sexta-feira, 21 de setembro de 2018

ORAÇÃO DO PATRIOTA - POR ISAAC CARREIRO FILHO


ORAÇÃO DO PATRIOTA
Por Isaac Carreiro Filho
Senhor, tu que ordenastes ao patriota,
Propagai o patriotismo a este Brasil varonil.
Mesmo em meio a muitas aflições, sem vis ideologias e partidarismos de toda ordem,
O patriota será a viva esperança de dias melhores e de um futuro promissor.
Encontrarás toda sorte de dificuldades, porém, não temas em situação alguma,
Porque o Senhor teu Deus estará contigo onde quer que andares.
Tenha força, coragem e extrema fé em tudo o que puderes fazer pela Pátria.
Não te darei coisas maiores do que não puderes suportar.
O maior galardão de um patriota não é somente o reconhecimento, medalhas ou diplomas,
Mas a alegria estampada no rosto de uma criança ou adolescente, pois o reconhecimento dos pequenos é o maior presente.
Pois se alegram em ver que há pessoas crentes e que apostam sem maiores interesses
No porvir desta pátria inesquecível.
Mesmo que veja o mar revolto à sua volta,
Lembrarás de que o Senhor Jesus, o Irmão Maior, está no mesmo barco e sempre protege.
Quando partires desta terra um dia,
Verás que deixaste um legado incrível,
Em que outros vão colher os louros deste incansável campo de batalha.
Senhores, um patriota não é forjado somente nos livros e nas bibliotecas,
Senão no mister de pelejar pela propagação do patriotismo, do civismo e do nacionalismo, a todo transe, que sempre será a tua parte para sempre.
Tudo pelo Brasil!





Waldir azevedo - CD completo

20 DE SETEMBRO DE 1932 - BATALHA DE CERRO ALEGRE.

Combate do Cerro Alegre

*A Revolução Constitucionalista de 1932, foi um movimento deflagrado em São Paulo, mas teve adesões no Rio Grande do Sul. Liderados por Borges de Medeiros, alguns gaúchos entraram em combate contra tropas fiéis ao presidente Getúlio Vargas. Esses revolucionários foram dominados na "Batalha de Cerro Alegre", no dia 20 de setembro de 1932, em Piratini. No confronto, Borges foi preso e mais de 200 revolucionários morreram.

Quando da Revolução de 1932, foram criados dois "Corpos Provisórios" em São Gabriel., o 13º e o 40º "Corpo Auxiliar da Brigada Militar", comandados pelos irmãos tenentes-coronéis Adel e Alfredo Bento Pereira. O 40º foi dissolvido após 45 dias da sua criação. 

O "13º Corpo Auxiliar" tinha um efetivo de 400 homens. Chegou a 20 de setembro de 1932 na Estância do Cerro Alegre, onde acampou e seus homens churrasquearam. O contingente foi reforçado por um esquadrão do "12º Corpo Auxiliar de Dom Pedrito", sob o comando do major Leopoldino Dutra ("Pudico"), com 150 homens; e do 3º Esquadrão, do "1º Regimento de Cavalaria da Brigada Militar", com 120 homens, comandado pelo 1º tenente Júlio Pinheiro, auxiliado pelo 1º tenente Cely Guarani de Bem, do 13º. Ao todo, 670 homens providos de farta munição e com regular adestramento militar.

A força de Borges de Medeiros não ia além de 204 homens, recrutados às pressas, numa campereada pagueira, os quais, em sua maioria, desconheciam o manejo das próprias armas. Seguiam aliciados pelo entusiasmo dos seus chefes políticos. E o resultado não podia ser outro, a derrota das forças rebeldes, no que se denominou chamar de "Combate do Cerro Alegre. (Extraído do livro "História de São Gabriel", de autoria do historiador Osório Santana Figueiredo)

Ano, 1932. Oficiais do "13º Corpo Auxiliar da Brigada Militar". Da esquerda para a direita, em pé. Tenentes: Carlos Robson, Oswaldo Vieira, Alfredo Brites, Otaviano Rosa, Othelo Flores Maya, Aristóteles César de Castro Pinto, Saturnino Nery de Lima, Hugo Madureira Coelho e João Thomaz Soares Leal. Sentados, na mesma ordem. Capitães: Caboclo Marques, Frantz Bragança, médio doutor Eugênio Sandors, comandante tenente-coronel Adel Bento Pereira, major Heitor Coimbra, capitães Itolbidez de Oliveira Garcez e Seyla Gomes da Silveira. (Foto: Fototeca do Museu João Pedro Nunes)

20 DE SETEMBRO DE 1896 - NASCE O BRIGADEIRO EDUARDO GOMES.

Resultado de imagem para BRIGADEIRO EDUARDO GOMES

122 a. nasce o BRIGADEIRO EDUARDO GOMES, no RIO, em 20 de setembro de 1896. Ele enfrentou a tiros as tropas do presidente EPITÁCIO PESSOA na PRAIA DE COPACABANA em 1922, no Levante dos 18 DO FORTE – a primeira insurreição armada contra a política viciada por fraudes eleitorais da República Velha. O BRIGADEIRO EDUARDO GOMES transformou-se numa legenda de heroísmo das Forças Armadas. “Não conheci ninguém mais democrata”, afirmou a ISTO É o BRIGADEIRO OTÁVIO MOREIRA LIMA, diretor do Instituto Histórico Cultural da Aeronáutica.
Filho de um ex-militar da Marinha, GOMES teve uma infância pobre. Venceu muitas adversidades para ingressar na Escola Militar do REALENGO. O jovem tenente se entusiasmou com o engajamento político dos quartéis no início do século. Na década de 1920, o movimento que ficou conhecido como “tenentismo” já antecipava mudanças na vida política do País, que acabariam se consolidando com a revolução de 1930.
Quando participou do Levante dos 18 do Forte, em 1922, GOMES tinha 26 anos. Foi preso e fugiu para MATO GROSSO, onde trabalhou como professor com identidade falsa. Com a posse de GETÚLIO VARGAS e a promoção dos oficiais rebeldes, em 1930, GOMES passou a MAJOR e liderou a criação do CORREIO AÉREO MILITAR, precursor do CORREIO AÉREO NACIONAL. “Todos os tenentes tiveram postos altos na República, após a revolução de 1930, mas GOMES preferiu não abandonar a Aeronáutica”, lembra MOREIRA LIMA. Em 1935, como comandante do I Regimento da Aviação, participou da repressão à INTENTONA COMUNISTA. Foi depois deslocado para o litoral do Nordeste, onde ajudou as forças americanas a patrulharem a área diante da ameaça dos submarinos alemães na SEGUNDA GUERRA MUNDIAL. Em 1944, foi promovido a BRIGADEIRO.
Quando acabou o ESTADO NOVO, entretanto, GOMES estava na oposição ao getulismo. Foi candidato da UDN na eleição presidencial de 1945 e perdeu para o também militar EURICO GASPAR DUTRA, apoiado por GETÚLIO. Em 1950, GOMES concorreu de novo, desta feita contra o próprio GETÚLIO, sendo derrotado mais uma vez. Em 1954, o presidente CAFÉ FILHO o chamou para o Ministério da Aeronáutica. Voltaria ao cargo em 1964, com o golpe militar que derrubou JOÃO GOULART. Desta vez, ficaria no Ministério durante três anos no governo de CASTELLO BRANCO.
Contrário ao prolongamento do regime de exceção, ele se afastou da política. GOMES recolheu-se a seu apartamento, na praia do FLAMENGO. Antes de morrer em 13 de junho de 1981, tornou-se público um de seus maiores segredos: o brigadeiro havia doado, durante vários anos, grande parte de seu salário a instituições carentes que acolhem crianças abandonadas.

Católico fervoroso, GOMES não passava um dia sequer sem ir à missa. Mesmo nas viagens longas, como no interior do TOCANTINS ou às regiões à beira do rio ARAGUAIA, antes de o sol nascer, acordava os comandados e saía a procurar uma capela. “Não podemos deixar de rezar”, dizia.  

guerra dos farrapos

"DEBATES E ELEIÇÕES" - POR ROBERTO DE ALMEIDA

"DEBATES E ELEIÇÕES"

Caixa de entrada
x

Roberto de Almeida

19:12 (Há 3 horas)
para GiselleMartatelfleschtelma-lobotelmaRicardoricardoallegroAndréRicardoJoãoricknnickelRicardoRicardoRicardoTâmaraJoséJoaquimjoaolemosbarbosaJoaquimJosejoseJoseJoséJoséAntonioandréAntonioMarcoAnteroElisaandreaAndressaDilsonCelsoDarioDarioDarioAdrianaStefanoAdrianaAdauriCarlosCarloscarmen_tunescarlossamirFelipeFelixMárciamariamarizacarcosGASTONmauriciopassos68mauriciolupinomauleaolimaCarlosEddieEduardoEddieMiliAuroraMarcãodurkheim2007Lauralaudneyguzelaudneyjmoliv11jm2491HenriquetaVitoriavitoriaramirespedrogomesjuniorJecilanePedroPedroJerusiaCarlosRodrigo, Cco:eu
ARAUJO   E  DEMAIS   AMIGOS

Não  sei  quem  foi  o  "marquetólogo"   que  inventou  os  "tais  de  debates".   É  ideia  americana  que, segundo parece.  nem  lá  funciona  no  sentido  de  permitir    ao   "povo"  escolher  o  melhor.  As  TVs  "faturam"  bem.  Estava  lá  quando  Obama  "enfrentou"  (e  este  me  parece  o  termo  correto)  Hillary.   Como  não  tinha  interesse  em nenhum  dos  dois  diverti-me  bastante.  Se  algum  americano  conseguiu  "extrair"  alguma  coisa  útil   do  espetáculo,  não  tenho  a  menor  ideia.  Mas,  considerando  os  resultados, não  evoluíram .  É  verdade  que  é  difícil,  entre   duas  nulidades, aprender  alguma  coisa.   O  aumento  do  número  de  "debatedores",  com  "regras "  acordadas   anteriormente   (de  modo  a  que  cada  um  tire  "o  seu   da  reta"   -  desculpe a  expressão  chula ).  e a  participação  de  "jornalistas"    (provavelmente  "escolhidos  a  dedo")  não melhora  o  "espetáculo" .   Para  quem  está  interessado  em  "saber  o  que  candidato  realmente  pensa",  o  resultado é  ZERO .  Se  a  pessoa  pretende  apenas  "divertir-se",  o   "espetáculo  é  indicado.    Ao  "sul  do  Rio  Grande"   torna-se  impagável

  
PESQUISAS -   A  primeira  obrigação  de  um  "analista  de  pesquisas"  SÉRIO,  é  esclarecer  a  metodologia  utilizada.  Caso  contrário,  vira  o  que  costumávamos  chamar  de  "caga  números".   Em  termos  mais  elegantes  é  um  "chutador".   Dizer  que  o  grau  de  "confiança"  é  95%  não  diz  nada  (em  pesquisa   utilizamos  1, 2,  ou  3  "sigmas"  para  avaliação  do  tamanho  da  amostra).   Mas,   o  que  é  importante  é  o  "processo  de  amostragem".   Se  errado  (ou  "fraudado")  pode  dar  resultado  "errado" -  ou  "aquele  que  eu  quero".   Existem   outras  possibilidades  de  erro  que  não cabe  aqui  analisar.


Infelizmente,  segundo  penso,  a  "nossa"  democracia  deixa  muito  a  desejar.  Talvez  isto  explique  as  "péssimas"  escolhas  que  fizemos  nos  últimos  trinta  anos,  cujo  resultado   prático.  é  termos  13  MILHÕES  DE  DESEMPREGADOS,  UMA  EDUCAÇÃO  CLASSIFICADA  ENTRE  AS  PIORES  DO  MUNDO,  EM  SAÚDE  SOMOS  UMA  CALAMIDADE  E  EM  SEGURANÇA  ESTAMOS  "PIOR"   QUE   A  "FAIXA  DE  GAZA".  Estes  são  dados  que  nenhum  "esquerdopata"  pode  refutar  -  nem  a  GLOBO.

Ao  longo  da  história  do  mundo  tivemos  "governantes  de  esquerda"  honestos  e  empreendedores  que  deixaram  uma  herança  de  decência  e  capacidade  administrativa e  muitos  "vigaristas".  Não  eram  "gênios",  apenas  "honestos",   Igualmente,  podemos  encontrar  "governantes  de  direita"  sérios  e  honestos,  e,  também,  muitos  "vigaristas".  Parece-me   que  o problema  não é  de  "ideologia"  mas  de  "personalidade  canalha".

BOA  NOITE   BOA  SORTE

FESTIVAL MILITUM 2018 - CONVITE E PROGRAMAÇÃO

[convite e programação] Festival Militum 2018

Caixa de entrada
x

Pátria Filmes patriafilmes@gmail.com por  mail68.atl91.mcsv.net 

11:53 (Há 2 horas)
para eu

Festival Militum 2018

Convite e Programação
25 a 28 de setembro de 2018

Confira o programa detalhado e outras informações no site

https://www.patriafilmes.com/festival-militum-2018

O Festival acontecerá no Centro Cultural Justiça Federal, no Centro do Rio de Janeiro, de 25 a 28 de setembro.

 


Em sua segunda edição, no ano de 2018, o MILITUM - Festival de Cinema de História Militar recebeu a inscrição de 29 filmes, sendo 17 documentários, 11 ficções e 01 animação, provenientes de 11 estados do Brasil (BA, CE, DF, ES, MG, PR, RJ, RR, RS, SC e SP), abrangendo as cinco regiões nacionais e totalizando mais de 15 horas de material audiovisual. Destacamos que duas obras foram produzidas especificamente para participarem do Festival Militum, reforçando o nosso ideal de, além de exibir, fazer produzir a memória nacional na cinematografia.

Os filmes, produzidos entre 1958 e 2018, trouxeram como tema a Força Expedicionária Brasileira (com destaque para a atuação das oficiais-enfermeiras e para a reexibição do primeiro longa-metragem produzido sobre a FEB), a atuação da Marinha do Brasil na Ilha da Trindade, a Missão de Paz da ONU no Haiti, a história da Aviação Naval no Brasil, a Segunda Guerra Mundial, a Revolução Constitucionalista de 1932, a Guerra de Independência do Brasil e a atual Operação Acolhida das Forças Armadas na fronteira do estado de Roraima com a Venezuela.

​​

De todo esse valioso material, a Comissão Organizadora selecionou 15 obras para serem exibidas ao público durante os quatro dias do Festival, concorrendo às premiações concedidas pelo Júri Popular e pelo Júri Oficial, que entregará aos melhores filmes das diversas categorias o troféu Apollo no último dia da programação.

 
Programação 2018
FESTIVAL MILITUM

A história militar brasileira contada nas lentes da sétima arte






This email was sent to celmario@gmail.com
why did I get this?    unsubscribe from this list    update subscription preferences
Pátria Filmes · Estrada do Sacarrão, 867 (casa 08) · Rio de Janeiro, RJ 22785-085 · Brazil

Email Marketing Powered by MailChimp

FALECIMENTO DO CORONEL PM SEBASTIÃO DE AGUIAR

Falecimento do Cel. Sebastião de Aguiar




Outros destinatários: cbb-ninho@googlegroups.com
 
Comunico o falecimento do Cel. Sebastião de Aguiar, Aspirante de 53.
O velório está sendo realizado no Cemitério Chora Menino e o enterro será ás 16h00.

Cel. Roberto Salgado
Clique aqui para Responder
Moderador CBB-Ninho
20 de set (13 horas atrás)
Outros destinatários: salgadorob@uol.com.br, cbb-ninho@googlegroups.com
nossos sentimentos à família do saudoso Cel. Deus conforte os corações.


-- SEBASTIÃO DE AGUIAR NASCEU EM 13 DE JUNHO DE 1928
ENTROU PARA A FORÇA PÚBLICA DO ESTADO DE SÃO PAULO EM 13 DE FEVEREIRO DE 1950
FOI DECLARADO ASPIRANTE A OFICIAL EM 15 DE DEZEMBRO DE 1953.
PROMOÇÕES: 
2º TENENTE - 25 DE AGOSTO DE 1954
1º TENENTE - 25 DE AGOSTO DE 1959
CAPITÃO - 24 DE MAIO DE 1963
MAJOR - 15 DE DEZEMBRO DE 1969
TENENTE-CORONEL - 15 DE DEZEMBRO DE 1975.
FOI SUPERINTENDENTE DA CAIXA BENEFICENTE
DIRETOR ADMINISTRATIVO DA ASSOCIAÇÃO DOS OFICIAIS DA PMESP

FALECEU EM 19 DE SETEMBRO DE 2018
SEPULTAMENTO ÀS 16 HORAS DE 20 DE SETEMBRO, CEMITÉRIO CHORA MENINO.