terça-feira, 3 de janeiro de 2017

31 DE DEZEMBRO DE 2016 - SÁBADO

ESCOLA SUPERIOR DE SOLDADOS (PIRITUBA

DIA    TRINTA    E    UM     DE     DEZEMBRO    DE    2016   –   S Á B A D O.
80 anos e 4 dias de idade.
Início de minhas memórias – 9 de Julho de 1950.
DIA 176º DO ANO 67º
58 anos e 208 dias na PMESP
57 anos e 320 dias na ESCOLA DE OFICIAIS – 20 979 dias – 500 396 horas.
53 anos e 115 dias da DECLARAÇÃO À ASPIRANTE A OFICIAL.
28 anos e 291 dias no Posto de Coronel – 345 meses e 19 dias.
5 anos e 177 dias na Presidência da Sociedade Veteranos de 32-MMDC.
11 053 dias no posto de CORONEL - 25 anos e 17 dias na reserva.
11 237-664 344                         11 053-258 820                              10 779-252 396.
1 118 202 81 /285714. Em 2000.

DIA DE SÃO SILVESTRE

SÃO SILVESTRE nasceu em ROMA e governou a Igreja Católica de 314 a 335. Ele foi um dos primeiros santos não–mártires cultuados pela igreja. Também estabeleceu as bases doutrinais e as disciplinares que consolidaram o catolicismo. SILVESTRE I foi o 313º papa da história da Igreja Católica. Substituiu o PAPA MELQUÍADES em janeiro de 314 e morreu em 31 de dezembro de 335, dando lugar ao PAPA MARCOS. Sob seu governo foi feito o primeiro concílio ecumênico, o CONCÍLIO DE TRENTO, em 325, onde se definiu a divindade de CRISTO.
O pontificado de SILVESTRE I, de longos 21 anos, ocorreu durante o reinado do imperador romano CONSTANTINO MAGNO, que instaurou o cristianismo como religião do Estado e permitiu que os cristãos professassem abertamente sua fé, após um período de 300 anos de perseguição. Conta-se que o imperador se converteu após uma visão divina que o fez vencer a batalha da PONTE MÍLVIO, perto de ROMA.
SILVESTRE I foi o responsável pela construção dos primeiros monumentos cristãos, como a IGREJA DO SANTO SEPULCRO, em JERUSALÉM, e as primeiras basílicas de ROMA (SÃO JOÃO DE LATRÃO e SÃO PEDRO). Ele foi um dos primeiros santos canonizados sem ter sofrido o martírio. O 31 de Dezembro, data de sua morte, é que foi escolhido pela Igreja Católica para comemorar o seu dia. De acordo com o CERIS (Centro de Estatística Religiosa e Investigações Sociais), no BRASIL existem somente três paróquias de SÃO SILVESTRE. A maior delas fica no distrito de SÃO SILVESTRE, em JACAREÍ (SP). As outras duas estão em VIÇOSA (MG) e MARINGÁ (PR).  
   
A CORRIDA DE SÃO SILVESTRE foi criada pelo jornalista CÁSPER LÍBERO, em 1925. Ele se inspirou numa corrida noturna francesa. Depois de assistir ao evento em PARIS, à meia–noite de 31 de dezembro de 1924, ele criou no ano seguinte a primeira SÃO SILVESTRE, que homenageia o santo do dia. Na primeira SÃO SILVESTRE, apenas 48 dos 60 atletas inscritos correram os 8.800 metros. Um jogador de futebol, ALFREDO GOMES, do CLUBE ESPÉRIA, foi o primeiro ganhador da SÃO SILVESTRE, em 1925. Em 1927, pela primeira vez um estrangeiro venceu a corrida. Apesar de a prova não ser aberta a atletas do exterior, podiam participar os não-brasileiros que residiam em SÃO PAULO. Assim, o italiano HEITOR BLASI venceu, competindo com outros 300 atletas. A cada nova edição a SÃO SILVESTRE crescia e se firmava como a primeira competição de rua do país. Ao contrário dos JOGOS OLÍMPICOS e da COPAS DO MUNDO de futebol, que perderam duas edições cada, a corrida jamais deixou de ser realizada, nem mesmo durante as duas guerras mundiais. Os paulistas dominaram a prova até 1941, quando o mineiro JOSÉ TIBÚRCIO DOS SANTOS venceu.  Até 1944, a prova era exclusividade dos brasileiros. O tricampeão JOAQUIM GONÇALVES DA SILVA, de 1942 a 1944, foi um dos destaques desse período. Com a liberação para os estrangeiros, e com o bom nível dos competidores que vinham de fora, a festa deixou de ser apenas verde e amarela. Em 1945 e 1946, o BRASIL teve um respiro de soberania, SEBASTIÃO MOREIRA venceu nos dois anos e deu a entender que ainda mandaríamos na SÃO SILVESTRE. Pura ilusão. Em 1947 a vitória foi do uruguaio OSCAR MOREIRA. Foram 33 anos sem título até a conquista heróica de JOSÉ JOÃO DA SILVA, em 1980. Foram sete vitórias brasileiras em 57 edições internacionais. No feminino, então disputado deste 1975, a situação não é diferente: somente três conquistas em 27 provas. PAUL TERGAT, do QUÊNIA, levou cinco edições e é o maior vencedor da história entre os homens. Mas o maior número de títulos, na verdade, foi conquistado por uma mulher. A portuguesa ROSA MOTA venceu seis vezes, de 1981 a 1985.  O “ANO INTERNACIONAL DA MULHER”, criado em 1975, motivou a organização da SÃO SILVESTRE a realizar na ocasião a primeira edição feminina da prova.  A vencedora foi a alemã CHRISTA VALENSIECK, mas a grande sensação foi mesmo ROSA MOTA. A primeira brasileira a subir no lugar mais alto do pódio foi a brasiliense CARMEM DE SOUZA OLIVEIRA, em 1995. Depois dela, outras três “pratas da casa” repetiram o feito: ROSELI MACHADO (1996), MARIA ZEFERINA BALDAIA (2001) e MARIZETE DE PAULA RESENDE (2002).
Até 1988, a corrida era realizada à noite. Começava por volta das 23:30 horas e os atletas e o público comemoravam a virada do ano em plena rua.  Em 1989, modificações importantes foram adotadas, entre elas a realização da prova à tarde, atendendo os interesses da televisão e as determinações da IAAF (FEDERAÇÃO INTERNACIONAL DE ATLETISMO). A corrida feminina teve largada às 15 horas e a masculina, às 17 horas. O percurso foi fixado em quinze quilômetros.

1839 a. no poder desde o ano 177, quando passou a governar junto com seu pai MARCO AURÉLIO, o imperador romano CÔMODO é estrangulado por um lutador. A ordem de assassinato partiu de seus próprios conselheiros, que estavam cansados das atitudes insanas do rei, em 31 de dezembro de 192 (há 1823 anos atrás). Ele deu a ROMA o nome de “COLÔNIA DE CÔMODO”, declarou ser o deus HÉRCULES sem pessoa e tentou assumir o cargo de cônsul vestido como gladiador. 
1610 a. após cruzarem sem dificuldades o Rio DANÚBIO rumo ao IMPÉRIO ROMANO, os vândalos derrotam os francos, cruzam o Rio RENO e partem para invadir a GÁLIA, uma província romana localizada no atual território francês, em 31 de dezembro de 406.
632 a. Morre JOHN WYCLIFFE, filósofo, teólogo e reformista religioso inglês, precursor da Reforma protestante, em 31 de dezembro de 1384.
416 a. na tentativa de barrar a expansão marítima comercial holandesa, a rainha ELIZABETH I emite a carta de fundação da Companhia das Índias Orientais em 31 de dezembro de 1600. A iniciativa pretende criar um monopólio no comércio de especiarias na ÁSIA e no PACÍFICO. Quatro navios partem um mês e meio depois em direção à atual INDONÉSIA.
211 a. nasce a escritora francesa MARIE DE FLAVIGNY, mais conhecida pelo pseudônimo de DANIEL STERN, em 31 de dezembro de 1805.
165 a. na ÁUSTRIA, a constituição de 1849 é abolida, resultando num acréscimo do poder imperial no país, em 31 de dezembro de 1851.
159 a. rainha VITÓRIA elege OTTAWA como capital do CANADÁ, em 31 de dezembro de 1857.
155 a. das observações de DOM PEDRO II, em 31 de dezembro de 1861, data em que coincidiu com a passagem de seus primeiros vinte e um anos de reinado: “Não posso admitir favor diferente de justiça; pois que a não ser injustiça é ignorância de justiça; a balança da justiça não se pode conservar tão ouro-fio que não penda mais para um lado. Também entendo que despesa inútil é furto à Nação, e só o poder legislativo é competente para decidir dessa utilidade. A nossa principal necessidade política é a liberdade de eleição; sem esta e a de imprensa não há sistema constitucional na realidade, e o ministério que transgride ou consente na transgressão deste princípio é o maior inimigo do Estado e da monarquia. Minhas idéias a respeito das eleições e da imprensa do governo acham-se num papel que tem o presidente do Conselho.”
Leio constantemente todos os periódicos da corte e das províncias e os que, pelos extratos que deles se fazem, me parecem interessantes. A tribuna e a imprensa são os melhores informantes do monarca.
Acho muito prejudicial ao serviço da Nação a mudança repetida de ministros; o que sempre procuro evitar, e menos se daria se as eleições fossem feitas como desejo; a opinião se firmaria, e o procedimento dos ministros seria mais conforme seus deveres, reputando eu um dos grandes males a falta geral de responsabilidade efetiva.
Sobre grande número de leis promulgadas, e de se que tem falado como necessárias, existe a minha opinião escrita em papéis, que tem o presidente do Conselho; mas sempre direi aqui que fui sempre partidário da eleição por círculos, e me opus fortemente aos círculos de mais de um.
Confesso que em 21 anos muito mais poderia ter feito; mas sempre tive o prazer de ver os efeitos benéficos de onze anos de paz interna devidos à boa índole dos brasileiros, e viveria inteiramente tranqüilo em minha consciência se meu coração já fosse um pouco mais velho do que eu; contudo, respeito e estimo sinceramente minha mulher, cujas qualidades constitutivas de caráter individual são excelentes.”
137 a. THOMAS ÉDISON faz uma demonstração pública de sua lâmpada incandescente nos ESTADOS UNIDOS, em 31 de dezembro de 1879.
120 a. da inauguração do TEATRO AMAZONAS, no dia 31 de dezembro de 1896.
118 a. das publicações no jornal DIÁRIO POPULAR, edição de 31 de dezembro de 1898: o doutor HYPPOLITO DE CAMARGO, juiz de direito da 2ª Vara concedeu manutenção de posse aos engraxates do LARGO DO ROSÁRIO, contra o estacionamento dos quais, nesse ponto, havia ordem proibitiva da intendência da Polícia municipal. Requereram o mandado o doutor COUTO MAGALHÃES SOBRINHO e TANCREDO AMARAL.
É com flores, músicas e champanhe que a ruidosa rapaziada da CAVERNA (CLUBE TENENTES DO DIABO) saudará o raiar de 99. Pois esperam-no com um estupendo baile à fantasia, quando ele, o Ano Novo, despontar entre as brancas nuvens, será aclamado com delírio ao som das bandas marciais pelos invictos TENENTES, que, nessas coisas de aclamação, falam de cadeira.
Mais algumas horas e teremos atingido um novo marco no caminho, uma vezes árido, outras cheias de sol e chilreante, desta vida, misto que se equilibra na variabilidade da dor e do prazer, essa dualidade que se mutualiza com uma necessidade recíproca.
Como é de todo sabido, os bondes das linhas da CONSOLAÇÃO, HIGIENÓPOLIS e AVENIDA PAULISTA faziam o seu trajeto pelas Ruas CONSELHEIRO CRISPINIANO e BRAULIO GOMES, subindo na da CONSOLAÇÃO, sendo desse modo servidos seus numerosos moradores por cômodo meio de transporte. Não sabemos por que motivo a passada administração suprimiu o percurso dos bondes por aquelas ruas, fazendo-os transitar pela do PAREDÃO.
Hoje, às 7:30 horas da manhã, deu-se uma explosão na caldeira de uma das barcas que fazem o serviço de transporte entre esta capital e a cidade de NITERÓI, sendo feridos apenas dois foguistas. Os passageiros nada sofreram além do susto.
O célebre carrasco francês DEIBLER, que pediu sua demissão, retirando-se à vida privada, será substituído por seu filho.
O governo inglês telegrafou ao presidente do TRANSWAAL ameaçando-o de invadir o território da república a fim de fazer respeita os direitos e a soberania britânica.     
114 a. nasce o pintor EMÍLIO SILVESTRE WOLF, em ARARAS, no dia 31 de dezembro de 1902. Em SÃO CARLOS, quando funcionário da Companhia Paulista de Estradas de Ferro freqüentou a Escola de Desenho “DANTE ALIGHIERI”. Teve a ventura de conhecer nessa cidade dois mestres da pintura, os senhores RAFAEL FALCO e CARLOS ALBERTO FLOSI, que foram seus professores particulares. Trabalhou um mês na “CASA ESPÍNDOLA”, ingressando logo em seguida na “Produtos Químicos ELEKEIROZ S.A”. Estudou música, literatura, escreveu poesias, porém, sua vocação artística pela pintura, desde a infância, não foi superada.
109 a. Doutor ANTÔNIO PRADO, prefeito municipal de SÃO PAULO, vai se entender com o senhor presidente do Estado sobre o alargamento da Rua ANITA GARIBALDI visto constar que o governo pretende mudar dali o quartel do CORPO DE BOMBEIROS, construindo nesse local o PALÁCIO DA JUSTIÇA.
107 a. nasce RUY DE ALMEIDA BARBOSA, em SÃO SIMÃO, no dia 31 de dezembro de 1909. Falece em CAMPINAS, no dia 4 de novembro de 1993. Formado em Direito pela Faculdade do Largo de São Francisco, na turma de 1932. Perito Criminal pela Escola de Polícia Técnica, em 1945. Economista pela Escola Superior de Comércio DARIO LINTZ, em São Paulo, em 1945. Delegado de Polícia. Advogado em Campinas. Diretor do Departamento Legal da Prefeitura de Campinas. Prefeito interino do Município de Campinas, em 1944. Deputado Estadual nos períodos de 1951/55; 1955/59; 1959/63 e de 1963/67. Líder do Partido Trabalhista Nacional – PTN (1951/52). Líder do Partido Trabalhista Brasileiro – PTB – (1952/53). 1º vice e Presidente da Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo. Ministro do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo. Prefeito interino do Município de Campinas,  em 1964.  Deputado Federal (1967/71 e de 1971/75). Diretor da Companhia de Gás de São Paulo – COMGÁS, em 1976/78. Secretário da Prefeitura do Município de Campinas (1981/82). Professor de Direito Constitucional na Pontifícia Universidade Católica de Campinas. Fundador e membro da  Academia Campinense de Letras.   
106 a. a luta contra o beijo aparece no noticiário dos jornais em 31 de dezembro de 1910. Recai sobre os higienistas a primeira culpa dos ataques ao beijo, a acompanhá-los, em grupo de crentes e entusiastas. Proclamam a nova iconoclastia do amor, a supressão, a supressão, ou pelo menos, a redução do beijo.
105 a. o senhor ministro da Fazenda, informando o projeto de redução de 20 por cento na tarifa aduaneira sobre xarque, banha, carnes de conserva, manteiga, mariscos e peixes em conserva, sardinhas, arroz, feijão, milho, querosene e outros artigos, foi de opinião que tal redução é inconveniente pois em sua maioria os artigos têm similares de produção nacional em quantidade suficiente ao abastecimento dos mercados. (publicado no jornal O ESTADO DE SÃO PAULO de 31 de dezembro de 1911).
104 a. publicado no jornal O ESTADO DE SÃO PAULO, edição de 31 de dezembro de 1912: (ROMA) Os jornais anunciam que vários deputados interpelarão o governo sobre a falada revogação do decreto que proíbe o embarque de emigrantes com passagens gratuitas para esse país. As interpelações são contrárias à emigração gratuita para o BRASIL.
103 a. senador RUY BARBOSA retira sua candidatura à presidência do BRASIL, em 31 de dezembro de 1913.
94 a. em que era oficialmente estabelecida a UNIÃO DAS REPÚBLICAS SOCIALISTAS SOVIÉTICAS – URSS, em 31 de dezembro de 1922. Após a Revolução de 1917, que derrubou o regime czarista, as províncias revoltosas se uniram e formaram a URSS. Pouco mais de um ano depois, em janeiro de 1924, o novo regime já tinha uma Constituição ratificada.
92 a. da CORRIDA DE SÃO SILVESTRE, cuja primeira vez aconteceu em 31 de dezembro de 1924.
81 a. nasce o ator britânico SIR ANTHONY HOPKINS, em 31 de dezembro de 1937.
     a. de  DONA   ABIGAIL.
76 a. GETÚLIO VARGAS reafirma a neutralidade do BRASIL na SEGUNDA GUERRA MUNDIAL, em 31 de dezembro de 1940.
70 a. presidente norte-americano HARRY TRUMAN proclama oficialmente o fim de hostilidades da SEGUNDA GUERRA MUNDIAL, em 31 de dezembro de 1946.
69 a. nasce RITA LEE em 31 de dezembro de 1947, em SÃO PAULO, filha de pai americano e mãe italiana. Ela sonhava em ser veterinária, mas desde pequena revelou talento para as artes. Tanto que trocou o baile de 15 anos por uma bateria. Entre 1966 e 1972 participou do trio OS MUTANTES. Depois montou a banda TUTTI-FRUTI, que emplacou hits como OVELHA NEGRA e AGORA SÓ FALTA VOCÊ. Casou-se em 1976 com o músico ROBERTO DE CARVALHO, pai de seus três filhos. O casal divide o comando do programa MADAME LEE, que estreou no dia 25 de setembro no canal pago GNT. Os dois surpreendem os entrevistados. Numa das gravações, RITA resolveu fazer uma massagem nos pés de MARÍLIA GABRIELA de improviso no meio do papo. Entre os sucessos de RITA LEE estão: “MANIA DE VOCÊ”, “LANÇA PERFUME”, “BAILA COMIGO”, “SAÚDE”, “ON THE ROCKS” e “VÍRUS DE AMOR”. Sempre teve um caso de amor com a TV. Tanto que é a artista mais presente em temas de aberturas de novelas, além de ter participado de algumas delas, como “VAMP” e “TOP MODEL”. Sua porção atriz foi aprovada pela crítica em filmes como “DIAS MELHORES VIRÃO” (1969, de CACA DIEGUES, no qual assina a música tema) e no curta “TANTA ESTRELA POR AÍ” (1992, em que fez o papel de RAUL SEIXAS e ganhou o prêmio de melhor “ator” no Festival de Cinema em GRAMADO). No começo da MTV interpretou diversos personagens no “TVLEEZÃO” (1991). Ela ainda fez programa de rádio e escreveu livros infantis.
https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/4/40/Rita_Lee_in_Aracatuba-02%2C_by_Marco_Senche.jpg/220px-Rita_Lee_in_Aracatuba-02%2C_by_Marco_Senche.jpg
RITA EM 2006Rita em 2006
Em 2000 Rita lança o álbum 3001, que teve grandes sucessos como Erva Venenosa, Pagu e o sucesso radiofónico O Amor Em Pedaços. O show 3001 ganhou um especial de fim de ano na Rede Bandeirantes, o show apresentou vários hits do novo CD e contou com as participações de Caetano Veloso, Zélia Duncan Paula Toller e Pato Fu. Considerado uma máquina do tempo músical, 3001, é nomeado como o Melhor Disco de Rock no Grammy Latino de 2001. Esse disco foi um dos mais importantes do Rock sendo reconhecido no mundo.
Logo após o sucesso de 3001, Rita Lee grava um CD com Releituras de clássicos dos Beatles. O CD é lançado como Aqui, Ali, Em Qualquer Lugar, no exterior o nome é mudado para Bossa’n Beatles. A roqueira então inicia a turnê ‘’Yê Yê Yê de Bamba, percorrendo todo o Brasil e alguns países da América Latina como a capital Argentina Buenos Aires na qual fez apresentações como na casa de shows Luna Park. O ábum teve como seus grandes sucessos as músicas Minha Vida (In My Life) e Pra Você eu Digo Sim (If I feel).
Em 2010, Rita iniciou sua nova turnê,que estreou em Belo Horizonte, na qual Rita canta sucessos que ficaram fora de seu repertório por bastante tempo como Atlântida, Vírus do Amor e Luz del Fuego. A cantora também apresentou no show um número em homenagem a Michael Jackson, com a ajuda de Nikki Goulart, um cover do cantor.
O show percorreu várias cidades do Brasil como São Paulo, Porto Alegre e Rio de Janeiro, além de ter passado pela capital argentina, Buenos Aires, com apresentação no teatro Gran Rex.
No dia 22 de janeiro de 2012, Rita anuncia sua aposentadoria dos palcos em seu show de estreia no Circo Voador no Rio de Janeiro devido à sua fragilidade física: "Me aposento dos shows, mas da música nunca", explicou a cantora no seu Twitter.
Oficialmente, sua última apresentação que foi no dia 28 de Janeiro de 2012 no Festival de Verão de Sergipe, terminou em polêmica, quando a cantora se revoltou com uma ação policial supostamente agressiva com seu público. Acusada de desacato à autoridade, Rita Lee foi encaminhada a delegacia após o show para prestar depoimento, e liberada em seguida.
No dia 19 de fevereiro de 2012, Rita Lee desfilou no Carnaval 2012 pela escola de samba paulista Águia de Ouro a qual o tema foi a Tropicália, junto com Rita desfilaram cantores do movimento tropicalista como Caetano Veloso, Gilberto Gil além de cantores como Wanderléia, Cauby Peixoto e Angela Maria. Rita Lee homenageou a atriz Leila Diniz no desfile, vestindo uma réplica do vestido de noiva que Rita pegou emprestada da atriz e nunca devolveu.
Após alguns anos sem gravar CD de músicas inéditas, o último foi o álbum Balacobaco em 2003, Rita Lee anuncia o lançamento de seu novo álbum, Reza. No dia 2 de fevereiro de 2012, Rita Lee lança Reza, o primeiro single promocional de seu novo álbum de mesmo nome. Rita descreveu a música como uma "reza de proteção de invejas, raivas e pragas". Pouco tempo após seu lançamento, "Reza" ultrapassou o sucesso "Ai, Se Eu Te Pego", de Michel Teló, no número de downloads do iTunes Brasil, tornando-se a canção mais escutada de 2012. No dia 26 de março, a música "Reza" entrou para a trilha sonora da novela Avenida Brasil da Rede Globo. Depois de vários anos sem posar para fotos em ensaios, Rita fez um ensaio para a revista QUEM e brincou que "não fazia isso há séculos".
"Reza" concorreu ao Grammy Latino na categoria de "Melhor Disco Pop Contemporâneo".
No dia 4 de novembro de 2012 Rita Lee fez o show que marcou sua volta aos palcos com a apresentação no Green Move Festival, no qual também se apresentaram as bandas Titãs e Jota Quest.. Na apresentação a cantora surpreendeu o público ao abaixar a calça e virar para o público que assistia ao show
Aproveitando o gancho do carnaval que vai fazer em Salvador para homenagear os anos 70, a cantora Claudia Leitte apresentou um show durante o Festival de Verão de Salvador com destaque para uma homenagem à Rita Lee, um dos ícones da década.
Rita Lee fez um show no dia 25 de Janeiro de 2013, no vale do Anhangabaú, show que faz parte da comemoração dos 459 anos da cidade de São Paulo. "Daqui eu não saio", disse Rita, sobre a cidade onde nasceu. Sobre o show, a cantora comentou: "Com esse show abre-se a celebração de meus 50 anos trabalhando com música; participei de algumas bandas; tenho trezentas composições; já fiz 1 bilhão setecentos e dezenove milhões e setenta mil shows; entre outros figurinos já me vesti de noiva, boba da corte, presidiária e Nossa Senhora Aparecida; há 36 anos sou casada com Roberto de Carvalho meu maior parceiro musical e pai dos meus 3 filhos". Em abril de 2013, Rita concede uma rara e franca entrevista a revista Marie Claire, em que diz que o grande tabu da mulher atual é o envelhecimento. "Para envelhecer com dignidade, a mulher tem de ter desapego. É muito complexo!"
Em março de 2014, Rita decide deixar de pintar os icônicos cabelos vermelhos e assumir os fios grisalhos. "Quero ficar anônima", diz ela.
Em 2014, Rita Lee foi homenageada com um musical de teatro "Rita Lee Mora ao Lado", baseado no livro homônimo de Henrique Bartsch e estrelando Mel Lisboa como Rita. Rita Lee, que quase nunca sai de casa, foi assistir ao musical e elogiou a performance de Mel, que caiu no choro ao ver a cantora na plateia. Mel Lisboa ainda ganhou o prêmio QUEM de melhor atriz de teatro de 2014 por interpretar a rainha do rock. Emocionada, ela fez o discurso chorando ao assistir a um vídeo de Rita, durante a premiação, a parabenizando pela conquista. Em fevereiro de 2016, chegou as lojas, o tão aguardado Box com 20 cds da carreira de Rita Lee e um cd com “raridades”. Mesmo aposentada Rita Lee ainda e seguida por multidões de fãs. Rita está ativa na rede social Instagram com o nome de “litaree_real”. Seus discos ainda são muito vendidos e procurados. Suas músicas continuam fazendo parte de trilhas sonoras de novelas e programas de televisão. Rita Lee sempre será referência em qualidade e revolução na música brasileira e ate mundial.
68 a. nasce DONNA SUMMER em 31 de dezembro de 1948. Associada a hinos das pistas de dança, como”LAST DANCE” e “LOVE TO LOVE YOU BABY”, a voz quente de DONNA SUMMER começou a ser moldada na igreja, uma tradição forte entre artistas negras americanas. Nascida em BOSTON, foi influenciada ainda na infância pelo canto gospel de MAHALIA JACKSON. Na adolescência, formou grupos inspirados nas formações da MOTOWN. Até mesmo o canto rasgado de JANIS JOPLIN serviu de referência para ela em seus primeiros passos, quando entrou na banda psicodélica CROW. Paradoxalmente, foi o universo hippie que a conduziu às discotecas. Convidada para participar de uma montagem alemã de “HAIR”, mudou-se para MUNIQUE em 1969, onde se casou com HELMUT SOMMER (daí vem seu nome artístico). Lá, gravou o seu primeiro single, “SALLY GO´ROUND THE ROSES”, em 1971, ainda usando o nome DONNA GAINES (seu nome era LADONNA ADRIAN GAINES). Mais importante, porém, foi ter conhecido o produtor italiano GIÓRGIO MORODER, com quem fez “LOVE TO LOVE YOU BABY”, um dos marcos da música eletrônica. Sua gravação, feita originalmente como uma demo para outra cantora, acabou sendo lançada comercialmente. Para registrar a histórica seqüência de gemidos, a cantora pediu para apagarem as luzes do estúdio e sentou-se num sofá. A canção teve certo sucesso na EUROPA. Nos ESTADOS UNIDOS, seu primeiro álbum vendeu um milhão de cópias. Nascia ali a RAINHA DO DISCO, como DONNA ficou conhecida ao enfileirar hits como “I FEEL LOVE”, “HEAVEN KNOWS”, “LAST DANCE” e “BAD GIRLS”. Sua produção desse período traz marcas na cultura pop até hoje. Apenas “I FEEL LOVE” foi sampleada por artistas como MADONNA, MOLOKO e BRITNEY SPEARS. Na década de 1980, DONNA decidiu explorar além das fronteiras como a new wave. Em 1982, depois de anos com MORODER, ela teve um álbum produzido por QUINCY JONES. Mas o sucesso grandioso voltou apenas com o álbum “SHE WORKS HARD FOR THE MONEY” em 1983. Depois, DONNA – que vendeu 130 milhões de discos e ganhou cinco GRAMMY – emplacou hits cada vez mais esporádicos e sua obra começou a ser revista em compilações e homenagens. Em 2004, ela entrou no DANCE MUSIC HALL OF FAME. Em 2008, lançou seu último álbum, “CRAYONS”. DONNA SUMMER morreu na manhã do dia 17 de maio de 2012, aos 63 anos, na FLÓRIDA. A cantora, que lutava contra um câncer, deixou o marido BRUCE SUDANO, com quem teve dois filos e quatro netos. Ela também teve um filho do casamento com HELMUTH SOMMER.
67 a. Decreto número 5.632, de 31 de dezembro de 1928, cria a Escola de Engenharia Militar, cujo primeiro comandante é o GENERAL-DE-BRIGADA JOSÉ VICTORIANO ARANHA DA SILVA. Assume em 11 de agosto de 1930, data em que o IME comemora o seu aniversário.
65 a. da inauguração da nova sede de “O ESTADO DE SÃO PAULO”, no dia 31 de dezembro de 1951. O moderno edifício-sede da Rua MAJOR QUEDINHO, 28, onde permaneceria até junho de 1976. Foi ali que nasceu o JORNAL DA TARDE, de início vespertino, que inovou a imprensa brasileira pela apresentação gráfica e pela exclusividade de suas reportagens, sob a direção de RUY MESQUITA. Após a morte de JÚLIO DE MESQUITA FILHO, em 1969, assumiu a direção de “O ESTADO”, JÚLIO DE MESQUITA NETO. Começava o período mais duro do regime militar. O presidente COSTA E SILVA havia baixado o ATO INSTITUCIONAL NÚMERO CINCO, em 13 de dezembro de 1968, quando o jornal foi apreendido por causa do editorial INSTITUIÇÕES EM FRANGALHOS, no qual criticava a medida. “O ESTADO” e o “JORNAL DA TARDE” não se dobraram diante da censura imposta pela ditadura. Recusando-se a substituir as matérias cortadas, publicaram repetidamente versos de “OS LUSÍADAS”, de CAMÕES (ESTADO) e receitas de bolos e doces (JORNAL DA TARDE). A censura só acabou em 4 de janeiro de 1975, quando o “ESTADO” comemorava centenário de fundação. JÚLIO DE MESQUITA NETO, que morreria em junho de 1996, quando RUY MESQUITA assumiu o cargo de diretor. RUY MESQUITA ganhou em 1974 o prêmio PENA DE OURO PARA A LIBERDADE, atribuído pela FEDERAÇÃO INTERNACIONAL DOS EDITORES DE JORNAIS a quem se destaca na defesa da liberdade de imprensa. “O ESTADO DE SÃO PAULO” faz aniversário em 4 de janeiro (nasceu em 4 de janeiro de 1875).
61 a. GENERAL MOTORS é a primeira companhia norte-americana a faturar mais de um bilhão de dólares no ano. Em 31 de dezembro de 1955.
58 a. ERNESTO CHE GUEVARA encabeça a ocupação de SANTA CLARA, em 31 de dezembro de 1958.
55 a. PLANO MARSHALL, que liberou mais de 12 bilhões de dólares para a reconstrução da EUROPA pós-guerra, chega ao fim, em 31 de dezembro de 1961.    
55 a. suicídio de PÉRICLES, autor do AMIGO DA ONÇA. Em 31 de dezembro de 1961 ele escreveu dois bilhetes reclamando da solidão, fechou todas as portas de seu apartamento e ligou o gás. Colocou um aviso na porta, escrito à mão: “NÃO RISQUEM FÓSFOROS”.
54 a. da 38ª SÃO SILVESTRE, vencida pelo francês ARMOND AMEUR, em 31 de dezembro de 1962.
53 a. de minha participação no policiamento da XXXIX CORRIDA DE SÃO SILVESTRE, como ASPIRANTE do BATALHÃO DE GUARDAS na Avenida Paulista, em 31 de dezembro de 1963. Nessa SS venceu o belga HENRY CLERKX.
53 a. das anotações feitas em 31 de dezembro de 1963 (terça-feira). ANO 14º - MÊS 6º - DIA 175º - 5 anos e 209 dias na FORÇA PÚBLICA – 116º dia como ASPIRANTE – 103º dia no BATALHÃO DE GUARDAS.
Pego da caneta para relatar o último dia de 1963, com todo o otimismo de que o ANO NOVO será bem melhor, com grandes novidades para mim. Em 1963, o fato que me deixou mais alegre foi a minha promoção a ASPIRANTE A OFICIAL em 7 de setembro. A notícia mais desagradável foi a do assassinato de JOHN F. KENNEDY, presidente dos Estados Unidos da América do Norte.
Nessa manhã precisava encerrar os papéis do CAPITÃO ALCIDES JÁCOMO DEGOBBI e, muito embora o expediente começasse às 9 horas, o MAJOR ALOÍSIO BORGES convocou-me para às 7 horas. Assim é que viajo no trem das 6:14 horas.
No BG, o MAJOR ALOISIO já havia feito as fichas secretas do CAPITÃO DEGOBBI e, na 3ª Companhia, escrevo-as à máquina. O 1º TENENTE DIRCEU DOMICILDES chegou às 9 horas e assume a Secretaria do Batalhão.
O resto do expediente passo-o em conversas com os colegas. Às 12:30 horas tivemos a reunião dos oficiais, sendo então distribuídas as ordens para o serviço do BATALHÃO DE GUARDAS na XXXIX Corrida de SÃO SILVESTRE. Com o 2º TENENTE RUI DARCI ficarei na PRAÇA ALFREDO ISSA para participar do desfile e depois a nossa tropa fará o policiamento na ANTONIO DE GODOI, da SANTA EFIGÊNIA até à AVENIDA SÃO JOÃO. Nosso uniforme será o quarto, com bota comando e capacete.
Almoço em meu lar, com meus filhos e mulher. Passo algumas horas tranqüilas e às 18 horas novamente rumo para o quartel.
O CAPITÃO MILTON DE ALMEIDA PUPO é o encarregado do Comando da tropa begeina. Às 19:30 horas separou o pessoal e deu para mim 39 soldados, 2 cabos. 1 sargento e 1 sub-tenente. O 2º TENENTE RUI DARCI VILLELA ALVES COSTA também teve uma quantia mais ou menos igual. Eram 20 horas quando embarcamos com destino à PRAÇA ALFREDO ISSA. Nessa praça encontramos o CAPITÃO SALGADO, que passou a comandar nossa tropa. O BG também era superviosionado pelo MAJOR ITABORAY VIANA.
Desfilamos e depois vou policiar o lado esquerdo da Rua ANTÔNIO DE GODOI. É um serviço fácil e com a ajuda de um sargento e de dois cabos logo espalho os 39 soldados ao longo da rua.
Começa a chuviscar quando são 21:30 horas. Isso vai estragar um pouco a festa da SÃO SILVESTRE. Na CÁSPER LÍBERO o espetáculo é deslumbrante. Uma alegria de luzes e cores embriaga o povo que para lá afluiu em massa. Pela primeira vez podia sentia a grandeza de uma SÃO SILVESTRE, muito embora todo ano siga com interesse o seu desenrolar.
O SUB-TENENTE EPAMINONDAS e o 3º SARGENTO CHAGAS auxiliam-me bastante no serviço que me cabia fazer.
Encontro o ASPIRANTE PAZELLI, do 1º BP, em serviço na SÃO SILVESTRE. Juntos estivemos assistindo a sensacional largada da corrida.
Após a partida dos competidores vou policiar o funil de chegada, sendo que ali pude lançar metade dos soldados que estavam sob meu comando.
Com uma atuação brilhantíssima, o primeiro a chegar é o belga HENRY CLERKX, com o tempo de 21 minutos e 554 décimos.
PORTUGAL foi um país privilegiado nessa 39ª SÃO SILVESTRE. MANUEL MARQUES foi o segundo colocado e MANUEL DE OLIVEIRA o terceiro. O brasileiro ANTÔNIO NOGUEIRA DE AZEVEDO consegue a brilhante quarta colocação. DON TAYLOR, da INGLATERRA, chega em quinto. HAMOUD AMEUR (vencedor da 38ª SÃO SILVESTRE), correndo pela ARGÉLIA, fica na sexta colocação. O nosso SOLDADO LUÍS CAETANO fica em sétimo. A grande decepção Argentina OSVALDO SUAREZ (tricampeão da SÃO SILVESTRE em 1959, 1960 e 1961) fica em oitavo. Em nono temos o australiano PAT CLOBESSY e em décimo outro representante da FORÇA PÚBLICA, o SOLDADO BENEDITO FIRMINO DO AMARAL.
O encerramento da 39ª SÃO SILVESTRE foi estupendo. A frente de “A GAZETA” era pequeníssima para conter a imensa multidão que queria ver os campeões no PÓDIUM.
Era 1 hora quando deixo a festa da SÃO SILVESTRE. Estava encerrado 1963 com esta festa brilhante de todo fim de ano e, conseqüentemente, mostrando o despontar de um ANO NOVO.
Assim nasce 1964 e no quartel do BATALHÃO DE GUARDAS os votos de feliz ANO NOVO não escolheram nem posto nem graduação.
Passo o resto da noite no BATALHÃO DE GUARDAS após conversar com o ASPIRANTE GIRALDI, oficial de dia e com os TENENTES PASIN e RUI DARCI.  
53 a. nasce o MAJOR PM JOSÉ FRANCISCO GUIMARÃES DOS SANTOS. De seu currículo: BRASILEIRO           NATURAL DE PONTA GROSSA PARANÁ - NASCIDO EM 31de dezembro de 1963. RG 18509597 SSP/SP       CPF 077433628/50  fone resid.  19 – 32018758 cel. 19- 81705614. RESIDENTE : R. JOSÉ RODRIGUES P. CARVALHO, 316  JD. IV CENTENÁRIO, CAMPINAS/SP. FILHO DE JOSÉ VIEIRA DOS SANTOS E AIDYL DA PENHA GUIMARÃES DOS SANTOS. CASADO COM DILAYNE RODRIGUES GUIMARÃES DOS SANTOS – SEM FILHOS.
FORMAÇÃO PROFISSIONAL : - ESCOLA PREPARATÓRIA DE CADETES DO EXÉRCITO – TURMA  MAL. RONDON – 1983; - CURSO DE FORMAÇÃO DE OFICIAIS DE POLÍCIA MILITAR DO BARRO BRANCO – TURMA 87; - CURSO DE INSTRUTOR DE TIRO – TURMA 1991; - CURSO DE INSTRUTOR E MULTIPLICADOR DE DIREITOS HUMANOS – TURMA 1997; - CURSO DE MICROINFORMÁTICA E FERRAMENTAS DE ESCRITÓRIO – TURMA 1998; - CURSO DE INTELIGÊNCIA EMOCIONAL – TURMA 1999; - CURSO DE TÉCNICA E DIDÁTICA DE ENSINO – TURMA 1999; - CURSO DE PLANEJAMENTO DE OPERAÇÕES - 3ª E.M./PM  – TURMA 2000; - CURSO DE GESTÃO PELA QUALIDADE – F.N.Q. – TURMA 2006; - CURSO DE ANÁLISE CRIMINAL E INFORMAÇÕES – TURMA 2007; - CURSO DE APERFEIÇOAMENTO DE OFICIAIS – C.A.O. TURMA 2008; - CURSO DE TIRO DEFENSIVO NA PRESERVAÇÃO DA VIDA  “MÉTODO GIRALDI” – TURMA 2008; - CURSO DE ANÁLISE CRIMINAL PARA OFICIAIS SUPERIORES – 2ª E.M./PM - TURMA 2008
FUNÇÕES PROFISSIONAIS :
- 2º TENENTE PM – 1988 = FUNÇÕES OPERACIONAIS COMO RONDANTE, RESPONSÁVEL PELA COORDENAÇÃO DO SERVIÇO DE RADIOPATRULHAMENTO EM SÃO PAULO NA ÁREA DO BRÁS, BRESSER E BELENZINHO, ÁREA CORRESPONDENTE À ÉPOCA AO 8º DP; EM 1989 APRESENTA-ÇÃO EM CAMPINAS/SP NO 8º BPMI, FUNÇÕES OPERACIONAIS DE PATRULHAMENTO;
- 1º TENENTE PM – 1990/93 = FUNÇÕES DE RONDANTE OPERACIONAL EM CAMPINAS; RESPONSÁVEL PELA REORGANIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO DA FORÇA TÁTICA DO 8º BPM/I; 1994-1996= FUNÇÕES  DE ADJUNTO À  SECRETARIA DO COMANDO REGIONAL, ACUMULANDO FUNÇÕES DE CONFIANÇA DO COMANDO COMO  TESOUREIRO, CHEFE DA SEÇÃO SUBFROTA, ADMINISTRADOR DO RANCHO, E CHEFE DO COPOM – 190; 1997 A 1999= CHEFE DA SEÇÃO JURÍDICA DO COMANDO REGIONAL, RESPONSÁVEL PELA “CORREGEDORIA” DA REGIÃO, CORREIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS, INQUÉRITOS, INVESTIGAÇÕES PRELIMINARES E DEMAIS FEITOS.
- CAPITÃO PM – 2000 = CHEFE SEÇÃO OPERACIONAL  P/3 DO 26º BPM/I – MOGI GUAÇU
2001 = FUNDADOR E PRIMEIRO CMT CIA FORÇA TÁTICA = MOGI GUAÇU, MOGI MIRIM, ITAPIRA, JAGUARIÚNA, S.A. POSSE E HOLAMBRA.
2002 = CMT 2º CIA PM DE M. MIRIM, ITAPIRA, PEDREIRA, JAGUARIÚNA
2003 = CMT 2ª CIA PM DO 8º BPMI = REGIÃO SUL DE CAMPINAS/SP
2004 A 2009 = CMT 1ª CIA PM DO 35º BPMI – REGIÃO SUL DE CAMPINAS/SP
- MAJOR PM - 2009 A 2011 = SUBCOMANDANTE DO 8º BPMI – CAMPINAS/SP
1991 A 2010 = PROFESSOR NA ESCOLA SUPERIOR DE SOLDADOS CAMPINAS/SP NAS MATÉRIAS DIREITO PENAL, PROCESSO PENAL, DIREITO PENAL MILITAR, DIREITO PROCES- SUAL  PENAL MILITAR, POLICIAMENTO COMUNITÁRIO, TIRO DEFENSIVO .
2010= PROFESSOR DO I CURSO NACIONAL DE PROMOTOR DE POLÍCIA COMUNITÁRIA EM CAMPINAS, NAS MATÉRIAS DE MOBILIZAÇÃO SOCIAL E CONSELHOS COMUNITÁRIOS DE SEGURANÇA, TENDO COMO ALUNOS GUARDAS MUNICIPAIS DA REGIÃO, POLICIAIS CIVIS E MILITARES, E CIVIS REPRESENTANTES DOS CONSELHOS COMUNITÁRIOS DE SEGURANÇA DA REGIÃO DE CAMPINAS/SP.
FORMAÇÃO CIVIL :
- TÉCNICO EM ELETROMECÂNICA  - CURSO DE 2º GRAU – 1983
- BACHAREL EM DIREITO PELA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO – TURMA 1996
- PÓS GRADUAÇÃO EM DIREITO CIVIL PELA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISC O – TURMA 1999
- M.B.A. EM CIÊNCIAS POLICIAIS E PRESERVAÇÃO DA ORDEM PÚBLICA
- CURSO DE POLÍCIA COMUNITÁRIA – PRONASCI – MIN. JUSTIÇA – 2009
- CURSO DE PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO – PRONASCI – MIN. JUSTIÇA – 2009
- CURSO DE GESTÃO DE PROJETOS E T.I. – PRONASCI – MIN. JUSTIÇA – 2009
- CURSO  DE INTRODUÇÃO À ADMINISTRAÇÃO ESTRATÉGICA – F.G.VARGAS – 2011
- CURSO  DE MOTIVAÇÃO NAS ORGANIZAÇÕES – F.G.VARGAS – 2011
- CURSO DE RECURSOS HUMANOS E FUNDAMENTOS DE GESTÃO EM T.I. – F.G.V. – 2011
CONDECORAÇÕES :
- LÁUREA DO MÉRITO PESSOAL EM 5º GRAU – 1988
- LÁUREA DO MÉRITO PESSOAL EM 4º GRAU – 1991
- LÁUREA DO MÉRITO PESSOAL EM 3º GRAU – 1998
- LÁUREA DO MÉRITO PESSOAL EM 2º GRAU – 1999
- MEDALHA COMEMORATIVA DO CENTENÁRIO DO 8º BPM/I – 2010
- MEDALHA COMEMORATIVA DO CENTENÁRIO DO 7º GRUPAMENTO BOMBEIROS – 2011
- MEDALHA “EXEMPLO DIGNO” DA CÂMARA MUNICIPAL DE CAMPINAS – 2011 ( PROCESSO EM ANDAMENTO NAQUELA CASA PELO GABINETE DO VEREADOR ANTONIO FLÔRES PELOS MAIS DE 23 ANOS DE BONS SERVIÇOS PRESTADOS EM CAMPINAS ).
OBSERVAÇÕES :
1)            SEMPRE PROCUREI ESTAR PRESENTE E INCENTIVAR OS PROGRAMAS DE RESISTÊNCIA ÀS DROGAS ( PROERD) E JOVENS CONSTRUINDO A CIDADANIA ( JCC ), POIS ENTENDO QUE HÁ SUPREMA NECESSIDADE DESSE APOIO NA FORMAÇÃO DOS JOVENS, INCENTIVANDO AOS  POLICIAIS MILITARES INSTRUTORES.
2)           COMO SUBCOMANDANTE DO 8º BPM/I, CONSEGUI  REESTRUTURAR O SERVIÇO DE POLICIAMENTO VELADO EM RELAÇÃO AOS RESULTADOS DO DISQUE DENÚNCIA ES-TADUAL  181, DE FORMA QUE PASSOU DE 16º COLOCADO DO INTERIOR NO RANKING ESTADUAL NO ANO DE 2009 PARA A POSIÇÃO DE 1º (PRIMEIRO) COLOCADO DO INTERIOR DO ESTADO DE SÃO PAULO AO FINAL DO ANO DE 2010, COLOCANDO O MUNICÍPIO DE CAMPINAS EM DESTAQUE PERANTE O GOVERNO DO ESTADO, E COLA-BORANDO COM A MELHORIA NA SENSAÇÃO DE SEGURANÇA DA COMUNIDADE CAM-PINEIRA.
3)           COMO EX-INTEGRANTE DO EXÉRCITO BRASILEIRO, SEMPRE PROCUREI PROVER A INTE-GRAÇÃO ENTRE OS MEMBROS DO EXÉRCITO/POLÍCIA MILITAR/POLÍCIA CIVIL/GUARDA MUNICIPAL E OUTROS ÓRGÃOS PÚBLICOS; EXEMPLO DISTO PODE SER DEMONSTRADO PELO EXMO. GENERAL DE BRIGADA CARLOS MAURÍCIO BARROSO SARMENTO, CMT DA 11ª BRIGADA DE INFANTARIA LEVE, DELEGADO DA DIG JOSÉ CARLOS E GM WAGNER GONÇALVES, OS QUAIS PODEM CONFIRMAR NOSSA PERFEITA INTEGRAÇÃO DIÁRIA.
4)           ENTENDO QUE NOSSA PÁTRIA É MAIS QUE UM PAÍS, É FAZER DE NOSSA COMUNIDADE UM LOCAL MELHOR, SEMEANDO A PAZ VERDADEIRA NO SEIO DA JUVENTUDE, MOS-TRANDO QUE NÃO É COM VIOLÊNCIA E FORÇA QUE A PROVEMOS, MAS COM ATITU –DES E AÇÕES COMUNITÁRIAS, COMO A DISSEMINAÇÃO DO PROGRAMA DE RESISTÊNCIA ÀS DROGAS E JOVENS CONSTRUINDO A CIDADANIA.CONTE COMIGO !
52 a. das anotações realizadas no dia 31 de dezembro de 1964 (quinta-feira). ANO 15º - MÊS 6º - DIA175º - 6 anos e 210 dias na FORÇA PÚBLICA - 222 dias como 2º TENENTE - 469 dias no BATALHÃO DE GUARDAS.´
Preciso ir ao BATALHÃO DE GUARDAS nesta manhã por duas razões: pedir prorrogação de minhas férias e saber ao certo a data que vai ser paga a licença-prêmio em pecúnia.
Assim é que nesta derradeira data do ano levanto cedo e tomo o ônibus VILA AURORA às 9 horas. O expediente no BG realiza-se das 9 às 12 horas e vou encontrar o meu batalhão na mesma situação quando entrei de férias: O CAPITÃO MÁRIO FERREIRA é o comandante interino. O CAPITÃO JAYR DE OLIVEIRA MOURA MORAIS é o sub-comandante interino. Encontro ainda os CAPITÃES JOSÉ FÉLIX SANCHEZ e JOSÉ VICENTE MARINO. O 1º TENENTE ALCIDES MORALLES é meu substituto interino na Secretaria. O resto tudo permanece na mesma.
O TENENTE GERSON DE OLIVEIRA informa-me que poderei receber a licença-prêmio em pecúnia somente na terça-feira, dia 5 de janeiro.
Peço prorrogação por mais quinze dias de férias em que me acho em gozo. Se forem concedidos, apresentar-me-ei no BG somente em 20 de janeiro.
Converso com todos os elementos da secretaria, procurando informações sobre o desenvolvimento do serviço. O 1º SARGENTO SEVERINO ocupa a posição de correspondente, tendo em vista que o 3º SARGENTO CICERELLI entrou em gozo de férias.
Quando retorno ao meu lar já passam das 12 horas. O transcorrer do último dia de 1964 nada mais vai apresentar. Ao lado de minha mulher e filhos vou esquecer o resto de minhas atribulações e viver um dia sossegado.
Apenas teremos a deslumbrante 40ª SÃO SILVESTRE como assunto importante. Acompanho o desenrolar dessa corrida pela emissora BANDEIRANTES. Novamente os brasileiros fazem má figura na tradicional prova. Não conseguem finais honrosas. O ganhador da 40ª SÃO SILVESTRE foi tal como em 1963, um belga: GASTON ROELANTS. Nas demais colocações temos: 2º lugar - MARIANO HARO CISNEROS - ESPANHA; 3º lugar - THOR HELLAND - NORUEGA; 4º lugar - MANUEL OLIVEIRA - PORTUGAL; 5º lugar - ANTONIO AMBU - ITÁLIA.
Assim se finda 1964 e surge o ano de 1965 que, como sempre, vem bafejado de perspectivas boas.
Somente muito tarde é que vou deitar, quando o dia 1º de janeiro surge no cenário do tempo.
51 a. dos seguintes apontamentos em 31 de dezembro de 1965 (sexta-feira). ANO 16º - MÊS 6º - DIA 174º - 7 anos e 210 dias na FORÇA PÚBLICA - 587 dias como 2º TENENTE - 834 dias no BATALHÃO DE GUARDAS.
No último dia de 1965 sei que tenho de fazer muita coisa no quartel, visto que o Serviço de Fundos entregou-me algumas guias de recolhe em data de 30 de dezembro e o balancete do mês exige que se conste as mesmas.
Vou para o quartel no horário das 8 horas, visto que o expediente terá início apenas às 9 horas. Em minha repartição já me encontro com o 2º SARGENTO VICTOR VALÉRIO, graduado esforçadíssimo, mola mestra da tesouraria, que já está trabalhando desde cedo. Além do balancete mensal que deve ser montado após as assinaturas do sub-comandante e do comandante nos movimentos de caixa de 28 e 30 do corrente, temos também o balancete anual, que deverá dar muito trabalho para ser feito.
O Batalhão entra em forma às 9 horas. Nesta revista perdemos muito tempo com o MAJOR CLÁUDIO falando muito até tarde. Esse tempo é-me preciosíssimo para trabalhar, mas o sub-comandante não tem conhecimento do que se passa na repartição, e sacrifica tanto o Chefe da FIF como secretário e o encarregado da Cantina, outros oficiais que precisam trabalhar muito neste final de ano.
Não consigo sair da tesouraria antes das 11 horas, assinando uma papelada enorme e procurando concatenar os assuntos para a montagem dos balancetes.
Há uma reunião de oficiais e aspirantes no horário das 11 horas, igual àquela havida na véspera de NATAL. COMANDANTE ANSELMO dirige a seus aspirantes, tenentes e capitães uma mensagem alegre do ano que se vai iniciar e reunidos vamos permanecer até o final do expediente - 12:36 horas.
O sub-comandante reúne, em seguida, o Comandante da 1ª Companhia, tesoureiro e secretário para falar sobre o estágio dos aspirantes nas repartições e subunidades. Para a FIF irão cinco no início, a contar de 3 de janeiro e lá estagiarão durante uma semana. Isto é algo muito bom, pois os rapazes não tiveram nada disso na Escola de Oficiais e, se caírem numa repartição, conforme estão, sentirão muitas dificuldades iniciais.
Sobre o documento que ontem encaminhei ao Comandante da Companhia de Comando e Serviços, pedindo minha passagem a pronto da FIF, visto as últimas desfeitas do MAJOR CLÁUDIO DE SOUSA, que chegou ao desplante de dizer que os empregados são os mais folgados, soube que o CAPITÃO IRAHYBA DE PAULA ROSA a despachou para o subcomandante.
Hoje mando o SARGENTO MONTEIRO, eletricista, ir até o Serviço de Comunicações buscar uma cópia do ofício que o TENENTE-CORONEL SÉRGIO DEL BEL pede-me para ser transferido para aquele Serviço, conforme conversa que tive ontem com o TENENTE PEIXOTO. Essa cópia encontra-se anexa ao presente diário.
Findo o expediente, meu auxiliar, SARGENTO VALÉRIO, continua trabalhando bastante. Não parou nem um instante nesta data.
Quero viajar para POÁ, visto que não estive em casa de meus pais nem na véspera de NATAL, nem no próprio NATAL e nem por ocasião de meu aniversário, pelos motivos já apontados neste diário. No entanto, não saio logo, preferindo descansar até às 15 horas.
Na Rua JOÃO TEODORO tomo o ônibus ESTAÇÕES e, consigo embarcar no trem das 17:25 horas.
Faço uma viagem sofrível. O trem vai cheio, com gente parecendo sardinha em lata. Além do mais, perto de mim estavam dois rapazes embriagados, sendo que um deles provocava o outro e só faltava mesmo irem às vias de fato. Ambos desceram em ARTUR ALVIM, melhorando a viagem.
Chego em POÁ às 18:20 horas. Rumo diretamente à casa de meus pais. Logo em seguida começa a chover bastante, estragando o fim de ano. Janto com eles e conversamos sobre uma série de fatos que levam a mostrar que a vida continua no mesmo sentido, sem grandes transformações. Mais tarde chegam tia CATARINA (já bem boa de sua última crise), DONA GABRIELA e, bem mais tarde, lá pelas 22 horas, meu irmão CARLOS.
Meu pai e eu ligamos a televisão de meu mano e esta funciona mesmo sem antena. Acontece que meu irmão se sente enciumado pelo que fizemos e a desliga. Isto faz com que minha mãe, dona GABRIELA, tia CATARINA, meu primo WÁLTER, sintam-se descontentes, acabando a reunião em família.
Desço à Praça dos Expedicionários e vou à Delegacia local. Reúno-me com o 3º SARGENTO OSVALDO (Comandante do Destacamento) e diversos soldados conhecidos: ALCIDES, ELÍSIO e muitos outros.
Um pequeno acidente com uma pessoa embriagada (feriu-se no nariz), faz com que eu vá conhecer o Pronto Socorro de POÁ, fundado bem recentemente. Ao adentrar o PS poaense vejo que finalmente montaram em minha Terra algo que faz uma falta tremenda para o Município. Contrataram um enfermeiro competente e, o que é mais importante, educado e ligeiro nas intervenções que é chamado a praticar.
1965 termina assim para mim. A famosa corrida de SÃO SILVESTRE faz com que pela terceira vez um belga levante o cetro máximo. Desta feita trata-se do fabuloso GASTON ROELANTS, que se torna bi-campeão da máxima prova do pedestrianismo.
Lá pelas 2 horas da madrugada de 1º de janeiro de 1966 despeço-me dos meus amigos militares e rumo à casa de meus pais, onde vou passar o resto da noite.
Portanto, encerro em final agradável o 1965 e começo um Ano Novo em casa de meus pais, coisa que não aconteceu em1964 e em 1965.   
50 a. dos apontamentos feitos em 31 de dezembro de 1966 (sábado). ANO 17º- MÊS 6º - DIA 175º - 8 anos e 210 dias na FORÇA PÚBLICA – 17º DIA COMO 1º TENENTE – 270 dias na 2ª Companhia Independente.
Aqui termina 1966, um ano que para mim transcorreu de uma maneira agradável. 1966 comecei no BATALHÃO DE GUARDAS, como 2º TENENTE e como CHEFE DA FIF. Posteriormente, sou transferido para a 2ª Companhia Independente, então 3ª Companhia do 10º BP (SANTO ANDRÉ), em GUARULHOS. Promovido a 1º TENENTE, continuo como CHEFE DA FIF da 2ª CI. O ano todo transcorreu de uma maneira calma, sem grandes agitações.
Vou terminar 1966 esperando minha classificação que, segundo espero, será na 2ª CI.
Após a refeição, tenho de me dirigir a GUARULHOS, pois o CAPITÃO JAIR escalou-me para a cerimônia do lançamento do edifício o Legislativo Municipal da cidade.
Faço uma viagem através VILA GALVÃO. Esta data está resplandecente e se vê muitas pessoas nas ruas, todas felizes, ou melhor, demonstrando alegria.
No Posto Policial de VILA GALVÃO, faço uma parada. Dali, rumo para o centro da cidade, no carro do tesoureiro da Prefeitura. Na Delegacia local espero a chegada do CAPITÃO JAIR e do 1º TENENTE SÉRGIO PEREIRA. Rumamos às 16 horas para a confluência das ruas JOÃO GONÇALVES e OSWALDO CRUZ. Ali, nos encontramos com o 1º TENENTE DALTON, da Aeronáutica (Base Aérea de CUMBICA).
Chegam o Prefeito WALDOMIRO POMPEO; o doutor ANTÔNIO DARCI PANOCHIA, Presidente da Câmara Municipal; o vigário PADRE GERALDO; os vereadores ALFREDO NADER, CASAL DE REIS, ALAN e outros; GODOFREDO FRONER.
Uma seção do Corpo Musical abrilhanta a solenidade. O vigário benze o lançamento do edifício. Várias pessoas falam sobre o acontecimento e, num canuto de metal é introduzido jornais de hoje, a ata do lançamento do edifício e outros documentos. Esse canuto é introduzido numa urna, que é lacrada com cimento.
A solenidade está encerrada. CAPITÃO JAIR e TENENTE SÉRGIO deixam o local. Faço companhia ao TENENTE NUNES FERNANDES que vai à Rua LUÍS FACCINI, onde se realiza uma feira.
Ali ficamos até às 18 horas. O NUNES quer rumar para VILA GALVÃO, mas um conhecido nosso faz-nos parar na PADARIA ITUANA, a fim de comemorarmos o último dia do ano. Trata-se do irmão da cabeleireira KÁTIA.
Passamos por um posto de gasolina, do português MÁRIO. Ali também comemoramos o final do ano. Num bar da VILA GALVÃO, o NUNES encontra-se com muitos amigos. Sou apresentado a eles. Ali está o 2º TENENTE QOAA LEVI, o português senhor EDUARDO, o dono do CINE JADE, senhor SILVA e muitas outras pessoas de projeção em VILA GALVÃO.
Até às 22 horas, ficamos naquele ambiente de amizade sadia e, mais tarde, vamos à casa de um outro português, senhor CASIMIRO. Nesse local as coisas também apresentam muita alegria. O último dia do ano faz com que conheçamos muita gente de reais méritos na VILA GALVÃO.
O NUNES leva-me até JAÇANÃ. Ali, embarco num ônibus e, numa situação estranha, motivado pelas bebidas, coisa que não estou acostumado, rumo para casa.
Sâo 23:30 horas quando chego em meu lar. Ouço o desenrolar da 42ª SÃO SILVESTRE. O belga GASTON ROELANTS, bi-campeão de anos passados, lidera a prova durante um bom trecho da corrida, mas ÁLVARO MEJIAS FLORES, da COLÔMBIA, põe para traz o belga, na altura da Praça OSVALDO CRUZ. Portanto, a 42ª CORRIDA DE SÃO SILVESTRE vai para a COLÔMBIA.
2º LUGAR – GASTON ROELANTS – BÉLGICA;
3º - DAVID MICHAEL TURNER – INGLATERRA;
4º - MANFRED LETZERICH – ALEMANHA;
5º - JUAN MARTINEZ  - MÉXICO;
6º - BENGT NAJDE – SUÉCIA;
7º - BENGT PERSON – SUÉCIA;
8º - ANTONIO NOGUEIRA AZEVEDO – BRASIL;
9º - DOMINGO AMAIZON – ARGENTINA;
10º - ORIDES ALVES – BRASIL.  
48 a. nasce LUCIANO SZAFIR, em SÃO PAULO, no dia 31 de dezembro de 1968. Inicia sua carreira de ator em 1997, como o JÚLIO MALAGONI, da novela “ANJO MAU” (GLOBO). Ganha destaque como o ZEIN, de “O CLONE” (2001), também da GLOBO. Interpreta o LEONARDO, de “VIDAS OPOSTAS”, da RECORD. Em 2007, faz o FELIPE, da novela “AMOR E INTRIGAS”. Curiosidade: tem uma filha com a apresentadora XUXA, a SACHA.
42 a. pela primeira vez em mais de 40 anos, cidadãos norte-americanos podem comprar e possuir ouro nos ESTADOS UNIDOS, em 31 de dezembro de 1974.
38 a. deixa de vigorar, em 31 de dezembro de 1978, o ATO INSTITUCIONAL NÚMERO CINCO.
37 a. rainha ISABEL II, da INGLATERRA, nomeia ALFRED HITCHCOCK como cavalheiro da Ordem do Império Britânico, em 31 de dezembro de 1979. Outras anotações nesta data: antes das 6 horas LUCINDA levanta e começa a preparar tudo para a festa de logo mais. Vai à feira. Saio com ela. Vamos ao açougue e retornamos à feira. A japonesa MARIA ajuda na feitura dos quibes. MARLENE faz a maionese. Por volta das 13 horas chegam dona ESMERALDA e seu filho JOSÉ CARLOS. Enquanto as mulheres aprontam tudo para a festa de fim de ano leio VINTE ANOS DEPOIS com as aventuras do tenente D´ARTAGNAN, ATOS, PORTOS e ARAMIS na conturbada FRANÇA de MAZARINO (Século XVII). 17 HORAS – Tático Móvel de GUARULHOS vem me avisar que minha filha MARIZE está com alta da CRUZ AZUL. As notícias sobre a morte do PM FLÁVIO PONTES VIEIRA e os três bandidos mortos pela ROTA. Um tiroteio no centro da cidade de SÃO PAULO envolve vendedores ambulantes e fiscais da Prefeitura. A intervenção russa no AFEGANISTÃO. Chegam os parentes da LUCINDA: Senhor ANTÔNIO, sua mãe, JOSÉ, DORA, AMÉRICO, MARGARIDA e PAULO. Também comparecem o PM ALOÍSIO e sua família; Senhor HENRIQUE e dona AMÉLIA; Senhor FULGÊNCIO , dona LINA e ERLEY. Todos nós vamos festejar a passagem de ano.
35 a. no país africano de GANA, o governo civil do presidente HILLA LIMANN é derrubado por um golpe de estado militar, em 31 de dezembro de 1981.
33 a. do GOLPE NA NIGÉRIA, em 31 de dezembro de 1983.
33 a. da inauguração da TORRE DA TV GLOBO, no dia 31 de dezembro de 1983.
33 a. DANIELLE, filha do TENENTE-CORONEL SILVA, em 31 de dezembro de 1983. Casada com EDILSON. DANIELLE é mãe da RAFAELA, DANILO e ARTHUR.
31 a. falece SAM SPIEGEL e RICK NELSON, em 31 de dezembro de 1985.
31 a. traficante de drogas ESCADINHA foge do presídio de ILHA GRANDE com um helicóptero, durante as visitas de fim de ano, em 31 de dezembro de 1985.
30 a. um incêndio no hotel DUPONT PLAZA, em PORTO RICO, mata 97 pessoas e fere outras 140, em 31 de dezembro de 1986.
29 a. das anotações de 31 de dezembro de 1987: estamos encerrando o ano de 1987. Foi difícil passá-lo. O fato mais notável foi o transcorrer do Curso Superior de Polícia, com duração de sete meses. Teve início em maio, mas desde janeiro apresentou inúmeras dificuldades. Permaneço na área de Choque, a que mais marcou meus tempos de Polícia Militar.
No campo político, a Constituinte surgiu como assunto principal. Iremos entrar em 1988 com esse problema. A economia andou muito mal em 1987. Houve o fracasso do PLANO BRESSER, tal como em 1986 fracassou o PLANO CRUZADO. O resultado apresentou uma inflação de 365,9 ao ano.
Alguns percalços na vida familiar, notadamente com as operações que LUCINDA sofreu e a seqüela da trombose. Minha mãe passou bem durante o ano.
Um calor sufocante presenteia a manhã da quinta-feira, último dia do ano. Quase ao meio-dia a GISLEIDE vem buscar o PAULO CÉSAR para passar o fim do ano com seus avós maternos. A SÔNIA, sobrinha da LUCINDA passa por aqui. Ela vai a uma festa com a MARLENE, na casa de uns parentes do TADEU (o mais recente namorado da MARLENE).
LUCINDA resolve ir buscar sua mãe e o senhor ANTÔNIO para passar o fim do ano em casa. O GENARO e sua mulher MARLENE vão nos encontrar na casa de dona ESMERALDA. O assunto entre eles: a famigerada herança de RAPHAEL INDALÉCIO. Surgem desavenças entre familiares. Há gente que anda vendendo terras e cercando lotes do jeito que bem entende. Fala-se de uma reunião da família nos primeiros dias de janeiro.
O GENARO e sua mulher vêm para nossa residência. Eu trago dona ESMERALDA e senhor ANTÔNIO.
Fuga de 52 presidiários do 1º Distrito de GUARULHOS, ocorrida hoje pela manhã. Morreram os detentos MANOEL MESSIAS e MOISÉS ALVES SANTOS. Outros sete presos ficaram feridos. Quarenta deles são capturados durante o transcorrer do dia.
O delegado de polícia aposentado CORIOLANO NOGUEIRA COBRA, de 77 anos, morreu na madrugada de hoje no Hospital da BENEFICÊNCIA PORTUGUESA, onde se encontrava internado. O enterro deu-se às 16 horas, no Cemitério da CONSOLAÇÃO.
Quase às 21 horas chegam o JOSÉ, DORA e as crianças MARCELO, ALEXANDRE e KELLEN CRISTINA. Irão passar o final de ano com a LUCINDA.
Mais uma vez irei para SÃO PAULO, a fim de colaborar no policiamento da SÃO SILVESTRE. O CABO PM AMILTON vem me buscar às 21 horas. Encontramos uma avenida PAULISTA completamente cheia de gente, com mais de sete mil atletas prontos para a 63ª SÃO SILVESTRE. Apresentam-se os oficiais que irão participar do policiamento. O equatoriano ROLANDO VERA é o franco favorito e, destacadamente, torna-se bicampeão. Em segundo chega um mexicano e os 3º, 4º e 5º lugares são do BRASIL – JOÃO ALVES DE SOUZA, DIAMANTINO DOS SANTOS, ADAUTO DOMINGUES. No setor feminino: MARTA TENÓRIO do EQUADOR chega em primeiro. Em segundo a brasileira ANGÉLICA DE ALMEIDA. Em terceiro a mexicana MARIA DEL CARMEN DIAZ. Em quarto outra mexicana MARIA TRUJILLO.
29 a. falece o delegado aposentado CORIOLANO NOGUEIRA COBRA, em 31 de dezembro de 1987.
26 a. do NAUFRÁGIO DO BATEAU MOUCHE, em 31 de dezembro de 1990. 150 pessoas a bordo do BATEAU MOUCHE IV foram surpreendidas entre a ILHA DE COTUNDUBA e o MORRO DA URCA. O barco de casco chato, mais adequado a águas tranqüilas, não suportou o excesso de peso. À meia-noite, o saldo do acidente incluía 55 mortos, entre eles, a atriz YARA AMARAL.  Lembranças de LUIZ FERNANDO GOULART, diretor e produtor de cinema, ex-marido de YARA AMARAL: “Na noite anterior houve uma ressaca e, mesmo com medo do mar, YARA foi para o BATEAU MOUCHE. A dona da casa de uma festa onde estavam meus filhos me falou sobre o acidente. Dei a notícia às crianças e preparei-as para o pior. Veio a confirmação da morte e só a reconheci por uma cicatriz no pulso, depois de ver corpos inchados. Foi uma noite terrível, um dos piores momentos de toda minha vida”.
26 a. da morte do garçom PINTADO, em 31 de dezembro de 1990.
25 a. promoção a Coronel: OSMAIR PAULO SACHETTO, LUIZ CARLOS DOS SANTOS, WILTON BRANDÃO PARREIRA FILHO e ANUAR WÁLTER, em 31 de dezembro de 1991.
23 a. do suicídio do ex-presidente da GIÓRGIA, ZVIAD GANSAKURDIA, em 31 de dezembro de 1993.                                                                                                    
23 a. da vitória do queniano SIMON CHEMWOYO na 69ª corrida de SÃO SILVESTRE, em 31 de dezembro de 1993, tornando-se BICAMPEÃO da prova. Um erro do etíope FITA BAYESA, que entrou pelo lado errado do funil de chegada, seguindo a câmera de TV, permitiu que CHEMWOYO tomasse a frente nos segundos finais da prova. Eles disputaram a liderança em sprint durante todo o percurso, deixando o queniano WILLIAM SOGEI em terceiro lugar e o mexicano ARTURO BARRIOS, em quarto.
22 a. transf. reserva dos CORONÉIS: JOSÉ FRANCISCO PROFÍCIO, ANTÔNIO DE JESUS GANDOLFI, ORLANDO AURÉLIO SANTOS e JOSÉ AUGUSTO FONTES RICO, em 31 de dezembro de 1994.
22 a. PROMOÇÃO A CORONEL: ISAIAS DE MELLO MASCARENHAS NETO, PAULO CÉZAR NEVES, JOÃO ANTÔNIO BRAZ NETO, ADMIR BENTO, HOLLIWOOD GARCIA DE MARINS, MIGUEL PEIXOTO FRIZENE, GÉRSON VITÓRIA, IVAN VIEIRA DE CAMARGO, ANTÔNIO GALVÃO LEAL DE QUEIROZ, NELSON CHIAVONE, JOÃO PAULO CORREA, JÚLIO GOMES DA LUZ e CORONEL Fem PM  HILDA MAGRO, no dia 31 de dezembro de 1994.
22 a. falece o bispo dom ERNESTO DE PAULA, em 31 de dezembro de 1994. Nasceu em 5 de fevereiro de 1899.                                                                                               
21 a. da CHACINA DE SÃO MATEUS, com a morte de quatro rapazes no dia 31 de dezembro de 1995. Foi a 49a. CHACINA DE 1995. Em 1996, aconteceram mais de 50; em 1998, somaram 89; em 1999, 88; em 2000, cerca de 90. Em 2001, o número baixou para 77.
21 a. presidente da ARGÉLIA, LIAMINE ZEROUAL indica AHMED OUYAHIA como seu novo primeiro-ministro, em 31 de dezembro de 1995.
19 a. falece ESTHER DE ALMEIDA NEVES, irmã do ex-presidente TANCREDO NEVES, depois de longo sofrimento, em 31 de dezembro de 1997.
19 a. falecem: o compositor CAPIBA e MICHAEL KENNEDY, aos 39 anos, num acidente de esqui, no ASPER-COLORADO. MICHAEL pertencia à família do presidente assassinado dos EUA,  JOHN KENNEDY. Em 31 de dezembro de 1997.
19 a. do suicídio do gráfico OSVALDO SÔNEGO, O "MONSTRO DE TATUI". Matou-se na cadeia pública de ITAPETININGA, tomando dose excessiva de remédios. Ele abusou sexualmente de seis adolescentes, assassinando-as. Em 31 de dezembro de 1997.
19 a. falece o ginecologista especializado em reprodução humana, MILTON NAKAMURA, considerado o "PAI" do primeiro bebê de proveta brasileiro, aos 64 anos de idade. Foi encontrado morto na garagem de sua casa, vestindo um pijama, em 31 de dezembro de 1997.
19 a. do assassinato do Deputado Federal ANTÁRIO ALEXANDRE TEODORO FILHO, em CARIACICA, ESPÍRITO SANTO, no dia 31 de dezembro de 1997. O CABO PM SEVERINO FRANCISCO RIBEIRO, de 38 anos, foi executado pelas costas com 26 tiros. Era uma espécie de xerife no ITAIM PAULISTA Havia mandado muitos bandidos para a cadeia. O CABO PM SEVERINO recebeu várias medalhas pela sua atuação como PM PADRÃO. Os amotinados do presídio de SOROCABA fizeram acordo com o Secretário da Administração Penitenciária, JOÃO BENEDICTO DE AZEVEDO MARQUES e a rebelião termina nesta manhã. Saio com o SANTANA para ir buscar o DIÁRIO POPULAR na banca do senhor FRANCISCO, na Rua SANTANA DO JACARE. Passo também pela Farmácia MELLOTTI. Na biblioteca, arrumo o arquivo de minhas memórias de 1997, composta dos cadernos escritos, mês a mês, e das 47 pastas contendo tudo que aconteceu no ano que está terminando Parece que me dediquei à colheita de informações em 1997 em grau maior do que nos anos passados. Na tarde, às 15:15 horas, assisto a Corrida das mulheres na 73ª SÃO SILVESTRE. Vence a equatoriana MARTHA TENÓRIO, campeã da 63ª SÃO SILVESTRE, em 1987. Em segundo chega LORNAH KIPLAGAT, do QUÊNIA; em terceiro, SÍLVIA SOMAGGIO, da ITÁLIA; em quarto, VIVIANY A. DE OLIVEIRA, do BRASIL; em quinto, FLORENCE BARSOSIO, do QUÊNIA; em sexto, ANUTA CATUNA, da ROMÊNIA; em sétimo, WILMA G. BURBANO, do EQUADOR; em oitavo, MARLENE RENDERS, da BÉLGICA; em nono, MARIA DEL CARMEN DIAZ, do MÉXICO; em décima, ROSÂNGELA FARIA, do BRASIL. Chegam em casa o PAULO ISHIKAWA e a MARGARIDA. Vêm visitar dona ESMERALDA. Com o PAULO assisto a Corrida dos homens, a partir das 17 horas. O paranaense ÉMERSON ISER BEM deixa para traz o favorito PAUL TERGAT, e faz o BRASIL vibrar com a sua vitória, com o tempo de 44minutos e 40 segundos. O terceiro é HENDRICK RAMAALA, corredor da ÁFRICA DO SUL; em quarto, JOHN MORAPEDI, da ÁFRICA DO SUL; em quinto, SÍLVIO GUERRA, do EQUADOR; em sexto, VANDERLEI CORDEIRO DE LIMA, do BRASIL; em sétimo, LUCAS CHERONO, do QUÊNIA; em oitavo, PATRICK NDAYISENGA, de BURNÉO; em nono, EDUARDO DO NASCIMENTO, do BRASIL; em décimo, FAUSTINO R. HERNANDEZ, do MÉXICO. Aguardando a passagem do ano, na biblioteca, releio os dias 1º a 7 de janeiro dos anos 1995, 1996 e 1997. Relembro páginas do 14º tomo, quando terminava a Escola de Oficiais, como aluno oficial do 3º CFO, em 28 de agosto de 1963 assistia a palestra do CORONEL Res JOSÉ HYPPÓLLITO TRIGUEIRINHO sobre a criação da FORÇA PÚBLICA, no CFA. No dia 27 de agosto, conferência do TENENTE-CORONEL JAIME DOS SANTOS sobre a Lei Básica das Polícias Militares. No dia 29 de agosto, no Auditório MAJOR ANTÃO, a conferência do Procurador Geral do Estado, doutor VÉRNER RODRIGUES DE NOGUEIRA, sobre o Ministério Público. No dia 1º de setembro de 1963 aconteceu um acidente na passagem de nível de VILA VARELA, quando um lambretista foi esmagado por um trem. Fui ao local com o delegado de polícia de POÁ, doutor BERNARDO GUEDES, escrivão MAYA e soldados ALCIDES e CALLEGARI. Já no dia 6 de setembro, temos uma solenidade no CFA e um desfile de jóias na H. STERN. No dia 7 de setembro a tão esperada FESTA DA ESPADA. Era declarado ASPIRANTE A OFICIAL. Meus pais, minha prima NAIR (minha madrinha), TIO RENATO FONSECA, TIA IRENE, TIA CATARINA, TIA MANOELA, PRIMA DINEY compareceram à solenidade. O governador ADHEMAR DE BARROS foi o padrinho de nossa turma. No dia 8 de setembro aconteceu a BÊNÇÃO DAS ESPADAS na Catedral da Sé, pelo CORONEL CAPELÃO AURISSOL CAVALHEIRO FREIRE. Na noite, um jantar no Restaurante do Senhor DUARTE, em POÁ. No dia 16 de setembro de 1963, já como Aspirante, representando o CFA, vou ao enterro do pai do CAPITÃO ALBERTO FERNANDES DA SILVA, cujo velório foi na Igreja do ROSÁRIO, na PENHA. No dia 17 de setembro, almoço patrocinado pelos Aspirantes aos oficiais do CFA. No dia 19 de setembro, apresentação dos Aspirantes a Oficial ao Comandante Geral, GENERAL-DE-DIVISÃO JOÃO FRANCO PONTES. No dia 23 de setembro, apresentação no BATALHÃO DE GUARDAS – aspirantes BORINI SOARES, AMERICO, GIRALDI e VENTURA. O Comandante do BG, TENENTE-CORONEL JOSÉ VILLELA SANTOS. O subcmt era o MAJOR ALOÍSIO BORGES. CAPITÃES MILTON DE ALMEIDA PUPA, HELIO GUAYCURU DE CARVALHO e FRANCISCO ZECHMANN. TENENTES PLÍNIO VAZ, FLÁVIO VAZ, CARLOS FERNANDES, HIGINO, MOACYR DE SIQUEIRA, RUI DARCY, MARIO TOLEDO DE CAMARGO, SOPHIA, PASIN, ROCCO e OLEGÁRIO. No dia 25 de setembro os aspirantes almoçam com o seu padrinho, Governador ADHEMAR DE BARROS e dona LEONOR, no palácio dos CAMPOS ELISIOS. Dia 29 de setembro de 1963, Missa em Ação de Graças pelo 31º Aniversário do encerramento da Revolução Constitucionalista de 1932. No dia 1º de outubro represento o BATALHÃO DE GUARDAS na posse do TENENTE-CORONEL JOSÉ EMERY CARNEIRO, no 2º BP. Em outubro o BATALHÃO DE GUARDAS esteve empenhado nas greves dos ferroviários, da DER e DAE. As horas estão passando em 1997 ai se extinguindo. MARLENE, desesperada por estar só, já que o namorado JOSE CÂNDIDO DA SILVA está em PERNAMBUCO, resolve ir jantar no restaurante MINHOTO, aqui em GUARULHOS. LUCINDA, dona ESMERALDA e eu assistimos a queima de fogos nas imediações de nossa rua, iniciando assim 1998. Muitos moradores da Avenida BENVINDO TOLENTINO NETO vêm nos cumprimentar. Há intensa alegria na passagem do ano. Depois de longo sofrimento morreu às 5:30 horas de hoje, no RIO, aos 74 anos, ESTHER DE ALMEIDA NEVES, irmã do ex-presidente TANCREDO NEVES. O gráfico OSVALDO SÔNEGO, conhecido como MONSTRO DE TATUÍ por ter assassinado seis adolescentes, se matou na Cadeia Pública de ITAPETININGA, onde estava detido. Ele tomou dose excessiva de remédios.       
18 a. das anotações feitas em 31 de dezembro de 1998: levanto muito tarde neste último dia de 1998 (quinta-feira). Senti dores, ontem, no pé esquerdo, causadas pelo ácido úrico. Tomei trinta gotas de novalgina e isso faz com que me “apagasse!. LUCINDA, ao contrário, às 5 horas já está de pé e acorda o JOÃO GOMES para ir ao CSM/AM, onde trabalhará na parte da manhã. Aí não pára mais de trabalhar a fim de organizar a casa para a passagem do Ano. MARLENE vai cuidar da ceia.
Na biblioteca, organizo as pastas do ano que se vai encerrando. O espaço agora é pequeno para começar o arquivo do Ano Novo. Releio junho-julho de 1965. Vejo-me 2º TENENTE, Chefe da FIF (FORMAÇÃO DE INTENDÊNCIA E FUNDOS) do velho BATALHÃO DE GUARDAS. Às 15:15 horas, assisto a parte feminina da 74ª Corrida de SÃO SILVESTRE. Dá “zebra”. Vence a iugoslava OLIVERA JEVTIC com o tempo de 51 minutos e 56 segundos. A favorita MARTHA TENÓRIO, equatoriana, chega em segundo. 3º - JANE SVIGOTO, do QUÊNIA; 4º - ERIKA ALESANDRO DE LA FUENTE, CHILE; 5º - CLEUZA MARIA IRINEU, do BRASIL.
Às 17 horas, começa a prova masculina. O queniano PAUL TERGAT vai vencer pela terceira vez a SÃO SILVESTRE. Já vencera em 1995 e 1996 e, no ano passado, chegou em segundo. 2º - HENDRICK RAMAALA, da ÁFRICA DO SUL; 3º - ELIJAH LAGAT, do QUÊNIA; 4º - SÍLVIO GUERRA, do EQUADOR; 5º - JOHN GWAKO, do QUÊNIA; 6º - ÉMERSON ISER BEN (campeão de 1997) – BRASIL; 7º - JOSÉ TELES DE SOUZA, BRASIL; 8º - GERALDO DE ASSIS, BRASIL; 9º - PATRICK NDAYISENGA, do BURUNDI; 10º - DELMIR DOS SANTOS – BRASIL.
Às 16:45 horas, recebo um telefonema do doutor AFIF CHACUR, desejando-me BOAS FESTAS. Reside ele na Avenida RUDGE e fala que por ali passaram os corredores da SÃO SILVESTRE. Minha mãe liga por volta das 18:20 horas. Conta-me que meu primo MOACYR sofreu a segunda cirurgia dos intestinos, ontem. O MOACYR foi submetido a uma operação em 14 de abril de 1998. O caso dele não é fácil. Minha mãe diz que irá passar a última noite do ano em companhia do CABO PM RENATO VENTURA, da CIDA e dos filhos desse casal, LEANDRO e FERNANDO.
Assisto os jornais da RECORD e da GLOBO. O ANO NOVO já começou na AUSTRÁLIA, JAPÃO, RUSSIA e noutros países da ÁSIA. A televisão mostra uma magnífica queima de fogos em SYDNEY, AUSTRÁLIA. Em NOVA IORK, o ponto alto da passagem do ano será em TIMES SQUARE. Em LONDRES, é no TRAFALGAR SQUARE.
No RIO, três milhões de pessoas aguardam a maior queima de fogos de artifício do mundo. Serão 7 mil canhões disparados ao mesmo tempo, num espetáculo que durará quinze minutos.
Termina a GREVE DE FOME dos seqüestradores de ABÍLIO DINIZ, depois de 46 dias de duração.
JOSÉ CÂNDIDO DA SILVA trabalhou o dia todo, mas achou de beber além da conta e chegou embriagado para desgosto da MARLENE, que o esperava com a ceia de fim de ano. Há um ligeiro bate-boca entre os dois e o JCS vai para a rua. LUCINDA, toda de branco, acha-se alegre nesta noite. Ela “comanda” a festa em casa. Apesar das contrariedades, a MARLENE participa da ceia. Com muita queima de fogos em GUARULHOS, coisa qie não aconteceu nas passagens de anos anteriores, vamos despedir de 1998 e dar as boas vindas ao 1999. São esperanças que se renascem e votos de melhores tempos que se fazem na “virada” do ano.
Na AVENIDA PAULISTA acontece a maior festa gratuita da “virada” do ano, com shows de axé comandados por DANIELA MERCURY e pela BAMDAMEL. O cenário da festa impressiona. Armada entre as Ruas PADRE JOÃO MANUEL e MINISTRO ROCHA AZEVEDO, a estrutura tem 300 toneladas de metal e 40 metros de altura. O tema é a globalização e o símbolo é um globo de 15 metros de diâmetro, que muda eletronicamente de cor. O globo foi instalado sobre o palco de 800 metros quadrados.
A festa começa de fato às 20:30 horas, com a apresentação da cantora italiana MAFALDA MINNOZZI. O público a conhece através das rádios em músicas como STRANI AMORE, LA SOLITUDINE e MOÇA, supersucesso que ela regravou com WANDO. A partir das 21:50 horas, a TV BANDEIRANTES inicia a transmissão ao vivo. Quem inaugura o superpalco é a baiana DANIELA MERCURY, que mostra sua especialidade: levantar o povão. A base da apresentação é o seu mais recente CD, ELÉTRICA, mas a bela baiana, que começou a carreira animando a folia em cima dos trios elétricos de SALVADOR, sabe que não pode deixar de lado os sucessos que a fizeram um ídolo nacional. Assim o público vai se sacudir, entre outros, ao som de O CANTO DA CIDADE, NOBRE VAGABUNDO, RAPUNZEL, VOCÊ ABUSOU e MAIS BELO DOS BELOS. Às 23:50 horas, DANIELA encerra sua participação Começa então a contagem regressiva para o penúltimo ano do milênio, acompanhada da queima de fogos. Aos 10 minutos de 1999 a BAMDAMEL toma conta da folia, até às 2 horas, horário previsto para o fim das festividades.         
17 a. da RENÚNCIA DE BORIS YELTSIN à presidência da RÚSSIA, em 31 de dezembro de 1999.
17 a. transf  reserva : Cel. ISAIAS DE MELO MASCARENHAS, no dia 31 de dezembro de 1999.
17 a. PROMOÇÃO A CORONEL:-  RUBENS CASADO, em 31 de dezembro de 1999.
17 a. milhares de pessoas comemoram a passagem do ano dentro de escritórios por causa do BUG DO MILÊNIO, que poderia afetar os sistemas informatizados, em 31 de dezembro de 1999.
17 a. CANAL DO PANAMÁ passa a ser do PANAMÁ, conforme acordo estabelecido em 1977, quando o canal estava sob domínio americano. Em 31 de dezembro de 1999. Outras notícias nesta sexta-feira: chegamos ao derradeiro dia do SÉCULO XX.
JOSÉ CÂNDIDO DA SILVA e seu auxiliar estão terminando de colocar os azulejos nas paredes externas de casa. Nossa moradia foi alvo de uma revolução proporcionada pela LUCINDA, desde o dia 20 de dezembro. A finalidade é transformar minha biblioteca. Com isso terei mais espaço para começar o ARQUIVO DO NOVO SÉCULO. LUCINDA cria com isso um divisor entre os séculos XX e XXI.
Às 7 horas, estou levantando no quarto da frente. Nesses últimos dias tenho dormido com “plugs” nos ouvidos. O barulho da rua é muito grande, principalmente por causa dos nossos vizinhos, os “loucos baianos”.
Saio para ir à Farmácia MERLOTTI e a um lugar onde costumo tirar xerox. Na expectativa da virada do milênio, o mundo se enche de irreverência e uma ponta de medo. Serão 24 horas de festa, desde o 1º Reveillon, às 8 horas (BRASILIA) em TONGA até às 8 horas do dia seguinte, em SAMOA.
No BRASIL, os telefones correm o risco de pifar com o aumento de 40% no fluxo das ligações, segundo a ANATEL, que fiscaliza o setor. Ontem, em LONDRES, cartões de crédito foram recusados nas lojas devido à pane nos computadores.
Assisto na TV a surpreendente renúncia de BÓRIS YELTSIN à Presidência da RÚSSIA. Assume como presidente o 1º Ministro.
Termina o seqüestro do avião indiano com a libertação de três líderes muçulmanos e dos reféns.
A televisão mostra o ANO NOVO nas ILHAS TONGA – AUSTRÁLIA (NOVA ZELÂNDIA) – POLINÉSIA FRANCESA – JAPÃO.
COPACABANA terá 18 minutos de queima de fogos de artifício na passagem do Ano.
Às 15:15 horas assisto a SÃO SILVESTRE das mulheres. Uma queniana, LYDIA CHEROMEI, surpreende pela facilidade como vai ganhar a corrida. Em segundo lugar chega outra queniana, DELILLAH ASIAGO; em terceiro, mais outra queniana, ESTHER KIPLAGAT; em quarto, a equatoriana MARTHA OLIVEIRA; em quinto, a chilena ÉRIKA OLIVEIRA, que desmaia ao cruzar a resta final. Em sexto, a brasileira CLEUZA MARIA IRINEU; em sétimo, a italiana ORNELLA FERRARA; em oitavo, a iuguslava OLIVERA JEVTIC, que foi a campeã no ano passado; nono, a mexicana AMÉRICA GUZMÁN. Em décimo chega outra brasileira, MÁRCIA NARLOCH.
Às 17 horas, saem os homens na 75ª SÃO SILVESTRE. O brasileiro MARILSON GOMES DOS SANTOS chega a liderar alguns quilômetros da prova, mas o queniano PAUL TERGAT fatura o título pela quarta vez, depois de usar tática de se esforçar no último quilômetro. PAUL TERGAT coloca-se ao lado do belga GASTON ROELANTS, do colombiano VICTOR MORA e do equatoriano ROLANDO VERAS, todos tetracampeões.
Em segundo chega e etíope TESFAYE TOLA; em terceiro WILLIAM KIPLAGAT (QUÊNIA); quarto, o brasileiro MARILSON GOMES DOS SANTOS; quinto, o equatoriano SÍLVIO GUERRA; sexto, o brasileiro DANIEL LOPES PEREIRA; sétimo, outro brasileiro, VANDERLEI CORDEIRO DE LIMA; oitavo, DAVID CHELULE (QUÊNIA); nono, SIMON RONO (QUÊNIA); décimo, o africano HENDRICK RAMAALA.
Em casa, MARLENE e LUCINDA preparam um churrasco para a última noite do ano. Chove depois das 18 horas. A festa da passagem do ano não sofre com a chuva. Em SÃO PAULO, a AVENIDA PAULISTA e o ANHEMBI são os lugares de maior concentração de público com show artísticos. A comemoração da passagem do ano é singela aqui em casa. Apenas LUCINDA, MARLENE, JOSÉ CÂNDIDO DA SILVA e eu. O PM JOÃO GOMES DE OLIVEIRA JÚNIOR está de prontidão no CSM-AM. O PAULO CÉSAR encontra-se numa praia, em CARAGUATATUBA. GUARULHOS é um imenso foguetório ao raiar de 2000.
As pessoas da Avenida BENVINDO TOLENTINO NETO saem à rua. Cumprimentam-se. Desejam toda sorte de felicidades para este ano especial. Começa agora uma NOVA ERA: 2000.
O barulho é imenso na nossa rua. A televisão mostra os dezoito minutos de queima de fogos em COPACABANA, onde estão três milhões de pessoas, entre elas muitos turistas. BELO HORIZONTE, SALVADOR, RECIFE, PORTO ALEGRE, CURITIBA, enfim, o BRASIL comemora a entrada do ano 2000. A televisão mostra o grande fracasso do “BIG DO MILÊNIO”. Simplesmente não aconteceu nada.
NOVA YORK, INGLATERRA, FRANÇA, tudo é festa nos maiores países do mundo. A televisão é uma grande aldeia global.       

NOTÍCIAS DE FATOS OCORRIDOS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2000 : - SÁBADO  
76ª SÃO SILVESTRE : -
A chegada do Réveillon aquece a polêmica sobre a data exata para a virada do milênio. Multidões no planeta já festejaram a passagem ao nascer do ano 2000. O calendário cristão, entretanto, recomenda que se reserve o foguetório para os primeiros instantes de 2001. Abundante em ritos religiosos, SALVADOR vai engalanar-se para a ocasião. Em um palco montado no FAROL DA BARRA, GAL COSTA, MARIA BETHÂNIA e GILBERTO GIL, ídolos oriundos da terra, irão animar 800 mil pessoas, público 10% maior que o reunido nos últimos minutos de 1999. Três toneladas de fogos iluminarão a cidade por 20 minutos. Serão dois minutos a mais que o tempo programado pra o espetacular festival de luzes em COPACABANA.
Muita tranqüilidade no último dia do ano.  Tudo vai bem em casa. Até a temperatura melhorou e LUCINDA não sente tanto o problema da perna que sofreu a trombose. Ontem, telefonou-me o CORONEL Res ADILSON TÚBERO. Conversamos durante quarenta minutos. Ele se desabafou, contando os problemas familiares: a doença de sua mãe, de 80 anos, e a má vontade no atendimento da CRUZ AZUL; a separação de sua mulher e os conflitos com os filhos; os percalços na carreira profissional, com casos ocorridos com o CORONEL GUNTHER, CORONEL ALUÍZIO e outros oficiais, principalmente na área Centro.
Telefono hoje ao ex-combatente de 32, THEOBALDO DE FREITAS LEITÃO, que se recupera de uma fratura num osso da perna. A idade não ajuda. O THEOBALDO tem 89 anos e está bastante lúcido. Ontem, telefonei para outro veterano, o SOFFREDI, que se acha convalescendo de uma operação do pâncreas, acontecida em 29 de dezembro. 
Às 15:15 horas começa a corrida das mulheres na 76ª SÃO SILVESTRE. Vence com destaque a queniana LYDIA CHEROMEI, tornando-se BICAMPEà da prova. Dá um verdadeiro passeio nas ruas do percurso. Vence com larga distância da segunda colocada, também queniana, LEAH KIPRONO; 3o., mais uma queniana, JANE N'GOTHO. Em quarto uma brasileira, ADRIANA DE SOUZA. Em quinto, a brasileira  FABIANA CRISTINA DA SILVA; 6o. MÁRCIA NARLOCH, BRASIL; 7o.MARTHA TENÓRIO, EQUADOR; 8o. SELMA REIS, BRASIL; 9o. ROSÂNGELA FARIA, BRASIL; 10o. CLEUZA M. IRINEU, BRASIL.
Às 17 horas, 14.600 concorrentes partem, em frente ao MASP, com uma temperatura de 21 graus. PAUL TERGAT, do QUÊNIA, consegue a proeza de vencer a SÃO SILVESTRE pela QUINTA VEZ. É o único PENTACAMPEÃO da história da prova.
Em segundo, tal como em 1999, chega o etíope TESFAYÉ TOLA; em terceiro, outro etíope, TESFAYÉ JIFAR. Em quarto, o brasileiro VANDERLEI CORDEIRO DE LIMA. Em quinto, o equatoriano SÍLVIO GUERRA. Em sexto, o queniano DAVID CHERUIYOT.  7o.WILLIAM KIPLAGAT, QUÊNIA; 8o. JAMES KOSKEI, QUÊNIA; 9o. JOHN GWAKO, QUÊNIA; 10o. ISRAEL DOS ANJOS, BRASIL.
MARLENE aprontou muita coisa em matéria de comida para a ceia de passagem do ano. O PM JOÃO tem a festa de final do ano atrapalhada por causa do infarto do pai de um companheiro de música.
Por volta das 21 horas, com MARLENE, JOSÉ CÂNDIDO DA SILVA, JOÃO e PAULO CÉSAR, vamos iniciar a última refeição do ano. Na frente de casa, conversamos com o Sr. LUIZ e dona JACIRA. LUCINDA convida-os para comer alguma coisa. O ano vai terminando com os tradicionais cumprimentos. A TV BANDEIRANTES mostra a festa da Avenida PAULISTA, do FAROL DA BARRA, em SALVADOR; no RIO e em SALVADOR. Um pouco antes do raiar do ano novo, estamos comendo arroz com lentilha. Vamos todos para a área da casa da MARLENE a fim de assistir a queima dos fogos. O JOÃO trouxe sua noiva, a FÁTIMA.
Na PAULISTA, mais de um milhão de pessoas fazem a festa. Um pouco antes das 2 horas, um grupo de punks começa uma baderna que vai acabar com o show.
Em SALVADOR – FAROL DA BARRA – GAL COSTA abriu o show com a AQUARELA DO BRASIL. Uma hora de apresentação da cantora. GILBERTO GIL e MARIA BETHÂNIA encantam o povo. BETHÂNIA canta músicas de ROBERTO CARLOS. O HINO NACIONAL abriu o ANO NOVO. Três toneladas de fogos nos primeiros momentos do novo milênio.
 
FALECEU A BAILARINA TANAQUIL LE CLERCQ, musa de GEORGE BALANCHINES e uma das maiores bailarinas do mundo. Tinha 71 anos, vítima de uma pneumonia.

FALECEU o jornalista JOSÉ EDUARDO BORGONOVI E SILVA. Era conhecido pela alcunha de CASTOR.

ACONTECEU EM 31 DE DEZEMBRO DE 2001  :  -     SEGUNDA-FEIRA
MARLENE e LUCINDA começam cedo a preparar a ceia de fim de ano. O PAULO CÉSAR sai um tanto chateado, porque sua namorada, a KÁTYA, encontra-se com sua família na praia. O JOÃO passa uma boa parte do dia em seu estúdio, na VILA BARROS. Arquivo os papéis de 2001 e já pensando em como transportar os documentos para minha agenda eletrônica em 2002. O espaço em casa está ficando cada vez menor. Remexendo nos guardados de 2001, encontro o certificado de propriedade do veículo que o JOÃO atualmente está de posse, em nome de sua namorada FÁTIMA. Esse documento estava “sumido” há tempos e o JOÃO andou procurando-o para passar o carro para seu nome.  

Por causa da queima de fogos, em nossa rua, MARLENE “dopou” os cachorros e os gatos, já que no NATAL ficaram muitos agitados com o barulho das bombinhas.

Nos noticiários da TV vejo o caos em que se encontra a ARGENTINA. Com a renúncia de ADOLFO RODRIGUEZ SAÁ, deveria assumir RAMÓN PUERTA, presidente do Senado, mas este também apresenta sua renúncia. Assume a presidência do PAÍS o presidente da CÂMARA FEDERAL, EDUARDO CAMAÑO. Haverá nova reunião da CÂMARA, na semana que vem, para a escolha do presidente, o quinto, nesses dias infelizes da ARGENTINA.

O RIO DE JANEIRO e MINAS GERAIS novamente sofrem com as enchentes. QUATRO pessoas morreram num deslizamento de terra em PETRÓPOLIS. Em TERESÓPOLIS também houve uma vítima fatal. Já em Governador Valadares, em MINAS GERAIS, morreram soterradas seis pessoas.

2002 JÁ COMEÇOU NA AUSTRÁLIA, em SYDNEY, no porto, uma queima de fogos anunciou o ano novo. Na CHINA, o rufar dos tambores marcou a passagem de ano. Na RÚSSIA, um banho gelado no lago de MOSCOU trouxe o ano novo para os russos.

Dois milhões de pessoas deverão assistir a queima de 200 toneladas de fogos, colocadas em quatro balsas, em COPACABANA.
O RÉVEILLON no FAROL DA BARRA, em SALVADOR, receberá um milhão de pessoas. Serão queimadas duas toneladas de fogos. CARLINHOS BROWN e TIMBALADA alegrarão a passagem de 2001 para 2002.

Às 15h15, assisto o início da corrida das mulheres (duas mil) na 77 a. SÃO SILVESTRE. MARIA ZEFERINA BALDAIA, uma ex-cortadora de cana, vence com destaque a corrida. Chega em 2o. lugar a queniana MARGARET OKAYO. O 3o. lugar fica para a brasileira MÁRCIA NARLOCH. Também chegam em 4o. e 5o. lugares as brasileiras ADRIANA DE SOUZA e SELMA DOS REIS.

Às 17 horas, começa a corrida dos homens. São quinze mil os participantes desta SÃO SILVESTRE. O destaque fica para o ETÍOPE TESFAYÉ JIFAR, que vence a corrida com 44 min. e 15 seg.  Em  segundo, o queniano GUILBERT OKARI. Em terceiro, o tanzaniano JOHN YUDA. O brasileiro MARILSON  GOMES DOS SANTOS chega em quarto. O quinto lugar também é do BRASIL, com WANDERLEY CORDEIRO DE LIMA.   

Como perdi o arquivo de janeiro, que estava no velho computador, procuro refazer as anotações baseadas na agenda 2001. Isso irá dar trabalho, mas não será impossível. As últimas horas do 31 de dezembro de 2001 estão escoando e ao mesmo tempo, vamos chegando mais perto do ANO NOVO.

MARLENE, LUCINDA, JOÃO, JOSÉ CÂNDIDO DA SILVA e PAULO CÉSAR vão fazer a ceia de FIM DE ANO, juntamente comigo, por volta das 22 horas. Telefona minha mãe para se despedir do ANO VELHO. Ela está em companhia do RENATO VENTURA. O CARLOS encontra-se em SANTOS, MARIZETE e FELIPE foram para a casa do RENATO e, com isso, minha mãe sente-se sozinha neste 31 de dezembro. O RENATO também deseja a nós uma ótima passagem de ano.    
4/  213Z3 15H4/   /2   83  21218  20214.
2001 FOI UM ANO INESQUECÍVEL, FORA DE SÉRIE E NÃO SÓ POR AQUILO QUE VEM EM PRIMEIRO LUGAR À MENTE: A DERRUBADA DAS TORRES GÊMEAS E A NOVA “GUERRA AO TERROR”.
O BRASIL assistiu à queda de três senadores da República, por causa de seus desmandos, e os novos prefeitos assumiram sob as rédeas da LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL. “Pode ter havido erros”, admite o Presidente FERNANDO HENRIQUE CARDOSO, mas o PAÍS ingressou numa “nova era”. Também houve perdas. Morreram MÁRIO COVAS, ROBERTO CAMPOS e JORGE AMADO. Os brasileiros assistiram, atônitos, ao naufrágio de uma plataforma de petróleo de 354 milhões de dólares. Pararam, também, para acompanhar o seqüestro de SÍLVIO SANTOS e, mais tarde, espiar a sua CASA DOS ARTISTAS. Sofremos acima da conta para nos classificarmos, quase no último minuto, para a COPA DO MUNDO. Mas RONALDINHO voltou, trazendo gol e esperanças. Fazendo as contas e olhando para trás, o BRASIL não se saiu mal: começou com o dólar em disparada e racionamento de energia, para fechar o ano com o real em alta, o primeiro superávit da  balança comercial desde a introdução da moeda, reservatórios enchendo e crescimento da economia. Enquanto isso, seu principal vizinho se esfacela econômica e politicamente.

MORREU em SÃO PAULO o artista plástico, jornalista do ESTADO e do JORNAL DA TARDE e publicitário LUIZ D´HORTA. Ele tinha 60 anos, havia  sofrido um derrame no dia 17 de dezembro e estava internado no HOSPITAL DO CORAÇÃO, onde faleceu por volta das 2 horas. Seguiu o exemplo de seu pai, ARNALDO PEDROSO D´HORTA, morto em 1973, e que havia sido crítico de arte do ESTADO e articulista do JORNAL DA TARDE. ARNALDO foi um desenhista de renome, tendo sido premiado na BIENAL DE VENEZA, EM 1954.

FOI ASSASSINADO o PM MÁRCIO BATISTA DE ALCÂNTARA, de 28 anos, do 3º BPMM. Houve uma discussão com vizinhos, que reclamavam dos latidos  do cachorro pertencente a um segurança, RICARDO MOTA CARDOSO, na residência da RUA PEDRO DA ESPERANÇA, JARDIM IGUATEMI, na zona leste de SÃO PAULO. Nessa discussão, um homem passou a disparar contra os demais e fugiu após ter baleado mortalmente o policial-militar, com um tiro na nuca. 

ÍNDIA CONSIDERA  POSSÍVEL DIÁLOGO     COM    PAQUISTÃO: -
A ÍNDIA admitiu hoje a possibilidade de um encontro entre o primeiro-ministro indiano, ATAL BEHARI VAJPAYEE, e o presidente paquistanês PERVEZ MASHARRAF, durante a reunião da semana no NEPAL.

OS ATAQUES AÉREOS contra o povoado de NIAZI QALA, no leste do AFEGANISTÃO, causaram a morte de cem civis. Um computador saqueado de um edifício de CABUL, bombardeado pelos EUA em novembro e comprado do saqueador por um jornalista de THE WALL STREET JOURNAL contém cartas e memorandos sobre as operações internas da organização AL–QAEDA, justificativas para ataques e documentos que comprovam o esforço do grupo para obter armas químicas. 

As chuvas que caíram no fim de ano causaram muitos estragos e dor no RIO DE JANEIRO, MINAS GERAIS, GOIÁS, ESPÍRITO SANTO e ALAGOAS. O RIO foi a região mais atingida com os deslizamentos, principalmente em CAXIAS e PETRÓPOLIS, e o número de mortos chegou a 65. Em MINAS, 12 pessoas morreram, o governo decretou estado de calamidade nas cidades de AÇUCENA e DOM JOAQUIM e doze municípios ficaram em estado de emergência.  Na cidade de GOIÁS, o rio VERMELHO transbordou e o Hospital Municipal ficou danificado. Inúmeras casas tombadas pelo PATRIMÔNIO DA HUMANIDADE foram destruídas, inclusive a casa que abrigava o museu dos bens deixados pela escritora e poetisa CORA CORALINA.

Desde o Natal, um incêndio de grandes proporções devasta a vegetação do Parque Nacional MONTANHAS AZÚIS, em SPRINGWOOD, perto de SYDNEY, na capital australiana. Inúmeras casas e fazendas foram devastadas, mas não houve registro de mortos. Os esforços por terra e pelo ar estão sendo intensificados  para  combater  o  fogo  que  assola com  os  fortes ventos e o calor. O prejuízo ao meio ambiente é incalculável.

ACABOU o mandato de oito anos do prefeito de NOVA YORK, RUDOLPH GIULIANI, de 57 anos, autor do polêmico modelo “TOLERÂNCIA ZERO” que, com medidas drásticas, reduziu a criminalidade na BIG APPLE. GIULIANI  despediu-se  da  cidade  fazendo  um  discurso  emocionado   na Catedral de São Paulo, próxima a região dos atentados de 11 de setembro. O prefeito   republicano entregou o cargo a seu sucessor, MICHAEL BLOOMBERG, na festa de ANO-NOVO.

FALECEU ELLEEN HECKART, aos 82 anos, ganhadora do OSCAR de atriz coadjuvante em 1973 pela interpretação no filme LIBERDADE PARA AS BORBOLETAS, vítima de câncer, em CONNECTICUT.

A morte de CÁSSIA ELLER, na noite de 29 de dezembro, depois de sofrer três paradas cardíacas, está envolta num mistério em nada comparável à transparência com que vivia. A tragédia chocou o país, que até agora se pergunta sobre a causa da morte da roqueira. Os médicos que cuidaram do caso acreditam que a mistura de álcool com tranqüilizantes ou a de álcool com cocaína são as hipóteses mais prováveis. Analisando os sintomas apresentados por CÁSSIA pouco antes da internação – como desorientação, dores na cabeça e no estômago -, seis especialistas acreditam no consumo de álcool como uma possibilidade mais realista que o  uso  de  cocaína.  A  testemunha-chave da história é a percussionista ELAINE SILVA MOREIRA, baiana de 33 anos, integrante da banda de CÁSSIA ELLER e ex-namorada da cantora. LAN LAN, como é conhecida, acompanhou de perto os últimos dias de vida de CÁSSIA e é aguardada para prestar depoimento no 10º DP na quinta-feira, dia 3 de janeiro.

O ANO TERMINA com o grande problema da ARGENTINA. Será a crise política  resolvida  em  2002 ?  É difícil saber até onde o país pode chegar e é fácil anunciar novos desastres – até porque o caráter movediço de seu sistema político não aponta perspectivas animadoras. Mas nessa  travessia  a ARGENTINA pode recuperar um traço básico  dos  povos – o sentido de NAÇÃO – Isso seria bom para os argentinos, para os brasileiros e para todo o mundo. Uma ARGENTINA fraca e submissa não interessa a ninguém.

Outro assunto que deverá ocupar dias e dias do ANO NOVO é o terrorismo. Não há como aquilatar os desdobramentos da avançada norte-americana contra as nações que hospedam os terroristas. Além disso, ÍNDIA e PAQUISTÃO estão proporcionando uma guerra ao lado do problema gerado no AFEGANISTÃO. Mais além, vamos encontrar a luta entre ISRAEL e PALESTINA. Enfim, 2001 para 2002 não irá mudar muito no campo internacional.    


2 002  :  -     TERÇA-FEIRA
Apresentações de vários artistas e um show pirotécnico caprichado – com 50 mil fogos de artifício e 2 mil morteiros coloridos – vão marcar a sexta edição do  RÉVEILLON  NA  PAULISTA.  As  comemorações  pela  chegada  do ANO–NOVO devem reunir um milhão de pessoas, a partir das 20 horas. No palco, em forma de pirâmide, montado na altura do número 1.852, se revezarão grupos como TIMBALADA e PATO FU, além do cantor SUPLA. A festa  deverá  invadir  a  madrugada  do  dia  primeiro  de  janeiro de 2003. As quatro primeiras das oito balsas de onde serão estouradas 120 toneladas de fogos na virada do ano começaram a ser rebocadas de um estaleiro na ILHA DO FUNDÃO para a PRAIA DE COPACABANA por volta das 6:30 horas. As outras quatro seguem à tarde. É o dobro das embarcações e bombas usadas no réveillon passado e a chance de a festa carioca se reabilitar, após a tragédia de 2001, quando uma pessoa morreu e 50 ficaram feridas num acidente com os fogos, e o frustrante show pirotécnico da passagem para 2002, na primeira vez em que as balsas foram usadas. Dois milhões de pessoas são esperadas para assistir aos shows de JORGE BENJOR, LENINE, CIDADE NEGRA e SANDRA DE SÁ nos palcos armados na praia.

Durante a transmissão do SP TV, fico sabendo que foi assassinado o CAPITÃO PM PEDRO ANTÔNIO DINIZ, que era ajudante de ordem da Presidência do 2º TRIBUNAL DE ALÇADA CIVIL DE SÃO PAULO. O seu comandante, o CORONEL ÉLZIO NAGALI, tece comentários na reportagem sobre o CAPITÃO DINIZ, cuja morte é atribuída a marginais que tentaram assaltá-lo. Diz NAGALI que sua função era coordenar a segurança da sede do tribunal e cuidar da pessoa do presidente, o juiz JOÃO CARLOS SALETTI, a quem acompanharia amanhã na cerimônia de posse do governador GERALDO ALCKMIN. Atingido por uma bala, que entrou pelo lado direito da cabeça, alojando-se próximo ao olho esquerdo, DINIZ morreu na madrugada, no hospital.  Policiais acreditam que o oficial ainda tenha dirigido depois de  ter sido alvejado. Dois tiros foram disparados contra DINIZ, que foi encontrado debruçado sobre o volante de seu GOLF preto, por volta da 1 hora da madrugada, no cruzamento da Rua VOLUNTÁRIOS DA PÁTRIA com a Avenida SANTA EULÁLIA, a poucos metros do PS SANTANA. Ele, quando era tenente, trabalhou na área de choque. Nasceu em 29 de outubro de 1959. Entrou na Polícia Militar em 15 de fevereiro de 1979. Foi declarado ASPIRANTE A OFICIAL em 15 de dezembro de 1984. Foi promovido a SEGUNDO TENENTE em 25 de agosto de 1985. Foi a PRIMEIRO TENENTE em 24 de maio de 1989.

Às 15:15 horas, passo a assistir na GLOBO a corrida feminina da 78ª Corrida de SÃO SILVESTRE. As  brasileiras  dão  um  show  desta  feita. Com muito calor, 35 graus, MARIZETE DE PAULA REZENDE ganha essa SÃO SILVESTRE, com a duração de 54 minutos e dois segundos. Em segundo, ADRIANA DE SOUZA; terceiro, MARIA ZEFERINA  RODRIGUES BALDAIA (a campeã do ano passado); quarto, a colombiana BERTHA OLIVA  SANCHEZ  RIVERA; quinto, outra brasileira, EDNALVA DA SILVA; sexta, GLADYS ASIBA KWAMBOKA, do QUÊNIA; sétima, MARLY DOS SANTOS, oitava, DULCE MARIA RODRIGUES; nona, ILDA ALVES DOS SANTOS; décima, MARIA DO CARMO.
Às 17 horas, começa a corrida dos homens. Mais um queniano vai vencer neste ano: ROBERT CHERUIYOT.  Em segundo  lugar  chega  o   brasileiro MARILSON DOS SANTOS. Em terceiro, o queniano PAUL KIRIU; em quarto, o etíope SHIEN SILESHI; em quinto, o brasileiro ALAN WENDEL BONFIM; em sexto, mais um brasileiro, VANDERLEI CORDEIRO DE LIMA; sétimo, outro queniano, LÁZARUS NYAKERAKA; oitavo, PAULO ALVES  DOS  SANTOS;   nono,  ÉVERTON  LUDUVICE  DE  MORAIS; décimo, JOSÉ TELES DE SOUZA.
Por volta das 18 horas, chegam em casa o MARCELO e a DORA. Eles vão levar  dona  ESMERALDA  para  passar  o  fim  do  ano  na  sua  residência. Retornará no dia primeiro de janeiro.
Estou anotando no computador os últimos acontecimentos de 31 de dezembro quando acaba a energia. Isso acontece por volta das 19 horas. Faz perder todo o meu trabalho de digitação. Somente depois das 20 horas é que volta a luz.

A MARLENE vai buscar o IAGO para que a bisavó veja a criança. O PAULO CÉSAR encontra-se numa praia chamada  TRINDADE, no RIO,  já  há  alguns  dias, enquanto que a família  da KÁTIA prepara uma ceia para a passagem do ano.

Faço um contato  telefônico  com  minha  mãe. Ela está  com  o  FELIPE (seu bisneto, meu neto) e o LEANDRO. Diz que o ADALVO está passando o final do ano em companhia de sua mãe, dona ONÍLIA, em SANTA BÁRBARA D´OESTE. A MARIZETE e o FELIPE irão logo mais para a casa do meu primo RENATO, onde assistirão a passagem de 2002 para 2003. Com isso, minha mãe ficará sozinha. Ela bem que poderia ir para a casa do RENATO, mas não quer sair de sua residência.

O JORNAL NACIONAL mostra a viagem dos dezenove parentes de LULA, de CAETÉS até BRASÍLIA, com duração de dois dias, de pau–de–arara e ônibus.  Chegaram em BRASÍLIA ás duas horas da madrugada. Quiseram conhecer os principais pontos turísticos da cidade. Visitaram o PALÁCIO DA ALVORADA. Brasileiros de todos os cantos do País estão chegando em BRASÍLIA para a grande festa popular da posse de LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA. O vermelho é o padrão nas roupas dos adeptos de LULA. Delegações de 140 países estão  chegando.

No seu último dia como presidente, FERNANDO HENRIQUE CARDOSO recebeu visitantes estrangeiros, entre eles o príncipe das ASTÚRIAS, herdeiro do trono espanhol; o presidente de PORTUGAL, JORGE SAMPAIO. No final do expediente reuniu-se com o CHEFE DA CASA CIVIL, Ministro PEDRO PARENTE, despedindo-se de seu gabinete de trabalho.

Assisto reportagens sobre o último dia do ano no IRAQUE (com protestos pela paz); BELÉM (as orações prevaleceram nessa parte do mundo tão conturbada pela guerra). CORÉIA DO SUL (uma vigília de protesto pelas ameaças de guerra da Coréia do Norte e EUA); CHINA (uma festa com muita euforia); AUSTRÁLIA (um grande espetáculo de fogos de artifício e uma mensagem de esperança para 2003). NOVA YORK espera receber quinhentas mil pessoas e está  totalmente  reforçada  (a  tragédia  de  11  de  setembro  de  2001  não  foi esquecida).

É  grave  o  estado  de  saúde  do  secretário  da  HABITAÇÃO  de  JACAREÍ, ÉDSON MEGA DE MIRANDA. Ele foi baleado, ontem na cabeça.

O segundo–tenente WILLIAN TOSHIAKI NISHIBE é a quarta vítima da queda de um avião BANDEIRANTE, da FAB, ocorrida no dia 26 em SÃO JOSÉ DOS PINHAIS, região metropolitana de CURITIBA. Ele morreu hoje no hospital CAJURU,  onde  estava  internado. Dos 16 ocupantes do avião, quatro ainda permanecem internados.  O  Comando da Aeronáutica ainda apura as causas do acidente com o avião, que havia saído de SÃO PAULO e tinha escala em FLORIANÓPOLIS.

Uma explosão de fogos de artifício deixou, nesta noite, pelo menos 37 mortos e mais de 50 feridos na cidade mexicana portuária de VERACRUZ. Os bombeiros ainda procuravam por vítimas entre os escombros. As autoridades mexicanas afirmaram que a explosão ocorreu às 19 horas locais em um mercado lotado de fogos de artifício, e se estendeu aos prédios vizinhos.

O escritor, crítico e poeta D. J. ENRIGHT  morreu,  aos  81  anos,  vítima  de câncer. ENRIGHT formou-se em CAMBRIDGE, mas deu aulas no EGITO. Em 1955, publicou sua primeira obra, ANO ACADÊMICO. Escreveu mais quatro livros para adultos e três para crianças.   

2 003  :  -    QUARTA-FEIRA
Perto de completar 450 anos, SÃO PAULO não poderia deixar por menos, e promete uma festa de RÉVEILLON para balançar a AVENIDA PAULISTA. A partir das 20 horas, mais de 1,5 milhão de pessoas são esperadas nos shows do IRA!, RAIMUNDOS, CIDADE NEGRA, GABRIEL O PENSADOR e de grandes nomes da música paulistana como DEMÔNIOS DA GAROA, MÁRIO ZAN, GERMANO MATIAS, TOM ZÉ, BILLY BLANCO e MÁRCIA, que serão homenageados. No ano passado, 1,2 milhão participou do evento. O palco, de 800 metros quadrados e 5 metros de altura, foi montado entre as ruas MINISTRO ROCHA AZEVEDO e FREI CANECA, sendo o centro da festa. A Prefeitura organizou a festa com o apoio da rede GLOBO e da empresa PLAYCORP, prometendo som de 400 mil watts para animar o evento. A bateria da ESCOLA DE SAMBA ROSAS DE OURO vão animar a festa do palco. O show pirotécnico começa a meia-noite em ponto para celebrar a chegada de 2004. Terá 80 mil fogos de artifício, além de centenas de morteiros que vão colorir o céu.
Apesar de ser esperado pelos paulistas, o RÉVEILLON na avenida já naufragou, em 2001, por falta de patrocínio. Na primeira edição, em 1996, quando contou com a apresentação de ARLINDO JÚNIOR, LULU SANTOS e CARNASAMPA, o evento reuniu pouco mais de 200 mil pessoas. No ano seguinte, quando foi montada uma réplica da TORRE EIFEL, um dos símbolos de PARIS, na avenida PAULISTA, 400 mil assistiram aos shows das bandas SÓ PRA CONTRARIAR, KATINGUELÊ e ARAKETU. Em 1998, DANIELA MERCURY e a BANDA MEL animou a virada do ano com a presença de mais de 750 mil pessoas. O público bateu a casa de um milhão na festa de 1999. A baiana IVETE SANGALO e as bandas ENGENHEIROS DO HAVAÍ e ART POPULAR foram os responsáveis pelo show. Em 2000, o evento reuniu 1,1 milhão e levou É O TCHAN !, OS TRAVESSOS e MAURÍCIO MANIERI ao palco. Depois de 2001 sem RÉVEILLON, quando uma pequena queima de fogos atraiu apenas 10 mil à avenida. No ano passado a PAULISTA retomou a festa. TONY FRANCIS, VANESSA JACKSON, PATO FU, SUPLA, LS JACK e TIMBALADA atraíram mais de 1,2 milhão de pessoas que entraram  a madrugada dançando e festejando.

O RÉVEILLON mais animado de SALVADOR vai ser comandado pela promoter LÍCIA FÁBIO, que, pelo sexto ano consecutivo, vai arrastar 1.800 pessoas para a BAHIA MARINA. Este ano o tema está sendo a LUA, reverenciando SÃO JORGE e OXÓSSI, é claro. Numa área de 4 mil metros quadrados, o decorador LUIZ HUMBERTO CARVALHO criou vários ambientes, com as cores branco e turquesa. LÍCIA montou vários bufês de restaurantes bacanas de SALVADOR como SOHO, BELLA NAPOLI e LAS MARGARITAS, entre outros. Além das havaianas, os convidados recebem camisetas com as imagens dos santos.

O ESTADO DE SÃO PAULO traz hoje um  caderno  com  o  seguinte  título: -  O GOVERNO APRENDIZ – UM ANO DE LULA. No seu primeiro ano de governo, o presidente LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA agradou adversários e dividiu seguidores. A política econômica conservadora liquidou a turbulência financeira, ao custo de recessão e desemprego. Há, porém, sinais de retomada em 2004. Na política social, LULA não preencheu as expectativas que historicamente carrega. Na reforma agrária, desapontou tanto o MST, aliado radical de longa data, quanto agricultores e pecuaristas. A reforma tributária ficou capenga e a política externa foi polêmica. Mas o governo teve energia política para aprovar uma reforma da Previdência que o PT já lutou para impedir. Seu compromisso, LULA deixou claro, não é com posições do passado. No poder, PT convive com as críticas. Guerra contra a fome continua longe do fim. Na economia, a dura arrumação da casa. Volta do investimento é o desafio da vez.
O presidente passou um terço dos 12 meses de seu primeiro ano de Governo fora de BRASÍLIA. Em 335 dias de gestão, do dia 1 º de janeiro a 1 º de dezembro de 2003, LULA passou 116,2 dias em viagens nacionais e internacionais. Ao incluir no levantamento as recentes viagens ao ORIENTE MÉDIO e o URUGUAI, em dezembro, LULA praticamente empata com o número de viagens do ex-presidente FERNANDO HENRIQUE CARDOSO. Para 2004, LULA tem duas viagens programadas para janeiro: para MONTERREY, no MÉXICO, onde participará da Cúpula Extraordinária das AMÉRICAS nos dias 12 e 13; e para a ÍNDIA, onde dia 26 será convidado especial das comemorações do DIA NACIONAL DA REPÚBLICA DA ÍNDIA. Ainda em 2004, LULA visitará a CHINA, em maio.  

LUCINDA recebe a visita de seu irmão AMÉRICO, recauchutado. Parece que deixou de beber. Já não conversa enrolando as palavras, como sempre fez. O motivo dessa mudança é uma mulher que ele conheceu e vem tendo um relacionamento que o que está transformando, para melhor. LUCINDA fica contente com o estado de ânimo e de saúde de seu irmão.
Começo a arquivar os recortes de jornais sobre o primeiro ano do governo LULA; sobre a ocupação do IRAQUE pelos EUA; os jornais de 2003, bem como todos os recortes do ano que se vai fechando.

Confundido com um criminoso, o PM EDMILSON MENDONÇA DA CUNHA, de 43 anos, foi morto com um tiro no ombro por um colega da Corporação quando tentava desarmar um assaltante que acabara de roubar 630 reais de sua pizzaria, em GUARULHOS. O PM MARCOS FERREIRA DOS SANTOS, autor do disparo, foi preso em flagrante pelo crime. O homicídio ocorreu por volta da 1:30 hora, na avenida JUSCELINO KUBITSCHEK DE OLIVEIRA, no BAIRRO DOS PIMENTAS. Cunha estava à paisana e, avisado do roubo, sacou o revólver que portava e acertou o acusado ISAQUE ARAÚJO RESSURREIÇÃO, de 19 anos, que também portava uma arma. Após atingi-lo, o PM debruçou-se sobre o ladrão para desarmá-lo. Nesse momento, uma viatura da PM, acionada por vizinhos, chegava ao local. O PM MARCOS viu a cena do homem, com a arma na mão sobre o outro e pensou que ele fosse o criminoso.
CUNHA foi velado e enterrado às 17 horas no Cemitério da Saudade, na zona leste. Ele trabalhava no 29 º BPMM.
  
Quando são 15:15 horas, com temperatura de 30 graus, começa a SÃO SILVESTRE das mulheres. A queniana MARGARETH OKAYO demonstra excelente preparo físico e, já nos primeiros quilômetros da prova distancia-se das demais. Em nenhum momento OKAYO tem a ameaça de perder a corrida. Pelo contrário, vai-se distanciando cada vez mais, chegando a ter mais de 200 metros de vantagem para a segunda colocada. DÉBORA MENGICH, também do QUÊNIA, faz a dobradinha da casa. Em terceiro chega a brasileira MÁRCIA NARLOCH, acompanhada pelas outras brasileiras, EDNALVA LAUREANO (em quarto) e SIRLENE SOUZA (em quinto). Em sexto, NADIR SABINO; sétimo, ADRIANA DA SILVA; oitavo, TEREZA LOPES; nono, CRISTIANE TEODORO; décimo, ROSA APARECIDA CORREIA.
Às 17 horas, começa a prova masculina. Mais de quinze corredores participam da 79 ª SÃO SILVESTRE. O brasileiro PAULO VÍTOR LUNKES destaca-se no começo e corre em primeiro lugar durante cinco quilômetros. Depois “some” da corrida. Um pelotão de quinze atletas passa por LUNKES como um furacão. O brasileiro MARILSON DOS SANTOS, que foi vice em 2002, está nesse pelotão, cuja maioria é queniana.  No começo da Brigadeiro Luiz Antônio, MARILSON vai colocando distância do segundo colocado, o campeão de 2002, ROBERT CHERUIYOT. Vai ganhar com reais méritos a SÃO SILVESTRE deste ano. Em segundo lugar, chega outro brasileiro, RÔMULO VÁGNER. O terceiro é o queniano MARTIN LEL. ROBERT CHERUIYOT chega em quarto. Em quinto, temos outro queniano, YUSUF SONGOKA. Em sexto, FRANCK CALDEIRA. Em sétimo, outro queniano, JOSEPH NGENY. Em oitavo, mais um queniano, PHILIP RUGUT. Em nono, BENSON CHERONO, também do QUÊNIA. Em décimo, o brasileiro CLODOALDO G. DA SILVA. 

No último dia do ano, SÃO PAULO ficou quase deserta, com cara (e trânsito) de domingo, e as estradas e praias lotadas. SÃO PAULO viu-se livre de 1,4 milhão de carros e o paulistano que não foi viajar, pôde passear tranqüilamente pelo Centro e tomar sol no IBIRAPUERA. Já nas estradas em direção ao Litoral, o movimento era intenso à tarde, com muita lentidão. As areias da Baixada Santista ficaram tomadas pelos banhistas desde cedo, com 30 graus de temperatura, convidando-os para um bom mergulho no mar.

Pela televisão, pode-se ver o que foi a passagem do ANO NOVO na AUSTRÁLIA (uma queima de fogos que durou 20 minutos, terminando com uma cascata dourada), CHINA (os moradores de PEQUIM se encontraram numa antiga torre, onde houve perfomances e os sinos tocaram à meia-noite), JAPÃO, RÚSSIA, KUALA LUMPUR (capital da MALÁSIA). Nos EUA, um esquema sem precedentes foi montado para proteger NOVA YORK e WASHINGTON, além de LOS ANGELES e CHICAGO. Os preparativos para a festa no BRASIL são mostrados em diversos pontos do País: avenida PAULISTA, COPACABANA, SALVADOR, PORTO ALEGRE e outros lugares que sempre despontam com seus shows musicais e fogos de artifício.

Os moradores de KIRIBATI, pequena ilha no meio do caminho entre o HAVAÍ e a AUSTRÁLIA, foram os primeiros a dar boas-vindas a 2004. Uma hora depois, comemoraram os neozelandeses, que cantaram e dançaram na principal praça da capital do País.

Recebo um telefonema inesperado: o do professor MARCELO SUANO, que durante 2003 desenvolveu um projeto de pesquisa na UNINOVE sobre o MOVIMENTO CONSTITUCIONALISTA DE 1932, com real sucesso. Agradece a colaboração que lhe foi dada nesse trabalho e diz que irá para PORTO ALEGRE, onde pretende lecionar. O MARCELO tornou-se sócio do MMDC e é um entusiasta de nossa história.

A KÁTYA traz o IAGO para o pai ver, bem como a bisavó. Diz ela que sua mãe, dona SORAYA, e seu padrasto, Sr. NELSON, estão decorando a casa toda com motivos do mar, bem como preparando pratos de produtos do mar também. Por volta das 22:30 horas, a LUCINDA recebe um telefonema da casa da SORAYA, chamando-a para participar de uma ceia. Vamos para essa residência, onde o Sr. NELSON faz uma prece coletiva, augurando um ANO NOVO feliz para os presentes. Com comida típica feita com muito bom gosto, vamo-nos despedindo de 2003. Dona SORAYA, Sr. NELSON, KÁTYA, PAULO CÉSAR, NORMA, RENATA e outras pessoas que passamos a conhecer no ano passado (2002), entramos em 2004. GUARULHOS explode com fogos de artifício por todas as partes, num cenário de plena alegria.

A voz forte e melodiosa da cantora MÁRCIA foi o destaque do início do show de réveillon na avenida PAULISTA, por volta das 20 horas. Ela interpretou a conhecida RONDA, de PAULO VANZOLINI, para um público ainda não calculado, mas que chegava a cerca de 20 mil pessoas. A veterana cantora foi intensamente aplaudida. Pouco antes, VANZOLINI havia sido homenageado com uma placa de prata. Outro que chamou bastante a atenção foi GERMANO MATIAS. Cantou sua SÃO PAULO MÃE MADRINHA, que fala, pelo menos, de 20 pontos turísticos da capital. MÁRIO ZAN, emocionado, tocou seu HINO DOS 450 ANOS. Ainda tivemos: DEMÔNIOS DA GAROA, INEZITA BARROSO, IRA ! e CIDADE NEGRA. Na virada do ano, realizou-se a queima de 80 mil fogos de artifício.

FALECEU a ex-bailarina EROS VOLÚSIA, filha da poetisa GILKA MACHADO. Começou a carreira no TEATRO MUNICIPAL do RIO e foi pioneira no uso de danças brasileiras, como o samba e o frevo, no balé clássico. Os movimentos com as mãos que criava em suas coreografias teriam inspirado CARMEM MIRANDA. Conhecida pela beleza e pelos trajes exóticos, posou em 1941 para a capa da revista americana LIFE e atuou na comédia hollywoodiana RIO RITA (1942), com a dupla ABBOTT e COSTELLO. Morreu aos 89 anos, de derrame cerebral, no RIO DE JANEIRO.


Uma explosão de grandes proporções, aparentemente provocada por um carro-bomba, destruiu hoje um restaurante no centro de BAGDÁ e matou cinco pessoas que participavam de uma festa de réveillon. Pelo menos 25 pessoas ficaram feridas, incluindo três estrangeiros (dois britânicos e um americano). O luxuoso RESTAURANTE NABIL, popular entre estrangeiros, estava lotado para a celebração do ANO-NOVO, com música ao vivo e dançarinas do ventre. Logo depois da explosão – ouvida em vários pontos de BAGDÁ – soldados americanos e ambulâncias correram para a área. Helicópteros dos EUA sobrevoaram a
região.   

2 004   :   -    SEXTA-FEIRA
GUARULHOS fará sua grande Festa de Réveillon, a partir das 19 horas, na Avenida TRANSGUARULHENSE, PARQUE CONTINENTAL I e II, com RAZÃO DE SER, VILSON e VILMAR, SAMBAKETO, COWBOY FÉLIX e FALAMANSA.

O ano termina sem que quatro dos mais emblemáticos crimes ocorridos em SÃO PAULO tenham sido esclarecidos pela polícia comandada pelo governo ALCKMIN. Metas e prazos fixados pelo Secretário da Segurança Pública, SAULO DE CASTRO ABREU FILHO, também não foram cumpridos. O massacre dos moradores de rua no centro, o seqüestro do jornalista IVANDEL GODINHO, as mortes de animais no zoológico e a surra dada pela própria PM em alunos da PUC durante manifestação na avenida SUMARÉ permanecem na fase de investigação, sem solução ou suspeitos presos por esses crimes. O massacre dos moradores de rua no centro, que deixou sete mortos e oito feridos em agosto, permanece sem esclarecimento passados quatro meses. Para a Promotoria, as provas do inquérito eram frágeis e por isso nenhum suspeito foi indiciado. ABREU FILHO, em setembro, prometeu que o caso estaria esclarecido até o final daquele mês. Desses crimes, o que se arrasta por mais tempo é o seqüestro de IVANDEL MACHADO GODINHO, ocorrido em 22 de outubro de 2003. Em janeiro, a família do jornalista pagou o resgate, mas desde então não teve mais notícias dele. Nenhum dos seqüestradores foi localizado e GODINHO está desaparecido até hoje. Já a morte de 73 animais no zôo, ocorrida por envenenamento de janeiro a março, também não foi esclarecida. Dez suspeitos foram apontados, sendo oito funcionários. Outra vez, por falta de provas, ninguém foi preso. E, em novembro passado, um grupo de estudantes da PUC foi vítima da violência policial. Em um protesto contra a reforma universitária, 200 estudantes e professores foram à avenida SUMARÉ e bloquearam uma das vias. Quando a Polícia Militar chegou, houve confronto. A polícia utilizou balas de borracha, e uma estudante foi atingida. Imagens da REDE TV! mostraram um aluno sendo arrastado e chutado, no chão, pela polícia.

A comemoração de ANO NOVO na avenida PAULISTA terá um outro propósito além de brindar a chegada de 2005. Quem comparecer à festa também terá a chance de praticar a solidariedade, ajudando pessoas do outro lado do mundo. Durante o evento, serão recolhidas doações para as vítimas do maremoto que devastou parte da ÁSIA. O evento começa às 19:30 horas. Os postos de coleta estarão localizados próximo aos bloqueios da PM, onde ocorrerão as revistas policiais. A festa terá um show de fogos que deve durar quinze minutos. Serão queimados 80 mil fogos de artifício e 700 morteiros coloridos. O céu da avenida será enfeitado também por dez mil balões e 150 quilos de confete. O palco de 800 metros quadrados e sete metros de altura receberá uma programação eclética, que inclui DEMÔNIOS DA GAROA, ALEXANDRE PIRES, É O TCHAN! e DETONAUTAS, entre outros. O encerramento, pela primeira vez, será ao som de música eletrônica. Estão confirmadas na comemoração as presenças do governador GERALDO ALCKMIN e do prefeito eleito de SÃO PAULO, JOSÉ SERRA.    
O “SHOW DA VIRADA” vai ao ar no início da madrugada do ANO NOVO.
No SBT, quem comanda o show é o RATINHO. O pessoal da JOVEM GUARDA toma conta do palco: OS INCRÍVEIS, VANUSA, JERRY ADRIANI, WANDERLEY CARDOSO e WALDIRENE. Já a atração que marcará o primeiro dia de 2005 será uma festa ao som do melhor do brega, com BETH GUZZO e CLEMILDA, entre outros.

Vários filmes estréiam hoje nos cinemas de SÃO PAULO: “A LENDA DO TESOURO PERDIDO”, com NICOLAS CAGE, SEAN BEAN, HARVEY KEITEL, DIANE KRUGER, CHRISTOPHER PLUMMER. A jornada do herói tem como ponto de partida o roubo da Declaração de Independência dos EUA, que traz no verso o mapa do tesouro. “MEU TIO MATOU UM CARA, com LÁZARO RAMOS, DEBORAH SECCO, DARLAN CUNHA, dirigido por JORGE FURTADO. Adolescente tenta descobrir as circunstâncias na qual seu tio atirou no ex-marido da namorada. “BLADE TRINITY”, com WESLEY SNIPES, KRIS KRISTOFFERSON, JESSICA BIEL. Em sua terceira aventura, BLADE tem de lutar contra DRÁCULA. “NÃO SE MOVA”, com PENÉLOPE CRUZ, SÉRGIO CASTELLITTO, CLÁUDIA GERINI. Homem relembra história de amor guardada em segredo por muito tempo enquanto aguarda notícias da filha, ferida em um acidente de trânsito.

MARLENE começa o 31 de dezembro se queixando de um “gaticídio” acontecido de ontem para hoje. Apareceram mortos três gatos das vizinhanças, envenenados. Ela teme pelos seus gatos e esquenta a cabeça pela morte dos bichos. Quer saber quem andou matando os felinos.
O último dia do ano é motivo para recolher todo o arquivo colecionado ao longo do ano velho, guardando-o. Além disso, tenho também de fechar o ano no arquivo eletrônico. Isso demanda um certo tempo, interrompido pela 80 ª SÃO SILVESTRE no período da tarde. Às 15:15 horas começa a prova feminina. Três brasileiras chegam ao pódio, cuja vencedora é a queniana LYDIA CHEROMEI, 27 anos, líder do ranking mundial nos 15 quilômetros. LYDIA deixa as rivais para trás antes da metade do percurso, para chegar ao seu terceiro título da prova (depois de 1999 e 2000, não participou dos três anos seguintes). A vice-campeã foi a brasiliense LUCÉLIA DE OLIVEIRA PERES, seguida da mineira ADRIANA APARECIDA DA SILVA, da queniana PENINAH LIMAKORI e da baiana MARILY DOS SANTOS. A campeã de 2001, MARIA ZEFERINA BALDAIA, ficou em sexto lugar. A queniana, desde a vitória em NIJMEGEN, na HOLANDA, em novembro, se tornou a maior atleta do planeta nos 15 quilômetros. Em 2005, irá se dedicar ao “cross coutry”. “Vencer este ano foi mais fácil porque não senti tanta competitividade”, disse LYDIA. “Eu pretendia ficar no pelotão pelo menos 30 minutos, mas em um momento senti que era melhor deslanchar logo”. Foi no km 7 que a queniana deixou para trás todas as adversárias. LUCÉLIA, ADRIANA e PENINAH precisaram de atendimento médico. Apenas MARILY chegou “inteira”, mas reclamou: “Não tinha água no começo da prova. Só fomos achar água depois do km “10”. LUCÉLIA, que venceu a VOLTA DA PAMPULHA este ano, falou: “O segundo lugar foi como chegar em primeiro. Tentei ficar junto com a LYDIA, mas no km 7 ela disparou”. Em sétimo lugar chegou ROSÂNGELA FARIA; em 8 º, SELMA DOS REIS; em 9 º, NADIR SABINO SIQUEIRA; em 10 º, ROSA JUSSARA BARBOSA.       
Às 17 horas, começa a prova masculina. Dá QUÊNIA com folga. ROBERT CHERUYIOT, queniano de 25 anos, completa os 15 km com 44 minutos e 42 segundos. Vence com facilidade pela segunda vez – a primeira foi em 2002. A segunda posição – e a grande surpresa – fica com o etíope naturalizado australiano SISAY BEZABEH, que completa o percurso em 45 minutos e 5 segundos. CLODOALDO GOMES DA SILVA, corredor de SANTO ANDRÉ, é o melhor brasileiro, terminando em quinto lugar, depois de décimo no ano passado. ROBERT CHERUYIOT, quarto colocado no ano passado, com o bicampeonato da SÃO SILVESTRE, torna-se o discípulo de PAUL TERGAT. O queniano pentacampeão (em 1995,96,98,99 e 2000) apostou em CHERUYIOT depois que encerrou sua última participação para se dedicar às maratonas. A vitória de CHERUYIOT ficou clara no 12 º km. Antes disso, o queniano vinha correndo junto com um pelotão de seis atletas. Além de CHERUYIOT e do australiano BEZABEH, o grupo tinha outros três quenianos – STEPHEN BIWOTT, BENSON BARUS e LAWRENCE KIPROTICH – mais o paranaense RÔMULO WÁGNER DA SILVA, apontado como o brasileiro com mais chance de chegar à vitória. Na avenida RUDGE, perto da marca dos nove km, RÔMULO não agüentou o ritmo imposto pelos quenianos e ficou para trás. Pouco depois, LAWRENCE também perdeu terreno. Os outros quatro se mantiveram nas primeiras posições até o fim. No VIADUTO DO CHÁ, marca do início dos últimos três quilômetros – que tradicionalmente decidem a SÃO SILVESTRE, com a subida da BRIGADEIRO, CHERUYIOT disparou. Apenas BEZABEH tentou acompanhá-lo, chegando em segundo. O  queniano STEPHEN BIWOTT chegou em terceiro, com BENSON BARUS em quarto. O brasileiro CLODOALDO GOMES DA SILVA em quinto. O colombiano DIEGO COLORADO foi o sexto. Em sétimo, o brasileiro ALAN WENDELL. Em oitavo, um outro colombiano, JACINTO LOPES. Em nono, o brasileiro FERNANDO SILVA SANTOS. Em 10 º, mais um queniano, MATHEW CHEBOL.  

No derradeiro dia do ANO, com 33 graus de temperatura, após assistir a 80ª SÃO SILVESTRE, passo algumas horas na biblioteca até que, por volta das 22:30 horas, LUCINDA me chama para irmos à casa dos avôs maternos do IAGO, dona SORAYA e senhor NELSON, que estão nos aguardando para a passagem de 2004 para 2005. Isso é realizado com muita alegria, em companhia dos parentes dessa família, tal como aconteceu nos últimos dois anos, tudo porque surgiu na vida do PAULO CÉSAR, nosso neto, a KÁTYA e o IAGO. O JOÃO GOMES não participou desse encontro porque foi tocar no restaurante do BETÃO. A MARLENE também se entrosa com a família do NELSON e SORAYA.

Na passagem do ano, os fogos de artifício em GUARULHOS dão a nota da festividade, esquecendo um pouco as tragédias que aconteceram em dezembro e que enlutaram o mundo. Na AVENIDA PAULISTA a festa do réveillon começou a esquentar por volta das 19:30 horas. Um público de dois milhões de pessoas era esperado para os shows e queima de fogos. A Orquestra JOVEM TOM JOBIM se apresentou na abertura da festa quando o público ainda era pequeno.

O delegado-titular de SÃO VICENTE, no litoral sul, NIÊMER NUNES JÚNIOR, afirmou já ter pistas do homem que matou EDINALVA APARECIDA SALVIANO, mulher do delegado FÁBIO ALCÂNTARA, da seccional da zona norte da Capital. A mulher, de 26 anos, foi assassinada durante uma tentativa de assalto, em um congestionamento no km 281 da rodovia PADRE MANOEL DA NÓBREGA, sentido Capital-Litoral, na tarde do dia 30 de dezembro.
MARIA APARECIDA ALVES HAYAKAWA, 40 anos, matou a facada o cunhado MARCELO GONÇALVES DA SILVA, 22 anos. O crime aconteceu hoje de madrugada, na casa onde ela mora, na VILA JACUÍ, zona leste. MARIA APARECIDA brigava com a mãe, LINDALVA ALVES MACIEL, de 64 anos, e SILVA (que era casado com uma irmã de MARIA) tentou intervir, mas levou uma facada na barriga e morreu no hospital TIDE SETÚBAL. JOSÉ ORLANDO ALVES MACIEL, de 42 anos, irmão mais velho da acusada e policial civil, prendeu a irmã. De acordo com parentes, MARIA APARECIDA nunca teve um bom relacionamento com a mãe.

MORREU o prefeito da cidade acreana de JORDÃO, campeã de más condições de vida segundo o Atlas da Exclusão Social no BRASIL, feito pela UNICAMP em 2003. FRANCISCO TURIANO FARIAS entregaria o cargo ao sucessor no dia seguinte. Foi encontrado com um tiro na cabeça num quarto de hotel, em TARAUACÁ, ACRE. TURIANO tinha 62 anos.
 
No prólogo de hoje no tradicional rali PARIS-DACAR, com seis quilômetros em BARCELONA, dentre os carros venceu ROBBY GORDON. Nas motos, o primeiro foi DAVID FRETIGNE.  HANS BEKX/EDWIN WILLEMS e TONIE MAESSEN venceram entre os caminhões. Amanhã serão 920 km de BARCELONA a GRANADA, também na ESPANHA.


SUSPENSO por dois anos o atleta americano MICKEY GRIMES, vencedor dos 100 metros rasos nos Jogos Pan-Americanos de 2003. A punição foi anunciada pela Agência Antidoping dos EUA. Um teste detectou em seu organismo o esteróide anabolizante norandrosterona, em maio. Por ser reincidente, GRIMES corria o risco de ser banido do atletismo.

MORREU o francês GERARD DEBREU, ganhador do Prêmio NOBEL DE ECONOMIA de 1983. O economista era professor emérito da Universidade da CALIFÓRNIA, em BERKELEY, onde se aposentou em 1991. Aos 83 anos, de causa não divulgada, em PARIS.

A INDONÉSIA desistiu de contar o número exato de vítimas do maremoto que atingiu a costa oeste da ilha de SUMATRA e outros doze países do SUDESTE ASIÁTICO e a ÁFRICA. O vice-presidente do país, YUSUF KALLA, afirmou em BANDA ACEH, a capital da província mais afetada pelo desastre, que o número oficial de mortos – oficialmente em 79.940 – pode passar de cem mil. KALLA e outros oficiais do governo realizaram uma série de vôos de reconhecimento em locais que ainda estão com os acessos interditados.  A escala de destruição é tão grande que as equipes de resgate não dão conta de recolher os corpos, que continuam a chegar aos rios e praias pela maré. Os soldados usam escavadeiras para abrir valas e enterrar milhares de corpos. Cinco dias depois da catástrofe, o número de mortos continuou a subir. Os dados oficiais divulgados pelos governos dos países atingidos somaram mais de 150 mil vítimas. Com isso, a tragédia no SUDESTE DA ÁSIA superou o terremoto de 1923 no JAPÃO, até então considerado o quarto maior desastre natural dos últimos 150 anos, que matou 143 mil pessoas. Depois da INDONÉSIA, o SRI LANKA foi o segundo país mais afetado pelas tsunamis. Em GALLE, cidade ao sul que detém a maior parte dos quase 30 mil mortos no país, os relatos são horripilantes. Corpos estão sendo roubados e, em seguida, vendidos aos parentes. Há também casos de mutilação dos cadáveres para o roubo de jóias. Os  “abutres humanos”, como considerou o jornal local LANKADEEPA, estariam tirando cadáveres do hospital e abordando os parentes das vítimas com o argumento de que se arriscariam para resgatá-los dos escombros. Em troca, os criminosos estariam pedindo até cem dólares.

As festas de ANO NOVO ficaram mais sóbrias em vários países da EUROPA e da ÁSIA em respeito às vítimas do maremoto na ÁSIA. Em PARIS, os enfeites nas árvores dos CHAMPS ELYSEES vão ser cobertos. Os franceses estão à espera de notícias de pelo menos 560 compatriotas desaparecidos desde domingo. Em ESTOCOLMO, na SUÉCIA, todas as festividades oficiais foram canceladas. Por todo o país, as bandeiras estão a meio mastro. O país tem o maior número de turistas mortos e desaparecidos na região devastada pelas tsunamis. São mais de 200 vítimas suecas confirmadas e pelo menos mais 1,6 mil desaparecidos. Em BERLIM, na ALEMANHA, a queima de fogos próxima ao portão de BRANDEMBURGO será antecedida por três minutos de silêncio e uma solicitação para que as pessoas façam doações aos desabrigados. Em JACARTA, capital da INDONÉSIA, o país mais atingido, a queima de fogos na virada do ano  foi cancelada e o governo anunciou que as verbas para a festa serão desviados para a missão de socorro às vítimas. Quebrando uma tradição de anos, o palácio presidencial de NOVA DÉLHI, na ÍNDIA, não foi iluminado na última noite do ano.

TRAGÉDIA NA ARGENTINA. Um incêndio ocorrido em uma discoteca num dos bairros mais populosos de BUENOS AIRES deixou um saldo trágico de 175 mortos e 889 feridos. O fogo foi provocado por um rojão, que alguém soltou dentro do local. O proprietário do estabelecimento está foragido. O desastre aconteceu no clube noturno REPÚBLICA CROMAGNON. Com capacidade para receber duas mil pessoas, no momento do incêndio, a discoteca tinha um público de mais de quatro mil jovens que foram assistir a um show de rock. A superlotação não foi o único problema. “A porta de emergência estava fechada com arames e cadeados”, disse o prefeito de BUENOS AIRES, ANÍBAL IBARRA, que acusou os donos do local de irresponsabilidade. “Houve uma atitude irresponsável”, disparou, ressaltando que se a porta estivesse aberta “teria evitado a morte de muita gente”. O empresário OMAR CHABÁN, proprietário da discoteca, está foragido da polícia. CHABÁN esteve no clube até alguns minutos antes do incêndio, mas, desde que se retirou do local, não foi mais encontrado pelas autoridades argentinas. Na tarde de hoje, a Justiça da ARGENTINA ditou uma ordem de captura nacional e internacional contra CHABÁN.

31 DE DEZEMBRO DE 2005  :   -   SÁBADO         162711584  16418  20181/
SUA ALMA CAPRICORNIANA PREFERE SEMPRE SER REALISTA, QUANTO MAIS NESTA ÉPOCA DO ANO, QUE É PROPRIAMENTE DE SEU SIGNO, MAS QUE É USURPADA POR UMA ONDA DE PESSOAS QUE, APESAR DE DESILUDIDAS, INSISTEM EM PROPAGAR NOVAS ILUSÕES.

O ano de 2005 terá um segundo a mais que os outros anos. Às 22 horas de hoje, técnicos do Observatório Nacional, no RIO, que ajustam o relógio oficial do BRASIL, vão atrasar o relógio em um segundo. O mesmo será feito em todos os relógios de referência espalhados pelo mundo, à 0 hora UTC (sigla de Tempo Coordenado Universal, o antigo GREENWICH). A medida é necessária porque a TERRA gira um pouquinho mais devagar a cada ano por diversas causas, que vão das marés ao atrito com a atmosfera, o que provoca um pequeno descompasso com os relógios. O último acerto foi em 1998.

A virada do ano em SÃO PAULO não será animada só pelos shows da Avenida PAULISTA. Às 22 horas, quem decidiu passar o Reveillon na Capital poderá assistir ao último sorteio da MEGA-SENA de 2005. Os números do prêmio – que ficará em torno de 32 milhões de reais – sairão de seis grandes globos instalados no Caminhão da Sorte, estacionado desde ontem na rua MANOEL DA NÓBREGA, na frente do Monumento às Bandeiras, no PARQUE DO IBIRAPUERA, zona sul. A estimativa é de que 500 a mil pessoas assistam ao sorteio, que será feito por pessoas do público. Começa a contagem regressiva para a festa da virada do ano na PAULISTA, que começa às 19 horas e se estende até às 2:30 horas da madrugada. Entre as atrações estão os grupos ART POPULAR, FALAMANSA, TIHUANA, OS MULEKES, GUSTAVO LINS, LATINO e RICARDO CHAVES. A queima de fogos deverá durar quinze minutos, com um show pirotécnico à meia-noite. Serão 3 mil bombas multicoloridas e 80 mil explosões. Uma chuva de 5 milhões de confetes metalizados e 10 mil balões brancos também serão lançados por volta da meia-noite. O palco, instalado entre as ruas Ministro ROCHA AZEVEDO e FREI CANECA, tem 800 metros quadrados. Dez telões e quatro painéis eletrônicos deverão garantir a transmissão das apresentações. O evento contará com o efetivo de 1.250 homens da PM.  

Alguns dos maiores nomes da música brasileira e os hits que se destacaram neste ano vão invadir a festa de fim de ano dos telespectadores hoje à noite. A partir das 22 horas, a GLOBO exibe o “SHOW DA VIRADA”, com a presença de artistas como ZECA PAGODINHO, ALCIONE, DANIELA MERCURY, BABADO NOVO, WANESSA CAMARGO e LATINO. “Canto “Festa no Apê” para comemorar o sucesso da música. Que em 2006 venha mais!”, diz LATINO. PRETA GIL abre a noite cantando “MEDIDA DO AMOR”. “É a primeira vez que participo deste show”, conta a filha do ministro GILBERTO GIL. A contagem regressiva será feita pela baiana IVETE SANGALO, que interpretará “NÃO ME CONTE SEUS PROBLEMAS”. “Fiz a contagem no ano passado e é sempre uma emoção”, lembra IVETE. Bandas como CAPITAL INICIAL, DETONAUTAS, TITÃS e JOTA QUEST também tocarão seus sucessos, assim como a novata MARJORIE ESTIANO e os já veteranos SANDY & JÚNIOR. A dupla de CAMPINAS canta “NADA VAI ME SUFOCAR” juntos e JÚNIOR LIMA interpreta “ENROSCA”, sozinho. A turma sertaneja também estará muito bem representado por LEONARDO, CHITÃOZINHO e XORORÓ, DANIEL, BRUNO & MARRONE e ZEZÉ DI CAMARGO & LUCIANO, que interpretam “NO DIA EM QUE SAÍ DE CASA”, a principal canção da trilha sonora do filme “2 FILHOS DE FRANCISCO”, o arrasta-quarteirões dos filmes nacionais lançados neste ano. DANIEL canta “OS AMANTES”, que embalou o romance da viúva DONA NEUTA (ELIANE GIARDINI) e do Peão DINO (MURILO ROSA) na novela de GLÓRIA PEREZ “AMÉRICA”.

VANDERLEI CORDEIRO DE LIMA chegue na posição em que chegar é a principal estrela entre os 15 mil atletas que disputarão a 81ª edição da Corrida Internacional de SÃO SILVESTRE. Mais do que qualquer adversário queniano ou brasileiro. Será a primeira vez que ele disputará a prova desde a conquista da medalha de bronze na maratona dos Jogos Olímpicos de ATENAS, com aquele grotesco ataque do tal ex-padre irlandês. Só que VANDERLEI, para frustração de seus faz, fará apenas figuração hoje à tarde. Ganhar a prova, de acordo com ele mesmo, é uma missão impossível. Isso porque ele só decidiu correr na última hora. MARILSON GOMES DOS SANTOS, campeão da SÃO SILVESTRE em 2003 e segundo colocado na edição de 2002, é apontado até por alguns de seus rivais como o provável vencedor. Ontem, no PARQUE DO IBIRAPUERA, ao lado do bicampeão da SS ROBERT CHERUIYOT, treinaram ANNE BERERWE, MARGARETH KARIE, JOSEPHINE KIMAIYO, ELIJAH KARATON, MATHEW CHEBOI e JOHN KIPROTICH. Com exceção de CHERUIYOT, os demais atletas africanos já estão no BRASIL há mais de dois meses. OLIVERA JEVTIC, campeã em 1998, também deu o ar da graça no PARQUE ontem pela manhã.   

Este último dia do ano apresenta uma temperatura muito alta. No sossego do lar, começo a arquivar o ano que está terminando. No computador, consigo a RETROSPECTIVA 2005, que ilustra minhas memórias.

A servo-montenegrina OLIVERA JEVTIC, de 27 anos, mais uma vez surpreendeu na Corrida Internacional de SÃO SILVESTRE. Assim como em 1998, quando venceu a disputa pela primeira vez – e sem nenhum favoritismo – ela garantiu o título num sprint espetacular no último quilômetro de corrida, já na difícil subida da Avenida BRIGADEIRO LUÍS ANTÔNIO, com o tempo de 51min38. A marca de OLIVERA, porém, ainda está bem acima do recorde da prova: 50min26, conquistado pela queniana HELLEN KIMAYIO em 1993. Vice-campeã no ano passado, a brasileira LUCÉLIA PERES foi a melhor atleta nacional da prova. Terminou em quarto lugar, depois de brigar até os últimos metros pela terceira posição, que acabou ficando com a etíope BIZUNESH BEKELE. A queniana ROSE CHERUIYOT, que liderou a corrida durante quase todo o percurso, foi a segunda colocada. O pódio foi completado pela colombiana BERTA SANCHEZ.

O receio de mais uma vitória queniana na prova masculina da 81ª Corrida Internacional de SÃO SILVESTRE não durou muito mais do que meia hora. O brasileiro MARILSON GOMES DOS SANTOS, de 28 anos, foi só tranqüilidade diante do favoritismo de ROBERT CHERUIYOT e conquistou, fácil, seu segundo título na prova paulistana em três anos, com o tempo de 44 min21. Com a vitória, MARILSON colocou o BRASIL e QUÊNIA em igualdade no número de títulos: cada país, agora, venceu nove vezes. Como já havia ganho em 2003, MARILSON entrou para a seleta galeria de brasileiros bicampeões da prova, que também tem os nomes de SEBASTIÃO MONTEIRO (em 1945 e 1946) e JOSÉ JOÃO DA SILVA (1980 e 1985). O queniano ROBERT CHERUIYOT, campeão da edição passada, ultrapassou a linha de chegada, em frente à Fundação CÁSPER LÍBERO, na avenida PAULISTA, quase um minuto depois de MARILSON. Completaram o pódio PATRICK IVUIT, também do QUÊNIA, o brasileiro RÔMULO WÁGNER DA SILVA e o etíope NIGUSSE KETEMA. Medalhista olímpico na maratona da OLIMPÍADA DE ATENAS, o paranaense VANDERLEI CORDEIRO DE LIMA, que definiu sua presença apenas quinze dias antes da prova, chegou na 14 ª posição.   

A caravana do RALLY DACAR cumpriu hoje os primeiros 370 km dos 9.043 que serão percorridos até o dia 15 de janeiro, data da bandeirada final, no SENEGAL. A maior prova fora-de-estrada do mundo teve largada em LISBOA, capital de PORTUGAL, e viu os brasileiros tendo um dia de resultados modestos. O piloto ANDRÉ AZEVEDO e o navegador MAYKEL JUSTO foram os que se saíram melhor, com o terceiro lugar nos caminhões – ficaram a 3min15 dos mais rápidos, os russos WLADIMIR CHAGUIN e SEMEN YAKUBOV. Nos carros, as duas duplas brasileiras presentes viveram situações diferentes. Enquanto KLEVER KOLBERG e EDUARDO BAMPI fecharam o dia na 23ª colocação, PAULO NOBRE e DICO TEIXEIRA foram 98º. A vitória na especial de abertura do DACAR foi do Volkswagen do espanhol CARLOS SAINZ e do navegador ANDREAS SCHULZ. Por fim, nas motos, o paulista JEAN AZEVEDO decepcionou e ficou longe do francês CYRIL DESPRES, atual campeão e primeiro colocado hoje. JEAN foi apenas o 29º mais rápido do dia. Durante o percurso, hoje, poucos acidentes foram registrados.   

O investigador da 2ª Delegacia do Patrimônio do DEIC, BENEDITO ANTONIOL, de 50 anos, foi assassinado com um tiro, ontem à noite, na frente da própria mulher, perto da casa onde morava no JARDIM MARTINI, CIDADE ADEMAR, zona sul da cidade. A polícia investiga o crime, talvez motivado por vingança. ANTONIOL foi surpreendido por dois homens, um deles armado, quando saía de seu carro, um ASTRA, na rua EMBAIXATRIZ DORA VASCONCELOS, às 23 horas. O investigador e a mulher estavam deixando uma vizinha em casa. 

Os festejos de ANO NOVO foram cercados, em vários países, por manifestações de alegria e um forte aparato de segurança. A AUSTRÁLIA foi um dos primeiros países a entrar em 2006 com fogos de artifício sobre a baía de SYDNEY (um enorme coração de luzes vermelhas, em meio à queima de fogos, marcou a entrada de 2006). O coração que coloriu o céu da baía de SYDNEY, conhecido como DARLING HARBOUR, foi a principal atração do evento que durou cerca de dez minutos. Em NOVA YORK, a chegada do ANO NOVO na TIMES SQUARE, tinha programada uma  homenagem aos mortos do furacão KATRINA, em NEW ORLEANS. Uma greve de metroviários ameaçava atrapalhar os festejos de rua em LONDRES (GRÃ-BRETANHA). Em PARIS (FRANÇA), foi montado um grande aparato de segurança para evitar novos atos de violência de imigrantes. Os festejos em SYDNEY começaram à meia-noite (11 horas em BRASÍLIA), com a tradicional queima de fogos na baía de SYDNEY, onde uma multidão estimada em 1 milhão de pessoas assistiram ao espetáculo. Em HONG KONG, uma gigantesca festa de luzes e música também marcou a passagem de ano. O Reveillon mais original foi, com certeza, o do astronauta russo VALERI TÓKAREV e de seu colega, o americano WILLIAM MacARTHUR. Os tripulantes da Estação Espacial Internacional passaram o ANO NOVO sobrevoando o MAR DE BERING (PACÍFICO), brindando 2006 com suco. Guardas fronteiriços russos foram os primeiros habitantes da TERRA a dar as boas-vindas, hoje, a 2006, por volta das 12 horas (10 horas de BRASÍLIA), na ilha de RATMANOVA, a nordeste da RÚSSIA do ALASCA. 

O comerciante brasileiro ÉMERSON TANOUE, de 33 anos, estava para ser pai de um segundo filho, uma menina, quando foi encontrado morto em seu apartamento na cidade de TOYOKAWA (distante 50 km de NAGÓIA), às 8:30 horas do dia 29. A mulher de ÉMERSON, MARA MAEKAWA TANOUE, de 31 anos, saiu do BRASIL há cerca de um mês para ter a criança, cujo nascimento estava previsto para o dia 1 º de janeiro. MARA voltou ao BRASIL e hoje estava internada numa maternidade de CAMPINAS à espera do parto. Na noite de quinta-feira, dia 29, TANOUE foi encontrado morto, com uma facada nas costas, pelo filho de onze anos. O garoto tinha saído, horas antes do crime, com uma amiga do pai, uma jovem brasileira de 20 anos, cuja identidade não foi divulgada. Quando voltou, encontrou o pai morto no apartamento, que fica na sobreloja de seu estúdio. ÉMERSON morava no JAPÃO havia 14 anos, mas tinha intenção de voltar ao BRASIL. Filho de descendentes japoneses, ÉMERSON era natural de PENÁPOLIS, onde viveu até os 19 anos, quando foi ganhar a vida no JAPÃO.  

Pelo menos oito pessoas morreram e outras 45 ficaram feridas, hoje, na explosão de uma bomba em um açougue freqüentado por cristãos na cidade de PALU, capital da província central da ilha Indonésia de  CÉLEBES. Entre os mortos estão os donos da loja, o casal formado por YOPI e MEMEI. A polícia acredita que se tratou de “um ato deliberado para alterar as celebrações do ANO NOVO”.

Por volta das 23:30 horas LUCINDA é convidada a participar da festa da virada do ano na casa de dona SORAYA e sr NELSON. Isso já aconteceu nos dois últimos anos. Depois que nasceu o IAGO, os familiares da KÁTYA sempre nos convidam para esse momento mágico da passagem do ano velho para o novo. Ali vamos encontrar também a NORMA, a RENATA, as três mães de dona SORAYA (uma história interessante de vida, pois quando SORAYA ficou grávida, aos 17 anos, por motivos religiosos, sua mãe a colocou fora de casa. Duas outras senhoras ajudaram na criação dela). Agora, muitos anos passados, essas três mulheres estão em sua companhia na festa do fim de ano. SÉRGIO, sua senhora, o BRUNO, e outros familiares compõem o quadro desta noite. Mas, sobrepondo a todos, está o IAGO, serelepe, correndo de uma lado para outro, fazendo a alegria da família. À meia-noite, todos se cumprimentam e os fogos de artifício dão o toque da virada do ano. Surge 2006, com as esperanças renovadas e muita coisa para fazer.

2 006   :   -   DOMINGO
Mais um ano se passou e, com ele, muitas expectativas também chegaram ao fim. Obtivemos muitos sucessos, perdemos ou deixamos de ganhar algumas coisas, estudamos, trabalhamos muito, algumas vezes ouvimos não, mas, em muitas outras, um sim bem sonoro chegou aos nossos ouvidos. Assim é a vida, que se renova a cada ano que se inicia.
Os cristãos comemoram a chegada ao ano-novo na passagem do dia 31 de dezembro para o dia 1º de janeiro. Para celebrar a data à altura de tanta alegria, o costume é deliciar-se em uma ceia, semelhante à de NATAL, e aguardar a contagem regressiva dos minutos que indicam a virada do ano.

Grandes nomes da música popular brasileira e as canções que eles tornaram sucesso este ano se encontram hoje no “SHOW DA VIRADA”, que vai ao ar após o “FANTÁSTICO”. Do rock ao funk, todos os ritmos estarão representados. Sempre presente na festa da virada, IVETE SANGALO comemora o bom ano profissional. “Toda vez fico na expectativa para participar desse showzão e celebrar o novo ano perto da galera. É a coroação de um trabalho que a gente plantou o ano todo, a adrenalina vai a mil”, conta a baiana.
A BAHIA de IVETE terá outros expoentes se apresentando na virada: DANIELA MERCURY, ASA DE ÁGUIA e JAMMIL E UMA NOITES são algumas das atrações do show.
Com direção geral de ALOYSIO LEGEY, o “SHOW DA VIRADA” promove diversos encontros históricos este ano. No palco, as amigas de longa data, as sambistas ALCIONE e LECI BRANDÃO cantam juntas. Já a vocalista do BABADO NOVO, CLÁUDIA LEITTE, se une ao grupo ROUPA NOVA. “Eu cantei “UM SONHO A DOIS” com o ROUPA e, claro, também estive junto com o BABADO”, conta CLÁUDIA.
O show segue ainda com ZEZÉ DI CAMARGO e LUCIANO, WANESSA CAMARGO, SANDY E JÚNIOR, BRUNO E MARRONE, TITÃS, BIQUINI CAVADÃO, CHARLIE BROWN JÚNIOR, JOTA QUEST, além dos MCs LEOZINHO, SAPÃO, MARCINHO e CIDINHO E DOCA.

A 82ª edição da Corrida Internacional de SÃO SILVESTRE será a prova dos desconhecidos, de jovens como o mineiro FRANCK CALDEIRA e o queniano MATHEW CHEBOI, ambos com 23 anos, em busca de espaço entre as estrelas do atletismo. Os organizadores chamam a competição de “renovada”, com a presença de corredores da nova geração. Os técnicos a definem como “esvaziada”, com premiação menor, sem cachê e tampouco estrelas. O grande nome do atletismo nacional da atualidade, MARILSON GOMES DOS SANTOS, vencedor da MARATONA DE NOVA YORK e da última edição da SÃO SILVESTRE, não compete. Nem o medalhista de bronze na maratona olímpica, VANDERLEI CORDEIRO DE LIMA. Assim como o campeão de 2004 e vice-campeão de 2005, o queniano ROBERT CHERUIYOT. A largada masculina será às 17 horas, na frente do MASP. A corrida feminina começa às 15:15 horas. Sobrou para FRANCK CALDEIRA – que vem fazendo uma boa temporada entre os corredores inscritos – o papel de favorito. O fundista nasceu em SETE LAGOAS, MINAS GERAIS, e descobriu o atletismo por meio do irmão PAULO CÉSAR, que corria. A primeira vitória veio logo na primeira prova, os 10 km do CIRCUITO PROFETA, de MINAS, aos 15 anos. Nos últimos anos, soma vitórias importantes: Meia Maratona de SÃO PAULO (2003 e 2004) e do RIO (2006), Maratona de SÃO PAULO (2004) e o bicampeonato da VOLTA DA PAMPULHA (2005 e 2006). Foi quarto colocado na MARATONA DE MILÃO.
Na corrida feminina, a previsão é de equilíbrio. Também não estarão presentes as últimas vencedoras nem estrangeiras de ponta. Apesar disso, a corrida terá um bom grupo de brasileiras, com MÁRCIA NARLOCH e LUCÉLIA PERES; BERTHA SANCHES, da COLÔMBIA, e PAMELA BUDOTICH, do QUÊNIA. Outras mulheres que poderão fazer bonito na corrida: MARIZETE REZENDE, MARILY DOS SANTOS e SIRLENE PINHO. BERTHA SANCHES, colombiana, foi quarto lugar em 2002 e quinto em 2005.  

MINAS GERAIS domina a 82ª SÃO SILVESTRE. Sem a concorrência de grandes estrelas internacionais, FRANCK CALDEIRA e LUCÉLIA PERES não tiveram dificuldade para garantir mais um título para o atlestimo brasileiro na principal prova de rua do País.
Na prova feminina, LUCÉLIA OLIVEIRA PERES tornou-se a quinta brasileira a vencer a prova. A mineira, de 25 anos, precisou de 51m24. Ela coloca seu nome na história, como já haviam feito CARMEN DE OLIVEIRA (1995), ROSELI MACHADO (1996), MARIA ZEFERINA BALDAIA (2001) e MARIZETE REZENDE (2002). LUCÉLIA foi 14 segundos mais rápida que a sérvia OLIVERA JEVTIC, vencedora de 2005. O recorde permanece com a queniana HELLEN KIMAYIO, que, em 1993, correu o percurso em 50min26.
As dez primeiras: LUCÉLIA PERES – EDNALVA LAURIANO DA SILVA, também brasileira, a segunda colocada – em terceiro, BERTHA SÁNCHEZ, da COLÔMBIA – em quarto, PAMELA BUNDOTICH, do QUÊNIA – em quinto, MARIZETE DOS SANTOS, brasileira – em sexto, SIRLENE PINHO, também brasileira – em sétimo, CONCEIÇÃO DE MARIA CARVALHO, outra brasileira – em oitavo, ALINE CHEROPICH SERSER, do QUÊNIA – em nono, MARILY DOS SANTOS, brasileira e, em décimo lugar, YOLANDA FERNANDEZ PIZA, da COLÔMBIA.
Aos 23 anos, FRANCK CALDEIRA completou uma temporada perfeita, ao ser bicampeão da VOLTA DA PAMPULHA, campeão da Meia-Maratona do RIO, além do quarto lugar na Maratona de MILÃO. FRANCK assumiu o primeiro lugar na entrada do Elevado COSTA E SILVA, na marca dos 4 km, ao superar FABIANO GOMES SANTOS. Após os 4 km, FRANCK começou a se distanciar do segundo pelotão, formado pelo angolano JOÃO NTYAMBA e pelo colombiano JAVIER GUARÍN. Na marca dos 11 km, a vantagem do líder que era de 210 metros, se tornava insuperável. A disputa maior era pelo segundo lugar. PAULO ALVES surgiu e tomou a segunda posição.
Com a forte chuva e o cansaço aparente, FRANCK diminuiu o ritmo no fim da Avenida BRIGADEIRO LUÍS ANTÔNIO. A surpresa ficou por conta de CLODOALDO GOMES DA SILVA, que num sprint sensacional assumiu a vice-liderança. Em terceiro lugar chegou outro brasileiro, PAULO ALVES DOS SANTOS. O colombiano JAVIER ALEXANDER GUARIN ficou em quarto. O quinto foi o angolano JOÃO BAPTISTA NTYAMBA. Os demais lugares foram todos de brasileiros. Na seqüência, JOSÉ DO NASCIMENTO DE SOUZA, LUÍS PAULO DA SILVA ANTUNES, ANOÉ DOS SANTOS DIAS, JOSÉ SARAIVA FRAZÃO JÚNIOR e ROGÉRIO FERREIRA.

No final da tarde, JOSÉ SERRA ainda se preparava para a cerimônia de posse a ser realizada amanhã em duas etapas. A primeira será na Assembléia Legislativa e a segunda no Palácio dos Bandeirantes. O governador eleito, que tem discurso previsto nas duas fases da cerimônia, ainda acertava os detalhes de seu pronunciamento. O tucano é notório perfeccionista em seus textos.

O dramaturgo e diretor de teatro JOÃO BETHENCOURT morreu no RIO, de infecção generalizada, aos 82 anos. Autor de peças como O DIA EM QUE RAPTARAM O PAPA (uma nova montagem está prevista para estrear em SÃO PAULO nesta semana que entra) e TEM UM PSICANALISTA NA NOSSA CAMA, ele teve fértil trajetória também como tradutor de textos de teatro, sobretudo do francês MOLIÈRE. BETHENCOURT completaria 52 anos de carreira em 2007. Em mais de cinco décadas de trabalho, o dramaturgo escreveu mais de 40 peças de teatro e dirigiu mais de 80 espetáculos. Nascido na HUNGRIA, veio ao BRASIL com apenas dez anos.

No último dia do ano bandidos voltaram a realizar mais ataques no RIO. Uma pessoa foi presa. Duas delegacias, o prédio da Câmara dos Vereadores de DUQUE DE CAXIAS, na BAIXADA FLUMINENSE e bases móveis da Polícia Militar foram alvo de tiros. De madrugada, o quartel do Corpo de Bombeiros de SANTA TERESA sofreu dois atentados. Bandidos lançaram pelo menos três granadas contra a Unidade (uma não explodiu). Ninguém se feriu.

Diante da PRAÇA DE SÃO PEDRO, no VATICANO, lotada, o PAPA BENTO XVI pediu aos fiéis que “resistissem à cultura contemporânea que mina as bases familiares”. BENTO XVI também ressaltou no último ÂNGELUS do ano que a família cristã é a célula da sociedade e da Igreja.

O ex-ditador iraquiano SADDAM HUSSEIN foi enterrado hoje de madrugada em seu vilarejo natal, AWJA, nos arredores de TIKRIT, horas depois de ter sido enforcado em BAGDÁ por crimes contra a humanidade. Prometendo vingança, centenas de sunitas saíram às ruas e visitaram o túmulo. Eles se ajoelharam e rezaram ao lado da tumba, sobre a qual foi colocada uma bandeira do IRAQUE. O retrato de um SADDAM jovem e sorridente também foi colocado sobre uma cadeira próxima. “Condeno o modo como ele foi executado e considero isso um crime”, disse HASSAN AL-NASSERI, de 45 anos, membro da clã de SADDAM.
A polícia bloqueou a entrada da cidade sunita de TIKRIT e disse que ninguém podia entrar ou sair por quatro dias. Apesar da medida de segurança, homens armados tomaram as ruas de TIKRIT carregando fotos do ex-ditador, disparando para o ar e jurando vingar a execução. Desafiando o toque de recolher, outras centenas de seguidores de SADDAM também tomaram as  ruas de SAMARRA, ao norte de BAGDÁ, e de RAMADI, a oeste da Capital, reduto da insurgência sunita. Dezenas de parentes, alguns chorando, assistiram ao sepultamento, que durou 25 minutos e ocorreu por volta das 3 horas locais (22 horas do sábado em BRASÍLIA), em um edifício construído em AWJA durante o governo SADDAM, normalmente usado para cerimônias fúnebres. Também estão sepultados em AWJA os filhos do ex-ditador, UDAI e QUSAI, mortos durante um combate com soldados americanos em MOSSUL, em julho de 2003.
O corpo de SADDAM foi levado para TIKRIT por um helicóptero americano, disseram funcionários do governo iraquiano. Em seu testamento, entregue a parentes, o ex-presidente pedia para ser enterrado em AWJA ou em RAMADI. A família tinha divulgado inicialmente um comunicado que SADDAM seria enterrado em RAMADI, mas ele acabou sendo sepultado em seu vilarejo natal depois de negociações entre as autoridades iraquianas e americanas e membros da clã do ex-ditador.

Um soldado americano morreu em um tiroteio em BAGDÁ, aumentando para 3 mil o número de militares americanos mortos no IRAQUE desde a invasão do país em março de 2003. O soldado – DUSTIN DONICA – de 22 anos, do TEXAS, também foi o 111 º militar dos EUA a morrer em dezembro. Foi o mês mais mortífero para as forças americanas em dois anos. O sinistro marco de 3 mil militares mortos foi atingido em meio ao aumento das pressões sobre o presidente GEORGE W. BUSH para que ele defina um prazo para a retirada das tropas. BUSH passou grande parte do feriado de fim de ano reunido com seus assessores mais próximos. Ele prometeu anunciar uma nova estratégia para o IRAQUE em janeiro de 2007.   

JÚLIA ROBERTS, de 39 anos, anunciou que está grávida do terceiro filho com o câmera DANNY MOLDER. A atriz, que já é mãe de gêmeos por inseminação artificial, estava tentando engravidar há mais de um ano.                                       

A tradicional recepção ao ANO-NOVO com queimas multimilionárias de fogos de artifícios na AUSTRÁLIA, sobre a HARBOR BRIDGE, em SIDNEY, desta vez consumiu 4 milhões de dólares e 3 mil quilos de explosivos. A virada lá, que ocorre doze horas antes do que na maior parte do BRASIL também marcou a entrada do ano em que a cidade comemora os 75 anos de existência de sua mais famosa ponte.
Em KUALA LUMPUR, na MALÁSIA, as luzes dos fogos de artifício soltos próximo das PETRONAS TWIN TOWERS concorreram com a iluminação das torres durante a passagem do ano.
Os chineses comemoram discretamente a virada pois o ANO-NOVO por lá só chega em 18 de fevereiro. Será o ANO DO PORCO, que promete mais um baby-boom já é tido como propício a nascimentos. Na província de SHENYANG, soldados russos usaram lanternas para celebrar o réveillon.
Um grande teto de lanternas multicoloridas instalado no templo CHOGYE, em SEUL, na CORÉIA DO SUL, protegia as preces dos sul-coreanos para comemorar a chegada do ANO-NOVO.

Nós comemoramos mais uma vez a passagem do ANO-NOVO na casa de dona SORAYA e NELSON. Eles reúnem familiares e amigos, numa alegre confraternização, sempre no 31 de dezembro para o 1 º de janeiro. Ali se encontram também o IAGO, PAULO CÉSAR, KÁTYA, NORMA (recentemente operada de um mioma, mas em franca recuperação), PITUCHA, RENATA, SÉRGIO, e outros parentes. Com o ERON e sua companheira RENA conversamos durante um bom tempo. LUCINDA está contente com a companhia dessa família. Como sempre o elo de ligação é o pequeno IAGO, muito feliz na casa. Talvez seja o que mostrou mais vitalidade. Não pára num lugar. É super ativo. Chama a atenção de todos com as suas brincadeiras. JOÃO GOMES, MARLENE, ALEMÃO também estão presentes. No primeiro minuto de 2007, com taças de champanha na mão e muitos cumprimentos, vamos festejar a virada do ano.

A onda de violência que deixou dezenove mortos no RIO nos quatro últimos dias de 2006 pode ter contribuído, além do mau tempo, para reduzir o número de pessoas na festa do réveillon na orla, mas o que se viu em COPACABANA foi uma celebração pela chegada de 2007, com a renovação da esperança de paz. A chuva fina, não prevista pelos meteorologistas, afugentou muita gente, mas, mesmo sem o céu de brigadeiro, dois milhões de cariocas e turistas assistiram à queima de fogos num clima de tranqüilidade, sem grandes incidentes, e uma certa apreensão com a segurança da cidade.

Na AVENIDA PAULISTA a festa do réveillon começou a esquentar quando a chuva deu uma trégua. No início das comemorações, com o mau tempo, o público se estendia por apenas um quarteirão, mas durante a queima de fogos, ponto alto do evento, chegou a 2,2 milhões de superou a expectativa da organização. O evento começou com 15 minutos de atraso, às 20:45 horas. O motivo foi o atraso no encerramento da Corrida de SÃO SILVESTRE. O público só podia entrar na avenida pelas passagens montadas em frente à rua PAMPLONA e à ALAMEDA CAMPINAS.
O TENENTE-CORONEL PM ROBERTO LITRENTA, comandante do 7º BATALHÃO DE POLÍCIA MILITAR METROPOLITANO disse que o efetivo da PM chegou a 1.200 homens, além de 400 vigilantes particulares que participaram do esquema de segurança.
A primeira atração a se apresentar no palco de 800 metros quadrados montados entre as ruas MINISTRO ROCHA AZEVEDO e FREI CANECA foi a cantora NEGRA LI. Depois, entrou o grupo ANTÔNIA, que neste mês estrelou uma minissérie na REDE GLOBO. Após o show, uma das integrantes, LEILAH MORENO, contou estar “superfeliz” com a apresentação. Às 23:25 horas a cantora RITA LEE entrou no palco com uma fita vermelha escrita “life” no peito e começou sua apresentação dizendo que era sua primeira festa de réveillon na PAULISTA. Anunciou seu aniversário de 60 anos. Houve problemas no equipamento de som causados pela chuva, mas o show prosseguiu.
Depois da queima de fogos ainda se apresentaram a BANCA CALYPSO, uma das atrações mais esperadas pelo público. O grupo de BELÉM DO PARÁ levantou a platéia. O último a se apresentar foi o cantor NETINHO. O prefeito GILBERTO KASSAB passou pela PAULISTA.

2 007      :    -     SEGUNDA-FEIRA
No futebol, nenhum país é mais rival do BRASIL que a ARGENTINA. Mas, em época de SÃO SILVESTRE, o grande adversário vira o QUÊNIA. O pequeno país da ÁFRICA ORIENTAL tem população menor do que a do Estado de SÃO PAULO, porém é a maior potência no mundo em provas de fundo.
Hoje, a partir das 16:30 horas, a 83ª edição da SÃO SILVESTRE dá outra chance para brasileiros e quenianos se enfrentarem – até 2007, a bandeira nacional esteve no alto do pódio 15 vezes, contra 14 da verde, vermelha e branca do rival, desde que a corrida se tornou internacional, em 1945. Apesar do fator “campo”, o BRASIL entra sem o rótulo de favorito por conta da presença de uma legião de tímidos, calados e velozes quenianos. O time dos homens conta com ROBERT CHERUIYOT, bicampeão da SÃO SILVESTRE; PATRICK IVUTI, KIPRONO MUTAI e DANIEL GATHERU. Já as mulheres são capitaneadas por ALICE TIMBILILI, que conseguiu excelentes marcas ao longo de 2007.
“Não tem coisa mais gostosa do que vencer queniana”, admite a goiana MARIZETE DE PAULA REZENDE. “Será quase impossível bater a tal de LILI, mas, se conseguirmos, a torcida terá de soltar rojões”, avisa a campeã da SÃO SILVESTRE em 2002.
LUCÉLIA PERES e MARIA ZEFERINA BALDAIA são as outras brasileiras em ação que já cruzaram a linha de chegada com a primeira posição. “Que faça bastante calor, para que nossas chances aumentem”, diz ZEFERINA.
Em meio a 20 mil inscritos, recorda da prova, o grande nome brasileiro entre os homens é o de FRANCK CALDEIRA, atual campeão da SÃO SILVESTRE e ouro na maratona do PAN do RIO. “Sei que estou em grande fase e quero provar que também posso ganhar dos quenianos”, alerta o mineiro, que não encarou CHERUIYOT e IVUTI em 2006. GIOMAR PEREIRA e JOÃO DA BOTA completam o pelotão de elite nacional.

A simulação de um “túnel do tempo” vai marcar a virada para 2008. A imagem, que passa a idéia de movimento, como se o público estivesse viajando em um túnel colorido, aparecerá nos painéis e nos telões do palco do Réveillon da PAULISTA. São 130 metros quadrados de painéis de última geração, usados em turnês como a dos ROLLING STONES e MADONNA. Na contagem regressiva, a cada segundo uma imagem símbolo da cidade de SÃO PAULO, como o MUSEU DO IPIRANGA, será estampada nos telões. Os números de 10 a 1 serão iluminados de cima de torres, entre as ruas PAMPLONA e MINISTRO ROCHA AZEVEDO. Nesta 11ª edição do Reveillon na PAULISTA, o tema é “SÃO PAULO – A CIDADE DE TODOS NÓS” e ícones paulistas vão decorar o palco. São esperadas mais de 2 milhões de pessoas, mil por cento a mais do que na virada de 1996 para 1997, que reuniu 200 mil pessoas. No ano passado, a festa teve 2,1 milhões de participantes.
O ex-Big Brother ALEMÃO será o apresentador da festa e fará a contagem regressiva, na companhia de LEONARDO. O cantor subirá ao palco para o seu show a partir das 22:52 horas. Será a estréia de ALEMÃO na PAULISTA – ele sempre passa a virada do ano em alguma praia.
No exato momento da virada, começa a queima dos fogos: serão 80 mil tiros e 4 mil bombas multicoloridas em 15 minutos. Ao mesmo tempo, 5 milhões de confetes metalizados serão lançados. Cerca de 10 mil balões brancos sairão do palco.
MARCELO FLORES, diretor da PLAYCORP, empresa que organiza a festa desde 1996, conta que uma trilha sonora orquestrada vai acompanhar os efeitos especiais e os movimentos dos fogos. Segundo ele, desenhos de corações, flores e candelabros aparecerão no céu, formados pelos fogos de artifício. Canhões de luzes completam a apresentação. “Logo no final da queima dos fogos, o LULU SANTOS entrará cantando”, comentou MARCELO. A festa da virada vai durar cerca de sete horas e terá, além do show de LEONARDO e de LULU SANTOS, apresentações de CACAU BRASIL, TIHUANA, MC LEOZINHO e ESCOLA DE SAMBA MOCIDADE ALEGRE, a atual campeã paulista. Cerca de 600 mil watts reproduzirão o áudio do palco ao longo de quase três quilômetros da PAULISTA.     

Recebo a seguinte mensagem de meu irmão CARLOS:
Oi Mario
Tentei falar com você no dia do seu aniversário, mas o telefone do seu escritório estava o tempo todo ocupado, não sei se você estava no computador??????
Eu estive em Serra Negra com a minha grande família(3), sempre costumamos fazer a ceia de natal naquela cidade onde ainda tenho alguns amigos, mesmo porque cliente só é amigo quando você é gerente do banco. Mas sempre sobram algumas pessoas com quem você se identifica bem e um deles é o dono do hotel onde costumo ficar que é bem central. Desta vez só o vi de relance, pois atualmente está administrando 3 hotéis e ele passa o tempo todo entre um e outro. Fui verificar também quem era o dono de hotel que apareceu na mídia que era chefão de roubo de cargas. Não era meu cliente e era "peça" mesmo, pois conseguiu enrolar a Prefeitura de Serra Negra e também o meu sucessor na agência de lá. Brr. brr. .......como era problemática a posição em que me encontrava, precisava saber fugir da confusão. Ainda bem que isso faz parte de um passado de 15 anos, eu consegui me dar bem na função tanto em Santo André como em Serra Negra quando fui gerente geral de agências do banco. Continuando o "papo", quando retornei para Santos peguei meu caderninho de telefones e comecei a telefonar para todo mundo. No dia do seu aniversario comecei a ligar a noite para o seu escritório e nada. Será que trocou de telefone ou então você estava usando a linha para a Internet. Não tenho internet em casa. Já temos na Nobel e acho desnecessário manter mais uma em casa, pois só eu e a Susana usamos internet, a Marli não quer saber desse serviço.
A propósito encerramos nossos trabalhos da Nobel neste final de ano. Como você deve estar sabendo a Marizete se aposentou e o Adalvo não estava muito entusiamado em continuar com a empresa. Resolvemos então encerrar a empresa que estava com 34 anos de vida. Serviu bem para ajudar a mãe e também a Marizete e família. Para mim não estava há anos compensando, pois não fazia retirada de lá o meu compromisso era com a Marizete que foi quem ficou dando continuidade aos trabalhos que iniciei em 1973.Agora vamos criar novos meios para ajudar a passar o nosso tempo de aposentado, já está fazendo 15 anos.
Bom um abraço para você pela passagem de mais uma abobrinha e um abraço para sua família daí com o desejo de um 2008 muito bom.
Contar o tempo é uma grande ilusão, como todos sabemos, mas –  e se não contássemos? Estaríamos como num deserto, todo plano, só areia, e sem estrelas no céu. Não é que, numa situação dessas, não se acha o caminho; é que não há caminho. Contar o tempo é o estratagema mais ardiloso já concebido pelo ser humano. A natureza ajudou, ao fazer os dias se suceder às noites, e o sol e a lua cumprir trajetos previsíveis. Com base nesses escassos dados, os homens fizeram do tempo um salame que se mede, depois se demarca, depois se retalha em porções que o tornam digerível. Em outras palavras, perpetraram a grande proeza de transformar o tempo em espaço.
O estratagema equivale a tornar visível o invisível, a dar forma ao que é informe, a conferir descontinuidade ao que é contínuo. Ou seja: é uma mágica, pela qual se transforma a coisa em seu contrário. Equivale a, do vento, produzir-se uma construção de complexa arquitetura. Estamos diante da mãe de todas as façanhas. Tomou-se de algo que não se pode ver nem pegar e transformou-se em objeto tão concreto e assentado no espaço como um armário. Inventaram-se gavetas para esse armário – 2005, 2006, 2007, 2008... O interior de cada gaveta foi, por sua vez, subdividido em escaninhos chamados janeiro, fevereiro, março....Pronto. Estavam criados espaços nos quais ancoramos a memória e fixamos a agenda do futuro. Sem tais âncoras, nem a memória teria as condições ideais para se desenvolver nem o futuro para ser planejado
A cada 365 dias se ganha a oportunidade de retornar ao marco zero. Incorrigíveis que somos, daqui a um ano quem viver nos verá de novo no ritual de entoar em coro a contagem regressiva, tomar champanhe, trocar beijos e abraços, dizer FELIZ ANO NOVO e derramar lágrimas ao saudar, com emoção e esperança, a chegada de 2009.  

Dezenas de milhares de pessoas acompanharam hoje, na PONTE HARBOR, em SYDNEY, um espetáculo de pirotecnia, figurando entre os primeiros habitantes da TERRA a entrar no ANO-NOVO. Na maior cidade da AUSTRÁLIA, cerca de um milhão de pessoas e três mil embarcações ancoraram no porto de SYDNEY para celebrar a entrada de 2008.Alguns expectadores passaram a noite acampados no porto para garantir a melhor vista do espetáculo. Com o tema “O MOMENTO DE NOSSAS VIDAS”, a queima de fogos na cidade incluiu 20 mil efeitos pirotécnicos que partiram da ponte, segundo o diretor criativo do espetáculo, WAYNE HARRISON. O show começou às 21 horas ( 7 horas em BRASÍLIA) com uma apresentação de luz e fogos artificiais para as crianças, e culminou no espetáculo central à meia-noite.

Os festejos pela chegada de 2008 em HONG KONG se concentraram na região de VICTORIA HARBOUR. Centenas de embarcações tomaram o porto para assistir, com vista privilegiada, a uma explosão de cores, luzes e fogos de artifício sobre as torres dos arranha-céus. Em SEUL (CORÉIA DO SUL), foi seguida à risca a tradição de rezar por um ano bom no templo CHOGUYE. Em KUALA LUMPUR, na MALÁSIA, as comemorações se concentraram perto das PETRONAS TWIN TOWERS, iluminadas pelos fogos de artifício.

A goiana MARIZETE DE PAULA RESENDE afirmou que era quase impossível derrotar a queniana ALICE TIMBILILI nesta SÃO SILVESTRE. Mesmo assim, ela chegou a acreditar ainda que por poucos instantes, que o milagre poderia acontecer. Na subida da Avenida BRIGADEIRO LUÍZ ANTÔNIO, MARIZETE se aproximou muito da queniana. Mas logo viu a rival aumentar o ritmo e sumir de seu alcance. Apesar de não ter conseguido sua segunda vitória na SÃO SILVESTRE (ela ganhou a edição de 2002), MARIZETE ficou muito satisfeita com seu desempenho na prova.
Os quenianos retomaram o domínio da Corrida de SÃO SILVESTRE e fizeram barba, cabelo e bigode hoje nas ruas de SÃO PAULO. Na prova masculina, ROBERT CHERUIYOT chegou em primeiro lugar e comemorou sua terceira vitória (já havia vencido em 2002 e 2004). O melhor brasileiro na prova foi ANOÉ DOS SANTOS DIAS, que ficou com a terceira colocação. O também queniano PATRICK IVUTI ficou em segundo lugar. JACINTO LOPES, colombiano, chegou em quarto. A quinta colocação ficou com o brasileiro MARILDO BARDUCO.

Uma tentativa de assalto a uma casa de praia em CAMBURI, na cidade de SÃO SEBASTIÃO, no litoral norte, acabou com três pessoas baleadas. Uma delas, o executivo ED CARLOS QUEIROZ AMARAL, de 39 anos, teve morte cerebral. Outra vítima é uma criança de 6 anos. Um rapaz de 17 anos foi detido, acusado do crime. O jovem escolheu como alvo para o assalto uma casa de praia na Estrada PIAVÚ, onde 14 turistas da capital paulista passavam o feriado. Ele invadiu a casa à 1:55 hora de hoje. Armado com um revólver, ordenou que todas as vítimas entrassem em um banheiro. Ele se assustou quando viu uma pessoa saindo de um quarto, tropeçou e fez vários disparos. O dono da casa, ED CARLOS, foi baleado na cabeça. Também foram baleadas a cabeleireira JOSIANE SANTOS, de 34 anos, e sua filha GIOVANA FERREIRA, de 6. A primeira foi atingida em uma das mãos e a segunda no braço.  

Sofreu um acidente de carro o atacante ADRIANO, do SÃO PAULO. O jogador perdeu o controle do AUDI que dirigia e bateu em outros três veículos, dois dos quais estavam estacionados. Ninguém se feriu. ADRIANO, que já teve problemas com álcool, nega que estivesse bêbado. Segundo ele, o acidente foi provocado por outro motorista, que lhe deu uma fechada. No RIO DE JANEIRO.

Morreu hoje, aos 90 anos, o arquiteto italiano ETTORE SOTTSASS, um dos maiores expoentes do design surgidos na ITÁLIA do pós-guerra. No mesmo dia morreu também, aos 81 anos, o cantor de blues WILLIE ROBINSON. Veterano do Exército e amigo de B.B.KING, ele se apresentou com artistas como STEVEN TYLER e BONNIE RAITT.
Pelo menos 125 pessoas morreram em protestos em várias cidades do QUÊNIA, depois de o presidente MWAI KIBAKI assegurar sua reeleição na votação de quinta-feira, dia 27, marcada por acusações de fraude. Nos confrontos mais violentos, policiais reprimiram manifestantes nas favelas de NAIRÓBI, capital e maior cidade do país.

Depois de cinco dias de impasse, o presidente venezuelano, HUGO CHÁVEZ, suspendeu hoje seu plano para resgatar três reféns em poder das FARC na selva colombiana. CHÁVEZ disse ter sido informado pelos guerrilheiros de que eles não poderiam entregar os seqüestrados por causa de ações militares do governo colombiano na região.  

O coreógrafo cubano ALBERTO ALONSO, criador do balé CARMEN, morreu aos 90 anos nos ESTADOS UNIDOS, país onde residia havia muitos anos. “Ele foi um dos principais precursores do movimento coreográfico cubano e colaborou em 1948 na fundação hoje chamada BALLET NACIONAL DE CUBA, criada por ALÍCIA e FERNANDO ALONSO, este último irmão de ALBERTO”, relatou o jornal JUVENTUD REBELDE, sem precisar a causa da morte. Trabalhou também na Sociedade Pró-Arte Musical, na televisão e em distintos cabarés de HAVANA, CUBA. Entre suas coreografias mais conhecidas estão CARMEN e EL GÜIJE.

Faleceu em NOVA YORK o pintor abstrato MICHAEL GOLDBERG, aos 83 anos, de ataque cardíaco. Rotulado como um artista “da segunda geração do expressionismo abstrato”, tinha telas nos principais museus e coleções americanas. Nascido no BRONX, em 1924, GOLDBERG começou a pintar sob influência de DE KOONING. Trabalhava no estúdio que pertenceu a MARK ROTHKO, um “loft” em BOWERY. Viveu dificuldades no início, nos anos 1950. Um dia, WÁLTER P. CHRYSLER JÚNIOR entrou em seu estúdio e comprou dez mil dólares em obras. Sua primeira providência foi comprar um cobertor elétrico, já que o estúdio não tinha aquecimento.

No último dia do ano, LUCINDA recebe a visita da NORMA. Ela chegou ontem de MINAS GERAIS. Sua preocupação, no entanto, diz respeito à filha, RENATA, que não mais está morando na Avenida BENVINDO TOLENTINO NETO. Grávida RENATA atravessa uma fase ruim, pois tem problemas de diabetes e colesterol. Sua mãe tem toda a atenção voltada para ela.
Diferentemente do que fizemos em anos anteriores, LUCINDA, MARLENE, JOÃO e ALEMÃO fazem comigo uma ceia bem doméstica, em casa, de uma forma íntima. LUCINDA falou na bacalhoada que, finalmente, sai nesta noite, durante uma semana todinha. A “virada” do ano encontra-nos em casa. Vamos assistir a queima de fogos na laje de casa. Isso vai durar uns quinze minutos. Percebe-se que a maior queima de fogos está acontecendo no centro de GUARULHOS.
PAULO CÉSAR, KÁTYA, IAGO, NELSON, SORAYA EL MOUALLEM e outros familiares estão passando o fim de ano em PERUÍBE. Durante o dia, LUCINDA recebe telefonemas deles.

2 008       :      -     QUARTA-FEIRA
Fábio Sabag morreu na madrugada desta quarta-feira, aos 77 nos, vítima de câncer de próstata. Ele estava internado desde o dia 27 de novembro no Hospital Quinta D'Or, no Rio de Janeiro. O corpo do ator e diretor será enterrado em São Paulo. Sabag nasceu no dia 19 de novembro de 1931, em Bariri. Começou a trabalhar na GLOBO há 40 anos, nas funções de ator e diretor, dirigindo a primeira novela da emissora “A GRANDE MENTIRA”, em 1968. SABAG participou da primeira peça televisiva “O IMBECIL”, de PIRANDELLO, transmitida pela TV TUPI em 1950. Entre 1973 e 1977 atuou como assistente de DANIEL FILHO  e produtor artístico da Central Globo de Produção.Ele atuou em novelas globais como A Lua me Disse (2005), Kubanacan (2003) e Pecado Capital (1998). Fábio Sabag também dirigiu os folhetins Vamp (1991), Rainha da Sucata (1990), Que Rei Sou Eu? (1989) e Mandala (1987), entre outros. Também dirigiu o programa infantil “SÍTIO DO PICAPAU AMARELO e também na novela “FORÇA DE UM DESEJO”, em que interpretou o personagem BRENO RANGEL. 

Estamos em pleno final do velho ano. Numa quarta-feira, de temperatura alta, em nosso lar, sou acordado com uma discussão entre a MARLENE e o ALEMÃO. As rusgas de dezembro acabam com a expulsão do ALEMÃO da casa da MARLENE. Os motivos não chegam ao nosso conhecimento.
LUCINDA conta que NELSON e SORAYA foram passar a Virada do Ano numa casa de praia. Junto com eles foram outras famílias. Ficam aqui a KÁTIA e o IAGO. Estão combinando, junto com o PAULO CÉSAR, assistir a passagem do ano em plena AVENIDA PAULISTA. MARLENE e LUCINDA combinam que estaremos juntos na virada do ano.

A admiração dos jovens corredores brasileiros é a marca da despedida de VANDERLEI CORDEIRO DE LIMA como atleta profissional. Mesmo sem nunca ter vencido a SÃO SILVESTRE, o fundista de 39 anos é reverenciado pelas principais esperanças do BRASIL na prova de hoje. “Foi uma das minhas inspirações para chegar até aqui”, afirma o mineiro FRANCK CALDEIRA, 25 anos. “Lembro de torcer por ele na SÃO SILVESTRE em 1995.” A persistência do veteranos corredor paranaense é apontada como principal exemplo a ser seguido. “É o meu maior ídolo no esporte, um cara que não desiste nunca, mas não se abala” diz MARIA ZEFERINA BALDAIA, campeã da SÃO SILVESTRE em 2001. “A despedida dele é uma grande tristeza”. A consagração internacional do paranaense, com a medalha de bronze nos JOGOS DE ATENAS, em 2004, alimenta o sonho da nova geração de atletas brasileiros. “Ele é tudo para nós”, afirma a alagoana MARILY DOS SANTOS, de 29 anos, que representou o BRASIL nos JOGOS DE PEQUIM.
VANDERLEI faz sua despedida na mesma prova que o revelou internacionalmente. O 4º lugar na SÃO SILVESTRE de 1992 foi o primeiro resultado expressivo na carreira do atleta paranaense. Seu melhor desempenho na corrida paulista veio em 1996, com um 3º lugar. Ainda se recuperando de uma lesão no púbis, VANDERLEI descartou chances de pódio e garantiu um tom festivo na prova de hoje. “Não vou buscar resultado, o mais importante vai ser a participação”, disse o corredor, que não participa da prova desde 2005, quando terminou em 14º lugar.
Se na prova masculina as chances de vitória brasileira são escassas e dependem mais de “condições extra-pista”, no feminino, as atletas do BRASIL trazem expectativa de vitória reconhecida até mesmo pelas rivais africanas. MARIA ZEFERINA BALDAIA garantiu ontem que 2008 foi o melhor ano de sua carreira. Ainda no pelotão brasileiro, MARILY DOS SANTOS (única representante do País na Maratona dos JOGOS DE PEQUIM) e MARIZETE DOS SANTOS (campeã da Maratona do RIO) são fortes concorrentes. Elas foram elencadas pela queniana NANCY KIPRON, campeã da VOLTA DA PAMPULHA de da 10 NIKE 10 K RIO, outra favorita. “Estou há três meses no BRASIL pensando na SÃO SILVESTRE”, disse a queniana.    
O queniano James Kipsang, com o tempo de 44min42s, foi o vencedor da 84ª edição da Corrida de São Silvestre, realizada na tarde desta quarta-feira, em São Paulo. Com o resultado, o país africano ultrapassa o Brasil em número de vitórias no período internacional da corrida: são 11 êxitos dos estrangeiros contra dez dos anfitriões. A estréia internacional da prova foi em 1945 e, deste então, o Brasil teve sete vencedores: Sebastião Alves Moreira (duas vezes), José João da Silva (duas), Marílson Gomes dos Santos (duas), João da Mata, Ronaldo da Costa, Émerson Iser Bem e Franck Caldeira. Com o êxito de Kipsang, o Quênia vê apenas o seu quarto vencedor da disputa. Antes, Simon Chemwoyo (duas vezes), Robert Cheruiyot (três) e o ídolo Paul Tergat (cinco, incluindo o recorde de tempo da prova, 43min12) subiram, ao lugar mais alto do pódio na Avenida Paulista. Na prova deste ano da competição paulistana, os quenianos mais uma vez foram o destaque e fizeram também a segunda colocação, com Evans Cheruyot, atual campeão da Maratona de Chicago, com a marca de 45min16s. Kiprono Mutai, outro atleta do país africano, foi o terceiro, com a marca de 45min28. Completaram o pódio da prova masculina Marco Joseph, da Tanzânia, quarto colocado com a marca de 45min37s, e o colombiano William de Jesus, quinto com 45mmin47s. Maior esperança brasileira, Franck Caldeira abandonou a São Silvestre por volta dos 10 quilômetros corridos, cinco antes do final. O atleta do Cruzeiro foi o último vencedor do País da prova, em 2006. O Brasil foi a decepção na edição 2008: não colocou nenhum atleta no pódio e teve motivos para comemorar apenas com a despedida de Vanderlei Cordeiro de Lima, que cumpriu a promessa, fez aviãozinho ao cruzar a linha de chegada e beijou o chão, sendo novamente ovacionado pela torcida, assim como aconteceu na largada. O brasileiro melhor colocado foi Raimundo Nonato Souza Aguiar, sétimo colocado com o tempo de 46min05s. Giomar Pereira da Silva, outra esperança para barrar o favoritismo queniano, ficou em nono, com 46min35s. Apesar de ter chegado ao Brasil ofuscado por Cheruyot, Kipsang acumulou bons resultados nesta temporada e sua vitória não chega a ser uma surpresa, apesar de ter confirmado presença há apenas cinco dias. O queniano foi o segundo colocado na Maratona de Berlim, além de ter conseguido o quarto lugar na Maratona de Nova York, vencida pelo brasileiro Marílson dos Santos, que não participou da São Silvestre por estar contundido. A prova masculina teve início às 16h52 (de Brasília) e foi tranqüila a maior parte do tempo para Kipsang, que demorou pouco mais de 20 minutos para assumir a liderança, na região do Centro Velho de São Paulo. Com 50% de umidade no ar e a ameaça de chuva não cumprida, ele manteve ritmo suficiente para superar marca do conterrâneo Robert Cheruiyot em um segundo, vencedor no ano passado com 44min43. No momento do pódio, VANDERLEI CORDEIRO DE LIMA foi chamado pelos primeiros colocados para receber mais uma homenagem. RAIMUNDO NONATO SOUSA AGUIAR foi o brasileiro que se saiu melhor na corrida. Chegou apenas em sétimo.
Atleta brasileira melhor colocada na 84ª edição da São Silvestre, Fabiana Cristine Silva terminou na segunda posição de forma surpreendente e prometeu comemorar sua colocação final da disputa, apesar de não ter ficado no lugar mais alto do pódio. "Consegui encostar nas meninas da frente e cheguei em segundo lugar. Agora vou festejar essa colocação", prometeu a atleta brasileira. Fabiana, 30 anos, nasceu em Recife e contou com a ajuda do pífio desempenho das atletas quenianas. Mesmo assim, ela disse que o ritmo na maratona foi satisfatório. "Eu estou muito feliz. Me senti muito bem na prova, e graças a Deus deu tudo certo", disse a atleta, que admitiu o nível maior de disputa dos estrangeiros na prova masculina. Realmente, a prova masculina foi bem mais forte que o feminino, especialmente os estrangeiros. Mas felizmente, conseguimos representar bem nosso País", concluiu. MARILY DOS SANTOS cruzou a linha de chegada logo atrás de FABIANA. EDIELZA ALVES DOS SANTOS ocupou a quarta colocação, e LUZIA SOUZA PINTO a quinta.

Pelo menos 59 pessoas morreram hoje e 184 ficaram feridas em um incêndio em uma discoteca de Bangcoc, capital da Tailândia, que estava cheia de pessoas celebrando o Ano Novo, indicou a Polícia e os serviços de resgate. O incêndio ocorreu na discoteca Santika, situada no distrito de Ekamai, região cheia de clubes noturnos e locais de diversão em geral, disse Wotanan Wongsanga, segundo o chefe da delegacia local da Polícia. As chamas tomaram o local por volta da meia-noite pelo horário local, levando o pânico ente as centenas de clientes que buscaram a forma de fugir pela pequena porta da discoteca, quase um por um. O tenente-coronel Wongsang assinalou que até o momento se desconhecem as causas do incêndio, embora outras fontes policiais apontem que poderia ter sido um curto-circuito ou a explosão de fogos no local. Quando os bombeiros chegaram ao lugar várias dezenas de pessoas continuavam presas no interior do local e gritando por ajuda. Os bombeiros conseguiram extinguir as chamas somente 2 horas depois. "Depois de ouvir explosões, alguém grito fogo", declarou um dos trabalhadores da discoteca ao "canal 3" da televisão tailandesa. Segundo algumas testemunhas, as chamas começaram no primeiro de três andares, onde havia cerca de mil pessoas, na maioria de jovens. A maior parte dos feridos foi levada aos hospitais de Ramkhamhaeng e Kluynam Thai, em ambulâncias e caminhonetes dos serviços de urgência.

Recebo um telefonema do CORONEL MENDES. Ele encontra-se em casa, junto com a família, “preparado” para a entrada de 2009. Faço contatos telefônicos com: GINO (está organizando sua agenda para o ano que vem); CORONEL PM Ref DALMIRO GOMES (meu companheiro da Escola de Oficiais, que reside em SANTOS) e CARMEM (minha prima).

LUCINDA contava com a MARLENE para fazer a ceia de passagem do ano. Mas esta saiu à tarde e voltou “chumbada”. Deita no sofá da sala e somente depois de algumas horas é que vai melhorando. Consegue aprontar a ceia do último dia do ano, mas não se agüenta e volta a deitar. LUCINDA, JOÃO e eu vamos nos reunir no final de 2008 para a última refeição do ano. MARLENE está de “ressaca”. O PAULO CÉSAR, KÁTIA e IAGO foram para a AVENIDA PAULISTA.Após a ceia, LUCINDA também não se agüenta e vai deitar antes da passagem do ano. Hoje ela levantou muito cedo e agora está muito cansada.   

O público que já chegou à Avenida Paulista começa a acompanhar os shows que preparam o clima para o Réveillon. A abertura da festa ficou a cargo da banda potiguar Saia Rodada, que anima a multidão com forró. Apesar da previsão de chuva, o público chega ao local em bom número. A expectativa da organização do evento é que 2,3 milhões de pessoas compareçam a 12ª edição do evento. Este ano, os destaques são a queima de fogos de 15 minutos, com 100 mil tiros e 6 mil bombas multicoloridas, além de shows musicais com a banda Skank, o cantor Daniel e o grupo de axé Babado Novo. Quem vier à avenida vai ter 60 pontos para comprar alimentos e bebidas. Nos locais é possível encontrar cerveja (uma marca apenas) por R$ 3, mesmo preço do pacote de salgadinho, do refrigerante (cola ou guaraná), água gaseificada sabor limão. A garrafa de 500 ml de água custa R$ 2. Para quem quer um lanche mais elaborado, é possível encontrar um pão com salame e queijo por R$ 4. Para quem for comprar as bebidas de vendedores que se locomovem pelo meio do público é necessário atenção, pois os preços são diferenciados. Com eles, a cerveja pode custar até R$ 5. Outra conveniência do evento é uma área especial para deficientes, que fica em frente ao palco, na altura da rua ministro Rocha Azevedo. Após a apresentação do Saia Rodada a festa continua com o axé do Babado Novo, às 21h. O KLB assume a festa às 22h e é seguido pelo cantor Daniel, que sobe ao palco às 23h. Já em 2009, às 0h15, a vez é do pop rock do Skank. A última atração é a bateria da escola de samba Vai-Vai, campeã do Carnaval de São Paulo em 2008. A previsão é de que a festa vá ate as 2h30. Para facilitar a volta para a casa dos participantes, o Metrô e a SPTrans montaram um esquema especial com reforço nas linhas e operação estendida.


Sorridente e bem disposto, o presidente LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA passeou de barco no último dia do ano, no arquipélago de FERNANDO DE NORONHA. LULA chegou a NORONHA no dia 30, acompanhado da primeira-dama, MARISA LETÍCIA, dos filhos FÁBIO e SANDRO LUIZ, além de noras e netos. O presidente está hospedado no Casarão da Aeronáutica, localizado no alto de um morro. A intenção do presidente é descansar até o dia 11 de janeiro. De acordo com a assessoria de LULA, ele passará os últimos dias de suas férias na Base Naval de ARATU, em SALVADOR.

Faleceu ARISTIDES (TIDE) DE ALMEIDA HELLMEISTER. Aos 66 anos. Artista gráfico e plástico utilizava múltiplas técnicas, sendo a “colagem” a sua principal forma de expressão, que ele define: “Colagem é tudo. A vida é uma colagem”. Foi um dos pioneiros na implantação gráfica do JORNAL DA TARDE. Ilustrou durante anos a coluna do jornalista PAULO FRANCIS no O ESTADO DE SÃO PAULO e no GLOBO. Foi também editor de arte do jornal ÚLTIMA HORA. Ao longo do tempo criou diversas capas para livros, revistas e discos das mais importantes editoras e gravadoras do BRASIL. Criou cinco livros e realizou dezenas de exposições individuais. Recebeu prêmios nacionais e internacionais. 

As festas de ano-novo de BELÉM foram canceladas neste ano. Os moradores da cidade palestina, conhecida por ser o lugar onde teria nascido JESUS CRISTO, não acham certo celebrar a passagem do ano enquanto outros palestinos morrem na FAIXA DE GAZA.
O governo de ISRAEL decidiu manter a ofensiva contra o grupo palestino HAMAS na FAIXA DE GAZA pelo quinto dia seguido ao não aceitar uma proposta de cessar-fogo de 48 horas, feita pela FRANÇA. A decisão foi tomada no dia em que o número de mortes do lado palestino chegou a 393. Desde sábado, dia 27, três israelenses civis e um militar também foram mortos por mísseis do HAMAS. Os disparos do grupo palestino voltaram a atingir hoje cidades mais de 40 km de fronteira.  
  
O grupo terrorista basco ETA detonou hoje um furgão com cerca de cem quilos de explosivos diante da sede da TV pública do País Basco, a EiTB, na cidade basca de BILBAO. Ninguém morreu e apenas uma pessoa ficou levemente ferida, num ataque que as autoridades espanholas afirmaram ter sido voltado contra a “imprensa livre” do país.
No prédio que até 2007 era o Salão de Exposições da cidade, também estão as redações dos jornais “DEIA”, “EXPANSIÓN”, “EL MUNDO”, “MARCA” e das rádios “ANTENA 3” e “ONDA CERO”. Várias dezenas de janelas da parte de trás do prédio da EiTB ficaram estilhaçadas. A explosão ocorreu próxima à redação da edição digital da TV pública e do restaurante da empresa.

Pelo menos 54 pessoas morreram e mais de 100 ficaram feridas num incêndio dentro de uma discoteca de BANGCOC, na TAILÂNDIA, durante uma celebração de ANO NOVO. A imprensa local especulou que um curto-circuito é a provável causa do fogo que atingiu o clube noturno SANTIKA, numa das ruas mais populares da cidade tanto entre tailandeses quanto entre estrangeiros. No entanto, o vice-chefe da polícia local, THANAT WONGSANGA, disse que a causa do incêndio ainda não foi determinada.

Em outros países do ORIENTE, o Reveillon 2009 foi celebrado com muitas festas, luzes e cores. SYDNEY, na AUSTRÁLIA, realizou sua tradicional queima de fogos. No entanto, países árabes EGITO, DUBAI, JORDÂNIA e SÍRIA cancelam comemorações em solidariedade a GAZA.

VINCENT FORD, suposto autor do clássico do reggae NO WOMAN, NO CRY, que projetou BOB MARLEY (1945-1981) mundo afora, morreu hoje na JAMAICA, aos 68 anos, em decorrência do diabetes. Os aficionados sempre contestaram a autoria da canção, atribuída ao próprio MARLEY, que teria dado crédito ao velho amigo para ajudá-lo financeiramente com a arrecadação de direitos autorais. A primeira gravação de NO WOMAN, NO CRY (que ganhou versão brasileira de GILBERTO GIL) foi registrada por MARLEY no álbum NATTY DREAD, de 1974. FORD também recebeu crédito por mais três canções em outro álbum do cantor, RASTAMAN VIBRATION, de 1976.

Ele escreveu mais de 100 livros, dos quais 15 foram adaptados para o cinema. Nesta quarta-feira, DONALD E. WESTLAKE morreu no MÉXICO, onde passava férias. Tinha 75 anos e sua mulher, ABIGAIL, informou que o ataque fulminante do coração ocorreu quando o casal deixava o hotel para ir a uma festa de reveillon. Foi com o pseudônimo de RICHARD STARK que ele se tornou mais conhecido. Em cerca de 50 anos de carreira, ganhou três prêmios EDGAR (o OSCAR dos autores policiais), foi indicado para o OSCAR de verdade pelo roteiro de “OS IMORAIS”, de STEPHEN FREARS, e recebeu o título de mestre, outorgado pela Associação dos Escritores de Mistério dos EUA, em 1993.
Seu primeiro livro, OS MERCENÁRIOS, data de 1960. O que seria o 105º, GET REAL, estava programado para sair em 2009, mais ainda não está claro se WESTLAKE conseguiu conclui-lo. Ele também usou pseudônimos como TUCKER COE, SAMUEL HOLT e EDWIN WEST, mas foi como RICHARD STARK que escreveu seus melhores livros. Em 1967, JOHN BOORMAN fez um dos grandes filmes daquela década baseado em RICHARD STARK – Â QUEIMA-ROUPA, com LEE MARVIN, incorporou novas técnicas de narrar (absorvidas do francês ALAIN RESNAIS) a um tenso relato policial. Mais de 30 anos depois, “À QUEIMA-ROUPA” virou “O TROCO” e o diretor e roteirista BRIAN HELGELAND jura que seu filme foi estragado pelo astro MEL GIBSON na montagem. Curiosamente, o roteiro de “OS IMORAIS” foi assinado pelo autor com seu nome verdadeiro. Poucas vezes se viu uma dupla de predadores como as que cercavam JOHN CUSACK – ANGÉLICA HUSTON como sua mãe e ANNETTE BENING como a amante. 

2 009      :        -         SEXTA-FEIRA
Neste dia 31, encerrando o ano 2009, procuro colocar toda a minha papelada em ordem. Passo a manhã na biblioteca cuidando dos últimos jornais de 2009, recortando-os por assunto e arquivando.
Estamos terminando 2009 preocupadíssimos com o estado de saúde do GINO. Ele não merecia passar essa época de festas em tal situação. Não tenho como ligar para seus familiares nesse último dia do ano. Não há o que se comemorar na casa dos STRUFFALDI.
Recebo um telefonema de minha filha MARIZETE. Com um certo atraso ela dá os parabéns pelo meu aniversário e pela passagem do ano. Ela está preocupada com seu filho FELIPE. Ele está sendo removido, no seu trabalho, para a cidade de JUNDIAÍ, onde deverá morar enquanto estiver a serviço da PHILLIPS nessa cidade. Conta ela como estão passando o final de 2009, de certa maneira agitada pela situação do filho.  
Depois, no computador, vou ver as mensagens recebidas. Uma delas é do ISAAC, nosso velho companheiro do Curso Superior de Polícia, em 1987:

Ventura embora com atraso de 4 dias gostaria de dar um grande abraço pelos seus 73 anos de vida bem vividos e registrados. Quero também dizer que o dia 27 de Dezembro é quando nascem as pessoas privilegiadas, o meu filho mais velho também é nascido no dia 27, tendo completado 43 anos este ano. Estive ausente do computador pq meus netos estiveram neste período em minha casa e como são 6, não  sobra tempo para o Vô. Feliz 2010 para vc e os seus. Isaac.

Meu amigo ISAAC
Agradeço pela lembrança. Graças a você eu revirei meus arquivos e coloquei na web o período em que cursamos o CSP-87. Estava tudo escrito à mão e, com a velha persistência do capricorniano, consegui o objetivo proposto quando você entrou em contato comigo. Depois, em 5 de agosto, comecei a empreitada de colocar as memórias num blog. Caso seja feliz em meu intento, pretendo em 2010 terminar essa minha iniciativa.
Ainda hoje lançarei no blog o primeiro dia de janeiro de 2009. Passam de 50 páginas.
Aproveito o momento para desejar a você, seus familiares e amigos um feliz ANO NOVO.  

Ainda pelo GRUPO BARRO BRANCO recebo:
Queridos amigos,
Estamos terminando uma etapa de nossas vidas e no limiar de um novo ano.
É uma época de festas, de confraternização, de encontros e desencontros.
Independentemente de toda essa agitação, é um momento em que podemos refletir sobre tudo de bom ou de ruim que nos aconteceu e, com a experiência adquirida, eliminarmos o que não presta e reordenarmos nossas vidas aproveitando o que temos de melhor.
Desejamos a todos vocês que possam planejar tudo de bom para o Ano Novo e que seus planos se tornem realidade, com muita Saúde, Trabalho, Prosperidade, Harmonia, Paz e Alegria...
Que o Criador ilumine e guarde a todos vocês e aos que lhes são caros...
Abraços fraternos e
Feliz 2010!...

Um braço do Crime Organizado. Um DESAFIO ao país
TOGNETTI, Americo para GBB
Eleições: Uma oportunidade!!! Mais importante que os cargos majoritários, são os parlamentares que são a base do Poder Político.
Nós do GBB e da PM em geral podemos contribuir muito para melhorar esse núcleo do poder, elegendo nossos companheiros PAES de LIRA  e OLÍMPIO com uma grande votação, de modos a chamar a atenção do meio para nossa capacidade de mobilização, de articulação e interferência no processo político DESTE país. Temos que ser mais coesos, mais incisivos e precisos que outras organizações, como sindicatos e congêneres, afinal, somos estrategistas, ou não? Reflitam, constatem que nunca foi, não é e nunca será bom para nós a DISPERSÃO, a pulverização dos nossos votos que redunda na não eleição dos candidatos do nosso meio. Lembrem que já perdemos a oportunidade de manter forte no cenário político um dos nossos companheiros mais bem aparelhados para circular com sucesso no centro do poder deste pais que é o Governador FLEURY, um valor com uma bagagem de experiencias que raros homens-publicos deste pais já teve, que até por gratidão a Corporação deveria ter aderido fortemente a ele. Analisem bem. Constatem. Não percamos oportunidades raras para nos fortalecer e ajudar o Brasil a enfrentar esse 'status-quo' que gera e mantem situações como a descrita na reportagem abaixo:
30/12/09 - 19h56
 Por: Bruno Pongas no site da JovemPan
Polícia apreende armamento pesado na Zona Leste
Bandidos carregavam arsenal em ônibus de linha comum
Policiais da Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota) apreenderam nesta quarta-feira (30) nove armas de grande poder de fogo na esquina da Avenida Aricanduva com a Rua Ragueb Chofi, Zona Leste de S.Paulo. No arsenal apreendido, figuram duas metralhadoras calibre 30, capazes de derrubar um helicóptero.
Três homens e uma mulher foram presos com o armamento, que estava sendo transportado em um ônibus de linha comum.
De acordo com a PM, duas pessoas estavam no coletivo enquanto outros dois davam cobertura num Fiat Uno que vinha logo atrás. Junto às metralhadoras, foram apreendidas escopetas, fuzis e uma outra metralhadora 9 mm.
(sintam que ações como essa e outras que não chegam ao nosso conhecimento, tem sido possíveis em razão do empenho, dedicação e capacidade profissional do nosso companheiro, que muito nos orgulha, que é o Capitão PM da Reserva não remunerada Antonio FERREIRA PINTO, Secretario da Segurança Pública do mais importante Estado desta República) Analisem 'matematicamente', sem individualismos, sem paixões frívolas...)
Tenhamos, todos um FELIZ 2010!!! O Brasil precisa...

Na tarde assisto a SÃO SILVESTRE. Pelo terceiro ano seguido, os quenianos dominaram a corrida. PALASIA KIPKOECH liderou toda a prova feminina e JAMES KIPSANG KWAMBAI arrancou, a partir do oitavo quilômetro, para conquistar o bicampeonato masculino. Os melhores brasileiros foram MARILY DOS SANTOS, terceira colocada, e CLODOALDO GOMES DA SILVA, o oitavo. MARIA ZEFERINA BALDAIA chegou em quarto, e CRUZ NONATA DA SILVA, em quinto. Entre as mulheres a sérvia OLIVERA JEVTIC chegou em segundo lugar.
Já está virando rotina. No último dia do ano, as ruas de SÃO PAULO se rendem à habilidade, técnica e velocidade dos quenianos. Hoje, novamente eles apareceram, sorridentes e esbanjando enorme simpatia, no ponto mais alto do pódio da Corrida de SÃO SILVESTRE.
Com o triunfo na quente e ensolarada tarde do último dia de 2009 – com temperatura acima de 30 graus – o QUÊNIA se consolida como o país mais vencedor da SÃO SILVESTRE. Agora são 19 títulos, diante de 15 dos brasileiros e 11 dos portugueses.
O maior ganhador entre os homens segue sendo PAUL TERGAT, com cinco conquistas e detentor do recorde da prova. KWAMBAI ganhou pelo segundo ano seguido. ELIAS KOMBOI chegou em segundo e ROBERT CHERUIYOT, que buscava o quarto título, chegou em terceiro. Os colombianos DIEGO COLORADO e WILLIAM NARANGO completaram o pódio.

Em clima de COPA DO MUNDO, mais de dois milhões de pessoas invadem hoje a Avenida PAULISTA. Os dois quilômetros interditados da via vestem as cores da Bandeira brasileira e têm transmissão simultânea, e em alto e bom som, de toda a festa. A festa começa às 20:30 horas. A primeira a subir ao palco é PITTY, seguida por DUDU NOBRE. Depois se apresenta MARIA RITA. Fazendo sua despedida como dupla ÉDSON & HUDSON são os últimos a subirem ao palco antes da contagem regressiva.
Por volta das 22:30 horas, LUCINDA, MARLENE e eu vamos para a casa do NELSON e SORAYA. Lá, com os familiares reunidos: PAULO CÉSAR, KÁTIA, IAGO, BRUNO e mais tarde também com o JOÃO GOMES, além de outras pessoas amigas da família da SORAYA e NELSON, aguardamos a chegada de 2010. Essa amizade se solidifica com o passar dos anos. Assistimos a queima de fogos nas diversas ruas de GUARULHOS. Na PAULISTA são 100 mil fogos, revoada de balões, canhões de luz e seis mil bombas coloridas. Tudo sincronizado com uma trilha sonora especial. Depois, MARTINHO DA VILA toma o palco. E KLB homenageia os BEATLES. A MOCIDADE ALEGRE fecha a festa às 2:30 horas.

Ao redor do mundo, diversos países comemoraram a chegada de 2010 em grande estilo. O ANO NOVO começou primeiro no PACÍFICO SUL. À meia-noite na NOVA ZELÂNDIA, um grande espetáculo de fogos de artifício teve início no SKY TOWER, em AUCKLAND. Uma exibição ainda maior ocorreu na BAIA DE SYDNEY, na AUSTRÁLIA, onde mais de quatro toneladas de explosivos criaram um show de luz e cor no céu sobre a famosa ponte da cidade. Estima-se que a multidão na área da baía chegou a 1,5 milhão para prestigiar a festa.
A capital japonesa, TÓQUIO, recebeu 2010 no estilo tradicional: com o som dos sinos dos templos da cidade tocados à meia-noite. O templo de SENSOJI, um dos mais antigos da cidade, foi enfeitado com faixas e cartazes com mensagens de um FELIZ ANO NOVO.
Em MOSCOU, apesar de uma forte nevasca e de temperaturas de dez graus abaixo de zero, uma série de celebrações foi organizada na PRAIA VERMELHA.
Em NOVA IORK, nos EUA, a praça de TIMES SQUARE se preparou para receber um público de cerca de um milhão de pessoas para a tradicional contagem regressiva. Mas a festa por lá é acompanhada com receio. A segurança no centro da cidade foi reforçada, e as pessoas eram proibidas de se aproximar de TIMES SQUARE com mochilas ou grandes sacolas. A polícia local acredita que a cidade seja o alvo número um dos terroristas.

Já chegam a 19 o número de mortes no Estado do RIO, todos causados por deslizamentos de terra e desabamento de residências. Duas pessoas morreram em VAZ LOBO, e outras duas na comunidade FAZENDA DA BICA, entre QUINTINO e CASCADURA. Uma menina de nove anos morreu e outra ficou ferida em um deslizamento de terra na Rua VÁRZEA, no MORRO DO SAPÉ, em IRAJÁ. Outra pessoa também morreu no bairro.
Segundo a Defesa Civil de NITERÓI, duas irmãs, uma de 3 e outra de 12 anos, morreram soterradas no bairro CUBANGO. A mãe e outra irmã sobreviveram e foram encaminhadas ao Hospital Estadual AZEVEDO LIMA. Em BELFORD ROXO, uma jovem de 17 anos e seu bebê, de apenas três dias, morreram soterradas. O desabamento de uma encosta em SÃO JOÃO DE MERITI também matou uma pessoa. Em DUQUE DA CAXIAS, um menino de sete anos não resistiu, depois de ser atingido pela parede de seu quarto, que caiu na madrugada.
O desabamento de uma casa no fim da noite, em JACAREPAGUÁ, matou uma família de cinco pessoas. A mãe chegou a ser resgatada com vida, mas faleceu no Hospital SALGADO FILHO. Duas meninas, uma de 11 e outra de 9 anos, foram vítimas de um desabamento em PIABETÁ, distrito de MAGÉ, por volta das 16 horas. ANA CAROLINA SANTOS SILVA, de 11 anos, morreu soterrada depois que uma barreira atingiu sua casa na Rua ROBERTO SILVEIRA, 69. Um homem que morava perto do endereço também faleceu.
As regiões mais atingidas pela chuva foram a ILHA DO GOVERNADOR, a BAIXADA FLUMINENSE (principalmente o município de DUQUE DE CAXIAS). Em NOVA IGUAÇU, o RIO BOTAS e o RIO SARAPÚI transbordaram.   

O segurança EDUARDO SOARES POMPEU, de 47 anos, funcionário da padaria DONA DEÔLA, de HIGIENÓPOLIS, afirmou que agiu em legítima defesa e que esfaqueou no susto o empresário DÁCIO MÚCIO DE SOUZA JÚNIOR, de 29 anos, no último domingo. O crime aconteceu durante uma discussão entre os dois, em frente à padaria. DÁCIO era um dos herdeiros do GRUPO EUROPA, que fabrica purificadores de água.
POMPEU se entregou à policia 23:35 horas de ontem. Ele, que estava foragido desde o dia do crime, alegou que agiu em legítima defesa. A Justiça decretou a prisão temporária por 30 dias, do segurança.   

Oito civis americanos que trabalhavam para a CIA, e cinco canadenses, sendo quatro soldados, morreram nas últimas 24 horas no AFEGANISTÃO. Os americanos foram vítimas de um atentado em RC-EAST, segundo funcionários da embaixada dos ESTADOS UNIDOS em CABUL. Já o departamento de Defesa de WASHINGTON disse que eles morreram numa base militar em um ataque suicida.

Um tiroteio em um movimentado shopping de ESPOO, perto da capital da FINLÂNDIA, HELSINQUE, deixou cinco mortos. As vítimas são três homens e uma mulher que estavam no centro comercial. O quinto corpo é do atirador, identificado como IBRAHIM SHKUOLLI, de 43 anos, um estrangeiro residente da FINLÂNDIA, que se matou após o crime.
Além das vítimas do shopping, os agentes confirmaram uma sexta morte relacionada ao tiroteio: a da ex-mulher do autor dos disparos. O corpo foi encontrado nas proximidades do centro comercial.

Os comerciantes de ALBINA, cidade a 150 km da capital do SURINAME, começam a sentir os efeitos do ataque a brasileiros no último dia 24 por quilombolas. O movimento na cidade diminuiu substancialmente com a saída dos garimpeiros brasileiros. Algumas lojas fecharam as portas. Mesmo os compradores que saíam da GUIANA FRANCESA em busca de produtos mais baratos em ALBINA preferem não aparecer na cidade. O movimento nas lojas, que aumenta na região nesta época do ano, é agora comparado às vendas de um dia comum.

SOBRE A LEI DA ANISTIA E A COMISSÃO NACIONAL DA VERDADE:
Diante das inúmeras mensagens recebidas pelo CNOR, manifestando a preocupação e o repúdio dos Oficiais R/2 com o noticiário acerca de tentativas de revogação da Lei nº 6.683, promulgada pelo presidente João Figueiredo em de 28 de agosto de 1979, conhecida como Lei da Anistia, e ainda com o teor do Decreto Presidencial denominado Programa Nacional de Direitos Humanos (PNDH-3), que cria a chamada "Comissão Nacional da Verdade", supostamente para apurar torturas e desaparecimentos durante o regime militar (1964-1985), o Presidente do Conselho Nacional de Oficiais R/2 do Brasil RESOLVE expedir o seguinte comunicado:
 
COMUNICADO
 
 1 - O objeto das manifestações de repúdio atinge, principalmente, o capítulo sexto do Programa Nacional de Direitos Humanos anunciado pelo Presidente da República no dia 21 de dezembro último e publicado no "Diário Oficial" da União, no dia seguinte. No referido capítulo, denominado "Eixo Orientador 6: Direito à Memória e à Verdade", duas propostas são severamente criticadas nas manifestações da Oficialidade R/2: identificar e tornar públicas as "estruturas" utilizadas para violações de direitos humanos durante a “ditadura” e criar uma legislação nacional proibindo que ruas, praças, monumentos e estádios tenham nomes de pessoas que praticaram “crimes” naquele período.
2 - O chamado Programa Nacional de Direitos Humanos, oriundo da Secretaria de Direitos Humanos do Governo Federal, nada mais é do que uma das inúmeras tentativas de revanchismo já perpetradas por antigos militantes da esquerda derrotada pela Revolução de 1964.
3 - A Lei da Anistia, editada pelo governo militar em 1979, foi responsável pela pacificação nacional e conduziu o nosso país à desejada redemocratização. Ela, acertadamente, beneficiou ambos os lados. De uma parte, os militares que supostamente praticaram delitos e desvios de conduta na repressão aos movimentos armados que combatiam o governo revolucionário; de outra, os militantes de esquerda que, inconformados com a derrota de suas pretensões de instalar no Brasil uma ditadura socialista similar à existente em Cuba, recorreram à luta armada numa frustrada e sangrenta política de enfrentamento.
4 - Foi a Lei da Anistia, tendo como principal corolário o restabelecimento da normalidade democrática em nosso país, que, em última análise, proporcionou a muitos dos antigos guerrilheiros e militantes esquerdistas, a oportunidade de livremente assumirem postos importantes no cenário político-administrativo brasileiro.
5 - A revogação da Lei da Anistia, ou a sua revisão objetivando a incriminação de militares por supostos crimes praticados naquele período, além de flagrantemente inconstitucional, ainda exigiria, por certo, o indiciamento de numerosos militantes esquerdistas, acusados, e muitos deles condenados, pela prática de crimes de natureza diversa, inclusive crimes de sangue, atingindo, via de consequência, vários cidadãos e cidadãs, atualmente membros de diferentes níveis governamentais.
6 - Este Conselho, convicto de que tais procedimentos reabririam antigas cicatrizes, gerando um cenário de confrontos já amplamente superados, em especial pelas novas gerações, podendo conduzir o país a uma indesejável situação de instabilidade institucional, REPUDIA, REJEITA E DENUNCIA à sociedade nacional as pretensões irresponsáveis de alguns maus brasileiros, que em nome da busca de uma falsa “verdade histórica”, mas claramente movidos por sentimentos retrógrados de revanchismo próprios de regimes totalitários, procuram destruir a tranquilidade e o progresso de uma nação, cuja história jamais aprovou seu ideário. Na verdade são indivíduos inconformados com a vitalidade da nossa democracia e incapazes de conviverem pacificamente com todas as correntes do pensamento nacional,
7 - Finalmente, diante da gravidade dos fatos que poderiam advir, caso a inconseqüência de algumas das propostas do Programa Nacional de Direitos Humanos fossem adotadas, o Conselho Nacional de Oficiais R/2 do Brasil manifesta o seu integral APOIO ao posicionamento contrário às referidas proposições, externado pelo Ministro da Defesa e pelos Comandantes das Forças Armadas Brasileiras.
  
Rio de Janeiro, 31 de dezembro de 2009
Sérgio Pinto Monteiro - 2º Ten R/2 Art
Presidente do CNOR        

2 010       :      -        SEXTA-FEIRA
O ESTADO DE SÃO PAULO – NOTAS & INFORMAÇÕES – BALANÇO FINAL.
A era LULA – que pode, ou não, ter chegado ao fim neste 31 de dezembro – foi um período único na história da República. À parte as razões mais óbvias disso, a começar da singular trajetória do presidente e de sua excepcional aptidão para se fazer idolatrado pela maioria dos brasileiros, o ciclo de oito anos que se encerra formalmente hoje se distingue por entrelaçar o melhor e o pior que um governante eleito pelo voto popular já proporcionou ao País. Esse entrelaçamento é o que desaconselha julgar a presidência LULA de um modo esquemático. Dela já se disse, por exemplo, que o seu lado bom não é novo e o seu lado novo não é bom. O jogo de palavras antepõe duas coisas sabidas. De um lado, o que sem dúvida foi a decisão crucial do presidente de preservar, quando não aprofundar, as linhas mestras da política macroeconômica implantada pelo seu antecessor FERNANDO HENRIQUE CARDOSO. De outro, a política nefasta, em escala sem precedentes, de subordinar o Estado aos interesses da confraria partidária-sindical que se converteu, graças a sua eleição, na nova elite do poder no BRASIL. Ao que se soma a degradação das relações entre o Executivo e o Legislativo e a exploração deslavada do carisma presidencial.
Na realidade, a primeira metade do argumento omite que LULA não apenas teve a lucidez de manter os princípios de gestão econômica que até hoje ele chama de “herança maldita” – provavelmente o que a sua retórica teve de mais mistificador – como ainda chefiou um governo que demonstrou ter a competência necessária para fazê-lo. Ao mesmo tempo, ele fazia valer a sua liderança para enquadrar a companheirada insatisfeita com o pragmatismo responsável na condução da economia, sem o qual repita-se pela enésima vez, o BRASIL não teria tirado o proveito que tirou de um dos maiores ciclos de expansão dos negócios globais no pós-guerra. E sem o qual, no limite, não teria sido possível resgatar 28 milhões de pessoas da pobreza extrema e alçar outros 36 milhões à classe média.
Já a segunda metade do argumento omite que o mesmo LULA, que não há de ter estado alheio ao mensalão; que não teria por que se surpreender com o vexame dos “aloprados” na campanha eleitoral de 2006; que se entregou de corpo e alma aos expoentes do atraso, do patrimonialismo e da venalidade no sistema político nacional; e que, enfim, se colocou acima do próprio Estado do qual deveria ser o primeiro servidor, ao se declarar a “encarnação do povo”, nunca se dispôs a alterar a Constituição para disputar um terceiro mandato consecutivo, ao contrário do que a oposição dava como certo. É verdade que ele se serviu desbragadamente do governo para eleger a ministra DILMA ROUSSEFF. Mas, na soma algébrica dos prós e dos contras, ele tem a seu crédito a estabilidade das regras democráticas no País. Outro paralelo semelhante, desse ângulo, é o da atitude de LULA em relação à imprensa Tomados pelo valor de face, os seus virulentos ataques aos meios de comunicação expressariam uma intenção liberticida. E, no entanto, no que dependeu dele, a imprensa brasileira é hoje tão livre como no dia 1º de janeiro de 2003 O LULA falante, por sinal, é uma caricatura do LULA governante. Se o seu governo tivesse que ser julgado pela catadupa de palavras impróprias – e não raro mentirosas – que ele proferiu, nada mitigaria a percepção de que o BRASIL viveu um período de retrocesso e de achincalhe de instituição presidencial. O problema, de novo, e destrinchar as coisas. Os abusos verbais de LULA, às vezes à beira do impublicável, remetem ao espetáculo da política personalista e ao lado rústico de um temperamento construído sob a servidão da vicissitude. Mas as suas políticas resultaram de outro traço de sua formação – o da opção preferencial pela conciliação de interesses, que o LULA líder sindical aprendeu na mesa de negociação com o patronato. Dos beneficiários do Bolsa-Família ao grande capital, todos tiveram o seu quinhão. Na mesma conjuntura de bonança econômica um outro presidente poderia não ter idêntica sensibilidade para os dividendos políticos da acomodação. A simbiose de ótimo e péssimo que marcou a era LULA teve nisso o seu ponto culminante.

Foi preso ontem no RIO JOÃO MICHEL D´ALINCOURT ESTEVES, de 22 anos, conhecido como MALUQUINHO. Ele é acusado de ser integrante de uma quadrilha da facção criminosa que atuava no COMPLEXO DO ALEMÃO e responsável por praticar roubos a residências e lojas em JACAREPAGUÁ e TIJUCA. MALUQUINHO também é acusado pelo assassinato de um policial militar e é suspeito de envolvimento na tentativa de homicídio de seu próprio sogro, que teria informado à Polícia Militar o local onde o foragido morava.

Depois de assaltar uma residência e levar uma moradora como refém, cinco rapazes trocaram tiros com a Polícia Militar, na madrugada, em ARARAS. No tiroteio, uma adolescente identificada como JENNIFER, de 14 anos, foi atingida na nádega por uma bala perdida enquanto passava pelo local e morreu. Com veia femoral rompida, ela teve hemorragia, foi socorrida, mas morreu durante a madrugada.

A chuva que atinge o ESPÍRITO SANTO deixou 7,3 mil pessoas desabrigadas em 34 municípios. Hoje, a Defesa Civil retificou o número de mortos para quatro – a perícia revelou que uma mulher, que teria sido levada pelas águas em CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM, foi assassinada por enforcamento. Em MINAS GERAIS, subiu para 72 o número de municípios afetados pelos temporais. O Estado já contabiliza 15 mortos. 

FELIZ OLHAR NOVO!!!
"O grande barato da vida é olhar para trás e sentir orgulho da sua história.
O grande lance é viver cada momento como se a receita da felicidade fosse o AQUI e o AGORA.
Claro que a vida prega peças.
É lógico que, por vezes, o pneu fura, chove demais...
Tem sentido ficar chateado durante o dia todo por causa de uma discussão na ida pro trabalho?
Quero viver bem. 2010 foi um ano cheio.
Foi cheio de coisas boas e realizações, mas também cheio de problemas e desilusões.
Normal.
Às vezes se espera demais das pessoas.
Normal.
A grana que não veio, o amigo que decepcionou...
Normal.
2011 não vai ser diferente.
Muda o século, o milênio muda, mas o homem é cheio de imperfeições, a natureza tem sua personalidade que nem sempre é a que a gente deseja, mas e aí? Fazer o quê? Acabar com seu dia? Com seu bom humor? Com sua esperança?
O que eu desejo para todos nós é sabedoria!
E que todos saibamos transformar tudo em uma boa experiência!
Que todos consigamos perdoar o desconhecido, o mal educado. Ele não pode ser responsável por um dia ruim...
Entender o amigo que não merece nossa melhor parte. Se ele decepcionou, passe-o para a categoria 3, a dos amigos. Ou mude de classe, transforme-o em colega. Além do mais, a gente, provavelmente, também já decepcionou alguém.
O nosso desejo não se realizou?
Beleza, não estava na hora, não deveria ser a melhor coisa para esse momento, mas lembre-se: CUIDADO COM SEUS DESEJOS, ELES PODEM SE TORNAR REALIDADE!
Chorar de dor, de solidão, de tristeza, faz parte do ser humano.
Mas se a gente se entende e permite olhar o outro e o mundo com generosidade, as coisas ficam diferentes.
Desejo para todos esse olhar especial!
2011
pode ser um ano especial, muito legal, se entendermos nossas fragilidades e egoísmos e dermos a volta nisso.
Somos fracos, mas podemos melhorar. Somos egoístas, mas podemos entender o outro.
2011 pode ser o bicho, o máximo, maravilhoso, lindo, espetacular...
Ou... Pode ser puro orgulho!
Depende de mim, de você!
Pode ser. E que assim seja!!!

Feliz olhar novo!!!

Que a virada do ano não seja somente uma data, mas um momento para repensarmos tudo o que fizemos e que desejamos, afinal sonhos e desejos podem se tornar realidade somente se fizermos jus e ACREDITARMOS neles!  
Ligue 2011, não deixe a memória acabar e processe todos os seus sonhos."
Autora: Ana Carolina Miranda, jovem estudante de arquitetura.
Tomo conhecimento da mensagem do CÁSSIO MARTIN sobre o filme SP 32:
Olá Caro Amigo(a) do PROJETO SP32
Antes de mais nada...
BOAS FESTAS E FELIZ ANO NOVO
Se VC recebeu este email, é porque VC é uma pessoa, muito especial e querida. Agradecemos toda a sua ajuda e colaboração neste trabalho.
Segue abaixo um link para o Youtube, onde acaba de ser postado um pequeno TRAILER do SP 32 ( 2:25 min. )Ainda é um Trailer provisório, logo teremos o definitivo.
Em Maio de 2011 será lançado em DVD a versão Curta Metragem ( 15 min. ) 
Até breve e muito obrigado,
Att.: Cássio Martin e Equipe
PRO-STUDIO - ANAVIDEO PRODUÇÕES Ltda
(11) 2272.4951 / 7720.1504 - ID: 55*30*63961
comunicação integrada  som & imagem

Senhor Deus, dono do tempo e da eternidade, teu é o hoje e o amanhã, o passado e o futuro.
Ao acabar mais um ano, quero te dizer obrigado por tudo aquilo que recebi de Ti.
Obrigado pela vida e pelo amor, pelas flores, pelo ar e pelo sol, pela alegria e pela dor, pelo que é possível e pelo que não foi.
Ofereço-te tudo o que fiz neste ano, o trabalho que pude realizar, as coisas que passaram pelas minhas mãos e o que com elas pude construir.
Apresento-te as pessoas que ao longo destes meses amei, as amizades novas e os antigos amores, os que estão perto de mim e os que estão mais longe, os que me deram sua mão e aqueles que pude ajudar, os com quem compartilhei a vida, o trabalho, a dor e a alegria.
Mas também, Senhor, hoje quero Te pedir perdão.
Perdão pelo tempo perdido, pelo dinheiro mal gasto, pela palavra inútil e o amor desperdiçado.
Perdão pelas obras vazias e pelo trabalho mal feito, perdão por viver sem entusiasmo.
Também pela oração que aos poucos fui adiando e que agora venho apresentar-te, por todos meus olvidos, descuidos e silêncios, novamente te peço perdão.
Nos próximos dias começaremos um novo ano. Paro a minha vida diante do novo calendário que ainda não se iniciou e Te apresento estes dias, que somente Tu sabes se chegarei a vivê-los.
Hoje, Te peço para mim, meus parentes e amigos, a paz e a alegria, a fortaleza e a prudência, a lucidez e a sabedoria.
Quero viver cada dia com otimismo e bondade, levando a toda parte um coração cheio de compreensão e paz.
Fecha meus ouvidos a toda falsidade e meus lábios a palavras mentirosas, egoístas ou que magoem.
Abre, sim, meu ser a tudo o que é bom.
Que meu espírito seja repleto somente de bênçãos para que as derrame por onde eu passar.
Senhor, a meus amigos que lêem esta mensagem, enche-os de sabedoria, paz e amor. E que nossa amizade dure para sempre em nossos corações.
Enche-me, também, de bondade e alegria, para que todas as pessoas que eu encontrar no meu caminho possam descobrir em mim um pouquinho de Ti.
Dá-nos um ano feliz, e ensina-nos a repartir felicidade.
Amém.

TÍTULO DE NOMEAÇÃO 388, DE 30 DE DEZEMBRO DE 2010
GILBERTO KASSAB, Prefeito do Município de São Paulo, usando das atribuições que lhe são conferidas por lei, RESOLVE:
NOMEAR
SECRETARIA MUNICIPAL DE COORDENAÇÃO DAS SUBPREFEITURAS
1 – AIRTON NOBRE DE MELLO, RF 756.788.0, a partir de 10.01.2011, para exercer o cargo de Subprefeito, Ref. SP, da Subprefeitura Casa Verde, constante da Lei 13.682/03.
2 – ARISTEU ALVES DE OLIVEIRA, RG 7.994.690-SSP/SP, a partir de 10.01.2011, para exercer o cargo de Chefe de Gabinete, Ref. DAS-15, da Chefia de Gabinete , do Gabinete do Subprefeito, da Subprefeitura Casa Verde, constante da Lei 13.682/03.
3 – WALTER ABRAHÃO FILHO, RF 778.596.8, a partir de 11.01.2011, para exercer o cargo de Assessor Especial, Ref. DAS-16, da Assessoria Especial, do Gabinete do Secretário, da Secretaria Municipal de Coordenação das Subprefeituras, constante do Decreto 45.683/05.
4 – SERGIO CARLOS FILHO, RF 779.778.8, a partir de 10.01.2011, para exercer o cargo de Subprefeito, Ref. SP, da Subprefeitura Pirituba/Jaraguá, constante da Lei 13.682/03.
5 – FERNANDO DE SOUZA BRITO, RG 7.451.375-SSP/SP, a partir de 10.01.2011, para exercer o cargo de Chefe de Gabinete, Ref. DAS-15, da Chefia de Gabinete, do Gabinete do Subprefeito, da Subprefeitura Pirituba/Jaraguá, constante da Lei 13.682/03.
6 – ANDREA CATHARINA PELIZARI PINTO, RF 780.149.1, a partir de 11.01.2011, para exercer o cargo de Assessor Especial, Ref. DAS-15, do Gabinete do Secretário, da Secretaria Municipal de Coordenação das Subprefeituras, constante do Decreto 45.683/05.
7 – ROBERT EDER NETO, RG 7.591.601-SSP/SP, a partir de 10.01.2011, para exercer o cargo de Subprefeito, Ref. SP, da Subprefeitura Guaianases, constante da Lei 13.682/03.
8 – SAINT CLAIR DA ROCHA COUTINHO SOBRINHO, RG 6.402.350.3, a partir de 10.01.2011, para exercer o cargo de Chefe de Gabinete, Ref. DAS-15, da Chefia de Gabinete, do Gabinete do Subprefeito, da Subprefeitura Guaianases, constante da Lei 13.682/03.
9 – RUBENS APARECIDO RAFAEL, RG 6.462.904-SSP/SP, a partir de 10.01.2011, para exercer o cargo de Chefe de Gabinete, Ref. DAS-15, da Chefia de Gabinete, do Gabinete do Subprefeito, da Subprefeitura Jaçanã/Tremembé, constante da Lei 13.682/03.
Por Felipe Recondo, estadao.com.br, Atualizado: 31/12/2010 10:35: - Lula decide pela permanência de Cesare Battisti no Brasil: - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva acaba de decidir, depois de uma reunião, nesta sexta-feira, 31, com o Advogado Geral da União, Luis Inácio Adams, que o ex-ativista Cesare Battisti, condenado à prisão perpétua por quatro assassinatos na década de 70, vai continuar no País, não sendo, portanto, extraditado para a Itália. Em seu último dia no cargo, Lula acatou o argumento da AGU, que, usando um artigo do Tratado de Extradição entre Brasília e Itália, avaliou que a extradição de Battisti colocava a vida do ex-ativista em risco de perseguição e até de morte. Battisti foi condenado a prisão perpétua na Itália em 1987 por quatro assassinatos promovidos pela organização Proletários Armados pelo Comunismo (PAC). Preso na Penitenciária da Papuda desde março de 2007, aguardava uma decisão do presidente sobre sua extradição. Lula não queria deixar o caso para ser resolvido pela futura presidente Dilma Rousseff. Lula recebeu na última quinta-feira, 30, a recomendação expressa da Advocacia-Geral da União (AGU) para que negasse a extradição do ex-ativista para a Itália. A AGU alegou que o tratado de extradição entre o Brasil e a Itália dá espaço para o presidente manter Battisti no País, independentemente da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de autorizar a extradição de Battisti. STF. A decisão sobre a liberdade de Battisti, conforme entendimento da AGU, dependerá novamente do STF. O presidente do tribunal e relator do processo de extradição, Cezar Peluso, que está de plantão, deverá analisar o pedido. Mas já adiantou que poderá esperar a volta dos ministros do recesso, em fevereiro, para decidir. Além disso, nada impede que o governo da Itália volte a contestar a decisão do governo. Da primeira vez, os italianos contestaram a decisão do Ministério da Justiça de reconhecer o status de refugiado de Cesare Battisti. O STF reconheceu a ilegalidade do ato e autorizou a extradição. Agora, num eventual processo, os advogados da Itália poderiam argumentar que a decisão do presidente viola o tratado de extradição. A possibilidade de um novo capítulo desse caso já foi aventada pelos ministros Gilmar Mendes e Peluso. Reação. Na Itália, o ministro da Defesa, Ignazio La Russa, disse que o governo considerou a decisão 'injusta e gravemente ofensiva' ao estado italiano, informa o diário Corriere Della Sera. 'A pior previsão se cumpriu', acrescentou La Russa, primeiro membro do alto escalão italiano a se pronunciar. Antes do anúncio da permanência de Battisti no Brasil, La Russa havia adiantado que a decisão de Lula terá consequências. 'Não recomendo a ninguém ir para um país onde assassinos são postos em liberdade', afirmou o ministro, que disse estar pronto para apoiar um boicote comercial ao Brasil. Na reação mais extremada à decisão brasileira, o ministro da Simplificação italiano, Roberto Calderoli, pediu uma retaliação imediata da Itália, 'com a retirada imediata da sua delegação no Brasil e o rompimento das relações diplomáticas com esse país'.
O ANO NOVO já começou na AUSTRÁLIA, com magnífica queima de fogos na baía de Sydney, na Austrália, com comparecimento de aproximadamente 1,5 milhão de pessoas. Essa queima de fogos durou alguns minutos, iluminando a ponte e a baia. Na NOVA ZELÂNDIA, milhares de pessoas comparecem às ruas em AUCKLAND, cidade mais importante do país, para acompanhar  a queima de fogos na Sky Tower. Uma torre de 328 metros de altura ficou toda iluminada durante a festa.
A prova feminina da SÃO SILVESTRE não teve nenhuma surpresa. Antes mesmo de a competição começar, as brasileiras já sabiam que seria difícil alguma delas chegar na primeira colocação. As favoritas eram mesmo as africanas. E a queniana ALICE TIMBILINI mostrou competência para dominar as ruas de SÃO PAULO e conquistar a sua segunda vitória – levou também em 2007. Ainda quebrou o recorde da prova, com 50minutos19segundos, que pertencia à compatriota HELLEN KIMAYIO (50minutos26segundos), em 1993. A baiana SIMONE ALVES DA SILVA chegou em segundo. Em terceiro lugar chegou EUNICE J. KIRWA, do QUÊNIA. O quarto lugar é brasileiro, com CRUZ NONATA DA SILVA. O quinto lugar ficou com o EQUADOR, DIANA JUDITH LANDI ANDRADE.
Última esperança do País para esta SÃO SILVESTRE, MARILSON GOMES DOS SANTOS, não decepcionou e conquistou seu terceiro título na prova paulista com uma exibição bastante segura, em 44minutos07segundos. O brasiliense de 33 anos desbancou sete favoritos africanos para devolver ao BRASIL o lugar mais alto do pódio, que nas últimas três edições ficou com atletas quenianos. O recorde não veio, mas MARILSON já entrou para a história: é o primeiro brasileiro tricampeão na era internacional, que teve início em 1945. MARILSON não participava da tradicional corrida desde 2005 e mostrou que valeu a pena esperar para retornar em boa forma. Desde a metade da prova, o atleta da BM&F/BOVESP disparou na liderança e não deu chances aos rivais. Chegou com mais de 200 metros de folga em relação aos quenianos BARNABAS KOSGEI e JAMES KIPSANG KWAMBAI, 2º e 3º, respectivamente. O quarto lugar ficou com o brasileiro GIOVANI DOS SANTOS e o quinto com o queniano EMMANUEL KIPKEMEI BETT.

O presidente palestino MAHMOUD ABBAS inaugurou hoje em BRASÍLIA a pedra fundamental da primeira embaixada do Estado Palestino nas AMÉRICAS. O terreno foi doado pelo governo brasileiro, que reconheceu o país no dia 3 de dezembro com os limites estabelecidos antes da GUERA DOS SEIS DIAS, em 1967. Desde então, ARGENTINA, BOLÍVIA, EQUADOR e URUGUAI fizeram o mesmo. “Agradecemos ao BRASIL por seu apoio à construção de um Estado palestino. Esse favor nunca será esquecido”, disse ABBAS.

O ex-banqueiro SALVATORE CACCIOLA passa o ANO NOVO preso. O presidente do Superior Tribunal de Justiça, ministro ALI PARGENDIER, concedeu parcialmente a liminar ao pedido de hábeas corpus que pedia o regime semiaberto. A decisão fará com que ele continue preso, mas abre a possibilidade do ex-banqueiro conseguir passar o dia fora da prisão.

A Justiça da INGLATERRA condenou o brasileiro PLATTINI STALONE DE LA TORRE CARDOSO, de 22 anos, por falsificação de passaportes. CARDOSO foi preso em julho com duas carteiras de habilitação e dois passaportes sem validade. Na sua casa foi encontrada uma máquina de fabricar os documentos. Ele será deportado após cumprir a pena.

O Exército boliviano começou hoje a vender pães nas cidades de LA PAZ e EL ALTO para evitar a escassez em razão da adesão dos padeiros à greve geral contra o aumento de 83% dos combustíveis decretado pelo presidente EVO MORALES no domingo, dia 26. Na noite de quinta-feira, dia 30, EVO ordenou às Forças Armadas que controlassem o abastecimento e assumissem funções como as de motorista de ônibus e a de piloto de aviação comercial, para amenizar a revolta popular.

Cerca de 5 mil pessoas marcharam hoje pelas ruas de KARACHI, maior cidade do PAQUISTÃO, para protestar contra uma emenda que anula a pena de morte para quem blasfema contra o islamismo. Manifestações ocorreram também na capital, ISLAMABAD, PESHAWAR e QUETTA. A lei atual determina a execução de quem ofender o ISLÃ. Nenhum condenado sofreu a sanção oficial, mas houve pelo menos 30 linchamentos de acusados. O governo tem sido pressionado para mudar a lei desde a condenação de uma cristã, em novembro.  

Por volta das 22 horas LUCINDA chama-me e vamos para a casa do NELSON e SORAYA. Repetem-se aqueles momentos importantes na relação de nossas famílias com os pais da KÁTYA. PAULO CÉSAR também está conosco e acompanha com cuidados as brincadeiras do filho IAGO com a queima de fogos na rua onde fica a casa do NELSON e SORAYA. MARLENE sente dores no tornozelo operado e não tem condições de deslocamento nesta noite. O JOÃO GOMES DE OLIVEIRA JÚNIOR passou o dia todo com seus amigos da VILA BARROS e agora está “derrubado”. Encontra-se dormindo e não irá levantar nesta noite. NORMA, RENATA, MARYA LUIZA estão presentes neste final de ano. Depois chegam outros convidados do casal NELSON e SORAYA, bem como um dos conhecidos, JOÃO, que se faz convidar para entrar na residência, bastante “chumbado”. E assim vamos passar as últimas horas de 2010. Intenso foguetório acontece nas ruas vizinhas. Na hora da virada do ano todos nós vamos para a rua. Cumprimentamos os vizinhos do NELSON e SORAYA, numa confraternização eloqüente da passagem do ano.    

31 DE DEZEMBRO DE 2011     :      -       SÁBADO
Este é um final de ano um tanto quanto diferente. Recebi há dias o seguinte convite:
A FUNDAÇÃO CÁSPER LIBERO,
Pelo Presidente do Conselho Curador, Dr. FRANCISCO BANDEIRA LINS, tem a honra de convidar para o almoço de comemoração da 87ª Corrida Internacional de SÃO SILVESTRE e para acompanhar a Prova de Respectiva Premiação.
DATA: 31 de dezembro de 2011  
HORÁRIO: 13:00 horas
LOCAL: Avenida Paulista, 900, 10º andar.
São 12:30 horas quando estou na frente do prédio da FUNDAÇÃO CÁSPER LÍBERO. Tinha enfrentado uma chuva enjoada e, agora, na frente desse prédio relembro muitas outras vezes em que participei do policiamento da SÃO SILVESTRE. Vejo centenas de policiais militares chegando para essa missão. O TENENTE-CORONEL PM HELSON CAMILLI também se faz presente, bem como majores, capitães e tenentes. Entre os sargentos está o ALMEIDA, que, durante um bom tempo auxiliou a Sociedade Veteranos de 32-MMDC. Logo mais vou para a recepção e ali encontro o chefe da segurança, o JOSÉ LUCIANO DUARTE. Ele foi a primeira pessoa que manteve contato comigo, na Sociedade Veteranos de 32-MMDC quando explicou a intenção da Fundação colocar uma coroa de flores junto ao cinerário que guarda os restos mortais de CÁSPER LÍBERO, já como parte das cerimônias de A GAZETA para com o seu criador. Isso aconteceu no dia 16 de dezembro, quando conheci o presidente Doutor CARLOS FRANCISCO BANDEIRA LINS.
LUCIANO vai me mostrar a sua sala de atividades, com várias câmeras de vídeo e outros instrumentos de segurança contra incêndios, em qualquer parte do prédio, formado por 14 andares. Estamos entretidos com a maravilha da tecnologia quando chegam: ALFREDO PIRES e sua esposa dona NAIR, CAMILA GIUDICE e MARKUS RUNK. Vamos todos para o 10º andar, onde somos recepcionados pelo doutor BANDEIRA LINS e sua senhora. Na mesa onde vamos participar do almoço também vai participar o Senhor JÚLIO DARVAS e o Comandante Geral das Operações do Policiamento da 87ª SÃO SILVESTRE, o CORONEL PM PEDRO BORGES DE OLIVEIRA FILHO e sua esposa. Outras pessoas conhecidas se encontram nesse evento: o desembargador aposentado ÁLVARO LAZZARINI e sua esposa, CORONEL PM Res RICARDO JACOB e esposa, BRANCATTI LUIGI e muitos outros convidados.
BANDEIRA LINS faz um excelente discurso, principalmente contando a história da Avenida PAULISTA e fazendo uma ilação entre BRASIL e URUGUAI. A cônsul do URUGUAI discursa em seguida.
Durante um bom tempo ficamos nesse amplo salão que dá vistas para a Avenida PAULISTA e onde milhares de corredores de ambos os sexos preparam-se para o início da 87ª SÃO SILVESTRE. Chove muito e isso não esmorece os ânimos dos participantes.
Por volta das 16:30 horas, numa van da “GAZETA” encaminhamos para o IBIRAPUERA. Na imediações do OBELISCO está montada a linha de chegada da SÃO SILVESTRE, de tal maneira que aparece o imponente Obelisco, símbolo da Revolução Constitucionalista de 1932. Mas a terra está encharcada de água. Numa tenda montada pela Prefeitura fazemos o QG da direção da prova internacional. A chuva aperta de intensidade. Somos obrigados a nos munir de guarda-chuva e também de uma capa. Isso não impede que nossos sapatos fiquem à mercê das poças d´água que se formaram. Os corredores chegam embaixo de chuva.
A primeira participação de Tariku Bekele na Corrida Internacional de São Silvestre foi inesquecível para o atleta etíope. Neste sábado, ele superou a forte chuva que atingiu a cidade de São Paulo e venceu com segurança a tradicional prova com o tempo de 43min35. Ele teve o domínio da corrida desde o início, se desgarrou do pelotão no quilômetro sete, e comemorou muito o seu triunfo. 'Consegui controlar bem a prova com um ritmo forte a partir do sexto quilômetro. Fui confiante mesmo com a chuva. Minha experiência em provas mais rápidas é devido aos treinos fortes para o Campeonato Mundial Indoor em pista, sempre mais veloz que os de rua', disse. Até a vitória na São Silvestre, Tariku Bekele era mais conhecido no Brasil por ser o irmão de Kenesisa Bekele, campeão olímpico e recordista mundial dos 5 mil e dos 10 mil metros. O etíope revelou que o irmão é uma inspiração. 'Meu irmão é meu herói. Nós treinamos juntos na Etiópia. Acredito que ele esteja bastante feliz com meu resultado, que vai motivar ambos para 2012', indicou. Vice-campeão, o queniano Mark Korir ficou satisfeito com o seu desempenho na São Silvestre. 'Consegui um ritmo forte, o suficiente para alcançar o pódio nessa corrida tão forte', afirmou. O terceiro a chegar também é queniano, MATTHEW KISORIO. Também é queniano o quarto colocado, MARTIN LEI. Um marroquino chegou em quinto lugar, NAJIN EL QADY. O melhor brasileiro foi DAMIÃO DE SOUZA, que chegou em sétimo lugar. O tricampeão MARILSON GOMES DOS SANTOS, que correu com a esperança de se tornar o primeiro brasileiro a ganhar a prova quatro vezes (ele venceu em 2003, 2005 e 2010), mas não conseguiu um bom desempenho e terminou em oitavo.  
RUMO AO BI - Vencedora da prova feminina da São Silvestre, a queniana Priscah Jeptoo, que marcou o tempo de 48min48, já pensa em 2012, quando promete buscar o bicampeonato em São Paulo. 'Estou muito contente, já que a São Silvestre é uma das provas mais importantes do mundo. Ano que vem quero voltar e ganhar o bi, mas espero com menos chuvas, já que nunca peguei tanta água', disse. Jeptoo fez uma disputa acirrada com Yime Wude Ayalew, que foi dez segundos mais lenta. Ela lamentou não ter repetido a conquista de 2008 e avaliou que a chuva afetou o seu desempenho. 'Foi equilibrado do começo ao fim e a chuva tornou a corrida ainda mais difícil. Não foi dessa vez, mas estou contente com a prata'. No feminino, chegou em terceiro lugar a queniana EUNICE KIRWA; em quarto a italiana NÁDIA EJJAFINI; em quinto outra queniana, ELIZABETH CHEPKANAN. A melhor brasileira, CRUZ NONATA, chegou em sexto lugar. 
Embaixo de chuva somos chamados a premiar os cinco primeiros corredores femininos e masculinos. Participo dessa premiação e isso é realizado com a chuva caindo forte. Depois, aguardamos um bom tempo embaixo de uma tenda e vemos a chegadas dos milhares de corredores dessa SÃO SILVESTRE. Conversamos muito com o doutor BANDEIRA LINS e uma representante do consulado do URUGUAI, além do comandante do Exército Constitucionalista, ALFREDO PIRES. Este, apesar de todo o problema originado pelas águas da chuva, sempre se mostra muito alegre e conversador. CAMILA e MARKUS também estiveram conosco durante o tempo todo. Uma van da “GAZETA” transporta-nos até a casa do ALFREDO PIRES e dona NAIR. Ali está o carro do MARKUS e CAMILA. Depois desço no metrô PARAISO e despeço-me do doutor BANDEIRA LINS e da senhora que representa o URUGUAI nessa festa. O retorno para GUARULHOS é realizado a duras penas, pois estou com os sapatos e o terno totalmente molhados.
Ainda vamos participar nesta noite da VIRADA DO ANO na residência do NELSON, dona SORAYA e KÁTYA. LUCINDA e eu vamos para a residência dos avôs do IAGO já passando das 22 horas. Em companhia dessa família e de outros convidados (RENATA, TIMBÉ –ainda sentindo os efeitos da perda da mãe, recentemente), com chuva caindo, mas com muita alegria, despedimo-nos de 2011. Assistimos a queima de fogos de artifício durante a primeira hora de 2012. A NORMA não está presente. Ela foi passar o último dia do ano em companhia de outros parentes. Levou consigo a menina MARYA LUIZA.  

Uma quadrilha formada por cerca de dez criminosos explodiu um caixa eletrônico na GRANJA VIANA, em COTIA, nesta madrugada. Nenhum representante da agência bancária compareceu na Delegacia Central de COTIA para informar a quantia levada pelos bandidos. Até à tarde o bando continuava foragido. O ataque aconteceu por volta das 3:40 horas, na Rua JOSÉ FÉLIX DE OLIVEIRA, a cerca de 4 km da Rodovia RAPOSO TAVARES. Os criminosos estacionaram três carros perto do supermercado SERRA, que fica em frente ao quiosque onde estava instalado o caixa eletrônico do banco BRADESCO. Depois de explodir o equipamento, a quadrilha fugiu em menos de cinco minutos. Os bandidos ocupavam um FORD ECOESPORTE e um CELTA, ambos de cor preta. O terceiro veículo não teve a marca nem o modelo identificados pelas testemunhas.  

O paulistano LUIZ ALCIDES MANREZA se formou na Faculdade de Medicina da USP em 1968. Ele se especializou em neurocirurgia e foi o autor dos critérios brasileiros que definiram a morte encefálica, o que possibilitou o aumento de transplantes em todo o país. Uma de suas cirurgias, realizada em 1996, ganhou grande repercussão no país. Após oito horas de trabalho, MANREZA tirou uma lâmina de 13 cm da cabeça de um pintor que passou 17 dias com uma faca no cérebro. Entre outros trabalhos, MANREZA chefiou o Pronto-Socorro do Hospital das Clinicas, fez parte da equipe médica do GP BRASIL de FÓRMULA 1, foi professor de neurocirurgia na Faculdade de Medicina da USP e chefiou o setor de neurologia do Hospital SÃO LUIZ. MANREZA também presidiu a Associação dos Neurocirurgiões do Estado de São Paulo e foi integrante da Câmara Técnica de Neurologia do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo. MANREZA adorava fotografia e registrava a maioria das cirurgias que fazia para discutir em casa com a mulher, MARIA LUIZA, que conheceu ainda na faculdade. Ele também tinha uma coleção de máquinas fotográficas em seu consultório. Outra paixão do neurocirurgião eram os barcos. Sempre que podia, o médico ia ao GUARUJÁ para passear com sua lancha. MANREZA morreu, aos 68 anos, vítima de um infarto, quando viajava com a família para MIAMI, nos ESTADOS UNIDOS, onde iria passar as festas de fim de ano. Ele deixa a mulher, MARIA LUÍZA, três filhas e três netas. MANREZA nasceu em 1943.

CARLOS DONAZAR CALVET fez história no futebol brasileiro. Ele começou a carreira no RIO GRANDE DO SUL e atuou em vários times do Estado, como PELOTAS, BAGÉ, GUARANY DE BAGÉ, INTERNACIONAL, além do BOTAFOGO, entre os anos 1950 e 1960. No INTERNACIONAL, ele foi contratado para substituir TESOURINHA, que havia sido negociado com o VASCO. Atacante, ficou conhecido no RIO GRANDE DO SUL ao marcar o gol de número mil do GRÊMIO. Era irmão do zagueiro RAUL CALVET, que morreu em 2008 e havia marcado história em clubes como GRÊMIO e SANTOS. CARLOS estava internado com dificuldades na respiração há algumas semanas. Morreu no último dia do ano, aos 85 anos, em BAGÉ. CARLOS DONAZAR CALVET nasceu em 1926.

O nome de batismo escolhido pelos pais foi MÁRIO e por herança recebeu o sobrenome de PEREIRA, mas foi como PERIGO LOIRO que MÁRIO se tornou campeão paulista pelo SANTOS FUTEBOL CLUBE, em 1935. Naquele ano, a equipe disputou 12 jogos, com nove vitórias, dois empates e apenas uma derrota. A partida foi realizada no PARQUE SÃO JORGE, no dia 17 de novembro, contra o CORINTHIANS. O público de cerca de 15 mil torcedores, a maioria corintiano, viu o SANTOS vencer o TIMÃO por 2 a 0, com gols de RAUL e ARAKEN. MÁRIO atuava no meio-campo, mas teve a carreira abreviada por uma grave lesão. Ele marcou 24 gols nos 41 jogos que fez pelo SANTOS, uma média de 0,58 por partida. A última aparição pública de MÁRIO foi em janeiro de 2011, no MEMORIAL DAS CONQUISTAS DO SANTOS. Acompanhado por PELÉ, o campeão paulista distribuiu autógrafos e posou com a bola da competição que venceu o PAULISTA de 1935. Na ocasião, PELÉ lhe deu camisas do SANTOS e da seleção brasileira autografadas de presente. O SANTOS estudava chamar PERIGO LOIRO para uma série de ações referentes à celebração do primeiro centenário da equipe, que será comemorado em 2012. Em 2004, como forma de homenagem, o SANTOS inaugurou um camarote com o nome do ex-jogador. PERIGO LOIRO era o último remanescente do primeiro título paulista do SANTOS, conquistado em 1935. ele morreu no último dia do ano, aos 97 anos, em SANTOS. MÁRIO PEREIRA nasceu em 4 de abril de 1914.

O presidente dos ESTADOS UNIDOS, BARACK OBAMA, está otimista a respeito das perspectivas de seu país, em 2012, ao fazer o balanço do ano em um momento que considerou “decisivo para a classe média”. Em sua mensagem semanal de rádio à nação, OBAMA desejou um feliz ANO NOVO aos americanos e assinalou como momentos chaves de 2011 o fim da GUERRA NO IRAQUE e a morte de BIN LADEN em 2 de maio, em ABBOTTABAD (PAQUISTÃO), o que considerou “um golpe demolidor à AL-QAEDA” que tornou os ESTADOS UNIDOS um lugar mais seguro. Em HONOLULU (HAVAI), onde está de férias com sua família, ele considerou que o país “começou a ver sinais de recuperação econômica” neste ano, “inclusive quando muitos americanos ainda estão lutando para seguir adiante”. Para 2012 previu “ainda mais mudanças”, mas ressaltou que os americanos ainda estão lutando para seguir adiante.”
“Tenho a esperança de que temos o que é preciso para enfrentar as mudanças e sermos ainda mais fortes; fazer crescer nossa economia, criar mais empregos e fortalecer a classe média”, disse. OBAMA se mostrou esperançoso com a decisão tomada pelo Congresso em 23 de dezembro, ao aprovar a prorrogação de dois meses para os cortes de impostos aos trabalhadores e para os subsídios a 2 milhões de desempregados, como havia pedido a CASA BRANCA. Este ano haverá eleições presidenciais. Ele já anunciou que vai concorrer à reeleição.   

Um espetáculo de fogos de artifício, de 12 minutos, recebeu o ANO NOVO na baía de SYDNEY perante mais de um milhão de pessoas, abrindo as celebrações no mundo pela chegada de 2012. O espetáculo teve como tema “TEMPO DE SONHAR”, que convidou os australianos a deixar para trás os problemas de 2011.      

Pela Internet, procuro conhecer a biografia do Dr BANDEIRA LINS. Encontro uma entrevista prestada por ele e por sua esposa ao doutor PAULO SÉRGIO LEITE FERNANDES, do INSTITUTO BRASILEIRO DE ADMINISTRAÇÃO DO SISTEMA JUDICIÁRIO:

Carlos Francisco Bezerra da Rocha Bandeira Lins e Aglae Filizola Bandeira Lins
Carlos Francisco Bezerra da Rocha Bandeira Lins e Aglae Filizola Bandeira Lins
Carlos Francisco Bezerra da Rocha Bandeira Lins é Procurador da Justiça aposentado do MP de SP e Aglae Filizola Bandeira Lins professora de História da rede pública do Estado de SP.
IBRAJUS: Qual a formação acadêmica de vocês? Onde e quando se formaram? Quando se casaram?  Fizeram curso de pós-graduação? Lecionam ou lecionaram?
CARLOS: Bacharelei-me em Direito pela PUC/SP. Preparava-me para o vestibular quando o golpe de 64 eclodiu e teve apoio expresso e entusiasmado de alguns dos mais renomados professores da velha Faculdade de Direito do Largo de São Francisco, o que chocou minhas convicções democráticas. Decidi então fazer vestibular apenas na PUC, onde atuavam padres dominicanos que se opuseram à ditadura. Na PUC, depois, concluí todos os créditos de um mestrado em Filosofia do Direito e já tinha quase pronta a dissertação: “Ideias Filosóficas no Tribunal de Justiça de São Paulo”, com uma análise crítica do pensamento dos Desembargadores que por ali passaram de 1970 a 1980. Acabei por não dar a ela a redação final, preso a minhas tarefas no Ministério Público e também porque me decepcionei com o mercantilismo que imperava na grande maioria das instituições de ensino superior (dei aula em uma delas, nos arredores de São Paulo, por um só ano; foi o bastante).
Quanto ao casamento, conheci Aglae quando éramos eu adolescente e ela criança; morávamos no mesmo bairro. Fomos namorados desde 1964, noivos em 1965 e nos casamos no dia 6 de janeiro de 1967.
AGLAE: Na encruzilhada entre a maternidade e a profissão, minha opção foi a da mulher que, em fins dos anos sessenta, queria abrir espaços profissionais, mas colocava o casamento e a maternidade como primeiros objetivos. Casada aos dezoito anos, mãe aos dezenove e com dois filhos aos vinte, meu ingresso no curso de História na UNESP de Franca adequou-se ao percurso da carreira de Promotor de Justiça de meu marido. Acabado o trânsito pelas comarcas do interior, cursei dois semestres de pós-graduação na PUC, concentrando-me em História do Brasil. Antes de concluí-la, objetivando lecionar para o Colegial e o Magistério, fiz concurso e, aprovada, passei a ser professora da rede pública do Estado.
IBRAJUS: Dr. Carlos Francisco, o senhor tornou-se Promotor de Justiça em 1970, no regime militar. Como era pertencer ao MP nos anos 1970? Alguma vez, durante a sua carreira, sentiu algum tipo de pressão por parte dos militares?
CARLOS: Nem sempre foi fácil para quem, como eu, rejeitando o terrorismo e a luta armada, assumia abertamente uma posição contrária à ditadura, desde quando ela se prenunciou, na triste “Marcha da Família com Deus pela Liberdade”. Nenhum militar me pressionou, mas a esse papel se prestavam muitos civis que os apoiavam (ou se apoiavam neles). Citarei três casos.
Quando, ainda nos anos setenta, na presença do então Procurador-Geral da República, defendi, em termos candentes, o retorno ao regime democrático, estive perto de ser punido pela cúpula do Ministério Público, o que só não se deu porque o jornal O Estado de São Paulo, por iniciativa do Dr. Hélio Pereira Bicudo, deu grande destaque a minha fala.
Coordenador do Grupo de Estudos da Capital, convidei o Dr. José Carlos Dias para fazer uma palestra a Promotores; coincidiu que, dias antes da data marcada, aquele grande advogado, intimorato defensor de presos políticos, foi arbitrariamente preso pelo regime ditatorial. Quiseram, no Ministério Público, que eu o desconvidasse, propondo-me um membro do Conselho do MP que, em troca, seria eu promovido a Subprocurador de Justiça. Recusei a oferta e fui, a seguir, chamado pelo Procurador-Geral, que, num tom entre paternal e ameaçador, disse que eu seria prejudicado, com todos os que comparecessem, porque haveria agentes dos órgãos repressivos que se infiltrariam na reunião. Respondi que cada um sabia dos riscos que corria e que eu não me importava com os prejuízos que me adviessem.
Em 1982, na Curadoria de Fundações, movi ação contra a Fundação Padre Anchieta, que estava usando a TV Cultura para fazer propaganda política do Governador que se afastava para ser candidato a Deputado Federal. Passei a receber telefonemas diários, altas horas da noite, com ameaças de morte. Meu cuidado único foi o de sempre chegar primeiro ao telefone, para que os filhos, ainda menores, não se assustassem.
Procedimentos hoje corriqueiros no Ministério Público eram tidos, mesmo por diversos integrantes deste, como intoleráveis desafios ao regime e condenavam a uma certa marginalização aqueles cuja atuação pudesse desagradar os governantes. Talvez nas gerações mais novas de Promotores já exista quem não tenha a noção exata do ambiente sufocante, do ar irrespirável que se vive em uma ditadura.
IBRAJUS: Professora Aglae, a senhora optou por lecionar História; como foi a sua vida profissional? Como fez para conciliar as funções de mãe com as atividades profissionais?
AGLAE: Minha carreira de professora iniciou-se em São Bernardo, onde lecionei por ano e meio. Removi-me para São Paulo e fiquei na Escola Estadual de Segundo Grau Prof. Alberto Levy (onde havia estudado no Curso Clássico dos anos 60, com eméritos professores como Marilena Chauí, Ana Lia de Almeida Prado, João Quartim do Morais e muitos outros). Optei pela carga horária mínima e procurava escolher período letivo que coincidisse com o horário das aulas dos filhos. Para ser mais presente em casa desisti dos estudos de pós-graduação e recusei convites para dar aulas em escolas particulares, que pagavam muito mais que o Estado.
IBRAJUS: Dr. Francisco, o senhor fez uma carreira rápida, mas ao assumir a Curadoria de Fundações, em São Paulo, nela permaneceu por nada menos que dezessete anos. O senhor não aceitava promoções? Qual o motivo? Valeu a pena?
CARLOS: Por antiguidade eu teria sido promovido ao cargo de Procurador de Justiça em 1983; teria sido razoável que me promovessem por merecimento em 1982 (e teria chegado antes disso a Subprocurador de Justiça, se tivesse me submetido à desonra de retirar o convite que fizera ao Dr. José Carlos Dias, como já contei). Acabei indo a procurador apenas em 1998, com ao menos quinze anos de atraso. Houve duas razões para isso. Primeiro porque em 1982 eu movia a ação, que também já referi, contra a Fundação Padre Anchieta e a imprensa noticiou que queriam promover-me para colocarem em meu lugar alguém que desistisse daquela ação. Em defesa da dignidade da instituição que eu integrava, achei que naquela quadra não podia deixar o cargo que ocupava. Com o passar dos meses, vi-me empolgado pelas funções de Curador de Fundações, seja porque ali se sentia o resultado concreto das iniciativas tomadas (sem a exasperante lentidão da máquina judiciária), seja porque a multiplicidade dos fins a que se propunham as mais de cem fundações postas sob meu cuidado abria-me horizontes novos, nas mais diversas áreas da atividade humana.
Se tivesse ido a Procurador de Justiça no tempo certo, teria passado muitos anos no Colégio de Procuradores, poderia ter-me candidatado ao Conselho Superior várias vezes, com perspectivas de sucesso, e teria recebido vencimentos um pouco maiores por todo esse tempo. Mas não me arrependo da opção que fiz, até porque, depois de aposentado, acabei por me integrar a algumas fundações, sem remuneração, é certo, mas com a possibilidade de prestar serviços, seja na área da educação, da assistência social, da saúde ou da cultura, o que me vem dando a sensação de continuar sendo útil a meu país, especialmente em favor dos mais carentes.
IBRAJUS: Os seus filhos estudaram Direito e conquistaram posições em cargos difíceis de serem conquistados. Quais cargos, exatamente, cada um ocupa? É verdade que se casaram com outros ocupantes de cargos de destaque?
CARLOS: Os dois mais velhos são Promotores de Justiça no Ministério Público do Estado de São Paulo; a mais nova, no Ministério Público Federal, é Procuradora da República. Carlos Otávio, o mais velho, foi Curador de Acidentes do Trabalho até decidirem que o Ministério Público não precisaria funcionar nas ações individuais acidentárias; passou a funcionar em 2ª Instância, tanto emitindo pareceres, quanto fazendo sustentações orais perante Câmaras do Tribunal de Justiça; atualmente, é membro de um grupo de Procuradores e Promotores que funciona em questões de crimes cometidos por Prefeitos (os quais, com foro privilegiado, são julgados pelo Tribunal de Justiça, e não por Juízes de Primeira Instância). Ana Laura, a segunda, é Promotora da Infância e da Juventude, oficiando nos casos de infratores; é um trabalho árduo, porque muitas vezes está em contato com uma criminalidade violentíssima, que cresce por conta da leniência da legislação brasileira, que dá ao jovem de 16 anos o direito de votar até para Presidente, mas não reconhece sua responsabilidade penal mesmo quando comete os mais hediondos crimes, o que estimula isso que a lei caracteriza como “atos infracionais”. Ana Cristina, a mais nova, atua na defesa do meio ambiente, do patrimônio histórico e de indígenas; o Procurador-Geral da República a indicou também para participar do Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA), representando o Ministério Público Federal.
Nossos três filhos são casados com juízes: o primeiro é casado com Ana Paula, juíza de Vara Cível de Santo Amaro, mas há anos com a responsabilidade de Coordenadora do Setor de Cartas Precatórias; Ana Laura é casada com José Marcos Lunardelli, titular de uma Vara Cível na Justiça Federal de 1ª Instância em São Paulo; e Ana Cristina é casada com Carlos Alexandre Böttcher, juiz de Vara Cível no Foro Regional de Itaquera (eu brinco dizendo que ele vai longe: é que da casa dele até o prédio do Foro Regional são mais de quarenta quilômetros...).
Necessário dizer aqui que Ana Paula se tornou juíza depois de já casada e mãe, o que é raro na Magistratura de São Paulo. José Marcos integrava um escritório de advocacia altamente promissor até as vésperas de seu casamento, quando ocorreu a aprovação no concurso para a Magistratura Federal (em termos econômicos, por certo teria sido melhor continuar naquele escritório, hoje bastante importante no cenário jurídico de São Paulo). Só Carlos Alexandre, que havia sido colega de classe de Ana Cristina, era juiz vitalício ao se casar.
IBRAJUS: Esse sucesso profissional dos filhos, por certo, não é obra do acaso. Começando pela base, como foi a formação deles na infância? Como vocês escolheram os colégios? Estudavam com eles? Exigiam leituras? Qual dos dois era o mais exigente?
AGLAE: A formação deles começou na família, especialmente com o avô, meu sogro, magistrado que tinha uma sólida formação humanística e arraigados princípios cristãos. Juiz do Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo, resistiu às pressões daquele que era conhecido como “czar da Economia”, que pretendia domar a inflação à custa do achatamento do salário dos trabalhadores. Encontrava tempo para, com grande satisfação, conversar longamente com os netos, seja para incutir neles o gosto pela cultura (o neto pequeno estudou Astronomia e sabia Mitologia Grega a ponto de a diretora da escola em que estudava reservar uma hora semanal para que ele falasse sobre os deuses gregos aos colegas), seja para instruí-los na doutrina religiosa católica.
Quanto à escola, optamos por uma de porte médio, que deu a nossos filhos fundamentos preciosos na alfabetização e nos conhecimentos da língua portuguesa. Era a Escola Irmã Catarina, que aplicava o Método Montessori e respeitava as individualidades de cada um. Quando foi o momento, os filhos foram transferidos para o Colégio Galileu Galilei, que inovava em proposta pedagógica e no acompanhamento dos alunos. Como não possuíamos os equipamentos eletrônicos de hoje, não íamos a shows ou a casas noturnas, os bons livros eram para nós todos objeto de estudo e de lazer. Não era preciso exigir que os filhos lessem, eles o faziam naturalmente.
IBRAJUS: Vocês participam ativamente de alguma religião? Seus filhos foram encaminhados nesse rumo? Ou deliberaram que cada um escolhesse a religião depois de adulto?
CARLOS: Somos católicos, mas, enquanto estive em exercício no MP, não participávamos ativamente de movimento religioso algum, porque me pareceu que isso poderia influir em minha atuação funcional (na carreira de Promotor, um dos casos em que funcionei foi em Aparecida, onde a Cúria pretendia o reconhecimento da imunidade tributária sobre centenas de imóveis de que era proprietária na cidade; sustentei que só os edifícios dedicados ao culto eram imunes, afirmando, com base no Direito Canônico, que dizer outra coisa seria reconhecer a prática de simonia naquela cidade, já que em vários dos prédios para os quais se queria a imunidade se praticavam atos de comércio. Depois de meu parecer, a Cúria de Aparecida desistiu do mandado de segurança que impetrara).  Mas estudei em escolas católicas do jardim de infância à pós-graduação, por opção primeiro de meu pai e depois minha própria. Depois de aposentado, em 2001, por vários anos fui leitor das epístolas dominicais em uma Igreja no bairro do Glicério, região muito pobre que não fica distante do Forum Central de São Paulo. Os filhos não foram encaminhados para participar ativamente de uma religião, mas foram formados segundo princípios cristãos; a escola deles os preparou para a Primeira Comunhão e o avô, pela palavra e pelo exemplo, os educou na linha do humanismo de Jacques Maritain e de Alceu Amoroso Lima.
IBRAJUS: Como foi eleita a Faculdade de Direito a ser cursada pelos filhos? Prestaram vestibular também nas mais fracas? Onde se formaram? Vocês estudavam com eles?
AGLAE: O mais velho e a mais nova só prestaram vestibular na USP, com aprovação paterna porque, àquela altura, já ali não estavam os que mais claramente se haviam posicionado em defesa da ditadura. Ana Laura prestou também na PUC e fez o curso nessa Universidade, em que o pai, a quem admira, estudou.
IBRAJUS: Filhos são diferentes, ainda que a educação seja a mesma. Houve diferentes estratégias na formação de cada filho? Ou foi empregado o mesmo método para todos?
AGLAE: Exatamente porque são diferentes, não há uma escola que seja ideal para todas as crianças e adolescentes. Nossos três filhos terminaram o Colegial em três escolas diversas. Mas procuramos dar a eles uma formação humanista. Quando um deles começou a sofrer com as exigências das disciplinas da área de ciências exatas, fizemos sua transferência. A escola deve ser um espaço de aprendizado e de realização pessoal.
IBRAJUS: Por que eles decidiram optar por concurso púbico? Nenhum hesitou a respeito, não preferiu advogar? Vocês tiveram algum tipo de influência, mesmo indireta?
AGLAE: Possivelmente por influência do pai e do avô. A Advocacia pode ser bela, nela se pode enriquecer (o que não acontece no serviço público), mas é sempre a defesa do interesse de quem lhe paga (a não ser na Defensoria Pública, recentemente estruturada); melhor servir ao interesse coletivo e à causa da Justiça no Ministério Público (ou na Magistratura). Talvez tenhamos dito isso algumas vezes aos filhos. A mais nova, que havia até feito um ano de Filosofia, inclinando-se depois pelo Direito, chegou a pensar em advogar (como pensou, também, na Diplomacia), mas foi impulso que logo passou. O mais velho começou o curso de Ciências Sociais, na USP, um ano depois de haver entrado em Direito, mas depois se empolgou por este, ao entrar na luta pelos menos favorecidos quando foi diretor do Departamento Jurídico do Centro Acadêmico XI de Agosto.
IBRAJUS: Como foi a preparação dos seus filhos para os concursos? Vocês estudavam juntos? Eles estudavam juntos entre si? Participaram de cursos preparatórios? Como reagiam diante das dificuldades naturais? Não houve desânimo, vontade de desistir? Como vocês reagiam diante de situações como essas?
CARLOS: Os três fizeram cursinhos, o que passou a ser quase obrigatório desde final dos anos setenta e do que eu nunca ouvira falar quando me apresentei para o concurso no MP, em 1970. Eu nunca estudei com eles, mas, além de com eles discutir casos concretos que tinha em mãos, sempre dissertei sobre os assuntos que conhecia e a respeito dos quais era por eles perguntado (a propósito, lembro-me do humor do colega Antônio Magalhães Gomes Filho, hoje titular de Processo Penal na USP; depois de ter feito parte da banca de vários concursos para o MP, dizia que os candidatos eram todos gênios, porque sabiam quase tudo o que ele lhes perguntava e pareciam saber também quase tudo o que lhes era perguntado pelos outros examinadores, sobre temas a respeito dos quais um processualista penal como ele não podia fazer a menor idéia...).
IBRAJUS: Vocês conseguiram algo raro, que é encaminhar bem os filhos profissionalmente. Que conselhos dariam a jovens pais e mães?
CARLOS: Não sei se é tão raro assim. Entre membros do Ministério Público e Magistrados, conheço alguns que viram seus filhos se formarem em carreiras não jurídicas, mas altamente importantes, como a Medicina. Outros desses jovens estão na administração pública e há os que, no mundo financeiro e empresarial, conseguiram sucesso econômico maior que seus pais.  Mesmo em relação aos que ficaram na área jurídica, há casos que poderiam ser lembrados de juristas que se sucedem a três gerações, talvez mais, por vezes na mesma instituição, por vezes alternando-se entre advocacia, Magistratura e Ministério Público. Há os que vêem os filhos ser aprovados em concursos para funções notariais e registrárias, em que, em alguns cartórios, se ganha por mês até mais do que um Promotor ou Juiz ganha em um ano. Entretanto, sem dúvida, há muitos casos dolorosos em que vemos grandes profissionais do Direito sustentando filhos com mais de quarenta anos, por vezes sustentando filhos, genros, noras e netos. Tais casos se avolumaram com o ingresso da mulher no mercado de trabalho, porque antes a mãe ficava em casa e era a maior responsável pela educação dos filhos (isso não ocorreu em minha família, onde, desde o tempo de meus pais, essa tarefa de acompanhar a formação dos filhos sempre foi compartilhada entre os dois genitores); hoje o pai e a mãe trabalham, por vezes sem tempo para dedicar aos filhos, aos quais querem compensar com mimos que acabam por levar estes a não encarar com seriedade a vida. O consumismo acomoda, entorpece, vicia.  O padre Antônio Vieira dizia que os bons pais, podendo ter para si ou para os filhos alguma honraria, preferem que seja esta outorgada aos filhos. O sucesso pessoal é importante, mas, para quem forma uma família, estabelecer as bases para o sucesso dos filhos deve ser uma preocupação de todas as horas. Incutir neles, através do exemplo e do diálogo, um ideal de vida, voltado à construção de um mundo mais justo, mais humano, mais fraterno, é mais importante do que tudo que para eles possa ser comprado.
AGLAE: Tivemos o privilégio de ter filhos saudáveis, bons estudantes, bom profissionais. Não sei se podemos aconselhar pais jovens, até porque as condições de vida mudam continuamente e coisas que foram viáveis no passado hoje podem não ser.
Podemos dizer o que fizemos na área da educação dos filhos: primeiro, escolhemos escolas adequadas ao perfil de cada um, mas que privilegiassem a formação pessoal e a construção do cidadão, atuante numa sociedade carente, repleta de disparidades sociais, de misérias, de injustiças; escolas que não queiram formar um vencedor a qualquer preço, mas sim homens dispostos a participar da tarefa de construir um mundo melhor. Segundo, valorizamos as profissões que tornassem possível a concretização desses ideais; elencamos as opções profissionais a partir disso e não do sucesso econômico. Terceiro, conversamos incansavelmente com os filhos sobre todos os temas importantes, procurando formar homens de bem, honrados, dignos.

31 DE DEZEMBRO DE 2012     :      -     SEGUNDA-FEIRA
O último dia do ano não é bom. Começa a data com LUCINDA deitada, coisa incrível de acontecer. Ontem ela caiu na escada do quintal de casa e quebrou uma costela, além de trincar uma outra. Socorrida pelos filhos MARLENE e JOAO GOMES, foi medicada e aconselhada a permanecer em repouso por uns quarenta dias. Essas férias forçadas não estavam nos nossos cálculos, mas aconteceram e empanam a festa do final do Ano. MARLENE faz tudo em casa, além de olhar para a mãe e não deixá-la praticar algo que venha a comprometer o seu restabelecimento, que deverá ser demorado. Ela recebe visitas pela manhã, enquanto eu permaneço em minha biblioteca encerrando minhas memórias relativas a 2012.    
Na tarde, vêm em casa o ANDRÉ, amigo de infância do JOÃO GOMES, e o JOSÉ, irmão da LUCINDA. E assim vamos chegando de maneira muito complicada ao final de 2012. A família da KÁTYA faz a tradicional confraternização de fim de ano, mas apenas o JOÃO GOMES e o PAULO CÉSAR lá comparecem. LUCINDA nem pensa nisso, pois está imobilizada de andar fora de casa. Dona SORAYA, NELSON, NORMA, RENATA, IAGO, todos eles vêm visitá-la. Por volta da meia-noite estou ao lado da LUCINDA e as pessoas comparecem em casa para desejar boas entradas. Mas na realidade essa entradas não poderiam ser tão desagradáveis como nessa transição de 2012 para 2013. Ficamos acordados até a madrugada, escutamos a queima dos fjogos de artifício, mas estamos muito preocupados com o estado de saúde da LUCINDA.   
A Corrida Internacional de São Silvestre foi disputada pela primeira vez no período da manhã, mas o resultado final da prova feminina repetiu o domínio das atletas quenianas, como aconteceu nos último anos. Com um ritmo forte desde o início da prova, Maurine Kipchumba venceu a disputa ao completar os 15 quilômetros pelas ruas de São Paulo em 51min43. A vitória de Kipchumba foi a quarta consecutiva das corredoras quenianas na São Silvestre. Além disso, o país venceu cinco das últimas seis edições da prova paulistana. Já o Brasil não ganha a versão feminina da disputa que fecha o calendário esportivo do País desde 2006, quando Lucélia Peres triunfou. E as atletas brasileiras nem conseguiram lutar pela primeira colocação nesta segunda-feira. Kipchumba ficou bem distante do recorde da prova, que é da também queniana Priscah Jeptoo, que venceu a prova de 2011, concluída no Ibirapuera, com o tempo de 48min48. Assim, ela foi quase três minutos mais lenta do que a melhor marca da prova. A tanzaniana Jackline Sakilu terminou a disputa na segunda colocação. Tatiele Carvalho foi a melhor brasileira na São Silvestre ao terminar a disputa em sexto lugar. Neste ano, Kipchumba venceu a Volta da Pampulha, realizada em Belo Horizonte. A queniana foi contratada pelo Cruzeiro para representá-lo na São Silvestre e fez valer o investimento do clube mineiro, que possui uma das principais equipes de corridas de rua do Brasil. O início da disputa foi equilibrado, mas logo duas atletas se destacaram das demais concorrentes. A partir da metade da prova, a queniana Kipchumba e a tanzaniana Sakilu se destacaram do pelotão de elite e passaram a lutar pela liderança da São Silvestre. Na altura do 10º quilômetro, Kipchumba abriu vantagem e passou a correr sozinha, sem ter a primeira colocação ameaçada. Assim, ela completou a prova sem ser pressionada e cruzou a linha de chegada na avenida Paulista para triunfar na versão feminina da São Silvestre.
Os quenianos confirmaram, de novo, que adoram correr a São Silvestre. Pela 13ª vez, superando os brasileiros, que somam 12 vitórias, um atleta do país subiu no lugar mais alto do pódio na prova masculina. O ganhador de 2012 foi Edwin Kipsang, recolocando o Quênia no topo da disputa, o que não acontecia desde 2009. Com a marca de 44min04, Kipsang sobrou nos metros finais e entrou na Paulista com enorme distância antes os rivais. Assim, teve tempo de cruzar a linha de chegada fazendo festa. Além da vitória, o Quênia colocou mais dois representantes no pódio, Joseph Aperumoi e Mark Korir, na segunda e na terceira posições, respectivamente. Entre os brasileiros, o mais bem colocado foi Giovani dos Santos. Sem a presença de Marílson dos Santos e Franck Caldeira, Giovani entrou na São Silvestre como uma espécie de azarão. No entanto, os resultados nos últimos anos, como o bronze nos Jogos Pan-Americanos de 2011, em Guadalajara, e a conquista da Volta da Pampulha, em 2012, em Belo Horizonte, o credenciavam para o título. A conquista não veio, mas o quarto lugar deixou o atleta de 31 anos feliz da vida. "Atingi o tempo e objetivo que eu queria fazer. Estou feliz. Não deu para ganhar dessa vez, mas, quem sabe, na próxima", disse, em entrevista à "TV Globo". Com o resultado, os quenianos alcançaram sua 13ª vitória na história da prova masculina. O último triunfo havia acontecido em 2009, com James Kipsang, vencedor também em 2008. O último brasileiro a vencer a São Silvestre, em 2010, foi Marílson Gomes dos Santos. O tricampeão não disputou a prova deste ano. A prova: Os representantes do continente africano dominaram a prova desde o início. Giomar Pereira da Silva, do Cruzeiro, chegou a acompanhar o grupo até a região do estádio do Pacaembu, mas deixou o pelotão rapidamente, e a briga pela vitória ficou restrita aos estrangeiros. Os quenianos Edwin Kipsang, Mark Korir e Joseph Aperumoi imprimiram um ritmo forte e passaram a disputar a liderança. O último foi contratado para representar o Cruzeiro, que poucos minutos antes contou com a queniana Maurine Kipchumba para vencer. Giovani não chegou a participar diretamente da disputa pela primeira posição, mas se manteve a uma distância razoável do grupo que liderava a prova. Mais inteiros, Kipsang e Korir aceleraram e passaram a liderar a corrida de forma confortável na altura do nono quilômetro. Na subida da Brigadeiro Luís Antônio, em um ritmo impressionante, o primeiro se desgarrou e partiu para conquistar a vitória. Aperumoi reagiu nos últimos metros e chegou a ultrapassar Korir. Ainda que tenha demonstrado força na parte final, o representante do Cruzeiro não conseguiu alcançar o compatriota Kipsang. Giovani cruzou a linha de chegada no quarto lugar e foi o melhor brasileiro
O prêmio da Mega Sena da Virada do ano será de R$ 244,7 milhões, o maior valor já pago na história das loterias da Caixa, de acordo com a assessoria de imprensa do banco oficial. Somente nesta segunda-feira foram realizados R$ 103 milhões em apostas em todo o Brasil. O sorteio do concurso 1.455 ocorrerá nesta segunda-feira, às 20 horas, horário de Brasília, e terá transmissão ao vivo por emissoras de televisão aberta. De acordo com a Caixa, o ganhador do prêmio terá acesso a exatos R$ 244.784.099,15. Caso ninguém acerte os seis números, leva esse valor quem fizer cinco dezenas. Se ninguém acertar cinco números, leva esse montante quem marcar quatro dezenas. O prêmio da Mega Sena da Virada não acumula. Segundo o banco, a arrecadação bruta foi de R$ 640.548.924,00. São Paulo foi o Estado líder de apostas, com um montante de R$ 202,5 milhões, seguido por Minas Gerais, com uma arrecadação de R$ 76,1 milhões.
Mesmo sem esboçado nenhuma reação, o motorista JOSÉ FAUSTINO NETO, de 40 anos, foi morto por assaltantes com um tiro nas costas, diante da mãe e da irmã. A família ia ao Aeroporto Internacional de CUMBICA, em GUARULHOS, buscar o filho de JOSÉ que voltava de LONDRES. Segundo testemunhas, os ladrões aparentavam ter, no máximo, 15 anos. O crime aconteceu às 18:40 horas de domingo, dia 30, no cruzamento da Avenida JUSCELINO KUBITSCHECK DE OLIVEIRA com a ESTRADA DA ÁGUA CHATA, na VILA DINAMARCA, em GUARULHOS. A irmã do motorista, de 35 anos, que estava ao volante de um FIESTA preto, errou a entrada para o aeroporto e seguiu até as proximidades do trevo de BONSUCESSO para pegar o retorno. Enquanto aguardava o farol abrir, a família foi surpreendida pelos assaltantes, armados. O casal de irmãos e a mãe, de 66 anos, desceram do carro, deixando todos os pertences, e saíram caminhando, obedecendo a ordem dos ladrões. Porém, de repente, um dos assaltantes atirou, atingindo JOSÉ. Em seguida, fugiram com o veículo. Uma pessoa que passava de carro nas imediações levou JOSÉ ao Hospital da VILA DIRCE, mas ele não resistiu. O filho do motorista, que mora em LONDRES, veio ao BRASIL para passar o Reveillon com a família. Segundo os parentes, o rapaz está em estado de choque. Até a tarde de hoje o carro não havia sido localizado.
Às 21:15 horas, um outro motorista, de 35 anos, foi baleado nas costas durante assalto. Ele estava parado em um farol da Avenida THOMAS ÉDSON, BARRA FUNDA, zona oeste, e ao perceber a aproximação dos ladrões teria feito menção de sair. Mas um deles atirou. Mesmo ferida, a vítima conseguiu sair do veículo e correr até a MARGINAL TIETÊ, próximo à PONTE DO LIMÃO, onde caiu. Testemunhas chamaram o Resgate do Corpo de Bombeiros, que a encaminhou ao  PS da SANTA CASA, onde está internada. O carro ainda não foi localizado.
O mecânico JUSCELINO KUBITSCHECK RESENDE DE CARVALHO, de 34 anos, e os adolescentes LUCAS RODRIGUES GOMES e GUSTAVO DE SOUZA MOTA, ambos de 17, foram executados por um motoqueiro, no domingo, dia 30, na Rua PROFESSORA NINNA STOCCO, no CAMPO LIMPO, zona sul. Os tiros atingiram as vítimas na cabeça. O local onde ocorreu a chacina seria ponto de drogas. Em depoimento, a mãe de GUSTAVO confirmou que o filho vendia entorpecentes, mas alegou desconhecer qualquer motivo que pudesse provocar a sua morte ou a dos amigos. Já o pai de LUCAS negou que o filho estivesse envolvido em encrencas e o classificou como muito tranqüilo.
A ano terminou violento em ITAPEVI, na GRANDE SÃO PAULO. Dois adolescentes foram mortos e dois baleados durante tiroteio entre integrantes de gangues rivais. Outro jovem foi executado por motoqueiros. O caso mais violento aconteceu aos dois minutos de hoje, na Rua LUÍS REVIGLIO, JARDIM BELA VISTA ALTA, e provocou a morte dos ajudantes CÍCERO MOURA DE BARROS, de 20 anos, baleado na cabeça e no peito, e FERNANDO SOARES LELIS, 21, atingido no peito. Outros dois rapazes, de 17 e 18anos também acabaram feridos à bala. Em depoimento à polícia, a mulher de FERNANDO contou que seu marido estava em uma pizzaria com amigos quando CÍCERO e os dois menores passaram de carro por eles. Isso foi o suficiente para começar a guerra. CÍCERO tentou fugir, mas os rivais perseguiram o veículo, que se desgovernou e bateu contra um poste. Ele morreu no local. Os feridos foram socorridos por familiares. No carro foram achadas duas pistolas 380. Logo depois FERNANDO também foi encontrado morto. Às 23:30 horas, na Rua dos SERGIPANOS, PARQUE SUBURBANO, o pedreiro MAURÍLIO AMARAL MARQUES, 18, foi executado com um tiro de pistola na cabeça.
Um policial militar morreu hoje pela manhã em um acidente envolvendo uma KOMBI da PM e um caminhão próximo ao KM 157 da BR-101 (antiga RIO – SANTOS), em SÃO SEBASTIÃO, litoral norte. De acordo com a Polícia Militar de CARAGUATATUBA, o caminhoneiro perdeu o controle em uma das curvas e bateu contra a KOMBI da PM que seguia em sentido oposto. De acordo com a PM, os outros cinco policiais e o motorista do caminhão tiveram ferimentos graves e foram encaminhados para o Pronto-Socorro de SÃO SEBASTIÃO. A Policiai Rodoviária Estadual bloqueou as duas pistas da rodovia, que registrava quatro quilômetros de congestionamento por volta das 11:30 horas. Muitos turistas deixaram para viajar no último dia do ano. A Polícia Militar começou na última sexta-feira a OPERAÇÃO VERÃO no litoral norte. Para reforçar a segurança nas quatro cidades litorâneas foram enviados 530 policiais para a região. O efetivo extra permanecerá no local até o dia 13 de fevereiro, logo após o Carnaval. Nesta época são esperados cerca de cinco milhões de turistas no litoral norte.
A secretária de Estado dos EUA, HILLARY CLINTON, internada no domingo em razão de uma trombose, permaneceu em observação hoje no Hospital de NOVA YORK. Seus problemas de saúde, segundo afirmou seu porta-voz PHILIPPE REINES, são decorrentes de uma concussão que ela sofreu no mês passado. REINES disse que os médicos de HILLARY descobriram a trombose ao realizar exames de acompanhamento, ontem. O assessor não indicou em que região do corpo ela apresentou o problema, mas afirmou que HILLARY está sendo tratada com anticoagulantes e deveria ficar mais dois dias no Hospital PRESBITERIANO DE NOVA YORK para o monitoramento de sua medicação. HILLARY, de 65 anos, sofreu uma queda enquanto estava em sua casa recuperando-se de uma virose estomacal que a havia deixado seriamente desidratada. A concussão foi diagnosticada no dia 13 e a secretária de Estado foi obrigada a cancelar uma viagem que tinha marcada para a ÁFRICA e o ORIENTE MÉDIO, planejada inicialmente para ocorrer na próxima semana.  
O estado de saúde do presidente venezuelano, HUGO CHÁVEZ, é delicado, 20 dias após a quarta cirurgia feita desde o diagnóstico de um câncer na região pélvica em 2011, informou ontem à noite o vice-presidente do país, NICOLAS MADURO, em HAVANA. CHÁVEZ está internado na capital cubana, onde passou pela operação no último dia 11. ‘Há alguns minutos estivemos com o presidente CHÁVEZ, nos cumprimentamos e ele mesmo falou sobre estas complicações. Graças à sua força física e espiritual, o comandante CHÁVEZ está enfrentando esta difícil situação”, afirmou MADURO em seu pronunciamento em rede nacional de TV, ontem, domingo, à noite. NA VENEZUELA, a população aguarda para saber se o presidente terá condições de assumir seu quarto mandato, para o qual foi eleito em outubro, no próximo dia 10. Caso isso não ocorra, o presidente da Assembléia Nacional, DIOSDADO CABELLO, assume o poder interinamente. Se a falta temporária de CHÁVEZ se confirmar como absoluta, novas eleições são convocadas em 30 dias. Todos os festejos públicos de fim de ano em CARACAS foram suspensos, entre eles o tradicional show na PRAÇA BOLÍVAR. Partidários do presidente encheram as redes sociais com mensagens de ânimo e convidaram “as famílias de CARACAS e as venezuelanas em geral a esperar o Ano Novo reunidas em cada lar em uma oração de fé e esperança pela saúde” de CHÁVEZ, disse o ministro da Informação, ERNESTO VILLEGAS.
Fogos receberam o novo ano em SYDNEY, na AUSTRÁLIA. 3013 chegou ao país às 11 horas da manhã no horário de BRASÍLIA e mais de 1,5 milhões de pessoas participaram da festa, segundo a organização. 
2 013    :     -    TERÇA-FEIRA
Pela primeira vez, o RÉVEILLON de COPACABANA terá como tema principal um filme dirigido por um brasileiro “RIO 2” e será transmitido para diversos países da AMÉRICA LATINA e para os ESTADOS UNIDOS. A Secretaria Municipal de Turismo espera o comparecimento de 2,3 milhões de pessoas à festa, dos quais 765 mil turistas. Três palcos serão instalados ao longo da orla de COPACABANA, além de 300 banheiros químicos, quatro postos médicos, seis UTIs móveis, 30 postos de policiamento e 32 torres de som. Estarão a postos 120 maqueiros e 1,5 mil produtores trabalhando na organização do evento. Além de COPACABANA, oito bairros do RIO farão festa na virada do ano. O secretário municipal de Turismo, ANTÔNIO PEDRO FIGUEIRA DE MELLO, informou que a transmissão do evento pela televisão para diversos países ajudará a promover a cidade que sediará os Jogos Olímpicos de 2016. Onze balsas ficarão a 400 metros da PRAIA DE COPACABANA, com 24 toneladas de fogos de artifício, que serão queimados em 16 minutos. Cerca de 50 técnicos em pirotecnia participarão da festa. Entre as atrações musicais estão BETH CARVALHO, o Grupo NOSSO SENTIMENTO e os cantores e compositores LULU SANTOS e CARLINHOS BROWN. Pelo sétimo ano consecutivo, a organização da festa de fim de ano do RIO DE JANEIRO ficará a cargo da empresa SRCOM. O sócio da empresa, FLÁVIO MACHADO, informou que, apenas em COPACABANA, a empresa investiu cerca de 17 milhões de reais. A virada é considerada pelo WORLD TRAVEL GUIDE uma das maiores festas do mundo. O segundo longa-metragem da série “RIO” será lançado em março e apresentará a festa de RÉVEILLON de COPACABANA. O desenho é dirigido por CARLOS SALDANHA.

O calor dos últimos dias é fichinha para eles e, com os 15 km do percurso da SÃO SILVESTRE sendo velhos conhecidos, o esquadrão queniano entra com firmeza como favorito para a conquista de mais um título na prova de hoje. A elite feminina largará às 8:40 horas, na AVENIDA PAULISTA, próximo à Rua FREI CANECA. Às 9 horas começará a prova da elite masculina. Com mais de 27 mil inscritos, a corrida chega a sua 89ª edição sem atrair grandes astros e estrelas do esporte, mas se mantendo como a queridinha das provas populares. Campeão da edição passada, o queniano EDWIN KIPSANG ROTICH espera o bi este ano. “Vamos correr juntos e tentar repetir o feito do ano passado”, avisa o corredor, que está há um ano treinando no país. Ao lado dele estarão MARK KORIR e STANLEI KOECH. KORIR também foi pódio na SÃO SILVESTRE de 2012. Terminou a corrida na terceira colocação. Já KOECH é o atual campeão da MARATONA DE SÃO PAULO. A concorrência é modesta. Desta vez, nada de corredores com títulos em grandes provas internacionais, como MARILSON GOMES DOS SANTOS, ultimo atleta nacional a vencer a prova, em 2010, por exemplo. A responsabilidade de furar o paredão formado pelos quenianos repousa nos ombros, principalmente, de GIOVANI DOS SANTOS e DAMIÃO ANCELMO. Quarto colocado na SÃO SILVESTRE do ano passado, GIOVANI, aliás, conta com o respeito dos estrangeiros, que têm o nome dele na ponta da língua para falar sobre a concorrência local. Os resultados recentes do brasileiro só comprovam essa preocupação. Bicampeão da VOLTA DA PAMPULHA, ele também venceu a MARATONA DE SÃO PAULO desde ano. DAMIÃO foi vice na prova da PAMPULHA.
Se, no masculino, está difícil passar pelos africanos nos últimos anos da SÃO SILVESTRE, a situação das brasileiras está ainda mais difícil. Enquanto o jejum dos meninos é de dois anos, as representantes nacionais não vencem a prova há seis temporadas. A última vez em que isso aconteceu foi em 2006, com a brasileira LUCÉLIA PERES.  TATIELE CARVALHO e SUELI PEREIRA querem mudar isso. Apesar de pouco conhecidas no cenário nacional, a dupla é a principal esperança de pódio brasileiro. “A meta é melhorar o tempo. O resultado é conseqüência disso”, diz TATIELE. No ano passado, ela foi a sexta mais bem colocada. Este ano voltará a enfrentar a queniana MAURINE KPCHUMBA, campeão de 2012.     

Com o auxílio do computador posso obter os últimos acontecimentos do último dia do ano. Fico sabendo do que aconteceu na Corrida de SÃO SILVESTRE e obtenho outras informações. Também recebo mensagens de presidentes de núcleos do Interior e já se desenha intenso trabalho nesse sentido para 2014. Em casa, MARLENE e LUCINDA se preparam para passar a VIRADA DO ANO na casa da SORAYA e NELSON. Lembramos que em 2012 LUCINDA quebrou uma costela e trincou uma outra ao cair no quintal de casa e bater com as costas numa escada. Imobilizada, na cama, não pode participar da festa na residência da mãe da KÁTYA. As pessoas vieram visitá-la num dos piores finais de ano que tivemos.  
O repórter da TV Globo Bruno Laurence foi assaltado e agredido, nesta terça-feira, quando ia trabalhar na cobertura da Corrida de São Silvestre, em São Paulo. O jornalista revelou o fato na sua conta do Twitter. Ele disse ter sido agredido pelos assaltantes, mas que está bem. "Vivemos num país que deu errado. Ultimo dia do ano, a caminho do trabalho, 5:10 am para escapar de um assalto, Caio em outro.", relatou o repórter. "Levaram bens materiais (recuperaremos) me bateram e ao me reconhecerem como "o cara do Globo Esporte" piorou. "Passou, ta tudo bem mas fica o medo e a tristeza. Nenhuma fratura no rosto, graças a Deus. Um nariz inchado e a certeza de que meu anjo da guarda é bom demais. Segue o jogo embora ser feliz. As frases: " mata que é da Globo! " " mata o maluco do Globo Esporte! " não vão sair nunca mais da minha cabeça.", escreveu Laurence. O assalto aconteceu quando o repórter estava a caminho do trabalho, segundo o repórter informou na sua conta do Twitter. 
O brasileiro Giovani dos Santos até tentou e por um bom tempo ficou no pelotão de frente, mas o título masculino da São Silvestre 2013 foi para o Quênia, assim como a segunda e terceira colocações. Edwin Rotich conquistou nesta terça-feira o bicampeonato da tradicional corrida de rua, com uma performance dominante e segura. Rotich, de 25 anos, disparou nos últimos três quilômetros de prova, aproveitou a experiência da sua conquista em 2012 e não teve problemas para confirmar mais uma conquista, com certa tranquilidade. Fechou os 15 quilômetros em 43min48s, com mais de 20 segundos de vantagem par ao vice-campeão. Giovani repetiu a quarta colocação que conseguiu em 2012, e teve de ver uma trinca queniana encher o pódio da São Silvestre. Mark Korir foi o segundo colocado e Stanlei Koech terminou a prova no terceiro lugar. "Estou satisfeito, cheguei a ficar na frente, forcei os quenianos. Acompanhei até onde deu, cheguei a encostar. Tentei ir para o terceiro lugar na subida, mas senti um problema na panturrilha e tive de segurar. A gente vem trabalhando e o resultado vai chegar", afirmou Giovani à TV Globo. A prova masculina começou com um pelotão não demorando a se desgarrar. Um grupo de cinco atletas, dominado pelo jogo de equipe queniano, tomou a ponta, com o brasileiro Giovani dos Santos variando. Ele chegou a liderar e também acompanhou de trás o grupo, nunca deixando a distância ficar muito grande. O problema para Giovani apareceu com cerca de três quilômetros para o final da prova, quando os quenianos deixaram de lado o jogo de equipe, passaram a correr cada um por si e, no aumento do ritmo, deixaram o brasileiro para trás. Edwin Rotich disparou na parte final da prova, mostrando força para encarar a subida da Avenida Brigadeiro Luiz Antônio, apesar de a disputa ainda estar aberta. O queniano mostrou tranquilidade nos momentos finais de prova, com um ritmo aparentemente tranquilo. Algumas olhadas no cronômetro e outras por cima do ombro à procura de rivais não demonstraram muita preocupação, e ele faturou mais uma vitória nas ruas de São Paulo.
A Corrida Internacional de São Silvestre foi disputada pela primeira vez no período da manhã, mas o resultado final da prova feminina repetiu o domínio das atletas quenianas, como aconteceu nos último anos. Com um ritmo forte desde o início da prova, Maurine Kipchumba venceu a disputa ao completar os 15 quilômetros pelas ruas de São Paulo em 51min43. A vitória de Kipchumba foi a quarta consecutiva das corredoras quenianas na São Silvestre. Além disso, o país venceu cinco das últimas seis edições da prova paulistana. Já o Brasil não ganha a versão feminina da disputa que fecha o calendário esportivo do País desde 2006, quando Lucélia Peres triunfou. E as atletas brasileiras nem conseguiram lutar pela primeira colocação nesta segunda-feira. Kipchumba ficou bem distante do recorde da prova, que é da também queniana Priscah Jeptoo, que venceu a prova de 2011, concluída no Ibirapuera, com o tempo de 48min48. Assim, ela foi quase três minutos mais lenta do que a melhor marca da prova. A tanzaniana Jackline Sakilu terminou a disputa na segunda colocação. Tatiele Carvalho foi a melhor brasileira na São Silvestre ao terminar a disputa em sexto lugar. Neste ano, Kipchumba venceu a Volta da Pampulha, realizada em Belo Horizonte. A queniana foi contratada pelo Cruzeiro para representá-lo na São Silvestre e fez valer o investimento do clube mineiro, que possui uma das principais equipes de corridas de rua do Brasil. O início da disputa foi equilibrado, mas logo duas atletas se destacaram das demais concorrentes. A partir da metade da prova, a queniana Kipchumba e a tanzaniana Sakilu se destacaram do pelotão de elite e passaram a lutar pela liderança da São Silvestre. Na altura do 10º quilômetro, Kipchumba abriu vantagem e passou a correr sozinha, sem ter a primeira colocação ameaçada. Assim, ela completou a prova sem ser pressionada e cruzou a linha de chegada na avenida Paulista para triunfar na versão feminina da São Silvestre.
Fernando Henrique Cardoso (Coloco em meu blog esta mensagem)
Mensagem de FHC: "O ano que termina não foi dos melhores para o país: nuvens pesadas rondam a economia, contas públicas se complicam, inflação perigosa. Felizmente, a massa salarial não caiu nem o desemprego voltou a assustar. Mas, até quando?
Há, entretanto, sinais alentadores: a população tomou as ruas para exigir melhor qualidade de vida, demonstrando inconformidade com a patifaria política e com a corrupção. E o Supremo Tribunal Federal mostrou que mesmo os poderosos têm de obedecer às leis, pagando os desvios de comportamento com o preço da liberdade. Sopra, pois, a esperança.
Meus votos para 2014, além dos relativos ao bem estar das pessoas e ao aumento da solidariedade entre nós, são de que o início de despertar do povo brasileiro encontre eco em lideranças responsáveis, capazes de abrir caminhos novos, mais seguros. Líderes que ofereçam prosperidade duradoura e garantam as liberdades individuais e coletivas. Ano eleitoral é sempre ano de expectativas de mudanças. Que elas venham e nos levem a um futuro melhor".
Após o encerramento das apostas para a Mega-Sena da Virada às 14h desta terça-feira (31), a Caixa Econômica Federal anunciou que o valor do prêmio principal ficou em R$ 224.677.860,07. A quantia é superior à estimativa inicial, que havia sido de R$ 200 milhões. O prêmio é o maior do ano sorteado pelas Loterias da Caixa. O sorteio ocorre às 20h (horário de Brasília) desta terça, no estúdio da Rede Globo, em São Paulo. O valor do prêmio deste ano é o segundo maior desde que a Mega-Sena da Virada começou, em 2009. O mais alto foi o do ano passado, que ficou em R$ 244.784.099,16 e foi dividido entre três ganhadores. As apostas começaram no dia 11 de novembro e, ao todo, foram vendidos 104,2 milhões de bilhetes. O total arrecadado foi de R$ 758,2 milhões. Desse valor, R$ 246 milhões foram arrecadados apenas entre esta segunda (30) e esta terça, os dois últimos dias de captação de apostas. Para a aposta simples, com preço de R$ 2, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa. Se aplicado na poupança, o prêmio rende cerca de R$ 1,3 milhão por mês - aproximadamente R$ 44 mil por dia. O prêmio da Mega da Virada não acumula. Caso não haja ganhador com as seis dezenas sorteadas, o valor será somado ao rateio dos acertadores de cinco números, e assim por diante.
Faltando 100 minutos para o término de 2013, vamos para a residência do NELSON e SORAYA. Lá já se encontram a MARLENE, JOÃO GOMES, PAULO CÉSAR, KÁTYA, IAGO. Também vamos cumprimentar a NORMA, RENATA, BRUNO e outras pessoas da família da SORAYA e do NELSON que vão passar os últimos instantes de 2013 em confraternização. Na frente da casa, moradores da RUA AUAD ABUD estão organizando uma bateria de fogos de artifício para ser acionada justamente ao raiar do ANO NOVO. Muita gente fica na rua, inclusive nós, aguardando o momento da queima de fogos. Isso é inédito. Nunca aconteceu nesse trecho da rua onde moram o NELSON, SORAYA e família. Há um deslumbramento no início de 2014, todos assistindo a queima dos fogos e se cumprimentando. É um momento delicioso do ANO NOVO.  
Claudia Jimenez, 55, recebeu alta do hospital Pró-Cardíaco, no Rio de Janeiro, na manhã desta terça-feira (31). A atriz estava internada desde a última quinta-feira (26) e foi submetida a um implante de marca-passo no coração. A personal trainer Stella Torreão, sócia e ex-namorada da atriz, publicou em seu Facebook uma mensagem comemorando a alta de Claudia. "Família Espaço, é com grande alegria que comunicamos que Claudia está em casa! Desejamos a todos um ano de união, saúde e fé incondicional! 2014 estamos juntos!", escreveu, na página de sua academia, Espaço Stella Torreão. No ar com a novela "Além do Horizonte" (Globo), Claudia deve continuar por alguns dias afastada das gravações.
A Caixa Econômica Federal sorteou na noite desta terça-feira as dezenas da Mega da Virada, que pagará um prêmio de R$ 224,6 milhões. Os números sorteados foram: 20 - 30 - 36 - 38 - 47 - 53. O rateio das apostas vencedoras ainda não foi divulgado. Ao todo, foram vendidos 104 milhões de bilhetes em todo o país. As apostas para a Mega da Virada começaram no dia 11 de novembro e arrecadaram R$ 758.218.978. Desse valor, R$ 246 milhões foram arrecadados entre ontem e hoje, que foram os dois últimos dias de captação de apostas. Assim como nas edições anteriores, o prêmio não vai acumular. Se não houver ganhadores na faixa principal, seis números, o prêmio será rateado entre os acertadores da quina e assim por diante. Apenas investindo na poupança, o prêmio renderia pouco mais de R$ 1,3 milhão por mês e R$ 44 mil por dia. No ano passado, a Mega da Virada pagou R$ 240 milhões, divididos em três bilhetes vencedores, sendo um de Aparecida de Goiânia (GO), Franca (SP) e São Paulo.
A Polícia Militar e a Força Nacional de Segurança desarticularam nesta terça-feira (31) um plano de rebelião em presídios do Maranhão. Foram apreendidos 30 celulares e 200 armas artesanais em seis unidades do Estado, segundo o CPE (Comando de Policiamento Especializado da Polícia Militar). Na última sexta-feira (27), a PM assumiu a segurança das unidades prisionais, entre elas a de Pedrinhas, onde uma rebelião deflagrada no dia 17 terminou com três presos decapitados. Neste ano, 59 presos morreram no presídio. Cerca de 100 homens dos batalhões de Choque e da Cavalaria da PM e agentes da Força Nacional realizaram inspeções de segurança durante esta madrugada. Segundo o comandante do CPE, coronel Ivaldo Alves Barbosa, o serviço de inteligência da PM identificou o plano de rebelião. Para ele as armas encontradas provam que um motim era planejado para esta noite. Apenas em Pedrinhas foram apreendidos 30 facas e sete celulares. Para Barbosa, os detentos estão insatisfeitos com a presença da PM e com a suspensão do indulto de fim de ano. "Eles [os detentos] ficaram chateados. Acho que não estão satisfeitos com a minha presença porque sou muito duro. Bandido quer moleza e, talvez, por ser muito duro, aí dá esse problema. Mas tem que ser", disse o comandante à Folha.
Avião pousou no Rio de Janeiro, onde ficará no Museu da Aeronáutica; Caças suecos Gripen só chegam em 2018
A Força Aérea Brasileira se despediu nesta terça-feira (31) dos Mirage 2000 que desde 2005 estavam a serviço do País. Às 10h40, decolou da base de Anápolis (a 140 quilômetros de Brasília) o caça de matrícula 4948 que pousou pela última vez e foi levado ao Museu da Aeronáutica, seu destino final.
FAB
Caça Mirage fez seu último voo nesta terça-feira
O caça foi pilotado pelo capitão Antonio Augusto da Silva Ramalho, do 1º Grupo de Defesa Aérea. Ramalho se disse "feliz como piloto, pela honra da missão". Aos 33 anos e operando desde 2010 os interceptadores Mirage, Ramalho reconhece "o salto qualitativo da aviação de caça brasileira", com a chegada do novo jato supersônico de tecnologia avançada, o modelo sueco Gripen NG, selecionado dia 18 pela presidente Dilma Rousseff na definição do longo processo F-X2 que durou cerca de 20 anos a contar do estudo preliminar e das consultas iniciais. A possibilidade é de que a expectativa do capitão, seus colegas e, ainda, a da complexa rede da indústria aeronáutica seja superada. A encomenda inicial de 36 aeronaves, mais a transferência de tecnologia, vai custar US$ 4,5 bilhões. E deve ser seguida de pacotes, de longo prazo, até um total de 124 unidades contratadas a longo prazo, coisa de 10 a 15 anos, contemplando um horizonte além de 2030. A previsão pode ser maior, chegando a 160 jatos Gripen NG. O número é considerado o ideal para proteção integral dos pontos estratégicos do País, de acordo com um oficial combatente ouvido pelo Estado. O plano da Força Aérea é substituir a frota atual por um só tipo padrão, capaz de ser configurado de forma personalizada para cada necessidade. A Marinha está na mesma sintonia. A aviação naval embarcada hoje no porta aviões São Paulo A-12 e, no futuro, a bordo do novo navio dessa classe que vai liderar a 2.ª Frota, no litoral Norte/Nordeste, quer empregar a versão especializada do mesmo avião escolhido para a FAB. Divulgação/FAB
O Mirage 2000 de matrícula 4948, o último modelo do tipo a sobrevoar os céus do país. Em Anápolis, na sede do Grupo de Defesa Aérea, a dupla inicial de caças F-5M, que cumprirá a tarefa de proteger Brasília até a chegada dos Gripen, estimada para 2018, está pronta. Vieram de Santa Cruz (RJ) e de Canoas (RS). Na segunda mobilização ao menos um sairá de Manaus. Os 12 Mirage 2000C/B comprados usados, na França, pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em 2005 deveriam ter sido aposentados em 2011. A Aeronáutica montou um esquema de manutenção que imobilizou seis caças e manteve no ar o esquadrão remanescente. Até o voo do capitão Ramalho, hoje, o GDA terá somado 10.500 horas. Em sete anos o supersônico entrou em ação real apenas uma vez, em março de 2009, quando foi acionado para reagir a uma ameaça - um piloto amador, desequilibrado, pretendia invadir o limite da capital. Acabou caindo e morrendo com a filha de 5 anos no estacionamento de um shopping de Goiânia

NÉSTOR BEREMBLUM/BRAZIL-PRESS/FOLHAPRESS 
Faltando poucas horas para a virada do ano, Copacabana, na zona sul do Rio, já vive clima de festa. Apesar da chuva que atingiu o bairro, as pessoas se divertem com o show do cantor Nando Reis, que subiu ao palco a pouco. Antes, os DJs Zambuja e Duda M se apresentaram. As pessoas não param de chegar a praia caminhando ou de metro. O movimento é maior na estação Cardeal Arcoverde do metrô (a mais próxima do palco principal). Por enquanto não há registro de tumulto. Apesar da Prefeitura do Rio ter mobilizado 1.700 agentes para fiscalizar o comércio irregular não faltam ambulantes espalhados por todo bairro.


Quem ainda segue para a praia o melhor é que leve a sua bebida gelada. Devido ao forte calor que fez hoje no Rio, a temperatura chegou a 38ºC, segundo o Climatempo, é difícil encontrar água gelada com os ambulantes. A garrafa de água, quente, está sendo vendida a R$ 3 e as latas de cerveja a R$ 6. Os bares estão lotados. Alguns só deixam entrar as pessoas que fizeram reservas para o Réveillon. A areia, próximo ao palco, está praticamente tomada. Mesmo faltando quatro horas para a festa já não é possível telefonar de alguns pontos do bairros. O sinal dos telefones celulares caem ou as ligações são interrompidas. O trânsito também é complicado nos acessos ao bairro. O trafego está lento na avenida Nossa Senhora de Copacabana e Epitacio Pessoa. Os ônibus só entram em Copacabana até as 22h.
Um porta-voz do governo do Congo anunciou que 103 pessoas morreram em uma série de ataques violentos ocorridos nesta segunda-feira, dia 30, na capital do país, Kinshasa. Lambert Mende, porta-voz do governo congolês, disse nesta terça-feira, dia 31, que os ataques de segunda levaram à morte de 95 atacantes e oito membros do Exército. Segundo o governo, já foi restabelecida a ordem na emissora de TV estatal e no aeroporto de N'djili, dois dos focos dos ataques. Os atacantes eram apoiadores do pregador cristão Joseph Mukungubila, que perdeu as eleições presidenciais de 2006 para o presidente Laurent Kabila. Segundo relatos, ele afirma ser um profeta enviado por Deus para acabar com o regime de Kabila. Mukungubila está sendo procurado pelo governo congolês. Mongali Kubi, um seguidor do pastor, afirmou em entrevista à Associated Press nesta terça que o grupo está sendo caçado pelas forças governamentais. Uma nota divulgada pelo grupo diz que, horas antes de eles atacarem nesta segunda-feira, as Forças Armadas "atacaram a residência do profeta Mukungubila em Lubumbashi", e só então "os irmãos de outras cidades se sublevaram". Em declaração feita nesta terça-feira, o pastor disse que não fugiu do país e exigiu que Kabila renuncie. "Que abandone o poder, que entregue o poder! É intolerável que um estrangeiro esteja no comando deste país", disse ele à Agência France-Presse. O religioso se referia ao boato de que Kabila é ruandês. Segundo ele, o que o Exército fez com seus seguidores foi um "massacre". "Eles tinham as mãos vazias. Como se pode justificar isso? As mãos vazias! Se olham as imagens, junto aos corpos não há armas", disse na entrevista.
Um míssil atingiu um ônibus nesta terça-feira numa área tomada pelos rebeldes na cidade síria de Aleppo, incendiando o veículo e matando ao menos 10 pessoas. Outro míssil caiu perto de lá, quando os moradores se apressavam para tirar os feridos do ônibus, disse o Observatório Sírio dos Direitos Humanos, uma ONG com base na Inglaterra. As forças sírias já mataram mais de 500 pessoas, principalmente civis, desde 15 de dezembro, numa campanha de bombardeio a Aleppo. Na maior parte dos casos, simples barris cheios de explosivos são derrubados sobre bairros tomados por rebeldes. A região de Al-Bab, onde caiu a segunda bomba nesta terça, é um alvo frequente. Trata-se de um dos mais intensos ataques a áreas residenciais desde o início do levante sírio contra o presidente Bashar Assad, há três anos. Os rebeldes tomaram partes de Aleppo, a maior cidade da Síria, durante o verão local de 2012. Valerie Amos, subsecretária-geral da ONU para questões humanitárias, afirmou estar "extremamente preocupada com a deterioração da situação humanitária" lá. "A insegurança continua a ter um grande impacto em nossos esforços para levar assistência ao povo", disse Amos. "Eu me uno ao secretário-geral da ONU, Ban Ki-Moon, em condenar fortemente os ataques contra civis em Aleppo e em muitas outras partes da Síria." Os rebeldes também dispararam contra bairros percebidos como leais a Assad em outras partes da Síria. Na terça-feira, os meios de comunicação estatais do país relataram que um morteiro disparado por rebeldes matou três pessoas na cidade de Homs, no centro do país. Segundo o Observatório, o incidente causou a morte de uma pessoa. Tais divergências de números são comuns. O Observatório obtém suas informações por meio de uma rede de ativistas espalhada pelo país. Nesta terça, o grupo também relatou que mais de 130 mil pessoas foram mortas desde o início do levante sírio, em março de 2011. As Nações Unidas disseram em julho que 100 mil sírios haviam sido mortos, e desde então não atualizaram a cifra. O Observatório diz que cerca de 66 mil dos mortos eram civis, incluindo 7 mil crianças. O grupo diz que mais de 32 mil soldados foram mortos, mas afirma que suas estimativas de rebeldes mortos são provavelmente muito menores do que o número real de mortos, porque poderosas brigadas ligadas à Al Qaeda não costumam informar mortes de combatentes
Schumacher teria ajudado amigo caído antes de se acidentar na neve. Assessora de imprensa da família diz que velocidade não causou perda de controle
Por GloboEsporte.comGrenoble, França
estação esqui meribel local acidente Schumacher (Foto: AFP)A estação de esqui de Méribel, onde Schumacher se acidentou (Foto: AFP)
Após o anúncio da melhora no quadro de saúde de Michael Schumacher, a assessora de imprensa do piloto revelou que o alemão teria saído da rota tradicional na estação de esqui de Méribel para ajudar um amigo que havia caído fora dos limites monitorados. Segundo Sabine Kehm, Schumi aparentemente teria deixado a pista sinalizada para prestar socorro e, quando fez uma curva, acertou uma pedra, perdeu o equilíbrio e bateu a cabeça em outra rocha. A porta-voz da família fez questão de enfatizar que a velocidade no momento do acidente não influenciou em nada na gravidade do quadro clínico.
- Eu acredito, repito, eu acredito que foi isso o que aconteceu: Michael esquiava com um grupo em uma pista normal. No meio havia uma área de neve profunda. Ele não estava em alta velocidade, porque parece que tinha ido ajudar um amigo que tinha caído em uma área de neve profunda. Aparentemente, ele pegou uma rocha que não enxergou quando fez uma curva e foi catapultado no ar, chocando-se com outra rocha quando caiu. É um conjunto de circunstâncias ruins e infelizes. Não porque ele estava correndo muito, mas algo que pode ter acontecido a 10 km/h.
Sabine Kehm porta voz schumacher (Foto: Getty Images)Sabine Kehm revela possível causa para Schumacher ter deixado a pista tradicional em Méribel (Foto: Getty Images)
Nesta terça-feira, a revista "Times" divulgou que a velocidade estimada de Schumacher no momento do acidente seria entre 60 km/h e 101 km/h. O impacto foi tão forte que o capacete do piloto, responsável por salvar sua vida, segundo os médicos, se partiu em dois.
Infografico Acidente Esqui Schumacher correto (Foto: arte esporte)Infográfico mostra a área onde Schumacher teria se acidentado (Foto: arte esporte)
Em entrevista ao GloboEsporte.com, o esquiador profissional e guia alemão Thomas Weller explicou que existe uma escala de graus de dificuldade das pistas de Méribel, dividida em cores.Ele disse que o ex-piloto estava em pistas adequadas à sua habilidade no esporte, mas que teria sido imprudente por deixar a área sinalizada.
– Chamois e Biche são pistas de azul para vermelha, ou seja, não tão difíceis. Ele estava devidamente preparado, com certeza, e é um ótimo esquiador. Eu nunca esquiei com ele, mas já o vi esquiando. A dificuldade é que ele não esquiou na pista, mas sim fora, numa espécie de "entrepista". Todas as pistas do mapa são cobertas por uma companhia que as limpa, tira as rochas e tudo o mais. Fora delas pode ser muito perigoso. Há pedras, árvores, animais e tudo o mais. Elas não têm neve suficiente, não têm cobertura nessa época do ano, então você corre muito perigo, porque os obstáculos ficam descobertos. Muitos esquiadores caem. Quanto mais neve, melhor, pois há menos perigo – explicou Weller ao GloboEsporte.com.


Schumacher passa por nova cirurgia na noite de segunda
Michael Schumacher hospital coletiva (Foto: AFP)Nova coletiva de imprensa anuncia segunda neurocirurgia em Schumacher na noite desta segunda-feira (Foto: AFP)
Em nova coletiva de imprensa realizada nesta terça-feira, a equipe médica do Centro Hospitalar Universitário de Grenoble, na França, afirmou que o quadro de Michael Schumacher apresentou uma leve melhora na madrugada (horário de Brasília). De acordo com o diretor geral do hospital, o alemão passou por uma nova cirurgia na noite desta segunda-feira (22h locais), que durou cerca de duas horas, para diminuir a pressão no cérebro. Após o procedimento, um novo exame apontou uma ligeira melhora no quadro clínico do heptacampeão mundial de Fórmula 1, que segue em coma induzido.
- Nós fizemos uma ''varredura'' sem nenhum risco desnecessário, que apontou uma leve melhora. Nós temos alguns sinais para achar que a situação está mais controlada do que nesta segunda - disse o doutor Jean-Francois Payen, o mesmo que na coletiva da manhã de segunda-feira disse que Schumacher estava "lutando pela vida".


2 014      :     -    QUARTA-FEIRA
UM RAIO QUE LEVOU ANJOS
HOMENAGEM AO TUYUTIANO ZENILDO
O ano de 1964 foi marcado para aquele jovem simples de fala mansa, humilde, tímido, que ingressava para a Academia de Policia Militar, depois de exames difíceis que exigiram muito esforço, paciência, resignação e até algumas gotas de sangue derramadas no cascalho da pista de corrida.
Algo chamava a atenção, o sorriso, patente registrada, não sei de ninguém mais que seja possuidor dessa marca benfazeja.
Todos os recém ingressos, no afã de arrumações, apresentações, não podiam se esquecer de que eram bichos, simplesmente bichos.
O uniforme de calça jeans e camisa Hering branca, a adaptação difícil e logo os fardamentos, aulas, desfiles, espadim, sufoco que o cadete ZENILDO tirava de letra e ajudava a todos, desde o líder do pelotão ao mais fraco, usando palavras de ânimo, entusiasmo, bondade.
E TUIUTY, a turma das autoridades, cresceu, se destacou e chegando ao fim do desfile deste mundo com as baixas sentidas de companheiros cuja lembrança guardamos no pensamento, alegres, brincalhões, leais, compromissados com o juramento feito.
Mas o menino ZÊ, assim passou a ser conhecido, foi levado pelo destino ao CORPO DE BOMBEIROS, paixão de muitos, exclusivo a poucos. Fogo, enchentes, desastres, lá estava o ZÊ no afã de salvar vidas, prestar ajuda, era o anjo quem o conduzia nas lições de aprendizado.
O batismo de fogo e tudo que se possa imaginar aguardava para ser colocado à prova, INCÊNDIO NO EDIFICIO JOELMA, do Brasil o mais heroico e trágico na tentativa de salvamento de vítimas. O Zê estava lá, viveu todas as emoções de um teatro Grand Guinol, chorou ao saber que era incapaz de restituir vidas, gargalhou ao salvar tantas mais.
Zê, você se lembra disso, com certeza!
- Lógico, cenas gravadas na minha mente, nunca mais esquecidas.
-Salvou muitas pessoas?
- Nem te conto e meu coração bombeiro se emociona a cada lembrança e a cada serviço. Afinal sempre servi lá.
-Zê, qual o seu segredo para essa coragem, humildade e o sorriso?
- Graças ao Bom Deus, sempre.
Assim era o Zê, a humildade em pessoa, a simplicidade dos grandes heróis que nos conquistava a todos. As reuniões da turma, fossem onde fossem, com qualquer tempo, lá estava o Zê irradiando s e a alegria de viver e estar junto com o pessoal como dizia.
O tempo passou, mas para ele não, foi generoso e o conservou para as missões do destino. Casou teve filhos e agora, pela segunda vez, havia encontrado a companheira ideal, também alegre, impetuosa, jovem em pleno vigor, o casal perfeito dizíamos nós. Viagens passaram a acontecer, Europa, Ásia, Américas, lá estavam os pombinhos no arrulhar do amor.
Aposentado, iniciou o turismo, que nunca pudera fazer, mas   estavam reservadas as lições mais e mais difíceis. Veio a terrível doença, que o fez sofrer muito, tempos negros feitos de angústia, tristeza e dor, muita dor. Ao final conseguiu a cirurgia, que durou pelo menos 18 horas em estado de sedação.
Superou a essa provação.O espírito cresceu e, a partir daí, entendeu melhor a missão divina. As reuniões mensais dos Bombeiros, Velhos Camaradas, Apito, Quartas do mês, lá estava o Zê, ora nas conversas, ora no truco gritando, rindo e vencendo bastante.
Mas a sirene tocou, a guarnição se preparou e ZENILDO atendeu ao chamado do SENHOR, que veio buscá-lo pessoalmente e à amada esposa, aos familiares. Deus nos fala pelos raios e aos escolhidos é reservada a graça da morte sem sofrimentos, sem espanto. Deus chega fulminante e carrega nos braços os filhos amados.
O raio do Senhor se fez presente e nos alegramos em saber que o ZENILDO, o simples, humilde, o sorriso de amor, consolo, harmonia, está olhando por nós e nos consolando.
Chorar, talvez, mas aplaudir, cantar a Canção do Bombeiro, da PM, encher o peito de alegria, acenar, tenho absoluta certeza de que isso é o que ZENILDO quer ver de todos, em especial da
TURMA TUIUTY, que tanto amou e se dedicou.
Vivas a você companheiro, Loas e aplausos, que sua voz se sobressaia no Coro de Anjos. O seu lema nos acompanhe
“PESSOAL, VAMOS VIVER TODOS OS MOMENTOS BONS, CARAMBA, DEIXA DISSO, CARAMBA.”
Ouviremos a gargalhada, a voz suave e o piscar de olhos característico de um cacoete, ele dizia que era o charme....
Da matéria nada ficou, mas você está presente em cada um de nós, que tivemos a felicidade de compartilhar a missão com você

Em 30 de dezembro de 2014
Cmt Horácio
Toledo
Re: [Cbb-Ninho] Re: PALAVRAS AO NOSSO COMPANHEIRO ZENILDO, FALECIDO ONTEM
Ao acordar hoje véspera de ano novo 2015, fui ler esta mensagem do CMT HAroldo ao CMT Zenildo .
Confesso que me emocionei e estou até em prantos com essa linda mensagem; que o Grande Companheiro Zenildo e família já esteja com o nosso Divino Pai Celestial, que nesta vida terrena ainda viveremos para recordar suas passagens , seus momentos difíceis e alegrias que os seus próximos vivenciaram bem como vossos colegas de turmas passaram no tempo de cadetes no Ninho das Águias, sua linda carreira profissional profissão esta destinada a poucos nesta vida. CMT ZENILDO vá em paz para sua verdadeira vida espiritual, e desejo aos familiares nossos profundos sentimentos e força em continuar mais estes obstáculos para vossos crescimento espiritual. (Toledo/78)

O último dia do ano de 2014 vai me encontrar na mais absoluta tranquilidade, sem compromissos de qualquer espécie. Em minha biblioteca revejo minhas memórias, fazendo um passeio pelas páginas de tantos anos que escrevo. Lembro de coisas boas, de acontecimentos tristes, enfim, em algumas horas faço meu subconsciente trabalhar no passado.
Com a COPA DO MUNDO e as eleições presidenciais no calendário, ninguém duvidou que 2014 entraria para a história como um ano épico. O que todos não esperavam é que a seleção daria adeus ao sonho do hexa em casa com uma derrota vergonhosa por 7 a 1 para a ALEMANHA. Ainda mais surpreendente foi a morte precoce do candidato à Presidência da República EDUARDO CAMPOS (PSB) após o avião em que ele estava cair em SANTOS há menos de dois meses do primeiro turno. O pleito mais acirrado da história republicana do país reelegeu DILMA ROUSSEFF, que assume amanhã um país dividido.
Os ônibus foram alvos fáceis de vândalos durante todo o ano. De acordo com levantamentos da CET, em 5 de dezembro já tinham sido queimados 126 coletivos. Em 2013, foram 54 veículos depredados. O primeiro do ano a ser incendiado foi em 6 de janeiro na CIDADE TIRADENTES, na zona leste. A primeira vítima fatal da ação foi o motorista JOHN CARLOS SOARES BRANDÃO, em 22 de outubro. O condutor teve 70% do corpo queimado e ficou cinco dias internado na UTI.
Maior crise hídrica da história. Em 13 de janeiro, o jornal DIÁRIO DE SÃO PAULO antecipou que a zona norte e o centro corriam o risco de racionamento por serem abastecidas pelo Sistema CANTAREIRA. Na época, o reservatório estava com 49% de sua capacidade total e o mês tinha registrado apenas 25,2% do total previsto de chuvas. Para evitar o desabastecimento, o governador GERALDO ALCKMIN anunciou um programa de bonificação para quem economizasse água. Em maio, o sistema bateu o recorde mais baixo da história com 10% e continua em queda livre.
Em 27 de fevereiro, o episódio derradeiro do julgamento do mensalão no STF: os ministros, por maioria, absolveram oito mensaleiros do crime de formação de quadrilha. Com a decisão, JOSÉ DIRCEU e DELÚBIO SOARES passaram a ter direito à prisão em regime semiaberto. Os dois já estão soltos, assim como os demais petistas condenados.
Em 15 de abril, 45 investigados da OPERAÇÃO LAVA JATO - que descobriu um esquema bilionário de corrupção na PETROBRÁS - foram indiciados. A Polícia Federal apontou pagamentos ilegais na compra da Refinaria de PASADENA, nos ESTADOS UNIDOS, e a existência de um cartel formado pelas maiores empreiteiras do país, que combinavam quem ganharia as licitações. As vencedoras distribuíam propina de até 3% do contrato.

A ETIÓPIA fez dobradinha na 90ª edição da Corrida Internacional de São Silvestre, prova de rua mais tradicional da América Latina. Na disputa masculina, Dawit Admasu venceu a corrida pela primeira vez, com o tempo de 45min04s, garantindo o lugar mais alto do pódio a seu País, que também levou no feminino com Ymer Wude Ayalew.
São Silvestre: Etiópia bate Quênia e Giovani dos Santos é 5º
A segunda posição foi do queniano Stanley Koech, terceiro colocado no ano passado. Ele cruzou a linha de chegada na Avenida Paulista seguido pelo tanzaniano Fabiano Naasi. Mark Korir, duas vezes vice-campeão, ficou em quarto.
O melhor brasileiro mais uma vez foi Giovani dos Santos, da equipe Pé de Vento, que ficou em quinto. Quarto colocado nas duas últimas edições, ele perdeu um posto em relação aos anos anteriores, mas ainda assim garantiu um lugar no pódio.
A edição de 2014 da São Silvestre foi considerada uma das mais fortes da história, com a presença de atletas renomados como Tariku Bekele, medalhista nos Jogos Olímpicos de Londres 2012,e Mark Korir, vice-campeão do evento duas vezes.
A primeira fuga da prova nesta quarta-feira ocorreu com um terço da prova concluída. O queniano Edwin Kiprop tentou, sem muito sucesso, se desgarrar do pelotão de frente, a esta altura composto praticamente de corredores africanos. Giovani dos Santos era o único atleta nacional acompanhando o ritmo imposto pelos rivais estrangeiros até então.
Outros dois atletas africanos, o etíope Dawit Admasu e o queniano Cybrian Kimurgor Kotut, tentaram se distanciar dos concorrentes quando a prova passava pelo Centro de São Paulo, onde o percurso tem o formato de um coração. Os rivais, no entanto conseguiram alcançá-los antes da chegada à Avenida Brigadeiro Luis Antônio, formando um novo pelotão de cinco corredores.
A uma pequena distância, Giovani dos Santos tentava acompanhar o ritmo dos africanos para poder brigar por posições melhores nos metros finais. Na tradicional subida da Brigadeiro, ele apertou o ritmo e conseguiu subir da sexta para a quinta posição.
Próximo da entrada da Avenida Paulista, Dawit Admasu voltou a correr em ritmo mais forte do que seus rivais e conseguiu pequena vantagem na prova. A 500 metros do fim, o etíope já tinha frente segura sobre os concorrentes e ainda acelerou para garantir a dobradinha na São Silvestre para seu país.

Por volta das 22 horas, vamos à casa da SORAYA e NELSON a fim de ali passar os últimos minutos de 2014 e o raiar do ANO NOVO. Várias famílias que costumam frequentar a casa dos avós do IAGO, nos festejos natalinos e de fim de ano, estão viajando. Poucas pessoas estão presentes, como a mãe da NORMA, RENATA, BRUNO, KÁTYA e outras cujos nomes não guardei.
Uma perigosa bateria de fogos se arma bem defronte da casa do NELSON e SORAYA. Os vizinhos consentem a temerária queima de fogos de artifício nos primeiros minutos de 2015. Mas um dos morteiros vai cair na área de uma das casas que se localizam no local, e só não causou dano maior porque não havia ninguém no momento da área.
A confraternização entre todos que ali estão é geral. Os cumprimentos são espontâneos e vários deles são até de pessoas que não conhecemos.

MENSAGEM DO CORONEL PM AMÉRICO TOGNETTI

Velório em 31/12/2014 e enterro do Cap PM Emir


Para CBB
JÁ VAI LONGE O TEMPO EM QUE UM FATO DESTES COMOVIA E INDIGNAVA A SOCIEDADE. HOJE É APENAS MAIS UM DENTRE AS CENTENAS QUE NÃO DIZEM NADA PARA UMA SOCIEDADE CUMPLICE E LETARGICA... SE É QUE SE PODE CHAMAR UMA MASSA AMORFA QUE IDOLATRA O PT DE SOCIEDADE...
From: GALANTE
Sent: Thursday, January 01, 2015 5:22 PM
Subject: Fwd: Velório em 31/12/2014 e enterro do Cap PM Emir
De:josias  sampaio <cel.josias@hotmail.com>
Data: 31 de dezembro de 2014 16:01
Assunto: Velório em 31/12/2014 e enterro do Cap PM Emir
MORTE EM SERVIÇO DO CAPITÃO PM  E M I R
1 - No dia 28/12/2014, domingo, uma moto preta baleou e matou um PM na área do 48º BPM/M. As vtr da área do CPAM-4 (zona leste) iniciaram o acompanhamento de uma moto preta, inclusive o Cap PM Emir, Supervisor Regional que passou a se deslocar para o local, quando em um cruzamento veio a colidir com um veiculo Palio, sendo arremessado para fora da viatura.
2 - Desordeiros atearam fogo em uma VAN onde houve o entrevero com o policial morto, provavelmente em protesto em razão de um "mala" haver sido baleado.
3 - Menos de 05 minutos após, surgiu novamente uma moto preta no local que efetuou vários disparos contra uma viatura do 48º BPM/M, alvejando o motorista.
4 - O Cap PM Emir foi socorrido em estado gravissimo ao H C, sendo diagnosticada morte cerebral no dia 30/12/2014 e posteriormente a constatação da morte.
5 - O corpo será liberado após as 17;00 horas de hoje, 31/12/2014, devido a doação de órgãos, o velório será no HPM.
6 - O sepultamento ocorrerá no Mausoléu já no primeiro horário, creio que por volta das 08:00 horas de 1º/01/2015, pois o Governador do Estado estará presente e a família não quer prolongar o velório.

O Canal TVOne, que transmitiu ao vivo imagens de corpos de vítimas do acidente com o voo da AirAsia, pediu desculpas aos familiares dos mortos nesta terça-feira. Parentes que aguardavam informações no aeroporto de Surabaia, na Indonésia, se desesperaram depois de ver na TV as imagens de um corpo boiando no mar. Houve pânico, e muitos precisaram de atendimento médico.
Equipes de busca do Airbus, que desapareceu no último domingo com 162 pessoas a bordo, localizaram nesta terça destroços da aeronave e mais de 40 corpos no Mar de Java, próximo à ilha de Bornéu. O voo QZ8501 sumiu dos radares no domingo, cerca de uma hora depois de decolar do aeroporto de Juanda, na ilha de Java, na Indonésia. Ele deveria pousar cerca de três horas depois em Cingapura.
O fundador da AirAsia, Tony Fernandes, também pediu desculpas e enviou condolências aos parentes das vítimas pelo Twitter. "Meu coração está cheio de tristeza para todas as famílias envolvidas no QZ 8501”, escreveu. “Em nome da AirAsia minhas condolências a todos. Palavras não podem expressar o quanto estou triste”, continuou Fernandes.
Cerca de 30 navios e 21 aviões de Indonésia, Austrália, Malásia, Cingapura, Coreia do Sul e Estados Unidos realizaram buscas numa área de 10 mil milhas náuticas quadradas. O resgate dos corpos foi feito por um navio da marinha indonésia.

2 015     :     -      QUINTA-FEIRA
Com tantas coisas ruins que aconteceram no BRASIL, o ano que se encerra deixará um rastro terrível de corrupção e desmandos de um governo de triste memória. Muita sacanagem, incompetência e ladroagem caracterizaram o 2015 de uma megera no poder. Vamos  ver se 2016 traga algo saudável. De início não parece. Já se anunciam aumentos de tarifas de ônibus e de trens, para piorar ainda mais o cenário inadequado do ano que hoje termina.
Uma notícia também infausta: o falecimento do CORONEL PM JOÃO FRANCISCO ANTUNES. NASCEU EM 23 DE NOVEMBRO DE 1948. ENTROU PARA A ENTÃO FORÇA PÚBLICA NO DIA 30 DE ABRIL DE 1969. FOI DECLARADO ASPIRANTE A OFICIAL EM 26 DE JULHO DE 1975. PROMOÇÕES: 2º TENENTE  - 24 DE MAIO DE 1976; 1º TENENTE - 25 DE AGOSTO DE 1980; CAPITÃO - 25 DE AGOSTO DE 1987; MAJOR - 24 DE MAIO DE 1995; TENENTE-CORONEL - 25 DE AGOSTO DE 1999. FOI TRANSFERIDO PARA A RESERVA EM 20 DE AGOSTO DE 2002.
É com muito pesar que comunicamos o falecimento do Coronel João Francisco Antunes conhecido Coronel Bentinho.
Coronel sofreu um infarto em sua residência na noite de quarta-feira (30), foi socorrido ao dar entrada no hospital veio a falecer.
Deixa viúva a Sra. Silvia Maria de Almeida Antunes. Deixa os filhos: Livia e George. Era residente em São Manuel.
Velório Ecumênico Nilson Benato.
Sepultamento dia 31/12/2015 às 16:00 horas.
Cemitério São Manuel – Portão 01.
A família nossos sentimentos.

Na despedida do ano, mais uma vez, reúne-se a família VENTURA: LUCINDA, JOÃO GOMES, PAULO CÉSAR e IAGO, com a FAMÍLIA EL MUALLEN: NELSON, SORAYA, KÁTYA (casada com PAULO CÉSAR e mãe de IAGO). Todos estão na casa do NELSON e SORAYA, juntos com outros convidados deles. É uma alegria contagiante e faz esquecer os dramas que estamos enfrentando. Nada se fala sobre a crise nacional. Espera-se a queima de fogos na rua AUAD ABRAHÃO, como já aconteceu em anos passados. LUCINDA e eu ficamos bem longe da bateria de morteiros, algo que sempre causa sérios receios. É bonita a queima de fogos, mas não deveria acontecer  numa rua cheia de pessoas, colocando em risco as mesmas.
Num ambiente muito alegre, vamos encerrar 2015. Particularmente, nas minhas funções no MMDC foi um ano excepcional e não posso me queixar. Mas, como bom brasileiro, não há como esquecer da roubalheira desenfreada que fizeram com o PAÍS, literalmente sucateado.     

Suspeito morre e PMs ficam feridos durante tiroteio na Zona Norte do Rio.
Troca de tiros aconteceu em Rocha Miranda.
Três agentes ficaram feridos e foram levados para o Carlos Chagas.
Do G1 Rio
Um suspeito morreu e três policiais militares ficaram feridos durante uma troca de tiros com suspeitos em Rocha Miranda, na Zona Norte do Rio, na noite desta quinta-feira. Os agentes faziam um patrulhamento quando foram surpreendidos por homens armados.
O caso ocorreu na Rua Taquarichim. Os agentes foram socorridos no Hospital Estadual Carlos Chagas, em Marechal Hermes e já receberam alta. O caso foi registrado na 29ª DP (Madureira).

Usuários do WhatsApp reclamam na tarde desta quinta-feira (31) que o serviço apresenta instabilidade. No Twitter, diversas postagens relatam que não é possível utilizar o aplicativo.
Na tarde desta quinta, o assunto "meu WhatsApp" estava entre os assuntos mais comentados do Brasil no Twitter. No mundo, a hashtag #WhatsApp também estava entre os Trending Topics do microblog. "Entrar no Twitter me consolou em saber que meu WhatsApp não foi o único que parou de pegar", disse uma internauta. "Whatsapp parou de funcionar, isso é 2015 mostrando que ainda pode ferrar com a gente mesmo nas últimas horas do ano", disse outro. Outros usuários relatam que o serviço havia caído, mas voltou a funcionar em seguida. O G1 entrou em contato com a assessoria de imprensa do Facebook, que comprou o WhatsApp em 2015, e aguarda retorno da empresa sobre os relatos de falha no serviço. Há também relatos de instabilidade do aplicativo em outros países. Na Índia, um porta-voz do WhatsApp disse à agência Reuters: "algumas pessoas tiveram problemas acessando o WhatsApp por um curto período mais cedo hoje". No Twitter, também é possível encontrar reclamações de usuários de outros países. "Alguém mais tendo problemas com o WhatsApp?", escreveu uma internauta da Escócia. Outro internauta respondeu a ela que "o WhatsApp caiu". "E eu pensei que era a única que estava tendo problemas com o WhatsApp", postou outra da Malásia. "Alguém mais está tendo problemas para acessar seu WhatsApp?", perguntou uma internauta do Reino Unido.

Balas perdidas e fogos de artifício mal controlados fizeram dois mortos e centenas de feridos nas Filipinas, que a cada ano registra vítimas mortais nas celebrações do Ano Novo.
Muitos filipinos acreditam que o barulho durante as celebrações do Ano Novo afastam os maus espíritos e, portanto, abusam de fogos de artifício e tiros, teoricamente para o ar.
Este ano, duas pessoas morreram e 384 ficaram feridas, em sua grande maioria por fogos de artifício, de acordo com um balanço das autoridades.
Um homem alcoolizado morreu ao agarrar um foguete gigante no momento que ele ia explodir, informou a secretária da Saúde, Janet Garin. "Estava tão bêbado que abraçou o fogo de artifício e acabou sendo atingido no queixo", acrescentou.
Muitos hospitais no país receberam centenas de pessoas, algumas com membros amputados em acidentes semelhantes.
Em um subúrbio pobre de Manila, um fogo de artifício causou um incêndio que se espalhou rapidamente, segundo um porta-voz dos bombeiros, Renato Marcial.
Uma autoridade municipal, Johnny Yu, indicou que as chamas destruíram muitas casas, deixando 3.000 pessoas sem-teto.
Uma mulher de 65 anos morreu depois de sofrer um ataque cardíaco ao ver o fogo consumir sua casa. Em 2014, as celebrações de Ano Novo deixaram 354 feridos.

Morreu nesta quinta-feira (31), aos 82 anos, o ator americano Wayne Rogers, famoso pelo papel do capitão e cirurgião do exército dos EUA "Trapper" John McIntyre na série de comédia dramática "M*A*S*H". A série fez sucesso no início da década de 1970. A agência Associated Press informa que Rogers não resistiu a complicações de uma pneumonia. Ele estava em sua casa, em Los Angeles, acompanhado pela família.
A passagem de Wayne Rogers em "M*A*S*H" durou três anos do total de 11 temporadas. Ele deixou a atração após um desentendimento com o ator Alan Alda, que estrelava a série e foi ganhando mais popularidade com o passar do tempo. Com o episódio, Rogers se envolveu em uma disputa de contrato na Justiça.
Em 2005, ele ganhou uma estrela na Calçada da Fama em Hollywood. Também teve uma carreira de sucesso como analista financeiro, investidor e empresário, chegando a ser comentarista financeiro da Fox News.
Rogers deixa a esposa, Amy, dois filhos, Bill e Laura, além de quatro netos.

2 016     :    -      SÁBADO
“A VIDA NÃO É SOBRE DINHEIRO, É SOBRE QUANTO VOCÊ APRENDE QUANDO VOCÊ EMPREENDE” (STEVE JOBS).
92ª SÃO SILVESTRE
A FUNDAÇÃO CÁSPER LÍBERO,
Pelo Presidente do Conselho Curador, Dr. CARLOS FRANCISCO BANDEIRA LINS, tem a honra de convidar para o café da manhã de comemoração da 92ª Corrida Internacional de São Silvestre e para acompanhar a prova e respectiva premiação.
DATA: 31 DE DEZEMBRO DE 2016
HORÁRIO: 7:30 HORAS
LOCAL: AVENIDA PAULISTA, 900 – 10º ANDAR
Não passei bem de saúde durante a noite e levanto neste sábado bastante desanimado. Prefiro não sair de casa.
Leio no DIÁRIO OFICIAL, através “google”, que o CORONEL PM JOSÉ ROBERTO RODRIGUES DE OLIVEIRA, que está assumindo o cargo de Secretário de Segurança Urbana do Município de SÃO PAULO, passa para a reserva:
Transferindo para reserva a pedido: Nos termos do artigo 17, inciso I, do Decreto-lei 260/70, combinado com artigo 3º, "caput" e, § 1º, e artigo 4º da Lei complementar 1150/11, artigo 138, § 2º, combinado com o artigo 129 da Constituição Estadual, Lei Complementar 813/96, Lei Complementar 1.249/14, em consonância com o artigo 1º do Decreto 41.144/96 e a Portaria PM1-6/02/14, de 19-8-14, artigo 133 da Constituição Estadual, Decreto 35.200/92, Instrução Conjunta CRHE/CAF-I/92 e Parecer CJ-26/93, artigos 1º e 3º da Lei Complementar 432/85, alterada pela Lei Complementar 1.179/12, Decreto 51.782/07 e vencimentos referentes às Leis Complementares 731/93 e 1.021/07, com os proventos integrais, contando com mais de 30 anos de serviço, Padrão PM-16, o Cel PM 851968-4 José Roberto Rodrigues de Oliveira - C Mil - São Paulo/SP (TLTS e FRCTS DP-4167/16 - Pr. 7.963.000/16).
JOSÉ ROBERTO RODRIGUES DE OLIVEIRA nasceu em 29 de abril de 1963. Entrou para a PMESP em 4 de fevereiro de 1985. Foi declarado ASPIRANTE A OFICIAL em 15 de dezembro de 1987. Apenas tenho anotadas as datas de suas promoções a 2º TENENTE (25 de agosto de 1988) e 1º TENENTE – (24 de maio de 1990). Durante muitos anos trabalhou na CASA MILITAR. Ocupava o cargo de Assistente Militar do Governador do Estado, “status” de secretário.  
Nos termos do artigo 17, inciso I, do Decreto-lei 260/70, artigo 138, § 2º, combinado com o artigo 129 da Constitui- ção Estadual, Lei Complementar 1.249/14, em consonância com o artigo 1º do Decreto 41.144/96 e a Portaria PM1- 6/02/14, de 19-8-14, artigo 133 da Constituição Estadual, Decreto 35.200/92, Instrução Conjunta CRHE/CAF-I/92 e Parecer CJ-26/93, artigos 1º e 3º da Lei Complementar 432/85, alterada pela Lei Complementar 1.179/12, Decreto 51.782/07 e por força de decisão judicial o artigo 13 da Lei 7.717/63 e vencimentos referentes às Leis Complementares 731/93 e 1.021/07, com os proventos integrais, contando com mais de 30 anos de serviço, Padrão PM-16, o Cel PM 810329-1 Carlos Alberto dos Santos - 1º BPRv - São Bernardo do Campo/SP (TLTS e FRCTS DP-4171/16 - Pr. 7.993.829/16).
CARLOS ALBERTO DOS SANTOS nasceu em 9 de outubro de 1962. Entrou para a PMESP em 1º de fevereiro de 1981. Foi declarado ASPIRANTE A OFICIAL em 15 de dezembro de 1985. Apenas tenho as datas de suas promoções a 2º TENENTE (25 de agosto de 1986) e 1º TENENTE (24 de maio de 1989). Sua promoção ao posto de CORONEL PM é decorrência de sua passagem para a reserva.

Minha filha MARIZETE faz um contato comigo através telefone. Ela está sem a internet. Dá notícias de seu filho FELIPE e de sua neta ANA CLARA, que passaram o NATAL em POÁ. Também fala da situação de saúde de TIA IRENE, atualmente com 94 anos de idade. Diz que sua mãe causa muitos problemas, pois está com ALZHEIMER. Durante um bom tempo conversa comigo sobre nossos parentes que moram em POÁ.

Leio no jornal DIÁRIO DE SÃO PAULO um texto intitulado AGRADECER POR INSPIRAR TANTOS MILAGRES:
2017 ! ENFIM CHEGAMOS !
Não tem jeito ! Mais cedo ou mais tarde, no presente ou no futuro, todos teremos nossos 15 minutos de tragédia íntima, pessoal e intransferível, isso porque, como dizia o poeta, são demais os perigos desta vida... amor, paixão, amizade; assalto, arrastão, sequestro, bala perdida; bueiro sem tampa, parede sem marquise, prédio sem manutenção; infidelidade, deslealdade, desonestidade, impunidade; sol ou chuva demais, sol ou chuva de menos; vendaval, temporal, enchente; alagamento, desmoronamento, atropelamento; ponte que cai, avião que cai, árvore que cai;vírus, fungos, bactérias, doenças; corrupção, frustração, decepção, desilusão. Não importa! Entra ano, sai ano, a razão, a verdade ou a natureza sempre vem cobrar a conta da vida real, nossa cota única de desgraças, que tentamos adiar, mas não podemos evitar para sempre, nem esconder de nós mesmos. O espelho é cruel, o travesseiro é fatal, a consciência é impiedosa. Viver é uma saudade doída e doída dos acertos que não experimentamos. Sobreviver significa uma grande bênção pelos pequenos milagres que recebemos. Não esqueça! Por isso, por tudo, por todos e por mais uma “chegada” até aqui, a gente precisa agradecer; agradecer sem saber a quem, agradecer sem saber por quê; agradecer para sempre e agradecer como nunca; agradecer por merecer tanta bênção e agradecer por inspirar tantos milagres. FELIZ ANO NOVO ! MERECEMOS!

Também no jornal DIÁRIO DE SÃO PAULO, no DIA A DIA – SÃO PAULO/NOVA GESTÃO, vamos ler o texto de NETO DEL HOYO:
Se governar uma cidade como SÃO PAULO fosse comparado a disputa de um campeonato, pode-se dize que o estreante JOÃO DORIA tratou de se reforçar com jogadores rodados. Para formar seu time, o prefeito eleito em primeiro turno não fez cerimônia e desfalcou o governo do estado com nomes do segundo escalão da equipe de GERALDO ALCKMIN.
Padrinho político e principal responsável pela vitória de DORIA nas prévias do PSDB, ALCKMIN “emprestou” muita gente que esquentava o banco de reservas no Palácio dos Bandeirantes e que, agora, será titular no “puxadinho” que o novo prefeito armou no Palácio MATARAZZO.
Ao contrário do discurso apolítico que o acompanhou em sua campanha vitoriosa, DORIA alicerçou seu governo com nomes intimamente ligados ao partido e, principalmente, ao governador. É o caso, por exemplo, de JÚLIO SEMEGHINI. Um dos aliados mais fiéis do governador, ele assume a Secretaria de Governo.
Apesar das evidências, DORIA negou que o tutor tenha influenciado na seleção.
“O governador não opina, não faz recomendações e sugestões em relação à Prefeitura, como nós também, obviamente, não ousamos fazer recomendações ao governador sobre quem ele deve ou não manter, ou eventualmente até substituir”, garantiu.
Além disso, outros partidos, além do PSDB, ganharam uma pasta no primeiro escalão. Como o PSD, de GILBERTO KASSAB, que terá ALEXANDRE SCHNEIDER na EDUCAÇÃO; o PV, de GILBERTO NATALINI, que ficou com a Secretaria do Verde e Meio Ambiente; e o partido NOVO, que assume a recém-criada pasta de DESESTATIZAÇÃO, com WILSON POIT.
“Para mim, o que interessa é ter as melhores cabeças, as melhores Inteligências, as pessoas mais capazes para fazer política pública”, despistou DORIA.
A grande mudança na gestão do novo prefeito, inicialmente, será o número de secretarias. DORIA reduziu de 27 para 22 pastas, sendo duas criadas: INOVAÇÃO e TECNOLOGIA E DESESTATIZAÇÃO E PARCERIAS.
Outra alteração foi o número de mulheres, que reduziu em relação ao governo de FERNANDO HADDAD (PT). Apenas três estarão à frente de secretarias: SONINHA FRANCINE (DESENVOLVIMENTO SOCIAL), HELOÍSA PROENÇA (DESENVOLVIMENTO URBANO) e PATRÍCIA BEZERRA (DIREITOS HUMANOS E CIDADANIA). Em 2012, o petista empossou cinco e terminou seu governo com seis.

Virou quase um clichê na internet dizer que 2016 foi o ano sem fim, dadas as seguidas notícias negativas, principalmente envolvendo mortes de figuras importantes. O esporte seguiu esta lógica e perdeu lendas como o ex-boxeador MUHAMMAD ALI e o CAPITA, CARLOS ALBERTO TORRES, campeão mundial com a inesquecível seleção brasileira de 1970. Em agosto, o polêmico JOÃO HAVELANGE, ex-presidente da FIFA e da CBF e um dos responsáveis pela modernização do futebol, morreu aos 100 anos, com problemas pulmonares.
Outro jogador de futebol memorável a nos dar adeus foi o holandês JOHAN CRUYFF, tudo como um revolucionário e responsável pela criação de um padrão de jogo que tornaria o BARCELONA, muito tempo depois, uma potência a ser temida e copiada pelos adversários.
Mas o baque mais doloroso veio quando a aeronave modelo AVRO RJ85 da empresa boliviana LAMIA, que transportava a delegação da CHAPECOENSE, caiu perto do Aeroporto de MEDELLÍN, na COLÔMBIA, matando praticamente toda a equipe.
Pena que tamanha dor tenha acontecido justamente no ano em que o BRASIL vivenciou um de seus momentos mais belos, no RIO DE JANEIRO, sede da 31ª edição dos JOGOS OLÍMPICOS. Vimos BOLT e PHELPS de perto, pulverizando recordes, fazendo-nos parecer mortais demais perante suas genialidades. E vimos, finalmente, o futebol do penta ganhar o ouro. 

A queniana Jemima Sumgong venceu pela primeira vez na carreira a Corrida de São Silvestre, disputada no centro de São Paulo, completando ano histórico, depois do ouro olímpico na maratona, enquanto, entre os homens, o etíope Leul Aleme levou a melhor graças a uma arrancada espetacular nos metros finais.
A primeira colocada no feminino, que tinha admitido que encontraria dificuldades na capital paulista, por preferir provas de distância mais longa e também pelo forte calor, fechou a disputa com o tempo de 48min35s.
A marca estabelecida por Sumgong representa o novo recorde da São Silvestre para mulheres. Antes da corrida de hoje, o melhor desempenho era da também queniana Prisch Jeptoo, que, em 2011, venceu em 48min48s.
O pódio feminino foi completado por Flomena Cheyech, compatriota da vencedora, que finalizou a prova com 49s14, a queninana naturalizada bahrenita Eunice Chumba, a etíope Yimer Wude Ayalew, campeã da corrida em 2014 e 2015, e Ester Kakuri, também do Quênia.
A melhor brasileira foi Tatiele de Carvalho, que cruzou a linha de chegada na sétima colocação.
Africanas dominam pódio da 92ª São Silvestre
Africanas dominam pódio da 92ª São Silvestre
Foto: MARCELO FERRELLI/Gazeta Press
Homens
No masculino, Aleme venceu a São Silvestre pela primeira vez na carreira com o tempo de 44min53s. O atleta se impôs no fim da forte subida da Avenida Brigadeiro Luís Antônio, em arrancada fulminante e impressionante, devido ao forte calor registrado em São Paulo durante a prova.
O ganhador da 92ª edição da São Silvestre desbancou nos instantes finais o compatriota Dawit Admasu, campeão em 2014, e o queniano Stephen Kosgei, que terminaram na segunda e terceira posições, respectivamente.
O brasileiro Giovanni dos Santos, que esteve no primeiro pelotão até a parte final da subida da Brigadeiro, último trecho antes da entrada na Avenida Paulista, onde acontece a chegada, conseguiu chegar na quarta colocação, sendo o melhor atleta do país anfitrião neste ano.
O queniano Willian Kibor terminou no quinto lugar, fechando o pódio da  corrida.

Na noite, por volta das 21 horas, vamos para a casa do NELSON e dona SORAYA. Eles são os pais da KÁTYA e se tornaram muito íntimos de nós com o casamento da KÁTYA com o PAULO CÉSAR, nascendo o IAGO, muito querido de todos. Ali, como nos últimos anos, vamos passar as últimas horas de 2016 e as primeiras do ANO NOVO. Muita gente comparece na casa do NELSON e dona SORAYA. Eles apreciam a união dos familiares e há uma alegria contagiante entre todos. Assistimos a queima de fogos na frente da residência deles.  

Um soldado da Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) matou a mulher e suicidou, durante a madrugada deste sábado (31/12/2016), em Riachinho, na região Norte de Minas Gerais. As mortes teriam ocorrido após uma briga do casal em um bar.
De acordo com o boletim de ocorrência, os militares receberam uma ligação da irmã de Fabiana Pereira Machado, 20, alegando que o soldado Glênio Evangelista Campos, 23, teria a matado.
Ao chegarem na rua Cesário Moreira, no centro, os policiais encontraram o corpo de Glênio sobre o de Fabiana. Os dois tinham marcas de um tiro na cabeça. Eles chegaram a ser socorridos, mas deram entrada na unidade de saúde já sem vida. A arma do crime estava entre os corpos.
Uma testemunha revelou aos policiais que presenciou uma briga do casal em um bar e viu Fabiana danificando o carro de Glênio por ciúmes. A testemunha afirmou ainda que quando a mulher saiu do local, o homem a seguiu e a testemunha gritou para contê-lo, mas foi ameaçado: Glênio apontou a arma na direção dele, que deixou o local e tentou fazer contato com a polícia.

Equipes do Corpo de Bombeiros resgataram, na manhã deste sábado (31/12/2016), o corpo de um homem de 34 anos que se afogou ontem no município de São João da Lagoa, Norte de Minas Gerais. Segundo os militares, testemunhas disseram que A.G.F saiu da companhia dos amigos, entrou na água e foi visto submergindo a 20 metros da margem.
Os bombeiros começaram as buscas ainda na tarde de sexta. Ainda segundo a corporação, a barragem tem 500 metros de extensão e as equipes precisaram fazer a varredura por uma grande área, com um grupo de mergulhadores.





Nenhum comentário: