sábado, 12 de dezembro de 2015

AGORA É LEI. PANCADÕES SÃO PROIBIDOS EM SÃO PAULO

Agora é lei. Pancadões são proibidos em São Paulo

Entrada
x

Deputado Coronel Camilo contato@coronelcamilo.com.br por  wixshoutout.com 

19:09 (Há 4 horas)
para mim
A Lei 16.049, de autoria do Deputado Coronel Camilo (PSD), prevê que o dono do veículo que desrespeitar a legislação seja multado em R$ 1 miNão consegue ver esta mensagem? Visualize no navegador
Se você acha que recebeu por engano ou deseja cancelar a inscrição, clique aqui
Agora é lei. Pancadões são proibidos em São Paulo
A Lei 16.049, de autoria do Deputado Coronel Camilo (PSD), prevê que o dono do veículo que desrespeitar a legislação seja multado em R$ 1 mil, valor que pode quadruplicar em caso de reincidência.Foi publicada no Diário Oficial do Estado, na edição desta sexta-feira (11/12) a Lei 16.049, que dispõe sobre a emissão de ruídos sonoros provenientes de aparelhos de som portáteis ou instalados em veículos automotores estacionados em vias públicas do Estado.Quem insiste em deixar o carro com som alto na calçada ou na rua poderá ser multado e até ter o seu veículo apreendido. Esta lei foi fruto do projeto de lei 455/2015, de autoria dos deputados Coronel Camilo e Coronel Telhada, com o objetivo de acabar com os abusos cometidos nas festas conhecidas como ‘pancadões’ em ruas e praças.“Não sou contra nenhum tipo de manifestação popular, mas esses encontros abertos não podem impedir o direito de descanso de milhares de famílias”, explica Coronel Camilo.Além das ruas, ficam proibidos de abrigar ‘pancadões’ locais de acesso ao público, como postos de combustíveis e estacionamentos. Quem desrespeitar a lei pode arcar com uma multa de R$ 1.000,00 que dobra a cada reincidência.A legislação ainda deverá ser regulamentada pelo Executivo Estadual, no prazo de 60 dias, porém, para o Deputado, a decisão mais acertada seria que policiais militares possam intervir nos eventos nas ruas e multar os responsáveis, bem como apreender os carros em caso de persistência do som alto.Na Capital - Em maio de 2013, a Lei Municipal, a 15.777, também de autoria do Deputado Camilo, entrou em vigor com o mesmo objetivo, porém com foco na cidade de São Paulo. A legislação prevê multa de R$ 1.000,00 na primeira infração, R$ 2.000,00 na segunda e R$ 4.000,00 a partir da terceira vez, tudo isso dentro de 30 dias. Neste caso, os agentes do Programa de Silêncio Urbano (PSIU), da Prefeitura são responsáveis por fiscalizar os bailes.
http://media.wix.com/ugd/f31f01_b09cf239b8c54c4781f392f7243a10d5.pdf
//maps.google.com/?q=Avenida Pedro Álvares Cabral, 201 - Sala 2111tel:(11) 3886-6378/6384https://www.facebook.com/sharer/sharer.php?u=http%3A%2F%2Fshoutout.wix.com%2Fso%2Ff8866dbc-db8b-4bba-aad9-3e56ef245cc2%3Frender%3D1%23%2Fmainhttps://twitter.com/home?status=http%3A%2F%2Fshoutout.wix.com%2Fso%2Ff8866dbc-db8b-4bba-aad9-3e56ef245cc2%3Frender%3D1%23%2Fmainhttp://coronelcamilo.com.br/so/fL6N3KIy/click?w=0N3ydA17-BwFYgMLbFEK9tQCflWdEp11uzLvUiDrVPE.LS0tDQoxMmExNTc3OS0xMmRmLTQwMjEtMzM1My1mOGQ1NTgxYjExNTYNCmh0dHA6Ly93d3cuY29yb25lbGNhbWlsby5jb20uYnIvDQotLS0

Nenhum comentário: