quarta-feira, 26 de agosto de 2015

SECRETÁRIO DA SEGURANÇA PÚBLICA ESTABELECE RECOMPENSA DE 50 MIL REAIS PARA PRENDER CRIMINOSOS QUE ATIRARAM NO SOLDADO DA PM ADRIANA DA SILVA ANDRADE

Secretário estabelece recompensa de R$ 50 mil para prender criminosos que atiraram em soldado da PM

O secretário da Segurança Pública, Alexandre de Moraes, fixou em R$ 50 mil o valor a ser pago a quem fornecer informações que levem à identificação dos envolvidos na tentativa de homicídio contra a soldado da Policial Militar Adriana da Silva Andrade, atingida por um tiro de fuzil na manhã desta quarta-feira (26 de agosto) por bandidos que explodiram um caixa eletrônico na Avenida das Nações Unidas, na Vila Leopoldina. 

Adriana, de 29 anos, estava em patrulhamento. Foi encaminhada ao Hospital das Clínicas, onde foi operada e permanece internada em estado grave.
A fixação da recompensa está prevista pela Resolução SSP-43, de 6 de maio de 2014. O valor é o mais alto entre as recompensas oferecidas pelo Governo do Estado para a resolução de crimes ou encontro de foragidos da Justiça. 

As informações para auxiliar nas investigações devem ser encaminhadas ao site do Webdenuncia (www.webdenuncia.org.br), mantido pelo Instituto São Paulo Contra a Violência mantido em parceria com o Governo de São Paulo. Qualquer pessoa que encaminhar denúncias ao serviço tem a garantia do anonimato. 

Como denunciar
O interessado em denunciar precisa acessar o WebDenúncia e seguir as instruções. Não há a necessidade de realizar cadastro ou identificação pessoal. Esse procedimento foi elaborado para proteger o anonimato do denunciante. Ao final do processo, a pessoa recebe um número de protocolo e uma senha para acompanhar anonimamente o andamento da denúncia. É um processo semelhante a uma compra feita online.
Concluída a denúncia, a pessoa passa a ter acesso no site a uma seção para acompanhar o andamento do resultado das informações fornecidas e checar se receberá a recompensa.
Para receber a recompensa, o site fornecerá, na seção de acompanhamento, um número de cartão bancário virtual com o qual poderá fazer o resgate total ou em parcelas do valor em qualquer caixa eletrônico do Banco do Brasil, sem a necessidade de que ele se identifique.
O WebDenúncia conta com dupla criptografia de dados para a proteção do sistema. Os recursos para o Programa de Recompensa são do Fundo de Incentivo à Segurança Pública (Fisp), que é administrado pela Secretaria da Segurança. A verba é liberada ao fundo para o pagamento da recompensa.
As informações do denunciante são repassadas aos policiais civis e militares que atuam no WebDenúncia por meio de uma parceria entre a Secretaria da Segurança Pública (SSP) e o Instituto São Paulo Contra a Violência (ISPCV), que gerencia o sistema. Eles encaminham as informações às equipes responsáveis pelas investigações.
A importância de informações para o Programa Estadual de Recompensa é analisada de acordo com cada caso denunciado. A decisão final sobre o pagamento da recompensa fica a cargo do secretário da Segurança Pública.

Assessoria de Imprensa e Comunicação da Secretaria da Segurança Pública

Nenhum comentário: