terça-feira, 19 de março de 2019

98 ANOS DO NASCIMENTO DO TENENTE-CORONEL DENTISTA JOSÉ FRAGETTI PAULUCCI - 19 DE MARÇO DE 1921.


  98 a. nasce o TENENTE-CORONEL DENT PM JOSÉ FRAGETTI PAULUCCI em AVARÉ, no dia 19 de março de 1921. Em 1949, com a abertura de novas vagas no quadro de oficiais-dentistas do Departamento Odontológico da FORÇA PÚBLICA, prestou concurso para 2º Tenente Dentista e foi aprovado em primeiro lugar. O Departamento Odontológico era subordinado ao Serviço Médico. Nomeado, a 25 de agosto de 1949, no posto de 2º Tenente Dentista Estagiário, foi apresentado ao CIM (Centro de Instrução Militar), a fim de cumprir estágio. Findo este, foi apresentado ao SS (SERVIÇO DE SAÚDE), de onde foi remanejado, como adido, ao BG (BATALHÃO DE GUARDAS) em janeiro de 1950. Em 25 de agosto de 1950 foi promovido a 1º Tenente Dentista e classificado no BG, por efeito de promoção, em 11 de novembro de 1950, onde exerceu a função de cirurgião dentista clínico e radiologista até o ano de 1952, quando, por conveniência do serviço, foi transferido para o SERVIÇO DE SAÚDE. Foi promovido a CAPITÃO DENT em 25 de agosto de 1952. Nesse mesmo ano, junto com o chefe do Departamento Odontológico, TENENTE-CORONEL DENT BRENO, o MAJOR MÉD MARCO AURÉLIO CIDADE e outros oficiais do quadro de saúde, partiram para os ESTADOS UNIDOS em viagem de estudos, com a finalidade de melhorar o padrão dos serviços de saúde da FORÇA PÚBLICA. Em 25 de agosto de 1958 foi promovido a MAJOR DENT e, finalmente, ao posto de TENENTE-CORONEL DENT, em 14 de abril de 1960, assumindo a chefia do DEPARTAMENTO ODONTOLÓGICO.
Em 1960, uma grave crise, gerada por fatores políticos e econômicos, atingiu a FORÇA PÚBLICA. Jovens oficiais do CORPO DE BOMBEIROS iniciaram um movimento por melhores condições de trabalho. O TENENTE-CORONEL DENT PAULUCCI e outros colegas de farda, manifestando solidariedade aos demais companheiros da Milícia, foram presos e encaminhados ao 7º Batalhão da FORÇA PÚBLICA, na cidade de SOROCABA. Tendo já alcançado o ápice de sua carreira de dentista policial-militar, não se acomodou. Ao contrário, dedicou-se com afinco a conseguir, junto ao Comando Geral, a autonomia do Departamento Odontológico, já que este era subordinado ao SERVIÇO MÉDICO. Em 25 de setembro de 1964, seus esforços foram coroados, com a criação do SERVIÇO ODONTOLÓGICO, como unidade administrativa autônoma.
Mais tarde, em 1965, suplantou ironias e a descrença de muitos companheiros que diziam estar ele correndo atrás de uma utopia, e desencadeou uma nova luta, agora para a construção e equipamento do novo prédio do SERVIÇO ODONTOLÓGICO. Seu ideal foi coroado de êxito quando o edifício sede do atual C ODONT, construído dentro dos requisitos determinados pela moderna odontologia da época, foi inaugurado em 30 de janeiro de 1972 pelo então Governador do Estado, doutor ROBERTO COSTA DE ABREU SODRÉ. Em 14 de janeiro de 1972, assumiu a função de Chefe do Serviço Farmacêutico até o mês de julho do mesmo ano.
Ao ser transferido para a reserva, em 19 de dezembro de 1980, o TENENTE-CORONEL PAULUCCI deixou atrás de si um extenso rol de obras marcantes, consubstanciadas na estrutura racional dos serviços odontológicos e na dinâmica de atendimento, pois, numa época de transição em que a Corporação se transformava e crescia, soube ele acompanhar este ritmo evolutivo, idealizando, liderando e chefiando o Centro Odontológico. Faleceu em SÃO PAULO, em 24 de agosto de 1986, aos 65 anos de idade, sendo sepultado no Cemitério da LAPA. O TENENTE-CORONEL DENT MAURO PAULUCCI, seu filho, foi chefe do C Odont de 25 de agosto de 2003 a 24 de janeiro de 2004. 

Nenhum comentário: