quarta-feira, 19 de dezembro de 2018

15 DE DEZEMBRO DE 2018 - SEGUNDA PARTE (2010 EM DIANTE)

15 DE DEZEMBRO DE 2011      :         -        QUINTA-FEIRA
Está marcado para amanhã um encontro com o Presidente do Conselho Curador da FUNDAÇÃO CÁSPER LÍBERO, CARLOS FRANCISCO BANDEIRA LINS, no Monumento Mausoléu do IBIRAPUERA, às 15 horas. Ele me manda a seguinte mensagem:
Exmo. Sr. Coronel P.M. Mario Fonseca Ventura
DD. Presidente da Sociedade Veteranos de 32 - MMDC
Acusando o recebimento de sua mensagem, afirmo-lhe que será toda minha a honra de, em sua companhia, adentrar no Mausoleu sob o Obelisco do Ibirapuera, verdadeiro Panteão que acolhe os heróis da Revolução Constitucionalista, a fim de ali depositar, junto ao túmulo de Cásper Líbero, uma coroa de flores, com a qual pretende a Fundação homenagear a todos os que participaram do grande movimento cívico que empolgou São Paulo em 1932.
Ao se avizinhar o ano em que se completará o octagésimo aniversário daquela epopeia, pareceu-nos justo reavivar, especialmente face às novas gerações, a lembrança daquele episódio, em que São Paulo toda, inclusive com brasileiros nascidos em outros Estados, uniu-se em defesa de um regime constitucional, capaz de atender aos anseios nacionais por Democracia e Justiça.
Ressalto o papel fundamental que, em nome desses princípios, tiveram a Força Pública e a Guarda Civil de São Paulo, antecessoras da Polícia Militar do Estado de São Paulo, instituição de que se orgulham todos os paulistas.
Cumprimento, na pessoa de V. Excia., os membros da Sociedade Veteranos de 32, que muito me honrariam se pudessem participar do ato.
Esclareço que para o ato foram convidados o Exmo. Sr. Governador do Estado, o Exmo. Sr. Secretário da Segurança Pública, o Comandante Geral da Polícia Militar e o Comandante do 12º Batalhão da Polícia Militar, sem que tais autoridades tenham, até agora confirmado a presença, o que será compreensível, dadas as inúmeras questões que, especialmente nessa fase do ano, demandam a atenção delas.
Expresso, por fim, a alegria que, para mim, será poder encontrá-lo na cerimônia de amanhã.
Carlos Francisco Bandeira Lins
Presidente do Conselho Curador da Fundação Cásper Líbero

BIAJONE manda este e-mail para o LUIZ ANTÔNIO ROCHA condecorado no dia 14, em BARRETOS, com a Medalha “GOVERNADOR PEDRO DE TOLEDO”:
Estimadissimo Sr. Luiz Antonio Batista da Rocha
Uma vez mais parabenizo-o pelos excelentes serviços prestados à memoria e aos feitos de nossos veteranos pois se assim não o fosse, em vosso peito varonil não teria sido imposta a inclita medalha GOV PEDRO DE TOLEDO, a qual pessoalmente considero uma enorme honra, porquanto bem sei o que significa e sei o quanto tive de lutar para digna dela ser condecorado.
Outrossim, concito-o uma vez mais a organizar todo esse material e disponibilizar online de forma a constituir um núcleo de correspondencia em vossa cidade.
Como lhe disse tenho pessoal que pode montar blogs e sites se desejar, mas discordo de mantermos todas essas informações  captivas de alguns privilegiados, quando deveriam ser de todos.
Solicito-vos que repense na proposta que lhe fiz em nosso ultimo email. Os veteranos de 32 de BARRETOS, o senhor, seus companheiros e a nossa SOCIEDADE DOS VETERANOS DE 32 só tem a ganhar
enorme abraço e uma vez mais meus mais efusivos parabens
BIAJONE
Dez 15, 2011

O Núcleo de Correspondência Cel. Francisco Vieira (http://nucleommdcitapira.blogspot.com/) é o primeiro na Região, depois de Campinas a iniciar seus trabalhos como Representante dos Familiares e Viúvas dos Veteranos da Revolução Constitucionalista de 1932, voluntários das cidade de Itapira, Mogi Mirim, Amparo e região.
Nossa missão é trabalhar para a preservação da memória desses bravos soldados que, no inverno de 1932, cavaram trincheiras na divisa com o estado de Minas Gerais, e lutaram contra o exército federalista de Getúlio Vargas, por um São Paulo e um Brasil mais democrático.
Hoje, apresentamos a você, nosso blog: http://nucleommdcitapira.blogspot.com/ , espaço criado para a divulgação de nosso trabalho, cadastro de famílias de veteranos da Revolução, informações sobre os acontecimentos ocorridos em nossa região em 1932. Se você tiver dúvida, crítica ou sugestão, favor entrar em contato através deste mesmo e-mail.
Logo menos, publicaremos a agenda 2012, com toda a programação de eventos referentes à comemoração dos 80 anos do Movimento Constitucionalista.
Esperamos sinceramente, o apoio e a aceitação de todos vocês, assim também como a divulgação de nosso blog para os amantes de História, e interessados no maior conflito armado de toda a História da América Latina, do maior movimento revolucionário que se tem notícias, no Brasil e na América do Sul. Das pessoas curiosas em saber como tudo isso aconteceu, os lugares, as histórias, relatos, tudo isso contado por nosso blog, através de fotografias, artigos e matérias exclusivas.
Caso você seja descendente de algum voluntário que lutou nesta Guerra, conheça ou tenha informações sobre familiares que possuem documentos, registros, mapas, fotografias ou qualquer outro tipo de informação, favor entrar em contato.
Conheça! Comente! Divulgue!
Contamos com sua participação!
Eric Lucian Apolinário
Pesquisador
"Por São Paulo e Pelo Brasil!"
Núcleo de Correspondência Cel. Francisco Vieira
http://nucleommdcitapira.blogspot.com/

OFÍCIO MMDC Nº 732/2011

EXCELENTÍSSIMO SENHOR PREFEITO DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO, GILBERTO KASSAB.

Objeto: solicitação de criação do Colar
Guilherme de Almeida

O coronel MÁRIO FONSECA VENTURA, presidente da Sociedade Veteranos de 32 - MMDC,  PAULO BOMFIM, decano da Academia Paulista de Letras, e JOSÉ D'AMICO BAUAB, membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo, vêm mui respeitosamente à presença de Vossa Excelência SOLICITAR a criação do COLAR GUILHERME DE ALMEIDA - O POETA DE SÃO PAULO E DA EPOPEIA DE 32 nos termos em que se seguem:
1. O ano de 2012 marcará o 80º aniversário da Revolução Constitucionalista , como também o 90º aniversário da Semana de Arte Moderna.
2. Tanto de uma como de outra efeméride teve participação marcante GUILHERME DE ALMEIDA, intelectual multifacetado na literatura, na música, na história, nas artes plásticas e em outras formas de expressão cultural.
3. Sendo a cidade de São Paulo considerada, de muito tempo a esta data , uma das capitais culturais do mundo, nada mais legítimo do que vislumbrar-se uma condecoração que viesse a firmar essa vocação no sentido de homenagear personagens do mundo artistíco-cultural de reconhecida importância para a sociedade paulistana.
4. Para tanto, não poderia ser mais emblemático criá-la a partir de um ano tão significativo para a história de São Paulo e emprestar-lhe o nome de um maiores literatos e artistas que nossa terra já teve e tão fortemente vinculado, reitere-se, àqueles dois grandes momentos.
5. O COLAR GUILHERME DE ALMEIDA - O POETA DE SÃO PAULO E DA EPOPEIA DE 32 traria, consoante sugestão de minuta de decreto que segue anexa e em homenagem ao inquebrantável espírito democrático inspirador da guerra dos paulistas, uma característica inexistente, até onde se sabe, em qualquer outra condecoração oficial concedida em território paulista: a possibilidade de que setores da sociedade paulistana efetuem indicações para a respectiva outorga, sem prejuízo da prerrogativa das autoridades municipais em fazê-lo (art.3º).
6. Outrossim, a instituição da referida comenda em nada colidirá com a já criada MEDALHA 25 DE JANEIRO, quer pelas épocas distintas de concessão (uma em janeiro e outra em julho de cada ano), quer pela destinação diferenciada de cada qual (o Colar que ora se sugere seria precipuamente voltado a prestigiar elementos do universo artístico-cultural, enquanto a indigitada medalha traz um espectro bem mais amplo de agraciados, no qual se inserem políticos, desportistas, empresários e beneméritos na área de assistência social, entre outros).
7. As imagens que comporiam o Colar são fornecidas pelo Museu Casa Guilherme de Almeida por sugestão de seu diretor, o literato Marcelo Tápia, declaramente apoiador da ideia que aqui se apresenta a Vossa Excelência.
8. Tais imagens seguem com a sugestão de minuta de decreto e estão, desde já e a qualquer momento, disponíveis para o processo de cunhagem do Colar.
9. Por derradeiro, os subscritores deste petitório apontam os seguintes nomes, e respectivas formas de contato, para receber qualquer notificação de despacho ou prestar qualquer colaboração que lhes esteja ao alcance: Marcelo Tápia, marcelotapia@superig.com.br, tel - 3672-1391); e José D'Amico Bauab, josedb02@gmail.com, tels - 3242 6423 e 3101 8001).  
À luz do exposto e confiantes na notória sensibilidade de Vossa Excelência pela implementação de ações nas áreas das artes e da cultura de nossa cidade, uma das marcas indeléveis de sua profícua gestão, os subscritores desta submetem à sua arguta percepção o presente pleito de criação do COLAR GUILHERME DE ALMEIDA - O POETA DE SÃO PAULO E DA EPOPEIA DE 32, rogando-lhe vênia para apresentar minuta do respectivo decreto instituidor.

Termos em que
pedem deferimento,

São Paulo, 15 de dezembro de 2011.

Cel. MÁRIO FONSECA VENTURA

PAULO     BOMFIM

JOSÉ D'AMICO BAUAB
Há alguns meses discuti com JOSÉ D´AMICO a criação do COLAR GUILHERME DE ALMEIDA pela Prefeitura da cidade de SÃO PAULO. Hoje ele apresenta a sugestão da criação do colar e conversa comigo, por telefone, na Sociedade Veteranos de 32-MMDC, a respeito desse documento que vamos transformar em ofício a ser encaminhado ao Prefeito GILBERTO KASSAB.

SUGESTÃO DE MINUTA DO DECRETO INSTITUIDOR DO  "COLAR GUILHERME DE ALMEIDA - O POETA DE SÃO PAULO E DA EPOPEIA DE 32"
DECRETO n. ___, de ____de___2012
Institui, no Município de São Paulo, o Colar Guilherme de Almeida - O Poeta de São Paulo e da Epopeia de 32.
GILBERTO KASSAB, Prefeito do Munícipio de São Paulo, no uso das atribuições que lhe são conferidas por lei,
D E C R E T A :
Art.1º - Fica instituído o Colar GUILHERME DE ALMEIDA - O POETA DE SÃO PAULO E DA EPOPEIA DE 32, a ser concedido anualmente, por decreto do Prefeito, a, no máximo, 9 (nove) pessoas físicas e jurídicas, nacionais ou estrangeiras, que tenham prestado valiosa colaboração à literatura, ao cinema, ao teatro, à música, às artes plásticas e a outras formas artistíco-culturais de manifestação , bem como à preservação e à divulgação da história da cidade de São Paulo.
Art.2º - A condecoração instituída por este decreto é constituída de um medalhão com a seguinte descrição heráldica:
I - no anverso, por uma Cruz de Malta de goles (vermelho), de 70 mm (setenta milímetros), maçanetada e perfilada de ouro, sobreposta a uma coroa de louros de ouro, de 60 mm (sessenta milímetros); sobre-posto-de-tudo, um círculo de 35 mm (trinta e cinco milímetros) de sable (preto), tendo no abismo o semblante oitavado, de ouro, de Guilherme de Almeida desenhado por ele próprio ou de sua esfinge oitavada, de ouro também; na orla de prata (branco), em caracteres versais maiúsculos, na parte superior, o nome "GUILHERME DE ALMEIDA", e, na parte inferior, a expressão "O POETA DE SÃO PAULO E DA EPOPEIA DE 32", separados por duas estrelas de oito pontas, tudo de sable (preto);
II - no reverso, por um disco, tendo no abismo o brasão original do Município de São Paulo, de autoria de Guilherme de Almeida e José  Wasth Rodrigues.
§ 1º - O Colar penderá de uma fita de gorgorão de sede chamalotada, com 35 mm (trinta e cinco milímetros) de largura, com as seguintes cores,  às quais correspondem os esmaltes e metais: de goles (vermelho), uma listra central com 10 mm (dez milímetros), em sequência uma listra de prata (branco), de 3 mm (três milímetros), uma listra de sable (preto), de 3 mm (três milímetros), e nas bordas uma listra de ouro (amarelo), com 6,5 mm (seis milímetros e meio).
§ 2º  - Acompanharão o Colar a miniatura e a botoeira, em  estojo de luxo com o brasão do Município, e será expedido o respectivo  diploma.
Art.3º - As propostas de outorga do Colar deverão ser aprovadas pelo Conselho previsto no art. 5º deste decreto e serão assim distribuídas:
I - até 5 (cinco), quando apresentadas pelo Prefeito ou por qualquer Secretário Municipal;
II - até 4 (quatro), quando apresentadas por pessoa física ou jurídica, desde que domiciliada ou sediada no Município de São Paulo.
§ 1º - As indicações para outorga poderão ser apresentadas em qualquer número, respeitando-se necessariamente, para aprovação, os limites máximos constantes do "caput" deste artigo.
§ 2º - Se não for alcançado o limite máximo previsto no inciso II do "caput" deste artigo, o número remanescente poderá ser acrescido ao limite máximo previsto no inciso I do  mesmo "caput".
Art.4º - Será publicado, na última semana do mês de abril de cada ano, no Diário Oficial do Município e no sítio da Prefeitura existente na Rede Mundial de Computadores (Internet), aviso de abertura, com prazo quinzenal, para apresentação de propostas de outorga do Colar pelas pessoas mencionadas no art. 3º, "caput", inciso, II, deste decreto.
Art.5º - As propostas de outorga deverão ser apreciadas pelo Conselho do Colar constituído pelo Prefeito e pelos Secretários Municipais da Cultura , do Governo e dos Negócios Jurídicos,  o qual se reunirá, sob a presidência do primeiro, nos 20 (vinte) dias subsequentes ao término do prazo previsto no artigo anterior, para as devidas deliberações.
§ 1º - As deliberações do Conselho serão tomadas por maioria simples, valendo dobrado o voto do Prefeito em caso de empate.
§ 2º - Fica designado, em caráter permanente, o chefe do Cerimonial do Gabinete do Prefeito para secretariar os trabalhos do Conselho.
§3º -  Compete ao Secretário do Conselho, entre outras funções decorrentes do cumprimento deste decreto:
     I-   providenciar a publicação do aviso previsto no art. 4º deste decreto;
     II-  receber e autuar as propostas de outorga tempestivamente encaminhadas, verificando-lhes a regularidade documental;
     III-  notificar os outorgados sobre o decreto concessivo da condecoração, bem como sobre o local e a data  da respectiva  cerimônia;
     IV- lavrar o Livro Tombo previsto no art. 7º deste decreto; e
     V- providenciar a criação e a atualização da página do sítio da Prefeitura na Rede Mundial de Computadores (Internet) , conforme disposto no art. 9º deste decreto.
Art.6º - A proposta de outorga do Colar deverá conter a qualificação do proponente e a prova do respectivo domicílio ou sede, e os dados completos da pessoa a ser agraciada, com a menção das razões que justifiquem a outorga e acompanhadas, quando possível, de documentos comprobatórios.
Art.7º - As outorgas disciplinadas neste decreto serão registradas em livro próprio denominado Livro Tombo do COLAR GUILHERME DE ALMEIDA - O POETA DE SÃO PAULO E DA EPOPEIA DE 32, que será assinado pelo agraciado e ficará sob a custódia do Cerimonial do Gabinete do Prefeito.
Art.8º - A entrega da condecoração, pelo Prefeito ou por quem for designado para representá-lo, ocorrerá ao longo do mês de julho de cada ano em cerimônia pública a ser realizada nas dependências do Museu Casa Guilherme de Almeida ou, não sendo aí possível, em outro local designado pelo Cerimonial.
Parágrafo único - Fica autorizado o Chefe do Cerimonial a firmar termo de colaboração com o responsável pelo Museu Casa Guilherme de Almeida ou com quem a Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo indicar, para possibilitar os preparativos da cerimônia mencionada no "caput" deste artigo.
Art.9º - Será criada página no sítio da Prefeitura do Município de São Paulo na Rede Mundial de Computadores (Internet) para registrar a memória da condecoração, contendo as relações, ano a ano, dos nomes dos agraciados, galeria de imagens das cerimônias de outorga e outras informações que se mostrem relevantes sobre o assunto.
Art.10 - Na hipótese de extinção do Colar, seus cunhos, exemplares remanescentes e complementos serão recolhidos ao Arquivo Histórico do Município ou ao Museu da Cidade de São Paulo.
Art.11 - As despesas com a execução deste decreto correrão por conta das dotações orçamentárias próprias, suplementadas se necessário.
Art.12 - Este decreto entrará em vigor na data de sua publicação.  

Ainda nesta quinta-feira recebo a visita do Sr JÚLIO DARVAS e sua assistente. Ele continua a manter contato conosco no sentido de incluir as comemorações dos 80 anos da Revolução Constitucionalista no planejamento do terceiro setor, cuja região piloto é o “BIXIGA”. Criamos o COMITÊ OPERACIONAL que se reunirá toda segunda-feira, às 15 horas, no MMDC.
CARMELO mostra-me a pintura do MMDS, feita em dezembro. Ele tomou avante essa decisão de melhorar o aspecto das repartições dessa Entidade.
Recebo correspondência da Câmara Municipal de LAVRINHA. O presidente da Câmara, WALDOMIRO MAY JUNIOR, tem lutado pelo resgate da história do seu município, principalmente no que tange à Revolução de 32. Quer ele que a Sociedade forneça dados a respeito dos veteranos de LAVRINHAS. Acontece que o MMDC não tem esse arquivo referente a essa região do Estado. Vamos pesquisar a respeito.

Após a mais completa reforma de sua história, o PALÁCIO GUANABARA será reinaugurado hoje com festa na sede do governo do RIO, em LARANJEIRAS, zona sul. Construído em 1853 para servir de residência para um comerciante português, o PALÁCIO GUANABARA foi usado pelo governo imperial, residência presidencial na República Velha e sede do governo do então Distrito Federal. Na época do Império, foi renomeado como PAÇO ISABEL, para abrigar a filha de d. PEDRO II e seu marido, o CONDE D´EU. Em 1889, o prédio ganhou seu nome definitivo, depois de ser incorporado à União. O prédio já foi residência dos presidentes HERMES DA FONSECA, WASHINGTON LUIZ e GETÚLIO VARGAS. Foram várias intervenções desde a recuperação do piso original de pedra do estilo “pé de moleque”, de 1865. Também foram restaurados azulejos portugueses de 1908 e quadros históricos, como A MORTE DE ESTÁCIO DE SÁ, de ANTÔNIO PARREIRAS, e A ABDICAÇÃO DE DOM PEDRO I, de AURÉLIO FIGUEIREDO. Turistas e cariocas passaram a admirar a mesma fachada (antes branca e bege) em tom “ocre” que os pedestres viam em 1908. Os visitantes poderão passear pelo jardim projetado pelo paisagista francês PAULO VILLON, ornado com a FONTE DE NETUNO, criada por GABRIEL DUBRAY. A estátua foi o grande desafio dos restauradores, que executaram uma réplica em bronze, pois a escultura original estava muito deteriorada para ser recuperada. Todos os aparelhos de ar-condicionado foram retirados e substituídos por um sistema de refrigeração central. O palácio passa a atender a legislação estadual, que determina a adaptação dos prédios públicos para receber pessoas com necessidades especiais, com banheiros adequados e elevador. Em seu gabinete de 90 metros quadrados, com vista para o jardim, o governador continuará despachando na mesa que pertenceu a VARGAS, adornada com o brasão da República. O palácio ganhou uma sala VIP, apontada com a maior atração da restauração, pois lá está o piso ‘pé de moleque’ – ele ganhou iluminação especial e proteção de vidro. 

Barcelona e Santos vão se enfrentar na final do Mundial de clubes, domingo que vem, em Yokohama. O time catalão pegou o Al Sadd poupando metade de sua equipe e jogando em ritmo de treino, nesta quinta-feira, mas mesmo assim venceu com facilidade, por 4 a 0 e garantiu a decisão que todos queriam ver. Quem se destacou hoje foram brasileiros coadjuvantes, os laterais Adriano, autor de dois gols e Maxwell, que fez um - Keita completou. Mas no domingo todos esperam que outro brasileiro, a jovem estrela Neymar, possa dar show, proporcionando um duelo inesquecível com Lionel Messi, que hoje teve atuação apenas regular. Os campeões europeus não contarão diante do Santos com o atacante David Villa, que saiu ainda no primeiro tempo do jogo com fratura na tíbia esquerda e pode até perder a Eurocopa, no meio de 2012. O substituto, o chileno Alexis Sanchez, também teve que deixar a partida no segundo tempo, com dores na coxa esquerda. Antes da final, marcada para as 8h30 de Brasília, no Estádio Yokohama, Al Sadd e Kashiwa Reysol fazem a preliminar na disputar do terceiro lugar. A partida - O Barça não tinha pressa nenhuma para marcar e só foi dar o primeiro chute a gol com 17 minutos de partida. A defesa do Al Sadd afastou a bola de forma errada, e David Villa desperdiçou chance cara a cara com o goleiro. Aos 25, em mais uma burrada da zaga, os europeus abriram o marcador com o lateral Adriano. O zagueiro catari recuou a bola na pequena área, e o goleiro Saqr chutou em cima do jogador brasileiro. Também foi despretensiosamente que os catalães fizeram o segundo, outra vez com Adriano. O ex-atleta do Coritiba recebeu passe do brasileiro naturalizado espanhol Thiago Alcântara e chutou de canhota da entrada da área. A postura relaxada do Barça ainda permitiu que o Al Sadd chegasse com perigo ao gol de Valdés duas vezes antes do primeiro tempo. Discreto na partida, Messi só tirou a torcida da cadeira em cobrança de falta bem defendida por Saqr aos 7 do segundo tempo. Logo na sequência, contudo, o argentino mostrou sua genialidade: colocou Keita na cara do gol e viu o volante bater na saída do goleiro. Messi se empolgou a partir dai e quase levou os japoneses à loucura em uma tentativa de bicicleta e ao quase marcar de letra. Antes do apito final, Maxwell completou o show brasileiro. Ele avançou pela esquerda e bateu cruzado para decretar a vitória.
FICHA TÉCNICA: - BARCELONA-ESP 4 x 0 AL SADD-CAT Local: Estádio Internacional de Yokohama (Japão). Data: 15 de dezembro de 2011 (quinta-feira). Horário: 8h30 (de Brasília). . Árbitro: Joel Aguilar (El Salvador). Assistentes: William Torres e Juan Zumba (ambos de El Salvador). Público: 66.289 espectadores. Gols: Adriano, aos 25min e aos 43min do primeiro tempo, Keita, aos 19min e Maxwell, aos 36min do segundo tempo. Cartões amarelos: Ibrahim e (ALS).
BARCELONA: Valdés; Adriano, Puyol, Mascherano e Abidal (Maxwell); Keita, Thiago e Iniesta; Pedro, Messi e Villa (Sánchez e depois Cuenca). Técnico: Josep Guardiola.
AL SADD: Mohamed Saqr; Ibrahim Addulmajed, Abdulla Koni, Lee Jung e Nadir Belhadj; Talal Al Bloushi, (Al Yazidi) Ibrahim Khalfan, Wesam Abdulmajed e Mohammed Kasola; Mamadou Niang (Yusef) e Kader Keita. Técnico: Jorge Fossati
AIAS DOS SANTOS LOPES nasceu na cidade de ALEGRE (ES) em 31 de janeiro de 1950, filho dos lavradores DOMINGOS LOPES PEREIRA e ROBERTA DOS SANTOS LOPES. O seu primeiro emprego foi na filial da cidade de ALEGRE da Empresa AS JOSÉ ROBERTO TRISTÃO E FILHOS, a segunda então maior exportadora de café do BRASIL. Em menos de um ano, ele tornou-se procurador-geral da empresa, razão pela qual foi emancipado legalmente antes dos 18 anos. Aos 20, mudou-se para o RIO DE JANEIRO, onde trabalhou por cinco anos no Grupo MAYRINK VEIGA. Depois, atuou por 14 anos na ABAETÉ PROPAGANDA e em seguida transferiu-se para a VS ESCALA COMUNICAÇÕES. Por volta de 2001, tornou-se diretor administrativo e financeiro da Agência 3 Comunicações Integradas. AIAS exerceu também importantes cargos fora do dia a dia das agências de publicidade. Ele foi diretor do Sindicato das Agências de Propaganda do RIO DE JANEIRO e integrou a diretoria da ABP (Associação Brasileira de Propaganda). AIAS representou o RIO DE JANEIRO em diversas entidades nacionais de publicidade, em especial na FENAPRO (Federação Nacional das Agências de Propaganda), da qual era, na atual gestão, diretor tesoureiro. Entusiasta de fusões de pequenas agências para a criação de estruturas mais profissionalizadas, ALIAS sempre defendeu a revalorização do mercado publicitário carioca. COPA DO MUNDO e OLIMPÍADAS, dizia, eram as duas novas portas para a recuperação da marca RIO e do seu mercado publicitário. AIAS morreu na madrugada desta quinta-feira, e deixa viúva e dois filhos.   

O vereador JOSÉ POLICE NETO foi reeleito hoje presidente da Câmara Municipal para o ano legislativo de 2012. POLICE foi eleito em 2010 com apoio direto do prefeito GILBERTO KASSAB quando ainda integrava o PSDB. Neste ano ele se filiou ao partido fundado pelo prefeito. Chegou à sessão de hoje acompanhado da filha, SOPHIA, de 8 anos, que cumprimentou aliados e adversários políticos do pai.

Uma operação que envolveu cem delegados, cinco promotores e 700 agentes da Polícia Civil prendeu hoje 44 pessoas ligadas ao jogo do bicho no RIO DE JANEIRO, BAHIA, PERNAMBUCO e MARANHÃO. Outros 17 estão foragidos. Ao todo os agentes cumpriram 39 mandados de prisão (cinco pessoas foram presas em flagrante) e 125 de busca e apreensão. Entre os presos está o ex-prefeito de TERESÓPOLIS, MÁRIO TRICANO, dois policiais militares e um guarda municipal. Um policia civil e um ex-policial militar estão foragidos. Os chefões da organização também conseguiram fugir. ANIZ ABRAÃO DAVID, o ANÍSIO, patrono da escola de samba BEIJA-FLOR, LUIZ PACHECO DRUMMOND, o LUIZINHO DRUMMOND, presidente da IMPERATRIZ LEOPOLDINENSE, e HÉLIO RIBEIRO DE OLIVEIRA, o HELINHO, presidente da GRANDE RIO, estavam sendo procurados até à noite. O Ministério Público suspeita que eles foram informados da operação, batizada de DEDO DE DEUS. Dos 61 denunciados, apenas MARLENE SENNAS DAVID – que é mãe do atual presidente da escola de NILÓPOLIS, NELSON ABRAÃO DAVID, o NELSINHO – não teve a prisão decretada em razão da idade avançada. Todos são acusados de formação de quadrilha armada, corrupção ativa, corrupção passiva e prática do jogo do bicho. Os policiais desceram de rapel do helicóptero na cobertura triplex de ANÍSIO, em COPACABANA. O símbolo da BEIJA-FLOR decora o azulejo no piso da piscina, além de paredes no interior do apartamento. Os agentes apreenderam quatro carros importados blindados no local. Na casa de HELINHO, em CAXIAS, um advogado já aguardava a chegada dos policiais, que também fizeram uma varredura no barracão da BEIJA-FLOR, na CIDADE DO SAMBA, e em um hotel-fazenda de TRICANO em TERESÓPOLIS. O local seria usado para lavar dinheiro. No total foram apreendidos 517 mil reais em espécie, incluindo euros, além de jóias, oito veículos importados de luxo, 39 computadores, uma arma, notas fiscais e máquinas portáteis de cartões.

Uma família viveu hoje uma terrível experiência durante um assalto na Zona Leste. Enquanto pai e mãe eram mantidos reféns por dois bandidos em uma loja de equipamentos de som, a filha, de 1 ano e 4 meses, era levada no ASTRA do casal por outro bandido que tentava fugir de policiais militares. Foram cerca de 20 minutos de caçada pelas ruas do bairro, que só terminou após uma colisão. Os três criminosos foram presos e a criança resgatada ilesa. O ASTRA foi localizado na Avenida CEMBIRA, na região, onde bateu no carro de um escrivão de polícia. O ladrão ainda tentou fugir a pé, mas foi perseguido e preso.

Na primeira chuva forte da temporada, o ABC paulista passou a madrugada de hoje sem conseguir se locomover. O RIO TAMANDUATEÍ, que corta MAUÁ, SANTO ANDRÉ E SÃO CAETANO DO SUL, transbordou em alguns trechos e causou a paralisação de duas linhas da Companhia Paulista de Transportes Metropolitanos (CPTM), além de transtornos a motoristas na Avenida do Estado. Os córregos RIBEIRÃO DOS MENINOS, em SÃO CAETANO, e dos COUROS, em SÃO BERNARDO DO CAMPO, também transbordaram, causando o bloqueio de diversas vias. Na VILA PRUDENTE a Avenida LUIZ INÁCIO DE ANHAIA MELLO ficou intransitável depois da chuva que caiu na madrugada. Em BELO HORIZONTE a chuva intensa que caiu fez desabar uma residência em NOVA LIMA e três pessoas ficaram feridas.

MAURÍCIO FIGUEIREDO chegou a ser conhecido como a mais bela voz do rádio brasileiro. Dedicou sua vida a esse meio de comunicação, onde atuou como locutor e produtor de programas. Segundo o amigo XICO TEIXEIRA, da rádio estatal EBC, “seu timbre inconfundível marcou época e gerações”. MAURÍCIO ganhou projeção no jornalismo trabalhando na extinta Rádio JORNAL DO BRASIL, onde comandou o famoso “JBI – O JORNAL DO BRASIL INFORMA”. Ficou no grupo por 25 anos. Estava ultimamente na Rádio MEC. MAURÍCIO trabalhou também nas rádios TAMOIO, CIDADE, ROQUETTE PINTO, TUPI e na BANDEIRANTES. Morreu em decorrência de um câncer. Nasceu em 26 de março de 1943.

Desde junho de 2010, PAULO CONDE era secretário de Receita de JOÃO PESSOA (PB). Funcionário de carreira, CONDE foi escolhido para o cargo devido ao seu conhecimento técnico e experiência na administração pública municipal. CONDE era formado em administração de empresas e foi responsável por uma grande reformulação na Secretaria de Finanças da capital paraibana, onde trabalhou por muitos anos como agente fiscal. O secretário esteve internado por nove dias em um hospital da cidade para tratar de um câncer no pulmão descoberto recentemente. CONDE morreu hoje deixando mulher e dois filhos. Nasceu em 1958.  

Nascido em LINS, em outubro de 1957, no interior de SÃO PAULO, HERBIS GONÇALVES ficou conhecido como CURIÓ. Radialista e professor, ele começou a carreira em RIBEIRÃO PRETO no final dos anos 1970, Atuou como repórter em várias emissoras da cidade. Tinha faro pela notícia e muitas de suas entrevistas tiveram grande repercussão. Mas CURIÓ era uma figura polêmica e em meados da década de 1980 decidiu interromper sua carreira de repórter e foi trabalhar como cobrador de ônibus urbano. Em seguida, resolveu voltar aos estudos e trabalhou como professor de geografia da rede estadual de ensino. Só voltou aos microfones em 2004, na rádio 79, por convite de JOSÉ LUÍS DATENA e JORGE KAJURU, então donos da emissora. CURIÓ morreu na tarde desta quinta-feira, em RIBEIRÃO PRETO, aos 54 anos. Ele tinha problemas cardiovasculares e vinha de duas internações seguidas. Segundo a filha GABRIELA, o radialista teve aneurisma pela segunda vez há três semanas e estava afastado de suas funções. Ele também vinha sentindo falta de ar com freqüência. Entre as homenagens feitas ao radialista, a prefeita DÁRCY VERA publicou em seu twitter que a morte de CURIÓ foi “uma grande perda para RIBEIRÃO. Curió foi um grande comunicador e professor”. 0 promotor de Justiça CARLOS CÉZAR BARBOSA também lamentou o fato. “Estou comovido com o falecimento de CURIÓ. Hora difícil para a família!. 

A Assembléia Legislativa de SÃO PAULO aprovou hoje a criação da COMISSÃO DA VERDADE DO ESTADO, com a tarefa de investigar crimes de violação de direitos humanos ocorridos no território paulista entre 1964 e 1982. Criada por meio de projeto de autoria do deputado petista ADRIANO DIOGO, ela terá uma estrutura bastante diferente e mais vulnerável a interferências políticas do que a COMISSÃO NACIONAL DA VERDADE, criada em novembro, a partir de uma longa articulação entre PT e PSDB. 

As Forças Armadas dos ESTADOS UNIDOS recolheram hoje a bandeira do país em um ato simbólico para encerrar a guerra do IRAQUE, quase nove anos após a invasão para derrubar o ditador SADDAM HUSSEIN. Desde 2003, a guerra matou 4,5 mil soldados americanos e 60 mil iraquianos e custou mais de 750 bilhões de dólares aos cofres dos EUA. Os últimos 4 mil militares americanos vão deixar o país até o fim do ano.

SALVATORE MIGLINO foi buscar o filho de 3 anos na casa da sogra, na FLÓRIDA, nos ESTADOS UNIDOS, e foi recebido com três tiros. Ele disse à polícia que já esperava ter uma discussão com CHERYL HEPNER, de 66 anos e, por isso, ligou a câmera do celular para registrar; SALVATORE ficou ferido nas costelas e no ombro. CHERYL disse à polícia que o genro tentou matá-la, mas, por conta da gravação, ela foi acusada de tentativa de assassinato.   

Morto nesta quinta-feira, à noite, aos 62 anos, nos ESTADOS UNIDOS, de pneumonia, conseqüência de um câncer no esôfago, o escritor e jornalista britânico CHRISTOPHER HITCHENS já não incomoda seus opositores. Deixou um testamento na última edição da revista VANITY FAIR que vai dar argumentos a eles, por promover uma revisão em seus credos. Não que HITCHENS, autoclassificado antiteísta – note, antiteísta, não ateísta – tenha se convertido no leito da morte, apesar de acompanhado nos últimos dias por um pastor evangélico, FRANCIS COLLINS, que tem cuidado de pacientes terminais mapeando seus genomas. HITCHENS, autor de DEUS NÃO É GRANDE, entre outros livros, passou a vida toda repetindo uma frase de NIETSZCHE que lhe parecia bastante apropriada para um homem como ele, atacado por todos os lados, pela esquerda e pela direita. A frase, traduzida livremente do alemão toma o seguinte sentido: o que não me mata, me faz mais forte. No leito da morte, ela lhe pareceu redícula. HITCHENS, então, escolheu outra epígrafe, a do poeta KINGSLEY AMIS. Ela, afinal, faz mais sentido em uma vida como a sua. AMIS diz no poema que a morte não precisa de ninguém para explicá-la, que ela vem a todos para nos libertar dessa obrigação. E foi com essa epígrafe que ele se despediu dos leitores na VANITY FAIR, agregando a ela um verso de IT´S ALRIGHT, MA, de BOB DYLAN, para provar que era mesmo um pensador pop.HITCHENS foi um dos mais badalados polemistas na segunda metade do século, seguindo a tradição de GEORGE ORWELL, sobre o qual, aliás, escreveu o brilhante A VITÓRIA DE ORWELL, roteiro crítico das idéias do autor da distopia 1984, em que desmonta teses consagradas sobre o seu compromisso ideológico – ele, que condena no livro uma sociedade totalitária. A exemplo de ORWELL, HITCHENS teve um namorico com a classe trabalhadora inglesa (em 1965) décadas antes de dar seu apoio à GUERRA DO IRAQUE e aos neoconservadores americanos, adotando os EUA como segunda pátria. Socialista na juventude, militou contra a GUERRA NO VIETNÃ, até proclamar há dez anos que o capitalismo havia se tornado o sistema econômico mais revolucionário e saudar a globalização como “inovadora e internacionalista”.
Em 2001, logo após os ataques de 11 de setembro, HITCHENS cunhou a expressão “fascismo com face islâmica” para atacar os fundamentalistas muçulmanos e defender uma política intervencionista no IRAQUE. Ao mesmo tempo, vociferava contra figuras do mundo católico como MADRE TERESA DE CALCUTÁ, argumentando que ela era uma espécie de porta-voz do que havia de mais reacionário na Igreja Católica. A fé em DEUS ou em qualquer entidade suprema, segundo HITCHENS, não passaria de uma crença totalitária que destruiria as liberdades individuais. DEUS não criou o homem à sua imagem, evidentemente foi o contrário, dizia. Essa era a certeza moral de HITCHENS. Suas objeções à fé religiosa diziam também respeito ao fato de eu ela representa de forma equivocada a origem do homem e do cosmos, reprime sexualmente as criaturas e desconsidera outras formas de pensar (inclusive a sua, herdada dos iluministas franceses). Sua crítica à religião foi devastadora e, de certo modo, tirou o foco de outros temas abordados de forma menos passional por HITCHENS.     

15 DE DEZEMBRO DE 2012    :      -    SÁBADO
BIAJONE planejou um evento para este sábado em ITAPETININGA. Também está comunicando uma outra solenidade para dia 20. Eis a integra da mensagem que ele me mandou a respeito:
80 anos da Revolução de 32 no Clube Venâncio Ayres e na Loja Firmeza
Neste ano de 2012, quando se comemora os 80 anos da Revolução Constitucionalista de 1932, o maior movimento cívico ocorrido na história do Estado de São Paulo, o Núcleo Paulistas de Itapetininga! As Armas!! (NCPIAA), sucursal da Sociedade dos Veteranos de 32/MMDC em Itapetininga, convida a todos para participarem das solenidades de inauguração de duas placas comemorativas dos 80 anos de aniversário da condição de Hospital de Sangue, uma no Clube Venâncio Ayres e outra na Loja Maçônica Firmeza.
De fato, a exemplo do que ocorreu no mês de outubro de 2012, quando o NCPIAA inaugurou placas comemorativas de Hospital de Sangue no Instituto Imaculada Conceição e da Escola Estadual Peixoto Gomide e da condição de Quartel General do Exército Constitucionalista do Setor Sul, na sede do DER.2, semelhante solenidade ocorrerá na sede social do Clube Venâncio Ayres e na Loja Maçônica Firmeza, ambos os locais também hospitais de Sangue na Revolução de 32. O presidente do NCPIAA, prof. Jefferson Biajone, convida a todos para participarem desses dois eventos que serão os últimos a celebrar os 80 anos da Revolução de 32 em todo o estado de São Paulo no presente ano.
A solenidade na Loja Maçônica Firmeza será às 17 horas do sábado dia 15 de dezembro e antecederá a sessão pública que lá irá ocorrer em ato continuo após o descerramento da placa. Já a solenidade no Clube Venâncio Ayres será as 19 horas da quinta feira do dia 20 de dezembro. Em ambos os eventos, estarão presentes autoridades civis e militares, bem como o presidente da Sociedade dos Veteranos de 32/MMDC, o coronel PM Mario Fonseca Ventura, que virá da capital para condecorar com a medalha M.M.D.C., em grau "post mortem", o coronel Pedro Sabino Ayres, presidente do CVA e o Sr. Antonio Monteiro Junior, presidente da Loja Firmeza, ambos no exercício de seus cargos durante os meses de julho a outubro de 1932, em plena revolução constitucionalista. Os atuais presidentes das duas entidades, senhores Nelson José Abrão Jamel e Reginaldo Aparecido Dassi receberão a medalha em nome de seus respectivos antecessores.

Pela manhã vou à solenidade de Declaração dos ASPIRANTES A OFICIAL na APMBB. Este sábado apresenta-se nebuloso, com ameaças de pancadas d´água durante o seu transcorrer. Ao cruzar os portões de entrada da Academia de Polícia Militar do Estado de São Paulo, onde já encontro com vários cadetes, vejo também a chegada do CORONEL PM Ref PAULO MACHADO. Sua turma, a que saiu aspirante a oficial em 1962, comparece à Academia para ser homenageada no transcurso dos 56 anos da Festa da Espada. Vamos encontrar com: OCTÁVIO GOMES DE OLIVEIRA, WALTER CARNEVALE, SILAS BORDINI DO AMARAL FILHO, MINORU MASSUDA, MARCOS RODRIGUES BIO, TÉRCIO VARELA SENDIN, CELSO FELICIANO DE OLIVEIRA, KIYOSHI INOMATA, JOÃO BOSCO PASIN, IVAN VIEIRA CATALANO, PÉRICLES RACY CARLOS, RENÊ ANTONIO NOVAIS, PAULO COSTA FERREIRA. Foram eles declarados ASPIRANTES A OFICIAL em 15 de dezembro de 1962, há cinqüenta anos atrás. RENÊ e COSTA FERREIRA pediram afastamento para seguirem outras carreiras, mas estão presentes nesta festa. COSTA FERREIRA é um dos que mais conversam comigo. Lembro que os primeiros trotes da nossa turma, em 1959, foram dados por ele. O BORDINI fala de seu parente afastado ANTÔNIO JOSÉ BORDINI, de origem francesa. O Cmt da APMBB, CORONEL PM JOSÉ MAURÍCIO WEISSHAUPT PEREZ resolveu também homenagear a turma toda por esse fato. Vamos, o MENDES e eu, conversar com nossos antigos companheiros da Escola de Oficiais (em 1959, quando entramos para o antigo CURSO PREPARATÓRIO PARA FORMAÇÃO DE OFICIAIS, eles estavam no segundo ano do CP). Lembramos acontecimentos interessantes do nosso tempo do Curso e isso foi muito gratificante. Como sempre a solenidade de entrega dos espadins (símbolo do cadete) e o recebimento da espada (já como aspirantes) encanta a todos os presentes. Esse é o sentimento que percebemos nas pessoas do THIAGO DE MORAES e sua irmã CARLA, nossos convidados para esse evento. O neto do GENERAL MIGUEL COSTA, bem como outros parentes do general, YURI, vibram com a formatura, pois a turma que está sendo declarada ASPIRANTE A OFICIAL leva o nome do GENERAL MIGUEL COSTA como patrono. O Secretário da Segurança Pública FERNANDO GRELLA VIEIRA vai presidir o evento, ao lado do Comandante Geral, CORONEL PM BENEDITO ROBERTO MEIRA. Estão presentes os coronéis da ativa: LEÔNIDAS PANTALEÃO DE SANTANA (SubCmt PM), ADMIR GERVÁSIO MOREIRA, LUIZ EDUARDO PESCE DE ARRUDA, MILTON SUSSUMU NOMURA, HERVANDO LUIZ VELOZZO, RENATO CERQUEIRA CAMPOS e muitos outros oficiais. Relembro, com saudade, de meus tempos de cadete e vejo, com muita alegria, a promoção dos cadetes que foram os dirigentes do Núcleo “CADETE RUYTEMBERG ROCHA” serem declarados Aspirantes a Oficial. O presidente do núcleo, cadete NARLICH, é justamente o primeiro colocado da turma e recebe a Medalha PEDRO DIAS DE CAMPOS e a espada das mãos do Secretário de Segurança Pública.
No imponente desfile de encerramento a turma de Aspirantes de 15 de dezembro de 1962 vem à frente.
Acontece que está marcada nossa viagem (AMADO e eu) para ITAPETININGA justamente às 13 horas. AMADO, acompanhado da esposa dona NADIR e da filha LÍGIA, vão embarcar no ônibus SANTANA, juntamente comigo, para darmos cumprimento ao combinado com os dirigentes do Núcleo de Correspondência de ITAPETININGA.
No MMDC, com a chegada do nosso conhecido PM JULIO, motorista do comando do 22º BPMI, despedimos de dona NAIR e de LÍGIA e iniciamos a viagem, embaixo de chuva para ITAPETININGA. Em dado trecho da via CASTELLO BRANCO, nosso motorista JÚLIO faz verdadeira proeza em abrir caminho no mar de carros, com a sirene ligada, a fim de cumprir o horário pré-estabelecido de chegarmos ao local do evento desta tarde, na LOJA MAÇÔNICA FIRMEZA.
Às 16:30 horas chegamos na loja maçônica. Somos recebidos pelo AFRÂNIO, Vice-Presidente do Núcleo de Correspondência, que nos apresenta a vários integrantes da LOJA FIRMEZA, tendo como presidente atual o Senhor REGINALDO APARECIDO DASSI. Explica-nos que JEFFERSON BIAJONE, presidente do núcleo e idealizador deste evento, foi chamado às pressas à ARAÇATUBA, a fim de socorrer uma filha que está adoentada. AFRÂNIO faz a abertura da cerimônia de descerramento de uma placa alusiva à participação da Loja Maçônica FIRMEZA na Revolução Constitucionalista de 1932 (essa loja está completando em 19 do corrente, 160 anos de existência). Recebe a Medalha GOVERNADOR PEDRO DE TOLEDO o presidente da Loja, REGINALDO APARECIDO DASSI, em nome do fundador ANTÔNIO MONTEIRO JÚNIOR.
Não vamos ficar para a sessão branca. Chove muito e pensamos no retorno do PM JÚLIO, que nos levará a São Paulo. A chuva não parou um só instante. O motorista JÚLIO é muito bom de volante. Levamos o AMADO até sua residência, na Rua da MÓOCA e depois o JULIO leva-me até GUARULHOS. Ele merece meus elogios pela conduta que tem e pelo carinho demonstrado pelo MMDC. Em evento ocorrido no Clube de Regatas TIETÊ, há anos passados, o JULIO foi condecorado com a Medalha GOVERNADOR PEDRO DE TOLEDO. Ele já nos transportou várias vezes até ITAPETININGA e ainda fará outra viagem conosco na próxima quinta-feira, dia 20.
Nesta noite não consigo fazer mais nada. Sinto-me exausto com os dois eventos desta data.        

Uma falha no Operador Nacional do Sistema (NOS) deixou nove cidades da GRANDE SÃO PAULO e 20 bairros da capital sem luz por quase quatro horas no final da tarde. Cerca de 1,5 milhão de pessoas foram afetadas em SÃO PAULO, segundo a AES ELETROPAULO. A falta de luz atingiu também cidades do RIO e de MINAS. O problema começou às 17:43 horas e, segundo a ELETROPAULO, foi normalizado às 21:21 horas. A concessionária afirma que ‘O NOS está apurando” os motivos do apagão no sistema integrado nacional.

Cinco pessoas morreram em uma operação do Batalhão de Operações Policiais Especiais da Polícia Militar (BOPE) do RIO na Favela FAZ QUEM QUER, em ROCHA MIRANDA, zona norte da cidade. A ação começou por volta das 4 horas e houve confronto. Seis pessoas ficaram feridas e foram socorridas, mas, segundo o BOPE, cinco não resistiram e morreram no hospital. Quatro pessoas foram presas.

As vinte crianças mortas por ADAM LANZA, atirador que invadiu uma escola em NEWTOWN, no Estado americano de CONNECTICUT, ontem, tinham idades entre 6 e 7 anos. Os investigadores descartaram a hipótese de que algum funcionário da escola fundamental SANDY BROOK tenha autorizado a entrada do criminoso. O massacre cometido por LANZA teve um total de 27 vítimas, além do próprio atirador, que cometeu suicídio. Antes de ir à SANDY BROOK, ele matou a própria mãe na casa deles. Os adultos foram identificados como RACHEL DAVINO, 29 anos; DAWN HOCHSPRUNG, 47 anos; ANNE MARIE MURPHY, 52; LAUREN ROUSSEAU, 30; MARY SHERLACH, 56, e VICTORIA SOTO, 27 anos. DAWN era a diretora e MARY era a psicóloga da escola. LAUREN era professora substituta e ficaria na SANDY HOOK por apenas oito semanas. VICTORIA SOTO, também professora, escondeu seus alunos em armários e salas da escola antes de dizer ao atirador que eles estavam em uma aula de ginástica e ser morta. Uma sobrevivente, IVONNE CECH, bibliotecária da escola, disse ter se trancado por 45 minutos em um armário com 18 alunos da quarta série, dois balconistas e um assistente.

Menos de 24 horas depois da tragédia de NEWTOWN, três pessoas foram feridas hoje pelos disparos de um homem armado dentro de um hospital de BIRMINGHAM, no Estado americano do ALABAMA. O atirador, ainda não identificado, abriu fogo quando percebeu a aproximação de dois policiais e foi morto. Segundo JOHNNY WILLIAMS, sargento da policia de BIRMINGHAM, os dois policiais que atenderam ao chamado seguiram por caminhos diferentes até o suspeito. Ao vê-los, ele atirou e feriu um dos policiais e dois funcionários do hospital.   

O ex-presidente da ÁFRICA DO SUL,NELSON MANDELA, de 94 anos, passou por uma cirurgia para retirada de pedras na vesícula. O procedimento foi feito por meio de endoscopia e foi bem sucedido, segundo informou o governo da ÁFRICA DO SUL. MANDELA está se recuperando, de acordo com o comunicado. O ex-presidente sul-africano está internado há uma semana por causa de uma infecção pulmonar.

A secretária de Estado norte-americana, HILLARY CLINTON, teve um mal-estar hoje, desmaiou e sofreu uma concussão cerebral – lesão de menor gravidade – ao bater a cabeça na queda. Os médicos que a atenderam revelaram que o motivo do desmaio foi uma desidratação decorrente de problemas digestivos. Por precaução,HILLARY deve permanecer em repouso e trabalhar apenas em casa pelo resto da semana. 


15 DE DEZEMBRO DE 2013    :    -    DOMINGO
Fui declarado ASPIRANTE A OFICIAL em 7 de setembro de 1963. Pertenço à TURMA “JOSÉ BONIFÁCIO DE ANDRADA SILVA” que hoje está comemorando, na APMBB, o JUBILEU DE OURO. O coordenador do evento é o nosso companheiro CORONEL PM ANTÔNIO CARLOS MENDES, sendo que o 1º colocado da turma, CORONEL PM NILSON GIRALDI irá comandar os seus colegas que ainda estão em condições de marchar. Mas, antes de sair de casa, abrindo a Internet, recebo a fatídica notícia da morte do CORONEL PM LUIZ NAKAHARADA:
ATT TODOS OS VETERANOS.
NOTA DE FALECIMENTO
TRISTEMENTE, INCUMBIU-ME O SR PRESIDENTE DO GRÊMIO DE NOTICIAR PARA TODOS OS COMPANHEIROS, O FALECIMENTO DO SR CEL PM LUIZ NAKAHARADA.
VÍTIMA DE INFARTO EM SUA RESIDÊNCIA.
ASSIM, QUE TIVERMOS MAIORES INFORMAÇÕES, SERÁ INFORMADO.
O NOSSO PESAR, PELO PASSAMENTO DE TÃO IMPORTANTE INTEGRANTE DE NOSSA ROTA, DESDE SUA CRIAÇÃO, SENDO ASSIM, UMA PARTE REAL DE NOSSA HISTÓRIA QUE NOS DEIXA, NA CERTEZA DE QUE UM DIA NOS ENCONTRAREMOS.
VÁ COM DEUS SR COMANDANTE.
(notícias enviadas por EVERALDO BORGES )
LUIZ NAKAHARADA nasceu em 14 de abril de 1945. Entrou na antiga FORÇA PÚBLICA em 9 de março de 1966. Foi declarado ASPIRANTE A OFICIAL em 15 de agosto de 1970. PROMOÇÕES: 2º TENENTE – 15 de dezembro de 1970; 1º TENENTE – 1º de fevereiro de 1974; CAPITÃO – 25 de janeiro de 1979; MAJOR – 15 de dezembro de 1985; TENENTE-CORONEL – 15 de dezembro de 1990. Passou para a reserva em 14 de abril de 2007. 
  • Vagner Magalhães
Vagner Magalhães Direto de São Paulo
O coronel da reserva Luiz Nakaharada, acusado por cinco das 78 mortes ocorridas no terceiro pavimento do Pavilhão 9 da Casa de Detenção de São Paulo, no episódio do Massacre do Carandiru, morreu na noite de ontem, em São Paulo, vítima de infarto. À época, ele era comandante do 3º Batalhão do Choque. O julgamento de Nakaharada estava previsto para o próximo ano, após o julgamento dos policiais que atuaram no quarto e quinto pavimento do prédio, previstos, respectivamente para fevereiro e março de 2014.  No dia do massacre, ele comandou a operação de varredura nas celas, com o uso de cães. Ele era acusado individualmente pela morte de cinco presos que se encontravam dentro de uma cela. O enterro está marcado para as 16h deste domingo, no Cemitério Gethsêmani, onde está sendo velado. A advogada do coronel, Ieda Ribeiro de Souza, afirmou que ele teve um infarto fulminante na noite de ontem, em sua residência. Além de Ubiratan Guimarães - absolvido pela Justiça em 2006, Nakaharada foi um dos oficiais denunciados. Por conta de sua origem oriental, ele foi reconhecido por várias testemunhas como o policial que entrou na cela 339-E (do 3º pavimento) e matou, com metralhadora, os cinco presos que lá estavam.
Massacre do Carandiru
Em 2 de outubro de 1992, uma briga entre presos da Casa de Detenção de São Paulo - o Carandiru - deu início a um tumulto no Pavilhão 9, que culminou com a invasão da Polícia Militar e a morte de 111 detentos. Os policiais são acusados de disparar contra presos que estariam desarmados. A perícia constatou que vários deles receberam tiros pelas costas e na cabeça. Entre as versões para o início da briga, está a disputa por um varal ou pelo controle de drogas no presídio por dois grupos rivais. Ex-funcionários da Casa de Detenção afirmam que a situação ficou incontrolável e por isso a presença da PM se tornou imprescindível. A defesa afirma que os policiais militares foram hostilizados e que os presos estavam armados. Já os detentos garantem que atiraram todas as armas brancas pela janela das celas assim que perceberam a invasão. Do total de mortos, 102 presos foram baleados e outros nove morreram em decorrência de ferimentos provocados por armas brancas. De acordo com o relatório da Polícia Militar, 22 policiais ficaram feridos.
Luiz Ordani
15/12/2013, 20h20
Que este militar descanse em paz, cumpriu sua missão ao exterminar bandidos. Mas, já é o caso de se pensar em desmilitarização da polícia ostensiva, pois a esta não pode ser conferido o poder de julgar e executar deliberadamente nas ruas, assim como de molestar cidadãos de bem como frequentemente ocorre. Fim dos privilégios militares, valorização de uma polícia ostensiva civil, e condolências à família do homem que morreu e cumpriu seu dever.

PM paulista - Morre tenente-coronel acusado de matar cinco presos no massacre do Carandiru
  • 15/12/2013, 14:51
  • Folhapress
O tenente-coronel aposentado da Polícia Militar Luiz Nakaharada, acusado de matar cinco presos no massacre do Carandiru, morreu na noite de sábado em sua casa, em São Paulo. De acordo com a PM, o oficial foi vítima de um infarto e morreu por volta das 23h30. Seu corpo será enterrado hoje, às 16h, no Cemitério Gethsêmani, no Morumbi, zona sul da cidade. Nakaharada, que era o único coronel acusado no processo do Carandiru, morreu antes de ser julgado. Os dois principais protagonistas do massacre, o coronel da PM Ubiratan Guimarães e o então diretor da Casa de Detenção de São Paulo, José Ismael Pedrosa, foram assassinados. No dia do massacre, ele era tenente-coronel e chefe do 3º Batalhão de Choque, e comandou 74 policiais e 13 cães que invadiram o presídio do Carandiru. O tenente-coronel foi acusado por sobreviventes, e depois pelo Ministério Público, de ter matado cinco detentos com uma metralhadora dentro do pavilhão 9. Nakaharada também foi um dos criadores da Rota (Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar). Em 2007, a Câmara Municipal de São Paulo concedeu-lhe o título de "Cidadão Paulistano", por iniciativa do vereador Jooji Hato (PMDB). À época, Hato justificou a concessão do título pelo trabalho feito por Nakaharada na Lapa (zona oeste) na implementação da lei seca.
Também nesta manhã recebo esta mensagem:
O mártir do combate à repressão (por JOSÉ GERALDO PIMENTEL)
Não se trata de premonição. Com a análise dos fatos, costumo fazer uma previsão do que pode acontecer no futuro. Não é o caso relacionado a este artigo. É algo muito forte que me tem trazido preocupação. O coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra é a personalidade mais visada no mundo dos que pretendem imitar certos países latinos americanos; isto é: levar às barras de um tribunal de exceção os militares das Forças Armadas e policiais civis e militares que atuaram na repressão contra os militantes da luta armada, ex terroristas e ex guerrilheiros. A vingança mora na alma e coração desses elementos. Eles agem como justiceiros. Para eles só há uma verdade. A verdade que lhes favorece. Daí tentarem reescrever a história passando-se por defensores da democracia, que atuaram contra os governos militares que se instalaram no país depois da queda do ex presidente João Goulart. Seus crimes não são levados em conta. Os meios justificam os fins, é a mensagem que passam. O cel Ustra publicou vários textos narrando a sua participação no combate aos comunistas. Alguns são libelos contra as autoridades militares que abandonaram os militares que receberam ordens de seus superiores hierárquicos para dar combate a um inimigo que vinha ameaçando a paz no país. Ele expõe a sua atuação nessa repressão, mostrando que agiu com firmeza, mas dentro das normas militares, sem uso da violência, como acusam os seus detratores. O cel Ustra mostra uma preocupação que causa tristeza, pois está desamparado por quem tem a obrigação de honrar as determinações dos seus antecessores. Decepcionado por ver que seus companheiros de farda o tratam com desdém, como se cumprir com o dever fosse um crime. Os superiores hierárquicos o abandonam neste momento de pressões exercidas pela Comissão Nacional da Verdade e suas filiadas. O Ministério Público Federal, órgão onde elementos mancomunados com os comuno-petistas se arvoram com poderes acima da Lei da Anistia, diz ter achado brecha no estatuto que possibilita levar às barras de um tribunal os agentes do Estado. O cel Ustra percebe que é o agente preferencial da vindita dessas instituições. Esta semana em audiência, realizada na 9ª. Vara Criminal da Justiça Federal de São Paulo, tentou-se confrontar o cel Ustra com elementos que alegam terem sido presos e confinados no Doi-Codi/SP. O cel ‘Ustra alegou problemas de saúde e não participou a audiência’. Esta foi a atitude mais correta que tomou, não atendendo à convocação, como o fez anteriormente, comparecendo frente a membros da CNV. Acho um despropósito um oficial de patente superior se sujeitar a comparecer a uma audiência de uma comissão, ou à frente de um juiz que se julga superior às leis votadas no Congresso Nacional. Coronéis e, agora, generais, viraram fregueses de carteirinha, comparecendo às convocações para depor perante jovens comissários do povo, intitulados ‘consultores técnicos’. Dois generais, Álvaro de Souza Pinheiro e Nilton Cerqueira, depuseram diante de dois jovens militantes da esquerda travestidos de autoridades judiciais. Qualquer indivíduo nomeado ‘consultor técnico’ interroga um oficial quatro estrelas! No meu tempo de caserna os oficiais se davam valor, eram homens de brio; não agiam como esses oficiais que estão deixando que a velhice destrua os seus neurônios, acovardando-se diante de qualquer merda com diploma comprado em faculdades da periferia. - Somo doutor, seu capitão. Os membros da CNV e promotores públicos vêm desmoralizando as FFAA sem que aja qualquer reação. Um dos canalhas que compõem a CNV já declarou na frente do próprio comandante do Exército que obrigaria os convocados a prestar esclarecimentos, nem que fossem conduzidos para depor coercitivamente, tendo realizado convênio com a polícia federal para dar cumprimento à missão. O covardão do general Enzo Martins Peri, depois de afirmar que não se importaria que os ‘militares do passado’ fossem chamados a depor, ouviu calado e em silêncio permaneceu. A enxurrada de pressões sobre os agentes do Estado começou com a resposta do ex comandante do Exército, general Francisco Roberto de Albuquerque, que a uma solicitação de esclarecimento feita pelo cel Ustra, ao ser convocado pela primeira vez pelo Mistério Público Federal, disse-lhe: “O Exército não vai fazer nada!” O cel Ustra anda assustado. Não quer que lhe aconteça a represália que vitimou o cel Molina Dias, chefe do Doi-Codi/RJ. O cel Molina foi emboscado quando chegava em casa e assassinado a tiros. (Elementos estranhos já foram vistos rondando também a sua residência). A Comissão Nacional da Verdade apareceu como por encanto logo após o crime e passou por cima das autoridades policiais do Rio Grande do Sul, onde ocorreu o assassinato, afirmando que teriam sido encontrados na residência da vítima, documentos que comprovavam que o ex deputado federal Rubens Paiva morrera nas dependências do Doi-Codi/RJ. Sinceramente não vejo diferença entre um oficial carreirista, que nega a existência de um colega de farda, e um militante da luta armada que tem registros de assassinatos, assaltos a bancos e unidades militares, atos terroristas, sequestros de embaixadores e justiçamentos de seus próprios companheiros. Os capitães Luís Carlos Prestes e Carlos Lamarca traíram a instituição militar, mas quando se engajaram na luta armada tinham desertado, não vestiam mais o uniforme verde-oliva. Os nossos chefes militares renegam seus companheiros de farda, e ainda os entregam em uma bandeja de prata ao inimigo. São uns cooperadores do governante de plantão, e não se intimidam em transformar a Força em uma guarda pretoriana. Abomino o atual comandante do Exército e seu antecessor. E muitos outros chefes militares que têm comportamentos análogos. Julgo-os covardes, omissos, bajuladores e traidores. Não honram a farda que vestem. Fazem vistas grossas diante das ofensas morais praticadas contra a instituição militar. O comandante do Exército assinou um acordo que obrigou a Academia Militar das Agulhas Negras - o berço da formação dos homens que integram o oficialato da Força - a descerrar uma placa onde admite que tortura os cadetes durante as instruções. Mas para que se preocupar com tão pouco, se o que vale para ele é o prêmio que será auferido ao passar para a reserva! Que o diga o general Francisco Roberto de Albuquerque premiado com um pró-labore na administração da Petrobrás pela sua atuação omissa frente aos destinos da Força que comandava. A honra passa ao largo do caráter dos que não têm caráter! Aconteça o que vier acontecer ao cel Carlos Alberto Brilhante Ustra, seu nome será sempre lembrado nos anais dos heróis brasileiros. A ele e seus companheiros de luta, seremos sempre eternamente gratos. (Rio de Janeiro, 13 de dezembro de 2013).
No horário das 8 horas chegam CABO PM WANDER, MARINEI, LUCAS e GABRIEL. Eles irão me levar até a APMBB e também assistirão à cerimônia de Declaração dos Novos Aspirantes:
POLÍCIA MILITAR DO ESTADO
COMANDO GERAL
Portaria do Comandante Geral de 13-12-2013
Declarando, nos termos do § 1º, do artigo 59, do Decreto Estadual 54.911/09, de 14-10-2009, Aspirante-a-Oficial PM, a contar de 15dez13, os Alunos Oficiais, a seguir relacionados, por terem concluído com aproveitamento o Bacharelado em Ciências Policiais de Segurança e Ordem Pública, que funcionou na Academia de Polícia Militar do Barro Branco:
Clas. RE Nome
1º 132433-A Vinicius Brock Fullmann
2º 105684-A Hermes Veiga Casanova
3º 106366-9 Silvio de Oliveira Zandonadi
4º 138845-2 Carolina Ribeiro Borges
5º 107722-8 Adriano Henrique de Carvalho
6º 100950-8 Vanessa Andréa Fernandes Jeremias
7º 120743-1 Angela Maria Rocha Hanesaka
8º 130816-5 Rafael Alarcão Alves Teodoro
9º 138899-1 Erica Ramalho de Macedo
10º 110327-0 Elias Domingos Gomes
11º 119516-6 Mauricio Pedro Santos
12º 120838-1 Francine Lopes Almeida Vidal
13º 138865-7 Danilo Corleto de Oliveira
14º 120840-3 Fulvia Guisini Simões
15º 138933-5 Juliano Marques de Azevedo 1.
16º 120733-4 Aline Francisquini Ribeiro
17º 138889-4 André Luiz Pavan dos Santos
18º 105149-A Daniel Pires Zambaldi
19º 138882-7 Rafael Greatti Viana
20º 130348-1 Daniel Bissaro de Carvalho
21º 138874-6 Bruno Sotopietra Tertuliano
22º 971486-3 Clovis de Oliveira Campos Neto
23º 138878-9 Carlos Felipe Dalan Campanari
24º 119439-9 Davi Carlos de Souza Queiroz
25º 126470-2 Claiton de Almeida Rocha
26º 115633-A Boanerges de Miranda Santos
27º 138873-8 Felipe P S Cabanas
28º 138897-5 Débora Dantas Jerônimo dos Santos
29º 138898-3 Sellis Christine Silva Spinola
30º 138885-1 Guilherme Gimenez Maschio
31º 138853-3 Thais de Andrade
32º 103471-5 Ederson Silva Balduino
33º 138855-0 Beatriz Marie Montovam Busnardo
34º 121091-2 Paula Fernandes Labrichosa
35º 119458-5 Fabiano Soares Dias Fernandes
36º 138868-1 Marcos Antonio Machado Junior
37º 138866-5 Thiago Santana da Silva
38º 138887-8 Rodrigo Passagem Luiz
39º 138886-0 Gustavo Vieira Hornink
40º 980329-7 Marcos Paulo Martins de Sousa
41º 138880-A Felippe de Holanda e Silva
42º 128224-7 Leonardo Carneiro de Oliveira
43º 138876-2 Bruno Marcel Biffi
44º 138900-9 Vitor Penteado Chaves
45º 138872-0 Guilherme Diego Gomes Febronio
46º 138857-6 Talita Lemos Rodrigues
47º 138856-8 Beatriz Costa Miscow
48º 138895-9 Vinicius Marcondes Thut Medeiros
49º 138870-3 Victor Tenore Rocha
50º 128344-8 Murillo Rinaldi Amendoeira
51º 138859-2 Cristiane Ramos do Nascimento Soares da Silva
52º 138850-9 Priscila Castro de Souza
53º 138863-A Pedro Henrique Borges Marques
54º 100835-8 Ana Paula Arruda Silva
55º 138849-5 Liliam Pinheiro Lira
56º 138877-A Gabriel Huerte Diniz
57º 138930-A Rodrigo Pezzuol Gomes
58º 138928-9 Francine Gabrielly de Toledo Vaz Motta 4.
59º 117932-2 Josiane Catanho da Silva
60º 950150-9 André Giuliano Risso Bovolon
61º 138881-9 Rodolfo Arcos e Prazeres
62º 138862-2 Henrique Felisoni Squassoni
63º 135399-3 Rafael Queiroz Marchini
64º 138896-7 Denis Boschi
65º 132413-6 Caroline Oliveira Akamine
66º 138852-5 Thaíssa Barbalho Teixeira
67º 138884-3 Luiz Carlos Alves de Melo
68º 135438-8 Giulio Bellicanta Ribas
69º 138871-1 Sergio Rodrigo Lozovoi
70º 138847-9 Juliana Inácio Maldonado Martiniano
71º 138894-A Augusto Ramon Arias Penteado
72º 103676-9 Murilo Cardozo da Costa 3.
73º 138864-9 Marcos Felipe Alves de Melo Andrade
74º 132419-5 Artur Latini 2.
75º 138858-4 Amália Paci Pereira
76º 138875-4 Bruno Santos Simões
77º 138879-7 Pedro Henrique Almeida Altomare
78º 138929-7 Luiz Dionisius de Miranda Reis
79º 138891-6 Rodrigo Monteiro Alves
80º 118084-3 Alberto Vinicius Caldeira Lima
81º 136156-2 Andrew Sguassabia
82º 138915-7 Natalia Vaz Novo
83º 108619-7 Paulo Henrique de Jesus da Silva
84º 138848-7 Rita de Cássia Cotecheski
85º 138888-6 Jose Augusto Cardoso Filho
86º 138867-3 Fellipe Lopes Razuk
87º 138892-4 Henrique Moretti da Silveira Guedes
88º 138890-8 Douglas Piauí da Silva
89º 135418-3 Caio Augusto de Souza David
Os aspirantes de 7 de setembro de 1963 são tratados com especial deferência, pois temos um lugar reservado no palanque e alguns cadetes foram encarregados de nos recepcionar. Logo encontramos com os CORONÉIS PM NILSON GIRALDI, ANTÔNIO CARLOS MENDES, DALMIRO GOMES, MARCO RÉGIS RAGHIANTTI CORDEIRO, AMÉRICO VICTOR SALVATO, ALUÍZIO SILVEIRA DE CARVALHO PEREIRA, MÁRIO FAUSTO RODRIGUES PINHO e também com o BORINI SOARES, que se afastou da PMESP quando capitão. O nosso companheiro de turma CORONEL PM ALBINO PAZELLI é trazido em cadeira de rodas pelo seu filho MAJOR PM ADRIANO PAZELLI e outros parentes. Nossos colegas de turma vêm acompanhados de suas respectivas famílias. Um sol muito forte vai nos brindar com a solenidade de hoje. No local reservado aos Aspirantes de 1963 vamos assistir à solenidade de Entrega dos Espadins por parte dos alunos oficiais que estão se preparando para essa magnífica solenidade.
O governador GERALDO ALCKMIN vai presidir o evento. Estão presentes: Secretário de Segurança Pública, FERNANDO GRELLA VIEIRA; Delegado Geral, LUIZ MAURÍCIO DE SOUZA BLAZECK; Comandante Geral, CORONEL PM BENEDITO ROBERTO MEIRA; Superintendente da Polícia Técnico-Científica, NORMA SUELI BONACCORSO; Comandante do Exército Sudeste, GENERAL DE EXÉRCITO ADHEMAR DA COSTA MACHADO FILHO; Comandante do IV COMAR, MAJOR-BRIGADEIRO-DO-AR JOSÉ GERALDO FERREIRA MALTA; Comandante do 8º DISTRITO NAVAL, VICE-ALMIRANTE LISEO ZAMPRÔNIO; GENERAL DE DIVISÃO FLORIANO PEIXOTO VIEIRA. Além dessas autoridades uma presença maciça dos coronéis da PMESP, bem como de tenentes-coronéis, majores, capitães e tenentes.
Os alunos oficiais entregam os espadins e vão trocar de farda, a fim de envergarem pela primeira vez a farda de Aspirante a Oficial. Nesse momento há as homenagens aos ASPIRANTES A OFICIAL de 7 de setembro de 1963. Estão em cadeiras de roda os CORONEÍS PM ALBINO CARLOS PAZELLI e DALMIRO GOMES. O CORONEL PM comanda a TURMA JOSÉ BONIFÁCIO DE ANDRADA E SILVA. Estão presentes: MÁRIO FAUSTO RODRIGUES PINHO, ALUIZIO SILVEIRA DE CARVALHO PEREIRA, MARCO RÉGIS RAGHIANTI CORDEIRO, AMÉRICO VICTOR SALVATO, JOSÉ BORINI SOARES, MARIO FONSECA VENTURA, ANTÔNIO CARLOS MENDES.
Retornamos aos nossos lugares a fim de que os ASPIRANTES da TURMA CORONEL PM HERMES BITTENCOURT CRUZ adentrem o Pátio. Eles recebem a espada de seus padrinhos e madrinhas e fazem o juramento de oficial da PMESP. Para o desfile final, nós, da TURMA JOSÉ BONIFÁCIO DE ANDRADA E SILVA, vamos nos posicionar na frente para o rompimento do desfile. Não está mais conosco o CORONEL PM ALBINO CARLOS PAZELLI, que não agüentou o desenrolar da cerimônia.
Após o encerramento da solenidade, vamos nos postar na entrada da APMBB, para a inauguração da placa alusiva ao nosso JUBILEU DE OURO, sendo que NILSON GIRALDI faz o seu discurso. Vamos nos despedir da turma. Alguns ainda irão almoçar no ESPÉRIA. Não posso acompanhá-los porque preciso estar presente a um almoço na casa  da SORAYA e NELSON. Quando chego em GUARULHOS, em casa, MARLENE avisa que sua mãe já está na festa do batizado da MARYA LUIZA, filha da RENATA, neta da NORMA. Algumas horas da tarde do domingo vamos passar nessa comemoração, onde muitas pessoas estão presentes. Ainda procuro trabalhar no computador, mas o cansaço impede de que se faça tudo que estaria programado.        

A Polícia Militar do Estado de São Paulo completa neste domingo (15) 182 anos de existência. A Polícia Militar tem por função primordial o policiamento ostensivo e a preservação da ordem pública paulista. Seus integrantes são denominados militares estaduais (artigo 42 da CRFB), assim como os membros do Corpo de Bombeiros Militar de São Paulo.  Atualmente, em efetivo, é a maior polícia do Brasil e a terceira maior da América Latina, contando com 100 mil homens e mulheres.
HISTÓRIA - A vinda da Família Real para o Brasil acabou por levar Dom João VI a criar, em 13 de maio de 1809, a Divisão Militar da Guarda Real de Polícia, ou simplesmente Guarda Real de Polícia, a exemplo daquela existente em Lisboa, tornando-se o embrião da polícia militar fluminense, a começar pela Corte, à época a cidade do Rio de Janeiro.
A independência desorganizou a Guarda Real de Polícia, que era composta em sua maioria por portugueses, ficando a segurança da cidade a cargo das chamadas milícias que, embora fossem continuadoras da Guarda, não desempenhavam suas funções a contento. Foi então que a regência, a 9 de outubro de 1831, baixou lei que criava o Corpo de Municipais Permanentes da Corte, e autorizava que fosse feito o mesmo nas províncias. Era a reorganização da antiga Guarda Real de Polícia, mas era também a certidão de nascimento das polícias militares dos estados brasileiros. Em São Paulo, a 15 de dezembro de 1831, por lei da Assembleia Provincial, proposta pelo presidente da Província, Brigadeiro Rafael Tobias de Aguiar, foi criado o Corpo de Guardas Municipais Permanentes, composto de cem praças a pé, e trinta praças a cavalo, eram os cento e trinta de trinta e um. Estava fundada a Polícia Militar do Estado de São Paulo, em atendimento ao decreto imperial baixado pelo Regente Feijó. Rafael Tobias de Aguiar, se tornou o patrono da corporação. Informação do 25º Batalhão PM de Dracena.

Um vazamento de gás é a causa apontada pela Defesa Civil do DISTRITO FEDERAL para a explosão em um restaurante na ASA NORTE de BRASÍLIA, hoje pela manhã. A onda de choque de 100 metros atingiu lojas vizinhas e três pessoas ficaram feridas. Segundo as autoridades, um botijão de gás de 13 quilos foi retirado do local. O equipamento ainda estava vazando e não possuía a válvula de primeiro estágio, dispositivo redutor de pressão; Vidros de quitinetes do complexo e de apartamentos localizados nos pisos superiores ficaram estilhaçados, porém, não houve registros de incêndio. Por precaução, todos os moradores tiveram de deixar o local.

Aos 19 anos, a estudante BRUNA LINO morreu nesta madrugada, dentro da USP, após cair num fosso de elevador inativo de cerca de 25 metros de profundidade em construção abandonado ao lado do PAÇO DAS ARTES e da Academia de Polícia Civil, na CIDADE UNIVERSITÁRIA, BUTANTÃ. Ela cursava o 1º ano de letras da USP. BRUNA estava com um grupo de nove amigos. O prédio é usado por universitários para festas sem o aval da reitoria da USP. O lugar não tem iluminação. Fogueiras e lanternas costumam ser usados para iluminar o ambiente. BRUNA teria dito que estava com vontade de urinar e foi em busca de um local. Ao ver a entrada do fosso, BRUNA teria pensado tratar-se de um banheiro. A escuridão teria confundido. Os amigos então ouviram um grito de desespero, provavelmente provocado pela queda. No local havia várias latinhas de cerveja. O prédio é lotado de pichações, algumas delas com incentivo ao uso de entorpecentes. O local freqüentemente é usado para o consumo de drogas, bebidas alcoólicas e a prática de sexo. A universitária foi retirada do fosso pelos colegas. Um deles chama-se BRUNO BARROS, de 21 anos, e morava com a estudante em um apartamento no JAGUARÉ, zona oeste. No entanto, ela não foi levada ao hospital pois morreu em seguida à queda. BRUNA era natural de SÃO BERNARDO DO CAMPO, no ABC.

Depois do tumulto registrado na noite do sábado, o SHOPPING INTERNACIONAL DE GUARULHOS funcionou normalmente hoje. A Polícia Militar disse ter sido chamada para conter um arrastão. A Polícia Civil informou que pelo menos 22 suspeitos foram levados para o 2º Distrito Policial da cidade, na VILA GALVÃO. Todos foram averiguados e liberados ainda durante a madrugada.

MICHELLE BACHELET foi eleita hoje presidente do CHILE. A candidata da coalizão oposicionista NOVA MAIORIA voltou ao poder ao bater a governista EVELYN MATTHEI no segundo turno do pleito.

O jovem norte-americano KARL HALVERSON PIERSON, de 18 anos, que atirou na cabeça de uma colega de 17 anos e depois se matou na escola onde estudava, no COLORADO (EUA), teria agido por vingança a uma punição dada pelo seu tutor de um grupo de estudos. PIERSON teria recebido uma sanção disciplinar por ter discutido com a equipe de debate. O alvo do atirador conseguiu fugir. Já a colega está em estado grave.
Depois de dez dias de funeral, o corpo do ex-presidente sul-africano NELSON MANDELA, ícone da luta pelos direitos humanos, contra o racismo e as desigualdades, foi enterrado hoje, por volta das 12:40 horas (8:40 horas em BRASÍLIA), em QUNU, vilarejo no qual passou a infância e onde estão os restos mortais de três de seus filhos. Apenas 450 pessoas participaram da última parte do funeral. O túmulo estava rodeado de flores brancas. A imprensa não teve acesso ao local. De acordo com os organizadores do enterro, membros da tribo à qual MANDELA pertencia realizariam um ritual de sacrifício animal, parte do processo de comunicação com os ancestrais, para que o espírito da pessoa descanse.
Antes do enterro, uma cerimônia para cerca de 4,5 mil pessoas foi realizada, durante três horas e 40 minutos, em uma grande estrutura coberta, construída na propriedade da família. Entre os presentes, personalidades de todo o mundo, como o príncipe herdeiro do REINO UNIDO, CHARLES, a apresentadora de TV norte-americana OPRAH WINFREY e chefes de Estado de países africanos.
Um coral de muitas vozes, acompanhado de uma orquestra sinfônica, cantou na entrada do caixão e em outros momentos da cerimônia. Com uma grande imagem de MANDELA ao fundo e 95 velas acesas representando cada ano que ele viveu, amigos e dois netos de MADIBA discursaram durante o evento.
   
15 DE DEZEMBRO DE 2014    :      -  SEGUNDA-FEIRA
Esta será uma semana trabalhosa para a Sociedade Veteranos de 32-MMDC face a solenidade de Entrega do COLAR DA VITÓRIA, marcada para a próxima sexta-feira. Isto porque a Sociedade está sediada no Monumento Mausoléu ao Soldado Constitucionalista, mas de mãos atadas, pois não foi instalada a linha telefônica e muito menos funciona a internet.
MARINEI, com muito zelo e diligente como sempre, trabalhou em sua casa na confecção dos diplomas e dos Ofícios de Outorga do COLAR DA VITÓRIA. Hoje ela comparece em casa por volta das 10 horas. Vamos levar os diplomas para a assinatura do CAPITÃO PM ANÍSIO DOS SANTOS, na Academia de Polícia Militar do Barro Branco. Está sendo realizada uma solenidade em homenagem às turmas de 1964 (7 de março e 15 de dezembro); os ASPIRANTES A OFICIAL dessas duas turmas estão presentes e perfiladas defronte a tropa formada. Gostaria imensamente de poder abraçar os companheiros que deixaram a Escola de Oficiais a cinquenta anos atrás, mas preciso ir para a cidade de SÃO PAULO. Temos de entregar os diplomas para o WILLIAM MASCARENHAS, que os levará ainda hoje ao Conselho de Honrarias e Mérito.
MARINEI pega um trânsito muito ruim na Avenida CRUZEIRO DO SUL. Isso faz com que cheguemos no Corpo de Bombeiros, onde o WILLIAM está nos esperando, depois do meio-dia. MARINEI vai até o OBELISCO, pois chegaram documentos do setor de contabilidade. Com o WILLIAM e a TELMA vamos almoçar na Associação dos Oficiais Militares do Estado de São Paulo, na TABATINGUERA. FERREIRA já está nos esperando nesse lugar, conforme contato via celular. Muitos oficiais presentes na AOMESP querem saber notícias do Obelisco do IBIRAPUERA.
O WILLIAM e a TELMA irão até o Conselho de Honrarias e Mérito. Era minha intenção ir até â Câmara Municipal para entregar os Oficios de Outorga do COLAR DA VITÓRIA para os vereadores NELO RODOLFO, CAMILO e TELHADA, mas a torção no pé esquerdo ainda impossibilita que eu ande um trecho longo. O próprio WILLIAM fará isso.
O CAPITÃO PM CAPARROZ está me aguardando no Corpo de
Bombeiros, junto com o CORONEL PM DUARTE, para que eu assine Ofícios de Outorga das MEDALHAS "HERÓIS DE 32", que serão entregues no dia 19 de dezembro, às 10 horas, no 7º BPMM. Não poderei comparecer a este evento porque, no mesmo horário, estarei no CENTRO DE REABILITAÇÃO da PMESP, entregando Medalhas GOVERNADOR PEDRO DE TOLEDO a dez autoridades escolhidas pelo TENENTE-CORONEL PM WÁLTER CASTRO GARCIA, Chefe daquele Centro. Procuramos entrar em contato com o CORONEL PM ANTÔNIO CARLOS MENDES, mas não conseguimos. Ele poderia responder por mim nessa solenidade. O CAPITÃO PM CAPARROZ fica incumbido de fazer esse contato.
O CORONEL PM DUARTE irá assumir o prédio da ANITA GARIBALDI.  Já entrou em contato com a subprefeitura da SÉ, a fim de proceder a reforma que foi negada para a Sociedade Veteranos de 32-MMDC.
MARINEI esteve no Obelisco. Diz ela que instalaram a linha telefônica em endereço errado. Entrou em contato com a Ouvidoria da VIVO para consertar esse erro grosseiro.
Com toda essa correria vem somar um fato triste para a família da LUCINDA. Faleceu na madrugada o seu irmão APPARÍCIO. O corpo será liberado nesta tarde pelo IML e o velório acontecerá no Cemitério da VILA RIO.
MARINEI traz-me até em casa. Mais tarde ela me comunica que o TENENTE-CORONEL PM ALUYZIO BAIA quer incluir mais um nome na lista do COLAR DA VITÓRIA, o da CORONEL PM CLÁUDIA BARBOSA RIGON PEREIRA.
Por volta das 20 horas, o JOÃO GOMES DE OLIVEIRA JÚNIOR leva sua mãe e eu até o Cemitério da VILA RIO. Ali acontece o velório do APARÍCIO MOREIRA, irmão da LUCINDA. Vamos encontrar dona DEOLINDA, também irmã do falecido. Está acompanhada de sua filha CÉLIA e de outros parentes, como é o caso do ROBERTO, também filho de dona DEOLINDA e MICHEL, neto dela, filho do SÉRGIO. JOSEFINA, filha do APARÍCIO, e seu marido, estão no velório. LUCINDA está com fortes dores no pé esquerdo, ocasionadas pelo reumatismo. Não pode ficar muito tempo no velório. Deixamos o local por volta das 22 horas. Estão chegando o JOSÉ e a DORA.
JOSÉ é o irmão mais novo do APARÍCIO. O falecido tinha como hobby a pescaria. Vários companheiros dessa modalidade comparecem ao velório.       

No dia 16 de dezembro de 2012, o mundo do futebol acordava mais preto e branco do que nunca. Com o gol de GUERRERO diante do CHELSEA, o TIMÃO levantava a taça do MUNDIAL DE CLUBES pela segunda vez na história e fazia a festa da imensa torcida que invadiu o JAPÃO. Hoje, essa conquista completa exatos dois anos e, para presentear a torcida, o TIMÃO trouxe de volta o técnico responsável pelo triunfo. TITE é o presente pelo qual a maioria dos torcedores esperava.
O treinador assinou contrato nesta noite e vai ser apresentado amanhã, às 12 horas, no CT alvinegro, com status de ídolo. Não só pela esperança de voltar a conquistar títulos, coisa que MANO MENEZES não conseguiu, mas por tudo o que envolveu sua volta.

Quando trocou a ginástica olímpica pelo esqui aéreo, LAÍS SOUZA não tinha como imaginar as mudanças que iriam acontecer na vida. Depois de ter sofrido um grave acidente nas pistas de esqui de SALT LAKE CITY, nos ESTADOS UNIDOS, durante a preparação para os JOGOS OLÍMPICOS DE INVERNO, ela perdeu os movimentos do pescoço para baixo, por conta de uma lesão na medula.
Após quase um ano sendo submetida a muitas baterias de exames e sessões de tratamento, a ex-ginasta retornou ao BRASIL e falou, pela primeira vez que passou nos ESTADOS UNIDOS e os novos desafios que está enfrentando agora.
"Eu fiquei bastante tempo no hospital, foram várias fases. Primeiramente, passei a respirar sozinha, a comer sozinha. Comecei a me sentir melhor. Acho que foi um passinho a cada dia, a cada semana. E fui crescendo com isso, também", afirmou a brasileira.
Ao lado de LAÍS estava o médico que acompanha o caso desde o início, o doutor ANTÔNIO MARTTOS JÚNIOR. Ele falou sobre a melhora no quadro de saúde da atleta.
"Hoje, ela já tem alguma sensibilidade. A LAÍS tem uma lesão incompleta na medula. Essa foi uma grande conquista. E isso muda tudo. Ela passa a ser candidata a outros protocolos de tratamentos, todos inovadores", disse MARTTOS, afirmando que a ex-ginasta recuperou alguns movimentos dos membros. As melhoras indicam que a lesão na medula não é completa, ou seja, há a possibilidade, embora pouca, de LAÍS voltar a andar no futuro.
"O próximo passo seria uma parceria, que estamos estudando, entre a Universidade de MIAMI, uma universidade em NEW ORLEANS e um centro universitário de SÃO PAULO, para ela tenha a chance de evoluir. São boas notícias. Vamos lutar até onde der. Nós prometemos muita luta, muita garra", disse o médico, que trabalha no COB.
Como ginasta, LAÍS SOUZA participou de duas edições do PAN-AMERICANO (2003 E 2007) e duas edições dos JOGOS OLÍMPICOS (ATENAS, em 2004, e PEQUIM, em 2008).

O vereador ANTÔNIO DONATO, do PT, foi eleito presidente da Câmara Municipal de SÃO PAULO para o ano de 2015. Ele sucederá o vereador JOSÉ AMÉRICO (PT), que presidiu o Legislativo municipal por dois anos. Houve consenso na escolha, já que houve condidato de oposição. Ao todo, 46 vereadores votaram a favor e apenas um se absteve, TONINHO VÉSPOLI (PSOL). Além do presidente, foram escolhidos EDIR SALES (PSD) para a primeira vice-presidência, TONINHO PAIVA (PR) para a segunda vice-presidência, AURÉLIO NOMURA (PSDB) para a primeira secretaria, PAULO FRANGE (PTB) para a segunda secretaria, EDUARDO TUMA (PSDB) para primeira suplência e NOEMI NONATO (PROS) para a segunda suplência. Os vereadores elegeram ainda o vereador DALTON SILVANO (PV) para a Corregedoria Geral da Câmara. A posse da nova MESA DIRETORA e do corregedor ocorre no dia 1º de janeiro de 2015.

Uma mulher de 62 anos morreu atropelada por um ônibus articulado nesta manhã. O acidente aconteceu na região do PÁTIO DO COLEGIO, no Centro. De acordo com o depoimento de uma testemunha à polícia, o ônibus trafegava em baixa velocidade e a vítima, RONALINA FELIPE MEDEIROS, foi atingida após correr para atravessar a rua.

Um morador de rua foi encontrado queimado, nesta manhã, em um canteiro da Avenida das Juntas Provisórias, na altura da Rua LORD CROCKANE, no IPIRANGA, zona sul. O homem foi internado no Hospital das Clínicas em estado grave.
A vítima foi encontrada em uma área próxima a três barracas de moradores de rua, segundo o delegado plantonista do 17º Distrito Policial (IPIRANGA), DANIEL LEAL FERREIRA DE ALMEIDA.

Sete pessoas morreram nesta manhã na BR-316, após a colisão de um ônibus com um caminhão-tanque na altura do município de MONSENHOR GIL, situado a 58 quilômetros de TERESINA. O choque ocorreu às 10 horas, em decorrência de uma tentativa frustrada de ultrapassagem.
O ônibus da empresa TRANSBRASILIANA que ia de GOIÂNIA para TERESINA, tentou fazer uma ultrapassagem, mas não conseguiu. No retorno, o motorista jogou o veículo para o acostamento e acabou se chocando com o caminhão que transportava diesel e havia feito o mesmo movimento com o intuito de evitar o choque. Em decorrência da colisão, duas grandes explosões aconteceram.
De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, quatro corpos carbonizados foram encontrados dentro do ônibus e dois, do lado de fora dos veículos. O sétimo morto é o motorista CHEIVAN VIEIRA DE SOUSA, de 53 anos, que foi achado dentro do caminhão.
A TRANSBRASILIANA informou que oito pessoas tinham embarcado em GOIÂNIA com destino a TERESINA e três delas sobreviveram. O motorista FRANCISCO JOSÉ DO ESPÍRITO SANTO, 46 anos, teve queimaduras de primeiro e segundo graus e foi transferido para o Hospital de Urgências de TERESINA. "O estado dele é grave", informou o diretor da unidade, GILBERTO ALBUQUERQUE. "Ele ainda está desorientado, e toda hora pergunta pelos filhos que estavam no ônibus, mas não consegue explicar a razão de os filhos serem passageiros." JOSÉ CARLOS ALVES DE ANDRADE, de 44 anos, teve fratura exposta no braço e foi encaminhado para cirurgia, e VITÓRIA, de 5 anos, teve queimaduras de primeiro e segundo graus no rosto e nas pernas. Ela também está no HUT, em estado grave.

As forças de segurança australianas invadiram hoje o café em SYDNEY onde um homem armado fez 17 pessoas reféns, em um desfecho dramático de um impasse que se arrastava há mais de 16 horas. Houve um tiroteio intenso e barulhos altos foram ouvidos pouco depois das 2 horas (13 horas de segunda-feira no horário de BRASÍLIA). Três pessoas morreram na ação - incluindo o sequestrador - e seis ficaram feridas.
A polícia trata o caso como um "incidente isolado" e afirmou ter invadido o local após vários disparos terem ocorrido dentro do café. O sequestrador foi identificado como MAN HARON MONIS, um refugiado e autodenominado xeique iraniano que enfrenta múltiplas acusações de agressão sexual.
Ele também foi considerado culpado em 2012 de enviar cartas agressivas e ameaçadoras a famílias de oito soldados australianos mortos no AFEGANISTÃO, como um protesto contra o envolvimento da AUSTRÁLIA no conflito. Durante o sequestro, os reféns foram obrigados a exibir uma bandeira islâmica, aumentando temores de um ataque jihadista. Cinco vítimas conseguiram escapar do local no domingo. Aterrorizados, funcionários do café e clientes correram para os braços da polícia do lado de fora do café.
MONIS foi acusado no ano passado de ser cúmplice no assassinato de sua ex-esposa, que foi esfaqueada e queimada em um condomínio de SYDNEY. Neste ano, MONIS, que se descrevia como um "curador espiritual", foi acusado de abuso sexual contra uma mulher australiana de SYDNEY, em 2002. Acusações adicionais foram feitas em outubro.

A brasileira MARCIA MIKHAEL, personal trainer em SYDNEY, era uma das reféns mantidas no café pelo iraniano. Logo que o sequestro começou, ela mandou uma mensagem para a irmã. Em seguida, surgiu um post em uma rede social. "Queridos amigos e família, eu estou no LINDT CAFÉ no MARTIN PLACE sendo feita refém de um membro do Estado Islâmico. O homem que nos mantém refém fez pequenas e simples exigências e nenhuma foi cumprida.                   
2015    :     -    TERÇA-FEIRA
Enquanto aguardo a chegada da MARINEI CHALUB e seu filho LUCAS para irmos até o SERVIÇO DE SUBSISTÊNCIA e CENTRO ODONTOLÓGIO, a fim de acertar os últimos detalhes para a nossa Festa de Fim de Ano, leio no Diário Oficial de hoje a publicação do DECRETO Nº 61.706, que oficializa a criação da MEDALHA "PAULO BOMFIM - PRÍNCIPE DOS POETAS":.  
DECRETO Nº 61.709, DE 14 DE DEZEMBRO DE 2015
Dispõe sobre a oficialização da Medalha “Paulo Bomfim – Príncipe dos Poetas", instituída pelo Núcleo MMDC Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, da Sociedade Veteranos de 32 – MMDC GERALDO ALCKMIN, Governador do Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições legais e à vista da manifestação do Conselho Estadual de Honrarias e Mérito, Decreta: Artigo 1º - Fica oficializada, sem ônus para os cofres públicos, a "Medalha Paulo Bomfim – Príncipe dos Poetas", instituída pelo Núcleo MMDC Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, da Sociedade Veteranos de 32 - MMDC, nos termos do Regulamento que acompanha este decreto. Artigo 2º - Este decreto entra em vigor na data de sua publicação. Palácio dos Bandeirantes, 14 de dezembro de 2015 GERALDO ALCKMIN Edson Aparecido dos Santos Secretário-Chefe da Casa Civil Saulo de Castro Abreu Filho Secretário de Governo Publicado na Secretaria de Governo, aos 14 de dezembro de 2015. REGULAMENTO DA MEDALHA “PAULO BOMFIM – PRÍNCIPE DOS POETAS” a que se refere o artigo 1º do Decreto nº 61.709, de 14 de dezembro de 2015 Artigo 1º - A Medalha “Paulo Bomfim - Príncipe dos Poetas”, instituída pelo Núcleo MMDC Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, tem por objetivo galardoar autoridades civis e militares que hajam prestado comprovadamente relevantes serviços: I – ao Núcleo MMDC Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo "Paulo Bomfim – Príncipe dos Poetas"; II – à Sociedade Veteranos de 32 - MMDC; III – ao Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo; IV – ao Governo do Estado de São Paulo; V - à população paulista. Artigo 2º - A Medalha “Paulo Bomfim - Príncipe dos Poetas”, do Núcleo MMDC Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, poderá ser concedida aos estandartes das organizações militares e instituições civis, nacionais e estrangeiras, que tenham se tornado credoras de homenagens especiais do Núcleo MMDC Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo. Artigo 3º - A honraria de que trata o artigo 1º deste Regulamento é constituída por: I – Medalha com a seguinte descrição: a) no anverso: escudo circular de ouro de 20mm (vinte milímetros) de diâmetro, tendo ao centro a destra o símbolo da justiça (espada como fiel de uma balança) e a sinistra um capacete de aço (revolução constitucionalista); sobreposto a uma cruz de malta de sable (preto) de 40mm (quarenta milímetros) perfilada de ouro; e sobreposta de tudo a um resplendor de ouro de 30mm (trinta milímetros); b) no verso: tudo de ouro, em chefe a inscrição em caracteres versais maiúsculos “TRIBUNAL DE JUSTIÇA”, abaixo o logotipo do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo e na ponta a inscrição em caracteres versais maiúsculos “3 DE FEVEREIRO DE 1874” antecedendo ao logotipo da Sociedade Veteranos de 32 MMDC; II – Fita pendente de gorgorão de seda chamalotada, de 35mm (trinta e cinco milímetros) com as seguintes cores e dimensões: a) no centro: branco com 10mm (dez milímetros) de largura; b) na sequência: vermelho com 8mm (oito milímetros) de largura em ambas as laterais; c) em seguida: amarelo com 1,5mm (um milímetro e meio) de largura em ambas as laterais; d) finalizando: vermelho com 3mm (três milímetros) de largura em ambas as laterais. § 1º - Acompanharão a Medalha a barreta, a roseta, a miniatura e o diploma. § 2º - A barreta, a roseta e o diploma terão as características e dizeres a serem estabelecidos pela Comissão de Honrarias e Mérito, do Núcleo MMDC Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, de que trata o artigo 4º deste Regulamento. Artigo 4º - A Presidência do Núcleo MMDC Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo instituirá Comissão de Honrarias e Mérito com atribuição de examinar e propor a concessão da condecoração de que trata este Regulamento. § 1º - A Comissão a que se refere o "caput" deste artigo será regida por um Regimento Interno aprovado pelo Presidente do Núcleo MMDC Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo. § 2º - A Comissão de Honrarias e Mérito será composta por um Presidente e membros efetivos escolhidos pela Presidência do referido Núcleo, podendo ser designados suplentes até o limite de dois. § 3º - O Presidente da Comissão terá o voto de qualidade no caso de empate na votação. Artigo 5º - A Medalha “Paulo Bomfim - Príncipe dos Poetas" será concedida pelo Presidente do Núcleo MMDC Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo. Artigo 6º - As propostas para a concessão da Medalha serão dirigidas à Comissão de Honrarias e Mérito de que trata o artigo 4º deste Regulamento, em formulário próprio, e se farão acompanhar do "Curriculum Vitae" do indicado, bem como das razões que a justifiquem, devendo ser recebida e processada pela Comissão em conformidade com o estabelecido neste Regulamento. Parágrafo único - A Medalha poderá ser concedida a título póstumo. Artigo 7º - A aprovação das propostas dependerá da maioria absoluta de votos da Comissão de Honrarias e Mérito, "ad referendum" do Conselho Estadual de Honrarias e Mérito. Artigo 8º - Os diplomas acompanhados do "Curriculum Vitae" do indicado serão encaminhados ao Conselho Estadual de Honrarias e Mérito para deliberação e registro. Parágrafo único - A recusa do Conselho Estadual de Honrarias e Mérito em registrar o diploma importará no cancelamento da indicação. Artigo 9º - Perderá o direito ao uso da honraria recebida, devendo restituí-la ao Núcleo MMDC Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, juntamente com os seus complementos, o agraciado que infringir o disposto no Regimento Interno da Comissão de Honrarias e Mérito. Artigo 10 - Na hipótese da extinção da condecoração, no todo ou em parte, seus cunhos, exemplares e complementos remanescentes serão recolhidos ao Conselho Estadual de Honrarias e Mérito, sem ônus para os cofres públicos. Parágrafo único - A medida de que trata o "caput" deste artigo será determinada pela Comissão de Honrarias e Mérito, do Núcleo MMDC Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo. Artigo 11 - O presente Regulamento somente poderá ser alterado após submissão e aprovação do Conselho Estadual de Honrarias e Mérito.





Também leio no DO as promoções dos oficiais de PMESP, a contar de hoje:
Atos do Governador SECRETARIA DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR Decreto de 14-12-2015 Promovendo, nos termos do Dec.-lei 13.654-43 e suas alterações, os seguintes Oficiais da Polícia Militar do Estado: a contar de 15-12-15 QUADRO DE OFICIAIS POLICIAIS MILITARES – QOPM ao posto de Tenente-Coronel PM, por antiguidade, os Majores PM: 852096-8 Mauro Luchiari Júnior, do 19º BPM/I, 843099-3 Renato do Nascimento, do 38º BPM/M, 855001-8 Fábio de Souza Silva, do 1º BPTran, 852437-8 João Marcos de Araújo, do 23º BPM/I, 852081-0 Marcelo Barbosa de Oliveira, do 47º BPM/M. ao posto de Tenente-Coronel PM, por merecimento, os Majores PM: 852008-9 Antônio Umildevar Dutra Júnior, do 16º BPM/I, 852049-6 Fernando César Manetta, do CPM, 852011-9 Augusto dos Santos Galvão Júnior, do 18º BPM/M, 884206-0 Luís Gustavo Biagioni, do CPAmb, 884204-3 Humberto Shigueo Shirotori, do 20º GB, 862801-7 Márcio Navarro de Camargo, da ESSd, 884200-A Carlos Alexandre de Mello, do 50º BPM/I, 862759-2 Carlos Eduardo de Oliveira, do 3º BPChq, 884187-0 Márcio Rogério Simplício, do 3º BPRv. ao posto de Major PM, por antiguidade, os Capitães PM: 891232-7 Igor Sergei Klein, do CPA/M-12, 891248-3 Edson Luís Bittencourt, do CPA/M-11, 891461-3 Rubens Faria Silva, do 9º BPM/M, 901326-1 Alexandre Henriques da Costa, do CPA/M- 4, 894841-A Rogério Mota da Silva, do 51º BPM/M, 901306-7 José Aparecido dos Santos, do 27º BPM/I. ao posto de Major PM, por merecimento, os Capitães PM: 920457-1 Adriano Augusto Leão, do 8º BPM/I, 891312-9 Ricardo Alexandre Marins de Paulo, do CPA/M-11, 881761-8 Valdimir Aparecido da Silva, do 22º BPM/I, 920436-9 Rogério Luís Marques de Mello, do 20º GB, 870479-1 Edson Lino de Souza, do 17º GB, 883184-0 Joel Marcos Luna, do CPTran, 920428-8 Josiel Oliveira de Andrade, do 14º BPM/M, 901360-1 Luís Liberato do Nascimento, do 11º BPM/I, 901287-7 Rodrigo Mantovani Nunes, do GRPAe, 920372-9 Lincoln Estanagel de Barros, do 22º BPM/I. ao posto de Capitão PM, por antiguidade, os PrimeirosTenentes PM: 100373-9 Fernando Henrique Perpétuo Pauli, do 9º BPM/I, 100297-0 Roberto Fraisitzer dos Santos, do 35º BPM/I, 100328-3 Jefferson Cury Serra, do CPI-9, 980310-6 Fernando Medeiros Gonçalves, do 24º BPM/I, 101617-2 Cassiano Corrêa de Moraes, do 31º BPM/I, 100267-8 Mack Hidy Sugiyama, do 47º BPM/M, 100299-6 Daniel do Amaral Veiga, do 38º BPM/I, 100275-9 Eduardo Martins Ribeiro, do 3º BPM/I, 100389-5 Rodrigo Della Nina, do 38º BPM/I, 100399-2 Alexandre Valério de Freitas, do 47º BPM/I, 100271-6 Estephe Bergoncini, do 9º GB, 100286-4 Alexandre Gonçalves Carneiro, do 53º BPM/I, 100352-6 Cristian Takahashi, do CPI-10, 966119-A Ricardo Luís Martin Merloti, do 16º BPM/I, 100279-1 José Milton Paula Júnior, do 5º BPM/M, 100093-4 Kleber Augusto da Silva, do CBM, 100356-9 Renato Eduardo Vogel, do 44º BPM/M. ao posto de Capitão PM, por merecimento, os PrimeirosTenentes PM: 982674-2 Marco Aurélio Dudalski, do 44º BPM/M, 933719-9 Marcelo Eliano Leite, do 1º BPM/I, 100298-8 Ricardo Costacurta Filho, do CPI-3, 101645-8 Arley Topalian, da Correg PM, 920976- 0 Ronaldo Aparecido Ribeiro, do CCB, 980041-7 Marcelo Augusto Catelani, do 16º GB, 100346-1 Alex Roberto de Moraes Olliari, do 41º BPM/I, 951143-1 Marcelo Torres Almeida, do 48º BPM/I, 100361-5 Edgar Pinezzi de Mello, do CPD, 966421-1 Eliton Ricardo Sanches, do 2º BPAmb, 991696-2 Renato Gonzalez, do 38º BPM/I, 100378-0 Raul Marcel de Mendonça, do CIAP, 872354-A Donisete José Pereira, do 9º BPM/I, 100273-2 Marlon de Assis Magro, do 33º BPM/I, 100367-4 Rodrigo de Oliveira Viana, da ESSgt, 100343-7 Jorge Jacubiski Júnior, do CIAF. QUADRO DE OFICIAIS DE SAÚDE MÉDICOS ao posto de Primeiro Tenente Médico PM, por merecimento intelectual, o Segundo Tenente Médico PM: 149734-A Lívia de Medeiros Ribeiro Pecchia, da APMBB. QUADRO DE OFICIAIS DE SAÚDE DENTISTAS ao posto de Major Dentista PM, por merecimento, o Capitão Dentista PM: 860262-0 Antônio Adriano Colmanette, da C Mil. ao posto de Capitão Dentista PM, por antiguidade, o Primeiro-Tenente Dentista PM: 924790-4 Marcellus Lopes Franca, do CPI-1. ao posto de Capitão Dentista PM, por merecimento, o Primeiro-Tenente Dentista PM: 924779-3 Leida Hoelz Colla Thosi, do C Odont, 924798-0 Cristina Damaa Fava de Moraes, da C Mil. QUADRO DE OFICIAIS DE SAÚDE FARMACÊUTICOS ao posto de Major Farmacêutico PM, por merecimento, o Capitão Farmacêutico PM: 870938-6 José Ferreira Marcos, do C Med. ao posto de Capitão Farmacêutico PM, por merecimento, o Primeiro-Tenente Farmacêutico PM: 111473-5 Vandré Mateus Lima, do C Med. QUADRO AUXILIAR DE OFICIAIS POLICIAIS MILITARES QAOPM ao posto de Capitão QAOPM, por antiguidade, os PrimeirosTenentes QAOPM: 891493-1 Boaz dos Santos Silva, da ESSgt, 912422-5 Ricardo Sizenando de Oliveira, do CPC, 910807-6 Edson Alves Almeida, do 18º GB, 874694-0 Dina Lica da Silva, do 28º BPM/M, 891364-1 Roberto Gregório do Prado, do 53º BPM/I, 865936-2 Divaldo Gremes, da APMBB, 887098-5 Edson Pereira Campos, do 19º BPM/I. ao posto de Capitão QAOPM, por merecimento, os Primeiros-Tenentes QAOPM: 851688-0 Varlei Zucato dos Santos, do 20º BPM/M, 873271- 0 Edivaldo Francisco, do CPI-4, 861677-9 Rommey Bueno Mesquita, do GBMar, 876702-5 Márcia Cristina Cardoso, da PM-4, 886472-1 Reginaldo Ferreira Lobo, do CPI-8, 894378-8 Carlos Alberto Souza Kataoka, do CIAP. a contar de 24-5-15 QUADRO DE OFICIAIS POLICIAIS MILITARES – QOPM ao posto de Segundo-Tenente, por merecimento intelectual, o Aspirante PM: 139164-0 Daniel Guedes Rodrigues, do 16º BPM/M.
MARINEI e LUCAS chegam depois das 10 horas. Vamos para o Serviço de Subsistência e Centro Odontológico. Acertamos muita coisa com relação ao evento marcado para dia 18. São entregues ao TENENTE-CORONEL Dent NOEL os Ofícios de Outorga do COLAR DA VITÓRIA para o Diretor de Saúde, CORONEL Med PM ROBERTO RODRIGUES JÚNIOR, Chefe do Centro Odontológico, TENENTE-CORONEL Dent PMNOEL DE SOUZA DINIZ JÚNIOR, 1º TENENTE Dent ALEXANDRE DE OLIVEIRA NACLE e 1º TENENTE Dent PM CAMILA DE FREITAS CARVALHO.
O CAPITÃO PM ALDO fica com os Ofícios de Outorga do TENENTE-CORONEL PM ARMANDO DA SILVA MOREIRA e de dois oficiais que ele indicou e que são do SERVIÇO DE SUBSISTÊNCIA.
Almoçamos nesse lugar e vamos até o Obelisco. Ali, o SOLDADO PM mostra-me os três televisores ali instalados, com pen-drives contando o que foi a Revolução Constitucionalista de 32, a história do Monumento Mausoléu e uma apresentação virtual da Polícia Militar do Estado de São Paulo.
Sob temperatura de 34 grau, retornamos para GUARULHOS. MARINEI vai continuar trabalhando em sua casa, acertando tudo para poder entrar de férias. No dia 17 ela opera as vistas no horário das 17 horas. Nessa data deverei comparecer ao aniversário do RADIOPATRULHAMENTO AÉREO e o WILLIAM MASCARENHAS irá me representar, às 10 horas, em ITAPECERICA DA SERRA, uma atividade proposta pelo Núcleo MMDC "GERALDO FARIA MARCONDES".
SARGENTO TARCÍSIO telefona para dizer que a entrega da MEDALHA MMDC "PAULO BOMFIM - PRÍNCIPE DOS POETAS" deverá acontecer por volta das 13:30 horas do dia 18, justamente quando estaremos empenhados na Entrega do COLAR DA VITÓRIA. Procuro, através CAPITÃO PM PATRÍCIO, do TJ, a antecipação do evento da MEDALHA para 10 horas.   

Dona Maika é poderosa mesmo. Pressionou e conseguiu a transferência do marido para o hotel do Batalhão de Trânsito da PM do Distrito Federal.
O Antagonista, como sempre “furando” todo mundo já “crava” que Delcídio passa o natal com Dona Maika e com as filhas.
Delcídio Amaral desistiu de fazer delação porque foi orientado por emissários do governo a esperar o recesso do Judiciário, quando Ricardo Lewandowski assume sozinho o plantão.
A defesa do senador já tem prontinho na gaveta um pedido de habeas corpus, que será prontamente aceito pelo presidente do Supremo.
A propósito, o ministro indicado pelos Demarchi defendeu ontem na Alesp o fim da cultura de encarceramento.

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, afirmou nesta terça-feira (15), após a operação da Polícia Federal que cumpriu mandados de busca e apreensão em suas casas em Brasília e no Rio, e em seu escritório, que viu com "estranheza" a ação policial, justamente no dia em que o Conselho de Ética se reuniria para avaliar parecer contra ele. "É estranho que tenha acontecido justamente neste dia, e na véspera da análise do Supremo sobre a comissão do impeachment. O PT é que é responsável pelo assalto à Petrobras, todo dia tem roubalheira do PT e, de repente, a operação é contra o PMDB? Tem alguma coisa estranha no ar."
Cunha também reforçou que não vai renunciar à Presidência da Câmara. "Não tem a menor hipótese de eu renunciar. Sou absolutamente inocente", destacou, partindo para o ataque ao ministro da Justiça José Eduardo Cardozo. "O que foi fazer o Cardozo em Curitiba, em reunião durante a madrugada? Isso é que deveria ser alvo de apuração." O presidente do Conselho de Ética, José Carlos Araújo (PSD-BA), também foi atacado por Cunha: "Todos sabem da dependência do presidente do conselho com [o ministro] Jaques Wagner."

Eduardo cunha solicitou uma reunião com os comandos das forças Militares para pedir apoio em seu plano para conter a corrupção e dar uma resposta para sociedade, antes que o caos tome conta do país, em seu plano seria primeiro ele faria a solicitação de impeachment da presidente Dilma, para que ela seja enquadrada na operação Lava-Jato. Depois seria solicitada por ele uma Intervenção Militar, para que todos sem exceção sejam investigados e processados. E os militares ficariam no poder do País ate se organizarem novas eleições. Pois ele não se acha inocente, mas quer que todos sejam investigados.


Site divulga que viagem de Lula à Europa seria para tratamento de um possível câncer
De acordo com as informações divulgadas em um blog, as viagens do ex-presidente estariam sendo tratadas pelo governo federal como segredo de estado
Considerando a gravidade do assunto , respeitando o lado pessoal do cidadão Luis Inácio e não querendo incorrer no pecado da leviandade, o site limita-se apenas a divulgar, por considerar assunto relevante, não podendo ficar no âmbito da boataria.
Acreditamos que ao veicular e colocar em discussão, estaremos investindo na verdade, dando fim à especulação e abrindo espaço para que a parte atingida se posicione..
VERDADE OU MENTIRA – Lula na Europa tratando câncer ramificado?
Constantes idas a São Paulo para consultas e tratamentos secretos. Noticias de internações às pressas. Montagem de uma UTI em sua Residência, com acompanhamento de profissionais de saúde. Atitudes intempestivas e demonstrações de descontrole que, claramente, são resultantes de efeitos colaterais de “tarjas pretas”.
Evidente perda de voz com rouquidão assustadora, apresentando pele visivelmente pálida, olheiras profundas, aspecto debilitado e a drástica diminuição em aparições públicas, já seriam evidências suficientes para se concluir que a normalidade passa longe.
Sempre pronto a discursos, agora participa de eventos em silêncio quase que absoluto ou limitando-se a discursos rápidos.
Conjecturas e insinuações se multiplicavam. Transitavam entre questões de agravamento de quadro clinico, a usar questão física, como tática para colher Dividendos Políticos ou poder desaparecer, quando o tempo fechasse, lavando as mãos como sempre.
A falta de acesso à informações, com o silêncio total de assessores, amigos e familiares, instigava mais ainda. Médicos consultados “extraoficialmente”  fugiam de repórteres como o “diabo” foge da Cruz.
Fato preponderante veio aguçar ainda mais as “lombrigas da curiosidade.
Sumiços de Lula com viagens à Europa, sem nenhuma agenda oficial e objetivos elevados à categoria de “Segredo de Estado.”
Instigados, jornalistas investigativos ousavam tocar no assunto em reuniões de redação, porém eram  persuadidos por Editores Chefe, com um frio e definitivo “ultimato”: – Não faz parte da Pauta.
Mas sempre existem os atrevidos e desobedientes. Não havia como esconder questão de tamanha gravidade. Acabou vazando.
Lula trata na Europa, Câncer com ramificação acelerada. Os mais pessimistas falam em desenganado, dificilmente chegando a 2018.
A motivação capaz de fazê-lo continuar é a luta pra salvar sua Biografia e evitar a ruína do PT, não deixando que crimes cometidos com o mau uso do poder, venham à tona.
Ego indomável cobra a certeza de morrer como herói, não como mais um corrupto, com vocações ditatoriais e centralizadoras, a contaminar a política mundial.
Se chega ou não em 2018, é uma grande Incógnita.  Seria diferente, caso se tratasse no INSS. Talvez nem seja verdade o comentado. Fato inquestionável é a certeza de todos:
– O seu aspecto se deteriora e não alcançará objetivo, se não for eleito Presidente. Os desmandos de seu reinado, extrapolam todas as fronteiras do admissível. A casa caiu.
Em se confirmando, surge coincidência interessante:
Viveu para governar, sem pensar no país e pode morrer, tentando governar em causa própria. O tempo dirá.

2 016     :       -    QUINTA-FEIRA
PARABÉNS POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO!
Em 15 de dezembro de 1831, por lei da Assembleia Provincial, foi criado o Corpo de Guardas Municipais Permanentes, composto de cem praças a pé, e trinta praças a cavalo; estava fundada a Polícia Militar do Estado de São Paulo, em atendimento ao decreto Imperial baixado pelo Regente Feijó. O presidente da Província de São Paulo, Brigadeiro Rafael Tobias de Aguiar, se reuniu com o Conselho da Presidência e assinou o documento criando a Guarda Municipal Permanente (atual Polícia Militar). Dentro da Província, e, futuramente do Estado de São Paulo, a Polícia Militar, assim como a Guarda Nacional, a Marinha e o Exército Fixo, faziam parte da Força Pública de São Paulo.

POLÍCIA MILITAR
Decreto de 14-12-2016
Promovendo, nos termos do Dec.-lei 13.654-43 e suas alterações, os seguintes Oficiais da Polícia Militar do Estado: a contar de 15-12-16
QUADRO DE OFICIAIS POLICIAIS MILITARES - QOPM ao posto de Tenente-Coronel PM, por antiguidade, os Majores PM: 910274-4 Rita de Cássia Romão Azevedo, do 15º BPM/M; 862829-7 Waldir de Souza Will, do 20º BPM/M; 840155-1 Genivaldo Antônio, do 45º BPM/M; 871888-1 Jorge César Tonolli, do 30º BPM/I; e 842568-0 Nelson Ezequiel da Silva, do 25º BPM/I. ao posto de Tenente-Coronel PM, por merecimento, os Majores PM: 860138-A Ricardo Tahara, do 25º BPM/M; 891196-7 Eduardo Gottardo de Oliveira, do 1º BPRv; 871914-4 Sadi Fernando Stamborowski, do 1º BPM/I; 891229-7 Mauro Akira Morishita, do 5º BPM/I; 852927-2 Mário Pugliese Falararo, do 49º BPM/I; 871920-9 Willians de Cerqueira Leite Martins, do 10º BPM/I; 891225-4 Márcio Silveira Franco, do 37º BPM/I; 891221-1 Marcelo Clemente da Silva, do CSM/MM; 891179-7 Flávio de Oliveira Martinez, da DP e 871911-0 Rodrigo Sanchez Félix, do 22º BPM/M.
Ao posto de Major PM, por antiguidade, os Capitães PM: 921557-3 Eduardo Oliveira Santos, do 2º BPTran; 863967-1 Davi de Sousa Silva, do 1º BPAmb; 901301-6 André Ricardo Heringer, do 46º BPM/M; 920472-5 Silvana Carla Pereira Florêncio, do 19º BPM/M e 901361-0 Anderson César Navarrete, do 38º BPM/I. ao posto de Major PM, por merecimento, os Capitães PM: 920455-5 Arthur Diogenes Silva Bicudo, do 5º GB, 901339-3 Luís Antônio França Carvalho, do C Med; 920388-5 Clóvis de Farias Júnior, do CCB; 920453-9 Ronaldo Barreto de Oliveira, do GRPAe; 920380-0 Douglas Shoichi Sano, do CPA/M-7; 920375-3 Anésio Viana Andrade, do CPC; 901295-8 Luís Alexandre Olivete, do 14º GB; 920400-8 Abílio Akamine Júnior, do CBI; 892357-4 Luciano Terêncio de Melo, da C Mil; 901271-A Marcelo Hideki Nanya, do GRPAe; 901266-4 Marcos Vidal Diniz, da ESSgt e 901369-5 Leandro Carlos Navarro, do 1º BPAmb.
Ao posto de Capitão PM, por antiguidade, os Primeiros- -Tenentes PM: 104582-2 Márcio Vinícius Geraldini Lobo Piller, do 20º BPM/M; 104583-A Thiago Adolfo Facchini, do 38º BPM/I; 104648-9 Elton de Jesus Silva, do 38º BPM/M; 982678-5 Alexandre Conceição Alves Martins, do 40º BPM/M; 104573-3 Cáthia Letícia Martins Amaral da Silva, do 8º GB; 104653-5 Fernando Almeida Mota, do 26º BPM/I; 104563-6 George Marcel dos Santos Sossai, do CeCaP-EEF; 104646-2 Marcos de Brito Nobre, do 14º BPM/M; 981021-8 Rodrigo Chenci, do 43º BPM/I; 104614-4 Fabiane Paineli Publio, do 7º BPM/I; 973844-4 Antônio Batista de Moraes, do 19º BPM/M; 104577-6 Adriano Enrico Ratti de Andrade, do 9º BPM/I; 104633-A Renato Barra Dias, do 3º BPAmb; 104968-2 Eduardo Alex Soares Camacho, do CPI-4 e 104645-4 Bruno Pettinato, da APMAL. ao posto de Capitão PM, por merecimento, os Primeiros- -Tenentes PM: 104549-A Tamar Mitie Hasegawa Silva, da C Mil; 104655-1 Ana Paula Garutti da Silva, da APMSSP; 104967-4 Alexandre Pinezzi de Mello, do 18º GB; 104559-8 Fernando Calvo Bueno, do 18º BPM/I; 104566-A Luís Gabriel Matheus de Sousa, do 17º BPM/I; 104659-4 Alexandre Paulino Vieira, da APMSSP; 104657- 8 Kelly Fernanda e Silva Kawamura, do 8º GB; 103401-4 Valdinei Canas Kempe, do CCB; 102312-8 Ricardo Savi, da Correg PM; 104639-0 Lucas Bertoldo Costa, da APMBB; 104599-7 Pedro Henrique Mombergue Nascimento, do 3º BAEP; 932627-8 Reginaldo Perpétuo da Silva, do 52º BPM/I; 104622-5 Alberto Tiago Carvalho Verona, do 1º BPAmb; 104635-7 Reverson Zanetti Marcondes, do 24º BPM/I e 105126-1 Messias Alves, do 5º GB.
QUADRO DE OFICIAIS DE SAÚDE - MÉDICO ao posto de Major Médico PM, por antiguidade, o Capitão Médico PM: 973500-3 Gislene da Silva Alves, do CPA/M-4. ao posto de Capitão Médico PM, por antiguidade, os Primeiros-Tenentes Médicos PM: 124253-9 Rogério Pezato, da ESB e 124256-3 Roque Toledo Gonçalves, do CeCaP-EEF. ao posto de Capitão Médico PM, por merecimento, o Primeiro-Tenente Médico PM: 124247-4 Neli Aparecida Moreira, do C Med. QUADRO DE OFICIAIS DE SAÚDE - DENTISTA ao posto de Tenente-Coronel Dentista PM, por merecimento, o Major Dentista PM: 854163-9 Gilberto Correia das Neves, do C Odont. ao posto de Major Dentista PM, por merecimento, o Capitão Dentista PM: 900030-5 Gilberto Naufel, do C Odont. ao posto de Capitão Dentista PM, por antiguidade, o Primeiro-Tenente Dentista PM: 924772-6 Glauco José Bazzo, do CPI-8. ao posto de Capitão Dentista PM, por merecimento, o Primeiro-Tenente Dentista PM: 924797-1 Marco Aurélio Campos de Assis, do CPI-2. a contar de 24-5-15
QUADRO DE OFICIAIS POLICIAIS MILITARES - QOPM ao posto de Segundo-Tenente PM, por merecimento intelectual, o Aspirante PM: 141013-0 Daniel Faria Guedes, da Correg PM. a contar de 24-5-16
QUADRO DE OFICIAIS POLICIAIS MILITARES - QOPM ao posto de Primeiro-Tenente PM, por antiguidade, o Segundo-Tenente PM: 141013-0 Daniel Faria Guedes, da Correg PM.

O TENENTE-CORONEL PM MARCOS RENATO VIEIRA PASSA PARA A RESERVA NO POSTO DE CORONEL PM. ELE NASCEU EM 1º DE OUTUBRO DE 1960. ENTROU PARA A PMESP EM 1º DE FEVEREIRO DE 1983. FOI DECLARADO ASPIRANTE A OFICIAL EM 15 DE DEZEMBRO DE 1985. APENAS TENHO AS SEGUINTES DATAS DE SUAS PROMOÇÕES A 2º TENENTE, EM 25 DE AGOSTO DE 1986; A 1º TENENTE, EM 24 DE MAIO DE 1989 E A CAPITÃO EM 24 DE MAIO DE 1998.

DECRETO Nº 62.304, DE 14 DE DEZEMBRO DE 2016
Dispõe sobre a oficialização da Ordem do Mérito MMDC, do Núcleo MMDC “Caetano de Campos”, da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
GERALDO ALCKMIN, Governador do Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições legais e à vista da manifestação do Conselho Estadual de Honrarias e Mérito, Decreta:
Artigo 1º - Fica oficializada, sem ônus para os cofres públicos, a Ordem do Mérito MMDC, do Núcleo MMDC “Caetano de Campos”, da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo, nos termos do Regulamento que acompanha este decreto.
Artigo 2º - Este decreto entra em vigor na data de sua publicação.
Palácio dos Bandeirantes, 14 de dezembro de 2016 GERALDO ALCKMIN José Renato Nalini Secretário da Educação Samuel Moreira da Silva Junior Secretário-Chefe da Casa Civil Moacir Rossetti Secretário-Adjunto, Respondendo pelo Expediente da Secretaria de Governo
Publicado na Secretaria de Governo, aos 14 de dezembro de 2016.
REGULAMENTO DA ORDEM DO MÉRITO MMDC, DO NÚCLEO MMDC “CAETANO DE CAMPOS”, DA SECRETARIA DA EDUCAÇÃO DO ESTADO DE SÃO PAULO a que se refere o artigo 1º do Decreto nº 62.304, de 14 de dezembro de 2016
Artigo 1º - A Ordem do Mérito MMDC, do Núcleo MMDC “Caetano de Campos”, da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo, é instituída por esta Secretaria, com o escopo de galardoar as personalidades civis e militares, instituições públicas e privadas, nacionais e estrangeiras, que por seus méritos e relevantes serviços prestados a educação e a história, hajam por merecer especial distinção, bem como aqueles que tenham contribuído de algum modo, para o engrandecimento do processo educacional elevando o nome de São Paulo e do Brasil.
Parágrafo único – Poderá ser concedida a Ordem do Mérito MMDC, do Núcleo MMDC “Caetano de Campos”, da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo aos estandartes das organizações educacionais (Universidades), militares, e instituições nacionais ou estrangeiras que se tenham tornado credoras de homenagens especiais da Secretaria da Educação.
Artigo 2º - A Ordem do Mérito MMDC, do Núcleo MMDC “Caetano de Campos”, da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo, ora instituída constitui-se de cinco graus, a saber:
I – Grã Cruz;
II – Grande Oficial;
III - Comendador;
IV - Oficial;
V - Cavaleiro e ou Dama.
Artigo 3º - As honrarias de que trata o artigo 2º deste regulamento possuem as seguintes descrições:
I - Grã-Cruz: a) no anverso: escudo redondo de 25mm (vinte e cinco milímetros) de diâmetro, de sable (preto) ao centro o Brasão d’Armas do Estado de São Paulo com suas cores próprias, orlado de prata (branco) com a seguinte inscrição em caracteres versais maiúsculos, na metade superior “ORDEM DO MÉRITO”, e na inferior a sigla “MMDC” tudo de sable (preto); sobre posto a uma estrela de oito pontas de 70mm (setenta milímetros) de diametro de campo bipartido de sable (preto) e prata (branco); sobreposto de tudo a um resplendor de ouro de 60mm (sessenta milímetros) de diâmetro nas oito pontas maiores deste; b) no verso: tudo de ouro; c) a insígnia pende de uma coroa de louros de ouro que está fixada a uma roseta formada pelo encontro de fita de gorgorão de seda chamalotada de 100mm (cem milímetros) de largura, em formato de banda, passada a tiracolo, da direita para a esquerda, e tendo comprimento variável em dependência da estatura do agraciado; a mesma tem nove listas, com as seguintes cores e medidas: 1. vermelho – 8mm (oito milímetros); 2. preto – 8mm (oito milímetros); 3. branco – 8mm (oito milímetros); 4. vermelho – 8mm (oito milímetros); 5. ao centro - branco - 36mm (trinta e seis milímetros); 6. vermelho – 8mm (oito milímetros); 7. preto – 8mm (oito milímetros); 8. branco – 8mm (oito milímetros); 9. vermelho – 8mm (oito milímetros); d) o grau de Grã-Cruz terá um crachá de ouro, de 90mm (noventa milímetros) tendo ao centro a insígnia que lhe é própria;
II – Grande Oficial: a) no anverso: escudo redondo de 25mm (vinte e cinco milímetros) de diâmetro, de sable (preto) ao centro o Brasão d’Armas do Estado de São Paulo com suas cores próprias, orlado de prata (branco) com a seguinte inscrição em caracteres versais maiúsculos, na metade superior “ORDEM DO MÉRITO”, e na inferior a sigla “MMDC” tudo de sable (preto); sobre posto a uma estrela de oito pontas de 70mm (setenta milímetros) de diametro de campo bipartido de sable (preto) e prata (branco); sobreposto de tudo a um resplendor de ouro de 60mm (sessenta milímetros) de diâmetro nas oito pontas maiores deste; b) no verso: tudo de ouro; c) a insígnia pende de uma coroa de louros de ouro que está fixada a um colar de fita de gorgorão de seda chamalotada de 40mm (quarenta milímetros) de largura, e tendo comprimento variável em dependência da estatura do agraciado; a mesma tem nove listas, com as seguintes cores e medidas: 1. vermelho – 3mm (três milímetros); 2. preto – 3mm (três milímetros); 3. branco – 3mm (três milímetros); 4. vermelho – 3mm (três milímetros); 5. ao centro - branco - 16mm (dezesseis milímetros); 6. vermelho – 3mm (três milímetros); 7. preto – 3mm (três milímetros); 8. branco – 3mm (três milímetros); 9. vermelho – 3mm (três milímetros); d) O grau de Grande Oficial terá um crachá de prata, de 90mm (noventa milímetros) tendo ao centro a insígnia que lhe é própria;
III – Grau de Comendador: a) no anverso: escudo redondo de 25mm (vinte e cinco milímetros) de diâmetro, de sable (preto) ao centro o Brasão d’Armas do Estado de São Paulo com suas cores próprias, orlado de prata (branco) com a seguinte inscrição em caracteres versais maiúsculos, na metade superior “ORDEM DO MÉRITO”, e na inferior a sigla “MMDC” tudo de sable (preto); sobre posto a uma estrela de oito pontas de 70mm (setenta milímetros) de diametro de campo bipartido de sable (preto) e prata (branco); sobreposto de tudo a um resplendor de prata de 60mm (sessenta milímetros) de diâmetro nas oito pontas maiores deste; b) no verso: tudo de prata; c) a insígnia pende de uma coroa de louros de prata que está afixada a um colar de fita de gorgorão de seda chamalotada de 40mm (quarenta milímetros) de largura, e tendo comprimento variável em dependência da estatura do agraciado; a mesma tem nove listas, com as seguintes cores e medidas: 1. vermelho – 3mm (três milímetros); 2. preto – 3mm (três milímetros); 3. branco – 3mm (três milímetros); 4. vermelho – 3mm (três milímetros); 5. ao centro - branco - 16mm (dezesseis milímetros); 6. vermelho – 3mm (três milímetros); 7. preto – 3mm (três milímetros); 8. branco – 3mm (três milímetros); 9. vermelho – 3mm (três milímetros);
IV – Grau de Oficial: a) no anverso: escudo redondo de 12,5mm (doze milímetros e meio) de diâmetro, de sable (preto) ao centro o Brasão d’Armas do Estado de São Paulo com suas cores próprias, orlado de prata (branco) com a seguinte inscrição em caracteres versais maiúsculos, na metade superior “ORDEM DO MÉRITO”, e na inferior a sigla “MMDC” tudo de sable (preto); sobre posto a uma estrela de oito pontas de 40mm (quarenta milímetros) de diametro de campo bipartido de sable (preto) e prata (branco); sobreposto de tudo a um resplendor de ouro de 30mm (trinta milímetros) de diâmetro nas oito pontas maiores deste; b) no verso: tudo de ouro; c) a insígnia pende de uma coroa de louros de ouro que está fixada a uma fita de gorgorão de seda chamalotada de 40mm (quarenta milímetros) de largura, e tendo 60mm (sessenta milímetros) de comprimento; a mesma tem nove listas, com as seguintes cores e medidas, do centro para as extremidades: 1. vermelho – 3mm (três milímetros); 2. preto – 3mm (três milímetros); 3. branco – 3mm (três milímetros); 4. vermelho – 3mm (três milímetros); 5. ao centro - branco - 16mm (dezesseis milímetros); 6. vermelho – 3mm (três milímetros); 7. preto – 3mm (três milímetros); 8. branco – 3mm (três milímetros); 9. vermelho – 3mm (três milímetros);
V – Cavaleiro ou Dama: a) no anverso: escudo redondo de 12,5mm (doze milímetros e meio) de diâmetro, de sable (preto) ao centro o Brasão d’Armas do Estado de São Paulo com suas cores próprias, orlado de prata (branco) com a seguinte inscrição em caracteres versais maiúsculos, na metade superior “ORDEM DO MÉRITO”, e na inferior a sigla “MMDC” tudo de sable (preto); sobre posto a uma estrela de oito pontas de 40mm (quarenta milímetros) de diametro de campo bipartido de sable (preto) e prata (branco); sobreposto de tudo a um resplendor de prata de 40mm (quarenta milímetros) de diâmetro nas oito pontas maiores deste; b) no verso: tudo de prata; c) a insígnia de Cavaleiro pende de uma coroa de louros de prata que está fixada a uma fita de gorgorão de seda chamalotada de 40mm (quarenta milímetros) de largura, e tendo 60mm (sessenta milímetros) de comprimento; a mesma tem nove listas, com as seguintes cores e medidas: 1. vermelho – 3mm (três milímetros); 2. preto – 3mm (três milímetros); 3. branco – 3mm (três milímetros); 4. vermelho – 3mm (três milímetros); 5. ao centro - branco - 16mm (dezesseis milímetros); 6. vermelho – 3mm (três milímetros); 7. preto – 3mm (três milímetros); 8. branco – 3mm (três milímetros); 9. vermelho – 3mm (três milímetros);
d) A insígnia de Dama pende de uma coroa de louros de prata que está fixada a um laço de fita de gorgorão de seda chamalotada de 60mm (sessenta milímetros) de largura, e tendo 40mm (quarenta milímetros) de comprimento; contendo as mesmas listas, cores e dimensões da de cavaleiro.
§ 1º - Acompanharão a honraria a barreta, a roseta e o respectivo diploma.
§ 2º - A barreta, a roseta e o diploma terão as características e dizeres a serem estabelecidos pelo Conselho da Ordem do Mérito MMDC, da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo, de que trata o artigo 6º deste regulamento. § 3º - Os diplomas serão registrados em livro competente, anotando-se, no seu verso, o número do livro, página e data do registro.
Artigo 4º - O Secretário da Educação do Estado de São Paulo, será o Grão-Mestre da Ordem, competindo-lhe, nessa qualidade, estabelecer a formação do Conselho Ordem do Mérito MMDC, do Núcleo MMDC “Caetano de Campos”, da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo do qual será o presidente.
Parágrafo único – O Conselho de que trata o "caput" deste artigo será regido por um regimento interno.
Artigo 5º - Incumbe ao Conselho da Ordem:
I – propor e julgar as propostas de admissão à Ordem ou de promoção dos seus graduados;
II – resolver sobre a exclusão de graduado que se tornar passível dessa pena;
III – velar pelo prestígio da Ordem e decidir sobre os assuntos de seu interesse;
IV – organizar, manter em dia e ter sob sua guarda os arquivos do Conselho;
V – organizar e manter em dia os registros da Ordem;
VI – redigir seu regimento interno;
VII – decidir os casos omissos.
Artigo 6º - O Conselho da Ordem terá sua sede no Gabinete do Secretário da Educação do Estado de São Paulo, por onde correrá seu expediente.
Artigo 7º - O Governador do Estado, e o Secretário-Chefe da Casa Civil, juntamente com os membros do Conselho da Ordem do Mérito MMDC, do Núcleo MMDC “Caetano de Campos”, da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo, e os componentes do Conselho Estadual de Honrarias e Méritos serão detentores da presente Ordem em seu maior grau (Grã-Cruz) em razão da manutenção do “Fons Honorum” (Fonte de Honra).
Artigo 8º - As nomeações para os diferentes graus serão feitas pelo Grão Mestre da Ordem mediante proposta do Conselho da Ordem do Mérito MMDC, do Núcleo MMDC “Caetano de Campos”, da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo, "ad referendum" do Conselho Estadual de Honrarias e Mérito.
Parágrafo único - O Governador do Estado, e o Secretário Chefe da Casa Civil, poderão indicar admissão na Ordem em Grau diverso do previsto, personalidade civil ou militar, nacional ou estrangeira, em face da prática de ato de altíssima relevância em defesa dos princípios democráticos nacionais.
Artigo 9º - Os admitidos com a presente Ordem serão agraciados em conformidade com um quadro de precedências previamente elaborado, em conformidade com a legislação federal, e previsto no regimento interno desta.
Artigo 10 - As propostas para a concessão da Ordem em seus diversos graus serão dirigidas ao Conselho da Ordem do Mérito MMDC, do Núcleo MMDC “Caetano de Campos”, da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo, em formulá- rio próprio e se farão acompanhar do "Curriculum Vitae" do proposto, bem como as razões que a justifiquem, devendo ser recebida e processada pelo Conselho em conformidade com o estabelecido em seu regimento interno.
Artigo 11 – A Ordem do Mérito MMDC, do Núcleo MMDC “Caetano de Campos”, da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo, se reunirá tantas vezes quantas se fizerem necessárias, por convocação do Presidente que apresentará para deliberação as respectivas indicações.
Artigo 12 - A aprovação das indicações das personalidades, instituições e organizações a serem agraciadas dependerá do voto da maioria presente dos membros do Conselho da Ordem do Mérito MMDC, do Núcleo MMDC “Caetano de Campos”, da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo e do "ad referendum" do Conselho Estadual de Honrarias e Mérito.
Artigo 13 - O Presidente em exercício terá o voto de qualidade no caso de empate na votação.
Artigo 14 - A condecoração poderá ser concedida a título póstumo, se admitido em grau de homenagem.
Artigo 15 - As Bandeiras ou Estandartes de instituições universitárias, militares, civis, nacionais ou estrangeiras, serão admitidos sem grau, recebendo apenas a roseta com a insígnia da ordem.
Artigo 16 - Os diplomas, acompanhados do "Curriculum Vitae" do indicado, serão encaminhados ao Conselho Estadual de Honrarias e Mérito para deliberação e registro. Parágrafo único –
A recusa do Conselho Estadual de Honrarias e Mérito em registrar o diploma importará no cancelamento da indicação.
Artigo 17 - Será cassada a condecoração do agraciado que praticar qualquer ato contrário à dignidade e ao espírito da honraria.
§ 1º - A cassação se fará mediante apuração sumária que ocorrerá no Conselho da Ordem do Mérito MMDC, da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
§ 2º- Decretada a cassação, deverão ser devolvidos a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo, a venera e seus complementos, sob pena de apreensão.
§ 3º - O Conselho Ordem do Mérito MMDC, do Núcleo MMDC “Caetano de Campos”, da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo comunicará o fato para o Conselho Estadual de Honrarias e Mérito.
Artigo 18 - Na hipótese da extinção dessa condecoração no todo ou em parte, seus cunhos, exemplares e complementos remanescentes, serão recolhidos ao Conselho Estadual de Honrarias e Mérito, sem quaisquer ônus para os cofres públicos. Parágrafo único - A medida de que trata o "caput" deste artigo será determinada pelo Grão Mestre da Ordem do Mérito MMDC, do Núcleo MMDC “Caetano de Campos”, da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo.
Artigo 19 - O presente regulamento somente poderá ser alterado após a manifestação do Conselho Estadual de Honrarias e Mérito.

DECRETO Nº 62.305, DE 14 DE DEZEMBRO DE 2016
Dispõe sobre a concessão da Medalha dos Bandeirantes GERALDO ALCKMIN, Governador do Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições legais e à vista da manifestação do Conselho Estadual de Honrarias e Mérito, Decreta:
Artigo 1º - É concedida a Medalha dos Bandeirantes, instituída pelo Decreto nº 16.298, de 3 de dezembro de 1980, com as alterações introduzidas pelo Decreto nº 29.727, de 9 de março de 1989, ao Senhor JOSÉ SALLES DOS SANTOS CRUZ.
Artigo 2º - Este decreto entra em vigor na data de sua publicação. Palácio dos Bandeirantes, 14 de dezembro de 2016 GERALDO ALCKMIN Samuel Moreira da Silva Junior Secretário-Chefe da Casa Civil Moacir Rossetti Secretário-Adjunto, Respondendo pelo Expediente da Secretaria de Governo Publicado na Secretaria de Governo, aos 14 de dezembro de 2016.

DECRETO Nº 62.303, DE 14 DE DEZEMBRO DE 2016
Declara luto oficial no Estado por 3 (três) dias pelo falecimento de DOM PAULO EVARISTO ARNS GERALDO ALCKMIN, Governador do Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições legais, Considerando que DOM PAULO EVARISTO ARNS, Arcebispo Emérito da Arquidiocese de São Paulo, foi jornalista, professor e escritor, tendo publicado 57 livros, teve sua trajetória marcada pela defesa dos direitos humanos durante a ditadura militar e pela retomada da democracia, participando ativamente da campanha das “Diretas Já”; Considerando que DOM PAULO EVARISTO ARNS foi bispo e arcebispo de São Paulo, permanecendo à frente da diocese por 28 anos, com atuação marcante em projetos para a população de baixa renda; e Considerando que a atuação de DOM PAULO EVARISTO ARNS foi reconhecida nacional e internacionalmente, tendo recebido diversas menções especiais, títulos de cidadão honorário no País, prêmios e honrarias, inclusive no exterior, Decreta: Artigo 1º - Fica declarado luto oficial no Estado por 3 (três) dias, em sinal de pesar pelo falecimento de DOM PAULO EVARISTO ARNS. Artigo 2º - Este decreto entra em vigor na data de sua publicação. Palácio dos Bandeirantes, 14 de dezembro de 2016 GERALDO ALCKMIN Samuel Moreira da Silva Junior Secretário-Chefe da Casa Civil Moacir Rossetti Secretário-Adjunto, Respondendo pelo Expediente da Secretaria de Governo Publicado na Secretaria de Governo, aos 14 de dezembro de 2016.

Enquanto leio o DIÁRIO OFICIAL e vejo as publicações que me interessam e que coloco em minhas memórias, MARINEI CHALUB leva LUCINDA à dermatologista. Somente vamos para a cidade de SÃO PAULO depois das 13 horas. Combinamos um encontro com o MAGALHÃES e a SÍLVIA no restaurante PIERO, perto do PÁTIO DO COLÉGIO. MARINEI deixa o carro no estacionamento do Corpo de Bombeiros e vamos a pé até o PIERO. MAGALHÃES e SÍLVIA já estão nos aguardando. Almoçamos e conversamos muito sobre a Sociedade Veteranos de 32-MMDC. O MAGALHÃES ainda não sabia da publicação do DECRETO Nº 62.304, criando a ORDEM DO MÉRITO MMDC, DO NÚCLEO MMDC “CAETANO DE CAMPOS”. É que o NÚCLEO criado no TRIBUNAL DE CONTAS também instituiu a ORDEM DO MÉRITO MMDC, mas falta publicar o decreto em Diário Oficial. MAGALHÃES conta que está bem encaminhada a criação do NÚCLEO na ASSOCIAÇÃO DOS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS DO ESTADO DE SÃO PAULO. Já tem o nome da pessoa que irá ser o PRESIDENTE desse NÚCLEO.
SILVIA está entusiasmada com o seu cargo de DIRETORA DA JUVENTUDE da Diretoria Executiva da Sociedade Veteranos de 32-MMDC. Conversamos também sobre a criação, amanhã, do 58º Núcleo da Sociedade, que cuidará da ACADEMIA DE CULTURA, a cargo da CAMILA GIUDICE.
O SARGENTO TARCÍSIO mantém contato com a MARINEI e quer que eu assine dois diplomas da MEDALHA HERÓIS DE 32, para serem levadas para RIBEIRÃO PRETO. Marcamos o encontro no saguão do Corpo de Bombeiros. Ele demora um bom tempo para chegar e isso vai atrapalhar o nosso retorno para GUARULHOS. São 17 horas quando MARINEI vai me levar para casa. Esse horário não é nada bom para enfrentar a MARGINAL TIETÊ e a VIA DUTRA. Durante o trajeto, conversamos sobre o evento de amanhã, às 19 horas, no OBELISCO DO IBIRAPUERA. É uma solenidade programada pelo NÚCLEO MMDC-NORTE “GENERAL EUCLYDES FIGUEIREDO”, cujo presidente é o RODRIGO GUTENBERG.    

Dos 67 anos de vida do jornalista SÉRGIO GOMES, 41 ele deve a dom PAULO EVARISTO ARNS. Preso em 1974, por causa da repressão militar nos anos de chumbo, GOMES só conseguiu sair do antigo PRESÍDIO TIRADENTES, na avenida do mesmo nome, no centro da capital, e ter a prisão preventiva de seis meses suspensa, graças a atitude e pressão feita pelo cardeal.
“Não devo minha vida a dom PAULO só porque me salvou, mas porque também ele me deu ensinamentos que regraram toda a minha vida”, relembrou o jornalista. Como forma de agradecimento, GOMES esteve hoje no velório do arcebispo emérito, na CATEDRAL DA SÉ.
As homenagens, que incluem missas de duas em duas horas desde a noite de quarta-feira, vão até amanhã à tarde. Por volta das 16 horas, seu corpo será sepultado na cripta da Igreja, onde estão sepultadas figuras religiosas importantes na história da capital.
O mesmo templo católico onde hoje é velado dom PAULO foi palco de sua atuação combativa contra a ditadura e em favor dos presos políticos, como SÉRGIO GOMES.
Além dele, outros milhares de admiradores e fiéis passaram pela catedral, hoje, para dar o seu último adeus. As inúmeras celebrações, algumas conduzidas por padres famosos, como JÚLIO LANCELLOTTI, serviram para relembrar a trajetória do cardeal e os ideais que o marcaram ao longo de seus 95 anos de vida: a luta pela justiça e a caridade.
Nos intervalos das missas, os fiéis podiam se aproximar do caixão do religioso. As filas de admiradores chegavam ao marco-zero da PRAÇA DA SÉ, o que não incomodou o aposentado GERALDO VIEIRA, de 62 anos.
“Ele foi o pai dos pobres e merece todo nosso esforço para participar de seu velório. Agora, temos mais um anjo para cuidar de nós lá do céu”, contou o idoso, que disse acompanhar a vida de DOM PAULO EVARISTO ARNS desde os seus 19 anos. “Merece cada homenagem”.

Três jovens foram presos, no final desta manhã, em flagrante, por tentar roubar uma joalheria no SHOPPING SANTANA PARQUE. O mentor do crime, segundo a Polícia Civil, foi um vendedor que trabalhava em uma loja do centro comercial.
De acordo com o delegado MÁRIO PALUMBO, supervisor do GARRA, do DEIC, as detenções foram possíveis durante apuração de roubos a joalherias na região da zona norte, onde está localizado o shopping.
A CASA DAS ALIANÇAS foi invadida pelos dois adolescentes logo após a abertura das lojas. A dupla começou a recolher as mercadorias quando os policiais foram alertados. A equipe do GARRA cercou o local e dominou a situação.
Os agentes apreenderam um revólver calibre 38 e uma arma de brinquedo com os menores de idade. A dupla, então, acabou entregando o vendedor KAÍQUE MATTOS MANGABEIRA, de 22 anos. Ele foi preso na loja onde trabalha, há poucos metros da joalheria. Ainda está sendo apurada a participação de um quarto indivíduo.
Os três foram encaminhados para o a 3ª Delegacia sobre Crimes Patrimoniais contra Órgãos e Serviços Públicos, que vai conduzir o inquérito policial.
Testemunhas relataram que, na hora da tentativa de assalto, seguranças do shopping saíram correndo e pediram para que os clientes deixassem o local. Conforme as autoridades, a comunicação do roubo ocorreu por volta das 11:10 horas depois os agentes apareceram e cercaram o estabelecimento.

O MPF apresentou denúncia, hoje, contra o ex-presidente LULA, a ex-primeira dama MARISA LETÍCIA, o ex-ministro ANTÔNIO PALOCCI e o empreiteiro MARCELO ODEBRECHT, além de outras quatro pessoas.
A denúncia tem como base o inquérito da Polícia Federal e trata de dois casos distintos. O primeiro diz respeito à compra de um terreno que seria utilizado para a construção da sede do INSTITUTO LULA. O segundo é sobre o aluguel do apartamento localizado em frente ao que o ex-presidente mora, em SÃO BERNARDO DO CAMPO. É a primeira vez, na LAVA JATO, que LULA e ODEBRECHT são denunciados juntos.
O MPF voltou a sustentar que LULA era o mentor do esquema que desviava verbas da PETROBRÁS para “captação de apoio parlamentar” para o governo, na época sob gestão petista. Somente a ODEBRECHT teria pago 75 milhões de reais em propina, obtida por meio de contratos firmados com a PETROBRÁS.
“Nesse contexto de atividades delituosas praticadas em prejuízo da PETROBRÁS, LULA dominava toda a empreitada criminosa, com plenos poderes para decidir sobre sua prática, interrupção e circunstâncias”, afirmaram os procuradores.
Segundo o delegado MÁRCIO ANCELMO, o dinheiro foi utilizado para pagar dívidas de campanha do PT e para a compra de um terreno, onde deveria ser construída uma sede do INSTITUTO LULA.
ANCELMO acredita também que o apartamento que fica em frente ao que LULA reside no ABCD foi quitado por mais de 500 mil reais com dinheiro do setor de Operações Estruturadas da ODEBRECHT, usado para o pagamento de propina a políticos. Em troca, PALOCCI teria trabalhado em BRASÍLIA pela aprovação de benefícios fiscais e pela edição de medidas provisórias, que beneficiaram empresas do grupo ODEBRECHT, como a BRASKEM. O delegado também sustenta que o ex-ministro interferiu numa licitação da PETROBRÁS em favor da ODEBRECHT para a compra de 21 navios-sondas.
O imóvel localizado em frente onde LULA mora teria sido comprado por GLAUCOS DA COSTAMARQUES (primo do pecuarista JOSÉ CARLOS BUMLAI) e alugado ao ex-presidente, em um contrato celebrado no nome de MARISA LETÍCIA. No entanto, nunca houve qualquer pagamento por parte do ex-presidente, que utiliza o imóvel, pelo menos, desde 2003.   





2 017      :        -     SEXTA-FEIRA
PROMOÇÕES DE OFICIAIS DA PMESP
Atos do Governador
SECRETARIA DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR
Decretos de 14-12-2017 Promovendo, nos termos do Dec.-lei 13.654-43 e suas alterações, os seguintes Oficiais da Polícia Militar do Estado: a contar de 15-12-17 QUADRO DE OFICIAIS POLICIAIS MILITARES - QOPM ao posto de Coronel PM, por merecimento,
os Tenentes-Coronéis PM: 862819-0 Ronaldo Gonçalves Faro, do 6º BPM/M; 862773-8 Eduardo de Oliveira Fernandes, do CIPM; e 862823-8 Temístocles Telmo Ferreira de Araújo, do 1º BPRv.
ao posto de Tenente-Coronel PM, por antiguidade,
os Majores PM: 862821-1 Sérgio Ferreira Bisterso, do 10º BPM/M; 884205-1 Maurício Tavares Costacurta, do 43º BPM/I; 891174-6 Adauto Milton Martin Merloti, do 16º BPM/I; 871917-9 Vanclei Franci, do CPI-7; e 891220-3 Raimundo Shuniti Waga, do 31º BPM/M. ao posto de Tenente-Coronel PM, por merecimento,
os Majores PM: 883573-0 Paulo Sérgio Martins, do 17º BPM/I; 884135-7 Sidney Antônio Bolsoni, do CPM; 883564-A Flávio César Montebello Fabri, da Correg PM; 883543-8 Maurício de Araújo, do 1º BPM/M; 891306-4 Luiz Henrique Nomellini, do 9º GB; 884164-A Fábio Renato Basílio, do 2º BPM/I; 883558-6 Felipe Augusto Louzada Tavares, da PM-4; 884156-0 Oswaldo de Miranda Filho, da APMTJ; e 901216-8 Aleksander Toaldo Lacerda, do 53º BPM/I.
ao posto de Major PM, por antiguidade,
os Capitães PM: 920394-0 Emerson Luciano de Almeida Drague, do 50º BPM/I; 920415-6 José Fernandes de Lira Júnior, do 21º BPM/I; 920433-4 Fábio Aparecido Doll de Moraes, do 32º BPM/M; 901284-2 Odair Marcelo Barbosa Quintiliano de Camargo, do 1º BPM/M; 901314-8 Guilherme Jorge França Albino, do 3º BPM/M; 855064-6 Rogério Barboza Lacalentola, do 6º BPM/I; e 915232-6 Sérgio Marques, do 1º BPTran.
ao posto de Major PM, por merecimento,
os Capitães PM: 930332-4 Marcos Rogério da Cunha, do CPTran; 875511-6 Nedson Cleber Gaion, do 38º BPM/M; 910379-1 Marcos Augusto Cavallaro Salgueiro, da PM-4; 930275-1 Gustavo Pereira Lima Magnani, do 1º BPRv; 873896-3 Amarildo Roberto Bassi, do 3º BPRv; 930298-A Aramis Garcia Stalba, do 41º BPM/M; 913081- A Marcel Ribeiro de Lima, do 5º BPRv; 910352-0 Marcos Daniel Fernandes, do 23º BPM/M; 914751-9 Davi Júlio Oliveira de Almeida, do GRPAe; 930400-2 Arlindo Soares de Albergaria Henriques da Silva Júnior, do CPI-1; 910314-7Alexandre Vitorino Roldan, do EM/PM; 930351-A Dênis Fernandes, do CIPM; 930366-9 Roberto Cavalcanti Leal Diniz, da Coord Op PM; e 930291-3 Maurício da Mota, do 25º BPM/M.
ao posto de Capitão PM, por antiguidade,
os Primeiros-Tenentes PM: 107095-9 Benedito Aguinaldo Martins, do 36º BPM/I; 108413-5 Emanuel Augusto Fonseca de Ávila, do 17º BPM/I; 108440-2 Thiago Pinheiro Duarte, do 6º GB; 108405-4 José Aparecido Cavalari Júnior, do 25º BPM/I; 108436-4 Bruno José Gomes, do GRPAe; 108489-5 Samuel Matheus Amaral Teixeira, do 6º GB; 108454-2 Júlio César Neves, do 4º BPRv; 890586-0 Flávio Ponciano da Silva, do 45º BPM/I; 108443-7 Camila Bricatte Thomaz, da PM-1; 108420-8 Fábio Henrique Marotti, do 41º BPM/M; 108432-1 Bruno Piva de Castro, do 42º BPM/I; 108417-8 Juliana Cunha Sante Amore, do CAPS; 108503-4 Paulo Vinícius dos Reis, do 15º GB; 108379-1 Rodrigo Franco de Souza, do 1º BPRv; e 108419-4 Alfredo Cuencas Massoni Neto, do 7º BPM/I.
ao posto de Capitão PM, por merecimento,
os Primeiros-Tenentes PM: 108435-6 Ronaldo Pereira Jorge Júnior, do 5º GB; 108499-2 Weverton Tavares de Oliveira, do 35º BPM/I; 108422-4 Maurício Zacarias Gonçalves, do CIPM; 990345-3 Luís Fernando Oliveira, do 20º BPM/I; 108406-2 Alisson Mazzoni Lameira, do 41º BPM/I; 108424-A Marcos Ivanov Filho, da APMBB; 108346-5 Richard Braga de Oliveira Tonn, do 13º BPM/I; 991454-4 José Braz de Oliveira Júnior, do 43º BPM/I; 975246-3 Júlio César Souza Aranha de Oliveira, do 7º BPM/I; 108493-3 Júlio César de Magalhães Cavellani, do 16º GB; 108491-7 André de Cássio Bianchi, do 1º BAEP; 108377-5 Ricardo Cardoso Teobaldo, do 50º BPM/I; 990449-2 Ronaldo Adriano Vila, do 5º BPM/M; e 108456-9 Bruno de Freitas Alvarenga, da APMBB.
QUADRO DE OFICIAIS DE SAÚDE - FARMACÊUTICO
ao posto de Major Farmacêutico PM, por antiguidade,
o Capitão Farmacêutico PM: 923551-5 Dimas Maranho, do C Med.
ao posto de Capitão Farmacêutico PM, por merecimento,
o Primeiro-Tenente Farmacêutico PM: 129491-1 Josélia Luvizotto, do C Med.
QUADRO AUXILIAR DE OFICIAIS DA POLÍCIA MILITAR - QAOPM
ao posto de Capitão QAOPM, por antiguidade,
os Primeiros-Tenentes QAOPM: 910024-5 Fabiana do Carmo Silva Lobato Domingos, da DEC; 932180-2 Jefferson Alexsandro Smário, da C Mil; 913531-6 Benedito César da Cunha, do CBM; 901421-7 Ricardo Teodoro Lima, do CPRv; 904803-A João Paulo Segatelli, do 20º GB; 913943-5 Valdemir Alves Oliveira, do CPI-2; 915360-8 Gerson Del Prette Lima, do 22º BPM/M; 905110-4 José Carlos do Amaral, do 14º BPM/I; 922451-3 Raimundo Ferreira de Morais, da APMBB; e 884769-0 Robson Rodrigues da Silva, do CSM/MM.
ao posto de Capitão QAOPM, por merecimento,
os Primeiros-Tenentes QAOPM: 893879-2 Edivaldo Alves de Souza, do CPA/M-12; 911706-7 Edvan Charley Gonçalves Dias, do 5º GB; 930847-4 Luiz Edson de Souza, do CCB; 910772-0 Jurandir Severo da Silva, do CPChq; 914837-0 Silvano Viana Gomes, do GBMar; 876441-7 Edite do Carmo Guireli, do CPI-6; 913472-7 Claudemir Canesso, do CeCaP-EEF; 930258-1 Marcos Muller, da DFP; 904333-A André Luiz de Souza, do C Mus; e 903672-5 Adauto Aparecido Garbo, do 15º GB.
Classificando, por conveniência do serviço, em face de promoção, os Coronéis PM: 862819-0 Ronaldo Gonçalves Faro, no CPC;
862773-8 Eduardo de Oliveira Fernandes, na Correg PM;
e 862823-8 Temístocles Telmo Ferreira de Araújo, no CPA/M-1.
Designando, como Comandante do CPC, o Coronel PM 830519-6 Celso Luiz Pinheiro, do CPC;
como Corregedor PM, o Coronel PM 862733-9 Marcelino Fernandes da Silva, da Correg PM;
e como Comandante do CPA/M-1, o Coronel PM 852051-8 Francisco Alves Cangerana Neto, do CPA/M-1.
No HOTEL ANACÃ, nesta manhã, na cidade de SÃO CARLOS, levanto por volta das 6:30 horas. Uma hora depois estou tomando o café e aguardo a chegada da viatura que irá me levar para o 38º BPMI. Isso acontece por volta das 8:30 horas.
No quartel, sou recepcionado pelo Comandante da Unidade, TENENTE-CORONEL PM WELLINGTON DE SOUZA e demais oficiais. Em seu gabinete, ele recepciona os convidados, principalmente àqueles que irão ser condecorados nesta manhã.
A tropa se posiciona na rua, defronte o quartel, com a presença de três representantes do NÚCLEO MMDC “HERÓIS DE ARARAQUARA”. É um ato militar, de acordo com os nossos regulamentos.
O CORONEL EDUARDO XAVIER FERREIRA GLASER MIGON, do Exército, é o oficial de maior patente e vai proceder a solenidade.
Vão ser condecorados nesta oportunidade:
SEÇÃO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DO 38° BPM/I

NOME
ÓRGÃO/REPARTIÇÃO
MEDALHA GOV. PEDRO DE TOLEDO
REGISTRO CONSELHO
MEDALHA "GOVERNADOR PEDRO DE TOLEDO"
1
PREFEITO
LEANDRO LUCIANO DOS SANTOS
SANTA RITA DO PASSO QUATRO
MEDALHA GOV. PEDRO DE TOLEDO

2
CORONEL EXERCITO BRASILEIRO
EDUARDO XAVIER FERREIRA GLASER MIGON
CMT DO 13° REGIMENTO DE CAVALARIA MEC.
MEDALHA GOV. PEDRO DE TOLEDO

3
TENENTE CORONEL PM
ADALBERTO JOSÉ FERREIRA
COMANDANTE DO 13° BPM/I
MEDALHA GOV. PEDRO DE TOLEDO

4
TENENTE CORONEL PM
VALDEMIR GUIMARAES DIAS
COMANDANTE DO 15° BPM/I
MEDALHA GOV. PEDRO DE TOLEDO

5
MAJOR PM
PAULO HENRIQUE JURISATO
COORDENADOR OPERACIONAL DO 13° BPM/I
MEDALHA GOV. PEDRO DE TOLEDO

6
CAPITÃO PM
RENATO AKIRA AKAMINE
CHEFE DE OPERAÇÕES
MEDALHA GOV. PEDRO DE TOLEDO

7
CAPITÃO PM
CESAR ALEXANDRE J. A. CARDEAL
CHEFE DE COMUNICAÇÃO SOCIAL
MEDALHA GOV. PEDRO DE TOLEDO

8
CAPITÃO PM
PAULO ROBERTO NUCCI JUNIOR
COMANDANTE DA 1ª COMPANHIA PM
MEDALHA GOV. PEDRO DE TOLEDO

9
CAPITÃO PM
GUSTAVO HENRIQUE LÁZARO
COMANDANTE DA 2ª COMPANHIA DO 15° BPM/I
MEDALHA GOV. PEDRO DE TOLEDO

10
1° TENENTE PM
KARINA RIOLI PAVAN
ESTADO MAIOR DO BATALHÃO
MEDALHA GOV. PEDRO DE TOLEDO

11
1° TENENTE PM
DANIEL MARCIO MOLINA
COMANDANTE DO 2° PELOTÃO DA 2ª COMPANHIA
MEDALHA GOV. PEDRO DE TOLEDO

12
1° TENENTE PM
LUIZ AUGUSTO ALVES TAVARES
COMANDO DE FORÇA PATRULHA DO 13° BPM/I
MEDALHA GOV. PEDRO DE TOLEDO

13
1° SGT PM
 VAGNER PIVA PEIXE
ESTADO MAIOR DO BATALHÃO
MEDALHA GOV. PEDRO DE TOLEDO

14
2° SGT PM
RICARDO SCORÇAFAVA NETO
COMANDANTE DE GRUPO PATRULHA - CGP-1
MEDALHA GOV. PEDRO DE TOLEDO

15
3° SGT PM
LEANDRO PEDRASSANI CASCALHEIRA
ESTADO MAIOR DO BATALHÃO
MEDALHA GOV. PEDRO DE TOLEDO

16
CABO PM
CLAUDIO DONIZETI ABACKER
ESTADO MAIOR DO BATALHÃO
MEDALHA GOV. PEDRO DE TOLEDO

17
CABO PM
GILBERTO CLOVIS DE SOUZA
RADIOPATRULHAMENTO DA 1ª COMPANHIA
MEDALHA GOV. PEDRO DE TOLEDO

18
CABO PM
LEONARDO DONIZETI DO NASCIMENTO
RADIOPATRULHAMENTO DA 1ª COMPANHIA
MEDALHA GOV. PEDRO DE TOLEDO

19
CABO PM
ALEX SANDRO ARAÚJO DA SILVA
EQUIPE DE FORÇA TÁTICA DO 38° BPM/I
MEDALHA GOV. PEDRO DE TOLEDO

20
CABO PM
MARCOS PAULO CARDOSO NATAL
SETOR DE TELECOMUNICAÇÕES
MEDALHA GOV. PEDRO DE TOLEDO

21
SOLDADO PM
RENAN MOISÉS MOGA
SETOR DE TELECOMUNICAÇÕES
MEDALHA GOV. PEDRO DE TOLEDO

22
CABO PM
RODRIGO DIAS
EQUIPE ROCAM
MEDALHA GOV. PEDRO DE TOLEDO

23
CABO PM
LUIS ALBERTO LOPES DA CUNHA
RADIOPATRULHAMENTO 2ª COMPANHIA PM
MEDALHA GOV. PEDRO DE TOLEDO

24
PROFESSOR DOUTOR
JOSÉ GUILHERME SABE
EMPRESA EQUITRON
MEDALHA GOV. PEDRO DE TOLEDO

25
PROFESSOR DOUTOR
EDMUNDO ESCRIVÃO FILHO
UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO - USP
MEDALHA GOV. PEDRO DE TOLEDO

26
PROFESSOR DOUTOR ENG.
FERNANDO M. ARAÚJO-MOREIRA
PROG. DE PÓS GRADUAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA & PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FÍSICA  DEPTO. DE FÍSICA - UFSCAR
MEDALHA GOV. PEDRO DE TOLEDO

27
REVERENDÍSSIMO PADRE
LUIS ANTENOR ROSA BOTELHO
PARÓQUIA NOSSA SENHORA APARECIDA
MEDALHA GOV. PEDRO DE TOLEDO

28
REVERENDO PASTOR
JARBAS ANTONIO VALENTIN
PM's DE CRISTO
MEDALHA GOV. PEDRO DE TOLEDO

29
FOTOGRAFO
EDUARDO CONSTANTINO MIGLIATO
EMPRESARIO
MEDALHA GOV. PEDRO DE TOLEDO

30
EMPRESÁRIO
JESSÉ DE CARVALHO
JESSÉ SALGADOS
MEDALHA GOV. PEDRO DE TOLEDO

31
EMPRESÁRIO
ANTONIO APARECIDO ROSALINO
SORVERTES BÊJO
MEDALHA GOV. PEDRO DE TOLEDO

32
PRESIDENTE
DIEGO MENDONÇA LASTOSA
CONSELHO MUNICIPAL DE SEGURANÇA PÚBLICA DE DESCALVADO
MEDALHA GOV. PEDRO DE TOLEDO

MEDALHA CONSTITUCIONALISTA
1
MAJOR PM
LUIS ROBERTO MOREIRA FILHO
SUBCOMANDANTE DO 13° BPM/I
MEDALHA CONSTITUCIONALISTA

2
MAJOR PM
LUIS SERGIO MUSSOLINI FILHO
SUBCOMANDANTE DO 38° BPM/I
MEDALHA CONSTITUCIONALISTA

3
MAJOR PM
JEFFERSON LOPES JORGE
COORDENADOR OPERACIONAL DO 38° BPM/I
MEDALHA CONSTITUCIONALISTA

Após o desfile da tropa, vamos permanecer na Unidade, em conversas com o Comandante e seus oficiais. É ideia do TENENTE-CORONEL PM WELLINGTON criar um núcleo do MMDC em SÃO CARLOS, em 2018.
Deixo SÃO CARLOS às 12:30 horas. O PM LEANDRO é o motorista que me leva até GUARULHOS. Na entrada de SÃO PAULO o trânsito é infernal. Perdemos quase uma hora para atingir a VIA DUTRA.
Em casa, procuro descansar da viagem. Não temos novidades na Sociedade Veteranos de 32-MMDC.

O ex-governador do RIO, ANTHONY GAROTINHO, decidiu iniciar “jejum por tempo indeterminado” contra o que chama de “injustiças” praticadas contra ele. Ele pede ainda para que seja ouvido por um representante do Conselho Nacional de Justiça para comunicar supostas irregularidades de juízes e promotores no seu caso.
Preso há quase um mês, GAROTINHO repete o protesto que realizou em 2006 após denúncias de fraudes em sua pré-campanha à Presidência naquele ano.
Na carta, assinada ontem, e enviada à direção de BANGU 8, onde está preso, ele diz que o protesto é um: “Grito de desespero conta a injustiça que venho sofrendo, abalando fortemente minha família”.
GAROTINHO afirma que não receberá mais visitas da família, advogados, nem irá ao banho de sol. O ex-governador pede que sejam retirados de sua cela “todos os alimentos, deixando somente água, medicamentos e material de higiene pessoal”.
Ele foi preso sob acusação de organizar arrecadação para caixa dois, entre 2010 e 2016 com apoio de um “braço armado” para intimidar empresários. A sua mulher, a ex-governadora ROSINHA GAROTINHO, também foi presa, mas responderá o processo em liberdade.

O ministro ÉDSON FACHIN, relator da LAVA JATO no STF, negou ao ex-ministro GEDDEL VIEIRA LIMA, que está preso, acesso ao contato da pessoa que denunciou o “bunker” de 51 milhões de reais e do agente de polícia que atendeu a ligação com a informação.
A defesa do peemedebista pediu a identificação do número da linha pela qual foi feita a denúncia anônima, em 14 de julho de 2017, além do policial que atendeu à chamada.
A informação anônima deu origem à OPERAÇÃO TESOURO PERDIDO em 5 de setembro. O dinheiro estava guardado num apartamento em SALVADOR que, segundo revelavam as investigações, havia sido emprestado por um empresário a GEDDEL e ao irmão, o deputado federal LÚCIO VIEIRA LIMA. A quantia foi a maior já apreendida pela Polícia Federal.

Um homem foi preso por volta das 23 horas de ontem após esfaquear um policial militar e tentar agredir pessoas na AVENIDA PAULISTA. Os policiais disseram que, antes da agressão, o homem tentou depredar, com uma barra de ferro de aproximadamente dois metros de extensão, uma loja MARISA localizada próximo ao MASP. O segurança ligou para o 190. Quando os PMs chegaram, flagraram o homem transtornado, no meio do trânsito e ameaçando coma barra de ferro os motoristas. Durante a imobilização, o suspeito largou a barra de ferro, pegou uma faca que estava escondida e feriu um policial nas costas. Ele foi desarmado e algemado.
O policial foi socorrido e já teve alta. O homem detido teve escoriações ao ser contido pela polícia.

O comerciante ANTÔNIO MANUEL SILVA FILHO, 53 anos, morreu de infarto depois de ser vítima de um assalto, ontem, em GUAIANASES. Os ladrões anunciaram o assalto e levaram o carro sem dar um tiro sequer. O homem teve um ataque fulminante no coração e foi levado ao hospital, onde já chegou morto.
Como fazia todos os dias, o comerciante deixou a mulher na estação GUAIANASES da CPTM, ainda no fim da madrugada, e foi até a minipadaria onde trabalhava com um primo, na rua ROLA CABOCLA, no mesmo bairro. Ele ficou dentro do carro, aguardando a abertura do estabelecimento, quando então foi abordado por dois bandidos armados. Imagens de uma câmara de segurança mostram, logo em seguida, SILVA FILHO saindo do carro, um DOBLÒ, e os ladrões acelerando em fuga. A suspeita da família é que os criminosos conheciam a rotina da vítima, que cochilava no veículo antes de iniciar o dia de trabalho.
“A gente nunca espera que isso aconteça. Foi uma tragédia”, diz a monitora de transporte escolar THAÍS ANDRESA FERREIRA SANTOS, 25 anos, enteada do comerciante. Ele tinha três filhos, um de apenas seis anos.
A polícia conseguiu localizar o carro logo após o assalto. Segundo a enteada do comerciante, o veículo conta com um dispositivo que corta a transmissão em caso de roubo.

O diretor da IMPERIAL TRANSPORTES URBANOS, JOSÉ ODIRLEI DE OLIVEIRA, 48 anos, foi assassinado hoje pela manhã logo depois de deixar a garagem da empresa, na Rua LEANDRO DE SEVILHA, em SAPOPEMBA. É o segundo líder da companhia de ônibus morto a tiros em 17 dias e a principal suspeita é de existência de uma disputa pelo comando dos negócios entre dois grupos divergentes.
Em 28 de novembro, o também diretor THIAGO CELSO ZANETTI, de 37 anos, foi morto na porta da garagem, quando chegava para trabalhar. Na ocasião, logo após o assassinato, testemunhas ouviram pessoas discutindo aos gritos dentro da empresa.
OLIVEIRA foi morto hoje a cerca de 50 metros da garagem, por volta das 10:20 horas. Ele subia a LEANDRO DE SEVILHA com um VECTRA, quando foi abordado por um carro e uma moto em direção contrária, segundo contaram pessoas que vivem na região. Foram oito tiros de pistola 9 mm, e ao menos três atingiram a cabeça da vítima, que morreu no local, antes mesmo de receber socorro.
Aos policiais, um representante da empresa chegou a comentar que temia que novas mortes ocorressem depois da primeira e que, por sorte, não estava no carro com OLIVEIRA, no momento do assassinato, pois costumavam andar juntos.
Um filho da vítima foi até o local, junto com um tio, e disse que ficou assustado após o primeiro assassinato, mas que o pai não chegou a comentar nada com ele. O rapaz, que aguardou a chegada da perícia ao local, disse que soube da morte do pai pela mãe, que trabalha como cobradora em outra empresa de ônibus.
A IMPERIAL era a antiga Cooperativa NOVA ALIANÇA. Durante a gestão de FERNANDO HADDAD, em 2015, foi obrigada a se transformar em uma empresa e, com isso, mudou de nome. Não apenas a NOVA ALIANÇA, como todas as demais cooperativas do transporte coletivo da capital tiveram que cumprir a exigência feita pela prefeitura para que continuassem a operar no município.    

2 018     :        -     SÁBADO
POLÍCIA MILITAR
Decretos de 14-12-2018
Nomeando: ao cargo de 2º Tenente Médico PM Estagiário, nos termos do art. 9º, combinado com o art. 1º, II, ambos da LC 1.291, de 22-7-16, os candidatos aprovados no concurso público destinado ao cargo de 2º Tenente Médico PM Estagiário, regido pelo Edital DP-1-321- 17, publicado no D.O. nº 56, de 24-3-17; NOME RG INSC NA VAGA DE POSTO RE D FABIO DUQUE SILVEIRA 1366060679 3468950 ALINE PÂMELA V. DE OLIVEIRA 1. TEN PM 139926 8 LIGIA CANOVA 439719513 707104 FELIPE CAMPANA NETO CAP PM 124246 6 RAFAEL MELO DE OLIVEIRA 622870026 3657230 MARCIO AUGUSTO T. FERRAZZI CAP PM 118047 9 JEFFREY EN MING LIE 357196740 713449 WANESSA A. RUIZ SCALA CAP PM 124252 A LUCAS DAVID FUJIKI 435732419 2892588 ANA CAROLINA K. BENNEMANN 1. TEN PM 147011 6 DIOGO VICENTAINER DA SILVA 329290100 4569377 ANDREA VIEIRA CARREIRO 1. TEN PM 130201 9 RAFAEL VIANA PALOMARO 2462520 3769500 ADRIANA BRENTEGANI 2. TEN PM 180032 9 ALBERTO DE CARLI 338008767 3123480 CAIO AUGUSTO LIMA DE ARAUJO 2. TEN PM 180101 5 MATHEUS ZANCHETTA ORTIZ REIS SOUZA 322420453 3437752 DANIEL ETORE P.VULCANI 2. TEN PM 180063 9 LUIS FELIPE MAGRI FERREIRA DIAS 336129518 3758656 FERNANDA DE CARVALHO LIMA 2. TEN PM 180044 2 GUILHERME AUGUSTO PEREIRA PASSOS 449544072 3017036 FERNANDO C. N. DOS S.FILHO 2. TEN PM 180124 4 RODRIGO GONZALEZ BOCOS 449694847 749230 GEORGIA FONTES CINTRA 2. TEN PM 180100 7 Total: 12. ao cargo de 2º Tenente Dentista PM Estagiário, nos termos do art. 12 e parágrafos do Dec.-lei 13.654, de 6-11-43, os candidatos aprovados no concurso público destinado ao cargo de 2º Tenente Dentista PM Estagiário, regido pelo Edital DP-4-321-14, publicado no D.O. nº 124, de 5-7-14; CLAS NOME RG INSC NA VAGA DE POSTO RE D 50 MARIA CECILIA QUERIDO DE OLIVEIRA 43.536.477 9902010240 ACACIO FERREIRA PINTO FILHO CAP PM 964578 A 51 PATRICIA RAMOS TOLENTINO POMPEU 40.526.423 9902005620 CESAR AUGUSTO PERINI ROSAS CAP PM 964604 3 52 LEONARDO DRULLIS CIFALI 47.776.183 9902017121 FERNANDO BERNARDES FERREIRA CAP PM 964595 A 53 HERBERT HORIUTI SOARES 43.495.848 9902002043 RUBENS VITTURI FILHO CAP PM 964573 0 54 ANDRE COUTO LUIZ 44.643.546 9902008670 VITOR HUGO FARINA CAP PM 974784 2 55 CHRISTIANE PERES SEGAMARCHI 30.240.866 9902014068 FABIANNE CORREIA FERNANDES 2. TEN PM 180354 9
PROMOVENDO, nos termos do Dec.-lei 13.654-43, e suas alterações, os seguintes Oficiais da Polícia Militar do Estado: a contar de 15-12-18
QUADRO DE OFICIAIS POLICIAIS MILITARES - QOPM ao posto de Tenente-Coronel PM, por antiguidade,
os Majores PM: 884171-3 Herbert Meyerhof, do CCB; 901237-A Glauco Rogério Ribeiro Alves, do CPI-7; e 901259-1 Alípio de Lima Rios, do CPA/M-7. ao posto de Tenente-Coronel PM, por merecimento, os Majores PM: 884172-1 Emerson Davanço, do CIPM; 901213-3 Antônio Moura Pires, do 46º BPM/I; 884163-2 Daniel Rodrigues Prado, do 30º BPM/I; 901251-6 Luís Augusto Pacheco Ambar, do CPChq; 884175-6 Jânio Akito Maebayashi, da C Mil; 891231-9 Adriano Aranão, do 2º BPRv; e 891244-A Edmilson Colonello, da Coord Op PM.
ao posto de Major PM, por antiguidade,
os Capitães PM: 850960-3 Shirlei Maronez de Souza, do CPC; 930293-0 André Luiz Menezes, do CPI-7; 930280-8 José Antônio Golini Júnior, do 10º BPM/I; 910323-6 Marcelo Oliveira Saoncella, do CPA/M-10; 910008-3 Luciana Rego Pereira, do CPM; 930268-9 Alexandre Flores Nepomuceno, do 4º BPM/M; e 930273-5 Walter Gustavo da Silva, do 51º BPM/I.
ao posto de Major PM, por merecimento,
os Capitães PM: 871663-3 Regina Célia de Oliveira, da DPCDH; 910335-0 Marcus Mendes Campos, do CPChq; 930278-6 Ivam Luiz Godinho, do 15º GB; 930290-5 Márcio Alves Cardoso, do 15º BPM/I; 910411-9 Carlos Alberto Rodrigues Sanches Júnior, da Correg PM; 930288-3 Luiz Roberto Moraes, do 40º BPM/M; 892472-4 Alessandro Pedro Gonçalves Albuquerque, da Correg PM; 930414-2 Adriana Nunes Nogueira, do CAPS; 930342-1 Márcio Zeferino de Paula, da ESSd; 930314-6 Maurício Lanhoso de Lima, do 16º BPM/M; e 910357-A Alexandre Gonçalo Pereira Reche, do CCB.
ao posto de Capitão PM, por antiguidade,
os Primeiros- -Tenentes PM: 104656-0 Pedro Samuel Luppi, do 8º BPM/M; 112743-8 Augusto Lopes de Menezes Neto, do 27º BPM/M; 112738-1 Felipe Pinholi Cardoso, do 8º GB; 101398-0 Joabe Mendes dos Santos, do 40º BPM/M; 940403-1 Osmário Ferreira da Silva, do CPC; 112759-4 Emanoel Rodrigues Oliveira, do 10º BPM/I; 991947-3 Marcos Vinícius de Mello, do 21º BPM/I; 107299-4 Vitor dos Santos Lima, do 4º BAEP; 112703-9 Gustavo Dias Olívio, do 3º BAEP; 112784-5 Leo Rogério Hage Fabri, do CPTran; 108438-A Sol Magnus Nascimento Dalfior dos Reys, do 10º BPM/I; 112722- 5 Luiz Eduardo Picini Hogera, do 5º BAEP; e 112751-9 Dênis Lucas Melchiori, do 17º GB.
ao posto de Capitão PM, por merecimento,
os Primeiros- -Tenentes PM: 104976-3 Walter Cruz de Oliveira, do 20º GB; 112786-1 Danilo Nunes Ferreira, do CPI-5; 112697-A Thiago Barbosa Fernandes, do CPI-7; 974917-9 Anderson Kuhl de Oliveira, da ESSd; 112778-A Antognone Souza Prado, do 5º BPM/I; 112709-8 Thiago Oliveira Belucci, do 18º GB; 112888-4 Ricardo Hoglhammer dos Santos, do CAvPM; 112746-2 Vinícius Zampolo, do 7º GB; 112774-8 Thiago José Tomazela, do CAvPM; 112754-3 Thiago Costa Nakano, do CIPM; 112733-A Lucas Gonzaga Faria Santos, do CAvPM; 112773-0 Daniel Ribeiro Juvino, do 42º BPM/M; e 112771-3 Amauri dos Santos Manzutti Júnior, do 27º BPM/I.
QUADRO DE OFICIAIS DE SAÚDE - MÉDICO
ao posto de Capitão Médico PM, por antiguidade,
o Primeiro-Tenente Médico PM: 127623-9 Fernando Antônio Blandi, do 1º BPChq.
QUADRO DE OFICIAIS DE SAÚDE - DENTISTA
ao posto de Capitão Dentista PM, por antiguidade,
o Primeiro-Tenente Dentista PM: 964552-7 Adriano Prada Pratarotti, do CPI-2. QUADRO AUXILIAR DE OFICIAIS DA POLÍCIA MILITAR - QAOPM
ao posto de Major QAOPM, por merecimento,
o Capitão QAOPM: 874317-7 Walme Moraes Barbosa, da DL.
ao posto de Capitão QAOPM, por antiguidade,
os Primeiros- -Tenentes QAOPM: 911172-7 Aguinaldo José Marques Barcellos, do 16º GB; 900359-2 Vitor Alexandre Henriques Garcia, do 9º BPM/I; 882980-2 Gilson Pinto de Andrade, do CPA/M-4; 841277-4 Rivaldo Ferreira da Silva, do 2º BPRv; 893024-4 Robinson de Oliveira Rosa, do C Med; e 891998-4 Luciano André Garofolo, do CPI-2.
ao posto de Capitão QAOPM, por merecimento,
os Primeiros-Tenentes QAOPM: 894533-A Everson Fardin, do 3º BPAmb; 902566-9 Irani Arias da Silva, do CSM/MOpB; 894011-8 Rinaldo Félix Batista, da C Mil; 865163-9 Roberto Carlos Estevam da Silva, do 30º BPM/I; 933847-A Voltaire Juvenal Shakespear da Cruz, do CPA/M-6; e 930985-3 Maria Rita de Cascia Santos, do CAPS.
A PMESP terá 244 novos aspirantes neste sábado.

RELAÇÃO DOS ALUNOS QUE IRÃO SE FORMAR 3 CFO 2018
3º A
108717-7
Adriano Aiello Sciarretta
ADRIANO
1
3º A
160065-6
Vinicius Ricardo Albino
ALBINO
2
3º A
160052-4
Lucas Silva Alves
ALVES
3
3º A
160043-5
Ana Lucia Chicarino do Nascimento
ANA LUCIA
4
3º A
160111-3
Guilherme Baratela Ribeiro
BARATELA
5
3º A
160080-0
Bruno Cesar Marcondes de S. Borges
BRUNO BORGES
6
3º A
142283-9
Marcos Rogerio Calian
CALIAN
7
3º A
160093-1
Lucas Fredini Camora
CAMORA
8
3º A
160104-A
Leonardo Vinicius Bonin Cangussu
CANGUSSU
9
3º A
160114-8
Caue de Come Rodrigues
CAUE
10
3º A
160081-8
Daniel Cesar Gonçalves Garcia
CÉSAR
11
3º A
136562-2
Guilherme Baratela Ribeiro
CÉSAR JÚNIOR
12
3º A
127995-5
Danilo Sá da Silva Andrade
DANILO SÁ
13
3º A
160107-5
Murilo Augusto Pereira Dias
DIAS
14
3º A
128094-5
Fernando Duarte dos Santos
DUARTE
15
3º A
160123-7
Fernando Frederico Leite Gomes
FREDERICO
16
3º A
128133-0
Gustavo Carlos Fernandes
GUSTAVO
17
3º A
128709-5
Jonas de Souza
JONAS SOUZA
18
3º A
160094-0
Juan Paiva Aguiar
JUAN AGUIAR
19
3º A
111892-7
Marcelo Augusto Pereira
MARCELO
20
3º A
126157-6
Otavio Gomes da Silva
OTAVIO
21
3º A
141455-A
Renato Panunto da Silva
PANUTO
22
3º A
160074-5
Thiago Fortini Propheta
PROPHETA
23
3º A
118825-9
Rodrigo Ramir Lomes Ferreira
RAMIR
24
3º A
135870-7
Ranieri de Oliveira Andrade
RANIERI
25
3º A
160091-5
Ederson Martins Revelli
REVELLI
26
3º A
134471-4
Felipe Vicente Sztukalski
SZTUKALSKI
27
3º A
160096-6
Milena Maira Tonon
TONOM
28
3º A
144591-0
Rafaela Trombini
TROMBINI
29
3º B
137136-3
Hugo Wanderley de Alencar
ALENCAR
1
3º B
160063-0
Jeferson Lopes Amendola
AMENDOLA
2
3º B
137804-0
Rafael de Angeli do Carmo
ANGELI
3
3º B
122210-4
Francisco Augusto dos Santos
AUGUSTO SANTOS
4
3º B
135001-3
Fabio Xavier Barbosa
BARBOSA
5
3º B
127943-2
Caio de Campos
CAIO
6
3º B
160057-5
Caue Rodrigues Camacho
CAMACHO
7
3º B
135699-2
Elenildo Cordeiro do Nascimento
CORDEIRO
8
3º B
131628-1
Edinaldo Alves da Silva
EDINALDO
9
3º B
160103-2
Guilherme Henrique Farias de Novaes
FARIAS
10
3º B
160110-5
Gabriel Henrique Ruiz Dias
GABRIEL DIAS
11
3º B
136803-6
Gustavo Bellini Soares
GUSTAVO SOARES
12
3º B
160116-4
Leonardo Matheus Hickmann
HICKIMANN
13
3º B
147273-9
Marcus Icaro Cruz da Silva
ICARO
14
3º B
121072-6
Jacqueline Cesaria Aparecida Silva Catossi
JAQUELINE SILVA
15
3º B
160046-0
Julia Rebouças Rodrigues Costa
JULIA
16
3º B
142201-4
Murilo Justi
JUSTI
17
3º B
122573-1
Alisson Maroto Lopes
MAROTO
18
3º B
123365-3
Thiago Massaro Gomes
MASSARO
19
3º B
160041-9
Sylvio Bonfiglioli Pelegio
PELEGIO
20
3º B
138823-1
Antonio Carlos Pontes de Lima
PONTES
21
3º B
160099-A
Raphael Pereira Longo
RAPHAEL LONGO
22
3º B
152361-9
Wesley Araujo de Rezende
REZENDE
23
3º B
130865-3
Rhuan Muniz da Cunha
RHUAN
24
3º B
126718-3
Rodrigo Rodrigues Lima
RODRIGO
25
3º B
160036-2
Rodrigo Alves Chaves
RODRIGO ALVES
26
3º B
154686-4
Mayara Tatiana B. do Nascimento
TATIANA
27
3º B
108537-9
Thiago Teruel Sendin
TERUEL
28
3º B
141936-6
Wesley Xavier de Oliveira
WESLEY XAVIER
29
3º C
160042-7
Nelson Afonso de Souza Junior
AFONSO
1
3º C
110292-3
Anderson Ricardo de Oliveira
ANDERSON
2
3º C
160109-1
Amanda Anzelotti Nahlous
ANZELOTTI
3
3º C
153065-8
Thiago Assis Ribeiro
ASSIS RIBEIRO
4
3º C
160044-3
Lucas Carvalho da Costa
DA COSTA
5
3º C
123805-1
Robson de Paula Barbosa
DE PAULA
6
3º C
128044-9
Eduardo Maciel Clemente
EDUARDO
7
3º C
121065-3
Fabiana Almeida do Nascimento
FABIANA
8
3º C
149685-9
Gustavo Leme de Oliveira
GUSTAVO LEME
9
3º C
150366-9
Diego Massumi Kato Cassiano de Lara
KATO
10
3º C
116629-8
Leandro da Silva Martins
LEANDRO MARTINS
11
3º C
103559-2
Adriano Loureiro
LOUREIRO
12
3º C
962768-5
Jose Luiz Lourenço dos Santos Filho
LOURENÇO
13
3º C
160077-0
Luan dos Santos Mendonça de Souza
LUAN
14
3º C
144173-6
Lucas Alves de Fança
LUCAS ALVES
15
3º C
123160-0
Luis Carlos Ferreira
LUIS CARLOS
16
3º C
141568-9
Wallace da Rocha Machado
MACHADO
17
3º C
136769-2
Mauricio Lourenço
MAURICIO
18
3º C
132188-9
Rafael Medeiros da Silva
MEDEIROS
19
3º C
142580-3
Marcus Wilian Dias Muricy
MURICY
20
3º C
160078-8
Olivia Perrone Cazo
OLIVIA
21
3º C
153455-6
Pamela Chagas Andrade
PAMELA
22
3º C
160064-8
Daniel Valerio Pasqualotto
PASQUALOTTO
23
3º C
126338-2
Thyago Passos Barbosa
PASSOS
24
3º C
151289-7
Renan Martins Franco
RENAN FRANCO
25
3º C
130913-7
Rogerio Firmino de Sousa
ROGERIO
26
3º C
127502-0
Luiz Carlos Sarraipa Jorge Leite
SARRAIPA
27
3º C
157715-8
Leonardo de Paiva Trevisan
TREVISAN
28
3º C
160122-9
Arthur Urbano Ermoli
URBANO
29
3º C
153187-5
Victor de Oliveira Santana
V. SANTANA
30
3º D
152753-3
Anderson Jardim Agostinho
AGOSTINHO
1
3º D
149373-6
Victor Augusto Carli
CARLI
2
3º D
129145-9
Leandro Lico Neves de Barros
DE BARROS
3
3º D
160098-2
Diogo Souza Maia
DIOGO MAIA
4
3º D
101856-6
Eduardo Barbosa Nascimento
EDUARDO NASCIMENTO
5
3º D
137015-4
Felipe Rodrigues
FELIPE RODRIGUES
6
3º D
131915-9
Tiago Carvalho Martins Gasqui
GASQUI
7
3º D
160102-4
Isamara Lopes Rocha da Cruz
ISAMARA
8
3º D
117922-5
Juliana Monteiro Lopes da Conceiçao
JULIANA
9
3º D
149573-9
Pedro Ludovikus Cincura Lengenfelder
LENGENFELDER
10
3º D
160079-6
Louise Rodrigues Santana
LOUISE
11
3º D
137076-6
Mario dos Santos
M. SANTOS
12
3º D
160035-4
Marcelo Henrique Pinheiro
MARCELO HENRIQUE
13
3º D
160047-8
Gustavo Haruo Godoy Matsubara
MATSUBARA
14
3º D
160097-4
Milton Rodrigues Pereira Junior
MILTON
15
3º D
160083-4
Gabriel Henrique Rampim Natali
NATALI
16
3º D
130714-2
Luis Henrique Negri Sampaio
NEGRI
17
3º D
130377-5
Diego Felicio Novaes
NOVAES
18
3º D
160086-9
Tharcisio Oliveira Tasso
O. TASSO
19
3º D
134941-4
Marcio Rossi Petrucci
PETRUCCI
20
3º D
117449-5
Valdecir Neves Porfirio
PORFIRIO
21
3º D
102564-3
Leandro Peroto Rigueto
RIGUETO
22
3º D
125625-4
Everton Rodrigo Silveira
RODRIGO SILVEIRA
23
3º D
122257-A
Jorge Henrique Soares
SOARES
24
3º D
142327-4
Guilherme Augusto de Souza Diaz
SOUZA
25
3º D
136850-8
Thiago Cordeiro de Lima
THIAGO CORDEIRO
26
3º D
115222-0
Tiago Lopes da Silva
TIAGO LOPES
27
3º D
108613-8
Rafael Velasco Vasconcelos
VASCONCELOS
28
3º D
141765-7
Vlamir Teixeira Junior
VLAMIR
29
3º D
160071-A
Olavo Watanabe de Mendonça
WATANABE
30
3º E
105191-1
Alexandre Goes de Oliveira
ALEXANDRE GOES
1
3º E
142452-1
Victor de Souza Amaral
AMARAL
2
3º E
117793-1
Roberta Geraldi Aniceto Rodrigues
ANACETO
3
3º E
130801-7
Paulo Eduardo Bellina
BELLINA
4
3º E
118866-6
Vinicius Bogo Beneti
BENETI
5
3º E
153425-4
Bianca Oliveira da Silva
BIANCA
6
3º E
117413-4
Murilo Blanco Soares
BLANCO
7
3º E
144899-4
Ana Carolina  Oliveira Silva
CAROLINA OLIVEIRA
8
3º E
160056-7
Catharina Araujo Nogueira de Freitas
CATHARINA
9
3º E
963754-A
Eduardo Bezerra Cerqueira
CERQUEIRA
10
3º E
160118-A
Gabriel da Costa Fuzetto
FUZETTO
11
3º E
160113-0
Gabriel Felipe de Souza
GABRIEL SOUZA
12
3º E
153473-4
Guilherme Ribeiro de Carvalho
GUILHERME RIBEIRO
13
3º E
160058-3
Igor Rodrigues Gomes
IGOR GOMES
14
3º E
160051-6
Joao Felipe Goffi de Araujo
JOÃO FELIPE
15
3º E
160072-9
Lucas Ramos da Silva
L. RAMOS
16
3º E
160095-8
Luiz Gustavo Zanardo
LUIZ ZANARDO
17
3º E
130789-4
Murilo de Moraes Rui
M. RUI
18
3º E
118093-2
Anderson da Silva Miranda
MIRANDA
19
3º E
137294-7
Bruno Ribeiro Munhoz de Vasconcelos
MUNHOZ
20
3º E
160066-4
Guilherme Navarro Bertoncini
NAVARRO
21
3º E
160101-6
Lucas Oliveira Martins dos Santos
OLIVEIRA MARTINS
22
3º E
160090-7
Pedro Henrique Lemos Alves da Cruz
PEDRO
23
3º E
160121-A
Raul Martins de Sa
RAUL
24
3º E
160120-2
Felipe Gabriel Rizardi
RIZARDI
25
3º E
160062-1
Thiago Rosa
ROSA
26
3º E
137181-9
Gabriel de Souza Valezim
VALEZIM
27
3º E
160050-8
Gabriel Silva Velasco
VELASCO
28
3º E
142284-7
Vinicius de Souza Rocha
VINICIUS ROCHA
29
3º E
138695-6
Renan de Julio Viola
VIOLA
30
3º F
155472-7
Alan Sousa da Silva
A. SOUSA
1
3º F
150353-7
Alef Augusto Santos de Moura
ALEF
2
3º F
160087-7
Anderson Alves Silva
ANDERSON ALVES
3
3º F
122009-8
Alex Jesus da Câmara
CAMARA
4
3º F
142906-0
Cleyton Rodrigues de Melo
CLEYTON
5
3º F
157837-5
Julio Cesar Couto de Oliveira Junior
COUTO
6
3º F
106180-1
Danielle da Cruz
DANIELLE
7
3º F
157919-3
Derick Marcelino de Oliveira Freitas
DERICK
8
3º F
128444-4
Ricardo Donato Chaves
DONATO
9
3º F
130236-1
Alexandre Fantini Neto
FANTINI
10
3º F
160054-A
Felipe Augusto dos Santos Silva
FELIPE AUGUSTO
11
3º F
160075-3
Mauricio Sperandio Felipe Junior
FELIPE JÚNIOR
12
3º F
140652-3
Antonio Ovidio Ferrucio Cardoso
FERRUCIO
13
3º F
135869-3
Herick de Oliveira Andrade
HERICK
14
3º F
160105-9
Igor Andrade Leme
IGOR LEME
15
3º F
147319-A
Leandro Salles Bezerra
L. SALLES
16
3º F
116552-6
Vinicius de Lagos Bahir de Andrade
LAGOS
17
3º F
160069-9
Mateus Lopes Ferreira
M. LOPES
18
3º F
152804-1
Marcela Soares Faria Gonzalez Carolino
MARCELA
19
3º F
135356-0
Marcelo dos Santos Pereira
MARCELO PEREIRA
20
3º F
123500-1
Marcio Barros Martins
MARCIO MARTINS
21
3º F
120105-A
Mauricio Mitsuo Ogata
MITSUO
22
3º F
128194-1
Jose Nilton Gomes da Silva
NILTON
23
3º F
160045-1
Matheus dos Santos Paulino
PAULINO
24
3º F
144851-0
Rayssa Barbosa Pradella
RAYSSA
25
3º F
160048-6
Leandro Takeshi Suzuki
SUZUKI
26
3º F
136401-4
Caio Pineda Serafim Cardoso Gomes
SERAFIM
27
3º F
112535-4
Fabio Tarcio Moura de Oliveira
TÁCIO
28
3º F
120175-1
Thiago Vieira Domingues
VIEIRA
29
3º F
104829-5
William Arrebola da Silva
WILLIAN
30
3º G
130221-3
Adriano dos Santos Silva
ADRIANO SANTOS
1
3º G
140016-9
Aline Ferreira Inacio
ALINE
2
3º G
151313-3
Felipe Atalla Rocha
ATALLA
3
3º G
136467-7
Thiago Benigno da Costa
BENIGNO
4
3º G
160039-7
Guilherme Cheder Brene
BRENE
5
3º G
106687-A
Carla Aparecida de Araujo
CARLA ARAÚJO
6
3º G
160061-3
Carlos Henrique Matos de Souza
CARLOS
7
3º G
160106-7
Samuel Duque Rodrigues Neto
DUQUE
8
3º G
111632-A
Edson Alves de Lima
EDSON ALVES
9
3º G
142525-A
Edson Henrique Junqueira Vieira Conceição
EDSON JUNQUEIRA
10
3º G
160115-6
Leonardo Finelli Tavares
FINELLI
11
3º G
152425-9
Renan Henrique de Oliveira Lima
HENRIQUE LIMA
12
3º G
126527-0
Emerson Cosme Isidoro
ISIDORO
13
3º G
137021-9
Leonardo Lima Ferreira
L. FERREIRA
14
3º G
119286-8
Marcos Alexandre Arruda
MARCOS ARRUDA
15
3º G
144154-0
Felipe Diniz Martiniano
MARTINIANO
16
3º G
130565-4
Igor de Paula Porcina
PORCINA
17
3º G
144853-6
Renan Victor Bueno do Prado
PRADO
18
3º G
160070-2
Rafaelle Fernandes Rodrigues
RAFAELLE RODRIGUES
19
3º G
120954-0
Rebeca Costa Melo
REBECA
20





3º G
120548-0
Rodolfo Luis Santana
SANTANA
21
3º G
116196-2
Shester Carlos Carneiro
SHESTER
22
3º G
136696-3
Tauan Regis Meireles
TAUAN
23
3º G
118857-7
Tiago Vinicius Tavares
TIAGO TAVARES
24
3º G
160038-9
Vagner Alves Tavares Ickert
VAGNER TAVARES
25
3º G
160089-3
Vinicius Rodrigues Martins
VINICIUS MARTINS
26
3º G
160076-1
Vinicius Bueno do Prado
VINICIUS PRADO
27
3º G
160040-A
Andre Luis Zochi Silva
ZOCHI
28
3º H
142464-5
Willian de Souza Albertini
ALBERTINI
1
3º H
138987-4
Adriana Andreucci Pedroso
ANDREUCCI
2
3º H
157757-3
0celio Balanço dos Santos Junior
BALANÇO
3
3º H
130290-6
Bruno Pinheiro Alves
BRUNO ALVES
4
3º H
160084-2
Carolina Cardoso dos Santos Rodrigues
CAROLINA
5
3º H
160049-4
Julio Cesar da Costa Oliveira
CÉSAR COSTA
6
3º H
128918-7
Diego Daygoro Yotsumoto Hongenecka
DAYGORO
7
3º H
109086-A
Nilmar Mendes Moreira Demartine
DEMARTINE
8
3º H
122514-6
Ronaldo Adriano Francisco dos Santos
F. SANTOS
9
3º H
160060-5
Felipe Matheus Campos Pereira
FELIPE MATHEUS
10
3º H
160119-9
Felipe Correa Zanardo
FELIPE ZANARDO
11
3º H
111162-A
Demetrio Fustinoni
FUSTINONI
12
3º H
108859-9
Anderson Gavioli
GAVIOLI
13
3º H
141819-0
Paulo Vitor de Oliveira Guerrieri
GUERRIERI
14
3º H
113439-6
Julio Hebert Vieira da Silva
HEBERT
15
3º H
160067-2
Jonathan Rodrigues da Silva
JONATHAN
16
3º H
131520-0
Moyses Kolle Junior
KOLLE
17
3º H
160108-3
Luiz Henrique Barros
L. BARROS
18
3º H
142359-2
Leonardo Soares Pinheiro
LEONARDO
19
3º H
160053-2
Leonardo Sousa de Oliveira
LEONARDO OLIVEIRA
20
3º H
934759-3
Valdeci da Silva Lima
LIMA
21
3º H
160034-6
Murilo Fernandez Marafon
MARAFON
22
3º H
151766-0
Mauri Borges de Carvalho
MAURI
23
3º H
160088-5
Vitor Hugo Vila Nova de Meira
MEIRA
24
3º H
160073-7
Pedro Leonardo de Souza Moreira
PEDRO LEONARDO
25
3º H
160100-8
Marcos Eduardo Quaresma Alcobet
QUARESMA
26
3º H
117842-3
Raquel Aparecida dos Santos
RAQUEL
27
3º H
122460-3
Renan Carlos Ramos da Silva
RENAN
28
3º H
105459-7
Vagner Severo de Socorro
SEVERO
29
Levanto cedo neste sábado. Tenho de ir à ACADEMIA DE POLÍCIA MILITAR DO BARRO BRANCO, tradicional FESTA DA ESPADA, onde 244 alunos oficiais serão declarados ASPIRANTE A OFICIAL.
Tomo conhecimento das promoções dos oficiais nesta data, pela leitura do DIÁRIO OFICIAL (INTERNET).
Através celular, fico sabendo que o corpo do pai do TONY BALLAD – Presidente da ACADEMIA WILLIAM SHAKESPEARE – senhor FRANCISCO HENRIQUE ALVES – deverá chegar para o velório no OBELISCO DO IBIRAPUERA por volta das 10 horas.

Relembro a minha FESTA DA ESPADA, em 7 de setembro de 1963. Não encontro nenhum colega daquela época. Vai presidir a solenidade o Governador de SÃO PAULO, MÁRCIO FRANÇA. Acompanha-o o Secretário de Segurança Pública, MÁGINO; o Comandante do Exército Sudeste, GENERAL DE EXÉRCITO LUIZ EDUARDO RAMOS BAPTISTA PEREIRA; o Comandante do 8º DISTRITO NAVAL, VICE-ALMIRANTE CLÁUDIO HENRIQUE MELLO DE ALMEIDA; o Comandante Geral da PMESP, CORONEL PM MARCELO VIEIRA SALLES; CORONEL PM SÉRGIO FELLETO COMANDANTE DA APMBB; CORONEL PM FÁBIO LUIZ PELEGRINI (CHEFE DA SEÇÃO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL); CORONEL PM CARLOS PEREIRA MARTINS (DIRETO DE ENSINO E CULTURA), CORONEL PM MARCELO STREIFINGER (COPOM); CORONEL PM LUIZ HENRIQUE DI JACINTHO SANTOS (COMANDANTE DO POLICIAMENTO RODOVIÁRIO), CORONEL PM MAX MENA (CBM), CORONEL PM MARCELO JOSÉ RABELLO VIANNA (COORDENADOR OPERACIONAL),  e muitos outros. CORONEL JUIZ PM ANTONIO AUGUSTO NEVES, DEPUTADO FEDERAL MAJOR OLÍMPIO; CAPITÃO PM DERRITE, deputado federal eleito; TENENTE-CORONEL PM DIMAS MECA, deputado estadual eleito; ANA PALERMO e seu filho (aluno do 2º ano da Escola Naval), CORONEL PM MAURÍCIO PEREZ, MAJOR PM KAGE (Assistente Militar do TJM), que está acompanhando o CORONEL PM JUIZ AVIVALDI NOGUEIRA. O número de conhecidos é muito grande.
Os alunos oficiais do 3º CFO entregam o espadim, símbolo do cadete e vão voltar já como ASPIRANTES A OFICIAL. Recebem as ESPADAS de suas madrinhas e padrinhos e Prestam o Juramento Individual. Falam as autoridades e um garboso desfile vai encerrar o evento.
Tenho um outro compromisso e, deixando a APMBB, vou para o OBELISCO DO IBIRAPUERA. Ali acontece o velório do CAPITÃO DA FAB FRANCISCO HENRIQUE ALVES, pai do TONY BALLAD. Este, está rodeado dos cavaleiros da Ordem da Academia WILLIAM SHAKESPEARE.
Conduzido por uma carreta dos bombeiros, um pouco mais das 14 horas, o corpo vai para o crematório da VILA ALPINA. Acompanho o féretro numa viatura do Trânsito, junto do TENENTE PM JEFFERSON. Batedores auxiliam muito o cotejo.
Deixo o cerimonial da cremação. Sinto-me extremamente cansado. É difícil o retorno: a viatura do trânsito deixa-me na Estação VILA PRUDENTE. Depois faço baldeação no PARAÍSO, até atingir a ARMÊNIA.

O STJ concedeu habeas corpus ao ex-vereador de DIADEMA, MANOEL EDUARDO MARINHO, o MANINHO PT, preso em maio após agredir um manifestante em ato em frente ao INSTITUTO LULA, em abril. A decisão foi tomada pela QUINTA TURMA da corte e relatada pelo ministro JORGE MUSSI. O filho de MANINHO, LEANDRO MARINHO, também obteve o habeas corpus. Ambos foram denunciados sob acusação de tentativa de homicídio por motivo torpe e meio cruel contra o empresário CARLOS ALBERTO BETTONI.          

Nomeado por ONYX LORENZONI (CASA CIVIL) para fazer parte da articulação política, LEONARDO QUINTÃO, montou gabinete e implementou um novo formato de “toma lá, dá cá”, QUE DISPENSA as tratativas diretas com líderes dos partidos e negocia individualmente com parlamentares.
A estratégia de ONYX e seus aliados é oferecer cargos nos Estados aos deputados avulsos, vendendo a ideia de que, assim, eles se tornarão uma forte liderança regional.
O objetivo é criar um canal direto com os parlamentares e tentar fragmentar o poder dos líderes de bancada – até aqui, fundamentais para a governabilidade no presidencialismo de coalizão.
Nos últimos dias, o time da futura CASA CIVIL – formado por deputados do baixo clero que não conseguiram se reeleger para um novo mandato – tem conversado com integrantes de diversas legendas e seduzido alguns nomes do PSD e do PR. Juntas, essas bancadas terão 67 deputados a partir do ano que vem.

O vereador EDUARDO TUMA foi eleito hoje presidente da Câmara Municipal de SÃO PAULO. A eleição de TUMA, que bateu FERNANDO HOLIDAY, era esperada, já que ele contou com o apoio do atual presidente, MILTON LEITE, e do prefeito BRUNO COVAS. TUMA recebeu 51 votos e HOLYDAY ficou um, dele mesmo. O vereador GILBERTO NATALINI se absteve, e os vereadores SÂMIA BOMFIM e TONINHO VÉSPOLI, ambos do PSOL, não compareceram. TUMA é líder da comunidade evangélica e autor de projetos como a ESCOLA SEM PARTIDO e a isenção de taxas administrativas para igrejas. A eleição foi tumultuada, com intervenções de seguidores do MBL.

A força-tarefa que investiga o médium JOÃO TEIXEIRA DE FARIA, 76 anos, conhecido como JOÃO DE DEUS, considerou-o foragido desde às 14 horas.
A decisão foi confirmada em nota pelo Ministério Público de GOIÁS. A Polícia Civil de GOIÁS percorreu, sem sucesso, cerca de 20 imóveis desde a sexta-feira, dia da ordem de prisão preventiva, à procura do médium e continuava negociando a rendição até à noite.
A Promotoria acrescentou que o nome do médium será incluído na lista de procurados da INTERPOL. Dessa forma, ele poderá ser preso por qualquer autoridade policial brasileira ou estrangeira, caso saia do país.