quinta-feira, 8 de maio de 2014

DESMILITARIZAÇÃO DAS POLÍCIAS MILITARES - ASSUNTO POLÊMICO QUE PODERÁ CAUSAR UMA GRANDE DESGRAÇA PARA O BRASIL.

CONFRARIA VAI QUEM QUER Desmilitarização da PM
Para:


Aos amigos e Companheiros, solicito repassar somente para aqueles que não querem ver as Policias Militares transformadas em bandos armados a serviço de governos/partidos políticos (como na Venezuela) ou meros instrumentos da CUT e sindicatos que poderão induzir 500 mil policiais à greves para infernizar a vida do cidadão, "incendiar" e levar ao caos o nosso país.
A pesquisa está na parte de cima a esquerda do site do Senado. Eu já votei. É muito rápido votar.
O período da pesquisa é curto.   Obrigado.
Abraço
Sá Ribas


Está aberto no site do Senado uma pesquisa pública sobre a PEC-51 com o fim da PM.
A votação esta no canto superior direito da página e terá uma duração pequena.
A página do Senado acabou de postar uma enquete sobre a desmilitarização das Polícias Militares (de 05 a 15/05).
É necessária uma ampla divulgação toda a Corporação e Associações, inclusive alertando as PPMM de outros Estados e as FFAA.

A enquete está no lado superior e direito do site:

http://www.senado.gov.br/noticias/datasenado/

Segue o tutorial para votação no site do Senado:

1: acessar www.senado.gov.br;
2: no segundo terço da página principal em letras miúdas localizar o título "Enquete" e clique em "Vote aqui";
3: vai abrir outra pág e no canto superior direito retornará o título "Enquete" com as opções de escolha;
4: escolher a opção;
5: clicar em responder;
6: informar seu e-mail;
7: digitar o código verificador;
8: acessar sua conta de e-mail para confirmação do voto;
OBS.: tantos votos quantos forem seus e-mails.

IMAGEM DO 80º ANIVERSÁRIO DO 2º BPChq em 7 de maio de 2014. RELAÇÃO DOS AGRACIADOS COM A MEDALHA "BATALHÃO DE EXPEDICIONÁRIOS PAULISTAS"

HISTÓRICO DO BATALHÃO
O 2º Batalhão de Polícia de Choque foi criado em 07/05/1934, através de publicação inserta no Boletim Geral Nº 35 da então Guarda Civil, com o nome de Divisão Reserva. Sua finalidade era atender aos serviços extraordinários, in
cluindo ações de controle de tumultos e policiamento disciplinar,em virtude do efetivo das demais tropas ser empregado nas missões comuns de policiamento. 

Foi também nessa época que começou a surgir uma especialidade: 

O Policiamento em praças desportivas. 

O primeiro policiamento executado em estádios, foi realizado no Parque Antártica, em 03/07/1934 com um efetivo de 207 homens. 

A partir de março de 1944 iniciava-se uma das fases mais nobres de uma trajetória e da história da Polícia Militar: a participação na Força Expedicionária Brasileira, constituindo-se no contingente de Pelotão de Polícia da Força Expedicionária Brasileira, perfazendo um total de 78 homens selecionados entre voluntários. 

A Polícia Militar contabiliza entre seus heróis, dez policiais que na Itália foram feridos e dois, Paulo Emídio Pereira e Clovis Rosa da Silva, que naquela terra sacrificaram a própria vida. 

Em 1967, quando as forças da Paz da ONU foram enviadas à Região do canal de Suez, novamente ostentavam entre seus integrantes homens da DR.. os quais souberam reafirmar em solo estrangeiro, as tradições e glórias conquistadas pelos seus antecessores.Cabe ressaltar que, recentemente, as Forças de Paz da ONU foram agraciadas com o prêmio Nobel da Paz, o qual, desta forma, pertence em parte à Polícia Militar. 

Em 1968 a DR passou a denominar-se Divisão de Policiamento Especializado, mantendo, no entanto, as suas missões anteriores. 

Com a criação da Polícia Militar, em 1970, passou a denominar-se Batalhão de Operações Especiais, o que perdurou até 15 de Dezembro de 1975, quando recebeu a denominação atual de SEGUNDO BATALHÃO DE POLÍCIA DE CHOQUE. 

A partir de 1975, com efetivo de 578 homens distribuídos em 04 companhias, sendo 03 operacionais e 01 Cia de Comando e Serviços, o 2º Batalhão de Polícia de Choque tem como principal atribuição agir em ações de Controle de Distúrbios Civis e Contra Guerrilha Urbana em todo o território do Estado. Supletivamente seu efetivo é empregado em ações de policiamento preventivo em praças desportivas e eventos artístico-culturais, na Capital de São Paulo. 

Em 1986 foi agregada ao 2º BATALHÃO DE POLÍCIA DE CHOQUE, a "ROCAM"- RONDAS OSTENSIVAS COM APOIO DE MOTOCICLETAS, inovando com um tipo de policiamento tático, adequado ao trânsito da Capital Paulista, aumentando significativamente o atendimento de ocorrências em razão do emprego externo nos eventos esportivos, artísticos, culturais e em apoio ao policiamento ostensivo das Unidades de área na Capital e Grande São Paulo. 

Não perdendo, no entanto, as suas características de Batalhão composto por homens de fibra e vibração, essa OPM teve a honra de ter seus quadros o 1º Ten PM Eduardo Agostinho de Arruda Augusto, o qual, em 1988, liderou a primeira expedição militar que conquistou o Pico da Neblina, ponto mais alto do país. Cabe ressaltar que tal expedição foi a segunda, em todo o mundo, a conquistar tal ponto. O estandarte do 2º BPChq, juntamente com o do 7º BPM/M e uma placa comemorativa do aniversário da Corporação, encontram-se no alto daquela montanha. 

O dinamismo dessa OPM está presente inclusive no fato de ser uma das primeiras Unidades do Policiamento de Choque a incluir, em seu efetivo, uma Oficial Feminina. 

Tal pioneirismo coube à 2ª Ten PM Fem Cláudia Virgilia Raposo de Faria, em Outubro de 1993.

Suas raízes históricas podem ser estabelecidas desde a Divisão Reserva da antiga Guarda Civil de São Paulo, desenvolvendo-se na atual Polícia Militar, como o 29º BPM, e, após, sofrendo a influência de Unidade enquadrada da PM, com reflexos da tradição do antigo Batalhão de Guardas da FP, cujo quartel hoje ocupa e se consolidando como tropa de choque atual autêntica, nos termos da legislação federal e estadual que reorganizou a Polícia Militar



CORONEL PM CARLOS CELSO CASTELO BRANCO SAVIOLI, ex-Cmt do 2º BPChq, ladeado pelo WILLIAM MASCARENHAS, Comandante do Exército Constitucionalista, e CORONEL PM MARIO FONSECA VENTURA, também ex-Cmt do 2º BPChq, atualmente Presidente da Sociedade Veteranos de 32-MMDC.
DATA: 07 DE MAIO DE 2014.
COMEMORAÇÃO DO 80º Aniversário do 2º BATALHÃO DE POLÍCIA DE CHOQUE.

SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA


POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO

 




                    Concessão da medalha “Batalhão de Expedicionários Paulistas
                                          Solenidade de 07 de maio de 2014

     Relação de Agraciados

Posto/Graduação
RE
D
Nome
Unidade

1.                         

Exmo Sr. Dr.
Lauro Ribeiro Escobar Júnior
Juiz de Direito da 2ª Auditoria do TJM


2.                         
Cel PM
822408
A
Rui Conegundes de Souza
Corregedor PM

3.                         
Cel PM
810344
5
Glauco Silva de Carvalho
DPCDH

4.                         
Ten Cel PM
830619
2
Valter Padulla
CSM/AM

5.                         
Ten Cel PM
832264
3
José Francisco Alves dos Santos
CIAP

6.                         
Maj PM
901252
4
João Luis Mingheti Costa
CIPM

7.                         
Cap PM
915232
6
Sérgio Marques
CComSoc

8.                         
1º Ten PM
990036
5
Álvaro Zocchio Júnior
4º BPChq

9.                         
1º Ten PM
980887
6
José Renato Prado Galdino
2º BPChq -2º Cia

10.                    
1º Ten PM
990072
1
Júlio César Badini
2º BPChq -2º Cia

11.                    
1º Ten PM
104963
1
Rodrigo Juliano de Souza
GRPae

12.                    
1º Ten PM
112758
6
Paulo Matheus dos Santos Dias
2º BPChq – 1º Cia

13.                    
2º Ten PM
106651
0
Fábio Guilherme Ribeiro
2º BPChq – 3º Cia

14.                    
1º Sgt PM
850270
6
Bartolomeu Martins Cordeiro
2º BPChq – 1º Cia

15.                    
1º Sgt PM
863488
2
Pedro Marcelo de Souza
2º BPChq – 2º Cia

16.                    
1º Sgt PM
883246
3
Eric Luiz Tretene da Silva
2º BPChq – 3º Cia

17.                    
1º Sgt PM
890389
1
Luiz Eduardo Tavares
2º BPChq - EM

18.                    
1º Sgt PM
892273
0
José Augusto da Trindade
2º BPChq – 2º Cia

19.                    
1º Sgt PM
943316
3
Marcos Francisco do Ò
2º BPChq - EM

20.                    
1º Sgt PM
943422
4
Aurélio Ferreira Correia
2º BPChq – 2º Cia

21.                    
3º Sgt PM
922001
1
Jeferson de Carlos
2º BPChq – 3º Cia

22.                    
Cb PM
850004
5
Ailton Gonçalves da Silva
2º BPChq – 2º Cia

23.                    
Cb PM
886784
4
José Thales Barbosa Júnior
2º BPChq – 3º Cia

24.                    
Cb PM
884459
3
Adilson Baptista de Araújo
2º BPChq - EMG

25.                    
Cb PM
890297
6
Edson Cristóvão de Oliveira
2º BPChq - EM

26.                    
Cb PM
910195
A
Maria José Matos
2º BPChq – 1º Cia

27.                    
Cb PM
965518
2
David dos Santos Lima
2º BPChq – 2º Cia

28.                    
Cb PM
974979
9
Luiz Francisco de Macedo
2º BPChq – 3º Cia

29.                    
Cb PM
901882
4
José Antônio Paiva
2º BPChq – 1º Cia

30.                    
Cb PM
902175
2
Gilberto Damião
2º BPChq – EMG

31.                    
Cb PM
914148
A
Antonio Humberto Pittner
2º BPChq – 1º Cia

32.                    
Cb PM
921778
9
Alexandre Mazaro
2º BPChq – 1º Cia

33.                    
Cb PM
922978
7
Marcos Rodrigues
2º BPChq – 1º Cia

34.                    
Cb PM
943244
2
Geraldo Gomes da Silva
2º BPChq – EM

35.                    
Cb PM
941103
8
Marcos Lourenço
2º BPChq – EMG

36.                    
Cb PM
942339
7
José Cícero da Silva
2º BPChq – EMG

37.                    
Cb PM
944735
A
Márcio Roberto Aguiar
2º BPChq – 3º Cia

38.                    
Cb PM
965222
1
Genildo Vila Nova Gomes
2º BPChq – 3º Cia