sexta-feira, 29 de agosto de 2014

ESCOLA MILITAR DO AMAZONAS - MEUS AGRADECIMENTOS AO MMº JUIZ RICARDO MONTE-SERRAT

Prof. Paulo Queiroz.

 
 
 Manaus - Bairro resolve problemas de violência e educação militarizando escola

Enquanto isso, o esquerdismo retrógrado continua insistindo na teoria educacional que proíbe qualquer imposição disciplinar aos alunos, resultando em sistema onde professores tem receio de lecionar, temendo pela sua integridade física e alunos indisciplinados e violentos apresentam baixíssimo aproveitamento educacional.
Um projeto piloto em Manaus resolveu dois problemas de uma só vez em um bairro violento da capital: a qualidade duvidosa do ensino na maior escola pública dentro de uma comunidade, na zona oeste e a violência praticada por jovens estudantes. A solução foi militarizar a unidade educacional, que agora está sob a direção de policiais militares.