segunda-feira, 11 de julho de 2016

REPUGNANTE "BOLSA COMPRA VOTO FAMÍLIA" - MEUS CRÉDITOS AO CORONEL PM CLAUDOVINO DE SOUZA E À COMUNIDADE BARRO BRANCO.

ENC: -REPUGNANTE... "Bolsa-COMPRA-VOTO família"...
1 postagem de 1 autor
 
Atribuir
Claudovino Souza 
9 de jul
Outros destinatários: claudovino@uol.com.br
Repasso. Repasse Você também. . .

Se logo após  Michel Temer assumir efetivamente a Presidência da República não determinar, de pronto,  uma devassa nessa bolsa-família(?) com demissões, sindicâncias, inquéritos, ressarcimento dos prejuízos  ao erário público pelos vendilhões da Pátria essa coisa chamada Brasil pode fechar  para balanço e reco-nhecermos QUE A PODRIDÃO É INAFASTÁVEL DESSA  NOSSA POBRE E DESGRAÇADA REPÚBLICA TUPINIQUIM. . .

V  E  R  G  O  N  H  A    D  A  S    V  E  R  G  O  N  H  A  S !


De: Cel. Gregio
Enviada em: sexta-feira, 8 de julho de 2016
Para: Senador Ricardo Ferraço; magno.malta@senador.leg.brrose.freitas@senadora.leg.br
Cc: Ministério Público Federal; CLUBE NAVAL; Clube Militar; CLUBE AERONAUTICA; Augusto Pereira; Arlenio Souza Da Costa; General Andrade Nery; General Paulo Chagas; General Aloísio Rodrigues dos Santos; General Jaime Juraszek; General Flávio; CMT EB GEN 4; Grupo Guararapes; Grupo Inconfidencia; Veja Cartas; Isto E.; CA CAPITAL; Opiniao; Opiniao AGazeta; A. Tribuna Opiniao
Assunto: -REPUGNANTE... "Bolsa-COMPRA-VOTO família"...

EMINENTES   SENADORES :

-PELO  AMOR  AO  BRASIL  E  AOS  BRASILEIROS  HONRADOS,  ORDEIROS  E  LABORIOSOS  SUGIRAM  AO EMINENTE   PRESIDENTE  MICHEL  TEMER  QUE  DETERMINE  UMA "PUBLICAÇÃO  ESPECIAL  NO  DIÁRIO  OFICIAL  DA  UNIÃO"  CONTENDO  TODOS  OS  NOMES  DOS  BENEFICIÁRIOS  DA  BOLSA  FAMÍLIA  COM  O  RESPECTIVO  "C P F", para  efeito  de  contabilidade,  E  DEPOIS   DETERMINE  AO  ÓRGÃO   FEDERAL  COMPETENTE   A   APURAÇÃO  DAS   EVENTUAIS   FRAUDES  E   EXONERE  A  
  BEM  DO   SERVIÇO  PÚBLICO  O  FRAUDADOR  e  determine  ainda  ao  FRAUDADOR  a  respectiva    indenização  aos  cofres  públicos !!!...


  
-Bolsa "COMPRA-VOTO" família...
              ...AFRONTA  COMUNOPETISTA...
-REPUGNANTE  e  REVOLTANTE !!!...

TODO BRASILEIRO TRABALHADOR E DECENTE
 DEVE TOMAR CONHECIMENTO DISSO:

Mais de 1 milhão de petistas recebiam Bolsa Família.
585 mil funcionários públicos.
R$ 2,6 bilhões, em fraudes.

Lula e Dilma defendiam o Bolsa Família,
com unhas e dentes, não por causa dos pobres,
mas para garantir mais de um milhão de militantes
e cabos eleitorais pagos com dinheiro do contribuinte.
Não é estranho que os petistas briguem tanto,
para que não se mexa no Bolsa Família.
Afinal, o programa vedete do PT,
da presidente afastada, Dilma Rousseff e
do ex-presidente Lula pode ser a chave,
para o financiamento
de milhões de militantes do partido, em todo o país.
 
As suspeitas do uso irregular do recursos do programa
acabam de se confirmar, após um levantamento que
mostra o volume de recursos desviado do programa.
Funcionários públicos, mortos e até doadores
de campanha do PT estão entre os beneficiados.

O estudo confirmou que pelo menos
2,6 bilhões de reais do total da verba
reservada ao Bolsa Família, possivelmente, foram parar
 no bolso de gente ligada ao Partido dos Trabalhadores.
A exploração da imagem da pobreza do povo
é algo tão mesquinho, algo tão baixo,
que se torna até difícil supor que alguma mente doentia seria capaz de recorrer a este tipo de artifício, para roubar e financiar um projeto de poder corrupto.

Ao que tudo indica, fizeram isso mesmo.
Exploraram a miséria e a fome do povo,
para justificar o roubo bilionário.

Aí, aparece um petista inescrupuloso e pergunta, nos comentários desta matéria: qual é a fonte?


Resposta:
o Ministério Público Federal,
a partir do cruzamento de dados do antigo Ministério do Desenvolvimento Social,
com informações de órgãos,
como a Receita Federal, Tribunais de Contas
e Tribunal Superior Eleitoral. 

O exame feito em cooperação
com todos estes órgãos federais
detectou mais de 1 milhão de casos de fraude,
em todos os estados brasileiros.

Entre os mais de 1 milhão de casos,
mais da metade são funcionários públicos,
 distribuídos em milhares de prefeituras petistas
 e de partidos da base aliada
dos antigos governos do PT.
Era assim que Lula e Dilma
ganhavam eleições. 
São 585.000 funcionários públicos,
que atuavam como cabos eleitorais e
 se beneficiavam, irregularmente, 
dos recursos do Bolsa Família.

Todos beneficiários ilegais.
Em absolutamente todos os casos,
os contemplados ganhavam acima
do rendimento previsto,
para se enquadrar no programa e,
segundo apurou o estudo,
pertenciam a famílias com renda per capita
 acima da média, situação que os impediria
 de receber o benefício.

Mas o dinheiro
não servia apenas para financiar militantes
e cabos eleitorais à custa do contribuinte.

Muitos devolviam
o dinheiro recebido de forma ilegal ao partido.

Os doadores de campanha
ocupam lugar de destaque
no ranking das categorias de fraudadores identificadas no estudo.

O Ministério Público encontrou
90.000 beneficiários do programa que, em 2014, doaram a políticos ou ao PT valores iguais aos que recebiam, durante todo o ano do programa.
É isso mesmo que você leu:
90.000 beneficiários ilegais
recebendo dinheiro do Bolsa Família
e devolvendo ao partido.

Pelo visto,
o Bolsa Família não era apenas
um programa de fidelização de votos,
mas também sustentava militantes
e financiava campanhas do PT.

A previsão, agora, é a de que
o programa vai acabar para estes mais de
1 milhão de vagabundos corruptos.

Nenhum comentário: