quarta-feira, 16 de outubro de 2019

A ARMADILHA DE TUCÍDIDES - O TUIUTI Nº 330


ÓRGÃO DE DIVULGAÇÃO DA ACADEMIA DE HISTÓRIA MILITAR TERRESTRE DO BRASIL/RIO GRANDE DO SUL (AHIMTB/RS) 
- ACADEMIA GENERAL RINALDO PEREIRA DA CÂMARA - E DO INSTITUTO DE HISTÓRIA E TRADIÇÕES DO RIO GRANDE DO SUL (IHTRGS) 
370 anos da Segunda Batalha dos Guararapes - 230 anos da Inconfidência Mineira 130 anos da Proclamação da República - 120 anos da Revolução Acreana ANO 2019 Outubro N° 330 
A Armadilha de Tucídides 
Marcus Piffer 
O aumento do poder de Atenas e o medo que isso causou em Lacedemon (Lacede- mônia=Esparta) tornou a guerra inevitável.
as sobre 2012 últimas e a extraída “armadilha semanas, de a uma de todo Tucídides”, passagem momento da nos expressão “História deparamos da popularizada Guerra na imprensa do por Peloponeso”, ocidental Graham com Allison da autoria artigos em 
do próprio Tucídides. 
A “armadilha” fica caracterizada quando o crescimento do poder de uma potência emer- gente passa a ameaçar os interesses da potência hegemônica, a ponto de causar uma guerra. 
No antigo mundo grego, foi Atenas que ameaçou Esparta. No fim do século 19 e começo do século 20, a Alemanha desafiou a Grã-Bretanha. Hoje, uma China em ascensão está poten- cialmente desafiando os Estados Unidos (www.bbc.com/portuguese/internacional-47792909). 
A rivalidade entre Washington e Pequim é, segundo ele, "a característica que define as relações internacionais atuais e no futuro próximo". Então, perguntar se Estados Unidos e a China conseguirão evitar a armadilha de Tucídides não é uma questão meramente acadê- mica. A armadilha rapidamente se tornou um grande prisma analítico através do qual se pode ver a competição entre Washington e Pequim (Idem). 
Nota: Lacedêmon, na mitologia grega, era filho de Júpiter e Taígete. Casou-se com a princesa Esparta, filha de Eurotas, rei da região-sul do Peloponeso. O casal Lacedêmon e Esparta gerou os filhos Amiclas, Eurídice, Hímero e Asine. Após a morte do sogro Lacedêmon herdou o reino, dando a este o seu nome e o nome da esposa à capital, depois cidade-estado (Dic. de Mitol. Greco-Romana. SP: Abril Cult., 1973). 
Melhor morrer de pé que viver de joelhos (Cerco de Massada, 74 D.C.) 
INFORMATIVO 
O TUIUTI 
A Marinha chinesa está se tornando maior, mais forte e mais sofisticada 
Estátua de Tucídides em frente ao parlamento austríaco. Foto: Wienwiki /Walter Maderbacher 
O BRASIL E A LEI DE NEWTON 
Sérgio Pinto Monteiro
“Para toda ação, existe uma reação de mesmo valor, mesma direção e sentido oposto”
o breves tabelecendo analisar reflexões o atual que, sobre cenário nas considerações o tema brasileiro, “ações (3a Lei a finais, e de condição reações”. Newton) 
o réu de delatado Após velho a decisão professor poderá “legislativa” sempre conduziu-me se do manifestar STF, a essas es- 
após o réu delator, estamos presenciando uma avalanche de manifestações contrárias, oriundas dos mais variados segmentos da sociedade. Não discuto a correção da tese, fundamentada, dou- trinariamente, em preceito constitucional, embora, a meu critério, a inexistência de uma norma legal determinante induza à necessidade de sua criação pelo Poder Legislativo, cuja eficácia se daria a partir da respectiva publicação, sem retroatividade. 
O STF de há muito vem sendo criticado por algumas de suas posições, entre as quais, vale lembrar, o inusitado de várias decisões “monocráticas” em benefício de condenados - via de regra por corrupção - favorecendo, na repercussão geral, agentes do crime organizado e outros delin- quentes. Também, com grande carga negativa, há uma intensa rejeição à demora na apreciação de denúncias - e eventuais julgamentos - de autoridades com foro privilegiado, levando, por ve- zes, à prescrição dos crimes cometidos. Nos últimos anos há, portanto, todo um vasto cortejo de críticas quanto à atuação do STF. 
A recente decisão da suprema corte “criando” uma norma legal inexistente na legislação infraconstitucional, para garantir ao delatado o direito a uma manifestação posterior à do delator, sendo ambos réus, poderá, caso mantida sem modulações adequadas, repercutir em centenas de condenações, levando-as a uma insensata, inconsequente e irresponsável nulidade. 
É notório o enorme clamor da sociedade contra essa medida. Assim o demonstram parcela expressiva da mídia e os protestos de inúmeras e relevantes instituições, ao lado da quase unani- midade das manifestações nas redes sociais. Via de consequência, além da forte insegurança ju- rídica gerada pela decisão em tela, criou-se um compreensível clima de revolta na população, que ameaça a estabilidade das nossas instituições, com graves repercussões na vida nacional. São in- contáveis as manifestações de inconformismo, oriundos de quase todos os segmentos da socie- dade. Para muitos brasileiros, o STF é um vilão da Pátria, tendo como cúmplice o Senado da Re- pública, que não acolhe as denúncias já apresentadas contra seus ministros. 
Diante desse contexto, espera-se que as forças vivas e patrióticas da nação se unam contra essa decisão, ainda passível de ajustes corretivos e/ou atenuantes, eis que a votação do pleno do STF ainda não foi concluída. A hora é de pressionar os ministros, democrática, legal e legitima- mente. Alguns deles, reconhecidamente pouco comprometidos com a defesa das verdadeiras ins- tituições democráticas e do legítimo estado de direito. A esses, nos cabe, apenas, expressar o nosso mais veemente repúdio. Outros, entretanto, revelam-se competentes na preservação da ordem constitucional e, portanto, passíveis de se sensibilizarem com o desastre que seria a ma- nutenção pura e simples da decisão, já majoritária, mas ainda não definitiva. 
A hora, portanto, diante da AÇÃO deletéria em andamento, é de REAÇÃO, conforme os ensinamentos newtonianos. Unidos, os verdadeiros brasileiros, patriotas de ontem e de hoje, so- mos imbatíveis. Vamos à luta, sem tréguas ou vacilações. O Brasil precisa que cada um cumpra 
com o seu dever. As futuras gerações não nos perdoarão se lhes outorgarmos um país dominado pelos vampiros da Pátria. BRASIL, ACIMA DE TUDO. *o autor é historiador, professor e oficial da reserva do Exército. É membro da Academia Brasileira de Defesa, da Academia de História Militar Terrestre do Brasil e do Instituto Histórico de Petrópo- lis. É patrono, fundador e ex-presidente do Conselho Nacional de Oficiais da Reserva. É presidente do Conselho Deliberativo da Associação Nacional dos Veteranos da FEB. É autor do livro “O Res- gate do Tenente Apollo” (CNOR 2005). O presente texto é de responsabilidade exclusiva do autor
Livros recebidos por doação 
As obras estão à disposição dos integrantes da AHIMTB/RS. 
Acesse o novo texto do escritor Cláudio Frederico Vogt O MUNDO DOS TEUS OLHOS pelo www.escritorcfvogt.blogspot.com.br 
E S T E V Ã O L E I T Ã O DE C A R V A L H O - Cmt 3a RM 1939-1942 (CPDOC/FGV) E stêvão português, Leitão Fez e os de de estudos Maria Carvalho Cerqueira preparatórios nasceu Leitão em no Penedo de Colégio Carvalho, (AL) Carneiro, no brasileira. 
dia 6 em de abril Salvador, de 1881, e ingressou filho de em Francisco 1898 na Leitão Escola de Preparató- Carvalho, 
ria e de Tática do Realengo, no Rio de Janeiro (então Distrito Federal). Prosseguiu os estudos na Escola Militar da Praia Vermelha, ainda no Rio, onde fez o curso das três armas. Promovido a alferes-aluno em 1903, foi incorporado à arma de infantaria e matriculou-se em 1904 no curso geral da Escola Militar. 
Em novembro desse mesmo ano, recusou-se a participar do levante dos cadetes da escola, contrários ao presi- dente Rodrigues Alves e ao decreto do governo que determinava a vacinação obrigatória. Comunicou sua decisão aos colegas rebelados e apresentou-se às autoridades para auxiliar no restabelecimento da ordem. 
Promovido a segundo-tenente em março de 1907, concluiu o curso da Escola de Artilharia e Engenharia do Rea- lengo em abril do mesmo ano, e, em fevereiro de 1908, diplomou-se engenheiro militar e bacharel em ciências físicas e matemáticas. Trabalhou em seguida na comissão construtora de quartéis de Mato Grosso e, em 1910, seguiu para a Alemanha em estágio de aperfeiçoamento. Entre outubro deste ano e setembro de 1912, serviu como segundo-tenente no 4o Regimento de Infantaria da Turíngia, em Torgau. 
De volta ao Brasil, empenhou-se na campanha pela remodelação do Exército, empreendida por oficiais jovens que se haviam aperfeiçoado no exterior. Conhecidos como “jovens turcos” em alusão ao papel desempenhado por jovens militares na revolução modernizadora na Turquia, o grupo fundou no Rio, em 1913, a revista Defesa Nacional, mesmo nome do órgão propagador da renovação militar do império turco. 
Promovido a primeiro-tenente em abril de 1913, serviu até 1914 como instrutor no 52o Batalhão de Caçadores, no Rio, aplicando conhecimentos adquiridos em seu estágio na Alemanha. Em novembro de 1914, com a posse do go- verno de Venceslau Brás, foi nomeado oficial-de-gabinete do novo ministro da Guerra, o marechal José Caetano de Faria. Durante a gestão deste, introduziram-se no Exército várias das modificações que vinham sendo propostas pelo grupo de Defesa Nacional, como o serviço militar obrigatório, a organização do Exército em divisões e a reorganização dos tiros-de-guerra. Leitão de Carvalho deixou o gabinete do ministro em outubro de 1918, pouco antes do fim do go- verno, sendo nomeado em seguida adido militar no Chile, onde permaneceu até 1921, tendo sido promovido a capitão em janeiro de 1919. 
De volta ao Brasil, em março de 1921 fez o curso de revisão de estado-maior sob a direção de oficiais da missão militar francesa que, sob o comando do general Maurice Gustave Gamelin, remodelou o Exército brasileiro. Concluído o curso em janeiro de 1922, tornou-se professor adjunto de tática de infantaria passando a colaborar diretamente com os mestres franceses. Entre 1921 e 1922, também escreveu sobre assuntos militares para O Jornal do Rio de Janeiro. 
Promovido a major em fevereiro de 1923, no mês seguinte integrou a comissão militar que acompanhou a dele- gação brasileira à V Conferência Pan-Americana, realizada em Santiago do Chile. Em setembro de 1923, participou como técnico militar da IV Assembleia da Liga das Nações, em Genebra, e chefiou a delegação brasileira à II Conferência das Comunicações e Trânsito da Liga das Nações, realizada em novembro ainda em Genebra. Entre 1924 e 1926, representou o Brasil na Comissão Militar Consultiva da Liga das Nações e participou da Conferência para a Regulamentação do Co- mércio de Armas, Munições e Materiais de Guerra, realizada em junho de 1925. Sempre em Genebra, foi o representante militar do Brasil na comissão preparatória da Conferência de Desarmamento realizada em 1926. 
De volta ao Brasil, foi classificado no 8o Regimento de Infantaria, sediado em Passo Fundo (RS), a partir de de- zembro de 1926. Promovido a tenente-coronel em agosto de 1928, no mês seguinte assumiu interinamente o posto de comandante do regimento, no qual foi efetivado em setembro de 1929. No início de agosto de 1930, foi procurado por Virgílio de Melo Franco, emissário das lideranças do movimento revolucionário que se vinha preparando no país. Levando em conta a importância estratégica da guarnição de Passo Fundo, próxima à divisa com Santa Catarina, e a ligação pessoal que existia entre o tenente-coronel Leitão de Carvalho e o pai do emissário, o embaixador Afrânio de Melo Franco, junto a quem o militar trabalhara na Liga das Nações, Virgílio propôs-lhe que se unisse ao movimento revolucionário. Leitão de Carvalho recusou. 
Promovido a coronel no dia 11 de setembro de 1930, por merecimento, dias depois foi novamente procurado por Virgílio de Melo Franco, que desta vez vinha credenciado diretamente por Getúlio Vargas, presidente do Rio Grande do Sul e chefe da revolução em preparo. Leitão de Carvalho tornou a recusar-se a aderir à revolução, e não concordou sequer em comprometer-se a se conservar neutro diante dos acontecimentos. Ainda assim, no dia 30 de setembro, Vir- gílio endereçou-lhe uma carta em que anunciava a iminência da eclosão do movimento e o convidava a assumir a chefia do estado-maior das forças revolucionárias, ao que Leitão de Carvalho respondeu com nova recusa. Não só deixou de participar do movimento como ainda resistiu, à frente de seu regimento, aos ataques das forças revolucionárias. Sobre estes episódios, publicou em 1933 Na Revolução de 30: a atitude do 8o RI, da guarnição em Passo Fundo. 
Em 1931, foi chefe de gabinete do Estado-Maior do Exército, chefiado pelo general Augusto Tasso Fragoso. Após ter sido técnico militar da delegação brasileira à Conferência para a Limitação e Redução de Armamentos, realizada em Genebra em julho de 1932, retornou ao Brasil, tendo sido preso e reformado em outubro do mesmo ano, acusado de ligações com o movimento constitucionalista de 1932. 
Reformado, trabalhou como superintendente de uma cooperativa de crédito no Rio de Janeiro até ser anistiado por decreto de 29 de maio de 1934, reingressando no Exército em julho. Em outubro do mesmo ano, assumiu o comando da Escola de Estado-Maior do Exército, posto em que permaneceu até dezembro de 1935. 
Entretanto, de junho a novembro desse ano desempenhou novas funções no exterior, chefiando a delegação brasileira da Comissão Militar Neutra do Chaco, composta por representantes do Brasil, Argentina, Chile, Estados Unidos, Peru e Uruguai. A comissão foi incumbida da parte militar do protocolo que encerrou a guerra travada entre Bolívia e 
Paraguai (1932-1935) pela posse da parte norte da região do Chaco. A Guerra do Chaco, na qual perderam a vida cerca de cem mil homens, acabou com a vitória militar do Paraguai, ao qual os termos do tratado de paz asseguraram o domínio da maior parte da zona em litígio. 
Promovido a general-de-brigada no dia 28 de novembro de 1935, logo após a Revolta Comunista de 1935, par- ticipou no dia 3 de dezembro de uma reunião de generais convocada para discutir as medidas de punição aos revoltosos. Desse encontro resultou a decisão de solicitar ao presidente da República, além da aplicação das penalidades previstas em lei, a expulsão do Exército dos envolvidos. 
Nomeado em 1936 comandante da 1a Brigada de Infantaria, sediada em Curitiba, em julho de 1937 deixou este comando para assumir o posto de primeiro-subchefe do Estado-Maior do Exército, chefiado pelo general Pedro Aurélio de Góis Monteiro. 
Em abril de 1939, assumiu o comando da 3a Região Militar, sediada em Porto Alegre, tendo sido promovido a general-de-divisão em maio de 1940.
contrário partir sou a se de aproximar 1941, de um diante setor militarmente das do crescente forças armadas daquele envolvimento NA país simpático COMISSÃO a fim dos de ao DE Estados DEFESA colaborar, Eixo, Leitão BRASIL-EUA 
Unidos caso de na Carvalho necessário, Segunda era Guerra na decididamente defesa Mundial, do continente. favorável o Brasil pas- Ao 
ao estreitamento da cooperação com os EUA. Desse modo, coube-lhe um importante papel na intensificação das relações militares com os norte-americanos a partir do início de 1942. Em março, deixou a 3a RM e assumiu o posto de inspetor do 1o Grupo de Regiões Militares e comandante do Teatro de Operações do Leste e Nordeste, abrangendo todas as forças militares estacionadas entre a Bahia e o Pará, com a missão de colocar a região em “estado de defesa”. 
Em maio, Brasil e EUA assinaram acordo estabelecendo as normas e condições que deviam regular a colaboração entre os dois países, resultando do pacto a formação de duas comissões mistas, uma com sede no Brasil e outra em Washington. Coube ao general Leitão de Carvalho a chefia da delegação brasileira à comissão de Washington, integrada ainda pelo almirante Álvaro Rodrigues Vasconcelos, representando a Marinha, e pelo coronel Vasco Alves Seco, da Ae- ronáutica. A comissão iniciou seus trabalhos em agosto de 1942. Vencida a resistência oposta à colaboração com os norte- americanos pelo chefe do EME, general Góis Monteiro, a comissão passou a debater planos elaborados tendo em vista a possibilidade de ataque ao território por forças extracontinentais. No dia 22 de agosto, o Brasil declarou guerra aos países do Eixo. 
Como resultado dos trabalhos da comissão, o governo brasileiro concedeu inicialmente ao norte-americano di- versas franquias, entre as quais a garantia de ordem e segurança para suas forças militares em trânsito ou em operações no território brasileiro. Facultava ainda aos EUA a utilização de instalações navais e aéreas em certos pontos do país, bem como a construção de depósitos para material e alojamentos para o pessoal. 
Por sua vez, o governo do Brasil assumia o compromisso de defender sua costa e mobilizar suas unidades mili- tares, dando preferência às zonas estratégicas no Norte, Nordeste e Rio de Janeiro. Segundo diversas recomendações aprovadas pela comissão, cabia aos EUA fornecer material bélico e adestramento para as forças armadas brasileiras. Entre as diversas propostas aceitas, figuravam ainda a remessa de aviões de bombardeio norte-americanos para o Brasil e as normas para a regularização das compras de material bélico pelo governo brasileiro. As recomendações foram en- caminhadas ao ministro das Relações Exteriores, Osvaldo Aranha, e receberam a aprovação do presidente da República em 17 de dezembro de 1942. 
Mais tarde, Estêvão Leitão de Carvalho, em seu livro A serviço do Brasil na Segunda Guerra Mundial (1952), pu- blicou carta que enviara ao ministro da Guerra em janeiro de 1944 sobre as negociações da comissão mista, afirmando: “enquanto as autoridades militares americanas se enquadraram... na concepção... de que o fornecimento de material bélico... deveria ser condicionado... à ação conjunta na guerra atual, o ponto de vista brasileiro... tem sido de que o Brasil deveria receber todo o material de que necessita para o seu Exército, a sua Marinha, a sua Aeronáutica, a sua indústria bélica e seu sistema de comunicação, isto é, deveria aproveitar a oportunidade para se transformar numa potência for- temente aparelhada para a guerra.” 
A frente da comissão, Leitão de Carvalho teve ainda destacado papel na defesa da participação brasileira no teatro de operações militares fora do continente. Em março de 1943, o presidente Vargas concordou com essa possibi- lidade de cooperação, e em agosto foi criada a 1a Divisão de Infantaria Expedicionária, mais tarde denominada Força Expedicionária Brasileira (FEB). O general Leitão de Carvalho candidatou-se ao comando do corpo expedicionário, mas foi preterido e permaneceu na chefia da Comissão Mista Brasil-Estados Unidos, acumulando esse cargo com o de dele- gado do Exército brasileiro à Junta Interamericana de Defesa, órgão criado no Rio de Janeiro em 1942. 
Em 26 de março de 1945, foi promovido a general-de-exército, e dois dias depois foi reformado a pedido no posto de marechal. Em seguida, foi delegado do Brasil na Conferência das Nações Unidas realizada em São Francisco, nos EUA, entre 20 de abril e 26 de junho de 1945.
eve os Estudos generais ativa e participação Defesa José Pessoa do Petróleo na e política Júlio e da Caetano nacional Economia Horta do petróleo Nacional A Barbosa, QUESTÃO entre (CEDPEN), DO e políticos, 1948 PETRÓLEO 
e tendo 1951. como sido Juntamente Artur presidente Bernardes, com de outros honra fundou militares, da o entidade Centro como de de 1948 a 1950. O centro reunia militares, homens públicos, intelectuais e estudantes, exercendo importante papel na mo- bilização da opinião pública em torno da questão do petróleo. 
Durante os debates sobre o anteprojeto do Estatuto do Petróleo, apresentado pelo governo do presidente Eurico Dutra, Leitão de Carvalho assumiu uma posição de defesa do monopólio estatal do produto, criticando o anteprojeto por possibilitar a participação do capital estrangeiro na exploração petrolífera. 
De 1949 a 1950, foi vice-presidente do Clube Militar na diretoria presidida pelo general Salvador César Obino. Na época, a Revista do Clube Militar publicou diversos artigos criticando o Estatuto do Petróleo e a política em relação aos investimentos estrangeiros no Brasil. Em março de 1950, a revista publicou os pareceres de Leitão de Carvalho e dos generais Horta Barbosa e Raimundo Sampaio, membros do CEDPEN, contrários ao projeto de lei sobre investimentos estrangeiros elaborado pelo Conselho Federal de Comércio Exterior. Ainda em 1950, apareceu na revista uma conferên- cia de Leitão de Carvalho, advogando o monopólio estatal do petróleo. 
Em 1951, após deixar a vice-presidência do Clube Militar, o marechal Leitão de Carvalho tomou a defesa dos oficiais membros da diretoria do clube que haviam sido transferidos por se terem pronunciado contra a intervenção norte-americana na Coréia e o envio de tropas brasileiras para aquele país. 
Estevão Leitão de Carvalho foi ainda sócio benemérito do Instituto Histórico do Rio Grande do Sul, membro do Instituto de Geografia e História Militar do Brasil, da Sociedade Brasileira de Geografia e do Instituto Histórico e Geográ- fico Brasileiro (IHGB). Foi presidente da comissão diretora da revista trimestral do IHGB durante 15 anos. 
Faleceu no Rio de Janeiro em 29 de novembro de 1970. Foi casado com Laura Costa Leitão de Carvalho. Publicou diversas obras sobre assuntos militares e sobre temas políticos e econômicos com os quais esteve pes- soalmente envolvido: Notas sobre a infantaria alemã (1913), Guia para o ensino da avaliação de distancias à simples vista (1914), A conferência do desarmamento (1936), Petróleo: salvação ou desgraça do Brasil? (1950), A paz do Chaco, como foi efetuada no campo de batalha (1956) e Dever militar e política partidária (1959). Além das obras já ci- tadas e de discursos e conferências, publicou suas memórias: Memórias de um soldado legalista (6v., 1961-1964) e Me- mórias de um general reformado (1967). 
Jorge Miguel Mayer 
FONTES: CARVALHO, E. Petróleo; COHN, G. Petróleo; COUTINHO, A. Brasil; FRANCO, A. Estadista; Grande encic. Delta; GUIMARÃES, A. Dic.; INST. NAC. LIVRO. Índice; LAGO, L. Relação; LIMA, M. Petróleo; SILVA, H. 1937; SILVA, H. 1942; SILVA, H. 1944; SODRÉ, N. História militar; SODRÉ, N. Memórias; Veja (12/70); WANDERLEY, N. História. 
DN EXTRA - 20/19 - 07 Outubro 2019 
Nota Conjunta das Entidades 
SIMDE - ANIAM - ABRABLIN – APCE 
IMPORTAÇÃO SEM ISONOMIA FISCAL E REGULATÓRIA NA ÁREA DE DE- 
FESA E SEGURANÇA AMEAÇA EMPREGOS E SOBERANIA
pregos acontecimentos BID – Base indiretos Industrial recentes, e é responsável de Defesa entendemos e por Segurança 3,7% que do essa do PIB Brasil Base nacional. gera está 60 sob No mil entanto, ameaça empregos o diante que diretos, pode de uma 240 colocar série mil em- em de 
riscos uma indústria geradora de empregos altamente qualificados, que gera altos valores em tributos e que 
promove o desenvolvimento tecnológico, pesquisa e inovação em nosso País. 
A Indústria de Defesa de qualquer País tem seu sucesso estruturado em três pilares básicos, a saber; 
investimento estatal em desenvolvimento e encomendas tecnológicas, aquisições de produtos de Defesa 
pelas Forças Armadas e órgãos de Segurança Pública e, sobretudo, de Exportações. Neste sentido, a Estra- 
tégia Nacional de Defesa objetiva institucionalizar em nosso país uma Política de Estado que favoreça a 
consolidação da Base Industrial de Defesa Nacional, com vistas a garantia da Soberania e projeção de Poder 
regional. 
A excepcionalidade das regras da Organização Mundial de Comércio – OMC, quanto à adoção pelos 
Estados Nacionais de Políticas que favoreçam e protejam o desenvolvimento de sua Base Industrial de De- 
fesa, corrobora as decisões dos países de que a Indústria de Defesa deve ser considerada de alto valor 
estratégico e, em razão disso, protegida e incentivada. 
Decisões em Políticas Públicas que favoreçam importações generalizadas, sem a correspondente con- 
trapartida de aquisições de produtos brasileiros por terceiros países ou, que em encomendas tecnológicas 
não garantam transferência de tecnologias, podem se constituir em avassaladora ameaça para a sobrevi- 
vência da BID, com consequências negativas para a economia e para garantia da Soberania. Cabe aqui frisar 
também o problema da falta de isonomia fiscal e regulatória: os importados são isentos de tributos contra 
uma pesada carga tributária do produto nacional; a homologação dos produtos estrangeiros importados em 
território nacional tem sido flexibilizada, com a não observância das mesmas regras exigidas das empresas 
brasileiras. 
A Base Industrial de Defesa e Segurança entende que as indústrias estrangeiras são bem-vindas 
para produzir, gerar empregos e concorrer em pé de igualdade com as que já estão estabelecidas no país, 
de forma a proporcionar maior competividade tanto econômica quanto de qualidade. No entanto, abrir o 
mercado com regras desiguais é condenar o Brasil à desindustrialização e ao colonialismo tecnológico. 
SIMDE – Sindicato Nacional das Indústrias de Materiais de Defesa 
ANIAM – Associação Nacional das Indústrias de Armas e Munições 
ABRABLIN – Associação Brasileira de Blindagem 
APCE – Associação Brasileira de Produtos Controlados 
Texto com comentários de DefesaNet pode ser acessado em: 
http://www.defesanet.com.br/bid/noticia/34447/BID---Nota-Conjunta-de-Associacoes-so- 
bre-Ameaca-a-Base-Industrial-de-Defesa/ 
_______________________ Lançamento do livro 
Raízes do Exército Brasileiro 
Em 17 Out próximo, a partir das 1530 horas, no 
Museu Militar do CMS, à Rua dos Andradas, 630, Centro Histórico de Porto Alegre, será lançada a obra da capa ao lado, autoria do Gen Virgílio Ribeiro Muxfeldt e do Cel Luiz Ernani Caminha Giorgis. Trabalho baseado em duas obras anteriores, abrange o período colonial, de 1500 a 1822. Texto das abas do Dr. Carlos Eduardo Thompson Flores Lenz, Desembargador Federal do TRF 4. Os perío- dos Imperial e Republicano estão em elaboração. De cada dois exemplares vendidos, cada um por 40 reais, será possível mandar fazer mais cinco, com imagens em preto e branco, que serão encaminha- dos por doação aos cadetes da AMAN. Prestigie e contribua para a formação do nosso oficial. 
______________________________________________________________________ Editor: Luiz Ernani Caminha Giorgis, Cel Presidente da AHIMTB/RS (lecaminha@gmail.com) Sites: www.ahimtb.org.br e www.acadhistoria.com.br Site do NEE/CMS: www.nee.cms.eb.mil.br Site do Núcleo Militar de Gramado: www.nuclev.com Blog da Delegacia da FAHIMTB/RS em Recife, PE – Delegacia Heróis de Guararapes: "http://historiapatriota.blogspot.com/".

15 DE OUTUBRO DE 2019 - TERÇA-FEIRA


DIA      Q U I N Z E     DE     O U T U B R O     DE     2019           TERÇA-FEIRA.

82 anos, 9 meses e 18 dias de idade.

Início de minhas memórias – 9 de Julho de 1950.

DIA 99º DO ANO 70º- 4º MÊS

61 anos e 133 dias na PMESP

60 anos e 245 dias na ESCOLA DE OFICIAIS – 21 508 dias – 526 688 horas.

56 anos e 38 dias da DECLARAÇÃO À ASPIRANTE A OFICIAL

31 anos e 215 dias no Posto de Coronel – 379 meses e 3 dias.

7º dia na Ex-Presidência da Sociedade Veteranos de 32-MMDC

12 240 dias CORONEL - 27 anos e 306 dias na reserva.

11 950-286 336                             12 240-295 188                          11 926-264 836.



DIA DO PROFESSOR

DIA DA NORMALISTA

DIA DA EDUCAÇÃO NACIONAL

DIA DO FRENTISTA

DIA DO SECURITÁRIO



DIA DE SANTA TERESA D´ÁVILA. Nascida em ÁVILA, em 1515, ingressou aos 20 anos no mosteiro carmelita de sua cidade, o CARMELO DE ÁVILA, encontrando-o decadente. Iniciou a reforma desse convento e, pouco a pouco, foi ampliando o raio de sua ação, reformando outros conventos e realizando mais de trinta novas fundações. É considerada uma das grandes místicas espirituais da história da igreja. Também reformou o CARMELO, devolvendo à ORDEM CARMELITA seu primitivo vigor espiritual. Tinha como conselheiro espiritual SÃO JOÃO DA CRUZ. De família nobre, era bela e inteligente. É chamada de TERESA, A GRANDE, por sua grandeza de mulher. Morreu em 1582.



1607 a. falece TEÓFILO DE ALEXANDRIA, PATRIARCA DE ALEXANDRIA, no EGITO, em 15 de outubro de 412. 

1016 a. falece SÃO CALIXTO, mártir pelas mãos dos sarracenos, em 15 de outubro de 1003.

939 a. falece RUDOLFO, DUQUE DA SUÁBIA, Imperador da ALEMANHA, em 15 de outubro de 1018. Nasceu em 1025.

746 a. falece BALDUINO II, Imperador de CONSTANTINOPLA, em 15 de outubro de 1273.

623 a. falece AGNOLO GADDI, pintor italiano, em 15 de outubro de 1396. Nasceu em 1350.

590 a. nasce JOÃO, rei de PORTUGAL, filho primogênito de D. DUARTE I, em 15 de outubro de 1429. Falece em1433.

437 a. calendário gregoriano é adotado na ITÁLIA, na FRANÇA, na ESPANHA e em PORTUGAL, em 15 de outubro de 1582.

225 a. falece LOUIS-GUSTAVE TARAVAL, pintor francês, em 15 de outubro de 1794. Nasceu em 1738.

207 a. nasce LUIZ EUGENE CAVAGNAC, general francês e governador-geral da ARGÉLIA, em 15 de outubro de 1802. Falece em 1857.

204 a. NAPOLEÃO BONAPARTE é exilado para a ILHA DE SANTA HELENA em 15 de outubro de 1815.

192 a. do projeto de ESCOLA PÚBLICA convertido em LEI a 15 de outubro de 1827. O sistema escolar do ensino primário, regulamentado por essa lei, preconizava a adoção do ENSINO MÚTUO, ou do ensino simultâneo que andava em voga desde os primórdios do Império, depois que BELL e LANCASTER o tinham adotado na INGLATERRA, a ponto de o nosso primeiro Imperador referir-se à criação de uma escola desse tipo, no RIO, na primeira FALA DO TRONO, quando da abertura da malograda Assembléia Constituinte de 1823. O ATO ADICIONAL, de 12 de agosto de 1834, que modifica o caráter unitário do Império brasileiro, inaugura a descentralização do ensino, atribuindo às Assembléias Legislativas provinciais a faculdade de legislar sobre a instrução do povo e os estabelecimentos de ensino destinados a promovê-la, salvo no tocante ao ensino superior, implantado no País desde 1827. 

192 a. da criação do OBSERVATÓRIO NACIONAL, por DOM PEDRO I, em 15 de outubro de 1827. O intuito do imperador era elaborar estudos sobre o território brasileiro e sobre a navegação. Entre os feitos realizados pelo OBSERVATÓRIO NACIONAL no século XIX estão o estabelecimento e a demarcação da parte das fronteiras do BRASIL, além da definição, em expedição entre 1892 e 1896, do local onde seria construída a nova capital do país, BRASÍLIA. Fato famoso na história da instituição foi a visita de ALBERT EINSTEIN, em 1925. Ele foi recebido pelos astrônomos brasileiros que participaram da observação do eclipse de SOBRAL, em 1919, que contribuiu para comprovar a teoria geral da relatividade, formulada pelo cientista. O OBSERVATÓRIO NACIONAL se dedica ao mapeamento de asteróides, cometas e meteoros que possam se chocar com a TERRA; a projetos de pesquisa sobre as reservas subterrâneas de água e petróleo; e a uma novidade que fez com que a instituição passasse a ter receita própria pela primeira vez em sua história: a cessão do carimbo do tempo, com a hora oficial do BRASIL, necessária para a certificação digital (processo de autenticação de documentos pelo computador).

178 a. fuzilamento do GENERAL DIEGO DE LEÓN, em MADRI, no dia 15 de outubro de 1841, por assalto frustrado ao Palácio Real.

175 a. nasce o filósofo alemão, FRIEDRICH WILHELM NIETZCHE, em ROECKEN, na ALEMANHA, no dia 15 de outubro de 1844. Falece em 25 de agosto de 1900.

163 a. nasce o escritor inglês OSCAR WILDE, em 15 de outubro de 1856.

155 a. princesa ISABEL casa-se com o CONDE D´EU, em 15 de outubro de 1864. O francês GASTÃO DE ORLEANS se casa com a princesa, então com 18 anos de idade, na Capela Imperial. Após a cerimônia, os noivos seguiram para PETRÓPOLIS em lua-de-mel. Depois, o conde lideraria o BRASIL na GUERRA DO PARAGUAI e a princesa assinaria a lei que libertava os escravos. No Diário do RIO DE JANEIRO, de 17 de outubro de 1864 vamos encontrar: “Um céu puro e um sol esplêndido presidiram a este acontecimento nacional, festa oficial, festa pública. Arcos, pavilhões, coretos, bandeirolas, iluminações, guardas de honra, bandas de música e aclamações (...) Uma das coisas que fizeram mais efeito nesta solenidade foi a extrema simplicidade com que trajava a noiva imperial.”

149 a. fundação do INSTITUTO PRESBITERIANO MACKENZIE, em 15 de outubro de 1870, pelos missionários americanos MARY e GEORGE CHAMBERLAIN. Em 1875, inaugurado o 1º curso superior que formava professores primários. Em 1894, o MACKENZIE trouxe para o BRASIL o basquete, criado nos EUA. Em 1896, fundada a primeira escola de Engenharia do País. A Universidade MACKENZIE foi criada em 1952.

144 a. nasce DOM PEDRO, PRÍNCIPE DO PARÁ, filho primogênito da princesa ISABEL e LUIZ FILIPE MARIA FERNANDO GASTÃO DE ÓRLEANS, CONDE D´EU, em 15 de outubro de 1875. Tinha um defeito de nascença, uma semiparalisia ou insensibilidade do antebraço e da mão, lembrando o caso de GUILHERME II da PRÚSSIA. Era manso de gênio, o espirito brando, a bondade natural. Foram seus irmãos: DOM LUÍS DE ÓRLEANS E BRAGANÇA, nascido em 26 de janeiro de 1878 e ANTÔNIO, PRÍNCIPE DE ÓRLEANS E BRAGANÇA, nascido em PARIS, em 9 de agosto de 1881.

141 a. nasce ALCYDES MAIA, jornalista, escritor e político brasileiro, membro da ABL, em 15 de outubro de 1878. Falece em 1944.

140 a. assinado no PARAGUAI o primeiro tratado de limites para resolver a questão do CHACO, em 15 de outubro de 1879.

139 a. encerrados os trabalhos da construção da Catedral de COLÔNIA, em 15 de outubro de 1880. A obra, que em seu tempo foi o prédio mais alto do mundo, havia sido iniciada em 1248, mas foi interrompida por 250 anos por motivos financeiros.      

130 a. bodas de prata da PRINCESA ISABEL e do CONDE D´EU em 15 de outubro de 1889.

122 a. chegada dos MARISTAS ao BRASIL em 15 de outubro de 1897.

122 a. noticias publicadas no jornal DIÁRIO POPULAR de 15 de outubro de 1897: afinal foram retiradas das entradas do VIADUTO DO CHÁ as guaritas que ficaram, depois da encampação, servindo de lugar de dormida para os rondantes e para os infelizes notívagos. Hoje pela manhã vimo-las desmanteladas, enchendo dois caminhões.

Em SANTOS considera-se terminada a grande greve dos trabalhadores das Docas. O serviço tem corrido com regularidade. Constou na Praça do Comércio que fora assassinado o MAJOR RAMOS FORTES, superintendente das Docas. Felizmente não se confirmou o boato.

Colegas de imprensa desta capital tratam de promover uma homenagem à memória do literato e conhecido jornalista PAULA NEY. Para este fim pretendem convocar uma reunião amanhã à noite.

O GENERAL ARTHUR OSCAR em uma eloquente ordem do dia elogiou a bravura e a disciplina da polícia paulista nos combates em que tomou parte. Pelo batalhão paulista vem conduzidos de CANUDOS com prisioneiros jagunços.  

121 a. das publicações do jornal DIÁRIO POPULAR de 15 de outubro de 1898: há razões para acreditar que o novo governo do Estado só conte em seu seio com um dos atuais secretários, sendo os restantes novos. Quanto à chefia de polícia acredita-se que esse alto cargo seja ocupado por um magistrado de uma das comarcas do Sul do Estado.

Os nossos colegas do CORREIO DO SERTÃO, de JABOTICABAL, queixam-se das faltas que se notam ali no ensino público. O colega diz que os empreiteiros do grupo escolar abusaram, empregando maus materiais na construção do edifício.

Diz o CORREIO DO SERTÃO, que já há algum tempo que no município de APARECIDA, os fazendeiros JOAQUIM DELPHINO DA SILVA e doutor LUIZ DOS SANTOS DUMONT se acham empenhados numa séria contenda por questão de divisas de terras nas suas propriedades. Ultimamente essa rixa tem tomado caráter mais sério, tendo corrido a notícia de um encontro entre os camaradas dos dois fazendeiros, do qual resultaram muitos ferimentos e até mortes.

O doutor ASSIS BRAZIL, nosso ministro em WASHINGTON, assistiu ante ontem, em companhia de MAC KINLEY, à inauguração da exposição de NEBRASKA.

Partiram ontem de NEW YORK os couraçados YOWA e OREGON, com destino à BAHIA. Esses dois vasos de guerra da marinha americana virão a este porto por ocasião da posse do novo presidente, doutor CAMPOS SALLES.   

112 a. das publicações nos jornais dando conta de que o diretor geral dos telégrafos, no RIO, senhor CÉSAR DE CAMPOS, recebeu um telegrama do Major dos engenheiros, CÂNDIDO RONDON, comunicando que inaugurou as estações telegráficas de PORTO ESPERIDIÃO, em MATO GROSSO e VILA NOVA DE LIMA, em MINAS GERAIS. O Senhor MIGUEL CALMON, ministro da Viação, recebeu um projeto de organização de uma diretoria de correios para o serviço postal no território do ACRE. Em VIENA, acentua em todas as classes populares um alarme em virtude de se haver agravado o estado de saúde do IMPERADOR FRANCISCO JOSÉ.

111 a. nasce JOHN KENNETH GALBRAITH no dia 15 de outubro de 1908. O iconoclástico economista, professor, diplomata e membro irredutivelmente político e econômico, morreu no sábado, dia 29 de abril de 2006, num hospital em CAMBRIDGE, MASSACHUSETTS. Tinha 97 anos e vivia em CAMBRIDGE, numa “fazenda improdutiva” perto de NEWFANE, VERMONT. A morte dele foi confirmada pelo filho, ALAN.

GALBRAITH foi um dos autores mais lidos da história da economia. Entre seus livros estão THE AFFLUENT SOCIETY (A SOCIEDADE AFLUENTE, 1958), uma dessas obras raras que obrigam um país a reexaminar seus valores. Ele escrevia com fluidez sobre temas complexos. Muitas de suas expressões persuasivas – entre elas “a sociedade afluente”, “sabedoria convencional” e “poder compensador” – se tornaram parte da linguagem. Presença imponente, magro e anguloso nos seus 1,90 metro de altura, GALBRAITH era consultado com freqüência por líderes nacionais e lhes dava conselhos de graça, que eram ignorados quase com a mesma freqüência com que eram dados. GALBRAITH claramente preferia discordar da sabedoria convencional que o desagradava.        

Ele batalhou para mudar o teor básico da discussão nacional sobre poder e a natureza no mundo moderno explicando como o planejamento das corporações gigantes se sobrepunha aos mecanismos do mercado. Suas idéias radicais que poderiam ter adquirido maior impacto se ele tivesse formado discípulos dispostos e capazes de prová-las com modelos matemáticos – chocaram alguns como quase esdrúxulas no mundo duro e inter-relacionado de hoje no qual as corporações entre-se-devoram no café da manhã. O economista ROBERT LEKACHMAN compartilhava com GALBRAITH a visão sobre a sociedade. Ambos a consideravam não generosa o suficiente com os pobres nem suficientemente capaz de atender às necessidades públicas. LEKACHMAN certa vez descreveu a qualidade de seu discurso como “espirituoso, macio, eloqüente e afiado, com aquele brilho de malícia sempre considerado atraente quando é dirigido a outros”. Dos anos 1930 a 1990, GALBRAITH ajudou a definir os termos do debate político nacional, influenciando tanto a direção e o pensamento do Partido Democrata. Ele instruiu ADLAI E. STEVENSON, candidato democrata à presidência em 1952 e 1956 sobre economia keynesiana. Aconselhou o presidente JOHN F. KENNEDY (freqüentemente por cima de um prato de lagosta no LOCKE-OBER de BOSTON) e serviu como seu embaixador na ÍNDIA. Embora viesse a romper com LYNDON B. JOHNSON sobre a guerra do VIETNÃ, ele o ajudou a elaborar o programa da GRANDE SOCIEDADE e escreveu o discurso que delineava seus objetivos. Em 1968, prosseguindo com a oposição à guerra, ajudou o senador EUGENE J. McCARTHY a buscar a nomeação democrata pra a disputa presidencial.

Ao longo de sua extensa carreira, assumiu várias tarefas públicas, incluindo a organização do controle de preços na 2 ª Guerra Mundial e a elaboração de discursos para os presidentes FRANKLIN D. ROOSEVELT, KENNEDY e JOHNSON.

Ele aproveitou suas experiências no governo para escrever três romances satíricos. Um deles, de 1968, THE TRIUMPH (O TRIUNFO), era um ataque às tentativas atrapalhadas do Departamento de Estado de ajudar uma mítica república de banana, PUERTO SANTOS. Em 1990, ele pegou no pé do Departamento de Economia de HARVARD com A TENURED PROFESSOR (O PROFESSOR), ridicularizando, entre outros, um personagem muito semelhante a ele mesmo.

Ao morrer, GALBRAITH era o professor de economia emérito PAUL M. WARBURG em HARVARD, onde lecionou durante a maior parte de sua carreira. Palestrante popular, tratava a economia como um aspecto da sociedade e da cultura e não como uma disciplina de números.

Alguns sugeriram que o liberalismo de GALBRAITH o prejudicou. Numa resenha de JOHN KENNETH GALBRAITH: HIS LIFE, HIS POLITICS, HIS ECONOMISCS, de RICHARD PARKER, J. BRADFORD DeLONG escreveu que o eterno sermão de democracia social de GALBRAITH estava destinado ao fracasso numa terra de “individualismo empedernido”. Ele comparou GALBRAITH e SÍSIFO, “eternamente empurrando a mesma pedra para o alto de uma montanha que sempre se revela íngreme demais”.

JOHN KENNETH GALBRAITH nasceu em 15 de outubro de 1908, em DUNWICH TOWNSHIP, no Estado de ONTÁRIO, CANADÁ, filho único de WILLIAM ARCHIBALD e CATHERINE KENDALL GALBRAITH. Seu pai era fazendeiro e professor primário, chefe de uma companhia de seguros de cooperativas rurais e auditor da cidade e do condado. Sua mãe, que ele descrevia como bela, mas decididamente firme, morreu quando ele tinha 14 anos.

Em 1937, GALBRAITH casou-se com CATHERINE MERRIAM ATWATER, filha de uma famoso advogado e lingüista de NOVA YORK.

Ele deixou a mulher e três filhos: ALAN, de WASHINGTON, advogado; PETER, embaixador americano na CROÁCIA e pesquisador sênior no Center for Arms Control anda Nonproliferation em WASHINGTON; e JAMES, economista da Universidade do TEXAS; uma irmã, CATHERINE DENHOLM, em TORONTO; e seis netos.  

109 a. (MADRID) Realizaram-se em toda a ESPANHA grandes comícios populares, em comemoração ao primeiro aniversário do fuzilamento de FRANCISCO FERRAER. Em BARCELONA houve muitas manifestações populares. São notícias dos jornais de 15 de outubro de 1910. 

108 a. (FLORIANÓPOLIS) A linha férrea de CAMPOS NOVOS permanece interrompida. Chegam notícias de grandes estragos produzidos pelos últimos temporais. As enormes enchentes carregaram diversas pontes e danificaram as estradas de rodagem e as lavouras. Na região serrana verificaram-se grandes desmoronamentos. Os prejuízos nas fazendas de criar são totais. O tempo continua péssimo. Chove copiosamente. (publicado no jornal O ESTADO DE SÃO PAULO de 15 de outubro de 1911).

103 a. nasce DILERMANDO DIAS DOS SANTOS em TAQUARITINGA, em 15 de outubro de 1916. Com a idade de 15 anos, serviu na REVOLUÇÃO DE 1932, como soldado voluntário número 276 do 2º Pelotão da 2ª Companhia do BATALHÃO PAES LEMES. No dia 15 de julho de 1932 seguiu para a FRENTE NORTE. Em 1º de setembro daquele ano, um estilhaço de granada atingiu sua cabeça, matando-o. Seus restos mortais foram trasladados para o Monumento-Mausoléu do Soldado Constitucionalista em 1959. Uma escola da LAPA tem como patrono o herói de 32: EMEF “DILERMANDO DIAS DOS SANTOS”.

102 a. do fuzilamento da espiã MATA HARI (15 de outubro de 1917), no bosque de VINCENNES, próximo a PARIS. MATA HARI não deixou que lhe amarrassem as mãos e quis enfrentar a morte sem cobrir com uma venda os lindos olhos negros. Encarou os soldados, acenou às freiras, lançou um beijo ao sacerdote e outro ao advogado. O comandante mandou os subalternos atirarem e o corpo dela desandou no chão. Nenhum de seus amantes e muito menos qualquer familiar ou amigo apareceu para reclamá-lo. Enviaram-no à escola de medicina, embora a cabeça já não prestasse, estraçalhada pelo tiro de misericórdia. Os estudantes o usaram nas aulas de anatomia.

A execução se deu na madrugada de 15 de outubro de 1917 e os franceses receberam a notícia aliviados. Os jornais noticiaram nas primeiras páginas que MATA HARI – uma bailarina nascida na HOLANDA, em 1876, com o nome de MARGARETHA GEERTRUIDA ZELLE McLEOD, mas radicada em PARIS, onde se tornou famosa pela sua dança exótica e sensual, bem como pela facilidade com que se entregava aos homens – havia sido reduzida “a um monte de saias”. O nome artístico vinha do malaio e, segundo ela, que vivera em JAVA e SUMATRA, na atual INDONÉSIA, significava “OLHO DA MADRUGADA”. Os franceses a acusaram de “espionagem, cumplicidade e inteligência com o inimigo, a fim de favorecer seus planos”. Referiam-se aos alemães. MATA HARI teria passado ao inimigo importantes informações militares durante a PRIMEIRA GUERRA MUNDIAL. Segundo os franceses, obteve-as na alcova, de oficiais com altas patentes – e por isso a fuzilaram. Até hoje se discute se MATA HARI era ou não culpada. Pode-se considerar verdadeiro apenas que nunca escolheu a nacionalidade dos amantes.

MARGARETHA nasceu em 7 de agosto de 1876, em LEEUWARDEN, cidade de 27 mil habitantes no norte da HOLANDA, filha do chapeleiro ADAM ZELLE e de ANTJE VAN DER MEULEN. De seu pai, herdara a personalidade pretensiosa e ambiciosa e a facilidade de esbanjar dinheiro. Da mãe, o aspecto exótico – ela era descendente de uma antiga tribo da ÁSIA que migrara para a ESCÓCIA e a IRLANDA. A infância de sonhos ruiu com a falência dos negócios da família. A crise provocou a separação dos pais. Às vésperas de completar 15 anos, em 1891, a mãe morreu. O pai já vivia com outra mulher, em AMSTERDÃ, e MARGARETHA foi acolhida por um casal de tios e enviada para estudar na cidade universitária de LEYDEN, para se tornar professora de escola normal.

Com mais de 1,70 metro de altura, ombros largos e seios pequenos, a jovem MARGARETHA não era exatamente bonita. Mas os cabelos negros, o olhar e os lábios sensuais e a pele escura faziam-na sexy. Aos 19 anos incompletos, casou-se com o capitão RUDOLPH McLEOD, 39 anos. Em maio de 1897, já com seu primeiro filho, NORMAN, a família mudou-se para a INDONÉSIA, para onde a empresa em que o capitão trabalhava, a Companhia das Índias Orientais, o transferira. Em TOEMPOENG, perto de BALI, nasceu JUANA-LUISA, apelidada de NON, abreviação de NONAH (menina, no idioma malaio). Na ÁSIA, por diversão, MARGARETHA começou a vestir trajes malaios e a imitar danças locais para oficiais, o que era mal visto pelas esposas dos funcionários holandeses. O casamento não ia bem: ela e o marido discutiam muito e, quando bebia, ele costumava ser violento.

Em MEDAN, uma tragédia. A babá, amante do capitão, tentou matar seus dois filhos, colocando veneno no molho do arroz. NON sobreviveu, mas NORMAN não. O casamento se degradava a cada dia e, em março de 1902, a família voltou para a EUROPA. O casal se separou em agosto do mesmo ano. Contra a decisão judicial, o capitão JOHN se recusou a pagar pensão alimentar e seqüestrou NON da mãe, que tinha sua guarda. Abalada, MARGARETHA partiu para PARIS em 1903, aos 27 anos.

Instalada em uma modesta pensão familiar, saiu em busca de trabalho como modelo para artistas. Só arrumou serviço para posar nua. Não conseguiu o dinheiro que achou que obteria e voltou para a HOLANDA, onde conheceu e tornou-se amante de um ricaço, o barão HENRI DE MARGUERIE. Em 1904, resolveu tentar de novo a vida em PARIS. Com apenas 50 centavos na bolsa, MARGARETHA desembarcou no GRAND HÔTEL, com vista para a ÓPERA, e enviou uma mensagem para o barão, que se encarregou de pagar suas diárias e também novos vestidos. Com o orientalismo em moda na EUROPA, MARGARETHA decidiu dançar para ganhar a vida. Sua primeira performance de strip-tease, na casa de uma cantora foi um sucesso. Fascinados pelo espetáculo, os diretores do MUSEU GUIMET colocaram o cenário do prestigioso local à disposição de MARGARETHA e insistiram para que ela adotasse um nome artístico, como era comum na época. Ela optou pelo mesmo nome que usara quando dançava para oficiais na INDONÉSIA: MATA HARI, expressão malaia que significa “olho da manhã”, mas pode também ser traduzida por “luz do dia”.

Sua primeira apresentação no MUSEU GUIMET, em 13 de março de 1905, marca a virada de sua carreira artística. Com quatro bailarinas, MATA HARI dançava em trajes emprestados da coleção do museu: um cinto indiano de pedras preciosas enlaçava seu translúcido sári. Para disfarçar seus seios pequenos, criou um sutiã metálico e adornado de bijuterias, que não tirava jamais. Contorcia-se em cena e despia-se de seus xales até o momento em que, de costas para a audiência, deixava o sári cair. Bastante solicitada nos salões da elite parisiense, em pouco tempo MATA HARI passou a dançar para um público composto de príncipes, como ALBERT I de MÔNACO, e membros da aristocracia. Conquistou também o povo ao apresentar-se no OLYMPIA, primeira casa de shows de música de PARIS. Mesmo com seu limitado talento, tornou-se uma celebridade.        

101 a situação da gripe espanhola no BRASIL atinge o auge de sua contaminação em 15 de outubro de 1918. As cidades mais próximas dos portos eram as mais atingidas, por aonde o vírus chegava em navios vindos do exterior. Estima-se que entre outubro e dezembro daquele ano 65% da população brasileira ficou doente. Eis um trecho de notícia publicada no jornal A RUA, no RIO DE JANEIRO, em 15 de outubro de 1918: a epidemia que há quatro dias vem assolando a cidade longe de enfraquecer tem recrudescido nestas últimas vinte e quatro horas (...) As fábricas começam a fechar, as oficinas ficaram com as suas portas cerradas (...) As farmácias começaram a fechar. Desde as primeiras horas em que se declarou a epidemia que a romaria às farmácias não parou nem um instante.

101 a. do General de Brigada do EB Ref EUCLYDES BUENO FILHO, que veio para a Sociedade Veteranos de 32-MMDC, em 2002, interessado no restauro do Monumento-Mausoléu. Tornou-se, na época, conselheiro da Sociedade. Malquisto no seio do CONSELHO SUPREMO, foi um dos motivos pela cisão no MMDC, com acusações de interesseiro e aproveitador. Sua figura é polêmica. Por um lado é o artífice da reforma do obelisco. Por outro lado, foi motivo de brigas entre os conselheiros, culminando com a reforma estatutária e a transformação do Conselho Supremo em Conselho Deliberativo. O Cmt Geral deixou de ser o presidente do Conselho, a partir de dezembro de 2004, quando uma Assembléia Geral aprovou o novo Estatuto. Mais tarde, com o convênio entre Governo Estadual, Prefeitura da Cidade de São Paulo e Sociedade Veteranos de 32-MMDC, definiu-se quem é quem com relação ao Obelisco, através do Decreto de 25 de setembro de 2006. GENERAL BUENO foi vice-presidente do Conselho Deliberativo da Sociedade, não mais exercendo quaisquer atividades para com o Monumento Mausoléu.

O GENERAL EUCLYDES BUENO FILHO vem a falecer no dia 17 de julho de 2011, aos 92 anos, vítima de complicações de um infarto. Deixava como viúva, dona MARÍVIA, com quem se casou há 25 anos, dois filhos do primeiro casamento, quatro netos e sete bisnetos.

  96 a. falece EMILIANO CHAMORRO, presidente da NICARÁGUA, em 15 de outubro de 1923.

  90 a. da atriz FERNANDA MONTENEGRO. ARLETTE PINHEIRO ESTEVES DA SILVA nasceu em 29 de outubro de 1929. Como rádio-atriz e locutora, ARLETTE manteve o nome de batismo, mas percebeu a necessidade de uma outra assinatura para os cargos de redatora e adaptadora, já que uma de suas funções na Rádio MEC foi a de adaptar romances para programas literários, muitos deles franceses. O nome FERNANDA surgiu da imaginação da leitora voraz de clássicos franceses, que associava o nome a heroínas de BALZAC e PROUST. Já o MONTENEGRO veio de um antigo médico homeopata da família, que não chegou a conhecer, mas que, segundo os parentes, fazia milagre. Mas FERNANDA MONTENEGRO ainda pisaria num palco como ARLETTE. Depois da primeira peça, um dramalhão chamado OS DOIS SARGENTOS, que encenou aos 8 anos, nos fundos de uma paróquia vizinha, ela entraria em cena de novo aos 16, numa peça A NOSSA NATASHA, do autor espanhol CASONA. A estréia profissional, porém, só viria em 1950, na peça ALEGRES CANÇÕES NAS MONTANHAS, de JULIAN LUCHAIRE.  Além de marcar a estréia da atriz essa peça foi fundamental para outro integrante de seu elenco. Estudante de medicina, FERNANDO TORRES encenava ao lado da futura mulher, seu primeiro espetáculo após tomar a decisão de abandonar a faculdade para ser ator. Na TUPI, FERNANDA ficou até 1952, quando os constantes atrasos de salário fizeram-na voltar ao teatro. Nesse mesmo ano, encenou ESTÁ LÁ FORA UM INSPETOR e LOUCURAS DO IMPERADOR, até receber o convite para ingressar na Companhia Teatral da atriz francesa HENRIETTE MORINEAU, tida na época como a melhor do RIO. A atriz casou-se com FERNANDO TORRES em 1953. Eles decidiram trabalhar juntos na Companhia de MORINEAU, que, em 1954, transferia-se para SÃO PAULO. Na mudança, a atriz abandonou o emprego na RÁDIO MEC, mas não se arrependeu. Com a saída da COMPANHIA de MORINEAU, no fim daquele ano, e o ingresso na de MARIA DE LA COSTA, o casal viveu a efervescência cultural de SÃO PAULO. FERNANDA, ao lado do marido e de ÍTALO ROSSI, SÉRGIO BRITTO e GIANNI RATTO criaram o TEATRO DOS SETE, em 1959, com a encenação de O MAMBEMBE. Antes disso, a atriz ingressou no TEATRO BRASILEIRO DE COMÉDIA – TBC. Além do TBC, FERNANDA voltou à tevê em 1956, para o GRANDE TEATRO TUPI, comandado por SÉRGIO BRITTO. Quando esperava o primeiro filho, a atriz era a protagonista da novela A MORTA SEM ESPELHO, de NELSON RODRIGUES, na TUPI. Na gravidez de FERNANDA TORRES, nascida em  1965, não foi diferente. Convidada por WÁLTER CLARK, que saíra da TV RIO para reformular a recém-inaugurada programação da TV GLOBO, encenou grávida o teleteatro da nova emissora.  No período entre os dois partos, ainda estreou no cinema em A FALECIDA (1964), de NELSON RODRIGUES; encenou a peça MARY, MARY (1963), de JEAN KERR, e retomou o trabalho no TEATRO DOS SETE, interrompido com a gravidez de CLÁUDIO, com MIRANDOLINA (1964), de CARLO GOLDONI. No fim dos anos 60 e início dos 70, a peça CALABAR, de CHICO BUARQUE e RUY GUERRA, produzida por FERNANDO TORRES, foi proibida, assim como O ELEFANTE NO CAOS, de MILLÔR. Em 1980, a atriz participaria, ao lado de GIANFRANCESCO GUARNIEI, do sucesso de ELES NÃO USAM BLACK-TIE, de LEON HIRSZMAN. Era o seu quinto filme no cinema, veículo que dezoito anos mais tarde a levaria à consagração internacional. Com a filha, ela contracenou pela primeira vez em 1981, na novela BRILHANTE, de GILBERTO BRAGA. Na peça THE FLASH AND CRASH DAYS, de GERALD THOMAS, FERNANDA MONTENEGRO e FERNANDA TORRES simulavam um jogo de cartas, numa mesa, onde não havia diálogos. FERNANDA aumentou sua projeção nacional a reboque das grandes audiências das novelas da GLOBO. Após a decisão tomada em 1971, com o marido FERNANDO TORRES, de priorizar o teatro, ela voltou à tevê em 1980, em BAILA COMIGO. Com o reconhecimento pelas atuações em GUERRA DOS SEXOS (1983) e CAMBALACHO (1986), ficou impossível a família sair à rua sem ser abordada por fãs. Como a DORA do filme CENTRAL DO BRASIL, de WÁLTER SALLES, a atriz chegou, aos 74 anos, ao topo da carreira iniciada em 1950. Um dos cinco concorrentes ao OSCAR de melhor filme estrangeiro, CENTRAL DO BRASIL rendeu à FERNANDA a indicação ao OSCAR de melhor atriz de 1999. O OSCAR daquele ano ficou com GWYNETH PALTROW, pela atuação em SHAKESPEARE APAIXONADO, mas FERNANDA já esperava o resultado. Não faltaram, porém, prêmios para ratificar o desempenho de FERNANDA MONTENEGRO no filme de WÁLTER SALLES. A atriz ganhou o URSO DE PRATA de melhor atriz no Festival de Cinema de BERLIM, foi indicada para o GLOBO DE OURO, escolhida melhor atriz no Festival de HAVANA e recebeu, por unanimidade, o prêmio da Associação Americana de Críticos de Cinema, uma associação criada pelo cineasta D.H. GRIFFITH, autor do clássico INTOLERÂNCIA, de 1916. Com cerca de 60 peças no currículo, a atriz se deu conta que, em 2003, completou dois anos sem pisar num palco, pela primeira vez, ao longo dos 53 anos de carreira. A ausência é justificada pelas oficinas de leitura dramática que FERNANDA ministra em diversos pontos do País.  No dia 28 de maio de 2004, estréia no filme O OUTRO LADO DA RUA, onde faz o papel de REGINA. Vive a espiar a vizinhança e numa certa noite assiste a uma cena de assassinato no apartamento em frente ao seu. Ou pelo menos isso é o que ela acha ter visto, já que o suposto assassino (RAUL CORTEZ), que é juiz, convence a polícia de que a morte se deu em decorrência de uma longa enfermidade. REGINA (FERNANDA MONTENEGRO) mostra um pequeno compêndio sobre a solidão, a decadência e a feiura, não só de REGINA, mas também do mundo que ela habita, o mundo dos velhos.

  88 a. ALFREDO BAQUERIZO assume o poder no EQUADOR, em 15 de outubro de 1931, após derrotar LUÍS LARREA ÁLVAREZ.

  85 a. falece RAYMOND POINCARÉ, ex-presidente francês, em 15 de outubro de 1934.  

  82 a. falece DOM JOSÉ MARCONDES HOMEM DE MELO, bispo brasileiro, em 15 de outubro de 1937. Nasceu em 1860.

  81 a. da inauguração da estação JÚLIO PRESTES (15 de outubro de 1938). No início foi sede da Estrada de Ferro SOROCABANA, criada para escoar a produção de algodão do sudoeste do Estado. O projeto de CHRISTIANO STOCKLER DAS NEVES recebeu, em 1927, o Prêmio de Honra no III Congresso Panamericano de Arquitetura. Durante um bom tempo foi ocupado pelo DEPARTAMENTO DE ORDEM POLÍTICA E SOCIAL, o temido DOPS. Hoje, o prédio tem função mais nobre: abriga a afamada SALA SÃO PAULO, um dos melhores espaços para concertos da América Latina.

  81 a. nasce WANDERLEY GOMES SARDINHA em PIQUETE (SP), em 15 de outubro de 1938. Estudou em PIQUETE, FORTALEZA, SÃO PAULO, RESENDE e RIO DE JANEIRO. Sentou praça no Exército Brasileiro, em 1956. Integrou a FORÇA DE PAZ DAS NAÇÕES UNIDAS, no ORIENTE MÉDIO, em 1956. Recebeu o PRÊMIO NOBEL DA PAZ em 1988. É autor de: O COMBATE DA PONTE DO IJUÍ GRANDE (1990), NARRATIVAS PIQUETENSES (2001), O COMBATE DO ARROIO CONCEIÇÃO (2003) e DIÁRIO DE UM SOLDADO CONSTITUCIONALISTA (2003). Neste último, ele narra a participação do soldado piquetense AFONSO TEODORO DA FONSECA, do 5 º Regimento de Infantaria, de LORENA, na REVOLUÇÃO CONSTITUCIONALISTA DE 1932. 

  79 a. lançamento do filme O GRANDE DITADOR, de CHARLES CHAPLIN, em 15 de outubro de 1940.

  77 a. ATAQUE DOOLITTLE: 3 americanos tidos como prisioneiros de guerra são fuzilados pelos japoneses em 15 de outubro de 1942.

  73 a. nasce RICHARD CARPENTER, cantor e compositor norte-americano em 15 de outubro de 1946.

  65 a. de casamento de MÁRIO COVAS e Dona LILA, em 15 de outubro de 1954.

  60 a. nasce SARAH FERGUSON, duquesa de YORK, em 15 de outubro de 1959.

  56 a. das anotações feitas em 15 de outubro de 1963 (terça-feira). ANO 14º - MÊS 4º - DIA 98º - 5 anos e 133 dias na FORÇA PÚBLICA – 39º dia como ASPIRANTE – 26º dia no BATALHÃO DE GUARDAS.

Viajo no trem costumeiro das 5:52 horas, com meu colega NILSON GIRALDI. Nessa manhã vou dar aula para um pelotão da 3ª Companhia, sendo que os soldados desse pelotão colaboraram bastante com meus ensinamentos, principalmente com referência à ORDEM UNIDA sem comando onde aprenderam com relativa facilidade 8 movimentos.

Às 10 horas o Sub Comandante exigiu a presença de todos os oficiais na quadra de futebol de salão. Estivemos jogando até às 13 horas, sendo que inicialmente jogaram os oficiais do BG e depois os aspirantes do 1º BP conosco. O TENENTE-CORONEL DELFIM CERQUEIRA NEVES e o 1º TENENTE PAULO RODRIGUES também estiveram jogando aqui. Do 1º BP vieram: LUÍS ANTÔNIO, ALUÍZIO, RÉGIS, TENENTE BIO. No gol deles jogou inicialmente o ASPIRANTE BORINI e depois eu.

Chego em meu lar bem cansado por dois fatores: ontem deitei depois das 24 horas e hoje passei três horas jogando. Nessas condições fui obrigado a almoçar e deitar.

O calor continua intenso. Não chove a muitos dias e a estiagem, continuam dizendo, que é a pior dos últimos 72 anos. A Represa BILLINGS está morrendo e se não chover nessa semana iremos ter racionamento em 50% de energia elétrica, sendo que algumas indústrias deverão parar.

A água no bairro onde moro é um problema. Hoje tivemos de buscar o precioso líquido a uns 200 metros de distância, na casa de dona NATÁLIA. Os poços vão secando rapidamente e nesse 15 de outubro a situação já atinge as raias da calamidade. Para compensar, no RIO GRANDE DO SUL e SANTA CATARINA há verdadeiros dilúvios, causando grandes prejuízos.

Durante a noite assistimos: REPÓRTER ESSO (canal 4); A FAMÍLIA MATOS KELLA (5); PAPAI SABE NADA (4) E ALÔ, DOÇURA (4).   

       a. de Dona. ISABEL, esposa de JOÃO DE DEUS NOGUEIRA.

  55 a. dos apontamentos registrados no dia 15 de outubro de 1964 (quinta-feira). ANO 15º - MÊS 4º- DIA 98º - 6 anos e 133 dias na FORÇA PÚBLICA - 145 dias como 2º TENENTE - 392 dias no BATALHÃO DE GUARDAS.

Quando chego no quartel, hoje, não encontro quase ninguém no Batalhão. Desde cedo estão os soldados begeinos patrulhando a VIA ANCHIETA.

A secretaria está vazia. Posso contar apenas com os SARGENTOS SEVERINO, CICERELLI e JOSELITO e alguns soldados. O serviço está muito atrasado, devido a todo esse movimento da semana em curso. Com algum esforço, conseguimos empurrar a papelada encalhada para a frente.

COMANDANTE NÓBREGA espera ainda que se processe a sua passagem para a reserva. Nesta quinta-feira fazem quinze dias que entrou com o Requerimento. Outro oficial que também espera passar para a reserva é o CAPITÃO NOGUEIRA, do Serviço de Intendência.

Nesta semana temos algumas modificações na estrutura de comandos da milícia paulista. O CORONEL ADAUTO passa a comandar o CENTRO DE FORMAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO. O REGIMENTO "9 DE JULHO" terá como comandante, a partir de amanhã, o TENENTE-CORONEL FÉLIX DE BARROS MORGADO. Ao que tudo indica, o novo Chefe do Estado Maior da FP deverá ser o CORONEL DIVO BARSOTTI.

No cenário internacional temos a notícia desastrosa da explosão da primeira bomba atômica chinesa, causando mal estar entre as nações.

Nesta quinta-feira falece o grande musicista norte americano CO PORTER. 

  54 a. das anotações dos principais acontecimentos em 15 de outubro de 1965 (sexta-feira). ANO 16º - MÊS 4º - DIA 98º - 7 anos e 133 dias na FORÇA PÚBLICA - 510 dias como 2º TENENTE - 3 anos e 25 dias no BATALHÃO DE GUARDAS.

São 6:15 horas quando levanto. Apronto-me para a revista das 7 horas. A situação permanece igualzinha aquela do primeiro dia da Prontidão. Hoje estou completando sete meses de atividades como Chefe de Formação de Intendência e Fundos do BATALHÃO DE GUARDAS.

MAJOR CLÁUDIO DE SOUSA, ainda comandante interino, reúne o batalhão no Cine Auditório "MAJOR ANTÃO" e passa a explorar várias situações anormais do quartel, no tocante à disciplina da tropa e no que pode nos esperar em dias futuros. A palestra estende-se até depois das 8 horas e o MAJOR CLÁUDIO continua se mostrando como pretenso ditador.

Escalado pelo Subcomando para ir a uma solenidade no Regimento "9 DE JULHO", vou cumprir a determinação do CAPITÃO IRAHIBA quando são 10 horas.

No Regimento, dá-se a passagem de Comando do TENENTE-CORONEL FÉLIX DE BARROS MORGADO ao TENENTE-CORONEL ROBERTO MONDINO. O TENENTE-CORONEL FÉLIX assumirá, logo mais, a Chefia do Estado Maior da FORÇA PÚBLICA.

Nota-se a presença do Exmº Senhor Comandante Geral, GENERAL-DE-DIVISÃO JOÃO FRANCO PONTES que, ontem, retirou seu pedido de demissão do cargo supremo que ocupa na milícia paulista. CORONÉIS DIVO BARSOTTI (Inspetor Administrativo), GERALDO PROFÍCIO (GF), HÉLIO DE LIMA CARVALHO, TENENTES-CORONÉIS NELSON SIMÕES SCHEFFER DE OLIVEIRA, FRANCISCO BIANCO JÚNIOR, ARY JOSÉ MERCADANTE, WILSON ALVES DE ANDRADE, ALOÍSIO BORGES, RICARDO GONÇALVES GARCIA, SÍLVIO MARCONDES DE REZENDE e muitos outros oficiais.

Deixo o Regimento com o 1º TENENTE JAZON e 2º TENENTE LICÍNIO PASIN. Almoço no Serviço de Subsistência e, tendo em vista que preciso retornar ao BG às 20 horas para revista geral, rumo à cidade a fim de ir assistir ao filme EVAS EM ALTA TENSÃO, que está passando no ART PALÁCIO.

Trata-se da realização das mais importantes do cinema italiano, por um grupo de cineastas que percorrem centros de diversões de todo mundo em busca de beldades que espelhassem o alegre e original mundo dos espetáculos. Ballets fascinantes, lindas garotas, números de "strip-teases" compõem esta belíssima seleção em colorido e cinemascope. Depois, com tempo suficiente, vou ao CINE LIDER, onde assisto um filme japonês "ORGULHO DE SAMURAI". A fim de que a suserania de uma família japonesa não fosse destruída, um jovem tem de se submeter à imolação, pela morte do príncipe, como é o costume. Um amor entre este jovem e sua cunhada vem a complicar tudo no momento em que praticamente ele estava salvo.

São 17 horas quando rumo de novo ao quartel. Na Rua JOÃO TEODORO encontro-me mais uma vez como o 1º TENENTE JAZON. Passo pela Alfaiataria INDEPENDÊNCIA, onde converso com o LITRENTA e, no BG, encontro-me com os TENENTES OMAR JOSÉ DE CAMPOS VERDE, CLAUDEONOR MAIORINO, PAULO OVÍDIO TODDAY, BARROS e SALLES JÚNIOR. Como a revista será às 20 horas, tenho tempo de, na FIF, escrever minhas memórias.

Todo o batalhão está presente no horário marcado, inclusive o MAJOR CLÁUDIO DE SOUSA. Apenas permanecerá de Prontidão a companhia do 1º TENENTE OMAR. As outras são dispensadas.

Chego em casa depois das 21 horas. Com a esposa e filhos passo uma boa parte da noite conversando e assistindo televisão: CLUBE DOS ARTISTAS e filmes no canal 2.      

  54 a. JIMI HENDRIX assina contrato de gravação por três anos com o empresário ED CHALPIN em 15 de outubro de 1965.

  54 a. nasce DENISE FRAGA, atriz brasileira, em 15 de outubro de 1965.

  53 a. dos apontamentos feitos em 15 de outubro de 1966 (sábado). ANO 17º - MÊS 4º - DIA 98º - 8 anos e 133 dias na FORÇA PÚBLICA – 875 dias como 2º TENENTE – 193 dias na 2ª Companhia Independente.

Passo uma manhã tranquila em meu lar. Quando são 12:20 horas, deixo a família e o sossego, para ir até GUARULHOS, conforme combinara com o 2º TENENTE NELSON NUNES FERNANDES, no dia 10 do corrente.

Tomo o VILA AURORA. Desço perto da igreja NOSSA SENHORA DA SALETE e tomo um ônibus VILA GALVÃO, Às 13:30 horas, estou chegando no Posto Policial de VILA GALVÃO, local de encontro com o TENENTE NUNES.

Ali estão os SOLDADOS BONFÁ e KENJI KANDA e o sub-delegado JOSÉ RAMOS. O calor é impossível de se aguentar. Vou ver uma casa para alugar na Rua CAPITÃO JESUÍNO RABELO, no PICANÇO. O SOLDADO KANDA acompanha-me até aquele lugar. A casa não é ruim, mas é muito mal situada. O aluguel é de 60 mil cruzeiros. Sei que MARIA não gostará de morar ali.

Encontro-me com o TENENTE NUNES às 15:30 horas. Rumamos ao PARQUE SANTO ANTÔNIO, onde teremos a inauguração de um Grupo Escolar. O prédio é uma maravilha, com linhas modernas.

O Prefeito Doutor MÁRIO ANTONELLI, o bispo DOM PAULO ROLIM LOUREIRO, o presidente da Câmara Municipal MOISÉS JOSÉ ZERAIBE, vários vereadores e outras pessoas influentes na cidade se fazem presentes.

As solenidades são simples, mas significativas. Tudo é alegria no PARQUE SANTO ANTÔNIO, principalmente para as crianças do bairro. Há uma mesa de salgados e doces no final da festa. Vamos participar da mesma e só deixar o PARQUE SANTO ANTÔNIO quando são mais de 18 horas.

Passamos pelo Destacamento. Dali vamos ao largo da IGREJA DO ROSÁRIO. O encontro com pessoas conhecidas, previamente marcado, vai acontecer às 19 horas. O NUNES espera a NILZA e a DIVA MANTOVANI, que conheci há dias. Mas por motivos que desconhecemos, elas não comparecem.

Passo pela Câmara Municipal. Nesta noite GUARULHOS presenteará o Professor HOMERO RUBENS DE SÁ com o título de “cidadão guarulhense”. Por uma ironia do destino, o Professor HOMERO foi o Diretor do Ginásio Estadual de POÁ, nos meados de 1952/1953. Pouco tempo ali permaneço.

Com o NUNES, vamos visitar dona ELVIRA. Ali conhecemos duas moças que vieram da cidade de CRUZEIRO. Também estão presentes a MARIA e a HELENA, já nossas conhecidas. Permanecemos nesse local até às 22 horas. O NUNES vai levar a HELENA até SANTA TERESINHA, onde mora. Depois me leva em casa. O sábado vai terminar bem tarde.

  53 a. estréia televisiva do GRUPO MUTANTES no programa PEQUENO MUNDO de RONNIE VON em 15 de outubro de 1966.

  52 a. dos apontamentos registrados em 15 de outubro de 1967 (domingo). ANO 18º - MÊS 4º - DIA 98º - 9 anos e 132 dias na FORÇA PÚBLICA – 305 dias como 1º TENENTE – 59 dias no 12º BP.

Recordando ainda os meses de outubro, já passados, através do retrospecto pelo meu diário, folheio hoje as folhas do mês dez de 1964. Ali sou 2º TENENTE do BATALHÃO DE GUARDAS e, minha função, é a de secretário.

É dessa época o meu grande apogeu no BATALHÃO DE GUARDAS, onde trabalhava com gosto, tendo como comandante o TENENTE-CORONEL LUÍS NÓBREGA E SILVA. Naquela época dava aulas de tarde e à noite. Morava na VILA AURORA e vivia tranquilo, sem nada para me amolar. Em outubro de 1964, DE GAULLE visita SÃO PAULO.

O domingo é tranquilo. Não quero sair de casa, muito embora saiba que CLEIDE está me esperando. Esse meu caso com essa mulher tem que acabar. Ela é muito boa para mim, mas não posso tê-la.

Ouço o programa da BANDEIRANTES – SUCESSOS EM REVISTA – O disco de AGNALDO TIMÓTEO – MEU GRITO – que ocupou por várias semanas a primeira colocação, está caindo muito. Aparece na quinta colocação. MARTINHA, com EU TE AMO MESMO ASSIM, perde terreno, está em terceiro. Nesse domingo está em primeiro lugar uma música norte-americana, infelizmente.

21º  lugar – O PIC-NIC, com WANDERLEY CARDOSO; 20º - SÚPLICA CEARENSE; 19º, QUERIA, com AGNALDO RAYOL; 18º - ESTOU COMEÇANDO A CHORAR; 17º - EU TE AMO, TU ME AMAS; 16º - SÚPLICA CEARENSE, com ARI LOBO; 15º - RODA VIVA, com CHICO BUARQUE; 14º - ESTA É A MINHA CANÇÃO; 12º - MARIA, CARNAVAL E CINZAS; 10º - ESTOU FELIZ, com ED CARLOS; 8º - EU QUERIA SER O SEU CADERNINHO; 7º - MARIA BONITA, com ARI CORDOVIL; 5º - MEU GRITO, com AGNALDO TIMÓTEO; 4º - PÁRA, PEDRO!; 3º  - EU TE AMO MEMO ASSIM; 2º - ERA COMO EU, UM GAROTO QUE GOSTAVA DOS BEATLES; 1º - uma música norte americana.

Na televisão, assisto alguma coisa da FORÇA PÚBLICA, no canal 13, com a presença do 2º TENENTE CARLOS MIRANDA. Esse oficial trabalhou conosco na SEMANA DA CRIANÇA e ainda continua à disposição da Chefia do Gabinete do Comando Geral, pois ele é da rodoviária.

Após a refeição, MARIA vai até POÁ, a fim de visitar seus parentes. Fico em casa e dedico meu tempo ao futebol.

SANTOS (um dos líderes) joga contra o SÃO PAULO, no MORUMBI. A equipe tricolor é vice-líder e vai vencer a etapa primeira de jogo, por 1 a 0, tento de NELSINHO.

O CORINTHIANS (outro líder), luta contra o SÃO BENTO, em SOROCABA. Na etapa inicial não consegue sair do 0 a 0.

Vem a etapa final. No MORUMBI, num jogo muito bom, SÃO PAULO e SANTOS vão terminar empatados por 2 a 2.

O CORINTHIANS não consegue vencer o SÃO PAULO. Empata no 0 a 0, mas, face o outro resultado, continua líder.

Em RIBEIRÃO PRETO, a irregular equipe da PORTUGUESA DE DESPORTOS perde para o BOTAFOGO por 2 a 0.

O JUVENTUS vence o GUARANI por 3 a 0 e a FERROVIÁRIA derrota o AMÉRICA por 2 a 1.

Na televisão, assisto PERDIDOS NO ESPAÇO.

Filme QUANDO A VIDA É CRUEL, com CAROL BECKER fazendo o difícil papel de uma mocinha, vítima de um maníaco sexual. Abandona o seu lar e tenta a vida, sofrendo muito. Procura o suicídio e é salva por um homem que se torna seu marido.

Minha esposa retorna de POÁ. Nada fala sobre sua família, mas, pelo seu rosto, vê-se que a miséria ainda domina os lares de suas irmãs.     

  51 a. das anotações realizadas em 15 de outubro de 1968 (terça-feira). ANO 19º - MÊS 4º - DIA 98º - 10 anos e 133 dias na FORÇA PÚBLICA – 671 dias como 1º TENENTE – 285 dias no BTA – 112 dias na 12ª DP.

De 12 para 23, tirei um serviço de Oficial de Dia, tendo em vista ter entrado na paralela. Já hoje entrarei de Oficial de Dia na escala simples.

Portanto, procuro levantar tarde e, sossegadamente, deixar meu lar às 11 horas. No 1º BP "TOBIAS DE AGUIAR”, vou render o 1º TENENTE AMAURI. A equipe que entra de serviço é a mesma do último sábado. SARGENTO PEVIDE é o Adjunto; SARGENTO MATSMUMOTO é o Comandante da Guarda. As praças são as mesmas do meu último serviço.

Às 12:15 horas, é feita a revista e a parada diária. No quartel estão: COMANDANTE ALTINO e outros oficiais. Os CAPITÃES BENTO e ACHILES estão presos. Desconheço os motivos.

Logo o CAPITÃO ACHILES chama-me. Manda por em liberdade o SOLDADO CLÁUDIO DAMASCO. Diz ele que cessaram os motivos de sua prisão para averiguações.

O SARGENTO DEISE continua preso. Pegou oito dias sem fazer serviço. Somente irá sair no dia 17. O serviço de Oficial de Dia está sendo muito bom nesta oportunidade. Apenas uma coisa deixa-me um pouco amolado. Com a chegada de sete aspirantes, classificados neste Batalhão, há um remanejamento de oficiais nos DISTRITOS POLICIAIS. Para o 12º DP, onde sou o Comandante, está classificado um aspirante e, segundo tudo indica, irei para o 2º DP (BOM RETIRO) trabalhar na sede da 2ª Companhia, com o CAPITÃO RENATO.

Estou no 12º DP (antes chamada de 12ª Circunscrição Policial) desde 26 de junho. Agora que estou entrosado com o pessoal do Destacamento, talvez seja obrigado a ir para outra Delegacia. Assim já aconteceu com relação aos 5º e 4º Distritos Policiais, onde fiquei por meses também.

Os estudantes continuam presos no RECOLHIMENTO TIRADENTES. Hoje, fornecemos quatorze praças para o serviço de reforço. O 1º TENENTE GILBERTO, do 14º BP é o comandante dessa guarda do Recolhimento TIRADENTES.

O 3º SARGENTO CLETO DO ESPÍRITO SANTO visita-me no Batalhão. O 12º Distrito Policial é comandado à distância, por mim. O SOLDADO MENESES, meu ordenança, e o SOLDADO VICENTE, estafeta, deixam-me a par de tudo que acontece lá no Destacamento.

À noite, no Cassino dos Oficiais, conversando com os TENENTES EDUARDO e FARIAS, passo o tempo até às 23 horas.

Termina o 15 de outubro sem outras novidades no serviço de Oficial de Dia.    

  50 a. Golpe Militar de 1964: é ordenada a reabertura do CONGRESSO NACIONAL em 15 de outubro de 1969. 

  49 a. da ROTA (RONDAS OSTENSIVAS TOBIAS DE AGUIAR), criada em 15 de outubro de 1970.

  48 a. da mudança da LUCINDA, da Rua ZEQUINHA DE ABREU para a Rua SÃO JORGE, em GUARULHOS, no dia 15 de outubro de 1971.

  45 a. nasce BIANCA DE CARVALHO E SILVA RINALDI – BIANCA RINALDI – em SÃO PAULO, no dia 15 de outubro de 1974. A estréia na TV foi como paquita do “XOU DA XUXA”, da GLOBO, quando tinha 15 anos. Destacou-se como ISAURA, na refilmagem da novela “ESCRAVA ISAURA”, em 2004, da RECORD. Em 2007 interpreta a MARIA LUZ de “CAMINHOS DO CORAÇÃO”, novela da RECORD.

Bianca de Carvalho e Silva Rinaldi - São Paulo, 15 de outubro de 1974) é uma atriz e apresentadora brasileira. Entre 1981 e 1988 foi atleta exclusiva do CLUBE PAINEIRAS DO MORUMBY, de São Paulo, no qual competia em torneios de ginástica artística. Seu maior êxito ocorreu no último ano de competição, no qual foi medalhista de ouro no Campeonato Estadual. Em 1989 participou da seletiva para o cargo de "Paquita Paulista" do XOU DA XUXA, porém não foi aprovada. Incentivada pela apresentadora, tentou novamente uma nova seleção em 1990, no qual foi condecorada vencedora e ganhou o título de Xiquita Bibi, permanecendo como assistente de palco de XUXA por cinco anos. Em 1997, após algumas participações, iniciou efetivamente a carreira de atriz interpretando a professora de ginástica Úrsula na terceira temporada do seriado MALHAÇÃO. Logo após integrou o elenco de três produções do SBT, CHIQUITITAS, PÍRCARA SONHADORA E PEQUENA TRAVESSA.

O reconhecimento veio em 2004, quando assinou contrato com a RECORD TV e estrelou o remake de A ESCRAVA ISAURA, a qual chegou a atingir o primeiro lugar na audiência em alguns capítulos. No ano seguinte co-protagonizou PROVA DE AMOR, interpretando uma médica que teve um filhos dos gêmeos sequestrado logo após o parto e passa oito anos procurando-o. Logo após também foi protagonista das telenovelas CAMINHOS DO CORAÇÃO, OS MUTANTES e RIBEIRÃO DO TEMPO, além de interpretara a antagonista da minissérie JOSÉ DO EGITO. Pelo destaque dado a atriz, colocada como personagem central dos principais trabalhos e recebendo o maior salário da emissora, Bianca recebeu o título de "primeira-dama da teledramaturgia da Record" pelos críticos de televisão, sendo considerada a "queridinha" dos diretores do canal.

Em 2013 desligou-se da emissora e, no ano seguinte, integrou o elenco de EM FAMÍLIA, da Rede Globo, embora não tenha assinado contrato fixo, apenas para a obra em questão. Em 2017 também ingressou na primeira temporada do talent show de dança Dancing Brasil, no qual terminou na sexta colocação.

  44 a. do grande feito de JOÃO CARLOS DE OLIVEIRA – JOÃO DO PULO – nos Jogos Pan-Americanos do MÉXICO, em 15 de outubro de 1975. JOÃO saltou 17,89 metros e eternizou seu nome na história do esporte mundial. Essa marca levou dez anos para ser superada. Em 1976, em MONTREAL, JOÃO DO PULO conquistou o bronze olímpico, com a marca de 16,90 metros, longe de ser uma de suas melhores marcas. Hoje, acredita-se que seu desempenho tenha sido prejudicado pelos seus compromissos com o Exército, onde era cabo, o que fez com que ele competisse lesionado. Na OLIMPÍADA DE MOSCOU, em 1980, OLIVEIRA era o grande favorito para conquistar o ouro olímpico, afinal um ano antes ele se tornara bi-campeão Pan-Americano, em PORTO RICO. Mas, numa prova polêmica, JOÃO ficou apenas com a medalha de bronze, sendo superado pelos soviéticos JAAK UDMAE e VIKTOR SANSEV. Até os dias de hoje existe a suspeita de que os fiscais de linha o prejudicaram, anulando seus melhores saltos. Essa foi a última participação de JOÃO DO PULO em Olimpíadas. JOÃO DO PULO residiu muitos anos em GUARULHOS, no bairro da PONTE GRANDE. Ainda juvenil, o paulista nascido em PINDAMONHANGABA, em 1954, na época com 21 anos, quebrou o recorde mundial da categoria no salto triplo, marcando 14,75 metros no Sul-Americano de 1973. Na madrugada de 22 de dezembro de 1981 (portanto, prestes a completar 25 anos), um trágico acidente de carro obrigou JOÃO a encerrar sua carreira. O automóvel em que o atleta viajava com o irmão CHICÃO se choca com um veículo que transitava na contramão na VIA ANHANGÜERA. O motorista do outro carro morreu na hora. CHICÃO teve fraturas no rosto e JOÃO DO PULO sofreu por quase um ano no hospital. No dia 9 de setembro de 1982, OLIVEIRA passa por uma traumática situação: amputou a perna direita. Afastado das pistas, ele entrou na política, tendo sido eleito deputado estadual pelo PFL de SÃO PAULO em duas ocasiões, em 1986 e 1990. Nesse período, lutou pelos direitos dos deficientes físicos. Nas eleições de 1994 tentou novamente a reeleição, mas não conseguiu. Depois, foi proprietário de uma padaria e de uma transportadora, mas não obteve o mesmo êxito das pistas. Ao final de sua vida, JOÃO sobrevivia com a aposentadoria do Exército. Em 1999, JOÃO CARLOS queria competir nas Pára-Olimpíadas de SYDNEY. Mas, antes que seu sonho tornar-se realidade, em abril do mesmo ano, foi internado no Hospital Beneficência Portuguesa, em SÃO PAULO, com broncopneumonia. Foi levado a UTI, onde os médicos detectaram uma hepatite. No dia 29 de maio de 1999, um dia depois de completar 45 anos, o BRASIL perdia um dos maiores atletas de todos os tempos. JOÃO DO PULO morreu por falência múltipla dos órgãos e infecção generalizada. Antes de morrer, o JOÃO que queria ser jogador de futebol quando criança (ele teve uma infância pobre e chegou a contrair tuberculose, aos cinco anos) reclamava que havia sido esquecido. Tamanha era sua ingenuidade, uma vez que até hoje sua história vive. PEDRO HENRIQUE DE TOLEDO, treinador de JOÃO DO PULO, lembra: “Eu treinava o JOÃO desde o início de 1974. A preparação para o salto triplo, que era sua prova principal, começou cerca de um ano antes da competição. Fomos ao Pan-Americano cheios de esperança de obter um ótimo resultado, mas nunca pensamos em quebra de recordes. Naquele dia, chegamos ao estádio de carona com um repórter. O JOÃO quebrou o recorde logo no segundo salto. A prova continuou, mas os outros competidores já sabiam que ninguém faria melhor. Ele se tornou o JOÃO DO PULO, um deus do atletismo, e podia ter ido longe se tivesse levado uma vida particular mais organizada”.    

  43 a. de minha apresentação ao 9o. BPMM, como CAPITÃO, no dia 15 de outubro de 1976. Estava deixando o antigo CPC (depois CPM e atualmente dividido em CPC-Capital - e CPM -Grande São Paulo-). Em 1º de fevereiro de 1978, apresentei-me no CPChq, movimentado por escolha do então Comandante do Policiamento de Choque. No CPChq, fui promovido a MAJOR em 24 de maio de 1980. Permaneceria no Comando de Policiamento de Choque mais de seis anos, somente deixando a Unidade por ocasião de minha transferência para o CPA/M-1, onde me apresentei em 19 de junho de 1984. Promovido a TENENTE-CORONEL em 24 de maio de 1985, voltaria ao choque, agora como COMANDANTE do 2º BPChq, em novembro de 1986. Nessa Unidade fui promovido a CORONEL em 11 de março de 1988, sendo classificado no CPA/M1, onde voltaria como comandante em 17 de março daquele ano. Escolhido pelo Comandante do CPM, CORONEL PM UBIRAJARA PISANI, deixo o CPA/M-1 em janeiro de 1989 para ser o CHEFE DO ESTADO-MAIOR do CPM. Em dezembro de 1989, quando o CORONEL PM PISANI deixou de ser o Comandante do Policiamento Metropolitano, fui comandar o CPA/M-4. Por questões administrativas, culminando com queixa de abuso de autoridade do Comandante do Policiamento Metropolitano, CORONEL PM UBIRATAN QUIMARÃES (determinação de prisão de um sargento que usara a defesa putativa, da qual fui contra), fui comandar o então CPA/I-8 (SÃO JOSÉ DO RIO PRETO), atual CPI-5, em janeiro de 1991. Nesse ano, com a promoção do meu CHEFE DO ESTADO-MAIOR, CORONEL PM AYLTON, deixo o CPA/I-8 e passo a comandar o CENTRO DE APERFEIÇOAMENTO E ESTUDOS SUPERIORES (CAES) em abril de 1991. Em 14 de dezembro de 1991 solicitava transferência para a reserva.  

  41 a. COLEGIO ELEITORAL elege JOÃO BAPTISTA FIGUEIREDO presidente do BRASIL em 15 de outubro de 1978.

  40 a. uma junta militar moderada derruba o presidente de EL SALVADOR, CARLOS H. ROMERO, em 15 de outubro de 1979. Outras anotações nesta data: reunião do TENENTE-CORONEL PM RENATO PEREZ (Comandante Interino do CPChq) com os comandantes dos BPChq (TENENTE-CORONEL PM HERMÓGENES, TENENTE-CORONEL PM NEY VIEIRA DE ALMEIDA e MAJOR PM ISER BRIZOLA – 1º, 2º e 3º batalhões respectivamente). Acerto de detalhes quanto à demonstração de choque em 19 de outubro. O Cmt Interino assina a Nota de Serviço sobre a visita do CAO/PMEC ao Choque. Ato Público dos professores marcado para hoje à tarde. Como o TENENTE-CORONEL PM JÚLIO PAULO BELICKAS está dispensado nesta semana, respondo pela Chefia do Estado Maior cumulativamente com a Chefia da Seção Operacional. A passeata dos professores da Praça RAMOS DE AZEVEDO à Praça da SÉ, transcorre dentro da mais absoluta ordem. A ROTA comemora hoje o seu décimo aniversário. Em casa, assisto os noticiosos da TV: passeata dos professores – FRANCISCO MORALES BERMUZES, Presidente do PERU, chega em BRASÍLIA – HUA KUON FENG, Presidente da China Nacionalista, chega em PARIS – Cai o governo da TURQUIA – a crise da Polícia no RIO prossegue – o SSP manda abrir sindicância – está pronto o ante-projeto sobre a extinção dos partidos ARENA e MDB. Nesta noite vamos até à Avenida QUATRO BARRAS. LUCINDA faz companhia à GISLEIDE. O marido dela está de serviço.   

  38 a. nasce ELENA DEMENTIEVA, tenista russa, em 15 de outubro de 1981.

  36 a. falece o ator PAT O'BRIEN, em 15 de outubro de 1983.

  36 a. nasce BRUNO SENNA, automobilista brasileiro, em 15 de outubro de 1983.

  36 a. NELSON PIQUET é bicampeão mundial de Fórmula 1, em 15 de outubro de 1983 repetindo a façanha obtida por ÉMERSON FITTIPALDI em 1974.

  32 a. de minhas anotações no dia 15 de outubro de 1987. Meus motoristas, PM SÍLVIO e um outro trazem a notícia de que na madrugada foi assassinado o 2º SARGENTO PM ROBERTO ABILIO DOS SANTOS. Ele pertenceu ao efetivo do 2º BPChq e atualmente servia no 1º BPChq. Fazia “bico” num motel e interveio num assalto, procurando frustrá-lo.

Começamos a manhã com duas aulas de PM4, com o TENENTE-CORONEL PM CARLINI. Continua ele explicando o Projeto Rádio Patrulhamento Padrão, tentando afirmar que a RP é que oferece menores custos. É contra o policiamento a pé.

O CORONEL PM FELICIANO dá aulas de PM5 – explica-nos conceitos de multidão, massa, público e o envolvimento da Relações Públicas nesses conceitos. Dá o título do trabalho em grupo para depois da viagem de estudos.

Na tarde temos duas aulas de ATUALIDADES com o CORONEL PM BRANDÃO Trata-se da exposição oral feita pelo segundo grupo, pelo TENENTE-CORONEL PRUDÊNCIO, da BOLÍVIA. Ele aborda muito bem a problemática do Rádio Patrulhamento Padrão.

Éramos para ter duas aulas de METODOLOGIA CIENTÍFICA, mas o Professor RUI não comparece.

Presidente SARNEY encontra-se na VENEZUELA.

A menina JÉSSICA McCLURE, de 18 meses de idade, caiu num poço ontem pela manhã. Equipes de socorro trabalham, freneticamente, para salvar a criança. Isso está acontecendo em MIDLAND, TEXAS (EUA).

  29 a. legalizado o Congresso Nacional Africano, proibido desde 1960 em aplicação a nova lei política anti-apartheid na ÁFRICA DO SUL, em 15 de outubro de 1989.

  29 a. falecem: o delegado aposentado ANTENOR DE CASTRO LELLIS, que foi assassinado, e a atriz francesa DELPHINE SEYRIG, em 15 de outubro de 1990.

  29 a. MIKHAIL GORBACHEV, líder da UNIÃO SOVIÉTICA, ganha o Prêmio NOBEL DA PAZ, em 15 de outubro de 1990. Ele foi o responsável pelo fim da GUERRA FRIA, em 1989. 

  28 a. transf. reserva:  CORONEL PM  FRANCISCO TEIXEIRA, em 15 de outubro de 1991.

  28 a. falece Dr. JOSÉ ÁVILA DINIZ JUNQUEIRA, em 15 de outubro de 1991.

  26 a. falece TIÃO CARREIRO, em 15 de outubro de 1993.

  25 a. da reassunção do poder, no HAITI, por parte do presidente constitucional JEAN-BERTRAND ARISTIDE, vinte e cinco dias depois da primeira intervenção militar dos EUA em favor da restauração de um governo democraticamente eleito. ARISTIDE foi recebido por uma multidão que delirava de alegria, abanando bandeirinhas do HAITI e dos EUA, fornecidas pela embaixada americana. Mais de duas centenas de dignatários estrangeiros também foram receber o presidente constitucional do HAITI, em 15 de outubro de 1994. ARISTIDE fora derrubado em 30 de setembro de 1991.

  25 a. FERNANDO HENRIQUE CARDOSO é eleito presidente brasileiro pela primeira vez. Em 15 de outubro de 1994, FHC é eleito, baseando sua candidatura na estabilidade da moeda. Totalizou 34.364.961 votos, com 54,27% do total de votos válidos, vencendo no primeiro turno. Implementou o PLANO REAL, que reduziu drasticamente a inflação. 

  24 a. do acidente na prova de MAGNY COURS (FRANÇA), na Fórmula 3000, com o piloto brasileiro MARCO CAMPOS, em 15 de outubro de 1995. Foi Campeão Europeu na FÓRMULA OPEL, em 1994. Seu carro, um LOLA/COSWORTH, capotou várias vezes na última volta, batendo no muro de concreto. Com traumatismo craniano, foi atendido na cidade de NEVERS e transportado de helicóptero para o Hospital LARIBOISIÈRE, de PARIS, em estado de coma. Não suportando os ferimentos, veio a falecer em 17 de outubro de 1995. 

  24 a. transf. reserva: Cel.  PM JAIRO ZENERATO e Major Fem PM NEUSA COSTA GUIMARÃES, em 15 de outubro de 1995.

  22 a. das seguintes anotações feitas em 15 de outubro de 1997: um dia de calor intenso, passando dos 30 graus. No MMDS CARMELO articula a famosa operação que mexe com caminhões de carga, envolvendo SÃO PAULO, MINAS e BAHIA – OPERAÇAO SÃO GERMANO – Pede minha opinião, como sempre. Essa operação será desencadeada em dezembro. A Operação “RP” fica suspensa nesse resto de semana e os membros designados discutem comigo outras palestras. No MMDC vemos que o CORONEL CANAVÓ articula-se com pessoas ligadas ao Movimento Nativista, inclusive o BRIGADEIRO IVAN FROTA. Estão escolhendo um nome que faça oposição ao GENERAL IBIAPINA, no CLUBE MILITAR. Mantenho um contato telefônico com a Chefia do Gabinete do Comando Geral. Atende-me o MAJOR PM ADAUTO. Peço a ele que transmita ao Comandante Geral a intenção de se fazer uma reunião do Conselho Supremo para receber o atual presidente, CORONEL PM CARLOS ALBERTO DE CAMARGO. Ao mesmo tempo, transmito a idéia de se fazer a missa de Finados no Monumento-Mausoléu. Visita-nos o CORONEL EB ATILIANO. Ele é veterano de 1932.

O PM CID AMARO FERREIRA, de 24 anos, do 23º BPMM, foi assassinado com quatro tiros, por dois ladrões, quando tentava impedir um assalto num restaurante japonês, em PINHEIROS. Seu revólver estava com o gatilho emperrado, por falta de manutenção.

Para retornar a GUARULHOS tenho de enfrentar trânsito difícil na Marginal do TIETÊ. Caiu, nesta tarde, um monomotor, modelo AEROBOERO, aparelho de instrução do Aeroclube de SÃO PAULO, por volta das 15 horas, na pista expressa da Marginal, no sentido LAPA-PENHA, perto da ponte da CASA VERDE. Dois carros foram atingidos pelo avião. Não houve feridos graves.

No último dia no BRASIL, BILL CLINTON surpreendeu até seu esquema de segurança: na VILA OLÍMPICA da MANGUEIRA, no RIO, beijou crianças, fez embaixadas com bola, ao lado de PELÉ, e tocou tamborim. Encerra sua visita com muito prestígio. No final da tarde, embarca para BUENOS AIRES.      

  20 a. ALEMANHA desativa usinas nucleares em 15 de outubro de 1998. Outras anotações nesta quinta-feira: melhora bem a temperatura. Vou para SÃO PAULO às 9:30 horas. Quando chego no MMDS fico sabendo que OREZ e CRISTIANO foram até SANTO AMARO para falar sobre segurança. Lá não encontraram o APARECIDO, elo de ligação, porque está socorrendo o pai, com graves problemas de saúde, inclusive sendo internado num hospital. Passo pela AORPM. A futura nova sede está quase pronta. O TENENTE DANIEL PRETENDENTE explica-me que a inauguração talvez se dê ainda neste ano. Converso com o CORONEL PM Ref EDILBERTO DE OLIVEIRA MELLO, TENENTE-CORONEL PM REZENDE, TENENTE PM Ref FONSECA. Convido-os para a missa de FINADOS no MONUMENTO-MAUSOLÉU.

No MMDC, visita-me o Professor LUÍS GONZAGA DE FREITAS, meu mestre de francês na Escola de Oficiais. Ele é vice-reitor do Mosteiro de SÃO BENTO. Lembra-me ele do nosso falecido CORONEL CAPELÃO MONSENHOR PAULO AURISOL CAVALHEIRO FREIRE. Esteve na revolução de 32. Também troco idéias com o professor sobre a atual política da Sociedade Veteranos de 32-MMDC. Presenteia-me com um chaveiro do quarto centenário do Mosteiro de SÃO BENTO, com a medalha do santo e um CD de música sacra. O conselheiro FELIPE, estudante de Direito, visita-nos.  Retorno para GUARULHOS às 17 horas. Nesta noite, pelo Campeonato Brasileiro, temos SANTOS 3 x AMÉRICA MINEIRO 3. VIOLA marca dois gols santistas e volta à liderança dos artilheiros. No outro jogo: JUVENTUDE 1 x CORITIBA 2.

A polícia do ABC prendeu hoje um estuprador que vinha atacando mulheres desde agosto. Para surpresa dos investigadores, o maníaco é o PM GÉRSON GIL, de 35 anos. Foi detido quando perseguia uma mulher na madrugada.

O diretor cultural da Caixa Econômica Federal, NEUTER LUIZ MICHELON, de 38 anos, foi assassinado a tiros. O executivo havia desaparecido no dia 8 de outubro. O corpo estava desde o dia 9 no Instituto Médico Legal de SUZANO. FOI executado com cinco tiros na cabeça, na madrugada do dia 9. O corpo foi encontrado na estrada do CAMPO LIMPO, próximo à Rua SÃO JUDAS, em ITAQUAQUECETUBA.

Faleceu em SALVADOR (BA) a mãe-de-santo CLEUSA MILLET, de 67 anos vítima de um infarto. Era a sucessora de MÃE MENININHA DO GANTOIS, morta em 1986.

CLIN HALLAM, de 48 anos, primeiro homem que se submeteu a um transplante de mão, aparece em publico pela primeira vez.  

  20 a. Organização Não-Governamental “MÉDICOS SEM FRONTEIRAS” ganha o Prêmio NOBEL DA PAZ, em 15 de outubro de 1999. Outras notícias nesta sexta-feira: JOSÉ CÂNDIDO DA SILVA não retornou ontem para casa. Trabalhou até 16 horas na casa da FÁTIMA e JOÃO e depois “sumiu”. Ele tem feito isso várias vezes e não é de estranhar mais essa palhaçada do irresponsável. MARLENE fica preocupada. LUCINDA também.

Às 11 horas, reunião com CARMELO, OREZ, ELÁDIO, ALEMÃO, LUZ e ANADAI. Preparamos as aulas para hoje à tarde. Discutimos a questão da doença do ANT, agora com a necessidade de arrumar dinheiro para remédios. Avisei, há meses, a inconveniência de ter esse elemento em nosso meio. Agora vêm as conseqüências. Todos os integrantes do MMDS estão reunidos por volta das 14 horas. Pouco tempo fico na Sociedade. Tenho de comparecer no Centro Odontológico às 15 horas, na prótese.

Enquanto não sou chamado pelo TENENTE Dent PM SESMA, converso com um velho conhecido do CPC de 1974/1975, TENENTE PM Ref TÉRCIO BATISTA, residente em CAMPINAS. Lembra os nomes dos CORONÉIS NELSON TRANCHESI e HÉLIO GUAICURU DE CARVALHO, MAJORES NIOMAR CYRNE BEZERRA e OMAR DE CAMPOS VERDE, CAPITÃES LIBÓRIO, CARIBÉ e outros oficiais daquela época. O TENENTE TÉRCIO teve problemas de pressão alta e coronários, sofreu um derrame numa das vistas.

O TENENTE Dent PM SESMA faz duas restaurações em dentes da arcada inferior direita. Deve ter acontecido algo anormal porque o lábio inferior vai inchando durante o meu regresso a GUARULHOS. Na noite, isso piora muito.

Na TV, assisto uma proposta indecente do Secretário da Segurança Pública, MARCO VINÍCIO PETRELLUZZI. Quer cobrar R$2,50 por mês de cada proprietário de telefone (fixo e celular) para ser empregado na modernização das polícias.

Dez pessoas são assassinadas em mais duas chacinas: a primeira matança aconteceu na noite de ontem, na favela de HELIÓPOLIS. Seis pessoas foram mortas. A segunda chacina ocorreu na madrugada de hoje, no JARDIM HORIZONTE AZUL (zona sul), onde quatro foram executados. Com esses crimes subiu para 60 o número de chacinas deste ano.

MÉDICOS SEM FRONTEIRAS, órgão não governamental francês, criado há 28 anos, foi premiado com o NOBEL DA PAZ de 1999. A entidade foi criada em 1971 para dar socorro e combater violações aos direitos humanos.     



ACONTECEU EM 15 DE OUTUBRO DE 2000 :  -   SÁBADO

74 a. CHACINA DO ANO NA GRANDE SÃO PAULO: três homens foram executados em SUZANO, no Bar João Sabugo, na Estrada dos FERNANDES, no JARDIM SETE CRUZES.



FALECEU VINCENT CANBY, aos 76 anos, de câncer. Era articulista de cinema e teatro do THE NEW YORK TIMES.







ACONTECEU EM 15 DE OUTUBRO DE 2001 : -    SEGUNDA-FEIRA

Estamos com problemas no MMDS. LUZ, que cuida do arquivo diário das palestras, sentiu-se mal ontem e não tem condições nem de falar. ANADAI procura ajudar. OREZ, apesar de tudo, vai dar aula na BARRA FUNDA. Algumas palestras são adiadas. ELÁDIO e RONALDO estão sem planos no momento.

O senhor GERALDO PIRES DE OLIVEIRA tem urgência em reunir o CONSELHO SUPREMO. Ligo para o CORONEL GUIMARÃES e ele me diz que essa reunião deverá ser realizada no princípio de novembro. A data certa ainda não foi marcada.

O nosso presidente assina a Ata da reunião de 26 de setembro e aprova a minuta da CARTA-CONVITE para a missa de FINADOS que iremos encaminhar aos conselheiros.

Dom ROCCO FRAIOLLI não confirma a possibilidade de celebrar a missa. Ele está prestando exames para ser capelão da Marinha. Por telefone, diz que irá consultar um outro monge para rezar a missa.

Os bombeiros ainda não vieram ver os estragos cometidos pelas chuvas de outubro na sede do MMDC. Uma placa de gesso caiu e a sala de reuniões encontra-se com um aspecto muito ruim.



O CAPITÃO PAULO CELSO SOARES VIEIRA, 38 anos, foi assassinado com um tiro na cabeça, ontem à tarde, no bairro de PORTO NOVO, em CARAGUATATUBA. Três marginais tentaram entrar na casa de veraneio do CAPITÃO. Tentou reagir, matou um dos bandidos e recebeu um disparo de TIAGO BENEDITO PEREIRA DOMINGOS, de 18 anos, preso pouco depois. O terceiro comparsa é um menor de dezesseis anos.



VIVA O CENTRO COMEMORA DEZ ANOS - Entidade integrada por vários empresários luta para revitalizar a REGIÃO CENTRO. Com uma festa no SALÃO NOBRE do TEATRO MUNICIPAL, na Praça Ramos de Azevedo, a ASSOCIAÇÃO comemora o evento a partir das 18 horas.



REBELIÃO DE PRESOS ACABA EM TRÊS MORTES: os amotinados ainda feriram cinco detentos e destruíram a carceragem. Os executados foram tirados das celas e os corpos jogados no meio do pátio. O motim aconteceu no 9o. DISTRITO POLICIAL - CARANDIRU.



TERROR COM ANTRAZ CHEGA AO CONGRESSO DOS ESTADOS UNIDOS: carta encaminhada ao líder democrata no Senado contaminou funcionário. O CONGRESSO entrou na lista dos possíveis alvos do terrorismo, ao ser descoberta uma carta endereçada ao líder democrata, TOM DASCHLE, contendo traços do bacilo de antraz. Um funcionário foi contaminado. Em diversos países europeus, na OCEANIA e na ÁSIA, cartas suspeitas têm sido isoladas.

CABUL continua sofrendo intensos bombardeios.



DEMITIDO o delegado PAULO MAGALHÃES, do cargo de superintendente da Polícia Federal em Brasília, onde estava presa a cantora mexicana GLÓRIA TREVI. Mesmo sem ter direito à visita íntima, GLÓRIA engravidou na cadeia. Uma sindicância investiga se ela foi estuprada e se houve participação de policiais federais no episódio.



SALA BRASIL DE CINEMA , na TV BANDEIRANTES: -

DOCES PODERES, de 1996, com MARISA ORTH, ANTÔNIO FAGUNDES, TUCA ANDRADA, SÉRGIO MAMBERTI, OTÁVIO AUGUSTO, JOSÉ DE ABREU, ZEZE POLESSA e JONAS BLOCH.

MARISA ORTH fez a repórter que vai trabalhar na sucursal de Brasília de um grande jornal. Dividida entre um colega ambicioso e um político que namorou quando era só uma jovem esquerdista cheio de ideais, ela se confronta com os doces poderes do titulo. As maracutaias na política são mostradas com uma realidade impressionante. A corrupção, agressões, enfim , todos os ingredientes da sujeira das campanhas estão nesse filme.

141181, 1531592201 84 6181/313 -



FALECEU o compositor NORIVAL REIS, o VAVÁ DA PORTELA, coautor dos sambas-enredos de escolas cariocas. Inspirou o samba PAGODE DO VAVÁ, de PAULINHO DA VIOLA. Alguns dos sambas-enredos: ILU AYÊ (1972); MACUNAIMA (1975); HOJE TEM MARMELADA (1980); CONTOS DE AREIA (1984).  Aos 77 anos, de diabetes.



EXONERADO a seu pedido, o diretor-geral da AGÊNCIA NACIONAL DO PETRÓLEO, DAVID ZYLBERSZTAJN, que se separou de ANA BEATRIZ CARDOSO, filha do presidente FERNANDO HENRIQUE CARDOSO, em agosto último.



O primeiro-ministro japonês JUNICHIRO KOIZUMI pede perdão ao povo coreano pelos sofrimentos impostos durante a colonização nipônica, entre 1919 e 1954.



2 002  :  -    TERÇA-FEIRA

A edição do JORNAL DA TARDE de 15 de outubro mostrava a rotina de LULA e SERRA durante a campanha para o segundo turno da eleição para a Presidência. Além disso, um atentado na INDONESIA havia matado 183 pessoas e 2 brasileiros estavam desaparecidos. No esporte, a volta da seleção masculina de vôlei ao BRASIL após vencer a LIGA MUNDIAL e os preparativos para o clássico entre SANTOS e SÃO PAULO. 



O Comandante, Oficiais, Praças e Funcionários Civis do Primeiro Batalhão de Polícia de Choque “TOBIAS DE AGUIAR” têm a honra de convidar Vossa Senhoria e digníssima família para a Solenidade Comemorativa do 32º ANIVERSÁRIO DA ROTA – RONDAS OSTENSIVAS TOBIAS DE AGUIAR . O evento será realizado em 15 de outubro do corrente ano, às 10:00 horas, no Quartel do 1 º Batalhão de Polícia de Choque “TOBIAS DE AGUIAR”.

                                      ___________________________________

                                     JOSÉ ROBERTO MARTINS MARQUES

                                      Ten Cel PM              Comandante do BTA

Saio de casa às 8:30 horas, a fim de assistir a solenidade do aniversário da ROTA. O ônibus em que estou esbarra num caminhão baú, perto da NADIR FIGUEIREDO. Todos os passageiros são obrigados a deixar o veículo e aguardar a chegada de outro. Mas isso não atrapalha a minha ida ao BTA, mesmo porque o Secretário da Segurança Pública, SAULO DE CASTRO ABREU FILHO, e o Comandante Geral, Coronel ALBERTO SILVEIRA RODRIGUES, estão em CAMPINAS e irão embarcar num helicóptero. Isso vai atrasar bastante o início da solenidade.

O Tenente–Coronel JOSÉ ROBERTO recepciona-nos e vamos aguardar no salão nobre a chegada das autoridades que irão presidir o evento. Ali encontramos: GERALDO FARIA MARCONDES (num impecável terno branco) em conversa animada com ANTÔNIO PENTEADO MENDONÇA, nosso conselheiro, jornalista, cronista da ELDORADO, tentando lhe explicar a problemática do restauro do Monumento Mausoléu. O GENERAL EUCLYDES BUENO FILHO chega naquele instante e o cumprimento pelos seus 84 anos, completados hoje. Ele passa a fazer parte da conversa do Sr. MARCONDES. O Capitão Ref. IRINEU FELIPPE, nosso velho companheiro do antigo CFA (onde fomos sargentos) e depois do CPChq (onde o FELIPPE era tenente e eu capitão, nos anos 79/80), “mata a saudade” comigo ao lembrar de episódios que passamos na Corporação. Chegam: Coronel ELYSEU GUILHERME SALGADO ROCHA (único colega de turma presente nesta solenidade), Coronel OCTÁVIO, Coronel NIOMAR CYRNE BEZERRA, Coronel MELO ARAÚJO (arredio pela sua conduta negativa no MMDC, onde tem até faltado nas reuniões do CONSELHO SUPREMO), Coronel UBIRATAN GUIMARÃES (deputado estadual eleito), Coronel NELSON CHIAVONI, Major do EB SANTIAGO, Coronel P Fem VERA, Coronel JÚLIO GOMES DA LUZ, superintendente da Caixa Beneficente, Coronel NILTON DIVINO D´ADDIO, Major Ref. SALATIEL, Coronel SALVADOR D´AQUINO, Coronel EDUARDO MONTEIRO. Além dos oficiais da “velha guarda”, reformados ou da reserva, vamos encontrar também os coronéis da ativa: CASADO, JAIRO PAES DE LIRA, CANGERANA, BARROS, VALÉRIO, Tenentes-Coronéis IVENS CATALANO, ARIOVALDO SALGADO, CARLOS FILHO, FERNANDO (nosso capitão do serviço reservado do CPAM-4 quando comandei a área leste), Tenente-Coronel Capelão JOÃO BATISTA VILLANO, Tenente–Coronel PERRENOUD, Tenente–Coronel SORGE, Tenente–Coronel JOEL DE AUGUSTO, Tenente–Coronel ROCCO, Major dentista PAULUCCI, Capitão Capelão PALÓPITO, Tenentes SANTIAGO, HÉLDER e muitos outros. Os conselheiros ARIOVALDO CHACUR e NICANOR também abrilhantam a festa da ROTA. Durante toda a solenidade conversamos com os amigos. O NIOMAR quer colocar os restos mortais de seus dois avôs, ex–combatentes de 32, no Monumento–Mausoléu, em solenidade de 2003. O PENTEADO vai passar, por e mail, uma procuração para mim, a fim de representá-lo na reunião do CONSELHO SUPREMO, amanhã, já que ele não poderá comparecer.



Quando deixo o BTA já são 13 horas. Vou diretamente para a Sociedade Veteranos de 32-MMDC. Preparamos as documentações para a reunião de amanhã. Mantenho um contato telefônico com ITAPETININGA – familiares do falecido ex–combatente MIGUEL NOGUEIRA, morto em 26 de novembro de 1996, que pleiteiam a PENSÃO ESPECIAL para um filho deficiente mental (BENEDITO JOSÉ NOGUEIRA). Falo com a prefeitura de Itapetininga no intuito de descobrir provas da participação de MIGUEL NOGUEIRA na revolução, já que foi dado o seu nome a uma rua desse município. MIGUEL nasceu em 14 de novembro de 1909.



Parentes de PEDRO CASTELLINI, nascido em 28 de novembro de 1909, na ALEMANHA, ex–combatente da Revolução de 32, comunicam que o veterano faleceu em 25 de setembro deste ano (na mesma data da morte do Cel. EB ATILIANO MARTINS CORRÊA). Querem um ofício endereçado ao Serviço Funerário do Município de São Paulo, atestando que PEDRO CASTELLINI foi combatente em 1932, a fim de receber auxílio funerário.     



A onda de calor está contribuindo para o aumento do número de incêndios na cidade de SÃO PAULO, além dos atos de imprudência da população – como jogar pontas de cigarro em mato seco. Hoje, foram registrados na Capital 39 incêndios, sendo 37 em matas e dois em favelas. Cerca de 200 pessoas ficaram desabrigadas nas favelas de PARAISÓPOLIS, na zona sul, e JARDIM PERI, na zona norte. O maior incêndio aconteceu na mata do PARQUE DO CARMO. Ele começou por volta do meio – dia e não tinha sido controlado até o início da noite. Foram deslocadas 12 viaturas dos bombeiros para o parque.



Uma adolescente de 14 anos deu à luz um bebê com duas cabeças, na cidade mineira de ATALÉIA. As duas cabeças são ligadas a apenas um tronco que possui um coração e duas colunas vertebrais.



IBOPE CONFIRMA VANTAGEM DE LULA E ALCKMIN. LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA com 60% dos votos contra 31% de JOSÉ SERRA lidera a primeira pesquisa IBOPE deste segundo turno divulgado hoje pelo JORNAL NACIONAL. Em SÃO PAULO, GERALDO ALCKMIN tem 50% e o petista JOSÉ GENOINO está com 41%.



Depois de bombear quase dois mil metros cúbicos de água do mar no tanque 3 do lado direito da P-34, reduzindo a inclinação da plataforma de 32 para 26 graus em 24 horas, a PETROBRÁS começou, no final da tarde, a fazer o mesmo trabalho para encher o tanque 4, de maior porte. A operação para reverter a inclinação deverá demorar cerca de 18 horas.



A reserva florestal da SERRA DO JAPI queima há mais de 24 horas. O fogo, que teve início na FAZENDA GUAXINDUVA, em CABREÚVA, seguia na direção de JUNDIAÍ. Há duas grandes preocupações: de que o fogo atinja a área tombada de JUNDIAÍ e de que se aproxime de torres de alta tensão. Se isso ocorrer, SÃO PAULO corre risco de blecaute. Foram queimados 12 alqueires de mata nativa. O início do fogo pode ter sido um trabalho de macumba, com velas queimadas.



Foi conferido ao presidente FERNANDO HENRIQUE CARDOSO, de 70 anos, o Prêmio MAHBUB UL HAQ, oferecido pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento. Criado em homenagem ao economista paquistanês idealizador do Índice de Desenvolvimento Humano da ONU, o prêmio será entregue a cada dois anos ao chefe de Estado que se destacar na melhoria das condições sociais e no combate à pobreza.



Foi internado o ator RICHARD HARRIS, de 72 anos, para tratamento de câncer no sistema linfático. Um dos mais aclamados atores britânicos, ele atualmente interpreta o professor ALDUS DUMBLEDORE do filme HARRY POTTER E A PEDRA FILOSOFAL. Em LONDRES.



A polícia de WASHINGTON afirmou hoje, após análise balística, que o assassinato de uma mulher na noite anterior, em um estacionamento de um shopping na VIRGÍNIA, está relacionado ao franco–atirador que aterroriza a região de WASHINGTON há 12 dias e que já fez 11 vítimas, matando nove delas com apenas um tiro de fuzil. A mulher que morreu na segunda – feira, dia 14, era analista do FBI. O misterioso matador vem agindo desde 2 de outubro na área da capital americana e nos seus arredores. LINDA FRANKLIN, de 47 anos, foi morta diante de seu marido. Investigadores acreditam que o atirador age aleatoriamente, escolhendo suas vítimas ao acaso.



CÉSAR CHARLONE acaba de fazer história na TV brasileira. O fotógrafo uruguaio–brasileiro dirige o primeiro episódio da série CIDADE DOS HOMENS, que a GLOBO mostrou nesta noite. CHARLONE é o fotógrafo de CIDADE DE DEUS, que FERNANDO MEIRELLES adaptou do livro de PAULO INS, CIDADE DE DEUS, que se aproxima dos dois milhões de espectadores, virou um fenômeno no País. CIDADE DOS HOMENS dá um rosto humano aos favelados. Faz a interação entre a favela e o asfalto, mostra que o morro tem gente honesta, trabalhadora. O ponto alto foi a cena que mistura realidade e ficção : os personagens contam histórias de violência e o letreiro identifica os atores. Aquilo, afinal, é uma representação feita por gente que entende do assunto. No naturalismo da GLOBO, introduzem uma verdade que não se encontra em nenhum  outro programa.



ANUNCIADA a gravidez da atriz CATHERINE ZETA-JONES, mulher do ator MICHAEL DOUGLAS. O casal já tem um filho, DYLAN, de dois anos. Em LOS ANGELES. 



2 003   :  -    QUARTA-FEIRA

A comemoração do 25º aniversário do pontificado de JOÃO PAULO II – o polonês KAROL WOJTYLA, eleito PAPA em 16 de outubro de 1978, quando era arcebispo de CRACÓVIA – servirá de oportunidade para que os cardeais, reunidos em ROMA, reflitam sobre temas cruciais para a Igreja Católica. Durante quatro dias, a partir de hoje, até a tarde de sábado, dia 18, o Colégio Cardinalício ouvirá seis conferências sobre temas como a união dos bispos com o sucessor de PEDRO e “os vinte e cinco anos de um pontificado a serviço da paz”. As celebrações, que deveriam se encerrar no domingo, com a beatificação de madre TERESA DE CALCUTÁ, se estenderão até o dia 21, quando o PAPA presidirá um consistório para a nomeação de 30 novos cardeais. Há muito a comemorar. Em um dos pontificados mais longos da história – só é menor que os de LEÃO XIII, de PIO IX e do apóstolo PEDRO – JOÃO PAULO II contribuiu decisivamente para transformar o cenário político do mundo, assumiu com mão firme e palavras inequívocas a defesa da doutrina da Igreja e empreendeu nada menos que 102 viagens a mais de 130 países para confirmar seus irmãos na fé católica. Alvo de um atentado terrorista no VATICANO, vítima de doenças, debilitado pela idade, o PAPA insiste em levar adiante seu ministério.

Encontro VICTÓRIO no MMDS. Na semana passada e nos últimos dias esteve empenhado nos trabalhos do prédio do BRADESCO. Hoje ainda deveria lá comparecer, mas as obrigações na sede exigiram sua presença. Conversamos com o ALEMÃO. Vários oficiais já estão fazendo suas palestras no dia de hoje. O dinheiro que entra ainda não é suficiente para “tampar os buracos existentes”. Houve época em que se pensou até em fechar a entidade. Comentamos hoje a crise na BOLÍVIA e as denúncias de baixaria na estréia de CELEBRIDADE. A Campanha “QUEM FINANCIA A BAIXARIA É CONTRA A CIDADANIA” recebeu vinte denúncias sobre o primeiro capítulo da novela. Nunca uma novela recebeu tantas denúncias em um único dia. “KUBANACAN”, novela campeã no ranking da baixaria, recebeu 61 denúncias em três meses. Vamos estudar uma fórmula de ajudar essa campanha. Ao mesmo tempo, combatemos a violência através da TV.



Na Sociedade Veteranos de 32-MMDC, o presidente continua com a mesma conversa de ontem: a situação do não pagamento do INSS nos últimos três meses. O Cel MENDES convidou o Cel RENALDO, tesoureiro, para vir nesta tarde ao MMDC. Até às 16 horas isso não acontece. O MENDES ainda irá permanecer até mais tarde na sociedade. O ambiente não é bom. As coisas estão se apertando no campo financeiro. O governo, que “quer nos ajudar”, conforme disse o Sr. MARCONDES, até agora nada de positivo fez. A Secretaria da CULTURA não quer mais conversa com a sociedade. Esse é o ambiente terrível que será levado para a reunião da Diretoria Executiva no dia 17 e para o Conselho Supremo no dia 29. Não se pode aquilatar o que teremos de positivo ou de negativo nessas duas reuniões. Hoje, repetição de ontem, pouca coisa produzimos na sociedade, pois o clima é de desespero.

Cumprimentamos, via fone, os OITENTA E CINCO anos que o GENERAL EUCLYDES BUENO FILHO está completando hoje. Corrigimos a ATA da última reunião da Diretoria Executiva e deixamos a Sociedade por volta das 16:30 horas.



O estudante de Direito RAPHAEL DE FARIAS WRIGHT, 20 anos, dirigia seu jipe TROLLER na avenida Paulista, às 4 horas, quando atingiu a assessora do Tribunal Regional Federal, ÂNGELA MARIA DE MORAES, 59 anos. Ela foi atirada longe e morreu na hora. WRIGHT foi preso em flagrante por homicídio doloso, ou seja, com intenção de matar. De acordo com a polícia, o estudante estava alcoolizado. Testemunhas disseram que WRIGHT tirava um “racha” e passou no farol vermelho. WRIGHT disse que estava a 80 km/hora. Ex-mulher do desembargador MÁRCIO MORAES, que foi presidente do TRF, ÂNGELA deixa duas filhas.



A falsificação da assinatura dos próprios filhos em procurações levou a ex-empresária VILMA MARTINS a ser condenada hoje a mais 6 anos e 7 meses de detenção em regime fechado. Foi a terceira condenação de VILMA, que já cumpre na Casa de Prisão Provisória de GOIÂNIA pena de 12 anos e 8 meses pelos seqüestros de PEDRO BRAULE PINTO, o PEDRINHO – registrado pela seqüestradora como OSWALDO MARTINS BORGES JÚNIOR – e APARECIDA FERNANDA RIBEIRO SILVA, batizada pela empresária como ROBERTA JAMILLY.



A CPTM e a polícia ainda não sabem porque seis homens invadiram a estação ferroviária SAGRADO CORAÇÃO, em JANDIRA, e quebraram, ontem à noite, luminárias, vidros e câmeras de vigilância. O ato de vandalismo ocorreu às 20:45 horas. Não havia usuários na estação, pois um trem acabara de passar e todos teriam embarcado. Só sete funcionários estavam no local. Dois deles, seguranças. Encapuzados e armados com paus, pedras e rojões, os vândalos teriam pulado um muro que dá acesso aos trilhos da ferrovia, ao lado de uma favela, a poucos metros da estação. Na plataforma, começaram a destruir os vidros, as lâmpadas e as câmeras.

 

O ex-presidente do Sindicato dos Motoristas de SÃO PAULO, EDIVALDO SANTIAGO, 55 anos, sai da carceragem da Polícia Federal, após 149 dias na cadeia. Acusado de homicídio e de promover greves pagas, ele foi ovacionado na sede da PF, na zona oeste, por cinqüenta motoristas. SANTIAGO diz que sua prisão foi política.



APROVADA para ocupar o cargo de Ministra do Superior Tribunal de Justiça, DENISE ARRUDA, desembargadora do Tribunal de Justiça do PARANÁ. Ela vai ocupar o lugar do ministro RUY ROSADO DE AGUIAR, que se aposentou em agosto.



O presidente LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA autorizou o resgate de turistas brasileiros sitiados em LA PAZ. Dois aviões da Força Aérea Brasileira partiram hoje mesmo para a BOLÍVIA. O Governo não forneceu detalhes porque considera a operação de alto risco. A missão pode incluir helicópteros. Os choques entre manifestantes e o Exército nas principais cidades do País deixaram mais de 80 mortos em três semanas.



RONALDINHO GAÚCHO roubou a cena hoje na goleada do BARCELONA de 8 a 0 sobre o desconhecido PUCHOV, da ESLOVÁQUIA, pela COPA da UEFA. O craque da seleção marcou três gols e teve grande atuação. O outro brasileiro no time, THIAGO MOTTA, também deixou sua marca.



Cerca de dez mil índios aimarás e quichuas começaram a chegar hoje a LA PAZ para exigir a renúncia do presidente GONZALO SÁNCHEZ DE LOZADA. Manifestantes voltaram a entrar em conflito com o Exército e quatro morreram: passa de 70 o número de mortes nos últimos seis dias. O presidente anunciou um referendo sobre a polêmica exportação de gás via CHILE, mas a oposição insiste na renúncia. O BRASIL enviou aviões para retirar brasileiros do País.



Três seguranças americanos morreram na explosão de uma bomba na passagem de três veículos da Embaixada dos EUA em TEL AVIV por BEIT HANOUN, na FAIXA DE GAZA. Nenhum grupo assumiu a autoria do atentado, o mais grave contra alvos dos EUA em três anos de INTIFADA.



O PAPA JOÃO PAULO II agradeceu hoje aos fiéis que por ele rezaram, demonstraram apoio e simpatia, e que estarão amanhã comemorando o 25 º aniversário de seu pontificado. Com a voz frágil e a dicção em italiano freqüentemente embaralhada, ele falou durante a missa das 18 horas a cardeais e a católicos que davam início às homenagens.



GANHOU o prêmio PLANETA de novela o escritor chileno ANTÔNIO SKÁRMETA, pelo livro EL BAILE DE LA VICTORIA. Uma de suas obras mais conhecidas é O CARTEIRO E O POETA. O valor do prêmio é de 1,9 milhão de reais. Em BARCELONA.



FALECEU o escultor suíço ROBERT MÜLLER, em VILLIERS-LE-BEL, perto de PARIS, aos 83 anos. Sua carreira internacional foi iniciada em 1954 com uma exposição na FRANÇA. Nascido em ZURIQUE, foi discípulo da escultora francesa GERMANINE RICHIER.



O ex-soldado britânico MARK THREAGOLD se tornou nesta quarta-feira o cego a andar mais rápido na água. Ele atingiu com a sua lancha a velocidade de 146,6 quilômetros por hora.



ENVIADO ao espaço o tenente-coronel YANG LLIWEI, primeiro astronauta chinês a fazer uma viagem espacial. O feito coloca o País ao lado dos EUA e da RÚSSIA. Em PEQUIM.



ASSISTO na GLOBO o filme de terror ECOS DO ALÉM. Uma família foi morar numa casa onde coisas estranhas vão acontecer. O menino dessa família conversa e vê um fantasma de uma moça. Seu pai, depois de uma sessão de hipnose   passa também a sentir essa presença. No decorrer do filme, recebe avisos e acaba por cavocar várias partes da residência, até encontrar, emparedada, a moça que foi morta durante uma tentativa de estupro, praticada por dois jovens. Um deles, bem antes dessa macabra descoberta, tentou o suicídio. O outro, é filho do proprietário da casa, que sabia do que tinha acontecido e, agora, tenta matar os pais do garoto vidente. Isso não se concretiza porque o pai do rapaz que tentou por fim à vida, defende o casal ameaçado, matando o proprietário e o filho da dita casa, palco de toda a tragédia.



2 004   :   -   SEXTA-FEIRA            2132131152 (141/162/)

O Comandante, Oficiais, Praças e Funcionários Civis do Primeiro Batalhão de Polícia de Choque “TOBIAS DE AGUIAR”, têm a honra de convidar Vossa Senhoria e Digníssima família para a Solenidade Comemorativa do 34º Aniversário da ROTA – Rondas Ostensivas TOBIAS DE AGUIAR. O evento será realizado em 15 de outubro do corrente ano, às 10:00 horas, no Quartel do 1º Batalhão de Polícia de Choque “TOBIAS DE AGUIAR”.

Ass    AILTON ARAÚJO BRANDÃO

Ten. Cel.  PM – Comandante



Chove muito nesta manhã. Embarco na van dirigida pelo DOCA. Ele faz malabarismos para sair do congestionamento de carros, mas por todo o lado o engarrafamento é terrível. Mesmo assim chego no 1º BPChq “TOBIAS DE AGUIAR” antes do início da solenidade do 34º aniversário da ROTA. Não contamos com muita gente neste evento, por causa do mau tempo. O presidente do TJM, juiz PAULO ANTÔNIO PRAZAK, vai presidir a cerimônia. O TENENTE-CORONEL AILTON ARAÚJO BRANDÃO, como comandante do Batalhão, recepciona os  convidados. Notamos que o Cmt Geral, CORONEL PM ALBERTO SILVEIRA RODRIGUES, não irá participar do evento, bem como seu Sub-Cmt e outros coronéis do QCG. Estão presentes os CORONÉIS da ativa: JOÃO ROGÉRIO FELIZARDO  (DP), TOMAZ ALVES CANGERANA (Cmt do CPChq), PAULO DE TARSO DIÓGENES (Cmt do CFSds), JOSÉ ROBERTO MARTINS MARQUES (Cmt do CPAM/10), OSMAR SABBATINI (Cmt do CPAM/4), ISIDRO SUITA MARTINEZ (Cmt do CPAM/5). Dos coronéis da reserva e reformados: OTÁVIO, UBIRATAN (atual deputado estadual), NELSON SCHIAVONE, NILTON DIVINO D´ADDIO, RAIL, LUIZ GONZAGA DE OLIVEIRA (presidente da Associação dos Oficiais da PMESP), JOÃO BATISTA; CAPITÃO-DE-MAR-E-GUERRA RONALD SANTIAGO; TENENTE-CORONEL Méd DEL NERO; MAJOR WALDIR RAPELLO DUTRA; MAJOR OSVALDO LUIZ SORGE; representantes do Exército, Marinha e Aeronáutica. O MAJOR JÚLIO CÉSAR DIAS, comandante da tropa formada, apresenta-se ao Juiz PRAZAK e se dá início à cerimônia com o canto da canção da PMESP. São entregues MEDALHAS DO MÉRITO PESSOAL em seus diversos graus. Discursam, após a leitura do Boletim Especial pelo Cmt do 1º BPChq, o deputado estadual CORONEL PM Res UBIRATAN GUIMARÃES e o juiz do TJM, PAULO ANTÔNIO PRAZAK. A tropa desfila. Muito embora o pátio do quartel esteja molhado, as viaturas da ROTA fazem suas evoluções e partem para o serviço. Encerra-se a solenidade. Conversamos com os amigos e deixamos o batalhão quase ao meio-dia.

Não encontro os oficiais no MMDS. Todos estão trabalhando. Vou ao escritório do CRISTIANO e do RAFAEL, onde deixo as ordens para os demais.

Na Sociedade Veteranos de 32-MMDC, encontro o presidente GERALDO FARIA MARCONDES. Ele marcou uma reunião da Diretoria Executiva para às 14:30 horas. Também o CORONEL MENDES vem ao MMDC. Ele e eu vamos nos despedir de dona CÉLIA, que está deixando a Sociedade. O VASCO comparece para ensinar a nova funcionária, MÔNICA, que ficará em seu lugar. Aproveitamos a oportunidade para também fazer a despedida do VASCO. A outra funcionária, LUCIENE, está assumindo a função de dona CÉLIA. Explica o presidente que entregará a chave do MMDC para o CORONEL RENALDO, que passará a cuidar da parte interna, pois foi ele que arrumou essas mulheres para trabalhar na Sociedade. Comparecem para a reunião: advogada MARIA HELENA MARCONDES, CAPITÃO Fem PM MARIA INÊS, CORONEL RENALDO e CAPITÃO POSSEBOM (representando o Cmt da APMBB). Não ficamos para assistir a reunião e saímos da Sociedade antes das 15 horas. Continua chovendo. O MENDES tem problemas para dirigir no meio dessa confusão do trânsito. Deixa-me na estação ARMÊNIA. Diz o MENDES que, na solenidade do CPOR, pela manhã, ficou sabendo que a reunião do CONSELHO SUPREMO será realizada no dia 28 de outubro. Até agora não recebemos a convocação. Estamos achando que o CORONEL RENALDO assumiu hoje uma grande responsabilidade na Sociedade, principalmente com relação à parte financeira. Ele teria dito ao MENDES que está certo de conseguir na Secretaria da Cultura uma subvenção para 2005. Mas essas promessas sempre aconteceram e não se realizaram nesses últimos três anos.

Em casa, MARLENE está ativa no fogão. Faz um cus-cus, prato que gosto muito e, hoje, em especial, pois estou sem almoçar. Além disso faz outras guloseimas. PAULO CÉSAR e seu primo MARCELO gastam horas da tarde no video-game. Assim eles estão “queimando” os dias da mocidade, esquecendo dos estudos e do trabalho. 



O pesquisador e compositor PAULO VANZOLINI recebe hoje o Prêmio Professor Emérito 2004-TROFÉU GUERREIRO DA EDUCAÇÃO, uma promoção conjunta do Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) e do ESTADO. A cerimônia de entrega é às 8:30 horas, no auditório do jornal. Ao receber o troféu, VANZOLINI entra para uma galeria que inclui: a ex-primeira-dama e antropóloga RUTH CARDOSO, o jurista MIGUEL REALE, a ex-ministra da Educação ESTHER DE FIGUEIREDO FERRAZ, o médico LUIZ DÉCOURT, o economista JOSÉ PASTORE, o engenheiro ANTÔNIO HÉLIO GUERRA VIEIRA e o sociólogo e crítico literário ANTÔNIO CÂNDIDO. Todos agraciados desde 1997 com o prêmio que tem como objetivo homenagear personalidades que se destacaram na área educacional.



Depois de exatos três meses com o barril de petróleo acima dos 40 dólares no mercado internacional, a PETROBRÁS anunciou ontem aumento de 4,8% no diesel e 2,4% na gasolina a partir de hoje, decepcionando analistas, que calculavam a necessidade de reajustes acima dos 10% para alinhar os preços do País aos do exterior. Apesar do anúncio, a PETROBRÁS não descarta um novo aumento nos preços dos combustíveis ainda neste ano.

Na BOLSA MERCANTIL DE NOVA YORK, os contratos de petróleo para novembro fecharam em 54,76 dólares o barril, alta de 2,09%. Na BOLSA INTERNACIONAL DE PETRÓLEO, em LONDRES, os contratos de petróleo BRENT para novembro fecharam em 50,84 dólares o barril, avanço de 1,58%.



O musical ORLANDO SILVA, O CANTOR DAS MULTIDÕES, estréia hoje no TEATRO SESC VILA MARIANA. Antes de se tornar famoso, ORLANDO SILVA trabalhava como cobrador de ônibus e cantava em restaurantes. Foi descoberto em 1934, no corredor da RÁDIO CAJUTI, por BORORÓ, que o leva ao cantor FRANCISCO ALVES. O sucesso é imediato. Passa por problemas no início da década de 40, mas recupera a carreira a partir de 1947, com o apoio da mulher MARIA DE LOURDES, com quem vive o resto de sua vida. Ao contrário de outros, jamais caiu na miséria. No espetáculo, os músicos MARCELO NEVES, EMÍLIO MENDONÇA, RENATO CONSORTE e ULISSES ROCHA acompanham TUCA ANDRADA (que interpreta ORLANDO SILVA), em dezesseis sucessos, entre eles: ROSA, NADA ALÉM, LÁBIOS QUE BEIJEI, SERTANEJA.



Passava pouco mais das 20 horas do dia 14, quinta-feira, quando o estudante SÍLVIO BRANDÃO CONTE, 14 anos, e a mãe dele, TÂNIA CONTE, decidiram observar o trabalho de inspeção da estrutura do edifício onde moravam. Os dois, que horas antes haviam abandonado o apartamento 602 do edifício AREIA BRANCA, onde viviam, entraram no subsolo com o grupo de aproximadamente dez técnicos e operários. Minutos depois, ouviram uma série de estalos e viram uma coluna rachar. “Vai cair”, gritou a mulher. Todos correram e uma cortina de poeira amarelada tomou conta do ambiente. Por instantes, mãe e filho se perderam. TÂNIA encontrou o garoto do outro lado da avenida, ferido no queixo e na mão esquerda. Hoje, eles retornaram ao local e relataram aos repórteres como ocorreu o acidente no RECIFE. As equipes de resgate encontraram hoje em meio dos destroços o corpo do porteiro ANTÔNIO FÉLIX DOS SANTOS, 38 anos, uma das quatro pessoas que estavam no local e desapareceram após o acidente.



SEBASTIÃO ALVES DA SILVA parou de respirar às 23:20 horas desta sexta-feira, dia 15. Ele só tinha um pedaço do pulmão esquerdo, o resto tinha sido roubado pelo câncer. O que sobrou do órgão e todo o pulmão direito foi paralisando e endurecendo ao longo dos últimos anos numa doença chamada asbestose. Causada pela contaminação por amianto (asbesto), ela é conhecida como “pulmão de pedra”. Havia 100 dias que SEBASTIÃO estava ligado 24 horas a máquina de oxigênio. Tinha completado 66 dias de internação no Hospital das Clínicas, de SÃO PAULO. Às 19 horas dessa sexta-feira, ele não conseguia falar. Ergueu a mão e acenou para a esposa, IRENE. Sucumbiu quatro horas depois, quando os pulmões não conseguiram mais fazer o movimento de inspiração-expiração. SEBASTIÃO, então, morreu por asfixia. Acabara de completar 68 anos de idade e 46 de casamento. Símbolo internacional da luta contra o asbesto, SEBASTIÃO não queria ser esmagado pelo poder das multinacionais do amianto. Suas últimas imagens estarão no documentário A LENTA MORTE DO AMIANTO, dedicado a ele pela TV franco-alemã ARTE. No início de outubro, a AL JAZEERA havia feito uma matéria sobre o operário para o mundo árabe. Ex-funcionário da BRASILIT de SÃO CAETANO, em SÃO PAULO, onde entrou adolescente e saiu aposentado, SEBASTIÃO tornou-se uma referência por sua quase inabalável resistência. Em 29 de setembro, quando estava havia 50 dias no hospital e só conseguia balbuciar umas poucas palavras, fechou um acordo com a empresa por meio de seus advogados. No dia 8 de outubro, o recibo foi assinado. Morreu no mesmo dia em que o cheque de 58 mil reais foi descontado no banco.

 

CONDENADA a 19 anos de prisão, por homicídio duplamente qualificado, a dama de companhia FÁTIMA ANTÔNIO. Em novembro de 2002, ela foi pega agredindo LUCIANA APARECIDA PINTO, de 92 anos, de quem tomava conta. LUCIANA sofreu traumatismo craniano e morreu alguns dias depois. Em SÃO JOSÉ DO RIO PRETO.

                       

O programa eleitoral voltou ao ar embalado pelo debate da BANDEIRANTES, clima de mata-mata. MARTA SUPLICY repetiu ataques ao vice de JOSÉ SERRA, GILBERTO KASSAB, que é apontado como “todo poderoso secretário” do ex-prefeito CELSO PITTA. Essa é só uma batalha de uma guerra declarada pelo marqueteiro de campanha de MARTA, o publicitário DUDA MENDONÇA. MARTA disse ter recebido a prefeitura quebrada e ter pago as dívidas vencidas. Os tucanos atacaram, mas imprimiram um tom mais ameno ao programa. SERRA, com a “netinha no colo”, foi exibido no domingo da eleição, ao lado, claro, do governador GERALDO ALCKMIN.



O Sindicato da Indústria de Panificação e Confeitaria distribuiu hoje na Capital 150 mil pães, 20 mil deles na PRAÇA DA SÉ, pela passagem do DIA MUNDIAL DA ALIMENTAÇÃO. Apesar da chuva persistente, centenas de pessoas compareceram à praça a fim de garantir o pão. Para o presidente da SINDIPAN, FREDERICO MAIA, o ato não pretende resolver o problema da fome.



Nesta tarde, o Centro de SÃO PAULO viveu a farra da PERUADA, parada promovida pelos estudantes do LARGO DE SÃO FRANCISCO, a USP. A festa existe desde 1948, quando um grupo de estudantes de Direito resolver roubar os perus premiados de um professor e promover um banquete. Desde então, a festa só deixou de acontecer durante o período da ditadura militar, e voltou à carga em 1983. O lema em latim “ridendo castigat moris” (“rindo, se corrigem os costumes”), deixa claro que a festa também serve como crítica social. O tema deste ano foi “meu peru é gozador e quer ser vereador”, uma sátira às eleições municipais. Cerca de dois mil jovens, muitos deles fantasiados, ignoraram o frio e a chuva e, movidos a muita cerveja, percorreram diversas ruas do Centro, a partir do CINE MARROCOS, na CONSELHEIRO CRISPINIANO, onde houve a concentração. Alunos de outras faculdades esperavam do lado de fora do cinema a vinda do trio elétrico e, às 14 horas, a festa ganhou as ruas. No ano passado, o estudante da POLI, ÀNGELO COMINELI, desapareceu durante a festa e, dias depois, foi encontrado morto no TIETÊ. O laudo do IML, indicou que ele estava alcoolizado e que teria morrido no RIO TAMANDUATEÍ. 



O presidente da CBF, RICARDO TEIXEIRA, passou por uma angioplastia, hoje, no RIO. Segundo o médico ROBERTO HORCANES FIGUEIRA, que realizou o procedimento, previamente programado, o dirigente vinha se queixando de cansaço. A coronária esquerda apresentava obstrução de 80%. A operação durou cerca de uma hora.



Após cerca de 15 anos na Polícia Civil, com passagens por distritos de FRANCO DA ROCHA, FRANCISCO MORATO e GUARULHOS, onde estava lotado há três meses no 3º DP (CUMBICA), depois de ter passado pelo 4º DP (JARDIM ANGÉLICA), o investigador JOSÉ CARLOS VALENTE COELHO, 47 anos, teve sua carreira bruscamente interrompida, na madrugada de hoje, ao ser atingido por seis tiros, à queima-roupa, na rua 33, no PARQUE PIRATININGA, bairro onde mora em ITAQUAQUECETUBA. Ele morreu a poucos metros de casa, dentro do próprio MONZA. A vítima teve o computador, a sua carteira de identidade, o toca cds e sua pistola calibre 45 roubados, o que leva a hipótese de latrocínio. Mas, COELHO não teve sua corrente de ouro e relógio roubados, o que leva a polícia também pender para a hipótese de homicídio, provocado por vingança.



A Delegacia de Investigações Gerais, de ITANHAEM, no litoral sul, anunciou hoje a prisão de três envolvidos na morte do sindicalista SEVERINO TEOTÔNIO DO NASCIMENTO, 37 anos, conhecido como TITONHO. Ele foi executado dentro de um bar, no bairro SANTA CRUZ, na segunda-feira, dia 11. Entre os envolvidos, está o PM ALESSANDRO DAMILTON DO CARMO, de 25 anos, que trabalha na Capital. Foi preso ontem e levado ao Presídio ROMÃO GOMES. THIAGO FAUSTO NARCISO, 22, e JÚNIO CÉSAR ALVES, 19, também tiveram suas prisões preventivas decretadas. TITONHO chegou a trocar tiros com os assassinos. THIAGO e JÚNIO passaram pelo PS, levados ao local pelo PM ALESSANDRO. Ainda registraram ocorrência policial, dizendo ter sido vítimas de um assalto. Os feridos acabaram transferidos para outros hospitais. JÚNIO foi encontrado no Hospital Municipal de ITANHAÉM e confessou o crime. THIAGO está internado em estado grave na Santa Casa da PRAIA GRANDE. Os dois se encontram sob custódia policial e vão para a prisão assim que se recuperarem. Para prender o PM ALESSANDRO, que já havia retornado a SÃO PAULO, a polícia marcou um encontro com ele, usando como pretexto levantar mais informações sobre o falso assalto. O PM acreditou e foi a ITANHAÉM, onde acabou sendo preso. Os três homens receberam dez mil reais para executar o sindicalista. O mandante ainda é desconhecido.



Os bancários vão começar a sofrer, este mês, o desconto dos dias parados por causa da greve de 30 dias, suspensa hoje. Em SÃO PAULO, o movimento nas agências da CAIXA foi intenso, principalmente nos postos localizados no Centro. No BANCO DO BRASIL, o movimento foi normal, pois a maioria das agências já estava operando normalmente há alguns dias. A greve dos bancários não conseguiu uma forte adesão nem mesmo em seus momentos iniciais.



O jogador de vôlei MAURÍCIO passou por uma cirurgia de emergência em sua mão direita, nesta sexta-feira, para a retirada de um coágulo que prejudicava a sua circulação sangüínea, causando fortes dores. Ele deverá voltar às quadras ainda esse mês, jogando pelo time italiano MACERATA.



LIBERADO o plantio de soja transgênica da safra 2004/2005, com comercialização do produto até 31 de janeiro de 2006. A decisão foi tomada pelo presidente LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA por meio da Medida Provisória n º 223, em BRASÍLIA.

 

Depois de uma pesada noite de bombardeios contra FALLUJAH, mais de mil soldados americanos e iraquianos  cercaram hoje a cidade e estabeleceram postos de controle com o objetivo de bloquear a passagem de rebeldes. Houve intenso ataque aéreo durante toda a noite, descrito pelos moradores como os piores nos últimos meses, mas as tropas não entraram na cidade. O número de vítimas é de pelo menos cinco mortos e 11 feridos, todos civis. O RAMADÃ começou com um novo atentado em BAGDÁ, desta vez um carro-bomba lançado por um atacante suicida, perto de uma delegacia policial no bairro de DORA. Dez civis morreram, incluindo quatro pessoas de uma mesma família. Outras quinze pessoas ficaram feridas. Ao mesmo tempo, as tropas dos EUA prenderam o clérigo sunita KHALED AL-JUMALI – chefe da delegação de líderes de FALLUJAH que negociavam uma trégua com o governo interino iraquiano – o chefe de polícia e dois de seus agentes. Eles foram detidos quando transferiam suas famílias para um povoado próximo, para protegê-las dos bombardeios.



2 005   :  -   SÁBADO

O calor dos últimos dias é amainado por chuvisqueiros que caíram durante toda noite. Esfria. Uso a data para recuperar o tempo perdido com os encargos surgidos pelos nossos trabalhos na Sociedade Veteranos de 32-MMDC. Mantenho um contato com o celular do CORONEL MENDES. Ele está a caminho de CAMPINAS, onde participará de obrigações maçônicas. Coloco-o a par do aniversário do general EUCLYDES BUENO FILHO, pessoa com quem ele manteve uma conversa telefônica a respeito de um contrato suplementar com a FARAH SERVICE, que daria ao MMDC uma quantia mensal de três mil reais, durante um ano. Depois, eu mesmo telefono para o CORONEL BUENO. Ele está reunido com a família, comemorando os seus oitenta e sete anos.



O meia PETKOVIC desequilibrou o jogo em que o FLUMINENSE derrotou o BOTAFOGO, de virada, por 3 a 2, e manteve a esperança de lutar pelo título do CAMPEONATO BRASILEIRO. A equipe chegou aos 54 pontos, oito a menos que o CORINTHIANS, que enfrenta amanhã o PALMEIRAS. O BOTAFOGO segue com 40 pontos. Outros resultados: FORTALEZA 1 x PAYSANDU 2; CORITIBA 1 x ATLÉTICO PR 2; FIGUEIRENSE 2 x PARANÁ 0;  BRASILIENSE 1 x JUVENTUDE 0.



RONALDO foi o destaque da vitória de 3 a 0 do REAL MADRID sobre o ATLÉTICO, no clássico de MADRI, hoje, no Estádio VICENTE CALDERÓN. O atacante, que havia quebrado o jejum na seleção na vitória sobre a VENEZUELA, marcou 2 gols (um de pênalti) e participou do lance que resultou no terceiro, contra, de PEREA. Mas, em vez de festejar, RONALDO nem se levantou do chão por si próprio. No choque com o zagueiro, ele se contundiu, saiu de campo de maca e virou problema do técnico VANDERLEI LUXEMBURGO para o jogo de quarta-feira contra o ROSENBORG, pela COPA DOS CAMPEÕES. Com o resultado, o REAL MADRID assumiu a liderança provisória do Campeonato Espanhol, com 15 pontos em 7 jogos.

Também outro brasileiro brilhou na ESPANHA, RONALDINHO GAÚCHO. Ele marcou 2 gols (um de pênalti) no empate de 3 a 3 com o DEPORTIVO, em LA CORUÑA.



Trezentos estudantes enterram RAFAEL, morto na USP. RAFAEL FORTES ALVES, assassinado na véspera por um colega do curso de jornalismo da USP, foi enterrado hoje de manhã, no Cemitério da Saudade, em CAIEIRAS, GRANDE SÃO PAULO, em clima de grande emoção. Os amigos de RAFAEL quebraram o silêncio, que predominou durante toda a cerimônia fúnebre, para dar o último adeus ao estudante, com a música “TENTE OUTRA VEZ”, de RAUL SEIXAS. “Essa era uma música de que o RAFAEL gostava muito. Nós ouvíamos sempre juntos. Ele pediu que fosse essa música”, disse a namorada CRISTIANE.



Pela segunda vez em quatro anos, o policial civil CRISTIAN GLAUCO FALCEANO, de 32 anos, usou uma arma de fogo para agredir outro policial. Às 20 horas, FALCEANO feriu a tiros com uma pistola calibre 35 da corporação o PM JOSÉ CARLOS LIMA, de 38 anos, do 1 º Batalhão de Polícia Ambiental, por causa de uma briga de trânsito. Em 2001, FALCEANO já havia matado o PM JOSÉ VLADIMIR BARBOSA, 37, no RIO BONITO. Dirigindo uma picape DAKOTA, FALCEANO teria fechado o GOL do PM VLADIMIR.

Após se desentender com JOSÉ CARLOS LIMA, na rua CORONEL JOÃO CABANAS, JARDIM MIRNA, na zona sul, FALCEANO atirou quatro vezes no soldado à queima-roupa. Os tiros atingiram o pescoço, barriga e peito de LIMA, que desmaiou. O policial civil foi sem seguida preso por policiais-militares. O soldado foi socorrido no Pronto-Socorro do hospital MARIA ANTONIETA. Até o final da noite seu estado era grave. Segundo o SARGENTO DENIVALDO GOMES, do 27 º Batalhão da Força Tática, FALCEANO estava muito agressivo ao ser preso e parecia estar bêbado.



Duas mulheres, de 78 e 79 anos, vítimas de seqüestro, foram resgatadas hoje, pela polícia, em cativeiro na favela de HELIÓPOLIS. Três seqüestradores, dois dos quais menores, foram presos em flagrante após tiroteio com policiais da Divisão Anti-Seqüestro (DAS), da Polícia Civil.

A operação de prisão dos seqüestradores em flagrante foi rápida. Apareceram três homens. Após a simulação do pagamento do resgate, a polícia interveio e houve troca de tiros. Ferido de raspão, um homem identificado como GIOVAN DE SOUZA REIS, de 23 anos, foi preso. Seus dois companheiros, menores de 15 e 17 anos, se entregaram. Sem dificuldades, eles revelaram o cativeiro na favela de HELIÓPOLIS.



A CONFERÊNCIA NACIONAL DOS BISPOS DO BRASIL – CNBB – confirmou a vinda do PAPA BENTO XVI ao BRASIL em 2007. Em comunicado, a entidade divulgou que a visita acontecerá entre abril e maio dentro da Conferência Geral do Conselho Episcopal Latino-Americano a ser realizada em APARECIDA (SP)



A Polícia Rodoviária Federal está matando gado que encontra nas ruas da região atingida pela febre aftosa. Hoje foram abatidos a tiros três bois que pastavam na rodovia BR-163, entre ELDORADO e MUNDO NOVO, em MATO GROSSO DO SUL. Os três frigoríficos da região, que empregam duas mil pessoas e são responsáveis por quatro mil empregos indiretos, deram férias coletivas e não trabalham amanhã.



AFASTADO por um mês dos campos de futebol o atacante do REAL MADRID, RONALDO, que teve os ligamentos do tornozelo parcialmente rompidos durante um jogo contra o ATLÉTICO DE MADRID.



BRASIL, ARGENTINA e VENEZUELA negociam um acordo de cooperação na área nuclear. A iniciativa foi anunciada hoje pelo presidente venezuelano HUGO CHÁVEZ e confirmada pelo assessor da Presidência MARCO AURÉLIO GARCIA. “Os programas são transparentes, pacíficos e protegidos de qualquer derivação militar”, disse GARCIA. O físico JOSÉ GOLDENBERG, ex-ministro da Ciência e Tecnologia e atual secretário do Meio Ambiente de SÃO PAULO, disse que não vê nenhuma vantagem em um acordo com a VENEZUELA: o BRASIL se tornaria alvo de suspeitas mundiais e a VENEZUELA não tem nada a nos oferecer.



Em um dia considerado tranqüilo, o comparecimento às urnas hoje para decidir sobre o projeto da nova Constituição iraquiana foi estimado em mais de dez milhões de eleitores, o correspondente a dois terços do eleitorado.  Segundo AYAR, um dos sete membros da Comissão Eleitoral, o processo de votação registrou incidentes isolados. O maior problema ocorreu na Província de ANBAR, a oeste de BAGDÁ, onde insurgentes trocaram tiros com soldados americanos. Essa província é o centro da insurgência sunita.



LOCALIZADO o criminoso de guerra nazista ALBERT HEIM, de 91 anos, conhecido como DOUTOR MORTE, por ter feito experiências que mataram centenas de prisioneiros na Segunda Guerra Mundial. Foragido desde 1962 e indiciado na ALEMANHA por crimes de guerra, HEIM passou por ARGENTINA, DINAMARCA e BRASIL. Em MADRI.



ARREMATADO por 120 mil dólares o relógio ROLEX de ouro maciço com que a atriz MARILYN MONROE presenteou JOHN F. KENNEDY em seu aniversário, em 29 de maio de 1962, no MADISON SQUARE GARDEN de NOVA YORK – mesma ocasião em que a atriz, num vestido tão justo que teve de ser costurado em seu corpo, cantou PARABÉNS para o presidente. O relógio traz a inscrição “JACK, com amor, como sempre, MARILYN”. Acredita-se que ele tenha sido guardado pelo chefe da equipe pessoal de KENNEDY – que não desejava atrair atenção usando o mimo – e colocado em leilão por algum parente seu. Nos EUA.



2 006   :     -      DOMINGO

Não temos novidades neste domingo. Posso ler sossegado meus jornais. Penso até em fatos que iremos enfrentar na semana que vem. Virão datas escolhidas pelo CORONEL PM MENDES para a entrega de Medalha GOVERNADOR PEDRO DE TOLEDO, de acordo com acertos que ele andou fazendo no começo de outubro. No computador, concluo o livro de 10 a 12 de outubro, inclusive imprimindo-o. Também estou terminando o outro livro, de 13 a 15 de outubro, faltando apenas o transcorrer deste domingo. Uma parte desse livro também já está impressa.

Ainda tenho tempo de minutar alguma coisa que deve constar do Relatório das atividades da Sociedade Veteranos de 32-MMDC neste ano, onde nossas relações melhoraram muito. Hoje o MMDC é uma Entidade prestigiada, procurada até nos outros Estados. 



Faleceu o MAJOR PM Ref MANOEL ALTINO DE LIMA, nascido em CATARINA, CEARÁ, em 2 de novembro de 1928. Foi acometido de parada cardio-respiratória. Era associado da AORRPM desde 1983. Freqüentava assiduamente a Associação dos Oficiais da Reserva e Reformados da PMESP, onde participava dos eventos, das reuniões e das excursões. Oriundo da ex-GUARDA CIVIL, com a unificação incorporou-se à Polícia Militar no posto de 1º tenente. Foi promovido a Capitão e, em 1989, foi apostilado no posto de MAJOR PM. Trabalhou comigo no 9º BPMM, nos anos 1976/1977. Naquela época ele já era capitão. 



Em nova atuação apática, o CORINTHIANS foi derrotado hoje pelo FLAMENGO (3 A 0) e deixou o MARACANÃ na mesma situação em que chegou: na zona de rebaixamento. O elenco corintiano está rachado. Os atletas trocam acusações e o técnico ÉMERSON LEÃO é contestado. MAGRÃO, um dos poucos que ainda tentam lutar em campo, demonstrou descontentamento após a partida. “Futebol se joga correndo, se joga lutando. Nessa hora ruim cada um tem de assumir parte da culpa”, desabafou. LEÃO pediu desculpas à torcida e prometeu salvar o time do descenso. O PALMEIRAS se livrou da derrota diante do ATLÉTICO PARANAENSE: chegou a estar perdendo por 2 a 0, mas, ao contrário do CORINTHIANS, o time palmeirense em momento algum desistiu de lutar, conseguiu empatar e quase virou o jogo nos minutos finais. Outros resultados da rodada: PARANÁ 1 x GOIÁS 0; FIGUEIRENSE 2 x PONTE PRETA 1; SANTA CRUZ 0 x VASCO 4



O apresentador JORGE KAJURU foi internado com urgência neste domingo, no hospital SÃO FRANCISCO, em RIBEIRÃO PRETO, interior de SÃO PAULO, após ingerir uma dose excessiva de tranqüilizantes.



A duas semanas da eleição, os candidatos à Presidência: LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA e GERALDO ALCKMIN ampliaram hoje as promessas de campanha. “Educação é a prioridade”, afirmou LULA durante evento pelo DIA DO PROFESSOR, em BRASÍLIA, onde ressaltou que, em breve, “todos os professores poderão ter seu próprio computador portátil”. Para baratear o transporte, a começar pelas passagens de metrô, ônibus e trem, ALCKMIN garantiu em SÃO PAULO que cortará impostos como PIS e COFINS. Prometeu, ainda, criar um piso nacional de salário para professores.



A indústria de países emergentes está crescendo a taxas até sete vezes superiores à do BRASIL. Enquanto a produção industrial do País acumula alta de 2,2% nos 12 meses encerrados em julho, a de um grupo de economias em desenvolvimento registra aumentos que vão de 4,5¨% a 17% - este último é o caso da CHINA. Embora o setor esteja avançando mais no governo de LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA do que nos dois mandatos anteriores, aumenta a distância que separa o desempenho nacional com relação a países com os quais compete diretamente. Os dados constam de um levantamento feito pelo Instituto de Estudos para o Desenvolvimento Industrial (IEDI), a pedido de “O ESTADO DE SÃO PAULO”. Em alguns dos casos, o fosso que separa o avanço brasileiro ao de outros países é ainda maior na produção industrial do que o já existente quanto à expansão do Produto Interno Bruto (PIB). É o que ocorre em comparação com CHINA e CORÉIA DO SUL, conforme dados da consultoria AUSTIN RATING.



Equipes de resgate localizaram hoje na PRAIA DE MANGUINHOS, na GRANDE VITÓRIA, os corpos de três das seis vítimas do acidente com o avião SÊNECA, que caiu sexta-feira (13) à noite. As causas do desastre ainda não foram esclarecidas; a hipótese mais provável é que o piloto tentava voltar ao Aeroporto de VITÓRIA, com alguma pane. O último contato do SÊNECA com a torre foi cerca de 40 quilômetros após levantar vôo de VITÓRIA, rumo à BAHIA; os destroços estavam a apenas 15 quilômetros do aeroporto. Aviões como o SÊNECA não têm caixa-preta, o que significa que a investigação sobre a causa do acidente terá de ser feita pela análise dos destroços, sem garantia de bom resultado.

Os primeiros corpos localizados foram os de RONILDA TEREZINHA OLIVEIRA DE SOUZA, de 48 anos, e de LUANA PIMENTEL, de 25, pela madrugada. Moradores da região encontraram os cadáveres e avisaram os bombeiros. Os corpos estavam muito mutilados. RONILDA foi reconhecida pela aliança de casamento e a cicatriz da cesariana. LUANA foi identificada pelos cabelos longos e pela roupa. De manhã, bombeiros localizaram o corpo do estudante de Farmácia ALDUÍNO OLIVEIRA DE SOUZA, de 26 anos, namorado de LUANA. “Foi possível reconhecê-lo pelo biotipo e pelos cabelos. Ele era bem magro”, disse o irmão de COUTINHO, ADILSON, que viajou a VITÓRIA para acompanhar o resgate. ADILSON aguarda a chegada da ficha datiloscópica das vítimas para fazer o reconhecimento oficial, a partir das impressões digitais.

O plano de vôo, destroços da aeronave e a carteira do major-coronel também foram encontrados na PRAIA DE MANGUINHOS, assim como bancos do avião e pertences pessoais das vítimas, na PRAIA DE JACARAÍPE, na GRANDE VITÓRIA. Quarenta homens da Força Aérea Brasileira, dois aviões e um helicóptero, lanchas particulares, as Polícias Civil e Militar, o Corpo de Bombeiros e a Capitania dos Portos participam das buscas.

Ainda estão sendo procurados o piloto COUTINHO, RAFAEL OLIVEIRA DE SOUZA, de 24 anos, e a noiva dele, FÁTIMA CAMPOS LOPES, de 26 anos. No RIO, LEILA COUTINHO, irmã do piloto, fez um apelo para que as autoridades não abandonem as buscas, a serem retomadas amanhã, sem que todos os corpos sejam encontrados.



A asa direita do BOEING 737-800 da GOL deixou de ser apenas um amontoado de ferros distorcidos para se tornar uma estrutura abençoada. Desde as 10:45 horas de hoje, ela abriga uma imagem de NOSSA SENHORA APARECIDA, deixada ali, junto com uma Bíblia, para proteger as almas das 154 vítimas do vôo 1907. “Gostaria que a imagem de NOSSA SENHORA no local do acidente fosse vista pelas famílias como marca de esperança. Queria que soubessem que seus entes queridos estão muito bem, em paz, junto de DEUS”, disse o padre ALEXANDRE PACIOLLI, da Paróquia NOSSA SENHORA DE GUADALUPE, de BRASÍLIA.

Houve comoção geral durante os quinze minutos em que PACIOLLI e o tenente-padre MARCELO SILVA, da Arquidiocese Militar do BRASIL, abençoaram a imagem e a clareira principal aberta pelos militares na reserva indígena do XINGU. Os militares foram  até a santa, pediram bênção e rezaram pelas vítimas. NILSON PICALHO, gerente-geral da FAZENDA JARINÃ, pedirá amanhã a um carpinteiro uma capelinha de madeira para proteger a santa. Durante a bênção, o tenente-coronel LEÔNIDAS DE ARAÚJO se aproximou da Bíblia deixada junto à imagem e se emocionou ao vê-la aberta, por acaso, em JÓ. “JÓ foi rico, perdeu os bens, membros da família e a saúde, mas nunca se revoltou contra DEUS. Venceu pela esperança”.    



O esquerdista RAFAEL CORREA, do partido ALIANÇA PAÍS, e o populista de centro-direita ÁLVARO NOBOA, disputarão em 26 de novembro o segundo turno das eleições presidenciais do EQUADOR. Resultados parciais divulgados nesta noite pelo Tribunal Superior Eleitoral do país, com 48% dos votos apurados, davam 27,3% a NOBOA e 22,1% a CORREA. Dono de uma das maiores exportadoras de banana do mundo, NOBOA defende tratados de livre comércio com os EUA. CORREA reprova terminantemente a idéia, é aliado do presidente venezuelano, HUGO CHÁVEZ, e já mostrou simpatizar com a nacionalização dos hidrocarbonetos feita pelo boliviano EVO MORALES em maio, declarando que pretende revisar e renegociar os contratos de petróleo do EQUADOR.



O PAPA BENTO XVI proclamou hoje quatro novos santos. Conhecido como “bispo dos pobres”, o mexicano RAFAEL GUÍZAR VALÊNCIA sofreu perseguição religiosa nos anos 1920 e 1930, quando trabalhava em seminários. “Ele desprendeu-se de seus bens e não aceitava presentes dos poderosos. Assim, recebeu cem vezes mais e pôde ajudar os pobres, até em meio a perseguições”, disse o PAPA. Também foram canonizados os italianos: FILIPPO SMALDONE e ROSA VENERINI e a francesa TEODORA GUERIN.



Uma coalizão de grupos terroristas integrada pela AL-QAEDA, no IRAQUE, anunciou hoje ter estabelecido um Estado islâmico em algumas províncias do IRAQUE. A COALIZÃO MUTAYIBEEN, formada por sunitas, fez o comunicado por meio de um vídeo de 8 minutos colocado na internet. Nele, um homem que se identifica como porta-voz do grupo, explica que o novo Estado é formado por oito províncias, incluindo BAGDÁ, AMBAR e KIRKUK. O anúncio é um ato simbólico, já que nenhum grupo insurgente tem força e autoridade suficientes para estabelecer seu próprio governo no IRAQUE. No entanto, ela revela a fragilidade do governo do primeiro-ministro NURI AL-MALIKI, de maioria xiita, e a sua dificuldade em lidar com as profundas divisões sectárias da sociedade iraquiana. Num sinal dessa dificuldade, o governo de MALIKI teve de adiar hoje uma conferência de reconciliação nacional, depois que um fim de semana particularmente violento deixou 86 mortos em todo o país.



O anúncio da criação de um Estado islâmico sunita coincidiu com a celebração para lembrar a morte do imã ALI, fundador do xiismo, assassinado no ano 661 em uma mesquita. Hoje, em NAJAF, atos em sua memória reuniram um milhão de pessoas, enquanto ataques ocorriam no resto do país.

Nos piores incidentes do fim de semana, pelo menos 40 sunitas foram mortos na cidade de BALAD (de maioria xiita) numa ação para vingar a morte de 14 trabalhadores xiitas. Dois fuzileiros navais morreram em AMBAR, elevando para 53 o total de baixas americanas neste mês.



Acusado o presidente de ISRAEL, MOSHE KATSAV, de assediar sexualmente cinco mulheres e de estuprar duas delas. Ele também é acusado de instalar escutas telefônicas ilegais, desviar dinheiro público, obstruir a Justiça e coagir testemunhas. Em JERUSALÉM.



2 007    :      -     SEGUNDA-FEIRA

DIÁRIO DE SÃO PAULO – CADERNO “VAMOS VER”

DUAS CARAS E VÁRIOS COROAS

Novela de AGUINALDO SILVA tem atores mais velhos que alavancam a audiência da trama; trunfos são o carisma e a versatilidade.

Os jovens que nos desculpem, mas maturidade é fundamental. “Duas Caras” tem muitos atores novos, porém são os mais velhos, segundo os especialistas, que vão segurar a trama. E a audiência já reflete isso.

A novela estreou com 40 pontos no Ibope no dia 1º de outubro. Neste período, a média da primeira semana foi de 35. Nos primeiros capítulos a trama girou em torno do golpe de ADALBERTO (DALTON VIGH) em MARIA PAULA (MARJORIE ESTIANO). Mas bastou a história de BRANCA (SUZANA VIEIRA, de 65 anos), CÉLIA MARA (RENATA SORRAH, de 60), GIOCONDA (MARÍLIA PÊRA, de 64) e BARRETO (STÊNIO GARCIA, de 74) entrar no ar para o folhetim ganhar impulso.

No dia em que GIOCONDA contou para BRANCA que o marido tinha uma amante, a trama atingiu 38,4 pontos. No capítulo seguinte (quarta-feira, dia de futebol), quando a história tinha continuação, foram 41 pontos, a maior audiência da novela até então. Neste capítulo também foi exibida a discussão de ADALBERTO com JUVENAL (ANTÔNIO FAGUNDES, de 58 anos).

“Justiça seja feita, o DALTON VIGH está muito bem na trama e não entra na seara de SUSANA e FAGUNDES, mas realmente são os atores mais experientes que fazem a diferença. Não importa o horário, é preciso ter ator que passe credibilidade e versatilidade. ‘DUAS CARAS’ reúne a prata da casa, que atrai o público”, argumenta NILSON XAVIER, autor do “Almanaque da Telenovela Brasileira”.

Então, panela velha é que faz comida boa (como diz a canção que se tornou famosa na voz de SÉRGIO REIS)? “Fico feliz de ver atores que, como eu, começaram no início da televisão, passaram para a TV em cores e chegaram à era digital. A novela está cheia de atores assim e isso é um privilégio. Você ter intérpretes com quase ou mais de 60 anos protagonizando um folhetim é uma coisa muito rara no BRASIL. Um verdadeiro privilégio”, diz MARÍLIA PÊRA.

O curioso é que esses atores veteranos encarnam seus personagens com um frescor que faz o telespectador querer mais. “Eles têm carisma, bagagem e suas interpretações empolgam o público”, diz o especialista em novelas CLAUDINO MAYER.

Se depender de empolgação, SUSANA VIEIRA é a campeã. “Imagina eu trocando tapas com a RENATA SORRAH por causa do WILKER (JOSÉ) no meio da favela do FAGUNDES. Isso vai ser uma loucura! O público vai vibrar. Nesta trama só faltava o TONY RAMOS”, diverte-se a atriz.

BRANCA e CÉLIA MARA, depois de brigarem pelo amor do finado JOÃO PEDRO (HERSON CAPRI), irão se apaixonar pelo mesmo homem: o professor FERNANDO MACIEIRA (WILKER). “Claro que será um barato trabalhar com as duas. SUSANA é a pessoa mais moleque que conheço e a RENATA é uma querida. Tomara que dê certo”, torce WILKER, de 60 anos.  



O jurista IVES GANDRA DA SILVA MARTINS recebe hoje o Prêmio Professor Emérito 2007 – Troféu Guerreiro da Educação, concedido pelo Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) e pelo ESTADO. Durante o evento haverá um pronunciamento do jornalista e diretor do ESTADO, RUY MESQUITA, e do presidente do Conselho de Administração do CIEE, PAULO NATHANAEL PEREIRA DE SOUZA.

A ex-primeira-dama e antropóloga RUTH CARDOSO foi a primeira homenageada, em 1997. Nos anos seguintes, também receberam o prêmio o jurista MIGUEL REALE, a ex-ministra da Educação ESTHER DE FIGUEIREDO FERRAZ, o médico LUIZ DÉCOURT, o economista JOSÉ PASTORE, o engenheiro ANTÔNIO HÉLIO GUERRA VIEIRA, o sociólogo e crítico literário ANTÔNIO CÂNDIDO, o pesquisador e compositor PAULO VANZOLINI, o ambientalista PAULO NOGUEIRA NETO e o biólogo geneticista CRODOWALDO PAVAN.



GINO me telefona nesta manhã. Diz que irá fazer uma palestra na maçonaria, à noite, e não poderá comparecer na reunião da Comissão Cívica e Cultural, na Associação Comercial. Diz ele que o MENDES também terá compromissos em CAMPINAS e não irá nessa reunião.  Pede para que eu o represente. Fala que embarcará na sexta-feira para o RIO e não poderá ir até a Câmara Municipal, nesse dia, quando o TENENTE-CORONEL FALCÃO receberá o título de CIDADÃO PAULISTANO. Também fala que cumprimentou o GENERAL BUENO, nosso associado, que está completando 89 anos nesta segunda-feira.

Nem bem chego na Sociedade Veteranos de 32-MMDC, por volta das 12:30 horas, e recebo um telefonema dizendo que oficiais do MMDS estão me esperando para almoçar na AORRPM. A funcionária MARINEI confessa certos deslizes da LILIAN na semana em que estivemos em MINAS. Ela abandonou o serviço, nos dois dias, bem antes do encerramento do horário da Entidade. Tudo ficou nas mãos da MARINEI que teme não dar conta das tarefas exigidas. Irei levar essa situação ao conhecimento da Diretoria Executiva no dia 23 próximo.

Almoço na AORRPM. Ali, converso com o CORONEL PM Ref HERMES CRUZ, com o TENENTE BORGES (que está interessado em conhecer detalhes de um major sergipano – ASCÂNIO – na revolução constitucionalista de 1932); com PASSOS, MÁRIO MARGARIDO, VICTÓRIO e COLOMBO. Como tenho compromisso de estar às 15 horas na Associação Comercial, retorno ao MMDC. Atendo os problemas mais graves. Um deles é saber quanto a data em que o Comandante Geral da PMESP poderá receber o Colar CARLOS DE SOUZA NAZARÉTH, junto à 5ª EM/PM, pois esse detalhe será alvo de pergunta na reunião de logo mais da Comissão Cívica e Cultural.

FRANCISCO GIANNOCCARO coordena mais essa reunião, tendo como secretário VIVIANO FERRANTINI. Estão presentes: LAURO ESCOBAR, CORONEL PM Ref PAULO TENÓRIO DA ROCHA MARQUES, ANTÕNIO AUGUSTO BIZARRO, GIAMBATTISTA SERRA DI NERVI, HELIODORO PEREIRA DE SÁ, JORGE LUIZ DA COSTA, MILTON FERNANDES, ANA CAROLINA, OG POZZOLI, PAULA BRAGA VISCAINO, VALDIR ABDALLAH, MAJOR PM Ref PÍCOLI.

GIANNOCCARO lê um documento enviado pela esposa do PAULO DE AZEVEDO MARQUES comunicando que ele se encontra adoentado. Um outro papel dá ciência de que ALFREDO BRUNO JÚNIOR sofreu uma operação logo após ser condecorado no dia 2 de outubro com a Medalha PEDRO DE TOLEDO. MARIA CECÍLIA NACLÉRIO HOMEM, que não pôde comparecer hoje, manda uma correspondência comunicando que livros didáticos subversivos estão circulando nas escolas. Isso vai criar debates violentos, todos contra essa situação. São levantados nomes de traidores (LAMARCA, CHE GUEVARA e outros) que são considerados heróis para a esquerda festiva. A discussão leva, fatalmente, a situação política, principalmente no Senado, onde a corrupção campeia. Falam também de valores da Nação, como os bandeirantes e outros acontecimentos históricos que demonstram bravura, civismo, honestidade, valores que atualmente estão, para os políticos reinantes (nem todos, mas os que se salvam são poucos) estão na “lata do lixo”. Como único representante do MMDC, exponho a todos a visita que fizemos a SANTOS DUMONT, principalmente o conhecimento da ESTRADA REAL e o MUSEU SANTOS DUMONT. Cito também a outorga da Medalha “DRAGÕES REAIS DAS MINAS”, um reconhecimento para a Sociedade Veteranos de 32-MMDC, num quartel do Exército, que, em 1932, lutou contra os constitucionalistas. Hoje, eles dão valor pelo episódio e pelo IDEAL CONSTITUCIONALISTA dos paulistas.

MILTON FERNANDES vai fazer uma demonstração da KHRONOPEDIA e isso é demorado. A reunião vai demorar um pouco mais do normal. Encerrado os trabalhos, converso com GIANNOCCARO, PAULO TENÓRIO, ESCOBAR e FERRANTINI sobre a solenidade que se pretende fazer para outorgar o Colar CARLOS DE SOUZA NAZARETH para o Cmt Geral da PMESP, bem como para o Estandarte da Corporação. Irá ser marcada uma data para conversarmos com o Cmt Geral, em audiência.

Retorno para GUARULHOS depois das 18 horas.    



O presidente licenciado do Senado, RENAN CALHEIROS, terá de responder a uma nova representação no Conselho de Ética. Nesse quinto processo, ele é acusado de ter usado um servidor da Casa, o ex-assessor FRANCISCO ESCÓRCIO, conhecido como CHIQUINHO, para espionar a vida de dois senadores da oposição, DEMÓSTENES TORRES e MARCONI PERILLO.

A iniciativa de investigá-lo, cinco dias após haver se afastado do comando do Senado, foi tomada por cinco dos seis integrantes da Mesa Diretora, na primeira reunião convocada pelo senador TIÃO VIANA, na condição de presidente interino. A denúncia foi apresentada na semana passada pelo DEM e PSDB. TIÃO esclareceu que a Mesa se limitou a examinar o pedido dos partidos, sem entrar no mérito da acusação.



Um ex-interno da antiga FEBEM é acusado de montar quadrilha para extorquir o padre JÚLIO RENATO LANCELOTTI, de 64 anos, da Pastoral do Menor, entidade ligada à Igreja Católica. Investigações da polícia apontam pelo menos quatro integrantes do grupo e exigências que podem ter levado o religioso a pagar mais de cinqüenta mil reais ao bando em três anos. Em 6 de setembro, o ajudante ÉVERSON DOS SANTOS GUIMARÃES, de 26 anos, foi preso em flagrante depois de receber dois mil reais do padre.

Hoje, a Justiça decretou a prisão preventiva do ex-interno da FEBEM, ÂNDERSON MARCOS BATISTA, autônomo, de 25 anos, de sua companheira CONCEIÇÃO ELETÉRIO, de 44, e do montador EVANDRO DOS SANTOS GUIMARÃES, irmão de ÉVERSON. Segundo o delegado ANDRÉ LUIZ PIMENTEL, chefe do Setor de Investigações Gerais da 5ª Seccional (LESTE), as acusações são de extorsão e formação de quadrilha. A polícia ainda não encontrou os três foragidos.



Considerado um dos principais centros de atendimento à saúde do Estado, o Instituto Central do Hospital da Clínicas virou personagem de histórias típicas do desperdício de dinheiro público e do pouco caso com que representantes de órgãos do governo vêem o atendimento à população. Os casos estão relatados no livro “ESTAÇÃO CLÍNICAS”, escrito pelo médico WALDEMIR REZENDE, de 48 anos, que entre fevereiro de 2003 e fevereiro deste ano foi diretor executivo do HC e acompanhou de perto os casos de irregularidades e roubos no complexo. Encarregado de administrar o dia a dia do hospital, REZENDE conta que, como médico, já conhecia as dificuldades do HC, mas passou a saber os motivos dos problemas tão logo assumiu o cargo executivo. “Trabalho há 15 anos no HC e já brigava com a falta de material ou produto de má qualidade. Depois, vi que a falta de controle sobre compras e mesmo as irregularidades contribuíam para esse quadro”, afirma ele. “São vários os tipos de suborno. Ele varia de uma cesta de café da manhã até favorecimentos com cargos, e, lógico, dinheiro vivo”. “Até sifão de banheiro foi levado. Resultado? Pacientes sem sequer um banheiro para usar”.



Um casal de representantes comerciais de PEDREIRA, a 130 quilômetros de SÃO PAULO viajou até o RIO DE JANEIRO para pagar um resgate inventado de sua filha seqüestrada. Na verdade, eles caíram no golpe do falso seqüestro, no qual um criminoso extorque dinheiro de suas vítimas com ameaças pelo celular. O drama só acabou 20 horas depois, quando a filha conseguiu telefonar para os pais e dizer que estava tudo bem.

LUIZ FERNANDO MAZZINI, de 62 anos, e sua mulher DORALICE APARECIDA GRANCHI MAZZINI, de 57, receberam o telefonema a cobrar dos criminosos por volta das 20 horas de sexta-feira, dia 12 de outubro, segundo o delegado FERNANDO CÉSAR MAGALHÃES REIS, titular do 64ª Delegacia Policial (VILAR DOS TELES), do RIO. Os criminosos afirmaram que a filha deles estava em poder de seqüestradores no RIO DE JANEIRO e seria morta caso um resgate não fosse pago em dinheiro. O casal argumentou que não seria possível sacar a quantia exigida pelos bandidos devido ao limite de saques dos caixas eletrônicos.

A solução encontrada pelos bandidos foi mandar que eles pegassem todas as jóias que encontrassem em casa, sacassem o máximo de dinheiro que conseguissem e fossem em direção ao RIO de carro. O casal seguiu prontamente as orientações e pegou a estrada levando um relógio, quatro cordões, um anel e um par de brincos.

Fizeram apenas uma parada, no município carioca de RESENDE. Lá, conseguiram sacar um mil reais de um caixa eletrônico. Os falsos seqüestradores fizeram inúmeras ligações para o telefone do casal para que eles não pudessem realizar outros telefonemas e permanecessem em constante estado de intimidação. Quando se aproximaram do RIO, LUIZ FERNANDO e DORALICE receberam ordens para dirigir até a Rua CORREIA DE LIMA, em SÃO JOÃO DO MERITI, na BAIXADA FLUMINENSE. Lá, deixaram a sacola com os valores em um telefone público. Quando se afastavam do local em seu carro, conseguiram ver uma mulher grávida ir até o telefone público, recolher o pacote, e desaparecer ao entrar em uma rua próxima.

Os bandidos então telefonaram novamente dizendo que a quantia não era suficiente. Contudo, antes que o casal negociasse o carro, a filha das vítimas conseguiu telefonar e dizer para o pai e a mãe que não havia sido seqüestrada e que estava em segurança em sua casa em PEDREIRA. O casal, então, fez um Registro de Ocorrência na delegacia local e retornou a SÃO PAULO.     



O CAPITÃO DO EXÉRCITO, ÂNDERSON MÁRCIO GOMES DA SILVA, morreu hoje durante curso de guerra na selva no Lago PURAQUEQUARA, próximo a MANAUS. O oficial fazia instrução de embarque e desembarque de bote quando militares perceberam que estava emborcado, cinco centímetros abaixo da linha d´água. Ele chegou a ser levado ao hospital. Foi aberto inquérito policial-militar para investigar as causas da morte. As informações foram dadas pelo comandante militar da AMAZÔNIA, GENERAL AUGUSTO HELENO PEREIRA, que acompanha o ministro da Defesa, NELSON JOBIM, na viagem pelos pelotões de fronteira.



Morreu ontem em SÃO PAULO o jornalista e crítico musical CARLOS CONDE, que durante duas décadas foi o produtor e apresentador do programa JAZZ CONCERT, na Rádio CULTURA FM. Ele teve um tumor cerebral descoberto há alguns meses. Grande especialista e colecionador de discos de jazz e música negra americana, CONDE levou o seu programa a ganhar dois prêmios da Associação Paulista dos Críticos de Artes, em 1991 e em 1999, pela programação que festejava o centenário de DUKE ELLINGTON. Participou duas vezes da convenção da International Association of Jazz Education, que se realiza dos ESTADOS UNIDOS anualmente.



O feriado de NOSSA SENHORA APARECIDA deixou, de quinta-feira a domingo, 92 mortos nas rodovias federais. Balanço divulgado hoje pela Polícia Rodoviária Federal mostra que as estradas registraram uma média de 23 vítimas fatais por dia. A estatística leva em conta apenas os mortos no local do acidente. De acordo com o levantamento, 1.187 pessoas ficaram feridas em 1.592 colisões e atropelamentos.



Morreu nesta segunda-feira o poeta e professor CASSIANO NUNES BOTICA, aos 86 anos. Autor de dezenas de livros, entre os quais LITERATURA & VIDA e MONTEIRO LOBATO – EDITOR DO BRASIL, NUNES iniciou sua carreira atuando como repórter, redator e crítico literário na década de 1930 no jornal A TRIBUNA, de SANTOS, sua cidade natal. No fim dos anos 1940, estudou literatura americana na Universidade de MIAMI e quando voltou ao BRASIL se dedicou à orientação literária da Coleção SARAIVA. Entre 1962 e 1965, lecionou literatura brasileira e portuguesa na Universidade de NOVA YORK. Foi professor na Universidade de BRASÍLIA, onde se aposentou ao completar 70 anos.

Paleontólogos brasileiros e argentinos anunciaram hoje, no RIO, a descoberta do mais completo fóssil de dinossauro do mundo. Às margens do LAGO BARREALES, na PATAGÔNIA (ARGENTINA), a equipe de pesquisadores achou cerca de 20 vértebras de um exemplar muito bem preservado de uma nova espécie de dinossauro gigante, batizado FUTALONGNKOSAURUS DUKEI.

O nome, inspirado na língua indígena mapuche, significa “o chefe gigante dos lagartos”. Há também referência à empresa de energia DUKE ENERGY CORP, um dos patrocinadores do projeto, ao lado da Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RIO.



A incrível história de uma banhista de 52 anos que sobreviveu ao ataque de uma grande tubarão branco – uma das criaturas mais ferozes e perigosas da Terra – foi o assunto do dia, hoje, na AUSTRÁLIA. De acordo com jornais e emissoras de televisão, a mulher chegou a lutar com a criatura e escapou da morte certa golpeando o peixe com um remo.

“Achei que era o fim, que ele ia agarrar minha perna. Tinha meu remo e apenas continuei esmurrando, esmurrando, esmurrando”, declarou LINDA WHITEHURSRT a uma emissora de TV australiana. A mulher foi atacada no domingo, enquanto praticava remo com caiaque junto com seu marido. O casal estava a 150 metros da faixa de areia de uma popular praia do país. O mais incrível é que ela sofreu somente pequenas escoriações no braço direito ao lutar contra o tubarão de 2,5 metros, antes de conseguir chegar de volta à embarcação e retornar remando à famosa praia THE PASS, na BAÍA DE BYRON, na costa oeste da AUSTRÁLIA. 



MADONNA chegou a um acordo para trocar a gravadora WARNER MUSIC pela LIVE NATION INC. Com exceção do disco a ser lançado em 2008, a nova produtora será a proprietária dos novos álbuns, excursões, produtos de marketing, filmes e outros projetos musicais da cantora. O valor da transação não foi divulgado, mas o diário THE WALL STREET JOURNAL informa que a cantora deve receber 120 milhões. “Nunca gostei de pensar de forma limitada e, com esta nova associação, as possibilidades são infinitas”, disse MADONNA.



Nesta segunda-feira, a ex-BBB ÍRIS STEFANELLI anunciou por meio de seu blog que terminou o romance com o empresário de origem grega STRAVOS STILIANOS. O romance, que teve início em agosto, não resistiu às longas viagens de negócio do rapaz.



Ganharam o Prêmio NOBEL DE ECONOMIA os americanos ERIC MASKIN, ROGER MYERSON e o russo naturalizado americano LEONID HURWICZ. As pesquisas realizadas pelo trio ajudaram a fixar a idéia de que os governos e as agências reguladoras devem tentar corrigir as distorções que tornam os mercados imperfeitos. Dos três premiados, LEONID HURWICZ foi o mais celebrado. Aos 90 anos, ele se tornou a pessoa mais velha a receber um NOBEL. Em ESTOCOLMO.



2 008    :      -      QUARTA-FEIRA

NÚCLEO DE SÃO MIGUEL PAULISTA – REUNIÃO MARCADA PARA DIA 15 DE OUTUBRO DE 2008 – 10 HORAS -

Bom dia a todos!

 Encaminho o convite em anexo, o qual trata da reunião mensal de outubro de nosso Núcleo São Miguel Paulista da Sociedade Veteranos de 32 - MMDC, ocasião em que as seguintes personalidades, que não puderam comparecer em 28 de setembro, por motivo de força maior,  estarão sendo agraciadas com a Medalha Governador Pedro de Toledo:

 Padre  Antonio Luiz Marchioni –  Pe. Ticão

Doutor Fernando França Teixeira de Freitas – Advogado

Capitão PM Marcelo Gimenez Bernardes da Silva – 28º BPM-I

1º Tenente Dentista PM Raul  Fabio Dias dos Santos– 29º BPM/M

2º Tenente PM Valdomiro Garcia Rafael Junior – 28º BPM/I

2º Tenente Res PM Valdomiro Garcia Rafael – 28º BPM/I

1º Sargento de Comunicações do Exército José Geraldo Roseno dos Santos - CPOR/SP



Natanael Soares dos Santos

1º Tenente PM - Presidente da Diretoria Executiva



Alexandre Bueno Pinheiro

1º Ten PM - Presidente do Conselho Deliberativo



Para essa solenidade em SÃO MIGUEL PAULISTA irá o presidente da Sociedade Veteranos de 32-MMDC, GINO STRUFFALDI, acompanhado de seu secretário, CORONEL PM MARIO FONSECA VENTURA. O CORONEL MENDES tem outro compromisso.

O TENENTE ALEXANDRE, que está comandando interinamente uma companhia do 29º BPMM, manda uma viatura buscar-nos, às 8:30 horas, na Sociedade Veteranos de 32-MMDC. O GINO foi o primeiro a chegar. PM PAIVA transporta-nos à CASA DA CULTURA de SÃO MIGUEL PAULISTA. Somos os primeiros a chegar ao local. Aos poucos vão chegando os convidados. Um deles é o PADRE ANTÔNIO LUIZ MARCHIONI, Padre TICÃO, que foi indicado para receber a Medalha Governador PEDRO DE TOLEDO em 28 de setembro, ocasião do aniversário do bairro. Ele não pôde comparecer naquela oportunidade e hoje, finalmente, ele será condecorado. Chega bem cedo também o 1º SARGENTO de Comunicações do Exército JOSÉ GERALDO ROSENO DOS SANTOS, do CPOR/SP, que se faz acompanhar de sua esposa.

O TENENTE-CORONEL PM ROBERTO FERNANDES, Cmt do 29º BPMM, vem prestigiar essa reunião do núcleo de SÃO MIGUEL PAULISTA, onde o 1º TENENTE PM NATANAEL SOARES DOS SANTOS é o Presidente da Diretoria Executiva e o 1º TENENTE PM ALEXANDRE BUENO PINHEIRO é o Presidente do Conselho Deliberativo.

A solenidade de entrega de medalhas Governador PEDRO DE TOLEDO realiza-se concomitantemente com a reunião do núcleo de SÃO MIGUEL. A mesa é constituída pela diretoria do núcleo, pelo presidente GINO STRUFFALDI, pelo doutor JÚLIO BATISTA e por mim. O PADRE TICÃO tem urgência em ser liberado por volta das 10:30 horas e é o primeiro a ser condecorado. Depois vamos homenagear os demais constantes da lista, principalmente um oficial do 28º BPMI - ANDRADINA, batalhão distante de SÃO PAULO, 2º TENENTE PM VALDOMIRO GARCIA RAFAEL JÚNIOR, acompanhado de seu pai, também 2º TENENTE PM Reformado VALDOMIRO GARCIA RAFAEL.  

GINO faz uso da palavra e elogia o desempenho dos integrantes do núcleo, entre eles a Professora ADINÉIA, Mantenedora do Colégio TOBIAS DE AGUIAR, autora do hino de SÃO MIGUEL PAULISTA; Sr PARZIALLI, Presidente Emérito da Distrital da Associação Comercial em SÃO MIGUEL PAULISTA; Sr TONINHO do jornal SÃO MIGUEL; senhor MIKON, Presidente da Associação NIKKAN de SÃO MIGUEL e demais pessoas da comunidade.

Terminada a reunião do núcleo, com muitas conversas nesta manhã, somos convidados para almoçar na Companhia que o TENENTE PM ALEXANDRE está comandando. Foi servida uma feijoada. O PM PAIVA vai nos transportar até a sede da Sociedade. Vamos nos encontrar com o CORONEL MENDES, empenhado em resolver o problema das férias da MARINEI. O PM PAIVA leva o GINO para sua residência.

Por volta das 16 horas temos uma solenidade no 1º Batalhão de Choque “TOBIAS DE AGUIAR”, 38º aniversário da ROTA e posse do novo Comandante, TENENTE-CORONEL PM AYRTON.

Minha idéia era de participar dessa solenidade, mas a feijoada e o fato de ter levantado às 5 horas, faz com que me sinta super cansado nesta tarde de 35 graus de temperatura. Deixo de ir ao 1º BPChq e regresso a GUARULHOS com muito sono. Deito e somente vou levantar depois das 19 horas.



A cidade de SÃO PAULO registrou a temperatura mais alta do ano hoje. Os termômetros do INMET atingiram os 34,5%, às 15 horas, no MIRANTE DE SANTANA, na zona norte, onde é medida a temperatura oficial para toda a cidade. A marca da tarde superou o recorde atual de 33,9% registrados no último dia 11 de setembro.   



LINDEMBERG FERNANDES ALVES, de 22 anos, mantém a ex-namorada refém ainda. Até a noite de hoje ele não dava sinais de quando irá libertá-la. À tarde, chegou a confirmar que se renderia e entregaria ELOÁ CRISTINA PIMENTEL DA SILVA, de 15 anos. Ele conversou com a apresentadora SÔNIA ABRÃO, da Rede TV!. “A ELOÁ vai sair daqui, eu vou sair daqui e vai ficar tudo bem, mas depende do comandante lá embaixo. Na melhor hora, no melhor momento, não vai ser por força que vou liberar a ELOÁ. Ela vai descer com os dois revólveres, sem munição. Eu vou descer com as mãos para cima”. LINDEMBERG se mostrou nervoso com o comandante do CPChq, CORONEL PM EDUARDO JOSÉ FÉLIX. “Tenho raiva do comandante aí, meu. Antes, as duas partes estavam dispostas a negociar. Aí ele deu a palavra dele que não ia subir. E ele subiu e apertou a campainha. Então ele passou por cima da palavra dele. Não estou mais confiando nesse comandante aí”, disse LINDEMBERG, que se referia a uma tentativa frustrada de negociação da polícia, que chegou a entrar no apartamento, às 8 horas. Mais de 15 homens do GATE cercam o prédio onde o casal está.

O CORONEL PM EDUARDO JOSÉ FÉLIX, Comandante do Choque que negocia a rendição de LINDEMBERG afirmou que, por volta das 14 horas, havia fechado um acordo com o seqüestrador. “Ele nos disse que iria colocar a arma no chão e liberar a moça”, contou. O acordo, no entanto, não se concretizou. Para o comandante, LINDEMBERG mudou de opinião após dar uma entrevista ao vivo para a apresentadora SÔNIA ABRÃO, da REDE TV!. “Ele disse que só vai liberá-la quando quiser. Ele está se sentindo uma vedete. Tivemos de recomeçar do zero”, disse. O coronel acrescentou que o rapaz ficou nervoso hoje pela manhã depois que um policial tocou a campainha do apartamento. “Ele não atendeu o telefone a noite toda, nem de manhã. Ficamos preocupados: e se ele a tivesse matado a facadas e se matado de alguma outra maneira? Por isso, decidimos tocar a campainha. Um de nossos homens pegou um cabo de vassoura e apertou o botão da campainha”.

Hoje, NAYARA RODRIGUES VIEIRA, de 15 anos, que foi refém do rapaz por 33 horas, prestou depoimento no 6º DP de SANTO ANDRÉ, das 11:15 horas às 17:40. Ela saiu escoltada por policiais, sem falar com a imprensa. A polícia civil já ouviu 15 testemunhas do caso, entre elas os outros dois rapazes feitos reféns e libertados na segunda-feira e familiares das vítimas. 



A dez dias das eleições, pesquisa do IBOPE mostra o prefeito GILBERTO KASSAB, candidato à reeleição, em primeiro lugar com 51% das intenções de voto, enquanto a candidata do PT, MARTA SUPLICY, tem 39%. A diferença é de doze pontos. Apesar da desvantagem, MARTA disse que está confiante e aposta na propaganda eleitoral e nos próximos debates na TV para reagir. MARTA acha que o seu desempenho nos debates recentes favoreceu sua candidatura. Já KASSAB disse que ficou “muito feliz” com o resultado do IBOPE, embora a diferença tenha sido reduzida em relação ao DATAFOLHA.



O aposentado JOÃO MARTINS DE SOUZA, de 65 anos, que morreu na madrugada de segunda-feira, depois de percorrer 470 km em uma bicicleta de RIBEIRÃO PRETO até APARECIDA. Ele já havia feito a mesma viagem 27 vezes. Ao longo de mais de 20 anos de romarias, o aposentado pedalou no percurso entre as duas cidades cerca de 12.700 km, o que seria suficiente para passar por todo o litoral brasileiro quase duas vezes.

Às 5 horas do último dia 8, TIO BIM, como JOÃO MARTINS era conhecido, saiu junto com o pedreiro PASCOAL GAZAROLI FILHO, de 48 anos, e mais um colega com destino à APARECIDA. A idéia era celebrar o dia da padroeira do país. Ele começou a passar mal após 110 km. Mesmo assim, decidiu seguir somente bebendo água e fumando três maços de cigarro por dia, dos quais não abria mão. No sábado, os parceiros de pedalada se perderam do aposentado e acharam que ele tinha desistido. JOÃO MARTINS, no entanto, pedalou até a cidade de JACAREÍ. De lá, pegou uma carona com um caminhoneiro até SÃO JOSÉ DOS CAMPOS e ainda percorreu mais 80 km de bicicleta para chegar em APARECIDA por volta das 4:30 horas do domingo. O aposentado tomou um banho, foi à missa e chegou a ir para o hospital por causa do mal estar que sentia, mas foi medicado e liberado. Ele começou a passar mal de novo quando se preparava para voltar de ônibus para RIBEIRÃO PRETO e foi internado na Santa Casa de APARECIDA. JOÃO morreu por desidratação e falência múltipla de órgãos. A família do romeiro só foi avisada na manhã de segunda.  



Foi sepultada hoje em SÃO PAULO, no Cemitério da Paz, a socióloga MARIA ISABEL BALTAR DA ROCHA. Professora da Universidade Estadual de CAMPINAS (UNICAMP) e diretora do Núcleo de Estudos Populacionais (NEPO), MARIA ISABEL faleceu ontem, aos 61 anos, em um acidente. O carro em que a professora estava foi atingido por um caminhão carregado na Rodovia ANHANGÜERA, próximo ao distrito de APARECIDINHA, em CAMPINAS. Formada em Ciências Sociais pela PUC-SP e com pós-doutorado pelo Centro de Estudos Demográficos da Universidade Autônoma de BARCELONA, na ESPANHA, MARIA ISABEL teve importante participação no Conselho Consultivo da Rede de Saúde das Mulheres Latino-Americanas e do Caribe, além de integrar o Comitê Assessor Nacional da Comissão Intergovernamental de Saúde Sexual e Reprodutiva do Mercosul do Ministério da Saúde, entre 2004 e 2006.

Atualmente, MARIA ISABEL fazia parte do Conselho Consultivo da Associação Brasileira de Estudos Populacionais (ABEP) e coordenava um projeto de pesquisa com o objetivo de identificar o comportamento dos parlamentares brasileiros nas discussões sobre saúde reprodutiva e sexual da mulher.



O Superior Tribunal de Justiça negou mais um hábeas corpus ao juiz aposentado NICOLAU DOS SANTOS NETO, condenado por desvio de verbas da obra do Tribunal Regional do Trabalho de São PAULO. A defesa de NICOLAU, que cumpre prisão domiciliar na capital, pedia a anulação da condenação baseado no fato de que o juiz CASEM MAZLOUM, que presidiu o julgamento de NICOLAU, foi condenado por venda de sentenças.



A Superintendência Regional da Polícia Federal em São Paulo abriu inquérito para apurar o suposto vazamento de informações sobre a OPERAÇÃO AVALANCHE para MARCOS VALÉRIO FERNANDES DE SOUZA, que foi preso na sexta-feira, dia 10 por agentes da PF em BELO HORIZONTE, cidade onde mora, junto com seu sócio, o advogado ROGÉRIO LANZA TOLENTINO, e outros dois advogados. Eles são suspeitos de corrupção e de produção de falsas denúncias contra diretores da Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo. VALÉRIO ficou conhecido por ser considerado o operador do mensalão. A investigação detectou que na quinta-feira, dia 9, dia anterior à operação, MARCOS VALÉRIO teve conhecimento da expedição do mandado contra ele. Para a PF, MARCOS VALÉRIO “poderia ter empreendido fuga, não fosse a vigilância especial imposta por policiais federais”.



Nesta data, DIA DO PROFESSOR, é entregue o TROFÉU GUERREIRO DA EDUCAÇÃO ao Professor Emérito, prêmio concedido pelo jornal O ESTADO DE SÃO PAULO e pelo Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) a uma personalidade de destaque na defesa do ensino e da educação. Neste ano, o escolhido foi professor, filólogo e lingüista EVANILDO CAVALCANTE BECHARA, membro desde 2000 da Academia Brasileira de Letras (ABL). O professor foi eleito por uma comissão de reitores, educadores, empresários e integrantes do Conselho de Administração do CIEE.

A cerimônia de entrega do prêmio foi realizada no Teatro do CIEE, com a presença de vários intelectuais, políticos e professores eméritos eleitos em anos anteriores.  



Foi preciso ter nervos de aço. O mercado financeiro viveu hoje mais um dia para ser esquecido. Com negociações interrompidas e pregão prorrogado, a BOVESPA fechou com queda de 11,39%, aos 36.833 pontos, o pior tombo em dez anos, desde setembro de 1998. Às 14:25 horas, com queda de 10%, foi acionado no BOVESPA o “circuit breaker”, mecanismo que controla a oscilação dos indicadores, paralisando o pregão por meia hora. Os negócios foram retomados, mas mesmo com o fim do pregão prorrogado das 17 horas para 17:30, a BOVESPA não conseguiu reverter o desempenho negativo.



Mais uma vez a seleção brasileira decepcionou. Hoje à noite, em um MARACANÃ que não estava lotado, o time de DUNGA conseguiu a proeza de terminar a temporada 2008 sem marcar gols em casa. O empate de 0 a 0 com a COLÔMBIA, pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a COPA de 2010, repetiu o resultado dos jogos contra ARGENTINA e BOLÍVIA. O último gol brasileiro por aqui aconteceu em 21 de novembro do ano passado, quando a seleção bateu o URUGUAI por 2 a 1, no MORUMBI.

Na classificação, o BRASIL ocupa a vice-liderança isolada com 17 pontos, uma vez que a ARGENTINA perdeu por 1 a 0 para o CHILE, em SANTIAGO. O BRASIL volta a campo pelas Eliminatórias no dia 29 de março de 2009, quando enfrenta o EQUADOR, em QUITO. Antes disso, em novembro, o time de DUNGA faz amistoso contra PORTUGAL.  



O GENERAL SÉRGIO ARELLANO STARK, que em 1973 comandou a CARAVANA DA MORTE, que matou cerca de cem chilenos opositores, foi condenado hoje a seis anos de prisão por um dos episódios mais sangrentos da ditadura de AUGUSTO PINOCHET. Mais quatro militares foram condenados. A sentença se refere ao episódio de SAN JAVIER, A 275 km ao sul de SANTIAGO, onde em 2 de outubro de 1973, foram retirados da prisão e assassinados quatro prisioneiros políticos. ARELLANO, de 88 anos, cumprirá a sentença numa prisão especial para militares.



Foi um debate tenso, em que o senador republicano JOHN McCAIN partiu para o ataque e usou, pela primeira vez, a relação entre o democrata BARACK OBAMA e um radical norte-americano dos anos 1960. O debate de 90 minutos realizado na Universidade HOFSTRA em HAMPSTEAD, em NOVA YORK foi o terceiro e último entre os dois presidenciáveis antes da eleição de 4 de novembro. O encontro era considerado a última chance de McCAIN obter uma reviravolta nas pesquisas. Centrado em questões internas, o embate teve a economia como seu principal tema.



WON JEONG-HWA, a chamada “MATA HARI DA CORÉIA DO NORTE”, foi sentenciada hoje a 5 anos de prisão por espionagem. A sedutora agente usou durante anos “o sexo como uma ferramenta” para seduzir altos oficiais das Forças Armadas sul-coreanas, roubando seus segredos. O apelido, MATA HARI, vem da famosa dançarina que se tornou agente de espionagem durante a 1ª Guerra. WON JEONG-HWA tramava o assassinato de agentes sul-coreanos com agulhas envenenadas fornecidas por seu agentes controladores de PYONGYANG, conforme o noticiário.

A norte-coreana de 34 anos foi detida em agosto com seu padrasto, de 63 anos, e acusada de envolver-se em espionagem e fraude por sete anos após desertar para a CORÉIA DO SUL.

No interrogatório, ela detalhou para os investigadores sua vida dupla, na qual trabalhava para um dos regimes mais repressivos do mundo.



A atriz, comediante e cantora americana EDIE ADAMS, que nos anos 1960 fez diversas participações como coadjuvante em filmes como SE MEU APARTAMENTO FALASSE (1960), com JACK LEMMON e SHIRLEY MacLAINE, e VOLTA MEU AMOR (1961), com DORIS DAY e ROCK HUDSON, morreu hoje, aos 81 anos, em LOS ANGELES. A causa de sua morte foi pneumonia e câncer. EDIE teve uma carreira eclética, que incluiu atividades no show business, no teatro, em nightclubs e na televisão. Com formação de cantora clássica pela JUILLIARD, ganhou o prêmio de beleza MISS U.S. TELEVISION em 1950. Durante muito tempo, foi símbolo sexual fazendo comerciais de TV para os cigarros MURIEL.



2 009      :     -     QUINTA-FEIRA

É com grande satisfação que o Comandante do 1º Batalhão de Policia de Choque "Tobias de Aguiar", Ten Cel PM Paulo Adriano L. L. Telhada, tem a honra de convidar V.Sª para prestigiar a Solenidade Comemorativa do 39º Ano de Criação das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar "ROTA".

1º Ten PM Fabião

Oficial P/5

3315-0188 ramal 1250

Transmitiu

Cb PM Telmo

Aux P/5



Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar - ROTA

Primeiro Batalhão de Polícia de Choque




ORIGEM


            Em fins de 1969, os assaltos a estabelecimentos bancários e congêneres cresciam rapidamente, terroristas colocavam toda a segurança pública em constante desassossego. Havia então, a necessidade de criar-se um policiamento enérgico, reforçado e que possuísse mobilidade de ação em todo o município de São Paulo.

            A 2ª Companhia de Segurança do 1º Batalhão de Polícia Militar (1º BPM), que então se constituía exclusivamente em tropa de choque, passou a desenvolver o policiamento que a cidade necessitava.

            Um dos motivos que levou o Comandante do Batalhão (Tenente Coronel Salvador D’Aquino) a pleitear a execução desse policiamento foi, justamente, o fato de dar à 2ª Companhia de Segurança, que era estática (somente empregada em ações de choque), um efetivo emprego, uma vez que a 1ª Companhia de Segurança, em permanente prontidão, vinha suprindo as necessidades de choque – (Controle de Distúrbios Civis – CDC).

            Logo, o Comandante Geral da Corporação, autorizou o comandante do 1º BPM a iniciar um patrulhamento motorizado ostensivo no centro da cidade de São Paulo.

            Em 1970, o batalhão recebeu seis viaturas tipo Chevrolet/Veraneio, C-14, modelo luxo e o policiamento da 2ª Companhia de Segurança tomou corpo.

            A fim de facilitar sua operacionalidade as viaturas foram equipadas com aparelhos de rádio-comunicação do Centro de Operações da Polícia Militar.

            Mercê de uma doutrina de respeito à população e energia no combate a criminalidade e ao terrorismo, a 2ª Companhia de Segurança teve os seus recursos aumentados gradativamente passando a operar em todo o município da Capital paulista durante as vinte e quatro horas do dia.

            Em 15 de outubro de 1970, passou a denominar-se ROTA – “RONDAS OSTENSIVAS TOBIAS DE AGUIAR”.

            Simultaneamente, foi instalada no 1º BPM a Central ROTA de Comunicações, ou seja, uma estação fixa de rádio-comunicação, subordinada operacionalmente ao COPOM - Centro de Operações da Polícia Militar, com a finalidade de subsidiar e apoiar as viaturas em serviço.

            A 2ª Companhia de Segurança, era organizada em 8 (oito) pelotões, subdivididos em equipes compostas de: um Sargento(Cmt da equipe), um cabo ou soldado (motorista), três cabos/soldados (auxiliares). As equipes eram empregadas de acordo com os levantamentos de criminalidade em turnos de serviço de oito horas contínuas, sendo que, cada turno era comandado por um Oficial (ROTA COMANDO) que, coordenava e fiscalizava todo o emprego operacional das viaturas.

 


SITUAÇÃO ATUAL DO ANTIGO 1º BPM




            Atualmente, o antigo 1º BPM, encontra-se utilizando as mesmas instalações físicas, porém, passou a ser o Primeiro Batalhão de Polícia de Choque (1º BPCHQ) – Batalhão “TOBIAS DE AGUIAR”, o qual é responsável pela atuação das viaturas de “Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar” – ROTA.

            O 1º BPCHQ - Batalhão Tobias de Aguiar está dividido em quatro Companhias Operacionais de ROTA e uma administrativa, devidamente comandadas por Capitães. Os policiais das Cia Operacionais de ROTA trabalham em períodos de 12 (doze) horas de trabalho, sendo que as três primeiras horas são reservadas ao treinamento da tropa, tudo coordenado por um Oficial (tenente) comandante de pelotão e supervisionado pelo capitão comandante da Cia, entre instruções teóricas, práticas, condicionamento físico e equipagem das viaturas.

            Cada Companhia de ROTA operacional é responsável pela atuação de dois pelotões compostos por pelo menos vinte homens cada um, tendo sempre a frente de cada um dos pelotões um tenente, e a cada equipe (viatura), um Sargento.

            A 1ª Companhia representa a ROTA Noturna, a qual é responsável pelo patrulhamento no período compreendido entre 14h00min/02h00min horas; a 2ª Companhia representa a ROTA Matutina, a qual é responsável pelo patrulhamento no período compreendido entre 07h00min/19h00min horas, a 3ª e 4ª Companhia representa a ROTA Vespertina, as quais são responsáveis pelo patrulhamento no período compreendido entre 11h00min/23h00min horas.

            As equipes de ROTA (viaturas) são compostas por:

-          Um Sargento (comandante de equipe)

-          Um Cabo/soldado (motorista)

-          Dois Cabos/soldados (auxiliares)

Ob. As equipes poderão atuar com um quinto homem (estagiário), caso haja necessidade. As viaturas de ROTA são atualmente, do tipo Chevrolet/Blazer. Os pelotões de ROTA atuam em toda a capital paulista e grande São Paulo, inclusive no interior, caso haja necessidade. A atuação sempre dependerá do nível de necessidade, avaliado pela seção de estatísticas (P-3) do Batalhão, responsável pelo estudo estatístico de crimes.



Caríssimo Cel Mário Fonseca Ventura : alvíssaras !

Recebo suas amáveis palavras e sem falsa modéstia agradeço. A brasilidade exige a elucidação da verdade histórica da REVOLUÇÃO CONSTITUCIONALISTA DE 32. Nosso entendimento conclui que essa tarefa é de ampla responsabilidade do MMDC. Em verdade, os revolucionários de 32 clamam por uma ação incisiva nesse diapasão. No  "2º ENCONTRO PELA DEMOCRACIA", restou-me a desalentadora constatação de que as verdadeiras forças construtivas estão desarticuladas, crescendo a juventude a esmo... É preciso que o povo tome conhecimento com ênfase de seus heróis MARTINS / MIRAGÁIA / DRÁUSIO / CAMARGO e sobretudo do grande vulto revolucionário general JULIO MARCONDES SALGADO que tombaram  pela constituição, por haver o líder civil de 30 traído os ideais da ALIANÇA LIBERAL não convocando imediatamente a constituinte. A nacionalidade necessita que o MMDC faça esforços junto ao empresariado paulista capitalizando para esse escopo, lembremo-nos que o bandeirante é o pai da brasilidade. Como sempre, ilustre Cel, recebe meus cumprimentos de consideração e respeito. Mariano Taglianetti / presidente da AVDD - Associação do Voto Distrital Democrático.



Por volta das 12:30 horas estou chegando na AORRPM. Encontro os seguintes oficiais: CORONEL PM Ref THESEO DARCY BUENO DE TOLEDO, CORONEL PM Ref JORGE GONÇALVES, CORONEL PM Ref EDILBERTO DE OLIVEIRA MELO, CORONEL PM Ref MOACYR DE SIQUEIRA, CORONEL PM Ref MANUEL ABISSI OGUEIRA, CORONEL PM PEZATTO e muitos oficiais que vieram do interior.

Logo tomo conhecimento de que uma liminar judicial anula a Assembléia
Geral. O CORONEL PM Ref JORGE GONÇALVES, no cargo de
Presidente Executivo em Exercício, dá início aos trabalhos desta tarde, não mais como Assembléia Geral. Lê a liminar do juiz e a inicial que deu motivo a essa liminar, produzida pelo CORONEL PM Ref EDILBERTO, Presidente do Conselho Deliberativo. Os “vermelhinhos” estão indóceis e agitam seus pares. Eles se acham discriminados em face do Artigo 67 do Estatuto. Os cargos eletivos são exclusivos dos coronéis e não poderia deixar de ser de outra maneira face característica da Associação, onde predomina a hierarquia e a disciplina. Mas eles querem ser escolhidos para cargos de mando também. Isso seria o absurdo dos absurdos. Um tenente ou um capitão no cargo de presidente, com ascendência sobre oficiais superiores. Um panfleto nesse sentido é espalhado entre os presentes pelos tenentes FRUTUOSO e PAZ. O certo seria a fundação de uma outra Associação por
esse segmento nebuloso da AORRPM. Isso já aconteceu numa Assembléia que presidi quando foi reformado o Estatuto da Associação.

O CORONEL PM Ref EDILBERTO faz uso da palavra e pede orações pelo pronto restabelecimento do CORONEL PM Ref HERMES BITTENCOURT CRUZ, que ainda não conseguiu a cura completa. Pede ele união entre os associados, esquecendo-se as rusgas criadas por ideais, às vezes, subversivos.

Converso com antigos companheiros, como é o caso do MOACYR DE SIQUEIRA, que fez escola comigo (ele é um ano mais velho nos bancos da Escola de Oficiais). Faz muitos anos que eu não o via. Reside em RIBEIRÃO PRETO. O efeito judicial tem prazo de trinta dias. A Diretoria Executiva vai se reunir, bem como o Conselho Deliberativo para se chegar a um consenso que agrade “gregos e troianos” e isso vai ser muito difiícil.

Regresso à Sociedade Veteranos de 32-MMDC. Os pedreiros ainda trabalham na colocação do piso, que foi necessário ser quebrado para a instalação de caixas de contenção de águas pluviais. Pretendo ir logo mais ao 39º Aniversário da ROTA e aproveito o tempo para imprimir minhas memórias.

Por volta das 16 horas, chego no quartel da ROTA. O TENENTE-CORONEL PM PAULO ADRIANO LUCINDA TELHADA (que assumiu o Comando do 1º BPChq em 25 de maio) recepciona os convidados, juntamente com seus oficiais. Ali encontro muitos oficiais conhecidos. Nosso presidente GINO STRUFFALDI está conversando com o GENERAL-DE-BRIGADA NELSON SANTINI JÚNIOR (Cmt da 1ª Brigada de Artilharia Antiaérea – FORTE DOS ANDRADAS), pai de um tenente que serve ao 1º BPChq e que se encontra no comando de um pelotões formado no Pátio. O Secretário de Segurança Pública, ANTÔNIO FERREIRA PINTO, vai presidir o evento. Ao seu lado está o GENERAL-DE-DIVISÃO CARLOS ALBERTO SANTOS CRUZ (Comandante da 2ª Divisão de Exército), o nosso Cmt Geral, CORONEL PM ÁLVARO BATISTA CAMILO e o delegado geral da Polícia Civil, DOMINGOS PAULO NETO. Notamos: a vice-prefeita da cidade de São Paulo, ALDA MARCO ANTÔNIO, GENERAL-DE-EXÉRCITO Ref PLAUTO JOSÉ FERREIRA DINIZ,  CORONEL PM DANILO ANTÃO FERNANDES (Sub Cmt PM); CORONEL PM NELSON DE ALMEIDA (Assessor Militar do Tribunal de Justiça); CORONEL PM DAVID ANTÔNIO DE GODOY (Diretor de Pessoal); CORONEL PM EDUARDO JOSÉ FÉLIX DE OLIVEIRA (Cmt do Policiamento de Choque); CORONEL PM DAVI NELSON ROSOLEN (Corregedor PM); CORONEL PM MARCO ANTÔNIO AUGUSTO (Sub-Chefe do EM/PM); CORONEL PM AIRTON ALVES DA SILVA (Cmt do CPAM-3); CORONEL PM MAÉRCIO ANANIAS BATISTA (Comandante do Policiamento da Capital); CORONEL PM Ref ANTÔNIO CARLOS MENDES: CORONEL PM Ref ANTÔNIO CHIARI: CORONEL PM Res BEZERRA, TENENTE-CORONEL Dent PM LAÉRCIO RIBEIRO DE PAIVA (Chefe do Centro Odontológico); TENENTE-CORONEL PM FLÁVIO JARI DEPIERI (Comandante do 4º BPChq), TENENTE-CORONEL Ref LUIZ HIROSHI OYAMA, MAJOR PM BEN HUR ARAÚJO JUNQUEIRA NETO (Sub-Cmt do 1º BPChq), CAPITÃO PM PAULO CÉSAR GOMES; Deputado Estadual FERNANDO CAPEZ, WÁLTER MELLO DE VARGAS (Presidente da Associação Brasileira das Forças Internacionais de Paz da ONU/SP), MOACIR FORTE (também das Forças de Paz), JOÃO SADAO KITAMURA; SARGENTO TARCÍSIO CÂNDIDO DE AGUIAR, empresário CLÉVERSON ALVES DA SILVA, empresário JOSÉ CARLOS EIRAS, ex-goleiro CABEÇÃO, do CORINTHIANS.  

Num gesto altaneiro, o TENENTE-CORONEL PM TELHADA solicita a formação de um pelotão de oficiais da reserva e reformados da ROTA. Esse pelotão, muito aplaudido, abre o desfile, sob o comando do CORONEL PM Res ANTÔNIO CHIARI.

Após o brilhante desfile das viaturas ROTA está encerrada a solenidade. É servido um coquetel aos presentes. Como sempre o GINO é bastante requisitado como ex-combatente da revolução constitucionalista de 1932. Vamos conhecer o filho do CORONEL PM JOÃO VARGAS FILHO (em 1986, quando seu pai passou para mim o Comando do 2º BPCHQ, tinha cerca de 20 anos). RICARCO é delegado de polícia. 

Nesta noite, do Grupo GBB, recebo a seguinte mensagem:

CBPM (Caixa Beneficente da Polícia Militar).

Prezados Associados, no dia 04 de agosto p. p., o Procurador Nacional da Asbra, Doutor Jeferson Camillo de Oliveira, acompanhado de alguns Diretores, inclusive, deste Presidente, protocolizou no TJSP, petição inicial d’uma Ação Direta de Inconstitucionalidade em face da Assembléia Legislativa e do Chefe do Executivo do Estado de São Paulo questionando, por imprecisão técnica, o acondicionamento da expressão “… e dos militares …” no caput do artigo 8º. da Lei Complementar Paulista nº. 1.012 de 05 de julho de 2.007, que compôs a trinca de legislações especificas que reestruturaram a previdência social em nosso Estado.

Após minuciosa investigação científica, nosso Procurador, provido da cultura jurídica que lhe é peculiar convenceu-se que, ao incluir os servidores militares na mesma base legal em que figura dos civis, desabrochou visível inconstitucionalidade, por negativa de vigência ao caput e §§ 9º. e 12 do artigo 40, § 1º. do artigo 42 e inciso II do artigo 195 da CRFB/88 e, por conseqüência, do item “4” do § 2º. do artigo 24, § 1º. do artigo 138 e § 2º. do artigo 141 da CE/89, especialmente porque, ambas as classes de funcionários públicos pertencem a categorias dispares, de natureza jurídica igualmente desigual.

Dita peça contém pretensão cautelar inaudita altera parts in limine littis, significando dizer que, desde agora, combatemos pelo restabelecimento do status quo ante, isto é, até a solução integral da controvérsia.

Senhores Interessados, tanto a Asbra, na pessoa de seu Corpo Diretivo, quanto o escritório de Advocacia JCamillo, na pessoa de seus advogados, tem ampla ciência da dificuldade que se avizinha e que há de vir, especialmente, ante o desequilíbrio manifesto entre a pessoa jurídica postulante e, as pessoas políticas acionadas, acrescido de tecnicidade esmerada embutida nas 3 leis complementares que precedeu a instalação da SPPrev.

Mas essa percepção não medra por diversas razões, dentre as quais, o comprometimento na ânsia de solucionar ou, pelo menos, minimizar os problemas de nossos associados, quiçá de outros integrantes das classes por nós abarcadas, sobressai-se, diferenciadamente.

Fiquem certos, a complexidade do tema – “reformulação da previdência social” – por intermédio de lei específica nas UF’s, ocasionou a interposição de diversas ações análogas à citada, sendo que, o êxito ou insucesso de todas elas encontra-se, visceralmente, jungida ao rigor técnico-jurídico arraigado na formalização pelas respectivas Assembléias Legislativas da norma legal peculiar, senão do próprio Governador do Estado ao promulgá-las.  

Por fim, esse Presidente, ávido no sucesso da empreitada, por nós, contemporaneamente deflagrada, desde já se encontra saciado, fundamentalmente porque, a banca de Advocacia JCamillo Advogados Associados responsável pelo Departamento Jurídico da Asbra, mais uma vez honrando a confiança que lhe foi depositada, concluiu peça processual apta a acolher as aspirações de centenas de servidores militares paulistas, inclusive, não incluídos em nosso Quadro Social.



Diante da contínua desvalorização do dólar ante o real, o governo já estuda a opção de retomar a cobrança do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) na entrada da moeda americana no BRASIL. A medida funcionaria como uma espécie de pedágio ao ingresso do capital externo, que nas últimas semanas se intensificou e vem se tornando um problema para a competitividade dos exportadores brasileiros. A estimativa é que até o final do ano o BRASIL receba algo entre 20 bilhões e 30 bilhões de dólares. Hoje, o dólar fechou abaixo de R$1,70 pela primeira vez desde o início de setembro de 2008.



A embaixadora MARIA LUIZA VIOTTI tornou-se hoje a mais importante mulher da história da diplomacia brasileira. Com a eleição do BRASIL, por unanimidade, para uma vaga de membro temporário no Conselho de Segurança, a diplomata passará a representar o País no órgão decisório máximo das NAÇÕES UNIDAS a partir de janeiro.

Horas depois da votação, em seu escritório na missão brasileira em NOVA YORK e em meio à telefonemas de congratulação, MARIA LUÍZA conversou sobre o retorno do País, pela décima vez, ao conselho. Ao lado do JAPÃO, o BRASIL é a nação, fora os membros permanentes, que mais tempo esteve presente no órgão, totalizando 18 anos.



O ex-bombeiro BENEDITO CARDOSO DE OLIVEIRA, de 46 anos, foi preso ontem à noite sob a acusação de manter a mulher em cárcere privado e de torturar pelo menos quatro de seus dez filhos em ARUJÁ. CARDOSO batia nos filhos para obrigá-los a trabalhar. Dez filhos do acusado integram o grupo BANDA LARGHA. Com H. Um dos integrantes da banda mostrou à polícia marcas de queimadura pelo corpo, e disse que elas foram resultado das agressões cometidas pelo pai, que também faria ameaças de morte contra a família.

O delegado JOSÉ HUMBERTO XAVIER, da delegacia de ARUJÁ, decidiu autuar CARDOSO em flagrante pelos crimes de cárcere privado, ameaça, violência doméstica, maus-tratos, tortura e serviço escravo.



Apesar dos avanços nas pesquisas científicas realizadas no MOSTEIRO DA LUZ, ainda permanece o mistério sobre a identidade das 11 freiras enterradas em seis tumbas nas paredes (carneiras) construídas na sacristia da antiga igreja do SANTO FREI ANTÔNIO DE SANT´ANNA GALVÃO. Até agora, não foi possível descobrir, pela análise dos registros históricos, quem são elas e em que época viveram. Os pesquisadores sabem apenas que uma das irmãs, que ocupa a primeira tumba aberta, morreu em 1780 e, a outra, 100 anos depois. Eles chegaram à data, a partir de testes com Carbono 14, que têm margem de erro de 40 anos para cima e 40 para baixo.



Uma reunião realizada hoje oficializou a escolha da nova diretoria executiva da Fundação BUTANTÃ, quase um mês depois de o Ministério Público de SÃO PAULO ter apontado indícios de má gestão de recursos na entidade. O médico sanitarista e ex-secretário da Saúde JOSÉ DA SILVA GUEDES assumirá a presidência no lugar do pesquisador ISAÍAS RAW, que havia sido afastado temporariamente do cargo após o conselho curador ter acolhido sugestão do MP. RAW deixará a presidência para liderar o conselho técnico-científico da entidade. O químico HERNAN CHAIMOVICH exercerá a função de superintendente-geral.



O jornal que nasceu abolicionista e republicano em outubro de 1884, quando SÃO PAULO era apenas uma pequena província, sob o nome de DIÁRIO POPULAR e que, depois de mais de um século e diferentes proprietários foi rebatizado DIÁRIO DE SÃO PAULO, mudou de mãos. O novo dono é o empresário e jornalista JOSÉ HAWILLA, que tem negócios na área de marketing esportivo, com a empresa TRAFFIC, controla a TV TEM, afiliada da REDE GLOBO, e também a REDE BOM DIA, que edita jornais em cidades do interior de SÃO PAULO.

Desde 2001, quando teve o nome trocado para DIÁRIO DE SÃO PAULO, o jornal pertencia às ORGANIZAÇÕES GLOBO, companhia que controla a maior rede de empresas de comunicação do País, entre as quais a REDE GLOBO DE TELEVISÃO. O valor da operação não foi revelado.

Descendente de libaneses, o paulista JOSÉ HAWILLA, de 65 anos, tornou-se referência no mundo dos esportes e das comunicações. Casado, pai de três filhos, nascido em SÃO JOSÉ DO RIO PRETO, o empresário saiu dos gramados, onde se acotovelava com os colegas radialistas na hora de entrevistar jogadores, para se tornar o maior empresário do marketing esportivo do BRASIL. Em três décadas, deixou a vida de assalariado para ser um milionário que pode se dar ao luxo de jogar golfe todas as sextas-feiras.



O mais alto jogador brasileiro da história do basquete, EMIL RACHED, faleceu hoje aos 66 anos, após sofrer infecção generalizada. Com 2,20 metros de altura, ele conquistou a medalha de ouro com o BRASIL nos Jogos Pan-Americanos de CALI, em 1971. O ex-atleta estava internado no Centro Médico, em CAMPINAS, depois de sofrer embolia pulmonar. Além de se destacar no esporte, ele ficou conhecido ao interpretar o “gigante” com o grupo OS TRAPALHÕES.



RAFAEL NADAL, número 2 do mundo, garantiu vaga nas quartas-de-final do MASTERS 1000 DE XANGAI, na CHINA, ao derrotar o compatriota TOMMY ROBREDO, 15º da ATP, por 2 sets a 0. Ele encara agora o croata IVAN LJUBICIC.  



Uma série de cinco atentados coordenados em três cidades paquistanesas deixou hoje 40 mortos – 28 deles na capital cultural do país, LAHORE – no momento em que a Forças Armadas preparam uma nova ofensiva contra a milícia islâmica do TALEBAN que atua na fronteira com o AFEGANISTÃO. Desde o início da onda de ataques do TALEBAN, há 11 dias, o PAQUISTÃO registrou oito atentados.

Na ação mais violenta, a sede da Agência Federal de Investigações e duas academias de polícia de LAHORE foram atacadas por homens armados com fuzis e granadas. Metade dos 28 mortos na ação era policiais e militares, outros 10 eram rebeldes. Numa ação quase simultânea, um carro-bomba foi detonado por um terrorista, matando outros três policiais e sete civis numa delegacia de KOHAT, no noroeste do PAQUISTÃO.  O autor do atentado também morreu na explosão.

Um segundo ataque em PESHAWAR, a maior cidade do noroeste do país, na fronteira com o AFEGANISTÃO, matou uma criança num complexo habitacional onde vivem funcionários do governo.



Em pleno feriado nacional, decretado pelo governo de facto para celebrar a conquista da vaga para a COPA DO MUNDO DE 2010, o clima de distensão e otimismo da véspera dava lugar a uma certa tensão, causada, principalmente, pelo reforço do contingente militar que cerca a Embaixada do BRASIL em HONDURAS. Novas torres com holofotes foram instalados perto da residência – onde está abrigado o presidente deposto MANUEL ZELAYA – e a atividade dos soldados mostrava-se mais intensa, numa aparente intenção de ampliar a pressão psicológica sobre o campo zelaysta.



Os serviços de emergência se mobilizaram, as redes de TV interromperam a programação e passaram a acompanhar o caso ao vivo e os sites da Internet noticiaram que um menino de apenas 6 anos estava sozinho dentro de um balão, que voava a deriva pelos céus do COLORADO, nos ESTADOS UNIDOS. E, depois que o balão caiu, após percorrer cerca de 80 km, FALCON HEEVE foi encontrado são e salvo... dentro de casa.

Quando o objeto chegou ao solo, HEEVE não foi encontrado. Por isso, autoridades trabalhavam com a possibilidade de o menino ter caído durante o vôo, já que uma das portas do objeto, que pousou ao norte de DENVER,após duas horas, estava aberta.

A suspeita de que a criança estivesse no balão foi alimentada pelo relato de um irmão de HEEVE, que disse tê-lo visto desatar o nó que prendia o balão à terra, pouco antes do vôo. O menino teria subido em cima de uma cesta acoplada ao balão.



Assisto o DVD “MASSACRE NO BAIRRO CHINÊS”, com JACKIE CHAN. Preocupado com o desaparecimento de sua namorada em TÓQUIO, STEELHEAD, um mecânico de tratores que trabalha no norte da CHINA, parte para o JAPÃO em busca de pistas que o levem até ela.

Chegando a TÓQUIO ele se depara com as terríveis condições as quais são submetidos seus compatriotas e logo se vê envolvido numa luta contra as gangues chinesas quanto a YAKUZA pelo controle da noite de SHINJUKU.



2 010:         -     SEXTA-FEIRA

A Sociedade Veteranos de 32 - MMDC juntamente com a Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo convida a todos para a comemoração ao 78º Aniversário da Cessação das Hostilidades do Movimento Constitucionalista de 1932.

O Ato Solene será no dia 15 de Outubro, às 10 horas, no Palácio 9 de Julho (Assembléia Legislativa).

Nesta Ocasião serão Condecorados com a Medalha da Constituição:

Comandante do Exército Constitucionalista Dr. Jorge Michalany

Vice Presidente do Conselho Deliberativo Dr. Pedro Paulo Penna Trindade

Cel Ref PM Mario Fausto Rodrigues Pinho, membro da COFAM (Comissão dos Familiares)

Serão homenageados os nossos associados:

Cap PM Anisio Araujo dos Santos

Dr. Francisco Giannoccaro

Dr. Viviano Ferrantini

Sr. Ricardo Luis Martins Scalise

Saio de casa bem mais cedo do que o usual a fim de estar com tempo hábil na Assembléia Legislativa. Reputo como importantíssima essa Sessão Solene organizada pelo Deputado Estadual MAJOR PM OLÍMPIO, revivendo o episódio da Cessação das Hostilidades do Movimento Constitucionalista de 1932. Com isso sou o primeiro a chegar à Assembléia. Encontro nos corredores dona Vitória, do Cerimonial, que faz a gentileza de me levar até o gabinete do Deputado MAJOR PM OLÍMPIO. Ele não se encontra. Converso com o CORONEL PM Res RICARDO JACOB, CAPITAÕ PM Ref RICHARDS DE FREITAS CHAVES e VALÉRIA, assessores do deputado. Vejo o roteiro da solenidade de logo mais, onde precisamos tirar o nome do CAPITÃO PM ANÍSIO da relação dos homenageados. Ele está envolvido na Operação “PERUADA” no Centro da cidade de SÃO PAULO. Consta da relação de homenageados o nome do Doutor EGISTO DOMENICALI, indicação do próprio MAJOR PM OLÍMPIO. Levado para a sala de recepção, aos poucos vão chegando os convidados e as pessoas que serão homenageadas: CORONEL PM MÁRIO FAUSTO RODRIGUES PINHO é um deles. Trouxe em sua companhia a esposa NORMA, uma das filhas e netas. O Embaixador Pela Cruz de MALTA, do PARAGUAI, no BRASIL, DINO SAMAGI, é um dos convidados do deputado MAJOR PM OLÍMPIO; FRANCISCO GIANNOCCARO, VIVIANO FERRANTINI, e outros. Nosso presidente GINO STRUFFALI, apesar de ter sido operado no dia 6 de outubro, faz uma grande esforço e comparece na solenidade. CORONEL PM ANTÔNIO CARLOS MENDES chega também mais cedo e deve estar com algum problema. Seu comportamento é tanto quanto estranho, mas nada diz a respeito disso. Outro que também não anda bem de saúde e deverá sofrer uma nova cirurgia é o CORONEL ARY CANAVÓ. Procura o MAJOR PM OLÍMPIO e pede para fazer uso da palavra durante a sessão solene. Constituída a Mesa de Trabalho, presidida pelo MAJOR PM OLÍMPIO e pelo Presidente da Sociedade Veteranos de 32-MMDC, GINO STRUFFALDI e pelo Embaixador DINO SAMAGI, inicia-se a solenidade com o toque do Hino Nacional. São chamados em seguida CAMILA GIUDICE e MARKUS para apresentar uma sessão de esgrima.

A esgrima começou no Brasil durante o período imperial devido ao interesse de Dom Pedro II na modalidade. Em 1858, é estabelecida a esgrima regimentalmente para os cursos de Infantaria e Cavalaria da Escola Militar de Realengo e ocorre a fundação de uma escola de esgrima no Batalhão de Caçadores de São Paulo. No final do século XIX, já no Brasil República, surge um movimento a favor da esgrima, na Praia Vermelha. Em 1906, por iniciativa do Coronel Pedro Dias de Campos, do Batalhão de Caçadores de São Paulo, é criado o Curso de Formação em Ginástica e Esgrima, que ficou a comando do Capitão Balandie. Em 1909, é criado um curso de esgrima na Escola de Educação Física da Força Pública de São Paulo. Em 1922, a construção do Centro Militar de Educação Física na Vila Militar do Rio de Janeiro, incentiva a vinda do mestre d'armas francês Lucien de Merignac e a criação de um núcleo de esgrima no Colégio Militar do Rio de Janeiro, por parte de Valério Falcão, instrutor do estabelecimento. O Exército Brasileiro contrata os serviços do mestre Gauthier, instrutor de esgrima da Escola Joinville le Point, da França, para ministrar esgrima aos militares no Brasil. Em 1927, a Federação Paulista de Esgrima e a Federação Carioca de Esgrima se unem e criam a União Brasileira de Esgrima, com o apoio da Liga de Desportos do Exército e da Marinha. A União Brasileira de Esgrima se filia à Federação Internacional de Esgrima, e, em 1936, o Brasil participa dos Jogos Olímpicos de Berlim. Em 1937, o Exército cria o Curso de Mestre d'Armas, único do Brasil e em funcionamento até hoje.

São chamados à frente as pessoas que serão homenageadas pela Assembléia Legislativa: GIANNOCCARO, FERRANTINI, SCALISE e EGISTO DOMENICALE. Nosso presidente e o Embaixador DINO fazem a entrega de um certificado aos mesmos. Segue-se a entrega da Medalha da Constituição para o Professor Doutor JORGE MICHALANI, PEDRO PAULO PENNA TRINDADE e CORONEL PM MÁRIO FAUSTO RODRIGUES PINHO. É esse o momento principal do evento. O Comandante do Exército Constitucionalista, JORGE MICHALANY, fala algumas palavras, muito emocionado; TRINDADE declama “EU TE AMO SÃO PAULO” e o CORONEL PM PINHO fala em nome dos galardoados com a medalha. Faz uso da palavra EGISTO DOMENICALI. Discorre sobre o Movimento Constitucionalista de 32 e se atrapalha com datas: diz que MARTINS, MIRAGAIA, DRÁUSIO e CAMARGO perderam suas vidas no comício de 25 de janeiro de 32 e que o término da Revolução aconteceu no dia 3 de outubro. CORONEL ARY CANAVÓ lembra a Segunda Guerra Mundial e teima em fazer o 29 de outubro de 1945, queda de GETÚLIO VARGAS, como data relacionada com a Revolução de 32. Não é de hoje que ele comete esse erro crasso. É um ponto de vista deturpado do Movimento Constitucionalista de 32 que absolutamente nada tem a ver com o término da 2ª Guerra. Foi muito infeliz no seu pronunciamento. Também fala o CORONEL PM Res RICARDO JACOB sobre essa sessão solene. Em seguida nosso presidente, GINO STRUFFALDi, encerra o evento com suas simples, mas comoventes palavras.

15 DE OUTUBRO DE 2010

045ª SESSÃO SOLENE EM COMEMORAÇÃO AO "78º ANIVERSÁRIO DO TÉRMINO DAS HOSTILIDADES DO MOVIMENTO CONSTITUCIONALISTA DE 1932".

Presidente: OLÍMPIO GOMES

RESUMO

001 - OLÍMPIO GOMES

Assume a Presidência e abre a sessão. Nomeia as autoridades presentes. Informa que a presente sessão solene fora convocada pelo Presidente Barros Munhoz, a requerimento Deputado Olímpio Gomes, na direção dos trabalhos, para comemorar o "78º Aniversário do Término das Hostilidades do Movimento Constitucionalista de 1932". Convida o público a ouvir, de pé, o Hino Nacional Brasileiro. Recorda que no dia 02 de outubro de 1932, às 15 horas e 30 minutos, foram cessadas as atividades do Movimento Constitucionalista de 1932, sendo depostos seus comandantes, que apresentaram um "Documento ao Povo de São Paulo". Ressalta que a sede do Legislativo Paulista fica neste Palácio 9 de Julho. Anuncia a apresentação de esgrima pelos alunos Markus Runk e Camila Giudice, da Escola de Esgrima Abel Melian, como uma homenagem às Forças Armadas Brasileiras. Anuncia a entrega de diplomas e medalhas.

002 - JORGE MICHALANY

Recorda fala dirigida a seu pai, quando manifestou o desejo de ser voluntário na Revolução de 1932, com 15 anos, como cabo-enfermeiro. Lembra a coleta de donativos no Ginásio "Independência". Argumenta que os imigrantes que aqui habitavam "tornaram-se paulistas". Compara a mobilização à Revolução Francesa. Enaltece a importância de São Paulo como "chama de progresso e liberdade democrática".

003 - PEDRO PAULO PENNA TRINDADE

Destaca a importância da memória cívica e histórica da Revolução de 1932. Declama o poema "Pró São Paulo", do poeta Paulo Bonfim.

004 - EGISTO DOMENICALI

Discorre sobre a mobilização de 1932, que visava o cumprimento da Constituição Federal. Recorda o princípio de "que o poder emana do povo". Faz retrospecto sobre a atuação de Getúlio Vargas. Lembra o papel de Pedro de Toledo como interventor de São Paulo. Trata da promulgação de nova Carta Federal como fruto do Movimento de 1932. Recorda citação bíblica sobre o rei Saul, de Israel.

005 - MÁRIO FAUSTO RODRIGUES PINHO

Coronel da Polícia Militar do Estado de São Paulo, recordou a instituição da medalha ora outorgada. Ressalta a importância de se preservar a memória da Revolução de 1932 e a bravura de seus componentes que "defendiam com a própria vida o ideal do povo". Destaca a memória de seu pai, que repousa no Mausoléu de 1932. Fala da Cofam - Comissão de Familiares, voltada para a continuidade cívica junto aos descendentes dos veteranos.

006 - ARY CANAVÓ

Coronel do Exército Brasileiro, discorre sobre a participação da Força Expedicionária Brasileira na II Guerra Mundial contra os regimes totalitários europeus. Recorda a atuação do DIP - Departamento de Imprensa e Propaganda. Lembra que no programa "Hora do Brasil" foi informada a destituição de Getúlio Vargas em 29 de outubro de 1945, fato vitorioso da Revolução de 1932.

007 - RICARDO JACOB

Coronel da Reserva, vice-Presidente da Associação dos Oficiais da Reserva e Reformados da Polícia Militar do Estado de São Paulo, elogia as personalidades presentes. Argumenta que, hoje, faltam figuras que sirvam de exemplo histórico e cívico e, por isso, "devemos voltar os olhos para o passado".

008 - GINO STRUFFALDI

Presidente da Sociedade Veteranos de 32 - MMDC, enaltece os sobreviventes da Revolução de 1932. Enseja votos para que se mantenha viva a memória do Movimento Constitucionalista. Destaca a importância do papel do Legislativo nesse particular.

009 - Presidente OLÍMPIO GOMES

Convida os presentes para a distribuição do livro "Cidadão Policial", no Salão Nobre da Presidência. Faz agradecimentos gerais. Encerra a sessão.

Assume a Presidência e abre a sessão o Sr. Olímpio Gomes.

O SR. PRESIDENTE – OLÍMPIO GOMES - PDT - Havendo número legal, declaro aberta a sessão. Sob a proteção de Deus, iniciamos os nossos trabalhos.

Com base nos termos da XIII Consolidação do Regimento Interno, e com a aquiescência dos líderes de bancadas presentes em plenário, está dispensada a leitura da Ata.

É dada como lida a Ata da sessão anterior.

O SR. PRESIDENTE - OLÍMPIO GOMES - PDT - Sras. Deputadas e Srs. Deputados, Senhoras e Senhores, sob a proteção de Deus, iniciamos os nossos trabalhos.

Esta Presidência agradece a presença de todos e diz que compõe a Mesa de trabalhos, para a nossa alegria, o Capitão do Exército Brasileiro Gino Struffaldi, Presidente da Sociedade Veteranos de 32, e o Embaixador da Soberana Ordem de Malta Dr. Dino Samaja. (Palmas.)

Srs. Deputados, Sras. Deputadas, minhas senhoras e meus senhores, esta Sessão Solene foi convocada pelo Presidente desta Casa, Nobre Deputado Barros Munhoz, atendendo solicitação deste Deputado, com a finalidade de comemorar o “78º Aniversário do Término das Hostilidades do Movimento Constitucionalista de 1932”.

Em 02 de outubro de 1932, às 15 horas e 30 minutos, o Coronel Eduardo Lejeune, o Major Fábio Rangel e o Capitão João Francisco da Cruz, todos da Força Pública de São Paulo, apresentaram-se diante do Governador Pedro de Toledo comunicando-lhe que ele estava deposto e que o Coronel Herculano de Carvalho e Silva havia sido nomeado Governador Militar do Estado e que, assim, terminava a luta.

Diante desses fatos, elaborou-se um documento encabeçado pelo próprio Pedro de Toledo, sempre altivo, com detalhadas e corajosas explicações ao povo de São Paulo.

Esta solenidade deveria ter sido realizada no dia 02 de outubro, entretanto, não foi possível a sua realização em função do calendário eleitoral e do próprio calendário desta Casa, mas é motivo de satisfação da Assembleia Legislativa proporcionar mais uma justa homenagem do povo paulista para reverenciar a memória e a história da Revolução Constitucionalista de 32. E nenhum ambiente seria mais próprio que a própria Casa que representa os 41 milhões de habitantes do Estado de São Paulo e que tem a denominação de Palácio 09 de Julho.

            Sejam todos bem-vindos a essa solenidade.

Convido a todos os presentes para, em pé, ouvirmos o Hino Nacional Brasileiro, executado pela Camerata do Corpo Musical da Polícia Militar do Estado de São Paulo, sob a regência do Maestro 2º Tenente Ismael Alves de Oliveira.

É feita a apresentação do Hino Nacional Brasileiro.

O SR. PRESIDENTE - OLÍMPIO GOMES - PDT - Esta Presidência agradece à Camerata do Corpo Musical da Polícia Militar do Estado de São Paulo, na pessoa do Maestro 2º Tenente Ismael Alves de Oliveira, presença sempre marcante nos eventos da Assembleia Legislativa e em todo o Estado de São Paulo, enaltecendo a nossa Polícia Militar. Meus agradecimentos a todo Corpo musical. (Palmas.)

            Gostaria de citar a presença do amigo e irmão Antonio Carlos Mendes, Coronel da Polícia Militar do Estado de São Paulo e Vice-Presidente da Sociedade de Veteranos de 32; Ricardo Jacob, Coronel da Polícia Militar e Vice-Presidente da Associação dos Oficiais da Reserva da Polícia Militar do Estado de São Paulo; Camila Giudice, Diretora de Comunicação da Sociedade Veteranos de 32; Sr. José Faria da Silva, Relações Públicas da Sociedade Veteranos de 32; Coronel Comandante e amigo Mário Fonseca Ventura, da Sociedade Veteranos de 32; Mário Fausto Rodrigues Pinho, Coronel de Polícia Militar; Ary Canavó, Coronel do Exército Brasileiro; Dr. Francisco Giannoccaro; Dr. Egisto Domenicali; Dr. Viviano Ferrantini, Conselheiro da Associação Comercial de São Paulo e membro do Conselho Cívico e Cultural; Dr. Jorge Michalany; Dr. Pedro Paulo Penna Trindade; escritora Cleusa Aparecida Badanai, que tem dedicado parte de seu tempo e parte de sua inspiração como escritora para reverenciar valores da Polícia Militar do Estado de São Paulo. (Palmas.)

Não havendo Deputados inscritos para falar, teremos agora uma apresentação de esgrima pelos atletas Markus Runk e Camila Giudice, da Escola de Esgrima Abel Melian, como homenagem às Forças Armadas Brasileiras e ao Centenário da Escola de Educação Física da Polícia Militar, pioneira da Educação Física no nosso País. (Palmas.)

É feita a apresentação da esgrima.

O SR. PRESIDENTE - OLÍMPIO GOMES - PDT – Setenta e oito anos da cessação de hostilidade do Movimento Constitucionalista de 32. Velocidade, técnica, coragem, uma forma de nossos atletas reverenciarem e homenagearem as Forças que lutaram para que o nosso País obtivesse a democracia, a sua Constituição. (Palmas.)

Meus agradecimentos à Camila Giudice, que entre as habilidades, não só como atleta, mas como pintora, já fez homenagens à Assembleia Legislativa, ao Movimento de 32 e à relações públicas da Sociedade Veteranos de 32. Agradecimentos, também, ao atleta Markus Runk que aqui se fez presente para enaltecer e valorizar a história do Movimento Constitucionalista de 32.

Faremos agora a entrega de diplomas a personalidades que têm se destacado pela sua conduta, pela sua história de vida e pela sua mobilização em defesa dos valores da sociedade e do povo paulista.

Gostaria que se posicionassem, em local de destaque, para serem agraciados com diplomas de reconhecimento da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, as seguintes personalidades: Dr. Francisco Giannaccaro, Dr. Viviano Ferrantini, Dr. Ricardo Luis Martins Scalise e Dr. Egisto Domenicali. (Palmas.)

Gostaria que se posicionassem para promover a homenagem, mais do que justa aos recipiendários do diploma, o Capitão Gino Struffaldi, Presidente da Sociedade de Veterenos de 32, e o Embaixador da Soberana Ordem de Malta, Dr. Dino Samaja.

São feitas as homenagens. (Palmas.)

O SR. GINO STRUFFALDI - Sr. Viviano Ferrantini, velho companheiro do Conselho Cívico da Associação Comercial, um grande lutador nas nossas reuniões e fora delas também. É uma grande satisfação e honra entregar-lhe este diploma de reconhecimento. A honra e a satisfação são minhas, mas o mérito é todo seu.

O SR. VIVIANO FERRANTINI - Muito obrigado, meu caro Capitão Gino Straffuldi. Fico realmente emocionado. É uma grande alegria receber esse diploma das suas mãos. Agradeço também aos demais membros da Assembleia Legislativa por esta honra que para mim é excelsa. (Palmas.)

O SR. ORADOR - É uma honra e um prazer poder entregar este justo e merecido diploma de reconhecimento da Assembleia Legislativa de São Paulo.

O SR. ORADOR - Obrigado, Deputado. Agradeço a Casa e aos companheiros.

Recebo esta homenagem também como uma homenagem póstuma ao meu pai, que foi um combatente e um herói de 32. (Palmas.)

O SR. PRESIDENTE - OLÍMPIO GOMES - PDT - Recebem a mais do que justa homenagem o Dr. Francisco Giannaccaro, o Dr. Viviano Ferrantini, o Dr. Ricardo Luis Martins Scalise e o Dr. Egisto Domenicali. Os nossos agradecimentos a estas personalidades que têm feito a diferença pela difusão da memória do povo paulista, do civismo e da luta pelos nossos valores.

Uma grande salva de palmas aos agraciados. (Palmas.)

Pedimos aos recipiendários que retornem a seus lugares.

Queremos agora prestar uma homenagem ao Dr. Jorge Michalany com a entrega do diploma e da Medalha Constitucionalista, que é a maior honraria da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, por seus serviços prestados ao povo paulista.

É feita a homenagem. 

O SR. PRESIDENTE - OLÍMPIO GOMES - PDT - Pedimos ao Capitão Gino Struffaldi e ao Embaixador Dino Samaja que promovam, em nome do povo paulista, a impostação da Medalha ao sempre lutador e guerreiro Dr. Jorge Michalany, cabo da Revolução, cabo enfermeiro, depois médico, depois presidente da Associação de Medicina do Estado de São Paulo.

O SR. GINO STRUFFALDI - É, para mim, uma honra fazer essa entrega de medalha, uma homenagem da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo para galardoar, de fato, um herói, porque é um homem que lutou o tempo todo. E lembro-me de uns artigos que ele escreveu no jornal “O Estado de S. Paulo”, contra pessoas que procuravam denegrir a memória da Revolução. V. Exa. falou firmemente e conseguiu ser atendido por um espaço, o “Fórum do Leitor”, dificílimo, para onde minhas mensagens são sempre jogadas na sexta seção, ou seja, na cesta do papel velho. Por isso, em nome do Major Olimpio, e Deputado Olimpio, nosso cooperador, nosso apoiador e que pela terceira vez nos proporciona esta sessão magna, que andava meio esquecida, e acredito que daqui para frente ele continuará a realizar.

Como disse, a satisfação e a honra são minhas, mas o mérito é todo de V. Excelência.

É feita a homenagem. (Palmas.)

O SR. PRESIDENTE - OLIMPIO GOMES - PDT - Cabo Michalany recebe do capitão Gino Struffaldi a mais que justa homenagem, que não é do Deputado Major Olimpio, mas da Assembleia Legislativa, representando, neste ato, os 94 deputados que representam os 41 milhões de habitantes deste estado.

O SR. JORGE MICHALANY - Meus senhores e minhas senhoras, os senhores não podem calcular a minha emoção ao estar aqui recebendo essa condecoração. Tomei parte na Revolução de 32; meu pai era médico e ofereceu seus serviços de cirurgia para a Legião Paulista. Eu disse para ele: papai, eu quero tomar parte porque amo São Paulo. Ele entendeu-se com o chefe do departamento de saúde e aos 15 anos de idade tornei-me cabo enfermeiro, porque eu não tinha idade suficiente para ir ao campo de batalha.

A minha função era transportar alguns voluntários e soldados doentes até a Santa Casa de São Paulo e meu pai já havia me instruído a fazer pequenos curativos. Antes disso, eu estava no Ginásio Independência e nós corríamos as casas pedindo donativos para a Revolução. O diretor do Ginásio era o Dr. Raul Romano, um português. O que quero dizer e salientar é que na Revolução Paulista todos os estrangeiros se transformaram em paulistas. Americanos, alemães, italianos e sírio-libaneses. Foi um movimento único que comparo à Revolução Francesa, porque foram políticos, militares e, sobretudo, o povo, com seus voluntários, que fomos contra a política traiçoeira do Sr. Getúlio Vargas.

Gostaria de lembrar que o nosso brasão, durante a Revolução, era “Pró São Paulo fiant eximia”.  Foi mudado depois que perdemos a Revolução, por imposição do Sr. Getúlio Vargas. Eu sempre amei São Paulo; eu não admito que alguém fale mal de São Paulo, porque isto aqui foi o que tocou o Brasil, foi a chama do progresso e da liberdade democrática. Eu só posso dizer o seguinte: Viva São Paulo! Obrigado. (Palmas.)

O SR. PRESIDENTE - OLIMPIO GOMES - PDT - Nossos parabéns e nossos agradecimentos ao Cabo Michalany.

Neste momento queremos homenagear, também, com a outorga de diploma e da medalha constitucionalista, a maior honraria da Assembleia Legislativa de São Paulo, o Dr. Pedro Paulo Penna Trindade. Solicito ao capitão Gino Struffaldi que faça a impostação da medalha mais do que merecida a esse grande brasileiro, grande paulista, grande idealista.

É feita a homenagem. (Palmas.)

O SR. JORGE MICHALANY - O Dr. Paulo Penna Trindade é nosso vice-presidente do Conselho Deliberativo da Sociedade MMDC. Logo, é uma pessoa conhecida, dinâmica, trabalhadora e altamente eficiente na divulgação da memória da nossa Revolução de 32. Está quase emparelhando com o Major Olimpio Gomes; está chegando lá.

É feita a homenagem. (Palmas.)

O SR. PRESIDENTE - OLÍMPIO GOMES - PDT - Recebe, também, do nosso Embaixador da Soberana Ordem de Malta, o Dr. Dino Samaja, o diploma correspondente à Medalha Constitucionalista.

O SR. PEDRO PAULO PENNA TRINDADE - Capitão Gino Struffaldi, senhores e senhoras presentes, muito obrigado.

É com grande alegria e satisfação que recebo esta condecoração. Espero poder continuar fazer tudo por São Paulo, pela memória cívica e histórica dos que tombaram, dos que lutaram com amor e dedicação em 1.932, tudo por São Paulo, tudo pelo Brasil.

O SR. PRESIDENTE - OLÍMPIO GOMES - PDT - Não são palavras, é um sentimento que o Dr. Pedro Paulo Penna Trindade tem internalizado no seu comportamento no seu dia-a-dia.

O SR. GINO STRUFFALDI - Exmo. Major Olímpio Gomes, eu sou um combatente, não sou diplomata, e às vezes eu quebro o protocolo.

O SR. PRESIDENTE - OLÍMPIO GOMES - PDT - O senhor pode quebrar tudo.

O SR. GINO STRUFFALDI - Eu permiti e pediria a V. Exa. permissão para que o Pedro Paulo Penna Trindade dissesse uma poesia pró-São Paulo. É um hino ao civismo. É permitido?

O SR. PRESIDENTE - OLÍMPIO GOMES - PDT - O senhor pode tudo. O Dr. Pedro Paulo Penna Trindade, que é o homenageado, vai nos agraciar com esse momento.

O SR. PEDRO PAULO PENNA TRINDADE - Fui pego de improviso; espero não esquecer nenhum detalhe.

É um poema de amor a São Paulo. É um poema de autoria do poeta Paulo Bomfim: “Eu te amo São Paulo”.

Eu te amo, São Paulo, em teu mistério de chão antigo, em teu delírio de cidades novas, e porque teus cafezais correm por meu sangue e tuas indústrias aquecem o ritmo de meus músculos; pela saga de meus mortos que vêm voltando lá do sertão, pela presença dos que partiram, pela esperança dos que vêm vindo – eu te amo, São Paulo!

Em teu passado em mim presente, em teus heróis sangrando rumos, em teus mártires santificados pela liberdade, em teus poetas e em teu povo de tantas raças, tão brasileiro e universal – eu te amo, São Paulo!

Pela rosa dos ventos do sertão, pelas fazendas avoengas, pelas cidades ancestrais, pelas ruas da infância, pelos caminhos do amor – eu te amo, São Paulo! Na hora das traições, quando tantos se erguem contra ti, no instante das emboscadas, quando novos punhais se voltam contra teu destino – eu te amo, São Paulo! Pelo crime de seres bom, pelo pecado de tua grandeza, pela loucura de teu progresso, pela chama de tua história – eu te amo, São Paulo!

Desfazendo-me em terra roxa, transformando-me em terra rubra, despencando nas corredeiras do meu Tietê, rolando manso nas águas santas do Paraíba, vivendo em pedra o meu destino, nos contrafortes da Mantiqueira, salgando pranto, dor e alegria na areia branca de nossas praias, na marcha firme dos cafezais, nas lanças verdes do canavial, no tom neblina deste algodão, na prece de nossos templos, no calor da mocidade, na voz de nossas indústrias, na paz dos que adormeceram – eu te amo, São Paulo!

Por isso, enquanto viver, por onde andar, levarei teu nome pulsando forte no coração, e quando esse coração parar bruscamente de bater, que eu retorne à terra donde vim, à terra que me formou, à terra onde meus mortos me esperam há séculos; por epitáfio, escrevam apenas sobre meu silêncio, minha primeira e eterna confissão: – eu te amo São Paulo!” (Palmas).

O SR. PRESIDENTE - OLÍMPIO GOMES - PDT - Tenha a certeza, Capitão Gino Struffaldi, Dr. Pedro Paulo Penna Trindade, a todos os presentes, que a transmissão da TV Assembleia e mesmo essas imagens gravadas, passarão a fazer parte da história, não só da Assembleia Legislativa, mas da memória do povo paulista. Vamos homenagear, neste momento, com a outorga da Medalha e Diploma Constitucionalista de 32 da Assembleia Legislativa, o Coronel da Polícia Militar Mário Fausto Rodrigues Pinho. Solicitamos ao Capitão Gino Struffaldi e ao Dr. Dino Samaja, que promovam à impostação da medalha, mais do que justa, ao Coronel da Polícia Militar do Estado de São Paulo, que para nosso orgulho, foi meu instrutor, meu comandante na Academia do Barro Branco e alguém que desperta e encarna o sentimento do Movimento Constitucionalista de 32. Recentemente, causou emoção a todos nós as palavras do Coronel Pinho, em uma reunião da própria sede da Sociedade Veteranos de 32, ao falar do movimento, ao falar da participação dos seus familiares.

Parabéns, Coronel Pinho. Parabéns à Polícia Militar do Estado de São Paulo por ter comandantes com a sua estirpe, com o seu exemplo de vida. (Palmas.)

Solicitaria ao Capitão Gino e ao Dr. Dino que retomassem os seus locais na direção dos trabalhos junto à Mesa Diretora.

E convido para fazer uso da palavra, em nome dos recipiendários do Diploma de Reconhecimento do Povo Paulista, Dr. Egisto Domenicali. (Palmas.)

O SR. EGISTO DOMENICALI - Excelentíssimo Sr. Deputado Sérgio Olímpio Gomes, conhecido como Major Olímpio, primeiramente regozijo-me pela oportunidade que Deus me ofereceu de receber esse diploma, que não mereço, mas sou muito grato.

Não é possível falar sobre uma revolta constitucionalista, de uma revolução constitucionalista sem que nos refiramos à Constituição, porque em virtude do descumprimento da Constituição nasceu a revolta daqueles que queriam que o novo governo - que jurara cumprir os objetivos da República proclamada em 15 de novembro de 1889, cujo significado é “O poder emana do povo” - a honrasse.

Essa é a razão pela qual se levantou o povo paulista. O Governo de então, que se iniciou em 1926 e que terminaria o mandato em 15 de novembro de 1930, descumpriu o próprio objetivo da República, que era o poder do povo para o povo, elegendo um presidente, afastando-se daquela Constituição.

Então, o Brasil levantou-se porque ali revelava o caráter e o compromisso daquele que assumia o segundo período da República, prometendo cumprir a Constituição do nosso Brasil. Mas aquilo que prometeu era falso, porque no dia em que assumiu o governo extinguiu a Assembleia Nacional; aboliu as Assembleias Legislativas, as Câmaras Municipais para poder instalar a ditadura. Esse ditador escolheu Pedro de Toledo para interventor de São Paulo, mas não o deixava organizar seu secretariado, um secretariado à altura do povo paulista. Havia interferência liderada pelo próprio Ministro da Guerra, que deveria ser a pessoa cumpridora da Constituição, mas era o primeiro a desobedecê-la.

O povo, sabendo que o interventor não podia governar, levantou-se contra essa atitude, fazendo o primeiro comício, em 25 de janeiro de 1932, onde morreram quatro estudantes, cujas iniciais de seus nomes formam a sigla MMDC. E aí todo o Estado de São Paulo se revoltou, e em seguida todo o Brasil.

Tivemos o apoio de Pedro de Toledo, que chamou às armas, no dia 9 de julho de 1932, todo o Estado de São Paulo. E durou essa guerra até 3 de outubro de 1932.

Senhores, vejam que depois desta, mesmo havendo a nova Constituição, que era, não a derrota dos revolucionários, mas sim a vitória, porquanto logo em 03 de março de 1933 era convocada a Assembleia Nacional Constituinte que ainda aquele Deputado, aquele membro da Assembleia que, reorganizando e reconstitucionando a Pátria, ainda elegeu o próprio ex-ditador, Getúlio Vargas. E cada Estado seguiu a mesma norma. E cada interventor passou a ser Governador.

Vejam que a nossa Constituição, a nossa República, teve vários embates, e hoje, temos a nova Constituição vigente, que é a pedra angular do estado democrático de direito e simboliza a liberdade e a democracia. Sem liberdade ninguém pode viver. A democracia o que é? É o povo instituindo o poder sobre ele, em que todos têm o dever de cumprir: o Deputado, o Presidente, vereador e todo cidadão está subordinado à Constituição. E todo aquele que não cumpre esse dever, o respeito, ele cai e perece, a exemplo do primeiro rei de Israel, Saul, que desobedecia ao ordenamento de Deus. Caiu e pereceu.

Senhores, quero pedir licença para declamar uma coisa que é minha: “O Brasil”. Deputado Olímpio, permita que eu faça a declamação para o Brasil.

Tu, Brasil, tão formoso, terra de povo amoroso, terra de paz e de luz. Terra onde existe a bondade e também a caridade, porque o Senhor te conduz. Nesta terra em que todos possam cumprir a Constituição e cada um de nós tem a estrela dessa Constituição.”

Em nome de todos, agradeço. Muito obrigado. (Palmas.)

O SR. PRESIDENTE - OLÍMPIO GOMES - PDT - Parabéns, Dr. Egisto, pelas palavras e pelo exemplo de vida que transmite e vai continuar transmitindo ao povo de São Paulo.

Convido agora para fazer uso da palavra, em nome dos recipiendários da Medalha Constitucionalista, o Coronel de Polícia Militar, Mário Fausto Rodrigues Pinho.

O SR MARIO FAUSTO RODRIGUES PINHO - Excelentíssimo Sr. Deputado Olímpio, que preside a mesa dos trabalhos, ilustres autoridades que compõem a mesa e nos honram com a sua presença, depois de tão brilhantes palavras de meu antecessor, peço até desculpas pela humildade das minhas expressões.

            “Medalha da Constituição

A Medalha da Constituição, instituída pela Assembleia Legislativa de São Paulo, em 25 de julho de 1962, tem como objetivo conceder um justo reconhecimento do povo paulista a todos aqueles que, de alguma forma, tomaram parte ativa na Revolução Constitucionalista de 1932.

A competência para sua concessão é exclusiva do Presidente da Assembleia Legislativa, por indicação dos Comandantes Militares do Exército Constitucionalista e/ou dirigentes do MMDC.

Com o passar dos anos, passou-se também a conceder a láurea como reconhecimento ao trabalho em prol do conhecimento e da divulgação do movimento Constitucionalista de 1932.

Recebimento da Medalha

É com muita alegria e satisfação que nesta data, em que se comemora o 78º aniversário da Cessação das Hostilidades do Movimento Constitucionalista de 1932, recebo essa tão honrosa láurea.

Agradeço àqueles que reconheceram a minha modesta contribuição à preservação da memória do movimento.

Faço-a com o mais puro sentimento de reconhecimento pela bravura e desprendimento daqueles que num certo momento de suas vidas dedicaram-se inteiramente a nobre causa de defender, com suas próprias vidas, os ideais de um povo.

Mais me engrandece por recebê-la no plenário desta Casa que é a casa do povo paulista, que não por acaso denomina-se Palácio Nove de Julho.

Sou, com muito orgulho, um guardião dessa gloriosa história. Tenho com ela laços de sangue, pois entre aqueles heróis que hoje repousam no Mausoléu do Soldado Constitucionalista está meu pai.

Jovem, ainda, gravou seu nome na história quando demonstrou toda a sua dedicação à causa, quando relatou em carta a sua família: “Tenho um pelotão de 45 homens dispostos a morrer por São Paulo”, ou em outra ocasião, em que, por estar acamado, não podia acompanhar sua tropa e declarou: “Por esse motivo estou aborrecido, pois todos os meus soldados vão e eu fico sem poder acompanhá-los”.

A memória desses idealistas tem que ser preservada por filhos, netos, bisnetos e por todo o sempre, pois são pessoas assim que escrevem a história do seu país. Foram pessoas assim que garantiram a existência de casas como esta onde se escrevem as leis de maneira livre e democrática.

Sinto-me cada vez mais integrante do COFAM (Comissão de Familiares), órgão do MMDC. Aqueles Heróis vão-se pela mão implacável do tempo, mas a história não se apaga. Há que se cultuá-la.

Cumprimento respeitosamente o Capitão Gino Struffaldi, Presidente-Combatente de 32, que do alto dos seus mais de 90 anos, é um exemplo de dignidade para todos nós.

Cumprimento meus companheiros, também homenageados nesta data, Dr. Jorge Michalany, Comandante do Exército Constitucionalista e o Dr. Pedro Paulo Penna Trindade, vice-Presidente do Conselho Deliberativo da Sociedade Veteranos de 32 - MMDC.

Assumo ombro a ombro com eles os deveres cívicos desta causa.

Cumprimento o nobre Deputado Barros Munhoz Presidente desta Casa, a quem cabe, com exclusividade, a concessão desta medalha.

Cumprimento também a todas as autoridades que com suas presenças prestigiam este ato e, especialmente, o ilustre Deputado Olímpio Gomes, nobre e digno representante da família policial militar e aos meus familiares e amigos.

Muito obrigado.

São Paulo, 15 de outubro de 2010”

O SR. PRESIDENTE - OLÍMPIO GOMES - PDT -Teremos a palavra do Coronel do Exército Brasileiro Ary Canavó.

O SR. ARY CANAVÓ - Exmo. Sr. Deputado Olímpio Gomes, mui digno representante da sociedade na Assembleia Legislativa, comandante Gino Struffaldi, elementos da Sociedade Veteranos de 32, minhas senhoras, meus senhores, minhas crianças, na 2ª Guerra Mundial, navios brasileiros foram afundados por países do Eixo. O Brasil foi à guerra contra as ditaduras nazi-fascistas de Hitler e Mussolini. Na rendição, choravam os fascistas e nazistas por serem tantos a se renderem para tão poucos da Força Expedicionária Brasileira. E os brasileiros choraram por serem tão poucos a receber a rendição de tantos. Voltaram vitoriosos por derrotarem, na Europa, os países nazi-fascistas de Hitler e Mussolini. Foram recebidos no Brasil com grande entusiasmo por toda a população.

Passa-se o tempo. O DIP (Departamento de Imprensa e Propaganda) levava ao ar, diariamente, a partir das sete horas, a Hora do Brasil, patrocinada pela ditadura. Mas no dia 29 de outubro de 1945, inexplicavelmente, os paulistas não tiveram de desligar o rádio na Hora do Brasil. Não se sabia o que se estava passando. Bastou que o ditador nomeasse seu irmão Bejo Vargas, apelido de Benjamim Vargas, chefe de polícia, e em poucas horas nem a Hora do Brasil foi ao ar, nem continuava o ditador com suas mazelas no comando da nação. Caía nesse dia, 29 de outubro de 1945, a ditadura, como queria São Paulo em 1932.

Somos donos do país maior e mais rico do mundo. Para sermos grande potência basta que sejamos bem governados, porque o povo é patriota e nacionalista e aqui está a chama. A Revolução de 32 mostrou isso, com inferioridade de meios mostrou sua bravura. Daquela tropa, no Vale do Paraíba, muitos que lutaram em 32 lutaram também na Segunda Guerra. Então, temos que julgar 29 de outubro de 1945, quando caía a ditadura fascista no Brasil, como o dia da vitória da Revolução de 1932.

Muito obrigado. (Palmas.)

O SR. PRESIDENTE - OLÍMPIO GOMES - PDT - Os nossos agradecimentos ao Coronel do Exército Brasileiro, Ary Canavó. Com a palavra o Coronel Ricardo Jacob, vice-Presidente da Associação de Oficiais da Polícia Militar do Estado de São Paulo.

O SR. RICARDO JACOB - Exmo. Sr. Deputado Olímpio Gomes, que preside esta sessão. Esta solenidade, para mim, é muito importante porque reúne meu querido amigo Capitão Gino Struffaldi e o Embaixador Dino Samaja.

Estou de frente a dois heróis da Revolução. Um, Comandante do Exército Constitucionalista, Cabo Michalany, e o nosso eterno Presidente, Sr. Gino Struffaldi, homem de estatura pequena, mediana, mas de um valor moral, de uma fibra, de uma determinação. São 96 anos dedicados a uma causa, dedicados à história de São Paulo, dedicados a dar referência para este País, que hoje não tem exemplos, não tem homens a seguir. Temos ideais, temos lutas. Olho para o passado e vejo o Capitão Gino e o Dr. Michalany sendo, até hoje, exemplos de conduta para a sociedade paulista e para este País, que precisa de um norte, que precisa de homens dignos.

O Major Olímpio foi reeleito com 135 mil votos. (Palmas.)

Ele nos representa neste Estado e é outra pessoa digna a quem precisamos apoiar para o nosso futuro, porque o nosso futuro político não está incluso aqui. O exemplo do Sr. Gino e do Sr. Michalany é que vai nos conduzir para um caminho de prosperidade. São homens dignos como esses que vão nortear o nosso trabalho.

A Polícia Militar não está representada por nenhum fardado nesta solenidade. Infelizmente, porque deveríamos ter aqui os olhos voltados para o passado, para o exemplo desses homens.

Agradeço a oportunidade, porque a Associação dos Oficiais da Reserva tem muito peso e muita luta em todas as atividades do MMDC. Somos vizinhos, estamos a menos de 100 metros de uma instituição à outra. A grande maioria dos associados da Sociedade Veteranos faz parte da minha associação, da qual tenho  muito orgulho.

Deputado Olímpio Gomes, muito obrigado, e continue trilhando esse caminho! Sr. Gino, continue perseverando, porque a sua luta é a nossa luta! (Palmas.)

O SR. PRESIDENTE - OLÍMPIO GOMES - PDT - Os nossos agradecimentos ao Coronel Ricardo. Com muito prazer, passo a palavra ao Capitão Gino Struffaldi, Presidente da Sociedade Veteranos de 32 e esse exemplo de vida e dignidade que todos aprendemos a admirar e a respeitar. (Palmas.)

O SR. GINO STRUFFALDI - Exmo. Sr. Deputado Sérgio Olímpio Gomes, sempre, na minha preferência, Major Olímpio Gomes. Em primeiro lugar, ouvi falar duas ou três vezes em herói. Não confundam sobrevivente de 1932 com herói de 1932.

Foi uma grande satisfação a reeleição do Major Olímpio nesse cargo importantíssimo de Deputado Estadual. Nós, da Sociedade Veteranos de 32, temos boa vontade, mas já estou cansado de repetir: só com boa vontade não se vai à lua; é preciso poder. Agora, temos um homem que tem o poder e tem a vontade de manter viva a memória da Revolução de 1932. (Palmas.)

Se eu me apresentar em qualquer ambiente oficial, apenas com capacete, muitos dirão: o que é que esse velhote veio fazer aqui? No entanto, um deputado tem o poder, e com poder não se brinca; quem manda, manda. Não adianta querer disfarçar a coisa.

Há muito tempo, anos atrás, tive a oportunidade de trocar ideias com o Major Olímpio e ele disse: “É meu propósito tornar mais brilhante a memória da Revolução de 1932.”

Foi um movimento único no mundo pela sua espontaneidade; foi um movimento que não reivindicava território, poder, finanças, dinheiro, e sim, simplesmente, a recondução do País à vida democrática, com o restabelecimento de sua Carta Magna, que é a Constituição.

Meus agradecimentos ao Major Olímpio, que é a terceira vez que ele realiza esta solenidade. É a história que sempre digo, do poder. Quem não tem poder não organiza uma solenidade numa Assembleia estadual. Meus agradecimentos e meus votos sinceros. Vou ser um pouco exagerado.

Dentro de minha vida ainda vejo, talvez, um cargo muito mais importante a Vossa Excelência. É o desejo de um amigo. Não sou profeta. Muito obrigado, Major. Desculpe por alguma falta na minha oratória. (Palmas.)

O SR. PRESIDENTE - OLÍMPIO GOMES - PDT - Esta Presidência anuncia a presença de dois amigos, representando, neste ato, o Presidente da Associação dos Subtenentes e Sargentos da Polícia Militar do Estado de São Paulo, Sr. Angelo Criscuolo; os diretores Marco Antonio Zanca e Ezequiel Araújo Rabelo. Sejam muito bem-vindos. Os nossos agradecimentos. Transmita ao Sr. Angelo o nosso apreço.

Para embalar este evento maravilhoso, nada melhor do que encerrarmos ouvindo a Marcha Paris Belfort, marcha que embalou os corações em 1932.

É executada a marcha.

O SR. PRESIDENTE - OLÍMPIO GOMES - PDT - Esgotado o objeto da presente sessão, a Presidência agradece as autoridades e todas as pessoas que aqui compareceram e que, com as suas presenças, colaboraram para o engrandecimento desta solenidade. Gostaria de agradecer a todos os funcionários da Assembleia Legislativa, a toda a equipe do meu gabinete de trabalho, que não mediu esforços para que tivéssemos esta solenidade bastante singela, mas extremamente significativa.

Convido a todos que se deslocassem até o Salão da Presidência e para serem agraciados - se quiserem - com o livro “Cidadão Policial”, de autoria da nossa amiga e também extremamente idealista, Cleusa Badanai. Não se trata de comércio de livros. A autora cederá o livro em que conta histórias e depoimentos da família policial militar no Estado de São Paulo. Esta solenidade será transmitida pela TV Assembleia amanhã, às 21 horas. Encaminharemos também à Sociedade Veteranos de 32 algumas cópias da edição desta solenidade para que todos guardem uma alegre recordação desta data.

Parabéns a todos! Viva a Revolução Constitucionalista de 32! Viva o povo paulista! (Palmas.)

Está encerrada a presente sessão.

Encerra-se a sessão às 11 horas e 35 minutos.

Após a sessão solene vamos conversar com muita gente que esteve presente a essa cerimônia cívica: JOSÉ D´AMICO, MARIA CECÍLIA NACLÉRIO HOMEM, FRANCES DE AZEVEDO, e as pessoas já citadas. Não percebo a retirada do GINO e do MENDES. Com FRANCISCO GIANNOCCARO vou até a PAULISTA, onde embarco no metrô e vou para a Sociedade. São mais de 13 horas.

Nesta tarde comparece no MMDC o Senhor ANTÔNIO RUY FERREIRA DA SILVA, filho do falecido veterano DIRCEU FERREIRA DA SILVA. Quer ele imortalizar os restos mortais do pai no 9 de Julho de 2011. Fica conversando conosco até quase 16 horas. Somente depois da sua partida é que posso trabalhar no computador atualizando o dia 16 de outubro e imprimindo as 42 páginas que dizem respeito a essa data. O retorno para GUARULHOS não é nada bom. Venho pendurado num ônibus e sinto esse esforço quando vou chegar em casa.       



O amor a São Paulo, em seus aspectos históricos, cívicos e pessoais expressos no poema "Eu te amo, São Paulo", de Paulo Bomfim, marcou a sessão solene que comemorou os 78 anos de cessação das hostilidades do Movimento Constitucionalista de 1932, realizada nesta sexta-feira, 15/10, na Assembleia Legislativa. Na cerimônia, que ocorreu por solicitação do deputado Olimpio Gomes (PDT), o poema foi declamado por um dos homenageados, Pedro Paulo Penna Trindade, vice-presidente da Sociedade Veteranos de 32 " MMDC. "Esta sessão solene é uma justa homenagem para reverenciar a memória e a história do povo paulista. E nenhum local poderia ser mais apropriado do que a Assembleia Legislativa, cuja sede tem o nome de Palácio 9 de Julho", afirmou Olimpio Gomes. Durante o evento, o presidente da Sociedade Veteranos de 32 " MMDC, Gino Struffaldi, e o embaixador da Soberana Ordem da Cruz de Malta, Dino Samaja, entregaram diplomas homenageando os senhores Francisco Giannoccaro, Viviano Ferrantini, Ricardo Luís Martins Scalise e Egisto Domenicali. "Esse diploma é um reconhecimento da Assembleia Legislativa a personalidades que se destacaram pela defesa dos valores do povo paulista", completou o deputado. Em nome dos homenageados, Domenicali destacou que a Revolução Constitucionalista de 1932 provou-se, de certa forma, vitoriosa, já que teria contribuído para que, no ano seguinte, se elaborasse uma nova Carta Magna. A Medalha da Constituição " instituída em 1962, é a mais alta honraria outorgada pelo Legislativo paulista " foi entregue a Jorge Michalany, Pedro Paulo Penna Trindade e ao coronel-PM Mário Fausto Rodrigues Pinho. "Michalany, cabo-enfermeiro da Revolução de 32, que depois se tornou médico, não só participou do movimento como escreveu artigos excelentes no jornal O Estado de S. Paulo, rebatendo os que procuravam denegrir a memória da Revolução Constitucionalista", ressaltou Struffaldi. "Aos 15 anos, tornei-me cabo-enfermeiro porque não tinha idade para ir ao campo de batalha", relembrou Michalany. "Minha função era transportar soldados e voluntários feridos até a Santa Casa. Quis tomar parte na revolução porque amo São Paulo." O coronel Pinho afirmou que "entre os heróis que estão no Mausoléu do Soldado Constitucionalista encontra-se meu pai. E a memória desses idealistas tem que ser preservada". O homenageado reverenciou "a bravura dos que se dedicaram a defender um ideal com suas próprias vidas" e cumprimentou o presidente da Assembleia, deputado Barros Munhoz, a quem cabe a outorga da Medalha da Constituição. A sessão solene foi aberta com a execução do Hino Nacional pela Camerata da Polícia Militar de São Paulo, sob a regência do tenente-maestro Ismael Alves de Oliveira. Também em homenagem aos participantes da Revolução Constitucionalista e às Forças Armadas brasileiras, os atletas Markus Runk e Camila Giudice fizeram uma apresentação de esgrima. A Revolução Constitucionalista A Revolução Constitucionalista de 1932 foi um movimento armado, que eclodiu no Estado de São Paulo, entre julho e outubro de 1932, com o objetivo de derrubar o governo provisório de Getúlio Vargas e obter a promulgação de uma nova Constituição para o Brasil. Foi a primeira grande revolta contra o governo Vargas e o último grande conflito armado ocorrido no Brasil. Ao longo de 87 dias de combate (9 de julho a 4 de outubro de 1932), deixou um saldo oficial de 934 mortos (estimativas não oficiais reportam até 2,2 mil mortos) e grandes danos em várias cidades paulistas. Dois anos depois da Revolução de 1932, uma nova constituição foi promulgada em 1934



A ROTA completa hoje 40 anos. A cerimônia de comemoração acontece por volta das 18 horas. São entregues medalhas comemorativas do centenário do 1º BPChq e diplomas “Amigo da ROTA”. O TENENTE-CORONEL PM PAULO ADRIANO LOPES LUCINDA TELHADA é o Comandante dessa Unidade de elite da PMESP. Seu SubCmt é o MAJOR PM BEN-HUR ARAÚJO JUNQUEIRA NETO. Comparecem: ANTÔNIO FERREIRA PINTO, Secretário de Estado da Segurança Pública; CORONEL PM ÁLVARO BATISTA CAMILO, Comandante Geral da PMESP; RONALDO JOÃO ROTH, Juiz de direito auditor do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo; Deputado Estadual CONTE LOPES; CORONEL PM MARCOS CHAVES DA SILVA, Comandante do Policiamento da Capital (CPC); RICARDO LERNER, Diretor-Titular do Departamento de Segurança (DESEG) da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP); CORONEL PM LUIZ EDUARDO PESCE DE ARRUDA, Comandante do CAES;



Entre os e-mails que recebo hoje está aquele do GRUPO BARRO BRANCO comunicando o falecimento do TENENTE-CORONEL PM Ref VÁLTER ANTÔNIO VALALA, em BARRETOS. Ele nasceu no dia 13 de janeiro de 1940. Entrou na PM no dia 1º de março de 1965. Foi declarado ASPIRANTE A OFICIAL no dia 25 de janeiro de 1974. PROMOÇÕES: 2º TENENTE – 25 de agosto de 1974; 1º TENENTE – 25 de janeiro de 1979; CAPITÃO – 25 de agosto de 1985; MAJOR PM – 25 de agosto de 1992. Não tenho a data de sua promoção ao posto de TENENTE-CORONEL.



Faleceu, aos 75 anos, HÉRCULES CAMILLO ANTÔNIO SILVA. Ficou fascinado por tecnologia desde que ganhou sua primeira calculadora. Em sua casa era possível encontrar muitas – em uma época em que não eram tão comuns – de variados tipos e tamanhos. A paixão o fez seguir a área de informática e comunicação. Tornou-se o primeiro diretor brasileiro da SCANIA, empresa sueca, conhecida por fabricar caminhões. Estabeleceu a primeira transmissão de dados via satélite entre BRASIL, ARGENTINA e EUROPA – um grande orgulho. Negociava diretamente os acordos sindicais. Quando criança, sua filha chegou por duas vezes a atender o então líder sindical LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA, que procurava por seu pai ao telefone. Morou por três anos na cidade de SANTOS. Teve câncer no fígado e morreu em casa.



A candidata do PT à Presidência, DILMA ROUSSEFF, divulgou hoje carta compromisso dirigida a religiosos para, nas palavras dela, “pôr um fim definitivo à campanha de calúnias e boatos” dos adversários. Em SÃO PAULO, ao explicar sua MENSAGEM DA DILMA, a petista comparou o momento ao enfrentado por LULA na campanha presidencial de 2002. Na época, LULA divulgou a CARTA AO POVO BRASILEIRO, em que assumia compromissos de não romper contratos e adotar conduta responsável na área econômica. O então candidato tentava acalmar os mercados, preocupados com a perspectiva de sua vitória. Desta vez, o objetivo dos petistas é convencer religiosos a respeito da posição da candidata sobre temas como aborto e casamento entre homossexuais.



O deputado federal PAULO MALUF sofreu hoje revés no Tribunal Superior Eleitoral. O ministro MARCO AURÉLIO MELLO concluiu que o político perdeu o prazo para recorrer da decisão do Tribunal Regional Eleitoral de barrar a sua candidatura à reeleição com base na Lei da Ficha Limpa. Para o ministro, o recurso deveria ter sido protocolado até 3 de setembro – mas chegou ao tribunal no dia 5. Advogados de MALUF podem recorrer ao plenário do TSE. Há chances de mudar a decisão porque MARCO AURÉLIO tem sido voto vencido nos julgamentos sobre aplicação dos prazos. Tem prevalecido a tese de que os prazos devem ser interrompidos quando advogados protocolam um recurso denominado embargo de declaração. Se essa for a conclusão no caso de MALUF, a discussão sobre a sua eleição poderá ir para o Supremo Tribunal Federal, que dará a palavra final sobre a Lei da Ficha Limpa. 



Quem passa hoje pela Rua AUGUSTA na frente do número 129 vê mais uma marca de abandono na região central da cidade. Sujeira e pichações cobrem boa parte das paredes externas dos dois blocos do Hotel CA D´ORO – até nos vidros do salão famoso restaurante. Na parte interna do prédio, a demolição já começou. Por onde no passado transitaram figuras famosas como o poeta VINÍCIUS DE MORAES, o músico NAT KING COLE e até o rei da ESPANHA, JUAN CARLOS I, agora só entram funcionários de uma empresa demolidora. Há pelo menos três meses, cerca de dez profissionais trabalham no local. Todo o mobiliário do complexo está sendo retirado. Na recepção, antes decorada com suntuosos lustres, há um amontoado de entulho – pias, vasos sanitários, portas e janelas. Batentes e portas de madeira maciça estão sendo separados e levados em caçambas. Até o assoalho foi retirado. No lugar de hóspedes, o movimento atual é de carros. Há alguns meses, o pátio do CA D´ORO é usado como estacionamento de outro hotel – o JARAGUÁ, a 500 metros. Todos os dias, cerca de cem veículos são guardados na área, na esquina das Ruas AUGUSTA e CAIO PRADO, e também no subsolo.

A demolição do atual CA D´ORO marca o fim de um prédio que durante muito tempo foi símbolo da elegância paulistana. Fundado em 1953 pelo italiano FABRIZIO GUZZONI, o hotel ficava, a princípio, na Rua BASÍLIO DA GAMA, na BELA VISTA, região central, e tinha 50 apartamentos. O prédio azul e branco da Rua AUGUSTA, com 300 apartamentos, foi construído em 1960. Acostumados com a culinária dos imigrantes do sul da ITÁLIA, os paulistanos conheceram pela cozinha do CA D´ORO algumas tradições do PIEMONTE e da LOMBARDIA, regiões do norte da ITÁLIA. Foi o primeiro restaurante da cidade a preparar carpaccio. Mesmo quando a decadência do centro contagiou o hotel, o restaurante resistiu como foco de boa gastronomia. Mas acabou fechando as portas no dia 20 de dezembro de 2009. De 22 de fevereiro a 8 de março deste ano, as poltronas de couro, a louça, a tapeçaria, espelhos e o mitológico balcão de madeira do bar foram leiloados. As vendas foram consideradas um sucesso, mas o valor arrecadado não foi divulgado pelos leiloeiros.



Os hospitais-gerais do Estado de SÃO PAULO registraram em 2009 uma média de 36 caos de infecção hospitalar por dia, provocados por diferentes micro-organismos, segundo levantamento do Centro de Vigilância Epidemiológica do governo estadual. A ausência de parâmetros para as notificações no País impede uma comparação com outros Estados – o sistema paulista de controle é considerado um dos mais avançados.



O jurista e gramático JOSÉ CRETELLA JÚNIOR recebeu hoje o título de Professor Emérito 2010 – TROFÉU GUERREIRO DA EDUCAÇÃO. O prêmio é concedido todos os anos, no Dia do Professor, pelo Estado e pelo Centro de Integração Empresa – Escola (CIEE) a personalidades que se destacaram ao longo de sua carreira pela dedicação ao ensino e defesa da educação. CRETELLA JÚNIOR nasceu em SOROCABA, no interior de SÃO PAULO, mas na juventude veio para a capital estudar Letras e Direito na Universidade de SÃO PAULO (USP). Desde então sua trajetória está ligada à universidade. Em 1965 se tornou livre-docente e, em 1969, professor-titular. Lecionou até 1990. O homenageado ocupa a cadeira número 1 da Academia Paulista de Letras. Publicou mais de 120 obras em Direito, Língua Portuguesa e Latim. Entre seus livros mais famosos estão COMENTÁRIOS À CONSTITUIÇÃO DE 1988 – em 8 volumes e 6 mil páginas – e o TRATADO DO DIREITO ADMINISTRATIVO – em 10 volumes.

O médico cardiologista ADIB JATENE, professor emérito do ano passado, saudou o novo premiado durante o evento. JATENE afirmou que tinha poucas referências da área do atual homenageado, mas foi buscar informações e percebeu estar diante de uma figura peculiar, que honra as letras jurídicas e a cultura. Com a eleição de CRETELLA JÚNIOR, o Prêmio Professor Emérito – Troféu Guerreiro da Educação chegou à 14ª edição. Desde 1997, receberam o prêmio personalidades de várias áreas da ciência e da cultura. Em 2006, o geneticista CRODOWALDO PAVAN, morto em 2009, recebeu o prêmio. Na ocasião, lê disse que o título que mais lhe dava orgulho na sua carreira era o de professor. Em 2005, foi a vez do ambientalista PAULO NOGUEIRA NETO, que agradeceu a “todos os que tornaram possível fazer com que o meio ambiente seja tratado seriamente no BRASIL”. Em 2004, o zoólogo e compositor PAULO EMÍLIO VANZOLINI recordou o conselho do pai: “Não vá para uma universidade, vá para um professor. Procure o melhor do mundo e, se ele não te aceitar, procure o segundo melhor.” O CIEE é uma organização não governamental fundada há 46 anos. Tem como finalidade a inclusão profissional de jovens estudantes no mercado de trabalho por meio de programas de estágio e de aprendizagem. Já estabeleceu parcerias com 250mil empresas e órgãos públicos.  



O ator norte-americano JOHNNY SHEFFIELD, que interpretou BOY na série TARSAN, com JOHNNY WEISSMULER, iniciada no fim da década de 1930 e realizada durante a de 1940, morreu nesta sexta-feira, aos 79 anos, vitima de ataque cardíaco em sua casa em CHULA VISTA, perto de SAN DIEGO, nos ESTADOS UNIDOS. Filho do ator britânico REGINALD SHEFFIELD, JOHNNY tinha 7 anos quando respondeu a anúncio na HOLLYWOOD REPORTER para o papel que marcou sua trajetória. Participou, então, em 1939, do filme O FILHO DE TARSAN, em que TARSAN e JANE adotam o menino, cujos pais morrem em acidente de avião na selva. Até 1947, SHEFFIELD esteve em oito filmes da série. 



A tragédia na mina chilena de SAN JOSÉ pode se repetir, com conseqüências fatais, em 15% das 20 mil minas mapeadas do CHILE, nas quais mais de 2 mil mineradores estão trabalhando neste momento. O alerta foi feito por alguns dos maiores especialistas em engenharia de mineração e líderes sindicais chilenos. “É seguro que essa tragédia pode se repetir num grau ainda muito maior, se as coisas continuarem como estão”, disse o diretor do Departamento de Engenharia de Minas da Universidade do CHILE, ALDO CASALI. “Simplesmente não há como fiscalizar todas as pequenas minas que funcionam nos locais mais remotos do país.” O último mineiro a ser resgatado na mina SAN JOSÉ, na quarta-feira, LUÍS URZÚA, foi taxativo em seu encontro com o presidente chileno SEBASTIÁN PIÑERA> “Espero que isso nunca mais se repita”, disse, olhando nos olhos do presidente. PIÑERA prometeu uma revisão completa nas regras do setor. Mas poucas horas depois de URZUA voltar a respirar na superfície, outro mineiro, de 26 anos, morreu num acidente de trabalho na mina BOTÓN DE ORO, na Quinta Região, de VALPARAÍSO. Ele foi o 35º mineiro chileno a morrer em serviço neste ano. O CHILE responde por 40% do cobre comercializado no mundo.  - 



2 011      :       -      SÁBADO

04/07/05 a 02/07/10. (LD DP-359/133/11).

De 14/10/11

Deferindo a transferência para a reserva a pedido: Nos termos do Art. 17, inciso I do Decreto Lei 260/70, Art. 138 parágrafo 2º combinado com o Art. 129 da Constituição Estadual de 1989, Art. 133 da Constituição Estadual de 1989, Decreto 35.200/92, Instrução Conjunta CRHE/CAF-I/92 e Parecer CJ-26/93, Art.s 1º e 3º da Lei Complementar 432/85, Decreto 51.782/07, e vencimentos referentes às Leis Complementares 731/93, 1.021/07 e 1.114/10, com os proventos integrais contando com mais de 30 anos de serviço, Padrão PM-15, o Ten Cel PM 801847-2 Davi Del Bianco - 13º BPM/M - São Paulo/SP, (TLTS e FRCTS DP-2.250/11 - Pr. 29.994/11).

DAVI DEL BIANCO nasceu em 30 de julho de 196. Entrou para a PMESP no dia 10 de setembro de 1980. Foi declarado ASPIRANTE A OFICIAL em 15 de dezembro de 1984. Apenas tenho as datas de suas promoções a 2º TENENTE em 25 de agosto de 1985 e 1º TENENTE em 24 de maio de 1989.  



Prezado Donizeti:

Saiu na data de hoje a sentença de mérito relativa ao RETP. Como já esperado, a sentença nos foi favorável, considerando não só o tempo de aplicação da fórmula, mas também a legalidade de sua aplicação sobre cada uma da vantagens sobre as quais ele incide. A sentença manteve a extensão a todos (associados e não associados).

Por favor, divulgue para seu grupo.

Abs.

Allegretti



Senhores

Ontem à noite recebi a ótima notícia de que a 14ª vara da fazenda, como esperado, analisou o mérito do MS do RETP e acatou os argumentos despendidos pelo contratado pela AFAM e AOPM. Soube que o governador está P da vida com esta perda o que me deixa mais satisfeito ainda. Além disso, beneficiará todos os PM não só os associados da duas Entidades. Mais uma excepcional iniciativa dessas raras associações vocacionadas para garantia do bem estar de seus associados. Parabenizo, reiteradamente e efusivamente, o Cel Allegretti, amigo pessoal do Alexandre Morais, patrono de nosso MS, bem como o Cel Santos, nosso Cmt de Cia no CPFO......

Donizeti



Depois de trabalhar durante a manhã toda no computador, vou para a cidade de São Paulo, embora esteja chovendo. Tenho um compromisso importante na Sociedade Veteranos de 32-MMDC, com a reunião da COFAM, Entrega de Medalhas e confraternização dos aniversariantes do mês.



SOCIEDADE  VETERANOS  DE  32 - M.M.D.C.

“São Paulo forte, para um Brasil unido”



(Reconhecida de Utilidade Pública pela Lei Estadual Nº 5.530 de 14/01/1960 e

Decreto Municipal Nº 8.790 de 23/05/1970)

Núcleo “MMDC Juventude Constitucionalista de 32 – Região Leste/SP”

Av. Dr. José Arthur Nova nº 917 – São Miguel Paulista – SP




Evento de Comemoração de Aniversário

dos 79° Anos da Juventude Constitucionalista



 NÚCLEO “MMDC LESTE”



Data: 15OUTUBRO2011   -   Horário:  15:00h

Local:Sede da Soc Vet 32 – R. Anita Garibaldi

Reunião Mensal Ordinária de Comemoração dos Aniversariantes



Relação de Pretendentes a serem Agraciados com Medalhas da Sociedade Veteranos de 32:

MEDALHA: MMDC

Ordem
Posto/Grad +
NOME COMPLETO
FUNÇÃO
EXERCIDA – BTL / Cia
1
CAP PM ARLINDO SOARES ALBERGARIA HENRIQUES SILVA JUNIOR
CAES
2
1º TEN RONALDO FABIANO BORGES
DRH
3
1º TEN PM FABIANO DE SOUZA PEREIRA
CPD
4
1º TEN PM CLAUDIO TEIXEIRA ALVES
ESSgt
5
1º TEN PM HELDER OCTÁVIO RODRIGUES BORGES
Centro Reabilitação PM
6
1º TEN PM MAURICIO TAMANAHA
CSM MTel
7
1º TEN PM VLADIMIR GOULART DE CARVALHO
CSM MTel
8
1º TEN PM THIAGO ALLEGRETTI DE CASTRO
Cmdo Pol Capital
9
1º TEN PM FELIPE CORDEIRO DAS NEVES
CORREG PM
10
1º TEN PM ELIANE OLIVEIRA RENÓ
Ch GT do CPA/M-8
11
1º TEN GUILHERME LIVORATI SALGADO
Gab Cmt G
12
1º TEN SAMUEL BARBAN RUIZ
FT do 11ºBPM/I
13
2º TEN WAGNER JOSÉ DA SILVA
21º BPM/M - EM
14
2º TEN PM ALISSON GUIMARÃES PEREIRA DE SOUZA
FT do 5º BPM/M
15
Senhor HERMANO LENNON GOMES DE MORAIS
Sócio MMDC



Medalha Governador Pedro de Toledo

01 1º TEN PM MAYUMI FINEZA MORIBE CPA/M1
02 1º TEN PM ALBERTO LUÍS SILVA CPA/M1





Relação de Pretendentes a serem Agraciados com Medalhas da SOAMI (Soc Amigos CPOR/SP):

MEDALHA: “O SOLAR DOS ANDRADAS” da SOAMI

Ordem
Posto/Grad +
NOME COMPLETO
FUNÇÃO
EXERCIDA – BTL / Cia
1
CAP PM DENIS IZUMIDA
Palácio do Governo
2
2º SGT PM MARCELO CLEMENTE
CPA/M-1

Chego à PRAÇA DA SÉ com chuva. Ao abrir a porta da Sociedade, depois das 14 horas, tinha a idéia de que a nossa confraternização seria prejudicada por causa do mau tempo. Tenho uma grata surpresa. Vejo surgirem vários oficiais que irão receber as medalhas da Sociedade, acompanhados de parentes, noivas, esposas, filhos, enfim, com seus familiares para um momento único num sábado que tinha de tudo para o fracasso do evento. ALFREDO PIRES e dona NAIR, AMADO RÚBIO e sua filha, MARIA LÚCIA CAMARGO, FRANCES DE AZEVEDO (acompanhada do Presidente do Movimento Poético, senhor WÁLTER), MARIA CECÍLIA NACLÉRIO HOMEM, GEORGE TRAJANO e, também o nosso Presidente de Honra, GINO STRUFFALDI, acompanhado do seu filho ALDO. O GINO tem garra, tem vontade de viver. Atravessando uma fase não muito boa, com sérios problemas na bexiga, ele demonstra amor ao MMDC e comparece à sede da Entidade, apesar de tudo colaborar para que ele ficasse em casa.

A Sociedade fica literalmente tomada, quase chegando aquela situação única de 7 de julho. Demonstra isso que estamos no caminho certo.

Um dos oficiais que irá ser condecorado hoje, 1º TENENTE PM GUILHERME LIVORATI SALGADO, traz seus parentes. Conversando com eles percebemos que há uma relação muito grande com meus colegas de turma, CORONEL PM ELYSEU GUILHERME SALGADO ROCHA e CORONEL PM AMERICO VICTOR SALVATTO. É lembrado o nome do CORONEL JÚLIO MARCONDES SALGADO, vítima de um acidente com a explosão de uma bombarda, em 23 de julho de 1932, em pleno desenvolvimento da revolução. Ele era o Comandante Geral da Força Pública. Essa família também certa relação de parentesco com os CORONÉIS PM CARLOS e ROMUALDO FUGA.  

Enquanto aguardamos a chegada do TENENTE NATANAEL, Presidente do Núcleo “MMDC LESTE”, levo a COFAM para uma reunião no 3º andar. Faço um balanço de nossas atividades nesses CEM DIAS na Presidência, tempo esse que se completa hoje. Explico o que pretendemos fazer nas comemorações de 2012, ano do JUBILEU DE CARVALHO do Movimento Constitucionalista de 1932. Está presente o MALCOLM FOREST. Ele é o responsável pelo Prêmio PAUL DONOVAN KIGAR. Peço para que ele exponha a temática deste ano, na entrega do prêmio que leva o nome de seu pai. Essa solenidade de entrega do prêmio será realizada na Câmara Municipal, em 8 de dezembro, às 16 horas. A temática é justamente os 80 Anos da Revolução Constitucionalista. Também faz uso da palavra a nossa associada e poetisa FRANCES DE AZEVEDO. Ela apresenta o presidente do Movimento Poético, senhor WALTER. São declamadas pela poetisa e pelo senhor WÁLTER poesias alusivas ao Movimento Constitucionalista. Nosso presidente de honra, GINO STRUFFALDI, também se dedica aos jovens e fala de sua participação na Associação dos Oficiais Militares do Estado de São Paulo.

A segunda parte do evento de hoje é a entrega de Medalhas. Começa com a imposição da Medalha “SOLAR DOS ANDRADAS”, pela SOAMI. Estão presentes os presidentes da Diretoria Executiva e do Conselho Deliberativo, MARCELO IQUEUTI e MARCELO BOER. Eles fazem a entrega solene da Medalha “Governador Pedro de Toledo” para a CAPITÃO PM DENIS IZUMIDA, da Casa Militar do Palácio do Governo e para o 2º SARGENTO PM MARCELO CLEMENTE, do CPA/M-1. Procede-se a entrega, pelo Núcleo MMDC-LESTE da Medalha Constitucionalista para EDUARDO NUNES DOS REIS, da FALASP. 

São entregues as Medalha “GOVERNADOR PEDRO DE TOLEDO” para militares e civis constantes da relação encaminhada anteriormente. Isso é realizado de maneira brilhante. O TENENTE PM NATANAEL desempenha a função de mestre de cerimônias, conduzindo essa segunda parte do encontro de hoje. A CABO PM ROSALIM e um PM que é fiel escudeiro do NATANAEL ajudam muito na montagem da cerimônia.

O coroamento da solenidade de hoje termina com os salgadinhos e bolo para os aniversariantes.

Fico até tarde na Sociedade, com HERMANO e pessoas de seu relacionamento, bem como o CADETE BARROS, Presidente do Núcleo “CADETE RUYTEMBERG ROCHA”. O BARROS trouxe-me o regimento interno da comenda “RUYTEMBERG ROCHA” e fala sobre os últimos dias de ESCOLA DE OFICIAIS. Está terminando o curso e, na primeira quinzena de dezembro será promovido a ASPIRANTE A OFICIAL. O núcleo instalado na APMBB deverá sofrer alteração: um aluno oficial do atual terceiro ano da Escola de Oficiais assumirá o lugar do BARROS.

O cadete BARROS conduz-me em seu carro até o terminal rodoviário da ARMÊNIA, onde embarco, visivelmente cansado, para GUARULHOS. Sinto que a idade prejudica o meu desempenho como presidente da Sociedade Veteranos de 32-MMDC. Tenho mensagens na caixa eletrônica.

Caro Ventura,

Escrevo para lhe avisar que não poderei comparecer à Comissão hoje, por causa das minhas aulas na pós-graduação e por causa da chuva. Mais uma vez, agradeço pelo tempo que me concedeu para entrevistá-lo.

No entanto, peço-lhe, por favor, os contatos residenciais dos dois veteranos sobre os quais conversamos. Quero muito tentar conversar com ao menos um deles para minha reportagem.

JOSÉ GABRIEL é um repórter do ESTADO que esteve me entrevistando no dia 14. Ficou de comparecer à reunião da COFAM, mas está informando hoje

os motivos pelos quais  não pôde comparecer.

CARO JOSÉ GABRIEL

Foi uma pena. A sede estava literalmente tomada. Não havia lugares sentados. O GINO, nosso veterano de 97 anos também compareceu.

Para você entrevistá-lo ligue para 35426624 (residência).

Fico lhe devendo o telefone do JORGE MICHALANY. Aqui em casa não encontrei por enquanto. Sei que na Sociedade está anotado. Logo mais lhe passo.



Matéria publicada no site www.averdadesufocada.com em 15/10/2011 

15/10 - Ustra - onipotente, onisciente e onipresente?

15 de outubro de 2011

Por Maria Joseita Silva Brilhante Ustra

 www.averdadesufocada.com 

Até parece que o Cel Ustra era o todo poderoso comandante do combate à luta armada em todos os rincões do Brasil

Vejam a notícia abaixo como foi publicada pelo Correio do Brasil e, como, com frequência, são divulgadas todas as notícias sobre "torturas " e "assassinatos"  durante o período da  luta armada, em todo o Brasil, pela maioria da mídia. Reparem na fotografia. Vamos analisá-la:

 Em princípio sugere que seja uma cena de tortura em guerrilha rural, portanto, talvez Registro (cerco sem sucesso à Lamarca) ou Xambioá (guerrilha do Araguaia).

Sugere, mas não quer dizer que seja.(...)

15/10 - Ação popular

15 de outubro de 2011

"Para autor da ação popular, perseguidos políticos estão ficando ricos com as anistias

Gilberto Costa - Repórter da Agência Brasil - 31/05/2010 "

(observação de www.averdadesufocada.com 

 Será que não está na hora de fazer outras? )

"Brasília – O advogado João Henrique Nascimento de Freitas, um dos autores da ação popular que suspendeu o pagamento da indenização de 44 camponeses torturados pelo Exército na Guerrilha Araguaia (começo dos anos 1970), acredita que as anistias concedidas pelo Ministério da Justiça são decididas sem critério e estão gerando enriquecimento de ex-perseguidos da ditadura miliar (1964-1985). Com a anistia, os camponeses receberiam indenização mensal de dois salários mínimos (R$ 1.020)." (...)

15/10 - Senado mantém Lei da Anistia.

15 de outubro de 2011

Correio Braziliense - 14/10/2011

Um parecer técnico emitido pela Advocacia-Geral do Senado deve elevar a temperatura nas discussões sobre o alcance da Lei de Anistia. O órgão contestou a condenação do Brasil por violações de direitos humanos durante o regime militar, pela Corte Interamericana de Direitos Humanos. A manifestação, com três meses de atraso, foi enviada ao Supremo Tribunal Federal (STF).

15/10 - A exdrúxula Comissão da Verdade

15 de outubro de 2011

Por Osmar José de Barros Ribeiro - 13/10/2011

Longe de nós buscarmos as causas que nos trouxeram à atual situação de descalabro político-administrativo, onde desponta o descontentamento de ponderáveis parcelas da sociedade nacional, inclusive de setores militares. Para fazê-lo, existem pessoas melhor qualificadas. Assim, buscamos somente apresentar o despretensioso esboço de um quadro que, cedo ou tarde, terminará em tragédia.(...)

15/10 - Pensões e discrepâncias

15 de outubro de 2011

 Projeto prevê pensão de R$ 500 a herdeiros de Frei Tito

Vanildo Mendes/ Brasília -  O Estado de S.Paulo - 15/10/2011

Começou a tramitar no Senado o projeto de lei 4.015/01, aprovado esta semana, em caráter conclusivo, na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, que concede pensão especial de R$ 500, a ser dividida entre os herdeiros do frei dominicano Tito de Alencar, uma das vítimas mais emblemáticas da ditadura militar. 

15/10 - PR, solução ?

15 de outubro de 2011

 PR agora passa a ser solução

Acusada de montar esquema de corrupção no Ministério dos Transportes, cúpula do partido é cortejada para alianças em São Paulo

Paulo de Tarso Lyra - Correio Brazilense 15/10/2011

Pouco mais de três meses após a crise no Ministério dos Transportes, que defenestrou a cúpula do PR da máquina pública federal sob a acusação de corrupção, licitações fraudulentas e sobrepreço em contratos, o Partido da República virou "alvo de cobiça" das maiores legendas do país. (...)

15/10 - O troco em Dilma

15 de outubro de 2011

Leonardo Cavalcanti - Correio Braziliense - 15/10/11

Até o mês passado, os aliados insatisfeitos com a faxina da presidente rogavam pragas em silêncio. Apenas observadores mais atentos dos movimentos políticos percebiam a intolerância com as ações contra a corrupção. Não é mais assim. Agora, até estratégia os camaradas desenvolveram(...)

15/10 - A esquerda e a corrupção

15 de outubro de 2011

Por Aldo Fornazieri

O Estado de S.Paulo - 15/10/11

O tema da corrupção parece ter entrado com força na agenda política do País - ao menos momentaneamente. A queda de cinco ministros envolvidos em denúncias, inúmeros casos de corrupção em prefeituras, Câmaras Municipais, Assembleias Legislativas, governos estaduais e no Senado amplificaram o tema na opinião pública, criando a impressão de que há uma corrupção generalizada nas estruturas do poder(...)



Orlando Silva, ministro do Esporte: promessa de processar acusador (Tasso Marcelo/AE)

"Um bandido fala e eu que tenho que provar que não fiz, meu Deus?”, afirmou o comunista, informando que vai processar o policial

O ministro do Esporte, Orlando Silva, rebateu as acusações de foi o mentor e beneficiário de um esquema de desvio de dinheiro do programa Segundo Tempo. Na edição que chega neste sábado às bancas, a revista VEJA traz uma entrevista com o policial João Dias Ferreira, um militante do PC do B que também é dono de uma ONG que sumiu com 2 milhões de reais que deveriam ter sido usados na compra material esportivo e alimentos para crianças carentes.

De Guadalajara, no México, onde participou da cerimônia de abertura dos Jogos Panamericanos, Orlando Silva se disse chocado com a denúncia e classificou o denunciante como “bandido”. O ministro afirmou que tinha conhecimento de que o policial ameaçara fazer denúncias públicas envolvendo sua pasta e admitiu ter recebido João Dias no ministério, a pedido de seu antecessor na pasta e atual governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz.

“Confesso que eu estou chocado”, disse. “Estou estupefato, perplexo. Um bandido fala e eu que tenho que provar que não fiz, meu Deus?”, afirmou o comunista, informando que vai processar o policial.

O ministro disse que sabia das ameaças do policial há algum tempo. “Durante um ano esse sujeito procurou gente do ministério e fez ameaça, insinuação. E qual foi a nossa posição? Amigo, denuncie, fale o que você quiser. Por quê? Porque como nós temos convicção de que o que foi feito foi o correto, nós não tememos. E falávamos para ele: não nos interessa. Ele falava que existia um dossiê, que ia denunciar... A resposta era: faça, procure o Ministério Público, a polícia, a justiça, faça o que você quiser fazer”, afirmou.

Indagado sobre a razão pela qual o ministério não comunicou as ameaças à polícia, o ministro disse que “imaginou” que um de seus subordinados pudesse ter levado o assunto às autoridades competentes. “Chegamos a falar sobre essa hipótese.”

O ministério não registrou queixa das ameaças nem da agressão física que o próprio policial diz ter cometido contra Júlio Filgueira, ex-secretário nacional de Esporte Educacional do ministério. João Dias disse ter dado socos e coronhadas em Filgueira, nas dependências da secretaria.

Sobre o encontro que teve com o soldado, Orlando Silva explicou: “Estive com ele uma única vez, quando o Agnelo recomendou que eu recebesse ele, que era presidente de uma federação esportiva em Brasília e ele propôs fazer a tal parceria com o programa Segundo Tempo. Foi no gabinete, em audiência. Não foi num lugar escuso, sombrio. E quando ele não cumpriu aquilo que estava determinado, eu assinei a Tomada de Contas Especial, eu mandei para o Tribunal de Contas apurar”, declarou.

Orlando Silva desafiou o policial a provar o que diz e sugeriu que o militar, seu colega de partido, enriqueceu às custas de corrupção. “Vale a pena olhar qual é a minha declaração de renda, qual é meu patrimônio, qual é minha conta bancária e qual é a dele”. Por fim, emendou, enigmático: “Qual é a (conta) dele e de outras pessoas que têm relação (com o soldado)”.



Apesar de sua assessoria ter sido procurada na quinta-feira por VEJA, só após o fechamento da revista, na noite de sexta-feira, é que Orlando Silva fez contato com a reportagem. Antes, seus assessores haviam pedido que as perguntas fossem encaminhadas por escrito.



Foi com uma salva de palmas que os amigos de LEON CAKOFF se despediram do criador da Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, nesta tarde. CAKOFF, que morreu na sexta-feira, aos 63 anos, foi velado no Museu da Imagem e do Som (MIS) até as 13 horas. O corpo seguiu para o Cemitério PARQUE BRASIL, em EMBU DAS ARTES, onde foi cremado. “É uma perda irreparável.  LEON é insubstituível. A formação cinematográfica de São Paulo deve muito a ele”, declarou o diretor CAO HAMBURGER. “LEON era um dos últimos grandes diretores de festivais de cinema do BRASIL e do mundo que tinham a coragem de investir e apostar em novos talentos. Em um tempo em que todos apostam no seguro e na mesmice, essa é uma qualidade rara. Vai fazer muita falta”, completou o diretor CARLOS REICHENBACH. Nomes da política, do cinema e da televisão passaram pelo MIS desde sexta-feira. Estiveram presentes o ex-governador JOSÉ SERRA; o secretário municipal da Cultura, CARLOS AUGUSTO CALIL. O cineasta UGO GIORGETTI; o produtor FABIANO GULLANE; a cenógrafa DANIELA THOMAS; o escritor MARÇAL AQUINO; a apresentadora MARINA PERSON; ADHEMAR OLIVEIRA, PATRÍCIA DURÃES, LAÍS BODANZKY, LUIZ BOLOGNESI, RUBENS EWALD FILHO, a atriz ALICE BRAGA, SÉRGIO MACHADO e a produtora SARA SILVEIRA. A 25ª edição da Mostra Internacional de Cinema de São Paulo será a primeira sem a participação de seu criador. Começa na quinta-feira, dia 20 de outubro para convidados e na sexta abre para o público.



Uma estudante de 21 anos foi molestada por um advogado ontem à noite dentro de um vagão da Linha 3 – VERMELHA do Metrô. Por volta das 18:40 horas, ela estava em uma composição que seguia no sentido ITAQUERA e pretendia descer na Estação BELÉM. A estudante contou que o advogado WÁLTER DIAS CORDEIRO JÚNIOR, de 46 anos, colocou o pênis pa fora da calça e passou a se esfregar nela. Em pé, dentro do trem lotado, ele teria impedido a jovem de deixar o vagão. A estudante começou a passar mal e, quando os usuários foram socorrê-la, descobriram que estava sendo molestada pelo advogado. O assédio teria começado perto da Estação REPÚBLICA, segundo a estudante disse à polícia, e prosseguido até o BELÉM. Seguranças do Metrô levaram o advogado para a Delegacia de Polícia do Metropolitano, na Estação BARRA FUNDA. Ele foi preso em flagrante por violência sexual mediante fraude e transferido ainda naquela noite para a carceragem do 31º Distrito Policial, onde continua preso.



Na madrugada a polícia encerrou uma festa rave na casa do jogador VAGNER LOVE, onde mora com sua ex-mulher, MARTA LOVE, na zona oeste do RIO. Cerca de 800 pessoas, a maioria jovens, estavam no local. Dois adultos foram presos, acusados de dar álcool a menores, e dois adolescentes apreendidos. A casa de VÁGNER LOVE, que está fora do BRASIL, jogando na RÚSSIA e se separou de MARTA em abril, fica ao lado de uma casa de idosos.



Cerca de 150 manifestantes se reuniram hoje pela manhã no ALTO DE PINHEIROS, zona oeste, para protestar contra a impunidade e a violência no trânsito. O grupo aproveitou para lançar campanha de coleta de assinaturas para apresentar ao Congresso um projeto de lei que aumente punições para quem bebe e dirige.



Veio de THIAGO PEREIRA a primeira medalha de ouro brasileira dos JOGOS PAN-AMERICANOS DE GUADALAJARA. O nadador,que persegue a marca de detentor do maior número de medalhas de ouro do País no evento continental, não teve muita dificuldade para ganhar os 400 metros medley nesta noite. As outras medalhas foram as pratas de DAYNARA DE PAULA nos 100 metros borboleta, JOANNA MARANHÃO, nos 400 metros medley e no revezamento 4 x 100 metros com MICHELE LENHARDT, TATIANA BARBOSA, FLÁVIA DELAROLI e DAYNARA DE PAULA. A brasileira do pentatlo YANE MARQUES ganha a primeira medalha do País, a prata, e lamenta as falhas nos equipamentos do PAN. MÁRCIO WENCESLAU parou no mexicano DAMIAN ALEJANDRO VILLA e leva bronze no tae-kwon-do.



O ministro do ESPORTE, ORLANDO SILVA, é apontado como principal beneficiário de um suposto esquema de desvio de dinheiro público por meio de convênios. O ministro interrompeu sua agenda.

DIEGO ANTÔNIO VILA REAL, de 22 anos, era atleta e competia pela cidade de JOÃO MONLEVADE (MG) dos jogos paraolímpicos de PATOS DE MINAS (MG), na modalidade de atletismo. Neste sábado, ele sofreu uma parada cardíaca durante as provas e foi reanimado por profissionais no local da competição. Depois, foi levado para o Hospital Regional, sofreu nova parada e morreu. O representante da delegação de JOÃO MONLEVADE, DANIEL ÂNGELO, acionou a Polícia Militar depois da morte do jovem. Ele contou que o atleta sentiu dores nas pernas depois de correr a prova e houve demora na chegada da ambulância. 



JOÃO ROBERTO DUFF AZEVEDO nasceu em SÃO PAULO em maio de 1945. Filho do geógrafo e professor da USP AROLDO DE AZEVEDO e neto de ARNOLFO AZEVEDO, deputado federal e senador. Formado neurocirurgião pela quarta turma da Santa Casa de São Paulo em 1971, era apaixonado pela pesquisa sobre o envelhecimento do cérebro. Escreveu o livro “FICAR JOVEM LEVA TEMPO”, lançado em 1998. também fez o programa “PERGUNTE AO DOUTOR JOÃO ROBERTO”, na Rádio IMPRENSA. Afastado do trabalho, morreu de complicações pulmonares neste sábado, dia 15.



A reunião do IBAS (ÍNDIA, BRASIL e ÁFRICA DO SUL) em PRETÓRIA, na próxima terça-feira, dia 18, servirá para que os três países emergentes coordenem posições comuns a serem levadas ao G20, no início de novembro, em CANNES. Apesar da crise econômica ainda não ter afetado duramente nenhum deles, o agravamento dos problemas enfrentados por EUROPA e ESTADOS UNIDOS deve dominar a cúpula que reúne a presidente DILMA ROUSSEFF, o presidente da ÁFRICA DO SUL, JACOB ZUMA, e o primeiro-ministro da ÍNDIA, MANMOHAN SINGH. DILMA viaja na noite de amanhã. Irá ainda a MOÇAMBIQUE e a ANGOLA.  



A onda de protestos contra o setor financeiro e a classe política, que começou na ESPANHA e ganhou força com o “OCUPE WALL STREET” nos ESTADOS UNIDOS, espalhou-se hoje pelo mundo. Apelidados de “indignados”, manifestantes saíram às ruas nas principais cidades do mundo para gritar contra o capitalismo, a corrupção dos políticos e, em alguns países, contra medidas de austeridade fiscal. Organizadas por meio de redes sociais, como FACEBOOK e TWITTER, as marchas eram esperadas em mais de 900 cidades de 82 países. Os protestos ocorreram em locais como HONG KONG, TAIWAN, JAPÃO, AUSTRÁLIA, BÓSNIA, HOLANDA, ALEMANHA e INGLATERRA, entre outros. Em ROMA, na ITÁLIA, houve violência. Milhares de manifestantes se reuniram nas ruas e alguns colocaram fogo em carros e quebraram vitrines de lojas. O objetivo do movimento, dizem os organizadores, é “unir nossa voz e dizer aos políticos e às elites financeiras que cabe a nós, o povo, decidir nosso futuro”, segundo o site da organização. Os protestos ocorrem simultaneamente ao encontro do G20 na FRANÇA, em que políticos procuram formas de enfrentar a crise da dívida que se espalha pela zona do euro. Na cidade alma de FRANKFURT, capital financeira da EUROPA continental, cerca de 5 mil pessoas fizeram uma manifestação diante do Banco Central Europeu. Em LONDRES, 500 pessoas marcharam da Catedral de St. Paul até uma bolsa de valores nas redondezas. Em SARAJEVO, capital da BÓSNIA, centenas de manifestantes saíram às ruas carregando fotos de CHE GUEVARA e velhas bandeiras comunistas com os dizeres “Morte ao capitalismo, liberdade para as pessoas”. Em TAIWAN, onde manifestações do tipo são raras, cerca de cem pessoas se reuniram para criticar a má distribuição de riquezas. Em HONG KONG, cerca de 200 pessoas responderam ao chamado dos “indignados”. Em SÃO PAULO a chuva desanimou a concentração do movimento “DEMOCRACIA REAL JÁ”, inspirado no “OCUPE WALL STREET”, reuniu apenas 70 pessoas no final da manhã no LARGO SÃO BENTO, na capital paulista. Apesar do baixo número de indignados, PEDRO FUENTES, um dos integrantes do movimento, acredita que hoje foi dado apenas o “pontapé inicial”. Em SÃO PAULO, os protestos têm um amplo leque de reivindicações, desde a legalização da maconha e do aborto, passando pelo aumento dos investimentos em educação, até o “FORA RICARDO TEIXEIRA”, presidente da CBF.



2 012     :     -    SEGUNDA-FEIRA

Com meus cordiais cumprimentos, tenho a honra de convidá-lo a participar da Audiência Pública “REAJA SÃO PAULO”, com a finalidade de ser apresentado um Projeto de Lei de Iniciativa Popular, aumentando penas, agravando e tornando hediondos os crimes praticados contra agentes da lei (guardas municipais, policiais, bombeiros, defensores públicos, membros do ministério público, juízes e servidores do judiciário, agentes e guardas prisionais). É com fundamento no artigo 61, § 2º da Constituição Federal, regulamentada pela Lei nº 9.709, de 18 de novembro de 1998, artigo 13, que consiste na apresentação de projeto de lei à Câmara dos Deputados, subscrito por, no mínimo, 1% do eleitorado nacional, distribuído pelo menos por 05 (cinco) Estados, com não menos de 3/10 por cento dos eleitores de cada um deles, sendo necessário portanto, 1 milhão e 400 mil assinaturas.

A iniciativa de São Paulo se expandirá em todos os Estados, transformando-se no “REAJA BRASIL”.

LOCAL: AUDITÓRIO PAULO KOBAYASHI

ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE SÃO PAULO

DIA: 15 DE OUTUBRO DE 2012 

HORARIO: 14 HORAS.

DEPUTADO MAJOR OLÍMPIO GOMES

LIDER DO PDT



Antes de ir para a Assembléia passo pela Sociedade Veteranos de 32-MMDC. MARINEI já começou a receber telefonemas a cerca do COLAR DA VITÓRIA. Como era de esperar, os associados começam a corrida atrás do colar e surgem as primeiras controvérsias, fruto da “fogueira das vaidades”, um querendo ser melhor do que o outro, faltando humildade a certos associados. Apenas 32 receberão o colar e aí há um certo atropelamento, considerado até natural.

Recebo a MEDALHA DE DISTINÇÃO DO ARTILHEIRO ANTIAÉREO, da ASSOCIAÇÃO DOS ARTILHEIROS ANTIAÉREOS de CAXIAS DO SUL – RIO GRANDE DO SUL, cujo diploma está assinado pelo presidente MARCOS ANTONIO TRONCA. Igual medalha também chega para o CORONEL PM ANTÔNIO CARLOS MENDES e CAPITÃO ANÍSIO ARAÚJO DOS SANTOS.



Chego à Assembléia Legislativa por volta das 14 horas. Encontro muita gente conhecida no Auditório PAULO KOBAYASHI. O Presidente da Assembléia Legislativa, BARROS MUNHOZ, vai presidir os trabalhos da Audiência Pública que apresenta o Projeto de Lei de Iniciativa Popular já descrito acima. Compõem a mesa: Deputado BARROS MUNHOZ, CORONEL PM NAZARENO MARCINEIRO, Cmt Geral de SANTA CATARINA e Comandante do Conselho de Comandantes Gerais do Brasil; CORONEL PM ROBERVAL FERREIRA FRANÇA, Cmt Geral do Estado de São Paulo; CORONEL PM ÁLVARO BATISTA CAMILO, ex-Cmt Geral do Estado de São Paulo, eleito vereador da cidade de São Paulo; Deputado Estadual MAJOR PM SÉRGIO OLIMPIO GOMES, autor do Projeto de Lei e dessa Audiência Pública “REAJA SÃO PAULO”. Deputado Estadual GIL MARTINS SANTOS. O Presidente BARROS MUNHOZ abre a Audiência Pública e passa a palavra ao Deputado MAJOR OLÍMPIO que vai explanar em detalhes a petição que começa a receber as primeiras assinaturas (BARROS MUNHOZ é o primeiro a assinar). O Cmt Geral, CORONEL PM ROBERVAL faz uso da palavra e é o segundo a assinar a petição. Segue a fala do CORONEL PM CAMILO e do deputado GIL MARTINS. O DEPUTADO FEDERAL PROTÓGENES QUEIROZ passa a fazer parte da mesa de trabalhos e discorre sobre a sua larga experiência no campo de segurança pública. Um dos mais calorosos discursos é o do Coordenador das Associações da Polícia Militar, CORONEL PM LUIS CARLOS DOS SANTOS. Na platéia vemos membros do ministério público, servidores do judiciário, agentes e guardas de estabelecimentos prisionais. CORONEL PM GERMANO, do RIO DE JANEIRO; CORONEL BIANCHINI, de MINAS GERAIS; CORONEL LUIS CARLOS SANTOS, Presidente da Associação dos Oficiais do Estado de São Paulo. CORONEL PM ROBERTO ALEGRETTI, Presidente da AFAM; CABO PM WILSON, Presidente Nacional das Associações de Cabos e Soldados das Polícias Militares; DANIEL GANDOLFO, Presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários do Estado de São Paulo (fala de sua viagem à ITÁLIA e de como aquele país conseguiu acabar com a máfia); SARGENTO PM ARIMATÉA, da Associação de Cabos e Soldados de MINAS GERAIS (discursa sobre as atividades de seu Estado e diz que haverá uma reunião em Belo Horizonte no próximo dia 5); SÉRGIO LUCON, Vice-Presidente do CONSEG MONÇÕES/BROOKLIN; Dr JARIN (diz sobre um ato ecumênico que acontecerá amanhã na PRAÇA DA SE, sobre esse tema). O DEPUTADO ESTADUAL CARLOS GIANNAZZI tece comentário sobre o Seguro de Vida dos Servidores Públicos e fala sobre a PEC 300. É também apresentado um vídeo sobre o assassinato brutal do SARGENTO PM FUKUHARA, acontecido recentemente. O Delegado de Polícia JORGE MELÃO propõe uma caminhada até BRASILIA. O CORONEL PM ANTÔNIO GERMANO, do RIO DE JANEIRO, explica que há necessidade de se mexer na Constituição Federal. O último a fazer uso da palavra é o TENENTE PM Ref PAZ, que joga toda a culpa do desleixo da segurança pública e o crescimento do crime organizado na pessoa do governador.     

Quem fica ao meu lado o tempo todo é o ALFREDO PIRES. Passam das 18 horas quando termina a Audiência Pública. O Assistente Militar da Assembléia Legislativa, CORONEL PM NAVARRO, gentilmente cede o seu carro para me levar até o GRANDE ORIENTE DO BRASIL – SP, na RUA SÃO JOAQUIM. ALFREDO PIRES fica em sua casa.

Na maçonaria vou encontrar o Chefe de Gabinete do Iminente GRÃO MESTRE que está atarefado com o cerimonial da sessão branca que irá homenagear o maçom AGENOR SILVA LIMA. O ex-combatente da Revolução Constitucionalista de 1932 completou 100 anos de vida no último dia 13. Ele nasceu em PÃO DE AÇÚCAR, em ALAGOAS. Veio para SÃO PAULO em 1923, com 11 anos. Casou-se com IVONE MOURA LIMA no Dia dos Namorados de 1946. Viveram juntos por 61 anos e tiveram uma única filha, ALICE MARIA LIMA FERREIRA, com 65 anos. Desde que IVONE morreu, em 2008, AGENOR vive sozinho. Investigador aposentado da Polícia Civil, entrou para a maçonaria em 1953. Recebe hoje a mais alta comenda maçônica, a Medalha D. PEDRO I e também a Medalha CONSTITUCIONALISTA da Sociedade Veteranos de 32-MMDC. Estão presentes também: AMADO RÚBIO, sua esposa e sua filha LÍGIA, e também a doutora MARIA LUCIA CAMARGO. A sessão maçônica é apoteótica. Deslumbra pelo seu desenrolar, todo cheio de rituais que encantam as pessoas que não conhecem a maçonaria. Isso se vê nos comentários do AMADO RÚBIO e sua família. Mas me sinto cansado. As atividades desta segunda-feira exigiram certo esforço de minha parte e, por volta das 22 horas, já sinto que não dá mais para continuar no Grande Oriente. Saio acompanhado do AMADO, seus familiares e da doutora MARIA LÚCIA. Vamos embarcar no metrô e nos separamos na estação SÉ. Ainda passo pela Sociedade Veteranos de 32-MMDC e embarco no ônibus COCAIA já passando das 23 horas.       



A LINHA 4 – AMARELA do metrô completou hoje um ano de operação comercial. Nesse período foram transportados mais de 160,3 milhões de pessoas. O recorde de movimentação ocorreu no dia 6 de setembro, quando 666 mil passageiros passaram pelas seis estações da linha. Durante o primeiro ano de operação, os 14 trens da LINHA 4 – AMARELA fizeram 229,9 mil viagens e percorreram uma distância de 2,3 milhões de quilômetros. A LINHA 4 – AMARELA foi aprovada por 89% dos passageiros.



Os policiais militares do COE e do Agrupamento Aéreo localizaram na Estrada da BARRAGEM, em ENGENHEIRO MARSILAC, na zona sul, 17 estudantes que estavam desaparecidos desde sexta-feira e mais cinco bombeiros que entraram na mata ontem para resgatá-los e acabaram se perdendo. O helicóptero ÁGUIA, da PM, precisou fazer seis viagens para resgatar todas as pessoas que estavam dentro de uma região fechada da MATA ATLÂNTICA.



Um outro caso de morte por erro de procedimento de enfermagem aconteceu ontem, domingo, no RIO DE JANEIRO. A família de PALMERINA PIRES RIBEIRO, de 80 anos, acusa uma estagiária do Posto de Atendimento Médico de SÃO JOÃO DO MERITI de aplicar café com leite na veia da idosa. A prefeitura do município informou que uma sindicância foi aberta para esclarecer o caso. A estagiária e as enfermeiras supervisoras foram afastadas das funções.   



Um capitão da PM foi baleado duas vezes (na perna e na cintura) por uma dupla em uma moto em RIBEIRÃO PRETO, ontem à noite. PAULO SÉRGIO FABBRIS, de 43 anos, conseguiu revidar e acertou os dois criminosos, matando um e ferindo outro. A polícia não descarta ligação do ataque com o PRIMEIRO COMANDO DA CAPITAL.



A polícia apreendeu na sexta-feira três blocos de uma rifa do PCC. Eles estavam na casa de JÚLIO CÉSAR BICHO, de 34 anos, um dos principais ladrões de banco de SÃO PAULO. Os bilhetes, que custam 20 reais cada, prometem aos sorteados quatro carros zero km como prêmio. Vendida por integrantes que estão fora dos presídios, a rifa é uma das formas de arrecadação de recursos usada pela facção criminosa. A rifa achada na casa de BICHO, na VILA MATILDE, zona leste da capital, aponta como primeiro prêmio um veículo KIA SOUL. Segundo os bilhetes, também serão sorteados dois GOL e um UNO MILLE. Além dos bilhetes, agentes da 5ª Delegacia do Patrimônio (Roubo a Banco) do DEIC encontraram também relógios de grife, roupas, celulares, rádios e um notebook. Ainda foi apreendido um CITROËN C3. Responsável por 17 roubos a banco na capital apenas neste ano, BICHO foi preso quando saía de casa na tarde de sexta. Ele ainda tentou enganar os agentes, apresentando carteira de habilitação em nome de outra pessoa. As investigações, porém, já traziam imagens da atuação do criminoso em diversos assaltos. Em um dos casos, ele apontou a arma para a boca de um gerente. Além de comandar quase um quarto dos roubos a banco na capital neste ano, BICHO também é suspeito de participar de pelo menos outras três ações na Região Metropolitana. A polícia descobriu que o bandido contava com a colaboração de vigias dos bancos. Aliciados por integrantes da quadrilha, eles facilitavam o acesso às agências e chegavam a simular ter sido dominados por criminosos nos assaltos para não despertar suspeitas. Na última década, BICHO fez parte da quadrilha de MONSTRO, REJÃO e DE MENOR, ladrões de banco conhecidos da polícia. Os dois últimos estão presos. Depois da prisão na sexta, BICHO contou à polícia que se desentendeu com MONSTRO no fim do ano passado e, por isso, os dois não atuavam mais juntos. Para a polícia, porém, a principal hipótese e de que cada um ficou responsável por comandar uma parte da quadrilha. Se um fosse preso, como aconteceu, o outro continuaria em atividade.



O candidato do PSDB à prefeitura de GUARULHOS, CARLOS ROBERTO, aproveitou um evento público hoje para aparecer ao lado do governador e correligionário GERALDO ALCKMIN. Durante o ato, foi anunciado que será publicado na quarta-feira, dia 17, para contratar as obras que levarão a LINHA 2 – VERDE do Metrô até GUARULHOS. Em seu site oficial, o candidato publicou foto com o governador e disse que ALCKMIN havia confirmado hoje que as “obras para a chegada do Metrô a GUARULHOS começam ano que vem”. Especialistas dizem que a presença de ROBERTO ao lado de ALCKMIN caracteriza “abuso de poder político”, para o advogado ALBERTO ROLO, ou “uso indevido da maquina pública”, segundo o especialista em Direito Eleitoral, YURI CARAJELESCOV. Nos dois casos, a punição é a mesma: cassação da candidatura ou diploma. Questionado se achava correto levar o seu candidato para o anúncio de uma obras que será importante para GUARULHOS, ALCKMIN disse que não via problema. “Isso aqui é um ato público. Todo mundo pode participar. Só não pode participar da inauguração”. Para CARAJELESCOV a resposta do governador mostra uma visão “flexível” da legislação eleitoral: “O que a lei quer coibir é essa utilização do patrimônio público, seja de inauguração ou de entrega de equipamentos, em prol de um outro candidato”.



A estudante paquistanesa baleada pelo TALEBAN tem todas as chances de uma “boa recuperação”, disseram hoje médicos britânicos, depois que MALALA YOUSAFZAI, de 14 anos, chegou a um hospital no centro da INGLATERRA para tratamento. MALALA, atacada por defender a educação para meninas, foi levada de avião do PAQUISTÃO para o Hospital QUEEN ELIZABETH, em BIRMINGHAM. Ela está em uma unidade especializada em lidar com casos complexos de trauma que atendeu, inclusive, centenas de soldados feridos no AFEGANISTÃO. “Os médicos acreditam que ela tem chance de ter uma boa recuperação em todos os níveis”, disse DAVE ROSSER, diretor do hospital, acrescentando que seu tratamento e reabilitação poderão levar meses.



A UNIÃO EUROPÉIA anunciou hoje novas sanções ao IRÃ. As punições atingem o setor financeiro, de mineração e de exploração de gás natural. A intenção do bloco com as medidas, as mais amplas desde o embargo a importações do petróleo iraniano em julho, é forçar o IRÃ a abandonar seu polêmico programa nuclear. Em TEERÃ, o regime persa pediu que seus cidadãos deixem de comprar bens de consumos importados para fortalecer a economia local. Em comunicado conjunto após uma reunião em LUXEMBURGO, os 27 ministros de Exterior do bloco acusaram o IRÃ de violar flagrantemente suas obrigações internacionais e expressaram preocupação com seu programa nuclear.



O capitão do transatlântico COSTA CONCÓRDIA, FRANCESCO SCHETTINO, compareceu hoje ao tribunal de GROSSETO, na TOSCANA, onde é acusado de ser um dos novos responsáveis pelo naufrágio da embarcação, em 13 de janeiro de 2012, com 32 mortos. A promotoria deverá decidir nesta semana se ele será julgado por homicídio culposo (quando não há a intenção de matar). Mais de mil sobreviventes, além de parentes das vítimas e seus advogados, estiveram no local.



2 013     :     -    TERÇA-FEIRA

Noto que a Sociedade Veteranos de 32-MMDC agigantou-se nos últimos meses. Hoje teremos mais uma solenidade alusiva ao 81º Aniversário da Cessação das Hostilidades do Movimento Constitucionalista de 1932, na sede da Sociedade, como parte integrante das condecorações feitas aos nossos associados com a Medalha “GOVERNADOR PEDRO DE TOLEDO”.

Encontro MARINEI atarefada com os últimos detalhes para a solenidade de logo mais. Mas me surpreende a chegada de um livro intitulado “UM CÉU CINZENTO – A HISTÓRIA DA AVIAÇÃO NA REVOLUÇÃO DE 1932, escrito por CARLOS ROBERTO CARVALHO DARÓZ. DARÓZ reside no RECIFE (PE), em BOA VIAGEM. Uma carta que acompanha o livro esclarece tudo:

RECIFE-PE, O2 DE OUTUBRO DE 2013

OITENTA E UM ANOS DO FIM DA REVOLUÇÃO CONSTITUCIONALISTA



PREZADO CEL VENTURA,

Meu nome é CARLOS ROBERTO CARVALHO DARÓZ, sou tenente-coronel do Exército Brasileiro atualmente servindo como Chefe da Divisão de Ensino e professor de História do Colégio Militar do RECIFE. Sou neto de ex-combatente de 32, o então Sargento Enfermeiro PEFANI DARÓZ, que, à época, servia no 4º Regimento de Artilharia Montada de ITU e combateu nas Frentes Mineira e do Vale do Paraíba. Posteriormente, meu avô tornou-se oficial do EB e, servindo no 2º Regimento de Artilharia Antiaérea, de QUITAÚNA, foi enviado para FERNANDO DE NORONHA em 1942, participando da defesa do arquipélago. Dois anos mais tarde, voluntariou-se para integrar a Força Expedicionária Brasileira e atuou na ITÁLIA em 1944-1945. De retorno ao BRASIL, prosseguiu na carreira das armas e chegou ao posto de coronel, quando comandou o Estabelecimento de Material de Intendência da 2ª RM, com sede na LAPA, capital paulista. Durante muitos anos foi membro da Sociedade Veteranos de 32-MMDC, cuja carteira de sócio envio em anexo. Faleceu alguns anos atrás, aos 93 anos de idade, na cidade do RIO DE JANEIRO.

Além de oficial do EB, sou professor de história e historiador militar, com formação pela Universidade Federal do Estado do RIO DE JANEIRO e pelo Instituto de Geografia e História Militar do BRASIL. Há anos venho pesquisando a história da Revolução Constitucionalista, que reputo em um dos mais importantes fatos históricos da História do BRASIL e que deve ser valorizado por sua dimensão democrática.

Como resultado de minhas pesquisas – realizadas em diversos órgãos, arquivos, museus e bibliotecas, públicos e privados, produzi o livro UM CÉU CINZENTO: A HISTÓRIA DA AVIAÇÃO NA REVOLUÇÃO DE 1932, que teve por objetivo resgatar a história dos homens e máquinas que lutaram nos céus de SÃO PAULO, seja do lado constitucionalista, seja do lado federal. O livro foi lançado aqui no RECIFE em junho deste ano e tem alcançado um grande sucesso de divulgação e comercialização, pois, felizmente, muitos são os que se interessam pelo assunto.

Nesse sentido, para mim é uma grande honra presentear o Presidente da Sociedade Veteranos de 32-MMDC com um exemplar do meu livro. Pretendo, ainda, caso consiga operacionalizar, realizar um lançamento do livro aí em SÃO PAULO – o coração da Revolução – em que pese o fato de eu não dispor de nenhum apoio ou contato na cidade e a dificuldade de deslocamento RECIFE – SP – RECIFE.

O livro possui uma página no FACEBOOK, para divulgação e contatos com o autor, no seguinte endereço: https://www.facebook.com/UmCeuCinzento

Espero sinceramente que o senhor aprecie a leitura do trabalho, realizado após seis anos de cuidadosa pesquisa, que é minha contribuição para o estudo deste importante capítulo da história da aviação e da Revolução de 32.

No mais, estou à disposição do senhor aqui no RECIFE.



ATENCIOSAMENTE,

CARLOS DARÓZ



Mais tarde, quando retorno para casa, vou responder ao escritor:

PREZADO CARLOS DARÓZ

Nesta tarde, quando estávamos recebendo os convidados para a Solenidade de Outorga da Medalha "GOVERNADOR PEDRO DE TOLEDO", na sede da Sociedade Veteranos de 32-MMDC, chega o seu livro, como caído do céu.

Entusiasmado com o presente, fiz menção ao seu nome e à sua obra aos civis e oficiais e praças presentes à cerimônia, logo em seguida.

O professor JEFFERSON BIAJONE, nosso presidente do Núcleo de Correspondência de ITAPETININGA, já havia feito menção ao seu livro.

No meu retorno a GUARULHOS, onde moro (viajo sempre de ônibus) tive tempo para me inteirar de seu trabalho muito bem feito e que elucida pontos obscuros da aviação em 1932.

Sua obra é oportuna, pois em dezembro comemoraremos o centenário da aviação no Brasil.

Tomei a liberdade de lançar em meu blog a sua carta, servindo também de uma triangulação com o seu blog.


Seu livro, certamente, precisa ser difundido em SÃO PAULO. Colocada a carta em "MEMÓRIAS DO VENTURA", vai também para o FACEBOOK e haverá o conhecimento de todos os nossos associados.

Vamos pensar em sua presença em uma data importante em 2014, quando você poderá nos brindar com uma palestra sobre o tema.

MEUS PARABÉNS PELA REALIZAÇÃO DE "UM CÉU CINZENTO: A HISTÓRIA DA AVIAÇÃO NA REVOLUÇÃO DE 1932 e agradeço por você ter me enviado o seu livro.

Estou à sua disposição para outros contatos



Cel PM AUDI ANASTÁCIO FÉLIX é o oficial da mais alta patente nesta tarde. Vou condecorá-lo em primeiro lugar e depois solicito a ele que me ajude a colocar a Medalha GOVERNADOR PEDRO DE TOLEDO em outros associados. O CORONEL PM MENDES não pode comparecer e tive de ser o orador também do evento, muito auxiliado pela MARINEI, que se desdobra para bem cumprir a sua missão nesta tarde.

São condecorados:      

Cap PM Fabiano de Souza Pereira

Cap PM Anderson Luiz Alves dos Santos

Cap PM Wagner Roberto Sanchez Lima

Sra Elza Busato

Sr. Américo Calandriello Júnior

Sr. Diógenes Domingues Calandriello

Tenente PM Paulo Roberto Reis Teixeira de Souza

1º Tenente PM Rafael de Oliveira Casella

1º Tenente PM Victor Adolfo Carvalho e Silva

2º Tenente PM Gerson Rodrigues Redicopa

Dr. Luiz Gustavo Cury Cardoso

Aspirante a Oficial PM Bruno Lopes Ribeiro

 Aspirante a Oficial PM Fernanda Mello Magrini

Al Of PM Alberto Vinícius Caldeira Lima

2º Sgt PM Donizete Antonio Mariano

3º Sgt PM Jeimis Henrique Mota Alvarenga

3º Sgt PM Agnaldo Langannis

Cabo PM Carlos Alberto Cabrera

Cabo PM Carlos Eduardo Nunes

Professor João Francisco de Aguiar

Dr. José Carlos Barone

Soldado PM Robson de Santana

Soldado PM Antonio Sobral dos Santos

Soldado PM Ronaldo Luiz Bilha

Soldado PM Daniel Repulo Moriente

Soldado PM Adriana Paula dos Santos

Sr. Guilherme Mantovani Coli

A Sociedade está totalmente tomada pelos nossos convidados desta tarde. O nosso diligente ANTONIO CARLOS ARISTIDES tira as fotos que em instantes já estarão no FACEBOOK. Ele tem nos ajudado a fazer a história de nossos eventos. Devo muito a ele.



POR PROSITURA DO VEREADOR TONINHO PAIVA, O LEGISLATIVO PAULISTANO REALIZOU SESSÃO SOLENE EM 04 DE OUTUBRO, LEMBRANDO OS 81 ANOS DA CESSAÇÃO DAS HOSTILIDADES DO MOVIMENTO CONSTITUCIONALISTA DE 1932 E CONCEDEU O “DIPLOMA DE GRATIDÃO” OS QUE PRESTARAM RELEVANTES SERVIÇOS À CAUSA DA CONTRA REVOLUÇÃO DE 32.

Algumas das personalidades indicadas para o dia 4 não puderam comparecer na Câmara e recebem hoje o DIPLOMA DA GRATIDÃO:

Profº Doutor JOSÉ CARLOS DE BARROS LIMA

Profª MARGARIDA ROSA DE LIMA

Profª Doutora MARIA CECÍLIA NACLÉRIO HOMEM

Terminada a cerimônia de condecoração, ainda ficamos até tarde no MMDC, conversando com nossos amigos. Retorno para casa contente com o evento, mas profundamente cansado. Ainda vejo as fotos colocadas na rede social e as também coloco em meu blog.



A força-tarefa anunciada hoje pelo governo do Estado identificou um dos policiais envolvidos com o PCC. Preso administrativamente, o TENENTE PM GUILHERME WILLIAM PACHECO DA SILVA, de 36 anos, prestou depoimento na Corregedoria da Polícia Militar. Servia no 1º Batalhão de Polícia Militar, no BUTANTÃ, zona oeste. Ele teria sido flagrado em uma das escutas telefônicas feitas pelo Ministério Público na investigação que, durante três anos, mapeou o crime organizado. A apuração da promotoria foi revelada na semana passada pelo jornal “O ESTADO DE SÃO PAULO”.

De acordo com a Corregedoria da PM, GUILHERME foi identificado como o policial que oferece o serviço de transporte de drogas a traficantes ligados à facção. “Tem uns meninos que trabalha com isso, que é PM também, vai de motinha, entrega lá e vai embora (sic)”, afirma o PM na conversa gravada em janeiro pelo Ministério Público.

Ainda conforme a Corregedoria, GUILHERME disse em depoimento que falou no serviço para levantar mais informações sobre os traficantes. A defesa do tenente não foi localizada.

A prisão foi anunciada pela PM por meio de nota. No texto, a corporação afirma que está “atenta, rigorosa e implacável contra eventuais desvios de conduta de seus integrantes”. Segundo a PM, há ao menos outro cinco policiais envolvidos com a facção.



Cerca de 200 policiais militares protestaram hoje, em frente ao PALÁCIO DOS BANDEIRANTES, no MORUMBI, contra o plano de benefícios anunciado na segunda-feira pelo governo do Estado. As entidades consideraram baixo o reajuste de 7% e o novo plano de carreira, que facilita a promoção de PMs de soldados para sargento. Pela manhã, os manifestantes chegaram a fechar a AVENIDA MORUMBI nos dois sentidos. “Foi um pacote de maldades”, disse o deputado MAJOR PM OLÍMPIO GOMES, que esteve no protesto. “Ficou muito aquém dos 15% que os policiais reivindicam.” O parlamentar afirmou que um novo ato foi marcado para a próxima semana, no dia 22. “O local ainda será definido”.



A polícia identificou mais dois suspeitos de participar da ação que terminou com a morte do empresário JOSUÉ DANTAS MARTINS NETO, de 54 anos, na POMPEIA, zona oeste, há duas semanas. MARTINS NETO foi assassinado após perseguir um dos criminosos que invadiram o estacionamento vizinho à sua empresa, na Rua CORONEL MELO OLIVEIRA. Um dos criminosos que invadiram o local é GUSTAVO FELIPE DE OLIVEIRA, de 19 anos. Ele é irmão do adolescente de 17 anos apontado como autor do tiro que matou MARTINS NETO – o infrator havia sido identificado um dia depois do crime. Os irmãos ainda estão foragidos. Outro suspeito de participar da ação no estacionamento é DIEGO GUIMARÃES SOUZA. Ele foi detido recentemente pelo DENARC, em outra ação, e seria submetido a reconhecimento fotográfico.



Um grupo de mascarados, integrantes do BLACK BLOC, infiltrados em um protesto de estudantes e professores que começou no fim da tarde de hoje, entrou em confronto com policiais militares na MARGINAL PINHEIROS no início da noite. O grupo atirou pedras, coquetéis Molotov e bombas caseiras em direção à PM, que reagiu com bombas de gás lacrimogêneo e golpe de cassetetes. Pelo menos 56 pessoas foram detidas até as 20 horas. A confusão dispersou os manifestantes (estudantes e professores) que fugiram do confronto deixando bandeiras e faixas pelo caminho. Na fuga, o grupo de mascarados depredou um ônibus, três automóveis e cinco agências bancárias (ITAÚ, BRADESCO, HSBC, BANCO DO BRASIL e SANTANDER) na região da Avenida VITAL BRASIL. Eles ainda picharam pontos de ônibus e a Estação BUTANTÃ do Metrô, além de arrastarem sacos de lixo pelas ruas e quebrarem cascos de telefones públicos.

O confronto ocorreu nas proximidades de um posto de gasolina. Funcionários e clientes tentaram se proteger. O trânsito em uma das pistas da MARGINAL PINHEIROS, na altura da Ponte EUSÉBIO MATOSO, foi interditado.



Cerca de mil pessoas ligadas ao MST tentaram invadir a Câmara Municipal de SÃO PAULO durante protesto por moradia popular. Os manifestantes saíram em passeata da PRAÇA DA REPÚBLICA até a sede do Legislativo municipal. Ao tentar entrar na Câmara, os sem-teto partiram para cima da Polícia Militar, que usou cassetetes e gases de efeito moral para afastá-los. Uma comissão foi recebida pelo presidente da Câmara, vereador JOSÉ AMÉRICO. De lá, os sem-teto seguiram até a Prefeitura de SÃO PAULO, no VIADUTO DO CHÁ. Encontraram o prédio do Executivo fechado com portas de ferro. Grades foram colocadas para impedir a aproximação do grupo, Insatisfeitos com a recepção na Prefeitura, onde a comissão foi recebida pelo secretário adjunto de Relações Governamentais, JOSÉ PIVATTO, os sem-teto ameaçaram acampar em frente ao prédio ainda esta semana caso o Prefeito FERNANDO HADDAD, que está em viagem internacional, não se comprometa a deixar de usar a Guarda Civil Metropolitana e a Polícia Militar para desocupar terrenos públicos.

GUILHERME BOULOS, presidente nacional do MTST, afirmou que a Prefeitura está retirando famílias sem recorrer à Justiça para pedir reintegração de posse. Durante a manifestação, o VIADUTO MARIA PAULA, em frente à Câmara, e o VIADUTO DO CHÁ, onde fica a sede da Prefeitura, foram interditados pelos manifestantes, que portavam bandeiras vermelhas de ordem.       



Policiais militares e grupos de manifestantes entraram em confronto depois de manifestação de professores no centro do RIO. O protesto começou por volta das 18 horas e seguiu sem tumulto até às 20:15 horas. Professores, que participavam da passeata em defesa da educação, se dispersaram próximo à Câmara Municipal assim que começou o quebra-quebra. Antes do confronto, a maior parte dos participantes já havia deixado o protesto com a saída dos carros de som do SEPE – RJ (Sindicato dos Profissionais de Educação do RIO DE JANEIRO). A confusão teve início quando um grupo de manifestantes, a maioria com máscaras, decidiu se deslocar em direção à Assembléia Legislativa. As primeiras bombas de gás lacrimogêneo foram lançadas pela polícia entre o Museu Nacional de Belas Artes e a Biblioteca Nacional. Depois, foram disparadas bombas nas proximidades do TEATRO MUNICIPAL. Alguns manifestantes chutaram os artefatos explosivos de volta em direção aos policiais e dispararam rojões. Alguns traziam inscrições do grupo BLACK BLOC. Um micro-ônibus da polícia foi depredado e um carro da PM, incendiado. Pelo menos 45 pessoas foram detidas.



Palco dos vários dos momentos mais marcantes da Olimpíada de PEQUIM, em 2008, o Estádio NINHO DO PÁSSARO viu os jogadores testados por FELIPÃO decepcionarem. A única exceção na vitória por 2 a 0 sobre o ZÂMBIA foi o zagueiro DEDÉ, autor do segundo gol brasileiro nesta manhã – OSCAR havia aberto o placar pouco antes. Os outros seis testados não têm o que comemorar. DIEGO CAVALIERI mal pegou na bola, tamanha a fragilidade ofensiva do rival. MAXWELL, RAMIRES e LUCAS LEIVA fizeram apenas o básico. Mas as grandes decepções foram ALEXANDRE PATO e LUCAS. O corintiano e o ex-são-paulino nem sequer voltaram para o segundo tempo e ficaram mais distantes da COPA DE 2014. Até porque FELIPÃO só tem mais três amistosos antes da abertura do MUNDIAL, sendo dois no próximo mês. Inclusive, há quem garanta na CBF que o atacante DIEGO COSTA, desejado pela seleção espanhola, estará na lista dos convocados.

BRASIL: DIEGO CAVALIERI; DANIEL ALVES, DEDÉ, DAVID LUIZ (HENRIQUE) e MAXWELL; LUCAS LEIVA, PAULINHO (HERNANES) e RAMIRES (OSCAR); LUCAS (HULK), ALEXANDRE PATO (JÔ) e NEYMAR (BERNARD).



Um forte terremoto, de 7,2 graus de magnitude, atingiu hoje a região central das FILIPINAS e deixou ao menos 93 mortos e dezenas de feridos, de acordo com as agências internacionais. O tremor, que ocorreu às 8:12 horas, teve seu epicentro localizado à cerca de 33 quilômetros da cidade de CARMEN, na ILHA BOHOL. Não foi emitido alerta de tsunami. Prédios baixos caíram em pelo menos duas ilhas e igrejas históricas desabaram.



Um marroquino foi condenado a dez anos de prisão por estuprar a própria mãe na cidade de MEKNES, publicou hoje o jornal “AUJOURD´HUI LE MAROC”. O homem, de 34 anos, tinha sido condenado anteriormente a dois anos de prisão por ter abusado de uma menor, de 10 anos. Depois de sair da prisão, ele voltou a agredir outra menina, desta vez uma vizinha de 12 anos.



A Marinha italiana resgatou hoje cerca de 300 imigrantes nas águas entre a SICÍLIA e a LÍBIA. O governo mobilizou navios, helicópteros e aviões não tripulados para evitar novos naufrágios como os que causaram centenas de mortes neste mês. No último dia 3, mais de 360 imigrantes morreram em um naufrágio a menos de um quilômetro de LAMPEDUSA. Na sexta-feira passada, dia 11, pelo menos 34 imigrantes se afogaram na mesma região.



Depois de ser rejeitado pela igreja e pelo Estado e de um funeral tumultuado na cidade de ALBANO LAZIALE, na ITÁLIA, hoje, o corpo do criminoso nazista ERICH PRIEBKE deve ser devolvido a ROMA para ser cremado. Durante a manhã, a chegada do carro que transportava o caixão foi marcada por protestos e empurra-empurra. PRIEBKE, ex-capitão da SS, foi condenado pelo massacre de 335 civis nas FOSSAS ARDEATINAS, a cerca de 20 quilômetros do local do sepultamento.



Duas jovens foram presas hoje por suspeita de ligação com a morte de uma adolescente de 12 anos. De acordo com as autoridades da FLÓRIDA, REBECCA ANN SEDWICK se suicidou após ser vítima de cyberbullying praticado por um grupo de meninas de WINTER HAVEN durante aproximadamente um ano. As adolescentes detidas têm 12 e 14 anos e foram acusadas de perseguição criminosa agravada, segundo a polícia do condado de POLK. As investigações indicam que REBECCA foi aterrorizada por um grupo de até 15 adolescentes, que por meses a perseguiram com e-mails e torpedos. No dia 9 de setembro, REBECCA subiu em uma torre de seis andares em uma fábrica de seis andares e se jogou.       



2 014   :    -   QUARTA-FEIRA

O Comandante do 1º Batalhão de Polícia de Choque "TOBIAS DE AGUIAR", TENENTE-CORONEL PM CARLOS TENÓRIO DE ALMEIDA, tem a honra de convidar Vossa Senhoria para prestigiar a Solenidade Comemorativa do 44º Aniversário de criação das Rondas Ostensivas TOBIAS DE AGUIAR - "ROTA".

Antes das 10 horas, estou chegando no 1º BPChq. Vamos encontrar o WILLIAM MASCARENHAS (trajando a farda de 1932), JORGE BAPTISTA CRUZ, CARLOS EDUARDO DUARTE, BARALDI (AGRUBAN), ORÍTIA ABREU SERAFIM, FERNANDO MORENO.

No Salão Nobre, quando ali chego, o JUIZ CORONEL PM FERNANDO PEREIRA está discursando em homenagem ao CORONEL SALVADOR D´AQUINO, o idealizador da ROTA. Estão presentes o Secretário da Segurança Pública, FERNANDO GRELLA VIEIRA; VICE-ALMIRANTE LISEO ZAMPRÔNIO, Comandante do 8º DISTRITO NAVAL; LOURIVAL GOMES, Secretário; CORONEL PM BENEDITO ROBERTO MEIRA, nosso Comandante Geral; CORONEL PM LEÔNIDAS PANTALEÃO DE SANTANA, SubCmt PM; CORONEL PM NIVALDO CÉSAR RESTIVO, Comandante do Policiamento de Choque;

Os vereadores CORONEL PM ÁLVARO BATISTA CAMILO, CORONEL PM ADRIANO LOPES LUCINDA TELHADA, CAPITÃO PM CONTE LOPES também se acham presentes. Alguns coronéis reformados: CORONEL PM OCTAVIO GOMES DE OLIVEIRA, CORONEL PM CARLOS AUGUSTO DE MELLO ARAÚJO, CORONEL PM IVAN VIEIRA DE ALMEIDA, CORONEL PM ARIOVALDO SALGADO; CORONEL PM EVERARDO e muitos outros.

São entregues Medalhas do Méríto Pessoal após a abertura da solenidade militar com o CANTO DA CANÇÃO DA POLÍCIA MILITAR. É lida a ORDEM DO DIA do Cmt do 1º BPChq, TENENTE-CORONEL PM CARLOS TENÓRIO DE ALMEIDA. O Secretário de Segurança Pública, FERNANDO GRELLA VIEIRA, faz um belíssimo discurso, enaltecendo o trabalho da ROTA. Para encerrar, o tradicional desfile das viaturas de ROTA. Converso com o MAJOR PM CÁSSIO sobre o Núcleo que está sendo criado no 1º BPChq. Será marcada uma data para a inauguração oficial desse núcleo.   



Ao chegar à Sociedade Veteranos de 32-MMDC a MARINEI CHALUB comunica que por força do decreto do governador GERALDO ALCKMIN alterando a data do Dia do Funcionalismo Público, de 28 para 31 de outubro, o Deputado Estadual MAJOR PM SÉRGIO OLÍMPIO GOMES muda a data da Sessão Solene marcada para 31 de outubro para 10 de novembro. Os convites já tinham sido expedidos e agora temos de avisar todos os nossos associados sobre essa situação. Entro em contato, via e-mail, com o JUIZ RICARDO MONTE SERRAT, que é um dos indicados para receber a Medalha da CONSTITUIÇÃO nessa sessão solene da Assembléia Legislativa. Também aproveito para fazer uma triangulação entre o Juiz RICARDO e FERNANDO MORENO, pois este se prontificou a ir buscá-lo no NOVOTEL, na zona norte, no dia 22 de outubro, onde se hospedará, a fim de estar às 7 horas na Academia de Polícia Militar do Barro Branco, onde receberá o COLAR "CADETE RUYTEMBERG ROCHA".  

Mmº Juiz RICARDO

Tomei conhecimento agora que a data da entrega da Medalha da Constituição foi alterada em virtude da mudança da comemoração do Dia do Funcionalismo, de 28 para 31 de outubro, por decreto governamental.

Segundo o gabinete do Deputado Estadual MAJOR PM OLÍMPIO, a nova data será a de 12 de novembro. Ainda não me foi passado o horário.

Hoje pela manhã, na comemoração dos 44 anos da ROTA, FERNANDO MORENO, que é nosso associado e estará também sendo homenageado na Academia no dia 22, propôs-se a conduzir o senhor do NOVOTEL até à APMBB.

Vou fazer uma triangulação entre o senhor e o FERNANDO MORENO, através meu e-mail para os acertos quanto a essa locomoção.

A APMBB também solicitou o preenchimento de alguns dados sobre a sua pessoa. Acredito que minha secretária já enviou o pedido.



Estimado Fernando Moreno

Estou lhe encaminhando o e-mail que acabo de enviar para o Juiz RICARDO MONTE SERRAT.

Você vai perceber que a data do evento na Assembléia foi adiada para 12 de novembro, uma vez que no dia 31 de outubro será comemorado o Dia do Funcionalismo, por força de decreto assinado pelo governador (mudança de 28 para 31.

Solicito entrar em contato com o Juiz RICARDO.

(MARINEI alerta-me que a data da sessão solene na Assembléia é 10 de novembro e não 12).

Por volta das 16 horas, quando já estou pronto para deixar a Sociedade, chegam os cadetes ARUÃ BÁCARO DE FREITAS, atual Vice-Presidente do Núcleo "CADETE RUYTEMBERG ROCHA" e CÉSAR ROBERTO BARCELOS, que será o futuro Vice-Presidente, pois ARUÃ será declarado ASPIRANTE A OFICIAL em novembro e deixará o cargo. O novo Presidente do Núcleo será o aluno oficial RAFAEL VIEIRA. A passagem do cargo de Presidente e das outras posições da diretoria do Núcleo acontecerá no dia 22 de outubro. Os cadetes trazem os diplomas das medalhas do Núcleo para minha assinatura. Com isso demoro para deixar a Sociedade e MARINEI, sempre gentil e atenciosa para com a minha pessoa, oferece a "carona" para me levar até em casa. Isso para mim é muito bom, pois hoje coloquei a minha situação gripal à prova pela manhã, no evento da ROTA, e agora, ao cair da tarde, não estou bem. Conto a MARINEI que hoje tive uma conversa definitiva com o Comandante Geral, CORONEL PM BENEDITO ROBERTO MEIRA e ficou acertado que a sede do MMDC irá mesmo para o Monumento Mausoléu do Soldado Constitucionalista, assim que acontecer a devolução do Obelisco após o seu completo restauro. MARINEI me dá uma "carona" até minha casa.    

FALECIMENTO CEL. MANCINI

bira.pisani@globo.com

REPASSANDO .....

Com pesar, comunicamos o falecimento do Cel. Res. PM AMADOR MANCINI

Nascido em 13/08/1934 ( 80 anos ) era Aspirante da Turma de 1958.

Foi Comandante do Corpo de Bombeiros. Deixa familiares e inúmeros amigos. Estava internado em Casa desde 23MAI14, porém sua condição teve sério agravamento nas duas últimas semanas, culminando no resultado apontado. Certamente o “Marrom” será acolhido por Deus, no melhor estilo. Que a família supere esse difícil momento !!!

AMADOR MANCINI nasceu em 13 de agosto de 1934. Entrou para a antiga FORÇA PÚBLICA no dia 12 de fevereiro de 1954. Foi declarado ASPIRANTE A OFICIAL em 19 de abril de 1958. PROMOÇÕES: 2º TENENTE - 24 de maio de 1960; 1º TENENTE - 24 de maio de 1964; CAPITÃO - 25 de agosto de 1967; MAJOR - 15 de dezembro de 1975; TENENTE-CORONEL - 25 de agosto de 1980. Não tenho a data de sua promoção a CORONEL



Foi mais um teste para cardíaco, mas o SÃO PAULO conquistou a vaga às quartas-de-final da COPA SUL-AMERICANA. Salvo por uma noite inspirada de PAULO HENRIQUE GANSO, o TRICOLOR, com um a menos em boa parte do confronto graças à expulsão de DENILSON, bateu o HUACHIPATO, no CHILE, por 3 a 2. Na próxima fase da competição, o SÃO PAULO encara o EMELEC. As partidas serão nos dias 30 desde mês e 5 de novembro.

Demorou para o SÃO PAULO saber quem seria o seu adversário nas quartas de final na COPA SUL-AMERICANA. Na decisão por pênaltis, hoje, no SERRA DOURADA, o GOIÁS perdeu do EMELEC, do EQUADOR, por 6 a 5. BRUNO MINEIRO e PEDRO HENRIQUE desperdiçaram as suas cobranças. Já GIMENEZ decretou a vitória em GOIÂNIA.

O BAHIA também deu adeus ao torneio. Após vencer em casa por 2 a 0, o TRICOLOR foi derrotado pelo mesmo placar, hoje à noite, pelo UNIVERSIDAD CÉSAR VALLEJO, no PERU.

A zebra ficou por conta do BOCA JUNIORS no jogo de ida das oitavas de final da competição. Em plena BOMBONERA, em BUENOS AIRES, o tradicional time argentino perdeu de 1 a 0 para o modesto DEPORTIVO CAPIATÁ, do PARAGUAI.



A vantagem da vitória por 2 a 0 em ITAQUERA era gigante. Um gol de GUERRERO no começo do jogo, então, parecia ter sacramentado a classificação do CORINTHIANS sobre o ATLÉTICO MINEIRO para a semifinal da COPA DO BRASIL. Mas o improvável aconteceu. O GALO virou para 4 a 1 e eliminou o time paulista da competição. Fora do torneio e em sexto no BRASILEIRO, a situação de MANO MENEZES à frente da equipe se complicou.



O ex-delegado da Polícia Civil de São Paulo, IVO PINHEIRO NUNES, de 58 anos, foi assassinado por volta das 21:30 horas de terça-feira com três tiros à queima-roupa no rosto e no tórax enquanto bebia um refrigerante e comia um doce em um boteco na VILA JACUÍ, zona leste. A vítima morreu no local. O homicídio ocorreu em frente a uma criança. Ela estava comprando guloseimas no bar. O assassino, segundo testemunhas, chegou a pé e estava encapuzado. Ele conseguiu fugir. Segundo a Secretaria da Segurança Pública, NUNES foi expulso da Polícia Civil em 2004. O ex-policial era advogado desde 2008, informou a OAB-SP. Seu escritório de advocacia era em GUARULHOS. A principal hipótese é de que o ex-delegado tenha sido vítima de uma execução. O criminoso não levou a carteira, o celular e nem o carro do ex-policial. O assassino não anunciou assalto e atirou no ex-delegado sem falar nada.



Após 48 horas, detentos encerraram a rebelião na Penitenciária Industrial de GUARAPUAVA, no PARANÁ. O motim começou na segunda-feira e acabou por volta das 11:30 horas de hoje, após acordo com o governo para a transferência de 28 homens para outras unidades prisionais do Estado e de SANTA CATARINA. Os reféns que permaneciam em poder dos detentos - nove agentes penitenciários e sete presos - foram liberados, receberam atendimento e já tiveram alta médica.



O vigilante THIAGO HENRIQUE GOMES DA ROCHA, de 26 anos, confessou em depoimento à polícia, hoje, que matou 39 pessoas em GOIÂNIA (GOIÁS). O serial killer disse que se sentia angustiado e matava para aliviar esse sentimento. O homem assumiu a autoria dos assassinatos de mulheres, travestis e de moradores de rua. De acordo com o secretário estadual de Segurança Pública, JOAQUIM MESQUITA, THIAGO afirmou que, desses crimes, oito foram contra mulheres cujas as mortes já estavam sendo investigadas havia dois meses por uma força-tarefa. O jovem foi preso na tarde de ontem. Na residência em que THIAGO mora com a mãe os policiais encontraram um revólver calibre 38, uma motocicleta e placas roubadas. A polícia afirma que há cerca de um mês as investigações já apontavam para o vigilante como autor dos assassinatos.



Autoridades do NEPAL informaram, hoje, que pelo menos 17 alpínistas e guias de montanha morreram após uma tempestade de neve que atingiu a CORDILHEIRA DO HIMALAIA na terça-feira, na zona central do país. O mau tempo, que gerou a avalanche, foi consequência do ciclone HUDHUD, que tinha atingido o leste da ÍNDIA no fim de semana. O número de mortos não é definitivo porque as equipes de resgate ainda tentavam hoje, depois da melhora das condições do tempo, restabelecer contato com mais de cem pessoas que estavam em áreas de difícil acesso. Foi recuperado o contato com 27 alpinistas, mas os registros das autoridades nepalesas indicavam 168 alpinistas estrangeiros desaparecidos. Entre os mortos estão israelenses, canadenses, um indiano e um polonês.



A ONG REPÓRTERES SEM FRONTEIRAS denunciou a execução de mais dois jornalistas pelo ESTADO ISLÂMICO. MOHANAD AL-AKIDI, correspondente da agência de notícias SADA na cidade iraquiana de MOSUL, foi assassinado com um tiro na segunda-feira. Na sexta-feira, RAAD MOHAMED AL-AZZAWI, que trabalhava como câmera da TV SAMA SALAH ALDEEN, foi decapitado por militantes na cidade de SAMARRA.



Os ESTADOS UNIDOS registraram mais uma contaminação pelo vírus EBOLA em solo norte-americano. A enfermeira AMBER VINSON, de 29 anos, trabalha no Hospital TEXAS HEALTH PRESBYTERIAN, em DALAS, e foi infectada quando tratava do liberiano THOMAS ERIC DUNCAN. Antes de apresentar sintomas da doença, a enfermeira viajou, na segunda-feira, de CLEVELAND para DALLAS. As autoridades de saúde estavam tentando contato com todos os 132 passageiros que estavam a bordo do mesmo avião. AMBER é a segunda enfermeira do mesmo hospital a ser infectada pelo EBOLA. NINA THAM, de 26 anos, já está internada em uma área de isolamento desde o dia 12. Mais de 70 pessoas que cuidaram do liberiano no centro médico estão sendo monitoradas. THOMAS DUNCAN morreu na semana passada. A enfermeira mora em um condomínio de prédios para onde foi enviada uma equipe de remoção de materiais para descontaminar o local. O diretor do Centro de Controle e Prevenção de Doenças, TOM FRIEDEN, disse que os funcionários envolvidos no tratamento de DUNCAN podiam viajar, mas não em aeronaves comerciais, junto com outros passageiros.  



2 015    :   -      QUINTA-FEIRA

DIÁRIO DE SÃO PAULO - 45 ANOS DE ROTA

O LADO FAMÍLIA DO BATALHÃO MAIS TEMIDO DE SÃO PAULO.

ROTA completa 45 anos e comemora a tradição de criar ciclos de amizade entre os seus funcionários (FERNANDA UCHARA).

A copeira da tropa de elite da Polícia Militar de São Paulo, ERNESTINA RODRIGUES DE OLIVEIRA, de 55 anos, mais conhecida como TINA, está na ROTA há 26 anos. O batalhão mais temido da PM pelos bandidos, que completa hoje 45 anos, é para ela como um pai. E ERNESTINA, para todos que servem ali, desde soldados, sargentos e o próprio comandante, é uma mãezona.

O expediente da copeira começa pontualmente, como manda o regime militar, às 6 horas.  Ela chega uma hora antes para, nas suas palavras, "preparar com mais capricho o café da manhã dos policiais". Às 15 horas acaba o turno. Ela diz não se importar em ficar mais. "Eu amo estar aqui, a relação de amizade é tão grande que é como se fosse minha família".

O CORONEL PM ALBERTO SARDILLI, 46, que comanda o quartel há um mês, conhece TINA desde 2004. "São serviços como o dela que melhoram nossa qualidade de vida. Trabalhar em um quartel não é só pegar em armas, sair em viaturas", fala.

Ao relembrar alguns momentos dentro da ROTA, a senhora de fala simples não segura as lágrimas. A perda de amigos é sempre um marco, fala, mas a morte do pai é ressaltada porque os "amigos da farda" a socorreram no primeiro momento. "Meu pai era a pessoa que mais me amava, era ele quem me defendia. Eu entrei em depressão profunda e foi aqui, com o apoio de cada um, alguns inclusive que já se foram, que eu consegui me levantar", relembrou.

O SARGENTO ALEXANDRE CYRILLO, 41, está há 21 anos na PM e há dez na ROTA. Ele diz que a vivência o fez crescer profissionalmente. "Mas o mais importante é que me fez crescer como homem. Aqui a gente cria um vínculo de amizade muito grande. Damos apoio e somos apoiados. Não consigo me ver fora daqui, sair seria o pior castigo".

Tem também quem está entrando para o time, muitas vezes criticado pela truculência com que atua nas ruas, agora. JEAN ANDERSON DA SILVA, 24, é aluno há seis meses do curso para ingressar na ROTA. "As pessoas pensam que é só agressividade, mas descobri um lado bem humano aqui".

Temida por uns e amada por outros, a ROTA é sempre tema polêmico. E o comandante não foge desse assunto espinhoso. "Quem é pessoa de bem ama a ROTA, porque ela não tem motivo para sentir medo. As pessoas do mal nos odeiam porque alguma coisa tem", argumentou SARDILLI. Os admiradores, assim como os críticos, se expõe pela tropa. O artesão SÍLVIO MATTANO PEZZO, por exemplo, presenteou o batalhão, ontem, com um brasão feito de madeira. "Fiz porque eles lutam por nós todos os dias". Há também uma página no Facebook dos Admiradores da ROTA onde a morte de bandido é exaltada.   

  

O Comandante do 1º Batalhão de Polícia de Choque "TOBIAS DE AGUIAR", TENENTE-CORONEL PM ALBERTO MALFI SARDILLI, tem a honra de convidar Vossa Senhoria para prestigiar a Solenidade Comemorativa do 45º Aniversário de criação das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar "ROTA", nesta oportunidade será realizada a entrega de Láureas de Mérito Pessoal e Medalhas de Valor Militar.



Comparecemos ao evento alusivo ao 45º aniversário da ROTA. Encontramos muitos amigos presentes. O Secretário de Segurança Pública, ALEXANDRE DE MORAES, preside a solenidade. Estão presentes: CORONEL PM OCTÁVIO GOMES DE OLIVEIRA; CORONEL  PM PAULO LOPES LUCINDA TELHADA, CORONEL PM ANTÔNIO CHIARI, TENENTE-CORONEL PM LUIZ GOMES DE OLIVEIRA, CORONEL PM EVERARDO, CORONEL PM IVAN.



Uma data histórica para três policiais rodoviários de Maringá, nesta quinta-feira (15). A equipe do Sargento Gilson Fahur da Polícia Rodoviária Estadual foi homenageada no aniversário dos 45 anos do grupo ROTA, Rondas Ostensivas Tobias Aguiar de São Paulo. A solenidade aconteceu nas dependências do batalhão na capital paulista. O policial Fahur devido aos seus trabalhos realizados juntamente com os policiais, Cabo Duminelli e Soldado Morais ficaram conhecidos por grandes apreensões de drogas e pelas entrevistas polêmicas postadas nas redes sociais. O Brasil inteiro conheceu um pouco do trabalho do Sargento Fahur através da internet. Durante a cerimônia do aniversário da ROTA, um policial militar que era o cerimonialista anunciou a chegada da equipe do Sargento Fahur, que foi ovacionada pela multidão que se fazia presente. Sargento Fahur atendeu crianças, mulheres e policiais da ROTA que admiram seu trabalho, e para registrar o momento único de uma foto ao lado deste homem que se tormou ícone na Polícia Militar do Paraná. Após o término da cerimônia, Sargento Fahur e sua equipe foram convidados para conhecer as dependências do Batalhão da ROTA e do Grupo Águia. Fahur recebeu de policiais vários brasões e até uma volta de helicóptero pelo céu da capital. Sargento Fahur agradeceu o Comando da Polícia Rodoviária Estadual de Maringá, Rodrigo Giroto, por ter concedido a sua ida à outro Estado representando a Polícia Militar do Paraná.  

articipa da cerimônia de aniversário dos 45 anos da Rota

Últimas Notícias

Quinta-feira, 15/10/15 - 14:51

Secretário participa da cerimônia de aniversário dos 45 anos da Rota

Celina Oliveira

O evento aconteceu no quartel do Batalhão Tobias de Aguiar

O evento aconteceu no quartel do Batalhão Tobias de Aguiar

AnteriorPosterior

O evento aconteceu no quartel do Batalhão Tobias de Aguiar

A ‘Medalha Cruz do Mérito Policial’ foi entregue pelo secretário para Rafael Palladino Filho

O secretário da Segurança Pública, Alexandre de Moraes, representou o governador Geraldo Alckmin, durante solenidade

“Nós temos a melhor Polícia Militar do Brasil e uma das melhores do mundo

O secretário da Segurança Pública, Alexandre de Moraes, representou o governador Geraldo Alckmin, durante solenidade em comemoração aos 45 anos das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota) que formam o 1ºBatalhão de Policiamento de Choque (BPChq). O evento aconteceu na manhã desta quinta-feira (15) no quartel do Batalhão Tobias de Aguiar, localizado na Luz, região central de São Paulo.

“Como secretário da Segurança Pública e hoje também representando o governador Geraldo Alckmin posso afirmar a todos os senhores e senhoras, que nós do Estado de São Paulo temos orgulho da Polícia Militar, temos orgulho da Rota, temos orgulho da nossa tropa de elite”, afirmou Moraes.

A tropa atua, principalmente, com três focos: a Operação de Patrulhamento Inteligente (OPI) – o policiamento tático –, a escolta especial de presos, de presidente e vice-presidente da República e também de valores do Banco Central, além do controle de distúrbios civis.

“Nós temos a melhor Polícia Militar do Brasil e uma das melhores do mundo. Uma polícia competente, leal e que se sacrifica dia a dia por cada um de nós”, ressaltou o secretário. “E esse trabalho e competência na realização do policiamento, do enfrentamento e do combate à criminalidade vem dando resultados”, completou.

O efetivo dos pelotões é treinado diariamente, com aulas teóricas e práticas. Nessas formações, os policiais treinam os chamados “procedimentos operacionais padrão”, ou seja, abordagens de pessoas e veículos, técnicas de busca pessoal, uso de algema, ocorrências com reféns, entradas táticas em locais perigosos e tiro.

“Se a criminalidade se organiza, pode ter absoluta certeza que a Polícia Militar do Estado de São Paulo se organiza mais, se a criminalidade se arma, nós nos armamos mais, treinamos mais e combatemos mais. Nós vamos e estamos vencendo a luta contra a criminalidade”, disse Alexandre de Moraes.

Entre o treinamento, se destaca uma discussão conjunta sobre a atuação de rua do dia anterior. Nessa situação, cada policial descreve sua atuação, ressaltando acertos, erros e momentos críticos, comparando com os colegas, que podem sugerir novos modos de ação para cada situação.

“Graças a grande, forte e eficiente atuação da Polícia Militar e da Rota, sempre dentro da legalidade, estamos conseguindo combater e vencer a criminalidade”, finalizou o secretário.

Agraciados

Durante a solenidade de aniversário, foram entregues láureas de mérito pessoal da Polícia Militar, com o objetivo de homenagear agentes que tenham se destacado no cumprimento do dever.

Também no evento, houve a entrega da Medalha do Valor Militar, criada em 1953 e considerada uma das maiores honrarias para os policiais, concedida em reconhecimento do Estado pelos bons serviços prestados, com lealdade, constância e valor. 

A ‘Medalha Cruz do Mérito Policial’, a única concedida no Estado de São Paulo por ato de bravura no cumprimento do dever, foi entregue pelo secretário Alexandre de Moraes para Rafael Palladino Filho.

Celina Oliveira

Depois do encerramento do evento, conversamos com ORÍTIA ABREU SERAFIM, LIA BRITO, PAULO  XIMENES.



Vamos almoçar no FAMIGLIA MANCINI com TOMAZ VAQUERO BRASIL BICCA e IVAN KARICA. Conversamos muito sobre a Sociedade Veteranos de 32-MMDC e o Núcleo MMDC-ATIBAIA "SOLDADO BENTO SOARES". Já um pouco tarde, quase 15 horas, eles me deixam no Obelisco do IBIRAPUERA. MARINEI CHALUB cuida dos diplomas dos próximos eventos e deixa o Monumento Mausoléu às 16 horas. Permaneço por causa do evento marcado para às 19:30 horas, quando serão procedidas as outorgas das medalhas do Núcleo MMDC-LESTE.

Recepcionamos os convidados para o evento, principalmente o Comandante Geral da PMESP, CORONEL PM RICARDO GAMBARONI, o SubCmt, CORONEL PM FRANCISCO AIRES MESQUITA, e outros oficiais da nossa querida Polícia Militar., como é o caso do Deputado Estadual CORONEL PM PAULO ADRIANO LOPES LUCINDA TELHADA. Também está presente o CORONEL PM LUIZ ALBERTO PEZATO, que há muitos anos não o via.



“São Paulo Forte, Para Um Brasil Unido”

SOCIEDADE  VETERANOS  DE  32 – MMDC

Núcleo “MMDC LESTE - Juventude Constitucionalista”


Evento do Dia 15 de Outubro de 2015 – 19:30h
Local: Obelisco- Mausoléu de São Paulo
Ibirapuera - Capital / SP
 




Solenidade Alusiva à Valorização de Dignitários que Apóiam as Forças de Segurança Pública, e, Comemoração ao “83º Ano da Juventude Constitucionalista”
 











Núcleo MMDC LESTE da SOCIEDADE VETERANOS DE 32-MMDC

Lista por Tipo de Medalhas, e Etapas de Entregas

1ª ETAPA:

Medalha: “Valor Const. Esplendor S. Miguel + Colar Cruz Honra Constitucionalista”

NOME
FUNÇÃO
1
Cel PM Ricardo Gambaroni (è Medalha Esplendor S. Miguel)
Cmt Geral da PMESP
2
Cel PM Francisco Alberto Aires Mesquita
S Cmt PMESP
3
Cel PM Tadashi Komata
Oficial Superior da PMESP
4
Ten Cel PM Eduardo Alexandre Beni
GRPAe
5
Ten Cel PM Fabio Luis Pelegrini
Cmt “2 de Ouro”



*   *   *



Ocorrências de Destaque

2ª ETAPA

- Oc. de 28Ago15: Sd Adriana ferida em combate com tiro de fuzil na cabeça, sobrevive por Milagre de Deus

Medalhas: “Colar Cruz de Honra CONSTITUCIONAISTA”

NOME
FUNÇÃO
Medalha
1
Sd PM Adriana da Silva Andrade
Mot Vtr 04204
Colar Cruz de Honra Constitucionalista
2
Cb PM Eduardo Monteiro de Oliveira
Enc. Vtr 04204
Heróis de 32



- Oc. da Equipe de FT que Prendeu os criminosos que atiraram na Sd Adriana

NOME
FUNÇÃO
Medalha
1
1º Ten PM Adonis Trivisas Gomes
Cmt Eq FT Leste
Heróis de 32- Núcleo Ibirapuera
2
Cb PM            Nairan Ricard Oliveira Santos
Eq FT Leste
Heróis de 32- Núcleo Ibirapuera
3
Sd PM Eron Pereira de Carvalho
Eq FT Leste
Heróis de 32- Núcleo Ibirapuera



*   *   *

3ª ETAPA:

- Oc. do GRPAe e Equipes do 45º BPM/M que libertaram uma empresária da Máfia Chinesa

Medalhas: Heróis de 32- MMDC Núcleo Ibirapuera

NOME
FUNÇÃO
Medalha
1
Cap PM Rubem Melo de Freitas
Cmt de Eq Águia
Heróis de 32- Núcleo Ibirapuera
2
Cap PM Alexandre Oliveira de Paula
Cmt de Eq. Águia
Heróis de 32- Núcleo Ibirapuera
3
Cb PM Andrey Carllo Ribeiro Gomez
Tripulante de Eq Águia
Heróis de 32- Núcleo Ibirapuera
4
Cb PM Demetrius de Moraes Júnior
Tripulante de Eq Águia
Heróis de 32- Núcleo Ibirapuera
5
1º Ten Gabriel Huerte Diniz
45º BPM/M Vtr 45320
Heróis de 32- Núcleo Ibirapuera
6
Sd PM Thiago Melo de Castro
45º BPM/M Vtr 45320
Heróis de 32- Núcleo Ibirapuera
7
Sd PM Diego da Silva Santana
45º BPM/M Vtr 45320
Heróis de 32- Núcleo Ibirapuera
8
2º Sgt PM Marcos Roberto Baptista
45º BPM/M Vtr 45310
Heróis de 32- Núcleo Ibirapuera
9
Cb PM Edivaldo Patrocinio de Oliveira
45º BPM/M Vtr 45310
Heróis de 32- Núcleo Ibirapuera



*   *   *

4ª ETAPA:

- Oc. de Prisão de Quadrilha do PCC com Armas e cerca de R$ 300.000,00

Medalha:Valor Constitucionalista Esplendor de São Miguel

NOME
FUNÇÃO
1
2º Sgt PM Jean Carlos – Vtr Rota 91316
1º BPChq – rota – 3ª Cia
2
Cb PM Emerson dos Santos 116527-5 – Vtr Rota 91316
1º BPChq – rota – 3ª Cia
3
Cb PM Vanderson Lemes de Camargo 974161-5
1º BPChq – rota – 3ª Cia
4
Cb PM Rafael Marcondes 120129-8
1º BPChq – rota – 3ª Cia
5
Cb PM Eduardo Fernandes da Silva 102826-0
1º BPChq – rota – 3ª Cia
6
Sd PM Alyson Domingos Ferri Alves 109434-3
– Vtr Rota 91316 è (Medalha Jubileu Prata)
1º BPChq – rota – 3ª Cia





- Oc. de Prisão de Quadrilha de Tráfico de Entorpecentes em que foram apreendidos 110Kg de maconha e 15 Kg de pasta base de cocaína

Medalha:Valor Constitucionalista Esplendor de São Miguel

NOME
FUNÇÃO
1
3º Sgt PM Fabio Roberto Lima
Eq FT Leste
2
Cb PM Carlos José dos Santos Nascimento
Eq FT Leste
3
Cb PM Erick da Silva Andrade
Eq FT Leste





- Oc. de Prisão de Quadrilha de crime organizado com várias armas de Fogo, objetos roubados e dinheiro

Medalha: Heróis de 32- MMDC Ibirapuera

NOME
FUNÇÃO
1
Cb PM Robson Sgrignolli
“ 2 de Ouro “
2
Sd PM Joel José da Silva
“ 2 de Ouro “
3
Sd PM Tarcisio Gonzales de Almeida
“ 2 de Ouro “









*   *   *

5ª ETAPA:

Medalha: “Valor Constitucionalista Esplendor de São Miguel

NOME
FUNÇÃO
1
Ten Cel PM Claudia Virgilia Raposo de Faria
CPA/M-8
2
Maj PM Joseane Monteiro dos Santos
Coord Op “2 de Ouro”
3
Cap PM Anésio Viana Andrade
CPC
4
Ana Angela Palermo
Pres. PAULISERV
5
Cap PM Ricardo Lopes de Souza Salomão
53.BPM/I
6
Cap PM Paulo Marcelo Morishita Garbi
1.EM/PM
7
Cap PM Adriano Jesus de Andrade
2.BPM/I 5.Cia PM
8
Cap PM Emerson Prado Gonzaga
“2 de Ouro”
9
1º Ten PM Aliane Marcelli da Silveira Tapparo dos Santos
DP
10
Sr. Antonio Carlos Aristides
Soc Vet 32-MMDC
11
Cb PM Eduardo Lopes da Silva
2º BPChq -ROCAM
12
Sd PM Samuel Barbosa dos Santos
CPA/M-4
13
Sd PM André Ribeiro Reis
DP
14
Sd PM Rita de Cassia da Silva Sobrinho
DP

Medalha: “Colar Oficial da Paz da ABFIP ONU

NOME
FUNÇÃO
1
Herbert Lopes de Carvalho
mmdc leste

Medalha: “Jubileu 70 Anos da Vitória Inter-Aliada II Guerra Mundial

NOME
FUNÇÃO
1
1º Ten EB Daniel Miranda de Oliveira
mmdc leste





*   *   *

6ª ETAPA:

Medalha: “Mérito Constitucionalista

NOME
FUNÇÃO
1
Cel PM Odilon Gonzaga
“2 de Ouro”
2
Maj PM Gilson Helio Jesus dos Santos
S Cmt do “2 de Ouro”
3
Cap PM Nicanor Barry Komata
CIPM
5
Cap PM Andrei Gonçalves Vieira
3.BPM/I
6
Cap PM Fernando Signorelli
C Mil
7
Sub Ten PM Alexandre André à Praça + antiga do 2deOuro
Enc Seç Rec Hum “2 de Ouro”
8
2º Sgt PM Wilian Alves Maciel
14º BPM/M
9
3º Sgt PM Jocel Ferreira de Souza
3ª Cia – “2 de Ouro”
10
Cb PM Waldemar Camargo Junior
“2 de Ouro” - Motomec
11
Sd PM Ariane Gama da Silva
CPA/M-4
12
Sd PM Camila Costa Oliveira
CPA/M-4
13
Sr. Fernando Moreno
Cons. Soc Vet 32-MMDC
14
Cb PM Edson Rodrigo Ferreira da SIlva
ROCAM – 8º BPM/M
15
Sd PM Dennys Ferreira Silva
ROCAM – 8º BPM/M
16
Sd PM Douglas de Freitas Foresto
ROCAM – 8º BPM/M
17
Sd PM Marcus Wilian Dias Muticy
ROCAM – 8º BPM/M
18
Sd PM Edmar da Silva Aquino
ROCAM – 8º BPM/M
19
Cb PM Fábio Vicente Nunes
Força Tática – 8º BPM/M
20
Sd PM Sinval Marcos Corrêa
Força Tática – 8º BPM/M
21
Sd PM Gleison Alves
Força Tática – 8º BPM/M
22
Claudio Jesus Fernandes
Diretor ACAS



Homenagem Especial Alusiva ao Dia dos Professores:

Medalha: “Valor Constitucionalista Esplendor de São Miguel

NOME
FUNÇÃO
1
Profª Valderli Fontes Silva
Dirigente Ensino Leste1
2
Profª Dra. Maria Raimunda Chagas Vargas Rodriguez
Profª Coord Curso Ass Soc UnicSul
3
Profª Meire Ferreira de Souza Rodrigues
E.E.”Marinha do Brasil”
4
Victor Nascimento Morcelli(menino campeão Natação) à Medalha PROERD
Colégio Tobias Aguiar



Elaborado pelo 3º Sgt PM Rosalin – SP: 05OUT15



O nosso associado ANTÔNIO CARLOS ARISTIDES é um dos homenageados e assim se pronuncia:

Solenidade 15/10/2015 Alusiva ao 83 anos da Revolução de 32 e ao dia dos professores, forram homenageados ocorrências policiais de vulto e pude ter a oportunidade de conhecer a soldado Adriana a policial que em enfrentamento com bandidos sofreu um tiro de carabina na cabeça amplamente divulgado pela mídia muito emocionante o Cel Pm Ricardo Gambaroni estava presente prestigiando os seus comandados e nesta mesma ocasião recebeu a outorga da Medalha Esplendor de São Miguel . Agradeço o Núcleo do MMDC - Leste que me conferiu uma outorga da Medalha Esplendor de São Miguel em especial a Zalin Gui diretora do núcleo, capitão PM Natanael presidente do núcleo a minha amiga Dóris Dantas, secretaria do Núcleo, ao Cel Pm Telhada Presidente do Núcleo , claro que não posso esquecer o meu amigo Cel Pm Mario Ventura, e sua fiel escudeira Marinei Chalub, meus agradecimentos as filhas da Isadora F Aristides, Sarah Ferraro, Leticia Narita, e não posso esquecer desta minha amiga e assistente Geisy Christina que apesar do pouco tempo de convívio tem me incentivado a superar as adversidades momentâneas passadas.



Um protesto de alunos convocados pelo Sindicato dos Professores contra a reedequação das escolas públicas acaba em confronto com a Polícia Militar, nesta tarde, no PALÁCIO DOS BANDEIRANTES, no MORUMBI. Jovens mascarados tentaram invedir o local, a sede do governo paulista. Um deles chegou a escalar a guarita da entrada.

Segundo a PM, os manifestantes se reunirám às 9 horas no LARGO DA BATATA, em PINHEIROS, e, às 10 horas iniciaram o ato caminhando em importantes vias. Ele chegaram a fechar a marginal PINHEIROS.

Em frente ao portão 2 do PALÁCIO DOS BANDEIRANTES, os mascarados começaram a jogar pedras, paus, lixeira e fogos de artifício contra policiais. Duas bombas foram desarmadas dentro do imóvel pelo GATE. Uma viatura foi danificada e carros estacionados, também.

Em nota, a corporação afirmou que nenhum manifestante ou policial ficaram feridos. Ninguém foi preso pelos atos de vandalismo. A APEOESP não comentou o episódio, apesar de tê-lo financiado.



Uma mulher foi encontrada morta na Avenida 23 de Maio, embaixo do viaduto CONDESSA DE SÃO JOAQUIM, no centro, às 3 horas. Ao lado de seu corpo estava caída sua filha de apenas seis meses. A criança não apresentava ferimentos e passa bem.

De acordo com a Policia Civil, dois agentes da Companhia de Engenharia de Tráfego passavam pelo local quando viram o carrinho de bebê virado e a menina fora dele. Quando desceram da viatura, encontraram a mulher deitada.

A PM foi acionada e, quando os agentes chegaram, concluíram que GLEDJA REIS DA SILVA, de 23 anos, estava morta.

O canteiro onde ela foi localizada fica em um barranco. Testemunhas disseram à polícia que viram a mulher descendo, empurrando o carrinho.

Segundo informações do boletim de ocorrência, os peritos e o delegado que atenderam o caso não encontraram nenhum sinal de violência no corpo da vítima. A policia aguarda, agora, o laudo necroscópico para saber a causa da morte.

O delegado responsável pelo caso não havia conseguido até hoje à noite encontrar câmeras de segurança ou testemunhas que estiveram com a mulher antes de sua morte.

O marido e o irmão de GLEDJA reconheceram o corpo e, em depoimento, afirmaram que ela saiu de casa na noite de quarta-feira com a criança para dar uma volta e não deu mais notícias.

Segundo os familiares, a vítima era usuária de drogas e acreditam que a jovem saiu de casa para comprar entorpecentes. A mulher e o marido moravam debaixo do viaduto aonde GLEDJA foi encontrada. Ela trabalhava como vendedora de balas no Centro para ajudar o seu companheiro, que é porteiro. GLEDJA também deixou outros dois filhos.

O caso foi registrado no 78º DP (JARDINS) como morte suspeita. A principal linha de investigação dos agentes é overdose. Porém, o irmão da vítima informou aos investigadores que GLEDJA era cobrada por traficantes de drogas. Por isso, a possibilidade de homicídio também não foi descartada pela Polícia Civil.



Pressionado? Vá dizer isso ao time de TITE. Quem imaginou que o CORINTHIANS entraria hoje em campo ameaçado por causa da vitória do ATLÉTICO MINEIRO desconhece a tranquilidade do Líder do BRASILEIRÃO atuando em ITAQUERA.

Contra o ameaçado GOIÁS, o TIMÃO não teve dificuldades para provar sua supremacia e derrotar o adversário por 3 a 0.

Sem ELIAS, preservado por ter servido a seleção brasileira, TITE escalou RODRIGUINHO entre os titulares e lançou uma linha de defesa inédita na temporada. Com EDÍLSON, EDU DRACENA, GIL e GUILHERME ARANA, a melhor zaga do campeonato manteve o bom rendimento e ainda viu DRACENA balançar as redes.

O TIMÃO tem o melhor ataque da competição, ao lado do ATLÉTICO MINEIRO, que continua cinco pontos atrás na tabela (64 a 59).

A forte chuva que castigou o RIO GRANDE DO SUL, hoje, provocou transtornos graves à população e o jogo entre GRÊMIO e SANTOS chegou à correr risco de ser adiado. Não foi e os planos do PEIXE de abrir vantagem dentro do G4 do BRASILEIRÃO foram por água a baixo com a derrota em PORTO ALEGRE, por 1 a 0. Com o resultado, o time alvinegro estacionou nos 46 pontos, na quarta colocação, enquanto o rival abriu nove de distância na terceira posição.

O CORONEL REFORMADO CARLOS BRILHANTE USTRA, de 83 anos, que chefiou o DOI-CODI do 2º EXÉRCITO, órgão de controle da Ditadura, morreu hoje de madrugada. Ele estava internado na UTI do Hospital SANTA HELENA, em BRASÍLIA, em estado grave. USTRA teve complicações a partir de um câncer de próstata, que provocou uma metástase. Ele também sofria com pneumonia. O corpo de USTRA foi velado na capela do Hospital das Forças Armadas e cremado hoje. USTRA é apontado por dezenas de perseguidos políticos e familiares de vítimas do regime de exceção como responsável pelas perseguições, tortura e morte de opositores do golpe de 1964.       



Finalmente, três anos após serem condenados pelo Supremo Tribunal Federal, os mensaleiros José Genoino (PT), Roberto Jefferson (PTB) e Valdemar Costa Neto (PR) tiveram cassadas a Medalha do Pacificador, a mais alta condecoração do Exército Brasileiro. O ato é do general Vilas Boas, o atual comandante. O ex, general Enzo Peri, teve medo de irritar Dilma e não casou as medalhas, apesar de ser obrigado a isso pela legislação. Os mensaleiros já sumiram do Almanaque do Exército.

O decreto 4.207/02 manda cassar honrarias de condenado por crime contra o erário, em sentença transitada em julgado.

Os mensaleiros são corruptos transitados em julgado no STF desde 28 de novembro de 2012. Suas penas somaram 282 anos de cadeia.

O general Enzo Peri não apenas deixou de cassar as medalhas dos corruptos do mensalão como se esquivou de explicar sua atitude.

A atitude medrosa do Exército incomodou o Ministério Público Federal, que cobrou o cumprimento da legislação, para cassar as honrarias.



O ex-presidente LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA prestou depoimento "voluntário", nesta manhã, no inquérito aberto pelo Ministério Público do DISTRITO FEDERAL para investigar suposto tráfico de influência em favor de empreiteiras no exterior. "LULA respondeu às perguntas do procurador e argumentou que os chefes e os ex-chefes de nações do mundo inteiro defendem as empresas de seus países no exterior. Afirmou também que para ele isso é motivo de orgulho", disse nota divulgada pelo Instituto LULA. O ministro TEORI ZAVASCKI, do STF, autorizou na sexta-feira passada que o ex-presidente prestasse depoimento do LAVA JATO na condição de informante, e não como investigado. O pedido para ouvir LULA foi feito pela Polícia Federal - que, em relatório enviado ao tribunal, diz que o petista pode ter sido pessoalmente beneficiado pelo esquema de corrupção na PETROBRÁS. O procurador-geral da República, RODRIGO JANOT, emitiu parecer favorável ao depoimento. Ainda de acordo com a assessoria de imprensa do petista, LULA disse que todas as palestras dadas por ele estão declaradas e contabilizadas e que "jamais" interferiu na autonomia do BNDES e nas decisões do banco sobre concessões de

 empréstimos. Ainda de acordo com o Instituto LULA, ele afirmou no depoimento que "quem desconfia do BNDES não tem noção da seriedade da instituição".  

2 016     :     -     SÁBADO

Ontem, a ROTA completou 46 anos de sua criação. Estive presente no evento, bem como nos      anos do Regimento Montado “9 de Julho”. Foram duas solenidades marcantes e demonstraram o quanto a PMESP é querida do povo.

Nesta manhã, cansado pelas atribuições da data anterior, vou atualizar o dia 15 de outubro. Faço um passeio pelas páginas de minhas memórias, que superam a mais de cem, e lembro outros aniversários da ROTA, sempre com a presença da Sociedade Veteranos de 32-MMDC. Assim é que vêm à minha memória pessoas que muito representaram para essa instituição, onde estou a mais de 20 anos: GERALDO FARIA MARCONDES, CAPITÃO GINO STRUFFALDI, o polêmico CORONEL ARY CANAVÓ, GENERAL EUCLYDES BUENO FILHO, que foi considerado “o dono do Obelisco” pela imprensa falada e escrita. Nossos queridos comandantes do Exército Constitucionalista: o falecido AMADO RÚBIO e ALFREDO PIRES (ultimamente, por questão de saúde, afastado dos nossos eventos). Lembro a figura emblemática de AGENOR SILVA LIMA, falecido recentemente. Teria completado 104 anos de idade em 13 de outubro de 2016.

Lembro antigos comandantes da ROTA, como é o caso dos CORONÉIS PM NIOMAR CYRNE BEZERRA, JOSÉ ROBERTO MARTINS MARQUES, PAULO ADRIANO LOPES LUCINDA TELHADA, ALBERTO MALFI SARDILLI (foi comandante da ROTA no ano passado. Promovido a CORONEL PM foi classificado no CPA/M-7 (GUARULHOS) e muitos outros. 

Em minha biblioteca, passo uma manhã de eternas lembranças e de nostalgia, bem próprios de um senhor que irá completar oitenta anos de idade no próximo 27 de dezembro.



A Corregedoria da Polícia Civil de CAMPINAS, no interior de SÃO PAULO, prendeu dois policiais suspeitos de integrar um esquema de extorsão e por interferir em uma investigação de furto de combustíveis. Além deles, outros três policiais do DEIC já haviam sido detidos durante a operação na última semana.

De acordo com informações do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado – GAECO – o chefe dos investigadores da delegacia de PAULÍNIA foi detido na última sexta-feira por suspeita de envolvimento nas extorsões. Nesta manhã, outro policial, responsável por investigar desvios de cargas no DEIC, também foi detido.

Segundo as investigações, todos os cinco policiais presos são suspeitos de atrapalhar os avanços da OPERAÇÃO PETROLEIROS, que, no último mês de junho, prendeu oito pessoas em PAULÍNIA e CAMPINAS. A operação apontou que donos de transportadoras roubavam caminhões-tanque para adulterar e revender o combustível. Uma advogado de PAULÍNIA e um empresário de COSMOPÓLIS também já foram presos. 

                        





Uma reintegração de posse retirou famílias de sem-teto que ocupavam o prédio do CINE MARROCOS, na REPÚBLICA, região da central de SÃO PAULO, nesta manhã. A desocupação foi acompanhada pela Polícia Militar, mas ocorreu sem conflitos.

O local atualmente abrigava 300 pessoas, mas no momento da reintegração de posse havia 150 moradores, metade deles são imigrantes. A reintegração havia sido solicitada pela Prefeitura de SÃO PAULO, dona do imóvel, no início deste ano. Mas em março e setembro últimos, a ação acabou suspensa a pedido da própria administração municipal. Na última suspensão, a Prefeitura informou que a greve dos bancários poderia causar dificuldades de acesso ao auxílio-aluguel para os sem-teto.

Os policiais chegaram ao edifício no início da manhã e caminhões foram estacionados para o transporte de móveis e objetos pessoais dos ocupantes do MARROCOS.

Localizado ao lado do TEATRO MUNICIPAL, o prédio ocupado já foi um dos mais luxuosos cinemas da cidade. Os 12 andares da construção foi tomada em 2013, numa ação coordenada pelo MTST (Movimento Sem-Teto de São Paulo). No auge da ocupação, 600 famílias chegaram a viver ali.

Segundo a prefeitura, as pessoas que permaneciam no MARROCOS até hoje, já estão cadastradas em programas municipais de assistência social. Para os imigrantes, existe reserva de vagas no CENTRO DE REFERÊNCIA E ACOLHIDA DE IMIGRANTES.

Com a desocupação, o imóvel deve passar por reforma para ser transformado na sede da Secretaria Municipal da Educação. A prefeitura afirma que esta mudança vai significar ao município a economia com aluguéis de cinco prédios.

Em agosto, a polícia paulista prendeu 32 pessoas numa operação contra o tráfico de drogas na cracolândia. O principal alvo da operação foi o CINE MARROCOS. Segundo a polícia, traficantes utilizavam o prédio para distribuir drogas.

Cinco armas e 200 facas foram encontradas na caixa d´água do prédio. “As pessoas do MTST não tinham relação com o esquema. A ocupação era usada como fachada. Inclusive, tem pessoas que eram obrigadas a pagar para os traficantes”, disse na ocasião RUY FERRAZ FONTES, diretor do DENARC.



Suspeito de ligação com o ESTADO ISLÂMICO e investigado na OPERAÇÃO HASHTAG, da Polícia Federal, VALDIR PEREIRA DA ROCHA, de 36 anos, teve morte cerebral na sexta-feira, após ter sido espancado por detentos dentro da cadeia pública de VÁRZEA GRANDE, região metropolitana de CUIABÁ (MT). Segundo a Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos, ROCHA chegou a ser socorrido e encaminhado para a UTI do Pronto-Socorro de VÁRZEA GRANDE, mas teve a morte cerebral decretada. Segundo a pasta, cabe à família decidir se os aparelhos devem ser desligados.





2 017      :      -      DOMINGO

Uma data dedicada ao descanso, talvez porque estaremos enfrentando, a partir de amanhã, dia 16 de outubro, uma série de atividades já programadas e que irão acontecer: dia 17, no Obelisco, lançamento da Medalha do Mérito da Juventude Constitucionalista, às 15 horas – depois, no meio dessa solenidade, acontecerá a ASSEMBLEIA GERAL da Sociedade Veteranos de 32-MMDC com a finalidade exclusiva de acertar o novo endereço da sede da Associação; às 17 horas, no Tribunal de Justiça, acontecerá a entrega da MEDALHA PAULO BOMFIM. Às 19 horas, também no Obelisco, entrega de Medalhas do NÚCLEO MMDC-LESTE. No dia 18, viajaremos para CURITIBA. No dia 19, teremos entrega das medalhas do NÚCLEO MMDC-ESB “TENENTE-CORONEL ÁLVARO MARTINS”, em FRANCO DA ROCHA. Já no dia 20 está programada entrega de honrarias em OLIMPIA. No dia 21, em TORRINHA. No dia 23 de outubro, para minha honra, serei homenageado, na ALA 13, com a ORDEM DO MÉRITO DA AERONÁUTICA.

Acontece que, em minha biblioteca, tenho muita coisa para acertar. Na atualização do dia 15 de outubro, tenho de consertar alguns erros nas minhas memórias. Vou rever o nascimento do GENERAL EUCLYDES BUENO FILHO e pesquisar sobre a data de seu falecimento. Completo também a biografia de BIANCA DE CARVALHO E SILVA RINALDI.



O TIMÃO voltou a oscilar no CAMPEONATO BRASILEIRO. Após um fraco início de segundo turno, a equipe do técnico FÁBIO CARILLE até aparecia que iria encontrar o seu antigo padrão, afinal nos últimos quatro jogos foram dois empates e duas vitórias.

Mas bastou pegar o BAHIA fora de casa para o CORINTHIANS voltar a perder mais uma. Curiosamente, já é o quinto jogo seguido sem vitória alvinegra como visitante. BAHIA 2 x CORINTHIANS 0.

Com o resultado, a diferença do CORINTHIANS na liderança do BRASILEIRÃO caiu de dez para nove pontos, já que o GRÊMIO superou o CORITIBA por 1 a 0, no PARANÁ. A vitória levou o BAHIA aos 35 pontos, na 10ª colocação, se afastando da zona do rebaixamento para subir quatro posições na tabela.

Na sua quinta passagem pelo posto de interino do VERDÃO, ALBERTO VALENTIM “estreou” com o pé direito em seu primeiro jogo na função que até quinta-feira era do técnico CUCA.

Mesmo fora de casa, o PALMEIRAS não teve muitas dificuldades para bater o lanterna do BRASILEIRÃO, o ATLÉTICO GOIANENSE por 3 a 1. Com o resultado, o PALMEIRAS chegou aos 47 pontos e se manteve no pelotão de frente da tabela. O ATLETICO-GO, por sua vez, perdeu a chance de deixar a lanterna ao permanecer com 26 pontos. 



O ex-deputado Ricardo Zarattini, companheiro de cela de José Dirceu durante a ditadura militar, morreu neste domingo em São Paulo, aos 82 anos. Em sua página no Facebook, o petista Carlos Zarattini (SP), líder da bancada na Câmara, dedicou um poema de Bertold Brech ao pai. “Há homens que lutam um dia e são bons, há outros que lutam um ano e são melhores, há os que lutam muitos anos e são muito bons. Mas há os que lutam toda a vida e estes são imprescindíveis.”

Engenheiro, Ricardo Zarattini foi um dos 15 presos políticos soltos, em 1969, em troca da libertação do embaixador americano Charles Burke Elbrick. Ele estava internado havia dez dias na UTI do hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. Zarattini tinha câncer na medula e sofria das intercorrências provocadas pela doença.

Líder estudantil aos 16 anos, o político foi um dos participantes da campanha “O Petróleo é Nosso”, que culminou com a criação da Petrobras. Ex-integrante do PCBR (Partido Comunista Brasileiro Revolucionário), foi preso pela primeira vez no dia 10 de dezembro de 1968, em Pernambuco, três dias antes da decretação do AI-5, o Ato Institucional nº 5. Torturado, foi encarcerado no Quartel Dias Cardoso (PE).



O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), chamou neste domingo (15) de "incompetente" o advogado de defesa do presidente Michel Temer, Eduardo Carnelós. O parlamentar disparou críticas após Carnelós ter classificado como "vazamento criminoso" a divulgação dos vídeos da delação do operador financeiro Lúcio Funaro, que atingem Temer. "Não teve vazamento. O advogado é incompetente", disse Maia à Coluna do Estadão. 



Os vídeos da delação de Funaro foram divulgados no site da Câmara em 22 de setembro, junto com os outros documentos relacionados à segunda denúncia contra Temer e os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria-Geral da Presidência) por organização criminosa. O material foi enviado pela presidente do Supremo Tribunal Federal, Cármen Lúcia, por meio de ofício expedido em 21 de setembro, uma semana após a Procuradoria-Geral da República (PGR) apresentar a denúncia.

Após receber o ofício da presidente do STF, o secretário-Geral da Mesa Diretora, Wagner Soares, determinou que os vídeos fossem divulgados. Soares assumiu o posto por indicação de Maia. A divulgação do material ocorreu na mesma semana em que o presidente da Câmara disparou duras críticas a Temer e ao PMDB, em razão do assédio dos peemedebistas a parlamentares do PSB com os quais o DEM negociava filiação. 

Após Maia criticá-lo, o advogado de Temer divulgou nova nota neste domingo fazendo um "mea culpa". "Quando divulguei nota ontem, referindo-me a vazamento que qualifiquei como criminoso, desconhecia que os vídeos com os depoimentos de Funaro estavam disponíveis na página da Câmara dos Deputados. (...) Não poderia supor que os vídeos tivessem sido tornados públicos. Somente fiquei sabendo disso por meio de matéria televisiva levada ao ar ontem.", afirmou.

"Jamais pretendi imputar ao presidente da Câmara a prática de ilegalidade, muito menos crime, e hoje constatei que o ofício encaminhado a S. Ex.ª pela Presidente do STF, com cópia da denúncia e dos anexos que a acompanham, indicou serem sigilosos apenas autos de um dos anexos, sem se referir aos depoimentos do delator, que também deveriam ser tratados como sigilosos", acrescentou o advogado do presidente da República. 

Na nota divulgada no sábado, 14, Carnelós criticou as autoridades que permitiram ou promoveram o vazamento, pois, na avaliação dele, elas deveriam "respeitar o ordenamento jurídico" Ele atacou também a imprensa, afirmando ser inaceitável a "publicidade espetaculosa à palavra de notório criminoso, que venceu a indecente licitação realizada pelo ex-PGR para ser delator, apenas pela manifesta disposição de atacar o Presidente da República."

No vídeo da delação, divulgado inicialmente pelo jornal Folha de S. Paulo, Funaro diz que era "lógico" que o ex-assessor especial do presidente Michel Temer José Yunes sabia que havia entregue a ele uma caixa com dinheiro em setembro de 2014. Diz, também, que Temer tentou favorecer empresas que atuam no porto de Santos (SP) durante tramitação da Medida Provisória (MP) dos Portos, em 2013. 

Na primeira denúncia apresentada pela PGR contra Temer, por corrupção passiva, a presidente do STF também enviou para a Câmara os vídeos da delação da JBS, que basearam a peça acusatória. Da mesma forma, Rodrigo Maia ordenou que o material fosse divulgado no site da Casa, o que foi feito pela Secretaria-Geral da Mesa Diretora.



Duas mortes por esfaqueamento aconteceram em SÃO PAULO. No sábado, um homem esfaqueou sua ex-namorada, uma adolescente de 16 anos, próximo ao Metrô SÃO BENTO, no Centro. Ela estava saindo do trabalho quando sofreu o ataque. A adolescente foi socorrida ao Hospital das Clínicas, mas não resistiu. Após o crime, o homem tentou roubar um carro, mas foi detido pela polícia. Já em TABOÃO DA SERRA, um homem esfaqueou a ex-mulher e o companheiro dela na avenida INDIANA. Os dois foram socorridos, mas o homem não sobreviveu aos ferimentos. O assassino acabou preso.



Não é apenas o tráfego pesado que preocupa a volta para casa após o feriado prolongado. Bandidos aproveitam o trânsito lento e muitas vezes parado para tentar assaltar os motoristas. Hoje, uma ação dessas terminou com um rapaz de 18 anos baleado. Ele tentou assaltar um policial militar na Rodovia dos Imigrantes, em SÃO VICENTE. O crime ocorreu na PONTE DO MAR PEQUENO, durante congestionamento de veículos.

Segundo informações da Polícia Militar Rodoviária, o criminoso se aproveitou do trânsito parado para tentar cometer o roubo. A troca de tiros ocorreu no km 68 da Pista Norte, sentido capital paulista, depois que o rapaz armado abordou justamente um policial que estava de folga.

O PM tentou render o criminoso, que iniciou uma troca de tiros. O rapaz foi baleado na perna e acabou desarmado, mas conseguiu fugir. Menos de uma hora depois, ele foi até o Hospital Municipal de SÃO VICENTE, levado pela namorada, que alegou que o rapaz tinha sido vítima de uma bala perdida. A polícia foi acionada e confirmou o envolvimento dele no crime da rodovia. Por meio de nota, a Secretaria da Saúde de SÃO VICENTE confirmou que o suspeito baleado deu entrada no Hospital Municipal no fim da manhã. “O jovem apresentou um ferimento por arma de fogo na coxa direita. Seu quadro é estável e ele está algemado e com escolta policial”, informou o comunicado.

O caso foi registrado na Delegacia Sede de SÃO VICENTE durante a tarde. O policial militar que estava de folga trabalha na BAIXADA SANTISTA e não ficou ferido. A arma utilizada pelo rapaz foi apreendida e o local do crime foi periciado pela Polícia Científica.

O veículo do policial ficou com as marcas do tiroteio. A polícia informou que a ocorrência tratou-se de um caso isolado e que não houve um arrastão no local. 



Enquanto os bombeiros ainda tentam controlar os incêndios florestais que atingem o norte da CALIFÓRNIA (EUA) há uma semana, o balanço dos mortos subiu para 40, segundo a ASSOCIATED PRESS. A última estimativa indica que 100 mil pessoas foram forçadas a abandonar suas casas. Cerca de 865 quilômetros quadrados de áreas residenciais, florestas e outras propriedades foram arrasadas pelo fogo desde o dia 8 de outubro na chamada região do vinho. “Os incêndios foram extremamente destrutivos, com uma estimativa de 5.700 estruturas arrasadas”, informou o Corpo de Bombeiros.



Subiu para 231, pelo menos, o número de mortos após explosões terroristas em MOGADÍSCIO, capital da SOMÁLIA, ocorridas no sábado. Outras 275 pessoas estão feridas. O presidente do país, MOHAMED ABDULLAHI MOHAMED, decretou três dias de luto após o ataque, que é considerado pelos somalis como o mais grave da história da nação. O presidente visitou, hoje, as vítimas que estão hospitalizadas. Até o momento, nenhum grupo terrorista reivindicou a autoria do atentado. No entanto, os rebeldes do SHEBAB, um embrião da AL QUAEDA, realizam regularmente ataques suicidas na capital em sua luta contra o governo da SOMÁLIA.



2 018    :     -    SEGUNDA-FEIRA

Está programada para esta manhã uma visita ao 8º DISTRITO NAVAL a convite do seu Comandante, CONTRA-ALMIRANTE CLÁUDIO HENRIQUE MELLO DE ALMEIDA.

Como combinara com a MARINEI, vou cedo para a Sociedade Veteranos de 32-MMDC e, depois das 10 horas, ela me leva até o 8º DN. Temos uma verdadeira aula sobre a Marinha, onde aprendemos muita coisa com o COMANDANTE MELLO. Ele também está com a inspeção de um outro almirante e, logo depois, vamos almoçar.

Permanecemos até às 14 horas na companhia dos almirantes e outros oficiais do 8º DN. Depois, MARINEI vai me deixar na frente da Associação Comercial, pois tenho reunião do Conselho Cívico e Cultural nesta tarde.

Sob a coordenação de ADOLFO SAVELLI, vamos contar nesta reunião com as presenças de VITOR DONIZETE DOS SANTOS, WALTER, REINALDO BRESSANI, MALCOLM FOREST, Professora EDIMARA DE LIMA, MARIA CECÍLIA NACLÉRIO HOMEM, PEDRO PAULO PENNA TRINDADE, CHICO LUZ, HELIODORO (que está regressando após várias reuniões sem comparecer), CORONEL PM ROBERTO, VILMA, JÁCOMO SPAMPINATO, VALDIR ABDALLAH.

Lembramos do Dia do Professor, onde PEDRO PAULO declama uma poesia em homenagem ao PADRE JOSÉ DE ANCHIETA. As principais datas comemorativas do mês de outubro também são lembradas pelo PEDRO PAULO.

Depois, os ânimos se inflamam em torno do momento político. Essa eleição é diferenciada pela ideologia esquerdista e a direita que procura expurgar o petismo brasileiro. Isso vai até por volta das 17 horas. O retorno para GUARULHOS não é nada bom por causa do congestionamento no trânsito.

ATA DA 30ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO CÍVICO E CULTURAL, DA ASSOCIAÇÃO COMERCIAL DE SÃO PAULO-ACSP, GESTÃO MARÇO DE 2017 A MARÇO DE 2019, REALIZADA EM 15 DE OUTUBRO DE 2018, ÀS 15 HORAS, NO 11º ANDAR DO EDIFÍCIO-SEDE DA ASSOCIAÇÃO COMERCIAL DE SÃO PAULO, RUA BOA VISTA, 51.

Dando por aberta a reunião, o coordenador Adolfo Savelli agradeceu a presença de todos, lembrou que hoje é uma data muito importante, em que se comemora o Dia do Professor, cumprimentou as Professoras presentes e solicitou ao Pedro Paulo Trindade que lesse a  “Prece a Anchieta - Homenagem ao Primeiro Mestre da Cidade de São Paulo” de Guilherme de Almeida. A seguir deu as boas-vindas ao conselheiro Heliodoro Sá, que retornou após longa e sentida ausência, e Alexandre Ortiz, vice superintendente da Distrital Centro, que nos visita e colocou em votação a ata da reunião de 24/09/2018, que foi aprovada. Correspondências enviadas/recebidas: Mensagem enviada pelo Conselho em 25/09 aos Diretores Superintendentes das Distritais conclamando para que realizem evento para culto à Bandeira Nacional junto a uma escola da sua região e solicita que sejam informados o nome da escola, data e horário da solenidade cívica para encaminhamento da Bandeira, que deverá ser doada à Diretoria da Escola. Recebemos, em 27/09, mensagem da conselheira Elisabete Florido comunicando o sucesso do evento para premiação do Projeto Poesia Pela Paz na Escola Estadual MMDC e em 30/09, mensagem do conselheiro Jácomo Spampinato informando a realização da cerimônia para premiação das poesias do Projeto Poesia Pela Paz, na Escola Reynaldo Porchat. Convite para o evento de Homenagem aos Professores a ser realizado no Salão Nobre da Câmara Municipal às 18h00 do dia 16/10. Datas Comemorativas do Mês de Outubro: o conselheiro Pedro Paulo Trindade leu as informações referentes às datas comemorativas do mês, a saber: 02/10 – Dia da Cessação da Hostilidades de 1932, 15/10 – Dia do Professor, 23/10 – Dia do Aviador e o Dia da Força Aérea Brasileira, 24/10 – Dia da ONU e 30/10 – Dia do Comerciário. A conselheira Vilma Gagliardi comentou da sua emoção ao receber a Medalha Governador Pedro de Toledo, em cerimônia realizada em 02/10, na solenidade de comemoração do Dia da Cessação das Hostilidades de 1932, organizada pela Sociedade MMDC, em frente ao Monumento ao Soldado Constitucionalista no Ibirapuera. O conselheiro Heliodoro Sá, comentou a importância de lembrar as Datas Comemorativas e apresentou material relativo ao Dia do Professor com pesquisa realizada para identificar os valores mais caros aos professores que, contrariando as expectativas, coloca mas condições de trabalho em primeiro lugar, a qualificação profissional em segundo e a questão de salários em terceiro. Lembrou ainda dois fatos importantes noticiados relativos a escolas: a criação do Colégio Militar de São Paulo e a escolha do Colégio mais antigo de São Paulo como modelo para o estado – a Escola Estadual de São Paulo, no Parque D. Pedro, que é adotada pela nossa Distrital Centro. Comentou também sobre o Dia do Aviador, bem representado em Santana, com o Campo de Marte e a Praça Campo de Bagatelle. Sobre a importância da ONU, lembrou a ação do antigo secretário da ONU – Kofi Annan, que foi reconhecido com o Prêmio Nobel da Paz e a importância do reconhecimento. Bandeira Nacional para as Distritais: o coordenador informou que até agora somente três Distritais programaram eventos junto às escolas para entrega da bandeira: Distrital Pinheiros, Distrital Oeste e Distrital Centro e aguardamos as respostas das demais Distritais, lembrando que no ano passado tivemos participação de 14 Distritais. Projeto Poesia Cívica: o coordenador lembrou a oportunidade de realizar o Projeto junto com a entrega da bandeira. Até agora temos a confirmação da Distrital Centro com a Escola Estadual de São Paulo e o coordenador exortou as demais Distritais a desenvolver o projeto em Novembro, com data de premiação flexível, considerando a quantidade de feriados no mês e a aproximação do final do ano letivo. O Coronel Ventura informou as datas dos próximos eventos da Sociedade MMDC, a saber: 20/10, Confraternização de professores no Obelisco do Ibirapuera; 07/11, às 19h30, Entrega do Colar da Cruz de Honra Constitucionalista no Obelisco do Ibirapuera; 09/11, Entrega da Medalha Dráusio – Medalha de Mérito da Juventude Constitucionalista; 30/11, Entrega da Medalha Aldo Quioratto e 14/12 – Almoço de Confraternização da Sociedade MMDC – no Nacional Clube, para 80 pessoas, com adesão de R$100,00. O conselheiro Pedro Paulo Trindade convidou para evento no Museu da Santa Casa, a realizar-se em 20/10, com um sarau, às 14h00 e lançamento do livro “32 Para Sempre”, de vários autores, com Prefácio escrito por ele. A professora Edimara sugeriu ao Coronel Ventura para aproveitar a confraternização de professores e chamar a atenção para os livros Didáticos de História indicados para as escolas, que falseiam os fatos históricos e trazem alto conteúdo ideológico e comentou também o aparelhamento dos Conselhos de Educação e do PLND – Plano Nacional do Livro Didático. O coronel Ventura aproveitou a referência à ideologia e comentou o risco de termos fraude no segundo turno da eleição em 28/10, e a necessidade de estarmos vigilantes durante o processo, o que suscitou um animado debate entre os conselheiros. O conselheiro Malcolm comentou a infiltração ideológica baseada no Gramscismo. O conselheiro Jácomo lembrou nosso papel moeda que traz imagens inexpressivas, em vez de promover nossos heróis e fatos históricos. O conselheiro Valdir Abdalla lembrou que finalmente a revista Veja chama o Museu do Ipiranga com seu nome correto e não mais Museu da USP. O conselheiro Heliodoro distribuiu a “A Gazeta da Zona Norte” de 28/09/2018, que traz em sua primeira página a manchete “Ambientalista Malcolm Forest está entre os nomeados para o Prêmio Nobel da Paz” e lembrou que, mais uma vez, não tivemos um brasileiro escolhido para o prêmio, que teve seus ganhadores anunciados em 05/10: a ativista iraquiana Nadia Murad e o médico congolês Denis Mukwege. O conselheiro Malcolm agradeceu a honrosa indicação e informou que o “Prêmio Paul Donovan Kigar – homenagem de honra ao mérito por realizações de vida” deste ano, será realizado no dia 4 de dezembro, às 19 horas no salão nobre da Câmara Municipal e pede que reservemos a data e divulguemos o evento e antecipa que teremos entre os homenageados o nosso conselheiro Coronel Ventura. Evento do dia 24/11 no Pateo do Collegio: O coordenador informou que está trabalhando com o Conselho da Mulher e a Coordenação das Distritais para a realização do evento de 24/11 em que teremos o hasteamento das bandeiras e a comemoração do Dia de Ação de Graças no Pateo do Collegio, a partir das 9h00. A grade de programação, em elaboração, prevê: hasteamento das bandeiras, apresentação da banda da Guarda Civil Metropolitana, ato ecumênico, apresentação de conjuntos musicais e grupos folclóricos e desfile de motos e veículos antigos. O coordenador Adolfo Savelli convidou a todos para nossa próxima reunião, que será realizada no dia 29/10, agradeceu a presença de todos e deu por encerrada a reunião.

Adolfo Savelli

Coordenador-geral



O analista de sistemas RAFAEL CAMPOS ARRAES, 22 anos, morreu após ser baleado duas vezes durante um assalto, ontem, por volta das 17 horas, em OSASCO. Uma câmera de vigilância registrou o crime.

Segundo as imagens, ARRAES subia a rua JOÃO HOFFMANN, empurrando sua bicicleta, acompanhado da namorada, uma estudante de 23 anos, quando o casal foi abordado por dois ladrões em uma moto HONDA XRE.

Logo após a abordagem, o analista se jogou em cima do garupa, que pulou da motocicleta e deu o primeiro tiro na vítima. Segundo a Polícia Militar, o tiro atingiu o ombro de ARRAES. A moto dos bandidos caiu no chão e ficou sob a bicicleta.

As imagens mostram ainda que, enquanto o analista estava caído no asfalto, o garupa tirou a bicicleta de ARRAES de cima da moto. Em seguida, ele pegou a bolsa da estudante, que ficou na calçada. No vídeo, ainda é possível ver a namorada do analista se aproximando da vítima que está consciente.

Os bandidos então subiram na moto e o garupa deu mais dois tiros. Uma das balas atingiu o peito de ARRAES, segundo a polícia. Os criminosos fugiram levando a bolsa da namorada do analista. Eles seguiram no sentido da Avenida ANALICE SAKATAUSKA.

ARRAES chegou a ser socorrido e encaminhado ao pronto-socorro JARDIM D´ABRIL, onde não resistiu. O 6º DP de OSASCO, que investiga o caso, disse à reportagem que analisa imagens de câmeras para identificar os suspeitos.



Três homens morreram e um ficou ferido em um acidente envolvendo um carro roubado, nesta madrugada, na marginal PINHEIROS, logo depois do CEBOLÃO, na zona oeste de SÃO PAULO.

O veículo, um PALIO, bateu em um poste. “Em um primeiro momento, tratamos o caso apenas como um acidente de trânsito”, diz o delegado ANDRÉ MANSUR, do 93º DP (JAGUARÉ). “Até que um homem reconheceu o carro na televisão e se apresentou como vítima de roubo”, diz.

Segundo a polícia, o dono do veículo reconheceu um dos três mortos, que tinha 18 anos e possuía passagem quando era menor de idade. O proprietário do PALIO afirmou à polícia que havia sido assaltado por quatro homens na meia-noite do domingo, na divisa entre SÃO PAULO e OSASCO.

O suspeito reconhecido pela vítima é também o único cuja família procurou a polícia. Com a batida, os quatro foram arremessados para longe. O sobrevivente está internado no Hospital das Clínicas, que não deu informações sobre ele.



Quatro feminicídios ocorreram no Estado de SÃO PAULO entre sexta-feira e ontem. Em dois casos, os suspeitos foram presos. Feminicídio é um agravante ao crime de assassinato, quando a vítima é morta pelo fato de ser mulher. Com isso, o autor do crime pode receber uma pena de prisão maior.

O caso mais recente foi o assassinato de ELEN BANDEIRA ROCHA, 22 anos, morta a tiros pelo ex-namorado, de 30 anos, na madrugada de ontem, em GUARULHOS. Após o crime, o acusado foi encontrado pela Polícia Militar escondido em uma Igreja Evangélica. Ele foi preso em flagrante. Segundo a polícia, ele não aceitava o fim do relacionamento.

Outros dois casos foram registrados na sexta-feira. Em um deles, ocorrido na cidade de SUMARÉ, RENATA BASSO BEISMAN, 46 anos, foi morta a tiros pelo marido, EVANDRO HUMBERTO RUZA, 45 anos. Eles estavam em processo de separação, e não moravam juntos. Após matar a mulher, RUZA cometeu suicídio.

O outro crime foi o assassinato de RENATA SOLANGE DE SOUZA, 35 anos, morta a tiros pelo ex-marido, um comerciante de 47 anos, no CAMPO LIMPO, quando ela caminhava na rua com o sobrinho, que saiu ileso. O suspeito, que também não aceitava o fim do relacionamento, foi preso em seguida.

Ainda na sexta-feira, a ajudante geral SHERON CHAVES MONTEIRO, 34 anos, morreu após não resistir à queimaduras que sofreu no dia 8 deste mês, em PARELHEIROS. Segundo a polícia, a vítima afirmou que foi queimada pelo marido, um ajudante de serralheiro de 41 anos. Ele é procurado pela polícia.



O garoto ERICK FERREIRA, 13 anos, foi esganado até a morte em sua cama, nesta manhã, em SANTO ANDRÉ. O irmão dele, 3 anos, foi encontrado com hematomas no pescoço e no rosto. Ele foi encaminhado ao hospital MÁRIO COVAS, onde permanece em observação.

O padrasto de ERICK, um metalúrgico de 33 anos, é o principal suspeito. Ele ficou sozinho com as crianças, desde o início da manhã, quando a mãe dos garotos, uma cozinheira de 42 anos, saiu para trabalhar. Ele é o pai da criança que sobreviveu.

O vendedor RAFAEL FERREIRA, 28, primo de segundo grau da vítima, disse que a mãe de ERICK o encontrou morto ao chegar, por volta das 18 horas. “Quando ela abriu a porta, o menorzinho falou “mamãe, estou com fome, o papai matou meu irmão”.

Segundo os bombeiros, ERICK foi encontrado com rigidez cadavérica, indicando que havia sido morto há pelo menos seis horas. De acordo com a polícia, o acusado teria usado um fio de carregador de celular para esganar. Uma tia de ERICK afirmou que o padrasto havia afirmado que faria a cozinheira “chorar muito” um dia antes da morte da criança. “Ele brigava muito com ela”.

O acusado morava com a mãe das crianças, mas haviam terminado o relacionamento no início do ano.



O empresário ABÍLIO DINIZ foi indiciado pela Polícia Federal hoje, pro crimes de estelionato e organização criminosa, em investigação que apura fraudes contra o Ministério da Agricultura. Outras 42 pessoas foram indiciadas. Por meio da assessoria, DINIZ nega as irregularidades.



O apoio de EDIR MACEDO à candidatura de JAIR BOLSONARO reacendeu uma tensão entre o religioso e o presidenciável petista FERNANDO HADDAD que remonta a liberação do TEMPLO DE SALOMÃO, na capital paulista. A gestão do ex-prefeito (2013-2016) chegou mesmo a cogitar até mesmo a possibilidade de demolir o espaço religioso devido a irregularidades.

Nos últimos dias, HADDAD atacou MACEDO associando-o ao “fundamentalismo charlatão”. A UNIVERSAL disse que as declarações dele são “preconceituosas”.

Quando o petista assumiu, o templo já estava em estágio avançado de construção, após polêmico processo de aprovação em 2006.

Outro problema era a área ter sido construída em zona reservada a moradia social e, por isso, a prefeitura exigia uma contrapartida.

No último ano da gestão HADDAD, a igreja se comprometeu a doar um terreno avaliado em 38 milhões de reais para construção de moradia. A gestão BRUNO COVAS diz que “tem mantido contato para efetivar a doação”.

Após pressão, o templo foi inaugurado em 2014, com a presença da presidente DILMA, mesmo sem o aval dos bombeiros. A UNIVERSAL nega atrito com o candidato petista por causa do templo e diz que tratativas seguiram a lei.



Morreu, aos 79 anos, a atriz MAXIMIRA FIGUEIREDO, pioneira da TV brasileira. Ela ficou conhecida por papéis como a vilã ROSÁLIA em “PÉROLA NEGRA”, novela do SBT. O velório da artista, que lutava contra um câncer no pulmão, acontecerá amanhã, às 9 horas, na PRAIA GRANDE (SP).



A ARÁBIA SAUDITA está preparando um relatório que deve admitir que o jornalista JAMAL KHASHOGGI foi morto como resultado de um interrogatório que deu errado, reportou a emissora de TV CNN hoje, citando duas fontes não identificadas.

Uma fonte alertou que o relatório ainda está sendo preparado e pode mudar, informou a CNN. A outra fonte disse que o relatório provavelmente concluirá que a operação foi realizada sem autorização e que os envolvidos serão responsabilizados.

Autoridades turcas têm uma gravação de áudio que indica que o jornalista foi morto dentro do Consulado da ARÁBIA SAUDITA, em ISTAMBUL,  afirmaram uma autoridade e uma fonte de segurança da TURQUIA.

O presidente dos EUA, DONALD TRUMP, afirmou hoje que vai enviar o secretário de Estado americano, MIKE POMPEO, para uma reunião com o rei da ARÁBIA SAUDITA a respeito do desaparecimento do jornalista.

No TWITTER, TRUMP escreveu também que conversou com o rei saudita, SALMAN BIN ABDUL-AZIZ AL-SAUD, e que ele disse que
“ignorava” o paradeiro de KHASHOGGI, crítico das políticas de seu país.

TRUMP levantou a hipótese de que KHASHOGGI possa ter sido assassinado por “matadores”, sugerindo que essa pode ter sido a explicação oferecida pelo rei.              



2 019      :      -     TERÇA-FEIRA

Em casa, livre dos antigos trabalhos que tinha com o MMDC, posso, sem outros encargos, dedicar-me com mais atenção aos meus papéis. MEMÓRIAS DO VENTURA estão em primeiro plano, mesmo porque pretendemos alcançar a marca dos 4 milhões de visualizações.



Assistimos pela televisão e também pela internet o desabamento de um prédio residencial de sete andares nesta manhã, no bairro DIONÍSIO TORRES, região nobre de FORTALEZA. Deixou ao menos nove feridos. Outras nove pessoas estão desaparecidas.

Não havia o relato de mortos por enquanto, segundo EDUARDO HOLANDA, comandante do Corpo de Bombeiros do CEARÁ.

“Estamos trabalhando num primeiro momento manualmente, procurando pelas frestas e tentando contato com as vítimas. Maquinário pesado só entra depois das primeiras 24 horas”, disse.

O edifício ANDREA tinha dois apartamentos por andar, 14 no total. Era antigo e grande e, segundo os vizinhos, moradia de muitos idosos. No momento do desabamento, barulho e fumaça chamaram a atenção da vizinhança. “A avenida aqui é muito movimentada, tem muita batida de carro. Mas o barulho era diferente. Quando vimos tinha muita fumaça e entendemos que o prédio tinha caído”, disse EDILMARA SANTOS, que trabalha numa lavanderia.

O edifício não tinha porteiro, apenas um zelador que poderia ser acionado em caso de problemas. Havia segurança inteligente, contratada de uma empresa. Relatos dão conta de que uma obra estrutural estava sendo feita em pilares do prédio; será investigado se é essa possível a causa do desabamento.

Além disso, moradores dividiam o apartamento grande, de cerca de 140 metros quadrados casa, em dois, principalmente para alugar. Um deles com essa modificação, no primeiro andar, estava sendo oferecido para aluguel há cerca de um ano por mil reais.

“O prédio foi para o chão muito rapidamente, foi olhar e caiu”, disse MOISÉS MOTTA, que tem um carrinho em que vende cachorro quente na região.

Familiares das vítimas estavam concentrados num hall de um prédio próximo ao que desabou. Por lá passaram o governador do CEARÁ, CAMILO SANTANA, e o prefeito de FORTALEZA, ROBERTO CLÁUDIO.

Além do edifício, um estabelecimento comercial ao lado foi atingido pelos escombros, assim como carros e um caminhão que estavam na rua.



Uma série de pelo menos três explosões em uma loja de distribuição de gás industrial deixou quatro mortos em BOA VISTA (RORAIMA), no dia de hoje. As explosões foram registradas por volta das 10 horas e, durante todo o dia, imagens do acidente ganharam as redes sociais. Nelas, é possível ver objetos e estilhaços voando a partir do local das explosões. Três das vítimas eram funcionários da empresa e a outra uma visitante.



O Tribunal de Justiça de SP modificou uma decisão de primeira instância e absolveu hoje SÉRGIO AVELLEDA, ex-presidente do Metrô, de uma acusação de improbidade administrativa no processo de licitação da LINHA 5 – LILÁS.

Em fevereiro de 2018, AVELLEDA comandou o Metrô entre 2011 e 2012, na gestão GERALDO ALKMIN. A ação do Ministério Público acusava AVELLEDA de improbidade por ter dado continuidade à contratação das obras da LINHA 5 que estavam sob suspeita.

Reportagem da FOLHA de outubro de 2010 adiantou os resultados da concorrência dos lotes 3 e 8 da LINHA 5 – LILÁS, seis meses antes da publicação no Diário Oficial.

O prolongamento da LINHA 5 – LILÁS, que estava sendo contratado pelo Governo de SP, compreendia lotes entre as estações LARGO TREZE e CHÁCARA KLABIN.

A suspeita embasou a ação do Ministério Público de SP contra 12 empresas, que foram condenadas em primeira instância, além de AVELLEDA – por não ter suspendido os contratos depois de assumir a direção do Metrô.

Ao recorrer, a defesa de AVELLEDA argumentou que ele foi incluído na ação injustamente, porque os contratos foram firmados em gestão anterior a dele. AVELLEDA comemorou a decisão. “Vale a pena ser honesto. Nunca fui citado em delação premiada e nunca um empreiteiro me pagou nem sequer um café”.

Além do ex-presidente, o TJ absolveu três empresas, a SERVIX, a CCI e a construtora PASSARELLI.

Procurado, o Ministério Público não se manifestou sobre a decisão do TJ.     



Uma operação da Polícia Federal em endereços ligados ao presidente nacional do PSL, o deputado federal LUCIANO BIVAR, reforçou a pressão contra o dirigente liderada publicamente por JAIR BOLSONARO, que também é do PSL, e por parte da bancada de parlamentares da sigla.

Onze dias após o ministro do Turismo de BOLSONARO, MARCELO ÁLVARO ANTÔNIO, ser indicado e denunciado sob acusação de criar candidaturas de fachadas nas eleições de 2018, nesta manhã policiais federais cumpriram nove mandados de busca e apreensão no RECIFE, como parte do inquérito que investiga a suspeita de que BIVAR comandou semelhante esquema em PERNAMBUCO.

Apesar de as apurações atingirem diretamente o ministro do TURISMO, mantido no cargo e defendido por BOLSONARO, aliados do presidente comemoraram nos bastidores a ação da PF, que levou dois meses para ser autorizada pela Justiça de PERNAMBUCO.

Após afirmar a um simpatizante que BIVAR está “queimado pra caramba”, o presidente tem indicado tendência de sair da legenda à qual se filiou no início de 2018 com o objetivo de disputar a Presidência.

Ele pretende, dizem auxiliares, usar a operação desta terça como justa causa para desfiliação, como indicativo de falta de transparência da cúpula nacional da sigla na administração dos recursos do fundo partidário.

A aliados, BOLSONARO tem dito que só oficializará a saída do PSL caso consiga viabilizar uma migração segura dos cerca de 20 deputados federais do PSL para outra sigla.

Nos bastidores, esses parlamentares já aceitam abrir mão do fundo partidário da sigla em troca de uma desfiliação sem a perda do mandato. A previsão é de que o PSL receba 110 milhões de reais de recursos públicos em 2019, a maior fatia entre todas as legendas.

A legislação permite que o parlamentar mude de partido sem risco de perder o mandato, entre elas mudança substancial e desvio reiterado do programa partidário e grave discriminação política pessoal.

A defesa do presidente do PSL nega irregularidades e diz ter visto com “estranheza” a operação em meio a um ambiente de “turbulência política”.



Em franca divergência dom JAIR BOLSONARO, o presidente nacional do PSL, LUCIANO BIVAR, planeja destituir os irmãos FLÁVIO e EDUARDO BOLSONARO do comando regional do partido no RIO e em SÃO PAULO, respectivamente.

Pelo artigo 72 do estatuto do PSL, compete ao presidente da sigla “promover ato de dissolução dos diretórios e comissões provisórias nos estados ou municípios, nos termos do estatuto em conjunto com a maioria da executiva nacional”.

No RIO e em SÃO PAULO, a direção do PSL é constituída por comissões provisórias. Presidentes estaduais, o senador FLÁVIO (RJ) e do deputado federal EDUARDO BOLSONARO (SP) têm mandato até dezembro.

Segundo parlamentares do PSL, o plano de dissolver as comissões provisórias está definido desde a semana passada, antes mesmo de a Polícia Federal cumprir, nesta manhã, mandados de busca e apreensão em endereços ligados a BIVAR.

Ainda segundo parlamentares com quem BIVAR tem falado, já há nomes dos prováveis sucessores de FLÁVIO e EDUARDO.

Para a vaga de FLÁVIO, no RIO, deve ser escolhido o deputado federal SARGENTO GURGEL. Para o lugar de EDUARDO, em SÃO PAULO, o cotado é o deputado JUNIOR BOZZELLA.

A nova configuração do PSL atenderia às reivindicações de parte da bancada, contrariada com o poder conferido à família BOLSONARO.



Uma semana depois de JAIR BOLSONARO expor uma crise dentro de seu partido, o PSL, os advogados do presidente dizem que estão dispostos a brigar na Justiça para tirar o grupo do deputado LUCIANO BIVAR do comando da sigla.

“Ou limpamos a casa ou achamos uma casa limpa”, disse o ex-ministro do TSE, ADMAR GONZAGA. Ao lado de KARINA KUFA, ele tem auxiliado BOLSONARO a encontrar uma saída para o impasse.

“A saída do presidente da República não deveria ser o caminho adotado, considerando que o PSL era um partido pequeno”, disse KUFA, referindo-se ao fato de que a sigla cresceu graças a BOLSONARO.

“Que saia o presidente que está lá desde 1989, que não possibilitou nenhuma eleição interna de forma minimamente democrática”, afirma ela, num recado direto a BIVAR, deputado federal por PERNAMBUCO e presidente da legenda.

Hoje, na prática, a ofensiva dos advogados auxiliares de BOLSONARO é pela refundação do PSL – inclusive com novo nome do partido.

Como não há indicativo de acordo interno, BOLSONARO insistirá na via judicial para provar que o partido não está aplicando os recursos públicos corretamente.

Os advogados dizem que à frente do PSL, BIVAR “adota práticas da velha política do chamado coronelismo”. “Antes com pouco dinheiro, agora com muito dinheiro”, disse ADMAR.      



Os ministros EDSON FACHIN e CELSO DE MELLO, da Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal, votaram pela condenação do ex-ministro GEDDEL VIEIRA LIMA, e de seu irmão, o ex-deputado LÚCIO VIEIRA LIMA, pelos crimes de lavagem de dinheiro e associação criminosa, informa a AGÊNCIA BRASIL. Há quatro sessões, o colegiado julga o caso relacionado aos 51 milhões de reais em espécie encontrados em um apartamento em SALVADOR, em 2017.



Caso o STF decida rever a prisão de condenados em segunda instância, em julgamento previsto para esta quinta-feira (17), o ex-presidente LULA e ao menos outros 12 presos da OPERAÇÃO LAVA JATO no PARANÁ devem ser beneficiados e deixariam a prisão.

Entre outros possíveis beneficiados, estão ainda o ex-ministro JOSÉ DIRCEU, empreiteiros e condenados por operar dinheiro ilegal em casos de apuração.

Esses 12 alvos aguardaram seus julgamentos fora do regime fechado, mas, com o esgotamento dos recursos na segunda instância, foram presos.

Essa situação se tornou recorrente a partir de 2017 nos casos anteriormente sob responsabilidade do ex-juiz SÉRGIO MORO com o  avanço da tramitação das apelações no TRF-4, que trata dos recursos da operação em segundo grau.

LULA, por exemplo, foi para a cadeia em abril de 2018 depois que a  condenação por corrupção e lavagem no caso tríplex teve recursos negados na corte regional. Envolveu LULA ainda a última ocasião em que o Supremo se debruçou sobre a questão da prisão de condenados em segunda instância, quando a corte negou um habeas corpus preventivo ao petista, dias antes da detenção no ano passado.

Caso o STF decida por um meio termo no julgamento, no qual ficaria estabelecido que só réus com condenação confirmada no STJ iriam para a cadeia, LULA continuaria preso, já que a sentença do tríplex já foi analisada por essa corte em abril. Essa tese já foi defendida pelo atual presidente do Supremo, em sessão em 2018.

Outro petista graduado alvo da LAVA JATO, JOSÉ DIRCEU, condenado em duas ações penais da operação, voltou para a prisão em maio passado também após o esgotamento de recursos relativos à segunda instância. Ele ainda recorre em instâncias superiores nesses dois casos. Um dos irmãos do ex-ministro, LUIZ EDUARDO DE OLIVEIRA E SILVA, também cumpre pena em regime fechado após ter sido acusado de auxiliar o grupo comandado por DIRCEU.

A quantidade de beneficiários vai além dos 13 mencionados que estão em regime fechado, já que quem cumpre pena no semiaberto pode pleitear a libertação até que todos os recursos se esgotem nas instâncias superiores.    



Um taxista foi gravemente ferido durante uma tentativa de assalto, dentro de seu veículo. O crime aconteceu por volta das 5 horas desta terça-feira (15) na CONSOLAÇÃO. A identidade da vítima não foi divulgada. Um foragido da Justiça de 38 anos foi preso em flagrante.

Segundo a polícia, o suspeito embarcou como passageiro no carro do taxista, onde anunciou o assalto quando trafegavam pela rua da CONSOLAÇÃO. A vítima reagiu e foi esfaqueada no tórax.

Testemunhas partiram para cima do suspeito e passaram a agredi-lo. A violência chamou a atenção de agentes da GCM, que passavam pelo local e atenderam à ocorrência.

A vítima foi encaminhada em estado grave à SANTA CASA, em SANTA CECÍLIA, no centro. O suspeito também ficou ferido, foi socorrido e em seguida levado à delegacia. À Polícia Civil, ele apresentou um documento pertencente ao pai. Após pesquisas, a polícia constatou que ele era foragido da Justiça.  



Os réus do incêndio na boate KISS irão ao Tribunal do Júri em março e abril de 2020, conforme decisão do juiz ULYSSES LOUZADA no dia de hoje. Em 16 de março de 2020 irão a julgamento dois réus: um integrante da banda que fazia show e o sócio da boate. Em 27 de abril, serão julgados outro sócio e outro músico. O juiz explica que a separação dos júris atende a um pedido as equipes de defesa dos réus. LOUZADA antecipa que os júris devem se prolongar por “no mínimo, mais de uma semana”.

Os julgamentos serão em SANTA MARIA (RS). Os réus responderão por homicídio qualificado por motivo torpe e emprego de fogo, asfixia ou outro meio cruel que possa resultar perigo comum. O incêndio ocorreu em 27 de janeiro de 2013 – morreram 242 pessoas e 636 ficaram feridas. 



Manifestantes interditaram uma estação de trem e várias estradas na região espanhola da CATALUNHA, hoje, o segundo dia de protestos em repúdio à prisão de nove separatistas ordenada na segunda-feira pela Suprema Corte devido ao seu papel em uma tentativa de independência fracassada e que registrou episódios de confrontos entre manifestantes e policiais.

A polícia interveio para retirar os manifestantes, que compareceram em número menor do que no dia anterior. Alguns manifestantes em BARCELONA jogaram latas e objetos em chama contra a tropa de choque, também incendiando lixo e outros objetos. Eles também tentaram derrubar barreiras em segurança colocadas em torno da sede do governo espanhol na cidade.

Uma manifestação no centro de BARCELONA fechou uma grande via pública ao tráfego e lideres pró-independência prometeram continuar pressionando por um novo referendo.

Várias outras manifestações foram planejadas para esta terça-feira. A confederação de sindicatos trabalhistas pró-secessão IAC anunciou uma greve geral na CATALUNHA na sexta-feira (contra leis trabalhistas que sindicatos dizem infringir direitos dos trabalhadores.