (MALCOLM irá apresentar a nova diretoria)
Convido para entrega do DIPLOMA DE MÉRITO CÍVICO ao Príncipe DOM BERTRAN DE ÓRLEANS E BRAGANÇA, o nosso presidente Senhor MALCOLM FOREST e o nosso Irmão Amigo, MARCIO ARROYO.
Convido a DEPUTADA FEDERAL CARLA ZAMBELLI. Convido o doutor ANTÔNIO JOSÉ RIBAS PAIVA.
Antes da sobremesa, convida o presidente MALCOLM FOREST, e o I.A. ADOLFO MILANI para entrega do troféu ADOLFO MILANI ao doutor CARLOS ALBERTO SALVATORE, a que convido para que se aproxime para a outorga.
Em nome do CLUBE DOS 21 IRMÃOS AMIGOS DE SÃO PAULO agradeço a presença de todos!
CLUBE DOS 21 IRMÃOS-AMIGOS DE SÃO PAULO – DIRETORIA 2019/20120:
PRESIDENTE – MALCOLM DALE KIGAR
1º VICE-PRESIDENTE – MANOEL JOAQUIM RIBEIRO DO VALLE NETO
2º VICE-PRESIDENTE – LUIZ FREITAG
1º SECRETÁRIO – MÁRCIO ARROYO
2º SECRETÁRIO – RUBENS VUONO DE BRITO FILHO
1º TESOUREIRO – MARCELO FLORA STOCKLER
DIRETOR SOCIAL – ADOLFO BOLIVAR SAVELLI
CONSELHEIRO – ADOLFO MILANI FILHO
DIRETOR DE CULTURA – PEDRO PAULO PENNA TRINDADE
ORADOR OFICIAL – PEDRO PAULO PENNA TRINDADE
DIRETOR DE DIVULGAÇÃO – MANOEL JOAQUIM RIBEIRO DO VALLE NETO
DIRETOR DE TURISMO – DELMIRA APARECIDA DE ARAÚJO NARDY
MEMBROS DO CONSELHO FISCAL – TAKAO YAMADA, PAULO MARCONDES TORRES FILHO.
SUPLENTES DO CONSELHO FISCAL – FERNANDO DE ALMEIDA NOBRE NETO, JOSÉ FRANCISCO FERRAZ LUZ. 
 
SUA ALTEZA IMPERIAL E REAL O PRÍNCIPE DOM BERTRAND DE ÓRLEANS E BRAGANÇA E WITTELSCHACH nasceu em MANDELIEU, na FRANÇA, em 2 de fevereiro de 1941, e foi registrado no Consulado do BRASIL.
É o atual Príncipe Imperial do BRASIL, desde 5 de julho de 1981.
É o terceiro dos doze filhos do Príncipe DOM PEDRO HENRIQUE DE ÓRLEANS E BRAGANÇA; neto de DOM LUIZ DE ÓRLEANS E BRAGANÇA, o PRÍNCIPE PERFEITO; BISNETO DA PRINCESA ISABEL, a REDENTORA, e trineto do Imperador DOM PEDRO II, último Monarca dos brasileiros.
Os imperadores do BRASIL, bem como os REIS DE PORTUGAL desde o século XVII, pertenceram à dinastria de BRAGANÇA, a qual teve sua origem em fins do século XIV, na figura heroica e legendária do SANTO CONDESTÁVEL DE PORTUGAL, DOM NUN´ALVARES PEREIRA.
DOM BERTRAND passou seus primeiros anos de vida na EUROPA, em plena Segunda Guerra Mundial, no exílio da Família Imperial. Veio para o BRASIL em 1945, juntamente com os país e irmãos, passando o restante da infância entre o RIO DE JANEIRO e PETRÓPOLIS, e a juventude entre o PARANÁ e SÃO PAULO.
Formou-se em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de SÃO PAULO, na qual teve destacada atuação na política estudantil.
Figura expressiva no movimento monárquico brasileiro, o PRÍNCIPE DOM BERTRAND dirige, em nível nacional, a campanha ‘PAZ NO CAMPO’, em defesa da propriedade privada e da livre iniciativa. Já percorreu com esse objetivo todo o BRASIL, proferindo conferências em universidades e associações de classe, bem como  falando aos mais diversos meios de comunicação.
Reservista da Força Aérea Brasileira, piloto de avião, desportista da hipismo e tiro, é ainda articulista de jornais e revistas e escritor, sendo que seu recente livro “PSICOSE AMBIENTALISTA”, lançado no final de 2012, já se encontra na terceira edição, em 19 mil exemplares.
Conforme a Constituição brasileira dem 1824, DOM BERTRAND é GRÃ CRUZ DA IMPERIAL ORDEM DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO, da IMPERIAL ORDEM DA ROSA, e da ORDEM DE PEDRO I, bem como das demais Ordens Imperiais do BRASIL.

DOUTOR ANTÔNIO RIBAS PAIVA
Nascido em 23 de maio de 1949, em SÃO PAULO, CAPITAL, é advogado militante há 45 anos. Pós Graduado em Direito Econômico; é diretor-presidente do NACIONAL CLUBE.
É produtor rural, no segmento de Lavoura e gado, nas cidades de PROMISSÃO – SABINO e GETULINA.
Também exerce trabalho profissional como Consultor de Investimentos; é conhecido conferencista tendo feito várias delas juntos à Escola de Comando e Estado Maior do Exército, ADESG, LIONS CLUB e junto ao ROTARY CLUBE HIGIENÓPOLIS, sempre denunciando o cartel do nióbio, verdadeiro líder na defesa desta riqueza brasileira.
É possuidor de diversas honrarias, Medalhas e Comendas de Mérito Militar.

O doutor CARLOS ALBERTO SALVATORE nasceu em 19 de abril de 1917. Diplomou-se pela ESCOLA PAULISTA DE MEDICINA (EPM) em 1942. Na época não havia residência médica e as especializações eram feitas após a graduação, em estágios voluntários. Já no último ano na condição de interno, começou a frequentar a enfermaria da clínica ginecológica do Hospital SÃO PAULO da EPM.
Ainda com sextoanista realizou seu primeiro trabalho  científico intitulado “APENDICITE CRÔNICA”, sendo laureado com o prêmio LEMOS TORRES, destinado aos melhores trabalhos científicos dos doutorandos.
Logo após sua formatura, casou-se com SÍLVIA, em janeiro de 1943, união que durou 53 anos, até o falecimento da esposa no ano de 1995. Mais tarde conheceu LIZETTE TRENTIN com quem vive casado até hoje.
O doutor CARLOS ALBERTO SALVATORE exerceu a profissão médica durante 64 anos, 42 dos quais trabalhando no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de SÃO PAULO. Nessa instituição realizou brilhante carreira universitária, sem deixarmos de mencionar que realizou mais de 5 mil partos gratuitos para mulheres carentes brasileiras.
Foi também este grande médico e professor galardoado com várias honrarias. Foi recebido na Capela Sistina do VATICANO pelo PAPA PAULO VI em 1977. Condecorado com a Medalha do Mérito da Universidade de SANTA MARIA (1974); Medalha ANCHIETA e o diploma de Gratidão da Cidade de SÃO PAULO. Outorgados pela Câmara Municipal de SÃO PAULO, em 1977.
Recebeu também a Comenda da Ordem do Mérito Republicano da Academia Brasileira de História (1978); a Medalha MARECHAL RONDON outorgada pela Sociedade Geográfica Brasileira; a Comenda do Instituto Cultural da Fraternidade Universal eo troféu Destaque Profissional em 1999.
O doutor CARLOS ALBERTO SALVATORE consagrou-se como habilidoso cirurgião e arguto clínico. Como professor dava o exemplo, pois era um dos primeiros a chegar à clínica ginecológica e um dos últimos a sair. Sempre afirmava que o “exemplo vem de cima”. Entre as máximas e aforismos que cultivava, tem-se: “SER FORTE PARA SABER quando se é fraco; e ser orgulhoso e inflexível na derrota, mas humilde na vitória”.

CARLA ZAMBELLI SALGADO
Deputada federalo, líder de movimento nas ruas em SÃO PAULO, e a nível nacional, além de articuladora das campanhas de denúncia da corrupção e na mobilização do povo brasileiro. Nascida em RIBEIRÃO RETO, é ativista, escritora, gerente de projetos especializada em Planejamento Estratégico Empresarial e Marketing pela FGV. Fundadora do Movimento “NAS RUAS”, ganhou notoriedade pelo ativismo em favor do impeachment da ex-presidente DILMA ROUSSEFF. Escreveu o livro “NÃO FOI GOLPE!” OS BASTIDORES DA LUTA NAS RUAS pelo impeachment de DILMA, lançado em agosto do ano passado (2018). Nas eleições de 2018, elegeu-se deputada federal por SÃO PAULO, pelo PARTIDO SOCIAL LIBERAL (PSL).
Terminado o almoço, tiramos fotos e conversamos com muita gente. Depois, já passando das 16 horas, MARINEI transporta-me até GUARULHOS.

MEDALHA DRÁUSIO MARCONDES DE SOUZA - R F M J G

DIÁRIO POPULAR, EDIÇÃO DE 24 DE MAIO DE 1932.- OS ACONTECIMENTOS DECORRENTES DA CONSTITUIÇÃO DO NOVO SECRETARIADO PAULISTA



Resultado de imagem para revolução constitucionalista 1932


87 a. da publicação no DIÁRIO POPULAR, edição de 24 de maio de 1932 (terça-feira): OS ACONTECIMENTOS DECORRENTES DA CONSTITUIÇÃO DO NOVO SECRETARIADO PAULISTA. A agitação nas ruas – Os comícios da PRAÇA DO PATRIARCA e o violento choque verificado em frente à sede da LEGIÃO REVOLUCIONÁRIA – O GENERAL GÓES MONTEIRO substituído no comando da Região pelo CORONEL RABELLO, que chegará à tarde a esta Capital – Outras notas de reportagem.
A tarde inteira de ontem foi assinalada por uma grande agitação de ruas, em continuação ao movimento projetado para reclamar autonomia do Estado. Às 11 horas, principiaram os comícios no LARGO DO PATRIARCA, onde se aglomerou grande massa popular.
  87 a. enterro de MÁRIO MARTINS DE ALMEIDA, de 21 anos. Convidados pelas agremiações acadêmicas reuniram-se no LARGO DE SÃO FRANCISCO para mais de dez mil pessoas, a fim de, em imponente cortejo, se incorporarem aos funerais do acadêmico. Organizada a coluna encabeçada pelos portadores das bandeiras paulista e brasileira envoltas em crepe, puseram-se em marcha os acadêmicos. Em rigoroso silêncio, por entre um povo emocionado, desfilaram pelas ruas centrais, passando pelo lugar em que tombara MARTINS. Ao chegarem as bandeiras em frente ao prédio do PPP (PARTIDO POPULAR PAULISTA, EX-LEGIÃO REVOLUCIONÁRIA), os soldados que a guardavam prestaram continência. Calma, vagarosa, a coluna prosseguiu na caminhada fúnebre. O caixão era levado a braços por uma enorme multidão, tudo em silêncio, em silêncio de ódio mortal. Não eram só estudantes que compunham o cortejo, mas, também, elementos de todas as classes sociais: grupos de empregados e patrões, civis e militares, moços e moças.
No Cemitério da CONSOLAÇÃO, outra coluna popular aguardava o féretro, formando alas, do portão à Capela. Terminada a encomendação, surge IBRAHIM NOBRE do meio da multidão. Pronuncia a oração fúnebre. Começa dirigindo-se à massa popular, pede para que a família paulista permaneça em seus lares guardando, em profundo silêncio, a dor pela perda irreparável de um filho seu, um puro coração de bandeirante! Foram suas últimas palavras:...”MÁRIO, que DEUS te receba e nos dê a paz nestas horas atribuladas das nossas catástrofes!”
Em SÃO JOSÉ DOS CAMPOS, EUCLIDES MIRAGAIA era sepultado nessa mesma tarde, presente a população da cidade, que, para tal fim, encerrara suas atividades.