quinta-feira, 5 de março de 2020

MORRE AOS 100 ANOS EX-SECRETÁRIO GERAL DA ONU JAVIER PÉREZ DE CUÉLLAR - POR FRANCE PRESSE EM 05 DE MARÇO DE 2020, QUINTA-FEIRA

Por France Presse
 


Javier Pérez de Cuéllar , em imagem de março de 2001 — Foto: Santiago Llanquín / Arquivo / AP PhotoJavier Pérez de Cuéllar , em imagem de março de 2001 — Foto: Santiago Llanquín / Arquivo / AP Photo
Javier Pérez de Cuéllar , em imagem de março de 2001 — Foto: Santiago Llanquín / Arquivo / AP Photo
O diplomata peruano JAVIER PÉREZ DE CUÉLLAR, secretário-geral das NAÇÕES UNIDAS de 1982 a 1991, morreu nesta quarta-feira (4), em LIMA, aos 100 anos, por causas naturais, informou seu filho.
"Meu pai faleceu após uma semana complicada. Morreu à oito e nove da noite (22h09 em BRASÍLIA) e descansa em paz", disse FRANCISCO PÉREZ DE CUÉLLAR à rádio RPP.








Nascido em Lima em 1920, Pérez de Cuéllar foi o quinto secretário-geral da ONU, entre janeiro de 1982 e dezembro de 1991.
A ONU saudou o ex-secretário no dia 19 de janeiro, quando completou 100 anos.
O atual secretário-geral da ONU, António Guterres, escreveu no Twitter na ocasião: "É com enorme orgulho e alegria que celebramos seu centenário (...). Muitas vezes refleti sobre seu exemplo e sua experiência em busca de inspiração e orientação".
No Peru, Pérez de Cuéllar foi presidente do Conselho de Ministros e chanceler simultaneamente durante o governo de transição de Valentín Paniagua, entre 22 de novembro de 2000 e 28 de julho de 2001.
Candidato à presidência em 1995, perdeu para Alberto Fujimori, que acabou reeleito.


G 1 - 5 DE MARÇO DE 2020 - QUINTA-FEIRA

SIGA EM TEMPO REAL
  • Libertadores
  • BIN
    11
    SAO
    08’ -2º tempo

    Marco Rodríguez recebe a bola na linha de fundo e consegue o escanteio.
    07’ -2º tempo

    Binacional tem falta para bater no campo de ataque. Lá vem bola na área.
Newsletter
Newsletter G1Created with Sketch.
Resumo do dia
As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.
Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita.
Inscreva-se e receba a newsletter

Telejornais

Detido em Assunção
Ex-jogador e irmão são investigados por apresentarem documentos adulterados.
tempo real
Copa do Brasil
VAS
00
ABC
40’ -1º tempo
Marlon recebe na esquerda e tenta cruzar, mas Andrey chega antes e afasta a bola.
Lava Jato no Rio
MPF aponta indícios de que Astério vazou investigações quando estava no cargo, em 2017.
Blog do Valdo Cruz
Bolsonaro reconhece o opositor Juan Guaidó como governante do país.
Governo Bolsonaro
Medida também exclui substitutos de ministros nos voos. Em janeiro, viagem de secretário à Índia gerou polêmica.
África
Médicos comemoraram dançando. Epidemia matou mais de 2 mil no país.
Entrevista ao G1
Atriz lança 'Vou nadar até você', seu primeiro filme, e fala sobre pausa em novelas.
Tiaras e lantejoulas
Raissa perdeu adereços no sábado de carnaval e agora promete usá-los ao longo do ano.
Emprego
Candidatos precisam ter ensino fundamental completo; inscrições começam hoje.
Vizinhos conseguiram resgatar a menina e os pais, mas irmãos de 6 e 3 anos morreram.
Tecnologia
No ano passado, rede social começou a apagar discursos de ódio baseados em religião.
Pernambuco
Grupo foi suspenso e os pais dos envolvidos chamados ao colégio.
Interior de SP
Festa em que participantes se vestem do sexo oposto ocorria há mais de 20 anos.
Ordem do Papa
Cardeal Dom Odilo Scherer diz que grupo terá até 90 dias para investigar supostos delitos nas paróquias.
Rio de Janeiro
Parlamentares suspeitam da elaboração de um dossiê.
Imagens fortes
Imagens mostram jovens encurralados em beco; PM disse que agentes foram presos.
Crise na segurança
Juiz revogou mandado de prisão contra Cabo Sabino.
Desabamento no Ceará
Queda do Edifício Andrea deixou 9 mortos em outubro.
Minas Gerais
Conclusão será usada para estipular indenização das vítimas. Tragédia matou mais de 250.
Bebida contaminada
Cervejaria alega que não consegue bancar as despesas porque teve contas bloqueadas.
Ministério da Educação
Ministro do STF considerou que parlamentares não podem pedir ação contra ministros de Estado.