terça-feira, 11 de dezembro de 2018

PARTICIPAÇÃO DE SÃO JOSÉ DO RIO PARDO NA REVOLUÇÃO CONSTITUCIONALISTA DE 1932 

SUMÁRIO: 
1 – INTRODUÇÃO 
2 – VOLUNTÁRIOS 
3 – COMISSÃO ARRECADADORA AUXILIADORA 
4 – CASA DO SOLDADO 
5 – CAMPANHA PARA AQUISIÇÃO DE CAPACETES DE AÇO 6 – CAMPANHA PARA AQUISIÇÃO DE SUBSÍDIOS 
7 – CAMPANHA OURO PARA A VITÓRIA 
8 – CONCLUSÃO 
9 - BIBLIOGRAFIA 

1 – INTRODUÇÃO 
São José do Rio Pardo teve o privilégio de abrigar, no Grupo Escolar e em casas de particulares, a “INVENCÍVEL COLUNA ROMÃO GOMES”, a qual acolheu com muita ternura e apoiou de várias formas. Posteriormente a coluna necessitou apoiar combates em outras frentes, mas certamente guardou no coração o sentimento de grandeza dos riopardenses. Pelo sucesso da causa, o nobre povo riopardense contribuiu com metal precioso, numerário, mercadorias, e, principalmente, seus filhos heróicos. Para poder escrever sobre sua participação, pesquisamos as edições da época do jornal Gazeta de Vargem Grande, que, com brilhantismo, registrou os nomes de vários participantes, de contribuintes e fatos. Por fim, agradecemos a boa acolhida pela equipe do Museu Riopardense e de sua hemeroteca, que nos disponibilizaram o material para pesquisa. 

2 - VOLUNTÁRIOS 
Houve inscrição de mais de 200 riopardenses, com cerca de 180 prestando serviços em diversos setores, além daqueles que sendo filhos da terra se alistaram em Campinas e em São Paulo. Muitos dos que não puderam seguir, bem como aqueles que não estão aptos para o serviço militar prestaram serviços na cidade, como por exemplo auxílio no policiamento das estradas, etc.... É evidente que pelas condições do momento, clima e esforço de guerra, não foi possível o registro de todos pelo semanário, pois certamente muitos se apresentaram para combate em momentos difíceis, em que não havia tempo hábil para cientificá-lo. Assim, optamos por mencionar os nomes citados na edição de 24 DE JULHO DE 1932 da Gazeta do Rio Pardo, porém deixamos em aberto a possibilidade de complementar os dados a medida que localizarmos outros documentos. Cumpre desde já registrar que Papai, Mario Poggio, com seus 18 (dezoito) anos combateu na linha de frente, em prol da democracia, fato que muito nos orgulha e em todas visitas a São José do Rio Pardo visitava seu irmão de armas: “
FRANCISCO DE SIMONI”, que também não consta da relação. NOMES REGISTRADOS NA CITADA EDIÇÃO: 
1. ACCACIO DE MELLO GODOY 
2. ACCACIO SPINOLA DIAS 
3. ADHEMAR SPINOLA DIAS 
4. ADIB LUIZ ABICHAT AEKI 
5. ADOLPHO LEMES 
6. DOUTOR AGGRIPINO RIBEIRO DA SILVA 
7. ALCIDES ANDRADE SOUTO 
8. ALDERICO PACHECO DE SOUZA 
9. ALFREDO DAMASIO JUNIOR 
10. ALFREDO FERREIRA DE ALBUQUERQUE 
11. ALFREDO LEGA 
12. ALVARO GALVÃO 
13. AMADEU COSTA 
14. AMERICO SPINOLA DIAS 
15.ANDRÉ SCALI 
16. ANGELLO ASTOLPHO 
17. ANÍSIO RAMOS 
18. ANTHERO ALCKIMIN MACHADO 
19. ANTONIO AVELINO PEREIRA 
20. ANTONIO BENEDICTO 
21. ANTONIO CARNEIRO DOS SANTOS 
22. ANTONIO DE ALMEIDA 
23. ANTONIO JOSÉ GULHERME 
24. ANTONIO MORAES SANTOS 
25. ANTONIO PAGATTI 
26. ANTONIO PECURI NETTO 
27. ANTONIO PEDRETTI 
28. ANTÔNIO PERREIRA ANDRADE 
29. ANTÔNIO RIBEIRO 
30. ANTONIO RODRIGUES PEREIRA 
31. ARIOVALDO CORREA 
32. ARNALDO TADDEI 
33. ATALIBA REIS DIAS 
34. AUGUSTO SARTORI 
35. BELARMINO BARBOSA 
36. BENEDICTO CANDIDO 
37. BENEDICTO DA SILVA 
38. BENEDICTO RIBEIRO NOGUEIRA 
39. BENEDICTO SERGIO DE OLIVEIRA 
40. BENEDITO GUIMARÃES 
41. BENEDITO RIBEIRO PAIVA 
42. CAETANO JOSÉ MARIN 
43. CAIO LOBATO PINHEIRO 
44. CASSIO DIAS SOARES 
45. CELSO MARQUES NETTO 
46. CESAR MASINI 
47. DOUTOR CÍCERO ALCKMIN MACHADO 
48. CLARISVALDO ERNIE VASCONCELLOS 
49. DARCY PEREIRA DA SILVA 
50. DOMICIANO FRANCO DE OLIVEIRA 
51. DOMINGOS LAURIA 
52. DOMINGOS PRATIZE 
53. DOMINGOS POTENZA 
54. DYONISIO BARRETO 
55. ECIO DONINI 
56. EDGARD FREIRE DE MATTOS BARRETO 
57. EDUARDO BRAGHETTA 
58. ELIAS SATUM 
59. ELISIARIO DIAS GUILLON 
60. ERCILIO VICENTE ALMEIDA 
61. FERRUCIO TOLESI 
62. FRANCISCO BALDO 
63. FRANCISCO DOS SANTOS 
64. FRANCISCO OSTO 
65. FRANCISCO SPÍNOLA DIAS 
66. FRANCISCO VENTURA 
67. FREDERICO LOCHIEF 
68. GABRIEL DE MOURA RIBEIRO 
69. GILBERTO GONÇALVES AZEVEDO 
70. GILBERTO LEITE DA ROCHA 
71. GUILHERME BORDOCCI 
72. GUMERCINDO AREÃO 
73. HONÓRIO FAVORETTO 
74. HUGO LEMES 
75. ISONEL JOSÉ RIBEIRO 
76. ITALO KERSSA 
77. JAMIL NASSER 
78. JOÃO BAPTISTA DA SILVA 
79. JOÃO BAPTISTA NOGUEIRA 
80. DOUTOR JOÃO DE OLIVEIRA MACHADO 
81. JOÃO FERREIRA 
82. JOÃO GABRIEL DE OLIVEIRA 
83. DOUTOR JOÃO GABRIEL RIBEIRO 
84. JOÃO GARCIA 
85. JOÃO LUIZ DE MELLO 
86. JOÃO OCTAVIANO MACHADO 
87. JOÃO RIBEIRO NOGUEIRA SOBRINHO 
88. JOÃO TEMPESTA 
89. JOAQUIM ALCANTARA LEITE RIBEIRO 
90. JOAQUIM BARBOSA DE OLIV 
93. JOAQUIM NUNES 
94. JOAQUIM TEIXEIRA BRAZIL 
95. JORGE LUIZ ABICHABICK 
96. JOSÉ ANTONIO SAYEG 
97. JOSÉ AUGUSTO RIBEIRO 
98. JOSÉ CURI 
99. JOSÉ ENEAS 
100. JOSÉ GABRIEL F. DA ROSA 
101. JOSÉ GONÇALVES DE SYLLOS 
102. JOSÉ GUILHERME JULIO 
103. JOSÉ MARTINI 
104. JOSÉ MENDES 
105. JOSÉ MENOSSI 
106. JOSÉ NOGUEIRA 
107. JOSÉ PIRES 
108. JOSÉ RIBEIRO NOGUEIRA 
109. JOSÉ RODRIGUES 
110. JOSÉ PATETS DOS SANTOS 
111. JOSÉ THOMAZ DE ANDRADE 
112. JOVINO CAPELLA 
113. JOVINO MOUSINHO 
114. JULIANETO DELIA 
115. JULIO FRANCO 
116. LABIENO BATISTA MACHADO 
117. LEONARDO R. MARINGOLO 
118. LUCIANO MARIO ZELANTE 
119. LUIZ GONZAGA DE OLIVEIRA 
120. LUIZ PERRELLA 
121. MANOEL CAETANO FIGUEIREDO 
122. MARCELINO CUSTODIO RIBEIRO 
123. MARIO ANDREATA 
124. MARIO BARBOSA 
125. MARIO BERNAGLIA 
126. MARIO FAVORETO 
127. MARIO PARURAUTO 
128. MARIO VAZ DO AMARAL 
129. MENEZES DA GAMA CORREA 
130. MIGUEL RUIZ 
131. MOACYR SPINOLA DIAS 
132. NESTOR CARVALHO 
133. NICOLA CRUDDI 
134. NORIVAL FERRARI 
135. OCTÁVIO ARRUDA 
136. OCTAVIO PEREIRA LEITE 
137. OLIVEIROS DIAS PINEIRO 
138. PAULO ANTONIO SAYEG 
139. PAULO RIBEIRO DE MAGALHÃES 
140. PEDRO HUMBERTO PERRELLA 
141. PEDRO PAULO PORTELLA 
142. PEDRO RIBEIRO NOGUEIRA 
143. PEDRO THEODORO SOARES 
144. RAFAEL FERRARI 
145. RAFAEL MAIDA 
146. RENATO SILVA FERREIRA 
147. RODRIGO FERNANDES DA SILVA 
148. ROQUE BALDO 
149. ROQUE CANDIDO FIGUEIRA 
150. RUFINO FRANCISCO GARcIA 
151. SEBASTIÃO BOTELHO 152. SEBASTIÃO BRANDÃO 
153. SEBASTIÃO GASTRI 
154. SEBASTIÃO JOSÉ RODRIGUES 
155. SEBASTIÃO RAMOS 156. SILVIO DINI GRASSI 
157. SOLON ANDRADE RIBEIRO 158. TITO MACHADO 
159. TOBIAS OSORIO NETTO 
160. TUFFI ANTÔNIO SAYEG 
161. VICENTE PAULO AMOURIETTO 
162. VICENTE RODRIGUES 
163. WALDOMIRO VENANCIO DE SOUZA 
164. XISTO NICOLAU DE ALMEIDA 

3 - COMISSÃO ORGANIZADORA AUXILIADORA Foi organizada Comissão Auxiliadora que além de secundar os patrióticos esforços dos lutadores pela causa da constitucionalidade, prestou assistência às famílias de todos voluntários. Forneceram alimentação, médico, remédios e o que mais necessário para provimento de suas necessidades. Sua Diretoria era composta de: Presidente: Zelinda Ribeiro da Silva; Vice-Presidente: Antonietta Siqueira Ribeiro; 1ª Secretária: Cotinha Azevedo Ribeiro; 2ª Secretária: Dulce Lobato Pinheiro; Tesoureira: Tita Damásio 2ª Tesoureira: Naná Barretto Auxiliares: Alice Taddei; Maria do Carmo Junqueira; Odete Perez; Anna Leite Bulcão; Negrinha de Avila Ribeiro; Gláucia C. Olynpto; e Zazá Damazio Reverendo Guilherme Arnold; Reynaldo Ferreira, José Nogueira Dias , Algenor Taddei, José Andrade Junqueira; e José Braghetta Cumpre destacar que logo no início da lista destinada às assinatura de auxílios arrecadou quantia superior a 50 contos; para regularidade das compras as requisições eram assinadas pela Presidente Senhora Zelinda Ribeiro e o responsável pelas informações era o Senhor José Braghetta 

4 – CASA DO SOLDADO Houve a Criação da Casa do Soldado no prédio de residência do Senhor Doutor Vicente Pinheiro, que generosamente a cedeu para este fim. Funcionava das 07:00 às 21:00 hs., com a finalidade de servir de convergência e reunião dos soldados, leituras de jornais , meios de escrever cartas, etc.... Importante destacar que as crianças arrecadaram fundos para a manutenção da “Casa do Soldado”. 

5 - CAMPANHA PARA AQUISIÇÃO DE CAPACETES DE AÇO Por iniciativa do Prefeito F. Gonzaga Franco teve grande adesão dos riopardenses, com subscrição em diversas listas distribuídas. Somente as listas publicadas pela imprensa indicaram que foi possível comprar 550 (quinhentos e cinquenta) capacetes de aço. 

6 – CAMPANHA PARA AQUISIÇÃO DE SUBSÍDIOS Houve várias listas para arrecadar dinheiro para compra de subsídios, com a adesão em massa e contribuição em valores diversos, de acordo com a capacidade de cada riopardense e com mobilização de categorias específicas, como a dos funcionários do correio da cidade, professorado, colônias, etc.... Outrossim, houve muita doação de gêneros alimentícios para apoio, tais como:  Arroz;  Batatas;  Bovinos;  Café;  Feijão;  Milho;  Ovinos;  Etc... 

7 – CAMPANHA OURO PARA A VITÓRIA Aqueles que tinham objetos em ouro doaram para ajudar o Estado de São Paulo e a causa. Quanto a comissão responsável pelo seu recebimento era composta de: Vereador Guilherme Arnold, Presidente - Banco F. Barreto; Doutor Francisco Silveira Filho, Juiz de Direito da Comarca; Doutor Leão Ribeiro de Oliveira, Promotor Público; Doutor José de Oliveira Lopes, Delegado de Polícia; Clovis Pacheco Silveira, 1º Tabelião; Herostrato Dias Pinheiro; Luciano Ribeiro da Silva; João da Costa Lima; e Reinaldo Ferreira. 

 8 – CONCLUSÃO 
Pelo exposto notamos que o povo de São José do Rio Pardo honrou a luta de liberdade que marca sua história. Apesar da derrota pelas armas, a causa conquistou muitos avanços, entre os quais a criação do Tribunal Eleitoral para garantir maior lisura nas eleições e a Constituição de 1934. 

9 - BIBLIOGRAFIA LEVY, Herbert Victor, “A Coluna Invicta – Romão Gomes” Gazeta do Rio Pardo, edições de:  24/07/1932;  31/07/1932;  07/08/1932;  14/08/1932;  20/08/1932;  27/08/1932;  20/10/1932; e  30/10/1932.

2º CONGRESSO SOBRE SEGURANÇA PÚBLICA - 14 DE DEZEMBRO

2° Congresso sobre Segurança Pública - 14 de dezembro.

Caixa de entrada
x

SECRETARIA DAS COMISSÕES - Administrativo secretaria.comissoes.adm@oabsp.org.br Cancelar inscrição

Anexos18:30 (Há 5 horas)
para Cco:contatos.mailingsc
Alta Definição JPG.jpg
Prezado (a) Senhor (a),

A Ordem dos Advogados do Brasil, Seção São Paulo, por sua Comissão Especial de Segurança Pública, tem a honra de convidar Vossa Senhoria para participar do 2º Congresso sobre Segurança Pública, a realizar-se dia 14 de dezembro, a partir das 9 horas, na Sede Institucional da OAB SP - Rua Maria Paula - 35, conforme programação em anexo.
Esperando contar com a presença de Vossa Senhoria, que muito abrilhantará o evento, aproveita a oportunidade para renovar protestos de estima e consideração.

Fábio Romeu Canton Filho
Vice-Presidente

Arles Gonçalves Junior
Presidente da Comissão Especial de Segurança Pública
Área de anexos

AGRACECIMENTOS - ISAAC CARREIRO


AGRADECIMENTOS

Caixa de entrada
x

isaaccarreiro@bol.com.br

20:29 (Há 2 horas)

 para antoniocarlos_figueiredo@yahoo.com.brgervasiopys@gmail.com5decerimonial@gmail.comwolmir.aguiar@cmc.pr.gov.brwolmiraguiar20040@gmail.comieqdr@hotmail.comieqdr@yahoo.com.breulorensini@bb.com.brjornalaguaverde@gmail.compauta@jornaldoreboucas.com.brsilvioferreira.adv@outlook.compaulormgomespoeta@gmail.comadvogadoef@gmail.comjoel.lobo@onda.com.brjornalcamobi@gmail.comjornalcamobi@yahoo.com.br
AGRADECIMENTOS
1. Coronel Figueiredo, o secretário Gervásio e demais integrantes da LDN-PR pela oportunidade de aceitar nossas críticas e sugestões.

2. General Aléssio, Cmt da 5ª RM por ter cedido gibis O Recrutinha e demais publicações do Exército distribuído aos patriotas e às crianças de diversos projetos.


3. Dr Wolmir Aguiar, filho do Coronel PMPR Aguiar, vereador pelo PSC por ter cedido diploma de Menção Honrosa a indicados por este oficial e outras parcerias.


4. Dr Daniel, ministro da igreja Portal da Graça, Fazendinha, por ter cedido as instalações do templo para a realização do Projeto Café Patriótico.


5. Ao Sr Arilson, Gerente Geral do BB Água Verde por ter cedido canetas, envelopes e calendários para os nossos projetos e integrantes da Liga, como brindes no jantar da LDN-PR.


6. Sr Gilson, jornalista do Jornal Água Verde e Jornal da Rua XV por ter acolhido alguns Press Release sobre a LDN-PR e outros assuntos patrióticos.


7. Sr Alessandro, jornalista do Jornal do Rebouças pelo mesmo motivo.


8. Dr Silvio, pela parceria no projeto Café Patriótico, ao ministrar assuntos a respeito.


9. Poeta Paulo Gomes, pelo mesmo motivo.

10. Dr Eduardo M. Franco pelo mesmo motivo.

11. Patriota Joel Lobo por ter contribuído com bandeiras nacionais no Projeto Café Patriótico, representando o Lions Portão. 


12, Coronel PMSP Mário Ventura, presidente do MMDC Movimento Constitucionalista de 1932, por ter cedido espaço nas suas memórias sobre assuntos patrióticos.


13. Sra. Maria Cuozzo, jornalista do Jornal Camobi em Notícias, Santa Maria, RS, por ter oportunizado a publicação de nossos artigos por mais de 15 anos, sendo alguns publicados noIssSiou.com


14 Demais integrantes das redes que participo que são verdadeiros multiplicadores das nossas ideias, que têm chegado ao Canadá e EUA. 

Votos a todos de um Feliz Natal e Próspero Ano Novo, extensivos às digníssimas famílias. 
Fraternal apreço,
Cel Carreiro
“Tudo pelo Brasil!”



Diplomação do presidente eleito Jair Bolsonaro (Completo)

noel rosa cd completo vol 3

LO MEJOR DE CARLOS GARDEL: VEINTE CANCIONES (1 HORA)

108 ANOS DO NASCIMENTO DE NOEL ROSAS - 11 DE DEZEMBRO DE 1910

Resultado de imagem para noel rosas musicas
108 a. nasce NOEL ROSAS em 11 de dezembro de 1910; o reconhecimento público veio dos inúmeros sucessos de Carnaval. PIERRÔ APAIXONADO, parceria com HEITOR DOS PRAZERES, de 1935, é muito tocada até hoje nos bailes. Sem contar AS PASTORINHAS (1934, com JOÃO DE BARROS), COM QUE ROUPA? (primeiro sucesso, 1931), ATÉ AMANHÃ (1933) e tantas outras. Ou seja: é pouco provável que exista um brasileiro que não conheça NOEL ROSAS. Suas músicas, sempre marcadas por inteligência e humor, falam de desilusão amorosa, falta de dinheiro, de tipos populares, do cotidiano (fez dois sambas sobre o horário de verão, um sobre mudanças ortográficas...). Foi gravado pelos melhores intérpretes da era do rádio, tornou-se parceiro de compositores como ISMAEL SILVA, LAMARTINE BABO, ARY BARROSO, JOÃO DE BARRO, CARTOLA e VADICO. O fato de ter sido o mais sofisticado dos sambistas de sua época faz com que, de tempos em tempos, o nome do “POETA DA VILA” (VILA ISABEL, zona norte carioca) seja lembrado. Suas canções continuam provocando paixões e releituras. Livros, peças de teatro e filmes tentam mostrar a importância de sua vida e de sua obra. Não é à toa que muitos estudiosos o consideram “maior mito da música popular brasileira”. A mais recente demonstração da atualidade de seu nome é o livro O JOVEM NOEL ROSAS, lançado em outubro de 2003. O autor GUCA DOMÊNICO também é músico. Fundador do Grupo LINGUA DE TRAPO, GUCA estuda a carreira de NOEL desde 1970.  A montagem teatral, O POETA DA VILA E SEUS AMORES, estreou em 1977, com texto de PLÍNIO MARCOS e EWERTON DE CASTRO no papel principal. NOEL ROSAS só viveu 26 anos, quatro meses e 24 dias. O bastante para compor 259 músicas, muitas delas clássicos na música brasileira.

127 ANOS DO NASCIMENTO DE CARLOS GARDEL - 11 DE DEZEMBRO DE 1891.

Carlos Gardel morreu em um acidente de avião na Colômbia, aos 44 anos de idade
127 a. nasce o cantor CARLOS GARDEL, em 11 de dezembro de 1891. Morre em 24 de junho de 1935. É uma das maiores referências do tango em todo o mundo. Carlos Gardel é sinônimo de tango. Foi compositor, intérprete e ator de inúmeras canções e musicais. Com ele, o cadenciado ritmo portenho ganhou uma faceta mais romântica e deu volta ao mundo. Gardel foi um personagem emblemático em vida e continua sendo, potenciado pela ascendente projeção afetiva e social de sua legendária memória.
Carlos Gardel nasceu Charles Romuald Gardés, em Toulouse, França. Filho de pai desconhecido chegou a Buenos Aires com sua mãe quando tinha apenas 2 anos. Morou grande parte de sua vida no bairro portenho do Abasto. Teve uma infância pobre e desde cedo viveu de pequenos bicos.  Começou a cantar aos 17 anos e em 1911 formou uma dupla com o cantor uruguaio José Razzano, quem o transformou no fenômeno musical da década. O reconhecimento veio em 1914, quando passou a se apresentar regularmente no cabaré Armenonville, em Buenos Aires.
Após a separação da dupla começam as primeiras viagens ao exterior. No ano 1925, Gardel já era popular em toda a América espanhola. 1927 foi o ano da sua consagração na Europa, alcançando grande sucesso em Paris. Logo viriam Estados Unidos e o cinema. Nos estúdios da Paramount, em Nova York, atuou em vários filmes que fizeram grande sucesso e estenderam ainda mais a sua lenda. No dia 24 de junho de 1935 morre num desastre aéreo, no auge da carreira e da fama, em Medellín, Colômbia.
O mito de Gardel atravessou vigorosamente todo o século. Hoje representa um verdadeiro ícone do tango e continua sendo uma das personalidades mais queridas de toda a Argentina. Seus seguidores costumam dizer que ele "canta cada dia melhor".
Maiores sucessos musicais: Mi Buenos Aires Querido - El Día Que Me Quieras – Volver - A Media Luz - El Choclo.
Principais filmes: Flor de Durazno (1917) - Cuesta Abajo (1934) - El Día Que Me Quieras (1935) - The Big Broadcast of 1935 (1935)