sábado, 11 de abril de 2015

QUO VADIS - ARNALDO JABOR - CRÉDITOS PARA ROBERTO DE ALMEIDA

De: Roberto de Almeida 
Assunto: Re: "Quo vadis"



Em 11 de abril de 2015 12:46,: A decisão do TSE, sob a presidência de LEVANDOWISKI, determinou a retirada do comentário de Arnaldo Jabor do site da CBN, a pedido do presidente Lula, feriu o preceito constitucional da liberdade de imprensa. (Ricardo Ramos)

Por Arnaldo Jabor

O que foi que nos aconteceu? No Brasil, estamos diante de acontecimentos inexplicáveis, ou melhor, ‘explicáveis’ até demais. Quase toda a verdade já foi descoberta, quase todos os crimes provados, quase todas as mentiras percebidas. Tudo já aconteceu e quase nada acontece. Parte dos culpados estão catalogados, fichados, processados e condenados e quase nada rola. A verdade está na cara, mas a verdade não se impõe, tais são as manobras de procrastinação, movidas por um sem número de agentes da quadrilha. Isto é uma situação inédita na História brasileira!! Nunca a verdade foi tão límpida à nossa frente e, no entanto, tão inútil, impotente e desfigurada!! Os fatos reais mostram que, com a eleição de Lula, uma quadrilha se enfiou no governo, de cabo a rabo da máquina pública e desviou bilhões de dinheiro público para encher as contas bancárias dos quadrilheiros e dominar o Estado Brasileiro, tendo em vista se perpetuarem no poder, pelo menos, por 70 anos, como fizeram os outros comunas, com a extinta UNIÃO SOVIÉTICA!! Grande parte dos culpados, já são conhecidos, quase tudo está decifrado, os cheques assinados, as contas no estrangeiro, os tapes, as provas irrefutáveis, mas os governos psicopatas de Lula e Dilma negam e ignoram tudo!! Questionado ou flagrado, o psicopata CHEFE, não se responsabiliza por suas ações. Sempre se acha inocente ou vítima do mundo, do qual tem de se vingar. O outro não existe para ele e não sente nem remorso, nem vergonha do que fez!! Mente, compulsivamente, acreditando na própria mentira, para conseguir o poder. Estes governos são psicopatas!! Seus membros riem da verdade, viram-lhe as costas, passam-lhe a mão nas nádegas. A verdade se encolhe, humilhada, num canto. E o pior, é que a dupla Lula-Dilma, amparada em sua imagem de ‘povo’, consegue transformar a Razão em vilã, as provas, em acusações ‘falsas’, a condição de Cúmplices e Comandantes, em ‘vítimas’!! E a população ignorante e alienada, engole tudo.. Como é possível isso? Simples: o Judiciário paralítico entoca a maioria dos crimes, na Fortaleza da lentidão e da impunidade, a exceção do STF, que, só daqui a seis meses, na melhor das hipóteses, serão concluídos os julgamentos iniciais da trupe, diz o STF. Parte dos delitos são esquecidos, empacotados, prescrevem, com a ajuda sempre presente, dos TÓFFOLIS e dos LEVANDOWISKIS. (Some-se à estes dois: Barroso, Teori Zawaski e Rosa Weber.) A Lei protege os crimes e regulamenta a própria desmoralização. Jornalistas e formadores de opinião sentem-se inúteis, pois a indignação ficou supérflua. O que dizemos não se escreve, o que escrevemos não se finca, tudo quebra diante do poder da mentira desses últimos dois governos. Sei que este, é um artigo óbvio, repetitivo, inútil, mas tinha de ser escrito… Está havendo uma desmoralização do pensamento. Deprimo-me: Denunciar para quê, se indignar com quê? Fazer o quê?’ A existência dessa estirpe de mentirosos está dissolvendo a nossa língua. Este neocinismo está a desmoralizar as palavras, os raciocínios. A língua portuguesa, os textos nos jornais, nos blogs, na TV, rádio, tudo fica ridículo diante da ditadura do lulo-petismo. A cada negação do óbvio, a cada testemunha, muda, aumenta a sensação de que as idéias não correspondem mais aos fatos!! Pior: que os fatos não são nada – só valem as versões, as manipulações. Nos últimos anos, tivemos um grande momento de verdade, louca, operística, grotesca, mas maravilhosa, quando o Roberto Jefferson abriu a cortina do país e deixou-nos ver os intestinos de nossa política. Depois, surgiram dois grandes documentos históricos: o relatório da CPI dos Correios e a Denúncia do Procurador-geral da república, enquadrando os 39 quadrilheiros do escândalo do MENSALÃO. Faltou o CHEFÃO. São verdades cristalinas, como sol a Pino. E, no entanto, chegam a ter um sabor quase de ‘gafe’. Lulo-Petistas clamam: ‘Como é que o Procurador Geral, nomeado pelo Lula, tem o desplante de ser tão claro! Como que o Osmar Serraglio pode ser tão explícito e, como o Delcídio Amaral não mentiu em nome do PT? Como pode ser tão fiel à letra da Constituição, o infiel Joaquim Barbosa? Como ousaram ser tão honestos?’  Sempre que a verdade eclode, reagem. Quando um juiz condena rápido, é chamado de exibicionista’. Quando apareceu aquela grana toda, no Maranhão, a família Sarney reagiu ofendida com a falta de ‘finesse’ do governo de FH, que não teve a delicadeza de avisar que a polícia estava chegando…. Mas agora é diferente. As palavras estão sendo esvaziadas de sentido. Assim como o stalinismo apagava fotos, reescrevia textos para contestar seus crimes, o governo de Lula, foi criando uma língua nova, uma neo-língua empobrecedora da ciência política. Uma língua esquemática, dualista, maniqueísta, nos preparando para o futuro político simplista, que está se consolidando no horizonte. Toda a complexidade rica do país será transformada em uma massa de palavras de ordem, de preconceitos ideológicos movidos a dualismos e oposições, como tendem a fazer o Populismo e o Simplismo.

Não deixe de repassar, é o mínimo que podemos fazer diante de tanta corrupção!

2015-FEVEREIRO RELATÓRIO DA DIRETORIA EXECUTIVA DA SOCIEDADE VETERANOS DE 32-MMDC

2 DE FEVEREIRO DE 2015
Na recepção do Corpo de Bombeiros, aguardo a chegada do SUBTENENTE GEORGE TRAJANO, para irmos à Câmara Municipal.
Com a demora do GEORGE, às 14:45 horas prefiro ir diretamente para o encontro com o vereador NELO RODOLFO. Ali já se encontra o FERNANDO MORENO. Também é aniversariante em 2 de fevereiro. Cumprimento-o pelos seus 56 anos. NELO RODOLFO está mudando o seu gabinete para o quinto andar do prédio. Não demora muito e também chega o GEORGE. Foi obrigado a deixar o seu carro em outro lugar e teria avisado a MARINEI sobre a impossibilidade do encontro. O FERNANDO MORENO recebeu o aviso, mas não tinha como transmiti-lo.
Com a presença do MAJOR PM PAULO CÉSAR GOMES, seu assessor político, vamos discutir, em uma reunião preparatória, como será o lançamento da MEDALHA DRÁUSIO, pertencente ao conjunto do Condecorações criadas por força do Decreto Estadual nº 60.730, de 15 de agosto de 2014.
Fica decidido que o CONSELHO DAS CONDECORAÇÕES DA JUVENTUDE CONSTITUCIONALISTA irá se reunir no dia 18 de março em um hotel em ATIBAIA. Farão parte desse Conselho: CORONEL PM MÁRIO FONSECA VENTURA, Presidente; CORONEL PM ANTÔNIO CARLOS MENDES, vereador NELO RODOLFO, secretário do Conselho; SUBTENENTE GEORGE TRAJANO, FERNANDO MORENO, MAJOR PM ANDERSON LIMA e CAPITÃO ANÍSIO DOS SANTOS. O professor ADILSON CÉZAR será convidado para esse encontro a fim de condecorar com a nova Medalha os componentes do Conselho.
O lançamento oficial da Medalha será na noite do dia 23 de maio, em sessão solene na Câmara Municipal. Já na reunião do dia 18 deveremos apresentar os nomes das pessoas escolhidas para serem condecoradas. NELO RODOLFO é autor do Projeto de Lei nº 573/2014, que altera a Lei nº 14.485, de 19 de julho de 2007, para incluir o DIA DAS CONDECORAÇÕES DO MÉRITO DA JUVENTUDE CONSTITUCIONALISTA, a ser comemorado anualmente no dia 23 de maio. 
NELO RODOLFO acertará diretamente com o GEORGE TRAJANO as despesas financeiras decorrentes da cunhagem da medalha e outra providências quanto ao diploma que acompanhará a honraria.
Vamos nos despedir depois das 16 horas. O GEORGE me acompanha até o Metrô SÉ. Discutimos também a solenidade que faremos no dia 15 de março no PARQUE GINO STRUFFALDI.

3 DE FEVEREIRO DE 2015
Por volta das 14:15 horas estou chegando no Monumento Mausoléu ao Soldado Constitucionalista de 32. Recebemos a visita de um escritor que quer editar um livro antigo, de 1954: REVIVENDO 32... de JOSÉ DE ASSIS PACHECO, Voluntário do Batalhão "14 de Julho". O prefácio desse livro é de GUILHERME DE ALMEIDA e diz o seguinte:
"Pelos fins do ano passado (1953), uns originais datilografados vieram ter às minhas mãos, inutilmente anônimos. Inutilmente, porque a história, que contavam, era o diário íntimo de um nosso soldado de 32: estava, pois, tacitamente assinada por todos os paulistas de fundamental espírito, origem e ação.
Quem me enviava aquelas folha de papel era, assim, como que um mero copista da quase esquecida epopéia comum. Mas eu quis adivinhar - e adivinhei pelo faro do instinto - entre os milhão de tão diferentes, tão amorfos, tão anestesiados paulistas de hoje, aquele, único, que quis fazer com que todos os seus irmãos de alma e de armas revivessem sua própria glória, no completar quatrocentos anos de sua Cidade heróica. E descobri JOSÉ DE ASSIS PACHECO. E pedi-lhe, com comovido entusiasmo, que publicasse, divulgasse a sua secreta memória: ela teria, pela virtude da legitimidade, o condão da despertar a nossa adormecida de vinte e dois anos.....
Que mais precioso presente de aniversario poderiam ter os verdadeiros paulistas, no 9 de Julho deste ano do IV Centenário, do que a presença de si mesmos nestas tão vividas páginas, que revivem o melhor de sua vida? 
   
O SUBTENENTE GEORGE TRAJANO também vem até o Obelisco. Ele irá providenciar as medalhas MMDC para serem entregues no dia 15 de março, no PARQUE GINO STRUFFALDI. Irá ainda ao gabinete do vereador NELO RODOLFO para tratar da cunhagem da Medalha DRÁUSIO. Estamos pensando seriamente no futuro da Sociedade Veteranos de 32-MMDC, com novas medidas que devemos tomar no sentido de sanear males que ainda persistem na instituição. Um dos pontos mais vulneráveis do MMDC é com relação ao tesoureiro. Precisamos de uma pessoa que seja voluntária, honesta, que goste do Ideal de 32 e que tenha tempo para desenvolver o seu cargo, importantíssimo.
LUCAS, filho da MARINEI, em gozo de férias, está conosco. Também passa pelo Obelisco, nesta tarde, o WANDER, marido da nossa secretária. 
O PM PERITO está de serviço nesta tarde. Tanto a MARINEI como o PERITO contam-me que um tenente PM da Unidade encarregada da manutenção do Monumento Mausoléu compareceu hoje neste local para tomar conhecimento do que deve fazer nesse sentido.

Por volta das 9:30 horas estou chegando no REGIMENTO DE POLÍCIA MONTADA "9 DE JULHO". Estava combinado o horário das 10 horas com o TENENTE-CORONEL PM SARDILLI, Cmt da Unidade, mas adiantei um pouco porque logo em seguida teremos a missa de 7º dia do TENENTE-CORONEL PM WÁLTER CASTRO GARCIA na Capelania SANTO EXPEDITO.
Com a  presença dos oficiais do Regimento de Polícia  Montada 9 de Julho, o COMANDANTE SARDILLI fala sobre o motivo da reunião e anuncia a criação do Núcleo

CRIAÇÃO DO 38º NÚCLEO DA SOCIEDADE VETERANOS DE 32-MMDC - NÚCLEO MMDC "CORONEL ARLINDO DE OLIVEIRA" NO REGIMENTO DE POLÍCIA MONTADA "9 DE JULHO" EM 4 DE FEVEREIRO DE 2015. O PRESIDENTE DO NÚCLEO É O CMT DO REGIMENTO.


Regimento de Polícia Montada - 9 de Julho adicionou 6 novas fotos ao álbum:Núcleo MMDC no RPMon.
Neste dia 04 de fevereiro de 2015 foi inaugurado o "Núcleo MMDC" no Regimento de Polícia Montada 9 de Julho.É mais um importante marco na história desta centenária Unidade, uma vez que a Revolução Constitucionalista de 1932 emprestou seu nome ao Regimento, especialmente à data "9 de Julho". É um acontecimento ímpar que muita honra nos traz, pois a importância daquela Revolução - sem qualquer dúvida -mudou os rumos do Brasil.
Fato é que este imortal Regimento teve participação intensa e importante nos dias que transcorreram daquele movimento social e é esse o liame - ou vínculo - que trouxe o novo Núcleo MMDC para este quartel: o fato passado que levou o Brasil a novos caminhos, reencontrando-se no presente e caminhando para o futuro.Além da presença do comandante do RPMon 9 de julho, o Ten Cel PM Sardilli, o evento foi abrilhantado pela presença do sr. Cel PM Mário Fonseca Ventura, Presidente da Associação de Veteranos de 32 - MMDC.

Natural de FRANCA, o CORONEL ARLINDO DE OLIVEIRA teve uma notável folha de serviço prestada a São Paulo e à Nação. Tendo assentado praça na FORÇA PÚBLICA a 12 de dezembro de 1911, foi promovido a 2º TENENTE em 1916, quando foi Aluno da MISSÃO MILITAR FRANCESA; 1º TENENTE em 1924; CAPITÃO em 1927; MAJOR em 1930; TENENTE-CORONEL em 1933 e CORONEL em 1934.
Comandou o Regimento de Cavalaria da Força Pública de 32 a 34, quando assumiu o Comando Geral da Milícia sob o governo de ARMANDO DE SALLES OLIVEIRA. Foi Chefe da Inspetoria da FORÇA PÚBLICA e Juiz do Superior Tribunal Militar da FORÇA PÚBLICA, ali permanecendo até 18 de março de 1940, quando passou para a reserva.
Foi condecorado com a ORDEM DE LEOPOLDO II, da BÉLGICA e com a Medalha do Mérito. Já em 1922 participou ativamente da conspiração que o levou ao FORTE DE COPACABANA. Teve participação intensa na REVOLUÇÃO DE 1924 quando desenvolveu importante atuação na tomada de São Paulo pelos revolucionários, nos combates com as forças adversárias que se seguiram, e no comando da retaguarda cobrindo a retirada de companheiros quando estes decidiram abandonar a capital paulista para evitar o morticínio da população.
Em 1922 participou da revolução, retornando depois de alguns anos de exílio às fileiras da Força Pública com a patente de MAJOR.
Entretanto, sua participação Militar mais importante como revolucionário ocorreu em 1932 tendo participado ativamente da preparação da revolução, o TENENTE-CORONEL ARLINDO DE OLIVEIRA, depois de uma breve passagem pela PRAÇA DE SANTOS, foi enviado após o trágico desaparecimento do CORONEL JÚLIO MARCONDES SALGADO, para ITAPETININGA na coluna de revolucionários Paulistas, que ali se encontrava em situação desesperadora.
Foi aí que o CORONEL ARLINDO DE OLIVEIRA teve a oportunidade de demonstrar seus profundos conhecimentos de tática e estratégia, aliados à sua coragem pessoal, onde conseguiu fazer com que as forças constitucionalistas, em inferioridade numérica, mal equipada e mal armada, parassem com o avanço da coluna adversária e ainda desfechasse uma contra-ofensiva. Foi ferido duas vezes na Revolução de 32, na mão e na cabeça, antes de ser aprisionado pelos governamentais.
Seu valor e coragem foram reconhecidos posteriormente quando foi designado para assumir o Comando do REGIMENTO DE CAVALARIA e ainda, para assumir o COMANDO GERAL DA FORÇA PÚBLICA.

(Artigo enviado pelo MAJOR PM RONALDO DE OLIVEIRA, ASPIRANTE DE 1985 e sobrinho-neto do CORONEL ARLINDO DE OLIVEIRA).   
O Presidente do Núcleo MMDC "CORONEL ARLINDO DE OLIVEIRA", TENENTE-CORONEL PM ALBERTO MALFI SARDILLI tem o seguinte currículo: Nascido em 1969, ingressou na Polícia Militar em fevereiro de 1985, sendo declarado Aspirante à Oficial em 1989. Classificado no RPMon "9 de Julho", desempenhou as funções de Comandante de Pelotão de Tropa Montada até 1992. Atuou de 1992 a 1997 no 2º Batalhão de Polícia de Choque, onde desempenhou as funções de comandante de pelotão de Choque. Movimentado em 1997 para a Casa Militar, desempenhou até 2004 as funções de Chefe de Equipe Operacional, Diretor de Segurança Pessoal e Ajudante de Ordens do Governador do Estado de São Paulo.
No período entre 2004 a 2006, serviu no 1º Batalhão de Polícia de Choque – ROTA, onde exerceu as funções de Comandante de Companhia.
De 2006 a 2009 serviu no Comando de Policiamento de Choque, onde desempenhou suas funções na área de Inteligência policial e Geoprocessamento.
Em 2009 foi novamente classificado na Casa Militar, onde desempenhou as funções de Ajudantes de Ordens do Governador e Diretor do Departamento de Segurança Comunitária e de Dignitários. Promovido a Tenente Cel PM em 24 de Maio de 2014, foi classificado como Comandante no Regimento de Polícia Montado "9 de Julho". Possui graduação e mestrado em Ciências Policiais de Segurança e Ordem Pública; Realizou o Curso Superior de Polícia na Polícia Militar de Pernambuco em 2013. Possui bacharelado e pós-graduação em Direito e Ciências Jurídicas, além de Curso de Técnica de Ensino e Curso de Controle de Distúrbios Civis. Possui a Láurea de Mérito pessoal em 1º Grau.
Acompanhado do FERNANDO MORENO, deixamos o Regimento de Polícia Montada "9 de Julho" e vamos à Capelania SANTO EXPEDITO. Ali é rezada a missa de 7º dia por intenção da alma do TENENTE-CORONEL PM WÁLTER CASTRO GARCIA. Notamos as presenças do CORONEL Méd PM ROBERTO, do TENENTE-CORONEL PM CHAMMAS, Chefe do Centro Odontológico da PMESP, vários oficiais do Centro de Reabilitação da PM e também de sua turma, como é o caso do CORONEL PM EVANDRO. São momentos tristes em que lembramos do Presidente do Núcleo "GENERAL EUCLYDES FIGUEIREDO", que muito fez pela Sociedade Veteranos de 32-MMDC.
Ainda passo pelo CORPO MUSICAL a fim de solicitar o empenho da banda de música para a solenidade de 15 de março, no PARQUE GINO STRUFFALDI.
Passo pelo 2º BPChq e, ali, "mato" a saudade do prédio que me acolheu como ASPIRANTE A OFICIAL em setembro de 1963 (quando ali estava instalado o BATALHÃO DE GUARDAS) e que depois retornei em novembro de 1986, como Comandante do 2º BPChq. Converso com o MAJOR PM ROGÉRIO, que está no Comando Interino. 

DIA 5 DE FEVEREIRO
Passo pelo 1º BPChq. Converso com o Comandante TENENTE-CORONEL PM CARLOS TENÓRIO DE ALMEIDA,  com o Subcomandante MAJOR PM FERNANDO ALENCAR MEDEIROS e vários oficiais da Unidade. Fica acertada a data de 24 de fevereiro para a formalização do Núcleo MMDC "CORONEL PEDRO DIAS DE CAMPOS". Os oficiais do 1º BPChq viram pela internet as fotos de ontem, no Regimento de Polícia Militar "9 de Julho", por ocasião da instituição do Núcleo MMDC "CORONEL ARLINDO DE OLIVEIRA".
Ainda passo pelo Corpo de Bombeiros. Ali converso com vários oficiais e vou almoçar com FERREIRA na AOMESP. Por volta das 13:30 horas estou embarcando no ônibus CHÁCARA SANTANA para ir ao Obelisco do Ibirapuera. MARINEI está em companhia do seu filho LUCAS. Ela me põe a par de uma situação nada agradável. A Sociedade encontra-se no vermelho por causa de maus associados que não cumprem com a obrigação de pagar em dia as mensalidades. Precisamos elaborar um documento solicitando doações para amenizar um pouco a situação delicada do MMDC.
Por causa do tempo chuvoso não temos muitas visitas ao Monumento Mausoléu ao Soldado Constitucionalista de 32 nesta quarta-feira.

6 DE FEVEREIRO
Tenho dificuldades de ir nesta tarde para o OBELISCO, mas vale a pena comparecer à Sociedade, pois tenho uma reunião como RICARDO DELLA ROSA, ANTÔNIO CARLOS ARISTIDES e ALEXANDRE CASTILHO. Exponho a ele as imensas dificuldades que o MMDC atravessa com relação ao Monumento Mausoléu ao Soldado Constitucionalista de 32. Um deles é a falta de monitoramento às visitas que comparecem de terça a domingo no Obelisco. Não temos intérpretes e isso cria certo constrangimento para nós, uma vez que os estrangeiros querem saber da história e não há meios de desenvolver isso. RICARDO, ALEXANDRE e ARISTIDES prontificaram-se a colaborar com os problemas da Sociedade.
Também comparece uma filha de um combatente e quer saber dos possíveis direitos que ela tem, financeiramente falando. Mas nada tem para provar que o pai pertenceu ao Movimento Constitucionalista de 32. Não sabe nem onde ele lutou, mas fala que o velho contava fatos do Exército, relacionados com CAÇAPAVA. Depois pertenceu à Guarda Noturna, Guarda Civil e, finalmente, Polícia Militar, por ocasião da fusão Força Pública e Guarda Civil, em 1970. Ele faleceu em 1991.
Essas visitas ocupam toda a tarde. Acontece que tanto a MARINEI, como eu, temos compromissos para logo mais. Assim é que despedimos do RICARDO, ALEXANDRE e ARISTIDES, a fim de enfrentar um trânsito moroso por causa do tempo chuvoso. MARINEI e LUCAS vão me deixar na VOLUNTÁRIOS DA PÁTRIA, defronte à Associação dos Dentistas. No teatro dessa Associação vai acontecer a festa de colação de grau dos novos advogados da DAMÁSIO DE JESUS. Como chego cedo, posso observar e acompanhar toda a movimentação dos formandos e seus parentes e convidados. Encontro em seguida com o SIDNEI LOBO PEDROSO, que hoje cola grau. Ele está eufórico e recebe os seus convidados, fazendo questão de tirar as fotografias com todos eles. Apresenta-me professores e colegas que estão se formando também. Há uma alegria contagiante nesse ambiente, onde já tinha comparecido por ocasião da colação de grau de seu filho. Agora é o pai, aos 56 anos de idade.
Mas a solenidade demora para começar e as horas vão passando rapidamente, comprometendo o seu retorno para GUARULHOS. Não posso ficar até o final da festa. Mesmo assim ainda vou aguardar a chegada do ônibus numa fila muito extensa, por quase uma hora.    
Por volta das 23 horas, assim que chego em casa, vejo pela internet que RICARDO DELLA ROSA já contactou com o Cmt Geral, através de e-mail, sobre a conversa que tivemos nesta tarde, no Monumento Mausoléu ao Soldado Constitucionalista:
Visitas monitoradas no Obelisco do Ibirapuera
Boa tarde CEL Gambaroni,
Tudo OK por aí?
Estou escrevendo para compartilhar uma idéia a respeito de um pedido que o CEL Ventura, da Sociedade Veteranos de 32 me fez. 
A questão é atender a demanda de informações históricas a respeito do Obelisco do Ibirapuera, visto que inúmeros visitantes passam por lá e gostariam de saber mais a respeito da Revolução de 32, do mausoléu e dos Heróis que ali repousam.
Minha sugestão então foi que eu poderia conduzir mensalmente uma visita guiada para grupos de interessados no tema.
A estrutura do Obelisco hoje já está diariamente aberta aos visitantes, então nada mudaria - sendo que através do meu blog posso fazer a divulgação dessas visitas. Inicialmente eu pensei em realizá-las todo último sábado do mês, a começar pelo dia 28 de fevereiro.
Você sabe a seriedade e o carinho com os quais conduzo minhas pesquisas sobre a história militar paulista.
Acho que posso contribuir para tornar aquele local sagrado mais visível e próximo dos paulistas e brasileiros.
Caso a experiência seja positiva, e eu acredito que será, podemos aos poucos incrementar as visitas com a participação dos cadetes do Barro Branco, com a Banda da Polícia Militar entre inúmeras outras atividades aproximando a PM e a população. Tenho além do trabalho com o blog, realizado exposições em diversos batalhões: Dia 11 agora farei uma exposição em Santo André para o 41 BPM/M. Fico muito feliz em poder colaborar na manutenção desta história que é de todos nós.
Fico à sua disposição para apresentar o roteiro que preparei para as visitas no Obelisco, ou atender a qualquer solicitação a respeito das informações que serão transmitidas, além de solicitar apoio na divulgação das visitas.
Um grande abraço,
Ricardo Della Rosa

9 DE FEVEREIRO
Dia de manutenção no Obelisco do Ibirapuera. A Sociedade Veteranos de 32-MMDC também não atende ao povo às segundas-feiras em sua sede, agora, no Monumento Mausoléu ao Soldado Constitucionalista de 32, mas procura trabalhar em vários pontos da cidade. Assim é que hoje tenho um compromisso importante na Câmara Municipal da Cidade de São Paulo. O Vereador CORONEL PM TELHADA irá entregar o Título de Cidadão Paulistano ao Professor ADILSON CÉZAR. Se há uma pessoa que merece essa distinta homenagem é justamente o Presidente do Instituto Histórico, Geográfico e Genealógico de SOROCACA. Ele também é o Presidente do Conselho de Honrarias e Mérito do Palácio do Governo. Conheço o Professor ADILSON há vários anos e vejo nele uma pessoa dedicadíssima aos princípios que o norteiam na vida. Possuidor de alta cultura, por outro lado é discretíssimo e não faz alarde dos títulos que já obteve. É com imensa satisfação que mais tarde irei comparecer à sessão solene nesta noite.
Passo pelo Corpo de Bombeiros, pela antiga sede da Sociedade, à ANITA GARIBALDI, 25, agora com novo aspecto, recuperada das dezenas de trincas causadas pelas constantes infiltrações de água. Agora sob os cuidados da Fundação dos Bombeiros, em dois meses, conseguiu recuperar o prédio. Também estive no restaurante O MARQUÊS, na Avenida LIBERDADE, a convite do MAURO, que trabalha numa agência da Caixa Econômica, bem perto desse restaurante. Outras pessoas convidadas estão conosco: FERREIRA, MAURÍCIO e sua esposa MANUELA.
Com isso, as horas passam e, por volta das 19:30 horas, estou na Câmara Municipal de São Paulo. Ali me encontro com o CORONEL PM ANTÔNIO CARLOS MENDES, CLEUSA BADANAI, MARIA CECÍLIA NACLÉRIO HOMEM, MARCELO IQEUTI, ÉRICO, SARGENTO TARCÍSIO, com os familiares do Professor ADILSON (sua mãe, sua esposa, sua filha), autoridades de vários setores da cidade de São Paulo  e uma caravana vinda de SOROCABA para prestigiar essa ilustre personalidade desse município.
Brilhante, sob todos os pontos de vista, o discurso do Professor ADILSON CÉZAR, orgulhoso por receber o Título de Cidadão Paulistano. Fala também o vereador JOSÉ CRESPO, de SOROCABA e o Vereador CORONEL PM TELHADA encerra com chave de ouro a sessão solene.
CORONEL PM MENDES deixa-me na ARMÊNIA. Ele está em campanha nas eleições maçônicas para a escolha do novo GRÃO-MESTRE do GRANDE ORIENTE em SÃO PAULO. Seu candidato é o venerável BALLOUGH, que já foi GRÃO-MESTRE na gestão passada.    
10 DE FEVEREIRO
Pego o ônibus CHÁCARA SANTANA e, às 14:15 horas estou no Obelisco do Ibirapuera. MARINEI está com o LUCAS e uma outra parente. Ela comprou para mim um celular da SAMSUNG e prepara o aparelho para meu uso. Vou "aposentar" o velhinho BLACK-BARRY, bem arcaico, que não tinha muita utilidade. Até me acostumar com o celular novo vou "apanhar" um pouco.
Por volta das 16 horas, retornamos a GUARULHOS. Hoje não temos muitas novidades no Monumento Mausoléu ao Soldado Constitucionalista de 32.
Recebo um convite para estar amanhã, às 19:30 horas no décimo aniversário do 41º BPMM, no Teatro Municipal de Santo André.

13 DE FEVEREIRO
O TRIBUNAL DE JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO tem a honra de convidar Vossa Excelência para a solenidade comemorativa do 78º aniversário da Corte, na qual haverá a outorga do Colar e da Medalha da Ordem do Mérito Judiciário Militar Paulista, a realizar-se às 11:00 horas do dia 13 de fevereiro de 2015, na Rua Dr. Vila Nova nº 285, São Paulo/SP.

COLAR DO MÉRITO JUDICIÁRIO MILITAR
JOSÉ ANTÔNIO DIAS TOFFOLI - Ministro do Superior Tribunal Federal e Presidente do Tribunal Superior Eleitoral;
PAULO DIAS DE MOURA RIBEIRO - Ministro do Superior Tribunal de Justiça;
FÁBIO PRIETO DE SOUZA - Presidente do Tribunal Regional Federal da 3ª Região;
EDGARD CAMARGO RODRIGUES - Presidente do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo;
EROS PICELI - Vice-presidente do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo;
FLÁVIO ALLEGRETTI DE CAMPOS COOPER - Ex-presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região;
HENRIQUE NELSON CALANDRA - Desembargador do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo;
SÓCRATES EDGARD DOS ANJOS - Presidente do Tribunal de Justiça Militar do Estado de Minas Gerais;
MARCOS DA COSTA - Presidente da Ordem dos Advogados do Brasil - Seção São Paulo;
PAULO LÉBEIS BOMFIM - Décano da Academia Paulista de Letras;
ANDRÉ RAMOS TAVARES - Jurista e Professor Universitário;
SAMUEL MOREIRA DA SILVA JÚNIOR - Presidente da Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo;
OLYMPIO PEREIRA DA SILVA JÚNIOR - Ministro do Superior Tribunal Militar;
ANTÔNIO CARLOS MATHIAS COLTRO - Presidente do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo;
ELIVAL DA SILVA RAMOS - Procurador Geral do Estado de São Paulo;
MARIA DORALICE NOVAES - Ex-Presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região;
ALCEU PENTEADO NAVARRO - Ex-Presidente do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo;
ARMANDO SÉRGIO PRADO DE TOLEDO - Desembargador do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo;
NELSON GONZAGA DE OLIVEIRA - Corregedor-Geral do Ministério Público do Estado de São Paulo;
SÉRGIO ROSENTHAL - Presidente da Associação dos Advogados de São Paulo;
MANUEL ALCEU AFFONSO FERREIRA - Advogado;
ÉDSON ANTÔNIO MIRANDA - Presidente do Capítulo São Paulo da Federação Interamericana de Advogados.

MEDALHA DO MÉRITO JUDICIÁRIO MILITAR

JOÃO CAMILO PIRES DE CAMPOS - General de Exército Comandante Militar do Sudeste;
DÉBORAH CIOCCI - Conselheira do Conselho Nacional de Justiça;
MARCELO KANITZ DAMASCENO - Major-Brigadeiro-do-Ar Comandante do IV COMAR;
ARTUR MARQUES DA SILVA FILHO - Presidente da Seção de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo;
RICARDO MAIR ANAFE - Presidente da Seção de Direito Público do Tribunal de Justiça de São Paulo;
MÁRIO DEVIENNE FERRAZ - Vice-Presidente e Corregedor do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo;
MARIA CRISTINA ZUCCHI - Desembargadora do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo;
MARCO ANTÔNIO MARQUES DA SILVA - Desembargador do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo;
JAYME MARTINS DE OLIVEIRA NETO - Presidente da Associação Paulista de Magistrados;
EDMUNDO FRANCA DE OLIVEIRA - Presidente da Associação dos Magistrados da Justiça Militar da União;
CLÊNIO JAIR SCHULZE - Juiz Federal do Tribunal Regional Federal da 4ª Região;
MÁRCIO ANTÔNIO BOSCARO - Juiz de Direito do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo;
JORGE CÉSAR ASSIS - Promotor de Justiça Militar da União;
FRANCIANE FÁTIMA MARQUES - Presidente da Associação Paulista dos Defensores Públicos;
IVAN GOMES BONIFÁCIO - Secretário de Desenvolvimento Institucional do Conselho da Justiça Federal;
HAMILTON ELLIOT ACKEL - Corregedor Geral da Justiça do Estado de São Paulo;
LISEO ZAMPRÔNIO - Vice-Almirante Comandante-em-Chefe da Esquadra da Marinha do Brasil;
WILSON PEREIRA DE LIMA FILHO - Vice-Almirante Comandante do 8º Distrito Naval;
GERALDO FRANCISCO PINHEIRO FRANCO - Presidente da Seção de Direito Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo;
SÉRGIO JACINTHO GUERRIERI REZENDE - Desembargador Decano do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo;
ROQUE ANTÔNIO MESQUITA DE OLIVEIRA - Ex-Presidente da Associação Paulista de Magistrados;
ZÉLIA MARIA ANTUNES ALVES - Desembargadora do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo;
WALDIR SEBASTIÃO DE NUEVO CAMPOS JÚNIOR - Desembargador do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo;
JOSÉ CARLOS COUTO DE CARVALHO - Subprocurador Geral da Justiça Militar da União;
JOSÉ ROGÉRIO CRUZ E TUCCI - Diretor da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo;
CARLOS VIEIRA VON ADAMEK - Juiz de Direito do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo;
FERNANDO FIGUEIREDO BARTOLETTI - Juiz de Direito do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo;
MÁRIO FONSECA VENTURA - Coronel PM Presidente da Sociedade Veteranos de 32-MMDC;
MARCELO KNOPFELMACHER - Presidente do Movimento de Defesa da Advocacia;
JOÃO CARLOS DIAS - Diretor do Jornal Semanário da Zona Norte. 

 MARINEI chega pontualmente, conforme combinamos, às 8 horas. Apesar do trânsito um tanto quanto complicado na VIA DUTRA, vamos chegar ao Tribunal de Justiça Militar bem antes do horário de início da solenidade. Isso permite que o CABO PM WANDER CHALOUB, esposo da MARINEI, mantenha um contato conosco, inclusive tomando um café bem próximo ao TJM.
Somos uns dos primeiros a chegar. Apenas ganha de nós o JOÃO CARLOS DIAS, diretor do SEMANÁRIO DA ZONA NORTE, e sua equipe. Também já se encontra presente o CORONEL PM KENJI KONISHI e o ex-presidente do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo, ALCEU PENTEADO NAVARRO. Com o decorrer da hora, os homenageados vão chegando e o espaço vai ficando cada vez mais pequeno. Cumprimentamos o Presidente do TJM, Juiz PAULO ADIB CASSEB e os demais juízes: CORONÉIS PM CLÓVIS SANTINON, AVIVALDI NOGUEIRA, FERNANDO PEREIRA, ORLANDO EDUARDO GIRALDI e PAULO ANTÔNIO PRAZAK. O Comandante Geral, CORONEL PM RICARDO GAMBARONI e CORONÉIS PM DIMÍTRIOS FYSKATORIS, AUDI ANASTÁCIO FÉLIX, FRANCISCO ALBERTO AIRES MESQUITA, WASHINGTON LUIZ GONÇALVES PESTANA, IEROS ARADZENKA, REYNALDO SIMÕES ROSSI, ROGÉRIO BERNARDES DUARTE se fazem presentes ao ato.
Às 11 horas, somos conduzidos para o salão nobre do TJM, onde acontece a solenidade comemorativa do 78º Aniversário da Corte e a entrega do COLAR  e da MEDALHA DA ORDEM DO MÉRITO JUDICIÁRIO MILITAR PAULISTA.

PODER JUDICIÁRIO
JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO

O Tribunal de Justiça Militar do Estado de São Paulo, de acordo com a indicação do Conselho de Honraria e decisão unânime do Tribunal Pleno, confere ao Coronel PM
MARIO FONSECA VENTURA
a
Medalha do Mérito Judiciário Militar Paulista

São Paulo, 13 de fevereiro de 2015

                                                                                              Paulo Adib Casseb
                                                                                                           Presidente
Sinto que não mereço a condecoração, mas sim a Sociedade Veteranos de 33-MMDC. Por ser o atual presidente da Instituição, estou sendo condecorado hoje. Por isso, dedico a honraria a toda a diretoria do MMDC.
No final da entrega das honrarias, fazem uso da palavra o presidente do TJM, Juiz PAULO ADIB CASSEB; o Presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Seção São Paulo, doutor MARCOS DA COSTA; o Presidente da ALESP, CHICO SARDELLI; o Presidente do Tribunal de Justiça, desembargador PAULO RENATO NALINI; o Ministro do Superior Tribunal Federal e Presidente do Tribunal Superior Eleitoral, JOSÉ ANTÔNIO DIAS TOFFOLI. Notamos também a presença do Ministro das Cidades, GILBERTO KASSAB.
Podemos contactar com várias autoridades, principalmente após a realização da solenidade, num ambiente descontraído, onde é servido um coquetel. Mas as horas passam muito depressa e sei que a MARINEI pretende viajar ainda hoje para o litoral. Retornamos para GUARULHOS e o trânsito na MARGINAL TIETÊ e na VIA DUTRA está demonstrando o congestionamento dos veículos que já estão deixando a cidade de São Paulo para o laser do feriado de cinco dias. 
Ministro José Antônio Dias Toffoli, Paulo Casseb, presidente do T
Ministro José Antônio Dias Toffoli, Paulo Casseb, presidente do TJMSP, e Zacarias Pagnanelli. (FOTO: TJMSP)
JMSP, e Zacarias Pagnanelli. (FOTO: TJMSP)
O Tribunal de Justiça Militar do Estado de São Paulo, responsável por processar e julgar os crimes cometidos por policiais militares, realizou na manhã desta sexta-feira (13) a solenidade comemorativa ao 78º aniversário da Corte. Durante a cerimônia foram entregues os Colares e as Medalhas do Mérito Judicial Militar. O ministro do Supremo Tribunal Federal e presidente do Tribunal Superior Eleitoral, José Antônio Dias Toffoli; o ministro do Superior Tribunal de Justiça Paulo Dias de Moura Ribeiro; o presidente do Tribunal Regional Federal da 3ª Região, Fábio Prieto; o presidente da seccional paulista da Ordem dos Advogados do Brasil, Marcos da Costa; a conselheira do Conselho Nacional de Justiça Deborah Ciocci; o Corregedor-Geral de Justiça do Estado de São Paulo, Hamilton Elliot Ackel; o diretor da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, José Rogério Cruz e Tucci; e o presidente do Movimento de Defesa da Advocacia, Marcelo Knopfelmacher foram alguns dos agraciados. O diretor executivo nacional de relações institucionais, Zacarias Pagnanelli esteve presente representando o presidente da Rede Record, Luiz Cláudio Costa.
O Defensor Público-Geral de SP, Rafael Valle Vernaschi, esteve presente na solenidade comemorativa do 78º aniversário do Tribunal de Justiça Militar do Estado (TJM), realizada na manhã desta sexta-feira (13/2). Na ocasião, o Tribunal outorgou a Medalha do Mérito Judiciário Militar Paulista à Defensora Pública Franciane de Fátima Marques, Presidente da Associação Paulista de Defensores Públicos (Apadep), entre outros homenageados. Também estiveram presentes o Ministro do Supremo Tribunal Federal José Antônio Dias Toffoli; o Ministro do Superior Tribunal de Justiça Paulo Dias de Moura Ribeiro; o Presidente do TJM, Paulo Adib Casseb; o Presidente do Tribunal de Justiça de SP, José Renato Nalini; o Ministro das Cidades, Gilberto Kassab; o Presidente da Alesp, Chico Sardelli, além de outros Desembargadores, Advogados e Juristas.

Por Patrícia Campos de Sousa, com informações e fotos de
Ricardo Nonato Ramos, da Assessoria de Imprensa do TJMSP
O desembargador Flavio Allegretti de Campos Cooper, ex-presidente do TRT-15 (biênio 2012-2014), foi agraciado nesta sexta-feira (13/2) com o Colar da Ordem do Mérito Judiciário Militar Paulista. A homenagem foi prestada durante solenidade comemorativa do 78º aniversário do Tribunal de Justiça Militar do Estado de São Paulo, realizada em sua sede, na capital paulista. O atual presidente do Regional Trabalhista, desembargador Lorival Ferreira dos Santos, e seu colega Fernando da Silva Borges prestigiaram o evento, que contou com a presença de dirigentes de vários tribunais e de diversas autoridades civis e militares.
Entre as personalidades homenageadas pelo TJMSP, pela contribuição prestada ao trabalho desenvolvido pelo Tribunal, incluem-se o ministro do Supremo Tribunal Federal e presidente do Tribunal Superior Eleitoral, José Antônio Dias Toffoli, o ministro do Superior Tribunal de Justiça, Paulo Dias de Moura Ribeiro, o presidente do Tribunal Regional Federal da 3ª Região, Fábio Prieto de Souza, o presidente do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, Edgard Camargo Rodrigues, o presidente do Tribunal de Justiça Militar do Estado de Minas Gerais, Sócrates Edgard dos Anjos, o comandante do Comando Militar do Sudeste, general João Camilo Pires de Campos, o comandante-em-chefe da Esquadra da Marinha do Brasil, vice-almirante Liseo Zampronio, o comandante do 8º Distrito Naval, vice-almirante Wilson Pereira de Lima Filho, o presidente da Seção São Paulo da Ordem dos Advogados do Brasil, Marcos da Costa, e o presidente da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, deputado Samuel Moreira da Silva Júnior.
Ao abrir a cerimônia, o presidente do TJMSP, Paulo Adib Casseb, agradeceu a presença de todos e o trabalho desenvolvido pelos servidores do Tribunal. "A Justiça Militar tem feito de tudo para atender os anseios da sociedade e cumprir seu papel no Judiciário, que é de celeridade e modernidade, com ações cada vez mais atentas às exigências do momento atual."


19 DE FEVEREIRO DE 2015      :     -    QUINTA-FEIRA
GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO
GABINETE DO GOVERNADOR - CASA MILITAR
COORDENADORIA ESTADUAL DA DEFESA CIVIL

A Sua Senhoria o Senhor Cel PM MÁRIO FONSECA VENTURA,
DD PRESIDENTE DA SOCIDADE VETERANOS DE 32-MMDC

Tenho a grata satisfação de comunicar que Vossa Senhoria foi agraciado com a "MEDALHA DA DEFESA CIVIL".

Tal honraria foi instituída pelo Decreto Estadual nº 26;956. de 6 de março de 1987 e destina-se a homenagear pessoas físicas e jurídicas que comprovadamente tenham colaborado de forma expressiva com as ações de Defesa Civil.

Assim sendo, cumprimentando-o pela honrosa distinção, convido-o para solenidade de entrega da condecoração, conforme dados abaixo:

Data: 19 de fevereiro de 2015, às 10 h.

Local: Palácio dos Bandeirantes - Gabinete da Casa Militar Endereço: Av. Morumbi, 4.500, Morumbi - São Paulo - SP

JOSÉ ROBERTO RODRIGUES DE OLIVEIRA

CORONEL PM SECRETÁRIO-CHEFE DA CASA MILITAR COORDENADOR ESTADUAL DA DEFESA CIVIL.



Resolução CMIL 1-640 - Cedec/2015 - Concessão da Medalha de Defesa Civil do Estado de São Paulo

Dispõe sobre a concessão da Medalha de Defesa Civil do Estado de São Paulo à personalidade que especifica
O Secretário-Chefe da Casa Militar e coordenador estadual de Defesa Civil
Considerando o disposto no Decreto nº 50.555, de 21 de fevereiro de 2006, que instituiu a Medalha da Casa Militar do Gabinete do Governador; e Considerando a indicação do Conselho da Medalha e o Parecer favorável do Conselho Estadual de Honrarias e Mérito, resolve:
Artigo 1º - Fica concedida a Medalha da Casa Militar do Gabinete do Governador às seguintes personalidades:
1.Vice-Almirante Wilson Pereira de Lima Filho, Comandante do 8º Distrito Naval;
2.General-de-Exército João Camilo Pires de Campos, Comandante Militar do Sudeste;
3.Major-Brigadeiro-do-Ar Marcelo Kanitz Damasceno, Comandante do IV Comando Aéreo Regional;
4.Juiz Paulo Adib Casseb, Presidente do Tribunal de Justiça Militar do Estado de São Paulo;
5.Patrícia Faga Iglecias Lemos, Secretária de Estado do Meio Ambiente;
6.Marcos Antônio Monteiro, Secretário de Estado de Planejamento e Gestão;
7.Rodrigo Antônio Ferreira Foster Soares Moratelli, Secretário de Estado de Defesa Civil de Santa Catarina;
8.Cláudio Matarazzo, Secretário Particular do Governador do Estado de São Paulo;
9.Procuradora do Estado Ruth Helena Pimentel de Oliveira, Assessora Chefe Substituta da Assessoria Jurídica do Governo do Estado de São Paulo;
10. Dra Karla Bertocco Trindade, Secretaria de Governo;
11. Dilze Onilda de Lima, Subsecretária de Ações Estratégicas;
12. Coronel PM Mário Fonseca Ventura, Presidente da Sociedade Veteranos de 32;
13. Coronel PM Francisco Alberto Aires Mesquita, Subcomandante da Polícia Militar do Estado de São Paulo;
14. Coronel PM Roberto Rodrigues Junior, Diretor de Saúde;
15. Coronel PM Cassio Roberto Armani, Coordenador Operacional do Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo;
16. Coronel PM Walter Martins de Lima;
17. Coronel PM Roberto Montgomery Soares, Coordenador Municipal de Defesa Civil de Sorocaba e Assessor Técnico da Secretaria de Governo e Segurança Comunitária;
18. Coronel João Batista Monteiro Júnior;
19. Laurence Casagrande Lourenço, Diretor-Presidente da DERSA - Desenvolvimento Rodoviário S/A;
20. Tenente Coronel PM Eduardo Righi, Diretor do Departamento de Segurança Comunitária e de Dignitários da Casa Militar do Gabinete do Governador;
21. Tenente Coronel PM Vagner Bernardo Maria, Diretor do Departamento de Administração da Casa Militar do Gabinete do Governador;
22. Tenente Coronel PM João Silva Soares Castilho, Subchefe do Centro de Inteligência da Polícia Militar do Estado de São Paulo;
23. Tenente Coronel BM Élcio Alves Barbosa, Diretor do Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres – CENAD;
24. Professor Dr Carlos Augusto Morales Rodriguez, Departamento de Ciências Atmosféricas do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas da Universidade de São Paulo;
25. Major PM Vinicius Ferreira Paulino Filho, da Casa Militar do Gabinete do Governador;
26. Major PM Daniel Tenório dos Santos, Coordenador Regional Adjunto de Defesa Civil da Baixada Santista - REDEC/I-2;
27. Major PM Miguel Angelo de Campos, Coordenador Regional de Defesa Civil de Sorocaba - REDEC/I-4;
28. Major PM Humberto Shigueo Shirotori, Coordenador Regional de Defesa Civil de Araçatuba - REDEC/I-9;
29. Major PM Fernando Marcos Bigeschi, Coordenador Regional de Defesa Civil de Marília - REDEC/I-11;
30. Satoshi Murosawa, Representante Chefe do Escritório da JICA no Brasil;
31. Frederico Ferreira Pedroso, Consultor para Gestão de Riscos e Desastres do Departamento de Desenvolvimento Sustentável do Banco Mundial;
32. Capitão PM Edson Gomes de Souza Junior, Departamento de Segurança Comunitária e de Dignitários da Casa Militar do Gabinete do Governador;
33. Capitão PM Gilberto Tsutomu Ito, do 17º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano;
34. Capitão PM Ivam Luiz Godinho, Coordenador Regional Adjunto de Defesa Civil de Sorocaba - REDEC/I-4;
35. Capitão PM Elton Marcel Dorce, Coordenador Regional de Defesa Civil de Guarulhos - REDEC/M-3;
36. 1º Tenente PM Alisson Bordwell da Silva, Regimento de Polícia Montada "9 de julho";
37. 1º Tenente PM Renan Souza, Departamento de Defesa Civil da Casa Militar do Gabinete do Governador;
38. Engenheiro Hiromiti Nakao, Consultor do Departamento de Estradas de Rodagem – DER;
39. Maria Cecília de Toledo Damasceno, Assistente Técnica do Gabinete do Secretário de Estado da Saúde de São Paulo;
40. Engenheiro João Cesar Queiroz Prado, Superintendente Regional da SABESP - Baixada Santista;
41. Demerval Aparecido Gonçalves, Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais – CEMADEM;
42. Suzy Arcanjo Tristão, Subsecretaria de Comunicação da Casa Civil;
43. Subtenente Celso Luis da Silva, Departamento de Segurança Comunitária e de Dignitários da Casa Militar do Gabinete do Governador;
44. 1º Sargento PM Cristiane Rodrigueiro Fernandes, Departamento de Administração da Casa Militar do Gabinete do Governador;
45. 1º Sargento PM Claudia de Almeida Ribino, Departamento de Administração da Casa Militar do Gabinete do Governador;
46. 1º Sargento PM Almir dos Santos Cardoso, Departamento de Defesa Civil da Casa Militar do Gabinete do Governador;
47. 1º Sargento PM Dario da Rocha, Departamento de Defesa Civil da Casa Militar do Gabinete do Governador;
48. 1º Sargento PM Roberto Carlos Policarpo, Departamento de Segurança Comunitária e de Dignitários da Casa Militar do Gabinete do Governador;
49. 1º Sargento PM Pedro Aguiar Dias;
50. Rafael Rios, Cerimonial do Governo do Estado de São Paulo;
51. Carla Domingues Costa, Diretora da Seção de Atos da Assessoria Técnica do Governo;
52. Vanderlei de Oliveira França, Assessor de Comunicação da Secretaria da Saúde;
53. Cabo PM Sandro Diego Navarro, Departamento de Defesa Civil da Casa Militar do Gabinete do Governador;
54. Cabo PM Eduardo Luiz Maricatto, Departamento de Segurança Comunitária e de Dignitários da Casa Militar do Gabinete do Governador;
55. Soldado PM Lilian Maria de Oliveira Euclides, Departamento de Defesa Civil da Casa Militar do Gabinete do Governador;
56. Soldado PM Caio de Moura Navas, Departamento de Administração da Casa Militar do Gabinete do Governador;
57. Adalberto Ferreira Barbosa, Departamento de Defesa Civil da Casa Militar do Gabinete do Governador;
58. Marta Pereira Lima, Departamento de Administração da Casa Militar do Gabinete do Governador.
Artigo 2º - Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação.

Às 8 horas, MARINEI chega com seu carro para me levar ao Palácio dos Bandeirantes, conforme combinamos na última sexta-feira, dia 13. Em vez de ir diretamente para o Monumento Mausoléu ao Soldado Constitucionalista de 32 vai me fazer a gentileza de me ajudar a cumprir esse compromisso de ir até a CASA MILITAR do Governo do Estado, a fim de ser condecorado com a MEDALHA DA DEFESA CIVIL. Também vai comparecer ao ato o FERNANDO MORENO. Ambos me ajudam a divulgar a Sociedade Veteranos de 32-MMDC nesta manhã.
O CORONEL PM JOSÉ ROBERTO RODRIGUES DE OLIVEIRA, Secretário-Chefe da Casa Militar e Coordenador Estadual da Defesa Civil recepciona uma parte das personalidades citadas na Resolução CMIL 1-64- CEDEC/2015. Entre eles notamos o CORONEL Méd PM ROBERTO RODRIGUES JÚNIOR, Diretor de Saúde; CORONEL  PM CÁSSIO ROBERTO ARMANI, Coordenador Operacional do Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo; CORONEL PM ROBERTO MOTGOMERY SOARES, Coordenador Municipal de Defesa Civil de SOROCABA;  CORONEL PM WÁLTER MARTINS DE LIMA;  TENENTE-CORONEL PM EDUARDO RIGHI, Diretor do Departamento de Segurança Comunitária e de Dignitários da Casa Militar e outras autoridades que constam da lista. Os oficiais da CASA MILITAR também nos recepcionam e a entrega da MEDALHA DA DEFESA CIVIL é feita de uma maneira bastante íntima e informal. Parece mais um encontro de amigos.
Recebo a condecoração das mãos do CORONEL PM JOSÉ ROBERTO. Diz o diploma correspondente:
GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO
GABINETE DO GOVERNADOR - CASA MILITAR
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

DIPLOMA

O Secretário-Chefe da Casa Militar e Coordenador Estadual de Defesa Civil tem a hora de conferir a "MEDALHA DE DEFESA CIVIL" a

MÁRIO FONSECA VENTURA

Por seus relevantes serviços prestados à comunidade nas atividades de Defesa Civil, em conformidade com o Decreto nº 26.856, de 06 de março de 1987, alterado pelos Decretos nº 28.117, de 19 de janeiro de 1988 e 45.653, de 02 de fevereiro de 2001.

                                          Palácio dos Bandeirantes, 04 de fevereiro de 2015

JOSÉ ROBERTO RODRIGUES DE OLIVEIRA
Coronel PM Secretário-Chefe da Casa Militar
Coordenador Estadual de Defesa Civil

A cerimônia não é demorada. Podemos conversar com os homenageados e com os oficiais da Casa Militar. Por volta das 11:15 horas deixamos o local. Vamos para o Obelisco do IBIRAPUERA.
Dado o adiantado da hora, MARINEI me conduz até um restaurante situado no PARQUE DO IBIRAPUERA. Mas, uma placa anuncia que esse estabelecimento fechou a partir do dia 9 de fevereiro. Um outro local é nos indicado e, ali, um almoço muito ruim é nos servido. Pouca coisa comemos e saímos do tal quiosque bastante frustrados.
A tarde no Monumento Mausoléu é bastante movimentada. MARINEi precisa acertar a parte contábil para fechar o ano de 2014. Uma pessoa da contabilidade vem buscar os documentos para a realização do balanço. A situação de entrega da MEDALHA MMDC em 15 de março também atrapalha os afazeres da nossa secretária.
Recebemos a visita do ALDO STRUFFALDI. Ele vem fazer uma doação da família, atendendo um apelo nosso para que os associados nos ajudem a "tampar um buraco" que vem desde o final de 2014. Vários associados não honraram com o compromisso de pagar os boletos e isso fez com que as contas da Sociedade entrassem numa zona cinzenta, delicada, lembrando anos atrás. Acreditamos que agora em 2015 tudo voltará ao normal.
O CAPITÃO PM WLADER, da Polícia Ambiental, comparece nesta tarde no Obelisco para conversar conosco sobre uma solenidade que se pretende fazer em maio de 2015. O atual Comandante do Policiamento Ambiental é o CORONEL PM RENATO CERQUEIRA CAMPOS, nosso associado.
Ajuda-nos também o CABO PM PERITO, escalado para fazer a segurança do Monumento Mausoléu. No horário das 16 horas deixamos o Obelisco. O retorno para GUARULHOS não é complicado nesta quinta-feira.
Em casa, estamos sem a internet. Isso impede que acessemos as nossas contas virtuais. Faço uma ligação para o WILLIAM MASCARENHAS, procurando notícias de como desenrolou o velório do nosso veterano ETTORE DE TOLEDO SANDRESCHI. A filha do falecido, VIRGÍNIA MARIA SANDRESCHI, está com vontade de trazer as cinzas do pai para o Monumento Mausoléu em 9 de julho próximo.

20 DE FEVEREIRO DE 2015
Esta tarde de alta temperatura é relativamente tranquila. MARINEI cuida dos boletos do pagamento do trimestre e isso lhe ocupa muito tempo. Poucas pessoas visitam hoje o Monumento Mausoléu. O sargento que está de serviço fala que a mancha causada por infiltração de água, perto do herói jacente, aumentou. Isso já foi comunicado a quem de direito, mas passam-se os dias e a coisa vai piorando. Ligo para o C Com Soc. Atende-me o CAPITÃO PM CRUZ. Aviso-o sobre essa situação. O CRUZ trabalhava na APMBB e foi transferido recentemente para esse setor do Quartel do Comando Geral.

24 DE FEVEREIRO DE 2015
Logo mais estaremos no 1º BPChq a fim de fundar o NÚCLEO "MMDC-CORONEL PEDRO DIAS DE CAMPOS". Nesta manhã procuro compilar alguns dados sobre o notável oficial, a fim de justificar a escolha de seu nome para ser o patrono do novo núcleo da SOCIEDADE VETERANOS DE 32-MMDC.
PEDRO DIAS DE CAMPOS nasceu em 29 de junho de 1873 em ARAÇOIABA DA SERRA, município de SOROCABA.
Fundou a primeira sala de esgrima em São Paulo, em 1902.
Foi comandante do Quartel da Luz - 1º BC - no período de 21 de setembro de 1912 a 2 de setembro de 1918 (sétimo comandante da Unidade).
O TENENTE-CORONEL PEDRO DIAS DE CAMPOS comandou a FORÇA PÚBLICA em comissão desde 5 de julho de 1924 até a data de sua promoção ao  posto de Coronel Comandante Geral em 28 de julho de 1924. Veja que no 5 de julho de 1924 foi a data da deflagração da Revolta de 1924.
Escreveu em 1923 o livro "O ESPÍRITO MILITAR PAULISTA".
Em julho de 1926, com 2400 homens foi criada a Brigada Mista "CORONEL PEDRO DIAS DE CAMPOS", contra a Divisão Revolucionária comandada pelo MAJOR MIGUEL COSTA, em GOIÁS.
O CORONEL PEDRO DIAS DE CAMPOS é nome de um Grupo de Escoteiros e também de um Grupo Escolar.
Pesquisando agora cedo o nome do CORONEL PEDRO DIAS DE CAMPOS encontro um site criado pela sua bisneta VERA MARIA FIGLIOLI. Compartilho em minha página do Facebook com as imagens postadas por ela em seu site.
Já na reserva, com 59 anos de idade, apresenta-se para participar do Movimento Constitucionalista de 1932.
Por volta das 10 horas, estou chegando no 1º BPChq "TOBIAS DE AGUIAR", onde já estão me esperando o WILLIAM MASCARENHAS, FERNANDO MORENO e ORÍTIA ABREU SERAFIM.
O TENENTE-CORONEL PM TENÓRIO foi transferido do 1º BPChq para a APMBB e está passando o comando para o TENENTE-CORONEL PM GASPARIAN.  Mas o momento da fundação do Núcleo acontece e de uma maneira muito especial, pois há a concordância dos dois tenentes-coronéis presentes. O MAJOR PM CÁSSIO é o presidente do Núcleo. Todos os presentes fazem uso da palavra, num ambiente bastante informal. Assinamos o LIVRO DE OURO do 1º BPChq e são traçados os primeiros planos do Núcleo, com o TENENTE-CORONEL PM TENÓRIO prometendo ajudar o TENENTE-CORONEL PM GASPARIAN na montagem da sala que será a sede do Núcleo "MMDC CORONEL PEDRO DIAS DE CAMPOS".
Dezenas de fotos são tiradas e algumas já vão diretamente para o Facebook. Despedimo-nos depois das 11 horas. Vamos almoçar com amigos e, por volta das 13:30 horas estamos a caminho do Monumento Mausoléu ao Soldado Constitucionalista de 32. MARINEI trabalha na confecção dos boletos, pois precisa tirar a Sociedade do vermelho. Estamos com um débito em torno de sete mil reais e isso é preocupante. Esperamos que o pagamento dos boletos, na semana entrante, possa corrigir essa situação. Pena que nem todos os nossos associados cumpram com seus deveres financeiros. Com isso, a organização, que vive exclusivamente das mensalidades dos mesmos, sofre as agruras causadas por essa situação que não deveria acontecer.

26 DE FEVEREIRO DE 2015
Precisamos acertar horário e local para que o SUBTENENTE GEORGE TRAJANO nos leve até a região do CARRÃO, amanhã. Poderemos estudar uma alternativa para a Sociedade naquele local.
Também entramos em contato com o CORPO MUSICAL sobre o emprego de uma seção da banda em 15 de março, no PARQUE CAPITÃO GINO STRUFFALDI. O gabinete do vereador TONINHO PAIVA, através da NORMA, preocupa-se com esse domingo, 15 de março, quando SÃO PAULO sofrerá uma grande manifestação contra DILMA ROUSSEFF. Até sugere que adiemos a data. Acontece que não aceito essa ideia, pois vamos homenagear GINO na data de sua morte. Como o evento está marcado para 10 horas, ficaremos tranquilos quanto aos acontecimentos marcados para o período da tarde, principalmente na Avenida PAULISTA.



MARINEI diz que o Professor JOÃO FRANCISCO AGUIAR esteve hoje de manhã, junto com várias outras pessoas, visitando o Monumento Mausoléu. Uma delas, de RIO CLARO, interessa-se por montar um núcleo naquele município.       

27 DE FEVEREIRO DE 2015


Aguardo a chegada do SUBTENENTE GEORGE TRAJANO em minha residência. Ele marcou uma visita ao Subprefeito de ARICANDUVA - CARRÃO - VILA FORMOSA, QUINTINO SIMÕES PINTO, por volta das 15 horas, na sede da SubPrefeitura - RUA ATUCURI, 699 - 1º andar. O Subprefeito esteve presente à solenidade de 17 de dezembro, no Monumento Mausoléu ao Soldado Constitucionalista de 32 e quer participar da Sociedade Veteranos de 32-MMDC. A idéia é fundar um núcleo num local nobre da região dessa Subprefeitura. Estudamos, em princípio, o CERET. Marcamos um retorno para o dia 5 de março, quando as tratativas estiverem mais adiantadas. Caso seja possível, deslocaremos para a área leste o Museu "MARIA SOLDADO", uma vez que o Professor JOSÉ CARLOS, do COLÉGIO SANTO IVO, está pedindo o sobrado onde o museu encontra-se instalado.
Após o nosso encontro com QUINTINO SIMÕES PINTO, o SUBTENENTE GEORGE TRAJANO traz-me de volta a GUARULHOS. Por causa dessa visita não compareci hoje ao Obelisco do IBIRAPUERA.  
Natural de São Paulo, Capital, Quintino Simões Pinto, 44 anos, casado, pai de duas filhas, é formado em Engenharia Naval e Administração de Empresas, com pós-graduação na área ambiental. Está no serviço público desde 1986, quando aos 16 anos entrou no Colégio Naval. Ingressou na Prefeitura de São Paulo, em 2002, após ser aprovado no concurso público para agente vistor. Inicialmente trabalhou na Subprefeitura do Butantã, onde foi chefe da Unidade Técnica de Segurança em Edificação e Maciço de Terra e chefe da Unidade de Fiscalização. Posteriormente, foi transferido para a Subprefeitura de Vila Mariana, onde exerceu o cargo de supervisor de Fiscalização. Tivemos um encontro com o QUINTINO numa solenidade de aniversário do 12º BPMM, quando ele foi condecorado com a Medalha do Cinquentenário do Batalhão. Bem mais recente, em 17 de dezembro de 2014, ele compareceu ao evento da entrega do COLAR DA VITÓRIA no Monumento Mausoléu ao Soldado Constitucionalista.