sábado, 24 de agosto de 2019

1934 ANOS DA ERUPÇÃO DO VESÚVIO, EM 24 DE AGOSTO DE 79.


Resultado de imagem para erupção do vesúvio



EXTRAÍDO DAS MEMÓRIAS DO VENTURA



1934 a. da erupção do VESÚVIO, em 24 de agosto de 79 d.C. De repente, ouve-se uma explosão. Espanto! Num instante, todos os habitantes de POMPÉIA estão na rua. Espetáculo alucinante, o topo do VESÚVIO havia se partido em dois. Uma coluna de fogo escapa dali. É uma erupção! De início, todos se assustam e se interpelam. Havia pelo menos 900 anos que o vulcão não dava sinais de vida. Dizia-se que ele estava extinto. Logo depois é a agitação. Em volta começa a desabar uma chuva de projéteis: pedras-pomes, lapíli e, às vezes, pedaços de rochas –fragmentos arrancados do topo da montanha e da tampa de lava resfriada que obstruía a cratera. Num instante, as praças e ruas se esvaziam. Aqueles que não moram no bairro correm para se refugiar sob uma abóbada, um pórtico, qualquer abrigo, enquanto outros se apressam em correr para se proteger em casa. O que fazer, pensam, a não ser esperar? O bombardeio terminaria mais cedo ou mais tarde.  Durante 20 minutos, a erupção faz misérias, cobrindo a cidade com 2,60 metros de escórias. Em seguida, uma poeira arenosa toma o lugar das pedras-pomes e os lapíli diminuem. A esperança aumenta. Alguns audaciosos arriscam até a colocar o nariz para fora. Do VESÚVIO sai somente uma coluna de fumaça. Mais um pouco de paciência e tudo deverá voltar ao normal.
Assim, duas horas se passam. O que fizeram os habitantes de POMPÉIA durante esse período? Não se sabe muito. Em compensação, sabemos o que fez o VESÚVIO. No interior da cratera, após a expulsão da tampa de lava, a pressão começou a cair vertiginosamente. O magma vulcânico, que dormia há séculos, começou lentamente a espumar e, às 13 horas, rasgando o ar, destruindo as casa, virando de ponta-cabeça as colunas dos pórticos, saiu bruscamente numa série de explosões. Do vulcão vê-se escapar uma nuvem monstruosa em forma de pinheiro – um cogumelo, como nós diríamos hoje.  E, subitamente, fez-se noite em pleno dia. Uma noite marcada por alguns raios lívidos. As cinzas agora caem na forma de uma chuva tão densa que obscurece o sol. Infelizmente, a chuva não é somente densa: ela está carregada de vapores clorídricos. É pela intoxicação por gás, e não por soterramento que morrerão as pessoas em POMPÉIA. A primeira guerra química contra o homem foi feita pelo VESÚVIO. Só agora, enfim, os habitantes de POMPÉIA decidem fugir. Mas eles haviam perdido duas horas preciosas. Abandonando seus abrigos, suas casas, tomando ou  não o cuidado de levar consigo seus tesouros, milhares de dirigem às portas da cidade nesta noite negra.
Aqueles que moravam no noroeste se precipitaram naturalmente para a porta de HERCULANUM. Alguns carregavam diante de si uma lâmpada de óleo, como se uma chama pudesse resistir algum tempo àqueles vetos, àquela chuva viscosa de cinzas. A maioria colocou sobre a boca uma almofada ou uma telha encontrada pelo caminho. Mas será que alguém pode se defender contra um inimigo que se insinua em todas as partes através de uma fina poeira carregada de vapores clorídricos? Mas não há caminho para a salvação. Todas as vias estão bloqueadas. Na noite escura, no meio de assovios do vento que, à beira do mar, recobrou toda a sua fúria, as pessoas se esmagam umas contra as outras. Muitos morrerão pisoteados. Morte relativamente doce, no entanto, se pensarmos que, nessa mesma margem, todos os sobreviventes terminarão com os pulmões tomados de gases. Não havia porta de salvação para os habitantes de POMPÉIA. Chance de salvação só houve para aqueles que moravam no sul e no sudeste da cidade. E, ainda assim, somente se eles não tivessem demorado para fugir e, durante a fuga, tivessem passado pela porta de NOCERA em vez da porta de STÁBIA. A porta de STÁBIA também tinha sido soterrada. Mas essa dupla condição foi poucas vezes encontrada. Desse lado, portanto, foram igualmente numerosas as cenas de desolação. Mesmo a porta de NOCERA não foi para todos a porta da salvação. Um jovem casal chegou até ela e conseguiu mesmo atravessá-la. Como os outros, os dois se trancaram em casa durante o primeiro bombardeio de pedras-pomes. Agora, para avançar, tinham de lutar contra essa tempestade de cinzas que cega, que se cola à pele e queima a garganta. Grande, vigoroso, com corpo de atleta, o homem caminha na frente, tentando abrir passagem para sua companheira em meio dos montes de lixo. De repente, a mulher cai com o rosto no chão e não consegue mais se levantar. O homem quer ajudá-la, mas também cai. Num último esforço, suas mãos tentam unir-se, mas a chuva de cinzas lhe nega esse último favor. Muitos outros episódios inenarráveis aconteceram na tentativa de fuga. Vinte séculos mais tarde, modelados pelas cinzas, na mesma posição, com as expressões de seus últimos momentos, as vítimas poderiam mostrar o que teria acontecido naquele dia 24 de agosto de 79 d.C. Durante todo o dia 24 e todo o dia 25, e ainda no dia 26, a chuva de cinzas não parou. Quando, enfim, na aurora do dia 27, o sol reapareceu, o VESÚVIO tinha mudado de forma. Ele possuía agora um topo duplo e, no lugar da antiga cratera, um cone havia se formado.
Quanto aos habitantes de POMPÉIA, 80% deles – 16 mil numa população de 20 mil – jaziam a vários metros de profundidade. A cidade estava morta, mas uma morte que a tornaria imortal.
A REVISTA HISTÓRIA VIVA, ano III, nº 30, publica na capa “POMPÉIA, CIDADE DO PRAZER”. Novas descobertas arqueológicas contam o cotidiano da província soterrada pelo VESÚVIO em 79 D.C. É um dos documentos muito bem elaborado, devido às imagens remanescentes. As escavações conseguiram retratar um cotidiano vivido há dois milênios, como aconteceu em POMPÉIA. Os trabalhos foram iniciados no século XVIII.

A carta de suicídio de Getúlio Vargas

24 DE AGOSTO DE 1954 - SUICÍDIO DE GETÚLIO VARGAS

Resultado de imagem para suicídio de getúlio vargas
EXTRAÍDO DE MEMÓRIAS DO VENTURA 

65 a. do suicídio de GETÚLIO VARGAS. Desde a noite anterior, de 23 de agosto de 1954, era grande a movimentação no PALÁCIO DO CATETE, que permaneceu todo iluminado com suas janelas abertas; mais de 100 automóveis entraram e saíram da sede do governo em poucas horas. O GENERAL ZENÓBIO DA COSTA, em companhia do MARECHAL MASCARENHAS DE MORAES e do GENERAL ODYLIO DENYZ, chegou à sede do governo, nos primeiros minutos daquela terça-feira. O ministro da GUERRA, primeiramente, conferenciou com o chefe da CASA MILITAR, GENERAL CAIADO DE CASTRO e, a seguir, os três oficiais do Exército foram recebidos pelo presidente GETÚLIO VARGAS, que estava acompanhado do ministro da Fazenda, OSVALDO ARANHA, convocado um pouco antes e chegado em companhia de dois filhos. ZENÓBIO deu ciência da gravidade da situação, “que já não podia ser debelada por parte das Forças Armadas do Exército, contra as quais já se encontravam os chefes militares de mar e ar e certo número dos de terra”. GETÚLIO disse que no decorrer do dia convocaria o seu ministério para tomar uma deliberação. Nesse momento, o chefe do Estado-Maior das Forças Armadas (EMFA), MARECHAL MASCARENHAS DE MORAES, propôs ao presidente que a reunião fosse imediatamente realizada, apesar do adiantado da hora. Aceita a sugestão, foi providenciada a convocação dos ministros, que, em uma hora, começaram a chegar ao palácio.
Em NITERÓI, o governador do Estado do RIO, ERNANI DO AMARAL PEIXOTO, genro do presidente, recebeu um telefonema de BENJAMIM VARGAS dizendo: “A coisa está se agravando aqui”. Ao chegar sua esposa, ALZIRA, disse-lhe “Vamos voltar imediatamente para o RIO”. Ela ainda protestou : “Mas estou acabando de chegar de lá e não há nada”. AMARAL PEIXOTO, precavido, tinha mandado segurar a barca e, a uma hora da manhã, chegaram ao CATETE. O governador fluminense subiu ao gabinete do presidente que, naquele exato momento, assinava um papel. Pensou que fosse algum documento lido na reunião, mas depois, soube-se que se tratava da “CARTA TESTAMENTO”. Logo depois, o ajudante de ordens avisou que os ministros já haviam chegado. GETÚLIO levantou-se com a maior calma e disse: “Vamos descer”.
Às duas horas da madrugada, com a presença de todos os titulares – exceto o ministro VICENTE RÁO, das Relações Exteriores, que se encontrava doente em SÃO PAULO -, teve início, no salão de banquetes do segundo andar, a histórica reunião ministerial presidida por GETÚLIO, que se sentou na cabeceira, tendo à sua direita ALZIRA VARGAS DO AMARAL PEIXOTO, na quina da mesa, seguindo-se no sentido anti-horário os ministros OSVALDO ARANHA, da FAZENDA; GUILLOBEL, da MARINHA; EPAMINONDAS, da AERONÁUTICA; APOLÔNIO SALES, da AGRICULTURA; o chefe do Estado-Maior das FORÇAS ARMADAS, MARECHAL MASCARENHAS DE MORAES, por determinação especial do presidente; HUGO DE FARIA, interino do TRABALHO; JOSÉ AMÉRICO DE ALMEIDA, da VIAÇÃO E OBRAS; MÁRIO PINOTTI, da SAÚDE; EDGAR SANTOS, da EDUCAÇÃO E CULTURA; ZENÓBIO DA COSTA, da GUERRA; e TANCREDO NEVES, da JUSTIÇA. Em pé, à esquerda do presidente, o governador ERNANI DO AMARAL PEIXOTO, e à sua direita, um pouco mais afastados, ficaram MANECO VARGAS, JANGO GOULART, BENJAMIN VARGAS, os deputados DANTON COELHO, EUCLYDES ARANHA e AUGUSTO DO AMARAL PEIXOTO, o vice líder do governo, GENERAL CAIADO DE CASTRO, chefe do gabinete Militar (que chegou depois, porque estava tomando medidas de segurança) e, ao fundo, bem de frente para o presidente, estavam LOURIVAL FONTES, chefe do gabinete civil. Outros auxiliares e amigos também entraram durante a realização da reunião.
GETÚLIO VARGAS abriu a sessão e expôs em largos traços a situação, concedendo depois a palavra aos ministros militares, que deram sua opinião. Falaram em seguida os ministros civis, tecendo muitos comentários, muitas declarações de solidariedade e de preocupação pela segurança pessoal do presidente e de sua família, porém, sem que se tenha emitido uma opinião conclusiva, à exceção do ministro JOSÉ AMÉRICO, que aconselhou a fórmula honrosa de uma licença, o que seria aceita, e de OSVALDO ARANHA, que, tal como os três militares, lealmente se pronunciou pela renúncia, reiterando, entretanto, o seu irrestrito apoio, caso o presidente resolvesse resistir.
Por fim, o presidente concedeu a palavra ao MARECHAL MASCARENHAS DE MORAES, que informou ter se reunido, na tarde anterior, com os três chefes de Estado-Maior, e que assim podia fazer o seguinte quadro fiel da situação das três Forças Armadas: a AERONÁUTICA estava reunida, sob a orientação do BRIGADEIRO EDUARDO GOMES, e sugeria a renúncia presidencial. A MARINHA também estava reunida com o ministro ligado aos seus almirantes, que desejavam a renúncia presidencial. No EXÉRCITO, embora sob a ação forte do GENERAL ZENÓBIO, os oficiais de postos menos elevados estavam agitados. Não se poderia contar com boa parte deles.
O ministro da GUERRA protestou contra a fidelidade das informações do seu chefe de Estado-Maior, GENERAL FIÚZA DE CASTRO, ao que o marechal retorquiu que eram verdadeiras e ainda afirmou que a resistência levaria à guerra civil.
ALZIRA VARGAS não agüentou e afirmou que tinha feito vários contatos com oficiais do Exército leais e que todos afirmaram que poderiam contar com o apoio necessário para a defesa do governo do presidente GETÚLIO VARGAS e não satisfeita indagou aos ministros da AERONÁUTICA e da MARINHA, se esse apoio também não poderia vir de suas armas.
O ministro da MARINHA, RENATO GUILLOBEL, virou-se e disse: “Presidente, o seu destino é ser traído pelos chefes militares”. O presidente pediu a opinião do GENERAL CAIADO, que opinou pela resistência armada, quando o GENERAL ZENÓBIO respondeu-lhe: “Neste caso, com a devida permissão do presidente, eu lhe darei o comando da infantaria, que vai resistir ...”
O GENERAL CAIADO, herói da Segunda Guerra Mundial, quando comandou justamente o 1º Regimento de Infantaria da FEB, respondeu aceitando o alvitre.
O deputado DANTON COELHO interferiu, intempestivamente, adjetivando a senhora genitora do ministro do ministro ZENÓBIO e ainda, em alto e bom som, declarou: “Todo esse movimento não é contra o presidente e sim contra o senhor, general, pois o Exército não ficou satisfeito com sua nomeação para o ministro da GUERRA”.
O titular da GUERRA protestou, de modo veemente, ante tal assertiva. DANTON, respondendo, o chamou de traidor. Ainda em pleno debate, o GENERAL ZENÓBIO foi várias vezes interpelado, não só pelo presidente, como também por ALZIRA, sobre as possibilidades de resistência, respondendo sempre que “estava pronto para resistir, embora sem certeza de êxito, pois contava apenas com parte do Exército”.
Nesse momento, o chefe de polícia CORONEL PAULO TORRES, que se encontrava na varanda ao lado do salão, ouvindo os acalorados debates, chamou o governador AMARAL PEIXOTO e disse: “Se o presidente der a ordem, eu prendo esses generais, porque eles não têm comando. A informação que eu tenho é de que o pessoal da VILA está muito firme ao lado do presidente”.
Admitida a falta de apoio militar ao presidente, passou-se a cogitar da renúncia ou da resistência armada e, finalmente, de uma terceira hipótese, o licenciamento do presidente da República.
Diante das vacilações de seus ministros e dos incidentes que estavam tumultuando aquele conselho, o presidente GETÚLIO VARGAS, desassombradamente, tomou a palavra e encerrou definitivamente os debates nos seguintes termos: “Não me interessam a minha segurança e a de minha família, e sim a situação do país. Já que o ministério não chegou a uma conclusão, eu vou decidir. Determino que os ministros militares mantenham a ordem pública. Se a ordem for mantida entrarei com um pedido de licença. Em caso contrário os revoltosos encontrarão aqui o meu cadáver”.
Em seguida retirou-se sob grande salva de palmas, abraçando sua filha ALZIRA VARGAS DO AMARAL PEIXOTO. Ao sair, determinou ao governador fluminense: “O senhor redija uma nota sobre isso”, a qual foi feita juntamente com TANCREDO e OSVALDO ARANHA. Enquanto isso os auxiliares de governo esvaziavam as gavetas e embalavam todos os documentos para serem transferidos para outro local.
Eram 4 horas e 20 minutos, estava finda a reunião e aparentemente superada a gravíssima crise nacional, sem derramamento de sangue, graças à decisão do presidente VARGAS, que preferiu deixar o posto. O presidente chamou JOÃO GOULART e entregou um envelope fechado, sem nada escrito, e recomendou que fosse para o RIO GRANDE DO SUL, para que ficasse afastado do torvelinho da capital do país e ainda lhe disse que só lesse a carta quando chegasse ao sul.
O MARECHAL MASCARENHAS observou que o ministro ZENÓBIO e o GENERAL DENYS estavam visivelmente preocupados, provavelmente sobre a reação dos seus comandados quanto à aceitação do ato presidencial de simples licenciamento e não de renúncia.
A chamado do ministro OSVALDO ARANHA, os três militares retornaram e permaneceram até às 5:10 horas, quando foi entregue uma nota oficial, expressando a decisão do presidente: “O presidente da República reuniu hoje o ministério para exame da situação político-militar criada no país. Ouvidos os ministros, cada um de per si, foram debatidos longamente os diversos aspectos da crise, e as suas graves conseqüências. Deliberou o presidente GETÚLIO VARGAS, com integral solidariedade dos seus ministros, entrar em licença, passando o governo ao seu substituto legal, desde que seja mantida a ordem, respeitados os poderes constitucionais e honrados os compromissos solenemente assumidos perante a nação pelos oficiais-generais de nossas Forças Armadas. Em caso contrário, persistirá inabalável no seu propósito de defender as suas prerrogativas constitucionais com sacrifício, se necessário de sua própria vida”. A imprensa, acreditada no palácio, recebeu a nota do chefe do gabinete civil, LOURIVAL FONTES, que foi lida pelo jornalista HÉRBERT MOSES, presidente da Associação Brasileira de Imprensa, que lá se encontrava. Enquanto realizava a reunião ministerial, CAFÉ FILHO declarou aos jornalistas, em sua residência que ignorava toda e qualquer informação a respeito da renúncia do presidente.
Nas imediações do CATETE, grande era a movimentação de populares, a maioria contrária a GETÚLIO VARGAS, e de carros que chegavam e entravam pelos portões do palácio, apesar das ruas próximas estarem interditadas. Ainda no meio da reunião, a rádio TUPI conseguiu romper a censura existente, sendo a primeira a divulgar a falsa notícia de que  o presidente VARGAS havia renunciado. Taxistas comemoraram a divulgação da informação. Nesse momento, CAFÉ FILHO, de pijama, recebeu os primeiros abraços em sua residência de precipitados amigos e dos puxa-sacos de sempre.
O BRIGADEIRO NERO MOURA, ex-ministro da AERONÁUTICA, tentou às 4 horas chegar ao palácio, mas foi barrado por tropas militares ainda na rua do CATETE. Melhor sorte teve o prefeito do DISTRITO FEDERAL, CORONEL DULCÍDIO CARDOSO, que conseguiu entrar na sede do governo logo depois.
O BRIGADEIRO EDUARDO GOMES estava no Quartel General aguardando os acontecimentos. A RÁDIO GLOBO começou também a transmitir falsas notícias de renúncia, intercaladas com marchas militares. A divulgação da renúncia pelas emissoras de rádio foi recebida por foguetes em vários pontos da cidade.
ALZIRA, juntamente com seu marido ERNANI DO AMARAL PEIXOTO e o ministro OSVALDO ARANHA, foi até o quarto do presidente. Ela entrou e disse que os dois estavam ali para mostrar a nota, a resposta foi seca: “O que eles resolverem, está resolvido”. Estava totalmente desinteressado. ALZIRA falou ainda a seu pai que “faria uma traquinagem”, pois havia falado com oficiais leais na VILA MILITAR e eles haviam dito que “ficasse descansada, porque a VILA estava firme”; no que seu pai respondeu: “Não adianta, o ZENÓBIO já está convidado pelo CAFÉ para continuar no ministério”. Ela surpresa, indagou o porquê de ele não haver dito antes. GETÚLIO com desdém respondeu: “o que iria adiantar?”
O ministro da GUERRA, quando retornou ao PALÁCIO DUQUE DE CAXIAS, convocou uma reunião com todos os generais para as 6 horas e 30 minutos, em seu gabinete. LOURIVAL FONTES anunciou à imprensa: “CAFÉ tomará posse logo mais à tarde”.
Com meia hora de atraso, teve início a reunião com os generais, e ZENÓBIO explicou a todos a decisão tomada. Ao ser indagado: “Mas depois dessa licença, o presidente volta?” – acredita-se que a pergunta tenha sido feita pelo GENERAL FIÚZA DE CASTRO; o ministro da GUERRA respondeu: “Não, é claro que não!”.
Presente como testemunha do fato, o general MORAES ÂNCORA, ex-chefe de polícia e muito amigo do presidente, foi ao CATETE e contou ao GENERAL CAIADO DE CASTRO, na presença de BEJO VARGAS, que havia subido ao quarto do seu irmão GETÚLIO, e participado o grave ocorrido no ministério da GUERRA, quando o presidente teria perguntado: “Então estou deposto?”; e BENJAMIN ainda acrescentou que “tinha sido intimado a depor no GALEÃO”. O presidente, contrariado, disse: “Não, você não vai. Eles que venham ouvir você aqui. Eu ainda sou o presidente!”
GETÚLIO pediu para seu irmão descer o obter mais informações. Ele ficou sozinho até por volta das 7 horas, quando foi procurado pelo barbeiro, que veio perguntar se queria fazer a barba. Disse que não e dispensou-o dizendo que queria descansar um pouco mais. Pouco depois, deixou o quarto e foi até o gabinete de trabalho que ficava ao lado. Ainda de pijama, fora buscar o revólver que estava guardado no cofre do gabinete.
Às 8 horas e 35 minutos, exatamente, o presidente da República GETÚLIO DORNELLES VARGAS, de 72 anos, que havia governado o BRASIL por quase duas décadas, colocou fim à sua vida com um disparo em seu coração. Dia 24 de agosto era data de aniversário de seu filho caçula, GETULINHO, que havia falecido em SÃO PAULO, em 1943, com apenas 23 anos, vítima de poliomielite.
O tiro foi ouvido por aqueles que estavam por perto. A primeira pessoa a entrar no quarto do presidente foi sua esposa, dona DARCY (pronuncia-se DÁRCI), que dormia no quarto ao lado e entrou por uma porta interna. Ao ver o marido, que ainda vestia um pijama, com as pernas para fora da cama e com um revólver “COLT”, calibre 32, carga dupla, com o cabo de madrepérola, na sua mão direita, mortalmente ferido, desesperada gritou: “GETÚLIO, POR QUE FIZESTE ISTO?”. Dona DARCY SARMANHO VARGAS viveu nesse dia outro drama: sua irmã, ADA MOTTA, que residia no RIO GRANDE DO SUL, ao ouvir a notícia da morte do cunhado presidente pelo rádio, sofreu um infarto fatal.
A seguir chegou o ajudante de ordens, MAJOR HERNANI FITTIPALDI, que estava na porta do elevador do 3º andar, ala residencial do Palácio. O GENERAL CAIADO DE CASTRO ao saber da triste ocorrência teve um desfalecimento.                   
Sua filha ALZIRA falava por telefone com oficiais de confiança da VILA MILITAR, que apoiavam o presidente, quando alguém a segurou pelos ombros e gritou: “ALZIRA, seu pai!”. Ela saiu correndo em direção ao aposento presidencial, como todos que estavam no PALÁCIO DO CATETE naquele exato momento. Quando chegou, ele estava agonizando, e ela, chorando, jogou-se sobre ele. Com ajuda do ministro da Justiça, TANCREDO NEVES, conseguiram colocar o corpo sobre a cama, no lado esquerdo do leito. Procuraram estancar o sangue, mas não conseguiram. Ele, ainda com vida, lançou um olhar circunvagante pelas pessoas que estavam no quarto. Quando se deteve com os olhos em sua filha ALZIRA, sorrindo levemente e dando a impressão de experimentar um frisson de emoção, ele morreu.
O médico FLÁVIO MIGUEZ DE MELO, colega de turma de LUTERO, que o assistia, estava sentado ao lado dele com um aparelho de pressão, balançando a cabeça, quis dizer que era inútil. Apesar disso, uma ambulância do SAMDU foi chamada com urgência ao Palácio, mas o médico RODOLFO SAMUEL MOREIRA, que foi atendê-lo, já o encontrou morto.
O governador AMARAL PEIXOTO conseguiu tirar sua esposa do lado do pai, que, ainda muito abalada, foi colocada em uma poltrona. Nesse momento, observou em cima do criado-mudo um envelope em branco, ao abri-lo constatou que era um documento de despedida. Nessa hora, chegou ao quarto OSVALDO ARANHA, que fora avisado da morte do presidente por BENJAMIM VARGAS. AMARAL PEIXOTO entregou a OSVALDO a carta, uma ligação foi feita para a rádio NACIONAL. O ministro da Fazenda tentou lê-la, mas não conseguiu, pois começou a chorar copiosamente. Seu filho, EUCLIDES, emocionado, terminou por ele.
Desde a divulgação da notícia da morte do presidente, centenas de milhares de pessoas acorreram para o Palácio do CATETE. O grande caixão negro, não podendo ser carregado em virtude do grande número de pessoas, desceu pelas mãos dos presentes que se acotovelavam nos degraus, passando sobre a cabeça de todos até chegar ao salão, onde foi colocado na eça. Quando descia o esquife, alguém tentou se agarrar a um grande lustre que iluminava a escadaria. Não agüentando o peso do pretenso Tarsan tupiniquim, veio a cair sobre várias pessoas, ferindo-as.
Em todo o BRASL, o povo, em estado de choque, saiu para prantear a memória de GETÚLIO VARGAS. O comércio, por meio da Federação do Comércio, fechou suas portas em sinal de luto, bem como as escolas, repartições públicas, clubes, fábricas. A bandeira nacional foi hasteada no país inteiro a meio pau, em sinal de luto.
Pelo Decreto n º 36.114, de 24 de agosto de 1954, JOÃO CAFÉ FILHO decretou luto oficial por oito dias:
O Presidente da República, usando da atribuição que lhe confere o art. 87, item I, da Constituição e, tendo em vista o disposto no art. 53 do Decreto n º 24.910, de 4 de maio de 1948, decreta:
Art 1º É decretado luto oficial por oito dias, em sinal de pesar pelo falecimento do Presidente da República, Doutor GETÚLIO DORNELLES VARGAS.
Art 2 º O presente decreto entra em vigor na data de sua publicação.
RIO DE JANEIRO, 24 DE AGOSTO DE 1954, 133 º DA INDEPENDÊNCIA E 66 º DA REPÚBLICA.    
CARTA–TESTAMENTO DE GETÚLIO VARGAS.
“Mais uma vez, as forças e os interesses contra o povo coordenaram-se e novamente se desencadeiam sobre mim. Sigo o destino que me é imposto. Depois de decênios de domínio e espoliação dos grupos econômicos e financeiros internacionais, fiz-me chefe de uma revolução e venci. Iniciei o trabalho de libertação e instaurei o regime de liberdade social. Tive de renunciar. Voltei ao governo nos braços do povo. A campanha subterrânea dos grupos internacionais aliou-se à dos grupos nacionais revoltados contra o regime da garantia do trabalho. A lei de lucros extraordinários foi detida no Congresso. Quis criar a liberdade nacional na potencialização das nossas riquezas através da Petrobrás e, mal começa esta a funcionar, a onda de agitação se avoluma. A Eletrobrás foi obstaculada até o desespero. Não querem que o trabalhador seja livre. Não querem que o povo seja independente. Nada mais vos posso dar, a não ser meu sangue. Se as aves de rapina querem o sangue de alguém, querem continuar sugando o povo brasileiro, eu ofereço em holocausto a minha vida. Escolho este meio de estar sempre convosco. E aos que pensam que me derrotaram respondo com a minha vitória. Era escravo do povo e hoje me liberto para a vida eterna. Mas esse povo de quem fui escravo não mais será escravo de ninguém. Meu sacrifício ficará para sempre em sua alma e meu sangue será o preço de seu resgate. Lutei contra a espoliação do Brasil. Lutei contra a espoliação do povo. Tenho lutado de peito aberto. O ódio, as infâmias, a calúnia não abateram meu ânimo. Eu vos dei a minha vida. Agora vos ofereço a minha morte. Nada receio. Serenamente dou o primeiro passo no caminho da eternidade e saio da vida para entrar na história.”
GETÚLIO VARGAS foi chamado de PAI DOS POBRES. O CHEFE. O HOMEM. Sua carta–testamento, na qual dá suas razões para o gesto extremo, é um dos mais conhecidos documentos históricos. 

PALESTRA ABERTURA NOVE DE JULHO PARANAENSE - DOUTOR MARIANO TAGLIANETTI, PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO PARANAENSE MMDC E HERÓIS DO CERCO DA LAPA


Resultado de imagem para MARIANO TAGLIANETTI







PALESTRA ABERTURA NOVE DE JULHO PARANAENSE.





Caríssimo Cel. VENTURA, bom dia !
O  evento "NOVE DE JULHO PARANAENSE"  foi  aberto ontem com o
texto** de lavra do ilústre paladino" TRINTA E DOIS ONTEM E HOJE",
brilhantemente  proferido  pelo  nobre Dr. CARLOS  ALBERTO MACIEL
ROMAGNOLI vice-presidente da SOCIEDADE VETERANOS de 32 MMDC, presentes  a  elite  representativa  da  intelectualidade  paranaense, entre èles; - Des. PAULO  ROBERTO  HAPNER  presidente  do IHGP; - Cel. ANTONIO CARLOS FIGUEIREDO presidente da LDN ; - Advogado preeminente dr. JOÃO CASILLO consul da Belgica ; Dr. AMADEU DE MIO  GEARA  e  Profª  KÁTIA  MARIA  BIESEK  do Círculo de Estudos Bandeirantes; - Profª  MARIA  HELENA  de  AZEVEDO  do Centro  de Cultura do Paraná: -  Profº ANGELO BATISTA do Centro de Letras do Paraná;  - ALEXANDRE GARDOLINSKI da ANVFEB entre outros...
Presidida  pelo presidente da ASSOCIAÇÃO PARANAENSE  MMDC  32  e  HERÓIS  do CERCO DA LAPA, a solenidade foi   dedicada   ao   -  DIA  DO  SOLDADO   -,   procedendo-se   a   leitura
do  TOQUE  DO  SiLÊNCIO  da poetisa FRANCES de AZEVEDO, diante do PAVILHÃO NACIONAL , portado  por  soldado  integrante  da  5ª  Região Militar, após saudação à BANDEIRA declamada pelo Orador JOEL LOBO.


** Publique-se o texto.
Fraternal apreço, MT.

DIÁRIO OFICIAL DE 24 DE AGOSTO DE 2019 PUBLICA AS PROMOÇÕES DOS OFICIAIS DA PMESP.


Resultado de imagem para polícia militar do estado de são paulo




24 DE AGOSTO DE 2019      :       -     SÁBADO
DIÁRIO OFICIAL
POLÍCIA MILITAR
Decretos de 23-8-2019
Promovendo, nos termos do Dec.-lei 13.654-43, e suas alterações, os seguintes Oficiais da Polícia Militar do Estado: a contar de 25-8-19
QUADRO DE OFICIAIS POLICIAIS MILITARES – QOPM ao posto de Coronel PM, por merecimento,
os Tenentes- -Coronéis PM: 884124-1 Miguel Elias Daffara, do CPA/M-1; 883555-1 Fábio Rogério Cândido, do 17º BPM/I; e 901219-2 Dinael Carlos Martins, do 3º BPRv.
ao posto de Tenente-Coronel PM, por antiguidade,
os Majores PM: 891308-A Valdeci Silva Júnior, do 33º BPM/I; 901238-9 Douglas João La Femina Júnior, do 3º BPM/M; 901218-4 Paulo Roberto Borges, do 19º BPM/I; 901304-A Adaylton Álvaro de Rezende Júnior, do CAvPM; 883948-4 Samuel Dias de Oliveira, do CIAP; 920407-5 Rogério Oliveira Renó, do 6º BPM/M; 920466-A Ealton Douglas Nunes, da APMTCE; 920486-5 Sônia Paula Baptista Hamad Leandro, do 5º BPM/I; e 920432-6 Renato Luiz Costa de Campos, do 41º BPM/I. ao posto de Tenente-Coronel PM, por merecimento, os Majores PM: 901297-4 Plínio Mariano do Nascimento, do CCB; 920365-6 Marcelo Gonçalves Gaspar, da 4ª EM/PM; 901263-0 Emerson Massera Ribeiro, do C Com Soc; 920409-1 Alexandre Merlin, do CCB; 920386-9 José Augusto Coutinho, do 1º BPChq; 920464-4 Fábio Ricardo Ferreira, da CAJ; 863780-6 Ricardo Xavier da Silva, do 2º BPChq; 871074-A Luiz Cordeiro da Silva Filho, do CPC; 920396-6 Carlos Enrique Forner, da 1ª EM/PM; 920473-3 Daniela Pollete Costa Pereira Merlin, da Correg PM; 901285-A Fabrício Marchi Tiago, do 30º BPM/I; 920431-8 Marcelo dos Santos Sançana, do 15º BPM/I; 889553-8 Anísio Araújo dos Santos, da APMBB; 887853-6 Edilson Mariano de Oliveira, da Correg PM; 910303-1 Marcelo Perin Monteiro, do 52º BPM/I; 910288-4 Fernando de Agrella, do 7º BPM/I; e 891234-3 Alexandre Espíndola Cardoso Ledo, do 53º BPM/I.
ao posto de Major PM, por antiguidade, os Capitães PM: 910413-5 Leandro Rogério Januário, do 15º BPM/M; 931030- 4 Emerson de Oliveira Lima, do 42º BPM/M; 910414-4 André Luiz de Almeida Zandonadi, do 38º BPM/M; 910361-9 Wladimir Borges de Freitas, do 38º BPM/M; 940708-1 Fábio Leite Figueiredo, do CBM; 940671-9 Vítor Artur Matias da Silva, da EEF; 940665-4 Renato Akira Akamine, do 16º BPM/M; 940652-2 Marcos Antônio de Souza, do 35º BPM/M; 940646-8 Mário Luciano Siconeli, do 4º BPAmb; 940684-A Paulo Henrique Junqueira de Carvalho, do 51º BPM/I; 940735-9 Fernando Calixto Mariano, do 6º BPM/I; e 940685-9 Fábio Caires Fernandes, do 20º BPM/M. ao posto de Major PM, por merecimento, os Capitães PM: 940643-3 Nilson César Pereira, do 2º BPAmb; 940767-7 Marcelo Rodrigues Maia, da DTIC; 940674-3 Regis Leme Borges dos Santos, do CIAP; 865757-2 Antônio Carlos Gonçalves Bernardo, do 42º BPM/I; 940648-4 Eduardo Salles Mendes, do 3º BPChq; 940654-9 Angélica Alves da Silva, do CPI-1; 913820- 0 Paulo Henrique Beltrami, do 9º BAEP; 921649-9 Denilson Aparecido Ostroski, do CCB; 940667-A Beatriz de Assis Bastos Morassi, da 6ª EM/PM; 940732-4 Djonatas Alexandre Nascimento, do 44º BPM/I; 940661-1 Yuri Moraes Bedini, da DL; 940713-8 Márcio César Carnevale, da ESB; 940675-1 Alex Mena Barreto, do CAvPM; 922248-A Emerson Anderson Di Francesco, do CPAmb; 940657-3 Ricardo Orlandi Folkis, do 21º BPM/M; 940619-A Laerte Mauro Bezerra de Rezende, do 12º BPM/M; 940668-9 Patrícia Elaine Machado, do CPI-8; 940659-0 Regiani Rocha Souza Pereira, do 6º BPM/I; 940650-6 Sheila Ricarda Berbel, da DEC; 940625-5 Leandro Garcia Souza, da Correg PM; 923997-9 Luiz Antônio Flauzino, do CPI-10; 940770-7 Luciano Miguel, do 50º BPM/M; 940742-1 Marcelo Soares Cavalheiro, do CIAP; 913568-5 Luiz Carlos José da Silva, do 28º BPM/M; e 940699-9 Júlio César Rufino da Silva, do CAvPM.
ao posto de Capitão PM, por antiguidade, os Primeiros- -Tenentes PM: 117606-4 Manoel Adriano de Mendonça, do 2º BPM/I; 117594-7 Alexandre Veloso Reis, do CSM/MOpB; 117584-0 Alexandre Luciano Matsuhashi, da Coord Op PM; 117568-8 Richard Freitas Passada, do 2º BPM/M; 117535-1 César Tadeu Ribeiro Florindo, do 4º GB; 112764-A William Tonini Machado, do 22º BPM/I; 117531-9 Erika Guardia Wolowski Pileggi, da DTIC; 117523-8 Maycon Costa de Cristo, do CBI; 990773-4 Jefferson Alexandre da Costa, da DTIC; 117567-0 Renan Yamaoka Costa, do 12º BPM/M; 103317-4 Paulo Eduardo das Chagas de Souza, do 19º GB; 117873-3 Franciele Prete Bento, da APMBB; 117560-2 André Carvalho dos Santos, do 9º BPM/I; 117574-2 Jean Roger da Silva, do 28º BPM/I; 117542-4 Rafaelle Antônio Califano, da APMTJ; 117539-4 André da Costa Vieira Ciampone, do 24º BPM/I; 117520- 3 Carlos Eimatsu Miyazato, da Correg PM; 117611-A André Silva Pinto, do 8º GB; 117527-A Fábio Biscaro Pedrolli, do 40º BPM/I; 117566-1 Antônio Carlos de Souza Pilon, do 4º BPAmb; 117577-7 Vinícius Ferratto Floriano, do 17º BPM/I; 117589-A Eduardo Monteiro de Oliveira, do 6º GB; 117543-2 Vitor Samuel Caldas, do 40º BPM/I; e 963140-2 Antônio Afonso Ferreira, do CCB. ao posto de Capitão PM, por merecimento, os Primeiros- -Tenentes PM: 101210-0 Hugo Valentin Kroll Miranda, do CIPM; 117553-0 Eduardo Henrique Schulte Leme, do CCB; 966262-6 José Sérgio de Souza, do 4º BPM/I; 117588-2 André Lellis Viana, do Gab Cmt G; 117540-8 Juliano Galhardo, do CAvPM; 990619-3 Ricardo Mandarini Pereira, da Correg PM; 117497-5 Victor Adolfo Carvalho e Silva, da ESB; 117524-6 Flávio Kamikoga, do 3º BPM/M; 117536-0 Gustavo Brunheroto Gennari, do 19º GB; 117591-2 Felipe Fernandes Koffler, do CCB; 117559-9 Renan Alcântara dos Santos, do 19º BPM/I; 115768-0 Marcelo da Fonseca, do 42º BPM/M; 109367-3 Fernando da Cunha Bachiega, do 2º BPM/I; 117546-7 Mauro Girotto Cunha, do 37º BPM/M; 117533-5 Leandro Augusto Martins, do CBM; 117614-5 Juliana de Pinho Rojas, da Correg PM; 117612-9 Cristiane Fonseca Pereira David, da CAJ; 117582-3 Aline Camargo Ribeiro Valentim da Silva, do 27º BPM/I; 117517-3 Paula Miwa de Paiva Lima, do CIPM; 117552-1 Maria de Fátima Rosa Franco, da ESB; 117607-2 Karoline Burunsizian Magalhães, do 6º GB; 117529-7 Thais Cristina Coscioni Ozahata, do CBI; 117544-A João Carlos Diniz Albino, do 7º BPM/I; e 107099-1 Jivago Moretto Pedra, do 4º BPRv.
ao posto de Primeiro-Tenente PM, por antiguidade, os Segundos-Tenentes PM: 152745-2 Matheus Gonçalves Roncatto, do 2º BPChq; 144519-7 Leandro Soares Cembranelli, do 5º BPM/I; 136367-A Homero Eduardo Bueno Brito, do 33º BPM/M; 129871-2 Layon José de Souza, do 8º BPM/I; 130366-0 Danilo Simão Arruda, do 54º BPM/I; 138916-5 Rubens Eduardo Rodrigues Modulo, do 52º BPM/I; 152709-6 Marcella Mendes Santanna, do 8º BPM/M; 122040-3 Anselmo da Silva Almeida, do 17º BPM/M; 125376-0 Lesandro Agostinho, do 35º BPM/I; 127419-8 Rodrigo de Souto Silva, do 2º BPM/I; 141524-7 Eduardo Martins Correia, do 30º BPM/I; 109961-2 Rodrigo Gonçalves de Campos, do 47º BPM/I; 125766-8 Carlos Nilcemir Mariano da Silva, do 9º BPM/M; 149732-4 Rodrigo Fernandes Jordão, do 1º BAEP; 123361-A Thales de Oliveira Tasso, do 15º BPM/I; 100161-2 Edy Wagner da Silva, do 20º BPM/M; 152702-9 Pedro Rangel Silva, da Correg PM; 144951-6 Matheus Paulo Dias de Oliveira, do 16º BPM/M; 119763-A Edson Francisco de Farias Silva, do 33º BPM/M; 113118-4 André Valadares Nascimento, do 4º BPM/M; 103532-A Adilson Godoy de Carli, do 4º BPRv; 128221-2 Leandro Pinto de Souza, do 31º BPM/I; 136956-3 Jonathan Samuel Lopez Munaretto, do 17º BPM/M; 144879-0 Vanderson Estevam Barbosa, do 33º BPM/M; 152749-5 Guilherme Absay Lourenço de Lima, do 5º BPM/I; 128672-2 Tatiane Mara Bonadio, da Correg PM; 124131- 1 Alex Rodrigues dos Santos Mota, do 43º BPM/M; 135362-4 Luciano Mazário Dias, do 39º BPM/M; 120199-9 Alex Baqueiro Faquinha, do 15º BPM/M; 148674-8 Victor de Oliveira Anversi, do 15º BPM/M; 143876-0 Deyvison Tavares da Costa, do 19º BPM/M; 138976-9 Camila Fernandes, da EEF; 102351-9 Elton Ferreira de Lira, do 5º BPM/M; 114421-9 Vinícius Miniussi Maschio, do 6º BAEP; 126001-4 João Felipe Caiares, do 5º BPRv; 130921-8 Ronickson Pimentel dos Santos, do 6º BAEP; 151204-8 Natália Paulo Vieira, do 9º BPM/M; 103439-1 Carlos Augusto Lima de Queiroz, da Correg PM; 123134-A Joab Fernandes de Brito, do 8º BPM/I; 139012-A Natália Cristina Rodrigues Lacerda, do 11º BPM/M; 131074-7 Vinícius Artilha dos Santos, do 12º BPM/M; 118941-7 Fabiano Macchia Rezende, do 47º BPM/M; 129207-2 Marcelo Rocha Gonçalves, do 43º BPM/M; 128058-9 Erik Tatiano Galo Aragão, do 6º BPM/I; 152710-0 Luiza Lemes dos Santos Duarte, do 1º BPM/I; 148701-9 Juliana Aparecida Neves Cabral, do 1º BPM/I; 140040-1 Eliane Ribeiro da Rocha, do 31º BPM/M; 128042-2 Eduardo Ibara Kobayashi, do 31º BPM/I; 152715-A Vinícius Todesco Pinheiro, da Correg PM; 123914-7 Emerson de Oliveira, do 2º BPM/M; 127903-3 Allan Augusto Alves Franco de Oliveira, da ESB; 951138-5 Ricardo Alexandre Barbosa, do 44º BPM/M; 108009-1 Ramatuel Diego Dantas Silvino, da ESB; 152739-8 Glauco Eduardo Arakaki Marinho, do 19º BPM/M; 141370-8 Wesley Gonçalves de Souza, do 11º BPM/M; 144965-6 Rafael Cheles Gonçalves, do 7º BPM/I; 137105-3 Altieri Aparecido dos Santos, do 51º BPM/M; 128515-7 Samuel Vidal Oliveira, do 44º BPM/M; 116635-2 Adinan da Rocha Lima, do 50º BPM/I; 130591-3 João Paulo Guimarães Liberato, do 28º BPM/I; 136578-9 Edberto Oliveira de Melo, da ESB; 110063-7 Dagner Luís Vitoriano, do CPA/M-1; 136650-5 Daniel de Jesus Silva, do 3º BPM/M; 104190-8 Cláudio Benisa de Almeida, do 3º BPM/M; 130291-4 Bruno Poletti Arantes, do 1º BPM/M; 130730-4 Magnum Felipe Pires Alves Pereira, do 20º BPM/I; 150839-3 Felipe Atanázio Pires, do 4º BPM/I; 136626-2 Diego Bispo dos Santos, do 36º BPM/I; 152724-0 Gustavo Mitiuye Bosque de Carvalho, do 4º BPM/M; 136206-2 Fábio Luiz de Jesus Leme, do 16º BPM/M; 152714-2 Adolfo Caraman Naveira, do 5º BAEP; 152738-0 Jefferson Martins da Costa Júnior, do 21º BPM/M; 136507-0 Rubens de Souza Guadagnoli, do CPA/M11; 106880-6 Patrícia Possam Matsuhashi, do 7º BPM/M; 128836-9 Antônio Carlos Brustolin Júnior, da ESB; 971069-8 Marcelo Benedito Ferraz, do 9º BPM/M; 152740-1 Rodrigo César Viana Alvarenga, do 9º BAEP; 141895-5 Bruno Melo dos Santos, do 12º BPM/M; 127946-7 Carlos Alexandre Prandini, da ESB; 144481-6 Guilherme Vicentini Chahoud, da Correg PM; 152696- A Mário Lúcio Batista da Silva, do 46º BPM/I; 124041-2 Thiago Beserra Santana, do 41º BPM/M; 135065-0 Rodrigo Wolf de Barros Pimentel Pinto, da ESB; 138792-8 Luiz Berbel Neto, do 49º BPM/I; 128250-6 Luís Muller da Costa, da ESB; 126381-1 Washington Costa Rodrigues, do 1º BPM/M; 148815-5 Josemar Pereira, do 25º BPM/M; 148316-1 Henrique Ferreira dos Santos, do 7º BPM/M; 152708-8 Ana Clara Ribas Tomaz, do 2º BPM/M; de Brito, 152736-3 Daniel Takeshi Inoue, da ESB; 129940-9 Paulo Henrique Aparecido de Freitas, do 45º BPM/M; 152723-1 Lucas Baroni Maciel, do 14º BPM/M; 124146-0 Raphael Wellington Tavella, do 43º BPM/I; 152743-6 Natalia Aparecida de Souza Marques, do 43º BPM/I; 146989-4 Guilherme Minoru Hakamata de Souza, do 25º BPM/I; 147475-8 Felipe Duzzi, do 23º BPM/M; 152719-3 Luís Vinícius Sandrin Cardoso, do 30º BPM/I; 152747-9 Gabriel Meireles Paribello, do RPMon; 123252-5 Wadson Rafael da Silva, do 8º BPM/I; 107068-1 Leandro Roberto Endrisse, do 3º BPM/M; 152713-4 Matheus Jens Athanásio, do 16º BPM/M; 118009-6 Ana Carolina dos Santos Silva, do 7º BPM/I; 115507-5 Vagner Luiz da Silva, do 20º BPM/I; 151426-1 Mayra Souza Jesus de Luna, do 44º BPM/M; 149727-8 Felipe Moraes Oleto, do 37º BPM/M; 130509-3 Francisco Leme de Góes Neto, da ESB; 152718-5 Guilherme Ricobello de Lima, do 33º BPM/I; 118085-1 Alex Alfredo Gomes Yamauti, do 45º BPM/I; 128590-4 Willian Roberto Gordoni, do 29º BPM/M; 149554-2 Lucas Giovanetti Sendin, da ESB; 152735-5 Sarah Biason Rodrigues, do 1º BPM/M; 136705-6 Fábio de Souza Oliveira, do 15º BPM/I; 128754-A Vinícius de Castro Ávila, do 10º BPM/I; 152750-9 Bruno Godoy de Carli, do 36º BPM/I; 152704-5 Yuri Elias Tavares, do 6º BPM/I; 139082-1 Klicia Lima Santos, do 3º BPM/M; 119948-0 André Ledres de Oliveira, do 6º BAEP; 120873-0 Joice Marques de Oliveira dos Santos, do 54º BPM/I;152695-2 Alessandro Garcia Diehl Messias, do 2º BPM/M; 130571-9 Iwel Procópio Fernandes, do 49º BPM/M; 145017-4 Laura Muniz Pacheco, do 23º BPM/M; 152701-A Camila Silva Macedo Santos, do 1º BPTran; 152789-4 Larissa Athayde do Carmo, do 34º BPM/I; 152742-8 Alison Vinícius de Oliveira Fiuza Ferreira, do 13º BPM/M; 144434-4 Luciana Veríssimo dos Santos, do 39º BPM/M; 102260-1 Vinícius Lins Mastros, do 39º BPM/I; 980257-6 Luiz Carlos Teodósio, do 34º BPM/I; 137068-5 Caique Augusto Vieira Santos, do 18º BPM/M; 128081-3 Fábio Lyrio dos Santos, do 31º BPM/M; 118594-2 Emerson Alves Pereira, do 35º BPM/M; 141882-3 André Luís Vieira, do 7º BPM/M; 146862-6 Ana Carolina Raymundo, do 18º BPM/M; 144404-2 Ingretty Kudrevic, da EEF; 933731-8 Silvio Rodrigues, do 13º BPM/M; 119380-5 Thiago Monteiro de Souza, do 2º BPM/I; 149482-1 Marcos de Almeida Barbosa, do 14º BPM/M; 152698-7 Júlia Carolina Martins de Sousa, do 39º BPM/M; 135390-0 Ricardo Brangi Forti, do 7º BAEP; 103272-A Antônio Plínio Barone Júnior, do 4º BPRv; 126053-7 Leandro Rodrigues da Silva, do 37º BPM/M; 121001-7 Simone de Oliveira Martins, do 1º BPTran; 152732-A Aurélio Alexandre Teixeira, do 1º BPAmb; 152733-9 Rafael Pacheco Agra Diniz Nogueira, do 42º BPM/I; 135669-A Bruno Alves de Carvalho, do 18º BPM/M; 136198-8 Marco Antônio Belém Tassinari, do 33º BPM/M; 141900-5 Alessandro Serpa Pereira, do 44º BPM/I; 123697-A André Luiz Brito Teixeira, da ESB; 130952-8 Thiago de Oliveira Perin, da ESB; 119081-4 Bruno Felipe da Costa, do 19º BPM/I; 128103-8 Filipe Sales, do 11º BPM/M; 130915-3 Romero Lucas Franco, do 31º BPM/I; 119020-2 Tarcísio Martins Cunha, do 28º BPM/M; 148560-1 Rafael Augusto da Silva Nora, do 51º BPM/I; 152699-5 Carmem Luiza dos Santos Martinez Duran, da ESB; 152730-4 Marcos Vinícius Araújo Rocha, da Correg PM; 112672- 5 Fábio Sebastião de Almeida, do 9º BPM/I; 142309-6 Marcos Augusto de Oliveira Júnior, da ESB; 141999-4 Marcos Willian Botelho Gondran, da EEF; 152706-1 Larissa Amadeu Leite, do 42º BPM/M; 152798-3 Douglas Francisco Galvão Nogueira de Camargo, do 3º BAEP; 135275-0 Felipe Feitosa de Paulo, do 51º BPM/I; 152722-3 Felipe Augusto Sandri Ferraz, do 48º BPM/M; 152707-0 Ian Alves Marques Sarmento, do 36º BPM/M; 152728- 2 Thiago Adinolfi Tavares, do 6º BAEP; 114914-8 Igor de Almeida e Silva, da ESB; 123746-2 Henrique Ribeiro Rodrigues, da ESB; 147498-7 Brenda Saori Ribeiro Elias da Silva, do 40º BPM/I; 114761-7 André Emídio Froes, do 30º BPM/M; 139041-4 Ana Cristina Cerulli Rejani, da EEF; 152751-7 Nicolas Alves Moraes, do 6º BPM/M; 112284-3 Josimar Coelho de Miranda, do 5º BAEP; 147614-9 Jéssica Guedes da Silva, do 8º BPM/M; 128702-8 Flávio Gonçalves da Costa, do 46º BPM/M; 144399-2 Flavia Aparecida Cabello Hanahusa, do 18º BPM/I; 113665-8 Ederson Martinez Zanardi, do 30º BPM/M; 130640-5 José Marques, do 30º BPM/M; 105467-8 Alexandre Ferraz Campos, do 23º BPM/I; 147692-A Leonardo Athila Rodrigues Borghi, do 49º BPM/M; 149489-9 Douglas Henrique da Silva; do 37º BPM/M; 149263-2 Caio Santucci Lavezzo, do 36º BPM/I; 152705-3 Danilo Rocha Ribeiro, do 47º BPM/I; 152703-7 Caio Hideo Goya, do 19º BPM/M; 149570-4 Kelvin Xavier Pires, do CPA/M-1; 136290-9 Diego Fernando de Souza Melo, do 42º BPM/I; 152721-5 Carolina Harume Ramos Shicata, da ESB; 149728-6 Mayco Barbosa Meirelles, do 3º BPAmb; 152731-2 Renan Renzo Fraleoni, da ESB; 130597-2 João Vítor Falcão Arantes, do 9º BPM/I; 127497-0 Júlio Cézar dos Santos, do 48º BPM/M; 152726-6 Tiago Cardoso Poli, da ESB; 152725-8 Itálo Pontual Santos, do 4º BPM/M; 152716-9 Lucas Tuschi Marques, do 5º BPM/M; 152692-8 Bruna Cupka, do 48º BPM/M; 152752-5 Guilherme Fernandes Leite, do 32º BPM/I; 144180-9 Sérgio Luiz Mendes de Andrade, do 37º BPM/M; 144721-1 Barbara Alves Celestino, da EEF; 147531-2 Evandro Reche Nogueira, do 28º BPM/M; 112165-A Sara de Barros Souza, do 24º BPM/M; 152797-5 Marcos da Silva Rolim, da ESB; 135862-6 Glauco dos Santos Andrade, do 38º BPM/M; 118578-A Eder Santos Nogueira, do 25º BPM/M; 152748-7 Gabriel Alves Cardoso, do 38º BPM/M; 152712-6 Caio Vinícius de Marcos, do 7º BPM/M; 118073-8 Adelson Mota de Oliveira Júnior, do 27º BPM/M; 152737-1 Dante Dias Vivan, da ESB; 150909-8 Victor Fernandes Godoy, do 50º BPM/I; 119981-1 Danilo Lima Goulart, do 37º BPM/M; 152311-2 Fabrício dos Santos Alves, do 33º BPM/M; 152694-4 Danillo Pereira Pires, do 24º BPM/M; 152256- 6 Guilherme Pinheiro Felix da Costa, do 43º BPM/I; 152711-8 Jonas Henrique Valdez de Come, do 4º BPChq; 152717-7 Carlos Alberto Leopoldino da Silva, do 37º BPM/I; 152744-4 Victor Rodrigues Gonçalves, do 37º BPM/M; 152700-2 Murilo Carlomagno Hoffart, do 50º BPM/M; 152697-9 Leonardo André Martins Paes, do 9º BPM/I; 152793-2 Walter Auada Botelho de Moraes Toledo, do CPI-9; 127944-A Carlos Alberto de Araújo Carvalho Júnior, do 50º BPM/M; 147438-3 Ramon Victor Bovenzo Alves, do 45º BPM/I; 144550-2 Nathalia Gomes de Oliveira, do 50º BPM/M; 980117-A Gilberto Ferreira Algarra, do 19º BPM/I; 142271-5 Mateus Ferreira dos Santos, da EEF; 152790-8 Dirceu Marques Fernandes Júnior, do 21º BPM/I; 135892-8 Paulo Marconi Oliveira Passos, do 50º BPM/M; 152734-7 Bruno Sawamura Murayama, do 36º BPM/I; 145006-9 Carlos Augusto Pereira Andrade, do 18º BPM/I; e 152741-0 José Eduardo La Serra de Freitas, do 33º BPM/M.
ao posto de Segundo-Tenente PM, por merecimeto intelectual, os Aspirantes-a-Oficial PM: 146929-A Pedro Moreira de Mattos, do 42º BPM/M; 121065-3 Fabiana Almeida do Nascimento, do 2º BPChq; 160057-5 Cauê Rodrigues Camacho, do 3º BPChq; 108717-7 Adriano Aiello Sciarretta, do 2º BPChq; 160086-9 Tharcísio Oliveira Tasso, do 3º BPChq; 160038-9 Vagner Alves Tavares Ickert, do CCB; 137136-3 Hugo Wanderley de Alencar, do CCB; 117793- 1 Roberta Geraldi Aniceto Rodrigues, do 6º BPM/M; 113439-6 Júlio Hebert Vieira da Silva, do 2º BPTran; 105459-7 Vagner Severo de Socorro, do 5º BPRv; 102564-3 Leandro Peroto Rigueto, do 37º BPM/I; 125625-4 Everton Rodrigo Silveira, do 25º BPM/I; 116629-8 Leandro da Silva Martins, do 31º BPM/M; 128194-1 José Nilton Gomes da Silva, do 5º BPM/M; 160102-4 Isamara Lopes Zilliani Cruz, do 42º BPM/I; 160105-9 Igor Andrade Leme, do CCB; 137021-9 Leonardo Lima Ferreira, do 32º BPM/M; 160076-1 Vinícius Bueno do Prado, do 11º BPM/I; 160091-5 Ederson Martins Revelli, do CCB; 151313-3 Felipe Atalla Rocha, do 16º BPM/M; 103559-2 Adriano Loureiro, do 42º BPM/I; 136467-7 Thiago Benigno da Costa, do 8º BPM/M; 101856-6 Eduardo Barbosa Nascimento, do 12º BPM/M; 137294-7 Bruno Ribeiro Munhoz de Vasconcelos, do CCB; 126157-6 Otávio Gomes da Silva, do 21º BPM/M; 108537-9Thiago Teruel Sendin, do 2º BPTran; 111162-A Demétrio Fustinoni, do 1º BPRv; 128094-5 Fernando Duarte dos Santos, do 51º BPM/M; 144591-0 Rafaela Trombini, do 11º BPM/M; 160121-A Raul Martins de Sá, do 51º BPM/M; 135356-0 Marcelo dos Santos Pereira, do 11º BPM/I; 160120-2 Felipe Gabriel Rizardi, do 9º BPM/M; 160094-0 Juan Paiva Aguiar, do 4º BPM/M; 136401-4 Caio Pineda Serafim Cardoso Gomes, do 31º BPM/M; 160063-0 Jeferson Lopes Amendola, do 7º BPM/I; 108859-9 Anderson Gavioli, do 10º BPM/M; 154686-4 Mayara Tatiana Bernardes do Nascimento, do 25º BPM/I; 160074-5 Thiago Fortini Propheta, do 37º BPM/I; 142525-A Edson Henrique Junqueira Vieira da Conceição, do 3º BPM/M; 134471-4 Felipe Vicente Sztukalski, do 9º BPM/M; 149373-6 Victor Augusto Carli, do 25º BPM/I; 116196-2 Shester Carlos Carneiro, do 37º BPM/I; 121072-6 Jacqueline Cesária Aparecida da Silva, do 4º BPM/M; 160066-4 Guilherme Navarro Bertoncini, do 4º BPM/M; 140652-3 Antônio Ovídio Ferrucio Cardoso, do 49º BPM/M; 118866-6 Vinícius Bogo Beneti, do 49º BPM/M; 112535-4 Fábio Tárcio Moura de Oliveira, do 8º BPM/M; 135869-3 Herick de Oliveira Andrade, do 7º BPM/I; 157715-8 Leonardo de Paiva Trevisan, do 6º BPM/M; 160119-9 Felipe Correa Zanardo, do 7º BPM/I; 122573-1 Alisson Maroto Lopes, do 43º BPM/M; 118857-7 Tiago Vinícius Tavares, do 8º BPM/M; 126338-2 Thyago Passos Barbosa, do 47º BPM/M; 142284-7 Vinícius de Souza Rocha, do 1º BPRv; 111632-A Edson Alves de Lima, do 32º BPM/M; 130714-2 Luís Henrique Negri Sampaio, do 7º BPM/M; 160043-5 Ana Lucia Chicarino do Nascimento, do 5º BPM/M; 160084-2 Carolina Cardoso dos Santos Rodrigues, do 6º BPM/I; 144899-4 Ana Carolina Oliveira Silva, do 19º BPM/I; 963754-A Eduardo Bezerra Cerqueira, do 4º BPM/M; 127995-5 Danilo Sá da Silva Andrade, do 21º BPM/M; 122210-4 Francisco Augusto dos Santos, do 49º BPM/M; 142359-2 Leonardo Soares Pinheiro, do 29º BPM/M; 135001-3 Fábio Xavier Barbosa, do 1º BPRv; 160058-3 Igor Rodrigues Gomes, do 27º BPM/M; 117449-5 Valdecir Neves Porfirio, do 7º BPM/M; 150366-9 Diego Massumi Kato Cassiano de Lara, do 3º BPM/M; 141568-9 Wallace da Rocha Machado, do 9º BPM/M; 160113-0 Gabriel Felipe de Souza, do 43º BPM/M; 128444-4 Ricardo Donato Chaves, do 5º BPRv; 140016-9 Aline Ferreira Inácio, do 16º BPM/M; 131628-1 Edinaldo Alves da Silva, do 31º BPM/M; 128709-5 Jonas de Souza, do 30º BPM/M; 122460-3 Renan Carlos Ramos da Silva, do 1º BPM/M; 128044-9 Eduardo Maciel Clemente, do 39º BPM/M; 130377-5 Diego Felício Novaes, do 16º BPM/M; 160114-8 Cauê de Come Rodrigues, do 35º BPM/I; 160071-A Olavo Watanabe de Mendonça, do 26º BPM/M; 160044-3 Lucas Carvalho da Costa, do 44º BPM/M; 123805-1 Robson de Paula Barbosa, do 20º BPM/M; 130221-3 Adriano dos Santos Silva, do 30º BPM/M; 153065-8 Thiago Assis Ribeiro, do 49º BPM/M; 142580-3 Marcus Wilian Dias Muricy, do 21º BPM/M; 111892-7 Marcelo Augusto Pereira, do 50º BPM/I; 160075-3 Maurício Sperandio Felipe Júnior, do 24º BPM/I; 160108-3 Luiz Henrique Barros, do 43º BPM/M; 152425-9 Renan Henrique de Oliveira Lima, do 47º BPM/I; 137804-0 Rafael de Angeli do Carmo, do 8º BPM/I; 160104-A Leonardo Vinícius Bonin Cangussu, do 12º BPM/M; 152361-9 Wesley Araújo de Rezende, do 1º BPM/M; 142327-4 Guilherme Augusto de Souza Diaz, do 1º BPM/M; 136850-8 Thiago Cordeiro de Lima, do 6º BPM/I; 152804-1 Marcela Soares Faria Gonzalez Carolino, do 21º BPM/I; 160083-4 Gabriel Henrique Rampim Natali, do 45º BPM/I; 142906-0 Cleyton Rodrigues de Melo, do 47º BPM/M; 135870-7 Ranieri de Oliveira Andrade, do 37º BPM/I; 157757-3 Océlio Balanco dos Santos Júnior, do 2º BPM/M; 138823-1 Antônio Carlos Pontes de Lima, do 29º BPM/I; 130865-3 Rhuan Muniz da Cunha, do 39º BPM/I; 141765-7 Vlamir Teixeira Júnior, do 6º BPM/M; 126527-0 Emerson Cosme Isidoro, do 15º BPM/M; 138987-4 Adriana Andreucci Pedroso, do 45º BPM/M; 135699-2 Elenildo Cordeiro do Nascimento, do 47º BPM/M; 134941-4 Marcio Rossi Petrucci, do 19º BPM/I; 131520-0 Moyses Kolle Júnior, do 42º BPM/M; 106687-A Carla Aparecida de Araújo, do 20º BPM/M; 126718-3 Rodrigo Rodrigues Lima, do 1º BPRv; 123365-3 Thiago Massaro Gomes, do 8º BPM/I; 962768-5 José Luiz Lourenço dos Santos Filho, do 29º BPM/I; 142283-9 Marcos Rogério Calian, do 11º BPM/I; 122514-6 Ronaldo Adriano Francisco dos Santos, do 5º BPM/M; 104829-5 William Arrebola da Silva, do 39º BPM/M; 160098-2 Diogo Souza Maia, do 15º BPM/M; 130236-1 Alexandre Fantini Neto, do 1º BPM/M; 160096-6 Milena Maira Tonon, do 12º BPM/M; 160048-6 Leandro Takeshi Suzuki, do 29º BPM/M; 109086-A Nilmar Mendes Moreira Demartine, do 35º BPM/I; 142464-5 Willian de Souza Albertini, do 23º BPM/M; 144154-0 Felipe Diniz Martiniano, do 39º BPM/I; 160106-7 Samuel Duque Rodrigues Neto, do 10º BPM/M; 160072-9 Lucas Ramos da Silva, do 14º BPM/M; 117842-3 Raquel Aparecida dos Santos Stanich, do 20º BPM/M; 147273-9 Marcus Icaro Cruz da Silva, do 35º BPM/I; 108613-8 Rafael Velasco Vasconcelos, do 48º BPM/M; 160060-5 Felipe Matheus Campos Pereira, do RPMon; 160054-A Felipe Augusto dos Santos Silva, do 44º BPM/M; 106180-1 Danielle da Cruz, do 10º BPM/M; 149685-9 Gustavo Leme de Oliveira, do 16º BPM/M; 157919-3 Derick Marcelino de Oliveira Freitas, do 47º BPM/I; 131915-9 Tiago Carvalho Martins Gasqui, do 2º BPM/M; 160064-8 Daniel Valério Pasqualotto, do 47º BPM/I; 105191-1 Alexandre Góes de Oliveira, do 22º BPM/I; 130913-7 Rogério Firmino de Sousa, do 45º BPM/M; 160067-2 Jonathan Rodrigues da Silva, do 20º BPM/M; 137015-4 Felipe Rodrigues, do 16º BPM/M; 144853-6 Renan Victor Bueno do Prado, do 48º BPM/M; 142452-1 Victor de Souza Amaral, do 47º BPM/M; 934759-3 Valdeci da Silva Lima, do 12º BPM/M; 122009-8 Alex Jesus da Câmara, do 21º BPM/I; 136696-3 Tauan Regis Meireles, do 14º BPM/M; 137181-9 Gabriel de Souza Valezim, do 3º BPM/M; 160034-6 Murilo Fernandez Marafon, do 14º BPM/I; 130789-4 Murilo de Moraes Rui, do 48º BPM/I; 128133-0 Gustavo Carlos Fernandes, do 48º BPM/I; 160107-5 Murilo Augusto Pereira Dias, do 22º BPM/I; 123160-0 Luís Carlos Ferreira, do 49º BPM/I; 144173-6 Lucas Alves de França, do 46º BPM/M; 130565-4 Igor de Paula Porcina, do RPMon; 117413-4 Murilo Blanco Soares, do 11º BPM/M; 160095-8 Luiz Gustavo Zanardo, do 33º BPM/M; 136803-6 Gustavo Bellini Soares, do 48º BPM/I; 160045-1 Matheus dos Santos Paulino, do 15º BPM/M; 136769-2 Maurício Lourenço, do 49º BPM/I; 160100-8 Marcos Eduardo Quaresma Alcobet, do 45º BPM/M; 160123-7 Fernando Frederico Leite Gomes, do 10º BPM/M; 123500-1 Márcio Barros Martins, do 14º BPM/M; 160049-4 Júlio César da Costa Oliveira, do 19º BPM/M; 120175-1 Thiago Vieira Domingues, do 46º BPM/M; 149573-9 Pedro Ludovikus Cincura Lengenfelder, do 18º BPM/M; 138695-6 Renan de Júlio Viola, do 24º BPM/I; 110292-3 Anderson Ricardo de Oliveira, do 22º BPM/M; 160089-3 Vinícius Rodrigues Martins, do 42º BPM/M; 160116-4 Leonardo Matheus Hickmann, do 11º BPM/M; 160077-0 Luan dos Santos Mendonça de Souza, do 41º BPM/M; 160099-A Raphael Pereira Longo, do 41º BPM/M; 118825-9 Rodrigo Ramir Lomes Ferreira, do 28º BPM/M; 151766-0 Mauri Borges de Carvalho, do 11º BPM/M; 160088-5 Vítor Hugo Vila Nova de Meira, do 28º BPM/M; 160090-7 Pedro Henrique Lemos Alves da Cruz, do 49º BPM/I; 141455-A Renato Panunto da Silva, do 33º BPM/M; 160039-7 Guilherme Cheder Brene, do 45º BPM/I; 136562-2 Antônio César Cardoso Júnior, do 3º BPM/M; 160109-1 Amanda Anzelotti Nahlous, do 7º BPM/M; 160051-6 João Felipe Goffi de Araújo, do 23º BPM/M; 160052-4 Lucas Silva Alves, do 28º BPM/M; 160080-0 Bruno César Marcondes de Souza Borges, do 45º BPM/M; 160081-8 Daniel César Gonçalves Garcia, do 23º BPM/M; 160110-5 Gabriel Henrique Ruiz Dias, do 23º BPM/M;160047-8 Gustavo Haruo Godoy Matsubara, do 18º BPM/M; 115222-0 Tiago Lopes da Silva, do 38º BPM/M; 160070-2 Rafaelle Fernandes Rodrigues, do 50º BPM/I; 118093-2 Anderson da Silva Miranda, do 7º BPM/M; 130801-7 Paulo Eduardo Bellina, do 13º BPM/M; 160118-A Gabriel da Costa Fuzetto, do 24º BPM/I; 128918-7 Diego Daygoro Yotsumoto Hongenecka, do 18º BPM/M; 160122-9 Arthur Urbano Ermoli, do 38º BPM/M; 120954-0 Rebeca Costa Melo, do 40º BPM/M; 117922-5 Juliana Monteiro Lopes da Conceição, do 41º BPM/M; 147319-A Leandro Salles Bezerra, do 49º BPM/M; 160069-9 Mateus Lopes Ferreira, do 30º BPM/M; 160041-9 Sylvio Bonfiglioli Pelegio, do 30º BPM/M; 152753-3 Anderson Jardim Agostinho, do 46º BPM/M; 160111-3 Guilherme Baratela Ribeiro, do 19º BPM/M; 132188-9 Rafael Medeiros da Silva, do 13º BPM/M; 137076-6 Mario dos Santos Possamai, do 22º BPM/M; 160103-2 Guilherme Henrique Farias de Novaes, do 27º BPM/M; 155472-7 Alan Sousa da Silva, do 19º BPM/M; 122257-A Jorge Henrique Soares, do 27º BPM/M; 141936-6 Wesley Xavier de Oliveira, do 40º BPM/M; 153425-4 Bianca Oliveira da Silva, do 13º BPM/M; 151289-7 Renan Martins Franco, do 45º BPM/I; 120548-0 Rodolfo Luís Santana, do 22º BPM/M; 153473-4 Guilherme Ribeiro de Carvalho, do 13º BPM/M; 119286-8 Marcos Alexandre Arruda, do 29º BPM/I; 127943-2 Caio de Campos, do 26º BPM/M; 150353-7 Alef Augusto Santos de Moura, do 38º BPM/M; 144851-0 Rayssa Barbosa Pradella, do 21º BPM/I; 153455-6 Pamela Chagas Andrade, do 26º BPM/M; 160093-1 Lucas Fredini Camora, do 23º BPM/M; 160078-8 Olívia Perrone Cazo, do 26º BPM/M; 120105-A Maurício Mitsuo Ogata, do 38º BPM/M; 160101-6 Lucas Oliveira Martins dos Santos, do 40º BPM/M; 160046-0 Júlia Rebouças Rodrigues Costa, do 25º BPM/M; 160115-6 Leonardo Finelli Tavares, do 25º BPM/M; 160050-8 Gabriel Silva Velasco, do 36º BPM/M; 160042-7 Nelson Afonso de Souza Júnior, do 22º BPM/M; 116552-6 Vinícius de Lagos Bahir de Andrade, do 39º BPM/I; 160073-7 Pedro Leonardo de Souza Moreira, do 46º BPM/M; 153187-5 Victor de Oliveira Santana, do 21º BPM/I; 129145-9 Leandro Lico Neves de Barros, do 36º BPM/M; 160040-A André Luís Zochi Silva, do 37º BPM/M; 130290-6 Bruno Pinheiro Alves, do 37º BPM/M; 141819-0 Paulo Vítor de Oliveira Guerrieri, do 37º BPM/M; 142201-4 Murilo Justi, do 14º BPM/I; 160053-2 Leonardo Sousa de Oliveira, do 21º BPM/I; 160065-6 Vinícius Ricardo Albino, do 40º BPM/M; 127502-0 Luiz Carlos Sarraipa Jorge Leite, do 24º BPM/M; 160087-7 Anderson Alves Silva, do 50º BPM/M; 160061-3 Carlos Henrique Matos de Souza, do 24º BPM/M; 160062-1 Thiago Rosa, do 37º BPM/M; 160036-2 Rodrigo Alves Chaves, do 50º BPM/M; 160035-4 Marcelo Henrique Pinheiro, do 24º BPM/M; 160079-6 Louise Rodrigues Santana, do 24º BPM/M; e 157837-5 Júlio César Couto de Oliveira Júnior, do 50º BPM/M. QUADRO DE OFICIAIS DE SAÚDE – MÉDICO
ao posto de Primeiro-Tenente Médico PM, por merecimento intelectual, os Segundos-Tenentes Médicos PM: 180110-4 Renato Fidelis Ivanovic, do C Med; 180128-7 Wellington Tadeu Sperandio, do CAv PM; 180111-2 Milena Tenório Cerezoli, do C Med; 180112-A Fábio Henrique Mendonça Chaim, do C Med; 180113-9 Marcelo da Costa Cava, do C Med; 180114-7 Renan Pires Negrão dos Santos, do C Med; 180115-5 Mônica Ferreira Ribeiro, do C Med; 180116-3 Paula de Faria Vidale, do C Med; 180118-0 Thatiana Melo Diogo, do CPA/M-8; 180129-5 Márcio de Sousa Roberto, da ESSgt; 180119-8 Leandro Duil Kim, do C Med; 180130-9 Beatriz Moschiar Almeida, do C Med; 180120-1 Rodrigo Rosa Cardoso, do C Med; 180121-0 Marcelo Francetich Nam, do C Med; 180122-8 Eduardo Takashi, do CPA/M-8; 180123-6 Gabriel Garcia Okuda, do C Med; 180125-2 Caroline Leiko Sado, do CRPM; 180126-A Caio Sola Deponte, do 9º BPM/I; e 180127-9 Alexandre Carlos Messias, do 31º BPM/I.
QUADRO DE OFICIAIS DE SAÚDE – DENTISTA
ao posto de Tenente-Coronel Dentista PM, por merecimento,
o Major Dentista PM: 860261-1 Celso Komoguchi Ogata, do C Odont.
ao posto de Major Dentista PM, por merecimento,
os Capitães Dentistas PM: 900009-7 Adriana Maria Finotti Fernandes Oliveira, do C Odont; e 900031-3 Jeferson de Rezende, do 2º BPRv.
ao posto de Capitão Dentista PM, por antiguidade,
os Primeiros-Tenentes Dentistas PM: 964569-1 Maria Cristina Zaniboni de Oliveira, do C Odont; e 964603-5 Helder Massaro, do C Odont. ao posto de Capitão Dentista PM, por merecimento, o Primeiro-Tenente Dentista PM: 964560-8 Maurício Santos de Oliveira, do C Odont. ao posto de Primeiro-Tenente Dentista PM, por merecimento intelectual, os Segundos-Tenentes Dentistas PM: 180154-6 Cynthia Soares de Azevedo Bertequini, do C Odont; 180153-8 Danilo de Souza Cristiano, do C Odont; 180152- 0 Luciana Martins de Moura, do 4º BPM/M; 180155-4 Ana Paula Molina Vivas, do CPI-5; 180156-2 Vitor Risso Macedo Andretta, da DS; 180333-6 Flávio Salmeron Lopes, do 13º BPM/I; 180157-1 Beatriz Aparecida de Oliveira Kochanski, do CPA/M-3; 180158-9 Jeferson Tadeu Silva de Oliveira, do CPA/M-6; 180159-7 Janaina Zavitoski da Silva, do CPI-10; 180161-9 Ligia Amaral Manako, do C Odont; 180160-A Fernanda Bruno Pomponio Martignago, do 23º BPM/M; 180162-7 Cibele Santos Scheibe, do C Odont; 180163-5 Beatrice Mitye Ogusco, do C Odont; 180165-1 Danielle Fogaça de Bastiani, do C Odont; 180164-3 Samuel de Barros Ferreira Júnior, do CPA/M-10; 180166-0 Tathiana Marinho Lopes, do 6º BPM/M; 180169-4 Vinícius Tatsumot Favarini, do C Med; 180167-8 Renata Lourenço Guimarães, do C Odont; 180168-6 Flavia de Faria Mantovani, da ESSD; 180170-8 Evelin Lourance Venzi Zulin, do CPI-9; 180171-6 Cristiane Pedrotti Balvedi Umakoshi, do C Odont; 180173-2 Gabriela Mesquita Paquier, do 38º BPM/I; 180172-4 Glaucia Resende Soares, do CPI-6; 180175-9 Renato Eidi Baba, do 36º BPM/I; 180174-A Raquel Isabel Moraes Caldeira Santos, do C Odont; 180176-7 Bianca Glerean Peters, do CPA/M-4; 180178-3 Daniel Cardeal Ramos, do PMRG; 180180-5 Priscila Bruna Gonçalves Lacerda, do CPI-8; 180179-1 Audrey Soleda Fuentes Fernandes, do CBM; 180181-3 Paula Otaviano Galvão da Silva, do C Odont; 180182-1 Paula Carolina de Almeida, do C Odont; 180177-5 Raisa Zago Falkine, do 37º BPM/I; 180183-0 Tiago Pingas da Costa, do 30º BPM/M; 180185-6 Elisangela Damaris Virgilio, do 15º BPM/I; 180186-4 Carla Cristina de Siqueira, do CPA/M-6; 180188-A Livia Trevelin Arede, do 28º BPM/I; e 180187-2 Leonardo Tribis, do 31º BPM/I.
QUADRO DE OFICIAIS DE SAÚDE – VETERINÁRIO
ao posto de Primeiro-Tenente Veterinário PM, por merecimento intelectual, os Segundos-Tenentes Veterinários PM: 180145-7 Daniela Pereira Lima, do CPChq; 180147-0 Mariana Baroni Selim, do CPChq; 180337-9 Silke Verena Schwarzbach, do CPChq; 180150-3 Tatiana de Carvalho Castro, do CPChq; 180149-0 Majela Lima Faria, do CPChq; 180148-1 Thales Nunes de Albuquerque Rodrigues, do CPChq e 180146-5 José Sérgio Arruda Gonçalves, do CPChq.
QUADRO AUXILIAR DE OFICIAIS DA POLÍCIA MILITAR – QAOPM
ao posto de Major QAOPM, por antiguidade,
o Capitão QAOPM: 830436-0 Osvaldo Pereira Baptista, do CPA/M-11.
ao posto de Capitão QAOPM, por antiguidade,
os Primeiros- -Tenentes QAOPM: 942967-A Reginaldo Pereira dos Santos, do 19º GB; 963037-6 Roberto Carlos Marques, da DP; 942132-7 Marisvaldo Rosa Camara, do CPI-10; 903162-6 Remo Fabiano Christofoletti, do CPI-9 e 905127-9 Abdias Fernando Sales, do CCB. ao posto de Capitão QAOPM, por merecimento, os Primeiros-Tenentes QAOPM: 943624-3 Olímpio Andrade de Freitas, do CCB; 970568-6 Jardel Alves Ferreira, da ESSd; 875932-4 Valter Teixeira de Andrade, da DTIC; 942990-5 José Roberto Pinto, da C Mil e 950808-2 Robson Ferrari Dias Soares, do CPI-4.
Classificando por conveniência do serviço, em face de promoção, os Coronéis PM: 884124-1 Miguel Elias Daffara, no CPA/M-1; 883555-1 Fábio Rogério Cândido, na EEF; e 901219-2 Dinael Carlos Martins, no CPM. Transferindo, por conveniência do serviço, os Coronéis PM: 840042-3 José do Carmo Garcia, da ESSgt para a DEC; e 862823- 8 Temístocles Telmo Ferreira Araújo, do CPA/M-1 para a ESSgt. Designando, como Comandante do CPM, o Coronel PM 862819-0 Ronaldo Gonçalves Faro, do CPM; e como Comandante do CPA/M-1, o Coronel PM 891207-6 Ronaldo Miguel Vieira, do CPA/M-1.